Blog do Saber, Cultura e Conhecimento!

DESENVOLVIMENTO PESSOAL: DESCUBRA QUAL FLORAL USAR DURANTE A PANDEMIA

Na coluna DESENVOLVIMENTO PESSOAL desta quinta-feira a Terapeuta Holística, Palestrante, com vasta experiência em aconselhamento e sensitiva, Marcia Vizentini, trás ensinamentos preciosos sobre a terapia através florais, em particular sobre as essências florais de Bach. Ela explica qual floral usar em tempos de pandemia. Então, o que está esperando? Comece logo a leitura do artigo a seguir!

Qual Floral usar durante a Pandemia?

Essência de floral de bach
MAXSHOT / Getty Images / Canva

A grande pandemia de 2020 não só cria doenças do trato respiratório mas também depressão, desânimo e um humor geralmente sombrio. As essências florais de Bach certas podem iluminar a mente novamente.

Inúmeras pessoas em todo o mundo estão atualmente na solidão causada pelo vírus corona. Mas os humanos geralmente vivem em matilhas. Somente quando estamos juntos é que realmente nos sentimos bem, e onde essa união está ausente ou ocorre apenas a uma certa distância as doenças mentais se instalam em muitas pessoas. O isolamento é uma tortura frequentemente usada em ditaduras e muito bem-sucedida por um bom motivo. Poucas pessoas conseguem se ocupar consigo mesmas por um longo período de tempo de forma que possam sobreviver à ausência de seus amigos ou parentes por semanas sem prejudicar sua alma.

A essência floral de Bach da Mustard ou Mostarda do Campo ajuda a combater o desânimo!

Campo de flor de mostarda

Boggy / Canva

O problema dos transtornos de humor devido ao isolamento ou quarentena é uma circulação mental descendente. Os medos reais e irreais são intensificados porque não há contraparte que interrompa a espiral ou não permita que ela surja em primeiro lugar. Mesmo os contatos online pela internet ajudam apenas até certo ponto, porque as relações interpessoais não funcionam apenas visualmente e linguisticamente. A presença pessoal, o calor e o carisma de uma pessoa são outros componentes importantes da convivência.

Mas como a essência floral de Bach pode ajudar contra a solidão? Na Essência da Flor de Bach, as vibrações que emanam da planta são transferidas para a água da nascente na qual as flores são armazenadas durante o preparo. A mostarda do campo, nome da essência Mustard, contém diferentes minerais, proteínas, vitamina C, pró-vitamina e glicosídeos de óleo de mostarda, mas menos do que a mostarda comum.

A mostarda do campo não é uma planta cultivada, mas de acordo com as diretrizes de Edward Bach, o desenvolvedor da terapia floral de Bach, ela cresce selvagem. Bach atribuiu a essência Mustard ou mostarda do campo em sua sistemática ao clima de depressão, solidão e melancolia como um oposto a essas emoções. Mustard ou mostarda do campo garante que o clima se anime novamente e os pensamentos sombrios sejam afastados. Para indicação do uso de florais, consulte sempre um terapeuta floral.

Marcia Vizentini
Escrito por Marcia Vizentini
Continuar lendo DESENVOLVIMENTO PESSOAL: DESCUBRA QUAL FLORAL USAR DURANTE A PANDEMIA

DESENVOLVIMENTO PESSOAL: SAIBA TUDO SOBRE UMA INCRÍVEL MOLÉCULA CHAMADA ÓXIDO NÍTRICO

O destaque desta quarta-feira, aqui na coluna DESENVOLVIMENTO PESSOAL, é uma substância que, juntamente com o Magnésio, são as substâncias mais importantes para a manutenção da nossa saúde integral e plena, mas que quase ninguém sabe, incluindo quase toda a comunidade médica mundial, ou até sabem, mas precisam das pessoas doentes para garantirem o seu pão de cada dia. Esta substância, que na verdade, é um gás, se chama Óxido Nítrico.

Óxido Nítrico – Para que Serve essa Incrível Molécula?

óxido nítrico: corpo humano

 

Podemos dizer que o Óxido Nítrico (NO) serve para que você consiga guardar em sua memória tardia as informações que aprenderá neste conteúdo – e isso é apenas um dos exemplos das diversas atividades que essa molécula, conhecida como uma das mais importantes intermediadoras de processos celulares, realiza.

Até a década de 1980, sabia-se apenas que o Óxido Nítrico (NO) era um gás encontrado na atmosfera, considerado poluente e com potencial extremamente carcinógeno. Hoje já se tem conhecimento que ele também está presente no corpo humano e é gerado de forma natural.

Diferentemente da sua forma tóxica na atmosfera, no organismo ele oferece benefícios. Sua síntese é feita a partir do aminoácido L-Arginina e pode ser estimulada por diversos hábitos, incluindo uma alimentação adequada. Ficou curioso? Neste blog post você aprenderá mais sobre:

    • Para que serve o Óxido Nítrico; 
    • Suplementação com Óxido Nítrico;
    • 4 dicas para aumentar o Óxido Nítrico de forma natural no corpo;
    • 6 alimentos que estimulam a produção de Óxido Nítrico pelo corpo.

Para que serve o Óxido Nítrico

Para que você entenda melhor as funções que o Óxido Nítrico desempenha, separamos as atuações dele pelos sistemas do corpo humano. Confira a seguir:

Sistema Nervoso

Como já mencionado, o Óxido Nítrico tem participação no aprendizado e na memória. Além disso, no sistema nervoso, ele também tem funções de neurotransmissor entre as células.

Sistema Cardiovascular

A função dessa molécula no sistema cardiovascular foi muito estudada, sendo atribuído a ela um papel protetor na hipertensão, na aterosclerose, na doença arterial coronariana e nas doenças tromboembólicas, como indicou o estudo Óxido nítrico, doenças cardiovasculares e exercício físico.

O Óxido Nítrico serve como um dilatador e age sobre as células das paredes dos vasos sanguíneos, causando o relaxamento do músculo liso e aumentando o fluxo sanguíneo.

Por isso também que o NO ajuda a evitar a fadiga muscular e a aumentar a velocidade do ganho de massa. Isso se dá em  decorrência do maior quantidade de aminoácidos no sangue, força e resistência.

Sistema Respiratório

No sistema respiratório, a função do Óxido Nítrico é dilatar os brônquios. Como resultado, isso ajuda a manter a oxigenação do organismo de forma eficaz.

Sistema Imunitário

Quando produzido pelo sistema imune, o Óxido Nítrico serve como composto nocivo para bactérias, inibindo a replicação e proliferação de vírus, protegendo contra infeções, resfriados e outras doenças.

Sistema Reprodutor

O Óxido Nítrico também desempenha um papel importante na ereção. Isso explica o mecanismo de alguns medicamentos que envolvem essa molécula no tratamento da disfunção erétil.

É por essas e outras funções que o Óxido Nítrico é também conhecido como “A Incrível Molécula de Sinalização Biológica” ou “A Molécula da Saúde”.

Agora que você já tem conhecimento de tamanha importância desse gás no organismo, deve estar se perguntando sobre o que fazer para otimizar sua produção. Confira a seguir!

Suplementação com Óxido Nítrico

Os suplementos de Óxido Nítrico, na verdade, contêm ativos pensados para estimular e regular a produção de NO no corpo –  e não o gás em si. A ingestão varia de acordo com a marca, mas o importante é seguir a recomendação do produto.

Existem poucos relatos com relação aos efeitos colaterais da suplementação com Óxido Nítrico, visto que ele é uma molécula naturalmente produzida pelo organismo. Porém, alguns suplementos contêm junto cafeína, um estimulante que pode gerar complicações para as pessoas mais sensíveis. Vale ficar atento!

4 dicas para aumentar o Óxido Nítrico de forma natural no corpo

Não é só com suplementos que uma pessoa consegue otimizar o papel do Óxido Nítrico no organismo. Com algumas estratégias, pode-se potencializar os efeitos do gás de forma natural. Veja abaixo 4 dicas:

1. Aumente a ingestão de antioxidantes

Os antioxidantes ajudam a diminuir a quebra e a prolongar a vida do Óxido Nítrico em seu corpo.

2. Limite o uso de enxaguantes bucais

Antisséptico bucal contém agentes com ação antimicrobiana que matam muitos tipos de bactérias na boca, incluindo aquelas que ajudam a produzir Óxido Nítrico.

3. Pratique exercício físico diariamente

Exercitar-se todos os dias também é uma forma de aumentar a quantidade de Óxido Nítrico no sangue. Com essa prática, o coração precisa bater mais forte para levar oxigênio ao corpo – o que acaba gerando maior quantidade de molécula a ser liberada.

4. Alimente-se bem

Uma boa maneira de aumentar os níveis de Óxido Nítrico no organismo é por meio da alimentação. No próximo tópico você verá alguns alimentos que estimulam a produção do gás.

6 alimentos que estimulam a produção de Óxido Nítrico pelo corpo

1. Spirulina

spirulina recebeu o título de “O Melhor Alimento para o Futuro” pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e estimula a produção do gás no organismo.

Um estudo publicado no periódico Hypertension, relatou que três meses de consumo da alga-azul resultaram em melhorias na pressão arterial e função endotelial de pacientes hipertensos e com sobrepeso.

2. Beterraba

A beterraba impulsiona a produção de Óxido Nítrico, já que esse alimento é rico em nitratos.

3. Espinafre

Assim como a beterraba, o espinafre é uma excelente fonte de nitratos, compostos que atuam como precursor do gás.

4. Chocolate amargo

Chocolate com teor de cacau superior a 70% é uma boa fonte de flavonoides, composto necessários para a produção de Óxido Nítrico.

5. Sementes e nozes

As sementes e nozes são grandes fonte de arginina, que estimula a produção da molécula de NO.

6. Melancia

A melancia contém citrulina, que quando ingerida é convertida em arginina por meio de enzimas. Dentro do corpo, ela acelera a produção de Óxido Nítrico.

Fonte: Ocean Drop

Continuar lendo DESENVOLVIMENTO PESSOAL: SAIBA TUDO SOBRE UMA INCRÍVEL MOLÉCULA CHAMADA ÓXIDO NÍTRICO

DICA DE LIVRO: DO MIL AO MILHÃO, SEM CORTAR O CAFEZINHO DE THIAGO NIGRO

Quarta-feira é dia de DICA DE LIVRO aqui no Blog do Saber e o destaque de hoje é o Best Seller Thiago Nigro,  criador da plataforma O Primo Rico, que em seu primeiro livro ensina aos leitores os três pilares para atingir a independência financeira: gastar bem, investir melhor e ganhar mais. Por meio de dados e de sua própria experiência como investidor e assessor, Nigro mostra que a riqueza é possível para todos – basta estar disposto a aprender e se dedicar. Portanto, se você tem dificuldades com o dinheiro e como ganhá-lo precisa ler este livro para mudar a sua vida!

Fonte: Acervo próprio

Continuar lendo DICA DE LIVRO: DO MIL AO MILHÃO, SEM CORTAR O CAFEZINHO DE THIAGO NIGRO

MOMENTO ESPETACULAR: CONHEÇA WIM HOF O HOMEM DE GELO E CONSTATE DO QUE NOSSA MENTE É CAPAZ

Há 4 anos vi uma reportagem na TV, no programa Esporte Espetacular, sobre um holandês, chamado Wim Hof, que resistiu ao ficar submerso em gelo, num laboratório, totalmente monitorado, por uma hora e meia, sem alteração nenhuma do seu organismo. Dos batimentos cardíacos à temperatura do seu corpo, nada se alterou durante todo o experimento, para espanto e estupefação dos cientistas que o acompanharam. Antes disso, ele já havia escalado o Monte Kilimanjaro, na Índia, apenas de bermuda e chegou a 7.500 m de altitude no Everest descalço. Perguntaram a ele como ele consegue toda essa façanha e ele disse simplesmente: ‘Eu ponho foco naquilo e me concentro, envio o comando para o meu corpo e ele obedece’. Ele disse que ‘as células possuem memória e gravam as experiências passadas’. Então, só depende de, antes de mais nada, acreditarmos, depois pôr o foco naquilo, exercitar todos os dias, através de exercícios de mentalização e, por fim, não desistir nunca. A seguir você vai assistir essa experiência e ver com os seus próprios olhos do que a nossa mente é capaz. Então acredite! Você também pode!

Fonte:

Continuar lendo MOMENTO ESPETACULAR: CONHEÇA WIM HOF O HOMEM DE GELO E CONSTATE DO QUE NOSSA MENTE É CAPAZ

REFLEXÃO: É NOSSA OBRIGAÇÃO EDE MAIS NINGUÉM O PROCESSO DE CURA

O texto que trago hoje para a sua REFLEXÃO, de autoria de Patrícia Gebrim, é sobre a nossa sociedade doente, suja e mofada que precisa ser curada, limpa e desintoxicada da agressividade, da falta de ética, da corrupção, das mentiras, da falta de empatia, da escuridão. Essa sujeira toda precisa ser varrida da face da terra e só nós, cada um individualmente pode fazer isso. Convido você a ler o texto completo a seguir, refletir e fazer o seu juízo de valor! 

Nós somos a cura

 em 

 

“O que está acontecendo no mundo ao nosso redor não é novo. Toda essa feiura que andamos vendo, já existia, mas antes estava camuflada.

Vivíamos em um quarto sujo e escuro. O que acontece é que agora a luz está acesa e estamos vendo tudo. .Estamos vendo nossa própria feiura.

Nosso medo, transformado em agressividade. Nossa falta de ética. Nossas mentiras. Nossa escuridão. Nossa absoluta falta de empatia. Entendam, isso não é ruim.

Não podemos limpar algo se não vemos a sujeira. Não podemos curar se não vemos aquilo que está adoecido. Observe tudo com atenção. Perceba o que sente frente à ignorância humana. Perceba o que “sente”. Não se anestesie.

Nós estamos aqui para curar isso. Nós é que precisaremos fazer isso. Não o governo. Não a religião. “Nós” !!!

Se simplesmente tivéssemos mais compaixão uns pelos outros, se permitíssemos que cada um evoluísse no seu ritmo, se parássemos de julgar e nos uníssemos, o processo seria mais rápido. Mas faremos isso como pudermos. Levará o tempo que for necessário, mas um dia sairemos, juntos, desse momento que vivemos. Assim confio.” (Patrícia Gebrim)

Luz e Paz!

Fonte: Sabedoria Universal

Continuar lendo REFLEXÃO: É NOSSA OBRIGAÇÃO EDE MAIS NINGUÉM O PROCESSO DE CURA

AUTOCONHECIMENTO: A NOSSA NATUREZA MAIS PROFUNDA PODE SER DESPERTA ATRAVÉS DA APROXIMAÇÃO DA NATUREZA

O texto que trago hoje para sua REFLEXÃO, aqui na coluna AUTOCONHECIMENTO desta segunda-feira aborda esclarece pontos cruciais sobre a influência da Natureza na saúde integral do ser humano, assim como em todos os animais. Quando nos afastamos e/ou nos desconectamos da Natureza também nos afastamos e nos desconectamos da nossa Natureza mais profunda e, sendo assim perdemos o nosso eixo, o nosso equilíbrio corpo-mente-espírito e em consequência adoecemos. Portanto lhe convido a ler o texto completo a seguir, refletir e fazer o seu juízo de valor. 

A aproximação da Natureza é a reconexão com nossa natureza mais profunda

À beira de precipício, mulher com os braços erguidos.
Sergey Saulyak / 123RF

Quando você pensa em Natureza, o que vem à mente?

Feche os olhos por um instante, respire fundo e deixe que sua mente apresente as imagens sem controlá-la intencionalmente. Se você não conseguir visualizar, apenas sinta. Após alguns minutos observando essa Natureza, retorne para acompanhar essa reflexão.

O que você visualizou?

Uma praia? Uma bela paisagem na montanha? Animais selvagens? Pássaros voando?

Posso apostar que a maioria dos que me leem não incluíram na imagem mental a presença de outros humanos. Não costumamos associar o natural, o selvagem ou o instintivo à nossa própria espécie.

Quando vemos as queimadas no Pantanal ou na Amazônia, como as tragédias ambientais de 2020, nós nos compadecemos pelos animais que perderam suas casas, seu alimento e sua saúde. E não é para menos, porque esse sentimento é mais do que justificado!

No entanto não conseguimos perceber que a agressão que nós, enquanto espécie, fazemos a cada um desses outros animais e ao planeta Terra é uma agressão a nós mesmos. Caso a consciência do real impacto das nossas escolhas estivesse instalada na maioria das pessoas, acontecimentos desse tipo não seriam tão frequentes ainda hoje.

Vista aérea de árvores.
Lukas Rodriguez / Pexels

Percebemos que os outros animais precisam do ambiente natural e esquecemos que essa é uma necessidade também nossa.

Também como eles, necessitamos de ar puro, de água limpa, de abrigo, de alimento saudável, de silêncio, de respeito à nossa constituição, da sensação de integração ao todo e de pertencimento. Somos mais do que corpo, mente e emoções. Assim como temos uma dimensão espiritual, que muitas vezes é desconsiderada, temos uma natureza selvagem que grita por ser vista.

O afastamento da Natureza diminui nosso poder em diversos aspectos, dentre os quais eu destaco alguns:

1. Nosso corpo torna-se cada vez mais débil

Toda a vitalidade e a força que um animal possui quando nascemos vai se esvaindo com os limites que nos autoimpomos e a que somos condicionados.

A criança é forte e flexível, capaz de fazer atividades físicas por horas, mesmo que ainda não tenha sua motricidade plenamente desenvolvida. E quando se cansa, ela se refaz em pouquíssimo tempo.

Conforme esses movimentos vão sendo limitados por meio dos hábitos adquiridos (ficar horas sentada na escola, mais outras tantas assistindo TV, na frente do computador e no celular, só para citar alguns), esse corpo enfraquece por falta de estímulo.

Homem mexe em celular.
Porapak Apichodilok / Pexels

Depois, na idade adulta, passamos o dia todo sentado no escritório e o corpo tem, então, boa parte do seu potencial atrofiado. Até que chega uma hora em que corremos atrás do prejuízo, indo para academia, fazendo yoga, pilates e outras atividades que tentem compensar aquilo que já era nosso no início e que desperdiçamos com nossas escolhas.

Quando fui morar em um sítio no meio da Mata Atlântica, em 2015, após ter vivido a maior parte da minha vida em São Paulo, percebi o quanto o meu corpo estava atrofiado. Cada vez que eu precisava dele para fazer alguma atividade cotidiana, ele era capaz de bem menos do que minha mente supunha.

Por outro lado, percebi o quanto as pessoas que trabalhavam no campo, mesmo com a idade avançada, possuíam capacidade física e resistência incríveis. O quanto elas estavam integradas à Natureza e, por mais dificuldades que passassem, eram mais resilientes e felizes do que a maioria das pessoas que eu observava nas grandes cidades.

2. Perdemos a noção de quem verdadeiramente somos

Quando vivemos imersos na realidade de uma cidade grande, muitas vezes nos confundimos com o papel social que desempenhamos — e isso é bem menos do que verdadeiramente somos.

Portanto, se uma pessoa possui status social elevado, tende a se achar muito maior do que de fato é. Tomada pela arrogância e pela ilusão desse plano, esquece-se, aos poucos, de que ela é uma em 7 bilhões de outros humanos, e uma entre trilhões (ou mais) de representantes de outras espécies animais, vegetais e de micro-organismos. Isso sem considerar a possibilidade de vida em outros planetas e galáxias.

Mãos seguram notas de dólares.
Alexander Mils / Pexels

Do outro lado, a pessoa que está na base da pirâmide social muitas vezes se enxerga como muito menos do que é. Desacreditada que é ao longo dos anos em sua própria capacidade de criar uma realidade diferente, percebe-se como total vítima das circunstâncias ou como não merecedora de toda a abundância disponível.

Quando nos reconectamos à Natureza, percebemos nossa real dimensão e nos damos conta de que somos parte desse todo e de que todas as partes possuem importância para a proliferação da vida.

Percebemos que cada um é, ao mesmo tempo, comum e especial. Despertamos uma gratidão por árvores, pássaros, morcegos e por cada pequeno ou grande ser vivo que faz seu papel de maneira muitas vezes invisível, mas sem o qual a manutenção da floresta (ou de outro bioma em questão) não seria possível.

A consciência em cada uma de nossas células, e não apenas no discurso, de que somos parte do todo nos transforma.

3. Desrespeitamos nossos ciclos

Outro problema de viver constantemente em um ambiente artificial é que nos desconectamos dos nossos ciclos.

Como seres naturais, temos necessidade de alternância entre repouso e vigília. Contudo uma vida pautada somente pelas luzes artificiais tende a alterar esse ciclo, diminui a disposição, dificulta o sono profundo e restaurador e aumenta a tendência à insônia.

Desconsideramos os ciclos lunares e o quanto eles influenciam nossas emoções, nossos pensamentos e o próprio corpo físico. Assim como a Lua influencia as marés, modifica nossas águas internas e humores. E o impacto é ainda maior nas mulheres que são, obviamente, cíclicas por causa das oscilações hormonais e da menstruação.

Menina dorme com tecido sobre o rosto.
Ketut Subiyanto / Pexels

Tentamos controlar as estações do ano para termos à nossa disposição sempre a mesma variedade de alimentos e matérias-primas. E, assim, deixamos de perceber a riqueza de cada um desses períodos e a contribuição que podemos receber e ser em cada um desses momentos.

Sair da ilusão da linearidade e aceitar os ciclos da vida nos empodera. Junto com a percepção dos ciclos da vida vem a consciência de que tudo passa, seja o período de escassez, seja o de abundância.

E, assim, aprendemos a desapegar, a deixar ir tudo o que não faz mais sentido sem tanto sofrimento.

Caminho de volta à nossa Natureza

Convido você a fazer o caminho de volta para casa. Reconecte-se com a sua natureza mais profunda por meio da aproximação da Natureza.

Reserve um tempo na sua agenda para pisar na grama, para um banho de mar ou de rio estando presente. Caminhe em silêncio num parque ou bosque. Fuja de vez em quando para um lugar cheio de verde e ar puro. Veja isso não só como um passeio, mas como uma prática de autocuidado.

Traga também a Natureza para dentro de sua casa. Que tal uma horta ou um jardim vertical?

Mesmo um vaso pequeno de plantas tem muito a nos ensinar sobre ciclos da vida, necessidade de cuidado, equilíbrio e beleza.

Outras ideias fáceis de colocar em prática: utilizar ervas e óleos essenciais no seu dia a dia em banhos, aromatizando o ambiente ou em cosméticos naturais.

Tudo isso vai ajudar você a perceber o quanto a Natureza nos nutre, cura e fortalece.

Agora me conta: como é sua relação com a Natureza hoje?

Quais hábitos você cultiva para se reconectar a ela?

Quais está disposto a começar daqui para frente?

Você já se comunicou com plantas e animais? Faça essa experiência e silencie para perceber o que eles têm a lhe ensinar.

