Blog do Saber, Cultura e Conhecimento!

AUTOCONHECIMENTO: SAIBA O QUE REALMENTE É CARMA, POR WAGNER BRAGA

No vídeo desta sexta-feira, aqui na coluna AUTOCONHECIMENTO, eu faço mais um questionamento. É muito comum utilizarmos o Carma como desculpa para as coisas. No vídeo de hoje, o questionamento que trago é relacionado ao tão falado Carma que, muitas vezes, é mencionado de forma errada. Quando você aceita algo como Carma, você está na zona de conforto, admitindo que nasceu para sofrer, penar e que isso é assim mesmo. Não, nada é tão ruim que não possa piorar ou melhorar, mas quem determina isso é você e não a vontade de Deus ou do destino. Então vamos assistir ao vídeo completo a seguir e desmistificar essa história de Carma!

Fonte:

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: SAIBA O QUE REALMENTE É CARMA, POR WAGNER BRAGA

AUTOCONHECIMENTO: UMA ANÁLISE DO SAGRADO MASCULINO DIANTE DAS FORÇAS DO YIN E YANG

Na nossa coluna AUTOCONHECIMENTO desta segunda-feira temos a oportunidade de analisar o importância do sagrado masculino sob a ótica das forças primordiais do Yin e do Yang.  Ao longo dos séculos o nosso feminino foi maculado, abafado pela cultura egóica do masculino e também machucado em sua expressão feminina. Por isso convido você para fazer essa leitura de extrema importância para a compreensão de como essas forças funcionam e como podemos equilibrá-las para o nosso próprio benefício.

Yin e Yang como forças primordiais

Homem branca sem camisa olhando para baixo.

Asap Rocky / Unsplash

A sabedoria oriental pode nos trazer compreensão de muitas situações pelas quais passamos. O desequilíbrio de nosso “yin” e “yang”, conceito trazido por um dos livros mais antigos do mundo, o I-Ching, é o que origina muitos dos conflitos pelos quais passamos atualmente. A falta de compreensão de nós mesmos desencadeia a falta de compreensão dos outros.

Nosso feminino foi maculado ao longo dos séculos, abafado pela cultura egóica do masculino, também machucado em sua expressão feminina.

Presenciamos assim um total desequilíbrio em nossa expressão de energia feminina e masculina.

Tanto a polaridade masculina quanto a feminina são necessárias para o equilíbrio universal, regem nossos relacionamentos, nossas interações com o mundo e com a sociedade.

Quando falamos em força feminina e masculina, não se trata de orientação sexual, mas sim de energias que norteiam nossa postura diante da vida. Há fases da vida em que estamos mais “yin” ou mais “yang”.

Nada no mundo é somente “yin” ou “yang”, assim como não é novidade que vivemos num mundo dual, no qual há o dia e a noite, e assim somos nós, seres humanos, precisando integrar em nós ambas as polaridades (tanto feminina quanto masculina) para firmar nossa conexão com nosso verdadeiro eu e entendermos nosso sistema de funcionamento para melhor aproveitarmos nosso desenvolvimento aqui nesse Planeta.

Devem ter notado que há mulheres em que o lado masculino se destaca mais do que o feminino, assim como há homens cuja sensibilidade se manifesta mais, originando assim preconceitos, rótulos e julgamentos. Ocorre, inclusive, de muitos adotarem determinadas posturas ou usarem máscaras como mecanismo de defesa para aquilo que consideram como fraqueza — ou até mesmo por medo de julgamento.

Homem branco de costas no pôr do Sol.

Tim Marshall / Unsplash

A polaridade feminina diz respeito ao nosso lado mais emocional, do pensamento criativo, de refletir antes de agir, da calma, da quietude da noite depois do dia, de maior predisposição para: ouvir, meditar e se conectar com a espiritualidade (sem ligação com religião – cabe observar, já que muitos ainda confundem), enfim, das sutilezas que a sensibilidade nos traz

Nosso lado masculino já nos traz mais o movimento de expansão, a robustez, o vigor de executar as ideias criativas do feminino, maior predisposição para falar.

Quanto ao dar e receber, a tendência da força feminina é acolher mais, ter maior receptividade. Isso explica por que pessoas mais conectadas ao feminino conseguem se entregar com maior facilidade ao autoconhecimento.

Há pessoas, em sua maioria homens, que têm uma tendência a se identificar mais facilmente com a mente, e a nossa mente pode ser traiçoeira, pois tem a mania de recorrer a informações apenas com o fim de preservar o ego, que é responsável por atitudes reativas demais, para encobrir medos e complexos. Silenciar a mente é mais difícil diante do embotoamento da nossa conexão com nosso SENTIR. Precisamos nos esvaziar e ir para “caixa do nada” de vez em quando, deslocando-nos para nossa quietude.

Ao longo dos séculos houve uma hipertrofia da intuição pela racionalização, e o que nos era natural desde tempos remotos passou a ser estranho para muitos.

Podemos refletir muito e nos faltar a vontade, a ação, daí nossas atitudes pairam mais no mundo das ideias.

Por outro viés, pode nos faltar reflexão e calma para tomarmos as atitudes com mais lucidez.

Tanto a reflexão quanto a ação são necessárias.

Ambas as forças, tanto masculina quanto feminina, se dão suporte, ambas se fortalecem e devemos buscar em nosso processo de autoconhecimento como coordená-las da melhor forma.

Alcançar o equilíbrio consciente é quando conseguimos compreender como essas forças atuam em nós, em quais questões podemos melhorar, para que ambas trabalhem juntas e saibamos conduzir nossa vida de uma forma mais consciente e equilibrada, afinal nós repercutimos tudo que acontece no mundo que habitamos.

Homem branco no meio de plantas usando óculos escuros.

Tim Marshall / Unsplash

É sonhar e, apesar disso, preservar a lucidez e a coerência.

É pensar, refletir e ter calma para saber como agir quando necessário.

É ser firme sem perder a leveza.

É ter consciência de que sensibilidade não é fraqueza, e sim algo divino que ainda pode ser desenvolvido.

É saber voar sem, contudo, tirar os pés do chão.

É equilibrar emoções com sensibilidade, mesmo com aquilo que a mente insiste em nos contar para nos desestabilizar, levados por impulso a atitudes inconscientes.

Escrito por Ana Paola Lamanna
Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: UMA ANÁLISE DO SAGRADO MASCULINO DIANTE DAS FORÇAS DO YIN E YANG

AUTOCONHECIMENTO: VOCÊ SABE QUAL É O SEU PROPÓSITO E SUA MISSÃO DE VIDA? POR WAGNER BRAGA

Cada ser humano tem sua missão no mundo. No vídeo de hoje, o questionamento que trago é relacionado ao propósito individual do ser humano. Algo que todos têm, porém alguns nascem com isso mais aflorado, já sabendo o que deve ser feito, enquanto outros, precisam seguir a intuição para descobrir. Dai a importância do AUTOCONHECIMENTO para desenvolver a percepção sensorial que todo ser humano tem e que é o caminho para descobrir o seu propósito individual, que muitas vezes ainda não despertou. Assista ao vídeo a seguir e saiba como descobrir a sua missão de vida!

Fonte:

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: VOCÊ SABE QUAL É O SEU PROPÓSITO E SUA MISSÃO DE VIDA? POR WAGNER BRAGA

AUTOCONHECIMENTO: EM BUSCA DO AMOR INCONDICIONAL

A grande missão, comum a todo ser humano, nessa trajetória terrestre é aprender a amar e como já foi dito, o amor incondicional, que é o amor maior. Por isso o texto a seguir, “Na exaltação do amor” é de suma importância para ajudar no entendimento e na compreensão dessa dádiva de Deus. Então convido você a ler o texto completo a seguir e expandir um pouco maia a consciência!

NA EXALTAÇÃO DO AMOR | Chico Xavier, diálogos e recordações ...

NA EXALTAÇÃO DO AMOR – por André Luiz

A folha ressequida que cai, anônima, do pedúnculo em que nasceu, é bem o símbolo do poder oculto de Deus na Natureza.

Poder que é força, vida e amor…

Quem a recolheu?

O Sol? Não. O Vento? Não. O Homem? Não.

A folha desceu por si mesma, segundo os ditames preestabelecidos pelas leis gerais do Universo, para o seio fecundante da Terra que a transforma em novo elemento no laboratório da incessante renovação.

Assim também se movem as criaturas e os destinos.

A folha cai… Os mundos caminham… O homem evolve…

Brilha o Sol, naturalmente, mantendo a Família planetária nos domínios da Casa Cósmica. Avança o Vento, sem esforço, nutrindo a euforia das plantas.

Em princípios de soberana espontaneidade, constrói o Homem a própria existência.

Saber não é tudo.

Só o amor consegue totalizar a glória da vida. Quem vive respira. Quem trabalha progride. Quem sabe percebe.

Quem ama respira, progride, percebe, compreende, serve e sublima, espalhando a felicidade.

Siga, pois, seu roteiro, louvando o bem, esquecendo o mal e edificando sem repouso.

Se o caminho é áspero e sombrio, prossiga com destemor.

Lembre-se que na vanguarda há mais amplo local para a sua esperança.

Busque ouvir a mensagem do amor, onde passe.

Estude amando.

Responda aos imperativos da evolução, amando onde esteja.

Atenda ao semelhante, amando com alegria.

Satisfará, em tudo, a você mesmo, amando sempre.

Na marcha ascendente para o Reino Divino, o Amor é a Estrada Real. As outras vias chamam-se experiências que a Eterna Sabedoria, ainda por amor, traçou à grande viagem das almas para que o espírito humano não se perca.

Antes de você, o amor já era.

Depois de você, o amor será.

Isso, porque o Amor é Deus em tudo.

Viva, assim, a vida, amando-a para entendê-la.

Viver e amar…

Amar e compreender…

Compreender e viver abundantemente…

Ângulos de uma verdade só – A Vida Eterna.

No entanto, viver sem amar é respirar sem trabalho digno; querer com exclusivismo entontecente é contemplar situações e circunstâncias com apriorismos que geram a enfermidade e a morte.

Se você sabe, portanto, o que é viver, por que não vive?

Só vive realmente quem ama.

Só ama efetivamente quem age para o bem de todos.

Só age, sem dúvida, para o bem de todos, quem compreende que o amor é a base da própria vida.

Fora dessa verdade, há também movimento e ação de sombra que tornará fatalmente à luz em ciclos determinados de choro, aprovação e martírio.

Nada novo, sempre a Lei, que funciona compassiva, mas inexorável, restituindo a cada sementeira a colheita certa.

Comande a embarcação de seu destino e não atribua a outrem os erros que as suas mãos venham a cometer.

De você mesmo depende a própria viagem.

Instrua a você, sem procurar encobrir, ante a própria consciência, as faltas que lhe arrojam a alma ao desencanto ou ao agravo das próprias necessidades do espírito.

Ainda que a noite lhe envolva o passo, alente, no imo do ser, o dia eterno da fé.

Não se confie ao sabor da invigilância, para que a invigilância não lhe arraste a existência ao sabor do sofrimento.

Antes de nós, o Universo era o Santuário da Glória Divina.

Lembremo-nos, pois, de que Deus nos criou para acrescentar-Lhe a grandeza.

Não Lhe diminuamos o esplendor, cultivando a treva…

Enganaremos a forma.

Jamais enganaremos a vida que palpita, triunfante, em nós mesmos.

Aprenda a buscar aquilo de que você carece no próprio aperfeiçoamento, antes que alguém lhe ensine a preço de aflição.

Busque o roteiro exato, antes que outros se lhe ofereçam, no dia de sua perturbação, para guias de sua dor.

Força é poder. Idéia é força.

Mas só o amor condiciona o poder para a vitória da luz.

Ame o caminho. Caminhe e vença.

Anote hoje os seus movimentos, no ritmo do trabalho e da oração, e o amanhã surgirá com brilho sempre novo.

Sorria para os lances mais difíceis da estrada e os panoramas próximos e remotos descerrar-se-ão sorrindo à sua alma.

Não pare senão para refazer o fôlego atormentado.

Mais além, é a estrada de destino.

Não escute o murmúrio das sombras senão para socorrer as vítimas do mal, a fim de que os gemidos enganadores do nevoeiro não lhe anestesiem o impulso de elevação.

A fraternidade ser-lhe-á anjo sentinela entre os pântanos da amargura.

Cante o poema da caridade, seja onde for, e as criaturas irmãs, ainda mesmo quando algemadas ao crime, responder-lhe-ão com estribilhos de amor.

Guarde compaixão e a paz ser-lhe-á doce prêmio.

Exemplifique a fé que lhe honra a inteligência e o mundo abençoar-lhe-á todas as palavras.

Amanheça todo dia no serviço que lhe compete e o dever retamente cumprido manterá você, invariavelmente, na manhã luminosa da vida. Antes de amparar a você, ampare aqueles que, desde muito, suspiram pela migalha de seu amparo.

Antes de nossa vontade, a vontade do Senhor.

Antes do bem para nós, o bem necessário aos outros.

Seja para você a justiça que observa e corrige e seja para o irmão de jornada a bondade que ajuda e absolve sempre.

Sobretudo, guarde a certeza de que o amor se emoldura na humildade que nunca fere.

Coloque você em último lugar e a vida encarregar-se-á de sua própria defesa em qualquer parte.

Ainda mesmo com sacrifício, sob chuvas de fel e gritos de calúnia, renda diariamente seu culto ao amor e o amor na própria vida brilhará em sua alma, convertendo-a em estrela para a Glória Sem-Fim.

– ANDRÉ LUIZ –

(Recebido espiritualmente por Waldo Vieira – Texto extraído do livro “O Espírito da Verdade”, cap. 78)

Fonte: IPPC
Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: EM BUSCA DO AMOR INCONDICIONAL

AUTOCONHECIMENTO: ESTAMOS TODOS COCRIANDO O TEMPO TODO NESSA GRANDE TEIA

O texto desta segunda-feira, aqui na coluna AUTOCONHECIMENTO vem nos fazer refletir sobre a nossa situação de cocriadores nesse universo cósmico, onde tudo está interligado e acontecendo ao mesmo tempo. Somos capazes de influenciar fatos, coisas e pessoas com nossas emoções, crenças e energia, a fim de alcançarmos o resultado esperado. Portanto convido você a ler o artigo completo a seguir para entender como funciona essa imensa teia em que vivemos.

Somos Todos Criadores!

Homem de olhos fechados e orando

Matheus Bertelli / Pexels / Canva

Dizem que somos nós que criamos ou cocriamos nossas vidas. Que somos capazes das mais belas realizações, que somos os responsáveis por tudo de bom e tudo de não tão bom que nos acontece. Que criamos juntamente com alguma “força misteriosa” que rege a vida.

Se pararmos para observar, a maioria — ou talvez grande parte — das nossas mais belas realizações, percebemos que, de fato, criamos. Primeiro em um nível mental, no plano das ideias, e depois partimos para ação. Muitas vezes não entendemos como determinados acontecimentos que dependem de terceiros podem ser criados por nós.

Sim, nosso potencial ainda não conhecemos bem, mas dizem que somos capazes de influenciar fatos, coisas e pessoas com nossas emoções, crenças e energia, a fim de alcançarmos o resultado esperado.

Dizem também que um dos ingredientes primordiais para mover a energia da cocriação é a nossa emoção. Muito mais do que pensamentos positivos é o que realmente sentimos que poderá contribuir para a concretização de nossos sonhos e metas.

São nossas emoções as grandes engrenagens desse sistema tão misterioso.

Silhueta de braços abertos observando o por do sol na montanha

doidam10 / Canva

E não por acaso acabamos por cocriar situações indesejáveis também com nossas emoções de baixa frequência. A irritação, o desânimo, o medo e a raiva, todas essas emoções, quando emanadas por nós, acabam por criar um campo vibracional em que somente situações que produzem essas emoções são capazes de adentrar. Em outras palavras, se nosso campo vibracional for da raiva, apenas situações que geram raiva são atraídas para esse nosso campo.

Por isso, naquele dia em que acordamos com o “pé esquerdo”, um problema puxa o outro e não conseguimos nos desvencilhar dos desafios. É necessário termos consciência do tanto que nossas emoções afetam a nossa realidade. Para isso, no mínimo, precisamos observar o que estamos sentindo, para conseguirmos encontrar as soluções para nossos desafios.

Observar, aceitar, transmutar, agradecer e tirar algo de bom do desafio poderá ajudar a elaborar nossas emoções e, consequentemente, criar, conscientemente, uma realidade com mais plenitude e alegria.

Experimente por alguns dias e depois me conte o resultado!

Fonte: Eu Sem Fronteiras

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: ESTAMOS TODOS COCRIANDO O TEMPO TODO NESSA GRANDE TEIA

AUTOCONHECIMENTO: QUANDO NÃO PODEMOS MUDAR UMA SITUAÇÃO PODEMOS MUDAR A NÓS MESMOS

Sábado também é dia de reflexão e é muito importante observar as coisas que influenciam as nossas decisões, baseado em nossas emoções, que são os gatilhos emocionais. Se não estivermos atentos nunca perceberemos o que realmente estamos fazendo, principalmente depois de tanto tempo em constante tensão e crise emocional, devido a pandemia e todas as instabilidades geradas por ela. Então lhe convido a ler o texto completo a seguir, refletir e fazer o seu juízo de valor!

Gatilhos emocionais, final de ano e as instabilidades dos últimos meses. O que fazer?

Mulher branca sentada olhando para o lado.

fizkes / 123rf

Cuidado com os gatilhos que geram síndrome do pânico, crise de ansiedade e bloqueios… Estava tudo planejado para o Ano Novo. Aí vem a ômicron.

Para tudo, todo mundo entra em pânico de novo, todo mundo tem que rever a sua vida.

Como se preparar a cada dia para que esse turbilhão não nos afete tanto?

Não temos controle sobre o que está acontecendo, então como viver melhor?

Vivemos em constantes crises de ordem econômica, saúde, segurança, social, política etc.

Uma crise acaba e surge outra. Assim é a realidade, porque vivemos em uma época de incertezas e inseguranças. Que acaba gerando muito sofrimento, então não podemos negar que o sofrimento faz parte da vida. Porém existem saídas para nos ajudar.

Porque quando não podemos mudar uma situação, podemos, sim, mudar a nós mesmos.

O importante é identificar o que está fazendo disparar o gatilho, o que está desencadeando a crise que nos faz entrar em pânico.

Como?

Buscando ajuda por meio do autoconhecimento.

Mulher negra sentada no chão com as mãos no peito.

Joice Kelly / Unsplash

Por meio das mais variadas terapias que nos auxiliam a entender que não devemos sofrer por antecipação.

Controlar a ansiedade para que ela não nos leve a uma síndrome do pânico, porque geralmente tudo começa com as emoções negativas que ficam atormentando e fazendo o pensamento ficar acelerado.

Então é hora de parar e mudar o pensamento por meio de emoções positivas, despertando em nós a paz e o equilíbrio.

Mudar os hábitos, prestar mais atenção à respiração, procurar uma vida mais calma e sem tantas cobranças, pois tudo passa e precisamos cuidar melhor de nós mesmos para poder desfrutar de todos os momentos das nossas vidas.

Há necessidade de estar no momento presente. Não temos o passado nem o futuro, apenas o presente. E não temos controle sobre nada, então viva o hoje!

Porque é no hoje que a realidade das nossas vidas acontece. Sabemos que estamos vivendo em uma época em que tudo está muito acelerado e confuso.

Isso é próprio desses novos tempos em que a pressa, o consumo e o descarte fazem parte de uma necessidade em ocultar o vazio existencial.

Se nos prendermos ao passado, ficamos depressivos. Se nos prendermos ao futuro, ficaremos ansiosos.

Mulher branca de máscara e mãos na cabeça.

engin akyurt / Unsplash

A importância de viver no presente é essencial, e parece tão óbvio, mas infelizmente não é. Porque é preciso ter maturidade emocional para entender o que acontece conosco, com nossas emoções e sentimentos.

Precisamos entender que tudo chegará até nós se tivermos serenidade e equilíbrio.

Se tivermos consciência de quem somos nós.

Descanse, pense e medite… porque é no hoje que estamos vivos e cheios de energia.

Dicas para manter a sua saúde mental em tempos de tantas instabilidades financeiras, econômicas e de saúde.

Hoje quero falar com você sobre algumas dicas práticas que você pode aplicar no seu dia a dia, para manter a sua saúde mental em tempos de tantas instabilidades financeiras, econômicas e de saúde.

  1. Aprenda a manter sua atenção no momento presente;
  2. Aprenda a respirar corretamente. Respire fundo e sinta o ar entrando e saindo de suas narinas, repita esse ciclo;
  3. Desligue a TV e faça algo terapêutico para você: pinte, cante, dance, leia um livro legal, pratique a escrita criativa;
  4. Anote todas as suas despesas e, sempre que puder, separe um valor mínimo para guardar e fazer uma reserva de emergência.
  5. Quando o dinheiro entrar, não pense que ele já vai sair da sua conta devido a despesas; pense que você estará usando seu dinheiro para fazer seu capital girar.
  6. Fortaleça seu autoconhecimento, faça terapias, se for preciso, mas cuide de si. Não negligencie esse lado;

Ver as coisas sob um novo ponto de vista nos ajuda a viver melhor, além de trazer novos insights para sairmos de uma determinada situação de forma criativa.

Escrito por Carla Marçal

Fonte: Eu Sem Fronteiras

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: QUANDO NÃO PODEMOS MUDAR UMA SITUAÇÃO PODEMOS MUDAR A NÓS MESMOS

AUTOCONHECIMENTO: EXPRESSÕES DE AMOR, POR WAGNER BRAGA

Podemos expressar o amor de inúmeras formas! No vídeo de hoje, falo um pouco sobre as expressões do amor e qual delas mais se aproxima do amor incondicional, aquele que devemos buscar na nossa vida. Um questionamento que você deve estar sempre fazendo é: como alcançar o amor incondicional? Desta forma você sairá da sua zona de conforto e estará sempre em busca desse que é o nosso objetivo maior. Então assista e divulgue! Nos ajude a compartilhar o conhecimento e o amor!

Fonte:

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: EXPRESSÕES DE AMOR, POR WAGNER BRAGA

AUTOCONHECIMENTO: ACREDITAR E CONFIAR É PRECISO NO NOVO ANO QUE SE INICIA

Para começar bem o ano novo de 2022 recomendo uma leitura de alta positividade com o título “Acreditar”. E complemento com uma outra palavrinha que precisa ser adicionada ao seu cotidiano: “confiar”. São palavras de alto potencial desbravador que aqueles buscadores incansáveis as repetem dia após dia. Portanto convido você a ler o texto completo a seguir para tomar uma dose cavalar de ânimo e esperança, confiança e crença no ano que se inicia!

Acreditar

Uma pessoa de braços erguidos. Acima dela, nuvens, céu e um sol forte.

ryanking999 / 123RF

Passamos por tantos problemas e tantas superações durante o ano que muitas vezes, quando alguém fala em acreditar nos sonhos, isso logo nos remete a realidades paralelas e pensamentos não só distantes como impossíveis. E a gente vai vivendo sempre prezando a realidade, desprezando a existência da magia e do sobrenatural.

O fato é que nossa vida é feita do sobrenatural. São milagres e acontecimentos imperceptíveis aos nossos olhos que fazem ser possível a nossa existência. É por causa da magia do cotidiano e dos sonhos que se fazem os grandes projetos. Podemos dizer que é a magia que alimenta os nossos planos.

Por isso, principalmente quando tudo parecer impossível, sonhe. Não deixe de acreditar que é possível. É por acreditar que grandes revoluções e evoluções na nossa História aconteceram. Acorde já agradecendo por estar vivendo um milagre. Pare para olhar a magia presente nos detalhes. Observe os raios de sol que entram em sua janela, mesmo que por alguns segundos, ria das situações engraçadas e não hesite em abraçar.

Uma mulher com suas mãos na parte posterior da cabeça. Um forte raio de sol incide em seu rosto.

nicoletaionescu de Getty Images Pro / Canva / Eu Sem Fronteiras

Se existe em seus sonhos há possibilidades de acontecer na vida real. Acredite que ainda existe bondade, que existem amizades verdadeiras e amores reais. Acredite que ainda é possível, que tudo vai melhorar. Acredite que o Universo conspira para que as coisas deem certo, basta parar para reconhecer toda essa conspiração.

Meu pedido hoje é que você, leitor, mesmo passando por dificuldades, acredite na vida e na esperança. Acredite que tudo vai melhorar. Mas não deixe de acreditar na força que nos move, na energia que movimenta todo o nosso querer.

Tudo pode existir e acontecer. O primeiro passo é acreditar.

Escrito por Fernanda Colli

Fonte: Eu Sem Fronteiras

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: ACREDITAR E CONFIAR É PRECISO NO NOVO ANO QUE SE INICIA

AUTOCONHECIMENTO: SOMOS SERES ESPIRITUAIS EM BUSCA DA LIBERDADE

Para alcançar a Liberdade precisamos, antes de mais nada, resolver e limpar camadas de padrões emocionais profundamente enraizados que não nos servem mais. Para isso, precisamos sair da matriz do medo e  o primeiro passo é lembrar que somos seres espirituais tendo uma experiência física, e não o contrário. Depois disso peço a você que leia o texto completo a seguir e entenda o restante em 4 passos.

