Blog do Saber, Cultura e Conhecimento!

REFLEXÃO: SAIBA ONDE ESTÃO AS RESPOSTAS NESSA CURTA HISTÓRIA, POR CAMILA ZEN

Sexta-feira é dia de REFLEXÃO, aqui no Blog do Saber, com Camila Zen. Muitas vezes procuramos explicação pra tudo.. tentando entender como tudo funciona, como é o certo a fazer… mas se olharmos pra dentro de nós, e nos conectarmos com o ritmo da vida, podemos perceber que as respostas já estão aqui dentro, e muitas vezes não são claras como fórmulas matemáticas… mas sim, algo que, se você se permitir, você sente muito claro dentro do seu coração. Eu espero que essa história possa te ajudar a se conectar com o ritmo da vida e de todo o universo, que é a mesma energia que vibra dentro de você. Amor e luz, namastê.

Fonte:

Continuar lendo REFLEXÃO: SAIBA ONDE ESTÃO AS RESPOSTAS NESSA CURTA HISTÓRIA, POR CAMILA ZEN

DICA DE LIVRO: A MATRIZ DIVINA DE GREGG BRADEN

A nossa DICA DE LIVRO desta quarta-feira é mais um instigante livro de Gregg Braden: “A Matriz Divina”. Nessa incubadora quântica da realidade, todas as coisas são possíveis. Em 1944, Max Planck, o pai da teoria quântica, chocou o mundo quando disse que essa “matriz” é a origem das estrelas, do DNA da vida e de tudo o que existe.

Nesse livro capaz de abalar paradigmas, Gregg compartilha conosco suas descobertas. Aprendemos a converter em realidade os milagres da imaginação por meio dos vinte princípios da criação consciente.

Tornando fácil o entendimento de conceitos científicos e por meio de histórias verídicas, o autor evidencia que a extensão das nossas crenças é o nosso único limite e aquilo que tínhamos como certo está a um passo de ser mudado. Então aguce a sua curiosidade, seja buscador, leia essa obra reveladora e expanda a sua mente! 

Fonte: Amazon

Continuar lendo DICA DE LIVRO: A MATRIZ DIVINA DE GREGG BRADEN

DESENVOLVIMENTO PESSOAL: CUIDANDO DA ALMA – OS SINAIS DE DESVIO ESPIRITUAL E EMOCIONAL MAIS COMUNS – 6º EPISÓDIO, POR ROSSANDRO KLINJEY

No 6º episódio da série CUIDANDO DA ALMA que estamos apresentando, aqui na coluna DESENVOLVIMENTO PESSOAL, sob o comando do extraordinário Rossandro Klinjey, ele aborda “Os sinais de desvio espiritual e emocional mais comuns”. São as coisas que você não encarou ou mascarou e lá na frente vai ter que enfrentar. Então saiba o que fazer para não passar por toda essa perda de tempo e desperdício de energia.

O desvio espiritual é uma “tendência a usar ideias e práticas espirituais para contornar ou evitar enfrentar questões emocionais não resolvidas, feridas psicológicas e tarefas de desenvolvimento inacabadas”. – John Welwood.

O desvio espiritual é mecanismo de defesa que muitas pessoas experimentam em sua própria jornada de despertar. É uma experiência comum. Quando alguém passa por um processo de despertar espiritual, pode sentir uma grande opressão e, por isso mesmo, pode tomar a decisão de não lidar com os problemas que estão sendo chamados a curar e encarar de frente. O despertar já é difícil o suficiente por si só. Eu compreendo totalmente. No entanto, é importante não se esconder daquilo que foi iluminado e precisa ser curado em sua vida. Nenhum de nós gosta de lidar com a dor, mas é a dor que nos leva a descobrir quem somos, o que nos serve e o que não nos serve mais, para que possamos viver em plenitude. É disso que se trata encarar a sombra, e quanto mais cedo começarmos a trabalhar para encarar e curar o eu sombrio, mais cedo as coisas começarão a virar em uma direção positiva.

Fonte:

Continuar lendo DESENVOLVIMENTO PESSOAL: CUIDANDO DA ALMA – OS SINAIS DE DESVIO ESPIRITUAL E EMOCIONAL MAIS COMUNS – 6º EPISÓDIO, POR ROSSANDRO KLINJEY

REFLEXÃO: NÃO CABE MAIS A DICOTOMIA DO BEM E DO MAL. É HORA DE CRECER!

Aqui na coluna REFLEXÃO desta terça-feira vamos refletir sobre a dicotomia que tomou conta do país por conta da polaridade política que já se espalhou para quase todas as searas do cotidiano brasileiro. O texto a seguir é um apelo e um alerta a todos os cidadãos de bem, que este é o “Momento de crescer”. Deixar a escuridão e/ou a sombra e seguir em direção a luz, pois os sombrios estão com os dias contados. Então, te convido a ler, refletir e fazer o seu juízo de valor.

Momento de crescer

 em 

 

É muito importante que a gente aprenda neste momento a “discriminar “. É preciso encontrar o nosso caminho em meio a essa absurda confusão que nos envolve a todos. A forma dualista como fomos criados nos ensinou que há um lado certo e um lado errado. Assim, pensamos que se uma pessoa está no lado que acreditamos certo, essa pessoa é “do bem”, e se está no outro lado, é “do mal”, e deve ser combatida.

Não nos damos conta de que “atacar, agredir, criar separatividade” , isso sim é ausência de luz, e portanto o mal. Não importa em nome de quê. Assim, se você quiser saber quem é quem neste nosso momento planetário, pare de se guiar pelas crenças das pessoas, de forma dual, como temos visto acontecer. Pare de colocar as pessoas em caixas pré rotuladas.

Quando faz isso, você se desconecta da Unidade e passa a fazer parte da ilusão, desse interminável jogo de opostos. Preste atenção à “energia” das pessoas. Uma pessoa que se diz atuar em nome do bem, mas que ataca, agride, quer forçar os outros a seguirem na direção que crê ser a melhor, desqualifica o outro. Essa pessoa, não importa em que lado esteja, não está em sintonia com a luz.

A luz é compassiva. A luz permite que cada um seja quem é. A luz não força. A luz não manipula. A luz não ataca. A luz simplesmente continua sendo quem é, e confia. Neste momento, os filhos da luz estão sob intenso ataque. Isso mostra o último suspiro da escuridão, prestes a ser integrada à luz, a única coisa real nesta vida.

Se assim lhe ocorrer, respire. Sinta compaixão por aqueles que lhe atacam. Lembre-se de que todos são partes de nós mesmos. Sim, proteja-se. Saia de seu raio de alcance. Mas em seu coração, continue emanando sua luz. Eu sei, tudo isso é para gente grande. Mas entenda, chegou a hora de crescermos. (Patricia Gebrim)

Luz e Paz!

Fonte: Sabedoria Universal

Continuar lendo REFLEXÃO: NÃO CABE MAIS A DICOTOMIA DO BEM E DO MAL. É HORA DE CRECER!

ARTIGOS: ALINHE OS SEUS PENSAMENTOS E SENTIMENTOS AO SEU AUTOCONHECIMENTO

Pensamentos conduzem a sentimentos.... T. Harv Eker - Pensador

Todos somos feitos de pensamentos e sentimentos. O sentimento puro, sem significado é só um sentimento que se originou num pensamento e pode passar despercebido pela sua vida ou pode transformar a sua vida caso sua mente imprima significado. Ao imprimir significado o sentimento se transforma em emoção e as emoções produzem ações. E são essas ações que realmente transformam a sua vida.

Portanto se quer transformar sua vida de alguma forma , e claro, para melhor, assuma o controle dos seus pensamentos e sentimentos, comece a exercitar mentalmente o autoconhecimento, através da quebra de paradigmas e a reprogramação do subconsciente imprimindo significado aos seus sentimentos e consequentemente, também, assumindo o controle das suas emoções. Ao conquistar esse estado de espírito você estará apto a assumir o controle total da sua vida e desta forma ser 100% responsável pela sua realidade.

Você não precisa acreditar no que estou dizendo, mas pode fazer um teste, uma pequena experiência que não custa nada, apenas um pouco do seu tempo, que não terá sido em vão se lhe trouxer o resultado esperado. Pior será se não tentar, pois jamais saberá se teria dado certo. Já se tentar, com vontade, e não der certo você terá certeza que a sua crença está correta e isso é importantíssimo nesse mundo de tantas incerteza!

Wagner Braga

Continuar lendo ARTIGOS: ALINHE OS SEUS PENSAMENTOS E SENTIMENTOS AO SEU AUTOCONHECIMENTO

CIÊNCIAS: SINTONIZAR O NOSSO “RÁDIO MENTAL” NO CANAL DA “CONSCIÊNCIA CÓSMICA” PODE MUDAR O ESTADO DAS COISAS

No atual estágio evolutivo da Física Quântica, os cientistas quânticos afirmam que temos o poder de realizar e mudar o estado das coisas, mas para isso necessitamos sintonizar o nosso “rádio mental” (parafraseando Paramahansa Yogananda) no canal da dita “Consciência Cósmica”. Só assim poderemos fazer a interação quântica mente e matéria. O artigo a seguir explica de que forma isso pode acontecer. Por isso convido você a ler, refletir e fazer o seu juízo de valor!

A INTERAÇÃO QUÂNTICA: MENTE E MATÉRIA

A INTERAÇÃO QUÂNTICA: MENTE E MATÉRIA

 

– Dr. Marco Rogério Marcondes –

Einstein acreditava que os eventos quânticos não eram puramente aleatórios, mas que as partículas surgiriam em determinados locais devido a razões ocultas que ainda iríamos descobrir. A ciência afirma hoje que a mente ocupa um lugar de destaque na seleção do local de surgimento das partículas e postula que, uma vez determinado o evento, todas as demais possibilidades ocorreriam em outros Universos inteiramente diferentes. Matematicamente, já é possível a existência de até 11 dimensões extras (veja em Scientific American Brasil de Janeiro de 2009).

A mecânica quântica usa o acaso quântico para chegar a leis determinísticas, mas a influência da mente humana como coparticipante do experimento, e não como mero observador, gera um grande fator complicador nas experiências. Até que ponto nós temos o poder de influenciar os eventos quânticos? E quando não influenciamos, quem ou o que o influencia? Aquilo que não observamos existe mesmo, ou tem apenas uma probabilidade de existir, passando a existir somente depois de observado pela mente humana? Ou é a mente que cria a observação?

Esses questionamentos, longe de serem apenas questões acadêmicas, ocorrem em nossa vida diária. Existe algo como destino, algo como a predestinação, ou temos o poder de mudar o destino? Dois argumentos surgem dessas questões. Se o nosso destino foi irremediavelmente traçado pelo evento do Big-Bang (que gerou um Universo de partículas interligadas pelo efeito teorema de Bell), quem, ou o que, desencadeou essa explosão? E o que existia antes dele?

Já que não existia espaço nem tempo, nesta situação, matematicamente falando, existiam infinitas possibilidades, como se fosse um programa com todas as possibilidades possíveis. Com eventos simultâneos à espera da quebra da função onda. Quem quebra a função onda? A mente do observador.

Se podemos mudar o nosso futuro, pois ele é apenas uma possibilidade e não tem existência absoluta, poderemos também mudar o nosso passado, que não tem também uma existência absoluta? (veja também na entrevista de Amit Goswami em http://orion.med.br)

No campo dogmático inflexível separam as doutrinas que pregam a predestinação absoluta do homem ou a sua salvação através de seu livre arbítrio ou pela graça de um Ser superior. Mas da mesma forma que os estados de matéria e energia, como polos opostos das subpartículas, são verdadeiros, todos os polos opostos também são verdadeiros e plenamente reconciliáveis. Parece haver algo como uma “Mente” ou “Consciência multiversal paralela” responsável pela aparente criação, que quando sintonizada pela mente em estados alterados de consciência, faculta ao homem o poder de modificar a matéria no tempo e no espaço. Se a única coisa que percebemos como real é o que existe no “aqui e agora”, temos o poder de modificar a nós mesmos e, consequentemente, pelo teorema de Bell, todo o Universo sincronizado conosco.

Temos o poder de realizar e mudar o estado das coisas, mas para isso necessitamos sintonizar o nosso “rádio mental” (parafraseando Paramahansa Yogananda) no canal da dita “Consciência Cósmica”. Enquanto estivermos sintonizados com o nosso mundo finito de pensamentos e emoções, não experimentaremos nenhuma mudança substancial em nós mesmos e muito menos no Universo à nossa volta, já que a existência é um fenômeno da consciência.

Sintonizar o nosso “rádio mental” no silêncio que está além de nossos pensamentos, emoções e sensações é experimentar o vazio da meditação. É no vazio físico que todas as partículas surgem e desaparecem, e é no vazio mental que as transformações pessoais ocorrem. Somente quando a nossa mente está vazia é que a voz do silêncio de nossa intuição consegue se fazer audível na forma de insights ou de impulsos criativos e artísticos.

Esse estado mental é descrito em todas as tradições místico-religiosas: o pangree africano, o Samadhi hindu, o Sanmai zen-budista, o êxtase contemplativo cristão (contemplação infusa), o nirvana budista, o fanan muçulmano, a superconsciência de Sri Aurobindo (1872-1950), a supraconsciência de Paramahansa Yogananda (1893-1952), a Grande Imobilidade dos taoístas, etc…

Então…. diante do fato exposto, a doença ou estados alterados de saúde provêm de estados sintonizados da mente patológica com a própria enfermidade. Pois bem, o que temos a fazer em proposta terapêutica para estas mudanças?

A terapia floral quântica esta aí para ser usada, pronta para uso. Já pesquisada e confirmada como método terapêutico, não só válido como único para cumprir este objetivo.

Fonte: Revista saúde quântica

Continuar lendo CIÊNCIAS: SINTONIZAR O NOSSO “RÁDIO MENTAL” NO CANAL DA “CONSCIÊNCIA CÓSMICA” PODE MUDAR O ESTADO DAS COISAS

DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: O MOMENTO É DE DESPERTAR DA CONSCIÊNCIA PARA MUITOS HUMANOS

Uma curta mensagem para você refletir é o destaque deste domingo, aqui na coluna DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL. O curto texto fala sobre o momento de cura e mudanças na Consciência que estamos vivendo neste exato momento em busca da desafiadora e tão sonhada liberdade. Convido você a ler, refletir e fazer o seu juízo de valor! 

O momento de cura e mudanças na Consciência

Mensagem de 31 de Maio de 2021

Estamos em uma janela de tempo que detém um espaço muito poderoso para mudanças reais, tanto interna quanto externamente. Com Mercúrio agora retrógrado, temos a oportunidade de mudar a forma como pensamos, como nos percebemos e, como resultado, como vivemos. Para alguns, este será um momento de maravilhosas percepções e liberdade. Para outros, surgirão percepções dolorosas e desafiadoras. Seja qual for a experiência, este é um momento de cura e mudança de consciência, onde podemos examinar o passado com a mente e o coração abertos.

Durante este Mercúrio retrógrado, você é encorajado a questionar suas maneiras usuais de pensar, perceber e se comunicar. Como tal, você pode esperar ter uma visão mais clara de seu propósito, do significado de sua vida, de suas experiências e de seu passado. Use este tempo para explorar diferentes maneiras de pensar e de ser que lhe permitam obter uma compreensão mais profunda de si mesmo e da nova vida que está sendo incentivado a criar. Preste atenção ao que está caindo e o que está sendo trazido à sua consciência. Esteja ciente de que o eclipse da semana passada ainda está operando em sua consciência e qualquer desconforto, confusão e resistência que você estiver sentindo estará revelando o que ainda precisa ser mudado ou transformado dentro de você.

Muito Amor,

Kate Spreckley © 2020 — Fonte: https://www.spiritpathways.co.za/
Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br: Tradução — Marco Iorio Júnior — Editor exclusivo do Trabalhadores da Luz

Fonte: Trabalhadores da Luz

Continuar lendo DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: O MOMENTO É DE DESPERTAR DA CONSCIÊNCIA PARA MUITOS HUMANOS

REFLEXÃO: QUANDO DOER OBSERVE, A VIDA PODE ESTAR TENTANDO LHE ENSINAR ALGO

Na nossa coluna REFLEXÃO desta sexta-feira temos um texto extraordinariamente esclarecedor e de grande sabedoria. O que a vida está tentando me ensinar? Eis o questionamento que devemos fazer toda vez que algo der errado ou não sair como havíamos planejado, pois a vida envia sinais constantemente para que paremos, reflitamos e façamos as nossas correções e/ou mudanças de cursos. Então lhe convido a ler essa maravilha de conteúdo, refletir e fazer o seu juízo de valor!

Quando doer, observe. A vida está tentando ensinar-lhe algo!

O que a vida está tentando me ensinar

A oportunidade que se perdeu é o título de um artigo do jornalista Roberto Pompeu de Toledo, publicado em um periódico de grande circulação nacional.

O ensaio versa sobre como está o Mundo depois dos ataques terroristas de 11 de setembro de 2001, e apresenta uma visão muito interessante que se inicia através das seguintes palavras:

As mortes, a dor, o medo e o luto não esgotam o assunto. Não bastasse isso, não bastasse a barbárie levada a limites impensáveis, o 11 de setembro deixou outro legado desastroso: o da oportunidade perdida.

No dia 12 de setembro de 2001, junto com o pânico, com o choro, com os trabalhos de resgate entre os escombros das torres gêmeas e a busca de culpados, misturada a esses elementos, raiava uma esperança.

Aquele terrível evento poderia ser o ponto de partida para um mundo mais amigo.

Era hora de agir em favor de um mundo menos conflitante e menos injusto. De congregar as nações em busca de soluções que tornassem o planeta Terra um lugar menos perigoso de se viver.

E assim o autor continua, lembrando depois tudo que poderia já estar diferente no Mundo e ainda não está, por muitos líderes não terem percebido que uma grande oportunidade estava sendo concedida ao Mundo.

A de recomeçar.

E como toda a transformação do Mundo passa primeiro pela nossa própria, esta é uma lição que podemos aplicar também em nossas vidas, através de uma visão diferente sobre o sofrimento que nos alcança.

Toda dor que surge em nossa vida é uma oportunidade grandiosa que recebemos. A oportunidade de amadurecer, de crescer, de reescrever nossas histórias, de recomeçar.

Imaginemos a vida nos dizendo: Pare um pouco, pense, reflita, recomece…

Um acontecimento desagradável; um flagelo destruidor; uma enfermidade; a partida de alguém; são chances que a vida nos dá para aprendermos lições preciosas.

Aquele de nós que tivesse o equilíbrio de perguntar: O que a vida está tentando me ensinar? – quando atingido por qualquer tipo de sofrimento, e conseguisse perceber as razões profundas dessas experiências, passaria a viver sem medos.

E com uma consciência espiritual fabulosa sobre as coisas deste Mundo.

A todo momento a existência está nos guiando sem percebermos.

A todo instante a vida ensina.

Constantemente a vida fala conosco, nos mostra caminhos, respostas, conseqüências.

Cabe-nos desenvolver a habilidade de escutar, de perceber em todos os níveis. Do sensorial, passando pelo racional, até o intuitivo, o que nos está sendo ministrado.

A revolta, a indignação e a vingança apenas complicam qualquer problema, enquanto a compreensão e resignação colocam-nos no caminho de resolvê-lo por completo.

Francisco de Assis sempre se referia à dor como sua irmãzinha querida, porque sabia do seu poder e utilidade.

Paulo de Tarso sempre se referia, em suas cartas, aos aguilhões que o machucavam e o faziam sofrer.

Como Francisco de Assis, ele também entendia sua dor, e dizia, inspirado:

Transbordo de júbilo no meio de todas as minhas atribulações.

* * *

A vida nos oferece oportunidades constantemente.

Será extremamente sábio aquele que conseguir perceber esses convites, essas lições, e extrair delas as forças para as mudanças necessárias.

Faça este exercício toda vez que um momento de crise se apresentar.

Troque a reclamação, a indignação e o desapontamento pelo questionamento:

O que a vida está tentando me ensinar??

Redação do Momento Espírita com base no artigo de Roberto Pompeu de Toledo, publicado na revista Veja, de 18 de setembro de 2002, no artigo intitulado O significado do sofrimento, de Sergito de Souza Cavalcanti, extraído do site www.espirito.org.br e no cap. 7, versículo 4 da II epístola de Paulo de Tarso aos Coríntios

Fonte: Momento de Reflexão

Continuar lendo REFLEXÃO: QUANDO DOER OBSERVE, A VIDA PODE ESTAR TENTANDO LHE ENSINAR ALGO

DESENVOLVIMENTO PESSOAL: CUIDANDO DA ALMA, EPISÓDIO #5 – O FALSO DESPERTAR ESPIRITUAL E A ALIENAÇÃO, POR ROSSANDRO KLINJEY

No quinto episódio da série CUIDANDO DA ALMA do psicólogo Rossandro Klinjey, a qual estamos reproduzindo aqui na coluna DESENVOLVIMENTO PESSOAL , Ele afirma que, quando a prática espiritual é usada para compensar nossos desafios pessoais com a baixa autoestima, isolamento social, sentimento de não pertencimentos, mágoa e outras questões emocionais, nós corrompemos a função de nossa espiritualidade. Usar as nossas práticas espirituais para encobrir nossos problemas é uma estratégia comum, mas, ao fazermos isso, fugimos de nossa intrasferível tarefa de trabalhar as questões desafiadores de nossa personalidade, de nossos traumas. Quer ver mais? Então assista ao vídeo completo a seguir!

Fonte:

Continuar lendo DESENVOLVIMENTO PESSOAL: CUIDANDO DA ALMA, EPISÓDIO #5 – O FALSO DESPERTAR ESPIRITUAL E A ALIENAÇÃO, POR ROSSANDRO KLINJEY

REFLEXÃO: FAZER A RUPTURA COM CONSCIÊNCIA NOS PERMITE FOCAR NO PRESENTE E NOS APROXIMARMOS DE NÓS MESMOS

A nossa REFLEXÃO desta terça-feira é sobre Ruptura e Reparo. A ruptura que devemos ter com o passado, apesar de não podemos deixar de ver o que vimos. Mas podemos estar presentes um com o outro, hoje. E podemos dar cada passo conscientemente, lentamente, com cuidado, ouvindo e com o coração aberto. Podemos fazer essa ruptura com consciência. Não podemos voltar atrás. Mas podemos focar no presente e nos aproximarmos de nós mesmos. Portanto convido você a ler o artigo completo a seguir, refletir e fazer o seu juízo de valor!

Ruptura e Reparo

 em 

 

“Primeiro, há a ruptura. E então há o reparo.

A velha dor ressurge, irrompendo das profundezas de nosso inconsciente. O status quo – nosso antigo senso de ‘segurança’ – se estilhaça em um bilhão de pedaços. Sentimo-nos desorientados, sem fundamento, dispersos, sem saber para onde nos voltar.