Juliana Bernardo

Escrito por Juliana Bernardo

Fonte: Eu Sem Fronteiras

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: A NOSSA NATUREZA MAIS PROFUNDA PODE SER DESPERTA ATRAVÉS DA APROXIMAÇÃO DA NATUREZA

REFLEXÃO: O GOVERNADOR DO EGITO, UMA HISTÓRIA SOBRE AS DIFICULDADES QUE PASSAMOS, POR CAMILA ZEN

O vídeo de hoje que trago para sua REFLEXÃO, nesta segunda-feira, aqui na coluna é sobre a história bíblica de José do Egito, que nos trás um grande lição. Por isso convido você a assistir ao vídeo completo da incrível Camila Zen e responder uma  perguntar que ela faz:  Você já se sentiu como se o mundo estivesse contra você ou como se nada desse certo? Então, assista, reflita e faça o seu juízo de valor!

Fonte:

Continuar lendo REFLEXÃO: O GOVERNADOR DO EGITO, UMA HISTÓRIA SOBRE AS DIFICULDADES QUE PASSAMOS, POR CAMILA ZEN

DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: ENTENDER O CONTEXTO QUE O CARNAVAL ESTÁ INSERIDO E TER A VISÃO ENERGÉTICA DA FESTA

Uma visão geral sobre o carnaval, sua origem, significado e o contexto sob o qual essa grande festa profana está inserida é o destaque deste domingo, aqui na coluna DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL. A energia do carnaval e dos atos cometidos, leva em torno de seis meses para serem limpos da atmosfera espiritual. Por isso, precisamos ter consciência do que realmente acontece quando estamos no meio de tudo isso, pois não estamos sozinhos, nem fisicamente, nem espiritualmente. Se entregar a isso sem a consciência, é sem dúvida absorver para o seu campo energético todas essas vibrações densas, que depois irão lhe custar caro. Sendo assim lhe convido a ler o conteúdo completo do texto a seguir para entender as energias que estão envolvidas nessa festa e saber se defender  da parte negativa associada a ela.

Resultado de imagem para * CARNAVAL – O QUE OS OLHOS FÍSICOS NÃO PODEM VER! *

* CARNAVAL – O QUE OS OLHOS FÍSICOS NÃO PODEM VER! *

A visão energética da festa.

Carnaval: A festa que antecede a quaresma.
É importante entendermos o contexto que o carnaval está inserido e a origem obscura dessa festa.
A origem ainda é bastante discutida pelos historiadores, mas o Carnaval é uma festa pagã que teve início na Grécia por volta de 600 à 400 anos antes de Cristo, através da qual os gregos realizavam seus cultos em agradecimento aos deuses pela fertilidade do solo e pela produção.
É uma festa marcada pelo “adeus a carne” que a partir dela se fazia um grande período de abstinência e jejum, em latim “carnis levale”, significado  “retirar a carne”.
A palavra “Carnaval” está relacionada com a ideia de deleite dos prazeres da carne.
Em geral, o Carnaval tem a duração de três dias, os dias que antecedem a Quarta-Feira de Cinzas.
Em contraste com a Quaresma, tempo de penitência e privação, estes dias são chamados “gordos”, em especial a terça-feira (Terça-Feira Gorda, também conhecida pelo nome francês Mardi Gras). O termo mardi gras é sinônimo de Carnaval.”
Para a preparação do Carnaval, havia uma grande concentração de festejos populares.
Cada lugar e região brincava a seu modo, geralmente de uma forma propositadamente extravagante, de acordo com seus costumes.
Era uma festa marcada pelo impulso sexual desenfreado (bacanal), reverenciando ao Deus Baco.
Tinha também sacrifícios de seres humanos para agradar aos Deuses pagãos.
Além do uso indiscriminado de álcool e drogas de todos os tipos.
As pessoas comiam carne até vomitar e bebiam até cair, se entregavam à liberação geral dos costumes, cometendo todo tipo de atos, principalmente sexuais.
Conforme a igreja cristã foi ganhando força por volta de 590 depois de cristo, o Papa Gregório incorporou o Carnaval e essa festividade passou a fazer parte do calendário cristão, que era sempre comemorada no período que antecede a quaresma.
A quaresma é o período de 40 dias que Jesus ficou no deserto, e que a igreja determinou ser um período de recolhimento, (recomposição energética). É um período em que não se come carne, e evita-se os excessos de toda natureza.
Então a quaresma é um período de 40 dias de jejum e santificação entre a quarta-feira de cinzas e a páscoa, o Carnaval foi oficializado como uma festa que se realiza antes da Quaresma.
Devido ao fato de que, no período seguinte, eles não poderiam comer carne, tudo seria consumido nos dias antecedentes, era uma espécie de “despedida da carne”, em latim “carnis levale”, significado  “retirar a carne”.
Então, o carnaval era uma forma de liberar todo o impulso reprimido, e abusar da liberdade.
É a festa em que tudo é permitido, para extravasar, e depois enfrentar o período de quaresma.
Carnaval é, de fato, uma festa espiritual. Uma época de uma energia muito densa, onde várias religiões e estudiosos dizem que são abertos muitos portais, e espíritos de todos os tipos vem para a Terra.
Alguns para auxiliar as pessoas e outros para aproveitarem os exageros e extravasar seus desejos carnais, que não morrem com o corpo e “reviverem” as experiências terrenas.
Tudo que existe tem um campo de energia. Este campo de energia, nos estudos é conhecido como aura, é o que os gregos chamam de “psicossoma” e na Bíblia é citado como “campo de luz ou corpo de luz” ou ainda “corpo espiritual”, segundo Paulo de Tarso.
Cada um dos seus pensamentos e sentimentos qualificam o seu campo de energia lhe protegendo das invasões energéticas.
Este campo de luz não pode ser visto a olho nu, mas é uma energia extrafísica, ou seja, ela extrapola o limite físico do seu corpo e se mantém como um invólucro ao seu redor.
Existem vários portais energéticos, e cada portal é aberto através de uma vibração, uma frequência.
Quando existe um conglomerado de energias vibrando na mesma frequência, forma-se uma egrégora, e esse portal é aberto, sintonizando com o que se pensa, o que se fala e o que se sente, nesse inconsciente coletivo.
Quando falamos sobre o carnaval, precisamos observar a energia que esse nome carrega.
O que as pessoas sentem, pensam e falam no período que antecede essa data.
Isso pode nos afetar e seres de baixa vibração podem chegar até nós, através das nossas vibrações.
Se estamos em paz, bem e alegres, esses espíritos não nos afetam.
Mas se estamos com a vibração mais baixa, eles vão se aproximar e vão nos influenciar.
Não há mal algum em se divertir, celebrar, comemorar, sorrir, cantar, dançar, tudo isso pode elevar seu espírito. O cuidado que se deve ter sobre o carnaval, é aquele momento que você deixa de estar no controle.
É muito sutil, difícil de perceber.
Mas o poder de atuação, a capacidade de influenciar você é enorme.
As EGRÉGORAS, o PSIQUISMO são entidades vivas, formada pelos pensamentos e sentimentos do coletivo. Nós criamos uma atmosfera astral com a mesma frequência, e se você estiver participando, com certeza irá receber a influência dessa energia poderosa, que pode ser positiva ou negativa.
O período do Carnaval brasileiro pode ser considerado sombrio, já que alimenta o psiquismo da promiscuidade, da hiper sexualidade,  de muita bebedeira, muitas drogas de todo tipo para alimentar qualquer vício, muita violência, muitos acidentes, muitos crimes, etc…
Estimula a profanação, gerando grandes ondas de alienação, futilidade, que abastecem a atmosfera extra-física da terra de um padrão que muitas vezes demora seis meses para ser transmutado.
Esse psiquismo promove um rebaixamento no padrão moral e espiritual do país, afetando todo o planeta.
No plano espiritual, as zonas umbralinas são abastecidas com fluidos perniciosos, que dão vida à maldade e tornam os homens indefesos contra os ataques obsessivos de ordem espiritual.
Em resumo, a energia do Carnaval alimenta o umbral, assim como nossos resíduos domésticos alimentam os esgotos e aterros sanitários.
Assim como nossas orações purificam os ambientes, os fluidos densos do carnaval escurecem a aura do nosso país.
As festas em geral são regadas a muita bebida, drogas e promiscuidade, que contribuem para a formação de um ambiente desregrado espiritualmente, onde os fluidos mais sutis são densificados.
A energia do carnaval e dos atos cometidos, leva em torno de seis meses para serem limpos da atmosfera espiritual. Imagine o quanto compactuamos para que isso piore a cada ano, quando participamos e usufruímos de tudo que é disponível em termos de inferioridades.
Nós escolhemos entre o bem ou o mal, entre a luz e a escuridão.
Podemos até pensar que uma festinha não fará nada conosco e que podemos nos proteger, mas precisamos ter consciência do que realmente acontece quando estamos no meio de tudo isso, pois não estamos sozinhos, nem fisicamente, nem espiritualmente.
Se entregar a isso sem a consciência, é sem dúvida absorver para o seu campo energético todas essas vibrações densas, que depois irão lhe custar caro.
Precisamos Orar e Vigiar, mas nesse período precisamos aumentar nossa proteção energética, existem variadas formas: Reiki, oração, visualização e criação etérica de campos de proteção, como a pirâmide ou o ovo dourado que ensino nos cursos de reiki, meditação, yoga, etc…
Use qualquer ritual que você conheça e acredite e estará protegido.
Cuide-se 😉
Namastê
Gratidão
Ana Tom
Continuar lendo DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: ENTENDER O CONTEXTO QUE O CARNAVAL ESTÁ INSERIDO E TER A VISÃO ENERGÉTICA DA FESTA

AUTOCONHECIMENTO: O SEU CORPO JÁ TEM TODOS OS REMÉDIOS EXISTENTES

O Dr. Peter Liu é acupunturista, médico da medicina Chinesa e tem um recado muito importante para lhe dar, aqui na coluna AUTOCONHECIMENTO deste sábado. Ele vem desmistificar e desbloquear a AUTOCURA no seu cérebro, mostrando que o nosso organismo já possui todos os remédios existentes e a programação para realizá-la. Então, não deixe de assistir a essa importante palestra que pode mudar completamente a sua vida!

Fonte:

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: O SEU CORPO JÁ TEM TODOS OS REMÉDIOS EXISTENTES

AUTOCONHECIMENTO: ZONA DE CONFORTO, COMO SAIR DELA, PARTE 5, POR WAGNER BRAGA

Continuando a série de vídeos sobre ZONA DE CONFORTO, aqui na coluna AUTOCONHECIMENTO, no vídeo desta sexta-feira, complemento mais um pouco sobre alimentação e zona de conforto. Como podemos mudar determinados hábitos alimentares e melhorar nossa qualidade de vida. Assista ao vídeo e aprenda como melhorar um pouco mais a sua AUTOPERFORMANCE e ser uma pessoal melhor e mais saudável a cada dia!

Fonte:

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: ZONA DE CONFORTO, COMO SAIR DELA, PARTE 5, POR WAGNER BRAGA

DESENVOLVIMENTO PESSOAL: NUNCA DEIXE OS OUTROS DERRUBAREM VOCÊ, POR IVAN MAIA

Acredite em você, seja um surdo seletivo, não ouça o que seus “parentes” , “falsos amigos” e cérebros de ervilha dizem, acredite em você e ouça a sua intuição. Este é o grande recado que o palestrante e desenvolvedor de pessoas Ivan Maia nos trás no vídeo fantástico a seguir, aqui na coluna DESENVOLVIMENTO PESSOAL desta sexta-feira!

Fonte:

Continuar lendo DESENVOLVIMENTO PESSOAL: NUNCA DEIXE OS OUTROS DERRUBAREM VOCÊ, POR IVAN MAIA

REFLEXÃO: VOCÊ ENXERGA A VERDADE NA SUA VIDA?, POR CAMILA ZEN

A nossa REFLEXÃO desta sexta-feira, aqui na coluna de mesmo nome nos ensina como enxergar a verdade a nossa frente. Muitas vezes a vida pode parecer sem graça, sem sentido, sem luz… São tantas coisas nas entrelinhas, são tantas coisas que foram feitas com todo o cuidado pra nós, e por estarem aqui desde que chegamos ao mundo, vão perdendo o sentido… É muito importante estarmos atentos aos detalhes e, principalmente, à magica do conjunto deles. Eu espero que essa história possa te ajudar e ajudar as pessoas que você ama a enxergarem a verdade, o potencial e a beleza nas entrelinhas em tudo o que você ver. Amor e luz, namastê.

Fonte:

Continuar lendo REFLEXÃO: VOCÊ ENXERGA A VERDADE NA SUA VIDA?, POR CAMILA ZEN

AUTOCONHECIMENTO: OS DESPERTOS NÃO PRECISAM MAIS TER PRESSA, APENAS AGUARDAR

Nesta quinta-feira, aqui na coluna AUTOCONHECIMENTO trago mais um excepcional texto do incrível Vital Frosi que fala sobre a importância do véu do esquecimento para o desenvolvimento da consciência humana e sobre situação dos despertos nessa transição planetária, que podem esperar os dias que faltam pois sabemos que eles estão próximos…muito próximos. Convido você a ler o texto completo a seguir e expandir um pouco mais a sua consciência!

Vital Frosi – “O amanhã está próximo”

Amados!

Estamos deixando para trás um tempo que parecia não ter fim. A humanidade da Terra viveu a noite escura que se mostrava infinita. Ela só sobreviveu a longa agonia, porque não tinha a noção do tempo passado e tampouco sabia o que viria no futuro. Nenhuma consciência humana teria suportado a angústia se soubesse quantos milênios e quantas encarnações teria que passar sob tais condições.

Mas o Plano Divino é perfeito e sabedor de cada detalhe e de cada individualidade. Ele sabia o tempo todo o que cada um estava passando e do que precisava. E acima de tudo, ele sempre se esmerou em oferecer condições para que cada Espírito encarnado pudesse sair vitorioso desta incrível experiência de alma.

O tempo todo você lutou principalmente pela sobrevivência, pois a Terra foi preparada para ser um Mundo de Provas e Expiações. É um dos Planetas onde a vibração predominante é a Terceira Dimensão e abaixo disso. Dentro da nossa Galáxia, situou-se predominantemente na sua periferia, na região externa do braço de Órion. Exatamente onde a Luz pouco existiu desde a sua criação.

É nas Sombras que os Senhores da Escuridão têm os seu domínio e o seu controle. Faz parte dos Planos Divinos a fim de que todos possam experienciar a dualidade submetidos ao véu do esquecimento. E aqui eles formaram o seu Império, achando que seriam Deuses e Senhores da Terra.

Tais Entidades Escuras predominaram no Comando desta humanidade, acreditando que seriam eternos. Então eles tinham tempo! Muito tempo! E os encarnados não dispunham de muito tempo, pois cada encarnação estava limitada à algumas décadas. Entre uma encarnação e outra, o Espírito podia ao menos alargar a sua consciência e saber que era imortal. Isso o consolou ao menos momentaneamente.

Mas tudo segue um Plano Maior, exatamente o plano do Criador, pois é ele e somente ele o Senhor da sua criação. E estava determinado que esse tempo não duraria eternamente. Ao contrário do que as entidades sombrias queriam, o tempo está terminando. Agora quem não tem mais tempo são elas, pois o prazo se esgota rapidamente. E nós, a humanidade da Terra, temos tempo. Podemos esperar os dias que faltam pois sabemos que eles estão próximos…muito próximos.

Já atravessamos todos os pântanos e também a longa noite escura da alma. Agora podemos nos dar este tempo de espera sem preocupações extras. Apenas a ansiedade e a impaciência de estar lá ainda nos incomoda. Exatamente no outro lado da ponte que separa as Dimensões que farão da Terra um Mundo não mais de Expiações e Provas. E é daquele lado que já nos vemos. Por isso, relaxe e deguste o sabor da vitória.

Veja como os escuros estão desesperados! Já não encontram mais alternativas para se impor como estavam acostumados. Antes, os véus da consciência humana não permitiam sequer que se pudesse imaginar como era dominada e manipulada pelos trevosos. Mas agora, na medida que a consciência se alarga, tudo se mostra na sua real intenção. O que as palavras não expressam, o sentir se encarrega de mostrar. Não conseguirão mais enganar aquele que desperta desse sono profundo. Os tempos são chegados.

Estamos vendo o porvir e nada poderá impedir aquilo que está chegando! A correria dos escuros é a demonstração do desespero que sentem pela perda do seu poder. Nada mais dá certo nos seus planos diabólicos de manipulação e controle. Mesmo que a verdade esteja sendo censurada em todas as Mídias, nada pode impedir o sentir e nem tampouco a expansão da consciência.

A verdade não se limita às palavras, mas aquilo que é de fato. Uma consciência expandida, jamais volta ao que era antes. E é isso que assusta os manipuladores. Eles estão ficando nus perante à humanidade. Não há mais onde se esconder! Não há para onde fugir! Tudo dá errado para eles agora. Mesmo que não pareça, o tumulto que se vê hoje é a prova disso. Caso contrário, estaria tudo como sempre foi: uma calma aparente e falsa.

Agora temos tempo! Não precisamos correr. Quem precisa correr são os sombrios. Mesmo que seja correr em círculos, pois não há para onde fugir. Todas as saídas através de Portais foram fechadas. O Basta já foi dado! O ultimato para se entregar à Luz também. Só há duas opções: ou aceitam a Luz ou serão capturados e levados ao Sol Central para a dissolução de seus corpos e memórias. Os Anjos Caídos precisam ser reciclados, pois nenhuma criação se perde. Sempre há amparo dentro da Providência Divina.

Agora podemos ver além da poeira da demolição. O cenário que surge é outro, totalmente diferente do velho. Já podemos ver através da consciência alargada, um Novo Mundo e uma Nova Terra. Nada mais será como antes! Mas será infinitamente melhor! O Ciclo se fecha e os velhos Sistemas estão sendo zerados. Reinicia um Sistema Novo onde as Provas e Expiações deixarão de existir. A humanidade da Terra experimentará um Mundo de Regeneração onde nada mais se parecerá com aquilo que era conhecido até aqui. Agora temos tempo para esperar o novo dia! Quem não tem mais tempo, são aqueles que sempre tiveram todo o tempo que existia. Relaxe! Descanse! Comemore! E acima de tudo, confia! Se você chegou até aqui, você é vencedor! O pior já passou! A Luz venceu! Você venceu! Todas as provações foram superadas. Acredite! Agora não é hora de desistir, pois não há mais nada para ser enfrentado. Apenas esperar a poeira baixar!

Eu sou Vital Frosi e minha missão é o esclarecimento!

Namastê!

Autor: Vital Frosi

Fonte: Sementes das Estrelas

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: OS DESPERTOS NÃO PRECISAM MAIS TER PRESSA, APENAS AGUARDAR

AUTOCONHECIMENTO: DESVENDANDO UM DOS MAIORES BLOQUEIOS DO SER HUMANO PARA SE DESENVOLVER, A VERGONHA

Extraído do livro do escritor David Hawkins, Deixar Ir, o texto a seguir aborda “a vergonha”, um sentimento que todo ser humano tem, mas que se acerba mais em uns do que em outros. A vergonha foi citada pela primeira vez no Gênesis, quando Adão e Eva se viram nus, um diante do outro e sentiram “vergonha”. De lá pra cá a humanidade se desenvolveu tendo que conviver com esse sentimento que, muitas vezes, prejudica o desenvolvimento pessoal. Então, convido você a ler, refletir e fazer o seu juízo de valor!

Níveis de Consciência – Vamos falar sobre a Vergonha?

Mulher com as mãos sobre o rosto.
dolgachov / 123RF

Vamos falar sobre a vergonha? Em nosso último artigo falamos sobre o que são os níveis de consciência e agora vamos descrever cada um desses níveis estruturados pelos estudos científicos do Dr. David Hawkins.

Índice de conteúdo

  • Começamos pelo nível da vergonha
  • Como é possível vencer a vergonha?
  • Aqui vão 10 passos simples e práticos que podem ajudar a vencer a vergonha:

Começamos pelo nível da vergonha

A vergonha é um dos maiores bloqueios do ser humano para enfrentar problemas e se desenvolver. Sentimos vergonha por tantas coisas, como: elogios, por atitudes fora do padrão social aceitável, de voltar atrás numa decisão, enfim, nós nos envergonhamos em diversas situações.

Historicamente, a vergonha vinha do medo de ser banido de um grupo e ser levado ao isolamento. Isso poderia ser comparado com a morte. Esse trauma ficou registrado no inconsciente coletivo e, hoje, a vergonha continua existindo entre nós como um dos sentimentos mais inaceitáveis que se pode ter.

É importante compreender que a vergonha está atrelada a diversas questões como:

  • Crenças;
  • Resistências à realidade;
  • Mentiras.

Como é possível vencer a vergonha?

Aceitação – a vergonha só pode ser vencida quando aceitamos a realidade assim como ela É ou FOI, não resistindo. Melhor ainda se essa aceitação vier com gratidão por haver a compreensão de que essa realidade nos traz uma oportunidade de aprendizado. Aprendendo evoluímos.

Silhueta de homem com os braços erguidos. Ele está de pé sobre uma pedra.
Snapwire / Pexels

As coisas não são como queremos que sejam e quando reconhecemos isso com humildade, tudo é mais leve.

Abrir mão do prazer de ser vítima – prazer em ser vítima? Sim, para o nosso ego narcisista isso é muito agradável. Esse prazer oculto do ego precisa ser rendido, entendendo que essa atenção, amparo e dó recebidos quando nos vitimizamos nos mantêm ainda mais no estado de vergonha.

Aqui vão 10 passos simples e práticos que podem ajudar a vencer a vergonha:

  1. Separar realidade de nossa expectativa;
  2. Identificar o sentimento de vergonha e suas falsas justificativas;
  3. Aceitar a realidade como ela é;
  4. Render os prazeres de julgar, ter certezas mentais e de buscar atenção através de dó ou autopiedade;
  5. Não ser tirano consigo mesmo e “se dar bronca” por sentir vergonha, entendendo que isso vem do ego;
  6. Observar sempre os jogos mentirosos que o ego nos coloca;
  7. Refletir sobre os aprendizados obtidos com uma situação na qual passamos pela vergonha e agradecer a oportunidade;
  8. Corrigir o percurso através do autoperdão, perdoando a si próprio ou pedindo perdão aos envolvidos, reparando os danos;
  9. Se não for possível, apenas faça o processo de perdão mentalmente e continue rendendo os sentimentos de vergonha;
  10. Aceite a si e à realidade como são, em todos os momentos, sem exceções.

Uma boa dica para quem quer se aprofundar no entendimento dos níveis de consciência é a leitura do livro “Deixar Ir” do Dr. David Hawkins, que poderá ser encontrado nesse link da loja virtual da Pandora Treinamentos, que traduziu, com exclusividade, o livro aqui no Brasil.

Pandora Treinamentos

Fonte: Eu Sem Fronteira

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: DESVENDANDO UM DOS MAIORES BLOQUEIOS DO SER HUMANO PARA SE DESENVOLVER, A VERGONHA

REFLEXÃO: O SURGIMENTO DA CONSCIÊNCIA DO ESPAÇO É O PRÓXIMO ESTÁGIO DA EVOLUÇÃO DANOSSA ESPÉCIE

Um pensamento altamente iluminado e inspirado do célebre Eckhart Tolle é o destaque, aqui na coluna REFLEXÃO desta terça-feira carnavalesca, cujo cerne é uma análise profunda do “Espaço interior”. Aquele, cuja consciência não está mais totalmente absorvida pelo pensamento e parte dela permanece no seu estado original, não condicionado, ou seja, sem forma. O surgimento da consciência do espaço é o próximo estágio da evolução da nossa espécie. Onde o ser humano se vê livre do seu aprisionamento na forma. Então, convido você a ler o texto completo a seguir, refletir e fazer o seu juízo de valor!

