ANÁLISE POLÍTICA: A OUTRA CPI, POR ALEXANDRE GARCIA

Toda segunda-feira você tem aqui na coluna ANÁLISE POLÍTICA o comentário do extraordinário Alexandre Garcia. Hoje ele aborda, mais uma vez, a CPI da Covid, onde sugere uma nova CPI para investigar a tal CPI, já que foi dirigida por investigados, condenados e como era de se esperar ignorou totalmente o que deveria ter sido o foco da investigação, o Consórcio Nordeste e várias outras bizarras compras de equipamentos feitas por governadores em meio a pandemia. Assista ao vídeo e se atualize!

Fonte:

Alexandre Garcia
Continuar lendo ANÁLISE POLÍTICA: A OUTRA CPI, POR ALEXANDRE GARCIA

DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: A ESTEIRA DA LIBERDADE É A VERDADE

Adoro falar sobre esse tema, pois diz respeito a tudo que viemos fazer, aqui nessa jornada experiencial, como aprendizes que somos em busca da verdade e da libertação. A verdade que é a esteira que nos leva a liberdade. Portanto enquanto o homem não se conscientizar que sem a verdade, sem ser verdadeiro o tempo todo, jamais alcançará a tão sonhada liberdade. O texto a seguir, psicografado pelo extraordinário Francisco Cândido Xavier, deixa bem claro esse raciocínio. Por isso te convido a ler, refletir e fazer o seu juízo de valor!

A verdade que liberta (Pr.Nildo Gomes) - YouTube

A verdade que liberta

“Busque conhecer a verdade e a vivenciá-la no seu dia a dia, e esta verdade assumida e vivida fará de você um homem livre.”

Os que ouviram de Jesus esta afirmativa não a entenderam de pronto e imediatamente lhe falaram:

“Nós nunca fomos escravos de ninguém; então seremos livres de quem?”

Jesus, por sua vez, disse mais: “Se você erra, ou comete pecado, é escravo do erro, ou do pecado, até que consiga reparação.”

Face à afirmativa do Cristo, podemos concluir que Ele não se referia à escravidão de homens, imposta por outros homens, mas sim à nossa escravidão pela consciência, em decorrência de faltas morais.

Entendendo o pecado como a transgressão das Leis Divinas, fica fácil compreender a afirmativa de Jesus.

E entendendo que liberdade é a “situação ou estado do homem livre, integrado na plenitude da dignidade do ser humano”, que tem respeitabilidade, nobreza, autoridade moral, saberemos que liberdade implica em responsabilidade.

O ser humano sempre lutou pela própria libertação.

Levando em conta os ensinos do Homem de Nazaré, enquanto cometermos infrações contra as Leis Divinas, seremos escravos dessas infrações, das suas conseqüências, do mal que provocaram.

Se perante a legislação humana, que ainda tem muitas falhas e é limitada pelo nosso não entendimento pleno de justiça, o infrator deve redimir-se, deve pagar pelo mal feito para obter a liberdade, não poderia ser diferente com relação às Leis Divinas que regem a vida.

Jesus condiciona a libertação definitiva ao conhecimento e vivência da verdade superior.

Podemos dizer, para fixar melhor: da verdade verdadeira.

Na medida em que o homem vai descobrindo a verdade, vai fazendo luz íntima e automaticamente vai se libertando da ignorância e deixando de errar, por já conhecer o correto, o devido.

A ignorância é a grande fomentadora dos falsos conceitos a respeito da Divindade e por conseguinte, das leis que regem a vida.

Um exemplo disto era o horror que o homem pré-histórico tinha dos fenômenos da natureza.

O medo era gerado pela ignorância do processo pelo qual se davam tais fenômenos.

Junto com o conhecimento de tais mecanismos, veio a libertação do medo.

Assim ocorre também nos variados pontos da existência humana.

Quando a peste negra dizimou milhares de vidas em toda a Europa, em princípio acreditava-se que fosse um castigo de Deus imposto aos pecadores de toda ordem.

Todavia, a descoberta da verdade elucidou que a enfermidade era transmitida pelos ratos, e hoje é chamada peste bubônica.

Assim é com relação à auto-libertação das criaturas. Cada um possui em si a chave para libertar-se em definitivo dos maus hábitos e equívocos cultivados ao longo das existências.

Para isso, é necessário que conheçamos as Leis de Deus, para que a elas busquemos nos ajustar, de forma que possamos avançar a passos largos na direção da luz.

* * *

Quando a verdade brilhar, no caminho das criaturas, se verá que obstáculos e sofrimentos não representam espantalho para os homens, mas sim quadros preciosos de lições sublimes que os aprendizes sinceros nunca podem esquecer.

É necessário que você, apesar das rajadas aparentemente destruidoras do destino, se conserve em pé, com coragem, marchando, firme, ao encontro dos sagrados objetivos da vida.

Texto da Equipe de Redação do Momento Espírita, com base no cap. 119, do livro Vinha de luz, do Espírito Emmanuel, psicografia de Francisco Cândido Xavier, ed. FEB; Evangelho de João, 8:32 e Evangelho de Lucas, 16:14-17

Fonte: Momento de Reflexão

Continuar lendo DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: A ESTEIRA DA LIBERDADE É A VERDADE

SAÚDE: A VERDADE SOBRE AS PLANTAS MEDICINAIS QUE A MEDICINA NÃO CONHECE, POR DR. MARCO MENELAU

Aqui na coluna SAÚDE desta quinta-feira você vai assistir a um vídeo do Dr. Marco Menelau, onde ele esclarece a verdade sobre as plantas medicinais que a medicina tradicional não conhece. Uma ótima oportunidade para você se livrar dos remédios e drogas que invariavelmente provocam efeitos colaterais, ou seja, resolvem um problema e causam outro, que pode ser muito mais grave do que o anterior. Então não deixe de assistir, pois você pode mudar completamente a sua qualidade de vida!

Fonte:

Continuar lendo SAÚDE: A VERDADE SOBRE AS PLANTAS MEDICINAIS QUE A MEDICINA NÃO CONHECE, POR DR. MARCO MENELAU

PONTO DE VISTA: A VERDADE SOBRE A DEMISSÃO DE ALEXANDRE GARCIA

Caro(a) leitor(a),

Neste momento em que o grande ícone e expoente do jornalismo brasileiro acaba de ser demitido sumariamente da CNN, um dos maiores veículos de comunicação da esquerda, venho me solidarizar com o grande jornalista Alexandre Garcia, que é simplesmente um herói, um verdadeiro patriota, que aos 80 anos ainda luta pela democracia e pela liberdade do nosso país. Desta vez não vou me alongar muito no meu PONTO DE VISTA, pois o artigo a seguir já diz tudo que eu gostaria e poderia dizer. Portanto acrescento apenas um alerta ao povo brasileiro quanto a escalada galopante do avanço do comunismo no Bra

Demitiram a “Liberdade de Opinião”: A verdade por trás da demissão de Alexandre Garcia (veja o vídeo)

Alexandre Garcia - Foto: Reprodução/CNNAlexandre Garcia – Foto: Reprodução/CNN

Você ficará perplexo ao saber o que realmente motivou a demissão de Alexandre Garcia do quadro de jornalismo da CNN!

Esse gaúcho de Cachoeira do Sul – RS é um ícone do jornalismo Brasileiro, atuou por muitos anos na extinta TV Manchete, no Jornal do Brasil e por mais de 30 foi diretor de jornalismo em Brasília na rede Globo, na qual pediu demissão em dezembro de 2018, coincidentemente após a eleição de Jair Bolsonaro.

Mas nessa última sexta (24) o caso se inverteu, pois foi a CNN que o demitiu, pois Alexandre Garcia “ousou” ter a liberdade de dar sua opinião dentro do programa “Liberdade de Opinião”, que absurdo não?

Ironia a parte, esse episódio, que somam-se a tantos outros, só revela a vil realidade da extrema imprensa brasileira, desacreditada, repulsiva e militante ideológica, pois se alguém ousar a falar a verdade ou ainda exercer a “Liberdade de Opinião” será cancelado, calado, amordaçado e difamado.

Mas não poderíamos esperar algo diferente de uma empresa que pertence a um lobista do ramo das empreiteiras, Rubens Menin e dono da MRV, construtora que por muitos anos “mamou” nos governos Lula e Dilma, a MRV ganhou muito dinheiro principalmente com o programa “Minha Casa Minha Vida” e o “casamento” PT & Construtoras todo mundo sabe a resultante.

Parece que a construtora MRV, do lobista Rubens Menin, também dono da CNN, segue o padrão Comunista Chinês Trabalhista, pois já foi autuada por 6 vezes pelo crime de trabalho ESCRAVO, condição análoga à escravidão, mas com certeza essa notícia não foi veiculada pela CNN.

Os absurdos não cessam por aí, pois paradoxalmente as suas atitudes a CNN emitiu uma nota, sem pé e nem cabeça, comunicando a demissão desse titã do jornalismo por emitir sua opinião, segue a nota:

“A CNN Brasil comunica que rescindiu o contrato com o jornalista Alexandre Garcia nesta sexta-feira (24). A decisão foi tomada após o comentarista reiterar a defesa do tratamento (não vou escrever para não ser bloqueado) contra a CVD19 com o uso de medicamentos sem eficácia comprovada. O quadro “Liberdade de Opinião” continuará na programação da emissora, dentro do jornal “Novo Dia”. A CNN Brasil reforça seu compromisso com os fatos e a pluralidade de opiniões, pilares da democracia e do bom jornalismo.”

Se não fosse algo tão repulsivo, seria a melhor piada do ano, pois a CNN demitir um jornalista por emitir sua opinião, em um programa chamado “Liberdade de Opinião” e logo em seguida dizer que “reforça seu compromisso com os fatos e a pluralidade de opiniões”, esse é o modus operandi da esquerda.

A difamação e perseguição sobre esse nobre jornalista não é de hoje, pois o mesmo sempre teve a coragem de falar a verdade, exemplifico o caso ocorrido na favela do Jacarezinho, onde durante uma operação da Polícia Civil do RJ contra o tráfico de drogas, resultou na lamentável morte de um policial civil, André Farias, mas teve o êxito de eliminar 24 criminosos.

Alexandre Garcia emitiu a seguinte opinião:

“Exitosa, bem planejada e realizou bem os seus objetivos. Não houve dano colateral. Foram mortas pessoas que escravizam a população. Eu não padeço de bandidolatria”

É lógico que a Extrema Imprensa massacrou Alexandre Garcia por dizer a verdade, pois falar a verdade é um pecado mortal para a mídia comunista a qual a CNN é uma das expoentes.

A sigla CNN é Cable News Network, que em português significa Rede de Notícias a Cabo, porém seria mais adequado dizer: Communist News Network, Rede de Notícias Comunista, pois comunistas odeiam a verdade, são contra a liberdade de opinião e idolatram bandidos.

Registro que essa demissão deve servir de motivo de orgulho para Alexandre Garcia, por dizer a verdade e desmascarar de forma cabal a podridão da Extrema Imprensa merece mais uma medalha, foi heroico e isso também revela a grandeza desse jornalista, ele sozinho é maior que a CNN, vejam o número de inscritos que a CNN tem em seu canal do youtube e comparem com o número de inscritos que Garcia tem SOZINHO!

Para encerrar, invoco que prestigiem esse grande jornalista seguindo o seu canal no youtube, ele merece todo nosso respeito e audiência; ao contrário a empresa que o demitiu, merece todo o desprezo, a CNN é inimiga da verdade, portanto inimiga de todos os brasileiros de bem!