Um velho mundo desmoronou, um novo mundo ainda não se formou. Nós nos perdemos? Encontramos o estranho espaço do Agora, pura presença, crua, nos dando nascimento aqui, desprotegidos por velhos sonhos, nada para nos agarrarmos, nada para agarrarmos.

Até mesmo nossos conceitos desatualizados de ‘Deus’ se transformam em pó. E então, lembramos de respirar, sentimos nossos pés no chão e observamos a mente girando, em vez de nos perdermos nela. Nosso mundo está fora de controle, mas talvez não estejamos. Nós sentimos o que sentimos. Com medo. Nervoso. Entorpecido. Triste. Sozinho. Inseguro. Seguro. Qualquer que seja.

Comprometemo-nos a sentir isso plenamente hoje, a não nos dissociar desta vez. Um sentimento é apenas um sentimento, não um fato, e a presença pode contê-lo, e somos mais fortes do que imaginamos. Choramos, gritamos, mas estamos reparando, nosso amor.

Nós quebramos para curar, quebramos para consertar, quebramos para sermos inteiros. Velhas energias emergiram agora para serem abençoadas com amor, aceitação, ternura, perdão, compreensão. Não podemos voltar a ser como as coisas eram. Devemos deixar a velha ‘segurança’ morrer. (Não era nenhuma segurança para nós, de qualquer maneira.)

Não podemos deixar de ver o que vimos. Mas podemos estar presentes um com o outro, hoje. E podemos dar cada passo conscientemente agora, não automaticamente, habitualmente, mas conscientemente, lentamente, com cuidado, ouvindo e com o coração aberto. Podemos limpar essa ruptura com consciência. Podemos ficar perto neste momento de vulnerabilidade. Não podemos voltar atrás. Mas podemos ir para o Presente. Podemos nos aproximar de nós mesmos.” 👇🏻

Luz e Paz!

fonte: eter_quintessência

Fonte: Sabedoria Universal

Continuar lendo REFLEXÃO: FAZER A RUPTURA COM CONSCIÊNCIA NOS PERMITE FOCAR NO PRESENTE E NOS APROXIMARMOS DE NÓS MESMOS

ARTIGOS: MUDANÇA DE PARADIGMAS, POR WAGNER BRAGA

Isis Moreira › Zona de conforto: 14 passos para mudar sua vida

Atualmente as inúmeras opções de cursos online, presenciais, vídeos palestras gratuitos, livros físicos, e-books, artigos e outras formas de informações sobre AUUTOCONHECIMENTO disponíveis nos mais diversos tipos de mídias e redes sociais são quase infinitas. A sabedoria embutida nesse sem número de fontes de informação sobre o tema é milenar. Alguns estudos científicos mais profundos já são seculares. O Best Seller “Inteligência Emocional”, do renomado Daniel Goleman já tem mais de 30 anos de publicado, assim como uma infinidade de outras publicações sobre neurolinguística, o poder do pensamento positivo e da mente. Então por que será que as pessoas, apesar de toda essa maciça informação não conseguem mudar de verdade as suas vidas? Infelizmente a maioria da humanidade, ainda, continua presa as antigas crenças limitantes e paradigmas advindos do inconsciente coletivo, cuja zona de conforto em que o ser humano se encontra não quer abandonar. A zona de conforto criada pelo nosso ego, cujo poder de atração é quase implacável. Sair dessa famigerada zona de conforto criada pelo ego é imprescindível se quisermos evoluir espiritualmente. E para isso precisamos mudar os nossos antigos paradigmas e embarcarmos nos novos paradigmas. E como já falei esses novos paradigmas não são tão novos assim. Estão ai a milhares de anos. O que falta é simplesmente por em prática, executar, fazer, cumprir. Afinal somos seres inteligentes ou não? Se somos, está pra lá da hora de tomar um decisão. A decisão de sair da zona de conforto e mãos a obra, porque o conteúdo esta todo na sua mão!

 

Continuar lendo ARTIGOS: MUDANÇA DE PARADIGMAS, POR WAGNER BRAGA

DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: A CADA UM SERÁ DADO SEGUNDO SUAS OBRAS

Agradeço imensamente ao divino pela graça de ter me encontrado com o texto de profunda sabedoria a seguir, pois é de uma clarividência impressionante quando interpreta as enigmáticas palavras de Jesus, “a cada um será dado segundo suas obras”, e faz uma comparação metafórica da nossa consciência com a “caixa preta” do avião. Um texto que você não pode deixar de ler se está em busca da expansão da consciência!

ESTAMOS EXPANDINDO NOSSA CONSCIÊNCIA – Roda do Arco Íris – Índigo Cristal Diamante

Nossa consciência

Quando os noticiários tratam de acidentes com aeronaves, é comum ouvirmos falar da “caixa preta”, que apesar da destruição do avião, é preservada, porque estruturada com o fim de registrar as causas do desastre. Fazendo um paralelo, podemos dizer que nossa consciência é a “caixa preta” na qual ficam registrados nossos pensamentos e atos, sem que a morte logre apagar, uma vírgula sequer, de tudo quanto fizemos.

Assim, aqueles que não conseguimos conceber o mecanismo do qual se servem as leis divinas para contabilizar os equívocos e acertos cometidos, podemos imaginar, por analogia, de que forma isso acontece.

Ora, se os homens, criados por Deus, têm meios de construir um compartimento numa aeronave, capaz de registrar as ocorrências para posterior análise, por que é que Deus, a inteligência suprema do universo, não teria melhores condições de preservar, em nossa consciência, os registros necessários?

Aqueles que pensam que a morte do corpo físico apagará nossos feitos, estam deveras equivocados.

Se assim não fosse, como entender o dizer de Jesus, que “a cada um será dado segundo suas obras”?

Mas como é que nós responderemos perante as leis, se não as conhecemos?

Os espíritos superiores dizem que as leis divinas estão inscritas na nossa consciência, dessa forma, não poderemos alegar ignorância.

A afirmativa evangélica de que todos os pecados serão perdoados, exceto os que forem cometidos contra o espírito, fala dessa realidade.

Os pecados contra o espírito, são as infrações cometidas contra a consciência, isto é, os equívocos conscientes.

Podemos afirmar, sem medo de errar, que muitas das atitudes equivocadas, não têm o aval da nossa consciência, pois sabemos que estamos agindo mal.

Essa voz interior, que nos acode à mente quando planejamos uma ação má, é a voz da consciência a nos advertir para que não a concretizemos. O que ocorre, na maioria das vezes, é que não lhe damos ouvidos.

Se mesmo na justiça humana, há distinção entre o crime doloso e o culposo, não poderia ser diferente quanto à justiça divina, que julga sempre pela intenção, e nunca pelas aparências.

Não é outro o motivo pelo qual Jesus assevera que mais será cobrado de quem mais tiver. Quem mais sabe, mais responsável é pelos atos.

É dessa forma que cada um responderá, perante as leis divinas, diante do tribunal implacável da própria consciência, por todos os atos praticados.

Assim, é importante que consultemos periodicamente os registros da nossa “caixa preta”, para que na hora da averiguação não nos decepcionemos conosco mesmos.

E não tenhamos dúvidas! Todos teremos nosso momento de prestação de contas à divindade através da nossa consciência.

E tenhamos certeza de que somente responderemos pelos nossos atos, jamais pelos atos dos outros, porque “a cada um segundo suas obras”.

Você sabia?

Você sabia que as leis divinas são de justiça e amor?

E que essas leis não querem a morte do equivocado, mas a eliminação do equívoco?

São também leis de misericórdia, pois nos permitem oportunidades sempre renovadas para o aprendizado das lições da vida, embora as circunstâncias não sejam as mesmas, principalmente para os recalcitrantes, que não querem aproveitá-las devidamente.

Por essa razão, não devemos adiar a hora de fazer o bem na medida das nossas forças, para que nos libertemos de vez por todas, dos grilhões que nos mantêm presos ao sofrimento, e alcemos voos mais altos, na direção da felicidade que nos acena.

Redação do Momento Espírita

Continuar lendo DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: A CADA UM SERÁ DADO SEGUNDO SUAS OBRAS

REFLEXÃO: SORTE OU AZAR – O REI E O SÁBIO CONSELHEIRO, POR CAMILA ZEN

Sexta-feira é dia de Camila Zen, aqui na coluna REFLEXÃO do Blog do Saber com mais uma das suas ricas e sábias histórias para a nossa reflexão. O conto de hoje é sorte ou azar – O Rei e o sábio conselheiro, que nos trás mais uma lição de vida para o nosso aprendizado. Então lhe convido a assistir o vídeo completo a seguir e expandir um pouco mais a consciência!

Fonte:

Continuar lendo REFLEXÃO: SORTE OU AZAR – O REI E O SÁBIO CONSELHEIRO, POR CAMILA ZEN

DICA DE LIVRO: ANTITARJA PRETA DE PABLO VINÍCIUS

A nossa DICA DE LIVRO desta quarta-feira é uma das melhores obras literárias que já tive a oportunidade de ler. Antitarjapreta, por incrível que pareça foi escrito por um psiquiatra. Não é preciso ser muito inteligente e nem mesmo ler a sinopse deste livro para entender que o seu conteúdo reprova o uso de remédios controlados, em especial os tarjas pretas, já que o próprio título já o denuncia. Obras com esta trás um novo alento para uma sociedade doente, totalmente dependente de remédios, pois mostra que uma nova geração de médicos e pesquisadores está mudando essa mentalidade.

Se você ainda não entendeu ou está curioso para conhecer um pouco do conteúdo deste livro, aqui vai a sinopse:

A vida real, com seus altos e baixos, tem levado muitas pessoas a se medicarem sem que os critérios terapêuticos estejam claros.

No entanto, ao contrário do que muitos podem pensar, os relacionamentos não mudam porque tomamos um remédio para suportá-los. O trabalho não muda só porque nos anestesiamos para aguentar a pressão, o excesso de demandas e o assédio moral. E o mundo à nossa volta não muda porque estamos vivendo à base de medicamentos.

Foi do consultório do dr. Pablo Vinícius que saíram os instigantes casos que você conhecerá neste livro: médico e pacientes iniciam uma jornada sem contraindicações rumo ao resgate do controle não apenas de suas emoções, mas de sua própria vida.

A verdadeira mudança precisa vir de dentro para fora, e o tratamento é passo a passo, não comprimido a comprimido.

Você prefere se enganar ou encarar essa questão cara a cara?

Pablo Vinicius é formado em Medicina pela Universidade Federal de Uberlândia e especialista em Psiquiatria pela Associação Brasileira de Psiquiatria, em Saúde Mental pela Fiocruz e em Medicina do Sono pelo Instituto do Sono de São Paulo e pela Associação Brasileira do Sono. Fez mestrado em Ciências da Saúde na Universidade de Brasília, com atuação em neurociências e participou de um fellowship em Estimulação Magnética Transcranial na Universidade de Columbia, em Nova York. Atualmente é professor do curso de Medicina das Faculdades Integradas da União Educacional do Planalto Central, em Brasília, onde também é coordenador do Internato em Saúde Mental.

Fonte: Acervo próprio

Continuar lendo DICA DE LIVRO: ANTITARJA PRETA DE PABLO VINÍCIUS

DESENVOLVIMENTO PESSOAL: CUIDANDO DA ALMA – EPISÓDIO #4 – QUAL O PODER DOS NOSSOS PENSAMENTOS?, POR ROSSANDRO KLINJEY

Continuando a série RENASCER – CUIDANDO DA ALMA com o psicólogo Rossandro Kilnjey, você vai refletir sobre “Qual o poder dos nossos pensamentos?”. O quanto os nossos pensamentos comandam a nossa vida, o quanto somos reféns dos nossos pensamentos e o que podemos fazer para nos libertarmos disso? São questionamentos que vão ser respondidos neste vídeo pelo competente psicólogo e vão lhe ajudar a assumir o comando da sua vida!

Fonte:

Continuar lendo DESENVOLVIMENTO PESSOAL: CUIDANDO DA ALMA – EPISÓDIO #4 – QUAL O PODER DOS NOSSOS PENSAMENTOS?, POR ROSSANDRO KLINJEY

REFLEXÃO: UMA BENÇÃO É UM PRESENTE ENERGÉTICO QUE MUITAS VEZES IGNORAMOS

A nossa coluna REFLEXÃO desta terça-feira tem um Presente silencioso, que você pode, deve e merece receber. Por isso convido você a ler o artigo completo a seguir e descobrir que esse presente silencioso pode ser uma simples benção que pode transformar o seu dia!

Presente silencioso

 em 

 

“Todos os dias, saindo para o seu trabalho ou em um lugar público, como uma praça, um parque, uma estação, observe os caminhantes. Deixe-se levar pelo seu coração para que ele escolha as pessoas que você fará seu presente anônimo e silencioso.

Quando você passar por alguém afetado por uma doença, dá-lhe boa saúde no seu pensamento.
Se você vir uma pessoa abatida e triste, dá-lhe paz e alegria.
Se vires uma criança que chora, dá-lhe um lindo futuro.
Se você vir alguém de gesto tosco e grosseiro, dê-lhe amor e desculpe.

E assim, com todas as pessoas que forem embora, cruzando no seu caminho, acolha cada uma delas em seu coração por alguns instantes e deseje-lhes o melhor. Abençoe-os e encha-os de abundância.
Você pode nunca mais ver nenhuma dessas pessoas. Tudo bem, que assim seja! Você não precisa de nenhuma confirmação, o amor nunca se impõe, simplesmente oferece-se a quem tiver a bem recebê-lo.

Faça-o igualmente com seus entes queridos, sua família e conhecidos. Que seja genuíno e sincero, que seja verdadeiro. É muito importante desejar o melhor do mundo a si mesmo também, se abençoar, se cobrir com as vibrações elevadas que os bons pensamentos trazem. ” ( Kali Ametista Cortez )

Pequenos gestos, quando feitos de coração, tem o poder de mudar o dia. Uma benção é um presente energético que muitas vezes ignoramos. Pratique no dia a dia, o hábito de emanar positividade. Nossos melhores pensamentos casados com o nosso sentir, são como orações dissipando as energias negativas.

Luz e Paz!

Fonte: Sabedoria Universal

Continuar lendo REFLEXÃO: UMA BENÇÃO É UM PRESENTE ENERGÉTICO QUE MUITAS VEZES IGNORAMOS

ARTIGOS: O RECONHECIMENTO É A FORMA MAIS SUTIL DA GRATIDÃO

Criando uma cultura de reconhecimento módulo de as pessoas primeiro

VAMOS FALAR SOBRE RECONHECIMENTO

Digamos, por exemplo, que alguém nos chama de “estúpido”. Qual a nosso reação imediata natural? Claro, é ter raiva. Ao questionarmos da seguinte forma: “Sobre qual aspecto essa pessoa está me pedindo para que me torne mais consciente?”. Estamos usando essa energia de raiva conscientemente. Se nos fizermos essa pergunta, podemos chegar à conclusão de que não estávamos conscientes do que estava acontecendo em nosso relacionamento.

Se seguirmos constantemente esse procedimento, vamos chegar à consciência de que todas as pessoas em nossa vida estão agindo como espelho. Elas realmente estão refletindo de volta para nós o que não conseguimos reconhecer dentro de nós mesmos. Elas estão nos forçando a olhar para o que precisa ser tratado. Que aspecto de nosso ser inferior precisa ser abandonado? Isso significa que, para desfazer a raiva devemos deixar constantemente ir o nosso orgulho, para que possamos ser gratos pelas oportunidades contínuas de crescimento às quais somos apresentados no curso de nossa experiência diária.

Portanto, uma fonte de raiva é decorrente de atos não reconhecidos de amor que expressamos aos outros. Amor, neste caso, significa formas simples diárias de carinho que acontecem em todo relacionamento humano sob a forma de reflexão, consideração, gestos educados, encorajamento e providência.

Toda essa chicana de raiva pode ser compensada e/ou impedida quando enxergamos o enorme valor de apenas reconhecer tudo o que nos impacta. Por exemplo, se os amigos nos ligam, agradecemos por isso. A razão é que esse gesto faz com que as pessoas se sintam completas e seguras conosco. É um reconhecimento do seu valor em nossa vida, e quando reconhecemos seus valores, todos ficam contentes.

Esse reconhecimento não precisa ir para o exterior, mas pode ter um lugar dentro de você mesmo. Ao examinarmos os nossos relacionamentos, podemos nos perguntar: “O que eu tenho falhado em reconhecer naqueles com quem tenho contato diário? E essa pergunta nos remete a forma mais sutil de gratidão: o reconhecimento!

Wagner Braga

Continuar lendo ARTIGOS: O RECONHECIMENTO É A FORMA MAIS SUTIL DA GRATIDÃO

DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: CONHEÇA A REAL HISTÓRIA DOS DOIS MAIORES AVATARES DA HISTÓRIA DA HUMANIDADE

A nossa coluna DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL deste domingo trás um artigo sensacional, que se debruça num estudo científico e minucioso sobre a autenticidade da divindade de dois avatares da história da humanidade, que se tornano artram referência para bilhões de seres humanos. O estudo vai fundo em todas as fontes existentes da literatura, desde a época de vivencia desses avatares aqui na terra até os dias de hoje. O estudo chega a comparar um avatar como o outro. E esses dois avatares são Jesus Cristo e o Buda. Vale a pena mergulhar  nesse estudo maravilhoso e conhecer toda a realidade a respeito de cada, bem como aprender uma forma diferente de interpretação das palavras ditas por esses avatares, sob o olhar da física quântica.

 

Era Dourada com a segunda vinda do “Avatar”

Postado por 

Era Dourada com a segunda vinda do “Avatar”

Print Friendly, PDF & Email

A palavra “Avatar” é na verdade um termo hindu, referindo-se à aparição (reencarnação) de uma divindade, que se mostra em corpo físico humano e que busca unificar e conduzir a humanidade.

Alguns dos “Avatares” mais citados são Krishna na Índia (3 mil anos a.C.); Lao Tse na China (1.300 a.C.); ao mesmo tempo, Moisés no Egito e Oriente Médio (1.291 a.C.), Buda na região do Nepal/Himalaia (600 anos a.C.); pouco depois, Confúcio no Nordeste da China (550 anos a.C.); logo em seguida, Sócrates na Grécia (469 a.C.); o próprio Jesus de Nazaré – O Cristo, na Palestina, como o “Propulsor” mais mencionado da agora “Nova Era”; Maomé (570 d.C.). Também Zoroastro ou Zaratrusta em sua época marcou sua presença orientando seus seguidores.

 

     
De cima para baixo e da esquerda para a direita Krishna, Lao Tse, Moisés, Buda, Confúcio, Sócrates, Jesus Cristo e Zoroastro foram alguns entre outros “Avatares”, que em suas épocas se mostraram como seres iluminados passando conhecimentos aos seres humanos, para que fossem gradativamente construindo sua história e nela dando seus saltos quânticos – Imagens da Internet.

Na história da humanidade sempre surgiu de tempos em tempos um enviado messiânico, para mudar o mundo. Chamaram-lhes de Messias, Mahdi, o Buda Maitreya e Kalki Avatar, entre outros e, o último deles “pelas profecias” unirá todos os povos, depois de ganhar a última batalha contra o mal da ignorância, para que na Terra seja construída a “Idade de Ouro”, com a humanidade vivendo uma ocasião de prosperidade, justiça e paz.

Segundo os cômputos maias, em 2013 começou “o sexto mundo”. E nestas ocasiões de renovação virá como sempre, um enviado especial para auxiliar a humanidade conduzindo-a fazer, o que deve ser feito.

Ele depois de muita peleja, se imporá e trará abundância para a humanidade e também iluminação mostrando Verdadeiro Sentido do Amor, quando criará as bases para uma sociedade mais fraterna – a ideal da “Era de Ouro”. Esta ocasião será marcada por valores já esquecidos, que serão também revividos como a Boa Nova de Cristo e que budismo os associa aos de Buda Maitreya.

Como já foi mencionado, no hinduísmo o “Avatar” é uma encarnação de um Deva (Deus), trazido do Céu e mostrando-se em corpo humano na Terra. Esta sua “descida” à realidade física é geralmente traduzida do Inglês com o sentido mais de “encarnação”, mas deve ser entendida com mais precisão como presença de uma divindade que fisicamente se manifesta. “E eis que em teu ventre conceberás e darás à luz um filho, e pôr-lhe-ás o nome de Jesus – Lucas: 1,31.

Este novo “Avatar” marcará a “Era de Paz. Ele indisporá contra o atual sentimento de antagonismos e de disputas, que não devem mais existir neste “Novo e Dourado Ciclo”, com os seres humanos possuindo comportamentos mais fraternos, conduzindo-se por maior senso de cooperação.

Os hindus e maias não foram os únicos mencionarem o final de um ciclo. Outras crenças também esperam por ele e início de outro conduzido por aquele, que “montado em seu cavalo branco” construirá o mundo ideal. – O “Reino dos Céus” na Terra – Imagem da Internet

Este guerreiro do bem que conduzirá a humanidade para a “Era Dourada”, se mostrará liderando a construção de “novo ciclo de vivência e de experiência” na Terra. Ele “montado em seu cavalo branco”, vindo de realidades mais vibráteis/sutis onde as amarras do tempo não as alcançam, se mostrará à humanidade como destruidor das trevas e restaurador da concórdia, aniquilando a ignorância depois de grandes transformações geofísicas na Terra.

“Porque o Filho do Homem no seu dia será como o relâmpago, que brilha e ilumina o céu de um lado ao outro. Mas primeiro ele terá que padecer muitas coisas e ser rejeitado por esta geração.” – Lucas 17:23-25

Forças de eventos regidos por outras leis além as do mundo físico, com elas o que é chamado de “arrebatamento”, acontecerá com aqueles ainda em corpos físicos (vivos) juntos àqueles já sem eles (mortos). Eles em seus campos de energia passarão por “triagem vibracional”, que com ela “medidos em seus corações e em suas mentes e venceram o mundo”, passarão a ter em definitivo seus corpos físicos transmutados/“glorificados”.

Preparando-se para esta ocasião, os que estão ainda em corpos físicos (vivos), devem tê-los já suficientemente sutilizados, para que tenham mais facilmente condições de revivê-los/ressuscita-los em corpos de luz, já totalmente transmutados. E os que já fizeram sua passagem (mortos) devem já estar na frequência dos ascensionados, para a partir dela possam também alcançar planos de realidades ainda mais vibráteis, de mais luz.

Pelas tradições cristãs o Segundo Advento se dará através de um incidente repentino e inconfundível como um relâmpago, com “ele vindo novamente em glória para julgar os vivos e os mortos, e seu reino não terá fim” – Mateus 24:27

A segunda vinda de Cristo se dará através de um incidente repentino e inconfundível como um relâmpago – Imagem da Internet.