Espaço interior

 em 

 

“Quando a consciência não está mais totalmente absorvida pelo pensamento, parte dela permanece no seu estado original, não condicionado, sem forma. Esse é o espaço interior.

A vida da maioria das pessoas é um amontoado desordenado de coisas: itens materiais, tarefas a fazer questões sobre as quais pensar. Esse tipo de vida se assemelha à história da humanidade, definida por Churchill, como “uma maldita coisa depois da outra”.

A mente dessas pessoas é ocupada por um emaranhado de pensamentos, um após o outro. Essa é a dimensão da consciência dos objetos, que é a realidade predominante de um grande número de indivíduos – e é por isso que a vida deles é tão confusa. Essa consciência precisa ser equilibrada pela consciência do espaço para que a sanidade retorne ao nosso planeta e a humanidade cumpra seu destino. O surgimento da consciência do espaço é o próximo estágio da evolução da nossa espécie.

O sentido da consciência do espaço é que, além de estarmos conscientes das coisas – que sempre se resumem a preocupações, pensamentos e emoções – existe um estado subjacente de atenção. Isso quer dizer que temos consciência não apenas das coisas (objetos), como também do fato de que estamos conscientes. É o que ocorre quando somos capazes de sentir um silêncio interior sempre alerta de fundo enquanto os eventos acontecem no primeiro plano. Essa dimensão está presente em todos nós. No entanto, para a maioria das pessoas, ela passa totalmente despercebida. Às vezes eu a aponto da seguinte maneira: “Você é capaz de sentir sua própria presença?”

Quando não estamos totalmente identificados com as formas, a consciência – quem nós somos – se vê livre do seu aprisionamento na forma. Essa liberdade é o surgimento do espaço interior. Ele chega como um estado de silêncio e calma, uma paz muito subtil enraizada dentro de nós, mesmo diante de algo que parece mau. De repente existe espaço em torno do acontecimento. Há também espaço ao redor dos altos e baixos emocionais, até mesmo da dor.
E, acima de tudo, existe espaço entre nossos pensamentos. Desse espaço emana uma paz que não é “deste mundo”, porque este mundo é forma, enquanto a paz e espaço.
Essa é a paz de Deus.

Dessa maneira, podemos desfrutar e estimar as coisas e os eventos sem lhes atribuir uma importância que eles não têm. Estamos em condições de participar da dança da criação e de ser ativos sem nos apegar ao resultado e sem impor exigências pouco razoáveis em relação ao mundo, como “satisfaça-me”, “faça-me feliz”, “faça-me sentir mais seguro”, “diga-me quem sou “.
O mundo não pode nos dar nada disso, e quando deixamos de ter essas expectativas, todo o sofrimento que nós mesmos criamos chega ao fim.
Toda essa dor se deve à valorização exagerada da forma e à falta de consciência da dimensão do espaço interior.

Quando essa dimensão está presente na nossa vida, podemos aproveitar as coisas, as experiências e os prazeres sensoriais sem nos perdermos neles, sem nos apegarmos internamente a nada disso, isto é, sem nos tornarmos viciados no mundo.

Sempre que a dimensão do espaço se perde ou não é conhecida, as coisas assumem uma importância absoluta, uma seriedade e um peso que na verdade, elas não têm. Toda vez que o mundo não é visto da perspectiva do que não tem forma, da dimensão da consciência, ele se torna um lugar ameaçador e em última análise, de desespero.(…)

Podemos descobrir o espaço interior criando lacunas do fluxo do pensamento. Sem elas, o pensamento se torna repetitivo, desprovido de inspiração, sem nenhuma centelha criativa – e é assim que ele é para a maioria das pessoas.
Não precisamos nos preocupar com a duração dessas lacunas; Alguns segundos bastam.

Aos poucos elas irão aumentar por si mesmas, sem nenhum esforço da nossa parte. Mais importante do que fazer com que sejam longas, é criá-las com frequência para que nossas atividades diárias e nosso fluxo de pensamento sejam entremeados com espaços de silencio e paz.” ( Eckhart Tolle em Em Comunhão com a Vida)

Luz e Paz!

Fonte: Sabedoria Universal

Continuar lendo REFLEXÃO: O SURGIMENTO DA CONSCIÊNCIA DO ESPAÇO É O PRÓXIMO ESTÁGIO DA EVOLUÇÃO DANOSSA ESPÉCIE

REFLEXÃO: AS COISAS QUE APRENDEMOS E NOS TORNAM PESSOAS MELHORES

Um dia a gente aprende é o texto que escolhi para a nossa REFLEXÃO desta segunda-feira de Carnaval. Escrito por Veronica Shoffstall quando tinha apenas 19 anos, é surpreendente como alguém tão jovem pode ter tanta sabedoria, já que seu conteúdo, a princípio, reque muita vivência para se aprender tanta coisa como o próprio texto narra. Então, lhe convido a ler, refletir e fazer o seu juízo de valor!

Um dia a gente aprende

Depois de algum tempo você aprende a diferença, a sutil diferença entre dar a mão e acorrentar uma alma. E você aprende que amar não significa apoiar-se, e que companhia nem sempre significa segurança ou proximidade. E começa aprender que beijos não são contratos, tampouco promessas de amor eterno. Começa a aceitar suas derrotas com a cabeça erguida e olhos radiantes, com a graça de um adulto – e não com a tristeza de uma criança. E aprende a construir todas as suas estradas no hoje, pois o terreno do amanhã é incerto demais para os planos, ao passo que o futuro tem o costume de cair em meio ao vão.
Depois de um tempo você aprende que o sol pode queimar se ficarmos expostos a ele durante muito tempo. E aprende que não importa o quanto você se importe: algumas pessoas simplesmente não se importam… E aceita que não importa o quão boa seja uma pessoa, ela vai ferí-lo de vez em quando e, por isto, você precisa estar sempre disposto a pedoá-la.
Aprende que falar pode aliviar dores emocionais. Descobre que se leva um certo tempo para construir confiança e apenas alguns segundos para destruí-la; e que você, em um instante, pode fazer coisas das quais se arrependerá para o resto da vida. Aprende que verdadeiras amizades continuam a crescer mesmo a longas distâncias, e que, de fato, os bons e verdadeiros amigos foram a nossa própria família que nos permitiu conhecer.
Aprende que não temos que mudar de amigos: se compreendermos que os amigos mudam (assim como você), perceberá que seu melhor amigo e você podem fazer qualquer coisa, ou até coisa alguma, tendo, assim mesmo, bons momentos juntos.
Descobre que as pessoas com quem você mais se importa na vida são tomadas de você muito cedo, ou muito depressa. Por isso, sempre devemos deixar as pessoas que verdadeiramente amamos com palavras brandas, amorosas, pois cada instante que passa carrega a possibilidade de ser a última vez que as veremos; aprende que as circunstâncias e os ambientes possuem influência sobre nós, mas somente nós somos responsáveis por nós mesmos; começa a compreender que não se deve comparar-se com os outros, mas com o melhor que se pode ser.
Descobre que se leva muito tempo para se tornar a pessoa que se deseja tornar, e que o tempo é curto. Aprende que não importa até o ponto onde já chegamos, mas para onde estamos, de fato, indo – mas, se você não sabe para onde está indo, qualquer lugar servirá.
Aprende que: ou você controla seus atos e temperamento, ou acabará escravo de si mesmo, pois eles acabarão por controlá-lo; e que ser flexível não significa ser fraco ou não ter personalidade, pois não importa o quão delicada ou frágil seja uma situação, sempre existem dois lados a serem considerados, ou analisados.
Aprende que heróis são pessoas que foram suficientemente corajosas para fazer o que era necessário fazer, enfrentando as conseqüências de seus atos. Aprende que paciência requer muita persistência e prática. Descobre que, algumas vezes, a pessoa que você espera que o chute quando você cai, poderá ser uma das poucas que o ajudará a levantar-se. (…)
Aprende que não importa em quantos pedaços o seu coração foi partido: simplesmente o mundo não irá parar para que você possa consertá-lo. Aprende que o tempo não é algo que possa voltar atrás. Portanto, plante você mesmo seu jardim e decore sua alma – ao invés de esperar eternamente que alguém lhe traga flores. E você aprende que, realmente, tudo pode suportar; que realmente é forte e que pode ir muito mais longe – mesmo após ter pensado não ser capaz. E que realmente a vida tem seu valor, e, você, o seu próprio e inquestionável valor perante a vida.
Fonte: Pensador
Continuar lendo REFLEXÃO: AS COISAS QUE APRENDEMOS E NOS TORNAM PESSOAS MELHORES

AUTOCONHECIMENTO: APESAR DE TUDO A POSITIVIDADE PREVALECERÁ SOBRE A NEGATIVIDADE

A mensagem deste domingo, aqui na coluna AUTOCONHECIMENTO é acerca  Devido da dualidade/polaridade do atual mundo 3D e que vivemos, onde vemos as coisas como opostos exatos nas duas extremidades do mesmo polo. No estado atual de sono da 3D em que a maioria dos humanos estão veem principalmente a escuridão – a negatividade que aparenta ser tão prevalente na superfície do planeta. A ideia é juntá-los e fundi-los na UNIDADE que eles verdadeiramente são. Tudo o que está acontecendo no mundo hoje é a liberação daquela negatividade armazenada, pois a Luz está brilhando em tudo o que estava escondido na escuridão. Portanto, não deixe de ler o texto a seguir em sua integridade e expanda um pouco mais a sua consciência!

A ideia é reuni-los e fundi-los na UNIDADE

LIMPEZA DNA ETÉRICO

Mensagem canalizada em 6 de Fevereiro de 2021 – Comando da Frota Galáctica

Amados, nós os saudamos com amor e alegria nesta linda manhã ensolarada. Sabemos que vocês podem não ver a vida na Terra como sendo alegre, devido às circunstâncias ao seu redor e no mundo.

Por favor saibam que o que vocês apenas conseguem ver em seu mundo é o oposto do que vemos do outro lado do véu. Devido ao aspecto de dualidade/polaridade de seu atual mundo 3D, vocês veem as coisas como opostos exatos nas duas extremidades do mesmo polo. A ideia é juntá-los e fundi-los na UNIDADE que eles verdadeiramente são. Do nosso lado, podemos ver que esta Unidade já está começando a acontecer. (Reiteramos: a manifestação ocorre muito mais rapidamente no etérico do que em seu denso mundo físico da 3D. Portanto, o que quer que já tenha se manifestado onde estamos, ainda não aconteceu em seu mundo 3D).

Dito isto, o assunto principal que gostaríamos de abordar hoje é o que é chamado por alguns sistemas de pensamento, ‘Encarando a sombra no coração’. Vocês podem estar pensando, “O que será que isso significa?!” – e nós entendemos totalmente.

Vamos abordar isso mais adiante. Disseram a vocês muitas vezes para terem apenas pensamentos positivos, no intuito de não alimentar as forças da escuridão. A positividade tem sido elogiada por muito tempo como sendo a única coisa amorosa e boa de se sentir e expressar. Portanto, qualquer negatividade tem sido repelida…mas a que custo? Ela não foi realmente afastada – foi apenas suprimida…jogada ainda mais fundo nas camadas inconscientes de seu ser. Isso é o que aconteceu não apenas individualmente, mas numa escala coletiva ao longo de eras de tempo.

Tudo o que está acontecendo no mundo hoje é a liberação daquela negatividade armazenada, pois a Luz está brilhando em tudo o que estava escondido na escuridão. Ela precisa sair e se expressar antes de ser liberada. A verdadeira positividade pode reinar somente quando a escuridão foi revelada e liberada. Isto está sendo feito agora numa escala coletiva massiva ao redor do mundo – e isso é muito bom!

Há dois pontos principais que gostaríamos de abordar sobre este tópico. O primeiro nós já abordamos, sobre o verdadeiro mal que vem reinando neste planeta por eras de tempo e manteve a humanidade da Terra sob seu controle subserviente.

O segundo ponto principal que desejamos expressar é sobre a negatividade inerente no aspecto da polaridade/dualidade criada com o propósito de aprendizagem e evolução na escola do planeta Terra. Os erros que vocês cometem em suas lições experienciais – portanto gerando carma – estão na extremidade negativa do polo. Entretanto, eles são tão necessários na experiência de aprendizado quanto as muitas coisas que vocês fazem ‘certo’…as positivas. De fato, tem sido dito frequentemente que se aprende melhor a partir de um erro do que de um acerto – você nunca esquece um erro!

Assim, quando um erro é feito, é importante reconhecê-lo e fazer algo para corrigi-lo, não é? É aqui que aparece o carma. Em vez de uma punição – a forma como é erroneamente visto – ele é uma ferramenta para auxiliar no processo de aprendizagem. Não é preciso sentir-se culpado pelo erro, como fizeram vocês acreditar…que cometeram um ‘pecado’ e precisam ser perdoados pelos ‘seus modos errados’. É apenas uma lição a ser aprendida. Esta é a forma de aprender, evoluir e graduar-se desta escola terrena…certamente considerada a mais difícil das escolas em todo o universo!

Conforme vocês despertam do sono profundo deste aspecto ilusório do mundo de 3D do planeta Terra, verão mais claramente o certo e o errado de suas vidas atuais, bem como a necessidade do processo de limpeza e purificação…tanto individual quanto coletivamente.

Mencionamos acima sobre ‘encarar a sombra do coração’. É aqui que isso entra. Conforme vocês se viram para o coração e veem a sombra de uma figura temerosa da qual vocês vêm fugindo, verão que ela é apenas a sombra de si mesmos – seus próprios aspectos negativos…na realidade, o lado sombrio mais escuro de si mesmos. De fato, o lado sombra é uma parte da polaridade natural de cada humano 3D com o propósito de experienciar, aprender, crescer…e evoluir!

Isto é o que vai tornar ‘encarar a sombra no coração’ de extrema valia para vocês: primeiramente, ‘reconheçam’ aquela negatividade sombreada…então amorosamente ‘abracem-na’…e finalmente, ‘liberem-na’. É tudo muito simples: RECONHECER…ABRAÇAR…LIBERAR. O mais importante é o liberar. Não fiquem chafurdando nisso; certifiquem-se de liberar imediatamente! E isso requer uma certa dose de confiança ou fé.

Queridos, conforme as miríades de raios de Luz do alto e de dentro estão penetrando sua amada Mãe Terra, um enorme despertar está acontecendo diariamente. No seu estado de sono da 3D vocês estão vendo principalmente a escuridão – a negatividade que aparenta ser tão prevalente na superfície do planeta. Ela parece ser o maior dos pesadelos! Quando vocês despertarem verdadeiramente, verão tudo por meio de um olhar diferente.

Entretanto, o mal deve ser libertado na Luz do amor. E os seus aspectos negativos – tanto individual como coletivamente – devem ser abordados e resolvidos. Deixem ‘A Sombra no Coração’ ajudá-los neste processo…tanto individual quanto como membros da humanidade coletiva.

Enviamos todo nosso amor e Luz para uma maravilhosa experiência de viajar com a Mãe Terra em sua tão esperada jornada de volta à casa para a sua realidade 5D!

Namastê

Dr. Beth Stormont — Fonte: https://eraoflight.com/
Roseli Giusti Zahm e Marco Iorio Júnior – Tradutora e Editor exclusivos do Trabalhadores da Luz

Fonte: Trabalhadores da Luz

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: APESAR DE TUDO A POSITIVIDADE PREVALECERÁ SOBRE A NEGATIVIDADE

DESENVOLVIMENTO PESSOAL: ILUDIDOS PELO ACASO E O DILEMA SORTE OU AZAR

Na nossa coluna DESENVOLVIMENTO PESSOAL deste domingo trago a resenha animada do livro Iludidos pelo acaso, do autor Nassim Nicholas Taleb, que trata do dilema Sorte ou Azar e das desculpas amarelas que damos para justificar. Você não pode deixar de assistir esse vídeo altamente esclarecedor!

Fonte:

Continuar lendo DESENVOLVIMENTO PESSOAL: ILUDIDOS PELO ACASO E O DILEMA SORTE OU AZAR

DESENVOLVIMENTO PESSOAL: RESUMO ANIMADO DO BEST SELLER “OMILAGRE DA MANHÔ, POR ALBANO

O Best Seller “O milagre da manhã” de Hal Elrod é o destaque, aqui na coluna DESENVOLVIMENTO PESSOAL deste sábado. Graças a Albano do “Seja Uma Pessoa Melhor” temos um super resumo animado em 6 minutos que vão transformar a sua vida, caso você assista até o fim e ponha em prática seus ensinamentos. Então, o que está esperando?  Comece agora assistir e mude a sua realidade!

Fonte: Seja Uma Pessoa Melhor

Continuar lendo DESENVOLVIMENTO PESSOAL: RESUMO ANIMADO DO BEST SELLER “OMILAGRE DA MANHÔ, POR ALBANO

REFLEXÃO: A INVEJA COMEÇA COM UM SIMPLES OLHAR

O sábado é um excelente dia para um momento de REFLEXÃO, pois é quando podemos parar para dar mais atenção a mós mesmos e enxergarmos o que realmente estamos fazendo, como estamos nos comportando e fazermos os devidos ajustes, as mudanças de rumo. Por isso trago hoje um texto que vai ajudar você a verificar se está caindo numa das mais comuns armadilhas do nosso cotidiano: A Inveja! A inveja começa com o simples ato de se comparar com o outro. Sobre o que o outro está fazendo, as coisas que ele possui, como ele se veste e como se comporta. Isso vai aumentando sem a gente perceber e de repente toma conta da nossa vida. Por isso sugiro a leitura do texto a seguir e em seguida uma boa REFLEXÃO sobre o assunto. Isso pode mudar a sua vida!   

 

A Inveja

Você tem inveja do seu colega de trabalho? Você é daqueles que costuma vasculhar as folhas de pagamento dos colegas, na ânsia de descobrir injustiças cometidas pelo seu patrão?

Você sente inveja quando um colega é promovido? Ou quando recebe um pequeno aumento salarial? Acredita que você seja um injustiçado, que seu esforço não está sendo visto?

Então conheça a história de Álvaro, um desses funcionários insatisfeitos com seu patrão.

Ele trabalhava em uma empresa há 20 anos. Funcionário sério, dedicado, cumpridor de suas obrigações.

Um belo dia, ele foi ao dono da empresa para fazer uma reclamação. Disse que trabalhava ali há 20 anos com toda dedicação, mas se sentia injustiçado. O Juca, que havia começado há apenas três anos, estava ganhando muito mais do que ele.

O patrão fingiu não ouvir e lhe pediu que fosse até a barraca de frutas da esquina. Ele estava pensando em oferecer frutas como sobremesa ao pessoal, após o almoço daquele dia, e queria que ele verificasse se na barraca havia abacaxi.

Álvaro não entendeu direito mas obedeceu. Voltando, muito rápido, informou que o moço da barraca tinha abacaxi.

Quando o dono da empresa lhe perguntou o preço ele disse que não havia perguntado. Como também não sabia responder se o rapaz tinha quantidade suficiente para atender todos os funcionários da empresa. Muito menos se ele tinha outra fruta para substituir o abacaxi, neste caso.

O patrão pediu a Álvaro que se sentasse em sua sala e chamou o Juca. Deu a ele a mesma missão que dera para Álvaro:

– Estou querendo dar frutas como sobremesa ao nosso pessoal hoje. Aqui na esquina tem uma barraca. Vá até lá e verifique se eles têm abacaxi.

Oito minutos depois, Juca voltou com a seguinte resposta: eles têm abacaxi e em quantidade suficiente para todo o nosso pessoal. Se o senhor preferir, têm também laranja, banana, melão e mamão. O abacaxi está r$ 1,50 cada, a banana e o mamão a r$ 1,00 o quilo, o melão r$ 1,20 a unidade e a laranja r$ 20,00 o cento, já descascada.

Como falei que a compra seria em grande quantidade, ele dará um desconto de 15%. Deixei reservado. Conforme o senhor decidir, volto lá e confirmo.

Agradecendo pelas informações, o patrão dispensou Juca. Voltou-se para Álvaro e perguntou:

– O que é mesmo que você estava querendo falar comigo antes?

Álvaro se levantou e se encaminhando para a porta, falou:

– Nada sério, patrão. Esqueça. Com sua licença.

…………………..

Muitas vezes invejamos as posições alheias. Sem nos apercebermos que as pessoas estão onde estão e têm o que têm porque fizeram esforços para isso.

Invejamos os que têm muito dinheiro, esquecidos de que trabalharam para conseguir. Se foi herança, precisam dar muito duro para manter a mesma condição.

Invejamos os que se sobressaem nas artes, no esporte, na profissão. Esquecemos das horas intermináveis de ensaios para dominar a arte da dramatização, da música, da impostação de voz. Não nos recordamos dos treinamentos exaustivos de bailarinos, jogadores, nem das horas de lazer que foram usadas para estudos cansativos pelos que ocupam altos cargos nas empresas.

O melhor caminho não é a inveja. É a tomada de decisão por estabelecer um objetivo e persegui-lo, até alcançá-lo, se esforçando sem cessar.

Equipe de Redação do Momento Espírita

Fonte: Momento de Reflexão

Continuar lendo REFLEXÃO: A INVEJA COMEÇA COM UM SIMPLES OLHAR

AUTOCONHECIMENTO: ZONA DE CONFORTO, COMO SAIR DELA – PARTE 4 POR WAGNER BRAGA

Você está na zona de conforto com relação a sua alimentação?

No vídeo de hoje, continuo falando sobre zona de conforto, porém foquei em oferecer dicas e exemplos sobre hábitos alimentares que podem te ajudar a sair da zona de conforto com relação a sua alimentação e, consequentemente, ter uma vida mais saudável.

Fonte:

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: ZONA DE CONFORTO, COMO SAIR DELA – PARTE 4 POR WAGNER BRAGA

DESENVOLVIMENTO PESSOAL: FAÇA, MESMO SEM VONTADE, POR PRDRO CALABREZ

O renomado psicólogo e palestrante Pedro Calabrez é o destaque da nossa coluna AUTOCONHECIMENTO desta sexta-feira, onde aborda um tema muito importante para toda a humanidade. Ele nos fala sobre as armadilha e cascas de banana que nós mesmos colocamos na nossa caminhada, cuja principal delas é a Zona de Conforto, que ele denomina dessa forma, mas no FAÇA, MESMO SEM VONTADE. Portanto, convido você a assistir ao vídeo completo a seguir  e entender como essas armadilha nos tiram do nosso foco!

Fonte:

Continuar lendo DESENVOLVIMENTO PESSOAL: FAÇA, MESMO SEM VONTADE, POR PRDRO CALABREZ

AUTOCONHEIMENTO: SAIBA TUDO SOBRE “A CURA PELA FÉ” NUMA ENTREVISTA COM O DR. JEFF LEVIN

A postagem desta quinta-feira, aqui na coluna AUTOCONHECIMENTO é uma oportunidade única de você conhecer qual a relação entre as práticas religiosas ou espirituais e a saúde. Numa entrevista com uma das maiores autoridades em estudos definidos como epidemiologia da religião, cujo objetivo principal é saber como atores espirituais previnem a incidência de enfermidades em determinadas regiões e a mortalidade, e promovem a saúde e o bem-estar – estabelecendo o relacionamento existente entre ciência, medicina e espiritualidade. Ele esclarece para você todas essas dúvidas existentes na sua cabeça.

