BOAS NOTÍCIAS: ALZHEIMER A CAMINHO DA CURA!

Na seção de Boas Notícias dessa quarta-feira uma excelente notícia e grande alenta na luta contra o Alzheimer. Veja a reportagem!

Prótese dos EUA restaura memória com sucesso em humanos

 – 

Por Só Notícia Boa

Imagem de capa para Prótese dos EUA restaura memória com sucesso em humanosFoto: Wake Forest Baptist Medical Center

Revolução na ciência. Cientistas tiveram sucesso no implante de uma prótese que ajuda a restaurar a memória de curto prazo entre 35% a 37%. É uma esperança para pacientes com Alzheimer.

O implante usa os padrões de memória da própria pessoa para facilitar a capacidade do cérebro de codificar e recordar essa memória.

O estudo-piloto dos cientistas do Wake Forest Baptist Medical Center e da Universidade do Sul da Califórnia, nos EUA, foi publicado no Journal of Neural Engineering no último dia 28.

“Esta é a primeira vez que os cientistas foram capazes de identificar o código do cérebro ou o padrão de memória do próprio paciente e, em essência, ‘escrever’ esse código para melhorar a memória existente, um importante primeiro passo para potencialmente restaurar a perda de memória”.

Palavras do principal autor do estudo, Robert Hampson, Ph.D., professor de fisiologia / farmacologia e neurologia na Wake Forest Baptist.

Alzheimer

O estudo se concentrou em melhorar a memória episódica, que é o tipo mais comum de perda de memória em pessoas com doença de Alzheimer, derrame e traumatismo craniano.

A memória episódica é uma informação nova e útil por um curto período de tempo, por exemplo, onde você estacionou seu carro em um determinado dia. Memória de referência são informações que são mantidas e usadas por um longo tempo, como o que é aprendido na escola.

Os cientistas usaram na pesquisa pacientes epiléticos do Wake Forest Baptist que faziam parte de um estudo cujo foco era encontrar as origens das convulsões no cérebro.

O estudo aproveitou os mesmos eletrodos já implantados cirurgicamente em várias partes do cérebro para realizar uma série de testes na pesquisa da prótese.

Como

Os pesquisadores usaram um sistema eletrônico de próteses baseado em um modelo matemático não-linear multiponto (MIMO) e influenciaram os padrões de disparo de múltiplos neurônios no hipocampo, uma parte do cérebro envolvida em fazer novas memórias em oito desses pacientes.

Primeiro, eles registraram os padrões neurais, ou “códigos”, enquanto os participantes do estudo estavam realizando uma tarefa de memória computadorizada.

Foram mostrada a eles uma imagem simples, como um bloco de cor. Depois a tela foi apagada e os pacientes convidados a identificar a imagem inicial que apareceu.

A equipe da USC, liderada pelos engenheiros biomédicos Theodore Berger, Ph.D., e Dong Song, Ph.D., analisaram as gravações a partir das respostas corretas e sintetizaram um código baseado em MIMO para o desempenho correto da memória.

A equipe da Wake Forest Baptist reproduziu o código para os pacientes enquanto eles realizavam a tarefa de recordação de imagens. Neste teste, o desempenho da memória episódica dos pacientes mostrou uma melhoria de 37 por cento em relação ao valor basal.

Em um segundo teste, os participantes mostraram uma imagem fotográfica altamente distinta e depois pediram para o paciente identificar a primeira foto.

Os testes de memória foram repetidos com imagens diferentes, enquanto os padrões neurais foram registrados durante o processo de teste para identificar e fornecer códigos de resposta correta.

NO passo seguinte, a equipe de Hampson mostrou aos participantes conjuntos de três fotos de cada vez, com fotos originais e novas incluídas nos cenários, e pediu que eles identificassem as fotos originais, que haviam sido vistas até 75 minutos antes.

Quando estimulados com os códigos de resposta correta, os participantes do estudo mostraram uma melhora de 35% na memória em relação aos valores basais.

Sucesso

“Nós mostramos que poderíamos explorar o conteúdo da própria memória do paciente, reforçá-lo e alimentá-lo de volta ao paciente”, disse Hampson.

“Mesmo quando a memória de uma pessoa é prejudicada, é possível identificar os padrões de disparo neural que indicam a formação correta da memória e separá-los dos padrões que estão incorretos. Podemos então alimentar os padrões corretos para ajudar o cérebro do paciente a formar novos memórias, não como um substituto para a função de memória inata, mas como um impulso para isso”.

Futuro

“Até o momento, estamos tentando determinar se podemos melhorar a habilidade de memória que as pessoas ainda têm. No futuro, esperamos poder ajudar as pessoas a guardarem memórias específicas, como onde moram ou como seus netos se parecem, quando a memória geral começa a falhar “.

O estudo é baseado em mais de 20 anos de pesquisas pré-clínicas sobre códigos de memória liderados por Sam Deadwyler, Ph.D., professor de fisiologia e farmacologia na Wake Forest Baptist, juntamente com Hampson, Berger e Song.

Antes dos novos testes, o trabalho pré-clínico aplicou o mesmo tipo de estimulação para restaurar e facilitar a memória em modelos animais usando o sistema MIMO, desenvolvido na USC.

A pesquisa foi financiada pela Agência de Projetos de Pesquisa Avançada de Defesa dos EUA (DARPA).

Fonte: ScienceDaily

Continuar lendo BOAS NOTÍCIAS: ALZHEIMER A CAMINHO DA CURA!

DESENVOLVIMENTO PESSOAL: DO QUE PRECISAMOS PARA NÃO DESISTIR? COM ANNA PATRÍCIA BOGADO

Na sessão DESENVOLVIMENTO PESSOAL desta quarta-feira mais uma mini-palestra imperdível de ANNA PATRÍCIA BOGADO sobre algo que em momento nenhum ela citou: RESILIÊNCIA. Do que precisamos para não desistir? Essa é a pergunta que ela responde nessa mini-palestra contando uma história incrível. Assista a palestra e tire sus conclusões!

FonteAnna Patrícia Chagas

Publicado

Continuar lendo DESENVOLVIMENTO PESSOAL: DO QUE PRECISAMOS PARA NÃO DESISTIR? COM ANNA PATRÍCIA BOGADO

DICA DE LIVRO: OPUS DEI – OS MITOS E A REALIDADE

Na nossa dica de livro dessa quarta-feira, uma das melhores obras de investigação jornalística que já li até hoje. O autor vai a fundo nas entranhas de uma das organizações mais misteriosas da história da humanidade. Compre o livro e boa leitura,

A Opus Dei (‘Obra de Deus’) é uma organização católica cujos membros buscam para si mesmos uma espécie de pefeição cristã e lutam para implementar os ideais cristãos em seus ambientes de trabalho e na sociedade. Fundada na Espanha em 1928 conta atualmente com 84 mil membros em 80 países. No entanto a Opus Dei vem sendo objeto de muita controvérsia e as acusações que pesam sobre a organização vão desde secretismo até desrespeito aos direitos humanos. A organização começou a chamar a atenção especialmente a partir do sucesso do livro ‘O Código Da Vinci’ no qual a Opus Dei aparece com bastante destaque.

Continuar lendo DICA DE LIVRO: OPUS DEI – OS MITOS E A REALIDADE

CRÔNICAS: RECOMEÇOS, POR ANA MADALENA

Quarta-feira é dia de CRÔNICA, aqui no Blog do Saber.  Coluna recheadas de boas e saudáveis CRÔNICAS da melhor qualidade. Ana Madalena, que dá agora uma nova contribuição com a crônica “Recomeços”. Então, vamos lá, faça uma boa leitura e tire suas conclusões!

Firmino Filho decreta ponto facultativo nesta sexta-feira em Teresina” Um livro é a prova de que os homens podem fazer magia”.

Carl Sagan 

Recomeços

Foi no início de julho de 2019, alguns dias antes do meu aniversário. Estava muito feliz e tinha planejado chegar bem cedo, mas chovia bastante e faltou energia o dia todo. Escolhi o meu apartamento pela vista, que é magnífica, mas o prédio, bem antigo, não tem gerador. Meus amigos disseram que foi uma compra por impulso, mas quando vieram para o “open house” entenderam o porquê da escolha. Meu apartamento de 35,7 metros quadrados era tudo que eu precisava para ser feliz.  E acredite, cada centímetro fez uma grande diferença no decorrer desse ano…
Sou o tipo básica, mas gosto de conforto e de beleza nas mínimas coisas. Decorei meu apartamento do jeito que sonhei. Infelizmente, pouco depois da minha mudança, a empresa onde trabalho resolveu me “promover” e eu passei a fazer viagens a cada quinze dias. O meu sonhado “lar doce lar” virou apenas um lugar para dormir. Até que…
Recordo quando meu supervisor ligou, já tarde da noite, cancelando minha viagem de março. Disse que seria por uns dias e que assim que tudo normalizasse, eu retomaria a agenda de trabalho. Desliguei eufórica, até abri um vinho para comemorar! Finalmente eu teria tempo para curtir meu cantinho!
Liguei a TV para saber da tal pandemia;  confesso que me assustei com o que ouvi. Telefonei para meus pais e irmãos e pedi para que não saissem de casa. Corri ao supermercado e fiquei impactada com as filas intermináveis; parecia que estávamos numa guerra. E era, só que invisível.
Preparei um roteiro para meus próximos dias. Não poderia ficar sem foco, sou movida à rotina. Tentei me exercitar, ter horário de leitura, de trabalho, fazer cursos online e outras tantas coisas que sempre reclamei não fazer por falta de tempo. Mas o tempo foi passando e a quarentena se prolongando… Veio a inquietação. De tudo. O mais estressante foi não saber quando isso acabaria.
Chegou julho, a Terra deu mais uma volta ao redor do sol e eu fiz aniversário sozinha. Não, minto! Comprei um hamster chinês, apesar da minha desconfiança de tudo que vem de lá. Nossas noites foram reservadas para os exercícios: eu na esteira e ele na rodinha. Tomei a resolução de cuidar de um ser vivo depois que vi todas as minhas plantinhas morrerem por descuido. Aquele planejamento de uma rotina saudável ficou no papel por meses, quando vestia pijamas e arrastava chinelos.
Agora falta pouco para esse ano ser mais um calendário jogado fora. Apesar de todos os percalços e das milhares de pessoas que perderam a vida, confesso que depois que peguei o ritmo, só tenho coisas positivas para levar comigo. Descobri que sou ótima companhia e que, apesar do caos do isolamento, fiz descobertas incríveis e aprendi novas habilidades. Também comprei uma estante de exatos 70 centímetros e já preenchi duas prateleiras dos livros que li, de longe o melhor programa cultural e à prova de aglomeração. Também escrevi um diário; quem sabe um dia eu venha a ter filhos e eles possam entender como alguém vive em meio a uma pandemia.
O ano de 2020 realmente ficará marcado na vida de todos nós. Aos amigos e familiares eu cito Oswaldo Montenegro, na música Sem mandamentos,  “hoje eu vou pedir desculpas pelo que eu não disse e até desculpo o que você falou”. Esse é o meu hino de esperança; deixemos rusgas e outros sentimentos incômodos para trás.  Vamos agradecer! Nós sobrevivemos!
Continuar lendo CRÔNICAS: RECOMEÇOS, POR ANA MADALENA

DECRETO DO GOVERNO DO RN REGULAMENTA SERVIÇO DE DISQUE-DEFESA DE COMBATE A VIOLÊNCIA CONTRA POPULAÇÃO LGBTQI

Governo do RN regulamenta serviço disque-defesa para enfrentamento à LGBTfobia

Foto: Reprodução

No Dia Internacional de Enfrentamento à LGBT fobia, esta terça-feira (17), a governadora Fátima Bezerra assinou o decreto que Regulamenta a Lei Estadual nº 8.225, de 12 de agosto de 2002, que institui o serviço de disque-defesa de combate à violência contra a população LGBTQI+ no Estado do Rio Grande do Norte.

A Lei é de autoria de Fátima Bezerra quando deputada estadual. O Decreto disciplina o objeto e o âmbito de aplicação da Lei, conceituação interna, acompanhamento e atendimento, órgão executor das ações, a Rede Estadual de Proteção e Enfrentamento à LGBTfobia, medidas de monitoramento, avaliação e divulgação. A regulamentação contribui para a ampliação dos canais de denúncias sobre violências e violações de direitos contra a população LGBTI+ no RN e fortalece a produção de dados e indicadores referentes à LGBTfobia.

“Esta Lei, que é de minha autoria como deputada estadual, regulamenta o funcionamento do serviço para proteção dos direitos da população LGBTQI+. Aqui cabe perguntar: por que esse tempo todo, 20 anos, sem regulamentação? Esta é uma pauta de defesa de direitos, de proteção. Quantos governos passaram nestes 20 anos? O que se põe por trás disso?, devemos perguntar. E tem outras leis que vamos também fazer sair do papel, com muita discussão séria e responsável”, afirmou a governadora Fátima Bezerra.

Ela confirmou que o Governo do Estado trabalha em projeto de Lei para criar o Departamento de Proteção à Pessoa com Vulnerabilidade (DPPV), que funcionará no âmbito da Polícia Civil para tratar dos crimes de intolerância. “O Rio Grande do Norte é território onde o Governo não abaixa a cabeça, inclusive para a homofobia”, pontuou a Governadora.

Continuar lendo DECRETO DO GOVERNO DO RN REGULAMENTA SERVIÇO DE DISQUE-DEFESA DE COMBATE A VIOLÊNCIA CONTRA POPULAÇÃO LGBTQI

DEVIDO O AVANÇO DA EPIDEMIA DE DENGUE NO RN MPRN PEDIU QUE GOVERNO REGULARIZE NO PRAZO DE 30 DIAS A FROTA DE CARROS FUMACÊ DO ESTADO

Com aumento de casos de dengue, MP pede que Estado regularize carros fumacê

17/05/2022 16h17

Foto: Ilustrativa

Com o recente avanço da epidemia de dengue no Rio Grande do Norte, o Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) pediu que o Governo do Estado regularize, no prazo de 30 dias, o funcionamento da frota de carros de UBV Pesada, conhecidos como carros “fumacê”. A ação está sendo recomendada pela 62ª Promotoria de Justiça de Natal à Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap).

Um levantamento recente, confirmado pela Sesap, mostrou que, dos 15 carros fumacê que existem no estado, apenas quatro estão em funcionamento. Durante a tramitação de inquérito civil, o MPRN constatou que os veículos estão aguardando reparos em um momento de agravamento do cenário epidemiológico das arboviroses (dengue, zika e chikungunya) em todo o RN. A situação, conforme ressaltou o MPRN, tem impactado os serviços públicos de saúde, com a geração de filas de atendimento nas unidades de saúde e hospitalares, tendo em vista o progressivo índice de adoecimento da população.

A coordenadora de vigilância em saúde da Sesap, Kelly Lima, explicpu a demora em conseguir as peças para o reparo dos veículos. “Já vínhamos com o trâmite do processo licitatório, desde o ano passado. Justamente por existir apenas uma empresa para todo o país, que fornecem essas peças específicas para pulverização do inseticida, só conseguimos concluir no início da semana passada esse processo”, afirma a coordenadora.

Para emitir a recomendação, o MPRN levou em consideração o aumento de casos de arboviroses. De acordo com o boletim epidemiológico da semana 14 (término em 9 de abril), foram notificados no Estado 4.784 casos de dengue; 1.719 casos de chikungunya e 368 casos de zika. O boletim também revelou que a maioria dos municípios potiguares se encontra em situação de alerta ou em situação de risco, com risco iminente de surto das arboviroses em todo o RN.

O mesmo boletim ainda apontou que Natal, Macaíba, Guamaré, Pedro Avelino, Brejinho, Santo Antônio, Várzea, Montanhas, Serrinha, Lagoa D’Anta, Passa e Fica, Jardim do Seridó, Parelhas ainda fazem uso de operações de UBV para controle de Aedes aegypti, sendo esta uma medida importante para a prevenção e contenção das arboviroses.

Apenas em Natal, entre os meses de março e abril de 2022, houve um aumento vertiginoso na notificação de casos prováveis das três arboviroses: em março foram notificados 630 casos; em abril, 2.318 casos prováveis.

Prazo

Para atender à recomendação, o Estado terá que concluir um processo de licitação que está em curso para a aquisição de peças visando ao conserto de veículos da frota de carros UBV pesada ou adotar quaisquer outras medidas pertinentes que coloquem toda a frota em circulação.

No mesmo prazo de 30 dias, a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sesap) deverá informar ao MPRN as providências tomadas para cumprir a recomendação, encaminhando a devida documentação comprobatória. Caso contrário, deve apresentar as razões que impedem o atendimento à recomendação, sob pena de serem adotadas as medidas judiciais cabíveis.

Segundo Kelly Lima, a expectativa da Sesap é que, até quarta-feira da próxima semana (25), as peças para conserto das máquinas de pulverização estejam em transporte. Ainda de acordo com a coordenadora de vigilância, pelo menos nove carros estarão rodando em todo o estado até o fim dessa semana e 15 até o fim do mês.

Fonte: Blog do BG

Continuar lendo DEVIDO O AVANÇO DA EPIDEMIA DE DENGUE NO RN MPRN PEDIU QUE GOVERNO REGULARIZE NO PRAZO DE 30 DIAS A FROTA DE CARROS FUMACÊ DO ESTADO

SEGUNDO SOCIEDADE DE CARDIOLOGIA, MAIS DE 38 MILHÕES DE PESSOAS NO BRASIL QUE SOFREM DE HIPERTENSÃO ARTERIAL DESCONHECEM O DIAGNÓSTICO DA DOENÇA

Um terço das pessoas desconhece diagnóstico de hipertensão, diz entidade

Cardiologista Roberto Kalil, presidente do Incor e apresentador do CNN Sinais Vitais, abordou os principais riscos da pressão alta em entrevista à CNN

Lucas RochaElis Franco

da CNN

em São Paulo

A hipertensão arterial, também chamada de “pressão alta“, atinge mais de 38 milhões de pessoas no Brasil, de acordo com o Ministério da Saúde. No entanto, um terço dos brasileiros que vivem com a doença desconhecem o diagnóstico, de acordo com a Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo (Socesp).

A condição é um dos principais fatores de risco para o desenvolvimento de outros problemas de saúde, como doenças cardiovasculares e renais. Nesta terça-feira (17), Dia Mundial da Hipertensão, o médico cardiologista Roberto Kalil, presidente do Incor e apresentador do CNN Sinais Vitais, abordou os principais riscos da pressão alta em entrevista à CNN.

“A hipertensão arterial é um mal silencioso – 30% da população do mundo têm hipertensão, muitos não sabem. Acima de 60 anos de idade, 50% da população brasileira se torna hipertensa”, diz Kalil.

Dentre as principais causas da pressão arterial alta estão a obesidade, histórico familiar, o hábito de fumar, o consumo excessivo de bebidas alcoólicas, estresse, consumo exagerado de sal, níveis altos de colesterol e falta de atividade física.

“Pouca gente controla a hipertensão: 50% se tratam com exercício, medicação e acompanhamento médico, mas só 20% tem o controle ideal da pressão. A hipertensão arterial agride o coração, o cérebro, os rins e é um mal silencioso, que acomete tanto o homem quanto a mulher”, alerta o cardiologista.

Como identificar os sinais da hipertensão

Indivíduos considerados hipertensos apresentam pressão igual ou maior que 14 por 9. Dentre os sintomas mais comuns estão tontura, falta de ar, palpitações, dor de cabeça frequente e alteração na visão.

No entanto, a hipertensão geralmente é silenciosa o que indica a necessidade de realizar a aferição periodicamente. Pessoas acima de 20 anos devem realizar o procedimento ao menos uma vez ao ano. No caso de histórico na família, deve-se medir no mínimo duas vezes nesse período. A aferição permite o diagnóstico oportuno da doença em consultas médicas de rotina.

“Às vezes, pode se manifestar com dor na nuca, falta de ar, sensação estranha na cabeça, mas pode ser silencioso, como a grande maioria dos casos”, diz Kalil.

