AUTOCONHECIMENTO: VOCÊ SABE QUAL É O SEU PROPÓSITO E SUA MISSÃO DE VIDA? POR WAGNER BRAGA

Cada ser humano tem sua missão no mundo. No vídeo de hoje, o questionamento que trago é relacionado ao propósito individual do ser humano. Algo que todos têm, porém alguns nascem com isso mais aflorado, já sabendo o que deve ser feito, enquanto outros, precisam seguir a intuição para descobrir. Dai a importância do AUTOCONHECIMENTO para desenvolver a percepção sensorial que todo ser humano tem e que é o caminho para descobrir o seu propósito individual, que muitas vezes ainda não despertou. Assista ao vídeo a seguir e saiba como descobrir a sua missão de vida!

Fonte:

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: VOCÊ SABE QUAL É O SEU PROPÓSITO E SUA MISSÃO DE VIDA? POR WAGNER BRAGA

REFLEXÃO: O DIVINO ESTÁ À NOSSA VOLTA, POR CAMILA ZEN

Nesta sexta-feira você vai assistir a um vídeo de Camila Zen onde ela conta uma história para nos fazer  refletir sobre como às vezes não nos deixamos seguir nosso coração, e sentir as coisas, pelo mero fato de não enxergarmos com nossos olhos. Às vezes estamos tão afundados em preocupações, medos e ansiedades, sentindo um aperto no peito, que mal conseguimos respirar e fica impossível nos conectarmos com as coisas boas e o divino ao nosso redor. E o que eu faço quando isso acontece? O que você faz para se conectar com a energia positiva e de luz ao seu redor?

Fonte:

Continuar lendo REFLEXÃO: O DIVINO ESTÁ À NOSSA VOLTA, POR CAMILA ZEN

REFEXÃO: COMO SE MEDE O AMOR?

A medida do amor é fundamentalmente uma questão de consciência. Quanto mais consciente você é mais amor tem para dar e para receber. O contrário é diametralmente verdadeiro. Portanto ao expandir a sua consciência você também se agiganta diante dos que lhe observam e isso contagia ajudando a esses observadores também crescerem e se agigantarem no amor. Ame, pratique o amor e transforme esse planeta numa terra de gigantes!

Fita métrica do amor

 em 

 

“Como se mede uma pessoa? Os tamanhos variam conforme o grau de envolvimento. Ela é enorme pra você quando fala do que leu e viveu, quando trata você com carinho e respeito, quando olha nos olhos e sorri destravado. É pequena pra você quando só pensa em si mesmo, quando se comporta de uma maneira pouco gentil, quando fracassa justamente no momento em que teria que demonstrar o que há de mais importante entre duas pessoas: a amizade.

Uma pessoa é gigante pra você quando se interessa pela sua vida, quando busca alternativas para o seu crescimento, quando sonha junto. É pequena quando desvia do assunto.

Uma pessoa é grande quando perdoa, quando compreende, quando se coloca no lugar do outro, quando age não de acordo com o que esperam dela, mas de acordo com o que espera de si mesma. Uma pessoa é pequena quando se deixa reger por comportamentos clichês.

Uma mesma pessoa pode aparentar grandeza ou miudeza dentro de um relacionamento, pode crescer ou decrescer num espaço de poucas semanas: será ela que mudou ou será que o amor é traiçoeiro nas suas medições? Uma decepção pode diminuir o tamanho de um amor que parecia ser grande. Uma ausência pode aumentar o tamanho de um amor que parecia ser ínfimo.

É difícil conviver com esta elasticidade: as pessoas se agigantam e se encolhem aos nossos olhos. Nosso julgamento é feito não através de centímetros e metros, mas de ações e reações, de expectativas e frustrações. Uma pessoa é única ao estender a mão, e ao recolhê-la inesperadamente, se torna mais uma. O egoísmo unifica os insignificantes.

Não é a altura, nem o peso, nem os músculos que tornam uma pessoa grande. É a sua sensibilidade sem tamanho.” (Martha Medeiros)

Luz e Paz!

Fonte: Sabedoria Universal

Continuar lendo REFEXÃO: COMO SE MEDE O AMOR?

DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: ALCANÇANDO A MASSA CRÍTICA, POR VITAL FROSI

Uma mensagem muito importante e alentadora de Vital Frosi é o destaque deste domingo, aqui na coluna DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL. Ele anuncia que fim dos dias de dor e sofrimento está próximo, quando entraremos num novo ciclo em direção a luz. Convido você a ler o texto completo a seguir e expandir um pouco mais sua consciência.

Massa crítica alcançada

Silhueta de homem de costas com os braços abertos durante por do sol

avi_aci / pixabay / Canva

Amados! Nenhum esforço é em vão! Cada alma, ao se juntar num propósito mais elevado, multiplica por mil as possibilidades. Então você que se uniu ao grupo na Grande Meditação de 21-12-1, não foi mais um, mas multiplicou por mil a energia das intenções colocadas ali.

Como número de participantes, sim, você foi mais um, e juntos atingimos a massa crítica mínima de 144 mil participantes. Pouco mais de uma hora após o término da meditação, já podemos saber o resultado positivo obtido.

Isso possibilita que tudo seja mais breve e mais suave. Agora, tudo vai se acelerar ainda mais. As intenções colocadas nesta meditação se manifestarão em breve e a humanidade, como coletivo, será beneficiada, pois, graças à sua contribuição e à sua escolha, o domínio das sombras será abreviado. A humanidade finalmente terá um pouco de paz ainda antes do Evento. Estamos indo para os dias finais da Velha Terra. Na matemática do Criador, quem dá tem crédito. Você, que se doou hoje e em outras oportunidades, certamente receberá os bônus de acordo com o seu trabalho.

Quando dizemos que a Luz venceu é porque nos planos mais elevados, ela já se materializou. É como a trovada que já é certa após o relâmpago, mesmo que o seu troar ainda não tenha sido ouvido. A meditação de hoje foi o relâmpago. Tenha certeza de que a trovoada virá em breve. A LUZ VENCEU!

Gratidão pela companhia nesta existência atual, a mais importante e incrível de todas as que tivemos aqui neste lindo Planeta Azul.

Eu sou Vital Frosi e estamos juntos até depois de final!

Abraços de Luz!

Escrito por Vital Frosi
Continuar lendo DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: ALCANÇANDO A MASSA CRÍTICA, POR VITAL FROSI

AUTOCONHECIMENTO: EM BUSCA DO AMOR INCONDICIONAL

A grande missão, comum a todo ser humano, nessa trajetória terrestre é aprender a amar e como já foi dito, o amor incondicional, que é o amor maior. Por isso o texto a seguir, “Na exaltação do amor” é de suma importância para ajudar no entendimento e na compreensão dessa dádiva de Deus. Então convido você a ler o texto completo a seguir e expandir um pouco maia a consciência!

NA EXALTAÇÃO DO AMOR | Chico Xavier, diálogos e recordações ...

NA EXALTAÇÃO DO AMOR – por André Luiz

A folha ressequida que cai, anônima, do pedúnculo em que nasceu, é bem o símbolo do poder oculto de Deus na Natureza.

Poder que é força, vida e amor…

Quem a recolheu?

O Sol? Não. O Vento? Não. O Homem? Não.

A folha desceu por si mesma, segundo os ditames preestabelecidos pelas leis gerais do Universo, para o seio fecundante da Terra que a transforma em novo elemento no laboratório da incessante renovação.

Assim também se movem as criaturas e os destinos.

A folha cai… Os mundos caminham… O homem evolve…

Brilha o Sol, naturalmente, mantendo a Família planetária nos domínios da Casa Cósmica. Avança o Vento, sem esforço, nutrindo a euforia das plantas.

Em princípios de soberana espontaneidade, constrói o Homem a própria existência.

Saber não é tudo.

Só o amor consegue totalizar a glória da vida. Quem vive respira. Quem trabalha progride. Quem sabe percebe.

Quem ama respira, progride, percebe, compreende, serve e sublima, espalhando a felicidade.

Siga, pois, seu roteiro, louvando o bem, esquecendo o mal e edificando sem repouso.

Se o caminho é áspero e sombrio, prossiga com destemor.

Lembre-se que na vanguarda há mais amplo local para a sua esperança.

Busque ouvir a mensagem do amor, onde passe.

Estude amando.

Responda aos imperativos da evolução, amando onde esteja.

Atenda ao semelhante, amando com alegria.

Satisfará, em tudo, a você mesmo, amando sempre.

Na marcha ascendente para o Reino Divino, o Amor é a Estrada Real. As outras vias chamam-se experiências que a Eterna Sabedoria, ainda por amor, traçou à grande viagem das almas para que o espírito humano não se perca.

Antes de você, o amor já era.

Depois de você, o amor será.

Isso, porque o Amor é Deus em tudo.

Viva, assim, a vida, amando-a para entendê-la.

Viver e amar…

Amar e compreender…

Compreender e viver abundantemente…

Ângulos de uma verdade só – A Vida Eterna.

No entanto, viver sem amar é respirar sem trabalho digno; querer com exclusivismo entontecente é contemplar situações e circunstâncias com apriorismos que geram a enfermidade e a morte.

Se você sabe, portanto, o que é viver, por que não vive?

Só vive realmente quem ama.

Só ama efetivamente quem age para o bem de todos.

Só age, sem dúvida, para o bem de todos, quem compreende que o amor é a base da própria vida.

Fora dessa verdade, há também movimento e ação de sombra que tornará fatalmente à luz em ciclos determinados de choro, aprovação e martírio.

Nada novo, sempre a Lei, que funciona compassiva, mas inexorável, restituindo a cada sementeira a colheita certa.

Comande a embarcação de seu destino e não atribua a outrem os erros que as suas mãos venham a cometer.

De você mesmo depende a própria viagem.

Instrua a você, sem procurar encobrir, ante a própria consciência, as faltas que lhe arrojam a alma ao desencanto ou ao agravo das próprias necessidades do espírito.

Ainda que a noite lhe envolva o passo, alente, no imo do ser, o dia eterno da fé.

Não se confie ao sabor da invigilância, para que a invigilância não lhe arraste a existência ao sabor do sofrimento.

Antes de nós, o Universo era o Santuário da Glória Divina.

Lembremo-nos, pois, de que Deus nos criou para acrescentar-Lhe a grandeza.

Não Lhe diminuamos o esplendor, cultivando a treva…

Enganaremos a forma.

Jamais enganaremos a vida que palpita, triunfante, em nós mesmos.

Aprenda a buscar aquilo de que você carece no próprio aperfeiçoamento, antes que alguém lhe ensine a preço de aflição.

Busque o roteiro exato, antes que outros se lhe ofereçam, no dia de sua perturbação, para guias de sua dor.

Força é poder. Idéia é força.

Mas só o amor condiciona o poder para a vitória da luz.

Ame o caminho. Caminhe e vença.

Anote hoje os seus movimentos, no ritmo do trabalho e da oração, e o amanhã surgirá com brilho sempre novo.

Sorria para os lances mais difíceis da estrada e os panoramas próximos e remotos descerrar-se-ão sorrindo à sua alma.

Não pare senão para refazer o fôlego atormentado.

Mais além, é a estrada de destino.

Não escute o murmúrio das sombras senão para socorrer as vítimas do mal, a fim de que os gemidos enganadores do nevoeiro não lhe anestesiem o impulso de elevação.

A fraternidade ser-lhe-á anjo sentinela entre os pântanos da amargura.

Cante o poema da caridade, seja onde for, e as criaturas irmãs, ainda mesmo quando algemadas ao crime, responder-lhe-ão com estribilhos de amor.

Guarde compaixão e a paz ser-lhe-á doce prêmio.

Exemplifique a fé que lhe honra a inteligência e o mundo abençoar-lhe-á todas as palavras.

Amanheça todo dia no serviço que lhe compete e o dever retamente cumprido manterá você, invariavelmente, na manhã luminosa da vida. Antes de amparar a você, ampare aqueles que, desde muito, suspiram pela migalha de seu amparo.

Antes de nossa vontade, a vontade do Senhor.

Antes do bem para nós, o bem necessário aos outros.

Seja para você a justiça que observa e corrige e seja para o irmão de jornada a bondade que ajuda e absolve sempre.

Sobretudo, guarde a certeza de que o amor se emoldura na humildade que nunca fere.

Coloque você em último lugar e a vida encarregar-se-á de sua própria defesa em qualquer parte.

Ainda mesmo com sacrifício, sob chuvas de fel e gritos de calúnia, renda diariamente seu culto ao amor e o amor na própria vida brilhará em sua alma, convertendo-a em estrela para a Glória Sem-Fim.

– ANDRÉ LUIZ –

(Recebido espiritualmente por Waldo Vieira – Texto extraído do livro “O Espírito da Verdade”, cap. 78)

Fonte: IPPC
Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: EM BUSCA DO AMOR INCONDICIONAL

DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: SAIBA COMO MANTER ATITUDES QUE TRAGAM EQUILÍBRIO AO LONGO DO SEU DIA

O texto que você vai ler hoje, aqui na coluna DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL é de extrema importância, pois trata dos diversos tipos de Yoga fora do tapetinho, ou seja, da prática milenar que vai, aos poucos, se incorporando ao seu dia a dia e que pode lhe ajudar a resolver seus problemas nos momentos de dificuldade durante o dia, dai a expressão “Yoga fora do tapetinho”.

Yoga fora do tapetinho: como manter atitudes que tragam equilíbrio?

Tapetes de Yoga em evidência e uma pessoa praticando yoga ao fundo

Traitov / Getty Images Pro / Canva

Tudo na vida pode ser uma experiência na prática filosófica do yoga. Ao expandir o olhar sobre a vida você já está levando o yoga para além do tapetinho, transformando e aprendendo com os acontecimentos do cotidiano. A prática completa, ou seja, não apenas as posturas, mas a respiração, a meditação e o estudo vão trazendo clareza e discernimento para alterar desde pequenos hábitos até a visão do mundo.

Enquanto yoga em cima do tapetinho, realizamos posturas que gostamos e outras que, ainda que exijam mais adaptações, precisamos para a saúde do corpo e da mente. Essas posturas mais difíceis mostram onde precisamos evoluir tanto no corpo físico quanto na identificação de bloqueios mentais. Eu, particularmente, trabalho o medo das posturas invertidas, o que é interpretado como o meu mundo organizado virar de ponta-cabeça, mas tenho facilidade com torções, que simbolizam a abertura para ver outras direções a seguir. Ainda em cima do tapete, o relaxamento e a meditação nos trazem a observação interna: como respiro? Como me sinto? Consigo controlar meus pensamentos?

Mulher em cima de tapete de yoga praticando uma posição
AndiP / Pixabay / Canva

Então passamos para o que é a prática do yoga fora do tapetinho. Aí entram os ramos do yoga, como o karma yoga, e a prática de agir com compaixão, sem esperar ser recompensado ou reconhecido. Há ainda o jñána yoga, o autoconhecimento, no qual analisamos “quem sou eu” e buscamos o conhecimento, a leitura e o autoestudo. O bhakti yoga nos traz o yoga devocional, no qual honramos as forças da natureza e percebemos nossa divindade interior.

Para além dos ramos, a prática do yoga fora do tapetinho envolve ter em mente suas atitudes de forma equilibrada. Você não está proibido de perder a paciência, mas não adianta evoluir na sua prática de meditação e quando abrir os olhos, ignorar como funcionam seus padrões mentais e manter os hábitos que geram ansiedade, raiva e tristeza. Não se trata de buscar uma positividade forçada. Hoje em dia alertamos muito sobre a positividade tóxica, mas é exatamente ter consciência do equilíbrio das emoções, permitir-se tirar um dia para relaxar e não praticar ou para observar seu comportamento sem julgamentos.

Portanto yoga fora do tapetinho significa cuidar de si mesmo, não insistir em relações destrutivas, em alimentos não saudáveis ou em comportamentos intolerantes, por exemplo. Observe quando as consequências dos seus atos lhe incomodam. Ao praticar yoga fora do tapetinho, você vira agente de sua própria transformação.

Escrito por Ale Fiori
Continuar lendo DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: SAIBA COMO MANTER ATITUDES QUE TRAGAM EQUILÍBRIO AO LONGO DO SEU DIA

CRÔNICAS: RELACIONAMENTO ABERTO, POR ANA MADALENA

É com muito orgulho e prazer que trago mais um texto inédito da nossa ex-colaboradora e fantástica cronista Ana Madalena para publicar, aqui na nossa coluna CRÔNICAS de todas as quartas-feiras do ano. Como sempre, é impossível não ter a curiosidade de ler do começo ao fim, não só pelo prazer, mas principalmente para ver até onde vai a sua imaginação. O título, Relacionamento Aberto não é, como sempre, o que imaginamos antes de começar a ler e sempre me surpreendo com o desenrolar de suas histórias. Por isso convido você a ler mais essa crônica maravilhosa dessa fenomenal escritora.

COMO FAZER INTERCÂMBIO

Relacionamento aberto


Que saudade das minhas viagens! Me orgulho em dizer que, quando planejo um passeio, sou disputada pelos amigos; dizem que na minha companhia não ficam entediados, nem sentem o tempo passar. Realmente, viajar, mesmo em pequenos grupos não é para qualquer um. Eu mesma me preparo alguns meses antes; estudo temas variados para entreter quem estiver por perto. Óbvio que sigo algumas regras, como não conversar assuntos delicados, muito menos pela manhã. Geralmente essa é a hora de conversar amenidades, contar algum sonho, eu mesma invento vários, embora na vida real não sonhe nunca. Ou se sonho, não lembro. O café da manhã tem que ser festivo, com sorrisos de bom dia. Claro que muitas vezes não são retribuídos; algumas pessoas só acordam depois das dez, mesmo que fisicamente já tenham feito várias coisas, desde as sete.  Não se brinca com o relógio biológico!

Gosto de dirigir,  fazer viagens onde possa conhecer caminhos e, sobretudo, ver paisagens (adoro a palavra “sobretudo”, dá um ar de sofisticação ao vocabulário, cada vez mais empobrecido). Viajar é uma oportunidade de aprender várias coisas e eu realmente me organizo para tirar o melhor proveito dessa experiencia; faço playlist, lanchinhos e meto o pé na estrada! A única coisa que me irrita é ter hora marcada. Geralmente viajo com hotel reservado somente na chegada e no meu destino final. O meio do caminho é sempre uma surpresa!

Não gosto de viajar de avião, principalmente voos longos. Quem gosta? Além de desconfortável, exige um grau de intimidade que me incomoda, principalmente quando meu assento é na fileira do meio, entre estranhos. Por mais que procure fazer as coisas com antecedência, selecionar meu lugar, as vezes acontece de grande parte dos passageiros terem me antecedido. E o percurso vira, no mínimo, um tédio. Geralmente levo um livro, o que me salva por algum tempo, e. rezo para que as pessoas ao meu redor não ronquem, o que invariavelmente acontece.

Nunca fiz um cruzeiro, embora seja um desejo antigo, mas fiquei com um pé atrás depois de ouvir sobre infecções alimentares e, mais recentemente, surtos de covid, etc. Acho que, tirando esses problemas, é uma viagem muito boa. Não ter que fazer e desfazer malas o tempo todo, além de ter uma estrutura que possibilite fazer mil coisas, é o melhor dos mundos.

