Blog do Saber, Cultura e Conhecimento!

OPINIÃO: O VÍRUS INVISÍVEL TORNOU VISÍVEL NOSSA FALTA DE HUMANIDADE

Foto: Leopoldo Silva/Agência SenadoFoto: Leopoldo Silva/Agência Senado

Publicado ontem nesse jornal o artigo: “a doença é coletiva… o vírus invisível tornou visível a nossa falta de humanidade”, solicitei aos leitores que quisessem contribuir apontando caminhos de como melhorar a nossa humanidade, independente dos governos. Nós, como povo, o que podemos fazer?

Eis algumas respostas:

“Sim, a doença é coletiva e com tudo que vemos, em termos de corrupção, mentiras e promiscuidade, isso em todas as áreas que deveriam dar bom exemplo (políticos, universidades, religiões, mídia, artistas etc.), estamos vivenciando a ‘Sodoma e Gomorra’ do século 21. Parece-me que a cura é um asteroide de enxofre sobre o planeta para destruir tudo. E olha que não sou religiosa e nem catastrófica, acreditem.”

“Texto perfeito! Pra quem pensa que a autora estava usando ironia, sinto muito, não é!!! É a verdade nua e crua…Todos somos culpados, uns mais do que outros!”

“Podemos começar assumindo que esse vírus chinês não é tão letal como querem fazer crer. Se fosse teríamos um número muito maior de vítimas fatais, e não teríamos um número tão grande de curados nem, tampouco, pacientes assintomáticos. Podemos continuar lembrando de outras pandemias anteriores, onde, ao invés de aterrorizar e desinformar a população, foram tomadas as medidas apropriadas como isolar os doentes, preservando os sãos, e buscando tratamentos precoces. Também seria uma boa medida abandonar o pânico e não colaborar com os ditadores que querem vizinhos denunciando vizinhos, que ficam buscando motivos políticos para usar o medo de morrer, incutido e amplificado nas mentes mais suscetíveis, para atingir seus objetivos de poder. Também seria ótimo abandonar a ilusão de que vacinas experimentais irão encerrar essa crise, e não ficar acusando o próximo de negacionista porque não concorda em ser cobaia. São algumas sugestões.”

“Observem que o texto tem o viés analítico do comportamento humano frente ao caos, pois independente de culpa do vírus ‘Ching Ling’, a história mostra que a solidariedade e união do ser humano são cruciais para vencer qualquer crise humanitária, porém a politização e o uso inescrupuloso da Pandemia pelos algozes do povo, tem feito o fator humanidade desaparecer! É possível ser humano, ser solidário e denunciar os ferrenhos corruptos do poder! Uma coisa não anula a outra…”

“Todo poder emana do povo, mas precisa haver União de pensamento em saber enxergar a realidade e manifestações pacíficas. O dia que conseguirmos alcançar esse patamar as coisas vão mudar. A mudança tem que partir da mente e do coração do povo. Vamos esperar por um milagre E acreditem: Eles acontecem!”

Traduzido nas palavras dos leitores, concordo com todos os pensamentos aqui colocados. Entretanto, alguns talvez não tenham entendido o que quero dizer com falta de humanidade. Motivo pelo qual faço as minhas considerações pontuais.

Em tempos de caos e crise, é comum que se busque algum culpado. Mas, é loucura culpar um único homem, acusar de genocida e ser responsabilizado pelas milhares de mortes.

A pandemia foi politizada e historicamente ilustrada pelo pensamento do líder de oposição que exaltou a natureza por ter criado o coronavírus e assim dar uma força para derrubar o presidente.

O projeto de “tomar o poder” ganhou força e já conta com alianças nunca imaginadas. São mais de quatro anos de desgaste e polarização.

Desde a campanha das eleições presidenciais, a população enveredou-se na selva das mídias sociais e passou a usar as palavras como armas para ferir uns aos outros. Desde então nos categorizamos como sendo de direita ou de esquerda. Hoje sem exagero, a sua orientação política conta mais do que a sua orientação sexual e quase sempre com critérios discriminatórios.

A política na filosofia, “é a ciência que tem por objetivo a felicidade humana e divide-se em ética (que se preocupa com a felicidade individual do homem na pólis) e na política propriamente dita (que se preocupa com a felicidade coletiva da pólis).”

Apontei no meu artigo anterior, que maior doença do momento está no campo da ética individual e coletiva. A crise é VERTICAL, vem de cima, não há harmonia entre os poderes. O poder executivo, eleito pelo povo, sofre diuturnamente com os ataques vindos de parte do Legislativo e do Judiciário. E este, conta com as redes de televisão e mídias esquerdistas, para criar uma narrativa de que estão do lado do bem e da democracia. A direita que ocupa o poder legítimo é humilhada e escorraçada todos os dias. A prisão de apoiadores do presidente virou prática comum. O inquérito das fakes News é a maior das aberrações.

A forma como a população vem sendo tratada por ordens de prefeitos e governadores, é de um autoritarismo Hitleriano. Ontem foi um vendedor ambulante que foi preso com sopapos e violência; hoje um homem foi espancado por estar na rua após o toque de recolher. Sabem o que é mais assustador? Eles descobrem, não sei como, que o “infrator” é de direita. Há uma tese em curso, que é preciso “educar” com severidade os apoiadores do presidente.

Como veem, não dá para separar a política da pandemia…

Diante do exposto, fica evidente que a desinformação, a insegurança e o medo têm provocado negacionismo de alguns indivíduos, que não acreditam em tratamento preventivo e no precoce, e muitos morrem à míngua. E há as pessoas que rejeitam o uso de máscara, e se recusam a obedecer aos tiranos que nos querem reféns. Mas, a doença é real. Tem gente morrendo próximo a nós. Podemos fazer um esforço em aceitar os protocolos. Não como uma obediência cega. Trata-se da obediência que vem do entendimento de que ao nosso redor, tem gente “morrendo” de medo, que fica mais segura quando você coloca a máscara de proteção. Por respeito, por cuidado, por caridade, por amor ao próximo, devemos acatar as regras de higiene e convivência. Assim, damos uma utilidade nobre para esse acessório.

Quando digo que o Brasil fracassa no quesito humanidade, quero dizer que não é mais possível suportar as incertezas de mais um ano de pandemia, sem clamar por um pouco de paz nas redes.

A direita vem recebendo censura nas redes sociais, e ganhando rótulos diversos. Contudo, sabemos que o verdadeiro motivo é restringir o alcance dos conservadores nas mídias diversas. Afinal, o nosso presidente foi eleito por essa via. E 2022 está chegando.

Mais um motivo para os apoiadores do presidente colaborarem em relação à pandemia. Ele será julgado pelo voto. E tem crescido o número de pessoas (inclusive de direita), que não aprovam a forma como ele trata a pandemia. Apesar de ter direcionado bilhões para esse fim. Não estão interessados nos desvios do dinheiro e nem em punir os verdadeiros genocidas. Nunca o motivo foi salvar vidas.

Estamos vivendo um momento de muito desgaste nas relações humanas. O nível de desesperança e a sensação de impotência é o sentimento predominante. A saúde mental foi abalada desde o inicio da pandemia. Mas, agora está posta como quarta onda, o que deve significar que devamos dar atenção ao aumento preocupante dos transtornos psicológicos e psiquiátricos. Ninguém está imune, pois, essa é a primeira vez que profissionais da saúde e pacientes passam pela experiência de compartilhar os mesmos medos e ansiedades. O transtorno do estresse pós traumático, a depressão, síndrome do pânico e outros. Nunca como agora precisamos tanto uns dos outros. A falta intimidade física e psicológica, aliada a falta de perspectiva de futuro traz consequências devastadora para a vida das pessoas, em especial, as crianças e jovens. A pessoa humana tem instintos gregário, ou seja, tem necessidade de estarem umas com as outras, de

fazer laços afetivos, e dessa ligação nasce o amor e a solidariedade.

“A humanidade não se divide em heróis e tiranos. As suas paixões, boas e más, foram-lhe dadas pela sociedade, não pela natureza.” Charles Chaplin, (1923).

Que tal testar positivo para humanidade?

Fonte: Jornal da Cidade Online

Continuar lendo OPINIÃO: O VÍRUS INVISÍVEL TORNOU VISÍVEL NOSSA FALTA DE HUMANIDADE

UTILIDADE PÚBLICA: COMEÇOU NESTA SEGUNDA FEIRA A ENTREGA DE DECLARAÇÃO DO IMPOSTO DE RENDA 2021 E VAI ATÉ DIA 30 DE ABRIL

IR 2021: Começa nesta segunda a entrega do Imposto de Renda; veja quem precisa declarar

 DIVERSOS

Imposto de Renda 2021: envio da declaração começa nesta segunda-feira; veja perguntas e respostas - Imposto de Renda - Extra Online

Começa nesta segunda-feira (1º), a partir das 8h, a entrega da declaração do Imposto de Renda 2021. O prazo vai até 23h59 do dia 30 de abril (horário de Brasília).

As empresas tinham até sexta-feira (26) para entregar os comprovantes de rendimentos. Desde 2019, é obrigatório que o CPF de todos os dependentes seja informado, inclusive de recém-nascidos.

Quem é obrigado a declarar

Como não houve reajuste na tabela, os valores continuam os mesmos do ano passado. Ou seja, a declaração do IR é obrigatória para aqueles cuja renda tributável, que inclui salário, bônus empresariais e aluguéis, em 2020 foi superior a R$ 28.559,70.

Também são obrigados a declarar IR aqueles que:

Tiveram renda anual bruta superior a R$ 142.798,50 em atividade rural;

Receberam rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte (como indenizações trabalhistas, rendimento da caderneta de poupança ou doações) um total anual superior a R$ 40 mil;

Pretenda compensar prejuízos de anos-calendários posteriores a 2020;

Obtiveram, em qualquer mês do ano, ganho de capital na alienação de bens ou direitos, sujeitos à incidência do imposto (como, por exemplo, a venda de um imóvel);

Realizaram investimentos financeiros tributáveis, como operações em bolsas de valores, de mercadorias, de futuros e assemelhadas;

Tiveram, em 31 de dezembro de 2020, a posse ou a propriedade de bens ou direitos, inclusive terra nua, de valor total superior a R$ 300 mil;

Passaram à condição de residentes no Brasil em qualquer mês e se encontravam nessa condição em 31 de dezembro de 2020.

Qualquer pessoa que não se enquadre nos requisitos acima está desobrigada a declarar o Imposto de Renda. Ainda assim, o contribuinte pode enviar seus documentos à Receita caso julgue que teve algum tipo de retenção de imposto durante o ano. Valores retidos no pagamento de férias, por exemplo, podem ser integralmente restituídos em certos casos.

Não devem enviar o Imposto de Renda pessoas que constam como dependentes em outra declaração.

Aposentados por invalidez ou por portar doenças graves (como Aids, esclerose múltipla e outras patologias listadas pela Receita Federal) são isentos de imposto sobre rendimentos relativos a aposentadorias e pensões. No entanto, devem declarar normalmente o IR caso possuam outros rendimentos.

Declaração pré-preenchida

Uma novidade este ano é a declaração pré-preenchida. Nela, já estarão preenchidas para o contribuinte informações prestadas anteriormente à Receita por outras fontes.

As informações resgatadas são da declaração do Imposto sobre a Renda Retido na Fonte (DIRF), da declaração de Informações sobre atividades Imobiliárias (DIMOB); e da declaração de Serviços Médicos (DMED).

Nessa opção, o cidadão deverá apenas verificar as informações e, se necessário, corrigir eventuais distorções e/ou complementar.

Limites para deduções

Mantendo a mesma regra de anos anteriores, as despesas por dependentes, com educação e com saúde poderão ser deduzidas do valor total de imposto a pagar ou aumentar a restituição a ser recebidas.

Por dependente, o desconto é de R$ 2.275,08, sem limite de dependentes.

Nos gastos com educação, a redução pode ser de até R$ 3.561,50 por pessoa, sendo válidas tanto para o contribuinte, como para dependentes e/ou alimentandos.

Não há limite máximo para a dedução com despesas de saúde. No entanto, elas precisam ser comprovadas com notas fiscais.

Cinco lotes de restituição

Assim como no ano passado, serão pagos cinco lotes de restituições, nas seguintes datas:

31 de maio

30 de junho

30 de julho

31 de agosto

30 de setembro

Aqueles contribuintes com direito à restituição e que enviarem a declaração no início do prazo, sem erros, omissões ou inconsistências, devem receber as restituições mais cedo. Têm prioridade idosos, portadores de doença grave e deficientes físicos ou mentais.

Fonte: Blog do BG

Continuar lendo UTILIDADE PÚBLICA: COMEÇOU NESTA SEGUNDA FEIRA A ENTREGA DE DECLARAÇÃO DO IMPOSTO DE RENDA 2021 E VAI ATÉ DIA 30 DE ABRIL

BOAS NOTÍCIAS: SUCESSO O LANÇAMENTO DO AMAZÔNIA 1 FEITO APARTIR DA ÍNDIA

Ontem noticiamos aqui na coluna BOAS NOTÍCIAS o lançamento do Amazônia 1, o primeiro satélite totalmente brasileiro. A expectativa era grande, mas ainda bem que deu tudo certo e o lançamento foi um sucesso. Em apenas 17 minutos o satélite alcançou a altitude de 750 km, onde passou a orbitar em torno da terra. Ele vai gerar imagens do planeta a cada 5 dias e poderá fornecer dados de um ponto específico em 2 dias. Leia o artigo completo a seguir e saiba tudo que ele vai monitorar!

Deu certo! Amazônia 1 já está em órbita para monitorar desmatamento

O Amazônia 1, o primeiro satélite de observação da Terra totalmente projetado, integrado, testado e operado pelo Brasil, já está em órbita.

Ele foi lançado esta madrugada (vídeo abaixo) e, em apenas 17 minutos alcançou o destino, a 752 quilômetros de altitude da superfície da Terra. O lançamento foi feito a partir do Centro Espacial Satish Dhawan, na cidade de Sriharikota, na província de Andhra Pradesh, na Índia.

O Amazônia 1 vai monitorar o desmatamento na Amazônia, a agricultura nacional, a região costeira do Brasil, os reservatórios de água e de florestas (naturais e cultivadas) e poderá ser usado para identificar possíveis desastres ambientais.

Ele vai gerar imagens do planeta a cada 5 dias e poderá fornecer dados de um ponto específico em 2 dias. Segundo o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), o satélite vai ajudar na fiscalização de áreas que estejam sendo desmatadas e na captura de imagens onde haja maior ocorrência de nuvens.

Tecnologia

O lançamento marcou dois avanços tecnológicos do país: o domínio completo do ciclo de desenvolvimento de um satélite – conhecimento dominado por apenas vinte países no mundo – e a validação de voo da Plataforma Multimissão (PMM), que funciona como um sistema adaptável modular que pode ser configurado de diversas maneiras para cumprir diferentes objetivos, disse Mônica Rocha, diretora substituta do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe).

“Este momento representa o ápice desse esforço [de desenvolvimento do projeto], feito por tantas pessoas. Esse satélite tem uma missão muito importante para o Brasil. Essa parceria [entre Brasil e Índia] vai crescer muito. Portanto, muito obrigado pelo lindo lançamento, lindo foguete e por todo o esforço. As bandeiras [da índia e do Brasil] representam exatamente o que estamos fazendo aqui hoje: uma relação cada vez mais forte”, disse o ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, Marcos Pontes.

“Minhas sinceras congratulações ao time brasileiro por essa conquista. O satélite está em órbita, os painéis solares se abriram e está tudo funcionando muito bem”, afirmou o presidente da ISRO, K. Sivan ao final da operação.

O Amazonia 1 levou 12 anos para ser desenvolvido por cientistas do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) em parceria com a Agência Espacial Brasileira (AEB) – órgãos ligados ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações e teve investimentos calculados em R$ 270 milhões.

O equipamento foi enviado para a Índia, em dezembro do ano passado porque não pôde ser lançado do Centro de Lançamento de Alcântara, no Maranhão, mundialmente conhecido por sua localização privilegiada. É que o Brasil não tem um foguete capaz de colocar o satélite em órbita.

Veja as imagens do lançamento:

Amazonia 1 antes de embarcar para a Índia - Foto: INPE
Amazonia 1 antes de embarcar para a Índia – Foto: INPE
Foguete da Índia que vai lançar satélite brasileiro - Fotos: ISRO
Foguete da Índia que lançou satélite brasileiro – Fotos: ISRO

Com informações da Agência Brasil

Fonte: Só Notícia Boa

Continuar lendo BOAS NOTÍCIAS: SUCESSO O LANÇAMENTO DO AMAZÔNIA 1 FEITO APARTIR DA ÍNDIA

MUSICAL: ÍCONES DA MPB: DJAVAN INTERPRETA, AO VIVO “OCEANO”

Na nossa nova série, aqui na coluna MUSICAL, ÍCONES DA MPB, você vai assistir uma pintura de apresentação com o incrível Djavan interpretando “Oceano”, em vídeo ao vivo oficial. Então, rememore esse magnífico e inesquecível show! 

Fonte:

Continuar lendo MUSICAL: ÍCONES DA MPB: DJAVAN INTERPRETA, AO VIVO “OCEANO”

DESENVOLVIMENTO PESSOAL: COMO ILUMINAR A ESCURIDÃO DE SUA VIDA, POR IVAN MAIA

Onde há luz não há trevas ou escuridão, onde há o bem o mal não sobrevive, onde há a inteligência não existe a ignorância. Por isso você precisa assistir o vídeo a seguir onde o palestrante e mentor Ivan Maia fala sobre Como Iluminar a Escuridão de Sua Vida. Não deixe de ver. Isso pode fazer uma enorme diferença na sua vida!

Fonte:

Continuar lendo DESENVOLVIMENTO PESSOAL: COMO ILUMINAR A ESCURIDÃO DE SUA VIDA, POR IVAN MAIA

REFLEXÃO: PARÁBOLA SOBRE GRATIDÃO, POR CAMILA ZEN

Vamos iniciar a semana com uma profunda REFLEXÃO assistindo o vídeo a seguir, onde Camila Zen nos conta a Parábola sobre GRATIDÃO. Gratidão é o exercício de focar no bom. É a chave que abre a porta pra felicidade. A chave que destranca a porta pra tudo que procuramos na vida: felicidade e contentamento. E se você ficar em silêncio, sair um pouco do barulho do mundo, do que todos dizem que você deve ser ou fazer, e pensar por um momento pelo que você pode ser grato, eu tenho certeza que você vai encontrar muitos motivos! Depois de assistir esse vídeo me diga:  Você tem certeza que de vez em quando não age como o rei? Eu espero, do fundo do meu coração que essa mensagem chegue até alguém que esteja precisando ouvir isso hoje, pra se sentir ainda mais em paz e feliz. Namastê!

Fonte:

Continuar lendo REFLEXÃO: PARÁBOLA SOBRE GRATIDÃO, POR CAMILA ZEN

ANÁLISE POLÍTICA: SUPREMO E CÂMARA NEGAM A CONSTITUIÇÃO, POR ALEXANDRE GARCIA

Começamos esta semana com o comentário de Alexandre Garcia, que faz uma comparação do que está acontecendo aqui, no Brasil, com o que aconteceu lá na Venezuela, depois que a Câmara dos deputados confirmou a prisão preventiva do deputado Daniel Diniz imposta por unanimidade no STF e da PEC votada as pressas para aumentar a “impunidade” dos parlamentares. Esse e outros assuntos super interessantes você vai ver ao assistir ao vídeo completo a seguir.

Fonte:

Continuar lendo ANÁLISE POLÍTICA: SUPREMO E CÂMARA NEGAM A CONSTITUIÇÃO, POR ALEXANDRE GARCIA

TECNOLOGIA: OSSOS VIVOS SÃO CRIADOS EM IMPRESSORA 3D POR CIENTISTAS AUSTRALIANOS

A que ponto chegou a tecnologia não? O destaque desta segunda-feira aqui na coluna TECNOLOGIA é uma nova tinta com cálcio à base de cerâmica que pode permitir aos cirurgiões no futuro imprimir em 3D peças ósseas completas com células vivas que podem ser usadas para reparar o tecido ósseo danificado. Um show de tecnologia pra ninguém botar defeito e vem da UNSW Sydney. Convido você a ler o artigo completo a seguir e conhecer todos os detalhes sobre essa nova descoberta dos pesquisadores australianos!

Cientistas usam nova tinta com cálcio para imprimir “osso” em 3D com células vivas

As impressoras 3D podem um dia se tornar um acessório permanente de salas de cirurgia, agora que os cientistas australianos mostraram que podem imprimir estruturas semelhantes a ossos contendo células vivas.

Cientistas da UNSW Sydney desenvolveram uma tinta à base de cerâmica que pode permitir aos cirurgiões no futuro imprimir em 3D peças ósseas completas com células vivas que podem ser usadas para reparar o tecido ósseo danificado.

Usando uma impressora 3D que implanta uma tinta especial feita de fosfato de cálcio, os cientistas desenvolveram uma nova técnica, conhecida como bioimpressão omnidirecional de cerâmica em suspensões de células (COBICS), que lhes permite imprimir estruturas semelhantes a ossos que endurecem em questão de minutos quando colocado na água.

