Blog do Saber, Cultura e Conhecimento!

PAGAMENTO DO AUXÍLIO BRASIL E AUXÍLIO GÁS SERÁ ANTECIPADO PELA CAIXA ECONÔMICA

Caixa antecipa pagamento do Auxílio Brasil e do Auxílio Gás

Foto: Getty Images

A Caixa Econômica Federal anunciou hoje que vai antecipar neste mês o pagamento do Auxílio Brasil e do Auxílio Gás para os beneficiários. A primeira data seria dia 18, mas os benefícios vão ser concedidos mais de uma semana antes, no dia 9 para os trabalhadores com final de NIS (Número de Identificação Social) 1.

De acordo com a Caixa, a antecipação acontecerá de forma escalonada de acordo com o NIS. Assim, no dia 10 será pago aos trabalhadores com NIS que termine em 2, e assim por diante até o dia 22. Os pagamentos acontecem apenas em dias úteis (veja tabela abaixo).

Os valores já podem ser consultados pelos aplicativos Auxílio Brasil e CAIXA Tem, o mesmo utilizado para o pagamento do auxílio emergencial.

Mais de 2 milhões de novas famílias passarão a receber o benefício, totalizando pouco mais de 20 milhões de famílias contempladas. O valor mínimo pago subirá de R$ 400 para R$ 600, como foi definido pela PEC (Proposta de Emenda à Constituição) dos Auxílios.

De acordo com o banco, a partir deste mês as famílias receberão em seus endereços o novo cartão do benefício para poderem sacar, transferir, consultar o saldo, e fazer os pagamentos.

Quanto ao Auxílio Gás, a PEC também provocou modificações e agora cada família vai receber, a cada dois meses, 100% do preço médio nacional do botijão de gás de cozinha de 13 quilos. Neste mês, por exemplo, o valor do auxílio será de R$ 110. O auxílio pagava apenas metade do preço médio anteriormente.

A cada bimestre, o valor do benefício é recalculado caso o preço caia ou aumente. São 5,6 milhões de famílias beneficiadas com a medida. Tanto no caso do Auxílio Brasil quanto no do Auxílio Gás, os trabalhadores podem fazer operações online pelo aplicativo CAIXA Tem.

Fonte: Blog do BG

Continuar lendo PAGAMENTO DO AUXÍLIO BRASIL E AUXÍLIO GÁS SERÁ ANTECIPADO PELA CAIXA ECONÔMICA

SEGUNDO DADOS DO IPC, INFLAÇÃO NO REINO UNIDO É A MAIOR EM 40 ANOS

Reino Unido tem a maior inflação em 40 anos

O índice foi impulsionado pelo aumento nos preços da energia elétrica e do gás

O valor no Reino Unido ficou na média projetada pelos economistas

O valor no Reino Unido ficou na média projetada pelos economistas | Foto: Divulgação

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) — que mede a inflação no Reino Unido — disparou a 9% em ritmo anual em abril, um recorde em 40 anos, segundo dados publicados nesta quarta-feira, 18, pelo Escritório Nacional de Estatísticas (ONS).

Em março, a inflação nos 12 meses anteriores foi de 7%. Em uma base mensal, o IPC subiu 2,5% em abril deste ano. No mesmo mês de 2021, o aumento foi de 0,6%.

“A inflação de abril foi impulsionada por um aumento brusco nos preços da energia elétrica e do gás”, disse Grant Fitzner, economista-chefe do ONS.

A alta no mês passado também foi puxada pela escalada do custo de alimentação e transporte. Fitzner destacou que foram registrados ainda “aumentos acentuados” nos preços dos metais, dos produtos químicos e do petróleo bruto.

Em comunicado, o ministro das Finanças britânico, Rishi Sunak, declarou que “países ao redor do mundo enfrentam uma inflação crescente” e que o índice no Reino Unido é impulsionado pelos preços nos mercados mundiais.

“Não podemos proteger a população por completo dos desafios globais, mas estamos proporcionando um apoio significativo onde podemos, e estamos dispostos a fazer mais”, disse.

Continuar lendo SEGUNDO DADOS DO IPC, INFLAÇÃO NO REINO UNIDO É A MAIOR EM 40 ANOS

NORMAS PARA EXPLORAÇÃO DE GÁS CANALIZADO NO RN SERÃO DEBATIDAS PELA COMISSÃO DE EDUCAÇÃO DA ALERN

Comissão de Educação debaterá normas para exploração de gás canalizado no RN

01 abr 2022

Os deputados da Comissão de Educação, Ciência e Tecnologia, Desenvolvimento Socioeconômico, Meio Ambiente e Turismo da Assembleia Legislativa do RN, aprovaram, durante reunião na manhã desta quinta-feira (31), um total de 15 matérias e entraram em consenso para a realização de uma audiência pública com o objetivo de debater proposta encaminhada pelo Governo do Estado que estabelece as normas relativas à exploração dos serviços locais de gás canalizado no estado e altera a Lei Estadual nº 6.502, de 26 de novembro de 1993.

O relator da matéria, deputado Francisco do PT, teve o pedido de retirada de pauta acatado pelos deputados que compõem o grupo de trabalho após apresentar justificativa. “Pela necessidade de ouvir setores envolvidos”, disse. Uma audiência pública foi agendada para o dia 20 de abril, às 14h, com a presença de representantes do setor. “A intenção é coletarmos informações e, quem sabe, recebermos contribuições para melhorar a proposta”, disse Francisco.

Das matérias apreciadas e aprovadas na reunião desta quinta-feira, estão a que estabelece diretrizes a serem observadas na formulação da Política Estadual de Atendimento e Diagnóstico às Pessoas com Transtorno de Espectro Autista, de autoria do deputado Hermano Morais (PV) e a que institui a Campanha Permanente de Combate ao racismo nas escolas do RN, de autoria da deputada Isolda Dantas (PT).

Também foi aprovado o projeto de lei, de autoria do deputado Coronel Azevedo (PSC), que institui o dia 11 de agosto como o Dia Estadual do  Laringectomizado, e o que reconhece como patrimônio imaterial, histórico, cultural, paisagístico e turístico do RN, o peixe frito da Barragem Boqueirão, de autoria do deputado Vivaldo Costa (PSD).

De autoria do deputado Francisco do PT, foi aprovado o projeto de lei que reconhece a Assistência Técnica e Extensão Rural (ATER) como atividade essencial no  âmbito do estadual. “Fico feliz com a aprovação dessa matéria aqui uma vez que, no futuro, sendo aprovada como lei, será utilizada como justificativa para realização de concurso público na Emater, que está com quadros defasados e desfalcada de pessoal”, disse o autor.

Outras matérias aprovadas são a concessão de título honorífico de cidadã Norte-rio-grandense à senhora Luiza Helena Trajano; a obrigatoriedade de a administração pública estadual divulgar em seu site institucional a localização de todos os radares de fiscalização e os respectivos limites de velocidade; a denominação da RN-093, de rodovia estadual “RN-093 Afrísio Marinho dos Santos”; a inclusão do Dia Estadual do Maqueiro no calendário oficial do estado; o reconhecimento de Rodolfo Fernandes como a Capital do Feijão no RN; a denominação de ‘Centro Estadual de Educação Especial Professor Joiran Medeiros da Silva’ ao Centro Estadual de Educação Especial; a denominação de Gelson Lima da Costa Neto ao ginásio do Centro Estadual de Educação Profissional de Macaíba; e a que reconhece como patrimônio cultural e imaterial do RN o alfenim.

Encerrando a lista de projetos aprovados, o que torna obrigatória a prestação de socorro por todo motorista de veículo automotor, ciclomotor, motocicleta ou ciclista, responsável pelo atropelamento de qualquer animal em via pública e o que dispõe sobre os núcleos de observação de violências nas escolas públicas e privadas. “É um projeto importante. Cada vez mais há a necessidade de olharmos para os nossos adolescentes. Precisamos construir um projeto de consciência nos jovens e nos profissionais para anteciparmos eventos que podem provocar marcas profundas nos nossos jovens”, disse Isolda Dantas, autora do projeto.

Os deputados Hermano Morais (PV), Francisco do PT, Isolda Dantas (PT) e Gustavo Carvalho (PSDB) participaram da reunião desta quinta-feira (31).

