Blog do Saber, Cultura e Conhecimento!

ARTIGO: DE PONTA-CABEÇA: TEMPO BOM

Nesta sexta-feira  estamos republicando mais um artigo da nossa ex-colaboradora Deborah Braga publicado na coluna DE PONTA-CABEÇA em 06/05/2019, intitulada À PROCURA que traz uma REFLEXÃO sobre as perspectivas e o saber aproveitar a vida. Leia, reflita e tire as suas próprias conclusões.

Tempo bom

Aproveitar a vida, será que você REALMENTE está fazendo isso?

Conhecer meu pai é como ler Poliana para adultos. Meu pai é uma das pessoas mais otimistas que conheço. Não existe tempo ruim. E olhe que ele já esteve em muitas guerras e já perdeu bastantes batalhas contra si mesmo. Apesar das derrotas, nunca caiu do cavalo. Eu sempre tinha dúvidas se realmente havia ocorrido uma guerra. A dúvida era sanada quando eu olhava para a minha mãe.

Dizem que viver, hoje em dia, não é coisa fácil. Se você está lendo e apreciando este artigo, parabéns. Normalmente, não temos tempo ou afirmamos não termos tempo para viver fora do nosso escopo de trabalho. Isso foi uma das coisas que não aprendi com o meu pai.

Claro que eu o vi trabalhando em casa, às vezes, até exaustivamente lutando contra o sono. Mas ele estava lá. E nunca negou atenção quando eu precisava tirar dúvidas sobre as tarefas da escola. Aliás, meu pai nunca negou nada. Nunca negou uma presença ou uma discussão filosófica alegando estar cansado ou ocupado, nunca negou presentear alguém mesmo estando duro. Inclusive, não é uma palavra com a qual ele não é muito familiarizado.

Sempre soube tirar proveito, literalmente falando, das situações indesejadas, como apreciar o toque musical de espera do serviço de atendimento telefônico ou apreciar uma viagem de ônibus de 21 horas, aproveitando para atualizar seu blog e admirar a paisagem; das desejadas, nem se fala.

Nunca vi meu pai de cara fechada. Se vi, ela deve ter durado cerca de três segundos. Nunca vi meu pai reclamando de dor. Reclamar, por si só, já vi. Algumas vezes. Mas em todas elas, o tom era de desabafo, nunca remoendo ou com o intuito de difamar alguém.

Para o meu pai, viver é uma grande montanha-russa, em cuja fila ele entraria várias vezes. Porque cada vez que você vai, você tem uma perspectiva diferente.

A primeira vez, você vai e vomita. A segunda vez, você vai com os olhos fechados com medo de vomitar de novo, mas vai. A terceira vez, você vai e já consegue abrir os olhos. A quarta, já consegue gritar. A quinta, você vai e consegue admirar a paisagem. A sexta, você já consegue até identificar, lá de cima, os conhecidos que estão te esperando entediados e alguns desconhecidos assustados, que não têm coragem de entrar na fila, lá embaixo.

Dentre os que saem do brinquedo, existem aqueles cansados, exaustos, que só querem ir para casa e os que enfrentam a fila da foto, compram a foto e procuram pela próxima atração. E adivinha em qual desses grupos o meu pai está..?

De fato, viver o tempo bom não é para muitos. Mas aprendi com o meu pai que viver as oportunidades que a vida oferece é disciplina obrigatória, jamais optativa.

Autoria: Deborah Braga

Continuar lendo ARTIGO: DE PONTA-CABEÇA: TEMPO BOM

CIÊNCIA & TECNOLOGIA: ASSISTA A 3ª PARTE DA ENTREVISTA COM O FÍSICO MARCELO GLEISER SOBRE VIDA FORA DA TERRA

Na sessão CIÊNCIA & TECNOLOGIA desta quarta-feira você vai ver a 3ª parte da ENTREVISTA com o físico Marcelo Gleiser sobre VIDA FORA DA TERRA. Neste bloco é debatida a relação entre religião e ciência. Marcelo Gleiser explica como as descobertas no campo técnico e a intolerância podem influenciar as pessoas.

Fonte: 

Publicado em 7 de nov de 2016

Continuar lendo CIÊNCIA & TECNOLOGIA: ASSISTA A 3ª PARTE DA ENTREVISTA COM O FÍSICO MARCELO GLEISER SOBRE VIDA FORA DA TERRA

REFLEXÃO: AS QUATRO ESTAÇÕES, UM CONTO SOBRE JULGAR OS OUTROS E A NÓS MESMOS

A nossa coluna REFLEXÃO deste sábado trás um conto muito importante que deixa uma lição de vida extraordinária, contada por Camila Zen. Quantas vezes encontramos pessoas em momentos difíceis, talvez até mesmo de não muito bom humor, desestabilizados,… quantas vezes nos encontramos em momentos assim, pra baixo, parecendo que nada dá certo, sem energia pra fazer o que tem que ser feito… Essa história nos ajuda a entender que esses momentos fazem parte da vida, da sua vida e da vida de outras pessoas, e nos faz lembrar de não julgarmos ninguém por apenas um capítulo que conhecemos, e nem a nós mesmos, pelos momentos difíceis e que não nos encontramos muito bem.

Fonte:

Continuar lendo REFLEXÃO: AS QUATRO ESTAÇÕES, UM CONTO SOBRE JULGAR OS OUTROS E A NÓS MESMOS

DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: APRENDA A TÉCNICA DE CURA DO MUNDO E AJUDE LIBERTAR A HUMANIDADE DE SUAS MAZELAS

Um domingo bem especial com tanta coisa boa nesse blog. Mais uma vez fui feliz em encontrar esse magnífico texto para publica na coluna DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL. Saúde é o que todo ser humano precisa para ter uma vida plena. Quando me refiro a saúde não estou falando de saúde física, mas de saúde integral que inclui corpo-mente-espírito. Quando conseguimos essa saúde integral, alcançamos a plenitude e nos libertamos das mazelas humanas. Através de uma técnica de meditação você pode alcançar a autocura e a libertação. Portanto lhe convida a ler esse texto maravilhoso, aprender essa técnica, refletir e tirar suas conclusões!

SAÚDE E LIBERTAÇÃO PARA VOCÊ E O MUNDO

Mensagem de Owen Waters 9 de Maio de 2020

Postado por Patrizia Gardona 

em 10 maio 2020 às 11:41

O nevoeiro viral está começando a diminuir. Todos os dias, a taxa de infecção está diminuindo e o ânimo das pessoas está se agitando ao buscar a libertação dos bloqueios, para que possam recriar suas vidas, sua liberdade de mobilidade e seus meios de subsistência.

Depois que todos sofreram semanas de agressão com histórias da mídia cheias de medo, agora é hora de nos reafirmarmos como criadores conscientes de uma vida e um mundo melhor.

Este é o momento perfeito para adicionar nossa energia de luz para ajudar na fase de recuperação desta crise. Neste ponto crítico agora, com a adição de suficiente energia de luz, podemos ajudar toda essa situação de pesadelo a desinflar como um balão que foi estourado com um alfinete!

Podemos inspirar nossos líderes de confiança e a todos os outros preenchendo a atmosfera mental em todo o mundo com a energia do amor, da luz e da libertação.

Prepare-se para a recuperação: ajude a criá-la agora!

Use a poderosa e eficaz técnica de Cura Mundial para trazer saúde e libertação para você, sua família e o mundo:

TÉCNICA DE CURA DO MUNDO
Mensagem de Owen Waters

 

Experimente a Técnica de Cura do Mundo agora e veja que diferença ela faz em sua vida espiritual (tanto imediatamente quanto uma reação posterior) nos próximos dias.

Não há nada tão edificante quanto começar o seu dia enviando energia de cura ao mundo. Isto ilumina o seu dia e faz com que seja bom estar vivo.

Sente-se, com a coluna ereta, de preferência com as mãos apoiadas no colo, as palmas das mãos voltadas para cima.

Respire ritmicamente e uniformemente. Feche os olhos e afaste-se dos pensamentos do dia a dia, concentrando a atenção na respiração.

Sempre que você perceber que seus pensamentos estão vagando, afaste-se tranquilamente daqueles pensamentos, que sempre podem ser tratados mais tarde, e volte a concentrar-se na respiração.

Reconheça a sua natureza espiritual. Saiba que você é um ser espiritual vivendo em um mundo físico e peça a Deus ou ao Espírito universal a energia vital que você está prestes a usar.

Seja grato ao Criador pela energia vital universal, por tudo o que você ama em sua vida e pela própria existência. Essa conexão com a consciência superior amplificará seus esforços muitas vezes.

Respire profundamente várias vezes. A cada inspiração, visualize a energia vital entrando em seu corpo, construindo uma luz branca vibrante dentro de você e carregando cada célula do seu ser com a energia que dá vida.

Primeiro, visualize a mudança positiva que você deseja trazer à existência no mundo. Mesmo que você esteja curando algo que considera negativo, é importante focar no resultado positivo desejado.

Se você enviar energia para algo negativo, você amplificará seu poder. Ao enviar energia condicionada a um resultado positivo, você possibilita essa forma de cura.

Por exemplo, em sua mente, em vez de um mundo que sofre conflitos, visualize as pessoas do mundo em paz. Quando você pensa na paz mundial, qual é o primeiro símbolo que vem à mente – uma multidão de crianças felizes, um mundo sem fronteiras? Use esse símbolo ou, se as imagens não lhe ocorrerem facilmente, basta usar as palavras “paz do mundo” como foco da sua intenção.

Ou, no caso de uma pandemia de gripe, veja o mundo cheio de pessoas que são vibrantes em sua boa saúde, sorrindo e se movimentando, respirando livremente o ar puro.

Ou, em vez de ver a ignorância espiritual e o sofrimento que ela prolonga, visualize pessoas que estão sendo iluminadas pela compreensão espiritual. Use a primeira imagem que vier à mente ou as palavras “iluminação do mundo”.

Ou, como mais um exemplo, em vez de ver pessoas desorientadas e perturbadas por uma catástrofe recente, você pode ver os trabalhadores humanitários serem bem-sucedidos em seus esforços ao oferecerem assistência médica e alívio a essas pessoas, ou use as palavras “energia para os trabalhadores humanitários”.

Agora, estamos prontos para usar o ciclo de inspiração e expiração para transmitir energia de cura com a finalidade especificada. A cada inspiração, veja seus pulmões sendo preenchidos com a vibrante luz branca da energia vital universal.

A cada expiração, envie o poder deste amor e ilumine a humanidade. Dirija-o como um feixe de luz branca brilhante do chacra cardíaco para o mundo, mantendo a intenção da cura. Você pode aumentar ainda mais o efeito enviando energia das palmas das suas mãos e do seu coração.

Faça isso com uma série de inspirações e inspirações pelo tempo que desejar, depois relaxe e passe algum tempo na certeza de uma missão espiritual bem cumprida.

Estes são os dias de ação, e isso significa serviço aos outros. Melhor ainda, seu serviço aos outros também o ajuda em sua própria iluminação espiritual. Ação e reação são opostas e iguais.

Toda vez que você envia sua luz ao mundo, dá outro passo em direção à sua própria iluminação.

RESUMO DA TÉCNICA MUNDIAL DE CURA

Sente-se na vertical com os olhos fechados.

Faça uma conexão espiritual, que inclua gratidão pela vida.

Pretenda a cura do mundo visualizando o resultado positivo desejado.

Inspire a energia vital a cada inspiração.

Em cada expiração, repita sua intenção e envie um raio de luz branca do coração para o destino pretendido.

Fonte: Portal Arco Íris

Continuar lendo DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: APRENDA A TÉCNICA DE CURA DO MUNDO E AJUDE LIBERTAR A HUMANIDADE DE SUAS MAZELAS

CIÊNCIA E TECNOLOGIA: VIDA FORA DA TERRA – 2ª PARTE, COM MARCELO GLEISER

NA SESSÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA DESTE SÁBADO VAMOS ASSISTIR  CONTINUAÇÃO DA ENTREVISTA (2ª PARTE) COM O FÍSICO BRASILEIRO GANHADOR DO PRÊMIO TAL 2019. NESSE TRECHO DA ENTREVISTA ELES DISCUTEM SOBRE AS POSSIBILIDADES DE VIAJAR PARA OUTROS PLANETAS E/OU GALÁXIAS E AS TECNOLOGIAS PARA VIABILIZAR. VALE A PENA ASSISTIR, NÃO PERCA!

RESUMO:

No segundo bloco, o cientista fala sobre a possibilidade de viagens para outros planetas, como Marte. Para ele é possível que o ser humano colonize outros lugares do Universo, mas há muitos problemas tecnológicos ainda.

Fonte: Canal Livre

Continuar lendo CIÊNCIA E TECNOLOGIA: VIDA FORA DA TERRA – 2ª PARTE, COM MARCELO GLEISER

CONHECIMENTO: SEGUNDO ESTUDO, NÍVEIS ALTOS DE OTIMISMO ESTÃO ASSOCIADOS A UMA VIDA ÚTIL E LONGA

Estudo sugere que pessoas “otimistas” podem viver mais

Pesquisa descobriu que pensamento positivo é bom para longevidade, mesmo em grupos raciais e diferentes etinias

Sandee LaMotte

da CNN

Sensação de gratidão pode estar ligada aos hormônios da felicidadeSensação de gratidão pode estar ligada aos hormônios da felicidadeGetty Images

“Escolha ser otimista. Parece melhor”, disse Dalai Lama. Também pode prolongar sua vida. Níveis mais altos de otimismo estão associados a uma vida útil mais longa e a uma maior chance de viver além dos 90 anos, de acordo com um novo estudo com quase 160 mil mulheres de diferentes raças e origens.

Fatores de estilo de vida saudável, como a qualidade da dieta, atividade física, índice de massa corporal (IMC), tabagismo e consumo de álcool, foram responsáveis ​​por menos de um quarto da associação entre longevidade e otimismo, de acordo com o estudo publicado quarta-feira (8) no Jornal da Sociedade Americana de Geriatria.

“Embora o próprio otimismo possa ser modelado por fatores estruturais sociais, nossas descobertas sugerem que os benefícios do otimismo para a longevidade podem se estender a grupos raciais e étnicos”, disse o principal autor Hayami Koga, estudante de pós-doutorado na Harvard TH Chan School of Public Health em um comunicado.

“O otimismo pode ser um importante alvo de intervenção para a longevidade em diversos grupos”, acrescentou Koga.

Um corpo crescente de pesquisas

Este não é o primeiro estudo a encontrar uma forte ligação entre longevidade e olhar para o lado positivo da vida. Um estudo de 2019 descobriu que homens e mulheres com os mais altos níveis de otimismo tinham uma expectativa de vida média de 11% a 15% maior do que as pessoas que praticavam pouco pensamento positivo. Na verdade, os otimistas com pontuação mais alta eram mais propensos a viver até os 85 anos ou mais.

Os resultados foram reais, segundo o estudo, mesmo quando foram considerados o nível socioeconômico, condições de saúde, depressão, tabagismo, engajamento social, má alimentação e uso de álcool.

Otimismo não significa ignorar os estressores da vida, dizem os especialistas. Mas quando coisas negativas acontecem, as pessoas otimistas são menos propensas a se culpar e mais propensas a ver o obstáculo como temporário ou mesmo positivo. Os otimistas também acreditam que têm controle sobre seu destino e podem criar oportunidades para que coisas boas aconteçam no futuro.

Ser otimista também melhora sua saúde, segundo estudos. Pesquisas anteriores encontraram uma ligação direta entre otimismo e hábitos de dieta e exercícios mais saudáveis, bem como melhor saúde cardíaca, sistema imunológico mais forte, melhor função pulmonar e menor risco de mortalidade, entre outros.

Você também pode ser otimista

Estudos de gêmeos descobriram que apenas cerca de 25% de nosso otimismo é programado por nossos genes. O resto depende de nós e de como reagimos aos limões da vida. Se é mais provável que você fique azedo quando estressado, não se preocupe. Acontece que você pode treinar seu cérebro para ser mais positivo.

Uma das formas mais eficazes de aumentar o otimismo é chamada de método “Melhor Eu Possível”, de acordo com uma meta-análise de estudos existentes. Nesta intervenção, você se imagina em um futuro em que alcançou todos os seus objetivos de vida e todos os seus problemas foram resolvidos.

Comece a escrever por 15 minutos sobre os detalhes que você realizou e passe cinco minutos imaginando como essa realidade se parece e se sente. Praticar isso diariamente pode melhorar significativamente seus sentimentos positivos, dizem os especialistas.

Em um estudo de 2011, os alunos praticaram o exercício “Melhor Eu Possível” por 15 minutos uma vez por semana durante oito semanas. Não só eles se sentiram mais positivos, como os sentimentos duraram cerca de seis meses.

Outra maneira de reforçar o otimismo é manter um diário dedicado apenas às experiências positivas que você experimentou naquele dia. Com o tempo, esse foco no positivo pode reformular sua perspectiva, dizem os especialistas.

Tirar alguns minutos todos os dias para escrever o que o faz grato também pode melhorar sua visão da vida. Vários estudos mostraram que praticar a gratidão melhora as habilidades de enfrentamento positivo, quebrando o típico estilo de pensamento negativo e substituindo o otimismo. Contar bênçãos até diminuiu o comportamento problemático em adolescentes.

Assim como o exercício, os exercícios de otimismo precisarão ser praticados regularmente para manter a perspectiva positiva do cérebro em boa forma, dizem os especialistas. Mas uma vida mais longa, mais feliz e mais positiva não vale o esforço?

Fonte:  CNN

Continuar lendo CONHECIMENTO: SEGUNDO ESTUDO, NÍVEIS ALTOS DE OTIMISMO ESTÃO ASSOCIADOS A UMA VIDA ÚTIL E LONGA

CRÔNICAS: AUTOESTIMA, POR ANA MADALENA

O texto a seguir, aqui na coluna CRÕNICAS, desta quarta-feira retrata uma cena urbana do cotidiano de muita gente, atualmente, que mora só e divide sua solidão com livros, bichos, plantas e mensagens no celular. A solidão que faz parte da vida de boa parte dos jovens. Então, convido você a ler essa inspiradíssima crônica da talentosa Ana Madalena!

Bela jovem sentada perto do livro de leitura de janela de vidro | Foto Premium

Autoestima

Chovia. Ela não se dava conta porque estava concentrada, lendo um  livro. Usava um fone de ouvido, talvez escutando alguma música relaxante. Sua mesa, adaptada para home office, era uma bagunça. Muitas canetas coloridas espalhadas, uma luminária cheia de adesivos, vários livros empilhados e um jarro com uma plantinha seca. De repente ela desvia o olhar para a janela e percebe as gotas de chuva escorrendo pelo vidro. Levanta -se, abre a janela e coloca o jarrinho no parapeito. Lembra do gato. Onde está mesmo o pratinho da ração? Completa com leite. Segura o celular, como que esperando uma ligação. Nada. Nem uma mensagem. Senta novamente diante do livro, dá um longo suspiro, olha para a janela, sorri e resolve virar a página!!!
Fonte: Ana Madalena
Continuar lendo CRÔNICAS: AUTOESTIMA, POR ANA MADALENA

CIÊNCIA E TECNOLOGIA: VIDA FORA DA TERRA – PARTE 1, COM MARCELO GLEISER

NA SESSÃO CIÊNCIA DESTA QUARTA-FEIRA TRAGO UMA ENTREVISTA, DIVIDIDA EM 4 PARTES, COM O BRASILEIRO GANHADOR DO PRÊMIO TEMPLETON 2019, MARCELO GLEISER,  PROFESSOR DE FÍSICA E ASTRONOMIA NA UNIVERSIDADE DE DARTMOUTH, NOS ESTADOS UNIDOS, NO PROGRAMA  CANAL LIVRE. OS TEMAS SÃO VIDA FORA DA TERRA, CREACIONISMO, TEORIA DA EVOLUÇÃO, ATEÍSMO, RELIGIOSIDADE E ESPIRITUALIDADE. NÃO DEIXE DE VER TODAS AS QUATRO PARTES.

Fonte: Canal Livre

Publicado em 7 de nov de 2016

Continuar lendo CIÊNCIA E TECNOLOGIA: VIDA FORA DA TERRA – PARTE 1, COM MARCELO GLEISER

SAÚDE: 04 SUPLEMENTOS QUE NÃO PODEM FALTAR NA SUA VIDA

Na nossa sessão de SAÚDE desta quinta-feira trouxe aqui uma palestra importantíssima para você que dá o maior valor a sua saúde e pretende ter uma vida longeva e saudável. Uma espetacular explanação do Dr. Marco Menelau, médio homeopata especializado em psicomedicina, sobre os 04 suplementos, que não podem faltar em sua vida! 

Por favor não deixe de assistir. É imperdível! Vai mudar a sua qualidade de vida!

Fonte: Marco Menelau

Publicado em 31 de ago de 2018

Continuar lendo SAÚDE: 04 SUPLEMENTOS QUE NÃO PODEM FALTAR NA SUA VIDA

DICA DE LIVRO: O CRISTO CÓSMICO E OS ESSÊNIOS DE HUBERTO RHODEN

Na Dica de Livro desta quarta-feira um livro fascinante, do filósofo Huberto Rhoden, sobre a vida oculta de Jesus Cristo, cujos evangélicos canônicos não falam nada. O período de vida dos 18 aos 30 anos.