Escolhendo a liberdade

Olá, meu amigo,

É uma honra me conectar com você novamente. Temos muito para colocar em dia, então vamos direto ao assunto. Você sentiu uma sensação de antecipação tomar conta de você ultimamente, mas não foi capaz de avaliar totalmente porque está se sentindo assim? Nesse caso, você não está sozinho. Uma ótima maneira de descrever as energias agora é que elas são como um balão que atingiu sua capacidade máxima de ar e está prestes a estourar e permitir que todo o ar seja liberado.

Um dos fatores que tem contribuído para as energias superelevadas neste momento é o Sol.

O Sol tem andado muito ativo ultimamente, emitindo ondas solares que continuam a trazer muitas tempestades geomagnéticas para a atmosfera da Terra e para nossos campos áuricos pessoais.

Como essas ondas solares nos afetam?

Frequentemente, a primeira coisa que notamos é uma aceleração palpável do tempo.

Também nos dá a oportunidade de resolver e limpar camadas de padrões emocionais profundamente enraizados que não nos servem mais.

A cura física e emocional geralmente acontece em fases, para tornar mais fácil para nosso corpo e mente se ajustar à quantidade de resolução que está ocorrendo.

A atividade solar também ajuda a Terra a resolver e limpar muitas das disfunções de origem humana que ela sofreu, porque ela também está se reajustando para operar em estados superiores de existência.

A Terra está se preparando para apoiar a consciência em rápida evolução de todos os seres vivos que a chamam de Lar.

Os preparativos pelos quais a Terra está passando podem nem sempre fazer sentido para a mente humana e, na maioria das vezes, parecerão desafiadores. No entanto, é tudo parte de um Plano Divino que continua a elevar a qualidade de vida.

Se ficarmos parados o suficiente, podemos sentir um paradigma novo e mais consciente emergindo.

Limpeza Emocional

Estamos recebendo a oportunidade agora de abandonar padrões, hábitos e comportamentos primordiais que adotamos há muito tempo e que nos impediram de nos conectar com a versão mais livre, mais feliz e mais saudável de nós mesmos.

Alguns desses padrões, hábitos e comportamentos incluem:

  • Operando com medo e consciência de vítima – procurando ativamente o que não está funcionando para nós;
  • Separar-nos dos outros participando ativamente de um sistema hierárquico antiquado e obsoleto;
  • Precisando de aprovação de outros;
  • Acreditando que devemos estar sempre no controle;
  • Participar do julgamento de si mesmo e dos outros;
  • Acreditando que temos que nos esconder de qualquer maneira, se sentindo seguro e pequeno;
  • Pensar que ser competitivo com os outros é o que nos leva à frente na vida;
  • Fazendo do sofrimento o meio fundamental de evolução pessoal e coletiva.

Todos esses padrões, hábitos e comportamentos, que foram criados pela mente (fora da autoproteção), estão se sentindo mais amplificados do que nunca neste momento. Isso é para que eles possam ser tratados, curados e resolvidos de uma vez por todas.

Como acontece com todas as limpezas, seja gentil consigo mesmo.

Dê a si mesmo permissão para sentir o que precisa ser sentido e para mover através do que é necessário, sem julgar a si mesmo.

Ao fazer isso, saiba que esses padrões, hábitos e comportamentos que você está liberando não são um reflexo de sua essência autêntica. Eles são apenas um tipo de escudo protetor que a mente busca para se manter segura, da melhor maneira que ela conhece.

Essa consciência sozinha ajuda uma abertura em nossa mente que permite que estados superiores de conhecimento e sabedoria sejam totalmente adotados e realizados.

Isso torna mais fácil se separar dos padrões limitadores nos quais a mente costumava encontrar conforto.

Ação Divina

Ao longo dos próximos meses, o mundo continuará a despertar para a importância de agir para a melhoria da humanidade como um todo.

Embora as notícias convencionais tentem nos convencer do contrário, os padrões anteriores do controle e manipulação que reinaram por eras de tempo estão agora sendo bastantes desmanteladas.

É por isso que as coisas parecem estar acontecendo de uma forma muito mais urgente agora, especialmente na forma como os meios de comunicação veiculam seu conteúdo baseado no medo

No entanto, a maioria dos cidadãos da Terra está vendo através do medo fabricado e não está mais permitindo que essas táticas influenciem a maneira como vivem suas vidas diárias.

Conforme observado no início, todos nós estamos experimentando um grande despertar da consciência agora, mesmo que estejamos em um caminho espiritual por muito tempo.

É muito claro que estamos vivendo em uma época de mudanças inerentes.

E às vezes, a mente fica com medo quando tantas mudanças ocorrem ao mesmo tempo, porque tem medo de perder seu papel e identidade.

Um dos principais papeis do nosso Espírito em relação à nossa mente é conceder à mente o direito de existir exatamente como ela e, incluindo as histórias que ela criou para si mesma, e honrar a dignidade de todas as suas experiências.

Pense na mente como uma criança de três anos que deseja apenas ser amada, aceita e nutrida. Quando a mente não sente que está recebendo essas coisas, muitas vezes olha para fora de si mesma para realizar esses desejos.

Em seguida, usa mecanismos de enfrentamento, como medo, julgamento, censura, falta, preocupação, culpa e vergonha para se proteger.

Mas agora, com essa nova consciência, a mente não precisa mais ser tão dura consigo mesma.

Quando paramos por um momento e pedimos ao nosso Espírito que dê à mente o Amor, a aceitação e o alimento que ela deseja, pode ocorrer uma mudança de paradigma. Essa mudança ajuda a mente a sair dos padrões de vida em separação de nosso Eu Superior para novas formas de ser que permitem que ela coexista alegremente com nosso Espírito.

O que estamos vendo no mundo, especialmente com os atos inconscientes ocorrendo em diferentes partes do mundo agora, é um clamor muito claro por ajuda da mente coletiva para receber o Amor, a aceitação, e o alimento que sempre desejou para sentir seguro.

Claro, quando coisas difíceis acontecem, geralmente nossa primeira reação é sentir ou ter culpa. Mas o que realmente está acontecendo é que, porque a mente está digerindo e processando informações que parecem inseguras, ela imediatamente entra em seus padrões de sobrevivência de longa data.

Embora seja importante honrar este processo, também é importante compreender que, se permanecermos com medo, estaremos na verdade contribuindo com mais pânico para um mundo que já experimenta ondas e separação.

Para sair da matriz do medo, o primeiro passo é lembrar que somos seres espirituais tendo uma experiência física, e não o contrário.

Isso permite criar uma abertura energética em nossos pensamentos e emoções que nos faz deixar de reagir e entrar na parte Criadora de nós mesmos.

A partir daí, podemos amar cada aspecto de nós mesmos – até mesmo as partes que nossa mente tenta nos convencer de que não podem ser amadas. O Espírito não julga! Ele nos ama incondicionalmente.

Depois que formos capazes de fazer isso por nós mesmos, podemos começar a aprender como fazer pelos outros. Sim, mesmo aqueles que se esqueceram a tal ponto que culpam, magoam e prejudicam os outros, pensando que é o que precisam fazer para conseguir o que desejam.

Tornar-se a presença mais amorosa para nós mesmos e para os outros é a maior ação que podemos realizar neste momento, para ver a cura real e palpável acontecer no mundo.

O Despertar Continua

Este despertar atual que estamos experimentando está nos ajudando a superar o papel da Vítima.

Agora temos a oportunidade de retirar o arquétipo da Vítima com o qual nós e nossos ancestrais nos identificamos ao longo de muitas vidas.

Antes de aposentarmos o arquétipo da Vítima, é importante honrá-lo por servir para nos manter seguros e protegidos em um mundo que costumava operar puramente na sobrevivência.

Também é importante que proporcionemos às nossas experiências de identificação com a consciência da vítima sua plena dignidade e direito de ser vista, ouvida e reconhecida.

Este é realmente o primeiro passo para nos libertarmos de permanecer no papel de vítima.

Nunca queremos adoçar, culpar ou negar qualquer coisa que experimentamos durante aqueles momentos em que nos identificamos como sendo uma vítima.

O segundo passo para libertar a consciência de vítima é aceitar cada pessoa, experiência e coisa como ela apareceu em nossas vidas, sem tentar muda-las.

Aceitar as pessoas e as experiências como elas são não é o mesmo que dizer que ressoamos, aprovamos ou concordamos com elas.

Estamos simplesmente nos dando permissão para não permitir que eles nos definam.

O terceiro passo para liberar a consciência de vítima é abandonar a culpa – em outras palavras, o perdão.

A culpa vem da necessidade de tornar algo ou alguém certo/errado ou bom/mau e, de alguma forma, responsável pelo que vivenciamos.

Em nossa essência, somos o Criador de todas as nossas experiências.

Quando operamos conscientemente a partir de nosso Eu Criador, transcendemos a dualidade. Passamos do julgamento para o discernimento.

À medida que entramos na beleza e poder de nosso Eu Criador, navegamos em nosso caminho, escolhendo apenas o que parece estar em alinhamento para nós, e liberando o que não está. Entendemos que só porque algo faz ou não ressoa em nós, não significa que seja bom ou ruim, ou a decisão de outra pessoa por nós, ou vice-versa.

Você pode sentir como é mais leve operar a partir desse espaço?

Existe apenas ressonância ou nenhuma ressonância. Ou seja, “Eu escolho mais disso” ou “Eu escolho menos ou nada disso”. Não há mais necessidade de rótulos de “bom” ou “ruim”.

Isso é liberdade”

O quarto passo para superar a consciência de vítima é reivindicar nosso poder.

Recuperar nosso poder significa que estamos comprometidos em nos conectar com quem somos em nossa essência. Fazemos isso por meio do amor próprio, do autocuidado, da nutrição, do desenvolvimento espiritual e da expressão criativa.

As pessoas mais poderosas do planeta não são aquelas que controlam ou menosprezam os outros.

As pessoas mais poderosas do planeta são aquelas que sabem quem realmente são.

Eles sabem que são muito maiores do que a soma de todas as suas experiências e histórias.

Eles sabem se expressar plenamente e falar de um lugar de Amor, sem ter que provar nada a ninguém.

Eles perdoam rapidamente e superam experiências desafiadoras com maior facilidade.

Eles são gentis e amorosos com o mundo ao seu redor e se preocupam com o bem-estar de todas as coisas vivas.

Eles fazem a diferença no planeta, sem se preocupar com o quão pequeno ou grande seja o efeito disso.

Eles enxergam além das ilusões de separação.

Eles torcem e celebram a capacidade dos outros de prosperar.

Eles veem como parte de um todo, em vez de separados de todas as outras formas de vida.

Eles sabem como amar e como ser abertos e vulneráveis.

Eles estão otimistas.

Eles defendem aquilo em que acreditam.

Obrigado por ser um Farol incrível e poderoso! Você é um presente de Luz luminosa para o mundo.

Nunca houve, nem nunca haverá, alguém exatamente como você caminhando neste planeta novamente.

Honre e receba essas palavras, meu amigo, pois são um pequeno vislumbre de como o Universo sempre se sentiu por você.

É uma das experiências mais humildes para mim, ter a oportunidade de lembrá-los da magnificência que reside em cada célula e fibra do seu ser.

Até a próxima,

Milagrosamente Seu,

Emmanuel Dagher — Fonte: https://eraoflight.com/ | https://emmanueldagher.com/
Renata Pecora Fortunato e Marco Iorio Júnior — Tradutora e Editor exclusivos do Trabalhadores da Luz

Fonte: Trabalhadores da Luz

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: SOMOS SERES ESPIRITUAIS EM BUSCA DA LIBERDADE

AUTOCONHECIMENTO: VOCÊ SABE O QUE REALMENTE SIGNIFICA CARMA? POR WAGNER BRAGA

É muito comum utilizarmos o Carma como desculpa para as nossas mazelas. No vídeo de hoje, o questionamento que trago é relacionado ao tão falado Carma que, muitas vezes, é mencionado de forma errada. Na verdade o que chamamos de Carma é nossa resistência para evoluir, ou seja, aquela velha zona de conforto, que nos remete ao retrocesso da evolução pessoal. Ao assistir ao vídeo a seguir você vai entender como isso funciona.

Fonte:

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: VOCÊ SABE O QUE REALMENTE SIGNIFICA CARMA? POR WAGNER BRAGA

AUTOCONHECIMENTO: SAIBA MAIS SOBRE A IMPORTANTE FERRAMENTA CONSTELAÇÃO FAMILIAR

Na edição desta segunda-feira, aqui na coluna AUTOCONHECIMENTO você vai saber ou conhecer melhor o que é CONSTELAÇÃO FAMILIAR. Uma ferramenta importante para lhe ajudar a resolver conflitos internos e/ou externos psicológicos que possam envolver ou não pessoas da sua família e que, por algum motivo possam estar impactando e/ou prejudicando o seu DESENVOLVIMENTO PESSOAL. Então convido você a ler o breve artigo a seguir!

Saiba o que é Constelação Familiar

Recorte de bonecos de papel de mãos dadas, fazendo referência à uma família

STILLFX / Getty Images / Canva

Olá, como você se sente hoje? Talvez bem ou triste, decepcionado ou sozinho. Enfim, o que vou dizer serve para cada um em determinado momento de sua vida.

Vou falar de CONSTELAÇÃO FAMILIAR

O que é, como se aplica e os benefícios que ela nos proporciona.

CONSTELAÇÃO FAMILIAR é uma terapia breve que busca solucionar aquilo que te incomoda, não permite sua evolução, traz desalinhamento para seus relacionamentos etc.

Se você busca resolver de vez algo que é rotineiro em sua vida, a CONSTELAÇÃO FAMILIAR mostra o caminho a percorrer e a solução que deve ser adotada.

Para aquele que trabalha intensa e profundamente em uma função na empresa em que atua, mas que na hora da melhoria profissional é preterido, a Constelação Familiar pode determinar onde está o nó dentro do seu sistema familiar, desatar e fazer com que a pessoa se capacite a partir de uma ressignificação de sentimentos e emoções interrompidas, mudando o curso com o alinhamento familiar a partir das três Leis Sistêmicas — ou as três Ordens do Amor.

Se seu problema é sobre relacionamento pessoal, familiar ou afetivo, a terapia Constelação Familiar também busca a origem do entrave e faz a ressignificação dos nós, levando o cliente a ter uma nova visão e a encarar novas possibilidades de posicionamento de forma mais assertiva.

Na prerrogativa de um padrão repetitivo de desacerto financeiro, o terapeuta constelador também atua como um pesquisador no campo aberto, descobrindo a origem no sistema familiar e levando o constelado a eliminar o desacerto junto ao sistema familiar, buscando a ressignificação do mesmo.

Este texto foi escrito por Jussarah Costa, consteladora familiar, associada à ASITEQ.

WhatsApp +55 21 97537-06070

Instagram: @jussarahfcosta12

YouTube: Jussarah Costa

Fonte: Eu Sem Fronteiras

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: SAIBA MAIS SOBRE A IMPORTANTE FERRAMENTA CONSTELAÇÃO FAMILIAR

AUTOCONHECIMENTO: SAIBA COMO ALCANÇAR UM ESTADO VIBRACIONAL MAIS ELEVADO

Na nossa coluna AUTOCONHECIMENTO deste sábado você vai entender mais sobre a importância da respiração para alcançar um estado vibracional superior ou mais elevado. Como algo tão simples, comum e vital para todo ser humano pode lhe ajudar a na concentração necessária para estar no presente e meditar com facilidade. Então convido você a ler o texto completo a seguir e refletir sobre isso!

A importância de estar em um estado vibracional superior

“Saudações. Nós somos o Conselho Arcturiano. Temos o prazer de nos conectar com todos vocês.

Começamos a investigar as diferentes estratégias que vemos todos vocês empregando para se colocarem em um estado vibracional superior. Estamos falando sobre suas tentativas genuínas de elevar sua vibração, ao invés o uso de drogas, álcool, sexo ou alguma outra forma que você tenha para se colocar em uma vibração mais elevada, dependendo de algo que é externo. Estamos interessados em seus processos que você emprega quando está sentado em casa sozinho, e precisa acessar um estado vibracional superior.

Sabemos que todos vocês reconhecem a importância de estar em um estado vibracional superior porque reconhecem que criam sua realidade com a vibração que estão oferecendo. E assim, ficamos muito curiosos sobre como aqueles de vocês que são criadores deliberados estão indo para entrar nesse estado vibracional superior. E também queremos dizer que não há nada de errado em fazer algo para coloca-lo em um estado vibracional mais elevado, mas você nem sempre tem acesso àquilo em que depende para chegar lá.

E assim, estamos particularmente interessados no que você faz para elevar sua vibração quando você não tem acesso a todos os seus truques habituais. O que temos notado é que mais e mais de vocês estão reconhecendo o poder da respiração para leva-los não apenas a limpar algo que não querem sentir, mas também a acessar algo que fazem. Respirar de forma consciente e deliberada é uma mudança de jogo para toda a humanidade, e mais e mais de vocês estão despertando para essa verdade. É muito intuitivo para você respirar fundo, suspirar, e também é o caso que quando você está passando por algum tipo de trauma, você para de respirar.

Agora, o que queremos dizer sobre isso é que sabemos que você pode ir ainda mais longe com sua respiração, sua respiração consciente. Sabemos que você pode alcançar o êxtase com nada mais do que fazer algo que você faz involuntariamente o dia todo e a noite toda. Agora, não vamos dizer a você como respirar conscientemente porque queremos que você reconheça que tem a capacidade de determinar por si mesmo que tipo de respiração consciente vai funcionar melhor para você em um determinado momento, ou em uma determinada situação.

E então, nós o convidamos a brincar mais com sua respiração. Use-a para se concentrar. Use-a para estar mais atento. Mindfulness é a arte de prestar atenção ao que você está fazendo no momento e quase sempre respirar. Assim, à medida que você respira e faz algo consciente e deliberadamente, você adiciona muito mais da sua consciência a essa atividade.

Também sabemos que você sabe o papel importante que a respiração desempenha na meditação, mas a meditação geralmente consiste em atingir um estado de neutralidade. É sobre lançar algo. Sabemos que você pode atingir um estado de êxtase brincando com a respiração consciente, e isso é algo que o convidamos a fazer pelo menos uma vez por dia. Demonstre como você é poderoso e como pode ser simples chegar onde você deseja. Não há nada mais simples do que respirar e não há nada mais poderoso do que fazê-lo conscientemente.

Nós somos o Conselho Arcturiano, e foi um prazer nos conectar com vocês.”

Daniel Scranton — Fonte: https://eraoflight.com/
Renata Pecora Fortunato e Marco Iorio Júnior — Tradutora e Editor exclusivos do Trabalhadores da Luz

Fonte: Trabalhadores da Luz

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: SAIBA COMO ALCANÇAR UM ESTADO VIBRACIONAL MAIS ELEVADO

AUTOCONHECIMENTO: O QUE FAZER DEPOIS DE DESCOBRIR QUAL É O SEU PROPÓSITO, POR WAGNER BRAGA

Viemos ao mundo com um propósito maior e comum a todos os humanos, que é aprender a amar. Não o amor carnal, o amor de pai e filho ou entre irmãos, mas o amor mais sublime de todos: o amor incondicional. Aquele que não tem fronteiras, preconceitos ou ideologia. O outro propósito e este sim, inerente a cada um. Aquele que só você tem e mais ninguém. Um talento nato que a maioria das pessoas custam muito a descobrir e muitas vezes passam uma vida inteira e não o descobrem. Precisamos mostrar ao mundo o nosso talento! No vídeo de hoje, dou continuidade ao tema que abri no vídeo passado, sobre propósito de vida, dessa vez falando sobre o que você deve fazer a partir do momento que descobre qual é o seu propósito. Assista e descubra o que fazer depois que você descobre o seu propósito!

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: O QUE FAZER DEPOIS DE DESCOBRIR QUAL É O SEU PROPÓSITO, POR WAGNER BRAGA

AUTOCONHECIMENTO: A BUSCA PELO AUTOCONHECIMENTO É O ÚNICO CAMINHO PARA A AUTO-REALIZAÇÃO

Eu costumo dizer que o único caminho para a auto realização ou a vida plena é o AUTOCONHECIMENTO e que sem ele não conseguimos alinhar a tríade corpo-mente-espírito. Esta é realmente uma tarefa hercúlea, a mais difícil que o homem pode encontrar durante toda a sua existência. Tarefa esta que exige demasiado esforço, disciplina constante e muita sabedoria para enxergar, antes de mais nada, que somos consciências em constante evolução. Por isso convido você a ler o texto completo a seguir, refletir e fazer o seu juízo de valor!

PSICOLOGIA ANALÍTICA

O EGO E SUA IMPORTANTE CONTRIBUIÇÃO NA PERSONALIDADE HUMANA

Publicado por Institutofreedom 
8 de novembro de 2021

 

No presente artigo pretendo compartilhar com o caro(a) leitor(a) importantes considerações a respeito do Ego na visão da Psicologia Analítica proposta pelo psiquiatra suíço Carl Gustav Jung (1875-1961).

Hall e Norbdy (2014) nos apontam que o Ego é o nome dado por Jung à organização da parte consciente da mente. O ego é composto pelas percepções conscientes, pelas recordações armazenadas na memória, pelos pensamentos e sentimentos. Recordar, perceber, pensar e sentir, são ações direcionadas pelo Ego.

Mesmo ocupando uma pequena parcela frente a totalidade da psique, o ego desempenha uma função básica, porém fundamental que consiste na arte de vigiar a consciência.

De acordo com essa linha de pensamento, Hall e Norbdy (2014) afirmam que o ego é altamente seletivo. Através dessa função organizadora da consciência, o ego também carrega em si a função de selecionar. Justamente por carregar funções de extrema importância, uma das principais funções da Psicologia Analítica consiste no fortalecimento do ego e na constante busca pelo equilíbrio.

O ego possui a função de fornecer a identidade na formação da personalidade humana. A Consciência se expande trazendo vitalidade à atividade mental.

Assim como na consciência, o Processo de Individuação também atua intimamente ligada ao Ego, no intuito de proporcionar por meio dessa união, o desenvolvimento de uma personalidade distinta e persistente.

Segundo Carl Gustav Jung (2016), o ser humano só poderá individualizar-se na medida em que o Ego for permitindo que as experiências recebidas se tornem parte da Consciência.

A regência de uma vida saudável gira sempre em torno do equilíbrio. O Ego e a Sombra devem trabalhar em perfeita harmonia. Quando o Ego e a Sombra se harmonizam, a pessoa começa a se sentir cheia de vida e energia para prosseguir em sua caminhada. Assim, o Ego deixa de obstruir a Sombra e passa a canalizá-la.

A Consciência se expande trazendo vitalidade à atividade mental.

O Ego para Jung (2009) é muito mais do que o simples “eu”, é um apanhado de recordações, emoções, sentimentos e ideias que posicionam nosso comportamento e nos tornam conscientes.

Carl Gustav Jung (2016) leva em consideração que a personalidade é composta pela união do ego com o “self”, que seria uma parte “suprema” do indivíduo responsável por mover o ego e sua consciência, este, encarregado de desvendar e interpretar o que parece inconsciente e desconhecido.

O principal objetivo de toda Personalidade, seja ela qual for, é chegar à auto-realização e conhecimento do próprio Self.

A busca pelo autoconhecimento é o único caminho para tal realização. Esta é a tarefa mais difícil que o homem pode encontrar durante toda a sua existência. Tarefa esta que exige demasiado esforço, disciplina constante e muita sabedoria aliada à intensa responsabilidade.

 

Evandro Rodrigo Tropéia / Instituto Freedom

CRP: 06/143949

 

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS:

 

HALL C.S. e NORDBY V. J. Introdução à Psicologia Junguiana, São Paulo, Cultrix, 2014.

JUNG, C. G.  A Natureza da Psique. 7. ed. Petrópolis: Vozes, 2009.

JUNG, C. G. Memórias, Sonhos e Reflexões. Ed. Nova Fronteira, Rio de Janeiro, 2016.

Fonte: Instituto Freedom

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: A BUSCA PELO AUTOCONHECIMENTO É O ÚNICO CAMINHO PARA A AUTO-REALIZAÇÃO

AUTOCONHECIMENTO: ESTAR SOZINHO E SE SENTIR SOLITÁRIO, QUAL A DIFERENÇA?

Nesta edição da coluna AUTOCONHECIMENTO temos um texto que retirei do site Trabalhadores da Luz sobre solidão x estar sozinho. Algo muito importantes que precisamos compreender para não confundirmos e que vai nos fazer entender o porquê de muitas vezes, apesar de estarmos cercado por muitas pessoas, no sentimos completamente solitários e em outras estamos completamente sós, mas, no entanto, não nos sentimos solitários.

