Blog do Saber, Cultura e Conhecimento!

AUTOCONHECIMENTO: AUTOCONHECIMENTO E PROPÓSITO DE VIDA = FELICIDADE

Apaixonada pela educação e pelo ser humano , trabalhou durante 20 anos como psicopedagoga clínica e institucional, além de atuar como professora universitária ao longo desse mesmo período! Inquieta e movida pelo espírito investigativo, seu trabalho envolve a conexão com a pesquisa e o desejo de encontrar novas soluções e alternativas para os processos educativos e relacionais humanos. Professora dos cursos de graduação e pós-graduação do Instituto Federal do Rio Grande do Sul (IFRS), autora de livros e artigos científicos, é Doutora em Psicologia e Educação pela USP, pesquisadora e líder de pesquisa do grupo “Educação, inovação e trabalho” vinculado ao CNPQ, bem como coordenadora do CRPC/IFRS (Centro de Resolução de Problemas e de Solução de Conflitos). A aprendizagem humana, as relações interpessoais e a construção de uma cultura de paz são suas principais áreas investigativas e de atuação.

Fonte: TEDx Talks

Publicado em 26 de fev de 2016

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: AUTOCONHECIMENTO E PROPÓSITO DE VIDA = FELICIDADE

AUTOCONHECIMENTO: REFLEXÕES SOBRE A EXPANSÃO DA CONSCIÊNCIA

AUTOCONHECIMENTO: A EXPANSÃO DA CONSCIÊNCIA OU CONSCIÊNCIA ESPIRITUAL NOS LEVA A ILUMINAÇÃO - Blog do SaberREFLEXÕES SOBRE A EXPANSÃO CONSCIENCIA

Dizem que uma das características da mente Racional é a separação das coisas em partes para que possam ser analisadas e compreendidas. A analise ocorre de forma sequencial, parte por parte, unindo aos poucos as partes e formando um todo coerente.  Ao mesmo tempo que essa caraterística facilita a analise das partes, dificulta que tenhamos uma visão Sistêmica do todo até que todas as partes tenham sido analisadas.
As ideias produzem impulsos elétricos no cérebro e se propagam entre os neurônios como tempestades cerebrais, que deixam pontos marcados na floresta virgem de nosso cérebro. O esforço da reflexão e investigação criam  pontes de ligação entre os neurônios,  triangulando uma área e fazendo nascer a compreensão, em um processo conhecido como sinapses. Assim, vamos por partes para chegar a compreensão do todo. Degrau por degrau subimos na escada da compreensão.
É como se estivéssemos aos poucos ligando partes de nós mesmos que estavam separadas. Este processo nos faz refletir que estas partes ligadas no permitem uma maior auto-compreensão e ao mesmo tempo nos mostra outras partes que precisam ser ligadas.
Então, entendemos que “Religare” na pratica, talvez seja estabelecer a unidade entre as diversas dualidades contrarias de nossa complexa natureza interna, nos tornando cada vez mais perenes e menos específicos, participando de ondas mais abrangentes na vida do universo e dos seres.
Talvez seja esta linearidade da razão, que nos leva a ver as coisas separadas no tempo e no espaço, a causadora de  nossas ilusões. Temos dificuldade de unir as pontas opostas e perceber que elas são uma ilusão de ótica, uma visão apenas parcial da Realidade. Vemos uma reta com dois opostos separados, mas  talvez esta reta seja na verdade uma curva, e que nos extremos deste circulo os opostos estão unidos.
Expandindo a mente alem da caixinha da razão, percebemos que múltiplas possibilidades podem ocorrer simultaneamente sem se anularem e que multas coisas não ocorrem necessariamente de forma sequencial e antagônicas como pensamos.
Seria mesmo possível, que sem nos darmos conta, ensinamos enquanto aprendemos, curamos enquanto ferimos, amamos enquanto odiamos, somos ativos enquanto passivos, fortes enquanto fracos, criativos enquanto conservadores e egoístas enquanto altruístas?
Olhando para a paisagem do Rio de Janeiro visto de cima, o Cristo de Braços abertos sobre a Guanabara, os barquinhos minúsculos sobre a enseada de Botafogo, a sombra da montanha sobre os edifícios.. Tudo isso traz uma paz e sentido de ordem e beleza que nos encantam.
Mas se descermos vemos a agitação na cidade, a gritaria das pessoas, o conflito, a briga na rua, os assaltos,  percebemos que estas pessoas estão vivendo uma outra realidade e nem se dão conta das maravilhas de quem vê a cidade do alto, ou pelos olhos do turista que observa tudo com isenção e só consegue ver a beleza, porque não é tragado pelas agitações da sobrevivência.
E nós, será que conseguimos mergulhar na agitação e voltar para o topo para desfrutar suas belezas? Será que aprendemos a conviver com as duas realidades?
E qual seria a chave para abrir a caixinha da mente e nos permitir ampliar nossos horizontes para compreender a dualidade dos contrários?
Os sábios costumam oferecer como resposta a uma pergunta uma outra pergunta.
Jesus recomendou aos seus discípulos que voltassem ser como as criancinhas para abrir as portas do Reino dos Céus.
Será que o Mestre estava aconselhando a ser um eterno perguntador, substituindo sempre que possível os pontos finais e exclamações, por pontos de interrogação? Será que a vida não é uma eterna sucessão de perguntas, onde uma resposta conduz sempre a uma outra pergunta, indefinidamente?
Por: João Sérgio P. Silva(Professional Coach, Numerólogo e Administrador de Empresas)