O único meio de transporte que tenho fobia, ou melhor, claustrofobia, é o elevador. Sempre tive medo de entrar naquela cabine, desde quando, ainda criancinha, me mudei para um prédio, numa época quando ainda não era comum ter geradores residenciais.   Não, não foi na pré-história, se é o que está pensando. A verdade é que a sina de ficar presa em elevadores me acompanha desde então.

Na primeira vez , eu tinha sete anos de idade e vinha com minha irmã mais nova do colégio, no fim da tarde. Nós morávamos no terceiro andar, uma viagem até rápida, mas  mal entramos, faltou energia. Ficou tudo escuro e eu me desesperei. Ela, muito madura, segurou a minha mão e disse que não me preocupasse. Minha irmã sempre foi uma pessoa corajosa; nunca derramou uma lágrima por nervosismo, nem quando precisava  tomar injeção. Já eu, ao contrário, nasci com todos os medos! Dizem que os filhos mais velhos são um poço de insegurança, por causa da inexperiência dos pais, que depois do “estágio” do primeiro filho, tiram de letra os próximos. O primogênito que lute contra seus fantasmas, no meu caso, muitos!

E como exercício contra a timidez e medos bobos, meus pais me colocaram desde cedo para fazer um curso de música. Quer coisa mais aterrorizante do que se apresentar para uma plateia? Minha professora, percebendo que eu gostava de saber sobre a história por trás da música, aos poucos foi quebrando meu nervosismo, me incentivando a, antes da apresentação, comentar um pouco sobre a autoria da música a ser apresentada. Foi a melhor coisa que aconteceu na minha vida! Eu discorria sobre tudo, desde a vida do músico, em um grau de intimidade como se fôssemos os melhores amigos, até sobre questões técnicas da partitura. Isso quebrava um pouco minha timidez e dali seguia com menos medo de errar.

Trouxe esse ensinamento para minha vida. No colégio, eu sempre pedia para apresentar trabalhos, mesmo que na véspera não conseguisse dormir e chorasse de nervoso. Sou canceriana e “chorar” é quase como respirar; os sentimentos vêm antes de mim, para o bem e para o mal. E foi assim que me tornei uma pessoa comunicativa, embora tímida. Só eu sei o deserto que tive que atravessar para me tornar quem sou hoje.

Fiz intercâmbio em uma época que não era  comum. Ali eu realmente quebrei barreiras! Ter que conviver com pessoas de uma realidade totalmente adversa da minha foi, em princípio, um susto, mas também uma libertação. Eu não só tive que superar medos, como também superá-los noutra língua. Minha família estrangeira era maravilhosa, conversava bastante comigo e eu, envergonhada e sem saber o que falar, comecei a inventar histórias. O café da manhã era a minha hora da mentira;  eles prestavam atenção a cada detalhe do que eu contava. Lembro que meu “pai americano” sempre perguntava se a história era em cores ( inventei uma vez de dizer que sonhava em preto e branco) e se em inglês. No dia que respondi “yes” para as duas perguntas, ele me deu parabéns e disse que eu estava totalmente adaptada à minha nova vida. Nova vida? Quer dizer que posso ter mais de uma? Que maravilha!

Como já disse antes, sou canceriana. Levo esse signo muito a sério, até porque explica grande parte das minhas ações. Esse ano, pelos astros, vai ser um grande ano para mim! Dizem que Júpiter me atrapalhou nos últimos onze anos e finalmente mercúrio, que aqui comparo com minha professora de música, vem com tudo para abrir meus caminhos. E pelo que li, vai ser uma guinada daquelas! Novas oportunidades, desafios e, sobretudo (olha minha palavrinha preferida), uma nova vida! Há a previsão de eu viajar, para outro país! Um novo intercâmbio se abre para mim, só que dessa vez não ficarei com uma família. Depois do Airbnb, a possibilidade de me hospedar em um lugar onde possa “participar” diretamente da vida de outra pessoa é muito instigante. É quase como um relacionamento, onde inicialmente trocamos algumas informações, depois conversamos um pouco sobre nossos interesses e finalizamos quando ocupamos o espaço daquela pessoa que aluga não só seu imóvel, como parte da sua vida. É o que chamo de  relacionamento aberto! Compartilhar uma casa, manusear objetos de outra pessoa, folhear seus livros, ver fotos de família na estante… O meu primeiro relacionamento aberto foi em um outono distante, quando aluguei um quarto numa casa linda, cercada de pinheiros e esquilos, o famoso “bed and breakfest”. Depois que selecionei o local, que entrei em contato com o proprietário e quando já estávamos quase amigos, ele precisou viajar na véspera da minha chegada. Para minha surpresa, ele deixou um bilhete de boas vindas, em cima do balcão da cozinha, junto com vários cupcakes que devo ter mencionado que gostava nas nossas conversas. A geladeira estava abastecida, e na porta, pregado com um imã, nome de vários mercadinhos e dicas de locais interessantes para conhecer.

E foi assim que vivi outra vida, de tantas que já tive oportunidade de viver. Raramente me hospedo em hotéis, gosto de conhecer novas pessoas e formas de viver. De comum, todos “Airbnbistas” que conheci, têm a cultura do desapego, de uma vida minimalista, além de uma lista de regras para boa convivência, que poderiam perfeitamente existir em todos os lugares, inclusive nas nossas próprias famílias. Sou muito a favor do que é dito, do não deixar  subentendido. Todas essas pessoas com quem pude partilhar um pouco, tornaram-se amigos, principalmente com a ajuda das redes sociais.

Alguém disse, certa vez, que não é a distância que separa as pessoas, mas o “tanto faz”… Tenho amigos espalhados pelos quatro cantos do mundo, de várias vidas que já vivi, para quem nunca fui “tanto faz” e com quem divido minha “camuflada” timidez. À eles, dedico meu patrimônio emocional.

Ana Madalena
Continuar lendo CRÔNICAS: RELACIONAMENTO ABERTO, POR ANA MADALENA

DESENVOLVIMENTO PESSOAL: NATUREZA, PAZ E SENSIBILIDADE HUMANA, POR MONJA COEN

Nesta terça-feira você vai assistir, aqui na coluna DESENVOLVIMENTO PESSOAL, uma mini-palestra da Monja Coen sobre natureza, paz e sensibilidade. Ela nos mostra que estamos todos conectados e o nosso COMPORTAMENTO requer enorme responsabilidade, pois todos os nossos atos reverbera irremediavelmente nas outras pessoas que nos cercam e até mesmo naquelas que estão nos lugares mais longínquos. Ela nos convida a sermos sensíveis com a natureza e observarmos que ela depende de nós e nós dependemos dela. Portanto o cuidado é fundamental. Assista ao vídeo completo a seguir, reflita e faça o seu juízo de valor. 

Fonte:

Continuar lendo DESENVOLVIMENTO PESSOAL: NATUREZA, PAZ E SENSIBILIDADE HUMANA, POR MONJA COEN

REFLEXÃO: COMO REALMENTE NOS ENXERGAMOS, GRANDE OU PEQUENO?

Deixei para fazer as publicações desta terça-feira, ainda hoje pela manhã. Redigi primeiro o texto da coluna ARTIGOS, que fala do Orgulho, um dos sete vícios capitais e quão não foi a minha satisfação ao abrir o o blog da Beth Michepud para garimpar mais um belo texto e publicá-lo, aqui na coluna REFLEXÃO! O texto semanal desse blog maravilhoso, “Sabedoria Universal”, trata justamente de como nos enxergamos ao olhar no espelho, ou seja, quem pensamos que somos? Por isso convido você a ler esse breve, mas sábio texto, refletir e fazer o seu juízo de valor!

Quem pensamos que somos

 em 

 

“Nosso sentido de quem somos determina o que percebemos como nossas necessidades e o que importa na nossa vida – e o que nos interessa tem o poder de nos irritar e perturbar. Podemos usar isso como um critério para descobrir até que ponto nos conhecemos.

O que nos interessa não é o que dizemos nem aquilo em que acreditamos, mas o que nossas ações e reações revelam como importante e sério. Portanto, talvez queiramos nos fazer a seguinte pergunta: o que me irrita e perturba?

Se coisas pequenas têm a capacidade de nos atormentar, então quem pensamos que somos é exatamente isto: pequeno. Essa é nossa crença inconsciente. Quais são as coisas pequenas? No fim das contas, todas as coisas são pequenas porque todas elas são efêmeras.

Podemos até dizer: “Sei que sou um espírito imortal” ou “Estou cansado deste mundo louco. Tudo o que quero é paz” – até o telefone tocar. Más notícias: o mercado de ações caiu, o acordo pode não dar certo, o carro foi roubado, nossa sogra chegou, cancelaram a viagem, o contrato foi rompido, nosso parceiro ou parceira foi embora, alguém exige mais dinheiro, somos responsabilizados por algo.

De repente ocorre um ímpeto de raiva, de ansiedade. Uma aspereza brota na nossa voz: “Não aguento mais isto.” Acusamos e criticamos, atacamos, defendemos ou nos justificamos, e tudo acontece no piloto automático.

Alguma coisa obviamente é muito mais importante agora do que a paz interior que um momento atrás dissemos que era tudo o que desejávamos. E já não somos mais um espírito imortal. O acordo, o dinheiro, o contrato, a perda ou a possibilidade da perda são mais relevantes. Para quem? Para o espírito imortal que dissemos ser?

Não, para nosso pequeno eu que busca segurança ou satisfação em coisas que são transitórias e fica ansioso ou irado porque não consegue o que deseja.

Bem, pelo menos agora sabemos quem de fato pensamos que somos. “(Eckhart Tolle -Um Novo Mundo)

Luz e Paz!

Fonte: Sabedoria Universal

Continuar lendo REFLEXÃO: COMO REALMENTE NOS ENXERGAMOS, GRANDE OU PEQUENO?

ARTIGOS: O ORGULHO, POR WAGNER BRAGA

A encruzilhada política do governo | SINAL - Sindicato Nacional dos Funcionários do Banco Central

O Orgulho, um dos sete pecados capitais persegue e/ou acompanha todo ser humano desde sempre. Está presente no nosso dia a dia nas nossas atitudes e muitas vezes nos impede de vivenciar experiências maravilhosas, edificadoras e sublimes. Quando estamos imbuídos desse vício como se fosse o ser supremo da nossa vida ficamos cegos para as coisas que realmente importam nessa trajetória terrestre. Quantos irmãos passam uma vida inteira sem se falar por causa desse vício destruidor de relacionamentos? Quantos pais e filhos também deixam de se relacionar só porque em algum momento da vida um disse para o outo algo que ele não gostou? O Orgulho é quase irmão gêmeo da soberba. A diferença é que o Orgulho tem o lado bom, quando o vemos como uma virtude. Aquela que faz produzirmos a ocitocina, o hormônio do amor, dentro da gente e nos leva pro lado certo da caminhada. Quando nos orgulhamos de um filho que passou no vestibular, ficamos felizes e cheios de amor. Naquele momento seríamos capazes de fazer coisas realmente boas e maravilhosas, até para alguém que nunca tínhamos visto antes de tanta felicidade. Já a soberba não nos dá essa oportunidade, pois, como disse no artigo em que trato dela é a cegueira total. Quando estamos imbuídos da Soberba só existe EU e mais ninguém.

Para nos desvencilharmos do Orgulho não há outro caminho a não ser a prática consciente da Perdão e da Gratidão. Sentimentos que vibram numa frequência muitas vezes superior, de sinal invertido, que vai nos proporcionar dar sentido a nossa existência e nos conduzir rumo a vida plena. Se você, de alguma forma perceber que está imbuído desse vício capcioso, inverta o sinal e comece a caminhar no sentido contrário, pois não existe atalho para se alcançar a nossa melhor versão, apenas direção oposta. Portanto inverta o sinal, se livre da dor e do sofrimento e pare de caminhar feito caranguejo, dê um salto quântico rumo a vida plena.

Continuar lendo ARTIGOS: O ORGULHO, POR WAGNER BRAGA

AUTOCONHECIMENTO: ESTAMOS TODOS COCRIANDO O TEMPO TODO NESSA GRANDE TEIA

O texto desta segunda-feira, aqui na coluna AUTOCONHECIMENTO vem nos fazer refletir sobre a nossa situação de cocriadores nesse universo cósmico, onde tudo está interligado e acontecendo ao mesmo tempo. Somos capazes de influenciar fatos, coisas e pessoas com nossas emoções, crenças e energia, a fim de alcançarmos o resultado esperado. Portanto convido você a ler o artigo completo a seguir para entender como funciona essa imensa teia em que vivemos.

Somos Todos Criadores!

Homem de olhos fechados e orando

Matheus Bertelli / Pexels / Canva

Dizem que somos nós que criamos ou cocriamos nossas vidas. Que somos capazes das mais belas realizações, que somos os responsáveis por tudo de bom e tudo de não tão bom que nos acontece. Que criamos juntamente com alguma “força misteriosa” que rege a vida.

Se pararmos para observar, a maioria — ou talvez grande parte — das nossas mais belas realizações, percebemos que, de fato, criamos. Primeiro em um nível mental, no plano das ideias, e depois partimos para ação. Muitas vezes não entendemos como determinados acontecimentos que dependem de terceiros podem ser criados por nós.

Sim, nosso potencial ainda não conhecemos bem, mas dizem que somos capazes de influenciar fatos, coisas e pessoas com nossas emoções, crenças e energia, a fim de alcançarmos o resultado esperado.

Dizem também que um dos ingredientes primordiais para mover a energia da cocriação é a nossa emoção. Muito mais do que pensamentos positivos é o que realmente sentimos que poderá contribuir para a concretização de nossos sonhos e metas.

São nossas emoções as grandes engrenagens desse sistema tão misterioso.

Silhueta de braços abertos observando o por do sol na montanha

doidam10 / Canva

E não por acaso acabamos por cocriar situações indesejáveis também com nossas emoções de baixa frequência. A irritação, o desânimo, o medo e a raiva, todas essas emoções, quando emanadas por nós, acabam por criar um campo vibracional em que somente situações que produzem essas emoções são capazes de adentrar. Em outras palavras, se nosso campo vibracional for da raiva, apenas situações que geram raiva são atraídas para esse nosso campo.

Por isso, naquele dia em que acordamos com o “pé esquerdo”, um problema puxa o outro e não conseguimos nos desvencilhar dos desafios. É necessário termos consciência do tanto que nossas emoções afetam a nossa realidade. Para isso, no mínimo, precisamos observar o que estamos sentindo, para conseguirmos encontrar as soluções para nossos desafios.

Observar, aceitar, transmutar, agradecer e tirar algo de bom do desafio poderá ajudar a elaborar nossas emoções e, consequentemente, criar, conscientemente, uma realidade com mais plenitude e alegria.

Experimente por alguns dias e depois me conte o resultado!

Fonte: Eu Sem Fronteiras

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: ESTAMOS TODOS COCRIANDO O TEMPO TODO NESSA GRANDE TEIA

AUTOCONHECIMENTO: QUANDO NÃO PODEMOS MUDAR UMA SITUAÇÃO PODEMOS MUDAR A NÓS MESMOS

Sábado também é dia de reflexão e é muito importante observar as coisas que influenciam as nossas decisões, baseado em nossas emoções, que são os gatilhos emocionais. Se não estivermos atentos nunca perceberemos o que realmente estamos fazendo, principalmente depois de tanto tempo em constante tensão e crise emocional, devido a pandemia e todas as instabilidades geradas por ela. Então lhe convido a ler o texto completo a seguir, refletir e fazer o seu juízo de valor!

Gatilhos emocionais, final de ano e as instabilidades dos últimos meses. O que fazer?

Mulher branca sentada olhando para o lado.

fizkes / 123rf

Cuidado com os gatilhos que geram síndrome do pânico, crise de ansiedade e bloqueios… Estava tudo planejado para o Ano Novo. Aí vem a ômicron.

Para tudo, todo mundo entra em pânico de novo, todo mundo tem que rever a sua vida.

Como se preparar a cada dia para que esse turbilhão não nos afete tanto?

Não temos controle sobre o que está acontecendo, então como viver melhor?

Vivemos em constantes crises de ordem econômica, saúde, segurança, social, política etc.

Uma crise acaba e surge outra. Assim é a realidade, porque vivemos em uma época de incertezas e inseguranças. Que acaba gerando muito sofrimento, então não podemos negar que o sofrimento faz parte da vida. Porém existem saídas para nos ajudar.

Porque quando não podemos mudar uma situação, podemos, sim, mudar a nós mesmos.

O importante é identificar o que está fazendo disparar o gatilho, o que está desencadeando a crise que nos faz entrar em pânico.

Como?

Buscando ajuda por meio do autoconhecimento.

Mulher negra sentada no chão com as mãos no peito.

Joice Kelly / Unsplash

Por meio das mais variadas terapias que nos auxiliam a entender que não devemos sofrer por antecipação.

Controlar a ansiedade para que ela não nos leve a uma síndrome do pânico, porque geralmente tudo começa com as emoções negativas que ficam atormentando e fazendo o pensamento ficar acelerado.

Então é hora de parar e mudar o pensamento por meio de emoções positivas, despertando em nós a paz e o equilíbrio.

Mudar os hábitos, prestar mais atenção à respiração, procurar uma vida mais calma e sem tantas cobranças, pois tudo passa e precisamos cuidar melhor de nós mesmos para poder desfrutar de todos os momentos das nossas vidas.

Há necessidade de estar no momento presente. Não temos o passado nem o futuro, apenas o presente. E não temos controle sobre nada, então viva o hoje!

Porque é no hoje que a realidade das nossas vidas acontece. Sabemos que estamos vivendo em uma época em que tudo está muito acelerado e confuso.

Isso é próprio desses novos tempos em que a pressa, o consumo e o descarte fazem parte de uma necessidade em ocultar o vazio existencial.

Se nos prendermos ao passado, ficamos depressivos. Se nos prendermos ao futuro, ficaremos ansiosos.

Mulher branca de máscara e mãos na cabeça.

engin akyurt / Unsplash

A importância de viver no presente é essencial, e parece tão óbvio, mas infelizmente não é. Porque é preciso ter maturidade emocional para entender o que acontece conosco, com nossas emoções e sentimentos.

Precisamos entender que tudo chegará até nós se tivermos serenidade e equilíbrio.

Se tivermos consciência de quem somos nós.

Descanse, pense e medite… porque é no hoje que estamos vivos e cheios de energia.

Dicas para manter a sua saúde mental em tempos de tantas instabilidades financeiras, econômicas e de saúde.

Hoje quero falar com você sobre algumas dicas práticas que você pode aplicar no seu dia a dia, para manter a sua saúde mental em tempos de tantas instabilidades financeiras, econômicas e de saúde.

  1. Aprenda a manter sua atenção no momento presente;
  2. Aprenda a respirar corretamente. Respire fundo e sinta o ar entrando e saindo de suas narinas, repita esse ciclo;
  3. Desligue a TV e faça algo terapêutico para você: pinte, cante, dance, leia um livro legal, pratique a escrita criativa;
  4. Anote todas as suas despesas e, sempre que puder, separe um valor mínimo para guardar e fazer uma reserva de emergência.
  5. Quando o dinheiro entrar, não pense que ele já vai sair da sua conta devido a despesas; pense que você estará usando seu dinheiro para fazer seu capital girar.
  6. Fortaleça seu autoconhecimento, faça terapias, se for preciso, mas cuide de si. Não negligencie esse lado;

Ver as coisas sob um novo ponto de vista nos ajuda a viver melhor, além de trazer novos insights para sairmos de uma determinada situação de forma criativa.

