Blog do Saber, Cultura e Conhecimento!

DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: EVOLUÇÃO SIGNIFICA TREVAS, DOR, SOFRIMENTO, SABEDORIA E FINALMENTE LUZ

O curto texto “Evoluindo”, a seguir, retrata tudo que você, eu ou qualquer um de nós já passou, está passando ou vai passar um dia nessa trajetória evolutiva espiritual. É um caminho que começa com trevas, muita dor e sofrimento, mas que, aos poucos, se transforma em serenidade, paz, mansidão, sabedoria e muita, mas muita luz. Então convido você a ler esse belo texto de autor desconhecido e expandir um pouco mais a sua consciência.

Evoluindo

 em 

 

Todos somos luz e estamos em processo evolutivo. Já disseram que crescer dói. Para sair do casulo é preciso quebrar a barreira, e esta é uma tarefa solitária porque somente nós nos conhecemos profundamente. Sempre vai valer à pena!

“Você sentirá dor. Você vai duvidar de si mesmo mil vezes. Eles vão te dizer que você está ficando louco.

Você perderá amigos. Sua família, às vezes, não vai te entender. As pessoas vão te odiar sem motivo. Você desenvolverá hábitos estranhos. Vai lutar com seus monstros : medo, ego e ignorância.

Não vai se importar com o que outros pensam de você. Você vai sentir que não se encaixa neste mundo. Se tornará terrivelmente seletivo, será deixado aos poucos sozinho. Mas vai valer a pena!

Ninguém acende fantasiando figuras de luz, mas se fazendo ciente da escuridão que nos rodeia e que habita em nós. O verdadeiro despertar espiritual não é uma carícia, mas sim um balde de água fria.

De que serviria para você acariciar seu ego, com sussurros, fantasias ou anseios? Quando o que você precisa é de um chacoalhão forte para assimilar realmente o que é a vida.

O verdadeiro despertar espiritual é um processo de destruição. É o desmoronamento de tudo o que você não é!” (autor desconhecido)

Luz e Paz!

Fonte: Sabedoria Universal

Continuar lendo DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: EVOLUÇÃO SIGNIFICA TREVAS, DOR, SOFRIMENTO, SABEDORIA E FINALMENTE LUZ

ARTIGOS: EQUILÍBRIO MENTE, CORPO E ESPÍRITO, POR WAGNER BRAGA

Equilíbrio do Corpo, Mente e Espírito - Música de Meditação e Relaxamento, Sons da Natureza, Equilíbrio interior e Paz by Música para Relaxar Maestro & Relaxamento Soundscape on Amazon Music - Amazon.com

Quando se fala SAÚDE há de se pensar nela como algo mais amplo e não apenas na saúde física, já que o ser humano é composto de corpo, mente e espírito. Essa tríade que precisa estar em equilíbrio para que tenhamos a saúde integral: física, mental, espiritual e emocional. Ocorre que, durante a vida passamos por atribulações e muitas provações diariamente, além de todo o stress do dia a dia no trabalho e em casa. Isso tudo causa a desconexão do corpo-mente-espirito, evoluindo para o desequilíbrio dessa tríade. A consequência desse desequilíbrio é a doença, que pode ser física, mental, espiritual ou emocional, ou ainda os 4 ao mesmo tempo, que é a situação mais complicada de todas.

A cultura oriental desenvolveu alguns métodos milenares de cura natural para esse desequilíbrio, sempre baseado na AUTOCURA, poder inerente a todo ser humano de se regenerar, desde as enfermidades mais simples até as mais complexas. esses métodos de regeneração atuam na causa e não no sintoma da doença. Desta forma eliminando a doença definitivamente, ao contrário da alopatia que atua no sintoma como um paliativo naquele momento de crise aguda. Infelizmente essa cultura não proliferou aqui no ocidente, deixando o caminho completamente aberto para a indústria farmacêutica e os médicos inescrupulosos e gananciosos.

Não é coincidência que tenhamos nas grandes cidades uma farmácia em cada esquina e do outro lado cada vez mais pessoas dependentes de remédios como nunca se viu antes. Isso ficou explícito com o evento da pandemia e correria das grandes farmacêuticas para produzir vacinas e remédios para conter o vírus da Covid-19. Todos estão tão concentrados e mobilizados no desenvolvimento dessas vacinas, como se fosse a única solução para o problema que esqueceram completamente as outras alternativas, como terapias holísticas, meditação, yoga, homeopatia, ozônio terapia, etc.

Tudo isso que está acontecendo no mundo só vem a reafirmar que não podemos continuar dependendo de médicos e remédios para vivermos com saúde integral. Precisamos cada vez mais confiar e acreditar nosso pode individual de AUTOCURA, que já está no nosso DNA e que só falta entendermos que somos o supremo comandante do nosso organismo e mais ninguém. Com uma mente sã, um corpo são e um espírito são somos imbatíveis.

Continuar lendo ARTIGOS: EQUILÍBRIO MENTE, CORPO E ESPÍRITO, POR WAGNER BRAGA

AUTOCONHECIMENTO: VOCÊ SABE O QUE REALMENTE SIGNIFICA CARMA? POR WAGNER BRAGA

É muito comum utilizarmos o Carma como desculpa para as nossas mazelas. No vídeo de hoje, o questionamento que trago é relacionado ao tão falado Carma que, muitas vezes, é mencionado de forma errada. Na verdade o que chamamos de Carma é nossa resistência para evoluir, ou seja, aquela velha zona de conforto, que nos remete ao retrocesso da evolução pessoal. Ao assistir ao vídeo a seguir você vai entender como isso funciona.

Fonte:

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: VOCÊ SABE O QUE REALMENTE SIGNIFICA CARMA? POR WAGNER BRAGA

DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: A AUTOCRÍTICA É IMPORTANTE, MAS ATÉ CERTO PONTO

Por medo de errar as pessoas não tentam nem executam as coisas que poderiam transformar suas vidas e a vida dos outros e dessa forma perdem as melhores oportunidades de suas vidas. Sem a tentativa e erro ninguém, repito, ninguém vai a lugar nenhum e passa a vida toda patinando, não evoluem e sendo assim desperdiçam o que de mais precioso têm em suas vidas: o tempo!

Crítica por medo de errar

Você tem medo de errar? Se critica demais?

Confesso que eu já tive muito medo de errar!

Isso porque, afinal, quando erramos, somos geralmente criticados e podemos nos sentir inseguros a respeito da nossa competência.

Algumas vezes, eu tinha a impressão de que não era “boa o suficiente”, e lá vinham meus pensamentos cheios de críticas a meu respeito. E sem que notasse, começava a abraçar a culpa, por achar que talvez não fosse merecedora daquilo que estava buscando. E a culpa era toda minha, eu achava.

Perdia o foco do meu objetivo e só pensava nas minhas possíveis imperfeições. Me cobrava uma espécie de maestria, de perfeição que eu supunha ter que possuir. E o desanimo tomava conta de mim.

Naquele tempo, eu não tinha me dado conta de que o meu erro era apenas uma parte do caminho para chegar ao acerto! Era um aprendizado e fazia parte do meu movimento evolutivo! Meu erro era um ajuste de rota!

Me dei conta de que em uma tentativa, existem vários aprendizados, tais como:

Descobrir a minha melhor forma, adquirir experiência para perceber o melhor momento para agir, poder reavaliar o percurso e encontrar novas estratégias e assim ter mais força e conhecimento na próxima tentativa, etc.

Descobri que o fracasso de uma tentativa pode se tornar o nosso maior impulso! Pode ser uma poderosa motivação quando percebemos outras possibilidades!

Se você se critica muito, certamente tem receio de cometer erros e isso pode paralisar seu progresso!

Procure usar uma ótica positiva para enxergar a questão! E lembre-se de que não existe um jeito perfeito para fazer as coisas! Existe o seu jeito! O que você pode fazer!

Assim, vai descobrir e valorizar muito mais o poder de sua vontade! E notará também, que assim que conseguir materializar o seu desejo, na sequência perceberá um novo horizonte a desbravar!

Fonte: Rashuah

Continuar lendo DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: A AUTOCRÍTICA É IMPORTANTE, MAS ATÉ CERTO PONTO

AUTOCONHECIMENTO: SAIBA COMO ALCANÇAR UM ESTADO VIBRACIONAL MAIS ELEVADO

Na nossa coluna AUTOCONHECIMENTO deste sábado você vai entender mais sobre a importância da respiração para alcançar um estado vibracional superior ou mais elevado. Como algo tão simples, comum e vital para todo ser humano pode lhe ajudar a na concentração necessária para estar no presente e meditar com facilidade. Então convido você a ler o texto completo a seguir e refletir sobre isso!

A importância de estar em um estado vibracional superior

“Saudações. Nós somos o Conselho Arcturiano. Temos o prazer de nos conectar com todos vocês.

Começamos a investigar as diferentes estratégias que vemos todos vocês empregando para se colocarem em um estado vibracional superior. Estamos falando sobre suas tentativas genuínas de elevar sua vibração, ao invés o uso de drogas, álcool, sexo ou alguma outra forma que você tenha para se colocar em uma vibração mais elevada, dependendo de algo que é externo. Estamos interessados em seus processos que você emprega quando está sentado em casa sozinho, e precisa acessar um estado vibracional superior.

Sabemos que todos vocês reconhecem a importância de estar em um estado vibracional superior porque reconhecem que criam sua realidade com a vibração que estão oferecendo. E assim, ficamos muito curiosos sobre como aqueles de vocês que são criadores deliberados estão indo para entrar nesse estado vibracional superior. E também queremos dizer que não há nada de errado em fazer algo para coloca-lo em um estado vibracional mais elevado, mas você nem sempre tem acesso àquilo em que depende para chegar lá.

E assim, estamos particularmente interessados no que você faz para elevar sua vibração quando você não tem acesso a todos os seus truques habituais. O que temos notado é que mais e mais de vocês estão reconhecendo o poder da respiração para leva-los não apenas a limpar algo que não querem sentir, mas também a acessar algo que fazem. Respirar de forma consciente e deliberada é uma mudança de jogo para toda a humanidade, e mais e mais de vocês estão despertando para essa verdade. É muito intuitivo para você respirar fundo, suspirar, e também é o caso que quando você está passando por algum tipo de trauma, você para de respirar.

Agora, o que queremos dizer sobre isso é que sabemos que você pode ir ainda mais longe com sua respiração, sua respiração consciente. Sabemos que você pode alcançar o êxtase com nada mais do que fazer algo que você faz involuntariamente o dia todo e a noite toda. Agora, não vamos dizer a você como respirar conscientemente porque queremos que você reconheça que tem a capacidade de determinar por si mesmo que tipo de respiração consciente vai funcionar melhor para você em um determinado momento, ou em uma determinada situação.

E então, nós o convidamos a brincar mais com sua respiração. Use-a para se concentrar. Use-a para estar mais atento. Mindfulness é a arte de prestar atenção ao que você está fazendo no momento e quase sempre respirar. Assim, à medida que você respira e faz algo consciente e deliberadamente, você adiciona muito mais da sua consciência a essa atividade.

Também sabemos que você sabe o papel importante que a respiração desempenha na meditação, mas a meditação geralmente consiste em atingir um estado de neutralidade. É sobre lançar algo. Sabemos que você pode atingir um estado de êxtase brincando com a respiração consciente, e isso é algo que o convidamos a fazer pelo menos uma vez por dia. Demonstre como você é poderoso e como pode ser simples chegar onde você deseja. Não há nada mais simples do que respirar e não há nada mais poderoso do que fazê-lo conscientemente.

Nós somos o Conselho Arcturiano, e foi um prazer nos conectar com vocês.”

Daniel Scranton — Fonte: https://eraoflight.com/
Renata Pecora Fortunato e Marco Iorio Júnior — Tradutora e Editor exclusivos do Trabalhadores da Luz

Fonte: Trabalhadores da Luz

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: SAIBA COMO ALCANÇAR UM ESTADO VIBRACIONAL MAIS ELEVADO

AUTOCONHECIMENTO: A BUSCA PELO AUTOCONHECIMENTO É O ÚNICO CAMINHO PARA A AUTO-REALIZAÇÃO

Eu costumo dizer que o único caminho para a auto realização ou a vida plena é o AUTOCONHECIMENTO e que sem ele não conseguimos alinhar a tríade corpo-mente-espírito. Esta é realmente uma tarefa hercúlea, a mais difícil que o homem pode encontrar durante toda a sua existência. Tarefa esta que exige demasiado esforço, disciplina constante e muita sabedoria para enxergar, antes de mais nada, que somos consciências em constante evolução. Por isso convido você a ler o texto completo a seguir, refletir e fazer o seu juízo de valor!

PSICOLOGIA ANALÍTICA

O EGO E SUA IMPORTANTE CONTRIBUIÇÃO NA PERSONALIDADE HUMANA

Publicado por Institutofreedom 
8 de novembro de 2021

 

No presente artigo pretendo compartilhar com o caro(a) leitor(a) importantes considerações a respeito do Ego na visão da Psicologia Analítica proposta pelo psiquiatra suíço Carl Gustav Jung (1875-1961).

Hall e Norbdy (2014) nos apontam que o Ego é o nome dado por Jung à organização da parte consciente da mente. O ego é composto pelas percepções conscientes, pelas recordações armazenadas na memória, pelos pensamentos e sentimentos. Recordar, perceber, pensar e sentir, são ações direcionadas pelo Ego.

Mesmo ocupando uma pequena parcela frente a totalidade da psique, o ego desempenha uma função básica, porém fundamental que consiste na arte de vigiar a consciência.

De acordo com essa linha de pensamento, Hall e Norbdy (2014) afirmam que o ego é altamente seletivo. Através dessa função organizadora da consciência, o ego também carrega em si a função de selecionar. Justamente por carregar funções de extrema importância, uma das principais funções da Psicologia Analítica consiste no fortalecimento do ego e na constante busca pelo equilíbrio.

O ego possui a função de fornecer a identidade na formação da personalidade humana. A Consciência se expande trazendo vitalidade à atividade mental.

Assim como na consciência, o Processo de Individuação também atua intimamente ligada ao Ego, no intuito de proporcionar por meio dessa união, o desenvolvimento de uma personalidade distinta e persistente.

Segundo Carl Gustav Jung (2016), o ser humano só poderá individualizar-se na medida em que o Ego for permitindo que as experiências recebidas se tornem parte da Consciência.

A regência de uma vida saudável gira sempre em torno do equilíbrio. O Ego e a Sombra devem trabalhar em perfeita harmonia. Quando o Ego e a Sombra se harmonizam, a pessoa começa a se sentir cheia de vida e energia para prosseguir em sua caminhada. Assim, o Ego deixa de obstruir a Sombra e passa a canalizá-la.

A Consciência se expande trazendo vitalidade à atividade mental.

O Ego para Jung (2009) é muito mais do que o simples “eu”, é um apanhado de recordações, emoções, sentimentos e ideias que posicionam nosso comportamento e nos tornam conscientes.

Carl Gustav Jung (2016) leva em consideração que a personalidade é composta pela união do ego com o “self”, que seria uma parte “suprema” do indivíduo responsável por mover o ego e sua consciência, este, encarregado de desvendar e interpretar o que parece inconsciente e desconhecido.

O principal objetivo de toda Personalidade, seja ela qual for, é chegar à auto-realização e conhecimento do próprio Self.

A busca pelo autoconhecimento é o único caminho para tal realização. Esta é a tarefa mais difícil que o homem pode encontrar durante toda a sua existência. Tarefa esta que exige demasiado esforço, disciplina constante e muita sabedoria aliada à intensa responsabilidade.

 

Evandro Rodrigo Tropéia / Instituto Freedom

CRP: 06/143949

 

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS:

 

HALL C.S. e NORDBY V. J. Introdução à Psicologia Junguiana, São Paulo, Cultrix, 2014.

JUNG, C. G.  A Natureza da Psique. 7. ed. Petrópolis: Vozes, 2009.

JUNG, C. G. Memórias, Sonhos e Reflexões. Ed. Nova Fronteira, Rio de Janeiro, 2016.

Fonte: Instituto Freedom

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: A BUSCA PELO AUTOCONHECIMENTO É O ÚNICO CAMINHO PARA A AUTO-REALIZAÇÃO

PONTO DE VISTA: O DESPERTAR DA CONSCIÊNCIA DO POVO BRASILEIRO É PRA JÁ OU O PÂNTANO O ENGOLIRÁ RAPIDAMENTE

No nosso PONTO DE VISTA desta quarta-feira o texto vem diretamente dos Estados Unidos cuja autoria é do nosso colaborador em assuntos de política, Ricardo Paz e é uma espécie de desabafo sobre uma situação que está ficando cada vez mais insuportável. O povo brasileiro ficou muito temo em berço esplêndido, precisa acelerar esse processo de conscientização ou será muito tarde, a vaca terá ido para o brejo e daqui pra frente o brejo será cada vez mais pantanoso, movediço e sem volta!

Anta morre presa na lama da Samarco - Gerais - Estado de Minas

SE O POVO NÃO AGE, MERECE O QUE TEM

No Brasil tem muita gente e empresas que “conquistam” sucesso mamando nos privilégios, vantagens e esquemas de corrupção. Quantos conseguem competir e vencer num ambiente assim com honestidade, trabalho e inteligência para negócios? Jamais seremos uma nação forte e com moral se continuamos com o “status” de país dos espertos e malandros! Mas a mudança pode começar pela qualidade das pessoas que elegemos. Se o povo agir com consciência ou senso crítico, pode, pelo voto, extirpar do Congresso Nacional (e assembleias estaduais) os políticos desonestos e apátridas. Se isso não acontecer, o povo e os vadios dos poderes se merecem! E o Brasil permanece um país sem ordem nem progresso, medíocre e vulnerável!
Ricardo Paz
Empresário-Trabalhador
Continuar lendo PONTO DE VISTA: O DESPERTAR DA CONSCIÊNCIA DO POVO BRASILEIRO É PRA JÁ OU O PÂNTANO O ENGOLIRÁ RAPIDAMENTE

AUTOCONHECIMENTO: ENTENDA QUAL O VERDADEIRO SIGNIFICADO DO AUTOCONHECIMENTO

Segundo a psicologia, autoconhecimento significa o conhecimento de um individuo sobre si mesmo, mas na real é um processo de desconstrução de antigas crenças, construção de um novo modo de pensar e agir e, principalmente, de aceitação e amor-próprio. No artigo a seguir você vai conhecer bem mas do que o simples conceito sobre AUTOCONHECIMENTO.

Autoconhecimento

mulher olhando pensativa para o lado

Yaroslav Shuraev / The Yaroslav Shuraev Collection / Canva

“Autoconhecimento”. Embora a palavra esteja em evidência nos últimos tempos, nem todos conseguem entender a grandeza e a profundidade que ela carrega.

Segundo a psicologia, autoconhecimento significa o conhecimento de um individuo sobre si mesmo, mas acho essa uma explicação pobre em relação a tudo o que significa…

O autoconhecimento é um processo de desconstrução de antigas crenças, construção de um novo modo de pensar e agir e, principalmente, de aceitação e amor-próprio.

Quando nascemos e conforme vamos crescendo, somos profundamente influenciados e modificados de acordo com os padrões exigidos pela sociedade.

Entendemos o mundo de acordo com uma visão pré-estabelecida, a partir do meio em que vivemos; da religião, da escola, da cultura, dos nossos pais ou tutores.

O primeiro sinal de chegou o momento do nosso processo de autoconhecimento, eu acredito que seja a NÃO CONCORDÂNCIA.

Muitas vezes, não concordar nos faz enxergar que estamos fora do padrão, por isso estamos errados ou “pecando”, aí somos inundados de dúvidas e medos, mas, na verdade, acredito que esse é o momento em que experenciamos o NÃO PERTENCIMENTO.

Para algumas pessoas, esse sentimento passa despercebido, sem que influencie em nada a sua vida, enquanto outras mergulham com tanta profundidade nessa inquietude, que, se não começarem o “processo”, paralisam, podendo acarretar muitos danos ao longo da vida, tanto emocionais quanto físicos.

Hoje escrevo para as pessoas que chegaram nesse momento de “expansão da consciência”.

Em primeiro lugar, coloque-se como observador de si mesmo, reflita e seja generoso com seus pensamentos, sentimentos e ações.

Esteja consciente, presente e inteiro em toda e qualquer ação, porque isso te conectará com a sua verdade, com a sua essência, com a sua espiritualidade.