Fonte: Escola do Pensamento 

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: REFLEXÕES SOBRE A EXPANSÃO DA CONSCIÊNCIA

DICA DE LIVRO: PROPÓSITO DE SRI PREM BABA

Quarta-feira é dia de dica de livro. Livros que, normalmente eu já tenha lido e adorado. É certo que gosto não se discute e que cada um tem o seu. Mas como o meu gosto por leitura é bastante eclético, estou dando dica de temas variados para que agrade a todos os leitores.
Hoje vou indicar um livro que, particularmente amei, me identifiquei muito com o tema e que veio realizar uma revolução na minha consciência.
O livro cujo título é PROPÓSITO, a coragem de ser quem somos, de autoria de Sri Prem Baba.
Neste livro, Sri Prem Baba expande o diálogo amoroso a que sempre se propôs, abordando temas que têm a ver com os anseios mais íntimos do ser humano.
Aqui o leitor vai vislumbrar o horizonte de um trajeto precioso que o levará ao interior de si mesmo. Quando chegar ao seu destino, encontrará o Propósito de sua existência. Essa viagem será vigorosa, transformadora e única, mas poderá ser realizada com serenidade.
Sri Prem Baba é um mestre em ensinar o caminho do amor que renova os fundamentos da existência e pode alterar os rumos da vida pessoal e coletiva. O líder humanitário afirma que “não somos uma gota d’água no oceano”, pois “o amor nos faz ser o próprio oceano”. Também explica que a paisagem interna deverá ser esquadrinhada para que possamos discernir amorosamente qual é o nosso papel no mundo.
O livro está dividido em sete partes. Ao longo das seis primeiras, que tratam do nascimento à transcendência, o leitor encontrará as coordenadas para fazer a própria viagem interior. Na sétima, aprenderá as chaves práticas que vão guiar suas descobertas rumo ao despertar do amor.

Fonte: Acervo particular

Continuar lendo DICA DE LIVRO: PROPÓSITO DE SRI PREM BABA

AUTOCONHECIMENTO: PROPÓSITO DE VIDA, SAIBA O QUE FAZER DEPOIS QUE VOCÊ DESCOBRE O SEU, POR WAGNER BRAGA

No vídeo de hoje você vai entender o que o propósito de vida individual de cada um, saber o que é o talento inato que cada ser humano possui para cumprir a sua missão aqui na terra e o que fazer depois disso. Assista ao vídeo completo a seguir e saiba o que fazer depois de descobrir qual é o seu!

Fonte:

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: PROPÓSITO DE VIDA, SAIBA O QUE FAZER DEPOIS QUE VOCÊ DESCOBRE O SEU, POR WAGNER BRAGA

AUTOCONHECIMENTO: VOCÊ SABE QUAL É O SEU PROPÓSITO E SUA MISSÃO DE VIDA? POR WAGNER BRAGA

Cada ser humano tem sua missão no mundo. No vídeo de hoje, o questionamento que trago é relacionado ao propósito individual do ser humano. Algo que todos têm, porém alguns nascem com isso mais aflorado, já sabendo o que deve ser feito, enquanto outros, precisam seguir a intuição para descobrir. Dai a importância do AUTOCONHECIMENTO para desenvolver a percepção sensorial que todo ser humano tem e que é o caminho para descobrir o seu propósito individual, que muitas vezes ainda não despertou. Assista ao vídeo a seguir e saiba como descobrir a sua missão de vida!

Fonte:

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: VOCÊ SABE QUAL É O SEU PROPÓSITO E SUA MISSÃO DE VIDA? POR WAGNER BRAGA

AUTOCONHECIMENTO: O QUE FAZER DEPOIS DE DESCOBRIR QUAL É O SEU PROPÓSITO, POR WAGNER BRAGA

Viemos ao mundo com um propósito maior e comum a todos os humanos, que é aprender a amar. Não o amor carnal, o amor de pai e filho ou entre irmãos, mas o amor mais sublime de todos: o amor incondicional. Aquele que não tem fronteiras, preconceitos ou ideologia. O outro propósito e este sim, inerente a cada um. Aquele que só você tem e mais ninguém. Um talento nato que a maioria das pessoas custam muito a descobrir e muitas vezes passam uma vida inteira e não o descobrem. Precisamos mostrar ao mundo o nosso talento! No vídeo de hoje, dou continuidade ao tema que abri no vídeo passado, sobre propósito de vida, dessa vez falando sobre o que você deve fazer a partir do momento que descobre qual é o seu propósito. Assista e descubra o que fazer depois que você descobre o seu propósito!

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: O QUE FAZER DEPOIS DE DESCOBRIR QUAL É O SEU PROPÓSITO, POR WAGNER BRAGA

AUTOCONHECIMENTO: QUAL O SEU PROPÓSITO DE VIDA?, POR WAGNER BRAGA

Na série de vídeos QUESTIONE-SE: EXPANDINDO A CONSCIÊNCIA um questionamento imprescindível é, você sabe qual é o seu propósito na vida? Esse é um questionamento que tenho certeza que muitos fazem ao longo da vida e é sobre isso que falo no vídeo de hoje, aqui na coluna AUTOCONHECIMENTO do Blog do Saber. O nosso maior propósito na vida é aprender a amar e buscar o amor incondicional. Entenda melhor assistindo ao vídeo completo a seguir e dê um salto quântico na sua evolução espiritual!

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: QUAL O SEU PROPÓSITO DE VIDA?, POR WAGNER BRAGA

DESENVOLVIMENTO PESSOAL: O QUE VOCÊ BUSCA ESTÁ TE BUSCANDO, POR IVAN MAIA

Este vídeo é para você que ainda não descobriu o seu PROPÓSITO na vida e precisa urgentemente dar um sentido a sua vida. Nele o competente desenvolvedor de pessoas Ivan Maia lhe ensina como descobrir isso. Então te convido a assistir o vídeo completo a seguir e transformar a sua vida definitivamente! 

Fonte:

Continuar lendo DESENVOLVIMENTO PESSOAL: O QUE VOCÊ BUSCA ESTÁ TE BUSCANDO, POR IVAN MAIA

AUTOCONHECIMENTO: SAIBA COMO DESCOBRIR O SEU PROPÓSITO DE VIDA

Todos temos um propósito de vida inerente a todo ser humano. Esse grandioso propósito é aprender a amar. O amor incondicional. Aquele que não diferencia, pai, mãe, filho, parente, amigo o desconhecido. Mas também temos um propósito que inerente a cada um, intrínseco a natureza individual. Esse propósito reside na nossa consciência cósmica e está gravado na nossa alma. Ao ler o texto a seguir você vai entender como descobrir o seu também!  

PROPÓSITO DE VIDA: COMO DESCOBRIR O MEU?

O seu propósito já existe no seu inconsciente. O 12º episódio da websérie ‘Respira’ mostra caminhos para identificá-lo

Propósito de vida: como descobrir o meu?