Escrito por Carla Marçal

Fonte: Eu Sem Fronteiras

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: QUANDO NÃO PODEMOS MUDAR UMA SITUAÇÃO PODEMOS MUDAR A NÓS MESMOS

AUTOCONHECIMENTO: EXPRESSÕES DE AMOR, POR WAGNER BRAGA

Podemos expressar o amor de inúmeras formas! No vídeo de hoje, falo um pouco sobre as expressões do amor e qual delas mais se aproxima do amor incondicional, aquele que devemos buscar na nossa vida. Um questionamento que você deve estar sempre fazendo é: como alcançar o amor incondicional? Desta forma você sairá da sua zona de conforto e estará sempre em busca desse que é o nosso objetivo maior. Então assista e divulgue! Nos ajude a compartilhar o conhecimento e o amor!

Fonte:

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: EXPRESSÕES DE AMOR, POR WAGNER BRAGA

DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: UMA VISÃO DA PSICOLOGIA ANALÍTICA DA RELIGIOSIDADE SOBRE A PSIQUE

Nesta edição da coluna DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL temos um artigo científico retirado do site do Instituto Freedom, cujo objetivo é mostrar a importância da religiosidade na psique humana, analisada sob o quadrante das dimensões psíquica, espiritual, física e social. Carl Gustav Jung (1990) aplica o termo “numinoso” para compreender o aspecto psicológico da religião em si, que por sua vez designa a atitude particular de uma consciência transformada pela experiência do numinoso. Leia o texto completo a seguir e entenda como tudo isso acontece!

A IMPORTÂNCIA DA RELIGIOSIDADE NA PSIQUE

Publicado por Instituto freedom 6 de dezembro de 2021

 

A Psicologia Analítica defende a ideia de que o Homem deve ser analisado como um todo. Essa totalidade presente em cada ser humano é dividida em quatro valorosas dimensões, segundo Melgoza (2009):

  • Dimensão Psíquica;
  • Dimensão Espiritual;
  • Dimensão Física;
  • Dimensão Social.

Conforme os estudos desenvolvidos pelo psicólogo Dr. Julian Melgoza (2009), a dimensão psíquica envolve os conteúdos conscientes, inconscientes pessoais e coletivo do psiquismo. As questões da religião, da religiosidade e da crença da existência de um ser superior que nos move, consistem na dimensão espiritual que é inerente ao ser humano. A dimensão física abrange pontos significativos como a saúde corporal e a busca por uma qualidade de vida. O equilíbrio da mente e a construção de pensamentos nos remete a compreensão da dimensão mental do ser humano.

Na realidade é a mente, que consiste na consciência que o ser humano tem de si mesmo e da própria vida que vai modelar a qualidade do corpo, da organização energética e a qualidade da evolução da alma como um todo (MELGOZA, 2009).

De acordo com Sabbag (2006), a religião nos remete ao termo “religar”, ligar de novo, e consiste na crença da existência de uma força ou forças sobrenaturais, manifestando essa crença através de rituais específicos.

Segundo Carl Gustav Jung (1990), a religião constitui uma das expressões mais antigas e universais da alma humana, subentende-se que todo tipo de Psicologia que se ocupa da estrutura psicológica da personalidade deve pelo menos constatar que, a religião, além de ser um fenômeno histórico-social, é também assunto de extrema importância para grande número de pessoas.

A religião exerce grande influência na dimensão psicológica, deixando de ser apenas um apanhado de regras, um conjunto de mandamentos e leis, mensagens de otimismo, esperanças e princípios eternos que ligam supostamente o ser humano a Deus ou a um ser superior, para ser um instrumento de grande valor para a formação do indivíduo enquanto ser “social” (SABBAG, 2006).

A partir das ideias de Carl Gustav Jung (1978), podemos concluir que dessa forma, a Fé – o ato de crer em alguém ou algo – não se baseia apenas somente no sentido espiritual, onde o objetivo da religião é proporcionar a “salvação” para a alma, mas também nos desenvolvimentos do humano enquanto ser social, moral, físico e mental.

Jung (1978), afirma que não existe experiência possível sem uma consideração reflexiva, pois esta experiência constitui um processo de assimilação, sem o qual não há compreensão alguma, ou seja, a experiência é o fruto do processo de reflexão.

A religião é considerada por Carl Gustav Jung uma função psicológica cujo objetivo principal é compreender a relação do ego com o self, que pode ser comparada com a relação entre o humano e o divino (Homem e Deus) (SILVEIRA, 1981).

Conforme os estudos elaborados por Nise da Silveira (1981), uma das grandes descobertas de Jung se refere à máxima de que na maioria de seus casos clínicos, a cura foi alcançada através de experiências religiosas de qualquer espécie.

Segundo Jung (1978), o termo religião não nos remete a nenhuma denominação ou instituição de forma específica, mas sim o contexto da espiritualidade que é verdadeiramente expressa no contexto da religiosidade vivida pela pessoa em si.

Jung (1978), nos aponta que as ações religiosas são inerentes a todo ser humano esteja ele adepto ou não a alguma crença, ou seja, a religião está por natureza inseparavelmente ligada ao ser humano.

Os símbolos, cultos e rituais da religião em si, carregam uma função transcendente com o objetivo de unir os conteúdos conscientes e inconscientes do psiquismo humano. Através dessa linha de pensamento é possível chegar ao ponto máximo da Psicologia Analítica Junguiana: A Individuação (JUNG, 1990).

Segundo Hall e Norbdy (1980), a individuação é um processo onde o ser humano passa de um estado infantil de identificação para um estado maior de diferenciação, que leva a uma ampliação da consciência. Pelo caminho da individuação, o indivíduo se identifica menos com os valores impostos pelo meio social e passa a ter mais identificação com o self (si mesmo), a totalidade.

Para Jung (1990), a conscientização dessa totalidade é a principal meta do desenvolvimento do psiquismo. Devemos buscar essa individuação, essa iluminação através do processo do autoconhecimento.

Um dos passos necessários para a individuação é a assimilação das quatro funções psicológicas definidas por Jung (2013):

  • Sensação;
  • Pensamento;
  • Intuição;
  • Sentimento.

Carl Gustav Jung (1990) aplica o termo “numinoso” para compreender o aspecto psicológico da religião em si:

[…] existência ou fato dinâmico não causados por um ato arbitrário. Pelo contrário, o efeito se apodera e domina o sujeito humano…Qualquer que seja sua causa, o numinoso constitui uma condição do sujeito, e é independente de sua vontade. (p.65).

Para Jung (1990), o numinoso pode ser uma propriedade de um objeto visível, ou um influxo de uma presença invisível, que produzem de fato uma modificação especial na consciência. Em muitos casos, esse fator da numinosidade se aplica a um termo de muito destaque em relação à religiosidade e as manifestações da fé, denominado processo de conversão.

Portanto, de acordo com Jung (1978), o termo religião designa a atitude particular de uma consciência transformada pela experiência do numinoso.

Evandro Rodrigo Tropéia / Instituto Freedom

CRP: 06/143949

 

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS:

JUNG, C.G., Estudos Alquímicos, Petrópolis: Vozes, 1990.

Psicologia e Religião. Obras completas de C. G. Jung, v. 11/1. Vozes, Petrópolis, 1978.

Tipos Psicológicos. Obras completas de C. G. Jung. Vozes, Petrópolis, 2013.

SABBAG, D.C. Dicionário Bíblico. Um guia de estudos e entendimento do livro dos livros, Difusão Cultural do Livro, São Paulo, 2006.

SILVEIRA, N. Jung: vida e obra / Nise da Silveira – 7- ed.– Rio de Janeiro Paz e Terra, 1981.

HALL C.S. e NORDBY V. J. Introdução à Psicologia Junguiana, São Paulo, Cultrix, 1980.

MELGOZA, J. Mente Positiva: Como desenvolver um estilo de vida saudável / Julian Melgosa: Tradução Lucinda dos Reis Oliveira – Tatuí – SP: Casa Publicadora Brasileira, 2009.

Fonte: Instituto Freedom

Continuar lendo DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: UMA VISÃO DA PSICOLOGIA ANALÍTICA DA RELIGIOSIDADE SOBRE A PSIQUE

PONTO DE VISTA: O CONHECIMENTO É O MAIOR ATALHO PARA A VITÓRIA

A arte da guerra, de Sun Tzu pode ter uma lição embutida para o momento atual

Caro(a) leitor(a),

Em tempos de polarização e judicialização da política, uma tendência global, é incrível, mas as pessoas estão cada vez mais cegas. Cada vez mais ignorantes, já que se deixam levar pelo emocional ao invés de usar os neorônios, numa hora tão delicada, para refletir sobre toda essa situação.

Escritos muito antigos como o livro atribuído a Sun Tzu (544-496 a.C.), A Arte da Guerra”, um tratado filosófico-militar no qual reuniu estratégias e táticas militares para vencer o inimigo, ensinava que é preciso conhecer o inimigo a fundo para vencer uma guerra. Ele próprio um general, estrategista de guerra e filósofo chinês. 

Quem interpretou e entendeu a enigmática frase de Jesus Cristo: “conhecereis a verdade e ela vos libertará, sabe que Sun Tsu dizia a mesma coisa com outras palavras, ou seja, ao conhecer o inimigo tomarás “conhecimento” da “verdade” sobre ele e saberás os seus pontos fracos para conseguir a vitória e consequentemente se “libertar” do julgo opressor, se estiver defendendo sua cidadela.

Numa guerra ou num combate, seja ele qual for, os oponentes não podem ser guiados por sentimentos de ódio, rancor ou inveja. Se faz necessário e imperativo ter acima de tudo a razão como guia e só assim tomar decisões assertivas. Por isso o inimigo precisa ser estudado com profundeza. Mas o que ocorre hoje em dia é o contrário. Nenhum dos dois lados quer ler, conhecer e aprender sobre o outro. Dessa forma se torna muito fácil uma terceira via, entrar sorrateiramente no meio desse turbilhão de ódio e rancor e, com sabedoria, tendo estudado os pontos fracos de um do outro e conquistar o espaço que existe e os dois não estão visualizando. E assim essa terceira via pode terminar derrotando os dois que “se achavam”, embriagados pela “soberba”, e poderão terminar no abraço dos afogados e desesperados.

Continuar lendo PONTO DE VISTA: O CONHECIMENTO É O MAIOR ATALHO PARA A VITÓRIA

DESENVOLVIMENTO PESSOAL: CONHEÇA O MAIOR VILÃO DO DIA ARRASTADO E DA FALTA DE DISPOSIÇÃO

Na nossa primeira edição da coluna DESENVOLVIMENTO PESSOAL do ano de 2022 você vai conhecer o maior vilão da sua falta de produtividade e do cansaço físico por ter dormido pouco ou muito. Você vai aprender com May Duchini como acordar disposto(a) e ter um disposição e um dia produtivo.

Fonte:

Continuar lendo DESENVOLVIMENTO PESSOAL: CONHEÇA O MAIOR VILÃO DO DIA ARRASTADO E DA FALTA DE DISPOSIÇÃO

REFLEXÃO: ESTAR VIVO NO ANO NOVO É O GRANDE PRESENTE QUE DEVEMOS AGRADECER

A nossa coluna REFLEXÃO desta terça-feira, a primeira do ano de 2022, não podia ser diferente e trás um texto que inicia comemorando a difícil travessia do ano de 2021 sob a égide da maior pandemia viral já conhecida na história da humanidade com um alegre: Conseguimos! Convido você a ler o texto completo a seguir e receber essa injeção de ânimo para atravessar o novo ano que se inicia!

Conseguimos! Feliz 2022!

 em 

 

Ufa!!! Chegamos até aqui amigos! Terceiro dia de 2022!

E o que foram estes últimos dois anos!!! Sabemos que estamos todos em processo de evolução, e esta jornada só foi possível porque nos permitimos encontrar um lugar de paz e equilíbrio dentro de nós mesmos.

Me lembro de uma frase que diz: ‘ Encontrei em mim um espaço confortável, somente quando estive exposto à uma situação de completo desconforto’. Este “espaço confortável” é o que também reconhecemos agora. É o lugarzinho só nosso, onde o ego não consegue entrar, onde a confiança plena reside e o amor reina perene.

Sei que o encontramos porque estamos aqui agora. Fizemos tudo o que pudemos para manter o equilíbrio físico, mental, emocional e espiritual. Nadamos contra a maré, cansamos e então resolvemos boiar deixando que o fluxo do universo nos levasse.

Ainda nesta entrega, muitas vezes não enxergávamos a luz do farol que nos guiava. Então, tudo de novo. Começamos a remar, enfrentamos e superamos as tempestades que insistiam em nos assolar até que, mais outra vez nos voltamos para o nosso espaço confortável e enxergamos o farol, desta vez aceso.

Diante de tudo o que vivemos, ouso dizer que, em momento algum, perdemos a boia que nos manteve salvos e que nosso radar interior sempre nos apontou o caminho, tanto que estamos juntos aqui, provando o quão guerreiros somos!

Que a Luz e a Paz sejam sempre nosso norte nesta nova jornada chamada 2022!

Feliz Ano Novo! Feliz Vida!

Fonte: Sabedoria Universal

Continuar lendo REFLEXÃO: ESTAR VIVO NO ANO NOVO É O GRANDE PRESENTE QUE DEVEMOS AGRADECER

ARTIGOS: A SOBERBA, POR WAGNER BRAGA

Jornal Impacto Online - Andradina e Região

Infelizmente, em pleno século 21, depois de tanta evolução científica e tecnológica a maioria da humanidade ainda está na pré-história do DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL. É muito comum encontrarmos pessoas no nosso caminho sofrendo de um vício chamado SOBERBA. Na verdade a SOBERBA é um dos 7 pecados capitais, que são quase tão antigos quanto o cristianismo. Eles datam do século 6, quando o papa Gregório Magno, tomando por base as Epístolas de São Paulo, definiu como sendo sete os principais vícios de conduta: gula, luxúria, avareza, ira, soberba, preguiça e inveja.

Apesar de terem sido definidos pela Igreja Católica, esses vícios existem, são reais e fazem parte da vida de todo e qualquer indivíduo, independente de crença ou religião. Em algum momento da vida de qualquer ser humano esses vícios ou pelo menos um deles se torna realidade.

A SOBERBA talvez seja o pior de todos eles e caminha junto com o ORGULHO, pois, assim como o narcisista a pessoa dominada pela SOBERBA “se acha”. Ela acha que o mundo gira em seu entorno. Que todas as outras pessoas podem, devem e estão sempre a sua disposição, para satisfazer todos os seus desejos, sem que ela tenha que agradecer ou mover um dedo sequer para reconhecer o serviço prestado por essas pessoas que lhe cercam. A pessoa movida pela SOBERBA se acha a dona da verdade e não aceita ser contrariada. Ela passa a odiar e repudiar as pessoas que pensam diferente dela, agindo sempre como um verdadeiro antagonista ou inimigo.

Acontece que estamos todos aqui nessa jornada num eterno aprendizado, com o intuito de, a cada dia, sermos melhor do que no dia anterior. Isso se chama performance. Temos a obrigação de performar  sempre, pois viemos aqui para evoluir, expandir a consciência e a SOBERBA é o maior entrave nessa jornada evolutiva. Enquanto não nos livramos dela apenas perdemos tempo e desperdiçamos energia gratuitamente.

Portanto faça um exame de consciência, uma introspecção e verifique se você está se rendendo a SOBERBA. Tenha a coragem de olhar para dentro de si e enxergar esse vício. Se você não o tem parabéns, mas se descobrir que ela faz parte da sua vida livre-se dela o quanto antes e comece a prosperar em busca da liberdade e da vida plena.

Continuar lendo ARTIGOS: A SOBERBA, POR WAGNER BRAGA

AUTOCONHECIMENTO: ACREDITAR E CONFIAR É PRECISO NO NOVO ANO QUE SE INICIA

Para começar bem o ano novo de 2022 recomendo uma leitura de alta positividade com o título “Acreditar”. E complemento com uma outra palavrinha que precisa ser adicionada ao seu cotidiano: “confiar”. São palavras de alto potencial desbravador que aqueles buscadores incansáveis as repetem dia após dia. Portanto convido você a ler o texto completo a seguir para tomar uma dose cavalar de ânimo e esperança, confiança e crença no ano que se inicia!

Acreditar

Uma pessoa de braços erguidos. Acima dela, nuvens, céu e um sol forte.

ryanking999 / 123RF

Passamos por tantos problemas e tantas superações durante o ano que muitas vezes, quando alguém fala em acreditar nos sonhos, isso logo nos remete a realidades paralelas e pensamentos não só distantes como impossíveis. E a gente vai vivendo sempre prezando a realidade, desprezando a existência da magia e do sobrenatural.

O fato é que nossa vida é feita do sobrenatural. São milagres e acontecimentos imperceptíveis aos nossos olhos que fazem ser possível a nossa existência. É por causa da magia do cotidiano e dos sonhos que se fazem os grandes projetos. Podemos dizer que é a magia que alimenta os nossos planos.

Por isso, principalmente quando tudo parecer impossível, sonhe. Não deixe de acreditar que é possível. É por acreditar que grandes revoluções e evoluções na nossa História aconteceram. Acorde já agradecendo por estar vivendo um milagre. Pare para olhar a magia presente nos detalhes. Observe os raios de sol que entram em sua janela, mesmo que por alguns segundos, ria das situações engraçadas e não hesite em abraçar.

Uma mulher com suas mãos na parte posterior da cabeça. Um forte raio de sol incide em seu rosto.

nicoletaionescu de Getty Images Pro / Canva / Eu Sem Fronteiras

Se existe em seus sonhos há possibilidades de acontecer na vida real. Acredite que ainda existe bondade, que existem amizades verdadeiras e amores reais. Acredite que ainda é possível, que tudo vai melhorar. Acredite que o Universo conspira para que as coisas deem certo, basta parar para reconhecer toda essa conspiração.

Meu pedido hoje é que você, leitor, mesmo passando por dificuldades, acredite na vida e na esperança. Acredite que tudo vai melhorar. Mas não deixe de acreditar na força que nos move, na energia que movimenta todo o nosso querer.

Tudo pode existir e acontecer. O primeiro passo é acreditar.

Escrito por Fernanda Colli

Fonte: Eu Sem Fronteiras

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: ACREDITAR E CONFIAR É PRECISO NO NOVO ANO QUE SE INICIA

DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: EVOLUÇÃO SIGNIFICA TREVAS, DOR, SOFRIMENTO, SABEDORIA E FINALMENTE LUZ

O curto texto “Evoluindo”, a seguir, retrata tudo que você, eu ou qualquer um de nós já passou, está passando ou vai passar um dia nessa trajetória evolutiva espiritual. É um caminho que começa com trevas, muita dor e sofrimento, mas que, aos poucos, se transforma em serenidade, paz, mansidão, sabedoria e muita, mas muita luz. Então convido você a ler esse belo texto de autor desconhecido e expandir um pouco mais a sua consciência.

