Blog do Saber, Cultura e Conhecimento!

AUTOCONHECIMENTO: INCOMPATIBILIDADE DE GÊNIOS EXISTE? POR WAGNER BRAGA

No vídeo desta sexta-feira, aqui na coluna AUTOCONHECIMENTO assinada por Wagner Braga, ele trás um questionamento muito importante para REFLEXÃO de todo e qualquer ser humano: existe incompatibilidade de gênios? O autor afirma que não existe incompatibilidade de gênios e explica o motivo pelo qual não existe essa tal incompatibilidade de gênios. Assista ao vídeo e saiba o porquê!

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: INCOMPATIBILIDADE DE GÊNIOS EXISTE? POR WAGNER BRAGA

DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: A CARIDADE É O NOSSO GUIA PRINCIPAL DE CONDUTA PARA ALCANÇARMOS A NOSSA MELHOR VERSÃO

O texto escolhido para a nossa REFLEXÃO desta quinta-feira, aqui na coluna DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL tem como destaque o tema CARIDADE. Ele nos chama a refletir sobre a importância da caridade para a nossa evolução espiritual e compreender que ela é o nosso guia principal de conduta para alcançarmos a nossa melhor versão. Leia o artigo completo a seguir, reflita e faça o seu juízo de valor!

Um dia é pouco para a caridade!

Pessoas brancas segurando coração de papel.

bee32 / 123rf

Quando pensamos em caridade, é impossível não lembrar das palavras de São Paulo:

“Se eu falar as línguas dos homens e dos anjos, e não tiver caridade, sou como o metal que soa, ou como o sino que tine. E se eu tiver o dom de profecia, e conhecer todos os mistérios, e quanto se pode saber; e se tiver toda a fé, até a ponto de transportar montanhas, e não tiver caridade, não sou nada. E se eu distribuir todos os meus bens em o sustento dos pobres, e se entregar o meu corpo para ser queimado, se, todavia, não tiver caridade, nada disto me aproveita. A caridade é paciente, é benigna; a caridade não é invejosa, não obra temerária nem precipitadamente, não se ensoberbece, não é ambiciosa, não busca os seus próprios interesses, não se irrita, não suspeita mal, não folga com a injustiça, mas folga com a verdade. Tudo tolera, tudo crê, tudo espera, tudo sofre.”

Essa passagem do Evangelho nos dá a verdadeira dimensão do que é a caridade e como é trabalhoso conseguir ser caridoso. A caridade exige um grau de autoconhecimento enorme. Exige de nós a nossa melhor parte, aquela que precisamos trabalhar incessantemente.Homem negro segurando caixa escrito "donations".

cottonbro / Pexels

A caridade exige um grau de autoconhecimento enorme.

Antes de Paulo, Jesus nos deixou a máxima: “Fora da caridade não há salvação”, como guia principal de conduta. Conduzir nossas ações ponderando essa lição nos coloca diante de virtudes baseadas no amor, na fé, na benevolência e são essas virtudes que nos conduzem à evolução da alma.

A caridade é a benevolência, é a piedade, é a compaixão que se tem pela dor do outro. É compreender com o coração o que faz o outro sofrer. Sentir o que ele sente, colocar-se em seu lugar para iluminar a própria visão que se tem do outro. O mais importante no ato de ser caridoso é sentir-se parte do outro, é compreender que todos somos feitos da mesma essência.

A caridade nos faz enxergar além do próprio umbigo, nos faz buscar o que existe de mais divino dentro de nós. Mais do que não fazer o mal ao outro, é fazer o bem. Saímos da zona de conforto em benefício do outro, deixamos os nossos interesses pelos interesses dos outros e, mesmo que não tenhamos consciência, quando cuidamos do outro, cuidamos de nós mesmos.

Ser caridoso exige ação. O conhecimento sem a ação não é nada! Não nos leva a lugar algum.

Entretanto, observar como fazemos essa caridade é ainda mais importante. Se deixarmos o orgulho vir primeiramente, a caridade não tem valor algum. Se a caridade só tiver o objetivo de mostrar o quanto se é bom, não atingiu seu objetivo. A verdadeira caridade é amor, é velada, é aquela que não humilha, que não inferioriza ninguém.

A caridade está em suprir os que necessitam de coisas materiais? Sim, se essa é a necessidade. Que mãe que não tem o que dar de comer ou vestir aos filhos que não se sente feliz e agradecida por receber o suprimento? Quem não se sente abençoado quando percebe que o outro sentiu sua dor? Mas, existem outras formas de ser caridoso. Dar um sorriso, escutar alguém, visitar um doente, abraçar aquele que se sente triste, são tantas formas de colocar o amor em prática. O conceito cristão da caridade é ser o sujeito de qualquer atitude que gere impacto positivo na vida de alguém, seja por atos, palavras ou até mesmo pensamentos positivos emitidos para alguém. Enviar luz àquele que precisa.

Parece estranho, mas também precisamos ser caridosos com nossas próprias dificuldades, é preciso olhar para nossas próprias fraquezas e defeitos como oportunidades de aprendizado, sem vitimismo, sem culpa, sem cobranças, sentimentos que só nos colocam mais para baixo, que só nos trazem mais desalento e dificuldade de se erguer diante de uma situação difícil. Ser caridoso conosco é compreender e olhar bem para dentro de si próprio e perceber o que precisamos mudar.

Pessoas trabalhando em projeto social.
Julia M Cameron / Pexels

Enfim, se conseguirmos pautar nossas atitudes na máxima: “Amar o próximo como a si mesmo: fazer pelos outros o que quereríamos que os outros fizessem por nós” (Evangelho Segundo o Espiritismo, cap. XI), já será um grande avanço.

A prática da caridade será a forma mais rápida de conhecer a verdadeira felicidade.

Fonte: eusemfronteiras

Continuar lendo DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: A CARIDADE É O NOSSO GUIA PRINCIPAL DE CONDUTA PARA ALCANÇARMOS A NOSSA MELHOR VERSÃO

REFLEXÃO: A HISTÓRIA DO REI E DAS DUAS ÁGUIAS, POR CAMILA ZEN

Quando sentimos que a vida nos dá uma rasteira, a primeira coisa que nos vem a cabeça é nos sentir injustiçados. Mas o nosso conhecimento é limitado, não temos ideia de como acontecimentos de agora vão nos afetar no futuro. Tanto os acontecimentos que julgamos bons, quanto os que julgamos ruins. A vida tem um jeito de nos guiar, nos impulsionar, que a maioria das vezes não conseguimos entender. Esse é um conto que nos ajuda a entender como, muitas vezes, as coisas que parecem ruins no momento, são necessárias pra nos fazer aprender, crescer e nos tornar capazes de viver a vida que sonhamos, e dar certos passos necessários pra isso, mas que às vezes não temos coragem. Confia na sua jornada, confia em você! E use cada oportunidade pra aprender e crescer em direção aos seus sonhos.

Fonte:

Continuar lendo REFLEXÃO: A HISTÓRIA DO REI E DAS DUAS ÁGUIAS, POR CAMILA ZEN

DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: A SIMBOLOGIA E O SIGNIFICADO DOS RITOS DE PASSAGEM

O texto a seguir sobre Ritos de Passagem fala sobre as diversas fases da vida pelas quais passamos, desde a nossa infância, passando pela adolescência, entrando na fase adulta, até a velhice, em que todas elas têm sua simbologia e importância. Esses momentos de transição, transformação, crescimento e empoderamento podem acontecer de forma mais consciente, auxiliando, portanto, na caminhada da vida e no bem da sociedade como um todo. Portanto convido você a ler o texto completo a seguir, refletir e fazer o seu juízo de valor.

Ritos de Passagem

Os ritos de passagem auxiliam os seres humanos a compreenderem seu lugar no mundo e na sociedade. Trazem uma sensação de segurança, pertencimento, continuidade, aceitação, participação, orientação, e nos contam sobre de onde viemos, onde estamos e para onde vamos.

Esses momentos de transição, transformação, crescimento e empoderamento podem acontecer de forma mais consciente, auxiliando, portanto, na caminhada da vida e no bem da sociedade como um todo. Podem também passar desapercebidos, fazendo com que muitas vezes caiamos num modelo de vida automático, em que não nos questionamos sobre quem somos de fato e o que estamos fazendo no mundo.

Hoje em dia, poucos ritos ainda existem e, em sua grande maioria, são vazios de conteúdo e de profundidade, cumprindo apenas papéis de compromisso social. Como consequência, observa-se uma sociedade com sua base desestruturada, desequilibrada e descompromissada com os valores mais básicos, como o respeito e a verdade, uma sociedade deveras desconectada da terra e do porque estamos habitando o planeta.

O nascimento, tanto para o bebê como para a mãe e para o pai; as mudanças de setênio, de acordo com a Antroposofia; a primeira menstruação para as mulheres; o rito de transição dos meninos para a fase adulta, por volta dos 13, 14 anos; o batismo; o casamento; a separação; a menopausa; o ano novo; a morte e alguns rituais iniciáticos dentro de sendas espirituais são alguns exemplos de ritos de passagem.

Se imbuídos de uma forma mais compromissada e verdadeira, esses ritos de passagem poderiam ofertar um senso maior de pertencimento, direcionamento e interligação individual e coletiva, com tudo o que existe na Terra, e na importância de cada indivíduo na teia da vida.

Os ritos podem ser simples e simbólicos. O importante é que estejam conectados com o coração e com as mudanças de ciclos. São momentos de desprendimento, de morte e renascimento. De deixar ir, de criar espaço interno e na vida para que o novo venha. De honrar tudo o que se viveu e ter uma oportunidade de recomeçar. Quando sabemos onde estamos, podemos voar com mais entrega e plenitude.

Como dizia Gandhi, seja a mudança que você quer ver no mundo. Nesse caso, comece a fazer pequenos rituais em sua casa, com sua família. Por exemplo, se você tem uma filha mulher, quando ela começar a menstruar, explique para ela sobre a importância, o poder e a beleza de ser uma mulher cíclica, de entregar o sangue de volta à terra.

Se você pensa em casar, reflita internamente o que isso representa em sua vida e crie um ritual que traga elementos que simbolizem essa importância. Se você se separou de um relacionamento, reflita sobre tudo o que tal experiência lhe trouxe, honrando as dores e as alegrias vividas, libertando o outro em todos os planos, para, assim, libertar a si mesma, curando as feridas existentes, preparando-se para um recomeçar.

Lembre-se sempre que os ritos vêm trazer leveza, beleza e direção. Que podem ser inseridos em sua jornada, na medida que fizerem sentido para você. Os ritos de passagem honram o passado, nos trazem para o momento presente e constroem um futuro melhor para nós e para toda a humanidade.

Escrito por Joana Netz
Continuar lendo DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: A SIMBOLOGIA E O SIGNIFICADO DOS RITOS DE PASSAGEM

ARTIGOS: APRENDENDO AMAR SEMPRE EM BUSCA DA SUA MELHOR VERSÃO, POR WAGNER BRAGA

Dizem que a coisa mais valiosa que levamos dessa vida são as experiências dos relacionamentos que tivemos, que geraram aprendizados incríveis. Experiências ricas, recheadas de muito sentimento e fortes emoções. Para as pessoas mais evoluídas essas experiências são o seu maior patrimônio, visto que são conscientes que o que viemos edificar não foi torres de marfim ou templos banhados a ouro, mas aprender a amar incondicionalmente. E esse aprendizado diário é elaborado a base de dor e sofrimento, pois é sob essa égide que vivenciamos as experiências no plano tridimensional. Mas o objetivo é superar essa fase evolutiva e nos livrarmos definitivamente da dor e do sofrimento encarando e adentrando no desconhecido sem medo de ser feliz. É como o atleta de alta performance que supera todas as dores e medos para alcançar o pódio em uma competição e celebrar a vitória. O Autoconhecimento é indispensável, pois é o único caminho rumo a liberdade suprema. Para as pessoas menos evoluídas essas experiências são comparadas a um martírio, pois elas não têm a consciência e a visão que as mais evoluídas têm do êxtase após a superação das dores e limitações do corpo e da mente.

Para aquele atleta o coisa mais valiosa não é a medalha de ouro conquistada, mas a sua própria superação. A sensação do dever cumprido, da meta alcançada, da sua auto performance e da certeza que você sempre pode melhorar, é só querer. Portanto, acredite sempre em si, no seu poder pessoal e sua própria responsabilidade de transformar a sua vida em algo melhor dia a dia, caminhando sempre em busca da sua melhor versão em todos os aspectos da vida.

Continuar lendo ARTIGOS: APRENDENDO AMAR SEMPRE EM BUSCA DA SUA MELHOR VERSÃO, POR WAGNER BRAGA

REFLEXÃO: A AUSÊNCIA DA MENTE QUE NOS LEVA AO ENCONTRO DA NOSSA ESSÊNCIA

O texto que publicamos hoje, aqui na coluna REFLEXÃO é de autoria de Eckhart Tolle e sendo ele quem é não poderia deixar de ser algo para uma profunda REFLEXÃO,  pois vai de encontro ao que nós temos de mais puro, belo e pessoal: a nossa essência, o nosso Eu Cósmico. Por isso lhe convido a ler essa maravilha de texto e depois refletir profundamente sobre o assunto!

Um hiato de ausência da mente

 em 

 

Um grande desafio é calar a mente. Aquela que, sem mais nem menos, começa a nos atribuir pensamentos e ideias que são exatamente contrárias ao nosso real desejo. E se, por ventura, dermos atenção à ela, é certeza de que o monstrinho que vai se criando dentro de nós, se torne imenso a ponto de nos levar ao pessimismo total, ansiedade e depressão. Quando conseguimos identificar esta invasão, podemos calar a mente, ou ao menos não deixar que tome proporções que certamente vão nos prejudicar. O texto que segue é do livro O Poder do Agora, de Eckhart Tolle. Este trecho nos convida a perceber a dimensão de nosso poder. Espero que apreciem.

“Quando escutar um pensamento, esteja ciente não só do pensamento, mas também de si próprio como testemunha do pensamento. Surge então uma nova dimensão de consciência. E, enquanto ouve o pensamento, sentirá uma presença consciente – a do seu eu mais profundo – por trás do pensamento, subjacente a ele. O pensamento perderá então o poder que tem sobre si e rapidamente abrandará, porque você deixou de estimular a mente através da sua identificação com ela. É o começo do fim do pensar involuntário e compulsivo.

Quando um pensamento abranda, você sente uma descontinuidade no caudal da mente – um hiato de ausência de mente. Ao princípio, os hiatos serão curtos, talvez de alguns segundos, mas gradualmente tornar-se-ão mais prolongados. Quando esses hiatos ocorrem, você sente uma certa quietude e uma certa paz dentro de si. É o início do seu estado natural de união sentida com o Ser, a qual é geralmente ofuscada pela mente. Com a prática, a sensação de quietude e de paz será mais profunda. De facto, a sua profundidade não tem fim. Sentirá igualmente uma subtil emanação de alegria a surgir bem do fundo de si: a alegria do Ser.”

Luz e Paz!

Fonte: Sabedoria Universal

Continuar lendo REFLEXÃO: A AUSÊNCIA DA MENTE QUE NOS LEVA AO ENCONTRO DA NOSSA ESSÊNCIA

CIÊNCIAS: QUAL A RELAÇÃO ENTRE VIVER MAIS E SER SAUDÁVEL?

É sabido que a longevidade, de uma maneira geral vem aumentando paulatinamente. Entretanto o que devemos considerar realmente como anos saudáveis na vida de uma pessoa? Se levarmos em consideração que a saúde integral é a composição da saúde mental, física, emocional e espiritual, quem realmente é plenamente saudável? O artigo a seguir pode esclarecer a você essa questão. 

O número de anos saudáveis ​​que uma pessoa vive está aumentando, em média

 

O número de anos saudáveis ​​que uma pessoa vive está aumentando, em média, mesmo para pessoas com condições crônicas comuns, de acordo com um novo estudo.

Houve avanços na área da saúde nas últimas décadas, o que significa que muitas pessoas com condições crônicas de saúde estão vivendo mais.

No novo estudo, os pesquisadores queriam determinar se essa extensão da vida envolve um aumento de anos com ou sem deficiência. A equipe analisou dados de dois grandes estudos populacionais de pessoas com 65 anos ou mais na Inglaterra.

Os estudos, os Estudos de Função Cognitiva e Envelhecimento (CFAS I e II) envolveram entrevistas de linha de base com 7.635 pessoas em 1991-1993 e com 7.762 pessoas em 2008-2011, com dois anos de acompanhamento em cada caso.

Tanto para pessoas saudáveis ​​quanto para aquelas com problemas de saúde, a média de anos de expectativa de vida livre de deficiência (DFLE) aumentou de 1991 a 2011. No geral, os homens ganharam 4,6 anos na expectativa de vida (IC 95%: 3,7—5,5 anos, p<0,001 )) e 3,7 anos em DFLE (IC 95%: 2,7— 4,8, p<0,001)). Homens com doenças como artrite, doença cardíaca coronária, acidente vascular cerebral e diabetes ganharam mais anos no DFLE do que anos com deficiência. As maiores melhorias no DFLE em homens foram observadas para aqueles com dificuldades respiratórias e aqueles que vivem pós-AVC.

Entre 1991 e 2011, as mulheres experimentaram um aumento na expectativa de vida aos 65 anos de 2,1 anos (IC 95%: 1,1-3,0 anos, p<0,001), e um aumento no DFLE de 2,0 anos (IC 95%: 1,0-2,9 anos, p<0,001).

Semelhante aos homens, a maior melhora na expectativa de vida para mulheres com condições de longo prazo ocorreu em anos sem deficiência. No entanto, as mulheres com comprometimento cognitivo experimentaram um aumento na expectativa de vida com incapacidade (1,6 anos, IC 95%: 0,1-3,1, p = 0,04) sem qualquer melhora no DFLE.

Homens com comprometimento cognitivo experimentaram apenas um pequeno aumento no DFLE (1,4 anos, IC 95%: -0,7-3,4, p = 0,18) com um aumento na expectativa de vida com incapacidade que foi comparável em magnitude (1,4 anos, IC 95%: 0,2 -2,5, p=0,02).

Portanto, aos 65 anos, a porcentagem de anos restantes de vida que foram gastos sem deficiência diminuiu para homens com comprometimento cognitivo (diferença CFAS II-CFAS I: -3,6%, intervalo de confiança de 95% (IC): -8,2-1,0, p=0,12) e mulheres com déficit cognitivo (diferença CFAS II—CFAS I: -3,9%, IC 95%: -7,6—0,0, p=0,04).

“Embora esses resultados sejam principalmente positivos, encontramos um aumento na porcentagem de anos restantes gastos com deficiência para homens e mulheres com deficiência cognitiva. Dado que o comprometimento cognitivo também foi a única condição de longo prazo em que a prevalência diminuiu, isso é motivo de preocupação e requer mais investigação”, dizem os autores.

Fonte: PLOS ; Imagem em destaque: Maria Madalena, licença CC

Fonte: Good News Network

Continuar lendo CIÊNCIAS: QUAL A RELAÇÃO ENTRE VIVER MAIS E SER SAUDÁVEL?

REFLEXÃO: QUANDO O SOFRIMENTO BATER À SUA PORTA, POR PADRE FÁBIO DE MELO

A nossa REFLEXÃO desta sexta-feira é por conta do Padre Fábio de Melo, que nos esclarece qual o papel do sofrimento nas nossas vidas enquanto seres mortais, materiais, vivendo nesse plano tridimensional da dor e do sofrimento. Convido você para ler o texto a seguir, refletir e fazer seu juízo de valor.

Dor e Sofrimento

Quando o sofrimento bater à sua porta

O sofrimento não é um estado definitivo, ele pode ser ponte e local de travessia

Sofrer é como experimentar as inadequações da vida, e elas estão por toda parte. São geradas pelas nossas escolhas, mas também pelos condicionamentos dos quais somos vítimas. Sofrimento é destino inevitável, porque é fruto do processo que nos torna humanos. O grande desafio é saber identificar o sofrimento que vale a pena ser sofrido.

Perdemos boa parte da vida com sofrimentos desnecessários, resultados de nossos desajustes, precariedades e falta de sabedoria. São os sofrimentos que nascem de nossa acomodação, quando, por força do hábito, acostumamo-nos com o que temos de pior em nós mesmos.