 

Você já parou para se perguntar se está feliz com a sua vida? Levanta animado para fazer as suas tarefas diárias? Qual o sentido de fazer o que fazemos? Se você ainda não se questionou sobre isso, é possível que estes pensamentos apareçam futuramente e você venha a se questionar: “Qual é o meu propósito de vida?”.

No episódio do “Respira” dessa semana, respondemos a questão da Isabel, sobre como descobrir o seu propósito e gostar do que faz: “Gosto e admiro muitas áreas, assuntos e profissões, porém, qual é o meu propósito? Não quero trabalhar só para ganhar dinheiro, quero amar o que eu faço.”. Assista ao episódio completo no vídeo abaixo:

A não existência de um propósito gera desencaixe, trazendo uma sensação de não pertencer à nossa própria vida. Por consequência, passamos a não compreender o trabalho que executamos e o motivo de fazer o que fazemos. Sentir que não estamos no lugar correto é ruim, incomoda mesmo. Quais são, então, os caminhos para descobrir nosso propósito de vida?

O QUE É PROPÓSITO DE VIDA?

O propósito é uma manifestação da sua própria consciência. É algo que já existe dentro de você, mas que encontra-se soterrado por conta de traumas, crenças, julgamentos ou situações difíceis do passado.

Está diretamente ligado a fazer bem para os outros. Buscamos, praticamente o tempo todo, amar e ser amado. Então, estar alinhado com o seu propósito, ou seja, encontrar um objetivo na sua vida, no seu serviço, é um sentimento que causa alegria absoluta. Se você ainda não conseguiu encontrar esse sentimento, pare para refletir: onde está a alegria na sua vida?

CAMINHOS PARA DESCOBRIR SEU PROPÓSITO DE VIDA

O primeiro passo para começar a olhar para essa questão é respirar e silenciar, para que você encontre caminhos para identificar o que já está no seu inconsciente.

Aonde você se sente mais realizado, mesmo que seja em uma área que, a princípio, você não ganhe dinheiro? É essencial que você procure a alegria dentro de si.

O propósito está latente na sua vida, é só você silenciar e começar a perceber onde você se sente encaixado

Então, a dica que eu dou é fazer esse trabalho de investigação. Vá a fundo, leia sobre isso, tenha coragem de olhar para você e averiguar onde se encontra essa desarmonia.

Esse tipo de busca pode ser realizada em qualquer área, carreira. Afinal, a qualquer momento você pode estar agindo com o seu propósito. Silencia e deixa o amor vir de dentro de você. Seu propósito de vida, certamente, virá com ele.

Como você está se sentindo? Tem alguma questão que não te agrada ou alguma situação que você não consegue resolver? Fique à vontade para fazer suas perguntas nos comentários do episódio. O Respira é uma troca nossa, para gerar reflexões que possam melhorar o seu dia a dia.

Fonte: Personare

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: SAIBA COMO DESCOBRIR O SEU PROPÓSITO DE VIDA

REFLEXÃO: SEM UMA VONTADE FIRME APLICADA NA CORREÇÃO DO PRÓPRIO COMPORTAMENTO, NINGUÉM AVANÇA

Nesta sexta-feira temos uma REFLEXÃO a fazer nesta coluna sobre o maior inimigo do Ego e da Zona de Conforto, que se chama DISCIPLINA. O belo e bem escrito artigo a seguir fala sobre a virtude da disciplina. Como ela pode nos ajudar na nossa performance pessoal e, sendo assim ajudando a alcançarmos a nossa melhor versão. Portanto, convido você a ler esse texto maravilhoso e tomar uma injeção de ânimo para alcançar esse objetivo maior!

Disciplina para uma vida virtuosa - Dolores Bordignon

A virtude da disciplina

Certas palavras e expressões às vezes têm seu sentido deturpado ou reduzido.

Assim ocorre com a disciplina, frequentemente entendida como submissão a um agente externo.

O termo remeteria à ação que sujeita a vontade de outrem.

Por exemplo, o pai que disciplina seu filho ou o comandante que conduz suas tropas sob um regime disciplinar severo.

Embora a disciplina sob o aspecto exterior seja necessária, ela a tal não se circunscreve.

Na realidade, é sob o prisma interno que a disciplina revela seu mais rico potencial.

Trata-se de uma virtude que viabiliza a aquisição de todas as outras.

Sem disciplina, não há avanço e transformação moral e intelectual.

A criatura indisciplinada permanece como sempre foi.

Seus vícios e debilidades não encontram firme oposição e os mesmos erros são incessantemente repetidos.

A disciplina atua no plano da vontade.

Ela estabelece regras e define como deve ser o comportamento futuro.

O homem disciplinado diz a si mesmo que deve fazer e se mantém firme no propósito.

Mesmo contra seus interesses e tendências naturais, segue o programa de melhoramento que se impôs como meta.

A disciplina consiste em uma força interior que permite a alteração de velhos hábitos.

Não se trata apenas de decidir ser melhor, mas de colocar em prática o que se decidiu.

Certamente há vacilos, mas logo o homem disciplinado retoma seu projeto inicial.

Ele não se permite desistir, quando percebe a viabilidade da meta que elegeu para si.

Todos os Espíritos, atualmente vinculados à Terra, já passaram por incontáveis encarnações.

No longo processo de aprendizado, cometeram muitos equívocos e desenvolveram maus hábitos.

Certas tendências do pretérito remoto ainda hoje se fazem presentes nos homens.

Nos primórdios da evolução, o Espírito era despido de cogitações intelectuais e morais mais complexas.

As preocupações do ser resumiam-se à preservação da vida e à perpetuação da espécie.

O tempo não gasto com a satisfação dessas necessidades era dedicado ao ócio.

Assim, o gosto excessivo pelo descanso lembra as fases primitivas da existência imortal.

O mesmo ocorre com a preocupação desmedida com alimentação e sexo.

Nada há de errado com a satisfação das necessidades elementares da vida, em um contexto de dignidade.

O vício reside no excesso e na fixação do pensamento em atividades que são meramente instrumentais.

A destinação do Espírito humano é excelsa.