Confira:

 

Continuar lendo PONTO DE VISTA: A VERDADE SOBRE A DEMISSÃO DE ALEXANDRE GARCIA

ARTIGOS: O QUE É A VERDADE? POR WAGNER BRAGA

A Nossa Missão - Scimed

Mais de dois mil anos se passaram desde que o bom pastor veio ao nosso encontro e falou uma frase curta e aparentemente singela: “Conhecereis a verdade e ela vos libertará”. E essa frase nunca esteve tão em voga, mas infelizmente ainda tão incompreensível e enigmática para a maioria da humanidade. O nosso atual líder e presidente da república costuma repeti-la quase que cotidianamente e com isso milhões de pessoas também passaram a mencioná-la corriqueiramente.

Entretanto, poucos conseguem compreender o verdadeiro sentido e/ou essência dessa frase, pois acreditam ser a verdade absoluta.

Não existe verdade absoluta e não é uma questão de se relativizar a verdade, pois está em sua essência é relativa, na medida em que está atrelada ao conhecimento. Não é a toa que, na famosa sentença, antes dessa palavra tão enigmática vem outra não menos enigmática, “conhecereis”, que vai dar sentido a ela.

O que é verdade hoje amanhã pode não ser mais. Foi assim quando, até a idade média a humanidade acreditava que a terra além de plana era o centro do universo. Isso parecia ser uma verdade absoluta e imutável, no entanto Galileu Galilei derrubou essa teoria afirmando que a terra é redonda e é apenas um dentre tantos planetas da nossa galáxia. Desde então toda uma crença alimentada por séculos e séculos veio abaixo e essa crença limitante foi substituída por uma nova crença, uma nova verdade, que já foi atualizada mais de uma vez, já que, naquela ocasião se acreditava existir apenas o nosso ínfimo sistema solar, sendo descoberto depois que somos apenas um dentre milhões de sistemas solares dentro de uma galáxia, que por sua vez ficou-se sabendo, são bilhões de galáxias, com bilhões de planetas, semelhantes a nossa Via Láctea num universo que parece ser infinito e em expansão.

Portanto, a verdade apenas se renova ou se atualiza, assim como os aplicativos dos nossos computadores e celulares são constantemente atualizados na madrugada, enquanto dormimos. Por isso, precisamos estar abertos as atualizações constantes da verdade e deixarmos dia a dia as antigas crenças limitantes para trás. Só assim seguiremos a passos largos rumo a nossa melhor versão, a uma vida sem dor e sofrimento e a nossa plenitude final.

Continuar lendo ARTIGOS: O QUE É A VERDADE? POR WAGNER BRAGA

ARTIGOS: AO ASSIMILAR AS NOVAS CRENÇAS O QUE EU POSSO GANHAR COM ISSO? POR WAGNER BRAGA

Como alcançar as 3 bases da liberdade e ter uma vida plena?

Partindo do princípio de que em qualquer atividade da vida estamos sempre galgando uma promoção, seja no esporte, no trabalho ou até mesmo na sociedade como um todo, o mesmo acontece no campo espiritual. Por exemplo, na vida militar existem as patentes, onde o indivíduo começa como soldado, vai a Cabo, depois a sargento e assim por diante até chegar a General. As pessoas passam por toda essa experiência porque, para elas, cada degrau superado significa uma vida melhor, melhor qualidade de vida e consequentemente mais bem estar.  No plano da espiritualidade o ápice é a liberdade e nós começamos como profanos, ascendemos ao plano místico até alcançar a pleni-consciência.

Descartar as crenças limitantes abraçando crenças e paradigmas mais evoluídos significa se desprender das amarras que nos prende a vida terrena em busca da liberdade plena. Aquela liberdade que um dia Jesus Cristo falou: “Conhecereis a Verdade e ela vos libertará. Portanto, jamais seremos livres nesse plano tridimensional, pois nele, estamos submetidos a ilusão, a mentira, a trapaça, as inúmeras máscaras e ao engano. Para conquistarmos a liberdade plena precisamos passar desse plano para a quarta e a quinta dimensão onde a transparência e a verdade imperam e só através dos novos paradigmas alcançaremos essa plenitude.

Continuar lendo ARTIGOS: AO ASSIMILAR AS NOVAS CRENÇAS O QUE EU POSSO GANHAR COM ISSO? POR WAGNER BRAGA

ARTIGOS: O QUE É A VERDADE DE FATO? POR WAGNER BRAGA

Reconhecendo a verdade – Satori Rei

Atualmente, no Brasil e no mundo muito se fala em liberdades individuais, liberdade de expressão e fake news. Fake news então virou moda, virou nome de inquérito do STF e a expressão é utilizada em inglês por ministros do STF em seus pareceres oficiais. A justiça para ser feita precisa encontrar a verdade, mas a verdade só poder ser encontrada quando se tem liberdade para investigar. Por isso as duas andam juntas, lado a lado. Não existe verdade sem liberdade e não existe verdade absoluta. A verdade é construída, se renova e se completa dia a dia.

Note que na Idade média a “verdade absoluta” é que a terra era o centro do universo e plana. Quando Galileu Galilei tornou público que a terra é redonda e que é apenas mais um astro num universo infinito foi ameaçado de morrer na fogueira da Santa Inquisição da Igreja Católica. Hoje qualquer criança sabe disso. Com a corrida espacial o homem está se libertando da gravidade da terra rumo a conquista de outros planetas e outras galáxias, graças ao conhecimento e o desenvolvimento de novas tecnologias, que estão renovando e atualizando, a cada dia, a verdade. Assim como quando o nosso celular faz as atualizações dos aplicativos na madrugada, enquanto dormimos.

Portanto, precisamos nos conscientizar que ninguém é dono da verdade, pois o que parece ser toda a verdade hoje, amanhã está desatualizado e, muitas vezes, não faz mais sentido. Então, sejamos humildes, aprendendo a ouvir o outro, ponderando, analisando, pois quem sabe, as palavras do faça sentido e venham a complementar a verdade que você conhece.

Continuar lendo ARTIGOS: O QUE É A VERDADE DE FATO? POR WAGNER BRAGA

SAÚDE: TRIGO & GLUTEN EP.1 – COMO O TRIGO DEIXOU DE SER TRIGO, POR DR. SAMUEL DALLE LASTE

Hoje estamos começando uma série de vídeos do Dr. Samuel Dalle Laste que vai desmistificar a dupla Trigo & Gluten que tanto tormenta a vida de milhões de pessoas neste país e no mundo. Neste primeiro vídeo especial Dalle Laste conta como o trigo deixou de ser trigo e foi modificado. Então não deixe de assistir e aprender tudo sobre essa famigerada dupla! 

Fonte:

Continuar lendo SAÚDE: TRIGO & GLUTEN EP.1 – COMO O TRIGO DEIXOU DE SER TRIGO, POR DR. SAMUEL DALLE LASTE

SEGUNDO PROFESSOR DE DIREITODA UNICAMP, O NOVO DISCURSO DO TALIBÃ NÃO DEVE SER TOMADO COMO VERDADE

O que está por trás da mudança de discurso do Talibã?

Para professor da Unicamp, as recentes declarações do grupo são estratégicas e não devem ser tomadas como verdade

INTERNACIONAL

 Sofia Pilagallo*, do R7

Milicianos são conhecidos por aplicar penas severas àquele que infringem a lei islâmicaMilicianos são conhecidos por aplicar penas severas àquele que infringem a lei islâmica STRINGER / EFE – EPA – 16.8.2021

Desde que o Talibã invadiu o palácio presidencial em Cabul, no último domingo (15), e assumiu o controle do Afeganistão após quase 20 anos, o mundo vem aguardando com apreensão as cenas dos próximos capítulos da crise política e humanitária que assola o país.

O grupo fundamentalista é conhecido por violar os direitos humanos e aplicar penas severas àqueles que infringem a lei islâmica, como cortar as mãos de ladrões, executar assassinos em público, esmagar homossexuais sobre a parede e apedrejar mulheres adúlteras.

Na primeira entrevista coletiva concedida pelo Talibã desde a tomada do poder, realizada na terça-feira (17), um porta-voz do grupo afirmou que, diferentemente de como ocorreu no período de 1996 até 2001, ninguém será perseguido e meninas e mulheres poderão exercer seus direitos, como estudar e trabalhar, mas “à luz da lei islâmica”.

Para o professor de Direito da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas), Luís Vedovato, que estuda a crise do Afeganistão pelo viés dos Direitos Humanos, as declarações não vieram como nenhuma surpresa e não devem ser tomadas como verdade.

“Este não é o momento de o Talibã assumir qualquer outra postura que não seja essa. Se um porta-voz faz uma declaração indicando que haverá, sim, violações dos Direitos Humanos, seria muito mais fácil mobilizar o mundo contra o grupo agora do que daqui a algum tempo, quando o governo já estivesse estabilizado”, afirma.

Vedovato ressalta ainda que o Talibã tem plena consciência de que sua permanência no poder está ligada, acima de tudo, a sustentação econômica do grupo — o que significa, necessariamente, fazer pontes e alianças com outros países. Até o momento, China e Rússia, duas das maiores potências do mundo, já sinalizaram apoio ao governo talibã.

Os países que reconheceram o Talibã como governo do Afeganistão no passado — Emirados Árabes, Arábia Saudita e Paquistão — eram mal vistos pelo resto do mundo e não conseguiam estabelecer relações comerciais com nenhuma outra nação. Depois dos ataques às torres do World Trend Center, em Nova York, em 11 de setembro de 2001, apenas o Paquistão continuou a reconhecer o grupo como um governo legítimo.

“O Talibã precisa mudar essa imagem internacional se quiser ter o apoio de outros países e continuar se mantendo financeiramente. Eu duvido muito que qualquer nação teria reconhecido o novo governo caso eles tivessem indicado que continuariam a violar os Direitos Humanos”, diz.

Como deve ser a nova gestão?

O professor da Unicamp acredita o Talibã está agora diante de uma nova formação e que tem como objetivo um projeto de poder que não está meramente ligado a ideologia ou a religião. Ele imagina, portanto, que o grupo se utilizará de discursos mais amenos para conseguir se sustentar e garantir um país funcional economicamente, mas que a proteção aos Direitos Humanos ainda seguirá ameaçada.

O porta-voz do grupo disse que o governo ainda está sendo formado e que as leis só serão decididas uma vez que todos os cargos forem devidamente distribuídos. Houve uma sinalização de que os direitos das mulheres, o grupo mais vulnerável no Afeganistão, não seriam violados.

“Eles alegaram que as meninas poderão frequentar a escola, mas não deixaram claro qual escola e até que idade elas poderão estudar, por exemplo. O que se sabe até agora é que as meninas terão direitos ‘dentro da religião islâmica’, mas isso não quer dizer muita coisa — pode ser tudo ou pode ser nada”, afirma.

Apesar do disrcuso menos radiacal, na quarta-feira (18), houve uma repressão violenta de manifestantes que protestavam contra o uso da bandeira do Talibã no lugar da bandeira do país. Foram registadas pelo menos três mortes e alguns feridos por tiros disparados para dispersar a mobilização popular.

Fonte: R7
Continuar lendo SEGUNDO PROFESSOR DE DIREITODA UNICAMP, O NOVO DISCURSO DO TALIBÃ NÃO DEVE SER TOMADO COMO VERDADE

SAÚDE: SAIBA TUDO SOBRE O TRIGO E GLUTEN, POR DR. SAMUEL DALLE LASTE

Nesta quinta-feira, aqui na coluna SAÚDE do Blog do Saber o Dr. Samuel Dalle Laste vai começar a desvendar pra você toda a verdade sobre o trigo e o gluten, numa série especial. Portanto, convido você a assistir o vídeo completo a seguir para aprender a dieta correta no consumo do trigo.