Fonte: Política em Foco
Continuar lendo NORMAS PARA EXPLORAÇÃO DE GÁS CANALIZADO NO RN SERÃO DEBATIDAS PELA COMISSÃO DE EDUCAÇÃO DA ALERN

SEGUNDO PESQUISA DO PROCON, PREÇO MÉDIO DO GÁS DE COZINHA EM NATAL É DE R$ 119,86

Preço médio do gás de cozinha em Natal é de R$ 119,86, constata Procon

Redação/Portal da Tropical

Atualizado em:

Foto: Arquivo/Agência Brasil

O Procon Natal (Instituto Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor de Natal) realizou pesquisa de preço de Gás Liquefeito de Petróleo, mais conhecido como GLP ou gás de cozinha, no dia 23 de março de 2022 nas quatro regiões da cidade e passou pelos bairros de Potengi, Pajuçara, Igapó, Nossa Senhora da Apresentação, Rocas, Neópolis, Ponta Negra, Pitimbu, Cidade Alta, Mãe Luíza, Nova Descoberta e Quintas, contemplando todas as regiões da cidade. O Núcleo de pesquisa percorreu um total de 21 pontos de venda, levando em consideração o porte do estabelecimento e o registro de licenciamento de comercialização desse produto fixado e identificado junto com a placa de preço.

A pesquisa encontrou o botijão de 13 kg sendo vendido no comércio de Natal ao preço mais comum de R$ 120,00, ou seja, 42% dos estabelecimentos pesquisados tinha esse valor a venda para o consumidor, e também deve estar atento nos preços praticados no comércio, uma vez que a pesquisa encontrou estabelecimento com o menor preço de R$ 110,00, e isso representa uma economia de R$ 9,86, da mesma forma, foi observado que em 28,57% dos estabelecimentos estão com seus preços abaixo da média pesquisada, ou seja, uma economia significativa para o consumidor.

O reajuste do gás de cozinha anunciado pela Petrobras nesse mês de março chegou a 16% nas refinarias, passando de R$ 3,86 para R$ 4,48 o quilo. Assim o preço do botijão pago pelos consumidores nos pontos de revenda, dentre outros também estão incluídos os custos e as margens de comercialização das distribuidoras e dos pontos de revenda, onde representa 19,9% e 23,5% respectivamente. Esse reajuste, no entanto, afeta a vida dos brasileiros de baixa renda em um cenário de inflação no Brasil. Mesmo com aprovação de projeto no Congresso Nacional que estabelece a ampliação do auxílio gás, dobrando o alcance do beneficio que custeia o botijão de gás, essa iniciativa é paliativa, uma vez que a política da Petrobras é de equiparação de preço internacional – EPI.

Análise dos dados

A pesquisa realizada pelo Procon Natal, encontrou o preço médio do botijão GLP de 13 kg de gás de cozinha em Natal no mês de março por R$ 119,86, o maior preço encontrado foi de R$ 130,00 e o menor preço de R$ 110,00, preços praticados à vista, a variação entre o maior e o menor preço é de 13,64%.

Na última pesquisa em dezembro o preço médio desse produto era de R$ 108,48, o maior preço encontrado foi de R$ 113,00 e o menor preço de R$ 100,00, preços à vista, a variação entre o maior e o menor preço é de 13%. Analisando as duas pesquisas, a varição no preço médio da pesquisa anterior para a atual chega a 10,49%.

Mais uma vez, o Núcleo de pesquisa orienta os consumidores que existe diferença no preço desse produto à vista e no cartão que chega a R$ 5, uma vez que em determinados estabelecimentos o preço é de R$ 125,00 à vista e 130,00 no cartão, prática essa legal aos comerciantes pela Lei 13.455 de 2017 onde os mesmos estão autorizados a oferecer preços diferenciados para pagamentos em dinheiro ou cartão de crédito ou débito, desde que devidamente explícito ao consumidor. Entretanto, a pesquisa também identificou que 38% dos pontos de venda localizados na zona norte e zona sul, não fazem diferenciação de preço a essa prática.

Conclusão

“Então, o ano praticamente se inicia para o consumidor com mais um aumento desse produto, ou seja, da mesma do ano anterior com sucessivos aumentos aplicados pela política da Petrobras ao gás de cozinha em uma economia de mercado com custo em reais e uma valorização dolarizada, com reflexos da globalização em lucros para a estatal brasileira para acionista, deixando de lado a parte social da empresa, agravando uma crise socioeconômica em muitas famílias para sobreviver”, destacou o instituto.

O Procon Natal disponibiliza a pesquisa na íntegra aos consumidores em sua página virtual no site, www.natal.rn.gov.br/procon/pesquisa, com preço do botijão de 13Kg mais barato, as médias e as variações encontradas, e orienta aos consumidores que utilizem-se da pesquisa para economizar na hora da compra desse produto uma vez que encontrará o endereço dos estabelecimentos pesquisados e os preços praticados à vista e no cartão.

Continuar lendo SEGUNDO PESQUISA DO PROCON, PREÇO MÉDIO DO GÁS DE COZINHA EM NATAL É DE R$ 119,86

UTILIDADE PÚBLICA: SEGUNDO SINGÁS-RN, PREÇO DO GÁS DE COZINHA PODE CHEGAR À R$ 130,00 NO RN A PARTIR DESTA SEXTA-FEIRA (11)

Por g1 RN

 

Preço do gás de cozinha pode chegar a R$ 130 no RN após novo aumento, diz sindicato de revendedores — Foto: Heloisa Guimarães/Inter TV CabugiPreço do gás de cozinha pode chegar a R$ 130 no RN após novo aumento, diz sindicato de revendedores — Foto: Heloisa Guimarães/Inter TV Cabugi

O preço do botijão de gás de cozinha vai aumentar nesta sexta-feira (11) no Rio Grande do Norte. De acordo com o Sindicato dos Revendedores Autorizados de Gás Liquefeito de Petróleo (Singás-RN), o preço do botijão vai variar de R$ 125 a R$ 130 no estado.

O valor vai sofrer novo reajuste em função do aumento de 16,1% para as distribuidoras, anunciado pela Petrobrás na quarta-feira (9). Segundo a estatal, o preço passará de R$ 3,86 para R$ 4,48 por kg.

De acordo com o presidente do Singás-RN, Francisco Correia, o preço vai ser reajustado nesta sexta-feira (11).

Ele reconhece que o aumento gera muita reclamação dos consumidores. “Nos últimos meses houve um aumento de mais de R$ 40 no preço do botijão. Realmente para a população que ganha um salário mínimo é muito difícil e a reclamação é muito grande. A insatisfação das classes C, D e E é enorme. A gente vê, inclusive, muita gente que está cozinhando à lenha por causa dessa dificuldade”, disse Francisco.

Continuar lendo UTILIDADE PÚBLICA: SEGUNDO SINGÁS-RN, PREÇO DO GÁS DE COZINHA PODE CHEGAR À R$ 130,00 NO RN A PARTIR DESTA SEXTA-FEIRA (11)

POLÍCIA DE PARIS USOU GÁS LAGRIMOGÊNIO PARA REPRIMIR PROTESTO CONTRA PASSAPORTE VACINAL

Polícia de Paris reprime protesto contra o passaporte vacinal

Manifestantes agiram inspirados pelo movimento de caminhoneiros canadenses Freedom Convoy

Protesto francês "Freedom Convoy"

Protesto francês “Freedom Convoy” | Foto: Youtube/ Reuters

A polícia de Paris, na França, usou gás lacrimogênio para reprimir um protesto na avenida Champs-Élysées neste sábado, 12. Os manifestantes protestavam contra a exigência do passaporte vacinal em locais fechados, como restaurantes. De acordo com a agência de notícias Euronews, o ato foi inspirado no “Freedom Convoy” (Comboio da Liberdade, em português), uma espécie de “buzinaço” organizado por caminhoneiros canadenses.

O movimento no Canadá, que começou em janeiro, causou o bloqueio de importantes partes de Ottawa, a capital do Canadá, nesta semana. Como resultado, mais de 20 pessoas foram presas e cerca de 1,3 mil multas foram emitidas contra os manifestantes.

Para impedir a realização do protesto, a polícia de Paris fez blitz nas principais estradas que levam para a capital francesa. As autoridades dizem que impediram que 500 veículos entrassem na cidade para a manifestação, mas alguns conseguiram passar pelos bloqueios por meio das estradas locais.

Além de buzinas, os motoristas travaram o trânsito com veículos e algumas pessoas subiram no telhado dos automóveis para protestar. Depois disso, a polícia usou gás lacrimogênio para dispersar os cidadãos franceses. Foram emitidas mais de 300 multas para os motoristas envolvidos no protesto “Freedom Convoy”.