Compete-lhe vencer a si mesmo, libertar-se de hábitos primários e preparar-se para experiências transcendentais do intelecto e do sentimento.

Ocorre que isso somente é possível com muita disciplina.

Sem uma vontade firme aplicada na correção do próprio comportamento, ninguém avança.

Maus hábitos, como maledicência, gula, preguiça e leviandade sexual, não somem por si sós.

Eles devem ser corajosamente enfrentados e subjugados.

O abandono de vícios é lento e doloroso.

No princípio, o esforço necessário é hercúleo.

Mas gradualmente se percebe o peso que representam as más tendências.

Surge uma sensação de liberdade e de leveza, com a adoção de um padrão digno de comportamento.

Então, o que era difícil se torna fácil e prazeroso, pois a disciplina gera a espontaneidade.

Pense nisso.

Redação do Momento Espírita

Fonte: Momento de Reflexão

Continuar lendo REFLEXÃO: SEM UMA VONTADE FIRME APLICADA NA CORREÇÃO DO PRÓPRIO COMPORTAMENTO, NINGUÉM AVANÇA

REFLEXÃO: APRENDA A VIBRAR EM ALTA FREQUÊNCIA E DÊ UM SALTO QUÂNTICO NA SUA VIDA

O texto que trago hoje poderia se encaixar perfeitamente na coluna FÍSICA QUÂNTICA, já que sexta-feira é o dia dela, mas resolvi postar na coluna REFLEXÃO, pois o tom dissertativo me parece mais reflexivo e, se você parar para refletir sobre seu conteúdo tenho certeza que algo mudará na sua vida. Você nunca mais será o mesmo e dará um salto quântico na sua evolução. Portanto, convido você a ler o texto completo a seguir e transformar a sua vida!

Permaneça na frequência do seu sonho

Diante de cada momento, conserve a serenidade e determinação para avançar, evite entrar na frequência desestabilizadora do problema.

O autocontrole, é uma excelente opção que somente você é capaz de desenvolver.

É neste instante, onde você faz a escolha de prosseguir com o seu propósito!*

Seja leal a si, mantendo o foco e fazendo o “seu melhor sempre”!

Descubra em si, a grande força interior que está dotado, Deus o habilitou desde a sua concepção para enfrentar as adversidades da vida, você já carrega no seu íntimo essa tremenda energia vitoriosa.

No entanto, muitas vezes desconhece esse potencial, porém, como a vida é mestra na arte de extrair o melhor bem como o máximo de cada pessoa, ela apresenta as provas. Que são exatamente, os caminhos do auto descobrimento e das capacidades que ainda permanecem adormecidas. Por isso, abençoe a vida, essa iluminada  mestra que é capaz de olhar para cada pessoa e dizer, está aqui o problema, resolva! Você é capaz, eu conheço suas potencialidades e talentos!

Assim, só te resta, empenhar-se com dedicação e aflorar essa sabedoria, desenvolvendo essa nova experiência de vida. Enfrente esses obstáculos com fé em Deus e autoconfiança sempre, você é capaz de criar algo novo para suplantar essas barreiras, acredite!

Ninguém possui o direito de se eximir das provas da vida, elas existem para extrair o melhor de cada um, fazendo com que você evolua e prospere.

Hoje, é uma chance renovada para restaurar-se e recomeçar o caminho da sua verdadeira conquista, o auto-domínio é uma ótima base para construir a sua Vitória.

AVANCE COM DETERMINAÇÃO, POSITIVIDADE, ATITUDES E FÉ EM DEUS, ACREDITE EM SI E NA VIDA, FAÇA DESTE DIA, O MELHOR DIA DA SUA VIDA!

Autor: Reginaldo Rodrigues
Email: r3.reginaldorodrigues.7@gmail.com

Fonte: Leve Consciência

Continuar lendo REFLEXÃO: APRENDA A VIBRAR EM ALTA FREQUÊNCIA E DÊ UM SALTO QUÂNTICO NA SUA VIDA

AUTOCONHECIMENTO: DESENVOLVA A SUA POTÊNCIA PARA TER UMA VIDA DE LEVEZA E QUALIDADE

Escolhi o texto a seguir com o título de “a sua potência é a sua praia”, pois é um chamado para o despertar da consciência e nos fazer entender que somos energia numa forma densa, mas que se investirmos na nossa potência que está adormecida dentro de nós temos total condição de ao abandonarmos esse corpo denso passarmos para um estagio energético menos denso e ter uma vida de leveza e qualidade. Então, convido você a ler breve texto a seguir e expandir sua consciência!

A sua potência é a sua praia

Mulher feliz em um balanço
choreograph / 123rf

Uma das maiores alegrias na vida é ter a oportunidade de se fazer o que se ama fazer, pois isso evita que a sexta-feira seja a única coisa boa que se espera da vida. Fazer o que se ama é prazeroso desde quando se acorda em uma manhã de segunda-feira, até o final de semana, afinal a vida é prazerosa quando estamos utilizando nossa potência, estado de realizar-se como ser.

Existe todo um processo até se alcançar uma vida em que se diga: “Isso era tudo o que eu buscava”. Neste sentido, precisamos de planejamento e de foco. Não menos importante, se elenca o estado espiritual, isto é, nossa envergadura de espiritualidade, sempre apontada em direção da liberdade, imparcialidade e equilíbrio.

Para se ter uma vida de leveza e qualidade, além de se fazer aquilo que se ama fazer, é preciso ter o silêncio da mente, a paz interior, a leveza da alma, o bem-estar consigo mesmo, isto é, a aceitação da vida que acontece no aqui e agora. Portanto precisamos desenvolver nossa espiritualidade, nossa empatia, nosso não julgamento e nossa ação transformadora para com o nosso próximo.

O fato é que somos uma energia no universo, uma energia em potência, logo não somos perpétuos. Contudo nossa alma é imortal, vive para sempre, e, enquanto estivermos neste casco de corpo humano, precisamos utilizar nossa energia, nossa potência, colocar em ação nossos projetos, fazendo com que nossos momentos sejam produtivos e sempre fazendo com que nossas tomadas de decisão sejam eficazes dentro do nosso cronograma, isto é, que atendam ao espaço dos ciclos dentro de um projeto de vida.