Administrar os problemas que nos afetam

Perdemos a oportunidade de saborear a vida só porque não aprendemos a ciência de administrar os problemas que nos afetam. Invertemos a ordem e a importância das coisas. Sofremos demais por aquilo que é de menos. Sofremos de menos por aquilo que seria realmente importante sofrer um pouco mais.
Sofrer é o mesmo que purificar. Só conhecemos verdadeiramente a essência das coisas à medida que as purificamos. O mesmo acontece na nossa vida. Nossos valores mais essenciais só serão conhecidos por nós mesmos se os submetermos ao processo da purificação.
Talvez, assim, descubramos um jeito de reconhecer as realidades que são essenciais em nossa vida. É só desvendarmos e elencarmos os maiores sofrimentos que já enfrentamos e quais foram os frutos que deles nasceram. Nossos maiores sofrimentos, os mais agudos. Por isso se transformam em valores.
O sofrimento parece conferir um selo de qualidade à vida, porque tem o dom de revesti-la de sacralidade, de retirá-la do comum e elevá-la à condição de sacrifício.
Sacrifício e sofrimento são faces de uma mesma realidade. O sofrimento pode ser também reconhecido como sacrifício, e sacrificar é ato de retirar do lugar comum, tornar sagrado, fazer santo. Essa é a mística cristã a respeito do sofrimento humano. Não há nada nesta vida, por mais trágico que possa nos parecer, que não esteja prenhe de motivos e ensinamentos que nos tornarão melhores. Tudo depende da lente que usamos para enxergar o que nos acontece. Tudo depende do que deixamos demorar em nós.
Spinoza escreveu: “Percebi que todas as coisas que temia e receava só continham algo de bom ou de mau à medida em que o ânimo se deixava afetar por elas. O filósofo tem razão. A alegria ou a tristeza só poderão continuar dentro de nós à medida que nos deixarmos afetar por suas causas. É questão de escolha. Dura, eu sei; difícil, reconheço, mas ninguém nos prometeu que seria fácil.

A situação não precisa determinar o fracasso

Se hoje a vida lhe apresenta motivos para sofrer, ouse olhá-los de uma forma diferente. Não aceite todo esse contexto de vida como causa já determinada para o seu fracasso. Não, não precisa ser assim.
Deixe-se afetar de um jeito novo por tudo isso que já parece tão velho. Sofrimentos não precisam ser estados definitivos, eles podem ser apenas pontes, locais de travessia. Daqui a pouco, você já estará do outro lado, modificado e amadurecido.
Certa vez, um velho sábio disse ao seu aluno que, ao longo de sua vida, ele descobriu ter dentro de si dois cães: um bravo e violento; outro manso e muito dócil. Diante daquela pequena história, o aluno resolveu perguntar: “Qual é o mais forte?”. O sábio respondeu: “O que eu alimentar”. O mesmo se dará conosco na lida como os sofrimentos da vida. Dentro de nós haverá sempre um embate estabelecido entre problema e solução. Vencerá aquele que nós decidirmos alimentar.

Fonte: PeFábio de Melo

Continuar lendo REFLEXÃO: QUANDO O SOFRIMENTO BATER À SUA PORTA, POR PADRE FÁBIO DE MELO

DICA DE LIVRO: PROPÓSITO DE SRI PREM BABA

Quarta-feira é dia de dica de livro. Livros que, normalmente eu já tenha lido e adorado. É certo que gosto não se discute e que cada um tem o seu. Mas como o meu gosto por leitura é bastante eclético, estou dando dica de temas variados para que agrade a todos os leitores.
Hoje vou indicar um livro que, particularmente amei, me identifiquei muito com o tema e que veio realizar uma revolução na minha consciência.
O livro cujo título é PROPÓSITO, a coragem de ser quem somos, de autoria de Sri Prem Baba.
Neste livro, Sri Prem Baba expande o diálogo amoroso a que sempre se propôs, abordando temas que têm a ver com os anseios mais íntimos do ser humano.
Aqui o leitor vai vislumbrar o horizonte de um trajeto precioso que o levará ao interior de si mesmo. Quando chegar ao seu destino, encontrará o Propósito de sua existência. Essa viagem será vigorosa, transformadora e única, mas poderá ser realizada com serenidade.
Sri Prem Baba é um mestre em ensinar o caminho do amor que renova os fundamentos da existência e pode alterar os rumos da vida pessoal e coletiva. O líder humanitário afirma que “não somos uma gota d’água no oceano”, pois “o amor nos faz ser o próprio oceano”. Também explica que a paisagem interna deverá ser esquadrinhada para que possamos discernir amorosamente qual é o nosso papel no mundo.
O livro está dividido em sete partes. Ao longo das seis primeiras, que tratam do nascimento à transcendência, o leitor encontrará as coordenadas para fazer a própria viagem interior. Na sétima, aprenderá as chaves práticas que vão guiar suas descobertas rumo ao despertar do amor.

Fonte: Acervo particular

Continuar lendo DICA DE LIVRO: PROPÓSITO DE SRI PREM BABA

ARTIGOS: CORAÇÃO, INTUIÇÃO E GRATIDÃO, UM ATALHO PARA A VIDA PLENA

O destaque da nossa coluna AUTOCONHECIMENTO desta quarta-feira é um trecho do meu novo livro “Coração, Intuição e Gratidão, um atalho para a vida plena”, que enfatiza a importância de nos afastarmos da força do ego e sairmos da zona de conforto para que possamos crescer espiritualmente e expandir a consciência e deixar para trás as nossas crenças limitantes. Então convido você a ler essa passagem e assistir ao vídeo a seguir!

Saia da sua zona de conforto para uma vida melhor

Não é fácil não entrar na zona de conforto. Eu sei disso. Mas precisamos acima de tudo ter disciplina em todos os hábitos para não cairmos nessa armadilha. Por isso a importância de desenvolvermos o nosso lado espiritual. A importância de entrarmos em contato com o nosso ‘self’, o nosso ‘eu interior’.

Venho dizendo nas minhas publicações do Blog do Saber que este é um caminho sem volta. Pode ser que alguém ache que esse caminho é tortuoso e ruim. Mas é exatamente ao contrário. Ele vai nos levar a um estado de espírito nunca imaginado antes, onde não haverá dor, cansaço, tristeza, sofrimento nem doença. Mas para alcançarmos isso as palavras-chave são: Crença e Disciplina.  Crença no nosso próprio ilimitado poder, que se encontra no nosso inconsciente e no nosso interior. O nosso Eu Superior, nosso Eu Cósmico. Ele sim tem condições de nos conduzir para um plano onde não precisaremos mais estar presos à matéria, ao nosso EGO. Quanto a Disciplina, muita gente confunde com sofrimento.

Portanto quando aparentemente nos sacrificamos deixando de fazer algo prazeroso para nos pouparmos pensando na nossa saúde, bem-estar, longevidade, evolução e no nosso crescimento espiritual, na verdade quem está nesse estágio evolutivo não considera nem sente tais “privações” como sacrifício e sim como uma compensação. Ele sabe que aquela “privação” inicial nada mais é do que uma compensação para obter mais na frente a liberdade total e plena.

Portanto, na minha visão e entendimento o grande vilão, em última análise, que impede ou atrasa o processo de crescimento espiritual e a nossa jornada evolutiva é a tal zona de conforto, capitaneada pelo EGO preguiçoso. Sim, pois até quando nos esquivamos de estudar, ganhar conhecimento através da leitura; quando nos recusamos a conhecer o desconhecido, porque achamos que já sabemos coisas demais ou até mesmo porque temos receio de descobrir algo que possa nos assustar ou por dúvidas na nossa mente, enfim; quando impomos limites ao nosso aprendizado, estamos resistindo a sair da zona de conforto e nos recusando a enxergar as coisas que, normalmente, não enxergamos com os cinco sentidos e, desta forma, retardando o nosso processo evolutivo. Se não tomarmos consciência disso o quanto antes teremos problemas e muita perda de tempo nessa fantástica jornada.

Coração, Intuição e Gratidão, um atalho para a vida plena

Continuar lendo ARTIGOS: CORAÇÃO, INTUIÇÃO E GRATIDÃO, UM ATALHO PARA A VIDA PLENA

AUTOCONHECIMENTO: O JULGAR É INTRÍNSECO DO SER HUMANO. POR ISSO DEVEMOS NOS POLICIAR

O julgar! É intrínseco do ser humano julgar as pessoas, julgar o outro e as coisas, pois é o princípio da cognição e do livre arbítrio. A partir do momento que temos condições de, ao ver um objeto qualquer ou alguém que não conhecemos, é natural, nos questionarmos sobre, com perguntas como: essa pessoa é homem ou mulher? Se for homem tem trejeito de mulher! Se for mulher é muito feia! E por ai vai. Esses questionamentos são o start para você formar uma opinião ou um conceito daquela pessoa e isso se chama julgamento. Por isso precisamos ter muito cuidado para não fazermos juízo de valor das pessoas sem antes conhece-la. É sobre isso que trata o texto a seguir, que eu te convido a ler e se aprofundar nesse assunto!

Atenção ao que diz, ao que julga

Boca de uma mulher aberta e dela estão saindo várias letrinhas.

lassedesignen / 123RF

Muitas pessoas não conseguem compreender porque outras pessoas caminham muito bem, obtendo sucesso nos relacionamentos, na família e na atividade profissional e, por não entenderem, sempre querem o ouro do outro, em vez de fabricarem o seu próprio. Querem, entretanto se esquecem de que existe a Lei Divina e o equilíbrio Universal e que, acima do Absoluto, não há nada.

Quando você vive na sua verdade e no seu caminho, ninguém e nada se colocará à sua frente. Em determinados momentos, podem perturbar, podem “mostrar os dentes”, podem mexer em algo, porém jamais tocarão em você, jamais!

Por isso nunca saia da sua verdade, nunca deixe um só dia de fazer uma oração, de meditar ou de realizar qualquer outro movimento do campo espiritual.

Quanto mais você se concentrar nisso, mais de forma natural você fará, isto é, no seu diário viver, porque sua espiritualidade é demonstrada todos os dias e a todos os instantes de sua vida. Uma das primeiras atitudes para se fazer isso é não julgando, não colocando culpa nos outros, simplesmente olhando para frente; sem olhar para trás, sem se lembrar de passado, sem olhar à direita ou à esquerda. Olhando sempre em frente você conseguirá transformar qualquer coisa.

A natureza humana julga e comenta. Então, quando você se “pegar” fazendo isso, simplesmente fale para você mesmo que não fará mais isso. Ao agir assim, você vai tocando, mudando essa energia e, automaticamente, um dia ela não habitará mais em você e, por conseguinte, você passará a viver numa dimensão superior. Tenha consciência de que o humano já é evoluído, entretanto acessa as dimensões superiores somente quando tiver ações, comportamentos e atitudes superiores, o que só conseguirá ter total compreensão ao buscar autoconhecimento.Homem meditando com um japamala.

THÁI NHÀN / Pexels

Nunca permita que passe pelos seus pensamentos cuidar da vida alheia, jamais se preocupe com o outro e se for fazer algum movimento, que seja para favorecer; fora isso, nenhuma outra intenção!

Mudando seus hábitos, suas ações e seus comportamentos, tudo acontece. Não julgue pessoas, coisas ou situações, ou seja, não faça nenhum tipo de julgamento. O “julgar” faz com que você retroceda, ande para trás e, quando você decide não mais julgar, você principia o seu caminhar, o seu andar natural rumo às realizações e à prosperidade.

Se você quiser favorecer alguém, tenha sempre muita atenção e só vá até onde tiver que ir; favoreça com a vara e o anzol, nunca com o peixe! Ou seja, nem sempre as pessoas querem ser favorecidas ou é justo a elas terem algum tipo de favorecimento. Por isso mostre o caminho, mas não queira fazer pela pessoa o que só ela deve fazer.

PUBLICIDADE

Permitindo que o outro viva o carma dele, que ele viva a experiência dele, você pode favorecê-lo mais do que se ajudasse. Você até pode amenizar uma situação, mas nunca se envolvendo, nunca penetrando na situação e nunca carregando fardos que não pertencem a você. Lembre-se do que sempre falo: largue as pedras.

É muito importante que você viva o seu caminho, não se permitindo sair uma vírgula, um ponto do que julga, dentro de você, como verdade para você mesmo.

O caminho da ALQUIMIA é um caminho intransponível, por isso creia em si próprio e jamais qualquer coisa contrária o tocará.

*Alcides Melhado Filho, alquimista, consultor, referência mundial em Ho’oponopono, gerador de conhecimento e escritor dos livros “Arte do Equilíbrio”, “O Ho’oponopono”, “A Chama Verde Limão”, “7 Lições para Mudar sua Vida” e “A Alquimia dos Relacionamentos”. Ministra cursos de Alquimia, Numerologia Pitagórica e Tarô Alquímico, workshops e palestras. Vídeos do Alquimista disponíveis no YouTube e Vimeo. Seu objetivo é promover equilíbrio emocional, físico, mental e espiritual. https://www.instagram.com/alcides_alquimista_/

Escrito por Arte do Equilíbrio
Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: O JULGAR É INTRÍNSECO DO SER HUMANO. POR ISSO DEVEMOS NOS POLICIAR

REFLEXÃO: NÃO DEIXE O MEDO TE PARALIZAR E ABRIR CAMINHO PARA A ENERGIA DENSA TE PENETRAR

Hoje temos uma bela REFLEXÃO para uma terça-feira de Carnaval sem Carnaval, aqui no Blog do Saber. O medo vibra  na faixa de 0,2 a 2,0 hertz, uma frequência muito baixa. Tão baixa quanto a do coronavírus que vibra entre 5,5 e 14,5 hertz. Portanto, não importa o que se apresente ao seu redor, há uma imensa força luminosa em você, com poder suficiente para impactar nossa realidade. Visualize sempre o melhor cenário. Seja um agente da luz. Atravesse o medo!

Atravesse a medo

 em 

 

“As forças da escuridão se alimentam do seu medo e não medem esforços em criar todo tipo de situações para levar você na direção dessa energia densa. Não permita que isso aconteça. Lembre-se de duas coisas muito importantes.

Há muita manipulação nas “informações” que nos são entregues todos os dias, no sentido de nos levar a um estado de caos. Assim, respire, espere antes de tirar conclusões, observe, sinta, permita que seu Eu Superior guie você. Não alimente a densidade. Seja soberano de si mesmo, da sua energia, daquilo que você vibra.

Outra coisa, nós somos cocriadores desta realidade, assim cuidado com o que diz, com o que acredita. Se você profetiza eventos destrutivos, você cede sua energia para que seres sem luz a usem para criá-los. (eles precisam de você para isso! )

Não importa o que se apresente ao seu redor, há uma imensa força luminosa em você, com poder suficiente para impactar nossa realidade. Visualize sempre o melhor cenário. Seja um agente da luz. Atravesse o medo!

Agora é a hora de colocar em prática tudo o que aprendemos. Somos seres espirituais. Escolham manter sua vibração elevada, confiando que tudo o que ocorre tem um sentido nesse poderoso e irreversível despertar planetário coletivo.

O medo é uma cortina de fumaça jogada sobre nós, para que não nos apropriemos do nosso poder. Não pare no meio dela. Siga, resoluto. Atravesse-a. Emane luz, mantendo-se equilibrado. Não seja tomado pelo caos. Vença o medo.

Sinta as bênçãos desse manto dourado da luz divina que está, agora mesmo, sobre todos nós.” (Patricia Gebrim)

Luz e Paz!

Fonte: Sabedoria Universal

Continuar lendo REFLEXÃO: NÃO DEIXE O MEDO TE PARALIZAR E ABRIR CAMINHO PARA A ENERGIA DENSA TE PENETRAR

ARTIGOS: SOMOS O QUE ACREDITAMOS SER, POR WAGNER BRAGA

2017. július 6.: Oroszlán Merkúr | Lilith Cadmon

Eu costumo dizer que tudo nessa vida é crença. Desde a hora que acordamos até a hora que vamos dormir, praticamente todas as nossas ações são baseadas nessa afirmação. Por exemplo, se você você escova os dentes após o café todos os dias é porque você acredita que aquela escovação vai manter seus dentes limpos e livres de cáries. Mas você pode retrucar dizendo que não é uma questão de crença, mas de cognição e lógica. Ora, se ao acordar estou com a boca cheia de bactérias que passaram a noite atuando nos meus dentes a escovação vai provocar uma limpeza e higienização da minha boca. Isso me parece óbvio.

Então eu lhe respondo que também parece algo muito óbvio que o nosso corpo precisa se exercitar. Além disso 10 de cada 10 médicos, sejam alopáticos, homeopáticos ou naturalistas, atualmente, indicam atividade física para o indivíduo se manter saudável. Entretanto na última pesquisa realizada pela OMS (Organização Mundial de Saúde) descobriu-se que apenas 20% das pessoas praticam algum tipo de atividade física. Enquanto isso, alarmantes 80% não praticam absolutamente nada, enquadrando-se como sedentárias. Só para ficar mais claro, são consideradas sedentárias as pessoas que não dedicam ao menos 75 minutos por semana a exercícios de alta intensidade, ou 150 minutos a atividades de intensidade moderada. Esse dado vale para qualquer idade ou sexo. Isso equivale a apenas 21,5  minutos por dia.

Por que será que isso acontece? Ora, ao se exercitar você está cuidando do seu corpo, assim como ao escovar os dentes. Talvez a imensa maioria das pessoas escove os dentes, pelo menos 2 vezes ao dia porque o mau hálito poderia espantar as pessoas. Dentes limpos, alvos e brilhantes atraem pessoas. Mas um corpo gordo, mal cuidado e/ou obeso também pode afastar as pessoas. O contrário invariavelmente atrai as pessoas, ou seja, um corpo bonito, bem cuidado e escultural já começou muitos relacionamentos. Isso não quer dizer que alguém que não escove os dentes todos os dias ou alguém que seja obeso não seja capaz de atrair pessoas para um relacionamento pessoal ou profissional. Sim, as vezes, isso acontece, mas não é regra.

Isso acontece porque as pessoas estabelecem padrões e acreditam nesses padrões. Assim como o dinheiro, o papel moeda tem seu valor porque as pessoas acreditam nisso. Por essa lógica e por esse prisma se você acreditar que é capaz de transformar a sua vida apenas acreditando piamente em algo, você consegue, pois o primeiro passo é o sonho, o segundo é o planejamento de como alcançar esse sonho e claro, com disciplina, o terceiro passo é a execução do que você sonhou, que também requer disciplina, porque nada é fácil nem de graça, mas tudo isso vale a pena quando você conquista o seu sonho e ele se transforma em realidade. Ai, então, só lhe resta celebrar, com um sorriso no rosto e muita satisfação.

Deixe as crenças limitantes para trás e crie as suas novas crenças, aquelas que te dão asas rumo a liberdade. Se você acredita que é águia não aja como uma galinha. Por isso acredite sempre nos seus sonhos e principalmente na sua capacidade de realizá-los. Nunca entregue essa responsabilidade a ninguém, pois você é 100% responsável pela sua realidade!

Continuar lendo ARTIGOS: SOMOS O QUE ACREDITAMOS SER, POR WAGNER BRAGA

AUTOCONHECIMENTO: AS DEFICIÊNCIAS GERALMENTE SÃO DÁDIVAS DE DEUS E NÃO CASTIGO

O texto que hoje publicamos, aqui na coluna AUTOCONHECIMENTO do Blog do Saber pode ser considerado uma dádiva de Deus para quem experimenta hoje a realidade de uma deficiência física ou mental. Pode ser a oportunidade de compreender o porquê dessa “aparente mente dura realidade”. Por isso convido você a ler o artigo completo a seguir, refletir e fazer o seu juízo de valor! 

Como o espiritismo explica as deficiências

Mulher branca numa cadeira de rodas.

Marcus Aurelius / Pexels

Falar em deficiências e doenças é sempre um assunto muito difícil. Todo mundo tem ou conhece alguém próximo que já nasceu com problemas genéticos. Questionamos sempre qual a razão disso acontecer? Por que Deus, que é bom e justo, permite que isso aconteça já que a pessoa não tem chances de reverter essa situação?

Segundo o Espiritismo, a vida material é apenas uma parte de nossa existência, que é eterna.

Na antiguidade, antes do advento da era cristã, a visão da deficiência era muito grotesca e desumana. Acreditava-se que os indivíduos que assim nasciam não agradavam aos deuses, não tinham alma e eram vistos como castigos. Eram esquecidos, escondidos e abandonados. Com a chegada da era cristã, isso mudou, pois Jesus nos trouxe o conceito de fraternidade.

A partir da disseminação dos ensinamentos de Cristo, as pessoas com deficiências passaram a ser mais respeitadas e aceitas. Aí temos o advento do Espiritismo que traz ao mundo uma visão expandida da vida, das provas que passamos, e apresenta o conceito da reencarnação.

A reencarnação nada mais é do que a nova oportunidade que Deus nos oferece para reparar os erros e excessos que cometemos em outras encarnações. Deus permite os sofrimentos e provas porque sabe que com eles aprendemos e progredimos. Mas, será que entendemos que a principal função da reencarnação é nos dar oportunidades para a evolução do nosso espírito a caminho da vida eterna, da vida espiritual?

