Blog do Saber, Cultura e Conhecimento!

ARTIGOS: ALINHE OS SEUS PENSAMENTOS E SENTIMENTOS AO SEU AUTOCONHECIMENTO

Pensamentos conduzem a sentimentos.... T. Harv Eker - Pensador

Todos somos feitos de pensamentos e sentimentos. O sentimento puro, sem significado é só um sentimento que se originou num pensamento e pode passar despercebido pela sua vida ou pode transformar a sua vida caso sua mente imprima significado. Ao imprimir significado o sentimento se transforma em emoção e as emoções produzem ações. E são essas ações que realmente transformam a sua vida.

Portanto se quer transformar sua vida de alguma forma , e claro, para melhor, assuma o controle dos seus pensamentos e sentimentos, comece a exercitar mentalmente o autoconhecimento, através da quebra de paradigmas e a reprogramação do subconsciente imprimindo significado aos seus sentimentos e consequentemente, também, assumindo o controle das suas emoções. Ao conquistar esse estado de espírito você estará apto a assumir o controle total da sua vida e desta forma ser 100% responsável pela sua realidade.

Você não precisa acreditar no que estou dizendo, mas pode fazer um teste, uma pequena experiência que não custa nada, apenas um pouco do seu tempo, que não terá sido em vão se lhe trouxer o resultado esperado. Pior será se não tentar, pois jamais saberá se teria dado certo. Já se tentar, com vontade, e não der certo você terá certeza que a sua crença está correta e isso é importantíssimo nesse mundo de tantas incerteza!

Wagner Braga

Continuar lendo ARTIGOS: ALINHE OS SEUS PENSAMENTOS E SENTIMENTOS AO SEU AUTOCONHECIMENTO

AUTOCONHECIMENTO: VIVER O HOJE E O AGORA É O ÚNICO CAMINHO PARA ELEVAR A CONSCIÊNCIA

O texto desta segunda-feira, aqui na coluna AUTOCONHECIMENTO é bastante reflexivo, pois nos alerta para o que estamos fazendo da nossa vida no presente momento. É um convite a viver e usufruir do hoje e do agora para que possamos elevar a consciência e o amor, único baluarte para se alcançar a vida plena. Portanto, convido você a ler com atenção o curto, porém sábio texto a seguir!

O que fazer para elevar a consciência e o amor?

Mulher branca e loira segurando mão de homem branco.
Junior Skumbag / Unsplash

Tem uma frase do David R. Hawkins que diz assim:

“Faça da sua vida um presente e eleve toda a humanidade sendo gentil, atencioso, misericordioso e compassivo em todos os momentos, em todos os lugares e em todas as condições, com todos, incluindo a si mesmo. Esse é o maior presente que alguém pode dar.”

Nós sabemos que o único momento que existe é o agora.

Estar no momento presente nos ajuda a enxergar as oportunidades que a vida nos dá, os sorrisos sinceros, o amor das pessoas, e principalmente nos fazer perceber como estamos nos sentindo por dentro.

Quando deixamos que nossa mente vague por aí acabamos não ouvindo nosso coração, nossas necessidades e é por isso que surgem tantas dúvidas, medo e decepções. Nossa mente é como um barco a velas. As velas do barco são as atenções que nos direcionamos para que as mesmas conduzam nosso barco, isto é, nossa mente.

Você já se perguntou para onde tem direcionado suas velas? Qual atenção você tem dado e nutrido para que a sua mente viaje?

Aprenda a ser um senhor dos seus sentidos. Nutra os bons pensamentos e sentimentos. Aprenda a focar no momento presente, percebendo como é pleno. Aliás, ele é tudo o que nós temos.

Que possamos focar no agora. Só ele importa, só você importa, deixe o depois para depois, e o que passou não volta mais. Que você possa cada vez mais se permitir soltar as amarras do passado ou a incerteza do futuro para começar a viver o hoje.

Aproveite esse presente que Deus nos dá a todo instante sendo bondosos, carinhosos e tendo muita empatia!

Eleve sua consciência, eleve o seu amor!

Um beijão no seu coração!

Escrito por Carla Marçal

Fonte: Eu Sem Fronteiras

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: VIVER O HOJE E O AGORA É O ÚNICO CAMINHO PARA ELEVAR A CONSCIÊNCIA

DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: O MOMENTO É DE DESPERTAR DA CONSCIÊNCIA PARA MUITOS HUMANOS

Uma curta mensagem para você refletir é o destaque deste domingo, aqui na coluna DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL. O curto texto fala sobre o momento de cura e mudanças na Consciência que estamos vivendo neste exato momento em busca da desafiadora e tão sonhada liberdade. Convido você a ler, refletir e fazer o seu juízo de valor! 

O momento de cura e mudanças na Consciência

Mensagem de 31 de Maio de 2021

Estamos em uma janela de tempo que detém um espaço muito poderoso para mudanças reais, tanto interna quanto externamente. Com Mercúrio agora retrógrado, temos a oportunidade de mudar a forma como pensamos, como nos percebemos e, como resultado, como vivemos. Para alguns, este será um momento de maravilhosas percepções e liberdade. Para outros, surgirão percepções dolorosas e desafiadoras. Seja qual for a experiência, este é um momento de cura e mudança de consciência, onde podemos examinar o passado com a mente e o coração abertos.

Durante este Mercúrio retrógrado, você é encorajado a questionar suas maneiras usuais de pensar, perceber e se comunicar. Como tal, você pode esperar ter uma visão mais clara de seu propósito, do significado de sua vida, de suas experiências e de seu passado. Use este tempo para explorar diferentes maneiras de pensar e de ser que lhe permitam obter uma compreensão mais profunda de si mesmo e da nova vida que está sendo incentivado a criar. Preste atenção ao que está caindo e o que está sendo trazido à sua consciência. Esteja ciente de que o eclipse da semana passada ainda está operando em sua consciência e qualquer desconforto, confusão e resistência que você estiver sentindo estará revelando o que ainda precisa ser mudado ou transformado dentro de você.

Muito Amor,

Kate Spreckley © 2020 — Fonte: https://www.spiritpathways.co.za/
Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br: Tradução — Marco Iorio Júnior — Editor exclusivo do Trabalhadores da Luz

Fonte: Trabalhadores da Luz

Continuar lendo DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: O MOMENTO É DE DESPERTAR DA CONSCIÊNCIA PARA MUITOS HUMANOS

REFLEXÃO: FAZER A RUPTURA COM CONSCIÊNCIA NOS PERMITE FOCAR NO PRESENTE E NOS APROXIMARMOS DE NÓS MESMOS

A nossa REFLEXÃO desta terça-feira é sobre Ruptura e Reparo. A ruptura que devemos ter com o passado, apesar de não podemos deixar de ver o que vimos. Mas podemos estar presentes um com o outro, hoje. E podemos dar cada passo conscientemente, lentamente, com cuidado, ouvindo e com o coração aberto. Podemos fazer essa ruptura com consciência. Não podemos voltar atrás. Mas podemos focar no presente e nos aproximarmos de nós mesmos. Portanto convido você a ler o artigo completo a seguir, refletir e fazer o seu juízo de valor!

Ruptura e Reparo

 em 

 

“Primeiro, há a ruptura. E então há o reparo.

A velha dor ressurge, irrompendo das profundezas de nosso inconsciente. O status quo – nosso antigo senso de ‘segurança’ – se estilhaça em um bilhão de pedaços. Sentimo-nos desorientados, sem fundamento, dispersos, sem saber para onde nos voltar.

Um velho mundo desmoronou, um novo mundo ainda não se formou. Nós nos perdemos? Encontramos o estranho espaço do Agora, pura presença, crua, nos dando nascimento aqui, desprotegidos por velhos sonhos, nada para nos agarrarmos, nada para agarrarmos.

Até mesmo nossos conceitos desatualizados de ‘Deus’ se transformam em pó. E então, lembramos de respirar, sentimos nossos pés no chão e observamos a mente girando, em vez de nos perdermos nela. Nosso mundo está fora de controle, mas talvez não estejamos. Nós sentimos o que sentimos. Com medo. Nervoso. Entorpecido. Triste. Sozinho. Inseguro. Seguro. Qualquer que seja.

Comprometemo-nos a sentir isso plenamente hoje, a não nos dissociar desta vez. Um sentimento é apenas um sentimento, não um fato, e a presença pode contê-lo, e somos mais fortes do que imaginamos. Choramos, gritamos, mas estamos reparando, nosso amor.

Nós quebramos para curar, quebramos para consertar, quebramos para sermos inteiros. Velhas energias emergiram agora para serem abençoadas com amor, aceitação, ternura, perdão, compreensão. Não podemos voltar a ser como as coisas eram. Devemos deixar a velha ‘segurança’ morrer. (Não era nenhuma segurança para nós, de qualquer maneira.)

Não podemos deixar de ver o que vimos. Mas podemos estar presentes um com o outro, hoje. E podemos dar cada passo conscientemente agora, não automaticamente, habitualmente, mas conscientemente, lentamente, com cuidado, ouvindo e com o coração aberto. Podemos limpar essa ruptura com consciência. Podemos ficar perto neste momento de vulnerabilidade. Não podemos voltar atrás. Mas podemos ir para o Presente. Podemos nos aproximar de nós mesmos.” 👇🏻

Luz e Paz!

fonte: eter_quintessência

Fonte: Sabedoria Universal

Continuar lendo REFLEXÃO: FAZER A RUPTURA COM CONSCIÊNCIA NOS PERMITE FOCAR NO PRESENTE E NOS APROXIMARMOS DE NÓS MESMOS

DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: A CADA UM SERÁ DADO SEGUNDO SUAS OBRAS

Agradeço imensamente ao divino pela graça de ter me encontrado com o texto de profunda sabedoria a seguir, pois é de uma clarividência impressionante quando interpreta as enigmáticas palavras de Jesus, “a cada um será dado segundo suas obras”, e faz uma comparação metafórica da nossa consciência com a “caixa preta” do avião. Um texto que você não pode deixar de ler se está em busca da expansão da consciência!

ESTAMOS EXPANDINDO NOSSA CONSCIÊNCIA – Roda do Arco Íris – Índigo Cristal Diamante

Nossa consciência

Quando os noticiários tratam de acidentes com aeronaves, é comum ouvirmos falar da “caixa preta”, que apesar da destruição do avião, é preservada, porque estruturada com o fim de registrar as causas do desastre. Fazendo um paralelo, podemos dizer que nossa consciência é a “caixa preta” na qual ficam registrados nossos pensamentos e atos, sem que a morte logre apagar, uma vírgula sequer, de tudo quanto fizemos.

Assim, aqueles que não conseguimos conceber o mecanismo do qual se servem as leis divinas para contabilizar os equívocos e acertos cometidos, podemos imaginar, por analogia, de que forma isso acontece.

Ora, se os homens, criados por Deus, têm meios de construir um compartimento numa aeronave, capaz de registrar as ocorrências para posterior análise, por que é que Deus, a inteligência suprema do universo, não teria melhores condições de preservar, em nossa consciência, os registros necessários?

Aqueles que pensam que a morte do corpo físico apagará nossos feitos, estam deveras equivocados.

Se assim não fosse, como entender o dizer de Jesus, que “a cada um será dado segundo suas obras”?

Mas como é que nós responderemos perante as leis, se não as conhecemos?

Os espíritos superiores dizem que as leis divinas estão inscritas na nossa consciência, dessa forma, não poderemos alegar ignorância.

A afirmativa evangélica de que todos os pecados serão perdoados, exceto os que forem cometidos contra o espírito, fala dessa realidade.

Os pecados contra o espírito, são as infrações cometidas contra a consciência, isto é, os equívocos conscientes.

Podemos afirmar, sem medo de errar, que muitas das atitudes equivocadas, não têm o aval da nossa consciência, pois sabemos que estamos agindo mal.

Essa voz interior, que nos acode à mente quando planejamos uma ação má, é a voz da consciência a nos advertir para que não a concretizemos. O que ocorre, na maioria das vezes, é que não lhe damos ouvidos.

Se mesmo na justiça humana, há distinção entre o crime doloso e o culposo, não poderia ser diferente quanto à justiça divina, que julga sempre pela intenção, e nunca pelas aparências.

Não é outro o motivo pelo qual Jesus assevera que mais será cobrado de quem mais tiver. Quem mais sabe, mais responsável é pelos atos.

É dessa forma que cada um responderá, perante as leis divinas, diante do tribunal implacável da própria consciência, por todos os atos praticados.

Assim, é importante que consultemos periodicamente os registros da nossa “caixa preta”, para que na hora da averiguação não nos decepcionemos conosco mesmos.

E não tenhamos dúvidas! Todos teremos nosso momento de prestação de contas à divindade através da nossa consciência.

E tenhamos certeza de que somente responderemos pelos nossos atos, jamais pelos atos dos outros, porque “a cada um segundo suas obras”.

Você sabia?

Você sabia que as leis divinas são de justiça e amor?

E que essas leis não querem a morte do equivocado, mas a eliminação do equívoco?

São também leis de misericórdia, pois nos permitem oportunidades sempre renovadas para o aprendizado das lições da vida, embora as circunstâncias não sejam as mesmas, principalmente para os recalcitrantes, que não querem aproveitá-las devidamente.

Por essa razão, não devemos adiar a hora de fazer o bem na medida das nossas forças, para que nos libertemos de vez por todas, dos grilhões que nos mantêm presos ao sofrimento, e alcemos voos mais altos, na direção da felicidade que nos acena.

Redação do Momento Espírita

Continuar lendo DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: A CADA UM SERÁ DADO SEGUNDO SUAS OBRAS

DESENVOLVIMENTO PESSOAL: CUIDANDO DA ALMA – EPISÓDIO #4 – QUAL O PODER DOS NOSSOS PENSAMENTOS?, POR ROSSANDRO KLINJEY

Continuando a série RENASCER – CUIDANDO DA ALMA com o psicólogo Rossandro Kilnjey, você vai refletir sobre “Qual o poder dos nossos pensamentos?”. O quanto os nossos pensamentos comandam a nossa vida, o quanto somos reféns dos nossos pensamentos e o que podemos fazer para nos libertarmos disso? São questionamentos que vão ser respondidos neste vídeo pelo competente psicólogo e vão lhe ajudar a assumir o comando da sua vida!

Fonte:

Continuar lendo DESENVOLVIMENTO PESSOAL: CUIDANDO DA ALMA – EPISÓDIO #4 – QUAL O PODER DOS NOSSOS PENSAMENTOS?, POR ROSSANDRO KLINJEY

DESENVOLVIMENTO PESSOAL: CUIDANDO DA ALMA – EPISÓDIO #03 – COMO O EGO FOGE DO DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL, POR ROSSANDRO KLINJEY

Continuando a apresentar a série de vídeos do renomado psicólogo Rossandro Klinjey CUIDANDO DA ALMA, aqui na coluna DESENVOLVIMENTO PESSOAL, vamos assistir ao episódio #03, onde o psicólogo explica como o ego foge do desenvolvimento espiritual, de uma forma didática e de fácil entendimento, utilizando uma linguagem metafórica que torna a palestra atraente e agradável. Então, assista, aprecie, reflita e faça o seu juízo de valor!

Fonte:

Continuar lendo DESENVOLVIMENTO PESSOAL: CUIDANDO DA ALMA – EPISÓDIO #03 – COMO O EGO FOGE DO DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL, POR ROSSANDRO KLINJEY

ARTIGOS: QUAL O SEU CONCEITO DE EVOLUÇÃO?, POR WAGNER BRAGA

Vantagens da Reencarnação para a Evolução do Espírito - Tv Mundo Maior

NÃO HÁ DE SE FALAR EM EVOLUÇÃO SEM ANTES SE FALAR EM REENCARNAÇÃO

Semana passada, mais precisamente na sexta-feira, participei de uma live em que fui convidado, pela competente psicóloga e especialista em Constelação Familiar, Selma Rodrigues. A uma certa altura da live ela me perguntou: Wagner, qual o meu conceito de evolução?

Uma pergunta que me deixou numa encruzilhada, pois fui obrigado a me posicionar sobre as minhas crenças espirituais, que fatalmente nos leva a abordar um tema que muitas pessoas não estão preparadas para ouvir, refletir e debater sobre, já que envolve algo que é divisor de águas entre religiões: a Reencarnação.

Eu respondi dizendo que não há de se falar em evolução sem antes falar em “Reencarnação”, já que algo ou alguém só está sujeito(a) a evoluir se este algo ou alguém for único. Não há como imaginar que alguém empreste a sua evolução para outra pessoa. Por isso, parto do princípio que somos todos “Consciência”, que sempre existiu e continuará existindo. Cada ser humano é uma consciência única e permanente que está numa caminhada evolutiva e ao passar por esta 3ª dimensão em que vivemos toma emprestado invólucros que lhe dão forma tridimensional. Depois de muito estudar, pesquisar, buscar respostas, cheguei a conclusão, através da lógica, que é humanamente impossível, numa única passagem existencial, sair do zero ao 100% do desenvolvimento mental e espiritual.

Portanto, ao despertar a consciência, o ser humano passa a perceber que a vida é um aprendizado diário, que esse aprendizado acumulado o conduzirá ao conhecimento e consequentemente à sabedoria. E que essa trajetória é muito longa, principalmente porque o deixar ir é muito difícil por conta da força do ego que nos prende a matéria com uma força descomunal. Mas a partir dessa percepção dá-se um salto quântico espetacular e irreversível rumo a verdade absoluta e a famosa  liberdade dita por Jesus Cristo: “Conhecereis a verdade e ela vos libertará”, (Lucas, 8:32).

Wagner Braga

Continuar lendo ARTIGOS: QUAL O SEU CONCEITO DE EVOLUÇÃO?, POR WAGNER BRAGA

AUTOCONHECIMENTO: A ARTE NOS LIBERTA DOPESO DA CONSCIÊNCIA E DAS DORES DA EXISTÊNCIA

Nesta segunda-feira você vai ver, aqui na coluna AUTOCONHECIMENTO um texto de autoria de Luiz Lemos sobre “O poder da Arte”. Nele o autor aborda toda a importância da arte nas nossas vidas contextualizando que todos nós, enquanto seres humanos, somos artistas natos. Então não deixe de ler, refletir e fazer o seu juízo de valor!

O poder da arte

Mulher em escada pinta cenário claro. As manchas de tinta conceituais se espalham pelo cenário.
Sergey Nivens / 123RF

Gosto muito da frase de Ferreira Gullar que afirma: “A arte existe porque a vida não basta.”. E é isso mesmo, pois “A arte existe porque a vida não basta.”.

Existem momentos em nossas vidas que somente a arte nos liberta do peso da consciência e das dores da existência.

Por exemplo, quando estamos tristes, com saudade de alguém e ouvimos uma música romântica, essa canção geralmente tem o poder de curar a nossa alma.

É interessante dizer que não existe arte melhor ou pior, superior ou inferior, pois toda arte é uma forma de elevação do espírito humano.

Ao escrever uma carta de amor, por exemplo, o escritor se aproxima do amor ausente.

O poeta sintetiza todos os seus sentimentos em rima e em prosa, tornando a vida triste ou alegre, mas sempre romântica.

No olhar dos paisagistas, os campos, os rios, as cidades, o meio rural ou o urbano nunca são os mesmos que o olhar do transeunte desatento.

Pedras, mármores, madeiras etc. ganham vida no martelo do escultor, enquanto os engenheiros e pedreiros constroem belas casas com areia, ferro e cimento. A arte é mesmo um meio de transformação humana!

A dança torna o corpo humano mais saudável. O esporte leva o atleta, o esportista à conquista da medalha olímpica, da obtenção da glória eterna…

Três mulheres dançam em superfície próxima de um lago.

Tim Gouw / Pexels

Por meio da arte, somos capazes de expressar sentimentos que nos aprisionam. Somente a arte nos liberta da prisão da mente, dos sentimentos, dos desejos…

Pela arte, tudo é possível, pois os sonhos se realizam, a justiça acontece, os povos se confraternizam, o amor é praticado…

Vale ressaltar que toda forma de arte é uma forma de libertação humana. Seja pela arte da pesca ou pela oração mais simples.

Por fim, não nos esqueçamos o que disse o poeta maranhense: “A arte existe porque a vida não basta.”. Somente os artistas são livres.

E quem são os artistas? Somos todos nós, homens e mulheres que buscam um mundo melhor, mas fraterno, justo e belo para todos.

A arte, seja ela qual for, torna-nos seres humanos melhores. A arte engrandece a pessoa, faz com que sejamos seres livres.

A arte é tão necessária quanto o ar que respiramos. Sem arte, seriamos um animal qualquer e não seríamos o que somos, homo sapiens.

Não existe sabedoria fora das artes. A arte concentra toda forma de saber humano. Aliás, viver é mesmo a arte das artes.

Ser verdadeiro, sincero, ético, justo, belo significa possuir os autênticos valores da arte humana. Viver bem e em paz é a melhor de todas as artes.

Por isso também tem razão o grupo Titãs, que cantou: “A gente não quer só comida, a gente quer comida, diversão e arte”.

Toda forma de arte humana deve servir para libertar o espírito humano do egoísmo e do materialismo.

Enfim, a arte é o meio mais palpável de nos conectarmos com o Transcendente, com o Além, com o Divino, com o Mestre, com Deus…

Luis Lemos
Escrito por Luis Lemos
Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: A ARTE NOS LIBERTA DOPESO DA CONSCIÊNCIA E DAS DORES DA EXISTÊNCIA

DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: CONHEÇA OS REGISTROS AKÁSHICOS OU “LIVRO DA MEMÓRIA DE DEUS”

Na Live desta sexta-feira com a psicóloga e especialista em Constelação Familiar Selma Rodrigues, ao ser perguntado sobre o meu conceito de “Evolução”, afirmei com muita convicção que não há de se falar em evolução da consciência humana sem imaginarmos e/ou acreditarmos que a Consciência é única e permanente, que sempre existiu e sempre existirá, que está numa caminhada evolutiva e que o invólucro ao qual estamos envolvidos nada mais é do que casulos emprestados a essa consciência em cada fase de sua evolução. Essa caminhada evolutiva é registrada passo a passo. Portanto, não há de se falar em evolução sem falar de reencarnação. O texto a seguir, do extraordinário Edgard Cayce, explica como é feito esse registro através dos “Registros Akáshicos”. Convido você a ler e entender!

EDGAR CAYCE NOS REGISTROS AKÁSHICOS

 

Quando questionado sobre a fonte de suas informações, Edgar Cayce respondeu que havia essencialmente dois. O primeiro era o subconsciente do indivíduo para quem ele estava fazendo a leitura e o segundo eram os Registros Akáshicos.

Os Registros Akáshicos, também conhecidos como “O Livro da Vida” ou “Livro da Memória de Deus”, podem ser comparados ao sistema de supercomputador do universo – ou talvez o que hoje seria chamado de computação em nuvem. Eles são o depósito central de todos informações para cada pessoa que já viveu na Terra. Esses registros contêm todos os nossos pensamentos, ações, palavras, sentimentos e intenções. Eles têm uma enorme influência em nossa vida cotidiana, nossos relacionamentos, nossos sentimentos, nossos sistemas de crenças e as realidades potenciais que atraímos para nós. Edgar Cayce referiu-se aos registros da seguinte maneira:

Sobre o tempo e o espaço estão escritos os pensamentos, as ações, as atividades de uma entidade – como nas relações com seus arredores, sua influência hereditária; conforme direcionado – ou julgamento elaborado por ou de acordo com o que é o ideal da entidade. Consequentemente, como tem sido frequentemente chamado, o registro é o livro de recordações de Deus; e cada entidade, cada alma – como as atividades de um único dia de uma entidade no mundo material – faz o mesmo bom ou mau ou indiferente, dependendo da aplicação do eu da entidade …

– Edgar Cayce Reading 1650-1

Quando Cayce acessou os Registros Akáshicos de um indivíduo, ele teve a capacidade de selecionar as informações que seriam de maior ajuda para aquela pessoa naquele momento específico de sua vida. Frequentemente, uma leitura pode sugerir que apenas uma seleção do material disponível estava sendo fornecida, mas que o indivíduo estava recebendo aquilo que seria “mais útil e esperançoso”.

Ao discutir o Livro da Vida, ele afirmou que era, “O registro de Deus, de ti, da tua alma interior e do conhecimento da mesma.” (281-33) Quando questionado sobre a diferença entre o Livro da Vida e os Registros Akáshicos, ele explicou:

P. [O que significa] O Livro da Vida?
A. O registro que a própria entidade individual escreve sobre a meada de tempo e espaço, por meio da paciência – e é aberto quando o eu está sintonizado com o infinito, e pode ser lido por aqueles que estão em sintonia com essa consciência …
P. O Livro das Lembranças de Deus ?
A. Este é o Livro da Vida.
P. Os Registros Akáshicos?
A. Aquelas feitas pelo indivíduo, conforme indicado.

– Edgar Cayce Reading 2533-8

Cayce indicou que esses registros são mais do que apenas um depósito do passado quando afirmou:

Sim, temos o corpo aqui, e o registro como foi feito e como pode ser feito com a vontade quando exercida, e a condição independente da influência ou efeito da vontade que foi criada. Temos condições que poderiam ter sido, que são, e que podem ser. Não confunda ou cruze os três propósitos de nenhum dos dois.

– Edgar Cayce lendo 304-5

Por que e como nossas vidas são afetadas pelos Registros Akáshicos? Esses registros conectam cada um de nós uns aos outros. Eles contêm a essência de cada símbolo arquetípico ou história mítica que já tocou profundamente os padrões de comportamento e experiência humanos. Eles têm sido a inspiração para sonhos e invenções. Eles nos atraem ou nos repelem uns dos outros. Eles moldam e dão forma aos níveis de consciência humana. Eles são uma porção da Mente Divina. Eles são o juiz imparcial e o júri que tentam orientar, educar e transformar cada indivíduo para se tornar o melhor que pode ser. Eles incorporam uma gama em constante mudança de futuros possíveis que são colocados em potencial à medida que interagimos e respondemos às circunstâncias de nossas vidas.

As leituras de Cayce sugerem que cada um de nós escreve a história de nossas vidas por meio de nossos pensamentos, nossas ações e nossas interações com o resto da criação. Esta informação tem um efeito sobre nós aqui e agora. Na verdade, os Registros Akáshicos têm um impacto tão grande em nossas vidas e nos potenciais e probabilidades que atraímos para nós que qualquer exploração deles não pode ajudar, mas nos fornece insights sobre a nossa natureza e nosso relacionamento com o universo.

Há muito mais coisas em nossas vidas, nossas histórias e nossa influência individual sobre nossos amanhãs do que talvez tenhamos ousado imaginar. Ao acessar as informações dos Registros Akáshicos, o banco de dados do computador do universo, muito pode ser revelado para nós. O mundo como o percebemos coletivamente é apenas uma sombra tênue da realidade.

Saiba mais sobre os Registros Akáshicos de Edgar Cayce nos Registros Akáshicos  de Kevin J. Todeschi.

Fonte: EdgardCayce.org

Continuar lendo DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: CONHEÇA OS REGISTROS AKÁSHICOS OU “LIVRO DA MEMÓRIA DE DEUS”

AUTOCONHECIMENTO: DESAPEGO, PERDÃO, CONFIANÇA E AMOR, VALORES IMPRESCINDÍVEIS PARA A NOSSA EVOLUÇÃO ESPIRITUAL

Sem dúvida alguma o caminho para o AUTOCONHECIMENTO passa necessariamente pelo desapego e pelo perdão. Perdoar é um ato de confiança e de amor. Ai chegamos no que realmente viemos fazer aqui. Viemos aprender a amar. Quando conseguimos reunir as virtudes: desapego, perdão, confiança e amor, estamos prontos para mudar de nível consciencial e dar um salto quântico da nossa caminhada evolutiva. Esse é o tema que o texto a seguir aborda com muita maestria. Então leia! 

O poder do perdão para uma vida mais feliz

Uma pessoa segurando a mão de outra
Pixabay / Pexels

“Quem nunca errou, que atire a primeira pedra”. Essa passagem bíblica, que se tornou bastante popular, certamente já foi utilizada por você em algum momento da sua vida. É o que dizemos quando uma pessoa que errou está sendo julgada como se fosse a única a se equivocar.

Isso porque é difícil aceitar que todos nós erramos e falhamos, em alguma medida. Independentemente de quais sejam as nossas intenções, podemos magoar alguém, fazer uma previsão incorreta, expressar os nossos sentimentos sem pensar duas vezes. Atitudes assim podem acontecer com qualquer pessoa.

No entanto, nem sempre somos capazes de reconhecer a nossa humanidade. É por isso que existe o perdão. Com esse ato, demonstramos que todas as pessoas erram e que elas não devem ser punidas eternamente por causa disso. Perdoar alguém não é sinônimo de esquecer o mal que alguém nos fez, é libertar essa pessoa (e nós mesmos) do peso da culpa.

Ou seja, perdoar é um ato de confiança e de amor. Confiança porque mostramos à outra pessoa que acreditamos que ela não tornará a fazer o que fez; e de amor, porque lhe damos a oportunidade de viver em paz. Inclusive o perdão pode ser concedido de uma pessoa para ela mesma, permitindo que ela siga em frente depois de se equivocar.

Por que o perdão é importante?

Algumas pessoas se orgulham de nunca perdoar as outras. Elas imaginam que assim irão construir apenas laços muito verdadeiros e duradouros com quem está acima de qualquer possibilidade de erro. Uma atitude inadequada, uma palavra mal interpretada, e isso já é suficiente para romper relações. Restarão apenas os melhores.

No entanto, será que esse é o melhor jeito de viver? Para responder a essa questão, pense na sua infância. Provavelmente, naquela época, você fez muita coisa errada, desde rabiscar uma parede até dizer que odiava alguém da sua família. É evidente que você só fez tudo isso porque ainda estava aprendendo como a vida funciona, mas os seus familiares te perdoaram, não é?

Quando nos tornamos adultos, imaginamos que já aprendemos tudo sobre a vida e que errar não é mais possível. Porém nós estamos sempre nos transformando, e precisamos da oportunidade de consertar as nossas atitudes que provocaram algum mal-estar. Imagine como teria sido a sua vida se a sua família não tivesse te perdoado pelos erros que você cometeu quando era criança!

Então, em primeiro lugar, o perdão é importante porque nos mostra que todos estão em constante evolução e que cometer falhas faz parte desse processo. É justamente a partir dele que nos tornaremos versões melhores de quem somos, tanto ao nos perdoarmos quanto ao perdoarmos os outros.