Evoluindo

 em 

 

Todos somos luz e estamos em processo evolutivo. Já disseram que crescer dói. Para sair do casulo é preciso quebrar a barreira, e esta é uma tarefa solitária porque somente nós nos conhecemos profundamente. Sempre vai valer à pena!

“Você sentirá dor. Você vai duvidar de si mesmo mil vezes. Eles vão te dizer que você está ficando louco.

Você perderá amigos. Sua família, às vezes, não vai te entender. As pessoas vão te odiar sem motivo. Você desenvolverá hábitos estranhos. Vai lutar com seus monstros : medo, ego e ignorância.

Não vai se importar com o que outros pensam de você. Você vai sentir que não se encaixa neste mundo. Se tornará terrivelmente seletivo, será deixado aos poucos sozinho. Mas vai valer a pena!

Ninguém acende fantasiando figuras de luz, mas se fazendo ciente da escuridão que nos rodeia e que habita em nós. O verdadeiro despertar espiritual não é uma carícia, mas sim um balde de água fria.

De que serviria para você acariciar seu ego, com sussurros, fantasias ou anseios? Quando o que você precisa é de um chacoalhão forte para assimilar realmente o que é a vida.

O verdadeiro despertar espiritual é um processo de destruição. É o desmoronamento de tudo o que você não é!” (autor desconhecido)

Luz e Paz!

Fonte: Sabedoria Universal

Continuar lendo DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: EVOLUÇÃO SIGNIFICA TREVAS, DOR, SOFRIMENTO, SABEDORIA E FINALMENTE LUZ

REFLEXÃO: VOCÊ NÃO PRECISA CONHECER TODO O CAMINHO PARA ALCANÇAR O DESTINO APENAS DAR O PRIMEIRO PASSO COM FÉ

A curta história contada por Camila Zen aqui na coluna REFLEXÃO do Blog do Saber te lembra que a sua vida se revela a cada 100 m, como quando estais numa estrada escura a noite, iluminada apenas pelos faróis do seu carro e como disse um dia o grande Martin Luther King: Não é necessário que você veja toda a escada, apenas suba o primeiro degrau com fé. Assista ao vídeo completo a seguir e conheça o moral dessa breve história.

Fonte:

Continuar lendo REFLEXÃO: VOCÊ NÃO PRECISA CONHECER TODO O CAMINHO PARA ALCANÇAR O DESTINO APENAS DAR O PRIMEIRO PASSO COM FÉ

ARTIGOS: EQUILÍBRIO MENTE, CORPO E ESPÍRITO, POR WAGNER BRAGA

Equilíbrio do Corpo, Mente e Espírito - Música de Meditação e Relaxamento, Sons da Natureza, Equilíbrio interior e Paz by Música para Relaxar Maestro & Relaxamento Soundscape on Amazon Music - Amazon.com

Quando se fala SAÚDE há de se pensar nela como algo mais amplo e não apenas na saúde física, já que o ser humano é composto de corpo, mente e espírito. Essa tríade que precisa estar em equilíbrio para que tenhamos a saúde integral: física, mental, espiritual e emocional. Ocorre que, durante a vida passamos por atribulações e muitas provações diariamente, além de todo o stress do dia a dia no trabalho e em casa. Isso tudo causa a desconexão do corpo-mente-espirito, evoluindo para o desequilíbrio dessa tríade. A consequência desse desequilíbrio é a doença, que pode ser física, mental, espiritual ou emocional, ou ainda os 4 ao mesmo tempo, que é a situação mais complicada de todas.

A cultura oriental desenvolveu alguns métodos milenares de cura natural para esse desequilíbrio, sempre baseado na AUTOCURA, poder inerente a todo ser humano de se regenerar, desde as enfermidades mais simples até as mais complexas. esses métodos de regeneração atuam na causa e não no sintoma da doença. Desta forma eliminando a doença definitivamente, ao contrário da alopatia que atua no sintoma como um paliativo naquele momento de crise aguda. Infelizmente essa cultura não proliferou aqui no ocidente, deixando o caminho completamente aberto para a indústria farmacêutica e os médicos inescrupulosos e gananciosos.

Não é coincidência que tenhamos nas grandes cidades uma farmácia em cada esquina e do outro lado cada vez mais pessoas dependentes de remédios como nunca se viu antes. Isso ficou explícito com o evento da pandemia e correria das grandes farmacêuticas para produzir vacinas e remédios para conter o vírus da Covid-19. Todos estão tão concentrados e mobilizados no desenvolvimento dessas vacinas, como se fosse a única solução para o problema que esqueceram completamente as outras alternativas, como terapias holísticas, meditação, yoga, homeopatia, ozônio terapia, etc.

Tudo isso que está acontecendo no mundo só vem a reafirmar que não podemos continuar dependendo de médicos e remédios para vivermos com saúde integral. Precisamos cada vez mais confiar e acreditar nosso pode individual de AUTOCURA, que já está no nosso DNA e que só falta entendermos que somos o supremo comandante do nosso organismo e mais ninguém. Com uma mente sã, um corpo são e um espírito são somos imbatíveis.

Continuar lendo ARTIGOS: EQUILÍBRIO MENTE, CORPO E ESPÍRITO, POR WAGNER BRAGA

AUTOCONHECIMENTO: SOMOS SERES ESPIRITUAIS EM BUSCA DA LIBERDADE

Para alcançar a Liberdade precisamos, antes de mais nada, resolver e limpar camadas de padrões emocionais profundamente enraizados que não nos servem mais. Para isso, precisamos sair da matriz do medo e  o primeiro passo é lembrar que somos seres espirituais tendo uma experiência física, e não o contrário. Depois disso peço a você que leia o texto completo a seguir e entenda o restante em 4 passos.

Escolhendo a liberdade

Olá, meu amigo,

É uma honra me conectar com você novamente. Temos muito para colocar em dia, então vamos direto ao assunto. Você sentiu uma sensação de antecipação tomar conta de você ultimamente, mas não foi capaz de avaliar totalmente porque está se sentindo assim? Nesse caso, você não está sozinho. Uma ótima maneira de descrever as energias agora é que elas são como um balão que atingiu sua capacidade máxima de ar e está prestes a estourar e permitir que todo o ar seja liberado.

Um dos fatores que tem contribuído para as energias superelevadas neste momento é o Sol.

O Sol tem andado muito ativo ultimamente, emitindo ondas solares que continuam a trazer muitas tempestades geomagnéticas para a atmosfera da Terra e para nossos campos áuricos pessoais.

Como essas ondas solares nos afetam?

Frequentemente, a primeira coisa que notamos é uma aceleração palpável do tempo.

Também nos dá a oportunidade de resolver e limpar camadas de padrões emocionais profundamente enraizados que não nos servem mais.

A cura física e emocional geralmente acontece em fases, para tornar mais fácil para nosso corpo e mente se ajustar à quantidade de resolução que está ocorrendo.

A atividade solar também ajuda a Terra a resolver e limpar muitas das disfunções de origem humana que ela sofreu, porque ela também está se reajustando para operar em estados superiores de existência.

A Terra está se preparando para apoiar a consciência em rápida evolução de todos os seres vivos que a chamam de Lar.

Os preparativos pelos quais a Terra está passando podem nem sempre fazer sentido para a mente humana e, na maioria das vezes, parecerão desafiadores. No entanto, é tudo parte de um Plano Divino que continua a elevar a qualidade de vida.

Se ficarmos parados o suficiente, podemos sentir um paradigma novo e mais consciente emergindo.

Limpeza Emocional

Estamos recebendo a oportunidade agora de abandonar padrões, hábitos e comportamentos primordiais que adotamos há muito tempo e que nos impediram de nos conectar com a versão mais livre, mais feliz e mais saudável de nós mesmos.

Alguns desses padrões, hábitos e comportamentos incluem:

  • Operando com medo e consciência de vítima – procurando ativamente o que não está funcionando para nós;
  • Separar-nos dos outros participando ativamente de um sistema hierárquico antiquado e obsoleto;
  • Precisando de aprovação de outros;
  • Acreditando que devemos estar sempre no controle;
  • Participar do julgamento de si mesmo e dos outros;
  • Acreditando que temos que nos esconder de qualquer maneira, se sentindo seguro e pequeno;
  • Pensar que ser competitivo com os outros é o que nos leva à frente na vida;
  • Fazendo do sofrimento o meio fundamental de evolução pessoal e coletiva.

Todos esses padrões, hábitos e comportamentos, que foram criados pela mente (fora da autoproteção), estão se sentindo mais amplificados do que nunca neste momento. Isso é para que eles possam ser tratados, curados e resolvidos de uma vez por todas.

Como acontece com todas as limpezas, seja gentil consigo mesmo.

Dê a si mesmo permissão para sentir o que precisa ser sentido e para mover através do que é necessário, sem julgar a si mesmo.

Ao fazer isso, saiba que esses padrões, hábitos e comportamentos que você está liberando não são um reflexo de sua essência autêntica. Eles são apenas um tipo de escudo protetor que a mente busca para se manter segura, da melhor maneira que ela conhece.

Essa consciência sozinha ajuda uma abertura em nossa mente que permite que estados superiores de conhecimento e sabedoria sejam totalmente adotados e realizados.

Isso torna mais fácil se separar dos padrões limitadores nos quais a mente costumava encontrar conforto.

Ação Divina

Ao longo dos próximos meses, o mundo continuará a despertar para a importância de agir para a melhoria da humanidade como um todo.

Embora as notícias convencionais tentem nos convencer do contrário, os padrões anteriores do controle e manipulação que reinaram por eras de tempo estão agora sendo bastantes desmanteladas.

É por isso que as coisas parecem estar acontecendo de uma forma muito mais urgente agora, especialmente na forma como os meios de comunicação veiculam seu conteúdo baseado no medo

No entanto, a maioria dos cidadãos da Terra está vendo através do medo fabricado e não está mais permitindo que essas táticas influenciem a maneira como vivem suas vidas diárias.

Conforme observado no início, todos nós estamos experimentando um grande despertar da consciência agora, mesmo que estejamos em um caminho espiritual por muito tempo.

É muito claro que estamos vivendo em uma época de mudanças inerentes.

E às vezes, a mente fica com medo quando tantas mudanças ocorrem ao mesmo tempo, porque tem medo de perder seu papel e identidade.

Um dos principais papeis do nosso Espírito em relação à nossa mente é conceder à mente o direito de existir exatamente como ela e, incluindo as histórias que ela criou para si mesma, e honrar a dignidade de todas as suas experiências.

Pense na mente como uma criança de três anos que deseja apenas ser amada, aceita e nutrida. Quando a mente não sente que está recebendo essas coisas, muitas vezes olha para fora de si mesma para realizar esses desejos.

Em seguida, usa mecanismos de enfrentamento, como medo, julgamento, censura, falta, preocupação, culpa e vergonha para se proteger.

Mas agora, com essa nova consciência, a mente não precisa mais ser tão dura consigo mesma.

Quando paramos por um momento e pedimos ao nosso Espírito que dê à mente o Amor, a aceitação e o alimento que ela deseja, pode ocorrer uma mudança de paradigma. Essa mudança ajuda a mente a sair dos padrões de vida em separação de nosso Eu Superior para novas formas de ser que permitem que ela coexista alegremente com nosso Espírito.

O que estamos vendo no mundo, especialmente com os atos inconscientes ocorrendo em diferentes partes do mundo agora, é um clamor muito claro por ajuda da mente coletiva para receber o Amor, a aceitação, e o alimento que sempre desejou para sentir seguro.

Claro, quando coisas difíceis acontecem, geralmente nossa primeira reação é sentir ou ter culpa. Mas o que realmente está acontecendo é que, porque a mente está digerindo e processando informações que parecem inseguras, ela imediatamente entra em seus padrões de sobrevivência de longa data.

Embora seja importante honrar este processo, também é importante compreender que, se permanecermos com medo, estaremos na verdade contribuindo com mais pânico para um mundo que já experimenta ondas e separação.

Para sair da matriz do medo, o primeiro passo é lembrar que somos seres espirituais tendo uma experiência física, e não o contrário.

Isso permite criar uma abertura energética em nossos pensamentos e emoções que nos faz deixar de reagir e entrar na parte Criadora de nós mesmos.

A partir daí, podemos amar cada aspecto de nós mesmos – até mesmo as partes que nossa mente tenta nos convencer de que não podem ser amadas. O Espírito não julga! Ele nos ama incondicionalmente.

Depois que formos capazes de fazer isso por nós mesmos, podemos começar a aprender como fazer pelos outros. Sim, mesmo aqueles que se esqueceram a tal ponto que culpam, magoam e prejudicam os outros, pensando que é o que precisam fazer para conseguir o que desejam.

Tornar-se a presença mais amorosa para nós mesmos e para os outros é a maior ação que podemos realizar neste momento, para ver a cura real e palpável acontecer no mundo.

O Despertar Continua

Este despertar atual que estamos experimentando está nos ajudando a superar o papel da Vítima.

Agora temos a oportunidade de retirar o arquétipo da Vítima com o qual nós e nossos ancestrais nos identificamos ao longo de muitas vidas.

Antes de aposentarmos o arquétipo da Vítima, é importante honrá-lo por servir para nos manter seguros e protegidos em um mundo que costumava operar puramente na sobrevivência.

Também é importante que proporcionemos às nossas experiências de identificação com a consciência da vítima sua plena dignidade e direito de ser vista, ouvida e reconhecida.

Este é realmente o primeiro passo para nos libertarmos de permanecer no papel de vítima.

Nunca queremos adoçar, culpar ou negar qualquer coisa que experimentamos durante aqueles momentos em que nos identificamos como sendo uma vítima.

O segundo passo para libertar a consciência de vítima é aceitar cada pessoa, experiência e coisa como ela apareceu em nossas vidas, sem tentar muda-las.

Aceitar as pessoas e as experiências como elas são não é o mesmo que dizer que ressoamos, aprovamos ou concordamos com elas.

Estamos simplesmente nos dando permissão para não permitir que eles nos definam.

O terceiro passo para liberar a consciência de vítima é abandonar a culpa – em outras palavras, o perdão.

A culpa vem da necessidade de tornar algo ou alguém certo/errado ou bom/mau e, de alguma forma, responsável pelo que vivenciamos.

Em nossa essência, somos o Criador de todas as nossas experiências.

Quando operamos conscientemente a partir de nosso Eu Criador, transcendemos a dualidade. Passamos do julgamento para o discernimento.

À medida que entramos na beleza e poder de nosso Eu Criador, navegamos em nosso caminho, escolhendo apenas o que parece estar em alinhamento para nós, e liberando o que não está. Entendemos que só porque algo faz ou não ressoa em nós, não significa que seja bom ou ruim, ou a decisão de outra pessoa por nós, ou vice-versa.

Você pode sentir como é mais leve operar a partir desse espaço?

Existe apenas ressonância ou nenhuma ressonância. Ou seja, “Eu escolho mais disso” ou “Eu escolho menos ou nada disso”. Não há mais necessidade de rótulos de “bom” ou “ruim”.

Isso é liberdade”

O quarto passo para superar a consciência de vítima é reivindicar nosso poder.

Recuperar nosso poder significa que estamos comprometidos em nos conectar com quem somos em nossa essência. Fazemos isso por meio do amor próprio, do autocuidado, da nutrição, do desenvolvimento espiritual e da expressão criativa.

As pessoas mais poderosas do planeta não são aquelas que controlam ou menosprezam os outros.

As pessoas mais poderosas do planeta são aquelas que sabem quem realmente são.

Eles sabem que são muito maiores do que a soma de todas as suas experiências e histórias.

Eles sabem se expressar plenamente e falar de um lugar de Amor, sem ter que provar nada a ninguém.

Eles perdoam rapidamente e superam experiências desafiadoras com maior facilidade.

Eles são gentis e amorosos com o mundo ao seu redor e se preocupam com o bem-estar de todas as coisas vivas.

Eles fazem a diferença no planeta, sem se preocupar com o quão pequeno ou grande seja o efeito disso.

Eles enxergam além das ilusões de separação.

Eles torcem e celebram a capacidade dos outros de prosperar.

Eles veem como parte de um todo, em vez de separados de todas as outras formas de vida.

Eles sabem como amar e como ser abertos e vulneráveis.

Eles estão otimistas.

Eles defendem aquilo em que acreditam.

Obrigado por ser um Farol incrível e poderoso! Você é um presente de Luz luminosa para o mundo.

Nunca houve, nem nunca haverá, alguém exatamente como você caminhando neste planeta novamente.

Honre e receba essas palavras, meu amigo, pois são um pequeno vislumbre de como o Universo sempre se sentiu por você.

É uma das experiências mais humildes para mim, ter a oportunidade de lembrá-los da magnificência que reside em cada célula e fibra do seu ser.

Até a próxima,

Milagrosamente Seu,

Emmanuel Dagher — Fonte: https://eraoflight.com/ | https://emmanueldagher.com/
Renata Pecora Fortunato e Marco Iorio Júnior — Tradutora e Editor exclusivos do Trabalhadores da Luz

Fonte: Trabalhadores da Luz

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: SOMOS SERES ESPIRITUAIS EM BUSCA DA LIBERDADE

AUTOCONHECIMENTO: VOCÊ SABE O QUE REALMENTE SIGNIFICA CARMA? POR WAGNER BRAGA

É muito comum utilizarmos o Carma como desculpa para as nossas mazelas. No vídeo de hoje, o questionamento que trago é relacionado ao tão falado Carma que, muitas vezes, é mencionado de forma errada. Na verdade o que chamamos de Carma é nossa resistência para evoluir, ou seja, aquela velha zona de conforto, que nos remete ao retrocesso da evolução pessoal. Ao assistir ao vídeo a seguir você vai entender como isso funciona.

Fonte:

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: VOCÊ SABE O QUE REALMENTE SIGNIFICA CARMA? POR WAGNER BRAGA

DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: A AUTOCRÍTICA É IMPORTANTE, MAS ATÉ CERTO PONTO

Por medo de errar as pessoas não tentam nem executam as coisas que poderiam transformar suas vidas e a vida dos outros e dessa forma perdem as melhores oportunidades de suas vidas. Sem a tentativa e erro ninguém, repito, ninguém vai a lugar nenhum e passa a vida toda patinando, não evoluem e sendo assim desperdiçam o que de mais precioso têm em suas vidas: o tempo!

Crítica por medo de errar

Você tem medo de errar? Se critica demais?

Confesso que eu já tive muito medo de errar!

Isso porque, afinal, quando erramos, somos geralmente criticados e podemos nos sentir inseguros a respeito da nossa competência.

Algumas vezes, eu tinha a impressão de que não era “boa o suficiente”, e lá vinham meus pensamentos cheios de críticas a meu respeito. E sem que notasse, começava a abraçar a culpa, por achar que talvez não fosse merecedora daquilo que estava buscando. E a culpa era toda minha, eu achava.

Perdia o foco do meu objetivo e só pensava nas minhas possíveis imperfeições. Me cobrava uma espécie de maestria, de perfeição que eu supunha ter que possuir. E o desanimo tomava conta de mim.

Naquele tempo, eu não tinha me dado conta de que o meu erro era apenas uma parte do caminho para chegar ao acerto! Era um aprendizado e fazia parte do meu movimento evolutivo! Meu erro era um ajuste de rota!