Essa aceitação é fundamental para compreendermos e aceitarmos as deficiências físicas e mentais. Em cada encarnação recebemos um corpo que é um presente de Deus, e ele nos servirá para nos auxiliar no trabalho de nossa evolução. Deveríamos cuidar dele da melhor forma possível. Sem excessos, sem vícios.

Mulher negra deficiente visual.

Tima Miroshnichenko / Pexels

Toda enfermidade física ou mental é um resgate dos excessos que cometemos em algum momento de nossas vidas passadas. Ou seja, as deficiências são, então, resultado de nossas próprias escolhas!

  •        Resgate não é punição de Deus!
  •        Resgate é a oportunidade de trazer algo de volta. E esse algo é a nossa essência divina, bondosa, perfeita.

A falta de conhecimento ou da aceitação da reencarnação é que nos leva a uma interpretação equivocada das deficiências. Estamos aqui para aprender, passando por dificuldades, por deficiências, porque a cada um de nós é dado o remédio apropriado para nossa cura. Sem as deficiências, muitos espíritos não teriam a possibilidade de resgatar suas dívidas. Aprendemos pelo amor ou pela dor. E com certeza a segunda é nossa maior escola.

NA VISÃO ESPÍRITA, AS DEFICIÊNCIAS SÃO INSTRUMENTOS DE EVOLUÇÃO, SÃO DÁDIVAS, SÃO UM CAMINHO QUE NOS AJUDAM A REEQUILIBRAR NOSSAS ENERGIAS.

O livro “Deficiente Mental: por que fui um?” psicografado por Vera Lúcia Marinzeck de Carvalho, é um apanhado de relatos de diversos espíritos que nasceram ou ficaram deficientes ao longo da vida. É muito interessante e vale a pena ser lido. Em um dos relatos deste livro, há o seguinte comentário:

Pessoa branca numa cadeira de rodas.

Steve Buissinne / Pixabay

“Temos muitas oportunidades de voltar à Terra em corpos diferentes e que são adequados para o nosso aprendizado necessário. Quando há muito abuso, há o desequilíbrio, e para ter novamente o equilíbrio, tem de haver a recuperação. Quando se danifica o corpo perfeito, podemos, por aprendizado, tê-lo com anormalidades para aprender a dar valor a essa grande oportunidade que é viver por períodos em um corpo de carne. O acaso não existe, Deus não nos castiga, somos o que fizemos por merecer, e as dificuldades que temos encarnados são lições preciosas”.

Precisamos aceitar que o comportamento de cada indivíduo durante suas encarnações é determinante para o surgimento das deficiências em reencarnações seguintes. E, segundo a lei da ação e reação, cada tipo de deficiência física ou mental tem uma relação direta com o tipo de abuso que um espírito praticou na última encarnação.

Precisamos ter cuidado para não criar a falsa impressão que só nascem com deficiências espíritos inferiores. Isso não é verdade! Muitas vezes, espíritos extremamente inteligentes reencarnam com debilidades (físicas ou mentais) para expiar suas provas.

Um outro livro muito interessante é  “Jornada dos Anjos”, onde há o relato de um imperador que precisou reencarnar como deficiente físico e mental para não ter a oportunidade de exercer o poder político, correndo o risco de utilizá-lo para benefício próprio como fez nas encarnações passadas. E ainda, para não ser perseguido pelos inimigos espirituais de outras encarnações. Quando imperador, sua missão espiritual era a de fazer o Cristianismo crescer e se tornar uma doutrina verdadeira, voltada para o bem comum e para a caridade. Seduzido pelo poder, deixou sua missão para trás e, com isso, atrasou por séculos sua evolução.

Em 1985, em uma entrevista dada para Hebe Camargo e Nair Bello, Chico Xavier fala sobre a origem de alguns exemplos de deficiências na encarnação atual. Uma pessoa que se suicidou com uma bala na cabeça pode, por exemplo, sofrer na próxima encarnação das seguintes deficiências:

  •        Se atingiu a área da fala, poderá ser mudo
  •        Se atingiu a área dos olhos, poderá ser cego
  •        Se atingiu áreas mais complexas, poderá voltar com problemas mentais
  •        suicídio por afogamento, eczemas
  •        se enforcou, poderá ser paraplégico
  •        Se matou alguém e em seguida se matou, esquizofrenia

As deficiências também podem ser provas de altruísmo, ou seja, um espírito que aceita vir deficiente para ajudar aos outros. Deficiências que foram pedidas pelo espírito reencarnante para ajudar seus familiares. NESSE SENTIDO, a deficiência não é um resgate ou uma expiação para uma prova pessoal, mas pode ser também uma prova solicitada para ajudar aos pais a se espiritualizarem. A dedicação, a paciência, o devotamento e a perseverança que os pais têm que despender com o deficiente vão ajudá-los a evoluírem e a se espiritualizarem através do amor ao filho que necessita.

Sei que em um primeiro olhar é difícil, mas vamos buscar o que há de positivo nas deficiências. As deficiências fazem com que o ser humano descubra novas sensibilidades, virtudes e capacidades que estavam adormecidas. E quantos não são os casos de pessoas deficientes que extrapolam todos os limites e nos revelam atitudes de força, coragem, autoconfiança e alegria de viver, mesmo com uma série de limites?

Alguém já viu aquele rapaz sem braços e sem pernas, Nicholas James Vujicic, um australiano que é um pregador evangélico e palestrante motivacional?

As deficiências são desafios, uma escola para o deficiente e os cuidadores. Quanto maior o amor e dedicação daqueles que cuidam, maior será a chance de resgate de provas para ambos: deficiente e cuidador. Um ajuda ao outro a evoluir e concluir uma etapa da evolução. Nesse contexto, a família tem um papel fundamental, seja por ter recebido a missão de ajudar ao deficiente, seja por ter a chance de também resgatar suas provas.

Mulher branca com uma das pernas amputadas.

Anna Shvets / Pexels

Em uma de suas palestras, Divaldo Pereira Franco, diz que os pais de pessoas deficientes podem ter sido pessoas envolvidas diretamente com a forma como o espírito do atual deficiente conduziu sua vida. De alguma forma, colaboraram ou ainda foram imprevidentes e não conseguiram ajudar esse irmão que hoje tem na deficiência a oportunidade de resgate de seus erros. Através da reencarnação juntos, na mesma família, poderão desenvolver o amor, o carinho, a paciência, ajudando o deficiente em sua sobrevivência, reabilitação.

E como podemos agir perante a deficiência? Culpar a Deus pela situação não ajudará em nada, pelo contrário, só prejudicará e dificultará ainda mais a condição do deficiente e do cuidador. É preciso garantir um ambiente de muita oração, muita vibração positiva, buscando a fé em Deus para cumprir a missão, para que essa seja uma reencarnação redentora. Buscar auxílio em instituições que trabalhem com os deficientes, porque estão preparados para dar bons conselhos.

De tudo isso que falamos, independentemente de buscar conhecer os porquês, daquilo que provocou a deficiência nos dias atuais, é fundamental pensar no presente, enfrentando um dia de cada vez, buscando auxílio na fé e na esperança, e principalmente, compreendendo que a vida na Terra é apenas uma passagem.

Escrito por Silvia Jara

Fonte: Eu Sem Fronteiras

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: AS DEFICIÊNCIAS GERALMENTE SÃO DÁDIVAS DE DEUS E NÃO CASTIGO

AUTOCONHECIMENTO: SAIBA COMO QUEBRAR PARADIGMAS E DEIXAR AS CRENÇAS LIMITANTES PARA TRÁS, POR WAGNER BRAGA

As respostas para as mudanças que você quer na sua vida estão no seu eu intrínseco! No vídeo de hoje, falo sobre a mudança de paradigmas como forma de mudar de vida. Todos nós temos vários paradigmas e/ou crenças limitantes que nos acompanham ao longo da vida e nos atrapalham na nossa jornada evolutiva. Precisamos sair da inércia para quebrar esses paradigmas, através de uma reprogramação mental. Aprenda isso assistindo a esse vídeo e muitos outros no nosso canal do Youtube!

Fonte:

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: SAIBA COMO QUEBRAR PARADIGMAS E DEIXAR AS CRENÇAS LIMITANTES PARA TRÁS, POR WAGNER BRAGA

REFLEXÃO: UMA LINDA REFLEXÃO DE VIDA SOBRE ZONA DE CONFORTO

O destaque desta sexta-feira, aqui na coluna REFLEXÃO é uma história muito interessante sobre ZONA DE CONFORTO, que nos mostra como muitas vezes é necessário uma ruptura abrupta e radical para nos libertarmos da famigerada zona de conforto e sairmos da inercia, iniciando um novo ciclo de vida. Convido você a assistir ao vídeo completo a seguir, refletir e fazer o seu juízo de valor sobre isso.

Fonte:

Continuar lendo REFLEXÃO: UMA LINDA REFLEXÃO DE VIDA SOBRE ZONA DE CONFORTO

DICA DE LIVRO: A CORAGEM DE SE APAIXONAR POR VOCÊ DE GISELE MIRANDA

Como você já sabe, toda última quarta-feira do mês é dia de DICA DE LIVRO, aqui no Blog do Saber e é com muito orgulho e prazer que indico o livro A Coragem de se Apaixonar por Você da autora Gisele Miranda, minha colega de selo AUTORIDADE da Editora Gente. Um excelente livro de AUTOAJUDA E AUTOCONHECIMENTO para te ajudar a crescer nessa jornada evolutiva. A seguir o resumo do conteúdo do livro.

Seja você, identifique e valorize os seus pontos fortes, conte com a sua rede de apoio. Não silencie a sua própria voz.” – Gisele Miranda. ESCOLHA TODAS AS MANHÃS A VIDA QUE REALMENTE DESEJA TER, QUEM VERDADEIRAMENTE QUER SER. E EMPODERE-SE DAS SUAS DECISÕES. Já entregou aquele relatório urgente que a direção está cobrando? Lembrou-se de comprar o queijo preferido de seu companheiro? Retornou a ligação daquela amiga que estava para baixo? Ajudou o filho com o dever de casa de Matemática? Tarefas, tarefas e mais tarefas! No entanto, mesmo exausta de um dia estressante de trabalho, você veste o uniforme de supermulher e tenta dar conta de tudo. Mas um dia a conta chega, o esgotamento bate à sua porta, a crise lhe diz “olá!” e você se pergunta se viver é apenas apagar incêndios e se preocupar com as necessidades dos outros, esquecendo-se das suas. E mais: questiona se realmente é possível ser perfeita em tudo e para todos. Para Gisele Miranda, o momento do aprendizado é tão valioso quanto o desenvolvimento de um planejamento eficiente e assertivo, capaz de concretizar uma mudança de vida. Em A coragem de se apaixonar por você, a autora mostra que a vida é muito mais que um monte de obrigações, basta que você se conecte a sua verdadeira essência e aos seus sentimentos, reconhecendo-se como a mulher fantástica e superpoderosa que é! Você será guiada nesta emocionante jornada de autoconhecimento e conhecerá todos os passos dessa caminhada que, apesar de difícil, é libertadora. Aqui você vai: Desmistificar o mito da supermulher; Aceitar os seus vários papéis como mulher, mas sem a imposição da perfeição; Conhecer os três Rs da felicidade: ritual, ritmo e rotina, que a ajudarão a tornar o seu dia a dia mais produtivo; Aprender como reprogramar seus pensamentos, sentimentos e comportamentos; Conduzir a sua vida para a felicidade, de modo mais leve e divertido!

Continuar lendo DICA DE LIVRO: A CORAGEM DE SE APAIXONAR POR VOCÊ DE GISELE MIRANDA

REFLEXÃO: A GENEROSIDADE É BEM DIFERENTE DA BONDADE

Hoje temos um tema maravilhoso na nossa coluna REFLEXÃO. Um sentimento tão carente na maioria das pessoas: a generosidade!

O texto a seguir vem nos esclarecer a diferença da generosidade para a bondade. Lembrando que fazer o bem é bem diferente de ser bom. A verdadeira generosidade é aquele ato de amor que você doa ao próximo aquilo que realmente vai lhe fazer falta e não algo que faz parte dos seus excessos. Por isso lhe convido a ler o texto completo a seguir, refletir e fazer o seu juízo de valor. 

Generosidade

 em 

 

“Não raro, encontramos pessoas gentis no trato social. São aquelas que se preocupam em respeitar os direitos do próximo, em desenvolver seu espírito de cidadania, em buscar palavras e gestos amáveis para com os demais.

Também, com felicidade, encontramos pessoas educadas nas nossas relações sociais. São os companheiros que se fazem atenciosos, que se preocupam com pequenos gestos, como o saudar aos mais velhos, ceder o espaço para a senhora grávida ou apenas dar um telefonema para o conhecido para ter notícias.

Porém, quantas pessoas conseguem ser generosas? Se a gentileza e a educação nascem do respeito ao próximo, se desenvolvem no espírito de cidadania e convivência, a generosidade nasce no coração de quem está pronto para amar fraternalmente.

Vamos encontrar a generosidade no amigo que consegue compreender nossa falta quando esquecemos seu aniversário, e, ao encontrá-lo mais tarde, ao invés de nos cobrar o esquecimento, simplesmente nos oferece o coração aberto e espontâneo de sempre.

Será fruto da generosidade da alma quando não necessitamos, nem esperamos por um agradecimento, após ter feito um favor a alguém, pois o simples fato de poder ajudar a quem nos pediu nos é suficiente para preencher o coração com satisfação, sem aguardarmos nenhum tipo de reconhecimento.

E estaremos prontos para que a generosidade seja nossa companhia quando, tendo razão frente a uma contenda de grande importância ou a uma disputa por nonadas, sejamos capazes de abrir mão de reivindicar nossos direitos, em nome da paz e da boa convivência.

Jesus nos aconselha a cultivar a generosidade no coração quando afirma que se alguém nos convidar a dar mil passos, caminhemos dois mil se necessário. E, se outro nos pedir a capa, que também ofereçamos a túnica.

Muitas vezes, pensamos que generoso é aquele capaz de abrir os cofres e distribuir o muito que tem, quando, não raro, esse muito nem falta lhe fará.

A verdadeira generosidade nasce no coração que é capaz de olhar o próximo e o mundo com complacência e compreensão, sabendo que todos estamos sujeitos a erros, tropeços e enganos.

Seremos generosos quando estivermos despreocupados em conjugar o verbo ter… Ter algo, ter razão, ter alguém, pois nossas preocupações serão as de oferecer… a gentileza, a amizade, a companhia, a compreensão.

Claro que poderemos ensaiar os primeiros passos de generosidade tocando o bolso, para oferecer aquilo que nos sobra aos que têm tão pouco.

Porém, poderemos sempre investir mais e permitir que a generosidade ganhe espaço em nosso mundo íntimo, quando formos capazes de esquecer um tanto de nossas vontades, nossas razões, nossos anseios, para simplesmente semearmos, nos caminhos alheios, as flores perfumadas com a brisa da fraternidade.”

Luz e Paz!

Fonte: Sabedoria Universal

Continuar lendo REFLEXÃO: A GENEROSIDADE É BEM DIFERENTE DA BONDADE

ARTIGOS: A INVEJA, POR WAGNER BRAGA

Lidando com a Inveja - Igreja Assembleia de Deus - Elshaddai

Desde os primórdios da humanidade o que se viu de mais corrosivo, destrutivo e demolidor nas relações humanas foi o sentimento da INVEJA. Começando com a relação entre Caim e Abel, que se tem como o primeiro assassinato cometido por um ser humano que se tem notícia da história das civilizações. Na bíblia a história é contada como um ato de ciúmes por parte de Caim em relação a Abel, pelo fato de Deus não ter valorizado o presente ofertado por Caim tanto quanto o de Abel. Mas o fato é que A inveja é o medo de lhe faltar alguma coisa e o ciúme é o medo de que você vai perder algo que já tem. No caso dessa história Caim matou Abel por algo que ele ainda não tinha e não por algo que ele já possuía. Depois, mais adiante, temos a história do Filho Pródigo. Nesse caso não chegou a haver vingança, mas o sentimento de inveja do seu irmão pela, aparente preferência do seu pai pelo irmão mais novo, que se caracteriza como o medo de lhe faltar alguma coisa, ou seja, algo que ele ainda não tinha.

Ambos os sentimentos são comuns em todo ser humano, mas se transformam em vício e/ou pecado na medida que não são controlados pelo seu EU Interior. Essa é o nosso grande desafio. Controlar os instintos inferiores do nosso ser nessa jornada evolutiva. Por isso devemos perder o medo do AUTOCONHECIMENTO, pois só assim conseguiremos o desenvolvimento espiritual necessário para alcançarmos a nossa melhor versão.

Continuar lendo ARTIGOS: A INVEJA, POR WAGNER BRAGA

AUTOCONHECIMENTO: CONHEÇA OS DIVERSOS TIPOS DE MEDITAÇÃO QUE PODEM AJUDA A SUPERAR CRISES CONJUGAIS

Como superar crises amorosas com a ajuda da meditação é o que você vai aprender lendo o artigo a seguir, aqui na coluna AUTOCONHECIMENTO desta sexta-feira. Existe uma técnica de meditação para cada tipo de problema a ser resolvido. Leia o texto completo a seguir e saiba como encarar cada.

Aprenda a superar crises na vida amorosa com a ajuda da Meditação

Mulher meditando de joelhos e mãos unidas em uma sala

Elina Fairytale / Pexels

Coração partido, desentendimentos com a pessoa amada, crises de ciúme… Nem só de coisas boas é feito o amor e um relacionamento amoroso. Muitos problemas, dores e crises podem surgir por causa dele, e lidar bem com tudo isso é essencial para ter mais qualidade de vida.

Quando passamos por momentos em que sentimentos de angústia, dor e ansiedade se apossam de nós, podemos recorrer a algumas técnicas que nos ajudam a lidar com essas situações, e uma delas é a meditação.

A meditação tem muitos benefícios físicos, mas como estamos falando das maneiras com as quais ela pode ajudar você a lidar com crises na vida amorosa, vamos focar nos pontos positivos dela para a sua saúde mental.

O maior de todos, talvez, seja a diminuição do sentimento de ansiedade, bem como o combate a doenças que causam crises na vida amorosa e que também são atenuadas por elas, como depressão, transtorno de ansiedade generalizada, síndrome do pânico, TOC, dentre muitas outras.

Além disso, a meditação atua diminuindo o estresse e a irritabilidade, ajudando-nos a evitar debates, discussões e brigas, bem como a evitar atitudes impulsivas e imprudentes. Outros benefícios da meditação dizem respeito ao sono: ela melhora a qualidade dele e combate a insônia.Mulher deitada na cama dormindo tranquilamente

Ketut Subiyanto / Pexels

Quando passamos por crises na vida amorosa, é comum que fiquemos sem foco e sem concentração, e a meditação ajuda bastante no controle da concentração, da memória e do raciocínio, evitando esses sintomas que tanto incomodam em momentos de crise e tristeza.

Por fim, a meditação ajuda no controle das nossas emoções e também aumenta a autoestima, que é grande causadora de problemas entre casais, como crises de ciúme e sentimentos de insegurança.

Como fazer meditação?

Muitas pessoas pensam que a única maneira de meditar é se sentar com as pernas cruzadas, fechar os olhos e falar “om”, mas há muito mais que podemos fazer quando o assunto é meditar. Confira abaixo 4 técnicas de meditação que você pode usar para aliviar as crises nas suas relações amorosas.

Atenção plena

Chamada também pelo seu nome em inglês (mindfulness) é o tipo de meditação mais comum, no qual nos sentamos ou nos deitamos em uma posição confortável e concentramos nossa mente no momento presente, tentando evitar pensamentos a respeito do passado, do futuro ou mesmo sobre os problemas atuais.

Jovem fazendo ioga no chão em casa.

vakhitovalyubov / 123RF

É uma meditação que tem foco na respiração e em outros sentidos. Controlando sua respiração e prestando atenção nela, você evita que sua mente vague. Você também pode estimular outros sentidos, como tato, passando pés e mãos em texturas, ou olfato, com o uso de incensos, por exemplo.

Se você tiver dificuldade de manter o foco ou de se acostumar a esse tipo de meditação, procure meditação guiada no YouTube ou nas lojas de aplicativos. Usando essas meditações narradas, você vai conseguindo se acostumar à meditação.

Tai chi chuan

O tai chi chuan é uma técnica milenar chinesa que é chamada de arte marcial, mas que não tem movimentos agressivos nem a intenção de ensinar autodefesa ou algo assim. No tai chi chuan, os movimentos realizados são lentos e em silêncio, o que estimula a conexão com o próprio corpo, a concentração e a tranquilidade.

