Blog do Saber, Cultura e Conhecimento!

PRIMEIRAS NOTÍCIAS DESTA SEGUNDA-FEIRA CARNAVALESCA

Por Raoni Alves, G1 Rio

24/02/2020 05h59  Atualizado há 40 minutos


Abre-alas da Ilha empaca e cria 'buraco' no desfile da escola na Sapucaí

Abre-alas da Ilha empaca e cria ‘buraco’ no desfile da escola na Sapucaí

Djalma Falcão, presidente da União da Ilha do Governador, penúltima escola a desfilar nesse domingo (23), lamentou os vários problemas durante a apresentação da escola.

A Ilha do Governador teve problema por causa de um carro alegórico com motor quebrado, que teve que ser empurrado. Isso criou um buraco na escola e dificultou sua evolução.

“O que aconteceu aqui com relação ao carro eu não acompanhei, mas nós passamos um minuto. E isso não tem dúvida. Tá marcado. Mas eu não sei o tamanho da gravidade quando o carro quebrou. Não sei o tamanho do buraco que fez. Não sei o tamanho do prejuízo porque eu não vi”.

O desfile durou 71 minutos, um a mais do que o permitido. Segundo o regulamento, a escola perde 0,1 ponto (um décimo) para cada minuto fora do prazo.

“Depois que o carro quebrou e as pessoas passaram na frente fica difícil. Tem que apurar com calma e saber o que houve. Mas existe o quesito desfile e infelizmente houveram alguns problemas. Não adianta chegar aqui e ficar procurando culpado. São coisas que acontecem.”

União da Ilha estoura tempo de desfile na Sapucaí

União da Ilha estoura tempo de desfile na Sapucaí

O enredo mostrou a vida dura das favelas do Rio. A escola foi a penúltima a desfilar no primeiro dia do Grupo Especial do Carnaval do Rio, na madrugada de domingo (23) para segunda-feira (24).

A União da Ilha fez um desfile com estética realista. O enredo teve o nome “Nas encruzilhadas da vida, entre becos, ruas e vielas, a sorte está lançada: Salve-se quem puder!”

  • Não faltaram sinais das dificuldades: armas, ônibus lotados, pessoas vivendo nas ruas, desempregados, famintos…
  • Também havia alegria e esperança: muitos trabalhadores, a alegria dos churrascos na laje, o funk, a cultura, os jovens estudantes e o próprio carnaval.
  • Na parte sobre educação, a rainha Gracyanne Barbosa representou um pedido de paz à frente da bateria com roupas de professores e alunos buscando um futuro digno.
Fonte: G1

Por Alba Valéria Mendonça, G1 Rio

24/02/2020 06h00 Atualizado há 44 minutos


Carro alegórico "O Calvário" é um dos destaques do desfile da Mangueira

Carro alegórico “O Calvário” é um dos destaques do desfile da Mangueira

O primeiro dia de desfiles das escolas de samba do Grupo Especial no Sambódromo do Rio, neste domingo (23), mais parecia uma procissão ou romaria tamanha a quantidade de santos –acompanhados ou não de orixás.

Pelo menos cinco escolas destacaram santos em suas apresentações, em esculturas nas alegorias ou mesmo como destaques.

Carro alegórico da Estácio de Sá une São Jorge e o homem na Lua

Carro alegórico da Estácio de Sá une São Jorge e o homem na Lua

O primeiro santo a cruzar a Sapucaí, veio em forma destaque de luxo, no último carro da Estácio de Sá. São Jorge vinha como destaque principal a alegoria que retratava a Terra vista da lua.

“Ele é o protetor da lua, na crença popular, não é mesmo? Não poderia faltar. Além do mais é o padroeiro da escola. Mal não faz desfilar sob proteção”, disse a carnavalesca Rosa Magalhães.

Carro alegórico da Viradouro representa o culto à Nossa Senhora à Oxum

Carro alegórico da Viradouro representa o culto à Nossa Senhora à Oxum

Quem deu ar de sua graça logo depois foi Nossa Senhora da Conceição. Na Unidos da Viradouro, veio como uma gigantesca escultura no quinto carro da escola.

De dentro do coração da santa, saía uma destaque vestida de Oxum, orixá das águas doces, de devoção das Ganhadeiras de Itapuã, homenageadas no enredo “Viradouro de alma lavada”, dos carnavalescos Tarcísio Zanon e Marcus Ferreira.

Menino Jesus negro no desfile da Mangueira — Foto: Fabio Tito/G1

Menino Jesus negro no desfile da Mangueira — Foto: Fabio Tito/G1

A terceira escola a entrar na Avenida nesta noite de domingo foi a Mangueira, que tinha como enredo a vida de Jesus Cristo, “A verdade vos fará livre”, de Leandro Vieira.

Jesus desfilou na comissão de frente, em esculturas, na pele do pastor Henrique Vieira, do ator Humberto Carrão, em outras representações física e crucificado numa enorme cruz de mais de 20 metros. Sendo que nesta versão era um Jesus negro com o cabelo descolorido.

E mesmo depois do maior representante do catolicismo cruzar a Passarela do Samba, outro santo tão querido dos cariocas entrou em cena.

Quinto carro da Paraíso do Tuiuti mostra cortejo para saudar D. Sebastião — Foto: Fábio Tito/G1

Quinto carro da Paraíso do Tuiuti mostra cortejo para saudar D. Sebastião — Foto: Fábio Tito/G1

São Sebastião foi apresentado flechado no abre-alas da Paraíso do Tuiuti e depois no último carro, na representação de uma escultura de 18 metros de altura, mas sem flechas no corpo.

“A intenção é mostrar que há esperança, que o Rio tem jeito. As flechas que causam dor e agonia podem ser removidas do padroeiro da cidade e também da vida dos cariocas”, explicou o carnavalesco João Vítor Araújo.

São Sebastião no carro da Paraíso do Tuiuti — Foto: Alba Valéria Mendonça / G1

São Sebastião no carro da Paraíso do Tuiuti — Foto: Alba Valéria Mendonça / G1

Quinta agremiação da noite, a Grande Rio falou de tolerância com seu enredo sobre Joãozinho da Gomeia, lendário babalorixá de Caxias.

Fonte: G1

Por Alba Valéria Mendonça e Káthia Mello, G1 Rio

23/02/2020 22h51  Atualizado há 6 horas


Viradouro leva sereia dentro de aquário para a Sapucaí

Viradouro leva sereia dentro de aquário para a Sapucaí

O tripé da comissão de frente da Unidos do Viradouro traz um aquário gigante, com 7 mil litros de água, onde a atleta do nado sincronizado Anna Giulia se apresenta como sereia.

Ela é a única atleta negra da equipe de nado sincronizado da seleção brasileira. “Sem palavras. Foi muito bom. Me diverti a cada momento”, garantiu Anna, que estava terminou de frio no fim do desfile da vermelho e branco de Niterói.

Segundo a atleta, a experiência foi bem diferente do que ela está acostumada. “É bem diferente, no início foi bem difícil me adaptar ao aquário, mas no final deu tudo certo”, afirmou.

Em função da crise da água, a água utilizada no carro da comissão de frente da escola foi água mineral.

“Para achar essa água cristalina a gente passou por alguns testes porque ela ficava turva, a cauda saía tinta, a pedra saía tinta, então a gente passou por alguns testes. Tentamos a outra água, a água da Cedae, mas não deu”, explicou o coreógrafo Alex Neoral.

A Unidos do Viradouro levou para a Sapucaí o empoderamento feminino através das ganhadeiras de Itapoã, grupo de cantigas folclóricas criadas por lavadeiras escravas do século XIX.

“Uma Viradouro que vem purificar a alma, contando a história de bravura dessas mulheres, que retratam a ancestralidade de grande parte que lutaram para construir o Brasil: são as ganhadeiras (…) É uma grande homenagem a essas descendentes de escravas que estão na lagoa de Itapuã e cantam músicas belíssimas”, afirmou o carnavalesco Marcus Ferreira.

Anna Giu fala sobre desfile na Viradouro

Anna Giu fala sobre desfile na Viradouro

Atleta Anna Giulia se apresenta na comissão de frente da Viradouro dentro de um aquário gigante — Foto: Marcelo Brandt / G1

Atleta Anna Giulia se apresenta na comissão de frente da Viradouro dentro de um aquário gigante — Foto: Marcelo Brandt / G1

O mergulho da sereia da comissão de frente da Viradouro — Foto: Reprodução/TV Globo

Atleta do nado sincronizado vem em aquário gigante na comissão de frente da Viradouro — Foto: Fábio Barros / Liesa

Atleta do nado sincronizado vem em aquário gigante na comissão de frente da Viradouro — Foto: Fábio Barros / Liesa

Atleta Anna Giulia faz performance dentro de aquário na comissão de frente da Viradouro — Foto: Marcelo Brandt / G1

Atleta Anna Giulia faz performance dentro de aquário na comissão de frente da Viradouro — Foto: Marcelo Brandt / G1

Sete escolas de samba abriram os desfiles do Grupo Especial do carnaval do Rio neste ano. A festa está começou às 21h30, com a Estácio de Sá, seguida de Viradouro, Mangueira, Tuiuti, Grande Rio, União da Ilha e Portela.

Na segunda (24) vão passar pela Marquês de Sapucaí São Clemente, Vila Isabel, Salgueiro, Unidos da Tijuca, Mocidade e Beija-Flor encerram os desfiles.