Fonte: R7

Continuar lendo POLÍCIA DE PARIS USOU GÁS LAGRIMOGÊNIO PARA REPRIMIR PROTESTO CONTRA PASSAPORTE VACINAL

PETROBRAS DECIDIU RECORRER CONTRA LIMINARES CONCEDIDAS PELA JUSTIÇA PARA VETAR AUMENTO NO PREÇO DO GÁS EM ALGUNS ESTADOS

Liminares vetam aumento do gás no RJ, SE, AL e CE; Petrobras decide recorrer

Estatal afirma que vem negociando com distribuidoras desde janeiro e que insumo subiu até 500% no ano

Pedro Duran

da CNN

no Rio de Janeiro

Distribuidoras e a Assembleia Legislativa do Rio foram à Justiça contra o aumento determinado pelo PetrobrasDistribuidoras e a Assembleia Legislativa do Rio foram à Justiça contra o aumento determinado pelo Petrobras16/10/2019 REUTERS/Sergio Moraes

Petrobras decidiu recorrer contra quatro liminares concedidas pela Justiça para vetar o aumento do preço do gás nos estados do Rio de Janeiro, Sergipe, Alagoas e Ceará.

Dos cinco pedidos feitos por distribuidoras, apenas o do Espírito Santo foi negado pela Justiça. No Rio, uma liminar foi concedida à pedido da Assembleia Legislativa do Estado, com a alegação de que o aumento de 50% no valor do produto feria as normas de defesa do consumidor. Os pedidos aceitos foram feitos pelas distribuidoras CEG, do Rio de Janeiro; Cegas, do Ceará; Algas, de Alagoas; e Sergas, de Sergipe.

A estatal afirma que metade das companhias distribuidoras de gás “já tinha o suprimento contratado para 2022, cujas condições seguem sendo cumpridas rigorosamente nos termos e condições de preços e reajustes previamente acordados”.

No entanto, a Petrobras afirma que algumas distribuidoras de gás fizeram a opção nos últimos anos por contratos de curto prazo e, por isso, não possuíam ainda fornecimento contratado para o ano de 2022.

Justamente por isso, a estatal conduziu uma negociação com rodadas em janeiro, maio, setembro e novembro e ofereceram facilidades para essas companhias, como contratos com prazos de 6 meses, 1 ano, 2 anos e 4 anos e mecanismos para reduzir a oscilação dos preços, como, por exemplo, “referência de indexadores ligados ao GNL e ao Brent, opção de parcelamento e possibilidade de redução dos volumes nos contratos de maior prazo”.

A Petrobras diz que oito concessionárias aceitaram esse tipo de negociação.

Sobre as derrotas judiciais, a empresa informou que “irá interpor os recursos e ações cabíveis com vistas ao estabelecimento de preço de mercado para a venda do gás”.

Fonte: CNN

Continuar lendo PETROBRAS DECIDIU RECORRER CONTRA LIMINARES CONCEDIDAS PELA JUSTIÇA PARA VETAR AUMENTO NO PREÇO DO GÁS EM ALGUNS ESTADOS

A CHINA É APONTADA COMO O PAÍS QUE MAIS EMITIU GÁS POLUENTE QUE CONTRIBUIU PARA O AQUECIMENTO GLOBAL

Entenda por que a China é um dos países mais poluidores do mundo

Cenário envolve aspectos como baixo custo de produção, mão de obra barata e menos restrições para a construção de indústrias

INTERNACIONAL

Sofia Pilagallo*, do R7

Uma usina de carvão nos arredores de Zhengzhou, na província de Henan

BBC BRASIL

Um ranking divulgado pelo World Resources Institute (WRI) aponta que, em 2020, a China foi o país do mundo que mais emitiu gases poluentes que contribuem para o aumento do aquecimento global.

O dado não vem como uma grande surpresa, segundo o professor e pesquisador do Departamento de Geografia e do Programa de Pós-Graduação em Geografia da Universidade Federal do Paraná (UFPR), Wilson Roseghini, uma vez que muitos produtos disponíveis no mercado vêm com a etiqueta “Made in China” (“Feito na China”).

“Os salários são menores na China e, por conta disso, o país tem mão de obra barata e custo mais baixo para você produzir e terceirizar uma série de serviços. Esse processo ocorreu  sobretudo nas décadas de 80 e 90, quando muitas empresas, principalmente dos Estados Unidos, se instalaram na China para produzir equipamentos e outros insumos para exportar para o restante do mundo. Outra questão é que lá há menos restrições para desapropriar certas áreas e desmatar florestas para construir indústrias”, afirma Roseghini.

O professor ressalta que o cenário atual é um pouco diferente. Hoje, a China é altamente pressionada a produzir de forma mais limpa, devido às mudanças climáticas. Existe também um movimento no sentido de distribuir as forças do mercado internacional. Durante seu mandato, o ex-presidente dos EUA Donald Trump, por exemplo, “repatriou” uma série de empresas norte-americanas, como Samsung e Apple, trazendo-as de volta para o país de origem.

Para Roseghini, a China conseguiria, sim, produzir de forma mais limpa e, ainda assim, manter a economia do país aquecida — mas este é um processo lento e gradual que não acontece do dia para noite. Vale lembrar que se a economia chinesa vai mal, a economia do restante do mundo também vai.

“Nós temos que imaginar, de forma simplificada, dois grandes pesos nessa balança: Estados Unidos e China. De um lado, o país que mais consome no mundo e do outro o que mais produz. Se os Estados Unidos diminuem o consumo, a China quebra. Se a China diminui a produção, os EUA quebram. E, claro, isso é sentido em todas as partes do globo”, diz.

Eis então o grande desafio que se apresenta para a China: manter a economia aquecida enquanto melhora as fontes de energia e tenta racionalizar a produção. O professor acredita que a segunda tarefa é um pouco menos complexa do que a primeira, uma vez que não é do interesse da China que os países parem de consumir produtos chineses. Já a primeira é mais simples de contornar e há algumas medidas que vêm sendo tomadas nesse sentido.

Atualmente, a matriz energética da China é baseada sobretudo no carvão mineral, que é altamente poluidor, além de outros combustíveis fósseis, como carvão vegetal, gás natural e petróleo. De uns anos para cá, no entanto, o país tem investido também em usinas hidrelétricas, uma vez que lá há rios de grande porte, além de energia eólica e na instalação de paineis solares.

*Estagiária do R7 sob supervisão de Fábio Fleury

Continuar lendo A CHINA É APONTADA COMO O PAÍS QUE MAIS EMITIU GÁS POLUENTE QUE CONTRIBUIU PARA O AQUECIMENTO GLOBAL

SEGUE PARA SANÇÃO PRESIDENCIAL O AUXÍLIO GÁS PARA FAMÍLIAS DE BAIXA RENDA APROVADO PELA CÂMARA

Câmara aprova projeto do auxílio gás para famílias de baixa renda

Projeto segue agora à sanção presidencial

Maria Carolina Marcello

da Reuters

Aprovado auxílio gás para população de baixa rendaAprovado auxílio gás para população de baixa renda
Pedro Ventura/Agência Brasília/via Agência Senado

A Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (27) projeto que institui o auxílio gás, um benefício a famílias de baixa renda que terá valor equivalente à metade da média do preço nacional de referência do botijão de 13kg do gás de cozinha.

O projeto, que agora segue à sanção presidencial, mantém boa parte das mudanças sugeridas pelos senadores, mas recolocou no texto a previsão de utilização da parcela da Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico (Cide) que cabe à União como uma das fontes de financiamento do auxílio.

“Entendemos que a Cide representa importante fonte de recursos para o custeio do auxílio gás dos brasileiros, para que o programa alcance o máximo possível de famílias em situação de vulnerabilidade social, que estão com a renda tão comprometida com as sucessivas altas dos preços do botijão de gás”, disse o relator, Christino Aureo (PP-RJ), em parecer apresentado em plenário nesta quarta.

O texto aprovado nesta quarta mantém como fontes de financiamento bônus de assinatura nas licitações de áreas para a exploração de petróleo e de gás natural e dividendos da Petrobras recebidos pela União, entre outras.

O auxílio é destinado a famílias do CadÚnico com renda familiar mensal per capita menor ou igual a meio salário mínimo e terá vigência de cinco anos.

Fonte: CNN

Continuar lendo SEGUE PARA SANÇÃO PRESIDENCIAL O AUXÍLIO GÁS PARA FAMÍLIAS DE BAIXA RENDA APROVADO PELA CÂMARA

GUARDA COSTEIRA RETIROU 16 PESSOAS DE UM NAVIO DE CARGA EM CHAMAS NA COSTA DO CANADÁ QUE COMEÇOU EXPELIR GÁS TÓXICO

Incêndio em navio de carga expele gás tóxico na costa do Canadá

Guarda Costeira retirou 16 pessoas da embarcação depois que o fogo atingiu 10 contêineres; causa das chamas não foi determinada

INTERNACIONAL |

por AFP

Fumaça sobe do navio de contêineres Zim Kingston, após um incêndio a bordo, na costa do Canadá

REUTERS – 23.10.2021

A Guarda Costeira retirou 16 pessoas de um navio de carga em chamas que começou a expelir gás tóxico na costa do Canadá no Oceano Pacífico. As autoridades anunciaram neste domingo (24) que não há risco de segurança para as pessoas na região.