Mulher com os braços para cima e sorrindo se sentindo livre

Daniel Reche / Pexels

Pensando em outra situação, lembre-se de algo muito doloroso que outra pessoa já te fez e de um erro que você cometeu e que parecia não ter conserto. Quais são os seus sentimentos sobre isso? Há alguma emoção positiva sobre esse fato, ou apenas rancor, raiva e tristeza? É mais provável que as suas sensações sejam mais parecidas com a segunda hipótese.

Entretanto toda essa negatividade é produtiva para você? Ela te ensina algo sobre a vida, te ajuda a ser uma pessoa melhor? Não! O perdão é importante, nesse caso, porque ele nos ajuda a enxergar uma situação a partir de outra perspectiva. Nós não iremos esquecer o que aconteceu, mas olharemos para isso de um jeito diferente, sem sentimentos negativos.

Logo o perdão é uma ferramenta fundamental para a nossa evolução. É a partir dele que compreendemos que todos erram, que oferecemos novas chances e que nos tornamos capazes de avaliar situações que nos trouxeram alguma dificuldade. É uma verdadeira libertação, para quem perdoa e para quem é perdoado.

Razões para perdoar

Se você ainda não se convenceu de que o perdão é transformador e pode melhorar a sua vida, separamos algumas razões para fazer isso. É importante que você saiba que não tem a obrigação de perdoar a todos, porém é necessário considerar essa hipótese em todos os casos.

1) Estimular a sinceridade

Quando uma pessoa comete um erro e sente que não seria perdoada por causa dele, é provável que ela omita o que fez ou minta sobre isso. Tal comportamento pode tornar uma relação fragilizada, ainda que a aparência dê a entender que está tudo bem. Qualquer relacionamento precisa de transparência!

2) Construir diálogos importantes

Em vez de represarmos dentro de nós as questões que nos incomodam sobre outras pessoas ou sobre nós mesmos, temos a oportunidade de construir diálogos importantes. Por meio de conversas objetivas e verdadeiras, é possível entender os motivos por trás de determinada ação, o que favorece a concessão do perdão e o desenvolvimento de interações futuras.

3) Facilitar o convívio com outras pessoas

As pessoas não são perfeitas, e saber disso é essencial para a boa convivência. Todos nós vamos errar em algum momento e precisaremos do perdão de outra pessoa para manter o nosso bem-estar e o bem-estar dela. Havendo uma mudança de atitude depois desse tipo de desculpa, o convívio com outras pessoas se tornará bem mais leve.

Pessoas reunidas comendo pizza

Ron Lach / Pexels

4) Focar o presente e o futuro

O passado pode nos auxiliar a compreender o presente e o futuro, mas não deve guiar os nossos sentimentos e pensamentos o tempo todo. Com o perdão, reconhecemos que um determinado erro (de outras pessoas ou de nós mesmos) pode ficar no passado, sem trazer outras consequências mais graves ao longo do tempo. Do contrário, essa falha vai se transformar em rancor e insegurança, durando meses, e até anos, sem necessidade.

5) Exercitar a empatia

empatia é o que nos permite compreender as atitudes que outra pessoa tomou em determinado momento. Talvez nós acreditemos que faríamos algo diferente do que ela fez, porém iremos reconhecer que naquele momento ela fez o que achou certo. Ainda que os resultados não tenham sido os melhores, é possível perdoá-la por isso.

Como praticar o perdão

Depois de entender as mudanças positivas que o perdão pode trazer para a sua vida, amplie suas habilidades descobrindo como praticar o perdão. Seja alguém melhor!

1) Reconheça o problema

Em primeiro lugar, o processo de conceder o perdão – seja para alguém, seja para você mesmo – deve partir do reconhecimento do problema. Qual foi a atitude que causou um problema? Qual é a magnitude desse desconforto? É possível resolvê-lo? Faça uma análise criteriosa seguindo essas perguntas.

2) Enxergue além do erro

Para perdoar alguém, é preciso reconhecer que as pessoas não podem ser resumidas a uma atitude. Elas são formadas a partir de erros e de acertos, e estão em constante transformação. Então não reduza um ser humano a um equívoco que ele cometeu, porque a complexidade dele não pode ser resumida a isso.

Homem e mulher de mãos dadas

Free-Photos / Pixabay

3) Trabalhe a sua confiança

Confiar em uma pessoa que errou conosco pode ser um desafio. Confiar no nosso potencial depois de nos prejudicar ou de prejudicar alguém, também. No entanto, precisamos trabalhar a nossa capacidade de confiar nos outros e em nós mesmos apesar das falhas que podem acontecer. Afinal, precisamos acreditar em nós para ampliar nossos potenciais.

4) Certifique-se de ouvir o outro

O exercício de ouvir a outra pessoa é fundamental para o processo de perdoar alguém. Somente com esse gesto será possível compreender o que levou esse indivíduo a agir de um jeito, e não de outro. Dessa maneira, reconheceremos que a forma de agir em uma situação tem uma explicação, com a qual podemos nos relacionar empaticamente.

5) Supere essa questão

Deixar o passado no passado é o que pode nos trazer uma sensação de liberdade indescritível. Nós não podemos nos apegar aos erros que já cometemos, ou que cometeram conosco, principalmente quando eles são indiferentes para o presente e para o futuro. Então supere de uma vez essa questão que está te perturbando, por meio do perdão!

Avaliando o conteúdo que foi apresentado, é possível compreender que o perdão é uma maneira de viver a vida com mais leveza, com amor e com empatia. Não precisamos perdoar todo mundo, mas precisamos nos abrir para isso. Inclusive devemos nos perdoar por aquilo que não tem qualquer influência na totalidade de quem somos. Abrace a possibilidade de falhar, perdoe, transforme e siga em frente!

Fonte: Eu Sem Fronteiras

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: DESAPEGO, PERDÃO, CONFIANÇA E AMOR, VALORES IMPRESCINDÍVEIS PARA A NOSSA EVOLUÇÃO ESPIRITUAL

DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: MENTE_ É A SOMA DO ESTADO DE CONSCIÊNCIA, PENSAMENTO, VONTADE E SENTIMENTO

O estudo sem o serviço e a meditação é infrutífero. Assimilar conhecimento sem repassá-lo aos outros, não só nos oprimi, como não serve para a nossa evolução espiritual. O verdadeiro instrutor não se coloca acima  dos seus alunos, pois a vida é umeterno aprendizado e temos sempre muito a aprender com o outro. Com o tempo o verdadeiro aprendizado se torna sabedoria, que está além do intelecto. O texto aseguir fala acerca disso. Então leia eexpanda sua consciência!

Estudo,  meditação e serviços

Todos nós podemos contribuir para o bem da humanidade. Não demore – liberte a criança espontânea dentro de você, em toda a sua inocência. A vida não espera; o futuro do mundo depende de nós, então vamos criar um bom futuro para nossos filhos e netos

Margaret Bove*

Meditação: estudo da Universidade de Harvard | Pura Energia Positiva

O manas (mente) concreto e inferior provê um veículo para o aprendizado, e o manas abstrato e superior absorve a essência do aprendizado. A mente superior (Manas) é caracterizada pela criatividade do Eu Superior. Mente é a soma dos estados de consciência: pensamento, vontade e sentimento. Cada vez mais pessoas evoluem em consciência e passam para níveis mentais superiores. Os átomos da mente estão despertando como nunca antes; milhões de neurônios que acreditávamos inativos estão agora em atividade.

Quando nos concentramos no estudo, facilitamos a intuição. Blavatsky disse que partes de A Doutrina Secreta só podiam ser lidas com a intuição. Quando a intuição tiver se desenvolvido e a consciência tiver se elevado com o estudo e a meditação, teremos paz e união entre todas as pessoas. Será o fim de todos os graus de ódio, de todas as barreiras que nos dividem.

Nos ensinamentos dos grandes mestres o positivo sempre supera o não positivo; a vingança não obtém êxito. Somos todos um e não importa a nossa crença ou filosofia, pois viajamos rumo ao mesmo ideal. Como estamos unidos nos níveis sutis, ligados aos outros e a todas as coisas através do etérico, quando ferimos os outros, ferimos também a nós mesmos.

Estudo, meditação e serviço estão ligados e só são completos juntos. O estudo sem o serviço e a meditação é infrutífero. Absorver conhecimento sem oferecê-lo aos outros pode nos oprimir. O verdadeiro instrutor não faz diferença entre ele mesmo e seus alunos; um aprende com o outro.Com o tempo o verdadeiro aprendizado se torna sabedoria, que está além do intelecto.

À medida que progredimos nesse caminho e começamos a distinguir  real do irreal, nosso desejo é ajudar e servir. A razão da nossa encarnação é retornar à residência do espírito puro, aprender a servir, com a experiência e a purificação do nosso ser, para auxiliar o plano divino onde cada um tem seu papel a desempenhar. Começamos a abraçar o amor, a compaixão, a compreensão, a disponibilidade, a inofensividade, o desapego e o perdão incondicionais. Errar é humano e perdoar é super-humano. Todo ser humano tem uma fonte de bondade; se nos concentrarmos nisso, e não no lado negativo, o positivo surge com facilidade. Para deixar para trás traumas passados devemos perdoar os outros e nós mesmos.

Ao longo do caminho espiritual encontramos uma lembrança do bom, do verdadeiro e do belo. Somos compelidos pelo Eu Superior a prosseguir, embora o eu inferior possa mostrar resistência. Edwin Arnold disse: “No coração de cada homem vive um Mestre que, por meio de fios sutis, faz suas ações dançarem segundo a canção que Ele quer.” A Doutrina Secreta e a Sabedoria Antiga nos ensinam que a raiz sem raízes da nossa origem é o amor total, sem distinção entre raça, credo, sexo ou qualquer outra. Em um nível profundo de consciência existe total unidade e paz; o muçulmano cuida do hindu, o hindu ama o sikh, os shias estão em harmonia com os sunnis, os iranianos com os sírios e os palestinos, o árabe com o judeu – a verdadeira unidade fraternal. Brahman, Atma, tudo é um. Om e Jeová são dois pilares do mesmo portal – símbolos do corredor único da vida. Por meio do serviço abrimos o coração e sabemos que todos  somos um. O coração representa o centro do nosso ser. O Santo Graal é um símbolo do coração. Para os maçons o coração representa o Mestre Perfeito. Para os sufis é o ponto de conexão entre o humano e o divino. Quando os místicos se encontram, seus corações batem juntos.

O verdadeiro serviço é nos doar e estar disponíveis com simplicidade e humildade. O mestre Koothumi disse: “Tentai.” Não é preciso ser heroico. O que realmente importa não é o que fazemos, mas a boa vontade com que fazemos. Às vezes basta um sorriso, uma mão reconfortante sobre o ombro ou uma palavra encorajadora. Nada é grande ou pequeno na economia divina. O ato de um presidente para com uma nação não é maior do que o ato de uma mãe com seu  bebê. Todo serviço é necessário e todo ato é uma parte da grande unidade. Uma gentileza que pode parecer insignificante é um diamante na imensa joia da iluminação, e nos lembra da brilhante luz do amor.

O espírito está em toda parte, em cada pássaro que canta, cada animal que anda sobre a Terra e cada criança que ri. O grande mistério está dentro de cada um de nós. Não há separação – somos um com toda a criação e fomos feitos para servi uns aos outros.

É inútil tentar alcançar a fraternidade universal mudando a política ou as pessoas. Primeiro devemos trabalhar em nós mesmos e purificar nosso coração. A regeneração espiritual da humanidade começa com o indivíduo. A meditação e a auto-observação abrem o caminho. Cada pessoa que analisou honestamente seus pensamentos, palavras e ações e tornou-os inofensivos é uma pérola preciosa na cadeia da existência e um forte elo da fraternidade humana.

A essência divina

A paz mundial começa com a paz interior, que é facilitada pela meditação. Meditação é a dissolução da personalidade individual e o desvendar da realidade. É um modo de vida que permite que conheçamos a nós mesmos; assim, somos muito mais valiosos no serviço. A meditação leva a um estado de existência onde compreendemos que não somos o corpo, as emoções nem a mente; somos centelhas da mesma grande chama. Po demos ver a essência divina em toda parte, no amigo e no inimigo, e em tudo ela é a mesma. Não existem inimigos reais, porque eles também auxiliam nossa evolução. Os monges budistas cantam agradecendo às pessoas e situações difíceis, pois sabem que desse modo o seu karma se dissolve.Tudo está no plano divino. Quando somos provocados por situações difíceis e permanecemos calmos, pensando positivamente, ocorre um salto na consciência. A meditação ajuda a penetrar esse estado de consciência, e cada fase desse estado é gloriosa. Todo alento meditativo é uma abertura do coração. Edwin Arnold descreveu isso em Song Celestial: “Aqueles que fazem um sacrifício  silencioso inalam o alento para alimentar a chama do pensamento e o exalam para soprar o coração às alturas, governando cada entrada de ar para que não passe nenhum suspiro que não ajude a alma.”

Em outras palavras, a meditação não se destina ao desenvolvimento pessoal; ela é um auxílio para a alma fazer o seu trabalho, plantando sementes de ações poderosas no jardim da eternidade e cultivando flores de vários matizes, que desabrocham em toda sua beleza. Estudamos e meditamos com o objetivo de servir. O verdadeiro serviço com a doação de

si mesmo é um exemplo da dedicação dos mestres iluminados, cujo único desejo é auxiliar e guiar a humanidade. O grande Sanat Kumara não seguirá para outras dimensões até que cada folha de capim tenha alcançado a iluminação. Façamos a nossa parte e ajudemos a elevar o planeta, auxi liando os grandes seres na realização do plano divino.

A mais famosa escola filosófica da Antiguidade usava as palavras “conhece-te a ti mesmo”. Krishnamurti costumava dizer: “Olha  para dentro. Conhecer a nós mesmos nos ajuda a servir porque nossas emoções e pensamentos podem ser semelhantes às dos outros; assim é mais fácil compreender seus problemas, que podem ter sido os nossos problemas. A meditação ajuda a reconhecer nossas fraquezas e modificá-las.

Não é necessário revelar nossos pensamentos aos outros, mas reconhecê-los no silêncio interno e tentar torná-los altruístas. Assim fortalecemos nosso caráter para o serviço – um serviço silencioso, que nada busca para o eu individual. Quando o objetivo do trabalho é uma recompensa, ele traz prazer, dor ou ambos, no tempo devido; mas, quando uma pessoa trabalha na eternidade, a eternidade é a sua recompensa.

Todos nós podemos, a nosso modo, contribuir para o bem da humanidade. Não demore – liberte a criança espontânea dentro de você, em toda sua inocência. A vida não espera; o futuro do mundo depende de nós, então vamos criar um bom futuro para nossos filhos e netos. Vamos nos tornar servidores altruístas, para que aonde quer que sigamos sejamos como raios de sol que trazem calor, amizade e gentileza.

Margaret Bove é membro da Sociedade Teosófica, em Nova Iorque, desde 1986, e profissional de medicina alternat

Fonte: Revista Sophia ano 19-Nº 89

Continuar lendo DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: MENTE_ É A SOMA DO ESTADO DE CONSCIÊNCIA, PENSAMENTO, VONTADE E SENTIMENTO

AUTOCONHECIMENTO: AO DESPERTAR CONSEGUIMOS EXPANDIR A NOSSA CONSCIÊNCIA

Desde sempre falo, aqui na coluna AUTOCONHECIMENTO em expansão da consciência e o texto escolhido para publicar hoje aborda especialmente isso e trás boas novas, nos informando que uma leva maior da humanidade começa esse processo do despertar da consciência. Essa é uma notícia alentadora diante da realidade que vivemos, em meio a uma pandemia global, muita insegurança, muitas dúvidas, prenunciando tempos nebulosos e muito difíceis. Por isso é cada vez mais importante leitura desse tipo para nos ajudar a enxergar o que normalmente não percebemos com os 5 sentidos. Para atravessarmos essa turbulência toda se faz necessários desenvolvermos outros sentidos como a Intuição. Por isso, convido você a ler o texto completo a seguir, refletir fazer o seu juízo de valor!

O despertar expande a nossa consciência

Mensagem canalizada em 18 de Abril de 2021 – Deusa da Criação

Esta é uma canalização que você pode se encontrar experienciando vez após vez. Neste momento, conforme esta canalização ocorreu, há muitas, muitas pessoas que estão despertando. A Deusa na verdade fala sobre isso e o impacto que está tendo na sociedade. O despertar é sobre tornar-se consciente de algo que você não tinha consciência. Há uma conexão direta do despertar para a expansão de consciência das pessoas.

Nós frequentemente falamos sobre nossa consciência. Falamos disso como uma maneira de fazer escolhas e como uma forma de como criamos nossas vidas. Nossa consciência é como nos expressamos externamente. Durante esta canalização, enquanto no Tudo o Que É, podemos ver a influência do despertar, ela apareceu como se uma porta estivesse se abrindo. Dali as pessoas podiam ver/sentir mais ao redor delas, porque a energia era maior. O que aconteceu então, foi que a inconsciência da pessoa, que é uma linha direta de sua alma, é capaz de enviar mais informação. Uma parte chave do despertar, ascender, expandir, é que há um fluxo contínuo que se move da inconsciência para a consciência.

Em essência, sua inconsciência é sua linha direta de sua alma para o humano. Isso é recebido como intuição, inspirações, reação visceral, ou consciência expandida. Finalmente, a Deusa na realidade enviou onda após onda de amor e Luz para ajudar as pessoas, conforme elas se movem através deste processo. Conforme as pessoas aprendem sobre o que estava escondido e conforme a tecnologia pula para a frequência mais alta, pode ser muito difícil entender ou até assustador. Essas ondas de Luz ajudarão a suavizar o processo.

Nama Sika Venia Benya, Eu SOU o Um, EU SOU o Todo

Eu os cumprimento, família amada! Eu alcanço meu coração para o coração de vocês; eu me estendo para abraçá-los neste momento agora. A vida é a respeito de comunidade. É sobre crescimento, oportunidades, potenciais e então o que quer que você escolha fazer com ela. A vida é infinita e onde você a está expressando na pessoa que você é agora, é o fator chave para o momento. Entretanto, você é muito mais do que esta vida terrena que está vivendo.

As pessoas se ocupam e se distraem e elas, portanto, esquecem de prestar atenção ao que é realmente importante em suas vidas. Elas ficam presas ao trabalho, talvez em discussões, talvez tentando alcançar algo e isso as distrai de seu alinhamento de alma.

As pessoas são pegas no mundo e elas podem estar ouvindo o que está acontecendo em vários lugares; talvez em sua própria comunidade, talvez em sua própria família. E então às vezes sua visão se reduz a um foco pequeno e estreito e você se esquece de que há mais do que está acontecendo. É essencial conforme você vive sua vida, se lembrar de estar neste fluxo do divino. O foco pode ser Deus, pode ser Anjos e para alguns, isso começa como um processo mais fácil se você focar em algo externo, ao invés de interno.

Entretanto, quanto mais você for capaz de lembrar que é verdadeiramente o que está dentro do seu coração sobre aquele alinhamento com Deus como você, os Anjos e os Seres de Luz, como você, tudo isso se junta e cria aquela perspectiva de sua vida. Então, enquanto estamos aqui e você está totalmente consciente e focado, eu sinto que é importante lembrar que quando você se atola, ao se desconectar, dando um passo para trás e então vindo mais uma vez a partir de sua perspectiva superior, então você pode ter as respostas que está buscando, a energia para fazer o que é preciso, pode ser capaz de tomar aquela decisão que vem tendo dificuldade em tomar.

Então, viva sua vida plenamente, estando totalmente presente sobre a Terra, enquanto ainda tem aberto aquele fluxo contínuo de amor e Luz do divino e esse divino é você. Respire fundo e apenas sente-se quietamente por um momento, sentindo como se a vibração e a frequência do que eu falo esteja se movendo através de você.

Eu o convido agora a tomar uma respiração onde você deixa seu foco descer através da respiração no centro do seu coração e você sente como se estivesse criando uma bola de Luz que circula dentro e ao redor dele. Conforme faz isso, você está criando um alinhamento mais profundo dentro de seu coração, você envia um aspecto disso que desce através do seus corpos de energia e então para a Terra.

Conforme ela se move para a Terra, você sente como se ela se espalhasse em diferentes direções. Gaia é um dos outros recursos maravilhosos disponíveis para você. Gaia é uma meio de aterrar você, ela armazena informação e ressoa uma frequência que pode ajudar a equilibrar você em sua vida diária. Deixe essa energia de Gaia fluir de volta para o centro do seu coração e então envie-a para cima, através de sua garganta, seu terceiro olho, centro da cabeça e ela sobe até que você se conecte dentro daquele espaço do seu Eu superior.

Tire um momento como se estivesse gentilmente permitindo às suas energias se fundirem com o que quer que esteja aqui, para que você possa ficar muito mais confortável, o que por sua vez vai ajudar você em ser perceptivo sobre qualquer informação que possa estar aqui, ou conforme você olha para sua vida.

Você então permite a sua energia fluir ainda mais alto. Para alguns, pode parecer como se houvesse um ímã que está puxando sua consciência para cima e para o espaço de seu plano de alma. Conforme você chega neste espaço, é como se você estivesse se fundindo com o infinito. Sua percepção pode ser que você se veja como se estivesse olhando e aqui está você e então o seu reflexo no espelho. Entretanto, o você no espelho está preenchido com uma aura magnífica, com diferentes frequências e tudo aquilo que permite a você ter acesso a muitas, muitas experiências. A sua alma é o seu elo com Deus e com a fonte de energia de Deus. Muitos chamam isso o sol central espiritual, que é o centro do universo. Nós trabalhamos com isso muitas vezes antes.

Conforme continuamos avançando através do processo de ascensão na Terra, está se tornando cada vez mais importante que você permita este fluxo de amor e Luz descer através de você e ele está todo manifestado bem aqui neste espaço. Esta é a expressão de você e somente você, porque você é o único com sua alma. Quanto mais você ficar confortável dentro deste espaço, mais você entenderá quem é como aquela essência de alma.

Eu, a Deusa, entro e estou entre todos que estão aqui. Ao fazer isso, eu estendo a mão para te abraçar. Eu abraço você como a consciência e a pessoa que você é, como sua divindade, sua essência de alma, tudo no qual você está acessando. Conforme eu me fundo com você, cada pessoa muda e se move para o Tudo o Que É.

Olhe ao redor, eu suspeito que este lugar está se tornando mais e mais familiar para você, especialmente desde a conversa com Jesus a última vez, quase cada um de vocês veio aqui regularmente. Este é um lugar de criação, ele tem a alta frequência de sua divindade. Entratanto, ela é criado como um lugar onde muitos podem se reunir.

Eu quero falar mais sobre ascensão. Durante nossa jornada, a última vez (Canalização de 4 de Abril de 2021) Jesus falou sobre sua vida na Terra, sua morte e então o retorno à Terra tendo ascendido ou indo além da morte para a vida eterna. Ele então escolheu voltar e viver o restante daquela vida. Entretanto, sempre haveria tempos nos quais era necessário para ele se recalibrar e realinhar com a frequência superior à qual ele ascendeu.

Aqui estamos vivendo sobre a Terra, e ela está novamente ascendendo. Houve tempos de grande transição no passado, que resultaram na era do gelo, dilúvio, grandes fogos e terremotos, o afundamento de Atlantis, da Lemúria. Ascensão não é nada novo para Gaia e ela será portanto o planeta equilibrado que ela é e vai passar por esse processo de ascensão, que é para o seu planeta Terra e como ele se relaciona com outros planetas dentro de seu universo.

Este é um dos pontos chave para você se lembrar, que esta é uma ascensão universal, não apenas um planeta. Então, onde você está neste momento neste processo de ascensão também é chamado o despertar. A humanidade tem estado dormindo de um jeito ou de outro por um longo tempo. O despertar é perceber que a vida é diferente do que você pensava que fosse. Conforme mais e mais pessoas despertam, isso vai automaticamente abrir seus campos de energia. Se você consegue imaginar quando alguém está dormindo, eles vão usar aquela frase simplesmente porque acordado e dormindo é fácil de entender.

Então, quando alguém está dormindo, a pessoa geralmente é complacente, simplesmente vai com o fluxo em sua vida e não questiona se coisas acontecem, simplesmente pensa tudo bem e segue em frente. Isso tem acontecido com milhões de pessoas na Terra. Conforme as pessoas começam a despertar, este despertar vem acontecendo a pelo menos 20 anos de uma forma muito consciente, provavelmente 50 anos de uma maneira inconsciente.

Então essa onda vem rolando pela sociedade, onda após onda, e assim, mais pessoas olham ao redor e perguntam: porque estou fazendo isso, qual o propósito disso? Se algo não faz sentido, elas dizem que não faz sentido e essa onda de questionamento está ficando cada vez maior. E conforme as pessoas questionam, elas despertam para o entendimento que as coisas na vida são diferentes do que elas acreditavam ser.

Pode ser muito traumático para as pessoas, pode ser assustador, entretanto, uma das razões pela qual eu queria falar sobre isto é que eu gostaria que isso fosse bem rápido para as pessoas, que elas despertassem e entendessem completamente, e ao invés de ficarem num estado traumático, elas se movessem para a frequência superior, para um maior entendimento e potenciais dos quais elas agora se tornam conscientes, que vai de fato enriquecer a vida delas.

Considere sua própria vida. Você sente como se tivesse despertado para o que está acontecendo no mundo, na sociedade, em sua vida? OK, o que eu aprendi de alguns de vocês é um sentimento de que desperto versus não desperto parece a mesma coisa. Talvez essas pessoas sempre tenham estado conscientes de que há algo diferente do que apenas seguir pelo status quo e portanto, elas sempre estiveram despertas.

Outro potencial pelo qual isso tudo pode parecer o mesmo, é porque há algo dentro de você que o está cutucando a fazer perguntas, e você não tem certeza onde fazer isso, como fazer e o que vai resultar. Você pode ter recursos disponíveis pela internet, pode procurar outras pessoas e eu quero expressar isso como as peças para seguir em frente. O mundo está despertando, é mais do que 50% e provavelmente perto dos 80%. Algumas pessoas podem estar conscientes, outras inconscientes.

Então esse era meu próximo passo. Nós sempre vimos para essas meditações através de sua consciência, seu foco, do qual você está ciente. O foco que o leva a uma direção para se conectar com seu coração, para ancorar, fluir para sua divindade, fluir para o Tudo o Que É. Tudo isso é a sua sensualidade que representa sua consciência, este é o aspecto da sua vida onde você pode fazer escolhas e isso afeta diretamente onde sua consciência irá.

Considere você, sua consciência é algo sobre a qual falamos por muitos, muitos anos e todos vocês vem se alongando e alongando, para que cada vez mais de sua consciência seja capaz de estar dentro da consciência expandida.

A sua consciência expandida é o que ajuda sua personalidade, seu ego, seus sistemas de crenças, é o que ajuda tudo isso a se alongar, para que você fique mais confortável com a mudança. Conforme estamos aqui no Tudo o Que É e você simplesmente permite à sua mente ou sua consciência apenas flutuar, coloca a intenção de que quanto mais você expande sua consciência, maior quantidade de informação existe que voltará para você, afetando-o em vida.

Agora então, há o seu aspecto inconsciente que também é parte desta consciência. É parte daquilo que você não está consciente, mas tem uma influência direta sobre você a todo momento. Esta é a parte vindo de seu cérebro esquerdo, o pensamento abstrato que desce de sua alma. Ela está te cutucando para se abrir para novos potenciais, para tentar algo diferente, talvez pegar um caminho diferente para o trabalho e ver o que você consegue perceber, ou se reconectar com um amigo do passado com o qual você não tem falado.

Então essa parte inconsciente de sua consciência é aquele guia que o ajuda em sua vida diária. Para a maioria da humanidade, a inconsciência dela tem de alguma forma atingido um muro de tijolos, porque a humanidade não prestou atenção. Então, portanto, conforme a humanidade desperta e isso abre portas, mais do inconsciente de cada pessoa pode vir para suas vidas diárias e portanto, suas consciências se expandem.

Você percebe como esse fluxo trabalha junto, como você recebe suas mensagens inconscientes de sua alma? Você sente isso no seu plexo solar? Você ouve os tons, palavras ou pensamentos? Você tem flashes de imagens, ou ouve aquela voz interior que sente dentro de você, que diz ‘sim, isso é exatamente o que eu preciso fazer?’

Quando isso acontece, aquele ciclo completou você.  Quando sua alma ou seu Eu superior enviou um impulso que diz ‘preste atenção a este momento’, você recebeu a mensagem, você prestou atenção e isso completa o ciclo de intenção. Então ao fazê-lo, isso expandiu sua consciência. São as distrações que impedem esse ciclo de funcionar completamente dentro de você. As distrações que chegam na forma de estar ocupado no trabalho, com a família, em sua vida diária, ocupado com o que pode estar acontecendo na mídia.

Então, conforme você se torna consciente do que é a consciência expandida através do despertar e recebe as intuições inconscientes, as distrações caem por terra. Você ainda vai tê-las em sua vida, entretanto, será muito mais fácil deixá-las ir, dizer ‘isso é uma distração e eu a deixo ir.’ Pode haver momentos onde a distração seja algo realmente para cutucar você para se abrir mais, então você não precisa sempre deixá-la ir cegamente. Mas conforme você olha para a distração, você tem o entendimento de deixá-la ir, pegar o que precisa e depois voltar ao foco.

OK, eu ouvi alguém dizer, ‘mas eu não sei o que não sei’, essa é uma declaração verdadeira e ela também abre tudo o que você não precisa saber, você só precisa estar aberto para o potencial de que coisas muito belas e gloriosas estão disponíveis à você, estar aberto para receber. E se você aprender algo que está totalmente fora de sua perspectiva, então aceite-o, olhe para ele e descubra a verdade, ou talvez entenda que é aí onde o mundo está se movendo.

Haverá muito mais tecnologia que está em alinhamento vibracional com a frequência superior, que muitas pessoas pensarão ‘isso não pode ser, isso não é possível’, então eu peço a você para simplesmente estar aberto, entender que você não sabe o que não sabe, entretanto, você está disposto a dar uma chance. Meu coração está tão cheio! Conforme olho para todo mundo aqui, há todas essas rajadas de Luz e energia e tantas pessoas estão se movendo para aquele espaço de despertar.