Mulher de kimono praticando Tai chi chuan

sonelly / 123RF

É uma boa técnica para quem se sente ainda mais relaxado quando exercita o corpo, além da mente. É ótima também para quem, quando passa por crises, tem dores e tensões musculares, porque o tai chi chuan ajuda no relaxamento dos músculos e do corpo como um todo.

Yoga

Outra opção para quem gosta de exercitar o corpo para aliviar o estresse ou precisa relaxar um pouco a tensão muscular é o yoga, que é quase que uma união entre a meditação da mente e a “meditação do corpo”.

Trabalhando, ao mesmo tempo, a parte física e a parte mental, de forma interligada, o yoga ajuda a aumentar os níveis de concentração, enquanto diminui a ansiedade e trabalha aspectos físicos como a flexibilidade, a respiração e a sensação de bem-estar com o próprio corpo.

Meditação transcendental

Esse tipo de meditação é o que mais exige dos praticantes, mas é aquele que mais traz sensação de relaxamento, foco e diminuição da ansiedade. Para começar a praticá-la, procure um instrutor, porque há algumas especificidades a respeito dela que é muito difícil aprender sem receber instrução.

Além de reduzir a ansiedade, o nível de estresse e os sintomas da depressão, por exemplo, esse tipo de meditação aumenta o nível de conexão consigo mesmo e, consequentemente, aumenta a autoestima do praticante.

Essas são apenas algumas técnicas de meditação, entre tantas e tantas disponíveis, que podem ajudá-lo a lidar com momentos de crise na vida amorosa, que causam ansiedade, estresse, depressão, entre outros sentimentos que são os mais combatidos pela prática da meditação.

Fonte: Eu Sem Fronteiras

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: CONHEÇA OS DIVERSOS TIPOS DE MEDITAÇÃO QUE PODEM AJUDA A SUPERAR CRISES CONJUGAIS

REFLEXÃO: A EXPANSÃO DA CONSCIÊNCIA TEM COMO CONSEQUÊNCIA A JORNADA DO SUCESSO

A Jornada do Sucesso é tudo que qualquer ser humano precisa para alcançar a sua melhor versão. Portanto, o texto a seguir é tudo que você precisa para entender que você é o seu mestre e conhece perfeitamente os seus sonhos e é o único responsável pela sua realidade. Então não perca a chance de ler esse artigo espetacular e aprender muito sobre evolução!

A Jornada do Sucesso

Você é o seu mestre, conhece perfeitamente os seus sonhos, portanto, esforce-se para concretizá-los! Vá em busca das oportunidades que deseja, movimente-se! Ficar inerte esperando a chance chegar, é o mesmo que anular os seus sonhos, a vida é movimento e renovação constante, tenha coragem e atitudes, faça acontecer! A decisão em conseguir, é essencialmente sua!

Realize a parte do processo que te compete, crie a sua estratégia e batalhe por ele, contorne os obstáculos, procure superá-los, jamais entregue-se ao desânimo ou desista, se está encontrando barreiras e insucessos, é um indicativo de que o caminho e a direção é outra, portanto, é momento de fazer ajustes neste projeto, mas a persistência deve ser a sua força. A esperança da vitória, é uma chama que deve manter acesa constantemente!

Deus te capacitou com inteligência e criatividade, essas virtudes são luzes imprescindíveis nestes momentos, mantenha a serenidade durante as adversidades da vida, pense com calma e positividade em todas as ocasiões. Diante das contrariedades, aproveite para enxergar algo positivo e engrandecedor, olhe com a ótica do amor e da paz, e verá a presença de Deus nestes instantes desafiadores.

Tenha força de vontade e sensibilidade para enxergar a benevolência e a solidariedade que esses instantes proporcionam, você tem o livre arbítrio e pode escolher o que deseja, e como ver cada ocasião da vida.

Você é o arquiteto responsável por seus projetos, e o capitão que estabelece a direção, bem como o início de partir, como enfrentar as dificuldades, o porto em que fará uma breve parada, o reinício da viagem e os novos horizontes a serem explorados, Deus te outorgou esse direito! Ele deseja estar nestas viagens contigo, bem próximo e acompanhando cada projeto que criar, ele almeja o seu sucesso e êxito! Mas, somente você, é capaz de convidá-lo e elegê-lo o seu mestre, e tenha a certeza que sua presença, será a melhor decisão que já fez! Deus é a companhia perfeita nesta jornada da vida!

Autor: Reginaldo Rodrigues
Email: r3.reginaldorodrigues.7@gmail.com

Fonte: Leve consciência

Continuar lendo REFLEXÃO: A EXPANSÃO DA CONSCIÊNCIA TEM COMO CONSEQUÊNCIA A JORNADA DO SUCESSO

DESENVOVIMENTO ESPIRITUAL: CONHEÇA A SUA ESSÊNCIA HUMANA E DIVINA

Um texto incrível, de uma sensibilidade e sabedoria poucas vezes vistas é o destaque da nossa coluna deste domingo DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL. O Eu aparente e o Eu real é uma daquelas obras comparáveis ao Sermão da Montanha, que veio para esclarecer qual é a nossa essência enquanto seres humanos e divinos. Portanto convido você a ler o texto a seguir completo, refletir e fazer o seu juízo de valor.

O EU APARENTE E O EU REAL – por Sry Aurobindo

– Por Sry Aurobindo –

Este é o teu trabalho e a meta de teu ser e a razão de estares aqui, para tornar-te o divino super-homem e um perfeito receptáculo da Divindade. Tudo o mais que tens que fazer é somente uma preparação para te aprontares, ou uma alegria no caminho, ou um declínio de teu propósito. Mas a meta é esta, e o propósito é este e não no poder do caminho e na alegria do caminho, porém na alegria da meta está a grandeza e o deleite de teu ser. A alegria do caminho é porque aquilo que te está atraindo está também dentro de ti, na tua senda, e o poder para galgar te foi dado, para que possas escalar até tuas próprias culminâncias.

Se tu tens um dever, este é teu dever; se tu perguntas qual será tua meta, que esta seja tua meta; se tu careces de prazer, não existe maior alegria, pois toda outra alegria é fragmentada ou limitada, a alegria de um sonho, ou a alegria de um sono ou a alegria do auto esquecimento. Mas esta é a alegria de teu ser inteiro.

Porque, se tu dizes que é meu ser, este é teu ser, o Divino, e tudo mais é apenas sua aparência pervertida e fragmentada. Se procuras a Verdade, esta é a Verdade. Coloque-a diante de ti, e em todas as coisas sê fiel a ela.

Disse bem alguém que viu, mas através de um véu, e tomou o véu pela face, que tua meta é a de te tornares tu mesmo; e ele disse bem, outra vez, que é da natureza do homem transcender a si mesmo. Esta é, na verdade, sua natureza, e esta é, na verdade, a meta divina de sua transcendência.

O que é, então, o eu que tu tens de transcender? E o que é o Eu que tu tens de te tornar? Porque é aqui que tu não deverias fazer nenhum erro; pois esse erro, de não te conheceres a ti mesmo, é a fonte de todas as tuas tristezas e a causa de todos os teus tropeços.

Isso que tu tens de transcender, é o eu que tu aparentas ser, e isso é o homem como tu o conheces, o aparente Purusha*. E o que é este homem? Ele é um ser mental, escravizado à vida e à matéria; e quando não está escravizado à vida e à matéria, ele é o escravo de sua mente. Mas essa é uma escravidão grande e pesada, porque ser escravo da mente é ser escravo do falso, do limitado e do aparente.

O Eu que tu tens de te tornar é aquele Eu que tu és dentro, por trás do véu da mente e da vida e da matéria. É ser o espiritual, o divino, o super-homem, o real Purusha. Porque aquilo que está acima do ser mental é o super-homem. E ser o senhor de tua mente, de tua vida e de teu corpo é ser um rei sobre a Natureza, de quem és agora um instrumento, é revelar-se acima dela, que agora te tem sob seus pés. É ser livre, e não o escravo; é ser uno, e não dividido; é ser imortal, e não sombreado pela morte; é ser pleno de luz, e não obscurecido; é ser pleno de bem-aventurança, e não um joguete de tristezas e sofrimentos; é ser exaltado ao poder, e não lançado dentro da fraqueza. É viver no Infinito e possuir o finito. É viver em Deus e ser uno com Ele em seu ser. Tornar-te tu mesmo é ser isso e tudo que flui disso.

Sê livre em ti mesmo e, portanto, livre em tua mente, livre em tua vida e em teu corpo. Porque o Espírito é liberdade.

Sê uno com Deus e com todos os seres; vive em ti mesmo, e não em teu pequeno ego. Porque o Espírito é união.

Sê tu mesmo imortal e não ponhas tua fé na morte; porque a morte não é de ti mesmo, mas de teu corpo. Porque o Espírito é imortalidade.

Ser imortal é ser infinito em ser e consciência e bem-aventurança; porque o Espírito é infinito, e aquilo que é finito vive apenas de sua infinitude.

Estas coisas tu és, portanto tu podes tornar-te todas elas; mas se tu não fores estas coisas, então tu não podes nunca te tornar nelas. O que está dentro de ti, isso somente pode ser revelado em teu ser. Tu aparentas, na verdade, ser diferente, mas por que razão deverias te escravizar às aparências?

Melhor erguer-te, transcender a ti mesmo, tornar-te tu mesmo. Tu és homem, e toda a natureza do homem é tornar-se mais que ele mesmo. Ele era o homem-animal, ele tem que se tornar mais que o animal-homem. Ele é o pensador, o artesão, o que busca a beleza. Ele será mais que o pensador, ele será o vidente do conhecimento, ele será mais que o artesão, ele será o criador e o senhor de sua criação; ele será mais que aquele que busca a beleza, porque desfrutará de toda a beleza e de todo o deleite… No físico, ele procura por esta substância imortal; no vital, ele busca a vida imortal e o infinito poder de seu ser; no mental, e parcialmente em conhecimento, busca a luz total e a completa visão.

Possuir isso é tornar-se o super-homem; porque ele tem que se erguer acima da mente até a super-mente. Chame-a de mente ou Conhecimento, ou de Super-mente; é o poder e a vontade divina e a divina consciência. Pela Super-mente o Espírito viu e criou a si mesmo em mundos; por ela, ele vive neles e governa-os. Por ela, ele é Swarat**, o soberano de si e de tudo.

Viver no Ser Divino e deixar que a consciência e a ventura, a vontade e o conhecimento do Espírito te possuam e brinquem contigo e através de ti, este é o significado.

Esta é a transfiguração de ti mesmo na montanha. É descobrir Deus em ti mesmo e revelá-Lo a ti mesmo em todas as coisas. Vive em seu ser, brilha com sua luz, age com seu poder, regozija-te com sua ventura. Sê esse Fogo e esse Sol e esse Oceano. Sê essa alegria, essa grandeza e essa beleza.

(Texto extraído do excelente livro “Sabedoria de Sry Aurobindo” – Editora Shakti – 1999.)

Fonte: IPPB
Continuar lendo DESENVOVIMENTO ESPIRITUAL: CONHEÇA A SUA ESSÊNCIA HUMANA E DIVINA

AUTOCONHECIMENTO: SAIBA O QUE REALMENTE É CARMA, POR WAGNER BRAGA

No vídeo desta sexta-feira, aqui na coluna AUTOCONHECIMENTO, eu faço mais um questionamento. É muito comum utilizarmos o Carma como desculpa para as coisas. No vídeo de hoje, o questionamento que trago é relacionado ao tão falado Carma que, muitas vezes, é mencionado de forma errada. Quando você aceita algo como Carma, você está na zona de conforto, admitindo que nasceu para sofrer, penar e que isso é assim mesmo. Não, nada é tão ruim que não possa piorar ou melhorar, mas quem determina isso é você e não a vontade de Deus ou do destino. Então vamos assistir ao vídeo completo a seguir e desmistificar essa história de Carma!

Fonte:

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: SAIBA O QUE REALMENTE É CARMA, POR WAGNER BRAGA

DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: PATAMAR DE EQUILÍBRIO OU NÍVEL CONSCIÊNCIAL?

O texto de hoje, aqui na coluna DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL trata dos diversos patamares de equilíbrio em que cada um de nós está. O que é loucura para uns pode ser a coisa mais normal para outros, como os diversos exemplos citados no texto “Qual é seu patamar de equilíbrio?”. O que o autor José Sergio chama de patamar de equilíbrio eu chamo de “nível consciencial”, que pode ser mais elevado ou menos elevado de acordo com as experiências vividas por cada um. Convido você a ler o texto completo a seguir, refletir e fazer o seu juízo de valor!

Qual o seu patamar de equilíbrio?

Em minha visão diante do mundo, a saúde é um equilibrio relativo ao nivel ou patamar de cada um. Um equilibrio possivel para que a vida possa ser vivida e as novas lições aprendidas.

Para uma pessoa que usa uma protese, por exemplo e anda mancando, este é seu nivel de equilibrio que lhe permite viver. Outro exemplo é um morador de rua que ja se acostumou com o local, sabe onde conseguir alimentos e ja tem um rotina de sobrevivencia, que embora seja sofrida, para ele parece uma coisa normal.

Ou ainda, um executivo com uma rotina cara, carros de luxo, agenda lotada e sem tempo para certas coisas que consideramos fundamentais.

Ou um artista descolado que vive a vida de cidade em cidade apresentando seu espetáculo e acha normal morar cada dia em um lugar e nao ter nehuma propriedade…

Um carro antigo faz lentamente uma curva acentuada na estrada, enquanto que um possante passa por ele voando e faz a mesma curva com o dobro da velocidade e com o piloto sorrindo e cantando descontraidamente segurando o volante com uma só mão.

O possantre e seu piloto estão em outro nivel, e o que o motorista do carro velho chama de loucura, o piloto do possante acha a coisa mais normal.

Cada um procura se equilibrar no seu nivel para viver de forma “normal”, de acordo com seus recursos e suas necessidades, e o que é normal para ele pode ser estranho para outro, que tem diferentes necessidades.

Seu Nivel mais elevado

Um Monge na india, está em um nivel muito elevado e tem poucas necessidades pessoais e muita necessidade de servir aos demais. Para isso ele tem um corpo, uma mente e um espirito em determinado nivel de equilibrio, o que faz ele achar normal viver experiencias que outros consideram loucura e devaneio.

Ouvi de um mestre que a unica coisa que pode mudar seu patamar é um novo conhecimento colocado em pratica, que lhe permitirá dar um pequeno salto, e a partir daí galgar um novo grau de equilibrio fisico, mental, emocional e espiritual.

Se queremos melhorar nosso nivel precisamos nos esforçar. E com a pratica vem a ousadia, que nos leva a desejar saltar para outro nivel, que antes destes conhecimentos nem sabiamos que existiam.

E não adianta esperar um tempo bom, pois a oportunidade é agora, enquanto estamos tentando equilibrar nossos malabares, pois mais adiante talvez nao precisemos mais destes conhecimentos, e pode ser que eles sejam justamente a chave que buscamos para equilibrar nossa vida e saltar para outro patamar.

Abraços a todos,

João Sérgio.

Fonte: Leve Consciência

Continuar lendo DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: PATAMAR DE EQUILÍBRIO OU NÍVEL CONSCIÊNCIAL?

DESENVOLVIMENTO PESSOAL: TECNICA MENTAL PARA MANIFESTAR TUDO O QUE VOCÊ QUISER, POR MAY ANDRADE

No vídeo de hoje, aqui na coluna DESENVOLVIMENTO PESSOAL você vai conhecer, com May Andrade, a técnica mental que é capaz de manifestar tudo aquilo que você quiser. Neville Goddard foi um, professor profundamente influente. Ele dedicou-se a ilustrar os ensinamentos da verdade psicológica escondida nos ensinamentos bíblicos, e despertar a consciência do verdadeiro significado que os antigos pretenderam trazer ao mundo, mas que precisaram ocultar a verdadeira mensagem apenas àqueles que alcançaram o entendimento, durante uma época de tantas guerras e perseguições, em meio à antiguidade. Neville sempre tentou dizer a todos nós que nós não somos a ínfima máscara que usamos, mas sim, um ser muito maior, que sequer somos capazes de conceber.

Fonte:

Continuar lendo DESENVOLVIMENTO PESSOAL: TECNICA MENTAL PARA MANIFESTAR TUDO O QUE VOCÊ QUISER, POR MAY ANDRADE

AUTOCONHECIMENTO: VOCÊ SABE QUAL É O SEU PROPÓSITO E SUA MISSÃO DE VIDA? POR WAGNER BRAGA

Cada ser humano tem sua missão no mundo. No vídeo de hoje, o questionamento que trago é relacionado ao propósito individual do ser humano. Algo que todos têm, porém alguns nascem com isso mais aflorado, já sabendo o que deve ser feito, enquanto outros, precisam seguir a intuição para descobrir. Dai a importância do AUTOCONHECIMENTO para desenvolver a percepção sensorial que todo ser humano tem e que é o caminho para descobrir o seu propósito individual, que muitas vezes ainda não despertou. Assista ao vídeo a seguir e saiba como descobrir a sua missão de vida!

Fonte:

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: VOCÊ SABE QUAL É O SEU PROPÓSITO E SUA MISSÃO DE VIDA? POR WAGNER BRAGA

AUTOCONHECIMENTO: EXPRESSÕES DE AMOR, POR WAGNER BRAGA

Podemos expressar o amor de inúmeras formas! No vídeo de hoje, falo um pouco sobre as expressões do amor e qual delas mais se aproxima do amor incondicional, aquele que devemos buscar na nossa vida. Um questionamento que você deve estar sempre fazendo é: como alcançar o amor incondicional? Desta forma você sairá da sua zona de conforto e estará sempre em busca desse que é o nosso objetivo maior. Então assista e divulgue! Nos ajude a compartilhar o conhecimento e o amor!

Fonte:

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: EXPRESSÕES DE AMOR, POR WAGNER BRAGA

ARTIGOS: EQUILÍBRIO MENTE, CORPO E ESPÍRITO, POR WAGNER BRAGA

Equilíbrio do Corpo, Mente e Espírito - Música de Meditação e Relaxamento, Sons da Natureza, Equilíbrio interior e Paz by Música para Relaxar Maestro &amp; Relaxamento Soundscape on Amazon Music - Amazon.com

Quando se fala SAÚDE há de se pensar nela como algo mais amplo e não apenas na saúde física, já que o ser humano é composto de corpo, mente e espírito. Essa tríade que precisa estar em equilíbrio para que tenhamos a saúde integral: física, mental, espiritual e emocional. Ocorre que, durante a vida passamos por atribulações e muitas provações diariamente, além de todo o stress do dia a dia no trabalho e em casa. Isso tudo causa a desconexão do corpo-mente-espirito, evoluindo para o desequilíbrio dessa tríade. A consequência desse desequilíbrio é a doença, que pode ser física, mental, espiritual ou emocional, ou ainda os 4 ao mesmo tempo, que é a situação mais complicada de todas.

A cultura oriental desenvolveu alguns métodos milenares de cura natural para esse desequilíbrio, sempre baseado na AUTOCURA, poder inerente a todo ser humano de se regenerar, desde as enfermidades mais simples até as mais complexas. esses métodos de regeneração atuam na causa e não no sintoma da doença. Desta forma eliminando a doença definitivamente, ao contrário da alopatia que atua no sintoma como um paliativo naquele momento de crise aguda. Infelizmente essa cultura não proliferou aqui no ocidente, deixando o caminho completamente aberto para a indústria farmacêutica e os médicos inescrupulosos e gananciosos.

Não é coincidência que tenhamos nas grandes cidades uma farmácia em cada esquina e do outro lado cada vez mais pessoas dependentes de remédios como nunca se viu antes. Isso ficou explícito com o evento da pandemia e correria das grandes farmacêuticas para produzir vacinas e remédios para conter o vírus da Covid-19. Todos estão tão concentrados e mobilizados no desenvolvimento dessas vacinas, como se fosse a única solução para o problema que esqueceram completamente as outras alternativas, como terapias holísticas, meditação, yoga, homeopatia, ozônio terapia, etc.

Tudo isso que está acontecendo no mundo só vem a reafirmar que não podemos continuar dependendo de médicos e remédios para vivermos com saúde integral. Precisamos cada vez mais confiar e acreditar nosso pode individual de AUTOCURA, que já está no nosso DNA e que só falta entendermos que somos o supremo comandante do nosso organismo e mais ninguém. Com uma mente sã, um corpo são e um espírito são somos imbatíveis.

