REFLEXÃO: CONFIAR NAQUILO QUE VEMOS NÃO É CONFIAR

A nossa REFLEXÃO desta quarta-feira é sobre CONFIANÇA. Confiar é ser maior do que o medo e abrir o coração em meio às dores, às tormentas e ao caos amparado pela sabedoria de que tudo que não brilha nada mais é do que uma ilusão. Essa é apenas uma das muitas faces da CONFIANÇA. Leia o texto completo a seguir e conheça as demais!

Confiança

 em 

su21

Confiar naquilo que vemos não é confiar.

Confiar é passar anos caminhando por um deserto, em paz, com a absoluta certeza de que em algum lugar existe uma flor pronta a nos acolher no perfume de suas pétalas.

Confiar é olhar através das palavras de incompreensão de uma pessoa querida sem se abalar, sabendo que por trás de suas palavras ásperas, existe um espaço ainda inexplorado, um espaço de pleno amor.

Confiar é dar de si mesmo quando se nada tem, pois o coração sabe que o Universo é próspero e suas bênçãos se estenderão a nós no momento certo.

Confiar é ser maior do que o medo e abrir o coração em meio às dores, às tormentas e ao caos, amparado pela sabedoria de que tudo que não brilha nada mais é do que uma ilusão.

A confiança é, muitas vezes, um caminho aparentemente solitário.

Digo “aparentemente” porque, quando confiamos, nos integramos à fonte de tudo o que existe e nos percebemos acompanhados por toda a Vida que pulsa em todas as galáxias que já existiram ou venham a existir no Universo.

Não espere o mundo ao seu redor se aquietar para que você possa confiar.

Confie brandamente e, dessa maneira, torne-se um pacificador do mundo.

(texto de Patrícia Gebrim)

Luz e Paz!

Fonte: Sabedoria Universal

Continuar lendo REFLEXÃO: CONFIAR NAQUILO QUE VEMOS NÃO É CONFIAR

AUTOCONHECIMENTO: APRENDENDO A AMAR NÃO TEM COMO DEUS ESCAPAR DE VOCÊ

Sempre falamos aqui no Poder da Atração que é a lei universal imutável. Por isso o destaque desta terça-feira nesta coluna é “O maior poder de atração”, mensagem canalizada de Paramahansa Yogananda sobre os ingredientes  e a única forma de Deus não escapar de você. Descubra como lendo o texto a seguir!

Resultado de imagem para O Amor é o ímã mais forte para Deus e para cada ser vivo, em todos os níveis de ser

O maior poder de atração

Kryon, Saint Germain e Abraham

Mensagem canalizada em 25 de Fevereiro de 2020 – Paramahansa Yogananda

Um estudante duvidava de sua persistência no caminho espiritual. Para encorajá-lo, Paramahansa disse “Todas as almas são iguais”, disse o guru.  “A única diferença entre você e eu, é que eu fiz os esforços necessários. Eu convenci Deus de que O amo e então Ele veio até mim. Amor é o ímã do qual Deus não consegue escapar.”

Eu abençôo vocês que estão cheios de amor e que ainda não estão completamente conscientes disso.

O Amor é o ímã mais forte para Deus e para cada ser vivo, em todos os níveis de ser.

Eu sou PARAMAHANSA YOGANANDA.

Olhe para o mundo e olhe nos olhos de seus companheiros! Seus irmãos e irmãs experimentam uma falta porque eles dão muito pouco amor e recebem muito pouco amor.

Os corações deles estão fechados e os impulsos amorosos de suas almas não os penetra na consciência do dia. Seus Eus divinos circulam solitários ao redor dessas pessoas até que um dia eles acordem e assumam a conexão para si mesmos.

Deus e cada criatura são atraídos pelo amor, e esse amor é adquirido através de esforço.

O que deve ser feito?

No que consistem esses esforços? O que deve ser feito para que o coração não se feche mais e para que esta porta celestial se abra?

Meditação e se entregar a Deus – estes são os ingredientes que gradualmente abrem uma pessoa para o amor.

Veja, não há muito o que fazer, se se colocar em prática o que precisa ser feito.

A reflexão constante e contemplação interior aos poucos o leva a se tornar mais claro e puro e assim, digno do encontro com Deus.

Deus é atraído pela sua Luz e, através de seu amor, Ele se estabelece para sempre em seu coração.

Para isso, é preciso criar um espaço para Deus. Enquanto o interior de uma pessoa não estiver limpo da sujeira das eras, Deus não encontra lugar para se instalar. Clarear e limpar é indispensável se você deseja convidar o convidado mais importante e se tem o desejo de que Ele fique para sempre.