Embora a ideia de impressão 3D de estruturas que imitam ossos não seja nova, esta é a primeira vez que tal material pode ser criado em temperatura ambiente – completo com células vivas – e sem produtos químicos agressivos ou radiação, disse o Dr. Iman Roohani da Escola de Química da UNSW .

“Esta é uma tecnologia única que pode produzir estruturas que imitam o tecido ósseo”, disse ele, apontando para reparos de defeitos ósseos causados ​​por acidentes ou câncer.

O professor associado Kristopher Kilian, que co-desenvolveu a tecnologia inovadora com o Dr. Roohani, diz que o fato de que as células vivas podem fazer parte da estrutura impressa em 3D, junto com sua portabilidade, é um grande avanço na tecnologia de ponta atual .

Até agora, diz ele, fazer um pedaço de material semelhante a um osso para reparar o tecido ósseo de um paciente envolve primeiro ir a um laboratório para fabricar as estruturas usando fornos de alta temperatura e produtos químicos tóxicos.

“Isso produz um material seco que é levado para um ambiente clínico ou laboratório, onde é lavado abundantemente e, em seguida, adicionado células vivas”, diz o professor Kilian.

“O legal da nossa técnica é que você pode simplesmente extrudá-la diretamente para um lugar onde há células, como uma cavidade no osso de um paciente. Podemos ir diretamente ao osso, onde existem células, vasos sanguíneos e gordura, e imprimir uma estrutura semelhante a um osso que já contém células vivas, bem naquela área. ”

“Atualmente não há tecnologias que possam fazer isso diretamente.”

Em um artigo de pesquisa publicado recentemente na Advanced Functional Materials , os autores descrevem como desenvolveram a tinta especial em uma matriz de microgel com células vivas.

“A tinta tira vantagem de um mecanismo de fixação por meio da nanocristalização local de seus componentes em ambientes aquosos, convertendo a tinta inorgânica em nanocristais de apatita óssea mecanicamente interligados”, diz o Dr. Roohani.

“Em outras palavras, ele forma uma estrutura quimicamente semelhante aos blocos de construção óssea. A tinta é formulada de tal forma que a conversão é rápida, não tóxica em ambiente biológico e só se inicia quando a tinta é exposta aos fluidos corporais, proporcionando um amplo tempo de trabalho para o usuário final, por exemplo, cirurgiões. ”

Ele diz que quando a tinta é combinada com uma substância colágena contendo células vivas, ela permite a fabricação in-situ de tecidos semelhantes aos ossos que podem ser adequados para aplicações de engenharia de tecido ósseo, modelagem de doenças, triagem de drogas e reconstrução óssea in situ e defeitos osteocondrais.

Já existe um grande interesse de cirurgiões e fabricantes de tecnologia médica. A / Prof. Kilian pensa que ainda é cedo, esse novo processo de impressão óssea pode abrir uma nova maneira de tratar e reparar o tecido ósseo.

“Esse avanço realmente abre caminho para inúmeras oportunidades que acreditamos podem ser transformadoras – desde o uso da tinta para criar osso no laboratório para modelagem de doenças, como um material bioativo para restauração dentária, até a reconstrução óssea direta em um paciente”, diz A / Prof. Kilian.

“Imagino um dia em que um paciente que precisa de um enxerto ósseo possa entrar em uma clínica onde a estrutura anatômica de seu osso é fotografada, traduzida para uma impressora 3D e impressa diretamente na cavidade com suas próprias células.

“Isso tem o potencial de mudar radicalmente a prática atual, reduzindo o sofrimento do paciente e, por fim, salvando vidas”.

Em seguida, a dupla realizará testes in vivo em modelos animais para ver se as células vivas nas construções semelhantes a ossos continuam a crescer após serem implantadas no tecido ósseo existente.

ASSISTA o vídeo do artigo completo no UNSW …

Continuar lendo TECNOLOGIA: OSSOS VIVOS SÃO CRIADOS EM IMPRESSORA 3D POR CIENTISTAS AUSTRALIANOS

PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 01 DE MARÇO DE 2021 POR G1

Por G1

 

Brasil vive o pior momento da pandemia. Drauzio Varella faz alerta. 6,5 milhões de brasileiros vacinados. O Assunto entrevista o neurocientista Miguel Nicolelis. Passeio virtual em Wuhan. Prazo para a entrega do IR 2021 começa hoje. Globo de Ouro 2021. Karol Conká desabafa sobre a vida após o ‘BBB21’. Palmeiras sai na frente na final da Copa do Brasil.

Pior momento da pandemia

Brasil tem 755 mortes e 40.495 novos casos de Covid registrados nas últimas 24 horas
Brasil tem 755 mortes e 40.495 novos casos de Covid registrados nas últimas 24 horas

O Brasil vive seu pior momento na pandemia. Com a campanha de vacinação caminhando a passos lentos e estados adotando medidas mais restritivas para tentar frear a Covid-19 e evitar um colapso no sistema de saúde, o país registrou a maior média móvel de óbitos pelo segundo dia seguido1.208.

Já são 255.018 mortes por Covid-19 no país, 755 delas registradas nas últimas 24 horas, com tendência de alta em 12 estados e no DF, de acordo com o consórcio de imprensa. O número de casos confirmados é de 10.549.129.

Drauzio Varella: ‘Olha no que deu fazer aglomerações nos bares, festas clandestinas e carnaval'
Drauzio Varella: ‘Olha no que deu fazer aglomerações nos bares, festas clandestinas e carnaval’

Balanço da vacinação 💉

Vacinação contra covid-19 por sistema drive thru, no Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP), neste sábado (27). — Foto: RONALDO SILVA/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDOVacinação contra covid-19 por sistema drive thru, no Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP), neste sábado (27). — Foto: RONALDO SILVA/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

Levantamento junto a secretarias de Saúde apontou que 6.576.109 pessoas receberam a primeira dose da vacina no Brasil, número que corresponde a 3,11% da população brasileira. Deste total, 1.933.404 foram vacinados com as duas doses do imunizante.

O Assunto 🎧

Mais de um ano após a chegada do coronavírus, o Brasil enfrenta o pior momento da pandemia. Recorde de mortes e de novos casos diários, UTIs lotadas, fila em hospitais… Diferente de 2020, agora vários Estados enfrentam ao mesmo tempo o colapso em seus sistemas de saúde.

No episódio de hoje de O AssuntoNatuza Nery conversa com André Luis da Rosa, que perdeu o irmão para a Covid-19, e o neurocientista Miguel Nicolelis, que considera a atual situação “muito pior” do que a primeira onda.

Grande SP na fase laranja

A Grande São Paulo, que inclui a capital paulista, entra a partir desta segunda na fase laranja da quarentena, que veta o funcionamento de bares e permite que restaurantes operem só até as 20h. A exceção à regra são bares que servem alimentos e, portanto, são enquadrados na categoria de restaurantes. Estes permanecem autorizados a funcionar e vender bebidas alcoólicas junto com as refeições. Veja o que muda.

Vacinação no Rio

Rio de Janeiro começa nesta segunda a vacinar idosos a partir dos 79 anos de idade. A imunização será realizada nos três primeiros dias de março. Conforme o calendário divulgado, o atendimento nesta segunda vai do meio-dia às 17h, enquanto na terça-feira (2) e na quarta-feira (3), das 8h às 17h.

Uma volta por Wuhan

VÍDEO: primeiro epicentro de Covid-19, Wuhan, na China, volta à vida normal
VÍDEO: primeiro epicentro de Covid-19, Wuhan, na China, volta à vida normal

Bem no início da pandemia, as imagens das ruas desertas de Wuhan, cidade na China onde foi registrado o primeiro caso conhecido de Covid-19, ganharam o mundo. Pouco mais de um ano depois, as imagens agora são bem diferentes.

Com a transmissão controlada e sem registrar novos casos desde maio, Wuhan caminha para a normalidade. Para isso, o governo chinês adotou medidas severas para quem chega do exterior. O Fantástico visitou virtualmente a cidade e, com a ajuda de dois brasileiros que vivem lá, mostra como está a situação hoje (assista ao vídeo acima).

IR 2021 🦁

IR 2021 — Foto: Arte/G1

Começa nesta segunda-feira (1º) o prazo para envio da Declaração do Imposto de Renda Pessoa Física 2021 – ano base 2020. Os contribuintes terão até o dia 30 de abril para realizar entrega. Quem é obrigado a declarar e não o fizer, ou enviar a declaração fora do prazo, terá que pagar multa de, no mínimo, R$ 165,74, e máximo de correspondente a 20% do imposto devido.

Vida após o ‘BBB21’

Karol Conká durante entrevista ao Fantástico — Foto: FantásticoKarol Conká durante entrevista ao Fantástico — Foto: Fantástico

Eliminada do “BBB21” com uma rejeição recorde de 99,17%Karol Conká pareceu inabalável nas entrevistas concedidas logo após sua saída do reality. Ao Fantástico, a cantora deixou a imagem de insistir em sempre parecer forte, como ela mesma pontua, para falar em como a infância deixou marcas que podem ser sentidas até hoje.

Em relação ao seu comportamento dentro do programa, a artista afirmou que suas imagens no confinamento são “muito perturbadoras” e voltou a pedir desculpas: “Eu errei feio, mas eu posso acertar bonito agora“.

Veja a entrevista de Karol à repórter Ana Carolina Raimundi:

Karol Conká olha para o futuro, reconhece erros e desabafa: 'Eu era rejeitada no colégio'
Karol Conká olha para o futuro, reconhece erros e desabafa: ‘Eu era rejeitada no colégio’

Globo de Ouro

Destaques do Globo de Ouro 2021 — Foto: Reprodução Destaques do Globo de Ouro 2021 — Foto: Reprodução

Globo de Ouro anunciou no domingo (28) os vencedores da sua 78ª edição. Promovida pela Associação da Imprensa Estrangeira em Hollywood (HFPA, na sigla original), a disputa dá largada à temporada de prêmios no cinema e na TV.

Nas telonas, “Nomadland”, “Borat: fita de cinema seguinte” e “Soul” venceram dois prêmios cada, com destaque para “Nomadland”, que conquistou as categorias de Melhor FIlme – Drama e Melhor Direção.

Já na televisão, “The Crown” se destacou com quatro conquistas: Melhor série – Drama, Melhor ator, Melhor atriz e Melhor atriz coadjuvante.

Previsão do tempo 🌦

Meteorologia prevê chuva para o Norte do país nesta segunda-feira (1º)
Meteorologia prevê chuva para o Norte do país nesta segunda-feira (1º)

Copa do Brasil ⚽Gustavo Gómez, do Palmeiras, comemora seu gol contra o Grêmio no jogo de ida da final da Copa do Brasil, neste domingo (28) — Foto: Cesar Greco/PalmeirasGustavo Gómez, do Palmeiras, comemora seu gol contra o Grêmio no jogo de ida da final da Copa do Brasil, neste domingo (28) — Foto: Cesar Greco/Palmeiras

O título da Copa do Brasil começou a ser definido neste domingo. Palmeiras e Grêmio entraram em campo em Porto Alegre, e a equipe paulista saiu na frente ao vencer os gaúchos por 1 a 0. O único gol foi marcado pelo zagueiro Gustavo Gómez. A partida de volta está marcada para o dia 7.

Fonte: G1

Continuar lendo PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 01 DE MARÇO DE 2021 POR G1

O ESTADO DO RN RECEBEU DO GOVERNO FEDERAL, PARA COMBATE AO CORONAVIRUS, MAIS DE R$ 23 BILHÕES

Bolsonaro divulga que RN recebeu mais de R$ 23 bilhões do Governo Federal

01 mar 2021

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) divulgou ontem, através das suas redes sociais, a lista completa com quanto enviou para Brasileiro não consegue pagar gastos de início do ano com o que ganha - A Crítica de Campo Grande Mobilecada estado da Federação em 2020 com o objetivo de combater a pandemia do coronavírus. Confira a lista abaixo, na íntegra.

Repasses do Governo Federal para cada estado só em 2020.

  • Valores diretos: saúde e outros.
  • Valores indiretos: suspensão e renegociação de dívidas:

Acre: R$ 6,8 bilhões.
Auxílio: R$ 1,38 bilhão.

Alagoas: R$ 18,09 bilhões.
Auxílio: R$ 5,46 bilhões

Amazonas: R$ 18,5 bilhões.
Auxílio: R$ 6,84 bilhões.

Amapá: R$ 6,7 bilhões.
Auxílio: R$ 1,47 bilhões.

Bahia: R$ 67,2 bilhões.
Auxílio: R$ 25,35 bilhões.

Ceará: R$ 42,5 bilhões.
Auxílio: R$ 15,17 bilhões.

Distrito Federal: R$ 9,8 bilhões
Auxílio: R$ 3,45 bilhões.

Espírito Santo: R$ 16,1 bilhões.
Auxílio: R$ 5,57 bilhões.

Goiás: R$ 27,1 bilhões.
Auxílio: R$ 9,95 bilhões.

Maranhão: R$ 36 bilhões.
Auxílio: R$ 11,8 bilhões.

Mato Grosso: R$ 15,4 bilhões.
Auxílio: R$ 4,96 bilhões.

Mato Grosso do Sul: R$ 11,9 bilhões.
Auxílio: R$ 3,71 bilhões.

Minas Gerais: R$ 81,4 bilhões.
Auxílio: R$ 26,96 bilhões.

Pará: R$ 39,5 bilhões.
Auxílio: R$ 14,71 bilhões.

Paraíba: R$ 21,2 bilhões.
Auxílio: R$ 6,57 bilhões.

Paraná: R$ 38,6 bilhões.
Auxílio: R$ 13,7 bilhões.

Pernambuco: R$ 42,7 bilhões.
Auxílio: R$ 16,2 bilhões.

Piauí: R$ 19 bilhões.
Auxílio: R$ 5,68 bilhões.

Rio de Janeiro: R$ 76 bilhões.
Auxílio: R$ 24,94 bilhões.

Rio Grande do Norte: R$ 18,3 bilhões.
Auxílio: R$ 5,55 bilhões.

Rio Grande do Sul: R$ 40.9 bilhões.
Auxílio: R$ 12,2 bilhões.

Rondônia: R$ 8,6 bilhões.
Auxílio: R$ 2,64 bilhões.

Roraima: R$ 5,1 bilhões.
Auxílio: R$ 1,04 bilhão.

Santa Catarina: R$ 21,6 bilhões.
Auxílio: R$ 7,22 bilhões.

São Paulo: R$ 135 bilhões.
Auxílio: R$ 55,19 bilhões.

Sergipe: R$ 12,9 bilhões.
Auxílio: R$ 3,85 bilhões.

Tocantins: R$ 10,5 bilhões.
Auxílio: R$ 2,28 bilhões.

Fonte: Política em Foco
Continuar lendo O ESTADO DO RN RECEBEU DO GOVERNO FEDERAL, PARA COMBATE AO CORONAVIRUS, MAIS DE R$ 23 BILHÕES

MOSSORÓ NÃO ACOMPANHARÁ O TOQUE DE RECOLHER DECRETADO PELO GOVERNO DO ESTADO DO RN

Mossoró não seguirá toque de recolher decretado pelo Governo do RN

01 mar 2021

Mossoró não acompanhará o toque de recolher decretado pelo Governo do Estado, que determina o isolamento social entre 22h a 5h. A decisão do prefeito Allyson Bezerra (Solidariedade) foi tomada no final da tarde deste sábado (27), por recomendação do Comitê Municipal de Prevenção e Enfrentamento à Covid-19.

Em matéria postada no site oficial da Prefeitura, está noticiado que “o município de Mossoró intensificará as medidas de biossegurança contra a Covid-19, estabelecidas no decreto municipal nº 5.959/2021, publicado no Jornal Oficial de Mossoró (JOM), quarta-feira (24).”

Dessa forma, as medidas restritivas decretadas pela governadora Fátima Bezerra, não valem para Mossoró no entendimento do prefeito Allyson.

“Com relação ao decreto emitido pelo Governo do Rio Grande do Norte neste sábado (27), que determina, entre outras medidas, a adoção do ensino híbrido na rede pública de ensino, o decreto municipal já atende a essa determinação, segundo a secretária municipal de Educação, Hubeônia Alencar”, afirma a notícia oficial da Prefeitura.

E segue:

“Referente às atividades religiosas (cultos, missas e afins), o decreto do município disciplina proteção aos participantes, ao estabelecer protocolos de biossegurança, como uso de máscara de proteção, distanciamento social e outras medidas. O decreto do Governo do Estado, por outro lado, suspende reuniões em igrejas e templos.”

Fonte: Política em Foco
Continuar lendo MOSSORÓ NÃO ACOMPANHARÁ O TOQUE DE RECOLHER DECRETADO PELO GOVERNO DO ESTADO DO RN

REITOR DA UFRN RECOMENDOU QUE OS COLEGIADOS AVALIEM A POSSIBILIDADE DE SUSPENDER, TEMPORIAMENTE, AS ATIVIDADES PRESENCIAIS POR DUAS SEMANAS

Por G1 RN

 

Reitoria Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) — Foto: Cícero OliveiraReitoria Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) — Foto: Cícero Oliveira

O reitor da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), José Daniel Diniz Melo, recomendou que os colegiados dos cursos avaliem a possibilidade de suspender temporariamente as atividades presenciais pelas próximas duas semanas diante do agravamento da pandemia no estado.

A recomendação consta em mensagem enviada neste sábado (27) à comunidade universitária sobre as medidas contra à Covid-19. O reitor cita que é necessário reduzir para o “mínimo possível” as atividades presenciais neste período.

“Neste sentido, preocupados com a situação da pandemia, decidimos recomendar que os colegiados avaliem se as atividades práticas presenciais de componentes curriculares podem ser suspensas temporariamente, ou ofertadas de maneira remota, desde que a suspensão não traga prejuízos ainda maiores para o enfrentamento da pandemia”, diz o reitor na mensagem.

“Entendemos e, obviamente, concordamos que é necessário reduzir para o mínimo possível as atividades presenciais nas próximas duas semanas”

A carta aponta que o comitê científico da UFRN entende que a “a oferta de atividades presenciais na instituição deve continuar condicionada à deliberação dos colegiados de curso e plenários de departamento”.

O reitor destacou no texto que UFRN tem trabalhado o calendário acadêmico no formato remoto e oferta algumas atividades práticas de forma presencial – essas precisam ser aprovadas pelas instâncias universitárias competentes e terem condições estabelecidas no Protocolo de Biossegurança da instituição.

José Daniel Diniz Melo atenta ainda que a maior parte das atividades que estão sendo ofertadas presencialmente são da área da saúde e que muitos dos estudantes contribuem no combate à pandemia no estado. “Não é demais reiterar que a UFRN já vem funcionando em formato remoto, tanto nas suas atividades acadêmicas como nas administrativas”, diz.

“E que a excepcionalidade de algumas atividades práticas presenciais acham-se circunscritas a alguns cursos da área da saúde e podem permitir, inclusive, que estudantes de graduação e de pós-graduação contribuam com o enfrentamento da situação atual”.

O gestor falou ainda que o retorno no formato online no ano passado se deu porque “os prejuízos da suspensão das atividades de ensino são muito grandes”. A volta do período letivo 2020.1 aconteceu em setembro.

“As aulas atualmente ministradas na UFRN, são, portanto, em formato remoto como previsto nas resoluções 062/2020 e 105/2020 do Conselho de Ensino, Pesquisa Extensão (Consepe) e, apenas excepcionalmente, com algumas atividades práticas realizadas de forma presencial”.

Na mensagem, o reitor cita também algumas ações de enfrentamento à Covid-19 realizadas pela UFRN, como a realização de mais de 70 mil testes da covid-19, a produção de álcool 70%; a participação dos hospitais universitários, com atendimento 100% pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e o desenvolvimento de aplicativos para gestão de leitos e aplicação de vacinas.

Veja mensagem na íntegra

“Desde o início da pandemia, em março do ano passado, tivemos que adotar várias medidas acadêmicas e administrativas, entre elas a instalação do Comitê Covid-19 para assessorar a gestão e monitorar o cenário da pandemia; a suspensão das atividades presenciais, por tempo indeterminado, a partir de 17 de março de 2020; a realização de testes da covid-19 (mais de 70 mil exames já realizados). Além dessas, destacam-se igualmente a produção de álcool 70%; a participação dos Hospitais Universitários, com atendimento 100% pelo Sistema Único de Saúde (SUS), como parte da estratégia de combate ao novo coronavírus; o desenvolvimento de aplicativos para gestão de leitos e aplicação de vacinas e a reorganização das atividades administrativas com a publicação de um protocolo de biossegurança para orientar as unidades na oferta de atividades presenciais.

Sabemos que os prejuízos da suspensão das atividades de ensino são muito grandes, especialmente para os estudantes. Neste sentido, iniciamos em junho de 2020, um Período Letivo Suplementar Excepcional, com oferta de componentes curriculares de forma facultativa para docentes e estudantes, no formato remoto. Nesse ínterim, fizemos o planejamento para a retomada do semestre, buscando, inclusive, criar as condições para acompanhamento das aulas por parte dos estudantes e oferecendo capacitação aos docentes para atuarem em formato remoto. Retomamos, em setembro, o semestre 2020.1, também de forma remota, aprovando, nos meses de novembro e dezembro, resoluções que dispõem sobre a regulamentação das atividades de ensino para os períodos seguintes.

