ANÁLISE POLÍTICA: CONTRA BOLSONARO, PONDÉ DECLARA VOTO “CONSERVADOR” EM LULA, POR CAIO COPPOLLA

Não poderia deixar passar o brilhante comentário político do jovem, competente e preciso Caio Coppolla, sobre o que escreveu o filósofo Luiz Felipe Pondé, quanto a sua escolha para presidente da república em 2022, caso a disputa no 2º turno se dê entre Bolsonaro e Lula. Que ele, Pondé, afirma, votaria em Lula. Sensacional a análise desse brilhante comentarista político, que coloca todas as coisas nos seus devidos lugares. Assista, veja o resumo a seguir, reflita e tire suas conclusões!

Em artigo na Folha de S. Paulo, PONDÉ DECLAROU VOTO EM LULA no 2º turno contra Bolsonaro. Ele argumenta que o governo petista foi melhor que o atual. Até aí, é só uma opinião (fácil de refutar). Mas o filósofo “filosofou” e foi além: “a SENSIBILIDADE CONSERVADORA indica que o Lula seria a opção menos ruim. Muitos subirão pelas paredes. SE ISSO ACONTECER COM VOCÊ É PORQUE VOCÊ É SIMPLESMENTE IGNORANTE acerca do assunto”. Ensinando que “a vida não é para iniciantes”, o professor arremata: “A nossa história recente aponta para LULA COMO O CANDIDATO CONSERVADOR EM 2022”. 👉🏼 Com a devida vênia, DISCORDO TOTALMENTE. E aproveito o ensejo da divergência pra CONVIDAR @lf_ponde PRA UM DEBATE sobre o tema: “Lula ou Bolsonaro: o Conservadorismo no 2º turno”. Se você quiser que esse encontro de ideias aconteça, COMPARTILHE ESSE VÍDEO usando a hashtag #PondeXCoppolla 👉🏼 A eleição de 2022 está muito distante, mas embarcando na reflexão provocada pelo prof. Pondé, EU GOSTARIA DE SABER A SUA OPINIÃO: se o 2º turno fosse hoje, você votaria Lula, Bolsonaro ou nulo? 👀 Escreva sua escolha nos COMENTÁRIOS e aproveite pra MARCAR UMA PESSOA QUERIDA (de preferência uma “em cima do muro” 🤷🏻‍♂‍) pra ela assistir ao vídeo e dar a sua opinião também!

Fonte:

Continuar lendo ANÁLISE POLÍTICA: CONTRA BOLSONARO, PONDÉ DECLARA VOTO “CONSERVADOR” EM LULA, POR CAIO COPPOLLA

ANALISTAS RECEIAM QUE ALTA DOS JUROS PODERÁ NÃO TER EFICÁCIA PARA CONTROLAR A INFLAÇÃO

Por Bianca Lima e Luiz Guilherme Gerbelli, GloboNews e G1

 


A alta dos juros pode ser insuficiente para controlar a inflação no Brasil. Sem corrigir os rumos das contas públicas, alguns analistas alertam que o país pode ver a política monetária perder eficácia. Ou até caminhar para um cenário pior: entrar num quadro de dominância fiscal.

A forma tradicional de o Banco Central controlar a inflação é pelo aumento da taxa básica de juros. Na prática, a alta da Selic encarece o custo do crédito para famílias e empresas, o que contribui para ‘esfriar’ a atividade econômica e, consequentemente, a inflação tende a perder força – menos investimentos e menos consumo desincentivam a alta de preços.

Mas o que é a dominância fiscal?

Em um cenário de dominância fiscal, a desordem das contas públicas faz com que a alta dos juros não tenha o efeito esperado – ou seja, a crise fiscal passa a dominar a política econômica do país.

Nesse ciclo perverso, o aumento da Selic não tem o efeito esperado sobre o controle da inflação. Em vez disso, ele eleva o endividamento do país e afugenta os investidores, diante do medo de insolvência – o que provoca a desvalorização do real e, consequentemente, contribui para o aumento dos preços, num efeito oposto ao desejado.

Por ora, os economistas dizem que o Brasil não vive um quadro de dominância fiscal, mas o debate sobre a possibilidade desse cenário se concretizar ganhou força depois da aprovação do Orçamento pelo Congresso NacionalO texto foi classificado pelos economistas como uma peça de ficção.

“Eu não diria que o país está na antessala da dominância fiscal, mas o risco de caminhar nessa direção é muito grande”, afirma José Júlio Senna, chefe do Centro de Estudos Monetário do Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas.

 

“Na verdade, o país já está caminhando (para a dominância fiscal) e o que precisa acontecer é um desvio de rota”, acrescenta o economista, que também foi diretor do Banco Central.

VÍDEO: 4 pontos para entender o impasse no Orçamento 2021

A principal questão envolvendo o texto do Orçamento, que ainda precisa ser sancionado pelo presidente Jair Bolsonaro, é que ele subestimou os gastos obrigatórios. Ou seja, da forma como a peça foi aprovada pelo Congresso, faltam recursos para pagar as despesas básicas do governo.

Na terça-feira (6), o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, reconheceu que a aprovação do Orçamento criou uma incerteza no mercado financeiro.

“Eu não acho que esse seja o caso do Brasil neste momento (estar na dominância fiscal). O país teve sim um piora substancial do tamanho da dívida e também da sua estrutura. Hoje, a dívida é mais curta e mais dependente da taxa Selic”, afirma Solange Srour, economista-chefe do banco Credit Suisse.

“Mas a gente não vê nenhuma fuga de capitais ou as expectativas (de inflação) desancorando. Um país em dominância fiscal já esgotou os caminhos para colocar as contas públicas em ordem. O Brasil está longe de ter esgotado”, diz a economista.

O ciclo da dominância fiscal — Foto: Elcio Horiuchi/Arte G1

         O ciclo da dominância fiscal — Foto: Elcio Horiuchi/Arte G1

O ciclo da dominância fiscal

  • Alta dos juros para conter a inflação

Os analistas de mercado consultados pelo relatório Focus, do Banco Central, avaliam que a Selic deve encerrar 2021 em 5% ao ano, e subir para 6% em 2022, na tentativa de controlar a alta do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).

No mês passado, pressionado pela inflação, o Comitê de Política Monetária já deu início ao ciclo de alta de juros ao subir a Selic em 0,75 ponto percentual, para 2,75% ao ano.

Nos 12 meses até março, o IPCA chegou a 6,1% e superou o teto da meta estipulada pelo governo, que é de 5,25%.

IPCA de março é o maior para o mês desde 2015

IPCA de março é o maior para o mês desde 2015

Para o fim de 2021, as projeções contidas no Focus mostram a inflação em 4,86%. Um mês atrás, estavam em 4,10%

Há analistas, no entanto, que não descartam o risco de a inflação romper o teto em 2021. Na previsão do Credit Suisse, o IPCA deve terminar o ano em 5,1%, com “uma possibilidade de bater acima de 5,25%”, afirma Solange.

Com esse risco, o banco projeta que a Selic vai encerrar o ano em 6,5%.

  • Endividamento elevado

Ao aumentar a taxa básica de juros, o custo da dívida sobe. O Brasil já tem endividamento elevado para uma economia emergente, bastante indexado à Selic e com prazo de vencimento relativamente curto.

No ano passado, com todas as medidas adotadas para minimizar os impactos da pandemia, a relação entre dívida e Produto Interno Bruto (PIB) subiu para 89,3%, um recorde.

Segundo o Credit Suisse, cada aumento de 1 ponto percentual da Selic representa uma alta de 0,4% do PIB no custo da dívida pública em 12 meses, o que é equivalente a R$ 32 bilhões.

“Quando o país tem uma dívida alta, muito curta, com um prazo de maturidade pequeno e muito dependente da taxa Selic, ao subir os juros, o BC aumenta o custo do serviço da dívida”, explica Solange.

  • Aumento de incerteza e o impacto do câmbio

 

O nível do endividamento de um país é um dos principais indicadores analisados pelos investidores e pelas agências de classificação de risco – o Brasil perdeu o grau de investimento em 2015.

Com uma dívida maior, também cresce a incerteza dos investidores com o país, o que afugenta investidores e provoca uma desvalorização do real em relação ao dólar.

Nos últimos 12 meses, o dólar acumula alta de 11,43% em relação ao real.

  • Mais pressão na inflação

A desvalorização do real provoca um efeito inflacionário em diversos setores da economia, por meio do repasse cambial.

Hoje, além da alta do dólar, a economia brasileira sofre com o impacto do aumento dos preços das commodities e de bens industriais e intermediários das cadeias de produção.

A turbulência econômica causada pela pandemia de coronavírus provocou um descompasso nas cadeias globais. A crise sanitária paralisou ou reduziu a produção em muitos setores de vários países. E essa interrupção provocou uma escassez de produtos.

 

Indústria brasileira enfrenta falta de matéria-prima

Indústria brasileira enfrenta falta de matéria-prima

Ao mesmo tempo, houve o que os economistas chamam de desvio de demanda. As famílias deixaram de adquirir serviços – o setor mais prejudicado pelas medidas de distanciamento social – e passaram a comprar mais bens físicos.

“Esse desvio de demanda está sendo forte nos Estados Unidos, está sendo forte no Brasil e ajuda a pressionar os gargalos produtivos, colocando pressão sobre os preços”, afirma José Júlio Senna.

“No caso das commodities agrícolas, há complicações de natureza climática. É o que está fazendo o preço em dólar subir. E, com a taxa de câmbio do Brasil, esse movimento tem batido nos preços”, diz.

Como evitar o caminho da dominância

Para os economistas, evitar que o Brasil caminhe para um quadro de dominância fiscal passa pelo ajuste das contas públicas.

Com uma política fiscal mais acertada, as expectativas de inflação ficam mais comportadas e, portanto, a alta dos juros passa a ter uma eficácia maior.