Me dei conta de que em uma tentativa, existem vários aprendizados, tais como:

Descobrir a minha melhor forma, adquirir experiência para perceber o melhor momento para agir, poder reavaliar o percurso e encontrar novas estratégias e assim ter mais força e conhecimento na próxima tentativa, etc.

Descobri que o fracasso de uma tentativa pode se tornar o nosso maior impulso! Pode ser uma poderosa motivação quando percebemos outras possibilidades!

Se você se critica muito, certamente tem receio de cometer erros e isso pode paralisar seu progresso!

Procure usar uma ótica positiva para enxergar a questão! E lembre-se de que não existe um jeito perfeito para fazer as coisas! Existe o seu jeito! O que você pode fazer!

Assim, vai descobrir e valorizar muito mais o poder de sua vontade! E notará também, que assim que conseguir materializar o seu desejo, na sequência perceberá um novo horizonte a desbravar!

Fonte: Rashuah

Continuar lendo DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: A AUTOCRÍTICA É IMPORTANTE, MAS ATÉ CERTO PONTO

SAÚDE: APRENDA COMO SACIAR SUA FOME COM FRUTA, POR DR. SAMUEL DALLE LASTE

No vídeo desta quinta-feira, aqui na coluna SAÚDE do Blog do Saber você vai assistir ao Dr. Samuel Dalle Laste dar dicas importantes sobre como saciar a fome ingerindo frutas. Os neurotransmissores, neuropeptídeos, vão regular sua fome. As frutas são carboidrato simples, que faz rapidamente a absorção para a célula, proporcionando assim uma rápida oferta de frutose para a mesma, fazendo então a pessoa ficar com fome. Acrescentar proteína ou gordura para retardar a absorção da fruta é a dica. Inserir castanhas, sementes de girsassol, etc. Assista ao vídeo completo e aprenda como!

Fonte:

Continuar lendo SAÚDE: APRENDA COMO SACIAR SUA FOME COM FRUTA, POR DR. SAMUEL DALLE LASTE

DESENVOLVIMENTO PESSOAL: 6 ATITUDES DAS PESSOAS QUE ESTACIONARAM NA VIDA

Na nossa coluna DESENVOLVIMENTO PESSOA desta terça-feira você vai assistir a um vídeo espetacular que fala sobre as 6 atitudes das pessoas que estacionaram na vida. São seis atitudes que se você quer crescer e evoluir na vida não pode de maneira nenhuma ter consigo mesmo. Então para não cometer esse erro assista a esse vídeo sensacional.

Continuar lendo DESENVOLVIMENTO PESSOAL: 6 ATITUDES DAS PESSOAS QUE ESTACIONARAM NA VIDA

REFLEXÃO: CONHECE-TE A TI MESMO E CONHECEREIS OS DEUSES E O UNIVERSO

Hoje eu convido você a fazer a REFLEXÃO que talvez seja a mais importante da sua vida, pois a partir dela talvez você passe a ver o mundo de uma forma diferente, abandonado os antigos valores e se conectando com outros valores que podem te proporcionar um salto quântico na sua evolução. Então leia o texto completo a seguir, reflita e faça o seu juízo de valor! 

“Gnōthi seauton”

 em 

 

“Gnōthi seauton” , escrita em grego, significa: “Conhece-te a ti mesmo e conhecerás os deuses e o universo.” O texto do livro Um Novo Mundo, de Eckhart Tolle, nos convida à uma reflexão bastante importante.

“Conhece-te a ti mesmo”. Essas palavras estavam inscritas acima da entrada do templo de Apolo em Delfos, lugar do Oráculo sagrado. Na Grécia antiga, as pessoas visitavam o Oráculo esperando descobrir o que o destino lhes reservava ou o que fazer em determinada situação. É provável que a maioria delas lesse essa frase sem compreender que ela indicava uma verdade mais profunda do que qualquer coisa que o Oráculo pudesse dizer.

Talvez os visitantes também não compreendessem que, por mais importante que fosse a revelação ou exatas as informações que recebessem, elas acabariam por se mostrar inúteis, não os salvariam de infelicidades futuras nem de sofrimentos criados por eles mesmos, caso deixassem de encontrar a verdade contida na exortação “Conhece-te a ti mesmo”.

O significado implícito dessas palavras é: antes de qualquer indagação, faça a pergunta fundamental da sua vida: quem sou eu? As pessoas inconscientes – e muitas permanecem nesse estado, presas ao ego ao longo de toda a sua existência – rapidamente nos dirão quem elas são: seu nome, sua ocupação, sua história pessoal, a forma ou a condição do seu corpo e qualquer outra coisa com a qual se identifiquem.

Outras podem parecer mais evoluídas porque se consideram almas imortais ou espíritos divinos. Mas será que elas conhecem de fato a si mesmas ou será que apenas acrescentaram alguns conceitos espiritualistas ao conteúdo da sua mente?

Conhecer a si mesmo é algo muito mais profundo do que a adoção de um conjunto de ideias ou crenças. As ideias e crenças espirituais podem, no máximo, ser indicadores úteis, no entanto poucas vezes têm o poder de desalojar os conceitos centrais mais firmemente estabelecidos de quem pensamos que somos, os quais fazem parte do condicionamento da mente humana.

O profundo autoconhecimento não tem nada a ver com nenhuma ideia que esteja flutuando em torno da nossa mente. Conhecer a nós mesmos é estarmos enraizados no Ser, em vez de estarmos perdidos na nossa mente.”

Luz e Paz!

Fonte: Sabedoria Universal

Continuar lendo REFLEXÃO: CONHECE-TE A TI MESMO E CONHECEREIS OS DEUSES E O UNIVERSO

AUTOCONHECIMENTO: SAIBA MAIS SOBRE A IMPORTANTE FERRAMENTA CONSTELAÇÃO FAMILIAR

Na edição desta segunda-feira, aqui na coluna AUTOCONHECIMENTO você vai saber ou conhecer melhor o que é CONSTELAÇÃO FAMILIAR. Uma ferramenta importante para lhe ajudar a resolver conflitos internos e/ou externos psicológicos que possam envolver ou não pessoas da sua família e que, por algum motivo possam estar impactando e/ou prejudicando o seu DESENVOLVIMENTO PESSOAL. Então convido você a ler o breve artigo a seguir!

Saiba o que é Constelação Familiar

Recorte de bonecos de papel de mãos dadas, fazendo referência à uma família

STILLFX / Getty Images / Canva

Olá, como você se sente hoje? Talvez bem ou triste, decepcionado ou sozinho. Enfim, o que vou dizer serve para cada um em determinado momento de sua vida.

Vou falar de CONSTELAÇÃO FAMILIAR

O que é, como se aplica e os benefícios que ela nos proporciona.

CONSTELAÇÃO FAMILIAR é uma terapia breve que busca solucionar aquilo que te incomoda, não permite sua evolução, traz desalinhamento para seus relacionamentos etc.

Se você busca resolver de vez algo que é rotineiro em sua vida, a CONSTELAÇÃO FAMILIAR mostra o caminho a percorrer e a solução que deve ser adotada.

Para aquele que trabalha intensa e profundamente em uma função na empresa em que atua, mas que na hora da melhoria profissional é preterido, a Constelação Familiar pode determinar onde está o nó dentro do seu sistema familiar, desatar e fazer com que a pessoa se capacite a partir de uma ressignificação de sentimentos e emoções interrompidas, mudando o curso com o alinhamento familiar a partir das três Leis Sistêmicas — ou as três Ordens do Amor.

Se seu problema é sobre relacionamento pessoal, familiar ou afetivo, a terapia Constelação Familiar também busca a origem do entrave e faz a ressignificação dos nós, levando o cliente a ter uma nova visão e a encarar novas possibilidades de posicionamento de forma mais assertiva.

Na prerrogativa de um padrão repetitivo de desacerto financeiro, o terapeuta constelador também atua como um pesquisador no campo aberto, descobrindo a origem no sistema familiar e levando o constelado a eliminar o desacerto junto ao sistema familiar, buscando a ressignificação do mesmo.

Este texto foi escrito por Jussarah Costa, consteladora familiar, associada à ASITEQ.

WhatsApp +55 21 97537-06070

Instagram: @jussarahfcosta12

YouTube: Jussarah Costa

Fonte: Eu Sem Fronteiras

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: SAIBA MAIS SOBRE A IMPORTANTE FERRAMENTA CONSTELAÇÃO FAMILIAR

DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: SAIBA COMO SER POSITIVO APESAR DA TRAGÉDIA DA PANDEMIA

O texto a seguir é uma dose cavalar de injeção de ânimo e positividade numa época de tanto sofrimento e dor para toda a humanidade, diante da nova e cruel realidade do coronavírus e da quarentena, que não poupa ninguém, independente de classe social, riqueza, cor, raça, sexo, idade ou religião. Ele foca no lado bom de toda essa tragédia e nos mostra que temos uma imensa oportunidade de transformação, amadurecimento, crescimento e evolução espiritual.

CORONAVÍRUS E QUARENTENA: COMO SER POSITIVO NESTA NOVA REALIDADE

Apesar de toda dor e sofrimento, temos uma grande oportunidade de transformação

Coronavírus e quarentena: como ser positivo nesta nova realidade

 

O mundo em que vivemos não é mais o mesmo e não há nada que possamos fazer para mudar isso. No entanto, me pergunto como posso interagir com esta nova realidade de forma positiva? Apesar de toda dor e sofrimento, digo que nem tudo é tão ruim quanto parece e é possível ser positivo.

Você, por acaso, conhece a expressão idiomática inglesa “Always look on the bright side of life”? Na livre tradução, significa que podemos sempre escolher “ver o lado positivo da vida”. E isso não é ser Poliana.

Reflita:

  • Você já parou para pensar na grande oportunidade que os habitantes da Terra estão tendo de poder respirar um ar mais puro?
  • Já se deu conta como os animais estão felizes por poder circular livremente sem que nós, seres humanos ADULTerados, sigamos interferindo em seu habitat?
  • Já imaginou quando foi que a última geração de chineses pôde observar o céu azul em Pequim?

TEMPO DE TRANSFORMAÇÃO E CRESCIMENTO PESSOAL

Pode parecer um contrassenso, mas sinto que a Terra está feliz em respirar novamente. Percebo que ela nos convida a uma grande transformação para que nós, enquanto corpo da Terra, possamos também respirar neste novo tempo.

Tudo está em transformação – e para melhor, ainda que nós, por hora, não consigamos perceber isso. É assim com tudo o que nos acontece.

Tudo o que chega até nós é para o nosso crescimento pessoal e isso não sou eu quem está dizendo, mas Vishen Lakhiani, fundador da Mindvalley, uma empresa inovadora de educação do nova era.

“Tudo na vida deve ser um veículo para o seu crescimento pessoal!”. É simples assim.

Porém, faço uma importante ressalva. Este ‘crescimento pessoal’ não tem NENHUMA aliança com o Ego, pois, em última instância, como sabiamente nos conta Neale Donald Walsch, autor do best-seller “Conversando com Deus”:

“O propósito da sua vida não é você. O propósito da sua vida são todos aqueles a quem você toca”.

QUAL O PROPÓSITO DA EXISTÊNCIA

Te convido a refletir sobre isso. Te convido a refletir sobre o propósito da existência!

  • Qual será a empresa ou profissional que terá espaço neste novo tempo?
  • Será que são aqueles que só olham para seu próprio umbigo?
  • Ou será que são aqueles que estão genuinamente comprometidos e atentos ao seu semelhante?

Particularmente, acredito que estamos sendo convidados a reconhecer a raça humana enquanto UNIDADE consciencial. Somos um só corpo com o Planeta Terra, assim como demonstrado no filme Avatar.

Essa é a grande transformação a que estamos sendo convidados. Nos reconhecermos como um só corpo e passar a cooperar com o todo. Nosso Planeta está cansado dessa voracidade que a tudo consome.

  • Para que serve isso tudo?
  • Quem seremos nós neste novo mundo?
  • Quem você escolhe ser neste novo tempo?
  • Será que você está pront@ para se despedir do seu antigo eu?

Como nos diz Lakhiani, nesta realidade, somos acometidos por momentos Kensho e momentos Satori, em que Satori implica em crescimento por ideias repentinas e Kensho, crescimento por dor momentânea.

É assim que esta realidade funciona. Estamos sendo convidados a nos despedir amorosamente dela. Sem sofrimento. Sem dor.

Apenas para pontuar, a dualidade não é assim. Ela segrega, divide, intriga.

A coisa é que, para o Ser, tudo é unidade. E dualidade não é unidade, pois a consciência nada exclui. Ela na realidade tudo inclui sem julgamentos. Quando algo é leve pra você. Na total permissão.

Traga com suavidade e expansão para o seu corpo essa escolha natural. Uma escolha totalmente espontânea tal qual uma criança sem traumas. Não há qualquer complicação ou motivo para dúvidas. É simples assim.

VOCÊ ESTÁ PRONTO PARA TRANSFORMAR-SE?

Agora, por favor, levante-se e dê um passo a frente rumo ao seu novo eu. Baixe todas as barreiras e se pergunte:

  • Como será a minha vida daqui cinco anos se eu escolher este novo tempo?
  • Se meu corpo expandir, será leve para atualizar minha própria vida?
  • Como me sinto quanto a essas transformações?

Se você sentir alegria, você está pronto para dar esse passo. Logo, é só escolher conscientemente e entregar para o Universo.

Agora, volte-se para seu antigo eu, sem sair do lugar, e diga a primeira coisa que seu antigo eu precisa reconhecer acerca desse processo de transformação.

Para mim, por exemplo, a palavra que surgiu foi ENTREGA.

Finalizo essa reflexão com duas constatações curiosas. A primeira delas é um texto atribuído ao poeta, jurista e teólogo sufi persa do século XIII, Rumi:

“Quando eu corro atrás do que acho que quero, meus dias se tornam uma fornalha de angústia e ansiedade. Se eu sento em meu lugar de paciência, o que eu preciso flui até mim, e sem dor nenhuma. Com isso, eu descubro que o que eu quero também me quer, me procura, e me atrai. Há um grande segredo nisso, para qualquer um que possa compreendê-lo.”

Agora, vamos à segunda e última exposição. O Google divulgou recentemente, que seus melhores funcionários não eram alunos de universidades de renome, mas jovens que tiveram uma grande perda em suas vidas, e que foram capazes de transformar essa experiência em crescimento.

Fé na vida acima de tudo!!! Gratidão pela sua existência! _/|\_

Fonte: Personare

Continuar lendo DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: SAIBA COMO SER POSITIVO APESAR DA TRAGÉDIA DA PANDEMIA

AUTOCONHECIMENTO: SAIBA COMO ALCANÇAR UM ESTADO VIBRACIONAL MAIS ELEVADO

Na nossa coluna AUTOCONHECIMENTO deste sábado você vai entender mais sobre a importância da respiração para alcançar um estado vibracional superior ou mais elevado. Como algo tão simples, comum e vital para todo ser humano pode lhe ajudar a na concentração necessária para estar no presente e meditar com facilidade. Então convido você a ler o texto completo a seguir e refletir sobre isso!

A importância de estar em um estado vibracional superior

“Saudações. Nós somos o Conselho Arcturiano. Temos o prazer de nos conectar com todos vocês.

Começamos a investigar as diferentes estratégias que vemos todos vocês empregando para se colocarem em um estado vibracional superior. Estamos falando sobre suas tentativas genuínas de elevar sua vibração, ao invés o uso de drogas, álcool, sexo ou alguma outra forma que você tenha para se colocar em uma vibração mais elevada, dependendo de algo que é externo. Estamos interessados em seus processos que você emprega quando está sentado em casa sozinho, e precisa acessar um estado vibracional superior.

Sabemos que todos vocês reconhecem a importância de estar em um estado vibracional superior porque reconhecem que criam sua realidade com a vibração que estão oferecendo. E assim, ficamos muito curiosos sobre como aqueles de vocês que são criadores deliberados estão indo para entrar nesse estado vibracional superior. E também queremos dizer que não há nada de errado em fazer algo para coloca-lo em um estado vibracional mais elevado, mas você nem sempre tem acesso àquilo em que depende para chegar lá.

E assim, estamos particularmente interessados no que você faz para elevar sua vibração quando você não tem acesso a todos os seus truques habituais. O que temos notado é que mais e mais de vocês estão reconhecendo o poder da respiração para leva-los não apenas a limpar algo que não querem sentir, mas também a acessar algo que fazem. Respirar de forma consciente e deliberada é uma mudança de jogo para toda a humanidade, e mais e mais de vocês estão despertando para essa verdade. É muito intuitivo para você respirar fundo, suspirar, e também é o caso que quando você está passando por algum tipo de trauma, você para de respirar.

Agora, o que queremos dizer sobre isso é que sabemos que você pode ir ainda mais longe com sua respiração, sua respiração consciente. Sabemos que você pode alcançar o êxtase com nada mais do que fazer algo que você faz involuntariamente o dia todo e a noite toda. Agora, não vamos dizer a você como respirar conscientemente porque queremos que você reconheça que tem a capacidade de determinar por si mesmo que tipo de respiração consciente vai funcionar melhor para você em um determinado momento, ou em uma determinada situação.

E então, nós o convidamos a brincar mais com sua respiração. Use-a para se concentrar. Use-a para estar mais atento. Mindfulness é a arte de prestar atenção ao que você está fazendo no momento e quase sempre respirar. Assim, à medida que você respira e faz algo consciente e deliberadamente, você adiciona muito mais da sua consciência a essa atividade.

Também sabemos que você sabe o papel importante que a respiração desempenha na meditação, mas a meditação geralmente consiste em atingir um estado de neutralidade. É sobre lançar algo. Sabemos que você pode atingir um estado de êxtase brincando com a respiração consciente, e isso é algo que o convidamos a fazer pelo menos uma vez por dia. Demonstre como você é poderoso e como pode ser simples chegar onde você deseja. Não há nada mais simples do que respirar e não há nada mais poderoso do que fazê-lo conscientemente.

Nós somos o Conselho Arcturiano, e foi um prazer nos conectar com vocês.”

Daniel Scranton — Fonte: https://eraoflight.com/
Renata Pecora Fortunato e Marco Iorio Júnior — Tradutora e Editor exclusivos do Trabalhadores da Luz

Fonte: Trabalhadores da Luz

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: SAIBA COMO ALCANÇAR UM ESTADO VIBRACIONAL MAIS ELEVADO

AUTOCONHECIMENTO: O QUE FAZER DEPOIS DE DESCOBRIR QUAL É O SEU PROPÓSITO, POR WAGNER BRAGA

Viemos ao mundo com um propósito maior e comum a todos os humanos, que é aprender a amar. Não o amor carnal, o amor de pai e filho ou entre irmãos, mas o amor mais sublime de todos: o amor incondicional. Aquele que não tem fronteiras, preconceitos ou ideologia. O outro propósito e este sim, inerente a cada um. Aquele que só você tem e mais ninguém. Um talento nato que a maioria das pessoas custam muito a descobrir e muitas vezes passam uma vida inteira e não o descobrem. Precisamos mostrar ao mundo o nosso talento! No vídeo de hoje, dou continuidade ao tema que abri no vídeo passado, sobre propósito de vida, dessa vez falando sobre o que você deve fazer a partir do momento que descobre qual é o seu propósito. Assista e descubra o que fazer depois que você descobre o seu propósito!