Carro alegórico da Viradouro representa o culto à Nossa Senhora à Oxum

Carro alegórico da Viradouro representa o culto à Nossa Senhora à Oxum

Margareth Menezes desfila como destaque em alegoria da Viradouro

Margareth Menezes desfila como destaque em alegoria da Viradouro

 

Mestre-sala e porta-bandeira da Viradouro mostram relação das ganhadeiras com o Sol

Mestre-sala e porta-bandeira da Viradouro mostram relação das ganhadeiras com o Sol

Fonte: G1

 

Por Blog do BG

Extorsão e morte marcam atuação de capitão Adriano

Foto: Reprodução

“Na rua mencionada (…) podem ser encontrados alguns indivíduos excluídos da Polícia Militar, que fazem parte de uma milícia, identificados como sargento Dalmir Barbosa, Mauricião, capitão Adriano, André e Fininho. Eles cometem crimes de homicídio, extorsão a comerciantes, instalações clandestinas de internet e venda ilegal de botijões de gás.”

Este texto, atribuído a uma notificação anônima feita ao Disque-Denúncia do Rio de Janeiro em novembro de 2015, é um dos registros sobre a atuação do grupo comandado pelo ex-policial militar Adriano Magalhães da Nóbrega, o capitão Adriano, na comunidade de Rio das Pedras. Morto no último dia 9 no interior da Bahia, ao reagir ao cerco policial, Adriano era o último dos 13 milicianos da lista de procurados da Justiça na operação que recebeu o nome de Intocáveis.

Estado analisou relatos feitos ao Disque Denúncia, provas apreendidas pelo Ministério Público e escutas telefônicas dos milicianos nas investigações que envolvem o capitão Adriano e seus antigos comparsas. Ao analisar os documentos é possível retratar a atuação da milícia em Rio das Pedras e ter uma dimensão dos negócios criminosos e da violência empregada pelo grupo para manter a influência no poder público e garantir o domínio territorial, econômico e político.
Ocupação

Área de ocupação irregular, iniciada na década de 1970 na região de Jacarepaguá, Rio das Pedras é como uma cidade dentro do Rio. Segundo o último Censo do IBGE, houve um aumento de 48% no número de moradores (de 42.735, em 2000, para 63.482 em 2010). Conhecida como um dos berços das milícias, a comunidade é também o maior reduto nordestino do Rio. Por isso, não foi surpresa a descoberta de capitão Adriano na Bahia e a prisão de outros milicianos do grupo em estados do Nordeste.

Adriano era tratado como “Gordo” ou “Patrãozão”. A vida de crimes começou quando, ainda na PM, ele passou a trabalhar como segurança do bicheiro Waldomiro Paes Garcia, o Maninho (assassinado em 2004), e do genro dele, José Luiz de Barros Lopes, o Zé Personal (morto em 2011). São desse período os primeiros processos e prisões por assassinato de ex-aliado da família, em disputa pelo domínio dos negócios de jogos de máquinas de caça-níquel. Em um dos processos, Adriano foi denunciado por tentar assassinar um ex-aliado de Maninho. Não foi condenado. O alvo foi morto anos depois. Adriano foi expulso da PM em 2014.

O poder conquistado pela milícia do capitão Adriano em Rio das Pedras, após disputas e mortes, decorre de suas ligações com contraventores e políticos, segundo investigadores. Um poder sustentado e ampliado nos últimos dez anos com as ações violentas do grupo e suas “informações privilegiadas”. “A organização (…) teria braços no Estado, no Legislativo municipal e estadual, assim como na Polícia Militar do Estado, o que denota uma gravidade concreta elevada, a justificar as cautelares extremas, até como forma de impedir que novas extorsões, corrupções e homicídios venham a ocorrer”, registra o processo contra Adriano.

Leia a matéria completa aqui

R7

Comments

WhatsApp: convites para grupos privados são encontrados em busca no Google

Foto: Bruno De Blasi/TechTudo

Os grupos de WhatsApp podem não ser tão seguros quanto você pensa. Foi o que afirmou o jornalista Jordan Wildon, da agência alemã Deutsche Welle, após descobrir que o Google indexa links com convites para grupos privados do mensageiro. Isso significa que, com uma pesquisa simples no buscador, qualquer pessoa pode descobrir e participar dos chats coletivos.

Conforme Wildon explicou em seu Twitter na última sexta-feira (21), o recurso “Convidar via link” permite que o Google indexe os grupos de WhatsApp à sua busca. Isso acontece porque é possível compartilhar os links fora do mensageiro e, portanto, sem a segurança da criptografia de ponta-a-ponta do aplicativo.

Em nota ao TechTudo, o WhatsApp confirmou que os links de convites podem ser encontrados por outros usuários quando disponibilizados em canais públicos (veja a nota na íntegra ao final da matéria). Também procurado pelo TechTudo, o Google não se posicionou a respeito.

Tech Tudo

Comments

Terraplanista morre em queda de foguete caseiro

Foto: Divulgação

Se a hipótese amalucada do terraplanista Michael “Mad Mike” Hughes estivesse certa, sua morte teria ocorrido pelo fato de que seu foguete caseiro bateu no domo da Terra e caiu. Mas não foi esse o caso. No sábado 22, o americano ignorou os avisos de que sua empreitada era perigosa e decolou uma nave construída por ele próprio. No trágico acidente, enfrentou a força da gravidade de um planeta redondo. Despencou de uma altura de 500 metros e morreu com impacto, aos 64 anos, na Califórnia.

De acordo com nota do canal Discovery, a ação seria gravada para passar no Science Channel, dedicado à Ciência, do grupo Discovery. “Hughes morreu hoje tragicamente durante uma tentativa de lançar seu foguete caseiro. Nossos pensamentos e orações vão à sua família e a seus amigos neste momento difícil. Sempre foi seu sonho fazer esse lançamento e o Science Channel está lá para registrar sua jornada”, informou o Discovery, em nota.

Em entrevista à CBS News, em outubro de 2018, Hughes disse que a ideia da Terra plana “é como todo o resto para ele”. “Quero apenas que as pessoas questionem tudo. Questione o que seu congressista está fazendo, sua assembleia local. Ele também afirmou na época que construiu o foguete na base da tentativa e erro. “Você não tem muitas chances na indústria de foguetes”. Hughes teve somente duas.

Veja

Comments

Terremoto mata nove pessoas na fronteira da Turquia com o Irã

Foto: Demiroren News Agency

Nove pessoas morreram e prédios desabaram no sudeste da Turquia neste domingo, 23, em função de um terremoto de 5,7 graus de magnitude perto da fronteira com o Irã. Mais de 100 pessoas ficaram feridas em vilarejos e cidades dos dois países, disseram autoridades do governo turco.

Na Turquia, três dos mortos eram crianças, e 50 pessoas ficaram feridas. Nove delas estão em estado grave, informou o Ministério da Saúde local. A TV estatal  iraniana estima que 75 pessoas estejam machucadas, entre as quais seis delas foram hospitalizadas. Equipes de resgate foram enviadas para a província de Azerbaijão Ocidental, no Irã, a mais atingida. O terremoto foi sentido em várias cidades do país, incluindo Urmiah e Salmas, e em muitas aldeias, incluindo algumas que sofreram “100% de dano”, informou a TV estatal.

O tremor causou o colapso de mais de 1.000 prédios na Turquia, o que levou a um rápido esforço de resgate para encontrar pessoas presas nos escombros. O terremoto danificou os edifícios a cerca de 90 quilômetros a oeste da cidade turca de Van.

Veja

 

Autonomia do BC na pauta do Senado

Foto: O Antagonista

Davi Alcolumbre marcou para a primeira sessão após o Carnaval a votação do projeto que prevê a autonomia do Banco Central, diz Igor Gadelha na Crusoé.

Os textos dos senadores é parecido com o que tramita na Câmara.

Os dois estipulam que os mandatos para o presidente e os diretores do BC em períodos não coincidentes com o mandato do presidente da República.

Os dois estipulam que os mandatos para o presidente e os diretores do BC em períodos não coincidentes com o mandato do presidente da República.

Eduardo Bolsonaro diz que vai denunciar Cid Gomes

Eduardo Bolsonaro🇧🇷

@BolsonaroSP

Quero ver o sorrisinho quando eu assinar a petição para a PGR denunciando a tentativa de homicídio de Cid. Além disso estamos estudando medidas a ser feitas no Senado contra o senador, bem como ver se ele estava habilitado a dirigir o trator. https://twitter.com/CarlosBolsonaro/status/1231354565188050945 

Carlos Bolsonaro

@CarlosBolsonaro

Sabe aquel(x) senador(x), que não fez corpo de delito porque disseram ser um chupão que tinha na barriga, além de lutar contra você pagar menos tributos (DPVAT)? Agora quer passar por cima de crianças e mulheres com o pessoal do nariz nervoso e lambedor de beiço do Ceará.

Vídeo incorporado

Eduardo Bolsonaro usou o Twitter neste domingo para avisar que assinará uma petição contra Cid Gomes por tentativa de homicídio após o senador avançar com uma retroescavadeira em PMs amotinados.

“Quero ver o sorrisinho quando eu assinar a petição para a PGR denunciando a tentativa de homicídio de Cid”, disse.

O deputado afirmou também que estuda outras medidas contra o irmão de Ciro Gomes, “bem como ver se ele estava habilitado a dirigir o trator”.

O Antagonista

Comments

Ciro responde a Carlos: “Seremos o pior pesadelo de sua família de canalhas e milicianos”

Ciro Gomes

@cirogomes

Libélula deslumbrada, nós aqui no Ceará somos e seremos o pior pesadelo de sua família de canalhas, milicianos e peculatários corruptos . Quanto dinheiro roubado o Queiroz depositou na conta da mulher de seu pai, o canalha maior ?