“Se a trajetória (fiscal) continuar ruim, a cada movimento de alta de juros a gente vai ter um pouco mais de estresse no mercado”, afirma o economista do Ibre.

 

Na lista de medidas apontadas pelos economistas para melhorar a área fiscal, está a realização da reforma administrativa. A equipe econômica chegou a enviar um projeto em setembro do ano passado, mas ele está parado no Congresso.

Governo envia ao Congresso reforma administrativa com regras novas para futuros servidores

Governo envia ao Congresso reforma administrativa com regras novas para futuros servidores

“Não é que o Brasil precisa fazer um ajuste fiscal contracionista forte neste ano, no meio de uma pandemia”, afirma Solange. “Mas a gente não pode expandir gastos sem ter uma contrapartida de médio prazo, porque, infelizmente, o país já começou a pandemia com uma dívida alta.”

Fonte: G1

Continuar lendo ANALISTAS RECEIAM QUE ALTA DOS JUROS PODERÁ NÃO TER EFICÁCIA PARA CONTROLAR A INFLAÇÃO

PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 09 DE ABRIL DE 2021 POR G1

Por G1

 

Ministro Luís Roberto Barroso, do STF, determina que Senado instale CPI da Pandemia. Presidente da Casa, Rodrigo Pachecodiz que considera ‘equivocada’ ordem, mas que abrirá CPI. Pela 2ª vez na semana, Brasil registra mais de 4 mil mortes diárias por Covid. Supremo permite que estados e municípios proíbam missas e cultos presenciais na crise sanitária. A morte do coreógrafo e bailarino Ismael Ivo. Na cidade do Rio, bares e restaurantes estão liberados para funcionar nesta sexta. Dr. Jairinho e a mãe de Henry ficarão 14 dias em quarentena na cadeia. Auxílio emergencial 2021: Caixa paga 1ª parcela a nascidos em fevereiro. O governo leiloa terminais portuários no Maranhão e Rio Grande do Sul. E fique ligado: o prazo para se inscrever no Sisu se encerra nesta sexta.

CPI da Pandemia

Barroso determina instalação da CPI da Covid no Senado
Barroso determina instalação da CPI da Covid no Senado

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), afirmou que vai instalar a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia, como determinou o ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF). No entanto, Pacheco avaliou que a decisão foi “equivocada” e que a comissão poderá ser usada como “palanque político” para as eleições de 2022.

“A CPI poderá ser um papel de antecipação de discussão político-eleitoral de 2022, de palanque político, que é absolutamente inapropriado para este momento da nação”, declarou Pacheco em entrevista coletiva.

Em um ofício enviado ao STF, a advocacia do Senado chegou a afirmar que a eventual criação da comissão não contribuiria para o “imediato combate” à Covid.

Questionado sobre quem presidirá a CPI e quem ficará com a relatoria, Pacheco disse que isso ainda será analisado.

Entenda o caso: o pedido de criação da CPI foi protocolado em 15 de janeiro por senadores que querem apurar as ações e omissões do governo Jair Bolsonaro na crise sanitária.

Reação do governo: após a decisão de Barroso, o ministro das Comunicações, Fábio Faria, afirmou em uma rede social que a CPI “em nada contribuirá para vencer a pandemia”. Em seguida, o líder do governo no Senado, Fernando Bezerra (MDB-PE), disse também em rede social que a instalação da CPI é “inoportuna à medida que compromete os esforços para garantir atendimento aos casos graves e acelerar a vacinação”.

Escalada da Covid

Brasil registra 4.190 mortes por Covid em 24 horas
Brasil registra 4.190 mortes por Covid em 24 horas

Com 4.190 mortes por Covid em 24 horas, o Brasil teve o segundo pior dia na pandemia. O país contabilizou 13.286.324 casos e 345.287 vítimas da doença, segundo balanço do consórcio de veículos de imprensa.

A nova marca de óbitos impressiona mais que o recorde de terça-feira (6), quando foram registradas 4.211 mortes. Isso porque é habitual que, justamente às terças, os números fiquem acima da média, em decorrência do represamento de dados do fim de semana – o que ficou ainda mais evidente em razão do feriado da Páscoa. Onze estados e o Distrito Federal estão com alta nas mortes; veja os dados detalhados.

Medidas restritivas

Movimentação na praia de Ipanema na manhã de 2 de abril — Foto: Adriano Ishibashi/Framephoto/Estadão ConteúdoMovimentação na praia de Ipanema na manhã de 2 de abril — Foto: Adriano Ishibashi/Framephoto/Estadão Conteúdo

A Prefeitura do Rio de Janeiro flexibiliza nesta sexta-feira as medidas restritivas para conter o avanço da Covid-19. Portanto, ficam liberados para o funcionamento:

  • Bares
  • Lanchonetes
  • Restaurantes
  • Quiosques da orla
  • Clubes

No entanto, o expediente deve acontecer até as 21h e, após esse horário, o estabelecimento deve funcionar no serviço de delivery. Apesar da autorização para o funcionamento desses estabelecimentos, outras medidas do período chamado de “pausa emergencial” permanecem. Ou seja, praias, parques, cachoeiras e outros continuarão proibidos. Confira a relação completa.

Celebrações religiosas

STF decide que estados e municípios podem proibir cultos e missas presenciais para combater a pandemia
STF decide que estados e municípios podem proibir cultos e missas presenciais para combater a pandemia

Por 9 votos a 2, o Supremo Tribunal Federal decidiu que estados e municípios podem impor restrições a cultos e missas presenciais durante a pandemia — somente os ministros Nunes Marques e Dias Toffoli divergiram. O julgamento foi marcado após decisões conflitantes sobre o mesmo tema dos ministros Nunes Marques e Gilmar Mendes. No sábado, Nunes Marques proibiu que celebrações em templos e igrejas fossem vetadas. Já na segunda, Gilmar Mendes negou uma ação que pedia a derrubada do decreto estadual que proibiu atos religiosos presenciais em São Paulo.

Vacinação

Vacinas — Foto: ReproduçãoVacinas — Foto: Reprodução

Senado aprovou, por 75 votos a zero, em dois turnos, uma proposta de Emenda à Constituição (PEC) que concede isenção tributária, por três anos, a vacinas contra a Covid. A regra também deve ser estendida aos insumos de produção das doses. Agora, a proposta será enviada para análise da Câmara.

Dança em luto

Ismael Ivo — Foto: Reprodução / Facebook / Ismael IvoIsmael Ivo — Foto: Reprodução / Facebook / Ismael Ivo

bailarino e coreógrafo Ismael Ivo morreu na noite desta quinta-feira, aos 66 anos, por complicações da Covid-19. Ele estava internado no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo. Ismael se notabilizou após atuar por mais de três décadas na Europa. Em 2017, assumiu a direção do Balé da Cidade de São Paulo. Veja a repercussão.

Caso Henry Borel

Mensagens extraídas do celular da mãe de Henry revelam rotina de violência contra o menino
Mensagens extraídas do celular da mãe de Henry revelam rotina de violência contra o menino

O vereador Dr. Jairinho e Monique Medeiros, mãe do menino Henry Borel, foram levados para cadeias nesta quinta. Eles vão ficar isolados por 14 dias antes de passarem a celas com outros internos. Conforme explicação da Secretaria de Administração Penitenciária, o procedimento é de praxe para todos os presos e tem como objetivo evitar a disseminação da Covid dentro dos presídios.

casal foi preso pela suspeita de homicídio duplamente qualificado – com emprego de tortura e sem chance de defesa para a vítima –, por tentar atrapalhar as investigações do caso e ameaçar testemunhas para combinar versões. O delegado Henrique Damasceno afirmou ter certeza de que o vereador foi o autor das agressões que mataram o menino de 4 anos, e de que a mãe foi conivente.

‘Não resta a menor dúvida, em relação aos elementos que nós temos, sobre a autoria do crime, dos dois’, disse o delegado.

Por mensagens, a babá de Henry descreve em tempo real a suposta sessão de tortura praticada pelo padrasto (leia íntegra). A conversa — recuperada pela polícia — mostra que o vereador se trancou no quarto com a criança e aumentou o som da TV.

O Assunto

Neste episódio, o caso Henry Borel: uma história sobre monstruosidade, o papel da mãe e pessoas e instituições que se calaram diante dos seguidos episódios de violência que precederam a morte do menino. Ouça:

Auxílio emergencial

Auxílio emergencial 2021 começa a ser pago, e agências da Caixa em Fortaleza têm longas filas — Foto: Fabiene de Paula/SVMAuxílio emergencial 2021 começa a ser pago, e agências da Caixa em Fortaleza têm longas filas — Foto: Fabiene de Paula/SVM

Caixa Econômica Federal paga hoje a primeira parcela do auxílio emergencial 2021 aos beneficiários nascidos em fevereiro e que não fazem parte do Bolsa Família. Para os trabalhadores que fazem parte do Bolsa Família, os pagamentos começam em 16 de abril.

A ajuda paga nesta sexta será creditada em conta poupança social digital da Caixa, que poderá ser usada inicialmente para pagamento de contas e compras por meio do cartão virtual. Saques e transferências para quem receber o crédito nesta sexta serão liberados no dia 6 de maio.

‘Infra Week

Porto de Itaqui (MA) — Foto: Divulgação/Antaq/Porto de ItaquiPorto de Itaqui (MA) — Foto: Divulgação/Antaq/Porto de Itaqui

O governo federal encerra hoje a chamada “Infra Week” com o leilão de 5 terminais portuários. Serão oferecidas à iniciativa privada 4 áreas no Porto de Itaqui (MA) e 1 no Porto de Pelotas (RS). A disputa será realizada na sede da B3, em São Paulo, a partir das 15h.