O navio, o Zim Kingston, seguia para Vancouver quando o incêndio teve início no fim da noite do último sábado (23), de acordo com o canal CBC News.

“O navio está em chamas e expelindo gás tóxico”, afirmou a Guarda Costeira canadense em um comunicado, que também informa que a embarcação permanece ancorada na costa da Colúmbia Britânica. A Guarda ainda informou que retirou as pessoas da embarcação, depois que o fogo atingiu 10 contêineres.

 

A causa do incêndio não foi determinada. O navio transportava mais de 52 mil quilos de produtos químicos em dois contêineres que pegaram fogo, de acordo com a CBC News.

Continuar lendo GUARDA COSTEIRA RETIROU 16 PESSOAS DE UM NAVIO DE CARGA EM CHAMAS NA COSTA DO CANADÁ QUE COMEÇOU EXPELIR GÁS TÓXICO

SAIBA COMO FAZER O BOTIJÃO DE GÁS RENDER MAIS EM CASA

Por Patrícia Basilio, g1

 

Botijão de gás passou de R$ 75,29 no final de 2020 a R$ 96,89 no início de outubro — Foto: Reprodução / RBS TVBotijão de gás passou de R$ 75,29 no final de 2020 a R$ 96,89 no início de outubro — Foto: Reprodução / RBS TV

A inflação no Brasil está impactando não só a qualidade das refeições dos brasileiros, mas também a forma como os alimentos estão sendo preparados. Com menor poder de compra, a carne nobre foi substituída por uma opção mais em conta e o gás de cozinha passou a ser menos utilizado.

Desde o início do ano, o preço médio do GLP (gás liquefeito de petróleo), conhecido popularmente como gás de cozinha, aos consumidores subiu quase 30%, segundo dados da Agência Nacional do Petróleo (ANP)passando de R$ 75,29 no final de 2020 a R$ 96,89 no início de outubroA alta foi 5 vezes superior à inflação acumulada no período, de 5,67%.

Não à toa, a inflação calculada pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), considerada a inflação oficial do país, acelerou de 0,87% em agosto para 1,16% em setembro, segundo dados divulgados nesta sexta-feira (8) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Foi a maior taxa para meses de setembro desde o início do Plano Real, em 1994, quando o índice foi de 1,53%.

Diante do alto gasto com o botijão, o g1 separou sete dicas para economizar no consumo do gás de cozinha, em parceria com o Idec (Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor).

1- Cheque o botijão de gás e as mangueiras

Verifique as roscas do botijão de gás e os canos do fogão e forno despejando um pouco de espuma de sabão e observando se há algum vazamento no caso de formação de bolhas de ar.

2- Mantenha as bocas do fogão limpas

Se as chamas estiverem com tons amarelos ou laranjas, é sinal de que as bocas estão sujas ou com mau funcionamento. Com isso, o fogo perde sua potência e acaba gastando mais gás para cozinhar o alimento.

3- Evite a passagem de vento

Feche as janelas enquanto cozinha. O vento diminui a potência das chamas, exigindo mais tempo para que a panela atinja a temperatura ideal.

4- Use bocas do fogão adequadas

Colocar uma panela pequena em uma boca grande é desperdício de gás de cozinha.

5- Tampe as panelas

Panelas tampadas aproveitam mais as chamas e, por isso, cozinham mais rápido, já que o calor não se dissipa para o ar.

6- Corte os alimentos em pedaços

O tempo de uso é determinante para a economia de gás. Por isso, quanto menor o corte do alimento, menos tempo ele levará para ser cozido.

7- Otimize o uso do forno

Tente cozinher pratos diferentes de uma só vez no forno. Um exemplo são o prato principal e a sobremesa.

Continuar lendo SAIBA COMO FAZER O BOTIJÃO DE GÁS RENDER MAIS EM CASA

ALTA NO PREÇO DO GÁS DE COZINHA FAZ PRODUTO CHEGAR À R$ 115,00 NO RN

Após nova alta, preço do gás de cozinha no RN chega a R$ 115

Preço médio praticado pelas revendedoras é o 11º do ranking nacional

Cláudio Oliveira/Tribuna do Norte
19/09/2021 | 08:17

O preço do botijão de 13kg do gás de cozinha, o Gás Liquefeito de Petróleo (GLP), segue em escalada e no Rio Grande do Norte chegou aos R$ 115 nesta semana. Este foi o maior preço registrado no estado pela Agência Nacional do Petróleo (ANP), em levantamento que compreende o período de 12 a 18 de setembro. O preço médio do produto no Estado está em R$ 102,66. Contudo, se engana quem pensa que a situação é a pior do País. O preço médio praticado pelas revendedoras potiguares é o 11º no ranking nacional, ou seja, em dez estados, a situação é ainda pior.

A justificativa, segundo o presidente do Sindicato Nacional das Empresas Distribuidoras de Gás Liquefeito de Petróleo (Sindigás/RN) para a alta no preço, mesmo sem reajuste nas refinarias, está num aumento que as distribuidoras repassaram às revendedoras que, por sua vez, transferiram para o consumidor. “No dia 1º de setembro, as distribuidoras aumentaram o repasse em torno de 7% que equivale no RN a cerca de 7 a 10 reais. Nos informaram que seria referente ao dissídio coletivo da categoria, que ocorre neste mês, além de outros custos anuais de combustível, energia e matéria-prima. Por isso tivemos essa majoração”, disse Francisco Correia.

Essa correção no preço, promovido pelas distribuidoras só ocorre uma vez por ano, segundo o Sindigás. Elas contabilizam uma alta de 50% no custo do combustível, além do aumento de energia e reajustes salariais. Os outros seis aumentos no preço do botijão nesse ano foram efetivados pela Petrobras nas refinarias.

Segundo o estudo semanal da ANP, no Rio Grande do Norte foram pesquisados 39 pontos de revendas de gás em Natal, Parnamirim e Mossoró, as três maiores cidades do estado. Parnamirim registrou o maior preço médio nesta semana ficando em R$ 105,69 e Mossoró ficou com o menor, R$ 100.

Porém, é em Natal onde se vende o botijão mais caro, chegando a R$ 115 num ponto de revenda da Avenida Nevaldo Rocha. O botijão mais barato da pesquisa no RN foi encontrado por R$ 90 na Cidade da Esperança e em Cidade Nova.

O pedreiro José Antônio de Lima, 53, observou a diferença de preços entre Natal e João Pessoa, na Paraíba, onde mora. “Vejo a diferença de preço daqui para lá em dois sentidos. Lá a gente compra mais barato e ainda tem prazo de até 30 dias para pagar. A gente encontra o botijão por menos de 90 lá. Aqui eu só vi de R$ 100 pra cima. É um absurdo porque a tendência é que aumente como vem ocorrendo todo mês e quem mais se prejudica são os mais pobres que estão passando fome com alta no preço de tudo”, declarou.

Nesta semana, o levantamento da ANP registrou que o menor preço do botijão de gás na Paraíba, onde Antônio mora, foi de R$ 87,99 e o maior chegou a R$ 110. O preço médio do gás de cozinha naquele estado é de R$ 99,52

No preço do botijão pago pelos consumidores nos pontos de revenda estão incluídos os custos e as margens de comercialização das distribuidoras e dos pontos de revenda. Isso varia em cada região, especialmente em relação ao frete.

No ranking nacional desta semana, o GLP mais barato está no Rio de Janeiro, que está com um preço médio de R$ 88,97 mas o botijão pode ser encontrado por até R$ 75,00. Já o maior preço médio ficou em Rondônia (R$ 114,43) onde a revenda chega a R$ 130.

Fonte: Agora RN

Continuar lendo ALTA NO PREÇO DO GÁS DE COZINHA FAZ PRODUTO CHEGAR À R$ 115,00 NO RN

ECOLOGIA E MEIO AMBIENTE: VACAS SÃO TREINADAS PARA USAR O PENICO E AJUDAR A SALVAR O PLANETA

Pesquisadores da FBN, FLI (Alemanha) e da Universidade de Auckland (Nova Zelândia) descobriram que é possível treinar vacas para urinar no penico permitindo que os resíduos sejam coletados e tratados, limpando o celeiro, reduzindo a poluição do ar e criando fazendas mais abertas e amigáveis ​​aos animais. Urina e fezes se combinam para criar amônia, um gás de efeito estufa indireto. Os micróbios a convertem em óxido nitroso, o terceiro gás de efeito estufa mais importante depois do metano e do dióxido de carbono. Convido você a ler o artigo completo a seguir e conhecer os detalhes dessa descoberta!