Meditação, devoção e anseio.

Meditação e devoção são os ingredientes que os trazem para perto de Deus e dos quais Ele não pode escapar.

É o seu anseio por Deus que gera a energia necessária para abrir seu coração. Sem ansiar por Deus, há pobreza espiritual, mas uma pessoa equipada com isso é verdadeiramente rica.

Portanto, sempre pense em Deus, sinta Deus em sua vida e aja como um ser divino que deseja ser encontrado por Deus.

Você pode esperar tudo de Deus tão logo tenha criado em seu coração o espaço para os presentes Dele.

Trabalhe nisso meditando e dessa forma, avançando a sua transformação.

Faça todo esforço até que possa se render incondicionalmente para Aquele que é tudo e até que os últimos véus entre você e Deus sejam removidos – então você será capturado pelo amor e Deus entrará em sua vida.

Este é o caminho de volta para a fonte de todo Ser e para a felicidade com Deus.

Eu sou PARAMAHANSA YOGANANDA.

Jahn J. Kassl

Fonte: https://eraoflight.com — Roseli Giusti Zahm e Marco Iorio Júnior — Tradutora e Editor exclusivos do Trabalhadores da Luz

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: APRENDENDO A AMAR NÃO TEM COMO DEUS ESCAPAR DE VOCÊ

EDITORIAL: UMA MENSAGEM DE PAZ E CONFIANÇA A TODOS OS SEGUIDORES DESTE BLOG

Neste sábado anti-véspera de natal quero deixar uma mensagem de paz e confiança a todos os seguidores e leitores deste blog que ao longo de 2019 compartilharam essa rica experiência de conhecimento, crescimento e expansão da consciência. Também fica o convite para continuar compartilhando essa experiência em 2020 que, com certeza será ainda melhor. Assista ao vídeo e compartilhe essa mensagem!

Fonte:

Continuar lendo EDITORIAL: UMA MENSAGEM DE PAZ E CONFIANÇA A TODOS OS SEGUIDORES DESTE BLOG

BOAS NOTÍCIAS: GRANDE SURPRESA DE BEBÊ COM HIV REJEITADO POR 10 FAMÍLIAS AO SER ADOTADO POR PAIS GAYS

Uma surpresa maravilhosa você vai ter na coluna BOAS NOTÍCIAS desta sexta-feira!

Um bebê com HIV rejeitado por 10 famílias para adoção é adotado por pais gays e Ulala!

Veja a reportagem completa e saiba qual foi a surpresa!

Pais gays adotam bebê com HIV rejeitado por 10 famílias e têm surpresa

Olívia, livre do HIV - Foto: Reprodução/Facebook @avijarra

Olívia, livre do HIV – Foto: Reprodução/Facebook @avijarra

Se há quem abandone, também existe gente do bem, sem preconceito, que acolhe! Um casal gay adotou um bebê com HIV que foi rejeitado por 10 famílias na Argentina.

E para surpresa de todos, depois que Olivia foi adotada e recebeu tratamento médico, os sinais do HIV desapareceram.

Os pais Damian Pighin e Ariel Vijarra comemoraram a notícia boa quando os testes comprovaram que o vírus não era mais detectável no corpinho da menina.

Outra adoção

Depois disso, o casal adotou uma segunda filha, chamada Victoria.

As duas crianças completam 5 anos este agora em 2019.

Damian Pighin e Ariel Vijarra foram o primeiro casal homoafetivo a se casar em Santa Fe.

Eles trabalham para uma ONG que ajuda casais a adotarem filhos rejeitados.

Foi assim que eles adotaram Olívia.

Os dois esperaram durante três anos pela oportunidade de adotar.

Mas assim que seguraram e alimentaram a menina, sem que ela soltasse um único choro, Damien e Ariel entenderam que havia uma conexão especial entre eles.

Foto: Reprodução/Facebook @avijarra

Foto: Reprodução/Facebook @avijarr
Foto: Reprodução/Facebook @avijarra
Foto: Reprodução/Facebook @avijarra
Foto: Reprodução/Facebook @avijarra
Foto: Reprodução/Facebook @avijarra

Com informações do BoredPanda

Fonte: Só Notícia Boas

Continuar lendo BOAS NOTÍCIAS: GRANDE SURPRESA DE BEBÊ COM HIV REJEITADO POR 10 FAMÍLIAS AO SER ADOTADO POR PAIS GAYS

REFLEXÃO: O MILAGRE DO PERDÃO

No nosso momento de REFLEXÃO desta sexta feira trago para você um texto extraordinário sobre “O milagre do Perdão”, do verdadeiro perdão. Aquele do coração! Leia o texto e reflita sobre essa linda história de amor.