Lembro-me de que quando comecei meu processo, eu estava lendo o livro “O poder do agora”, do Eckhart Tolle; para ele, toda a existência é o agora e nada mais existe além, então todos os dias, no caminho para ao trabalho, quando percebia minha mente viajando nas tarefas que tinha que realizar durante o dia, eu me voltava para o volante do carro e pensava: “Agora estou dirigindo, segurando esse volante e, no momento, isso é tudo que eu tenho a fazer”. Até hoje uso esse exercício quando sinto minha mente em fuga.

homem sentado olhando pensativo para o lado

Ariel Paredes / Pexels / Canva

A leitura de livros, artigos e posts que abordam o assunto também me ajudaram muito, além de vídeos de youtubers incríveis, então fica a recomendação…

No livro de exercícios “Um curso em milagres”, de Helen Schucman, tem uma frase que diz assim:

“Uma mente sem treino nada pode fazer”.

Então crie o habito de treinar sua mente sempre!

Medite! Pode parecer difícil de início, porque travamos uma guerra com a nossa mente e tentamos cessar nossos pensamentos, mas quando deixamos os pensamentos fluírem e só observamos, tornamo-nos conscientes de que é só um pensamento, mas lembre-se: atingir um estado meditativo é um processo que pode demorar, mas não desista, porque vai acontecer!

Mas o mais legal é que, se você se observar, vai perceber que medita em momentos inusitados, como quando cozinha, quando arruma a casa, quando dirige, quando toma banho, quando passa um tempo brincando com seu animal de estimação… São momentos em que estamos com a mente vazia, momentos tão valiosos quanto quando você está em posição de lótus, então não os desperdice.

Questione-se! Questões como:

— Será que eu penso assim mesmo?

— Por que eu estou pensando isso?

— Será que isso é verdade ou é uma crença?

— Eu vejo isso dessa forma mesmo?

— Por que estou irritada com isso? Ao que eu associo?

Crie suas próprias questões, sem medo. É tudo entre você e você mesmo, e não estranhe se de repente começar a rir sozinha, porque isso é libertador!

Muito importante: aprenda a dizer “não”! Mas um “não” que te tranqüiliza, porque o não também é libertador. Embora pareça egoísta, acredite: não é!

Quantas vezes fazemos coisas por medo de magoar o outro, digo profissional, amorosa e emocionalmente? Mas você parou para pensar que quando dizemos “sim” para algo que não queremos, estamos dizendo “não” para nós mesmos? Somos seres valiosos e precisamos nos tratar assim sempre!

Eu mesma me afastei de muitos amigos não por achar que sou melhor ou pior que eles, mas porque os nossos pensamentos são diferentes e estamos em outro momento. Melhor do que estar ao lado das pessoas por obrigação ou por medo do que vão pensar ou dizer é respeitá-las a ponto de dizer: “Hoje não serei uma boa companhia”. Quando você estiver com elas por escolha, esses momentos serão muito mais prazerosos simplesmente porque você escolheu estar ali, entende? Faça suas escolhas. Você é responsável por elas!

mulher sentada olhando pensativa para o horizonte

mcredifine / pixabay / Canva

Esteja aberto para mudanças de opinião. Ao contrário do que parece, isso não te faz uma pessoa instável, sem personalidade, mas sim uma pessoa madura o suficiente para aceitar mudanças e construir um novo pensamento.

Escreva! Ou digite, mas coloque suas ideias para fora. Mesmo que te pareçam uma insanidade, pode acreditar que não são! Leiam-se, porque tudo vai fazer sentido, ao menos para você!

Faça uma atividade física! Mas busque algo que você goste de verdade, que te traga alegria e bem-estar…

Fique em silêncio, que é uma maneira poderosa de você ouvir você si mesmo, e sinta, simplesmente sinta. É nesse silêncio que sua intuição e que o Espírito de Deus que habita em você, a centelha Divina, vão falar contigo, então é o momento dos nossos melhores insights. Simplesmente sinta!

Dito tudo isso, entenda… Esse processo não é algo com tempo determinado, mas sim um processo que vai se iniciar por meio de uma decisão que te acompanhará em toda sua vida, então não foque no resultado. Simplesmente aproveite a jornada…

Mas ouça… Haverá momentos difíceis, pois vamos nos encontrar com o nosso eu mais denso (as sombras). Será preciso olhar para ele e dizer: “Meu filho(a), as coisas não são bem assim”. Ele pode espernear, mas seja paciente… Outras vezes, vamos nos deparar com o nosso eu cheio de dores, cheios de marcas (nossa criança interior). Nesse momento vamos acolhê-la e dizer: “Eu te amo, estou aqui, me perdoe”. Pode ser que ela continue chorando e gritando. Passe um tempo com ela, porque não temos pressa!

Então, aos meus amigos de jornada, eu digo:

Apertem os cintos e boa viagem! Essa será a viagem mais incrível da sua vida.

Lembre-se: você nunca estará sozinho!

Abraço

Fonte: Eu Sem Fronteiras

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: ENTENDA QUAL O VERDADEIRO SIGNIFICADO DO AUTOCONHECIMENTO

DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: SAIBA O QUE É IM INICIADO ESPIRITUAL

A nossa coluna DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL desta quinta-feira trás um tema e um questionamento importantíssimo: o que é um iniciado?

Na antiguidade quando um estudante queria se aprofundar na jornada espiritual, era submetido a várias avaliações, pelos mestres daquele templo, para saber se tinha condições e profundidade para receber tamanha grandiosidade do conhecimento espiritual.

Os mestres entendiam e acreditavam que as informações espirituais que passariam, era a coisa mais profunda que existia. E eles faziam isso porque diziam que uma coisa profunda não poderia caber em mente errada. Esse era o teste era para saber o quão de profundidade tinha naquele que desejava se tornar um iniciado. Ao ler o texto a seguir você vai entender um pouco mais sobre evolução espiritual.

Mestre e Iniciado

O que é um Iniciado?

Na antiguidade, quando uma pessoa queria entrar em algum estudo espiritual, ela precisava se adentrar nos Templos específicos, que se aprofundavam em questões espirituais.

A grande população era sempre voltada em adoração por vários ídolos como chamavam na época.

Mas nos Templos, existia uma ideia da unidade permeando a diversidade, que seria uma só causa permeando a tudo e a todos. Somente uma Luz, um Poder maior chamado de O Todo. E que cada cultura da época chamava por um nome diferente, e que para nós seria Deus.

Quando um estudante quisesse se aprofundar na jornada espiritual, ele era passado por várias avaliações, pelos mestres daquele templo, para saber se tinha condições e profundidade para receber tamanha grandiosidade do conhecimento espiritual.

Os mestres entendiam e acreditavam que as informações espirituais que passariam, era a coisa mais profunda que existia.

E que não deixa de ser uma atualidade, para quem hoje busca o conhecimento oculto e hermético e queira mudar realmente a sua vida. Algo profundo e transformador.

E os mestres da época faziam isso porque diziam que uma coisa profunda não poderia caber em mente errada, um amor imenso não cabe em um coração medíocre, e o teste era para saber o quão de profundidade tinha naquele que desejava se tornar um iniciado.

Então o iniciado era passado por um conjunto de provas, que tinha por nome de Iniciação, passaria por avaliação se mostrando sem medo nenhum do invisível, porque um iniciado jamais poderia ter medo do invisível, tendo que viver várias experiências, e mostrando seu caráter.

Se passasse então seria aceito e iniciado ao conhecimento dos temas espirituais, até alcançar um grau de mestrado, onde seria chamado mestre e podendo então iniciar outra pessoa.

Mas hoje em dia através de livros iniciáticos, herméticos, pode-se obter um conhecimento sobre o que era oculto, o chamado ocultismo, e se houver um interesse sincero haverá também um conhecimento profundo e com muito estudo e preparação a pessoa será um iniciado estudando o hermetismo.

Mas esse estudo e essa busca espiritual requerem uma preparação profunda para receber toda a informação necessária que levará o iniciado a um autoconhecimento a uma transformação.

É preciso estar aberto para aprender o que ainda não sabe, com intensidade e profundidade, e o verdadeiro estudante, interessado em mudanças nunca dirá que já sabe, porque ele reconhece que quanto mais receber conhecimento, mais sua mente expandirá.

Para saber qual é o dever de um iniciado, tem um texto do livro Iniciático:  O Caibalion que diz:

“Se fordes verdadeiros estudantes podereis compreender e aplicar estes princípios; se não fordes deveis vos desenvolver, porque de outra maneira os preceitos herméticos serão somente palavras, palavras, palavras!”

Isso significa ser dever do estudante estudar os preceitos e se não forem compreendidos com profundidade, necessita de mais preparação.

E para estudar esses livros requer uma preparação, uma imensa vontade de mudança, um querer se libertar de crenças e paradigmas.

Porque livros iniciáticos tem conhecimentos ocultos escondidos nas entrelinhas, por isso, o nome de iniciático.

Seja um iniciado, e estude o hermetismo, porque quando entender realmente o que é conseguirá transformar a sua vida a ponto de nos olhos das pessoas pensarem que aconteceu uma mágica, houve uma magia, mas nada mais é que a sua compreensão e entendimento sobre as Leis que regem o Universo.

Lúcia CostaLúcia Costa

EU Sou…um ser em construção para muito melhor, em busca do autoconhecimento. Estudante e praticante de tudo que agrega compreensão, entendimento e sabedoria que possa me envolver numa conexão com meu Eu Superior, Minha Centelha Divina, O Deus em mim…O Todo.

 

Fonte: Temporariamente humana

Continuar lendo DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: SAIBA O QUE É IM INICIADO ESPIRITUAL

ARTIGOS: MÉTODO DA AUTOCURA, 3º PILAR: REPROGRAMAÇÃO MENTAL, POR WAGNER BRAGA

Exercicio Especializado : Mentalização Positiva - YouTube

O 3º PILAR DO MÉTODO DA AUTOCURA – REPROGRAMAÇÃO MENTAL COM EXERCÍCIOS DE MENTALIZAÇÃO E MEDITAÇÃO TODOS OS DIAS

Na coluna ARTIGOS da semana passada falei sobre o 2º PILAR do Método da AUTOCURA, Exercícios Físicos todos os dias, onde detalhei em que consiste se exercitar fisicamente para ter uma saúde física espetacular e a importância de se exercitar todos os dias.

Nesta edição da coluna ARTIGOS o destaque é o 3º Pilar desse método que pratico há quase 40 anos, que ao longo dessa trajetória foi se aperfeiçoando e ainda continua, dia a dia em busca da sua melhor versão. Porque essa nossa trajetória, invariavelmente é a busca incessante pela nossa melhor versão. Por isso o Plus do método da AUTOCURA é o seu terceiro pilar, pois é o que nos possibilita sair da materialidade, da energia condensada, esse casulo que habitamos e que nos prende ao solo pela força da gravidade.

Os quatro pilares do Método da Autocura são indispensáveis e cruciais para que o método cumpra com seu objetivo, ou seja, transformar a sua vida como você nunca imaginou, lhe habilitando a alcançar a sua melhor versão. Entretanto, a Reprogramação Mental ou Reprogramação do Subconsciente, provavelmente seja o pilar mais importante do método que desenvolvi ao longo dessa trajetória, pois é o que vai lhe proporcionar essa transição do material para o espiritual.

O método consiste na adoção da prática diária da meditação, sempre duas vezes ao dia. Ao despertar e antes de dormir. Você pode escolher um método qualquer para meditar, mas o importante é que, mesmo começando com pouco tempo para não cansar e eu aconselho iniciar com, pelo menos, 5 minutos, aos poucos vá aumentando esse tempo paulatinamente até alcançar, pelo menos, 30 minutos pela manhã e 30 minutos a noite. Escolha uma técnica de meditação que trabalhe bastante a respiração.

Após terminar a meditação fazer os exercícios de mentalização, tanto pela manhã como a noite.

– Você pode estar perguntando, o que são exercícios de mentalização?

– Bem, antes de explicar isso vamos entender uma coisa. Tudo na vida é treinável e treinamento significa repetição. Quando vemos numa partida de futebol, um Neymar bater uma falta impecável e converter um gol maravilhoso lá na “furquilha” ou como outros dizem: lá onde a coruja dorme”. Na verdade ele treinou exaustivamente, executando, as vezes, até 200 cobranças num só treino. O Oscar do basketball, famoso “Mão Santa”, por converter 80% dos seus arremessos nas partidas pela Seleção Brasileira de Basket, uma vez, confessou a um repórter que todos os dias, em seus treinamentos executava em torno de 500 arremessos de longa distância. Portanto, não existe milagre e nem o que muitos costumam dizer: “esse cara é talentoso” e sim muito treino e muita repetição. Não é a toa que, na igreja, o terço e a ladainha é só repetição. A repetição tem poder, principalmente quando em voz alta, como é o caso do terço e da ladainha.

Então os exercícios de mentalização são frases formuladas para serem exaustivamente repetidas até que o seu subconsciente grave definitivamente aquela ordem, aquele comando. Por exemplo, digamos que você sente dor de cabeça com frequência. Muitas pessoas relacionam logo a alguma falha genética e que terá de conviver com aquilo pro resto da vida e, além de se conformar, passam a repetir todos os dias que aquela dor de cabeça é natural. Então o seu subconsciente grava e realiza a sua vontade, ou seja, transforma aquela ladainha em na sua realidade. Para fazer uma reprogramação do seu subconsciente é necessário formular frases de efeito, tais como: “Eu não sinto dor alguma, o meu cérebro é absolutamente perfeito”, “Minha mente é completamente sadia, cefaleia não é uma opção na minha cabeça”. É claro que para ter um resultado satisfatório é necessário se fazer uma mudança de hábito alimentar, pois o mau hábito alimentar é o principal causador dos males e das doenças crônicas. Não adianta fazer o exercício de mentalização  todo dia e toda hora se não se alimentar correta e saudavelmente.

Quando feito com convicção e fé você consegue virar a chave e mudar a sua realidade através da repetitividade dos exercícios de mentalização positiva e com o tempo fica cada vez mais fácil alcançar o objetivo.

No próximo Artigo vamos falar sobre o 4º e último pilar, a prática diária da GRATIDÃO. Até lá!

Continuar lendo ARTIGOS: MÉTODO DA AUTOCURA, 3º PILAR: REPROGRAMAÇÃO MENTAL, POR WAGNER BRAGA

AUTOCONHECIMENTO: MUDE A SUA REALIDADE COM A REPROGRAMAÇÃO MENTAL, POR WAGNER BRAGA

Você está criando sua realidade! - Café Quântico

Eu costumo dizer para as pessoas que costumam colocar a culpa dos reverses e das agruras das suas vidas a seguinte frase: VOCÊ É 100% RESPONSÁVEL PELA SUA REALIDADE.

Isso não é exagero e nem, muito menos, dureza ou crueldade da minha parte. Quando um equilibrista resolve atravessar um desfiladeiro caminhando sobe um cabo de aço, segurando apenas um bastão, naquele momento é apenas ele e mais ninguém, ou seja, naquele momento a vida dele está 100% em suas mãos. Não corda amarrada na cintura, não rede para ampará-lo numa possível queda e muito menos Deus. Até porque se Deus realmente vigiasse as nossas atitudes e comportamento ele não iria avalizar ou perder o tempo dele com as nossas estripulias ou irresponsabilidades. Isso não tem lógica alguma.

Portanto, precisamos nos livrar das muletas que costumamos utilizar por puro comodismo ou crenças limitantes. Devido a essas crenças limitantes que passam de pai para filho e faz parte do inconsciente coletivo as pessoas criam uma realidade baseada na dor e no sofrimento e passam uma existência inteira penando e patinando sem evoluir.

Mas existe uma solução para tudo isso. Você pode mudar completamente sua realidade sofrida e dolorosa por uma realidade saudável, abundante e plena. O único caminho caminho é o AUTOCONHECIMENTO. Através da Meditação e de exercícios diários de mentalização você pode promover uma reprogramação mental, ou seja, você consegue virar a chave e e dar uma incrível guinada, um espetacular salto quântico e ser totalmente dono da sua realidade e do seu destino, sem depender de nada nem de ninguém.

Você não precisa acreditar em mim, só precisa experimentar, mas experimentar com vontade e convicção, ciente de que é tudo o que você quer, sem desconfianças, pois o resultado só vem quando você tem 100% de fé em algo. Faça com a genuína fé, sabendo que já deu certo e depois me diga como foi.

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: MUDE A SUA REALIDADE COM A REPROGRAMAÇÃO MENTAL, POR WAGNER BRAGA

AUTOCONHECIMENTO: A DOR E O SOFRIMENTO SÃO RECURSOS PARA ASSEGURAR QUE O APRENDIZADO CHEGUE ÀQUELES QUE RESISTEM A EVOLUIR

Quem é leitor deste blog sabe como fico feliz e radiante quando encontro um artigo ou texto realmente esclarecedor, que realmente pode expandir a mente do leitor. Esse texto que publicamos, aqui na coluna AUTOCONHECIMENTO nesta quinta-feira, acerca do sofrimento e da dor não podia ser mais claro, conciso e direto para fazer você entender o verdadeiro objetivo da dor e do sofrimento na nossa jornada. Por isso convido você a ler o texto completo a seguir, refletir e fazer o seu juízo de valor!

Como parar a roda do sofrimento?

Homem com a mão na cabeça e expressão triste

Hidesy / Getty Images Signature / Canva

Todo o Universo está expandindo em constante evolução. Quando falamos a palavra “Universo”, precisamos imaginá-lo como um reflexo da intenção do Criador de Tudo de É.

Antes de compreendermos como parar o sofrimento em nossa vida, devemos nos questionar sobre a razão da existência do sofrimento.

Tendo ciência de que Tudo está em contínua expansão e evolução, podemos imaginar que nada nem nenhuma experiência contida na criação deve estar “estagnada”. Em outras palavras, nenhum de nós pode se negar a evoluir.

Imaginemos que estamos dentro de uma experiência intencionada por uma Mente Universal Criadora, e para viver essa experiência nos foram concebidas diversas qualidades tanto a nível de corpo biológico como na confecção da nossa alma, e também do cenário em que estamos expostos, além de na sincronicidade de todas essas informações juntas.

Toda essa existência é algo extremamente complexo e magnífico ao mesmo tempo.

Quando temos um corpo/mente com inúmeras capacidades, porém acabamos de alguma forma despreciando seu potencial, em outras palavras, acredito que isso se refere às palavras deixadas por Jesus Cristo quando ele dizia: “Homens de pouca fé”. De certo modo, o que estamos fazendo é retardar nossa capacidade de evoluir.

Tudo isso se representa de diversas formas, como falta de autoestima, baixa autoconfiança, automutilação, negação, reprimir ou ignorar a intuição e os seus sentimentos…

Homem com a cabeça encostada na parede.
Soupstock / Canva

Sempre que estamos fazendo isso, estamos limitando ou reduzindo nossa evolução, como se quiséssemos parar de evoluir ou aprender, porém isso não é possível.

Se você negar a sua Luz ou mesmo não se achar digno de ser um filho ou filha para manifestar o poder criativo, a sabedoria e o amor da Mente Criadora de Tudo que É, ainda assim é como se você estivesse resistindo à manifestação do Criador por meio da sua existência.

Quando nos achamos fracos, feios, impotentes etc… estamos negando ao Criador.

Somente quando resistimos e negamos a manifestação das qualidades do Criador – que são o Amor, a Sabedoria e o Poder Criativo por meio de nossa existência — é que vivemos o espaço do sofrimento.

O sofrimento é como se fosse o recurso último para angariar a evolução das almas que se negam a evoluir. A dor e o sofrimento são recursos existentes para assegurar que o aprendizado chegue àqueles que resistem evoluir.

Quanto mais negamos, mais perto da dor e do sofrimento ficamos.

Existem muitas pessoas lindas neste mundo que permitem que sua Luz se manifeste, vivendo em abundância, levando seus dons e talentos para os demais. Com isso, são recompensados e retribuídos com prosperidade. Além disso, também têm uma capacidade de emanar amor, o que lhes assegura se aproximar da felicidade.

Portanto trago uma pergunta de reflexão neste momento: você está permitindo que a Luz se manifeste na sua vida? Dentre as qualidades de Luz estão a alegria, o amor, a paz, entre outras que vou deixar listadas abaixo, usando de referência os estudos realizados pelo Dr. David Hawkins que permitiu, com seu estudo, trazer o conhecimento dos níveis de frequência de cada emoção humana.