Jesus, o Cristo, é o personagem mais misterioso, enigmático e fascinante da Historia. Ninguém fica indiferente diante de sua força avassaladora. O Cristo cósmico e os Essênios é uma feliz tentativa do filósofo e educador Huberto Rohden de esclarecer pontos obscuros da vida de jesus, o Cristo. Milhares e milhares de livros foram escritos sobre o “Homem de Nazaré”. O período menos conhecido de sua vida abrange 18 anos – dos 12 aos 30, sobre os quais os evangelhos canônicos nada dizem. Publicada postumamente – a 1ª edição é de 1993 -, a obra também traz textos de outros autores, os quais ajudam a iluminar certas passagens pouco conhecidas da vida de Cristo.

Fonte: acervo pessoal

Continuar lendo DICA DE LIVRO: O CRISTO CÓSMICO E OS ESSÊNIOS DE HUBERTO RHODEN

BOAS NOTÍCIAS: ESTUDOS DO ACADÊMICO HANS ROSLING DEMONSTRAM QUE O MUNDO ESTÁ MELHORANDO

Na sessão BOAS NOTÍCIAS desta quarta-feira temos um notícia espetacular. O mundo está melhorando, constata o acadêmico sueco Hans Rosling, apesar das inúmeras notícias ruis que a imprensa midiática espalha pelo mundo. Leia reportagem completa, a seguir e veja porque.

O mundo está melhorando, comprova levantamento

Imagem de capa para O mundo está melhorando, comprova levantamentoFoto: Pixabay

Pode não parecer, mas o mundo está melhorando sim! Apesar de tanta notícia ruim que a mídia comum derrama diariamente na cara da gente, números oficiais comprovam que está acontecendo uma evolução silenciosa, que cresce a cada década.

É o que mostra um levantamento feito pelo acadêmico sueco Hans Rosling em seu livro Factfulness – factualidade, em tradução livre.

Na publicação, Hans mostra gráficos que comprovam questões importantes como o aumento da expectativa de vida, as reduções da mortalidade infantil, da desigualdade social, da pobreza extrema, dos conflitos/guerras e o avanço da democracia.

Veja os principais pontos do livro:

1. Aumenta a expectativa de vida 

Durante a Revolução Industrial, em 1.770, a expectativa de vida nos países europeus não ultrapassava 35 anos. As taxas muito altas de mortalidade infantil e morte de mulheres durante o parto diminuíam. Doenças comuns na época e erradicadas hoje, como varíola ou peste, também eram um grande problema. A expectativa de vida hoje passa dos 80 anos na Europa, Oceania, Américas, Ásia e Rússia. Na África chega aos 60 anos.

grafico-vida-close

2. Cai a mortalidade infantil 

Há mais de um século, a taxa de mortalidade infantil ultrapassava 10%, mesmo em países com alto nível de renda, como os Estados Unidos e o Reino Unido. Graças à medicina moderna, à previdência social e saúde pública, esse número foi reduzido nos países ricos até quase ser eliminado. Além disso, as economias em desenvolvimento, como a Índia e o Brasil, têm taxas de mortalidade infantil muito menores do que as economias hoje desenvolvidas tinham há um século, com um nível de renda muito semelhante. A taxa hoje é inferior a 10% em todos os países.

grafico-mortalidade-close

3. Índices de natalidade em queda

Embora muitas pessoas estejam preocupadas com o crescimento da população mundial, a realidade é que as taxas de natalidade diminuíram consideravelmente. As estimativas de longo prazo da Organização das Nações Unidas indicam que a população mundial se estabilizará em cerca de 11 bilhões até o final deste século. Em muitos países em desenvolvimento, como o Brasil, a China e várias nações africanas, optaram por seguir uma política de baixa natalidade. Para muitas economias avançadas, essa transição levou quase 100 anos (começando com a Revolução Industrial), mas outras conseguiram isso em duas ou três décadas.
grafico-nascimentos-close

4. O crescimento do PIB 

Estados Unidos e a Europa Ocidental, líderes tecnológicos, cresceram cerca de 2% ao ano nos últimos 150 anos, o que significa que os níveis de renda dobraram aproximadamente a cada 36 anos. Levando em conta que houve inúmeros altos e baixos durante longos períodos de tempo, como a Grande Depressão ou a recente Grande Recessão, é quase um milagre que a taxa de crescimento permaneça constante a longo prazo. Países com baixo nível de renda, como a China ou a Índia, têm crescido a um ritmo mais acelerado nas últimas décadas, tanto que se aproximam inexoravelmente dos países ocidentais. Uma taxa de crescimento de 10% durante um período prolongado significa que a renda dobrará aproximadamente a cada sete anos. Em 1820 países como China, Índia, Oeste da Ásia e Japão tinham renda per capita na faixa de US$ 1.000. EUA e Europa ficavam entre US 2.100 e US$ 2.400. Hoje EUA passam de 52 mil, Europa 40 mil e Japão US$ 35 mil. Abaixo aparecem China com US$ 12 mil per capita, Leste da Asia 10 mil, Índia 6 mil, África US$ 4.500, números de 2016.

grafico-pib-close

5. Melhora distribuição de renda

Embora a desigualdade social dentro dos países tenha aumentado como resultado da globalização, a desigualdade mundial permanece em declínio por várias décadas, em decorrência do desenvolvimento de países como a China e a Índia, onde centenas de milhões de pessoas melhoraram seu nível de vida. De fato, pela primeira vez desde a Revolução Industrial, cerca de metade da população mundial pode ser considerada de classe média. Veja o gráfico:

grafico-desigualdade

6. A democracia avança

Ao longo da história da humanidade, as pessoas viveram submetidas a regimes opressivos antidemocráticos. Hoje, cerca de metade da população mundial vive em democracia. Entre as que ainda estão em autocracias, 90% vivem na China. No entanto, o país asiático está mudando de rumo, então, há razões para acreditar que o desenvolvimento econômico sustentado levará a sua democratização (de acordo com a Teoria da Modernização).

7. Menos conflitos/guerras

A história do mundo é a história de sua divisão pelos conflitos. De fato, pelo menos duas das grandes potências estiveram em guerra durante mais de 50% do tempo desde 1500, aproximadamente. Enquanto a primeira metade do século XX foi especialmente sangrenta, com duas guerras mundiais em um pequeno intervalo, o período posterior poderia ser descrito como pacífico. Pela primeira vez em toda a história não houve guerras ou conflitos na Europa Ocidental em três gerações, e organizações internacionais como a União Europeia e as Nações Unidas têm sido peças fundamentais para trazer estabilidade ao mundo.

grafico-conflitos

Com informações do ElPais

Fonte: Só Notícias Boa

Continuar lendo BOAS NOTÍCIAS: ESTUDOS DO ACADÊMICO HANS ROSLING DEMONSTRAM QUE O MUNDO ESTÁ MELHORANDO

REFLEXÃO: APRENDA A PRESERVAR AS ENERGIAS BOAS E A DESCARTAR AS NEGATIVAS

Nessa quarta-feira o foco da coluna REFLEXÃO são as energias. O equilíbrio energético é vital para a prosperidade. Este é um texto para refletir de verdade sobre as coisas que podem atrapalhar a sua vida e o seu progresso profissional, emociona, físico, financeiro, intelectual, espiritual e em última análise consciencial. Saiba como manter as energias positivas e descartar as negativas.

Resultado de imagem para DOZE MANEIRAS DE JOGAR A ENERGIA FORA...

DOZE MANEIRAS DE JOGAR A ENERGIA FORA…

Muitas pessoas sempre apontam colegas de trabalho, familiares, amigos e até parceiro íntimo, assim como determinados locais, como os responsáveis pela sua debilidade energética.
Não podemos negar que realmente existem pessoas complicadas e ambientes não muito agradáveis. MAS…
Hoje chamaremos a atenção de vocês para alguns aspectos importantes. Por mais que existam pessoas desequilibradas e difíceis, nós é que somos responsáveis pelas nossas energias e cabe a cada um de nós guardá-la, preservá-la e administrá-la da melhor forma possível.
Nada de “receitinhas”, orações, banhos, cristais e um arsenal de proteção, com efeitos limitados, quando não, nulos.
Aqui vamos pelo caminho do despertar da consciência que habita em cada um de nós.
Aquele que não assume a responsabilidade por suas venturas e desventuras sempre estará vulnerável aos movimentos das energias ao seu redor.
Sabe por que o outro rouba a sua energia?
Porque você deixa a porta aberta!!! Simples assim. Ninguém vai roubar aquilo que está bem trancado e vigiado.
E como desculpa pela incapacidade de gerenciar o que é seu, chega rápido a velha mania de culpar os outros.
Para ajudar a refletir, fiz uma listagem de doze atitudes (e olhe que a lista é muito maior!) que gastam uma tremenda energia vital. Uma vez desvitalizado e sem proteção, fica fácil para qualquer um chegar perto e perturbar seu equilíbrio.
Use esta listagem também para pensar porque a prosperidade passa longe de você. A energia que seria usada para atrair o bem, a felicidade, o amor, o dinheiro acaba sendo gasta de forma inadequada e/ou roubada. Confira a listagem e veja o que precisa ser modificado em sua vida!
1) A falta de cuidado com o corpo e hábitos inadequados:
Descanso, boa alimentação, hábitos saudáveis, exercícios físicos e o lazer sempre são colocados em segundo plano. A correria da vida diária, a preguiça e a competitividade das grandes cidades faz com que acabemos negligenciando aspectos básicos para a manutenção de nossa saúde energética. Quando a saúde física está comprometida, a aura se ressente, ficando menor e menos brilhante, comprometendo nosso sistema de defesa energético. Os exercícios físicos são sempre úteis por nos ajudar a movimentar e eliminar as energias estáticas. As pessoas que são dependentes químicos apresentam verdadeiros rombos na aura e isso as predispõe a toda sorte de assédios espirituais e vampirismo energético.
2) Pensamentos obsessivos:
Pensar gasta energia e todos nós sabemos disso: ficar remoendo um problema cansa mais do que um dia inteiro de trabalho corporal. Quem não tem domínio sobre seus pensamentos, e esse é, aliás, um mal do homem, torna-se escravo da mente e acaba gastando muita energia. Pensamos tanto que não sobra vitalidade para tomar uma atitude concreta e, o pior, alimentamos ainda mais o conflito. Devemos não só estar atentos ao volume de pensamentos, mas também à qualidade deles. Pensamentos positivos, éticos e elevados nos recarregam, ao passo que a negatividade e pessimismo consomem energia e atraem mais negatividade para nossas vidas. Observe: pensando você conseguiu resolver o problema? Quase sempre a resposta é ‘não’. Então, mude de atitude. Relaxe, use uma música suave e entregue o problema para o universo resolver. Mesmo que isso aconteça apenas por alguns poucos minutos. Durante esse tempo sua mente estará descansando. Quando a mente silencia, permite que sua intuição, Deus, Eu Superior ou o que você acreditar, converse com você e lhe traga inspiração e criatividade. Se revertendo em mais energia.
3) Sentimentos tóxicos:
Se você sofre um choque emocional ou sente uma raiva intensa, pode estar certo, até o final do dia estará simplesmente esgotado energeticamente. Juntamente com a raiva você queimou altas doses de sua energia pessoal. Imagine agora um ser que nutre ressentimentos e mágoas, às vezes durante anos seguidos. De onde você acha que vem o combustível para alimentar esses sentimentos tão densos? Não é à toa que muitas dessas pessoas ficam estagnadas e não são prósperas, afinal, a energia que alimenta o prazer, o sucesso e a felicidade está sendo gasta na manutenção de sentimentos negativos.
Medo gasta energia, culpa também, já a ansiedade excessiva descompassa a vida. Por outro lado, os sentimentos positivos e elevados, como a amizade, o amor, a confiança, o desprendimento, a solidariedade, a auto-estima e principalmente a alegria e bom humor recarregam nossa energia e nos dão força para empreender projetos e superar obstáculos.
4) Fugir do presente:
Onde eu coloco a minha atenção aí coloco a minha energia. É tendência frequente do ser humano achar que no passado as coisas eram mais fáceis: “bons tempos aqueles!”. Tanto os saudosistas, que se apegam aos prazeres do passado, quanto aqueles que não conseguem esquecer os traumas e desatinos de tempos atrás, estão colocando suas energias no passado. Por outro lado temos os sonhadores ou aqueles que vivem numa eterna expectativa do futuro, depositando nele sua felicidade e realização. Viver no tempo passado ou futuro faz com que sobre pouca ou nenhuma energia no tempo presente. E é somente no presente que você constrói sua vida. O passado e o futuro dependem unicamente do seu momento presente. Aquele que vive sempre no tempo errado não tem em mãos uma dose de energia suficiente para se proteger das energias e locais densos.
5) Falta de perdão
Perdoar significa soltar. Soltar ressentimentos, mágoas, culpas. Soltar o que aconteceu e olhar somente para a frente e viver o presente. Quanto mais perdoamos, menos bagagem interior carregamos e gastamos menos energia alimentando feridas do passado. Mais do que uma regra religiosa, o perdão é uma atitude inteligente daquele que busca viver bem e quer seus caminhos livres e abertos para a felicidade. Aquele que não sabe perdoar os outros e a si mesmo, fica ‘energeticamente obeso’, carregando fardos do passado e isso requer muita energia.
6) Mentira pessoal:
Todos nós mentimos ao longo de nossas vidas e sabemos quanta energia é gasta posteriormente para sustentar a mentira e, quase sempre, acabamos sendo pegos. Imagine agora quando ‘você é a mentira’. Quanta energia gastamos para sustentar caras, poses, desempenhos que não são autênticos!!! Somos educados para desempenhar papéis e não para sermos nós mesmos. A mocinha boazinha, o machão, a vítima, a mãe extremosa, o corajoso, o pai enérgico, a mártir, o intelectual, a lista é enorme. Quando somos nós mesmos a vida flui e tudo acontece com pouquíssimo esforço. O mesmo não é válido quando queremos desempenhar um papel que não é o nosso.
7) Viver a vida do outro:
Ninguém vive só, através dos relacionamentos interpessoais evoluímos e nos realizamos. Mas é preciso ter noção de limites e saber amadurecer também nossa individualidade. Esse equilíbrio que traz senso de limite e respeito por si e pelo espaço do outro nos resguarda energeticamente e nos recarrega. Quem cuida da vida do outro, sofrendo seus problemas e interferindo mais do que é recomendável, acaba não tendo energia para construir sua própria vida. O único prêmio, nesse caso, será a frustração. Quando interferimos na vida alheia, nos misturamos com o carma negativo do outro e trazemos isso para nossa vida.
8) Bagunça e projetos inacabados:
A bagunça afeta de forma muito negativa as pessoas, causando confusão mental e emocional. Um truque bem legal para os períodos confusos é arrumar a casa, os armários, gavetas, a bolsa, os documentos e tudo o que mereça uma boa faxina. À medida em que ordenamos e limpamos os objetos, também colocamos em ordem a mente e o coração. Pode não resolver o problema, mas nos ajuda bastante e traz um grande alívio.
Outra forma bem eficiente de perder energia é não terminar tarefas. Todas às vezes, por exemplo, que você vê aquela blusa de tricô que não concluiu, ela lhe diz inconscientemente: “você não me terminou! Você não me terminou!” E isso gasta uma energia tremenda! Ou você termina definitivamente a blusa ou livre-se dela e assuma que não vai terminá-la. O importante é tomar uma atitude. O desenvolvimento do auto-conhecimento, da disciplina e da determinação farão com que você não invista em projetos que não serão concluídos e que apenas consumirão tempo e energia.E lembre-se, bagunça e sujeira são ótimas moradas para energias densas e desarmoniosas.
9) Afastamento da Natureza:
A Natureza é nossa maior fonte de alimento energético e, além de nutrir, também nos limpa das energias estáticas e desarmoniosas. O homem moderno, que habita e trabalha em locais muitas vezes doentios e desequilibrados, vê-se privado dessa fonte maravilhosa de energias. A competitividade, o individualismo e o estresse das grandes cidades agravam esse quadro e favorecem o vampirismo energético, onde todos sugam e são sugados em suas energias vitais. Procure, sempre que possível, estar junto à Natureza. Você também pode trazê-la para dentro de sua casa ou local de trabalho. Além de um ótimo recurso decorativo, as plantas humanizam os ambientes, nos acalmam e absorvem as energias negativas e poluentes.
10) Preguiça, negligência:
Falta de objetivos, desejos, desafios na vida. Esse item não requer muitas explicações: negligência com a sua vida denota também negligência com seus dons e potenciais e, principalmente, com sua energia vital. Aquilo do que você não cuida, alguém vem e leva embora. O resultado: mais preguiça, moleza, sono….
11) Fanatismo:
Passa um ventinho: “Ai meu Deus!!!! Tem energia ruim aqui!!!” Alguém olha para você: “Oh! céus, ela está morrendo de inveja de mim!!!” Enfim, tudo é espírito ruim, tudo é energia do mal, tudo é coisa do outro mundo. Essas pessoas fanáticas e sugestionáveis também adoram seguir “mestres e gurus” e depositar neles a responsabilidade por seu destino e felicidade. É fácil, fácil manipular gente assim e não só em termos de energia, mas também em relação à conta bancária!
12) Falta de aceitação

Pessoas revoltadas com a vida e consigo mesmas, que não aceitam suas vidas como elas são, que rejeitam e fazem pouco caso daquilo que têm. Esses indivíduos vivem em constante conflito e fora do seu eixo. E, por não valorizarem e não tomarem posse dos seus tesouros – porque todos nós temos dádivas – são facilmente ‘roubáveis’. O importante é aprender a aceitar e agradecer tudo o que temos (não confundir com acomodação). Quando você agradece e aceita fica em estado vibracional tão positivo que a intuição e a criatividade são despertadas. Surgem, então, as possibilidades de transformar a vida para melhor.

Vera Caballero

Fonte: Doce Limão

Continuar lendo REFLEXÃO: APRENDA A PRESERVAR AS ENERGIAS BOAS E A DESCARTAR AS NEGATIVAS

VARIEDADES: GRAVIDEZ DE MULHER COM TETRAPARESIA FOI CONSIDERADO UM DESAFIO PARA OS MÉDICOS QUE A ACOMPANHARAM

Por g1 RN

 

Thainá e Aylan — Foto: Ascom ISDThainá e Aylan — Foto: Ascom ISD

Os estímulos sensoriais externos ao ventre mais comuns sentidos pela maioria das grávidas ao redor do mundo, para ela, jamais foram experimentados. O primeiro abraço, o ato de amamentar, segurar o filho com os próprios braços, sentir os corações batendo juntos no calor do colo, assim como é comum às mulheres intuitivamente minutos após o parto, eram incógnitas que se transformaram em fantasmas e que a perseguiram ao longo da gestação.

Neste domingo (8), no seu primeiro Dia das Mães como mãe, Thainá da Silva Lourenço, de 21 anos, tem muito a comemorar. Há quase oito anos, um disparo de arma de fogo a deixou com tetraparesia e mudou sua vida para sempre.

O tiro sofrido por Thainá quando ela tinha 13 anos provocou uma lesão medular na primeira vértebra torácica, um pouco abaixo do pescoço, que a deixou sem sensibilidade e ordenados a partir desse ponto.

Sua sobrevivência é considerada um milagre. Ela passou dois meses internada, dos quais 15 em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 22 intubada.

“O atestado de óbito dela chegou a ser preenchido. Os médicos não acreditavam que ela fosse sobreviver. Um deles perguntou se eu sabia rezar. Ele disse que era para eu entregar nas mãos de Deus, pois a situação era muito grave. Num determinado momento, ela teve uma certidão de nascimento e de óbito. Só faltava a assinatura do médico”, relembra Telma da Silva, mãe de Thainá.

Após o período mais crítico da hospitalização, Thainá deu início ao processo de reabilitação no Centro de Educação e Pesquisa em Saúde Anita Garibaldi (Anita), uma das unidades do Instituto Santos Dumont (ISD), em Macaíba.

Uma equipe multiprofissional formada por fisioterapeutas neurofuncionais, psicólogos, urologista e neurologistas davam suporte no reaprendizado das atividades de vida diária. No início de 2021, a surpresa: o teste de gravidez deu positivo.

Gravidez

“Eu nunca havia acompanhado uma paciente com qualquer tipo de deficiência. Nós não tínhamos noção de como o útero iria contrair, quais eram os riscos do parto cesariana, do parto normal. Foi um grande e surpreendente aprendizado”, afirmou a preceptora fisioterapeuta do ISD, Larissa Varella, especialista em saúde da mulher, que acompanhou Thainá durante a gestação e no pós-parto.

O trabalho desenvolvido por Larissa Varella e Heloísa Britto, também preceptora fisioterapeuta, possibilitaram o fortalecimento do tronco e dos membros superiores da paciente, tornando o sonho de segurar o bebê real, além de estimular o correto funcionamento das funções intestinal e vesical.

Conforme Larissa Varella, a gravidez de Thainá envolveu ainda mais riscos, em função da lesão medular ter afetado o funcionamento do corpo do pescoço para baixo, do que a gestação em uma mulher sem deficiência.

“Nós também precisamos trabalhar o pós-parto na fisioterapia dela. Tivemos que fazer um trabalho de adaptação e treinamento para que ela conseguisse segurar o bebê com firmeza, realizando a movimentação dele com segurança para troca de fraldas, amamentação… E ela conseguiu. Ela cuida do filho com muito zelo e independência. Isso é gratificante, pois foi um trabalho que mobilizou muitos profissionais”, destaca.

A gestação de Thainá foi considerada tranquila pela equipe de especialistas que a acompanhou, os ginecologistas obstetras Thaíse Lopes e Reginaldo Freitas Jr. Entretanto, na reta final, uma diabetes gestacional fez os planos dos médicos mudarem e a realização do parto cesárea foi a saída para manter mãe e filho seguros.