A expectativa do governo é garantir mais de R$ 600 milhões em investimentos com o arrendamento das 5 áreas. Este é o terceiro leilão de infraestrutura da semana:

Com mais o leilão desta sexta, o governo busca viabilizar mais de R$ 10 bilhões em investimentos privados.

Sisu

O prazo para as inscrições em universidades e instituições de ensino públicas no Sistema de Seleção Unificada (Sisu) de 2021 se encerra nesta sexta. O resultado será divulgado em 13 de abril. Segundo o Ministério da Educação, ao todo serão ofertadas 209.190 mil vagas, distribuídas em 5.685 mil cursos de graduação. O Sisu seleciona candidatos a vagas em universidades públicas por meio da nota na mais recente edição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Não há cobrança de taxa.

Novo apagão

Imagens aéreas de Macapá no 'escuro' após novo apagão no Amapá
Imagens aéreas de Macapá no ‘escuro’ após novo apagão no Amapá

Cidades do Amapá voltaram a registrar um apagão total. Por volta de 19h40 desta quinta, o serviço começou a ser restabelecido, com retorno gradual em alguns bairros de Macapá. Em nota, o Operador Nacional do Sistema confirmou interrupção de carga no sistema elétrico que atende o estado.

Ex-jogador da NFL

Viatura do xerife do condado de York, na Carolina do Sul (EUA), em frente a casa do ex-jogador da NFL, Phillip Adams, em foto de 8 de abril de 2021 — Foto: Sam Wolfe/ReutersViatura do xerife do condado de York, na Carolina do Sul (EUA), em frente a casa do ex-jogador da NFL, Phillip Adams, em foto de 8 de abril de 2021 — Foto: Sam Wolfe/Reuters

Phillip Adams, ex-jogador de futebol americano da NFL, matou cinco pessoas a tiros antes de tirar a própria vida nos Estados Unidos. Investigadores dizem ainda não saber qual foi a motivação do crime. Segundo a polícia de Rock Hill, na Carolina do Sul, Adams teria ido até a casa do médico Robert Lesslie e atirou contra o profissional da saúde e mais quatro pessoas. O esportista de 32 anos foi encontrado morto horas depois na casa em que estava morando com os pais, próxima ao local do crime.

O lado B de Chorão

Chorão em imagem do documentário 'Marginal alado' — Foto: DivulgaçãoChorão em imagem do documentário ‘Marginal alado’ — Foto: Divulgação

Uma das melhores histórias do rock brasileiro é como Chorão saiu de uma pista de skate de Santos para virar o último grande ídolo do gênero no Brasil. A ascensão do cantor com uma linguagem direta e composições marcantes é bem contada no novo documentário “Chorão: marginal alado”.

Mas há outra história igualmente fascinante e importante para o rock brasileiro: como Chorão entrou em conflitos que acabaram implodindo o próprio sucesso e colocou a banda com pista livre para o estrelato num caos do qual nem ele deu conta. O novo documentário faz retrato íntimo do talento, mas deixa no ar relatos dos seus conflitos. O G1 conversou com outras pessoas e buscou registros na Justiça para entender disputas.

Mega-Sena

 Aposta única da Mega-Sena custa R$ 4,50 — Foto: Marcelo Brandt/G1Aposta única da Mega-Sena custa R$ 4,50 — Foto: Marcelo Brandt/G1

Ninguém acertou as seis dezenas do concurso 2.360 da Mega-Sena. Veja as dezenas sorteadas: 10 – 15 – 21 – 24 – 29 – 45. A quina teve 36 apostas ganhadoras; cada uma receberá R$ 58.470,79. A quadra teve 3.646 apostas vencedoras; cada uma levará R$ 824,75. O próximo concurso (2.361) será no sábado (10). O prêmio é estimado em R$ 27 milhões.

Previsão do tempo

Veja como fica o tempo nesta sexta-feira (9)
Veja como fica o tempo nesta sexta-feira (9)
Continuar lendo PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 09 DE ABRIL DE 2021 POR G1

O MINISTRO DO STF ROBERTO BARROSO DETERMINOU AO SENADO A ABERTURA DA CPI DA COVID-19

STF obriga Senado a abrir CPI da Covid

Rodrigo Pacheco disse que vai acatar a decisão do Supremo Tribunal Federal

Caio Junqueira
Daniela Lima

Por Caio Junqueira e Daniela Lima, CNN  

Atualizado 08 de abril de 2021 às 20:47

CPI da Covid: Barroso manda Senado apurar conduta de Bolsonaro O ministro do Supremo Tribunal Federal Luis Roberto Barroso determinou que o Senado Federal abra a CPI da Covid-19 com o objetivo de investigar a responsabilidade do governo federal na pandemia.

Barroso concedeu liminar em mandado de segurança apresentado no mês passado pelos senadores Alessandro Vieira (Cidadania – SE) e Jorge Kajuru (Cidadania – GO) e liberou o tema para julgamento colegiado imediatamente no plenário virtual do STF.

Ele acatou o pedido dos senadores da oposição para obrigar o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), a instalar a comissão.

No início da noite, Pacheco disse que vai acatar a decisão.

Segundo Luís Roberto Barroso, não se pode negar o direito à instalação da comissão sob pena de se ferir o direito da minoria parlamentar. “Trata-se de garantia que decorre da cláusula do Estado Democrático de Direito e que viabiliza às minorias parlamentares o exercício da oposição democrática. Tanto é assim que o quórum é de um terço dos membros da casa legislativa, e não de maioria. Por esse motivo, a sua efetividade não pode estar condicionada à vontade parlamentar predominante”, diz o ministro na decisão.

O ministro justificou a concessão da liminar com urgência em razão do agravamento da crise sanitária no país que está “em seu pior momento, batendo lamentáveis recordes de mortes diárias e de casos de infecção”. O Brasil teve, nesta quinta-feira (8), recorde de mortes pela doença.

O presidente do Senado afirmou que aguarda “que seja notificada oficialmente a presidência do Senado para se manifestar sobre esse tema”.

Ao conceder a liminar, Barroso afirma que a decisão monocrática ocorreu porque, nesta quinta-feira, o plenário analisou a abertura de cultos e missas durante a pandemia.

“Coerente com a minha visão de institucionalidade da Corte, tinha a intenção de submetê-la em mesa ao Plenário, na data de hoje. Infelizmente, a relevância e a extensão do julgamento relativo ao decreto restritivo de cultos religiosos durante a pandemia impediram que o fizesse. Observo, porém, que se trata, como demonstrado adiante, de mera reiteração de jurisprudência antiga e pacífica do Tribunal.”

A decisão de Barroso vai ser levada para o plenário virtual da corte no dia 16 de abril.

Pacheco defendeu que CPI não fosse instalada

A decisão ocorre após Pacheco defender oficialmente à corte que a CPI não fosse instalada. Em uma manifestação de 11 páginas assinada por seu advogado do senador, Pacheco diz ao STF que não é o momento para uma CPI.

“O que discute, de forma serena e republicana – porque é inerente à elevada responsabilidade que o Plenário do Senado lhe cometeu, ao elegê-lo Presidente da Casa – é o momento adequado para instalar investigação parlamentar que eventualmente preencha os requisitos constitucionais nas atuais circunstâncias”, diz o advogado de Pacheco.

Segundo ele, uma comissão parlamentar de inquérito pode ser pior para o combate à pandemia. “O funcionamento de uma CPI que eventualmente preencha os requisitos constitucionais, neste momento, poderá ter o efeito inverso ao desejado, como o de eventualmente gerar desconfiança da população em face das autoridades públicas em todos os níveis, promover reações sociais inesperadas, além de eventualmente ocasionar o já conhecido fenômeno do “apagão das canetas” (nefasta reação de inércia e omissão de administradores públicos diante do receio de punição por eventual excesso dos órgãos de controle)”

Pacheco também declara que “os resultados da CPI pretendida não terão a aptidão de contribuir com o imediato combate à pandemia da Covi-19, objetivo que deve unir os parlamentares em ações e recursos para construir soluções eficazes e urgentes que salvem vidas e que tragam vacinas para o Brasil”.

O pedido de CPI foi assinado em fevereiro por 32 senadores, 5 a mais que o necessário. O Palácio do Planalto, porém, sempre se posicionou contrário desde o início à CPI e conseguiu o apoio de Pacheco para barrar a a instalação da investigação.

Fonte: CNN

Continuar lendo O MINISTRO DO STF ROBERTO BARROSO DETERMINOU AO SENADO A ABERTURA DA CPI DA COVID-19

POLÍTICA: WITZEL É A PURA HIPOCRISIA DA CORRUPÇÃO DISFARÇADA DE LÁGRIMAS TENTANDO O GOLPE DO CONVENCIMENTO

Em depoimento ao Tribunal que decidirá o seu futuro, Witzel chora

Wilson Witzel (Reprodução)Wilson Witzel (Reprodução)

O governador afastado do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, se emocionou e chorou durante o interrogatório ocorrido nesta quarta-feira (7) no Tribunal Especial Misto, que reúne desembargadores e deputados estaduais, para julgar o processo de impeachment. Antes do interrogatório, que durou pouco mais de cinco horas, Witzel anunciou que estava dispensando seu advogado e pediu um prazo de 20 dias para constituir um novo advogado, mas o pedido de adiamento foi negado.

Antes de Witzel, foi interrogado o ex-secretário de Saúde Edmar Santos, que é réu colaborador e pediu para não ter sua imagem ou depoimento divulgado, amparado por uma decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ), pedindo para ser coberto por um pano, o que foi aceito pelo tribunal. Quando foi retomado o julgamento, Witzel pediu para ler um texto e chorou, ao iniciar sua defesa.

“São 35 anos de vida pública. Passei por várias instituições. Foram 18 anos como magistrado federal. Fui militar da Marinha de Guerra por cinco anos. Vida pública movida pelo sentimento de ideal. Eu não deixei a magistratura para ser ladrão. O que estão fazendo com a minha família é muito cruel”, desabafou Witzel.