Continuar lendo ARTIGOS: EQUILÍBRIO MENTE, CORPO E ESPÍRITO, POR WAGNER BRAGA

AUTOCONHECIMENTO: SOMOS SERES ESPIRITUAIS EM BUSCA DA LIBERDADE

Para alcançar a Liberdade precisamos, antes de mais nada, resolver e limpar camadas de padrões emocionais profundamente enraizados que não nos servem mais. Para isso, precisamos sair da matriz do medo e  o primeiro passo é lembrar que somos seres espirituais tendo uma experiência física, e não o contrário. Depois disso peço a você que leia o texto completo a seguir e entenda o restante em 4 passos.

Escolhendo a liberdade

Olá, meu amigo,

É uma honra me conectar com você novamente. Temos muito para colocar em dia, então vamos direto ao assunto. Você sentiu uma sensação de antecipação tomar conta de você ultimamente, mas não foi capaz de avaliar totalmente porque está se sentindo assim? Nesse caso, você não está sozinho. Uma ótima maneira de descrever as energias agora é que elas são como um balão que atingiu sua capacidade máxima de ar e está prestes a estourar e permitir que todo o ar seja liberado.

Um dos fatores que tem contribuído para as energias superelevadas neste momento é o Sol.

O Sol tem andado muito ativo ultimamente, emitindo ondas solares que continuam a trazer muitas tempestades geomagnéticas para a atmosfera da Terra e para nossos campos áuricos pessoais.

Como essas ondas solares nos afetam?

Frequentemente, a primeira coisa que notamos é uma aceleração palpável do tempo.

Também nos dá a oportunidade de resolver e limpar camadas de padrões emocionais profundamente enraizados que não nos servem mais.

A cura física e emocional geralmente acontece em fases, para tornar mais fácil para nosso corpo e mente se ajustar à quantidade de resolução que está ocorrendo.

A atividade solar também ajuda a Terra a resolver e limpar muitas das disfunções de origem humana que ela sofreu, porque ela também está se reajustando para operar em estados superiores de existência.

A Terra está se preparando para apoiar a consciência em rápida evolução de todos os seres vivos que a chamam de Lar.

Os preparativos pelos quais a Terra está passando podem nem sempre fazer sentido para a mente humana e, na maioria das vezes, parecerão desafiadores. No entanto, é tudo parte de um Plano Divino que continua a elevar a qualidade de vida.

Se ficarmos parados o suficiente, podemos sentir um paradigma novo e mais consciente emergindo.

Limpeza Emocional

Estamos recebendo a oportunidade agora de abandonar padrões, hábitos e comportamentos primordiais que adotamos há muito tempo e que nos impediram de nos conectar com a versão mais livre, mais feliz e mais saudável de nós mesmos.

Alguns desses padrões, hábitos e comportamentos incluem:

  • Operando com medo e consciência de vítima – procurando ativamente o que não está funcionando para nós;
  • Separar-nos dos outros participando ativamente de um sistema hierárquico antiquado e obsoleto;
  • Precisando de aprovação de outros;
  • Acreditando que devemos estar sempre no controle;
  • Participar do julgamento de si mesmo e dos outros;
  • Acreditando que temos que nos esconder de qualquer maneira, se sentindo seguro e pequeno;
  • Pensar que ser competitivo com os outros é o que nos leva à frente na vida;
  • Fazendo do sofrimento o meio fundamental de evolução pessoal e coletiva.

Todos esses padrões, hábitos e comportamentos, que foram criados pela mente (fora da autoproteção), estão se sentindo mais amplificados do que nunca neste momento. Isso é para que eles possam ser tratados, curados e resolvidos de uma vez por todas.

Como acontece com todas as limpezas, seja gentil consigo mesmo.

Dê a si mesmo permissão para sentir o que precisa ser sentido e para mover através do que é necessário, sem julgar a si mesmo.

Ao fazer isso, saiba que esses padrões, hábitos e comportamentos que você está liberando não são um reflexo de sua essência autêntica. Eles são apenas um tipo de escudo protetor que a mente busca para se manter segura, da melhor maneira que ela conhece.

Essa consciência sozinha ajuda uma abertura em nossa mente que permite que estados superiores de conhecimento e sabedoria sejam totalmente adotados e realizados.

Isso torna mais fácil se separar dos padrões limitadores nos quais a mente costumava encontrar conforto.

Ação Divina

Ao longo dos próximos meses, o mundo continuará a despertar para a importância de agir para a melhoria da humanidade como um todo.

Embora as notícias convencionais tentem nos convencer do contrário, os padrões anteriores do controle e manipulação que reinaram por eras de tempo estão agora sendo bastantes desmanteladas.

É por isso que as coisas parecem estar acontecendo de uma forma muito mais urgente agora, especialmente na forma como os meios de comunicação veiculam seu conteúdo baseado no medo

No entanto, a maioria dos cidadãos da Terra está vendo através do medo fabricado e não está mais permitindo que essas táticas influenciem a maneira como vivem suas vidas diárias.

Conforme observado no início, todos nós estamos experimentando um grande despertar da consciência agora, mesmo que estejamos em um caminho espiritual por muito tempo.

É muito claro que estamos vivendo em uma época de mudanças inerentes.

E às vezes, a mente fica com medo quando tantas mudanças ocorrem ao mesmo tempo, porque tem medo de perder seu papel e identidade.

Um dos principais papeis do nosso Espírito em relação à nossa mente é conceder à mente o direito de existir exatamente como ela e, incluindo as histórias que ela criou para si mesma, e honrar a dignidade de todas as suas experiências.

Pense na mente como uma criança de três anos que deseja apenas ser amada, aceita e nutrida. Quando a mente não sente que está recebendo essas coisas, muitas vezes olha para fora de si mesma para realizar esses desejos.

Em seguida, usa mecanismos de enfrentamento, como medo, julgamento, censura, falta, preocupação, culpa e vergonha para se proteger.

Mas agora, com essa nova consciência, a mente não precisa mais ser tão dura consigo mesma.

Quando paramos por um momento e pedimos ao nosso Espírito que dê à mente o Amor, a aceitação e o alimento que ela deseja, pode ocorrer uma mudança de paradigma. Essa mudança ajuda a mente a sair dos padrões de vida em separação de nosso Eu Superior para novas formas de ser que permitem que ela coexista alegremente com nosso Espírito.

O que estamos vendo no mundo, especialmente com os atos inconscientes ocorrendo em diferentes partes do mundo agora, é um clamor muito claro por ajuda da mente coletiva para receber o Amor, a aceitação, e o alimento que sempre desejou para sentir seguro.

Claro, quando coisas difíceis acontecem, geralmente nossa primeira reação é sentir ou ter culpa. Mas o que realmente está acontecendo é que, porque a mente está digerindo e processando informações que parecem inseguras, ela imediatamente entra em seus padrões de sobrevivência de longa data.

Embora seja importante honrar este processo, também é importante compreender que, se permanecermos com medo, estaremos na verdade contribuindo com mais pânico para um mundo que já experimenta ondas e separação.

Para sair da matriz do medo, o primeiro passo é lembrar que somos seres espirituais tendo uma experiência física, e não o contrário.

Isso permite criar uma abertura energética em nossos pensamentos e emoções que nos faz deixar de reagir e entrar na parte Criadora de nós mesmos.

A partir daí, podemos amar cada aspecto de nós mesmos – até mesmo as partes que nossa mente tenta nos convencer de que não podem ser amadas. O Espírito não julga! Ele nos ama incondicionalmente.

Depois que formos capazes de fazer isso por nós mesmos, podemos começar a aprender como fazer pelos outros. Sim, mesmo aqueles que se esqueceram a tal ponto que culpam, magoam e prejudicam os outros, pensando que é o que precisam fazer para conseguir o que desejam.

Tornar-se a presença mais amorosa para nós mesmos e para os outros é a maior ação que podemos realizar neste momento, para ver a cura real e palpável acontecer no mundo.

O Despertar Continua

Este despertar atual que estamos experimentando está nos ajudando a superar o papel da Vítima.

Agora temos a oportunidade de retirar o arquétipo da Vítima com o qual nós e nossos ancestrais nos identificamos ao longo de muitas vidas.

Antes de aposentarmos o arquétipo da Vítima, é importante honrá-lo por servir para nos manter seguros e protegidos em um mundo que costumava operar puramente na sobrevivência.

Também é importante que proporcionemos às nossas experiências de identificação com a consciência da vítima sua plena dignidade e direito de ser vista, ouvida e reconhecida.

Este é realmente o primeiro passo para nos libertarmos de permanecer no papel de vítima.

Nunca queremos adoçar, culpar ou negar qualquer coisa que experimentamos durante aqueles momentos em que nos identificamos como sendo uma vítima.

O segundo passo para libertar a consciência de vítima é aceitar cada pessoa, experiência e coisa como ela apareceu em nossas vidas, sem tentar muda-las.

Aceitar as pessoas e as experiências como elas são não é o mesmo que dizer que ressoamos, aprovamos ou concordamos com elas.

Estamos simplesmente nos dando permissão para não permitir que eles nos definam.

O terceiro passo para liberar a consciência de vítima é abandonar a culpa – em outras palavras, o perdão.

A culpa vem da necessidade de tornar algo ou alguém certo/errado ou bom/mau e, de alguma forma, responsável pelo que vivenciamos.

Em nossa essência, somos o Criador de todas as nossas experiências.

Quando operamos conscientemente a partir de nosso Eu Criador, transcendemos a dualidade. Passamos do julgamento para o discernimento.

À medida que entramos na beleza e poder de nosso Eu Criador, navegamos em nosso caminho, escolhendo apenas o que parece estar em alinhamento para nós, e liberando o que não está. Entendemos que só porque algo faz ou não ressoa em nós, não significa que seja bom ou ruim, ou a decisão de outra pessoa por nós, ou vice-versa.

Você pode sentir como é mais leve operar a partir desse espaço?

Existe apenas ressonância ou nenhuma ressonância. Ou seja, “Eu escolho mais disso” ou “Eu escolho menos ou nada disso”. Não há mais necessidade de rótulos de “bom” ou “ruim”.

Isso é liberdade”

O quarto passo para superar a consciência de vítima é reivindicar nosso poder.

Recuperar nosso poder significa que estamos comprometidos em nos conectar com quem somos em nossa essência. Fazemos isso por meio do amor próprio, do autocuidado, da nutrição, do desenvolvimento espiritual e da expressão criativa.

As pessoas mais poderosas do planeta não são aquelas que controlam ou menosprezam os outros.

As pessoas mais poderosas do planeta são aquelas que sabem quem realmente são.

Eles sabem que são muito maiores do que a soma de todas as suas experiências e histórias.

Eles sabem se expressar plenamente e falar de um lugar de Amor, sem ter que provar nada a ninguém.

Eles perdoam rapidamente e superam experiências desafiadoras com maior facilidade.

Eles são gentis e amorosos com o mundo ao seu redor e se preocupam com o bem-estar de todas as coisas vivas.

Eles fazem a diferença no planeta, sem se preocupar com o quão pequeno ou grande seja o efeito disso.

Eles enxergam além das ilusões de separação.

Eles torcem e celebram a capacidade dos outros de prosperar.

Eles veem como parte de um todo, em vez de separados de todas as outras formas de vida.

Eles sabem como amar e como ser abertos e vulneráveis.

Eles estão otimistas.

Eles defendem aquilo em que acreditam.

Obrigado por ser um Farol incrível e poderoso! Você é um presente de Luz luminosa para o mundo.

Nunca houve, nem nunca haverá, alguém exatamente como você caminhando neste planeta novamente.

Honre e receba essas palavras, meu amigo, pois são um pequeno vislumbre de como o Universo sempre se sentiu por você.

É uma das experiências mais humildes para mim, ter a oportunidade de lembrá-los da magnificência que reside em cada célula e fibra do seu ser.

Até a próxima,

Milagrosamente Seu,

Emmanuel Dagher — Fonte: https://eraoflight.com/ | https://emmanueldagher.com/
Renata Pecora Fortunato e Marco Iorio Júnior — Tradutora e Editor exclusivos do Trabalhadores da Luz

Fonte: Trabalhadores da Luz

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: SOMOS SERES ESPIRITUAIS EM BUSCA DA LIBERDADE

AUTOCONHECIMENTO: VOCÊ SABE O QUE REALMENTE SIGNIFICA CARMA? POR WAGNER BRAGA

É muito comum utilizarmos o Carma como desculpa para as nossas mazelas. No vídeo de hoje, o questionamento que trago é relacionado ao tão falado Carma que, muitas vezes, é mencionado de forma errada. Na verdade o que chamamos de Carma é nossa resistência para evoluir, ou seja, aquela velha zona de conforto, que nos remete ao retrocesso da evolução pessoal. Ao assistir ao vídeo a seguir você vai entender como isso funciona.

Fonte:

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: VOCÊ SABE O QUE REALMENTE SIGNIFICA CARMA? POR WAGNER BRAGA

DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: A AUTOCRÍTICA É IMPORTANTE, MAS ATÉ CERTO PONTO

Por medo de errar as pessoas não tentam nem executam as coisas que poderiam transformar suas vidas e a vida dos outros e dessa forma perdem as melhores oportunidades de suas vidas. Sem a tentativa e erro ninguém, repito, ninguém vai a lugar nenhum e passa a vida toda patinando, não evoluem e sendo assim desperdiçam o que de mais precioso têm em suas vidas: o tempo!

Crítica por medo de errar

Você tem medo de errar? Se critica demais?

Confesso que eu já tive muito medo de errar!

Isso porque, afinal, quando erramos, somos geralmente criticados e podemos nos sentir inseguros a respeito da nossa competência.

Algumas vezes, eu tinha a impressão de que não era “boa o suficiente”, e lá vinham meus pensamentos cheios de críticas a meu respeito. E sem que notasse, começava a abraçar a culpa, por achar que talvez não fosse merecedora daquilo que estava buscando. E a culpa era toda minha, eu achava.

Perdia o foco do meu objetivo e só pensava nas minhas possíveis imperfeições. Me cobrava uma espécie de maestria, de perfeição que eu supunha ter que possuir. E o desanimo tomava conta de mim.

Naquele tempo, eu não tinha me dado conta de que o meu erro era apenas uma parte do caminho para chegar ao acerto! Era um aprendizado e fazia parte do meu movimento evolutivo! Meu erro era um ajuste de rota!

Me dei conta de que em uma tentativa, existem vários aprendizados, tais como:

Descobrir a minha melhor forma, adquirir experiência para perceber o melhor momento para agir, poder reavaliar o percurso e encontrar novas estratégias e assim ter mais força e conhecimento na próxima tentativa, etc.

Descobri que o fracasso de uma tentativa pode se tornar o nosso maior impulso! Pode ser uma poderosa motivação quando percebemos outras possibilidades!

Se você se critica muito, certamente tem receio de cometer erros e isso pode paralisar seu progresso!

Procure usar uma ótica positiva para enxergar a questão! E lembre-se de que não existe um jeito perfeito para fazer as coisas! Existe o seu jeito! O que você pode fazer!

Assim, vai descobrir e valorizar muito mais o poder de sua vontade! E notará também, que assim que conseguir materializar o seu desejo, na sequência perceberá um novo horizonte a desbravar!

Fonte: Rashuah

Continuar lendo DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: A AUTOCRÍTICA É IMPORTANTE, MAS ATÉ CERTO PONTO

AUTOCONHECIMENTO: SAIBA COMO ALCANÇAR UM ESTADO VIBRACIONAL MAIS ELEVADO

Na nossa coluna AUTOCONHECIMENTO deste sábado você vai entender mais sobre a importância da respiração para alcançar um estado vibracional superior ou mais elevado. Como algo tão simples, comum e vital para todo ser humano pode lhe ajudar a na concentração necessária para estar no presente e meditar com facilidade. Então convido você a ler o texto completo a seguir e refletir sobre isso!

A importância de estar em um estado vibracional superior

“Saudações. Nós somos o Conselho Arcturiano. Temos o prazer de nos conectar com todos vocês.

Começamos a investigar as diferentes estratégias que vemos todos vocês empregando para se colocarem em um estado vibracional superior. Estamos falando sobre suas tentativas genuínas de elevar sua vibração, ao invés o uso de drogas, álcool, sexo ou alguma outra forma que você tenha para se colocar em uma vibração mais elevada, dependendo de algo que é externo. Estamos interessados em seus processos que você emprega quando está sentado em casa sozinho, e precisa acessar um estado vibracional superior.

Sabemos que todos vocês reconhecem a importância de estar em um estado vibracional superior porque reconhecem que criam sua realidade com a vibração que estão oferecendo. E assim, ficamos muito curiosos sobre como aqueles de vocês que são criadores deliberados estão indo para entrar nesse estado vibracional superior. E também queremos dizer que não há nada de errado em fazer algo para coloca-lo em um estado vibracional mais elevado, mas você nem sempre tem acesso àquilo em que depende para chegar lá.

E assim, estamos particularmente interessados no que você faz para elevar sua vibração quando você não tem acesso a todos os seus truques habituais. O que temos notado é que mais e mais de vocês estão reconhecendo o poder da respiração para leva-los não apenas a limpar algo que não querem sentir, mas também a acessar algo que fazem. Respirar de forma consciente e deliberada é uma mudança de jogo para toda a humanidade, e mais e mais de vocês estão despertando para essa verdade. É muito intuitivo para você respirar fundo, suspirar, e também é o caso que quando você está passando por algum tipo de trauma, você para de respirar.

Agora, o que queremos dizer sobre isso é que sabemos que você pode ir ainda mais longe com sua respiração, sua respiração consciente. Sabemos que você pode alcançar o êxtase com nada mais do que fazer algo que você faz involuntariamente o dia todo e a noite toda. Agora, não vamos dizer a você como respirar conscientemente porque queremos que você reconheça que tem a capacidade de determinar por si mesmo que tipo de respiração consciente vai funcionar melhor para você em um determinado momento, ou em uma determinada situação.

E então, nós o convidamos a brincar mais com sua respiração. Use-a para se concentrar. Use-a para estar mais atento. Mindfulness é a arte de prestar atenção ao que você está fazendo no momento e quase sempre respirar. Assim, à medida que você respira e faz algo consciente e deliberadamente, você adiciona muito mais da sua consciência a essa atividade.

Também sabemos que você sabe o papel importante que a respiração desempenha na meditação, mas a meditação geralmente consiste em atingir um estado de neutralidade. É sobre lançar algo. Sabemos que você pode atingir um estado de êxtase brincando com a respiração consciente, e isso é algo que o convidamos a fazer pelo menos uma vez por dia. Demonstre como você é poderoso e como pode ser simples chegar onde você deseja. Não há nada mais simples do que respirar e não há nada mais poderoso do que fazê-lo conscientemente.

Nós somos o Conselho Arcturiano, e foi um prazer nos conectar com vocês.”

Daniel Scranton — Fonte: https://eraoflight.com/
Renata Pecora Fortunato e Marco Iorio Júnior — Tradutora e Editor exclusivos do Trabalhadores da Luz

Fonte: Trabalhadores da Luz

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: SAIBA COMO ALCANÇAR UM ESTADO VIBRACIONAL MAIS ELEVADO

AUTOCONHECIMENTO: A BUSCA PELO AUTOCONHECIMENTO É O ÚNICO CAMINHO PARA A AUTO-REALIZAÇÃO

Eu costumo dizer que o único caminho para a auto realização ou a vida plena é o AUTOCONHECIMENTO e que sem ele não conseguimos alinhar a tríade corpo-mente-espírito. Esta é realmente uma tarefa hercúlea, a mais difícil que o homem pode encontrar durante toda a sua existência. Tarefa esta que exige demasiado esforço, disciplina constante e muita sabedoria para enxergar, antes de mais nada, que somos consciências em constante evolução. Por isso convido você a ler o texto completo a seguir, refletir e fazer o seu juízo de valor!

PSICOLOGIA ANALÍTICA

O EGO E SUA IMPORTANTE CONTRIBUIÇÃO NA PERSONALIDADE HUMANA

Publicado por Institutofreedom 
8 de novembro de 2021

 

No presente artigo pretendo compartilhar com o caro(a) leitor(a) importantes considerações a respeito do Ego na visão da Psicologia Analítica proposta pelo psiquiatra suíço Carl Gustav Jung (1875-1961).

Hall e Norbdy (2014) nos apontam que o Ego é o nome dado por Jung à organização da parte consciente da mente. O ego é composto pelas percepções conscientes, pelas recordações armazenadas na memória, pelos pensamentos e sentimentos. Recordar, perceber, pensar e sentir, são ações direcionadas pelo Ego.

Mesmo ocupando uma pequena parcela frente a totalidade da psique, o ego desempenha uma função básica, porém fundamental que consiste na arte de vigiar a consciência.