Vacas estão sendo treinadas para salvar o planeta – pesquisadores que amam animais ficam impressionados com os resultados

Em uma fazenda onde as vacas se alimentam livremente enquanto pastam, o acúmulo e a disseminação de resíduos frequentemente contamina o solo local e os cursos d’água. Isso pode ser controlado confinando as vacas em estábulos, mas nesses locais próximos sua urina e fezes se combinam para criar amônia, um gás de efeito estufa indireto. Em um artigo publicado em 13 de setembro na revista  Current Biology , os pesquisadores mostram que as vacas podem ser treinadas para usar o penico, permitindo que os resíduos sejam coletados e tratados, limpando o celeiro, reduzindo a poluição do ar e criando fazendas mais abertas e amigáveis ​​aos animais .

“Normalmente, presume-se que o gado não é capaz de controlar a defecação ou a micção”, diz o coautor Jan Langbein, psicólogo animal do Instituto de Pesquisa para Biologia de Animais de Fazenda (FBN) na Alemanha, mas ele e sua equipe questionaram esse pensamento. “O gado, como muitos outros animais ou animais de fazenda, é muito esperto e pode aprender muito. Por que eles não deveriam aprender a usar um banheiro? ”

Para treinar bezerros, um processo que eles apelidaram de treinamento MooLoo, a equipe de pesquisa com cientistas da FBN, FLI (Alemanha) e da Universidade de Auckland (Nova Zelândia) trabalhou ao contrário. Eles começaram recompensando os bezerros quando urinavam na latrina e, em seguida, permitiram que os bezerros se aproximassem das latrinas quando precisassem urinar.

A amônia produzida nos dejetos das vacas não contribui diretamente para a mudança climática, mas quando é lixiviada para o solo, os micróbios a convertem em óxido nitroso, o terceiro gás de efeito estufa mais importante depois do metano e do dióxido de carbono. A agricultura é a maior fonte de emissões de amônia, com a pecuária respondendo por mais da metade dessa contribuição.

“É preciso tentar incluir os animais no processo e treiná-los para seguir o que devem aprender”, diz Langbein. “Achamos que deveria ser possível treinar os animais, mas não sabíamos até que ponto.”

Para encorajar o uso da latrina, os pesquisadores queriam que os bezerros associassem a micção fora da latrina com uma experiência desagradável. “Como punição, primeiro usamos fones de ouvido intra-auriculares e tocamos um som muito desagradável sempre que urinavam fora”, diz Langbein. “Nós pensamos que isso puniria os animais – não muito aversivamente – mas eles não se importaram. No final das contas, um jato de água funcionou bem como um meio de dissuasão suave. ”

FBN

Ao longo de algumas semanas, a equipe de pesquisa treinou com sucesso 11 dos 16 bezerros no experimento – que foi publicado na Current Biology .

Notavelmente, os bezerros mostraram um nível de desempenho comparável ao das crianças e superior ao das crianças muito pequenas.

Langbein está otimista de que com mais treinamento essa taxa de sucesso pode ser melhorada ainda mais.

“Depois de dez, quinze, vinte anos de pesquisa com gado, sabemos que os animais têm personalidade e lidam com as coisas de maneira diferente. Eles não são todos iguais. ”

Agora que os pesquisadores sabem como treinar vacas, eles querem transferir seus resultados para alojamentos de gado reais e sistemas ao ar livre. Langbein espera que “em alguns anos todas as vacas vão ao banheiro”, diz ele.

Fonte: Cell Press

Fonte: Good News Network

Continuar lendo ECOLOGIA E MEIO AMBIENTE: VACAS SÃO TREINADAS PARA USAR O PENICO E AJUDAR A SALVAR O PLANETA

TALIBÃS DISPARA BOMBAS DE GÁS PARA DISPERSAR PROTESTO DE MULHERES EM CABUL

Com bombas de gás, Talibãs dispersam protesto de mulheres

Por mais um dia consecultivo afegãs saíram pelas ruas de Cabul para exigir seus direitos e participação no futuro governo

INTERNACIONAL

 Da EFE

Mulheres protestam exigindo seus direitos em Cabul, no Afeganistão

STRINGER/EFE/EPA – 03.09.2021

O Talibã dispersou com gás lacrimogêneo e disparos para o alto um protesto organizado neste sábado (4) por mulheres afegãs, que pelo segundo dia consecutivo saíram às ruas de Cabul para exigir seus direitos e sua participação em um futuro governo afegão.

As mulheres afegãs partiram do Ministério de Relações Exteriores em direção aos portões do Palácio Presidencial quando foram detidas pelo Talibã.

“Eles nos impediram de continuar a marcha e disseram que não é permitido ir até o portão do Palácio Presidencial. Elas usaram tiros e gás lacrimogêneo para nos dispersar, mesmo que cinco mulheres se reúnam em um lugar para protestar, elas as dispersam”, afirmou à Agência Efe uma das organizadoras do protesto, que solicitou anonimato. Ela denunciou que uma das manifestantes sofreu um ferimento na cabeça.

Foi o segundo protesto de mulheres em Cabul nos últimos dois dias e o terceiro desde que o Talibã assumiu o controle da maior parte do país. Nesta sexta, cerca de 20 afegãs se reuniram para exigir seus direitos sob o novo regime.

“O protesto de hoje estava de acordo com o apelo de ontem ao Talibã para dar às mulheres uma participação significativa em todos os aspectos da vida, inclusive na tomada de decisões e na política”, declarou à Efe a ativista Samira Khairkhwa, outra organizadora dos protestos em Cabul.

Samira prometeu que os protestos das mulheres continuarão até que o Talibã aceite as suas exigências. “Não ficaremos caladas e não nos fecharemos em nossas casas”, destacou.

Os islamistas prometeram que seu governo será “inclusivo”, representando todas as etnias e tribos do país, mas no caso das mulheres, os líderes fundamentalistas pediram para esperar para ver quais serão as novas diretrizes. Eles disseram que, enquanto isso, as oficiais serão pagas em casa.

As mulheres do Afeganistão defendem que nos últimos 20 anos obtiveram grandes ganhos em direitos e educação, portanto também merecem trabalhar como ministras, diretoras e em outros cargos governamentais.

Elas também pedem para a comunidade internacional não se esquecer delas, escutar as suas vozes e trabalhar na defesa de seus direitos.

Continuar lendo TALIBÃS DISPARA BOMBAS DE GÁS PARA DISPERSAR PROTESTO DE MULHERES EM CABUL

APENAS DUAS EMPRESAS PASSARAM NOS CRITÉRIOS CLASSIFICATÓRIOS, PARA AQUISIÇÃO DE GÁS NATURAL, PELA POTIGÁS

Potigás classifica duas empresas para aquisição de Gás Natural

Potigás classifica duas empresas para aquisição de gás natural - Notícias - Rio Grande do Norte - Nominuto.com

09 abr 2021

A Companhia Potiguar de Gás habilitou as empresas Compass Comercialização S.A e Potiguar E&P para a fase de negociação de propostas da Chamada Pública Coordenada para Aquisição de Gás Natural. Dentre os vários supridores inscritos na seleção, as duas atenderam as diretrizes do edital e apresentaram as melhores propostas.

A chamada pública foi lançada de forma simultânea com as concessionárias dos estados de Alagoas (Algás), Ceará (Cegás), Pernambuco (Copergás), Rio Grande do Norte (Potigás) e Sergipe (Sergás) em um total de 2,406 milhões m³/dia de gás natural, com a possibilidade de oferta de biometano. Puderam participar do certame produtores, importadores ou agentes comercializadores.

A Companhia Potiguar de Gás iniciará agora a fase de negociação do contrato de fornecimento de gás natural com as empresas classificadas, por meio da formalização de Termo de Acordo e Confidencialidade que dará suporte às tratativas das condições apresentadas nas propostas comerciais. Somente após essa fase e com a aprovação da documentação pelas áreas competentes das respectivas empresas, será feita a assinatura do instrumento contratual.

Os contratos com o atual fornecedor (Petrobras) se encerrarão em janeiro de 2022, sendo necessário já firmar novos acordos com substitutos.

A Companhia Potiguar de Gás (Potigás) conta atualmente com uma rede de mais de 450 km e atende mais de 29 mil clientes em Natal, Grande Natal e Mossoró. A Companhia prevê a compra de até 236 mil metros cúbicos diários do combustível. O Edital foi realizado em um lote único de contratação.