Fonte:

Continuar lendo SAÚDE: SAIBA TUDO SOBRE O TRIGO E GLUTEN, POR DR. SAMUEL DALLE LASTE

POLÍTICA: BOLSONARO RESTABELECE A VERDADE QUE O STF TENTA ESCONDER

Bolsonaro dá dura resposta ao STF e restabelece a verdade

Luiz Fux e Jair Bolsonaro - Foto: STF; PRLuiz Fux e Jair Bolsonaro – Foto: STF; PR

Nesta quinta-feira, 29, o Supremo Tribunal Federal (STF) afirmou que ‘não proibiu o governo federal de agir na pandemia”.

“Uma mentira contada mil vezes não vira verdade!”, disse a Corte, por meio das redes sociais.

O fato tomou uma proporção enorme e gerou grande revolta nas redes sociais.

Até que o próprio presidente Jair Bolsonaro, decidiu explicar todo o caso.

Em fortes palavras, Bolsonaro disse tudo o que estava “engasgado”.

Leia na íntegra:

O Presidente da República e o STF.

– O Governo Federal agiu e segue agindo, durante toda a pandemia, enviando recursos a Estados e Municípios, bem como material hospitalar. Mobilizou toda sua estrutura federal, incluindo as aeronaves da FAB, para transportar remédios, oxigênio, materiais diversos e, sobretudo, pacientes.

– O nosso Governo também criou programas para a manutenção de empregos (PRONAMPE), bem como despendeu R$ 320 bilhões para atender os mais necessitados que foram obrigados a ficar em casa, sem meios de sobrevivência, via Auxílio Emergencial.

– Fake news desestimularam o tratamento inicial da doença, desrespeitando, inclusive, parecer do Conselho Federal de Medicina que atribui ao médico a decisão de receitar, com aquiescência do paciente ou familiar, o tratamento off-label (fora da bula).

– O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu, em abril de 2020, que “não compete ao Poder Executivo afastar, unilateralmente, as decisões dos governos estaduais, distrital e municipais que adotaram importantes medidas restritivas como a imposição de quarentena, suspensão de atividades de ensino, restrições de comércio, atividades culturais e à circulação de pessoas.”

– Desta forma, o STF delegou poderes para que estados e municípios fechassem o comércio, decretassem lockdown, fechassem igrejas, prendessem homens e mulheres em praças públicas ou praias, realizassem toque de recolher, etc.

– O Governo Federal, por duas vezes, foi ao STF para que decretos de governadores, que violavam incisos do art. 5° da Constituição Federal, que trata das liberdades individuais, fossem declarados inconstitucionais. Lamentavelmente estas ações sequer foram analisadas.

– Em nenhum momento este governo deixou de respeitar o sagrado direito à liberdade de expressão de todos. Cometem atos antidemocráticos exatamente os que querem, pelo uso da força, calar quem se manifesta.

– Sempre defendi, mesmo sob críticas, que o vírus e o desemprego deveriam ser combatidos de forma simultânea e com a mesma responsabilidade. A fome também mata.

– A vacina é uma realidade em nosso Governo. Fora os países produtores da mesma, o Brasil é aquele que mais investe em imunizantes e que mais vacinou sua população.

– Mais do que nunca, o momento continua sendo o da união de todos no combate ao mal comum: o vírus, que é mortal para muitos.

QUE DEUS ABENÇOE O NOSSO BRASIL.

Presidente Jair Bolsonaro.

Fonte: Jornal da Cidade Online

Continuar lendo POLÍTICA: BOLSONARO RESTABELECE A VERDADE QUE O STF TENTA ESCONDER

CRÔNICAS: O LADO B, POR ANA MADALENA

A nossa coluna CRÔNICAS desta quarta-feira está sensacional, com mais uma história quase verdadeira da fenomenal Ana Madalena, que conta a saga de uma amiga que passou a vida inteira enganada quanto as suas origens e finalmente, ao descobrir toda a verdade virou pelo avesso e desencavou o lado B. Vale a pena ler esse conto hilariante. Boa diversão! 

Bom demais para ser verdade? O Japão provavelmente não vai pagar por metade da sua próxima viagem - Passageiro de Primeira

O lado B


Essa é uma história quase verdadeira. Ela é baseada numa mentira, que só foi descoberta há poucos dias. O sentimento de frustração da minha amiga foi enorme e sua reação foi… Bem, não vou julgar. Não sei o que faria no seu lugar. Aliás, ultimamente tenho como meta de vida não julgar ninguém, coisa que fazia inconscientemente. Que desperdício de tempo!

Nos conhecemos há alguns anos quando fizemos um curso de ikebana. Ela era tímida, tinha uma fala suave e gestos calmos. Confesso que sempre admirei sua postura corporal, talvez por eu ser estabanada e gesticular demais. Akine também era muito disciplinada, principalmente na hora das refeições; eu até tentei incorporar seu estilo, comer mais grãos integrais,  beber chá depois do almoço, mastigar bastante, mas isso não durou nem um mês. Em todos esses aspectos estou cada dia pior; faço as refeições diante da TV  e não quero ver chá pela frente!

Ela tentou me ensinar meditação, mas não deu certo. Eu não me concentrava e abria meus olhos o tempo todo, só para checar se ela estava “zen”  mesmo. Uma vez me pegou no flagra e gentilmente disse que eu tentasse focar noutra técnica, pois sou dispersa. Eu tenho esse “problema” de foco mesmo… No colégio, eu não conseguia me concentrar nas aulas. Havia sempre alguém com um fio de cabelo solto na roupa ou um colarinho manchado na minha mira. Meu pensamento estava sempre noutro lugar. Bem, mas essa história não é sobre mim…

Akine tinha uma beleza rara; cabelos pretos e brilhantes, olhinhos puxados e uma pele maravilhosa. Filha única, ela manteve as tradições; sua descendência asiática vem dos  “ancestrais”, como se refere aos tataravós. Ela era encantada com a sabedoria milenar; o apartamento de Akine, por exemplo, tem uma sapateira na entrada, motivo de estranhamento  para quem a visitara antes da pandemia. Nunca permitiu que entrassem em sua casa com sapatos; além de serem sujos, trazem más energias. A decoração, minimalista, era totalmente temática e as únicas músicas que escutava eram aquelas que têm som de água e pássaros.  Seu sonho de vida sempre foi ir para o Japão mas, somente ano passado, conseguiu se organizar financeiramente para fazer uma viagem mais longa. Ela tinha muitos planos…

Lembro quando me ligou chorando; seu voo fora cancelado por tempo indeterminado. Pediu para eu ir até sua casa, precisava conversar com alguém; queria entender como seria o “tal” isolamento. O anúncio da quarentena inicial nos pareceu uma eternidade… Convenci-a que não tínhamos muito o que fazer; era torcer para que o tal vírus fosse abatido!  Esperançosas, resolvemos fazer um brinde para a descoberta da cura e… Ah! Tenho uma coisa para dizer sobre brinde. A primeira vez que brindamos, eu, por óbvio, disse “tim-tim; ela, envergonhada, explicou que em japonês isso significava o nome do órgão sexual masculino. Desde esse dia só digo “Kambai”, mesmo estando com outros amigos; impossível não fazer a “tradução”!

Aproveitamos o cancelamento da viagem para aprofundarmos os estudos sobre o Japão. Sim, eu também gosto de muitos aspectos daquele povo, mesmo sabendo que nunca, n-u-n-ca, irei por lá. Meus pais já foram umas três vezes, são encantados por tudo, acham lindas as cerejeiras, mas eu só registro a informação de que é muito longe, argumento infalível para eu desistir de qualquer viagem.

Akine resolveu fazer a árvore genealógica, na esperança de encontrar algum parente por lá e, à partir dessa informação, entrar em contato para combinar uma visita. Animada,  contratou uma profissional para fazer esse estudo.

Era um fim de tarde, eu estava saindo do trabalho quando Akine ligou. Falava intempestivamente e eu, sem conseguir entender, resolvi ir à sua casa. Levei um susto; uma Akine loiríssima atendeu a porta, bebendo cerveja, bebida que detestava, e me entregando um copo, disse:
-Tim-tim, Ana.  ( Eu falei kambai, juro!)

-Estamos celebrando o quê mesmo? Perguntei desconfiada.
– A grande farsa! A farsa que é a minha vida!

Akine recebera o estudo familiar e descobriu que nunca existiu descendente asiático na família. Houve, sim, um erro no cartório;  em vez de registrá-la como Aline, trocaram a letra. O fato de ter um olhinho puxado ajudou a criar uma mentira para salvá-la do bullying de ter um nome esquisito aos nossos padrões. A “japinha”, alcunha desde o ensino fundamental, foi considerada exótica por um bom tempo, principalmente no interior da Paraiba, onde nasceu.

O desenrolar dessa mentira vai mais longe. Sua mãe, venerada por ela, passou a ser vilã. Ela não morreu no parto, mas fugiu com o seu pai biológico, que soube depois ser um sujeito atarracado, de olhos puxados e cabelos pretos como o dos índios. Ao seu pai, o que lhe criou, coube inventar essa mentira para não manchar a honra materna. E, sendo funcionário de um banco, pediu transferência logo que o escândalo tomou conta da cidade. Eles moraram em vários lugares, até quando seu pai se aposentou aqui, em Natal. E foi ele quem deu os detalhes dessa história; tirou um peso dos ombros, coitado!

A nova Akine em nada se parece com a pessoa que conheci. Ultimamente escuta  pagode, funk e até sertanejo. Deixou de lado suas roupas sóbrias e destruiu, repito, destruiu, toda a decoração do apartamento. A sapateira, na entrada, permaneceu intacta, mas apenas por causa do covid. A viagem para o Japão foi trocada por Paris, Roma e Lisboa para quando a pandemia ceder.  E, na primeira oportunidade, irá para o Carnaval no Rio. Está louca para se esbaldar na avenida!

Sabe aquela pessoa de gestos contidos e fala mansa? Essa agora sou eu, na frente do que Akine se transformou. Imagine você que, enquanto lhe escrevo, estou na sala dela, esperando que termine uma aula on line de street dance. O pior é que agora eu estou com um problemão: não estou gostando desse lado B, dessa nova personalidade, cheia de novidades e zero bom senso. Como faço para dizer isso sem magoá-la? Aceito sugestões.

Ana Madalena
Continuar lendo CRÔNICAS: O LADO B, POR ANA MADALENA

DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: O CONHECIMENTO É A CAUSA E A VIDA O EFEITO!

Há muita gente falando da mesma coisa de formas diferentes. Quando faço essa afirmação estou me referindo ao que há de mais importante para o desenvolvimento humano, que é o DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL, pois é através dele que expandimos a consciência e e ampliamos o nosso AUTOCONHECIMENTO. Independentemente de crença ou religião estamos todos sujeitos as leis universais e aos 7 princípios Herméticos. O texto a seguir fala em Transmutação Hermética, que nada mais é do que uma reprogramação mental, a reprogramação do subconsciente que tanto falo nos meus textos, livros e vídeos. O texto fala sobre o maior inimigo do homem: a ignorância e isso está explícito nas palavras, atualmente tão repetidas que Jesus pronunciou há 2000 anos: Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará. Portanto o conhecimento é o nosso maior aliado para nos conduzir a tão sonhada liberdade!

Transmutação Hermética é uma Arte Mental

Alquimia Mental, as Leis ocultas do Universo, é a arte milenar que pode transmutar e modificar a sua vida inteira, se você entender que por trás da palavra ocultismo, não existe só medos impostos por crenças limitantes, falácias, dogmas, mas um poder transformador capaz de trazer a realização dos seus sonhos, a prosperidade na palma de suas mãos e tudo o mais que desejar.