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: O QUE FAZER DEPOIS DE DESCOBRIR QUAL É O SEU PROPÓSITO, POR WAGNER BRAGA

REFLEXÃO: EXTERNAR OS SENTIMENTOS ATRAVÉS DAS EMOÇÕES É PRECISO PARA O NOSSO AMADURECIMENTO

Somos todos feitos de Pensamentos. Os pensamentos dominam a nossa mente o tempo todo. Quando focamos num determinado pensamento, este nos induz a um determinado Sentimentos. Neste momento essa união acaba gerando uma emoção, que normalmente não conseguimos segurar e terminamos externando-a. E isso é extremamente salutar, pois é assim que crescemos e evoluímos. Convido você a ler o o sucinto texto a seguir, refletir e expandir a sua consciência! 

Painel sentimentos no Elo7 | Molem Molem (13394D7)

Sentimentos

As sensações que envolvem o coração e os pensamentos que passam pela mente são tantos que nem conseguimos defini-los com precisão.

Os sentimentos são como faíscas que acendem e apagam por força própria, sem avisar quando queimarão. Mas quando resolvem iluminar, não há quem os apague. São abraços apertados, lágrimas escorrendo em rostos desesperados. Também são sorrisos sem fim, alegria que não cabe no peito. São indiferença, ao mesmo tempo em que fazem a maior diferença do mundo. Sentimentos são complicados e tentar colocá-los em palavras é mais complicado ainda. Apesar de tudo, continuamos tentando, pois é preciso externá-los. Os sentimentos são tantos que não cabem dentro de nós mesmos. Precisamos colocá-los para fora. Sejam bons ou ruins, a sensação de que eles não cabem mais no peito uma hora chega e precisamos falar como nos sentimentos.

Por isso, você pode se inspirar com as nossas páginas que falam sobre os mais diversos tipos de sentimentos, de formas leves, sensíveis e verdadeiras! Afinal, os sentimentos são delicados, sejam eles quais forem. São uma parte vulnerável de nós mesmos, uma área restrita que mexe com as nossas estruturas e que pode acabar abalando toda a nossa base. Por esse motivo, é importante fortalecê-los, falar sobre os sentimentos, entendê-los e fazer com que se tornem a nossa fortaleza, e não a nossa fraqueza. Escute o seu próprio coração, reflita sobre as suas emoções, escute os seus sentimentos. A resposta para as suas indagações pode estar bem dentro de você. Apenas aprenda a olhar para dentro de si mesmo. Os sentimentos são a resposta ideal para tudo! Quando externamos os sentimentos e falamos sobre eles, passamos a compreendê-los e aprendemos a entender melhor a nós mesmos.

Os sentimentos fazem parte de quem somos, por isso que devemos compreender as sensações que estão em nossos corações, pois apenas assim nos tornamos pessoas melhores.

Fonte: Mensagens com Amor

Continuar lendo REFLEXÃO: EXTERNAR OS SENTIMENTOS ATRAVÉS DAS EMOÇÕES É PRECISO PARA O NOSSO AMADURECIMENTO

AUTOCONHECIMENTO: A BUSCA PELO AUTOCONHECIMENTO É O ÚNICO CAMINHO PARA A AUTO-REALIZAÇÃO

Eu costumo dizer que o único caminho para a auto realização ou a vida plena é o AUTOCONHECIMENTO e que sem ele não conseguimos alinhar a tríade corpo-mente-espírito. Esta é realmente uma tarefa hercúlea, a mais difícil que o homem pode encontrar durante toda a sua existência. Tarefa esta que exige demasiado esforço, disciplina constante e muita sabedoria para enxergar, antes de mais nada, que somos consciências em constante evolução. Por isso convido você a ler o texto completo a seguir, refletir e fazer o seu juízo de valor!

PSICOLOGIA ANALÍTICA

O EGO E SUA IMPORTANTE CONTRIBUIÇÃO NA PERSONALIDADE HUMANA

Publicado por Institutofreedom 
8 de novembro de 2021

 

No presente artigo pretendo compartilhar com o caro(a) leitor(a) importantes considerações a respeito do Ego na visão da Psicologia Analítica proposta pelo psiquiatra suíço Carl Gustav Jung (1875-1961).

Hall e Norbdy (2014) nos apontam que o Ego é o nome dado por Jung à organização da parte consciente da mente. O ego é composto pelas percepções conscientes, pelas recordações armazenadas na memória, pelos pensamentos e sentimentos. Recordar, perceber, pensar e sentir, são ações direcionadas pelo Ego.

Mesmo ocupando uma pequena parcela frente a totalidade da psique, o ego desempenha uma função básica, porém fundamental que consiste na arte de vigiar a consciência.

De acordo com essa linha de pensamento, Hall e Norbdy (2014) afirmam que o ego é altamente seletivo. Através dessa função organizadora da consciência, o ego também carrega em si a função de selecionar. Justamente por carregar funções de extrema importância, uma das principais funções da Psicologia Analítica consiste no fortalecimento do ego e na constante busca pelo equilíbrio.

O ego possui a função de fornecer a identidade na formação da personalidade humana. A Consciência se expande trazendo vitalidade à atividade mental.

Assim como na consciência, o Processo de Individuação também atua intimamente ligada ao Ego, no intuito de proporcionar por meio dessa união, o desenvolvimento de uma personalidade distinta e persistente.

Segundo Carl Gustav Jung (2016), o ser humano só poderá individualizar-se na medida em que o Ego for permitindo que as experiências recebidas se tornem parte da Consciência.

A regência de uma vida saudável gira sempre em torno do equilíbrio. O Ego e a Sombra devem trabalhar em perfeita harmonia. Quando o Ego e a Sombra se harmonizam, a pessoa começa a se sentir cheia de vida e energia para prosseguir em sua caminhada. Assim, o Ego deixa de obstruir a Sombra e passa a canalizá-la.

A Consciência se expande trazendo vitalidade à atividade mental.

O Ego para Jung (2009) é muito mais do que o simples “eu”, é um apanhado de recordações, emoções, sentimentos e ideias que posicionam nosso comportamento e nos tornam conscientes.

Carl Gustav Jung (2016) leva em consideração que a personalidade é composta pela união do ego com o “self”, que seria uma parte “suprema” do indivíduo responsável por mover o ego e sua consciência, este, encarregado de desvendar e interpretar o que parece inconsciente e desconhecido.

O principal objetivo de toda Personalidade, seja ela qual for, é chegar à auto-realização e conhecimento do próprio Self.

A busca pelo autoconhecimento é o único caminho para tal realização. Esta é a tarefa mais difícil que o homem pode encontrar durante toda a sua existência. Tarefa esta que exige demasiado esforço, disciplina constante e muita sabedoria aliada à intensa responsabilidade.

 

Evandro Rodrigo Tropéia / Instituto Freedom

CRP: 06/143949

 

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS:

 

HALL C.S. e NORDBY V. J. Introdução à Psicologia Junguiana, São Paulo, Cultrix, 2014.

JUNG, C. G.  A Natureza da Psique. 7. ed. Petrópolis: Vozes, 2009.

JUNG, C. G. Memórias, Sonhos e Reflexões. Ed. Nova Fronteira, Rio de Janeiro, 2016.

Fonte: Instituto Freedom

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: A BUSCA PELO AUTOCONHECIMENTO É O ÚNICO CAMINHO PARA A AUTO-REALIZAÇÃO

SAÚDE: PERGUNTE AO DR. SAMUEL DALLE LASTE E TENHA MAIS SAÚDE

Toda quarta-feira o Dr. Samuel Dalle Laste faz um vídeo onde ele atende as perguntas dos seus seguidores e é muito, mas muito interessante, didático e de grande aprendizado. Por isso vamos publicar aqui toda quinta-feira esse vídeo que ele produz nas quartas-feiras. Só para que você tenha noção do quão bom é convido você a assistir o vídeo completo a seguir e tirar suas conclusões!

Fonte:

Continuar lendo SAÚDE: PERGUNTE AO DR. SAMUEL DALLE LASTE E TENHA MAIS SAÚDE

DESENVOLVIMENTO PESSOAL: CONHEÇA OS 6 ESTÁGIOS DA MUDANÇA PESSOAL COM ROSSANDRO KLINJEY

No vídeo de hoje, aqui na coluna DESENVOLVIMENTO PESSOAL, você vai saber, com Rossandro Klinjey, quais são os passos para efetuar com sucesso uma mudança de comportamento ou hábito, como parar de fumar, reduzir ou parar o uso de álcool ou drogas, comer mais saudável, tornar-se menos sedentário, perder peso, estudar mais, equilibrar o orçamento, ficar menos estressado ou outros, deixar de procrastinar? Então, não saia dai e comece logo a assistir esse vídeo imperdível!

Fonte:

Continuar lendo DESENVOLVIMENTO PESSOAL: CONHEÇA OS 6 ESTÁGIOS DA MUDANÇA PESSOAL COM ROSSANDRO KLINJEY

ARTIGOS: A PRÁTICA DIÁRIA DA GRATIDÃO É O 4º PILAR DO MÉTODO DA AUTOCURA

O 4º PILAR DO MÉTODO DA AUTOCURA – A PRÁTICA DIÁRIA DA GRATIDÃO

Mulher, pratique a gratidão. | Totalmente Mulher

Na coluna ARTIGOS da semana passada falei sobre o 3º PILAR do Método da AUTOCURA, Reprogramação Mental e exercícios de mentalização, onde detalhei em que consiste esse importantíssimo pilar composto ainda pela prática diária da meditação, que vai proporcionar a reconexão da tríade mente-corpo-espírito.

O ser humano é ingrato por natureza, mas isso não tem nada a ver com má ou boa índole. É simplesmente da natureza humana, devido a presença dominante do ego no nosso consciente. O ego é predominantemente preguiçoso e com isso está sempre nos mantendo numa zona de conforto que, em muitos casos, faz o indivíduo achar que o mundo gira em sua função e que todos estão a disposição para resolver todos os seus problemas. Esse comportamento extremamente egocêntrico torna a pessoa individualista e ingrata.

Você deve estar se perguntando: o que fazer para eu me distanciar desse tipo de atitude comportamental?

Coloquei a prática diária da Gratidão como sendo o último pilar desse método, pois o caminho para a Gratidão passa pela reprogramação mental e os exercícios de mentalização. Essa prática diária vai nos tornar mais intuitivos e é através da Intuição que conseguimos enxergar os 90% das coisas que não conseguimos enxergar com os 5 sentidos.

Quando passamos a ser naturalmente gratos, não sentimos mais a necessidade de pedir nada, principalmente a Deus e quando isso acontece você você entra em comunhão com o universo de forma tal, que ele passa a conspirar a seu favor tornando sua vida abundante. Você não sente mais necessidade de pedir mais nada, mas tão somente agradecer. Nesse momento você, seu corpo e seu espírito estão em completa harmonia, de forma tal que formou uma blindagem e você passa a ter uma saúde perfeita, graças a reconexão da tríade corpo-mente-espírito e a isso damos o nome de Vida Plena.

Continuar lendo ARTIGOS: A PRÁTICA DIÁRIA DA GRATIDÃO É O 4º PILAR DO MÉTODO DA AUTOCURA

AUTOCONHECIMENTO: ESTAR SOZINHO E SE SENTIR SOLITÁRIO, QUAL A DIFERENÇA?

Nesta edição da coluna AUTOCONHECIMENTO temos um texto que retirei do site Trabalhadores da Luz sobre solidão x estar sozinho. Algo muito importantes que precisamos compreender para não confundirmos e que vai nos fazer entender o porquê de muitas vezes, apesar de estarmos cercado por muitas pessoas, no sentimos completamente solitários e em outras estamos completamente sós, mas, no entanto, não nos sentimos solitários.

Solidão versus estar sozinho

Olá amigos,

Queria compartilhar algumas das minhas ideias esta semana, sobre um tópico que acredito ser oportuno e relevante nestes momentos intensos que estamos vivendo. Muitos de nós temos estado emocionalmente e fisicamente processando estes últimos 18 meses em tantas maneiras. Não importa quem somos ou onde vivemos, os limites necessários estabelecidos para nos manter saudáveis ​​e seguros nos fizeram sentir bastante isolados e, muitas vezes, solitários.

Já escrevi sobre a solidão e como aprendi a ficar sozinha em posts anteriores, no entanto, sei que, para muitos, essa pausa forçada e o isolamento foram estridentes, desconfortáveis ​​e geradores de ansiedade. Os seres humanos estão programados para a conexão, e estamos tão acostumados a estar com as pessoas, abraçar as pessoas e nos envolver com as pessoas de uma forma significativa, que quando essa conexão é quebrada, isso nos deixa com um vazio que devemos trabalhar conscientemente para curar e preencher.

Gostaria de compartilhar esta semana meus pensamentos sobre solidão vs. estar sozinho e como podemos diferenciar os dois sentimentos e tomar medidas alinhadas em resposta a ambos.

SOLITUDE E SOLIDÃO – VOCÊ CONHECE A DIFERENÇA? - Fãs da Psicanálise

Em primeiro lugar, não acredito que estar sozinho seja uma coisa má ou esquisita, na verdade acho que os momentos de solidão são importantes. Há muito tempo sinto que nossas pressões sociais nos levam a acreditar que há algo de errado com você se estiver sozinho e, na verdade, é muito necessário saber como estar em sua própria companhia, com conforto. Reconheço que somos todos únicos em nossa personalidade, os introvertidos podem achar isso muito fácil e as pessoas mais extrovertidas podem ter dificuldades. A base da minha convicção aqui é que há necessidade de criar uma base sólida dentro de nós mesmos para que possamos começar a nos conhecer, como nós mesmos, nos compreender e, quando necessário, estar conosco sem interrupção ou distração.

Eu acredito que isso parece diferente para todos nós, já que todos nós temos caminhos de vida únicos, mas como a vida alterou de forma tão flagrante nossas realidades coletivas, este é o momento perfeito para analisar e refletir sobre nossos próprios fundamentos internos e como podemos fortalecer eles. Em vez de enquadrar o tempo sozinho como algo de que se envergonhar, encorajo você a encará-lo como algo a ser fortalecido. Quando você está sozinho, você não se distrai, você simplesmente está com você. Quando você está sozinho, pode sentar-se com seus pensamentos e sentimentos, por mais desconfortáveis ​​que sejam, mas logo além desse desconforto existe um conhecimento profundo, uma compreensão e um senso de autocompaixão. Quando estamos sozinhos, podemos começar a ver claramente onde podemos curar e onde precisamos ser mais amorosos e gentis conosco.

A solidão, por outro lado, é um desejo por uma conexão autêntica e alinhada, e você não precisa realmente estar sozinho para se sentir solitário. Eu me senti incrivelmente só, mesmo quando rodeado por uma multidão de pessoas, então, eu defino solidão como um sentimento de desconexão dentro de mim mesmo e daqueles ao meu redor. Eu considero minha solidão um sinal de que preciso realmente sentar-me na solidão para trazer à tona a causa desse sentimento. Existem tantos casos, circunstâncias e ambientes sociais que podem nos fazer sentir solitários e deslocados, e acredito que, quando esse sentimento surge, é uma oportunidade para a cura dentro de nós mesmos. Eu costumava ver minha solidão como um sinal de indignidade, como um indicador de que não era o suficiente e de que não merecia não me sentir só. Comecei a trabalhar essa crença quando priorizei e criei dentro de mim aquela base sólida que mencionei acima.

Qual a diferença entre solidão e solitude? - José Roberto Marques - Presidente do IBC Coaching

Se você está se sentindo solitário durante esses tempos difíceis e sem precedentes, espero que se anime ao saber que não está sozinho nesses sentimentos. Espero que você possa reunir uma sensação de fortalecimento usando esses sentimentos para fortalecer o vínculo que você tem consigo mesmo e o conhecimento interior de suas necessidades e desejos. Espero que, quando você estiver sozinho, saiba que isso não significa que há algo errado com você e, com o tempo, você começa a desfrutar da solidão e da amizade que advém do cultivo desse relacionamento consigo mesmo.

Saiba que você é digno de profundo conforto, alívio e amor.

Michelle Maros — Fonte: https://eraoflight.com/
Annalisa Ernica – www.atmalaboratory.com: Tradução — Marco Iorio Júnior — Tradutora e Editor exclusivos do Trabalhadores da Luz

Fonte: Trabalhadores da Luz

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: ESTAR SOZINHO E SE SENTIR SOLITÁRIO, QUAL A DIFERENÇA?

AUTOCONHECIMENTO: ENTENDA QUAL O VERDADEIRO SIGNIFICADO DO AUTOCONHECIMENTO

Segundo a psicologia, autoconhecimento significa o conhecimento de um individuo sobre si mesmo, mas na real é um processo de desconstrução de antigas crenças, construção de um novo modo de pensar e agir e, principalmente, de aceitação e amor-próprio. No artigo a seguir você vai conhecer bem mas do que o simples conceito sobre AUTOCONHECIMENTO.

Autoconhecimento

mulher olhando pensativa para o lado

Yaroslav Shuraev / The Yaroslav Shuraev Collection / Canva

“Autoconhecimento”. Embora a palavra esteja em evidência nos últimos tempos, nem todos conseguem entender a grandeza e a profundidade que ela carrega.

Segundo a psicologia, autoconhecimento significa o conhecimento de um individuo sobre si mesmo, mas acho essa uma explicação pobre em relação a tudo o que significa…

O autoconhecimento é um processo de desconstrução de antigas crenças, construção de um novo modo de pensar e agir e, principalmente, de aceitação e amor-próprio.

Quando nascemos e conforme vamos crescendo, somos profundamente influenciados e modificados de acordo com os padrões exigidos pela sociedade.

Entendemos o mundo de acordo com uma visão pré-estabelecida, a partir do meio em que vivemos; da religião, da escola, da cultura, dos nossos pais ou tutores.

O primeiro sinal de chegou o momento do nosso processo de autoconhecimento, eu acredito que seja a NÃO CONCORDÂNCIA.

Muitas vezes, não concordar nos faz enxergar que estamos fora do padrão, por isso estamos errados ou “pecando”, aí somos inundados de dúvidas e medos, mas, na verdade, acredito que esse é o momento em que experenciamos o NÃO PERTENCIMENTO.

Para algumas pessoas, esse sentimento passa despercebido, sem que influencie em nada a sua vida, enquanto outras mergulham com tanta profundidade nessa inquietude, que, se não começarem o “processo”, paralisam, podendo acarretar muitos danos ao longo da vida, tanto emocionais quanto físicos.

Hoje escrevo para as pessoas que chegaram nesse momento de “expansão da consciência”.

Em primeiro lugar, coloque-se como observador de si mesmo, reflita e seja generoso com seus pensamentos, sentimentos e ações.

Esteja consciente, presente e inteiro em toda e qualquer ação, porque isso te conectará com a sua verdade, com a sua essência, com a sua espiritualidade.