A única forma de manifestar sua Luz é cultivando emoções que vibram ou se assemelham à imagem do Criador de Tudo que É.

Dessa forma, concluímos que a única maneira de parar a roda do sofrimento é parando de resistir à manifestação da Luz em nossas vidas.

Àqueles que estão vivendo a dor neste momento, aconselho fazerem essa pergunta a si mesmos: “O que essa dor/sofrimento veio me ensinar?”.

Escrito por Rafael A. Calza

Fonte: Eu Sem Fronteiras

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: A DOR E O SOFRIMENTO SÃO RECURSOS PARA ASSEGURAR QUE O APRENDIZADO CHEGUE ÀQUELES QUE RESISTEM A EVOLUIR

DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: SENDO NOSSO ESTADO NATURAL O ESPÍRITO PRECISAMOS DESPERTAR PARA A PLENA CONSCIÊNCIA ESPIRITUAL

O renomado espiritualista e místico Edgar Cayce é o destaque da nossa coluna DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL desta quarta-feira e vem nos lembrar que o nosso estado natural é Espírito e sendo assim o despertar para a plena consciência espiritual é um dos propósitos que todos temos em comum, apesar de, com frequência, negligenciarmos a parte mais verdadeira de nós mesmos, ou seja,  que é nossa conexão com o espírito. Estabelecendo conscientemente um ideal espiritual – como amor, perdão, compaixão, serviço aos outros – podemos realizar uma transformação pessoal com o desenvolvimento da alma como resultado. Para refletir melhor sobre esse assunto convido você a ler o texto completo a seguir.

EDGAR CAYCE SOBRE ESPIRITUALIDADE

 

De acordo com as leituras de Edgar Cayce, todos nós somos seres espirituais tendo uma experiência física aqui na terra. Cayce disse que todos nós fomos criados no começo.

Todas as almas foram criadas no princípio, todo espírito de um espírito, Espírito de Deus, esse espírito manifesto em carne, esse espírito manifesto em toda a criação, sejam de forças terrestres ou universais, todos os espíritos sendo um só espírito.

– Edgar Cayce lendo 900-70

Talvez por causa das demandas da vida terrena, freqüentemente negligenciamos a parte mais verdadeira de nós mesmos, que é nossa conexão com o espírito. Embora possuamos corpos físicos e atitudes mentais, em última análise, nossa conexão mais profunda é com nossa fonte espiritual.

Cayce frequentemente nos lembrava que “o Espírito é a Vida, a Mente é o Construtor e o Físico é o Resultado”. Em outras palavras, o espírito é a fonte de nossas vidas. Nossa mente então focaliza essa energia espiritual em vias de expressão criativas ou destrutivas (positivas ou negativas). O impacto de nossas escolhas acabará por encontrar expressão no reino físico, afetando nossa saúde, nossas vidas e nossos relacionamentos uns com os outros.

Do ponto de vista de Cayce, com muita frequência, perdemos o contato com a intenção (o porquê) por trás de nossas ações cotidianas. Por isso, ele recomendou que estabelecêssemos um ideal espiritual pelo qual viver. Estabelecendo conscientemente um ideal espiritual – como amor, perdão, compaixão, serviço aos outros – podemos realizar uma transformação pessoal com o desenvolvimento da alma como resultado.

Então, o mais importante, a experiência mais importante desta ou de qualquer entidade individual é saber primeiro o que é o ideal – espiritualmente.

– Edgar Cayce lendo 357-13

Em parte, os ideais ajudam a estabelecer “por que” fazemos as coisas que fazemos. Todo mundo está, em essência, trabalhando com um ideal em suas vidas. No entanto, nem todos estão conscientes disso. Às vezes, quando a vida está muito confusa, a falta de um ideal consciente desempenha um papel importante. Uma vez que os ideais moldam nossas próprias vidas, nossas experiências, até mesmo quem somos em processo de nos tornar, estabelecer um ideal consciente é singularmente importante para o desenvolvimento e crescimento de nossa alma. E os ideais que orientam nossas vidas mudarão com o tempo, à medida que aprendemos, aplicamos e crescemos a partir de cada ideal que estabelecemos. Escolher nosso ideal e depois trabalhar com ele para moldar nossa vida é um processo que pode ajudar a despertar o propósito de nossa alma e promover o crescimento da mesma.

Visto que nosso estado natural é Espírito, o despertar para a plena consciência espiritual é um dos propósitos que todos temos em comum. Na verdade, em uma leitura (3357-2), Cayce afirmou que “o desenvolvimento da alma deve ter precedência sobre todas as coisas”. Cayce afirmou que o desenvolvimento da alma não é alcançado por meio de alguma grande ação ou ato, mas é uma realização gradual que é alcançada “linha sobre linha, preceito sobre preceito”.

O que parece ser mais importante é nossa aplicação dos frutos do Espírito em nossas interações com os outros. Em outras palavras, agir com amor, bondade, gentileza e paciência. De acordo com Cayce, a sintonização e a aplicação estão no cerne do crescimento espiritual. A sintonia é o processo de despertar para nossa natureza espiritual e nosso verdadeiro relacionamento com Deus. As ferramentas mais freqüentemente recomendadas para alcançar esta sintonização são a prática regular de oração e meditação. Cayce acreditava que a oração era falar com Deus, enquanto a meditação era ouvir a Deus. A oração e a meditação são inestimáveis ​​para restabelecer uma percepção consciente de nossa fonte espiritual, ao mesmo tempo em que convidamos a vontade de Deus a trabalhar por meio de nós para que possamos ser um “canal de bênçãos” para outros.

Então, apenas sendo gentil, apenas sendo paciente, apenas mostrando amor pelo próximo; essa é a maneira pela qual um indivíduo trabalha para se tornar ciente da consciência ou do Espírito de Cristo.

– Edgar Cayce Reading 272-9

Estávamos com Deus no início e, por escolha e experiência, nos vimos cortados de uma consciência completa do Espírito. Em um aspecto, a queda da humanidade foi realmente nossa descida na consciência dos reinos do infinito para aqueles do tempo e do espaço. No entanto, isso não foi necessariamente uma coisa “ruim” ou uma escolha errada. Assim como uma criança aprende com a experiência, fazendo escolhas e até mesmo cometendo erros ao longo do caminho, nossas próprias experiências ajudarão nossa alma a amadurecer, e esse processo nos permitirá chegar a nossa herança plena e a uma consciência de nosso verdadeiro espiritual natureza.

Uma discussão sobre Edgar Cayce e espiritualidade não pode ser completa sem a menção de “A Search for God” e dos grupos de estudo . Em 1931, um grupo de pessoas – que eram próximas de Cayce e do trabalho que estava fazendo – pediu uma leitura sobre como poderiam se tornar mais parecidas com ele – com dons psíquicos e capacidade de ajudar os outros. A resposta de Cayce foi uma série de leituras que delineavam passos individuais em direção ao crescimento espiritual. Esse grupo continuou a receber e a trabalhar com esta série de leituras por mais de uma década e acabou publicando seu trabalho na forma de dois livros intitulados A Search for God, Livros I e II. Hoje, esses livros são estudados em todo o mundo por pessoas em ambientes de grupo conhecidos como Grupos de Estudo. Grupos de estudo podem se registrar em nossa organização para receber materiais de apoio e recursos para seu trabalho espiritual em grupo. Saiba mais em EdgarCayce.org/studygroups .

Fonte: EdgarCayce.org

Continuar lendo DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: SENDO NOSSO ESTADO NATURAL O ESPÍRITO PRECISAMOS DESPERTAR PARA A PLENA CONSCIÊNCIA ESPIRITUAL

REFLEXÃO: ATRAVÉS DA MEDITAÇÃO E DO SILÊNCIO SE ENCONTRA A BASE DA PAZ

Nesta terça-feira temos um texto magnífico para o nosso momento de REFLEXÃO. Ele aborda o tema, que talvez seja o mais importante para a maioria das pessoas, a PAZ. O mais interessante é que as nossa últimas reflexões nos tem levado a perceber que a Meditação é o único caminho para o AUTOCONHECIMENTO. Aceitando o momento de silêncio e como ele se apresenta, só assim será capaz de experimentar uma sensação de imensidão interior extraordinariamente apaziguadora. Esta é a base da paz!

A base da paz

 em 

 

“A aceitação daquilo que é, do momento tal como é, transporta-o a um nível de profundidade tal que o seu estado interior e a consciência do eu já não dependem dos juízos mentais de “bom” ou de “mau”.

Quando disser “sim” ao “isto é assim” da vida, quando aceitar o momento como ele se apresenta, será capaz de experimentar uma sensação de imensidão interior extraordinariamente apaziguadora.

Na aparência, poderá ainda ficar feliz quando estiver sol e não tão feliz quando chover; poderá ficar feliz se ganhar um milhão de euros e infeliz se perder todos os seus haveres. Contudo, a felicidade e a infelicidade nunca mais serão vividas de maneira tão intensa.

Na verdade, aqueles sentimentos são meras rugas na superfície do seu Ser. Dentro de si, a base de paz permanecerá imperturbável independentemente da natureza das circunstâncias do mundo exterior.

O “sim” ao momento tal como ele é, revela uma dimensão de profundidade interior que não está dependente nem das circunstâncias exteriores nem das condições internas de constante flutuação dos pensamentos e das emoções.” (Eckhart Tolle – A voz da serenidade)

Luz e Paz!

Fonte: Sabedoria Universal

Continuar lendo REFLEXÃO: ATRAVÉS DA MEDITAÇÃO E DO SILÊNCIO SE ENCONTRA A BASE DA PAZ

ARTIGOS: MÉTODO DA AUTOCURA, 2º PILAR: EXERCÍCIOS FÍSICOS DIÁRIOS, POR WAGNER BRAGA

Tecnologias Inteligentes como motivação para seus exercícios físicos diários - OnMe

O 2º PILAR DO MÉTODO DA AUTOCURA – EXERCÍCIOS FÍSICOS TODOS OS DIAS

Na coluna ARTIGOS da semana passada falei sobre o 1º PILAR do Método da AUTOCURA, Alimentação Saudável, onde detalhei em que consiste essa alimentação saudável, lembrando que não se trata apenas de uma mudança de hábito alimentar, mas principalmente a eliminação de vícios  e de formas incorretas de comer.

O segundo pilar do Método da Autocura é a prática diária de exercícios físicos.

Quando falo na prática diária de exercícios físicos estou dizendo que Necessariamente todo ser humano deve fazer exercícios físicos todos os dias, de domingo a domingo. Você pode até achar exagero, não ter  nenhum dia de descanso, mas a verdade é que o nosso corpo foi feito para se exercitar todos os dias. Não precisa e não deve ser o mesmo tipo de exercício dia após dia. É importante que haja uma variação, para que o corpo não fique viciado em um único tipo de exercício físico.

Eu, por exemplo, intercalo entre corrida de rua, musculação e basket ball. Segundas, quartas e sextas-feiras eu corro pelo menos 6,0 km entre 36 e 38 minutos. As terças, quintas e sábados eu faço 1 hora e 15 minutos de musculação e aos domingos 1 hora e meia de basket ball. Desta forma consigo manter o meu corpo sempre saudável, disposto e flexível. Portanto, intercalo entre exercícios aeróbicos e anaeróbicos. Gosto sempre de praticar esses exercícios bem cedo, antes das 06:00 h, a exceção do basket que normalmente começa às 08:00 h.

É claro que cada pessoal tem o seu ritmo, a predileção em termos do tipo de atividade física. O horário, o tempo e a intensidade também variam de acordo com o biotipo, a capacidade motora e respiratória de cada um. A atividade da caminhada é importantíssima para qualquer um. O importante é que se faça exercícios físicos todos os dias. Por isso é de suma importância uma avaliação médica, o acompanhamento de um(a) personal trainning e se possível de um(a) nutricionista, principalmente se você está saindo do sedentarismo. E se esse for o caso pegue leve no começo para criar gosto pelos exercícios ao invés de abuso, como é o caso de tantas pessoas que começam e depois desiste.

 

 

Continuar lendo ARTIGOS: MÉTODO DA AUTOCURA, 2º PILAR: EXERCÍCIOS FÍSICOS DIÁRIOS, POR WAGNER BRAGA

AUTOCONHECIMENTO: SAIBA COMO ENXERGAR ALÉM DOS 5 SENTIDOS DESENVOLVENDO A INTUIÇÃO

Eu sempre falo que é necessário desenvolver a nossa intuição, pois esta percepção sensorial é inerente a todos os seres humanos e não apenas as mulheres, como aprendemos desde a infância. No vídeo de hoje você vai saber o que é a intuição e como podemos desenvolve-la para conseguimos enxergar além dos 5 sentidos. A maioria das coisas que existentes no mundo vão além desses sentidos e a intuição vai te ajudar a acreditar e enxergá-las, mesmo que não sejam materiais e palpáveis. 

Fonte:

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: SAIBA COMO ENXERGAR ALÉM DOS 5 SENTIDOS DESENVOLVENDO A INTUIÇÃO

REFLEXÃO: O QUE APRENDI COM O MESTRE DOS MESTRES, POR CAMILA ZEN

Sexta-feira também é dia de REFLEXÃO com Camila Zen, aqui no Blog do Saber. Hoje você vai assistir um vídeo onde ela interpreta um texto de Augusto Cury cheio de ensinamentos que nos inspiram, sobre “o que aprendi com o mestre dos mestres. Vale a pena assistir, refletir e fazer o seu juízo de valor!

Fonte:

Continuar lendo REFLEXÃO: O QUE APRENDI COM O MESTRE DOS MESTRES, POR CAMILA ZEN

DESENVOLVIMENTO PESSOAL: SEJA UMA PESSOA MELHOR CONHECENDO OS 5 NÍVEIS DA AUTODISCIPLINA

O destaque desta terça-feira, aqui na coluna DESENVOLVIMENTO PESSOAL é a AUTODISCIPLINA. Você vai aprender quantos e quais são os níveis da AUTODISCIPLINA. Como se tornar uma pessoa disciplinada e independente, onde você não vai mais precisar de chefe, instrutor ou seja lá qual for o tipo de muleta para alcançar a sua melhor versão. Então, o que está esperando? Dê um play e assista ao vídeo completo a seguir!

Fonte: Seja Uma Pessoa Melhor

Continuar lendo DESENVOLVIMENTO PESSOAL: SEJA UMA PESSOA MELHOR CONHECENDO OS 5 NÍVEIS DA AUTODISCIPLINA

AUTOCONHECIMENTO: O SILÊNCIO CONTÉM O PODER QUE SÓ A MEDITAÇÃO PODE LHE PROPORCIONAR

A cada dia tenho mais convicção que o único caminho para se alcançar a sua melhor versão é através da meditação, cujo poder está no silêncio. Não apenas o silêncio exterior, mas principalmente o silêncio interior. Sendo o maior obstáculo para se conseguir esse silêncio essencial a mente inquieta, instável e barulhenta. Por isso convido você a ler o artigo completo a seguir e conhecer os meandros dessa caminhada.

O SILÊNCIO CONTÉM O PODER

Existe um nível do Ser onde existe muita Calma.

Mas como acessá-lo? O que nos impede de acessar este lugar sagrado?

O obstáculo, para se chegar à Calma Essencial, é a mente

A mente inquieta, instável e barulhenta, é uma pedra de tropeço para se chegar à mansidão do Mar Azul, dentro. No entanto, existe uma chave para acessar este lugar sagrado. A chave, que abre a porta para este nível do Ser, é o Silêncio, a Contemplação e a Meditação.

O Silêncio é uma dádiva também para ansiosos.

A grande angústia do ansioso é sofrer e lutar contra a desorganização interna, que se reflete como bagunça em seu ambiente externo. A pessoa ansiosa se angustia de ver projetado no seu externo a desordem e a estagnação. Entretanto, no Silêncio e na Meditação existe algo de dinâmico e organizador.

Quando esta dupla entra em ação ela dissolve o torpor mental causado pela ansiedade. Por quê? Algo mágico acontece… a sua respiração muda imediatamente, e você pode agora começar a viver a clareza mental. No Retiro Travessia – de Meditação, Silêncio e Cura Interior – esta prática guiada é muito prazerosa, interessante e fácil de se fazer na exuberante natureza.

Silêncio, Meditação e Contemplação e os 11 extraordinários benefícios

1- Cura do sono.

2- Tranquilidade e disposição ao acordar.

3- Permanência por mais tempo na “Calma Essencial”.

4- Baixa da ansiedade.

5- Melhora da respiração.

6- Mente tranquila e organizada.

7- Memória ativada.

8- Libertação da obsessão dos problemas e conflitos.

9- Resgate da intuição clara e purificada.

10- Presença e conexão.

11- Despertar das capacidades mentais normais e superiores.

 

Os malefícios da falta de silêncio interior

 

“Pensar é algo divino, no entanto, não parar de pensar é algo doentio”.

Pensar compulsivamente é como aquele cachorro que “corre e corre atrás do próprio rabo sem nunca chegar à lugar algum”. O automatismo que criamos vem do nosso “lado” animal fazendo com que a mente fique condicionada à padrões de comportamentos indesejáveis. Esse mecanismo se torna forte, tornando complexo o funcionamento da mente.

Emocionalmente falando, o pensador compulsivo  está sempre aborrecido, insatisfeito e com a alma apertada e apartada de si. Ademais, o ruído mental incessante é um tremendo obstáculo ao autoconhecimento autêntico: a pessoa perde o contato com sua essência, acabando por se sentir “um estranho em sua casa interior”. Tédio, cansaço, ansiedade e respiração alterada compõem o quadro emocional ruim. Parece um paradoxo, mas somente algo simples como a Meditação –  e o silêncio que ela produz – podem tirar a mente de sua complexidade e fazê-la sentir paz e funcionar bem!

Você não é a sua mente e nem o que você pensao pensamento  compulsivo faz com que a pessoa caia na armadilha de se confundir com os próprios pensamentos e de se esquecer quem ela realmente é. O silêncio é a chave para acessar e usar o  potencial ilimitado disponível a todos e a ferramenta por excelência é a Meditação”, lembra sempre o Dr. Toni Luiz a seus pacientes e alunos.

Silêncio, Meditação e Saúde Mental

A Meditação é o remédio natural para quem quer equilíbrio e saúde mental. Quem aprende a silenciar volta ao seu estado natural e será cada vez menos perturbado pelas oscilações da mente. Fazer paradas durante o dia para silenciar e meditar estabiliza a mente porque ajuda a criar “espaço” entre os pensamentos.

Quando isso acontece a pessoa sente uma grande satisfação e já pode comemorar o início da vitória sobre as prisões da mente. Somente silenciando você se torna capaz de transformar o pensamento – colocando de ‘escanteio’ a interferência do ego – e só então determinar o que você quer de fato pensar ou deixar de pensar.

“É muito bom deixar a mente descansando num grande vazio, e pensar somente quando preciso pensar, a prática me ensina a entrar no “modo descanso”.  Isto é uma grande liberdade, uma grande conquista!”, Sarita de Távora Domingues

Se o Silêncio é tão bom assim, por que alguns o temem?

Teme quem desconhece as dádivas do silêncio. A maioria de nós está tão apegada ao sofrimento que esse mecanismo se torna muito forte, a pessoa acaba acreditando que aquela é a sua natureza. Teme o silêncio quem está apegado de forma anormal ao que lhe é “familiar”. Entretanto, somente o que ela teme – o Silêncio – é o que pode libertá-la. O silêncio te ajuda a sair da “ilusão” criada pelos pensamentos caóticos e opressivos. A dinâmica do silêncio coloca ordem em sua casa interior e faz enxergar a realidade com fino discernimento, de forma transformadora.

O Silêncio Meditativo é como uma sala espaçosa, silenciosa e aconchegante, à meia luz,  onde você pode, com tranquilidade, adentrar, tirar seus sapatos e  se permitir descansar. Existe ainda muitas pérolas no silêncio, uma delas é o descanso. Agora que você compreendeu mais sobre o silêncio, eu lhe pergunto: Existe alguma razão para perdê-lo? Sarita de Távora Domingues

Quem consegue aprender sobre o Silêncio?

Quem se interessar por ele,  quem o busca, pratica e o cultiva. Para buscar o Silêncio é necessário um movimento de auto valor e cuidado. Se não fizer isso por si mesmo, por sua mente, ninguém o fará!  A prática requer apenas algum momento do dia e alguns minutos antes de dormir. Impressionantes maravilhas estão reservadas para seus buscadores.