As aulas atualmente ministradas na UFRN, são, portanto, em formato remoto como previsto nas resoluções 062/2020 e 105/2020 do Conselho de Ensino, Pesquisa Extensão (Consepe) e, apenas excepcionalmente, com algumas atividades práticas realizadas de forma presencial, cumprindo rigorosamente a orientação de que sejam realizadas “desde que sejam asseguradas as condições de biossegurança e observadas as normas vigentes em relação à emergência em saúde pública, sendo a oferta condicionada à aprovação pelos colegiados de curso e plenários de departamento e à homologação pelos respectivos centros ou unidades acadêmicas especializadas.”

O recente agravamento da situação da pandemia no nosso Estado, com o significativo aumento do número de casos e possibilidade de colapso de leitos nas unidades hospitalares, tem levado as autoridades de saúde a buscarem o aumento na disponibilização de leitos de terapia intensiva, enquanto se recomenda que gestores estaduais e municipais intensifiquem as medidas de restrição de circulação de pessoas. No esforço de atuar de modo eficaz nesse processo, nosso Hospital Universitário Onofre Lopes (HUOL) abriu recentemente 10 leitos de terapia intensiva para covid-19.

Hoje foi publicado pela Exma. Sra. Governadora do Estado, o Decreto n° 30.383, que “dispõe sobre medidas temporárias de distanciamento social e institui o toque de recolher no âmbito do Estado do Rio Grande do Norte, e dá outras providências.”

Logo que tomamos conhecimento da publicação do referido decreto, convocamos o Comitê Covid-19 da UFRN, que se manifestou no sentido de que a oferta de atividades presenciais na instituição deve continuar condicionada à deliberação dos colegiados de curso e plenários de departamento, além da homologação dos respectivos centros ou unidades acadêmicas especializadas, em conformidade com a Resolução do Consepe.

Não é demais reiterar que a UFRN já vem funcionando em formato remoto, tanto nas suas atividades acadêmicas como nas administrativas. E que a excepcionalidade de algumas atividades práticas presenciais acham-se circunscritas a alguns cursos da área da saúde e podem permitir, inclusive, que estudantes de graduação e de pós-graduação contribuam com o enfrentamento da situação atual. Não sendo demais também lembrar que para o planejamento dessas atividades foi necessária uma preparação dos centros e unidades acadêmicas especializadas, de maneira a atender às recomendações do Protocolo de Biossegurança da Instituição.

Importa dizer que diante do agravamento das circunstâncias da covid-19 no nosso Estado, entendemos e, obviamente, concordamos que é necessário reduzir para o mínimo possível as atividades presenciais nas próximas duas semanas. Apesar de todos os cuidados observados, sabemos que até mesmo o deslocamento das pessoas deve ser reduzido neste período, na medida do possível. Neste sentido, preocupados com a situação da pandemia, decidimos recomendar que os colegiados avaliem se as atividades práticas presenciais de componentes curriculares podem ser suspensas temporariamente, ou ofertadas de maneira remota, desde que a suspensão não traga prejuízos ainda maiores para o enfrentamento da pandemia

Gostaríamos de finalizar reiterando que temos a perfeita noção de que enfrentamos dias muito desafiadores. E sem prejuízo de atividades que, no âmbito da instituição possam ajudar de forma concreta a melhorar a situação a partir das medidas oportunamente baixadas pelo Governo do Estado – uma vez que, não dispondo ainda de vacinas para toda população, a necessidade do distanciamento social tem sido recomendada como alternativa para tentar evitar o colapso dos nossos sistemas de saúde – pedimos a todas as pessoas para que contribuam com este processo. Isto é gesto de cidadania, responsabilidade e respeito ao próximo. Aproveito o ensejo para dirigir os nossos agradecimentos a toda nossa comunidade universitária pela dedicação, compreensão e paciência nesta jornada tão incomum e difícil.”

Decretos

A prefeitura de Natal determinou o fechamento da orla marítima da cidade durante os fins de semana, como forma de tentar reduzir as aglomerações e a contaminação pelo novo coronavírus. O novo decreto sobre o assunto foi publicado no Diário Oficial do Município no sábado (27) após publicação do governo, que determinou toque de recolher no estado e recomendou medidas aos municípios

Por outro lado, a prefeitura não seguiu o fechamento das escolas, determinado pelo estado, e autorizou a realização de aulas em formato presencial e remoto em todos os níveis de ensino, desde que seguido os protocolos de distanciamento, uso de máscara e higienização.

O município também determinou alteração no horário de funcionamento de parte do comércio, especialmente para evitar aglomerações no transporte público.

As áreas de lazer dos condomínios residenciais devem permanecer fechadas, em especial as áreas de piscina e de churrasqueira.

Cenário no RN

De acordo com o Regula RN, plataforma que monitora em tempo real as internações no estado, o Rio Grande do Norte tinha 88,34% dos leitos críticos ocupados, sendo a Região Oeste a região que mais preocupa no momento, com 91,8%. A consulta foi realizada neste domingo às 8h30.

Na quinta-feira (25), a governadora admitiu que o sistema de saúde da Grande Natal colapsou e pediu aos prefeitos dos municípios medidas mais rígidas para evitar que isso se espalhe pelas demais regiões e se agrave ainda mais na Região Metropolitana.

Exemplo disso é que alguns pacientes não têm conseguido sequer ser internados. Na quinta-feira, uma idosa de 93 anos precisou ser intubada dentro da ambulância depois de ficar cinco horas sem receber atendimento em um hospital particular.

Neste sábado, o próprio governo publicou um decreto que proíbe circulação de pessoas entre 22h e 5h em todo o estado, além de determinar suspensão de eventos e até atividades religiosas.

Sem vagas na Grande Natal, os pacientes estão sendo transferidos de avião para o interior do estado. Pelo menos sete já foram internados em leitos em Caicó, Mossoró e Pau dos Ferros. Ao todo, somados às transferências por ambulâncias, 31 pessoas foram reguladas nos últimos dias da Grande Natal para o interior pela falta de vagas.

Além disso, há um crescimento de 60% na internação de pessoas abaixo dos 60 anos de idade. Atualmente, quase metade dos internados em leitos críticos não são idosos.

A superlotação dos hospitais na Grande Natal também se reflete nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), que já operam acima dos 100% de ocupação. Pelo cenário, a Secretaria Municipal de Saúde de Natal decidiu tornar todos os 30 leitos clínicos do Hospital dos Pescadores exclusivos para pacientes com Covid-19.

Veja também: ‘Apavorados’, ‘entrando em colapso’, ‘semanas muito difíceis’… No vídeo abaixo, veja as falas de autoridades estaduais e municipais sobre o avanço da pandemia no Brasil.

Fonte: G1 RN

Continuar lendo REITOR DA UFRN RECOMENDOU QUE OS COLEGIADOS AVALIEM A POSSIBILIDADE DE SUSPENDER, TEMPORIAMENTE, AS ATIVIDADES PRESENCIAIS POR DUAS SEMANAS

O PRESIDENTE JAIR BOLSONARO E O MINISTRO DA COMUNICAÇÃO, FÁBIO FARIA, CITAM EM REDES SOCIAIS REPASSES DO GEVERNO FEDERAL AOS ESTADOS PARA A SAÚDE

Bolsonaro e Faria citam repasses federais para saúde em meio à lotação de UTIs

Postagens em redes sociais dão a entender que o governo federal destina boa parte do orçamento para saúde e, de fato, o faz, pois é obrigatório

Natália Flach, da CNN

Atualizado 28 de fevereiro de 2021 às 19:25

Presidente Jair Bolsonaro durante cerimônia no Palácio do PlanaltoPresidente Jair Bolsonaro durante cerimônia no Palácio do PlanaltoFoto: Adriano Machado/Reuters (12.jan.2021)

O presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), e o ministro da Comunicação, Fábio Faria (PSD-RN), escreveram em suas redes sociais que o governo federal destinou cerca de R$ 600 bilhões para os estados investirem na área de saúde no ano passado (confira abaixo). Eles também citaram os valores indiretos de ajuda aos estados, que inclui a suspensão e a renegociação de dívidas (auxílio emergencial), que somaram ao redor de R$ 294 bilhões em 2020.

São Paulo foi o estado que mais recebeu: R$ 135 bilhões em repasse obrigatório e R$ 55,19 em auxílio. O segundo estado foi Minas Gerais, com R$ 81,4 bilhões obrigatórios e R$ 26,9 bilhões em auxílio. O terceiro da lista é o estado do Rio de Janeiro, que recebeu R$ 76 bilhões em repasses e R$ 24,94 bilhões em auxílio.

Entre os estados que menos receberam recursos estão o Acre, com R$ 6,8 bilhões de repasses e R$ 1,38 bilhão em auxílio, e Roraima, com R$ 5,1 bilhões em repasses obrigatórios e R$ 1,04 bilhão de auxílio. Veja a lista completa de repasses no final do texto.

Repasse obrigatório

Os tuítes do presidente e do ministro, feitos a partir de dados do Portal da Transparência, Localiza SUS e Senado Federal, mostram que o governo federal destina boa parte do orçamento para os estados e, mais especificamente, para a saúde.

Esse repasse de verbas para saúde — assim como os para educação — é obrigatório. Para 2021, estima-se que sejam destinados R$ 123,8 bilhões para a saúde e R$ 55,6 bilhões para educação.

Aliás, a obrigatoriedade desses gastos mínimos em saúde e educação esteve a ponto de ser revisada no Congresso, que deve debater a PEC Emergencial nesta quarta-feira (3). No entanto, o relator da PEC no Senado, Márcio Bittar (MDB-AC), admitiu à CNN que voltou atrás, após perceber que a maioria dos senadores é contrária à medida. Se a PEC for aprovada, é possível que o auxílio emergencial seja retomado neste ano.

Leitos de UTIs no Brasil

As postagens do presidente e do ministro foram feitas em meio à superlotação em vários hospitais em todo o país. O estado de São Paulo, por exemplo, registrou no sábado (27) recorde de internações, com 15.517 pessoas hospitalizadas. Dessas, 8.506 foram em leitos de enfermaria e 7.011 em leitos de unidade de terapia intensiva (UTI).

Até por isso, o Supremo Tribunal Federal (STF) aceitou neste domingo (28) o pedido de São Paulo, Maranhão e Bahia para o Ministério da Saúde volte a financiar leitos de UTIs destinados a pacientes com Covid-19. O aval foi dado pela ministra do STF Rosa Weber, que acolheu o pedido feito pelas procuradorias dos estados.

Segundo o governo de São Paulo, o Ministério da Saúde chegou a custear um total de 3.822 leitos de UTI em São Paulo no decorrer da pandemia, mas reduziu esse financiamento e “passou a subsidiar o funcionamento de apenas 564 leitos em 2021”, informou em nota. O governo estadual diz que, com a decisão, o Ministério da Saúde terá que arcar com um total de 3.258 leitos de UTI no estado. De acordo com a Procuradoria-Geral paulista, a decisão do STF “é uma grande vitória para o Estado de São Paulo”.

O governo da Bahia também afirmou que o número de leitos custeados pela União vinha sendo reduzido nos últimos meses e que solicitou a habilitação imediata de 462 leitos de UTI destinados a pacientes com Covid-19. Porém, as habilitações não teriam sido aprovadas pelo Ministério da Saúde.

Nas redes sociais, o governador Flávio Dino também comemorou a decisão. “STF deferiu liminar determinando ao Ministério da Saúde repasses financeiros relativos a leitos de UTI no Maranhão. Ou seja, fica evidenciado que não se cuida de um ‘favor’, e sim de um direito dos estados e um dever do governo federal, segundo a Constituição e legislação do SUS.”

AcreRepasse de recursos do Governo Federal para o AcreFoto: Secom / Reprodução

Alagoas Repasse de recursos do Governo Federal para o AlagoasFoto: Secom / Reprodução

Secom / ReproduçãoRepasse de recursos do Governo Federal para o AmapáFoto: Amapá

AmazonasRepasse de recursos do Governo Federal para o AmazonasFoto: Secom / Reprodução

BahiaRepasse de recursos do Governo Federal para BahiaFoto: Secom / Reprodução

CearáRepasse de recursos do Governo Federal para o CearáFoto: Secom / Reprodução

Distrito FederalRepasse de recursos do Governo Federal para o Distrito FederalFoto: Secom / Reprodução

Espírito SantoRepasse de recursos do Governo Federal para o Espírito SantoFoto: Secom / Reprodução

GoiásRepasse de recursos do Governo Federal para o GoiásFoto: Secom / Reprodução

MaranhãoRepasse de recursos do goverrno Federal para o MaranhãoFoto: Secom / Reprodução

Mato GrossoRepasse de recursos do Governo Federal para o Mato GrossoFoto: Secom / Reprodução

Mato GrossoRepasse de recursos do Governo Federal para o Mato GrossoFoto: Secom / Reprodução

Mato Grosso do SulRepasse de recursos do Governo Federal para o Mato Grosso do SulFoto: Secom / Reprodução

Minas GeraisRepasse de recursos do Governo Federal para Minas GeraisFoto: Secom / Reprodução

ParáRepasse de recursos do Governo Federal para o ParáFoto: Secom / Reprodução

ParaíbaRepasse de recursos do Governo Federal para ParaíbaFoto: Secom / Reprodução

ParanáRepasse de recursos do Governo Federal para o ParanáFoto: Secom / Reprodução

PernambucoRepasse de recursos do Governo Federal para PernambucoFoto: Secom / Reprodução

PiauíRepasse de recursos do Governo Federal para o PiauíFoto: Secom / Reprodução

Rio de JaneiroRepasse de recursos do Governo Federal para o Rio de JaneiroFoto: Secom / Reprodução

Rio Grande do NorteRepasse de recursos do Governo Federal para o Rio Grande do NorteFoto: Secom / Reprodução

RondôniaRepasse de recursos do Governo Federal para o RondôniaFoto: Secom / Reprodução

RoraimaRepasse de recursos do Governo Federal para o RoraimaFoto: Secom / Reprodução

Santa CatarinaRepasse de recursos do Governo Federal para Santa CatarinaFoto: Secom / Reprodução

Rio Grande do SulRepasse de recursos do Governo Federal para o Rio Grande do SulFoto: Secom / Reprodução

São PauloRepasse de recursos do Governo Federal para São PauloFoto: Secom / Reprodução

SergipeRepasse de recursos do Governo Federal para SergipeFoto: Secom / Reprodução

TocantinsRepasse de recursos do Governo Federal para o TocantinsFoto: Secom / Reprodução

Fonte: CNN

Continuar lendo O PRESIDENTE JAIR BOLSONARO E O MINISTRO DA COMUNICAÇÃO, FÁBIO FARIA, CITAM EM REDES SOCIAIS REPASSES DO GEVERNO FEDERAL AOS ESTADOS PARA A SAÚDE

STF ACOLHEU PEDIDO FEITO PELOS ESTADOS DE SP, MA E BA PARA O MINISTÉRIO DA SAÚDE VOLTAR A FINANCIAR LEITOS DE UTI PARA PACIENTES DA COVID-19

STF aceita pedido de SP, MA e BA para Saúde pagar UTI de pacientes com Covid-19

O governo estadual diz que, com a decisão, o Ministério da Saúde terá que arcar com um total de 3.258 leitos de UTI no estado

Thâmara Kaoru, da CNN Brasil, em São Paulo

 Atualizado 28 de fevereiro de 2021 às 19:28

STF aceita pedido de SP, MA e BA para Saúde pagar UTI de pacientes com Covid -19

 

Ministra do STF (Supremo Tribunal Federal), Rosa Weber acolheu um pedido feito pelas Procuradorias dos Estado de São Paulo, do Maranhão e da Bahia para que o Ministério da Saúde volte a financiar leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) destinados a pacientes com Covid-19.

No dia 8 de fevereiro o governo do Maranhão apresentou uma ação no STF para que o Ministério da Saúde reabilitasse leitos de UTI custeados pelo SUS (Sistema Único de Saúde) e destinados a pacientes com Covid-19. Dois dias depois foi a vez do governo de São Paulo apresentar uma ação para reverter decisão de desabilitar leitos privados de UTI. Já a Procuradoria-Geral do Estado da Bahia protocolou a ação no dia 18.

No começo do mês, o Ministério da Saúde havia informado que não havia nenhum ato administrativo de desabilitação de leitos de UTI para Covid-19.

o governo de São Paulo, o Ministério da Saúde chegou a custear um total de 3.822 leitos de UTI em São Paulo no decorrer da pandemia, mas reduziu esse financiamento e “passou a subsidiar o funcionamento de apenas 564 leitos em 2021”, informou em nota. O governo estadual diz que, com a decisão, o Ministério da Saúde terá que arcar com um total de 3.258 leitos de UTI no estado.

De acordo com a Procuradoria-Geral paulista, a decisão do STF “é uma grande vitória para o Estado de São Paulo”.

O governo da Bahia também afirmou que o número de leitos custeados pela União vinha sendo reduzido nos últimos meses e que solicitou a habilitação imediata de 462 leitos de UTI destinados a pacientes com Covid-19. Porém, as habilitações não teriam sido aprovadas pelo Ministério da Saúde.

Nas redes sociais, o governador Flávio Dino também comemorou a decisão. “STF deferiu liminar determinando ao Ministério da Saúde repasses financeiros relativos a leitos de UTI no Maranhão. Ou seja, fica evidenciado que não se cuida de um ‘favor’, e sim de um direito dos estados e um dever do governo federal, segundo a Constituição e legislação do SUS.”

CNN entrou em contato com o Ministério da Saúde para comentar a decisão do STF e, de acordo com o órgão, os pagamentos de leitos de UTI para tratamento de pacientes da Covid-19 têm sido feitos conforme demanda e credenciamento dos governos dos estados. Sem nenhuma desabilitação ou suspensão.

Leia a nota na íntegra

“O Ministério da Saúde informa que não houve, em nenhum momento, desabilitação ou suspensão de pagamentos de leitos de UTI para tratamento de pacientes da Covid-19. Os pagamentos têm sido feitos conforme demanda e credenciamento dos governos dos estados.

Ressalta-se que conforme pactuação tripartite do Sistema Único de Saúde, a abertura e viabilização física dos leitos cabe aos gestores estaduais e municipais, cabendo ao Governo Federal o custeio das estruturas – no caso dos leitos Covid-19, com valor de diária dobrada, no valor de R$ 1.600.

Com o objetivo de continuar apoiando os estados no combate à pandemia, o Ministério da Saúde solicitou, em janeiro, crédito extraordinário no valor de R$ 2,8 bilhões à União a fim de custear ações de enfrentamento ao vírus, sobretudo a continuidade do custeio de leitos.

O recurso, liberado por meio de Medida Provisória assinada pelo presidente Jair Bolsonaro na última quinta-feira (25/2), será repassado aos estados demandantes para pagamento de leitos em uso desde o mês de janeiro pelas unidades federadas.

Cabe lembrar, ainda, que conforme pactuado na última reunião da Comissão Intergestores Tripartite, o Ministério da Saúde resolveu simplificar o processo de autorização para abertura de leitos de UTI destinados a pacientes da Covid-19.

As novas regras estabelecem que os leitos de UTI Covid-19 autorizados pelo Ministério não precisarão mais de prorrogação – eles poderão seguir operando até o final da pandemia. Além disso, o custeio dos leitos será feito de forma integral pelo Ministério da Saúde através de repasses mensais, e não mais com a antecipação de verbas. 

Desta forma, o pedido solicitado à nobre ministra é injusto e desnecessário, uma vez que o SUS vem cumprindo com as suas obrigações. Cabe, portanto, a cada governo fazer a sua parte.”

Continuar lendo STF ACOLHEU PEDIDO FEITO PELOS ESTADOS DE SP, MA E BA PARA O MINISTÉRIO DA SAÚDE VOLTAR A FINANCIAR LEITOS DE UTI PARA PACIENTES DA COVID-19

O GOVERNO DO PERU ANUNCIOU PRORROGAÇÃO NA SUSPENSÃO DE VOOS DO BRASIL ATÉ 14 DE MARÇO

Peru prorroga suspensão de voos do Brasil até o dia 14 de março

Restrição terminava neste domingo (28), mas governo tenta evitar no país a disseminação da variante brasileira do coronavírus

BRASIL

 Do R7

Aeroporto de Cumbica vazio em maio do ano passado em razão de restrições

FERNANDO BIZERRA / EFE – 25.5.2020

O governo do Peru anunciou neste domingo (28) a prorrogação até o dia 14 de março da suspensão de voos originários do Brasil. A medida é uma forma de prevenção contra a disseminação da variante brasileira do novo coronavírus.

A decisão foi publicada em decreto no Diário Oficial do governo peruano.  “Resolve-se prorrogar, de 1º a 14 de março, a suspensão dos voos de passageiros procedentes do Brasil”, afirma a publicação. Antes, a suspensão estava marcada para terminar neste domingo.

O Peru é apenas um dos países com suspensão de voos do Brasil. A lista inclui ainda Portugal, Reino Unido, Itália, Colômbia, Turquia, Israel e África do Sul.