Ciro Gomes usou o Twitter neste domingo para responder a uma provocação de Carlos Bolsonaro.

Ontem, o filho do presidente da República comentou um vídeo do senador Randolfe Rodrigues e citou os irmãos Gomes, chamados por Carlos de “pessoal do nariz nervoso e lambedor de beiço do Ceará”.

Em resposta, Ciro disse que “nós aqui no Ceará somos e seremos o pior pesadelo de sua família de canalhas, milicianos e peculatários corruptos”.

“Quanto dinheiro roubado o Queiroz depositou na conta da mulher de seu pai, o canalha maior?”, questionou.

O Antagonista

Fonte: Blog do BG

 

Por G1

23/02/2020 19h19  Atualizado há 10 horas


Glória Groove se fantasia de Arlequina para o carnaval de Natal — Foto: Reprodução/Instagram

Glória Groove se fantasia de Arlequina para o carnaval de Natal — Foto: Reprodução/Instagram

A cantora Glória Groove se fantasiou de Arlequina, a supervilã do Esquadrão Suicida, para sua estreia no carnaval de Natal. Neste domingo (23), drag queen movimenta o tradicional desfile das Kengas, no palco montado no centro histórico da capital potiguar.

A performer registrou, em seu perfil no Instagram, o look completo: meia arrastão, maiô, cartola e peruca nas cores vermelho e preto, marca registrada da personagem das histórias em quadrinhos. Groove também posou com seu entourage que veste as mesmas cores.

A festa deste domingo acontece em sete pontos da cidade com shows do grupo Monobloco, da Roberta Sá e da Banda Submarino Amarelo.

Glória Groove se fantasia de Arlequina para o carnaval de Natal — Foto: Reprodução/Instagram

Glória Groove se fantasia de Arlequina para o carnaval de Natal — Foto: Reprodução/Instagram

Glória Groove se fantasia de Arlequina para o carnaval de Natal — Foto: Reprodução/Instagram

Glória Groove se fantasia de Arlequina para o carnaval de Natal — Foto: Reprodução/Instagram

Fonte: G1RN

 

Por G1 RN

23/02/2020 09h08  Atualizado há 21 horas


No Polo Ponta Negra, na Zona Leste de Natal, a folia ficará por conta do Monobloco (arquivo) — Foto: Pedro Vitorino

No Polo Ponta Negra, na Zona Leste de Natal, a folia ficará por conta do Monobloco (arquivo) — Foto: Pedro Vitorino

Monobloco, Roberta Sá e a Banda Submarino Amarelo são algumas das atrações deste domingo (23) nos palcos montados para o carnaval em sete pontos de Natal. Além das atrações nos palcos, os foliões potiguares e turistas ainda podem participar dos blocos de rua e assistir às apresentações das escolas de samba do grupo A, na Ribeira.

Domingo de carnaval também é dia do tradicional desfile das Kengas, às 18h, no palco montado no centro histórico da capital potiguar. Após o desfile, a atração da noite será Glória Groove.

Confira a programação completa deste domingo (23):

Polo Ponta Negra

  • Priscila Braw – 20h
  • Monobloco – 22h

Polo Petrópolis

  • Banda Submarino Amarelo – 18h
  • Andiara Freitas – 20h
  • Roberta Sá – 22h

Polo Centro Histórico (Palco Beco da Lama)

  • Acorda Clubber TAJEUXFRANK e 08 Dj’s – 14h
  • João Batista do Fama (Palco Kengas) – 16h
  • Desfile das Kengas – Dj Samir – 18h
  • Glória Groove (Palco Kengas) – 20h

Polo Redinha

  • Igor Dantas – 19h
  • CPI da Folia – 21h

Polo Redinha (Palco Buiú)

  • Nara Costa – 20h30
  • Babado Novo – 22h30

Polo Oeste

  • Robson Paiva – 18h
  • Som e Balanço – 20h
  • Capilé – 22h

Polo Praia – Pranchão Praia

  • Banda Detroit – 15h

Polo Ribeira

  • Desfile das Escolas de Samba do Grupo A – 20h

Blocos

  • As Kengas – Local: Rua Gonçalves Lêdo, Bardallos Comida & Arte, Cidade Alta – Hora: Concentração ás 14h, saída às 15h
  • Bardallos – Local: Rua Gonçalves Lêdo, Bardallos Comida & Arte, Cidade Alta – Hora: 14h às 15h
  • Suvaco do Careca – Local: Praia Shopping, bairro de Ponta Negra – Hora: Concentração às 16h, saída às 18h
  • Se Brincar Eu Pego – Local: sai da frente do Illusion Hotel – Av. Praia de Pirangi – Hora: 18h
  • Submarino Amarelo – Local: Avenida Floriano Peixoto, Petrópolis – Hora: 16h
  • Liga da Folia – Local: Avenida Itapetinga, Gela ZN – Hora: 11h às 12h
  • As Kengas de Tambores – Local: Praça do Cruzeiro, bairro da Redinha – Hora: Concentração às 11h, saída às 12h
  • As Raparigas – Local: Praça do Cruzeiro, bairro da Redinha – Hora: Concentração às 12h, saída às 12h30
  • Sem preconceito eu vou – Local: Praça do Cruzeiro, bairro da Redinha – Hora: Concentração às 16h, saída às 17h
  • Bloco do Seu Boga – Local: Avenida Ulisses Guimarães, bairro da Redinha – Hora: Concentração às 15h30, saída às 16h
  • Banda do Siri – Local: Praça do Cruzeiro, bairro da Redinha – Hora: Concentração às 16h, saída às 17h
  • Língua Ferina – Local: Rua Vereador Cauby Barroca, bairro das Rocas – Hora: Concentração às 18h, saída às 19h
  • Guarafolia – Local: Rua Praia do Meio, bairro Guarapes – Hora: 15h à meia-noite
  • Pinto Pelado – Local: Rua Pereira Simões, bairro das Rocas – Hora: Concentração às 21h30, saída às 22h
  • Alegria das Dunas – Local: Rua Anequim, bairro Pajuçara – Hora: Concentração às 15h, saída às 16h
  • Mamadeira na boca – Local: Avenida Mário Negócio, bairro das Quintas – Hora: Concentração às 11h, saída às 14h
  • Estouradores de Tomate da Rua Monte Carlos – Local: Rua Monte Carlos, Praia do Meio – Hora: Concentração às 19h, saída às 20h
  • Só falta você – Local: 2º Travessa João XXIII, bairro de Mãe Luíza – Hora: Concentração ás 18h, saída às 20h
  • Carnaval de Mãe – Local: Rua Guanabara, bairro Mãe Luíza – Hora: 19h às 4h
  • Carnapraia – Local: quadra de esportes da Praia do Forte – Hora: 16h
  • Bloco Ualaah – Local: Rua Lourenço Wagner, bairro Planalto – Hora: 15h
  • Os Fuleiros do Barro Duro – Local: Rua João XXIII, bairro Mãe Luíza – Hora: 14h
  • Bloco do Mosquito – Local: Praça da Amizade, Parque dos Coqueiros – Hora: 16h
  • Arena Castanhola – Local: Rua Nova Central, bairro Quintas – Hora: 19h

Fonte: G1RN

 

 

Continuar lendo

BOAS NOTÍCIAS: CIENTISTAS DE MASSACHUSETTS DESENVOLVEM PODEROSO ANTIBIÓTICO QUE MATA SUPERBACTÉRIAS

BOAS NOTÍCIAS: CIENTISTAS DE MASSACHUSETTS DESENVOLVEM PODEROSO ANTIBIÓTICO QUE MATA SUPERBACTÉRIAS
4K resolution Futuristic Brain in big data connection systems.artificial intelligence Concept

Nesta segunda-feira no nosso BOAS NOTÍCIAS temos uma incrível descoberta da ciência que vai ajudar a salvar a vida de milhões de pessoas no tratamento da diabetes e outras inúmeras infecções. O poderoso antibiótico mata superbactérias, aquelas resistentes a medicamentos e foi desenvolvido graças à Inteligência Artificial. Leia a reportagem completa a seguir e entenda como foi feita essa importante descoberta!

Criado nos EUA antibiótico poderoso contra superbactérias

Cientistas do MIT – Instituto de Tecnnologia de Massachusetts, nos EUA, criaram um antibiótico poderoso que mata superbactérias – bactérias resistentes a medicamentos – graças à inteligência artificial – IA.

A descoberta importante foi publicada no periódico científico Cell. Os pesquisadores treinaram um algoritmo para identificar os tipos de moléculas que matam bactérias.

“Nossa abordagem revelou uma molécula incrível, que é sem dúvida um dos antibióticos mais poderosos já descobertos”, disse James Collins, um dos autores do estudo, em comunicado.

A molécula foi batizada de halicina, em homenagem a Hal, a IA do filme 2001: Uma Odisseia no Espaço, de Stanley Kubrick.

Originalmente desenvolvida para tratar diabetes, ela se mostrou capaz de tratar inúmeras infecções.

Como

Eles forneceram ao programa informações sobre as características atômicas e moleculares de quase 2500 medicamentos e compostos naturais, além de dados sobre quanto cada substância bloqueia o crescimento da bactéria Escherichia coli.

O algoritmo aprendeu quais características moleculares produziam bons antibióticos e os cientistas o colocaram para trabalhar em uma biblioteca com mais de 6 mil compostos que estão sendo investigados como potenciais medicamentos.