Neste novo ciclo civilizatorio que já se esboça, começam a surgir informações que de fato esclarecem oriundas de mundos paralelos, como as da aproximação das ondas moduladoras, que com elas vai paralelamente  aproximando o previsto Segundo Advento ou Parúsia (do grego Παρουσία), com presença na realidade física de forças cósmico-divinas.

Portanto, os pesquisadores e possuidores de informações oriundas das realidades paralelas (dimensionais) sabem, que as referências sobre este evento são mais que menção místico-religiosa. Para eles (com outra interpretação), quase certo será um acontecimento real através de “portais”/vórtices energéticos, que comunicam mundos mais sutis/vibráteis ou “celestiais com o mundo humano e denso da terceira dimensão.


O acontecimento da madrugada do dia 17 para 18 de março de 2019, no Recanto de Havalon, Corguinho/MS, pode ser considerado (pelos pesquisadores de Dakila) início da Era Dourada, quando no meio de grande massa de nuvens sincronizada com o “1º Anel”, viam-se silhuetas, luminosidades e raios finos em direção aos presentes. Um “fenômeno” que foi aparentemente natural, mas não se mostrou dentro de leis físicas para a terceira dimensão, irradiando aos participantes “banho de luz” de intensa energia, principalmente àqueles mais compatibilizados à mutação genética ou, aos mais jovens como “geração dourada” que possuindo objetivo definido neste ciclo, proporcionam-lhes prolongamento eterno de suas vidas através de tecnologias como esta irradiação (salto quântico), que lhes foi enviada – Foto de Dakila Pesquisas.

Algumas correntes esotéricas acreditam que o Segundo Advento se configurará por valores mais profundos da alma com seu sentido mais “espiritual”, metaforicamente sobre ele mencionando-se, como o Sol pode romper a escuridão das nuvens, o significado profundo da ”Palavra” pode também brilhar na mente e no coração das pessoas.

Mas, para os pesquisadores e possuidores de informações dos mundos paralelos, a ocasião associada a esta “segunda vinda” já está gradativamente aproximando, mas com outra percepção e explicação, através de “fenômenos” cósmico-divinos que já estão se mostrando.

Entretanto, independente de interpretações diferentes ambos fazem distinção entre o Jesus de Nazaré – o homem possuidor de habilidades mentais paranormais e o Jesus de Nazaré – O Cristo, com sua Verdadeira e Especial Natureza Multidimensional, inerente a sua Natureza de Ser Sutilizado/Divino.


Jesus de Nazaré – O Cristo, possuidor de natureza divino-humana e multidimensional – Imagem da Internet

As fontes de informação que existem sobre o Jesus de Nazaré histórico como Mensageiro de Deus, superam em muito o que se tem para o “Avatar” Buda. O primeiro com inúmeras fontes pode-se ter dele um retrato mais confiável, como as informações do historiador judeu Flávio Josefo, Tacito, o sátiro grego Luciano de Samósata, o filósofo sírio Mara Bar-Serapion, o historicista samaritano Talo e o autor grego de Caria Flegão, entre outros.

Para a doutrina budista a verdade que nela se insere com seu sentido eterno, não depende da historicidade de Gautama – o Buda. Se ela é verdadeira ou fictícia, isto para os budistas faz pouco para desacredita-la. Portanto, é diferente a historicidade de Jesus de Nazaré – O Cristo, que é intrínseca ao cristianismo, à fé cristã. Sem Jesus de Nazaré não há o cristianismo.

E, a fé cristã tem seus pontos centrais assentados na crença da ressurreição/transmutação e no porquê dela. São estes dois pontos centrais impulsionadores àqueles, que se conduzem suas vidas com estes propósitos.

Não há registro histórico confiável para Buda ou para qualquer outro personagem que se tenha ressuscitado, ou aparecendo densificado depois de sua morte. Somente para Jesus de Nazaré esta singular experiência ficou bem estabelecida desde o início do cristianismo, registrada como fato histórico mencionado também pelos seus apóstolos e pelos seus discípulos, que com ele mais de perto conviveram.

Os escritos do Novo Testamento aparecem cerca de 50 ou 51 depois de sua morte, com os primeiros deixando apenas uma pequena lacuna de 17 a 21 anos a partir do momento de sua crucificação. E o último livro Apocalipse está dentro de um período entre 60 e 65 anos

Gautama – o Buda não insistiu que era um ser divino. Preocupou-se em relação à vida e nela com o sentimento de sofrimento dos seres viventes, ensinando os humanos como elimina-lo. Mencionou que era preciso viver uma vida de moderação e autocontrole e assim, alcançar um estado mental de felicidade e emocional de bem-aventurança (nirvana), sem mais a necessidade de renascer em repetidas vidas de sofrimento.

Jesus de Nazaré- O Cristo já se identificou em sua divindade como o “Filho Primogênito do Pai”, com tarefa de salvar os seres humanos, que deveriam tê-lo como exemplo e como único meio de salvação, amando a Deus e seus semelhantes, já arrependidos dos males feitos.


Jesus de Nazaré – O Cristo diferentemente de Gautama – o Buda, se identificava em sua divindade inserido em uma Trindade Divina e, nela como o “Filho Primogênito do Pai” possuía a tarefa de salvar a humanidade – Imagem da Internet

Jesus de Nazaré um monoteísta reivindicou sua especial condição associada a único Deus, mas fazendo parte de uma Trindade Divina, que com ela convenceu muitos por meio de seus “milagres”. Também enfatizou sua autoridade divina através de seus ensinamentos, visivelmente voltados à ressurreição.

O historiador judeu Flávio Josefo afirmou que Jesus era conhecido pelas maravilhas (“milagres”) que realizava e, tanto pelos seus seguidores, quanto pelos que se opunham a ele e pelas demais pessoas das aldeias circunvizinhas. Isso leva a supor por razões históricas e especialmente devida à extrema precocidade dos relatos, que Jesus de Nazaré era realmente “fonte de milagres”.

“Milagres” que os pesquisadores e possuidores de informações das realidades paralelas (dimensionais) sabem, que Jesus de Nazaré com sua Consciência e Sabedoria Divinas tinha pleno domínio mental do “circuito energético-vibracional” também chamado de “Santíssima Trindade” e ainda conhecido como “Pai/Filho/Espírito Santo”.

Utilizando-se deste circuito energético, ele realizou tarefas voltadas à humanidade através de seu pensamento/desejo/vontade, conduzidos respectivamente pela sua consciência divina/bioplasma/energia crística (kundalini) e respectivamente ainda manipulados aos níveis das frequências da quinta/quarta/terceira dimensões.

Aqueles que já não mais se sujeitam a serem empurrados por crenças com conceitos dogmáticos, se conduzem agora impulsionados com novos conhecimentos, já sabedores que “ter fé”, é ter foco, é se voltar mentalmente para um objetivo, desejando-o profundamente e realiza-lo.  É saber verdadeiramente caminhar com suas próprias pernas.

Para isto eles já sabem, que devem se direcionar mentalmente à frequência da quinta dimensão com a força de seu pensamento, para que possam com ela movidos por desejo profundo na frequência da quarta dimensão ou, já no mundo do bioplasma começarem a plasmar nesta frequência de realidade o que é chamado de “milagre”, para depois já na realidade física (terceira dimensão) possam mostra-lo finalizado, mostra-lo finalmente já materializado pela sua vontade.

Eles entendem a verdade contida em Jesus de Nazaré – O Cristo, ao dizer àquele que o curava, não foi ele que o tinha curado, mas: “tua fé te curou”. De fato, ele apenas potencializava o campo de energia deste doente, para que seus vórtices de energia (chakras) entrassem em funcionamento de maneira harmônica e pudessem energeticamente acelerar, para este enfermo agora ele próprio se potencializando, realizasse seu “milagre”, portanto sua própria cura.

Também, quando ele dizia ao enfermo depois de curado, “vá e não peques mais”, ele mais em sentido energético-vibracional e não em sentido moral de julgamento queria dize-lo, não desalinhe mais seus vórtices (chakras), não saia mais de sua frequência de equilíbrio (Linha B de suas Três Linhas da Vida), para que que não mais adoeça.


Jesus de Nazaré – O Cristo, em seus milagres apenas potencializava o campo de energia do enfermo, para que ele mesmo realizasse seu “milagre” – Imagem da Internet

Como os “relatos milagrosos” referentes a Buda são tardios, muito provavelmente não são históricos mesmo desde os primeiros textos budistas. O Pāli Canon (coleção mais antiga de escrituras sobre a tradição budista) aparece mais de 450 anos depois de sua morte, e este intervalo de tempo permite enfeites imaginados no núcleo histórico da obra.

Diferentemente como dizia o Buda, Jesus de Nazaré deixava transparecer que o problema intrínseco ao ser humano, era mais significativo do que apenas a supressão de desejos e de posses. Para ele o ser humano é intrinsicamente prisioneiro da realidade física.

Prisão pela sua própria estrutura físico-corpórea constituída de átomos com energias/forças opostas nele interiorizadas, impulsionando-o ao antagonismo, “estimulando-o à rejeição instintiva dos caminhos de Deus” ou, da energia que soma, unifica através do Sentimento do Amor. Por isso sua imensa paciência, compreensão e compaixão com o ser humano.

Todos os “Mensageiros Divinos” que vieram à Terra, transmitiram ensinamentos semelhantes com o propósito de melhorar a vida de todos, aconselhando relações humanas mais justas, menos conflitantes.

Mas, entre eles se mostrou (ainda mais se mostrará) o mais iluminado, dotado de sabedoria em sua conduta, conhecedor das leis do universo físico, da multidimensionalidade e como condutor especial dos seres humanos revelou-lhes outras e diferentes verdades com seu sentido de verdade eterna.


Entre os Mensageiros de Deus mostrou-se aquele entre os demais o mais iluminado, o mais divino – Imagem da Internet

Os seres humanos geram em suas mentes e corações energias densas, que não são capazes de dissolvê-las sozinhos, produzindo impasses irremediáveis, que vão contra o plano divino para a Terra, conduzido por Leis Universais.

Assim, tal como os pais zelosos que cuidam de seus filhos, para que cresçam e se conduzam para compromissos formais e não formais na vida, vizinhos e amigos dos seres humanos (dimensionais) em realidades paralelas, por já terem alcançados a síntese entre o real e o ideal e entre o hoje e o amanhã, os acompanham e às vezes esperam “eóns”, para que evoluam e possam por eles mesmos se liberarem e assim se identificarem cosmicamente – se perceberem como seres universais e multidimensionais.

“Se eu não fizesse o meu trabalho, estes mundos seriam destruídos. Se originaria um grande caos e todos os seres se extinguiriam. ” Bhagavad Gita, III, 24

Os seres humanos criam problemas suficientes para si mesmos, que não conseguem deles se livrar e, nem seus vizinhos e amigos em mundos paralelos pretendem fazer isto por eles. De maneira mais constante apenas lhes passam sutis e intuitivas orientações, para com elas possam com mais equilíbrio emocional, seguirem evoluindo no mundo físico.

Passam-lhes orientações para que possam ir abrindo brechas no sectarismo e na competição, que estão neles inseridos pela própria natureza de sua condição humana, que os estimula procedimentos com sentimentos de dualidade, de competividade e que deles não conseguem (emocionalmente) se libertar, às vezes se escudando em utopias como sonhos irrealizáveis.

Conhecimentos e poderes que são passados aos seres humanos, mas que os afastam de sua Fonte Original Propulsora, vão moldando para eles poderosa sombra, que vai contribuindo para seus inevitáveis ciclos civilizatórios de reciclagem.

O budismo ao analisar o aparecimento da “Nova Raça” e o hinduísmo ao avaliar o surgimento da “Nova Era”, são duas percepções que se afunilam direcionadas em um mesmo sentido, que se mostra hoje mais definido como um “novo tempo” sem tanto mais de estagnação mental. Aqueles que se acham nele inseridos, mostram-se mentalmente com mais dinamismo, são mais criativos e mais propícios à realização da “Era Dourada”.

As crianças deste “novo tempo” em frequência mental sintonizada à “Energia Dourada”, vieram com a tarefa de ajudar a remover a miséria no mundo em todos os sentidos, agindo com sabedoria, informação, inteligência, companheirismo, honestidade e também, com o sentido de prolongamento eterno de suas vidas.

Estas sementes douradas que agora germinam e crescem em terra fértil”, já têm gravada em seu subconsciente a tarefa, de construir uma nova civilização marcada por sentimentos e procedimentos de nobreza, que mudarão conceitos e valores, desfazendo paradigmas. E nesta ocasião (março de 2019) já são três gerações com genética modificada: os jovens que hoje tem entre 18/20 anos; crianças que estão entre 8/9 anos; os que estão nascendo agora.


As crianças que agora nascem já têm registrado em seu subconsciente, que formarão uma nova civilização, como novos conceitos e valores – Imagem da Internet

Não só o budismo menciona a “Nova Raça” e o hinduísmo a “Nova Era” para os tempos atuais, também a Teosofia cita neste recomeço para a humanidade junto com a vinda do “Avatar”, os surgimentos da “Sexta e Sétima Raças” que florescerão respectivamente no Norte e no Sul do Continente americano.

A “Sexta Raça” caracterizará pelo seu desenvolvimento espiritual, pela aquisição do sexto sentido, clarividência e por suas tendências unitárias. Ela emergirá onde atualmente se acha a América do Norte.

A Sétima Raça caracterizará pela sua completa sutileza mental/”espiritual”, pela aquisição do sétimo sentido/clarividência e pela sua profunda e intuitiva percepção do Pleno Sentido de Unidade. Ela florescerá onde se acha atualmente a América do Sul, centrada principalmente no Brasil.

O hinduísmo acredita na proximidade de Deus  com os humanos. Ou, Deus manifestando si mesmo em forma humana e mesmo em outras formas, para direcionar e proteger a humanidade.

Para esta crença do hinduismo o termo advaita significa a não-dualidade, portanto este termo é simbolicamente usado para indicar a íntima unidade entre o Absoluto (“Ser”) e os seres viventes e, que estes não existem  fora do “Dele”. Portanto, o “Ser” e os seres viventes  não são dois, mas  também não são um. Estão intimamente relacionados, mas sendo eles próprios.

Assim, é mais facil para o hinduismo entender como uma relação advaita o sentimento cristão, quando Jesus de Nazaré disse: “O Pai e Eu somos um” (João 10,30). Nesta sua menção está subtendida a relação advaita entre ele, e o “Pai”, que também se estende aos demais quando menciona: “Como Tu, Pai, estás em mim e Eu estou em Ti, possam também eles estar em nós  – João 17,20.

Para os cristãos Jesus de Nazaré em sua forma humana é possuidor de Consciencia Cristica Divina e, em seu desejo profundo (“fé”)  buscam nele Deus em forma humano- divina. Portanto, para os cristãos existe esta experiência mental (e emocional), compreendendo Jesus de Nazaré ao mesmo tempo humano e divino ou, como Deus que se tornou parte do mundo unindo-se à matéria através de seu corpo fisico.

Hoje o progresso da ciência e da tecnologia trazem novas informações e conhecimentos, consequentemente trazendo também  expansão da consciencia. Neste nivel evolutivo seres humanos especiais, mentalmente criativos e “posicionados em cena”, chamados para ela por eles mesmos, conduzem-se com clareza de sentimentos no intuito de “construirem um novo céu e uma nova terra” -. Apocalipse 21,1-5.

O homem vivo é a glória de Deus” quando participa, soma e age ajudando a construir a coletividade sem amarras da ignorancia – por conhecer, por saber. Aquele realmente vivo mostra-se em harmonia e fraternidade, agindo com a verdadeira percepção do Sentido de Unidade. “O Filho do Homem não perguntará sobre a fidelidade ao ritual religioso, mas sobre como as pessoas ajudam os necessitados”- Mateus 25:31-46.


O Segundo Avento será solene e glorioso. Ele virá para colher o que plantou na glória de seu Pai com os santos anjos”, “com todos os seus santos” , “com grande poder e majestade” “em uma chama de fogo”, “no trono da sua majestade” – Imagem da Internet

“Ouvireis falar de guerras e de rumores de guerras. Olhai, não vos turbeis; porque importa que estas coisas aconteçam, mas não é ainda o fim. Porque se levantará nação contra nação, e reino contra reino, e haverá pestilências, e fomes, e terremotos em diversos lugares. E todas estas coisas são o princípio das dores” – Mateus 24:6.

O “velho tempo” já está em seu final, para dar inicio ao “novo tempo” , que nele se mostrarão “os que se escolheram” para a tarefa de dar vida a “Era Dourada”, de construi-la com firmeza e  persistencia, tendo foco no que pensa, para realiza-la como ideal cósmico-divino.

A mentalização é importantemente eficiente quando se pensa de maneira positiva, para que materialize o que se almeja. Aquilo que alguem colhe na vida, é o reflexo  persistente do que ele pensa e age ou, da energia que gera/mentaliza em seu campo e que agindo como um imã,  atrai resultados ao seu favor ou contra.

Aquele que consegue materializar o que pensa, sabe direcionar sua vida, controlando  situações que o levam a viver de maneira mais plena sem perda de energia ou, sem sentimentos de sofrimento pelos objetivos alcançados.

Entretanto, a mentalização quando não corretamente gerada e direcionada magnetiza e fortalece o eu individual – o “ego”, formando quadros mentais, que magneticamente atraem mais realizações de desejos materiais e, se conduzidos de maneira egocêntrica, não permitem a assimilação de sentimentos mais amplos e verdadeiros de realização.

A meditação em seu real processo (mental) de interiorização, não é se deixar conduzir pelo relaxamento físico prazeroso, muitas vezes confuso e até mesmo ocioso. É se deixar conduzir de fato pela oração – ou, pela ação mental vibrátil/celerada de um cocriador momentaneamente em sintonia direta com a Fonte Consciente Universal e Criadora.


Conduzir-se de fato pela oração, é se conduzir pela ação mental vibrátil/celerada de um cocriador – Imagem da Internet

Tanto a mentalização quanto a meditação possuem maneira de se chegar a elas. No primeiro caso o corpo e a mente estão não só despertos, mas também estão acelerados e, no segundo caso apenas o corpo está relaxado, mas não a mente. Nestes dois momentos devem estar sempre presentes os sentimentos e vibrações de alegria, satisfação e realização, entre outros sentimentos positivos.

A vida do ser humano e suas necessidades físicas não se manifestam apenas no plano físico, estão paralelamente em sintonia vibracional (mental-emocional) com outros planos de realidade através de seus outros corpos, para que sua caminhada vá acontecendo de maneira mais completa, mais inteira.

A verdadeira caminhada é aquela que seu condutor a realiza sem medo, movendo-se pelo autoconhecimento, que com ele percebe suas verdadeiras possibilidades, pesa defeitos e qualidades em uma aceitação de si mesmo, livrando-se do que nele não é autentico, do que não é de sua essência.

Aquele que já possui consciência de sua condição de um cocriador, já começa (mentalmente) a projetar seus desejos e a cria-los a partir de si mesmo. Está mais dinamicamente inserido em sua caminhada, buscando-se cada vez mais evoluir. Ele já está realmente caminhando com suas próprias pernas.

Ele já percebe com sua mente e coração, que viver mais próximo à plena harmonia, é na vida se aceitar amorosamente e seus semelhantes. É preservar a autoestima para poder seguir sua caminhada, corrigindo rotas se necessário e se fortalecendo pelo sentimento do Amor, que é receptivo ao perdão.

Ele já tem noção que o Amor sem cobranças é a conexão com a Verdadeira Vida. É o elo constituído de energia divina, unindo um ao outro e unindo todos à Energia Suprema/Deus.


Ao se buscar, se perceber como cocriador através da mentalização tanto o corpo e a mente estão acelerados, enquanto através da meditação o corpo está relaxado, mas não a mente – Imagem da Internet.

“Deus não joga dados, Ele é a Lei e o Legislador do Universo. A religião cósmica é o móvel mais poderoso e mais generoso da pesquisa científica, ela no futuro será cósmica e transcenderá um Deus pessoal, evitando os dogmas e a teologia. O homem erudito é um descobridor de fatos que já existem, mas o homem sábio é um criador de valores que não existem e que ele faz existir. A mente que se abre a uma nova ideia jamais voltará ao seu tamanho original. Tudo aquilo que o homem ignora, não existe para ele, por isso o universo de cada um se resume ao tamanho de seu saber” – Albert Einstein

“Penso noventa e nove vezes e nada descubro, então deixo de pensar e mergulho em profundo silêncio – e eis que a verdade se me revela. Conhecimento auxilia por fora, mas só o amor socorre por dentro. Triste época, é mais fácil desintegrar um átomo do que um preconceito. Os problemas significativos que enfrentamos não podem ser resolvidos no mesmo nível de pensamento em que estávamos quando os criámos. A distinção entre passado, presente e futuro é apenas uma ilusão teimosamente persistente. Se os fatos não se encaixam na teoria, modifique os fatos” – Albert Einstein


Albert Einstein (Ulm/Alemanha, 14 de março de 1879 — Princeton/EUA, 18 de abril de 1955) – Físico idealizador da Teoria da Relatividade –  Imagem da Internet

Os pesquisadores de Dakila preparam-se para esse “novo tempo”, inserindo-se pelo coração e mente em um novo ciclo – “Era Dourada”, associado à vinda do “Avatar” por eles já percebido como o momento do “Acordo”, que a partir dele puderam acontecer suas interações com 49 dirigentes das realidades paralelas, recebendo e assimilando de alguns deles informações, conhecimentos e tecnologias.

A partir deste momento estes pesquisadores começaram a vivenciar “novo tempo”, assimilando informações da Boa Nova de Cristo e com elas procedendo.


“A Pedra da entrega” sobre ela foi colocado o “Livro da Aliança” na presença de Divindades. Este local foi definido depois de longa e inicial busca pelos “ultras” e com a sinalização final dos “elementais”. Nesta pedra aconteceu a realização do “Acordo”, no dia 30 de março de 2013, entre 03h00min e 04h30min e, nele através do “Livro da Aliança” foram inseridas verdades originadas da Pura Essência Divina como novos direcionamentos adaptados à realidade humana, que nortearão os seres humanos nos próximos 5.125 anos, trazendo-lhes ainda reflexos para um longo período de 26.800 anos. Mais informações no texto: Entrega do Livro da Aliança, neste Site – Foto de Antônio Carlos Tanure

Os pesquisadores de Dakila terão à sua disposição uma nova tecnologia (quântica), para análise não só de sua saúde, mas também para demais averiguações. Por enquanto continuam utilizando a máquina que fotografa a sua aura externa. Estas analises são importantes, porque “medem” seu padrão evolutivo através de suas Três Linhas ABC da Vida.