Fonte: R7
Continuar lendo O GOVERNO DO PERU ANUNCIOU PRORROGAÇÃO NA SUSPENSÃO DE VOOS DO BRASIL ATÉ 14 DE MARÇO

MILITARES EM MIANMAR BLOQUEIAM INTERNET PARA EVITAR PROTESTOS

Mianmar e Austrália expõem o impacto da internet na democracia

Militares limitam o acesso da população às redes sociais no país asiático e o Facebook tem uma disputa com a imprensa australiana

INTERNACIONAL

 Giovanna Orlando, do R7

Militares em Mianmar bloquearam internet para evitar protestos

REUTERS/STRINGER – 18.2.2021

Cada vez mais presentes na nossa vida, as redes sociais se tornaram ferramentas para que as pessoas encontrem amigos, se informem e se sintam acolhidas. Nas plataformas digitais é possível se conectar com grupos que pensam como você, compartilham dos mesmos ideais e lutem pelos mesmos princípios. Por causa disso, esse ambiente virutal também se tornou protagonista em lutas políticas e embaraços legais.

Em fevereiro deste ano, Mianmar sofreu um golpe de Estado e a líder do país, Aung San Suu Kyi, foi presa. Uma junta militar assumiu o poder e pretende ficar no comando do país asiático por um ano.  Segundo a professora de Relações Internacionais da USP, Marislei Nishijima, o recente golpe entra no padrão de novas ditaduras do século 21, bastante diferentes das vistas anteriormente.

“Essas ditaduras surgem a partir de eleições legítimas em sistemas democráticos, onde um presidente se elege e, uma vez eleito, começa a usar a máquina do governo para não sair do poder”, explica.

Em Mianmar, a junta que assumiu o poder perdeu as eleições em dezembro do ano passado e rejeitou o resultado do pleito com a alegação de fraude.

O golpe foi criticado pela comunidade internacional, que exige que a democracia seja retomada, e mobilizou manifestantes vão às ruas diariamente para protestar contra o controle dos militares. Para evitar que informações sobre a situação em Mianmar vazassem e para impedir que outros movimentos de oposição fossem organizados, o novo governo decidiu bloquear a internet do país.

Em 2011, a ONU oficializou a acesso à rede como um direito humano básico à medida que o indivíduo utiliza a internet para exercer sua liberdade de opinião e de expressão e para promover o progresso da sociedade como um todo.

“O acesso à internet se torna interessante, até mesmo necessário, para que você consiga ter contato com uma pluralidade de crenças e ideias”, diz Carlos Piovezani, professor de Letras da Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR) e autor do livro “A Linguagem Fascista”.

Piovezani explica que a internet também permitiu que “grupos minoritários e marginalizados ecoassem suas vozes” e ressalta que essa

Nos últimos dias, grupos pró-golpe militar entraram em confronto com opositores e a repressão da polícia já deixou 8 mortos, sendo que apenas 3 foram confirmadas pelos militares. Sem a possibilidade de ouvir o lado dos cidadãos, mesmo que de forma remota pela internet, é difícil de compreender a dimensão dos problemas. “Com as redes, você consegue uma repercussão muito maior das suas queixas”, diz o professor da UFSCAR.

O bloqueio na Austrália

Na Austrália, lei obriga gigantes da tecnologia a pagarem mídia por seus conteúdos

O governo da Australia criou uma lei para obrigar as gigantes de tecnologia, como o Facebook e o Google, a pagar para as empresas de mídia pelo uso de notícias nas redes sociais. Na última semana, a empresa de Mark Zuckerberg rejeitou a decisão das autoridades e decidiu bloquear as páginas de notícia do país temporariamente.

Segundo a professora Nishijima, a decisão da Austrália pode se tornar uma tendência entre os países ricos, principalmente na Europa, já que eles são mais preocupados com a questão do controle de dados. Isso porque a grande maioria das empresas de tecnologia começaram nos EUA e segue a legislação norte-americana, o que faz o controle na Europa “mais frágil”.

“O governo australiano viu que o Facebook ganha muito dinheiro e eles querem uma parte disso. Para eles, se os cidadãos repassam notícias que vem de jornais locais, o Facebook precisa pagar por isso”, explica a professora da USP.

“Caso essa tendência continue pelo mundo, as redes sociais podem ter dois futuros: ou elas serão pagas, ou deixarão de funcionar nestes países”, pondera o o advogado e presidente da comissão de Direito Digital da OAB, Spencer Toth Sydow.

A rede social e o governo já entraram em um acordo e o Facebook e o Google decidiram que vão investir R$ 5 bilhões cada nos próximos 5 anos em conteúdo de notícias.

Fonte: R7

Continuar lendo MILITARES EM MIANMAR BLOQUEIAM INTERNET PARA EVITAR PROTESTOS

BOAS NOTÍCIAS: LANÇADO A PARTIR DA ÍNDIA O AMAZÔNIA 1 É O 1º SATÉLITE TOTALMENTE BRASILEIRO

Domingo é dia de descansar, relaxar e de ter BOAS NOTÍCIAS. Por isso o destaque de hoje aqui na coluna é o lançamento do primeiro satélite totalmente brasileiro para monitorar desmatamento na Amazônia dentre outras coisas muito importantes como: a agricultura no país, observações de possíveis desastres ambientais, monitorar os nossos diversos biomas, nossos mares e todos os alvos de interesses que temos. Então, convido você a ler o artigo completo a seguir e conhecer todos os detalhes dessa incrível projeto brasileiro!

Brasil lança 1º satélite para monitorar desmatamento na Amazônia

O Brasil lança na madrugada deste domingo, 28, o Amazônia 1, o primeiro satélite de observação da Terra totalmente projetado, integrado, testado e operado pelo Brasil.

O lançamento está previsto para ocorrer à 1h54 (horário de Brasília) e poderá ser acompanhado ao vivo pelo canal oficial no Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações.

Ele será colocado em órbita pela missão PSLV-C51 e vai partir da Índia, da agência espacial Indian Space Research Organisation (ISRO).

Amazônia e região costeira

O satélite integra a Missão Amazonia 1, que pretende fornecer dados de sensoriamento remoto para observar e monitorar o desmatamento, especialmente na região amazônica, além de monitorar a agricultura no país.

Ele vai gerar imagens do planeta a cada 5 dias. Sob demanda, poderá fornecer dados de um ponto específico em 2 dias – o que, segundo o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), ajudará na fiscalização de áreas que estejam sendo desmatadas, bem como na captura de imagens onde haja maior ocorrência de nuvens.

De acordo com o instituto, o novo satélite possibilitará também o monitoramento da região costeira, de reservatórios de água e de florestas (naturais e cultivadas). Há, ainda, a possibilidade de uso para observações de possíveis desastres ambientais.

“Os sistemas espaciais – os satélites que observam a Terra a partir de um ponto de vista privilegiado – nos permitem conhecer melhor os nossos oceanos, os nossos biomas, a nossa atmosfera, compreender melhor esse conjunto de fatores que fazem com que este planeta, até onde se saiba, seja o que contém as melhores condições de vida na forma como nós a conhecemos”, disse. “[Também é importante] se projetar para outros corpos celestes, tentando entender melhor como eles evoluíram e o que acontece com eles.

“O satélite Amazonia 1, que é de sensoriamento remoto óptico, vai dar autonomia ao Brasil para melhor monitorar seus diversos biomas, seus mares e todos os alvos de interesses que temos, porque é um satélite que estará sob domínio completo do Brasil”, explica o presidente da Agência Espacial Brasileira, Carlos Moura, que acompanha comitiva na Índia.

Por que na Índia?

O equipamento foi enviado para Sriharikota, no sudeste da Índia, em dezembro do ano passado porque não pode ser lançado do Centro de Lançamento de Alcântara, no Maranhão, mundialmente conhecido por sua localização privilegiada.

O motivo é simples: o Brasil não tem um foguete capaz de colocar o satélite em órbita.

Feito em parceria com a AEB, O Amazônia 1 teve investimentos calculados em R$ 270 milhões.

Com ele, o Brasil passará a fazer parte do seleto grupo de 20 países que são capazes de desenvolver o próprio satélite.

Mais satélites

O satélite levou 12 anos para ser desenvolvido pelos nossos cientistas.

“O Amazonia 1 coroa esse esforço do Brasil que vem lá de 1979, 1980, com a Missão Espacial Brasileira, de o país ser capaz de desenvolver o satélite próprio de sensoriamento remoto óptico”, disse Carlos Moura.

A Missão Amazonia pretende lançar, em data a ser definida, mais dois satélites de sensoriamento remoto: o Amazonia 1B e o Amazonia 2. “Os satélites da série Amazonia serão formados por dois módulos independentes: um módulo de serviço – que é a Plataforma Multimissão (PMM) – e um módulo de carga útil, que abriga câmeras e equipamentos de gravação e transmissão de dados de imagens”, detalha o Inpe.

Além de ajudar no monitoramento do meio ambiente, a missão ajudará na validação da Plataforma Multimissão como base modular para diversos tipos de satélites. Essa plataforma representa, segundo o Inpe, “um conceito moderno de arquitetura de satélites, que tem o propósito de reunir em uma única plataforma todos os equipamentos que desempenham funções necessárias à sobrevivência de um satélite, independentemente do tipo de órbita.”

Entre as funções executadas pela plataforma estão as de geração de energia, controle térmico, gerenciamento de dados e telecomunicação de serviço – o que possibilitará a adaptação a diferentes cargas úteis, além de reduzir custos e prazos no desenvolvimento de novas missões.

Amazonia 1 antes de embarcar para a Índia - Foto: INPE
Amazonia 1 antes de embarcar para a Índia – Foto: INPE
Foguete da Índia que vai lançar satélite brasileiro - Fotos: ISRO
Foguete da Índia que vai lançar satélite brasileiro – Fotos: ISRO 

Com informações da Agência Brasil

Fonte: Só Notícia Boa

Continuar lendo BOAS NOTÍCIAS: LANÇADO A PARTIR DA ÍNDIA O AMAZÔNIA 1 É O 1º SATÉLITE TOTALMENTE BRASILEIRO

REFLEXÃO: ACREDITE! VOCÊ PODE SE LIVRAR DA DEPENDÊNCIA DOS REMÉDIOS!

Apesar de o texto postado hoje, aqui na coluna REFLEXÃO ser, praticamente, na 1ª pessoa e um tanto marketeiro, promovendo a terapeuta  Carla Marçal, decidi publicá-lo, pois identifiquei-me bastante, já que se coaduna com o meu pensamento e a minha postura no que tange a ao fim da dependência dos remédios controlados. As pessoas estão cada dia mais dependentes de médicos e remédios e isso precisa ser invertido. É absolutamente palpável. Elas só precisam sair da Zona de Conforto. Por isso convido você a ler o artigo completo a seguir e entender que não só pode como deve deixar essa dependência de lado!

O papel das terapias no fim da dependência dos remédios controlados

Remédios caindo da caixa
Robert Kneschke / Canva

Para algumas pessoas, remédios como o Rivotril são importantes para iniciar um tratamento, porque eles possibilitam que a pessoa viva até que ela seja capaz de viver sem eles

Infelizmente, porém, a maioria se torna dependente porque não conhece um caminho adequado para curar as feridas profundas da alma e veem os remédios como a única forma de acordar, viver e dormir.

Por isso é que as terapias tradicionais e alternativas são necessárias. Ao trabalhá-las em conjunto, podemos cuidar da mente do paciente e do seu espírito, fazendo a manutenção de dois dos três importantes pilares que sustentam a vida. Para ser feliz, afinal, é preciso encontrar o equilíbrio entre corpo, mente e alma!

Como eu, terapeuta, posso auxiliar nesse processo?

Converse: pergunte sobre a história do paciente, entenda quando começou a depressão, o que há por trás desse sentimento profundo de tristeza.

Pessoa segurando copo d'água com remédio do lado
Tinatin1 / Getty Images / Canva

Por meio disso você pode estudar mais a fundo a mudança de hábitos mentais e auxiliar o paciente a investir em pequenas ações que o farão ter mais autoconfiança, autonomia e autorresponsabilidade.

Você também pode sugerir o uso de florais, meditações, técnicas vibracionais, entre outras coisas que cuidem dele de dentro para fora.

Claro que nós não temos a solução para tudo de primeira e cada paciente é um caso diferente, mas com um bom diálogo e usando nossas ferramentas a nosso favor, mais pessoas serão curadas de suas dependências de remédios.

Com muito amor e dedicação, sempre dou total assistência e personalização em cada processo, para que o paciente sinta o cuidado de maneira integral!

Que tal marcarmos uma boa conversa para nos conhecermos melhor e você me contar um pouco sobre o que você pretende trazer nas sessões?

Carla Marçal
Escrito por Carla Marçal

 

Fonte: Eu Sem Fronteiras

Continuar lendo REFLEXÃO: ACREDITE! VOCÊ PODE SE LIVRAR DA DEPENDÊNCIA DOS REMÉDIOS!

PONTO DE VISTA: SALIM MATTAR NÃO É O PRIMEIRO NEM O ÚLTIMO A RECONHECER QUE FOI TRAÍDO POR BOLSONARO

Caro(a) leitor(a),

Acho que a reputação do sr. Salim Mattar, ex-secretário especial da desestatização é incontestável. Todos sabemos que este senhor é um mega empresário, dono da maior locadora de carros do Brasil, a LOCALIZA. Portanto, alguém que não precisa de maneira nenhuma de um cargo público para garantir a sua sobrevivência. É antes de tudo, um liberal patriota, que veio a fazer parte do governo Bolsonaro para ajudar a tirar o país do buraco em que, ainda, se encontra e recolocá-lo nos trilhos do progresso e da prosperidade. Quando ele deixou o governo, saiu discretamente. Assisti várias entrevistas com ele onde, ao ser questionado sobre o motivo da sua saída, sempre falava que por motivos particulares. Dizia que a sua missão já estava cumprida e outras amenidades. Agora, veio a público expor o real motivo da sua dissidência, aproveitando os últimos fatos políticos e a mudança de comportamento do presidente Bolsonaro com relação as políticas públicas liberais. Muita gente critica Moro pela forma como saiu do governo, lavando a roupa publicamente, mas a verdade é que, tanto ele como o sr. Salim Mattar foram traídos por Bolsonaro, que mostra sua verdadeira face agora. A face de quem nunca foi um liberal e que a sua real intenção é permanecer no poder tanto quanto Lula e o PT queriam. O título do artigo a seguir, publicado em O Antagonista diz tudo: “O governo não é liberal e eu acreditei no candidato Bolsonaro”. É o mesmo sentimento de Moro ao ser traído por Bolsonaro quando deixou o seu projeto ser totalmente desfigurado no texto final aprovado pelo Congresso Nacional e quando, também não fez nada sobre a questão do juiz de garantias, assim com tantas outras promessas feitas a Moro e não cumpridas. Portanto, como venho dizendo há um bom tempo, Bolsonaro não é confiável, enganou o seu eleitorado e os que acreditaram nele. Mas, como diz aquele velho jargão “me engana que eu gosto”, parece que é assim que o povo gosta mesmo!

Mattar: “O governo não é liberal e eu acreditei no candidato Bolsonaro”

Mattar: “O governo não é liberal e eu acreditei no candidato Bolsonaro”
Foto: Edson Lopes Jr./G5 Partners/Ministério da Economia

Salim Mattar, ex-secretário especial de Desestatização, também criticou a escolha de um general para o comando da Petrobras.

Me desculpe, estamos militarizando demais o país”, disse em entrevista à CNN Brasil. “O militar é para quartel. Temos que colocar um homem de mercado na Petrobras. Um homem que saiba o que é um departamento de relações com os investidores. Esse é o tipo de pessoa que precisamos em uma empresa listada. O governo brasileiro está mostrando que não é confiável.”

Afirmou ainda que a decisão de substituir Roberto Castello Branco no comando da empresa mostra mais uma vez que o governo Jair Bolsonaro não é liberal.

O governo não é liberal e eu acreditei no candidato Bolsonaro. No candidato que falava em privatizar a “TV da Dilma”, que é a EBC, a empresa do trem bala, que é a EPL. Ele falava em tirar o estado do cangote do cidadão. Mas foi um discurso de campanha. Eu deixei todos os meus negócios para ir para o governo. Fui motivado pelo desafio espetacular, que era um projeto de Brasil e não do governo.”

Fonte: O Antagonista

Continuar lendo PONTO DE VISTA: SALIM MATTAR NÃO É O PRIMEIRO NEM O ÚLTIMO A RECONHECER QUE FOI TRAÍDO POR BOLSONARO

RESUMO DA SEMANA: TROCA NA PETROBRAS,MORAES X DANIEL SILVEIRA E TOMBO DE CAROL CONKÁ

Neste domingo você que não teve tempo de acompanhar os fatos políticos da semana vai poder se atualizar assistindo o RESUMO DA SEMANA, com apresentação de Vitor Brown no SEMANA DA PAN que trás os principais destaques do cenário político nacional. Então, o que está esperando? Acomode-se na poltrona e fique por dentro!

Fonte:

Continuar lendo RESUMO DA SEMANA: TROCA NA PETROBRAS,MORAES X DANIEL SILVEIRA E TOMBO DE CAROL CONKÁ

GOVERNO DO RN PUBLICOU NOVO DECRETO COM RESTRIÇÕES PARA REDUZIR AGLOMERAÇÕES E A PRESSÃO POR LEITOS CRÍTICOS DE UTI

Por G1 RN

 

Governo do RN anuncia toque de recolher (arquivo) — Foto: Sandro MenezesGoverno do RN anuncia toque de recolher (arquivo) — Foto: Sandro Menezes

O governo do Rio Grande do Norte publicou neste sábado (27), no Diário Oficial, o novo decreto com restrições para reduzir aglomerações e a pressão por leitos críticos de UTI para Covid-19.

Toque de recolher em todo o estado, suspensão de aulas presenciais, missas e cultos, fechamento de parques, estão entre as medidas. O decreto tem validade até 10 de março e traz ainda uma série de recomendações aos municípios.

Confira as medidas:

  • Toque de recolher que proíbe a circulação de pessoas em todo o estado, entre 22h e 5h. O texto afirma que as forças de segurança deverão promover operações constantes com o objetivo de garantir a aplicação da medida (confira o detalhamento abaixo);
  • Suspensão das aulas presenciais a partir de 1º de março nas unidades das redes pública estadual e privada de ensino, incluindo instituições de ensino superior, “devendo manter o ensino remoto”. Porém, as escolas e instituições de ensino fundamental das séries iniciais e do ensino infantil poderão funcionar em sistema híbrido ou por meio remoto, conforme a escolha dos pais ou responsáveis.
  • Suspensão de atividades em parques públicos, centros de artesanato, circos, parques de diversões, museus, bibliotecas, teatros, cinemas e demais equipamentos culturais a partir de 1º de março;
  • Suspensão de eventos corporativos, técnicos, científicos, esportivos, convenções, shows ou qualquer outra modalidade de evento de massa, inclusive locais privado, como os condomínios edilícios a partir de 1º de março;
  • Suspensão de atividades recreativas em clubes sociais e esportivos a partir de 1º de março;
  • Suspensão do funcionamento do Centro de Convenções de Natal;
  • Suspensão de atividades coletivas de qualquer natureza como cultos, missas e congêneres em igrejas, espaços religiosos, lojas maçônicas e estabelecimentos similares a partir de 1º de março. Os locais poderão ficar abertos exclusivamente para orações e atendimentos individuais, respeitado distanciamento de 1,5 metro entre as pessoas e limitação de uma pessoa para cada cinco metros quadrados de área, com, no máximo, 20 pessoas no recinto;
  • Proibição do transporte de passageiros em pé no Sistema de Transporte Coletivo Rodoviário Intermunicipal.

Toque de recolher

O toque de recolher restringe a circulação de pessoas nas ruas das 22h às 5h. Dessa forma, as pessoas ficam proibidas de circular pelas ruas dentro desse horário, salvo em caso de alguns serviços:

  • serviços públicos essenciais (como segurança, saúde, entre outros)
  • farmácias;
  • indústrias;
  • postos de combustíveis;
  • hospitais e demais unidades de saúde e de serviços odontológicos e veterinários de emergência;
  • laboratórios de análises clínicas;
  • segurança privada;
  • imprensa, meios de comunicação e telecomunicação em geral;
  • funerárias;
  • exercício da advocacia na defesa da liberdade individual;
  • serviços de alimentação, exclusivamente para delivery;
  • serviços de transporte coletivo urbano.

Trabalhadores que estão indo de casa para o trabalho ou do trabalho para casa também podem circular.

Aulas presenciais

O decreto publicado pelo governo determina a suspensão das aulas presenciais nas escolas públicas da rede estadual e nas escolas privadas. No entanto, as aulas presenciais na rede estadual não foram retomadas em 2021 e estão suspensas desde março de 2020 no Rio Grande do Norte.

Recomendações aos municípios

O decreto do governo do estado traz ainda uma série de recomendações aos municípios como o fechamento, nos finais de semana e feriados, de acessos às praias, lagoas, cachoeiras, balneários, clubes, rios e similares.