Ao longo do interrogatório, Witzel negou insistentemente ter recebido qualquer tipo de vantagem indevida. Ele foi inquirido pelos desembargadores e deputados sobre o por quê ter readmitido a empresa de saúde Unir, que cuidava de unidades de Saúde e havia sido desclassificada.

“Tomei a decisão. Era uma hipótese em que havia situações nos autos que não haviam sido apreciadas apropriadamente. Não mandei que a Unir fosse recontratada. Jamais essa decisão foi tomada com qualquer vantagem indevida”, sustentou.

Witzel também frisou que, durante o seu governo, havia uma orientação expressa para que secretários não se envolvessem com empresários.

“Eu não admitia reunião de secretários com empresários. Se chegasse ao meu conhecimento, seriam exonerados”.

Processo

O andamento do processo de impeachment de Witzel foi aprovado em sessão da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) no dia 23 de setembro de 2020, em votação unânime de 69 votos a favor e nenhum contra. Em novembro do ano passado, o Tribunal Especial Misto acolheu, também por unanimidade, a denúncia para o prosseguimento do processo de impeachment do governador afastado. Na mesma sessão, foi decidido o corte de um terço do salário de Witzel e que deixasse de ocupar, junto com a família, a residência oficial do governo do estado, no Palácio Laranjeiras, na zona sul do Rio.

O Tribunal Especial Misto é composto pelos desembargadores Teresa Castro Neves, Maria da Glória Bandeira de Mello, Inês da Trindade, José Carlos Maldonado e Fernando Foch e pelos deputados estaduais Waldeck Carneiro (PT), relator do processo, Alexandre Freitas (Novo), Chico Machado (PSD), Dani Monteiro (PSOL) e Carlos Macedo (REP).

O tribunal é presidido pelo desembargador Henrique Carlos de Andrade Figueira, que também é presidente do Tribunal de Justiça (TJ). Com o fim da fase de interrogatórios, as partes têm 10 dias para apresentar suas alegações finais.

Fonte: Jornal da Cidade Online

Continuar lendo POLÍTICA: WITZEL É A PURA HIPOCRISIA DA CORRUPÇÃO DISFARÇADA DE LÁGRIMAS TENTANDO O GOLPE DO CONVENCIMENTO

PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 8 DE ABRIL DE 2021 POR G1

Por G1

 

Pela primeira vez na história, o Brasil pode registrar mais mortes que nascimentos em um mês. STF retoma julgamento sobre cultos e missas presenciais na pandemia. Relator do processo, o ministro Gilmar Mendes votou contra a liberação. Pandemia sem controle: Brasil ultrapassa 341 mil mortes por Covid, com 3.733 em 24 horas. UFMG descobre possível nova variante com 18 mutações em BHButantan interrompe produção da CoronaVac por falta de matéria-prima. Instituto disse que negocia insumos com a China e nega que atraso vá impactar entregas ao Ministério da Saúde. ‘O Assunto’ debate a compra de vacinas pela iniciativa privada. E o governo leiloa trecho de 537 km da Ferrovia de Integração Oeste-Leste nesta tarde.

Alerta

País pode registrar mais mortes do que nascimentos em um mês, dizem pesquisadores
País pode registrar mais mortes do que nascimentos em um mês, dizem pesquisadores

Pesquisadores que estudam a população brasileira dizem que abril pode ficar marcado por um fato inédito causado pela pandemia: pela primeira vez na história, o país pode registrar mais mortes que nascimentos em um mês. A previsão do IBGE era de que essas duas linhas se cruzassem apenas em 2047, mas, no meio desse caminho, apareceu a pandemia. Entenda o alerta no vídeo acima.

Julgamento no STF

Ministro Gilmar Mendes — Foto: Fellipe Sampaio/SCO/STFMinistro Gilmar Mendes — Foto: Fellipe Sampaio/SCO/STF

Supremo Tribunal Federal (STF) retoma hoje o julgamento sobre a liberação ou não da realização de cultos e missas presencialmente durante a pandemia. Nesta quarta, o ministro Gilmar Mendes votou contra a liberação de celebrações religiosas presenciais. Relator do processo, Mendes foi o primeiro ministro a votar e criticou a “política negacionista” contrária, segundo ele, à fraternidade. Gilmar Mendes afirmou também que o Supremo já assegurou autonomia aos estados e municípios para que tomem medidas de combate ao coronavírus, inclusive com restrições a atividades religiosas.

“Temos diante de nós a maior crise epidemiológica dos últimos 100 anos”, disse Mendes.

No começo da sessão, o ministro da Advocacia-Geral da União (AGU), André Mendonça, defendeu que os cultos devem ser autorizados e que “sem vida em comunidade não há cristianismo”.

“Não estamos tratando de um debate sobre vida e morte. Todo cristão sabe e conhece os riscos dessa doença e sabe que precisa tomar cuidados e cautelas diante dessa enfermidade. Não se trata de uma discussão política. Todos nesta discussão defendemos a vida”, disse.

Pandemia sem controle

Nova variante é detectada em BH e Região Metropolitana
Nova variante é detectada em BH e Região Metropolitana

Uma possível nova variante do coronavírus — com 18 mutações — foi detectada em Belo Horizonte (MG). Parte dessas modificações já foi identificada em outras cepas associadas com o aumento do risco de morte. Os estudos genéticos já realizados indicam que a variante tem características em comum com outras quatro:

  • a P.1, descoberta em Manaus;
  • a P.2, identificada no Rio;
  • a B.1.1.7, do Reino Unido;
  • e a sul-africana B.1.1.351.

“É importante dizer que ela tem características comuns com as variantes que já estavam circulando no Brasil, mas também tem novas características. É como se essas variantes estivessem evoluindo”, explica o virologista da UFMG Renato Santana.

E a pandemia segue avançando. Em 24 horas, o Brasil registrou 3.733 mortes por Covid. Após o recorde de óbitos desta terça, essa é a terceira pior marca da pandemia. No total, são 341.097 vítimas da doença e 13.197.031 casos registrados. Veja os dados detalhados.

O Assunto

Neste episódio, a compra de vacinas pela iniciativa privada. Renata Lo Prete conversa com a empresária Luiza Trajano e com o ex-ministro da Saúde José Gomes Temporão. Ouça:

Vacinação

'O Butantan está cumprindo o seu compromisso', diz diretor do instituto Dimas Covas
O Butantan está cumprindo o seu compromisso’, diz diretor do instituto Dimas Covas

Instituto Butantan suspendeu o envase de doses da CoronaVac após atraso na chegada de matéria-prima vinda da China. À GloboNews o diretor do instituto, Dimas Covas, negou anormalidade no processo de entrega da vacina e afirmou que houve um atraso no despacho de um lote de insumos na China. Segundo ele, o carregamento que estava previsto para esta quinta-feira (8) deve chegar na próxima semana.

Dimas Covas afirmou também que o cronograma de entregas de vacinas ao Ministério da Saúde está mantido. O instituto informou que negocia com o governo chinês para receber as novas remessas e que toda a matéria-prima da vacina recebida da China já foi envasada. Agora, aguardam mais insumos.

‘Holocausto Nunca Mais’

Torres do Congresso Nacional ganham protesto contra holocausto
Torres do Congresso Nacional ganham protesto contra holocausto

As torres do Congresso Nacional, em Brasília, foram iluminadas com a frase “Holocausto Nunca Mais”. A projeção, organizada pela Confederação Israelita do Brasil (Conib), é uma homenagem à memória dos judeus mortos pelos nazistas durante a 2ª Guerra Mundial (veja no vídeo acima).

Este foi o quarto ano consecutivo em que a Câmara dos Deputados e o Senado Federal atenderam ao pedido da Confederação Israelita do Brasil para marcar o “Yom Hashoá VehaGvurá”, Dia do Holocausto e do Heroísmo, lembrado em todo o mundo. De acordo com o calendário judaico, neste ano a data ocorre nos dias 25 e 26 de Nissan, correspondendo, no calendário gregoriano, ao início da noite de 7 de abril até o pôr do sol do dia 8.

Caso Henry

Agressão contra ex de Jairinho foi arquivada sem investigação
Agressão contra ex de Jairinho foi arquivada sem investigação

A ex-mulher do vereador Dr. Jairinho (Solidariedade), Ana Carolina Neto, vai prestar depoimento à polícia esta semana, como testemunha no caso da morte do menino Henry. Como mostrou o RJ2 nesta quarta (veja no vídeo acima), o inquérito sobre a agressão sofrida por Ana Carolina foi arquivado sem investigação.

De acordo com a reportagem, Ana Carolina registrou a ocorrência no dia 3 de janeiro de 2014. Na delegacia da Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio, ela disse que Dr. Jairinho sempre foi violento e a agrediu diversas vezes. Ainda segundo o relato, ele chegou a tentar enforcá-la e a chutou com força, além de ofendê-la.

Preço dos combustíveis

VÍDEO: Bolsonaro diz que aumento do gás é 'inadmissível'
VÍDEO: Bolsonaro diz que aumento do gás é ‘inadmissível’

Durante posse do novo diretor-geral brasileiro de Itaipu, o presidente Jair Bolsonaro criticou os reajustes dos combustíveis e disse ser “inadmissível” o aumento de 39% no gás natural anunciado pela Petrobras. Bolsonaro afirmou que não vai interferir, mas disse que pode mudar a “política de preços” da estatal com o apoio da Câmara dos Deputados.

“É inadmissível anunciar o reajuste de 39% do gás [natural]. Que acordos foram esses? Que contratos são esses? Foram feitos pensando no Brasil pelo período de 3 meses. Não vou interferir. A imprensa vai dizer o contrário. Mas podemos mudar essa política de preços lá’”, afirmou.