A Linha A relacionada à intensidade da energia representa tudo o que não se quer, mas nela mentalmente se posicionando no sentido de se reciclar frente ao não desejado. Neste caso a quantidade de energia armazenada como potência (intensidade) do pensamento que se emite, é que determina o resultado de um fato ou, do que foi programado como “tecnologia mental”. Nesta Linha que se encontra a capacidade em manipular as habilidades mentais e paranormais, o que não é comum.

A Linha B, Linha do Meio ou da Neutralidade está relacionada à velocidade do pensamento ou, ao tempo que se gasta para realizar o que se deseja. Representa a capacidade mental que se possui para manipular as energias de pensamentos negativo e positivo, respectivamente nas Linhas A e C. Esta Linha traz a vibração, que em sua frequência realiza-se os desejos, como tarefas, projetos, etc.

A Linha C relacionada como a mente atua na matéria, representa o positivo, portanto o que satisfatoriamente se deseja no mundo físico.

As Linhas A e C identificam pelo filtro da Linha B os senhores/as de seus próprios destinos.

E, a intensidade da energia, velocidade do pensamento e como a mente atua na matéria no instante do que foi pensado e desejado – Linhas ABC, que determinam o sucesso (ou não) do que foi mentalizado.


Os pesquisadores de Dakila na passagem da “Nave GNA”, precisam agora só pressionar por cinco segundos suas têmporas com os dedos indicador e médio, para potencializarem sua energia/força mental, que com ela através de seus pensamentos a direcionam para o que desejam – Imagem de Dakila Pesquisas

Como já foi mencionado, a intensidade da energia (Linha A) e mais a velocidade do pensamento (Linha B) geram a frequência de cocriadores (semideuses), que muitos em Dakila já a possuem. Mas, o ideal são as Três Linhas vibrando ao mesmo tempo, portanto junto com a Linha C que incorpora os sentimentos positivos de alegria e de felicidade, entre outros.

Com estas três linhas vibracionalmente destacadas, fica ainda mais fácil, se estabilizar emocionalmente na frequência de kundalini em espiral (sublimada), que é a frequência sexual ativa gerada através dos sentimentos de cumplicidade/carinho/amor entre polaridades opostas. Casais em harmonia (marido/mulher), mas também sem necessariamente envolver sexo, como pai/filha, mãe/filho, irmão/irmã, amigo/amiga, etc.

A partir do momento que alguém estiver em sintonia mental com as Três Linhas da Vida destacadamente estabilizadas, ele já emana uma intensa onda que produz e modula fluorescência corpórea.

E, se ele for pesquisador de Dakila já executando de fato suas tarefas e se necessitar de informações especiais, terá sincronicidade com os mundos paralelos para obtê-las em qualquer lugar, às vezes de maneira até mesmo física e não só de forma mental-intuitiva.

O pesquisador de Dakila está agora em um novo ciclo energético-evolutivo, está sendo ajustado pelos mundos paralelos, para que já tendo uniformizadas suas atividades cerebrais, possa auto modular e manipular seu próprio campo energético, inclusive, para que se favoreça em suas habilidades mentais de efeitos físicos (fenômenos).

Ele está também agora, direcionando seus estudos principalmente aos corpos celestes Sol e Lua não só pelo enfoque astronômico, mas também se conduzindo por informações dos mundos paralelos, que procuram comprova-las no Centro Tecnológico Zigurats (CTZ), muitas delas associadas à mudança de ciclo que por ele está passando a humanidade e a Terra.


Observatório do Centro Tecnológico Zigurats (CTZ), em Zigurats – Imagem da Internet

Os pesquisadores de Dakila com conhecimentos da ciência paralela sabem, que a Lua influencia os homens e o Sol as mulheres, daí a Era Dourada representada por elas.

A energia da Lua e a do Sol são dois extremos, portanto a “luz” dela é diferente da “luz” dele, mas não como a ciência astronômica diz, que ela ilumina refletindo a “luz” dele. Estrelas, Sol, Lua, e “planetas” não são o que normalmente se sabe deles.

O “2º Anel” através da Lua é a entrada e saída desta dimensão e o Sol (Vórtice) é entrada e saída não só dela (3ª dimensão), mas de outras infinitas dimensões.

Outros corpos celestes comandam “2º, 3º e 4º Anéis”, mas através da Lua que acontece o teletransporte ou, que se adquire “o passaporte” para “1º e 2º Anéis”. Por isso, por ela (sua energia/frequência) passam aqueles que já perderam seus corpos físicos (faleceram), para que aconteçam sua “purificação” e sua destinação. Também pela sua energia que se dá a entrada das projeções mentais, astrais e físicas”.

   
A real energia/luz do Sol e da Lua e de outros corpos celestes é do conhecimento da “ciência paralela”, mas não sendo ainda da ciência oficial, estimula sentimentos de encantamento e de magia, como os na presença de Stonehenge/Amesbury, Inglaterra – Imagens da Internet

A ciência oficial apenas aceita como verdade, o que os cientistas com seu raciocínio logico também a aceitam, induzidos e conduzidos pelos seus sentidos normais, próprios à realidade física com suas leis que as vivenciam em condição humana.

Portanto, eles não aceitam como verdade cientifica a ciência de outras e paralelas realidades com suas leis, que não são mais alcançáveis pelo seu raciocínio logico voltado à realidade física, que nela experienciam limitados pelo auxilio apenas de cinco sentidos, entre outros milhares que possuem.

O que está fora de sua análise cientifica vista/medida/conduzida pelo seu raciocínio, é desqualificado como imaginação, fantasia, ficção cientifica e outras desqualificações, apesar de ultimamente a mecânica quântica vem lançando indagações sem respostas, sobre o que até então era verdadeiramente sólido para a ciência tradicional.

De um outro tempo e de um outro ciclo civilizatório existem inúmeros sítios arqueológicos em ruinas espalhados por toda a Terra. Registros da presença de seres inteligentes de outras realidades, de outros mundos possuindo uma ciência mais avançada que a humana mesmo a de hoje, o que fazia os nativos destes locais naquela ocasião, sem possuírem a correta compreensão de suas presenças, os terem como deuses e o uso de suas tecnologias como manifestações divinas.

 

Inúmeros sítios arqueológicos em ruinas por toda a Terra registram em outros tempos e em outros ciclos civilizatórios, presenças de seres não humanos possuidores de uma ciência tecnologicamente mais avançada, que com ela foram considerados deuses – Nove primeiras imagens da Internet e as duas últimas de Antônio Carlos Tanure

Uma “ciência paralela” com novo patamar de investigação da realidade multidimensional, além da ciência convencional (chamada também de paraciência), dela têm conhecimento os pesquisadores de Dakila através de informações recebidas de realidades paralelas, que lhes fornece vasto conteúdo investigativo, podendo até ajudar a desvendar, o que é ainda obscuro para ciência oficial.

Muitas Informações da paraciência que eram do conhecimento de antigas civilizações a muito desaparecidas, agora começam a ser resgatadas. Algumas delas através de Dakila Pesquisas serão passadas no formato de quatro documentários: 1) A Terra Convexa (já transmitido), o Sol, a Lua e os Astros; 2) Origem da Humanidade, por que as raças, as cores de pele, etc.; 3). Jesus Cristo; 4) Deus.

Os efeitos das ondas moduladoras já estão se intensificando, que com eles vão se somando as presenças e atuações da Lua e do Sol, ajudando a provocar mudanças já esperadas para a Terra e para a humanidade. Mudanças que sempre estiveram também presentes através de “narrações profetizadas”, em conteúdos quase sempre místico-esotéricos.

Em consequência destas mudanças se encaixam em parte as dos efeitos climáticos, que estão também cada vez mais se intensificando, mas ainda não de forma globalizada. Entretanto, nos locais onde acontecem os estragos, eles são intensos.

Aqueles que estão cientes desta ocasião devem ter cautela, precisam precaver em todos os sentidos. Devem através da alimentação saudável armazenar minerais em seu corpo, para se resguardem de radiações vindas do espaço, que poderão lesar as membranas de suas células.

Devem cuidar de seus corpos físicos também com exercidos, mas cuidar ainda de seus “outros corpos” mental, emocional e “espiritual”, pensando e agindo em sintonia às Leis Universais.

Devem remover mentalmente pensamentos e atitudes incorretos/desarmônicos por serem “poluentes” à sua alma e dispersores de sua energia.

E, em Dakila a ocasião é especial para os grupos Luz, Alquimia Sublimação e Propagação vivenciarem e constatarem o valor de compreender, se conduzir pelo entendimento, respeitar e agradecer. Sentimentos que mentalmente reforçam o proceder sem interferências motivadas por diferenças, preconceitos e disputas.

Com este pensar e agir é o momento de todos arregaçarem as mangas e mostrarem mais participativos consigo mesmos e com os de fora. Todos se mostrarem mais verdadeiramente inteiros.

Especialmente devem voltar mais atenção à “Perola do Universo” –  à Cidade Zigurats, que precisa ter suas estradas melhor preparadas, possuir suficientemente agua e energia elétrica, para que tenham mínimas condições de viver os que nela já residem e receber melhor aqueles que a visitam.


Zigurats precisa que tenha suficientemente agua e energia elétrica, dando condições mínimas àqueles que lá já fixaram residência e receber melhor aqueles que a visitam – Imagem da Internet

A tecnologia do magnetóide entre outras já passadas pelos mundos paralelos aos pesquisadores de Dakila, deve ser utilizada com responsabilidade ao objetivo almejado. A sua frequência fica em seu plasma sanguíneo, ajudando-os no desenvolvimento de suas habilidades extra-sensoriais, portanto com possibilidade de irem potencializando as mais de quatro mil habilidades mentais que possuem.

Esta tecnologia ingerida por eles e assim inserida em seu campo energético, transforma-se em “ferramenta”, que neles fisicamente interiorizada os potencializa. Portanto, é muito importante que estejam em estado mental de neutralidade, gerando equilíbrio emocional ou, conduzindo-se por sentimentos de tranquilidade e de harmonia, não geradores de conflitos.

Salientando-se, precisam ainda ficar mais zelosos com seus corpos, ingerindo o menos possível toxinas, para que possuindo mais carga elétrica, se tornem literalmente mais iluminados.

Este deve ser o foco, para que entrem na tecnologia mental da Boa Nova de Cristo, que com ela a matéria vai se transformando em energia, como Jesus de Nazaré – O Cristo deu o exemplo, ao alcançar a vida eterna através da ressurreição – ou, o reviver de seu corpo.


Jesus de Nazaré – O Cristo deu o exemplo como alcançar a vida eterna, ao reviver seu corpo – Imagem da Internet

A energia do magnetóide estimula o pesquisador de Dakila à fusão com o Plano A, que serve para lhe trazer através do entendimento a abundância e a prosperidade. “Dinheiro traz dinheiro, inteligência traz facilidade” e sabedoria traz iluminação“Daí, pois, a César o que é de César, e a Deus o que é de Deus” – Mateus 22:21.

Aquele que está em sintonia à frequência mental do Plano A, “tem tudo”, porque com ela traz uma gama de outras frequências, principalmente à Energia Feminina que é a frequência da “Era Dourada”.

Com este Plano a solução está ao alcance de cada um através do entendimento mais correto, mais universal, diferente daquele por interesse pessoal. Com este discernimento voltado ao Plano A ele já sabe, que “a solução está em suas mãos”, podendo alcançar a condição (frequência) de contribuinte ou, outra mais além de investidor e outra indo ainda mais distante de multiplicador.

Inicia-se para os pesquisadores de Dakila um novo ciclo com novas maneiras de interagir com as realidades paralelas, independente se nestas interações as conversações se deem às vezes de forma direta-verbal ou de forma mais constante mental-intuitiva.

E, paralelamente com este ciclo que para eles inicia, vivenciarão a experiência mental da “comunhão dos santos” ou, aquela quando só um olhar no olhar do outro, os dois sabem o que tem de ser ou, o que um precisa do outro, para o que ainda vai ser.

É a ocasião da sincronicidade da atividade cerebral, da conexão direta entre aqueles que já atingiram certa frequência mental para assim agirem e poderem fazer a leitura (mental) do campo um do outro. Principalmente é o momento, daqueles que já podem melhor se mostrar como fagulhas/faíscas divinas da Criação – como “pedacinhos” da Frequência Criadora.

A Energia Suprema é Todos e Tudo. Está nos seres vivente e inanimados, no contexto geral está como A Manifestação, regendo Leis Universais.

Em corpo físico Jesus de Nazaré – O Cristo, foi a partícula de vibração mais intensa enviada à Terra para conviver entre os seres humanos e lhes passar sua tecnologia mental, ensinando-a como a Boa Nova.

Jesus de Nazaré – O Cristo, veio à Terra para passar sua tecnologia mental aos seres humanos. Ensinando-os a sua Boa Nova, que com ela podem reviver (ressuscitar) seus corpos físicos, já transmutados literalmente iluminados – Imagem da Internet

O momento é ir em frente sem medo. Se ele existe é pela falta de conhecimento ou do não seu entendimento. E se ainda existe medo, o objetivo que se almejou ainda não foi entendido. Coragem, quando começa uma coisa, é fácil termina-la, o difícil é começa-la. Portanto, nada é difícil depois que ela já começou a ser feita. Quando não se alcança com as mãos, vai-se com os pés, o importante é termina-la, realiza-la, com cada um em sua frequência. Cada um com sua habilidade mental removendo aborrecimentos/empecilhos em busca do sucesso” – Sinalização das realidades paralelas.

Fontes de consulta:
mankindgreatshift.blogspot.com/p/o-segundo-avatar.html
Segunda vinda de Cristo – Wikipédia, a enciclopédia livre.
https://www.jmnoticia.com.br/…/o-surgimento-do-anticristo-sera-visto-pela-igreja-ante…
https://verdademundial.com.br › História
www.ihuonline.unisinos.br/index.php?option=com_content&view=article…
https://www.personare.com.br/existe-diferenca-entre-meditar-e-mentalizar-2-m3187
https://institutomindfulness.com.br/as-diferencas-entre-meditar-e-mentalizar/
www.citador.pt/frases/citacoes/a/albert-einstein
Apostila de Dakila Pesquisas de março de 2019

Fonte: Portal Pégasus

Continuar lendo DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: CONHEÇA A REAL HISTÓRIA DOS DOIS MAIORES AVATARES DA HISTÓRIA DA HUMANIDADE

DICA DE LIVRO: MEDICINA DO AMANHÃ DE PEDRO SCHESTATSKY

Quarta-feira é dia de DICA DE LIVRO e a nossa dica de hoje vai para a obra da Editora Gente “MEDICINA DO AMANHÔ, de Pedro Schestatsky.  A SAÚDE DO FUTURO COMEÇA MUDANDO HÁBITOS DE HOJE. Em um mundo mutante é necessário se reinventar todos os dias. Essa verdade vale para a nossa vida profissional e pessoal, mas e quando falamos sobre a nossa saúde? Estamos nos adaptando ou apenas vivendo as regras da Medicina tradicional ditadas há séculos por uma realidade distante da situação atual e na qual as mudanças aconteciam lentamente? Somos reféns de remédios que geram efeitos colaterais que exigem outros remédios e nos prendem nesse ciclo vicioso? Terceirizamos nossa saúde nas mãos de médicos e planos de saúde? Todas essas perguntas nos levam a uma resposta inquestionável: no momento atual, nossa relação com a saúde e com os medicamentos deveria ser diferente. A Medicina do amanhã é, portanto, o caminho para o autoconhecimento integral e para colocar na prática todas as informações e tecnologias disponíveis para melhorar nossa qualidade de vida e longevidade. Neste Best-Seller o autor mostra como é possível assumir o protagonismo da sua saúde em direção a uma vida mais saudável e longeva, utilizando a tecnologia a seu favor quando o assunto é saúde; Entender como uma relação diferente com seus médicos o ajudará a conquistar maior autonomia sobre sua vida; Descobrir que a criação da saúde é tão ou mais importante do que o tratamento da doença, e que a ausência de doenças é um “efeito colateral” desse novo foco; Resignificar o conceito “Medicina” e entender que ele não precisa ser sinônimo de algo reativo, que serve apenas àqueles que enfrentam problemas de saúde.

Fonte: Acervo pessoal

Continuar lendo DICA DE LIVRO: MEDICINA DO AMANHÃ DE PEDRO SCHESTATSKY

REFLEXÃO: AUTOCONHECIMENTO, INTUIÇÃO E HUMILDADE PARA CONSTRUIR SEU PRÓPRIO CAMINHO

O Blog do Saber apresenta, nesta terça-feira, na sua coluna REFLEXÃO, mais uma preciosidade da maravilhosa Patrícia Gebrim, que aborda o autoconhecimento, a intuição e a humildade, simplesmente sem citar as três palavras, mas elas estão nas entrelinhas desse texto fantástico que é só sabedoria. Portanto, convido você a ler, refletir, interpretar e colher o melhor desse texto para sua própria evolução!

Seu próprio caminho

 em 

 

Todos nós, encarnados no planeta neste ponto do tempo e espaço, estamos sendo chamados a ouvir nossa própria voz.

Há muitas vozes à nossa volta, apontando para as mais diversas verdades e direções. Quer saber? Ouça a todas, mas siga apenas a si mesmo.

Não há como evitar envolver-se com o que estamos vivendo. É preciso ter uma opinião, tomar decisões, você entende? Faça suas escolhas, mas faça sem arrogância, sabendo que mesmo você pode estar equivocado. Todos podemos.

O caminho não existe por si só, e sim no encontro entre o caminho e o caminhante. Cada um de nós faz parte da realidade que cria. Pode ser que seguir pela direita seja o melhor para você, mas você nada sabe sobre o que é o melhor para os outros.

Assim, talvez nosso maior desafio neste momento seja parar de julgar os outros. Você julga porque está tão cheio de certezas, está tão certo de que sua escolha é a melhor… E se não for? E se não for a melhor para aquela pessoa?

O outro tem tanta certeza quanto você de que está certo. Você gostaria de ser obrigado a seguir o que o outro acredita? Se não gostaria, não obrigue ninguém. Não julgue ninguém. Talvez, se tivesse percorrido os mesmos caminhos que aquela pessoa, você acreditasse no mesmo que ela.

Assim, paremos de tentar controlar o mundo. Nos foquemos em honrar nosso próprio caminho e percorrê-lo com atenção e confiança, da forma mais plena que formos capazes. (Patricia Gebrim)

Luz e Paz!

Fonte: Sabedoria Universal

Continuar lendo REFLEXÃO: AUTOCONHECIMENTO, INTUIÇÃO E HUMILDADE PARA CONSTRUIR SEU PRÓPRIO CAMINHO

ARTIGOS: QUAL O SEU CONCEITO DE EVOLUÇÃO?, POR WAGNER BRAGA

Vantagens da Reencarnação para a Evolução do Espírito - Tv Mundo Maior

NÃO HÁ DE SE FALAR EM EVOLUÇÃO SEM ANTES SE FALAR EM REENCARNAÇÃO

Semana passada, mais precisamente na sexta-feira, participei de uma live em que fui convidado, pela competente psicóloga e especialista em Constelação Familiar, Selma Rodrigues. A uma certa altura da live ela me perguntou: Wagner, qual o meu conceito de evolução?

Uma pergunta que me deixou numa encruzilhada, pois fui obrigado a me posicionar sobre as minhas crenças espirituais, que fatalmente nos leva a abordar um tema que muitas pessoas não estão preparadas para ouvir, refletir e debater sobre, já que envolve algo que é divisor de águas entre religiões: a Reencarnação.

Eu respondi dizendo que não há de se falar em evolução sem antes falar em “Reencarnação”, já que algo ou alguém só está sujeito(a) a evoluir se este algo ou alguém for único. Não há como imaginar que alguém empreste a sua evolução para outra pessoa. Por isso, parto do princípio que somos todos “Consciência”, que sempre existiu e continuará existindo. Cada ser humano é uma consciência única e permanente que está numa caminhada evolutiva e ao passar por esta 3ª dimensão em que vivemos toma emprestado invólucros que lhe dão forma tridimensional. Depois de muito estudar, pesquisar, buscar respostas, cheguei a conclusão, através da lógica, que é humanamente impossível, numa única passagem existencial, sair do zero ao 100% do desenvolvimento mental e espiritual.

Portanto, ao despertar a consciência, o ser humano passa a perceber que a vida é um aprendizado diário, que esse aprendizado acumulado o conduzirá ao conhecimento e consequentemente à sabedoria. E que essa trajetória é muito longa, principalmente porque o deixar ir é muito difícil por conta da força do ego que nos prende a matéria com uma força descomunal. Mas a partir dessa percepção dá-se um salto quântico espetacular e irreversível rumo a verdade absoluta e a famosa  liberdade dita por Jesus Cristo: “Conhecereis a verdade e ela vos libertará”, (Lucas, 8:32).

Wagner Braga

Continuar lendo ARTIGOS: QUAL O SEU CONCEITO DE EVOLUÇÃO?, POR WAGNER BRAGA

DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: CONHEÇA OS REGISTROS AKÁSHICOS OU “LIVRO DA MEMÓRIA DE DEUS”

Na Live desta sexta-feira com a psicóloga e especialista em Constelação Familiar Selma Rodrigues, ao ser perguntado sobre o meu conceito de “Evolução”, afirmei com muita convicção que não há de se falar em evolução da consciência humana sem imaginarmos e/ou acreditarmos que a Consciência é única e permanente, que sempre existiu e sempre existirá, que está numa caminhada evolutiva e que o invólucro ao qual estamos envolvidos nada mais é do que casulos emprestados a essa consciência em cada fase de sua evolução. Essa caminhada evolutiva é registrada passo a passo. Portanto, não há de se falar em evolução sem falar de reencarnação. O texto a seguir, do extraordinário Edgard Cayce, explica como é feito esse registro através dos “Registros Akáshicos”. Convido você a ler e entender!

EDGAR CAYCE NOS REGISTROS AKÁSHICOS

 

Quando questionado sobre a fonte de suas informações, Edgar Cayce respondeu que havia essencialmente dois. O primeiro era o subconsciente do indivíduo para quem ele estava fazendo a leitura e o segundo eram os Registros Akáshicos.