De acordo com essa linha de pensamento, Hall e Norbdy (2014) afirmam que o ego é altamente seletivo. Através dessa função organizadora da consciência, o ego também carrega em si a função de selecionar. Justamente por carregar funções de extrema importância, uma das principais funções da Psicologia Analítica consiste no fortalecimento do ego e na constante busca pelo equilíbrio.

O ego possui a função de fornecer a identidade na formação da personalidade humana. A Consciência se expande trazendo vitalidade à atividade mental.

Assim como na consciência, o Processo de Individuação também atua intimamente ligada ao Ego, no intuito de proporcionar por meio dessa união, o desenvolvimento de uma personalidade distinta e persistente.

Segundo Carl Gustav Jung (2016), o ser humano só poderá individualizar-se na medida em que o Ego for permitindo que as experiências recebidas se tornem parte da Consciência.

A regência de uma vida saudável gira sempre em torno do equilíbrio. O Ego e a Sombra devem trabalhar em perfeita harmonia. Quando o Ego e a Sombra se harmonizam, a pessoa começa a se sentir cheia de vida e energia para prosseguir em sua caminhada. Assim, o Ego deixa de obstruir a Sombra e passa a canalizá-la.

A Consciência se expande trazendo vitalidade à atividade mental.

O Ego para Jung (2009) é muito mais do que o simples “eu”, é um apanhado de recordações, emoções, sentimentos e ideias que posicionam nosso comportamento e nos tornam conscientes.

Carl Gustav Jung (2016) leva em consideração que a personalidade é composta pela união do ego com o “self”, que seria uma parte “suprema” do indivíduo responsável por mover o ego e sua consciência, este, encarregado de desvendar e interpretar o que parece inconsciente e desconhecido.

O principal objetivo de toda Personalidade, seja ela qual for, é chegar à auto-realização e conhecimento do próprio Self.

A busca pelo autoconhecimento é o único caminho para tal realização. Esta é a tarefa mais difícil que o homem pode encontrar durante toda a sua existência. Tarefa esta que exige demasiado esforço, disciplina constante e muita sabedoria aliada à intensa responsabilidade.

 

Evandro Rodrigo Tropéia / Instituto Freedom

CRP: 06/143949

 

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS:

 

HALL C.S. e NORDBY V. J. Introdução à Psicologia Junguiana, São Paulo, Cultrix, 2014.

JUNG, C. G.  A Natureza da Psique. 7. ed. Petrópolis: Vozes, 2009.

JUNG, C. G. Memórias, Sonhos e Reflexões. Ed. Nova Fronteira, Rio de Janeiro, 2016.

Fonte: Instituto Freedom

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: A BUSCA PELO AUTOCONHECIMENTO É O ÚNICO CAMINHO PARA A AUTO-REALIZAÇÃO

PONTO DE VISTA: O DESPERTAR DA CONSCIÊNCIA DO POVO BRASILEIRO É PRA JÁ OU O PÂNTANO O ENGOLIRÁ RAPIDAMENTE

No nosso PONTO DE VISTA desta quarta-feira o texto vem diretamente dos Estados Unidos cuja autoria é do nosso colaborador em assuntos de política, Ricardo Paz e é uma espécie de desabafo sobre uma situação que está ficando cada vez mais insuportável. O povo brasileiro ficou muito temo em berço esplêndido, precisa acelerar esse processo de conscientização ou será muito tarde, a vaca terá ido para o brejo e daqui pra frente o brejo será cada vez mais pantanoso, movediço e sem volta!

Anta morre presa na lama da Samarco - Gerais - Estado de Minas

SE O POVO NÃO AGE, MERECE O QUE TEM

No Brasil tem muita gente e empresas que “conquistam” sucesso mamando nos privilégios, vantagens e esquemas de corrupção. Quantos conseguem competir e vencer num ambiente assim com honestidade, trabalho e inteligência para negócios? Jamais seremos uma nação forte e com moral se continuamos com o “status” de país dos espertos e malandros! Mas a mudança pode começar pela qualidade das pessoas que elegemos. Se o povo agir com consciência ou senso crítico, pode, pelo voto, extirpar do Congresso Nacional (e assembleias estaduais) os políticos desonestos e apátridas. Se isso não acontecer, o povo e os vadios dos poderes se merecem! E o Brasil permanece um país sem ordem nem progresso, medíocre e vulnerável!
Ricardo Paz
Empresário-Trabalhador
Continuar lendo PONTO DE VISTA: O DESPERTAR DA CONSCIÊNCIA DO POVO BRASILEIRO É PRA JÁ OU O PÂNTANO O ENGOLIRÁ RAPIDAMENTE

AUTOCONHECIMENTO: ENTENDA QUAL O VERDADEIRO SIGNIFICADO DO AUTOCONHECIMENTO

Segundo a psicologia, autoconhecimento significa o conhecimento de um individuo sobre si mesmo, mas na real é um processo de desconstrução de antigas crenças, construção de um novo modo de pensar e agir e, principalmente, de aceitação e amor-próprio. No artigo a seguir você vai conhecer bem mas do que o simples conceito sobre AUTOCONHECIMENTO.

Autoconhecimento

mulher olhando pensativa para o lado

Yaroslav Shuraev / The Yaroslav Shuraev Collection / Canva

“Autoconhecimento”. Embora a palavra esteja em evidência nos últimos tempos, nem todos conseguem entender a grandeza e a profundidade que ela carrega.

Segundo a psicologia, autoconhecimento significa o conhecimento de um individuo sobre si mesmo, mas acho essa uma explicação pobre em relação a tudo o que significa…

O autoconhecimento é um processo de desconstrução de antigas crenças, construção de um novo modo de pensar e agir e, principalmente, de aceitação e amor-próprio.

Quando nascemos e conforme vamos crescendo, somos profundamente influenciados e modificados de acordo com os padrões exigidos pela sociedade.

Entendemos o mundo de acordo com uma visão pré-estabelecida, a partir do meio em que vivemos; da religião, da escola, da cultura, dos nossos pais ou tutores.

O primeiro sinal de chegou o momento do nosso processo de autoconhecimento, eu acredito que seja a NÃO CONCORDÂNCIA.

Muitas vezes, não concordar nos faz enxergar que estamos fora do padrão, por isso estamos errados ou “pecando”, aí somos inundados de dúvidas e medos, mas, na verdade, acredito que esse é o momento em que experenciamos o NÃO PERTENCIMENTO.

Para algumas pessoas, esse sentimento passa despercebido, sem que influencie em nada a sua vida, enquanto outras mergulham com tanta profundidade nessa inquietude, que, se não começarem o “processo”, paralisam, podendo acarretar muitos danos ao longo da vida, tanto emocionais quanto físicos.

Hoje escrevo para as pessoas que chegaram nesse momento de “expansão da consciência”.

Em primeiro lugar, coloque-se como observador de si mesmo, reflita e seja generoso com seus pensamentos, sentimentos e ações.

Esteja consciente, presente e inteiro em toda e qualquer ação, porque isso te conectará com a sua verdade, com a sua essência, com a sua espiritualidade.

Lembro-me de que quando comecei meu processo, eu estava lendo o livro “O poder do agora”, do Eckhart Tolle; para ele, toda a existência é o agora e nada mais existe além, então todos os dias, no caminho para ao trabalho, quando percebia minha mente viajando nas tarefas que tinha que realizar durante o dia, eu me voltava para o volante do carro e pensava: “Agora estou dirigindo, segurando esse volante e, no momento, isso é tudo que eu tenho a fazer”. Até hoje uso esse exercício quando sinto minha mente em fuga.

homem sentado olhando pensativo para o lado

Ariel Paredes / Pexels / Canva

A leitura de livros, artigos e posts que abordam o assunto também me ajudaram muito, além de vídeos de youtubers incríveis, então fica a recomendação…

No livro de exercícios “Um curso em milagres”, de Helen Schucman, tem uma frase que diz assim:

“Uma mente sem treino nada pode fazer”.

Então crie o habito de treinar sua mente sempre!

Medite! Pode parecer difícil de início, porque travamos uma guerra com a nossa mente e tentamos cessar nossos pensamentos, mas quando deixamos os pensamentos fluírem e só observamos, tornamo-nos conscientes de que é só um pensamento, mas lembre-se: atingir um estado meditativo é um processo que pode demorar, mas não desista, porque vai acontecer!

Mas o mais legal é que, se você se observar, vai perceber que medita em momentos inusitados, como quando cozinha, quando arruma a casa, quando dirige, quando toma banho, quando passa um tempo brincando com seu animal de estimação… São momentos em que estamos com a mente vazia, momentos tão valiosos quanto quando você está em posição de lótus, então não os desperdice.

Questione-se! Questões como:

— Será que eu penso assim mesmo?

— Por que eu estou pensando isso?

— Será que isso é verdade ou é uma crença?

— Eu vejo isso dessa forma mesmo?

— Por que estou irritada com isso? Ao que eu associo?

Crie suas próprias questões, sem medo. É tudo entre você e você mesmo, e não estranhe se de repente começar a rir sozinha, porque isso é libertador!

Muito importante: aprenda a dizer “não”! Mas um “não” que te tranqüiliza, porque o não também é libertador. Embora pareça egoísta, acredite: não é!

Quantas vezes fazemos coisas por medo de magoar o outro, digo profissional, amorosa e emocionalmente? Mas você parou para pensar que quando dizemos “sim” para algo que não queremos, estamos dizendo “não” para nós mesmos? Somos seres valiosos e precisamos nos tratar assim sempre!

Eu mesma me afastei de muitos amigos não por achar que sou melhor ou pior que eles, mas porque os nossos pensamentos são diferentes e estamos em outro momento. Melhor do que estar ao lado das pessoas por obrigação ou por medo do que vão pensar ou dizer é respeitá-las a ponto de dizer: “Hoje não serei uma boa companhia”. Quando você estiver com elas por escolha, esses momentos serão muito mais prazerosos simplesmente porque você escolheu estar ali, entende? Faça suas escolhas. Você é responsável por elas!

mulher sentada olhando pensativa para o horizonte

mcredifine / pixabay / Canva

Esteja aberto para mudanças de opinião. Ao contrário do que parece, isso não te faz uma pessoa instável, sem personalidade, mas sim uma pessoa madura o suficiente para aceitar mudanças e construir um novo pensamento.

Escreva! Ou digite, mas coloque suas ideias para fora. Mesmo que te pareçam uma insanidade, pode acreditar que não são! Leiam-se, porque tudo vai fazer sentido, ao menos para você!

Faça uma atividade física! Mas busque algo que você goste de verdade, que te traga alegria e bem-estar…

Fique em silêncio, que é uma maneira poderosa de você ouvir você si mesmo, e sinta, simplesmente sinta. É nesse silêncio que sua intuição e que o Espírito de Deus que habita em você, a centelha Divina, vão falar contigo, então é o momento dos nossos melhores insights. Simplesmente sinta!

Dito tudo isso, entenda… Esse processo não é algo com tempo determinado, mas sim um processo que vai se iniciar por meio de uma decisão que te acompanhará em toda sua vida, então não foque no resultado. Simplesmente aproveite a jornada…

Mas ouça… Haverá momentos difíceis, pois vamos nos encontrar com o nosso eu mais denso (as sombras). Será preciso olhar para ele e dizer: “Meu filho(a), as coisas não são bem assim”. Ele pode espernear, mas seja paciente… Outras vezes, vamos nos deparar com o nosso eu cheio de dores, cheios de marcas (nossa criança interior). Nesse momento vamos acolhê-la e dizer: “Eu te amo, estou aqui, me perdoe”. Pode ser que ela continue chorando e gritando. Passe um tempo com ela, porque não temos pressa!

Então, aos meus amigos de jornada, eu digo:

Apertem os cintos e boa viagem! Essa será a viagem mais incrível da sua vida.

Lembre-se: você nunca estará sozinho!

Abraço

Fonte: Eu Sem Fronteiras

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: ENTENDA QUAL O VERDADEIRO SIGNIFICADO DO AUTOCONHECIMENTO

DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: SAIBA O QUE É IM INICIADO ESPIRITUAL

A nossa coluna DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL desta quinta-feira trás um tema e um questionamento importantíssimo: o que é um iniciado?

Na antiguidade quando um estudante queria se aprofundar na jornada espiritual, era submetido a várias avaliações, pelos mestres daquele templo, para saber se tinha condições e profundidade para receber tamanha grandiosidade do conhecimento espiritual.

Os mestres entendiam e acreditavam que as informações espirituais que passariam, era a coisa mais profunda que existia. E eles faziam isso porque diziam que uma coisa profunda não poderia caber em mente errada. Esse era o teste era para saber o quão de profundidade tinha naquele que desejava se tornar um iniciado. Ao ler o texto a seguir você vai entender um pouco mais sobre evolução espiritual.

Mestre e Iniciado

O que é um Iniciado?

Na antiguidade, quando uma pessoa queria entrar em algum estudo espiritual, ela precisava se adentrar nos Templos específicos, que se aprofundavam em questões espirituais.

A grande população era sempre voltada em adoração por vários ídolos como chamavam na época.

Mas nos Templos, existia uma ideia da unidade permeando a diversidade, que seria uma só causa permeando a tudo e a todos. Somente uma Luz, um Poder maior chamado de O Todo. E que cada cultura da época chamava por um nome diferente, e que para nós seria Deus.

Quando um estudante quisesse se aprofundar na jornada espiritual, ele era passado por várias avaliações, pelos mestres daquele templo, para saber se tinha condições e profundidade para receber tamanha grandiosidade do conhecimento espiritual.

Os mestres entendiam e acreditavam que as informações espirituais que passariam, era a coisa mais profunda que existia.

E que não deixa de ser uma atualidade, para quem hoje busca o conhecimento oculto e hermético e queira mudar realmente a sua vida. Algo profundo e transformador.

E os mestres da época faziam isso porque diziam que uma coisa profunda não poderia caber em mente errada, um amor imenso não cabe em um coração medíocre, e o teste era para saber o quão de profundidade tinha naquele que desejava se tornar um iniciado.

Então o iniciado era passado por um conjunto de provas, que tinha por nome de Iniciação, passaria por avaliação se mostrando sem medo nenhum do invisível, porque um iniciado jamais poderia ter medo do invisível, tendo que viver várias experiências, e mostrando seu caráter.

Se passasse então seria aceito e iniciado ao conhecimento dos temas espirituais, até alcançar um grau de mestrado, onde seria chamado mestre e podendo então iniciar outra pessoa.

Mas hoje em dia através de livros iniciáticos, herméticos, pode-se obter um conhecimento sobre o que era oculto, o chamado ocultismo, e se houver um interesse sincero haverá também um conhecimento profundo e com muito estudo e preparação a pessoa será um iniciado estudando o hermetismo.

Mas esse estudo e essa busca espiritual requerem uma preparação profunda para receber toda a informação necessária que levará o iniciado a um autoconhecimento a uma transformação.

É preciso estar aberto para aprender o que ainda não sabe, com intensidade e profundidade, e o verdadeiro estudante, interessado em mudanças nunca dirá que já sabe, porque ele reconhece que quanto mais receber conhecimento, mais sua mente expandirá.

Para saber qual é o dever de um iniciado, tem um texto do livro Iniciático:  O Caibalion que diz:

“Se fordes verdadeiros estudantes podereis compreender e aplicar estes princípios; se não fordes deveis vos desenvolver, porque de outra maneira os preceitos herméticos serão somente palavras, palavras, palavras!”

Isso significa ser dever do estudante estudar os preceitos e se não forem compreendidos com profundidade, necessita de mais preparação.

E para estudar esses livros requer uma preparação, uma imensa vontade de mudança, um querer se libertar de crenças e paradigmas.

Porque livros iniciáticos tem conhecimentos ocultos escondidos nas entrelinhas, por isso, o nome de iniciático.

Seja um iniciado, e estude o hermetismo, porque quando entender realmente o que é conseguirá transformar a sua vida a ponto de nos olhos das pessoas pensarem que aconteceu uma mágica, houve uma magia, mas nada mais é que a sua compreensão e entendimento sobre as Leis que regem o Universo.

Lúcia CostaLúcia Costa

EU Sou…um ser em construção para muito melhor, em busca do autoconhecimento. Estudante e praticante de tudo que agrega compreensão, entendimento e sabedoria que possa me envolver numa conexão com meu Eu Superior, Minha Centelha Divina, O Deus em mim…O Todo.

 

Fonte: Temporariamente humana

Continuar lendo DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: SAIBA O QUE É IM INICIADO ESPIRITUAL

ARTIGOS: MÉTODO DA AUTOCURA, 3º PILAR: REPROGRAMAÇÃO MENTAL, POR WAGNER BRAGA

Exercicio Especializado : Mentalização Positiva - YouTube

O 3º PILAR DO MÉTODO DA AUTOCURA – REPROGRAMAÇÃO MENTAL COM EXERCÍCIOS DE MENTALIZAÇÃO E MEDITAÇÃO TODOS OS DIAS

Na coluna ARTIGOS da semana passada falei sobre o 2º PILAR do Método da AUTOCURA, Exercícios Físicos todos os dias, onde detalhei em que consiste se exercitar fisicamente para ter uma saúde física espetacular e a importância de se exercitar todos os dias.

Nesta edição da coluna ARTIGOS o destaque é o 3º Pilar desse método que pratico há quase 40 anos, que ao longo dessa trajetória foi se aperfeiçoando e ainda continua, dia a dia em busca da sua melhor versão. Porque essa nossa trajetória, invariavelmente é a busca incessante pela nossa melhor versão. Por isso o Plus do método da AUTOCURA é o seu terceiro pilar, pois é o que nos possibilita sair da materialidade, da energia condensada, esse casulo que habitamos e que nos prende ao solo pela força da gravidade.

Os quatro pilares do Método da Autocura são indispensáveis e cruciais para que o método cumpra com seu objetivo, ou seja, transformar a sua vida como você nunca imaginou, lhe habilitando a alcançar a sua melhor versão. Entretanto, a Reprogramação Mental ou Reprogramação do Subconsciente, provavelmente seja o pilar mais importante do método que desenvolvi ao longo dessa trajetória, pois é o que vai lhe proporcionar essa transição do material para o espiritual.

O método consiste na adoção da prática diária da meditação, sempre duas vezes ao dia. Ao despertar e antes de dormir. Você pode escolher um método qualquer para meditar, mas o importante é que, mesmo começando com pouco tempo para não cansar e eu aconselho iniciar com, pelo menos, 5 minutos, aos poucos vá aumentando esse tempo paulatinamente até alcançar, pelo menos, 30 minutos pela manhã e 30 minutos a noite. Escolha uma técnica de meditação que trabalhe bastante a respiração.

Após terminar a meditação fazer os exercícios de mentalização, tanto pela manhã como a noite.

– Você pode estar perguntando, o que são exercícios de mentalização?

– Bem, antes de explicar isso vamos entender uma coisa. Tudo na vida é treinável e treinamento significa repetição. Quando vemos numa partida de futebol, um Neymar bater uma falta impecável e converter um gol maravilhoso lá na “furquilha” ou como outros dizem: lá onde a coruja dorme”. Na verdade ele treinou exaustivamente, executando, as vezes, até 200 cobranças num só treino. O Oscar do basketball, famoso “Mão Santa”, por converter 80% dos seus arremessos nas partidas pela Seleção Brasileira de Basket, uma vez, confessou a um repórter que todos os dias, em seus treinamentos executava em torno de 500 arremessos de longa distância. Portanto, não existe milagre e nem o que muitos costumam dizer: “esse cara é talentoso” e sim muito treino e muita repetição. Não é a toa que, na igreja, o terço e a ladainha é só repetição. A repetição tem poder, principalmente quando em voz alta, como é o caso do terço e da ladainha.

Então os exercícios de mentalização são frases formuladas para serem exaustivamente repetidas até que o seu subconsciente grave definitivamente aquela ordem, aquele comando. Por exemplo, digamos que você sente dor de cabeça com frequência. Muitas pessoas relacionam logo a alguma falha genética e que terá de conviver com aquilo pro resto da vida e, além de se conformar, passam a repetir todos os dias que aquela dor de cabeça é natural. Então o seu subconsciente grava e realiza a sua vontade, ou seja, transforma aquela ladainha em na sua realidade. Para fazer uma reprogramação do seu subconsciente é necessário formular frases de efeito, tais como: “Eu não sinto dor alguma, o meu cérebro é absolutamente perfeito”, “Minha mente é completamente sadia, cefaleia não é uma opção na minha cabeça”. É claro que para ter um resultado satisfatório é necessário se fazer uma mudança de hábito alimentar, pois o mau hábito alimentar é o principal causador dos males e das doenças crônicas. Não adianta fazer o exercício de mentalização  todo dia e toda hora se não se alimentar correta e saudavelmente.

Quando feito com convicção e fé você consegue virar a chave e mudar a sua realidade através da repetitividade dos exercícios de mentalização positiva e com o tempo fica cada vez mais fácil alcançar o objetivo.