Lembro-me de que quando comecei meu processo, eu estava lendo o livro “O poder do agora”, do Eckhart Tolle; para ele, toda a existência é o agora e nada mais existe além, então todos os dias, no caminho para ao trabalho, quando percebia minha mente viajando nas tarefas que tinha que realizar durante o dia, eu me voltava para o volante do carro e pensava: “Agora estou dirigindo, segurando esse volante e, no momento, isso é tudo que eu tenho a fazer”. Até hoje uso esse exercício quando sinto minha mente em fuga.

homem sentado olhando pensativo para o lado

Ariel Paredes / Pexels / Canva

A leitura de livros, artigos e posts que abordam o assunto também me ajudaram muito, além de vídeos de youtubers incríveis, então fica a recomendação…

No livro de exercícios “Um curso em milagres”, de Helen Schucman, tem uma frase que diz assim:

“Uma mente sem treino nada pode fazer”.

Então crie o habito de treinar sua mente sempre!

Medite! Pode parecer difícil de início, porque travamos uma guerra com a nossa mente e tentamos cessar nossos pensamentos, mas quando deixamos os pensamentos fluírem e só observamos, tornamo-nos conscientes de que é só um pensamento, mas lembre-se: atingir um estado meditativo é um processo que pode demorar, mas não desista, porque vai acontecer!

Mas o mais legal é que, se você se observar, vai perceber que medita em momentos inusitados, como quando cozinha, quando arruma a casa, quando dirige, quando toma banho, quando passa um tempo brincando com seu animal de estimação… São momentos em que estamos com a mente vazia, momentos tão valiosos quanto quando você está em posição de lótus, então não os desperdice.

Questione-se! Questões como:

— Será que eu penso assim mesmo?

— Por que eu estou pensando isso?

— Será que isso é verdade ou é uma crença?

— Eu vejo isso dessa forma mesmo?

— Por que estou irritada com isso? Ao que eu associo?

Crie suas próprias questões, sem medo. É tudo entre você e você mesmo, e não estranhe se de repente começar a rir sozinha, porque isso é libertador!

Muito importante: aprenda a dizer “não”! Mas um “não” que te tranqüiliza, porque o não também é libertador. Embora pareça egoísta, acredite: não é!

Quantas vezes fazemos coisas por medo de magoar o outro, digo profissional, amorosa e emocionalmente? Mas você parou para pensar que quando dizemos “sim” para algo que não queremos, estamos dizendo “não” para nós mesmos? Somos seres valiosos e precisamos nos tratar assim sempre!

Eu mesma me afastei de muitos amigos não por achar que sou melhor ou pior que eles, mas porque os nossos pensamentos são diferentes e estamos em outro momento. Melhor do que estar ao lado das pessoas por obrigação ou por medo do que vão pensar ou dizer é respeitá-las a ponto de dizer: “Hoje não serei uma boa companhia”. Quando você estiver com elas por escolha, esses momentos serão muito mais prazerosos simplesmente porque você escolheu estar ali, entende? Faça suas escolhas. Você é responsável por elas!

mulher sentada olhando pensativa para o horizonte

mcredifine / pixabay / Canva

Esteja aberto para mudanças de opinião. Ao contrário do que parece, isso não te faz uma pessoa instável, sem personalidade, mas sim uma pessoa madura o suficiente para aceitar mudanças e construir um novo pensamento.

Escreva! Ou digite, mas coloque suas ideias para fora. Mesmo que te pareçam uma insanidade, pode acreditar que não são! Leiam-se, porque tudo vai fazer sentido, ao menos para você!

Faça uma atividade física! Mas busque algo que você goste de verdade, que te traga alegria e bem-estar…

Fique em silêncio, que é uma maneira poderosa de você ouvir você si mesmo, e sinta, simplesmente sinta. É nesse silêncio que sua intuição e que o Espírito de Deus que habita em você, a centelha Divina, vão falar contigo, então é o momento dos nossos melhores insights. Simplesmente sinta!

Dito tudo isso, entenda… Esse processo não é algo com tempo determinado, mas sim um processo que vai se iniciar por meio de uma decisão que te acompanhará em toda sua vida, então não foque no resultado. Simplesmente aproveite a jornada…

Mas ouça… Haverá momentos difíceis, pois vamos nos encontrar com o nosso eu mais denso (as sombras). Será preciso olhar para ele e dizer: “Meu filho(a), as coisas não são bem assim”. Ele pode espernear, mas seja paciente… Outras vezes, vamos nos deparar com o nosso eu cheio de dores, cheios de marcas (nossa criança interior). Nesse momento vamos acolhê-la e dizer: “Eu te amo, estou aqui, me perdoe”. Pode ser que ela continue chorando e gritando. Passe um tempo com ela, porque não temos pressa!

Então, aos meus amigos de jornada, eu digo:

Apertem os cintos e boa viagem! Essa será a viagem mais incrível da sua vida.

Lembre-se: você nunca estará sozinho!

Abraço

Fonte: Eu Sem Fronteiras

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: ENTENDA QUAL O VERDADEIRO SIGNIFICADO DO AUTOCONHECIMENTO

AUTOCONHECIMENTO: QUAL O SEU PROPÓSITO DE VIDA?, POR WAGNER BRAGA

Na série de vídeos QUESTIONE-SE: EXPANDINDO A CONSCIÊNCIA um questionamento imprescindível é, você sabe qual é o seu propósito na vida? Esse é um questionamento que tenho certeza que muitos fazem ao longo da vida e é sobre isso que falo no vídeo de hoje, aqui na coluna AUTOCONHECIMENTO do Blog do Saber. O nosso maior propósito na vida é aprender a amar e buscar o amor incondicional. Entenda melhor assistindo ao vídeo completo a seguir e dê um salto quântico na sua evolução espiritual!

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: QUAL O SEU PROPÓSITO DE VIDA?, POR WAGNER BRAGA

REFLEXÃO: O UNIVERSO CONSPIRA A NOSSO FAVOR QUANDO FAZEMOS A PARTE QUE NOS CABE

Nesta sexta-feira temos um texto especial para refletir sobre, aqui na coluna REFLEXÃO do Blog do Saber. A Parte Que Nos Cabe é especialmente para aqueles que salvaram no seu HD pessoal aquela imagem dos Hebreus guiados por Moisés, lã no Antigo Testamento, durante 40 anos, pelo deserto em busca da Terra Prometida quando eram alimentados pelo maná dos céus que Deus enviava e bebiam água que jorrava de pedras. Essas pessoas esqueceram que, bem antes disso, lá no Gênesis, Deus disse: “ganharás o pão de cada dia com o suor do seu rosto”. Portanto, não esperemos que Deus resolva os nossos problemas, pois ele não vai resolver. Antes tens que fazer a sua parte e só assim assim a Providência Divina agirá, baseado na lei universal da ação e da reação, de causa e efeito. No texto a seguir você entenderá com clareza como funcionam essas leis.

A fé e a providência divina - ppt carregar

A Parte Que Nos Cabe

Quando Jesus nos orientou sobre a ideia de que nossa mão direita não deve saber o que faz a esquerda, pretendia ensinar-nos que não deveríamos fazer publicidade do bem que praticamos.

Afinal, quando fazemos algo de bom a motivação por tal atitude não deve ser o orgulho ou o desejo de que sejamos notados ou reconhecidos publicamente por isso.

Essa prática deve ser estimulada pela consciência de que podemos e devemos fazer algo pelos outros.

Mas o que fazer?

Muitas pessoas lamentam não poder fazer todo o bem que desejariam por falta de recursos materiais para tanto.

Porém, há muito a ser feito que dispensa a aplicação de grande soma de recursos financeiros.

Se você não tem disponibilidade econômica para auxiliar os menos favorecidos na vida, quem sabe pode doar seu tempo em prol deles.

Embora não haja muita divulgação na mídia a respeito, sabemos que existem muitos grupos organizados desenvolvendo diversos trabalhos voluntários.

Há grupos de senhoras que semanalmente costuram retalhos que arrecadam para fazer cobertores para famílias carentes.

Há aqueles que ensinam o que sabem para aqueles que não tiveram as mesmas oportunidades, desenvolvendo potenciais adormecidos, descortinando-lhes, assim, novos horizontes.

Isso é promoção humana.

Grupos de voluntários se dispõem a ensinar informática em núcleos carentes a fim de iniciar em tais conhecimentos pessoas que jamais teriam acesso a esses recursos pelos meios usuais.

Há professores de música formando corais e dando as primeiras noções sobre esta arte, para crianças que vivem em favelas em situações de miséria.

Há profissionais de saúde que se organizam e oferecem seu tempo, atendendo gratuitamente em consultórios comunitários, instalados em bairros de extrema pobreza.

Há ainda, aqueles que assumem auxiliar uma criança, ou uma família, oferecendo-lhes o apoio que lhes seja possível, sem nada receber em troca.

Existem inúmeros “bons samaritanos” anônimos espalhados pelo mundo.

São pessoas que oferecem aos irmãos que sofrem, não apenas bens materiais, mas coisas muito mais valiosas: tempo e dedicação.

Se você realmente deseja construir um mundo melhor, faça a sua parte para isso.

Há tanto a ser feito.

Tantos são os que sofrem.

Muitos idosos aguardam por anos a fio, em asilos, a visita de alguém que se disponha a ouvi-los.

Muitas crianças necessitam da orientação segura de alguém que possa ensiná-las e guiá-las por meio de exemplos nobres e dignos.

Muitas são as pessoas que não tiveram chances de aprender um ofício ou mesmo a ler e a escrever, esperando por uma oportunidade nesse sentido.

……………

Temos em nossas mãos tantos talentos e tantos recursos corroídos pela ociosidade e pelo egoísmo.

Quantas horas mal utilizadas passadas diante da TV sem nada se fazer?

Quantos finais de semana passados dentro de carros de um lado para o outro, sem que se vá efetivamente a lugar algum?

Quanta vida passando sem que se faça nada de útil e proveitoso com ela?

Não há motivo, nem sentido, retardar nossa ação efetiva no bem.

Façamos, a partir de agora, a nossa parte, seja ela qual for.

Equipe de Redação do Momento Espírita, com base no capítulo XIII de O Evangelho segundo o Espiritismo, de Allan Kardec

Continuar lendo REFLEXÃO: O UNIVERSO CONSPIRA A NOSSO FAVOR QUANDO FAZEMOS A PARTE QUE NOS CABE

DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: SAIBA O QUE É IM INICIADO ESPIRITUAL

A nossa coluna DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL desta quinta-feira trás um tema e um questionamento importantíssimo: o que é um iniciado?

Na antiguidade quando um estudante queria se aprofundar na jornada espiritual, era submetido a várias avaliações, pelos mestres daquele templo, para saber se tinha condições e profundidade para receber tamanha grandiosidade do conhecimento espiritual.

Os mestres entendiam e acreditavam que as informações espirituais que passariam, era a coisa mais profunda que existia. E eles faziam isso porque diziam que uma coisa profunda não poderia caber em mente errada. Esse era o teste era para saber o quão de profundidade tinha naquele que desejava se tornar um iniciado. Ao ler o texto a seguir você vai entender um pouco mais sobre evolução espiritual.

Mestre e Iniciado

O que é um Iniciado?

Na antiguidade, quando uma pessoa queria entrar em algum estudo espiritual, ela precisava se adentrar nos Templos específicos, que se aprofundavam em questões espirituais.

A grande população era sempre voltada em adoração por vários ídolos como chamavam na época.

Mas nos Templos, existia uma ideia da unidade permeando a diversidade, que seria uma só causa permeando a tudo e a todos. Somente uma Luz, um Poder maior chamado de O Todo. E que cada cultura da época chamava por um nome diferente, e que para nós seria Deus.

Quando um estudante quisesse se aprofundar na jornada espiritual, ele era passado por várias avaliações, pelos mestres daquele templo, para saber se tinha condições e profundidade para receber tamanha grandiosidade do conhecimento espiritual.

Os mestres entendiam e acreditavam que as informações espirituais que passariam, era a coisa mais profunda que existia.

E que não deixa de ser uma atualidade, para quem hoje busca o conhecimento oculto e hermético e queira mudar realmente a sua vida. Algo profundo e transformador.

E os mestres da época faziam isso porque diziam que uma coisa profunda não poderia caber em mente errada, um amor imenso não cabe em um coração medíocre, e o teste era para saber o quão de profundidade tinha naquele que desejava se tornar um iniciado.

Então o iniciado era passado por um conjunto de provas, que tinha por nome de Iniciação, passaria por avaliação se mostrando sem medo nenhum do invisível, porque um iniciado jamais poderia ter medo do invisível, tendo que viver várias experiências, e mostrando seu caráter.

Se passasse então seria aceito e iniciado ao conhecimento dos temas espirituais, até alcançar um grau de mestrado, onde seria chamado mestre e podendo então iniciar outra pessoa.

Mas hoje em dia através de livros iniciáticos, herméticos, pode-se obter um conhecimento sobre o que era oculto, o chamado ocultismo, e se houver um interesse sincero haverá também um conhecimento profundo e com muito estudo e preparação a pessoa será um iniciado estudando o hermetismo.

Mas esse estudo e essa busca espiritual requerem uma preparação profunda para receber toda a informação necessária que levará o iniciado a um autoconhecimento a uma transformação.

É preciso estar aberto para aprender o que ainda não sabe, com intensidade e profundidade, e o verdadeiro estudante, interessado em mudanças nunca dirá que já sabe, porque ele reconhece que quanto mais receber conhecimento, mais sua mente expandirá.

Para saber qual é o dever de um iniciado, tem um texto do livro Iniciático:  O Caibalion que diz:

“Se fordes verdadeiros estudantes podereis compreender e aplicar estes princípios; se não fordes deveis vos desenvolver, porque de outra maneira os preceitos herméticos serão somente palavras, palavras, palavras!”

Isso significa ser dever do estudante estudar os preceitos e se não forem compreendidos com profundidade, necessita de mais preparação.

E para estudar esses livros requer uma preparação, uma imensa vontade de mudança, um querer se libertar de crenças e paradigmas.

Porque livros iniciáticos tem conhecimentos ocultos escondidos nas entrelinhas, por isso, o nome de iniciático.

Seja um iniciado, e estude o hermetismo, porque quando entender realmente o que é conseguirá transformar a sua vida a ponto de nos olhos das pessoas pensarem que aconteceu uma mágica, houve uma magia, mas nada mais é que a sua compreensão e entendimento sobre as Leis que regem o Universo.

Lúcia CostaLúcia Costa

EU Sou…um ser em construção para muito melhor, em busca do autoconhecimento. Estudante e praticante de tudo que agrega compreensão, entendimento e sabedoria que possa me envolver numa conexão com meu Eu Superior, Minha Centelha Divina, O Deus em mim…O Todo.

 

Fonte: Temporariamente humana

Continuar lendo DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: SAIBA O QUE É IM INICIADO ESPIRITUAL

EM CONFORMIDADE COM A PRIMEIRA EDIÇÃO (1900) LIVRO HORTO DA POETISA AUTA DE SOUZA SERÁ RELANÇADO EM NATAL

Por g1 RN

 

Livro 'Horto', da poetisa Auta de Souza, é relançado em Natal — Foto: DivulgaçãoLivro ‘Horto’, da poetisa Auta de Souza, é relançado em Natal — Foto: Divulgação

O folclorista Câmara Cascudo referia-se à conterrânea Auta de Souza como “a maior poetisa mística do Brasil”. A célebre potiguar deixou um único livro, “Horto”. Desde então, o livro de poemas foi mutilado por várias alterações nas edições que sucederam a primeira, a ponto de comprometer a originalidade da obra da jovem poetisa que nasceu em Macaíba, cidade da Grande Natal.

Foi por essa razão que Carlos Castim e Fábio Fidelis, em trabalho de arqueologia literária, dedicaram-se a reescrevê-lo, de maneira fidedigna à primeira edição de 1900, a única lida, aceita e abraçada por Auta de Souza.

Depois de três anos de pesquisa, o lançamento de “Horto – Poemas originais de Auta de Souza em conformidade com a primeira edição (1900)” será nesta sexta-feira (10), às 19h, na Academia Norte-rio-grandense de Letras (ANRL), em Natal.

Publicada originalmente em 1900, a obra apresenta erros de diagramação e descuidos editoriais, o que incomodava o advogado, músico, compositor e poeta Carlos Castim. Diante dessa realidade, ele se juntou ao advogado e professor universitário Fábio Fidelis para se dedicar à pesquisa da obra autaniana.

A primeira edição do livro foi prefaciada por Olavo Bilac, e seus exemplares esgotaram-se em poucos meses. A obra aborda frustração amorosa, religiosidade, perdas familiares e tuberculose, e foi recebida com elogios pela crítica literária à época.

Auta de Souza nasceu em 1876, antes da abolição da escravatura no Brasil, em 1888. “Naquela conjuntura social, ela conseguiu, mesmo sendo mulher e negra, ser reconhecida pela sua qualidade literária”, destaca Castim, acrescentando que, após a morte da autora, aos 24 anos, muitos de seus poemas foram alterados, sobretudo a partir da segunda edição.

“Esse trabalho envolveu uma cuidadosa pesquisa de todas as edições já lançadas no mercado, além dos manuscritos, ‘Dhálias’ e ‘Horto’. O resultado consiste numa edição pequena e numerada. A sensação é estar em posse da primeira edição, de 1900, com a diferença de ser acrescida de notas informativas sobre cada poema alterado, além de pequenos comentários de Câmara Cascudo extraídos da biografia ‘Vida Breve de Auta de Souza’ alusivos aos referidos cânticos”, concluiu Castim.

O projeto conta com patrocínio do cemitério, crematório e funerária Morada da Paz, e toda a renda obtida com a venda dos livros será integralmente destinada às seguintes instituições: Comunhão e Caridade Ave Luz, em Natal, e Fundação Lar Celeste Auta de Souza, em Macaíba.

A Academia Norte-rio-grandense de Letras (ANL) fica na Rua Mipibu, 443, Petrópolis.

Continuar lendo EM CONFORMIDADE COM A PRIMEIRA EDIÇÃO (1900) LIVRO HORTO DA POETISA AUTA DE SOUZA SERÁ RELANÇADO EM NATAL

DESENVOLVIMENTO PESSOAL: 4 REGRAS PARA VOCÊ REALMENTE MUDAR A SUA VIDA

Nesta edição da coluna DESENVOLVIMENTO PESSOAL você vai assistir a mais um sensacional vídeo animado de Albano do Seja Uma Pessoa Melhor, sobre 4 regras valiosíssima para você realmente transformar sua vida sobre esses 4 pilares que você vai conhecer agora. Então dê um play e comece logo a mudar a sua vida. 

Fonte:

Continuar lendo DESENVOLVIMENTO PESSOAL: 4 REGRAS PARA VOCÊ REALMENTE MUDAR A SUA VIDA

REFLEXÃO: GALGUE O AUTOCONHECIMENTO ATRAVÉS DO SORRISO E DA GENTILEZA E APODERE-SE DA SUA VIDA

Quanto mais nós vivemos, mais aprendemos e esse aprendizado é que nos torna mais sábios e poderosos, no bom sentido, e na medida que esse poder cresce mais fácil fica de nos apoderarmos da nosso vida, pois esse aprendizado nada mais é do que o alinhamento do corpo-mente-espírito, que vai nos proporcionar uma aproximação intima e consciente do Eu periférico com o Eu interior. Então convido você a ler o texto completo a seguir e descobrir como apoderar-se de sua vida.