Confira todas as recomendações aos municípios:

  • Proibição de funcionamento de bares e restaurantes, de segunda-feira a sexta-feira, das 22h às 06h. A venda e o consumo de bebidas alcoólicas em locais públicos também deve ser proibido nesse período.
  • Suspensão, durante os finais de semana e feriados, do funcionamento de restaurantes, lanchonetes, barracas de praia, praças de alimentação, praças de food truck, bares e similares, exceto para entrega ou no formato em que o consumidor pega o produto e leva para casa;
  • Suspensão das aulas presenciais nas escolas da rede pública municipal de ensino, com possibilidade de adoção do sistema híbrido ou por meio remoto para as escolas e instituições de ensino fundamental das séries iniciais e do ensino infantil;
  • Suspensão, nos finais de semana e feriados, do acessos às praias, lagoas, cachoeiras, balneários, clubes, rios e similares, bem como piscinas, inclusive aquelas em locais de uso coletivo;
  • Reorganização das feiras livres, de modo a assegurar o distanciamento social;
  • Os municípios devem disciplinar o funcionamento do transporte coletivo urbano, para evitar aglomerações e demanda concentrada em determinados horários.
  • Realização de campanhas de divulgação e esclarecimento da atual situação da pandemia, inclusive da superlotação da rede hospitalar, bem como da necessidade de adoção de medidas sanitárias, como uso de máscaras e distanciamento social

Pandemia

De acordo com o Regula RN, plataforma que monitora em tempo real as internações no estado, o Rio Grande do Norte tem 89,4% dos leitos críticos ocupados, sendo a Grande Natal a região que mais preocupa, com 90.1%. A consulta foi realizada neste sábado (27) às 09h.

Na quinta-feira (25), a governadora admitiu que o sistema de saúde da Grande Natal colapsou e pediu aos prefeitos dos municípios medidas mais rígidas para evitar que isso se espalhe pelas demais regiões e se agrave ainda mais na Região Metropolitana.

O boletim da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) desta sexta-feira (26) indica que o RN tem 415 pessoas internadas em leitos críticos no estado, um a menos do que na quinta-feira (25), quando o estado bateu novo recorde de internações desde o início da pandemia. O número mais alto atingido na primeira onda havia sido de 363 pessoas, em 28 de junho.

Somados ao internados em leitos clínicos, atualmente são 761 pacientes – o maior número já registrado. O boletim indica ainda que 100% dos leitos críticos da rede privada em todo o estado estão ocupados. Não há mais vagas.

Exemplo disso é que alguns pacientes não têm conseguido sequer ser internados. Na quinta-feira, uma idosa de 93 anos precisou ser intubada dentro da ambulância depois de ficar cinco horas sem receber atendimento em um hospital particular.

Sem vagas na Grande Natal, os pacientes estão sendo transferidos de avião para o interior do estadoPelo menos sete já foram internados em leitos em Caicó, Mossoró e Pau dos Ferros. Ao todo, somados às transferências por ambulâncias, 31 pessoas foram reguladas nos últimos dias da Grande Natal para o interior pela falta de vagas.

Além disso, há um crescimento de 60% na internação de pessoas abaixo dos 60 anos de idade. Atualmente, quase metade dos internados em leitos críticos não são idosos.

A superlotação dos hospitais na Grande Natal também se reflete nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), que já operam acima dos 100% de ocupação. Pelo cenário, a Secretaria Municipal de Saúde de Natal decidiu tornar todos os 30 leitos clínicos do Hospital dos Pescadores exclusivos para pacientes com Covid-19.

anúncio das restrições no Rio Grande do Norte segue na esteira do que vem ocorrendo em outras regiões do país, como na capital de São Paulo; em Araraquara, no interior paulista; na Bahia; no Paraná; e Rio Grande do Sul.

Na manhã desta sexta-feira (26), o Governo do RN publicou uma portaria recomendando a suspensão do atendimento presencial externo nos órgãos e entidades da administração pública estadual direta e indireta por conta do agravamento da pandemia no estado.

Fonte: G1 RN
Continuar lendo GOVERNO DO RN PUBLICOU NOVO DECRETO COM RESTRIÇÕES PARA REDUZIR AGLOMERAÇÕES E A PRESSÃO POR LEITOS CRÍTICOS DE UTI

PRÓXIMA SEGUNDA-FEIRA SERÁ LANÇADO PELA PREFEITURA DE NATAL O EDITAL DO ESTACIONAMENTO ROTATIVO NA CAPITAL

Prefeitura lança edital do Estacionamento Rotativo nas ruas de Natal na próxima segunda-feira

Redação / Portal da Tropical

 Atualizado em:

Foto: Divulgação / Prefeitura de Natal

A Prefeitura do Natal vai publicar na próxima segunda-feira (1º) o chamamento para a licitação de concessão para implantação de estacionamento rotativo em até 4.261 vagas nas ruas dos principais bairros comerciais da capital. A licitação foi formatada pela Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (STTU) e será realizada pela Secretaria Municipal de Administração (SEMAD).

Segundo a STTU, o serviço será disponibilizado nos bairros do Alecrim, Ribeira, Tirol e em algumas vias da Cidade Alta – na primeira etapa, totalizando 2.229 vagas – e Petrópolis, Ponta Negra, Lagoa Nova, Lagoa Seca e outras vias da Cidade Alta, na segunda etapa, totalizando 2.032 vagas. O funcionamento, de forma geral, será de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h, e aos sábados, das 8h às 13h, mas pode ocorrer ajustes a um dependente de cada via.

O cidadão que desejar estacionar em via pública nas áreas com estacionamento rotativo aproximar R $ 2,00 por hora, nas duas primeiras horas, com pagamento fracionado, onde o publicação apenas pelo período utilizado. Será admitida a utilização por uma terceira hora, porém, como a ideia do estacionamento rotativo é estimular a rotatividade nas vagas em via pública em áreas comerciais, ocorrerá uma cobrança excepcional de R $ 10,00 pela utilização da terceira hora.

Como formas de pagamento via aplicativo de celular e aquisição de créditos em pontos de venda credenciados ou com monitores da concessionária que circulam nas vias onde o serviço será oferecido.

Além do gerenciamento do serviço, a concessionária será responsável pela sinalização das vagas, implantação de sistema informativo de quantidade de vagas disponíveis e implantação de atendimento ao cidadão.

Segundo a SEMAD, a abertura dos envelopes da licitação ocorrerá em 05 de abril, às 10h, no auditório da Secretaria, que fica localizado na Rua Santo Antônio, nº 665, Cidade Alta. Por ser uma licitação presencial, a permanência na sala de reuniões durante uma sessão pública será controlada pelo Presidente da Sessão, devendo manter-se presente apenas um representante de cada empresa licitante, os membros da Comissão Permanente de Licitação e os demais, somente sob autorização . Todos os presentes à sessão devem seguir os procedimentos de segurança com uso de máscaras, álcool em gel e guardando o distanciamento mínimo de 1,5m entre as pessoas.

Continuar lendo PRÓXIMA SEGUNDA-FEIRA SERÁ LANÇADO PELA PREFEITURA DE NATAL O EDITAL DO ESTACIONAMENTO ROTATIVO NA CAPITAL

CONSTRUÇÃO SOBRE MURO DE ARRIMO EM RUA DE MÃE LUÍZA QUE FOI CENÁRIO DE TRAGÉDIA, É DEMOLIDA PELA PREFEITURA

Por G1 RN

 

Construção sobre muro de arrimo é demolida em Mãe Luiza, na Zona Leste de Natal — Foto: DivulgaçãoConstrução sobre muro de arrimo é demolida em Mãe Luiza, na Zona Leste de Natal — Foto: Divulgação

A prefeitura de Natal demoliu construções irregulares que eram erguidas sobre um muro de arrimo na rua Guanabara, no bairro Mãe Luiza, na manhã deste sábado (27) Além de ocuparem espaço público, as edificações colocavam em risco a estrutura que sustenta o morro contra desmoronamentos, segundo o município.

área foi cenário de uma tragédia em 2014, quando dezenas de casas foram destruídas em um desmoronamento. Cerca de 100 famílias foram atingidas e 30 ficaram desabrigadas na época.

De acordo com o supervisor de Fiscalização da Secretaria de Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb), Gustavo Szilagyi, a área próximo do muro já havia sido toda loteada para construção de pontos comerciais. Materiais de construção também foram apreendidos no local. Fiscais já haviam visitado e embargado a obra, mas o município constatou que o trabalho continuava.

Construção sobre muro de arrimo e lotes para novos pontos comerciais em local proibido em Mãe Luiza, em Natal. — Foto: Divulgação

“Vizinho ao local onde aconteceu a tragédia em 2014, está havendo essa invasão, colocando em risco o muro de arrimo que dá sustentação a toda a estrutura da rua sobre os imóveis que ficam na praia. A prefeitura se antecipou, e restituiu o muro de arrimo para evitar uma tragédia futura”, disse.

De acordo com do Leonardo Almeida, supervisor-geral da pasta, uma pessoa foi identificada como autora da construção e deverá responder por ocupação indevida de área pública e construção em área de risco.

Fiscais verificam construções irregulares em Mãe Luiza, na Zona Leste de Natal — Foto: Julianne Barrêto/Inter TV Cabugi

Os fiscais ainda identificaram outras construções irregulares em outros três pontos do bairro, que surgiu sobre um morro. Na rua João XXIII, lojas estavam sendo construídas também sobre um muro de arrimo de uma praça.

“Esse muro de arrimo está trabalhando em sobrecarga com essa estrutura que está sendo posta e há um risco claro de movimentação de solo no terreno. Há risco de queda dessa estrutura sobre as casas. Ele sustenta toda essa estrutura da João XXIII onde passa ônibus, caminhões, todo o trânsito. Se esse muro de arrimo ceder, há um risco de colapso nesse local”, afirmou Gustavo.

A prefeitura não realizou a demolição das outras construções irregulares, porque, segundo os fiscais, não dispunha de equipamentos necessários para o tipo de demolição neste sábado (27).

Fonte: G1 RN
200 vídeos
Continuar lendo CONSTRUÇÃO SOBRE MURO DE ARRIMO EM RUA DE MÃE LUÍZA QUE FOI CENÁRIO DE TRAGÉDIA, É DEMOLIDA PELA PREFEITURA

PARA FACILITAR APROVAÇÃO DA PEC DA IMPUNIDADE, AUTOR ADMITE INCLUSÃO DE MAIS CRIMES

Autor da PEC da Imunidade admite incluir prisão por corrupção na proposta

A decisão de mexer no texto da proposta agora está nas mãos de uma comissão especial que será instalada na próxima semana

Basília Rodrigues

Por Basília Rodrigues, CNN  

Atualizado 27 de fevereiro de 2021 às 20:44

Autor da PEC da Imunidade admite incluir prisão por corrupção na proposta

Para facilitar a aprovação da chamada PEC da Imunidade, o autor da proposta, deputado Celso Sabino (PSDB-PA), afirmou à CNN que admite a inclusão de mais crimes, como corrupção e feminicídio, no rol de atos criminosos pelos quais deputados e senadores podem ser presos em flagrante.

“Por mim, não tem problema, se quiser colocar rol de 70, 100 crimes. Agora, se tirar a imunidade de opinião, melhor nem votar”, disse à coluna.

A decisão de mexer no texto agora está nas mãos de uma comissão especial que será instalada na próxima semana. A ideia de votar em plenário, na quinta-feira passada (25), sem passar pelo crivo de uma comissão, não prosperou, diante da repercussão negativa.

“Admito negociar a forma de escrever trechos da proposta, incluir mais crimes. Muito deputado não teve tempo ainda de parar e ler o texto. Ficou o dito pelo não dito. Só não concordo com tirar a imunidade do que um parlamentar pensa”, afirmou.

À CNN, Sabino falou da pressão de integrantes do PSDB para que ele seja expulso da legenda por ser o autor da proposta. “Estudei muito o estatuto do PSDB e o código de ética. Não tem nenhuma linha ou palavra que eu infringi”, argumenta. Em 2019, o deputado foi relator do pedido de expulsão do tucano Aécio Neves da legenda, o que não foi aprovado.

A versão do texto atualmente permite prisão em flagrante somente no caso de crimes inafiançáveis, como tortura, crimes hediondos, racismo, tráfico de drogas, terrorismo e a ação de grupos armados, civis ou militares, contra a ordem constitucional e o Estado democrático.

Fonte: CNN

Continuar lendo PARA FACILITAR APROVAÇÃO DA PEC DA IMPUNIDADE, AUTOR ADMITE INCLUSÃO DE MAIS CRIMES

ARTHUR LIRA INFORMOU QUE CONVIDOU GOVERNADORES PARA DISCUTIR SITUAÇÃO DA PANDEMIA

Arthur Lira convida governadores para debater ações contra a pandemia

Lira afirmou ainda que ouvirá governadores sobre sugestões legislativas emergenciais para tramitarem em caráter de urgência

Da CNN Brasil

27 de fevereiro de 2021 às 12:51

Deputado Arthur Lira, do PP, em discurso na CâmaraDeputado Arthur Lira, do PP, em discurso na Câmara Foto: Maryanna Oliveira/Câmara dos Deputados (26.mai.2020)

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, informou neste sábado (27) que convidou governadores para um encontro na próxima semana para discutir a situação da pandemia.

“Pretendo fazer uma teleconferência com os governadores nesta semana, junto com o relator Márcio Bittar e a presidente da CMO [Comissão Mista do Orçamento], Flávia Arruda, para ouvir como o orçamento pode ajudar na superação da pandemia”, disse em suas redes sociais.

Segundo ele, inúmeros governadores estão tendo que tomar a decisão de decretar lockdown. “É hora de contribuir, buscando novas alternativas e novas vias legais para juntos mitigarmos essa crise”.

Lira afirmou ainda que ouvirá governadores sobre sugestões legislativas emergenciais para tramitarem em caráter de urgência, respeitando o teto fiscal.

“Com o recrudescimento e nova onda da pandemia, quero chamar todos os governadores para contribuírem com sugestões na formulação do orçamento geral da União.”

De toque de recolher ao lockdown

Na semana em que o Brasil teve o dia mais letal da pandemia em 2021, com 1.541 mortes registradas na quinta-feira (26), oito estados estão sob toque de recolher. Paraná, Mato Grosso do Sul, Bahia, Ceará, Paraíba, Piauí, Amazonas e Rio Grande do Norte impuseram restrições noturnas de circulação de pessoas para frear o avanço da Covid-19.

O governo do Distrito Federal decretou lockdown na sexta (26), suspendendo todas as atividades comerciais e industriais por 14 dias. Além disso, quatro estados anunciaram outras medidas de restrição durante a noite.

Santa Catarina suspendeu o funcionamento de atividades não essenciais das 23h de hoje até as 6h da próxima segunda-feira (1). O Rio Grande Do Sul ampliou o horário da sua suspensão de atividades para entre 20h e 5h, até o dia 7. Pernambuco proibiu qualquer atividade não essencial entre as 22h e 5h da manhã, a partir deste sábado (27).

Em São Paulo, o governador João Doria determinou um “toque de restrição”, que tem como objetivo evitar eventos e aglomerações desnecessárias. Porém, a medida não determina suspensão de atividades não essenciais.

Além dos estados, pelo menos 18 cidades brasileiras declararam seguir as determinações estaduais de toque de recolher ou decretaram suas próprias medidas. São elas: Salvador, Fortaleza, Campo Grande, Curitiba, João Pessoa, Manaus, Maringá, Dueré, Uberlândia, Viçosa, Porto Nacional e todas as cidades do Grande ABC, na região metropolitana de São Paulo.

Mesmo com o início da vacinação, a pandemia tem se agravado em diversos estados do país. Segundo a Agência CNN, o Brasil registra 10.461.767 casos e 253.066 mortes pelo coronavírus, ocupando o segundo lugar no ranking de mortes pela Covid-19 no mundo.

6,3 milhões de vacinados no Brasil

Em contrapartida, diversos estados receberam novos lotes das vacinas CoronaVac e AstraZeneca durante a semana, e uma nova carga com insumos chega no Rio de Janeiro neste sábado. Até sexta (26), ao menos 6,3 milhões de brasileiros já haviam recebido a primeira dose da vacina contra Covid-19, de acordo com levantamento feito pela CNN com dados fornecidos pelas secretarias estaduais de saúde. Isso equivale a pouco menos de 3% da população total do país.

O Ministério da Saúde comunicou que espera receber do Instituto Butantan um lote com 2,7 milhões de doses da Coronavac até domingo (28). A previsão da pasta é que essas vacinas comecem a ser distribuídas na primeira semana de março, seguindo a divisão proposta no Plano Nacional de Imunização.

Continuar lendo ARTHUR LIRA INFORMOU QUE CONVIDOU GOVERNADORES PARA DISCUTIR SITUAÇÃO DA PANDEMIA

ILHA DA SARDENHA SE TORNA ‘ZONA BRANCA’ COM MELHORA NOS DADOS EPIDEMIOLÓGICOS

Sardenha se torna primeira região italiana a ficar livre de restrições

Pela primeira vez desde o início da pandemia, uma região italiana se torna ‘zona branca’, com melhora nos dados epidemiológicos

INTERNACIONAL

Da EFE

No restante da Itália, outras regiões ainda lutam para conter a pandemia

EFE/EPA/FILIPPO VENEZIA

A ilha da Sardenha se tornou a primeira região da Itália a ficar livre de restrições, embora os casos de covid-19 continuem em números altos no resto do país, que registrou 18.916 contágios de coronavírus e 280 mortes nas últimas 24 horas.

O ministro da Saúde, Roberto Speranza, assinou neste sábado (27) o decreto que estabelece as novas restrições em vigor a partir de 1º de março. Pela primeira vez desde o início da pandemia, a Sardenha se torna uma “zona branca”, onde a melhora dos dados epidemiológicos permitiu que as únicas medidas mantidas sejam o uso da máscara e o distanciamento social.

A Sardenha vai no sentido contrário da tendência do país, onde várias regiões tiveram que reforçar medidas. Molise, no centro do país, e Basilicata, no sul, por exemplo, foram confinadas como “zonas vermelhas”, de máximo risco.

Ao todo, 2.907.825 casos de covid-19 foram confirmados na Itália desde o início da pandemia, entre eles 97.507 mortes por complicações da doença.

A pressão sobre os hospitais tem aumentado, e vários já superaram o nível de alerta. Entre os atuais 411.966 casos ativos, 20.588 pessoas estão internadas, 102 a mais do que no dia anterior, e 2.194 estão em unidades de terapia intensiva (UTI), um aumento de 22 em relação à véspera.

4 milhões de vacinados

Em relação às vacinações, a Itália superou a marca de 4 milhões de vacinados, com 4.156.382 doses administradas em todo o país. Até agora, 1.386.406 pessoas já receberam a vacina completa.

Lombardia e Piemonte, ao norte, e Marcas, no centro da Itália, passaram a ser consideradas de risco intermediário, ou “zonas laranjas”, assim como Emilia-Romagna, Ligúria, Toscana e as províncias autônomas de Bolzano e Trentino, ao norte, Campânia, ao sul, e Abruzos e Úmbria, no centro.

A Campânia anunciou o fechamento de todas as escolas a partir de segunda-feira (01) devido ao grande aumento de casos da variante britânica do coronavírus, principalmente nos colégios da capital, Nápoles.

O restante das regiões, como Lazio, o que inclui a capital, Roma, será mantido como “zona amarela”, ou de baixo risco.

Fonte: R7
Continuar lendo ILHA DA SARDENHA SE TORNA ‘ZONA BRANCA’ COM MELHORA NOS DADOS EPIDEMIOLÓGICOS

ATIVISTAS CELEBRAM VITÓRIA EM CUBA SOBRE DIREITOS DOS ANIMAIS

Cuba aprova lei de bem-estar animal após pressão da sociedade

Ativistas celebram a nova medida, que visa prevenir a crueldade e aumentar a conscientização sobre a proteção aos animais

INTERNACIONAL

por Reuters

Ativistas celebram vitória em Cuba sobre os diretos dos animais

REUTERS/ALEXANDRE MENEGHINI

Cuba aprovou um decreto há muito pedido sobre o bem-estar animal, que alguns ativistas de direitos humanos estão saudando como um triunfo incomum da sociedade civil no país comunista, onde o sacrifício de animais e as rinhas de galos e cães continuam sendo comuns.

A medida visa prevenir a crueldade e aumentar a conscientização sobre a necessidade de proteger os animais, marcando um avanço cultural em uma nação onde há muitos animais de rua e cujo litoral fica repleto de carcaças de galinhas sacrificadas em rituais religiosos.

Embora os detalhes ainda sejam escassos, a nova legislação ficará clara em 90 dias, quando for publicada no Diário Oficial cubano.

Avanço nos direitos dos animais

“Cuba era um dos poucos países da América Latina que não tinha uma lei de bem-estar animal, então tê-la agora é uma alegria imensa”, diz Fernando Gispert, presidente da filial de Havana da Associação Cubana de Medicina Veterinária.

O Ministério da Agricultura disse que o decreto, que regulamenta experimentos científicos, manejo de animais abandonados e práticas veterinárias, entre outros assuntos, respondeu às preocupações levantadas há três anos em um debate nacional sobre a nova Constituição naquele país.