A tecnologia se concentrou em encontrar compostos eficazes, mas diferentes dos antibióticos já existentes – o que garantiria o efeito contra bactérias resistentes.

Antibiótico poderoso

Demorou apenas algumas horas para o algoritmo avaliar os compostos e apresentar alguns antibióticos promissores, como a halicina.

“Queríamos desenvolver uma plataforma que nos permitisse aproveitar o poder da inteligência artificial para inaugurar uma nova era de descoberta de antibióticos”, disse.

Testes

Testes em culturas bacterianas mostraram que a halicina pode matar a Mycobacterium tuberculosis, que causa tuberculose, e as cepas de Enterobacteriaceae resistentes aos carbapenêmicos, um grupo de antibióticos considerados o último recurso para tratar infecções provocadas por esse microrganismo.

Além disso, testes em ratos provaram a eficácia da substância contra outras duas espécies de organismos multirresistentes, a Clostridium difficile e a Acinetobacter baumannii.

“Esse trabalho inovador significa uma mudança de paradigma na descoberta de antibióticos e, de fato, na descoberta de medicamentos em geral”, afirmou Roy Kishony, professor do Technion – Instituto de Tecnologia de Israel.

“Essa abordagem permitirá o uso de “machine learning” em todos os estágios do desenvolvimento de antibióticos.”

Com informações do GNN

Fonte: Só Notícia Boa

Continuar lendo

AUTOCONHECIMENTO: ENSINAMENTOS DOS INICIADOS

Um texto para grande REFLEXÃO na coluna AUTOCONHECIMENTO desta segunda-feira carnavalesca para foliões e não foliões. Todos devem ler e refletir sobre Ensinamentos dos Iniciados, pois um dia todos, sem exceção passarão por essa experiência. 

Ensinamentos dos Iniciados

ensinamentos dos iniciados
ENSINAMENTOS DOS INICIADOS
 (Toques de Luz e Honra na Senda Espiritual)
A pessoa que dá guarida às trevas torna-se pobre espiritualmente.
Perde a honra e a paz, pois, sem Luz, quem poderá dizer-se íntegro?
Além de agredir a si mesma, também agride os seres queridos ao redor.
E humilha-se muito, de maneiras degradantes, sem ver e sem sentir.
Quem anda com faixas escuras apertando seu coração, perde a sensibilidade.
As trevas também falam dentro da mente e transmitem raiva e confusão.
E estimulam remoques e atitudes tacanhas, frutos de sua infecção invisível.
* * *
Quem permite a intrusão psíquica das trevas em sua vida, dá muitas “patadas”.
Raramente vê isso, pois, seu senso de justiça e discernimento foi corrompido.
Espiritualmente, tal pessoa é considerada doente, não de corpo, mas de honra.
A sua infecção pode se espalhar, tornando-a agente trevosa e vetor do mal.
Como sempre, a arrogância é o carro-chefe de tal propagação psíquica deletéria.
Por isso, o meigo Jesus ensinou aos homens a arte da teurgia* e da humildade.
O “Orai e Vigiai”, ensinamento tão mal compreendido até hoje, tem seus motivos.
Não se trata de orar cegamente, mas de conectar-se verdadeiramente ao Alto.
Trata-se de policiar a própria casa mental e defender a Luz do coração.
A prece fortalece o espírito. E o discernimento faz ver as fendas do caminho…
* * *
Os agentes das trevas** são semeadores de escuridão e dor…
Sempre agem na calada das intenções escusas e dos remoques e medos.
Eles são exploradores dos homens! Acham brechas psíquicas e entram fundo.
Alimentam-se de energias e fomentam confusões diversas, de maneiras soturnas.
Quem lhes fornece o acesso psíquico é o próprio homem, com suas falhas.
Urge que os trabalhadores e estudantes espirituais se conscientizem disso.
Que “orem e vigiem”, não por medo, mas por honra, lucidez e paz de espírito.
* * *
Mourejar na gleba terrestre e, ao mesmo tempo, carregar a Luz, é uma dádiva.
Ser servidor da Luz é uma honra, pois faz a jornada rica e ilumina a própria vida.
Saber que o Eterno sussurra o Bem em seu coração, é fortaleza!
Que nos momentos de provas, os estudantes espirituais lembrem-se disso!
Que não se afastem da Fonte Imanente que os protege e inspira na jornada.
Que não reneguem seus ideais por causa de ingratidões ou coisas de ego.
Que não se esqueçam de orar ao Pai-Mãe de todos, pela melhoria da humanidade.
Que não se deixem levar por modismos alienantes nem por questões esdrúxulas.
Que se mantenham firmes na senda, porque é isso que o iniciado espiritual faz!
Que não esperem entendimento do mundo, para aquilo que só o coração sabe.
Que o ceticismo dos homens não envenene os ideais de quem conhece a Luz.
Que haja sabedoria para reagir contra as más companhias e suas seduções…
Que haja compreensão e humildade para saber perdoar os que caem na senda.
Que haja abertura e inteligência para não julgar, pois só o Alto sabe tudo.
Que haja muita alegria na volta de um irmão perdido e que o coração faça festa.
Que ninguém olhe o passado dos outros, mas o seu potencial de melhoria.
Que ninguém se iluda: o caminho da ascese evolutiva é árduo e cheio de provas.
Que haja sabedoria para se fortalecerem nas asas luminosas da prece lúcida.
Que os estudantes e trabalhadores vigiem mais, não aos outros, mas, a si mesmos.
Que reconheçam a Luz como o grande presente de suas vidas.
Honra e Compreensão.
Equilíbrio na Senda.
Harmonia e Serenidade.
Tenacidade e Gratidão.
Amor e Perdão.
Paz e Luz.
– Ramatís e Os Iniciados*** –
(Recebido espiritualmente por Wagner Borges).
– Notas:
* Teurgia – a relação secreta da Luz do coração com a Luz celeste; a arte de conectar-se com os espíritos celestes, pela prece, para a consecução das artes da cura espiritual. Por esse parâmetro, Jesus praticava a teurgia. Aliás, ele era O Grande Taumaturgo!
** Agentes das Trevas – obsessores espirituais; assediadores extrafísicos; espíritos negativos.
*** Ramatís – Para mais informações sobre esse sábio mentor espiritual, basta acessar o seguinte link do site do IPPB:
– Os Iniciados – grupo extrafísico de espíritos orientais que opera nos planos invisíveis do Ocidente, passando as informações espirituais oriundas da sabedoria antiga, adaptadas aos tempos modernos e direcionadas aos estudantes espirituais do presente.
Composto por amparadores hindus, chineses, egípcios, tibetanos, japoneses e alguns gregos, eles têm o compromisso de ventilar os antigos valores espirituais do Oriente nos modernos caminhos do Ocidente, fazendo disso uma síntese universalista. Estão ligados aos espíritos da Fraternidade da Cruz e do Triângulo. Segundo eles, são “iniciados” em fazer o bem, sem olhar a quem.
Obs.: Enquanto eu passava essas linhas a limpo, lembrei-me de dois outros textos de Ramatís e dos Iniciados, nessa mesma sintonia, postados pelo site do IPPB em 1998 e 1999. Penso que a sinergia desses textos possa enriquecer esses escritos de hoje. Então, estou postando-os na sequência.
Fonte: ippb.org
Continuar lendo

EDITORIAL: O POVO NÃO PODE DEIXAR O CONGRESSO CHANTAGEAR O GOVERNO DESSA FORMA

EDITORIAL: O POVO NÃO PODE DEIXAR O CONGRESSO CHANTAGEAR O GOVERNO DESSA FORMA
Wagner Braga no Bossa Nova Mall

Caro(a) leitor(a),

Já havia dito aqui, em outras oportunidades, que o Congresso Nacional é um câncer no organismo da sociedade brasileira. Não apenas pelo grande peso morto que produz R$ 11 bilhões de despesa por ano à União, mas também pelo sistema da velha política do “toma lá-da-cá, onde tudo que se produzia em legislação naquela casa era em troca de muito dinheiro e/ou cargos públicos, que se traduzia tudo numa sangria desatada, pois esses ditos cargos públicos, em sua maioria eram preenchidos por literais “parasitas”, como chamou paulo Guedes. Na tentativa de mudar essa retórica Bolsonaro enfrentou a velha política, mas deu de cara com o tal Orçamento Impositivo que o deixa na mão dessas víboras, que continuam a chantagear metendo a mão numa bolada gorda de R$ 30 bilhões. Isso não pode continuar. O povo precisa tomar providências!

Fonte:

Continuar lendo

GEOPOLÍTCA: CASO 500 MILHÕES DE DÓLARES DO BNA CHEGA A FASE DE PRODUÇÃO DE PROVAS

Na coluna GEOPOLÍTICA deste domingo temos mais um episódio do “Caso 500 milhões de dólares do BNA. O processo na justiça chega a fase de produção de provas que pode estar condicionada a diligências já solicitadas pelas defesas dos réus  Valter Filipe e Jorge Gaudens Pontes. Leia a reportagem completa a seguir e saiba o que vem a seguir!

Produção de provas presa a diligência sem respostas

Santos Vilola

22 de Fevereiro, 2020

A conclusão da fase de produção de prova no julgamento do “Caso 500 milhões de dólares do BNA” pode estar condicionada a diligências já solicitadas pela defesa dos réus de Valter Filipe e de Jorge Gaudens Pontes há várias semanas, mas sem respostas das instituições em causa.