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: O SILÊNCIO CONTÉM O PODER QUE SÓ A MEDITAÇÃO PODE LHE PROPORCIONAR

CELEBRANDO A CONSCIÊNCIA NEGRA GOVERNADORA DO RN SANCIONA LEI QUE RESERVA 20% DAS VAGAS EM CONCURSOS PÚBLICOS NO ESTADO PARA PESSOAS NEGRAS

Fátima sanciona lei que reserva vagas em concursos públicos para população negra

Redação / Portal da Tropical

 Atualizado em:

Foto: Raiane Miranda / Governo do RN

Como parte das celebrações do Dia da Consciência Negra, a governadora Fátima Bezerra sancionou neste sábado (20), a Lei 11.015 / 2021 que reserva 20% das vagas dos concursos públicos dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário do Rio Grande do Norte para negros e negras. A iniciativa tem como objetivo reduzir a desigualdade histórica, buscar mais oportunidades de acesso ao emprego de qualidade, por meio do serviço público.

A solenidade foi na Estação das Artes, onde está sendo realizada uma Feira Afro e Étnico-Racial e o encontro do Fórum das Comunidades Tradicionais dos Terreiros das Religiões da Matriz Afro-Americana de Mossoró.

“Esta lei tem um simbolismo grande porque vem dizer à sociedade que são ações afirmativas para tentar reparar como injustiças seculares contra a população negra, reduzir a desigualdade social”, disse a governadora Fátima Bezerra, que aproveitou para anunciar outra iniciativa nesse sentido: a criação do Departamento de Proteção a Grupos em Situação de Vulnerabilidade (DPGV), que vai oferecer acolhimento, qualificar o atendimento e integrar as políticas públicas de proteção dos grupos em situação de vulnerabilidade; e da Delegacia de Enfrentamento a Crimes Raciais, Intolerância e Discriminação ( DCRID). “Estamos vendo a cada dia como os crimes de intolerância religiosa e a questão do racismo afetam o povo negro”, reforçou.

A governadora elogiou a sensibilidade da deputada Isolda Dantas, autora do projeto da reserva de vagas em concurso público.

As cotas étnico-raciais são uma alternativa eficaz para a redução dos atos da desigualdade na sociedade. Foi assim com o acesso ao ensino superior por parte das aulas que possuem menor incidência neste grau de escolaridade, instituído pelo governo federal em 2012.

Segundo o estudo Desigualdades Sociais por Cor e Raça no Brasil, divulgado em 2019 pelo IBGE, pretos ou pardos somavam 64,2% da população desocupada e 66,1% da subutilizada; rendimento médio pouco superior à metade do que restitui os brancos; e quase 2,7 vezes mais chances de serem vítimas de homicídio intencional do que uma pessoa branca.

A reserva de vagas no serviço público se junta a outras ações do governo da professora Fátima Bezerra nesse sentido. Em janeiro de 2019, Fátima sancionou a Lei nº 10.480 / 2019, instituindo as cotas étnico-raciais no sistema de cota social da UERN e o Argumento de Inclusão Regional, que é um percentual a mais para quem estudou no RN.

Por meio do Projeto Governo Cidadão, o Governo do RN investiu R $ 2,5 milhões em empreendimentos de inclusão produtiva, como oficinas de artesanato e de confecções; instalação de sistemas de abastecimento de água; obras hidroambientais; além de outras iniciativas nas áreas da educação e titularidade de terra em comunidades quilombolas.

Duas escolas estaduais com alunado majoritariamente quilombola, uma em Macaíba e outra em Ceará-Mirim, receberam cerca de R $ 6 milhões em investimentos estaduais por meio do Governo Cidadão e Secretaria Estadual de Educação (Seec).

Não Rio Grande do Norte há 33 comunidades quilombolas certificadas pela Fundação Cultural Palmares.

Durante o encontro do Fórum das Comunidades Tradicionais dos Terreiros das Religiões da Matriz Afro-Ameríndia, 21 personalidades foram agraciadas com a Comenda Jatobá, um reconhecimento ao papel de destaque em defesa dos direitos da população negra, na eliminação do racismo e sem enfrentamento da intolerância religiosa e à descriminação, contribuindo para uma sociedade antirracista.

Continuar lendo CELEBRANDO A CONSCIÊNCIA NEGRA GOVERNADORA DO RN SANCIONA LEI QUE RESERVA 20% DAS VAGAS EM CONCURSOS PÚBLICOS NO ESTADO PARA PESSOAS NEGRAS

DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: CONHECER-SE É A ÚNICA MANEIRA DE PROMOVER A EVOLUÇÃO

Não é novidade para ninguém que acompanha esse blog que o nosso objetivo maior é explorar o AUTOCONHECIMENTO e ficamos muito satisfeitos quando encontramos textos que abordem diretamente o tema. Por causa disso escolhemos o texto a seguir, cujo título já escancara tudo: CONHECER-SE, pois é a única maneira de promover a evolução e o DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL. Então convido você a ler, refletir e fazer o seu juízo de valor.

Por que é importante se conhecer? - Portal

CONHECER-SE

Você é exatamente o que é necessário ser…
Seus defeitos e suas qualidades fazem parte de você.
Conhecer-se é a única maneira de promover a evolução.
Evolução não está ligada somente ao plano material, lembre-se não levaremos nada…
Hoje estamos lutando só para Ter e estamos nos esquecendo do nosso objetivo… Evoluir… Transcender.
Dedicamos a maior parte  do tempo ao mundo material, sim neste planeta é necessário trabalhar, mas é necessário aprender a dividir o tempo… É possível evoluir…
Perceba que somos o que sentimos, pensamos, falamos e fazemos em casa, no trabalho, no lazer, etc…
Não estamos no controle do que sentimos… Se sinto raiva, penso, falo e faço coisas negativas… Estou sentindo isto…
Não consigo mudar o que sinto imediatamente, mas posso mudar os pensamentos, palavras e ações…
Estar no controle, lembra?
Sim, estou sentindo raiva, mas posso manter o controle e aos poucos amenizar o que sinto…
Não permita que a tempestade externa, abale a sua paz interna.
Não seja você o propagador deste ciclo.
Permita-se não contribuir com essa energia negativa.
Seja bom, amável e não se preocupe com o que os outros vão pensar… Mesmo nas dificuldades continue fazendo o bem…
Acabe com os ciclos negativos. Perdoe e siga em frente.
Na vida não existe acaso. Tudo que vem é para o bem… Difícil aceitar… Eu sei… Mas lembre-se que tudo que aconteceu te trouxe até aqui e vai te levar para algum lugar…
A viagem torna-se mais fácil quando aceitamos a lição sem reclamar…
Abençoe suas qualidades, aceite seus defeitos e principalmente: corrija-os imediatamente… Não adianta fingir que não existem…
Todos estão na viagem…
Aceitar e não reclamar adianta e facilita o caminho…
Aceitar significa que você entendeu que tudo que está acontecendo é necessário para a sua evolução e quanto mais rápido aprendermos isso… Menor será a dor…
São dois caminhos… AMOR e DOR… Se não for pelo amor será pela dor… Se estiver doendo,  procure onde é possível mudar e transformar a dor em amor…
Se está se sentindo triste não se afaste dos outros, procure estimular-se, chame alguém para tomar um café.
REFLITA!
A paz começa comigo!
A paz começa com você!
Continuar lendo DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: CONHECER-SE É A ÚNICA MANEIRA DE PROMOVER A EVOLUÇÃO

AUTOCONHECIMENTO: CONHEÇA TUDO SOBRE A PODEROSA ENERGIA KUNDALINI

Finalmente encontrei um texto que fala tudo ou quase tudo sobre a poderosa energia da Kundalini, destaque da nossa coluna AUTOCONHECIMENTO deste sábado. Dia propício para este tipo de leitura, onde você vai conhecer melhor como se processa no nosso corpo essa poderosa energia. O texto a seguir desmistifica a palavra Kundalini, que se refere a uma força particular e poderosa, que é normalmente representada como uma serpente enrolada. Muitas pessoas confundem a simbologia da serpente com algo maligno e prejudicial, mas é exatamente o contrário disso e ao ler o artigo completo a seguir você vai conhecer o verdadeiro significado dessa simbologia!

A poderosa energia da Kundalini

Mensagem de 7 de Novembro de 2021

As pessoas com frequência ouvem falar da Kundalini. Veem imagens dela em manuais, livros, etc. Geralmente, associam a Kundalini com ioga, mas essa associação é bastante superficial. Em um artigo anterior intitulado “Kundalini Ioga”, expliquei um pouco mais profundamente o que a verdadeira Kundalini Ioga aborda e por que a maioria das pessoas não deve tentar despertar a Kundalini sem o devido trabalho interno e orientação.

A palavra Kundalini se refere a uma força particular e poderosa, que é normalmente representada como uma serpente enrolada. Muitas pessoas confundem a simbologia da serpente com algo maligno e prejudicial; isso não poderia estar mais longe da verdade. A serpente na simbologia foi usada por culturas antigas e até mesmo por algumas culturas modernas que entendem seu verdadeiro significado. Eles a usam para representar sabedoria, conhecimento, altos níveis de espiritualidade; forças poderosas que carregamos dentro de nós, mas que precisam ser despertadas com cuidado, pois a Kundalini pode curar ou destruir você.

Por que a serpente foi usada para representar esse poder? Deixe-me dar um exemplo mundano: quando uma cobra desperta, ela se desenrola e se levanta com uma forte explosão de energia. Pelo fato de a energia da Kundalini ser muito poderosa, ainda que indetectável quando em seu estado latente, e “Kundalini” ser um adjetivo em sânscrito que significa “circular”, é muito lógica a razão pela qual a associação entre a serpente enrolada e a energia sagrada se deu.

A energia da Kundalini é tão poderosa porque é uma energia primordial, ela não foi criada; ela sempre existiu. Dentro do Tantra e da real ioga, existe a crença em realidades subjacentes, nas quais pode-se intuir ou sentir quando alguém deseja se conectar primeiro com seu centro.

Essas realidades subjacentes são parte da unidade básica primordial, que é constituída de dois princípios: o princípio masculino, ou Shiva, e o princípio feminino, ou Shakti. Como se vê, não há a negação de uma ou outra força; pois a criação não pode ocorrer se não houver uma sintonia entre ambas. Uma dança sagrada, na qual ambas as forças são reconhecidas como poderosas.

Masculine and Feminine energies | Tantric Healing Therapy

Shiva contém os elementos universais e a expressão da consciência universal. Shakti é o princípio feminino dinâmico ou o poderoso princípio da ação. Quando Shiva se reúne a Shakit, a vida é criada – uma fusão dos princípios primordiais que têm um efeito criativo e gerador. Por se tratar de uma sintonia entre as forças feminina e masculina, é considerada energia sexual em sua forma mais pura.

Uma vez que somos parte da criação, somos parte desta energia; essa energia de criação é chamada Kundalini. A Kundalini em seu estado natural é latente, o que significa que está adormecida; ela não pertence ao nosso corpo físico, mas ao nosso corpo/energia etérico, energético ou sutil. Esse corpo etérico tem muitos canais ou caminhos que nos percorrem por inteiro, por meio dos quais a energia Kundalini pode se movimentar.

Há milhares de canais, mas três deles são os principais: o nadi central, ou Shushumna, o nadi esquerdo, ou Ida, e o nadi direito, ou Pingala; esses três nadis principais percorrem desde a base da espinha até a cabeça.

O nadi direito, ou Pingala, é associado ao princípio masculino e ao Sol. O nadi esquerdo, ou Ida, é associado ao princípio feminino e à Lua. Ambos são a base do sistema energético, mas não têm nada a ver com Biologia, mas sim com qualidades e quantidades; todos nós carregamos energias masculina e feminina dentro, e elas se expressam em proporções diferentes dentro de pessoas distintas.

O Shushumna ou nadi central é o eixo e é independente dos outros nadis. Todos os nadis fluem através dos chacras e o fazem de formas específicas.

HÁ SETE CHACRAS CONSIDERADOS OS PRINCIPAIS:

Guia rápido sobre chakras:

  • Muladhara, que é o chacra básico, responsável pelo seu senso de segurança e estabilidade e localizado na base da coluna.
  • Svadhisthana, que é o chacra sacral, responsável por sua sexualidade, seu prazer e sua criatividade.
  • Manipura, que é o chacra plexo solar, responsável por sua autoestima e confiança.
  • Anahata, que é o chacra cardíaco, responsável pelo amor e pela compaixão.
  • Vishuaddha, que é o chacra laríngeo, responsável pela comunicação.
  • Ajna, que é o chacra do terceiro olho, responsável pela intuição e imaginação.
  • Sahastrara, que é o chacra coronário, responsável pela consciência e inteligência.

A Kundalini reside no chacra básico, mas quando desperta, ela ascende através dos principais chacras até alcançar o chacra Ajna ou Terceiro Olho. Esse terceiro olho é onde repousa a consciência individual e é através dele que uma ponte com a consciência cósmica pode ser estabelecida.

Quando a Kundalini começa a ascender através do nadi central em direção ao terceiro olho, ela abre os outros chacras; em outras palavras, ela ativa centros energéticos, o que significa que uma elevação da consciência começa a acontecer. Assim, quando a Kundalini atingir o terceiro olho, ela já terá impactado nosso campo energético, ou sistema nervoso, expandido nossos sentidos e ativado partes de nossa psique que estavam adormecidas – ela afeta nossos planos físico, energético, espiritual e mental.

O processo de despertar com a consciência cósmica ocorre entre o terceiro olho e o chacra coronário. Despertar a Kundalini não é uma tarefa fácil e nem deve ser encarada com leveza. Isso não acontece por meio de repetições sutis nem através apenas da meditação. Para despertar todas as serpentes da Kundalini, é necessário tempo, constância e prática – leva anos para despertar cada serpente.

O despertar da Kundalini não é recomendado para quem não deseja se confrontar e dançar com suas sombras, pois ainda que essa energia seja muito benéfica ao self, ela destruirá os que não estiverem prontos. Ela pode perturbar seriamente qualquer um que não esteja pronto para despertar; pois há diferença entre dançar com a sua loucura ou gênio interior e se tornar mentalmente doente e perder-se em um mundo incoerente.

Breathing in the Neshamah of Christian Living and Practice — Christians Practicing Yoga

A Kundalini não responde à rigidez e muito menos ao abuso de si mesmo. Por isso, trabalhar com sua sombra, procurando equilíbrio entre a luz e a sombra e compreendendo (não apenas em um nível lógico) que cada uma tem seu valor e que uma não pode existir sem a outra, é imperativo.

Há muitas formas de despertar a Kundalini: mudras, mandalas, ioga, meditação, técnicas de respiração, cantos, Tantra, geometria sagrada. Por que tantos caminhos? Porque não existe aquele um caminho que leve à iluminação.

A verdade vos libertará”, o que, para a Kundalini, significa que a verdade dentro de você irá te libertar e que a verdade foi revelada pela consciência cósmica por meio de suas muitas expressões – em outras palavras, cada caminho esconde uma peça do quebra-cabeça e você é a pedra filosofal; a escolha de trabalhar ou não em si mesmo é sua.

Sofia Falcone — Fonte: https://eraoflight.com/
Adriana D. R. T. Olívėra e Marco Iorio Júnior — Tradutora e Editor exclusivos do Trabalhadores da Luz

Fonte: Trabalhadores da Luz

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: CONHEÇA TUDO SOBRE A PODEROSA ENERGIA KUNDALINI

AUTOCONHECIMENTO: LIBERDADE, VOCÊ SABE QUAL O VERDADEIRO SIGNIFICADO? POR WAGNER BRAGA

Há dois mil anos Jesus disse a célebre e enigmática frase: “Conhecereis a verdade e ela vos libertará”. Dois mil anos se passaram e até hoje poucas pessoas conseguiram entender o verdadeiro significado dessas palavras e principalmente da palavra “liberdade”. Para grande parte das pessoas liberdade significa, simplesmente, o direito de ir e vir. Para muitas outras, além disso, o direito de pensar e falar o que quiser e para tantas outras o direito de pensar, falar e fazer o que quiser.

A Declaração Universal dos Direitos Humanos, adotada e proclamada pela Assembleia Geral das Nações Unidas (resolução 217 A III) em 10 de dezembro 1948, estabelece em seus artigos 1º, 2º e 4º o seguinte:

Artigo 1
Todos os seres humanos nascem livres e iguais em dignidade e direitos. São dotados de razão e consciência e devem agir em relação uns aos outros com espírito de fraternidade.

Artigo 3
Todo ser humano tem direito à vida, à liberdade e à segurança pessoal.

Artigo 4
Ninguém será mantido em escravidão ou servidão; a escravidão e o tráfico de escravos serão proibidos em todas as suas formas.

Todos esses conceitos se resumem a parte física e material do seres humanos, mas Jesus se referiu ao desenvolvimento espiritual do ser humano. Conhecer a verdade significa, antes de mais nada, parar definitivamente de mentir. Assim como onde há luz não existe escuridão, a verdade não convive com a mentira. Em segundo plano não existe verdade absoluta, ela se renova e se atualiza dia a dia. Por exemplo, na Idade Média se imaginava que a terra era plana e que era o centro do universo, até que Galileu afirmou que a terra era redonda e era apenas mais um planeta girando na órbita de uma estrela de 5ª grandeza, o Sol. A verdade que parecia absoluta veio abaixo e mais adiante se descobriu que o sistema solar é apenas um dos bilhões de sistemas que compõem a Via Láctea e mais adiante que a própria Via Láctea é apenas uma de mais de um bilhão de galáxias. Portanto não existe verdade absoluta e o conhecimento é que nos permite nos libertarmos das nossa crenças limitantes.

O homem vivem em busca da tão sonhada liberdade, desde quando começou a caminhar por sobre as terras desse planeta, se deslocando de continente para continente e depois que explorou todo o território terráqueo resolveu explorar o espaço para se libertar da opressão da força da gravidade que nos mantêm atados ao solo. Conquistou a Lua e agora tenta conquistar Marte para se libertar do planta Terra que um dia não será mais possível habitá-lo.

Até aqui falamos em se libertar da matéria através da matéria. Mas o que Jesus falou foi se libertar da matéria através do espírito. nós somos feitos de energia condensada ou matéria. Mas a nossa experiência aqui é aprender a usar 100% da nossa consciência ao ponto de nos desvencilharmos dessa matéria densa no plano tridimensional para um plano mais elevado onde seremos energia pura e não precisaremos mais desse casulo material.

Fonte:

 

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: LIBERDADE, VOCÊ SABE QUAL O VERDADEIRO SIGNIFICADO? POR WAGNER BRAGA

REFLEXÃO: CONHEÇA A CURA ATRAVÉS DO BOM HUMOR

Nesta terça-feira, coincidentemente temos mais de uma coluna falando sobre cura ou autocura. A coluna ARTIGOS trás o tema da AUTOCURA através do método desenvolvido por Wagner Braga, que é o tema central do seu mais novo livro: Quando Fala o Coração, transforme sua vida com Amor, Intuição e Gratidão. Aqui, na coluna REFLEXÃO o tema é a CURA através do bom humor, que também não deixa de ser uma AUTOCURA, pois aborda a cura sem remédios e sim através de uma expressão comportamental, ou seja, através do poder mental. Portanto leia o texto completo a seguir , reflita e faça o seu juízo de valor!

Bom humor cura!

 em 

 

Quem não gosta de ter por perto pessoas de bem com a vida? O bom humor tempera a vida com leveza, nos desarma de qualquer sentimento ruim e nos faz sorrir mesmo quando não estamos nos nossos melhores dias. Pode durar pouco tempo, mas é suficiente para tornar tudo tão encantador como quando éramos crianças. Se revestir da energia do bom humor nos ajuda a experimentar um mundo cheio de graça e magia, com cores mais vibrantes e sem os limites férreos da realidade.

Não encarar a vida com tanto rigor é a primeira lição da cartilha do bom humor e, consequentemente, da felicidade. Confiar que para cada tropeço ou impossibilidade que se coloca no nosso caminho há uma cartola ao alcance das mãos para tirar uma boa solução nos faz mais otimistas. Gostamos de coisas cômicas porque elas tiram o peso da existência. Nelas, tudo pode parecer uma grande brincadeira, como ver o mundo através de uma janela maior do que a gente usa para enxergar a realidade.