Fonte: Política em Foco

Continuar lendo APENAS DUAS EMPRESAS PASSARAM NOS CRITÉRIOS CLASSIFICATÓRIOS, PARA AQUISIÇÃO DE GÁS NATURAL, PELA POTIGÁS

CIÊNCIAS: A COQUELUXE DO MOMENTO NO COMBATE AO CORONAVÍRUS SE CHAMA ÓXIDO NÍTRICO

Na coluna DESENVOLVIMENTO PESSOAL desta quarta-feira, 24/02, publicamos um artigo sobre o Óxido Nítrico, um gás existente na natureza, mas também no nosso corpo. Infelizmente, logo aos 30 anos de idade nosso organismo começa a diminuir sensivelmente a produção desse gás extremamente importante para a manutenção da nossa saúde e bem estar. A ciência descobriu agora que esse composto é extremamente eficaz no combate ao COVID-19. Éo que você vai saber ao ler o artigo a seguir!

O aumento dos níveis de óxido nítrico natural nos pulmões é um possível tratamento para COVID-19, conclui o estudo

Os pesquisadores descobriram que uma forma eficaz de tratar o coronavírus por trás da epidemia de SARS de 2003 também atua no vírus que está no centro da pandemia de COVID-19 em andamento.

A substância em questão é o óxido nítrico, um composto com propriedades antivirais que é produzido naturalmente pelo próprio corpo.

“Até onde sabemos, o óxido nítrico é a única substância que demonstrou ter um efeito direto sobre o SARS-CoV-2 [o vírus por trás da atual pandemia]”, disse Åke Lundkvist, professor da Universidade de Uppsala, que liderou o estudo, publicado em Redox Biology.

Embora as vacinas existam para ajudar a evitar que as pessoas adoeçam, ainda não existe uma cura eficaz para as pessoas que contraem COVID-19.

A ênfase principal nos tratamentos testados tem sido o alívio dos sintomas. Isso pode encurtar as internações hospitalares e reduzir a mortalidade. Até o momento, entretanto, não foi possível provar que algum desses tratamentos afetou o vírus real por trás da infecção.

O óxido nítrico é um composto produzido no corpo. Suas funções incluem atuar como um hormônio no controle de vários órgãos. Ele regula, por exemplo, a tensão nos vasos sanguíneos e o fluxo sanguíneo entre e dentro dos órgãos. Na insuficiência pulmonar aguda, o óxido nítrico pode ser administrado como gás inalado, em baixas concentrações, para aumentar o nível de saturação de oxigênio no sangue.

Durante a epidemia de coronavírus SARS (síndrome respiratória aguda grave) de 2003, esta terapia foi testada com sucesso. Uma das principais razões para os resultados bem-sucedidos foi que a inflamação nos pulmões dos pacientes diminuiu. Essa propriedade do óxido nítrico – a proteção que ele oferece contra infecções, por ser antibacteriana e antiviral – é exatamente o que agora interessa aos pesquisadores.

Seu estudo se baseia em uma descoberta sobre o coronavírus que causou a primeira epidemia de SARS. Em 2003, o óxido nítrico liberado da S-Nitroso-N-acetilpenicilamina (SNAP) provou ter um efeito antiviral distinto.

Os pesquisadores da Universidade de Uppsala e do Instituto Karolinska investigaram agora como o novo coronavírus envolvido na pandemia atual, SARS CoV-2, reage ao composto. E o SNAP também demonstrou um claro efeito antiviral neste vírus – e um efeito que ficou mais forte à medida que a dose foi aumentada.

“A dosagem e o momento do início do tratamento provavelmente desempenham um papel importante no resultado e agora precisam ser explorados o mais rápido possível”, diz Åke Lundkvist.

O grupo de pesquisa agora planeja prosseguir investigando os efeitos antivirais do óxido nítrico emitido na forma de gás. Para isso, eles construirão um modelo em laboratório para simular com segurança uma forma concebível de terapia para os pacientes.

Fonte: Uppsala University

Fonte: Good News Network

Continuar lendo CIÊNCIAS: A COQUELUXE DO MOMENTO NO COMBATE AO CORONAVÍRUS SE CHAMA ÓXIDO NÍTRICO

DESENVOLVIMENTO PESSOAL: SAIBA TUDO SOBRE UMA INCRÍVEL MOLÉCULA CHAMADA ÓXIDO NÍTRICO

O destaque desta quarta-feira, aqui na coluna DESENVOLVIMENTO PESSOAL, é uma substância que, juntamente com o Magnésio, são as substâncias mais importantes para a manutenção da nossa saúde integral e plena, mas que quase ninguém sabe, incluindo quase toda a comunidade médica mundial, ou até sabem, mas precisam das pessoas doentes para garantirem o seu pão de cada dia. Esta substância, que na verdade, é um gás, se chama Óxido Nítrico.

Óxido Nítrico – Para que Serve essa Incrível Molécula?

óxido nítrico: corpo humano

 

Podemos dizer que o Óxido Nítrico (NO) serve para que você consiga guardar em sua memória tardia as informações que aprenderá neste conteúdo – e isso é apenas um dos exemplos das diversas atividades que essa molécula, conhecida como uma das mais importantes intermediadoras de processos celulares, realiza.

Até a década de 1980, sabia-se apenas que o Óxido Nítrico (NO) era um gás encontrado na atmosfera, considerado poluente e com potencial extremamente carcinógeno. Hoje já se tem conhecimento que ele também está presente no corpo humano e é gerado de forma natural.

Diferentemente da sua forma tóxica na atmosfera, no organismo ele oferece benefícios. Sua síntese é feita a partir do aminoácido L-Arginina e pode ser estimulada por diversos hábitos, incluindo uma alimentação adequada. Ficou curioso? Neste blog post você aprenderá mais sobre:

    • Para que serve o Óxido Nítrico; 
    • Suplementação com Óxido Nítrico;
    • 4 dicas para aumentar o Óxido Nítrico de forma natural no corpo;
    • 6 alimentos que estimulam a produção de Óxido Nítrico pelo corpo.

Para que serve o Óxido Nítrico

Para que você entenda melhor as funções que o Óxido Nítrico desempenha, separamos as atuações dele pelos sistemas do corpo humano. Confira a seguir:

Sistema Nervoso

Como já mencionado, o Óxido Nítrico tem participação no aprendizado e na memória. Além disso, no sistema nervoso, ele também tem funções de neurotransmissor entre as células.

Sistema Cardiovascular

A função dessa molécula no sistema cardiovascular foi muito estudada, sendo atribuído a ela um papel protetor na hipertensão, na aterosclerose, na doença arterial coronariana e nas doenças tromboembólicas, como indicou o estudo Óxido nítrico, doenças cardiovasculares e exercício físico.

O Óxido Nítrico serve como um dilatador e age sobre as células das paredes dos vasos sanguíneos, causando o relaxamento do músculo liso e aumentando o fluxo sanguíneo.

Por isso também que o NO ajuda a evitar a fadiga muscular e a aumentar a velocidade do ganho de massa. Isso se dá em  decorrência do maior quantidade de aminoácidos no sangue, força e resistência.

Sistema Respiratório

No sistema respiratório, a função do Óxido Nítrico é dilatar os brônquios. Como resultado, isso ajuda a manter a oxigenação do organismo de forma eficaz.

Sistema Imunitário

Quando produzido pelo sistema imune, o Óxido Nítrico serve como composto nocivo para bactérias, inibindo a replicação e proliferação de vírus, protegendo contra infeções, resfriados e outras doenças.

Sistema Reprodutor

O Óxido Nítrico também desempenha um papel importante na ereção. Isso explica o mecanismo de alguns medicamentos que envolvem essa molécula no tratamento da disfunção erétil.

É por essas e outras funções que o Óxido Nítrico é também conhecido como “A Incrível Molécula de Sinalização Biológica” ou “A Molécula da Saúde”.

Agora que você já tem conhecimento de tamanha importância desse gás no organismo, deve estar se perguntando sobre o que fazer para otimizar sua produção. Confira a seguir!

Suplementação com Óxido Nítrico

Os suplementos de Óxido Nítrico, na verdade, contêm ativos pensados para estimular e regular a produção de NO no corpo –  e não o gás em si. A ingestão varia de acordo com a marca, mas o importante é seguir a recomendação do produto.

Existem poucos relatos com relação aos efeitos colaterais da suplementação com Óxido Nítrico, visto que ele é uma molécula naturalmente produzida pelo organismo. Porém, alguns suplementos contêm junto cafeína, um estimulante que pode gerar complicações para as pessoas mais sensíveis. Vale ficar atento!

4 dicas para aumentar o Óxido Nítrico de forma natural no corpo

Não é só com suplementos que uma pessoa consegue otimizar o papel do Óxido Nítrico no organismo. Com algumas estratégias, pode-se potencializar os efeitos do gás de forma natural. Veja abaixo 4 dicas:

1. Aumente a ingestão de antioxidantes

Os antioxidantes ajudam a diminuir a quebra e a prolongar a vida do Óxido Nítrico em seu corpo.