Conheça cinco estratégias para reduzir os riscos da hipertensão

Continuar lendo SEGUNDO SOCIEDADE DE CARDIOLOGIA, MAIS DE 38 MILHÕES DE PESSOAS NO BRASIL QUE SOFREM DE HIPERTENSÃO ARTERIAL DESCONHECEM O DIAGNÓSTICO DA DOENÇA

FIM DAS MEDIDAS RESTRITIVAS AJUDARAM A DOBRAR A EMISSÃO DE PASSAPORTES NO BRASIL

Emissões de passaporte mais que dobram no Brasil no 1º trimestre

Fim das medidas restritivas e arrefecimento da Covid-19 ajudam a explicar procura maior pelo documento de viagem

ECONOMIA

 Alexandre Garcia, do R7

Brasil emitiu mais de 500 mil passaportes no primeiro trimestre de 2022

AGÊNCIA BRASIL/ARQUIVO

O Brasil emitiu mais de 500 mil passaportes entre os meses de janeiro e março de 2022, de acordo com a PF (Polícia Federal), órgão responsável pela confecção do documento.

O número corresponde a um ritmo de impressão 134,96% maior que o verificado no mesmo período de 2021 (214.581) e mantém a trajetória de alta da emissão iniciada no segundo trimestre do ano passado.

Os dados, obtidos pelo R7 com base na Lei de Acesso à Informação, mostram ainda que 120.538 emissões foram realizadas no mês de abril. Trata-se do maior volume desde janeiro de 2020, quando a pandemia ainda não ocasionava medidas restritivas ao redor do mundo.

Ao longo de todo o ano passado, foi entregue pouco mais de 1,28 milhão de passaportes no Brasil, quantidade 24,2% menor que a verificada em 2020. Na comparação com 2019, quando não havia medidas restritivas e quase 3 milhões de impressões foram feitas, o número de confecções é 57% inferior.

A evolução das emissões é justificada pelo maior entusiasmo dos brasileiros em viajar para o exterior com o arrefecimento da Covid-19. Segundo pesquisa encomendada pela Wise, mais da metade dos viajantes internacionais brasileiros (55%) planeja uma viagem a outro país nos próximos 12 meses. O patamar é 8% maior do que em agosto de 2021.

O levantamento mostra ainda que dois de cada cinco entrevistados (40%) dizem que as variantes da Covid-19 os deixaram um pouco menos confortáveis com as viagens internacionais. A queda da preocupação foi maior entre pais com filhos menores de 18 anos (de 48% para 35%) e entre aqueles com renda de até R$ 4.999 (de 53% para 38%).

Enquanto a apreensão relacionada às variantes da Covid-19 diminui, as limitações nas fronteiras têm dificultado os planos de viagem. Dois terços dos turistas brasileiros (67%) concordam que as novas restrições de entrada e as regras de quarentena fizeram diminuir o interesse em viajar para o exterior.

Ainda assim, nem todos os brasileiros se sentem à vontade para viajar em meio à pandemia. Entre os respondentes que afirmaram não estar planejando uma viagem no próximo ano, os principais motivos são a Covid-19 (58%), a impossibilidade de pagar a viagem que gostariam de fazer (31%) e as taxas de câmbio desfavoráveis (31%).

A busca maior pelo turismo foi confirmada pela edição mais recente da PMS (Pesquisa Mensal de Serviços). De acordo com o levantamento do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), as atividades turísticas cresceram 4,5% em março, após recuo acumulado de 0,9% nos dois primeiros meses do ano.

Mesmo com o aumento, o segmento de turismo ainda se encontra 6,5% abaixo do patamar pré-pandemia. “O indicador vai na esteira de serviços prestados às famílias e transportes, crescendo também em março muito influenciado pela alta de transportes aéreos, restaurantes, hotéis e serviços de bufê”, avalia Rodrigo Lobo, gerente responsável pela pesquisa.

Continuar lendo FIM DAS MEDIDAS RESTRITIVAS AJUDARAM A DOBRAR A EMISSÃO DE PASSAPORTES NO BRASIL

RAINHA ELIZABETH 2ª COMPARECEU NA INAUGURAÇÃO DA ESTAÇÃO DO METRÔ COM SEU NOME

Rainha Elizabeth 2ª faz aparição surpresa em inauguração de estação de metrô com seu nome

Monarca compareceu à cerimônia acompanhada de seu filho mais novo e do primeiro-ministro Boris Johnson

 

A rainha britânica Elizabeth, cujos compromissos públicos foram limitados nos últimos meses devido a problemas de mobilidade, fez uma aparição surpresa nesta terça-feira (17) em uma cerimônia para marcar a conclusão de uma linha de trem de Londres nomeada em sua homenagem.

Elizabeth, usando um chapéu e um casaco amarelo brilhante e uma bengala, foi acompanhada por seu filho mais novo Edward e o primeiro-ministro Boris Johnson para revelar uma placa na estação de Paddington.

É a mais recente aparição pública da monarca de 96 anos que, apesar de ter se ausentado da abertura do Parlamento pela primeira vez em quase seis décadas na semana passada devido ao que o Palácio de Buckingham chama de “problemas episódicos de mobilidade”, compareceu duas vezes a uma apresentação de cavalos na sua residência no Castelo de Windsor nos últimos dias.

“Em um progresso feliz, Sua Majestade, a Rainha, está participando do evento de hoje para marcar a conclusão da linha Elizabeth”, disse um porta-voz do Palácio de Buckingham.

O projeto ferroviário de 24 bilhões de dólares deveria ter sido inaugurado em dezembro de 2018, mas foi repetidamente adiado por problemas com testes de segurança e sistemas de sinalização, mesmo antes do início da pandemia.

Originalmente chamada de ‘Crossrail’, a linha Elizabeth ligará destinos a oeste de Londres, incluindo o aeroporto de Heathrow e Reading com Shenfield no leste. Será aberta ao público em 24 de maio.

Elizabeth foi vista em público em apenas algumas ocasiões desde que passou uma noite no hospital em outubro passado por uma doença não especificada, após a qual ela foi aconselhada por seus médicos a descansar.

Continuar lendo RAINHA ELIZABETH 2ª COMPARECEU NA INAUGURAÇÃO DA ESTAÇÃO DO METRÔ COM SEU NOME

EDUCAÇÃO: SEGUNDO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO, NÚMERO DE MATRÍCULAS NO RN É MENOR DO QUE ANTES DA PANDEMIA

Número de matrículas no RN é menor do que antes da pandemia

Foto: José Aldenir

De acordo com a Secretaria de Estado da Educação, da Cultura, do Esporte e do Lazer (SEEC/RN), o Sistema Integrado de Gestão da Educação (SIGEduc) indica uma redução de mais de 2,5 mil alunos em relação a 2019, antes da pandemia de covid-19.

Naquele ano, a rede registrou 216.206 matrículas, ante 213.676 (-2.530 alunos) em 2022. Contudo, vários fatores podem contribuir para a queda e os dados finais sobre o número de estudantes matriculados só serão consolidados no final do ano pelo Censo Escolar.

Segundo a pasta, questões demográficas (distância entre o local onde aluno mora de uma escola estadual) e o aumento de matrículas em outras redes de ensino interferem nos números. Além disso, conforme explicou a Secretaria, “dentro do princípio constitucional, a SEEC tem dialogado com os municípios sobre a transferência de estudantes do ensino fundamental, etapa que compete às redes municipais de ensino”. A pasta destaca que o quantitativo deste ano é variável, “um retrato do número de estudantes em 16 de maio de 2022 e que pode sofrer alterações”.

Para a SEEC, durante o ano letivo, existe um fluxo de entrada e saída de estudantes, algo comum “em uma rede com muitos públicos distintos”. Em 2021, segundo a pasta o Estado registrou 215.733 matrículas; em 2020, foram 213.288. Os dados, informa a Secretaria, são uma demonstração de que a rede já espera por esses fluxos de matrículas.

Fonte: Blog do BG

Continuar lendo EDUCAÇÃO: SEGUNDO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO, NÚMERO DE MATRÍCULAS NO RN É MENOR DO QUE ANTES DA PANDEMIA

SAÚDE: ACABA HOJE TERÇA-FEIRA (17) O PERÍODO DE INSCRIÇÃO PARA 2ª ETAPA DO REVALIDA 2022

Revalida 2022: prazo de inscrição para a 2ª etapa acaba hoje

Redação/Portal da Tropical

 Atualizado em:

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Nesta terça-feira (17), acaba o período de inscrições na segunda etapa do Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos Expedidos por Instituições de Educação Superior Estrangeira (Revalida) 2022. Os interessados devem se inscrever por meio do Sistema Revalida. O pagamento da taxa poderá ser feito até o dia 20 próximo.

Provas
A prova de habilidades clínicas será aplicada nos dias 25 e 26 de junho. Os locais de aplicação e a quantidade de vagas disponíveis serão informados ao participante também por meio do sistema do exame, no momento da inscrição.

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) destaca que, se o limite de uma determinada cidade for atingido, o sistema desabilitará a opção pelo local. Dessa forma, o interessado deverá optar por outro lugar de preferência, conforme disponibilidade de vagas.

Como previsto em edital, para a garantia das condições logísticas e de segurança do exame, o Inep poderá acrescentar, suprimir ou substituir cidades de aplicação. Caso isso ocorra, o participante será realocado para uma cidade próxima que possua a estrutura e os requisitos adequados. Durante o período de inscrição, os interessados também poderão solicitar atendimento especializado.

Revalida
Aplicado pelo Inep desde 2011, o objetivo do Revalida é avaliar habilidades, competências e conhecimentos necessários para o exercício profissional adequado aos princípios e necessidades do Sistema Único de Saúde (SUS). O ato de apostilamento da revalidação do diploma é atribuição das universidades públicas que aderirem ao instrumento unificado de avaliação representado pelo Revalida.

Fonte: Portal da Tropical _ Notícias

Continuar lendo SAÚDE: ACABA HOJE TERÇA-FEIRA (17) O PERÍODO DE INSCRIÇÃO PARA 2ª ETAPA DO REVALIDA 2022

REFLEXÃO: PERSERVERAR EM BUSCA DA SUA MELHOR VERSÃO

O exercício da perseverança é sem dúvida nenhuma a maior prova da consciência evolutiva de um ser humano, pois mostra que o indivíduo tem noção de que está no caminho certo e que esse caminho não tem volta. Por isso lhe convido a ler o texto completo a seguir, refletir e fazer o seu juízo de valor.

Sobre perseverar

 em 

 

“Se há pessoas que não estudam ou que, se estudam, não aproveitam, elas que não se desencorajem e não desistam; se há pessoas que não interrogam os homens instruídos para esclarecer as suas dúvidas ou o que ignoram, ou que, mesmo interrogando-os, não conseguem ficar mais instruídas, elas que não se desencorajem e não desistam.

Se há pessoas que não meditam ou que, mesmo que meditem, não conseguem adquirir um conhecimento claro do princípio do bem, elas que não se desencorajem e não desistam; se há pessoas que não distinguem o bem do mal ou que, mesmo que distingam, não tem uma percepção clara e nítida, elas que não se desencorajem e não desistam.

Se há pessoas que não praticam o bem ou que, mesmo que o pratiquem, não podem aplicar nisso todas as suas forças, elas que não se desencorajem e não desistam.

O que outros fariam numa só vez, elas o farão em dez. O que outros fariam em cem vezes, elas o farão em mil, porque aquele que seguir verdadeiramente esta regra da perseverança, por mais ignorante que seja, se tornará em uma pessoa esclarecida, por mais fraco que seja, se tornará necessariamente forte.” (Confúcio)

Luz e Paz!

Fonte: Sabedoria Universal

Continuar lendo REFLEXÃO: PERSERVERAR EM BUSCA DA SUA MELHOR VERSÃO

ARTIGOS: CAVALEIROS TEMPLÁRIOS, O DESTINO DA HUMANIDADE NAS MÃOS DAS SOCIEDADES SECRETAS

Na  série O DESTINO DA HUMANIDADE NAS MÃOS DAS SOCIEDADES SECRETAS, aqui na coluna ARTIGOS, já apresentamos Os Essênios, uma das seitas judaicas, a Irmandade Rosacruz e a Maçonaria. Na nossa 5ª publicação dessa série vou apresentar para você uma a mais controversa de todas elas, pelo fato de ter sido criada pela Igreja para proteger Jerusalém após a conquista da cidade como um exército religioso, mas foi desvirtuada e se tornou mais poderosa do que quem a criou: Os Cavaleiros Templários.

Cavaleiros Templários

Quem eram os templários?

Os Cavaleiros Templários surgiram como uma espécie de exército religioso, com o objetivo de proteger Jerusalém após a conquista da cidade, no século XII, durante o período das ‘Cruzadas[1].

Este exército chegou a reunir cerca de 20 mil cavaleiros e ganhou o nome de Cavaleiros Templários por ocuparem uma ala do palácio real da cidade, cujo relato bíblico afirma ter sido construído pelo Rei Salomão. Eles também ficaram conhecidos como Cavaleiros Pobres de Cristo e do Templo de Salomão. Sua identificação era a túnica branca com uma cruz e foram fundamentais na defesa dos Estados cristãos constituídos, à força, no Oriente Médio.

Esta Ordem foi fundada em 1099 por um homem conhecido por Godofredo de Bulhão. Ele foi um dos líderes da Primeira Cruzada. Atendendo a convocação do papa Urbano II para libertar a Terra Santa dos muçulmanos ele partiu em 1096 de Lorena, na França, a frente de um exército de 40.000 homens. Chegou a Jerusalém no início de 1099 e promoveu um verdadeiro massacre contra muçulmanos e judeus lá residentes. Este massacre é descrito no livro The Monks of War de Desmond Seward da senguinte forma:

Jerusalém foi devastada em julho de 1099. A raivosa ferocidade de sua pilhagem mostrou quão pouco a Igreja (católica) fora bem-sucedida em cristianizar instintos atávicos. Toda a população da Cidade Santa foi passada a fio de espada, tanto judeus quanto muculmanos. Setenta mil homens, mulheres e crianças pereceram num holocausto que durou três dias. Em alguns lugares os homens andavam com sangue acima dos seus tornozelos, e homens montados eram respingados por ele enquanto galopavam através das ruas. Chorando, esses conquistadores devotos iam descalços orar no Santo Sepulcro antes de correr ansioso de volta à matança.

Aqui vale pontuar sobre o pensamento da Igreja de não ser pecado matar em nome de Deus para defender os seus interesses, quando se trata de expulsar invasores da Terra Santa. Não conheço passagem nenhuma no Novo Testamento que valide algo parecido com isso. Jesus Cristo nunca pregou a violência em nenhuma hipótese. De onde o clero tirou isso?  Nem mesmo o Deus do antigo testamento que era tão vingativo autorizou esse tipo de atrocidade. Pelo contrário, ele tornou pecado matar em um dos dez mandamentos. E quando se mata inclusive mulheres e crianças indiscriminadamente esse ato definitivamente não tem o aval de Deus e muito menos de Jesus Cristo.

Com o tempo o poder econômico e político dos Cavaleiros Templários se tornou imenso e ultrapassou em muito a sua finalidade inicial de exército protetor.  Acumularam fortuna incalculável devido as doações de terras, castelos e outros bens e passaram a transportar tesouros da Europa para a Terra Santa, até se tornarem, inclusive, banqueiros.  Habilidade que desenvolveram muito a frente de seu tempo, criando um sistema onde a pessoa podia depositar dinheiro em alguma das numerosas casas da ordem e através de um recibo codificado resgatar esse dinheiro em outra casa da ordem. Desta forma os viajantes, peregrinos e mercadores podiam viajar sem correr o risco de ter o dinheiro roubado, o que era muito comum naquela época. Este expediente revolucionou a transferência de fundos de uma região para outra.

Então os nobres e reis importantes começaram a se sentir ameaçados com esse vertiginoso crescimento do poder econômico e político do grupo. Foi quando o rei da França, Felipe IV, juntamente com outros soberanos que deviam dinheiro à ordem, de uso da sua autoridade, passaram a perseguir e acusá-los de blasfêmia, heresia, corrupção, aliança com o Islã e homossexualismo.

Vale abrir um breve parêntese aqui para observar sobre esse tema tão debatido na atualidade que é o “homossexualismo na igreja”. Note-se que já na Idade Média o homossexualismo era combatido pelo clero. Entretanto visando sempre a interesses escusos da igreja e ao seu bel prazer. Comentamos que os Cavaleiros Templários foram criados pelo próprio Clero, para proteger os interesses da Igreja. Foram importantes e muito úteis enquanto se submetiam plenamente a esses interesses. Porém na medida que foram ganhando poder e dinheiro esse mesmo Clero que os criou tratou de perseguir, denegrir e destruir a imagem dos Cavaleiros Templários, inclusive difamando-os pela prática do homossexualismo, claro, através de fake News.

Segundo o historiador Carlos Roberto Figueiredo Nogueira, da USP, “todas as acusações eram provavelmente falsas”, mas, em 1312, o ‘papa Clemente V’ determinou a dissolvicão da ordem. Apesar de sua extinção, essa, talvez seja a ordem ou sociedade secreta que mais gerou mitos e lendas até os dias atuais. Paira até hoje a lenda, e muitos europeus acreditam, que os cavaleiros remanescentes possuíam poderes sobrenaturais e tesouros escondidos pelo mundo. Uma outra lenda conta que o dinheiro da ordem teria financiado o descobrimento da América e do Brasil. Finalmente, até grupos esotéricos, tais como a Maçonaria afirmam ser herdeiros de seus segredos.

[1] Eram expedições organizadas pelas potências cristãs europeias para tomar a região do domínio muçulmano. Em 1139 os Cavaleiros franceses, liderados por Hugues de Payens, criaram o grupo, com inspiração em São Bernardo, que era um místico e ativista religioso fomentador de ações militares contra os “infiéis” na Terra Santa.

Wagner Braga

Continuar lendo ARTIGOS: CAVALEIROS TEMPLÁRIOS, O DESTINO DA HUMANIDADE NAS MÃOS DAS SOCIEDADES SECRETAS

SAÚDE: ENTENDA MELHOR O QUE É METABOLISMO E QUAL A SUA IMPORTÂNCIA PARA A NOSSA SAÚDE

Este vídeo explica de forma clara e simples, o que é o metabolismo e como ele funciona. Dr. Marco explica a tríade funcional do metabolismo, que é a assimilação, a transformação e a eliminação, e revela o quanto o metabolismo é importante para a saúde do corpo humano. Vale a pena conferir.

Fonte:

Publicado em 2 de out de 2018

Continuar lendo SAÚDE: ENTENDA MELHOR O QUE É METABOLISMO E QUAL A SUA IMPORTÂNCIA PARA A NOSSA SAÚDE

RN ESTÁ ACIMA DA MÉDIA NACIONAL NA VIOLAÇÃO DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE

Violação dos direitos das crianças e adolescentes cresce 257% no RN; estado está acima da média nacional

Foto: Ilustrativa

O cenário pandêmico e a imposição do isolamento social como medida mitigadora do avanço do coronavírus no Brasil podem ter mascarado as infrações dos direitos das crianças e dos adolescentes ao longo de 2020. Na passagem para 2021, os casos de violação contra esse público notificados pelo Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH) cresceram 217,97%.

No Rio Grande do Norte, o avanço negativo foi ainda maior: 257,91%. Esse percentual é superior ao registrado em atos de violência doméstica e familiar contra a mulher. Os dados foram tabulados pelo Instituto Santos Dumont (ISD) e chamam a atenção da sociedade para a temática em virtude do 18 de Maio – Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.

“Tendo em vista que a maior parte das violações são cometidas no ambiente intrafamiliar, considerando o aspecto da pandemia e a permanência das famílias em isolamento por maior tempo ao longo de 2020, compreende-se que as pessoas que sofrem violência, sobretudo a sexual, tiveram mais dificuldade em denunciar aos órgãos oficiais bem como à comunicação aos parentes, aos professores, pessoas próximas que poderiam prestar algum apoio”, analisa a preceptora assistente social do ISD, Alexandra Lima.

Ao avaliar os números, ela aponta que a flexibilização para o retorno às rotinas pré-pandemia possibilitou que as vítimas e parentes se sentissem mais seguros em denunciar, visto que, encontraram alternativas de notificação dos casos sem a presença dos supostos agressores.

Conforme o órgão ministerial, o Rio Grande do Norte contabilizou, no primeiro ano da pandemia, 935 denúncias que se configuraram em 2.345 violações aos direitos das crianças ou adolescentes. Uma denúncia pode gerar mais de uma violação. No ano de 2021, esses números saltaram para: 2.096 denúncias e 8.393 violações. Do total de denúncias do ano em referência, 35,54% são relacionadas à violência sexual (física ou psíquica) cometida contra crianças e adolescentes no território potiguar.

