PROJETO CONTRA EXPLORAÇÃO SEXUAL DE CRIANÇA E ADOLESCENTE É APROVADO POR VEREADORES DE NATAL

Vereadores aprovam projeto contra exploração sexual de crianças e adolescentes

02 set 2021

Vereadores aprovam projeto contra exploração sexual de crianças e adolescentes - Tribuna de Noticias

Para fortalecer a política de combate à exploração e violência sexual infantil, a Câmara Municipal de Natal aprovou em regime de urgência, durante sessão ordinária nesta quarta-feira (01), um texto de autoria da vereadora Camila Araújo (PSD), que cria o Centro de Referência em Atendimento a Crianças e Adolescentes Vítimas de Exploração Sexual.

“Temos leis que tratam de programas e campanhas de conscientização e combate a este tipo de violência. Porém, ainda não existe em Natal um equipamento que coloque em prática a legislação. O projeto, então, chega para preencher essa lacuna com a instituição do Centro de Referência”, defendeu a vereadora Camila Araújo.

Já o vereador Felipe Alves (PDT) encartou uma emenda à matéria que estabelece prioridade para o setor no Executivo com a criação do Centro. “Trata-se de uma realidade para a qual não podemos fechar os olhos e existe uma carência muito grande de políticas efetivas que combatam a exploração sexual contra crianças e adolescentes na capital potiguar”.

Na sequência, também em regime de urgência, o plenário deu parecer favorável a uma proposição do vereador Pedro Gorki (PCdoB) que institui a Política Municipal de Gestão Paritária. “Esta iniciativa vem justamente para reconhecer a dívida histórica do Estado Brasileiro com diversos segmentos da sociedade que nunca foram ouvidos na formulação e acompanhamento das políticas públicas, especialmente negras e negros, indígenas e mulheres. Portanto, a intenção é enfrentar a desigualdade violenta imposta ao nosso povo”, pontuou.

Ao final da sessão, os parlamentares acataram, em segunda discussão, um projeto apresentado pelo vereador Robson Carvalho (PDT), que determina obrigações e impõe sanções em casos de atropelamento de animais. “Esta Lei estabelece a qualquer cidadão, no âmbito do município de Natal, que cause ou presencie atropelamento de animal em vias públicas a obrigatoriedade da prestação de socorro”, explicou Robson.

Fonte: Política em Foco
Continuar lendo PROJETO CONTRA EXPLORAÇÃO SEXUAL DE CRIANÇA E ADOLESCENTE É APROVADO POR VEREADORES DE NATAL

DESENVOLVIMENTO EMOCIONAL DA CRIANÇA PODE SER IMPACTADO POR ABANDONO PARENTAL

Abandono parental pode causar impacto no desenvolvimento emocional das crianças

Redação / Portal da Tropical

 Atualizado em:

Foto: Arquivo / Marcello Casal Jr.

O Dia dos Pais pode ser uma data cheia de afeto e carinho para alguns, mas, infelizmente, para a maior parte dos brasileiros, o sabor desse dia pode ser agridoce. De acordo com levantamento da Central Nacional de Informações do Registro Civil (CRC), em 2020, 6,31% das 1.280.514 crianças que nasceram foram apenas com o nome das mães nas certidões de nascimento.

Isso representa, na prática, 80.904 pessoas que não foram reconhecidas legalmente por seus pais, um número que vem crescendo ao longo dos anos: em 2018, foram 5,74% registros com essa lacuna, e em 2019, 6,15%.

Segundo a professora da Estácio e psicóloga infantojuvenil, Maria Mabel, uma conexão dos pais com os filhos, especialmente nos primeiros anos de vida, é crucial para o desenvolvimento saudável dos pequenos. “Uma criança que cresce se sozinha pode apresentar diversas dificuldades no futuro: na adolescência tende a se distanciar cada vez mais dos responsáveis ​​e pode ter dificuldades em manter mantimentos amorosos, pois não aprendeu a estar com o outro no período da infância, impactando diretamente suas relações de amizade e relações afetivos ”, explica.

De acordo com o último Censo Escolar feito pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), em 2013, 5,5 milhões de crianças não tinham o nome do pai no registro de nascimento. Atualmente, o reconhecimento paternal é facilitado em qualquer cartório de registro civil do país, podendo ser feito pelo pai que deseje incluir seu nome na certidão ou pela mãe ou filho maior de 18 anos que queira apontar o suposto pai para dar início ao processo.

Entretanto, Mabel aponta que, mais que o nome no registro, que é necessário por motivos legais como pagamento de pensão alimentícia, é essencial que os pequenos tenham a presença de ambos os pais. Mas na realidade, essa responsabilidade cabe apenas à mãe em 12 milhões de casos, segundo o IBGE. Felizmente, algumas contam com a ajuda de amigos e familiares que formam uma rede de apoio.

A psicóloga afirma que é com esse grupo que as crianças tem seu primeiro contato social, e no caso de não haver uma presença paterna, a rede de apoio será “implícita” também para ajudar a mãe a lidar com as demandas vindas das crianças, que por vezes podem se tornar mais difíceis sem o apoio do pai.

Continuar lendo DESENVOLVIMENTO EMOCIONAL DA CRIANÇA PODE SER IMPACTADO POR ABANDONO PARENTAL

SEGUNDO MINISTÉRIO DA SAÚDE, VACINA CONTRA GRIPE ESTÁ ABERTA PARA TODA POPULAÇÃO DO PAÍS

Vacinação da gripe é ampliada para todas as pessoas

Até aqui, campanha estava focada em idosos, crianças e grupos prioritários; vacina da gripe pode ser tomada 14 dias depois da dose contra a Covid-19

Juliana Elias, da CNN, em São Paulo

03 de julho de 2021 às 21:37

Frio em SPDoenças respiratórias aumentam no inverno e podem sobrecarregar hospitaisFoto: Leandro Ferreira/Fotoarena/Estadão Conteúdo

O Ministério da Saúde informou neste sábado (3) que a vacinação contra a influenza, o vírus da gripe, já está aberta para toda a população do país com mais de seis meses de idade. A campanha vai até a próxima sexta-feira, 9 de julho, e cada estado e município pode determinar como será o atendimento à população ampla.

Até aqui, a campanha estava focada nos grupos prioritários, que incluem pessoas com mais de 60 anos ou com menos de 6, gestantes e pessoas cm comorbidades, entre outros.

O Ministério da Saúde e especialistas reforçam a importância de se proteger contra a gripe, que é mais comum no inverno, e, em especial, em meio à pandemia de coronavírus, para evitar que mais casos graves de doenças respiratórias ocupem os leitos dos hospitais.

É necessário dar um intervalo mínimo de 14 dias entre a dose da vacina da Covid-19 e a da influenza. Como as duas campanhas estão ocorrendo ao mesmo tempo, a orientação do Ministério da Saúde é que, nos grupos prioritários, a dose contra a Covid-19 seja feita antes.