Até mesmo somente falar sobre sua consciência, inconsciência. Estes tópicos de conversa podem ser totalmente novos para você, ou pode ser algo que você pensou e estudou a vida toda. Você está alinhado com o universo, com o planeta, com sua galáxia, com a fonte de energia de Deus, e dentro de tudo isso, há um fluxo infinito de amor, Luz, de potenciais e experiências. Esteja aberto para receber.

Eu peço que todos vocês voltem juntos como um grupo. Ao fazerem isso, permitam as suas consciências ou seus focos estarem presentes dentro de vocês. E conforme se juntam como um, permitam a essa consciência expandida dar a vocês a percepção do que este espaço parece para vocês. Então, como se estivessem despertando aquele caminho para seu inconsciente, deixem a porta aberta e vejam se conseguem colher qualquer informação desta experiência de estarem juntos como um grupo. Incrível!

Chegando ao centro você vê o holograma da Terra. Conforme esse holograma chega dentro de você, eu convido a cada um para enviar sua consciência expandida para o holograma. E ao fazerem isso, ele começa a pegar a Luz e o equilíbrio e a expansão que chega com vocês e este processo. O holograma gira, vibra, roda, conforme integra tudo o que foi enviado a ele.

Há um aspecto que vai para o universo e o restante desce para a Terra. É como se houvesse uma coluna de Luz e ela cai, ele vai através da coluna conforme ela se conecta com a matrix envolvendo a Terra, ela envia este círculo de Luz e energia. Isso é consciência expandida. Isso é sobre despertar, que refere-se ao crescente fluxo e movimento do inconsciente.

Então ela desce até o centro da Terra. À medida que se ancora na terra, ela volta para cima. Uma vez que esteja ancorado na Terra, sua própria energia e frequência sobem dentro de você, se movem dentro de você, em seu espaço humano e como você está integrando tudo isso para si. Preste atenção ao que você está ciente e para abrir os aspectos de seu inconsciente.

À medida que cada um de vocês está integrando isso, eu os convido a estarem comigo conforme enviamos essa vibração e frequência através de cada pedaço da humanidade, que toda a humanidade desperte; que ela desperte de uma maneira consciente, para que conheça o fluxo de fonte divina que chega e receba o inconsciente.

Apoie a divindade dela e que isso possa ir de pessoa a pessoa ao longo do mundo todo, conforme a expansão se move por toda parte, permita ao restande de sua consciência e seu foco descerem dentro de você. Ele se move através do plano de alma e conforme você o traz de volta para o você humano, você pode precisar expandir seu campo de energia para que possa ancorar todo o seu Eu ascensionado. Reconheça que uma transformação enorme está acontecendo. Reconheça que você como humano, é uma parte integral de tudo o que está ocorrendo. Não depende de você fazer isso para mais ninguém, entretanto, conforme você se move em seu próprio processo, isso cria espaço para todos os outros. Inspire e expire.

À medida que você experiencia sua vida através do despertar do planeta, eu o convido a entender que você já está conectado a si mesmo tanto quanto sua alma se moveu por toda esta experiência.

Você como sua consciência expandida tem oportunidades para integrar, para transformar, para experienciar a vida. Confie em si mesmo. Confie em sua consciência. E confie em sua inconsciência conforme você se expande recebendo estas mensagens da alma, sabendo que isso é sempre para o seu maior e melhor interesse.

Vocês são amados!

Eu estou sempre com vocês e dentro de vocês.
Ansaluia

Shelly Dressel — Fonte: www.goddesslight.net/
Roseli Giusti Zahm e Marco Iorio Júnior — Tradutora e Editor exclusivos do Trabalhadores da Luz

Fonte: Trabalhadores da Luz

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: AO DESPERTAR CONSEGUIMOS EXPANDIR A NOSSA CONSCIÊNCIA

AUTOCONHECIMENTO: É NECESSÁRIO ENCARAR A DOR E O SOFRIMENTO COM CONSCIÊNCIA PARA ALCANÇAR A VIDA PLENA

Sábado é dia de tirarmos um tempinho para fazermos reflexões sobre o que estamos vivendo. Uma maneira de nos conectarmos com o nosso eu intrínseco e avançarmos do desenvolvimento da nossa espiritualidade. O texto a seguir fala de sofrimento e dor e nos ensina a desfazer a confusão de que uma vida feliz é uma vida de prazeres e nos mostra a real importância do sofrimento e da dor no nosso aprendizado.

A espiritualidade começa com introspecção

Mulher branca e loira sentada na grama.
Mykola Komarovskyy / 123rf

Será que uma vida de muitos prazeres e sem dor é uma vida feliz?

Convido você a fazer essa reflexão, porque muitas vezes vivemos uma vida sem sentido, fazemos um trabalho de que não gostamos, temos relacionamentos que já não funcionam, temos um modo de vida que já não nos satisfaz. Queremos evitar a dor de ficarmos sozinhos, evitar a dor de sair da nossa zona de conforto, a dor de não poder comprar as coisas que queremos. Essa fuga para não sentir dor nos coloca numa vida que não é a nossa, na qual a gente acaba por não se sentir bem, parece que está sempre faltando algo. Isso nos leva muitas vezes à busca de prazeres relacionados a hábitos nocivos, vícios, a uma vida amargurada, cheia de doenças. Eu diria um cansaço da vida.

Eu penso que aceitar o prazer é uma coisa, agora viver condicionado pelo prazer é um grande engano. Então pare e pense se na sua vida você está em busca do prazer apenas…

E outro fato importante, o prazer sem ser compreendido deteriora a mente. Um exemplo disso são inúmeros artistas, cantores, atores, pessoas que chegaram no topo da fama e dinheiro e não eram felizes.

Ou do outro lado, pessoas que sofreram muito e mesmo depois de sofrerem não aprenderam com a lição, isso porque o sofrimento não conduz à sabedoria e sim a compreensão dele.

Procure entender que o sofrimento faz parte e busque o caminho que faça sentido pra sua vida, mesmo que você tenha que mudar de percurso, começar tudo de novo, e mesmo que essa mudança provoque sofrimento por um tempo. Mesmo na dor, procure compreender por que a situação te fere, o que você de fato precisa aprender com essa dor. Essa atitude vai aos poucos elevar seu nível de consciência e surgirão recursos próprios e mais sólidos para enfrentar a vida, inclusive a consciência de que não podemos colocar nosso bem-estar somente em coisas que nos dão prazer, que não devemos colocar nosso bem-estar no outro ou em bens materiais.

Mulher branca meditando numa plantação.

Mor Shani / Unsplash

Só assim a vida começa a ser sentida, apreciada, valorizada.

Essa atitude vai tirar certas ilusões e fantasias sobre o viver.

Vamos aprender a desapegar tanto do prazer quanto da dor. Porém essa nova visão sobre a vida nos dá uma liberdade incrível, pois você não mais vai ser afetado pelas circunstâncias.

Muitas pessoas se apegam à dor, ao sofrimento… Parece loucura, mas é real, porque nesse papel de vítima elas têm ganhos secundários. Elas têm, por exemplo, a atenção dos outros, a piedade dos outros.

Então aqui chegamos a algumas conclusões.

A dor é necessária, crescer dói, deixar nosso lado infantil e passar para a fase adulta dói. Muita gente chega aos 30, 40, 50 anos sem querer enfrentar essa dor, sem mudar hábitos, sem amadurecer. Sem assumir certas responsabilidades.

Porém não podemos nos apegar à dor, há um ponto em que temos que sair dessa condição e buscar melhoras. Por outro lado, viver atrás do prazer pode ser um caminho muito perturbador.

Quantas pessoas se apegam tanto à aparência jovem e não aceitam a velhice, pois querem sempre sentir o prazer da juventude no corpo? Isso é destruidor.

Vamos buscar o equilíbrio entre esses polos? E quando estiver em qualquer um dos lados busque a consciência do que se passa no seu interior, os sentimentos atrelados, as sensações físicas, o propósito de estar ali. Adquira esse ponto de observação, no qual não há tanto peso assim entre o que é bom ou ruim, certo ou errado, pois quando o olhar está acima das aparências podemos ver que tudo faz parte, que tudo pode ser aceito e acolhido com amor e na medida certa.

Fonte: Eu Sem Fronteira

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: É NECESSÁRIO ENCARAR A DOR E O SOFRIMENTO COM CONSCIÊNCIA PARA ALCANÇAR A VIDA PLENA

REFLEXÃO: PERMITA QUE O SEU EU SUPERIOR E DIVINO SIGA A SUA FRENTE REMOVENDO TODOS OS OBSTÁCULOS

A Patrícia Gerbrim é uma mentora sensacional e está sempre escrevendo coisas maravilhosas para a nossa REFLEXÃO. O texto que publicamos aqui na coluna nesta terça-feira é especialmente inspirador, pois aborda, de uma maneira clara, simples e eficiente, o AUTOCONHECIMENTO e nos convida a dar espaço para a nossa alma nos guiar nas nossas escolhas. Isso significa desenvolver a intuição. Portanto, convido você a ler esse texto super esclarecedor, refletir e fazer o seu juízo de valor!

Permita que o divino se expresse

 em 

 

“Se há algo que precisamos aprender agora, é que precisamos dar espaço para a nossa criatividade .Estamos desperdiçando uma energia preciosa ao lutar contra o que está acontecendo, ao tentar controlar o mundo ao nosso redor, ao querer retornar, a qualquer custo, a um estado de coisas que não existe mais.

“E se não tivermos como voltar atrás?” E se estivermos sendo confrontados com a necessidade de seguir adiante? De nada adianta nos agarrarmos a um passado que, como a folha de uma árvore, já feneceu. Precisamos criar uma NOVA forma de viver nossas vidas.

Ouçam. Nós somos seres infinitamente capazes de manifestar novas e melhores formas de ser. Precisamos, no entanto, aceitar que todo um estado de ser ruiu, bem em frente de nossos olhos incrédulos. Precisamos sair de dentro desses escombros, respirar profundamente, nos conectar com a vida e nos tornarmos os criadores daquilo que precisa nascer.

Nós podemos ser os parteiros de um mundo mais belo, mais justo, mais respeitoso para com todos. Para isso não devemos negar os desafios que nos são impostos, ou imaginar que magicamente um novo mundo amanhecerá. Nós é que vamos “amanhecer o mundo” .

Faremos isso nos tornando nossas melhores versões. Não olhe ao redor. Não importa o que o outro está fazendo, ou sendo. Torne-se VOCÊ o seu melhor. Crie espaço para que sua alma passe a guiar suas escolhas. Perceba que seu poder está diretamente relacionado à sua coragem de ser quem você é. Viva nesse eixo que vai da terra ao céu, passando por você.

Seja fiel à terra, à natureza, à força que todos os dias lhe dá energia física, ar para respirar e viver. Seja fiel ao céu, à verdade maior, à justiça, à consciência de que somos UM .

Faça apenas isso, e você se tornará capaz de criar. Somos imensamente poderosos quando recuperamos essa capacidade. Assim poderemos de verdade manifestar o novo mundo. Não nos cabe saber que mundo será esse. Basta confiar e permitir que o divino em nós o expresse.” (Patricia Gebrim)

Luz e Paz!

Fonte: Sabedoria Universal

Continuar lendo REFLEXÃO: PERMITA QUE O SEU EU SUPERIOR E DIVINO SIGA A SUA FRENTE REMOVENDO TODOS OS OBSTÁCULOS

AUTOCONHECIMENTO: O NOSSO COMPORTAMENTO TEM ORIGEM NA NOSSA ESSÊNCIA

Hoje trago até você um artigo impressionantemente esclarecedor, que você não pode deixar de tomar conhecimento em hipótese alguma, pois aborda o porquê do nosso COMPORTAMENTO enquanto seres humanos experienciando essa terceira dimensão. Um comportamento regido pela nossa essência, intrínseca a nossa alma, cujo caminho já foi traçado no ato da concepção. Portanto convido você a ler esse texto extraordinário e entender como e porque somos como somos e porque isso ocorre!

Comportamento – Um ensaio sobre a essência do ser

Foto de perfil de um homem com os olhos fechados e encostado em uma árvore.
mavoimage / 123RF

Academicamente falando, muito já se disse do processo de formação e informação por que passa todo indivíduo, assunto esse explorado até à exaustão, ainda que tão pouco compreendido quando escapa do ambiente acadêmico para ser levado à vida das pessoas. Isso porque a abordagem fica na diferença entre esses termos sem se atinar para o fato de que ambos não vão além de causa, e o que mais importa quando se fala em relacionamento é a consequência. Explicando melhor: durante o período de formação ou desenvolvimento, estamos apenas construindo a estrutura que depois será usada para sustentar nossas relações com as pessoas, ou seja, como acontecerá a sua aplicação prática.

Então nossa abordagem aqui pretende ir além do período de formação e informação por que passamos, mas colocando foco no “depois” que disso resulta, traduzido como qualidade das relações que iremos estabelecer. E de que forma podemos medir essa qualidade? Pelo benefício levado às pessoas envolvidas em termos de bem-estar físico e emocional resultante dos elos que se estabelecem entre elas, a partir de sua aproximação.

Ainda no campo das causas, existe um vetor humano que independe e antecede a fase de formação e informação, a que muitos atribuem um caráter de “essência” própria. A essência do indivíduo já nasceria com ele, sendo constituída pelas características que permanecerão inalteradas por toda a vida. E claramente é a de mais difícil compreensão dentre todos os atributos humanos, pois nem a própria pessoa conseguirá entender quando ou como surgiu: apenas se dá conta de que é componente intrínseco de sua visão de mundo, sempre esteve presente e lhe serviu de norte para pensar e agir do modo com que o faz. Tanto que muitas vezes essa conscientização da própria essência vai acontecer muito tempo depois, quando o indivíduo já atingiu sua maturidade plena ou até na velhice. E é nesse dia que se “olha pelo retrovisor” aquele padrão que sempre se fez perceber em cada reação e nos momentos mais importantes da existência.

Muita gente irá confundir essa essência a que me referi com o que se tem como caráter da pessoa. Isso é um equívoco, pois o caráter é forjado pelo conhecimento que vai se acumulando nos primeiros anos de vida, enquanto a essência já estava lá antes disso, daí porque os próprios estudiosos da alma humana encontram dificuldade para alcançar sua compreensão. Só para ilustrar, na definição de Eric Berne, ao elaborar sua teoria da “Análise Transacional” – com base no comportamento humano –, o pesquisador descobriu que havia emoções que já nasciam conosco, e que ele chamou de “emoções primárias ou autênticas”. Estas seriam em número de cinco: a Alegria, a Tristeza, o Medo, o Afeto e a Raiva. São reações inatas que todo recém-nascido já traz desde que seu sistema nervoso é formado ainda no útero materno, sendo muito fácil de se constatarem. Pode-se afirmar, então, que a Essência seria o sexto elemento emocional acrescido ao conjunto, com a diferença de que nem o próprio indivíduo se dará conta disso até muito tempo depois. Ele apenas perceberá que determinadas coisas lhe provocam um profundo mal-estar ou, ao contrário, uma maravilhosa sensação de plenitude, sem sequer entender a razão para os perceber dessa forma.

Mas a pergunta que nos deve interessar é: isso é bom ou é ruim? Quando se fala em alegria ou afeto fica claro que se trata de coisas boas. E quando lidamos com tristeza, medo ou raiva, é senso comum que se trate de coisas ruins. Então por que não acontece da mesma forma em relação à nossa essência? Essa resposta, pelo menos, não é tão difícil quanto lhe conhecer a origem: as cinco emoções classificadas por Berne acontecem no próprio indivíduo, independentemente de outrem, enquanto a essência dele… ah! Isso ele só irá descobrir depois de senti-la em contato direto com a essência alheia. Isso nos leva à conclusão de que nossa essência é a única dentre as características emocionais inatas que depende dos relacionamentos para se revelar a nós. É fácil saber que as outras cinco podem ter origem em qualquer coisa – seres vivos ou não –, mas a essência só acontece em relação a outro ser vivo que também a possua, sendo decisiva para aproximá-los ou distanciá-los de forma claramente perceptível e indelével. E por que indelével? Ora, se ela não muda, bastará identificar quem a traga totalmente contrária à sua para se saber que não conseguirão se entender em momento algum, pois não se trata daquele tipo de erro que todos cometemos em diferentes momentos, e que costumamos entender como “erros de percurso”. A incompatibilidade entre essências estaria intrinsecamente associada à visão de mundo que trazemos, e, quando se mostram inconciliáveis, podem tanto se traduzir por “conflitos de personalidade” quanto por “falhas de caráter” (estas últimas, obviamente, quando esbarram em questões éticas).

Peças vermelhas de xadrez sobre superfície lisa. Uma peça preta está afastada deste conjunto.

Markus Spiske / Pexels

Vamos analisar um modelo até bastante comum no seio familiar, como é a dificuldade de relacionamento entre pai e filho por exemplo, devido ao desencontro de suas essências: um pai que pensa e se comporta de forma incisiva e autoritária por força de sua formação, e um filho que reage muito mal a esse tipo de postura, cobrando explicações para sua forma inflexível de agir. Claro está que eles dificilmente chegarão a um entendimento, a menos que um dos dois busque harmonia com a própria essência: ou o pai decida atenuar seu autoritarismo para se aproximar do filho, ou este dispense as cobranças de um tratamento menos rígido por alguma razão que considere importante, como a idade ou a saúde de seu pai, por exemplo. Note-se que nenhum dos dois precisou abrir mão de sua essência, mas apenas “fazer uma concessão” em prol de algo que se mostrou importante naquele momento ou naquela situação específica para o objetivo proposto, que era o de diminuir a distância entre ambos. Esse exemplo mostra um caso bem frequente de conflito de personalidades, mas não necessariamente com base em questões de caráter.

Mas voltando atrás um pouquinho – lá onde acaba a causa (formação e informação) e tem início a consequência (conformação ou transformação). Já se pode entender que a essência não depende de que se tenha consciência dela para que se manifeste nos indivíduos. Quando contrariada, ela simplesmente “reage” dentro da pessoa, acionando o alarme de que há um conflito em andamento esperando por um posicionamento dos envolvidos, como no exemplo utilizado entre pai e filho. Tal posicionamento é que irá decidir o tipo de comunicação entre eles. A partir daí se saberá se poderá haver uma harmonização, ainda que não de essência, mas como uma espécie de “pacificação consciente”. Esta chega como um “escudo” colocado a serviço da saúde mental dos envolvidos quando a relação entre eles estiver sendo colocada em xeque. Essa “proteção” por efeito de escolha poderá se estender a todo o tempo de convívio por conta dessa tomada de consciência pelas partes, “positivando” um relacionamento que poderia ser conflituoso se não se empenhassem num “ajustamento de conduta”. Em outras palavras, por ter sido resultado de uma decisão consciente, a relação não produzirá nenhuma daquelas emoções primárias negativas do estudo de Berne sobre as quais falamos no início: medo, tristeza ou raiva, já que consentida.

Punho fechado.

Pixabay / Pexels

Mas há casos em que as partes acabam não colhendo resultados positivos, mesmo com o esforço de “pacificação”, e aqui se percebe de novo a relevância da decisão consciente por parte dos envolvidos. Se tudo se resumiu a um desejo superficial, não partido do cerne de sua inteligência emocional, em lugar da desejada transformação de postura, o que ocorrerá será apenas uma conformação, que ocorre quando o indivíduo aceita o acordo de fora pra dentro, mas de dentro pra fora sua essência continua gritando que não o aceitou. A pessoa, nesse caso, vai sentir raiva de si mesma por ter cedido, pode mergulhar em tristeza por ter se deixado convencer sem pensar nas consequências internas, ou até sentir medo de não conseguir levar o acordo adiante, e a situação acabar pior do que antes. Isso demonstra a importância da conscientização no que toca ao resultado esperado: ela tanto pode produzir harmonização com a própria essência pela escolha sensata, quanto gerar um robusto conflito interno e não resultar em nenhuma mudança de postura, como se propunha.

Ainda no que diz respeito à essência – que muitos confundem com “índole” –, pouco se sabe sobre sua real natureza, a menos que tentemos entendê-la sob a ótica da espiritualidade. Mas existe uma diferença sutil – porém consistente – entre as duas coisas: a índole teoricamente poderia ser moldada, e a essência não, por ser parte integrante do ser. Partindo dessa premissa, a índole poderia receber influências tanto internas quanto externas, mas no que toca à essência, apenas a “descobrimos” tal qual é, sem exercer nenhum tipo de comando sobre ela. Poder-se-ia dizer, então, que o indivíduo possuidor de uma essência harmônica e positiva não traria tendência para desenvolver uma “índole ruim”? Teoricamente isso se mostraria verdadeiro, porque a primeira – que é o próprio ser – não o permitiria. Mas a essência “não consolidada” desde a concepção, esta sim, se colocaria suscetível à “moldagem” negativa da índole, a exemplo de um livro em branco em que o tipo de vida escolhido possa escrever nele os próximos capítulos de sua trajetória.

É claro que, nesse aspecto, estamos tratando de crenças, e não de ciência. E nesse campo insólito e desconhecido, nada se pode afirmar. O que se toma como real a partir de narrativas de vida é que a essência – ou natureza do ser – vai sendo descoberta aos pouquinhos pelo próprio indivíduo, e de alguma forma consegue ser “captada” pelos demais à sua volta, dependendo do grau de sensibilidade de cada um. A confirmação dessa essência seria obtida pelo indivíduo em forma de um sentimento sutil e subjetivo, mas extremamente poderoso, que cria rejeição inequívoca a tudo que se mostre contrário a ela, como também faz eclodir uma empatia instantânea com aqueles que a trazem nos mesmos moldes. Daí porque se diz que ambas as essências simplesmente “se descobrem” como decorrência de sua sintonia, e elas próprias se identificam umas com as outras, independentemente das escolhas de seus detentores.

Isso explicaria por que determinada pessoa, no primeiro momento em que trava contato com outra, sente-se identificada com ela, mesmo antes de obter qualquer informação sobre quem seja; ou, ao contrário, percebe-se nutrindo uma rejeição interna ao se aproximar dela, mesmo não havendo uma razão concreta para tal sentimento. Muitos irão buscar explicações para tais reações nas crenças que trazem: algum resíduo espiritual de outras vidas, intuição, sexto sentido, premonição etc. Quatrocentos anos atrás, entretanto, Giordano Bruno já afirmava que o fato de se crer ou não em algo não faz com que a verdade mude. Então o que menos importa é como você interpreta o fenômeno, mas sim a forma como lida com ele em seu benefício e daqueles com quem se relaciona, e isso é o que deve ser levado em conta na hora de avaliar seu potencial para modificar toda a trajetória de ambos.

Luiz Roberto Bodstein

 

Fonte: Eu Sem Fronteiras

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: O NOSSO COMPORTAMENTO TEM ORIGEM NA NOSSA ESSÊNCIA

AUTOCONHECIMENTO: O NOSSO MUNDO INTERIOR É MUITO MAIOR DO QUE VOCÊ IMAGINA

Nada melhor para analisar e refletir, aqui na coluna AUTOCONHECIMENTO  do que sobre o nosso mundo interior, já que autoconhecimento nada mais é do que conhecer o nosso mundo interior, sem medo ou restrições, para encontrar o equilíbrio, o poder e a tão sonhada liberdade. Essa é a mensagem que nos trás o breve texto a seguir.

Como está seu mundo interior? – cpdhumano

NOSSO MUNDO INTERIOR PRECISA DE ATENÇÃO.

Kate Spreckley.

29/03/2021.

As energias desta Lua Cheia foram construídas em direção a uma liberação poderosa.

Nesse período, emoções não resolvidas vêm à tona, trazendo uma nova visão para os desafios e dificuldades que enfrentamos.

Quaisquer desequilíbrios dentro de nós estão se tornando mais aparentes, oferecendo-nos a oportunidade de começarmos a retificar o equilíbrio interno.

Antes que possamos equilibrar nosso mundo externo, nosso mundo interno precisa de atenção.

À luz desta Lua Cheia, você pode esperar que ocorram percepções repentinas que revelam onde estão os desequilíbrios e por quê.

Você pode obter uma compreensão mais profunda de como suas emoções não resolvidas e padrões de pensamentos negativos afetam sua visão de si mesmo e de seu mundo.

Lembre-se de que, sem limpar o antigo e deixar ir o passado, você permanece preso e incapaz de seguir em frente. Agir torna-se difícil, pois você questiona e duvida dos passos que deve tomar para manifestar algo novo.

Com muito Amor,

Kate Spreckley

Fonte: Spirity PathwaysWebsite:
https://www.spiritpathways.co.za/

Fonte: Portal Arcoiris

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: O NOSSO MUNDO INTERIOR É MUITO MAIOR DO QUE VOCÊ IMAGINA

DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: ENERGIA KUNDALINI, SAIBA COMO DESPERTÁ-LA

Nesta quinta-feira, aqui na coluna DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL você vai conhecer a energia Kundalini, que todas as pessoas guardam na base da coluna, região conhecida como cóccix, mas que permanece adormecida em nossos corpos, até que uma alma de nível superior a desperte. Então é necessário desenvolver a própria alma, conectando-se com a própria essência e se abrindo para a espiritualidade. Convido você a ler o artigo completo a seguir e entender como isso pode ocorrer!

Kundalini — O que é e como despertar sua energia

Silhueta de uma pessoa meditando em posição de lotus com a representação dos seus 7 chakras
Nikki Zalewski / 123RF

Conforme acumulamos mais conhecimentos sobre a nossa espiritualidade, compreendemos que todos os corpos apresentam centros de energia. De acordo com o hinduísmo, por exemplo, esses centros de energia são chamados de chakras, mas há outras maneiras de interpretá-los.

O fato é que todos os corpos carregam energia e, quanto mais equilibrada ela estiver, melhor uma pessoa se sentirá. Do contrário, ela pode vibrar energias negativas em excesso, o que acarreta problemas na saúde física e na saúde emocional. Sendo assim, é muito importante atentar-se para essa parte de quem somos.

Além disso, também devemos considerar que existem outros planos espirituais que não conseguimos enxergar. Se direcionarmos as nossas energias da maneira correta, poderemos acessá-los e, com isso, experienciar um despertar da própria consciência.

Um dos meios de alcançar esse plano espiritual mais profundo e revelador é a partir da Kundalini. A seguir, você vai entender como esse conceito se relaciona com a energia presente nos nossos corpos e com a capacidade de acessar um conhecimento superior. Confira!

O que é Kundalini?

Kundalini é uma energia que todas as pessoas guardam na base da coluna, região conhecida como cóccix. No entanto, essa energia permanece adormecida em nossos corpos, até que uma alma de nível superior a desperte. Por esse motivo, a palavra “Kundalini” significa, em sânscrito, “enrolada como uma cobra”.

Uma vez que a Kundalini for ativada, ela terá o poder de atravessar os seis chakras que estão acima do centro de energia onde ela reside (o sacro). Isso significa que ela percorrerá os chakras Svadhisthana, Manipura, Anahata, Vishuddha, Ajna e Sahasrara.

Nessa trajetória, a energia Kundalini equilibra os centros energéticos de um corpo, além de se conectar com o poder primordial divino, chamado de Param Chaitanya. Dessa forma, será possível descobrir a existência de Deus no próprio inconsciente, obtendo disciplina e maturidade além da iluminação espiritual.

Como despertar a Kundalini?

Depois de conhecer os benefícios de despertar a Kundalini, como o equilíbrio dos chakras e a iluminação espiritual, é compreensível que uma pessoa queira realizar essa técnica sozinha. Mas será que isso é possível?

Como foi dito anteriormente, somente uma alma evoluída é capaz de despertar a Kundalini. Então o primeiro ponto necessário para que isso ocorra é desenvolver a própria alma, conectando-se com a própria essência e se abrindo para a espiritualidade.

Um pessoa sentada no chão de uma praça meditando em frente ao Sol.

Prasanth Inturi / Pexels

Para que isso ocorra da melhor forma possível, e para que a energia Kundalini seja ativada, basta realizar a prática chamada de Kundalini Yoga. Também conhecida como Yoga de Consciência, ela é considerada uma ciência milenar para a expansão da consciência, o que estimula a subida da energia Kundalini para os chakras que estão acima dela.

Ou seja, se você quer ativar essa energia poderosa e diferente que já está dentro de você, procure um profissional que ofereça a Kundalini Yoga e desperte a sua capacidade de se conectar com o universo, favorecendo a evolução da sua alma!

Os benefícios da Energia da Kundalini

Caso você ainda esteja em dúvida se deve mesmo se dedicar a despertar a sua energia Kundalini, conheça alguns dos benefícios que ela oferece para a sua mente e para o seu corpo!

1) Restauração da harmonia do corpo

Ao ativar a energia Kundalini, é possível promover a harmonia entre os sistemas nervoso e glandular. Dessa forma, os chakras serão alinhados com mais facilidade, trazendo uma sensação de bem-estar.

2) Fortalecimento da musculatura

O fortalecimento da musculatura é outro benefício proporcionado pela liberação da Kundalini. Isso porque, além dos exercícios sugeridos pela prática, é recomendada uma transformação dos hábitos alimentares, favorecendo a saúde física.

3) Aumento da vitalidade física e psíquica

O aumento da vitalidade física e psíquica é uma consequência do fluxo de energia Kundalini pelo corpo. Com ela, uma pessoa tem mais consciência sobre o próprio corpo e sobre a própria mente, tendo a capacidade de se conectar com a própria essência.

4) Relaxamento do corpo e da mente

O relaxamento do corpo e da mente é possível por meio da energia Kundalini porque ela nos leva a um estado de meditação profundo. Assim conseguimos nos desligar das preocupações e dos problemas, dando espaço somente para a iluminação.

5) Sensação de êxtase

A sensação de êxtase proveniente do despertar da energia Kundalini é um dos melhores benefícios desse processo. O indivíduo que o realiza entra em um estado de expansão da própria consciência e consegue perceber a sutileza de cada parte do universo.

A partir de tudo o que foi apresentado sobre a Kundalini, compreendemos que essa forma de energia que existe em todos nós, quando ativada, pode nos transformar. Aproveite o seu dia para buscar um local que realize a Kundalini Yoga e se sinta melhor com os benefícios incríveis dessa prática!

Fonte: Eu Sem Fronteiras

Continuar lendo DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: ENERGIA KUNDALINI, SAIBA COMO DESPERTÁ-LA

DICA DE LIVRO: O PODER DA CONSCIÊNCIA DE NEVILLE GODDARD

A nossa DICA DE LIVRO desta quarta-feira é o livro do místico Neville Goddard, O Poder da Consciência. Um excelente livro que irá aumentar o seu nível de consciência sobre a vida e sobre a si mesmo. O poder da Consciência mostra através de argumentos lógicos que os nossos pensamentos formam a nossa realidade. Principalmente, quando focamos a nossa atenção, em nossa imaginação, afim de sermos melhores do que já somos.