Alexandra Lima ressalta que a violência sexual, em específico, ocorre em todas as fases da vida, porém, ela é mais comum na faixa de 0 a 10 anos. Ela aconselha que a criança deve ser educada a reconhecer os sinais de violência, quais tipos de atitude configuram violações ao seu próprio corpo e que segredos entre ela e seus responsáveis não devem existir.

Os números relativos às violações sofridas por crianças e adolescentes no Rio Grande do Norte são, inclusive, superiores aos registrados em relação à violência doméstica e familiar contra a mulher e contra a pessoa idosa no estado. O MMFDH registrou, ao longo de 2021 nos municípios potiguares, 1.234 denúncias e 5.713 violações cometidas contra mulheres.

No que diz respeito às infrações dos direitos dos idosos foram 1.635 denúncias e 6.948 violações. A maioria dos casos de violência ocorre na residência da própria vítima e por um intervalo de tempo superior a um ano até o registro da denúncia, segundo o órgão ministerial. A comunicação do ato violento às autoridades, na maioria dos casos, ocorre por terceiros ou anônimos.

Fonte: G1 RN

Continuar lendo RN ESTÁ ACIMA DA MÉDIA NACIONAL NA VIOLAÇÃO DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE

PASSA A SER OBRIGATÓRIA A COMUNICAÇÃO IMEDIATA AO DETRAN EM CASO DE VENDA DE VEÍCULO

Comunicação imediata ao Detran em caso de venda de veículo passa a ser obrigatória no RN; entenda

Redação/Portal da Tropical

Atualizado em:

Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

A partir do dia 1º de julho deste ano, passa a ser obrigatório o Comunicado de Venda de Veículo no Rio Grande do Norte. De acordo com Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran), o comunicado tem o objetivo de dar segurança ao processo e preservar o vendedor do veículo de qualquer punição civil, administrativa e criminal no caso do automóvel não ser transferido para o nome do comprador.

De maneira prática, o Comunicado de Venda de Veículo busca isentar o vendedor de qualquer multa ou pontuação na CNH por infrações cometidas após à comunicação, como também, da responsabilização por acidentes envolvendo o veículo. O antigo proprietário também fica livre das responsabilidades e danos cometidos pela outra parte.

A comunicação de venda do veículo já é obrigatória para quem faz o processo de transferência veicular utilizando o aplicativo do Governo Federal, Carteira Digital de Trânsito (CDT). A não observância dessa norma deixar o vendedor sob pena de ter que arcar com as penalidades impostas na condução do veículo, que em tese, não é mais dele.

A ausência de comunicação da venda de veículo é motivo de diversos problemas que, muitas vezes, só são resolvidos por via judicial, tendo em vista que, após a venda do automóvel e a não observância da documentação exigida para efetivar a comunicação, o cidadão vendedor somente poderá alterar a propriedade do veículo no Detran possuindo uma decisão judicial amparando legalmente à mudança.

“É comum cidadãos terem problemas sérios simplesmente por não ter comunicado à venda do seu veículo e o comprador não ter efetuado a transferência. São multas diversas no nome do antigo proprietário, que nem sabe mais onde se encontra o veículo. Agora isso vai acabar, e toda venda de veículo no Rio Grande do Norte vai garantir o direito de segurança do vendedor e a responsabilidade do comprador do veículo”, explicou o chefe de Gabinete do Detran, Osmar Paiva Filho.

Passo a passo

Todo o procedimento de Comunicação de Venda do Veículo pode ser realizado de maneira online pelo Portal de Serviços do Detran: portal.detran.rn.gov.br.

O usuário seleciona a opção “Veículo”, em seguida clica na opção “Comunicado de Venda”, preenche o formulário, anexa à documentação exigida e envia para que o Detran conclua o procedimento, sendo em seguida efetuado o pagamento da taxa de R$ 14,00.

Quem possui o aplicativo Carteira Digital de Trânsito (CDT), ao iniciar a venda digital do veículo, o comunicado de venda já se faz obrigatório para concretizar a transação, sendo essa uma outra alternativa para efetivar o comunicado.

Outra opção é fazer o comunicado no próprio cartório onde vai realizar o reconhecimento das firmas do vendedor e comprador.

Nesse caso, o cartório informa diretamente ao Detran sobre a transação e fornece uma certidão ao vendedor. A comprovação também fica disponível por meio eletrônico e caso o vendedor precise de uma 2ª via ou queira confirmar a comunicação. A versão digital fica disponível no endereço https://www.central.anoregrn.org.br/detran, no botão “Consultar agora”. No local, basta informar os dados solicitados que serão apresentadas as informações da comunicação e uma cópia da Certidão de Comunicação expedida pelo cartório.

Ainda há a alternativa do comunicado ser feito de maneira presencial no Detran, para isso é preciso agendar o serviço no site (www.detran.rn.gov.br) e comparecer no setor de protocolo com toda a documentação necessária para prosseguir com o processo de comunicação de venda.

Continuar lendo PASSA A SER OBRIGATÓRIA A COMUNICAÇÃO IMEDIATA AO DETRAN EM CASO DE VENDA DE VEÍCULO

VEJA COMO DEIXAR A CONTA DE LUZ MAIS BARATA COM ENERGIA SOLAR POR ASSINATURA

Por BBC

 

Serviço promete economia de 10% a 15% na fatura e já soma mais de 5 mil consumidores no país — Foto: Getty Images via BBCServiço promete economia de 10% a 15% na fatura e já soma mais de 5 mil consumidores no país — Foto: Getty Images via BBC

Com a conta de luz nas alturas e a bandeira tarifária acionada durante a maior parte de 2021 devido à forte seca que se abateu sobre o país no ano passado, o empresário Fredy Rodrigues, dono de duas padarias em Santos, no litoral de São Paulo, procurava uma forma de reduzir seu gasto com energia elétrica.

“Fizemos o orçamento para instalação de placas solares no telhado. Mas nosso imóvel não é próprio e o investimento seria muito alto”, lembra Rodrigues.

Diante do custo do pãozinho e do aluguel pressionados pela inflação, e de receitas em queda, devido às universidades e prédios comerciais fechados em meio à pandemia, ele então conheceu a energia solar por assinatura. Com o serviço, tem economizado em média 12% ao mês na conta de luz.

“Uma conta de luz de padaria vai de R$ 12 mil a R$ 20 mil por mês. No verão, temos que ligar todos os aparelhos de ar condicionado da loja. No inverno, o forno trabalha mais, então a gente usa muita eletricidade”, explica o empresário.

“Com uma economia de 10% a 15%, são menos R$ 2 mil por mês de gasto. No ano, estamos falando em R$ 48 mil de economia e usando uma energia limpa. Já falei com a área de marketing da empresa para fazermos essa propaganda, porque estamos no meio de três universidades e a molecada mais nova tem um olhar diferente para isso.”

As padarias de Fredy fazem parte de um grupo ainda pequeno, mas que cresce ano a ano. Em março deste ano, o Brasil somava 5.635 unidades consumidoras atendidas pela geração solar compartilhada, uma modalidade que se tornou possível no Brasil em 2015.

Naquele primeiro ano, eram 45 consumidores usando o modelo. Dois anos depois, 376. O número subiu para mais de 1.500 consumidores em 2019 e superou os 5.000 em 2021, com 1.610 unidades geradoras produzindo energia atualmente para atender esse mercado crescente.

Evolução da geração solar compartilhada no Brasil — Foto: BBCEvolução da geração solar compartilhada no Brasil — Foto: BBC

Geração solar compartilhada

“A geração compartilhada foi criada em 2015, quando a Aneel [Agência Nacional de Energia Elétrica] percebeu que a geração solar no Brasil não estava crescendo no ritmo que poderia, dado o potencial que a gente tem”, afirma Guilherme Susteras, coordenador do grupo de trabalho de geração distribuída da Absolar, associação que representa o setor.

“Um dos gargalos identificados à época era que 75% das unidades consumidoras não tinham capacidade técnica para receber sistemas de geração fotovoltaica. Estamos falando de gente que mora em apartamento, da estrutura dos telhados brasileiros e do fato de que boa parte das pessoas e dos pequenos negócios ocupam imóveis alugados.”

A experiência internacional serviu de modelo para o sistema brasileiro de geração compartilhada.

Com início na Alemanha, tendo depois se espalhando pela Europa e Estados Unidos, o modelo de “comunidades solares” se baseava em cooperativas ou consórcios de consumidores, que juntos viabilizavam a instalação de pequenas usinas, compartilhando da energia produzida, mesmo que distante do local de consumo.

Algumas empresas viram na mudança regulatória, que criou no Brasil a modalidade de geração remota, uma oportunidade para oferecer um novo serviço no país: a energia solar por assinatura.

‘Netflix’ da conta de luz

Foi o caso, por exemplo, da Sun Mobi, empresa criada em 2016 para atuar no segmento, que atende atualmente 300 clientes em 27 municípios do Estado de São Paulo.

“Surgiu a possibilidade de colocarmos a fazenda solar em uma área. Ela gera energia para a distribuidora e essa energia é vendida na forma de créditos, que podem ser abatidos em qualquer conta de luz, desde que na mesma área de concessão da distribuidora”, explica Alexandre Bueno, um dos sócios da empresa.'É como se o cliente tivesse um 'painel virtual', em vez de colocar o painel na edificação dele, ele usufrui da geração da usina de forma remota', explica Alexandre Bueno — Foto: Divulgação/Sun Mobi via BBC

‘É como se o cliente tivesse um ‘painel virtual’, em vez de colocar o painel na edificação dele, ele usufrui da geração da usina de forma remota’, explica Alexandre Bueno — Foto: Divulgação/Sun Mobi via BBC

Por exemplo, uma residência com consumo médio mensal de 200 quilowatt-hora por mês (kWh/mês) na área de concessão da Cemig, distribuidora que atua em Minas Gerais, compra créditos de uma empresa de energia solar por assinatura que atue também na área da Cemig.

A empresa contratada “injeta” na rede a energia solar gerada e os créditos são abatidos da conta do consumidor. No modelo, o consumidor fica livre da bandeira tarifária — um benefício estabelecido pela Aneel para estimular a produção de energia limpa próximo aos locais de consumo.

E, em geral, negocia a energia a um valor vantajoso, em relação àquela comprada da distribuidora, contando também com reajustes previsíveis, conforme o contrato acertado.

“É como se o cliente tivesse um ‘painel virtual’, em vez de colocar o painel na edificação dele, ele usufrui da geração da usina de forma remota e a distribuidora faz a compensação”, diz Bueno.

“Daí pensamos numa forma de adaptar esse modelo à realidade do consumidor, que hoje assina Netflix, Disney, HBO, de uma forma muito flexível. Ele paga enquanto usufrui do serviço; se não quer mais, cancela a assinatura sem custo; e também não paga nada para entrar. Então nesse modelo o cliente não investe nada e passa a usufruir da geração da usina de forma praticamente instantânea, em no máximo 60 dias”, afirma.

“Estamos trazendo o modelo do streaming para o mercado de energia.”Na solar por assinatura, consumidor economiza na bandeira tarifária, tem reajustes previsíveis e não arca com custo de instalação e manutenção dos painéis — Foto: Getty Images via BBCNa solar por assinatura, consumidor economiza na bandeira tarifária, tem reajustes previsíveis e não arca com custo de instalação e manutenção dos painéis — Foto: Getty Images via BBC

Segundo a Absolar, cerca de 20 empresas atuam nesse mercado atualmente no Brasil, sendo Minas Gerais o Estado com a presença mais forte da geração distribuída, que inclui outros modelos de negócios, além do por assinatura.

Além de possibilitar o acesso à energia solar para quem mora de aluguel, em apartamentos ou imóveis com telhados inadequados, o serviço de assinatura também dispensa o consumidor dos custos com investimento e manutenção dos painéis.

A associação do setor estima que o investimento típico é de cerca de R$ 15 mil a R$ 20 mil para suprir com energia solar o consumo elétrico de uma família de quatro pessoas, o que em geral leva entre 4 e 6 anos para se pagar, com a economia gerada na conta de luz.

Um mercado que engatinha, mas com grande potencial

A geração de energia solar é bastante recente no Brasil. Havia poucos projetos no país até 2014, quando foi realizado pelo governo federal o primeiro leilão de energia com a participação da fonte solar fotovoltaica.

Nos leilões, as usinas vendem contratos de energia para as distribuidoras, como Enel, Cemig, Light, e essa venda viabiliza a construção dos empreendimentos. É o chamado modelo de geração centralizada, cujas primeiras usinas entraram em operação a partir de 2017.

Entre 2015 e 2016, a Aneel criou o modelo de geração distribuída, em que a produção é feita não em grandes usinas, mas em pequenas unidades geradoras, com capacidade de até 5 MW (megawatts), na própria unidade consumidora ou em algum local próximo.

Desde 2020, a geração distribuída passou a representar a maior parcela da geração solar fotovoltaica no Brasil, representando 67% da capacidade instalada brasileira em março de 2022.

Evolução da fonte solar fotovoltaica no Brasil — Foto: BBCEvolução da fonte solar fotovoltaica no Brasil — Foto: BBC

No ano passado, o Brasil foi o quarto país que mais cresceu em capacidade de produção de energia solar fotovoltaica, com 5,7 GW (gigawatts) adicionados, atrás apenas de China, EUA e Índia, segundo levantamento da Agência Internacional de Energias Renováveis (Irena, na sigla em inglês).

O país é atualmente o 13º do mundo em capacidade instalada acumulada para essa energia, com perspectiva de adentrar o Top 10 nos próximos anos. Apesar desse crescimento, a solar ainda representava apenas 1,7% da matriz elétrica brasileira em 2020, segundo o Balanço Energético Nacional 2021 da EPE (Empresa de Pesquisa Energética).

Matriz elétrica brasileira — Foto: BBCMatriz elétrica brasileira — Foto: BBC

Para Susteras, da Absolar, um dos fatores que explica a participação ainda pequena da fonte solar na matriz elétrica brasileira é o fato de o Brasil ter entrado mais tarde do que outros países no segmento.

O país também passou anos sem um marco regulatório para o setor, diz o representante, o que na avaliação dele foi resolvido neste ano com a aprovação da Lei 14.300/22, que instituiu o marco legal da microgeração e minigeração distribuída.

“Com segurança jurídica, o mercado de capitais deve se sentir mais confortável para financiar projetos”, diz o coordenador. “Como toda nova tecnologia, há uma curva natural de adoção ao longo do tempo. E, à medida que o custo vai caindo e a tarifa de energia vai subindo, a tecnologia se torna cada vez mais atrativa.”

Historicamente, um dos principais gargalos para o desenvolvimento da geração solar no Brasil era o fato de que a maior parte dos equipamentos utilizados são importados e tem, portanto, custo em dólares.

Susteras observa, porém, que à medida que o mercado ganha escala, o custo da tecnologia vem caindo entre 10% a 15% ao ano. Além disso, o mercado local tem se tornado mais especializado, ampliando a oferta de serviços.

Assim, o especialista vê grande potencial para o avanço da geração solar distribuída no Brasil e também dos serviços por assinatura voltados para consumidores residenciais e pequenas empresas.

“Esse mercado mal começou, a verdade é essa. Se considerarmos que 75% das pessoas que querem ter energia solar não têm por restrições físicas [de seus imóveis], temos uma ideia do quanto esse mercado pode crescer, porque esse é um mercado que não tem restrição — a não ser aquela geográfica [de o prestador de serviço estar na mesma área da distribuidora que atende o consumidor]”, diz Susteras.

“A energia solar pode ser muito democrática no Brasil. Tem muita gente que ainda nem ouviu falar, que nem sabe que já poderia ter, mas que vai descobrir aos poucos. É questão de tempo.”

Continuar lendo VEJA COMO DEIXAR A CONTA DE LUZ MAIS BARATA COM ENERGIA SOLAR POR ASSINATURA

GRANDE PARTE DO PAÍS DEVE ENFRENTAR UMA SEMANA DE FRIO ATÍPICO PARA O MÊS DE MAIO

Por g1

 

Pedestres se protegem do frio em setembro de 2021. — Foto: Ronaldo Silva/Futura Press/Estadão ConteúdoPedestres se protegem do frio em setembro de 2021. — Foto: Ronaldo Silva/Futura Press/Estadão Conteúdo

Prepare o agasalho: a partir de segunda-feira (16) uma grande parte do país deve enfrentar uma semana de frio atípico para o mês de maio, com possibilidade de geada nos estados do Sul, no sul e oeste paulista, em Mato Grosso do Sul e no sul de Minas Gerais.

Ao longo da semana, os termômetros devem ficar abaixo de 10°C em São Paulo, Florianópolis, Porto Alegre, Goiânia, Curitiba, Cuiabá, Campo Grande, Brasília e Belo Horizonte (veja abaixo a previsão completa paras as capitais).

Nos estados do Norte, Rio Branco, Porto Velho e Palmas podem registrar temperaturas abaixo de 20°C. Já as capitais do Nordeste não terão muitas surpresas: Salvador deve ter mínima de 22°C ao longo da semana.

De acordo com Cesar Soares, meteorologista da Climatempo, o grande diferencial deste frio intenso em boa parte do país é que haverá deslocamento de uma massa de ar polar muito forte que vai coincidir com a passagem de um ciclone extratropical, o que vai trazer umidade e possibilitar a ocorrência de eventos mais incomuns: queda de neve e precipitação da chamada “chuva congelante”.

Entenda a diferença neve, chuva congelante, chuva congelada e geada

Temperaturas mínimas

CapitalSegunda (16)Terça (17)Quarta (18)Quinta (19)Sexta (20)
Aracaju24°C23°C23°C23°C24°C
Belém24°C24°C23°C23°C23°C
Belo Horizonte16°C19°C15°C8°C12°C
Boa Vista23°C25°C24°C24°C24°C
Brasília16°C16°C15°C9°C11°C
Campo Grande14°C11°C7°C6°C7°C
Cuiabá19°C17°C13°C8°C10°C
Curitiba12°C7°C5°C6°C7°C
Florianópolis13°C6°C7°C11°C8°C
Fortaleza24°C28°C28°C28°C27°C
Goiânia18°C15°C11°C4°C7°C
João Pessoa24°C23°C23°C24°C24°C
Macapá25°C24°C24°C24°C24°C
Maceió23°C23°C21°C22°C23°C
Manaus23°C25°C25°C24°C24°C
Natal24°C26°C26°C26°C26°C
Palmas23°C23°C22°C20°C19°C
Porto Alegre10°C8°C10°C12°C8°C
Porto Velho23°C22°C21°C19°C19°C
Recife24°C26°C26°C26°C26°C
Rio Branco23°C20°C18°C15°C17°C
Rio de Janeiro19°C22°C20°C18°C19°C
Salvador22°C22°C22°C22°C24°C
São Luís24°C24°C23°C24°C24°C
São Paulo15°C15°C7°C8°C11°C
Teresina23°C23°C22°C23°C24°C
Vitória19°C23°C23°C19°C20°C

Neve e chuva congelante

A neve é um fenômeno já mais conhecido: os flocos são formados já na nuvem e chegam ao solo no mesmo estado, enquanto a chuva congelante é um evento mais raro em nosso país. Segundo o meteorologista César Soares, a chuva ocorre de forma normal, com a queda da gotícula na atmosfera, mas a água se congela ao tocar uma superfície.

“Quando ocorre uma chuva congelante”, você vê as gotas caindo, mas olha as pessoas na rua e as pessoas não se ‘molham’, porque a gota congela quando toca a superfície”, explica o meteorologista.

Há previsão de neve para municípios da Serra Gaúcha e algumas cidades da região central de Santa Catarina na terça-feira (17) e quarta-feira (18).

Geada em vários estados

Há previsão de geada em várias áreas entre os dias 19 e 22 de maio (quinta a domingo). A geada ocorre quando é formada uma camada de gelo nas superfícies por causa da intensa redução de temperatura quando a umidade do ar está elevada.

A possibilidade é mais forte nos estados do Sul, no sul e oeste paulista, em Mato Grosso do Sul e no sul de Minas Gerais. O meteorologista César Soares não descarta até mesmo a ocorrência de geada na capital paulista.

“Dessa vez, no Sul, não só as áreas mais altas devem registrar geada, mas até em Curitiba a chance é bastante alta”, aponta a Climatempo.