Além disso, a rede pública de saúde no Rio Grande do Norte não dispõe de estrutura para realização de partos normais tão particulares quanto o de Thainá. Essa ausência acendeu um alerta.

“Realizar o acompanhamento do pré-natal de Thainá foi desafiador. Afinal de contas, nunca tinha feito o pré-natal de uma paciente com o grau de lesão medular que ela apresenta. Ao mesmo tempo, foi uma oportunidade de aprendizado e crescimento profissional. O trabalho da equipe multiprofissional do Anita foi preponderante no sucesso do caso. Hoje, vendo Thainá chegar ao Anita com o bebê no colo, vê-la amamentando é de uma gratidão enorme. É uma sensação de missão cumprida, realmente, de atenção ao cuidado integral à mulher que a gente presta no nosso serviço”, relata Thaíse Lopes.

Maternidade

Ayllan, filho de Thainá, nasceu a termo no dia 14 de outubro de 2021, após uma cesariana assistida por parte da equipe de ginecologia e obstetrícia que a acompanhou no ISD durante a gestação. O Dia das Mães deste tem um sabor especial para ela.

“É uma mistura de emoções, porque ser mãe não é fácil. Mas, ao mesmo tempo, é gratificante saber que existe uma pessoinha que é como se fosse o nosso coração fora da gente, para falar a verdade. Eu estou muito feliz em ter ele, mesmo com as dificuldades do dia a dia e espero que ele cresça bem, que consiga ser feliz ao meu lado e que sinta orgulho da mãe que tem. Espero que ele veja o esforço que eu faço e me reconheça um dia”, declara Thainá.

Ginecologistas obstetras Thaíse Lopes e Reginaldo Freitas Jr — Foto: Ascom ISD

Para a avó de Aylan, que tem outros cinco netos, este 8 de Maio é dia de alegria e agradecimento. “É emocionante viver esse dia. Ela sempre está com ele e eu estou muito feliz tendo ela e ele comigo. Ela tem se mostrado uma mãe muito comprometida. Meu sentimento é de gratidão por tudo o que já vivemos até aqui”, afirma Telma, mãe de Thainá.

Acolher

Em 2021, o Instituto Santos Dumont deu início ao desenvolvimento do Cuidado Perinatal para Pessoas com Deficiência (Acolher), projeto idealizado pelo diretor-geral, o ginecologista obstetra Reginaldo Freitas Jr.. A primeira paciente atendida pela equipe que integra o Projeto Acolher foi Thainá da Silva Lourenço.

“Ainda há muitos direitos a serem, efetivamente, garantidos às pessoas com deficiência. A equidade no acesso aos serviços de saúde sexual e reprodutiva está entre esses direitos que precisam ser garantidos. Essa é uma das dimensões da inclusão que merece maior visibilidade. O direito ao livre exercício da sexualidade deve ser universal e incluir as pessoas com deficiência”, declara Reginaldo Freitas Jr..

Ele relembra, ainda, que de ter dito a Thainá, desde a primeira consulta no Acolher, que isso é um direito dela e não há porque reforçar as ideias de culpa, vergonha ou doença quando se discute a autonomia das pessoas com deficiência na decisão de engravidar ou não.

“Não se trata de negligenciar o cuidado com a saúde nas situações nas quais a gravidez pode colocar em risco a vida da mulher, mas de oferecer espaço para diálogo, informação, empoderamento e protagonismo para escolhas conscientes. Sabemos dos desafios, do quanto ainda precisamos aprender e de como precisamos evoluir, combatendo nossos preconceitos, inclusive o capacitismo, mas isso não pode nos impedir de começar a fazer, de articular essa linha de cuidado no sistema de saúde. Esse processo é absolutamente interdisciplinar e interprofissional, precisamos da sinergia de muitos saberes e fazeres e estamos formando essa equipe”, assegura o diretor-geral do ISD.

O discurso dele é reforçado por outros profissionais. “É importante pensar o quão negligenciadas são as mulheres com deficiência. A gente precisa falar sobre isso, colocar essa temática em debate. As mulheres com deficiência, dependendo de qual seja a deficiência, podem engravidar sem riscos maiores. A mulher tem direito à vida independente, ao casamento, a escolher ser mãe”, defende Larissa Varella.

Para a fisioterapeuta Heloísa Britto, que fez a reabilitação neurológica, é necessário mudar o pensamento coletivo para que as pessoas com deficiência sejam efetivamente integradas à sociedade. “Nós, que trabalhamos com reabilitação física, reconhecemos e valorizamos a participação social. A gente reabilita um indivíduo após uma lesão, por exemplo, ou habilita um indivíduo que tenha uma lesão congênita para que ele tenha uma vida social possível. Existe uma expressão mais nova chamada capacitismo, que é o pouco reconhecimento das pessoas em relação às suas capacidades. As pessoas com deficiência têm potencialidades. O capacitismo é olhar para elas e achar que elas não são capazes. É olhar para um cadeirante e julgá-lo como “coitado”. É preciso olhar para essas pessoas e enxergar nelas, autonomia, capacidade de fazer”, sublinha a fisioterapeuta.

O diretor-geral do ISDN Reginaldo Freitas Jr. falou sobre o receio, mas destacou a confiança e o empenho durante todo o processo de gestação e pós-parto dela.

“Thainá confiou em nós, foi nossa grande parceira e generosamente nos ensinou sobre a construção de uma relação de cuidado que compartilhou medos, objetivos, frustrações, alegrias e sucessos comuns a todos os envolvidos. Sim, também tivemos muito medo. Quanto mais estudávamos, mais incertezas emergiam. O que sabemos é uma gota no oceano que ainda desconhecemos. Não consegui dormir nos dois dias que antecederam o parto dela. Levantava para pesquisar evidências que nos ajudassem a decidir sobre via de parto, tipo de anestesia e medicações, por exemplo, mas nada disso se compara à alegria de vê-la sorrindo para Ayllan e transformada na mulher-mãe que ela é hoje. É ela que tem sido nossa grande professora”, enfatiza Reginaldo Freitas Jr.

Continuar lendo VARIEDADES: GRAVIDEZ DE MULHER COM TETRAPARESIA FOI CONSIDERADO UM DESAFIO PARA OS MÉDICOS QUE A ACOMPANHARAM

SAÚDE: 04 SUPLEMENTOS QUE NÃO PODEM FALTAR NA SUA VIDA

Na nossa sessão de SAÚDE desta quinta-feira trouxe aqui uma palestra importantíssima para você que dá o maior valor a sua saúde e pretende ter uma vida longeva e saudável. Uma espetacular explanação do Dr. Marco Menelau, médio homeopata especializado em psicomedicina, sobre os 04 sucplementos que não podem faltar em sua vida! 

Por favor não deixe de assistir. É imperdível! Vai mudar a sua qualidade de vida!

Fonte: 

Publicado em 31 de ago de 2018

Continuar lendo SAÚDE: 04 SUPLEMENTOS QUE NÃO PODEM FALTAR NA SUA VIDA

REFLEXÃO: NADA É PIOR DO QUE O QUASE

QUASE

RRS Segurança do Trabalho: QUASE ACIDENTES SÃO SINAL DE ALERTA

Ainda pior que a convicção do não e a incerteza do talvez é a desilusão de um quase. É o quase que me incomoda, que me entristece, que me mata trazendo tudo que poderia ter sido e não foi. Quem quase ganhou ainda joga, quem quase passou ainda estuda, quem quase morreu está vivo, quem quase amou não amou. Basta pensar nas oportunidades que escaparam pelos dedos, nas chances que se perdem por medo, nas idéias que nunca sairão do papel por essa maldita mania de viver no outono.
Pergunto-me, às vezes, o que nos leva a escolher uma vida morna; ou melhor não me pergunto, contesto. A resposta eu sei de cór, está estampada na distância e frieza dos sorrisos, na frouxidão dos abraços, na indiferença dos “Bom dia”, quase que sussurrados. Sobra covardia e falta coragem até pra ser feliz. A paixão queima, o amor enlouquece, o desejo trai. Talvez esses fossem bons motivos para decidir entre a alegria e a dor, sentir o nada, mas não são. Se a virtude estivesse mesmo no meio termo, o mar não teria ondas, os dias seriam nublados e o arco-íris em tons de cinza. O nada não ilumina, não inspira, não aflige nem acalma, apenas amplia o vazio que cada um traz dentro de si.
Não é que fé mova montanhas, nem que todas as estrelas estejam ao alcance, para as coisas que não podem ser mudadas resta-nos somente paciência porém,preferir a derrota prévia à dúvida da vitória é desperdiçar a oportunidade de merecer. Pros erros há perdão; pros fracassos, chance; pros amores impossíveis, tempo. De nada adianta cercar um coração vazio ou economizar alma. Um romance cujo fim é instantâneo ou indolor não é romance. Não deixe que a saudade sufoque, que a rotina acomode, que o medo impeça de tentar. Desconfie do destino e acredite em você. Gaste mais horas realizando que sonhando, fazendo que planejando, vivendo que esperando porque, embora quem quase morre esteja vivo, quem quase vive já morreu.
Sarah Westphal

Continuar lendo REFLEXÃO: NADA É PIOR DO QUE O QUASE

GORILA DA PLANÍCIE OCIDENTAL CONSIDERADA A MAIS VELHA DO MUNDO VIVE NO ZOOLÓGICO DE BERLIM ACABA DE COMPLETAR 65 ANOS

Gorila mais velha do mundo acaba de completar 65 anos

Fatou ganhou um bolo de arroz com frutas para comemorar seu aniversário em Berlim, na Alemanha

Zoe Sottile

da CNN

Fatou, a gorila mais velha do mundo, recebe um bolo de arroz com frutas em seu aniversário de 65 anos no zoológico de Berlim, na Alemanha, em 13 de abril de 2022.Fatou, a gorila mais velha do mundo, recebe um bolo de arroz com frutas em seu aniversário de 65 anos no zoológico de Berlim, na Alemanha, em 13 de abril de 2022.REUTERS

Fatou, uma gorila da planície ocidental que se acredita ser a mais velha do mundo, acaba de comemorar seu 65º aniversário no zoológico de Berlim.

“Nossa Gorilla está comemorando seu aniversário de 65 anos hoje, tornando-a a gorila mais velha do mundo”, escreveu o zoológico no Instagram.

“O tradicional bolo de aniversário também não poderia faltar este ano. A refeição de aniversário é sempre algo muito especial para Fatou”, disse o zoo.

Fotos incluídas no post mostravam o enorme primata desfrutando de um bolo decorado com bagas e frutas para formar os números “65”.

Fatou chegou a Berlim em 1959 através do que o zoológico descreve como “circunstâncias incomuns” em um comunicado de imprensa de seu aniversário de 61 anos.

Um marinheiro usou a jovem gorila para pagar sua conta em uma taverna em Marselha, na França. Depois, ela foi transportada pela Europa antes de ser comprada pelo zoológico na Alemanha. Especialistas deram apenas dois anos de idade no momento de sua chegada.

Em 2019, Fatou foi nomeada a “gorila viva mais velha em cativeiro” pelo Guinness World Records depois que Trudy, um gorila nascido em 1956, morreu. Fatou é um dos únicos animais do zoológico de Berlim nascido na natureza, de acordo com o comunicado de imprensa.
Em cativeiro, os gorilas geralmente vivem até 50 anos, observou o Guinness.

Continuar lendo GORILA DA PLANÍCIE OCIDENTAL CONSIDERADA A MAIS VELHA DO MUNDO VIVE NO ZOOLÓGICO DE BERLIM ACABA DE COMPLETAR 65 ANOS

AUTOCONHECIMENTO: MANTRA PARA HARMONIZAR SUAS MEMÓRIAS, ADEQUAR SEUS DESEJOS E CURAR O QUE PRECISA SER CURADO

Após ler o breve texto abaixo, deite-se, feche os olhos e ouça esta música, ela lhe conectará com os anjos guardiões.

Hoje às 11.11 hrs da noite, antes de dormir englobe você mesmo dentro de um manto azul

fluorescente e se imagine lá dentro. Mentalize o melhor e peça aos seus mentores espirituais,

mesmo que não os conheça, para harmonizar suas memórias, adequar seus desejos, curar o que

precisa ser curado e manifestar o que precisa ser realizado. Não diga “Eu quero”, não limite o

Universo dizendo exatamente o que quer.

Apenas autorize que o melhor se manifeste em sua vida e não controle mais nada.

A época do controle sobre tudo acabou, é chegado o momento da real

prática da confiança. Trabalhe, ama e confie. Tudo está onde deve estar, não tema nada nem

ninguém. Não tema nem mesmo o tempo, pois o tempo deve ser seu aliado e não seu inimigo.

Hoje é dia 11.11. Os canais de prosperidade se abrem nos mundos acima para manifestar nos mundos

abaixo. Dos mundos celestes para os mundos terrestres.

*Decreto de Renascimento:

Hoje acordei para uma nova vida! Hoje deixo de lado, tudo aquilo que me entristece e que não faz mais sentido para minha evolução. Hoje decreto do fundo do meu coração que estou pronto (a) para viver uma nova vida. Hoje determino que tudo aquilo que é ruim vá embora da minha vida. Hoje determino que tudo aquilo que me fez mal no passado, desapareça e nunca mais retorne. Hoje já consigo sentir meu corpo mais leve e meu espírito cuidando da minha mente. Hoje já compreendo melhor meus anseios e meus desejos e não me engano mais. Hoje sinto todos os antigos sentimentos de amargura, fraqueza, preguiça e desânimo se dissolvendo. Hoje consigo ver todas as pessoas que um dia me ajudaram e me incentivaram. E me sinto grato (a) por todas elas. Hoje consigo ver todos aqueles que se foram desse mundo e deixaram um espaço vazio em meu peito. E me sinto confortado (a), pois tenho certeza que um dia reencontrarei todos eles pelas entranhas da eternidade. Hoje vejo meu espírito sorrindo e me dizendo obrigado por eu ter despertado para uma nova vida. Hoje sinto o amor e a paz dentro do meu espírito. Hoje, eu e meu espírito somos UM em comunhão com Aquele que um dia nos criou. Hoje me sinto feliz e vejo a luz da verdade iluminando novamente os meus caminhos. Assim é, e assim será para todo o sempre!

Gratidão Eterna! * Decreto de renascimento ensinado pelos antigos sacerdotes da Escola de Mistérios do Olho de Hórus — Egito 1546 A.C.

Fonte: Carlos Torres

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: MANTRA PARA HARMONIZAR SUAS MEMÓRIAS, ADEQUAR SEUS DESEJOS E CURAR O QUE PRECISA SER CURADO

IDOSA CANADENSE DE 101 ANOS SE DEDICA A VIDA PROFISSIONAL E NÃO TEM PLANOS PARA SE APOSENTAR

Canadense de 101 anos renova contrato para trabalhar até 2025

Hazel McCallion se dedica à vida profissional há mais de 40 anos e ainda não tem planos para se aposentar

INTERNACIONAL

 Maria Cunha

do R7

Hazel McCallion, aos 101 anos, deseja continuar em seus ofícios

DIVULGAÇÃO: INSTAGRAM/@HAZELMCCALLION100OFFICIAL

Trabalhar fazendo o que ama nem sempre é possível. A rotina de tarefas profissionais pode ser cansativa e ter disposição física e mental para o cotidiano exige preparo. Apesar disso, nenhuma dessas questões parece afetar Hazel McCallion, de 101 anos. A idosa foi escolhida pela vida profissional.

Hazel foi prefeita de Mississauga em 1978, quando as mulheres ainda tinham pouco ou nenhum espaço na política, e ocupou a cadeira até 2014, após 36 anos na administração do município.

Mas se engana quem imagina que ela parou por aí. Em 2017, aos 96 anos, ela foi nomeada diretora e representante federal no Conselho de Administração do Greater Toronto Airports Authority.

Na última quarta-feira (6), o ministro dos Transportes, Omar Alghabra, estendeu o contrato e McCallion permanecerá na função por mais três anos, ou seja, até completar 104 anos de idade.

“Estou satisfeito que a Sra. McCallion aceitou continuar a servir o Greater Toronto Airports Authority. Ela dedicou mais de 40 anos de serviço à sua comunidade e continua a desempenhar um papel importante na supervisão e orientação do maior aeroporto do Canadá”, disse Alghabra em nota.

A centenária ainda acumula mais uma atividade profissional além do trabalho no campo de aviação. Desde o dia 17 de março, ela é conselheira especial da Universidade de Toronto Mississauga.

Em homenagem ao seu 101º aniversário, a província de Ontário decidiu nomear sua nova linha de Linha Hazel McCallion.

*Estagiária do R7, sob supervisão de Pablo Marques

Fonte: R7

Continuar lendo IDOSA CANADENSE DE 101 ANOS SE DEDICA A VIDA PROFISSIONAL E NÃO TEM PLANOS PARA SE APOSENTAR

AUTOCONHECIMENTO: AUTOCONHECIMENTO E PROPÓSITO DE VIDA = FELICIDADE

Apaixonada pela educação e pelo ser humano , trabalhou durante 20 anos como psicopedagoga clínica e institucional, além de atuar como professora universitária ao longo desse mesmo período! Inquieta e movida pelo espírito investigativo, seu trabalho envolve a conexão com a pesquisa e o desejo de encontrar novas soluções e alternativas para os processos educativos e relacionais humanos. Professora dos cursos de graduação e pós-graduação do Instituto Federal do Rio Grande do Sul (IFRS), autora de livros e artigos científicos, é Doutora em Psicologia e Educação pela USP, pesquisadora e líder de pesquisa do grupo “Educação, inovação e trabalho” vinculado ao CNPQ, bem como coordenadora do CRPC/IFRS (Centro de Resolução de Problemas e de Solução de Conflitos). A aprendizagem humana, as relações interpessoais e a construção de uma cultura de paz são suas principais áreas investigativas e de atuação.

Fonte: TEDx Talks

Publicado em 26 de fev de 2016

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: AUTOCONHECIMENTO E PROPÓSITO DE VIDA = FELICIDADE

DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: A PRÁTICA DA MEDITAÇÃO COMO UM MÉTODO PARA A PREVENÇÃO DE DOENÇAS E BEM ESTAR DA POPULAÇÃO

Pessoa sentada com as pernas cruzadas em uma montanha durante o nascer do sol.
23 de Janeiro – Dia Internacional da Medicina Integrativa

Por que praticar Meditação?

A prática de meditação é reconhecida pela Organização Mundial da Saúde (OMS), como um método para a prevenção de doenças, melhoria da qualidade de vida, saúde e bem-estar da população.

Importante ressaltar que o Ministério da Saúde, conforme a portaria 145, de 11 de janeiro de 2017, incluiu a Meditação no rol de terapias complementares disponíveis pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Meditar é um processo continuo de autocuidado e autoacolhimento, em que a pessoa fortalece seus valores pessoais, desacelera a criação de pensamentos, respira com atenção, relaxa o corpo, a mente e as emoções, sentindo e vivendo a vida com maior foco, concentração e saúde.

É uma oportunidade de ter as rédeas de sua vida em suas mãos, encontrando a paz interior para realizar suas atividades pessoais e profissionais com maior leveza e resultados.

Algumas dicas para inspirar você a começar ou renovar a prática de meditar:

1. Durante o dia, pare algumas vezes o que estiver fazendo, leve sua atenção ao ato de inspirar e expirar, usando a contagem: inspirar em 4 segundos, reter o ar em 4 segundos e expirar em 8 segundos, repita a sequência 4 vezes.

2. Caminhe todos os dias, durante 15 minutos, prestando atenção aos seus passos e ritmo respiratório, essa prática é uma forma de atenção plena e ajuda a liberar a criatividade.

3. Antes de dormir, desconecte sua atenção de aparelhos eletrônicos, escolha um local acolhedor, sente-se com a coluna ereta, faça a sequência respiratória com contagem, caminhe em direção ao seu coração, sente-se no centro dele, imagine uma luz dourada banhando você de energia amorosa, acolhedora e pacífica, todas as suas células, órgãos são preenchidos, você relaxa, descansa e se prepara para uma excelente noite de sono.

4. Escolha meditações guiadas, no You Tube, e ouça antes de dormir, enquanto dirige, usando transporte público.

Praticar meditação é um ato de amor, comece devagar e aos poucos aumente o tempo de experiência, poderá sentir o quanto te fará bem.

Anna Maria Oliveira

Escrito por Anna Maria Oliveira

Fonte: Eu sem Fronteiras

Continuar lendo DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: A PRÁTICA DA MEDITAÇÃO COMO UM MÉTODO PARA A PREVENÇÃO DE DOENÇAS E BEM ESTAR DA POPULAÇÃO

AUTOCONHECIMENTO: DESCUBRA QUE O AMOR É REAL E COMECE A AMAR

Na sessão de AUTOCONHECIMENTO desta sexta-feira descobrimos um texto extraordinário de um mentor chamado Lazaris sobre o AMOR, publicado no site do IPPB. Foi a coisa mais tocante que eu já li sobre a arte de amar. Perfeita interpretação e definição. Se alguém ler do começo ao fim nunca mais será a mesma pessoa. A não ser que não tenha entendido ou não queira entender ou ainda, não esteja num estado evolutivo que lhe permita compreender.
Boa leitura e reflexão!

A DESTREZA E A ARTE DE AMAR – por Lazaris

AUTOCONHECIMENTO: AMAR É UM ATO DE CORAGEM - Blog do SaberO amor é um estado de consciência.