Fotografia: DR

Uma das diligências solicitadas é uma cópia do correio electrónico enviado pelo escritório de advogados britânico Northon Rose, representante do Estado angolano e do BNA, no processo de estorno dos 500 milhões de dólares transferidos de uma conta do banco central angolano no Standard Chattered para outra da empresa Perfectbit, consorte da Mais Financial Service e da Resource Revertion no processo de mobilização de um fundo de investimento estratégico para Angola no valor de 30 mil milhões de euros.

A defesa de Valter Filipe quer atestar se este correio electrónico confidencial detalha a forma como foi devolvido o dinheiro e o procedimento legal usado pelos advogados britânicos.

Na última sessão, o tribunal deu cinco dias, sob pena de desencadear mecanismos legais, para que o Ministério das Finanças e o BNA respondam à esta diligência.

Outra diligência feita cujo resultado deve ser conhecido na próxima sessão de discussão e julgamento foi solicitada pelo Ministério Público (titular da acção penal) relativamente a documentos que atestam a garantia financeira do investimento junto do banco Crédit Suisse.

Deve ser conhecido ainda a resposta à carta rogatória ao Supremo Tribunal de Justiça do Reino Unido para atestar se a decisão foi judicial/coerciva ou por ordem de consenso.

O tribunal agendou para o próximo dia 27 a apresentação das análises feitas a estes documentos diligenciados.

Na última sessão, o juiz disse esperar que a sessão de discussão e julgamento do dia 27 seja a última dessa fase de produção de prova em que se encontra o processo.

Finda a produção das provas, provavelmente no próximo dia 27, será dada a palavra para as alegações orais, sucessivamente, aos representantes do Ministério Público, da acusação particular (assistente) e da defesa (advogados dos réus). Os advogados dos réus serão os últimos a falarem. Ninguém poderá falar, de cada vez, mais do que uma hora, salvo se a natureza da causa o exigir e o tribunal o autorizar.

No processo n• 002/18, que apura responsabilidades na transferência de 500 milhões de dólares de uma conta do BNA no banco Standard Chattered para outra da empresa Perfectbit no HSBC, em Londres, José Filomeno “Zenu” dos Santos e Jorge Gaudens Pontes Sebastião são acusados dos crimes de burla por defraudação, branqueamento de capitais e tráfico de influências, e António Samalia Bule Manuel e Valter Filipe Duarte da Silva pelos crimes de burla por defraudação, branqueamento de capitais e peculato.

Fonte: Jornal de Angola

Continuar lendo

PRIMEIRAS NOTÍCIAS DESTE DOMINGO DE CARNAVAL

Por G1

23/02/2020 05h25  Atualizado há 52 minutos


Veja os melhores momentos dos desfiles das escolas da Série A neste sábado (22)

Veja os melhores momentos dos desfiles das escolas da Série A neste sábado (22)

Belford RoxoImperatriz Leopoldinense e Unidos de Padre Miguel foram destaques do segundo dia de desfiles das escolas da Série A na Sapucaí, que teve início na noite deste sábado (22) e terminou na madrugada de domingo (23).

Acadêmicos do SossegoBanguSanta Cruz e Império da Tijuca também se apresentaram, fechando o carnaval da série A de 2019.

Assim como na noite anterior, os desfiles atrasaram cerca de 15 minutos, mas a chuva fina que caiu durante quase toda a noite não causou grandes problemas.

Além disso, nenhuma da escolas ultrapassou o tempo limite de 55 minutos. Mas os desfiles não apresentaram tantos problemas com seus carros.

Veja abaixo um resumo da apresentação de cada escola:

Acadêmicos do Sossego

Passista da Acadêmicos do Sossego — Foto: Alexandre Durão/G1

Passista da Acadêmicos do Sossego — Foto: Alexandre Durão/G1

A Acadêmicos do Sossego, de Niterói, abriu o segundo dia de desfiles com o enredo “Os tambores do Olokun”, uma homenagem ao maracatu, uma das maiores tradições do Pernambuco. A escola vai celebrar as raízes sagradas, históricas e as personagens do cortejo negro que nasceu no estado, unindo o ritma característico ao samba.

O tema foi pensado por Marco Antônio Falleiros, mas os responsáveis pelo desfile da noite foi a dupla Guilherme Diniz e Rodrigo Marques, que assumiram a empreitada há cerca de 15 dias, depois de algumas trocas de carnavalescos.

Os dois participaram da Série A em 2019 no comando da Unidos da Ponte. Com 22 anos, Diniz é o carnavalesco mais novo da Sapucaí.

No mesmo ano, a Acadêmicos do Sossego escapou da queda por um décimo e ficou na 12º colocação com o enredo “Não se meta com minha fé, acredito em quem quiser”, um discurso contra a intolerância religiosa.

A comissão de frente retratava o próprio Olokun, o senhor do mares, associado às grandes mudanças de estado e elevado por uma estrutura manual.

Ao longo do desfile, o azul do oceano do carro abre-alas deu lugar às fitas e as cores da segunda alegoria, representante do Pernambuco.

Com 23 alas, três carros e um tripé e 2.100 componentes, a Sossego não teve pressa em seu final de desfile e encerrou sua participação com 53 minutos.

Naidelaine, 27 anos, diretora feminina da ala de passistas da escola, desfilou grávida de 8 meses. “Todas as escolas da Série A esse ano tiveram muitas dificuldades sem os recursos da Prefeitura. Esse ano foi muito mais difícil. Mas a escola veio bem. Vamos torcer”, comentou

Inocentes de Belford Roxo

A rainha Marta, homenageada da Inocentes de Belford Roxo, encerra o desfile da escola — Foto: Alexandre Durão/G1

A rainha Marta, homenageada da Inocentes de Belford Roxo, encerra o desfile da escola — Foto: Alexandre Durão/G1

A Belford Roxo homenageou a maior jogadora brasileira de futebol de todos os tempos. O enredo “Marta do Brasil – Chorar no começo para sorrir no fim”, contou a história de luta, superação e glórias de Marta nos campos e na vida.

Em 2019, com o samba “O Frasco do Bandoleiro – Baseado num causo com a boca na botija”, a escola conseguiu a 9ª colocação. A Belford Roxo participou do Grupo Especial em 2013, mas não conseguiu se manter.

Em 2020, o desfile foi comandado por Jorge Caribé, que retorna à escola depois de conquistar o título do então Grupo B em 2008.

Apesar de uma homenagem à alagoana, a bateria da Belford fez uma paradinha inspirada em “We will rock you”, do Queen.

Ao longo do desfile, a escola falou sobre a origem de Marta no Alagoas, no carro de abre-alas e suas conquistas no Brasil e em outros países através do futebol, em uma alegoria coberta com mais de 8.000 bolas.

No último carro, a própria jogadora era o grande destaque, acompanhada da mãe, dona Tereza da Silva, da namorada e de alguns amigos. O desfile, que contou com 15 alas, três carros e um tripé e 1.900 componentes, terminou com 53 minutos.

Unidos de Bangu

Comissão de frente da Unidos de Bangu — Foto: Alexandre Durão/G1

Comissão de frente da Unidos de Bangu — Foto: Alexandre Durão/G1

A Unidos de Bangu falou sobre os povos africanos – mais especificamente do Congo – através de um antigo contador de histórias (griô).

Com o enredo “Memórias de um Griô: a diáspora africana numa idade nada moderna e muito menos contemporânea”, a escola contou os horrores da escravidão, mas celebrou também a força e a resistência dos negros.

O desfile ficou sob responsabilidade do carnavalesco Bruno Rocha, que fez sua estreia na Sapucaí e na Bangu.

A escola ficou em 8º na Série A de 2019 com enredo sobre a batata. Criada em 1937, a Bangu é uma das cinco mais antigas do país, e participou do Grupo Especial pela última vez em 1963.

Depois de uma bela comissão de frente, que retratava os reis e as rainhas do Congo sequestrados para servir como escravos, o carro abre-alas apresentou um problema que tem sido comum este ano, com uma estátua com defeito no pescoço de sua figura central.

A segunda alegoria também teve dificuldades com a iluminação, que não funcionou.

Com 17 alas, três carros e um tripé e 1.700 componentes, a Bangu tomou um susto, desistiu de entrar com a bateria no recuo, acelerou o passo e mesmo assim encerrou seu desfile em 52 minutos.

Acadêmicos de Santa Cruz

Coreografia da comissão de frente da Acadêmicos de Santa Cruz — Foto: Alexandre Durão/G1

Coreografia da comissão de frente da Acadêmicos de Santa Cruz — Foto: Alexandre Durão/G1

A Santa Cruz narrou feitos, personagens e curiosidades no enredo “Santa Cruz de Barbalha: um conto popular no Cariri cearense”, sobre o município que acumula histórias e lendas desde a época que a região era habitada apenas pelos índios.

O carnavalesco Cahê Rodrigues, que ainda integra comissão responsável pelo desfile da União da Ilha, buscou mostrar eventos populares como o carregamento do pau da bandeira, as festas de Santa Antônio e cultura dos engenhos

Em 2019, também na Santa Cruz, Rodrigues comandou o enredo sobre a atriz Ruth de Souza, que deixou a escola no quinto lugar. A última vez da agremiação no Grupo Especial foi em 2003.

Com canos de PVC pintados, a comissão de frente simulava o movimento de um canavial, com uma plantação abençoada pelo Padre Cícero.

No meio do desfile, 50 homens carregavam o tronco de angico, representando a tradição do carregamento do mastro da bandeira de Santo Antônio, padroeiro da cidade.