De acordo com o Inmet, as geadas poderão ser fortes em alguns pontos. Veja figura abaixo:

Ocorrência de geada prevista para Sul e trechos do Sudeste e Centro-Oeste. — Foto: InmetOcorrência de geada prevista para Sul e trechos do Sudeste e Centro-Oeste. — Foto: Inmet

Impacto no Norte do Brasil

De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia, a queda das temperaturas mínimas vai afetar também estados do Norte do Brasil. “No Acre e em Rondônia, o frio deve causar o segundo episódio de friagem do mês”, explica o Inmet, citando que o primeiro episódio ocorreu entre os dias 4 e 5.

Continuar lendo GRANDE PARTE DO PAÍS DEVE ENFRENTAR UMA SEMANA DE FRIO ATÍPICO PARA O MÊS DE MAIO

SUÉCIA SOLICITARÁ SUA ADESÃO A OTAN, SEGUNDO ANUNCIOU A PRIMEIRA-MINISTRA MAGDALENA ANDERSSON

Primeira-ministra anuncia que Suécia solicitará adesão à Otan

Governo russo é totalmente contrário à entrada de Suécia e Finlândia na aliança ocidental

Magdalena Andersson, primeira-ministra sueca, durante anúncio nesta segunda (16)

HENRIK MONTGOMERY/TT NEWS AGENCY/AFP – 16.05.2022

A Suécia solicitará sua adesão à Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte), anunciou nesta segunda-feira (16) a primeira-ministra, Magdalena Andersson, que destacou que isso significa uma nova “era” para o país escandinavo.

O governo decidiu informar a Otan sobre a vontade da Suécia de virar um membro da aliança”, afirmou em uma entrevista coletiva. “Deixamos uma era para entrar em uma nova”, disse a primeira-ministra. O embaixador sueco na Otan apresentará em “pouco tempo” a candidatura de Estocolmo, segundo Andersson.

Suécia e Finlândia anunciaram o desejo de apresentar as candidaturas de forma simultânea. “Esperamos que (a adesão) não demore mais de um ano”, com a necessária ratificação pelos 30 membros da Aliança, declarou a chefe de Governo sueca.

Com a decisão, os suecos seguem os passos da Finlândia, que anunciou neste domingo (15), seu desejo de entrar para a Otan. A adesão dos dois países à aliança ocidental é uma reação à invasão da Ucrânia feita pela Rússia.

O país comandado por Vladimir Putin é radicalmente contra a entrada dos escandinavos na Otan, já que ficam geograficamente muito próximos do território russo. A Finlândia, por exemplo, tem fronteira de 1.340 quilômetros de extensão com a Rússia.Nesta segunda, Serguei Riabkov, vice-ministro das Relações Exteriores russo, afirmou que seu país considera um erro a adesão de Finlândia e Suécia à Otan. “Um grave erro adicional, cujas consequências terão um longo alcance”, declarou.

Desde 2007, a Rússia exige do Ocidente que não aumente os territórios da Otan.

Continuar lendo SUÉCIA SOLICITARÁ SUA ADESÃO A OTAN, SEGUNDO ANUNCIOU A PRIMEIRA-MINISTRA MAGDALENA ANDERSSON

SAÚDE: PACIENTES COM SINTOMAS DE DENGUE, ZICA OU CHIKUNGUNYA PODEM REALIZAR TESTE NA REDE MUNICIPAL DE SAÚDE EM NATAL

Pacientes com sintomas de Dengue, Zica e Chikungunya podem realizar testes gratuitos em Natal

Redação/Portal da Tropical

 Atualizado em:

Foto: Agência Brasília

Pacientes com sintomas leves ou graves de Dengue, Zika e Chikungunya podem realizar testes do tipo PCR e sorológicos na rede municipal de saúde de Natal. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde da capital(SMS), pessoas com sintomas leves como coriza e dor de cabeça podem ser atendidas nas Unidades Básicas de Saúde (UBS), já pacientes com sintomas graves como vômito, febre persistente, falta de ar, palidez, sonolência, diarreia constante e prostração devem buscar a rede de urgência para avaliação médica e encaminhamento aos postos de coleta.

A coleta é realizada nos postos distritais do município, através de kits enviados pelo Ministério da Saúde, e encaminhados para análise no Laboratório Central de Saúde Pública do Rio Grande do Norte (Lacen-RN).

Segundo a SMS, há também a oferta de testes rápidos em toda a rede, para pacientes que apresentam sintomas como febre, dor de cabeça, moleza no corpo e estejam entre o 1º e 5º dia dos sintomas.

Os exames analisam os índices de IGG (imunoglobulinas de memória, que indicam se o paciente já teve a doença) e IGM (imunoglobulinas que indicam infecção ativa), no caso do PCR para Zika e Chikungunya; e os índices de IGM, no caso da sorologia para Dengue. Em ambos os casos, eles também devem cumprir critérios para que o resultado apresente maior eficácia, sendo 1º ao 6º dia de sintomas para PCR e após o 8º dia de sintoma para sorologia.

“Nós estamos realizando esses exames, sem marcação prévia, tendo como estratégia identificar infecção ativa para que a gente possa inclusive perceber onde está havendo maior número de casos recentes. Além disso, também podemos verificar quantas pessoas já tiveram adoecimento, como valor epidemiológico para nosso monitoramento estatístico”, comenta George Antunes, Secretário Municipal de Saúde de Natal.

Fonte: Portal da Tropical _ Notícias

Continuar lendo SAÚDE: PACIENTES COM SINTOMAS DE DENGUE, ZICA OU CHIKUNGUNYA PODEM REALIZAR TESTE NA REDE MUNICIPAL DE SAÚDE EM NATAL

VARIEDADES: SAIBA COMO PREPARAR UM DELICIOSO COZIDO BOVINA

Por Inter TV Costa Branca

 

Cozido bovino com legumes foi destaque no Inter TV Rural — Foto: Reprodução/Inter TV Costa BrancaCozido bovino com legumes foi destaque no Inter TV Rural — Foto: Reprodução/Inter TV Costa Branca

O cozido bovino é tradicional no almoço – um prato em que a carne é cozida junto com os vegetais, formando um caldo com muito sabor. Esse caldo é aproveitado para fazer um pirão com a farinha de mandioca.

A origem dessa comida é indefinida e os vegetais podem mudar de uma região para outra, mas é um prato completo, feito em uma única panela.

A receita apresentada nesse domingo (15) no Inter TV Rural leva alguns vegetais comuns no Rio Grande do Norte, mas permite substituições de acordo com o gosto de quem vai preparar.

Ingredientes

  • 1,5 kg de carne de peito bovino cortada em pedaços grandes
  • 250 g de bata doce cortada em pedaços grandes ou uma batata de tamanho médio
  • 250 g de batata-inglesa corta em pedaços grandes ou duas batatas de tamanho médio
  • 250 g ou ½ jerimum pequeno cortado em pedaços grandes
  • 250 g ou duas cenouras de tamanho médio cortadas em pedaços grandes
  • 250 g de macaxeira cortada em pedaços grandes
  • 250 g ou 2 espigas de milho pequenas cortadas em rodelas
  • 2 tomates maduros de tamanho médio cortados em pedaços grandes
  • 1 cebola roxa grande cortada em pedaços grandes
  • 4 dentes de alho grandes triturados
  • 1 pimentão verde de tamanho médio cortado em pedaços grandes
  • 3 pimentas-de-cheiro cortadas em pedaços grandes
  • Água para o cozimento da carne
  • Farinha de mandioca suficiente para o pirão
  • Sal, louro, colorau, azeite, pimenta do reino e cheiro verde a gosto

Modo de preparo

Vamos iniciar limpando os pedaços de pele da carne e em seguida, temperar. Quem quiser, pode substituir por outro corte como a costela. Para essa receita, vamos usar sal e pimenta do reino, misturar bem para pegar o tempero.

Com as peças já temperadas, vamos usar uma panela para selar a carne. Em uma panela grande e espaçosa, (pode ser uma panela de pressão), vamos colocar um fio de azeite, esperamos esquentar e vamos selar os pedaços, ou dourar. Vamos fazer isso em todos os pedaços, aos poucos, até que eles fiquem dourados dos dois lados.

Com a carne toda selada, vamos colocar todos os pedaços de volta na panela e acrescentar os vegetais: a cebola, em seguida o pimentão, a pimenta-de-cheiro e o talo da cebolinha e continuamos refogando.

Após alguns segundo, acrescentamos o tomate e o alho e mexemos mais um pouco para refogar. O próximo passo é clocar o colorau, as folhas de louro e vamos mexer um pouco e logo em seguida colocamos um pouco de água para começara cozinhar a carne.

Aguardamos ela levantar fervura e deixamos cozinhar por alguns minutos, completando com água sempre que necessário. O ideal é colocar os vegetais quando a carne começar a ficar macia. O primeiro vegetal que vamos acrescentar é o milho verde. Colocamos a rodelas na panela, fechamos com uma tampa e deixamos cozinhando.

Cerca de 40 minutos depois, o milho e a carne estarão mais macios, e é hora de colocar a cenoura, a macaxeira e a batata-doce. Completamos a água e deixamos cozinhar um pouco mais até que os vegetais comecem a ficar macios

Vamos acrescentar na sequência o jerimum e a batata-inglesa, colocamos um pouco mais de água e nesse ponto vamos ajustar o sal e a pimenta, se necessário e deixamos cozinhar um pouco mais até que os últimos vegetais adicionados estejam macios.

Quando estiverem macios, vamos finalizar a preparação. O ideal é que os vegetais ainda estejam inteiros.

Em uma outra panela, vamos colocar parte do caldo do cozimento dos legumes e da carne para fazer o pirão. E na panela onde está a carne finalizamos com cheiro verde.

Na panela onde está o caldo, ligamos o fogo e vamos colocando a farinha de mandioca aos poucos até atingir o ponto desejado. É importante ficar atento, pois quando o pirão esfria ele fica mais espesso. Depois de atingir a consistência desejada, cozinhamos por mais alguns minutos, finalizamos com cheiro verde e o pirão estará pronto para servir.

Continuar lendo VARIEDADES: SAIBA COMO PREPARAR UM DELICIOSO COZIDO BOVINA

MUSICAL: HOMENAGEMÀ BOSSA NOVA COM MARIA CREUZA – BADEN POWELL’S MEDLEY

Continuamos com a nossa homenagem à Bossa Nova, aqui na coluna musical, hoje vamos com a cantora brasileira Maria Creuza apresentando uma Medley de Baden Powell no teatro Manuel Artime no coração de Litle Havana, Miami, 15 de fevereiro de 2008, show para ninguém botar defeito!!

Fonte: Youtube

Continuar lendo MUSICAL: HOMENAGEMÀ BOSSA NOVA COM MARIA CREUZA – BADEN POWELL’S MEDLEY

AUTOCONHECIMENTO: A ERA DE OURO DA HUMANIDADE E OS ESTADOS DE CONSCIÊNCIA DAS PESSOAS

Na sessão Autoconhecimento desta segunda-feira, mais um texto extraordinário do grande mentor Carlos Torres, sobre a evolução da consciência. Sobre a era de ouro da humanidade. A era em que estamos tendo a honra e grande oportunidade de vivenciar.

Aqui ela aborda, com muita semelhança, o magnífico poder da nossa mente que eu trato no livro Eu Cósmico, a Essência, quando eu ainda não tinha nem ideia de quem era Carlos Torres. Isso mostra que existe fundamento no que ele trata e no que eu trato no meu livro.

Então aproveitem e deleitem com essa deliciosa leitura.

A ERA DE OURO DA HUMANIDADE E OS ESTADOS DE CONSCIÊNCIA DAS PESSOAS.

Dentro de uma década, veremos essencialmente uma substituição de valores e um novo sistema tecnológico sendo implantado no mundo. Estas explicações estão detalhadas no livro sobre o magnífico e revolucionário sistema operacional que surgirá em breve. Quem não compreender que estamos seguindo na direção de algo maior, sentirá rapidamente uma gigantesca desconexão com o universo e as pessoas. Poderíamos dizer que será algo comparado com a implantação dos aparelhos celulares nas décadas de 80/90 ao redor do mundo. Antes de existirem, ninguém se preocupava ou se imaginava carregando um celular dentro da bolsa, pois todos viviam tranquilamente sem eles.

Mas a partir do momento que os celulares se tornaram reais e essências para a vida moderna, todos começaram a utilizar, o mundo mudou, acelerou e modificou uma geração inteira. Hoje é impossível imaginar a população sem esse pequeno aparelho que todos carregam 24 horas por dia.

A mesma coisa aconteceu depois com os computadores pessoais e a Internet. Quem hoje não utiliza essa nova tecnologia está completamente excluído do mercado de trabalho e das relações pessoais. Quem não acom­panha a evolução passa a ter muitas dificuldades de adaptação. É exatamente isso que acontecerá com esse novo desenvolvimento tecnológico do futuro, que virá para revolucionar tudo o que conhecemos até então.

Estamos falando logicamente de uma mudança comportamental e não material.

Já sabemos que tudo o que está dentro da nossa mente no tempo presente (dinheiro, carreira, trabalho, riqueza, relacionamentos, sonhos e etc.) se projeta para o futuro através da força da consciência e das inten­ções vibracionais, que se manifestam dentro de uma realidade atemporal holográfica e por intermédio da lei da atração. Isso quer dizer que o futuro nada mais é do que apenas o reflexo daquilo que estamos imaginando nesse exato momento.

As mudanças estão vindo e você poderá se tornar um super-homem ou uma supermulher se realmente compreender os poderes que estão integrados dentro da sua consciência e prontos para serem usados.

A Era de Ouro já está disponível para aqueles que entrarem nessa frequência de cura e abundância. Você também pode se beneficiar das maravilhas desse novo mundo que está nascendo. E se assim fizer, começará a usar seu poder criador a seu favor e não mais contra você.

Recebemos um instrumento, uma máquina evoluidíssima e extrema­mente eficiente capaz de feitos extraordinários, mas ao mesmo tempo, parece que roubaram o complexo manual desse magnífico aparelho chamado menteuma máquina que trabalha em total sincronismo entre o mundo físico e o espiritual. No entanto a maioria das pessoas não consegue utilizá-la adequadamente. Ainda temos muito para descobrir sobre nós mesmos. Não conseguimos usar sequer 6% de todo o potencial existente em nosso cérebro. O que seríamos capazes de fazer se utilizássemos 20% desse potencial? Imagine então se conseguíssemos usar 90 ou 100%? Pense nisso.

Acreditamos que esse manual foi perdido no tempo, mas temos agora em nossas mãos a extraordinária oportunidade de resgatar e conhecer um pouco mais sobre as maravilhas da consciência. A Era de Ouro chegou para mostrar que durante milhares de anos a humanidade evoluiu e está pronto para vislumbrar o que nenhum homem pós-diluviano viu até então.

Somos seres espirituais, vivendo uma incrível experiência no mundo material.

A cada passo que dermos para dentro de nós mesmos, mais perto estaremos da verdade e da paz. Deus não está lá fora, sentado em seu trono de ouro, imponente e autoritário, como muitos de nós aprendemos a imaginar. Um Deus amedrontador de criançasque determina o que deve e o que não deve ser feito, o que é pecado ou o que não é, construindo um mundo irreal, de terror e medo. Ele está sim, dentro de nós, em todas as células, moléculas e átomos de nosso corpo, até mesmo dentro dos elétrons, dos prótons e dentro do pequeno vazio que existe entre eles.

Está em tudo o que é vivo, em tudo o que já existiu, existe e existirá. Está em todos os tempos, em todos os lugares, no passado, no presente e no futuro. Nas plantas, nos insetos, nos minerais, nos cristais, na prata, no cobre e no ouro. No vácuo do espaço, no calor do Sol e na escuridão da Lua. Está presente na Galáxia, no Cosmos, no infinito e na luz Suprema, da qual viemos e para onde voltaremos um dia, a Grande Luz, a verdadeira morada.

Essas palavras podem parecer um tanto místicas e surreais, mas a sua consciência já está preparada para compreender o lado místico da vida. Estamos vivendo dentro de uma experiência física material densa e muito diferente da leveza e da fluidez do mundo espiritual. Temos dentro de nossa consciência todo esse conhecimento integrado. Da luz nós viemos e para ela voltaremos. Sendo assim, o conhecimento magístico está inse­rido em nós como se fosse um grande catálogo universal – só precisamos acessá-lo outra vez e nos beneficiar dos poderes que temos, mas nunca nos foram ditos.

Acredite, os nossos amigos espirituais nos guiaram e nos inspiraram para a escrita deste livro, e o objetivo sempre esteve focando numa única direção, a sua realização. Isso é o nossos mentores espirituais realmente desejam, que você realize e tenha ideais definidos, e persiga-os independente das dificuldades. Eles querem que você exerça o seu poder criativo, que ouse sonhar, que crie, modifique e agradeça pela vida que recebeu de presente. Desejam que você mostre para que veio a este mundo e ocupe o seu lugar de direito.

Fonte: a lei da atração

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: A ERA DE OURO DA HUMANIDADE E OS ESTADOS DE CONSCIÊNCIA DAS PESSOAS

OPINIÃO: O ÚNICO CRIME REVELADO EM VAZAMENTO É O PRÓPRIO VAZAMENTO

Na coluna OPINIÃO desta segunda-feira, quem mostra o seu PONTO DE VISTA com relação ao caso de vazamento das conversas entre Moro e os demais integrantes da Lava Jato é Felipe Fiamenghi, direto do Jornal da Cidade Online. Confira a seguir.

Para tristeza da esquerda, o único crime revelado em vazamento é o próprio vazamento

Por Jornal da Cidade Online

Um juiz não deve ser imparcial. Imparcialidade significa ser isento e o magistrado deve sempre se posicionar a favor da justiça

O que foi vazado, pelos Hackers, sobre Moro e outros integrantes da “Lava-Jato”, só prova que o juiz orientou a acusação. Não foram criadas provas, nem obtidas de forma ilegal (como fizeram com a quebra de sigilo bancário do Flavio Bolsonaro). É, apenas, um juiz instruindo o MP com a melhor estratégia.

Podem até dizer que a ética é discutível. Mas passa longe de ser ilegal.

Vale lembrar que não estamos falando de um “pobre coitado”. O réu tem um poder político gigantesco e uma influência igual a poucos homens no país. Sua defesa não foi feita por funcionários públicos, em um gabinete entulhado de processos. Conta com uma banca de advogados da Faria Lima, que ostentam nos pulsos relógios que valem 4 salários de um promotor. É um “poder de fogo” tão grande, que teve, inclusive, a assessoria do Ex-Presidente do STF, Sepúlveda Pertence.

Se o trabalho do judiciário, MP e PF não fossem orquestrados de forma maestral, obviamente, o caso terminaria em impunidade. Afinal, é público e notório que aqui, nas Índias de Cabral, cadeias não costumam “segurar” aqueles que têm recursos para bancar bons advogados.

Quem dirá, então, um cara que, com o que desviou do erário e com todos os “amigos” que favoreceu, tem recursos ilimitados.

O único crime, revelado neste vazamento, é o PRÓPRIO vazamento. Estamos falando, aqui, de invasão de privacidade, inclusive, do ministro da Justiça; grampos ilegais e divulgação de conversas privadas.

Tudo isso, feito por quem? GLENN GREENWALD. O “marido” de David Miranda, o deputado Psolista que ocupou a cadeira do ex-BBB “refugiado”; Que aumentou seu patrimônio em 377% durante o último mandato (sendo apenas suplente) e que já foi, inclusive, investigado pelo MI-6, por atentar contra a segurança do Reino Unido, usando informações do caso Snowden.

É esse o tipo de gente que a força-tarefa da Lava Jato tem que enfrentar, para punir os criminosos de colarinho mais branco que este país já viu.

Bem-vindos ao mundo real, meus amigos.

Aqui, ao contrário dos contos de fadas, os “mocinhos” tem que fazer algumas coisas “questionáveis”, se quiserem parar os “vilões”.

Quem, num mundo cheio de perversos, pretende seguir – em tudo – os ditames da bondade, caminha inevitavelmente para a própria perdição.” (MAQUIAVEL, Nicolau)

Fonte: Jornal da Cidade Online

Continuar lendo OPINIÃO: O ÚNICO CRIME REVELADO EM VAZAMENTO É O PRÓPRIO VAZAMENTO

ECONOMIA: CONHEÇA A FILOSOFIA SUÍÇA DE VIVER. É IMPRESSIONANTE!