Para a campanha da vacinação contra a gripe deste ano, foram disponibilizadas 80 milhões de doses, produzidas pelo Instituto Butantan. Até agora, 34,2 milhões de pessoas se imunizaram, o que representa cerca de 42% dos grupos prioritários.

Para se vacinar contra a gripe, basta ir a um serviço de saúde com um documento com foto e, se possível, também a caderneta de vacinação.

No grupo prioritário da vacinação contra a gripe inclui ainda professores, profissionais da saúde, puérperas (até 45 dias após o parto), povos indígenas, caminhoneiros, trabalhadores do transporte coletivo e rodoviário, trabalhadores portuários, membros das forças de segurança e salvamento, Forças Armadas, presidiários e funcionários dos presídios.

Continuar lendo SEGUNDO MINISTÉRIO DA SAÚDE, VACINA CONTRA GRIPE ESTÁ ABERTA PARA TODA POPULAÇÃO DO PAÍS

MINISTÉRIO PÚBLICO DO RJ DENUNCIOU MAIS UMA VEZ DR. JAIRINHO POR CRIME DE TORTURA CONTRA CRIANÇA DE 2 ANOS

Dr. Jairinho é denunciado pela segunda vez por crime de tortura contra criança

Ministério Público do Rio de Janeiro pediu a prisão preventiva do parlamentar, que é acusado de torturar uma criança de 2 anos

Isabelle Resende, da CNN, no Rio de Janeiro 

Atualizado 29 de junho de 2021 às 18:22

Doutor JairinhoDr. Jairinho é acusado da morte de seu enteado, Henry Borel, de 4 anos Foto: Reprodução/Câmara Municipal do Rio de Janeiro

O Ministério Público do Rio de Janeiro denunciou mais uma vez o vereador Jairo Souza Santos Júnior, conhecido como Dr. Jairinho, por crime de tortura. O parlamentar é acusado de torturar o filho da ex-namorada, a estudante Débora de Mello Saraiva. De acordo com o MP, o crime teria acontecido no dia 9 de março de 2015, quando Jairinho submeteu a criança, na época com 2 anos de idade, a sessões de tortura.

Segundo a denúncia, no dia do crime, a criança estava em um shopping localizado na zona peste do Rio de Janeiro, acompanhado da mãe e da avó, quando Debora recebeu uma ligação de Jairinho, dizendo que iria a uma reunião num salão de festas na Barra da Tijuca e pedindo para levar a criança, pois no local havia brinquedos.

O vereador alegou, ainda, que sua ex-esposa Ana Carolina não tinha deixado que ele levasse o filho que têm em comum, e que, por isso, gostaria de levar o filho de Débora, que autorizou que Jairinho buscasse a criança no estacionamento do shopping, e a levasse à reunião.

Criança teve fratura no fêmur

A sessão de tortura teria acontecido momentos depois que ele e o enteado deixaram o local. Segundo a denúncia, a criança foi submetida a “intenso e desnecessário sofrimento físico e mental”. A sessão só foi interrompida depois que a criança começou a vomitar.

O vereador teria estacionado e ordenado que o menino, com menos de 3 anos de idade, descesse sozinho do carro. A criança, então, abriu a porta traseira do veículo e tentou descer. Neste momento, caiu e fraturou o fêmur.

Jairinho alegou à ex-namorada que o enteado havia “torcido o joelho” e seguiu com ele até um Centro Médico na região.

Na ocasião, o menino foi imobilizado com gesso nas duas pernas. Ele ficou imobilizado por cerca de dois meses.

Dr. Jairinho também foi denunciado por falsidade ideológica, por ter prestado declaração falsa no hospital. Ele disse que a criança havia se machucado num acidente de carro.

O vereador e a mãe do menino se conheceram em 2014, na Câmara dos Vereadores do Rio de Janeiro, quando iniciaram um relacionamento amoroso enquanto o parlamentar ainda permanecia casado com Ana Carolina. Na época, ele comprou um apartamento na zona oeste da capital fluminense, onde costumava encontrar a estudante duas ou três vezes por semana.

A denúncia narra ainda outras torturas que Dr. Jairinho teria cometido contra o filho de Débora, entre novembro de 2014 e junho de 2016, no apartamento.

Denúncias contra Dr. Jairinho

Em maio de 2021, o vereador foi denunciado junto com Monique Medeiros por homicídio triplamente qualificado contra Henry Borel, de 4 anos, morto no dia 8 de março.  Em abril, ele já havia sido denunciado por torturar uma menina de 4 anos entre 2011 e 2012, também filha de uma ex-companheira.

Nesta quarta-feira (30), o plenário da Câmara de Vereadores do Rio se reúne para votar a cassação do mandato do vereador. O relatório final do Conselho de Ética, que pedia a perda do mandato, foi aprovado por unanimidade, 7 votos a 0, na última segunda-feira (28). Jairinho pode ser o primeiro vereador cassado do Rio de Janeiro.

Continuar lendo MINISTÉRIO PÚBLICO DO RJ DENUNCIOU MAIS UMA VEZ DR. JAIRINHO POR CRIME DE TORTURA CONTRA CRIANÇA DE 2 ANOS

DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: MENTE_ É A SOMA DO ESTADO DE CONSCIÊNCIA, PENSAMENTO, VONTADE E SENTIMENTO

O estudo sem o serviço e a meditação é infrutífero. Assimilar conhecimento sem repassá-lo aos outros, não só nos oprimi, como não serve para a nossa evolução espiritual. O verdadeiro instrutor não se coloca acima  dos seus alunos, pois a vida é umeterno aprendizado e temos sempre muito a aprender com o outro. Com o tempo o verdadeiro aprendizado se torna sabedoria, que está além do intelecto. O texto aseguir fala acerca disso. Então leia eexpanda sua consciência!

Estudo,  meditação e serviços

Todos nós podemos contribuir para o bem da humanidade. Não demore – liberte a criança espontânea dentro de você, em toda a sua inocência. A vida não espera; o futuro do mundo depende de nós, então vamos criar um bom futuro para nossos filhos e netos

Margaret Bove*

Meditação: estudo da Universidade de Harvard | Pura Energia Positiva

O manas (mente) concreto e inferior provê um veículo para o aprendizado, e o manas abstrato e superior absorve a essência do aprendizado. A mente superior (Manas) é caracterizada pela criatividade do Eu Superior. Mente é a soma dos estados de consciência: pensamento, vontade e sentimento. Cada vez mais pessoas evoluem em consciência e passam para níveis mentais superiores. Os átomos da mente estão despertando como nunca antes; milhões de neurônios que acreditávamos inativos estão agora em atividade.