Nenhuma descrição de foto disponível.

A CURA PELA FÉ

Hoje em dia, Jeff Levin é considerado um dos principais nomes nos estudos científicos a respeito da relação entre as práticas religiosas ou espirituais e a saúde.

Por Gilberto Schoereder

Várias pesquisas vêm sendo realizadas nos últimos anos envolvendo o que alguns chamam de “o poder da oração”. Uma das grandes autoridades mundiais nesse campo é o dr. Jeff Levin, um epidemiologista social formado em religião, sociologia, saúde pública, medicina preventiva e gerontologia na Universidade Duke, na Universidade da Carolina do Norte, na Divisão Médica da Universidade do Texas e na Universidade de Michigan.

Ele é pesquisador do National Institute for Healthcare Research e seus estudos podem ser definidos como epidemiologia da religião – o estudo científico de como fatores espirituais previnem a incidência de enfermidades em determinadas regiões e a mortalidade, e promovem a saúde e o bem-estar – estabelecendo o relacionamento existente entre ciência, medicina e espiritualidade.

Seu trabalho estabelece pontes entre diferentes campos de atividade, como epidemiologia, gerontologia, sociologia, psicologia e medicina alternativa e complementar.

As perguntas básicas que seus estudos apresentam são: Como a fé religiosa atua como um recurso na prevenção de doenças e na promoção do bem-estar?; Um relacionamento de amor com Deus é uma característica das pessoas saudáveis?; A religiosidade é um fator de proteção contra doenças ao longo do processo de envelhecimento?; Existem efeitos terapêuticos ou preventivos de energias sutis ou estados alterados de consciência?

O resultado de suas pesquisas foi publicado no livro Deus, Fé e Saúde (Editora Cultrix). Entrevistamos o dr. Levin por e-mail para que ele nos falasse mais sobre seu trabalho e as mais recentes descobertas nessa área, assim como sua relação com teorias e posturas mais conservadoras da medicina, que ainda resistem em aceitar as evidências científicas coletadas nos últimos vinte anos.

A relação entre a oração ou as preces e a saúde se tornou um dos assuntos mais comentados da atualidade. Essa relação positiva entre ambas está definitivamente comprovada ou ainda estamos no campo das evidências? Em que ponto se encontram as pesquisas científicas?

O campo da pesquisa em espiritualidade e saúde compreende, na verdade, três áreas de estudo diferentes. Uma delas, aquela em que minha pesquisa se focou nos últimos vinte anos, envolve investigações epidemiológicas de como a fé ou o envolvimento religioso influencia a saúde física e mental. Já foram feitos mais de mil estudos com esse enfoque e, hoje, a ideia de que aspectos da vida religiosa podem ser benéficos para a saúde ou o bem-estar de algumas pessoas é aceita de forma geral e não controversa.

As duas outras áreas de pesquisa em espiritualidade e saúde envolvem: 1) estudos experimentais de laboratório, como em psicofisiologia, explorando os correspondentes espirituais de estados alterados de consciência; 2) testes clínicos investigando os efeitos da oração à distância. Em contraste com a pesquisa epidemiológica, esses estudos encontram muito mais resistência. Pessoalmente, acredito que existem boas evidências para ambas, mas os temas e conceitos levantados por esses estudos desafiam a estreiteza da visão de mundo de muitos cientistas das correntes estabelecidas.

Tem se falado na influência de fatores espirituais ou religiosos no processo de cura. Foi realizada alguma tentativa no sentido de determinar se se trata, de fato, de fatores espirituais, ou pode se tratar da ação da mente, como ocorre em tantos dos chamados “fenômenos parapsicológicos”? Em outras palavras, a crença de uma ou mais pessoas daria início a um processo ou uma ação mental. O que o senhor pensa a esse respeito?

Eu não estou certo de que usando os métodos naturalistas da ciência empírica poderemos algum dia desemaranhar esses dois conceitos. Aqui, nos Estados Unidos, médicos religiosamente muito conservadores opuseram muita resistência a essa pesquisa. Eles vêem os resultados de estudos de oração e cura, e quer atribuir qualquer cura subseqüente à intervenção “sobrenatural” de Deus. Outros reconhecem a possibilidade de que o ato de rezar envolva criar uma intenção mental positiva que pode ter, por si mesma, um efeito curativo. Mas isso é interpretado pelo primeiro grupo como blasfemo e até mesmo, acredite ou não, satânico – porque parece implicar efeitos que são inerentemente parapsicológicos, e a parapsicologia é considerada maligna.

Considero essa reação perturbadora por duas razões. Em primeiro lugar, fez muitos médicos cristãos conservadores rejeitar efetivamente os resultados de estudos de oração e cura, porque os estudos implicavam que as orações de qualquer um podem ser efetivas, independentemente de religião, talvez devido a algum tipo de mecanismo paranormal. Isso ameaça as reivindicações de exclusividade que alguns fazem para sua própria religião e para os resultados de orações dessa religião.

Em segundo lugar, se os resultados forem devidos “apenas” à parapsicologia – em vez de a Deus, por assim dizer -, por que isso seria um problema? Em última instância, todos esses efeitos vêm de Deus. Eu acredito que o Criador dotou os seres humanos com todo tipo de aptidão, algo que os grandes místicos conhecem há milhares de anos e que cientistas ocidentais só agora procuram entender. Mais de cem anos de pesquisa parapsicológica confirmaram isso, para satisfação minha e de muitos outros.

Durante suas pesquisas, o senhor teve conhecimento da ação dos chamados “médiuns de cura”? De alguma forma, esses casos podem estar relacionados?

Já ouvimos falar que a cura não provém exatamente dos médiuns, mas da crença das pessoas que os consultam.

Pessoalmente, nunca pesquisei sobre médiuns, mas tenho uma posição a respeito. Acredito que, quando se trata de orações, cura pelas mãos ou por energia, ou qualquer outra forma sutil de terapia bioenergética ou relativa à consciência, todos os elementos da interação curativa podem ser importantes; em outras palavras, as habilidades, características e intenções de quem cura, o método da cura e as crenças do paciente. Tudo isso pode entrar em jogo até certo ponto, mas pode variar de acordo com a situação.

Quanto a uma condição sine qua non para o sucesso da cura, já ouvi muitos curandeiros dizendo que descobriram, por experiência própria, que é indispensável haver uma intenção amorosa por parte do curandeiro ou rezador; independentemente de outros elementos (método, técnica, expectativas de paciente, etc.). É fundamental haver uma intenção sincera e abnegada de amor fraterno, que deseje o melhor benefício para a pessoa, de acordo com a vontade de Deus.

Já ouvimos falar de experiências de “prece a distância”, com resultados positivos. Inclusive, as pessoas que realizavam as preces não sabiam a quem elas se dirigiam. O que o senhor pode nos dizer sobre esse assunto?

Como muitos leitores já devem saber, houve vários estudos recentes que investigaram os efeitos da oração a distância. Alguns desses estudos foram, de fato, bem controlados, com método duplo-cego e amostragem criteriosa; foram testes clínicos de certa forma similares aos testes farmacológicos que avaliam os efeitos de novas drogas. Para horror de muitos médicos acadêmicos convencionais, alguns desses estudos mostraram resultados, com índices de recuperação que foram melhores entre os pacientes que foram alvo de orações sem o saberem do que entre os pacientes dos grupos de controle.

Acredite ou não, já houve quase duzentas investigações desse tipo. E não só em pessoas, mas outros organismos, como animais e plantas. A pesquisa foi compilada de forma muito abrangente em um livro soberbo chamado Spiritual Healing (Cura Espiritual), escrito por meu amigo Dr. Dan Benor, um médico norte-americano. Ele descobriu que cerca de um quarto dos estudos foi realizado com uma metodologia de pesquisa impecável, e que, desse um quarto, aproximadamente três quartos constataram resultados positivos. Em outras palavras, isso é evidência e que orações a distância tiveram um efeito mensurável e benéfico.

Em seu livro Deus, Fé e Saúde, o senhor estabelece uma relação entre o modo como o compromisso religioso influencia o comportamento, e o modo como o comportamento influencia a saúde. No entanto, o comportamento de uma pessoa não está necessariamente ligado ou necessariamente dependente de um compromisso religioso. Foi feita alguma pesquisa no sentido de determinar o comportamento de pessoas não-religiosas, para ver se aquelas que têm comportamento saudável têm uma saúde melhor, como as religiosas ou espiritualizadas? O senhor diz em seu livro que as pesquisas mostram que o comportamento não-saudável não relacionado à postura religiosa ou espiritual?

É claro que as pessoas podem ser perfeitamente saudáveis sendo ou não sendo religiosas ou espiritualizadas. O que tentei fazer no meu livro foi examinar os “mecanismos” subjacentes às relações entre espiritualidade e saúde observadas em pesquisas. Essas associações existem, eu concluí, exatamente porque a religiosidade pode motivar comportamentos saudáveis, pode gerar relações sociais de apoio e solidariedade, pode produzir sentimentos ou emoções poderosos, etc. E já se sabe que cada um desses fatores – hábitos saudáveis, relacionamentos, sentimentos – é importante para a saúde.

Existem diferenças visíveis entre “estar associado a uma religião” e ter o que se poderia chamar de uma “atitude espiritual independente”? Faz diferença se a pessoa reza numa igreja ou em qualquer outro tipo de templo, ou se ela reza em casa, e segundo suas próprias regras? O que conta, afinal, é o comportamento, é o modo de pensar, é uma sintonia especial, ou outro fator?

Eu não acredito que faça qualquer diferença. Um dos primeiros fatos básicos que descobri quando comecei minha pesquisa, vinte anos atrás, é que um efeito saudável da religiosidade ou da espiritualidade parecia ser uma constante universal na natureza. Isto é, quando se toma como referência ou pessoas sem um caminho espiritual ou a população como um todo, efeitos epidemiologicamente protetores ou preventivos foram observados em católicos, protestantes, judeus, budistas, hindus, muçulmanos, zoroastristas, etc. Além disso, uma quantidade considerável de estudos mostrou um benefício às pessoas que, mesmo não sendo formalmente religiosas, estão envolvidas com meditação ou outras buscas espirituais.

O Institute of Noetic Sciences, uma esplêndida organização na Califórnia, publicou um relatório excelente chamado The Physcal and Psychological Effects of Meditation (Os Efeitos Físicos e Psicológicos da Meditação) documentando esses estudos.

O senhor entende que essa aproximação da ciência com a religião é uma tendência para o futuro? O filósofo Ken Wilber já vem se manifestando há anos a respeito da necessidade de se desenvolver aproximando as visões científica e espiritual. O que o senhor pensa a esse respeito?

Nos últimos trinta anos, os acadêmicos dos Estados Unidos têm demonstrado um considerável interesse em explorar a interface entre religião e ciência. Porém, muito desse discurso aconteceu dentro do contexto rígido das filosofias e visões de mundo adotadas pelos acadêmicos e pelas religiões predominantes. Um “novo paradigma” que unifique as abordagens científica e espiritual seria certamente um desdobramento bem-vindo. Mas precisamos nos perguntar: Qual paradigma? Qual abordagem científica? Perspectiva espiritual de quem?

Ken Wilber fala para muitas pessoas que têm interesse intelectual na consciência e em caminhos espirituais alternativos, mas eu não diria que o mundo acadêmico ortodoxo esteja pronto para isso. Para boa parte da comunidade acadêmica, o diálogo entre ciência e religião é um diálogo entre uma visão muito materialista e mecanicista de ciência e uma versão cartesiana de espiritualidade, baseada num paradigma muito antigo.

Já existe alguma tentativa de se desenvolver uma teoria a respeito dessa ação da prece na melhora da saúde das pessoas, ou ainda é muito cedo para isso? O senhor entende que uma tória desse gênero deverá estar ligada a teorias desenvolvidas pela parapsicologia, envolvendo a atuação da mente sobre a matéria?

Uma das críticas que os céticos organizados fazem incessantemente à literatura científica sobre oração e cura é que esses estudos não podem ser verdadeiros porque não existe uma teoria que explique as descobertas. Assim, de acordo com essa crítica, os resultados são impossíveis.

A crítica é errônea por dois motivos distintos. Primeiro, a pesquisa clínica estabelece uma distinção entre eficácia e mecanismo de ação. A eficácia de uma terapia pode ser demonstrada muito tempo antes de se compreender o mecanismo subjacente de ação. É o caso da aspirina, que sabíamos que funcionava antes de entendermos por quê. Ignorar ou condenar os resultados de pesquisas metodologicamente sólidas porque eles não se enquadram nas atuais teorias seria a morte da ciência. Qualquer grande novo avanço, por definição, será gerado pela necessidade de se formular uma nova perspectiva teórica que responda a dados inesperados. É assim que as coisas têm funcionado ao longo da história da ciência.

Mas a segunda razão que invalida as objeções dos céticos é muito mais básica: existem, de fato, teorias e perspectivas para nos ajudar a entender como e por quê a oração pode curar. Sobre esse tópico já foi escrito mais do que eu poderia abordar aqui, mas basta dizer que há muitos anos têm surgido livros acadêmicos e artigos científicos com esse enfoque.

Propuseram-se muitos mecanismos de ação possíveis, aproveitando trabalhos estimulantes nas áreas da física, do estudo da consciência, da psicofisiologia e da parapsicologia. Todo tipo de força, energia ou campos foi cogitado, inclusive conceitos como os de mente estendida, campos mórficos, mente não-local, psi, energias sutis, etc. O pesquisador alemão, Dr. David Aldridge, escreveu muito sobre esse tópico, assim como meu amigo Dr. Larry Dossey, o médico norte-americano, em muitos de seus livros, como Palavras que Curam (Healing Words, Editora Cultrix).

Acredito que a parapsicologia guarda uma riqueza de demonstrações empíricas e de proposições teóricas no que tange à oração a distância e seus efeitos de cura. Mas, infelizmente, muitos cientistas e médicos acadêmicos ortodoxos desdenham e não acreditam nesse trabalho, ao mesmo tempo em que o conhecem tão pouco. Essa postura vem principalmente da ignorância e de uma necessidade corporativista de proteger o próprio território. É pena, mas isso também parece ser uma constante na história da ciência e da medicina.

Para Saber Mais:

Deus, Fé e Saúde – Jeff Levin –
Editora Cultrix
Fone : (11) 6166-9000
Site de Jeff Levin: / www.religionandhealth.com/index.htm

(Extraído da revista Sexto Sentido 52, páginas 26-31)

Fonte: IPPB
Continuar lendo AUTOCONHEIMENTO: SAIBA TUDO SOBRE “A CURA PELA FÉ” NUMA ENTREVISTA COM O DR. JEFF LEVIN

COMPORTAMENTO: COMO LIDAR COM A DEPRESSÃO EM IDOSOS

A nossa coluna COMPORTAMENTO desta quinta-feira trás como destaque um assunto de suma importância nos dias atuais, que é a “Depressão em Idosos“. O tema é bastante atual tanto pelo fato de estarmos vivendo uma pandemia mundial, como pelo fato de a nossa população estar envelhecendo a cada dia. Então, convido você a ler o artigo completo a seguir, refletir e fazer o seu juízo de valor!

Resultado de imagem para Entenda como funciona a depressão em idosos

Entenda como funciona a depressão em idosos

Segundo o IBGE, brasileiros na faixa etária de 60 a 64 anos são os que mais sofrem com a doença

Escrito por Fatime Ghandour

Redação Minha Vida

Em 10/2/2021

O que é depressão?

depressão é uma doença psiquiátrica crônica que tem como sintomas: tristeza profunda, perda de interesse, desânimo, desesperança, desleixo consigo mesmo e oscilações de humor. Por vezes é confundida com ansiedade e pode levar a pensamentos suicidas.

As depressões têm diferentes classificações, sobretudo de acordo com a sua intensidade. Assim, é essencial diagnosticar a doença e iniciar acompanhamento médico.

Depressão em idosos

Apesar de o problema atingir pessoas de diferentes idades, a última Pesquisa Nacional de Saúde realizada em 2019 pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) informa que brasileiros que estão na faixa etária de 60 a 64 anos são os que mais sofrem com a doença; segundo os dados, 11,1% deles estão depressivos.

As principais causas da depressão em idosos

A psicanalista especializada em bem-estar na terceira idade Eloah Mestieri explica que a saúde mental dos idosos é especialmente afetada pelos seguintes eventos – grande parte relacionados a perdas:

  • Morte de pessoas próximas
  • Aparecimento de déficits sensoriais (especialmente visão e audição) e dificuldades motoras, que culminam na perda de autonomia
  • Diminuição de atividades sociais
  • Distanciamento dos filhos, familiares e pessoas próximas
  • Falta interação, principalmente com pessoas da mesma faixa etária, propiciando: solidão indesejada em lares de idosos, tratamento infantilizado, ter sua vontade ignorada – sendo forçado a se submeter às escolhas de outras pessoas – e achar que está dando trabalho e/ou despesa aos familiares
  • Aposentadoria e sentimento de invalidez
  • Rebaixamento de rendimentos
  • Sofrer violência física ou psicológica

Segundo a psicanalista, o isolamento social causado pela pandemia da COVID-19 também é, atualmente, uma das principais causas de depressão em idosos.

Sintomas da depressão em idosos

A especialista diz que os sintomas comuns da depressão em idosos não são diferentes daqueles que ocorrem em pacientes mais jovens. Porém, reconhecer a doença no indivíduo da terceira idade é mais difícil por haver uma tendência de presumir que os sinais estejam associados a outras patologias físicas e mentais decorrentes do avanço da idade.

Os sintomas mais comuns da depressão em idosos são:

  • Isolamento: recolhimento em si mesmo, evitando contato social com amigos e com familiares e não participação nas conversas
  • Falta de energia e de interesse em atividades que antes gostava
  • Tristeza profunda ou sentimento de “vazio”
  • Pensamentos de morte ou suicídio
  • Ansiedade, irritabilidade ou agitação
  • Esquecimentos e raciocínio mais lento
  • Grande aumento ou diminuição do apetite
  • Muita sonolência ou insônia
  • Descuido com a própria higiene

Principalmente em idosos, estes sintomas da depressão podem agravar outras condições, como o mal de Alzheimer, demência senil, alteração do funcionamento do sistema endócrino e imunológico (afetando a saúde como um todo), perda do apetite, má qualidade do sono, cansaço e mal-estar quase que permanentes, baixa autoestima e possibilidade de suicídio.

1° boletim de suicídio no país, publicado em 2018 pelo Ministério da Saúde, alerta para a alta taxa de suicídio entre idosos com mais de 70 anos. Segundo os dados, nessa faixa etária foram registradas média de 8,9 mortes por 100 mil nos últimos seis anos – a média nacional é 5,5 por 100 mil.

O alerta é para que as pessoas próximas a pessoas da terceira idade fiquem atentas a quaisquer sintomas que possam indicar depressão, contatando um profissional da saúde caso necessário.

Por que a alta taxa de depressão em idosos?Foto: Getty Images

Foto: Getty Images

De acordo com a psicanalista, a cultura ocidental enxerga o idoso como uma pessoa ultrapassada, cujas opiniões são descartáveis e sem importância. Assim, a população da terceira idade se encontra muitas vezes negligenciada pela sociedade, fortalecendo um sentimento de inutilidade, desrespeito e desvalorização, que influencia no bem-estar.

Além disso, Eloah menciona os poucos recursos para os mais velhos em relação a políticas públicas adequadas e efetivas, o que agrava a situação da depressão em idosos que não têm o suporte necessário. Somando-se a isso, é cada vez mais comum que idosos sofram violência física e mental por serem mais vulneráveis.

Como tratar a depressão em idosos?

Há casos em que apenas um apoio psicanalítico é suficiente, outras vezes é necessário fazer uso da terapia medicamentosa durante o período indicado pelo profissional.

Como ajudar o idoso?

Principalmente nos dias atuais (pandemia da COVID-19), é muito benéfico que o idoso tenha atividades que o mantenham engajado e com um propósito, preenchendo os dias. Uma boa dica é que a família e pessoas próximas conversem casualmente com o idoso e descubram seus gostos e vontades, ouvindo-o e incentivando-o a aprender algo novo ou a retomar alguma tarefa.

Eloah Mestieri também faz uma advertência: “não infantilize o idoso, ele não é uma criança grande. Ele é alguém que já viveu muito, sofreu, amou, rompeu barreiras, enfrentou desafios, superou problemas e apenas está em uma outra fase adulta da vida. Não faça perguntas sobre ele ao acompanhante, dirija-se sempre ao idoso. Nem queira decidir por ele. Isto é uma das piores formas de violência que o levará à depressão, à perda da autoestima e também ao destrutivo sentimento de nulidade.”

Fonte: 

Fatime Ghandour

Minha Vida

Continuar lendo COMPORTAMENTO: COMO LIDAR COM A DEPRESSÃO EM IDOSOS

REFLEXÃO: O HOMEM BUSCA FORÇA E SEGURANÇA ATRAVÉS DA CIÊNCIA ESPIRITUAL

Através da Ciência Espiritual o homem busca Força e Segurança para alcançar a plenitude dos seus atos. Essa plenitude se traduz em sabedoria e saúde. A saúde em sua forma mais completa: física, mental, espiritual e emocional. Por isso, convido você a ler o texto completo a seguir, refletir e fazer o seu juízo de valor sobre esses valores que fazem parte da consciência humana desde os terapeutas ou Essênios na antiguidade!

Sabedoria e Saúde

 em 

 

Hoje trago uma parte do texto “Sabedoria e Saúde” de Rudolf Steiner, pai da antroposofia. Vale a pena refletir sobre o assunto.

“A ciência espiritual que atuar na vida prática quer dar ao Homem força e segurança.

Não é assunto para pessoas curiosas e, sim, para aqueles que querem ser atuantes e que estão dispostas a colaborar energicamente na vida.

Houve ciência espiritual em todas as épocas. Nos círculos em que era praticada, era voz corrente que o homem era capaz de desenvolver, para além da mera força de raciocínio, forças espirituais superiores às da vida comum. O nexo entre o conceito de sagrado, intacto ou salvo e salutar (“heilg, heil e heilsam”, em alemão) sempre era sentido ali. O Espírito Santo é o espírito absolutamente são que mergulha na alma humana, a fim de espalhar salvação no mundo.

Mas é justamente a partir desse ponto de vista que a ciência espiritual, frequentemente, é mal interpretada. Ela conduz o homem de metas egoístas de conhecimento, saber e aspiração, para pontos de vista universais, para a união do indivíduo com o Universo. Mas as forças superiores que a ciência espiritual dá com isso, atraem tantas pessoas e as incitam a uma ambição egoísta. Mesmo que a ciência espiritual, em verdade, afaste o homem ao máximo do lado pessoal, amiúde é usada como serva do egoísmo. De um dia para o outro, as pessoas querem que ela preencha os seus desejos egoístas.