No próximo Artigo vamos falar sobre o 4º e último pilar, a prática diária da GRATIDÃO. Até lá!

Continuar lendo ARTIGOS: MÉTODO DA AUTOCURA, 3º PILAR: REPROGRAMAÇÃO MENTAL, POR WAGNER BRAGA

AUTOCONHECIMENTO: MUDE A SUA REALIDADE COM A REPROGRAMAÇÃO MENTAL, POR WAGNER BRAGA

Você está criando sua realidade! - Café Quântico

Eu costumo dizer para as pessoas que costumam colocar a culpa dos reverses e das agruras das suas vidas a seguinte frase: VOCÊ É 100% RESPONSÁVEL PELA SUA REALIDADE.

Isso não é exagero e nem, muito menos, dureza ou crueldade da minha parte. Quando um equilibrista resolve atravessar um desfiladeiro caminhando sobe um cabo de aço, segurando apenas um bastão, naquele momento é apenas ele e mais ninguém, ou seja, naquele momento a vida dele está 100% em suas mãos. Não corda amarrada na cintura, não rede para ampará-lo numa possível queda e muito menos Deus. Até porque se Deus realmente vigiasse as nossas atitudes e comportamento ele não iria avalizar ou perder o tempo dele com as nossas estripulias ou irresponsabilidades. Isso não tem lógica alguma.

Portanto, precisamos nos livrar das muletas que costumamos utilizar por puro comodismo ou crenças limitantes. Devido a essas crenças limitantes que passam de pai para filho e faz parte do inconsciente coletivo as pessoas criam uma realidade baseada na dor e no sofrimento e passam uma existência inteira penando e patinando sem evoluir.

Mas existe uma solução para tudo isso. Você pode mudar completamente sua realidade sofrida e dolorosa por uma realidade saudável, abundante e plena. O único caminho caminho é o AUTOCONHECIMENTO. Através da Meditação e de exercícios diários de mentalização você pode promover uma reprogramação mental, ou seja, você consegue virar a chave e e dar uma incrível guinada, um espetacular salto quântico e ser totalmente dono da sua realidade e do seu destino, sem depender de nada nem de ninguém.

Você não precisa acreditar em mim, só precisa experimentar, mas experimentar com vontade e convicção, ciente de que é tudo o que você quer, sem desconfianças, pois o resultado só vem quando você tem 100% de fé em algo. Faça com a genuína fé, sabendo que já deu certo e depois me diga como foi.

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: MUDE A SUA REALIDADE COM A REPROGRAMAÇÃO MENTAL, POR WAGNER BRAGA

AUTOCONHECIMENTO: A DOR E O SOFRIMENTO SÃO RECURSOS PARA ASSEGURAR QUE O APRENDIZADO CHEGUE ÀQUELES QUE RESISTEM A EVOLUIR

Quem é leitor deste blog sabe como fico feliz e radiante quando encontro um artigo ou texto realmente esclarecedor, que realmente pode expandir a mente do leitor. Esse texto que publicamos, aqui na coluna AUTOCONHECIMENTO nesta quinta-feira, acerca do sofrimento e da dor não podia ser mais claro, conciso e direto para fazer você entender o verdadeiro objetivo da dor e do sofrimento na nossa jornada. Por isso convido você a ler o texto completo a seguir, refletir e fazer o seu juízo de valor!

Como parar a roda do sofrimento?

Homem com a mão na cabeça e expressão triste

Hidesy / Getty Images Signature / Canva

Todo o Universo está expandindo em constante evolução. Quando falamos a palavra “Universo”, precisamos imaginá-lo como um reflexo da intenção do Criador de Tudo de É.

Antes de compreendermos como parar o sofrimento em nossa vida, devemos nos questionar sobre a razão da existência do sofrimento.

Tendo ciência de que Tudo está em contínua expansão e evolução, podemos imaginar que nada nem nenhuma experiência contida na criação deve estar “estagnada”. Em outras palavras, nenhum de nós pode se negar a evoluir.

Imaginemos que estamos dentro de uma experiência intencionada por uma Mente Universal Criadora, e para viver essa experiência nos foram concebidas diversas qualidades tanto a nível de corpo biológico como na confecção da nossa alma, e também do cenário em que estamos expostos, além de na sincronicidade de todas essas informações juntas.

Toda essa existência é algo extremamente complexo e magnífico ao mesmo tempo.

Quando temos um corpo/mente com inúmeras capacidades, porém acabamos de alguma forma despreciando seu potencial, em outras palavras, acredito que isso se refere às palavras deixadas por Jesus Cristo quando ele dizia: “Homens de pouca fé”. De certo modo, o que estamos fazendo é retardar nossa capacidade de evoluir.

Tudo isso se representa de diversas formas, como falta de autoestima, baixa autoconfiança, automutilação, negação, reprimir ou ignorar a intuição e os seus sentimentos…

Homem com a cabeça encostada na parede.
Soupstock / Canva

Sempre que estamos fazendo isso, estamos limitando ou reduzindo nossa evolução, como se quiséssemos parar de evoluir ou aprender, porém isso não é possível.

Se você negar a sua Luz ou mesmo não se achar digno de ser um filho ou filha para manifestar o poder criativo, a sabedoria e o amor da Mente Criadora de Tudo que É, ainda assim é como se você estivesse resistindo à manifestação do Criador por meio da sua existência.

Quando nos achamos fracos, feios, impotentes etc… estamos negando ao Criador.

Somente quando resistimos e negamos a manifestação das qualidades do Criador – que são o Amor, a Sabedoria e o Poder Criativo por meio de nossa existência — é que vivemos o espaço do sofrimento.

O sofrimento é como se fosse o recurso último para angariar a evolução das almas que se negam a evoluir. A dor e o sofrimento são recursos existentes para assegurar que o aprendizado chegue àqueles que resistem evoluir.

Quanto mais negamos, mais perto da dor e do sofrimento ficamos.

Existem muitas pessoas lindas neste mundo que permitem que sua Luz se manifeste, vivendo em abundância, levando seus dons e talentos para os demais. Com isso, são recompensados e retribuídos com prosperidade. Além disso, também têm uma capacidade de emanar amor, o que lhes assegura se aproximar da felicidade.

Portanto trago uma pergunta de reflexão neste momento: você está permitindo que a Luz se manifeste na sua vida? Dentre as qualidades de Luz estão a alegria, o amor, a paz, entre outras que vou deixar listadas abaixo, usando de referência os estudos realizados pelo Dr. David Hawkins que permitiu, com seu estudo, trazer o conhecimento dos níveis de frequência de cada emoção humana.

A única forma de manifestar sua Luz é cultivando emoções que vibram ou se assemelham à imagem do Criador de Tudo que É.

Dessa forma, concluímos que a única maneira de parar a roda do sofrimento é parando de resistir à manifestação da Luz em nossas vidas.

Àqueles que estão vivendo a dor neste momento, aconselho fazerem essa pergunta a si mesmos: “O que essa dor/sofrimento veio me ensinar?”.

Escrito por Rafael A. Calza

Fonte: Eu Sem Fronteiras

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: A DOR E O SOFRIMENTO SÃO RECURSOS PARA ASSEGURAR QUE O APRENDIZADO CHEGUE ÀQUELES QUE RESISTEM A EVOLUIR

REFLEXÃO: ATRAVÉS DA MEDITAÇÃO E DO SILÊNCIO SE ENCONTRA A BASE DA PAZ

Nesta terça-feira temos um texto magnífico para o nosso momento de REFLEXÃO. Ele aborda o tema, que talvez seja o mais importante para a maioria das pessoas, a PAZ. O mais interessante é que as nossa últimas reflexões nos tem levado a perceber que a Meditação é o único caminho para o AUTOCONHECIMENTO. Aceitando o momento de silêncio e como ele se apresenta, só assim será capaz de experimentar uma sensação de imensidão interior extraordinariamente apaziguadora. Esta é a base da paz!

A base da paz

 em 

 

“A aceitação daquilo que é, do momento tal como é, transporta-o a um nível de profundidade tal que o seu estado interior e a consciência do eu já não dependem dos juízos mentais de “bom” ou de “mau”.

Quando disser “sim” ao “isto é assim” da vida, quando aceitar o momento como ele se apresenta, será capaz de experimentar uma sensação de imensidão interior extraordinariamente apaziguadora.

Na aparência, poderá ainda ficar feliz quando estiver sol e não tão feliz quando chover; poderá ficar feliz se ganhar um milhão de euros e infeliz se perder todos os seus haveres. Contudo, a felicidade e a infelicidade nunca mais serão vividas de maneira tão intensa.

Na verdade, aqueles sentimentos são meras rugas na superfície do seu Ser. Dentro de si, a base de paz permanecerá imperturbável independentemente da natureza das circunstâncias do mundo exterior.

O “sim” ao momento tal como ele é, revela uma dimensão de profundidade interior que não está dependente nem das circunstâncias exteriores nem das condições internas de constante flutuação dos pensamentos e das emoções.” (Eckhart Tolle – A voz da serenidade)

Luz e Paz!

Fonte: Sabedoria Universal

Continuar lendo REFLEXÃO: ATRAVÉS DA MEDITAÇÃO E DO SILÊNCIO SE ENCONTRA A BASE DA PAZ

ARTIGOS: MÉTODO DA AUTOCURA, 2º PILAR: EXERCÍCIOS FÍSICOS DIÁRIOS, POR WAGNER BRAGA

Tecnologias Inteligentes como motivação para seus exercícios físicos diários - OnMe

O 2º PILAR DO MÉTODO DA AUTOCURA – EXERCÍCIOS FÍSICOS TODOS OS DIAS

Na coluna ARTIGOS da semana passada falei sobre o 1º PILAR do Método da AUTOCURA, Alimentação Saudável, onde detalhei em que consiste essa alimentação saudável, lembrando que não se trata apenas de uma mudança de hábito alimentar, mas principalmente a eliminação de vícios  e de formas incorretas de comer.

O segundo pilar do Método da Autocura é a prática diária de exercícios físicos.

Quando falo na prática diária de exercícios físicos estou dizendo que Necessariamente todo ser humano deve fazer exercícios físicos todos os dias, de domingo a domingo. Você pode até achar exagero, não ter  nenhum dia de descanso, mas a verdade é que o nosso corpo foi feito para se exercitar todos os dias. Não precisa e não deve ser o mesmo tipo de exercício dia após dia. É importante que haja uma variação, para que o corpo não fique viciado em um único tipo de exercício físico.

Eu, por exemplo, intercalo entre corrida de rua, musculação e basket ball. Segundas, quartas e sextas-feiras eu corro pelo menos 6,0 km entre 36 e 38 minutos. As terças, quintas e sábados eu faço 1 hora e 15 minutos de musculação e aos domingos 1 hora e meia de basket ball. Desta forma consigo manter o meu corpo sempre saudável, disposto e flexível. Portanto, intercalo entre exercícios aeróbicos e anaeróbicos. Gosto sempre de praticar esses exercícios bem cedo, antes das 06:00 h, a exceção do basket que normalmente começa às 08:00 h.

É claro que cada pessoal tem o seu ritmo, a predileção em termos do tipo de atividade física. O horário, o tempo e a intensidade também variam de acordo com o biotipo, a capacidade motora e respiratória de cada um. A atividade da caminhada é importantíssima para qualquer um. O importante é que se faça exercícios físicos todos os dias. Por isso é de suma importância uma avaliação médica, o acompanhamento de um(a) personal trainning e se possível de um(a) nutricionista, principalmente se você está saindo do sedentarismo. E se esse for o caso pegue leve no começo para criar gosto pelos exercícios ao invés de abuso, como é o caso de tantas pessoas que começam e depois desiste.

 

 

Continuar lendo ARTIGOS: MÉTODO DA AUTOCURA, 2º PILAR: EXERCÍCIOS FÍSICOS DIÁRIOS, POR WAGNER BRAGA

AUTOCONHECIMENTO: SAIBA COMO ENXERGAR ALÉM DOS 5 SENTIDOS DESENVOLVENDO A INTUIÇÃO

Eu sempre falo que é necessário desenvolver a nossa intuição, pois esta percepção sensorial é inerente a todos os seres humanos e não apenas as mulheres, como aprendemos desde a infância. No vídeo de hoje você vai saber o que é a intuição e como podemos desenvolve-la para conseguimos enxergar além dos 5 sentidos. A maioria das coisas que existentes no mundo vão além desses sentidos e a intuição vai te ajudar a acreditar e enxergá-las, mesmo que não sejam materiais e palpáveis. 

Fonte:

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: SAIBA COMO ENXERGAR ALÉM DOS 5 SENTIDOS DESENVOLVENDO A INTUIÇÃO

REFLEXÃO: O QUE APRENDI COM O MESTRE DOS MESTRES, POR CAMILA ZEN

Sexta-feira também é dia de REFLEXÃO com Camila Zen, aqui no Blog do Saber. Hoje você vai assistir um vídeo onde ela interpreta um texto de Augusto Cury cheio de ensinamentos que nos inspiram, sobre “o que aprendi com o mestre dos mestres. Vale a pena assistir, refletir e fazer o seu juízo de valor!

Fonte:

Continuar lendo REFLEXÃO: O QUE APRENDI COM O MESTRE DOS MESTRES, POR CAMILA ZEN

DESENVOLVIMENTO PESSOAL: SEJA UMA PESSOA MELHOR CONHECENDO OS 5 NÍVEIS DA AUTODISCIPLINA

O destaque desta terça-feira, aqui na coluna DESENVOLVIMENTO PESSOAL é a AUTODISCIPLINA. Você vai aprender quantos e quais são os níveis da AUTODISCIPLINA. Como se tornar uma pessoa disciplinada e independente, onde você não vai mais precisar de chefe, instrutor ou seja lá qual for o tipo de muleta para alcançar a sua melhor versão. Então, o que está esperando? Dê um play e assista ao vídeo completo a seguir!

Fonte: Seja Uma Pessoa Melhor

Continuar lendo DESENVOLVIMENTO PESSOAL: SEJA UMA PESSOA MELHOR CONHECENDO OS 5 NÍVEIS DA AUTODISCIPLINA

AUTOCONHECIMENTO: O SILÊNCIO CONTÉM O PODER QUE SÓ A MEDITAÇÃO PODE LHE PROPORCIONAR

A cada dia tenho mais convicção que o único caminho para se alcançar a sua melhor versão é através da meditação, cujo poder está no silêncio. Não apenas o silêncio exterior, mas principalmente o silêncio interior. Sendo o maior obstáculo para se conseguir esse silêncio essencial a mente inquieta, instável e barulhenta. Por isso convido você a ler o artigo completo a seguir e conhecer os meandros dessa caminhada.

O SILÊNCIO CONTÉM O PODER

Existe um nível do Ser onde existe muita Calma.

Mas como acessá-lo? O que nos impede de acessar este lugar sagrado?

O obstáculo, para se chegar à Calma Essencial, é a mente

A mente inquieta, instável e barulhenta, é uma pedra de tropeço para se chegar à mansidão do Mar Azul, dentro. No entanto, existe uma chave para acessar este lugar sagrado. A chave, que abre a porta para este nível do Ser, é o Silêncio, a Contemplação e a Meditação.

O Silêncio é uma dádiva também para ansiosos.

A grande angústia do ansioso é sofrer e lutar contra a desorganização interna, que se reflete como bagunça em seu ambiente externo. A pessoa ansiosa se angustia de ver projetado no seu externo a desordem e a estagnação. Entretanto, no Silêncio e na Meditação existe algo de dinâmico e organizador.

Quando esta dupla entra em ação ela dissolve o torpor mental causado pela ansiedade. Por quê? Algo mágico acontece… a sua respiração muda imediatamente, e você pode agora começar a viver a clareza mental. No Retiro Travessia – de Meditação, Silêncio e Cura Interior – esta prática guiada é muito prazerosa, interessante e fácil de se fazer na exuberante natureza.

Silêncio, Meditação e Contemplação e os 11 extraordinários benefícios

1- Cura do sono.

2- Tranquilidade e disposição ao acordar.

3- Permanência por mais tempo na “Calma Essencial”.

4- Baixa da ansiedade.

5- Melhora da respiração.

6- Mente tranquila e organizada.

7- Memória ativada.

8- Libertação da obsessão dos problemas e conflitos.

9- Resgate da intuição clara e purificada.

10- Presença e conexão.

11- Despertar das capacidades mentais normais e superiores.

 

Os malefícios da falta de silêncio interior

 

“Pensar é algo divino, no entanto, não parar de pensar é algo doentio”.

Pensar compulsivamente é como aquele cachorro que “corre e corre atrás do próprio rabo sem nunca chegar à lugar algum”. O automatismo que criamos vem do nosso “lado” animal fazendo com que a mente fique condicionada à padrões de comportamentos indesejáveis. Esse mecanismo se torna forte, tornando complexo o funcionamento da mente.

Emocionalmente falando, o pensador compulsivo  está sempre aborrecido, insatisfeito e com a alma apertada e apartada de si. Ademais, o ruído mental incessante é um tremendo obstáculo ao autoconhecimento autêntico: a pessoa perde o contato com sua essência, acabando por se sentir “um estranho em sua casa interior”. Tédio, cansaço, ansiedade e respiração alterada compõem o quadro emocional ruim. Parece um paradoxo, mas somente algo simples como a Meditação –  e o silêncio que ela produz – podem tirar a mente de sua complexidade e fazê-la sentir paz e funcionar bem!

Você não é a sua mente e nem o que você pensao pensamento  compulsivo faz com que a pessoa caia na armadilha de se confundir com os próprios pensamentos e de se esquecer quem ela realmente é. O silêncio é a chave para acessar e usar o  potencial ilimitado disponível a todos e a ferramenta por excelência é a Meditação”, lembra sempre o Dr. Toni Luiz a seus pacientes e alunos.

Silêncio, Meditação e Saúde Mental

A Meditação é o remédio natural para quem quer equilíbrio e saúde mental. Quem aprende a silenciar volta ao seu estado natural e será cada vez menos perturbado pelas oscilações da mente. Fazer paradas durante o dia para silenciar e meditar estabiliza a mente porque ajuda a criar “espaço” entre os pensamentos.

Quando isso acontece a pessoa sente uma grande satisfação e já pode comemorar o início da vitória sobre as prisões da mente. Somente silenciando você se torna capaz de transformar o pensamento – colocando de ‘escanteio’ a interferência do ego – e só então determinar o que você quer de fato pensar ou deixar de pensar.

“É muito bom deixar a mente descansando num grande vazio, e pensar somente quando preciso pensar, a prática me ensina a entrar no “modo descanso”.  Isto é uma grande liberdade, uma grande conquista!”, Sarita de Távora Domingues

Se o Silêncio é tão bom assim, por que alguns o temem?

Teme quem desconhece as dádivas do silêncio. A maioria de nós está tão apegada ao sofrimento que esse mecanismo se torna muito forte, a pessoa acaba acreditando que aquela é a sua natureza. Teme o silêncio quem está apegado de forma anormal ao que lhe é “familiar”. Entretanto, somente o que ela teme – o Silêncio – é o que pode libertá-la. O silêncio te ajuda a sair da “ilusão” criada pelos pensamentos caóticos e opressivos. A dinâmica do silêncio coloca ordem em sua casa interior e faz enxergar a realidade com fino discernimento, de forma transformadora.

O Silêncio Meditativo é como uma sala espaçosa, silenciosa e aconchegante, à meia luz,  onde você pode, com tranquilidade, adentrar, tirar seus sapatos e  se permitir descansar. Existe ainda muitas pérolas no silêncio, uma delas é o descanso. Agora que você compreendeu mais sobre o silêncio, eu lhe pergunto: Existe alguma razão para perdê-lo? Sarita de Távora Domingues

Quem consegue aprender sobre o Silêncio?

Quem se interessar por ele,  quem o busca, pratica e o cultiva. Para buscar o Silêncio é necessário um movimento de auto valor e cuidado. Se não fizer isso por si mesmo, por sua mente, ninguém o fará!  A prática requer apenas algum momento do dia e alguns minutos antes de dormir. Impressionantes maravilhas estão reservadas para seus buscadores.

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: O SILÊNCIO CONTÉM O PODER QUE SÓ A MEDITAÇÃO PODE LHE PROPORCIONAR

DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: CONHECER-SE É A ÚNICA MANEIRA DE PROMOVER A EVOLUÇÃO

Não é novidade para ninguém que acompanha esse blog que o nosso objetivo maior é explorar o AUTOCONHECIMENTO e ficamos muito satisfeitos quando encontramos textos que abordem diretamente o tema. Por causa disso escolhemos o texto a seguir, cujo título já escancara tudo: CONHECER-SE, pois é a única maneira de promover a evolução e o DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL. Então convido você a ler, refletir e fazer o seu juízo de valor.