Infra Week

 O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, durante leilão de aeroportos realizado na quarta-feira (7) na B3. — Foto: Ricardo Botelho/Divulgação/Ministério da InfraestruturaO ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, durante leilão de aeroportos realizado na quarta-feira (7) na B3. — Foto: Ricardo Botelho/Divulgação/Ministério da Infraestrutura

O governo federal levará a leilão a concessão da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol 1), no trecho que vai de Ilhéus a Caetité, na Bahia. A disputa será realizada na sede da B3, em São Paulo, a partir das 14h. O prazo de concessão é de 35 anos, e o vencedor ficará responsável pela finalização do empreendimento e pela operação do trecho inicial da ferrovia. O governo estima R$ 3,3 bilhões de investimentos ao longo do período de concessão. Desse total, R$ 1,6 bilhão será utilizado para a conclusão das obras, que estão com 80% de execução.

O leilão é o segundo da chamada “Infra Week”. Na quarta-feira (7), o governo arrecadou R$ 3,3 bilhões com a concessão de 22 aeroportos, garantindo uma receita R$ 3,1 bilhões acima do valor mínimo fixado (R$ 186,2 milhões).

Leilão da Cedae

Imagem aérea da Estação Alegria, da Cedae — Foto: Mário Moscatelli/Arquivo pessoalImagem aérea da Estação Alegria, da Cedae — Foto: Mário Moscatelli/Arquivo pessoal

A Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) vota, hoje, um projeto de decreto legislativo para adiar o leilão da Companhia Estadual de Águas e Esgotos (Cedae), previsto para 30 de abril. A privatização da Cedae foi colocada como uma das condições para que o estado aderisse ao Regime de Recuperação Fiscal (RRF), assinado em 2017. O acordo previu medidas para o governo do RJ economizar bilhões e suspendeu o pagamento da dívida do estado com a União.

Esforços de mãe e filha

Roberta e Marlene ao saberem que a jovem ganhou uma bolsa de estudos para um mestrado, em Santos — Foto: Divulgação/UnimesRoberta e Marlene ao saberem que a jovem ganhou uma bolsa de estudos para um mestrado, em Santos — Foto: Divulgação/Unimes

A história de vida de Roberta Mascena ficou conhecida nacionalmente após a jovem vestir o uniforme de faxineira da mãe, Marlene Cordeiro de Oliveira, para homenageá-la durante a sessão de fotos da sua formatura. O gesto impactou milhares de pessoas, que conheceram um pouco da vida dura da família. Agora, Roberta ganhou uma bolsa de estudos para um mestrado, para que possa se tornar professora universitária no futuro, outro sonho que começou a virar realidade.

Hotéis em crise

Lobby do hotel Matsubara, na Zona Sul de SP, que fechou por conta da pandemia de Covid-19 — Foto: Divulgação/Matsubara São PauloLobby do hotel Matsubara, na Zona Sul de SP, que fechou por conta da pandemia de Covid-19 — Foto: Divulgação/Matsubara São Paulo

Com prejuízos acumulados por conta da pandemia de Covid-19, hotel com 160 quartos na Zona Sul de São Paulo fechou as portas no dia 1º de abril e se juntou a outros 27 hotéis que fecharam definitivamente na cidade no ano passado, segundo um levantamento da prefeitura. De acordo com o Relatório de Impactos da Pandemia de Covid-19 no Turismo, outros 12 hotéis fecharam temporariamente em 2020 na capital.

Retrato íntimo

Chorão em imagem do documentário 'Marginal alado' — Foto: DivulgaçãoChorão em imagem do documentário ‘Marginal alado’ — Foto: Divulgação

O documentário “Chorão: Marginal Alado” mostra os lados carismático e problemático do cantor de “Vícios e virtudes”. Com ótima pesquisa de imagens, o carisma do artista morto em 2013 salta e ainda faz manobras de skate na tela. O filme sobre o líder do Charlie Brown Jr. estreia nesta quinta nos cinemas e em streaming pago nas plataformas Now, Google Play, Apple TV, Vivo Play, Looke e Youtube. Leia a crítica completa.

G1 já viu

Anthony Hopkins e Olivia Colman vivem uma relação complicada no filme "Meu Pai" — Foto: DivulgaçãoAnthony Hopkins e Olivia Colman vivem uma relação complicada  filme “Meu Pai” — Foto: noDivulgação

Indicado a seis prêmios no Oscar, o filme “Meu Pai” estreia nas plataformas digitais nesta quinta. No longa, Anne (Olivia Colman) vive uma relação complicada com o pai, Anthony (Anthony Hopkins). O engenheiro aposentado insiste em viver em seu apartamento em Londres, mas não tem condições de se cuidar sozinho.

O que torna “Meu pai” uma experiência impactante para o espectador é a maneira que o diretor francês Florian Zeller, com uma longa carreira no teatro e estreando no cinema, resolve contar a história. Leia a crítica completa.

Mega-Sena

 Aposta única da Mega-Sena custa R$ 4,50 e apostas podem ser feitas até às 19h — Foto: Marcelo Brandt/G1Aposta única da Mega-Sena custa R$ 4,50 e apostas podem ser feitas até às 19h — Foto: Marcelo Brandt/G1

O concurso 2.360 da Mega-Sena pode pagar um prêmio de R$ 22 milhões para quem acertar as seis dezenas. O sorteio ocorre às 20h desta quinta-feira no Espaço Loterias Caixa, no terminal Rodoviário Tietê, na cidade de São Paulo. A aposta mínima custa R$ 4,50.

Previsão do tempo

Veja como fica o tempo nesta quinta-feira (8)
Veja como fica o tempo nesta quinta-feira (8)
Continuar lendo PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 8 DE ABRIL DE 2021 POR G1

DIREITO- JUSTIÇA: O MINISTRO GILMAR MENDES NÃO PROFERE DECISÕES JUDICIAIS E SIM ESTRITAMENTE POLÍTICAS, AFIRMA DEPUTADO JUNIOR AMARAL

Gilmar Mendes é uma vergonha para o Judiciário brasileiro”, afirma deputado Junio Amaral (veja o vídeo)

Foto: Marcelo Camargo/Agência BrasilFoto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Em entrevista concedida ao programa “Os Pingos nos Is”, da Jovem Pan, na segunda-feira (5), o deputado federal Cabo Junio Amaral (PSL-MG) criticou a postura do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, de confrontar a decisão do recém-chegado à Corte, Kassio Nunes Marques, em liberar cultos e missas em todo o país, em caráter liminar, proferida no sábado (3).

“O ministro Gilmar Mendes não profere decisões judiciais. Profere decisões políticas, estritamente, políticas”, acusou o parlamentar.

Junio Amaral disse ainda que Mendes não tem disposição para promover a verdadeira Justiça.

“Ele (Gilmar Mendes) está empenhado apenas em tornar Lula elegível, em defender o advogado (Cristiano Zanin Martins) do maior criminoso da história deste país”, afirmou.

E continuou em suas constatações:

“O Gilmar Mendes é uma vergonha para o Judiciário brasileiro”, concluiu.

Apesar da Constituição garantir o direito ao culto religioso, em meio à polêmica criada por Mendes, o presidente do Supremo Tribunal Federal, Luiz Fux, definiu que o plenário julgará, nesta quarta-feira (7), uma posição definitiva a respeito da liberação ou não da realização de cultos ou outras práticas religiosas, presencialmente, durante a pandemia da Covid-19.

Confira o vídeo:

Continuar lendo DIREITO- JUSTIÇA: O MINISTRO GILMAR MENDES NÃO PROFERE DECISÕES JUDICIAIS E SIM ESTRITAMENTE POLÍTICAS, AFIRMA DEPUTADO JUNIOR AMARAL

PONTO DE VISTA: ESTAMOS NA IMINÊNCIA DE VIVER A FÁBULA DO SAPO E DO ESCORPIÃO COM LULA E CIRO GOMES

Caro(a) leitor(a),

O Brasil já é de longe o país das bizarrices e do surrealismo, já que os atores políticos perderam até o senso do ridículo, visto que, personagens como o jurássico Ciro Gomes continuam em cena vociferando barbaridades, antes, jamais imagináveis, como a que ele propõe nesse momento, visando única e exclusivamente materializar o seu projeto particular de poder acalentado há mais de 30 anos pelo seu ego. Propor ao meliante Lula, a quem já acusou publicamente e por diversas vezes de ser o maior ladrão do mundo e ter levado o Brasil a situação em que está, como repete em seu último discurso: “Imaginem vocês uma campanha em 2022, o Bolsonaro querendo se recuperar da impopularidade, a lembrar da esculhambação do Palocci, a esculhambação do Zé Dirceu, a esculhambação não sei de quem”. Mas mesmo explicitando toda a “esculhambação” do governo Lula, ele o quer ao seu lado, como vice-presidente numa chapa, onde vale tudo, até se unir a bandido condenado pelo poder e para o poder. Eu pergunto, meu caro leitor: Alguém em sã consciência é capaz de acreditar que há espaço para dois egos tão inflados num único pedestal? Alguém tem dúvidas que um governo tendo Ciro Gomes como Presidente e Lula como Vice, não duraria seis meses? Eu só consigo imaginar aquela fábula do sapo e do escorpião que pede carona no lombo do sapo para atravessar o rio e termina os dois se afogando. Então, precisamos enterrar definitivamente esses atores da velha política que jamais irão mudar o seu projeto de poder em prol de um Brasil melhor e mais desenvolvido. Parar de se iludir é a única e melhor coisa que os brasileiros podem e devem fazer nesse momento tão delicado!  

Para derrotar Bolsonaro, Ciro sugere que Lula concorra como vice em 2022

Publicado em 06.04.2021

Por  

 

Marcelo Camargo | Agência Brasil

 

O ex-ministro e ex-governador do Ceará, Ciro Gomes (PDT), sugeriu ao ex-presidente Lula (PT) que ele dispute as eleições de 2022 como vice-presidente, em prol de uma aliança contra Jair Bolsonaro, atual mandatário. A declaração foi proferida nesta última segunda-feira (5), durante debate sobre a proposta de reforma administrativa.