Os Registros Akáshicos, também conhecidos como “O Livro da Vida” ou “Livro da Memória de Deus”, podem ser comparados ao sistema de supercomputador do universo – ou talvez o que hoje seria chamado de computação em nuvem. Eles são o depósito central de todos informações para cada pessoa que já viveu na Terra. Esses registros contêm todos os nossos pensamentos, ações, palavras, sentimentos e intenções. Eles têm uma enorme influência em nossa vida cotidiana, nossos relacionamentos, nossos sentimentos, nossos sistemas de crenças e as realidades potenciais que atraímos para nós. Edgar Cayce referiu-se aos registros da seguinte maneira:

Sobre o tempo e o espaço estão escritos os pensamentos, as ações, as atividades de uma entidade – como nas relações com seus arredores, sua influência hereditária; conforme direcionado – ou julgamento elaborado por ou de acordo com o que é o ideal da entidade. Consequentemente, como tem sido frequentemente chamado, o registro é o livro de recordações de Deus; e cada entidade, cada alma – como as atividades de um único dia de uma entidade no mundo material – faz o mesmo bom ou mau ou indiferente, dependendo da aplicação do eu da entidade …

– Edgar Cayce Reading 1650-1

Quando Cayce acessou os Registros Akáshicos de um indivíduo, ele teve a capacidade de selecionar as informações que seriam de maior ajuda para aquela pessoa naquele momento específico de sua vida. Frequentemente, uma leitura pode sugerir que apenas uma seleção do material disponível estava sendo fornecida, mas que o indivíduo estava recebendo aquilo que seria “mais útil e esperançoso”.

Ao discutir o Livro da Vida, ele afirmou que era, “O registro de Deus, de ti, da tua alma interior e do conhecimento da mesma.” (281-33) Quando questionado sobre a diferença entre o Livro da Vida e os Registros Akáshicos, ele explicou:

P. [O que significa] O Livro da Vida?
A. O registro que a própria entidade individual escreve sobre a meada de tempo e espaço, por meio da paciência – e é aberto quando o eu está sintonizado com o infinito, e pode ser lido por aqueles que estão em sintonia com essa consciência …
P. O Livro das Lembranças de Deus ?
A. Este é o Livro da Vida.
P. Os Registros Akáshicos?
A. Aquelas feitas pelo indivíduo, conforme indicado.

– Edgar Cayce Reading 2533-8

Cayce indicou que esses registros são mais do que apenas um depósito do passado quando afirmou:

Sim, temos o corpo aqui, e o registro como foi feito e como pode ser feito com a vontade quando exercida, e a condição independente da influência ou efeito da vontade que foi criada. Temos condições que poderiam ter sido, que são, e que podem ser. Não confunda ou cruze os três propósitos de nenhum dos dois.

– Edgar Cayce lendo 304-5

Por que e como nossas vidas são afetadas pelos Registros Akáshicos? Esses registros conectam cada um de nós uns aos outros. Eles contêm a essência de cada símbolo arquetípico ou história mítica que já tocou profundamente os padrões de comportamento e experiência humanos. Eles têm sido a inspiração para sonhos e invenções. Eles nos atraem ou nos repelem uns dos outros. Eles moldam e dão forma aos níveis de consciência humana. Eles são uma porção da Mente Divina. Eles são o juiz imparcial e o júri que tentam orientar, educar e transformar cada indivíduo para se tornar o melhor que pode ser. Eles incorporam uma gama em constante mudança de futuros possíveis que são colocados em potencial à medida que interagimos e respondemos às circunstâncias de nossas vidas.

As leituras de Cayce sugerem que cada um de nós escreve a história de nossas vidas por meio de nossos pensamentos, nossas ações e nossas interações com o resto da criação. Esta informação tem um efeito sobre nós aqui e agora. Na verdade, os Registros Akáshicos têm um impacto tão grande em nossas vidas e nos potenciais e probabilidades que atraímos para nós que qualquer exploração deles não pode ajudar, mas nos fornece insights sobre a nossa natureza e nosso relacionamento com o universo.

Há muito mais coisas em nossas vidas, nossas histórias e nossa influência individual sobre nossos amanhãs do que talvez tenhamos ousado imaginar. Ao acessar as informações dos Registros Akáshicos, o banco de dados do computador do universo, muito pode ser revelado para nós. O mundo como o percebemos coletivamente é apenas uma sombra tênue da realidade.

Saiba mais sobre os Registros Akáshicos de Edgar Cayce nos Registros Akáshicos  de Kevin J. Todeschi.

Fonte: EdgardCayce.org

Continuar lendo DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: CONHEÇA OS REGISTROS AKÁSHICOS OU “LIVRO DA MEMÓRIA DE DEUS”

REFLEXÃO: UMA CURTA HISTÓRIA SOBRE AS DIFICULDADES DA VIDA

Sexta-feira é dia de REFLEXÃO com Camila Zen, aqui na coluna REFLEXÃO. Hoje estamos publicando um vídeo onde ela conta “Uma Curta História sobre as dificuldades da vida”. Um conto que nos ajuda a refletir… afinal, por que passamos por tantas dificuldades na vida? Convido você a assistir ao vídeo e depois fazer o seu juízo de valor. Espero que esse vídeo possa te ajudar ou ajudar alguém que você ama! 🧡 Amor e luz, namastê 🙏🏼

Fonte:

Continuar lendo REFLEXÃO: UMA CURTA HISTÓRIA SOBRE AS DIFICULDADES DA VIDA

DESENVOLVIMENTO PESSOAL: CUIDANDO DA ALMA, SÉRIE RENASCER EPISÓDIO 2, POR ROSSANDRO KLINJEY

A nossa coluna DESENVOLVIMENTO PESSOAL desta terça-feira apresentamos o segundo episódio do CUIDANDO DA ALMA, série-Renascer, com o extraordinário psicólogo Rossandro Klinjey. No primeiro episódio ele nos levou à gênese da questão, o que é nascer, falando sobre as dimensões biológica, histórica, social, cultural, familiar, psicológica e espiritual. Se você não viu, assista neste link – https://youtu.be/ZsBSVCd2-CQ​. Agora a mentoria inicia a jornada do desenvolvimento espiritual. Como tudo na vida, embarcar em seu caminho espiritual é uma escolha e é preciso consciência para não ficar preso nas armadilhas de sua jornada espiritual. A primeira armadilha que o eminente psicólogo vai trabalhar aqui é a necessidade exagerada de aceitação e de querer agradar a todos. Ao sairmos dela ganharemos a autonomia e autorresponsabilidade necessária para realizar nossa jornada de desenvolvimento espiritual. Então não perca essa grande oportunidade de expandir sua consciência!

Fonte:

Continuar lendo DESENVOLVIMENTO PESSOAL: CUIDANDO DA ALMA, SÉRIE RENASCER EPISÓDIO 2, POR ROSSANDRO KLINJEY

REFLEXÃO: QUANDO PERCEBEMOS SEM INTERPRETAR AS COISAS CONSEGUIMOS SENTIR DE FATO A INTERCONEXÃO DO TODO

O todo é uno, é unicidade e compreende tudo o que existe! O nosso estudo desta terça-feira, aqui na coluna REFLEXÃO é sobre um texto do incrível e extraordinário Eckhart Tolle, cujo título é: “O que você quer dizer com o todo?” Para quem ainda não tem muito conhecimento ou não se aprofundou no estudo da Física Quântica, é uma excelente oportunidade de entender o funcionamento do universo e das limitações dessa materialista 3ª Dimensão em que vivemos. Portanto leia, reflita e faça o seu juízo de valor!

“O que você quer dizer com o todo?”

Por um lado, o todo compreende tudo o que existe. É o mundo ou o cosmo. Entretanto, todas as coisas existentes, dos micróbios aos seres humanos e às galáxias, não são realmente coisas, ou entidades separadas – elas constituem parte de uma teia de processos multidimensionais interligados. Nós não reconhecemos essa unidade, isto é, só vemos as coisas como elementos isolados.

Isso ocorre por duas razões. Uma delas é a percepção, que reduz a realidade àquilo a que temos acesso por meio da pequena extensão dos nossos sentidos: o que podemos ver, ouvir, cheirar, provar e tocar. No entanto, quando somos capazes de perceber sem interpretar ou rotular mentalmente, ou seja, sem acrescentar o pensamento às percepções, conseguimos sentir de fato a interconexão mais profunda sob a percepção da aparente separação das coisas.

A outra razão mais séria para a ilusão da separação é o pensamento compulsivo. Quando estamos presos a fluxos incessantes de pensamento compulsivo, de fato o universo se desintegra para nós e perdemos a capacidade de sentir a interconexão entre tudo o que existe. O pensamento desmembra a realidade em fragmentos sem vida. Dessa visão fracionada se originam ações extremamente insensatas e destrutivas.

Entretanto, existe um nível ainda mais profundo do todo que é a interconexão de tudo o que existe. Nele todas as coisas são uma só. Isso é a Origem, a Vida não manifestada. É a inteligência infinita que se expressa como um universo se desdobrando no tempo. O todo é constituído da existência e do Ser, o manifestado e o não- manifestado, o mundo e Deus.

Assim, ao nos alinharmos com o todo, nos tornamos uma parte consciente da sua interconexão e do seu propósito: o surgimento da consciência no mundo. Por causa disso, incidentes favoráveis, encontros casuais, coincidências e acontecimentos sincrônicos ocorrem com muito mais frequência. Carl Jung chamou a sincronicidade de “princípio não causal de conexão”.

Isso significa que não existe ligação causal entre eventos sincrônicos no nível superficial da realidade. Trata-se de uma manifestação exterior de uma inteligência subjacente por trás do mundo das aparências e de uma conectividade mais profunda que nossa mente não é capaz de entender. Mas podemos ser participantes conscientes do desdobramento dessa inteligência, a consciência florescente.

A natureza existe num estado de unificação inconsciente com o todo. Foi por isso, por exemplo, que praticamente nenhum animal selvagem morreu durante o catastrófico tsunami de 2004. Como eles estão mais em contato com a totalidade do que os seres humanos, conseguiram sentir a aproximação da onda muito tempo antes de ela ser vista ou ouvida e, assim, tiveram chance de se deslocar para um terreno mais elevado. É provável que eles tenham apenas se visto partindo para um lugar mais alto.

Fazer isto por causa daquilo é o modo como a mente humana fragmenta a realidade, enquanto a natureza vive na unificação inconsciente com o todo. E nosso propósito e destino é trazer uma nova dimensão para este mundo vivendo no estado de unificação consciente com a totalidade e num alinhamento consciente com a inteligência universal.

O todo pode usar a mente humana para criar coisas ou produzir situações que estão alinhadas com seu propósito? Sim, sempre que existe inspiração, que significa “em espírito”, e entusiasmo, que quer dizer “em Deus”, está em ação um poder criativo que vai muito além do que uma simples pessoa é capaz“

(Eckhart Tolle – Trecho do livro “O Despertar de Uma Nova Consciência”)

Luz e Paz!

Fonte: Sabedoria Universal

Continuar lendo REFLEXÃO: QUANDO PERCEBEMOS SEM INTERPRETAR AS COISAS CONSEGUIMOS SENTIR DE FATO A INTERCONEXÃO DO TODO

ARTIGOS: NÃO PRECISAMOS PASSAR PELA DOR E SOFRIMENTO PARA TORNARMO-NOS UM SUCESSO SEM ESFORÇO

O SUCESSO APARENTEMENTE SEM ESFORÇO DE ALGUÉM DESPERTA A INVEJA NA SOCIEDADE

Quando, de repente, tornamo-nos um sucesso, aparentemente, sem esforço, as pessoas fatalmente sentem inveja. É uma corrupção peculiar na nossa sociedade. Falo aparentemente para me explicar que não temos que passar por todos os tipos de angústia, sofrimento e dor para chegar lá, mas isso vai realmente irritá-las. Suas mentes acreditam que tal angústia é o custo que deve ser pago pelo sucesso, pois estão presos as suas crenças limitantes.

Vamos olhar para essa crença. Se não fosse a programação negativa que nos fez acreditar no contrário, por que deveríamos passar por qualquer custo de dor e sofrimento para conseguir alguma coisa em nossas vidas? Não é uma visão bastante sádica do mundo e do universo?

Devido a essas limitações e negatividades, o inconsciente vai nos permitir ter apenas o que achamos que merecemos. Quanto mais nos apegamos e/ou dependemos da nossa negatividade e na autoimagem inferior, menos achamos que merecemos, e inconscientemente nos negamos a abundância que flui tão facilmente para os outros. Essa é a razão para o ditado: “O positivo atrai o positivo e o negativo atrai o negativo”, ou seja, a lei da atração. Se temos uma visão pequena de nós mesmos, certamente o que merecemos é a pobreza, e o nosso inconsciente providenciará essa realidade. Ao passo que, se abrimos mão de nossa inferioridade e negatividade, passando a avaliar e reprogramar o nosso  inconsciente interior, bem como, deixamos ir a resistência a nossa generosidade, abertura, confiança, carinho e fé, o inconsciente começa a arranjar automaticamente as circunstâncias e os contextos de modo que a abundância comece a fluir em nossa vida.

Pense, reflita e faça o seu juízo de valor sobre isso.

Wagner Braga

Continuar lendo ARTIGOS: NÃO PRECISAMOS PASSAR PELA DOR E SOFRIMENTO PARA TORNARMO-NOS UM SUCESSO SEM ESFORÇO

DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: UM HERÓI ANÔNIMO CHAMADO MAGO ABEL

Neste domingo, na nossa coluna DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL temos uma bela história sobre altruísmo, abnegação, doação, generosidade e amor ao próximo. Uma singela homenagem de um cidadão movido pelas boas lembranças e pela Gratidão a um herói anônimo que salvou a sua querida mãe da morte por afogamento. O advogado Maurício Filho relembra uma passagem triste, mas com final feliz graças a esse abnegado herói anônimo cuja identidade o autor da história veio a descobrir muitos anos depois. Ele se chama Abel Tinoco e é amigo querido de longa data, desde os tempos de colégio e da nossa meninice. O autor narra dois fatos ocorridos que demonstram o desprendimento, a coragem, a solidariedade e a compaixão oriundos desse cidadão que não mede esforços na hora de ajudar alguém que precisa. Então convido você a ler o texto completo a seguir e conhecer esse personagem ímpar que tenho o orgulho e prazer de dizer: É meu amigo!

*Mago Abel – Um herói anônimo_*

Muitos anos atrás caminhava pela beira da praia de Pirangi um jovem junto com dois outros amigos, era cedo, poucas pessoas estavam na praia naquela hora, Pirangi ainda era um recanto calmo de veraneio aonde as pessoas se conheciam pelo nome, as portas estavam sempre abertas e as redes nas varandas, a tranquilidade reinava.
Chegando já próximo do trapiche ele avista uma pessoa dentro d’água se afogando, sem pensar direito ele resolve entrar na água e, sem avaliar o risco da própria vida socorreu a senhora que se afogava, conseguindo trazer ela para a beira mar, e prestar os socorros para ela expelir a água engolida.
Após se recuperar, a quase afogada, uma senhora baixinha, agradeceu muito, e disse que era natural de Acari e acostumada a tomar banho de açude, mas que havia sido surpreendida com um “buraco” água, e sido arrastada pela correnteza , termina agradecendo muito e diz que por toda a vida vai rezar por ele, que segue seu caminho e não teve mais notícias daquela senhora.
Se passaram muitos anos e o então jovem, se inscreve como um dos voluntários para os testes da vacina desenvolvida pela universidade de Oxford e aqui no Rio Grande do Norte coordenados pelo CePCLIN. Em uma das muitas “_consultas/entrevistas_”, que os voluntários participam, entre as perguntas a médica lhe indaga de onde ele é, na conversa menciona que é de Natal, e que passa o verão em Pirangi, no seguir da conversa descobre que possuem conhecidos em comum e ele recorda do quase afogamento e conta a história .
Neste momento a médica diz, está senhora que vc salvou é a minha mãe. Hj ela tem 88 anos, é lúcida e ativa , e ele pergunta, será que ela lembra da história?
Quando chega em casa, médica vai ao apartamento da mãe e pergunta se ela recorda do fato? E a mãe diz que sim e conta a história da mesma forma que ela havia ouvido na consulta, inclusive a parte da oração , falando que até hj rezava por aquele homem .
Resolve então gravar um áudio aonde a mãe dela conta a história e envia para o “jovem “, que, ao ouvir, fica emocionado ao saber que aquela senhora ainda estava vida e que se recordava e rezava por ele.
Está é a história contada de forma impessoal e sem mencionar os nomes dos personagens, em especial sem identificar quem foi o herói .
Pois bem, os personagem da história são: (a) o herói tem nome e apelido, o nome é Abel Tinôco, mas por nós conhecido como “Mago Abel” , um amigo meu de longas datas, que conheci exatamente na praia de Pirangi do Norte e que até recentemente eu desconhecia ser ele o herói; (b) a senhora é Dona Rosa, minha mãe; e  (c) a médica é a minha irmã Vitória.
Por que contar esta história, conto, pela curiosidade do ocorrido e por vermos que, naquele dia, Abel agiu sem pensar, eis que não sabia quem era aquela pessoa que estava se afogando, ele simplesmente entrou na água e socorreu, sem esperar recompensa ou agradecimentos.
Somente com o tempo, e muito tempo mesmo, é que ele descobre que aquela senhora era mãe de um amigo, e a descoberta deu-se quanto Abel mais uma vez é um herói anônimo, pois como um dos muitos voluntários, ou cobaias como foram chamados no início, se prontificou a receber a vacina para atestar a sua segurança e permitir que a população pudesse ser vacinada.
São ações e pessoas como _Mago Abel_ que nos fazem acreditar na humanidade, crer que existe esperança de que vamos conseguir superar os momentos de dificuldades, pois se não fosse a atitude corajosa e impensada dele, muito provavelmente no próximo domingo eu não poderia comemorar o dia das mães com Dona Rosa viva, e se não fosse a atitude altruísta dele e de muitos outros voluntários, muitas e muitas pessoas domingo também não teriam suas mães para comemorar a data.
Então, para os heróis anônimos como Mago Abel, meu muito obrigado por permitir que muitos tenham o que comemorar no Dia das Mães.
Um abraço amigo !!
*Mago Abel – Um herói anônimo_*
Muitos anos atrás caminhava pela beira da praia de Pirangi um jovem junto com dois outros amigos, era cedo, poucas pessoas estavam na praia naquela hora, Pirangi ainda era um recanto calmo de veraneio aonde as pessoas se conheciam pelo nome, as portas estavam sempre abertas e as redes nas varandas, a tranquilidade reinava.
Chegando já próximo do trapiche ele avista uma pessoa dentro d’água se afogando, sem pensar direito ele resolve entrar na água e, sem avaliar o risco da própria vida socorreu a senhora que se afogava, conseguindo trazer ela para a beira mar, e prestar os socorros para ela expelir a água engolida.
Após se recuperar, a quase afogada, uma senhora baixinha, agradeceu muito, e disse que era natural de Acari e acostumada a tomar banho de açude, mas que havia sido surpreendida com um “buraco” água, e sido arrastada pela correnteza , termina agradecendo muito e diz que por toda a vida vai rezar por ele, que segue seu caminho e não teve mais notícias daquela senhora.
Se passaram muitos anos e o então jovem, se inscreve como um dos voluntários para os testes da vacina desenvolvida pela universidade de Oxford e aqui no Rio Grande do Norte coordenados pelo CePCLIN. Em uma das muitas “_consultas/entrevistas_”, que os voluntários participam, entre as perguntas a médica lhe indaga de onde ele é, na conversa menciona que é de Natal, e que passa o verão em Pirangi, no seguir da conversa descobre que possuem conhecidos em comum e ele recorda do quase afogamento e conta a história .
Neste momento a médica diz, está senhora que vc salvou é a minha mãe. Hj ela tem 88 anos, é lúcida e ativa , e ele pergunta, será que ela lembra da história?
Quando chega em casa, médica vai ao apartamento da mãe e pergunta se ela recorda do fato? E a mãe diz que sim e conta a história da mesma forma que ela havia ouvido na consulta, inclusive a parte da oração , falando que até hj rezava por aquele homem .
Resolve então gravar um áudio aonde a mãe dela conta a história e envia para o “jovem “, que, ao ouvir, fica emocionado ao saber que aquela senhora ainda estava vida e que se recordava e rezava por ele.
Está é a história contada de forma impessoal e sem mencionar os nomes dos personagens, em especial sem identificar quem foi o herói .
Pois bem, os personagem da história são: (a) o herói tem nome e apelido, o nome é Abel Tinôco, mas por nós conhecido como “Mago Abel” , um amigo meu de longas datas, que conheci exatamente na praia de Pirangi do Norte e que até recentemente eu desconhecia ser ele o herói; (b) a senhora é Dona Rosa, minha mãe; e  (c) a médica é a minha irmã Vitória.
Por que contar esta história, conto, pela curiosidade do ocorrido e por vermos que, naquele dia, Abel agiu sem pensar, eis que não sabia quem era aquela pessoa que estava se afogando, ele simplesmente entrou na água e socorreu, sem esperar recompensa ou agradecimentos.
Somente com o tempo, e muito tempo mesmo, é que ele descobre que aquela senhora era mãe de um amigo, e a descoberta deu-se quanto Abel mais uma vez é um herói anônimo, pois como um dos muitos voluntários, ou cobaias como foram chamados no início, se prontificou a receber a vacina para atestar a sua segurança e permitir que a população pudesse ser vacinada.
São ações e pessoas como _Mago Abel_ que nos fazem acreditar na humanidade, crer que existe esperança de que vamos conseguir superar os momentos de dificuldades, pois se não fosse a atitude corajosa e impensada dele, muito provavelmente no próximo domingo eu não poderia comemorar o dia das mães com Dona Rosa viva, e se não fosse a atitude altruísta dele e de muitos outros voluntários, muitas e muitas pessoas domingo também não teriam suas mães para comemorar a data.
Então, para os heróis anônimos como Mago Abel, meu muito obrigado por permitir que muitos tenham o que comemorar no Dia das Mães.
Um abraço amigo !!
Continuar lendo DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: UM HERÓI ANÔNIMO CHAMADO MAGO ABEL

REFLEXÃO: SER FELIZ É A NOSSA MISSÃO

Sexta-feira também é dia de REFLEXÃO aqui no Blog do Saber. A nossa missão é ser feliz! Isso me lembra a minha querida e saudosa mãe, Dona Lourdinha, que sempre repetia: “Eu nasci pra ser feliz!” E ela foi muito feliz, pois a felicidade para ela era servir ao próximo e ajudou a tanta gente…O texto a seguir é de uma imensa sabedoria que vale a pena a sua leitura. Portanto leia, reflita e faça o seu juízo de valor!

'Deus insiste em nos abençoar, em nos mostrar o caminho: aquele mais difícil, mais complicado, mais bonito. E a gente insiste em seguir, por que tem uma missão… Ser feliz!' - Momento de Reflexão

Seja feliz!

Quantas vezes nós pensamos em desistir,
deixar de lado, o ideal e os sonhos.
Quantas vezes batemos em retirada, com o coração amargurado pela injustiça.
Quantas vezes sentimos o peso da responsabilidade, sem ter com quem dividir.
Quantas vezes sentimos solidão, mesmo cercados de pessoas.
Quantas vezes falamos, sem sermos notados.
Quantas vezes lutamos por uma causa perdida.
Quantas vezes voltamos para casa com a sensação de derrota.
Quantas vezes aquela lágrima, teima em cair, justamente na hora que precisamos parecer fortes.
Quantas vezes pedimos a Deus um pouco de força, um pouco de luz.
E a resposta vem, seja lá como for, um sorriso, um olhar cúmplice, um cartãozinho, um bilhete, um gesto de amor.
E a gente insiste,
Insiste em prosseguir, em acreditar, em transformar, em dividir, em estar, em ser.
E Deus insiste em nos abençoar,
Em nos mostrar o caminho:
Aquele mais difícil,
mais complicado, mais bonito.
E a gente insiste em seguir,
por que tem uma missão…
Ser feliz!