“Se você não se imaginar sendo diferente do que você é, então você continuará a ser como você é”.

Este livro vai mudar a sua vida, tenha certeza!

Fonte: imagem da Amazon

Continuar lendo DICA DE LIVRO: O PODER DA CONSCIÊNCIA DE NEVILLE GODDARD

ARTIGOS: O DESPERTAR DA CONSCIÊNCIA ACONTECE ATRAVÉS DO AUTOCONHECIMENTO

Despertar da Consciência: 9 dicas para te ajudar! • Guia da Alma

O AUTOCONHECIMENTO É O CAMINHO PARA DESPERTAR DA CONSCIÊNCIA

Dizem que 70% de tudo que aprendemos ao longo da vida assimilamos até os 7 ou 8 anos de idade. Esse pensamento já está superado há algum tempo, visto que, atualmente, todo o conhecimento acumulado da humanidade, já dobra a cada 15 dia. Ao longo da minha breve vida aprendi muitas coisas, mas tenho plena certeza que o conteúdo mais importante e valioso só vim começar a aprender depois dos 30 anos de idade e esse conteúdo é bem diferente do que a maioria das pessoas costumam assimilar. Tal conteúdo tão valioso só começa a ser assimilado após o despertar da consciência. Antes disso você pode estudar muito, fazer pós-graduação, mestrado, doutorado, pós-doutorado, ler um livro por dia e o seu aprendizado vai ser apenas cognitivo. Provavelmente não somará nada ou quase nada na evolução da sua alma. Esse conteúdo valioso se chama AUTOCONHECIMENTO. Para se ter uma ideia do que estou falando a nossa mente é subdividida em três compartimentos: o consciente, o subconsciente e o inconsciente. Ao contrario do que a maioria das pessoas possa imaginar, o nosso consciente ocupa apenas 5% da nossa mente. Ao passo que 95% são ocupados pelos subconsciente e inconsciente. Portanto, todo o conhecimento que acumulamos conscientemente ao longo da vida é uma ínfima parte da nossa poderosa mente.

Por isso todo o conhecimento adquirido lá fora precisa passar pelo filtro do subconsciente e ser analisado pelo inconsciente. Se não for assim de nada vale acumular tanto conhecimento. Ocorre que a maioria das pessoas não submete o conteúdo captado ao inconsciente por puro medo. Medo de penetrar na imensidão do subconsciente e inconsciente. O medo de encarar os seus traumas, suas dores e sofrimentos passados. Dai a importância de se autoconhecer.

Tudo na vida tem um motivo e uma explicação. Infelizmente somos muito limitados enquanto seres semiconscientes, que só conseguimos perceber as coisas cerceadas  pelos 5 sentidos. 90% das coisas do universo estão numa dimensão acima da que vivemos, a 3ª dimensão. Para que tenhamos condições de enxergar essas coisas é necessário desenvolvermos a percepção sensorial da Intuição. Intuir é preciso para que possamos ter a sensibilidade necessária de enxergar tais objetos, onde podemos evitar situações indesejáveis e nos mantermos vibrando em alta frequência.

Acredite no seu potencial, não tenha medo de se autoconhecer e dê um salto quântico na sua vida.

Namastê!

Wagner Braga

Continuar lendo ARTIGOS: O DESPERTAR DA CONSCIÊNCIA ACONTECE ATRAVÉS DO AUTOCONHECIMENTO

DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: FÉ E ESPERANÇA COEXISTEM HARMONICAMENTE

O destaque desta quinta-feira, aqui na coluna DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL é o tema Fé e esperança do texto a seguir de autoria de Luiz Guimarães, na ótica da doutrina espírita. Na teologia católica o tripé fundamental é: Fé, esperança e caridade. Mas pela doutrina espírita a fé e a esperança coexistem harmonicamente e, se uma delas enfraquece, teremos o reflexo na outra. Integram o cotidiano de todo ser humano nas pelejas da vida. Ocorre que a ‘esperança’, tanto numa como na outra é contextualizada no sentido de esperar, como consta em Hebreus 11:1 – “Ora, a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que não se veem”. Convido você a ler o texto completo a seguir e refletir se não seria melhor termos a esperança sonhar? Já que o sonho pode ser planejado, executado e celebrado?

Fé e esperança

Mão masculina próxima de plantas. Ao fundo, há a luz solar.
gajus / 123RF

“Se podes? Tudo é possível àquele que crê” Marcos 9:23

Todo aquele que possui fé terá a esperança como porto de chegada. Coexistem harmonicamente e, se uma delas enfraquece, teremos o reflexo na outra. Integram o cotidiano de todo ser humano nas pelejas da vida. Tudo que realizamos tem um objetivo e a vontade de atingi-lo tem por base a fé. Consta em Hebreus 11:1 – “Ora, a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que não se veem”.

Contudo a razão não pode estar ausente desse binômio. Sem ela essa estrutura não tem sustentação, pois a consciência do objetivo colimado deve estar presente, já que somos os seres inteligentes da criação e não podemos prescindir do raciocínio lógico.

Temos no Evangelho Segundo o Espiritismo, FEB Ed. 131ª, Capítulo XIX, item 7: “Fé inabalável só o é a que pode encarar frente a frente a razão em todas as épocas da humanidade”. Por outro lado, a fé cega, que é desprovida do bom senso, pode desaguar nos excessos do fanatismo, que igualmente padece da falta de fundamento. Resulta dessa irreflexão o insucesso do que se almeja, sendo essa irracionalidade prejudicial a todos.

Referimo-nos a Rodolfo Calligaris no livro “Páginas do Espiritismo Cristão”, p. 17, onde consta: “[…] a fé necessita de uma base, base que é a inteligência perfeita daquilo em que se deve crer”. Nos caminhos da fé temos de percorrer os degraus da paciência, resiliência e perseverança para que as conquistas que repousam na esperança sejam alcançadas. É um percurso que no dia a dia consolida nossas aspirações, sempre amparadas pela prece e louvor a Deus.

Imprescindível nessa trajetória é a realização de obras. A fé não pode se constituir de sentimento inerte. Tal qual a caridade que é o amor na dimensão dinâmica, ela necessita do labor diário para que não esmoreça a esperança. Corroborando essa assertiva, citamos Tiago 2:18 – “Mas alguém dirá: ‘Você tem fé; eu tenho obras’. Mostre-me sua fé sem obras e eu lhe mostrarei a minha fé pelas obras”.

Nesse contexto devemos entender que é preciso ter mérito naquilo que pretendemos conseguir. Nem sempre o que queremos será o melhor e, não raro, não merecemos. Lembremo-nos de que estamos vinculados à lei do merecimento e que Deus soberano e justo nos proverá daquilo de que necessitamos.

No livro “O consolador”, questão 257, encontramos: “A esperança é a filha direta da fé. Ambas estão uma para a outra como a luz reflexa dos planetas está para a luz central e positiva do Sol. A esperança é como o luar que se constitui dos bálsamos da crença. A fé é a divina claridade da certeza”. Elas são fortalecidas quando concebemos a reencarnação e a imortalidade da alma.

A cada existência renovam-se as oportunidades e aspirações. Temos nas bem-aventuranças o manual perfeito para nortear o nosso sentimento de esperança (quem tem fé está no caminho daquilo que plantou no terreno da esperança).

Luiz Guimaraes
Escrito por Luiz Guimaraes
Continuar lendo DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: FÉ E ESPERANÇA COEXISTEM HARMONICAMENTE

AUTOCONHECIMENTO: A AVENTURA DE SER HUMANO CONFIRMA QUE ESTAMOS AQUI NUMACAMINHADA EVOLUTIVA

O site Trabalhadores da Luz é uma das ricas fontes de informações sobre AUTOCONHECIMENTO, aqui no Blog do Saber. Apesar disso publico muito pouco conteúdo desse maravilhoso site, pois tenho consciência de que a maioria dos leitores desse blog ainda não estão preparados para assimilar positivamente as revelações dos mentores desse respeitável e sábio site. Entretanto, é muito fácil perceber quando um determinado artigo e/ou mensagem tem o poder de provocar o interesse e a compreensão desse público tão carente do despertar da consciência. O texto de deste sábado, nesta coluna, “A aventura de ser um um humano”, na minha percepção, conecta com o leitor desse blog, pois explica muito realisticamente o que é 3ª,4ª e 5ª dimensões. Outros textos e artigos que publiquei aqui sobre esse tema não tiveram o esclarecimento e clareza que o texto a seguir tem. Portanto, convido você, que está interessa em expandir sua consciência a ler na integra esse texto esclarecedor! 

A aventura de ser um Humano

Mensagem de 15 de Março de 2021

Há milhares de anos, a humanidade tomou uma decisão: uma decisão de viver com um sentimento de separação interior. Naquela época, os espíritos tinham se cansado de encarnar como espíritos plenamente conscientes no mundo físico. Eles queriam mais desafios na vida.. Eles queriam transformar a vida em um mistério, uma verdadeira experiência humana, independente e verdadeira, e não apenas uma extensão do espírito na matéria.

Tenham em mente que, no estado natural da vida espiritual, como espíritos livres nos reinos mentais, há bem poucas limitações.

As pessoas podem manifestar qualquer coisa que elas precisem, deslocar-se instantaneamente no espaço, mudar para uma posição diferente no tempo, tudo na velocidade do pensamento. Nos reinos mentais, as pessoas podem visitar os amigos ou acompanhá-los, explorando o universo, tudo através do poder do pensamento. É por isto que eles são chamados de reinos mentais..

Para ser mais específico, os reinos mentais existem na consciência da quinta dimensão e são o domínio de sua alma ou do seu ser interior.

Entre o mundo físico da terceira dimensão e o reino da quinta dimensão do seu ser interior se encontra o reino espiritual ou astral da quarta dimensão, habitado por pessoas no início das principais etapas da vida após a morte. Nos estágios finais da vida após a morte, as pessoas entram na quinta dimensão para considerarem as suas opções para uma maior experiência.

A encarnação física é sempre voluntária. Nada obriga uma alma a encarnar em outra vida física. É sempre uma decisão a um nível pessoal e do grupo de alma, se retornam à vida física na Terra.

Há milhares de anos, a experiência física era uma extensão plenamente consciente do espírito na matéria. As pessoas sabiam que elas estavam como espíritos, conectadas aos seus eus internos e ao universo como um todo..

“E se”, elas disseram, “viéssemos à existência física e não soubéssemos quem nós éramos? Poderíamos dedicar todas as nossas vidas à busca de respostas para o mistério. Imaginem que desafio seria!”

A Humanidade, então, tomou a decisão conjunta de mergulhar ainda mais em uma realidade mais focada e mais densa. Seu foco era dirigido aos sentidos físicos, juntamente com um desligamento dos níveis superconscientes e subconscientes do pensamento.

Ao manter um foco firme no mundo “externo” dos sentidos, os seres humanos poderiam até acreditar que eles estariam fixos em um local no espaço e trancados em um continuum do tempo.

Imaginem, a vida física se tornaria tão intensa, tão real, tão convincente!

Agora, a maioria das pessoas adora passeios emocionantes, como aqueles nos parques de diversão. E se o passeio parecer assustador, tanto melhor! Passeios de montanha russa são assustadores.

Os antigos Trens Fantasma nos parques do Reino Unido eram assustadores. Os Castelos Assombrados da Disney, em seus Parques Temáticos na Califórnia, Flórida, Paris e Tóquio, são todos aterrorizantes. Tão aterrorizantes que, quando o passeio termina, as pessoas dizem:

“Isto foi ótimo! Querem mais uma volta de novo?”

A vida pode ser amedrontadora, também. Uma vida passada sem uma conexão constante e consciente com a sua verdadeira natureza interior é sempre um desafio.

Hoje, o passeio no Parque de Diversões da separação interior está chegando ao fim. A Mudança para a Nova Realidade está acontecendo hoje. Estamos nos tornando mais e mais conscientes de nossa natureza interior. Aqueles que compreendem a ideia da Nova Realidade irão desenvolver ativamente esta conexão interior e não apenas esperar que isto os surpreenda, enquanto se revela lentamente.

E, lembrem-se: Este passeio intenso através do mundo físico foi sempre uma escolha. Podemos não nos lembrar de quando a escolha foi feita, mas, a um nível de alma, estivemos de bom grado entrando e partindo do parque temático da vida física na Terra, desde então.

Encarnamos para a experiência da vida física, e para ajudarmos a transformar esta realidade para o seu estado derradeiro. Aquele que, hoje, está surgindo gradualmente.

Estes são os dias da transformação, o tempo da Mudança. O passeio assustador está chegando ao fim. Como uma cultura, estamos prestes a nos encontrarmos e a nos conectarmos interiormente.

Owen Waters — Fonte: www.SpiritualDynamics.net
Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br: Tradução — Marco Iorio Júnior — Editor exclusivo do Trabalhadores da Luz

Fonte: Trabalhadores da Luz

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: A AVENTURA DE SER HUMANO CONFIRMA QUE ESTAMOS AQUI NUMACAMINHADA EVOLUTIVA

DESENVOLVIMENTO PESSOAL: A VERDADE QUE VOCÊ PRECISA SABER ESTÁ NA SUA CARA E VOCÊ NÃO VÊ

É uma grande pena que o Dr. Bruce Lipton só fale, e muito rapidamente sobre o filme MATRIX, que tentou deixar uma mensagem muito importante para a humanidade sobre o que está acontecendo com muita sutileza com a realidade das pessoas que vivem de ilusão e infelizmente são subservientes das forças sombrias. Por isso o título do vídeo do Dr. Bruce Lipton é: “A verdade que você tem que saber”. Sim, estamos sempre sendo poupados da verdade e por isso vivemos de ilusão. Então ouça esse chamado e assista ao vídeo completo a seguir, reflita e faça o seu juízo de valor!

Fonte:

Continuar lendo DESENVOLVIMENTO PESSOAL: A VERDADE QUE VOCÊ PRECISA SABER ESTÁ NA SUA CARA E VOCÊ NÃO VÊ

AUTOCONHECIMENTO: VOCÊ SABE O QUE É CONSTELAÇÃO SISTÊMICA?

Nesta terça-feira, aqui na coluna AUTOCONHECIMENTO estamos trazendo para você um assunto, ainda pouco difundido na nossa sociedade: a Constelação Sistêmica. Algumas pessoas pode até achar que não, mas o fato é que boa parte da nossa sociedade ainda reluta em aceitar terapias individuais, quanto mais em grupo. Existe um preconceito com relação aos cuidados com saúde mental. A psiquiatria e a psicanálise ainda são vistos por muita gente como coisa para doido ou débil metal. Por isso, estamos trazendo esclarecimentos sobre essa que é uma das terapias mais importantes e eficaz na busca da saúde mental. Então, leia o artigo completo a seguir, reflita e faça o seu juízo de valor!

O QUE É CONSTELAÇÃO SISTÊMICA

Para quem acha que, ao vir ao mundo, herdamos apenas os traços e patrimônios genéticos, é preciso reavaliar esta convicção, uma vez que há, também, os sistemas de crença e esquemas comportamentais. Basicamente, a nossa família é um campo de energia. E cada um de nós evoluí dentro deles. Dessa forma, cada indivíduo (incluindo nós mesmos) ocupa um lugar único, desde o nascimento.Assim, somos mantidos em nosso campo familiar e pessoal em determinado nível, de modo a ficarmos estagnados ou crescermos em direção à felicidade, além de influenciar em nossas livres escolhas, no êxito ou fracasso daquilo que empreendemos, nos nossos relacionamentos, para que sejam duráveis, agradáveis ou não, e mais que isso, esse campo de energia também é capaz de influenciar na nossa saúde, bem-estar e, até, nas doenças.

Explicação da razão para que essas situações aconteçam, é o fato de que experimentamos o sentimento de termos sido mantidos nos esquemas problemáticos desde tempos imemoriais. Consequentemente, as constelações familiares nos dão a oportunidade de entender, compreender, os esquemas em seu mais profundo nível.

Convido você a me acompanhar nesta poderosa leitura e conhecer um pouco mais sobre o conceito de constelação sistêmica, bem como a sua influência sobre a nossa vida como um todo.

O que é Constelação Sistêmica?

Constelação Sistêmica é um método psicoterápico, desenvolvido pelo psicoterapeuta alemão Bert Hellinger. Ela estuda as emoções e energias que, consciente e inconscientemente, acumulamos. Este aprofundamento possibilita compreender como esses fatores influenciam em nossa tomada de decisão, de forma a reverter os aspectos negativos que desequilibram nossa vida.

Em seus estudos, e com base em sua ampla atuação como terapeuta familiar, Hellinger, que também é filósofo e teólogo, pôde perceber como inúmeras experiências, especialmente as vividas no ambiente familiar, são decisivas para a nossa saúde emocional. Neste sentido, podemos concluir que essas experiências, acumuladas desde a infância, nos tornam parte de vários sistemas, e impactam diretamente em nossos comportamentos e nos resultados que alcançamos na vida que levamos atualmente.

Deste modo, as heranças emocionais que herdamos de nossa família, como perdas, brigas, doenças, separações traumáticas, tragédias, entre outras, podem ser âncoras negativas em nosso processo de evolução, não só pessoal, como profissional também.

Os tipos de constelações

A abordagem via Constelação Sistêmica, permite aplicações ainda, no que tange os seguintes aspectos:

1 – Constelação Sistêmica Empresarial

Aqui são abordadas questões que dizem respeito ao ambiente empresarial. Cabe ao responsável pela sessão da Constelação Sistêmica Empresarial abordar situações ligadas à liderança, hierarquia e até mesmo ao sentimento de pertencimento das pessoas que fazem parte da empresa.

O objetivo desta abordagem é promover a melhoria nas relações entre colaboradores e gestores, bem como entre líderes e stakeholders.

2 – Constelação Sistêmica Profissional 

Neste segmento da Constelação Sistêmica são abordadas questões que interferem no campo profissional. Podem ser traumas, medos ou ainda relações que impedem os profissionais de descobrirem os seus verdadeiros dons e talentos. Com a Constelação Sistêmica Profissional é possível identificar quais são as habilidades profissionais dos colaboradores de maneira clara e autêntica.

3 – Constelação Sistêmica Pessoal

Assim como na constelação familiar, no momento de constelar sistemicamente a situação apresentada pelo indivíduo/cliente/paciente, outras pessoas são convidadas para esta dramatização, e são inseridas no processo para representar os personagens, do contexto do protagonista, que fazem parte de um problema específico, que este deseja e precisa superar em sua vida, para que assim, tenha a oportunidade de evoluir.

Quem conduz uma constelação geralmente é um psicoterapeuta, ou um constelador sistêmico, que a realiza através de uma dramatização em grupo. Assim, mesmo não tendo todas as informações sobre a vida do cliente, ou quem são as pessoas que participam do processo com ele, o terapeuta, aos poucos, vai localizando, por ordem de relevância, as pessoas que estão sendo representadas e identificando seu peso emocional na vida do paciente.

Com isso, ele pode aplicar suas técnicas, para que o cliente alcance o perdão e ressignifique aspectos negativos de suas experiências (enxergar o lado positivo da questão abordada), e imprimir no cliente uma nova dimensão do problema, buscando a superação e o alcance dos seus objetivos, e da qualidade da vida, que este empecilho impossibilitava.

4 – A natureza do nosso campo de energia

Resumidamente: é a nossa família, mais precisamente a história da nossa família. Em especial sua religião, crenças, país de origem – fortes exemplos de como somos influenciados ao longo da vida. Desse modo, a natureza do nosso campo de energia sistêmica é moldada por acontecimentos marcantes, como a história dos relacionamentos dos nossos pais e dos nossos avós.

Pode ser também influenciada pela morte de uma criança muito nova, aborto, parto prematura, adoção, suicídio, guerra, exílio forçado, troca de religião, incesto, antepassado agressor ou vítima. Bem como traição ou, até mesmo, a confiança.

As ações generosas e altruístas dos nossos pais e antepassados são altamente saudáveis para nós. Em contrapartida, as más ações deles modificam fortemente o campo energético familiar, obrigando as gerações posteriores (no caso, nós) a arcar com as consequências.

Entre as más ações podemos citar exemplos como: adquirir bens de forma duvidosa, trapacear ou roubar, pertencer a uma corporação cuja função envolve matar (a exemplo do exército), as diferentes formas de violência, a internação psiquiátrica ou a prisão de membros da família, os acidentes que terminam em trágicas mortes, renegar a sua religião ou seu país.

5 – Pertencimento

Todos nós, enquanto indivíduos, temos o direito ao pertencimento. Essa é uma ligação que não pode ser cedida ou negada a ninguém. Nós pertencemos a um grupo, independentemente de nossas ações. Trata-se de um vínculo que transcende a moral e o merecimento. Posso citar duas consequências deste princípio, sendo elas:

– Exclusão:  nos casos em que esquecemos, ou preferimos esquecer, aquele tio alcoólatra, a avó internada em um asilo, o parente criminoso, ou quem quer que seja e, independentemente do motivo, essas são ações de exclusão. Quando excluímos uma pessoa da nossa constelação sistêmica, os vínculos familiares e sistêmicos atuam nos membros atuais, provocando uma compensação. Por exemplo, algum familiar poderá ter a tendência ao alcoolismo de forma “inexplicada”, “inconsciente”.

No vídeo abaixo eu falo um pouco mais sobre a Lei do Pertencimento no Sistema Familiar. Assista e confira:

– Consciência: Outro exemplo do princípio de pertencimento está na consciência. Assim como na torcida. Quando fazemos alguma piadinha maldosa sobre outros times, ficando tudo bem depois, porque estamos apenas defendendo o nosso time do coração. Dessa forma, o nosso coração fica “leve”. Não é comum que elogiemos uma jogada do adversário, porque não faz parte do nosso sistema.

Ainda no princípio de pertencimento sobre a consciência, é o que acontece com os soldados de uma guerra. Moralmente e em outras situações como na mesa de um café, aqueles homens jamais atirariam uns contra os outros. Porém, no contexto de guerra, matar e morrer pelo seu país é o certo a se fazer.

Benefícios da Constelação Sistêmica

O processo que os mais diversos tipos de constelações sistêmicas desenvolvem são tão poderosos, que a sua aplicação já está sendo realizada em ambientes e situações variadas, como em mediações de conflitos no Poder Judiciário, em escolas e também no Sistema Único de Saúde – SUS, adotada como uma de suas práticas integrativas.

A partir disso, e de tudo o que lemos até aqui, conseguimos perceber que trata-se de um processo de que oferece muitos benefícios a quem dele se utiliza. Confira, a seguir, quais são estes benefícios.

Uma vida com mais significado e leveza

A partir do momento que temos a oportunidade de entender melhor os motivos que nos levam a agir de determinada forma e não de outra, bem como de compreender porque algumas situações acontecem e se repetem com frequência em nossa existência, conseguimos levar uma vida com muito mais significado e leveza.

Isso porque passamos a ampliar a nossa consciência sobre estas situações de desajuste, seja em nossa família ou em nosso ambiente profissional, para que assim tenhamos a oportunidade de implementar as ações necessárias, para que as mudanças se tornem verdadeiramente efetivas e consigamos seguir em frente de forma plena, harmoniosa e tranquila.

Desenvolve o autoconhecimento

Algo que nos ajuda a evoluir enquanto indivíduos e profissionais é desenvolver plenamente o nosso autoconhecimento. Sendo assim, quando investimos e passamos pelo processo de constelação sistêmica temos a oportunidade de conhecer a nós mesmo melhor, de entender nossos sentimentos, as emoções que regem nossas ações e comportamentos, entre outros aspectos de nosso ser, que nos a ajudam a compreender o que precisamos potencializar em nossa personalidade e o que precisamos modificar, para que assim alcancemos a realização pessoal e profissional.

Melhoria nos relacionamentos

Outro grande benefício que a aplicação das constelações sistêmicas traz para a vida de todo e qualquer tipo de pessoa é a melhoria em seus relacionamentos. Isso porque, a partir deste processo, conseguimos compreender melhor a nossa própria história, assim como a história das pessoas que nos cercam.

Com isso, desenvolvemos um respeito por nós mesmos, por tudo aquilo que passamos, e também pelas pessoas com as quais nos relacionamos, respeitando suas ações e comportamentos e tendo cada vez mais empatia por cada uma delas.

Traz resultados para diversas profissões

No que diz respeito ao aspecto profissional da vida de uma pessoa, podemos dizer que o processo de constelação sistêmica traz benefícios para diversos tipos de profissões. Assim, médicos, advogados, profissionais da área de administração, recursos humanos, professores, assistentes sociais, entre muitos outros, se beneficiam desta aplicação, pois o seu conhecimento melhora os relacionamentos, já que traz consciência sobre o papel que cada um deve ocupar em determinado sistema.

Neste sentido, conseguimos entender que em todo e qualquer tipo de ambiente onde haja interação humana, a aplicação da constelação sistêmica trará resultados satisfatórios a todos os envolvidos.

Conheça as Constelação Sistêmica Integrativa

Além dos benefícios que mostrei a você até aqui existem diversos outros que podem te ajudar a ter uma vida mais plena e realizada. Para que você descubra cada um deles, te convido a conhecer o curso desenvolvido por mim, em conjunto com a minha MEGA POWER equipe do Instituto Brasileiro de Coaching – IBC: Constelação Sistêmica Integrativa – CSI.

Trata-se de uma formação que te mostrará uma nova abordagem para que você consiga resolver os conflitos existentes em sua vida, de forma muito mais efetiva, sendo capaz de transformar positivamente a sua história.

Ao se permitir ir além e realizar este poderoso curso, você estará imediatamente apto a ter maior compreensão sobre os mais diversos contextos familiares e de equipes, fazer mediação e resolução de conflitos, tornar-se um facilitador e aplicar as técnicas, conhecimentos e ferramentas da constelação, tanto em sua vida quanto na vida das pessoas ao seu redor, entre muitos outros benefícios. Além disso, você terá plenas condições de aplicar todo o seu aprendizado em na área pessoal, familiar, profissional e organizacional, proporcionando transformações ainda mais poderosas em todos estes contextos.

Lembre-se sempre de se lembrar de nunca esquecer de ousar ir além a todo momento, pois somente assim o poder lhe será dado.

E você, conhece a Constelação Sistêmica? O que achou deste conteúdo? Use o espaço abaixo para me contar a sua experiência e a sua opinião sobre o assunto e, se este artigo te ajudou de forma positiva, curta e compartilhe em suas redes sociais, para que ajude também os seus amigos em seu processo de evolução contínua.

Copyright: Rawpixel.com 565936849 https://www.shutterstock.com/pt/g/Rawpixel.com

Fonte: IBC

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: VOCÊ SABE O QUE É CONSTELAÇÃO SISTÊMICA?

AUTOCONHECIMENTO: CONHEÇA O MÉTODO DE REPROGRAMAÇÃO MENTAL DO DR. BRUCE LIPTON

Tenho falado muito nos meus artigos, palestras e nos meus livros sobre o poder da mente, sobre a nossa consciência, o consciente, o subconsciente e o inconsciente. Sobre como podemos mudar radicalmente a nossa realidade, principalmente se não estamos satisfeitos com ela, através de uma reprogramação do nosso subconsciente. É que, quando nascemos já trazemos uma programação mental, que na maioria das vezes não nos serve. Mas é possível mudar essa programação mental. Aprenda como assistindo essa incrível palestra do Dr. Bruce Lipton!

Fonte:

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: CONHEÇA O MÉTODO DE REPROGRAMAÇÃO MENTAL DO DR. BRUCE LIPTON

AUTOCONHECIMENTO: VOCÊ É 100% RESPONSÁVEL PELA SUA REALIDADE. ESS É O SEU PODER!

Todos os dias  percorro a internet pesquisando novos artigos que possam esclarecer, elucidar e convencer a você leitor sobre o poder da nossa mente, sobre o que, nós seres humanos, somos capazes de materializar nas nossas vidas e tenho encontrado bons artigos e textos capazes de transformar a sua vida. O texto a seguir é curto e de uma enorme simplicidade, mas, para mim, altamente convincente, pois utiliza a lógica metafórica. Então, convido você a ler, refletir e fazer o seu juízo de valor!

O poder da nossa materialização

Mulher pensativa com a mão no queixo

Povozniuk / Getty Images / Canva

Estava eu outro dia na praia. Na realidade, estava num apartamento com a minha irmã e a minha sobrinha. O dia tinha sido de muito trabalho para mim, já que faço atendimentos online de qualquer maneira. Mas, durante todo o dia, notei que a minha irmã estava reclamando bastante.

Não moramos juntas há muitos anos, então não sei se esse é o modus operandi dela. Mas ela reclamava de absolutamente tudo o que acontecia durante o dia: o Sol estava muito quente, o vizinho estava fumando na varanda, ela estava lavando louça demais e daí por diante.

Decidi não entrar naquela energia e fiquei bem na minha. Lá pelas tantas vírgulas perto das 21h, entra uma barata voadora enorme pela janela. Eu morei lá um ano inteiro, já passei mais feriados lá do que na minha própria casa, e nunca uma barata entrou enquanto eu estava lá.

Eu entendo, estava bastante calor naquele dia. Mas por que em outros dias de calor não acontece essas coisas e naquele dia, com aquele excesso de reclamação, isso aconteceu?

Mulher pensativa com a mão no queixo

SanneBerg / Getty Images Pro / Canva

Temos o poder de materializar as coisas. É o que eu acredito, é o que eu vejo acontecer o tempo todo. Quando eu quero uma resposta do universo, eu peço por borboletas, e eu sempre vejo lindas borboletas respondendo às minhas questões. Agora mesmo, enquanto eu converso com vocês, tem uma enorme na minha lavanderia.

Então por que o excesso de reclamação, o mau humor e o momento ruim de vida não poderiam materializar uma barata? O universo responde àquilo que nós emanamos. Quando emanamos sentimentos negativos recebemos bichos não tão positivos.

Comece a notar quando essas coisas acontecem com você. Possivelmente você criou aquela manifestação na sua vida momentos antes, dias antes ou até mesmo anos antes. O exemplo da barata é uma coisa bem pequena, mas isso pode acontecer também com coisas grandes. Acidentes, assaltos ou encontrar dinheiro na rua. Você cria a sua realidade com tudo o que você pensa e principalmente com aquilo que você fala.