O bem-humorado consegue ver as coisas com uma certa distância e tem a capacidade de rir de si próprio. Em outras palavras, sabe não se levar tão a sério. Alguns porque nasceram com essa habilidade, outros porque a foram adquirindo aos poucos. E, com isso, estão conseguindo encurtar o espaço do sofrimento, não se assombrar com as tempestades que se formam e não depender dos momentos de calmaria para ficar bem. Mas isso não significa que devemos fazer de conta que os problemas não existem: brincar é uma forma lúcida de aliviar as dores, diminuir as angústias, não sentir tanto medo nem ter a sensação de estar desamparado. Mas é um treino.

Osho (1931-1990), filósofo e mestre espiritual indiano, certa vez ouviu de um aprendiz: “por que o senhor não diz algo sério?”. Porque ele vivia brincando e contando piadas, ao mesmo tempo em que passava seus ensinamentos. Ele criava o discurso em torno da piada, e não poderia ser diferente. Rir é uma maneira de sair da mente. É uma espécie de libertação. Joga fora tudo o que há de ruim em nós, mesmo que por um instante. E a soma de muitos desses instantes de limpeza emocional é capaz de trazer diversos benefícios para nossa saúde: assim como os exercícios físicos fortalecem o corpo, o humor é uma ginástica para o cérebro, pois aquece a mente para produzir pensamentos profundos.

Quando vemos alguém contando uma anedota na tela de cinema ou da TV ou mesmo na rua, pode parecer algo muito fácil. Mas não é. Principalmente se esse alguém estiver tentando ser original. Fazer associações rápidas e inteligentes e buscar respostas para os dilemas do momento requer uma boa dose de criatividade e improviso. Saímos da zona de conforto e travamos uma longa batalha cerebral entre emoções e pensamentos opostos. É nessa confusão que o riso e o bom humor entram em cena e trazem as soluções que buscamos. Eles nos fazem construir raciocínios sofisticados, ter insights que ninguém teve antes. Como se soubéssemos dançar como ninguém a música dos acontecimentos!

Luz e Paz!

(Fonte: Bons Fluídos)

Fonte: Sabedoria Universal

Continuar lendo REFLEXÃO: CONHEÇA A CURA ATRAVÉS DO BOM HUMOR

ARTIGOS: O MÉTODO DA AUTOCURA, POR WAGNER BRAGA

Método TAC - Tríade da Auto Cura - Soham

Há pelo menos 39 anos comecei a desenvolver um método para permanecer o tempo todo saudável. Quando comecei, lá atrás, nos meus 18 anos de idade, a princípio, foi por um grande sentimento de revolta por ter perdido um Carnaval. Não me conformei passar um Carnaval na cama, tremendo feito vara verde por causa de uma pneumonia, enquanto todos os meus amigos e amigas se divertiam a valer. Quando a gente tem 18 anos acha que pode tudo. Vivemos intensamente todos os momento e não admitimos acidentes de percurso como este.

A verdade é que esse sentimento de revolta me levou a decidir nunca mais na vida adoecer a ponto de perder uma festa, um compromisso ou até mesmo um dia de trabalho. Então, através do meu hábito de ler todos os dias direcionei os meus estudos e atenção par a coisa mais preciosa da minha, da sua e da vida de todas as pessoas vivas: a saúde!

Comecei a verificar que a saúde não se restringe apenas ao bem estar físico, mas ao equilíbrio perfeito de corpo-mente-espírito. Esse equilíbrio perfeito se chama Saúde Integral e é composta por: saúde física, mental, espiritual e emocional.

Ao nascermos o normal é que venhamos do útero da nossa mãe com esse equilíbrio perfeitamente calibrado, mas ao  longo da nossa jornada aqui na terceira dimensão, devido as muitas atribulações, a correria do dia a dia, as responsabilidades de pessoais e familiares esse equilíbrio, aos poucos, vai se desfazendo até ocorrer uma desconexão dessa tríade corpo-mente-espírito e a pessoa fica vulnerável as doenças físicas, mentais e emocionais.

O nosso organismo trás no nosso DNA o poder da AUTOCURA. Quando caímos e ralamos o joelho, sem que seja necessário colocar nenhum remédio sobre o ferimento as nossas células de defesa do organismo agem para curar aquele ferimento e em poucos dias ele está cicatrizado. Isso se chama AUTOCURA. Para casos simples como o do exemplo que acabei de dar o nosso organismo, comandado pelo nosso cérebro tem autonomia própria para proceder a cura independentemente da interferência da nossa e mente e do nosso espírito. Já nos casos mais complexos como doenças do sistema autoimune se faz necessário a intervenção dessas duas partes que compõem essa tríade. E neste momento é essencial o equilíbrio perfeito corpo-mente-espírito.

E foi compreendendo isso que desenvolvi o meu método da AUTOCURA ao longo desses 39 anos e que a partir desse artigo vou compartilhar com você nos próximos 4 artigos, já que esse método é composto de 4 pilares: alimentação saudável, exercícios físicos diários, reprogramação mental e a prática diária da Gratidão. No próximo artigo falarei sobre o 1º passo: alimentação saudável.

Continuar lendo ARTIGOS: O MÉTODO DA AUTOCURA, POR WAGNER BRAGA

AUTOCONHECIMENTO: NÃO É INTELIGENTE DUVIDAR DO CAMINHO DA POSITIVIDADE

A vida não é complicada, ela é simples. Nós é que a complicamos. Se seguirmos com obediência as leis universais alcançaremos a nossa melhor versão sem percalços nem perda de tempo. Ao enaltecer a positividade não pegamos um atalho, porque não existe atalho quando se trata de desenvolvimento espiritual, mas sim economia de tempo. Se compararmos a caminhada evolutiva com uma highway em que todos trafegam nela em busca da sua melhor versão, é como se de vez em quando saíssemos dessa highway e pegássemos uma estrada vicinal, onde nos deparamos com diversos tipos de terrenos como buracos, areia fofa, pedregulho, atoleiros, riachos até acharmos o caminho de volta para a velha e perfeita highway. É como viajar sobre uma ferrovia e de vez em quando descarrilar, voltando aos trilhos depois de muito sofrimento.

Portanto obedecer a uma das leis universais como a da atração, que diz que o positivo atrai o positivo e o negativo atrai o negativo, sabendo que o melhor caminho é o da positividade é a melhor forma de se manter o tempo todo na highway e assim economizar um tempo incrível até alcançar a sua melhor versão. 

Por que devo vibrar em sintonia com as Leis Cósmicas? - Ipappi Curitiba

Enalteça a positividade!

 
Seja positivo sempre, emane boas energias em todos os momentos, essa atitude é extremamente importante em todos os instantes da vida, seja um criador de boas energias, potencialize o seu bem-estar e estimule o universo a conspirar a seu favor, pratique a GRATIDÃO!

Seja um facilitador para as oportunidades.

Ofereça ao cosmo a energia base, e assim, ele terá a força necessária para propiciar o resultado semelhante ao seu propósito. No entanto, como tudo requer uma adaptação e novidades, também compõe o processo, as dificuldades e obstáculos, entretanto, Deus te capacitou com inteligência e sabedoria para o enfrentamento dessas ocasiões. Portanto, exalte as suas potencialidades, ressurja com maior vigor e autoconfiança, faça o seu melhor em cada momento, hoje é outro dia!

Potencialize a sua determinação com ações pertinentes ao seu objetivo, mantenha a serenidade e a calma diante das adversidades, administre a situação com confiança em Deus. Há ocasiões, em que somente Deus, é possível atuar e ajustar os percalços da vida, simplesmente confie, por que ele está atuando tenha essa certeza! Todas as solicitações que lhe são direcionadas, tenha uma certeza, são assimiladas, porém, ele é detentor dos conhecimentos universais, e fará os ajustes necessários para cada desafio. Hoje é um outro capítulo da vida, uma nova oportunidade para REINICIAR e transformar o seu destino!

Você é realmente incrível, tem um poder extraordinário: o PENSAMENTO. Daí, independente dos obstáculos, conserve o foco na positividade e no otimismo, essa é a sua essência verdadeira, lembre-se disso! Mantenha essa conexão com o seu EU INTERIOR, conserve o seu equilíbrio em harmonia, você está na liderança para a concretização dos seus projetos!

Faça tudo com amor e sabedoria, comprometimento e disciplina, e permita que Deus te conceda o brilho da conquista!

Autor: Reginaldo Rodrigues
Email: r3.reginaldorodrigues.7@gmail.com

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: NÃO É INTELIGENTE DUVIDAR DO CAMINHO DA POSITIVIDADE

AUTOCONHECIMENTO: O QUE AS NOVAS CRENÇAS PODEM NOS TRAZER DE BOM? POR WAGNER BRAGA

Continuando a falar sobre crenças aproveito a oportunidade para dizer que cada experiência que temos serve para o nosso crescimento espiritual. Dai a importância de estarmos sempre nos atualizando com novas crenças e paradigmas. No vídeo de hoje, o questionamento que trago é o seguinte: após validarmos as novas crenças, para onde elas nos levarão? A mudança de crenças é um caminho para te ajudar a conquistar a tão sonhada liberdade, através da expansão da Consciência. Assista ao vídeo completo a seguir, reflita sobre o assunto e faça o seu juízo de valor!

Fonte:

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: O QUE AS NOVAS CRENÇAS PODEM NOS TRAZER DE BOM? POR WAGNER BRAGA

REFLEXÃO: O PODER DE VIVENCIAR O HOJE PARA TER UM FUTURO PROMISSOR

A cada dia mais e mais pessoas começam a se conscientizar da importância e do poder do hoje. Pensar, sentir, agir e realizar o hoje é tudo o que precisamos fazer para construir um futuro pleno e promissor em todos os sentidos. Portanto o texto que estamos publicando HOJE, aqui na coluna REFLEXÃO merece a sua total atenção. Então te convido a ler, refletir e fazer o seu juízo de valor.

Vocação - Província Marista Brasil Centro-Sul

O poder do Hoje.

 

Acredite sempre no melhor, crie através da fé em Deus, um ambiente propício ao grande objetivo que deseja. Confie no que está no campo da imaginação, eliminando qualquer dúvida! Suas emoções neste momento, possuem importância fundamental, exercem a energia propulsora para prosseguir constantemente.

Portanto, tenha coragem e atitudes. Conceda ao universo o que há de melhor em seu coração, bons pensamentos e emoções. Refugie-se em Deus, conecte-se com ele através da fé e das suas orações, consolide essa aliança. Mantenha a positividade, serenidade e a esperança em evidência, tenha coragem para explorar esse momento e sempre avançar. O tempo é implacável e prossegue continuamente o seu ritmo. Ele está dizendo que prosseguir é o melhor a fazer, hoje é uma nova chance para recomeçar seus objetivos.

Assim, erga a cabeça, olhe para o horizonte que descortina, renove suas forças, raciocínios, e atitudes. Caminhe seguro, confiante e entusiasmado com a certeza da superação. Encare as dificuldades, com o forte desejo em vencer, faça o possível e o impossível para isso. Sempre com honestidade, respeito e humildade!

Há uma solução adequada para o seu êxito, assim, aja com sabedoria e inteligência, calma e autoconfiança. Você está no leme das suas ações, e elas redefinem o seu destino a todo instante. Logo, essa é a oportunidade para adentrar em um novo ciclo de vida.

Deus te atribuiu o direito do livre arbítrio, tem a permissão e capacidade para restaurar os rumos do seu destino, fazendo um novo final. Reconstruir é o princípio da vida, e a cada novo dia, Deus te entrega esse poder. Observe o tempo, ele te diz a todo instante, segue-me por que você só tem o AGORA, amanhã será resultado das atitudes, pensamentos e emoções que desenvolver hoje. Este é o princípio do seu progresso, é o sentido da sua evolução. E o ápice é a concretização dos seus objetivos, você foi eleito o arquiteto desses projetos, portanto, batalhe plenamente para materializar seus sonhos!

Autor: Reginaldo Rodrigues
Email: r3.reginaldorodrigues.7@gmail.com

Fonte: Escola do Pensamento

Continuar lendo REFLEXÃO: O PODER DE VIVENCIAR O HOJE PARA TER UM FUTURO PROMISSOR

AUTOCONHECIMENTO: RUMO AO 5D ATRAVÉS DA CONSCIÊNCIA CÓSMICA

Nessa escalada evolutiva a humanidade tem experimentado muitas e diferentes experiências no campo do místico, do sutil e do espiritual. Várias são as ciências que estuda esse lado sutil da consciência humana. Já é certo que várias ciências concordam com pelo menos um ponto: Somos consciência cósmica, sem começo nem fim. A Conscienciologia, por exemplo acredita na projeção do corpo enquanto dormimos e que no nosso Perispírito está ligado ao nosso corpo através do cordão de prata, do qual nos desligamos após evoluirmos espiritualmente para um nível energético consciencial onde alcançamos a tão sonhada liberdade!

Consciência cósmica, a nova etapa evolutiva da Humanidade

consciência

A consciência cósmica é um conceito muito antigo, presente em diversas culturas. Somente no século passado é que pesquisadores começaram a tentar estabelecer, de modo científico, a realidade do fenômeno.

Psicologia Transcendental é um ramo da Psicologia especializado no estudo dos estados de consciência, mais especialmente com a experiência cósmica ou estados “ampliados” de consciência. Ela recebeu influência de diversos ramos da psicologia ocidental (behaviorismo, gestalt, psicanálise…) e de métodos orientais (Yoga, Zen, Sufismo, etc).

Outras disciplinas também a influenciam, por exemplo: Física (especialmente os conceitos da Física Quântica), Biofísica, Genética, Farmacologia, Sociologia, Antropologia, Parapsicologia.

Basicamente, a consciência cósmica vai além da consciência comum, estabelecida pelos cinco sentidos, e nos dá acesso instantâneo a Realidade, de modo direto. Os místicos de várias religiões se referem a esse tipo de compreensão total utilizando diversas denominações: êxtase místico, experiência cósmica, experiência transcendental, Nirvana, Samadhi, Satori, Reino do Céu, etc.

A consciência cósmica vai além da consciência comum.

Consciência Cósmica seria, pois, uma forma de consciência mais elevada do que a normalmente possuída pelo homem comum. Aos 35 anos de idade o psiquiatra canadense Richard Maurice Bucke passou por uma experiência que mudou sua vida e o levou a escrever o livro “Cosmic Consciousness” (“Consciência Cósmica”) onde descreve três formas, ou graus, de consciência.

consciência

A primeira seria a consciência simples, comum aos animais e ao homem. Em seguida, temos a autoconsciência, que o ser humano tem de ser uma entidade distinta, separada do restante do universo. E, por meio dela, pode tratar seus próprios estados mentais como objetos de consciência.

Na consciência cósmica ocorre uma iluminação intelectual e moral que eleva o ser humano a um novo plano de existência.

A terceira forma de consciência seria a cósmica, entendida por Bucke como o próximo passo da evolução humana. Com a consciência cósmica, ocorre uma iluminação intelectual e moral que eleva o ser humano a um novo plano de existência, despertando a consciência de vida eterna. Ao conceito darwiniano de evolução, Bucke o estende ao desenvolvimento espiritual.

O psiquiatra mostra que as experiências cósmicas têm uma variada gama de características, embora nem todas ocorram em todos os casos. A partir de suas pesquisas, Burke enumera as principais:

  • Luz subjetiva: o indivíduo tem a sensação de estar imerso em uma nuvem luminosa. 
  • Elevação moral: sensação de júbilo e êxtase. 
  • Iluminação intelectual: uma clara compreensão do todo. 
  • Senso de imortalidade: o medo da morte desaparece, deixa de ter sentido. 
  • Instantaneidade: a experiência ocorre de maneira súbita, total. 
  • Imprevisibilidade da experiência. 

A duração da experiência é geralmente curta, da ordem de poucos segundos ou minutos. Algumas raras vezes, podem durar por horas. Porém, para quem a vivencia, o tempo deixa de ter qualquer significado.

consciência

Para algumas pessoas (como para o próprio Bucke) a experiência cósmica ocorre uma única vez na vida. E, na maioria dos casos que ele estudou, a idade do indivíduo em que a experiência se manifesta tende a ser em plena maturidade, entre os 30 e 40 anos.

Freud chamava esta vivência de “experiência oceânica” e emitiu a hipótese de que esses estados seriam uma regressão ao seio materno. Várias suposições têm sido examinadas em torno dessa tese regressiva.

Tudo indica que existem esses tipos de estados místicos nos níveis pós-uterino, intrauterino e pré-uterino. As provas de existência de memória celular (DNA, RNA) e de continuidade de vida orgânica e inorgânica levam a pensar que a experiência cósmica seria uma regressão ao nível de potencialização de energia.

Outros estudiosos estimam que, ao contrário de uma regressão, a consciência cósmica seria um estágio superior de evolução, como o descrito por Bucke. A realidade desta experiência tem sido hoje comprovada por meio de controles eletrocardiográficos e eletroencefalográficos, indicando que algo diferente se passa na fisiologia nervosa dos indivíduos em estado de êxtase, a tal ponto que se pode acompanhar, através do monitoramento do ritmo alfa, o início e o término da experiência (embora o conteúdo escape totalmente a este tipo de medida).

Referências:
“A Consciência Cósmica” – Pierre Weil – Editora Vozes – 1982.

Fonte: Eu Sem Fronteiras

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: RUMO AO 5D ATRAVÉS DA CONSCIÊNCIA CÓSMICA

AUTOCONHECIMENTO: É APENAS O SER QUE IMPORTA PARA ALMA E NÃO O TER OU FAZER

Sua Alma não se importa com o que você faz para ganhar a vida, mas o que você é enquanto faz o que faz e a forma como você experiencia sua atividade é o mais importante para lhe trazer uma vida mais leve, sem a frustração de querer ou fazer algo que está fora de alcance. É sobre essa reflexão que o texto publicado hoje, aqui na coluna AUTOCONHECIMENTO, vem esclarecer e fazer você conhecer o verdadeiro objetivo da sua alma.

A Alma não se preocupa em ter ou fazer

Imagem ilustrativa de uma alma
Geralt / Pixabay / Canva

“Sua Alma não se importa com o que você faz para ganhar a vida — e quando sua vida terminar, você também não se importará com isso.

Sua alma só se importa com o que você está sendo enquanto está em atividade.”

Esse trecho foi tirado do Livro “Conversando com Deus”, de Donald Wash

Eu não sei quanto a você que está lendo agora essa frase e talvez não tenha refletido sobre isso antes, ou não dessa forma, mas quanto a mim, eu li e reli várias vezes, porque em algum lugar dentro de mim existia um questionamento quanto a isso.

Eu tenho que ser alguém de destaque? Eu tenho que ter uma profissão reconhecida, bem-vista, bem remunerada? Caso não tenha, ser invisível aos olhos da sociedade é o meu lugar. Fugir do que me compete fazer também não seria um escape para não me envolver com o mundo e sua dinâmica cheia de problemas, bem como ficar isenta de estresse e competividade entre outros, para que meu Ego se sinta seguro, amado e reconhecido.

Quando você começa a entender que, seja lá o que estiver fazendo, e pode até ser algo que não goste tanto, esse é o seu lugar neste momento e isso não te tira o direito de querer algo melhor, menos cansativo, menos estressante, mas, de fato, o seu lugar agora pode não ser o seu ideal.

E a sua alma não precisa de status, fama e reconhecimento. Ela só se importa com o que você está sendo enquanto está em atividade. A alma procura um estado de existência, não de ação.

Isso nos dá uma ideia de que podemos estar em qualquer atividade, seja a mais simples, como cuidar de uma casa, ser porteiro de um prédio, ter uma banca de frutas na feira, ser diretor de uma grande empresa, trabalhar viajando, ser ator ou cantor… Não importa!

Mulher trabalhando em um notebook, de costas para a imagem
KatarzynaBialasiewicz / Getty Images Pro / Canva

Você eu podemos, sim, almejar ter uma profissão diferente, mais dinheiro, melhores condições de vida, um trabalho mais leve… mas o que você é enquanto faz o que faz e a forma como você experiencia sua atividade é o mais importante para lhe trazer uma vida mais leve, sem a frustração de querer ou fazer algo que está fora de alcance.

Imagina se não tivesse pessoas trabalhando no recolhimento do lixo, caminhoneiros para transportar alimentos ou profissionais em tecnologia que desenvolvem serviços e produtos que facilitam nossa vida hoje… Cada um com sua importância, cada um sendo aquilo que compete ao momento.