Muitas vezes, atrás da máscara do seu ego negativo, você quer fazer difícil a arte de amar para poder justificar e racionalizar a carência em sua vida. Depois de tudo, nessa relação tediosa com o seu lado negativo, você está totalmente convencido por ele de que maneja sua vida e é dono de si mesmo.
O ego negativo nunca entrega amor. As coisas que ele entrega são somente promessas nunca cumpridas e rotas variadas para fugir de si mesmo.
Você pergunta: “Onde está o amor?”
E o seu ego lhe diz o quanto é difícil encontrá-lo e quanta lástima você colherá.
Quando você descobre o quanto o amor é realmente disponível, uma parte sua inconscientemente tratará de negá-lo completamente para proteger o seu ego negativo.
Uma parte sua gritará: “Evite a humilhação a todo custo!”
Na verdade, você se sente tão tonto por haver excluído o amor durante tanto tempo, que agora acha que não o merece realmente.
De qualquer modo, você perde (não seu ego).
Quando você descobrir que o amor é real, não corra! Não castigue a si mesmo. Não postergue mais, começa a amar!
Medite nas coisas do amor:
1. COMPARTILHAMENTO: Desenvolva realmente a sua capacidade de compartilhar. Amar é dar!
2. RESPONSABILIDADE: Seja responsável para consigo mesmo e para com os outros.
3. HONRA: Honre os seus sentimentos e os sentimentos daqueles a quem ama.
CONHECIMENTO: Há duas maneiras de conhecer alguém: pela compreensão ou pela dor. Sim, devido ao fato de que muitos temem o amor, infligem dor a si mesmos e aos outros. Porém, você pode desenvolver a destreza de amar buscando a compreensão de si mesmo e dos outros. Você está aqui para aprender a compreender, não para sofrer.
HUMILDADE: Tenha a humildade de ser íntimo. Humildade é a vontade de ver cada dia como algo completamente novo. É a vontade de permitir que as pessoas mudem, em lugar de afirmar que elas nunca conseguirão mudar.
Você cria sua realidade fundamentalmente a partir de sua eleição e crença. Se escolher ver as pessoas em seu pior estado e acredita nisso, então você sempre as observará assim.
Você até poderá ter razão, mas também se sentirá miserável.
Ser humilde é dizer: “Sei que ontem era assim, mas hoje tudo pode ter mudado.”
Seja humilde o suficiente para estar próximo, ser terno e vulnerável consigo mesmo e com aqueles que você se interessa.
COMPROMETIMENTO: Tenha a coragem de comprometer-se. O compromisso é realmente aterrorizante para muitas pessoas. O medo de ser rechaçado ou humilhado é o maior culpado disso.
Há também o medo da responsabilidade (ou melhor dizendo, o medo de não conseguir controlar algo), que contribui bastante com a negativa de comprometer-se. Para muitos, o compromisso é semelhante a uma prisão. Confundem responsabilidade com obrigação.
Por isso, quem quer amar precisa se revestir de coragem. Amar é um ato de coragem.
INTERESSE: Honestamente começa a interessar-se por si mesmo e pela maneira como a sua vida está direcionada. Nada de lástimas. O amor não tem nada a ver com lástimas.
Simplesmente abra o seu coração e a sua mente e começa a amar. Manifeste interesse real por si mesmo e pelos outros.
“AMAR É UM ATO DE CORAGEM! AMAR É DAR!”
– Lazaris –
Esse é um texto que traduzi e distribui para a turma que fez o curso “Toques Vibracionais” (fase 8) em novembro de 2001 aqui no IPPB. É um texto que extraí do livro “El Viaje Sagrada” do mentor extrafísico “Lazaris” (que passa textos pelo médium americano Jack Pursel). É uma tradução livre. Ou seja, não traduzi literalmente. Adaptei-a de forma mais moderna e despojada, porém sem alterar o sentido de suas idéias. Vale a pena ler um texto desses. É um banho no coração!v
Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: DESCUBRA QUE O AMOR É REAL E COMECE A AMAR

GOVERNO DO RIO DE JANEIRO FOI DENUNCIADO À ONU EM VIRTUDE DAS VIOLAÇÃOES DE DIREITOS A VIDA E A LIBERDADE

Governo do estado do Rio de Janeiro é denunciado à ONU por violação a direitos humanos

Petição entregue ao Alto Comissariado para os Direitos Humanos das ONU cita casos como a morte de inocentes durante ações policiais e prisões arbitrárias

Isabelle ResendeBeatriz Puente

da CNN

Rio de Janeiro

Operação policial em 2021 deixou pelo menos 25 mortos nas proximidades da estação JacarezinhoOperação policial em 2021 deixou pelo menos 25 mortos nas proximidades da estação JacarezinhoEstadão Conteúdo

O Governo do estado do Rio de Janeiro foi denunciado para o Alto Comissariado para os Direitos Humanos das Nações Unidas (ONU), em virtude das violações de direitos à vida e à liberdade. O documento assinado foi entregue ao escritório da entidade em Nova York nesta sexta-feira (18).

A denúncia, feita pelo Observatório Estadual de Direitos Humanos, composto por um grupo de juristas, advogados e acadêmicos, teve como base relatórios da Defensoria Pública do Rio de Janeiro (DPRJ) e do Colégio Nacional de Defensores Públicos Gerais (Condege).

A petição cita a recorrência de casos graves de prisões arbitrárias e morte de inocentes por agentes públicos de segurança; a existência de falhas no reconhecimento fotográfico em delegacias do estado e o aumento da letalidade policial, evidenciados pelos dados do Instituto de Segurança Pública que indicam aumento de 161% no número de mortos pela polícia e 140% no número de feridos em operações policiais entre 2020 e 2021.

Entre esses casos mencionados estão as prisões baseadas no reconhecimento fotográfico dos jovens Caio Telles, de 20 anos, Luiz Carlos Justino, de 24 e João Luiz, de 32. Além disso, a petição apresentada à ONU ressalta as mortes de Ana Clara, de 5 anos, Hiago Macedo, de 21 e Elias de Lima, de 24, assassinados com a participação de agentes públicos de segurança.

“Não podemos naturalizar os casos de prisões arbitrárias e de mortes de inocentes. Estamos falando de vidas humanas, da vida de Ana Clara, Hiago, Moïse, Elias e de tantos outros, além de seus familiares que sofrem ao ver filhos presos injustamente. Essa denúncia tem como principal objetivo prevenir para que casos como esses não voltem a acontecer”, comentou Raphael Costa, secretário de Direitos Humanos de Niterói e responsável por levar a denúncia à ONU.

O documento obtido pela CNN cita ainda o descumprimento sistemático da decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), manifestada na Ação de Descumprimento de Preceito Fundamental 635, na qual a alta letalidade das forças policiais fluminenses é questionada e as operações durante a pandemia é restringida para circunstâncias excepcionais; inclusive com recente reiteração do modelo condenado na decisão da corte suprema, mediante o lançamento do programa “Cidade Integrada”, que resultou na operação mais letal da história do estado do Rio de Janeiro, com 28 mortos, na comunidade do Jacarezinho.

Em nota, a Procuradoria Geral do Estado (PGE) disse que ainda não foi notificada sobre a denúncia. Já a Polícia Civil disse que todas as mortes por disparos de policiais em operações da atual gestão foram de criminosos em confronto. Em relação ao reconhecimento fotográfico, a corporação disse que não admite este tipo de prova como única, e que deve fazer parte de um conjunto probatório maior, com outros elementos.

A Polícia Militar disse que “as forças de segurança do Estado do Rio de Janeiro atuam de forma integrada, tendo como objetivo a preservação de vidas e a redução dos indicadores criminais. E que as ações seguem rigorosamente protocolos técnicos e determinações judiciais. A PM ressalta ainda que as forças de segurança do estado atuam num cenário extremamente complexo, no qual facções criminosas rivais disputam território de forma violenta.

Continuar lendo GOVERNO DO RIO DE JANEIRO FOI DENUNCIADO À ONU EM VIRTUDE DAS VIOLAÇÃOES DE DIREITOS A VIDA E A LIBERDADE

CAMPANHA FEVEREIRO ROXO PROCURA CONSCIENTIZAR AS PESSOAS PARA DISGNÓSTICO DE DOENÇAS INCURÁVEIS EM SUA FASE INICIAL

Fevereiro Roxo busca melhorar a qualidade da vida de pessoas com doenças

Redação/Portal da Tropical

 Atualizado em:

Foto: Divulgação/Sesap-RN

A Campanha Roxo conscientizar a população para que o Alzheimer busca lúpus e a fibromialgia, doenças e incuráveis, sejam identificadas crônicas em sua fase inicial, que seus sintomas sejam controlados ou retardados, a fim de propiciar uma melhor qualidade de vida aos pacientes por essas patologias.

“Apesar de serem diferentes, essas doenças têm em comum o fato de não possuir cura. Desse modo, o diagnóstico precoce e correto permite que o tratamento de forma eficaz e segura, seja feito de qualidade, coordenador de qualidade de vida”, explicou Priscylla Miranda, bem-estar do Núcleo Ciclos de Vida da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap).

O Sistema Único de Saúde (SUS) oferece acompanhamento e tratamento para pacientes com Alzheimer, lúpus e fibromialgia, inclusive com entrega de medicamentos. Diante da suspeita de três doenças, as pessoas devem procurar uma unidade de saúde básica (UBS), como Unidade se para o caso, sejam fornecidos de um especialista.

Lúpus

O Lúpus Eritematoso Sistêmico ou apenas lúpus é uma doença inflamatória crônica de origem autoimune (o próprio organismo ataca órgãos e tecidos). Segundo o Ministério da Saúde, são reconhecidos principalmente dois tipos principais de lúpus: o cut, que se manifesta apenas com manchas pele (geralmente avermelhadas ou eritematosas e daí o nome lúpus eritematoso), nas áreas que ficam expostas à luz solar (rosto, orelhas, colo ou a parte em “V” do decote e nos braços) e o sistêmico, que acomete um ou mais órgãos internos.

Os sintomas são de pele, sendo que as mais características são avermelhadas em maçãs do rosto e dorso do nariz; dor e, principalmente nas articulações das mãos; e inflamação no rim, pleura ou pericárdio (membranas que recobrem o peso e coração).

Em mais da metade dos casos, podem ocorrer alterações como aumento de glóbulos vermelhos, glóbulos brancos, dos linfócitos ou de plaquetas. Inflamações no cérebro não são muito freqüentes nos pacientes, mas, quando ocorrem, podem causar convulsões, alterações do comportamento (psicose queixas ou do nível de consciência até sintomas sugestivos de comprometimento de nervos periféricos).

Na fase ativa da doença, são queixas comuns de febre, inchaço e fraqueza, manifestações nos olhos, aumento do fígado, baço e gânglios.

O diagnóstico deve ser feito pelo conjunto de alterações clínicas e laboratoriais e não pela presença de apenas um exame ou uma manifestação clínica. O tratamento do lúpus individual, pois depende da apresentação de cada um dos pacientes. Seu objetivo é permitir o controle da atividade, uma minimização dos efeitos colaterais dos medicamentos e uma boa qualidade da vida aos seus filhos.

Fibromialgia

A fibromialgia se caracteriza por dor muscular generalizada, crônica (dura mais que três meses), mas que não apresenta inflamação nos locais de dor. O sono não reparador (sono que não restaura a pessoa) e cansaço são alguns dos sintomas típicos da doença. Pode haver também distúrbios do humor como preocupação e depressão, e muitos distúrbios da concentração e da memória.

As causas da fibromialgia ainda não estão bem esclarecidas, mas a principal hipótese é que os pacientes apresentam uma definição da percepção da dor. Isso é apoiado por estudos nos cérebros em funcionamento, e também porque os pacientes com fibromialgia desenvolvem sensibilidade do corpo, como no intestino ou na bexiga. Outras pessoas contraem patologia após uma dor localizada mal tratada, um trauma físico ou uma doença grave. O som alterado, os problemas de humor e a aparência parece ser ao contrário da crônica, e não é diferente.

Segundo estimativas da Sociedade Brasileira de Reumatologia, a enfermidade afeta 2,5% da população mundial A doença acomete mais mulheres do que homens, com idade entre 30 e 50 anos, embora sejam pacientes mais jovens e mais velhos. No Brasil, a doença atinge em torno de sete milhões de pessoas.

O diagnóstico da fibromialgia é clínico, com a história dos pacientes, exames físicos e laboratoriais. Não há verificação dos exames que verifiquem. Exames de imagem devem ser examinados com muito cuidado, pois nem sem os achados da radiologia são a causa do paciente. A fibromialgia pode aparecer em outras doenças reumáticas, como artrite reumatóide e lúpus, o que, muitas vezes, dificulta uma melhora de pacientes.

A fibralgia não traz deformidades ou sequelas nas articulações e músculos, mas os pacientes apresentam uma maior qualidade de vida. Dessa forma, o objetivo do acompanhamento é aliviar os sintomas.

Os autos do paciente com fibromialgia são os mais importantes do que as medicações, embora elas também tenham seu papel. O principal o exercício aeróbico aquele que mexe o corpo todo e o tratamento parece ser a melhor forma de reversão a sensibilidade à dor na bromialgia.

Também é fundamental entender a doença e, em alguns casos, a terapia psicológica pode ser útil, para aprender a lidar com a dor principalmente crônica no dia a dia. As medicações são úteis para diminuir a dor, melhorar o sono ea disposição do paciente, fim de permitir uma prática de exercícios físicos.

Doença de Alzheimer

A Demência de Alzheimer é a forma mais comum de demência, doença neurogenerativa que acomete com maior frequênciade pessoas idosas. A causa é desconhecida, mas acredita-se que seja geneticamente determinada, além dos fatores ambientais e de estilo de vida contribuíram para o seu aparecimento.

O Alzheimer costuma evoluir de forma lenta e progressiva. A doença se instala quando o processamento de proteínas do sistema nervoso central ocorre de forma precisa. Surgem, então, fragmentos de proteínas mal cortadas, dentro dos neurônios e nos espaços que existem entre eles. Como conseqüência de neurônios em regiões do cérebro, como a memória certa, o cérebro, o reconhecimento de alterações ocorridas, o cérebro exato, o que ocorre de forma correta, o reconhecimento que ocorre de forma incorreta e ocorrida.

A memória para os fatos recentes, a repetição da pergunta várias vezes, a dificuldade em encontrar as mesmas dificuldades de estímulos visuais ou auditivos e tendência ao isolamento são alguns dos principais sintomas da doença de Alzheimer.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que o Alzheimer afeta cerca de 35,6 milhões de pessoas em todo o mundo, número deve dobrar em 2030. No Brasil, o cálculo da Associação Brasileira de Alzheimer (Abraz) é de que 1 ,2 milhões já sofram os efeitos da neurodegeneração.

Para prevenir o desenvolvimento da demência é necessário adotar hábitos de vida como o controle de doenças prévias (hipertensão, diabetes, obesidade, dislipidemias); combate ao sedentarismo, com a prática de atividade física regular; evitar o tabagismo; e praticando ações que estimulam a memória: leitura e novas tarefas.

A partir do diagnóstico, a sobrevida média oscila entre 8 e 10 anos. O quadro clínico costuma ser definido em quatro: forma inicial, mudou na memória, na personalidade e nas habilidades visuais e espacial; forma solução, realizar tarefas, realizar tarefas, realizar tarefas, realizar tarefas e tarefas simples; forma grave, presença de resistência à execução de tarefas diárias, incontinência urinária e fecal, dificuldades para comer, deficiência motora progressiva; e fase terminal, quando há restrição ao leito, mutismo, dor à deglutição e recorrentes.

O objetivo do tratamento para pacientes com Alzheimer é retardar a evolução e preservar o tempo mais possível como intelectuais e executivos. Os melhores resultados são obtidos quando o acompanhamento é iniciado nas fases mais precoces. Para avaliar a recurso do tratamento, é fundamental que os familiares utilizem um diário para anotar a evolução dos casos. A memória está melhor? Os afazeres diários são cumpridos com mais facilidade? O quadro está estável? O declínio lento do que ocorre antes da forma da forma mais lenta?

O Sistema Único de Saúde (SUS) disponibiliza tratamento para a doença de Alzheimer por meio da Atenção Primária à Saúde (APS) e também pela Atenção Especializada, em especial pela Assistência Farmacêutica, além de disponibilizar Clínico e Diretrizes Terapêuticas PCDT sobre a doença por meio da Portaria conjunta nº 13, de 28 de novembro de 2017.

Continuar lendo CAMPANHA FEVEREIRO ROXO PROCURA CONSCIENTIZAR AS PESSOAS PARA DISGNÓSTICO DE DOENÇAS INCURÁVEIS EM SUA FASE INICIAL

APOSENTADOS NÃO TERÃO MAIS QUE FAZER PROVA DE VIDA PRESENCIAL

Por Guilherme Mazui e Filipe Matoso

, g1 — Brasília

 

Aposentados não terão mais que fazer prova de vida presencial
Aposentados não terão mais que fazer prova de vida presencial

O presidente do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), José Carlos Oliveira, informou nesta quarta-feira (2) que os cidadãos não precisarão mais sair de casa para fazer a prova de vida e que o governo passará a usar outros tipos de dados para confirmar se a pessoa está viva.

Segundo o governo a medida entrará em vigor quando for publicada no “Diário Oficial da União”, mas Oliveira não informou quando isso acontecerá. Segundo ele, se o governo não encontrar dados recentes da pessoa, irá à residência dela para a prova biométrica.

Oliveira deu as informações ao discursar em cerimônia no Palácio do Planalto, da qual participaram, entre outras autoridades, o presidente Jair Bolsonaro e o ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira. Durante o evento, foi assinada uma portaria para mudar as regras da prova de vida.

A prova de vida é obrigatória para aposentados, pensionistas e para quem recebe benefícios do INSS por meio de conta corrente, poupança ou cartão magnético. O procedimento serve para evitar fraudes e garante a manutenção do pagamento.

Mudanças até 31 de dezembro

Segundo o presidente do INSS, atualmente 36 milhões de brasileiros se deslocam para fazer a prova de vida, dos quais 5 milhões têm mais de 80 anos de idade.

De acordo com o governo, o INSS tem até 31 de dezembro deste ano para implementar as mudanças necessárias. “Até essa data, o bloqueio de pagamento por falta da comprovação de vida fica suspenso”, informou o governo.

Atualmente, ainda segundo o governo federal, não há pessoa bloqueada por falta de prova de vida e a família do beneficiário será informada que a prova de vida deu certo.

O governo informou ainda que a cada dez meses, entre um aniversário e outro do beneficiário, o INSS terá a obrigação de encontrar a prova de que a pessoa está viva.

Governo vai assinar portaria que altera regras para prova de vida do INSS
Governo vai assinar portaria que altera regras para prova de vida do INSS

O anúncio

De acordo com o presidente do INSS, a partir de agora, a “obrigação” de fazer a prova de vida é do próprio órgão.

Durante a cerimônia, José Carlos Oliveira deu os seguintes exemplos que servirão para o governo comprovar que uma pessoa está viva:

  • se o cidadão tirar ou renovar o passaporte;
  • se o cidadão tirar carteira de identidade ou renovar o documento;
  • se o cidadão votar;
  • se o cidadão fizer transferência de veículo;
  • se o cidadão fizer empréstimo consignado.

“Nós vamos aceitar isso como prova de vida”, declarou o presidente do INSS.

Além desses itens, o cerimonial do Palácio do Planalto informou durante o evento que também serão aceitos:

  • emissão ou renovação de carteira de motorista;
  • registros de vacinação;
  • registro de consultas no SUS.

Em seguida, José Oliveira informou que o governo federal também passará a buscar dados em bases de informações dos governos estaduais e municipais. O governo informou que também pretende usar bases de dados de entidades privadas, mas este ponto ainda está em negociação.

“Se caso nós não encontramos um movimento do cidadão em uma dessas bases, mesmo assim, o cidadão não vai precisar sair de casa para fazer a prova de vida”, afirmou.

“O INSS proverá meios, com parcerias que fará, para que o servidor, o correio, para que essa entidade parceira vá na residência e faça a captura biométrica na porta do segurado. Para que o segurado não saia mais da sua residência”, acrescentou.

Biometria

A prova de vida digital é feita por meio de biometria facial. O INSS usa a base de dados do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) e do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Portanto, podem fazer a biometria facial os segurados que tenham carteira de motorista ou título de eleitor, com biometria cadastrada no Departamento de Trânsito (Detran) ou na Justiça Eleitoral, respectivamente.

Continuar lendo APOSENTADOS NÃO TERÃO MAIS QUE FAZER PROVA DE VIDA PRESENCIAL

REFLEXÃO: VIVER A ARTE DE LAPIDAR A MENTE, O CORAÇÃO E A RAZÃO ATÉ QUE SÓ RESTE O AMOR

O trecho do texto a seguir reproduzido nessas entrelinhas resume com muita eloquência o objetivo maior de todo de humano nessa jornada: “A vida repete a mesma mensagem, mesmo com gritos e tapas, até você finalmente ouvir. A vida envia raios e tempestades, então você acorda. A vida o humilha e derrota de novo e de novo até que você decida deixar seu ego morrer. A vida lhe nega bens e grandeza até que você pare de querer bens e grandeza e comece a servir”. Como diria Jesus Cristo: Quem tiver ouvidos que ouça!

Até que só o amor permaneça

 em 

 

“A vida te decepciona para você parar de viver com ilusões e ver a realidade. A vida vai destruir todo o supérfluo, até que reste somente o importante. A vida não te deixa em paz, para que deixe de culpar-se e aceite tudo como “É”.