Solidão versus estar sozinho

Olá amigos,

Queria compartilhar algumas das minhas ideias esta semana, sobre um tópico que acredito ser oportuno e relevante nestes momentos intensos que estamos vivendo. Muitos de nós temos estado emocionalmente e fisicamente processando estes últimos 18 meses em tantas maneiras. Não importa quem somos ou onde vivemos, os limites necessários estabelecidos para nos manter saudáveis ​​e seguros nos fizeram sentir bastante isolados e, muitas vezes, solitários.

Já escrevi sobre a solidão e como aprendi a ficar sozinha em posts anteriores, no entanto, sei que, para muitos, essa pausa forçada e o isolamento foram estridentes, desconfortáveis ​​e geradores de ansiedade. Os seres humanos estão programados para a conexão, e estamos tão acostumados a estar com as pessoas, abraçar as pessoas e nos envolver com as pessoas de uma forma significativa, que quando essa conexão é quebrada, isso nos deixa com um vazio que devemos trabalhar conscientemente para curar e preencher.

Gostaria de compartilhar esta semana meus pensamentos sobre solidão vs. estar sozinho e como podemos diferenciar os dois sentimentos e tomar medidas alinhadas em resposta a ambos.

SOLITUDE E SOLIDÃO – VOCÊ CONHECE A DIFERENÇA? - Fãs da Psicanálise

Em primeiro lugar, não acredito que estar sozinho seja uma coisa má ou esquisita, na verdade acho que os momentos de solidão são importantes. Há muito tempo sinto que nossas pressões sociais nos levam a acreditar que há algo de errado com você se estiver sozinho e, na verdade, é muito necessário saber como estar em sua própria companhia, com conforto. Reconheço que somos todos únicos em nossa personalidade, os introvertidos podem achar isso muito fácil e as pessoas mais extrovertidas podem ter dificuldades. A base da minha convicção aqui é que há necessidade de criar uma base sólida dentro de nós mesmos para que possamos começar a nos conhecer, como nós mesmos, nos compreender e, quando necessário, estar conosco sem interrupção ou distração.

Eu acredito que isso parece diferente para todos nós, já que todos nós temos caminhos de vida únicos, mas como a vida alterou de forma tão flagrante nossas realidades coletivas, este é o momento perfeito para analisar e refletir sobre nossos próprios fundamentos internos e como podemos fortalecer eles. Em vez de enquadrar o tempo sozinho como algo de que se envergonhar, encorajo você a encará-lo como algo a ser fortalecido. Quando você está sozinho, você não se distrai, você simplesmente está com você. Quando você está sozinho, pode sentar-se com seus pensamentos e sentimentos, por mais desconfortáveis ​​que sejam, mas logo além desse desconforto existe um conhecimento profundo, uma compreensão e um senso de autocompaixão. Quando estamos sozinhos, podemos começar a ver claramente onde podemos curar e onde precisamos ser mais amorosos e gentis conosco.

A solidão, por outro lado, é um desejo por uma conexão autêntica e alinhada, e você não precisa realmente estar sozinho para se sentir solitário. Eu me senti incrivelmente só, mesmo quando rodeado por uma multidão de pessoas, então, eu defino solidão como um sentimento de desconexão dentro de mim mesmo e daqueles ao meu redor. Eu considero minha solidão um sinal de que preciso realmente sentar-me na solidão para trazer à tona a causa desse sentimento. Existem tantos casos, circunstâncias e ambientes sociais que podem nos fazer sentir solitários e deslocados, e acredito que, quando esse sentimento surge, é uma oportunidade para a cura dentro de nós mesmos. Eu costumava ver minha solidão como um sinal de indignidade, como um indicador de que não era o suficiente e de que não merecia não me sentir só. Comecei a trabalhar essa crença quando priorizei e criei dentro de mim aquela base sólida que mencionei acima.

Qual a diferença entre solidão e solitude? - José Roberto Marques - Presidente do IBC Coaching

Se você está se sentindo solitário durante esses tempos difíceis e sem precedentes, espero que se anime ao saber que não está sozinho nesses sentimentos. Espero que você possa reunir uma sensação de fortalecimento usando esses sentimentos para fortalecer o vínculo que você tem consigo mesmo e o conhecimento interior de suas necessidades e desejos. Espero que, quando você estiver sozinho, saiba que isso não significa que há algo errado com você e, com o tempo, você começa a desfrutar da solidão e da amizade que advém do cultivo desse relacionamento consigo mesmo.

Saiba que você é digno de profundo conforto, alívio e amor.

Michelle Maros — Fonte: https://eraoflight.com/
Annalisa Ernica – www.atmalaboratory.com: Tradução — Marco Iorio Júnior — Tradutora e Editor exclusivos do Trabalhadores da Luz

Fonte: Trabalhadores da Luz

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: ESTAR SOZINHO E SE SENTIR SOLITÁRIO, QUAL A DIFERENÇA?

AUTOCONHECIMENTO: ENTENDA QUAL O VERDADEIRO SIGNIFICADO DO AUTOCONHECIMENTO

Segundo a psicologia, autoconhecimento significa o conhecimento de um individuo sobre si mesmo, mas na real é um processo de desconstrução de antigas crenças, construção de um novo modo de pensar e agir e, principalmente, de aceitação e amor-próprio. No artigo a seguir você vai conhecer bem mas do que o simples conceito sobre AUTOCONHECIMENTO.

Autoconhecimento

mulher olhando pensativa para o lado

Yaroslav Shuraev / The Yaroslav Shuraev Collection / Canva

“Autoconhecimento”. Embora a palavra esteja em evidência nos últimos tempos, nem todos conseguem entender a grandeza e a profundidade que ela carrega.

Segundo a psicologia, autoconhecimento significa o conhecimento de um individuo sobre si mesmo, mas acho essa uma explicação pobre em relação a tudo o que significa…

O autoconhecimento é um processo de desconstrução de antigas crenças, construção de um novo modo de pensar e agir e, principalmente, de aceitação e amor-próprio.

Quando nascemos e conforme vamos crescendo, somos profundamente influenciados e modificados de acordo com os padrões exigidos pela sociedade.

Entendemos o mundo de acordo com uma visão pré-estabelecida, a partir do meio em que vivemos; da religião, da escola, da cultura, dos nossos pais ou tutores.

O primeiro sinal de chegou o momento do nosso processo de autoconhecimento, eu acredito que seja a NÃO CONCORDÂNCIA.

Muitas vezes, não concordar nos faz enxergar que estamos fora do padrão, por isso estamos errados ou “pecando”, aí somos inundados de dúvidas e medos, mas, na verdade, acredito que esse é o momento em que experenciamos o NÃO PERTENCIMENTO.

Para algumas pessoas, esse sentimento passa despercebido, sem que influencie em nada a sua vida, enquanto outras mergulham com tanta profundidade nessa inquietude, que, se não começarem o “processo”, paralisam, podendo acarretar muitos danos ao longo da vida, tanto emocionais quanto físicos.

Hoje escrevo para as pessoas que chegaram nesse momento de “expansão da consciência”.

Em primeiro lugar, coloque-se como observador de si mesmo, reflita e seja generoso com seus pensamentos, sentimentos e ações.

Esteja consciente, presente e inteiro em toda e qualquer ação, porque isso te conectará com a sua verdade, com a sua essência, com a sua espiritualidade.

Lembro-me de que quando comecei meu processo, eu estava lendo o livro “O poder do agora”, do Eckhart Tolle; para ele, toda a existência é o agora e nada mais existe além, então todos os dias, no caminho para ao trabalho, quando percebia minha mente viajando nas tarefas que tinha que realizar durante o dia, eu me voltava para o volante do carro e pensava: “Agora estou dirigindo, segurando esse volante e, no momento, isso é tudo que eu tenho a fazer”. Até hoje uso esse exercício quando sinto minha mente em fuga.

homem sentado olhando pensativo para o lado

Ariel Paredes / Pexels / Canva

A leitura de livros, artigos e posts que abordam o assunto também me ajudaram muito, além de vídeos de youtubers incríveis, então fica a recomendação…

No livro de exercícios “Um curso em milagres”, de Helen Schucman, tem uma frase que diz assim:

“Uma mente sem treino nada pode fazer”.

Então crie o habito de treinar sua mente sempre!

Medite! Pode parecer difícil de início, porque travamos uma guerra com a nossa mente e tentamos cessar nossos pensamentos, mas quando deixamos os pensamentos fluírem e só observamos, tornamo-nos conscientes de que é só um pensamento, mas lembre-se: atingir um estado meditativo é um processo que pode demorar, mas não desista, porque vai acontecer!

Mas o mais legal é que, se você se observar, vai perceber que medita em momentos inusitados, como quando cozinha, quando arruma a casa, quando dirige, quando toma banho, quando passa um tempo brincando com seu animal de estimação… São momentos em que estamos com a mente vazia, momentos tão valiosos quanto quando você está em posição de lótus, então não os desperdice.

Questione-se! Questões como:

— Será que eu penso assim mesmo?

— Por que eu estou pensando isso?

— Será que isso é verdade ou é uma crença?

— Eu vejo isso dessa forma mesmo?

— Por que estou irritada com isso? Ao que eu associo?

Crie suas próprias questões, sem medo. É tudo entre você e você mesmo, e não estranhe se de repente começar a rir sozinha, porque isso é libertador!

Muito importante: aprenda a dizer “não”! Mas um “não” que te tranqüiliza, porque o não também é libertador. Embora pareça egoísta, acredite: não é!

Quantas vezes fazemos coisas por medo de magoar o outro, digo profissional, amorosa e emocionalmente? Mas você parou para pensar que quando dizemos “sim” para algo que não queremos, estamos dizendo “não” para nós mesmos? Somos seres valiosos e precisamos nos tratar assim sempre!

Eu mesma me afastei de muitos amigos não por achar que sou melhor ou pior que eles, mas porque os nossos pensamentos são diferentes e estamos em outro momento. Melhor do que estar ao lado das pessoas por obrigação ou por medo do que vão pensar ou dizer é respeitá-las a ponto de dizer: “Hoje não serei uma boa companhia”. Quando você estiver com elas por escolha, esses momentos serão muito mais prazerosos simplesmente porque você escolheu estar ali, entende? Faça suas escolhas. Você é responsável por elas!

mulher sentada olhando pensativa para o horizonte

mcredifine / pixabay / Canva

Esteja aberto para mudanças de opinião. Ao contrário do que parece, isso não te faz uma pessoa instável, sem personalidade, mas sim uma pessoa madura o suficiente para aceitar mudanças e construir um novo pensamento.

Escreva! Ou digite, mas coloque suas ideias para fora. Mesmo que te pareçam uma insanidade, pode acreditar que não são! Leiam-se, porque tudo vai fazer sentido, ao menos para você!

Faça uma atividade física! Mas busque algo que você goste de verdade, que te traga alegria e bem-estar…

Fique em silêncio, que é uma maneira poderosa de você ouvir você si mesmo, e sinta, simplesmente sinta. É nesse silêncio que sua intuição e que o Espírito de Deus que habita em você, a centelha Divina, vão falar contigo, então é o momento dos nossos melhores insights. Simplesmente sinta!

Dito tudo isso, entenda… Esse processo não é algo com tempo determinado, mas sim um processo que vai se iniciar por meio de uma decisão que te acompanhará em toda sua vida, então não foque no resultado. Simplesmente aproveite a jornada…

Mas ouça… Haverá momentos difíceis, pois vamos nos encontrar com o nosso eu mais denso (as sombras). Será preciso olhar para ele e dizer: “Meu filho(a), as coisas não são bem assim”. Ele pode espernear, mas seja paciente… Outras vezes, vamos nos deparar com o nosso eu cheio de dores, cheios de marcas (nossa criança interior). Nesse momento vamos acolhê-la e dizer: “Eu te amo, estou aqui, me perdoe”. Pode ser que ela continue chorando e gritando. Passe um tempo com ela, porque não temos pressa!

Então, aos meus amigos de jornada, eu digo:

Apertem os cintos e boa viagem! Essa será a viagem mais incrível da sua vida.

Lembre-se: você nunca estará sozinho!

Abraço

Fonte: Eu Sem Fronteiras

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: ENTENDA QUAL O VERDADEIRO SIGNIFICADO DO AUTOCONHECIMENTO

AUTOCONHECIMENTO: QUAL O SEU PROPÓSITO DE VIDA?, POR WAGNER BRAGA

Na série de vídeos QUESTIONE-SE: EXPANDINDO A CONSCIÊNCIA um questionamento imprescindível é, você sabe qual é o seu propósito na vida? Esse é um questionamento que tenho certeza que muitos fazem ao longo da vida e é sobre isso que falo no vídeo de hoje, aqui na coluna AUTOCONHECIMENTO do Blog do Saber. O nosso maior propósito na vida é aprender a amar e buscar o amor incondicional. Entenda melhor assistindo ao vídeo completo a seguir e dê um salto quântico na sua evolução espiritual!

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: QUAL O SEU PROPÓSITO DE VIDA?, POR WAGNER BRAGA

AUTOCONHECIMENTO: INSISTÊNCIA E RESILIÊNCIA O SEGREDO DAS PESSOAS DE SUCESSO

Dados estatísticos dizem que, em média, apenas 15% das ações das pessoas insistentes e resilientes alcançam o sucesso esperado. Isso nos faz entender o porquê dos 85% das demais pessoas, aquelas que não são insistente e desistem fácil, serem fadadas ao fracasso permanente e nunca conseguirem decolar na vida. É que a vida é como um laboratório de experiências científicas, pautadas em erros e acertos diários que, por empirismo nos guiam pelo caminho certo a seguir. Sendo que o mais importante de tudo é a INSITÊNCIA e nunca desistir, assim você se torna IMBATÍVEL. Convido você a ler o texto completo a seguir e entender o segredo das pessoas de sucesso!

Resiliência: O segredo do Sucesso – Sua Revista

Insistência

Auto motive-se, você detém o direito de exercitar essa virtude, essa força interior que possui  é extremamente poderosa, externe esse imenso poder!

Deus te fez forte e corajoso, por isso, domine esse medo, mostre realmente quem você é, uma pessoa capacitada e dotada de talentos, apta para explorar o novo, até conseguir conquistar esse novo horizonte.

Seja persistente e ousado, insista quantas vezes for necessário, mas persevere! O segredo da Vitória, está exatamente na força de vontade que te mantém em pé, e recomeçando a cada amanhecer. O sol brilha mesmo com as nuvens que instem em esconde-lo, você é forte e capaz, ainda que com a presença dos obstáculos! Seus princípios e valores, são dignos de um grande vencedor, portanto, seja fiel as capacidades que Deus te agraciou.

É no seu íntimo que Deus faz sua morada, por isso, conserve a serenidade e a harmonia interior, preserve esse templo sintonizado com bons pensamentos e emoções alegres, pronuncie palavras harmônicas e boas, faça autosugestões afirmativas e positivas, reformule suas atitudes, hoje é um novo dia, e requer atitudes refinadas para um resultado melhor ao que obteve até ontem, inicia neste exato instante, um outro ciclo na sua vida!

Esteja com a companhia de Deus, sua presença é imprescindível para explorar esse horizonte que descortina neste dia, seu destino é renovável, e você está na direção desse projeto, assim como um capitão define a direção do seu navio, você estabelece os rumos que deseja na vida, portanto, assuma as rédeas da situação, e prossiga confiante. Avançando cada vez mais, você é competente para atingir a plenitude deste objetivo!

Autor: Reginaldo Rodrigues
Email: r3.reginaldorodrigues.7@gmail.com

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: INSISTÊNCIA E RESILIÊNCIA O SEGREDO DAS PESSOAS DE SUCESSO

AUTOCONHECIMENTO: MUDE A SUA REALIDADE COM A REPROGRAMAÇÃO MENTAL, POR WAGNER BRAGA

Você está criando sua realidade! - Café Quântico

Eu costumo dizer para as pessoas que costumam colocar a culpa dos reverses e das agruras das suas vidas a seguinte frase: VOCÊ É 100% RESPONSÁVEL PELA SUA REALIDADE.

Isso não é exagero e nem, muito menos, dureza ou crueldade da minha parte. Quando um equilibrista resolve atravessar um desfiladeiro caminhando sobe um cabo de aço, segurando apenas um bastão, naquele momento é apenas ele e mais ninguém, ou seja, naquele momento a vida dele está 100% em suas mãos. Não corda amarrada na cintura, não rede para ampará-lo numa possível queda e muito menos Deus. Até porque se Deus realmente vigiasse as nossas atitudes e comportamento ele não iria avalizar ou perder o tempo dele com as nossas estripulias ou irresponsabilidades. Isso não tem lógica alguma.

Portanto, precisamos nos livrar das muletas que costumamos utilizar por puro comodismo ou crenças limitantes. Devido a essas crenças limitantes que passam de pai para filho e faz parte do inconsciente coletivo as pessoas criam uma realidade baseada na dor e no sofrimento e passam uma existência inteira penando e patinando sem evoluir.

Mas existe uma solução para tudo isso. Você pode mudar completamente sua realidade sofrida e dolorosa por uma realidade saudável, abundante e plena. O único caminho caminho é o AUTOCONHECIMENTO. Através da Meditação e de exercícios diários de mentalização você pode promover uma reprogramação mental, ou seja, você consegue virar a chave e e dar uma incrível guinada, um espetacular salto quântico e ser totalmente dono da sua realidade e do seu destino, sem depender de nada nem de ninguém.

Você não precisa acreditar em mim, só precisa experimentar, mas experimentar com vontade e convicção, ciente de que é tudo o que você quer, sem desconfianças, pois o resultado só vem quando você tem 100% de fé em algo. Faça com a genuína fé, sabendo que já deu certo e depois me diga como foi.

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: MUDE A SUA REALIDADE COM A REPROGRAMAÇÃO MENTAL, POR WAGNER BRAGA

AUTOCONHECIMENTO: A DOR E O SOFRIMENTO SÃO RECURSOS PARA ASSEGURAR QUE O APRENDIZADO CHEGUE ÀQUELES QUE RESISTEM A EVOLUIR

Quem é leitor deste blog sabe como fico feliz e radiante quando encontro um artigo ou texto realmente esclarecedor, que realmente pode expandir a mente do leitor. Esse texto que publicamos, aqui na coluna AUTOCONHECIMENTO nesta quinta-feira, acerca do sofrimento e da dor não podia ser mais claro, conciso e direto para fazer você entender o verdadeiro objetivo da dor e do sofrimento na nossa jornada. Por isso convido você a ler o texto completo a seguir, refletir e fazer o seu juízo de valor!

Como parar a roda do sofrimento?

Homem com a mão na cabeça e expressão triste

Hidesy / Getty Images Signature / Canva

Todo o Universo está expandindo em constante evolução. Quando falamos a palavra “Universo”, precisamos imaginá-lo como um reflexo da intenção do Criador de Tudo de É.

Antes de compreendermos como parar o sofrimento em nossa vida, devemos nos questionar sobre a razão da existência do sofrimento.

Tendo ciência de que Tudo está em contínua expansão e evolução, podemos imaginar que nada nem nenhuma experiência contida na criação deve estar “estagnada”. Em outras palavras, nenhum de nós pode se negar a evoluir.

Imaginemos que estamos dentro de uma experiência intencionada por uma Mente Universal Criadora, e para viver essa experiência nos foram concebidas diversas qualidades tanto a nível de corpo biológico como na confecção da nossa alma, e também do cenário em que estamos expostos, além de na sincronicidade de todas essas informações juntas.

Toda essa existência é algo extremamente complexo e magnífico ao mesmo tempo.

Quando temos um corpo/mente com inúmeras capacidades, porém acabamos de alguma forma despreciando seu potencial, em outras palavras, acredito que isso se refere às palavras deixadas por Jesus Cristo quando ele dizia: “Homens de pouca fé”. De certo modo, o que estamos fazendo é retardar nossa capacidade de evoluir.

Tudo isso se representa de diversas formas, como falta de autoestima, baixa autoconfiança, automutilação, negação, reprimir ou ignorar a intuição e os seus sentimentos…

Homem com a cabeça encostada na parede.
Soupstock / Canva

Sempre que estamos fazendo isso, estamos limitando ou reduzindo nossa evolução, como se quiséssemos parar de evoluir ou aprender, porém isso não é possível.

Se você negar a sua Luz ou mesmo não se achar digno de ser um filho ou filha para manifestar o poder criativo, a sabedoria e o amor da Mente Criadora de Tudo que É, ainda assim é como se você estivesse resistindo à manifestação do Criador por meio da sua existência.

Quando nos achamos fracos, feios, impotentes etc… estamos negando ao Criador.

Somente quando resistimos e negamos a manifestação das qualidades do Criador – que são o Amor, a Sabedoria e o Poder Criativo por meio de nossa existência — é que vivemos o espaço do sofrimento.

O sofrimento é como se fosse o recurso último para angariar a evolução das almas que se negam a evoluir. A dor e o sofrimento são recursos existentes para assegurar que o aprendizado chegue àqueles que resistem evoluir.

Quanto mais negamos, mais perto da dor e do sofrimento ficamos.

Existem muitas pessoas lindas neste mundo que permitem que sua Luz se manifeste, vivendo em abundância, levando seus dons e talentos para os demais. Com isso, são recompensados e retribuídos com prosperidade. Além disso, também têm uma capacidade de emanar amor, o que lhes assegura se aproximar da felicidade.

Portanto trago uma pergunta de reflexão neste momento: você está permitindo que a Luz se manifeste na sua vida? Dentre as qualidades de Luz estão a alegria, o amor, a paz, entre outras que vou deixar listadas abaixo, usando de referência os estudos realizados pelo Dr. David Hawkins que permitiu, com seu estudo, trazer o conhecimento dos níveis de frequência de cada emoção humana.

A única forma de manifestar sua Luz é cultivando emoções que vibram ou se assemelham à imagem do Criador de Tudo que É.

Dessa forma, concluímos que a única maneira de parar a roda do sofrimento é parando de resistir à manifestação da Luz em nossas vidas.

Àqueles que estão vivendo a dor neste momento, aconselho fazerem essa pergunta a si mesmos: “O que essa dor/sofrimento veio me ensinar?”.

Escrito por Rafael A. Calza

Fonte: Eu Sem Fronteiras

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: A DOR E O SOFRIMENTO SÃO RECURSOS PARA ASSEGURAR QUE O APRENDIZADO CHEGUE ÀQUELES QUE RESISTEM A EVOLUIR

AUTOCONHECIMENTO: CONHEÇA UM POUCO MAIS DO MINDFULNESS OU ATENÇÃO PLENA PARA VOCÊ TER O CONTROLE TOTAL DA SUA VIDA

Nesta segunda-feira você iniciar sua semana conhecendo ou aprendendo uma técnica que vai te levar a alcançar a sua melhor versão, que se chama Mindfulness, ou atenção plena, que nada mais é o ato de estar completamente presente, 100% concentrado no está fazendo a cada momento. Então convido você a ler o artigo completo a seguir e expandir a sua consciência.

Atenção plena para combater o estresse e a ansiedade

Mulher de olhos fechados meditando

Jacob Lund / Canva

Nestes tempos de pandemia ocasionados pela COVID-19, as pessoas constantemente mantiveram a mente ocupada por preocupações, inseguranças e tensões por causa desse vírus que ainda nos rodeia; também por causa da magnitude com a qual ele afetou aspectos de saúde mental em muitas pessoas próximas.

A rotina teve que ser mudada, isolando-se o máximo possível, sem poder sair de casa no último ano, o que em muitas pessoas, independentemente da idade, causou um aumento de estresse, depressão, ansiedade e outros males.

Ficar em casa todos os dias não foi a melhor opção para todos, se pensar na dinâmica disfuncional com a qual as relações humanas são integradas em casa. Portanto, muitos psicólogos que, inclusive, trataram milhares dessas pessoas optaram por ajudar seus pacientes com algumas práticas de atenção plena para auxiliar na redução da ansiedade, da raiva, do estresse e da exaustão.

O que é atenção plena?

A atenção plena (também conhecida como “presença” ou “mindfulness”) é um estado de atenção que deriva da capacidade de os seres humanos estarem completamente presentes e que permite estar atento e apenas observar pensamentos, emoções, crenças, significados, atitudes e resultados da mente.

Mulher com os olhos fechados e o rosto erguido

Masha Raymers / Pexels / Canva

É uma prática que pode ser cultivada e consiste em estar plenamente consciente do aqui e do agora, aceitando o que está sendo experimentado e sentido, tentando estar livre de preocupações, antecipações e sem fazer interpretações ou julgamentos.

A prática da atenção plena combina meditação e autoconsciência. Quanto mais consciente a pessoa estiver, menos sentimento de desconforto terá e agirá de forma menos reativa às situações.

Esse estado de consciência pode ser alcançado com respiração controlada e uma postura na qual a coluna esteja confortavelmente ereta, focalizando as sensações do corpo e da mente.

Esse tipo de meditação tem origem hindu e budista, que se tornou popular no Ocidente graças ao médico americano Jon Kabat-Zinn, que integrou a prática dentro da psicologia cognitiva, que estuda como os seres humanos entendem o mundo.