Orai e vigiai, já diria Jesus!

Fonte: Eu Sem Fronteira

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: VOCÊ É 100% RESPONSÁVEL PELA SUA REALIDADE. ESS É O SEU PODER!

ARTIGOS: A COVID-19 E O DESPERTAR DA CONSCIÊNCIA

DESPERTAR da consciência coletiva: a missão do coronavírus. Veja vídeo

Estamos vivenciando uma oportunidade incrível de alinhar e corrigir o desequilíbrio entre o intelectual e o espiritual. E esse alinhamento só acontece se trabalharmos junto a saúde mental e física, desenvolvendo a inteligência emocional. Estamos passando por uma transição planetária que se iniciou em 2012 e nunca se falou tanto em autoconhecimento, Ego, Eu Superior, Eu Cósmico, Consciência Cósmica, Consciência Divina, Espiritualidade, física quântica, mecânica quântica, mundo quântico, frequência, vibração, frequência vibracional, gratidão e Amor como agora. Se você for pesquisar essas palavras vão aparecer em milhares de sites, publicações, vídeos no youtube e artigos em jornais e periódicos sobre esses assuntos. Digo isso para enfatizar que estamos passando pelo Despertar da Consciência, que aqui no Brasil, tudo que passamos desde o evento da Lava Jato e o Impeachment de uma presidente da República até a prisão de um Ex-presidente da república e para não ficar só na política vamos lembrar que outros poderosos no campo religioso/espiritual e na medicina também foram parar atrás das grades, na grande limpeza das energias negativas que se processa nessa transição, mostrando que a mentira que já tinha pernas curtas, está anã e em breve rastejará por não ter mais nem pé. Todos esses eventos foram aos poucos expandindo a consciência da humanidade e a pandemia da Covid-19 veio para coroar essa transição planetária, pois igualou todo mundo independente de raça, cor, gênero, classe social, ricos e pobres. Todos sem distinção foram submetidos ao poder desse vírus e como diz o velho ditado: “se não aprendemos pelo amor, aprendemos pela dor”. Então, essa pandemia deu a oportunidade aos que ainda estavam dormindo em berço esplêndido, despertarem a consciência e se libertarem desse plano 3D, passando para a 4ª e 5ª dimensões. Aos que, ainda assim, não despertarem, estarão fadados a experimentarem mais uma existência na dor e no sofrimento.

Wagner Braga

Continuar lendo ARTIGOS: A COVID-19 E O DESPERTAR DA CONSCIÊNCIA

AUTOCONHECIMENTO: OS DESPERTOS NÃO PRECISAM MAIS TER PRESSA, APENAS AGUARDAR

Nesta quinta-feira, aqui na coluna AUTOCONHECIMENTO trago mais um excepcional texto do incrível Vital Frosi que fala sobre a importância do véu do esquecimento para o desenvolvimento da consciência humana e sobre situação dos despertos nessa transição planetária, que podem esperar os dias que faltam pois sabemos que eles estão próximos…muito próximos. Convido você a ler o texto completo a seguir e expandir um pouco mais a sua consciência!

Vital Frosi – “O amanhã está próximo”

Amados!

Estamos deixando para trás um tempo que parecia não ter fim. A humanidade da Terra viveu a noite escura que se mostrava infinita. Ela só sobreviveu a longa agonia, porque não tinha a noção do tempo passado e tampouco sabia o que viria no futuro. Nenhuma consciência humana teria suportado a angústia se soubesse quantos milênios e quantas encarnações teria que passar sob tais condições.

Mas o Plano Divino é perfeito e sabedor de cada detalhe e de cada individualidade. Ele sabia o tempo todo o que cada um estava passando e do que precisava. E acima de tudo, ele sempre se esmerou em oferecer condições para que cada Espírito encarnado pudesse sair vitorioso desta incrível experiência de alma.

O tempo todo você lutou principalmente pela sobrevivência, pois a Terra foi preparada para ser um Mundo de Provas e Expiações. É um dos Planetas onde a vibração predominante é a Terceira Dimensão e abaixo disso. Dentro da nossa Galáxia, situou-se predominantemente na sua periferia, na região externa do braço de Órion. Exatamente onde a Luz pouco existiu desde a sua criação.

É nas Sombras que os Senhores da Escuridão têm os seu domínio e o seu controle. Faz parte dos Planos Divinos a fim de que todos possam experienciar a dualidade submetidos ao véu do esquecimento. E aqui eles formaram o seu Império, achando que seriam Deuses e Senhores da Terra.

Tais Entidades Escuras predominaram no Comando desta humanidade, acreditando que seriam eternos. Então eles tinham tempo! Muito tempo! E os encarnados não dispunham de muito tempo, pois cada encarnação estava limitada à algumas décadas. Entre uma encarnação e outra, o Espírito podia ao menos alargar a sua consciência e saber que era imortal. Isso o consolou ao menos momentaneamente.

Mas tudo segue um Plano Maior, exatamente o plano do Criador, pois é ele e somente ele o Senhor da sua criação. E estava determinado que esse tempo não duraria eternamente. Ao contrário do que as entidades sombrias queriam, o tempo está terminando. Agora quem não tem mais tempo são elas, pois o prazo se esgota rapidamente. E nós, a humanidade da Terra, temos tempo. Podemos esperar os dias que faltam pois sabemos que eles estão próximos…muito próximos.

Já atravessamos todos os pântanos e também a longa noite escura da alma. Agora podemos nos dar este tempo de espera sem preocupações extras. Apenas a ansiedade e a impaciência de estar lá ainda nos incomoda. Exatamente no outro lado da ponte que separa as Dimensões que farão da Terra um Mundo não mais de Expiações e Provas. E é daquele lado que já nos vemos. Por isso, relaxe e deguste o sabor da vitória.

Veja como os escuros estão desesperados! Já não encontram mais alternativas para se impor como estavam acostumados. Antes, os véus da consciência humana não permitiam sequer que se pudesse imaginar como era dominada e manipulada pelos trevosos. Mas agora, na medida que a consciência se alarga, tudo se mostra na sua real intenção. O que as palavras não expressam, o sentir se encarrega de mostrar. Não conseguirão mais enganar aquele que desperta desse sono profundo. Os tempos são chegados.

Estamos vendo o porvir e nada poderá impedir aquilo que está chegando! A correria dos escuros é a demonstração do desespero que sentem pela perda do seu poder. Nada mais dá certo nos seus planos diabólicos de manipulação e controle. Mesmo que a verdade esteja sendo censurada em todas as Mídias, nada pode impedir o sentir e nem tampouco a expansão da consciência.

A verdade não se limita às palavras, mas aquilo que é de fato. Uma consciência expandida, jamais volta ao que era antes. E é isso que assusta os manipuladores. Eles estão ficando nus perante à humanidade. Não há mais onde se esconder! Não há para onde fugir! Tudo dá errado para eles agora. Mesmo que não pareça, o tumulto que se vê hoje é a prova disso. Caso contrário, estaria tudo como sempre foi: uma calma aparente e falsa.

Agora temos tempo! Não precisamos correr. Quem precisa correr são os sombrios. Mesmo que seja correr em círculos, pois não há para onde fugir. Todas as saídas através de Portais foram fechadas. O Basta já foi dado! O ultimato para se entregar à Luz também. Só há duas opções: ou aceitam a Luz ou serão capturados e levados ao Sol Central para a dissolução de seus corpos e memórias. Os Anjos Caídos precisam ser reciclados, pois nenhuma criação se perde. Sempre há amparo dentro da Providência Divina.

Agora podemos ver além da poeira da demolição. O cenário que surge é outro, totalmente diferente do velho. Já podemos ver através da consciência alargada, um Novo Mundo e uma Nova Terra. Nada mais será como antes! Mas será infinitamente melhor! O Ciclo se fecha e os velhos Sistemas estão sendo zerados. Reinicia um Sistema Novo onde as Provas e Expiações deixarão de existir. A humanidade da Terra experimentará um Mundo de Regeneração onde nada mais se parecerá com aquilo que era conhecido até aqui. Agora temos tempo para esperar o novo dia! Quem não tem mais tempo, são aqueles que sempre tiveram todo o tempo que existia. Relaxe! Descanse! Comemore! E acima de tudo, confia! Se você chegou até aqui, você é vencedor! O pior já passou! A Luz venceu! Você venceu! Todas as provações foram superadas. Acredite! Agora não é hora de desistir, pois não há mais nada para ser enfrentado. Apenas esperar a poeira baixar!

Eu sou Vital Frosi e minha missão é o esclarecimento!

Namastê!

Autor: Vital Frosi

Fonte: Sementes das Estrelas

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: OS DESPERTOS NÃO PRECISAM MAIS TER PRESSA, APENAS AGUARDAR

REFLEXÃO: O HOMEM BUSCA FORÇA E SEGURANÇA ATRAVÉS DA CIÊNCIA ESPIRITUAL

Através da Ciência Espiritual o homem busca Força e Segurança para alcançar a plenitude dos seus atos. Essa plenitude se traduz em sabedoria e saúde. A saúde em sua forma mais completa: física, mental, espiritual e emocional. Por isso, convido você a ler o texto completo a seguir, refletir e fazer o seu juízo de valor sobre esses valores que fazem parte da consciência humana desde os terapeutas ou Essênios na antiguidade!

Sabedoria e Saúde

 em 

 

Hoje trago uma parte do texto “Sabedoria e Saúde” de Rudolf Steiner, pai da antroposofia. Vale a pena refletir sobre o assunto.

“A ciência espiritual que atuar na vida prática quer dar ao Homem força e segurança.

Não é assunto para pessoas curiosas e, sim, para aqueles que querem ser atuantes e que estão dispostas a colaborar energicamente na vida.

Houve ciência espiritual em todas as épocas. Nos círculos em que era praticada, era voz corrente que o homem era capaz de desenvolver, para além da mera força de raciocínio, forças espirituais superiores às da vida comum. O nexo entre o conceito de sagrado, intacto ou salvo e salutar (“heilg, heil e heilsam”, em alemão) sempre era sentido ali. O Espírito Santo é o espírito absolutamente são que mergulha na alma humana, a fim de espalhar salvação no mundo.

Mas é justamente a partir desse ponto de vista que a ciência espiritual, frequentemente, é mal interpretada. Ela conduz o homem de metas egoístas de conhecimento, saber e aspiração, para pontos de vista universais, para a união do indivíduo com o Universo. Mas as forças superiores que a ciência espiritual dá com isso, atraem tantas pessoas e as incitam a uma ambição egoísta. Mesmo que a ciência espiritual, em verdade, afaste o homem ao máximo do lado pessoal, amiúde é usada como serva do egoísmo. De um dia para o outro, as pessoas querem que ela preencha os seus desejos egoístas.

Havia ciência espiritual no âmbito de uma irmandade na África, os Terapeutas. A mesma irmandade tinha o nome de essênios na parte da terra onde nasceu o cristianismo. Já o nome de terapeutas indica sua ligação ao espírito e à saúde. Os terapeutas ou essênios curavam por meios espirituais em conexão com a ciência material. Quem aceita a ciência espiritual recebe reais remédios: a ciência espiritual é um elixir da vida. Não tem de ser comprovada por discussões e razões lógicas mas introduzida na vida, ela deve tornar são e salvos aqueles homens que a acolhem. O mero fato de saber que existe reencarnação e carma e falar disso em belas frases equivale a uma não ciência espiritual. Devemos viver nela a toda hora e todos os dias, totalmente compenetrar dela a alma e aguardar calmamente o que acontecer; aí perceber-se-á o seu efeito. Quem levar dentro de si os pensamentos da ciência espiritual como alimento e semente, nas horas de pena e alegria, em horas de devoção e elevação, em horas em que a vida está na iminência de se despedaçar; quem sentir como eles trazem estímulo ao trabalho energia e esperança aprendeu-a corretamente. Vale aqui a palavra de Goethe: “cogite o que, mais ainda o como”.

A ciência espiritual tem de tornar-se um assunto bem individual de cada homem. O homem ativo na ciência espiritual levanta os olhos aos astros, compreendendo-o conforme as leis da vida que permeiam todo o universo. Quando, de manhã, o sol se levanta em toda sua magnificência e, à noite, a lua no seu silencioso esplendor, quando as nuvens passam no firmamento, o homem levanta os olhos e os processos no firmamento lhe são a manifestação da vida universal anímico-espiritual, tal qual vemos nos movimentos de um semblante ou de uma mão a expressão da vida anímico-espiritual no homem…

A ciência espiritual atenta para cada detalhe, exigindo que nos interessemos com amor por cada planta, cada pedra. Não queremos procurar por magia o mundo espiritual. Porém, não devemos procurá-lo afastados dos sentidos, mas lá onde nos encontramos no trabalho eficaz do dia.

O saber que o homem ganha penosamente por via de experimento pode se tornar sabedoria. Sabendo refundir o vivo em algo pleno de cor, som e luz, em imaginação, a pessoa se tornará sábia.

O homem deve ter a força de transformar numa imagem viva o que apenas sabe.
A sabedoria enche o homem de força vital e a força juvenil é algo que o torna forte e vivaz.

Tal sabedoria abre a alma e é o germe do amor.

Saber, conhecer, ser sábio é o fundamento de todo poder de ajuda ao homem.”

Luz e Paz!!!

Fonte: Sabedoria Universal

Continuar lendo REFLEXÃO: O HOMEM BUSCA FORÇA E SEGURANÇA ATRAVÉS DA CIÊNCIA ESPIRITUAL

METADE DOS MÉDICOS EM HOSPITAL DE BUENOS AIRES SE NEGAM A FAZER ABORTO ALEGANDO ‘OBJEÇÃO DE CONSCIÊNCIA’

Médicos usam ‘objeção de consciência’ para negar aborto na Argentina

Raphael Coraccini, colaboração para a CNN
04 de fevereiro de 2021 às 20:04
Protesto por legalização do aborto na ArgentinaMilitantes defendem a aprovação do aborto na Argentina. O verde é a cor-símbolo da campanha pela legislação no país.Foto: Reprodução/Twitter @florenciacanali

Metade dos médicos de um hospital público na região da Grande Buenos Aires estão se negando a realizar o aborto em mulheres que chegam ao local solicitando o procedimento, respaldadas na Lei da Interrupção Voluntária da Gravidez (IVE, na sigla em Espanhol). O aborto foi legalizado no país no dia 30 de dezembro, depois da aprovação no Senado.

Os profissionais se valem de um mecanismo previsto na lei: a objeção de consciência (art. 11), que garante ao médico o direito de se negar a interromper a gravidez, se assim decidir.

A lei só obriga o profissional a seguir com o procedimento no caso de a vida da mãe estar em risco. Também está proibido de negar atendimento pós-aborto.

A objeção de consciência é um conceito defendido em códigos de ética da medicina, que concede o direito a todo profissional de seguir princípios religiosos, morais ou éticos de sua consciência

No entanto, o mesmo art.11 da lei Lei da Interrupção Voluntária da Gravidez é categórico ao afirmar que “a objeção de consciência institucional e/ou ideológica é proibida”.

Embora Juan Ciruzzi, diretor do hospital Alberto Antranik Eurnekian, que fica no município de Ezeiza, tenha garantido que seus funcionários estão tecnicamente prontos para realizar o procedimento, a realização do aborto tem encontrado forte oposição ética na equipe médica.

“Entre os servidores da área de Ginecologia e Obstetrícia, que estão envolvidos nesses casos, há 50% que se declararam contra o procedimento”, afirmou o diretor ao jornal argentino Clarín.

O texto da Lei aponta que, caso a paciente não encontre atendimento no hospital, ela precisa ser encaminhada a outro centro de atendimento com urgência. “No entanto, se houver alguma complicação médica no processo de interrupção, como hemorragia ou infecção, os médicos são obrigados a cuidar”, destacou Ciruzzi ao jornal argentino.

Todas as meninas com mais de 16 anos e mentalmente capazes são consideradas aptas a abortar na Argentina desde a aprovação da Lei. Para adolescentes até 16, o procedimento precisa ter o consentimento dos pais.

Pela lei aprovada em dezembro. O papel do estado é oferecer a condições apropriadas para isso no prazo máximo de 10 dias. Um levantamento feito pelo International Journal of Obstetrics & Gynaecology apontou que, só na América Latina e no Caribe, 760 mil mulheres precisam passar por tratamento médico todos os anos por conta de complicações derivadas de abortos clandestinos.

Fonte: CNN Internacional

Continuar lendo METADE DOS MÉDICOS EM HOSPITAL DE BUENOS AIRES SE NEGAM A FAZER ABORTO ALEGANDO ‘OBJEÇÃO DE CONSCIÊNCIA’

SAÚDE: A NOVA CULTURA EM SAÚDE SE CHAMA SAÚDE QUÂNTICA

No meu livro Coração, Intuição e Gratidão, um atalho para a vida plena eu abordo o assunto destaque desta edição, aqui na coluna SAÚDE deste sábado: SAÚDE QUÂNTICA – UMA NOVA CULTURA EM SAÚDE. Na minha ótica, baseado em diversos estudos científicos, o nosso corpo já tem uma programação própria de AUTOCURA no seu DNA.O tempo todo estamos sendo “atacados” por bactérias, vírus, micróbios e corpos estranhos, seja através dos alimentos, seja através do contato das mãos com a boca ou ainda através do ar que respiramos, muitas vezes muito poluído. Do ponto de vista microscópico o nosso organismo vive uma luta constante, diária, minuto a minuto pela sobrevivência. Muitas vezes alguns vírus adentram no nosso organismo e causam infecções, mas o nosso exército de defesa do organismo entra em ação e produzem a cura daquela determinada infecção. Portanto, nós temos o poder da AUTOCURA. Falta apenas assumirmos o comando dessa fortaleza através da nossa mente. O artigo a seguir esclarece de que forma podemos assumir esse comando e como podemos banir os remédios das nossas vidas. Então, lhe convido a ler com atenção, refletir e tirar suas conclusões!

Página inicial – Portal Saúde Quantum – Wallace Lima

SAÚDE QUÂNTICA – UMA NOVA CULTURA EM SAÚDE

Ao mesmo tempo em que dispomos de inúmeros conhecimentos científicos e de tecnologias médicas avançadas vivemos num momento paradoxal da história da humanidade. Ao mesmo tempo em que dispomos de inúmeros conhecimentos científicos e de tecnologias médicas avançadas, bem como de uma gama de medicamentos desenvolvidos pela indústria farmacêutica, convivemos com um número alarmante de doenças crônicas como diabetes, câncer, doenças cardiovasculares e depressão, entre tantas outras. Convivemos também com a perspectiva de crescimento assustador deste quadro, de acordo com as pesquisas da organização Mundial de Saúde.

A pergunta mais comum diante dessas informações é: as doenças crônicas são realmente incuráveis como parecem ser, ou o modelo de saúde que está sendo utilizado é que é limitado para reverter essas enfermidades?
Observando os currículos dos cursos da área de saúde, constatamos que são voltados para um amplo conhecimento das enfermidades e ao combate dos sintomas a partir de medicamentos químicos. De fato, os currículos pouco contemplam uma abordagem voltada para a prevenção de doenças e a promoção de saúde. A Organização Mundial de Saúde reconhece que 80% das enfermidades têm como causa o estilo de vida e os maus hábitos alimentares. Sendo assim, perceba que parece haver uma inadequação dos conteúdos curriculares, pois os mesmos não são voltados para contemplar as causas e sim os sintomas das enfermidades.
A perspectiva da Saúde Quântica é a de que precisamos validar uma Nova Cultura em Saúde, visto que a cultura atual possui como foco as doenças e a supressão dos sintomas, mantendo intactas as suas causas.
Para isso, é necessário compreender que vivemos num universo em que tudo é energia, que possui uma qualidade vibracional associada a sua  frequência. Um alimento com agrotóxico, por exemplo, está em desequilíbrio em termos de energia e frequência, por possuir substâncias tóxicas prejudiciais ao nosso organismo. O mesmo acontece com os produtos industrializados que possuem substâncias químicas como conservantes e corantes, entre outros.
Da mesma forma, a qualidade do que pensamos e de como processamos as nossas emoções também possuem uma qualidade de energia e de frequência, de modo que quando estamos emanando vibrações de raiva, inveja, medo, tristeza e ressentimento, também estamos comprometendo o nosso corpo e mente, pois essas vibrações também provocam desarmonia no funcionamento dos nossos órgãos e debilitam o nosso sistema imunológico.
Tendo como referência a perspectiva da Saúde Quântica, imagine como seria bom ser atendido por um profissional de saúde que, ao invés de passar um mesmo medicamento para 300 pessoas com sintomas de depressão ou enxaqueca, procurasse investigar o estilo de vida dessas pessoas bem como as suas histórias pessoais, buscando orientar o indivíduo no sentido de considerar as causas que fizeram com que o corpo se fragilizasse, expressando os sintomas das enfermidades?
A perspectiva do olhar para o ser humano integral, em todas as dimensões, é a base do modelo quântico de saúde, o qual é coerente com conhecimentos ancestrais oriundos da Medicina Ayurvédica, Chinesa e Tibetana. No mundo contemporâneo, a Medicina Antroposófica, e a Homeopática também seguem esses princípios, dentro dos quais a doença passa a ser uma oportunidade do ser humano se melhorar e, de preferência, buscar meios naturais e não invasivos de cura, de modo a não agredir o seu corpo com medicamentos que, na grande maioria dos casos, possuem inúmeros efeitos colaterais prejudiciais.
Com exceção das emergências médicas, as práticas terapêuticas não invasivas, aliadas a mudança de estilo de vida e hábitos alimentares, buscam respeitar a inteligência nata do corpo e a sua capacidade de se autocurar quando colaboramos com ele.
O III Simpósio Internacional de Saúde Quântica e Qualidade de Vida, que acontecerá nos dias 13, 14 e 15 de setembro de 2013, no Anhembi, em São Paulo, terá a presença de 20 cientistas de várias partes do mundo, com trabalhos notáveis que apontam para um novo paradigma em saúde.
A contribuição da física moderna, da neurociência e da epigenética, entre outras áreas da ciência contemporânea, traz a consistência científica necessária capaz de apresentar à humanidade um modelo de saúde capaz de contemplar o ser humano em todas as suas dimensões.
Por: Wallace Liimaa
Continuar lendo SAÚDE: A NOVA CULTURA EM SAÚDE SE CHAMA SAÚDE QUÂNTICA

AUTOCONHECIMENTO: VOCÊ VEIO AQUI PARA SER LIVRE ATRAVÉS DO CONHECIMENTO

Tenho publicado muitos texto, aqui na coluna AUTOCONHECIMENTO, do site Trabalhadores da Luz, que são, na sua maioria, canalizados por entidades que já habitam na 5ª Dimensão e, sendo assim possuem muito mais sabedoria do que nós que estamos aqui na 3ª Dimensão. Mas o texto de hoje, em especial, é de tal forma esclarecedor que qualquer um, até aqueles que nem sequer começaram a despertar a consciência é capaz de entender o seu conteúdo. Por isso, convido você a ler o texto completo a seguir dar um salto quântico na sua evolução!

Você veio aqui para ser Livre

Mensagem canalizada em 11 de Janeiro de 2021 – Saul

Nós somos um! Todos são Um, não há separação, nunca. Só existe AMOR, FONTE, MÃE / PAI / DEUS, o divino campo da CONSCIÊNCIA em que toda VIDA é UMA. A consciência é eterna, perpétua, um estado de existência permanente no qual Tudo está sempre totalmente presente.

A forma é temporária, e isso inclui todas as formas, desde o Multiverso até a menor partícula subatômica que sua ciência conhece, ou qualquer coisa menor que isso.

Você está mais ciente de que seus corpos humanos são compostos de bilhões de células e trilhões de partículas menores, todas interagindo em perfeita harmonia em um corpo saudável. Da mesma forma, seus corpos estão todos interconectados entre si e com o multiverso.

A separação é uma ilusão, tudo tem efeito sobre tudo o mais, assim como cada entidade de consciência aparentemente separada afeta todas as outras.

A consciência disso agora é bem reconhecida, embora não muito bem compreendida, e essa consciência está levando mais e mais pessoas a perceberem que os pensamentos, atitudes, palavras e ações de cada um realmente afetam todos os outros, e que, portanto, devem ser somente o amor beneficia a todos, incluindo, é claro, aqueles que realmente escolhem estabelecer a intenção de amar positivamente tudo o que surgir.

Mais de vocês lendo ou ouvindo esta e outras mensagens de amor já estão fazendo essa escolha diariamente, é por isso que vocês escolheram estar encarnados agora para auxiliar no processo de despertar coletivo. A cada dia, o processo continua a acelerar à medida que nos aproximamos cada vez mais deste momento milagroso.

No período intermediário, por favor, não se permitam ser distraídos de suas tarefas essenciais e individuais de ajudar no processo de despertar, as tarefas que cada um de vocês escolheu com tanto entusiasmo empreender antes de encarnar.

Cada um de vocês é, sem exceções, aspectos absolutamente essenciais do processo coletivo, então libere quaisquer dúvidas que você possa ter sobre sua realidade, porque foi divinamente planejado e está sendo executado perfeitamente porque é a vontade divina, e essa vontade é sempre realizada perfeitamente.

Ao acordar, você saberá como foi uma honra e uma alegria participar, embora agora você possa estar cheio de dúvidas. A dúvida e a incerteza são os principais aspectos do jogo, sonho ou, possivelmente, pesadelo que é apresentado a você como um humano na forma da qual você logo despertará.

Sim, é claro que vou mais uma vez lembrá-los da necessidade de irem diariamente para dentro de seus santuários sagrados internos, para abrir seus corações tão completamente quanto puderem e então convidar o Amor para abri-los ainda mais à medida que Ele os envolve você em Seu abraço infinitamente amoroso.

Verdadeiramente, você NÃO tem ideia de quão profundamente amados vocês são – cada entidade consciente, sem exceção. Isso é extremamente difícil para você mesmo conceber a compreensão enquanto está na forma humana, devido às severas limitações que estar na forma impõe a você, o que faz parte da escolha coletiva de experimentar a irrealidade da separação!

Então, vá para dentro, convide e permita que o Amor o abrace e sinta suas dúvidas e incertezas diminuírem e se dissolverem.

É a vontade de Deus que você sinta o Seu amor por você. A razão pela qual principalmente você não faz ou não pode é porque, tendo escolhido experimentar a separação de Deus, há uma profunda sensação subjacente de que você ofendeu seu Criador, Amor, e que você é indigno de estar na Presença divina e sentir o todo Abraçar o Amor que é oferecido a você a cada momento.

Você foi criado completamente Livre.

Sim, você é Um com Mãe / Pai / Deus e, portanto, inseparável do Um, mas também é Livre. Como um humano na forma, isso é um paradoxo para se engajar e tentar entender.

Sim, você é livre, e Deus nunca revoga ou interfere com essa liberdade inviolável.

Você foi criado como Deus, que é gratuito, por Deus que lhe deu tudo – não há coisas! – Tudo o que ela é.

O que eu e muitos outros estamos tentando impressionar você é que você realmente é para sempre Livre e que é eternamente amado para sempre. Não há nada que você possa fazer para mudar isso, mas você pode e escolheu não acreditar.

Agora é o momento de liberar seu apego a essa crença inválida e despertar para a alegria que é sua herança de direito como filhos do Divino. Essa é a vontade divina para você, a vontade divina é sempre isso.

Ir para dentro, para aqueles santuários internos verdadeiramente sagrados que estão sempre dentro de você, esperando para recebê-lo, é a maneira mais eficaz pela qual você pode começar a saber e sentir isso. Meditação, contemplação ou relaxamento puro sem qualquer expectativa é o caminho para esse conhecimento, para essa experiência de grande paz e alegria interior.

Muito poucos de vocês são capazes de se libertar totalmente de pensamentos e impulsos perturbadores – verificar o telefone, navegar na geladeira, verificar as últimas notícias – e muitas vezes você vê isso como um fracasso de sua parte. Verdadeiramente não é!

Todos vocês têm um ego, é uma parte separada de sua mente que sempre tentará reagir emocionalmente ao menor drama de que você se tornar consciente. Seu objetivo original era protegê-lo de ameaças iminentes e inesperadas – muitas vezes referida como a síndrome de “lutar ou fugir”, e tem sido muito útil – no entanto, com o tempo, para a maioria das pessoas, tornou-se sua identidade! E isso não é!

No entanto, ele busca incessantemente e com entusiasmo sua atenção total, é o aspecto narcisista de uma personalidade e foi necessário na infância, quando sua capacidade de se comunicar de maneira significativa com seus pais, cuidadores ou irmãos era extremamente limitada. No entanto, foi feito para ser suavemente superado à medida que você amadurecia na adolescência e se tornava adulto.

Infelizmente, a maioria de vocês foi traumatizada na infância – psicologicamente e / ou fisicamente – e esse trauma não foi curado ou logo após o momento em que ocorreu. Para a maioria, é doloroso demais lembrar o que o causou, e assim permanece a resposta emocional a ameaças de qualquer tipo. O ego, portanto, mantém sua poderosa influência sobre você, fazendo com que você reaja com medo ou raiva no momento, muitas vezes desnecessariamente, e muitas vezes deixando você se sentindo culpado ou envergonhado mais tarde.

Então, agora que você está ciente disso – e a maioria de vocês está! – é hora de abandonar sua necessidade impulsiva de uma resposta ou reação instantânea a um evento, e você tem a capacidade de fazer uma pausa momentânea quando algo, aparentemente ameaçador, surge em seu ambiente.

O tempo gasto internamente, em meditação silenciosa ou contemplação, é uma prática que o levará a um espaço de paz no qual você encontrará paz, e essa necessidade inerente de reagir instantaneamente diminuirá e se tornará muito menos intensa, permitindo que você seja amoroso tudo o que possa surgir em sua vida diária.

À medida que mais e mais pessoas se tornam capazes de viver assim, a pressa para o conflito diminuirá e o conflito ocorrerá com muito menos frequência.

Essa capacidade de fazer uma pausa está se tornando muito mais prevalente em todo o mundo, apesar do que você pode ouvir ou ler na mídia principal ou social, e é uma indicação muito positiva da preparação coletiva para seu despertar.

Saiba que tudo está realmente bem, e que o seu despertar está avançando lindamente, exatamente como planejado divinamente.