Havia ciência espiritual no âmbito de uma irmandade na África, os Terapeutas. A mesma irmandade tinha o nome de essênios na parte da terra onde nasceu o cristianismo. Já o nome de terapeutas indica sua ligação ao espírito e à saúde. Os terapeutas ou essênios curavam por meios espirituais em conexão com a ciência material. Quem aceita a ciência espiritual recebe reais remédios: a ciência espiritual é um elixir da vida. Não tem de ser comprovada por discussões e razões lógicas mas introduzida na vida, ela deve tornar são e salvos aqueles homens que a acolhem. O mero fato de saber que existe reencarnação e carma e falar disso em belas frases equivale a uma não ciência espiritual. Devemos viver nela a toda hora e todos os dias, totalmente compenetrar dela a alma e aguardar calmamente o que acontecer; aí perceber-se-á o seu efeito. Quem levar dentro de si os pensamentos da ciência espiritual como alimento e semente, nas horas de pena e alegria, em horas de devoção e elevação, em horas em que a vida está na iminência de se despedaçar; quem sentir como eles trazem estímulo ao trabalho energia e esperança aprendeu-a corretamente. Vale aqui a palavra de Goethe: “cogite o que, mais ainda o como”.

A ciência espiritual tem de tornar-se um assunto bem individual de cada homem. O homem ativo na ciência espiritual levanta os olhos aos astros, compreendendo-o conforme as leis da vida que permeiam todo o universo. Quando, de manhã, o sol se levanta em toda sua magnificência e, à noite, a lua no seu silencioso esplendor, quando as nuvens passam no firmamento, o homem levanta os olhos e os processos no firmamento lhe são a manifestação da vida universal anímico-espiritual, tal qual vemos nos movimentos de um semblante ou de uma mão a expressão da vida anímico-espiritual no homem…

A ciência espiritual atenta para cada detalhe, exigindo que nos interessemos com amor por cada planta, cada pedra. Não queremos procurar por magia o mundo espiritual. Porém, não devemos procurá-lo afastados dos sentidos, mas lá onde nos encontramos no trabalho eficaz do dia.

O saber que o homem ganha penosamente por via de experimento pode se tornar sabedoria. Sabendo refundir o vivo em algo pleno de cor, som e luz, em imaginação, a pessoa se tornará sábia.

O homem deve ter a força de transformar numa imagem viva o que apenas sabe.
A sabedoria enche o homem de força vital e a força juvenil é algo que o torna forte e vivaz.

Tal sabedoria abre a alma e é o germe do amor.

Saber, conhecer, ser sábio é o fundamento de todo poder de ajuda ao homem.”

Luz e Paz!!!

Fonte: Sabedoria Universal

Continuar lendo REFLEXÃO: O HOMEM BUSCA FORÇA E SEGURANÇA ATRAVÉS DA CIÊNCIA ESPIRITUAL

REFLEXÃO: A CANÇÃO DO AMOR QUE CURA E FAZ MILAGRE

A canção do amor é o texto que escolhi para começar a semana com uma bela REFLEXÃO sobre o AMOR. O amor genuíno. Aquele mais puro e inocente, cuja força é imbatível e inalcançável. Que transforma, realiza e o impossível não existe. Então convido você a ler o texto completo a seguir sobre uma história verdadeira onde o amor realizou “milagre”.

Resultado de imagem para a canção do amor

A canção do amor

Quando Karen, como qualquer mãe, soube que um bebê estava a caminho, fez todo o possível para ajudar o seu outro filho, Michael, com três anos de idade, a se preparar para a chegada.

Os exames mostraram que era uma menina, e todos os dias Michael cantava perto da barriga de sua mãe. Afinal, ele já amava a sua irmãzinha antes mesmo dela nascer.

A gravidez se desenvolveu normalmente.

No tempo certo, vieram as contrações. Primeiro, a cada cinco minutos; depois a cada três; então, a cada minuto uma contração.

Entretanto, surgiram algumas complicações e o trabalho de parto de Karen demorou horas. Enfim, depois de muito tempo de sofrimento, a irmãzinha de Michael nasceu. Só que ela estava muito mal.

Com a sirene no último volume, a ambulância levou a recém-nascida para a UTI neonatal do Hospital Saint Mary.

Os dias passaram. A menininha piorava. O médico disse aos pais para se prepararem para o pior. Havia poucas esperanças. Karen e seu marido começaram, com muita tristeza, os preparativos para o funeral.

Apenas alguns dias antes estavam arrumando o quarto para esperar pelo novo bebê. E agora, os planos eram outros.

Enquanto isso, Michael pedia todos os dias aos pais que o levassem para conhecer a sua irmãzinha.

Eu quero cantar para ela, dizia.

A segunda semana de UTI entrou e não se sabia se o bebê sobreviveria até o fim dela.

Michael continuava insistindo com seus pais para que o deixassem cantar para sua irmã, mas crianças não podiam entrar na UTI.

Então a mãe, Karen, decidiu: levaria Michael ao hospital de qualquer jeito. Ele ainda não tinha visto a irmã e, se não fosse hoje, talvez não a visse viva.

Ela vestiu Michael e rumou para o hospital. A enfermeira não permitiu que ele entrasse e exigiu que ela o retirasse dali.

Mas Karen insistiu: Ele não irá embora até que veja a sua irmãzinha!

Diante da insistência e sofrimento daquela mãe, a enfermeira levou Michael até à incubadora.

Ele olhou demoradamente para aquela trouxinha de gente que perdia a batalha pela vida e, depois de alguns minutos, começou a cantar com sua voz infantil:

Você é o meu sol, o meu único sol. Você me deixa feliz mesmo quando o céu está escuro…

Naquele momento, o bebê pareceu reagir. A pulsação começou a baixar e se estabilizou. Karen encorajou Michael a continuar cantando.

E ele prosseguiu: Você não sabe, querida, o quanto eu a amo. Por favor, não leve o meu sol embora…

Enquanto Michael cantava, a respiração difícil do bebê foi se tornando suave. Continue, querido! – pediu Karen, emocionada.

E Michael sussurava baixinho: Outra noite, querida, eu sonhei que você estava em meus braços…

O bebê começou a relaxar. Michael cantava. A enfermeira começou a chorar. Você é o meu sol, o meu único sol. Você me deixa feliz mesmo quando o céu está escuro… Por favor, não leve o meu sol embora…

No dia seguinte, a irmã de Michael já tinha se recuperado e em poucos dias foi para casa.

O Woman´s Day Magazine chamou essa história de O milagre da canção de um irmão. Os médicos chamaram simplesmente de milagre. Karen chamou de milagre do amor de Deus.

* * *

O amor é a presença de Deus no coração das criaturas. É força incrivelmente poderosa, capaz de modificar as situações mais difíceis.

Quem ama, envolve a pessoa amada em suave bálsamo perfumado que penetra e alivia as dores, os medos, a insegurança.

O amor fortalece a confiança, faz florescer a esperança, renascer a alegria, ressurgir a felicidade.

Redação do Momento Espírita, com base em fato

Continuar lendo REFLEXÃO: A CANÇÃO DO AMOR QUE CURA E FAZ MILAGRE

DESENVOLVIMENTO PESSOAL: COMO SER UMA PESSOA DESEJÁVEL SEM SER BONZINHO DEMAIS

Começar a semana aprendendo coisas que nos ajudam a ser uma pessoa melhor é a nossa proposta, aqui na coluna DESENVOLVIMENTO PESSOAL. Portanto, nesta segunda-feira temos uma resenha animada sobre como ser uma pessoa aceitável e desejável pelos outros sem que elas a explorem ou não queiram se relacionar com você. Sobre o equilíbrio entre ser bobo ou esperto demais. Enfim, ser uma pessoa de sucesso nos relacionamentos. Se você quer ser alguém assim assista a esse vídeo!

Fonte:

Continuar lendo DESENVOLVIMENTO PESSOAL: COMO SER UMA PESSOA DESEJÁVEL SEM SER BONZINHO DEMAIS

PODCASTS: CORAGEM! VOCÊ TEM FEITO ESSE EXERCÍCIO?, POR ROSSANDRO KLINJEY

Neste domingo, aqui na coluna PODCASTS você vai ouvir o renomado psicólogo Rossandro Klinjey falar sobre “Coragem”. Você tem exercitado a [CORAGEM] na sua rotina? Seja ela física, moral ou psicológica, colocá-la em prática é desafiante. Por isso você deve ouvir esse Podcast até o fim para entender o verdadeiro significado da CORAGEM!

Fonte:

Continuar lendo PODCASTS: CORAGEM! VOCÊ TEM FEITO ESSE EXERCÍCIO?, POR ROSSANDRO KLINJEY

REFLEXÃO: A GRATIDÃO EM TODOS OS MOMENTOS DA VIDA

Seja grato sempre, mesmo quando o mundo lhe disser não! O artigo a seguir é para você fazer uma bela REFLEXÃO antes de iniciar uma nova semana. Uma oportunidade de expandir a sua consciência!

“Um ótimo dia! Tudo de bom! Muito obrigado!”

Este é o 21° texto da coluna diária do Conexão Política sobre reflexões cristãs.

Publicado em 06.02.2021

Por  

 

Marcelo Camargo | Agência Brasil

“Um ótimo dia! Tudo de bom! Muito obrigado!”. Essas foram as palavras de um pedinte, com idade aproximada de 60 anos, que se afastou do meu carro, enquanto eu aguardava o sinal (ou farol) verde para partir e seguir minha viagem. Confesso que, por estar pensando em tantas outras coisas naquele momento, acabei não dando atenção ao que aquele senhor pedia. Era uma cena corriqueira que acontece diariamente no trânsito do Rio de Janeiro.

Mesmo sem receber qualquer quantia financeira, quando ele passou ao lado da janela do banco carona, deu pra ouvir suas palavras: Um ótimo dia! Tudo de bom! Muito obrigado!”!

Aquelas palavras me levaram a pensar em como alguém pode desejar um ótimo dia! Tudo de bom! Muito obrigado!, sem ter recebido nada — NADA!  Segui meu caminho pensando naquelas palavras por alguns minutos, e me lembrei de uma cena bíblica muito incrível.

Ao se aproximar de Jericó, Jesus ficou muito impactado com as palavras ditas por um um cego, que estava sentado, pedindo esmolas. Ele viu ali uma grande oportunidade de ganhar sua visão de volta, mas sabia que para isso precisava chamar a atenção de quem podia lhe atender: Jesus. Então, pôs-se a gritar com muita força:

Jesus, filho de Davi, tem misericórdia de mim! — (Lucas 18:38) 

Aquele homem cego conseguiu chamar a atenção de Cristo, e, logo em seguida, recebeu o milagre de ter sua visão de volta, mesmo porque Jesus nunca se despediu de alguém deixando-a com as ‘mãos vazias’. Assim, não foi difícil para aquele homem encontrar palavras que glorificassem a Jesus pela benção recebida: … e seguia Jesus glorificando a Deus.” (Lucas 18:43) 

Porém, se aquele cego não tivesse recebido a visão de volta, será que teria dito um ótimo dia! Tudo de bom! Muito obrigado!”?. 

Talvez algumas pessoas improváveis tenham muito a nos ensinar sobre como expressar gratidão mesmo sem nada ter recebido. Foi sobre isso que aquele pedinte do sinal me fez refletir.

Podemos dizer: um ótimo dia! Tudo de bom! Muito obrigado!” quando não lançamos expectativas sobre as pessoas, por algo ou alguma coisa. Nossas desistências se dão, na maioria das vezes, quando superestimamos o que as pessoas podem fazer em nosso favor. E quando isso não acontece, facilmente temos nossas expectativas frustradas.

Quando você estiver diante de uma situação de DAR algo a alguém, seja uma quantia ou “um ótimo dia! Tudo de bom! Muito obrigado!”, então, dê!

Em tudo o que fiz, mostrei-lhes que mediante trabalho árduo devemos ajudar os fracos, lembrando as palavras do próprio Senhor Jesus, que disse: ‘Há maior felicidade em dar do que em receber. — (Atos 20:35) 

Ajude a evangelizar o mundo!

Pastor e Consultor de Seguro Saúde

Fonte: Conexão Política

Continuar lendo REFLEXÃO: A GRATIDÃO EM TODOS OS MOMENTOS DA VIDA

SAÚDE ESPORTIVA: SAIA DA INÉRCIA E DO SEDENTARISMO E COMECE A CAMINHAR JÁ

Depois que você ler o artigo a seguir você jamais será o(a) mesmo(a). Nele você vai saber tudo sobre a atividade física da CAMINHADA com 11 motivos para você começar a se exercitar imediatamente, de forma que após essa experiência você só vai permanecer no sedentarismo se não tiver um mínimo de amor próprio e amor a vida. Então aceite o desafio e leia o texto completo a seguir. Assista aos vídeo, reflita e comece uma nova vida!

Resultado de imagem para caminhada

Caminhada: 11 benefícios, como emagrecer e como começar

Ela controla a pressão, diabetes, protege contra demência e ainda emagrece

Escrito por Redação

Redação Minha Vida

caminhada é um dos exercícios mais fáceis de realizar, pois não exige habilidade, é barata, pode ser feita praticamente a qualquer hora do dia, não tem restrição de idade e ainda pode ser executada dentro de casa se você tiver uma esteira.

Na pesquisa Life Insights: Health Report 2017, feita pelo Minha Vida, 49,3% da população faz exercícios aeróbicos regularmente; 21,8% fazem exercícios de vez em quando; e 26,8% não fazem exercícios físicos. Além disso, 59,2% dos participantes procuram andar a pé sempre que possível para ter uma vida mais saudável. Ou seja, ainda tem bastante gente precisando de motivação para pular da cama e se movimentar.

Entre as pessoas que já caminham ou fazem alguma outra atividade aeróbica, os principais motivos são: para envelhecer com mais saúde (78,2%), para se sentir mais disposto (76%) e para se manter em forma (66,5%). Nesse grupo, 53,3% se exercita sem academia de ginástica e 46,7% frequenta a academia. E, claro, 9,6% dos participantes confessaram que pagam a academia, mas nunca vão. Aposto que você conhece alguém assim!

“Para uma pessoa que não pratica nenhum tipo de esporte, uma caminhada de apenas 10 minutos por dia já provoca efeitos perceptíveis ao corpo, depois de apenas uma semana”, explica o fisiologista do esporte Paulo Correia, da Unifesp.

Além da melhora do condicionamento físico, as vantagens de caminhar para a saúde do corpo e da mente são muitas, e comprovadas pela ciência. O Minha Vida reuniu 11 benefícios que esse hábito pode fazer para você. Confira aqui e movimente-se!

Benefícios da caminhada

A caminhada é uma ótima forma de começar um novo estilo de vida. Quer saber mais? Veja detalhes sobre os benefícios da caminhada:

1. Melhora a circulação

Um estudo feito pela USP, de Ribeirão Preto, provou que caminhar durante aproximadamente 40 minutos é capaz de reduzir a pressão arterial durante 24 horas após o término do exercício. Isso acontece porque, durante a prática do exercício, o fluxo de sangue aumenta, levando os vasos sanguíneos a se expandirem, diminuindo a pressão.

Além disso, a caminhada faz com que a as válvulas do coração trabalhem mais, melhorando a circulação de hemoglobina a e oxigenação do corpo. “Com o maior bombeamento de sangue para o pulmão, o sangue fica mais rico em oxigênio. Somado a isso, a caminhada também faz as artérias, veias e vasos capilares se dilatarem, tornando o transporte de oxigênio mais eficiente às partes periféricas do organismo, como braços e pernas”, explica o fisiologista Paulo Correia.

2. Deixa o pulmão mais eficiente

O pulmão também é bastante beneficiado quando caminhamos. De acordo com Paulo Correia, as trocas gasosas que ocorrem nesse órgão passam a ser mais poderosas quando caminhamos com frequência. Isso faz com que uma quantidade maior de impurezas saia do pulmão, deixando-o mais livre de catarros e poeiras.

“A prática da caminhada, se aconselhada por um médico, pode ajudar também a dilatar os brônquios e prevenir algumas inflamações nas vias aéreas, como bronquite. Em alguns casos mais simples, ela tem o mesmo efeito de um xarope bronco dilatador”, explica.

3. Combate a osteoporose

O impacto dos pés com o chão tem efeito benéfico aos ossos. A compressão dos ossos da perna, e a movimentação de todo o esqueleto durante uma caminhada faz com que haja uma maior quantidade estímulos elétricos em nossos ossos, chamados de piezelétrico. Esse estímulo facilita a absorção de cálcio, deixando os ossos mais resistentes e menos propensos a sofrerem com a osteoporose.

“Na fase inicial da perda de massa óssea, a caminhada é uma boa maneira de fortalecer os ossos. Mesmo assim, quando o quadro já é de osteoporose, andar frequentemente pode diminuir o avanço da doença”, diz o fisiologista da Unifesp.

4. Afasta a depressão

Durante a caminhada, nosso corpo libera uma quantidade maior de endorfina, hormônio produzido pela hipófise, responsável pela sensação de alegria e relaxamento. Quando uma pessoa começa a praticar exercícios, ela automaticamente produz endorfina.

Depois de um tempo, é preciso praticar ainda mais exercícios para sentir o efeito benéfico do hormônio. “Começar a caminhar é o inicio de um círculo vicioso. Quando mais você caminha, mais endorfina seu organismo produz, o que te dá mais ânimo. Esse relaxamento também faz com que você esteja preparado para passar cada vez mais tempo caminhando”, explica Paulo Correia.

5. Aumenta a sensação de bem-estar

Uma breve caminhada em áreas verdes, como parques e jardins, pode melhorar significativamente a saúde mental, trazendo benefícios para o humor e a autoestima, de acordo com um estudo feito pela Universidade de Essex, no Reino Unido.

Comparando dados de 1,2 mil pessoas de diferentes idades, gêneros e status de saúde mental, os pesquisadores descobriram que aqueles que se envolviam em caminhadas ao ar livre – ou modalidades como ciclismo, jardinagem, pesca, canoagem, equitação e agricultura -, apresentavam efeitos positivos em relação ao humor e à autoestima, mesmo que essas atividades fossem praticadas por apenas alguns minutos diários.

“Caminhar diariamente é um ótimo exercício para deixar o corpo em forma, melhorar a saúde e retardar o envelhecimento.”

6. Deixa o cérebro mais saudável

Caminhar diariamente é um ótimo exercício para deixar o corpo em forma, melhorar a saúde e retardar o envelhecimento. Entretanto, um novo estudo da Universidade de Illinois, nos Estados Unidos, mostra que esse efeito antienvelhecimento do exercício pode ser possível também em relação ao cérebro, ao aumentar seus circuitos e reduzir os riscos de problemas de memória e de atenção.

“Os estímulos que recebemos quando caminhamos aumento a nossa coordenação e fazem com que nosso cérebro seja capaz de responder a cada vez mais estímulos, sejam eles visuais, táteis, sonoros e olfativos”, comenta Paulo Correia.

Outro estudo feito pela Universidade de Pittsburgh afirma que as pessoas que caminham em média 10 km por semana apresentam metade dos riscos de ter uma diminuição no volume cerebral. Isso pode ser um fator decisivo na prevenção de vários tipos de demência, inclusive à doença de Alzheimer, que mata lentamente as células cerebrais.

7. Diminui a sonolência

A caminhada durante o dia faz com que o nosso corpo tenha um pico na produção de substâncias estimulantes, como a adrenalina. Essa substância deixa o corpo mais disposto durante as horas subsequentes ao exercício. Somado a isso, a caminhada melhora a qualidade do sono de noite.

“Como o corpo inteiro passa a gastar energia durante uma caminhada, o nosso organismo adormece mais rapidamente no final do dia. Por isso, poucas pessoas que caminham frequentemente têm insônia e, consequentemente, não tem sonolência no dia seguinte”, completa o especialista da Unifesp.

8. Emagrece

Sim, caminhada emagrece! E esse talvez seja o benefício mais famoso da caminhada. “É claro que caminhar emagrece. Se você está acostumado a gastar uma determinada quantidade de energia e começa a caminhar, o seu corpo passa a ter uma maior demanda calórica que causa uma queima de gorduras localizadas”, afirma Paulo Correia.

E o papel da caminhada na perda de peso não para por aí. Pesquisadores da Universidade de Yale, nos Estados Unidos, mostrou que, mesmo horas depois do exercício, a pessoa continua a emagrecer devido à aceleração do metabolismo causada pelo aumento na circulação, respiração e atividade muscular.

A conclusão foi de que os músculos dos atletas convertem constantemente mais energia em calor do que os de indivíduos sedentários. Isso ocorre porque quem faz um treinamento intensivo de resistência, como é o caso da caminhada, tem um metabolismo mais acelerado.

9. Controla a vontade de comer

Um estudo recente feito por pesquisadores da Universidade de Exeter, na Inglaterra, sugere que fazer caminhadas pode conter o vício de comer – especialmente chocolate. Durante o estudo, foram avaliadas 25 pessoas que consumiam uma quantidade de pelo menos 100 gramas por dia de chocolate. Os chocólatras tiveram que renunciar ao consumo do doce e foram divididos em dois grupos, sendo que um deles faria uma caminhada diária.

Os pesquisadores perceberam que não comer o chocolate, juntamente com o estresse provocado pelo dia a dia, aumentava a vontade de consumir o doce. Mas, uma caminhada de 15 minutos em uma esteira proporciona uma redução significativa da vontade pela guloseima.

“Além de ocupar o tempo com outra coisa que não seja a comida, a caminhada libera hormônios, como a endorfina, que relaxam e combatem o estresse, efeito que muitas pessoas buscam compulsivamente na comida”, afirma Paulo Correia.

10. Protege contra derrames e infartos

Quem anda mantém a saúde protegida das doenças cardiovasculares. Por ajudar a controlar a pressão sanguínea, caminhar é um fator de proteção contra derrames e infarto. “Os vasos ficam mais elásticos e mais propícios a se dilatarem quando há alguma obstrução. Isso impede que as artérias parem de transportar sangue ou entupam”, diz Paulo.

A caminhada também regula os níveis de colesterol no corpo. Ela age tanto na diminuição na produção de gorduras ruins ao organismo, que têm mais facilidade de se acumular nas paredes dos vasos sanguíneos e por isso causar derrames e infartos, como no aumento na produção de HDL, mais conhecido como colesterol bom.

11. Diabetes

A insulina, substância que é responsável pela absorção de glicose pelas células do corpo, é produzida em maior quantidade durante a prática da caminhada, já que a atividade do pâncreas e do fígado são estimuladas durante a caminhada devido à maior circulação de sangue em todos os órgãos.

Outro ponto importante é que o treinamento aeróbico intenso produzido pela caminhada é capaz de reverter a resistência à insulina, um fator importante para o desenvolvimento de diabetes. Assim fica comprovado que os exercícios têm ainda mais benefícios contra o mal do que se pensava anteriormente.

“Quanto maior a quantidade de insulina no sangue, maior a capacidade das células absorverem a glicose. Quando esse açúcar está circulando livremente no sangue, pode causar diabetes“, explica o fisiologista da Unifesp.

Caminhada emagrece mais quando intensa

Power Caminhada, ou Power Walking, nada mais é do que uma caminhada mais rápida e brusca. O conceito veio da Europa, onde as pessoas faziam a caminhada até carregando bastões de esqui, de forma mais brusca e veloz. A modalidade pode ser feita carregando pesos de dois a três quilos, para aumentar a intensidade. Subidas e descidas também podem ser encaradas. Lembre-se de sempre ter o acompanhamento de um profissional para realizar esta modalidade, a fim de evitar lesões e sobrecargas.