A vida vai retirar o que você tem, até você parar de reclamar e começar agradecer. A vida envia pessoas conflitantes para te curar e para que você deixe de olhar pra fora e comece refletir o que você tem dentro. A vida permite que você caia de novo e de novo, até que você decida aprender a lição. A vida te tira do caminho e te apresenta encruzilhadas, até que você pare de querer controlar e você flua como um rio.

A vida coloca seus inimigos na estrada, até que você pare de “reagir”. A vida te assusta e assusta quantas vezes for necessário, até que você perca o medo e recupere sua fé. A vida tira o seu amor verdadeiro, ele não concede ou permite, até que você pare de tentar comprá-lo. A vida te distancia das pessoas que você ama, até entender que não somos esse corpo, mas a alma que ele contém.

A vida ri de você tantas vezes, até você parar de levar tudo tão a sério e rir de si mesmo. A vida quebra você e quebra você em tantas partes quantas forem necessárias para a luz penetrar ali. A vida confronta você com rebeldes, até que você pare de tentar controlar.

A vida repete a mesma mensagem, mesmo com gritos e tapas, até você finalmente ouvir. A vida envia raios e tempestades, então você acorda. A vida o humilha e derrota de novo e de novo até que você decida deixar seu ego morrer. A vida lhe nega bens e grandeza até que você pare de querer bens e grandeza e comece a servir.

A vida corta suas asas e poda suas raízes, até que você não precise de asas nem raízes, mas apenas desapareça nas formas e no voo do Ser. A vida lhe nega milagres, até que você entenda que tudo é um milagre. A vida encurta seu tempo, então você se apressa para aprender a viver.

A vida te ridiculariza até você se tornar nada, até você se tornar ninguém, e então você se torna tudo. A vida não te dá o que você quer, mas o que você precisa evoluir .A vida te machuca, te machuca, te atormenta até que você solte seus caprichos e birras e aprecie a respiração.

A vida te esconde os tesouros até que você aprenda a sair para a vida e buscá-los. A vida te nega a Deus, até você vê-lo em todos e em tudo. A vida te acorda, te poda, te quebra, te desaponta, te quebra… até que só o AMOR permaneça em ti. (Bert Hellinger)

Luz e Paz!

fonte: Antroposofia ZN

Fonte: Sabedoria Universal

Continuar lendo REFLEXÃO: VIVER A ARTE DE LAPIDAR A MENTE, O CORAÇÃO E A RAZÃO ATÉ QUE SÓ RESTE O AMOR

REFLEXÃO: ASSIM COMO AS ONDAS DO MAR A VIDA RETRIBUI O QUE OFERECER AOMUNDO

Você recebeu o livre arbítrio de Deus e por isso é livre para pensar, o pensamento desconhece barreiras e a linha do tempo, portanto, esteja no momento PRESENTE, pois é neste momento onde você possui a oportunidade para fazer escolhas,  bem como, desenvolver ações que resultarão no seu êxito e progresso no futuro. A lei da Causa e Efeito regem a sua natureza e por isso, assim como as ondas do mar que levam e trazem as dádivas do mar, a vida retribui o que oferecer ao mundo. Boa leitura!

A Vida Retribui o que Oferecer ao Mundo

Auto motive-se, você é a fonte primária desta poderosa energia, Deus te concedeu a inteligência e o livre arbítrio, exerça sua soberania sobre si. Cultive raciocínios bons e positivos, auto encoraje-se para batalhar por seus ideais, crie emoções de satisfações e autoconfiança, e desta forma, aflore as potencialidades natas que está agraciado! Tenha atitudes pertinentes e concretas para realizar seus objetivos.

Você é livre para pensar, o pensamento desconhece barreiras e a linha do tempo, portanto, esteja no momento PRESENTE. Agora, é onde você possui a oportunidade para fazer escolhas,  bem como, desenvolver ações que resultarão no seu êxito e progresso no futuro.

Hoje é o início de um novo ciclo de vida, faça o seu melhor e com muito amor, seja o reflexo da conquista e do êxito, acredite em si e confie na providência divina, Deus está presente em todos os momentos da sua vida, ele te proporciona oportunidades fantásticas, uma noite de sono restauradora, um novo dia esplendoroso, a força necessária para batalhar, a saúde que te mantém em pé, te concede a água que sacia sua sede, o alimento que o nutre, a natureza que enfeita sua vida homem, o ar que respira, e as chances de evolução, ou seja, Deus está te concedendo oportunidades de progresso e aprimoramento o tempo todo. Compete a você, restaurar o seu padrão de raciocínio e explorar suas potencialidades. Suas aptidões e talentos, lhe possibilitam ir ao encontro de todos os propósito que criar, por isso, batalhe incansavelmente, refaça o seu destino, este é o momento!

Recomeçar é o segredo, esteja convicto que é possível e tenha Deus a frente, que maravilhosas oportunidades surgirão. Faça todo o possível, lícito, sensato e com respeito, tenha a humildade como holofote na caminhada da vida, que na sua jornada terá adornos incríveis para recolher. A vida te retribui o que oferecer ao mundo, realize boas ações e pensamentos nobres e prepare-se para colher alegrias, conquistas e momentos de felicidades.

Autor: Reginaldo Rodrigues

Fonte: Leve Consciência

Continuar lendo REFLEXÃO: ASSIM COMO AS ONDAS DO MAR A VIDA RETRIBUI O QUE OFERECER AOMUNDO

DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: ALCANÇANDO A MASSA CRÍTICA, POR VITAL FROSI

Uma mensagem muito importante e alentadora de Vital Frosi é o destaque deste domingo, aqui na coluna DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL. Ele anuncia que fim dos dias de dor e sofrimento está próximo, quando entraremos num novo ciclo em direção a luz. Convido você a ler o texto completo a seguir e expandir um pouco mais sua consciência.

Massa crítica alcançada

Silhueta de homem de costas com os braços abertos durante por do sol

avi_aci / pixabay / Canva

Amados! Nenhum esforço é em vão! Cada alma, ao se juntar num propósito mais elevado, multiplica por mil as possibilidades. Então você que se uniu ao grupo na Grande Meditação de 21-12-1, não foi mais um, mas multiplicou por mil a energia das intenções colocadas ali.

Como número de participantes, sim, você foi mais um, e juntos atingimos a massa crítica mínima de 144 mil participantes. Pouco mais de uma hora após o término da meditação, já podemos saber o resultado positivo obtido.

Isso possibilita que tudo seja mais breve e mais suave. Agora, tudo vai se acelerar ainda mais. As intenções colocadas nesta meditação se manifestarão em breve e a humanidade, como coletivo, será beneficiada, pois, graças à sua contribuição e à sua escolha, o domínio das sombras será abreviado. A humanidade finalmente terá um pouco de paz ainda antes do Evento. Estamos indo para os dias finais da Velha Terra. Na matemática do Criador, quem dá tem crédito. Você, que se doou hoje e em outras oportunidades, certamente receberá os bônus de acordo com o seu trabalho.

Quando dizemos que a Luz venceu é porque nos planos mais elevados, ela já se materializou. É como a trovada que já é certa após o relâmpago, mesmo que o seu troar ainda não tenha sido ouvido. A meditação de hoje foi o relâmpago. Tenha certeza de que a trovoada virá em breve. A LUZ VENCEU!

Gratidão pela companhia nesta existência atual, a mais importante e incrível de todas as que tivemos aqui neste lindo Planeta Azul.

Eu sou Vital Frosi e estamos juntos até depois de final!

Abraços de Luz!

Escrito por Vital Frosi
Continuar lendo DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: ALCANÇANDO A MASSA CRÍTICA, POR VITAL FROSI

MOMENTO ESPETACULAR: LEOPARDO DAS NEVES CAI DE PENHASCO PERSEGUINDO CABRA E NÃO A SOLTA ENQUANTO ROLA PENHASCO ABAIXO

Hoje você vai assistir, aqui na coluna MOMENTO ESPETACULAR, a um raro registro de um espetáculo da natureza e da luta pela sobrevivência, mas que ocorre todos os dias como já reza um antigo provérbio africano: Toda manhã um leão acorda. Ele sabe que precisa correr mais rápido que a mais lenta das gazelas senão morrerá de fome. Não importa se você e um leão ou uma gazela. Quando o sol nascer, comece a correr.

Fonte:

Continuar lendo MOMENTO ESPETACULAR: LEOPARDO DAS NEVES CAI DE PENHASCO PERSEGUINDO CABRA E NÃO A SOLTA ENQUANTO ROLA PENHASCO ABAIXO

MORADORA DE JOINVILLE RECUPERA BONECAS ACHADAS NO LIXO E DOA PARA CRIANÇAS CARENTES

Por g1 SC e NSC TV

 

Brinquedos são retirados do lixo e recuperados por moradora de Joinville

Brinquedos são retirados do lixo e recuperados por moradora de Joinville

Uma moradora de Joinville, no Norte Catarinense, recupera bonecas e brinquedos jogados no lixo para doar para crianças carentes em instituições e hospitais infantis da cidade.

O projeto tem pouco mais de um ano e já restaurou mais de 140 bonecas.

“Depois que eu comecei a fazer e elas [as bonecas], e vi que começaram a ficar bonitas eu fui me entretendo com aquilo. Hoje o que eu mais gosto de fazer é isso. Eu pego elas estragadas e vou dando vida para elas. Elas se tornam uma boneca novamente”, afirma.

Segundo a aposentada Marta Visinheski, a ideia surgiu após ver na televisão voluntária realizando o mesmo tipo de trabalho na cidade onde morava.

Marta relembra que não sabia nem costurar, mas contou com a ajuda de amigas para colocar o projeto em andamento.

Muitas bonecas, segundo ela, chegam sujas, riscadas e estragadas. Após a restauração cada uma recebe um roupinha e estilo próprio.

“Ali [na restauração] tem muito amor, muito trabalho envolvido. É muito mais que uma boneca “, afirma a aposentada Marta Visinheski.

Marta afirma que ao chegar com a doações nas instituições as bonecas fazem sucesso. Ao ver seu trabalho reconhecido por adultos e crianças, a aposentada incentiva outras pessoas a contribuírem com a sociedade.

“Eu gostaria que as pessoas se envolvessem mais em um causa social. Hoje tem muito tempo de ajuda que a gente pode fazer”, conclui.

Continuar lendo MORADORA DE JOINVILLE RECUPERA BONECAS ACHADAS NO LIXO E DOA PARA CRIANÇAS CARENTES

AUTOCONHECIMENTO: ACREDITAR E CONFIAR É PRECISO NO NOVO ANO QUE SE INICIA

Para começar bem o ano novo de 2022 recomendo uma leitura de alta positividade com o título “Acreditar”. E complemento com uma outra palavrinha que precisa ser adicionada ao seu cotidiano: “confiar”. São palavras de alto potencial desbravador que aqueles buscadores incansáveis as repetem dia após dia. Portanto convido você a ler o texto completo a seguir para tomar uma dose cavalar de ânimo e esperança, confiança e crença no ano que se inicia!

Acreditar

Uma pessoa de braços erguidos. Acima dela, nuvens, céu e um sol forte.

ryanking999 / 123RF

Passamos por tantos problemas e tantas superações durante o ano que muitas vezes, quando alguém fala em acreditar nos sonhos, isso logo nos remete a realidades paralelas e pensamentos não só distantes como impossíveis. E a gente vai vivendo sempre prezando a realidade, desprezando a existência da magia e do sobrenatural.

O fato é que nossa vida é feita do sobrenatural. São milagres e acontecimentos imperceptíveis aos nossos olhos que fazem ser possível a nossa existência. É por causa da magia do cotidiano e dos sonhos que se fazem os grandes projetos. Podemos dizer que é a magia que alimenta os nossos planos.

Por isso, principalmente quando tudo parecer impossível, sonhe. Não deixe de acreditar que é possível. É por acreditar que grandes revoluções e evoluções na nossa História aconteceram. Acorde já agradecendo por estar vivendo um milagre. Pare para olhar a magia presente nos detalhes. Observe os raios de sol que entram em sua janela, mesmo que por alguns segundos, ria das situações engraçadas e não hesite em abraçar.

Uma mulher com suas mãos na parte posterior da cabeça. Um forte raio de sol incide em seu rosto.

nicoletaionescu de Getty Images Pro / Canva / Eu Sem Fronteiras

Se existe em seus sonhos há possibilidades de acontecer na vida real. Acredite que ainda existe bondade, que existem amizades verdadeiras e amores reais. Acredite que ainda é possível, que tudo vai melhorar. Acredite que o Universo conspira para que as coisas deem certo, basta parar para reconhecer toda essa conspiração.

Meu pedido hoje é que você, leitor, mesmo passando por dificuldades, acredite na vida e na esperança. Acredite que tudo vai melhorar. Mas não deixe de acreditar na força que nos move, na energia que movimenta todo o nosso querer.

Tudo pode existir e acontecer. O primeiro passo é acreditar.

Escrito por Fernanda Colli

Fonte: Eu Sem Fronteiras

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: ACREDITAR E CONFIAR É PRECISO NO NOVO ANO QUE SE INICIA

OS POTIGUARES TIVERAM UMA PERDA DE QUALIDADE DE VIDA MAIOR QUE OS DEMAIS ESTADOS BRASILEIROS

Por g1 RN

 

Índice de Qualidade de Vida do IBGE — Foto: Divulgação/IBGEÍndice de Qualidade de Vida do IBGE — Foto: Divulgação/IBGE

Os potiguares tiveram uma perda de qualidade de vida maior do que a média dos demais brasileiros, considerando todos os estados do país. É o que aponta a Pesquisa de Orçamentos Familiares, que foi divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta sexta-feira (26).

A pesquisa, que foi feita pela primeira vez, também apontou que a população do Rio Grande do Norte ficou abaixo da média nacional no desempenho socioeconômico (entenda melhor mais abaixo).

Sobre a perda da qualidade de vida, que é avaliado pelo Índice de Perda de Qualidade de Vida (IPQV), os resultados são representados por um número entre 0 e 1. Os números próximos de 1 indicam que a pessoa ou a família sofreu maior perda de qualidade de vida.

Enquanto o Brasil registrou o valor de 0,158, o índice potiguar foi de 0,205.

Uma maior perda foi a tendência entre os estados nordestinos. O melhor desempenho foi o de Sergipe (0,187) e o pior do Maranhão (0,260), que teve o pior índice de todo o país. A menor perda de qualidade de vida do Brasil foi em Santa Catarina (0,100).

O relatório aprontado pelo IBGE foi baseado em pesquisas nos anos de 2017 e 2018.

De acordo com o IBGE, a perda de qualidade de vida ocorre porque as famílias têm dificuldades em transformar integralmente todos os seus recursos em qualidade de vida.

Essa dificuldade gera privações para acessar condições mais confortáveis e dignas quanto a moradia, serviços públicos, alimentação e saúde, posse de bens duráveis e acesso a serviços financeiros, lazer e transporte.

Desempenho socioeconômico

A pesquisa também traz os resultados do Índice de Desempenho Socioeconômico (IDS). E o Rio Grande do Norte teve o 3º melhor desempenho do Nordeste nesse quesito.

Média brasileira no Índice de Desempenho Socioeconômico. — Foto: Reprodução/IBGE

Média brasileira no Índice de Desempenho Socioeconômico. — Foto: Reprodução/IBGE

O IDS é baseado na renda familiar per capta descontada do Índice de Perda de Qualidade de Vida (IPQV).

De acordo com o IBGE, o progresso econômico está associado à renda disponível, que representa os valores com os quais as famílias contam no dia a dia

Assim, o desempenho econômico de um estado será superior quanto maior for a renda das famílias e menor for a perda de qualidade de vida delas.

As famílias no Rio Grande do Norte apresentara R$ 964 reais no IDS, o que resultou numa diminuição de 20% da renda disponível dos potiguares e provocou perda na qualidade de vida.

Segundo o IBGE, é como se os fatores de perda de qualidade refletissem na renda, evidenciando a força das carências observadas.

No Nordeste, o estado ficou atrás apenas de Sergipe e Bahia que contaram respectivamente com R$ 1.118 e R$ 976.

Apesar disso, todos os estados nordestinos ficaram abaixo da média nacional, que foi de R$ 1.410.

O Maranhão teve o maior comprometimento familiar per capta do país, deixando o valor R$ 555 após as perdas de qualidade de vida.

Fatores principais

A pesquisa ainda pontuou que os fatores que mais influenciam o desenvolvimento socioeconômico das pessoas no Rio Grande do Norte são educação e acesso a serviços financeiros e padrão de vida, com uma parcela de 19% cada.

O aspecto de menor influência ficou por conta de transporte e lazer, com 13,6%. Moradia, acesso a serviços públicos, saúde e alimentação registraram, cada um, valores próximos de 16%.

Na dimensão saúde, o RN atinge a terceira menor importância em comparação aos entes federativos, atrás apenas do Distrito Federal e do Rio Grande do Sul.

Continuar lendo OS POTIGUARES TIVERAM UMA PERDA DE QUALIDADE DE VIDA MAIOR QUE OS DEMAIS ESTADOS BRASILEIROS

GARIMPO ILEGAL PREJUDICA A VIDA AQUÁTICA E IMPACTA DIRETAMENTE A SAÚDE DE QUEM SE ALIMENTA DE PEIXES CONTAMINADOS

Por Victor Cruz, g1 AM

 

Dragas atracadas no Rio Madeira, no interior do AM. — Foto: Silas LaurentinoDragas atracadas no Rio Madeira, no interior do AM. — Foto: Silas Laurentino

O mercúrio usado na atividade ilegal de garimpo no rio Madeira é capaz de causar lesões nos órgãos das pessoas que se alimentam todos os dias com peixes contaminados, pois apresentam sintomas mais crônicos do minério do corpo.

O minério despejado nos rios entra na cadeia alimentar dos animais e afeta diretamente a saúde das populações tradicionais, as principais consumidoras desse pescado.

O alerta foi feito por pesquisadores após a invasão de centenas de garimpeiros na região, nas proximidades da cidade de Autazes, distante 113 Km de Manaus. Eles formaram uma “vila flutuante” no local para exploração ilegal de ouro.

O médico e pesquisador em Saúde Pública da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), Paulo Cesar Basta, explicou ao g1 que o mercúrio usado pelos garimpeiros afunda no leito do rio e, consequentemente, é consumido por peixes.

“No fundo do rio, ele sofre um processo de transformação química mediada por microrganismo. Ele se transforma numa forma química ainda mais tóxica, o metil mercúrio, e entra na cadeia alimentar desse pescado”, disse.

Garimpo na Amazônia: entenda como as dragas extraem ouro e o que acontece nos rios

Mercúrio fica acumulado no corpo humano

Os povos tradicionais da Amazônia possuem o hábito alimentar muito marcado pelo consumo de pescado. Conforme Basta, as comunidades que comem os peixes contaminados todos os dias também estão sob alto risco de contaminação.

“Quando esse povo tradicional come o peixe contaminado, ele vai ser absorvido no nosso trato gastro intestinal e vai entrar na corrente sanguínea, sendo absorvido pelo corpo. Do jeito que o mercúrio acumula no peixe, ele também acumula no corpo do ser humano“, explicou.

“Se você come diariamente, duas ou três vezes, peixe contaminado pelo mercúrio, o corpo não tem tempo de eliminar, e ele vai acumulando. Nisso, ele vai provocando lesões em órgãos, principalmente no cérebro, rins, fígado, e no coração”.

Quais os principais sintomas nos seres humanos

De acordo com o pesquisador, em adultos cronicamente contaminados, a pessoa vai ter desde sintomas sensitivos, até os motores, e também podem causar alterações comportamentais.

Dentre as alterações nos órgãos de sentido mais comuns estão: diminuição da sensibilidade nas mãos e pés, deficiência na sensação de calor ou frio, zumbido no ouvido, paladar com gosto metálico, olfato prejudicado e a visão começa a tubular.

No campo motor, as pessoas podem sofrer com tremores nas mãos e pés, fraqueza, dificuldade para segurar copo, subir escada e até ter tontura. As alterações também comprometem a memória, aprendizado e comportamento, com sintomas de depressão e ansiedade, por exemplo.

São alterações que muitas vezes são subclínicas e podem ser confundidas com sintomas de outras doenças.

Em um grau mais grave, que leva a mortalidade, a maior recorrência é em crianças. “A mulher grávida, por intermédio do sangue do cordão umbilical, pode transmitir o mercúrio para o bebê que está em formação na barriga dela. Se as taxas de contaminação da mãe forem muito altas, a criança pode nascer com sintomas graves, como má formação, paralisia cerebral e até vir a óbito”, alerta.

Perturbação da vida aquática

O biólogo Jansen Zuanon, especialista em peixes da Amazônia e doutor em Ecologia, afirma que a invasão de garimpeiros no rio Madeira prejudica a vida aquática por diversas razões, desde a pertubação dessa fauna quanto pela contaminação direta da mesma.

“No momento em que ela retira os sedimentos do fundo do rio, sugado por uma mangueira, triado ou filtrado por minérios tóxicos, ele joga um líquido pra dentro da água, onde vão se formando o que a gente chama de “arrotos de draga”, que são aqueles montes de seixo e areia que ficam acumulados no rio”, disse.

Nesse processo, ele suspende o sedimento do fundo do rio, e acaba deixando a água ainda mais turva. Ele revolve toda a camada onde os peixes usam para a alimentação, e ainda causa esse problema pra navegação, por conta desse acúmulo de areia e seixo ao longo do rio.

Problemas na reprodução e mortalidade precoce de peixes

O mercúrio metálico, que é a forma que os garimpeiros usam pra amalgamar o ouro, não é tão prejudicial. O problema é que, quando ele está no fundo do rio, em condições de pouco oxigênio, ele se transforma em um composto que é o metil mercúrio.