Resultado de imagem para o milagre do perdão

O milagre do perdão

Tudo ia muito bem até aquele dia. Ela era uma mulher casada. E muito bem casada. Era feliz. Seu marido, um alto executivo, apesar das constantes viagens que o retinham fora do lar a períodos regulares, era um homem atencioso.

Nada havia que ela desejasse que ele não viesse a satisfazer. Uma casa confortável, segurança, carinho.

Até aquele dia, quando a notícia chegara de repente: ele sofrera um infarto. Nem uma última palavra, um último abraço. Nada.

O enterro foi triste e silencioso. Depois só ficou uma imensa saudade. Tudo era motivo de recordação.

Os livros dele, o jardim onde passeavam juntos. Em tudo a presença-ausência dele. Os dias eram amargos.

Então, ela recebeu uma carta. Vinha de um outro Estado e era assinada por uma mulher. Em poucas linhas, a desconhecida lhe fazia ciente de que o homem pelo qual chorava tinha sido também o seu amor.

E, como fruto do relacionamento de alguns anos, ela ficara com duas crianças pequenas. Descrevia seu drama. As dificuldades profissionais, as despesas que se avolumavam, as necessidades que cresciam.

Rogava desculpas por atormentá-la, mas pedia auxílio para suas duas meninas.

A primeira reação foi de revolta, de raiva. Sentiu-se traída, magoada. Com o passar dos dias, aquilo foi arrefecendo e dando lugar a um outro sentimento.

Pensou no amor que seu marido deveria ter pelas filhas. Agora estavam órfãs.

Por muito amá-lo, tomou uma decisão. Respondeu a carta dizendo que ficaria com as duas crianças. Assumiria a sua educação. Com uma condição: a mãe as deveria entregar aos seus cuidados em definitivo.

Acertaram detalhes e combinaram um encontro. Ela queria as crianças. Pedaços do seu amor que se fora. Haveria de tratá-las como suas filhas. Eram amores do seu marido.

No aeroporto se encontraram. De longe, ela viu a outra: jovem, bonita. Era uma nissei. Sentiu ciúmes. As crianças eram lindas.

A jovem, com lágrimas nos olhos, despediu-se delas, fez-lhes recomendações e se dispôs a partir.

As crianças se achegaram a ela, soluçando. A cena era tocante. Então, a mulher sentiu uma onda de carinho invadi-la e chamou a jovem mãe.

Vamos ser uma única e grande família. Fique conosco você também. Seremos amigas e mães das nossas meninas sem pai.

Era o milagre do perdão.

Não do perdão dos lábios, mas o perdão do coração. O verdadeiro. O que coloca um véu sobre o passado.

O único que é levado em conta, pois Deus não se satisfaz com as aparências. Ele sonda a intimidade e conhece os mais secretos pensamentos dos homens.

* * *

O esquecimento completo e absoluto das ofensas é próprio das grandes almas.

Perdoar é pedir perdão para si próprio. Afinal, quem de nós não necessita dele? Quem de nós pode dizer, em sã consciência, que não comete equívocos?

Se alguém nos prejudicou, mais um motivo para o exercício do perdão, pois o mérito é proporcionado à gravidade do mal.

Olvidarmos o mal. Pensarmos no bem que se pode fazer. Cuidarmos de retirar do coração todo sentimento de rancor. Deus sabe o que se demora no fundo d´alma de cada um de Seus filhos.

Redação do Momento Espírita

Fonte: Momento de Reflexão

Continuar lendo REFLEXÃO: O MILAGRE DO PERDÃO

REFLEXÃO: O PODER DA GRATIDÃO

Hoje, me emocionei profundamente ao ler esse magnífico texto sobre algo que a humanidade ainda está aprendendo a exercitar e quando todas as pessoas conhecerem o valor da GRATIDÃO o mundo nunca mais será o mesmo. Leia o texto a seguir com atenção e carinho e nunca mais seja a mesma pessoa!

A Gratidão

O homem, por detrás do balcão olhava a rua de forma distraída. Uma garotinha se aproximou da loja e amassou o narizinho contra o vidro da vitrina.

Os olhos da cor do céu brilharam quando viu determinado objeto.

Entrou na loja e pediu para ver o colar de turquesas azuis. “é para minha irmã. Pode fazer um pacote bem bonito?”

O dono da loja olhou desconfiado para a garotinha e lhe perguntou: “quanto dinheiro você tem?”