Os exercícios praticados com a consciência ajudam a reduzir o estresse, a ansiedade, a raiva e a depressão, pois ajudam a observar, aceitar e estar em paz com emoções e pensamentos, aliviando grande parte do sofrimento da vida cotidiana que impacta as relações entre uns e outros.

Além de ajudar a reduzir o estresse, a raiva, a depressão e a ansiedade, a atenção plena também pode beneficiar outros aspectos da saúde. Por exemplo: pode-se utilizar a mesma como terapia para o cuidado da saúde cardiovascular, pois sua prática pode reduzir o risco de um ataque cardíaco em quase 50%.

Como a atenção plena ajuda a reduzir o estresse e a ansiedade?

Ansiedade e estresse são sentimentos que produzem tensão física e emocional e são derivados de situações ou pensamentos que, às vezes, fazem o indivíduo se sentir nervoso, irritado, com medo ou frustrado. São reações de como o corpo e a mente aprenderam a enfrentar um desafio ou uma maior demanda de energia da mente ou do corpo.

Mãe e filha meditando juntas

fiskez / Getty Images Pro / Canva

Quando a mente se concentra no passado, “ruminando” situações, diálogos e tentativas de solução, são gerados sentimentos de culpa, frustração e arrependimento que não permitem funcionar no presente de forma clara e assertiva. Além disso, gastar tanta energia pensando no futuro com incerteza gera preocupação, medo, angústia, estresse e/ou ansiedade constante. Ambas as formas de lidar com a situação devem ser trabalhadas de maneira diferente, com maior estabilidade, com tomada de decisões assertivas e com geração de prazer no presente.

A atenção plena é voltada para o aprendizado do que acontece, experimentando si mesmo em cada detalhe, concentrando-se nas sensações do presente. Ao estar consciente dos episódios respiratórios e corporais, será muito mais fácil identificar os momentos que causam tensão e desconforto, observar as emoções e aprender a administrá-las melhor.

Vários estudos têm demonstrado que a prática da atenção plena pode produzir mudanças nos níveis psicológico e neuroendócrino. A atenção plena pode reduzir o estresse e a ansiedade, assim como melhorar o humor, fortalecer a inteligência emocional, libertar o medo, melhorar a memória, combater a insônia e estimular a criatividade. Essa prática ajuda a viver em paz com cada mudança, a se concentrar no que importa, inclusive a exercitar o cérebro, uma vez que ativa o córtex pré-frontal; assim pode-se melhorar a capacidade imunológica e aliviar dores ósseas e musculares, entre muitas outras.

Exemplos de técnicas de exercício de consciência

Alguns exemplos de exercícios que comprovadamente vão ajudar a começar a prática da atenção plena são:

Mulher prestando atenção em uma apresentação

Autoaceitação

Para começar a controlar a ansiedade e, acima de tudo, para compreender a consciência, a pessoa deve tratar si mesmo como trataria o melhor amigo. Deve ser lembrado quão importante a pessoa é, pois é o personagem principal da sua própria existência. É sugerido entrar em contato com a experiência do próprio corpo, tal como ele é, sem rejeitar as sensações desagradáveis nem forçar as sensações agradáveis. Nesse tipo de meditação, recomenda-se a companhia de uma pessoa que possa servir como guia.

Prestar mais atenção

Prestar mais atenção é um dos passos mais importantes quando o assunto é atenção plena. Embora possa ser difícil desacelerar na vida e observar de perto o ambiente ao redor, é importante dedicar tempo para se permitir explorar o ambiente com todos os sentidos: olfato, visão, paladar, audição e tato. Isso pode ser praticado no café da manhã, no almoço ou no jantar, por exemplo; durante o banho ou em uma caminhada. A qualquer momento pode-se focar em experimentar cada detalhe.

Viver o momento presente

A etapa acima mencionada levará a viver mais o momento presente, pois ao prestar atenção intencionalmente, o indivíduo se beneficiará dos simples prazeres do dia a dia.

Concentrar-se na respiração

Principalmente quando pensamentos negativos vêm à mente, é recomendado sentar-se, respirar fundo e fechar os olhos. Uma vez alcançado esse passo, pode-se começar a respirar conscientemente, fazendo isso por pelo menos 1 minuto ajudará muito. É ideal para descarregar a tensão acumulada.

A paternidade e maternidade consciente

Sabemos que, antes da Covid-19, a contingência sanitária, a dinâmica disfuncional e a violência nas famílias tinham aumentado. Agora, durante a pandemia, as taxas potencialmente cresceram.

Deve ser dado aos filhos o melhor de si, por isso é recomendado se imaginar no mundo desde a idade dos filhos, como eles o vêem e como eles o escutam. Observar quão perfeito eles são, nem mais, nem menos; trabalhar na presença silenciosa e na escuta ativa, lembrar-se de que quando vivemos tensões, não podemos perder o equilíbrio.

A atenção pode trazer muitos benefícios tanto mentais quanto físicos. Também é recomendável acrescentar uma dieta consciente que inclua uma alimentação saudável com exercício e higiene do sono, que é uma parte chave para controlar o estresse. É essencial procurar um psicólogo para aprender mais sobre essa técnica e começar a praticá-la.

Artigo publicado com garantias médicas, em colaboração com grupo científico do doctoranytime.

Referências:

Mindfulness exercises. (2020, September 15). Mayo Clinic.

Mutu, R. I. (2021, March 9). Mindfulness para reducir el estrés y la ansiedad. MGC Mutua. https://www.mgc.es/blog/mindfulness-para-reducir-el-estres-y-la-ansiedad/

González, Alazne. (2014). Mindfulness (atenção plena ou consciência plena). Research Gate.

Fonte: Eu Sem Fronteiras

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: CONHEÇA UM POUCO MAIS DO MINDFULNESS OU ATENÇÃO PLENA PARA VOCÊ TER O CONTROLE TOTAL DA SUA VIDA

AUTOCONHECIMENTO: DESMISTIFICANDO A 5ª DIMENSÃO

Em nossos textos aqui da coluna AUTOCONHECIMENTO sempre estamos abordando a questão da 5ª Dimensão, que para muitos ainda é algo muito distante da compreensão humana. Na verdade a Quinta Dimensão nada mais é do que um Estado de Espírito ou nível consciencial mais elevado. Na Quinta Dimensão somos capazes de enxergar quase todas as coisas do universo que não somos capazes de enxergar nessa rasa e limitada 3ª Dimensão com apenas os 5 sentidos. Para isso não é necessário morrer. Passar dessa vida para outra experiência. Isso varia de pessoa para pessoa, em função do seu nível consciencial. O texto a seguir esclarece e dá dicas sobre como se sentem e se comportam as consciências que vivenciam a 5ªDimensão.

Como será a 5ª Dimensão para você

Mensagem canalizada em Novembro de 2021 – Os Arcturianos

“Saudações. Nós somos o Conselho Arcturiano. Temos o prazer de nos conectar com todos vocês.

Estamos muito entusiasmados para ver o que vocês farão com as energias que estiveram sobre vocês e como irão usá-las para cocriar melhores sistemas em seu mundo. Muitos de vocês que estão despertos sabem que os sistemas que estão estabelecidos não estão funcionando para todos, ou até mesmo para a maioria das pessoas, e vocês querem ser parte da criação dos novos sistemas que se estabelecerão à medida que vocês mudam suas consciências. Realmente queremos que vocês entendam que, como seres da Quinta Dimensão, vocês não precisarão desses sistemas.

Vocês não irão precisar de um sistema educacional, porque todos serão capazes de acessar o que desejarem, quando desejarem, independentemente de sua idade e sem conexão a um computador ou à internet. Vocês irão simplesmente fazer o download do que quer que desejem diretamente para as suas mentes superiores. Vocês não necessitarão de um sistema econômico porque vocês serão manifestadores instantâneos. Portanto, não haverá necessidade de qualquer tipo de troca. Não tentem desvendar isso agora com suas mentes porque suas mentes são limitadas, e a compreensão virá com limitações. Vocês não necessitarão de governos, porque serão capazes de governar a si mesmos. Vocês não precisarão de fronteiras, então por que precisariam de um governo?

Haverá paz; não haverá guerra. Não haverá acordos comerciais; tudo fluirá de acordo com a vibração. Tudo estará acontecendo como se a sincronicidade fosse a regra da vez, e ela será, e vocês ficarão surpresos com o quanto vocês não precisam como seres da Quinta Dimensão. Por isso, aconselhamos que vocês se concentrem mais em ser seres da Quinta Dimensão, em se aterrarem nas energias da Quinta Dimensão e em limpar o que vocês precisam limpar de seus chacras para ascender em vez de focar em e reclamar de seus sistemas falidos e quem precisa fazer o quê sobre isso.

Esse não é o seu trabalho; seu trabalho é trabalhar em si mesmo, onde você tem todo o poder, e dentro do agora, onde você pode oferecer uma vibração diferente daquela que estava oferecendo em momentos anteriores. Não precisa ser mais complicado do que isso. No que diz respeito aos seus relacionamentos com extraterrestres, vocês compreenderão tudo isso no momento. Novamente, a vibração irá ditar tudo, e, portanto, aqueles que estiverem prontos para mais contato o terão. Aqueles que desejarem maior contato, irão tê-lo; os que quiserem viajar, serão capazes de fazê-lo, independentemente de para onde queiram ir. Não tente solucionar isso agora ou pense que você precisa ter tudo planejado antes que isso ocorra, pois vocês não irão e não podem fazê-lo.

O que vocês podem fazer é cuidar de si mesmos e daqueles ao seu redor que precisem de quaisquer dons que vocês atualmente possam oferecer. Vocês podem ajudar a elevar o nível de consciência aí no planeta e não precisam se preocupar sobre o que os outros estão ou não fazendo. Vocês não devem assumir que alguém está criando em sua realidade, pois não é isso que está acontecendo. E você pode viver uma vida com mais poder à medida que continua avançando, passo a passo, para a Quinta Dimensão.

Nós somos o Conselho Arcturiano, e foi um prazer nos conectar com vocês.”

Daniel Scranton — Fonte: https://danielscranton.com/
Adriana D. R. T. Olívėra e Marco Iorio Júnior — Tradutora e Editor exclusivos do Trabalhadores da Luz

Fonte: Trabalhadores da Luz

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: DESMISTIFICANDO A 5ª DIMENSÃO

AUTOCONHECIMENTO: SAIBA COMO ENXERGAR ALÉM DOS 5 SENTIDOS DESENVOLVENDO A INTUIÇÃO

Eu sempre falo que é necessário desenvolver a nossa intuição, pois esta percepção sensorial é inerente a todos os seres humanos e não apenas as mulheres, como aprendemos desde a infância. No vídeo de hoje você vai saber o que é a intuição e como podemos desenvolve-la para conseguimos enxergar além dos 5 sentidos. A maioria das coisas que existentes no mundo vão além desses sentidos e a intuição vai te ajudar a acreditar e enxergá-las, mesmo que não sejam materiais e palpáveis. 

Fonte:

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: SAIBA COMO ENXERGAR ALÉM DOS 5 SENTIDOS DESENVOLVENDO A INTUIÇÃO

AUTOCONHECIMENTO: A VERDADEIRA FUNÇÃO DO EGO ESTÁ NOS PRÓXIMOS 4 MINUTOS DE LEITURA

Diz um ditado que: “quem procura acha”. E na nossa busca por artigos e textos que possam esclarecer cada vez melhor os meandros da jornada humana em busca da vida plena, sempre encontramos algumas pérolas que só nos deixa realmente entusiasmados, pois constatamos que estamos no caminho certo. O texto de hoje, aqui na coluna AUTOCONHECIMENTO começa com uma pergunta profunda: Qual a função do ego? E o que vem a seguir você precisa realmente ler, pois é simplesmente uma senhora aula sobre AUTOCONHECIMENTO, que vai lhe proporcionar um extraordinário salto quântico. Então não perca tempo e comece logo a ler!

Qual a função do ego?

Peça de xadrez refletindo sombra.

aoosthuizen / 123rf

Quando iniciamos de forma consciente a nossa jornada de desenvolvimento espiritual, muito ouvimos falar sobre o EGO e também sobre como eliminá-lo para que ele não seja um obstáculo em nossa busca pela reconexão com a Consciência Criadora.

Contudo, durante essa jornada, surgem muitos questionamentos, como:

  • O que é de fato o EGO?
  • Por que ele existe? Qual é a sua função?
  • Se ele desaparecer, o que vai acontecer comigo?

Todas essas questões, eu me fiz por muito tempo, até ter mais compreensão sobre as leis do Universo, da física e do processo de ascensão do ser humano.

Em primeiro lugar, para compreender o EGO é preciso entender a criação da nossa alma. Tanto no campo da física quanto nos antigos conhecimentos dos povos originários, entende-se que há uma Energia Criadora de Tudo que É.

Nossa alma corresponde a uma individualização dessa própria Consciência Criadora.

No entanto essa “Individualização” é que o podemos chamar de EGO.

Podemos também dizer que o EGO é a nossa “vontade”.

Ao contrário do que muitos espiritualistas falam, o EGO é bastante útil durante nossa vida e encarnação neste planeta, por exemplo: é devido ao EGO que os bebês, ao nascer, têm instintivamente uma vontade de ir até o peito da mãe tomar seu alimento.

Porém é claro que durante nosso crescimento como seres humanos, nosso EGO pode se tornar um grande vilão da capacidade que temos de evoluir.

Mulher branca apontando para coroa na cabeça.

deagreez / 123rf

Em outras palavras, o EGO é um mecanismo seletivo que trabalha com “atração” e “repulsão”, ou seja, ele define “eu gosto disso, então quero para perto de mim” ou “eu não gosto disso, então quero longe de mim”.

Contudo há um grande problema nesse mecanismo: ele pode nos tornar ignorantes, ou seja, se eu não gosto de algo, acabo ignorando fatos e informações referentes a isso.

Além disso, a minha visão sobre o mundo acaba se tornando limitada, por isso muitos chamam também de uma visão egoísta, que acaba também por se tornar uma visão deturpada, já que ela não contempla toda a riqueza de informações disponíveis.

Em uma viagem à Índia, tive a oportunidade de conhecer e participar do “Dalai Lama Teaching”, que são três dias de estudos com Dalai Lama em Dharamsala.

Durante suas aulas, ele deu uma explanação fantástica para neutralizar o EGO e abrir a mente para evitar o caminho da ignorância, que, segundo o budismo, também é o caminho do sofrimento. Vou compartilhar esse ensinamento com você neste momento:

Segundo Dalai Lama, se você não gosta de alguém, tende a ver apenas os aspectos negativos sobre aquela pessoa e ignora os positivos, contudo se você gosta de alguém, tende a ver apenas os aspectos positivos e acaba ignorando os negativos.

Ambas formas de ver são seletivas. No entanto, para neutralizar esse efeito, é importante que exercitemos a nossa mente a ver as qualidades positivas das pessoas de quem não gostamos, ao mesmo tempo em que devemos observar as qualidades negativas das pessoas de quem gostamos.

Essa técnica dada por Dalai Lama é uma resolução de fato que supera a ignorância e a visão limitada, uma vez que nos convida a coletar informações sobre o sujeito, ampliando nossa capacidade de visão e nos dando maior inteligência sobre o assunto.

Da mesma forma, aplicando essa técnica é possível evitar entrar em aspectos extremistas, como o fanatismo ou a incredulidade, que são aspectos da mesma ignorância.

Por outro lado, algumas pessoas que buscam eliminar seu EGO para poder ser um canal da Vontade do Criador de Tudo que É também acabam entrando em certas ciladas da espiritualidade, pois você deixa de questionar se aquela informação é realmente condizente com os seus valores e, por esse caminho em nossa história da humanidade, já temos visto muitas guerras religiosas usando esse intermédio para manipulação das grandes massas.

Nesses anos de estudos sobre a espiritualidade, tenho entendido que é a própria vontade da Mente Criadora de Tudo que É que nos mantenhamos individualizados a fim de aumentar a complexidade da sua própria existência e experiência.

Mulher branca com as mãos na cabeça e expressão perdida.

Uday Mittal / Unsplash

No entanto, mesmo quando conquistamos a ascensão da nossa alma, nós continuamos individualizados do Criador e não desaparecemos, como muitos acreditam. Neste caso, a única diferença é que passamos gradualmente a alinhar as nossas vontades com a Vontade do Universo e, consequentemente, com a da Mente Criadora.

Se as nossas ações estiverem em harmonia e alinhadas com as Vontades do Universo, então estaremos percorrendo uma vida em direção à plenitude e à sabedoria, uma vez que a expressão da energia Criadora se manifesta por uma trindade: Amor, Sabedoria e Poder de Criação.

Fonte: Eu Sem Fronteiras

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: A VERDADEIRA FUNÇÃO DO EGO ESTÁ NOS PRÓXIMOS 4 MINUTOS DE LEITURA

AUTOCONHECIMENTO: O SILÊNCIO CONTÉM O PODER QUE SÓ A MEDITAÇÃO PODE LHE PROPORCIONAR

A cada dia tenho mais convicção que o único caminho para se alcançar a sua melhor versão é através da meditação, cujo poder está no silêncio. Não apenas o silêncio exterior, mas principalmente o silêncio interior. Sendo o maior obstáculo para se conseguir esse silêncio essencial a mente inquieta, instável e barulhenta. Por isso convido você a ler o artigo completo a seguir e conhecer os meandros dessa caminhada.

O SILÊNCIO CONTÉM O PODER

Existe um nível do Ser onde existe muita Calma.

Mas como acessá-lo? O que nos impede de acessar este lugar sagrado?

O obstáculo, para se chegar à Calma Essencial, é a mente

A mente inquieta, instável e barulhenta, é uma pedra de tropeço para se chegar à mansidão do Mar Azul, dentro. No entanto, existe uma chave para acessar este lugar sagrado. A chave, que abre a porta para este nível do Ser, é o Silêncio, a Contemplação e a Meditação.

O Silêncio é uma dádiva também para ansiosos.

A grande angústia do ansioso é sofrer e lutar contra a desorganização interna, que se reflete como bagunça em seu ambiente externo. A pessoa ansiosa se angustia de ver projetado no seu externo a desordem e a estagnação. Entretanto, no Silêncio e na Meditação existe algo de dinâmico e organizador.

Quando esta dupla entra em ação ela dissolve o torpor mental causado pela ansiedade. Por quê? Algo mágico acontece… a sua respiração muda imediatamente, e você pode agora começar a viver a clareza mental. No Retiro Travessia – de Meditação, Silêncio e Cura Interior – esta prática guiada é muito prazerosa, interessante e fácil de se fazer na exuberante natureza.

Silêncio, Meditação e Contemplação e os 11 extraordinários benefícios

1- Cura do sono.

2- Tranquilidade e disposição ao acordar.

3- Permanência por mais tempo na “Calma Essencial”.

4- Baixa da ansiedade.

5- Melhora da respiração.

6- Mente tranquila e organizada.

7- Memória ativada.

8- Libertação da obsessão dos problemas e conflitos.

9- Resgate da intuição clara e purificada.

10- Presença e conexão.

11- Despertar das capacidades mentais normais e superiores.

 

Os malefícios da falta de silêncio interior

 

“Pensar é algo divino, no entanto, não parar de pensar é algo doentio”.

Pensar compulsivamente é como aquele cachorro que “corre e corre atrás do próprio rabo sem nunca chegar à lugar algum”. O automatismo que criamos vem do nosso “lado” animal fazendo com que a mente fique condicionada à padrões de comportamentos indesejáveis. Esse mecanismo se torna forte, tornando complexo o funcionamento da mente.

Emocionalmente falando, o pensador compulsivo  está sempre aborrecido, insatisfeito e com a alma apertada e apartada de si. Ademais, o ruído mental incessante é um tremendo obstáculo ao autoconhecimento autêntico: a pessoa perde o contato com sua essência, acabando por se sentir “um estranho em sua casa interior”. Tédio, cansaço, ansiedade e respiração alterada compõem o quadro emocional ruim. Parece um paradoxo, mas somente algo simples como a Meditação –  e o silêncio que ela produz – podem tirar a mente de sua complexidade e fazê-la sentir paz e funcionar bem!

Você não é a sua mente e nem o que você pensao pensamento  compulsivo faz com que a pessoa caia na armadilha de se confundir com os próprios pensamentos e de se esquecer quem ela realmente é. O silêncio é a chave para acessar e usar o  potencial ilimitado disponível a todos e a ferramenta por excelência é a Meditação”, lembra sempre o Dr. Toni Luiz a seus pacientes e alunos.

Silêncio, Meditação e Saúde Mental

A Meditação é o remédio natural para quem quer equilíbrio e saúde mental. Quem aprende a silenciar volta ao seu estado natural e será cada vez menos perturbado pelas oscilações da mente. Fazer paradas durante o dia para silenciar e meditar estabiliza a mente porque ajuda a criar “espaço” entre os pensamentos.

Quando isso acontece a pessoa sente uma grande satisfação e já pode comemorar o início da vitória sobre as prisões da mente. Somente silenciando você se torna capaz de transformar o pensamento – colocando de ‘escanteio’ a interferência do ego – e só então determinar o que você quer de fato pensar ou deixar de pensar.

“É muito bom deixar a mente descansando num grande vazio, e pensar somente quando preciso pensar, a prática me ensina a entrar no “modo descanso”.  Isto é uma grande liberdade, uma grande conquista!”, Sarita de Távora Domingues

Se o Silêncio é tão bom assim, por que alguns o temem?

Teme quem desconhece as dádivas do silêncio. A maioria de nós está tão apegada ao sofrimento que esse mecanismo se torna muito forte, a pessoa acaba acreditando que aquela é a sua natureza. Teme o silêncio quem está apegado de forma anormal ao que lhe é “familiar”. Entretanto, somente o que ela teme – o Silêncio – é o que pode libertá-la. O silêncio te ajuda a sair da “ilusão” criada pelos pensamentos caóticos e opressivos. A dinâmica do silêncio coloca ordem em sua casa interior e faz enxergar a realidade com fino discernimento, de forma transformadora.

O Silêncio Meditativo é como uma sala espaçosa, silenciosa e aconchegante, à meia luz,  onde você pode, com tranquilidade, adentrar, tirar seus sapatos e  se permitir descansar. Existe ainda muitas pérolas no silêncio, uma delas é o descanso. Agora que você compreendeu mais sobre o silêncio, eu lhe pergunto: Existe alguma razão para perdê-lo? Sarita de Távora Domingues

Quem consegue aprender sobre o Silêncio?

Quem se interessar por ele,  quem o busca, pratica e o cultiva. Para buscar o Silêncio é necessário um movimento de auto valor e cuidado. Se não fizer isso por si mesmo, por sua mente, ninguém o fará!  A prática requer apenas algum momento do dia e alguns minutos antes de dormir. Impressionantes maravilhas estão reservadas para seus buscadores.

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: O SILÊNCIO CONTÉM O PODER QUE SÓ A MEDITAÇÃO PODE LHE PROPORCIONAR

AUTOCONHECIMENTO: CONHEÇA TUDO SOBRE A PODEROSA ENERGIA KUNDALINI

Finalmente encontrei um texto que fala tudo ou quase tudo sobre a poderosa energia da Kundalini, destaque da nossa coluna AUTOCONHECIMENTO deste sábado. Dia propício para este tipo de leitura, onde você vai conhecer melhor como se processa no nosso corpo essa poderosa energia. O texto a seguir desmistifica a palavra Kundalini, que se refere a uma força particular e poderosa, que é normalmente representada como uma serpente enrolada. Muitas pessoas confundem a simbologia da serpente com algo maligno e prejudicial, mas é exatamente o contrário disso e ao ler o artigo completo a seguir você vai conhecer o verdadeiro significado dessa simbologia!

A poderosa energia da Kundalini

Mensagem de 7 de Novembro de 2021

As pessoas com frequência ouvem falar da Kundalini. Veem imagens dela em manuais, livros, etc. Geralmente, associam a Kundalini com ioga, mas essa associação é bastante superficial. Em um artigo anterior intitulado “Kundalini Ioga”, expliquei um pouco mais profundamente o que a verdadeira Kundalini Ioga aborda e por que a maioria das pessoas não deve tentar despertar a Kundalini sem o devido trabalho interno e orientação.

A palavra Kundalini se refere a uma força particular e poderosa, que é normalmente representada como uma serpente enrolada. Muitas pessoas confundem a simbologia da serpente com algo maligno e prejudicial; isso não poderia estar mais longe da verdade. A serpente na simbologia foi usada por culturas antigas e até mesmo por algumas culturas modernas que entendem seu verdadeiro significado. Eles a usam para representar sabedoria, conhecimento, altos níveis de espiritualidade; forças poderosas que carregamos dentro de nós, mas que precisam ser despertadas com cuidado, pois a Kundalini pode curar ou destruir você.

Por que a serpente foi usada para representar esse poder? Deixe-me dar um exemplo mundano: quando uma cobra desperta, ela se desenrola e se levanta com uma forte explosão de energia. Pelo fato de a energia da Kundalini ser muito poderosa, ainda que indetectável quando em seu estado latente, e “Kundalini” ser um adjetivo em sânscrito que significa “circular”, é muito lógica a razão pela qual a associação entre a serpente enrolada e a energia sagrada se deu.