No final de tudo, que atenda ao propósito de vida, a fim de integrar nossa existência, atender nossas expectativas e servir aos nossos sonhos. Para isso, passamos por um longo processo de experiências, então é contabilizado ao olharmos para trás, veremos as perdas pelo caminho, sonhos abandonados, projetos esquecidos, tudo por conta da força, da potência utilizada no sonho majoritário. Por fim, seja incrível em seu turno enquanto vida.

Nilo Deyson Monteiro Pessanha
Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: DESENVOLVA A SUA POTÊNCIA PARA TER UMA VIDA DE LEVEZA E QUALIDADE

AUTOCONHECIMENTO: QUANDO PERDEMOS UM DOS SENTIDOS OS OUTROS SE SOBRESSAEM PARA COMPENSAR A PERDA. ASSIM TAMBÉM ACONTECE NO PLANO ESPIRITUAL!

Quando perdemos um dos nossos sentidos, como por exemplo a visão, os outro sentidos se desenvolvem e as habilidades com cada um desses sentidos aumentam como compensação do que foi perdido. Assim acontece com o nosso estado de quase completa impotência com relação a esse ano desafiador onde, depois de 10 meses de pandemia ainda temos um futuro incerto, às escuras, mas desenvolvemos essa incrível habilidade da introspecção, do autoconhecimento e o fato de não enxergamos para onde estamos indo não é mais primordial, pois aprendemos a lidar com a intuição e estamos aptos a encarar o que virá sem medo. Então lhe convido a ler o texto esclarecedor a seguir, refletir e tirar suas conclusões!

Qualquer sentido diminuído sempre serve a um propósito – Trabalhadores da Luz

Qualquer sentido diminuído sempre serve a um propósito

Mensagem de 1 de Dezembro de 2020

Um tipo diferente de mensagem diária hoje…

Eu estava conversando com uma querida amiga na semana passada e ela mencionou o quão difícil é estar deste lado do véu onde não se consegue ver tudo o que está acontecendo. Assim que ela disse isso, Gabriel enviou esta imagem em minha consciência. Ela lembrava a caixa de madeira que era colocada sobre as mãos dos alunos nas minhas aulas de datilografia, caso você não parasse de olhar para as teclas.

No início era realmente estranho não ser capaz de ver nada. Você tinha que trabalhar com o tato e lembrando o desenho do teclado. No começo era demorado, desajeitado e esquisito, mas pouco a pouco você ficava mais confortável acreditando em sua habilidade de saber onde as teclas estavam e como até algumas delas davam um solavanco que você podia sentir para ajudá-lo a se orientar.

E antes que percebesse, você ficava cada vez melhor em navegar pelo tato, até que se tornava automático e você não precisava mais pensar sobre isso. Na verdade, não depender de seus olhos melhorava sua habilidade de sentir e saber, o que no final tornava você um datilógrafo muito melhor do que quando confiava apenas nos seus olhos.

Eu acho que isto resume esta fase de nossa jornada de iluminação. Quando não temos que usar um dos sentidos, todos os outros se tornam realçados. Qualquer sentido diminuído sempre serve o propósito de fortalecer os outros.

Estar num estado prolongado de não saber durante este ano transformador de 2020, possibilitou que desenvolvêssemos nossos dons de sentir e nos conectar com nosso saber interno. Uma vez que ficamos mais confortáveis em depender de nossos sentimentos e conhecimento, não sermos capazes de ver onde estamos indo não terá mais utilidade e nossa habilidade de navegar através de todos os sentidos vai retornar de uma maneira nova, mais equilibrada.

Uma combinação de Shelley e Gabriel

Shelley Young – Fonte: https://goldenageofgaia.com/
Roseli Giusti Zahm e Marco Iorio Júnior — Tradutora e Editor exclusivos do Trabalhadores da Luz

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: QUANDO PERDEMOS UM DOS SENTIDOS OS OUTROS SE SOBRESSAEM PARA COMPENSAR A PERDA. ASSIM TAMBÉM ACONTECE NO PLANO ESPIRITUAL!

AUTOCONHECIMENTO: ALCANÇAR A ILUMINAÇÃO É O NOSSO PROPÓSITO MAIOR

Neste dia de Natal trago um texto de profunda reflexão, para você que é buscador(a), para você que quer conhecer a verdade, para você que quer se libertar de toda opressão, para você que acredita que é um ser cósmico.  Esse texto é para você que acredita que estamos numa caminhada celestial de aprendizado, de conscientização, de expansão da consciência e de iluminação. Então, se você é assim, você precisa ler esse texto completo, refletir e expandir sua consciência!

AUTOCONHECIMENTO: CONSCIÊNCIA ESPIRITUAL E ILUMINAÇÃO SÃO ETAPAS DA EXPANSÃO DA CONSCIÊNCIA - Blog do Saber

ILUMINAÇÃO OU CONSCIÊNCIA ESPIRITUAL

Em muitos homens, a mente espiritual se revela lenta e gradualmente, e ainda que a pessoa possa sentir um constante aumento de conhecimento e consciência espiritual, pode não haver experimentado uma notada e repentina mudança.

 

Outros têm tido momentos do que é conhecido como iluminação, nos quais se acreditavam elevados quase fora do seu estado normal, e lhes parecia passar a um plano de existência ou de consciência mais elevado, que os deixava mais adiantados do que antes, ainda que não pudessem trazer à sua consciência uma clara recordação do que haviam experimentado, enquanto se encontravam nesse exaltado estado da mente. Essas experiências têm-se dado com muitas pessoas, em diferentes formas e graus, de todas as crenças religiosas, e têm sido geralmente associadas a algum aspecto da crença religiosa particular, professada pela pessoa que experimenta a iluminação. Mas os ocultistas adiantados reconhecem todas essas experiências como diferentes formas de uma só e mesma coisa – o amanhecer da consciência espiritual – o desenvolvimento da mente espiritual.

Alguns escritores têm chamado a esta experiência consciência cósmica, nome muito apropriado, pois a iluminação – pelo menos em seus aspectos mais elevados – põe o indivíduo em contato com a totalidade de Vida, fazendo sentir um sensação de parentesco com toda a Vida, alta ou baixa, grande ou pequena, boa ou má.