Sem hesitar, ela tirou do bolso da saia um lenço todo amarradinho e foi desfazendo os nós. Colocou-o sobre o balcão e feliz, disse: “isto dá, não dá?”

Eram apenas algumas moedas, que ela exibia orgulhosa.

– Sabe, eu quero dar este colar azul para a minha irmã mais velha. Desde que morreu nossa mãe, ela cuida da gente e não tem tempo para ela. É aniversário dela e tenho certeza que ela ficará feliz com o colar que é da cor dos seus olhos.”

O homem foi para o interior da loja, colocou o colar em um estojo, embrulhou com um vistoso papel vermelho e fez um laço caprichado com uma fita verde.

– Tome, leve com cuidado.

Ela saiu feliz, saltitando pela rua abaixo.

Ainda não acabara o dia quando uma linda jovem de longos cabelos loiros e maravilhosos olhos azuis, adentrou a loja.

Colocou sobre o balcão o já conhecido embrulho desfeito e indagou:

– Este colar foi comprado aqui?

– Sim, senhora.

– E quanto custou?

– Ah, falou o dono da loja, o preço de qualquer produto da minha loja é sempre um assunto confidencial entre o vendedor e o freguês.

A moça continuou: “mas minha irmã tinha somente algumas moedas. O colar é verdadeiro, não é? Ela não teria dinheiro para pagá-lo!”

O homem tomou o estojo, refez o embrulho com extremo carinho, colocou a fita e devolveu à jovem.

– Ela pagou o preço mais alto que qualquer pessoa pode pagar – disse ele.

– Ela deu tudo o que tinha.

O silêncio encheu a pequena loja, e duas lágrimas rolaram pelas faces jovens, enquanto suas mãos tomavam o embrulho e ela retornava ao lar, emocionada.

………………………

Verdadeira doação é dar-se por inteiro, sem restrições. Gratidão de quem ama não coloca limites para os gestos de ternura.

E a gratidão é sempre a manifestação dos espíritos que têm riqueza de emoções e altruísmo.

Sê sempre grato, mas não espere pelo reconhecimento de ninguém.

Gratidão, como amor, é também dever que não apenas aquece quem recebe, como reconforta quem oferece.

 

Fonte: Equipe de Redação do Momento Espírita, com base no capítulo “O Colar de Turquesas Azuis”, do livro Remotos Cânticos de Belém, Wallace Leal V. Rodrigues, ed. Clarim.

Continuar lendo REFLEXÃO: O PODER DA GRATIDÃO

BOAS NOTÍCIAS: UMA LINDA HISTÓRIA DE AMOR COM FINAL FELIZ

Na coluna BOAS NOTÍCIAS deste domingo temos uma linda história de amor raríssima, um amor verdadeiramente incondicional que trouxe de volta a vida um homem que estava em coma há 5 anos. Leia a reportagem completa a seguir e saiba dos detalhes desta belíssima história de amor!

Homem acorda do coma após 5 anos e diz “eu te amo” para a mulher

Li e Zhang - Fotos: Pear video

Li e Zhang – Fotos: Pear video

“Eu te amo”. Esta foi a primeira frase dita por um homem que acordou do coma, após 5 anos em estado vegetativo.

Li Zhihua disse a frase para mulher dele, Zhang Guihuan, que cuidou do marido todos os dias, dando banho, conversando e fazendo massagens. Zhang dormia apenas 3 horas por dia, mas valeu a pena!

Cinco anos depois, Li acordou do coma, olhou para Zhang e disse: “Esposa, eu te amo!”. A história comoveu moradores de Xiangyang, na China.

Em 2013 Li Zhihua sofreu um acidente de carro e teve danos no cérebro

“Quando ocorreu o acidente, ele ficou em estado vegetativo. Não respondia a nada. Os médicos me disseram que ele ficaria assim para sempre”, contou ao site chinês Btime.

Mas Zhang não aceitou o diagnóstico.

Ela queria provar que era possível ver o marido bom de novo.

A partir daí, Zhang começou a estimulá-lo, cantando, conversando e fazendo massagens.

“Nunca pensei em desistir. Vou continuar ajudando até ele morrer”, disse Zhang.

Assim que acordou do coma, a mulher levou o marido de volta ao hospital para dar seguimento a sua recuperação.

Agora eles recomeçam a linda história de amor e dedicação.

Com informações do Metrópoles

Fonte: Só Notícia Boa

Continuar lendo BOAS NOTÍCIAS: UMA LINDA HISTÓRIA DE AMOR COM FINAL FELIZ

Fim do conteúdo

Não há mais páginas para carregar