A energia da Kundalini é tão poderosa porque é uma energia primordial, ela não foi criada; ela sempre existiu. Dentro do Tantra e da real ioga, existe a crença em realidades subjacentes, nas quais pode-se intuir ou sentir quando alguém deseja se conectar primeiro com seu centro.

Essas realidades subjacentes são parte da unidade básica primordial, que é constituída de dois princípios: o princípio masculino, ou Shiva, e o princípio feminino, ou Shakti. Como se vê, não há a negação de uma ou outra força; pois a criação não pode ocorrer se não houver uma sintonia entre ambas. Uma dança sagrada, na qual ambas as forças são reconhecidas como poderosas.

Masculine and Feminine energies | Tantric Healing Therapy

Shiva contém os elementos universais e a expressão da consciência universal. Shakti é o princípio feminino dinâmico ou o poderoso princípio da ação. Quando Shiva se reúne a Shakit, a vida é criada – uma fusão dos princípios primordiais que têm um efeito criativo e gerador. Por se tratar de uma sintonia entre as forças feminina e masculina, é considerada energia sexual em sua forma mais pura.

Uma vez que somos parte da criação, somos parte desta energia; essa energia de criação é chamada Kundalini. A Kundalini em seu estado natural é latente, o que significa que está adormecida; ela não pertence ao nosso corpo físico, mas ao nosso corpo/energia etérico, energético ou sutil. Esse corpo etérico tem muitos canais ou caminhos que nos percorrem por inteiro, por meio dos quais a energia Kundalini pode se movimentar.

Há milhares de canais, mas três deles são os principais: o nadi central, ou Shushumna, o nadi esquerdo, ou Ida, e o nadi direito, ou Pingala; esses três nadis principais percorrem desde a base da espinha até a cabeça.

O nadi direito, ou Pingala, é associado ao princípio masculino e ao Sol. O nadi esquerdo, ou Ida, é associado ao princípio feminino e à Lua. Ambos são a base do sistema energético, mas não têm nada a ver com Biologia, mas sim com qualidades e quantidades; todos nós carregamos energias masculina e feminina dentro, e elas se expressam em proporções diferentes dentro de pessoas distintas.

O Shushumna ou nadi central é o eixo e é independente dos outros nadis. Todos os nadis fluem através dos chacras e o fazem de formas específicas.

HÁ SETE CHACRAS CONSIDERADOS OS PRINCIPAIS:

Guia rápido sobre chakras:

  • Muladhara, que é o chacra básico, responsável pelo seu senso de segurança e estabilidade e localizado na base da coluna.
  • Svadhisthana, que é o chacra sacral, responsável por sua sexualidade, seu prazer e sua criatividade.
  • Manipura, que é o chacra plexo solar, responsável por sua autoestima e confiança.
  • Anahata, que é o chacra cardíaco, responsável pelo amor e pela compaixão.
  • Vishuaddha, que é o chacra laríngeo, responsável pela comunicação.
  • Ajna, que é o chacra do terceiro olho, responsável pela intuição e imaginação.
  • Sahastrara, que é o chacra coronário, responsável pela consciência e inteligência.

A Kundalini reside no chacra básico, mas quando desperta, ela ascende através dos principais chacras até alcançar o chacra Ajna ou Terceiro Olho. Esse terceiro olho é onde repousa a consciência individual e é através dele que uma ponte com a consciência cósmica pode ser estabelecida.

Quando a Kundalini começa a ascender através do nadi central em direção ao terceiro olho, ela abre os outros chacras; em outras palavras, ela ativa centros energéticos, o que significa que uma elevação da consciência começa a acontecer. Assim, quando a Kundalini atingir o terceiro olho, ela já terá impactado nosso campo energético, ou sistema nervoso, expandido nossos sentidos e ativado partes de nossa psique que estavam adormecidas – ela afeta nossos planos físico, energético, espiritual e mental.

O processo de despertar com a consciência cósmica ocorre entre o terceiro olho e o chacra coronário. Despertar a Kundalini não é uma tarefa fácil e nem deve ser encarada com leveza. Isso não acontece por meio de repetições sutis nem através apenas da meditação. Para despertar todas as serpentes da Kundalini, é necessário tempo, constância e prática – leva anos para despertar cada serpente.

O despertar da Kundalini não é recomendado para quem não deseja se confrontar e dançar com suas sombras, pois ainda que essa energia seja muito benéfica ao self, ela destruirá os que não estiverem prontos. Ela pode perturbar seriamente qualquer um que não esteja pronto para despertar; pois há diferença entre dançar com a sua loucura ou gênio interior e se tornar mentalmente doente e perder-se em um mundo incoerente.

Breathing in the Neshamah of Christian Living and Practice — Christians Practicing Yoga

A Kundalini não responde à rigidez e muito menos ao abuso de si mesmo. Por isso, trabalhar com sua sombra, procurando equilíbrio entre a luz e a sombra e compreendendo (não apenas em um nível lógico) que cada uma tem seu valor e que uma não pode existir sem a outra, é imperativo.

Há muitas formas de despertar a Kundalini: mudras, mandalas, ioga, meditação, técnicas de respiração, cantos, Tantra, geometria sagrada. Por que tantos caminhos? Porque não existe aquele um caminho que leve à iluminação.

A verdade vos libertará”, o que, para a Kundalini, significa que a verdade dentro de você irá te libertar e que a verdade foi revelada pela consciência cósmica por meio de suas muitas expressões – em outras palavras, cada caminho esconde uma peça do quebra-cabeça e você é a pedra filosofal; a escolha de trabalhar ou não em si mesmo é sua.

Sofia Falcone — Fonte: https://eraoflight.com/
Adriana D. R. T. Olívėra e Marco Iorio Júnior — Tradutora e Editor exclusivos do Trabalhadores da Luz

Fonte: Trabalhadores da Luz

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: CONHEÇA TUDO SOBRE A PODEROSA ENERGIA KUNDALINI

AUTOCONHECIMENTO: LIBERDADE, VOCÊ SABE QUAL O VERDADEIRO SIGNIFICADO? POR WAGNER BRAGA

Há dois mil anos Jesus disse a célebre e enigmática frase: “Conhecereis a verdade e ela vos libertará”. Dois mil anos se passaram e até hoje poucas pessoas conseguiram entender o verdadeiro significado dessas palavras e principalmente da palavra “liberdade”. Para grande parte das pessoas liberdade significa, simplesmente, o direito de ir e vir. Para muitas outras, além disso, o direito de pensar e falar o que quiser e para tantas outras o direito de pensar, falar e fazer o que quiser.

A Declaração Universal dos Direitos Humanos, adotada e proclamada pela Assembleia Geral das Nações Unidas (resolução 217 A III) em 10 de dezembro 1948, estabelece em seus artigos 1º, 2º e 4º o seguinte:

Artigo 1
Todos os seres humanos nascem livres e iguais em dignidade e direitos. São dotados de razão e consciência e devem agir em relação uns aos outros com espírito de fraternidade.

Artigo 3
Todo ser humano tem direito à vida, à liberdade e à segurança pessoal.

Artigo 4
Ninguém será mantido em escravidão ou servidão; a escravidão e o tráfico de escravos serão proibidos em todas as suas formas.

Todos esses conceitos se resumem a parte física e material do seres humanos, mas Jesus se referiu ao desenvolvimento espiritual do ser humano. Conhecer a verdade significa, antes de mais nada, parar definitivamente de mentir. Assim como onde há luz não existe escuridão, a verdade não convive com a mentira. Em segundo plano não existe verdade absoluta, ela se renova e se atualiza dia a dia. Por exemplo, na Idade Média se imaginava que a terra era plana e que era o centro do universo, até que Galileu afirmou que a terra era redonda e era apenas mais um planeta girando na órbita de uma estrela de 5ª grandeza, o Sol. A verdade que parecia absoluta veio abaixo e mais adiante se descobriu que o sistema solar é apenas um dos bilhões de sistemas que compõem a Via Láctea e mais adiante que a própria Via Láctea é apenas uma de mais de um bilhão de galáxias. Portanto não existe verdade absoluta e o conhecimento é que nos permite nos libertarmos das nossa crenças limitantes.

O homem vivem em busca da tão sonhada liberdade, desde quando começou a caminhar por sobre as terras desse planeta, se deslocando de continente para continente e depois que explorou todo o território terráqueo resolveu explorar o espaço para se libertar da opressão da força da gravidade que nos mantêm atados ao solo. Conquistou a Lua e agora tenta conquistar Marte para se libertar do planta Terra que um dia não será mais possível habitá-lo.

Até aqui falamos em se libertar da matéria através da matéria. Mas o que Jesus falou foi se libertar da matéria através do espírito. nós somos feitos de energia condensada ou matéria. Mas a nossa experiência aqui é aprender a usar 100% da nossa consciência ao ponto de nos desvencilharmos dessa matéria densa no plano tridimensional para um plano mais elevado onde seremos energia pura e não precisaremos mais desse casulo material.

Fonte:

 

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: LIBERDADE, VOCÊ SABE QUAL O VERDADEIRO SIGNIFICADO? POR WAGNER BRAGA

AUTOCONHECIMENTO: SAIBA COMO CRIAR SEU MAIS PERFEITO LIFESTYLE

O destaque da nossa coluna AUTOCONHECIMENTO desta quinta-feira se chama Lifestyle. No artigo a seguir você vai entender e aprender como criar o seu lifestyle mais perfeito. Vai entender o que significa isso e o porquê da importância disso para a sua vida. Então convido você a ler o artigo completo a seguir, refletir e fazer o seu juízo de valor!

Como criar um lifestyle perfeito para você?

Mulheres em uma sala, brindando taças e conversando.
lopolo / 123rf

Você sabe o que as Kardashians e a Monja Coen têm em comum? Elas vivem o próprio lifestyle! Se você ainda não sabe muito bem o que essa expressão significa, tal comparação pode parecer absurda. Mas não se acanhe, você vai se tornar profissional nesse tema.

Com o conteúdo que preparamos a seguir, entenda melhor esse termo que tem sido tão falado nos últimos tempos e como você pode definir um lifestyle perfeito para você. Surpreenda-se com as vantagens de fazer isso!

O que é lifestyle?

Para entender o que é lifestyle, basta traduzir a expressão, que tem origem no idioma inglês. Em português, ela significa estilo de vida. Talvez você imagine que esse termo é algo muito glamoroso e luxuoso, mas não é verdade. Toda maneira de viver é um estilo de vida. Portanto lifestyle não é só para celebridades.

Uma mulher segurando sacolas de compra

Andrea Piacquadio / Pexels / Eu Sem Fronteiras

Na verdade o que define um estilo de vida é o que uma pessoa faz todos os dias, os valores que ela defende, as atividades que ela gosta de fazer e a perspectiva que ela tem sobre o mundo. Entre os exemplos mais disseminados, podemos dizer que o minimalismo, a ostentação e o veganismo são estilos de vida.

Passo a passo para criar seu lifestyle

Agora que você já sabe o que é um estilo de vida, está na hora de definir o seu. É importante que você se lembre de que o lifestyle perfeito para você é aquele que faz você se sentir bem, em harmonia com quem você é e com a saúde em ordem. Saiba como alcançar isso:

1) Defina a sua rotina

Em primeiro lugar, organize os seus dias. Para isso, identifique quais são os melhores horários para acordar, comer, tomar banho e dormir. Com uma rotina definida por você, para você, é mais fácil se sentir bem diariamente, evitando o cansaço excessivo e se alimentando corretamente.

2) Conheça os seus hobbies

O seu estilo de vida é totalmente influenciado pelos seus hobbies. Ou seja, você precisa saber quais são as atividades que você gosta de fazer nos seus momentos de lazer e se dedicar a elas em momentos específicos da sua semana.

3) Trace suas prioridades

As suas prioridades moldam a sua maneira de viver a vida. Para você, é mais importante se dedicar ao trabalho, passar um tempo com amigos e familiares ou viajar, por exemplo? Por meio de perguntas como essa, você vai entender no que deve focar a sua atenção no cotidiano.

4) Encontre seu estilo de roupas

Uma mulher loira sorrindo. Ela mexe num cabide de roupas.

Anna Tarazevich / Pexels / Eu Sem Fronteiras

Um estilo de roupas bem definido faz parte de um bom lifestyle. Para encontrar as peças que você mais gosta, conheça o seu corpo e entenda o que o valoriza. Uma mudança no seu guarda-roupas pode até ajudá-lo nesse processo.

5) Selecione o conteúdo que você consome

Você é uma pessoa que gosta de consumir filmes, séries, vídeos, livros ou programas de televisão? Quais são os conteúdos que lhe despertam mais interesse? Tenha isso em mente na hora de definir seu lifestyle e se lembre de que não há respostas erradas.

6) Faça novas amizades

Fazer novas amizades é uma maneira de se conectar com pessoas que tenham um estilo de vida parecido com o seu. Dessa maneira, você vai sentir mais facilidade para compartilhar sua maneira de ver o mundo e de viver a vida.

7) Frequente lugares que lhe interessam

Na hora de sair, você gosta de ir a quais lugares? Restaurantes, bares, shoppings, shows? O seu lifestyle será definido pelos espaços que você costuma frequentar, então descubra quais o agradam mais.

8) Defina limites

O seu estilo de vida não pode ser definido por outras pessoas. Ou seja, você precisa definir limites para garantir que ninguém vai opinar sobre o jeito que você escolheu viver. Essa também é uma forma de não anular as suas vontades em benefício dos outros.

9) Dê espaço para improvisos

Uma mulher branca pulando.

Quang Anh Ha Nguyen / Pexels / Eu Sem Fronteiras

Ainda que a definição do seu lifestyle exija organização e constância, é importante que você dê espaço para improvisos. Não leve tudo tão a sério e se permita experimentar novidades de vez em quando, para diversificar seus interesses.

10) Continue se conhecendo

A principal regra para definir um estilo de vida é se conhecer. Portanto mantenha seu processo de autoconhecimento e não tenha medo de mudar quando julgar necessário. Afinal você está em constante transformação.

Agora que você já sabe tudo sobre como ter um lifestyle perfeito para você, mãos à obra! Aproveite esse momento de definir os seus gostos e o seu jeito de ver a vida para se aprofundar na sua essência, sempre respeitando suas vontades, seus planos e seus limites. Abra-se para uma vida com mais autenticidade!

Escrito por Daniel Portela

Fonte: Eu Sem Fronteiras

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: SAIBA COMO CRIAR SEU MAIS PERFEITO LIFESTYLE

AUTOCONHECIMENTO: A SUA MISSÃO INERENTE A SUA ALMA TE AGUARDA PARA SER EXECUTADA

Tua missão de Alma

O texto que estamos publicando nesta segunda-feira, aqui na coluna AUTOCONHECIMENTO fala da sua missão única. Aquela missão que sua alma se propôs, lá atrás, no plano Divino, a executar nessa experiência terrena. Então te convido a ler o curto, porém super sábio texto a seguir, refletir e fazer o seu juízo de valor! 

Mensagem de 7 de Novembro de 2021

A sua missão e propósito de alma, especialmente nestes tempos importantes, não é sobre você, ou Eu e o mim, o ego.

Trata-se de realizar o trabalho que sua alma concordou fazer, se tornar, se ancorar totalmente nele. Tornar-se ele!

Trata-se de cumprir a sua missão única na Terra!

Trata-se de ser o instrumento através do qual a grande transição possa escalar para a Nova Terra.

Nunca foi sobre você.

Sempre foi sobre o Plano-mestre Divino cumprindo-se na Terra.

E fazer isso, com amor e em amor, da melhor e mais elevada maneira, para o bem-maior de todos.

Lembre-se disso nas próximas semanas e meses, à medida que tudo é destituído que não sirva mais à você, nem ao todo maior.

Permaneça focado em completar a missão.

Judith Kusel – Fonte: https://goldenageofgaia.com/
Roseli Giusti Zahm e Marco Iorio Júnior — Tradutora e Editor exclusivos do Trabalhadores da Luz

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: A SUA MISSÃO INERENTE A SUA ALMA TE AGUARDA PARA SER EXECUTADA

AUTOCONHECIMENTO: NÃO É INTELIGENTE DUVIDAR DO CAMINHO DA POSITIVIDADE

A vida não é complicada, ela é simples. Nós é que a complicamos. Se seguirmos com obediência as leis universais alcançaremos a nossa melhor versão sem percalços nem perda de tempo. Ao enaltecer a positividade não pegamos um atalho, porque não existe atalho quando se trata de desenvolvimento espiritual, mas sim economia de tempo. Se compararmos a caminhada evolutiva com uma highway em que todos trafegam nela em busca da sua melhor versão, é como se de vez em quando saíssemos dessa highway e pegássemos uma estrada vicinal, onde nos deparamos com diversos tipos de terrenos como buracos, areia fofa, pedregulho, atoleiros, riachos até acharmos o caminho de volta para a velha e perfeita highway. É como viajar sobre uma ferrovia e de vez em quando descarrilar, voltando aos trilhos depois de muito sofrimento.

Portanto obedecer a uma das leis universais como a da atração, que diz que o positivo atrai o positivo e o negativo atrai o negativo, sabendo que o melhor caminho é o da positividade é a melhor forma de se manter o tempo todo na highway e assim economizar um tempo incrível até alcançar a sua melhor versão. 

Por que devo vibrar em sintonia com as Leis Cósmicas? - Ipappi Curitiba

Enalteça a positividade!

 
Seja positivo sempre, emane boas energias em todos os momentos, essa atitude é extremamente importante em todos os instantes da vida, seja um criador de boas energias, potencialize o seu bem-estar e estimule o universo a conspirar a seu favor, pratique a GRATIDÃO!

Seja um facilitador para as oportunidades.

Ofereça ao cosmo a energia base, e assim, ele terá a força necessária para propiciar o resultado semelhante ao seu propósito. No entanto, como tudo requer uma adaptação e novidades, também compõe o processo, as dificuldades e obstáculos, entretanto, Deus te capacitou com inteligência e sabedoria para o enfrentamento dessas ocasiões. Portanto, exalte as suas potencialidades, ressurja com maior vigor e autoconfiança, faça o seu melhor em cada momento, hoje é outro dia!

Potencialize a sua determinação com ações pertinentes ao seu objetivo, mantenha a serenidade e a calma diante das adversidades, administre a situação com confiança em Deus. Há ocasiões, em que somente Deus, é possível atuar e ajustar os percalços da vida, simplesmente confie, por que ele está atuando tenha essa certeza! Todas as solicitações que lhe são direcionadas, tenha uma certeza, são assimiladas, porém, ele é detentor dos conhecimentos universais, e fará os ajustes necessários para cada desafio. Hoje é um outro capítulo da vida, uma nova oportunidade para REINICIAR e transformar o seu destino!

Você é realmente incrível, tem um poder extraordinário: o PENSAMENTO. Daí, independente dos obstáculos, conserve o foco na positividade e no otimismo, essa é a sua essência verdadeira, lembre-se disso! Mantenha essa conexão com o seu EU INTERIOR, conserve o seu equilíbrio em harmonia, você está na liderança para a concretização dos seus projetos!

Faça tudo com amor e sabedoria, comprometimento e disciplina, e permita que Deus te conceda o brilho da conquista!

Autor: Reginaldo Rodrigues
Email: r3.reginaldorodrigues.7@gmail.com

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: NÃO É INTELIGENTE DUVIDAR DO CAMINHO DA POSITIVIDADE

AUTOCONHECIMENTO: O QUE AS NOVAS CRENÇAS PODEM NOS TRAZER DE BOM? POR WAGNER BRAGA

Continuando a falar sobre crenças aproveito a oportunidade para dizer que cada experiência que temos serve para o nosso crescimento espiritual. Dai a importância de estarmos sempre nos atualizando com novas crenças e paradigmas. No vídeo de hoje, o questionamento que trago é o seguinte: após validarmos as novas crenças, para onde elas nos levarão? A mudança de crenças é um caminho para te ajudar a conquistar a tão sonhada liberdade, através da expansão da Consciência. Assista ao vídeo completo a seguir, reflita sobre o assunto e faça o seu juízo de valor!

Fonte:

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: O QUE AS NOVAS CRENÇAS PODEM NOS TRAZER DE BOM? POR WAGNER BRAGA

AUTOCONHECIMENTO: RUMO AO 5D ATRAVÉS DA CONSCIÊNCIA CÓSMICA

Nessa escalada evolutiva a humanidade tem experimentado muitas e diferentes experiências no campo do místico, do sutil e do espiritual. Várias são as ciências que estuda esse lado sutil da consciência humana. Já é certo que várias ciências concordam com pelo menos um ponto: Somos consciência cósmica, sem começo nem fim. A Conscienciologia, por exemplo acredita na projeção do corpo enquanto dormimos e que no nosso Perispírito está ligado ao nosso corpo através do cordão de prata, do qual nos desligamos após evoluirmos espiritualmente para um nível energético consciencial onde alcançamos a tão sonhada liberdade!

Consciência cósmica, a nova etapa evolutiva da Humanidade

consciência

A consciência cósmica é um conceito muito antigo, presente em diversas culturas. Somente no século passado é que pesquisadores começaram a tentar estabelecer, de modo científico, a realidade do fenômeno.

Psicologia Transcendental é um ramo da Psicologia especializado no estudo dos estados de consciência, mais especialmente com a experiência cósmica ou estados “ampliados” de consciência. Ela recebeu influência de diversos ramos da psicologia ocidental (behaviorismo, gestalt, psicanálise…) e de métodos orientais (Yoga, Zen, Sufismo, etc).

Outras disciplinas também a influenciam, por exemplo: Física (especialmente os conceitos da Física Quântica), Biofísica, Genética, Farmacologia, Sociologia, Antropologia, Parapsicologia.

Basicamente, a consciência cósmica vai além da consciência comum, estabelecida pelos cinco sentidos, e nos dá acesso instantâneo a Realidade, de modo direto. Os místicos de várias religiões se referem a esse tipo de compreensão total utilizando diversas denominações: êxtase místico, experiência cósmica, experiência transcendental, Nirvana, Samadhi, Satori, Reino do Céu, etc.

A consciência cósmica vai além da consciência comum.

Consciência Cósmica seria, pois, uma forma de consciência mais elevada do que a normalmente possuída pelo homem comum. Aos 35 anos de idade o psiquiatra canadense Richard Maurice Bucke passou por uma experiência que mudou sua vida e o levou a escrever o livro “Cosmic Consciousness” (“Consciência Cósmica”) onde descreve três formas, ou graus, de consciência.

consciência

A primeira seria a consciência simples, comum aos animais e ao homem. Em seguida, temos a autoconsciência, que o ser humano tem de ser uma entidade distinta, separada do restante do universo. E, por meio dela, pode tratar seus próprios estados mentais como objetos de consciência.

Na consciência cósmica ocorre uma iluminação intelectual e moral que eleva o ser humano a um novo plano de existência.

A terceira forma de consciência seria a cósmica, entendida por Bucke como o próximo passo da evolução humana. Com a consciência cósmica, ocorre uma iluminação intelectual e moral que eleva o ser humano a um novo plano de existência, despertando a consciência de vida eterna. Ao conceito darwiniano de evolução, Bucke o estende ao desenvolvimento espiritual.

O psiquiatra mostra que as experiências cósmicas têm uma variada gama de características, embora nem todas ocorram em todos os casos. A partir de suas pesquisas, Burke enumera as principais:

  • Luz subjetiva: o indivíduo tem a sensação de estar imerso em uma nuvem luminosa. 
  • Elevação moral: sensação de júbilo e êxtase. 
  • Iluminação intelectual: uma clara compreensão do todo. 
  • Senso de imortalidade: o medo da morte desaparece, deixa de ter sentido. 
  • Instantaneidade: a experiência ocorre de maneira súbita, total. 
  • Imprevisibilidade da experiência. 

A duração da experiência é geralmente curta, da ordem de poucos segundos ou minutos. Algumas raras vezes, podem durar por horas. Porém, para quem a vivencia, o tempo deixa de ter qualquer significado.

consciência

Para algumas pessoas (como para o próprio Bucke) a experiência cósmica ocorre uma única vez na vida. E, na maioria dos casos que ele estudou, a idade do indivíduo em que a experiência se manifesta tende a ser em plena maturidade, entre os 30 e 40 anos.

Freud chamava esta vivência de “experiência oceânica” e emitiu a hipótese de que esses estados seriam uma regressão ao seio materno. Várias suposições têm sido examinadas em torno dessa tese regressiva.

Tudo indica que existem esses tipos de estados místicos nos níveis pós-uterino, intrauterino e pré-uterino. As provas de existência de memória celular (DNA, RNA) e de continuidade de vida orgânica e inorgânica levam a pensar que a experiência cósmica seria uma regressão ao nível de potencialização de energia.