Ainda no começo do desfile, a escola tomou um susto. O último dos três carros teve dificuldades para entrar na avenida e chegou a colidir com grades de proteção, mas não apresentou outros problemas e conseguiu completar desfile.

Com 20 alas, três carros e um tripé e 2.400 componentes, a Santa Cruz conseguiu manter seu desfile abaixo dos 55 minutos.

Imperatriz Leopoldinense

Detalhe da comissão de frente da Imperatriz — Foto: Alexandre Durão/G1

Detalhe da comissão de frente da Imperatriz — Foto: Alexandre Durão/G1

A Imperatriz Leopoldinense tenta voltar ao Grupo Especial ao reeditar o enredo que o bicampeonato à escola em 1981 que homenageou o compositor Lamartine Babo. Em 2020, o samba chamado “Só dá Lalá” celebra a obra musical do autor de hinos de vários grandes clubes de futebol do Rio.

Para isso, a Imperatriz convocou o carnavalesco bicampeão pela Mangueira, Leandro Vieira, que além de competir no Grupo Especial também participa do desfile da Caprichosos de Pilares no Acesso da Intendente Magalhães.

Em 2019, a Imperatriz amargou o 13º lugar com o enredo “Liberdade, liberdade, abra as asas sobre nós” e caiu para a Série A pela primeira vez em 40 anos.

Com diversos bonecos, a comissão de frente parecia ter ainda mais integrantes, e homenageou tradições do carnaval, transformando guarda-chuvas em uma grande saia.

O abre-alas levou à avenida uma das outras profissões de Babo. A grande locomotiva colorida da alegoria representava o programa de teatro que o compositor apresentada, “O trem da alegria”.

O desfile seguiu com referências à importância do homenageado no futebol. Alas representavam os quatro grandes times do Rio e a grande paixão do músico, o América.

À frente da bateria, outro grande destaque da escola, a cantora Iza personificava a realeza leopoldinense.

Com 18 alas, três carros e um tripé e 2.000 componentes, a Imperatriz encerrou seu desfile com 53 minutos.

Unidos de Padre Miguel

Primeiro casal de porta-bandeira e mestre-sala da Unidos de Padre Miguel — Foto: Alexandre Durão/G1

Primeiro casal de porta-bandeira e mestre-sala da Unidos de Padre Miguel — Foto: Alexandre Durão/G1

A Unidos de Padre Miguel celebrou a capoeira no enredo “Ginga”, que contou a história da dança que virou luta, desde sua origem como ritual de puberdade de jovens de tribo na África até a chegada ao Brasil nos navios negreiros.

A UPM tenta voltar a desfilar entre as grandes, algo que não faz desde 1972. Em 2019, com o enredo “Qualquer semelhança não terá sido mera coincidência”, a escola ficou com a sexta colocação.

Como era de se esperar, o gingado da capoeira apareceu diversas vezes pelo desfile do carnavalesco Fábio Ricardo, em sua estreia com a Unidos.

Depois de uma comissão de frente que retratava a origem da luta em um ritual, a escola teve problemas com o abre-alas. Obrigada a tirar algumas partes da alegoria, a UPM exibiu um grande buraco na avenida por alguns minutos.

O resto do desfile se seguiu sem grandes incidentes para a UPM, celebrando a ligação da África com o Brasil realizada pela capoeira. O primeiro casal de mestre-sala e porta-bandeir, representando a festa de casamento de jovens angolanos, usavam toucas de látex para simular as pinturas da tribo.

A Unidos contou com 18 alas, três carros e um tripé e 2.000 componentes e encerrou sua participação em 54 minutos.

Império da Tijuca

Laynara Teles, rainha de bateria da Império da Tijuca — Foto: Marcos Serra Lima/G1

Laynara Teles, rainha de bateria da Império da Tijuca — Foto: Marcos Serra Lima/G1

O Império da Tijuca encerrou os desfiles da Série A do Rio com o enredo “Quimeras de um eterno aprendiz”, sobre educação, do carnavalesco Guilherme Estevão, de 24 anos.

A escola fez uma homenagem ao pedreiro Evando dos Santos, de 59 anos, conhecido como Carteiro Literário, semianalfabeto, morador da Vila da Penha, que recolheu 55 mil livros do lixo e criou uma biblioteca comunitária.

Com o enredo “Império do Café, o Vale da Esperança”, ficou com o 4º lugar em 2019. Sua última vez no Grupo Especial foi em 2014.

Na comissão de frente, o homenageado enfrenta monstros como o analfabetismo, representado por um dragão de cordel, mas cercado por personagens da literatura, como Dom Quixote, Emília e Macunaíma.

A escola foi uma das poucas a entrar com um quadripé na avenida, e teve até de conseguir uma permissão especial. A alegoria mostrava a saga de “Macunaíma”, de Mário de Andrade.

Finalizando, o Império da Tijuca apresentou uma utopia em seu último carro, com a ideia de uma educação gratuita, acessível e inclusiva.

A escola encerrou o último desfile da Série A, com 20 alas, três carros e um quadripé e 1.500 componentes com 54 minutos.

Fonte: G1

Por G1

22/02/2020 23h25  Atualizado há uma hora


Acadêmicos do Sossego

Bateria da Acadêmicos do Sossego na avenida — Foto: Alexandre Durão/G1

Bateria da Acadêmicos do Sossego na avenida — Foto: Alexandre Durão/G1

Concentração na Acadêmicos do Sossego — Foto: Alexandre Durão/G1

Concentração na Acadêmicos do Sossego — Foto: Alexandre Durão/G1

Destaque da Acadêmicos do Sossego — Foto: Alexandre Durão/G1

Destaque da Acadêmicos do Sossego — Foto: Alexandre Durão/G1

Porta-bandeira e mestre-sala da Acadêmicos do Sossego — Foto: Alexandre Durão/G1

Porta-bandeira e mestre-sala da Acadêmicos do Sossego — Foto: Alexandre Durão/G1

Ala das baianas da Acadêmicos do Sossego — Foto: Alexandre Durão/G1

Ala das baianas da Acadêmicos do Sossego — Foto: Alexandre Durão/G1

Passista da Acadêmicos do Sossego — Foto: Alexandre Durão/G1

Passista da Acadêmicos do Sossego — Foto: Alexandre Durão/G1

Acadêmicos do Sossego na avenida — Foto: Alexandre Durão/G1

Acadêmicos do Sossego na avenida — Foto: Alexandre Durão/G1

Inocentes de Belford Roxo

Musa da Inocentes de Belford Roxo — Foto: Alexandre Durão/G1

Musa da Inocentes de Belford Roxo — Foto: Alexandre Durão/G1

Inocentes de Belford Roxo homenageia a jogadora Marta — Foto: Alexandre Durão/G1

Inocentes de Belford Roxo homenageia a jogadora Marta — Foto: Alexandre Durão/G1

Porta-bandeira e mestre-sala da Inocentes de Belford Roxo — Foto: Alexandre Durão/G1

Porta-bandeira e mestre-sala da Inocentes de Belford Roxo — Foto: Alexandre Durão/G1

A beleza da Inocentes de Belford Roxo — Foto: Alexandre Durão/G1

A beleza da Inocentes de Belford Roxo — Foto: Alexandre Durão/G1

Ala das baianas da Inocentes de Belford Roxo — Foto: Alexandre Durão/G1

Ala das baianas da Inocentes de Belford Roxo — Foto: Alexandre Durão/G1

Passistas da Inocentes de Belford Roxo — Foto: Alexandre Durão/G1

Passistas da Inocentes de Belford Roxo — Foto: Alexandre Durão/G1

A rainha Marta, homenageada da Inocentes de Belford Roxo, encerra o desfile da escola — Foto: Alexandre Durão/G1

A rainha Marta, homenageada da Inocentes de Belford Roxo, encerra o desfile da escola — Foto: Alexandre Durão/G1

Unidos de Bangu

Integrante da Unidos de Bangu — Foto: Alexandre Durão/G1

Integrante da Unidos de Bangu — Foto: Alexandre Durão/G1

Comissão de frente da Unidos de Bangu — Foto: Alexandre Durão/G1

Comissão de frente da Unidos de Bangu — Foto: Alexandre Durão/G1

Porta-bandeira e mestre-sala da Unidos de Bangu — Foto: Alexandre Durão/G1

Porta-bandeira e mestre-sala da Unidos de Bangu — Foto: Alexandre Durão/G1

Ala das baianas da Unidos de Bangu — Foto: Alexandre Durão/G1

Ala das baianas da Unidos de Bangu — Foto: Alexandre Durão/G1

Destaque de chão da Unidos de Bangu — Foto: Alexandre Durão/G1

Destaque de chão da Unidos de Bangu — Foto: Alexandre Durão/G1

Darlin Ferrattry, à frente da bateria da Unidos de Bangu, mãe de Lexa, usa coleira com nome da filha. — Foto: Alexandre Durão/G1

Darlin Ferrattry, à frente da bateria da Unidos de Bangu, mãe de Lexa, usa coleira com nome da filha. — Foto: Alexandre Durão/G1

Bateria da Unidos de Bangu — Foto: Alexandre Durão/G1

Bateria da Unidos de Bangu — Foto: Alexandre Durão/G1

Acadêmicos de Santa Cruz

Destaque da Acadêmicos de Santa Cruz — Foto: Alexandre Durão/G1

Destaque da Acadêmicos de Santa Cruz — Foto: Alexandre Durão/G1

Carro abre alas da Acadêmicos de Santa Cruz mostra importância do engenho e açúcar — Foto: Alexandre Durão/G1