Fonte: Mensagens com Amor

Continuar lendo REFLEXÃO: SER FELIZ É A NOSSA MISSÃO

DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: O CAMINHO PARA A UNIÃO COM BRAHMA É O AMOR

Na sabedoria do Buda o verdadeiro caminho para chegar a união com Brahma, ao contrário do que muita gente pensa é muito simples, singelo e algo que viemos a esse mundo para aprender: o Amor! Convido você a ler o texto fantástico a seguir e aprender um pouco mais sobre o amor!

Brahma - Mitologias Textos

A UNIÃO COM BRAHMA – por Martin Claret

(A Sabedoria do Buda)

Tendo dois brâmanes perguntado ao Buda qual o verdadeiro caminho para chegar à união com Brahma, respondeu o Bem-Aventurado:

– Qualquer dentre os brâmanes versados no estudo dos Vedas já viu Brahma face a face?

– Não, responderam os dois brâmanes.

– Mas algum mestre versado no estudo dos Vedas, ou qualquer dos autores dos Vedas, já viu Brahma face a face?

– Não, responderam os dois brâmanes.

– Então, retrucou o Buda, acaso deveriam dizer os brâmanes: “Indicamos o caminho para chegar a uma união com aquilo que não conhecemos, que nunca vimos?” Se tal é a substância da tradição dos brâmanes, bem vã é a sua missão. É exatamente como uma fila de cegos agarrados uns aos outros: o primeiro não vê, o do meio não vê, os últimos não podem ver.

– Imaginai agora, disse ainda o Buda, que um homem chega à margem deste rio e quer atravessá-lo. Julgais que se ele rogasse à outra margem que se aproximasse dele, ela, com efeito, viria por virtude de suas orações? É isso, no entanto, o que fazem os brâmanes. Negligenciam na prática das qualidades que realmente fazem um brâmane, e dizem: “Indra, nós te imploramos; Varuna, nós te imploramos, Brahma, nós te imploramos!” Mas não é possível que só por força dessas invocações possam eles jamais chegar à união com Brahma.

Mas, se um homem penetra sucessivamente os quatro quartéis do mundo com pensamentos de amor; se ele enche o mundo de pensamentos de um amor crescente, incessante e sem medida; se, como a trombeta que se faz ouvir facilmente em todas as direções, não deixa esquecido ente algum, no mundo, que tenha forma e vida, e a todos envolve em sentimentos de amor, de piedade, de simpatia e de serenidade crescente, incessante e sem medida, então, na verdade, esse homem conhecerá o caminho que leva à união com Brahma.

(Extraído do livro “Buda – Aquele que Despertou”; Editora Martin Claret).

Fonte: IPPB
Continuar lendo DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: O CAMINHO PARA A UNIÃO COM BRAHMA É O AMOR

DESENVOLVIMENTO PESSOAL: VIVER, AMAR, APRENDER E DEIXAR UM LEGADO PARA UMA VIDA PLENA

Hoje o desenvolvedor de pessoas Ivan Maia nos da uma aula fenomenal que vai mudar, vai transformar a sua vida e vai lhe proporcionar uma vida muito melhor, através de quatro passos simples. Então convido você a assistir ao vídeo completo a seguir, refletir e fazer o seu juízo de valor sobre esses quatro passos simples!

Você pode ter uma vida melhor, muito melhor, se apenas seguir 4 passos simples:

1- Viver – é ver a vida como um grande parque de diversões e magia, ao invés de um espetáculo de terror e sofrimento.

2- Amar – é entregar-se ao amor verdadeiro, que não é o que você sente pelas outras pessoas, e sim como age com as outras pessoas.

3- Aprender – é nunca se permitir parar de crescer, é aprender a cada dia uma nova coisa, é olhar para si mesmo e perguntar-se o que está faltando inserir na vida.

4- Deixa um legado – é entender que na vida seremos sempre lembrados pelos problemas que resolvemos ou pelos problemas que criamos. É importar-se de deixar algo que valha mais que a própria vida.

Pense, reflita, pare e mergulhe em si mesmo. Busque as respostas e elas virão. Portanto, viva, ame, aprenda e dixe um legado.

Fonte:

Continuar lendo DESENVOLVIMENTO PESSOAL: VIVER, AMAR, APRENDER E DEIXAR UM LEGADO PARA UMA VIDA PLENA

REFLEXÃO: GRATIDÃO COM AMOR, AQUECE QUEM RECEBE E RECONFORTA QUEM OFERECE

Procurando um belo texto para publicar, aqui na coluna REFLEXÃO desta terça-feira encontrei este sobre “A Gratidão”. Tenho até a impressão que já publiquei este maravilhoso conto, mas creio que foi há muito tempo e peço desculpas aos leitores que possam ter lido da outra vez, mas ao ler este texto outra vez não resisti ao impulso de publicá-lo novamente, pois sei que muitos ainda não leram e não podem ser privados dessa oportunidade e privilégio. Então, sem mais delongas convido você a ler esta pérola, apreciar, refletir e transformar a sua vida!

O PODER TRANSFORMADOR DA GRATIDÃO - YouTube

A Gratidão

O homem, por detrás do balcão olhava a rua de forma distraída. Uma garotinha se aproximou da loja e amassou o narizinho contra o vidro da vitrina.

Os olhos da cor do céu brilharam quando viu determinado objeto.

Entrou na loja e pediu para ver o colar de turquesas azuis. “é para minha irmã. Pode fazer um pacote bem bonito?”

O dono da loja olhou desconfiado para a garotinha e lhe perguntou: “quanto dinheiro você tem?”

Sem hesitar, ela tirou do bolso da saia um lenço todo amarradinho e foi desfazendo os nós. Colocou-o sobre o balcão e feliz, disse: “isto dá, não dá?”

Eram apenas algumas moedas, que ela exibia orgulhosa.

– Sabe, eu quero dar este colar azul para a minha irmã mais velha. Desde que morreu nossa mãe, ela cuida da gente e não tem tempo para ela. É aniversário dela e tenho certeza que ela ficará feliz com o colar que é da cor dos seus olhos.”

O homem foi para o interior da loja, colocou o colar em um estojo, embrulhou com um vistoso papel vermelho e fez um laço caprichado com uma fita verde.

– Tome, leve com cuidado.

Ela saiu feliz, saltitando pela rua abaixo.

Ainda não acabara o dia quando uma linda jovem de longos cabelos loiros e maravilhosos olhos azuis, adentrou a loja.

Colocou sobre o balcão o já conhecido embrulho desfeito e indagou:

– Este colar foi comprado aqui?

– Sim, senhora.

– E quanto custou?

– Ah, falou o dono da loja, o preço de qualquer produto da minha loja é sempre um assunto confidencial entre o vendedor e o freguês.

A moça continuou: “mas minha irmã tinha somente algumas moedas. O colar é verdadeiro, não é? Ela não teria dinheiro para pagá-lo!”

O homem tomou o estojo, refez o embrulho com extremo carinho, colocou a fita e devolveu à jovem.

– Ela pagou o preço mais alto que qualquer pessoa pode pagar – disse ele.

– Ela deu tudo o que tinha.

O silêncio encheu a pequena loja, e duas lágrimas rolaram pelas faces jovens, enquanto suas mãos tomavam o embrulho e ela retornava ao lar, emocionada.

………………………

Verdadeira doação é dar-se por inteiro, sem restrições. Gratidão de quem ama não coloca limites para os gestos de ternura.

E a gratidão é sempre a manifestação dos espíritos que têm riqueza de emoções e altruísmo.

Sê sempre grato, mas não espere pelo reconhecimento de ninguém.

Gratidão, como amor, é também dever que não apenas aquece quem recebe, como reconforta quem oferece.

Equipe de Redação do Momento Espírita, com base no capítulo “O Colar de Turquesas Azuis”, do livro Remotos Cânticos de Belém, Wallace Leal V. Rodrigues, ed. Clarim.

Fonte: Momento de Reflexão

Continuar lendo REFLEXÃO: GRATIDÃO COM AMOR, AQUECE QUEM RECEBE E RECONFORTA QUEM OFERECE

DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: A ORAÇÃO QUÂNTICA DO AGRADECER E DO SENTIR

A nossa coluna DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL deste domingo trás um texto muito breve, porém de uma sabedoria profunda. Uma sabedoria milenar da cultura indígena que, infelizmente não é observado e não foi aprendida pelos desbravadores ocidentais na época das grandes conquistas: a forma correta de se rezar. Aprendemos a forma mais errada de orar com o cristianismo: o pedir. Ao passo que os indígenas americanos aprenderam a oração do sentir. E é tão curta e simples! Convido você a ler o texto de sabedoria a seguir e entender como é a verdadeira oração quântica.

AGRADECER E SENTIR COMO SE JÁ FOSSE REAL

Conta-se que em um de seus documentários, o físico quântico Gregg Braden conta que na década de 90 ele morava perto de um deserto em Los Angeles e naquela época a região passava por uma das maiores secas da história. Então um amigo dele, nativo-americano, o chamou para ir em um local sagrado no meio do deserto para rezar pela chuva. Eles foram. .
Chegando lá, Gregg observou que havia um círculo de pedras no chão, onde as pessoas rezavam. Seu amigo ficou descalço e entrou no círculo, fechou os olhos e saudou seus ancestrais. Ficou lá por 20 segundos, depois olhou para Gregg e disse: “Vamos comer alguma coisa! Está com fome?” Gregg então respondeu: “Mas pensei que você iria rezar pela chuva!” Seu amigo então disse: “Se eu rezar pedindo pela chuva, nunca choverá! Porque quando se reza pedindo algo, se está apenas constatando que não se tem aquilo e aquilo nunca chegará”. Gregg então perguntou: “Mas então o que você fez nos 20 segundos que esteve no círculo?” Seu amigo disse: “Eu senti o que sinto quando piso descalço na lama, e a lama está lá porque choveu muito. Senti o cheiro da chuva nas paredes de barro de nossa vila, senti o que sinto quando ando em meio às plantações e elas estão altas porque choveu. Foi isso o que fiz”. .
O Universo não entende palavras, somente frequências e para PEDIR eu preciso necessariamente sentir a ausência. Se há ausência, essa é a vibração e é isso que será atraído à você. .
A verdadeira oração quântica é baseada em AGRADECER E SENTIR COMO SE JÁ FOSSE REAL. Sentir como se já tivesse no agora – e, por isso, ser grato! É uma oração de ABUNDÂNCIA e não de escassez! 🔮 .
O título desse post também poderia ser “COMO É FEITA A DANÇA DA CHUVA”, pois é exatamente assim que os indígenas fazem, dançam sentindo felicidade e gratidão como se a chuva já tivesse caído e não pedindo, implorando por ela.

 

Esta é a melhor forma de oração, é baseada no sentir e não no pedir.

Sentir como se já tivesse no agora!

Assim é a Lei da Atração. 🦋🙏
Continuar lendo DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: A ORAÇÃO QUÂNTICA DO AGRADECER E DO SENTIR

REFLEXÃO: SENTIMENTO + PENSAMENTO = EMOÇÃO

Somos todos feitos de pensamentos e sentimentos. O sentimento sem qualquer significado atribuído a ele pela mente é um sentimento puro,  sem pensamento. Essa é a distinção mais importante entre emoção e sentimento. Emoção é Quando a nossa mente atribui um significado ao sentimento com um pensamento, ai temos a Emoção. E quando você reúne pensamento e sentimento na mesma direção cultiva a semente da autoconfiança, floresce a árvore da automotivação e colhe os frutos da autoestima. O texto a seguir nos trás essa belíssima REFLEXÃO, que convido você a fazer!

Reúna pensamentos e sentimentos na mesma direção.

 

Controle-se, envolva-se de coragem e determinação, seja disciplinado e leal a seus objetivos, use sua perseverança e criatividade para lhe direcionar.

Esse obstáculo possui um ponto de ruptura, onde ele é suscetível de superação, identifique essa vulnerabilidade.

Acredite em si, e faça o seu máximo até contornar essa circunstância.

Creia que é possível e será!

Cultive a semente da autoconfiança, floresça a árvore da automotivação, colha os frutos da auto-estima, você é um excelente administrador dos seus próprios sentimentos, seus princípios são todos excelentes!

Honestidade e humildade são preciosidades a serem aplicadas a si também, elas fornecem uma ótima base de equilíbrio e harmonia interior.

Deus te entregou o pleno domínio sobre essas aptidões, elas possuem as chaves que destravam as portas para a enorme capacidade que possui, ou seja, você é valioso e precisa mergulhar inteiramente neste mar de talentos!  Só necessitas se permitir explorar suas potencialidades!

Hoje é mais uma oportunidade incrível para isso, Deus te entrega um novo dia para que recomece suas descobertas internas, e assim, restaurar seus objetivos.

Mantenha pensamentos positivos e otimistas, eles possuem uma energia extraordinária, faça bom uso destas capacidades, investigue os sentimentos que estão acompanhados desses raciocínios, e aglutine-os para atingir seus objetivos.

Assim como naquela brincadeira de cabo de guerra, onde todos precisam puxar em uma mesma direção, seus pensamentos, emoções, palavras e atitudes necessitam estar sincronizados em um mesmo propósito, e desta forma, será possível superar as adversidades até atingir o ápice, ou seja, a união potencializa os resultados.

Entretanto, para que essa união, seja infinitamente maior, precisa estar presente o divino Deus, o senhor criador do universo, a sua companhia é essencial para toda conquista, desde a menor até as enormes, logo, fortaleça essa aliança através da fé e do seu empenho em materializar seu sonho.

Circunstâncias adversas, fazem parte do processo da vida, até mesmo a chuva antes de cair no solo, passa por contrariedades, as nuvens sofrem com os fortes ventos empurrando-as de lado para o outro, hora para cima e para baixo, são rasgadas pelos potentes relâmpagos, precisam sair do estado gasoso e passar ao estado líquido, tudo isso em curto período de tempo, e as vezes é tão rápido o processo, que fica incompleto e nos chega em forma de granizo.

Essa é a natureza, nos mostrando que até mesmo a chuva, passa por obstáculos, porém, são casos esporádicos e perfeitamente superáveis. Isso significa que você também irá vencer as adversidades que encontrar, só precisa acreditar em si e em Deus, por isso que é tão importante fortalecer essa aliança com o divino.

Por isso seja destemido e ousado, mostre a fortaleza que é! Hoje é o seu grande dia!

Autor: Reginaldo Rodrigues

Fonte: Leve Consciência

Continuar lendo REFLEXÃO: SENTIMENTO + PENSAMENTO = EMOÇÃO

DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: VOCÊ É CAPAZ DE CRIAR SUAS PRÓPRIAS SOLUÇÕES. POR ISSO É UMA OBRA DE ARTE RARA

Deus lhe capacita e orienta na opção de cada escolha que fizer! É por isso, que você é capaz de criar suas próprias soluções, pois tens o livre arbítrio, seja o seu senhor! Saiba, você é o único e 100% responsável pela sua realidade. Essa é a mensagem do texto esclarecedor a seguir, que você precisa ler, refletir e fazer o seu juízo de valor!

Você é uma obra de arte rara

Harmonize-se nobre amigo, o equilíbrio interior, é fundamental no enfrentamento dos percalços exteriores, Deus lhe capacita e orienta na opção de cada escolha que fizer!

Ninguém está abandonado por Deus, você está sendo agraciado com uma nova oportunidade hoje, isto representa, que seus objetivos necessitam ser reiniciados, e neste momento, você está no direcionamento deles, porquê há escolhas que somente o seu idealizador é capaz de suprir!

Há partes deste processo, que são de sua competência e somente você, tem a permissão para explorar e fazer conforme o seu intuito. A fórmula para concretizar seus objetivos, são efetivadas por sua força de vontade e determinação, o ritmo do seu progresso e estabelecido por você!

Os sonhos de algumas pessoas podem até coincidir com o seu, entretanto, cada um possui uma experiência de vida e por isso, o confrontamento das adversidades, terão soluções diferenciadas para cada pessoa. É por isso, que você é capaz de criar suas próprias soluções, foi para isso, que Deus te concedeu a inteligência e o livre arbítrio, seja o seu senhor!

Você é único em todo o planeta terra, a sua essência é bela e repleta de pérolas preciosas, quanto vale a criatividade que está dotado? Ou a incrível memória que possui! E ainda, qual é o valor do amor próprio e da sabedoria que está contemplado? Desconheço uma cifra para estas capacidades, porém, posso te afirmar com muita certeza, é INCOMENSURÁVEL!

A pintura de uma obra de arte, possui um valor e fica exposta no museu, porém, as obras de Deus, são de valor incalculável e possuem a liberdade de viver como e onde bem desejarem.

Tens o poder para redefinir e recomeçar quantas vezes desejar, podem fazer suas escolhas e explorar novos horizontes sempre que desejar, as obras de Deus possuem vida e são livres, podem pensar, arquitetar, imaginar, sentir, visualizar a melhor faceta do amor, restaurar-se a todo momento, transformar o difícil em possível,  irradiar sua luz interior, ser um terreno fértil para as oportunidades, cultivar a benevolência a si e ao seu próximo, cuidar e aflorar suas potencialidades, regando com a energia do otimismo e adubando com a positividade que lhe é relevante. Por isso, sou grato por você existir.

Como é bom, compartilhar este maravilhoso dia com uma pessoa tão extraordinária e especial como você, o meu dia está abençoado e magnífico com sua presença, e eu saúdo sua presença, você é um ser humano importante para mim e para Deus! Você é um ser de luz, que abrilhanta nosso mundo!

Vamos extrair o máximo e o melhor possível deste momento? Juntos, você, eu e com Deus a frente, formamos um trio de incomensurável luminuosidade para este dia, que brilhe a sua luz interior! Sorria e Harmonize-se! Seja a divindade do Amor, seja a luz do seu dia!

Autor: Reginaldo Rodrigues
Email: r3.reginaldorodrigues.7@gmail.com

Fonte: Leve Consciência

Continuar lendo DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: VOCÊ É CAPAZ DE CRIAR SUAS PRÓPRIAS SOLUÇÕES. POR ISSO É UMA OBRA DE ARTE RARA

DICA DE LIVRO: O SENTIMENTO É O SEGREDO DE DEVILLE GODDARD

Quarta-feira é dia da coluna DICA DE LIVRO e como não poderia deixar de ser estamos dando mais uma de primeira linha. O Sentimento é o Segredo, de Neville Goddard. Este livro é a essência destilada de anos e anos de estudos bíblicos e metafísicos e das muitas palestras que o autor ministrou. Segundo Neville, seria muito mais fácil se ele tivesse  dez vezes mais o seu tamanho, mas o objetivo dele é dar a você leitor um guia prático e direto para que você reconheça e desenvolva o divino poder da consciência que você possui. Por isso o autor procurou condensar ao máximo esse assunto, pois como estudante, você sabe que para se lembrar de todo o seu conhecimento na hora da prova, você precisa estudar a matéria várias vezes. Portanto este é um livro que você não só poderá, mas deverá lê-lo várias vezes, se tornando seu livro de cabeceira!

Foto: Amazon

Continuar lendo DICA DE LIVRO: O SENTIMENTO É O SEGREDO DE DEVILLE GODDARD

REFLEXÃO: PERMITA QUE O SEU EU SUPERIOR E DIVINO SIGA A SUA FRENTE REMOVENDO TODOS OS OBSTÁCULOS

A Patrícia Gerbrim é uma mentora sensacional e está sempre escrevendo coisas maravilhosas para a nossa REFLEXÃO. O texto que publicamos aqui na coluna nesta terça-feira é especialmente inspirador, pois aborda, de uma maneira clara, simples e eficiente, o AUTOCONHECIMENTO e nos convida a dar espaço para a nossa alma nos guiar nas nossas escolhas. Isso significa desenvolver a intuição. Portanto, convido você a ler esse texto super esclarecedor, refletir e fazer o seu juízo de valor!

Permita que o divino se expresse

 em 

 

“Se há algo que precisamos aprender agora, é que precisamos dar espaço para a nossa criatividade .Estamos desperdiçando uma energia preciosa ao lutar contra o que está acontecendo, ao tentar controlar o mundo ao nosso redor, ao querer retornar, a qualquer custo, a um estado de coisas que não existe mais.

“E se não tivermos como voltar atrás?” E se estivermos sendo confrontados com a necessidade de seguir adiante? De nada adianta nos agarrarmos a um passado que, como a folha de uma árvore, já feneceu. Precisamos criar uma NOVA forma de viver nossas vidas.

Ouçam. Nós somos seres infinitamente capazes de manifestar novas e melhores formas de ser. Precisamos, no entanto, aceitar que todo um estado de ser ruiu, bem em frente de nossos olhos incrédulos. Precisamos sair de dentro desses escombros, respirar profundamente, nos conectar com a vida e nos tornarmos os criadores daquilo que precisa nascer.

Nós podemos ser os parteiros de um mundo mais belo, mais justo, mais respeitoso para com todos. Para isso não devemos negar os desafios que nos são impostos, ou imaginar que magicamente um novo mundo amanhecerá. Nós é que vamos “amanhecer o mundo” .

Faremos isso nos tornando nossas melhores versões. Não olhe ao redor. Não importa o que o outro está fazendo, ou sendo. Torne-se VOCÊ o seu melhor. Crie espaço para que sua alma passe a guiar suas escolhas. Perceba que seu poder está diretamente relacionado à sua coragem de ser quem você é. Viva nesse eixo que vai da terra ao céu, passando por você.

Seja fiel à terra, à natureza, à força que todos os dias lhe dá energia física, ar para respirar e viver. Seja fiel ao céu, à verdade maior, à justiça, à consciência de que somos UM .

Faça apenas isso, e você se tornará capaz de criar. Somos imensamente poderosos quando recuperamos essa capacidade. Assim poderemos de verdade manifestar o novo mundo. Não nos cabe saber que mundo será esse. Basta confiar e permitir que o divino em nós o expresse.” (Patricia Gebrim)

Luz e Paz!