Apodere-se de sua vida

 em 

 

Hoje é sobre leveza. Sobre realmente se deleitar com as maravilhas que nos acontece todos os dias. Sim! Todos os dias e muitas vezes. Basta termos olhos para sentir e coração para ver. Acredito que o “portal” para receber estes milagres é o sorriso, ainda que não estejam em nossos lábios, mas que estejam em nosso terno olhar de contemplação e gratidão.

Absolutamente sempre, ao desejar que uma pessoa tenha um bom dia, eu peço para que ela se lembre de sorrir. E você? Tem sorrido ultimamente? Estudos mostram que nosso cérebro reconhece a alegria quando sorrimos. Aumentamos a produção de hormônios da felicidade (endorfina e serotonina) e a vida fica tão mais gostosa de ser vivida com leveza, não é? O texto de Osho ilustra este nosso poder. Espero que gostem.

“Perceba que há pessoas que ficam perturbadas quando você ri. Elas gostariam de lhe ensinar que a vida não é uma brincadeira. Essas pessoas estão doentes. Elas perderam a vida e não querem que ninguém a desfrute .Elas escolheram o ego, contra a vida. Se você escolher a vida, elas ficarão contra você. Elas irão reprimi-lo, irão condená-lo, criarão culpa em você.

Nenhuma calamidade maior pode acontecer à humanidade do que esta que tem acontecido através das religiões. Elas criaram uma consciência culposa. Dessa forma, sempre que você está desfrutando alguma coisa, em algum lugar lá no fundo, começa a se sentir culpado, como se estivesse fazendo algo errado. Sempre que você ri, nunca pode rir na totalidade porque, lá no fundo, algo vai puxando você para trás.

Desde a mais tenra infância, sempre que você esteve feliz havia uma pessoa para lhe ensinar que a vida não é só brincadeira. Pare de rir! Fique sério! Quando é que você vai amadurecer? Cresça! Já é o bastante! Abandone essa tolice de criança!

Sempre havia alguém por perto para lhe ensinar. Mas eles perderam, eles não puderam desfrutar. Assim não podem permitir aos outros o desfrute. É assim que, de geração em geração, as doenças vão sendo transferidas.

Então, apodere-se de sua vida. Veja que toda a existência está celebrando. As árvores não estão sérias, os pássaros não estão sérios. Os rios e oceanos são selvagens, e em todo lugar há alegria e deleite. Observe a existência, ouça a existência e torne-se parte dela.

Então você se torna um amante – porque o amor só pode existir com um profundo respeito pela alegria. O amor não pode existir com uma mente séria. Com uma mente séria, o acordo é com a lógica. Então não leve a vida muito a sério. Seja sincero, mas não seja sério. Então, você será verdadeiro e se tornará parte dessa grande brincadeira cósmica.”

Luz e Paz!

Fonte: Sabedoria Universal

Continuar lendo REFLEXÃO: GALGUE O AUTOCONHECIMENTO ATRAVÉS DO SORRISO E DA GENTILEZA E APODERE-SE DA SUA VIDA

AUTOCONHECIMENTO: INSISTÊNCIA E RESILIÊNCIA O SEGREDO DAS PESSOAS DE SUCESSO

Dados estatísticos dizem que, em média, apenas 15% das ações das pessoas insistentes e resilientes alcançam o sucesso esperado. Isso nos faz entender o porquê dos 85% das demais pessoas, aquelas que não são insistente e desistem fácil, serem fadadas ao fracasso permanente e nunca conseguirem decolar na vida. É que a vida é como um laboratório de experiências científicas, pautadas em erros e acertos diários que, por empirismo nos guiam pelo caminho certo a seguir. Sendo que o mais importante de tudo é a INSITÊNCIA e nunca desistir, assim você se torna IMBATÍVEL. Convido você a ler o texto completo a seguir e entender o segredo das pessoas de sucesso!

Resiliência: O segredo do Sucesso – Sua Revista

Insistência

Auto motive-se, você detém o direito de exercitar essa virtude, essa força interior que possui  é extremamente poderosa, externe esse imenso poder!

Deus te fez forte e corajoso, por isso, domine esse medo, mostre realmente quem você é, uma pessoa capacitada e dotada de talentos, apta para explorar o novo, até conseguir conquistar esse novo horizonte.

Seja persistente e ousado, insista quantas vezes for necessário, mas persevere! O segredo da Vitória, está exatamente na força de vontade que te mantém em pé, e recomeçando a cada amanhecer. O sol brilha mesmo com as nuvens que instem em esconde-lo, você é forte e capaz, ainda que com a presença dos obstáculos! Seus princípios e valores, são dignos de um grande vencedor, portanto, seja fiel as capacidades que Deus te agraciou.

É no seu íntimo que Deus faz sua morada, por isso, conserve a serenidade e a harmonia interior, preserve esse templo sintonizado com bons pensamentos e emoções alegres, pronuncie palavras harmônicas e boas, faça autosugestões afirmativas e positivas, reformule suas atitudes, hoje é um novo dia, e requer atitudes refinadas para um resultado melhor ao que obteve até ontem, inicia neste exato instante, um outro ciclo na sua vida!

Esteja com a companhia de Deus, sua presença é imprescindível para explorar esse horizonte que descortina neste dia, seu destino é renovável, e você está na direção desse projeto, assim como um capitão define a direção do seu navio, você estabelece os rumos que deseja na vida, portanto, assuma as rédeas da situação, e prossiga confiante. Avançando cada vez mais, você é competente para atingir a plenitude deste objetivo!

Autor: Reginaldo Rodrigues
Email: r3.reginaldorodrigues.7@gmail.com

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: INSISTÊNCIA E RESILIÊNCIA O SEGREDO DAS PESSOAS DE SUCESSO

AUTOCONHECIMENTO: MUDE A SUA REALIDADE COM A REPROGRAMAÇÃO MENTAL, POR WAGNER BRAGA

Você está criando sua realidade! - Café Quântico

Eu costumo dizer para as pessoas que costumam colocar a culpa dos reverses e das agruras das suas vidas a seguinte frase: VOCÊ É 100% RESPONSÁVEL PELA SUA REALIDADE.

Isso não é exagero e nem, muito menos, dureza ou crueldade da minha parte. Quando um equilibrista resolve atravessar um desfiladeiro caminhando sobe um cabo de aço, segurando apenas um bastão, naquele momento é apenas ele e mais ninguém, ou seja, naquele momento a vida dele está 100% em suas mãos. Não corda amarrada na cintura, não rede para ampará-lo numa possível queda e muito menos Deus. Até porque se Deus realmente vigiasse as nossas atitudes e comportamento ele não iria avalizar ou perder o tempo dele com as nossas estripulias ou irresponsabilidades. Isso não tem lógica alguma.

Portanto, precisamos nos livrar das muletas que costumamos utilizar por puro comodismo ou crenças limitantes. Devido a essas crenças limitantes que passam de pai para filho e faz parte do inconsciente coletivo as pessoas criam uma realidade baseada na dor e no sofrimento e passam uma existência inteira penando e patinando sem evoluir.

Mas existe uma solução para tudo isso. Você pode mudar completamente sua realidade sofrida e dolorosa por uma realidade saudável, abundante e plena. O único caminho caminho é o AUTOCONHECIMENTO. Através da Meditação e de exercícios diários de mentalização você pode promover uma reprogramação mental, ou seja, você consegue virar a chave e e dar uma incrível guinada, um espetacular salto quântico e ser totalmente dono da sua realidade e do seu destino, sem depender de nada nem de ninguém.

Você não precisa acreditar em mim, só precisa experimentar, mas experimentar com vontade e convicção, ciente de que é tudo o que você quer, sem desconfianças, pois o resultado só vem quando você tem 100% de fé em algo. Faça com a genuína fé, sabendo que já deu certo e depois me diga como foi.

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: MUDE A SUA REALIDADE COM A REPROGRAMAÇÃO MENTAL, POR WAGNER BRAGA

AUTOCONHECIMENTO: A DOR E O SOFRIMENTO SÃO RECURSOS PARA ASSEGURAR QUE O APRENDIZADO CHEGUE ÀQUELES QUE RESISTEM A EVOLUIR

Quem é leitor deste blog sabe como fico feliz e radiante quando encontro um artigo ou texto realmente esclarecedor, que realmente pode expandir a mente do leitor. Esse texto que publicamos, aqui na coluna AUTOCONHECIMENTO nesta quinta-feira, acerca do sofrimento e da dor não podia ser mais claro, conciso e direto para fazer você entender o verdadeiro objetivo da dor e do sofrimento na nossa jornada. Por isso convido você a ler o texto completo a seguir, refletir e fazer o seu juízo de valor!

Como parar a roda do sofrimento?

Homem com a mão na cabeça e expressão triste

Hidesy / Getty Images Signature / Canva

Todo o Universo está expandindo em constante evolução. Quando falamos a palavra “Universo”, precisamos imaginá-lo como um reflexo da intenção do Criador de Tudo de É.

Antes de compreendermos como parar o sofrimento em nossa vida, devemos nos questionar sobre a razão da existência do sofrimento.

Tendo ciência de que Tudo está em contínua expansão e evolução, podemos imaginar que nada nem nenhuma experiência contida na criação deve estar “estagnada”. Em outras palavras, nenhum de nós pode se negar a evoluir.

Imaginemos que estamos dentro de uma experiência intencionada por uma Mente Universal Criadora, e para viver essa experiência nos foram concebidas diversas qualidades tanto a nível de corpo biológico como na confecção da nossa alma, e também do cenário em que estamos expostos, além de na sincronicidade de todas essas informações juntas.

Toda essa existência é algo extremamente complexo e magnífico ao mesmo tempo.

Quando temos um corpo/mente com inúmeras capacidades, porém acabamos de alguma forma despreciando seu potencial, em outras palavras, acredito que isso se refere às palavras deixadas por Jesus Cristo quando ele dizia: “Homens de pouca fé”. De certo modo, o que estamos fazendo é retardar nossa capacidade de evoluir.

Tudo isso se representa de diversas formas, como falta de autoestima, baixa autoconfiança, automutilação, negação, reprimir ou ignorar a intuição e os seus sentimentos…

Homem com a cabeça encostada na parede.
Soupstock / Canva

Sempre que estamos fazendo isso, estamos limitando ou reduzindo nossa evolução, como se quiséssemos parar de evoluir ou aprender, porém isso não é possível.

Se você negar a sua Luz ou mesmo não se achar digno de ser um filho ou filha para manifestar o poder criativo, a sabedoria e o amor da Mente Criadora de Tudo que É, ainda assim é como se você estivesse resistindo à manifestação do Criador por meio da sua existência.

Quando nos achamos fracos, feios, impotentes etc… estamos negando ao Criador.

Somente quando resistimos e negamos a manifestação das qualidades do Criador – que são o Amor, a Sabedoria e o Poder Criativo por meio de nossa existência — é que vivemos o espaço do sofrimento.

O sofrimento é como se fosse o recurso último para angariar a evolução das almas que se negam a evoluir. A dor e o sofrimento são recursos existentes para assegurar que o aprendizado chegue àqueles que resistem evoluir.

Quanto mais negamos, mais perto da dor e do sofrimento ficamos.

Existem muitas pessoas lindas neste mundo que permitem que sua Luz se manifeste, vivendo em abundância, levando seus dons e talentos para os demais. Com isso, são recompensados e retribuídos com prosperidade. Além disso, também têm uma capacidade de emanar amor, o que lhes assegura se aproximar da felicidade.

Portanto trago uma pergunta de reflexão neste momento: você está permitindo que a Luz se manifeste na sua vida? Dentre as qualidades de Luz estão a alegria, o amor, a paz, entre outras que vou deixar listadas abaixo, usando de referência os estudos realizados pelo Dr. David Hawkins que permitiu, com seu estudo, trazer o conhecimento dos níveis de frequência de cada emoção humana.

A única forma de manifestar sua Luz é cultivando emoções que vibram ou se assemelham à imagem do Criador de Tudo que É.

Dessa forma, concluímos que a única maneira de parar a roda do sofrimento é parando de resistir à manifestação da Luz em nossas vidas.

Àqueles que estão vivendo a dor neste momento, aconselho fazerem essa pergunta a si mesmos: “O que essa dor/sofrimento veio me ensinar?”.

Escrito por Rafael A. Calza

Fonte: Eu Sem Fronteiras

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: A DOR E O SOFRIMENTO SÃO RECURSOS PARA ASSEGURAR QUE O APRENDIZADO CHEGUE ÀQUELES QUE RESISTEM A EVOLUIR

DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: SENDO NOSSO ESTADO NATURAL O ESPÍRITO PRECISAMOS DESPERTAR PARA A PLENA CONSCIÊNCIA ESPIRITUAL

O renomado espiritualista e místico Edgar Cayce é o destaque da nossa coluna DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL desta quarta-feira e vem nos lembrar que o nosso estado natural é Espírito e sendo assim o despertar para a plena consciência espiritual é um dos propósitos que todos temos em comum, apesar de, com frequência, negligenciarmos a parte mais verdadeira de nós mesmos, ou seja,  que é nossa conexão com o espírito. Estabelecendo conscientemente um ideal espiritual – como amor, perdão, compaixão, serviço aos outros – podemos realizar uma transformação pessoal com o desenvolvimento da alma como resultado. Para refletir melhor sobre esse assunto convido você a ler o texto completo a seguir.

EDGAR CAYCE SOBRE ESPIRITUALIDADE

 

De acordo com as leituras de Edgar Cayce, todos nós somos seres espirituais tendo uma experiência física aqui na terra. Cayce disse que todos nós fomos criados no começo.

Todas as almas foram criadas no princípio, todo espírito de um espírito, Espírito de Deus, esse espírito manifesto em carne, esse espírito manifesto em toda a criação, sejam de forças terrestres ou universais, todos os espíritos sendo um só espírito.

– Edgar Cayce lendo 900-70

Talvez por causa das demandas da vida terrena, freqüentemente negligenciamos a parte mais verdadeira de nós mesmos, que é nossa conexão com o espírito. Embora possuamos corpos físicos e atitudes mentais, em última análise, nossa conexão mais profunda é com nossa fonte espiritual.

Cayce frequentemente nos lembrava que “o Espírito é a Vida, a Mente é o Construtor e o Físico é o Resultado”. Em outras palavras, o espírito é a fonte de nossas vidas. Nossa mente então focaliza essa energia espiritual em vias de expressão criativas ou destrutivas (positivas ou negativas). O impacto de nossas escolhas acabará por encontrar expressão no reino físico, afetando nossa saúde, nossas vidas e nossos relacionamentos uns com os outros.

Do ponto de vista de Cayce, com muita frequência, perdemos o contato com a intenção (o porquê) por trás de nossas ações cotidianas. Por isso, ele recomendou que estabelecêssemos um ideal espiritual pelo qual viver. Estabelecendo conscientemente um ideal espiritual – como amor, perdão, compaixão, serviço aos outros – podemos realizar uma transformação pessoal com o desenvolvimento da alma como resultado.

Então, o mais importante, a experiência mais importante desta ou de qualquer entidade individual é saber primeiro o que é o ideal – espiritualmente.

– Edgar Cayce lendo 357-13

Em parte, os ideais ajudam a estabelecer “por que” fazemos as coisas que fazemos. Todo mundo está, em essência, trabalhando com um ideal em suas vidas. No entanto, nem todos estão conscientes disso. Às vezes, quando a vida está muito confusa, a falta de um ideal consciente desempenha um papel importante. Uma vez que os ideais moldam nossas próprias vidas, nossas experiências, até mesmo quem somos em processo de nos tornar, estabelecer um ideal consciente é singularmente importante para o desenvolvimento e crescimento de nossa alma. E os ideais que orientam nossas vidas mudarão com o tempo, à medida que aprendemos, aplicamos e crescemos a partir de cada ideal que estabelecemos. Escolher nosso ideal e depois trabalhar com ele para moldar nossa vida é um processo que pode ajudar a despertar o propósito de nossa alma e promover o crescimento da mesma.

Visto que nosso estado natural é Espírito, o despertar para a plena consciência espiritual é um dos propósitos que todos temos em comum. Na verdade, em uma leitura (3357-2), Cayce afirmou que “o desenvolvimento da alma deve ter precedência sobre todas as coisas”. Cayce afirmou que o desenvolvimento da alma não é alcançado por meio de alguma grande ação ou ato, mas é uma realização gradual que é alcançada “linha sobre linha, preceito sobre preceito”.

O que parece ser mais importante é nossa aplicação dos frutos do Espírito em nossas interações com os outros. Em outras palavras, agir com amor, bondade, gentileza e paciência. De acordo com Cayce, a sintonização e a aplicação estão no cerne do crescimento espiritual. A sintonia é o processo de despertar para nossa natureza espiritual e nosso verdadeiro relacionamento com Deus. As ferramentas mais freqüentemente recomendadas para alcançar esta sintonização são a prática regular de oração e meditação. Cayce acreditava que a oração era falar com Deus, enquanto a meditação era ouvir a Deus. A oração e a meditação são inestimáveis ​​para restabelecer uma percepção consciente de nossa fonte espiritual, ao mesmo tempo em que convidamos a vontade de Deus a trabalhar por meio de nós para que possamos ser um “canal de bênçãos” para outros.

Então, apenas sendo gentil, apenas sendo paciente, apenas mostrando amor pelo próximo; essa é a maneira pela qual um indivíduo trabalha para se tornar ciente da consciência ou do Espírito de Cristo.

– Edgar Cayce Reading 272-9

Estávamos com Deus no início e, por escolha e experiência, nos vimos cortados de uma consciência completa do Espírito. Em um aspecto, a queda da humanidade foi realmente nossa descida na consciência dos reinos do infinito para aqueles do tempo e do espaço. No entanto, isso não foi necessariamente uma coisa “ruim” ou uma escolha errada. Assim como uma criança aprende com a experiência, fazendo escolhas e até mesmo cometendo erros ao longo do caminho, nossas próprias experiências ajudarão nossa alma a amadurecer, e esse processo nos permitirá chegar a nossa herança plena e a uma consciência de nosso verdadeiro espiritual natureza.

Uma discussão sobre Edgar Cayce e espiritualidade não pode ser completa sem a menção de “A Search for God” e dos grupos de estudo . Em 1931, um grupo de pessoas – que eram próximas de Cayce e do trabalho que estava fazendo – pediu uma leitura sobre como poderiam se tornar mais parecidas com ele – com dons psíquicos e capacidade de ajudar os outros. A resposta de Cayce foi uma série de leituras que delineavam passos individuais em direção ao crescimento espiritual. Esse grupo continuou a receber e a trabalhar com esta série de leituras por mais de uma década e acabou publicando seu trabalho na forma de dois livros intitulados A Search for God, Livros I e II. Hoje, esses livros são estudados em todo o mundo por pessoas em ambientes de grupo conhecidos como Grupos de Estudo. Grupos de estudo podem se registrar em nossa organização para receber materiais de apoio e recursos para seu trabalho espiritual em grupo. Saiba mais em EdgarCayce.org/studygroups .

Fonte: EdgarCayce.org

Continuar lendo DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: SENDO NOSSO ESTADO NATURAL O ESPÍRITO PRECISAMOS DESPERTAR PARA A PLENA CONSCIÊNCIA ESPIRITUAL

Fim do conteúdo

Não há mais páginas para carregar