Por décadas, porém, ativistas dos direitos dos animais pediram uma legislação sobre o bem-estar animal, em grande parte por meio de canais oficiais no Estado de partido único, onde a dissidência pública é malvista.

Continuar lendo ATIVISTAS CELEBRAM VITÓRIA EM CUBA SOBRE DIREITOS DOS ANIMAIS

MUSICAL: AS MELHORES PLAYLISTS AOS SÁBADOS, HOJE THIAGO MIRANDA E OS SAMBAS INESQUECÍVEIS

Neste sábado você vai delirar com a playlist especial que selecionamos pra você curtir até umas horas porque são simplesmente quase 4 horas com os SAMBAS INESQUECÍVEIS da nossa MPB, uma verdadeira MARATONA ACÚSTICA, magnificamente interpretados pelo talentoso e incrível Thiago Miranda. Amo esse cara! Então, meu irmão, minha irmã, sejam bem vindos, assistam, ouçam, cantem, curtam e se divirtam a valer!

Fonte:

Continuar lendo MUSICAL: AS MELHORES PLAYLISTS AOS SÁBADOS, HOJE THIAGO MIRANDA E OS SAMBAS INESQUECÍVEIS

ANÁLISE POLÍTICA: POLÍTICA COM HUMOR INTELIGENTE SÓ COM BÁRBARA

Como já falei aqui antes adoro a forma como a Bárbara lida com os fatos políticos, com muito humor e inteligência, desnudando os fatos de uma forma de fácil entendimento para qualquer um. Também já falei para ficar claro que concordo com o pensamento de direita liberal dela. porém quando se trata de Sergio Moro divirjo diametralmente dela, pois é onde ela expõe, sem querer, a sua parcialidade política ao deixar muito claro a sua obsessão, o seu amor incondicional por Bolsonaro, mostrando que a única pessoa que ela teme derrotar o nosso presidente nas urnas em 2022 é o próprio Moro e por isso fica provocando o mesmo a se expor na mídia para desgastar a sua imagem e derreter a sua popularidade, cujas últimas pesquisas eleitorais mostram os dois tecnicamente empatados.

Bem, feitos os devidos esclarecimentos convido você a assistir o último vídeo do TE ATUALIZEI dessa talentosa youtuber Bárbara!

Fonte:

Continuar lendo ANÁLISE POLÍTICA: POLÍTICA COM HUMOR INTELIGENTE SÓ COM BÁRBARA

AUTOCONHECIMENTO: O QUESTIONAMENTO MAIS IMPORTANTE DA VIDA DO SER HUMANO NÃO PODE PASSAR ILESO!

Uma mensagem curta, mas direta, eficaz e convincente é o nosso destaque deste sábado, aqui na coluna AUTOCONHECIMENTO. O texto a seguir nos remete a uma REFLEXÃO muito importante: Qual o nosso propósito nesta encarnação, independentemente de acreditarmos em reencarnação ou não! Quer acreditemos ou não nos ciclos cármicos, isso pouco importa. O que importa é que estamos abrindo novos caminhos sem saber para onde, exatamente, estamos nos movendo! Então, para onde estamos indo? Leia o texto a seguir, reflita e faça seu juízo de valor!

 

Há escolhas a fazer e direções a escolher

Mensagem de 17 de Fevereiro de 2021

Muitos podem se perguntar em um momento ou outro por que eles encarnaram aqui neste momento específico. Qual é o propósito? O que estamos aqui para fazer? Mais do que nunca, essas questões estão surgindo, pois não estamos mais presos aos ciclos cármicos do passado. Isso pode ser um pouco perturbador, pois significa que estamos abrindo novos caminhos e nos movendo em direções nas quais não nos movíamos antes. Aprofundar nossa conexão com nossa alma nos capacita a reexaminar a vida que estamos vivendo e a nova vida que está emergindo lentamente.

Há escolhas a fazer e direções a escolher. Ter clareza com sua alma sobre o que é mais importante e mais relevante é a chave para tomar essas decisões. Lembre-se de que você está aqui para agir e concluir certas tarefas que são únicas e essenciais para o crescimento e a cura de você mesmo e do coletivo. Não deixe que a incerteza o impeça de fazer uma escolha. Aprenda a viver a vida por meio de seu eu intuitivo e tenha em mente que você sempre pode escolher novamente.

Muito Amor,

Kate Spreckley © 2020 — Fonte: https://www.spiritpathways.co.za/
Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br: Tradução — Marco Iorio Júnior — Editor exclusivo do Trabalhadores da Luz

Fonte: Trabalhadores da Luz

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: O QUESTIONAMENTO MAIS IMPORTANTE DA VIDA DO SER HUMANO NÃO PODE PASSAR ILESO!

OPINIÃO: A ESQUERDA PODE TUDO, JUSTIFICA TUDO E FICA POR ISSO MESMO?

Caro(a) leitor(a),

É muito interessante como a esquerdopatia tem justificativa para tudo que passa pelo miolo mole dessa gente e o pior é que conseguem convencer as autoridades que avaliam e filtram o que pode e o que não pode ser livremente veiculado nas mídias em geral. Essa trupe consegue emplacar coisas como “Precisamos Matar o Presidente”, uma peça teatral que pretende incentivar o assassinato do presidente Bolsonaro. É algo surreal e bizarro. Não a ideia, não a vontade, mas a possibilidade de isso ser liberado livremente. A ideia, avontade e o pensamento existe em qualquer lugar do mundo. O que assusta e é de arrepiar é justamente essa possibilidade já citada. É incrível, mas é iminentemente real!

Grupo brasileiro vai estrear peça teatral ‘Precisamos Matar o Presidente’

Redação

Publicado em 26.02.2021

Por  

 

Reprodução

O grupo carioca Blabonga Cia Teatral, segundo o portal Diário do Rio, vai lançar a peça teatral “Precisamos matar o presidente”, do diretor e ator Davi Porto.

De acordo com o site, os organizadores do evento visam expandir um modelo de encenação virtual para apresentar ao público, a partir do dia 06 de março.

O conteúdo será transmitido online através da plataforma Doity.

Dessa vez, sob pretexto de manifestação artística e cultural, o grupo mira no atual governo, sob comando do presidente Jair Bolsonaro.

O espetáculo assim como qualquer outra arte nasce de uma necessidade. Seja ela financeira, romântica ou existencial. A pandemia acabou unindo todas essas necessidades que juntas ultrapassaram toda a relutância que existia de levar o teatro para o mundo virtual. Somada a necessidade surgiu o descaso do governo atual, que ainda transformou cada artista em inimigo do estado”, disse o diretor da obra, Davi Porto, ao Diário do Rio.

E acrescentou:

Eu acredito que na vida política tem muito aquela coisa de você repudiar as pessoas, de você discordar das pessoas. Isto é uma ordem natural, mas de repente tudo que restou foi o ódio. Entender esse ódio, esse sentimento e a relação com a vida dos artistas foi algo que me cativou. A ideia não é matar o presidente. A ideia não é matar ninguém. A ideia é transformar essa força, esse ódio, esse sentimento motriz em algo como o teatro.”

Reação

O secretário nacional de Fomento à Cultura do governo federal, André Porciúncula, usou as redes sociais para repudiar a peça teatral. Segundo ele, esse tipo de conteúdo tem sido promovido por ausência de dinheiro público, que em gestões anteriores eram disponibilizadas sem tanto rigor fiscal.

“Eis o tipo de ‘peça’ que uma elite militante doentia (agora desesperada com a perda do dinheiro público) promoveu na cultura nas últimas décadas. O resgate cultural será lento e trabalhoso, mas devolveremos a cultura a sanidade dos valores do homem comum”, declarou.

Lei de Segurança Nacional 

A exposição da peça teatral ‘Precisamos Matar o Presidente’ deve reacender um debate ainda mais aprofundado sobre Lei de Segurança Nacional (LSN).

Recentemente, o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), usou como base a LSN para ordenar a prisão de Daniel Silveira, deputado federal, detido no dia 16 deste mês após publicar um vídeo em que tece críticas e xingamentos aos integrantes da Corte. No conteúdo divulgado em suas redes sociais, o parlamentar disse que os onze ministros do Supremo deveriam ser destituídos do cargo.

Um dos artigos citados da lei, citado por Moraes, foi o 18, que classifica como crime o ato de “tentar impedir, com emprego de violência ou grave ameaça, o livre exercício de qualquer dos Poderes da União ou dos estados”.

Conexão Política é um jornal digital inteiramente compromissado com a cobertura e análise das principais pautas sobre política nacional e internacional | contato@conexaopolitica.com.br

Continuar lendo OPINIÃO: A ESQUERDA PODE TUDO, JUSTIFICA TUDO E FICA POR ISSO MESMO?

A GOVERNADORA DO RN ANUNCIOU QUE TERÁ TOQUE DE RECOLHER, PARA CONTER O AVANÇO DO CORONAVIRUS NO ESTADO

Fátima Bezerra anuncia toque de recolher no RN das 22h às 5h

Heilysmar Lima

 – Atualizado em: 

Foto: Divulgação / Governo do RN

A governadora Fátima Bezerra anunciou nesta sexta-feira (26) que o Rio Grande do Norte terá toque de recolher das 22h às 5h. A medida mais restrita foi tomada para conter o avanço da covid-19 no estado.

Além disso, uma governadora anunciou uma suspensão das aulas tanto na rede pública quanto na rede particular. Segundo ela, a exceções ficam por conta das turmas de séries iniciais e Ensino Fundamental 1. Outras medidas reveladas por Fátima Bezerra são a proibição de missas. As igrejas só funcionam para orações individuais. Estarão suspensos também o funcionamento de parques e a realização de festas que quaisquer naturezas.

“Nosso foco são como medidas restritivas para garantir o distanciamento social, conter as aglomerações e, com isso, conter a transmissibilidade do vírus”, afirmou.

Fátima acrescentou ainda que o decreto vai apresentar uma possibilidade de multa e até de detenção para quem descumprir as medidas. De acordo com a líder do Executivo Estadual, as responsabilidades de segurança responsáveis ​​pela fiscalização.

A governadora acrescentou ainda que o que diz respeito ao funcionamento do comércio e de serviços fica a cargo das prefeituras. “Nosso decreto tem o prazo de duas semanas. Aí nós vamos avaliar conforme o quadro da pandemia”, explicou.

Outras ações e o detalhamento de todas as medidas serão anunciadas em decreto que será publicado neste sábado (27) no Diário Oficial do Estado.

Fonte-Portal da Tropical _ Notícias

Continuar lendo A GOVERNADORA DO RN ANUNCIOU QUE TERÁ TOQUE DE RECOLHER, PARA CONTER O AVANÇO DO CORONAVIRUS NO ESTADO

OS 30 LEITOS NO HOSPITAL DOS PESCADORES NAS ROCAS SERÃO EXCLUSIVOS PARA O ATENDIMENTO DE PACIENTES DA COVID-19

Por G1 RN

 

Hospital dos Pescadores, no bairro das Rocas, será exclusivo para o atendimento de pacientes com Covid-19 — Foto: Alex RégisHospital dos Pescadores, no bairro das Rocas, será exclusivo para o atendimento de pacientes com Covid-19 — Foto: Alex Régis

A prefeitura de Natal anunciou nesta sexta-feira (26) que os 30 leitos de internação clínica do Hospital dos Pescadores, localizado no bairro das Rocas, serão destinados exclusivamente para pacientes com Covid-19. A medida foi tomada devido à atual situação da pandemia na capital potiguar. Todas as quatro Unidades de Pronto-Atendimento (UPA) de Natal estão operando acima da capacidade de atendimento.

Segundo o comunicado da Secretaria Municipal de Saúde, o Hospesc passa a funcionar com porta regulada – os pacientes atendidos serão encaminhados através das UPAs de Natal. Ainda de acordo com a SMS, o perfil para internações clínicas é de pacientes com tratamento de casos leves da Covid-19.

A SMS registrou nas últimas duas semanas um aumento no número de pacientes provenientes das UPAs que precisam de internação.

UPAs continuam lotadas em Natal

“Abrimos 10 leitos de UTI no Hospital de Campanha, hoje contamos com 30 leitos de UTI na rede municipal, e agora reestruturamos o Hospesc com mais 30 leitos clínicos. Enquanto a vacinação ainda não está disponível para todos, pedimos para a população fazer a sua parte, evitando aglomerações, usando máscaras e mantendo a higienização das mãos”, disse o secretário de Saúde de Natal, George Antunes.

Continuar lendo OS 30 LEITOS NO HOSPITAL DOS PESCADORES NAS ROCAS SERÃO EXCLUSIVOS PARA O ATENDIMENTO DE PACIENTES DA COVID-19

DADOS ATUALIZADOS DO CORONAVIRUS NO RN

Por G1 RN

 

Evolução dos casos confirmados e mortes por coronavírus no RN
Dados divulgados pela Secretaria Estadual de Saúde através de comunicados e boletins epidemiológicos

O Rio Grande do Norte ultrapassou a marca de 165 mil casos confirmados de Covid-19 desde o início da pandemia – 165.050 no total. São 3.562 mortes registradas no estado. Os dados estão no boletim epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) desta sexta-feira (26).

Outros 718 óbitos seguem sob investigação no estado.

Na comparação com o boletim de quinta-feira (25)são 1.535 novos casos notificados e nove mortes a mais – sendo quatro ocorridas nas últimas 24 horas em Natal (1), Caicó (1), Mossoró (1) e Senador Georgino Avelino (1).

O número de pessoas internadas por causa da Covid-19 no RN continua subindo e chegou a 761 – 20 a mais em relação ao dia anterior -, sendo 477 na rede pública e 284 na rede privada. A taxa de ocupação dos leitos críticos (semi-intensivo e UTIs) é de 82,2% na rede pública e segue em 100% na rede privada.

O RN tem ainda 85.883 casos suspeitos da doença e outros 361.297 descartados. O número de confirmados recuperados chegou a 123.331, e o de inconclusivos, tratados como “Síndrome Gripal não especificada”, segue em 65.815.

A Sesap informa ainda que 419.23 testes de Covid-19 foram realizados em todo o estado, sendo 224.645 RT-PCR (conhecidos também como Swab) e 194.18 sorológicos.

Números do coronavírus no RN

  • 165.050 casos confirmados
  • 3.562 mortes
  • 85.883 casos suspeitos
  • 361.297 casos descartados
  • 123.331 confirmados recuperado

Fonte: G1 RN

Continuar lendo DADOS ATUALIZADOS DO CORONAVIRUS NO RN

PRESIDENTE DA CÂMARA NÃO CONSEGUIU UM ACORDO PARA VOTAR A PEC DA IMUNIDADE PARLAMENTAR

Sem acordo, Câmara desiste de votar PEC da Imunidade Parlamentar nesta sexta

Proposta será discutida por comissão especial antes de voltar ao Plenário para análise dos 513 deputados

Noeli Menezes, da CNN, em Brasília

 Atualizado 26 de fevereiro de 2021 às 17:31

Sem acordo, Câmara desiste de votar PEC da imunidade

Após três dias de intensas negociações, o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-PI), não conseguiu construir um acordo para votar nesta sexta-feira (26) a PEC (proposta de emenda à Constituição) da Imunidade, que modifica o artigo 53 da Constituição para restringir os casos em que parlamentares podem ser processados e presos.

“Qualquer acordo vai prejudicar o texto. Fico triste que a PEC seja adjetivada de PEC da impunidade. Essa Casa não consegue um acordo sobre um artigo”, declarou o deputado.

Ele determinou a criação de uma comissão especial, “com membros indicados por líderes até segunda-feira (1)”. “Se ainda assim a Casa se negar a votar, lamento profundamente”, disse.

O maior impasse se deu em torno do caput do artigo 53. O texto da relatora, Margarete Coelho (PP-PI), afirmava que “os deputados e senadores são invioláveis civil e penalmente por quaisquer de suas opiniões, palavras e votos, cabendo, exclusivamente, a responsabilização ético-disciplinar por procedimento incompatível com o decoro parlamentar”.

Para os petistas, o termo “exclusivamente” restringe ações contra parlamentares ao Conselho de Ética da Casa, excluindo a possibilidade de judicialização.

Mas o PSL, partido de Daniel Silveira (RJ), preso por defender o AI-5 e fazer ameaças a ministros do Supremo Tribunal federal (STF), e de outros deputados investigados em inquérito sobre atos antidemocráticos, defende que a expressão seja mantida.

Lira, que interrompeu uma viagem que fazia a São Paulo e voltou a Brasília nesta sexta-feira (26) para comandar a sessão, desceu para o chão do plenário para negociar pessoalmente um acordo com lideranças antes de anunciar o encerramento da sessão.

No início da sessão, ele defendeu a PEC e negou que a matéria tenha sido proposta por ele ou pela Mesa Diretora da Câmara.

“Não tem impunidade, não tem blindagem, não tem nada. Só que a imunidade parlamentar também precisa ter limites quanto ao seu absolutismo, de voto e voz. A forma também foi combinada entre os líderes, na semana passada foi mostrado que essa Casa teria a obrigação de fechar as lacunas legislativas para que isso não acontecesse”, declarou.

Segundo, o presidente da Câmara, “a única coisa que essa Casa não aceitará são os mesmos ataques que o Supremo recebeu, de não termos o mesmo tratamento a pessoas que expressam o ódio, pensamento antidemocráticos e agressões físicas a deputados, pelo direito de voto e de voz”.

O autor da PEC, Celso Sabino (PSDB-PA), leu em plenário as ameaças que vem recebendo nas redes sociais desde que a proposta começou a ser discutida na Câmara. Algumas ameaças, de acordo com o relato do deputado, usam os mesmos termos usados por Daniel Silveira no vídeo em que ameaçou ministros do STF.

Crimes inafiançáveis

Questionada se a redação dada ao artigo 53 não tornaria ilegal a prisão de Daniel Silveira, a relatora rebateu afirmando que o deputado foi enquadrado na Lei de Segurança Nacional, “que tem os seus próprios meios de se fazer valer, senão Silveira não estaria preso”.

Margarete defendeu ainda a redação que deu ao trecho que trata de prisão de parlamentar somente em caso de flagrante de crimes inafiançáveis, outro ponto de discordância entre os deputados.

“Por que usar a expressão crimes inafiançáveis por sua própria natureza? Porque quer dizer que são os crimes definidos em lei. Se colocarmos crimes inafiançáveis na forma da lei, trazemos uma infinidade de crimes. O céu é o limite”, argumentou a relatora.

Segundo ela, “quando eu digo na forma da lei, estou dizendo que são os crimes definidos como inafiançáveis pelo legislador”.

Continuar lendo PRESIDENTE DA CÂMARA NÃO CONSEGUIU UM ACORDO PARA VOTAR A PEC DA IMUNIDADE PARLAMENTAR

GOVERNADOR QUE DESTRÓI EMPREGOS DEVE BANCAR O AUXÍLIO EMERGENCIAL, DIZ BOLSONARO EM EVENTO NO CEARÁ

Bolsonaro critica restrições e diz que governadores devem pagar auxílio

Em evento no Ceará, presidente falou sobre medidas restritivas adotadas em estados brasileiros contra pandemia

Da CNN

 Atualizado 26 de fevereiro de 2021 às 22:41

Bolsonaro critica restrições e diz que governadores devem pagar auxílio

Em evento no Ceará, nesta sexta-feira (26), o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) voltou a criticar a decisão de governadores em adotarem medidas restritivas contra a Covid-19, com o fechamento de comércios e a suspensão de circulação em determinados horários. E afirmou que “governador que destrói emprego, deve bancar o auxílio emergencial”. Oito estados brasileiros e o distrito federal passam a adotar as restrições a partir deste sábado (27). 

“O auxílio emergencial vem por mais alguns meses e, daqui pra frente, o governador que fechar o seu estado, o governador que destrói emprego, ele é que deve bancar o auxílio emergencial. Não pode continuar fazendo política e jogar para o colo do presidente da República essa responsabilidade”, disse o presidente.

As declarações do presidente da República ocorrem em meio ao temor de um colapso no sistema público de saúde em diversos estados.

“O povo não consegue mais ficar dentro de casa. O povo quer trabalhar. Esses que fecham tudo e fecham empregos estão na contramão daquilo que seu povo quer”, disse.

O presidente disse se sentir fortalecido ao visitar o nordeste. Ele afirmou ser alvo de ataques constantes, mas que não levarão à uma ação de desistência do mandato.

“Tenho certeza de quando quando deixar o governo, entregarei um Brasil, apesar da pandemia, muito melhor do que aquele que recebi em janeiro de 2019”, afirmou.

Auxílio emergencial

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quinta-feira (25) que a negociação pelo retorna do auxílio emergencial prevê o pagamento de mais quatro parcelas, agora em R$ 250 cada uma, a partir do mês de março.

“Estive hoje com o Paulo Guedes, a princípio o que deve ser feito é, a partir de março, por quatro meses, R$ 250 de auxílio emergencial. É o que está sendo disponibilizado”, afirmou o presidente, durante transmissão ao vivo nas redes sociais.