Fonte: Sabedoria Universal

Continuar lendo REFLEXÃO: PERMITA QUE O SEU EU SUPERIOR E DIVINO SIGA A SUA FRENTE REMOVENDO TODOS OS OBSTÁCULOS

ARTIGOS: A CIÊNCIA CONFIRMA QUE ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL, EXERCÍCIOS FÍSICOS E MENTAIS PREVINEM O ALZHEIMER

Ainda bem que a ciência vem, cada vez mais, se aproximando da espiritualidade e dos ensinamentos dos grandes sábios da história da humanidade. A medicina natural, a medicina Ayuvérdica, a filosofia Hermética e outras filosofias orientais, há milênios já pratica o modelo da conexão corpo-mente-espírito para o equilíbrio e a saúde integral. Em meu livro Coração, Intuição e Gratidão, um atalho para a vida plena, desenvolvo um método. O método da saúde Integral, através de 04 passos: Alimentação saudável, reprogramação do subconsciente, exercícios físicos e a prática diária da Gratidão. Ao ler o livro SUPER CÉREBRO, Como expandir o poder transformador da sua mente, me identifico completamente com a leitura e  o pensamento do Best Seller Deepak Chopra e fico muito feliz de saber que estou certo e o seu livro só confirma o meu método. A seguir transcrevo um trecho retirado do epílogo de Rudy, Enxergando o mal de Alzheimer com esperança e clareza, pagina 321.

Aprenda como prevenir o Alzheimer para não sofrer no futuro -

O que você pode fazer para evitar ou fazer face ao mal de Alzeheimer? Siga a tendência de estilo de vida que está funcionando no resto do mundo para tantas doenças. Para começar, exercícios. Um colega próximo, Sam Sisodia, mostrou que em modelos animais (ratos que receberam as mutações genéticas humanas do Alzeheimer), ao se providenciar à noite rodas para que eles se exercitassem, a patologia cerebral se reduzia de forma dramática. O exercício realmente induz a atividade dos genes que baixam os níveis de beta-amiloides no cérebro. Estudos epidemiológicos também confirmam que o exercício moderado (três vezes por semana por uma hora) pode diminuir o risco de Alzeheimer. Um teste clínico indicou que a prática de 60 minutos de exercício forte duas vezes por semana era capaz de diminuir a progressão da moléstia assim que ela começava.

A segunda chave é a dieta. A regra geral é: se o que você come faz bem para o coração, é bom para o cérebro. Uma dieta mediterrânea, rica em azeite de oliva extravirgem, assim como quantidades moderadas de vinho tinto  e mesmo de chocolate amargo, têm sido associadas ao baixo risco para desenvolver Alzeheimer. Uma prevenção até mais simples é comer menos. Em modelos animais, as restrições calóricas aumentam a longevidade e reduzem a patologia do cérebro. (mais recentemente, o óleo de coco extravirgem foi apresentado como útil para o tratamento e a prevenção da doença. Entretanto são necessários mais dados para avaliar essa pretensão.)

Você está alcançando o terceiro dos meios de prevenção ao ler este livro. Trata-se da curiosidade intelectual, que estimula a formação de novas sinapses no cérebro. Cada nova sinapse que você faz fortalece as que você já tem. Como dinheiro no banco, fazer mais sinapses significa que você não será tão facilmente exaurido antes de ter Alzheimer. Embora essa doença afete pessoas com espectro completo de educação, da saída do ensino médio ao doutorado, alguns estudos sugerem que um nível mais elevado de educação pode servir como proteção. Talvez mais importante que a estimulação intelectual seja o engajamento social. Ser mais socialmente interativo tem sido associado com risco mais baixo, enquanto a solidão tem sido documentada como um fator de risco para adquirir a doença.

Fonte: Chopra, Deepak

Supercerébro: como expandir o poder transformador da sua mente/Deepak Chopra, Rudolph E. Tanzi; tradução de Bianca Albert,                   Eliana Rocha, Rosane Albert. – São Paulo: Alaúde Editorial, 2013.

Continuar lendo ARTIGOS: A CIÊNCIA CONFIRMA QUE ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL, EXERCÍCIOS FÍSICOS E MENTAIS PREVINEM O ALZHEIMER

DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: PRECE DO ÍNDIO AMERICANO, POR FALÇÃO AMARELO – CHEFE SIOUX

A nossa coluna DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL deste domingo trás uma oração, uma prece indígena, que revela toda a sabedoria espiritual do índio americano, que consegue enxergar lições e aprendizado em todas as coisas, em cada folha e em cada pedra. Convido você a ler esse texto maravilhoso, recheado de sabedoria!

Prece Navajo do Belo CaminhoAtualmente as pessoas começam a ter más notícias, a partir do momento que acordam ligando o r… | Tribo indigena, Índio americano, Navajo

PRECE DO ÍNDIO AMERICANO

“OH! GRANDE ESPÍRITO, cuja voz eu escuto nos ventos, e cuja respiração dá vida a todo o mundo – escute-me.
Eu estou perante você, um dos seus filhos. Eu sou pequeno e fraco. Eu preciso de sua Força e Sabedoria. Deixe-me caminhar em sua beleza e faça meus olhos observarem para sempre o pôr do sol vermelho e púrpura.
Faça minhas mãos respeitarem as coisas que você fez, meus ouvidos aguçados para escutar sua voz.
Faça-me sábio, para que eu possa conhecer as coisas que Você ensinou ao meu povo, as lições que Você escondeu em cada folha e em cada rocha.
Eu busco a força não para ser superior a meus irmãos, mas para ser capaz de lutar com meu maior inimigo: “Eu mesmo”. Prepare-me para ir até Você, com as mãos limpas e olhos corretos, então, quando a vida desvanecer-se assim como o pôr-do-sol, meu espírito irá até Você sem nenhuma mancha.
Deixe sua voz sussurrar em nossos ouvidos através do vento oeste no final do dia. Deixe-nos ser confortados com amor por nossos irmãos e irmãs sem nenhuma guerra.
Deixe-nos preservar boa saúde mentalmente e fisicamente para solucionar nossos problemas e realizar algo para as futuras gerações. Deixe-nos ser sinceros com nós mesmos e nossa juventude e fazer do mundo um lugar melhor para viver.”
Prece do índio americano.
Falcão Amarelo – Chefe Sioux
Fonte: Pensador
Continuar lendo DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: PRECE DO ÍNDIO AMERICANO, POR FALÇÃO AMARELO – CHEFE SIOUX

REFLEXÃO: UMA CURTA HISTÓRIA SOBRE A CORRIDA DA VIDA, POR CAMILA ZEN

A história de hoje, aqui na coluna REFLEXÃO, contada pela incrível Camila Zen é sobre a corrida da vida e foi inspirada numa antiga palavra africana “Ubuntu”, que apresenta significados humanísticos como solidariedade, a cooperação, o respeito, o acolhimento, a generosidade, entre muitas outras ações que realizamos em sintonia com a nossa alma (com o nosso ser interno), buscando o nosso bem-estar e o de todos à nossa volta. Então lhe convido a assistir ao vídeo completo a seguir, refletir e fazer o seu juízo de valor!

Fonte:

Continuar lendo REFLEXÃO: UMA CURTA HISTÓRIA SOBRE A CORRIDA DA VIDA, POR CAMILA ZEN

DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: BUSCAR O EQUILÍBRIO ENTRE O SER E O TER É CONDIÇÃO SINEQUANON PARA A EVOLUÇÃO ESPIRITUAL

Nesse mundo tão materialista e efêmero é imperativo darmos atenção ao nosso DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL, já que dessa vida nada levamos quando partimos para uma nova jornada, a não ser o nosso espírito, a nossa essência, a nossa consciência e só conseguimos caminhar rumo a uma dimensão mais evoluída se conseguirmos o equilíbrio entre o ser e o ter. Por isso lhe convido a ler o texto de sabedoria a seguir para que possa expandir sua consciência rumo a essa evolução!

Ser ou Ter? Este é um grande Dilema para muitos » Benito Pepe

O equilíbrio entre o ser e o ter

Vivemos em um mundo que valoriza extremamente os bens materiais. Em sua maioria, as pessoas valorizam ou não o próximo, a partir do que o outro possui e aparenta, e não pela essência de seu ser.

Em um mundo dominado por nações materialistas e ainda sem ter alcançado suficiente desenvolvimento espiritual, grande parte das pessoas dedica sua vida a acumular dinheiro e bens materiais.

Desde cedo as crianças se acostumam a ter o que querem. E passam a valorizar seus amigos por suas aparências.

O que ocorre é que, sem reservas morais suficientes, muitos se tornam verdadeiros escravos da posse material e, muitas vezes, escravizam outros para atingir seus objetivos.

Sem dúvida que as posses materiais são uma conquista sócioeconômica do ser humano, ao longo de suas inúmeras jornadas na Terra.

O desenvolvimento material das sociedades é importante, pois gera melhorias na qualidade de vida, incentiva o desenvolvimento da indústria, do comércio, das ciências, das artes.

Todas essas conquistas permitem à Humanidade superar obstáculos de sobrevivência básica e, com isso, a possibilidade de desenvolver seu lado espiritual e moral.

A conquista do ter é dever de todos. A família depende dos recursos materiais para seu desenvolvimento, bem como a sociedade.

A conquista do ter, contudo, jamais deve ser mais importante que a do ser, que é a conquista dos valores morais e leva o indivíduo a elevar-se como Espírito.

O risco da posse ou da aquisição da propriedade não está no fato em si, mas da maneira como isto se dá e no que representa emocionalmente.

A aquisição de bens materiais não deve ter como base a avareza, e como objetivo a conquista de posição social passível de inveja ou de submissão de outrem.

A conquista material deve ser resultado do trabalho digno e constante, frequentemente oriundo de uma profissão baseada em estudo e preparo.

A conquista material deve prover conforto e equilíbrio àqueles que a possuem, mas jamais levar ao desequilíbrio das posses supérfluas e do modo de vida de ostentação e prazeres intermináveis.

Quem acumula bens materiais em quantidade superior àquela necessária à sua dignidade bem como de sua família, tem uma obrigação moral: dividir seus bens de uma maneira inteligente e sensata.

Obviamente que a doação àqueles que necessitam é necessária e nobre, mas a verdadeira divisão é baseada na geração de empregos e desenvolvimento.

Para ter tal lucidez é preciso que o indivíduo já tenha maior evolução espiritual a fim de que possa perceber que de nada serve uma fortuna acumulada em instituições financeiras e transformada apenas em bens de uso próprio.

É preciso ter equilíbrio, é preciso pensar no próximo, é preciso ser mais do que ter.

A felicidade, na Terra, independe do que se tem, mas se constitui naquilo que o ser cultiva interiormente em termos de amor sincero, ilimitado e em simplicidade.

Redação do Momento Espírita com base no cap. Propriedade, do livro Jesus e o Evangelho à luz da psicologia profunda, pelo Espírito Joanna de Ângelis, psicografia de Divaldo Pereira Franco,ed. Leal

Fonte: Momento de Reflexão

Continuar lendo DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: BUSCAR O EQUILÍBRIO ENTRE O SER E O TER É CONDIÇÃO SINEQUANON PARA A EVOLUÇÃO ESPIRITUAL

DICA DE LIVRO: O SENTIMENTO É O SEGREDO DE NEVILLE GODDARD

A nossa DICA DE LIVRO desta quarta-feira é O Sentimento é o Segredo, de Neville Goddard. Este livro é a arte de realizar o seu desejo. Ele dá conta do mecanismo utilizado no mundo visível. É um livro pequeno, mas não superficial. Há um tesouro nele. Um caminho claro e definitivo para fazer seus sonhos virar realidade. Se fosse possível levar convencimento a outrem por meio de argumentos fundamentados e exemplos detalhados, este livro seria muitas vezes o seu tamanho. Portanto é um livro que você não pode deixar de ler depois que toma conhecimento da sua existência, sob pena de perder a oportunidade de dar um salto quântico na sua evolução!

Imagem: Amazon

Continuar lendo DICA DE LIVRO: O SENTIMENTO É O SEGREDO DE NEVILLE GODDARD

DESENVOLVIMENTO PESSOAL: SEJA UMA PESSOAL PRODUTIVA, NÃO APENAS ACUMULE FERRAMENTAS DE PRODUTIVIDADE

No vídeo de hoje, aqui na coluna DESENVOLVIMENTO PESSOAL, Albano do Seja Uma Pessoa Melhor, vai lhe apresentar as 5 áreas e técnicas para que você seja uma pessoa produtiva, alinhando seus pensamentos e ações ao seu AUTOCONHECIMENTO, através da ação e não apenas acumulando ferramentas de produtividade. Assista ao vídeo, reflita e faça o seu juízo de valor!

Fonte:

Continuar lendo DESENVOLVIMENTO PESSOAL: SEJA UMA PESSOAL PRODUTIVA, NÃO APENAS ACUMULE FERRAMENTAS DE PRODUTIVIDADE

REFLEXÃO: OBSERVA E CONTEMPLAR PARA APRENDER E CONHECER

O texto da nossa coluna REFLEXÃO desta terça-feira é sobre observação e contemplação. Ele nos ensina que quanto mais observamos algo mais aprendemos, quanto mais contemplamos algo mais serenos e despertos nós ficamos. O texto, em forma de conto, trás uma grande lição que está implícita e se você observar e/ou contemplar vai enxergar. Então, leia, observe, contemple e  o seu juízo de valor!

A importância de aprender a observar - Startupi

Observando aprendemos

Cheng era o discípulo de um sábio monge de nome Ling.

Um dia, quando Cheng acreditava estar pronto para assumir a condição de liderar seu povo, foi conversar com seu mestre, o qual lhe disse: “observe este rio, qual a importância dele?”.

Eles se encontravam no alto de uma montanha.

Cheng observou o rio, o seu vale, a vila, a floresta, os animais e respondeu: “este rio é a fonte do sustento de nossa aldeia. Ele nos dá a água que bebemos, os frutos das árvores, a colheita da plantação, o transporte de mercadorias, os animais que estão ao nosso redor e muito mais. Nossos antepassados construíram estas casas aqui, justamente por causa dele. Nosso futuro também depende deste rio.”

O monge Ling colocou a mão na cabeça do discípulo e pediu-lhe que continuasse a observar.

Os meses se passaram e o mestre procurou Cheng.

“Observe este rio, qual a importância dele?” – repetiu a pergunta ao discípulo.

“Este rio é fonte de inspiração para nosso povo. Veja sua nascente: ela é pequena e modesta, mas com o curso do rio, a correnteza torna-se forte e poderosa. Este rio nasce e tem um objetivo: chegar ao oceano, mas para lá chegar terá de passar por muitos lugares e por muitas mudanças. Terá de receber afluentes, contornar obstáculos.

Como o rio, temos de aprender a fluir. O formato do rio é definido pelas suas margens, assim como nossas vidas são influenciadas pelas pessoas com as quais convivemos. O rio sem as suas margens não é nada. Sem nossos amigos e familiares também não somos nada. O rio nos ensina, ainda, que uma curva pode ser a solução de um problema, porque logo depois dela podemos encontrar um vale que desconhecíamos. O rio tem suas cachoeiras, suas turbulências, mas continua sempre em frente porque tem um objetivo. Ensina-nos que uma mudança imprevista pode ser uma oportunidade de crescimento. Veja no fim do vale: o rio recebe um novo afluente e, assim, torna-se mais forte.”

O monge Ling colocou a mão na cabeça do discípulo e pediu-lhe que continuasse a observar.

Os meses se passaram e novamente o mestre perguntou: “observe este rio: qual a importância dele?”

“Mestre, vejo o rio em outra dimensão. Vejo o ciclo das águas. Esta água que está indo já virou nuvem, chuva e penetrou na terra diversas vezes. Ora há a seca, ora a enchente. O rio nos mostra que se aprendermos a perceber esses ciclos, o que chamamos de mudança será apenas considerada como continuidade de um ciclo.”

O mestre colocou a mão na cabeça do discípulo e pediu-lhe que continuasse a observar.

Os meses se passaram e o mestre voltou a perguntar a Cheng:

“Observe este rio, qual a importância dele?”

“Mestre, este rio me mostrou que cada vez que eu o observo, aprendo algo de novo.

É observando que aprendemos.

Não aprendo quando as pessoas me dizem algo, mas sim quando as coisas fazem sentido para mim.”

O mestre sorriu e disse-lhe com serenidade: “como é difícil aprender a aprender.

Vá e siga seu caminho, meu filho.”

Pense nisso!

Tantas palavras sábias já nos foram ditas.

Tantos ensinos maravilhosos o Mestre Nazareno nos deixou.

Mas, quanto disso realmente passou a integrar nossa consciência, alterando nossas atitudes perante a vida?

Pense nisso, mas pense agora.

Equipe de Redação do Momento Espírita, com base no livro As mais belas parábolas de todos os tempos, vol. I, pp. 24-26, Editora leitura, 7ª edição, organizado por Alexandre Rangel

Continuar lendo REFLEXÃO: OBSERVA E CONTEMPLAR PARA APRENDER E CONHECER

ARTIGOS: ESPERAR, ACREDITAR E SABER A RESPOSTA. TUDO NA VIDA PASSA POR ESSAS TRÊS FASES!

A esperança, a virtude menor, mas a mais forte - Vatican News

A vida é bela! Tantos pensadores, filósofos e estudiosos já pronunciaram essa frase, não é mesmo? A frase é a mesma na boca de muita gente, mas o motivo ou causa pela qual alguém mencionou essa frase é que é bastante diversa para cada pessoa. No meu caso, aqui neste artigo da coluna ARTIGOS, desta terça-feira, foi a percepção de algo que só vim a enxergar depois de 56 anos de vida. É que o ser humano, seja ele quem for, experimenta três fase em todas as experiências por que passa na vida. São elas: ESPERAR – ACREDITAR – SABER A RESPOSTA. Então a beleza da vida é o aprendizado diário!

Por exemplo: quando Alguém conhece outro alguém por quem se sente atraído, primeiro ele imagina ou ESPERA que aquela pessoa seja de tal forma. Ao se relacionar com essa pessoa passa a ACREDITAR que pode dar certo. Com a experiência e o conhecimento do caráter dessa pessoa o relacionamento pode se tornar sólido ou não. É quando esse Alguém já SABE A RESPOSTA.

Portanto o caminho começa com a ESPERA no sentido de ESPERANÇA, fortalece-se com a FÉ no sentido de ACREDITAR e se trona sólido com o conhecimento e o SABER. Essa sequência é a mesma para todo e qualquer tipo de experiência do ser humano.

Com o caminhar a ESPERANÇA se transforma em CONFIANÇA. Não no outro, mas em si mesmo, através do conhecimento e do SABER. Desta forma, esse Alguém SABERÁ se o outro merece a sua CONFIANÇA ou não.

Wagner Braga

Continuar lendo ARTIGOS: ESPERAR, ACREDITAR E SABER A RESPOSTA. TUDO NA VIDA PASSA POR ESSAS TRÊS FASES!

DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: O EMPODERAMENTO ESPIRITUAL SE DÁ QUANDO COMEÇAMOS A ENXERGAR ALÉM DOS 5 SENTIDOS

O texto deste domingo, aqui na coluna DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL aborda as limitações da 3ª dimensão a qual estamos inseridos  enfatizando que o medo e a separação sempre estarão presentes neste nível evolutivo porque a energia da terceira dimensão consiste na crença em dois poderes que sempre se expressarão como dualidade e separação. Aqueles que conseguem ler e compreender um texto como esse não estão mais totalmente na consciência tridimensional e isso se chama “empoderamento espiritual”. Ao ler esse magnífico texto a seguir você irá entender o que isto significa!

Caros leitores, nós, juntamente com muitos das dimensões superiores, estamos trabalhando para assistir, lembrar e ajudar as pessoas da Terra a compreender que algo profundo está acontecendo que excede em muito as aparências e a compreensão da maioria.

O medo e a separação sempre estarão presentes na terceira dimensão, independentemente de quantas “guerras contra” algo ocorram, porque a energia da terceira dimensão consiste na crença em dois poderes que sempre se expressarão como dualidade e separação. Lembrem-se, a consciência é a substância da forma porque a consciência é tudo o que existe.

Pessoal e globalmente, a mente atrai automaticamente da consciência para formar o material. A mente é matéria. Com o tempo, os mestres ensinaram que o mundo é uma ilusão, mas isso não foi entendido corretamente pela maioria. O mundo não é ilusão, é uma expressão espiritual perfeita da Fonte. É a falsa sensação hipnotizada do universo espiritual que constitui a ilusão.

Vocês superaram a vida tridimensional. Vocês não estariam lendo ou mesmo compreendendo essas mensagens se ainda estivessem totalmente na consciência tridimensional. Isso pode tornar difícil estar perto da família, amigos, empregadores e os chamados especialistas que estão totalmente envolvidos na energia da terceira dimensão. Haverá momentos em que vocês devem “jogar o jogo”, mas ao manter silenciosamente a verdade em cada situação, vocês trarão Luz a ela.

Ao longo de muitas e muitas existências, todos experimentaram medo, perda, tortura e, ocasionalmente, felicidade. Vocês experimentaram pobreza e riqueza, doença e saúde, mataram e foram mortos. Vocês foram tanto um pacificador quanto um guerreiro. Vocês foram ensinados que eram melhores e mais valiosos do que os outros e agiram de acordo, mas depois voltaram a experimentar vidas em que eram considerados e tratados como inúteis.

As religiões ensinaram e continuam a ensinar que todos nascem contaminados pelo pecado até serem “salvos” por meio de certas ações, palavras ou cerimônias tridimensionais.

Muitas e variadas experiências constituem a jornada de cada um para a realização. Mesmo as menores experiências de vida expandem a percepção e tornam-se o estado de consciência da pessoa. Cada um está em seu próprio lugar ao longo da jornada em direção à realização, então as experiências negativas que vocês podem querer remover de outra pessoa podem muito bem ser as mesmas experiências de que a pessoa precisa e escolheu antes de nascer para o seu crescimento espiritual.

Isso nunca significa ignorar o sofrimento enquanto grita “É apenas uma ilusão”. Em vez disso, significa que vocês fazem o que são intuitivamente orientados a fazer, enquanto mantêm em mente que há algo mais do que as aparências externas indicariam estar ocorrendo. Sempre permitam que sua intuição os orientem nessas questões porque, para alguns, a experiência do fracasso total pode ser parte integrante do plano de sua alma. Sempre respeitem o livre arbítrio dos outros, mesmo quando vocês podem facilmente ver um caminho melhor.

Vocês estão preparados para irem além das velhas formas tridimensionais de aprendizado e não precisam mais de experiências de dor e sofrimento para aprenderem o que estão prontos para aprender. No entanto, velhas experiências dolorosas do passado frequentemente formam bolsões de energia densa que são carregados com vocês por longos períodos de tempo. Vocês pagaram suas dívidas, aprenderam, evoluíram e estão prontos para passarem para a fase do emponderamento espiritual, se quiserem, mas para a maioria, isso inclui um período de liberação e limpeza de bolsões remanescentes de velha energia.