Para o político, o ex-presidiário deve se espelhar no exemplo de Cristina Kirchner, na Argentina, que topou ser vice na chapa de Alberto Fernández.

“A gente devia pedir generosidade a quem já teve oportunidade, como o Lula, que é um grande líder da história brasileira, mas a gente devia pedir a ele que se compenetrasse e que não imitasse o exemplo desastrado do Maduro na Venezuela ou o exemplo desastrado do Evo Morales na Bolívia. E que olhasse o que a Cristina Kirchner fez na Argentina, em que, tendo uma força grande, deu um passo pra trás e ajudou a Argentina a se reconciliar”, afirmou.

Para justificar a estratégia, Ciro mencionou a corrupção que marcou as gestões do PT. Segundo ele, os escândalos poderiam minar uma eventual campanha de Lula.

“Imaginem vocês uma campanha em 2022, o Bolsonaro querendo se recuperar da impopularidade, a lembrar da esculhambação do Palocci, a esculhambação do Zé Dirceu, a esculhambação não sei de quem. Eu não digo nem que seja verdade ou que seja mentira, eu estou dizendo é o que eu estou vendo pela minha experiência. […] É fazer de novo a campanha antipetista em cima dos exemplos”, declarou.

E acrescentou:

“Derrotar Bolsonaro é muito importante, não por ódio a ele, mas para derrotar o desastre que ele está produzindo, na saúde, na economia, na relação internacional, em que o Brasil está desmoralizado. […] Quem vai operar esse novo projeto nacional é a política, uma nova e ampla aliança, generosa aliança que vai permitir ao Brasil se reconciliar consigo mesmo.”

Fonte: Conexão Política

Continuar lendo PONTO DE VISTA: ESTAMOS NA IMINÊNCIA DE VIVER A FÁBULA DO SAPO E DO ESCORPIÃO COM LULA E CIRO GOMES

PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 07 DE ABRIL DE 2021 POR G1

Por G1

 

Mais um recorde trágico: pela 1ª vez, o Brasil ultrapassa 4 mil vítimas diárias por Covid. São mais de 170 brasileiros mortos por hora. Prefeitura de São Paulo terá operação para abrir 600 valas por diaChapecó se prepara para a visita do presidente, prevista para hoje. Elogiada por Bolsonaro, a cidade tem mortalidade acima da média. ‘O Assunto’ fala sobre os efeitos adversos do ‘kit Covid’. Plenário do STF julga posição definitiva a respeito da liberação ou não de celebrações religiosas presencialmente durante a pandemiaCâmara aprova projeto que libera compra de vacinas por empresas. Governo leiloa 22 aeroportos, divididos em 3 blocos. Rodolffo deixou o BBB21: foi eliminado. Lives de volta? Após período de baixa, busca por transmissões musicais volta a subir.

4.211 vidas perdidas

Pela primeira vez, Brasil ultrapassa 4 mil mortes por Covid em 24 horas
Pela primeira vez, Brasil ultrapassa 4 mil mortes por Covid em 24 horas

Pela 1ª vez na pandemia, o Brasil ultrapassou 4 mil vítimas diárias por Covid. São mais de 170 brasileiros mortos por hora, três vidas perdidas por minuto. A marca trágica só havia sido atingida pelos Estados Unidos. No total, o país registrou 337.364 óbitos pela doença e 13.106.058 casos. Treze estados e o Distrito Federal estão com alta nos óbitos; veja os dados.

Em meio aos números assustadores, a Prefeitura de São Paulo anunciou uma operação para abrir 600 valas individuais por dia nos 22 cemitérios municipais da capital a partir desta quarta-feira (7). A pressão no serviço funerário da capital, causada pelo aumento no número de mortes pela doença, também levou a prefeitura a avaliar a construção de um cemitério vertical em Itaquera, na Zona Leste da cidade, para 26 mil urnas.

Visita de Bolsonaro

Leitos de pacientes com Covid-19 no Centro de Eventos de Chapecó — Foto: Reprodução/MPFLeitos de pacientes com Covid-19 no Centro de Eventos de Chapecó — Foto: Reprodução/MPF

Chapecó, no Oeste catarinense, se prepara para a visita do presidente da República, prevista para hoje. Elogiada por Jair Bolsonaro pelo trabalho de combate ao coronavírus, a cidade, que soma 535 mortos pela doença, estava com 97% dos leitos em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) ocupados nesta terça-feira (6).

Na segunda-feira (5), Bolsonaro falou sobre a viagem para verificar e mostrar como estava o trabalho em Chapecó. Durante o discurso, ele defendeu o “tratamento precoce” contra o coronavírus, mesmo sem eficácia comprovada, e também a liberdade dos médicos para prescreverem remédios. O presidente atribuiu a melhora da situação na cidade aos esforços dos médicos e elogiou o prefeito.

“Aquele município [Chapecó], com toda a certeza e em mais e em alguns estados também, o médico tem a liberdade total para trabalhar com o paciente, total. E esse é o dever do médico, é uma obrigação e um direito dele. Não tem um remédio específico, ele trata da melhor maneira possível. Por isso, os índices foram lá para baixo”, disse.

O Assunto

Neste episódio, uma fábula chamada “tratamento precoce” contra a Covid. Na conversa, no que o Brasil gastou tempo, dinheiro e energia enquanto outros países compravam vacinas e o que já se sabe sobre os efeitos adversos do “kit” e qual é a chance de os responsáveis pagarem por isso. Ouça abaixo:

Supremo

Ministro Luiz Fux preside sessão plenária do STF em 17 de março — Foto: Nelson Jr./SCO/STFMinistro Luiz Fux preside sessão plenária do STF em 17 de março — Foto: Nelson Jr./SCO/STF

O Supremo Tribunal Federal (STF) julgará hoje uma posição definitiva a respeito da liberação ou não da realização de cultos e outras práticas religiosas presencialmente durante a pandemia. O tema será o primeiro item da pauta do plenário.

Nesta segunda, o ministro Gilmar Mendes rejeitou a concessão de uma liminar para suspender o decreto do governo de São Paulo que proíbe celebrações religiosas no estado. A decisão contraria o entendimento do ministro Nunes Marques, que determinou no sábado (3), em caráter liminar, que governadores e prefeitos não podem proibir a celebração de atos religiosos desde que preservados protocolos sanitários, entre eles, lotação máxima de 25% da capacidade do local.

Vacinação

Vacinação contra a Covid-19 — Foto: Getty Images via BBCVacinação contra a Covid-19 — Foto: Getty Images via BBC

Câmara dos Deputados aprovou o texto-base de um projeto que autoriza empresas privadas a comprarem vacinas contra a Covid para imunizar os funcionários. Na prática, a principal mudança do texto é retirar a exigência, atualmente prevista em lei, de que as empresas só possam começar a vacinação própria após a imunização dos grupos prioritários pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

O texto também permite a compra de imunizantes autorizados por agências estrangeiras reconhecidas pela Organização Mundial da Saúde (OMS), mesmo que não tenham registro ou autorização da Anvisa. Para a conclusão da votação, os deputados precisam analisar os destaques, isto é, sugestões de alteração no texto. Em seguida, a matéria vai ao Senado.

Troca de comando

Com o aval de Bolsonaro, novo ministro da Justiça muda o comando da Polícia Federal
Com o aval de Bolsonaro, novo ministro da Justiça muda o comando da Polícia Federal

O recém-empossado ministro da Justiça, Anderson Torres, anunciou a troca de comando da Polícia Federal e da Polícia Rodoviária Federal. O delegado Paulo Maiurino substituirá Rolando de Souza, que estava no cargo desde maio do ano passado, e será o terceiro diretor-geral da PF desde o início do governo Jair Bolsonaro. Já na PRF, Torres anunciou Silvinei Vasques como chefe da corporação.

Mais cedo, nesta terça, ao discursar na posse do novo ministro, o presidente Jair Bolsonaro disse, ao citar a PF e a PRF, que considera “naturais” eventuais mudanças. Bolsonaro participou das cerimônias de Torres e de outros cinco ministros anunciados na semana passada.

Rio de Janeiro

Foto de arquivo de 26 de março de 2020 do governador afastado do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), no Palácio Guanabara, sede do governo estadual. — Foto: Wilton Junior/Estadão ConteúdoFoto de arquivo de 26 de março de 2020 do governador afastado do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), no Palácio Guanabara, sede do governo estadual. — Foto: Wilton Junior/Estadão Conteúdo

O governador afastado do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), será interrogado pelo Tribunal Especial Misto, que julga o pedido de impeachment contra o ex-juiz. A Corte também ouve o ex-secretário estadual de Saúde Edmar Santos, que se tornou delator e implicou Witzel no esquema. O processo de impeachment chegou a ser suspenso por decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) em dezembro do ano passado.

Lembre o caso: o governador afastado foi denunciado pelo Ministério Público e se tornou réu pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Witzel é acusado de envolvimento em desvios de recursos na área da saúde durante a gestão da pandemia. Desde o início das investigações, Witzel nega ter cometido irregularidades e se diz “absolutamente tranquilo”.

10 anos do massacre

Anjos da Paz, estátuas em homenagem às vítimas do massacre de Realengo em 2011 — Foto: Marcos Serra Lima/G1Anjos da Paz, estátuas em homenagem às vítimas do massacre de Realengo em 2011 — Foto: Marcos Serra Lima/G1

A dor parece não ter fim e as memórias seguem intactas. O relato é da estudante de direito Thayane Monteiro, de 23 anos, que sobreviveu ao Massacre de Realengo após ter levado quatro tiros a queima roupa em 2011. Thayane disse que, por muitos anos, negou a sua dependência para uma cadeira de rodas após ser diagnosticada com paraplegia e perder os movimentos inferiores.