Dentro de você existem todos os arquétipos, e uma imensa capacidade de ativar os que você mais desejar, mas para que isso aconteça é preciso se libertar do inimigo instalado no seu subconsciente causador de todo o medo, que faz adormecer todos os poderes existentes dentro de você.

E esse opositor, que se acha o dono da sua existência, da sua realidade, que não te deixa viver a vida dos seus sonhos, é a ignorância. É ela que causa o medo, que não te deixa compreender e nem perceber a luz do conhecimento e da sabedoria das leis transformadoras que despertará o mago que há em você.

O conhecimento das leis ilumina as áreas mais sombrias, que a ignorância sustentava através do medo. E a transmutação mental é a ferramenta principal, o elemento que te fará ser o alquimista da sua própria vida.

E para que isso aconteça é preciso maturidade, aprofundamento do conhecimento das Leis Herméticas, que governam o universo. Um aprendizado que fará você dominar sua mente, fazendo-a te obedecer, transmutando seus estados mentais, criando o que quiser.

E descobre que a mente está sempre vibrando, e sentirá que pode ter o controle de toda a frequência dessa vibração, te levando para perto dos teus sonhos, conforme seus desejos.

A mudança da mente fará com que não precise mais ir atrás de respostas fora de você, o conhecimento hermético não te deixará refém da ignorância dessas leis, e te fará entender que:

O CONHECIMENTO É A CAUSA, E A VIDA O EFEITO!

Lúcia Costa.
Equipe Temporariamente Humana

Baseado no vídeo: A Verdadeira Transmutação Hermética é uma arte mental

Fonte: Temporariamente Humana

Continuar lendo DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: O CONHECIMENTO É A CAUSA E A VIDA O EFEITO!

AUTOCONHECIMENTO: A VERDADE QUE NOS LIBERTA ESTÁ DENTRO DE NÓS

A enigmática frase pronunciada por Jesus há 2000 anos  é o destaque da nossa coluna AUTOCONHECIMENTO desta segunda-feira. Apesar do tempo e das infinitas reflexões sobre esse tema a maioria da humanidade ainda não entendeu o real significado da frase: “Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará”. Convido você a ler o curto texto a seguir, entender o significado e transformar a sua vida! 

A verdade que nos liberta da autossabotagem: seja quem você nasceu para ser!

Homem sentado em um galho de árvore, cortando o próprio galho com uma serra
Photoschimidt / Getty Images Pro / Canva

Sabe quando estamos prestes a alcançar algo incrível, que sempre desejamos, e, de repente, surgem dúvidas em nossa mente? Aquela voz inconsciente e hesitante, que se questiona: “Será que vai dar certo mesmo?”

Sempre que isso ocorre, diversos gatilhos são acionados em nossa mente, fazendo com que as crenças limitantes se manifestem.

Afirmações do tipo: “É bom demais para ser verdade”, “Alegria de pobre dura pouco”, “Quando a esmola é demais, o santo desconfia” revelam muito sobre a maneira como vemos nós mesmos e o mundo. Tais crenças geram o sentimento de escassez, de insegurança, de desamparo, revelando que não nos consideramos dignos de merecer as bênçãos que o divino criador preparou para nós.

O nosso coração merece vibrar de emoção a cada nascer de um sonho. A nossa mente merece fluir e se expandir, de modo acessar as infinitas possibilidades do Universo. Assim como nós somos manifestação da consciência divina, nossos sonhos são manifestações do propósito de nossa alma.

A crença de não merecimento deve ser transmutada à luz de nossa consciência. O Universo é abundante e perfeito, em plena harmonia com o todo.

Basta contemplarmos essa verdade para entendermos que só precisamos persistir e seguir em frente! Sejamos quem nós realmente nascemos para ser, sem que nos paralisemos pelas expectativas ou frustrações alheias. Sejamos a verdade que pulsa em nosso coração e que enche a nossa alma de esperança.

“Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará” João 8:32

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: A VERDADE QUE NOS LIBERTA ESTÁ DENTRO DE NÓS

AUTOCONHECIMENTO: A VERDADE ESTÁ CHEGANDO, POR CARLOS TORRES

Segunda-feira é início de semana, dia de renovação e por isso mesmo trazemos AUTOCONHECIMENTO para lhe ajudar a crescer e evoluir. Hoje temos o escritor e mensageiro Carlos Torres que trás uma mensagem super esclarecedora sob o título: ” A verdade está chegando”. Portanto, lhe convido a ouvir essa mensagem que, sem dúvida alguma, vai expandir a sua consciência e lhe ajudar a ser uma pessoa melhor!

Fonte:

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: A VERDADE ESTÁ CHEGANDO, POR CARLOS TORRES

ARTIGOS: A MENTIRA NÃO EXISTE, O QUE EXISTE SÃO MEIAS VERDADES

O mal NUNCA vence, realmente.

O MAL NUNCA VENCERÁ O BEM

É impossível diante de tudo que estamos vivendo neste país não reagirmos, não falarmos, não nos manifestarmos e ainda mais quando se tem um meio ou veículo apropriado para isso, como é o caso do Blog do Saber. Eu tenho evitado falar sobre política num ambiente altamente ácido e pernicioso como é o da mídia no Brasil. Até porque a minha missão não é tomar partido, nem apoiar ideologia nenhuma. A minha missão aqui é ajudar pessoas a transformarem suas vidas. A minha missão é justamente mudar esse ambiente fétido e deprimente em que estamos inseridos em um lugar arejado, cheiroso, gostoso de viver. A missão é muito difícil, mas não é impossível, principalmente quando temos veículos de comunicação chamados “redes sociais”, onde a informação viaja na velocidade da luz. Só é desinformado hoje quem quer. É claro que existe muita fake news, muita desinformação, mas também existe várias opções de checagem de informação. Da mesma forma que a desinformação, o mal e as fake news contaminam, o bem, o amor e a verdade também contaminam. E se existe aquela grande dúvida se o crime compensa ou não. Existe a certeza absoluta de que o bem sempre compensa, quer você acredite em juízo final ou não. Portanto, na dúvida opte pelo bem e ajude ao exercito de luz a transformar o mundo mais rápido, porque a cada dia a mentira tem as pernas mais curtas. Não porque exista a “mentira”. O que existe são meias verdades e a verdade vem a tona cada vez mais rápido. Quem lembra do ditador Peron na Argentina? Pois é! Foram precisos mais de 50 anos para o mundo descobrir que ele mantinha uma escola de adolescentes dentro da Casa Rosada e as garotas eram abusadas por ele. Mais recentemente o maior bandido, chefe de quadrilha do mundo conseguiu iludir milhões e milhões de pessoas por dois mandatos de presidente, mas ainda em vida foi preso, ficou quase dois anos enjaulado, continua respondendo pelos seus crimes e provavelmente terminará os seus dias preso, solitário e esquecido. Se caminharmos um pouco mais para a atualidade temos dois exemplos: O ex-prefeito do Rio de Janeiro, Crivella, que em apenas um mandato seus crimes vieram a tona e teve um final de mandato melancólico indo parar atrás das grades. E o caso do Ex-governador Wilson Witzel que mal completou dois anos de mandato foi impedido de continuar no cargo de governador e está respondendo na justiça pelos seu graves delitos. Portanto, o velho ditado: “Aqui se faz, aqui se paga”, nunca foi tão atual!

Wagner Braga

 

Continuar lendo ARTIGOS: A MENTIRA NÃO EXISTE, O QUE EXISTE SÃO MEIAS VERDADES

REFLEXÃO: O CARÁTER DOS NOSSOS FILHOS É O ESPELHO DO NOSSO EXEMPLO

O texto de hoje, aqui na coluna REFLEXÃO trata da importância do exemplo na EDUCAÇÃO dos filhos. Sem a consciência de sermos verdadeiros em todas as situações do cotidiano, muitos de nós apresentamos uma realidade distorcida aos nossos filhos e por isso há tantos desvios de caráter e personalidade. Então, convido você a ler esse texto esclarecedor, refletir e fazer o seu juízo de valor.

QUEM É VOCÊ QUANDO NINGUÉM ESTA OLHANDO? - Luciano Subirá - ORVALHO.COM - LUCIANO SUBIRÁ

O Que Você é Fala Mais Alto

Era uma tarde de domingo ensolarada na cidade de Oklahoma. Bobby Lewis aproveitou para levar seus dois filhos para jogar mini-golf. Acompanhado pelos meninos dirigiu-se à bilheteria e perguntou:

– Quanto custa a entrada?

O bilheteiro respondeu prontamente:

– São três dólares para o senhor e para qualquer criança maior de seis anos. A entrada é grátis se eles tiverem seis anos ou menos. Quantos anos eles têm?

Bobby informou que o menor tinha três anos e o maior, sete.

O rapaz da bilheteria falou com ares de esperteza:

– O senhor acabou de ganhar na loteria, ou algo assim? Se tivesse me dito que o mais velho tinha seis anos eu não saberia reconhecer a diferença. Poderia ter economizado três dólares.

O pai, sem se perturbar, disse:

– Sim, você talvez não notasse a diferença, mas as crianças saberiam que não é essa a verdade.

……………………………………..

Sem a consciência que Bobby tinha da importância de sermos verdadeiros em todas as situações do cotidiano, muitos de nós apresentamos uma realidade distorcida aos nossos filhos.

Tantas vezes, para economizar pequena soma em moedas, desperdiçamos o tesouro do ensinamento nobre e justo.

Desconsiderando a grandeza da integridade e da dignidade humanas, permitimos que esses valores morais sejam arremessados fora, por muito pouco.

Nesses dias de tanta corrupção e desconsideração para com o ser humano, vale a pena refletir sobre os exemplos que temos dado aos nossos filhos.

Às vezes, não só mentimos ou falamos meias verdades, como também pedimos a eles que confirmem diante de terceiros as nossas inverdades.

Agindo assim, estaremos contribuindo para a construção de uma sociedade moralmente enferma desde hoje.

Ademais, o fato de mentirmos nos tira a autoridade moral para exigir que os filhos nos digam a verdade, e isso nos incomoda.

Pensamos que pequenas mentiras não farão diferença na formação do caráter dos pequenos, mas isso é mera ilusão, pois cada gesto, cada palavra, cada atitude que tomamos, estão sendo cuidadosamente observadas e imitadas pelas crianças que nos rodeiam.

Daí a importância da autoridade moral, tão esquecida e ao mesmo tempo tão necessária na construção de uma sociedade mais justa e digna.

E autoridade moral não quer dizer autoritarismo. Enquanto o autoritarismo dita ordens e exige que se cumpra, a autoridade moral arrasta pelo próprio exemplo, sem perturbação.

A verdadeira autoridade pertence a quem já conquistou-se a si mesmo, domando as más inclinações e vivendo segundo as regras de bem proceder.

Dessa forma, o exemplo ainda continua sendo o melhor e mais eficaz método de educação.

Sejamos, assim, cartas vivas de lições nobres para serem lidas e copiadas pelos que convivem conosco.

……………………………………..

Diz o poeta americano Ralph Waldo Emerson: “quem você é fala tão alto que não consigo ouvir o que você está dizendo.”

Em tempos de desafios e lutas, quando a ética e a moral são mais importantes que nunca, assegure-se de ter deixado um bom exemplo para aqueles com quem você trabalha ou convive.

Equipe de Redação do Momento Espírita, com base no livro Histórias para aquecer o Coração.