Com muito amor, Saul

John Smallman — Fonte:https://eraoflight.com/
Rafael Issa Gama e Marco Iorio Júnior — Tradutor e Editor exclusivos do Trabalhadores da Luz

Fonte: Trabalhadores da Luz

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: VOCÊ VEIO AQUI PARA SER LIVRE ATRAVÉS DO CONHECIMENTO

REFLEXÃO: APRENDENDO A RESSIGNIFICAR O QUE PASSOU PARA VIVER UM FUTURO TRANSFORMADOR

Ressignificar é, antes de mais nada, REFLEXÃO. É para pensar, enxergar e encarar os erros e fraquezas, ter coragem de admiti-los, se perdoar, fazer a devida correção de rumo e seguir em frente com a consciência ampliada, expandida, buscando a transformação e a sua melhor versão. Dai a importância da leitura do texto a seguir. Vai ajudar a abrir sua mente para viver um 2021 realmente transformador!

Ressignificar 2020 para viver um 2021 transformador

Número 2021 escrito na areia. Marcas de pés estão abaixo, seguidos por água de mar.
Kirill Ryzhov / 123RF

Oano de 2020 realmente ficará marcado como um ano de sobrevivência para a espécie humana. Foi um ano de perdas, construções e readaptações. O novo normal está aqui. Foram experiências boas e ruins que não iremos jamais esquecer. E é por isso que temos que ressignificar.

Quando digo ressignificar as experiências, peço aos leitores que deem um novo significado às nossas experiências. Isso serve para que possamos observar o que aconteceu sob outra perspectiva. Utilizando essa ressignificação, o que nos causa tristeza, sob outra perspectiva, pode se transformar em algo de extrema reflexão e aprendizagem, podendo ser transformado inclusive em alegria.

PUBLICIDADE

É essa ressignificação que nos dá coragem para começar uma grande mudança. Dia após dia vamos nos reconstruindo e superando as adversidades.

Ressignificar nunca foi tão importante para nossa evolução como nos tempos em que estamos vivendo. É essa atitude que nos torna sobreviventes, pois é ela que nos cria esperança.

Mão estendida sobre paisagem de oceano.
Lukas / Pexels

Você pode escolher ser aquela pessoa que se prende em sentimentos ruins, que se perde na queixa, na resignação, nas lamúrias, não tendo tempo portanto de levantar asas para voo; ou pode simplesmente utilizar todas as experiências, sejam lá quais forem, porém sendo ressignificadas como parte do processo de metamorfose.

Que tenhamos coragem para explorar a nós mesmos, para encontrar um sentido que nos faça ancorar a vida com mais motivação em nossas profundezas. Que a resiliência seja a palavra-chave para todo o processo de ressignificação da sociedade.

Você também pode gostar

Sobrevivemos. E seguimos em frente. Vamos nos valorizar e curtir cada momento, pois esse é único. Que venha 2021.

Fernanda Colli
Escrito por Fernanda Colli
Fonte: Eu Sem Fronteiras
Continuar lendo REFLEXÃO: APRENDENDO A RESSIGNIFICAR O QUE PASSOU PARA VIVER UM FUTURO TRANSFORMADOR

AUTOCONHECIMENTO: UM VIVA AO DESPERTAR DA CONSCIÊNCIA E A DEFESA PELA CORAGEM E A CERTEZA QUE A VERDADE VIRÁ À TONA CADA VEZ MAIS RÁPIDO EM 2021

Nesta terça-feira temos uma mensagem maravilhosa de ânimo e otimismo, aqui na coluna AUTOCONHECIMENTO. Baseado no crescimento entre humanos do despertar da consciência a certeza de que o ciclo vicioso do abuso e assédio está no fim em 2021, pois haverá muito mais luz e menos trevas, decretando o início deum novo ciclo, mas dessa vez um ciclo virtuoso. Então convido você a ler o texto completo a seguir, refletir e fazer o seu juízo de valor!

Mensagem de final de ciclo anti-abuso e anti-assédio para 2021 e além

Menina negra sentada com as mãos no rosto e joelhos levantados.
fizkes / 123rf

Em 2020, a humanidade teve o desafio de se reinventar. A nossa velha questão desde o tempo em que os nossos ancestrais procuraram as cavernas para se protegerem novamente mostra a cara para nos lembrar que não somos tão potentes e nem tão invencíveis como por vezes imaginamos ser. Temos um desamparo existencial primordial desde o início dos tempos das nossas jornadas como humanos neste plano, estando à mercê de forças incomensuráveis e incompreensíveis do universo. Somos animais assustados nas nossas mais profundas bases, com receio de que alguma catástrofe real e possível possa de uma hora para outra nos destruir por completo. Terremotos, cataclismos, tsunamis, pragas, vírus e bactérias a todo momento nos rondam de modo obscuro. Este ano nos mostra que a vida pode ser muito breve e que para existirmos bem precisamos definitivamente ter qualidade no nosso agora.

O ano de 2020 também nos ensinou sobre a necessidade de voltarmos para dentro de nós mesmos e este certamente foi um dos grandes chamados da atualidade. Apesar de ter sido um alerta mais do que necessário como atitude de sobrevivência para todas as áreas da vida, muitos aguentaram e outros literalmente não suportaram, colapsando de diversas maneiras.

Com isso, nesses novos tipos de clausuras impostas, a necessidade de libertação para o que significa literalmente viver bem surge como uma urgência imediata.

Com o advento da Covid-19, a tendência forte é que situações mal resolvidas venham à tona, não havendo mais espaço físico e nem interior para suportá-las, e nem motivos para postergá-las. No ano de 2020, a vida pede passagem, não apenas para vencermos a Covid-19, mas também para nos honrarmos em tudo o que se fizer necessário.

Com o confinamento, adoecimentos mentais se tornaram mais evidentes, bem como situações de perigo emocional e de vida tiveram menos espaço para se perpetuarem. Inúmeras pessoas vítimas de assédio, violências sexuais e emocionais estão conseguindo atravessar as barreiras do receio da exposição e mesmo humilhadas e assustadas estão conseguindo denunciar o que jamais deveria ter acontecido nos bastidores da vida, quer seja no trabalho, em casa, em circuitos familiares, sociais e em outros tipos de sistemas.

Menina branca deitada com braços embaixo da cabeça.
M. / Unsplash

Os véus caem e os abusos de poder de toda ordem são denunciados enquanto a humanidade indignada e em comum acordo faz uma aliança de afeto e de proteção às vítimas. Já é hora. Quanto mais despertos, melhor!

Precisamos estar juntos denunciando, acolhendo e cuidando das vítimas e mesmo dos assediadores, quando isso for possível. Precisamos mais do que nunca sanar sociedades adoecidas que há anos alimentam tais tipos de violência, banalizando o mal.

Cada um de nós pode dar o seu melhor nesse tema em que somos todos corresponsáveis. Assim como com a Covid-19, precisamos aliar forças estando lúcidos para erradicar esse tipo de mal de todo o planeta, sendo isso plenamente possível, quando estamos despertos, dando amor e limites saudáveis.

Psicólogos, psiquiatras, grupos de ajuda e de apoio, jornais, mídias, artigos, autoridades judiciais e governamentais têm obrigação de cada vez mais terem conhecimento de que abuso emocional, sexual e assédio são reais e extremamente perigosos, ajudando a combater esse mal que há anos vem assolando a sociedade, inclusive provocando feminicídios e violências de toda sorte.

Parabéns às pessoas que nos dias de hoje têm a coragem para denunciar toda sorte de violência.

Desejo que 2021 seja o ano da liberdade, da força e do apoio.

Que em 2021 toda a sociedade continue caminhando para que a justiça aconteça e que possamos entrar numa era de mais amorosidade, empatia e ajuda mútua.

Que estejamos alertas sem abrir mão dos nossos direitos com plena consciência do que é abuso, erradicando qualquer tipo de cilada emocional.

Quanto mais despertos, melhor!

Fonte: Eu Sem Fronteiras

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: UM VIVA AO DESPERTAR DA CONSCIÊNCIA E A DEFESA PELA CORAGEM E A CERTEZA QUE A VERDADE VIRÁ À TONA CADA VEZ MAIS RÁPIDO EM 2021

DICA DE LIVRO: O LIVRO DE OURO DE SAINT GERMAIN, DE SAINT GERMAIN

A nossa DICA DE LIVRO dessa quarta-feira é um presente de Natal para você entrar no ano novo uma pessoa totalmente diferente e muito mais sábia e quiçá com a solução dos seus maiores problemas na mão: O livro de Ouro de Saint Germain. Aqui está o segredo dos segredos e o mistério dos mistérios, agora corregido e revisado, este livro foi há muito tempo ocultado da maioria, e servindo como fonte de riquezas para uma minoria. Pois, nele contém, a base do conhecimento da manifestação e precipitação de tudo que se pense ou se imagine. Este livro foi que serviu de base para o livro: o segredo e tantos outros do tema. Foi com o conhecimento dos sagrados ensinamentos contido nesse livro que muitos adquiriram poder e riquezas abundantemente. Escrito em 1932, este livro traz a chave, pelo qual aquele quem o possuir, abrirá todas as portas do poder e prosperidade infinita. Sendo, a forma arquetípica perfeita, contida dentro do todo e o absoluto que constitui a redenção universal. Então não perca tempo. Peça já o seu e expanda sua consciência!

Fonte: Acervo próprio

Continuar lendo DICA DE LIVRO: O LIVRO DE OURO DE SAINT GERMAIN, DE SAINT GERMAIN

AUTOCONHECIMENTO: ALCANÇAR A ILUMINAÇÃO É O NOSSO PROPÓSITO MAIOR

Neste dia de Natal trago um texto de profunda reflexão, para você que é buscador(a), para você que quer conhecer a verdade, para você que quer se libertar de toda opressão, para você que acredita que é um ser cósmico.  Esse texto é para você que acredita que estamos numa caminhada celestial de aprendizado, de conscientização, de expansão da consciência e de iluminação. Então, se você é assim, você precisa ler esse texto completo, refletir e expandir sua consciência!

AUTOCONHECIMENTO: CONSCIÊNCIA ESPIRITUAL E ILUMINAÇÃO SÃO ETAPAS DA EXPANSÃO DA CONSCIÊNCIA - Blog do Saber

ILUMINAÇÃO OU CONSCIÊNCIA ESPIRITUAL

Em muitos homens, a mente espiritual se revela lenta e gradualmente, e ainda que a pessoa possa sentir um constante aumento de conhecimento e consciência espiritual, pode não haver experimentado uma notada e repentina mudança.

 

Outros têm tido momentos do que é conhecido como iluminação, nos quais se acreditavam elevados quase fora do seu estado normal, e lhes parecia passar a um plano de existência ou de consciência mais elevado, que os deixava mais adiantados do que antes, ainda que não pudessem trazer à sua consciência uma clara recordação do que haviam experimentado, enquanto se encontravam nesse exaltado estado da mente. Essas experiências têm-se dado com muitas pessoas, em diferentes formas e graus, de todas as crenças religiosas, e têm sido geralmente associadas a algum aspecto da crença religiosa particular, professada pela pessoa que experimenta a iluminação. Mas os ocultistas adiantados reconhecem todas essas experiências como diferentes formas de uma só e mesma coisa – o amanhecer da consciência espiritual – o desenvolvimento da mente espiritual.

Alguns escritores têm chamado a esta experiência consciência cósmica, nome muito apropriado, pois a iluminação – pelo menos em seus aspectos mais elevados – põe o indivíduo em contato com a totalidade de Vida, fazendo sentir um sensação de parentesco com toda a Vida, alta ou baixa, grande ou pequena, boa ou má.

Essas experiências, como é natural, variam materialmente conforme o grau de desenvolvimento individual, sua preparação prévia, seu temperamento etc.; mas certas características são comuns a todas. O sentimento mais comum é o da posse quase completa do conhecimento de todas as coisas – quase onisciência. Esse sentimento existe apenas por um momento e nos deixa, a princípio, submersos em profunda pena pelo que chegamos a ver e que perdemos. Outro sentimento comumente experimentado é o da certeza da imortalidade, – uma sensação de atual ser – a certeza de haver sido sempre e a de estar destinado a sempre ser. Outro sentimento é o do desaparecimento de todo temor e da aquisição de um sentimento de certeza, segurança e confiança, e que estão além da compreensão daqueles que jamais o experimentaram. Então, um sentimento de amor nos inunda – um amor que abarca a Vida toda , desde os mais próximos a nós, na carne, até aos das mais longínquas partes do Universo – desde aquilo que nós consideramos puro e santo, até aquilo que o mundo considera vil, malvado e completamente indigno. Esse sentimento de retidão própria, que induz a condenar os outros, desaparece, e o amor, como a luz do sol, derrama-se sobre tudo que vive, sem ter em conta o seu grau de desenvolvimento ou bondade.

A alguns, essas experiências chegaram como um profundo sentimento de reverência que tomou completa posse deles, por alguns momentos ou mais tempo, enquanto que a outros se afigurava que se achavam num sonho e chegaram a ser conscientes de uma exaltação espiritual, acompanhada de uma sensação de estar circundando os compenetrados por uma luz brilhante.

A alguns, certas verdades se têm revelado sob a forma de símbolos, cujo significado não se tornou evidente senão muito tempo depois.
Essas experiências produzem uma mudança na mente daquele que passa por elas e que depois nunca torna a ser o mesmo homem que de antes. Ainda que a recordação vívida desapareça, fica ali certa reminiscência que, por longo tempo, será para ele um manancial de bem estar e de força, especialmente quando a sua fé vacila e se sente agitado, como uma cana, pelos ventos de opiniões em conflito e especulações do intelecto. A lembrança de tal experiência é uma fonte de renovada energia – um porto de refúgio, ao qual as almas fatigadas acodem para amparar-se do mundo externo que não as compreende.
Tais experiências são também usualmente acompanhadas de uma sensação de intensa alegria; de fato, a palavra e o pensamento de alegria parecem ser o que predomina na mente, nesta época. Mas não é uma alegria de experiência ordinária – é alguma coisa que não pode ser sonhada senão depois de havê-la experimentado – uma alegria cuja lembrança estimulará o sangue e fará palpitar o coração, todas as vezes que a mente relembrar a experiência.
Como já dissemos, também se experimenta a sensação de um conhecimento de todas as coisas, uma iluminação intelectual impossível de descrever. Nos escritos dos antigos filósofos de todas as raças, nos cantos dos grandes poetas de todos os povos, nas prédicas dos profetas de todas as religiões e tempos, podemos encontrar rasgos desta iluminação experimentada por eles – esse desenvolvimento da consciência espiritual. Não temos espaço para detalhar esses numerosos exemplos. Uns disseram-nos de um modo, outros de outro, mas todos dizem praticamente a mesma história. Todos os que têm experimentado essa iluminação, ainda que fosse em débil grau, reconhecem a mesma experiência na relação, canto ou prédica de outro, ainda que entre eles hajam decorridos séculos. É o canto da alma que, uma vez ouvido, jamais é esquecido. Ainda que seja expresso pelos toscos instrumentos das raças semi-bárbaras ou pelos mais aperfeiçoados talentos musicais da atualidade, seus tons são claramente reconhecidos.

Vem o canto do velho Egito, – da Índia de todas as idades – da antiga Grécia e Roma, – dos primitivos santos cristãos – dos Quarkers Friends, – dos mosteiros católicos – das mesquitas maometanas – do filósofo chinês – das lendas do índio americano, herói profeta, – é sempre o mesmo tom, elevando-se mais e mais alto, à proporção que muitos mais o entoam e agregam suas vozes ou dos sons de seus instrumentos ao grande coro.
Aquele tão mal compreendido poeta ocidental, Walt Whitman, sabia o que dizia (como compreendemos nós), quando prorrompia e expressava em singular verso a sua estranha experiência. Lêde o que ele diz e verificai se já foi alguma vez melhor expresso:

“Como num desmaio, um instante,
Outro sol inefável me deslumbra,
E todos os orbes conheci, e orbes mais brilhantes desconhecidos,
Um instante da futura terra, terra do céu.”

E quando sai do seu êxtase, exclama:

“Não posso estar acordado, porque nada me olha como antes,
Ou então estou acordado por primeira vez, e tudo de antes foi simples sonho.”

E nós devemos concordar com ele, quando declara a inabilidade do homem para descrever inteligentemente isso, nestas palavras:
“Quanto melhor quero expressar-me, menos posso,
Minha língua não se move sobre sua ponta,
Meu alento não obedece aos seus órgãos,
E fico mudo.”

Que essa grande alegria da iluminação seja vossa, queridos estudantes. E vossa será no seu tempo oportuno. Quando ela chegar, não vos alarmeis, e quando vos abandonar, não lamenteis sua perda – voltará outra vez. Vivei elevando-vos acessíveis à sua influência. Estais sempre dispostos a escutar a voz do silêncio, prontos sempre a responder ao toque da Mão Invisível.

Não torneis a temer, porque convosco tendes sempre o Ser Real que é uma chispa da Chama Divina, e o qual será como uma lâmpada que iluminará o caminho a vossos pés.

A paz seja convosco.

– Por Iogue Ramacháraca –

(Texto extraído do livro “Catorze Lições de Filosofia Iogue”, do Iogue Ramacháraca; Editora Pensamento)

Nota de Wagner Borges: Esse texto foi distribuído originalmente para uma turma de alunos num curso sobre projeção da consciência (Viagem astral). Na ocasião, eu comentava com eles sobre as expansões da consciência (samadhi, satori, consciência cósmica). Para ilustrar o tema, passei o brilhante texto de Ramacháraca para a turma estudar.

É um texto do início do século 20, editado originalmente na Inglaterra. Seu autor é o escritor William Walker Atikinsons (que usava o pseudônimo de Iogue Ramacháraca). Fala do estado de consciência cósmica e de suas repercussões no ser humano.

Parece estranho falar de um assunto desses no meio de tanta encrenca que acontece no viver diário da maioria das pessoas. Mas é melhor falar de algo assim do que compactuar com as pesadas vibrações do pessimismo e da falta de alegria.

Textos assim mantém a chama acesa em nosso coração e nos levam a reflexões profundas, típicas de quem almeja a ampliação da lucidez, do amor e do brilho em todas as dimensões.

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: ALCANÇAR A ILUMINAÇÃO É O NOSSO PROPÓSITO MAIOR

AUTOCONHECIMENTO: PORQUE AS PESSOAS CARREGAM TANTAS MÁSCARAS?

texto

Conhecer a Si mesmo, a impossibilidade de ser autêntico na atualidade.

Mulher de olhos fechados abraça a si mesma.
Roman Samborskyi / 123RF

Conhecer a ignorância interior é um dos maiores temores da humanidade hoje. Reconhecer que não se tem conhecimento sobre determinado assunto parece ser a pior coisa possível atualmente. Com isso, o conhecimento filosófico se torna cada vez mais rejeitado e desprezado por muitos, pois, para conhecer o interior, é necessária uma verdadeira guerra contra a ignorância.

Sócrates, pai da filosofia ocidental, desenvolveu a ideia de que o conhecimento não é encontrado em nenhum local a não ser dentro de Si mesmo, vivendo a frase do Oráculo de Delfos: “Conhece-te a Ti mesmo e conhecerás todo o universo e os deuses, porque, se o que procuras não achares primeiro dentro de ti mesmo, não acharás em lugar algum.” (Aforismo encontrava-se no pórtico de entrada do templo dedicado ao deus Apolo, na cidade de Delfos, Grécia, séc. IV a. C.). A partir dessa frase, o filósofo Sócrates praticava uma filosofia voltada para que as pessoas buscassem as respostas a todas as dúvidas dentro de si por meio de uma investigação interior.

Porém, ao buscar as respostas dentro de Si, depara-se com a falta de conhecimento, pois ninguém sabe tudo. E assim surgirá a máxima frase, também do filosofo grego: “Só sei que nada Sei”, pois, ao assumirmos que não sabemos algo, podemos nos dedicar à procura das respostas, as quais certamente encontraremos.

Isso mesmo! Só conseguimos aprender algo quando nós nos assumimos sem conhecimento, isto é, não é possível aprender algo que já pensamos saber. Somente com a certeza da ignorância é possível abrir a mente para o conhecimento e aprender coisas novas. Sócrates nos ensina como deve ser a forma de conhecimento filosófico: deve ser de forma investigativa sobre aquilo que não sabemos para descobrirmos que as respostas estavam o tempo todo dentro de nós mesmos, mas veladas pelo ideal do falso “conhecimento”.

Na era da tecnologia, que possibilita a todos livre acesso a um leque enorme de informações e a formas rápidas de expressar opiniões, a humanidade hoje vem formando inúmeros “intelectuais sem caráter”, isto é, pessoas que se denominam experts em determinados assuntos, porém não possuem conhecimento qualitativo sobre o tema. A tecnologia possibilita a facilidade para todos se expressarem democraticamente. Para isso, basta você ter algum aparelho tecnológico com acesso à internet para acessar todas as informações e expressar “conhecimento” sobre tudo, tornando inadequadas, “atrasadas” e fora da atualidade todas as pessoas que não compartilham das suas “verdades”.

Mulher sentada em cadeira enquanto digita em um computador.
cottonbro / Pexels

Com isso, o conhecer a Si mesmo se torna cada vez mais inoportuno e inaceitável, pois ninguém mais para nem um segundo do seu dia agitado a fim de se silenciar, escutar a própria consciência, ouvir a voz interior dentro de Si e se conhecer. As pessoas apenas formam sua personalidade conforme o outro planeja que seja formada, ou seja, as pessoas apenas copiam umas às outras e consideram um erro o pensamento socrático de “Conhecer a Si mesmo”, ou até mesmo a base de sua filosofia, que é reconhecer que nada sabe para poder então buscar o conhecimento, iniciando a busca dentro de Si.

Infelizmente, as pessoas não estão aptas para dizer “eu não sei”, mas apenas dizem suas convicções (mesmo que absurdas) sobre qualquer coisa e tomam aquilo como verdade, negando, além dos ensinos de Sócrates, os ensinamentos de outro grande filósofo, Rene Descartes. Ele promoveu a filosofia da dúvida, segundo a qual o filósofo deve duvidar de tudo e nunca tomar uma “verdade” como aceita, nunca aceitar que a verdade dita pelo outro é de fato verdadeira, mas deve ser comprovada pelo método científico.

Que possamos ser pessoas evoluídas, pessoas que ouvem mais, que escutam os outros, os pássaros, o vento, a Si mesmo e por fim a nossa voz. Somente assim poderemos dizer palavras de fato verídicas, depois de passar pela nossa consciência, pelo método científico de Descartes, segundo o qual duvidamos até mesmo dos nossos pensamentos, para podermos nos expressar de forma mais atraente e verídica. Que possamos dar ouvidos ao silêncio, pois o silêncio é o som perfeito para buscar o conhecimento interior, e esse conhecimento, muitas vezes, vai nos ensinar que podemos guardar nossas opiniões e até mesmo a verdade para nós mesmos, pois dificilmente as pessoas estarão dispostas a ouvir algo que seja contrário aos seus conceitos criados de modo pré-conceitual e a ouvir algo que seja diferente de sua visão de mundo.

Fonte: Eu Sem Fronteiras

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: PORQUE AS PESSOAS CARREGAM TANTAS MÁSCARAS?

AUTOCONHECIMENTO: FAZENDO O ALINHAMENTO DO INCONSCIENTE COMA CONSCIÊNCIA

Conheça aqui na coluna, trabalhadores da Luz um texto consciencial que vai alinhar o seu inconsciente ao seu Consciente. Então não perca tempo e leia o texto completo a seguir e dê um salto quântico!

Trazendo o Inconsciente para a Consciência

Mensagem de 25 de Novembro de 2020  

Em meu contínuo processo de crescimento, muitas vezes as coisas nas quais eu preciso “trabalhar” são aquelas que eu não consigo ver. Elas chegam até mim através de espelhos, reflexos ou circunstâncias que tornam claro que eu tenho um ponto cego. Uma tendência inconsciente em direção ao ego, desvalorizar, ou inúmeras coisas que mantenham distante o meu próximo nível de consciência.

Conforme chego nessas encruzilhadas, estou começando a perceber que o chão onde nossa inconsciência mora está ruindo. O véu que a manteve escondida está se alargando e ficando mais fino. Vai requerer esforço manter tudo isso no lugar. Conforme a barreira começa a desmoronar sob o peso da eminência do Amor, surgem momentos onde você se torna consciente das partes que estão tentando permanecer no controle, venha o inferno ou a maré alta.

Bem, se a maré alta está chegando e a resistência permanece, então é o inferno. Uma vez eu tive uma imagem de um castelo de areia. Ele representava todas as minhas partes que se acumularam ao longo do tempo que representavam o que eu achava ser real e verdadeiro, apenas para descobrir que a maré subiu e tudo foi embora. Bem desse jeito. Isto pode ser uma experiência da noite escura ou pode ser apenas outra volta da roda da ascensão assim que você se habitua a ela.

A verdade é que nós somos a areia e a água brincando neste drama épico de construção e desconstrução. O que estava inconsciente vem para a superfície e vai derrubar o castelo, assim como o sol nasce e se põe. Então quando isso acontece, a questão mais profunda é como integramos e navegamos este processo, para que haja menos necessidade desses momentos e suas reações.

Na minha jornada contínua com SoulFullHeart, é tudo sobre sentir e explorar as camadas mais profundas que estão em reação, sofrimento e estados inconscientes. Isto é feito não apenas por meio de autorreflexão e exploração, mas de outros reflexos e espelhamentos profundos. É aí que enxergamos as coisas que não conseguimos ver por nós mesmos. Isso não é fácil para partes de nós, mas é catalítico e alquímico. A vida nunca mais será a mesma amanhã como foi ontem quando você está numa esteira transportadora da consciência.

Se você está sentindo um profundo desejo de acabar com os ciclos de sofrimento, padrões inconscientes ou isolamento do lobo solitário e está disposto a ser iniciado em reinos mais profundos de sua própria consciência, expressão e intimidade, eu recomendo fortemente uma seção de SoulFullHeart comigo, Jelelle, Raphael, ou Kasha. Eu acredito que o chamado será sentido nos corações que devem despertar.

Se você quer aprender mais e tornar-se mais familiarizado com o processo e o paradigma, você está convidado a juntar-se ao portal de nosso grupo SoulFullHeart Portal para mais compartilhamentos pessoais, videos, artigos e comunidade online.

As energias estão aqui para apoiar este novo nivelamento em Amor,
Libertação e Liderança

Gabriel Heartman – Fonte: https://soulfullheartblog.com/
Roseli Giusti Zahm e Marco Iorio Júnior — Tradutora e Editor exclusivos do Trabalhadores da Luz

Fonte: Trabalhadores da Luz

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: FAZENDO O ALINHAMENTO DO INCONSCIENTE COMA CONSCIÊNCIA

DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: O PROPÓSITO DA EVOLUÇÃO É PERMITIR A CONSCIÊNCIA ALCANÇAR A PERFEIÇÃO NA MANIFESTAÇÃO HUMANA COMO SERES ALTRUÍSTAS

Em a Mente Compassiva, artigo a seguir, na nossa coluna DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL desta quinta-feira você vai mergulhar numa REFLEXÃO que mescla o pensamento de Buda, Mahavira, Malala e Nelson Mandela para falar de não violência, igualdade e o poder que todos temos para brilhar. Por que será que isso não acontece pra todo mundo?

A mente  compassiva

Nelson Mandela disse: “Quem sou eu para ser tão brilhante, talentoso e famoso? Na verdade, quem é você para não ser? Você é um filho de Deus. Brincar de ser pequeno não serve ao mundo

Bhupendra Vora*

Mente Compassiva - Home | Facebook

O propósito da evolução é permitir à consciência alcançar a perfeição na manifestação humana como seres altruístas, com as qualidades de amor e compaixão, à imagem da divina inteligência que é a fonte de toda a vida. O amor dessa inteligência é visível em toda a sua criação, criada com infinita compaixão. Isso fica evidente nas miríades de espécies de vida com as habilidades especiais que lhes foram fornecidas pela natureza para sua sobrevivência.

Mahavira, o grande instrutor e reformador do Jainismo, declarava que não bastava a não violência como credo. Ele estendia esse princípio à solidariedade e ao auxílio a outros seres vivos, para se viver naturalmente, de acordo com as leis da natureza. A Nova Era exige sensibilidade e compaixão, mantendo em mente a interconexão e interdependência da vida em todos os níveis.

No Nobre Caminho Óctuplo de Buda, o primeiro passo, Reta Visão, é considerado de vital importância. Isso significa a compreensão da unidade da vida e das leis que governam o universo. Buda ensinou que trishna ou desejo, é a causa do sofrimento. Os seres humanos se prendem Ao ciclo de vida e morte por meio de desejos incessantes que causam um imenso sofrimento. A ignorância do propósito da vida mantém as pessoas escravizadas.

A mente humana, condicionada por coisas como raça, religião, classe social, etc., está encurralada num modo preconceituoso  de considerar o A mente compassiva mundo. Para compreender esse condicionamento é necessário sabedoria para descobrir suas causas. Os preconceitos a respeito das pessoas são as causas da divisão que cria conflito e sofrimento. Com a percepção, esse condicionamento pode ser reconhecido e a pessoa pode se libertar dele.

J. Kaalam, ex-presidente da Índia, falando perante o Parlamento Europeu, citou o antigo poeta tâmil Kaniyan Pungudranar: “Eu sou um cidadão do mundo e todos os cidadãos do mundo são meus parentes e amigos. Onde há retidão no coração há beleza no caráter. Onde há beleza no caráter há harmonia no lar. Onde há harmonia no lar há ordem na nação. Onde há ordem na nação há paz no mundo.”

São necessários, portanto, corretos valores e corretas formas de educação que resultem em indivíduos responsáveis e compassivos. Há muita coisa errada numa sociedade baseada apenas em valores materiais. Não deveria haver sensibilidade e compaixão para compartilhar os limitados recursos do mundo com aqueles que são menos afortunados que nós?

A extrema ganância de políticos, patrões e outros, com suas práticas ardilosas é responsável por muita iniquidade no mundo Essa doença é visível nos níveis individual, social e nacional do mundo. Há muito sofrimento no continente africano, que é explorado por seus recursos naturais e vida selvagem. O tráfico de “diamantes de sangue” e outras pedras preciosas abastece as indústrias de armamento que fornecem armas para milícias e tribos inimigas. Essas práticas nefastas são responsáveis por assassinatos, estupros e saques.

Em diversas partes do mundo há extrema crueldade contra cães e outros animais, que são cozidos vivos para deleite de pessoas que apreciam esse tipo de culinária. Radha Burnier escreveu: “Viver  de maneira compassiva no mundo moderno dificilmente parece ser um ideal, já que atrapalha grandes e imediatos lucros de negócios e entra em conflito com a procura de novos prazeres e satisfações.”