Na sessão ECONOMIA desta segunda- feira temos mais um impressionante exemplo de pujança baseado no livre comércio, descentralização e mais capitalismo que se traduz em alto nível de prosperidade e zero preocupação com política. A Suíça é esse paraíso!

Veja o artigo completo de Hunter Hastings e descubra porque a Suíça está entre os 10 melhores IDH’s do mundo e é referencia mundia no que tange a paz!

Ninguém se preocupa com política e a pujança econômica está por todos os cantos: eis a Suíça

Livre comércio mais descentralização mais capitalismo = alto nível de prosperidade

 

No mundo atual, as pessoas estão cada vez mais preocupadas com o resultado de eleições para chefe de governo. A cada eleição que ocorre em um país economicamente importante, as respirações ficam suspensas (tanto entre a população deste país quanto no resto do mundo).

Foi assim nos EUA em 2016, e na França, na Alemanha e na Holanda em 2017. E está assim agora no Brasil, em 2018.

É como se o padrão de vida de todos dependesse diretamente do resultado da eleição — o que, aliás, é um fato.

Mas eis a realidade, que vale para todos: as pessoas só estão cada vez mais preocupadas com o resultado das eleições porque os estados estão cada vez maiores, mais intrusivos e mais poderosos. As pessoas sabem que o indivíduo que eventualmente estiver no controle destes aparatos estatais terá poderes insanos sobre suas vidas e sobre toda a economia (da qual depende nosso bem-estar). Ele terá o poder de regular cada aspecto econômico e social da vida dos indivíduos.

E as pessoas, mesmo as intervencionistas, sabem que tais poderes são extremamente perigosos caso fiquem sob o controle de “indivíduos perigosos” — isto é, indivíduos que não pensam o mesmo que elas.

Por outro lado, fosse o estado mínimo e sem poder, as pessoas seriam completamente indiferente a quem eventualmente estivesse no comando dele

Sendo assim, será que há alguma esperança, no mundo ocidental, de que as pessoas não mais tenham de se preocupar com a política, com os políticos e com a contínua expansão do tamanho e do poder do estado? Há alguma esperança de assumirmos algum controle e influência sobre nossos impostos, nosso sistema de saúde, nossa energia, nosso comércio com os estrangeiros e, acima de tudo, nossa relação com o governo e suas regulações?

Sim, desde que estejamos dispostos a copiar um modelo estrangeiro que deu certo. Esse modelo é a Suíça.

Naquele país sem saída para o mar, com um terreno incrivelmente acidentado e sem recursos naturais (exceto água), as pessoas foram capazes de criar um alto nível de prosperidade tendo por base a inovação e o capitalismo.

100% economia, 0% política

Os burocratas da União Européia os odeiam. Os suíços não só estão fora da União Européia, como também representam o oposto daquela agenda insanamente centralizadora. A Suíça só aderiu à ONU em 2002, e mesmo assim pela margem mínima de votos. Escolha qualquer área da sociedade e você verá que os suíços fazem tudo à sua distinta maneira — sempre com a liberdade como pré-requisito.

Os corpos de bombeiros são um exemplo: geridos por voluntários locais na maioria dos lugares fora das grandes cidades. Armas e as forças armadas são outro exemplo. As armas estão por todos os lados — e o crime não está em lugar algum.  Com efeito, eles têm ao menos duas das mais pacíficas cidades do mundo – de acordo com várias autoridades online. Zurique inclusive tem um feriado de meio dia em outubro, para celebrar o torneio do “garoto atirador”, no qual há uma feira em estilo americano em que jovens garotos — e garotas também — competem em uma disputa de tiro ao alvo com fuzis de ataque.

A milícia defensiva dos suíços foi temida até mesmo por Hitler, e até hoje tem se mantido onde tem de ficar — em casa —, sem sair patrulhando estrepitosamente o mundo, assassinando pessoas inocentes que porventura se pusessem em seu caminho. Curiosamente, os suíços conseguiram se manter protegidos sem ter de recorrer a guerras preventivas e sem ter de dizimar famílias ao redor do mundo.

E há os bancos suíços, aquele bastião que guarda algo como um terço da riqueza privada transnacional. A posição suíça quanto ao sigilo bancário é mais bem descrita como sendo de neutralidade, nessa constante guerra dos estados contra seus cidadãos. Toda essa riqueza confiada aos bancos suíços certamente não se deve ao governo, e mesmo os banqueiros são meramente beneficiários de um ambiente inteiramente resultante de um distinto traço de liberdade que viceja dentro do povo suíço. Isso vem desde muito antes da lendária rebelião promovida por Guilherme Tell no século XIV. Se os detalhes dessa lenda são mitos ou não, sua popularidade reflete o tradicional espírito de luta do povo suíço quando se trata das imposições feitas pelo estado.

Antes de sua constituição de 1848, a Suíça era uma confederação de estados, cada qual soberano e independente. A unidade deles se dava por meio de um tratado de defesa mútua contra agressões externas.

Em novembro de 1847 eclodiu a Guerra de Sonderbund (“aliança separada”, em alemão), que foi uma batalha originada por sete cantões católicos conservadores que se opunham à centralização do poder e que, por isso, se rebelaram contra a Confederação que estava em vigor desde 1814. Esta foi provavelmente uma das menos espetaculares guerras da história do mundo: com duração de 26 dias, o exército federal perdeu 78 homens e teve outros 260 feridos. Mas saiu vencedor. A Conspiração Sonderbund se dissolveu e a Suíça se tornou, em 1848, o estado que é até hoje.

Apenas pense nisso: a guerra suíça (caracterizada por sua inacreditavelmente baixa violência quando comparada às outras guerras) foi motivada puramente pela rejeição à centralização do poder e pelo ceticismo quanto aos poderes usufruídos por uma entidade grande. E lembre-se de que estamos falando de um país territorialmente pequeno (apenas 41 mil quilômetros quadrados). O resultado foi, e é, um estado relativamente neutro que permite uma maior quantidade de liberdade e prosperidade que praticamente todas as outras nações européias.

Como país, a Suíça se tornou, já à época, o mais economicamente desenvolvido da Europa. Era religiosa e etnicamente diverso, altamente inovador e extremamente produtivo. Os huguenotes expulsos da França pelas guerras religiosas criaram a indústria suíça de relógios. Os alemães protestantes fugindo da opressão católica fundaram as principais indústrias do país. Sempre houve um foco no conhecimento e na educação como forma de compensar a escassez de recursos naturais. E a população sempre foi integrada ao comércio global, sendo comerciantes vigorosos.

“A economia estava por todos os lados; já a política nunca era perceptível”: essa era a frase utilizada para descrever esta produtiva, vigorosa, inovadora e descentralizada nação já em meados do século XIX. Trata-se de uma descrição que evoca uma fotografia maravilhosa de uma liberdade econômica que não é onerada pelo fardo da política.

A Suíça conseguir manter algumas destas características mesmo com todas as depredações estatais que se tornaram tendência ao redor do mundo no século XX. O país permaneceu sob um padrão-ouro até 1999, e resistiu à internacionalização até se juntar à ONU em 2002. Com efeito, a internacionalização foi o que erodiu a singularidade da Suíça como nação. O influxo de engravatados com MBA em conjunto com a máfia da McKinsey está arrastando a Suíça para o mais baixo denominador comum do estatismo e do intervencionismo. A União Europeia almeja fazer a Suíça assinar um acordo bilateral que inevitavelmente fará com que Bruxelas imponha gradualmente seu socialismo multicultural ao país, exatamente como fez no Reino Unido.

Não obstante, a Suíça ainda possui pelo menos seis vantagens estruturais que irá manter o país à frente de seus medíocres pares por algum tempo.

1) Descentralização

A Suíça permanece sendo uma confederação de 26 cantões. É mais centralizada hoje do que era até antes de 1848, mas as funções do governo central são limitadas. Há uma constituição nacional, um exército nacional e uma força de segurança, uma moeda única (o franco suíço, embora o euro também circule livremente) e um banco central, e uma política externa nacional. Mas a população conseguiu manter os poderes do governo central relativamente muito bem acorrentados.

O executivo do país é representado por um órgão chamado Conselho Federal, que é composto por 7 membros, sendo cada membro responsável por um dos sete ministérios da Suíça (que lá são chamados de Departamentos). Esses sete membros são nomeados pelas duas câmaras da Assembleia Federal.

A presidência e a vice-presidência do Conselho Federal sofrem um rodízio anual. Já o mandato dos 7 membros é de quatro anos. O atual Conselho é formado por 2 social-democratas, 2 conservadores de centro-direita, 2 conservadores nacionalistas, e um democrata-cristão.

Ou seja, o poder executivo não se concentra em apenas uma pessoa. A maioria das decisões do Conselho é feita por consenso. E é assim porque seu papel é muito mais decorativo do que funcional, dado que a maior parte do poder é prerrogativa dos cantões. Decisões relacionadas a educação, saúde, assistencialismo e até mesmo criação de impostos são feitas exclusivamente em nível regional. O governo federal não pode editar medidas provisórias e não tem poder de veto.

O presidente da Suíça — que você não sabe quem é — não tem praticamente nenhum espaço nas discussões políticas e econômicas que ocorrem no país. Portanto, se você não sabe quem é o presidente da Suíça, não se preocupe; vários suíços também não sabem e ele muda a cada ano.

2) Subsidiariedade

A subsidiariedade é o princípio de resolver todos os problemas e questões em nível mais local possível. Na Suíça, a maioria dos impostos é impingida em nível municipal e cantonal. A fatia federal se limita a 20% de todos os impostos pagos. Isso faz com que a besta do governo central viva continuamente esfaimada. Os cidadãos suíços são mais engajados em torno de seus governos locais, que é quem toma as decisões de como irá gastar o dinheiro de impostos.

Consequentemente, os cantões suíços são os responsáveis pelo equilíbrio da política: os cantões conservadores são todos aqueles que estão fora das grandes cidades, como Zurique, Genebra e Berna (a capital). A população das comunidades menores rejeita a ideia de ter um governo distante e centralizado em uma capital nacional.

Como resultado — discutido abaixo —, os suíços continuamente rejeitam propostas progressistas, como a de abolir a energia nuclear e a de usufruir uma renda garantida de 2,5 mil francos suíços mensais para cada cidadão. Mais de 75% dos suíços foram contra a medida.

Ademais, os suíços podem “votar com seus pés”, mudando-se para outra cidade ou cantão caso sintam que os impostos locais estão altos.

3) Democracia direta

Na Suíça, o povo é soberano. Uma maneira como essa soberania é mantida é por meio de referendos regulares, nas quais o povo vota questões de política nacional, leis e mudanças na constituição. Tipicamente, há um grande comparecimento às urnas nestes referendos, e as pessoas levam muito a sério o controle democrático sobre o governo.

Normalmente, eis as etapas de um referendo:

a. Um projeto de lei é preparado pelos especialistas na administração federal.

b. Esse projeto de lei é apresentado para um grande número de pessoas por meio de uma pesquisa de opinião: governos cantonais, partidos políticos, ONGs, associações da sociedade civil podem comentar sobre o projeto de lei e propor mudanças.

c. O resultado é apresentado a comissões parlamentares dedicadas ao assunto nas duas câmaras do parlamento federal, é discutido em detalhes a portas fechadas e finalmente é debatido em sessões públicos em ambas as câmaras do parlamento.

d. O eleitorado possui o poder final de veto sobre o projeto de lei. Se qualquer pessoa conseguir encontrar, em três meses, 50.000 cidadãos dispostos a assinar uma petição pedindo um referendo sobre esse projeto de lei, um referendo será marcado. Para que um referendo seja aprovado, o projeto de lei precisa ser apoiado apenas pela maioria do eleitorado nacional, e não pela maioria dos cantões. É comum a Suíça fazer mais de dez referendos em um determinado ano.

Entre 1893 e 2014, apenas 22 de 192 iniciativas populares foram aprovadas pelos eleitores. A reticência com que essas iniciativas são recebidas pelos suíços indica prudência da parte dos eleitores e aversão a leis criadas centralizadamente.

E foi esse sistema de pesos e contrapesos, representado tanto pelos cantões agressivamente localistas quanto pela ferramenta da democracia direta, que tornou a Suíça particularmente resistente ao crescimento do poder do governo.

4) Livre comércio

Praticamente não há debate sobre a importância do livre comércio na Suíça. Ele é uma realidade imperativa. Trata-se de um país fortemente dependente da importação de produtos básicos: energia, comida, matéria-prima, commodities. Consequentemente, o país desenvolveu uma estratégica indústria exportadora:  produtos e serviços de alto valor agregado, sempre aptos a satisfazer as mais exigentes demandas globais.

Relógios sempre foram o mais famoso exemplo. Atualmente, produtos biotecnológicos e maquinários ultramodernos compõem a pauta exportadora. O livre comércio sempre foi a condição vinculante para a prosperidade da Suíça. As tarifas de importação do país estão em zero por cento.

5) Neutralidade

Na política externa e na diplomacia, a Suíça é famosa por sua neutralidade e política externa de não-agressão. Este, aliás, é um pré-requisito para a prática do livre comércio global: criar inimigos seria totalmente contra-producente.

A Suíça possui um exército e o serviço militar é compulsório, mas é voltado exclusivamente para a defesa contra invasores externos. Guerras sempre foram a principal barreira ao progresso econômico, e a reconstrução política após uma guerra quase sempre é um desastre pior do que a própria destruição física da guerra. A Suíça conseguiu evitar tudo isso.

6) Inovação empreendedorial

A Suíça sempre ocupa as primeiras posições na lista de países com a maior facilidade para se empreender, embora sua posição tenha se deteriorado no século XXI. É fácil abrir uma empresa no país, a tributação é relativamente baixa, as leis são transparentes e o arcabouço jurídico é totalmente previsível. Várias empresas internacionais escolheram a Suíça como sede de suas matrizes.

A inovação está enraizada na cultura, no sistema educacional do país e em toda uma rede de centros de pesquisa, o que se traduz em investimentos nas pessoas e no conhecimento. Sem exageros, a inovação está na mente e na alma de praticamente todo suíço, bem como nas instituições do país.

Não é perfeito, mas é o que há

De modo algum a Suíça é perfeita; afinal, trata-se de um estado-nação, e todo conceito de estado-nação é deletério para cada vida individual das pessoas que vivem neles e que os formam. Com efeito, o próprio conceito de estado-nação clama por “inovações disruptivas”.

Talvez, quem sabe?, serão os próprios suíços, com sua tradição de descentralização, subsidiariedade, iniciativa individual, e livre comércio de idéias, que irão implantar essas inovações — isso, é claro, se eles não forem sobrepujados por instituições globalistas como União Europeia, ONU, FMI, Banco Mundial etc.

É a economia contra a política. O nosso desejo, é claro, sempre foi o de “economia por todos os lados, e a política em lugar nenhum”. Mas isso tem se comprovado impossível de ser mantido.

O fato de que houve uma época em que a economia prevaleceu na Suíça — e suas consequências benéficas perduram até hoje — serve como uma tênue esperança de que tal arranjo possa, um dia, voltar a vigorar.

Fonte: Mises Bra

Continuar lendo ECONOMIA: CONHEÇA A FILOSOFIA SUÍÇA DE VIVER. É IMPRESSIONANTE!

SINDSAÚDE-RN APONTA ERRO RECORRENTE COMETIDO PELO GOVERNO DO ESTADO NA FOLHA DE PAGAMENTO DOS SERVIDORES DA SAÚDE

Governo do Estado comete erro na folha de pagamento de maio e aposentados são penalizados

Foto: reprodução

O Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras em Saúde do Rio Grande do Norte (Sindsaúde-RN) apontou erros graves cometidos pelo Governo do Estado na folha de pagamento de maio que prejudicou aposentados.

O sindicato afirma que “é inadmissível esses erros recorrentes”.

“Interessante é que o governo sempre erra reduzindo os salários dos servidores, nunca é para mais”, diz a entidade sindical.

Confira abaixo a publicação do Sindsaúde que aponta o erro:

Mais uma vez, o governo do Estado comete erros graves na condução do pagamento da folha dos servidores e servidoras da saúde. Dessa vez, os aposentados e aposentadas foram os mais penalizados com esses erros na folha do mês de maio.

“É inadmissível esses erros recorrentes .Se a equipe não tem preparo para executar uma folha de pagamento, que seja substituída. Nós temos que externar nosso repúdio, denunciar e cobrar para que não ocorra mais isso. Faço aqui uma convocação à todos os aposentados e aposentadas que possam comparecer na próxima segunda-feira (16) às 10h na secretaria de Administração (no Centro Administrativo)”, enfatizou Jamile Gibson, diretora do Sindsaúde/RN.

Entenda o que ocorreu:

Segundo o Subsecretário do RH da secretaria de Administração, Ediran Barbosa, ocorreu um erro na confecção da folha dos aposentados e só perceberam à noite. Segundo Ediran, a secretaria de Administração corrigiu a folha dos servidores da ativa, mas confeccionaram errado a folha dos aposentados.

Após perceber o erro, o Subsecretário entrou em contato com a coordenadora do Sindsaúde/RN, Rosália Fernandes, informando que já identificaram o erro e afirmou que irão corrigir o pagamento em uma folha suplementar na próxima semana.

Para nós do Sindsaúde/RN, é inadmissível que erros como esse aconteçam de forma constante. Sabemos que erros podem ocorrer, mas todo mês já é uma falta de respeito com os trabalhadores e trabalhadoras da saúde e aposentados (as). Interessante é que o governo sempre erra reduzindo os salários dos servidores, nunca é para mais. Exigimos mais atenção e respeito com o pagamento dos trabalhadores e aposentados da saúde. Principalmente os aposentados que dedicaram anos de trabalho e suor na saúde pública do estado e hoje necessitam dos seus salários para sobreviverem. Merecemos respeito!

Fonte: Blog do BG

Continuar lendo SINDSAÚDE-RN APONTA ERRO RECORRENTE COMETIDO PELO GOVERNO DO ESTADO NA FOLHA DE PAGAMENTO DOS SERVIDORES DA SAÚDE

DADOS ATUALIZADOS DO CORONAVÍRUS NO RN

Por g1 RN

 

Leitos vazios — Foto: DivulgaçãoLeitos vazios — Foto: Divulgação

O Rio Grande do Norte alcançou neste sábado (14) a marca de 30 dias sem nenhuma nova morte confirmada por Covid-19, segundo dados da Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap).

Ao todo, desde o primeiro caso em março de 2020, o estado contabilizou 8.196 vidas perdidas para a doença. Ainda há 1.406 óbitos suspeitos.

A Sesap atribui a redução das mortes ao avanço da vacinação da população. No grupo acima dos 60 anos, por exemplo, a cobertura vacinal do estado atingiu toda a população estimada com as duas doses e está em 90% para a dose de reforço.

“Com o avanço da vacinação conseguimos uma melhora gradativa, tanto na transmissão como nos casos de internação, sendo a maioria dos internados ainda sem seu esquema vacinal completo. Reforçamos a importância da vacina em todos os públicos para continuarmos num cenário confortável e esperançoso”, afirma o secretário Cipriano Maia.

Atualmente, o estado tem 2.959.606 pessoas vacinadas com a primeira dose, o que representa 93% da população. Com a segunda dose, são 2.669.722, totalizando 84%. Com a terceira dose. 1.535.563, ou 48% da população.

Ao todo, 7,2 milhões de doses foram aplicadas em todos os municípios potiguares.

Ao longo da pandemia, a rede pública de saúde chegou a abrir 840 leitos de UTI e clínicos nos momentos mais críticos.

Neste sábado (14), a plataforma RegulaRN apontou 67 leitos de UTI reservados para pacientes acometidos pela Covid-19, sendo onze ocupados. Ainda estavam disponíveis 88 leitos clínicos, com apenas cinco pacientes internados.

Continuar lendo DADOS ATUALIZADOS DO CORONAVÍRUS NO RN

GOVVERNO DE MINAS AUTORIZA MINERADORA SAMARCO AMPLIAR ATIVIVDADES NO LOCAL ONDE FICAVA BARRAGEM DE FUNDÃO ROMPIDA EM 1015

Por Sávio Gabriel e Dannyellen Paiva, g1 Minas — Belo Horizonte

 

O Complexo de Germano, onde ficava a barragem do Fundão, fica localizado em Mariana — Foto: TV GloboO Complexo de Germano, onde ficava a barragem do Fundão, fica localizado em Mariana — Foto: TV Globo

A mineradora Samarco foi autorizada pelo governo de Minas a ampliar a atividade do Complexo Minerário Germano, localizado entre as cidades de Mariana e Ouro Preto. No local, funcionava a Barragem de Fundão, que se rompeu em novembro de 2015 e deixou 19 pessoas mortas.