“Todas as minhas memórias seguem intactas. Eu lembro de tudo até hoje. O que mais me emociona é o fato de Deus me dar uma segunda chance. Sou muita grata a Deus, aos médicos e profissionais da saúde que lutaram pela minha vida. Eu sou só gratidão”, afirmou Thayane.

No atentado que aconteceu há 10 anos, Wellington Menezes de Oliveira entrou armado na escola municipal Tasso da Silveira, no bairro da Zona Oeste do Rio de Janeiro, e matou 12 crianças.

Leilão de aeroportos

Aeroporto Afonso Pena — Foto: Divulgação/InfraeroAeroporto Afonso Pena — Foto: Divulgação/Infraero

O governo federal retoma sua agenda de privatizações com a realização da 6ª Rodada de Concessão de aeroportos. Serão oferecidos 22 aeroportos, divididos em 3 blocos. O leilão será realizado a partir das 10h, na sede da B3, em São Paulo. Chamada pelo governo de “Infra Week”, a semana terá ainda o leilão da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol) na quinta-feira (8) e de 5 terminais portuários no Maranhão e no Rio Grande do Sul, na sexta-feira (9).

O governo espera garantir mais de R$ 10 bilhões em investimentos privados no Brasil. Somente com o novo lote de 22 aeroportos, são esperados investimentos da ordem de R$ 6 bilhões durante os 30 anos da concessão.

Corte do Orçamento

Camilla Araújo, da Zona Sul de São Paulo, está desempregada há 8 meses e via no concurso do IBGE oportunidade de voltar a ter renda — Foto: Arquivo pessoalCamilla Araújo, da Zona Sul de São Paulo, está desempregada há 8 meses e via no concurso do IBGE oportunidade de voltar a ter renda — Foto: Arquivo pessoal

Nas últimas três semanas, Camilla Araújo, de 34 anos, deixava os três filhos com a mãe algumas horas por dia para se dedicar às aulas voltadas para o concurso do Censo 2021. Moradora da Zona Sul de São Paulo e desempregada há oito meses, ela via no exame uma oportunidade de voltar a ter salário, ainda que temporário. Sem renda, Camilla teve que deixar a casa alugada em que morava com os filhos e ir morar com a mãe.

Porém, nesta terça-feira (6), o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) informou que suspendeu a realização das provas dos concursos para o Censo. A decisão foi tomada após o Congresso aprovar o Orçamento 2021, que prevê R$ 71 milhões dos R$ 2 bilhões acordados para a realização da pesquisa.

Em todo o Brasil, eram oferecidas 181.898 vagas de recenseador e 22.409 vagas para agente censitário municipal e supervisor. Os salários iam até R$ 2.100 e as provas aconteceriam nos dias 18 e 25 de abril.

IR 2021

Senado aprovou um projeto que prorroga até 31 de julho o prazo para entrega da declaração do Imposto de Renda da Pessoa Física 2021, referente ao ano-calendário de 2020. Atualmente, o prazo se encerra no próximo dia 30 de abril. O texto já foi aprovado pela Câmara, mas por ter sido modificado precisa ser novamente analisado pelos deputados.

‘BBB’

Rodolffo no 'BBB21' — Foto: Reprodução/GloboRodolffo no ‘BBB21’ — Foto: Reprodução/Globo

Com 50,48% dos votos, Rodolffo foi eliminado no paredão do “Big Brother Brasil 21”, na noite desta terça. Ele disputou a permanência no jogo com Caio (44,09%) e Gilberto (5,43%).

Antes de ser eliminado, o cantor se envolveu em uma polêmica. A Secretaria de Polícia Civil do Rio de Janeiro abriu um procedimento para investigar se houve crime de preconceito racial cometido por Rodolffo. A investigação foi aberta depois que o geógrafo João Luiz Pedrosa afirmou na segunda-feira (5) no Jogo da Discórdia — dinâmica do programa em que os participantes opinam sobre o comportamento dos outros — que comentários do cantor sertanejo o incomodaram.

Lives de volta?

Gusttavo Lima e Leonardo se unem para live Cachaça e Cabaré 2 — Foto: DivulgaçãoGusttavo Lima e Leonardo se unem para live Cachaça e Cabaré 2 — Foto: Divulgação

“Cachaça e Cabaré 2”, com Gusttavo Lima e Leonardo, indicou que a ressaca de lives dos brasileiros passou – e o vício começa a ganhar um novo impulso, apontam os números. Anselmo Trancoso, diretor de grandes lives sertanejas, dá uma explicação simples: “O mercado caiu de novo na realidade” de que não vai haver shows presenciais até pelo menos o fim do ano. O último final de semana, de 3 a 5 de abril, foi o período de mais buscas por lives no Google no Brasil em 2021 até agora.

E as próximas? Lives de Raça Negra, Xand Avião, Leonardo, Rai Saia Rodada, Luan Santana, Fernando & Sorocaba e Wesley Safadão estão programadas. Leia mais.

Edição em junho

E3 2017, a maior feira de jogos do ano — Foto: DivulgaçãoE3 2017, a maior feira de jogos do ano — Foto: Divulgação

A principal feira de videogames do mundo retornará em junho de 2021 como um evento virtual e gratuito, após o cancelamento do encontro anual no ano passado devido à pandemia. A Electronic Entertainment Expo (E3) será realizada exclusivamente pela internet de 12 a 15 de junho. O evento costumava lotar o Centro de Convenções de Los Angeles com fãs fantasiados de personagens, recriações de cenas de jogos e oportunidades de experimentar títulos que estavam prestes a chegar ao mercado.

Mega-Sena

 Aposta única da Mega-Sena custa R$ 4,50 e apostas podem ser feitas até às 19h — Foto: Marcelo Brandt/G1Aposta única da Mega-Sena custa R$ 4,50 e apostas podem ser feitas até às 19h — Foto: Marcelo Brandt/G1

Ninguém acertou as seis dezenas do concurso 2.359 da Mega-Sena, realizado na noite desta terça-feira (6). Veja as dezenas sorteadas: 31 – 32 – 39 – 42 – 43 – 51.

quina teve 17 apostas ganhadoras; cada uma receberá R$ R$ 72.013,51. A quadra teve 1.053 apostas vencedoras; cada uma ganhará R$ 1.660,87.

O próximo concurso será nesta quinta-feira (8), e o prêmio estimado é de R$ 22 milhões.

Previsão do tempo

Veja a previsão do tempo para esta quarta-feira (7)
Veja a previsão do tempo para esta quarta-feira (7)
Continuar lendo PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 07 DE ABRIL DE 2021 POR G1

PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 06 DE ABRIL DE 2021 POR G1

Por G1

 

Auxílio emergencial 2021: pagamento da 1ª parcela começa nesta terça‘O Assunto’ fala sobre o impasse em torno do Orçamento Federal. O ministro do STF Gilmar Mendes mantém proibição às celebrações religiosas em São Paulo, e o plenário do Supremo decide nesta quarta se a regra vale para todo o país. Escalada da pandemia: nº de pacientes que chegam ao hospital em estado grave preocupa. O país atinge a marca de 20 milhões de vacinados com 1ª doseMP investiga empréstimo de Flávio Bolsonaro para compra de mansãoSisu 2021: inscrições abrem hoje. E o Irã participa de encontro em Viena sobre o acordo nuclear.

Auxílio emergencial 2021

Nova rodada do auxílio emergencial começa a ser paga nesta terça-feira (6)
Nova rodada do auxílio emergencial começa a ser paga nesta terça-feira (6)

Caixa Econômica Federal começa a pagar a primeira parcela do auxílio emergencial 2021. Os primeiros a receber, já nesta terça, são os trabalhadores nascidos em janeiro e que não fazem parte do Bolsa Família. Para os trabalhadores que fazem parte do Bolsa Família, os pagamentos começam em 16 de abril.

O benefício pago será creditado em conta poupança social digital da Caixa, que poderá ser usado inicialmente para pagamento de contas e compras por meio do cartão virtual. Saques e transferências para quem receber o crédito nesta terça serão liberados no dia 4 de maio.

O Assunto

Neste episódio, o impasse em torno do Orçamento Federal: o que ele revela sobre as disputas internas do governo, o aumento do poder do Congresso e a ultrapassagem dos limites fiscais. Ouça:

Escalada da pandemia

Diretor do Butantan prevê 5 mil mortes diárias por Covid em abril e defende medidas mais rígidas de isolamento
Diretor do Butantan prevê 5 mil mortes diárias por Covid em abril e defende medidas mais rígidas de isolamento

O Brasil ultrapassou a marca de 13 milhões de casos de Covid e registrou 1.623 mortes pela doença em 24 horas. No total, já são 333.153 vítimas. Onze estados e o Distrito Federal estão com alta nos óbitos; veja os dados detalhados.

Depois de um mês com o maior número de vidas perdidas pela Covid no Brasil, especialistas voltaram a defender restrições mais duras para enfrentar a pandemia. Sem elas, especialistas ouvidos pelo Jornal Nacional enxergam um retrato ainda mais sombrio na rotina de infectados e de mortos.

Em entrevista publicada nesta segunda-feira (5) pelo jornal “Valor Econômico”, o diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, também alertou para necessidade do que chamou de “medidas amargas de afastamento social”.

Dimas Covas faz uma previsão dramática: “Passamos a casa dos 3 mil mortos por dia, estamos indo para os 4 mil e vamos chegar a 5 mil mortes por dia”.