Outros estudiosos estimam que, ao contrário de uma regressão, a consciência cósmica seria um estágio superior de evolução, como o descrito por Bucke. A realidade desta experiência tem sido hoje comprovada por meio de controles eletrocardiográficos e eletroencefalográficos, indicando que algo diferente se passa na fisiologia nervosa dos indivíduos em estado de êxtase, a tal ponto que se pode acompanhar, através do monitoramento do ritmo alfa, o início e o término da experiência (embora o conteúdo escape totalmente a este tipo de medida).

Referências:
“A Consciência Cósmica” – Pierre Weil – Editora Vozes – 1982.

Fonte: Eu Sem Fronteiras

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: RUMO AO 5D ATRAVÉS DA CONSCIÊNCIA CÓSMICA

AUTOCONHECIMENTO: É APENAS O SER QUE IMPORTA PARA ALMA E NÃO O TER OU FAZER

Sua Alma não se importa com o que você faz para ganhar a vida, mas o que você é enquanto faz o que faz e a forma como você experiencia sua atividade é o mais importante para lhe trazer uma vida mais leve, sem a frustração de querer ou fazer algo que está fora de alcance. É sobre essa reflexão que o texto publicado hoje, aqui na coluna AUTOCONHECIMENTO, vem esclarecer e fazer você conhecer o verdadeiro objetivo da sua alma.

A Alma não se preocupa em ter ou fazer

Imagem ilustrativa de uma alma
Geralt / Pixabay / Canva

“Sua Alma não se importa com o que você faz para ganhar a vida — e quando sua vida terminar, você também não se importará com isso.

Sua alma só se importa com o que você está sendo enquanto está em atividade.”

Esse trecho foi tirado do Livro “Conversando com Deus”, de Donald Wash

Eu não sei quanto a você que está lendo agora essa frase e talvez não tenha refletido sobre isso antes, ou não dessa forma, mas quanto a mim, eu li e reli várias vezes, porque em algum lugar dentro de mim existia um questionamento quanto a isso.

Eu tenho que ser alguém de destaque? Eu tenho que ter uma profissão reconhecida, bem-vista, bem remunerada? Caso não tenha, ser invisível aos olhos da sociedade é o meu lugar. Fugir do que me compete fazer também não seria um escape para não me envolver com o mundo e sua dinâmica cheia de problemas, bem como ficar isenta de estresse e competividade entre outros, para que meu Ego se sinta seguro, amado e reconhecido.

Quando você começa a entender que, seja lá o que estiver fazendo, e pode até ser algo que não goste tanto, esse é o seu lugar neste momento e isso não te tira o direito de querer algo melhor, menos cansativo, menos estressante, mas, de fato, o seu lugar agora pode não ser o seu ideal.

E a sua alma não precisa de status, fama e reconhecimento. Ela só se importa com o que você está sendo enquanto está em atividade. A alma procura um estado de existência, não de ação.

Isso nos dá uma ideia de que podemos estar em qualquer atividade, seja a mais simples, como cuidar de uma casa, ser porteiro de um prédio, ter uma banca de frutas na feira, ser diretor de uma grande empresa, trabalhar viajando, ser ator ou cantor… Não importa!

Mulher trabalhando em um notebook, de costas para a imagem
KatarzynaBialasiewicz / Getty Images Pro / Canva

Você eu podemos, sim, almejar ter uma profissão diferente, mais dinheiro, melhores condições de vida, um trabalho mais leve… mas o que você é enquanto faz o que faz e a forma como você experiencia sua atividade é o mais importante para lhe trazer uma vida mais leve, sem a frustração de querer ou fazer algo que está fora de alcance.

Imagina se não tivesse pessoas trabalhando no recolhimento do lixo, caminhoneiros para transportar alimentos ou profissionais em tecnologia que desenvolvem serviços e produtos que facilitam nossa vida hoje… Cada um com sua importância, cada um sendo aquilo que compete ao momento.

Não procure mudar de área pensando apenas em fazer algo que goste ou porque se sente menor, inferior e até invisível perante a sociedade. Comece gostando do que faz, mas se, por acaso, isso for insustentável, mude. Não passe a vida num ponto onde não há amor nem alegria em ação, onde trabalhar é um fardo insuportável.

“Se você escolher a Evolução da sua alma, não obterá isso por meio das atividades físicas do corpo. Lembre-se de que você não pode ter o que quer, mas pode experimentar o que tem”

E o mais engraçado disso é que, quando você para de almejar o sucesso e bens materiais, o caminho fica aberto para obtê-los.

E pode ser que nesse estágio essas coisas sirvam para seu bem-estar e o daqueles que te cercam, mas não mais objeto de desejo que nunca tem fim.

Se isso for Utopia não sei, mais pelo que me parece é um caminho menos doloroso e com menos expectativas frustradas, de mais Consciência do que dá pra fazer, para onde quero ir, do lugar que ocupo, e acima de tudo do que Sou no lugar que ocupo.

Escrito por Alline Neto
Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: É APENAS O SER QUE IMPORTA PARA ALMA E NÃO O TER OU FAZER

AUTOCONHECIMENTO: UMA VISÃO ESPÍRITA SOBRE A MORTE

O texto de hoje, aqui na coluna AUTOCONHECIMENTO merece toda a nossa atenção e REFLEXÃO, pois relata com muita pertinência e lógica que a morte é como um barquinho que se afasta da terra firme num oceano de águas e que, assim como na física quântica, tudo é relativo, o que faz um objeto ou algo existir é o olhar de quem está observando. Para um o objeto pode estar se afastando, para outro pode estar se aproximando. Então convido você a ler, refletir e fazer o seu juízo de valor!

Réquien para um ser querido | Minha Victoria

Quando observamos, da praia, um veleiro a afastar-se da costa, navegando mar adentro, impelido pela brisa matinal, estamos diante de um espetáculo de beleza rara.

O barco, impulsionado pela força dos ventos, vai ganhando o mar azul e nos parece cada vez menor.

Não demora muito e só podemos contemplar um pequeno ponto branco na linha remota e indecisa, onde o mar e o céu se encontram.

Quem observa o veleiro sumir na linha do horizonte, certamente exclamará: Já se foi.

Terá sumido? Evaporado?

Não, certamente. Apenas o perdemos de vista.

O barco continua do mesmo tamanho e com a mesma capacidade que tinha, quando estava próximo de nós.

Continua tão capaz, quanto antes, de levar ao porto de destino as cargas recebidas.

O veleiro não evaporou, apenas não o podemos mais ver. Mas ele continua o mesmo.

E talvez, no exato instante em que alguém diz: Já se foi, haverá outras vozes, mais além, a afirmar: Lá vem o veleiro.

Assim é a morte.

Quando o veleiro parte, levando a preciosa carga de um amor que nos foi caro e o vemos sumir na linha que separa o visível do invisível dizemos: Já se foi.

Terá sumido? Evaporado?

Não, certamente. Apenas o perdemos de vista.

O ser que amamos continua o mesmo. Sua capacidade mental não se perdeu. Suas conquistas seguem intactas, da mesma forma que quando estava ao nosso lado.

Conserva o mesmo afeto que nutria por nós. Nada se perde, a não ser o corpo físico de que não mais necessita no outro lado.

E é assim que, no mesmo instante em que dizemos: Já se foi, no mais Além, outro alguém dirá feliz: Já está chegando.

Chegou ao destino levando consigo as aquisições feitas durante a viagem terrena.

A vida jamais se interrompe nem oferece mudanças espetaculares, pois a natureza não dá saltos.

Cada um leva sua carga de vícios e virtudes, de afetos e desafetos, até que se resolva por desfazer-se do que julgar desnecessário.

A vida é feita de partidas e chegadas. De idas e vindas.

Assim, o que para uns parece ser a partida, para outros é a chegada.

Um dia partimos do mundo espiritual na direção do mundo físico; noutro, partimos daqui para o espiritual, num constante ir e vir, como viajores da Imortalidade que somos todos nós.

*   *   *

Victor Hugo, poeta e romancista francês, que viveu no século XIX, falou da vida e da morte dizendo:

A cada vez que morremos ganhamos mais vida. As almas passam de uma esfera para a outra sem perda da personalidade, tornando-se cada vez mais brilhante.

Eu sou uma alma. Sei bem que vou entregar à sepultura aquilo que não sou.

Quando eu descer à sepultura, poderei dizer, como tantos: meu dia de trabalho acabou. Mas não posso dizer: minha vida acabou.

Meu dia de trabalho se iniciará de novo na manhã seguinte.

O túmulo não é um beco sem saída, é uma passagem. Fecha-se ao crepúsculo e a aurora vem abri-lo novamente.

 

Redação do Momento Espírita, com pensamentos
finais de Victor Marie Hugo, do livro 
A
reencarnação através dos séculos, de Nair
Lacerda, ed. Pensamento.
Em 6.8.2014

Fonte: Momento Espírita

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: UMA VISÃO ESPÍRITA SOBRE A MORTE

AUTOCONHECIMENTO: AO ADERIR A NOVAS CRENÇAS COMO POSSO VALIDÁ-LAS?

É preciso força de vontade para conseguir incorporar as novas crenças. No vídeo de hoje, vim responder a um questionamento que você pode se fazer ao tentar abandonar as crenças antigas e adquirir outras novas, que é: como validá-las? É preciso força de vontade para conseguir incorporar as novas crenças e muita repetição. Assista ao vídeo completo a seguir e saiba como mudar os seus antigos hábitos!

Fonte:

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: AO ADERIR A NOVAS CRENÇAS COMO POSSO VALIDÁ-LAS?

AUTOCONHECIMENTO: VOCÊ É 100% RESPONSÁVEL PELA SUA REALIDADE

Achei o texto a seguir extraordinariamente esclarecedor sobre um assunto muito evidente hoje em dia e também muito importante que é a Física Quântica. O autor do texto tenta, didaticamente, nos fazer entender os princípios da Física Quântica com simplicidade e leveza. Nos faz entender como a nossa realidade é criada pela nossa percepção. Leia o texto completo a seguir e expanda sua consciência. 

Como sua percepção cria sua realidade

Mensagem de 27 de Outubro de 2021

Você diria que a grama é verde?
Como você pode ter certeza disso?

A grama não tem cor própria! É verde para nós porque temos três tipos de cones (ou fotorreceptores) em nossos olhos que determinam como vemos o mundo. A luz é refletida em objetos, incluindo na grama, e é absorvida por esses cones, que lhes dão a cor em que os vemos. Os átomos são invisíveis. O mundo em si é luz e sombra. Nossos cones o classificam para nós para que possamos entendê-lo melhor.

Alguns acham difícil de acreditar nisso. Em um mundo de discussões sobre quem está certo e errado, isso significaria que mesmo com algo aparente e obviamente verdadeiro como a cor da grama, não há de fato uma maneira absolutamente correta de perceber o mundo. Isso também significaria que qualquer espécie com cones diferentes veria o mesmo mundo de uma maneira diferente. Isso, de fato, é verdade.

Os cães têm dois cones. Eles não veem grama verde. Eles veem a grama, mas é bege. Enquanto você e eu vemos um arco-íris de cores após uma chuva, um cachorro vê o mesmo arco-íris como uma espécie de azul escuro, azul mais claro, bege, amarelo escuro, acinzentado.

Somos tricromatas porque temos três cones para a cor, enquanto os cães são dicromatas porque têm dois. Os cães ficam empobrecidos porque sua visão é muito pobre? Não! Isso seria o mesmo que dizer que os humanos também são empobrecidos porque as abelhas têm quatro cones (tetracromatas) e algumas espécies de borboletas têm seis ou mais (hexacromatas).

À parte, os cães farejam o mundo tanto quanto olham para ele. Suas regiões cerebrais para o olfato são enormes em comparação com as dos humanos. Quando estava vivo, meu cachorro Oscar costumava fugir de repente e ao procurá-lo eu o encontrava em um parque. Ele sentia o cheiro de seu melhor amigo, Sam, a uma distância de mais de 400 metros.

Voltando à visão, as abelhas e as borboletas enxergam o ultravioleta. Embora você e eu possamos admirar uma flor simples em um dia de verão, uma abelha ou borboleta vê a mesma flor com luz ultravioleta brilhando por toda parte e ao redor dela. Os peixes-dourados também são tetracromatas, mas também podem ver minúsculas cargas elétricas estáticas e bioluminescência que ocorrem quando as ondas sonoras dos predadores que caçam usando o sonar ricocheteiam nas plantas próximas.

Alguns cefalópodes, como os chocos, até veem luz polarizada. Isso permite que eles vejam uma profundidade de mundo que simplesmente não existe para os humanos.

Muitos pássaros podem ver o campo magnético da Terra. Eles têm um fotopigmento em seus olhos chamado criptocromo, que os pesquisadores acreditam que lhes permite ver o campo magnético da Terra sobreposto como realidade aumentada sobre o terreno cotidiano, como estradas apontando para o norte e o sul. Acredita-se que essa “bússola magnética aviária” ajude os pássaros a voar milhares de quilômetros a cada inverno, para retornar apenas na primavera não só para a mesma cidade, mas para o mesmo galho da mesma árvore no mesmo jardim de que eles saíram meses antes. Quem precisa de um smartphone com serviços de localização quando você tem um sistema de navegação por satélite em seus olhos?

Campos magnéticos e luz ultravioleta – essas coisas são invisíveis para os humanos, mas existem em nosso espaço visual da mesma forma. São nossas habilidades perceptivas que determinam o que experimentamos.

O cérebro pode nos permitir experimentar a vida em uma infinidade de maneiras fascinantes. A sinestesia ocorre quando duas áreas do cérebro normalmente separadas se conectam. A sinestesia de sequência espacial, por exemplo, permite que algumas pessoas vejam a profundidade ou distância dos números. Para elas, o ano de 1999 pareceria menor e mais profundo na página do que o ano de 2020, pois 1999 está mais distante no tempo do que 2020, mesmo se eles fossem digitados no mesmo tamanho de fonte e estivessem um ao lado do outro na página.

Algumas pessoas podem sentir o cheiro de cores, algumas saborear música, enquanto outras podem ouvir o som de uma pintura. Estima-se que 1 em 23 pessoas tenha algum tipo de sinestesia. Então, quem vê “corretamente”, o humano ou o cachorro, a borboleta ou o peixinho-dourado? Quem vê números ou arte, ou aprecia a música da ‘maneira certa’? A pessoa com ou sem sinestesia? É mais correto ver a cor do que sentir seu cheiro?

Não há correto. Existe apenas o que é para cada um de nós.

Este fenômeno notável se estende mais profundamente na vida do que pensamos, embora não percebamos. Morar no primeiro andar de um prédio envelhece uma pessoa um milésimo de microssegundo a mais durante sua vida do que alguém que vive no andar térreo. OK, não há muito para discutir e tomar decisões sobre imagem, mas é verdade do mesmo jeito. Tem a ver com a forma como a gravidade estende o espaço e o tempo. Esta é uma das previsões surpreendentes da teoria da relatividade geral de Einstein.

Quanto mais perto você estiver do centro da Terra, mais o tempo e o espaço se estendem ou se deformam. Um segundo em um relógio bate infinitesimalmente mais devagar no andar térreo. Pode não parecer um grande problema para você e eu, mas meio que é.

Os mapas da Apple e do Google e todos os serviços de localização em seu telefone dependem de satélites GPS, que orbitam a cerca de 20.000 km do solo em que você e eu estamos, onde a gravidade é significativamente mais fraca. Eles têm que contabilizar tanto isso que, se não o fizessem, os mapas da Apple e do Google estariam atrasados ​​cerca de 10 quilômetros por dia, tornando-os praticamente inúteis em poucas horas.

Experimentamos o tempo passar a uma taxa específica apenas por causa de onde o estamos percebendo, não porque essa é a taxa “certa” que o tempo passa. Se você ficar perto da borda de um buraco negro, poderá testemunhar um bilhão de anos em um piscar de olhos. No que diz respeito às leis da física, a viagem no tempo é definitivamente possível, embora apenas em uma direção para a frente.

Qual é a taxa correta da passagem do tempo? Não existe uma taxa correta. Há apenas o que é para nós. Uma espécie alienígena em outro planeta pode viver centenas de anos para cada uma de nossas horas, ou podem viver uma hora para cada um de nossos cem anos. A percepção molda a experiência. Esses são exemplos físicos, mas também podemos dizer algo semelhante sobre nossas experiências psicológicas cotidianas. Ficamos tão fixos em nossas mentalidades sobre o que é verdade, como se nossas opiniões fossem fatos absolutos, mas, como a cor e o tempo, raramente são fatos absolutos. Muitas vezes, são apenas opiniões – nossas ou de outra pessoa.

Posso perceber um franzir de sobrancelhas como uma evidência de que reprova o que eu disse, então mudei de assunto e saí logo depois. Posso passar parte do meu dia me preocupando com isso, interagindo de maneira diferente com as pessoas como consequência. No entanto, seu franzir de sobrancelhas pode ter sido porque você tem uma bolha no calcanhar e sentiu o beliscão ao mudar de posição.

Sua experiência comigo é que não gostei de você porque não parecia me incomodar em falar e simplesmente fui embora. Você passa parte do dia se preocupando com isso. Em ambos os casos, nossa percepção moldou nossas experiências. Em ambos os casos, estávamos errados.

De acordo com o psicólogo social Jonathan Haidt, nossos cérebros são ‘processadores de histórias’. Estamos sempre procurando criar uma história a partir de qualquer situação. Buscamos uma explicação para as coisas mesmo que, em muitos casos, ela esteja errada. Mas a história que criamos molda nossa experiência das situações e à medida que vamos vivendo.

Na vida, é a nossa experiência psicológica que importa, não se vemos verde, bege ou ultravioleta, nem se achamos que a vida se move um pouco mais rápido ou mais devagar. Mas a percepção que molda a experiência é uma regra fundamental que se aplica a todos os níveis. Então, como podemos ter tanta certeza de que o que pensamos que sabemos sobre as pessoas e as situações é o que é realmente verdade? Coisas físicas, como cor e tempo, à parte, que não importam tanto em um contexto humano cotidiano, como sabemos que tal e tal pessoa se comportou de tal maneira por causa de x, y ou z? A resposta é: não sabemos. A menos que perguntemos a eles.

Mas poucos de nós fazemos. A maioria de nós cria uma história sobre a situação, porque é isso que nossos cérebros procuram fazer para dar sentido às coisas. Mas essas histórias muitas vezes estão erradas ou, pelo menos, lamentavelmente incompletas. Tudo bem se a história for boa, mas muitas vezes não é.

Parte da habilidade da vida não é tirar conclusões precipitadas e enviar um e-mail raivoso ou crítico, ou dizer algo de que possamos nos arrepender mais tarde, mas permitir que nossos cérebros que processam a história tenham um entendimento mais rico de uma situação. Isso pode exigir paciência, comunicação ou, às vezes, gentileza.

Costumo usar uma prática recomendada em ‘The Work’, de Byron Katie. Quando for apresentado a qualquer situação sobre a qual tenhamos formado uma opinião, pergunte: “Isso é verdade?”. Ou seja, o que eu acho que é a verdade, é realmente a verdade? Em seguida, pergunte: “Posso ter certeza de que é verdade?”.

A resposta a essa pergunta é quase sempre “não”. Você não pode saber com certeza se é verdade. Você pode pensar que sim, mas a menos que pergunte à pessoa, você não pode. A terceira pergunta é: “Como me sinto (ou ajo) quando acredito no pensamento?”. Muitas vezes, você pode se pegar escrevendo ‘zangado’, ‘triste’, ‘irritado’, ‘cansado’ ou qualquer outra coisa do tipo.

A quarta pergunta é então: “Como eu me sentiria (ou agiria) sem o pensamento?”. Ou seja, como eu me sentiria se não acreditasse na opinião que acredito? Na maior parte do tempo, você se sentirá mais leve, mais otimista, mais livre, especialmente se a opinião que formou for negativa. Esta etapa mostra a liberdade psicológica de não acreditar em nossos próprios pensamentos e nas opiniões que formamos.

A etapa final é inverter a primeira história ou opinião para encontrar outra história ou opinião que possa ser verdadeira.

Por exemplo, “João é uma pessoa cruel” torna-se “João não é uma pessoa cruel” e somos levados a considerar imediatamente exemplos de onde isso é verdade. Também se torna: “Eu sou uma pessoa cruel” quando direcionamos a nós mesmos. Fui rude em minha opinião sobre John?

A prática é libertadora. Ela nos liberta de muitos de nossos pensamentos sobre o mundo e as situações que encontramos. Invariavelmente, nos faz sentir mais leves. Pense nisso de outra maneira. Quantas vezes alguém formou uma opinião sobre você ou sobre algo que você disse ou fez que estava errada? Com que frequência alguém interpretou mal suas ações?

Com a prática, isso se torna rápido e instantaneamente nos libera grande parte do tempo das histórias e explicações que formamos em nossas mentes. É apenas uma ferramenta, é claro, mas útil, como a forma como uma pessoa pode praticar a gratidão para ajudá-la a encontrar mais felicidade no contexto da vida ou afirmações positivas para ajudá-la a focar sua mente de uma forma mais útil.

No budismo tibetano, eles têm um ensinamento chamado “Origem dependente”, que convida os alunos a refletir sobre a relatividade do mundo cotidiano em vários graus, percebendo gradualmente que o sofrimento é algo que experimentamos por causa de como pensamos. Qualquer que seja a estratégia que você pratique, se houver, e há muitas, apenas tente perceber que sua percepção molda sua realidade. Isso pode ajudar a iluminar um pouco sua mente de vez em quando.

David R. Hamilton – PhD — Fonte: https://eraoflight.com/
Adriana D. R. T. Olívėra e Marco Iorio Júnior — Tradutora e Editor exclusivos do Trabalhadores da Luz

Fonte: Trabalhadores da Luz

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: VOCÊ É 100% RESPONSÁVEL PELA SUA REALIDADE

AUTOCONHECIMENTO: O DESPERTAR DA CONSCIÊNCIA COMEÇA QUANDO APRENDEMOS A NOS CONECTAR COM NOSSA ALMA

O despertar da consciência é a abordagem principal desta edição da coluna AUTOCONHECIMENTO desta segunda-feira. O despertar da nossa consciência está intimamente ligado ao nível consciencial ao qual estamos vivenciando. Esse despertar inicial quando começamos a nos conectar com a nossa alma, com o nosso Eu intrínseco. Enquanto isso não acontecer não conseguimos despertar. O texto a seguir nos convida a iniciar essa conexão e nos dá uma orientação de como conseguir isso.

É por isso que tem pessoas que não despertam

Mensagem de 27 de Outubro de 2021

Caros amigos,

Há algumas situações que não somos capazes de mudar imediatamente, mesmo se quiséssemos. A única coisa que podemos fazer é mudar nossa abordagem. Às vezes, só isso muda muita coisa e então podemos simplesmente lidar com a situação mais facilmente, mesmo se ela ainda estiver lá.

É por isso que muitas pessoas não despertam. Elas não têm essa conexão com suas almas. Elas têm suas âncoras inteiramente no plano físico, em coisas como o atual sistema. Elas obviamente não podem questionar o sistema no qual nossa sociedade vive, porque assim que o fizerem, elas colocam em dúvida tudo o que elas acreditaram ser a única realidade à qual podiam se agarrar.

Se encontrarmos nossa âncora dentro de nós, seremos mais capazes de lidar com os tempos vindouros também. E podemos focar no fato de que queremos e criaremos um mundo ideal: um mundo no qual todos os seres prosperam, onde são livres e seres humanos felizes agem de acordo com seus corações.

O mundo ideal, belo, começa dentro de nós mesmos e somos então capazes de manifestá-lo. Mas se sentirmos medo, a melhor coisa que podemos fazer é nos retirar para um momento em silêncio e pausar para nos lembrar e conectar conscientemente com quem realmente somos porque lá, simplesmente, não existe medo.

Nós somos Luz.

Você pode ver isso num nível sutil.

Onde quer que estejam e onde quer que vão, as pessoas que estão mais conscientes deixam rastros de Luz. Então, não importa onde trabalhamos ou vivemos, nós deixamos traços de Luz atrás de nós. Quanto mais nos conectamos com nossa consciência, com quem somos lá no fundo, mais forte essa Luz brilha.

Esta é nossa tarefa: espalhar Luz, de qualquer forma e onde quer que seja certo para nós, individualmente. Cada um de nós tem uma posição diferente no todo maior, uma posição que nossa alma escolheu. É por isso que é tão importante para nós continuarmos nos conectando com nossa Luz interior.

Christina — Fonte: https://christinavondreien.ch/
Roseli Giusti Zahm e Marco Iorio Júnior — Tradutora e Editor exclusivos do Trabalhadores da Luz

Fonte: Trabalhadores da Luz

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: O DESPERTAR DA CONSCIÊNCIA COMEÇA QUANDO APRENDEMOS A NOS CONECTAR COM NOSSA ALMA

AUTOCONHECIMENTO: A GLÂNDULA PINELA SOB A ÓTICA DO ESPIRITÍSMO

O destaque de hoje, aqui na coluna AUTOCONHECIMENTO é um texto que aborda a Glândula Pineal sob o prisma da doutrina espírita e faz uma correlação entre as suas funções fisiológicas com a percepção sensorial da mediunidade. Uma ótima oportunidade para você conhecer melhor esse órgão humano tão especial e enigmático.