Na prática, o Conselho Estadual de Política Ambiental (Copam) permitiu que a empresa pudesse intervir em 35 hectares de Mata Atlântica, dos quais 11 hectares estão localizados numa Área de Proteção Permanente (APP).

O Complexo Minerário Germano é composto por um conjunto de unidades integradas que desenvolvem atividades de lavra, beneficiamento mineral, transporte de polpa de concentrado de minério de ferro por um mineroduto até o Espírito Santo, onde há a expedição portuária. No local, há duas minas: a Alegria Norte e Alegria Sul.

A autorização do Copam foi dada em março. Segundo consta no documento que permitiu a ampliação, “as intervenções se fazem necessárias para manter a continuidade da lavra na cava de Alegria Sul e manter a continuidade dos planos de lavra na Mina de Alegria Norte, potencializar o aproveitamento de minério nessas cavas e a manutenção dos teores de produção a partir de 2022”.

A área que o Copam autorizou a Samarco a intervir está localizada nas sub-bacias dos rios Piranga e Piracicaba, que fazem parte da bacia do Rio Doce, segundo consta no diagnóstico ambiental feito pelo órgão estadual.

Respostas

Em nota, a Samarco confirma que obteve a aprovação. Segundo a mineradora, “o pedido foi feito para atender o atual momento da empresa, que opera com 26% de sua capacidade produtiva, e não para a retomada total das atividades”.

Ainda de acordo com a empresa, “as compensações florestais pela supressão dessa área estão sendo devidamente realizadas, conforme a legislação, com a preservação de 128 hectares, que representa mais de três vezes a área suprimida”.

A mineradora disse ainda que a capacidade de produção vai acontecer de forma gradual e segura, e que em 2029 deve atingir “100% de sua capacidade produtiva, conforme planejamento prévio”.

Ainda de acordo com a Samarco, a intervenção na APP é necessária “tendo em vista a localização da reserva mineral adjacente às áreas de lavra já existente no Complexo Germano”, e reforça que o processo “tramitou de forma regular perante o órgão licenciador, seguindo a legislação vigente”.

“A intervenção em APP é permitida, conforme Resolução Conama nº 369, de 28 de março de 2006 e Art. 17 da DN 47.749 de 2019, mediante apresentação da proposta de compensação florestal, a qual foi devidamente apresentada pela Samarco”, acrescenta.

Por fim, a mineradora diz que a área em questão “não tem conexão com a área onde ficava a barragem de Fundão”.

O processo para ampliação do complexo minerário é antigo. De acordo com a Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad), a Samarco fez a primeira solicitação em 2017. O parecer foi apresentado em 2019, mas na época era necessária autorização do Ibama, que negou a ampliação. A Samarco então buscou alternativas e apresentou novos estudos.

Em 2020, um novo pedido foi apresentado à Semad, que submeteu novamente ao Ibama. Dessa vez, no entanto, o órgão federal informou que não era mais necessária a anuência para o prosseguimento e a partir de então coube exclusivamente à instância estadual analisar o processo.

A Semad esclarece ainda que o tema processo chegou a ser pautado na 84ª reunião do Copam, em fevereiro deste ano, quando, na ocasião, os conselheiros representantes da sociedade civil organizada, como ambientalistas e setores produtivos, solicitaram vistas (mais tempo para análise). Na reunião seguinte, em março, houve o retorno das considerações.

Segundo a Semad, o representante das organizações ambientalistas disse que “buscou-se ouvir a comunidade atingida / reclamante do entorno do empreendimento, mas nenhuma informação foi apresentada a este conselheiro que subsidiasse qualquer solicitação diversa”.

O conselheiro também atestou que “não foi possível identificar irregularidades no processo, assim como não foi possível identificar qualquer descumprimento das condicionantes de forma à prejudicar a natureza e/ ou os diretamente afetados pelo empreendimento”, de acordo com a nota enviada ao g1.

Ainda de acordo com a Semad, como contrapartidas estão previstas compensações de Mata Atlântica (em área duas vezes maior que a suprimida), de Área de Proteção Permanente (em área igual à suprimida), de espécies ameaçadas (plantio de 5 a 25 espécies arbóreas para cada uma que for destruída) e implantação de medidas de controle ambiental

“Assim, com base em tal manifestação, e também na manifestação positiva feita pelos demais conselheiros que solicitaram vistas ao processo, além do parecer único emitido pelo órgão ambiental, a CMI/Copam votou favorável à emissão do adendo à licença ambiental do empreendimento, em 25 de março de 2022”, detalhou a secretaria.

Fonte: G1

Continuar lendo GOVVERNO DE MINAS AUTORIZA MINERADORA SAMARCO AMPLIAR ATIVIVDADES NO LOCAL ONDE FICAVA BARRAGEM DE FUNDÃO ROMPIDA EM 1015

PROCURA POR VIAGENS NO MÊS DE JULHO TEVE UM AUMENTO SIGNIFICATIVO PRINCIPALMENTE PARA DESTINOS NACIONAIS, AFIRMA AGÊNCIA

Procura por viagens no mês de julho cresce mais de 50%, dizem agências de viagens

Destinos nacionais são mais buscados que os internacionais e os preços médios das passagens variam entre R$ 882 e R$ 1.716

Nathalie Hanna Alpaca

da CNN*

no Rio de Janeiro

Getty Images/izuse

Diferente do ano passado, a procura por viagens no mês de julho teve um aumento significativo, segundo agências de viagens. A empresa Decolar observa que houve uma procura 51% maior em abril em relação a março deste ano, mas a tendência é que esse índice continue em crescimento.

A diretora de Voos da Decolar, Daniela Araújo, explica que há um conjunto de fatores que influenciaram as pessoas a procurarem por novos destinos, como o aumento do dólar, das passagens e da flexibilidade das restrições contra a Covid-19.

“Aumentou um pouco o preço do mercado, mas não diminuiu a busca porque há uma demanda reprimida. Tivemos um período de dólar alto, as tarifas internacionais contribuíram para que as pessoas optassem a viajar pelo Brasil, mas nós também vemos destinos internacionais com preços retraindo em relação a 2021. Existem destinos para todos os perfis. Ficamos quase dois anos sem viajar, então as pessoas se adequam ao momento”, ressalta a diretora.

Daniela também analisa a alta procura pelos destinos nacionais. Segundo ela, o turismo no país sempre foi forte, mas o mercado apresenta um novo tipo de busca de itinerários.

“Sempre tivemos um volume de pesquisa importante para o nacional. O turismo no Brasil sempre foi forte. Claramente ele estava muito mais concentrado nos destinos coringas, mas o que vemos agora é um leque de possibilidades do turismo doméstico se expandindo”, diz.

Em relação aos destinos nacionais, a empresa norte-americana KAYAK, cujo principal produto é o buscador de viagens, notou que São Paulo, Fortaleza, Salvador, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Recife, Maceió, Natal, Brasília e Porto Seguro foram os locais que entraram no top dez de 2022 quando comparado a 2019. O preço médio desses destinos varia entre R$882 e R$1.716.

Voos internacionais

Já nos internacionais, Lisboa, Buenos Aires e Santiago lideram as buscas, seguidos por Paris, Orlando, Miami, Londres, Porto, Nova York e Roma. Segundo a KAYAK, o menor preço médio foi marcado por Buenos Aires, Argentina, que chegou a R$ 2.023. Já o mais caro foi da cidade de Londres, com R$7.980.

A agência de viagens CVC também reparou um aumento no setor. A empresa afirma que essa procura cresceu 54% em comparação com 2021. De acordo com a gerente executiva de vendas da CVC, Viviane Piovarcsik, o motivo é a demanda reprimida.

“Muitas pessoas tiveram planos adiados, então as férias estão chegando para materializar isso. Temos uma situação agora com a guerra da Ucrânia que não é isolada. Tudo influencia na passagem aérea, mas o setor está otimista com a retomada. Nós apostamos muito em promoções e flexibilidade no pagamento, o que atrai o consumidor”, analisa a gerente executiva.

O levantamento da CVC aponta que os destinos nacionais concentram a maior parte da procura para as próximas férias. Segundo a empresa, os destinos mais procurados estão na região Nordeste, como Natal, Maceió, Porto Seguro, Salvador e Recife. Já os internacionais mais buscados são: Orlando, Bariloche, Cancun, Paris e Santiago.

A CVC afirma que as reservas confirmadas no primeiro trimestre de 2022 cresceram 110,5% em comparação com o ano passado. Além disso, a empresa revela que, nesse mesmo período, a receita líquida subiu 76,5% e a CVC Corp embarcou 1,9 milhão de passageiros – um aumento de 15,2% em relação ao primeiro trimestre de 2021.

Fonte: CNN

Continuar lendo PROCURA POR VIAGENS NO MÊS DE JULHO TEVE UM AUMENTO SIGNIFICATIVO PRINCIPALMENTE PARA DESTINOS NACIONAIS, AFIRMA AGÊNCIA

PARLAMENTO DE CUBA APROVA CÓDIGO PENAL PARA EVITAR PROTESTOS E PRESERVAR ATUAL REGIME SOCIALISTA

PARLAMENTO DE CUBA APROVA CÓDIGO PENAL PARA EVITAR PROTESTOS E PRESERVAR ATUAL REGIME SOCIALISTA
Cuban national flag

Após atos contra o governo, Cuba endurece punição para subversão

Nova lei mantém pena de morte, ‘com caráter excepcional’, para 23 delitos e impede violações mais graves e lesivas à sociedade

INTERNACIONAL

por AFP

Governo cubano quer impedir manifestações contrárias ao regime

TIMOTHY A. CLARY / AFP

Dez meses depois de enormes protestos antigovernamentais, o Parlamento de Cuba aprovou neste domingo (15), por “unanimidade”, um novo Código Penal que tenta evitar a repetição desses acontecimentos e preservar o atual regime socialista.

A nova lei “tipifica como delitos os atos mais graves e lesivos para a sociedade e protege os interesses do Estado e do povo”, disse o presidente do Tribunal Supremo, Rubén Remigio Ferro, ao apresentar o novo código ao plenário da Assembleia Nacional.

Nos dias 11 e 12 de julho de 2021, milhares de pessoas protagonizaram, em 50 cidades, os maiores protestos contra o governo cubano em 60 anos, que terminaram com uma morte, dezenas de feridos e centenas de detidos.

O novo código substitui o de 1997 e complementa a Constituição de 2019, junto com a Lei de Amparo de Direitos Constitucionais e o Código de Execução Penal, que também serão submetidos a votação nesta sessão extraordinária da Assembleia Nacional, que começou na sexta-feira (13) e termina na segunda (16).

Entre as novidades do texto estão “sua aplicação a infrações e atos ilícitos que afetam o espectro radioelétrico, o meio ambiente e o patrimônio natural”, afirmou Ferro.

“Serão penalizadas as violações mais graves relacionadas com o uso abusivo dos direitos constitucionais, a participação em atividades subversivas e as agressões às tecnologias da informação e às comunicações”, acrescentou.

Para o jurista cubano Harold Bertod, radicado na Espanha, “o Código Penal amplia o catálogo de condutas delitivas relacionadas com a ordem constitucional para confirmar uma realidade do sistema político: não há espaço para alternativas no âmbito político”.

“O direito de manifestação […] só será permitido em um sentido de ‘confirmação’ das políticas do Estado, e nunca de forma ‘contraditória'”, disse ele à AFP.

Já o deputado Jorge González, médico que dirigiu a equipe responsável pela localização e pelo reconhecimento dos restos mortais de Che Guevara em 1997, na Bolívia, afirma que se trata de “uma lei que recolhe e atualiza todos os conceitos internacionais, adequando-os às condições de Cuba”.

A nova lei mantém a pena de morte, “com caráter excepcional”, para 23 delitos. Ela será aplicada basicamente “em crimes contra a segurança do Estado, terrorismo, tráfico internacional de drogas e assassinato”, acrescentou o presidente do tribunal.

A pena capital foi aplicada com bastante regularidade em Cuba na década de 1960. Contudo, desde o ano 2000 há uma espécie de moratória, apenas quebrada em 2003, com a execução de três sequestradores armados de um bote de passageiros.

“Não estamos de acordo com a pena de morte. Não estamos convencidos com base em nossa fé”, disse a deputada María Yi Reyna, uma pastora evangélica, em um dos raros momentos de discordância no Parlamento.

Continuar lendo PARLAMENTO DE CUBA APROVA CÓDIGO PENAL PARA EVITAR PROTESTOS E PRESERVAR ATUAL REGIME SOCIALISTA

MPRN RECOMENDOU À SESAP O CONSERTO DA FROTA DE CARROS FUMACÊ QUE ESTÃO QUEBRADOS POR FALTA DE PEÇAS

MPRN cobra da Sesap conserto de veículos para combate à dengue

Foto: Ilustrativa/Reprodução

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MP-RN) recomendou na última sexta-feira (13) à Secretaria de Saúde Pública do RN (Sesap) o conserto da frota de carros fumacê. A informação foi publicada no Diário Oficial do Estado desse sábado (14). Dos 15 carros fumacê da Sesap, 11 estão quebrados por falta de peça.

A recomendação é assinada pela Promotora de Justiça Substituta, Raquel Batista de Ataíde Fagundes. No texto, a promotora cita o último boletim epidemiológico da semana 14 — concluído no dia 9 de abril — apontando que no RN foram notificados 4784 casos de dengue, 1719 casos de Chikungunya e 368 casos de Zika.

Natal registrou 3,2 mil casos de dengue notificados entre janeiro deste ano e as duas primeiras semanas de maio, de acordo com o Departamento de Vigilância em Saúde (DVS) da capital. Os números representam uma epidemia de dengue, segundo a Secretaria Municipal de Saúde.

No documento, o MP diz que 13 municípios potiguares ainda fazem uso do carro Ultra Baixo Volume (UBV) — nome oficial do fumacê —, para controle do mosquito Aedes aegypti, “sendo esta uma medida importante para a prevenção e contenção das arboviroses”. As cidades são Natal, Macaíba, Guamaré, Pedro Avelino, Brejinho, Santo Antônio, Várzea, Montanhas, Serrinha, Lagoa D’Anta, Passa e Fica, Jardim do Seridó e Parelhas.

Fonte: Blog do BG

Continuar lendo MPRN RECOMENDOU À SESAP O CONSERTO DA FROTA DE CARROS FUMACÊ QUE ESTÃO QUEBRADOS POR FALTA DE PEÇAS

DADOS ATUALIZADOS DO CORONAVÍRUS NO RN

RN não registra mortes por Covid-19 há 30 dias

Redação/Portal da Tropical

Atualizado em:

Foto: Agência Brasil

O Rio Grande do Norte não registra mortes por Covid-19 há 30 dias, de acordo com o boletim epidemi divulgado neste sábado (14) pela Secretaria de Estado e Saúde Pública (Sesap). Segundo a faixa etária, o se dá por conta do avanço da massa principalmente todas as faixas etárias No grupo dos 60 anos, por exemplo, a proteção vacinal atingiu toda a população estimada com duas doses e está em 90% para uma dose de reforço acima.

Neste sábado, a plataforma RegulaRN aponta que 67 leitos de UTI reservados para pacientes acometidos pela Covid-19, onze estão ocupados. Já dos 88 leitos clínicos disoníveis, cinco estão com pacientes internos.

Ao longo da pandemia, o Rio Grande do Norte chegou a abrir 84 leitos de UTI e clínicos nos momentos mais críticos.

“Com o avanço planejador dos processos planejados uma concepção completa e gradativa na transmissão como nos processos ainda sem sua força”, sendo a maioria em todos os processos planejados e completos esperaso num número”, sendo a maioria em todos os processos planejados e completos para prosseguirmos. afirma o secretário do Estado da Saúde Pública, Cipriano Maia.

Atualmente o RN conta com 2.959.606 pessoas vacinadas com a primeira dose, o que representa 93% da população. Com a segunda dose são 2.669.722, totalizando 84%. Com a terceira dose são 1.535.563, 48% da população. Ao todo, 7.23.122 doses foram aplicadas em todos os municípios

Desde o início da pandemia, o Rio Grande do Norte registrou 504.270 casos confirmados e 8.196 óbitos.

Continuar lendo DADOS ATUALIZADOS DO CORONAVÍRUS NO RN

ECLIPSE LUNAR TOTAL OU LUA DE SANGUE PODERÁ SER VISTA EM TODO BRASIL NA NOITE DESTE DOMINGO (15)

Lua de Sangue’: eclipse lunar total poderá ser visto no Brasil neste final de semana

Fenômeno acontece duas semanas após um eclipse solar parcial e poderá ser visto em todas as regiões do Brasil

INTERNACIONAL

 Maria Cunha*, do R7

O eclipse lunar total deixa a Lua avermelhada

PIXABAY

Um eclipse lunar total, conhecido popularmente como “Lua de Sangue”, irá ocorrer na de noite de domingo (15) para segunda-feira (16). O fenômeno acontece duas semanas após um eclipse solar parcial e poderá ser visto em todo o Brasil.

De acordo com Rodolfo Langhi, coordenador do Observatório de Astronomia da Unesp (Universidade Estadual Paulista), um eclipse lunar ocorre quando a Lua entra na sombra da Terra e deixa de receber parte da luz do Sol.

“Atrás da Terra tem um cone de sombra e então, de vez em quando, a Lua cheia passa pela sombra, atravessa esse cone no espaço, e acontece um eclipse lunar”, explica. “Pode ser que, às vezes, o satélite só passe raspando ou parcialmente passe pela sombra da terra, então nós temos um eclipse lunar parcial”.

Assim, para que haja um eclipse lunar total, é necessário que a Lua inteira mergulhe na sombra da Terra.

“Lua de Sangue”

O satélite natural da Terra não ficará totalmente escuro durante o eclipse deste fim de semana. Langhi conta que quando a luz do Sol bate na Terra, a maior parte da luz é bloqueada, por isso que uma sombra atrás do planeta é formada. Porém, a atmosfera, que é uma camada fina de gases na superfície do planeta, permite a passagem de parte da luz.

“Os gases da atmosfera desviam a luz do Sol para dentro do cone de sombra, então existe um pouquinho de luz solar entrando e, por isso, o eclipse não deixa a Lua ficar totalmente escura, ela fica avermelhada”, explica o astrônomo.

Como ver o eclipse?

Mesmo com o envolvimento da luz do Sol, para observar o fenômeno nenhuma precaução é necessária, diferente de um eclipse solar, no qual é preciso colocar uma proteção especial para os olhos.

“Se tiver binóculo, pode apontar o binóculo. Se tiver telescópio também pode apontar o telescópio, não precisa de filtro e é muito lindo este fenômeno. A gente só precisa de um céu sem nuvens”, diz Rodolfo Langhi.

O especialista orienta que o melhor lugar para observar o fenômeno será na América do Sul, e na América Central, não importando se é uma área urbana ou rural. Parte da África e da América do Norte também conseguirão ver.

“Nós vamos ver o eclipse completo, desde a hora que a Lua começa a entrar na sombra que é às 23h27 de domingo (15) e ela só vai sair completamente às 2h55 da segunda-feira (16). O máximo, o ápice, vai ser às 1h11 do dia 16”.

O fenômeno do domingo não é tão raro. Todos os anos, ocorre um eclipse lunar total ou mais de um eclipse lunar. “Mas considerando o fato que a gente tem que esperar de um ano para o outro e, às vezes, a gente espera um eclipse total e naquela noite nubla ou chove e a gente perde, como aconteceu no último aqui em Bauru, acaba sendo raro”, diz Langhi.

O próximo eclipse irá acontecer no dia 28 de outubro de 2023 e será um eclipse lunar parcial, visto durante o nascer da Lua.

“A gente acaba sempre esperando com bastante expectativa o próximo eclipse, tanto para uma observação casual de deleite, de contemplação, quanto para coleta de dados para fins científicos, então vamos esperar aí uma excelente noite para todos nós”, conclui Langhi.