“sse metil mercúrio é absorvido por pequenos animais aquáticos e ele entra na cadeia alimentar. Então a cada vez que um animal come outros que estão contaminados, ele vai acumulando mercúrio no seu próprio corpo. Isso faz com que os grandes peixes carnívoros, por exemplo, os grande bagres, piranhas, tucunarés, acumulem muito mercúrio”, disse.

Há evidências científicas de que o mercúrio prejudica diretamente os peixes, principalmente atrapalhando na reprodução, causando mortalidade precoce, deformações e tumores.

“Também há relatos de problemas neurológicos, e os peixes acabam morrendo mais rapidamente, porque não consegue se esconder ou se defender de predadores”.

Quanto a diminuição de populações de peixes, não há estatísticas suficientes para essa afirmação.

“A gente não acompanha como está sendo a quantidade de filhotes que estão nascendo, a idade dos peixes da população que está sendo afetada, se estão morrendo mais cedo ou mais tarde. Se eu não sei o que está acontecendo, não quer dizer que não esteja. Normalmente nossas análises são muito focadas no ser humano”, explicou.

Continuar lendo GARIMPO ILEGAL PREJUDICA A VIDA AQUÁTICA E IMPACTA DIRETAMENTE A SAÚDE DE QUEM SE ALIMENTA DE PEIXES CONTAMINADOS

RN RECEBERÁ CERCA DE R$ 25 MILHÕES DO FUNDO NACIONAL DE SEGURANÇA PARA MELHORIA NA ÁREA E NA QUALIDADE DE VIDA DOS POLICIAIS

Por Inter TV Cabugi

 

Anderson Torres, ministro da Justiça, visitou o RN onde participou da Jornada dos profissionais da Segurança Pública — Foto: Reprodução/Inter TV Anderson Torres, ministro da Justiça, visitou o RN onde participou da Jornada dos profissionais da Segurança Pública — Foto: Reprodução/Inter TV

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Anderson Torres, anunciou nesta quarta-feira (10), durante visita a Natal, que o Rio Grande do Norte deve receber R$ 25 milhões neste mês de novembro para investimentos na área de segurança no estado em 2022.

O investimento será do Fundo Nacional de Segurança. O valor é o mesmo recebido em 2019 e 2020. O ministro está no estado para participar da Jornada Nacional de Segurança Pública, que está sendo realizada em vários estados do país.

No Rio Grande do Norte, o evento discutiu ações que possam melhorar a saúde e qualidade de vida dos policiais, ponto que foi falado também pelo ministro.

“Nossa ideia é avançar na questão do plano de saúde, do seguro de vida, tudo que o homem de polícia possa precisar, possa vir a ter como facilidade, no exercício da sua atividade”, disse o ministro.

Quanto aos investimentos, ele disse que a previsão é de que o RN tenha acesso a esse recurso já na próxima semana.

“Nossa previsão é de que na próxima semana já esteja aqui esse recurso pra ser investido, somado ao que já veio, para o próximo ano”, disse.

Os valores serão aplicados em infraestrutura, segundo explicou o secretário de Segurança Pública do RN, Coronel Francisco Araújo.

“Para a construção de unidades policiais, para construção da central de delegacias e a sede da Polícia Civil. E estamos com edital lançado, de R$ 18 milhões, para construção do Itep, onde vai ser a sede da perícia técnica do RN. Todos os recursos pactuados com o governo federal e nesse convênio tem a contrapartida do governo do RN”, disse.

Novo concurso

No evento, o governo do RN também reforçou que deve lançar o edital de um novo concurso para a Polícia Militar que vai ser voltado apenas para profissionais de saúde.

O concurso será realizado após uma decisão judicial. O edital deve ser lançado ate o fim do ano e prevê a contratação de 70 profissionais entre enfermeiros, auxiliares, psiquiatras e psicólogos para o quadro da PM.

“São da PM porque são profissionais que vão fazer o concurso pra entrar no cargo público, mas irão atender a todos os servidores do sistema de segurança pública”, explicou o secretário de segurança do RN.

Continuar lendo RN RECEBERÁ CERCA DE R$ 25 MILHÕES DO FUNDO NACIONAL DE SEGURANÇA PARA MELHORIA NA ÁREA E NA QUALIDADE DE VIDA DOS POLICIAIS

SAÚDE: SAIBA QUAIS OS SINTOMAS E PREVENÇÃO DA PRISÃO DE VENTRE

Sintomas, prevenção e tratamentos para uma vida melhor

Prisão de ventre afeta mais as mulheres; veja como amenizar o problema

Colaboração para VivaBem

08/11/2021 04h00

iStockImagem: iStock

A dificuldade persistente em evacuar é um problema bastante comum que traz um desconforto enorme no dia a dia. A constipação intestinal, que também é conhecida como prisão de ventre, acompanha sintomas como dores abdominais, inchados e irritabilidade.

As mulheres costumam sofrer mais com o intestino preso. A situação desagradável é bastante comum na gestação, alguns dias antes da menstruação e na menopausa.

De acordo com Henrique Perobelli, gastroenterologista e proctologista do Hospital São Camilo, em São Paulo, as alterações hormonais durante o ciclo menstrual mexem com a musculatura do intestino e retardam o ritmo intestinal. “Além disso, o envelhecimento causa flacidez do assoalho pélvico devido ao peso aumentado que precisa suportar ao longo da vida. Isso agrava o problema”, afirma.

O especialista acrescenta que há ainda o fator comportamental. Muitas mulheres ficam com vergonha de evacuar fora de casa e seguram as fezes quando estão no ambiente de trabalho ou ao viajar. Por isso, como ficam mais tempo no organismo, os excrementos endurecem, o que dificulta a eliminação.

“Os estudos apontam que aumenta a prevalência de constipação crônica em mulheres mais velhas. O problema também é mais comum em quem sofreu abusos na infância e em pessoas de baixa condição socioeconômica”, destaca Rafaela Pacheco, médica e presidente da Associação Pernambucana de Medicina de Família e Comunidade e membro da SBMFC (Sociedade Brasileira de Medicina de Família e Comunidade).

Principais sintomas

A constipação intestinal é caracterizada pela dificuldade em evacuar. Um indicativo dessa dificuldade é o número de idas ao banheiro: menos de três vezes na semana já é considerado problemático. Geralmente, as fezes são mais duras, secas e em pouca quantidade, o que exige um maior esforço para sua eliminação. Algumas vezes, há ainda a sensação de evacuação incompleta.

Alguns indivíduos também apresentam cólicas abdominais, dificuldade para eliminar os gases, distensão no abdome e náuseas. Em alguns casos, surge a dor anal —quando há o ressecamento excessivo das fezes, causando fissuras e sangramentos na região.

Por que a constipação acontece?

Há diversos motivos para uma pessoa ficar constipada. Entre as principais causas estão o estresse, o consumo de poucas fibras, a hidratação inadequada e o sedentarismo.

Além disso, o uso de alguns medicamentos pode “segurar” ainda mais o intestino: remédios para hipertensão, antiácidos, diuréticos, anticonvulsivantes e alguns analgésicos e anti-inflamatórios entram para a lista.

As gestantes também são mais afetadas devido aos hormônios produzidos no período e pela pressão que o útero faz sobre o reto. Já os idosos apresentam mais o problema por perder a força muscular do abdome e usar medicamentos para doenças degenerativas como Alzheimer e Parkinson.

Outras condições de saúde como diabetesAVC (acidente vascular cerebral), problemas no cólon ou reto (como diverticulite ou síndrome do intestino irritável) e o funcionamento inadequado da glândula tireoide também aumentam o risco de prisão de ventre.

Em casos mais graves, a constipação intestinal crônica ocasiona complicações como fecaloma, ou seja, uma massa compacta de fezes endurecidas, que ficam no reto ou no cólon e interrompem o trânsito intestinal. Sendo assim, a pessoa não consegue mais defecar.

“Quem tem histórico de câncer colorretal na família, sangramentos nas fezes e perda de peso sem motivo aparente deve se atentar ainda mais e procurar ajuda médica. Também é importante observar se há mudanças no aspecto das fezes”, afirma Pacheco.

Tratamentos indicados

Quando a constipação intestinal se torna muito frequente, as fezes estiverem muito ressecadas ou houver sinal de sangue, é a hora de procurar um especialista para ter um diagnóstico correto. Geralmente, são realizados exames para descartar doenças e começar o tratamento adequado.

As pessoas que sofrem com a constipação são orientadas a mudar o estilo de vida. Isso envolve dieta, atividade física e aumento do consumo de água. Além disso, em alguns casos, são indicados medicamentos para combater o problema.

“O tratamento ocorre com a reeducação dietética, aumento do consumo de fibras, laxantes osmóticos, que umidificam as fezes, e formadores de bolo fecal. Em alguns casos, é preciso fisioterapia [para reeducar as funções do músculo esfíncter anal] e medicamentos específicos”, afirma Perobelli.

Vale destacar que o uso de laxantes sem prescrição médica não é recomendado. Apesar de proporcionar um alívio quase imediato, em quantidades excessivas, eles danificam as células do cólon e interferem na capacidade de contração. Sendo assim, costumam piorar a constipação em longo prazo.

“O ideal é evitar o uso de medicamentos ou quaisquer intervenções antes de mudar os hábitos de alimentação e estilo de vida”, completa a médica de família e comunidade.

Alimentação pode ser aliada

Alimentos fontes de fibras - iStock - iStockImagem: iStock

A OMS (Organização Mundial de Saúde) recomenda consumir, no mínimo, 30 gramas de fibras por dia. Elas ajudam a dar volume e consistência pastosa ao bolo fecal, facilitando o trânsito intestinal.

“Uma dieta desequilibrada interfere no funcionamento intestinal. A adição de alimentos ricos em fibras à dieta e o aumento da ingestão de líquidos previne e alivia os sintomas. Essa mudança deve ser gradativa, já que as fibras em excesso causam desconfortos e se não forem bem hidratadas, acabam agravando a constipação”, explica Marcella Garcez, nutróloga e diretora da Abran (Associação Brasileira de Nutrologia).

Entre os alimentos fontes de fibras, podemos citar:

Por outro lado, a recomendação é evitar ou consumir com moderação alimentos com baixo teor de fibras e mais difíceis de digerir. É o caso das carnes vermelhas, laticínios, alimentos processados e fritos, fast-food e itens com farinha refinada e açúcar.

É possível prevenir a prisão de ventre?

Sim. De acordo com os especialistas consultados por VivaBem, a melhor forma de prevenir a prisão de ventre é apostar na manutenção de bons hábitos de vida. A boa notícia é que pessoas que sofrem de constipação leve também conseguem colher benefícios e controlar a condição com algumas atitudes simples do dia a dia. Veja:

  • Evitar segurar as fezes e ir ao banheiro assim que sentir vontade;
  • Mudar a dieta, ou seja, incluir mais fibras e beber mais água;
  • Ler os rótulos dos produtos e checar o teor de fibras;
  • Realizar atividade física regular. O ideal é se mexer pelo menos 30 minutos por dia, cerca de três vezes por semana;
  • Manter um horário e local regular para evacuar. É importante criar uma rotina;
  • Evitar o consumo de bebidas alcoólicas, já que desidratam as fezes;
  • Usar laxantes ou supositórios apenas com orientação médica;
  • Gerenciar o estresse e a ansiedade.

Fonte: Vivabem Uol

Continuar lendo SAÚDE: SAIBA QUAIS OS SINTOMAS E PREVENÇÃO DA PRISÃO DE VENTRE

PODCAST: SEGUNDO PESQUISA, CERCA DE 9% DAS MULHERES BRASILEIRAS JÁ SOFRERAM VIOLÊNCIA SEXUAL NA VIDA

Por g1

 

Em livro sobre cultura do estupro, Ana Paula Araújo relata abuso

O podcast Abuso estreia nesta quinta-feira no Globoplay, no g1 e na Deezer. A jornalista Ana Paula Araújo mergulhou neste tema para publicar o livro “Abuso: A cultura do estupro no Brasil” (Globo Livros), que ganha sua versão em podcast, com seis episódios, publicados sempre às quintas-feiras.

Segundo dados da Pesquisa Nacional da Saúde (PNS), divulgada em maio deste ano pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em parceria com o Ministério da Saúde, cerca de 9% das mulheres brasileiras já sofreram algum tipo de violência sexual na vida.

Produzido pelo Jornalismo da Globo, o podcast tem roteiro da Rádio Novelo. Os seis episódios narram a história de mulheres que passaram por episódios de violência sexual no Brasil e o “fantasma” do medo que mulheres têm de serem abusadas. O caso da adolescente Fernanda é o fio condutor do programa. No ano em que prestaria vestibular, ela foi abordada por um homem que anunciou um assalto e a violentou.

Ao lado da história de Fernanda, cada episódio apresenta outras mulheres que passaram por situações de abuso, muitas delas dentro da própria casa.

Para denunciar e buscar ajuda em casos de violência contra a mulher, ligue 180.

O que são podcasts?

Um podcast é como se fosse um programa de rádio, mas não é: em vez de ter uma hora certa para ir ao ar, pode ser ouvido quando e onde a gente quiser. E em vez de sintonizar numa estação de rádio, a gente acha na internet. De graça.

Dá para escutar num site, numa plataforma de música ou num aplicativo só de podcast no celular, para ir ouvindo quando a gente preferir: no trânsito, lavando louça, na praia, na academia…

Os podcasts podem ser temáticos, contar uma história única, trazer debates ou simplesmente conversas sobre os mais diversos assuntos. É possível ouvir episódios avulsos ou assinar um podcast – de graça – e, assim, ser avisado sempre que um novo episódio for publicado.

Continuar lendo PODCAST: SEGUNDO PESQUISA, CERCA DE 9% DAS MULHERES BRASILEIRAS JÁ SOFRERAM VIOLÊNCIA SEXUAL NA VIDA

ILUSTRADOR POTIGUAR USA A ARTE PARA ABRIR ESPAÇO TEMÁTICO SOBRE SUICÍDIO E VALORIZAÇÃO DA VIDA

Ilustrador potiguar desenvolve artes sobre valorização da vida

Neste Setembro Amarelo, Aureliano Medeiros desenvolve projeto sobre conscientização do suicídio

Redação
30/09/2021 | 16:01

Ilustrador, Aureliano Medeiros – Foto: Reprodução

Como forma de abrir espaço de diálogo sobre a temática do suicídio e da valorização da vida por meio de imagens, o ilustrador, jornalista e escritor potiguar Aureliano Medeiros (@oiaure) foi convidado pelo cemitério, funerária e crematório da Grande Natal para desenvolver uma série de ilustrações, que estão sendo publicadas no perfil @moradadapaz no Instagram, todas as segundas e sextas-feiras do mês de setembro.

Aureliano já tem familiaridade com a temática. Em 2017, ele produziu uma série de quadrinhos em torno do Setembro Amarelo de maneira independente e ainda disponibilizou o material de conscientização gratuitamente. Dessa vez, o material também está sendo todo produzido por ele, com suporte da equipe de Psicologia do Luto da empresa.

“A ideia foi convidar Aureliano para expressar visualmente pensamentos e ideias sobre o tema para o público em geral, e ainda valorizar um artista potiguar, que tão bem traduz as mensagens que queríamos compartilhar. Buscamos tornar esse diálogo proposto pela campanha do Setembro Amarelo em algo mais lúdico e leve através das ilustrações, abrindo possibilidades concretas de percepção de sentimentos e convidando para a conversa, tão necessária nos dias de hoje e sempre”, detalhou a gerente de marketing do grupo.

O mossoroense de 32 anos é jornalista (ex-editor da editora Tribo), ilustrador, quadrinista e escritor. Ele escreveu e ilustrou o romance “Madame Xanadu” e os zines de quadrinhos “Elevador, Sobrepeso e Conexão”, além de desenvolver capas e ilustrações para diferentes publicações. Em seus quadrinhos autobiográficos, o artista retrata a si mesmo sempre desnudo.

Acerca de sua trajetória nas artes visuais, ele conta que foi motivada pela busca pela autocompreensão. “Quando comecei a desenhar, foi um momento em que eu queria entender como eu era. Foi como se conforme fosse criando, ia entendendo melhor quem eu era e junto com isso, fui construindo a pessoa que eu queria ser”, diz.

O artista conta que ficou muito feliz ao receber o convite para participar do projeto da empresa. Aureliano considera muito positivo o favorecimento de diálogos sobre o tema do Setembro Amarelo. “O tema é muito importante e por muito tempo a gente não falou sobre. Fiquei muito feliz com o convite para fazer as ilustrações e fiquei pensando que mensagem eu poderia deixar para as pessoas que talvez estivessem precisando ler naquele momento. Foi olhar para o outro e dizer ‘eu me importo com você’”, completa.

Aureliano enxerga na expressão de sentimentos que suas ilustrações retratam a oportunidade de abrir espaço para que as pessoas se sintam mais à vontade para poder abordar suas tristezas. “Acredito que quanto a mais a gente consegue falar sobre tudo isso, a gente consegue ver que tem um amanhã, que tem uma saída para nossas questões e problemas”, conclui.

Todas as ilustrações estão disponíveis para download gratuito no endereço: http://bit.ly/a-vida-vale-a-pena.

Fonte: Agora RN

Continuar lendo ILUSTRADOR POTIGUAR USA A ARTE PARA ABRIR ESPAÇO TEMÁTICO SOBRE SUICÍDIO E VALORIZAÇÃO DA VIDA

DESENVOLVIMENTO PESSOAL: O QUE VOCÊ BUSCA ESTÁ TE BUSCANDO, POR IVAN MAIA

Este vídeo é para você que ainda não descobriu o seu PROPÓSITO na vida e precisa urgentemente dar um sentido a sua vida. Nele o competente desenvolvedor de pessoas Ivan Maia lhe ensina como descobrir isso. Então te convido a assistir o vídeo completo a seguir e transformar a sua vida definitivamente! 

Fonte:

Continuar lendo DESENVOLVIMENTO PESSOAL: O QUE VOCÊ BUSCA ESTÁ TE BUSCANDO, POR IVAN MAIA

DIPLOMATA ISRAELENSE APRESENTA PLANO PARA MELHORAR VIDA DE PALESTINOS NA FAIXA DE GAZA

Israel propõe plano para ‘melhorar vida’ de palestinos na Faixa de Gaza

Em troca, Hamas terá de se comprometer a manter uma relação pacífica . Se houver violência, resposta israelense será mais forte

INTERNACIONAL

por AFP

Yair Lapid Israel, chefe da diplomacia israelense, apresentou plano em conferência

ANDREW HARNIK / POOL / AFP

O chefe da diplomacia israelense, Yair Lapid, apresentou neste domingo (12) um plano para “melhorar” as condições de vida dos palestinos na Faixa de Gaza em troca de um compromisso de “calma” por parte do movimento Hamas, que governa o enclave.

“Por muito tempo, as únicas duas opções eram conquistar Gaza ou violência sem fim. Ambas as opções são ruins”, afirmou Lapid, apresentando sua iniciativa “Economia em troca de segurança” em uma conferência de segurança em Jerusalém.LEIA TAMBÉM

 

Especificamente, Lapid propôs um plano de duas fases, mas sem negociações com o Hamas, movimento considerado “terrorista” por Israel.

Na primeira fase, “as linhas elétricas seriam reparadas, o gás seria conectado e uma usina de dessalinização de água seria construída” em Gaza, um território que está sob bloqueio israelense há mais de 15 anos e tem uma média de 12 horas de eletricidade por dia e pouca água potável.

Em troca, os islâmicos do Hamas terão que se comprometer com “a calma por um longo período”, acrescentou Lapid, especificando que, em caso de violência, a resposta de Israel será “mais forte do que no passado”.

Numa segunda fase, serão construídos um porto e uma “ligação rodoviária” entre Gaza e a Cisjordânia, território palestiniano ocupado por Israel, assim como uma nova zona industrial, explicou.

A Cisjordânia, onde fica a sede da Autoridade Palestina de Mahmoud Abas, é separada de Gaza pelo território israelense.

O plano, que ainda não foi adotado pelo governo, não visa resolver o conflito israelense-palestino, mas sim “agir agora” para “melhorar” as condições de vida dos palestinos e “criar melhores condições para conversas futuras”, de acordo com o ministro.

Israel e o Hamas lutaram quatro guerras desde 2008. Quatro meses após a última guerra, em maio, a reconstrução do enclave ainda não começou, apesar de os compromissos de vários doadores.

Fonte: R7

Continuar lendo DIPLOMATA ISRAELENSE APRESENTA PLANO PARA MELHORAR VIDA DE PALESTINOS NA FAIXA DE GAZA

AUTOCONHECIMENTO: VIEMOS PARA ESSE MUNDO APRENDER A AMAR

Aprender a amar é tudo o que viemos fazer nessa experiência terrena. O amor que nos submetemos a aprender nessa plano tridimensional é o amor incondicional. Aquele que nos liberta quando o alcançamos. Mas não é fácil conquistar essa façanha. Amar ao próximo, a qualquer desconhecido assim como amo a mim mesmo e aos meus filhos. Dependendo do nível consciencial em que você esteja, isso pode ser impossível, mas um dia você, eu e qualquer um estará preparado para isso. Então te convido a conhecer como isso funciona nas nossa vidas. Tudo o que você for fazer, faça por amor! Isso é tudo, por enquanto.

Amor, vida e liberdade!