Glândula pineal e a espiritualidade

Imagem da localização da glândula pineal no cérebro humano
Getty Images / Canva

Éuma pequena glândula do tamanho de um arroz, localizada no centro do cérebro e na altura dos olhos. Por produzir melatonina, essa glândula exerce a influência de regulamentar o ciclo do sono, as atividades sexuais e as de reprodução. É um órgão cronobiológico, um relógio interno que age na captação das radiações do Sol e da Lua. Ela obedece ao ciclo circadiano, que corresponde aos elementos externos que regem a noção de tempo e hora. O ciclo circadiano designa o período de aproximadamente 24 horas sobre o qual se baseia o ciclo biológico de quase todos os seres vivos e é influenciado principalmente pela variação de luz, temperatura, marés e ventos entre o dia e a noite.

A pineal passa por um processo de calcificação natural, reduzindo de tamanho ao longo de seu desenvolvimento. Baseado nesse processo, levou-se a crer pelos especialistas que ela seria um órgão “vestigial”, ou seja, sumiria com a evolução, mas, atualmente, esse processo foi descartado. Os especialistas, entretanto, ainda não identificaram o verdadeiro motivo da calcificação; ao contrário da espiritualidade, que já explicou a verdadeira função e importância da glândula pineal.

A visão espírita da glândula pineal

Ela é conhecida como a “união” entre corpo e espírito, conhecida como “terceiro olho” ou “olho da consciência” na doutrina espírita de Allan Kardec. A doutrina afirma que a glândula é responsável pela conexão que existe entre os seres humanos e a espiritualidade e é representada pelo olho de Hórus egípcio, ou seja, o olho que tudo vê. A glândula representa o chacra coronário, o principal centro energético do corpo físico. Os chacras, por sua vez, são pontos de energia que circulam pelo nosso corpo. Temos sete pontos principais e a glândula pineal consiste no mais importante. Uma boa dica de ativação do terceiro olho é ter cristais da espiritualidade, como ametista, lápis-lazúli ou sodalita. Eles ajudam e são ótimos para regular a frequência se estiverem atrelados ao Yoga, a uma boa alimentação, a meditações e a mantras de ativação.

O filósofo Descartes acreditava na ligação da glândula pineal com a espiritualidade. Assim, ela era chamada de “assento principal da alma”. René estava certo de que a pineal seria a “sede da alma e o corpo”, o órgão capaz de revelar impressões espirituais para nosso cérebro. Sua teoria era a de que a glândula daria a percepção visual que a luz projeta, a pineal sente a projeção no campo eletromagnético por meio do qual é interferido pela espiritualidade, que logo é entendida pelo cérebro de forma similar com a interpretação da visão como os demais sentidos físicos.

A doutrina de Allan Kardec não cita diretamente a glândula pineal, porém Kardec definiu que o processo mediúnico é natural, ou seja, segue à estrutura física do médium, independentemente de fé, crença ou boa vontade. Esse processo natural necessita de um canal que produza recursos materiais para o desenvolvimento mediúnico, que necessita de um fluido especial que faça a ligação perispiritual entre os médiuns e os espíritos, e a glândula pineal seria o produtor desse recurso.

De acordo com o médico psiquiatra Dr. Sérgio Felipe de Oliveira, seguidor das ideias de Descartes e do espírito André Luiz, a glândula pineal seria um órgão sensorial da natureza espiritual que favorece a capacidade mediúnica; seria um “captador” capaz de perceber as ondas eletromagnéticas da espiritualidade e convertê-las em estímulos neuroquímicos, o que corresponde às mensagens recebidas de um desencarnado por um médium ou um sensitivo por meio da telepatia entre encarnados.

Escrito por Priscila Sarmento
Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: A GLÂNDULA PINELA SOB A ÓTICA DO ESPIRITÍSMO

AUTOCONHECIMENTO: DICAS PARA IDENTIFICAR SE AS NOVAS CRENÇAS SÃO MELHORES, POR WAGNER BRAGA

Será que os novos paradigmas que você adquiriu são melhores que os que já tinha? Há muitas pessoas que não querem largar de forma alguma suas antigas crenças porque têm medo do desconhecido e preferem ficar na sua zona de conforto ou porque não acreditam que exista algo melhor do que as já conhecidas crenças. Ou ainda, por motivos de religiosidade têm medo de serem castigados por Deus. Para acabar com essas dúvidas no vídeo de hoje dou algumas dicas para te ajudar a entender se as novas crenças que você pensa adquirir são melhores ou não do que as crenças que você tinha.

Fonte:

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: DICAS PARA IDENTIFICAR SE AS NOVAS CRENÇAS SÃO MELHORES, POR WAGNER BRAGA

AUTOCONHECIMENTO: UMA EXCELENTE OPORTUNIDADE DE VOCÊ SABER TUDO SOBRE AS 4ª E 5ª DIMENSÕES

Finalmente um texto que vai esclarecer bastante o que é a 5ª dimensão para você que ainda não entendeu totalmente o que significa estar na 5ª dimensão, qual a diferença para as 3ª e 4ª dimensões e tirar todas as suas dúvidas sobre esse “desconhecido”. Portanto, mesmo que você ainda não entenda ou não acredite nesses diferentes estados de espírito sugiro a leitura do texto completo a seguir para a expansão da sua consciência e um salto quântico na sua evolução!

5° dimensão – Posso entrar nesse desconhecido?

Agora vocês ESTÃO no leme de sua própria missão. Pelo menos se vocês se sentirem centrados e abertos, nós estamos no leme. Entretanto, se vocês estiverem com medo ou raiva, vocês não estão no leme e a qualquer momento podem ser uma possível vítima.

Claro, esse medo não foi criado pela sua realidade, mas é por causa do seu medo. E, frequentemente o medo que chega a vocês é o próprio medo que vocês emitiram em sua realidade.

Agora como todos vocês estão mudando para as frequências mais altas da quarta dimensão, vocês estão começando a perder seu sentido de medo. Isto é, vocês estão deixando ir sua aderência e dependência das limitações e separações que ocorrem numa realidade que é regida pelo tempo tri e tetradimensional.

Para muitas pessoas “todas as realidades” significam apenas as realidades tridimensionais e talvez algumas do plano astral tetradimensional. Ainda há tempo nessas realidades tetradimensionais. Agora, mais e mais estão começando sua jornada de consciência pelos planos astrais.

O mundo físico tridimensional e o mundo astral tetradimensional são muito diferentes. Mas ambos têm alguma estrutura de tempo, exceto que o tempo tetradimensional é muito mais rápido do que o tempo tridimensional.

Na quinta dimensão o tempo torna-se extinto e somente há o “AGORA”. Vocês podem ter pensado que tiveram problemas com sua transmutação na quarta dimensão, que é simples em comparação com a grande aceleração dos campos de energia quando vocês se movem e entram na quinta dimensão.

E também, o salto de frequência da quarta dimensão para a quinta dimensão é desafiador porque a quinta dimensão é muito diferente da primeira para as realidades tetradimensionais. É tão diferente porque na quinta dimensão não há tempo.

Visto que NÃO há tempo, não há separação. Na verdade, o termo “não há tempo” é mais um termo 3D, pois ele porta o conceito de zero ou nada. Esse conceito não existe na quinta dimensão. Na verdade, na quinta dimensão tudo está bem “aqui”, bem “agora” e estar sozinho não ocorre.

Sem o tempo para criar distância entre pessoas, situações, conceitos, pensamentos e emoções que fluem movem-se em padrões entrelaçados de realidade. Vocês veem que seu sistema operacional pentadimensional é bem diferente de seus sistemas operacionais tri e tetradimensional.

A quinta dimensão é um círculo de realidade, pois toda realidade existe em um fluxo sempre fluindo, movendo e mudando. Esse fluxo é experimentado mutuamente por todos com que vocês estão compartilhando sua experiência.

Na realidade tridimensional sua consciência é limitada às frequências de médio alcance de realidade. Portanto, vocês não veem as frequências extremamente altas de realidade e vocês não experimentam as frequências muito baixas de realidade.

Por conseguinte, vocês podem estar não cientes das dimensões espirituais mais altas e é relativamente fácil para os escuros se esconderem nas frequências mais baixas abaixo dessa frequência tridimensional de médio alcance. Esse médio alcance tridimensional é seu pensamento tridimensional habitual, que também inclui parte de seu sonho e criatividade tetradimensional.

Mas de volta à sua experiência de bater na porta da quinta dimensão. E se vocês aprendessem ou se lembrassem de que sua vida pentadimensional é real? Então vocês iriam querer aprender sobre seu Eu Superior e sobre a grande coragem que essa ressonância mais alta de você teve para entrar em um corpo físico para assistir com a criação de um mundo novo.

Nos tempos antigos muitos seres tentaram criar novos povoados. Claro, eles estavam no planeta tridimensional, mas eles estavam em uma área tão diferente de onde se originaram que eles não conheciam as regras dessa nova realidade. Algumas dessas pessoas sobreviveram e prosperaram em seu mundo novo e algumas não.

Entretanto, “sobrevivência e prosperidade” são duas palavras tridimensionais. Na quinta dimensão não há morte, então todos sobrevivem, não há dinheiro, então todos prosperam. Apesar de saber disto, muitas pessoas estão se perguntando: “Posso dar esse mergulho? Posso entrar nesse desconhecido? O que esse desconhecido irá me ensinar?”

Porém, nenhuma dessas perguntas é pentadimensional. Todas elas são perguntas tridimensionais. Para fazer perguntas pentadimensionais vocês precisam pensar pentadimensionalmente, vocês precisam sentir unidade com toda vida, e vocês precisam perceber que tudo é “UM” no “AGORA”.

Assim que vocês aceitam a quinta dimensão desta maneira, vocês começam a se comunicar com outros que estão na quinta dimensão e acima. Nós dizemos quinta dimensão e acima porque a quinta dimensão é uma “realidade limiar”. É um limiar entre a terceira/quarta dimensão e todas as realidades dimensionalmente superiores que existem acima da quinta dimensão.

Esse limiar pentadimensional parece com um oásis onde vocês podem descansar, relaxar e apreciar a nova realidade maravilhosa em que vocês se autoencontraram. Quando vocês chegarem ao limitar deste mundo pentadimensional, vocês sentirão amor incondicional imenso.

Esse amor incondicional parece viajar em algum vento invisível. No início, vocês provavelmente se encontrarão lembrando todas as suas inúmeras encarnações e todas as realidades que vocês criaram para si nas dimensões inferiores.

Num último exame de sua história total da vida nas realidades tri/tetradimensionais vocês aprenderão/lembrarão como amar incondicionalmente, perdoar incondicionalmente e aceitar incondicionalmente as muitas vidas que vocês experimentaram em suas aventuras tri/tetradimensionais.

Se vocês decidirem retornar a esses mundos, vocês saberão que vocês somente o fazem para completar uma missão para a qual vocês se voluntariaram. Vocês saberão que podem precisar de muita preparação antes de retornar para essa frequência mais baixa. Pois, ao olhar para baixo, para onde vocês estiveram, vocês perceberão quanto vocês foram feridos, quanto vocês estavam perdidos.

Vocês também perceberão que esses sentimentos eram normais quando estavam nessa terceira dimensão. Por conseguinte, quando vocês perceberem esses sentimentos a partir de uma frequência mais alta do eu, vocês serão capazes de reconhecer que, de fato, uma cura 3D é necessária. Felizmente, vocês também se lembrarão da camaradagem, amizade, criatividade, famílias e filhos.

“Mas espera”, vocês dizem, “eu estou realmente preparado para deixar essa maravilhosa frequência pentadimensional de realidade? Eu realmente quero me voluntariar a assumir um vaso terreno 3D para assistir na ascensão de Gaia? Trabalhei tanto para chegar a essa frequência”.

Na verdade, “trabalho” é outra palavra tridimensional. E também, assim que esses pensamentos duvidosos e até temerosos entram em sua mente, sua consciência começa a baixar. Então vocês começam a perceber como as imagens da realidade estão alterando para uma realidade que tem menos amor, tem trabalho, tem coisas que precisam ser feitas e o dinheiro tem grande poder.

“Espera, espera”, vocês choramingam, “mudei de ideia. Eu NÃO escolho retornar à terceira/quarta dimensão.” Mas o medo está em sua voz, e vocês começam a perder seu foco na realidade pentadimensional. Vocês sabem que seu foco está retornando para a realidade tri/tetradimensional porque vocês experimentaram essa realidade, vocês a conhecem, vocês podem senti-la.

Vocês percebem que se até um sussurro de medo entrar em seus pensamentos ele pode baixar sua consciência, que baixa suas percepções de volta às realidades tri/tetradimensionais. Então vocês começam a descida para as realidades tri/tetradimensionais. “Não, não, não”, vocês gritam. Mas “não” é a palavra errada.

“Sim”, felizmente vocês lembram, “eu preciso ajustar meu pensamento. Eu preciso calibrar meu pensamento e minhas emoções à frequência do amor incondicional. Tal como eu preciso ter arpara manter um corpo tridimensional num mundo tridimensional, eu preciso ter amor incondicional para permanecer na ressonância de uma realidade pentadimensional”.

Felizmente, a Kundalini proporciona um estado de transição em que vocês podem conscientemente sentir a recalibração de seu sistema nervoso de uma realidade tri e tetradimensional limitadas pelo tempo em uma realidade em que não há medo, não há separação e não há agressão.

Apenas o mero pensamento de uma realidade SEM agressão permite sua consciência expandir de volta para as dimensões superiores. Vocês lentamente se lembram de que fizeram muitas visitas à terceira dimensão. Vocês também se lembram de que vocês escolheram várias encarnações numa realidade em que havia uma transição suave de uma frequência de realidade para a seguinte.

Vocês escolheram encarnar nesse tipo de realidade para que pudessem se preparar para sua encarnação na Terra em ascensão que está criando a grande transição da terceira/quarta dimensão para a quinta dimensão.

Vocês se lembraram de outras encarnações que se houvesse medo demais, vocês teriam dificuldade em alterar sua consciência e, portanto, suas percepções e experiências da terceira/quarta dimensão para uma realidade pentadimensional.

Felizmente, muitos imigrantes interdimensionais provindos de galáxias e planetas dimensionalmente superiores assumiram formas humanas para assistir Gaia com seu processo de ascensão planetária.

Entretanto, muitos refugiados Draconianos da Grande Guerra Galáctica também assumiram corpos físicos. Como a luz superior penetra na atmosfera de Gaia e no planeta físico, esses Draconianos em forma física são mais e mais facilmente identificados.

Uma das coisas que vocês percebem quando vocês os identificam é que eles também ficaram mais acostumados à vida na Terra física. Lembrem-se de que os dinossauros foram os primeiros nesta era a estar na Terra.

Entretanto, como a consciência de “todos” entra em frequências mais altas, a separação e competição entre a pessoa que é “boa” ou “ruim”, “melhor” ou “pior” estão começando a ser substituídas pelo decreto de que “Nós estamos todos juntos neste AGORA”.

É nessa unidade que todos vocês querem criar a Nova Terra não baseada no medo, mas uma “Nova Terra” baseada no amor incondicional. Felizmente, tal como o medo é muito contagioso, o amor incondicional também é contagioso. Além disso, o amor incondicional é uma experiência interdimensional.

O amor incondicional surge das dimensões superiores, mistura-se e fica aterrado em uma realidade tri/tetradimensional que foi estabelecida e mantida com medo e amor condicional.

O medo é uma força de união que amarra a essa frequência mais baixa tridimensional. Entretanto, para se libertar desses laços, tudo que é preciso ser feito é mudar para a frequência do amor incondicional.

Enquanto que o medo amarra à terceira/quarta dimensão, o amor incondicional abre um portal interdimensional para frequências cada vez mais altas de realidade. Quando vocês entram nesses portais/campos de energia de frequência mais alta sua consciência expande.

Então, quando sua consciência expande suas percepções expandem e quando suas percepções expandem vocês são capazes de perceber realidades baseadas no amor incondicional, unidade e o ”AGORA” do “UM”.
É sua missão e sua alegria pegar aquilo que vocês experimentaram e também aquilo que vocês têm se lembrado de suas realidades dimensionalmente superiores e compartilhar essas experiências com aqueles dispostos a ouvir.

Sua liberdade vem da percepção de que vocês criaram suas armadilhas. Portanto, vocês podem criar sua fuga. O modo de criar sua fuga é lembrar que são vocês que criaram suas armadilhas. Desta maneira, o você que já foi um prisioneiro se torna o você que agora é o criador.

Precisará de muito amor incondicional para o seu eu admitir que você é um criador porque sua consciência tridimensional ensinou você a se punir por cometer um “erro” ou criar esse “problema”.

Por outro lado, o amor incondicional diz:
“O que você aprendeu quando experimentou esse problema?”
“Como você pode usar o que aprendeu para liberar seu eu desse problema?”
“Como você pode compartilhar o que aprendeu para assistir outros?”

E também, por favor, lembrem-se de que vocês somente “ficaram presos nas frequências mais baixas” porque vocês assumiram um corpo na Terra para assistir Gaia e Seus habitantes na ascensão para uma frequência mais alta de realidade. Quando vocês cada vez mais percebem que você é o criador de sua realidade, sua consciência expande progressivamente.

Então, quando sua consciência expande, sua força Kundalini começa a despertar no núcleo de sua espinha. Quando sua Kundalini começa a despertar, sua consciência se expande mais e seu corpo físico se altera gradualmente.

Quando seu corpo muda, sua consciência e percepções começam a mudar para a quinta dimensão aquilo que prendeu vocês na terceira e quarta dimensão. Eventualmente, vocês percebem que a terceira e a quarta dimensão são regidas pela ilusão.

Neste ponto, fica muito mais fácil verdadeira e profundamente aceitar que a quinta dimensão não é apenas um conceito, mas um mundo “real”. Vocês estão percebendo que os mundos superiores que vocês já pensaram que estivessem “imaginando e sonhando” são “REAIS”.

Se essas imaginações e sonhos são REAIS, então, talvez, aquele ser de luz que vocês pensaram que tinham percebido era real. Então, se uma pessoa diz: “eu vi um ser de Luz e acredito que esse ser é real”, vocês ponderam se talvez essa pessoa esteja correta.

No seu AGORA, mais e mais pessoas estão dizendo: “Sim, sim. Eu também vi esse ser, eu também pensei que esse ser era real. Mas, eu não sabia se era seguro contar para alguém”. O fato é que quando mais e mais pessoas discutem abertamente suas experiências interdimensionais e dimensionalmente superiores, elas tornam-se mais normais.

Conforme vocês continuarem o processo de transmutar sua consciência, percepções e até sua forma física para uma ressonância dimensionalmente superior, seu “sentido de eu” e interação com sua realidade se alteram.

Então, gradualmente, ou de uma vez só, a Ascensão será o “Novo Normal”. Na quinta dimensão esse dia é AGORA!
Bênçãos. Nós, sua Família Galáctica SEMPRE estamos com vocês!
Como poderíamos não estar já que NÓS somos VOCÊS numa dimensão superior?

Arcturianos

Fonte: http://suzanneliephd.blogspot.com – Tradução: Blog SINTESE http://blogsintese.blogspot.com.br

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: UMA EXCELENTE OPORTUNIDADE DE VOCÊ SABER TUDO SOBRE AS 4ª E 5ª DIMENSÕES

AUTOCONHECIMENTO: OS SEUS SONHOS SÓ SE TRANSFORMARÃO EM REALIDADE ATRAVÉS DE VOCÊ E DE MAIS NINGUÉM

Eu sempre digo que você é o 100% responsável pela sua realidade. O texto a seguir, de autoria de Dom Romani vem a confirmar essa máxima, só que com outras palavras ou um jogo de palavras diferente. Quando ele afirma: “você é o veículo dos seus sonhos”, está querendo dizer que você é a ponte que liga os seus sonhos a sua realidade ou objetivo. Para alcançar um objetivo ou realização de um sonho existem quatro fases. Primeiro você SONHA, depois você PLANEJA, em seguida você EXECUTA e por último você CELEBRA. Se você sonha algo e não consegue realizar é porque em algum ponto desse processo houve uma falha. E essa falha provavelmente aconteceu no planejamento. Se você planejou errado não irá conseguir executar e se não executar não haverá celebração. Mas em todo esse processo, veja que o veículo é só você e mais ninguém. Leia o texto a seguir e entenda esse passo a passo.

Você é o Veículo dos Seus Objetivos

Hoje é o dia ideal para você, é o momento propício ao reinício do seu projeto, Deus te entrega outra chance totalmente renovada, seu vigor foi restaurado, a força de vontade e a determinação estão plenamente ampliadas, e assim como um avião, que ao ter seus tanques de combustível abastecidos, está apto para levantar voo, você também está pronto para avançar rumo ao seu grande objetivo.

Enfrente as adversidades com coragem, criatividade e atitudes, essas são capacidades extraordinárias que o impulsionam! A vida é movimento e renovação constante, portanto, agora é hora de progredir e evoluir, trabalhe e empenhe-se na concretização dos seus objetivos, eles são totalmente dependentes das suas atitudes, você é o veículo que ele possui para tornar-se realidade!

Assim, use a inteligência e a sabedoria ao esforçar-se na superação das adversidades do mundo, você está em um processo de conquista. E nesta jornada, é necessário muito empenho, dedicação, disciplina e fidelidade ao projeto inicial, por isso, mantenha o foco e a positividade em evidência, além é claro, da presença do divino Deus em sua vida, ele é a fonte de luz e inspiração, sua presença é imprescindível em todas as circunstâncias, portanto, fortaleça sua aliança com Deus, assim como um rio, que necessita a presença da água em seu leito para gerar vida, você também requer a companhia do Deus criador, a nascente das oportunidades, a fonte inesgotável de amor e o brilho da Vitória, porém, você deve fazer todo o possível para ultrapassar as dificuldades e materializar seus projetos, ele te concedeu esse projeto por que sabe que é capaz de realizá-lo, ele conhece os talentos e aptidões que te concedeu, já mensurou suas potencialidades e definiu: lute com todas as suas capacidades e será um vencedor, essa é a sua essência verdadeira, assim, assuma sua grandeza e faça valer o que Deus estabeleceu para você! Vitórias, Superações e Conquistas.

Autor: Reginaldo Rodrigues
Email: r3.reginaldorodrigues.7@gmail.com

Fonte: Leve Consciência

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: OS SEUS SONHOS SÓ SE TRANSFORMARÃO EM REALIDADE ATRAVÉS DE VOCÊ E DE MAIS NINGUÉM

AUTOCONHECIMENTO: ENTENDER A NOSSA ANCESTRALIDADE PARA ENTENDER O NOSSO COMPORTAMENTO

Adoro textos que falam de ancestralidade porque invariavelmente vão tratar do tema inconsciente coletivo, que poucas pessoas sabem o que é e o que significa. E só entendendo isso é que temos condições de entender o nosso comportamento e o da nossa sociedade. O texto a seguir aborda muito bem esse assunto e esclarece alguns pontos importantes para a sua compreensão de como se forma a sua personalidade e a sua autoestima. Portanto convido você a ler o texto completo a seguir!

A ancestralidade e sua influência na formação da autoestima

Mulher negra deitada de olhos fechados.
Polina Kovaleva / Pexels

São Paulo, 2 de julho de 2021

Já passou pela sua mente sobre as origens das nossas crenças e forma de pensar? Quando se fala que não existe a verdade absoluta, significa que tudo o que sabemos, a nossa leitura de mundo, molda-se a partir de muitos fatores: O contexto histórico, social e econômico, esses recortes que trazem junto elementos importantes para a formação de quem somos: tradições, pensamentos coletivos, crenças, medos e inseguranças. Tenhamos consciência disso ou não.

Não estou aqui apontando vilões e mocinhos, porque ainda temos a nossa autorresponsabilidade e o nosso livre-arbítrio para decidir por nós mesmos o que queremos para as nossas vidas, mas não podemos desconsiderar o fato de que sofremos influências externas.

Somos a formação da nossa personalidade e nosso temperamento, que se juntam com as crenças e tradições hereditárias que às vezes nem nos damos conta.

Às vezes carregamos conosco uma bagagem que nem sabemos a origem ou o porquê. Já parou para pensar nisso?

Para entendermos a nossa vida no presente, temos que buscar no passado todo o caminho que fizemos para chegar até aqui.

Vamos sair do automático, da dormência, e refletir sobre quem estamos sendo e os passos que nos trouxeram até aqui para entendermos o lugar onde estamos. Não para se apegar ao passado, martirizar-se e se prender na angústia e no arrependimento, mas para olhar as nossas vidas por um ponto de vista mais objetivo e analítico. Sem julgamentos ou terceirização da responsabilidade. Saia do ciclo da eterna vítima e dessa narrativa da vítima e agressor.

Traga a história da sua vida para uma análise, apenas uma análise. O que você costumava e/ou costuma ouvir ao seu respeito (rótulos, adjetivos…)? O que te falam ou já te falaram sobre as pessoas e o mundo?