Essas experiências, como é natural, variam materialmente conforme o grau de desenvolvimento individual, sua preparação prévia, seu temperamento etc.; mas certas características são comuns a todas. O sentimento mais comum é o da posse quase completa do conhecimento de todas as coisas – quase onisciência. Esse sentimento existe apenas por um momento e nos deixa, a princípio, submersos em profunda pena pelo que chegamos a ver e que perdemos. Outro sentimento comumente experimentado é o da certeza da imortalidade, – uma sensação de atual ser – a certeza de haver sido sempre e a de estar destinado a sempre ser. Outro sentimento é o do desaparecimento de todo temor e da aquisição de um sentimento de certeza, segurança e confiança, e que estão além da compreensão daqueles que jamais o experimentaram. Então, um sentimento de amor nos inunda – um amor que abarca a Vida toda , desde os mais próximos a nós, na carne, até aos das mais longínquas partes do Universo – desde aquilo que nós consideramos puro e santo, até aquilo que o mundo considera vil, malvado e completamente indigno. Esse sentimento de retidão própria, que induz a condenar os outros, desaparece, e o amor, como a luz do sol, derrama-se sobre tudo que vive, sem ter em conta o seu grau de desenvolvimento ou bondade.

A alguns, essas experiências chegaram como um profundo sentimento de reverência que tomou completa posse deles, por alguns momentos ou mais tempo, enquanto que a outros se afigurava que se achavam num sonho e chegaram a ser conscientes de uma exaltação espiritual, acompanhada de uma sensação de estar circundando os compenetrados por uma luz brilhante.

A alguns, certas verdades se têm revelado sob a forma de símbolos, cujo significado não se tornou evidente senão muito tempo depois.
Essas experiências produzem uma mudança na mente daquele que passa por elas e que depois nunca torna a ser o mesmo homem que de antes. Ainda que a recordação vívida desapareça, fica ali certa reminiscência que, por longo tempo, será para ele um manancial de bem estar e de força, especialmente quando a sua fé vacila e se sente agitado, como uma cana, pelos ventos de opiniões em conflito e especulações do intelecto. A lembrança de tal experiência é uma fonte de renovada energia – um porto de refúgio, ao qual as almas fatigadas acodem para amparar-se do mundo externo que não as compreende.
Tais experiências são também usualmente acompanhadas de uma sensação de intensa alegria; de fato, a palavra e o pensamento de alegria parecem ser o que predomina na mente, nesta época. Mas não é uma alegria de experiência ordinária – é alguma coisa que não pode ser sonhada senão depois de havê-la experimentado – uma alegria cuja lembrança estimulará o sangue e fará palpitar o coração, todas as vezes que a mente relembrar a experiência.
Como já dissemos, também se experimenta a sensação de um conhecimento de todas as coisas, uma iluminação intelectual impossível de descrever. Nos escritos dos antigos filósofos de todas as raças, nos cantos dos grandes poetas de todos os povos, nas prédicas dos profetas de todas as religiões e tempos, podemos encontrar rasgos desta iluminação experimentada por eles – esse desenvolvimento da consciência espiritual. Não temos espaço para detalhar esses numerosos exemplos. Uns disseram-nos de um modo, outros de outro, mas todos dizem praticamente a mesma história. Todos os que têm experimentado essa iluminação, ainda que fosse em débil grau, reconhecem a mesma experiência na relação, canto ou prédica de outro, ainda que entre eles hajam decorridos séculos. É o canto da alma que, uma vez ouvido, jamais é esquecido. Ainda que seja expresso pelos toscos instrumentos das raças semi-bárbaras ou pelos mais aperfeiçoados talentos musicais da atualidade, seus tons são claramente reconhecidos.

Vem o canto do velho Egito, – da Índia de todas as idades – da antiga Grécia e Roma, – dos primitivos santos cristãos – dos Quarkers Friends, – dos mosteiros católicos – das mesquitas maometanas – do filósofo chinês – das lendas do índio americano, herói profeta, – é sempre o mesmo tom, elevando-se mais e mais alto, à proporção que muitos mais o entoam e agregam suas vozes ou dos sons de seus instrumentos ao grande coro.
Aquele tão mal compreendido poeta ocidental, Walt Whitman, sabia o que dizia (como compreendemos nós), quando prorrompia e expressava em singular verso a sua estranha experiência. Lêde o que ele diz e verificai se já foi alguma vez melhor expresso:

“Como num desmaio, um instante,
Outro sol inefável me deslumbra,
E todos os orbes conheci, e orbes mais brilhantes desconhecidos,
Um instante da futura terra, terra do céu.”

E quando sai do seu êxtase, exclama:

“Não posso estar acordado, porque nada me olha como antes,
Ou então estou acordado por primeira vez, e tudo de antes foi simples sonho.”

E nós devemos concordar com ele, quando declara a inabilidade do homem para descrever inteligentemente isso, nestas palavras:
“Quanto melhor quero expressar-me, menos posso,
Minha língua não se move sobre sua ponta,
Meu alento não obedece aos seus órgãos,
E fico mudo.”

Que essa grande alegria da iluminação seja vossa, queridos estudantes. E vossa será no seu tempo oportuno. Quando ela chegar, não vos alarmeis, e quando vos abandonar, não lamenteis sua perda – voltará outra vez. Vivei elevando-vos acessíveis à sua influência. Estais sempre dispostos a escutar a voz do silêncio, prontos sempre a responder ao toque da Mão Invisível.

Não torneis a temer, porque convosco tendes sempre o Ser Real que é uma chispa da Chama Divina, e o qual será como uma lâmpada que iluminará o caminho a vossos pés.

A paz seja convosco.

– Por Iogue Ramacháraca –

(Texto extraído do livro “Catorze Lições de Filosofia Iogue”, do Iogue Ramacháraca; Editora Pensamento)

Nota de Wagner Borges: Esse texto foi distribuído originalmente para uma turma de alunos num curso sobre projeção da consciência (Viagem astral). Na ocasião, eu comentava com eles sobre as expansões da consciência (samadhi, satori, consciência cósmica). Para ilustrar o tema, passei o brilhante texto de Ramacháraca para a turma estudar.