Não procure mudar de área pensando apenas em fazer algo que goste ou porque se sente menor, inferior e até invisível perante a sociedade. Comece gostando do que faz, mas se, por acaso, isso for insustentável, mude. Não passe a vida num ponto onde não há amor nem alegria em ação, onde trabalhar é um fardo insuportável.

“Se você escolher a Evolução da sua alma, não obterá isso por meio das atividades físicas do corpo. Lembre-se de que você não pode ter o que quer, mas pode experimentar o que tem”

E o mais engraçado disso é que, quando você para de almejar o sucesso e bens materiais, o caminho fica aberto para obtê-los.

E pode ser que nesse estágio essas coisas sirvam para seu bem-estar e o daqueles que te cercam, mas não mais objeto de desejo que nunca tem fim.

Se isso for Utopia não sei, mais pelo que me parece é um caminho menos doloroso e com menos expectativas frustradas, de mais Consciência do que dá pra fazer, para onde quero ir, do lugar que ocupo, e acima de tudo do que Sou no lugar que ocupo.

Escrito por Alline Neto
Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: É APENAS O SER QUE IMPORTA PARA ALMA E NÃO O TER OU FAZER

DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: OS CAMINHOS TORTUOSOS DA CIÊNCIA PARA VALIDAR AS EVIDÊNCIAS CIENTÍFICAS

Fiz questão de ler o texto a seguir completo para entender o posicionamento do Fr. Jeff Levin com relação aos limites entre a ciência, a espiritualidade e a religião, pois o título do mesmo é bastante sugestivo e curioso e pude concluir que existe uma grande resistência dos cientistas conservadores e adentrar no estudo mais profundo sobre cura, autocura e cura pela fé. O próprio receio de infringir dogmas e desrespeitar crenças religiosas em nome da ciência mantem um certo distanciamento da ciência em relação ao avanço de certas pesquisas no campo da concienciologia e da projeciologia e por isso conceitos científicos importantíssimos ainda não foram validados. Se você tem curiosidade em conhecer e entender o porquê de ainda estarmos caminhando tão lentamente no que tange a conexão mente-corpo-espírito leia o texto completo a seguir e expanda sua consciência.

Cura pela Fé: série investiga casos milagrosos - Band.com.br

A CURA PELA FÉ

Hoje em dia, Jeff Levin é considerado um dos principais nomes nos estudos científicos a respeito da relação entre as práticas religiosas ou espirituais e a saúde.

Gilberto Schoereder

Várias pesquisas vêm sendo realizadas nos últimos anos envolvendo o que alguns chamam de “o poder da oração”. Uma das grandes autoridades mundiais nesse campo é o dr. Jeff Levin, um epidemiologista social formado em religião, sociologia, saúde pública, medicina preventiva e gerontologia na Universidade Duke, na Universidade da Carolina do Norte, na Divisão Médica da Universidade do Texas e na Universidade de Michigan.

Ele é pesquisador do National Institute for Healthcare Research e seus estudos podem ser definidos como epidemiologia da religião – o estudo científico de como fatores espirituais previnem a incidência de enfermidades em determinadas regiões e a mortalidade, e promovem a saúde e o bem-estar – estabelecendo o relacionamento existente entre ciência, medicina e espiritualidade.

Seu trabalho estabelece pontes entre diferentes campos de atividade, como epidemiologia, gerontologia, sociologia, psicologia e medicina alternativa e complementar.

As perguntas básicas que seus estudos apresentam são: Como a fé religiosa atua como um recurso na prevenção de doenças e na promoção do bem-estar?; Um relacionamento de amor com Deus é uma característica das pessoas saudáveis?; A religiosidade é um fator de proteção contra doenças ao longo do processo de envelhecimento?; Existem efeitos terapêuticos ou preventivos de energias sutis ou estados alterados de consciência?

O resultado de suas pesquisas foi publicado no livro Deus, Fé e Saúde (Editora Cultrix). Entrevistamos o dr. Levin por e-mail para que ele nos falasse mais sobre seu trabalho e as mais recentes descobertas nessa área, assim como sua relação com teorias e posturas mais conservadoras da medicina, que ainda resistem em aceitar as evidências científicas coletadas nos últimos vinte anos.

A relação entre a oração ou as preces e a saúde se tornou um dos assuntos mais comentados da atualidade. Essa relação positiva entre ambas está definitivamente comprovada ou ainda estamos no campo das evidências? Em que ponto se encontram as pesquisas científicas?

O campo da pesquisa em espiritualidade e saúde compreende, na verdade, três áreas de estudo diferentes. Uma delas, aquela em que minha pesquisa se focou nos últimos vinte anos, envolve investigações epidemiológicas de como a fé ou o envolvimento religioso influencia a saúde física e mental. Já foram feitos mais de mil estudos com esse enfoque e, hoje, a idéia de que aspectos da vida religiosa podem ser benéficos para a saúde ou o bem-estar de algumas pessoas é aceita de forma geral e não controversa.

As duas outras áreas de pesquisa em espiritualidade e saúde envolvem: 1) estudos experimentais de laboratório, como em psicofisiologia, explorando os correspondentes espirituais de estados alterados de consciência; 2) testes clínicos investigando os efeitos da oração à distância. Em contraste com a pesquisa epidemiológica, esses estudos encontram muito mais resistência. Pessoalmente, acredito que existem boas evidências para ambas, mas os temas e conceitos levantados por esses estudos desafiam a estreiteza da visão de mundo de muitos cientistas das correntes estabelecidas.

Tem se falado na influência de fatores espirituais ou religiosos no processo de cura. Foi realizada alguma tentativa no sentido de determinar se se trata, de fato, de fatores espirituais, ou pode se tratar da ação da mente, como ocorre em tantos dos chamados “fenômenos parapsicológicos”? Em outras palavras, a crença de uma ou mais pessoas daria início a um processo ou uma ação mental. O que o senhor pensa a esse respeito?

Eu não estou certo de que usando os métodos naturalistas da ciência empírica poderemos algum dia desemaranhar esses dois conceitos. Aqui, nos Estados Unidos, médicos religiosamente muito conservadores opuseram muita resistência a essa pesquisa. Eles vêem os resultados de estudos de oração e cura, e quer atribuir qualquer cura subseqüente à intervenção “sobrenatural” de Deus. Outros reconhecem a possibilidade de que o ato de rezar envolva criar uma intenção mental positiva que pode ter, por si mesma, um efeito curativo. Mas isso é interpretado pelo primeiro grupo como blasfemo e até mesmo, acredite ou não, satânico – porque parece implicar efeitos que são inerentemente parapsicológicos, e a parapsicologia é considerada maligna.

Considero essa reação perturbadora por duas razões. Em primeiro lugar, fez muitos médicos cristãos conservadores rejeitar efetivamente os resultados de estudos de oração e cura, porque os estudos implicavam que as orações de qualquer um podem ser efetivas, independentemente de religião, talvez devido a algum tipo de mecanismo paranormal. Isso ameaça as reivindicações de exclusividade que alguns fazem para sua própria religião e para os resultados de orações dessa religião.

Em segundo lugar, se os resultados forem devidos “apenas” à parapsicologia – em vez de a Deus, por assim dizer -, por que isso seria um problema? Em última instância, todos esses efeitos vêm de Deus. Eu acredito que o Criador dotou os seres humanos com todo tipo de aptidão, algo que os grandes místicos conhecem há milhares de anos e que cientistas ocidentais só agora procuram entender. Mais de cem anos de pesquisa parapsicológica confirmaram isso, para satisfação minha e de muitos outros.

Durante suas pesquisas, o senhor teve conhecimento da ação dos chamados “médiuns de cura”? De alguma forma, esses casos podem estar relacionados? Já ouvimos falar que a cura não provém exatamente dos médiuns, mas da crença das pessoas que os consultam.

Pessoalmente, nunca pesquisei sobre médiuns, mas tenho uma posição a respeito. Acredito que, quando se trata de orações, cura pelas mãos ou por energia, ou qualquer outra forma sutil de terapia bioenergética ou relativa à consciência, todos os elementos da interação curativa podem ser importantes; em outras palavras, as habilidades, características e intenções de quem cura, o método da cura e as crenças do paciente. Tudo isso pode entrar em jogo até certo ponto, mas pode variar de acordo com a situação.

Quanto a uma condição sine qua non para o sucesso da cura, já ouvi muitos curandeiros dizendo que descobriram, por experiência própria, que é indispensável haver uma intenção amorosa por parte do curandeiro ou rezador; independentemente de outros elementos (método, técnica, expectativas de paciente, etc.). É fundamental haver uma intenção sincera e abnegada de amor fraterno, que deseje o melhor benefício para a pessoa, de acordo com a vontade de Deus.

Já ouvimos falar de experiências de “prece a distância”, com resultados positivos. Inclusive, as pessoas que realizavam as preces não sabiam a quem elas se dirigiam. O que o senhor pode nos dizer sobre esse assunto?

Como muitos leitores já devem saber, houve vários estudos recentes que investigaram os efeitos da oração a distância. Alguns desses estudos foram, de fato, bem controlados, com método duplo-cego e amostragem criteriosa; foram testes clínicos de certa forma similares aos testes farmacológicos que avaliam os efeitos de novas drogas. Para horror de muitos médicos acadêmicos convencionais, alguns desses estudos mostraram resultados, com índices de recuperação que foram melhores entre os pacientes que foram alvo de orações sem o saberem do que entre os pacientes dos grupos de controle.

Acredite ou não, já houve quase duzentas investigações desse tipo. E não só em pessoas, mas outros organismos, como animais e plantas. A pesquisa foi compilada de forma muito abrangente em um livro soberbo chamado Spiritual Healing (Cura Espiritual), escrito por meu amigo Dr. Dan Benor, um médico norte-americano. Ele descobriu que cerca de um quarto dos estudos foi realizado com uma metodologia de pesquisa impecável, e que, desse um quarto, aproximadamente três quartos constataram resultados positivos. Em outras palavras, isso é evidência e que orações a distância tiveram um efeito mensurável e benéfico.

Em seu livro Deus, Fé e Saúde, o senhor estabelece uma relação entre o modo como o compromisso religioso influencia o comportamento, e o modo como o comportamento influencia a saúde. No entanto, o comportamento de uma pessoa não está necessariamente ligado ou necessariamente dependente de um compromisso religioso. Foi feita alguma pesquisa no sentido de determinar o comportamento de pessoas não-religiosas, para ver se aquelas que têm comportamento saudável têm uma saúde melhor, como as religiosas ou espiritualizadas? O senhor diz em seu livro que as pesquisas mostram que o comportamento não-saudável não relacionado à postura religiosa ou espiritual?

É claro que as pessoas podem ser perfeitamente saudáveis sendo ou não sendo religiosas ou espiritualizadas. O que tentei fazer no meu livro foi examinar os “mecanismos” subjacentes às relações entre espiritualidade e saúde observadas em pesquisas. Essas associações existem, eu concluí, exatamente porque a religiosidade pode motivar comportamentos saudáveis, pode gerar relações sociais de apoio e solidariedade, pode produzir sentimentos ou emoções poderosos, etc. E já se sabe que cada um desses fatores – hábitos saudáveis, relacionamentos, sentimentos – é importante para a saúde.

Existem diferenças visíveis entre “estar associado a uma religião” e ter o que se poderia chamar de uma “atitude espiritual independente”? Faz diferença se a pessoa reza numa igreja ou em qualquer outro tipo de templo, ou se ela reza em casa, e segundo suas próprias regras? O que conta, afinal, é o comportamento, é o modo de pensar, é uma sintonia especial, ou outro fator?

Eu não acredito que faça qualquer diferença. Um dos primeiros fatos básicos que descobri quando comecei minha pesquisa, vinte anos atrás, é que um efeito saudável da religiosidade ou da espiritualidade parecia ser uma constante universal na natureza. Isto é, quando se toma como referência ou pessoas sem um caminho espiritual ou a população como um todo, efeitos epidemiologicamente protetores ou preventivos foram observados em católicos, protestantes, judeus, budistas, hindus, muçulmanos, zoroastristas, etc. Além disso, uma quantidade considerável de estudos mostrou um benefício às pessoas que, mesmo não sendo formalmente religiosas, estão envolvidas com meditação ou outras buscas espirituais.

O Institute of Noetic Sciences, uma esplêndida organização na Califórnia, publicou um relatório excelente chamado The Physcal and Psychological Effects of Meditation (Os Efeitos Físicos e Psicológicos da Meditação) documentando esses estudos.

O senhor entende que essa aproximação da ciência com a religião é uma tendência para o futuro? O filósofo Ken Wilber já vem se manifestando há anos a respeito da necessidade de se desenvolver aproximando as visões científica e espiritual. O que o senhor pensa a esse respeito?

Nos últimos trinta anos, os acadêmicos dos Estados Unidos têm demonstrado um considerável interesse em explorar a interface entre religião e ciência. Porém, muito desse discurso aconteceu dentro do contexto rígido das filosofias e visões de mundo adotadas pelos acadêmicos e pelas religiões predominantes. Um “novo paradigma” que unifique as abordagens científica e espiritual seria certamente um desdobramento bem-vindo. Mas precisamos nos perguntar: Qual paradigma? Qual abordagem científica? Perspectiva espiritual de quem?

Ken Wilber fala para muitas pessoas que têm interesse intelectual na consciência e em caminhos espirituais alternativos, mas eu não diria que o mundo acadêmico ortodoxo esteja pronto para isso. Para boa parte da comunidade acadêmica, o diálogo entre ciência e religião é um diálogo entre uma visão muito materialista e mecanicista de ciência e uma versão cartesiana de espiritualidade, baseada num paradigma muito antigo.

Já existe alguma tentativa de se desenvolver uma teoria a respeito dessa ação da prece na melhora da saúde das pessoas, ou ainda é muito cedo para isso? O senhor entende que uma teoria desse gênero deverá estar ligada a teorias desenvolvidas pela parapsicologia, envolvendo a atuação da mente sobre a matéria?

Uma das críticas que os céticos organizados fazem incessantemente à literatura científica sobre oração e cura é que esses estudos não podem ser verdadeiros porque não existe uma teoria que explique as descobertas. Assim, de acordo com essa crítica, os resultados são impossíveis.

A crítica é errônea por dois motivos distintos. Primeiro, a pesquisa clínica estabelece uma distinção entre eficácia e mecanismo de ação. A eficácia de uma terapia pode ser demonstrada muito tempo antes de se compreender o mecanismo subjacente de ação. É o caso da aspirina, que sabíamos que funcionava antes de entendermos por quê. Ignorar ou condenar os resultados de pesquisas metodologicamente sólidas porque eles não se enquadram nas atuais teorias seria a morte da ciência. Qualquer grande novo avanço, por definição, será gerado pela necessidade de se formular uma nova perspectiva teórica que responda a dados inesperados. É assim que as coisas têm funcionado ao longo da história da ciência.

Mas a segunda razão que invalida as objeções dos céticos é muito mais básica: existem, de fato, teorias e perspectivas para nos ajudar a entender como e por quê a oração pode curar. Sobre esse tópico já foi escrito mais do que eu poderia abordar aqui, mas basta dizer que há muitos anos têm surgido livros acadêmicos e artigos científicos com esse enfoque.

Propuseram-se muitos mecanismos de ação possíveis, aproveitando trabalhos estimulantes nas áreas da física, do estudo da consciência, da psicofisiologia e da parapsicologia. Todo tipo de força, energia ou campos foi cogitado, inclusive conceitos como os de mente estendida, campos mórficos, mente não-local, psi, energias sutis, etc. O pesquisador alemão, Dr. David Aldridge, escreveu muito sobre esse tópico, assim como meu amigo Dr. Larry Dossey, o médico norte-americano, em muitos de seus livros, como Palavras que Curam (Healing Words, Editora Cultrix).

Acredito que a parapsicologia guarda uma riqueza de demonstrações empíricas e de proposições teóricas no que tange à oração a distância e seus efeitos de cura. Mas, infelizmente, muitos cientistas e médicos acadêmicos ortodoxos desdenham e não acreditam nesse trabalho, ao mesmo tempo em que o conhecem tão pouco. Essa postura vem principalmente da ignorância e de uma necessidade corporativista de proteger o próprio território. É pena, mas isso também parece ser uma constante na história da ciência e da medicina.

Para Saber Mais:

Deus, Fé e Saúde – Jeff Levin –
Editora Cultrix
Fone : (11) 6166-9000
Site de Jeff Levin: / www.religionandhealth.com/index.htm

(Extraído da revista Sexto Sentido 52, páginas 26-31)

Fonte: IPPB
Continuar lendo DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: OS CAMINHOS TORTUOSOS DA CIÊNCIA PARA VALIDAR AS EVIDÊNCIAS CIENTÍFICAS

AUTOCONHECIMENTO: UMA VISÃO ESPÍRITA SOBRE A MORTE

O texto de hoje, aqui na coluna AUTOCONHECIMENTO merece toda a nossa atenção e REFLEXÃO, pois relata com muita pertinência e lógica que a morte é como um barquinho que se afasta da terra firme num oceano de águas e que, assim como na física quântica, tudo é relativo, o que faz um objeto ou algo existir é o olhar de quem está observando. Para um o objeto pode estar se afastando, para outro pode estar se aproximando. Então convido você a ler, refletir e fazer o seu juízo de valor!

Réquien para um ser querido | Minha Victoria

Quando observamos, da praia, um veleiro a afastar-se da costa, navegando mar adentro, impelido pela brisa matinal, estamos diante de um espetáculo de beleza rara.

O barco, impulsionado pela força dos ventos, vai ganhando o mar azul e nos parece cada vez menor.

Não demora muito e só podemos contemplar um pequeno ponto branco na linha remota e indecisa, onde o mar e o céu se encontram.

Quem observa o veleiro sumir na linha do horizonte, certamente exclamará: Já se foi.

Terá sumido? Evaporado?

Não, certamente. Apenas o perdemos de vista.

O barco continua do mesmo tamanho e com a mesma capacidade que tinha, quando estava próximo de nós.

Continua tão capaz, quanto antes, de levar ao porto de destino as cargas recebidas.

O veleiro não evaporou, apenas não o podemos mais ver. Mas ele continua o mesmo.

E talvez, no exato instante em que alguém diz: Já se foi, haverá outras vozes, mais além, a afirmar: Lá vem o veleiro.

Assim é a morte.

Quando o veleiro parte, levando a preciosa carga de um amor que nos foi caro e o vemos sumir na linha que separa o visível do invisível dizemos: Já se foi.

Terá sumido? Evaporado?

Não, certamente. Apenas o perdemos de vista.

O ser que amamos continua o mesmo. Sua capacidade mental não se perdeu. Suas conquistas seguem intactas, da mesma forma que quando estava ao nosso lado.

Conserva o mesmo afeto que nutria por nós. Nada se perde, a não ser o corpo físico de que não mais necessita no outro lado.

E é assim que, no mesmo instante em que dizemos: Já se foi, no mais Além, outro alguém dirá feliz: Já está chegando.

Chegou ao destino levando consigo as aquisições feitas durante a viagem terrena.

A vida jamais se interrompe nem oferece mudanças espetaculares, pois a natureza não dá saltos.

Cada um leva sua carga de vícios e virtudes, de afetos e desafetos, até que se resolva por desfazer-se do que julgar desnecessário.

A vida é feita de partidas e chegadas. De idas e vindas.

Assim, o que para uns parece ser a partida, para outros é a chegada.

Um dia partimos do mundo espiritual na direção do mundo físico; noutro, partimos daqui para o espiritual, num constante ir e vir, como viajores da Imortalidade que somos todos nós.

*   *   *

Victor Hugo, poeta e romancista francês, que viveu no século XIX, falou da vida e da morte dizendo:

A cada vez que morremos ganhamos mais vida. As almas passam de uma esfera para a outra sem perda da personalidade, tornando-se cada vez mais brilhante.

Eu sou uma alma. Sei bem que vou entregar à sepultura aquilo que não sou.

Quando eu descer à sepultura, poderei dizer, como tantos: meu dia de trabalho acabou. Mas não posso dizer: minha vida acabou.

Meu dia de trabalho se iniciará de novo na manhã seguinte.

O túmulo não é um beco sem saída, é uma passagem. Fecha-se ao crepúsculo e a aurora vem abri-lo novamente.