Continuar lendo GOVERNADOR QUE DESTRÓI EMPREGOS DEVE BANCAR O AUXÍLIO EMERGENCIAL, DIZ BOLSONARO EM EVENTO NO CEARÁ

ESTADOS-MEMBROS DA UE ESTÃO PRESSIONANDO O BLOCO A INSTITUIR UM “PASSAPORTE SANITÁRIO” PARA PERMITIR QUE APENAS PESSOAS VACINADAS POSSAM VIAJAR

Países da UE querem criar ‘passaporte’ para vacinados

Ideia mira incentivar o turismo no próximo verão europeu e deve usar a ‘menor quantidade possível’ de dados dos cidadãos

INTERNACIONAL

D ANSA

Estados-membros da União Europeia estão pressionando o bloco a instituir um “passaporte sanitário” para permitir que apenas pessoas vacinadas contra o novo coronavírus viagem livremente dentro de suas fronteiras.

O tema foi discutido em reunião virtual dos líderes dos 27 países da UE na quinta-feira (25), mas ainda não há consenso. “Queremos um passaporte verde em nível europeu, com o qual se possa viajar livremente para negócios ou turismo”, escreveu no Twitter o chanceler da Áustria, Sebastian Kurz.

A ideia conta com o apoio da Grécia e mira incentivar o turismo no próximo verão europeu, a partir do fim de junho. Outro defensor da medida é o polonês Donald Tusk, presidente do Partido Popular Europeu (PPE), dono da maior bancada no Europarlamento.

“Apoio plenamente o certificado de vacinação comum europeu”, escreveu Tusk no Twitter. No entanto, países como Alemanha e Bélgica consideram essa discussão prematura, já que ainda existem poucos dados sobre a capacidade de pessoas vacinadas transmitirem o vírus.

Fonte: R7
Continuar lendo ESTADOS-MEMBROS DA UE ESTÃO PRESSIONANDO O BLOCO A INSTITUIR UM “PASSAPORTE SANITÁRIO” PARA PERMITIR QUE APENAS PESSOAS VACINADAS POSSAM VIAJAR

DIANTE DE UM VIRUS QUE TEM MUITA ENERGIA QUALQUER RELAXAMENTO É PERIGOSO, DIZ DIRETOR EXECUTIVO DA OMS SOBRE PANDEMIA NO BRASIL

Pandemia: Diretor da OMS admite preocupação com situação do Brasil

“A situação do Brasil mostra que isso não acabou para ninguém”, disse Mike Ryan nesta sexta-feira (26)

INTERNACIONAL

Do R7, com informações da EFE

"A situação do Brasil mostra que isso não acabou", disse Mike Ryan

SALVATORE DI NOLFI/EFE

O diretor-executivo de emergências da OMS (Organização Mundial da Saúde), Mike Ryan, admitiu preocupação com o momento do Brasil no combate ao novo coronavírus, que é o causador da covid-19.

“A situação do Brasil mostra que isso não acabou para ninguém, pois qualquer relaxamento é perigoso, diante de um vírus que ainda tem muita energia”, disse o representante da agência, em entrevista coletiva concedida nesta sexta-feira (26).

“Se as medidas sanitárias de controle não forem mantidas durante a introdução das vacinas, pagaremos um preço alto”, completou Ryan.

O Brasil tem o terceiro maior número de casos de infecção no mundo (10,4 milhões, segundo o Ministério da Saúde), mas o diretor da agência admitiu não estar claro se a magnitude do contágio tem relação com o surgimento de uma variante do novo coronavírus no país.

Mas Ryan fez um apelo pela continuação dos cuidados, com distanciamento social e uso de máscaras, que se mostraram eficazes contra todas as cepas do coronavírus. “Aumentar a capacidade do sistema de saúde é algo positivo, mas não é suficiente”, afirmou o diretor da OMS.

Fonte: R7
Continuar lendo DIANTE DE UM VIRUS QUE TEM MUITA ENERGIA QUALQUER RELAXAMENTO É PERIGOSO, DIZ DIRETOR EXECUTIVO DA OMS SOBRE PANDEMIA NO BRASIL

PODCAST:EM UM PAÍS QUE TEVE RECORDE DE MORTES POR COVID-19, VOTAR A PEC QUE MUDA IMUNIDADE PARLAMENTAR NÃO DEVERIA SER PRIORIDADE

Parlamentares são imbatíveis quando querem legislar em causa própria’

Andréia Sadi comenta a tentativa de votar a PEC que muda regras da imunidade parlamentar, proposta que pode dificultar a prisão em alguns casos e que deve ser votada nesta sexta-feira. ‘Não deveria ser prioridade em um país que teve recorde de mortes por causa da Covid-19’.

SEXTA, 26/02/2021, 08:15

Conversa de Política – Andréia Sadi

Andréia Sadi sobre gravidez: 'Estava pensando em ter filhos lá para 2023' | Fabia Oliveira | iG

FONTE: CBN

Continuar lendo PODCAST:EM UM PAÍS QUE TEVE RECORDE DE MORTES POR COVID-19, VOTAR A PEC QUE MUDA IMUNIDADE PARLAMENTAR NÃO DEVERIA SER PRIORIDADE

POLÍTICA: A PEÇA “PRECISAMOS MATAR O PRESIDENTE” É LIBERDADE DE EXPRESSÃO OU AMEAÇA À INTEGRIDADE FÍSICA DO PRESIDENTE DA REPÚBLICA?

Aberração: Grupo teatral carioca estreia, em março, peça “Precisamos matar o presidente”

FotomontagemFotomontagem

André Porciúncula, Secretário Nacional de Fomento à Cultura do Governo Federal, usou as redes sociais para denunciar uma peça teatral que mais parece um convite para matar o presidente Jair Bolsonaro.

A peça que alguns chamam de “liberdade de expressão e trabalho artístico” poderia ser enquadrada como grave ameaça à integridade física do presidente da República.

“Eis o tipo de “peça” que uma elite militante doentia (agora, desesperada com a perda do dinheiro público) promoveu na cultura, nas últimas décadas. O resgate cultural será lento e trabalhoso, mas devolveremos à cultura a sanidade dos valores do homem comum”, disparou o secretário.

O “espetáculo” é de um tal grupo carioca chamado “Blabonga Cia Teatral” e disseram que vão explorar as “possibilidades” de encenação virtual para apresentar ao público, a partir do dia 06/03, pela plataforma Doity, a peça “Precisamos matar o presidente”, do diretor e ator Davi Porto.

Porto, em entrevista a um jornal do Rio de Janeiro, tentou justificar o surgimento da “brilhante” ideia:

“O espetáculo, assim como qualquer outra arte, nasce de uma necessidade… A pandemia acabou unindo todas essas necessidades… Somada à necessidade, surgiu o descaso do governo atual, que ainda transformou cada artista em inimigo do estado. Eu acredito que na vida política tem muito aquela coisa de você repudiar as pessoas, de você discordar das pessoas. Isto é uma ordem natural, mas de repente tudo que restou foi o ódio. Entender esse ódio, esse sentimento e a relação com a vida dos artistas foi algo que me cativou. A ideia não é matar o presidente. A ideia não é matar ninguém. A ideia é transformar essa força, esse ódio, esse sentimento motriz em algo como o teatro”, divaga Porto.

Apesar de tentar despistar, o fato é que a peça estimula, sim, agressões contra o presidente Jair Bolsonaro e a família dele.

Meu Deus, aonde vamos parar?

Fonte: Jornal da Cidade Online

Continuar lendo POLÍTICA: A PEÇA “PRECISAMOS MATAR O PRESIDENTE” É LIBERDADE DE EXPRESSÃO OU AMEAÇA À INTEGRIDADE FÍSICA DO PRESIDENTE DA REPÚBLICA?

BOAS NOTÍCIAS: ALUNO DE ARQUITETURA DA USP DESENVOLVE UNIDADE DE VACINAÇÃO VOLANTE A PARTIR DE ÔNIBUS USADO

Um jovem do 5º ano de Arquitetura da FAU da USP idealizou e montou o primeiro ônibus usado, adaptado para combate à Covid-19. O ônibus é equipado por um sistema de câmaras de refrigeração médica de 2 a 8 graus (ºC) certificado para conservação de vacinas como CoronaVac e AstraZeneca/Oxford e tem capacidade para armazenar até 6 mil doses simultaneamente. Leia o artigo completo a seguir e conheça os detalhes deste brilhante projeto.

Aluno transforma ônibus usado em clínica móvel para vacinar contra covid

O primeiro ônibus usado, adaptado para combate à Covid-19, está nas ruas de São Paulo fazendo um trabalho importante. Ele virou uma clínica móvel para ajudar mais de 4 mil pacientes por mês, que não podem ou não querem ir aos postos de saúde, por medo de contaminação, ou aglomeração.

A primeira unidade da plataforma O-SI foi idealizada por Andre Zanolla (foto abaixo), estudante da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU) da USP – daqueles jovens que pensam fora da casinha e dão orgulho pra gente!

O projeto foi feito em parceria com a Escola Paulista de Medicina da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) e a clínica móvel está completando dois meses de trabalho.

Os profissionais que atuam no ônibus fazem vacinação, testagem de pacientes e atendimentos de baixa complexidade, como diagnóstico, medicação intravenosa e exame de sangue.

O O-SI é equipado por um sistema de câmaras de refrigeração médica de 2 a 8 graus (ºC) certificado para conservação de vacinas como CoronaVac e AstraZeneca/Oxford. Ele tem capacidade para armazenar até 6 mil doses simultaneamente.

O veículo tem estrutura para a testagem de pacientes para o coronavírus, como RT-PCR, testes rápidos de antígeno e testagem sorológica IgG e IgM.

Para melhorar a acessibilidade dos espaços, o projeto conta com a adaptação dos espaços, como com corrimãos, piso podo-tátil (marcações no chão para deficientes visuais) e linguagem visual objetiva e com contraste de cores. Isso permite que sejam atendidos pacientes como Pessoas com Deficiências (PCDs), idosos e pessoas com baixa visão.

Segurança

Para reduzir as chances de contágio, as unidades possuem um sistema de insuflamento de ar com filtragem que reduz de maneira eficiente odores, fumaça e carga microbiológica no ambiente. Isso faz com que sejam capazes de inativar 98% da carga viral de Sars-Cov-2 (coronavírus) presente no ar em pouco mais de três horas. Há também um sistema de recirculação de ar com filtragem que elimina até 99% dos vírus e 99,99% das bactérias.

Uma vez ao dia, entre turnos de atendimento, as unidades são sanitizadas com tecnologia que produz nanopartículas que aderem a superfícies. De acordo com os criadores do projeto, essa técnica previne o risco de contaminação cruzada entre pacientes e profissionais da saúde, tornando o ambiente biosseguro.

As paredes da clínica móvel possuem também um material que garante baixa porosidade, diminuindo o acúmulo de partículas sólidas e que facilita os processos de higienização da unidade. Além disso, as divisórias hospitalares possuem fibras com efeito antimicrobiano, que impede o crescimento de populações de bactérias e fungos na superfície.

Parceria

O O-SI foi Financiado por empresas e instituições de diversos segmentos, como escritório de arquitetura, indústrias químicas e farmacêuticas e do setor de saúde,

O ônibus tem atuado apenas com o setor privado, levando atendimentos de saúde a funcionários de empresas contratantes da região metropolitana de São Paulo.

O-SI teve consultoria médica prestada por docentes da Escola Paulista de Medicina da Unifesp. O responsável pela criação e revisão dos protocolos de segurança é o médico Sun Rei Lin, professor e coordenador do Pronto-Socorro de Cirurgia do Hospital São Paulo.

Como

A clínica móvel é feita a partir de adaptações na estrutura de ônibus que saíram de circulação do transporte público.

Na maioria das cidades, podem circular apenas veículos de até 10 anos. Conforme observado por Zanolla, boa parte da frota aposentada torna-se sucata devido à baixa demanda, sendo que muitos são destinados a desmanches.

“A ideia da plataforma é reaproveitar essa infraestrutura preexistente e torná-la um equipamento de saúde complementar de longa duração”, explica.

O custo de cada unidade equipada é em torno de R$ 200 mil, excluindo-se impostos e equipamentos hospitalares.

Prêmio

A plataforma O-SI recebeu o primeiro prêmio no A’Design Awards, categoria War on Virus , que buscava identificar as melhores iniciativas de combate à covid-19 em escala mundial.

Além disso, recebeu em 2020 menção honrosa no 58o. Prêmio Anual do IAB-RJ (Instituto de Arquitetos do Brasil) na categoria Reúso e Transformação de Estruturas.

Novas unidades

Outros dez veículos já estão em processo de adaptação para se tornarem uma clínica móvel.

Segundo Andre Zanolla, que está no quinto ano da FAU, a idéia é que o O-SI ofereça os serviços da plataforma também ao Sistema Único de Saúde (SUS).

Alguns municípios e Estados das regiões Norte e Sudeste, ainda mantidos em sigilo, mostraram interesse no projeto e estão em fase de negociações para que seja disponibilizado no sistema público.

Depois da Covid-19

Apesar de existir uma preocupação em especial com a covid-19, Andre vê o O-SI como um “projeto-legado”, ou seja, uma estrutura permanente de longo prazo.

Para os idealizadores, o projeto pode se tornar uma ferramenta para atendimento médico descentralizado capaz de reduzir as filas de espera para consultas e exames, principalmente para a população mais vulnerável.

“Além das vacinas para combate à covid-19, podemos armazenar, distribuir e aplicar outros diversos tipos de vacinas do calendário de imunização nacional”, concluiu.

Ônibus transformado em clínica móvel - Foto: Projeto O-SI / divulgação
Ônibus transformado em clínica móvel – Foto: Projeto O-SI / divulgação
Foto: Projeto O-SI / divulgação
Foto: Projeto O-SI / divulgação
Foto: Projeto O-SI / divulgação
Foto: Projeto O-SI / divulgação
Foto: Projeto O-SI / divulgação
Foto: Projeto O-SI / divulgação
Andre Zanolla, aluno idealizador do O-SI - Foto: Divulgação / A´Design Award
Andre Zanolla, aluno idealizador do O-SI – Foto: Divulgação / A´Design Award

Com informações do JornalDaUsp

Fonte: Só Notícia Boa

Continuar lendo BOAS NOTÍCIAS: ALUNO DE ARQUITETURA DA USP DESENVOLVE UNIDADE DE VACINAÇÃO VOLANTE A PARTIR DE ÔNIBUS USADO

MUSICAL: “O SOL” EM SÓ MPB COVER, POR CARLOS & WELIKA

Nesta sexta-feira vamos de Jota Quest, aqui na coluna MUSICAL, continuando com a série SÓ MPB COVER, com a dupla Carlos & Welika, que interpretam “O Sol”, composição de Fabricio Duarte Gambogi / Gisele Rebollo de Santi, grande sucesso do Jota Quest. Então, bora curtir?

Continuar lendo MUSICAL: “O SOL” EM SÓ MPB COVER, POR CARLOS & WELIKA

AUTOCONHECIMENTO: ZONA DE CONFORTO, COMO SAIR DELA – PARTE 6, POR WAGNER BRAGA

No último vídeo da série ZONA DE CONFORTO, COMO SAIR DELA? Vamos falar sobre como ela age no desempenho profissional, o que fazer para não cair nessa velha armadilha, ser mais proativo no trabalho, o que pode nos causar mais reconhecimento e crescimento pessoal e como alcançar a sua melhor performance. Então, assista ao vídeo completo e se gostar divulgue para os seus amigos e os ajude a serem profissionais de alta performance!

Fonte:

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: ZONA DE CONFORTO, COMO SAIR DELA – PARTE 6, POR WAGNER BRAGA

REFLEXÃO: ENQUANTO HÁ VIDA HÁ A CHANCE DE O AMOR FLORECER

Uma felicidade muito grande encontrar o texto maravilhoso que tenho o enorme prazer de publicar, aqui na coluna REFLEXÃO, nesta sexta-feira, pois fazia muito tempo que não encontrava um texto que me tocasse tanto quanto este. Uma lição de vida fabulosa o valor e a força da GRATIDÃO. O texto não menciona a palavra gratidão nenhuma vez, mas está intrinsecamente implícito o sentimento de gratidão da personagem dessa bela história. Portanto, não deixe de ler, você vai se emocionar, assim como eu!

Onde o Amor Floresce [Doc] | 4K - YouTube

Onde o amor floresce

Existem vidas que transmitem grandes lições. Quase sempre são criaturas que não são famosas, nem por serem artistas, políticos, ou terem realizado feitos que alteraram o destino da humanidade.

São pessoas que vivem o dia-a-dia, junto a outras tantas. Geralmente poucos lhes lembram os nomes.

Recentemente, num documentário televisivo a respeito do holocausto, ouvimos a história de uma jovem polonesa e seu drama, durante a segunda grande guerra.

Quando Hitler invadiu a Polônia e iniciou a perseguição aos judeus, sua família viveu alguns meses, escondida em um porão.

Descobertos, contudo, foram separados e ela nunca mais viu seus pais ou teve notícias de seus irmãos.

No campo de concentração, onde foi colocada, ela padeceu os maiores horrores. A comida era pouca, o tratamento rude. As companheiras enlouqueciam. Ou eram mortas. Ou se matavam.

A essa altura, o repórter perguntou à entrevistada se ela nunca pensara em se matar.

“Sim,” disse ela. “Mais de uma vez. Quando o frio era muito grande, a fome parecia me devorar e eu não via perspectiva de salvação. Mas, nesses momentos, lembrava de meu pai.”

Logo que fomos para o porão nos ocultar dos nazistas, ele me disse um dia: ‘filha, aconteça o que acontecer, nunca fuja da vida. Resista até o fim.

E me fez prometer que jamais eu desistiria de viver.

Quando os aliados foram vitoriosos, a jovem, e mais 4000 mulheres foram obrigadas a uma marcha forçada pelos alemães, em fuga das tropas aliadas.

Finalmente, um número muito pequeno delas, que não haviam morrido no longo trajeto, foram abandonadas num campo de concentração e encontradas, mais tarde, pelos americanos.

Aquelas mulheres estavam desnutridas. Algumas sequer podiam se erguer, tal o estado de fraqueza.

Ela mesma, confessa, tinha dificuldades para andar, pesava 30 e poucos quilos somente. E não tomava banho há 3 anos. O seu tempo de aprisionamento.

Então um oficial americano, muito bonito se aproximou dela e a tomou nos braços, carregando-a até um caminhão.

Durante o trajeto ele foi lhe dizendo que ficasse calma, que tudo daria certo, que ela receberia o socorro necessário.

Cinquenta e oito anos depois, frente às câmeras de televisão, ela e o marido mostravam a alegria de sua união.

Bom, o marido não era outro senão o jovem oficial americano que a encontrou magra, suja, desnutrida e a carregou nos braços, naquele dia distante.

Ela não somente teve a sua vida salva naquele momento, sendo resgatada de uma situação de penúria, como encontrou o seu grande amor.

Um amor que atravessou meio século e continua tão forte e especial como nos dias do início namoro.

Um amor que foi concebido ao final de uma hecatombe, e em que o primeiro encontro foi num ambiente de dor, miséria moral e intenso sofrimento.

Ele era o jovem robusto, vigoroso. Ela, uma esquálida jovem, pouco mais que adolescente, sofrida e quase sem esperanças.

Deus tem mesmo inimagináveis caminhos para encontros e reencontros de almas que se desejam unir pelo amor.

***

Se os dias lhe parecem demasiado pesados, com sua carga de problemas, não desista de lutar.

Se você está a ponto de abandonar tudo, espere um pouco. Aguarde o amanhecer, espere o dia passar e deixe o sol retornar outra vez.

Quando você menos espera, o socorro chega, a situação se modifica, a problemática alcança uma solução.

Não se esqueça: o amor de Deus nunca falha! Aguarde.

Equipe de Redação do Momento Espírita, com base em documentário televisivo

Fonte: Momento de Reflexão

Continuar lendo REFLEXÃO: ENQUANTO HÁ VIDA HÁ A CHANCE DE O AMOR FLORECER

POESIA: ELEGIA 1938, POR CAETANO VELOSO EM TODA POESIA

Nesta sexta-feira voltamos a apresentar a série TODA POESIA, aqui na coluna POESIA, com o ícone da MPB Caetano Veloso recitando magistralmente o poema “Elegia 1938” do imortal Carlos Drumond de Andrade. Por isso, convido você a assistir a mais esse show desse espetacular artista brasileiro!

Fonte:

Continuar lendo POESIA: ELEGIA 1938, POR CAETANO VELOSO EM TODA POESIA

CIÊNCIAS: A COQUELUXE DO MOMENTO NO COMBATE AO CORONAVÍRUS SE CHAMA ÓXIDO NÍTRICO

Na coluna DESENVOLVIMENTO PESSOAL desta quarta-feira, 24/02, publicamos um artigo sobre o Óxido Nítrico, um gás existente na natureza, mas também no nosso corpo. Infelizmente, logo aos 30 anos de idade nosso organismo começa a diminuir sensivelmente a produção desse gás extremamente importante para a manutenção da nossa saúde e bem estar. A ciência descobriu agora que esse composto é extremamente eficaz no combate ao COVID-19. Éo que você vai saber ao ler o artigo a seguir!