É um texto do início do século 20, editado originalmente na Inglaterra. Seu autor é o escritor William Walker Atikinsons (que usava o pseudônimo de Iogue Ramacháraca). Fala do estado de consciência cósmica e de suas repercussões no ser humano.

Parece estranho falar de um assunto desses no meio de tanta encrenca que acontece no viver diário da maioria das pessoas. Mas é melhor falar de algo assim do que compactuar com as pesadas vibrações do pessimismo e da falta de alegria.

Textos assim mantém a chama acesa em nosso coração e nos levam a reflexões profundas, típicas de quem almeja a ampliação da lucidez, do amor e do brilho em todas as dimensões.

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: ALCANÇAR A ILUMINAÇÃO É O NOSSO PROPÓSITO MAIOR

DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: O PROPÓSITO DA EVOLUÇÃO É PERMITIR A CONSCIÊNCIA ALCANÇAR A PERFEIÇÃO NA MANIFESTAÇÃO HUMANA COMO SERES ALTRUÍSTAS

Em a Mente Compassiva, artigo a seguir, na nossa coluna DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL desta quinta-feira você vai mergulhar numa REFLEXÃO que mescla o pensamento de Buda, Mahavira, Malala e Nelson Mandela para falar de não violência, igualdade e o poder que todos temos para brilhar. Por que será que isso não acontece pra todo mundo?

A mente  compassiva

Nelson Mandela disse: “Quem sou eu para ser tão brilhante, talentoso e famoso? Na verdade, quem é você para não ser? Você é um filho de Deus. Brincar de ser pequeno não serve ao mundo

Bhupendra Vora*

Mente Compassiva - Home | Facebook

O propósito da evolução é permitir à consciência alcançar a perfeição na manifestação humana como seres altruístas, com as qualidades de amor e compaixão, à imagem da divina inteligência que é a fonte de toda a vida. O amor dessa inteligência é visível em toda a sua criação, criada com infinita compaixão. Isso fica evidente nas miríades de espécies de vida com as habilidades especiais que lhes foram fornecidas pela natureza para sua sobrevivência.

Mahavira, o grande instrutor e reformador do Jainismo, declarava que não bastava a não violência como credo. Ele estendia esse princípio à solidariedade e ao auxílio a outros seres vivos, para se viver naturalmente, de acordo com as leis da natureza. A Nova Era exige sensibilidade e compaixão, mantendo em mente a interconexão e interdependência da vida em todos os níveis.

No Nobre Caminho Óctuplo de Buda, o primeiro passo, Reta Visão, é considerado de vital importância. Isso significa a compreensão da unidade da vida e das leis que governam o universo. Buda ensinou que trishna ou desejo, é a causa do sofrimento. Os seres humanos se prendem Ao ciclo de vida e morte por meio de desejos incessantes que causam um imenso sofrimento. A ignorância do propósito da vida mantém as pessoas escravizadas.

A mente humana, condicionada por coisas como raça, religião, classe social, etc., está encurralada num modo preconceituoso  de considerar o A mente compassiva mundo. Para compreender esse condicionamento é necessário sabedoria para descobrir suas causas. Os preconceitos a respeito das pessoas são as causas da divisão que cria conflito e sofrimento. Com a percepção, esse condicionamento pode ser reconhecido e a pessoa pode se libertar dele.

J. Kaalam, ex-presidente da Índia, falando perante o Parlamento Europeu, citou o antigo poeta tâmil Kaniyan Pungudranar: “Eu sou um cidadão do mundo e todos os cidadãos do mundo são meus parentes e amigos. Onde há retidão no coração há beleza no caráter. Onde há beleza no caráter há harmonia no lar. Onde há harmonia no lar há ordem na nação. Onde há ordem na nação há paz no mundo.”

São necessários, portanto, corretos valores e corretas formas de educação que resultem em indivíduos responsáveis e compassivos. Há muita coisa errada numa sociedade baseada apenas em valores materiais. Não deveria haver sensibilidade e compaixão para compartilhar os limitados recursos do mundo com aqueles que são menos afortunados que nós?

A extrema ganância de políticos, patrões e outros, com suas práticas ardilosas é responsável por muita iniquidade no mundo Essa doença é visível nos níveis individual, social e nacional do mundo. Há muito sofrimento no continente africano, que é explorado por seus recursos naturais e vida selvagem. O tráfico de “diamantes de sangue” e outras pedras preciosas abastece as indústrias de armamento que fornecem armas para milícias e tribos inimigas. Essas práticas nefastas são responsáveis por assassinatos, estupros e saques.

Em diversas partes do mundo há extrema crueldade contra cães e outros animais, que são cozidos vivos para deleite de pessoas que apreciam esse tipo de culinária. Radha Burnier escreveu: “Viver  de maneira compassiva no mundo moderno dificilmente parece ser um ideal, já que atrapalha grandes e imediatos lucros de negócios e entra em conflito com a procura de novos prazeres e satisfações.”

Outra causa de conflito é a doutrinação religiosa, que cria sociedades intolerantes. No discurso que fez nas Nações Unidas, a jovem Malala Yousufzai enfatizou a necessidade da educação promover um pensamento liberal e a não violência, citando os exemplo de Buda, Cristo, Maomé, Gandhi e Pashtun Badshah Khan.

Para o mundo mudar, o indivíduo precisa mudar. Uma mente que tenha preocupação compassiva com o bem-estar global deve estar envolvida em ações proativas. Nelson Mandela disse: “Nosso medo  mais profundo não é de sermos inadequados. É de sermos poderosos além da conta. É  luz, e não as trevas que nos assusta.‘ Quem sou eu para ser tão brilhante, talentoso e famoso?’ Na verdade, quem é você para não ser? Você é um filho de Deus. Brincar de ser pequeno não serve ao mundo… Nascemos para tornar magnífica a glória de Deus que está dentro de nós.”