2. Limite o uso de enxaguantes bucais

Antisséptico bucal contém agentes com ação antimicrobiana que matam muitos tipos de bactérias na boca, incluindo aquelas que ajudam a produzir Óxido Nítrico.

3. Pratique exercício físico diariamente

Exercitar-se todos os dias também é uma forma de aumentar a quantidade de Óxido Nítrico no sangue. Com essa prática, o coração precisa bater mais forte para levar oxigênio ao corpo – o que acaba gerando maior quantidade de molécula a ser liberada.

4. Alimente-se bem

Uma boa maneira de aumentar os níveis de Óxido Nítrico no organismo é por meio da alimentação. No próximo tópico você verá alguns alimentos que estimulam a produção do gás.

6 alimentos que estimulam a produção de Óxido Nítrico pelo corpo

1. Spirulina

spirulina recebeu o título de “O Melhor Alimento para o Futuro” pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e estimula a produção do gás no organismo.

Um estudo publicado no periódico Hypertension, relatou que três meses de consumo da alga-azul resultaram em melhorias na pressão arterial e função endotelial de pacientes hipertensos e com sobrepeso.

2. Beterraba

A beterraba impulsiona a produção de Óxido Nítrico, já que esse alimento é rico em nitratos.

3. Espinafre

Assim como a beterraba, o espinafre é uma excelente fonte de nitratos, compostos que atuam como precursor do gás.

4. Chocolate amargo

Chocolate com teor de cacau superior a 70% é uma boa fonte de flavonoides, composto necessários para a produção de Óxido Nítrico.

5. Sementes e nozes

As sementes e nozes são grandes fonte de arginina, que estimula a produção da molécula de NO.

6. Melancia

A melancia contém citrulina, que quando ingerida é convertida em arginina por meio de enzimas. Dentro do corpo, ela acelera a produção de Óxido Nítrico.

Fonte: Ocean Drop

Continuar lendo DESENVOLVIMENTO PESSOAL: SAIBA TUDO SOBRE UMA INCRÍVEL MOLÉCULA CHAMADA ÓXIDO NÍTRICO

ECOLOGIA E MEIO AMBIENTE: PELA PRIMEIRA VEZ NA HISTÓRIA AS ENERGIAS RENOVÁVEIS ULTRAPASSAM OS COMBUSTÍVEIS FOSSEIS NA ALEMANHA

A Alemanha, a 4ª maior economia do mundo tem bastante motivos para comemorar com o resultado final da sua matriz energética em 2020. Ela conseguiu reduzir em 80 milhões de toneladas as emissões as emissões de gases de efeito estufa em comparação ao ano anterior. Isso significa que pela primeira vez na história, uma combinação de energia eólica, solar e outras energias renováveis ​​ultrapassou o carvão, petróleo e gás da Alemanha, para uso como fonte de combustível do país em 2020. Leia o artigo completo e saiba dos detalhes!

Mais energia renovável usada em 2020 do que combustíveis fósseis na quarta maior economia do mundo, emissões reduzidas em 80 milhões de toneladas

Pela primeira vez na história, uma combinação de energia eólica, solar e outras energias renováveis ​​ultrapassou o carvão, petróleo e gás da Alemanha, para uso como fonte de combustível do país em 2020.

Uma combinação de pandemia, menor demanda por eletricidade, clima ameno, gás natural mais barato e vários fatores econômicos e de mercado levaram aos números históricos nas planilhas de dados do maior consumidor de combustíveis fósseis da Europa Ocidental e da quarta maior economia do mundo.

De acordo com dados coletados do think tank alemão Agora Energiewende, a energia eólica sozinha forneceu mais energia do país do que suas usinas de carvão marrom de linhita, enquanto o clima ameno e meses mais quentes, em grande parte sem nuvens, viram a energia solar contribuindo com 40% da linha de base do país. uma parcela maior do que o carvão negro.

Toda essa energia limpa levou a uma queda gritante de 10% nas emissões de gases de efeito estufa em comparação ao ano anterior, contribuindo para o que Agora descreveu como “o fim do carvão”.

Anunciando o fim do carvão

Isso pode ser atribuído ao mercado e às forças políticas que aumentaram o custo de funcionamento das usinas a carvão e diminuíram o custo das energias renováveis.

“As usinas movidas a lignito entregaram 22,3 terawatts-hora a menos do que em 2019 (-19,6%), enquanto as usinas movidas a carvão perderam 15 terawatts-hora (-26,1%)”, escreveram os autores do relatório Agora. “A geração a carvão diminuiu, portanto, em mais da metade desde 2015.”

Não foi apenas o carvão que sofreu em 2020, mas o setor de combustíveis fósseis como um todo.

“… as emissões de gases de efeito estufa da Alemanha caíram significativamente em 2020, chegando a 42,3% abaixo do ano de referência de 1990, [e] a Alemanha, portanto, atingiu sua meta de proteção climática para 2020 de uma redução de 40%”, escreveram os autores.

Certamente, porém, o advento do COVID-19 desempenhou seu papel nas reduções. De acordo com suas estimativas, as emissões de gases de efeito estufa caíram 80 milhões de toneladas métricas e a participação na rede de energias renováveis ​​foi de 46,2%.

Se os efeitos sobre a economia, o movimento e o consumo de energia da COVID-19 fossem subtraídos, o crescimento das energias renováveis ​​seria cerca de 2 pontos percentuais menor.

A ministra do Meio Ambiente, Svenja Schulze, observou que a COVID não merecia todo o crédito pela redução nas emissões e que as decisões de política climática vinham construindo terreno para que essas mudanças ocorressem por conta própria.

“As emissões já estão caindo significativamente pelo terceiro ano consecutivo”, escreveu ela no Twitter, traduzido para o inglês.

Na verdade, e novamente de acordo com a Agora, as instalações de painéis solares em telhados aumentaram 25% em 2020 em comparação com 2019.

“Sejam células solares, armazenamentos solares ou coletores solares – este ano eles foram virtualmente arrancados das mãos de nossa indústria”, disse Carsten Körnig, diretor-gerente do grupo de lobby BSW Solar, à Agora .

Fonte: Good News Network

Continuar lendo ECOLOGIA E MEIO AMBIENTE: PELA PRIMEIRA VEZ NA HISTÓRIA AS ENERGIAS RENOVÁVEIS ULTRAPASSAM OS COMBUSTÍVEIS FOSSEIS NA ALEMANHA

CIÊNCIAS: ASTRÔNOMOS DESCOBREM SEIS GALÁXIAS EM TORNO DE UM SUPERBURACO NEGRO MASSIVO

Neste domingo temos uma fantástica descoberta da astronomia, aqui na coluna CIÊNCIAS, que pode ajudar a entender como os buracos negros supermassivos se formaram e atingiram seus tamanhos máximos em tão pouco tempo. Astrônomos encontraram seis galáxias em torno de um buraco negro supermassivo quando o universo tinha menos de 1 bilhão de anos. Convido você a ler esse artigo curioso e instigantes e conhecer os detalhes dessa extraordinária descoberta!

‘Teia’ de superburaco negro prende seis galáxias

Descoberta ajuda a entender como os buracos negros supermassivos se formaram e atingiram seus tamanhos máximos

Concepção artística da “teia” que liga seis galáxias a um buraco negro supermassivo: primeira vez que uma estrutura desse tipo é identificada no primeiro bilhão de anos de existência do universo. Crédito: ESO/L. Calçada

Com a ajuda do Very Large Telescope (VLT) do Observatório Europeu do Sul (ESO), astrônomos encontraram seis galáxias em torno de um buraco negro supermassivo quando o universo tinha menos de 1 bilhão de anos. Esta é a primeira vez que um agrupamento tão próximo foi visto logo após o Big Bang. A descoberta ajuda os cientistas a entender melhor como os buracos negros supermassivos (um dos quais existe no centro da Via Láctea) se formaram e cresceram rapidamente até atingir seus enormes tamanhos. Ela dá suporte à teoria de que os buracos negros podem crescer rapidamente dentro de grandes estruturas semelhantes a teias, que contêm bastante gás para alimentá-los.

“Esta pesquisa foi impulsionada principalmente pelo desejo de compreender alguns dos objetos astronômicos mais desafiadores – buracos negros supermassivos no início do universo. Esses são sistemas extremos e até agora não tivemos nenhuma boa explicação para sua existência”, disse Marco Mignoli, astrônomo do Instituto Nacional de Astrofísica (Inaf) em Bolonha (Itália) e autor principal da nova pesquisa, publicada na revista “Astronomy & Astrophysics”.