Quando nos concentramos no estudo, facilitamos a intuição. Blavatsky disse que partes de A Doutrina Secreta só podiam ser lidas com a intuição. Quando a intuição tiver se desenvolvido e a consciência tiver se elevado com o estudo e a meditação, teremos paz e união entre todas as pessoas. Será o fim de todos os graus de ódio, de todas as barreiras que nos dividem.

Nos ensinamentos dos grandes mestres o positivo sempre supera o não positivo; a vingança não obtém êxito. Somos todos um e não importa a nossa crença ou filosofia, pois viajamos rumo ao mesmo ideal. Como estamos unidos nos níveis sutis, ligados aos outros e a todas as coisas através do etérico, quando ferimos os outros, ferimos também a nós mesmos.

Estudo, meditação e serviço estão ligados e só são completos juntos. O estudo sem o serviço e a meditação é infrutífero. Absorver conhecimento sem oferecê-lo aos outros pode nos oprimir. O verdadeiro instrutor não faz diferença entre ele mesmo e seus alunos; um aprende com o outro.Com o tempo o verdadeiro aprendizado se torna sabedoria, que está além do intelecto.

À medida que progredimos nesse caminho e começamos a distinguir  real do irreal, nosso desejo é ajudar e servir. A razão da nossa encarnação é retornar à residência do espírito puro, aprender a servir, com a experiência e a purificação do nosso ser, para auxiliar o plano divino onde cada um tem seu papel a desempenhar. Começamos a abraçar o amor, a compaixão, a compreensão, a disponibilidade, a inofensividade, o desapego e o perdão incondicionais. Errar é humano e perdoar é super-humano. Todo ser humano tem uma fonte de bondade; se nos concentrarmos nisso, e não no lado negativo, o positivo surge com facilidade. Para deixar para trás traumas passados devemos perdoar os outros e nós mesmos.

Ao longo do caminho espiritual encontramos uma lembrança do bom, do verdadeiro e do belo. Somos compelidos pelo Eu Superior a prosseguir, embora o eu inferior possa mostrar resistência. Edwin Arnold disse: “No coração de cada homem vive um Mestre que, por meio de fios sutis, faz suas ações dançarem segundo a canção que Ele quer.” A Doutrina Secreta e a Sabedoria Antiga nos ensinam que a raiz sem raízes da nossa origem é o amor total, sem distinção entre raça, credo, sexo ou qualquer outra. Em um nível profundo de consciência existe total unidade e paz; o muçulmano cuida do hindu, o hindu ama o sikh, os shias estão em harmonia com os sunnis, os iranianos com os sírios e os palestinos, o árabe com o judeu – a verdadeira unidade fraternal. Brahman, Atma, tudo é um. Om e Jeová são dois pilares do mesmo portal – símbolos do corredor único da vida. Por meio do serviço abrimos o coração e sabemos que todos  somos um. O coração representa o centro do nosso ser. O Santo Graal é um símbolo do coração. Para os maçons o coração representa o Mestre Perfeito. Para os sufis é o ponto de conexão entre o humano e o divino. Quando os místicos se encontram, seus corações batem juntos.

O verdadeiro serviço é nos doar e estar disponíveis com simplicidade e humildade. O mestre Koothumi disse: “Tentai.” Não é preciso ser heroico. O que realmente importa não é o que fazemos, mas a boa vontade com que fazemos. Às vezes basta um sorriso, uma mão reconfortante sobre o ombro ou uma palavra encorajadora. Nada é grande ou pequeno na economia divina. O ato de um presidente para com uma nação não é maior do que o ato de uma mãe com seu  bebê. Todo serviço é necessário e todo ato é uma parte da grande unidade. Uma gentileza que pode parecer insignificante é um diamante na imensa joia da iluminação, e nos lembra da brilhante luz do amor.

O espírito está em toda parte, em cada pássaro que canta, cada animal que anda sobre a Terra e cada criança que ri. O grande mistério está dentro de cada um de nós. Não há separação – somos um com toda a criação e fomos feitos para servi uns aos outros.

É inútil tentar alcançar a fraternidade universal mudando a política ou as pessoas. Primeiro devemos trabalhar em nós mesmos e purificar nosso coração. A regeneração espiritual da humanidade começa com o indivíduo. A meditação e a auto-observação abrem o caminho. Cada pessoa que analisou honestamente seus pensamentos, palavras e ações e tornou-os inofensivos é uma pérola preciosa na cadeia da existência e um forte elo da fraternidade humana.

A essência divina

A paz mundial começa com a paz interior, que é facilitada pela meditação. Meditação é a dissolução da personalidade individual e o desvendar da realidade. É um modo de vida que permite que conheçamos a nós mesmos; assim, somos muito mais valiosos no serviço. A meditação leva a um estado de existência onde compreendemos que não somos o corpo, as emoções nem a mente; somos centelhas da mesma grande chama. Po demos ver a essência divina em toda parte, no amigo e no inimigo, e em tudo ela é a mesma. Não existem inimigos reais, porque eles também auxiliam nossa evolução. Os monges budistas cantam agradecendo às pessoas e situações difíceis, pois sabem que desse modo o seu karma se dissolve.Tudo está no plano divino. Quando somos provocados por situações difíceis e permanecemos calmos, pensando positivamente, ocorre um salto na consciência. A meditação ajuda a penetrar esse estado de consciência, e cada fase desse estado é gloriosa. Todo alento meditativo é uma abertura do coração. Edwin Arnold descreveu isso em Song Celestial: “Aqueles que fazem um sacrifício  silencioso inalam o alento para alimentar a chama do pensamento e o exalam para soprar o coração às alturas, governando cada entrada de ar para que não passe nenhum suspiro que não ajude a alma.”

Em outras palavras, a meditação não se destina ao desenvolvimento pessoal; ela é um auxílio para a alma fazer o seu trabalho, plantando sementes de ações poderosas no jardim da eternidade e cultivando flores de vários matizes, que desabrocham em toda sua beleza. Estudamos e meditamos com o objetivo de servir. O verdadeiro serviço com a doação de

si mesmo é um exemplo da dedicação dos mestres iluminados, cujo único desejo é auxiliar e guiar a humanidade. O grande Sanat Kumara não seguirá para outras dimensões até que cada folha de capim tenha alcançado a iluminação. Façamos a nossa parte e ajudemos a elevar o planeta, auxi liando os grandes seres na realização do plano divino.

A mais famosa escola filosófica da Antiguidade usava as palavras “conhece-te a ti mesmo”. Krishnamurti costumava dizer: “Olha  para dentro. Conhecer a nós mesmos nos ajuda a servir porque nossas emoções e pensamentos podem ser semelhantes às dos outros; assim é mais fácil compreender seus problemas, que podem ter sido os nossos problemas. A meditação ajuda a reconhecer nossas fraquezas e modificá-las.