Outra causa de conflito é a doutrinação religiosa, que cria sociedades intolerantes. No discurso que fez nas Nações Unidas, a jovem Malala Yousufzai enfatizou a necessidade da educação promover um pensamento liberal e a não violência, citando os exemplo de Buda, Cristo, Maomé, Gandhi e Pashtun Badshah Khan.

Para o mundo mudar, o indivíduo precisa mudar. Uma mente que tenha preocupação compassiva com o bem-estar global deve estar envolvida em ações proativas. Nelson Mandela disse: “Nosso medo  mais profundo não é de sermos inadequados. É de sermos poderosos além da conta. É  luz, e não as trevas que nos assusta.‘ Quem sou eu para ser tão brilhante, talentoso e famoso?’ Na verdade, quem é você para não ser? Você é um filho de Deus. Brincar de ser pequeno não serve ao mundo… Nascemos para tornar magnífica a glória de Deus que está dentro de nós.”

Fonte: Revista Sophia • SET/OUT 2020 nº 87

Continuar lendo DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: O PROPÓSITO DA EVOLUÇÃO É PERMITIR A CONSCIÊNCIA ALCANÇAR A PERFEIÇÃO NA MANIFESTAÇÃO HUMANA COMO SERES ALTRUÍSTAS

AUTOCONHECIMENTO: EMANCIPAÇÃO DA ALMA ATRAVÉS DA PROJEÇÃO DA CONSCIÊNCIA

O artigo Emancipação da Alma, destaque da nossa coluna AUTOCONHECIMENTO, deste sábado é uma ENTREVISTA, com Altivo Panphiro, altamente esclarecedora sobre projeção astral, que você não pode deixar de ler e tirar todas as suas dúvidas sobre o assunto. Então, aproveite essa oportunidade única e expanda sua consciência! 

EMANCIPAÇÃO DA ALMA

Emancipação da Alma e Projeção astral | Espiritismo da alma

Nesta entrevista, Altivo Panphiro esclarece as dúvidas mais comuns sobre a projeção da consciência, segundo a concepção da doutrina espírita.

Entrevista realizada pelo site www.irc-espiritismo.org.br

Por que algumas vezes não lembramos dos nossos sonhos?

As pessoas que não lembram dos sonhos não têm facilidade para registrá-los no cérebro físico. Fica apenas registrado no cérebro do perispírito. Digo cérebro do perispírito no cérebro do perispírito. Digo cérebro do perispírito para um melhor entendimento. Agora, quando você recorda dos detalhes dos sonhos é porque você tem uma particular predisposição cerebral para registros. O fato de não lembrarmos dos sonhos não significa que não tenhamos sonhado, ou seja, vivemos uma vida no plano espiritual e não recordamos.Pessoas que sonham com freqüência, vêem pessoas na casa, levantam e conversam. Como isso se explica?

É justamente o fato de você, como espírito, ir aos lugares de sua preferência. Você vai a uma casa, em espírito, e ali vê as pessoas que moram naquela casa. Você pode também ir a lugares públicos, como praças, ruas, etc. Neste caso, você não terá um sinal particular, isto é, verá as coisas como se vêem na rua de um modo bem geral.

Como você explica a interação relativa a aplicação dos passes magnéticos em torno de nossas estruturas espirituais, possibilitando que o nosso corpo perispiritual possa se afastar do corpo físico através do processo emancipatório?

Quando o passe magnético é aplicado, provoca-se um desligamento parcial do perispírito com relação ao corpo, isto faz com que, por um processo ainda não devidamente explicado, ou entendido, haja este afastamento do corpo espiritual do corpo físico. Essas descobertas foram analisadas por um inglês chamado Braid. Ele aplicava passes e verificou que, em certas pessoas, os passes provocado pelo passe dado por espíritos ou por encarnados, provocando este estado de emacipação.

Até que ponto o sonho pode atingir o físico? Ou seja, o real?

Não existe, a rigor, um medida. O que sabe é que, em alguns casos de liberdade do espírito, este passa por situações que ficam profundamente gravadas no cérebro. Vou contar um caso pessoal: há muitos anos, participei de um socorro espiritual dado a uma pessoa obsediada, louca mesmo. Isto que vou relatar foi durante o sono físico. No processo de socorro, esta pessoa batia-me nos olhos com suas mãos, que eram muito grandes. Eu a conhecia encarnada. Ao acordar, passei um ou dois dias com profunda dor nos olhos, como se eles estivessem, realmente, edemaciados. Posso dizer, então, que foi uma situação bem particular, mas tenho passado por outras situações menos agressivas que também influenciaram meu corpo. Situações de socorro médico, de participação em locais que visitei, espiritualmente etc.

Todos os sonhos são o desprendimento do espírito do corpo físico ou alguns sonhos podem simplesmente ser projeções do inconsciente?

A maior parte dos sonhos se passam entre espíritos. O que sei, por parte do plano espiritual, é que mesmo quando você projeta seu inconsciente, você vai em busca de uma situação, de um parceiro, ou de uma circunstância que caracteriza o seu desejo íntimo. Assim, a projeção do seu inconsciente leva você para o lugar que deseja.

Porque, às vezes, quando sonhamos, parece que entramos num estado entre o sono e a realidade?

O desprendimento do espírito do corpo vai ocorrendo aos poucos e por isso ficamos entre dois mundos: um mundo “real”, material, e o mundo que vamos visitar.

O desdobramento é perigoso? Pode algum desencarnado nos “molestar” e até nos “matar”?

O desdobramento não é perigoso a partir do momento em que oramos e contamos com a proteção dos benfeitores espirituais. Quando você sai do corpo e em sua casa não há uma proteção fluídica, você pode ter o corpo molestado por um espírito que entrou na sua casa. Mas o comum é você voltar logo para o corpo, uma vez que você se sente prejudicado. Neste caso, o espírito apenas incomodará. Mas há casos em que o espírito tem um grande ascendente sobre aquele que dorme e então, este se aproveitará deste ascendente para fazer o que bem entender. É o caso dos grandes pesadelos. Não há na literatura específica casos registrados de pessoas morrerem por conta desta influenciação durante o sono, embora, muitas vezes, as pessoas tenham se sentido muitíssimo mal quando perseguidas por um espírito. No livro Entre a Terra e o Céu de André Luiz, temos um exemplo muito interessante de um grupo de pessoas que viviam uma realidade no corpo físico e outra no corpo espiritual.

Existe algum momento em que pode se passar do sonho para viagem astral, ou vice-versa?

Sim. Você pode começar a ver um espírito no estado de sonho e depois seguir com ele para mais longe, dando início a um processo de desdobramento. Será um momento em que seu espírito precisará ficar bem longe do corpo. Este momento é o do desdobramento.

E as pessoas que têm problemas de insônia. Isto pode significar que elas são por demais ligadas às coisas materiais? Mesmo existindo problemas neurológicos, esse problema pode retardar o desligamento do espírito após o seu desencarne?

Entendo que a insônia pode ter suas causas físicas. No caso da dificuldade espiritual, o espírito está realmente muito preocupado com alguma coisa, impedindo o descanso físico, como, por exemplo, nas nossas grandes preocupações. No caso das pessoas com problemas neurológicos, temos que distinguir se o problema é provacional ou apenas um problema do próprio espírito. Quando é provacional, o corpo é que é o doente. O espírito, tão logo se veja liberto das amarras físicas, esquece e nada mais sente. O corpo doente fica de lado e o espírito liberto voa para onde quiser. Mas quando é o espírito o doente, este carrega consigo todas as suas marcas dolorosas e, assim, ele tem dificuldades para se desprender, para dormir e não consegue ter nem um sono, nem um desprendimento tranqüilo, uma vez que ele é um grande doente da alma.Qual é a diferença entre sonho e desdobramento (viagem astral)?

No desdobramento, o corpo espiritual se liberta inteiramente do corpo físico e vive a vida de espírito. No sono físico, o espírito não se afasta muito do corpo e, assim, ele é capaz de passar para o cérebro físico as recordações do que vê. A rigor, há horas que, realmente, fica difícil fazer a distinção entre os dois estados.

Quando passamos a ter pesadelos, terríveis, pode significar que estamos em sintonia com um plano espiritual inferior no estado de vigília?

Sim, quando você se liga àquela pessoa ou àquelas situações. Mas você pode também estar em processo de auxílio a ela ou mesmo estar vendo como simples participante como ela vive em espírito.

Até que ponto podemos ter certeza de estar mos realmente nos encontrando com entes queridos desencarnados em determinados sonhos? Como pode-se diferenciar um simples sonho de um encontro em desdobramento?

Realmente, não há outra medida senão a certeza íntima que temos, ao acordarmos, que estivemos com alguém. Por outro lado, temos alguns outros referenciais, como vermos pessoas que não conhecemos, situações diferentes das nossas habituais e ainda devemos entender que há muitos momentos de apoio espiritual. É quando os desdobramentos trazem características de suavidade, de beleza que não são habituais no nosso cotidiano.

Os mentores podem fixar a recordação de uma conversa mantida durante o desdobramento no cérebro físico, fazendo com que nos lembremos ao acordar?

Sim, desde que isto tenha importância para o encarnado. André Luiz é pródigo em informações neste sentido. E nós mesmos temos muitas vezes o apoio, o ensino dos guias, quando, num desdobramento, nos recordamos de uma situação que tem a ver com a nossa necessidade crescimento espiritual.

Qual a influência do sono em nossa vida?

Dizem os bons espíritos que o sono representa a possibilidade de nos reencontrarmos com os nossos guias espirituais. Ao mesmo tempo que ouvimos seus conselhos e admoestações, temos a oportunidade de nos recuperarmos das fadigas próprias da reencarnação. Ò sono repousa o corpo e permite ao espírito recuperar-se da vida terrena.

Por que, às vezes, vemos pessoas das quais não conhecemos e que nos tratam de maneira diferente?

São espíritos que nos visitam e cuja convivência se dá toda no plano espiritual, isto é, não temos convívio na vida material. Assim, estes conhecidos nos visitam, até porque têm liberdade para isso, o que raramente ocorre conosco (encarnados).

Durante o sono, onde está o “anjo da guarda” de cada um?

Poderá estar ao nosso lado, velando por nós ou nos acompanhando no curso da nossa existência.

Extraído da  Revista Cristã de Espiritismo nº 29, páginas 26-29)

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: EMANCIPAÇÃO DA ALMA ATRAVÉS DA PROJEÇÃO DA CONSCIÊNCIA

ERA TRISTE O TEMPO QUE NÃO TÍNHAMOS O DIREITO DE VOTAR, DIZ BARROSO INCENTIVANDO OS ELEITORES

Por G1 — Brasília

 

O presidente do TSE, Luís Roberto Barroso, durante pronunciamento na TV — Foto: Reprodução/TSEO presidente do TSE, Luís Roberto Barroso, durante pronunciamento na TV — Foto: Reprodução/TSE

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luís Roberto Barroso, pediu aos eleitores neste sábado (14) que participem do primeiro turno das eleições municipais neste domingo (15). O apelo foi feito durante pronunciamento em cadeia nacional de rádio e TV.

De acordo com a Corte Eleitoral, mais de 147 milhões de pessoas estão aptas a ir às urnas neste domingo para escolher os próximos prefeitos, vice-prefeitos e vereadores em 5.567 municípios.

Ao fazer o pedido, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) disse que era “triste e feio” o período em que a sociedade não podia exercer o direito ao voto.

“Não deixe de votar. Era triste e feio o tempo em que não tínhamos esse direito. A sua cidade e o Brasil terão a cara de quem comparecer às urnas. Para exigir, é preciso participar”, afirmou o magistrado.

O presidente do TSE também fez um apelo ao voto consciente. “Selecione com cuidado o seu candidato. Ainda há tempo. Se informe acerca de sua seriedade e credibilidade”, declarou.

Na sequência, o magistrado afirmou que, na democracia, não existem “nós e eles”. “Eles são aqueles que nós colocamos lá”, emendou.

Uso de máscara

O ministro disse ainda que a Justiça Eleitoral tomou “as medidas necessárias para garantir a saúde” das pessoas que participarão da votação.

Barroso reiterou a obrigatoriedade do uso de máscara para acesso às seções eleitorais, além de fazer outras recomendações para evitar a disseminação do coronavírus durante o processo eleitoral.

“Use máscara. É obrigatório. E ela protege você e os outros. Se possível, leve sua própria caneta. E mantenha distância de ao menos um metro das outras pessoas”, declarou.

Íntegra

Leia a íntegra do pronunciamento do presidente do TSE:

Boa noite! Amanhã se realizam as eleições para a escolha de prefeitos e vereadores. A democracia brasileira precisa de você. Não falte a esse encontro com a história.

Lembre-se: ninguém vive na União ou nos Estados. As pessoas vivem nas cidades, onde são tomadas algumas das principais decisões que afetam a sua vida, como educação fundamental, saúde básica e saneamento. Não fique de fora!

Em nome da Justiça Eleitoral, dirijo-me a todos os eleitores para fazer três pedidos:

O primeiro: não deixe de votar. Era triste e feio o tempo em que não tínhamos esse direito. A sua cidade e o Brasil terão a cara de quem comparecer às urnas. Para exigir, é preciso participar. Seu voto tem poder. Faça a diferença.

Segundo pedido: vote consciente. Selecione com cuidado o seu candidato. Ainda há tempo. Se informe acerca de sua seriedade e credibilidade. Na democracia, não existem nós e eles. Eles são aqueles que nós colocamos lá.

E o terceiro pedido: vote com segurança. A Justiça Eleitoral tomou as medidas necessárias para garantir a saúde de todos. Faça sua parte. Use máscara. É obrigatório. E ela protege você e os outros. Se possível, leve sua própria caneta. E mantenha distância de ao menos um metro das outras pessoas.

Seja dono do seu destino. Qualquer que seja a sua convicção política, faça parte de uma corrente do bem. Ajude a fazer um país melhor e maior. Boa noite!

Fonte: G1

Continuar lendo ERA TRISTE O TEMPO QUE NÃO TÍNHAMOS O DIREITO DE VOTAR, DIZ BARROSO INCENTIVANDO OS ELEITORES

AUTOCONHECIMENTO: VOCÊ JÁ SE PERGUNTOU O QUE SIGNIFICA NÚMEROS IGUAIS?

AUTOCONHECIMENTO nunca é demais. Pelo contrário é através dele que vamos chegar a nossa plenitude. O destaque deste domingo nesta coluna é o significado de números iguais e/ou repetidos, tais como 11:11, 04:04, 14:14. Isso tem um significado real e muito importante na nossa vida. Saiba o porquê disso lendo o artigo completo e assistindo o vídeo a seguir!

O que significa 11:11?

Olá, Centelha! Você já reparou como os números iguais fazem parte do nosso dia a dia? Quem nunca bateu os olhos no relógio e aquele exato minuto correspondia a uma sequência de números iguais? E o que dizer quando vemos uma sequência de números repetidos em placas de carros, endereços de imóveis, em algum dado exibido em uma planilha…

Existem várias possibilidades de nos depararmos com números iguais ao longo do nosso dia. Mas você já se perguntou o que isso quer dizer?

Quando vemos uma sequência de números iguais, independentemente de qual número seja, significa que estamos no caminho certo do nosso despertar da consciência e expansão da nossa jornada temporariamente humana. O Universo está nos mandando uma mensagem através daqueles números. Cada pessoa deve pedir auxílio da sua Centelha Divina para saber interpretar a resposta do Universo. Por isso, é importante mantermos a nossa conexão com a Centelha Divina, pois é ela quem sabe indicar o caminho, a solução ou o que fazer em cada situação da nossa vida. Confie na sua Centelha Divina e não no “outro” para lhe dar a resposta correta. Lembre-se que a solução para tudo está dentro de você!

O poder dos números

Quando você estuda alquimia, você percebe que o número 1 é o número do Todo, que nós fazemos parte do Todo e tudo o que existe faz parte da Consciência Matriz, a consciência da Fonte Criadora que se transformou em Tudo. O número 1 é muito poderoso, porque ele representa a unicidade do Ser, sendo que tudo o que existe é uma coisa só.

De acordo com a Numerologia, cada número ou valor numérico tem a sua própria vibração, afinal, tudo no Universo está vibrando, até mesmo os números! Cada número possui a sua essência individual e indica algum acontecimento ou traço de personalidade. Dessa forma, os números não são meros algarismos, eles são as representações numéricas de determinadas energias, podendo vibrar no polo positivo ou no negativo.

Desde os primórdios da humanidade, utilizamos os números para realizar previsões e buscar o significado para as nossas perguntas. Na Antiguidade, um dos maiores numerólogos foi o filósofo grego Pitágoras (571 a. C. – 570 a. C.). Para ele, tudo no Universo poderia ser entendido por meio de números. Por exemplo: os números determinam a harmonia de uma música, são ferramentas essenciais para os cálculos de engenharia… além disso, para um bolo dar certo, é necessário saber a quantidade de cada ingrediente que deve ser utilizado na receita. E o que falar dos computadores e das combinações binárias que fazem a máquina interpretar os nossos comandos?

Pitágoras foi o criador da Numerologia Pitagórica, mas além dela, também existem outros tipos de Numerologia como a Chinesa, a Kármica e a Cabalística. Cada uma interpreta os números de determinada forma e apresenta os seus próprios significados.

O que significa o 11:11?

Neste artigo, vou dar atenção especial à sequência numérica 11:11.

Teal Swan*, uma autora norte-americana que estuda o autoconhecimento, diz que o 11:11 é conhecido como o “portador de luz”. O 11 é o primeiro dos números mestres, sendo o número mais intuitivo de todos, estando na mesma vibração que os reinos angélicos. E quando ele aparece de forma repetida, todo esse poder é intensificado. Querida Centelha, você pode interpretar 11:11 como o número supremo da confirmação.  Ele é comparável a um “SIM” do Universo.

O que isso quer dizer?

Quando vemos a sequência do 11, significa que, nesse exato momento, você está no caminho do despertar da consciência, no caminho que você decidiu antes desta vida e aquilo que você pensa, diz ou faz é confirmado pelo Universo como um todo. O 11:11 é a ligação entre polaridades. Alguns exemplos dessas polaridades são: o físico e o não físico. A escuridão e a luz. O conhecimento e a ignorância. O mundo das ilusões (onde nosso avatar habita) e o mundo superior (onde está o Eu Sou).

Ainda de acordo com Teal Swan, 11:11 é também o número supremo da canalização. A canalização é uma espécie de passagem entre a realidade física e não física. É como se fizéssemos um “download” de um arquivo disponível na “Nuvem do Todo”. Para entender mais sobre esse assunto, recomendo o vídeo do canal Temporariamente Humana chamado: Canalização.

Centelha, quando você vir a sequência do número 11, significa que você está na posição perfeita para canalizar, receber uma intuição ou orientação da sua Centelha Divina. É um sinal de elevação de consciência.

Quando isso acontecer, tenha em mente que:

  • A sua Centelha Divina, os anjos ou seres de luz estão dizendo “sim” para você.
  • Visualizar o 11:11 significa que o auxílio divino está pronto para te oferecer algo ou ajudá-lo naquele momento.
  • Ver o 11:11 é um incrível sinal do Universo. É um indício de que o seu desejo está para se realizar.
  • Sempre que ver essa sequência, aproveite para agradecer por todas as bênçãos que já existem na sua vida.
  • Além disso, quando se deparar com o 11:11, aproveite para fazer um pedido naquele momento.

Mas, fica aqui uma observação importante: ver o 11:11 (ou qualquer sequência de números repetidos) deve ocorrer de forma natural, não é para ficar olhando o relógio esperando essa hora aparecer 😉

Se deparar com números iguais (seja o 11:11, 04:04, 14:14 etc) significa que você está em sincronia com o Todo. Essa sincronicidade acontece quando você está no caminho que deveria estar. Então, minha querida Centelha, siga a sua jornada sem deixar se dominar pelo medo, afinal, você faz parte do Todo e tudo é possível desde que a gente acredite.

Fonte: temporariamentehumana.com

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: VOCÊ JÁ SE PERGUNTOU O QUE SIGNIFICA NÚMEROS IGUAIS?

DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: CONSCIÊNCIA É O SAGRADO QUE PODE SER ENCONTRADO NO SILÊNCIO DO PENSAMENTO

 No meu livro Coração, Intuição e Gratidão, um atalho para a vida plena eu falo sobre a carência do nosso sistema educacional no que tange ao DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL dos adolescentes. O artigo a seguir vem a confirmar essa minha percepção quando diz: “A verdadeira natureza do irreal e do real, de treva e luz, de morte imortalidade talvez seja a coisa mais importante a ensinar a nossos filhos, na escola e em casa. Mas, no essencial, nosso sistema educacional é inteiramente carente em relação a isso”. Isso ocorre porque porque a humanidade, em grande parte, ainda não acordou para o seu verdadeiro propósito aqui na terra. Então, eu gostaria que você lesse o artigo completo a seguir e desperte a sua mente para esse objetivo maior: “A expansão da consciência”!

A natureza da consciência

“A consciência é um meio no qual todos os pensamentos e coisas flutuam: o suporte do universo, seu início e fim. Consciência é o sagrado que pode ser
encontrado quando o pensamento está silencioso.”

SOPHIA • JUL/AGO 2020

Dara Tatray*

Espaço Holístico Natureza e Consciência - Posts | Facebook

Do ponto de vista espiritual, nosso sistema educacional é extremamente carente. Seria necessário muito mais para renová-lo do que simplesmente oferecer espiritualidade ou meditação como matérias opcionais, juntamente com trabalho em madeira e culinária. Isso daria uma impressão equivocada de que o sistema atual se baseia na ignorância da verdadeira natureza do ser humano e da vida.

Na tradição do Yoga essa ignorância, ou a vida, é a causa de toda miséria; faz com que tomemos o irreal pelo real, que vejamos luz onde na verdade há trevas e escolhamos a morte e a escravidão em vez da imortalidade e da liberdade. Por morte quero dizer morte em vida, não a morte literal. Do ponto de vista de uma pessoa liberta ou iluminada, a maioria de nós poderia estar perambulando num estado de morte viva, aprisionados na carapaça do eu.

A verdadeira natureza do irreal e do real, de treva e luz, de morte imortalidade talvez seja a coisa mais importante a ensinar a nossos filhos, na escola e em casa. Mas, no essencial, nosso sistema educacional é inteiramente carente em relação a isso. A consequência é que, como espécie, não sabemos qual é a saída. Qualquer um que já tenha sido derrubado por uma grande onda na praia e, ao tentar respirar, descobriu que na verdade atingiu o fundo arenoso, sabe as consequências de tentar fazer coisas básicas da maneira errada.

Nosso sistema educacional e sua mentalidade têm algo de essencial, mas da maneira errada. Coloca-se ênfase demais nos pensamentos e muito pouca ênfase na atenção e percepção. Isso talvez não importasse muito se percepção e atenção fossem opcionais, mas na verdade elas são essenciais ao nosso bem-estar como indivíduos e como sociedade. A percepção e a consciência incluem o pensamento. Semelhante ao silêncio e à meditação, a atenção é um dos caminhos para essa percepção essencial. Conforme os Yoga Sutras e textos espirituais, é nos espaços entre pensamentos que a inteligência, a felicidade e a paz podem ser encontradas. O espaço entre pensamentos é que assegura o suave transcurso da vida.

É a consciência, e não o pensamento, que impede que nossas vidas escoem para o fosso. Todos já compreenderiam isso se tivessem sido educados com a natureza da consciência em mente. A maioria de nós, no entanto, não teve o benefício dessa educação. É preciso assinalar que a palavra consciência não significa a consciência de um objeto, ou “consciência de” em geral, como habitualmente é o caso na filosofia ocidental. A consciência é o que permanece após todos os objetos terem sido removidos, negados ou transcendidos. Consciência é o que há antes de surgir a divisão entre sujeito e objeto.

A consciência é um meio no qual todos os pensamentos e coisas flutuam: o suporte do universo, seu início e fim. Consciência é o sagrado que pode ser encontrado quando o pensamento está silencio só, e possui muitas das qualidades normalmente atribuídas a Deus: onipotência, onisciência e onipresença. Todos nós possuímos esses poderes em nosso interior, exatamente agora; somos todos produtos vivos dos poderes da consciência. Contudo, ao mesmo tempo, cada único pensamento de cada um de nós tem um movimento para longe dessa mesma consciência, não importa o quão sublime esse pensamento possa parecer.

Fonte:  Revista Sophia  ANO 18 • No 86

Continuar lendo DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: CONSCIÊNCIA É O SAGRADO QUE PODE SER ENCONTRADO NO SILÊNCIO DO PENSAMENTO

AUTOCONHECIMENTO: CONSCIÊNCIA ESPIRITUAL E ILUMINAÇÃO SÃO ETAPAS DA EXPANSÃO DA CONSCIÊNCIA

O texto a seguir fala sobre o estado de consciência cósmica e de suas repercussões no ser humano. Seu autor é o escritor William Walker Atikinsons (que usava o pseudônimo de Iogue Ramacháraca). Em muitos homens, a mente espiritual se revela lenta e gradualmente, e ainda que a pessoa possa sentir um constante aumento de conhecimento e consciência espiritual, pode não haver experimentado uma notada e repentina mudança. Isso ocorre porque cada indivíduo está vibrando em frequência única e níveis conscienciais diferentes. Para entender melhor como isso ocorre convido você a ler o brilhante texto!

ILUMINAÇÃO OU CONSCIÊNCIA ESPIRITUAL

Academia da Felicidade: ILUMINAÇÃO OU CONSCIÊNCIA ESPIRITUAL

Em muitos homens, a mente espiritual se revela lenta e gradualmente, e ainda que a pessoa possa sentir um constante aumento de conhecimento e consciência espiritual, pode não haver experimentado uma notada e repentina mudança.

Outros têm tido momentos do que é conhecido como iluminação, nos quais se acreditavam elevados quase fora do seu estado normal, e lhes parecia passar a um plano de existência ou de consciência mais elevado, que os deixava mais adiantados do que antes, ainda que não pudessem trazer à sua consciência uma clara recordação do que haviam experimentado, enquanto se encontravam nesse exaltado estado da mente. Essas experiências têm-se dado com muitas pessoas, em diferentes formas e graus, de todas as crenças religiosas, e têm sido geralmente associadas a algum aspecto da crença religiosa particular, professada pela pessoa que experimenta a iluminação. Mas os ocultistas adiantados reconhecem todas essas experiências como diferentes formas de uma só e mesma coisa – o amanhecer da consciência espiritual – o desenvolvimento da mente espiritual.

Alguns escritores têm chamado a esta experiência consciência cósmica, nome muito apropriado, pois a iluminação – pelo menos em seus aspectos mais elevados – põe o indivíduo em contato com a totalidade de Vida, fazendo sentir um sensação de parentesco com toda a Vida, alta ou baixa, grande ou pequena, boa ou má.

Essas experiências, como é natural, variam materialmente conforme o grau de desenvolvimento individual, sua preparação prévia, seu temperamento etc.; mas certas características são comuns a todas. O sentimento mais comum é o da posse quase completa do conhecimento de todas as coisas – quase onisciência. Esse sentimento existe apenas por um momento e nos deixa, a princípio, submersos em profunda pena pelo que chegamos a ver e que perdemos. Outro sentimento comumente experimentado é o da certeza da imortalidade, – uma sensação de atual ser – a certeza de haver sido sempre e a de estar destinado a sempre ser. Outro sentimento é o do desaparecimento de todo temor e da aquisição de um sentimento de certeza, segurança e confiança, e que estão além da compreensão daqueles que jamais o experimentaram. Então, um sentimento de amor nos inunda – um amor que abarca a Vida toda , desde os mais próximos a nós, na carne, até aos das mais longínquas partes do Universo – desde aquilo que nós consideramos puro e santo, até aquilo que o mundo considera vil, malvado e completamente indigno. Esse sentimento de retidão própria, que induz a condenar os outros, desaparece, e o amor, como a luz do sol, derrama-se sobre tudo que vive, sem ter em conta o seu grau de desenvolvimento ou bondade.

A alguns, essas experiências chegaram como um profundo sentimento de reverência que tomou completa posse deles, por alguns momentos ou mais tempo, enquanto que a outros se afigurava que se achavam num sonho e chegaram a ser conscientes de uma exaltação espiritual, acompanhada de uma sensação de estar circundando os compenetrados por uma luz brilhante.

A alguns, certas verdades se têm revelado sob a forma de símbolos, cujo significado não se tornou evidente senão muito tempo depois.
Essas experiências produzem uma mudança na mente daquele que passa por elas e que depois nunca torna a ser o mesmo homem que de antes. Ainda que a recordação vívida desapareça, fica ali certa reminiscência que, por longo tempo, será para ele um manancial de bem estar e de força, especialmente quando a sua fé vacila e se sente agitado, como uma cana, pelos ventos de opiniões em conflito e especulações do intelecto. A lembrança de tal experiência é uma fonte de renovada energia – um porto de refúgio, ao qual as almas fatigadas acodem para amparar-se do mundo externo que não as compreende.
Tais experiências são também usualmente acompanhadas de uma sensação de intensa alegria; de fato, a palavra e o pensamento de alegria parecem ser o que predomina na mente, nesta época. Mas não é uma alegria de experiência ordinária – é alguma coisa que não pode ser sonhada senão depois de havê-la experimentado – uma alegria cuja lembrança estimulará o sangue e fará palpitar o coração, todas as vezes que a mente relembrar a experiência.
Como já dissemos, também se experimenta a sensação de um conhecimento de todas as coisas, uma iluminação intelectual impossível de descrever. Nos escritos dos antigos filósofos de todas as raças, nos cantos dos grandes poetas de todos os povos, nas prédicas dos profetas de todas as religiões e tempos, podemos encontrar rasgos desta iluminação experimentada por eles – esse desenvolvimento da consciência espiritual. Não temos espaço para detalhar esses numerosos exemplos. Uns disseram-nos de um modo, outros de outro, mas todos dizem praticamente a mesma história. Todos os que têm experimentado essa iluminação, ainda que fosse em débil grau, reconhecem a mesma experiência na relação, canto ou prédica de outro, ainda que entre eles hajam decorridos séculos. É o canto da alma que, uma vez ouvido, jamais é esquecido. Ainda que seja expresso pelos toscos instrumentos das raças semi-bárbaras ou pelos mais aperfeiçoados talentos musicais da atualidade, seus tons são claramente reconhecidos.