As novas observações com o VLT do ESO revelaram várias galáxias ao redor de um buraco negro supermassivo, todas localizadas em uma “teia de aranha” cósmica de gás que se estende por mais de 300 vezes o tamanho da Via Láctea. “Os filamentos da teia cósmica são como os fios da teia de aranha”, explica Mignoli. “As galáxias se erguem e crescem onde os filamentos se cruzam, e fluxos de gás – disponíveis para alimentar tanto as galáxias quanto o buraco negro supermassivo central – podem fluir ao longo dos filamentos.”

Peça no quebra-cabeça

A luz dessa grande estrutura em forma de teia, com seu buraco negro de 1 bilhão de massas solares, viajou até nós desde uma época em que o universo tinha apenas 900 milhões de anos. “Nosso trabalho colocou uma peça importante no quebra-cabeça amplamente incompleto que é a formação e o crescimento de objetos tão extremos, mas relativamente abundantes, tão rapidamente após o Big Bang”, diz o coautor Roberto Gilli, também astrônomo do Inaf em Bolonha , referindo-se a buracos negros supermassivos.

Os primeiros buracos negros, que se acredita terem se formado a partir do colapso das primeiras estrelas, devem ter crescido muito rapidamente para atingir massas de um bilhão de sóis no primeiro 0,9 bilhão de anos de vida do universo. Mas os astrônomos têm se esforçado para explicar como quantidades suficientemente grandes de “combustível de buraco negro” poderiam estar disponíveis para permitir que esses objetos crescessem até tamanhos enormes em tão pouco tempo. A estrutura recém-descoberta oferece uma explicação provável. Segundo os astrônomos, a “teia de aranha” e as galáxias dentro dela contêm gás suficiente para fornecer o combustível de que o buraco negro central precisa para rapidamente se tornar um gigante supermassivo.

Mas como essas grandes estruturas semelhantes a teias se formaram em primeiro lugar? Os astrônomos acham que halos gigantes da misteriosa matéria escura são a chave. Acredita-se que essas grandes regiões de matéria invisível atraíram grandes quantidades de gás no início do universo. Juntos, o gás e a matéria escura formaram as estruturas semelhantes a uma teia onde galáxias e buracos negros podem evoluir.

Ponta do iceberg

“Nossa descoberta dá suporte à ideia de que os buracos negros mais distantes e massivos se formam e crescem dentro de halos massivos de matéria escura em estruturas de grande escala, e que a ausência de detecções anteriores de tais estruturas foi provavelmente motivada por limitações de observação”, diz Colin Norman, da Universidade Johns Hopkins (EUA), também coautor do estudo.

As galáxias agora detectadas são algumas das mais fracas que os atuais telescópios podem observar. Essa descoberta exigiu observações durante várias horas usando os maiores telescópios ópticos disponíveis, incluindo o VLT do ESO, no deserto do Atacama, no Chile. “Acreditamos que acabamos de ver a ponta do iceberg e que as poucas galáxias descobertas até agora em torno desse buraco negro supermassivo são apenas as mais brilhantes”, disse a coautora Barbara Balmaverde, astrônoma do Inaf em Turim (Itália).

Esses resultados contribuem para a nossa compreensão de como buracos negros supermassivos e grandes estruturas cósmicas se formaram e evoluíram. O Extremely Large Telescope do ESO, atualmente em construção no Chile, poderá desenvolver essa pesquisa observando muito mais galáxias mais fracas ao redor de enormes buracos negros no universo primitivo usando seus poderosos instrumentos.

Continuar lendo CIÊNCIAS: ASTRÔNOMOS DESCOBREM SEIS GALÁXIAS EM TORNO DE UM SUPERBURACO NEGRO MASSIVO

GÁS NATURAL CANALIZADO PARA TODO LITORAL, FAZ PARTE DA PREVISÃO DO PROJETO PIPA

Projeto Pipa prevê gás natural canalizado para o litoral sul

 DIVERSOS

A Companhia Potiguar de Gás (Potigás) representada pela diretora presidente, Larissa Dantas, e pelo Gerente Técnico, José Augusto Rezende, apresentou nesta quinta-feira, 24/09, para autoridades e representantes da rede hoteleira, de bares e restaurantes e também do movimento Preserve Pipa, o Projeto Pipa, que visa levar o gás natural canalizado para um dos principais destinos turísticos do Brasil. A reunião aconteceu no auditório do Hotel Pipa Atlântico.

Na ocasião, o Gerente Técnico da Potigás, José Augusto Rezende, detalhou o projeto desenvolvido para a região que já passou por etapas como a sondagem dos trechos, topografia e cujo projeto executivo foi concluído. Uma das formas de viabilizar a chegada do gás natural canalizado na região é a implantação de 32 quilômetros de gasodutos indo de Goianinha até Pipa, passando por Tibau do Sul. Há ainda outras possibilidades como o gasoduto virtual, que é o transporte do gás através de carretas.

“O projeto se insere entre os desafios da Potigás de aumentar a sua base de clientes e universalizar o acesso da população ao Gás Natural, essa é a essência do nosso contrato de concessão. No entanto, é necessário sabermos o volume de gás pretendido para a região, de forma que o investimento seja justificado”, ressaltou José Augusto.

48 empresas da hotelaria de Pipa e Tibau do Sul já demonstraram interesse em ter o gás natural canalizado e um levantamento geral será feito para se ter ideia do volume de consumo e com isso, a definição de como o projeto será viabilizado, se por meio da implantação do gasoduto de transporte ou de forma virtual (carretas).

A diretora presidente da Potigás, Larissa Dantas, destacou o empenho do Governo do RN em apoiar projetos que beneficiem a população e tragam desenvolvimento econômico e sustentável.

“É diretriz do governo da professora Fátima Bezerra a realização de um trabalho que promova o desenvolvimento sustentável, através da geração de energia limpa, comprometido com o consumidor, no sentido não só de ampliar o acesso da população ao gás natural, mas trabalhar para oferecê-lo com preço reduzido”, disse Larissa.

A presidente da Potigás também falou sobre os benefícios do gás natural que além de segurança, conforto e economia, tem grande impacto na preservação do meio ambiente e na saúde da população.

“Esse projeto trará para o litoral sul do nosso estado, a modernidade aplicada em várias partes do mundo com garantia de segurança e saúde para a população. O GN é um combustível mais limpo e consequentemente menos poluente, não exige espaço para armazenamento e o fornecimento é contínuo, não há preocupação com a troca do botijão. Como representante do Governo do estado, estou entusiasmada em trazer esse projeto para vocês”, afirmou Larissa.

“Nós defendemos o desenvolvimento do município e a vinda do gás natural unirá desenvolvimento com a sustentabilidade que também é uma bandeira da nossa gestão”, declarou Ieda Cortez, Secretária Municipal de Meio Ambiente, Urbanismo e Mobilidade Urbana.

Além da Secretária de Meio Ambiente, participaram da reunião em Pipa, o Prefeito de Tibau do Sul, Modesto Macêdo, a Secretária de turismo, Beth Bauchwitz, José Odécio, presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Rio Grande do Norte (ABIH), o diretor de turismo da Emprotur, Pinto Júnior e representantes da Associação de Hoteleiros de Tibau do Sul e Pipa (ASHTEP), Associação Brasileira de Bares e Restaurantes, Pipa Convention e do movimento Preserve Pipa.

Fonte: Blog do BG

Continuar lendo GÁS NATURAL CANALIZADO PARA TODO LITORAL, FAZ PARTE DA PREVISÃO DO PROJETO PIPA

SAÚDE: O MILAGRE DO ÓXIDO NÍTRICO POR DR. EDMOND SAAB JR

Na nossa coluna SAÚDE desta quarta-feira tenho o prazer e a honra de apresentar O Dr. Edmond Saab Jr. Ele é um médico a frente do seu tempo que trabalha nos preceitos da Medicina Integrativa com foco na Medicina Funcional, ele é: Cardiologista, Nutrólogo, especialista em Biomolecular e Medicina Hiperbárica. Neste vídeo ele fala sobre um gás pouco conhecido pela medicina tradicional, mas que é de fundamental importância para a homeostase do organismo humano e a sua suplementação pode salvar muitas vidas e dar qualidade de vida, principalmente para os diabéticos. Por isso eu lhe convido à assistir o breve vídeo completo a seguir e descobrir esse verdadeiro milagre.

Fonte:

Continuar lendo SAÚDE: O MILAGRE DO ÓXIDO NÍTRICO POR DR. EDMOND SAAB JR

Fim do conteúdo

Não há mais páginas para carregar

Fechar Menu
×

Carrinho