Continuar lendo REFLEXÃO: O CARÁTER DOS NOSSOS FILHOS É O ESPELHO DO NOSSO EXEMPLO

ANÁLISE POLÍTICA: A CRONOLOGIA DO FIASCO, POR BÁRBARA

Uma garota que, pode até parecer doidinha, está chamando demais a minha atenção, pela sua coragem, bom senso, coerência, bem humorada e acima de tudo verdadeira. Assim é Bárbara, que está conquistando uma massa crítica expressiva e, sendo assim ajudando com muita competência a mudar a opinião do eleitor. Por isso estou publicando com mais frequência, aqui na coluna ANÁLISE POLÍTICA, seus inteligentes e bem humorados vídeos. No vídeo de hoje ela conta que o PT está tentando modificar a história, assim, bem na nossa face. Também fala de são Mutretta (Mandetta) que não tá ficando em casa. Está indo a praia sem máscara e jogando sinuca com os amigos. Mas o forte vai ser a cronologia da saga DitaDoria. E pra finalizar teremos são tamarindo (Átila Tamarino) se contradizendo. Portanto, prepare a pipoca, se acomode na poltrona e se divirta muito!

Fonte:

Continuar lendo ANÁLISE POLÍTICA: A CRONOLOGIA DO FIASCO, POR BÁRBARA

AUTOCONHECIMENTO: A FAMOSA PARÁBOLA DE JESUS CRISTO NA INTERPRETAÇÃO DO YOGUE BRAHMA VIDYA

Normalmente as interpretações das famosas parábolas de Jesus Cristo feitas pelos teólogos não conseguem alcançar o verdadeiro teor ou o real significado das enigmáticas palavras do grande mestre e por essa razão a consciência humana cristã ainda é tão atrasada, arcaica e retrograda, representada pelos dogmas e crenças limitantes impostas aos seus fiéis. A humanidade não pode continuar caminhando com passo de formiga, sem vontade e sem direção. Por isso esse blog trabalha em prol da expansão da consciência e em busca da verdade. A leitura do texto a seguir seguramente vai fazer você refletir e despertar a consciência. 

PASTOR DANIEL DUTRA: SÉRIE OS SETE “EU SOU” DE JESUS / “EU SOU O CAMINHO A VERDADE E A VIDA”

EU SOU O CAMINHO, A VERDADE E A VIDA

Uma das mais famosas parábolas de Jesus Cristo é interpretada pelo Instrutor de Yoga Brahma Vidya, a partir de uma revelação originada de seus profundos estudos, procurando alcançar uma dimensão mais profunda nos ensinamentos do Cristo.

Conferencia ditada por Sri Vájera Yogue Dasa, no templo da Suddha Dharma Mandalam

Depois de ter o bom karma de ser instruído por alguns dos mais altos iniciadores da Grande Organização Esotérica da Índia – denominada Suddha Dharma Mandalam – obtive a revelação, ou a intuição espiritual da conhecida frase que parece na Bíblia, pronunciada por Jesus, O Cristo, a qual é apresentada como titulo do estudo que pretendo fazer a seguir.

Recordaremos, desde logo, que Jesus, O Cristo, em muitas ocasiões, ensinava em forma de parábolas ou símbolos, para que a Sabedoria Divina contida na Ciência dos Poderes do Espírito ou Ego Pessoal fosse entendida pelos que tinham “Olhos para ver e ouvidos para ouvir” (Mateus XII, 16)

Tal procedimento é uma lei que persiste até nossos dias nas organizações esotéricas. A Divina Hierarquia de Hierofantes da Suddha Dharma Mandalam mantém em absoluto segredo as chaves para atualizar os poderes do atman, ou Ego. Isso ocorre mesmo quando há um personagem digno e santo, merecedor da Vama Deva Diksha, a grande iniciação conferida por um iniciador físico, devidamente autorizado pela Hierarquia Divina, e outorgada por um siddha espiritual (mestre espiritual).

Antes de chegar a ser merecedor ou estar apto a obter tão altíssima iniciação, os discípulos que cumprem com os requisitos adequados, observando as oito qualidades átmicas – ausência de inveja; compaixão; paz; ausência de cobiça; pureza integral física e de coração; ausência de egocentrismo; perseverança; irradiação de felicidade para todos os seres e as práticas de Raja Yoga – podem ser favorecidos com iniciações menores. Estas promovem algumas manifestações da glória que contêm o atman (alma) dentro do coração, e também visões nos planos sutis para infundir maior fé, conhecimento direto de verdades reveladas, e uma vontade mais firme para continuar o caminho, vencendo as dificuldades da vida diária, impostas pelos guias ocultos para o necessário progresso do discípulo.

ALIÁS, É FREQÜENTE QUE O DISCIPULO TENHA SONHOS simbólicos ou proféticos que o alertam a continuar firmemente no caminho da sabedoria oculta. É mediante a ciência infusa que as iniciações revelam que o estudante ou discípulo aceito descobre, pouco a pouco, mais e mais profundamente, as verdades encerradas nos símbolos, parábolas ou em contos aparentemente feitos para entreter as crianças, como podemos encontrar nos contos árabes das Mil e Uma Noites.

Voltando à análise da frase em estudo – “Eu Sou o Caminho, a Verdade e a Vida” (João, XIV, 6) – direi que o entendimento vulgar é aquele que se refere à pessoa de Jesus de Nazaré, considerando-o como um exemplo individual cujo modelo de vida é o Caminho; seus ensinamentos, sermões, máximas e instruções são os meios que podem nos conduzir ao conhecimento da Verdade Eterna, diferente das verdades transitórias ou passageiras. E, por último, entende que Jesus é o representante da Vida Perpétua.

Penso que essas palavras podem ter outra dimensão, não querendo dizer que tal análise seja a ultima palavra, pois é possível que outros as compreendam de diferentes pontos de vista. Nos ensinamentos dados pelos Mestres de Sabedoria, está dito que: “ […] cada indivíduo é autor de seu próprio destino” (do livro Luz no Caminho), executando seu caminho. Pode, por acaso, ser Jesus o meu caminho? Não! Somente eu é que tenho de percorrer os caminhos que se deparam nas várias reencarnações que têm de experimentar minha chispa Divina, ou chama própria (consciência); isso deve ser feito para atualizar as potencialidades que a conduziram, plena de sabedoria, ao prapty, ou liberação final das sucessivas vidas terrenas.

NÃO PODE SER QUE O CRISTO, COMO REENCARNAÇÃO humana, seja a Verdade Eterna, pois ele nasceu, cresceu e morreu, desaparecendo fisicamente desta terra. A verdade visível de sua existência foi curta, passageira: apenas trinta e três anos. O Senhor, considerado enquanto homem, não é a Vida Eterna. Poucos dias depois de ter dito essas palavras (João, VI, 40 e 48), seu corpo individual estava morto. Então, que significado tem a palavra “vida” quando ele a pronunciou? Certamente deve expressar algo muito mais importante do que vida terrena.

A “Vida” verdadeira e eterna é aquela manifestada na partícula espiritual presente em todo ser vivo. Essa partícula percorre seu caminho, impulsionada por uma força interna, permanente e invencível. Nesse caminho, ela deve encontrar dentro de si mesma a Verdade Eterna do Espírito, individualizada no coração. E depois, com compreensão, realizar a união acidental com a onipotente e onisciente Consciência Cósmica, mantenedora da Vida Eterna na raiz evolutiva de todas as existências individuais.

Mas que condições são necessárias para percorrer esse caminho e chegar, progressivamente, à visão da Verdade Imutável? Que condições são necessárias para conhecer a ilimitada grandeza da Fonte da Vida, ou Parabrahman?

O mesmo Cristo disse: “Os pobres de espírito verão a Deus”. Quer dizer, tenham consciência de que há uma origem da vida universal. Mas, do ponto de vista esotérico, o que significa esse “pobres de espírito”? Suponho que nem um estudante primário da ciência mística possa acreditar que unicamente os tontos ou dementes poderão ver Deus, e os inteligentes e os sábios superdotados estão condenados à ignorância do contato consciente e progressivo com a união da Altíssima Glória da Substância Omnidifusa do Divino.

Essas idéias inferiores são falsas, contrárias a toda razão. Os sábios videntes da Índia explicam essas enigmáticas palavras e tiram o véu da importância que existe nos conceitos errados de alguns religiosos. “Pobres de espírito” indica aquelas pessoas “e não têm qualquer coisa que perturbe suas almas; não têm inveja, ódios, rancores, véus de ilusão e de vingança.

São “os puros de coração que verão a Deus” (Mateus V 8). Se um rico com maus sentimentos não alcança a pureza integral do corpo e da alma, será impossível para ele experimentar as gloriosas qualidades divinas; tão impossível quanto querer passar um camelo pelo buraco de uma agulha (Mateus XIX, 24).

SE QUISERMOS CHEGAR A SER IOGUES compreensivos da união transcendente eterna da Substancia Primária da Vida, plena de transcendentes poderes, é imperativo lutar até empobrecer nosso espírito, deixando-o isento dos acúmulos que perturbam o avanço no Caminho Reto, que conduz à Verdade Imutável e à Vida Eterna.

Este estudo não teria utilidade prática se não recordarmos o sistema ou método de Yoga ensinado pelo Mestre Galileo, ao indicar o dhyana (meditação) ou as condições necessárias para efetuar com êxito as editações que nos conduzem ao conhecimento da Verdade e da Vida. O Senhor ensinou dizendo: “Entra em teu aposento, fecha portase janelas e, em silencio, adora teu Pai que está nos Céus” (Mateus VI, 6). Continuarei este assunto explicando os conceitos que contem cada frase.

“Entra em teu aposento”, significa o interior do ser, mas no mais profundo de nossa alma. Temos de seguir este Caminho. Nada nem o mais Excelso Ser Divino, pode realizá-lo por nós; cada individuo tem de transitar por si mesmo. Um mestre de sabedoria só nos pode dar indicações ou nos fortalecer mediante a Graça Divina, fonte d’Ele mesmo e com a invocação da Divindade, mas cada um de nós tem de andar por seu caminho individual.

Os guias espirituais colocam nosso carro físico neste mundo, com seu motor (atma, alma) e seu combustível (shakty, energia), mas somos nós que temos de dirigi-lo, transpondo obstáculos formados por enganos de personalidade, penhascos, fossos e muitíssimos outros estorvos. O esforço para vencer essas dificuldades aperfeiçoa nossa inteligência vida após vida, e desperta os poderes inerentes da Chispa Divina (fagulha de Deus em nós), acrescentando a insignificante faculdade do livre arbítrio que possuímos para que sejamos um bom guia para o nosso próprio destino.

“fecha a porta e jenelas” significa apagar totalmente os ruídos mundanos. Silenciar os cinco indriyas, ou sentidos físicos. Abstrair todo o pensamento que distraia o dhyana, ou seja, a meditação escolhida. Não tem de entrar em nossa mente qualquer pensamento ou idéia que seja estranha para o nosso propósito contemplativo.

“Em silencio, adora teu Pai que está nos Céus”. A palavra “silencio” indica um dos mais difíceis estados mentais, necessário para conseguir obter êxitos espirituais. Podemos, com certa facilidade, fazer silencio exterior; mas dentro do aposento de nossa mente, os pensamentos saltam de um lado para o outro, como numa luta enlouquecida.

Um papagaio fala e fala sem parar um instante. Dentro da mente, produzem-se conversações, gritos, insultos e projetos, como, também idéias mentais indesejáveis, precisamente nos momentos em que queremos deixar nossa alma “pobre”, ou ausente de toda complicação. Só queremos ouvir a “voz do silêncio”. Mas o papagaio não se cala, as idéias não deixam de saltar. Sem dúvida, é necessário chegar à paz da “Oração de Quietude” para ouvir a “voz do silêncio”, melodiosa e divina.