Não é necessário revelar nossos pensamentos aos outros, mas reconhecê-los no silêncio interno e tentar torná-los altruístas. Assim fortalecemos nosso caráter para o serviço – um serviço silencioso, que nada busca para o eu individual. Quando o objetivo do trabalho é uma recompensa, ele traz prazer, dor ou ambos, no tempo devido; mas, quando uma pessoa trabalha na eternidade, a eternidade é a sua recompensa.

Todos nós podemos, a nosso modo, contribuir para o bem da humanidade. Não demore – liberte a criança espontânea dentro de você, em toda sua inocência. A vida não espera; o futuro do mundo depende de nós, então vamos criar um bom futuro para nossos filhos e netos. Vamos nos tornar servidores altruístas, para que aonde quer que sigamos sejamos como raios de sol que trazem calor, amizade e gentileza.

Margaret Bove é membro da Sociedade Teosófica, em Nova Iorque, desde 1986, e profissional de medicina alternat

Fonte: Revista Sophia ano 19-Nº 89

Continuar lendo DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: MENTE_ É A SOMA DO ESTADO DE CONSCIÊNCIA, PENSAMENTO, VONTADE E SENTIMENTO

NO CHILE, INFERMEIRA CONFUNDE VACINAS NO MESMO REFRIGERADOR E ADMINISTRA DOSE DA CORONAVAC EM BEBÊ DE 6 MESES

Bebê de 6 meses recebe vacina contra covid por engano no Chile

A criança foi levada para tomar a vacina adequada à idade, que estava no mesmo refrigerador que uma dose de Coronavac

INTERNACIONAL

Do R7

Enfermeira confundiu duas vacinas que estavam no mesmo refrigerador
ALBERTO VALDÉS / EFE – ARQUIVO

Uma bebê de cerca de 6 meses recebeu, por engano, uma dose da CoronaVac, a vacina chinesa contra a covid-19, na semana passada em Villarrica, no Chile. As autoridades sanitárias acompanham o caso para verificar se ela irá desenvolver algum sintoma adverso mas, até o momento, os relatos indicam que ela está com a saúde boa.

Segundo a emissora La Tercera, o caso aconteceu na semana passada e a família denunciou que a enfermeira se confundiu no momento de aplicar a vacina porque tanto a CoronaVac quanto a vacina pentavalente (indicada para crianças de 6 meses, que imuniza contra tétano, hepatite B, coqueluche, difteria e meningite tipo B) que ela iria tomar estavam no mesmo refrigerador.

A secretária regional de Saúde, Glória Rodriguez, contou que “fomos notificados imediatamente do erro que aconteceu e todas as medidas de controle e observação da criança foram tomadas”.

“Notificamos o Ministédio da Saúde e todas as instituições necessárias para realizar as investigações correspondentes. Estamos preocupados com a saúde da criança e estamos monitorando a evolução”, explicou ela.

Fonte: R7
Continuar lendo NO CHILE, INFERMEIRA CONFUNDE VACINAS NO MESMO REFRIGERADOR E ADMINISTRA DOSE DA CORONAVAC EM BEBÊ DE 6 MESES

SAÚDE: A IMPORTÂNCIA DE UMA ROTINA DE SONO ESPECIALMENTE PRA AS CRIANÇAS

Saiba como ajudar seus filhos a dormirem o suficiente na pandemia

A implementação de boas práticas de higiene do sono em família é fundamental para evitar problemas a longo prazo

Neha Chaudhary, da CNN

Atualizado 03 de março de 2021 às 14:51

Criança dormindoManter uma rotina de sono é importante para todos, em especial para crianças Foto: iStock

Nota do editor: Neha Chaudhary é uma psiquiatra de crianças, adolescentes e adultos no Hospital Geral de Massachusetts e na Escola de Medicina de Harvard, e co-fundadora do Brainstorm, um laboratório da Universidade de Stanford para inovações em saúde mental.

Dormir o suficiente era difícil mesmo antes da pandemia. Com as rotinas interrompidas, tempo extra em frente a telas de computadorea e celulares, e a grande quantidade de estresse que a maioria das pessoas enfrenta agora, as rotinas de sono parecem ter piorado de forma silenciosamente rápida. E pelo que estou vendo na minha prática de psiquiatria infantil, as crianças estão sofrendo ainda mais.

Considere o trabalho que nossos cérebros fazem o dia todo – pensar, sentir, tomar decisões e se preocupar com a família, amigos e até mesmo com nossa própria segurança. O sono é o único momento em que o cérebro descansa.

Para obter o suficiente desse descanso, a Academia Americana de Medicina do Sono recomenda de 10 a 13 horas de sono noturno para crianças de 3 a 5 anos de idade; 9 a 12 horas para crianças de 6 a 12 anos; e 8 a 10 horas para adolescentes. No entanto, de acordo com os Centros para Controle e Prevenção de Doenças dos EUA, apenas quatro em cada dez alunos do ensino fundamental e três em cada dez alunos do ensino médio estão dormindo o suficiente.

A falta de sono adequado não vem sem um custo alto. Estudos mostram que o sono insuficiente pode causar problemas a curto e longo prazo, incluindo não apenas cognição prejudicada, irritabilidade e falta de paciência, mas também diabetes e doenças cardíacas.

Grande parte da saúde emocional também está ligada ao sono e a ausência dele cria uma espiral descendente: problemas de humor ou ansiedade podem piorar o sono, e a falta de sono piora o humor e  a ansiedade. Nossa melhor aposta é quebrar o ciclo o mais rápido possível.

Eu sei que é mais fácil falar do que fazer, especialmente com dever de casa, hormônios e pressões da faculdade pairando sobre crianças e adolescentes – sem mencionar suas vidas sociais, ou a falta dela agora. Implementar boas práticas de higiene do sono em família é fundamental para pais e filhos.

Inicie uma rotina na hora de dormir

Aprendizagem à distância, trabalho em casa, falta de creche e dificuldades financeiras são algumas das razões pelas quais nossas rotinas estão diferentes hoje em dia. Uma boa rotina na hora de dormir é uma das partes mais importantes da higiene do sono.

Quanto mais consistente for a rotina da hora de dormir, mais os relógios biológicos de seus filhos permanecerão em dia e mais seus cérebros começarão a associar a rotina ao sono. Ter um relógio interno consistente também ajuda a regular o humor, o que, por sua vez, melhora ainda mais o sono.

Isso significa tentar manter as rotinas de sono e vigília durante o fim de semana o mais próximo possível dos dias da semana. É uma medida difícil, especialmente, para adolescentes, cujos relógios biológicos são programados naturalmente para descansar mais tarde, de forma que nem sempre corresponde ao dia na escola. Porém, quanto mais consistente for a rotina nos fins de semana, mais fácil será adormecer e acordar durante a semana, quando normalmente é o mais complicado.