Fonte: R7

Continuar lendo ECLIPSE LUNAR TOTAL OU LUA DE SANGUE PODERÁ SER VISTA EM TODO BRASIL NA NOITE DESTE DOMINGO (15)

MULHER DE 86 ANOS QUE TRABALHAVA HÁ 72 EM SITUAÇÃO ANÁLOGA À ESCRAVIDÃO FOI RESGATADA NO RIO DE JANEIRO

 

Mulher de 86 anos é resgatada após 72 anos de trabalho em condições análogas à escravidão

Vítima trabalhou para a mesma família desde os 12 anos de idade, sem oportunidade de estudo, férias ou salário, segundo o Ministério Público do Trabalho

Jaqueline FrizonCamille CoutoThayana Araújo

da CNN

no Rio de Janeiro

Casos de exploração de pessoas submetidas a condições de trabalho análogas à escravidão ainda são registrados no Brasil 134 anos após a abolição da escravatura.

Uma mulher, de 86 anos, foi resgatada depois de trabalhar para uma mesma família há 72 anos. Nascida em Vassouras, no Centro-Sul do estado do Rio de Janeiro, a senhora trabalhou para a mesma família desde os 12 anos de idade, por três gerações.

Ela prestou serviço todos os dias, sem oportunidade de estudo, férias ou salário. Atualmente, com a idade avançada, continuava exercendo as funções domésticas como limpar, passar roupa, fazer comida e cuidar da dona casa.

Segundo informações do Ministério Público do Trabalho (MPT), o caso foi considerado a exploração mais longa de uma pessoa em situação de escravidão contemporânea no país, desde que o Brasil criou um sistema de fiscalização para enfrentar esse tipo de crime, em maio de 1995. De acordo com o órgão, nos últimos 27 anos, 58.166 pessoas foram resgatadas pelo poder público.

A ação que resgatou a mulher não identificada teve início em 21 de setembro de 2021. No dia 5 de maio, a operação foi concluída. No entanto, o processo ainda não terminou, uma vez que ainda está em negociação o pagamento dos salários e direitos atrasados da vítima.

O resgate foi realizado pela Superintendência Regional do Trabalho do Rio e pelo Ministério Público do Trabalho e acompanhado pelo programa Ação Integrada. Desde que foi resgatada, em 15 de março, ela está recebendo atendimento psicossocial em um abrigo da prefeitura do Rio de Janeiro. Essa foi a primeira vez que ela saiu da casa onde trabalhava.

“Precisamos entender o que houve. Hoje a força produtiva não é tão intensa, mas ela cuida da senhora empregadora que tem problemas de saúde. No depoimento ela alegou que teria que voltar para casa para dar banho, comida e remédios para a senhora que ela cuidava, que ela tinha uma dívida de gratidão. Ela não tem amigos, não estudou, não tem rédea da própria vida. Faz o que o empregador determina, é natural querer voltar para o ambiente, ainda que não seja digno”, disse o auditor do Trabalho Alexandre Lyra.

De acordo com Lyra, pessoas da casa afirmaram que a idosa era “como se fosse da família”, não sendo considerada por eles como uma empregada. “Disseram que os serviços domésticos não eram trabalho, mas uma colaboração voluntária no âmbito familiar. Dizem que não tinham por que pagar salário se ela era da família, usaram a expressão ‘mãe preta’, ela comia, dormia no local, não tinha por que receber salário”, afirmou o auditor.

Caso foi considerado a exploração mais longa de uma pessoa em situação de escravidão contemporânea no país, segundo o MPT/ Jaqueline Frizon/CNN

Para a assistente social, Cristiane Lessa, o caso pode ser comparado ao de um relacionamento abusivo.

“Ela nunca saiu do local, nunca fez um passeio. Ela nunca tentou sair. A rotina dela era viver por eles e para eles. Ela estava com medo, insegura, ansiosa, magra. Nossa função foi trazer para ela a noção de acolhimento, de proteção integral. Para que ela se sentisse mais pertencida, acolhida. Estamos trabalhando para que ela se sinta integrada aqui. Ela sente falta daquele local porque são anos, mas ao mesmo tempo ela não sofre por isso. Ela tem, cada dia, vivido melhor”, relatou a assistente social.

Segundo Yasmin, as vítimas se preocupam com os “patrões” e muitas vezes pedem para voltar para as casas. A psicóloga relata que isso é comum, porque é o único convívio social que a vítima conhece. Além do acolhimento, o MPT e as ações integradas da prefeitura e do estado tentam localizar os familiares da idosa.

Combate ao trabalho escravo

Dados da Divisão para Erradicação do Trabalho Escravo (Detrae) apontam que esse é o primeiro resgate neste ano, porém é o oitavo desde janeiro do ano de 2021, somente no Rio de Janeiro. Desde 2017, no Brasil, foram registrados 64 casos de trabalho escravo doméstico, sendo 31 no ano passado.

Das 1.930 pessoas em situação de escravidão resgatadas no país em 2021, 27 vítimas estavam no serviço doméstico. Em 2020, haviam sido apenas três.

Desde 1940, o trabalho escravo se tornou crime no país. Quatro elementos podem definir escravidão contemporânea:

  • trabalho forçado: que envolve cerceamento do direito de ir e vir
  • servidão por dívida: um cativeiro atrelado a dívidas, muitas vezes fraudulentas
  • condições degradantes: trabalho que nega a dignidade humana, colocando em risco a saúde
  • jornada exaustiva: levar ao trabalhador ao completo esgotamento dado à intensidade da exploração, também colocando em risco a saúde e vida

Fonte: CNN

Continuar lendo MULHER DE 86 ANOS QUE TRABALHAVA HÁ 72 EM SITUAÇÃO ANÁLOGA À ESCRAVIDÃO FOI RESGATADA NO RIO DE JANEIRO

CONHEÇA ESTRADA BOLIVIANA CONSIDERADA UMA DAS MAIS PERIGOSAS DO MUNDO

A estrada mais perigosa do mundo

Ela fica na Bolívia, tem 64 quilômetros e apenas três metros de largura

Uma estrada boliviana construída por prisioneiros de guerra paraguaios depois da Guerra do Chaco (1932-1935) é considerada uma das mais perigosas do mundo.

A pista tem apenas três metros de largura | Foto: Reprodução/Flickr

A estrada vai de La Paz, principal cidade da Bolívia, para uma região conhecida como Yungas. Ela tem 64 quilômetros e uma descida acentuada de 3,5 mil metros. Partes da rodovia têm apenas três metros de largura, há uma série de curvas fechadas e cantos cegos, além cachoeiras que escorrem pelas rochas.

Barreiras de segurança são raras. Ao longo do trecho, mais comum, são santuários à beira da estrada: cruzes brancas, cachos de flores e fotos.

Depois do trecho inicial até o topo da montanha é apenas pista de terra. E ainda, é uma rota importante para caminhões e ônibus. No começo dos anos 2000, estimava-se que 200 a 300 pessoas morriam na estrada.

Ela ainda é uma rota importante para caminhões e ônibus | Foto: Reprodução Flickr

A reputação macabra da estrada tornou-a uma espécie de atração turística e atrai um fluxo constante de viajantes. Em 1995, o Banco Interamericano de Desenvolvimento o batizou de “o caminho mais perigoso do mundo”.

A rota também é a porta de entrada para as Yungas (“terras quentes” na língua indígena de Aymara, falada por 1,7 milhão de bolivianos): regiões com ouro e a planta coca.

Uma parte importante de seu trecho é de terra | Foto: Reprodução/Flickr

Uma corrida do ouro está em andamento em partes do Yungas e da Amazônia boliviana, desencadeada pelo aumento dos preços do minério depois da crise financeira global de 2007-2008.

Grande parte da mineração é ilegal e ligada ao crime organizado, às vias navegáveis envenenadas e ao aumento do desmatamento, como destacado em um relatório de 2018 do Projeto de Informação Geo-Referencial Da Amazônia, uma coalizão de organizações da sociedade civil.

Continuar lendo CONHEÇA ESTRADA BOLIVIANA CONSIDERADA UMA DAS MAIS PERIGOSAS DO MUNDO

AUTOCONHECIMENTO: CONSCIÊNCIA PLENA SEGUNDO A MONJA COEN

Na sessão de AUTOCONHECIMENTO deste sábado, uma palestra imperdível com uma das mais importantes figuras de divulgação da meditação e consciência plena atualmente em atividade no Brasil, a Monja Coen. Assista toda, vale a pena.

Fonte:

TEDx Talks

Publicado em 25 de mai de 2016

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: CONSCIÊNCIA PLENA SEGUNDO A MONJA COEN

PESQUISADORES DA UFRN DESENVOLVERAM NOVA TECNOLOGIA COM POTENCIAL DE EFICIÊNCIA PARA MELHORAR PROCESSO DE CONCRETAGEM NA CONSTRUÇÃO CIVIL

Cientistas da UFRN usam inteligência artificial para melhorar processo na construção civil

Redação/Portal da Tropical

Atualizado em:

Aquiles e Raphael falam que parceria com setor produtivo é fundamental para protótipo sair direto para o mercado | Foto: Cícero Oliveira

Uma nova tecnologia com potencial de eficiência para melhorar o processo de concretagem na construção civil acaba de ser desenvolvida por pesquisadores da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Baseada em uma Inteligência Artificial (IA), o protótipo da invenção apresentou um grau de proximidade de 99% entre o valor obtido experimentalmente e o valor real da medição do grau de fluidez do concreto. Esse valor é significativo quando considerado que o controle convencional do procedimento é feito de forma visual.

É o que destaca Raphael José Rodrigues Torres, um dos cientistas responsáveis pelo estudo que resultou no depósito de pedido de patente do produto. Ele explica que os caminhões betoneira, que levam o concreto para as obras, precisam misturar os materiais, incluindo a água, em um processo chamado redosagem. Em seguida, o motorista do caminhão precisa olhar o concreto e ver se ele está no grau de fluidez correto, denominado slump. “Esse processo é visual, quase um achismo, baseado em grande parte na experiência do motorista. O que patenteamos foi uma Inteligência Artificial capaz de fazer esse processo de forma automática, reduzindo erros e custos de produção”, realça.

Segundo o doutorando, esses benefícios são alcançados reduzindo o tempo de redosagem, bastando o motorista apontar uma câmera para o fundo do balão da betoneira e a tecnologia identifica quase que instantaneamente o slump do concreto. A única variável analisada será o desenho formado pelo concreto durante a redosagem, quando o caminhão está em alta rotação, e com o balão girando. As ondulações formadas no material diferem por faixa de grau de fluidez, independente do volume da betoneira, ou padrão do traço, o que torna o processo de aferição e análise mais prático e assertivo. O sistema coleta as imagens necessárias para o reconhecimento dos padrões e indica, com exatidão, o slump encontrado no momento da redosagem, proporcionando maior segurança na colocação da água. Caso ele identifique o cumprimento para o que foi estabelecido pela obra, finaliza-se o processo; caso contrário, realiza-se a adição da água, e nova leitura após a correção.

“Mantemos a lógica do processo de redosagem, onde o motorista já avalia as ondulações formadas, porém, altera-se o processo de análise, que hoje é pautada no ser humano, pela análise computacional, que servirá de suporte para a tomada de decisão, e que acarretará uma grande redução na margem de erro no processo. A saída dos dados poderá ser acompanhada pelo balanceiro da unidade, através das informações disponibilizadas no software”, reforça.

Raphael Torres pontua que a problemática da incorporação da água na redosagem é um fator de grande preocupação para as centrais dosadoras de concreto, já que quase todo o processo de pesagem, atualmente já automatizado, fica em xeque ao repassar a responsabilidade pela colocação da folga d´água, a redosagem em si, ao operador de betoneira, que precisa executar tal etapa em tempo hábil e com a devida atenção, para evitar excessos.

“Com o maior controle do grau de fluidez é possível reduzir o tempo gasto na usina de concreto, liberando o caminhão para a obra mais rapidamente, consequentemente, reduz o consumo de diesel. Outro ponto importante, quando o caminhão chega na obra, é necessária a conferência do slump desse concreto. Caso esteja fora de conformidade, o concreto é devolvido e descartado pela concreteira, acarretando custos. Na pior das hipóteses, caso utilizem o concreto fora de conformidade, teremos um material com menor resistência, colocando em risco a estrutura da residência, ou mesmo de um prédio, demandando um reforço estrutural, que normalmente traz um prejuízo para a concreteira na cifra dos milhares, e às vezes milhão de reais. Geraremos uma economia real, melhorando a competitividade das concreteiras”, ratifica o estudante.

O estudo que gerou o pedido de patente “Sistema e processo de automatização do processo de redosagem” é fruto do seu mestrado no Programa de Ciência, Tecnologia e Inovação, da Escola de Ciência e Tecnologia da UFRN. Ao lado dele, também atuaram no desenvolvimento da invenção os docentes Aquiles Medeiros Filgueira Burlamaqui e Orivaldo Vieira de Santana Júnior. O primeiro identifica que o software usado utiliza machine learning, mais especificamente redes convolucionais. “A rede inclui camadas de detecção de recursos, com um pré-processamento da imagem mais enxuto, e redução para padrões mais simples, sem perder recursos que contribuam para a melhor previsibilidade de estruturas complexas, acarretando a leitura do grau de fluidez com maior precisão, em um fluxo de trabalho que observamos ser bem aceito pela concreteira, de fácil utilização e com resultados fidedignos”, pontua o professor da Escola de Ciência e Tecnologia (ECT).

As redes convolucionais simulam as práticas de identificação visual atual, sendo mais vantajosa que outras metodologias por não demandar instalação de sensores no caminhão betoneira e ter menos variáveis envolvidas, o que acarretará maior assertividade no processo de predição. “O software pode ser instalado em multiplataformas, como aparelho celular, tablet ou câmera acoplada ao redosador”, acrescenta Burlamaqui.

Ao mercado

Atualmente vinculado ao Departamento de Bioinformática, no doutorado, Raphael Torres ressalta que o passo seguinte é a busca de parceiros que queiram desenvolver o produto. Ele conta inclusive que já há um plano de comercialização e de ganhos recorrentes elaborado. “Quando estudante, atuei na área de construção civil, como líder de concreteira, e essa era uma ‘dor’ que identifiquei em todas as lideranças do Brasil. A partir da identificação do problema, amadureci a linha de negócio, fiz a validação da tecnologia e segui para apresentação comercial, indo aos estados de São Paulo e Minas Gerais para conversar com as maiores empresas da área do país, para saber se era algo viável e comercializável. As respostas foram sempre positivas, o que nos animou. O que é necessário no momento é um sócio desenvolvedor, ou de um comprador da ideia, para que possamos sair do protótipo diretamente para o mercado”, destaca.

O pedido de patente dessa ferramenta passa a integrar o portfólio da vitrine tecnológica da UFRN, invenções que podem ser acessadas através do endereço www.agir.ufrn.br. A patente em si é um título de propriedade temporária sobre uma invenção ou modelo de utilidade, outorgado pelo Estado aos inventores, autores ou outras pessoas físicas ou jurídicas detentoras de direitos sobre a criação. Assim, o depósito de pedido de patente é o primeiro passo para garantir direitos de comercialização exclusiva, por um determinado período, de uma nova invenção com aplicação industrial.

A proteção das tecnologias desenvolvidas por inventores da UFRN tem como objetivo resguardar os direitos patrimoniais da instituição frente aos investimentos intelectuais e financeiros despendidos durante o seu desenvolvimento, mas também permitir que estes novos produtos e processos sejam licenciados por empresas que possam explorá-los comercialmente, gerando recursos para a instituição na forma de royalties que novamente serão investidos em inovação.

Continuar lendo PESQUISADORES DA UFRN DESENVOLVERAM NOVA TECNOLOGIA COM POTENCIAL DE EFICIÊNCIA PARA MELHORAR PROCESSO DE CONCRETAGEM NA CONSTRUÇÃO CIVIL

CANTORA MARIA RITA SERÁ UMA DAS PRINCIPAIS ATRAÇÕES NO FESTIVAL DE SAMBA RIBEIRA BOÊMIA EM NATAL NESTE SÁBADO (14)

Por g1 RN — Natal

 

Maria Rita faz show em Natal neste sábado (14) — Foto: Giulian Serafim/PMPAMaria Rita faz show em Natal neste sábado (14) — Foto: Giulian Serafim/PMPA

O projeto Ribeira Boêmia celebra 10 anos neste sábado (14), com um festival que terá 10 horas de muito samba em Natal. A cantora Maria Rita está entre as principais atrações da festa que será realizada no Centro de Convenções, localizado na Via Costeira.

Os ingressos estão à venda pela internet. Além da Roda Ribeira Boêmia, anfitriã do dia, o festival terá os potiguares Pagode do Coxa e Dodora Cardoso.

O evento começa às 16h e ainda conta com atrações nacionais Moacyr Luz e Samba do Trabalhador; e o quarteto formado por João Cavalcanti, Alfredo Del Penho, Moyseis Marques e Pedro Miranda, apresentando o novo trabalho “Desengaiola”.

Maria Rita chega pela primeira vez ao Festival Ribeira Boêmia com o show “Samba da Maria”, apresentando sucessos como “Tá Perdoado”, “Maltratar Não é Direito”, “Corpo Só”, e clássicos de grandes nomes da música brasileira, como Jorge Aragão (“Vou Festejar”, “Coisa de Pele”, “Lucidez”),Gonzaguinha (“É”, “O Homem Falou”), Benito di Paula (“Retalhos de Cetim”) e Arlindo Cruz (“O Meu Lugar”).

O evento será realizado no pavilhão Nísia Floresta do Centro de Convenções, em área 100% coberta e climatizada, com dois palcos, estacionamento gratuito e mesas e cadeiras gratuitas, disponibilizadas por ordem de chegada.

Fonte: G1 RN

Continuar lendo CANTORA MARIA RITA SERÁ UMA DAS PRINCIPAIS ATRAÇÕES NO FESTIVAL DE SAMBA RIBEIRA BOÊMIA EM NATAL NESTE SÁBADO (14)

MENINA EM SANTA CATARINA QUE SOFRIA ABUSO SEXUAL USA BILHETE PARA PEDIR AJUDA

Por Andrielli Zambonin e Caroline Borges, g1 SC e NSC TV

 

Menina entrega bilhete a monitor de transporte escolar relatando abuso e padrasto é preso em SC — Foto: Polícia Civil/DivulgaçãoMenina entrega bilhete a monitor de transporte escolar relatando abuso e padrasto é preso em SC — Foto: Polícia Civil/Divulgação

menina de 10 anos que entregou um bilhete ao monitor do transporte escolar relatando ser vítima de abuso sexual em Chapecó, no Oeste, afirmou à Polícia Civil que a violência ocorria desde o início do ano, mas que a última situação aconteceu na semana passada. O papel entregue pela garota ao homem que estava no veículo dizia “Me ajuda eu esto sofrendo abuso sexual do meu pai [sic]”.

Segundo o delegado Éder Matte, após o pedido de socorro da vítima, que aconteceu na segunda-feira (9), mas foi divulgado na quinta-feira (12), o padrasto dela, de 55 anos, foi preso preventivamente. Em depoimento, o homem negou o crime. A Polícia Civil trata o caso como estupro de vulnerável consumado.

Conforme Matte, a menina contou que os abusos ocorriam na casa da família, quando a mãe saía para trabalhar como diarista. A mulher também foi ouvida e disse às autoridades que não sabia dos abusos.

“É padrasto dela, mas ela chama de pai porque, na verdade, eles convivem junto desde que ela era muito pequena”, informou o delegado.

O caso chegou à polícia após o monitor de transporte procurar a escola em que a vítima estuda. A unidade de educação, então, entrou em contato com o Conselho Tutelar, que acionou as autoridades. A previsão é de que o inquérito seja concluído até o fim da próxima semana.

Continuar lendo MENINA EM SANTA CATARINA QUE SOFRIA ABUSO SEXUAL USA BILHETE PARA PEDIR AJUDA

SEGUNDO IBGE, OS ESTADOS BAHIA, PERNAMBUCO E RIO DE JANEIRO TIVERAM AS MAIORES TAXAS D DESEMPREGOS NO PRIMEIRO TRIMESTRE DESTE ANO

Bahia, Pernambuco e Rio de Janeiro lideram desemprego no país no 1º trimestre, diz IBGE

Entre as mulheres, a taxa de desemprego é de 13,7% no período, enquanto para os homens está em 9,1%

Thâmara Kaoru

do CNN Brasil Business

em São Paulo

 

Os estados da Bahia, de Pernambuco e do Rio de Janeiro tiveram as maiores taxas de desemprego no 1º trimestre deste ano, informou o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) nesta sexta-feira (13).