“Adorar” significa amar sem pretender recompensas materiais nem espirituais. Adorar é um fluido espontâneo de puríssimo amor, que nasce do mais profundo da alma da Divindade. “Pai” é a essência da origem de nossa vida. “Que está nos Céus”; essa substância sutil de onde surgem todas as coisas e seres é também chamada Céu. Espírito de Deus, existente fora e dentro de tudo. É a Luz da Consciência, Poder e Glória do Absoluto sem limite. Todos os seres, sem exceção, têm de passar, vida após vida, pelo doloroso caminho que conduz ao progresso eterno, reconhecendo e adquirindo maior sabedoria, poder e glória no tempo sem limite, andando pelo “Caminho da Verdade e da Vida”.

PARA A PRATICA, DIZER MENTALMENTE E PENSAR as seguintes frases.

Eu sou o caminho: recolhendo os sentidos; adentrando-se na profundidade da alma; irradiando amor universal para alcançar o Eu Superior unindo a mente humana com o Espírito Eterno pleno de divinos poderes.

Eu sou a verdade: o corpo físico, com a efêmera existência nos planos materiais, é uma verdade passageira. Quando se alcança a visão e consciência pessoal do Espírito Eterno, a existência material se assemelha a um sonho ou ilusão. Em troca, o atma ou espírito, com sua permanência indestrutível e eterna, é considerado como uma verdade real, em meio às verdades passageiras (momentâneas) dos planos materiais.

Continuemos o Caminho concentrando o pensamento no Sol Eterno de verdade permanente, raiz de nossa vida.

Eu sou a vida: quando se alcança a união ou yoga progressivo com o atma particular, adquire-se a consciência de que esse atma subsiste mediante uma base ou raiz universal, que na Ciência Yóguica é chamado de Param-Atma, o Supremo Espírito. Esse Supremo Espírito existe indiscutivelmente unido a tudo que surgiu, surge ou surgirá no tempo sem limite, infundindo, vida e consciência progressiva a tudo quanto exista, seguindo um plano divino de aperfeiçoamento de todas as formas materiais.

Alcançar a união consciente com o atma, mediante nosso esforço e firme vontade, é o único Caminho que nos conduz á obtenção da consciência da existência da Verdade, ou Deus Supremo.

“Por meio do Filho conhecerá o Pai”, ou seja, é necessário que o filho do homem físico busque o filho espiritual de Deus, nosso espírito pessoal. Com o encontro, começará a conhecer a transcendência ilimitada da vida presente no céu, na terra e em todo o lugar, transmitindo poder, sabedoria, glória e amor. É um fluir permanente vindo do mais profundo do eterno diretor espiritual de nossa vida, Quando reconhecemos nosso Caminho, tomamos contato consciente com a Verdade dentro de nós mesmos, depois com a Vida. Então, entraremos no Reino dos Céus, onde toda a Ciência Divina nos será revelada.

Dedicamos esta publicação como um serviço à Obra Santa, impulsionada pela Divina Hierarquia em benefício e felicidade de todos os seres.

Sri Vájera Yogue Dasa é instrutor de Yoga Brahna Vidya na América, Primeira Autoridade Iniciática Externa para o Ocidente do Mandalam.

Fonte: IPPB
Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: A FAMOSA PARÁBOLA DE JESUS CRISTO NA INTERPRETAÇÃO DO YOGUE BRAHMA VIDYA

REFLEXÃO: QUAL A SUA VERDADE?

Nesta quarta-feira, aqui na coluna REFLEXÃO temos mais um conto budista, na interpretação de Camila Zen, que fala sobre o dia em que Buda explicou quem estava certo e quem estava errado, em uma grande discussão que acontecia na cidade. Vamos assistir ao vídeo completo a seguir e tirar as lições necessárias para o nosso crescimento espiritual.

Fonte:

Continuar lendo REFLEXÃO: QUAL A SUA VERDADE?

DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: NENHUM SER HUMANO PODE SABER O QUE É A VERDADE

Eis ai um compêndio, um estudo profundo, retirado da mais refinada sabedoria oriental para explicar o que é a “Verdade”. Então, lhe convido a ler o texto completo a seguir, refletir, interpretar  e fazer o seu juízo de valor!

 O que é a verdade?

Somos interna e instintivamente inclinados a aceitar, ou pelo menos a contemplar, a existência do Absoluto. Por quê? Porque temos experienciado em nossas próprias vidas a natureza da incondicionalidade sob certas formas e em certos momentos ‘

C.V. Agarwal

Estigmatizados, solteiros sofrem para provar que não são solitários, infelizes e encalhados - 15/08/2012 - UOL Universa

Nenhum ser  humano pode saber o que é a verdade. Aquele que sabe, há muito deixou o estágio humano. Ao se deparar com o lema da Sociedade Teosófica, as pessoas naturalmente pensam que temos algo de positivo a dizer a respeito da verdade; isso  coloca uma enorme responsabilidade sobre nós. Cada investigador tem que ser tratado no seu próprio nível. Se as pessoas não conseguem entender o que é a verdade, por que discutir um assunto como este? Por que deve alguém ir em busca da verdade?

P. Blavatsky escreveu: “A verdade Absoluta é o Símbolo da Eternidade e nenhuma mente finita pode jamais apreender o Eterno; por isso, nenhuma Verdade em sua plenitude jamais consegue nela surgir.” Os seres humanos estão engajados na busca de inúmeras metas, todas transitórias, perecíveis. É preciso voltar a atenção numa direção diferente.

A natureza e o problema da busca da verdade foram esclarecidos por um homem santo, em sua simplicidade. Ele contou o caso de uma mãe que corria pela aldeia, de casa em casa, procurando em vão o seu bebê. O bebê estava o tempo inteiro grudado ao seu seio. Da mesma forma, correr de um instrutor para outro ou memorizar escritura após escritura não nos levará à verdade.

Algumas pessoas podem dizer que eu estou me desviando do tema. Deixe-me então abordá-lo por um ângulo diferente. Os atributos que algumas culturas dão ao Supremo são Sat, Chit, Ananda. Aqui Sat significa aquilo que é. Assim, a verdade é. É interessante saber que a palavra “verdadeiro”,  que em latim é verus, também significa “aquilo que é”

Embora o Supremo esteja muito além da compreensão humana, muitas religiões consideram seus livros sagrados, como os Vedas ou o Alcorão, como palavras que vieram diretamente Dele. Um grande sábio, SriShankaracharya, disse serem falsas todas as religiões e filosofias. Ele talvez tenha pretendido dizer que elas não corporificam as verdades últimas. Então, como devemos proceder com a nossa busca? Onde devemos buscar ajuda e orientação?

Shankara e alguns Acharyas budistas simplificaram nossa procura quando postularam dois níveis de verdade: Paramarthic Satya, ou Verdade Absoluta, e Vyavaharic Satya, ou verdade relativa ou empírica. Esclareçamos, entretanto, que não existem dois tipos de verdades, uma verdade pura e a outra que seja uma mistura de verdade e falsidade – uma ideia que está muito difundida no mundo hoje em dia. Na realidade, existe apenas uma única verdade.

P. Blavatsky escreveu, em A Doutrina Secreta, que “o homem, incapaz de formar um conceito simples, a não ser em termos de coisas empíricas, é impotente desde a constituição do seu próprio ser para levantar o véu que oculta a majestade do Absoluto”. Sendo assim, vamos deixar de lado todas as considerações a respeito da verdade absoluta?

Sri Ram disse: “Todavia, somos interna e instintivamente inclinados a aceitar, ou pelo menos a contemplar, a existência do Absoluto. Por quê? Porque temos experienciado, em nossas próprias vidas, a natureza da incondicionalidade sob certas formas e em certos momentos.”

Blavatsky classificou assim nosso relacionamento com a verdade empírica: “Fora de um  certo estado de mente altamente espiritual e elevado, durante o qual o homem está de acordo com a Mente Universal, ele nada consegue obter na Terra, a não ser a verdade relativa, ou as verdades, de qualquer que seja a filosofia ou religião.”

Ela escreveu ainda que “não existe espaço para a Verdade Absoluta sobre algum tema, qualquer que seja ele, num mundo tão finito e condicionado como o é o próprio homem. Mas existem verdades relativas, e temos que aproveitá-las da melhor maneira possível”

Seguindo o conselho de Blavatsky, tentemos fazer o melhor que pudermos das verdades relativas. Tomemos a simples verdade empírica do nascer do sol. Quando alguém diz que o sol nasce no leste, está dizendo a verdade? Este é um fenômeno observável do qual ninguém pode duvidar. No entanto, os astrônomos, estribados em sólida evidência, nos dizem que o sol não se move. A Terra gira no seu eixo e orbita em torno do Sol.

Esta é a verdade? Então, onde está o observador? Não é ele parte integrante dessa vastidão, dessa unidade? Com uma experiência assim as barreiras e escravidões imaginárias ou intelectuais começam gradualmente a desaparecer – “a gota dentro do oceano”, como disse Blavatsky em A Voz do Silêncio.

Voltemos às realidades do dia a dia, no nível ao qual nossa   personalidades funcionam e formam conceitos mentais, jamais esquecendo que esses conceitos não são verdades. I. K. Taimni nos fez lembrar, com o auxílio de diagramas, que um número incontável de círculos podem ser desenhados  em torno de um centro sobre um plano. Como podem existir inúmeros planos em interseção, pode existir um número infinito de círculos com um centro comum. E não apenas isto: pode haver qualquer número de esferas com o mesmo centro. Cada ciclo ou esfera pode considerar o seu centro como sendo separado, distinto e único.

Como um ponto geométrico não tem dimensões, ele só pode ser imaginado. Taimni assinala que, em toda a manifestação, existe apenas Um Centro, e qualquer um, mergulhando profundamente dentro de si mesmo, pode alcançar esse centro. E esse centro é a verdade, pois somente ela existe. Todos os outros centros separados são imaginários, ilusórios. Mas como podemos mergulhar profundamente dentro de nós mesmos para contactá-lo?

Devemos viver uma vida tão pura quanto possível. Assim, inconscientemente seremos canais para a irradiação da luz da verdade. Blavatsky afirmou: “Embora a verdade geral abstrata seja a mais preciosa de todas as bênçãos para muitos de nós (…), temos, entrementes, que nos contentar com as verdades relativas. Quanto à Verdade Absoluta, a maioria de nós a vê como chegando à lua de bicicleta.” Ela está certa. Temos medo de enfrentar até mesmo uma verdade relativa.

Abaixo do emblema nacional da Índia estão inscritas as antigas palavras Satyameva Jayate: “Somente  a Verdade Triunfa.

Vivendo neste mundo e seguindo várias ocupações, ganhando nosso sustento, frequentemente ocorrem situações nas quais nos sentimos perdidos quanto ao modo de agir que devemos adotar. O livro de bolso Aos Pés do Mestre dá um conselho muito prático. Quando se está em dúvida a respeito do modo de ação a ser adotado, deve-se pensar em como um Ser Perfeito agiria, ou reagiria sob  circunstâncias semelhantes. Isso nos deve guiar. Nossas vidas diárias, então, refletirão a verdade, e não haverá necessidade de perguntar a ninguém o que a verdade é.

Um número incontável de círculos podem  ser desenhados em torno de um centro. Também pode haver qualquer número de esferas com o mesmo centro. Cada  ciclo ou esfera pode considerar o seu centro como sendo separado, distinto e único.”