Carro abre alas da Acadêmicos de Santa Cruz mostra importância do engenho e açúcar — Foto: Alexandre Durão/G1

Coreografia da comissão de frente da Acadêmicos de Santa Cruz — Foto: Alexandre Durão/G1

Coreografia da comissão de frente da Acadêmicos de Santa Cruz — Foto: Alexandre Durão/G1

Destaque da Acadêmicos de Santa Cruz, que conta feitos e curiosidades de Barbalha, na Bahia — Foto: Alexandre Durão/G1

Destaque da Acadêmicos de Santa Cruz, que conta feitos e curiosidades de Barbalha, na Bahia — Foto: Alexandre Durão/G1

Porta-bandeira e mestre-sala da Acadêmicos de Santa Cruz — Foto: Alexandre Durão/G1

Porta-bandeira e mestre-sala da Acadêmicos de Santa Cruz — Foto: Alexandre Durão/G1

Ala das baianas da Acadêmicos de Santa Cruz — Foto: Alexandre Durão/G1

Ala das baianas da Acadêmicos de Santa Cruz — Foto: Alexandre Durão/G1

Carro alegórico da Acadêmicos de Santa Cruz passa em frente ao público — Foto: Alexandre Durão/G1

Carro alegórico da Acadêmicos de Santa Cruz passa em frente ao público — Foto: Alexandre Durão/G1

Carro da Acadêmicos de Santa Cruz bateu na lateral do sambódromo — Foto: Alexandre Durão/G1

Carro da Acadêmicos de Santa Cruz bateu na lateral do sambódromo — Foto: Alexandre Durão/G1

Imperatriz Leopoldinense

Comissão de frente da Imperatriz Leopoldinense — Foto: Alexandre Durão/G1

Comissão de frente da Imperatriz Leopoldinense — Foto: Alexandre Durão/G1

Alegria no desfile da Imperatriz Leopoldinense — Foto: Alexandre Durão/G1

Alegria no desfile da Imperatriz Leopoldinense — Foto: Alexandre Durão/G1

Imperatriz Leopoldinense traz para a Sapucaí uma homenagem a Lamartine Babo — Foto: Alexandre Durão/G1

Imperatriz Leopoldinense traz para a Sapucaí uma homenagem a Lamartine Babo — Foto: Alexandre Durão/G1

Detalhe da comissão de frente da Imperatriz Leopoldinense — Foto: Alexandre Durão/G1

Detalhe da comissão de frente da Imperatriz Leopoldinense — Foto: Alexandre Durão/G1

Ala da Imperatriz Leopoldinense lembra o clube do Botafogo — Foto: Alexandre Durão/G1

Ala da Imperatriz Leopoldinense lembra o clube do Botafogo — Foto: Alexandre Durão/G1

Ala das baianas da Imperatriz Leopoldinense — Foto: Alexandre Durão/G1

Ala das baianas da Imperatriz Leopoldinense — Foto: Alexandre Durão/G1

A cantora Iza, rainha de bateria da Imperatriz Leopoldinense — Foto: Alexandre Durão/G1

A cantora Iza, rainha de bateria da Imperatriz Leopoldinense — Foto: Alexandre Durão/G1

Unidos de Padre Miguel

A coreografia da comissão de frente da Unidos de Padre Miguel — Foto: Alexandre Durão/G1

A coreografia da comissão de frente da Unidos de Padre Miguel — Foto: Alexandre Durão/G1

Primeiro casal de porta-bandeira e mestre-sala da Unidos de Padre Miguel — Foto: Alexandre Durão/G1

Primeiro casal de porta-bandeira e mestre-sala da Unidos de Padre Miguel — Foto: Alexandre Durão/G1

Carro da Unidos de Padre Miguel atravessa a Sapucaí — Foto: Alexandre Durão/G1

Carro da Unidos de Padre Miguel atravessa a Sapucaí — Foto: Alexandre Durão/G1

Unidos de Padre Miguel apresenta a trajetória da capoeira — Foto: Alexandre Durão/G1

Unidos de Padre Miguel apresenta a trajetória da capoeira — Foto: Alexandre Durão/G1

Unidos de Padre Miguel na avenida — Foto: Alexandre Durão/G1

Unidos de Padre Miguel na avenida — Foto: Alexandre Durão/G1

Ala coreografada da Unidos de Padre Miguel sobre pernas de pau — Foto: Alexandre Durão/G1

Ala coreografada da Unidos de Padre Miguel sobre pernas de pau — Foto: Alexandre Durão/G1

Destaque da Unidos de Padre Miguel — Foto: Alexandre Durão/G1

Destaque da Unidos de Padre Miguel — Foto: Alexandre Durão/G1

Império da Tijuca

Império da Tijuca encerra o segundo dia de desfiles do Grupo A no Rio — Foto: Alexandre Durão/G1

Império da Tijuca encerra o segundo dia de desfiles do Grupo A no Rio — Foto: Alexandre Durão/G1

Laynara eles é a rainha de bateria da Império da Tijuca — Foto: Alexandre Durão/G1

Laynara eles é a rainha de bateria da Império da Tijuca — Foto: Alexandre Durão/G1

Império da Tijuca leva à avenida o enredo "Quimeras de um eterno aprendiz", homenagem ao poeta Evando dos Santos — Foto: Alexandre Durão/G1

Império da Tijuca leva à avenida o enredo “Quimeras de um eterno aprendiz”, homenagem ao poeta Evando dos Santos — Foto: Alexandre Durão/G1

Abre alas da Império da Tijuca — Foto: Alexandre Durão/G1

Abre alas da Império da Tijuca — Foto: Alexandre Durão/G1

Mestre-sala e porta-bandeira da Unidos da Tijuca — Foto: Alexandre Durão/G1

Mestre-sala e porta-bandeira da Unidos da Tijuca — Foto: Alexandre Durão/G1

A alegria da Império da Tijuca na avenida — Foto: Alexandre Durão/G1

A alegria da Império da Tijuca na avenida — Foto: Alexandre Durão/G1

Império da Tijuca encerra os desfiles no Rio. — Foto: Alexandre Durão/G1

Império da Tijuca encerra os desfiles no Rio. — Foto: Alexandre Durão/G1

Fonte: G1

 

Por Blog do BG

Ceará afasta total de 168 PMs por envolvimento em motins

O governo do Ceará publicou neste sábado, 22, uma relação de 160 policiais militares que foram suspensos das funções por envolvimento nos motins da Polícia Militar que ocorrem no Estado desde quarta-feira, 19. Entre os afastados está o PM reformado Cabo Sabino, ex-deputado federal apontado como um dos incentivadores do tumulto. As infrações são do Est—?-3?}{¥|~++

É a segunda relação de afastados. Na primeira, publicada na quinta-feira, havia oito afastados. Os 168 PMs foram afastados por “incapacidade de participação na Polícia Militar” e por terem “conduta transgressiva”. Com os afastamentos, os PMs passam a não receber mais salários.

Comments

Diretor da Anac terá que explicar mentira para liberar cobrança de bagagens

A alta de 8% no preço das passagens aéreas em 2019 deve provocar algo incomum entre dirigentes de “agências reguladoras” que cometem desatinos para atender os interesses das empresas: dar explicações ao Congresso. É o que deve acontecer ao diretor-presidente da Anac, José Botelho, sobre a promessa de sua agência que a cobrança de bagagem reduziria o valor da passagem. Como se viu, era mentira. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

Ninguém acreditou na promessa da Anac, quando instituiu a cobrança por malas, antes gratuitas, em obediência às empresas aéreas. As “agências reguladoras” em geral não honram a designação. Poucas atendem tanto o interesse das empresas reguladas quanto a Anac.

 

Justiça não consegue intimar José de Abreu em processo de Dallagnol

Alvo de processo de Deltan Dallagnol, o ator José de Abreu não foi encontrado pela Justiça em endereços no Rio. O advogado do procurador da Lava Jato, José Rodrigo Sade, diz testar uma via alternativa: resolveu informar o ator pelo Twitter. Mandou mensagens nesta rede social e também pelo Instagram.

Segundo a defesa de Dallagnol, José de Abreu mencionou o processo nas redes sociais, mostrando ter conhecimento do caso. Uma audiência está z 1º de abril, para a qual a Justiça tenta intimá-lo. Em uma de suas postagens, o ator diz que está na Nova Zelândia.

Painel/Folha de S.Paulo

 

Brasileiros em quarentena serão liberados neste domingo

Foto: O Antagonista

O Ministério da Defesa informou que o grupo em quarentena na Base Aérea de Anápolis vai ser liberado neste domingo.

Segundo a pasta, o resultado dos exames do grupo de brasileiros deu negativo para o novo coronavírus.

“Todos os hóspedes da Base Aérea de Anápolis, que permanecem com o quadro assintomático, serão transportados, neste domingo, pela Força Aérea Brasileira para nove estados do Brasil.”

O Antagonista

 

Reforma tributária: Bolsonaro pede a Guedes para tratar apenas de impostos federais

Foto: O Antagonista

O presidente Jair Bolsonaro voltou a defender neste sábado que a reforma tributária trate apenas de impostos federais.

O presidente, que está no Guarujá, disse que conversou com Paulo Guedes sobre o assunto.

“Tenho falado com Paulo Guedes: Paulo, se preocupe com os impostos federais. Se quiser colocar estados e municípios, vai acontecer o que eu vi ao longo de 28 anos na Câmara não, não se resolve.”