Mas, afinal, por que aumentar o ritmo da caminhada? O Power Walking melhora a resistência cardiovascular e o condicionamento físico, trabalha os músculos com maior ênfase e emagrece. Conheça mais sobre essa modalidade de caminhada aqui.

Como começar a caminhar

Dicas para começar a fazer caminhada e corrida

Cuidados na caminhada para quem tem sobrepeso

  • Realizar o exercício com intensidade baixa e pouco volume
  • Escolher um tênis com bom amortecimento
  • Caminhar em terrenos que amortecem o movimento, como a grama
  • Observe como seu organismo reage ao estímulo da caminhada e se ele está se adaptando aos poucos
  • Pessoas com diabetes, sobrepeso ou obesidade devem buscar orientação médica antes de iniciar qualquer atividade

Caminhar pode emagrecer mais do que academia

Um estudo da Escola de Economia de Londres, no Reino Unido, apontou que caminhar de forma acelerada pelo menos 30 minutos por dia é mais eficaz na perda de peso do que malhar ou praticar outros esportes.

A médica Grace Lordan, responsável pelo estudo, analisou os relatórios da Pesquisa Anual de Saúde da Inglaterra dos últimos quatro anos, com o foco em atividades que aumentem o condicionamento físico da população. Assim, ela identificou um padrão entre as pessoas que praticavam caminhada rápida todos os dias por no mínimo meia hora: elas tinham o Índice de Massa Corporal (IMC) menor e a cintura mais fina, sem gorduras localizadas, especialmente entre as mulheres e pessoas acima de 50 anos em geral.

Alongamento antes da caminhada

Logo que pensamos em praticar exercícios, começamos pelo alongamento de braços ou pernas. Por ser algo instintivo, podemos até afirmar que faz parte da cultura da prática. Mas existe atualmente bastante polêmica sobre o alongamento pré-exercício, principalmente por conta de avanços nas pesquisas relacionadas à performance esportiva.

Vantagens de caminhar na rua ou parque

  • A resistência do vento e pequenas variações no terreno, como subidas, descidas e curvas, exigem mais do seu corpo e colaboram para aumentar em até 15% o gasto calórico
  • Panturrilhas, coxas e glúteos são mais solicitados quando você anda no asfalto, porque a tendência é inclinar o corpo para a frente e trabalhar mais essas regiões
  • O ambiente externo e o contato com o verde, se você caminha em um parque ou praça arborizada, são estímulos extras e tornam a atividade mais dinâmica e relaxante
  • É econômico. Um par de tênis adequado é o suficiente para você começar a malhar.

Vantagens de caminhar na esteira

  • A maioria dos modelos de esteira conta com sistema de amortecimento, o que minimiza o impacto nas articulações e o perigo de sofrer lesões
  • Impedimentos climáticos não existem. Faça chuva ou muito frio lá fora, não há pretexto para faltar no treino. Andar longe do vento e da poluição ainda evita irritação nos olhos e nas vias respiratórias e pode incrementar o seu desempenho
  • Como a máquina realiza parte do movimento ao impulsionar você para a frente, o cansaço demora mais para chegar – o que é útil sobretudo nos treinos longos
  • Permite controlar velocidade, distância, tempo e até a sua frequência cardíaca durante o exercício. Isso dispensa o uso de acessórios como relógio ou frequencímetro.

Coma bem e hidrate-se na caminhada

Durante o exercício é aconselhável beber 30 ml de água a cada 20 minutos. É importante comer algo leve, como pão com geleia, biscoitos água e sal e sucos, uma hora antes de sair para caminhar. Alimentos à base de leite não devem ser consumidos, pois a digestão da lactose, assim como a sua absorção, é lenta, podendo levar a desconforto estomacal. Depois da atividade, deve-se seguir uma alimentação balanceada e saudável.

Ao pensarmos na prática geral e não relacionada à performance esportiva, não há contra-indicações em praticar alongamentos curtos e sem insistência além dos limites individuais. Em geral, os alongamentos não passam dos 20 segundos nas rotinas de aquecimento. O importante é contar com o bom senso e consultar um educador físico.

Para ficar livre de lesões e praticar exercícios com segurança, aposte sempre em um bom aquecimento que inclua movimentos próximos aos que serão exigidos na prática principal, mas feitos de maneira progressiva. Se você gosta de alongar e se sente bem, inclua-o antes do aquecimento de maneira leve ou faça movimentos que alongue os músculos enquanto aquece. Respeite suas limitações e aposte em treinos de flexibilidade somente com o intuito de ganhar mobilidade articular e preservar a integridade física.

Referências:

Carlos Klein, personal trainer

Fernanda Andrade, educadora física com especialização em musculação e qualidade de vida

Eduardo Colmanetti, personal trainer

Aline Chrispan, educadora física pós-graduada em condicionamento físico para grupos especiais e fisiologia do exercício

Fonte:

Redação

Minha Vida

Continuar lendo SAÚDE ESPORTIVA: SAIA DA INÉRCIA E DO SEDENTARISMO E COMECE A CAMINHAR JÁ

AUTOCONHECIMENTO: ZONA DE CONFORTO, COMO SAIR DELA? PARTE 3, POR WAGNER BRAGA

  Continuando a nossa série ZONA DE CONFORTO, aqui na coluna AUTOCONHECIMENTO, no vídeo desta sexta-feira, continuo falando sobre zona de conforto, porém focando mais em como sair dela. O que você tem feito para sair da zona de conforto e se tornar uma pessoa fisicamente ativa? No vídeo de hoje, foquei em dicas poderosas para você sair da inércia e se tornar uma pessoa fisicamente ativa.

Então, lhe convido a assistir ao vídeo completo a seguir e conhecer essas dicas poderosas para não cair nessa armadilha!

Fonte:

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: ZONA DE CONFORTO, COMO SAIR DELA? PARTE 3, POR WAGNER BRAGA

REFLEXÃO: APRENDA A VIBRAR EM ALTA FREQUÊNCIA E DÊ UM SALTO QUÂNTICO NA SUA VIDA

O texto que trago hoje poderia se encaixar perfeitamente na coluna FÍSICA QUÂNTICA, já que sexta-feira é o dia dela, mas resolvi postar na coluna REFLEXÃO, pois o tom dissertativo me parece mais reflexivo e, se você parar para refletir sobre seu conteúdo tenho certeza que algo mudará na sua vida. Você nunca mais será o mesmo e dará um salto quântico na sua evolução. Portanto, convido você a ler o texto completo a seguir e transformar a sua vida!

Permaneça na frequência do seu sonho

Diante de cada momento, conserve a serenidade e determinação para avançar, evite entrar na frequência desestabilizadora do problema.

O autocontrole, é uma excelente opção que somente você é capaz de desenvolver.

É neste instante, onde você faz a escolha de prosseguir com o seu propósito!*

Seja leal a si, mantendo o foco e fazendo o “seu melhor sempre”!

Descubra em si, a grande força interior que está dotado, Deus o habilitou desde a sua concepção para enfrentar as adversidades da vida, você já carrega no seu íntimo essa tremenda energia vitoriosa.

No entanto, muitas vezes desconhece esse potencial, porém, como a vida é mestra na arte de extrair o melhor bem como o máximo de cada pessoa, ela apresenta as provas. Que são exatamente, os caminhos do auto descobrimento e das capacidades que ainda permanecem adormecidas. Por isso, abençoe a vida, essa iluminada  mestra que é capaz de olhar para cada pessoa e dizer, está aqui o problema, resolva! Você é capaz, eu conheço suas potencialidades e talentos!

Assim, só te resta, empenhar-se com dedicação e aflorar essa sabedoria, desenvolvendo essa nova experiência de vida. Enfrente esses obstáculos com fé em Deus e autoconfiança sempre, você é capaz de criar algo novo para suplantar essas barreiras, acredite!

Ninguém possui o direito de se eximir das provas da vida, elas existem para extrair o melhor de cada um, fazendo com que você evolua e prospere.

Hoje, é uma chance renovada para restaurar-se e recomeçar o caminho da sua verdadeira conquista, o auto-domínio é uma ótima base para construir a sua Vitória.

AVANCE COM DETERMINAÇÃO, POSITIVIDADE, ATITUDES E FÉ EM DEUS, ACREDITE EM SI E NA VIDA, FAÇA DESTE DIA, O MELHOR DIA DA SUA VIDA!

Autor: Reginaldo Rodrigues
Email: r3.reginaldorodrigues.7@gmail.com

Fonte: Leve Consciência

Continuar lendo REFLEXÃO: APRENDA A VIBRAR EM ALTA FREQUÊNCIA E DÊ UM SALTO QUÂNTICO NA SUA VIDA

DESENVOLVIMENTO PESSOAL: TRANSFORME SUA MANEIRA DE VER SUAS METAS PARA PODER ALCANÇÁ-LAS

DESENVOLVIMENTO PESSOAL é uma prática diária e sendo assim vivemos de metas a serem alcançadas, mas essas metas não são alcançadas. Não é sobre O QUE você quer ser, mas QUEM você quer ser. Mude esse paradigma e alcance facilmente suas metas. O vídeo a seguir é sobre as suas metas para esse ano. Então, o que está esperando para alcançá-las?

Fonte:

Continuar lendo DESENVOLVIMENTO PESSOAL: TRANSFORME SUA MANEIRA DE VER SUAS METAS PARA PODER ALCANÇÁ-LAS

AUTOCONHECIMENTO: A CONEXÃO ENTRE VOCÊ E VOCÊ MESMO É O SEGREDO PARA A MATERIALIZAÇÃO DE TODOS OS SEUS SONHOS

A poderosa energia interior que você possui precisa ser desvendada dado que ninguém conhece seu imenso poder criativo, nem a enorme perseverança que está dotado. Essa conexão com a poderosa força interior é fundamentais para realizar os ajustes necessários para cada meta que tiver. Seus objetivos merecem atenção e várias oportunidades para adquirirem a materialização! Seja vencedor e conquiste a sua melhor versão. Então leia o texto completo a seguir e entenda como isso acontece! 

Entre em conexão com a poderosa força interior

 

Você tem uma força sublime e divina, és filho de um Deus magnífico e amoroso, tens o poder de harmonizar seus pensamentos e ações, e desta forma, entrar em sintonia com as leis universais da prosperidade e do progresso pessoal. Todos possuem essa capacidade!

A força de vontade e a determinação, são fundamentais para realizar os ajustes necessários para cada meta que tiver. Seus objetivos merecem atenção e várias oportunidades para adquirirem a materialização!

Entre em conexão com essa poderosa energia interior que possui, ela sendo ativada, suas atitudes constróem o caminhos para trilhar até que o resultado desejado seja obtido. Ninguém conhece seu imenso poder criativo, nem a enorme perseverança que está dotado!

Persista, até que consiga ultrapassar todas as barreiras e veja a conclusão do seu propósito.

Esse projeto merece uma pessoa guerreira e muito especial, e para isso, Deus escolheu você! Ele confiou a ti esse grande objetivo, porque ele conhece os talentos que possui, isso o torna único, portanto, seja imbatível e leal a Deus!

Recomece quantas vezes for necessário, aprenda a tornar-se forte e persistente, tenha coragem para enfrentar as dificuldades e sair vencedor!

Jamais subestime sua infinita capacidade, acredite que é capaz e faça todo o possível, lícito e sensato.

Empenhe o seu melhor, até que veja o resultado do seu esforço e dedicação. Toda conquista, resulta de avanços diários, associados a pensamentos positivos e automotivação constante, batalhe por seus ideais, você é hábil na arte de superar barreiras!

Acredite em si e em Deus, desta aliança, surge oportunidades maravilhosas na vida, seja você fiel a Deus, coloque-o a frente de tudo e na direção sua vida. Hoje é o recomeço de uma nova fase, um novo ciclo de vida, que tal assumir a direção da sua Vitória?

Autor: Reginaldo Rodrigues
Email: r3.reginaldorodrigues.7@gmail.com

Fonte: Leve Consciência

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: A CONEXÃO ENTRE VOCÊ E VOCÊ MESMO É O SEGREDO PARA A MATERIALIZAÇÃO DE TODOS OS SEUS SONHOS

REFLEXÃO: VIVEMOS UM MOMENTO PROPÍCIO PARA UMA AUTOREFLEXÃO E SE PERCEBER, SE ACEITAR E SE AMAR

Um tema de suma importância na vida de qualquer pessoa é o destaque desta quinta-feira, aqui na coluna REFLEXÃO: A autoanálise! Se perceber, se aceitar e se amar apesar de todas as nossas fraquezas, de todos os erros e muitas vezes de atitudes e ações que não queremos nos lembrar, é essencial. Sem o enfrentamento jamais sairemos da mesmice e da estagnação evolutiva. Então, convido você a ler o texto completo a seguir, refletir e fazer o seu juízo de valor!

Se perceba, se aceite, se ame

 em 

 

“Em tempos de tantos desafios, mais do que nunca, é importante manter as emoções em equilíbrio, o que não está sendo nada fácil. Andamos irritadiços, temerosos, angustiados. Raivosos. É compreensível, mas precisamos encontrar uma forma de lidar com o que sentimos, para sermos capazes de manter a sanidade e a saúde nos dias de hoje.

Ouçam, a saída nunca é evitar o que se sente. A primeira coisa que precisamos aprender é “observar a nós mesmos” , perceber o que estamos sentindo. Parece óbvio, mas muitas vezes não nos percebemos. E pior, atribuímos aos outros aquilo que nos pertence. Jogamos nosso lixo sobre as outras pessoas, sem nos dar conta de que aquele sentimento nos pertencia. O que sentimos é responsabilidade nossa.

O segundo desafio é compreender que não há como simplesmente evitar aquilo que encontramos em nós. A raiva, o medo, o ciúme, a inveja… precisam ser aceitos para serem curados. A cura vem da aceitação, da inclusão, entendem? Abraçar com amor e compaixão o que sentimos é necessário, se quisemos nos equilibrar. Acolher nossas sombras, nossas fragilidades. Levá-las ao lugar mais sagrado dentro de nós. Envolvê-las no amor que pulsa em nosso coração.

Mas como se faz isso? – sei que perguntarão. Feche os olhos. Perceba o sentimento. Aceite que está sentindo aquilo, seja o que for. Então imagine uma energia linda, brotando do seu coração. Envolva aquele sentimento nessa energia. Respire e permita que o amor faça o que sabe fazer melhor: amar você, com tudo o que você é. Com atenção, aceitação e amor. Assim vamos nos curando. E nos curando, vamos curando o mundo.” (Patricia Gebrim)

Luz e Paz!

Fonte: Sabedoria Universal

Continuar lendo REFLEXÃO: VIVEMOS UM MOMENTO PROPÍCIO PARA UMA AUTOREFLEXÃO E SE PERCEBER, SE ACEITAR E SE AMAR

DICA DE LIVRO: O QUE É A CONSCIENCIOLOGIA DE WALDO VIEIRA

A quarta-feira é dia de DICA DE LIVRO e hoje estou indicando um livro que vai revolucionar a sua mente. O que é a Conscienciologia de Waldo Vieira. Este livro traz uma renovadora abordagem sobre os mais variados e profundos aspectos da existência humana. Aqui são expostos os fundamentos da conscienciologia, uma ciência criada para investigar e propor soluções a respeito da evolução de personalidade inteira, ou seja, incluindo as vidas anteriores e os veículos (corpos) que a consciência utiliza nas suas manifestações na dimensão física e em dimensões extrafísica. Para você que busca renovação existencial, este livro propõe um novo paradigma, o paradigma consciencial, e uma nova ética, a cosmoética, que define a maturidade integral da personalidade, muito além da moral social, ou que se apresenta sob rótulos apenas humanos. Essa é uma oportunidade que você não pode perder de dar um salto quântico na sua evolução consciencial!

Fonte: Acervo próprio

Continuar lendo DICA DE LIVRO: O QUE É A CONSCIENCIOLOGIA DE WALDO VIEIRA

DESENVOLVIMENTO PESSOAL: UMA RESUMO ANIMADODO LIVRO A ARTE DA GUERRA DE SUN TZU

Nesta quarta-feira você vai ver, aqui na coluna DESENVOLVIMENTO PESSOAL, um resumo animado, feito por Albano do Seja Uma Pesoa Melhor, de um livro que tem mais de dois mil anos, cujas ideias sobrevivem até hoje graças a profunda sabedoria contida em suas breves páginas. Na vida tudo é conhecimento e estratégia. Portanto, quem conhece a si mesmo e conhece o inimigo alcançará a vitória e quem, além disso, conhece o tempo e o terreno a alcançará de modo absoluto!

Fonte:

Continuar lendo DESENVOLVIMENTO PESSOAL: UMA RESUMO ANIMADODO LIVRO A ARTE DA GUERRA DE SUN TZU

REFLEXÃO: AS CONSEQUÊNCIAS DOS NOSSOS PENSAMENTOS, SENTIMENTOS E DESEJOS

O texto que trago nesta quarta-feira, aqui na coluna REFLEXÃO, contém extratos dos ensinamentos do Mestre Aïvanhov postados como pensamentos diários. São verdadeiras gotas de luz e discernimento espiritual para a reflexão diária dos estudantes espirituais. Neste ele fala sobre as consequências dos nossos pensamentos, sentimentos e desejos. Convido você a ler essas palavras de pura sabedoria, refletir e fazer o seu juízo de valor!

Você é o que acredita ser: veja como os pensamentos criam a sua realidade - Blog do Prem Baba

Efeitos dos nossos pensamentos, sentimentos e desejos

Pensamento do dia 02 de outubro de 2014.

Efeitos dos nossos pensamentos, sentimentos e desejos

“Alguém considera esta ou aquela pessoa como inimiga e, muitas vezes, pensa como seria cômodo que ela desaparecesse… Finalmente, estaria tranquilo! Obviamente, não se incomodará a ponto de assassiná-la, pois não se decide assim tão facilmente cometer um homicídio. Ele, porém, pensa naquela morte, a deseja… Pois bem, deve-se saber que, permanecendo neste estado de ânimo, a pessoa talvez se torne responsável pela morte de uma outra, em algum outro lugar. Sim, pois estes pensamentos, sentimentos e desejos são entidades vivas, circulam e vão influenciar no mundo os seres que se encontram nos mesmos estados psíquicos e que gostariam, por sua vez, de se verem livres de algum inimigo. Se o seu desejo de vingança for mais forte, ou se a pessoa não souber resistir aos próprios instintos criminosos, um dia, sob a influência de algo que não compreende – um impulso, uma corrente que a impele – cometerá um homicídio. Nós ignoramos aquilo em que se tornam os nossos estados de consciência através do espaço, mas, um dia, quando retornarmos para o outro mundo, as consequências dos nossos pensamentos, sentimentos e desejos nos serão apresentadas. Então, pode ser que alguns, que se achavam irrepreensíveis, fiquem assustados ao ver que foram os causadores de grandes infelicidades.”

Omraam Mikhaël Aïvanhov

Mensagem recebida em italiano da Edizioni Prosveta e traduzida para o português (brasileiro).

Fonte: IPPB

Continuar lendo REFLEXÃO: AS CONSEQUÊNCIAS DOS NOSSOS PENSAMENTOS, SENTIMENTOS E DESEJOS

AUTOCONHECIMENTO: VIVER O PRESENTE É ESSENCIAL

Uma importante mensagem para os jovens é o destaque desta coluna, nesta terça-feira sobre a importância de viver o presente com mais intensidade ao invés de desperdiçar a vida sonhando com o que poderia ser amanhã, porque você está apenas começando a entender quem você é. Portanto lhe convido a ler o texto completo a seguir e entender a profundidade dessa afirmação!

Pare de planejar para o futuro

Mensagem canalizada em 25 de Janeiro de 2021 – Energias da Criação

Meus queridos,

Muitos de vocês estão aguardando até que isso ou aquilo aconteça. Esperando que você seja feliz assim que esse evento ocorrer. No entanto, quando esse evento se torna realidade, você fica ansioso pelo próximo evento e pelo próximo. Isso não quer dizer que você não deva sonhar com seu futuro, mas, em vez disso, focar no futuro nega sua vida minuto a minuto.

Essa última afirmação não é nova ou mesmo memorável. O que é memorável é que você está evoluindo tão rapidamente que o que você sonha terá pouco significado quando esse futuro chegar.

Em seu passado na 3ª Dimensão, seus sonhos eram um tanto esperados, dados os parâmetros de seu mundo. Sair de casa, conseguir um emprego, conseguir um relacionamento amoroso, encontrar um lar confortável, viajar, outras formas de entretenimento, aposentadoria e morte. Claro, os sonhos eram um pouco diferentes para os fins das camadas econômicas de sua sociedade, mas, no geral, esses sonhos foram estabelecidos em uma idade jovem e continuaram ao longo de sua vida na 3ª Dimensão.

Você não está mais em uma trajetória direta de expectativas.

Você é um novo ser mudando diariamente. Assim como seus sonhos e expectativas. Sonhar com o que poderia ser amanhã em vez de aproveitar o hoje é desperdiçar sua vida.

Nada é ou será como antes. Permita-se a liberdade de estar minuto a minuto. Os itens que você deseja agora podem não ter validade para você amanhã.

Você é um novo ser em uma nova Terra. Pare de perder seu tempo desejando um futuro específico.

O que está acontecendo agora é semelhante à quando você era um jovem – decidir um dia que queria ser uma bailarina, no outro um médico, no outro uma vaqueira ou um bombeiro. Seus pais o divertiram e permitiram que você fingisse que isso iria acontecer. No entanto, quando você tinha idade suficiente para entender totalmente seus interesses, você decidiu se tornar um engenheiro mecânico – algo que você não sabia que existia quando era jovem.

Então é agora. Você está apenas começando a entender quem você é. Não há livros ou outros materiais que possam apontar você além da maturidade na 3ª Dimensão, pois você está evoluindo. E aquilo que você decide depois de atingir sua maturidade além da 3ª Dimensão pode ainda não ter sido inventado ou estar disponível.

Vocês, precursores, estão criando de novo, incluindo a si mesmos. Em 2020, você construiu sua base. Agora você está construindo sua estrutura sem livros, planos de construção ou qualquer fonte de conhecimento externo. Sua nova estrutura está dentro de você.

Ao mesmo tempo, aquilo que está dentro de você está evoluindo rapidamente. Então, o que você sonha hoje estará desatualizado na próxima semana. Não há necessidade de ansiar por algo que deseja no futuro. Não mais do que você fez quando criança, quando seu tutu foi perdido, apenas para descobrir que sua roupa de policial era ainda mais divertida de usar.

Muitos de vocês talvez estejam se perguntando como podemos colocá-los na categoria de jovens mais uma vez, quando os informamos várias vezes sobre sua nova maturidade. É assim por uma razão óbvia. Ao aceitar mais energias, você continua a evoluir de maneiras que ainda não compreende. Talvez a melhor maneira de entender esse conceito seja lembrar que você foi considerado um adulto aos 21 anos, embora seus interesses e realizações adultos tenham mudado drasticamente nas décadas seguintes. Então é agora.

Você não tem uma estrutura para entender como você pode diferir hoje do próximo mês. Sua única pista é o que lhe interessa hoje. Que é semelhante à abordagem da maioria das crianças. Quando um jovem acorda, ele não tem uma agenda – pelo menos nas gerações anteriores. Ele ou ela apenas se move de acordo com seus interesses. Talvez um passeio de bicicleta, brincar de boneca, correr para a casa de um vizinho ou jogar softball. Não importa que as crianças preencham seus dias com o que é interessante sem pensar muito no dia seguinte.