Fonte:  Revista Sophia  set/out/2020

Continuar lendo DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: NENHUM SER HUMANO PODE SABER O QUE É A VERDADE

AUTOCONHECIMENTO: O DISCERNIMENTO COMO FERRAMENTA PARA A JORNADA ESPIRITUAL

O tema da coluna AUTOCONHECIMENTO desta quarta-feira é sobre discernimento, habilidade super importante que todo ser humano irá desenvolver em sua jornada espiritual para o AUTOCONHECIMENTO, já que conectar-se com sua verdadeira essência divina é a chave para ser capaz de conhecer sua verdade. Então convido você a ler o texto completo a seguir e entender como funciona esse processo todo!

EXERCITANDO O ESPÍRITO - Luciano Subirá - ORVALHO.COM - LUCIANO SUBIRÁ

Discernimento é uma das habilidades mais importantes

Mensagem canalizada em 1 de Novembro de 2020 – Arcanjo Gabriel

Discernimento é um das habilidades mais importantes que você irá desenvolver em sua jornada espiritual e ele é um importante tema energético de 2020.

Queridos, há uma parte de vocês que sempre, sempre sabe a verdade. Se você é presenteado com informação, sinta-a no seu corpo. Ela parece empoderada ou não? Ela está honrando seu livre arbítrio e sua sabedoria interior? Ela é projetada para separar ou unir? Sua energia é expansiva ou de contração? Ela é projetada para alimentar medo ou amor?

Para poder dizer se algo combina com você ou não, é essencial que você tire um tempo para se conhecer. Conectar-se com sua verdadeira essência divina é a chave para ser capaz de conhecer sua verdade e se algo honra aquela verdade ou não. Sua autoconsciência é o que o permite sentir se algo é solidário ou discordante com seu sistema de energia.

Nós os encorajamos a considerar a verdade de qualquer informação com a qual vocês sejam presenteados, mas pedimos que se lembrem que vocês são os especialistas em empoderamento de sua própria expressão de vida. Conectem-se com sua autenticidade, sua bondade e permitam a esta energia mostrar o caminho. Daquele lugar de alinhamento vocês sempre irão reconhecer o que melhor honra vocês e seus propósitos.

Shelley Young – Fonte: https:/www.goldenageofgaia.com/
Roseli Giusti Zahm e Marco Iorio Júnior — Tradutora e Editor exclusivos do Trabalhadores da Luz

Fonte: Trabalhadores da Luz

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: O DISCERNIMENTO COMO FERRAMENTA PARA A JORNADA ESPIRITUAL

AUTOCONHECIMENTO: A NÃO VIOLÊNCIA E A VERDADE SÃO TÃO ANTIGAS QUANTOAS MONTANHAS

Hoje temos um texto fantástico de um dos maiores influenciadores, líderes, mentores e pensadores, Mahatma Gandh, marcou a história da humanidade com seu discurso da Não Violência, tal qual Martin Luter King Jr , que mudaram o mundo definitivamente. Então lhe convido a ler o texto completo a seguir e entender o pensamento de profunda sabedoria!

PENSAMENTOS DO MAHATMA GANDHI – por Mahatma Gandhi

“Nada tenho de novo para ensinar ao mundo. A verdade e a não-violência são tão antigas quanto as montanhas. Tudo o que tenho feito é tentar praticar as duas na escala mais vasta que me é possível. Assim fazendo, errei algumas vezes e aprendi com os meus erros. Toda a minha filosofia, se é que se pode dar este nome pretensioso, está contida no que tenho dito.”

“O amor é a força mais abstrata, e também a mais potente que há no mundo.”

“O amor e a verdade estão tão unidos entre si, que é praticamente impossível separá-los. São como as duas faces da mesma moeda.”

“O amor é o meio, a verdade é o fim. Se usarmos o meio, cedo ou tarde chegaremos ao fim, à Verdade, a Deus.”

“O caminho da paz é o caminho da verdade. Ser honesto é ainda mais importante do que ser pacífico. Na verdade, a mentira é a mãe da violência. Um homem sincero não pode permanecer violento por muito tempo. Ele vai perceber, no curso de sua busca, que não tem necessidade de ser violento. Vai também descobrir que, enquanto houver nele o menor vestígio de violência, não conseguirá encontrar a verdade que está procurando.”

“A não-violência não é somente um estado negativo que consiste em não fazer o mal, mas também um estado positivo que consiste em amar, em fazer o bem a todos, inclusive a quem nos faz mal.”

“Podemos constatar (o amor) entre pai e filhos, entre irmãos, entre amigos. Mas temos de aprender a usar esta forma entre tudo que vive; no uso dela está o conhecimento de Deus. Onde existe amor, existe vida. O ódio leva à destruição.”

“Tudo o que vive é teu próximo!”

“A não-violência nunca deve ser usada como um escudo para a covardia. É uma arma para bravos.”

“Não vejo bravura nem sacrifício em destruir vida ou propriedade alheia.”

“A não-violência não existe se apenas amamos aqueles que nos amam. Só há não-violência quando amamos aqueles que nos odeiam. Sei como é difícil assumir essa grande lei do amor, mas, todas as coisas grandes e boas não são difíceis de se realizar? O amor a quem nos odeia é o mais difícil de tudo; no entanto, com a graça de Deus, até mesmo essa coisa tão difícil se torna fácil de realizar, se assim quisermos.”

“O teste maior da não-violência está no fato de não ficar qualquer rancor depois de um conflito não-violento, com inimigos transformando-se em amigos.”

“A lei do amor pode ser melhor compreendida através das crianças.”

“Se quisermos alcançar a verdadeira paz nesse mundo e se quisermos desfechar uma verdadeira guerra contra a guerra, temos de começar pelas crianças; se crescerem com sua inocência natural, não teremos que lutar; não teremos que tomar resoluções ociosas e infrutíferas, mas seguiremos do amor para o amor, da paz para a paz, até que finalmente todos os cantos do mundo estarão dominados pela paz e amor, pelo que o mundo inteiro está ansiando, consciente ou inconscientemente.”

“O mundo está cansado de ódio.”

“Se a corrida armamentista alucinada continuar, é inevitável que resulte em massacre como jamais ocorreu na história. Se restar um vitorioso, a própria vitória será uma morte em vida para a nação que emergir vencedora.”

“A não-violência é a maior força a serviço da humanidade.”

“Nesta era de maravilhas, ninguém dirá que uma coisa ou idéia não presta porque é nova. Dizer que é impossível porque é difícil não está de acordo com o espírito de nosso tempo. Coisas que jamais foram sonhadas estão sendo vistas diariamente, o impossível está a todo instante se tornando possível. Ficamos constantemente impressionados com descobertas espantosas no campo da violência. Mas afirmo que descobertas ainda mais espetaculares e aparentemente impossíveis serão feitas no campo da não-violência.”

– Nota de Wagner Borges: Mohandas Karamchand Gandhi (1869-1948), mais conhecido como Mahatma Gandhi, foi o grande líder hindu na luta pela independência da Índia do colonialismo inglês. Com sua filosofia de não-violência, tornou-se conhecido e admirado internacionalmente. Trata-se simplesmente de uma das grandes almas reencarnadas na terra do Ganges, com a missão de espalhar os ideais da paz entre os homens. Sem dúvida alguma, Gandhi foi um avatar* enviado para ensinar aos homens da Terra as artes de Shanti**.

– Notas do sânscrito:
* Avatar: emissário celeste; enviado espiritual; ser de luz que reencarna na Terra para benefício da humanidade.
** Shanti: paz espiritual; paz perene.

Fonte: IPPB
Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: A NÃO VIOLÊNCIA E A VERDADE SÃO TÃO ANTIGAS QUANTOAS MONTANHAS

SAÚDE: SAIBA COMO A INDÚSTRIA ALIMENTÍCIA LHE ENGANA DIARIAMENTE SOBRE AS INFORMAÇÕES NUTRICIONAIS DOS PRODUTOS

Aproveito esse sábado especial para trazer informações importantíssima sobre a diferença entre alimentação saudável e alimentação enganosa. Cuidado! A indústria do alimento tem a expertize  da enganação e da ilusão. Sugiro que assista esse vídeo e aprenda a se defender da picaretagem!

Fonte:

Continuar lendo SAÚDE: SAIBA COMO A INDÚSTRIA ALIMENTÍCIA LHE ENGANA DIARIAMENTE SOBRE AS INFORMAÇÕES NUTRICIONAIS DOS PRODUTOS

SE NÃO TIVER MEDO DA VERDADE LEIA E IDENTIFIQUE OS VERDADEIROS GENOCIDAS

Leia se não tiver medo da verdade e identifique os verdadeiros genocidas

LER NA ÁREA DO ASSINANTE

Foto Ilustrativa

Eu antipatizo com pessoas. Às vezes, gratuitamente. Falha minha? Pode ser. Por isso, reconheço o direito de qualquer um antipatizar também. Principalmente com políticos. Bolsonaro não é uma pessoa fácil.

É do tipo ame-o ou deixe-o. Transparente, sincero, sem papas na língua e, às vezes, grosso (aliás, como todos nós), pode facilmente levar uma pessoa mais sensível ou avessa às suas ideias a não gostar dele. Tranquilo.

É de Lei e faz parte do jogo democrático. O que não admito, de jeito algum, é, por conta dessa antipatia – seja pessoal, seja política – , deixar subir à cabeça uma desonestidade intelectual que não lhe permita ver tudo que Bolsonaro e sua equipe estão fazendo de bom pelo Brasil.

Ao final dessa pandemia você verá que Bolsonaro tinha razão, tanto em relação à medicação precoce quanto ao isolamento vertical. A própria OMS está reconhecendo isso.

O elevado número de mortes se deve à estultice de governadores oposicionistas, que – apenas com o intuito de confrontar Bolsonaro – negaram tratamento precoce aos doentes, mandando-os ficar em casa até que seu pulmão estivesse comprometido. Esse sim foi o verdadeiro ato genocida.

A gestão federal da crise pandêmica – apesar de tolhido pelo STF – no que lhe coube foi simplesmente perfeita, com o governo provendo recursos a Estados e Municípios e a mais de 80 milhões de brasileiros o que, além de tratar dos mais pobres, ainda deu novo alento à economia, a primeira a se recuperar da queda brutal causada pela doença.

Os recursos e planos dedicados às pequenas empresas, aos informais e aos trabalhadores formais também foram dignos de nota.

O que Bolsonaro está fazendo pelo Nordeste, nenhum governante, desde a Proclamação da República, fez. A ideia sempre foi deixar os nordestinos sem dinheiro, sem água e sem informação, para manter seu voto de cabresto a troco de esmolas, dentaduras, camisetas.

Bolsonaro está abrindo os olhos do povo nordestino, levando água, melhorando a rede social de atendimento público, às escolas e o Bolsa Família, que vai mudar de nome, subir de patamar e oferecer uma porta de saída, sendo este o ponto mais importante do programa.

O Ministro Tarcísio é um verdadeiro achado nessa fauna de gente incompetente que passou por Brasília ao longo dos últimos cinquenta anos. Modesto, discreto, trabalhador e extremamente competente, está dando um banho de modernidade em nossa infraestrutura, olhando simultaneamente para ferrovias, portos, hidrovias e estradas como nunca algum ministro olhou.

Os planos dos novos modais de transporte são de encher os olhos de qualquer cidadão do mundo. E Tarcísio não fica só nos planos. As obras, mesmo com poucos recursos, estão a pleno vapor.

A despeito das críticas mundiais plantadas pela mídia de esquerda, a Amazônia nunca mereceu tanta atenção de um governo. O vice Mourão, à frente de uma equipe do Exército, está enfrentando a rede criminosa que, desde sempre lá se instalou para grilar terras, tirar madeira e promover o confronto.