Quando somos crianças e adolescentes, nossa mente é como uma esponja, absorvendo sem filtro o que acontece ao nosso redor, seja no ambiente familiar, na roda de amigos, no ambiente de trabalho e estudos.

Mulher branca segurando flores rosas.

Marta Dzedyshko / Pexels

Por mais que a criança e o adolescente sejam considerados “maduros” ou, como as pessoas falam, “já feitos”, vamos considerar esses fatos: na fase da infância e da adolescência, existe o desenvolvimento físico e sexual (motor – sensorial), a formação da personalidade, dos temperamentos e o começo das experiências que vão trazer mais sabedoria e mais amadurecimento para lidar com várias questões do psicológico e emocional necessário para algumas situações. Nessas fases normalmente não adquirimos os recursos necessários nem a responsabilidade que é necessária para determinadas questões da vida, como a autonomia e a responsabilidade, seja com os outros ou consigo.

É algo muito complexo para explicar teoricamente, mas fica fácil entender quando compreendemos que é um mito a criança e o adolescente maduros. Essa ideia veio como uma brecha para a chamada “hiperssexualização” de menores e para tornar até aceitável e “passável” condutas sexuais inadequadas de uma pessoa mais velha com uma pessoa mais nova. Você descobre isso analisando, fazendo uma comparação com os grandes teóricos e contextualizando tudo isso ao ir mais a fundo no assunto.

O que estou querendo dizer é que crianças são CRIANÇAS, adolescentes são ADOLESCENTES e adultos são ADULTOS. Não tem como tratar essas faixas etárias da mesma forma por causa da diferença de fases do desenvolvimento.

Quando somos crianças, estamos criando nossas programações e apenas a partir dos 7 anos começamos a criar consciência e a nossa programação mental. Até esse momento, o ambiente externo é um forte influente para a formação das nossas crenças e da nossa personalidade, por isso que não é incomum ver os que são mais novos reproduzirem atitudes e falas dos que são mais velhos, que estão em seu convívio.

Estou falando isso para refletirmos sobre a nossa construção mental, sem julgamentos e sem criar essa esfera do vilão e da vítima, porque isso não vai nos beneficiar em nada. Vamos nos concentrar apenas no presente e no que podemos alterar. Mas precisamos fazer uma análise do nosso passado para compreender o momento atual.

Precisamos de um momento para desacelerar e refletir sobre nós mesmos, sobre nossas vidas. A vida é feita de escolhas, sejam elas boas ou ruins. Estamos a todo momento tomando uma decisão, consciente ou inconsciente e até mesmo quando estamos em “cima do muro”.

Falo isso porque, quando não toma uma decisão explicitamente, ou seja, está indeciso, em cima do muro, as nossas programações mentais e crenças inconscientes vão decidir. Ou pior, os outros vão decidir por você.

Escrito por Anne Moon
Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: ENTENDER A NOSSA ANCESTRALIDADE PARA ENTENDER O NOSSO COMPORTAMENTO

AUTOCONHECIMENTO: SAIA DA ZONA DE CONFORTO E LIBERTE-SE DO EGO, POR WAGNER BRAGA

O ego te impede de se questionar. No vídeo de hoje, expliquei o motivo pelo qual as pessoas acreditam nas crenças limitantes que nos são passadas de geração em geração, que é a zona de conforto. É preciso sair dela para continuar na nossa caminhada evolutiva, sempre expandindo a consciência e pegar o atalho. Porque o atalho é única e exclusivamente não sucumbir aos desejos do seu ego!

Fonte:

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: SAIA DA ZONA DE CONFORTO E LIBERTE-SE DO EGO, POR WAGNER BRAGA

AUTOCONHECIMENTO: VOCÊ SABE O QUE É FAZER UMA ESCOLHA CONSCIENTE?

A nossa REFLEXÃO desta quinta-feira, aqui na coluna AUTOCONHECIMENTO é: como você tem feito escolhas conscientes?

Mas será que as suas escolhas tem sido escolhas realmente conscientes ou será que achamos que são e nem sempre elas são conscientes?

Vale a pena refletir sobre isso, pois estamos aqui para aprender todos os dias e se formos mais humildes conseguiremos ter esse olhar interior crítico sobre nós mesmos. Desta forma será mais fácil deixar a carapaça da ilusão cair e enxergarmos com mais clareza e lucidez o caminho certo a percorrer. Leia o texto completo a seguir e pense nisso!

Como você tem feito escolhas conscientes?

Mulher sorrindo e de olhos fechados, sentindo o sol em seu rosto
Marco VDM / Getty Images Signature / Canva

Por muitos anos eu fiz escolhas inconscientes. Fazia certas coisas sem sentido. Na realidade, eu não tinha consciência de que existiam outras possibilidades ou sequer um despertar. Para chegar a concluir uma faculdade que eu realmente quisesse fazer, demorou anos. Embarquei em relacionamentos afetivos e amizades tóxicas, trabalhei com coisas que não ressoavam na minha essência e frequentei lugares nos quais eu não me sentia bem.

Isso tudo inconscientemente. Quando estamos submersos em um ecossistema que nos soa familiar por muito tempo, dificilmente enxergaremos outras realidades. Certas coisas me faziam mal e eu continuava a fazê-las, pois eu não sabia que eram tais gatilhos que me faziam repetir ciclos. Somente a partir do momento em que eu me abri para novas realidades é que elas se apresentaram. Elas até já poderiam ter sido apresentadas em minha vida há muito tempo, mas como eu estava em outra sintonia, poderiam sambar na minha frente que eu não as enxergaria.

Pelo caminho do autoconhecimento, é possível começar a traçar uma nova trajetória para nossa vida. Quanto mais nos aprofundamos nesse quesito, um novo horizonte se abre para nós. Isso tudo se dá pelo primeiro passo: deixar essa brecha se abrir em nossa vida. O segundo passo é buscar novas formas de viver bem, seja por meio de livros, filmes ou documentários que ajudem na expansão da consciência, bem como terapias que nos direcionem.

Se tudo o que tem feito até hoje não tem funcionado, experimente algo novo, que faça mais sentido e principalmente que seja bom para ti e para o bem maior.

Com essas ferramentas em andamento, a nossa mente clareia de tal forma que agora podemos ver o que fazíamos que não era bom para começar a fazer o que tem mais sentido, o que tem mais vida!

Imagem de uma mulher sentada em um deck de madeira, na beira de um rio
Elenavagengeim / Canva

Você sabia que o simples fato de deixar de fazer certas coisas já te ajudariam nesse processo?

Por exemplo: pessoas que se alimentam de coisas densas como filmes, livros, séries, amizades etc… que as levam para a escuridão, isso só faz com que a sua própria luz diminua. Tem gente que acha que um filminho de terror é ok de assistir, mas infelizmente esse tipo de conteúdo não faz bem. É só você observar como as pessoas que cultivam somente coisas nessas esferas vivem. Tudo o que fazemos, consumimos, lemos, comemos e tudo mais influencia e impacta diretamente tudo o que fazemos, ou seja, o nosso modo de viver.

Quer viver diferente? Primeiro deixe de lado tudo aquilo o que faz mal, para começar a cultivar coisas que façam bem ao seu espírito. Tudo descende do espírito.

Essas mudanças ajudarão a clarear a mente e as emoções e farão com que você cada dia mais enxergue a realidade por trás dos véus da ilusão. Quando enxergamos além, passamos a vivem de forma consciente, e isso tudo virá naturalmente, inclusive as escolhas.

A vida terá um novo tom. E haverá questionamentos sobre por que se tem feito certas coisas. Então o questionamento abrirá janelas para mudanças. A partir do momento em que novas situações aparecerem para você, você terá discernimento e consciência sobre escolher algo ou seguir um caminho diferente. Naturalmente, porém conscientemente.

Atualmente eu escolho muito bem com quem eu compartilho a minha vida e a minha energia, a quais lugares quero ir e de quais eu saio por não me sentir bem. Agora não forço nada, simplesmente vou refinando os meus sentidos para viver cada dia melhor. E tudo graças ao novo olhar com o qual eu permiti direcionar a minha jornada aqui nesta existência.

Escrito por Giselli Duarte
Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: VOCÊ SABE O QUE É FAZER UMA ESCOLHA CONSCIENTE?

AUTOCONHECIMENTO: RESPEITE AS LEIS UNIVERSAIS E TENHA O UNIVERSO A SEU FAVOR

Respeitar as Leis Universais é o primeiro passo consciencial que todo e qualquer ser humano precisa dar para parar de patinar no seu caminhar evolutivo. Quando tomamos consciência que ir contra os princípios das Leis Universais é pura perda de tempo e que o contrário faz o universo conspirar a nosso favor começamos a evoluir a passos largos e na direção da vida plena. Lendo o texto a seguir você vai entender melhor como funciona esse mecanismo universal.  

As Leis Universais

Mensagem de 11 de Outubro de 2021  

As Leis Universais trabalham de fato com os princípios criativos naturais, onde tudo existe e flui em coerência harmônica, como UM. Todas as formas partem e são partículas da Fonte Divina Única, portanto, a Divindade existe em Tudo. Não há necessidade de forçar nada. Tudo flui, tudo é criado e se recria numa bela sincronicidade, equilíbrio e harmonia. Amor.

Lembrem-se disto.

Quando tudo flui em harmonia, há paz. Paz interna. Equilíbrio. A sua própria alma sempre irá lhe avisar, através de seus próprios poderes intuitivos e seus próprios sentimentos, quando algo não for certo para você e quando algo estiver fora da Lei Universal e portanto, não é para o seu bem maior.

Escute-a.

Não permita a ninguém substituir o seu próprio saber intuitivo, não importa quem eles sejam. Se você SENTE que algo é errado, isso não serve para você. O instinto de rebanho é o da ovelha que segue cegamente.

Aqueles que estão conscientes e despertos e em sintonia com as Leis Divinas e com a Divindade dentro de si mesmos e com o seu saber intuitivo e orientação, possuem a habilidade de se libertar e permanecer na totalidade de sua própria Luz e assim, caminharem sozinhos se for necessário e serem verdadeiros para consigo mesmos.

De fato, eles nunca estão sozinhos, pois a Unidade interna, União, Paz e Harmonia do Divino e do Todo Universal vive dentro deles. A sua alma é uma Fagulha Divina e portanto, você é parte e partícula da Fonte Divina que o criou.

O maior presente que você pode dar a si mesmo, é a liberdade total de ser UM.

Um com Tudo o Que É.

Divindade.
Integridade.
Equilíbrio interno, amor e paz.
Viver a sua verdade.
Saber quem você é em verdade.
Saber o que você é em verdade.
Saber como servir em verdade.

EU SOU O QUE SOU

Judith Kusel — Fonte: https://www.judithkusel.com/
Roseli Giusti Zahm e Marco Iorio Júnior — Tradutora e Editor exclusivos do Trabalhadores da Luz

Fonte: Trabalhadores da Luz

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: RESPEITE AS LEIS UNIVERSAIS E TENHA O UNIVERSO A SEU FAVOR

AUTOCONHECIMENTO: UMA TÉCNICA MEDITATIVA PARA AUMENTAR A FÉ EM TEMPOS DIFÍCEIS

Uma técnica meditativa para aumentar a fé em tempos difíceis é o destaque da nossa coluna AUTOCONHECIMENTO deste sábado, aqui no Blog do Saber. Uma ativação Grabovoi muito útil para fortalecer a fé é a sequência de proteção divina. Esse é um código que ao ser ativado, toda sensação de abandono, rejeição, incapacidade, medo e insegurança dá lugar ao sentimento de proteção, confiança, aceitação, iluminação, abundância e fé inabalável. Por isso convido você a ler o artigo completo a seguir e conhecer como funciona a ativação Garbovoi para a proteção divina!

Como aumentar a fé em tempos difíceis: usando ativação Grabovoi para proteção divina

Mulher meditando sentada na grama
Reptile8488 / Getty Images Signature / Canva

Certa vez, Jesus mencionou: “Tudo é possível ao que crê”. Isso revela que quem acredita ser capaz de alcançar algo realmente o alcança. O poder da fé é determinante para uma vida plena, feliz, abundante e generosa. A fé é um escudo que nos protege das energias densas e da negatividade. Em meio às incertezas, ela abre caminhos. Nas tristezas, é a mensageira da esperança.

É a fé que nos anima e que nos faz seguir adiante. Ela supera os medos, reacende a chama em nosso peito e nos move com o sopro do Grande Espírito.

Mas o que podemos fazer quando nossa fé se enfraquece? Quando nossa luz diminui e tudo parece desmoronar ao nosso redor, como podemos agir? Se sentirmos vontade de desistir de tudo, o que devemos fazer para transmutar isso?

A fé é nosso escudo, é o nosso refúgio. Mesmo quando está fraca, ela pode nos realinhar ao nosso propósito. Mesmo que ela esteja como a frágil chama de uma vela, basta que haja conexão com a fonte, com o Divino Criador, para que ela se torne uma grande e luminosa tocha, que expande sua luz para nos direcionar e proteger.

Práticas como meditação, oração, comandos quânticos, ativação de números Grabovoi entre outras são excelentes maneiras de fortalecer a fé, focar a mente no que realmente importa e manter a alma leve e feliz.

Cultivar a fé é fazer com que nossa chama interior nunca se apague; é ter a certeza de que tudo coopera para o nosso bem e que cada experiência nos traz valiosos ensinamentos para a vida.

Homem meditando na sala

cottonbro / Pexels / Canva

Uma ativação Grabovoi muito útil para fortalecer a fé é a sequência de proteção divina. Ao ativar esse código, toda sensação de abandono, rejeição, incapacidade, medo e insegurança dá lugar ao sentimento de proteção, confiança, aceitação, iluminação, abundância e fé inabalável.

Para que a ativação seja potencializada, devemos utilizar comandos quânticos e vibrar nas mais altas emoções. Formulei as etapas a seguir com base em evidências empíricas, tendo como referência casos de sucesso e minha própria experiência. Aprenda, agora, a elevar o poder de sua fé:

Reserve, diariamente, um momento dedicado à sua espiritualidade.

Escolha um local apropriado, no qual você imantará as energias de conexão com a fonte e amor incondicional. Para fazer isso, feche seus olhos, respire profundamente e acesse as memórias mais queridas e que significam muito para você. Em seguida, sintonize os sentimentos profundos que essas memórias despertam e sinta como se eles abraçassem você nesse local, trazendo paz, plenitude e luz para sua alma. Perceba as cores, os aromas, os sons e as sensações que surgem em sua mente. Depois, procure organizar esse ambiente, decorando-o com suas cores favoritas e com objetos que despertem lindas memórias afetivas. Você pode também escolher imagens arquetípicas e sequências Grabovoi para trazer harmonia e luz ao ambiente.

Crie uma lista de músicas que despertem emoções de alta vibração em seu coração, músicas que elevem sua alma e sua conexão com o Criador. Sinta cada célula vibrar e o seu corpo se arrepiar de pura emoção. Utilize as músicas sempre que desejar elevar sua frequência.

Escolha aromas que tragam significados especiais para você. Faça com que o ambiente fique perfumado. Você pode usar água de colônia, ervas, óleos essenciais, incensos ou mesmo o perfume das flores que você mais aprecia.

Assim que o ambiente estiver devidamente preparado, imantado com as mais altas vibrações, você iniciará seu processo meditativo.

Com roupas leves e confortáveis, procure sentar em posição de lótus (postura meditativa) ou de uma maneira que seja mais confortável, contanto que mantenha a coluna ereta.

Mulher meditando na sala de estar

cottonbro / Pexels / Canva

Inspire, contando mentalmente até 7. Retenha o ar pelo mesmo período de tempo. Expire também contando até 7. Utilize a respiração com o diafragma, sentindo o ar se expandindo entre suas costelas e em seu abdômen. Respire e expire até o momento que considerar necessário. Em seguida, recite um mantra de sua preferência, um comando quântico ou uma frase motivadora. Um exemplo:

“Eu sou o amor incondicional em ação”, “Eu acesso, sintonizo e manifesto o poder infinito agora”, “Eu sou centelha divina e emano luz e amor ao mundo”.

Repita a frase ou o mantra escolhido quantas vezes seu coração pedir. Depois faça a seguinte ativação Grabovoi:

“Ativo e manifesto agora a proteção divina, código 8888. Está feito, está feito, está, feito.”

Realize 3 vezes essa ativação. Fale com autoridade, de modo que seu corpo vibre ao som de suas cordas vocais. A pronúncia do código é oito, oito, oito, oito. Ao pronunciar, imagine uma linda e poderosa luz dourada envolvendo por completo sua casa, você, sua família e todas as pessoas que você ama.

Essa ativação estabelecerá sua conexão com o Criador, aumentará sua fé e potencializará a energia de sua alma. O número 8 simboliza o infinito e o código 8888 fará com que você acesse infinitas possibilidades para ser mais feliz e realizar seus sonhos.

Alimente sua fé, ela é o que move a nossa alma em busca dos nossos sonhos. Compartilhe este artigo com as pessoas importantes para você. Quanto mais fé, amor e luz emanarmos, mais teremos motivos para agradecer e sermos felizes. Todos somos um.

Namastê!

Fonte: Eu Sem Fronteiras

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: UMA TÉCNICA MEDITATIVA PARA AUMENTAR A FÉ EM TEMPOS DIFÍCEIS

AUTOCONHECIMENTO: QUESTIONE-SE E SE LIBERTE DAS CRENÇAS LIMITANTES, POR WAGNER BRAGA

Eu sempre digo que é preciso se questionar para evoluir. Por isso com o vídeo a seguir, inicio uma nova série de vídeos chamada “Questione-se: Expandindo a Consciência”. Hoje, eu falo um pouco sobre crenças limitantes e o fato de as pessoas acreditarem no que lhes é passado, sem nem ao menos se questionar se realmente é verdade ou não. Sem questionamento ficamos sempre na mesmice, patinando e não evoluímos. A ciência só é ciência porque nunca para de questionar em busca de suas respostas. O ser humano é feito de Crenças Limitantes que o impede de evoluir e só através da curiosidade e de questionamentos, expandindo a consciência, é capaz de se libertar delas. Portanto, convido você a assistir o vídeo a seguir sobre evolução humana! 

Fonte:

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: QUESTIONE-SE E SE LIBERTE DAS CRENÇAS LIMITANTES, POR WAGNER BRAGA

AUTOCONHECIMENTO: O CÉU E O INFERNO ESTÃO NO AQUI E AGORA. PERCEBA ISSO OLHANDO PARA DENTRO!

O texto a seguir é de extrema sabedoria e sensibilidade quando olha para céu e inferno como estados de espírito, assim como o próprio papa João Paulo II, em sua encíclica, desmistificou essa dualidade registrada pelas escrituras sagradas. Assim como tudo na vida depende do tipo de olhar e/ou de interpretação que se emprega o texto a seguir nos convida a olhar o “estado edênico” como algo a ser conquistado aqui mesmo, nessa experiência material. Por isso convido você a ler, refletir e fazer o seu juízo de valor!

Você sabe o que é o estado edênico?

Mulher no édentodaydesign / Getty Images Pro / Canva

Vem de Éden, do paraíso, do local ideal, repleto de paz e sossego; paradisíaco.

Quando pensamos em Éden, pensamos no Evangelho, em que Deus colocou Adão e Eva, pensamos na criação do homem. Vemos esse lugar como algo distante, quase impossível de alcançar.

“Vivemos a vida de acordo com “as leis” de Deus ou das imposições dogmáticas no intuito de um dia”, se fizermos tudo corretamente”, voltarmos ao Pai e vivermos com Ele nesse lugar…

E se eu lhe disser que estado Edênico está aqui, no agora, na nossa consciência?

Por muitos anos questionei o sentido da vida, não via nenhum sentido em estarmos aqui, juntando “tijolinhos” para construir algo lá…

Acredito em uma existência mais profunda, sabe? Não consigo acreditar que estarei no paraíso somente após morrer…

Vamos lá…

Segundo a maioria das religiões, vivemos aqui na terra, essa experiência humana, aprimorando-nos para um dia chegar lá e Deus dizer que você vai para o céu ou para o inferno…

éden

Rastan / Getty Images / Canva

Perdi noites de sono pensando na minha vida sendo exibida inteira em um telão, numa imensa exposição, eu cheia de vergonha e sendo julgada por Deus perante todos. Enquanto escrevo hoje consigo rir disso, mas me senti paralisada muitas vezes…

Eu pergunto a você…

Você acha mesmo que Deus, o Pai, o Criador, o Universo, o Vácuo Quântico ou como você queira chamar, faria isso com o seu filho, sua criação?

Eu não acredito! Se você, porém, acredita, acima de tudo, eu respeito sua opinião!

Quantos de nós em algum momento da vida dissemos “que inferno”, para uma doença, para uma situação financeira difícil, para uma perda ou fosse qual fosse o seu inferno. Esse inferno sempre existe entre nós e se ele pode existir, vendo pelo lado em que tudo é dual, em que os polos opostos são um fato, fica claro para mim que o éden também está aqui entre nós, em nós…

Vamos pensar…

Quando passamos por essas situações difíceis, de inferno, ele está onde? Na maneira como enxergamos a situação certa? Ele só está na forma em que vivemos, quando precede de um pensamento; esta é a ordem das coisas: primeiramente, pensamos e, depois, agimos se na sua mente você decretou que aquele momento não era bom, então ele não será! Okay, não é gostoso sentir dor, não é gostoso não ter grana para comprar um picolé, para uma viagem, não estou dizendo isso, calma!

Se durante a passagem desses momentos, porém, pensarmos de maneira positiva acreditando de todo coração que tudo vai passar, se pararmos de nos atentar para fora, se deixarmos o ego, o controle e simplesmente soltarmos, deixarmos fluir, acreditarmos na perfeição divina, eu garanto que você vai alcançar o éden! Não, não é uma tarefa fácil, eu sei, e como sei, mas também não é impossível e não está distante…

Li uma frase em um livro que diz: “Uma mente sem treino, nada pode fazer”. Ademais, entre me colocar no inferno e viver em constante treinamento na busca do Éden, eu escolho a segunda opção, e você?

Fonte: Eu Sem Fronteiras

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: O CÉU E O INFERNO ESTÃO NO AQUI E AGORA. PERCEBA ISSO OLHANDO PARA DENTRO!

AUTOCONHECIMENTO: SOMOS INCENTIVADOS A FORTALECER NOSSA CONEXÃO COM NOSSO EU INTERIOR

Não há como seguir em frente em nossa evolução espiritual sem explorar o nosso mundo interior, ou seja, o caminho é o AUTOCONHECIMENTO. Aprofundar o nosso relacionamento com a nossa alma e  liberar os padrões e programas subliminares que continuam a criar desarmonia e desequilíbrio interior se faz necessário nesse processo de crescimento espiritual. Portanto convido você  a ler o texto completo a seguir, refletir e expandir sua consciência!

Explore seu mundo interno

Mensagem de 29 de Setembro de 2021

Nossa realidade não existe mais da mesma forma que existia. Tudo na vida está mudando e somos convidados a encontrar a nossa estabilidade interior. Como resultado, somos incentivados a fortalecer a nossa conexão com o nosso eu interior, a aprofundar o nosso relacionamento com a nossa alma e a liberar os padrões e programas subliminares que continuam a criar desarmonia e desequilíbrio interior.

Com o Mercúrio retrógrado, você é aconselhado a aproveitar esse tempo, interiorizando-se para explorar o terreno de seu mundo interior. Aprenda a examinar sua vida a partir de uma perspectiva interna e você obterá uma maior compreensão dos potenciais e possibilidades que estão disponíveis para você agora. Contemple o que precisa ser feito e quais ações são necessárias para facilitar a mudança em sua vida e ao mesmo tempo estar presente, flexível e adaptável. Reúna a sua coragem para estar apto e pronto para responder com determinação e foco quando chegar o momento certo.

Muito Amor,

Kate Spreckley — Fonte: http://www.spirit-pathways.com
Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br: Tradução — Marco Iorio Júnior — Editor exclusivo do Trabalhadores da Luz

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: SOMOS INCENTIVADOS A FORTALECER NOSSA CONEXÃO COM NOSSO EU INTERIOR

AUTOCONHECIMENTO: TRANSFORME A SUA VIDA COM A PRÁTICA DIÁRIA DA GRATIDÃO

Nesta sexta-feira a nossa REFLEXÃO é sobre a gratidão, que tem o poder de transformar vidas! No vídeo de hoje, falo sobre esse tema super importante que é a gratidão! Ela é uma força poderosa que nos ajuda a estar sempre bem dentro do ciclo virtuoso, vibrando em uma das mais altas frequências conhecidas pela ciência. Portanto não saia dai e assista ao vídeo completo a seguir, expanda sua consciência e seja sempre muito grato(a) por tudo! 

Fonte:

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: TRANSFORME A SUA VIDA COM A PRÁTICA DIÁRIA DA GRATIDÃO

Fim do conteúdo

Não há mais páginas para carregar

Fechar Menu
×

Carrinho