Por que é importante se conhecer? - Portal

CONHECER-SE

Você é exatamente o que é necessário ser…
Seus defeitos e suas qualidades fazem parte de você.
Conhecer-se é a única maneira de promover a evolução.
Evolução não está ligada somente ao plano material, lembre-se não levaremos nada…
Hoje estamos lutando só para Ter e estamos nos esquecendo do nosso objetivo… Evoluir… Transcender.
Dedicamos a maior parte  do tempo ao mundo material, sim neste planeta é necessário trabalhar, mas é necessário aprender a dividir o tempo… É possível evoluir…
Perceba que somos o que sentimos, pensamos, falamos e fazemos em casa, no trabalho, no lazer, etc…
Não estamos no controle do que sentimos… Se sinto raiva, penso, falo e faço coisas negativas… Estou sentindo isto…
Não consigo mudar o que sinto imediatamente, mas posso mudar os pensamentos, palavras e ações…
Estar no controle, lembra?
Sim, estou sentindo raiva, mas posso manter o controle e aos poucos amenizar o que sinto…
Não permita que a tempestade externa, abale a sua paz interna.
Não seja você o propagador deste ciclo.
Permita-se não contribuir com essa energia negativa.
Seja bom, amável e não se preocupe com o que os outros vão pensar… Mesmo nas dificuldades continue fazendo o bem…
Acabe com os ciclos negativos. Perdoe e siga em frente.
Na vida não existe acaso. Tudo que vem é para o bem… Difícil aceitar… Eu sei… Mas lembre-se que tudo que aconteceu te trouxe até aqui e vai te levar para algum lugar…
A viagem torna-se mais fácil quando aceitamos a lição sem reclamar…
Abençoe suas qualidades, aceite seus defeitos e principalmente: corrija-os imediatamente… Não adianta fingir que não existem…
Todos estão na viagem…
Aceitar e não reclamar adianta e facilita o caminho…
Aceitar significa que você entendeu que tudo que está acontecendo é necessário para a sua evolução e quanto mais rápido aprendermos isso… Menor será a dor…
São dois caminhos… AMOR e DOR… Se não for pelo amor será pela dor… Se estiver doendo,  procure onde é possível mudar e transformar a dor em amor…
Se está se sentindo triste não se afaste dos outros, procure estimular-se, chame alguém para tomar um café.
REFLITA!
A paz começa comigo!
A paz começa com você!
Continuar lendo DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: CONHECER-SE É A ÚNICA MANEIRA DE PROMOVER A EVOLUÇÃO

AUTOCONHECIMENTO: CONHEÇA TUDO SOBRE A PODEROSA ENERGIA KUNDALINI

Finalmente encontrei um texto que fala tudo ou quase tudo sobre a poderosa energia da Kundalini, destaque da nossa coluna AUTOCONHECIMENTO deste sábado. Dia propício para este tipo de leitura, onde você vai conhecer melhor como se processa no nosso corpo essa poderosa energia. O texto a seguir desmistifica a palavra Kundalini, que se refere a uma força particular e poderosa, que é normalmente representada como uma serpente enrolada. Muitas pessoas confundem a simbologia da serpente com algo maligno e prejudicial, mas é exatamente o contrário disso e ao ler o artigo completo a seguir você vai conhecer o verdadeiro significado dessa simbologia!

A poderosa energia da Kundalini

Mensagem de 7 de Novembro de 2021

As pessoas com frequência ouvem falar da Kundalini. Veem imagens dela em manuais, livros, etc. Geralmente, associam a Kundalini com ioga, mas essa associação é bastante superficial. Em um artigo anterior intitulado “Kundalini Ioga”, expliquei um pouco mais profundamente o que a verdadeira Kundalini Ioga aborda e por que a maioria das pessoas não deve tentar despertar a Kundalini sem o devido trabalho interno e orientação.

A palavra Kundalini se refere a uma força particular e poderosa, que é normalmente representada como uma serpente enrolada. Muitas pessoas confundem a simbologia da serpente com algo maligno e prejudicial; isso não poderia estar mais longe da verdade. A serpente na simbologia foi usada por culturas antigas e até mesmo por algumas culturas modernas que entendem seu verdadeiro significado. Eles a usam para representar sabedoria, conhecimento, altos níveis de espiritualidade; forças poderosas que carregamos dentro de nós, mas que precisam ser despertadas com cuidado, pois a Kundalini pode curar ou destruir você.

Por que a serpente foi usada para representar esse poder? Deixe-me dar um exemplo mundano: quando uma cobra desperta, ela se desenrola e se levanta com uma forte explosão de energia. Pelo fato de a energia da Kundalini ser muito poderosa, ainda que indetectável quando em seu estado latente, e “Kundalini” ser um adjetivo em sânscrito que significa “circular”, é muito lógica a razão pela qual a associação entre a serpente enrolada e a energia sagrada se deu.

A energia da Kundalini é tão poderosa porque é uma energia primordial, ela não foi criada; ela sempre existiu. Dentro do Tantra e da real ioga, existe a crença em realidades subjacentes, nas quais pode-se intuir ou sentir quando alguém deseja se conectar primeiro com seu centro.

Essas realidades subjacentes são parte da unidade básica primordial, que é constituída de dois princípios: o princípio masculino, ou Shiva, e o princípio feminino, ou Shakti. Como se vê, não há a negação de uma ou outra força; pois a criação não pode ocorrer se não houver uma sintonia entre ambas. Uma dança sagrada, na qual ambas as forças são reconhecidas como poderosas.

Masculine and Feminine energies | Tantric Healing Therapy

Shiva contém os elementos universais e a expressão da consciência universal. Shakti é o princípio feminino dinâmico ou o poderoso princípio da ação. Quando Shiva se reúne a Shakit, a vida é criada – uma fusão dos princípios primordiais que têm um efeito criativo e gerador. Por se tratar de uma sintonia entre as forças feminina e masculina, é considerada energia sexual em sua forma mais pura.

Uma vez que somos parte da criação, somos parte desta energia; essa energia de criação é chamada Kundalini. A Kundalini em seu estado natural é latente, o que significa que está adormecida; ela não pertence ao nosso corpo físico, mas ao nosso corpo/energia etérico, energético ou sutil. Esse corpo etérico tem muitos canais ou caminhos que nos percorrem por inteiro, por meio dos quais a energia Kundalini pode se movimentar.

Há milhares de canais, mas três deles são os principais: o nadi central, ou Shushumna, o nadi esquerdo, ou Ida, e o nadi direito, ou Pingala; esses três nadis principais percorrem desde a base da espinha até a cabeça.

O nadi direito, ou Pingala, é associado ao princípio masculino e ao Sol. O nadi esquerdo, ou Ida, é associado ao princípio feminino e à Lua. Ambos são a base do sistema energético, mas não têm nada a ver com Biologia, mas sim com qualidades e quantidades; todos nós carregamos energias masculina e feminina dentro, e elas se expressam em proporções diferentes dentro de pessoas distintas.

O Shushumna ou nadi central é o eixo e é independente dos outros nadis. Todos os nadis fluem através dos chacras e o fazem de formas específicas.

HÁ SETE CHACRAS CONSIDERADOS OS PRINCIPAIS:

Guia rápido sobre chakras:

  • Muladhara, que é o chacra básico, responsável pelo seu senso de segurança e estabilidade e localizado na base da coluna.
  • Svadhisthana, que é o chacra sacral, responsável por sua sexualidade, seu prazer e sua criatividade.
  • Manipura, que é o chacra plexo solar, responsável por sua autoestima e confiança.
  • Anahata, que é o chacra cardíaco, responsável pelo amor e pela compaixão.
  • Vishuaddha, que é o chacra laríngeo, responsável pela comunicação.
  • Ajna, que é o chacra do terceiro olho, responsável pela intuição e imaginação.
  • Sahastrara, que é o chacra coronário, responsável pela consciência e inteligência.

A Kundalini reside no chacra básico, mas quando desperta, ela ascende através dos principais chacras até alcançar o chacra Ajna ou Terceiro Olho. Esse terceiro olho é onde repousa a consciência individual e é através dele que uma ponte com a consciência cósmica pode ser estabelecida.

Quando a Kundalini começa a ascender através do nadi central em direção ao terceiro olho, ela abre os outros chacras; em outras palavras, ela ativa centros energéticos, o que significa que uma elevação da consciência começa a acontecer. Assim, quando a Kundalini atingir o terceiro olho, ela já terá impactado nosso campo energético, ou sistema nervoso, expandido nossos sentidos e ativado partes de nossa psique que estavam adormecidas – ela afeta nossos planos físico, energético, espiritual e mental.

O processo de despertar com a consciência cósmica ocorre entre o terceiro olho e o chacra coronário. Despertar a Kundalini não é uma tarefa fácil e nem deve ser encarada com leveza. Isso não acontece por meio de repetições sutis nem através apenas da meditação. Para despertar todas as serpentes da Kundalini, é necessário tempo, constância e prática – leva anos para despertar cada serpente.

O despertar da Kundalini não é recomendado para quem não deseja se confrontar e dançar com suas sombras, pois ainda que essa energia seja muito benéfica ao self, ela destruirá os que não estiverem prontos. Ela pode perturbar seriamente qualquer um que não esteja pronto para despertar; pois há diferença entre dançar com a sua loucura ou gênio interior e se tornar mentalmente doente e perder-se em um mundo incoerente.

Breathing in the Neshamah of Christian Living and Practice — Christians Practicing Yoga

A Kundalini não responde à rigidez e muito menos ao abuso de si mesmo. Por isso, trabalhar com sua sombra, procurando equilíbrio entre a luz e a sombra e compreendendo (não apenas em um nível lógico) que cada uma tem seu valor e que uma não pode existir sem a outra, é imperativo.

Há muitas formas de despertar a Kundalini: mudras, mandalas, ioga, meditação, técnicas de respiração, cantos, Tantra, geometria sagrada. Por que tantos caminhos? Porque não existe aquele um caminho que leve à iluminação.

A verdade vos libertará”, o que, para a Kundalini, significa que a verdade dentro de você irá te libertar e que a verdade foi revelada pela consciência cósmica por meio de suas muitas expressões – em outras palavras, cada caminho esconde uma peça do quebra-cabeça e você é a pedra filosofal; a escolha de trabalhar ou não em si mesmo é sua.

Sofia Falcone — Fonte: https://eraoflight.com/
Adriana D. R. T. Olívėra e Marco Iorio Júnior — Tradutora e Editor exclusivos do Trabalhadores da Luz

Fonte: Trabalhadores da Luz

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: CONHEÇA TUDO SOBRE A PODEROSA ENERGIA KUNDALINI

AUTOCONHECIMENTO: LIBERDADE, VOCÊ SABE QUAL O VERDADEIRO SIGNIFICADO? POR WAGNER BRAGA

Há dois mil anos Jesus disse a célebre e enigmática frase: “Conhecereis a verdade e ela vos libertará”. Dois mil anos se passaram e até hoje poucas pessoas conseguiram entender o verdadeiro significado dessas palavras e principalmente da palavra “liberdade”. Para grande parte das pessoas liberdade significa, simplesmente, o direito de ir e vir. Para muitas outras, além disso, o direito de pensar e falar o que quiser e para tantas outras o direito de pensar, falar e fazer o que quiser.

A Declaração Universal dos Direitos Humanos, adotada e proclamada pela Assembleia Geral das Nações Unidas (resolução 217 A III) em 10 de dezembro 1948, estabelece em seus artigos 1º, 2º e 4º o seguinte:

Artigo 1
Todos os seres humanos nascem livres e iguais em dignidade e direitos. São dotados de razão e consciência e devem agir em relação uns aos outros com espírito de fraternidade.

Artigo 3
Todo ser humano tem direito à vida, à liberdade e à segurança pessoal.

Artigo 4
Ninguém será mantido em escravidão ou servidão; a escravidão e o tráfico de escravos serão proibidos em todas as suas formas.

Todos esses conceitos se resumem a parte física e material do seres humanos, mas Jesus se referiu ao desenvolvimento espiritual do ser humano. Conhecer a verdade significa, antes de mais nada, parar definitivamente de mentir. Assim como onde há luz não existe escuridão, a verdade não convive com a mentira. Em segundo plano não existe verdade absoluta, ela se renova e se atualiza dia a dia. Por exemplo, na Idade Média se imaginava que a terra era plana e que era o centro do universo, até que Galileu afirmou que a terra era redonda e era apenas mais um planeta girando na órbita de uma estrela de 5ª grandeza, o Sol. A verdade que parecia absoluta veio abaixo e mais adiante se descobriu que o sistema solar é apenas um dos bilhões de sistemas que compõem a Via Láctea e mais adiante que a própria Via Láctea é apenas uma de mais de um bilhão de galáxias. Portanto não existe verdade absoluta e o conhecimento é que nos permite nos libertarmos das nossa crenças limitantes.

O homem vivem em busca da tão sonhada liberdade, desde quando começou a caminhar por sobre as terras desse planeta, se deslocando de continente para continente e depois que explorou todo o território terráqueo resolveu explorar o espaço para se libertar da opressão da força da gravidade que nos mantêm atados ao solo. Conquistou a Lua e agora tenta conquistar Marte para se libertar do planta Terra que um dia não será mais possível habitá-lo.

Até aqui falamos em se libertar da matéria através da matéria. Mas o que Jesus falou foi se libertar da matéria através do espírito. nós somos feitos de energia condensada ou matéria. Mas a nossa experiência aqui é aprender a usar 100% da nossa consciência ao ponto de nos desvencilharmos dessa matéria densa no plano tridimensional para um plano mais elevado onde seremos energia pura e não precisaremos mais desse casulo material.

Fonte:

 

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: LIBERDADE, VOCÊ SABE QUAL O VERDADEIRO SIGNIFICADO? POR WAGNER BRAGA

REFLEXÃO: CONHEÇA A CURA ATRAVÉS DO BOM HUMOR

Nesta terça-feira, coincidentemente temos mais de uma coluna falando sobre cura ou autocura. A coluna ARTIGOS trás o tema da AUTOCURA através do método desenvolvido por Wagner Braga, que é o tema central do seu mais novo livro: Quando Fala o Coração, transforme sua vida com Amor, Intuição e Gratidão. Aqui, na coluna REFLEXÃO o tema é a CURA através do bom humor, que também não deixa de ser uma AUTOCURA, pois aborda a cura sem remédios e sim através de uma expressão comportamental, ou seja, através do poder mental. Portanto leia o texto completo a seguir , reflita e faça o seu juízo de valor!

Bom humor cura!

 em 

 

Quem não gosta de ter por perto pessoas de bem com a vida? O bom humor tempera a vida com leveza, nos desarma de qualquer sentimento ruim e nos faz sorrir mesmo quando não estamos nos nossos melhores dias. Pode durar pouco tempo, mas é suficiente para tornar tudo tão encantador como quando éramos crianças. Se revestir da energia do bom humor nos ajuda a experimentar um mundo cheio de graça e magia, com cores mais vibrantes e sem os limites férreos da realidade.

Não encarar a vida com tanto rigor é a primeira lição da cartilha do bom humor e, consequentemente, da felicidade. Confiar que para cada tropeço ou impossibilidade que se coloca no nosso caminho há uma cartola ao alcance das mãos para tirar uma boa solução nos faz mais otimistas. Gostamos de coisas cômicas porque elas tiram o peso da existência. Nelas, tudo pode parecer uma grande brincadeira, como ver o mundo através de uma janela maior do que a gente usa para enxergar a realidade.

O bem-humorado consegue ver as coisas com uma certa distância e tem a capacidade de rir de si próprio. Em outras palavras, sabe não se levar tão a sério. Alguns porque nasceram com essa habilidade, outros porque a foram adquirindo aos poucos. E, com isso, estão conseguindo encurtar o espaço do sofrimento, não se assombrar com as tempestades que se formam e não depender dos momentos de calmaria para ficar bem. Mas isso não significa que devemos fazer de conta que os problemas não existem: brincar é uma forma lúcida de aliviar as dores, diminuir as angústias, não sentir tanto medo nem ter a sensação de estar desamparado. Mas é um treino.

Osho (1931-1990), filósofo e mestre espiritual indiano, certa vez ouviu de um aprendiz: “por que o senhor não diz algo sério?”. Porque ele vivia brincando e contando piadas, ao mesmo tempo em que passava seus ensinamentos. Ele criava o discurso em torno da piada, e não poderia ser diferente. Rir é uma maneira de sair da mente. É uma espécie de libertação. Joga fora tudo o que há de ruim em nós, mesmo que por um instante. E a soma de muitos desses instantes de limpeza emocional é capaz de trazer diversos benefícios para nossa saúde: assim como os exercícios físicos fortalecem o corpo, o humor é uma ginástica para o cérebro, pois aquece a mente para produzir pensamentos profundos.

Quando vemos alguém contando uma anedota na tela de cinema ou da TV ou mesmo na rua, pode parecer algo muito fácil. Mas não é. Principalmente se esse alguém estiver tentando ser original. Fazer associações rápidas e inteligentes e buscar respostas para os dilemas do momento requer uma boa dose de criatividade e improviso. Saímos da zona de conforto e travamos uma longa batalha cerebral entre emoções e pensamentos opostos. É nessa confusão que o riso e o bom humor entram em cena e trazem as soluções que buscamos. Eles nos fazem construir raciocínios sofisticados, ter insights que ninguém teve antes. Como se soubéssemos dançar como ninguém a música dos acontecimentos!

Luz e Paz!

(Fonte: Bons Fluídos)

Fonte: Sabedoria Universal

Continuar lendo REFLEXÃO: CONHEÇA A CURA ATRAVÉS DO BOM HUMOR

ARTIGOS: O MÉTODO DA AUTOCURA, POR WAGNER BRAGA

Método TAC - Tríade da Auto Cura - Soham

Há pelo menos 39 anos comecei a desenvolver um método para permanecer o tempo todo saudável. Quando comecei, lá atrás, nos meus 18 anos de idade, a princípio, foi por um grande sentimento de revolta por ter perdido um Carnaval. Não me conformei passar um Carnaval na cama, tremendo feito vara verde por causa de uma pneumonia, enquanto todos os meus amigos e amigas se divertiam a valer. Quando a gente tem 18 anos acha que pode tudo. Vivemos intensamente todos os momento e não admitimos acidentes de percurso como este.

A verdade é que esse sentimento de revolta me levou a decidir nunca mais na vida adoecer a ponto de perder uma festa, um compromisso ou até mesmo um dia de trabalho. Então, através do meu hábito de ler todos os dias direcionei os meus estudos e atenção par a coisa mais preciosa da minha, da sua e da vida de todas as pessoas vivas: a saúde!

Comecei a verificar que a saúde não se restringe apenas ao bem estar físico, mas ao equilíbrio perfeito de corpo-mente-espírito. Esse equilíbrio perfeito se chama Saúde Integral e é composta por: saúde física, mental, espiritual e emocional.

Ao nascermos o normal é que venhamos do útero da nossa mãe com esse equilíbrio perfeitamente calibrado, mas ao  longo da nossa jornada aqui na terceira dimensão, devido as muitas atribulações, a correria do dia a dia, as responsabilidades de pessoais e familiares esse equilíbrio, aos poucos, vai se desfazendo até ocorrer uma desconexão dessa tríade corpo-mente-espírito e a pessoa fica vulnerável as doenças físicas, mentais e emocionais.

O nosso organismo trás no nosso DNA o poder da AUTOCURA. Quando caímos e ralamos o joelho, sem que seja necessário colocar nenhum remédio sobre o ferimento as nossas células de defesa do organismo agem para curar aquele ferimento e em poucos dias ele está cicatrizado. Isso se chama AUTOCURA. Para casos simples como o do exemplo que acabei de dar o nosso organismo, comandado pelo nosso cérebro tem autonomia própria para proceder a cura independentemente da interferência da nossa e mente e do nosso espírito. Já nos casos mais complexos como doenças do sistema autoimune se faz necessário a intervenção dessas duas partes que compõem essa tríade. E neste momento é essencial o equilíbrio perfeito corpo-mente-espírito.

E foi compreendendo isso que desenvolvi o meu método da AUTOCURA ao longo desses 39 anos e que a partir desse artigo vou compartilhar com você nos próximos 4 artigos, já que esse método é composto de 4 pilares: alimentação saudável, exercícios físicos diários, reprogramação mental e a prática diária da Gratidão. No próximo artigo falarei sobre o 1º passo: alimentação saudável.

Continuar lendo ARTIGOS: O MÉTODO DA AUTOCURA, POR WAGNER BRAGA

Fim do conteúdo

Não há mais páginas para carregar

Fechar Menu
×

Carrinho