Desacelere pelo menos uma hora antes de dormir

Faça atividades relaxantes, pelo menos uma hora antes de dormir, que fiquem longe de telas. Tentem ler juntos, montar um quebra-cabeça ou até mesmo contar histórias para crianças mais novas. As mais velhas podem tentar fazer um diário ou criar um ritual na hora de dormir, como escrever coisas pelas quais são gratas desde o dia. Essas atividades normalmente impedem nossas mentes de correr em direções diferentes durante o dia.

Mantenha as telas fora da hora de dormir

A luz azul que as telas emitem pode dizer ao seu cérebro que é hora de acordar – o oposto do que queremos antes de dormir. As crianças não devem apenas parar de usar seus telefones ou telas mais ou menos uma hora antes de dormir, mas também é melhor mantê-los fora do quarto para diminuir a tentação de usá-los, em razão da luz emitida que impede que o ambiente fique totalmente escuro. Isso significa laptops, tablets, sistemas de jogos e, sim, telefones celulares.

Na minha experiência, embora guardar os telefones possa ser uma decepção no início, muitas crianças mais velhas acham que se sentem liberadas, mais atentas e dormem muito melhor quando seus telefones são deixados em baldes na mesa de jantar e eles não os pegam até depois do café da manhã.

Crie um ambiente favorável ao sono

Além de eliminar dispositivos, a configuração correta do ambiente pode desempenhar um grande papel na qualidade do sono que você obtém. Você quer que seja aconchegante, convidativo e seguro. Tente manter os bichinhos de pelúcia favoritos do seu filho, brinquedos ou um símbolo de algo reconfortante perto de sua cama. A sala deve estar o mais escura possível (cortinas blackout funcionam) e a temperatura deve estar pendendo para o frio.

Tente não comer ou beber uma hora antes de dormir

Seu corpo trabalha muito para digerir os alimentos, extrair todos os seus nutrientes e transformá-los em energia. Você quer evitar que esse processo aconteça tarde da noite, porque não apenas certos alimentos, como açúcares, podem lhe dar uma explosão de energia logo antes de dormir — mas, se você não esperou o suficiente para dormir, isto pode ser uma receita para refluxo e desconforto estomacal.

Para os membros mais velhos da família, evite cafeína o máximo que puder, e não apenas antes de dormir. A cafeína a qualquer hora do dia, mesmo no final da manhã, pode afetar seu sono. Se você deseja um sono mais profundo e de melhor qualidade, corte o chá, o café ou os refrigerantes com cafeína do dia.

Tente meditação para dormir enquanto está na cama

Se seu filho está acordado na cama, peça-lhe que tente meditar. Pode reduzir o estresse e aumentar a liberação de substâncias químicas que fazem você se sentir relaxado e sonolento. A varredura corporal, por exemplo, é fácil de fazer.

Com os olhos fechados e o corpo imóvel, comece pela ponta da testa e, descendo, relaxe todos os músculos do rosto. Continue movendo-se para baixo de maneira a prestar atenção para as diferentes partes do corpo, relaxando os músculos enquanto “examina” essa área em sua mente. Muitas crianças com quem trabalhei me dizem que mal chegam aos braços antes de adormecer.

Fique na cama só para dormir

Também é útil para as crianças ficarem fora da cama para as demais atividades, incluindo dever de casa ou até mesmo ouvir música enquanto mandam mensagens para os amigos. Você quer que seu cérebro associe a cama ao sono e essa separação física pode ajudar.

Se meditação, contagem ou outras atividades não funcionarem e seu filho não conseguir dormir depois de 20 a 30 minutos, ele deve sair da cama e tentar uma atividade relaxante até sentir sono o suficiente para tentar dormir novamente. Isso ajuda o cérebro a continuar conectando a cama com estar sonolento, não acordado.

Seja modelo de boa higiene do sono

Como acontece com a maioria das coisas relacionadas aos pais, praticar o que você prega não apenas reforça a mensagem, mas mostra a seus filhos o que fazer. Ao implementar as mesmas técnicas que você espera deles, torna-se uma atividade familiar. Escolha alguns rituais noturnos em família, como um tempo de leitura sem tela após o jantar ou fazer uma meditação guiada e acompanhá-la juntos.

Fique atento a sinais de que seu filho está sofrendo com outros problemas

Se seu filho recentemente não está dormindo e possui dificuldades em outras áreas também – como falta de apetite, problemas de motivação, timidez ou humor irritável –, pode ser hora de procurar um pediatra, terapeuta ou psiquiatra para ver se há algo mais está acontecendo, como depressão ou ansiedade.

O cérebro é um dos nossos ativos mais preciosos e, como acontece com qualquer bem precioso, há maneiras de cuidar dele e nutri-lo para que possa fazer o seu trabalho da melhor maneira. Portanto, tudo começa – e termina – com o sono.

Continuar lendo SAÚDE: A IMPORTÂNCIA DE UMA ROTINA DE SONO ESPECIALMENTE PRA AS CRIANÇAS

REFLEXÃO: CAMINHAR COM LEVEZA É COMO SER CRIANÇA

O destaque da nossa coluna REFLEXÃO desta sexta-feira é mais um texto fantástico publicado por Beth Michepud que fala da nossa criança interna, lembrando que chegamos aqui como criança e partiremos também da mesma forma. Por isso não podemos nunca desprezar nem fazer pouco caso da nossa querida e inseparável criança, pois como disse o mestre Jesus: “Deixem vir a mim as crianças e não as impeçam; pois o Reino dos céus pertence aos que são semelhantes a elas”.

Caminhar com leveza

 em 

O texto de Patricia Gebrim nos relembra que, já que estamos vivendo a experiência de existir aqui e agora, porque não nos permitimos resgatar a de outrora? Certamente nosso caminhar será mais confortável e a viagem muito mais prazerosa.

“Eu não sei por quê, mas conforme vamos envelhecendo, começamos a levar tudo tão a sério, você já percebeu isso?

Quando éramos crianças, o brincar era a nossa divertida forma de aprender. Brincávamos de andar de bicicleta, e quando caíamos, ríamos de nós mesmos. Não nos considerávamos fracassados quando não sabíamos pular corda. Apenas nos divertíamos, e assim, seguíamos aprendendo.

Então crescemos e começamos a achar que tínhamos que fazer tudo certo, e que antes de fazer algo era necessário dominar aquele assunto por completo. Paramos de nos divertir, de experimentar .Perdemos a leveza. Nos tornamos viciados em cursos e estudos, e nunca achamos que estamos prontos.

A vida ficou dura e sem graça. Ouçam. Não precisa ser assim. Esta vida é uma experiência . Sua alma sabe disso. Sabe que não há certos e errados. Há sim, escolhas que nos fazem bem e outras que nos fazem mal. Mas aprendemos com ambas, então nada é de verdade errado.

Permita-se olhar dessa forma para a vida. Tudo passa tão rápido. Caminhe pela vida com mais leveza. Nunca permita que a criança em você morra. Brinque nesse palco chamado vida. Calce tênis confortáveis e desfrute da sua jornada. Somos todos crianças da luz em nosso caminho de volta para casa.”