O empoderamento espiritual traz uma sensação de liberdade não experimentada quando se vive como um ser humano tridimensional. É a capacidade de aceitar ou rejeitar sem medo, novos fatos, crenças sociais de certo e errado, doutrina religiosa, etc. junto com as centenas de outros conceitos considerados verdadeiros que foram impostos à humanidade. É se libertar de ações que surgem unicamente de obrigação, culpa ou porque os outros consideram seu “dever”.

Liberdade é abrir mão de conceitos que atribuem certos empregos, características e “deveres” a um gênero ou outro. É saber que está tudo bem escolher quem amar ou ter em parceria e parar de guerrear com as pessoas simplesmente porque suas crenças podem ser diferentes. É a liberdade de escolher sua vida, crenças e ações através da compreensão de que vocês não são um ser humano impotente que deve agradar a algum velho no céu.

A liberdade espiritual não é licença para fazer o que quer que se tenha vontade de fazer às custas do outro, mas, ao contrário, permite que a pessoa execute ações fortalecidas no amor.

Vocês fizeram o trabalho e estão preparados para aceitarem totalmente que existe apenas UM e, portanto, porque não há nada mais, vocês só podem ser esse UM. Chega de dançar em torno da verdade, continuando com aulas, rituais e cerimônias destinadas a chamar a atenção de um Deus separado de vocês.

A maioria de vocês fez essas coisas e foram uma faceta importante e necessária de suas jornadas. Elas ajudaram vocês a evoluirem para onde vocês estão agora, mas vocês não precisam mais das ferramentas metafísicas. Vocês alcançaram o lugar onde vocês sabem que VOCÊS JÁ SÃO aquilo que estavam procurando por meio delas e até que possam realmente aceitar isso, vocês permanecem na energia da dualidade e da separação.

Há muito ainda por vir, queridos. Estes são os tempos de mudanças tremendas que vocês esperavam, oravam e ansiavam, embora possa não parecer assim ou ser o que vocês esperavam. A crescente presença e integração de alta energia ressonante está afetando os corpos físico, emocional, mental e espiritual de todos – tanto aqueles que entendem o que está acontecendo quanto aqueles que não entendem.

As pessoas estão experimentando dores físicas que freqüentemente vêm e vão. Para muitos, emoções profundas e dolorosas estão surgindo aparentemente do nada. Mentalmente, o mundo inteiro está começando a examinar e avaliar os sistemas de crenças pessoais e globais que parecem não estar mais funcionando.

Porque a presença crescente de energia de alta frequência na Terra está expondo energias densas que permaneceram ocultas e adormecidas por existências, alguns dos que vivem plenamente na energia tridimensional estão agindo com violência e tendo ações negativas. Isso ocorre porque, essas energias há muito enterradas, negadas ou mantidas sob controle, podem se alinhar facilmente com os que possuem esse estado de consciência. Eles nem sempre estão cientes do impacto de suas ações porque as energias mais densas parecem novas e válidas para eles.

A maioria das pessoas é incapaz de ver seus guias, seres de dimensões superiores ou amigos e parentes falecidos porque a energia de ressonância superior das dimensões superiores é invisível para a maioria dos olhos físicos. Alguns carregaram a habilidade de ver a energia dimensional mais elevada com eles nesta vida, mas psíquico nem sempre significa espiritual. Estejam alertos para o que aceitam como verdade só porque alguém que tem dons psíquicos o diz. Sempre confiem em sua intuição.

Vocês começam a se alinhar com as energias dimensionais superiores à medida que sua energia pessoal se torna mais elevada e mais leve por meio do crescimento espiritual. A meditação torna-se um modo de vida comovente, em vez de uma parte separada do dia, e vocês podem se descobrir cada vez mais buscando a quietude e a solidão em vez das atividades barulhentas de que antes gostavam.

Permitam que o processo se desenvolva sem intervenção pessoal na crença de que vocês devem pessoalmente (ego) gerenciar e controlar tudo para que estejam certos de acordo com algum conceito de espiritualidade. A jornada e as experiências de cada pessoa são diferentes. Comecem a aceitar verdadeiramente que vocês são Seres Divinos na Terra, e que estão aqui, para trazer e manter a Luz da transformação para um mundo que está quase inconsciente de que está em processo de mudança para um nível de energia dimensional superior.

Sejam pacientes e confiem que tudo está ocorrendo de acordo com o plano, sabendo que as coisas simplesmente não podem mudar em um minuto. A realidade da perfeição Divina está e sempre esteve totalmente presente, mas a maioria coletiva deve atingir um certo nível de consciência antes que possa ser entendida ou experimentada. Em sua maior parte, a consciência coletiva ainda está adormecida, mas a cada dia mais desperta e começa a entender que algo está acontecendo diferente do que as notícias estão relatando.

A maioria das fontes de notícias acredita no que está relatando porque é o que lhes foi dito para relatar. Tornem-se intuitivamente seletivos quanto ao que vocês aceitam na consciência como verdade. Sua capacidade de fazer isso é o motivo pelo qual vocês foram um dos escolhidos para estarem na Terra neste momento. Nem todo mundo que queria vir tinha permissão para vir. Sua força e dons espirituais eram considerações sobre quem estaria na Terra durante esses tempos.

Os tempos atuais não são sobre vírus, política ou regras e tradições obsoletas. Essas coisas são simplesmente facetas do processo de um planeta tridimensional mudando para uma dimensão mais elevada por meio da evolução espiritual coletiva da humanidade.

Não tentem manter o que é antigo e concluído, pessoal ou globalmente, independentemente de quão agradável possa ter sido. Deixar de lado as partes de sua vida que acabaram não significa necessariamente “tomar uma posição” em relação aos amigos e à família. Em vez disso, simplesmente permita que seja a vivência silenciosa e secreta de seu maior senso de verdade enquanto vocês passam o dia fazendo coisas aparentemente comuns.

Ninguém precisa saber o que está acontecendo dentro de vocês, isso é entre vocês e seus Eus Superiores. Aqueles que são receptivos podem sentir sua energia e ser atraídos para vocês em busca do que vocês conhecem ou possuem. Estranhos podem começar a fazer perguntas ou buscar sua orientação e é aí que o discernimento espiritual se torna muito importante.

Sempre sirva aqueles (estranhos ou amigos) que vêm até vocês em busca de conselhos de um nível de compaixão e não de simpatia. Simpatia (“Coitado de você, eu sinto sua dor.”) Fará com que vocês se alinhem com a energia da outra pessoa, enquanto na compaixão vocês permanecerão fortalecidos em sua própria energia. O alinhamento com uma energia mais densa que a sua o deixará exausto e confuso. Isso é especialmente importante para aqueles que trabalham nas áreas de orientação.

Saibam que, em vez de a vida ficar mais fácil, ela pode se tornar mais difícil depois de fazerem a escolha de abraçar e viver a verdade. Isso ocorre porque, ao escolher evoluir, vocês dão permissão para a abertura das portas internas que vocês, ignorantemente, construiram para si mesmos ao longo de suas vidas. Essas portas têm funcionado como bloqueios para a consciência espiritual e devem ser removidas. Abri-las permite a liberação de tudo o que está atrás delas – tudo o que é antigo, acabado e precisa de limpeza.

A vida comum para uma pessoa já desperta e consciente pode desmoronar completamente física, emocional, mental e espiritualmente. Freqüentemente, chegam a um ponto em que simplesmente desejam voltar para onde não tinham conhecimento da verdade e onde a vida parecia muito mais simples e fácil. No entanto, uma vez que a porta que bloqueia alguma faceta da consciência que uma pessoa está pronta para entender é aberta, ela não fecha.

Tentem lembrar que se a luta e o fracasso aparecem aparentemente do nada quando vocês pensavam que sua jornada espiritual estava fluindo bem, na verdade representa uma graduação, um afastamento, a eliminação de falsas crenças que agora se manifestam exteriormente e das quais de outra forma não se dariam conta.

Uma pessoa nunca pode retornar ao seu antigo estado de consciência porque a Consciência Divina é a realidade, tudo o que existe e, portanto, qualquer pequena fenda através da qual ela possa se expressar permanecerá. A sombra não pode se refazer na presença da luz.

A evolução espiritual é a jornada de abrir totalmente todas as portas e janelas, removendo todas as barreiras e levantando todos os escudos de autoproteção já criados para parar a dor, mas que na realidade serviam apenas para se esconder de si mesmos.

Permitam que a realidade de quem e o que vocês são brilhe mais uma vez em toda a sua glória e expressão.

Nós somos o Grupo Arcturiano.

Canal: Marilyn Rafaelle 
Fonte: http://www.onenessofall.com/
Tradução: Sementes das Estrelas / Flávia Grimaldi

Fonte: Portal Arcoiris

Continuar lendo DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: O EMPODERAMENTO ESPIRITUAL SE DÁ QUANDO COMEÇAMOS A ENXERGAR ALÉM DOS 5 SENTIDOS

DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: SEPARAR O JOIO DO TRIGO, INTELIGENTES DE IDIOTAS É A MISSÃO DO BICHINHO QUE VEIO ASSOLAR A POPULAÇÃO

A principio você pode achar o texto a seguir lúdico, sem sentido ou até mesmo infantil, mas quando evoluímos na leitura percebemos a linguagem metafórica de grande profundidade. De alguém com uma consciência superior analisou a conjectura atual das sociedades ocidentais e orientais, todas no mesmo barco em meio a uma pandemia global e sabedor de que nada acontece por acaso, percebeu que esse vírus tem uma missão que nos remete, também metaforicamente falando ao dia do juízo final relatado nos livros sagrados. O dia em que o joio será separado do trigo. É quando conheceremos quem é quem, conheceremos a verdade para a nossa libertação final. É  a que se refere o autor quando fala sobre separar INTELIGENTES de IDIOTAS. Então passamos por uma evolução espiritual!

O Dragāo e a Espada – Inteligentes e idiotas

Close em rosto de homem branco com expressão serena.
Emile Guillemot / 123rf

Conversa com Sr. Exu Pinga-Fogo

Estava eu no final do ano em exercício mediúnico, batendo papo (literalmente) com Sr. Exu Pinga-Fogo por meio da psicofonia de uma médium incorporada, ou melhor, ele incorporado nela.

Ele me diz:

– Vamos conversar? (Tipo papo de bar). Pergunte-me o que você quiser. Se puder, lhe responderei.

Perguntei a ele, então, qual seria a perspectiva deste próximo ano de 2021 e se ele poderia dar uma prévia. E ele me respondeu:

  • VAI DAR MERDA! – amo a linguagem simples e direta do Exus.

Logo retruquei:

– Como assim? Mas que desanimador…

Ele me responde:

– Não necessariamente, e vou lhe dar meu ponto de vista. Sabe qual a função do bichinho que veio assolar a população?

E, diante de minha negativa, ele respondeu:

– Separar os INTELIGENTES dos IDIOTAS.

Mulher branca com cabelo curto e ruivo olhando para o lado.

Priscilla Du Preez / Unsplash

Mais uma vez, fiquei chocado, mas rindo da resposta. Pedi então que me explicasse melhor. Ele diz então:

– Cada problemática da vida pode ser encarada como DESAFIO e não como problema. E se encarada como desafio, pode ser instrumento pra exercitar a inteligência e a parte cognitiva/emocional do indivíduo. Idiotas reclamam ou se paralisam diante dos problemas. Inteligentes exercitam a massa encefálica e buscam soluções. Olhem para o bichinho e para os desafios que virão como oportunidades de exercer a inteligência, criatividade e desenvoltura.

Complementa ele:

– Você tem 2 braços, 2 pernas e a média de neurônios igual à maioria da população (quase que totalidade). Então todos têm capacidade, independentemente da cor, gênero, raça, classe social… essa é a beleza Divina, todos são capacitados para…

Ele exemplifica, então, de forma lúdica (amo a capacidade de sintetizar fatos e traduzir para uma linguagem simples que os Exus têm):

– Uns dias atrás, um rapaz veio em um portal (Terreiro) pedir ajuda pra arrumar um emprego. E disse eu: “Claro, vou te ajudar”. Então perguntei ao moço: “Que horas você acorda todo dia?”. E ele respondeu: “Às 10 horas da manhã”. E perguntei: “Quantos currículos você enviou ou envia por dia?”. O moço respondeu: “Nenhum”.

Sr. Pinga-Fogo diz, então, para mim:

– Tá vendo? Este é um exemplo de idiota. Inteligentes acordariam cedo e mandariam currículos para arrumar emprego. Até dá pra ajudar nesses casos, quando a energia do indivíduo está de acordo com a intenção e atitude. Aí, nós, do lado de cá, podemos usar esta energia a favor do mesmo e ligar alguns pontos. Do contrário, nada poderá ser feito.

Pois bem!

Você, este ano, será um idiota ou pretende ser inteligente?

Fabio Nasa
Escrito por Fabio Nasa

Fonte: Eu Sem Fronteiras

Continuar lendo DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: SEPARAR O JOIO DO TRIGO, INTELIGENTES DE IDIOTAS É A MISSÃO DO BICHINHO QUE VEIO ASSOLAR A POPULAÇÃO

DESENVOLVIMENTO PESSOAL: CUIDANDO DA ALMA, O QUE É NASCER?, EPISÓDIO 01 – POR ROSSANDRO KLINJEY

Terça-feira é dia de DESENVOLVIMENTO PESSOAL e a partir de hoje vamos publicar aqui a série do renomado Rossandro Klinjey “CUIDANDO DA ALMA”, onde o primeiro episódio aborda o que é renascer, mas começando por “O que é nascer?”. Uma live que vai esclarecer pontos importantes no comportamento humano que, muitas vezes, não conseguimos compreender. Portanto, convido você a assistir, refletir e fazer seu juízo de valor!

Fonte:

Continuar lendo DESENVOLVIMENTO PESSOAL: CUIDANDO DA ALMA, O QUE É NASCER?, EPISÓDIO 01 – POR ROSSANDRO KLINJEY

REFLEXÃO: PARAR DE PENSAR! COMO CONSEGUIR ISSO?

O brilhante texto do gênio chamado Eckart tolle com o título Parar de pensar é o seu instrumento de REFLEXÃO nesta terça-feira, aqui na coluna. Quando falamos em parar de pensar sempre nos remetemos a meditação. Algo que a maioria das pessoas tem a capacidade, mas não têm interesse. Talvez porque ache que é pura perda de tempo, que tem mais o que fazer ou que é coisa de pirado. Então a vida passa e a pessoa só viveu a superficialidade dela. Por isso lhe convido a ler esse texto de grande profundidade, refletir e fazer o seu juízo de valor!

Parar de Pensar

 em

“O maior obstáculo à experimentação da realidade da ligação da pessoa é a sua identificação com a mente, que faz com que o pensamento se torne compulsivo. Não ser capaz de parar de pensar é um padecimento terrível, porém não nos apercebemos deste fato porque quase toda a gente sofre dessa mesma maleita, sendo por isso considerado normal. Este ruído mental incessante impede a pessoa de encontrar esse reino de calma interior que é inseparável do Ser. Gera ainda um eu falso engendrado pela mente que lança uma sombra de medo e sofrimento.

A identificação do leitor com a sua mente cria uma divisória opaca de conceitos, rótulos, imagens, palavras, juízos e definições, que bloqueia todo o relacionamento verdadeiro. Interpõe-se entre o próprio leitor, entre o leitor e o próximo, entre o leitor e a sua natureza, entre o leitor e Deus. É esta divisória de pensamento que gera a ilusão de afastamento, a ilusão de que há o leitor e um «outro» completamente distinto. Nessa altura, o leitor esquece o facto essencial de que, sob o nível da aparência física e das formas separadas, o leitor é uno com tudo o que existe.

A mente é um instrumento maravilhoso se usado adequadamente. No entanto, quando utilizada de forma errada, torna-se muito destrutiva. Para ser mais preciso, não se trata tanto de usar a mente de maneira errada: em geral, nem sequer a utiliza. Ela é que o usa a si. É esta a doença. A pessoa acredita que é a sua mente. É esse o engano. O instrumento apoderou-se de si.
É quase como se estivesse possuído sem saber que o estava e, por esse motivo, tomasse a possessão como sendo você mesmo.

O início da liberdade é a sua percepção de que não é a entidade que possui – o pensador. Sabê-lo permite-lhe observar a entidade. Na altura em que se começar a observar o pensador, desperta um nível superior de consciência.
Nesse momento, perceber-se de que existe um vasto mundo de inteligência para além do pensamento, que este é apenas um aspecto ínfimo dessa inteligência. Apercebe-se ainda de que todas as coisas que realmente importam (a beleza, o amor, a criatividade, a alegria, a paz interior) nascem além da mente.
(Eckhart Tolle)

Luz e Paz!

Fonte: Sabedoria Universal

Continuar lendo REFLEXÃO: PARAR DE PENSAR! COMO CONSEGUIR ISSO?

ARTIGOS: NÃO ESPERE NADA CAIR DO CÉU, APENAS FAÇA!

Frases sobre covardia. As pessoas covardes machucam os outros!

Preciso voltar a insistir com você que tudo é plenamente treinável nessa vida. Não existe tecnicamente nada impossível de se realizar na minha, na sua ou na vida de qualquer pessoa. As coisas se tornam impossíveis quando, antes mesmo de analisarmos a viabilidade desistimos por antecipação. Na verdade, quando isso ocorre é porque, ou você não quer sair da zona de conforto ou simplesmente tem medo, receio de fracassar. O primeiro obstáculo é mais fácil de transpor. Porque a zona de conforto é periférica, tanto quanto o seu senhor o “Ego”. E sendo periférica é facilmente identificável, mas requer determinação, disciplina e vontade para superá-la. Já o medo é mais difícil e complicado de ser superado, pois vem de dentro de nós, do nosso inconsciente pessoal e do inconsciente coletivo, do nosso Self. Lá onde povoam as nossas sombras, que muitas vezes precisa ser trabalhado, através de terapias. Mas existe uma forma de você vencer o medo sem tanta complexidade. Primeiro se conscientizar que o medo é como um ladrão que planeja adentrar em sua casa para lhe assaltar a mão armada. Naquele momento da ação ele está com muito mais medo do que você no momento do ataque e do susto. Ele está tremendo mais do que vara verde e é exatamente por isso que devemos nos comportar com tranquilidade e gesticular o mínimo possível e lentamente, para evitar  um ato de desatino por parte do bandido. O que quero dizer que nunca devemos demonstrar que estamos com medo, pois o medo é frouxo. Se você demonstra valentia ele foge rápido. Portanto, seja resiliente, não demonstre medo, por mais que esteja sentindo, mantenha a calma e a sobriedade, por pior que seja o momento. Nunca desista dos seus sonhos e do seu objetivo maior. Não espere a solução cair do céu, nem um milagre. Você é o único responsável pela sua realidade. Quando você se conscientiza disso a vida não fica mais difícil porque supostamente a sua responsabilidade aumenta muito. Pelo contrário, sua vida se torna bem mais tranquila e mais suave. Primeiro porque você fica mais forte, se sente mais forte e mais capaz. Segundo porque quanto mais você acredita nisso mais as coisas se materializam facilmente. Convido você a fazer o teste e verificar o que estou falando. Você não tem nada a perder, só a ganhar, porque esse é o jogo do ganha-ganha!

Wagner Braga

Continuar lendo ARTIGOS: NÃO ESPERE NADA CAIR DO CÉU, APENAS FAÇA!

DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: REINVENTAR O QUE SOU É EVOLUIR ESPIRITUALMENTE

Reinventando o que sou é o tema deste domingo aqui na coluna DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL. Como não podia deixar de ser. Anna Bheatriz Nunes, autora do excelente texto a seguir utiliza como pano de fundo a pandemia da Covid-19 para enfatizar que esta é mais do que nunca uma ótima oportunidade para nos reinventarmos, nos interiorizarmos, nos reciclarmos. Enfim, não só devemos, como também podemos aproveitar esse momento para dar um salto quântico em nossas vidas! 

Reinventando o que sou

Mulher com roupas de academia sentada no chão de uma casa meditando usando o laptop
citalliance / 123RF

Para muitas pessoas, acredito que a situação da pandemia tenha causado mudanças de hábitos, padrões no dia a dia e dentro de si mesmas. Diante do caos, é muito comum termos medo e querermos nos agarrar a algo para sentir segurança, seja num relacionamento ou num emprego. E quando, no entanto, esse caos demora mais do que o esperado? E quando o caos parece ser a nova realidade? É porque a entrega deve acontecer e dela nasce a reinvenção do que pensávamos ser.

Dentro da nossa vida, creio que acontecem pequenas mortes e esses choques de realidade, muitas vezes encarados com pesar e tristeza, são finais de ciclos e, depois do fim, sempre há um início. É só depois da tempestade que novos dias podem surgir com mais brilho e cor. E durante o caos? Fomos acostumados a crer no fato de que o que está organizado é bonito e bom e o que está bagunçado é feio e ruim, porém existe, sim, beleza no caos, porque ele significa mudança e, enquanto estamos mudando, é sinal de que estamos vivos.

Mulher sentada no chão mexendo no notebook no meio da bagunça.

Andrea Piacquadio / Pexels

Há muito tempo, li uma passagem em um livro que me marcou profundamente. Uma pessoa reclamava que passava por muitos testes na vida e, então, outra respondia que isso era bom, pois significava que a vida considerava aquela pessoa passível de melhorar e pior seria se nenhum caos acontecesse. Isso significaria, então, que ela não tinha jeito e que pertenceria ao ferro velho das almas. Ler isso me fez olhar para os desafios da minha vida por uma nova ótica, pois antes de eu reclamar sobre as situações que não consigo mudar, posso pensar no que ela vai me trazer de lição. O caos nos dá o presente de aprender que nosso propósito é transformar o nosso mundo interior e, consequentemente, o exterior, além de nos dar a oportunidade de expandirmos o que somos.

Confiar no caos criativo é vivenciar a manifestação por meio da reinvenção do nosso ser, que antes queria buscar segurança em tudo ao redor, mas, durante o caos, aprende que a vida é um rascunho, e não um roteiro a ser seguido. É só quando a vida nos vira do avesso que podemos enxergar novas possibilidades que sempre habitaram em nosso interior.

Por já experienciarmos um desafio coletivamente, quer dizer que somos passíveis de sermos moldados pelo fogo da vida em vez de irmos para o ferro velho das almas. E isso é muito! Mudança é presente, é movimento. E movimento é o sinal de que estamos vivos! É como escreveu o poeta português Fernando Pessoa no seguinte verso de um poema do livro “Poesia Completa de Alberto Caeiro” (p. 103): “Ser real é a cousa mais nobre do mundo.”

Anna Bheatriz Nunes
Escrito por Anna Bheatriz Nunes

 

Fonte: Eu Sem Fronteiras

 

Continuar lendo DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: REINVENTAR O QUE SOU É EVOLUIR ESPIRITUALMENTE

Fim do conteúdo

Não há mais páginas para carregar

Fechar Menu
×

Carrinho