Vem o canto do velho Egito, – da Índia de todas as idades – da antiga Grécia e Roma, – dos primitivos santos cristãos – dos Quarkers Friends, – dos mosteiros católicos – das mesquitas maometanas – do filósofo chinês – das lendas do índio americano, herói profeta, – é sempre o mesmo tom, elevando-se mais e mais alto, à proporção que muitos mais o entoam e agregam suas vozes ou dos sons de seus instrumentos ao grande coro.
Aquele tão mal compreendido poeta ocidental, Walt Whitman, sabia o que dizia (como compreendemos nós), quando prorrompia e expressava em singular verso a sua estranha experiência. Lêde o que ele diz e verificai se já foi alguma vez melhor expresso:

“Como num desmaio, um instante,
Outro sol inefável me deslumbra,
E todos os orbes conheci, e orbes mais brilhantes desconhecidos,
Um instante da futura terra, terra do céu.”

E quando sai do seu êxtase, exclama:

“Não posso estar acordado, porque nada me olha como antes,
Ou então estou acordado por primeira vez, e tudo de antes foi simples sonho.”

E nós devemos concordar com ele, quando declara a inabilidade do homem para descrever inteligentemente isso, nestas palavras:
“Quanto melhor quero expressar-me, menos posso,
Minha língua não se move sobre sua ponta,
Meu alento não obedece aos seus órgãos,
E fico mudo.”

Que essa grande alegria da iluminação seja vossa, queridos estudantes. E vossa será no seu tempo oportuno. Quando ela chegar, não vos alarmeis, e quando vos abandonar, não lamenteis sua perda – voltará outra vez. Vivei elevando-vos acessíveis à sua influência. Estais sempre dispostos a escutar a voz do silêncio, prontos sempre a responder ao toque da Mão Invisível.

Não torneis a temer, porque convosco tendes sempre o Ser Real que é uma chispa da Chama Divina, e o qual será como uma lâmpada que iluminará o caminho a vossos pés.

A paz seja convosco.

– Por Iogue Ramacháraca –

Nota de Wagner Borges: Esse texto foi distribuído originalmente para uma turma de alunos num curso sobre projeção da consciência (Viagem astral). Na ocasião, eu comentava com eles sobre as expansões da consciência (samadhi, satori, consciência cósmica). Para ilustrar o tema, passei o brilhante texto de Ramacháraca para a turma estudar.

É um texto do início do século 20, editado originalmente na Inglaterra. Seu autor é o escritor William Walker Atikinsons (que usava o pseudônimo de Iogue Ramacháraca). Fala do estado de consciência cósmica e de suas repercussões no ser humano.

Parece estranho falar de um assunto desses no meio de tanta encrenca que acontece no viver diário da maioria das pessoas. Mas é melhor falar de algo assim do que compactuar com as pesadas vibrações do pessimismo e da falta de alegria.

Textos assim mantém a chama acesa em nosso coração e nos levam a reflexões profundas, típicas de quem almeja a ampliação da lucidez, do amor e do brilho em todas as dimensões.

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: CONSCIÊNCIA ESPIRITUAL E ILUMINAÇÃO SÃO ETAPAS DA EXPANSÃO DA CONSCIÊNCIA

SAÚDE: PARA MELHORAR A SAÚDE, QUAL ATITUDE MAIS IMPORTANTE?

Na nossa coluna SAÚDE desta quarta-feira temos uma live do Dr. Marco Menelau sobre o segredo da saúde plena, que começa com uma atitude muito importante: a conscientização de que sem uma alimentação estritamente saudável, não há saúde plena. Portanto lhe convido a assistir essa live incrível!

Fonte:

Continuar lendo SAÚDE: PARA MELHORAR A SAÚDE, QUAL ATITUDE MAIS IMPORTANTE?

AUTOCONHECIMENTO: LIBERTE-SE DAS CRENÇAS LIMITANTES DOS SEUS PENSAMENTOS

Um texto extraordinariamente sábio escrito pelo fenomenal Eckhart Tolle sobre expansão da consciência, que você não pode deixar de ler em hipótese alguma. Que trata das crenças limitantes criadas pelos nossos pensamentos e precisamos nos libertar. No texto a seguir você vai aprender como conseguir dar esse salto quântico.

Além da mente pensante

 em 

 

“A maioria das pessoas passa a vida toda aprisionada nos limites dos próprios pensamentos.

Nunca vai além das estreitas ideias já feitas, do sentido do “eu” condicionado ao passado.

Em você, como em cada ser humano, existe uma dimensão de consciência bem mais profunda do que o pensamento.

É a essência de quem você é.

Podemos chamá-la de presença, de percepção, de consciência livre de condicionamentos.

Nos antigos ensinamentos religiosos, essa consciência é o Cristo interior ou a sua natureza do Buda.

Descobrir essa dimensão liberta você do sofrimento que causa a si mesmo e aos outros quando conhece apenas esse pequeno “eu” condicionado e deixa que ele conduza sua vida.

O amor, a alegria, a criatividade e a verdadeira paz interior só podem entrar em sua vida quando você atinge essa dimensão de consciência livre de condicionamentos.

Se você consegue reconhecer, mesmo esporadicamente, que os pensamentos que passam por sua cabeça são meros pensamentos; se você consegue se dar conta dos padrões que se repetem em suas reações mentais e emocionais, é sinal de que essa dimensão de consciência está emergindo.

Ela é o espaço interno em que o conteúdo de sua vida se desdobra.

A corrente do pensamento tem uma enorme força que pode muito facilmente levar você de roldão. Cada pensamento tem a pretensão de ser extremamente importante.

Cada pensamento quer sugar sua completa atenção. Eis um novo exercício espiritual para você praticar: não leve seus pensamentos muito a sério.

Com que facilidade as pessoas ficam aprisionadas nas armadilhas de seus pensamentos!

Como a mente humana tem um imenso desejo de saber, de compreender e de controlar, ela confunde opiniões e pontos de vista com a verdade.

A mente afirma : “As coisas são exatamente assim.” Você precisa ir além dos seus pensamentos para perceber que, ao interpretar a “sua vida” ou a vida e o comportamento dos outros, ao julgar qualquer situação, você está expressando apenas um ponto de vista entre muitos possíveis.

Suas opiniões e pontos de vista não passam de um punhado de pensamentos.

Mas a realidade é outra coisa.
Ela é um todo unificado em que todas as coisas se interligam e nada existe em si e por si.

Pensar fragmenta a realidade, cortando-a em pequenos pedaços, em pequenos conceitos.

A mente pensante é uma ferramenta útil e poderosa, mas torna-se muito limitadora quando invade completamente a sua vida, impedindo você de perceber que a mente é apenas um pequeno aspecto da consciência que você é.

A sabedoria não é um produto do pensamento.

A sabedoria é um profundo conhecimento que vem do simples ato de dar total atenção a alguém ou a alguma coisa.

A atenção é a inteligência primordial, a própria consciência.

Ela dissolve as barreiras criadas pelo pensamento, levando-nos a reconhecer que nada existe em si e por si.

A inteligência une a pessoa que percebe ao objeto percebido, num campo unificado de perceção. E a atenção que cura a separação.

Sempre que você mergulha em pensamentos compulsivos está impedindo o que existe.

Você não quer estar onde está. Aqui. Agora.

Os dogmas – religiosos, políticos, científicos – vêm da crença equivocada de que o pensamento pode encapsular a realidade ou a verdade. Os dogmas são prisões formadas por conceitos coletivos. O que parece estranho é que as pessoas gostam de suas prisões, pois elas lhes dão uma sensação de segurança e uma falsa impressão de que “sabem das coisas”. Nada causou mais sofrimento à humanidade do que os dogmas. É verdade que, cedo ou tarde, todo dogma é derrubado, porque a realidade acaba mostrando que ele é falso. Mas, a menos que se descubra a ilusão básica das verdades absolutas, logo surge outro dogma para substituir o antigo.

Qual é essa ilusão básica? É a identificação com o pensamento.

Despertar espiritualmente é despertar do sonho do pensamento.

O reino da consciência é muito mais vasto do que aquilo que o pensamento é capaz de abranger. Quando você deixa de acreditar em tudo o que pensa, você sai do pensamento e vê claramente que quem está pensando não é quem você é essencialmente.” (Eckhart Tolle)

Luz e Paz!

Fonte: Sabedoria Universal

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: LIBERTE-SE DAS CRENÇAS LIMITANTES DOS SEUS PENSAMENTOS

AUTOCONHECIMENTO: COMEMORE, EXPANDA SUA FREQUÊNCIA E AJUDE NO DESPERTAR COLETIVO

O despertar coletivo já está acontecendo e a energia planetária vibra em uma frequência acima da que vibrava tempos atrás. Por isso, seja lá qual for a sua situação atual comece logo a comemorar, pois isso vai elevar a sua frequência vibratória, necessária para você alcançar a nova experiência que lhe espera. Então, vamos lá! Leia o texto completo a seguir e saiba como fazer isso! 

Nossos corpos são totalmente aptos para a experiência Humana

Mensagem canalizada em 28 de Setembro de 2020 – Yeshua

Aqui, nos reinos espirituais ou não físicos, estamos observando com alegria e admiração enquanto a humanidade avança muito rapidamente em direção ao despertar coletivo. Você fez um enorme progresso nestes últimos meses, embora o estresse dos assuntos mundiais atuais esteja causando-lhe muitas incertezas e ansiedade. O que precisa surgir na consciência das pessoas para ser liberado está surgindo e sendo liberado. O amor está fluindo abundantemente para ajudar cada indivíduo no coletivo a se mover com mais força ao longo de seu caminho de Casa à Realidade.

Para muitos de vocês parece que a evolução espiritual que cada um está experimentando diminuiu. Não foi, só parece ter acontecido porque a grande mídia o está distraindo ainda mais, encorajando-o a focar sua atenção com frequência e regularmente em eventos mundiais quando você precisa se concentrar dentro de si mesmo ao definir e redefinir a intenção para esteja apenas amando tudo o que surgir. Você já definiu essa intenção muitas vezes, mas como humanos na forma, precisa reafirmá-la pelo menos uma vez por dia.

Como você bem sabe, estar em forma é uma experiência muito limitante e, sendo um aspecto importante de suas vidas na forma, você precisa se concentrar em estar atento de momento a momento! É preciso muita prática porque cada momento é diferente e traz notificações e alertas que seu corpo precisa perceber e aos quais você precisa responder. Quando você está ciente das notificações que seu corpo lhe oferece e as reconhece apenas por estar ciente delas, então seu corpo relaxa porque sabe que você as “ouviu” e que tomará todas as medidas necessárias. Quando você não presta atenção aos seus alertas, seu corpo tem que repeti-los e, se você continuar inconsciente, eles lhe apresentarão outros cada vez mais poderosos até que você responda. Isso pode ser doloroso e muito mais difícil de lidar se você não fosse ou não pudesse (devido à falta de consciência) responder previamente em tempo hábil.

Seus corpos são veículos totalmente apropriados para vocês habitarem enquanto passam pela experiência física humana na forma. No entanto, eles são vulneráveis ​​a danos que podem ser causados ​​de muitas maneiras diferentes e, portanto, é necessário, à medida que você passa de uma criança indefesa a um adulto totalmente desenvolvido, que você aprenda a ter consciência deles e a respeitá-los. Inicialmente, nos primeiros estágios da infância, seu corpo é tudo de que você tem consciência, mas à medida que você cresce e começa a desenvolver um intelecto, essa consciência começa a ser controlada e até mesmo fechada de sua mente consciente enquanto você concentra sua atenção mais atentamente no que está fora de seu corpo e nos pensamentos e ideias que fluem por seu cérebro, perdendo assim ou perdendo parcialmente seu senso inato de consciência. Você percebe isso, muitas vezes com choque, quando por exemplo, não estando totalmente atento ao que está fazendo ou não agarra um objeto com firmeza suficiente quando o pega e ele cai de sua mão ou o segura com muita firmeza e o quebra.

À medida que a intensidade e a força do seu processo de despertar coletivo continuam a trazer a consciência do infinito poder do Amor para um número cada vez maior de pessoas em todo o seu lindo planeta, vocês começarão a ver – se ainda não o fizeram – sinais deste Amor surgindo em muitos lugares inesperados, como pessoas que anteriormente eram excessivamente egoístas em seu modo de vida – do vizinho que você pode ter julgado egoísta impensado, para pessoas em posições de poder exercendo arrogantemente sua autoridade – começam inesperadamente a demonstrar Amor em ação. Você está despertando. O amor está enchendo e alinhando os corações e mentes de todos na Terra. Portanto, C-O-M-E-M-O-R-E !!!

Sim, eu continuo dizendo para você comemorar e a razão para isso é porque quando você comemora você aumenta enormemente a sua frequência, e a intenção que você define para amar apenas o que quer que surja é grandemente fortalecida e intensificada para que o Amor flua através de você e avança abundantemente para ajudar a todos em seu processo de despertar. É por isso que você, que está lendo esta e outras mensagens semelhantes, está atualmente encarnado no que parece ser uma época extremamente perturbadora e divisível.

Portanto, seja o que for que esteja acontecendo em suas vidas pessoais – alegria, ansiedade, sofrimento, tristeza, confusão, incerteza – por favor, COMEMORE. Fazer isso elevará seus espíritos, e o fluxo intensificado de Amor resultante ajudará muito aqueles que parecem estar profundamente adormecidos e totalmente inconscientes de que a humanidade está despertando.

O despertar da humanidade está ocorrendo – AGORA! Lembre-se, existe apenas AGORA! E, portanto, COMEMORE !!!

Seu amoroso irmão, Jesus

John Smallman
Fonte: https://eraoflight.com/ — Robson Marcio de Souza e Marco Iorio Júnior — Tradutor e Editor exclusivos do Trabalhadores da Luz

Fonte: Trabalhadores da Luz

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: COMEMORE, EXPANDA SUA FREQUÊNCIA E AJUDE NO DESPERTAR COLETIVO

AUTOCONHECIMENTO: A TRANSIÇÃO PLANETÁRIA É CAUSA OU CONSEQUÊNCIA DO DESPERTAR DA CONSCIÊNCIA?

Há muito se fala dessa tão anunciada Transição Planetária. Sob o prisma estritamente astronômico e astrológico a transição planetária existe e está acontecendo. Lembra em 2012 quando você achou que o mundo não acabou? Pois bem, muitos acreditam que foi ali que ele (o mundo que conhecíamos) se foi e abriu caminho para um novo mundo e para um importante momento planetário. O “fim do mundo” dava conta de uma alegoria astrológica (mal interpretada) sobre transição de era. A cada 2160 anos, o sol nasce na frente da constelação de um signo. Durante esse período, o planeta passa a ser regido pelas características de tal signo (o que caracteriza a sua era). Agora é a vez de Aquário. Mas além desta “troca de era”, estamos atravessando o período de encerramento de um ciclo de eras (já rolaram eras de todos os signos), o que ocorre a cada 26 mil anos (!). A astrologia diz que não estamos vivendo apenas uma era de mudanças, e sim uma mudança de eras.  Estamos saindo da era de Peixes e “entrando” (em transição) para esta nova era de Aquário. As datas de início exato de cada era variam de acordo com diferentes linhas de pensamento, pois assim como a passagem do dia para a noite não acontece de uma hora para outra, existe uma transição, com sobreposição de luzes e sombras, entre as eras. É exatamente este momento que estamos vivendo.

Transição Planetária, o Despertar da Consciência!

Mão no universo com sistema solar ao fundo

Dizem que tudo isso que estamos vivendo faz parte do início da chamada Transição Planetária. Transição esta que consiste no despertar da consciência humana.

Sim, a quarentena, o isolamento não diz respeito a uma mera medida de preservação da espécie. É muito mais. É um momento para, de fato, pararmos e nos avaliarmos. O que estamos fazendo de nossas vidas?

Aquele ritmo acelerado, aquela correria do dia a dia era para nos levar para onde mesmo? Estamos caminhando por quê? Para “ter” mais e mais?

Mulher sentada de costas com mãos para o alto fazendo coração com mar e pôr-do-sol ao fundo

Foto de Peng Louis no Pexels

E o “ser” e o “sentir” ainda fazem parte da nossa vida? O emocionar-se ainda encontra espaço?

Mas, afinal, o que é este tal despertar da consciência? Consciência de quê? Respondo: de que somos muito mais do que matéria. Somos almas experimentando uma vida no corpo físico. Somos muito mais capazes do que imaginamos. Temos talentos, dons para serem descobertos e explorados. Temos sentimentos e emoções, que nos diferenciam das máquinas.

Somos seres especiais e complexos.

E quando chegamos ao final de nossas vidas aqui na Terra, não levamos nenhum bem material conosco! Mas, então, por que queremos acumular tanto? Para nossos herdeiros?

Ora, não parece ter muita lógica nesse raciocínio. Vamos partilhar ainda em vida; vamos ser compassivos com nossos irmãos.

Aliás, esta é outra grande tomada de consciência. Somos seres interdependentes, precisamos uns dos outros. Vamos ser mais compassivos com os mais vulneráveis neste momento.

A compaixão é um belo atributo do novo humano. E o que estamos vivenciando facilita ou deveria facilitar para nos tornarmos mais sensíveis com as dores do mundo.

É o momento de nos prepararmos para o novo normal! Nova vida, nova consciência, novo despertar, novo humano!

Desperte o seu Eu interior e se sintonize com suas emoções e seus valores mais elevados. E tenha certeza disto: você estará no caminho certo, acompanhando com êxito a Transição Planetária!

Úrsula Petrilli Dutra Christini
Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: A TRANSIÇÃO PLANETÁRIA É CAUSA OU CONSEQUÊNCIA DO DESPERTAR DA CONSCIÊNCIA?

ENTREVISTA: AMIT GOSWAMI ESCLARECE AS PRINCIPAIS DÚVIDAS SOBRE FÍSICA QUÂNTICA

Na nossa coluna ENTREVISTA desta sexta-feira você tem uma oportunidade única de tirar todas as suas dúvidas sobre FÍSICA QUÂNTICA, CIÊNCIAS, ESPIRITUALIDADE, CONSCIÊNCIA, EXPANSÃO DA CONSCIÊNCIA e muitas outras interrogações que povoam as mentes das pessoas leigas. Então convido você a ler a ENTREVISTA completa a seguir, refletir e fazer o seu juízo de valor.

Amit Goswami: “Não há razão para sermos solitários e tão isolados do mundo”

Ter , 30/07/2019 às 09:00 | Atualizado em: 30/07/2019 às 12:19

Márcio Walter Machado | Foto: Uendel Galter | Ag. A TARDE

O físico indiano Amit Goswami é referência nos estudos sobre consciência e ativismo quântico - Foto: Uendel Galter / Ag. A TARDEO físico indiano Amit Goswami é referência nos estudos sobre consciência e ativismo quântico

PhD em física quântica pela Universidade de Calcutá, na Índia, e professor emérito da Universidade de Oregon, nos Estados Unidos, Amit Goswami, 83, é referência nos estudos que unem ciência e espiritualidade a partir do ativismo quântico. Sua teoria baseia-se na ideia de transformação pessoal e das sociedades por meio da apropriação de soluções trazidas por uma nova compreensão da vida, fundamentada na primazia da consciência. Segundo Goswami, essa é “uma porta para que mudemos a nós mesmos e ao mundo. E ele pode ser mais civilizado, mais bonito, sem nenhum desses problemas que pensamos ser eternos e que podem destruir a humanidade”, defende. Com uma biografia repleta de artigos científicos publicados em revistas de economia, psicologia e medicina, o indiano, que também escreveu best-sellers como O Universo AutoconscienteA Física da Alma e Consciência Quântica (todos publicados pela editora Aleph), conversou com exclusividade com a Muito em seu primeiro tour por quatro cidades brasileiras – Salvador, Brasília, São Paulo e Curitiba. Na oportunidade, ele falou sobre os princípios de sua teoria, explicando conceitos fundamentais para o entendimento do que  chama de “nova ciência”. Goswami garante ter respostas para perguntas antigas da humanidade.

O que é física quântica exatamente? 

A física quântica tem a ver com mudanças fundamentais na forma como vivemos, como pensamos e como construímos nossa vida, bastando apenas fazermos uma análise profunda de nós mesmos através do exercício da criatividade.

No ocidente, ciência e espiritualidade têm estado em campos opostos por séculos. Como reconciliá-las? 

Ciência e religião não se dão bem porque são ambas sistemas nos quais há muitos preconceitos limitadores que se chamam dogmas. O materialismo científico é tão dogmático quanto a religião. Um diz: “A matéria é todo o deus de que precisamos”. O outro diz: ”Ou o meu Deus ou nenhum”. Essas coisas são preconceitos. Por isso, eu pergunto: por que aceitar esses dogmas? A física quântica se inicia com a ideia de que há uma unicidade potencial. A espiritualidade se inicia com a mesma ideia.

Como as suas teorias são aceitas no Brasil?

Os brasileiros, em geral, são muito expressivos em suas emoções. Por isso, são muito receptivos a mudanças, à criatividade, à expansão da consciência, que vocês adquirem por hábito muito rapidamente.

As pessoas vêm a seus workshops em busca de verdades espirituais ou da promessa de uma vida bem-sucedida com a expansão da consciência?

As pessoas vêm aqui por todos os tipos de demanda. Alguns vêm por entender que pode haver um modo melhor de fazer negócios se a gente conseguir mudar a forma de ver o mundo. O modo como vemos o mundo – se ele é amigável ou uma arena de combate – é tudo.  No caso dos negócios, embora o mundo possa ser bastante competitivo, transformar a maneira como enxergamos pode trazer tanto prosperidade quanto satisfação.

O lugar onde me insiro é tão importante quanto eu mesmo. Quando nos conectamos, entendemos que podemos resolver todos os problemas

Amit Goswami

Então, tudo depende da nossa perspectiva?

Tudo depende de como você enxerga o mundo, especialmente em relação a outros seres humanos. Essa é a parte que o intelectualismo não compreende. Quando você pensa que tudo é matéria, então você se torna muito limitado. Isso faz com que, em nosso relacionamento com o mundo, nos tornemos tão centrados em nós mesmos que o exterior praticamente desaparece, até você se transformar na única coisa existente. Essa é uma forma muito perigosa de sentir, porque, assim, não existirão pessoas em quem realmente confiar, nenhum relacionamento real, nenhum amor, nenhum amigo. Mas é isso o que a ciência materialista nos dá. No entanto, as pessoas têm todo o direito de recusar ter relacionamentos. Se quiserem viver como psicopatas, elas têm essa escolha – escolhas são a base da democracia, por isso temos de honrar esse direito. Mas, ao mesmo tempo, tentamos persuadi-las de que não há razão para sermos solitários e tão isolados do mundo. Por que não começar a relacionar-se com os outros? Você pode ter relacionamentos. Tudo o que você precisa fazer é ensinar isso a seu cérebro e aumentar essa habilidade.

O senhor disse ter sido materialista desde os 14 anos. Tornar-se espiritualista implica que o senhor acredita em Deus, uma vez que escreveu um livro intitulado Deus não está morto – evidências científicas da existência de Deus? 

Eu fui materialista por muito tempo. Mas um dia eu me libertei da tristeza e da falta de alegria oriundas do materialismo, e isso aconteceu por um simples pensamento que me chegou como um evento da sincronia: “Por que viver dessa forma?”.  E a resposta veio de modo claro e inequívoco: eu não tenho de viver uma vida sem alegria, sem satisfação. Eu posso ser feliz e estudar física ao mesmo tempo. Essa convicção me tornou o homem que você está vendo agora.

O senhor uma vez afirmou: “Se você deseja algo que não esteja em consonância com o movimento da consciência, você terá um obstáculo”. O que é essa consciência?

A consciência é a habilidade de conexão ‘não localizada’ que nós temos, essa interconectividade. O que não é algo que a matéria pode encontrar. Uma vez que você reconheça isso, poderá entender que há algo do qual a matéria mesma emana, algo de que essa própria matéria é criada. A matéria se torna o hardware para expor, expressar e explorar a consciência. Portanto, nós somos essa consciência, que não tem uma definição particular. Quem somos? Somos fundamentalmente consciência. E essa consciência ‘não localizada’ é a base do ser que conecta todas as coisas.

O princípio da ‘não localidade’ é um dos conceitos básicos de seu pensamento. Como o senhor o explica?

‘Não localidade’ significa comunicação sem sinalização. Em outras palavras, significa minha habilidade de me comunicar com você como se fôssemos apenas um. Eu não preciso de sinais para me comunicar comigo mesmo. A física quântica diz que você pode fazer isso com todas as pessoas através da meditação intencional e dos sentimentos emanados do coração, pois somos potencialmente ‘não localizados’ em relação uns aos outros, mas precisamos ativar essa ‘não localidade’ em nós mesmos.  No entanto, eu não posso alcançar isso se mantiver o pensamento racional porque o pensamento lógico exclui a ‘não localidade’.

Um dia eu me libertei da tristeza e falta de alegria oriundas do materialismo, e isso aconteceu por um simples pensamento: “Por que viver dessa forma?

Amit Goswami

Como, num mundo cada vez mais materialista, podemos nos abster do pensamento lógico e entender a conexão universal entre as almas?

Esse entendimento nos é dado através da física quântica, na qual temos como base o conceito de ‘não localidade’, que é experimentável e verificável. Dessa forma, não nos resta dúvida sobre ele.

E como podemos alcançar esse entendimento?

É justamente por isso que temos de aprender as coisas. E é por isso que eu tenho dado palestras em todo  canto a fim de ensinar as pessoas. Já progredimos bastante até aqui, não apenas com os workshops, mas agora há cursos de mestrado e PhD nos quais podemos instruir as pessoas em como construir relacionamentos e fazer do mundo um lugar melhor.

Durante o workshop,  o senhor pediu às pessoas que fechassem os olhos e expandissem o pensamento, primeiro envolvendo as pessoas dentro do auditório e, depois, envolvendo todo o planeta. Como esse tipo de atividade pode nos conectar às pessoas e à consciência universal?

Podemos nos transformar de tal modo, tendo em mente a consciência de comunidade, que, talvez, consigamos modificar as coisas de maneira que a minha transformação chegue mesmo a alcançar outra pessoa que sequer fez parte do exercício, e, assim, o cérebro dessa outra pessoa automaticamente sofrerá mudanças.

E o que é a alma? 

A alma é um aspecto verificável de nós mesmos. Quando exploramos esses arquétipos aos quais eu frequentemente me refiro, como verdade, amor, beleza, justiça, quando nós os exploramos, o fazemos com o pensamento e as emoções, os quais não são pensamentos e emoções comuns, que não elevam, que não expandem nossa consciência. Pensar nesses arquétipos e senti-los expande nossa consciência. Se pegar, por exemplo, o arquétipo da justiça e for justo com outra pessoa, então você sentirá que incluiu o outro em sua consciência – a inclusão é expansão.

Um dos exercícios no workshop foi justamente a busca interior pelo arquétipo de cada um, o qual teria sido escolhido numa vida passada. Algumas pessoas disseram ter conseguido acessar esse arquétipo. Como podemos ter certeza de que as respostas encontradas vieram de uma vida anterior e não simplesmente do pensamento presente?

Não podemos ter certeza absoluta. Mas há alguns indícios, como o fato de podermos lembrar de algo com surpresa, de termos lembranças descontínuas. Outro bom indício é quando repentinamente nos tornamos muito seguros de que este (arquétipo) é o certo, sem que haja nenhuma dúvida. Esses são sinais que nos conectam à consciência suprema. Se a minha consciência se expandir, essa expansão virá como surpresa, pois é um movimento descontínuo. E eu terei certeza disso, porque vem do fundamento do ser.

Como as almas continuariam a viver após a morte do corpo? 

Certas memórias que nós acumulamos, especialmente as advindas de algum novo aprendizado, como quando aprendo a cantar ou a resolver cálculos matemáticos, existem no princípio da ‘não localidade’, o qual torna possível que, além de mim, outras pessoas de diferentes épocas e lugares também as usem. Por isso, dizemos que existe uma lei da consciência pela qual cada pessoa estaria ligada a uma série de outras pessoas através do tempo e espaço e que elas estariam ligadas como pérolas num colar.

A física quântica pode nos responder questões fundamentais da humanidade, como “de onde venho?”, “o que é o amor?”, “o que acontece depois da morte?” e, principalmente, “quem sou”?

(Risos) Sim, a física quântica começa com esta última pergunta. E uma vez que esta questão é respondida, todas as outras poderão ser também. Esta última questão é a chave, ela diz que eu sou o mundo inteiro. Eu posso não saber disso agora, no entanto, posso explorar e descobrir que uma questão responde a tudo. A física quântica me deu respostas para coisas sobre as quais eu jamais pensei quando preso ao pensamento científico. Esta é a beleza da nova ciência: ela abriu uma porta para que mudemos a nós mesmos e ao mundo. E ele pode ser mais civilizado, mais bonito, sem nenhum desses problemas que pensamos ser eternos e que podem destruir a humanidade. Eles são pequenos obstáculos que há no movimento da consciência através da qual nós podemos nos transformar, transformar o mundo e ver que tudo pode ser maravilhoso.

Como a física quântica pode transformar o cenário caótico em que o mundo está mergulhando em termos político-econômicos, de relações humanas e do aparente colapso de instituições tradicionais, como a família? 

Porque a física quântica é baseada nesses princípios fundamentais que nos permitem ver o mundo como uma família, eu não faço as coisas de forma egoísta, mas para o bem de todos. Essa atitude de consciência comunitária é de extrema importância porque passamos a perceber o todo. O lugar onde me insiro é tão importante quanto eu mesmo. Quando nós nos conectamos, entendemos que uma porta foi aberta e que podemos resolver todos os problemas.

Esse seria o caminho para a felicidade plena?

Não existe apenas um caminho. Mas a primeira coisa que devemos ter em mente é a criatividade. Por isso, todo o indivíduo tem de encontrar seu próprio caminho, usando de alguma individualidade, mas sem excluir os outros. Nós podemos ser cooperativos, nos movendo em nosso próprio caminho criativo, com o total entendimento de que amamos e que o amor nos dá toda força positiva e aumenta nossas chances de obter sucesso e de manifestar o que somos.

Fonte: A Tarde UOL

Continuar lendo ENTREVISTA: AMIT GOSWAMI ESCLARECE AS PRINCIPAIS DÚVIDAS SOBRE FÍSICA QUÂNTICA

Fim do conteúdo

Não há mais páginas para carregar

Fechar Menu
×

Carrinho