Então é para você agora. O que te interessa? E novamente, “quem é você?” Não, “quem você está se tornando? ou quem você quer ser? ” mas “quem é você neste minuto, nesta hora, neste dia?”

Seu futuro se encontrará.

Se você tentar se colocar na caixa da correção, negando o dia e desejando o seu futuro, perderá o brilho infantil de interesse e alegria. De encontrar ou criar o novo. De se tornar você mesmo sem os deveres e interesses dos outros.
Que assim seja. Amém

Brenda Hoffman — Fonte: https://lifetapestrycreations.wordpress.com/
Robson Marcio de Souza e Marco Iorio Júnior — Tradutor e Editor exclusivos do Trabalhadores da Luz

Fonte: Trabalhadores da Luz

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: VIVER O PRESENTE É ESSENCIAL

REFLEXÃO: ATRAVÉS DO TRABALHO, NO SENTIDO MAIS AMPLO, ALCANÇAMOS A FELICIDADE

A nossa REFLEXÃO desta segunda-feira, aqui na coluna é acerca da tão sonhada Felicidade a que todos almejamos um dia. O texto a seguir nos convida a entender que a nossa caminhada nessa experiência de vida é um aprendizado constante para nos purificarmos a alma nos desprendendo paulatinamente das coisas materiais que nos causam dor e sofrimento. O trabalho, em seu sentido mais amplo, nos ajuda a alcançar esse estado de espírito. Então lhe convido a ler o texto completo, refletir e fazer o seu juízo de valor.

Felicidade no Trabalho

A felicidade e o trabalho

Os Espíritos ensinam que completa felicidade é apanágio da perfeição espiritual.

Enquanto o homem possuir vícios e fissuras morais, ele sofrerá.

A identificação exclusiva com as coisas materiais causa sofrimento.

Tudo o que é material é transitório.

Quem localiza sua fonte de satisfação no que dependa apenas do elemento material está fadado a perdê-la.

Ao final da existência terrena, restam somente as conquistas morais e intelectuais.

Tais conquistas correspondem ao tesouro que nenhum ladrão consegue roubar e que as traças e a ferrugem não atingem.

A perfeição espiritual não se cinge à conquista de virtudes morais.

Ela envolve também o burilar do intelecto.

A razão e o sentimento burilados e purificados constituem as duas asas que conduzem o Espírito à plenitude.

Importa, pois, dedicar-se ao cultivo de ambos.

A felicidade é o sonho de todo homem.

Pergunte-se a qualquer pessoa o que deseja e ela certamente afirmará que quer ser feliz.

A busca de plenitude, de conforto e de paz têm conduzido a raça humana ao longo das eras.

A própria fragilidade da vida material desafia o intelecto.

Na busca de preservá-la e de vencer os elementos da natureza, os homens desenvolvem suas faculdades intelectuais.

Com o tempo, esse intelecto desenvolvido volta-se para questões mais transcendentes.

Surgem reflexões sobre a razão e a finalidade da vida.

Indaga-se o porquê de tantos sofrimentos que envolvem a vida humana.

O Espiritismo responde tais questionamentos.

Ele ensina que os obstáculos e os infortúnios destinam-se a desenvolver a sensibilidade e o intelecto humanos.

A igualdade em face da dor, da doença e da morte mostra o quanto todos são parecidos e devem ser solidários.

Ricos e pobres, belos e feios, todos se submetem aos imperativos da natureza.

É difícil permanecer insensível em face de uma dor que já se experimentou.

À medida que a Humanidade evolui, as dores se tornam menos atrozes.

Por conta da evolução intelectual, medicamentos e tratamentos sofisticados são descobertos.

Tudo se encadeia no Plano Divino.

O progresso intelectual dá-se de modo quase automático, pelo natural desejo que os homens têm de se furtar a dores e embaraços.

O progresso moral secunda o intelectual, mas demanda uma sensibilidade e um esforço a mais para operar-se.

Ele pressupõe maturidade bastante para compreender a vida a partir de um patamar mais elevado.

O estágio atual da Humanidade já possibilita compreender que conquistas materiais não garantem a felicidade.

Embora a evolução científica e tecnológica, os homens persistem angustiados e carentes de paz.

Para ser feliz, é necessário vencer velhos vícios, que causam grande tormento.

Inveja, ciúme, egoísmo, ganância e sensualidade desequilibrada são exemplos de fissuras morais que infernizam quem as possui.

O homem realmente decidido a ser feliz precisa dedicar-se a combater seus vícios.

O intelecto desenvolvido auxilia-o a identificar os seus problemas morais.

Basta pensar quais de suas características lhe tiram a paz e não são elogiáveis no próximo.

Identificados os problemas, é necessário trabalhar para combatê-los.

A criatura madura sabe que não existe resultado sem trabalho, nem recompensa sem esforço.

Ninguém se transformará em anjo por um golpe de sorte.

Impõe-se a aplicação de uma firme vontade no burilamento do próprio caráter.

A plena felicidade pressupõe a perfeição espiritual, mas esta é fruto do trabalho.

Pense nisso.

Redação do Momento Espírita

Fonte: Momento de Reflexão

Continuar lendo REFLEXÃO: ATRAVÉS DO TRABALHO, NO SENTIDO MAIS AMPLO, ALCANÇAMOS A FELICIDADE

SAÚDE: A NOVA CULTURA EM SAÚDE SE CHAMA SAÚDE QUÂNTICA

No meu livro Coração, Intuição e Gratidão, um atalho para a vida plena eu abordo o assunto destaque desta edição, aqui na coluna SAÚDE deste sábado: SAÚDE QUÂNTICA – UMA NOVA CULTURA EM SAÚDE. Na minha ótica, baseado em diversos estudos científicos, o nosso corpo já tem uma programação própria de AUTOCURA no seu DNA.O tempo todo estamos sendo “atacados” por bactérias, vírus, micróbios e corpos estranhos, seja através dos alimentos, seja através do contato das mãos com a boca ou ainda através do ar que respiramos, muitas vezes muito poluído. Do ponto de vista microscópico o nosso organismo vive uma luta constante, diária, minuto a minuto pela sobrevivência. Muitas vezes alguns vírus adentram no nosso organismo e causam infecções, mas o nosso exército de defesa do organismo entra em ação e produzem a cura daquela determinada infecção. Portanto, nós temos o poder da AUTOCURA. Falta apenas assumirmos o comando dessa fortaleza através da nossa mente. O artigo a seguir esclarece de que forma podemos assumir esse comando e como podemos banir os remédios das nossas vidas. Então, lhe convido a ler com atenção, refletir e tirar suas conclusões!

Página inicial – Portal Saúde Quantum – Wallace Lima

SAÚDE QUÂNTICA – UMA NOVA CULTURA EM SAÚDE

Ao mesmo tempo em que dispomos de inúmeros conhecimentos científicos e de tecnologias médicas avançadas vivemos num momento paradoxal da história da humanidade. Ao mesmo tempo em que dispomos de inúmeros conhecimentos científicos e de tecnologias médicas avançadas, bem como de uma gama de medicamentos desenvolvidos pela indústria farmacêutica, convivemos com um número alarmante de doenças crônicas como diabetes, câncer, doenças cardiovasculares e depressão, entre tantas outras. Convivemos também com a perspectiva de crescimento assustador deste quadro, de acordo com as pesquisas da organização Mundial de Saúde.

A pergunta mais comum diante dessas informações é: as doenças crônicas são realmente incuráveis como parecem ser, ou o modelo de saúde que está sendo utilizado é que é limitado para reverter essas enfermidades?
Observando os currículos dos cursos da área de saúde, constatamos que são voltados para um amplo conhecimento das enfermidades e ao combate dos sintomas a partir de medicamentos químicos. De fato, os currículos pouco contemplam uma abordagem voltada para a prevenção de doenças e a promoção de saúde. A Organização Mundial de Saúde reconhece que 80% das enfermidades têm como causa o estilo de vida e os maus hábitos alimentares. Sendo assim, perceba que parece haver uma inadequação dos conteúdos curriculares, pois os mesmos não são voltados para contemplar as causas e sim os sintomas das enfermidades.
A perspectiva da Saúde Quântica é a de que precisamos validar uma Nova Cultura em Saúde, visto que a cultura atual possui como foco as doenças e a supressão dos sintomas, mantendo intactas as suas causas.
Para isso, é necessário compreender que vivemos num universo em que tudo é energia, que possui uma qualidade vibracional associada a sua  frequência. Um alimento com agrotóxico, por exemplo, está em desequilíbrio em termos de energia e frequência, por possuir substâncias tóxicas prejudiciais ao nosso organismo. O mesmo acontece com os produtos industrializados que possuem substâncias químicas como conservantes e corantes, entre outros.
Da mesma forma, a qualidade do que pensamos e de como processamos as nossas emoções também possuem uma qualidade de energia e de frequência, de modo que quando estamos emanando vibrações de raiva, inveja, medo, tristeza e ressentimento, também estamos comprometendo o nosso corpo e mente, pois essas vibrações também provocam desarmonia no funcionamento dos nossos órgãos e debilitam o nosso sistema imunológico.
Tendo como referência a perspectiva da Saúde Quântica, imagine como seria bom ser atendido por um profissional de saúde que, ao invés de passar um mesmo medicamento para 300 pessoas com sintomas de depressão ou enxaqueca, procurasse investigar o estilo de vida dessas pessoas bem como as suas histórias pessoais, buscando orientar o indivíduo no sentido de considerar as causas que fizeram com que o corpo se fragilizasse, expressando os sintomas das enfermidades?
A perspectiva do olhar para o ser humano integral, em todas as dimensões, é a base do modelo quântico de saúde, o qual é coerente com conhecimentos ancestrais oriundos da Medicina Ayurvédica, Chinesa e Tibetana. No mundo contemporâneo, a Medicina Antroposófica, e a Homeopática também seguem esses princípios, dentro dos quais a doença passa a ser uma oportunidade do ser humano se melhorar e, de preferência, buscar meios naturais e não invasivos de cura, de modo a não agredir o seu corpo com medicamentos que, na grande maioria dos casos, possuem inúmeros efeitos colaterais prejudiciais.
Com exceção das emergências médicas, as práticas terapêuticas não invasivas, aliadas a mudança de estilo de vida e hábitos alimentares, buscam respeitar a inteligência nata do corpo e a sua capacidade de se autocurar quando colaboramos com ele.
O III Simpósio Internacional de Saúde Quântica e Qualidade de Vida, que acontecerá nos dias 13, 14 e 15 de setembro de 2013, no Anhembi, em São Paulo, terá a presença de 20 cientistas de várias partes do mundo, com trabalhos notáveis que apontam para um novo paradigma em saúde.
A contribuição da física moderna, da neurociência e da epigenética, entre outras áreas da ciência contemporânea, traz a consistência científica necessária capaz de apresentar à humanidade um modelo de saúde capaz de contemplar o ser humano em todas as suas dimensões.
Por: Wallace Liimaa
Continuar lendo SAÚDE: A NOVA CULTURA EM SAÚDE SE CHAMA SAÚDE QUÂNTICA

AUTOCONHECIMENTO: ZONA DE CONFORTO, COMO SAIR DELA? PARTE 2

Continuando a nossa série ZONA DE CONFORTO, aqui na coluna AUTOCONHECIMENTO, No vídeo de hoje, continuO falando sobre zona de conforto, porém focando mais em como sair dela, já que ela é uma das grandes responsáveis por tantos problemas de saúde que as pessoas tem. Precisamos quebrar paradigmas para sair da nossa zona de conforto e, assim, conseguir mudar nossa realidade. Então assista ao vídeo completo a seguir e conheça dicas poderosas para não cair nessa armadilha!

Fonte:

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: ZONA DE CONFORTO, COMO SAIR DELA? PARTE 2

DESENVOLVIMENTO PESSOAL: NENHUM SUCESSO NA VIDA COMPENSA O FRACASSO NO LAR, POR STEPHEN KANITZ

Um artigo publicado na revista VEJA em 20 de fevereiro de 2002, de autoria do renomado administrador de empresas e colunista desta célebre revista é o destaque, aqui na coluna DESENVOLVIMENTO PESSOAL desta quinta-feira, sobre o grande dilema do provedor de família diante da escolha entre FAMÍLIA X TRABALHO como prioridade.

Diário de Aprendizagem: A FAMÍLIA EM PRIMEIRO LUGAR

A família em primeiro lugar

O administrador Stephen Kanitz, colunista da revista Veja, escreveu em edição de fevereiro de 2002 mais ou menos o seguinte:

Há vinte anos presenciei uma cena que modificou radicalmente minha vida. Foi num almoço com um empresário respeitado e bem mais velho que eu.

O encontro foi na própria empresa. Ele não tinha tempo para almoçar com a família em casa, nem com os amigos num restaurante. Os amigos tinham de ir até ele.

Seus olhos estavam estranhos. Achei até que vi uma lágrima no olho esquerdo. “Bobagem minha”, pensei. Homens não choram, especialmente na frente dos outros.

Mas, durante a sobremesa, ele começou a chorar copiosamente. Fiquei imaginando o que eu poderia ter dito de errado. Supus que ele tivesse se lembrado dos impostos pagos no dia.

“Minha filha vai se casar amanhã”, disse sem jeito, “e só agora a ficha caiu. Percebo que mal a conheci.

Conheço tudo sobre meu negócio, mal conheço minha própria filha. Dediquei todo o tempo à minha empresa e me esqueci de me dedicar à família.”

Voltei para casa arrasado. Por meses, me lembrava dessa cena e sonhava com ela. Prometi a mim mesmo e a minha esposa que nunca aceitaria seguir uma carreira assim.

Colocar a família em primeiro lugar não é uma proposição tão aceita por aí. Normalmente, a grande discussão é como conciliar família e trabalho. Será que dá?

O cinema americano vive mostrando o clichê do executivo atarefado que não consegue chegar a tempo para a peça de teatro da filha ou ao campeonato mirim de seu filho.

Ele se atrasou justamente porque tentou conciliar trabalho e família. Só que surgiu um imprevisto de última hora, e a cena termina com o pai contando uma mentira ou dando uma desculpa esfarrapada.

Se tivesse colocado a família em primeiro lugar, esse executivo teria chegado a tempo. Teria levado pessoalmente a criança ao evento.

Teria dado a ela o suporte psicológico necessário nos momentos de angústia que antecedem um teatro ou um jogo.

A questão é justamente essa. Se você, como eu e a grande maioria das pessoas, tem de conciliar família com amigos, trabalho, carreira ou política, é imprescindível determinar quem você coloca em primeiro lugar.

Colocar a família em primeiro lugar tem um custo com o qual nem todos podem arcar. Implica menos dinheiro, fama e projeção social.

Muitos de seus amigos poderão ficar ricos, mais famosos que você e um dia olhá-lo com desdém. Nessas horas, o consolo é lembrar um velho ditado que define bem por que priorizar a família vale a pena:

“Nenhum sucesso na vida compensa um fracasso no lar.”

Qual o verdadeiro sucesso de ter um filho drogado por falta de atenção, carinho e tempo para ouvi-lo no dia-a-dia?

De que adianta ser um executivo bem-sucedido e depois chorar durante a sobremesa porque não conheceu sequer a própria filha?

* * *

O lar constitui o cadinho redentor das almas. Merece nosso investimento em recursos de afeto, compreensão e boa vontade, a fim de dilatar os laços da estima.

Os que compõem o lar são os marcos vivos das primeiras grandes responsabilidades do Espírito encarnado.

Assim, acima de todas as contingências de cada dia, compete-nos ser o cônjuge generoso e o melhor pai, o filho dedicado e o companheiro benevolente.

Afinal, na família consangüínea, temos o teste permanente de nossas relações com toda a Humanidade.

Redação do Momento Espírita, baseado no artigo de Stephen Kanitz, revista Veja, seção Ponto de vista, de 20 de fevereiro de 2002 e no cap. 19 do livro Conduta espírita, do Espírito André Luiz, psicografia de Waldo Vieira, ed. Feb

Fonte: Momento de Reflexão

Continuar lendo DESENVOLVIMENTO PESSOAL: NENHUM SUCESSO NA VIDA COMPENSA O FRACASSO NO LAR, POR STEPHEN KANITZ

REFLEXÃO: A SUA EXPERIÊNCIA E MISSÃO SÃO ÚNICAS E NINGUÉM PODE IMPEDIR VOCÊ DE CUMPRIR

Hoje temos uma importante REFLEXÃO para fazer após assistir ao vídeo a seguir, onde uma criança, quase um bebê, sobe uma parede de escalada e o texto no vídeo fala sobre a escalada da vida que cada um tem a sua experiência e sua missão. Uma missão que, nada nem ninguém pode impedir você de cumprir. Então lhe convido a assistir ao vídeo, refletir e fazer o seu juízo de valor!

Autor do vídeo: Rick Lax

Fonte:

Continuar lendo REFLEXÃO: A SUA EXPERIÊNCIA E MISSÃO SÃO ÚNICAS E NINGUÉM PODE IMPEDIR VOCÊ DE CUMPRIR

AUTOCONHECIMENTO: SAIBA QUAL A RELAÇÃO ENTRE SIMPATIA, EMPATIA E COMPAIXÃO

Confesso que só agora, depois de ler o texto que lhes trago agora, consegui entender o verdadeiro significado, a diferença e a relação entre Simpatia, Empatia e Compaixão. Dai a fundamental importância da leitura, do estudo e do conhecimento diários. Com certeza, depois que você ler o texto a seguir irá dar um salto quântico na sua evolução espiritual e jamais será o(a) mesmo(a), pois ao aprender o significado e a relação entre esses três sentimentos e passar a colocar em prática esses ensinamentos sua vida tomará um novo rumo. Então, não perca essa oportunidade!

Simpatia, empatia e compaixão – entenda a relação entre elas

Mensagem de 21 de Janeiro de 2021

Os chakras tridimensionais operam como barômetros de equilíbrio ou desequilíbrio. Se você souber o que eles fazem, terá a oportunidade de reorientar sua atenção e começar a se realinhar. Todos os sete chakras principais nos apoiam, mas para a maioria de nós, os três chakras inferiores guiam a vida que experimentamos.

Primeiro chakra: Sobrevivência

O primeiro trabalho do chakra é mantê-lo seguro para que você possa cumprir seu propósito nesta vida. Se você estiver ameaçado e não for o ponto de saída de sua vida, o primeiro chakra sobrepõe tudo para mantê-lo seguro. Ele ativará o mecanismo de fuga ou luta e fará com que você volte para a calçada antes que o ônibus o atinja. O primeiro chakra está localizado na ponta mais baixa de sua coluna vertebral.

Segundo chakra: Emoções

O segundo chakra trata das emoções mais baixas (carência, ciúme, ressentimento, vícios e tristeza) mais a sexualidade e a sensualidade. Este chakra está localizado a dois dedos abaixo do umbigo e voltado para a coluna vertebral.

Terceiro chakra: Poder, Controle, Julgamento e Resistência

Se você encontrar sua região do plexo solar em dor, ela pode não ser uma indigestão ácida. Este chakra está lhe dizendo que você está desequilibrado, em uma situação de “empurrar e empurrar” (poder e controle). Se você estiver resistindo ou julgando algo em grau suficientemente alto, a área do terceiro chakra será bloqueada e/ou com dor.

Juntos, os três chakras inferiores apoiam a simpatia e a empatia. Estas duas reações tridimensionais são baseadas em experiências passadas. Elas lhe dizem onde você está em relação à sua segurança e ao seu encaixe emocional, bem como em relação ao seu bem-estar, e como você é aceito pelos outros. Este é o trabalho de empatia e simpatia.

Empatia

A empatia é a capacidade de sentir a dor emocional e física que outros estão experimentando. Muitos trabalhadores da luz da nova era têm grande orgulho e são glamorizados por sua capacidade de sentir a dor física dos outros. Eles veem isso como uma forma útil de ler a energia dos outros e de curá-los. Eventualmente, ao continuar a optar por trazer dor ao seu corpo, você vai prejudicar sua saúde e bem-estar. O transporte da dor aumentará seu processo de envelhecimento e o desgastará.

A empatia é um segundo chakra, um meio tridimensional de determinar se a pessoa que está diante de você está segura para interagir com você. O segundo chakra lê a energia da outra pessoa para determinar seu humor, atitude, estabilidade emocional/mental, e para determinar se estar perto dela é seguro. É o trabalho de seu primeiro chakra, não seu segundo, manter você e seu corpo a salvo. Usar seu segundo chakra para este trabalho (empatia) torna-se um fardo e interfere no seu bem-estar e equilíbrio.

Simpatia

A simpatia é a reação interna, tridimensional e emocional à observação da dor do outro. Você se sente arrependido, preocupado, triste, e perturbado com o que eles estão passando. Simpatia não é sentir a dor deles em seu corpo; é uma reação de segundo chakra inferior a ela, sentida dentro de seu corpo emocional. O hábito da simpatia destruirá seu equilíbrio emocional e eventualmente também seu bem-estar físico.

Nem a simpatia nem a empatia beneficiarão seu amigo em dor. A dor em seu caminho existe para que eles possam alavancar para seu próprio maior domínio pessoal. Nada com que você possa se preocupar, sentir ou assumir por eles afetará positivamente sua jornada.

Compaixão

A compaixão, por outro lado, é uma expressão superior quarta-dimensional. Ela opera no momento presente e permite que você observe de forma neutra e objetiva a situação que está diante de você. Ela não julga a situação. É permitir e aceitar as coisas exatamente como elas são. O ato de estar em sua Mente Superior e cercado por seu Octaedro lhe oferece a capacidade de ser compassivo. Enfrentar seu amigo que está sofrendo enquanto você está neste espaço compassivo, lhe dá o espaço para ver e oferecer as informações sábias e úteis de que eles podem se beneficiar se assim o desejarem.

Por outro lado, quando você está nas reações tridimensionais de simpatia e empatia, é impossível para você guiar e orientar seu amigo. A compaixão permite que você observe sem se enredar no drama, nas reações emocionais e na dor física dos outros. Este lugar de poder então permite que você seja de maior utilidade. Você pode ajudar os outros a liberar seus padrões, crenças e hábitos pouco benéficos de maneira maior – se eles assim o desejarem.

Reação versus resposta

Para muitos, os próximos meses e anos da Mudança serão muito confusos e emocionais. Aqueles que confiam em padrões reacionários de simpatia e empatia para compreender ou ajudar os outros experimentarão uma atração carregada, emocional e física, eletromagnética para os sentimentos, pensamentos e dor dessas pessoas. Digamos isso novamente: Como o ímpeto da Mudança continua a aumentar, se você optar por confiar na empatia e simpatia, você encontrará esses padrões eletromagnéticos carregados puxando você para dentro dos sentimentos, pensamentos e dramas erráticos, sem foco e dolorosos daqueles que estão diante de você.

A maioria de nós pode se lembrar claramente onde estávamos e o que estávamos fazendo quando ouvimos falar dos eventos do 11 de setembro. À medida que o evento se desenrolou, duas ondas de energia se moveram ao redor do mundo:

Uma reação tridimensional mergulhada no medo

Uma resposta em quarta dimensão que se intensificou e perguntou: “O que eu posso fazer? Como posso ajudar?”