 

Redação do Momento Espírita, com pensamentos
finais de Victor Marie Hugo, do livro 
A
reencarnação através dos séculos, de Nair
Lacerda, ed. Pensamento.
Em 6.8.2014

Fonte: Momento Espírita

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: UMA VISÃO ESPÍRITA SOBRE A MORTE

AUTOCONHECIMENTO: AO ADERIR A NOVAS CRENÇAS COMO POSSO VALIDÁ-LAS?

É preciso força de vontade para conseguir incorporar as novas crenças. No vídeo de hoje, vim responder a um questionamento que você pode se fazer ao tentar abandonar as crenças antigas e adquirir outras novas, que é: como validá-las? É preciso força de vontade para conseguir incorporar as novas crenças e muita repetição. Assista ao vídeo completo a seguir e saiba como mudar os seus antigos hábitos!

Fonte:

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: AO ADERIR A NOVAS CRENÇAS COMO POSSO VALIDÁ-LAS?

REFLEXÃO: SEJA GRATO POR TUDO, ENTRE NUM CICLO VIRTUOSO E NÃO SAIA MAIS

REFLEXÃO: SEJA GRATO POR TUDO, ENTRE NUM CICLO VIRTUOSO E NÃO SAIA MAIS
A peaceful young man opened his arms with sunrise

Nesta sexta-feira não teremos um daqueles vídeos maravilhosos da incrível Camila Zen, mas teremos um texto magnífico para nossa REFLEXÃO acerca da GRATIDÃO. O texto esclarece o porquê de a GRATIDÃO ser tão poderosa e tão transformadora de vidas. Nos faz acreditar que sem a graça de Deus não somos nada, mas com ela temos todo o poder. Por isso te convido a ler esse texto rico em sabedoria e expandir a consciência!

Em tudo dai graças - CG Sede

Dar graças por tudo

O apóstolo Paulo, com sua lucidez inconfundível, recomendou que devemos dar graças a Deus por tudo o que nos acontece, tanto pelas coisas boas como pelas que nos parecem ruins.

Talvez seja por esse motivo que um certo homem agia sempre dessa maneira. Agradecia por tudo, e tinha a certeza de que Deus sempre o protegeria.

Um dia ele saiu em uma viagem de avião. Durante a viagem, quando sobrevoavam o mar um dos motores falhou e o piloto teve que fazer um pouso forçado no oceano.

Quase todos morreram, mas o homem conseguiu agarrar-se a alguma coisa que o conservasse em cima da água.

Ficou boiando à deriva durante muito tempo até que chegou a uma ilha não habitada. Ao chegar à praia, cansado, porém vivo, agradeceu a Deus por tê-lo livrado da morte.

Naquele lugar deserto ele conseguiu se alimentar de peixes e ervas. Derrubou algumas árvores e com muito esforço construiu uma cabana. Não era bem uma casa, mas um abrigo tosco, com paus e folhas, que significava proteção.

Ele ficou todo satisfeito e mais uma vez agradeceu a Deus, porque agora podia dormir sem medo dos animais selvagens que talvez existissem na ilha.

Um dia, ele estava pescando e quando terminou, havia apanhado muitos peixes. Assim, com comida abundante, estava satisfeito com o resultado da pesca e mais uma vez agradeceu ao Criador.

Porém, ao voltar para sua humilde cabana, qual não foi sua decepção, ao ver que sua morada estava pegando fogo.

Sentou-se em uma pedra chorando e dizendo em prantos:

“Deus! Como é que o senhor podia deixar isto acontecer comigo? O senhor sabe que eu preciso muito desta cabana para me abrigar, e a deixou se acabar em cinzas. Deus, o senhor não tem compaixão de mim?”

Naquele mesmo instante uma mão pousou no seu ombro e ele ouviu uma voz dizendo:

“Vamos rapaz?”

Ele se virou para ver quem estava falando com ele, e qual não foi sua surpresa quando viu em sua frente um marinheiro todo fardado dizendo:

“Vamos logo rapaz, nós viemos buscá-lo”

“Mas como é possível? Como vocês souberam que eu estava aqui?”, Falou o homem surpreso.

“Ora, amigo, falou o marinheiro, vimos os seus sinais de fumaça pedindo socorro. O capitão ordenou que o navio parasse e me mandou vir lhe buscar naquele barco ali adiante.”

Os dois entraram no barco e assim o homem foi para o navio que o levaria são e salvo de volta para os seus queridos.

Já em segurança, o homem agradeceu uma vez mais a Deus e pediu perdão pela falta de confiança na sua providência e misericórdia.

***

“Em qualquer dificuldade recorda o poder da oração e roga inspiração ao Céu, realizando sempre o melhor para que o melhor se faça em ti e através de ti, sem esqueceres que todo apelo encontra resposta, conforme o merecimento de quem pede e a forma como pede.

(Repositório de Sabedoria vol. I, Dificuldades)

Fonte: Momento de Reflexão

Continuar lendo REFLEXÃO: SEJA GRATO POR TUDO, ENTRE NUM CICLO VIRTUOSO E NÃO SAIA MAIS

REFLEXÃO: O SEU EU NÃO ESTÁ NA MENTE, ESTÁ NO SEU ESTADO DE SER

Eckart Tolle, muito sabiamente, afirma que “os problemas da mente não podem ser solucionados ao nível da mente”, como retratado no texto a seguir para a nossa REFLEXÃO. Lá, na mente, vai estar alojado o Ego, o nosso falso Eu. O Eu verdadeiro está além da mente, está na Consciência que se expande e se amplia dia a dia. Por isso convido você a ler esse texto de profunda sabedoria e assim entender essa diferença sutil entre Consciência e Mente.

Não procure o seu Eu na mente

 em 

 

No livro “O Poder do Agora”, Eckart Tolle disserta a partir de uma questão. Reproduzo a seguir este trecho.

“Alguém lhe diz: -Acho que ainda tenho muito que aprender quanto ao funcionamento da minha mente, antes de me conseguir aproximar da consciência plena ou da iluminação espiritual . Sua resposta: -Não, não tem. Os problemas da mente não podem ser solucionados ao nível da mente.

Depois de ter compreendido a disfunção básica, não há muito mais a aprender ou a compreender. Estudar as complexidades da mente poderá fazer de si um bom psicólogo, mas isso não o levará para além da mente, tal como o estudo da loucura não basta para criar saúde mental.

Já compreendeu o mecanismo básico do estado inconsciente: a identificação com a mente, a qual cria um falso eu, o ego, como substituto para o seu eu verdadeiro enraizado no Ser. Você torna-se como um “ramo cortado da cepa”, como disse Jesus.

As necessidades do ego são inúmeras. Ele sente-se vulnerável e ameaçado e por isso vive num estado de medo e de carência. A partir do momento em que você compreende os mecanismos da disfunção básica, deixa de ser preciso explorar todas as inúmeras manifestações do ego, de fazer dele um problema pessoal e complexo.

É evidente que o ego adoraria isso. Andando sempre à procura de alguma coisa a que se agarrar, a fim de sustentar e fortalecer a sua ilusória sensação de identidade, prontamente se agarraria aos seus problemas. É por isso que uma grande parte da sensação de identidade de tantas pessoas está intimamente ligada aos seus problemas e a última coisa que essas pessoas querem é livrar-se deles, porque isso representaria a perda do eu.

Inconscientemente, o ego investe muito na dor e no sofrimento. Portanto, ao reconhecer que a raiz da inconsciência é a identificação com a mente, o que evidentemente inclui as emoções, você sai dela. Torna-se presente. Quando está presente, você pode permitir que a mente seja aquilo que é sem se enredar nela. A mente em si não é disfuncional. É um instrumento maravilhoso. A disfunção instala-se quando você procura nela o seu eu e faz dela a sua identidade. Torna-se então a mente egóica e dirige a sua vida.”

Luz e Paz!

Fonte: Sabedoria Universal

Continuar lendo REFLEXÃO: O SEU EU NÃO ESTÁ NA MENTE, ESTÁ NO SEU ESTADO DE SER

AUTOCONHECIMENTO: O DESPERTAR DA CONSCIÊNCIA COMEÇA QUANDO APRENDEMOS A NOS CONECTAR COM NOSSA ALMA

O despertar da consciência é a abordagem principal desta edição da coluna AUTOCONHECIMENTO desta segunda-feira. O despertar da nossa consciência está intimamente ligado ao nível consciencial ao qual estamos vivenciando. Esse despertar inicial quando começamos a nos conectar com a nossa alma, com o nosso Eu intrínseco. Enquanto isso não acontecer não conseguimos despertar. O texto a seguir nos convida a iniciar essa conexão e nos dá uma orientação de como conseguir isso.

É por isso que tem pessoas que não despertam

Mensagem de 27 de Outubro de 2021

Caros amigos,

Há algumas situações que não somos capazes de mudar imediatamente, mesmo se quiséssemos. A única coisa que podemos fazer é mudar nossa abordagem. Às vezes, só isso muda muita coisa e então podemos simplesmente lidar com a situação mais facilmente, mesmo se ela ainda estiver lá.

É por isso que muitas pessoas não despertam. Elas não têm essa conexão com suas almas. Elas têm suas âncoras inteiramente no plano físico, em coisas como o atual sistema. Elas obviamente não podem questionar o sistema no qual nossa sociedade vive, porque assim que o fizerem, elas colocam em dúvida tudo o que elas acreditaram ser a única realidade à qual podiam se agarrar.

Se encontrarmos nossa âncora dentro de nós, seremos mais capazes de lidar com os tempos vindouros também. E podemos focar no fato de que queremos e criaremos um mundo ideal: um mundo no qual todos os seres prosperam, onde são livres e seres humanos felizes agem de acordo com seus corações.

O mundo ideal, belo, começa dentro de nós mesmos e somos então capazes de manifestá-lo. Mas se sentirmos medo, a melhor coisa que podemos fazer é nos retirar para um momento em silêncio e pausar para nos lembrar e conectar conscientemente com quem realmente somos porque lá, simplesmente, não existe medo.

Nós somos Luz.

Você pode ver isso num nível sutil.

Onde quer que estejam e onde quer que vão, as pessoas que estão mais conscientes deixam rastros de Luz. Então, não importa onde trabalhamos ou vivemos, nós deixamos traços de Luz atrás de nós. Quanto mais nos conectamos com nossa consciência, com quem somos lá no fundo, mais forte essa Luz brilha.

Esta é nossa tarefa: espalhar Luz, de qualquer forma e onde quer que seja certo para nós, individualmente. Cada um de nós tem uma posição diferente no todo maior, uma posição que nossa alma escolheu. É por isso que é tão importante para nós continuarmos nos conectando com nossa Luz interior.

Christina — Fonte: https://christinavondreien.ch/
Roseli Giusti Zahm e Marco Iorio Júnior — Tradutora e Editor exclusivos do Trabalhadores da Luz

Fonte: Trabalhadores da Luz

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: O DESPERTAR DA CONSCIÊNCIA COMEÇA QUANDO APRENDEMOS A NOS CONECTAR COM NOSSA ALMA

DESENVOLVIMENTO PESSOAL: O PODER DE FICAR SOZINHO, POR ALBANO

O Poder de ficar sozinho é o vídeo animado desta terça-feira do espetacular Albano para fazer você entender o quão importante são os momentos de solidão na sua vida. Ele alerta para o fato de achar que estar sempre rodeado de pessoas é o melhor caminho a ser seguido. O medo de ficar sozinho nos afasta da possibilidade do AUTOCONHECIMENTO e do DESENVOLVIMENTO PESSOAL, tornando a nossa vida um deserto e nos dando a sensação de vazio. Por isso convido você a assistir ao vídeo completo a seguir e entender o Poder de ficar sozinho!

Fonte: Seja Uma Pessoa Melhor

Continuar lendo DESENVOLVIMENTO PESSOAL: O PODER DE FICAR SOZINHO, POR ALBANO

AUTOCONHECIMENTO: ENTENDER A NOSSA ANCESTRALIDADE PARA ENTENDER O NOSSO COMPORTAMENTO

Adoro textos que falam de ancestralidade porque invariavelmente vão tratar do tema inconsciente coletivo, que poucas pessoas sabem o que é e o que significa. E só entendendo isso é que temos condições de entender o nosso comportamento e o da nossa sociedade. O texto a seguir aborda muito bem esse assunto e esclarece alguns pontos importantes para a sua compreensão de como se forma a sua personalidade e a sua autoestima. Portanto convido você a ler o texto completo a seguir!

A ancestralidade e sua influência na formação da autoestima

Mulher negra deitada de olhos fechados.
Polina Kovaleva / Pexels

São Paulo, 2 de julho de 2021

Já passou pela sua mente sobre as origens das nossas crenças e forma de pensar? Quando se fala que não existe a verdade absoluta, significa que tudo o que sabemos, a nossa leitura de mundo, molda-se a partir de muitos fatores: O contexto histórico, social e econômico, esses recortes que trazem junto elementos importantes para a formação de quem somos: tradições, pensamentos coletivos, crenças, medos e inseguranças. Tenhamos consciência disso ou não.

Não estou aqui apontando vilões e mocinhos, porque ainda temos a nossa autorresponsabilidade e o nosso livre-arbítrio para decidir por nós mesmos o que queremos para as nossas vidas, mas não podemos desconsiderar o fato de que sofremos influências externas.

Somos a formação da nossa personalidade e nosso temperamento, que se juntam com as crenças e tradições hereditárias que às vezes nem nos damos conta.

Às vezes carregamos conosco uma bagagem que nem sabemos a origem ou o porquê. Já parou para pensar nisso?

Para entendermos a nossa vida no presente, temos que buscar no passado todo o caminho que fizemos para chegar até aqui.

Vamos sair do automático, da dormência, e refletir sobre quem estamos sendo e os passos que nos trouxeram até aqui para entendermos o lugar onde estamos. Não para se apegar ao passado, martirizar-se e se prender na angústia e no arrependimento, mas para olhar as nossas vidas por um ponto de vista mais objetivo e analítico. Sem julgamentos ou terceirização da responsabilidade. Saia do ciclo da eterna vítima e dessa narrativa da vítima e agressor.

Traga a história da sua vida para uma análise, apenas uma análise. O que você costumava e/ou costuma ouvir ao seu respeito (rótulos, adjetivos…)? O que te falam ou já te falaram sobre as pessoas e o mundo?

Quando somos crianças e adolescentes, nossa mente é como uma esponja, absorvendo sem filtro o que acontece ao nosso redor, seja no ambiente familiar, na roda de amigos, no ambiente de trabalho e estudos.

Mulher branca segurando flores rosas.

Marta Dzedyshko / Pexels

Por mais que a criança e o adolescente sejam considerados “maduros” ou, como as pessoas falam, “já feitos”, vamos considerar esses fatos: na fase da infância e da adolescência, existe o desenvolvimento físico e sexual (motor – sensorial), a formação da personalidade, dos temperamentos e o começo das experiências que vão trazer mais sabedoria e mais amadurecimento para lidar com várias questões do psicológico e emocional necessário para algumas situações. Nessas fases normalmente não adquirimos os recursos necessários nem a responsabilidade que é necessária para determinadas questões da vida, como a autonomia e a responsabilidade, seja com os outros ou consigo.

É algo muito complexo para explicar teoricamente, mas fica fácil entender quando compreendemos que é um mito a criança e o adolescente maduros. Essa ideia veio como uma brecha para a chamada “hiperssexualização” de menores e para tornar até aceitável e “passável” condutas sexuais inadequadas de uma pessoa mais velha com uma pessoa mais nova. Você descobre isso analisando, fazendo uma comparação com os grandes teóricos e contextualizando tudo isso ao ir mais a fundo no assunto.

O que estou querendo dizer é que crianças são CRIANÇAS, adolescentes são ADOLESCENTES e adultos são ADULTOS. Não tem como tratar essas faixas etárias da mesma forma por causa da diferença de fases do desenvolvimento.

Quando somos crianças, estamos criando nossas programações e apenas a partir dos 7 anos começamos a criar consciência e a nossa programação mental. Até esse momento, o ambiente externo é um forte influente para a formação das nossas crenças e da nossa personalidade, por isso que não é incomum ver os que são mais novos reproduzirem atitudes e falas dos que são mais velhos, que estão em seu convívio.

Estou falando isso para refletirmos sobre a nossa construção mental, sem julgamentos e sem criar essa esfera do vilão e da vítima, porque isso não vai nos beneficiar em nada. Vamos nos concentrar apenas no presente e no que podemos alterar. Mas precisamos fazer uma análise do nosso passado para compreender o momento atual.

Precisamos de um momento para desacelerar e refletir sobre nós mesmos, sobre nossas vidas. A vida é feita de escolhas, sejam elas boas ou ruins. Estamos a todo momento tomando uma decisão, consciente ou inconsciente e até mesmo quando estamos em “cima do muro”.

Falo isso porque, quando não toma uma decisão explicitamente, ou seja, está indeciso, em cima do muro, as nossas programações mentais e crenças inconscientes vão decidir. Ou pior, os outros vão decidir por você.

Escrito por Anne Moon
Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: ENTENDER A NOSSA ANCESTRALIDADE PARA ENTENDER O NOSSO COMPORTAMENTO

AUTOCONHECIMENTO: SAIA DA ZONA DE CONFORTO E LIBERTE-SE DO EGO, POR WAGNER BRAGA

O ego te impede de se questionar. No vídeo de hoje, expliquei o motivo pelo qual as pessoas acreditam nas crenças limitantes que nos são passadas de geração em geração, que é a zona de conforto. É preciso sair dela para continuar na nossa caminhada evolutiva, sempre expandindo a consciência e pegar o atalho. Porque o atalho é única e exclusivamente não sucumbir aos desejos do seu ego!

Fonte:

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: SAIA DA ZONA DE CONFORTO E LIBERTE-SE DO EGO, POR WAGNER BRAGA

REFLEXÃO: O PROBLEMA É QUE ENTRE A CONSCIÊNCIA E O PENSAMENTO EXISTE O EGO

Hoje temos mais um texto do extraordinário Eckhart Tolle, extraído do seu livro “Um mundo novo”, para REFLEXÃO. O texto trata da diferença entre consciência e pensamento. Só através da consciência somos capazes de diferenciar entre fato e opinião, bem como conseguimos ver a totalidade da situação ou da pessoa em vez de adotarmos um ponto de vista limitado. Convido você a ler o texto completo a seguir, refletir e fazer o seu juízo de valor.

Por meio da consciência e não do pensamento

 em 

 

Vamos considerar os fatos, que são inquestionáveis. Por exemplo, se você disser “A luz se desloca mais rápido do que o som” e alguém afirmar o contrário, é óbvio que você está certo e a pessoa, errada. A simples observação de que o raio precede o trovão confirma isso.

Portanto, você não apenas está certo como sabe que tem razão. Será que o ego está envolvido nisso? Talvez, mas não necessariamente. Se você está apenas afirmando algo que sabe estar correto, não há participação do ego, porque não há identificação. Identificação com o quê? Com a mente e com uma posição mental.

Porém, essa identificação pode se insinuar com a maior facilidade. Se você se surpreender dizendo “Acredite em mim, eu sei” ou “Por que você nunca acredita em mim?”, é porque o ego já se pronunciou. Ele se esconde na palavra “mim”. Uma simples afirmação – “A luz é mais rápida do que o som” –, embora verdadeira, agora está a serviço da ilusão, do ego. Ela foi contaminada com um falso sentimento de “eu”, tornou-se personalizada, convertida numa posição mental. O “eu” sente-se inferiorizado ou ofendido porque alguém não acredita no que ele disse. O ego leva tudo para o lado pessoal. Surge a emoção, assim como a atitude defensiva, talvez até a agressão.

Estamos defendendo a verdade? Não, a verdade nunca precisa de defesa. Nem a luz nem o som se importam com o que eu, você ou qualquer outra pessoa pense. Estamos protegendo a nós mesmos ou então a ilusão de nós mesmos, o substituto produzido pela mente. Seria ainda mais apropriado dizer que a ilusão está resguardando a si mesma. Se até o terreno simples e direto dos fatos está sujeito à distorção e à ilusão egóica, o que dizer do menos tangível campo das opiniões, pontos de vista e julgamentos, todos eles formas de pensamento que podem facilmente adquirir um sentimento de “eu”.

Todo ego confunde opiniões e pontos de vista com fatos. Além disso, nenhum ego consegue estabelecer a diferença entre um acontecimento e sua reação a ele. O ego é sempre um mestre da percepção seletiva e da interpretação distorcida.