Luz e Paz!

Fonte: Sabedoria Universal

Continuar lendo REFLEXÃO: CAMINHAR COM LEVEZA É COMO SER CRIANÇA

REFLEXÃO: NASCEMOS CRIANÇAS E PARTIMOS DESSA PARA OUTRA COMO CRIANÇAS

Não é a toa que nascemos crianças e na velhice, muitas vezes, voltamos a ser crianças, já que Jesus foi muito claro ao proclamar – referindo-se às crianças – que destas é o Reino dos Céus, e mais, que quem não receber o Reino de Deus como uma criança, jamais entrará nele. Todos temos a nossa porção criança, seja lá em que idade for e devemos cultivá-la, pois como diz a célebre Cecília Meireles:  A infância traz encerradas em si todas as condições superiores do destino humano. Então, convido você a ler o artigo completo a seguir, refletir e fazer o seu juízo de valor!

A importância da imaginação infantil

A imaginação maravilhosa da infância

A sempre lúcida e inspirada Cecília Meirelles, traz-nos alguns de seus pensamentos sobre a infância:

É porque nós, desgraçadamente, já andamos esquecidos; mas, quando fomos pequenos, tivemos também essa maravilhosa imaginação com que qualquer criança deslumbra o mais requintado poeta.

Nosso mundo foi feito de coisas prodigiosas: os milagres das fadas, os encantos dos bruxos, toda a mágica das histórias mais assombrosas…

Tudo foi sempre muito verossímil, porque tínhamos em nós uma força misteriosa geradora das mais extraordinárias possibilidades.

Talvez porque convivíamos mais diretamente com a natureza, e a natureza é por si mesma assombrosa.

Depois de ver uma borboleta voar, uma flor desenrolar-se do botão, uma semente transformar-se em planta, um passarinho sair do ovo e mais tarde a cantar;

Uma estrela revelar-se, depois de feita a noite, um campo encher-se de pirilampos, as nuvens crescerem, unirem-se, viajarem, desfazerem-se…

Depois de tudo isso, com que é que se vai admirar uma criança?

E éramos tão senhores da vida, com todos os seus cenários e as suas aparências…

Acreditávamos tanto na eternidade profunda das coisas, malgrado as suas superficiais e parciais extinções.

Que a morte era pra nós qualquer coisa enganosa, que os adultos não tinham ainda encarado bem, que ainda não conheciam de perto e só por isso, com certeza, não sabiam ainda vencer…

A infância traz encerradas em si todas as condições superiores do destino humano.

Ela mesma não sabe disso, porque a sabedoria tem qualquer coisa de inconsciente. Mas vivem dentro dela todas as capacidades da vida, por mais difíceis, inacreditáveis, longínquas e indefiníveis que sejam.

* * *

E cá estamos nós, mais uma vez, admirados com a grandiosidade desse período de nossas vidas chamado infância.

Seria apenas um período? Parece uma descrição pequena demais para abraçá-la honrosamente.

Deus nos deu a infância como um grande tesouro, uma lição de pureza poderosa, que não vem de fora, de professores, de sábios, de livros, mas vem de nosso íntimo divino.

Jesus foi muito claro ao proclamar – referindo-se às crianças – que destas é o Reino dos Céus, e mais, que quem não receber o Reino de Deus como uma criança, jamais entrará nele.

O Mestre Nazareno não olvidou que ali, naqueles corpos infantis, existiam Espíritos velhos, mas usou dessa lição para deixar visíveis as características da alma infantil – fundamentais para o crescimento moral humano.

Destacava a humildade, a pureza, na forma de ausência de preconceitos; a ânsia de saber, a perseverança, a docilidade, e tantas outras…

* * *

Que sua porção criança possa sempre sorrir ao ver o nascer do sol.

E que quando caia a noite, e venha o medo do escuro, saiba observar as estrelas e sua perfeição incompreensível e bela – e isso lhe traga novamente o sorriso.

Que sua porção criança permita enxergar o lado bom das pessoas, e jamais cair nas teias da amargura ou do pessimismo destruidor.

Que sua porção criança lhe recorde do quão bom e importante é viver.

Redação do Momento Espírita, com citações do livro Crônicas de educação, v. 1, de Cecília Meirelles, ed. Nova Fronteira

Fonte: Momento de Reflexão

Continuar lendo REFLEXÃO: NASCEMOS CRIANÇAS E PARTIMOS DESSA PARA OUTRA COMO CRIANÇAS

APÓS 65 HORAS SOTERRADA NOS ESCOMBROS, MENINA DE 3 ANOS É RESGATADA COM VIDA NA TURQUIA

Menina de 3 anos é resgatada 65 horas após terremoto na Turquia

Criança foi levada ao hospital com alguns ferimentos. Mãe e três irmãos foram resgatados 23 horas após tremor; um dos meninos morreu

INTERNACIONAL

Do R7, com EFE

Menina de 3 anos é resgata de escombros

Uma menina de 3 anos foi resgatada nesta segunda-feira (2) bem e com vida depois de passar 65 horas nos escombros de um dos prédios que caíram após a passagem de um terremoto na última sexta-feira (30).

Elif Perincek tem alguns ferimentos, mas está bem. Ela é 106 pessoa resgatada das ruínas e foi levada ao hospital.

A pequena Elif ficou presa com sua mãe e três irmãos em um prédio que desabou inteiramente no bairro de Bayrakli, na periferia norte de Esmirna, o único gravemente afetado pelo terremoto de magnitude 6,8 na escala Richter, ocorrido na última sexta-feira.

Sua mãe, Seher Perinçek, e duas irmãs gêmeas foram salvas no sábado quando o corpo sem vida de seu irmão foi recuperado, e as equipes vinham trabalhando para chegar onde a menina estava.

O bombeiro Ahmet Yavuz, explicou à emissora de TV CNNTürk, que a menina estava em um “buraco de vida”, com os olhos abertos e conscientes, quando foi encontrada.

Há possibilidade de haver mais seis pessoas neste edifício e as equipes continuarão trabalhando, sem perder a esperança, até encontrarem todos, acrescentou o bombeiro.

Não há números sobre quantas pessoas ainda podem estar sob os escombros dos outros cinco edifícios, onde as equipes de resgate trabalham, mas fontes municipais disseram ontem à Agência Efe que o número final de vítimas provavelmente ultrapassará uma centena.

Fonte: R7
Continuar lendo APÓS 65 HORAS SOTERRADA NOS ESCOMBROS, MENINA DE 3 ANOS É RESGATADA COM VIDA NA TURQUIA

EUTANÁSIA PARA CRIANÇA EM FASE TERMINAL NA HOLANDA TEM RESPALDO DA MAIORIA DO PARLAMENTO

Holanda quer aprovar eutanásia para crianças em estado terminal

Proposta de poder interromper vida de pessoas entre um e 12 anos que já estejam sem possibilidade recuperação tem apoio parlamentar

INTERNACIONAL

Da EFE

Assunto deve ser votado pelo parlamento

Bart Maat/EPA/EFE

O governo da Holanda expressou apoio nesta terça-feira (13) a uma proposta feita por pediatras para legalizar a eutanásia para crianças entre um e 12 anos de idade que estejam em estado de saúde terminal e sem possibilidades de recuperação, que já conta com o respaldo da maioria parlamentar.