Segundo o instituto, na Bahia, a taxa de desocupação foi de 17,6% nos primeiros três meses do ano, enquanto Pernambuco e Rio de Janeiro ficaram com 17% e 14,9%, respectivamente. As menores taxas de desemprego foram de Santa Catarina (4,5%), Mato Grosso (5,3%) e Mato Grosso do Sul (6,5%).

Frente ao 4º trimestre de 2021, a taxa de desocupação caiu somente no Amapá, ficando estável nas demais Unidades da Federação. Já frente ao 1º trimestre de 2021,
as maiores quedas foram observadas em Tocantins, Alagoas e Sergipe.

Entre as mulheres, a taxa de desemprego é de 13,7% no período, enquanto para os homens está em 9,1%. Já a taxa de desocupação por cor ou raça ficou abaixo da média nacional para os brancos (8,9%) e acima para os pretos (13,3%) e pardos (12,9%), segundo o IBGE.

Quando considerado os níveis de instrução, a taxa de desemprego para as pessoas com ensino médio incompleto foi de 18,3%, a maior para a categoria. Para as pessoas com nível superior incompleto, a taxa foi 11,9%, mais que o dobro da verificada para o nível superior completo (5,6%).

Desalentados somam 4,6 milhões no 1º trimestre

O número de desalentados no 1° trimestre de 2022 foi de 4,6 milhões de pessoas, que são pessoas que desistiram de procurar trabalho por acharem que não vão conseguir emprego. O maior número estava na Bahia, com 648 mil desalentados ou 14,1% do contingente nacional.

Taxa de informalidade fica em 40,1%

A taxa de informalidade para o Brasil foi de 40,1% da população ocupada. As maiores taxas ficaram com Pará (62,9%), Maranhão (59,7%) e Amazonas (58,1%) e as menores com Santa Catarina (27,7%), Distrito Federal (30,3%) e São Paulo (30,5%), informou o IBGE.

Rendimento médio é de R$ 2.548

O rendimento médio real mensal habitual foi estimado em R$ 2.548, um aumento de 1,5% em relação ao 4º trimestre de 2021 (R$ 2.510) e uma redução de 8,7% frente ao 1º trimestre de 2021 (R$ 2.789).

Na comparação entre o 4º trimestre de 2021, somente as regiões Norte (R$ 1.985) e Sudeste (R$ 2.875) tiveram expansão significativa. Já em relação ao 1º trimestre de 2021, a Região Norte ficou estável e as demais regiões apresentaram queda do rendimento médio.

Santa Catarina tem mais trabalhadores com carteira assinada

No 1º trimestre de 2022, 74,1% dos empregados do setor privado tinham carteira de trabalho assinada. As regiões Norte (59,9%) e Nordeste (56,9%) apresentaram as menores taxas. Entre os trabalhadores domésticos, 25% tinham carteira de trabalho assinada no país.

Dentre as Unidades da Federação, os maiores percentuais de empregados com carteira assinada no setor privado estavam em Santa Catarina (88,2%), São Paulo (82,4%), Rio Grande do Sul (81,1%) e os menores no Maranhão (47,3%), Pará (51,3%) e Piauí (51,4%).

Continuar lendo SEGUNDO IBGE, OS ESTADOS BAHIA, PERNAMBUCO E RIO DE JANEIRO TIVERAM AS MAIORES TAXAS D DESEMPREGOS NO PRIMEIRO TRIMESTRE DESTE ANO

SEGUNDO INDEC, A INFLAÇÃO NA ARGENTINA CHEGOU A QUASE 60% EM ABRIL

Inflação na Argentina alcança maior patamar em 30 anos

Dados de abril sinalizam que a alta dos preços deve ultrapassar 65% no fim do ano, conforme prevê o Banco Central

O presidente da Argentina, Alberto Fernández, e a vice-presidente Cristina Kirchner, ao tomarem posse do governo do país - 10/12/2019 | Foto: Charly Diaz Azcue/Senado da Argentina

O presidente da Argentina, Alberto Fernández, e a vice-presidente Cristina Kirchner, ao tomarem posse do governo do país – 10/12/2019 | Foto: Charly Diaz Azcue/Senado da Argentina

A inflação na Argentina chegou a quase 60% em abril, informou o Instituto de Estatística e Censos (Indec). Trata-se do maior avanço da inflação em 12 meses desde janeiro de 1992, sob o governo do então presidente Carlos Menem.

No quarto mês do ano, os preços aumentaram 6% em relação a março, queda de quase 1 ponto porcentual em relação ao registrado do mês anterior, quando ocorreu o maior aumento mensal dos últimos 20 anos (quase 7%).

Os dados sinalizam que as projeções do Banco Central do país estão corretas. A autoridade monetária estima que a inflação na Argentina no fim deste ano deve ultrapassar 65%. A meta do governo está entre 40% e 50%.

Em março, o presidente do país, Alberto Fernández, fechou um acordo com o Fundo Monetário Internacional para renegociar uma dívida de mais de US$ 40 bilhões. Uma das promessas é baixar a inflação da Argentina.

Inflação na Argentina em abril

A alta dos preços foi puxada pelos setores de roupas e calçados (cerca de 10%), restaurantes e hotéis (pouco mais de 7%), saúde (quase 6,5%) e comidas e bebidas (quase 6%). Pelo segundo mês consecutivo, a categoria que mais impactou em todas as regiões foi alimentos e bebidas não alcoólicas.

Fonte: R7

Continuar lendo SEGUNDO INDEC, A INFLAÇÃO NA ARGENTINA CHEGOU A QUASE 60% EM ABRIL

SAÚDE: SAIBA QUAIS OS SINTOMAS QUE CARACTERIZAM A SÍNDROME DE BURNOUT

CNN Sinais Vitais aborda a saúde mental no ambiente de trabalho

Síndrome de Burnout pode apresentar sinais como exaustão, falta de energia e baixa realização profissional

Lucas Rocha

Alexandre Petillo

Carolina Marcelino

da CNN

em São Paulo

 

Exaustão emocional, falta de energia e baixa realização profissional são apenas alguns dos sintomas que caracterizam a Síndrome de Burnout. A condição, definida pela OMS como “resultante de um estresse crônico associado ao local de trabalho que não foi adequadamente administrado”, passou a ser reconhecida como fenômeno ocupacional.

“O Burnout vem caracterizado em três dimensões que é a exaustão emocional, a despersonalização e a baixa realização profissional. A exaustão emocional, a característica dela é um esgotamento. A imagem que a gente pode fazer é de um palitinho de fósforo que queimou até o final. Então, se esgotou em termos de combustível, acabou”, explica a psicóloga Miryam Mazieiro, do Instituto de Psiquiatria da Universidade de São Paulo (USP).

A Síndrome de Burnout é o tema do CNN Sinais Vitais desta semana. O programa, apresentado pelo cardiologista Roberto Kalil, vai ao ar neste domingo (15), às 19h30, reforçando o conteúdo diversificado com a marca CNN Soft.

Diferentes fatores contribuem para que as pessoas permaneçam mais tempo “ligadas” ao trabalho. Novas tecnologias, a grande competição no mercado de trabalho, a necessidade de se produzir mais e mais rápido e o aumento da modalidade de trabalho em casa, o home office, são algumas questões que tornam difícil desconectar a mente.

A psiquiatra Alexandrina Maria Meleiro, da Associação Nacional de Medicina do Trabalho, afirma que o Brasil se tornou um terreno fértil para o desenvolvimento da Síndrome de Burnout.

“O Brasil é o primeiro país no mundo no índice de ansiedade – 9,3% dos brasileiros têm ansiedade. E é o quinto no mundo de depressão, só perdendo na América para os Estados Unidos. Então, nós temos uma incidência muito alta, uma prevalência de depressão e ansiedade e claro que isso atinge o trabalhador. Em média, 30% são afastados e é um dos motivos de mais incapacidade para o trabalhador”, afirma Alexandrina.

No episódio, o cardiologista Roberto Kalil conversa com Catarina Dahl, consultora de saúde mental, álcool e outras drogas da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas) e da Organização Mundial da Saúde (OMS), sobre a inclusão da síndrome na lista das doenças ocupacionais reconhecidas pela OMS.

Os indivíduos diagnosticados passam a ter as mesmas garantias trabalhistas e previdenciárias previstas para as demais doenças do trabalho. Catarina destaca como algumas profissões ficaram mais propensas a ter trabalhadores acometidos pela síndrome durante a pandemia de Covid-19.

“Tem uma série de profissões que são, digamos assim, mais comuns de se observar esse tipo de fenômeno. Trabalhadores da área da saúde, submetidos a situações de extremo estresse, tendo que lidar com perdas muito significativas, com o medo de contaminação, com incerteza às vezes com condições de trabalho que não são favoráveis”, pontua.

No Rio de Janeiro, a equipe da CNN conversa com uma atleta olímpica, que também sofreu com o Burnout: a ginasta Flávia Saraiva.

“Eu tive a síndrome em 2019, foi um ano que juntou muita coisa. Muitas competições, foram mais de dez competições, e para ginástica é muita coisa. Acabei tendo uma lesão no joelho e fiquei meio desanimada”, conta Flávia.

“Voltava a treinar, ficava muito cansada. Comecei a ter muita dificuldade de dormir, dormia no máximo três horas por noite. Para quem treina 7 horas por dia, precisa dormir no mínimo 8 horas de sono por noite, e não dormia nada. Chegava no ginásio e chorava, sentia medo”, completa a ginasta.

Para sair dessa dinâmica, a ginasta relata que precisou entender e aceitar o que estava passando. “As pessoas que me ajudaram muito foram meu treinador, as minhas colegas de treino, a minha psicóloga, minha família, porque eu precisava desse abraço”, relembra Flávia.

O episódio também apresenta outros casos da Síndrome de Burnout e novos modelos de tratamento para a condição.

Fonte: CNN

Continuar lendo SAÚDE: SAIBA QUAIS OS SINTOMAS QUE CARACTERIZAM A SÍNDROME DE BURNOUT

VARIEDADES: STF DECIDIU ESTENDER LICENÇA-PATERNIDADE DE 180 PARA PAIS SOLTEIROS SERVIDORES FEDERAIS

Servidores que são pais solo terão direito à licença-paternidade de 180 dias, decide STF

Redação/Portal da Tropical

 Atualizado em:

Foto: Reuters

Por unanimidade, o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu estender a licença-maternidade de 180 dias para pais solteiros servidores públicos federais.

O caso julgado foi específico e trata de um homem que é pai solteiro de gêmeos, frutos de fertilização artificial e de uma barriga de aluguel realizada nos Estados Unidos.

A questão chegou ao Supremo após o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) recorrer da decisão da Justiça Federal que estendeu a licença-maternidade prevista na Lei 8.112/90 ao pai dos gêmeos, que é servidor do órgão.

Pela lei, servidores têm direito à licença-paternidade de 5 dias, mas o benefício vale para casos em que o pai e a mãe cuidam dos filhos. Por cuidar sozinho dos filhos, o servidor solicitou a equiparação com a licença-maternidade.

No julgamento, que ocorreu nesta quinta-feira (12), prevaleceu o voto do relator, ministro Alexandre de Moraes, proferido na sessão de ontem (11). Segundo Moraes, é inconstitucional não estender a licença ao genitor monoparental. Para o ministro, a Constituição confere proteção integral à criança e garante isonomia de direitos entre o homem e a mulher.

O voto foi seguido pelos ministros André Mendonça, Nunes Marques, Edson Fachin, Luís Roberto Barroso, Dias Toffoli, Cármen Lúcia, Ricardo Lewandowski, Gilmar Mendes e o presidente, Luiz Fux.

A decisão Corte vale somente para o caso julgado. No entanto, o entendimento definido sobre a questão deverá ser seguido em todos os processos semelhantes que tramitam no país.

Fonte: Portal da Tropical _ Notícias

Continuar lendo VARIEDADES: STF DECIDIU ESTENDER LICENÇA-PATERNIDADE DE 180 PARA PAIS SOLTEIROS SERVIDORES FEDERAIS

AUTOCONHECIMENTO: INCOMPATIBILIDADE DE GÊNIOS EXISTE? POR WAGNER BRAGA

No vídeo desta sexta-feira, aqui na coluna AUTOCONHECIMENTO assinada por Wagner Braga, ele trás um questionamento muito importante para REFLEXÃO de todo e qualquer ser humano: existe incompatibilidade de gênios? O autor afirma que não existe incompatibilidade de gênios e explica o motivo pelo qual não existe essa tal incompatibilidade de gênios. Assista ao vídeo e saiba o porquê!

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: INCOMPATIBILIDADE DE GÊNIOS EXISTE? POR WAGNER BRAGA

REFLEXÃO: SAIBA COMO ENCONTRAR A PAZ EM MEIO AO CAOS, POR CAMILA ZEN

Na nossa coluna REFLEXÃO desta sexta-feira temos, mais uma vez, a excepcional Camila Zen contando mais uma bela história para refletirmos e tirarmos uma lição de vida. A gente acha que pra estar em paz, tem que esperar o dia em que tudo vai estar mais tranquilo. Mas… será que esse dia chega mesmo? Ou, se chegar, não terá passado grande parte da nossa vida? Esse conto nos ajuda a entender o que é a real “paz perfeita” e como viver ela na sua vida agora. Eu espero que essa história possa te ajudar ou ajudar alguém que você ama 🧡 Do meu coração pro seu, amor e luz, namastê 🙏🏼✨.

Fonte:

Continuar lendo REFLEXÃO: SAIBA COMO ENCONTRAR A PAZ EM MEIO AO CAOS, POR CAMILA ZEN

ECOLOGIA E MEIO AMBIENTE: RESIDÊNCIAS SAUDÁVEIS E TECNOLÓGICAS

Residências saudáveis e tecnológicas

Incorporadora Zmart Hauz, baseada em São Paulo, conta com aporte de R$ 100 milhões de investidor japonês para se tornar referência no mercado de luxo consciente

Rosenildo Ferreira

Para poucos: ar puro, água filtrada e temperatura controlada, são alguns dos itens que compõe a Casa SaudávelFoto: Divulgação

Nos últimos 40 anos, o empresário Nelson Tanaka, 71 anos, se dedicou a fortalecer a rota comercial Brasil-Japão. Especialmente no que se refere à disseminação de tecnologias destinadas ao lazer e ao bem-estar. Fez isso por meio da importação de aparelhos de TVs de tela grande, da marca Sharp, no início dos anos 2000, além de modernos purificadores de ar, cujos modelos portáteis podem ser usados até dentro de automóveis. “É ideal para quem dirige em ambientes poluídos como a cidade de São Paulo”, diz. “Desde que comecei a usá-los, meu nível de estresse tem ficado próximo de zero”.

O aumento da concorrência e a comoditização do setor de aparelhos eletrônicos de uso domésticos fez com que o Tanaka decidisse promover uma guinada no modelo de negócio, em 2012, migrando do segmento de importação de produtos para o ramo de construção civil. Foi aí que nasceu a incorporadora Zmart Hauz, especializada em imóveis de luxo. Nesta empreitada, ele se associou a nomes destacados do mercado, como o paulistano João Armentano, encarregados de projetar as mansões erguidas em bairros sofisticados da cidade de São Paulo.

A atuação de Tanaka despertou a atenção dos conterrâneos. Tanto que o negócio acabou entrando na mira de investidores de um grupo japonês, cujo nome não revela, que acaba de injetar o equivalente a R$ 100 milhões na incorporadora. Os recursos fizeram com que o empreendedor, mais uma vez, alterasse o foco do negócio. Em vez de apenas projetar residências de ato padrão, ele passou a apostar em casas inteligentes. “Acredito que, cada vez mais, as pessoas levarão em conta a qualidade de vida na hora de decidir consumir produtos e serviços”, argumenta. “E isso inclui a habitação”.

Dono de uma carteira de terrenos em pontos estratégicos de São Paulo, a Zart Hauz dispõe de três imóveis: dois já finalizados. Um deles, cotado em R$ 45 milhões, ainda é da safra antiga e por isso conta com equipamentos portáteis para as funções de purificação do ar, filtragem da água e controle térmico. Todos os itens são da marca Sharp. “Temos um contrato de exclusividade na importação”, conta.

Para poucos: ar puro, água filtrada e temperatura controlada, são alguns dos itens que compõe a Casa Saudável

Outro, em estágio final de construção, foi erguido com estas mesmas facilidades incorporadas à edificação. Neste caso, os equipamentos em versão maior serão embutidos nas paredes, no subsolo e no encanamento. De acordo com o empreendedor, a tecnologia embarcada nas Casas Saudáveis impacta entre 1% e 1,5% no custo total da construção, dependendo do tipo e do porte dos equipamentos e da construção.

Apesar de mirar o topo da pirâmide, o controlador da Zmart Hauz, acredita que este conceito tem tudo para se tornar acessíveis a um número maior de brasileiros. “Tudo depende do interesse do mercado. Quanto maior o volume de equipamentos que importamos, menor o preço de venda”, explica.

Além de ajudar na guinada do negócio, a entrada do investidor japonês incentivou Tanaka a mudar a gestão do negócio. Agora, os sócios júniores (os arquitetos Natalia Máximo e Vitor Yamamoto) controlam 10% da empresa, enquanto o empreendedor ficou com 90% do bolo ainda sob controle nacional. “Meu objetivo é que esta proporção se inverta no futuro”, diz. Desta forma, ele espera não apenas oxigenar a gestão, como também viabilizar a perenidade do negócio.

Continuar lendo ECOLOGIA E MEIO AMBIENTE: RESIDÊNCIAS SAUDÁVEIS E TECNOLÓGICAS

GOVERNO DO RN ANUNCIA CONVOCAÇÃO DE 400 APROVADOS NO CONCURSO DA POLÍCIA CIVIL

Governo do RN convoca 400 aprovados no concurso da Polícia Civil para o Curso de Formação

Redação/Portal da Tropical

Atualizado em:

Foto: Divulgação/Polícia Civil

O Governo do Rio Grande do Norte anunciou, nesta quinta-feira (12), a convocação de 400 aprovados no concurso da Polícia Civil a se inscreverem no Curso de Formação Profissional, a ser realizado entre os dias 6 de junho e 31 de agosto deste ano.

As matriculas de forma presencial e online começam na próxima segunda-feira (16) e vão até sexta-feira (20). A lista de convocados foi publicada na edição de hoje do Diário Oficial do Estado (DOE).

O Curso de Formação está a cargo da Academia de Polícia Civil (Acadepol) e os candidatos aos cargos de agente de polícia substituto (300), delegado substituto (50) e escrivão (50) terão de cumprir uma carga horária mínima de 90%.

Os participantes do curso terão direito a uma bolsa no valor de 50% da parcela única inicial da carreira a que concorre.

As matrículas para os cursos podem ser realizadas pelo site da acadepol, das 8h do dia 16 até as 23h59 do dia 20, e presencialmente, no auditório da Polícia Civil, na avenida Interventor Mário Câmara, 3532, Cidade da Esperança, das 8 horas às 12 horas e das 14 horas às 18 horas.

Confira o cronograma de atividades 

  • Período das matrículas on-line e presenciais – 16 a 20/05
  • homologação provisória das matrículas – 24/05
  • Interposição de recurso sobre indeferimento de matrícula – 25/05
  • Homologação final das matrículas na 1ª Chamada – 26/05
  • Edital de convocação em caso de 2ª chamada – 26/05
  • Período de matrículas on-line e presenciais em 2ª chamada 27, 30 e 31/05
  • Homologação provisória das matrículas da 2ª chamada 01/06
  • Interposição de recurso sobre indeferimento de matrícula da 2ª chamada 02/06
  • Homologação definitiva das matrículas da 2ª Chamada 03/06
  • Aula inaugural 06/06
  • Término do Curso de Formação 31/08
  • Homologação do resultado do Curso de Formação 02/09

Polícia CivilConcurso públicoConvocação

Continuar lendo GOVERNO DO RN ANUNCIA CONVOCAÇÃO DE 400 APROVADOS NO CONCURSO DA POLÍCIA CIVIL

Fim do conteúdo

Não há mais páginas para carregar