Coração vermelho entre as mãos de uma pessoa
Stocksnapper / Getty Images / Canva

O artigo fala sobre o amor e destaca a frase do filósofo e teólogo medieval Santo Agostinho, que diz: “Ama e faz o que quiseres”.

Tudo o que você for fazer, faça por amor. Tudo o que for pensar, pense por amor. Tudo o que for desejar, deseje por amor. Tudo o que for esperar, espere por amor. Tudo o que for sonhar, sonhe com amor!

O amor acontece quando desejamos, queremos e lutamos por ele. O amor não é uma entidade estanque, a qual que está ali na nossa frente e, quando precisamos, vamos lá e a pegamos. Não. O amor é luta, conquista.

Quem ama faz a história acontecer, não fica parado, alheio aos acontecimentos. Quem ama de verdade cuida, zela, educa.

O amor é o mais nobre sentimento humano. Não existe outro sentimento que nos faça mais humano do que o amor. O amor cura!

No amor, não há problema. O único problema é não amar. O amor identifica quem é da verdade e quem é da mentira. O amor constrói pontes, sonhos, realizações. O amor salva!

Quem ama verdadeiramente não vive na mentira. Tudo compartilha. Tudo pondera. O amor torna as pessoas acolhedoras, tolerantes e flexíveis. Quem ama é livre, fraterna, acolhedora, doce, feliz!

Quem não ama é infeliz, vive reclamando de tudo e de todos: do mundo, do clima, dos governos, do Sol, da chuva… Pode reparar, quem reclama muito da vida é porque não tem ou não viveu um grande amor!

Mulher segurando um coração de papel sobre o rosto
AnaBGD / Getty Images Pro / Canva

Amar significa ser simples, olhar a vida com positividade. Quem ama sempre enxerga o melhor no outro. É positivo. Não vive reclamando de tudo e de todos. O amor nos liberta das dores do mundo!

Como dito anteriormente, gosto muito desta frase do filósofo e teólogo medieval Santo Agostinho: “Ama e faz o que quiseres”. Isso mesmo, a essência do amor é a liberdade. Quem ama é livre!

Quem ama é cordial, educado, flexível e não vive somente para si, pois pensa sempre no outro e nunca somente em si. Ao contrário, quem não ama é intransigente, grosseiro, intolerante; vive culpando os outros!

Você já se perguntou por que a palavra amor é a mais cantada e decantada por poetas, cantores e escritores na literatura mundial? Será por que o amor é uma conquista, e não um dom?

Ser tolerante, empático, acolhedor, reflexível etc. são atitudes que demonstram que você é uma pessoa amorosa. Ter fé e esperança também! Em tudo, a oração nos coloca em outro patamar.

Quem ama de verdade ora pelos seus e pelos inimigos. “Tu, quando orardes, entra no teu quarto e fecha a tua porta, ora ao teu Pai, no segredo, e o teu Pai, no segredo, te recompensará” (Mt. 6,6).

Por fim, estar em comunhão com Deus é o caminho mais curto para a felicidade humana, para o amor, para o respeito mútuo, para a justiça, para o perdão… E viva o Amor! Viva a vida! Viva a liberdade!

Fonte: Eu Sem Fronteiras

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: VIEMOS PARA ESSE MUNDO APRENDER A AMAR

OPINIÃO: CHEGAMOS AO ÁPICE DA CANALHICE QUANDO AO NOTICIAR A ASCENSÃO DE UM GRUPO INTOLERANTE GENOCIDA, JORNALISTA ATENTA AO FATO DESESPERADOS EM FUGA PELA VIDA NÃO USAVAM MÁSCARAS

O Talibã no poder e a hipocrisia latente da esquerda

Reprodução InternetReprodução Internet

Alguns fatos expõem toda a imbecilidade da esquerda.

O Talibã tomando o poder no Afeganistão, com certeza, foi um desses momentos.

A hipocrisia fica latente. Mesmo com cenas dantescas, como professores chorando na despedida das alunas (que não podem mais estudar), ou de refugiados despencando de um avião (pois preferiram arriscar a morte quase certa do que aceitar a permanência no regime radical que se instalou), existem os que ainda “comemoram” por pura e simples birrinha “anti-americana”.

Chegamos ao ápice da canalhice quando, ao noticiar a ascensão de um grupo intolerante, radical e genocida (no verdadeiro sentido da palavra), uma jornalista se atenta ao fato de que, no desespero da fuga, ao correr pela sobrevivência, as vítimas não usaram máscaras.

Estamos falando de um grupo TERRORISTA, que tem estupros e assassinatos como “modus operandi”, governando um país inteiro com apoio da China, uma potência nuclear. Mas, na lacrolândia, o importante é o uso de máscaras e a “derrota” dos EUA.

São tão descolados da realidade que, ao “descobrirem” que, com os radicais no poder, os gays serão EXTERMINADOS em nome da fé, começaram a modificar a localização dos “apps de namoro”, para tentarem se comunicar com os homossexuais que ficaram presos dentro das fronteiras.

Não sabem, ou fingem não saber, que a internet é rara e ABSOLUTAMENTE CONTROLADA dentro de países totalitários (exatamente como na China, Coréia do Norte, Cuba e Venezuela, que tanto defendem). Nos raros momentos onde existe conexão, NINGUÉM se arriscará a acessar um “app de pegação”, aumentando o risco de terminar enforcado em praça pública.

Isso só pode ser feito por quem vive no “sofrimento” do “capitalismo malvadão”; idiota o suficiente pra acreditar que é oprimido em um país onde pode chamar o Presidente de Genocida, acusar o governo de Fascista e não sofrer nenhuma consequência por isso.

Hipócritas, idiotas, sem qualquer empatia, sem qualquer senso de realidade, presos em um mundo mentiroso de fantasias, preocupados apenas com militância e lacração, que não conseguem aceitar a verdade nem quando esta arromba a porta e senta nas suas cabeças.

Crianças birrentas, incapazes de respeitar a dor e o sofrimento alheio, que sequer deveriam ter suas análises ouvidas; quem dirá consideradas.

“Não alcançamos a liberdade buscando a liberdade, mas sim a verdade. A liberdade não é um fim, mas uma consequência.” (TOLSTÓI, Leon)

Fonte: Jornal da Cidade online

Continuar lendo OPINIÃO: CHEGAMOS AO ÁPICE DA CANALHICE QUANDO AO NOTICIAR A ASCENSÃO DE UM GRUPO INTOLERANTE GENOCIDA, JORNALISTA ATENTA AO FATO DESESPERADOS EM FUGA PELA VIDA NÃO USAVAM MÁSCARAS

DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: QUANDO DESCOBRIMOS O VERDADEIRO PROPÓSITO DA VIDA, ELA SE TORNA MAIS SUAVE

Eis o grande propósito da vida: Aprender a amar. E por isso que o texto a seguir fala de uma grande caminhada, numa longa estrada a procura do amor, onde se pode verificar que ele está em todas as coisas, menos dentro de si mesmo. Esse vazio que aos poucos é preenchido com as experiências vividas. Mas se tivermos, desde cedo, a verdadeira noção desse propósito maior a vida fica mais bonita e mais suave de ser vivida. Então convido você a ler o texto completo a seguir, refletir e fazer o seu juízo de valor!

Saiba o que sua flor de aniversário diz sobre sua personalidade | CASA.COM.BR

A busca do amor

Em plena juventude, como fruto verde que aguarda a primavera, esperei intensamente pelo amor.

Todas as manhãs, abria a janela de minha alma e esperava que o novo dia me trouxesse o amor.

E porque ele tardasse a chegar, fechei as portas e janelas, selei os portões e saí pelo mundo.

Andei por caminhos inúmeros e estradas solitárias. Por vezes, ouvia o cortejo do amor que passava ao longe. Corria e o que conseguia ver era somente corações em festa, risos de alegria. O amor passara e eu continuava só.

Algumas noites, chegando às cidades com suas mil luzes piscando vida, ousava olhar para dentro dos recintos. Via mães acalentando filhos, cantando doces canções de ninar, casais trocando juras, crianças dividindo brincadeiras entre risos.

Em todos estava o amor. Somente eu prosseguia solitário e triste.

Depois de muito vagar, tendo enfrentado dezenas de invernos, resolvi retornar.

De longe, pude sentir o perfume dos lírios. Quando me aproximei, pude ver o jardim saudando-me.

Você voltou! – Falaram as rosas, dobrando as hastes à minha passagem.

Seja bem-vindo! – Disseram as margaridas, agitando as corolas brancas.

É bom tê-lo de volta! – Saudaram os girassóis, mostrando suas coroas douradas.

Tanto tempo havia se passado e, de uma forma mágica, os jardins estavam impecáveis. As cores bem distribuídas formavam arabescos na paisagem.

Uma emoção me invadiu a alma. Abri as portas e janelas do meu ser. Debruçado à janela da velhice, fitando a ponte que me levará para além desta dimensão, o amor passa por minha porta.

Apressadamente, coloco flores de laranjeira na casa do meu coração. Atapeto o chão para que ele entre, iluminando a escuridão da minha soledade.

Tremo de ternura. Já não sofro desejo, nem aflição.

Os olhos felizes do amor fitam os meus olhos quase apagados,reacendendo neles a luz que volta a brilhar.

Há tanta beleza no amor que me emociono.

Superado o egoísmo, não lhe peço que entre e domine o meu coração rejuvenescido.

Em razão disso, agora que descubro de verdade o que é o amor, não o retenho. Deixo-o seguir porque amando, já não peço nada. Agora posso me doar aos que vêm atrás, em abandono e solidão.

Aprendi a amar.

* * *

Feliz é a criatura que descobriu que o melhor da vida é amar.

Feliz o que leu e entendeu o Cântico do pobre de Assis: É dando que se recebe, é perdoando que se é perdoado, é melhor amar que ser amado.

Por ser de essência Divina, o amor supre na criatura todas as suas necessidades e a torna feliz, mesmo em meio às dificuldades, lutas e tristezas.

Redação do Momento Espírita, com base no cap. LVII, do livro Estesia, pelo Espírito Rabindranath Tagore, psicografia de Divaldo Pereira Franco, ed. Leal

Continuar lendo DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: QUANDO DESCOBRIMOS O VERDADEIRO PROPÓSITO DA VIDA, ELA SE TORNA MAIS SUAVE

ECONOMIA: FINANÇAS CAUSAM ESTRESSE E REFLETEM NA VIDA FAMILIAR DE 58,4% DOS BRASILEIROS

Finanças são motivo de estresse em 58,4% das famílias

Redação*

 Atualizado em:

Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

As finanças causam estresse e refletem na vida familiar de 58,4% dos brasileiros, segundo o Índice de Saúde Financeira do Brasileiro. O indicador, lançado hoje (19), faz parte de uma iniciativa da Federação Brasileira de Bancos (Febraban) em parceria com o Banco Central para fornecer à população ferramentas de educação financeira.

O índice foi construído para avaliar a capacidade de cada pessoa em cumprir as obrigações financeiras; tomar boas decisões do ponto de vista das finanças pessoais; ter disciplina e autocontrole; sentir segurança em relação ao futuro; ter a liberdade de fazer escolhas que permitam aproveitar a vida.

O questionário do indicador foi aplicado por meio de 5 mil entrevistas em uma amostra representativa das regiões do país, faixas de renda, idade e sexo. O questionário também fica disponível na página dedicada ao tema onde os usuários podem avaliar de forma individual a própria saúde financeira.

A pesquisa nacional mostrou ainda que apenas 21,9% dos brasileiros se sentem preparados para lidar com uma grande despesa inesperada.

Pontuação

Em uma pontuação que vai de zero a 100, a média nacional ficou em 57 pontos, o que significa uma situação de razoável equilíbrio, mas com pouco espaço para erros e imprevistos. Quase a metade da população (48,3%), no entanto, está abaixo desse patamar, em faixas consideradas de baixa saúde financeira.

Desigualdades

A Região Sudeste teve o maior percentual (14,1%) de pessoas na faixa mais baixa de saúde financeira – de zero a 36 pontos. Em seguida vem a Região Nordeste, com 11% da população nessa situação.

A Região Sul tem 13,1% das pessoas no patamar de melhor saúde financeira, marcando acima de 83 pontos. Na média nacional esse índice é de 8,1%.

Os homens têm uma situação financeira melhor do que as mulheres. Entre os entrevistados do sexo masculino, 10,1% estão na faixa com situação financeira ótima e 8,3% na pontuação mais preocupante. Entre as entrevistadas, 15,1% estão na pior faixa e 5,9% na situação ótima.

Sobre o futuro, apenas 35% da população têm segurança sobre as finanças. Mais da metade (53,5%) disseram que os compromissos reduziram o padrão de vida.

Continuar lendo ECONOMIA: FINANÇAS CAUSAM ESTRESSE E REFLETEM NA VIDA FAMILIAR DE 58,4% DOS BRASILEIROS

ARTIGOS: COMO VALIDAR AS NOVAS CRENÇAS E PARADIGMAS?

→ Como Fazer a Mudança de Paradigmas? 【E-BOOK GRÁTIS!】

VALIDAR AS NOVAS CRENÇAS E PARADIGMAS PARA TRANSFORMAR A SUA VIDA

Quem está passando pelo despertar da consciência para aceitar novas crenças e paradigmas pode estar dizendo: sim eu quero mudar os meus hábitos e abraçar novas crenças e paradigmas, mas como validar as novas crenças?

Bem, não existe mistério, nem pílula mágica. O que existe, antes de mais nada é a consciência e a certeza de ter que sair da velha Zona de Conforto e com muita disciplina, coragem, perseverança e resiliência começar a exercitar e implementar as mudanças de hábitos necessárias para dar essa guinada, essa virada de mesa. Ter a consciência de que ao se repetir um determinado novo hábito por 21 dias consecutivos realmente funciona para um novo hábito que vai transformar a sua vida. Ter a consciência que tudo é absolutamente treinável, seja lá o que for. E você pode estar perguntando: como eu me conscientizo de tudo isso?

A conscientização sobre qualquer tema se adquire de diversas formas, mas a mais eficaz é aquela que você consegue mudar a sua crença sobre o tema específico. Estando isso consolidado o que resta é exercitar e quanto mais se exercitar mais rápido se consegue validar essa nova crença. Isso é líquido e certo. Se você duvida, dê uma chance a si mesmo e faça o teste. Não há custo nenhum além do tempo dedicado.

Portanto, baseado no raciocínio de que se você não tentar jamais saberá se poderia dar certo e que se você tentar é o mesmo que não acreditar, convido você a fazer, executar acreditando e  resultado final é um só: o sucesso!

Continuar lendo ARTIGOS: COMO VALIDAR AS NOVAS CRENÇAS E PARADIGMAS?

DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: É IMPERATIVO ENTENDER O CICLO DA VIDA E OS RECOMEÇOS

Em RECOMEÇOS NECESSÁRIOS temos um texto de suma sabedoria para a nossa REFLEXÃO, aqui na coluna DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL deste domingo. Por isso convido você a ler esse texto maravilhoso que nos oferece esclarecimentos extraordinários sobre a morte, o renascer, o despertar e sobre evolução espiritual. Então não perca essa oportunidade de expandir a sua consciência!

RECOMEÇOS SÃO NECESSÁRIOS - YouTube

Recomeços necessários

A lei dos renascimentos rege a vida universal.

Com alguma atenção poderíamos ler em toda a natureza, como em um livro, o mistério da morte e da ressurreição.

As estações sucedem-se no seu ritmo imponente.

O inverno é o sono das coisas.

A primavera é o acordar.

O dia alterna com a noite.

Ao descanso segue-se a atividade.

O espírito deixa o corpo físico e adentra as esferas espirituais, para retornar e continuar com forças novas a tarefa interrompida.

As transformações da planta e do animal não são menos significativas.

A planta morre para renascer, cada vez que a seiva volta. Murcha para reflorir.

A larva, a crisálida e a borboleta são outros tantos exemplos que reproduzem, com mais ou menos fidelidade, as fases alternadas da vida imortal.

Como seria possível que só o homem ficasse fora do alcance desta lei?

Se tudo está ligado por laços numerosos e fortes, como admitir que nossa vida seja como um ponto atirado, sem ligação, para os turbilhões do tempo e do espaço?

Nada antes, nada depois!?

Não.

O homem, como todas as coisas, está sujeito à lei eterna.

A natureza não nos dá a morte senão para nos dar a vida.

A sucessão das existências se apresenta para todos nós como uma obra de capitalização e aperfeiçoamento.

Depois de cada existência terrestre a alma ceifa e recolhe as experiências e os frutos dela decorridos.

Todos os seus progressos ficam registrados em sua essência.

Assim, o ser, em todas as fases de sua ascensão, encontra-se tal qual a si mesmo se fez.

Nenhuma aspiração nobre é estéril.

Nenhum sacrifício é vão.

A alma deve conquistar, um por um, todos os elementos, todos os atributos de sua grandeza.

Para isso precisa de obstáculos que possam lhe oferecer lições, provocando seus esforços e formando suas experiências.

É indispensável a luta para tornar possível o triunfo e fazer surgir o herói.

Só se conhecem e se apreciam os bens que se adquirem com os próprios esforços.

Para apreciar a claridade dos dias é necessário ter atravessado a escuridão das noites.

A dor é a condição da alegria e o preço da virtude.

Através de sucessivas existências, o ser vai construindo sua individualidade, escalando os caminhos da felicidade.

E assim, nessas contínuas peregrinações, segue à procura das perfeições divinas.

Somente quando alcançar as regiões superiores, estará livre da lei dos renascimentos, porque, então, o corpo físico não será mais para ele uma necessidade.

Pense nisso!

A doutrina da reencarnação explica a desigualdade das condições, a variedade das aptidões e dos caracteres.

Dissipa os mistérios perturbadores e as contradições da vida e resolve o problema do mal.

Aproxima os homens, dizendo que entre eles não há deserdados nem favorecidos.

Esclarece que cada um é filho de suas próprias obras, senhor do seu próprio destino.

A justiça deixa de ser transferida para um domínio distante e desconhecido.

E assim, não há como ignorar que a vontade ativa de cada ser gera efeitos, imediatos ou não, bons ou maus, que recaem sobre o seu responsável, formando a trama de seu próprio destino.

Equipe de Redação do Momento Espírita, com base no capítulo XVIII do livro O Problema do Ser, do Destino e da Dor, de Léon Denis

Continuar lendo DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: É IMPERATIVO ENTENDER O CICLO DA VIDA E OS RECOMEÇOS

AUTOCONHECIMENTO: PEGAR O ATALHO NÃO SIGNIFICA LEVAR VANTAGEM SOBRE O OUTRO

Pegar atalhos não está sempre relacionado a tirar vantagem sobre algo ou alguém! No vídeo de hoje, falo sobre essa palavra que utilizei no título do meu último livro lançado, que é a palavra “Atalho”. Costumamos relacioná-la ao fato de tirar vantagem em alguma situação, mas não é só isso. O outro modo de enxergar o atalho é vendo ele como uma forma de melhorar seu desempenho, desenvolver suas aptidões e habilidades para, com muito foco, conseguir conquistar o objetivo final que tem para sua vida.

Fonte:

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: PEGAR O ATALHO NÃO SIGNIFICA LEVAR VANTAGEM SOBRE O OUTRO

REFLEXÃO: HOJE EU POSSO ESCOLHER A GRATIDÃO

Nesta terça-feira, no nosso momento de REFLEXÃO temos um texto extraordinário sobre GRATIDÃO. Um olhar diferente lançado sobre o cotidiano, as coisas da vida que valoriza o lado bom das coisas, ao invés do foco nas coisas negativas e sombrias. A gratidão que é o sentimento mais nobre e vibra em alta frequência, onde o mal e a escuridão jamais se aproximam. Então convido você a ler esse texto maravilhoso, refletir e fazer o seu juízo de valor!

O Poder da Gratidão - Evolução Pessoal

Hoje eu posso escolher

Hoje levantei cedo pensando no que tenho a fazer antes que o relógio marque meia noite.

É minha função escolher que tipo de dia vou ter hoje.

Posso reclamar porque está chovendo ou agradecer às águas por lavarem a poluição.

Posso ficar triste por não ter dinheiro ou me sentir encorajado para administrar minhas finanças, evitando o desperdício.

Posso reclamar sobre minha saúde ou dar graças por estar vivo.

Posso me queixar dos meus pais por não terem me dado tudo o que eu queria ou posso ser grato por ter nascido.

Posso reclamar por ter que ir trabalhar ou agradecer por ter um trabalho.

Posso sentir tédio com o trabalho doméstico ou agradecer a deus pela oportunidade da experiência.

Posso lamentar decepções com amigos ou me entusiasmar com a possibilidade de fazer novas amizades.

Se as coisas não saíram como planejei, posso gastar os minutos a me lamentar ou ficar feliz por ter o dia de hoje para recomeçar.

O dia está na minha frente esperando para ser vivido da maneira que eu quiser.

E aqui estou eu, o escultor que pode dar forma às idéias e utilidade às horas. Tudo depende só de mim.”

Nesta mensagem atribuída ao saudoso Charlie Chaplin, astro de Hollywood que encantou o mundo no tempo do cinema mudo, encontramos motivos de reflexões.

Sem dúvida, a vida é feita de escolhas…

O tempo todo estamos fazendo escolhas, elegendo o que fazer e o que não fazer, o que pensar e o que não pensar, em que acreditar e em que não acreditar.

A vida está sempre a nos apresentar opções. E as escolhas dependem exclusivamente de nós mesmos.

Não há constrangimento algum. Somos senhores absolutos da nossa vontade, no que diz respeito às questões morais.

Se é verdade que às vezes somos arrastados pelas circunstâncias, é porque optamos anteriormente por entrar nesse contexto.