De acordo com uma carta escrita pelo ministro da Saúde, Hugo de Jonge, o Partido Popular para a Liberdade e Democracia, o Apelo Democrata-Cristão, o Democratas 66 e o União Cristã chegaram a um acordo para “fornecer mais garantias jurídicas aos médicos” que optem pela eutanásia em crianças.

No entanto, esta prática só seria uma opção para indivíduos entre um e 12 anos cuja morte no curto prazo é previsível, e que, sem a eutanásia, teriam que enfrentar um sofrimento “desesperador e insuportável”, com dores que nem os cuidados paliativos são capazes de amenizar.

Na carta, dirigida ao Parlamento holandês, De Jonge ressalta que os quatro partidos, de ideologias diferentes, negociaram o estabelecimento de um regime jurídico, em conjunto com o Ministério Público e outros grupos profissionais, que protegeria aqueles que atuam na área da saúde, além dos pais e dos direitos das crianças.

Na próxima quinta-feira, a Assembleia da República vai debater com o governo as questões éticas e médicas implicadas na proposta, pois a regulamentação em vigor contempla o pedido de morte digna apenas de crianças maiores de 12 anos e de pais de bebês com menos de um ano.

Em 2019, pediatras holandeses elaboraram um laudo pericial no qual se pronunciaram a favor de estender a opção da eutanásia a crianças “em casos muito excepcionais”, para evitar um sofrimento que acaba sendo imposto a elas porque os médicos temem sofrer consequências legais se tomarem medidas para acelerar a morte.

A proposta destes médicos foi apoiada pela maioria parlamentar, incluindo liberais e progressistas, enquanto o Executivo — composto em parte por partidos conservadores e de centro-direita — pediu tempo para debater o assunto internamente e se posicionou apenas nesta terça-feira.

Para a elaboração do relatório, 72 médicos de hospitais em Groningen, Roterdã e Amsterdã foram consultados, e a maioria deles achou aceitável antecipar a morte de crianças menores de 12 anos a pedido dos pais, mas apenas se elas estiverem expostas a dores terríveis.

Além desta questão, o Parlamento holandês também discutirá nas próxima quinta-feira de um polémico projeto de lei apresentado pelo Democratas 66 que defende o “direito” de pessoas com mais de 75 anos a optarem pela eutanásia caso considerem que já viveram o suficiente, independentemente de estarem doentes ou não.

Fonte: R7

Continuar lendo EUTANÁSIA PARA CRIANÇA EM FASE TERMINAL NA HOLANDA TEM RESPALDO DA MAIORIA DO PARLAMENTO

REFLEXÃO: DESPERTE A CRIANÇA QUE EXISTE NA SUA ESSÊNCIA E EXALTE A ALEGRIA

A nossa REFLEXÃO desta quinta-feira, aqui na coluna REFLEXÃO é uma exaltação à ALEGRIA e nos convida a irmos de encontro à nós mesmos e estabelecermos contato direto e contínuo com nossa essência e com a criança que habita em nós, que só enxerga positividade no mundo, que nos conecta com as coisas boas que existem ao nosso redor. Então, lhe convido a ler esse texto espetacular, refletir e fazer o seu juízo de valor! 

Alegria, alegria!

 em 

criança1

Quando nos permitimos sair da turbulência de um dia agitado, certamente vamos encontrar algo que nos preencha interiormente. Você consegue se lembrar da inocência de quando era criança? De como tudo lhe parecia mágico? O segredo de nos reencontrarmos com este ser, deliciosamente leve que habita em nós, é a alegria.

O texto que segue faz parte do livro “Enquanto escorre o tempo”, de Patrícia Gebrin. Seu conteúdo nos convida a irmos de encontro à nós mesmos e estabelecermos contato direto e contínuo com nossa essência.

“No meu entender, o maior sinal de sanidade que podemos ter é a nossa capacidade de sentir alegria, que é esse sentimento que nos deixa leves, mais próximas da criança que habita em nós, que nos faz ter uma visão positiva do mundo, que nos conecta com as coisas boas que existem ao nosso redor.

Quando estamos alegres somos mais gentis com nosso próprio ser, nos permitimos ouvir músicas que gostamos, nos permitimos mover o nosso corpo com entusiasmo, tornamos nossa vida mais colorida.  Mas não é só isso… Quando estamos alegres também somos mais gentis com os outros.  Sorrimos mais, temos mais paciência e tolerância, somos mais generosos em nossas atitudes.

Não adianta termos uma vida cheia de coisas que queremos se o preço para obtê-las é a nossa alegria.  Porque no final é mais ou menos isso o que acontece.  Criamos vidas tão complicadas e atarefadas que acabamos sobrecarregados, e a nossa alegria fica lá, soterrada embaixo disso tudo, sem conseguir espaço para nos fazer sorrir.

Experimente isso: saia para passear num dia lindo de sol, sinta a oportunidade de se perceber leve, solto, movido pelo prazer de buscar contato com a natureza.  Sinta a alegria movendo cada um de seus passos.

Agora tente fazer o mesmo levando com você seu laptop, uma mochila cheia de roupas, as pastas com os contratos que terá que assinar no dia seguinte, o livro de leitura que terá de levar para seu filho mais tarde, as frutas que comprou no supermercado, etc. etc.

Será que vai aproveitar o passeio da mesma forma? Os braços ocupados, as costas arqueadas sob todo aquele peso.  Sinta isso… Será que você vai conseguir sentir o vento agitando seus cabelos?  Vai perceber a forma sutil como as nuvens se dissolvem ao vê-lo passar?  Claro que não!

Apesar de o caminho ser exatamente o mesmo, você provavelmente se sentirá irritado, com as costas doendo pelo peso da mochila, a mente apressada, andando à sua frente sem perceber o momento presente.  Impossível sentir alegria dessa  maneira!  E é exatamente assim que a maioria da pessoas vive as suas vidas nas grandes cidades, nos dia de hoje.

O que fazer então? Abandonar tudo? Jogar o laptop de cima da ponte? Fazer uma linda fogueira com os contratos? Jogar as frutas e fazer greve de fome? Abandonar a família e virar um eremita?

Novamente… claro que não!  Mas talvez você possa abrir espaços no meio do seu dia para celebrar a alegria.  A alegria precisa de leveza, de mãos soltas, livres de tanta carga, precisa de uma mente livre de tantos pensamentos.  Precisa de momentos de contemplação.  A vida não pode ser só ação.  É preciso espaço para a contemplação.