Apenas por meio da consciência – e não do pensamento – somos capazes de diferenciar entre fato e opinião. Somente por intermédio da consciência uma pessoa consegue ver o seguinte: esta é a situação e aqui está a raiva que sinto dela. Depois, compreende que existem outras formas de abordar aquela circunstância e maneiras diferentes de entendê-la e de lidar com ela. Só com o uso da consciência conseguimos ver a totalidade da situação ou da pessoa em vez de adotarmos um ponto de vista limitado. (Eckhart Tolle – Um novo mundo)

Luz e Paz!

Fonte: Sabedoria Universal

Continuar lendo REFLEXÃO: O PROBLEMA É QUE ENTRE A CONSCIÊNCIA E O PENSAMENTO EXISTE O EGO

ARTIGOS: EM QUE DEVO ACREDITAR? POR WAGNER BRAGA

Nao sei se devo acreditar - Futurama Fry | Meme Generator

Como sabemos tudo nessa vida gira em torno de crenças ou não crenças. O dinheiro que circula nas mãos das pessoas está ali porque as pessoas acreditam nele, acreditam que ele tem valor e que pode pagar suas contas. Desde que nascemos as pessoas ao nosso redor nos passam suas crenças. Se nascemos num lar religioso e católico com certeza vamos crescer acreditando nos dogmas e nas crenças dessa religião porque nossos pais, com a ajuda do clero nos ensinaram isso tudo.

Entretanto somos consciências em evolução e dotados do livre arbítrio para escolher em que direção vamos seguir na nossa vida. Então temos o poder de receber a informação, analisá-la e aceitá-la ou não. Mas para conseguir tomar decisões assertivas temos que, antes de mais nada, conhecer sobre o tema ou assunto que nos é apresentado. Só assim teremos condições de, inclusive sermos justos nas nossas decisões. E ser justo numa decisão significa, acima de tudo, não ferir nem prejudicar nenhuma das partes envolvidas.

Agindo desta forma, ou seja, com conhecimento de causa, estaremos atendendo uma das leis universais. A Lei de Causa e Efeito, que governa todas as nossas ações e não adianta ir contra ela. Quando agimos em comunhão com as Leis Universais o universo conspira em nosso favor.

Portanto, devemos acreditar, primeiramente, no nosso conhecimento, na lógica, no que faz sentido, na intuição e em segundo lugar nas leis que regem o universo, que são imutáveis e não estão atreladas a nenhuma religião, mas única e exclusivamente a sabedoria universal.

Continuar lendo ARTIGOS: EM QUE DEVO ACREDITAR? POR WAGNER BRAGA

AUTOCONHECIMENTO: SOMOS INCENTIVADOS A FORTALECER NOSSA CONEXÃO COM NOSSO EU INTERIOR

Não há como seguir em frente em nossa evolução espiritual sem explorar o nosso mundo interior, ou seja, o caminho é o AUTOCONHECIMENTO. Aprofundar o nosso relacionamento com a nossa alma e  liberar os padrões e programas subliminares que continuam a criar desarmonia e desequilíbrio interior se faz necessário nesse processo de crescimento espiritual. Portanto convido você  a ler o texto completo a seguir, refletir e expandir sua consciência!

Explore seu mundo interno

Mensagem de 29 de Setembro de 2021

Nossa realidade não existe mais da mesma forma que existia. Tudo na vida está mudando e somos convidados a encontrar a nossa estabilidade interior. Como resultado, somos incentivados a fortalecer a nossa conexão com o nosso eu interior, a aprofundar o nosso relacionamento com a nossa alma e a liberar os padrões e programas subliminares que continuam a criar desarmonia e desequilíbrio interior.

Com o Mercúrio retrógrado, você é aconselhado a aproveitar esse tempo, interiorizando-se para explorar o terreno de seu mundo interior. Aprenda a examinar sua vida a partir de uma perspectiva interna e você obterá uma maior compreensão dos potenciais e possibilidades que estão disponíveis para você agora. Contemple o que precisa ser feito e quais ações são necessárias para facilitar a mudança em sua vida e ao mesmo tempo estar presente, flexível e adaptável. Reúna a sua coragem para estar apto e pronto para responder com determinação e foco quando chegar o momento certo.

Muito Amor,

Kate Spreckley — Fonte: http://www.spirit-pathways.com
Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br: Tradução — Marco Iorio Júnior — Editor exclusivo do Trabalhadores da Luz

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: SOMOS INCENTIVADOS A FORTALECER NOSSA CONEXÃO COM NOSSO EU INTERIOR

AUTOCONHECIMENTO: TRANSFORME A SUA VIDA COM A PRÁTICA DIÁRIA DA GRATIDÃO

Nesta sexta-feira a nossa REFLEXÃO é sobre a gratidão, que tem o poder de transformar vidas! No vídeo de hoje, falo sobre esse tema super importante que é a gratidão! Ela é uma força poderosa que nos ajuda a estar sempre bem dentro do ciclo virtuoso, vibrando em uma das mais altas frequências conhecidas pela ciência. Portanto não saia dai e assista ao vídeo completo a seguir, expanda sua consciência e seja sempre muito grato(a) por tudo! 

Fonte:

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: TRANSFORME A SUA VIDA COM A PRÁTICA DIÁRIA DA GRATIDÃO

REFLEXÃO: UMA HISTÓRIA REAL QUE VAI TE SURPREENDER! POR CAMILA ZEN

Como sempre, a cada sexta-feira, temos uma história muito interessante e de muita sabedoria contada pela eloquente Camila Zen.  A de hoje é uma história real sobre uma coisa muito pequeninha que você provavelmente tem ou já teve vários na sua casa. Uma história de vida cheia de reviravoltas do início ao fim e que tem muito a nos ensinar sobre resiliência, sonhos e as dificuldades que todos nós enfrentamos nas nossas vidas, mesmo que ninguém faça idéia. Portanto, convido você a assistir mais esse espetacular vídeo, refletir e fazer o seu juízo de valor. Isso ajuda a expandir a consciência!

Fonte:

Continuar lendo REFLEXÃO: UMA HISTÓRIA REAL QUE VAI TE SURPREENDER! POR CAMILA ZEN

DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: BUDAS E CRISTOS, HERÓIS DESCONHECIDOS

O texto de hoje, aqui na coluna DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL nos explica e ensina como diferenciar um Buda e/ou Cristo de primeira ordem de um mesmo “homem sereno” ou “herói” de segunda ordem. Os de primeira ordem passaram por nós em silêncio e sobre eles nada sabemos. Se Sidarta Guatama, o Buda que conhecemos, foi o 25º Buda, dos 24 anteriores nada sabemos, pois foram heróis desconhecidos que muito fizeram pela humanidade em profundo silêncio.  

Por que a imagem de Buda gordo e sorridente é tão popular? Saiba essa e outras curiosidades · Alto Astral

HOMENS SERENOS – por Swami Vivekananda

Os maiores homens passaram desconhecidos.

Os Budas e os Cristos que se conhecem são heróis de segunda ordem, em comparação com os maiores, dos quais o mundo nada conhece. Em cada país, viveram centenas desses heróis desconhecidos. Eles trabalharam em silêncio, viveram em silêncio e em silêncio morreram. Com o tempo, seus pensamentos encontraram uma expressão nos Budas e nos Cristos, que chegaram a ser conhecidos para nós. Os maiores homens não buscaram obter renome algum. Deixaram suas idéias ao mundo; nada pretendiam para si mesmos; não estabeleceram escolas, nem sistemas, que levaram seu nome. A sua natureza não permitiria. São os puros sattvikas*, que nunca fazem ruído, mas se fundem no amor.

Gautama Buda disse que era o vigésimo quinto Buda. Os 24 anteriores a ele são desconhecidos na História, apesar do vigésimo quinto que conhecemos ter construído em cima da base que os anteriores haviam criado. Os homens mais evoluídos são silenciosos. Sabem do real poder do pensamento. Sabem que, se entrarem numa caverna, fecharem a porta e irradiarem cinco pensamentos verdadeiros, que viverão na eternidade. Em verdade, esses pensamentos penetrarão as montanhas, atravessarão os oceanos, viajarão pelo mundo inteiro. Entrarão no fundo dos corações e dos cérebros, farão nascer homens e mulheres que lhes darão a expressão prática das ações da vida humana…

Os Budas e os Cristos foram de lugar em lugar, difundindo essas verdades. Mas os sattvikas estão muito perto de Deus para entrar na ação e combater, para pregar e para fazer, como se diz na Terra, o Bem da humanidade.

– Swami Vivekananda, (1862-1902), Discípulo de Paramahamsa Ramakrishna.

Continuar lendo DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: BUDAS E CRISTOS, HERÓIS DESCONHECIDOS

REFLEXÃO: O DESPERTAR DE UMA NOVA CONSCIÊNCIA

O tema do texto de hoje, aqui na coluna REFLEXÃO é o que gosto mais de discutir e comentar, pois é tudo o que acredito. O poder que nós, seres humanos, temos é infinito e é tão poderoso quanto o de quem nos criou. Ocorre que ainda somos deuses em evolução e por isso ainda não dominamos totalmente essa poderosa máquina chamada Consciência!

Portanto, o segredo está em, antes de mais nada, aprender a dominar e controlar os pensamentos. Ao controlá-los você consegue o controle da sua vida em todos os sentidos e sendo assim passa a vibrar em alta frequência e deixa para trás toda a negatividade, as sombras e a escuridão. Deixa também um ciclo vicioso e embarca num ciclo virtuoso onde nem o céu é o limite!

Você tem este poder!

 em 

 

“A freqüência vibratória do corpo de dor encontra eco na dos pensamentos negativos, assim apenas estes últimos podem alimentá-lo.

O padrão usual de pensamento para criar emoções é revertido no caso do corpo de dor, pelo menos no início. A emoção que parte dele adquire rapidamente o controle do pensamento. E, uma vez que a mente é dominada pelo corpo de dor, o pensamento se torna negativo.

A voz na nossa cabeça começa a contar histórias tristes, cheias de ansiedade e rancor que podem falar sobre nós, nossa vida, outras pessoas, o passado, o futuro ou acontecimentos imaginários. Essa voz será de censura, acusação, queixa, fantasia. E estabeleceremos uma total identificação com qualquer coisa que ela diga, acreditando em todos os seus pensamentos distorcidos.

A essa altura, o vício da infelicidade terá se instalado em nós. Não é que sejamos incapazes de deter o trem dos pensamentos negativos – o mais provável é que nos falte vontade de interromper seu curso.

Isso acontece porque, nesse ponto, o corpo de dor está vivendo por nosso intermédio, fingindo ser nós. E, para ele, a dor é prazer. Ele devora ansiosamente todos os pensamentos negativos.

Na verdade, a voz corrente na nossa cabeça torna-se a voz dele. E ela assume o diálogo interior. Um círculo vicioso se estabelece: todo pensamento nutre o corpo de dor, que, por sua vez, produz mais pensamentos.

Em algum momento, após algumas horas ou até mesmo depois de poucos dias, ele estará realimentado e retornará ao seu estágio latente, deixando para trás um organismo exaurido e um corpo físico muito mais suscetível à doença. Se ele lhe parece um parasita psíquico, você está certo. É exatamente o que ele é. “(Eckhart Tolle -Um Novo Mundo)

Livre-se dele! Você tem este poder!

Luz e Paz!

Fonte: Sabedoria Universal

Continuar lendo REFLEXÃO: O DESPERTAR DE UMA NOVA CONSCIÊNCIA

DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: O DESPERTAR DA CONSCIÊNCIA E A TRANSFORMAÇÃO PARA CRIAR UM MUNDO MELHOR

O texto de hoje para REFLEXÃO, aqui na coluna DESENVOLVIMENTO PESSOAL aborda o despertar da consciência para criar a transformação como forma de criar um mundo melhor realinhando-nos com os princípios universais do equilíbrio. Por isso convido você a ler esse texto curto, porém magnífico no que tange a sabedoria universal.

Criando Um Mundo Melhor

À medida que o mundo continua a de dissolver, uma nova realidade guiada pela alma está emergindo para substituir o velho mundo dominante, movido pelo ego.

Os desafios que enfrentamos estão sendo enfatizados, impulsionando-nos para a transformação.

Como resultado, uma mudança muito necessária está ocorrendo em nosso eu humano básico, realinhando-nos com os princípios universais do equilíbrio.

O que você quer, que lhe foi apresentado nos últimos seis meses, está se tornando uma realidade. Há uma mudança definitiva na energia que está dissolvendo o velho e trazendo a luz onde o seu foco deve estar agora.

Velhos padrões, apegos e distrações, que o afastam de sua alma, vão sendo liberados, liberando a sua energia e dando-lhe uma nova perspectiva e uma nova visão da sua vida.

Avance com a sabedoria que você adquiriu e aplique esta sabedoria para a criação de um mundo melhor.

Inspiração Diária de Kate Spreckley
Compartilhe com Ética mantendo todos os créditos
Formatação – DE CORAÇÃO A CORAÇÃO

Fonte: Gratidão Transforma

Continuar lendo DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: O DESPERTAR DA CONSCIÊNCIA E A TRANSFORMAÇÃO PARA CRIAR UM MUNDO MELHOR

AUTOCONHECIMENTO: DESAPEGAR E DEIXAR IR PARA CONQUISTAR A LIBERDADE

É preciso aprender a praticar o desapego para seguirmos firmes na nossa caminhada evolutiva . No vídeo de hoje, falei sobre o desapego, o deixar ir. Não falo somente do desapego material, mas também do desapego emocional, já que os dois acabam nos impedindo de ser livre, atrasando nossa evolução espiritual. Por isso convido você a assistir ao vídeo a seguir, na nossa coluna AUTOCONHECIMENTO, sobre o DESAPEGO, o deixar ir para ser livre.

Fonte:

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: DESAPEGAR E DEIXAR IR PARA CONQUISTAR A LIBERDADE

DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: FAZENDO O MELHOR POSSÍVEL EM BUSCA DA SUA MELHOR VERSÃO

O texto de hoje, aqui na coluna DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL nos convida a uma reflexão mais apurada sobre o dar sem nenhum interesse, o que equivale ao amor incondicional. Por isso é preciso, em tudo que fizermos, dar o melhor de nós mesmos. Então convido você a ler o texto completo a seguir, refletir e fazer o seu juízo de valor. Um boa leitura!

– por Swami Ritajananda –

Você faz o seu melhor ou faz o possível | Mario Sergio Cortella Motivação - YouTubeFAZENDO O MELHOR POSSÍVEL – por Swami Ritajananda

Quando se trata de seus deveres, vocês devem fazer o melhor possível, como a mãe que alimenta seu filho com cuidado. Ela sabe que é seu dever. O que ocorre quando realizamos como um dever tudo aquilo que temos a fazer? Ocorre que nos tornamos cada vez mais desapegados. Se de nossa ação resultarem algumas experiências desagradáveis, não seremos atingidos por elas, porque não teremos agido com a idéia de receber uma recompensa. Vocês podem fazer essa experiência. Nossos estudos têm como objetivo colocar em prática o que encontramos de melhor.

Buda disse que ao agir com a esperança de receber algum bem, colhemos sempre o sofrimento. Se não tivermos tal esperança, uma grande paz interior será realizada. Se, depois de terem criado seus filhos com toda dedicação, vocês mais tarde acharem que eles não pensam em vocês, então sofrerão, porque esperavam seu reconhecimento. Mas se os tivessem criado cumprindo seu dever da melhor forma possível, sem esperar recompensa, não sofreriam e ficariam em paz. Concordo que não é fácil ter essa atitude, mas é a única atitude correta. Cada um de nós vem a este mundo para realizar sua vida, sua tarefa. Então, é preciso poder dizer para si mesmo: “Fiz do melhor modo que pude o dever que o Senhor me deu”. Nada mais.

É bom ter sempre em mente a idéia de que viemos a este mundo para nossa evolução espiritual. Se não o conseguirmos, não importará, mas tendo essa idéia em mente, nossa vida será certamente mais feliz, ou pelo menos mais suportável.

(Texto extraído do livro “A Prática da Meditação” – Swami Ritajananda – editora ECE).

Fonte: IPPB
Continuar lendo DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: FAZENDO O MELHOR POSSÍVEL EM BUSCA DA SUA MELHOR VERSÃO

AUTOCONHECIMENTO: CONSTRUA A LINHA DO TEMPO DA SUA VIDA COM METAS E PROPÓSITOS ALINHADOS COM A SUA EVOLUÇÃO

O texto a seguir, “A linha do tempo de sua vida”, vem te acionar a fazer uma reflexão sobre a sua trajetória aqui nessa experiência de vida. Sobre sua missão, sobre desenvolver os seus talentos, fazer o seu melhor e alcançar a sua melhor versão. A evolução não para mais de chama-lo quando você se conecta com ela. Ative o seu caminho de vida com toda a vitalidade que você quer vivenciar, siga em frente e não pare mais. Convido você a ler o texto a seguir e expanda sua consciência!

A linha do tempo de sua vida

Mulher negra sorrindo olhando o horizonte.
rido / 123rf

A sua vida corresponde a tudo o que acontece nela. Você é essencial neste contexto! Você é um ser especial, por isso foi escolhido para cumprir uma missão terrena. Exatamente há alguns anos, você nascia. Exatamente há alguns anos, você recebia a oportunidade de vir para a Terra fazer o seu melhor, expandir os seus talentos e criar mais evolução em seu caminho. Você é um ser que está destinado a evoluir. A evolução é a base para todos os tempos e todos os momentos. A sua vida depende de você e da evolução que vai conseguir em todo esse tempo.

É o seu tempo. É a sua vida. É você em movimento, por isso não fique paralisado com absolutamente nada. Tenha fé e caminhe na direção em frente. Siga o seu caminho rumo à evolução. A cada novo dia que vier, gerencie tudo o que acontece nele para que você possa aproveitar ao máximo cada etapa e, assim, evoluir continuamente. A evolução não para mais de chama-lo quando você se conecta com ela. Ative o seu caminho de vida com toda a vitalidade que você quer vivenciar. Acredite ser o grande merecedor de tudo isso. Acredite ser a pessoa ideal para executar todas as suas tarefas. Você está em missão e, por mais que tenha dúvidas e sentimentos de incerteza, confie muito no seu caminho de vida. Se fosse para você fazer algo “pequeno”, você não estaria na Terra com esse objetivo.

Ser grandioso é viver com toda a intensidade do seu Eu Interior em uma vida que vale a pena. A vida realmente é valiosa para quem se conectou com a essência dela. É a vida que vibra em seu ser. Todo o tempo, você está direcionado para a sua vida. Não se esqueça disso. Você precisa se manter conectado, pois a direção mais adequada é aquela que leva você ao seu coração. A alma se torna valiosa quando reconhece a preciosidade da vida. Com isso, surgem o respeito, o amor, a paz, a gratidão, a felicidade e a naturalidade.

Mulher branca com as mãos juntas e olhos fechados.

Marcos Paulo Prado / Unsplash

Essa linha do tempo está sendo construída por você. É você que vivencia a doce experiência da Terra. Viver nela é se oportunizar a experiência de viver o que vier, acolher, transformar e enriquecer. As verdadeiras riquezas são destinadas ao âmbito espiritual. Somos seres espirituais vivenciando no Planeta Terra. O mundo material é por um período. O mundo real mesmo é o espiritual. Precisamos contemplar o mundo espiritual que habita o nosso ser.

Valorizar o tempo e cada momento é saber que a vida é feita de riqueza e, com isso, respeitamos o tempo que estamos aqui e vivenciamos com toda a nossa intensidade, harmonia e amorosidade. Para viver bem, é necessário utilizar o tempo e construir uma grande linha do tempo que faça da sua vida uma imensidão de metas e de propósitos alinhados com a evolução. Todos os dias são dias para vencer os desafios que vão aparecer para que nós possamos evoluir mais. Gratidão para esses momentos e poder pessoal para trabalhar na direção do melhor. Você pode fazer isso. Você nasceu para fazer isso.

Escrito por Karina Schuler

Amor & Luz!
Gratidão!

Abraço Fraterno,
Karina Schuler
Especialista em Psicologia Corporal e Treinamentos com Bioenergética

Fonte: Eu Sem Fronteiras

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: CONSTRUA A LINHA DO TEMPO DA SUA VIDA COM METAS E PROPÓSITOS ALINHADOS COM A SUA EVOLUÇÃO

Fim do conteúdo

Não há mais páginas para carregar

Fechar Menu
×

Carrinho