Assim, antes de optar por qualquer das opções que a vida nos oferece, é importante pensar nas conseqüências que virão em seguida.

Importante lembrar que não estamos no mundo em regime de exceção. Todos estamos na terra para aprender. E as lições muitas vezes são mais simples do que pensamos.

Não imaginemos que as coisas e circunstâncias desagradáveis só acontecem para nos atingir. Elas fazem parte do contexto em que nos movimentamos junto a milhares de pessoas que vivem na terra conosco.

***

Olhe, em seu jardim, as flores que se abrem e nunca as pétalas caídas.

Contemple, em sua noite, o fulgor das estrelas e nunca o chão escuro.

Observe, em seu caminho, a distância já percorrida e nunca a que ainda falta vencer.

Retenha, em sua memória, risos e canções e nunca os seus gemidos.

Conserve, em seu rosto, as linhas do sorriso e nunca os sinais da mágoa.

Guarde, em seus lábios, as mensagens bondosas e esqueça as maldições.

Conte e mostre as medalhas de suas vitórias e encare as derrotas como uma experiência que não deu certo.

Lembre-se dos momentos alegres de sua vida e não das tristezas.

A flor que desabrocha é bem mais importante do que mil pétalas caídas.

E um só olhar de amor pode levar consigo calor para aquecer muitos invernos.

Seja otimista e não se esqueça de que é nas noites sem luar que brilham mais forte nossas estrelas.

Equipe de Redação do Momento Espírita, com base em texto atribuído a Charlie Chaplim e em mensagem de autoria desconhecida.

Fonte: Momento de Reflexão

Continuar lendo REFLEXÃO: HOJE EU POSSO ESCOLHER A GRATIDÃO

REFLEXÃO: SAIBA ONDE ESTÃO AS RESPOSTAS NESSA CURTA HISTÓRIA, POR CAMILA ZEN

Sexta-feira é dia de REFLEXÃO, aqui no Blog do Saber, com Camila Zen. Muitas vezes procuramos explicação pra tudo.. tentando entender como tudo funciona, como é o certo a fazer… mas se olharmos pra dentro de nós, e nos conectarmos com o ritmo da vida, podemos perceber que as respostas já estão aqui dentro, e muitas vezes não são claras como fórmulas matemáticas… mas sim, algo que, se você se permitir, você sente muito claro dentro do seu coração. Eu espero que essa história possa te ajudar a se conectar com o ritmo da vida e de todo o universo, que é a mesma energia que vibra dentro de você. Amor e luz, namastê.

Fonte:

Continuar lendo REFLEXÃO: SAIBA ONDE ESTÃO AS RESPOSTAS NESSA CURTA HISTÓRIA, POR CAMILA ZEN

BRASILEIROS APROVEITAM A VIDA EM PARIS APÓS REABERTURA

Após reabertura, brasileiras aproveitam a vida em Paris

França reabriu museus, cinemas, teatros e a área externa de bares e restaurantes no último dia 19

INTERNACIONAL

Sofia Pilagallo*, do R7

Clientes em um café da cidade no dia da reaberturaClientes em um café da cidade no dia da reabertura CHRISTIAN HARTMANN – REUTERS – 19.05.2021

Os franceses, que há praticamente sete meses não saíam às ruas, agora têm mais um bom motivo para comemorar a chegada do verão no Hemisfério Norte, no próximo dia 21: a reabertura de museus, cinemas, teatros e da área externa de bares e restaurantes, ainda que com uma série de restrições. A medida, em vigor desde o último dia 19, é parte de um plano governamental de quatro etapas para aliviar a última quarentena, que teve início em 3 de maio.

Neste dia, enfim, a França começou a caminhar a passos estreitos rumo ao fim de um longo e restrito confinamento. As escolas reabriram as portas, os cidadãos voltaram a poder circular livremente sem a necessidade de apresentar um atestado de locomoção — documento que justificasse a saída por motivo de força maior — e o toque de recolher foi postergado das 19h para as 21h.

No penúltimo estágio, com início nesta quinta-feira (9), todos os estabelecimentos, com exceção de boates, serão reabertos e as pessoas passarão a poder voltar para casa ainda mais tarde, às 23h. O país também reabrirá suas fronteiras para viajantes da União Europeia, sob a condição de apresentarem um teste PCR negativo realizado até 72 horas antes do embarque.

Por fim, em 30 de junho, espera-se que a França retome a normalidade quase que por completo. As boates permanecerão fechadas, mas não haverá mais toque de recolher ou quaisquer restrições de locomoção.

“Liberdade” é a palavra que define o sentimento da paulista Silvia Fagundes, 38 anos, que há três anos mora em Paris. Em 30 de maio, a primeira vez que saiu depois de sete meses confinada, ela aproveitou o embalo da primavera para visitar uma high line [estação de trem desativada], circuito de cerca de 5km com uma grande variedade de flores.

“Decidimos esperar pelo menos até o fim de maio para tentar evitar aglomerações, mas não teve jeito. O local estava bastante cheio — e, com a chegada do calor, também havia algumas pessoas que ficavam tirando e colocando a máscara”, conta a brasileira.

“O fato de poder sair e ver gente depois de tanto tempo confinada traz uma sensação tão curiosa que não sei nem descrever. Estava um dia mega ensolarado, eu e meu marido acordamos cedo, passeamos o dia todo. São coisas simples a que antes, talvez não déssemos tanto valor”, completa.

A mineira Aline Araújo, 24 anos, por sua vez, que há dois anos saiu da pequena Araguari, no Triângulo Mineiro, para viver na capital francesa, não conseguiu esperar tanto tempo. Como trabalha durante a semana, sua primeira saída ocorreu no primeiro sábado após a reabertura, dia 22 de maio.

Diferentemente de Silvia, que foi agraciada com um dia ensolarado, Aline teve a infelicidade de pegar mau tempo — mas isso não a impediu de sair às ruas. Determinada a comemorar o fim do confinamento, ela caminhou debaixo de intensa chuva e foi se encontrar com amigos em um bar da cidade.

“Foi muito engraçado porque, como os bares só tinham permissão de reabrir na área externa, eu fiquei sentada segurando um guarda-chuva sobre a cabeça — e achando aquilo maravilhoso”, lembra Aline do episódio com bom humor.

“Minha amiga, que mora em uma cidade vizinha aqui de Paris, conta que no dia da reabertura, chegou a um bar às 9h e saiu pouco antes das 21h, para estar em casa antes do toque de recolher. Saiu, inclusive, uma matéria sobre isso em um jornal local da cidade onde ela mora”, completa.

Pandemia controlada

Atualmente, a França já está com a pandemia relativamente controlada, com uma média móvel de 8.350 casos e 95 mortes nos últimos sete dias. Para Silvia e Aline, a melhora da crise sanitária se deve, sobretudo, aos três longos confinamentos impostos pelo governo desde março do ano passado, bem como às rígidas medidas de higiene e segurança para conter a propagação da covid-19.

No país, o descumprimento das medidas, tais como o uso obrigatório de máscara nos espaços públicos e o toque de recolher, acarretam multa de €$ 135 (cerca de R$ 830). Em caso de reincidência, o valor, que já não é nada baixo, sobe para €$ 1.500 (aproximadamente R$ 9.240).

“O francês não é um tipo de cidadão que aceita muitas regras, mas com multas tão altas, não tem como não acatar”, afirma Silvia. “Ele dança conforme a música, ou seja, segue as regras à medida que elas apertam.”

“É muito difícil ver pessoas sem máscara na rua”, diz Aline. “Também não se ouve falar de festas clandestinas ou coisas do tipo. Há pessoas que pegam o carro e vão para a casa de amigos após o toque de recolher, mas nunca eventos ilegais em bares e boates como vemos ocorrer aí no Brasil.”

Baixa taxa de vacinação

Apesar de a pandemia estar controlada e as brasileiras já terem tomado pelo menos a primeira dose da vacina, apenas Aline se sente totalmente segura para sair às ruas e retomar a vida normal. Silvia ainda fica com um pé atrás e teme o surgimento de uma nova onda de casos, ainda que mais branda.

Isso porque, diferentemente de outros países europeus, como o Reino Unido, onde a vacinação caminha a passos largos, somente 17,6% dos franceses já estão totalmente protegidos contra a covid-19. Silvia e Aline atribuem o fato a uma questão cultural.

“Historicamente falando, o francês é um cidadão que preza muito pela liberdade de escolha”, afirma Silvia. “Ele entende que é uma decisão dele ficar em casa ou não, usar a máscara ou não e tomar a vacina ou não. Estão sobrando tantas doses que até adolescentes estão conseguindo se imunizar.”

“A campanha de vacinação é forte, mas, por outro lado, tem muita gente anti-vacina, sobretudo a população mais velha”, diz Aline. “Não sei o que essas pessoas pensam, mas é certo que são negacionistas. No futuro, acho que elas terão tantos empecilhos para viver uma vida normal, como serem impedidas de viajar e entrar nos lugares, que, uma hora ou outra, não terão mais para onde correr.”

Expectativas para o futuro

Com a chegada do verão e a França caminhando rumo à terceira fase do plano de desconfinamento, as expectativas das brasileiras para o futuro são altas. Ambas gostariam de vir para o Brasil, mas a burocracia para tal é um tanto quanto desanimadora.

Dadas as circunstâncias, Silvia pensa em viajar para Portugal com o marido e já fez até uma lista de passeios que quer fazer nos próximos meses. Aline, por sua vez, no auge de sua juventude, só pensa em poder retomar os shows e festivais que tanto frequentava antes de isso tudo acontecer.

“Sabe aquele sentimento de ‘viver cada dia como se fosse o último’?”, afirma Silvia. “É mais ou menos isso. Sabemos que não será o último, mas se tem uma coisa que a pandemia nos mostrou é que a vida é imprevisível e que devemos aproveitar o aqui e agora.”

“Quero viver intensamente esse momento da reabertura e todos os outros que seguirem”, diz Aline. “Ficar sete meses confinada dentro de casa, ainda mais longe da família e do país de origem, não foi nada fácil. Agora é curtir.”

Fonte: R7

Continuar lendo BRASILEIROS APROVEITAM A VIDA EM PARIS APÓS REABERTURA

REFLEXÃO: QUANDO DOER OBSERVE, A VIDA PODE ESTAR TENTANDO LHE ENSINAR ALGO

Na nossa coluna REFLEXÃO desta sexta-feira temos um texto extraordinariamente esclarecedor e de grande sabedoria. O que a vida está tentando me ensinar? Eis o questionamento que devemos fazer toda vez que algo der errado ou não sair como havíamos planejado, pois a vida envia sinais constantemente para que paremos, reflitamos e façamos as nossas correções e/ou mudanças de cursos. Então lhe convido a ler essa maravilha de conteúdo, refletir e fazer o seu juízo de valor!

Quando doer, observe. A vida está tentando ensinar-lhe algo!

O que a vida está tentando me ensinar

A oportunidade que se perdeu é o título de um artigo do jornalista Roberto Pompeu de Toledo, publicado em um periódico de grande circulação nacional.

O ensaio versa sobre como está o Mundo depois dos ataques terroristas de 11 de setembro de 2001, e apresenta uma visão muito interessante que se inicia através das seguintes palavras:

As mortes, a dor, o medo e o luto não esgotam o assunto. Não bastasse isso, não bastasse a barbárie levada a limites impensáveis, o 11 de setembro deixou outro legado desastroso: o da oportunidade perdida.

No dia 12 de setembro de 2001, junto com o pânico, com o choro, com os trabalhos de resgate entre os escombros das torres gêmeas e a busca de culpados, misturada a esses elementos, raiava uma esperança.

Aquele terrível evento poderia ser o ponto de partida para um mundo mais amigo.

Era hora de agir em favor de um mundo menos conflitante e menos injusto. De congregar as nações em busca de soluções que tornassem o planeta Terra um lugar menos perigoso de se viver.

E assim o autor continua, lembrando depois tudo que poderia já estar diferente no Mundo e ainda não está, por muitos líderes não terem percebido que uma grande oportunidade estava sendo concedida ao Mundo.

A de recomeçar.

E como toda a transformação do Mundo passa primeiro pela nossa própria, esta é uma lição que podemos aplicar também em nossas vidas, através de uma visão diferente sobre o sofrimento que nos alcança.

Toda dor que surge em nossa vida é uma oportunidade grandiosa que recebemos. A oportunidade de amadurecer, de crescer, de reescrever nossas histórias, de recomeçar.

Imaginemos a vida nos dizendo: Pare um pouco, pense, reflita, recomece…

Um acontecimento desagradável; um flagelo destruidor; uma enfermidade; a partida de alguém; são chances que a vida nos dá para aprendermos lições preciosas.

Aquele de nós que tivesse o equilíbrio de perguntar: O que a vida está tentando me ensinar? – quando atingido por qualquer tipo de sofrimento, e conseguisse perceber as razões profundas dessas experiências, passaria a viver sem medos.

E com uma consciência espiritual fabulosa sobre as coisas deste Mundo.

A todo momento a existência está nos guiando sem percebermos.

A todo instante a vida ensina.

Constantemente a vida fala conosco, nos mostra caminhos, respostas, conseqüências.

Cabe-nos desenvolver a habilidade de escutar, de perceber em todos os níveis. Do sensorial, passando pelo racional, até o intuitivo, o que nos está sendo ministrado.

A revolta, a indignação e a vingança apenas complicam qualquer problema, enquanto a compreensão e resignação colocam-nos no caminho de resolvê-lo por completo.

Francisco de Assis sempre se referia à dor como sua irmãzinha querida, porque sabia do seu poder e utilidade.

Paulo de Tarso sempre se referia, em suas cartas, aos aguilhões que o machucavam e o faziam sofrer.

Como Francisco de Assis, ele também entendia sua dor, e dizia, inspirado:

Transbordo de júbilo no meio de todas as minhas atribulações.

* * *

A vida nos oferece oportunidades constantemente.

Será extremamente sábio aquele que conseguir perceber esses convites, essas lições, e extrair delas as forças para as mudanças necessárias.

Faça este exercício toda vez que um momento de crise se apresentar.

Troque a reclamação, a indignação e o desapontamento pelo questionamento:

O que a vida está tentando me ensinar??

Redação do Momento Espírita com base no artigo de Roberto Pompeu de Toledo, publicado na revista Veja, de 18 de setembro de 2002, no artigo intitulado O significado do sofrimento, de Sergito de Souza Cavalcanti, extraído do site www.espirito.org.br e no cap. 7, versículo 4 da II epístola de Paulo de Tarso aos Coríntios

Fonte: Momento de Reflexão

Continuar lendo REFLEXÃO: QUANDO DOER OBSERVE, A VIDA PODE ESTAR TENTANDO LHE ENSINAR ALGO

MEDIDAS DE RESTRIÇÃO CAÍRAM NA AUSTRÁLIA E POPULAÇÃO PODE VOLTAR AO NORMAL

Brasileiras na Austrália falam sobre retorno à vida normal

Com casos de covid sob controle, país liberou uso de máscaras e estabelecimentos comerciais funcionam com capacidade completa

INTERNACIONAL

Giovanna Orlando, do R7

Na Austrália, medidas de restrição caíram e população pode 'voltar ao normal'

JAIMI JOY/REUTERS – 25.4.2021

Depois de enfrentar com êxito a pandemia de covid-19, a Austrália está derrubando as medidas de restrição e a população já pode sentir o gostinho de uma vida próxima do normal de novo. Desde o começo de 2021, o país registrou apenas uma morte por conta do coronavírus e Sydney, a cidade mais populosa do país, teve uma infecção em maio.

Adotando uma das posturas mais rígidas no combate à pandemia, o governo australiano foi um dos primeiros no mundo a fechar as fronteiras para voos estrangeiros, decretar lockdowns para evitar a transmissão do novo coronavírus e obrigar o uso de máscaras de proteção em locais públicos. O país teve mais de 30 mil casos de covid e 910 mortes.

Com o vírus sob controle, o governo derrubou a obrigatoriedade do uso de máscaras em locais abertos e fechados na última segunda-feira (17), permitiu que grupos de pessoas voltassem a se encontrar e restaurantes, teatros e outros espaços podem voltar a funcionar atendendo o público normalmente.

“Por aqui as coisas já estão voltando ao normal”, conta a violinista brasileira Anna Murakawa, que vive na Austrália há 5 anos. “Há umas duas semanas, a gente teve um caso isolado de covid-19, aí tivemos que voltar com algumas restrições, como o uso de máscaras por uma semana, não podia ficar nos restaurantes. Mas agora essas medidas já acabaram.”

O país implementou um moderno sistema de rastreamento de casos, onde os cidadãos precisam escanear um QR Code, uma espécie de código de barra que pode ser lido pela câmera do celular, em todos os lugares que frequentam. Caso uma pessoa teste positivo para covid-19, as autoridades sanitárias conseguem saber exatamente por onde ela passou e com quem teve contato. Todas que frequentaram esses lugares precisam ser testadas e assim o governo garante a segurança geral da população.

Respeito às medidas de restrição

Com medidas rígidas e atualizações semanais de como estava a situação do país, o governo conseguiu a confiança da população que respeitou os lockdowns, o distanciamento social e outras medidas que entraram em vigor durante o ano de 2020.

“Foi um ano desafiador”, desabafa a empresária brasileira Fernanda Gazal. “A Austrália começou a agir de forma bastante rápida. Logo que os casos começaram a aparecer, a gente já entrou em lockdown, desde o começo nós já tivemos que ficar em casa”.

“As pessoas respeitaram muito e as multas eram muito rigorosas. Tinha multa de mais de mil dólares [cerca de R$ 4,1 mil] se você não respeitasse as regras”, conta Murakawa. “A cada semana, o governo ia fazendo anúncios públicos para falar como estavam os casos, como a gente poderia combater isso juntos.”

Com comércios e empresas fechadas, era de se esperar que a economia do país parasse e trabalhadores corressem o risco de ficar sem trabalho e sem ter como sustentar as famílias. A Austrália, assim como outros países do mundo, disponibilizou auxílios para os cidadãos.

“Os cidadãos australianos tiveram 700 dólares [cerca de R$ 2,8 mil] por semana como auxílio para quem perdeu o emprego. Eu, como imigrante, não recebi nada”, conta Murakawa.

Com o fim das restrições, as duas brasileiras aproveitaram para voltar a fazer o que gostavam antes da pandemia, encontrar amigos e voltar a viajar. A Austrália está com diversos pacotes de incentivo para viagens locais, como uma forma de estimular a economia e o turismo nacional, já que turistas estrangeiros ainda estão banidos e australianos estão tomando cuidado antes de sair do país.

“Uma das primeiras coisas que eu fiz foi voltar a tocar”, diz Murakawa, que se apresentou em um teatro com a casa cheia e 2 mil espectadores. “Pude ir em um restaurante com as amigas e fui viajar, porque o governo fez um pacote de incentivo onde as passagens aéreas estavam saindo até pela metade do preço.”

“Eu voltei a me encontrar com as minhas amigas, a gente marcou de ir jantar”, conta Gazal, animada. “Tem esse desejo de voltar a vida normal, de voltar a viver, encontrar as pessoas. A gente está fazendo questão de celebrar aniversários, datas especiais. [A pandemia] fez a gente valorizar muito mais esses pequenos momentos com as pessoas que a gente ama”.

Apesar da liberdade e do retorno gradual à normalidade, as duas comentam que a população ainda está cautelosa e tomando cuidados para evitar que a situação saia do controle.

“O que acontece é que tem pequenas cautelas, muitas pessoas levam álcool em gel para todos os lugares que vão, a gente evita muitos abraços e ficar perto demais. Apesar de ter voltado ao normal, eu sinto que as pessoas estão mais cuidadosas com esses detalhes”, diz Gazal.

Vacinação lenta e desconfiança

Enquanto isso, a vacinação na Austrália acontece lentamente. O país foi afetado com o atraso nas entregas das doses da vacina de Oxford, que ficaram retidas na Europa, e agora começou a vacinar os mais velhos e funcionários da saúde.

“A previsão é que a população da minha faixa etária, 30 anos e que não tem envolvimento com a área da saúde, possa ser vacinada nos próximos 2 meses”, conta Murakawa.

Além da demora, a população também desconfia da vacina produzida pela AstraZeneca por conta dos raros efeitos colaterais, como aparecimento de trombos sanguíneos. Na sexta-feira (21), o governo australiano fez um apelo para que os cidadãos com mais de 50 anos se vacinem.

Um desejo agora é que a Austrália reabra as fronteiras e permita que os turistas voltem ao país e que a população estrangeira possa visitar a família. O governo só permite viagens à trabalho e outras exceções, e é necessário ter documentos que comprovem a necessidade de deixar o país.

“A Austrália é um país composto por muitos imigrantes, muitas pessoas estão ansiosas para que as fronteiras abram. Eu quero muito visitar o Brasil e tem muitas pessoas que querem visitar suas famílias”, desabafa Murakawa.

Por enquanto, o governo disse que a previsão é de que as fronteiras aéreas da ilha reabram em 2022. Enquanto isso, as brasileiras se mantêm otimistas e confiantes em um futuro melhor no país.

“A expectativa é voltar muito melhor, aprender a apreciar esses valores que vieram com a pandemia, como o valor de um abraço, respirar sem máscara”, conclui Murakawa.

Fonte: R7

Continuar lendo MEDIDAS DE RESTRIÇÃO CAÍRAM NA AUSTRÁLIA E POPULAÇÃO PODE VOLTAR AO NORMAL

Fim do conteúdo

Não há mais páginas para carregar

Fechar Menu
×

Carrinho