É na contemplação que alimentamos a nossa alma.  Não há alegria sem alma.

Se você quer a sua alegria de novo, terá de lutar por ela, abrindo espaço em sua agenda, como uma pessoa perdida na selva precisa abrir caminho até encontrar o rio que pode matar a sua sede.  Entenda que a sua vida não é algo que simplesmente acontece a você, como se você não tivesse nada a ver com isso.  Você faz parte da sua vida!  Você a cria a partir das escolhas que faz.  Inclua a alegria nas suas escolhas.  E entenda que se você recuperar a alegria, todo o resto da sua vida fluirá melhor, com mais leveza e menos nós.

A alegria é a verdadeira “desatadora de nós”, acredite!.”

Luz E Paz!

Fonte: Sabedoria Universal

Continuar lendo REFLEXÃO: DESPERTE A CRIANÇA QUE EXISTE NA SUA ESSÊNCIA E EXALTE A ALEGRIA

MENINA FICOU COM O PESCOÇO PRESO EM CALDA DE PIPA E VOOU POR 30 SEGUNDOS, EM TAIWAN

Criança de 3 anos é levada por pipa durante festival em Taiwan

Menina ficou com o pescoço preso em cauda de pipa e voou durante 30 segundos, até a plateia do evento conseguir resgatá-la. Ela está bem

INTERNACIONAL

Do R7

Criança fica presa pelo pescoço em pipa

Uma criança de 3 anos ficou presa em uma pipa durante o Festival Internacional de Pipas de Hsinchu, em Taiwan, neste domingo (30) e voou por cerca de 30 segundos antes de conseguir ser resgatada.

Vídeos mostram a menina presa da cauda da pipa pelo pescoço e voando descontroladamente até que conseguiu abaixar o suficiente para o público puxá-la até o chão.

Organizadores do evento e a mãe da criança a levaram ao hospital, onde ela tratou ferimentos no rosto e no pescoço. Ela está bem e os machucados não foram graves.

Depois do incidente, os organizadores suspenderam o festival por conta dos ventos intensos na cidade.

Fonte: R7

Continuar lendo MENINA FICOU COM O PESCOÇO PRESO EM CALDA DE PIPA E VOOU POR 30 SEGUNDOS, EM TAIWAN

GÊMEAS SEPARADAS NA MATERNIDADE SE REENCONTRAM APÓS ADOÇÃO PELA MESMA FAMÍLIA

Por TV Subaé

 

Conheça a história da família que adotou uma criança e depois a irmã, em Feira de Santana
Conheça a história da família que adotou uma criança e depois a irmã, em Feira de Santana

Duas irmãs gêmeas que foram separadas na maternidade foram unidas novamente em 13 de julho deste ano por uma família de Feira de Santana, que decidiu adotá-las: a assistente social Ana Cristina Almeida e o técnico de automação industrial Júlio Ramos.

Alice e Aline nasceram em Teixeira de Freitas, no sul da Bahia, mais de 700 km de Feira de Santana. Uma delas, Alice, nasceu com má formação da laringe e da traqueia e com apenas 27 dias de vida, foi encaminhada para o Hospital da Criança, em Feira. Com problema de saúde, Alice foi abandonada pela mãe, já Aline permaneceu com a família biológica.

Foi na unidade de saúde que ocorreu o encontro da pequena com Ana Cristina, que é assistente social e na época trabalhava na unidade de saúde.

“Alice sempre foi uma criança muito apaixonante, muito querida por todos. Eu sempre falava dela para minha família. Na minha casa todo mundo já conhecia Alice, a gente já orava por ela antes de iniciar o processo de adoção. Quando ela chegou [em casa], sempre pareceu que ela era nossa”, destaca Ana Cristina.

O marido de Ana disse que ficou surpreso com a iniciativa da esposa em adotar Alice, mas como eles tinham planos de ter filhos, resolveram abraçar a ideia. Foi então que o casal que possui 10 anos de união, deu o primeiro passo: entrar com o processo de guarda da criança.

“Não era uma ideia presente, imediata de ter filhos, mas nós queríamos. Eu já conhecia Alice das histórias que ela [Ana Cristina] contava, do carinho que elas desenvolveram no hospital. Quando ela me contou que era sério, a gente buscou o apoio da família, conversamos, todo mundo foi a favor, conheceu a história de Alice e agente se sentiu seguro para seguir”, conta Júlio Ramos.

Ana Cristina disse que ela e o marido sabiam da existência da irmã gêmea da filha, mas não sabiam do paradeiro da criança.

“A gente já sabia que tinha Aline [uma das crianças], mas por ela ser saudável ela ficou com a família. Como eles [familiares] eram nômades a gente não sabia onde eles estavam. Quando concluímos a guarda provisória [de Alice] foi sinalizado, tanto pelo Conselho Tutelar quando pela Justiça, que se ela fosse encontrada e em situação em que precisasse ser institucionalizada, que a gente seria a primeira família a ser contatada porque o interesse da Justiça é manter as irmãs juntas”, conta Ana Cristina.

Após dois anos, a menina que estava com a família biológica também foi colocada para adoção. Em setembro de 2019, Ana Cristina descobriu que estava grávida de Pedro – hoje com três meses – e foi nesse mesmo período que ela ficou sabendo, por meio do Conselho Tutelar, que Aline, irmã de Alice, tinha sido encontrada e estava em um abrigo em Teixeira de Freitas, no sul da Bahia.

Diante do caso, a família de Feira de Santana que já estava com uma das irmãs decidiu juntar as gêmeas na mesma família novamente.

“Foi bonito ver que mesmo esses dois anos de separação não quebrou esse laço que existia entre elas duas, de família, de sangue. Foi lindo, inexplicável. Nada que eu disser vai descrever o momento [do encontro]”, relembra Ana Cristina sobre o reencontro das irmãs.

O casal conta que a ajuda da família e de amigos para cuidar das três crianças tem sido fundamental. Ana e Júlio revelam que a tarefa não é fácil, mas que muito é possível quando há amor.

“A gente, as vezes, acha que está fazendo um benefício para elas, quando na verdade o benefício é nosso. A gente se sente muito feliz de poder participar do processo. No começo, tivemos preocupação com relação a poder proporcionar a qualidade que elas precisam, todo pai quer dar melhor escola, melhor residência, o melhor ambiente familiar, mas a gente percebe, depois de um tempo, que as crianças precisam de presença, atenção. O que percebo hoje, que me faz feliz como pai, é sentir a segurança delas olhando para mim. Isso é fenomenal”, conclui Júlio

Fonte: G1

Continuar lendo GÊMEAS SEPARADAS NA MATERNIDADE SE REENCONTRAM APÓS ADOÇÃO PELA MESMA FAMÍLIA

Fim do conteúdo

Não há mais páginas para carregar