As pessoas na área de Nova York experimentaram primeiro a reação tridimensional de medo, seguida pela segunda resposta, que moveu muitos para uma vibração da quarta dimensional de compaixão, que envolveu nenhum pensamento e nenhuma condição. Alguns amigos nossos penduraram seu telefone fixo pela janela para que outros pudessem ligar para casa e oferecer seu banheiro para os bombeiros. Tudo o que importava era que o bem-estar fosse trazido de volta ao equilíbrio. As comunidades se uniram para servir e ajudar. Outros ao redor do mundo também foram afetados por estes eventos. Muitos que não estavam diretamente envolvidos sentiam empatia e simpatia e optaram por sentir desconforto físico e emocional, o que também incluía medo, lágrimas e preocupação. Muitos outros escolheram a compaixão e, à sua própria maneira, se intensificaram para ajudar. Como você reagiu na época?

Tanto a reação quanto a resposta são escolhas muito disponíveis durante este tempo de Turno. Você tem esta escolha a cada momento. Lembrar e usar suas ferramentas para se manter concentrado, observador, claro e objetivo permitirá que você mantenha um tom vibracional que o mantém bem acima das reações dos três chakras inferiores e fora do medo tridimensional.

Trecho do livro do Kindle: “O que você quer dizer com a terceira dimensão está se afastando?( What Do You Mean the Third Dimension is Going Away)”

Fonte: https://eraoflight.com/
Rafaella Dourado e Marco Iorio Júnior — Tradutora e Editor exclusivos do Trabalhadores da Luz

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: SAIBA QUAL A RELAÇÃO ENTRE SIMPATIA, EMPATIA E COMPAIXÃO

DICA DE LIVRO: AUTODESCOBRIMENTO, UMA BUSCA INTERIOR DE DIVALDO FRANCO

A nossa DICA DE LIVRO desta quarta-feira é AUTODESCOBRIMENTO, uma busca interior, do renomado medium Divaldo Pereira Franco, que nesta obra incorpora o espírito Joanna de Ângelis, cuja mensagem do livro se resume a seguir: “Ao apresentarmos o nosso livro aos interessados na decifração de si mesmos, tentamos colocar pontes entre os mecanismos das Psicologias Humanista e Transpessoal com a Doutrina Espírita, que as ilumina e completa, assim cooperando de alguma forma com aqueles que se empenham na busca interior, no autodescobrimento. Não nos facultamos a ilusão de considerar o nosso trabalho mais do que um simples ensaio sobre o assunto, com um elenco amplo de temas coligidos no pensamento dos eméritos estudiosos da alma e com a nossa contribuição pessoal. (…) Esta é uma pequena contribuição que dirigimos aos que sinceramente se buscam, tendo Jesus como Modelo e Terapeuta Superior para os problemas do corpo, da mente e do Espírito”.. Joanna de Ângelis

Fonte: Acervo próprio

Continuar lendo DICA DE LIVRO: AUTODESCOBRIMENTO, UMA BUSCA INTERIOR DE DIVALDO FRANCO

AUTOCONHECIMENTO: A CONFIANÇA EM SI MESMO VAI TE CONDUZIR PARA A 5ª DIMENSÃO

Há algo que precisamos substituir no nosso vocabulário e nas nossas crenças. Uma palavra que pode mudar absolutamente tudo na sua vida. Enquanto cristãos aprendemos a ter esperança no que virá, mas em nada contribui a esperança se junto com ela não houver atitude. A esperança junto com a atitude se transforma em Confiança. E é essa nova linguagem e essa nova crença que você precisa implementar na sua vida. O texto a seguir lhe esclarecerá melhor o porquê dessa transformação!

Vai acontecer aquilo que precisa acontecer

Silhueta de uma mulher em posição de meditação com luzes roxas ao seu redor.
Dmitrii Kotin / 123RF

Amados! Há uma inquietação enorme neste momento que afeta grande parte da humanidade. Não que haja mais motivos agora, mas porque a Luz aumentou e a sujeira se mostra como nunca se mostrou antes. Tudo facilita para que a verdade seja divulgada, entretanto a mentira também anda de carona na mesma carruagem.

Vemos o quanto essa realidade está preocupando as pessoas. Não importa no que acreditam, o que defendem nem o grau de instrução. O fato é que a situação do Planeta neste momento de Transição está bagunçando o sistema emocional da maioria das pessoas, inclusive de muitos Trabalhadores da Luz.

Você, que já está desperto, não está aqui encarnado agora para receber os louros da vitória. Você está aqui com um propósito muito mais importante do que consegue imaginar. Você está aqui para ancorar a Luz e ancorar as energias da Nova Terra. Por isso é que não pode fraquejar agora!

Mantenha-se confiante no PLANO! Você foi instruído, orientado e ensinado antes de encarnar aqui. Você teve a garantia de que seria amparado em todos os momentos e de que, no final, festejaria a vitória da Luz, pois ela é certa. Mesmo que os véus escondam isso da tua consciência, saiba que esse é o PLANO e que nada nem ninguém pode mudar isso.

É decepcionante ver como alguns de vocês se deixam abater facilmente perante o primeiro obstáculo. Vocês, que me acompanham aqui há muitos anos, ou mesmo os que chegaram há pouco tempo, leiam os textos de 2020, 2019, 2018 e anteriores. Tudo está registrado e não foge uma vírgula daquilo que faz parte do PLANO.

Claro que o que está descrito nos textos é apenas uma amostra muito pequena de tudo o que realmente acontece, mas acredito que seja suficiente para manter informados, orientados e esclarecidos aqueles que desejam seguir e entender o PLANO. Muita coisa não pode ser dita. Muita coisa sequer é permitida aos próprios canalizadores acessarem ainda. Mas tudo vem na hora certa e no momento oportuno.

Foto de uma ampulheta sobre a luz do sol.
samer daboul / Pexels

O grande dilema para os encarnados é a noção de tempo linear. Ainda separamos de forma profunda o tempo de acordo com o calendário gregoriano. Separamos o ontem, o hoje e o amanhã de tal forma que nos dá a impressão de que nada muda e nada acontece, pois temos pressa. A tal pressa é, de fato, a prova de que ainda medimos o tempo como sempre.

Mas o PLANO segue rigorosamente o projeto divino. O que muda são apenas circunstâncias eventuais, pois uma Transição Planetária não é coisa pequena. É um fato tão grandioso que foge da nossa capacidade de compreensão. Entretanto podemos ao menos ter algumas referências para que possamos ficar mais tranquilos e confiantes.

Se você acredita ou não nessa Transição, não faz a mínima diferença para o resultado final desse Evento. Mas vai fazer toda a diferença para a tua ascensão. Pode facilitar ou dificultar cada situação, cada momento e cada emoção boa ou ruim que se instalará em ti, por isso é que acreditar ou não só afetará de forma positiva ou negativa você, pessoalmente, mas não o coletivo da Terra.

Pessoas andando em uma plataforma de ônibus.
Skitterphoto / Pexels

É preciso, de uma vez por todas, que você acredite que nenhum ser humano físico ou extrafísico tem poder suficiente para mudar o que está por vir dentro desse PLANO. Nenhum governante ou qualquer autoridade pode se interpor ao PLANO. Nenhum país, por mais poderoso que seja, pode mudar o destino da humanidade! Não mais, a partir de agora! O tempo das experiências acabou. O tempo das maldades findou. O Criador já deu o BASTA! O que se vê agora é o desespero daqueles que acreditavam se perpetuar na condição de exploradores da humanidade.

Em tempos de mudança, sobra sempre muita sujeira, muito entulho, então é a oportunidade de reciclagem. Naturalmente, quando se faz uma mudança importante, tudo é revirado e as “baratas” surgem aos montes. Elas ficam no limpo e se expõem. É o que vemos agora em toda parte: a exposição das baratas e dos ratos. Os insetos que sempre estiveram ali, mas estavam escondidos e seguros em seus domínios e esconderijos.

Amados! Lembrem-se de que nada vai ficar escondido daqui em diante. Não há mais caos! Há, sim, mais exposição à Luz. Vemos aquilo que antes não víamos. Por isso não foque na sujeira; foque naquilo que virá em seguida às mudanças. Não sofra pelo que vai deixar de existir! Viva o que virá! Mude o foco! Não alimente o medo e a raiva, pois estará alimentando as baratas e os ratos com essa energia. Estará dando uma pequena sobrevida a eles.

Tudo vai acontecer do jeito que precisa que aconteça. Tudo vai acontecer na hora e no tempo exato, conforme o PLANO. Os meses e os anos próximos serão testemunhas e você poderá comprovar isso. Mantenha a tua LUZ! É para isso que você está aqui encarnado agora. CONFIA! Mesmo que as aparências mostrem caos e confusão, mantenha-se firme na energia mais elevada, pois é somente isso que você precisa fazer. Entrar na onda de choque apenas vai te fazer passar por situações pelas quais não precisava passar. Você vai sentir dor e desconforto desnecessários.

Claro que há pessoas que estão em postos nos quais precisam tomar decisões, mas elas estão lá porque é onde deviam estar. E se estão nessa responsabilidade, foi o seu plano de alma que determinou. Cabe a elas a responsabilidade da tomada de decisões. Mas a você cabe apenas ancorar e segurar firme as energias mais elevadas. É assim que você pode ajudar. Não é entrando na energia do medo, da raiva e da indignação que você vai ajudar no PLANO. Segurem-se firmes agora, pois o barco vai balançar e ondas enormes açoitarão o convés. Aconteça o que acontecer, CONFIA NO PLANO!

A Luz Venceu! Pode gritar esse mantra agora! A LUZ VENCEU!

Eu sou Vital Frosi e minha missão é o esclarecimento!

Namastê!

Vital Frosi
Escrito por Vital Frosi
Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: A CONFIANÇA EM SI MESMO VAI TE CONDUZIR PARA A 5ª DIMENSÃO

REFLEXÃO: QUANDO NÃO CONSEGUIMOS DESCARTAR OS ERROS DO PASSADO O FARDO VAI FICANDO CADA VEZ MAIS PESADO

Hoje temos uma curta, mas, sabia e bela história para o nosso momento de REFLEXÃO. O tema é o peso dos erros que cometemos e não conseguimos descartar ao longo da nossa trajetória de vida. Quando isso acontece o fardo vai ficando cada vez mais pesado e não conseguimos nos desligar do passado e desta forma não conseguimos evoluir. Portanto, peço que leia o texto completo a seguir, reflita e faça seu juízo de valor! 

Sempre avante

 em 

 

Certamente, algum dia, nós já dissemos ou fizemos algo que não nos orgulhamos. Tenha sido por inexperiência, ignorância ou qualquer outra “razão”. Muito natural ter acontecido, já que estamos todos em um processo de aprendizagem e evolução. O que não é saudável nem edificante, é trazermos conosco tais lembranças. Afinal, o passado já está no último segundo, e nada do que fizermos agora vai mudá-lo. Esta breve estória ilustra a necessidade de desapegarmos no passado e seguir em frente.

“Relata-se que, num mosteiro, viviam dois monges que eram muito amigos e sempre cumpriam seus afazeres em conjunto. É fato que nesse monastério os monges não podem se aproximar de mulheres, nem ao menos, nelas tocar.

Certo dia, ao atravessarem a floresta para comprar mantimentos na cidade, se depararam com uma mulher que estava com dificuldades para atravessar o rio que dava acesso ao vilarejo e que se encontrava agitadíssimo.

Um dos monges disse:– Não podemos ajudá-la, fizemos voto de que não poderíamos tocar em mulher alguma. O outro monge replicou:– Também fizemos voto de ajudar a todas as pessoas e criaturas deste mundo, sem haver distinção. Então, este mesmo monge colocou a mulher em suas costas e atravessou o rio, deixando-a na outra margem.

Os dois monges seguiram caminho e durante a jornada houve uma grande pausa na conversação dos mesmos. Logo, o silêncio foi interrompido pelo monge que era contra a ideia de carregar a jovem, que disse: – Você não devia tê-la carregado, ela vai ser um peso para sua caminhada! O outro monge, sabiamente respondeu:– Eu deixei a mulher na outra margem do rio. No entanto, você é quem continua carregando a mulher na sua caminhada.”

O que continuamos carregando em nossas mentes que tempos atrás deveríamos ter deixado na margem do rio e que drena a nossa vida? O que retira a sua paz e sua vitalidade? Deixe o que ficou e siga em frente.

Luz e Paz!

Fonte: Sabedoria Universal

Continuar lendo REFLEXÃO: QUANDO NÃO CONSEGUIMOS DESCARTAR OS ERROS DO PASSADO O FARDO VAI FICANDO CADA VEZ MAIS PESADO

SAÚDE: ALINHAR OS NOSSOS ÓRGÃOS COM O CICLO DIA-NOITE DE NOSSOS AMBIENTES É FUNDAMENTAL A SAÚDE PLENA

Atualmente, cada vez mais vemos médicos, nutricionistas e estudiosos da saúde integral combinar informações sobre exercícios, exposição ao clima, padrões de sono e alimentação, conteúdo alimentar e muito mais para formar um modelo abrangente, para evitar as doenças crônicas e construir uma base de medicina funcional preventiva. A luz solar governa nossas funções metabólicas. Dai a importância dos horários das refeições baseados no relógio biológico. No artigo a seguir você vai ter a precisa noção de por que comer tarde da noite com regularidade faz mal a sua saúde!

Você não deve comer tarde da noite: veja por que e como você pode evitar

Todos os tipos de prejuízos sutis podem acontecer àqueles que comem tarde da noite, ou mesmo apenas depois do pôr do sol.

Isso pode incluir aumento do açúcar no sangue, diminuição da sensibilidade à insulina, inflamação e sono superficial – uma situação que, se ocorrer em um sentido crônico, pode construir a base para todos os tipos de doenças, incluindo Alzheimer.

A ciência por trás desse comportamento humano universal aparentemente impossível de prevenir não é tanto uma pesquisa revolucionária, mas conclusões lógicas sobre a biologia humana e a evolução.

Qualquer que seja a classe de pesquisadores que traduzem as ciências médicas e nutricionais em artigos para nós, leigos, eles estão começando a combinar informações sobre exercícios, exposição ao clima, padrões de sono e alimentação, conteúdo alimentar e muito mais para formar um modelo abrangente de como construir uma base de medicina funcional que por si só servirá para prevenir muitas das doenças crônicas que assolam nossa sociedade.

Evitar comer tarde da noite certamente faz parte dessa panóplia de hábitos, que é mais frequentemente pesquisada por cientistas do sono.

As janelas do sol

Damian Markutt

Para entender por que o horário das refeições é importante, é útil explicar a relação entre nós e o sol.

Destilada até a frase mais básica, a luz solar governa nossas funções metabólicas. Veja como.

Ritmos circadianos é um termo que descreve como nossos órgãos se alinham com o ciclo dia-noite de nossos ambientes. Muitas pessoas imaginam que têm um relógio, que conhecemos detalhadamente quando estamos com o jet lag. No entanto, células e órgãos diferentes têm seus próprios relógios, o que sugere que relógios diferentes funcionam de maneira diferente em momentos diferentes.

Os olhos servem como atenuador do relógio mestre para os movimentos do dia e da noite. Por meio de proteínas sensíveis à luz conhecidas como melanopsina, eles comunicam a intensidade do espectro azul (luz solar) ao relógio principal – uma parte do cérebro conhecida como núcleo supraquiasmático, à qual todos os outros relógios se alinham.

Ao contrário de nossas casas, banhadas como são por luz artificial, o weald em que caminharam nossos primeiros ancestrais era escuro à noite, e como nossa melanopsina começa a sentir o fim do dia, suas correspondências com o cérebro são o catalisador para todos os tipos de funções biológicas.

A arma fumegante

Em 2009, pessoas examinando todo o genoma humano registrado para as variantes genéticas mais frequentemente correlacionadas com diabetes tipo 2 descobriram que o receptor 1-b da melatonina, no pâncreas, estava mais presente do que qualquer outra proteína em nossa espécie.

Um gene receptor de melatonina simplesmente recebe melatonina, também conhecida como “Hormônio do Sono”, e os cientistas a princípio não conseguiram entender por que o gene e a doença estavam relacionados.

O que eles descobriram foi que, à medida que a melanopsina em nossos olhos alerta nosso cérebro de que a escuridão está se aproximando, a glândula pineal começou a produzir mais melatonina. O aumento da melatonina é enviado a vários órgãos para prepará-los para o sono, ativando e desativando milhares de genes diferentes em nosso corpo.

Quando chegou melatonina no pâncreas, o gene do receptor inibida, isto é, impedido, bloqueado, parou  a secreção de insulina em nossa corrente sanguínea.

A insulina alerta nosso corpo para sugar o excesso de carboidratos da corrente sanguínea para os tecidos musculares. O excesso de glicose circulante na corrente sanguínea por curtos períodos de tempo é benigno, mas cronicamente, como pode acontecer se alguém janta horas após o pôr do sol e uma hora antes de dormir, pode causar complicações graves de saúde a longo prazo , entre as quais é diabetes.

Indo com ou contra a corrente

Suhyeon Choi

Mudanças no estilo de vida para prevenir essa lamentável marca da dieta / estilo de vida americano são muitas e freqüentemente fáceis.

Para começar, tente fazer uma promessa simples a si mesmo de não comer quando o sol se puser. É facilmente identificável e é algo com o qual não podemos negociar; quando o sol se foi, ele se foi.

Alinhe você e os horários das refeições de sua família com a progressão do sol no céu e com a mudança das estações. Um jantar mais tarde no verão é possível, enquanto no inverno não. Isso também pode ajudar a melhorar a qualidade do sono, uma vez que a maioria da literatura sugere que a qualidade do sono melhorará quanto mais você esperar após o jantar.

Se você tem que comer depois de escurecer, faça uma refeição de baixa carga glicêmica composta de muito menos carboidratos e mais fibras provenientes de produtos como vegetais. Uma série de meta-análises de diferentes estudos dietéticos em diabéticos tipo 2 descobriram que vários tipos de fibra alimentar melhoraram a resposta à insulina em todo o corpo e reduziram a glicose sanguínea pós-prandial.

Outro pequeno estudo analisando apenas indivíduos saudáveis ​​descobriu que jantares ricos em fibras melhoram a tolerância à glicose, reduzem os níveis de inflamação que aumentam quando os açúcares estão circulando livremente no sangue, e até aumentam a saciedade do café da manhã na manhã seguinte.

Uma xícara de chá branco, além de conter fitonutrientes valiosos como catequinas, demonstrou funcionar como um inibidor de apetite e, se tomada com ervas e temperos mais saborosos, pode ser uma ótima bebida após o jantar para ajudar a evitar a fome até a hora de dormir .

Uma vez que se compreende que comer depois de escurecer, biologicamente, simplesmente não faz o corpo funcionar direito, torna-se muito mais fácil interromper o hábito. Imaginar globos bege de açúcar deslizando e deslizando pela corrente sanguínea como um toboágua enquanto estava deitado na cama tentando dormir não é uma boa imagem.

Imagem em destaque: Andrea Piacquadio

Fonte: Good News Network

Continuar lendo SAÚDE: ALINHAR OS NOSSOS ÓRGÃOS COM O CICLO DIA-NOITE DE NOSSOS AMBIENTES É FUNDAMENTAL A SAÚDE PLENA

REFLEXÃO: O CARÁTER DOS NOSSOS FILHOS É O ESPELHO DO NOSSO EXEMPLO

O texto de hoje, aqui na coluna REFLEXÃO trata da importância do exemplo na EDUCAÇÃO dos filhos. Sem a consciência de sermos verdadeiros em todas as situações do cotidiano, muitos de nós apresentamos uma realidade distorcida aos nossos filhos e por isso há tantos desvios de caráter e personalidade. Então, convido você a ler esse texto esclarecedor, refletir e fazer o seu juízo de valor.

QUEM É VOCÊ QUANDO NINGUÉM ESTA OLHANDO? - Luciano Subirá - ORVALHO.COM - LUCIANO SUBIRÁ

O Que Você é Fala Mais Alto

Era uma tarde de domingo ensolarada na cidade de Oklahoma. Bobby Lewis aproveitou para levar seus dois filhos para jogar mini-golf. Acompanhado pelos meninos dirigiu-se à bilheteria e perguntou:

– Quanto custa a entrada?

O bilheteiro respondeu prontamente:

– São três dólares para o senhor e para qualquer criança maior de seis anos. A entrada é grátis se eles tiverem seis anos ou menos. Quantos anos eles têm?

Bobby informou que o menor tinha três anos e o maior, sete.

O rapaz da bilheteria falou com ares de esperteza:

– O senhor acabou de ganhar na loteria, ou algo assim? Se tivesse me dito que o mais velho tinha seis anos eu não saberia reconhecer a diferença. Poderia ter economizado três dólares.

O pai, sem se perturbar, disse:

– Sim, você talvez não notasse a diferença, mas as crianças saberiam que não é essa a verdade.

……………………………………..

Sem a consciência que Bobby tinha da importância de sermos verdadeiros em todas as situações do cotidiano, muitos de nós apresentamos uma realidade distorcida aos nossos filhos.

Tantas vezes, para economizar pequena soma em moedas, desperdiçamos o tesouro do ensinamento nobre e justo.

Desconsiderando a grandeza da integridade e da dignidade humanas, permitimos que esses valores morais sejam arremessados fora, por muito pouco.

Nesses dias de tanta corrupção e desconsideração para com o ser humano, vale a pena refletir sobre os exemplos que temos dado aos nossos filhos.

Às vezes, não só mentimos ou falamos meias verdades, como também pedimos a eles que confirmem diante de terceiros as nossas inverdades.

Agindo assim, estaremos contribuindo para a construção de uma sociedade moralmente enferma desde hoje.

Ademais, o fato de mentirmos nos tira a autoridade moral para exigir que os filhos nos digam a verdade, e isso nos incomoda.

Pensamos que pequenas mentiras não farão diferença na formação do caráter dos pequenos, mas isso é mera ilusão, pois cada gesto, cada palavra, cada atitude que tomamos, estão sendo cuidadosamente observadas e imitadas pelas crianças que nos rodeiam.

Daí a importância da autoridade moral, tão esquecida e ao mesmo tempo tão necessária na construção de uma sociedade mais justa e digna.

E autoridade moral não quer dizer autoritarismo. Enquanto o autoritarismo dita ordens e exige que se cumpra, a autoridade moral arrasta pelo próprio exemplo, sem perturbação.

A verdadeira autoridade pertence a quem já conquistou-se a si mesmo, domando as más inclinações e vivendo segundo as regras de bem proceder.

Dessa forma, o exemplo ainda continua sendo o melhor e mais eficaz método de educação.

Sejamos, assim, cartas vivas de lições nobres para serem lidas e copiadas pelos que convivem conosco.

……………………………………..

Diz o poeta americano Ralph Waldo Emerson: “quem você é fala tão alto que não consigo ouvir o que você está dizendo.”

Em tempos de desafios e lutas, quando a ética e a moral são mais importantes que nunca, assegure-se de ter deixado um bom exemplo para aqueles com quem você trabalha ou convive.

Equipe de Redação do Momento Espírita, com base no livro Histórias para aquecer o Coração.

Continuar lendo REFLEXÃO: O CARÁTER DOS NOSSOS FILHOS É O ESPELHO DO NOSSO EXEMPLO

Fim do conteúdo

Não há mais páginas para carregar

Fechar Menu
×

Carrinho