O aumento dos níveis de óxido nítrico natural nos pulmões é um possível tratamento para COVID-19, conclui o estudo

Os pesquisadores descobriram que uma forma eficaz de tratar o coronavírus por trás da epidemia de SARS de 2003 também atua no vírus que está no centro da pandemia de COVID-19 em andamento.

A substância em questão é o óxido nítrico, um composto com propriedades antivirais que é produzido naturalmente pelo próprio corpo.

“Até onde sabemos, o óxido nítrico é a única substância que demonstrou ter um efeito direto sobre o SARS-CoV-2 [o vírus por trás da atual pandemia]”, disse Åke Lundkvist, professor da Universidade de Uppsala, que liderou o estudo, publicado em Redox Biology.

Embora as vacinas existam para ajudar a evitar que as pessoas adoeçam, ainda não existe uma cura eficaz para as pessoas que contraem COVID-19.

A ênfase principal nos tratamentos testados tem sido o alívio dos sintomas. Isso pode encurtar as internações hospitalares e reduzir a mortalidade. Até o momento, entretanto, não foi possível provar que algum desses tratamentos afetou o vírus real por trás da infecção.

O óxido nítrico é um composto produzido no corpo. Suas funções incluem atuar como um hormônio no controle de vários órgãos. Ele regula, por exemplo, a tensão nos vasos sanguíneos e o fluxo sanguíneo entre e dentro dos órgãos. Na insuficiência pulmonar aguda, o óxido nítrico pode ser administrado como gás inalado, em baixas concentrações, para aumentar o nível de saturação de oxigênio no sangue.

Durante a epidemia de coronavírus SARS (síndrome respiratória aguda grave) de 2003, esta terapia foi testada com sucesso. Uma das principais razões para os resultados bem-sucedidos foi que a inflamação nos pulmões dos pacientes diminuiu. Essa propriedade do óxido nítrico – a proteção que ele oferece contra infecções, por ser antibacteriana e antiviral – é exatamente o que agora interessa aos pesquisadores.

Seu estudo se baseia em uma descoberta sobre o coronavírus que causou a primeira epidemia de SARS. Em 2003, o óxido nítrico liberado da S-Nitroso-N-acetilpenicilamina (SNAP) provou ter um efeito antiviral distinto.

Os pesquisadores da Universidade de Uppsala e do Instituto Karolinska investigaram agora como o novo coronavírus envolvido na pandemia atual, SARS CoV-2, reage ao composto. E o SNAP também demonstrou um claro efeito antiviral neste vírus – e um efeito que ficou mais forte à medida que a dose foi aumentada.

“A dosagem e o momento do início do tratamento provavelmente desempenham um papel importante no resultado e agora precisam ser explorados o mais rápido possível”, diz Åke Lundkvist.

O grupo de pesquisa agora planeja prosseguir investigando os efeitos antivirais do óxido nítrico emitido na forma de gás. Para isso, eles construirão um modelo em laboratório para simular com segurança uma forma concebível de terapia para os pacientes.

Fonte: Uppsala University

Fonte: Good News Network

Continuar lendo CIÊNCIAS: A COQUELUXE DO MOMENTO NO COMBATE AO CORONAVÍRUS SE CHAMA ÓXIDO NÍTRICO

PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 26 DE FEVEREIRO DE 2021 POR G1

Por G1

 

Brasil bate recorde de mortes diárias por Covid: 1.582 registradas em 24 horas. O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, diz que transferência é opção para UTIs lotadas, mas conselho de secretários alerta que ‘todo mundo está no limite’. Alta nos óbitos e explosão de casos: avanço da doença deixa estados em situação crítica. O Flamengo é campeão brasileiro outra vez. O presidente Jair Bolsonaro fala em pagar quatro parcelas de R$ 250 de auxílio emergencial. Prazo vence, e Fundação Renova não entrega casas para vítimas da tragédia de Mariana. E os Estados Unidos atacam estrutura usada por milícias apoiadas pelo Irã na Síria.

Caos na Saúde

Brasil registra o maior número de mortes por Covid desde o início da pandemia
Brasil registra o maior número de mortes por Covid desde o início da pandemia

Estados brasileiros estão em situação crítica na Saúde em razão do avanço da pandemia, com alta nos números de casos e de mortes provocadas pela Covid-19. Na iminência de um colapso, Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) estão lotadas ou perto de ficar sem vagas. Ao menos 13 estados enfrentam dificuldades; veja lista.

Nesta quinta, o Brasil bateu recorde de mortes registradas em 24 horas: 1.582 pessoas – é o maior número desde a chegada da pandemia ao país, em março de 2020 –, chegando ao total de 251.661 óbitos. A média móvel foi de 1.150 mortes por dia, segundo recorde seguido no índice. Em casos confirmados, desde o começo da pandemia 10.393.886 brasileiros já tiveram ou têm o novo coronavírus. Doze estados estão com alta nas mortes; veja os dados detalhados.

Em pronunciamento ao lado de representante dos conselhos de secretários de Saúde, o ministro Eduardo Pazuello apresentou estratégias do que ele chamou de “nova etapa” da pandemia. Pazuello declarou ainda que a nova variante do vírus “já faz parte do cotidiano”. O ministro disse que a remoção de pacientes entre estados é uma opção para os que enfrentam a lotação de UTI. Já o presidente do Conselho Nacional de Secretários Estaduais de Saúde (Conass), Carlos Lula, afirmou que há alta ocupação de leitos em vários estados: “Todo mundo está no seu limite”.

Vacinação no Brasil

Que vacina é essa? Covaxin
Que vacina é essa? Covaxin

Ministério da Saúde informou ter assinado um acordo para a compra de 20 milhões de doses da Covaxin, vacina contra a Covid-19 desenvolvida na Índia pela farmacêutica Bharat Biotech. O investimento foi de R$ 1,614 bilhão, de acordo com a pasta. O imunizante já está em uso na Índia, mas os testes de fase 3 ainda estão em andamento. Nenhum resultado com a eficácia geral da vacina foi divulgado. A previsão é que a farmacêutica indiana envie primeiro lote em março.

Auxílio emergencial

VÍDEO: Especialistas afirmam ser viável retomar o auxílio emergencial
VÍDEO: Especialistas afirmam ser viável retomar o auxílio emergencial

O presidente Jair Bolsonaro afirmou que o governo estuda pagar quatro parcelas de R$ 250 na nova rodada do auxílio emergencial. Segundo Bolsonaro, o benefício pode ser retomado em março. O retorno do auxílio é debatido pelo governo desde dezembro, quando foi paga a última parcela. A retomada também é defendida pelos presidentes da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), e do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG). No entanto, o formato dos novos pagamentos ainda não foi anunciado oficialmente.

“Eu estive hoje com o [ministro da Economia] Paulo Guedes. A princípio, né, o que deve ser feito? A partir de março, por quatro meses, é 250 reais de auxílio emergencial. Então é isso que está sendo disponibilizado”, afirmou Bolsonaro durante transmissão ao vivo em uma rede social.

É campeão!

Flamengo campeão do Brasileiro — Foto: REUTERS/Amanda PerobelliFlamengo campeão do Brasileiro — Foto: REUTERS/Amanda Perobelli

Flamengo é campeão brasileiro outra vez. Embora tenha perdido para o São Paulo, o time carioca levou o caneco de 2020 após o tropeço do Internacional, que em casa não conseguiu vencer o Corinthians. O Atlético-MG terminou no terceiro lugar e o São Paulo, em quarto. Clique aqui e confira a classificação final, os times classificados para Libertadores, Sul-Americana e os quatro rebaixados.

Presidente do Inep é exonerado

Alexandre Lopes — Foto: Gabriel Jabur/MECAlexandre Lopes — Foto: Gabriel Jabur/MEC

O presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Alexandre Ribeiro Pereira Lopes, foi exonerado do cargo. A exoneração foi oficializada em edição na madrugada desta sexta-feira (26) do “Diário Oficial da União” (DOU) e traz a assinatura do ministro da Casa Civil, Walter Souza Braga Netto. O substituto não foi nomeado.

O Assunto

No mesmo dia em que a Câmara manteve a prisão do deputado Daniel Silveira (PSL-RJ), o presidente da Casa, Arthur Lira (PP-AL), anunciou uma proposta que muda regras da imunidade e da prisão de parlamentares. A toque de caixa, a Câmara fez o texto andar, sem passar por nenhuma comissão. A PEC da imunidade parlamentar ficou conhecida como ‘PEC da impunidade’. Neste episódio, Natuza Nery recebe dois convidados: Conrado Hubner Mendes, professor de Direito Constitucional, e Weiller Diniz, jornalista com 35 anos de cobertura política em Brasília.

IR 2021

Termina nesta sexta-feira (26) o prazo para que os empregadores entreguem aos seus funcionários o comprovante de rendimentos do ano passado, documento necessário para a declaração do Imposto de Renda de 2021, referente ao ano-base 2020. Vale lembrar que quem estiver obrigado a declarar precisa fazer isso entre 1º de março e 30 de abril.

Tragédia de Mariana

Cerca de cem famílias serão reassentadas em Paracatu de Baixo, uma das comunidades varridas pela lama em Mariana — Foto: Romeu Geraldo Oliveira/Arquivo PessoalCerca de cem famílias serão reassentadas em Paracatu de Baixo, uma das comunidades varridas pela lama em Mariana — Foto: Romeu Geraldo Oliveira/Arquivo Pessoal

O dia 27 de fevereiro de 2021 representava a esperança de voltar para casa para os moradores que tiveram que abandonar seus lares às pressas por causa rompimento da barragem em Mariana (MG), em 2015. Mas, novamente, o prazo para entrega dos reassentamentos das comunidades de Bento Rodrigues e Paracatu de Baixo não será cumprido. Segundo o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), o descumprimento do prazo prevê “multa de R$ 1 milhão por dia de atraso, conforme decisão judicial”. O G1 também questionou a fundação sobre a previsão para conclusão das obras, mas a data não foi informada.

Estado em emergência

Doações foram levadas a afetados pela cheia dos rios no Acre — Foto: Asscom/MP-ACDoações foram levadas a afetados pela cheia dos rios no Acre — Foto: Asscom/MP-AC

Uma corrente de solidariedade se formou nos últimos dias para prestar apoio ao Acre, que enfrenta uma situação de emergência pública diante da alta no número de casos de Covid-19, do surto de dengue, da crise migratória na fronteira e da cheia dos rios. Por meio da campanha “SOS Acre”, o Ministério Público do Acre (MP-AC) conseguiu enviar, na quarta-feira (24), 56 toneladas de itens de primeira necessidade à população atingida pela enchente nas cidades de Sena Madureira e Tarauacá. Os dois municípios estão entre os mais afetadas do estado.

Maus-tratos a animais

Suipa recebe denúncias de maus-tratos aos animais — Foto: Marcos Serra Lima/G1Suipa recebe denúncias de maus-tratos aos animais — Foto: Marcos Serra Lima/G1

A Suipa (Sociedade União Internacional Protetora dos Animais ), que deveria cuidar de animais abandonados ou maltratados, se tornou alvo de duas investigações exatamente por causa de maus-tratos. O Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) e o Ministério Público do Trabalho (MPT) apuram negligência, condições precárias de instalações, e um surto de leishmaniose entre os animais do abrigo. Os salários dos funcionários estão atrasados há oito meses. Leia mais na reportagem.

Bombardeio

Os Estados Unidos lançaram ataques aéreos na Síria, visando instalações próximas à fronteira com o Iraque usadas por grupos milicianos apoiados pelo Irã. O Pentágono disse que a ação é retaliação a um ataque com foguete no Iraque no início deste mês, que matou um empreiteiro civil e feriu um membro do serviço militar dos EUA e outras tropas da coalizão.

Assassinato de jornalista

Em 19 de março, rei Salman bin Abdulaziz fala aos moradores da Arábia Saudita em um discurso televisionado sobre a pandemia de Covid-19 — Foto: Bandar Al-Jaloud / Palácio Real Saudita / AFPEm 19 de março, rei Salman bin Abdulaziz fala aos moradores da Arábia Saudita em um discurso televisionado sobre a pandemia de Covid-19 — Foto: Bandar Al-Jaloud / Palácio Real Saudita / AFP

Na iminência da publicação de um aguardado relatório de inteligência sobre o assassinato do jornalista saudita Jamal Khashoggi, o presidente americano, Joe Biden, falou por telefone com o rei Salman, da Arábia Saudita. Durante o telefonema, Biden reforçou o compromisso em “ajudar a Arábia Saudita a defender seu território dos ataques de grupos aliados ao Irã”, mas também destacou a “importância que os Estados Unidos dão aos direitos humanos e ao Estado de Direito”, informou a Casa Branca.

O relatório de inteligência americana que terá sigilo suspenso pode apontar responsabilidade de príncipe herdeiro Mohammed bin Salman na morte do jornalista Jamal Khashoggi, em 2018.

Televisão 📺

5 fatos sobre a fase final de 'Amor de Mãe'
5 fatos sobre a fase final de ‘Amor de Mãe’

A autora Manuela Dias já sabia que a barra ia ser pesada quando assumiu o comando de “Amor de Mãe”, sua primeira novela, já no disputado horário das 21h. Mas nada comparado ao que veio depois. Em março de 2020, quatro meses após a estreia, uma crise sanitária sem precedentes interrompeu a trama, que finalmente reestreia nesta segunda-feira (1º), com um resumo de duas semanas sobre o que se passou com os personagens. A partir do dia 15, vão ao ar os 24 capítulos finais inéditos.

“Imagina essa situação: era minha primeira novela, era uma novela das 21h. E aí, pandemia. Me senti numa corrida de obstáculos”, brinca.

Continuar lendo PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 26 DE FEVEREIRO DE 2021 POR G1

DADOS ATUALIZADOS DO CORONAVIRUS NO RN

Por G1 RN

 

Evolução dos casos confirmados e mortes por coronavírus no RN
Dados divulgados pela Secretaria Estadual de Saúde através de comunicados e boletins epidemiológicos

O Rio Grande do Norte chegou nesta quinta-feira (25) a 163.515 casos confirmados de Covid-19. A doença vitimou 3.553 pessoas no estado desde o início da pandemia. Os dados estão no boletim epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap). Outros 705 óbitosseguem sob investigação no estado.

Em relação ao boletim de quarta-feira (24), são 14 mortes a mais, sendo cinco ocorridas nas últimas 24 horas, em Natal (2), Macaíba (1), São Gonçalo do Amarante (1) e Doutor Severiano (1).

O número de pessoas internadas por causa da Covid-19 no RN subiu de 697 para 741, sendo 472 na rede pública e 269 na rede privada. A taxa de ocupação dos leitos críticos (semi-intensivo e UTIs) é de 83,3% na rede pública e segue em 100% na rede privada.

De acordo com a Sesap, o estado tem ainda 84.710 casos suspeitos da doença e outros 359.798 descartados. O número de confirmados recuperados se manteve em 118.035, e o de inconclusivos, tratados como “Síndrome Gripal não especificada”, segue em 65.815.

Até o momento, 417.109 testes de Covid-19 foram realizados em todo o estado, sendo 223.120 RT-PCR (conhecidos também como Swab) e 193.989 sorológicos.

Números do coronavírus no RN

  • 163.515 casos confirmados
  • 3.553 mortes
  • 84.710 casos suspeitos
  • 359.798 casos descartados
  • 118.035 confirmados recuperados

Fonte: G1 RN

Continuar lendo DADOS ATUALIZADOS DO CORONAVIRUS NO RN

EM NATAL VACINA PARA PESSOAS ACIMA DE 85 ANOS TERÁ INÍCIO SEGUNDA FEIRA (1)

Por G1 RN

 

Idosos acima de 80 anos vão poder ser vacinados — Foto: Divulgação/Prefeitura de NatalIdosos acima de 80 anos vão poder ser vacinados — Foto: Divulgação/Prefeitura de Natal

Com a chegada de mais 7.500 doses dos imunizantes de Oxford/AstraZeneca, a Prefeitura de Natal anunciou que vai começar a vacinar os idosos de 85 anos ou mais a partir da próxima segunda-feira (1). Até esta sexta-feira (26), a vacinação está sendo exclusiva para idosos acima de 90 anos.

Para receber a vacina, os idosos de 85 anos ou mais devem se dirigir a uma das estruturas de vacinação e apresentar cartão de vacina, comprovante de residência e documento original com foto.

A vacinação está acontecem em três pontos de drive-thru: no Palácio dos Esportes, no Shopping Via Direta, e no Ginásio Nélio Dias – os dois últimos contam ainda com sala de vacinação para pedestre funcionando das 8h às 16h, de segunda a quinta-feira, e na sexta-feira até às 13h.

Além disso, a vacina pode ser recebida pelo idosos em 10 salas em Unidades Básicas de Saúde (UBS):

  • Distrito Sanitário Norte I: UBS Pajuçara; UBS Nova Natal
  • Distrito Sanitário Norte II: UBS Panatis; UBS Vale Dourado
  • Distrito Sanitário Leste: UBS São João; UBS Brasília Teimosa
  • Distrito Sanitário Oeste: UBS Felipe Camarão II; UBS Nazaré
  • Distrito Sanitário Sul: UBS Candelária; UBS Rosângela Lima.

As UBS funcionam de segunda a sexta-feira, de 8h às 12h30 e de 13h30 às 16h.

“Pedimos também o apoio da população para conferir se o cartão de vacinação está sendo preenchido de forma correta, e, caso tenham alguma dúvida, devem se dirigir a um dos responsáveis nos postos de vacinação”, falou o secretário de Saúde de Natal, George Antunes.

Fonte: G1 RN
Continuar lendo EM NATAL VACINA PARA PESSOAS ACIMA DE 85 ANOS TERÁ INÍCIO SEGUNDA FEIRA (1)

O MÉDICO E DEPUTADO ALBERT DICKSON DEMONSTROU PREOCUPAÇÃO COM AS ILAÇÕES EM TORNO DO MEDICAMENTO IVERMECTINA,E DIZ QUE ACABA CONFUNDINDO A POPULÇÃO

Albert Dickson rebate ilações com estudos científicos em prol da Ivermectina

26 fev 2021

MP denuncia deputado Albert Dickson por peculato, falsificação de documento e associação criminosa – Justiça Potiguar

Na sessão ordinária desta quarta-feira (24) da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte o médico e deputado Albert Dickson (PROS) demonstrou preocupação com as ilações em torno do medicamento Ivermectina divulgadas em massa, o que, na sua opinião, acaba confundindo a população.

“As informações que trago são baseadas em estudos científicos e na minha experiência médica, que já tratou mais de 40 mil pacientes de forma precoce”, disse ao iniciar a sua fala defendendo informações sobre o uso profilático do medicamento Ivermectina na luta contra a COVID-19.

Albert Dickson fez referência aos pronunciamentos de dois médicos de Natal, divulgados ontem via entrevistas em emissora local de televisão e que revelavam que 91% das pessoas internadas nas UTIs dos hospitais do RN teriam usado Ivermectina. “Eles não apresentaram dados científicos. Vamos parar de ilações. Para se ter uma ideia, temos hoje, no mundo, 37 estudos científicos sobre Ivermectina. Sendo 19 deles randomizados –  de casos e controles –  ou seja, estão no topo da excelência dos estudos científicos”, ressaltou.

O deputado pontuou que são 265 cientistas estudando no mundo a Ivermectina. São 10.509 pacientes sendo estudados. “Desses resultados, 90% comprovam que usando Ivermectina profilaticamente a doença não chega à fase grave”, explicou. Albert Dickson explicou que é preciso entender que um paciente que está na UTI pode ter outras comorbidades que compliquem ainda mais o estado de saúde. “São fatores reais que interferem diretamente no processo do paciente”, disse.

Outro fator destacado pelo deputado é a informação que a Ivermectina causa problemas no fígado. “Mais uma inverdade. Outra pesquisa mostra que o efeito da Ivermectina em animais de laboratórios comprova que 91% da Ivermectina é metabolizado no intestino e apenas 5% vai para o fígado”, destacou. Albert Dickson disse que é preciso ter responsabilidade com as informações repassadas à população em um dos momentos mais críticos da pandemia do novo coronavírus.

“A Ivermectina faz 40 anos que está no mercado, ganhou prêmio Nobel de Medicina e nunca registrou um óbito no mundo por seu uso. É um medicamento extremamente seguro. Uma outra pesquisa publicada na Revista Agrária em biologia diz que a Ivermectina não afeta o fígado. Faz efeito contrário melhorando os níveis de esteatose hepática (é um distúrbio que se caracteriza pelo acúmulo de gordura no interior das células do fígado”, justificou.

A Ivermectina foi descoberta em 1975 e introduzida no mercado em 1981. Faz parte da lista de medicamentos essenciais da Organização Mundial de Saúde (OMS); uma lista com os medicamentos mais seguros e eficazes fundamentais num sistema de saúde.

Fonte: Politica em Foco
Continuar lendo O MÉDICO E DEPUTADO ALBERT DICKSON DEMONSTROU PREOCUPAÇÃO COM AS ILAÇÕES EM TORNO DO MEDICAMENTO IVERMECTINA,E DIZ QUE ACABA CONFUNDINDO A POPULÇÃO

Fim do conteúdo

Não há mais páginas para carregar

Fechar Menu
×

Carrinho