Fonte: Revista Sophia • SET/OUT 2020 nº 87

Continuar lendo DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: O PROPÓSITO DA EVOLUÇÃO É PERMITIR A CONSCIÊNCIA ALCANÇAR A PERFEIÇÃO NA MANIFESTAÇÃO HUMANA COMO SERES ALTRUÍSTAS

REFLEXÃO: REESTRUTURAR E SE LIBERTAR DAS NECESSIDADES E EXIGÊNCIAS DO EGO É O PROPÓSITO DA EXPANSÃO DA CONSCIÊNCIA

Neste domingo vamos fazer uma REFLEXÃO sobre a transformação que está ocorrendo na nossa realidade e a mudança radical que está provocando o colapso das estruturas do passado, devido a consciência mais profunda de nosso propósito neste planeta. Então eu convido você a ler o breve, mas altamente esclarecedor texto, texto a seguir, refletir e fazer o seu juízo de valor!

Uma consciência mais profunda de nosso propósito

Mensagem de 31 de Agosto de 2020

A realidade está se transformando, nossa experiência de vida está mudando radicalmente, e nossas percepções estão mudando. A maneira como vemos nossas vidas, nossos relacionamentos e nosso mundo está se alterando à medida que as estruturas do passado continuam a entrar em colapso. Como resultado, uma consciência mais profunda de nosso propósito neste planeta está surgindo, convidando-nos a mudar a forma como existimos fisicamente no planeta.

À medida que as estruturas e padrões rígidos do passado forem destruídos, você sentirá uma necessidade cada vez maior de reestruturar a sua vida. Com esta reestruturação, você é liberado das necessidades e exigências de seu ego, o que permite que a expansão, a consciência e a inspiração de sua alma surjam. À medida que avançamos em direção à Lua Cheia de amanhã, observe o que está surgindo dentro de você e em sua vida. Reserve um tempo para se mover profundamente no centro de sua própria consciência. Neste espaço, tenha discernimento sobre o que você precisa liberar neste momento. Que velhas emoções, sentimentos, experiências e situações você precisa abandonar?

Muito Amor

Kate Spreckley – © 2020
Fonte: http://www.spiritpathways.co.za — Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br: Tradução — Marco Iorio Júnior — Editor exclusivo do Trabalhadores da Luz

Fonte: Trabalhadores da Luz

Continuar lendo REFLEXÃO: REESTRUTURAR E SE LIBERTAR DAS NECESSIDADES E EXIGÊNCIAS DO EGO É O PROPÓSITO DA EXPANSÃO DA CONSCIÊNCIA

GRUPO INDEPENDENTE DOS EUA RECRUTA COBAIAS PARA SE INFECTAREM COM COVID-19 PARA TESTAR VACINA

 SAÚDE

Grupo recruta voluntários para se infectarem de propósito com Covid-19 em estudo de vacina

Um grupo independente baseado nos EUA está angariando voluntários que aceitem ser infectados deliberadamente com o novo coronavírus para acelerar o teste de uma vacina contra a doença. Batizada de 1 Day Sooner, a iniciativa angariou mais de 1.700 voluntários em mais de 40 países, em menos de um mês, mesmo antes de existir uma vacina pronta para teste de eficácia.

Ensaios clínicos com infecção deliberada de voluntários, chamadas no meio de pesquisa de “estudos de desafio humano”, já foram usados em pesquisas de doenças de baixa letalidade, e não são muito comuns. A ideia de viabilizá-los agora ganhou força após um artigo do epidemiologista Marc Lipsitch, da Universidade Harvard, defender que pesquisas nesse molde sejam feitas com imunizantes candidatos que surgirem contra a Covid-19.

A ideia do 1 Day Sooner é ajudar cientistas a acelerarem a fase 3 de um eventual teste clínico, a etapa mais demorada, responsável por provar a eficácia da vacina. As fases 1 e 2 têm como função avaliar segurança e produção de imunidade, e não se beneficiariam de uma eventual infecção.

O problema de esperar por uma vacina desenvolvida com um teste de fase 3 normal é que o produto precisa ser aplicado em milhares de pessoas, e a eficácia só pode ser avaliada no caso daqueles que se infectarem inadvertidamente.

“Isso pode ser tanto complexo quanto lento”, afirma o manifesto divulgado pelo 1 Day Sooner, liderado por Josh Morrison, diretor da ONG Waitlist Zero, que promove doação de órgãos. “Muitas pessoas tentarão ser cuidadosas durante o surto — praticando autoisolamento, por exemplo — e pode passar muito tempo e ser preciso um grande número de voluntários até que um teste de fase 3 produza resultados significativos.”

A ideia do estudo de desafio é tomar um atalho, explica o manifesto: “Se todos os participantes de um estudo forem expostos ao patógeno em condições extremamente controladas, poderíamos necessitar de um número muito menor de voluntários e, com sorte, desenvolver uma vacina segura, efetiva e amplamente disponível num período de tempo muito mais curto.”

No site que o projeto 1 Day Sooner colocou no ar (1daysooner.org), quem estiver disposto a se listar como voluntário pode preencher um formulário e deixar seus contatos. O cadastro pode vir a ser usado, no futuro, por pesquisadores que buscam participantes para um estudo de desafio.

Ensaios clínicos desse tipo são difíceis de articular porque a avaliação de comitês de ética em pesquisa e as salvaguardas jurídicas são complicadas de negociar. No início do século 20, vacinas de varíola e gripe chegaram a ser testadas em esquema de desafio, mas a abordagem acabou caindo em desuso à medida que as padrões éticos para pesquisa foram ficando mais rigorosos.

Direito ao risco

Na base da discussão sobre um eventual teste de desafio com Covid-19 estão duas questões: a avaliação de risco e o direito de indivíduos de se submeterem a esse risco. Lipsitch, de Harvard, defende que a emergência e a dimensão da epidemia de Covid abrem espaço para essa abordagem.

“Obviamente, desafiar voluntários com esse vírus vivo arrisca induzir doença severa e, possivelmente, até a morte”, ponderam o epidemiologista e seus coautores no artigo em que defenderam a estratégia, no “The Journal of Infectious Diseases”. O texto também é subscrito pelo imunologista Peter Smith, de Harvard, e pelo bioeticista Nir Eyal, da Universidade Rutgers.

O GLOBO

Continuar lendo GRUPO INDEPENDENTE DOS EUA RECRUTA COBAIAS PARA SE INFECTAREM COM COVID-19 PARA TESTAR VACINA

Fim do conteúdo

Não há mais páginas para carregar

Fechar Menu
×

Carrinho