Não é fácil, faltam recursos, mas o governo vai vencer essa batalha, que nem é nem sombra do que os críticos querem fazer crer.

Na economia, Paulo Guedes também dá um banho, tendo aprovado a tão difícil Reforma da Previdência, baixado os juros a níveis inéditos, mantido a inflação sob controle e tendo diversos projetos importantes, da Reforma Administrativa à Reforma Tributária, prontas, apenas esperando a boa vontade do Congresso.

Todo o dinheiro gasto excepcionalmente na pandemia esteve disponível simplesmente porque não havia gente corrupta no governo a desviar esses recursos. Imagine se num governo do PT, DEM, REDE, PSOL, MDB ou PSDB esse dinheiro apareceria… E, mesmo assim, governadores e prefeitos aproveitaram a pandemia para fazê-lo desaparecer em contratações misteriosas.

A PF vai tratar de achar os culpados pelo Covidão.

Nossa agricultura bate recordes a cada safra e é um exemplo a ser seguido – e invejado – pelo mundo. Essa é a razão das críticas à Amazônia, querendo que importadores parem de comprar do Brasil.

O Brasil não se utiliza de terras amazônicas para plantar. Nunca usou pelo simples motivo de que não são adequadas. O resto é conversa furada.

Usamos apenas uma pequena porcentagem de nossas terras para plantar e nossas reservas florestais são as maiores do mundo, com um índice invejável de aproveitamento.

A Educação e Cultura estão sendo severamente prejudicadas pelo histórico aparelhamento de seus ministérios e secretarias, ocupados por radicais de esquerda que se acostumaram às mamatas e à implantação do caos promovidas por seus sindicatos.

Aos poucos o governo Bolsonaro vai tomando conta da situação. Mas não é fácil.

Agora, quanto ao Congresso, você há de convir que também não é fácil o relacionamento. Bolsonaro depende dele para governar. Sem o congresso nenhum presidente consegue fazer nada, mover uma palha.

Então Bolsonaro, inteligente como é, resolveu cortar as asinhas do “primeiro “ministro” Rodrigo Maia, que manda e desmanda naquele antro. Por isso Bolsonaro encetou conversações com o pessoal do Centrão.

Não foi toma lá, dá cá. Bolsonaro não deu Ministérios de porteira fechada, bancos estatais, etc., como faziam outros governos. Apenas aceitou indicações para vagas em cargos de segundo e terceiro escalão que preenchessem os requisitos técnicos e estivessem com a ficha limpa.

Super normal numa democracia, não vejo o motivo de tanta chiadeira. Bolsonaro não “fechou” com o Centrão. Apenas conversa, como em qualquer Democracia civilizada. A coisa não pode ser feita a ferro e fogo.

Quanto ao STF, cujos ministros incompetentes estão deslumbrados com a hipótese de governar como tiranetes, atazanando o governo Bolsonaro como podem, só o tempo pode dar jeito.

O tempo e João de Deus, que parece resolveu botar a boca no trombone para entregar alguns deles envolvidos em orgias até com menores.

Infelizmente Bolsonaro nada pode fazer que não esteja dentro do processo democrático. Fechar STF e Congresso – apesar de que em momentos de raiva muitos de nós temos vontade – traria prejuízos enormes para o Brasil junto ao resto do mundo e não é recomendável.

Por isso, volto a dizer, aceito que você antipatize com a pessoa do Presidente. Pode achá-lo grosso, mal-educado, etc. Agora, acusá-lo de crimes que não cometeu (o caso Queiroz é uma piada), de homofóbico, racista, de ameaças por querer dar um soco em quem ofendeu sua esposa, ou por ir comer pão de queijo sem máscara, meu amigo, é forçar um pouco demais a barra, não acha?

Deixe isso para os Dorias, Witzels, Serras, FHCs, Lulas, da vida, que vivem do Poder, da corrupção, e passam por crise de abstinência das mamatas estatais. E para a imprensa, comunista desde o princípio dos tempos, e mentirosa como nunca foi, que teve seus interesses interrompidos pela honestidade de Bolsonaro.

Seja crítico, mas seja honesto. Essa história de que votou em Bolsonaro, mas ele o traiu, não cola.

Se você realmente votou em Bolsonaro e agora está contra ele, o traidor é outro…

Percy Castanho Jr.

Fonte: Jornal da Cidade Online

Continuar lendo SE NÃO TIVER MEDO DA VERDADE LEIA E IDENTIFIQUE OS VERDADEIROS GENOCIDAS

REFLEXÃO: O UNIVERSO NUMA CASCA DE NOZ É VERDADE OU ILUSÃO?

A nossa REFLEXÃO deste sábado nos remete à Hamlet, o inesquecível personagem de Shakespeare, que um dia afirmou: “Eu poderia viver recluso numa casca de noz e me considerar rei do espaço infinito”, que séculos depois foi copiado pelo extraordinário Stephen Hawking no seu livro intitulado “O Universo numa casca de noz”, que explica com linguagem mais acessível os princípios que controlam o universo. Dentro desse contexto convido você a ler o texto completo a seguir, que entre outras coisas, questiona a possibilidade de estarmos sós nesse universo infinito!

A harmonia do Universo - Forum Espirita

“Eu poderia viver recluso numa casca de noz e me considerar rei do espaço infinito.” – assim disse Hamlet, o inesquecível personagem de Shakespeare.

Stephen Hawking, o célebre astrofísico inglês, inicia exatamente com esta idéia, sua obra intitulada “O Universo numa casca de noz”, que segue os passos de seu best-seller “Uma breve história do tempo.”

No volume, o matemático explica, com uma linguagem mais acessível, os princípios que controlam o Universo.

Porém, primeiramente, Hawking apresenta-se como profundo admirador deste misterioso cosmos, questionando se ele realmente é infinito, ou apenas enorme.

Se ele é eterno ou apenas tem uma longa vida. E como nossas mentes finitas poderiam compreender um Universo infinito.

O autor acredita que ainda existam muitas coisas a serem descobertas, mas apresenta-se otimista, dizendo que muito já alcançamos.

A casca de noz de Hamlet representa a pequenez de nossa compreensão, da extensão de nossas forças.

Mas também demonstra a capacidade do ser humano de utilizar sua mente para explorar todo este Universo.

E avançar audaciosamente por ele, por onde até mesmo “Jornada nas estrelas” teme seguir.

Por enquanto, somos os encantados com tantas descobertas, encantados com a grandeza de Deus e Suas leis, que fazem com que tudo esteja onde deva estar, e no tempo certo.

Vejamos quantas maravilhas:

O planeta Júpiter, o maior dos orbes de nosso sistema, que comportaria em seu interior 1.000 planetas Terra, quando foi criado, poderia ter se transformado em estrela.

Caso isso tivesse ocorrido, teríamos dois Sóis, ao invés de um, e um dia permanente, sem noite alguma, o que impossibilitaria a vida neste mundo.

Poderíamos falar um pouco sobre as distâncias do espaço, que certamente nos deixariam desnorteados.

Tomemos por exemplo a estrela mais próxima da Terra, depois do Sol, Alfa Centauri.

Ela está a apenas 4 anos luz da Terra. Parece pouco, não? Então imaginemos tomar um foguete na Terra, viajando numa velocidade muito grande – 100.000 quilômetros por hora.

Se rumássemos para nossa vizinha, teríamos uma pequena jornada de cerca de 24.600 anos para alcançá-la. Não é algo surpreendente?

Deveremos nos sentir insignificantes perto de tudo isso? Perto das bilhões de galáxias existentes?

Certamente que não. Ao contrário, devemos nos sentir privilegiados de viver num Universo tão grandioso, e de fazer parte dele como Espíritos em evolução constante.

A próxima conclusão sábia e racional, será a de que não podemos ter a pretensão de nos imaginarmos sozinhos neste espaço sem fim.

Seria “um imenso desperdício de espaço”, como afirma o cientista Carl Sagan.

Assim, tenhamos neste macrocosmos mais uma prova da existência de uma Inteligência Suprema, de uma causa primária de todas as coisas, que rege nossas vidas e destinos através de leis perfeitas.

* * *

“Deus povoou de seres vivos os mundos, concorrendo todos esses seres para o objetivo final da Providência.

Acreditar que só os haja no planeta que habitamos fora duvidar da sabedoria de Deus, que não fez coisa alguma inútil.

Certo, a esses mundos há de Ele ter dado uma destinação mais séria do que a de nos recrearem a vista.

Aliás, nada há, nem na posição, nem no volume, nem na constituição física da Terra, que possa induzir à suposição de que ela goze do privilégio de ser habitada, com exclusão de tantos milhares de milhões de mundos semelhantes.”

Texto da Equipe de Redação do Momento Espírita, com base na obra O universo em uma casca de noz, de Stephen Hawking, ed. Mandarim e do item 55 de O livro dos espíritos, de Allan Kardec, ed. Feb.

Fonte: Momento de Reflexão

Continuar lendo REFLEXÃO: O UNIVERSO NUMA CASCA DE NOZ É VERDADE OU ILUSÃO?

AUTOCONHECIMENTO: O DESPERTAR DA CONSCIÊNCIA E A MUDANÇA DE FREQUÊNCIA

Um texto curto, simples de grande sabedoria e luz para você que está no processo do despertar da consciência enxergar a mudança que está ocorrendo. Essa, aparente, mudança permite que a verdade seja revelada porque você está apenas vendo o que sempre esteve lá. Então lhe convido a ler o texto completo a seguir e enxergar essa verdade!

A Mudança que Ocorre no Despertar

Mensagem de 6 de Julho e 2020

A mudança que ocorre em um despertar é a abertura interior do coração, que permite que a verdade interior surja. Quando isso ocorre, você olha apenas uma vez para a superfície agora.

As pessoas pensam que mudam quando aprendem algo novo, mas a essência do que realmente está acontecendo é que há uma descoberta do que sempre esteve lá. Não é realmente uma mudança que ocorre, é uma mudança do pensamento ilusório da superfície, com a mudança sendo uma compreensão da verdadeira natureza da vida; começando com olhar para dentro de sua própria mente.

Você não pode conhecer a verdade se não conhece a si mesmo e não pode conhecer a si mesmo se não conhece sua própria mente. A razão pela qual é tão difícil para o coração se abrir para que você possa viver de maneira diferente é porque a mente não se acalma sem uma luta. Sua mente lhe dirá para olhar na superfície para sobreviver na vida, desde que seja agradável…

A auto-investigação não é agradável, especialmente quando foi iniciada, e é por isso que muitos hesitam em fazê-lo. É muito mais fácil e prazeroso não investigar e fazer o que é familiar, mas só há benefícios quando uma auto-avaliação honesta é feita. É necessário dar um passo no desconhecido, para que você possa conhecer a verdade de quem você não é.

A mente adota naturalmente o que é familiar porque é o que está na superfície, mas uma auto-avaliação honesta permite que a verdade seja revelada e suba à superfície, assim a verdade se torna o que é familiar.

Quando a verdade é o que está na superfície, o que acontece é que o véu da ignorância é removido e onde você estava cego, agora pode ver.

Não é uma mudança, é uma mudança que permite que a verdade seja revelada porque você está apenas vendo o que sempre esteve lá…

Mike Cupo
Fonte: http://in5d.com/ — Rafael Issa Gama e Marco Iorio Júnior — Tradutor e Editor exclusivos do Trabalhadores da Luz

Fonte: Trabalhadores da Luz

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: O DESPERTAR DA CONSCIÊNCIA E A MUDANÇA DE FREQUÊNCIA

Fim do conteúdo

Não há mais páginas para carregar