O Antagonista

Comments

Moro confirma que vai ao Ceará na segunda

Sergio Moro

@SF_Moro

Estarei no Ceará na segunda-feira, junto com os Ministros Fernando Azevedo e André Mendonça. É tempo de superar a crise e serenar os ânimos. Servir e proteger acima de tudo.

No Twitter, Sergio Moro confirmou neste sábado visitará o Ceará nesta segunda-feira.

O ministro da Justiça se soma a Fernando Azevedo e Silva, ministro da Defesa, e André Mendonça, da AGU, que visitarão o estado conflagrado pelo motim de PMs.

Comments

Em meio a protestos de PMs, Ceará registra 88 assassinatos em 3 dias

Foto: José Leomar/SVM
O estado do Ceará registrou 88 assassinatos nos últimos três dias. As mortes ocorrem durante uma paralisação realizada por policiais militares em diversos municípios. O grupo reivindica reajuste salarial para a categoria, que, de acordo com a Constituição, não pode fazer greve.
A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social confirmou que as 88 mortes ocorreram entre as 0 horas de quarta-feira (19) às 23h59min dessa sexta-feira (21). Os homicídios são registrados como crimes violentos letais intencionais.De acordo com o órgão, na sexta-feira (21), foram registrados 37 casos, em todo o estado. Os crimes englobam casos de homicídio doloso, feminicídio, lesão corporal seguida de morte e latrocínio.
R7

LOCAIS

Romildo Rolim, do BNB: “O RN tem resultados expressivos

Comemorando um lucro líquido de R$ 1,73 bilhão em 2019, correspondente a crescimento de 135,6% em relação ao mesmo período do ano anterior e evolução de 93,3% no resultado operacional, alcançando R$ 2,44 bilhões, o Banco do Nordeste vislumbra um 2020 de resultados ainda mais expressivos. No ano passado, foram 5,3 milhões de operações de crédito, que cresceram 6,5% em comparação com 2018, no valor global de R$ 42,16 bilhões investidos na economia regional.

No Rio Grande do Norte, puxado pelo avanço dos parques eólicos e fotovoltaicos, a instituição bancária aplicou R$ 4,99 bilhões distribuídos em 282,8 mil operações, registrando evolução de 6,4% em termos de quantidade e de 34% em valores, em relação ao exercício anterior. Com recursos do FNE, o Estado alcançou R$ 4,32 bilhões em 32,4 mil contratações. Para este ano, as expectativas são ainda melhores. Na entrevista a seguir, o presidente do BNB, Romildo Carneiro Rolim, detalha o balanço 2019 e as perspectivas para este ano.

Leia a notícia na íntegra aqui na Tribuna do Norte.

Comments

608 mil trabalhadores no Rio Grande do Norte são subutilizados

O Rio Grande do Norte encerrou o ano de 2019 com o quinto maior percentual de subutilização da força de trabalho no país. Com 34,9% – o que significa que 3,5 a cada 10 trabalhadores poderiam ou gostariam de trabalhar mais horas – o Estado ficou atrás somente do Piauí (4ui2%), Bahia (39%), Maranhão (38,2%) e Alagoas (36,1) nessa categoria de medição do mercado de trabalho. Em i, são 608 mil pessoas subutilizadas no Rio Grande do Norte de um total de 1,743 milhão de pessoas que estavam na força de trabalho no quarto trimestre do ano passado.

Todas essas unidades federativas, acrescidas de outras 10, registraram taxas de subutilização da força de trabalho de outubro a dezembro do ano passado acima da média nacional, 23%, conforme dados mais recentes da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD Contínua) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

“Isso significa dizer que um terço da força de trabalho no Rio Grande do Norte não está sendo aproveitada em sua plenitude. Nessa população contam pessoas acima dos 14 anos que estão no mercado de trabalho, mas trabalhando aquém do que gostariam ou poderiam”, explica Flávio Queiroz, supervisor de Disseminação de Informações no IBGE/RN. Uauewi

Bombeiros Liberam: Carnaval está garantido em Macau

Foto: Canindé Soares

Segundo informações  divulgadas no Portal da Tropical, após vistoria, realizada pelo o Corpo de Bombeiros, uma das folias mais tradicionais do Rio Grande do Norte, o Carnaval de Macau, está garantida. Laudo foi emitido, e permite a circulação do trio elétrico e shows na praia de Camapum.

A liberação leva em consideração as normas de segurança, instalações, equipamentos de combate a incêndio, autorização da Cosern para a altura que permita a passagem do trio e a segurança das estruturas de ferro que são montadas para o período.No Certificado de Análise, Vistoria e Liberação, os Bombeiros baseiam a autorização no cumprimento de todas as exigências e entrega de documentos solicitados como ARTs, laudos técnicos e até de engenheiros mecânicos.

A prefeitura da cidade coordenou a entrega da documentação e acompanhou de perto a vistoria dos militares que estiveram na tarde da sexta feira na cidade.

O famoso mela-mela, tem expectativa de receber cerca de 30 mil pessoas, segundo a organização do evento. A festa sairá da rua Centenário, percorrendo o anel viário do entorno de Macau, até a rua Manoel Gonçalves. . Além do palco da praia, todas as especificações do trio elétrico Energia foram vistoriadas e aprovadas. Com a aprovação do processo de número 16006 a festa está garantida.

Além do mela-mela, o Carnaval de Macau conta com uma vasta programação que começa no sábado (22), às 16h, com o circuito alternativo pelas ruas do Centro com o Bloco Equipicão, comemorando os 50 anos de folia. Na segunda-feira (24), também sai às ruas o tradicional Cordão da Fantasia e ainda tem arrastão em Barreiras e Diogo Lopes. Além dos trios elétricos, nove blocos oficiais e cerca de 20 alternativos farão o cortejo carnavalesco.

Confira a programação completa aqui

Portal da Tropical

 

Em ritmo de carnaval, ABC goleia Força e Luz

Foto: Luciano Marcos/ABC FC

Com equipe toda praticamente titular, o ABC enfrentou o Força e Luz pela segunda rodada da Copa RN, o alvinegro massacrou o time elétrico por 6 a 0, no estádio do Barretão, na tarde deste sábado (22).

Apesar da ausência de Joécio, com dores musculares, e Cedric, suspenso pelo terceiro cartão, o ABC conseguiu manter o ritmo de jogo. A equipe não teve nenhum dificuldade para definir o placar logo no primeiro tempo. O alvinegro marcou quatro gols na etapa inicial. No segundo tempo, o time ainda marcou mais dois gols contra Força e Luz.

O destaque da partida foi Paulo Sérgio, o atleta marcou três vezes. O jogador abcdista, que fez o gol do título do primeiro turno, agora tem quatro gols em dois jogos. Os outros gols do alvinegro foram marcados por Jaílson (2) e João Paulo (1).

O time de Francisco Diá assume a liderança do segundo turno, com 100% de aproveitamento. Por outro lado, o Força e Luz sofreu 10 gols em dois jogos e ocupa a última colocação. O ABC volta a campo na quinta-feira (27), às 20h, pela Copa do Nordeste, para enfrentar o Náutico no estádio dos Aflitos.

Agora RN

Fonte: Bolg do BG
Continuar lendo

BOAS NOTÍCIAS: MODELO DOWN DA SHOW NA NEW YORK FASHION WEEK

Uma modelo down fazendo sucesso na New York Fashion Week é o destaque da nossa coluna BOAS NOTÍCIAS deste domingo. A modelo porto-riquenha Sofía Jiral deu um verdadeiro show na Semana da Moda de Nova York que aconteceu na primeira semana de fevereiro. Leia a reportagem completa a seguir e aprecie as fotos maravilhosas da modelo! 

Modelo down comemora sucesso na New York Fashion Week. Vídeo

A explicação está no brilho de Sofía, de 22 anos, que tem Down e vem chamando a atenção de muitos estilistas pela sua performance nas passarelas e a disposição contagiante. Ela postou o momento do desfile no Instagram, que tem quase 70 mil seguidores.

Além do vídeo do desfile, escreveu: “Um dia, olhei no espelho e disse: “Vou ser modelo e vou para Nova York” e olhe aqui estou. Eu fiz e agora quero modelar em todo o mundo”, afirmou.

Empresária

A prova de todo esse empenho está nas próprias ações dela. Sofia também administra sua própria marca de moda chamada “Alavett” e segue uma carreira como jovem empresária.

Ela conta que a loja, batizada com o nome de sua frase favorita “eu te amo”, é “seu grito de alegria para o mundo inteiro”.

A boutique on-line, tem de tudo: bolsas fofas a adesivos adoráveis e tudo no maior capricho.

O sonho da jovem é se tornar uma inspiração para todas as pessoas que nascem com os mesmos cromossomos que ela.

“Eu me senti muito bem da primeira vez. Todo mundo bateu palmas para mim ”, disse a modelo sobre o desfile.

Jennifer Lopez

E os sonhos de Sofía não param. Agora ela quer conhecer a cantora e atriz Jennifer Lopes.

“Eu gosto de como ela se veste e como ela é. Eu amo todas as roupas dela. Eu amo suas músicas, seus CDs, suas fotos, tudo”, contou.

E com esse jeitinho determinado, Sofía mostrou ao mundo que a beleza existe em todas as formas e cromossomos… e que nada é impossível.

Veja o desfile e o post da modelo:

Fotos: Divulgação/Sofía Jirau

Fotos: Divulgação/Sofía Jirau

sofia5

sofia4

sofia2

sofia1

Com informações do Bored Panda

Fonte: Só Notícia Boa

Continuar lendo

Fim do conteúdo

Não há mais páginas para carregar

Fechar Menu
×
×

Carrinho