Celebrações religiosas

Ministros do STF divergem sobre missas e cultos presenciais na pandemia
Ministros do STF divergem sobre missas e cultos presenciais na pandemia

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal, negou liminar para suspender decreto do governo de São Paulo e manteve a proibição às celebrações religiosas no estado em razão da pandemia. A decisão contraria o entendimento do ministro Nunes Marques, que determinou neste sábado que governadores e prefeitos não podem proibir missas e cultos desde que preservados protocolos sanitários. Com as decisões conflitantes, caberá ao plenário dar a palavra final sobre a liberação ou não dos atos religiosos. De acordo com o blog da Andréia Sadi, o presidente do STF, ministro Luiz Fux, marcou o julgamento para esta quarta-feira (7).

Balanço da vacinação

Catorze estados e o Distrito Federal estão vacinando profissionais da segurança pública
Catorze estados e o Distrito Federal estão vacinando profissionais da segurança pública

balanço da vacinação contra Covid desta segunda-feira (5) aponta que 20.023.132 pessoas receberam a primeira dose. O número representa 9,46% da população brasileira. Já a segunda dose foi aplicada em 5.595.929 pessoas (2,64% da população do país).

A tenente da Polícia Militar Rosemeire Santos de Miranda, que tem mais de 20 anos de corporação, foi a primeira agente de segurança pública de São Paulo a receber o imunizante contra o coronavírus. Além de SP, outros estados iniciaram nesta segunda a imunização de profissionais de segurança; saiba mais.

Vacinação clandestina

PF indicia mais dois em investigação de suposta vacinação clandestina em BH
PF indicia mais dois em investigação de suposta vacinação clandestina em BH

O filho e o genro de Cláudia Mônica Pinheiro Torres de Freitas, suspeita de vacinar cerca de 100 pessoas em uma garagem dos empresários Robson e Rômulo Lessa, em Belo Horizonte, foram indiciados pela Polícia Federal. Eles são suspeitos de associação criminosa e de “falsificar, corromper, adulterar ou alterar produto destinado a fins terapêuticos ou medicinais”. A pena pode chegar a 15 anos de prisão. A cuidadora de idosos, que se passava por enfermeira, já tinha sido indiciada pelos mesmos crimes.

Distrito Federal

VÍDEO: Anúncio traz imagens da mansão comprada por Flávio Bolsonaro
VÍDEO: Anúncio traz imagens da mansão comprada por Flávio Bolsonaro

O Ministério Público do Distrito Federal e dos Territórios abriu um procedimento preliminar para investigar a concessão de um empréstimo do Banco de Brasília (BRB) ao senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) para financiar parte da compra de uma mansão pelo parlamentar na capital federal.

negócio foi fechado em R$ 5,97 milhões. Do valor total do imóvel, R$ 3,1 milhões foram financiados pelo BRB. O pagamento do financiamento será feito em 360 parcelas, a uma taxa de juros de balcão efetivos de 4,85% ao ano e taxa de juros efetivos reduzida de 3,71% ao ano. As parcelas vão ser cerca de R$ 20 mil. A Promotoria de Justiça de Defesa do Patrimônio Público abriu procedimento para investigar se o empréstimo foi concedido nas condições normais do banco para qualquer pessoa.

Sisu 2021

As inscrições pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu) começam nesta terça-feira (6) e seguem até a sexta-feira (9). Mas após alguns minutos, o portal apresentou problemas e os candidatos relataram em redes sociais dificuldades. O Sisu usa a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020 — aplicado em 2021, por causa da pandemia — como forma de selecionar alunos para instituições de ensino públicas.

8 anos da tragédia

Julgamento dos réus da tragédia da Boate Kiss tem data marcada
Julgamento dos réus da tragédia da Boate Kiss tem data marcada

O júri dos quatro réus pelo incêndio da Boate Kiss, que deixou mais de 240 mortos em 2013, em Santa Maria (RS), foi marcado para o dia 1º de dezembro. Elissandro Callegaro Spohr e Mauro Londero Hoffmann, sócios da boate, e Marcelo de Jesus dos Santos e Luciano Bonilha Leão, integrantes da banda que tocava na noite da tragédia, irão ao banco dos réus. O julgamento chegou a ser agendado no ano passado, mas foi adiado na época.

Na estrada

Nos Estados do meio-oeste e oeste dos Estados Unidos, existem grandes extensões de terrenos públicos — Foto: Getty Images via BBCNos Estados do meio-oeste e oeste dos Estados Unidos, existem grandes extensões de terrenos públicos — Foto: Getty Images via BBC

Nomadland’: como é a vida de milhares de pessoas que vivem e viajam em trailers nos EUA. O filme estrelado por Frances McDormand reflete um fenômeno marcante, o do crescente número de pessoas que optam pela vida nômade em busca de empregos temporários em todo o país.

“Não sou uma sem-teto. Não tenho casa, mas isso não é a mesma coisa.”

Acordo nuclear

Bandeira do Irã tremula em Viena, em frente à sede da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) — Foto: Leonhard Foeger/File Photo/ReutersBandeira do Irã tremula em Viena, em frente à sede da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) — Foto: Leonhard Foeger/File Photo/Reuters

O Irã participa nesta terça de um encontro com cinco potências mundiais em Viena para tratar sobre o acordo nuclear. ChinaRússiaFrançaAlemanha e Reino Unido vão se encontrar pessoalmente após terem mantido conversas virtuais “francas e sérias”. Fontes diplomáticas ouvidas pela agência Reuters disseram que os Estados Unidos também pretendem mandar um representante para um “encontro indireto”. O país abandonou o acordo nuclear durante o governo de Donald Trump. Com a saída dos americanos, o Irã começou a descumprir o acordo em 2019.

Rússia

Presidente da Rússia, Vladimir Putin, faz video-conferência em Moscou, em foto de 22 de março de 2021 — Foto: Sputnik/Alexei Druzhinin/Kremlin via ReutersPresidente da Rússia, Vladimir Putin, faz video-conferência em Moscou, em foto de 22 de março de 2021 — Foto: Sputnik/Alexei Druzhinin/Kremlin via Reuters

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, sancionou uma lei que permite que ele concorra a mais dois mandatos depois do fim de sua atual gestão, em 2024, segundo documento publicado em um site do governo. A legislação, que pode abrir caminho para que Putin permaneça no poder até 2036, caso ele decida fazê-lo e ganhe a reeleição, reflete mudanças radicais na Constituição que foram introduzidas no ano passado.

Jogos de Tóquio

Aros olímpicos em Tóquio — Foto: James Matsumoto/SOPA Images/LightRocket via Getty ImagesAros olímpicos em Tóquio — Foto: James Matsumoto/SOPA Images/LightRocket via Getty Images

A Coreia do Norte decidiu não participar dos Jogos Olímpicos de Tóquio, informaram autoridades locais. O ministro do Esporte norte-coreano, Kim Il-Guk, disse a um site que a decisão havia sido tomada já em março, para proteger os atletas do coronavírus.

Os Jogos Olímpicos de Tóquio estavam previstos originalmente para ocorrer entre julho e agosto de 2020. Porém, por causa da pandemia, o evento foi adiado em um ano — a cerimônia de abertura está prevista para 23 de julho.

Risco ao meio ambiente

Reservatório de fosfato perto de Tampa, na Flórida, tem risco de colapso; foto de domingo (4) — Foto: Drone Base/ReutersReservatório de fosfato perto de Tampa, na Flórida, tem risco de colapso; foto de domingo (4) — Foto: Drone Base/Reuters

Autoridades da Flórida (EUA) estão preocupadas com fissuras em um reservatório de uma antiga fábrica de fosfato em Piney Point que pode se romper. O temor é que um acidente despeje centenas de milhares de litros de água contaminada sobre casas e na baía de Tampa. Por precaução, mais de 300 casas foram esvaziadas. Além disso, parte de uma rodovia chegou a ficar bloqueada.

Preços dos imóveis

Prédio em construção no Rio de Janeiro — Foto: Pilar Olivares/ReutersPrédio em construção no Rio de Janeiro — Foto: Pilar Olivares/Reuters

Os preços de venda dos imóveis residenciais subiram 0,18% em março, segundo dados divulgados pelo Índice FipeZap. Apesar da alta apurada no mês passado, a variação foi menor do que a observada nos últimos três meses: dezembro (+0,46%), janeiro (+0,35%) e fevereiro (+0,26%). Comparativamente, a variação mensal do índice é inferior ao comportamento esperado do IPCA/IBGE para o mesmo período (+0,95%), segundo expectativa publicada no último Boletim Focus do Banco Central do Brasil. Veja cidades com metro quadrado mais caro.

Previsão do tempo

Veja a previsão do tempo para esta terça-feira (6)
Veja a previsão do tempo para esta terça-feira (6)
Continuar lendo PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 06 DE ABRIL DE 2021 POR G1

PRESIDENTE RUSSO ASSINOU UMA LEI QUE ABRE CAMINHO PARA SUA PERMANÊNCIA NO KREMLIN ATÉ 2036

 

Putin assina lei que o autoriza a disputar mais dois mandatos

Nova lei abre caminho para que o presidente russo permaneça no Kremlin até 2036

INTERNACIONAL

da AFP

Desde 2000, Putin ficou apenas 4 anos fora da presidência russa

ALEXEI DRUZHININ/KREMLIN VIA REUTERS

O presidente russo, Vladimir Putin, 68 anos, assinou nesta segunda-feira (5) a lei que permite que ele dispute dois novos mandatos de seis anos, o que abre o caminho para sua permanência no Kremlin até 2036.

A lei, publicada no Diário Oficial do governo russo, foi aprovada pelo Parlamento em março, após um referendo constitucional organizado no verão de 2020.

Após chegar ao poder no ano 2000, Putin eliminou toda a competição política real em duas décadas, restringindo a oposição e a mídia independente. Ele sempre se recusou a falar sobre sua sucessão.

Putin deveria, em teoria, encerrar sua carreira ao final de seu atual mandato em 2024, já que a lei russa não permite que um presidente exerça mais de dois mandatos consecutivos.

Mas de acordo com o texto que promulgou hoje, “esta restrição não se aplica aos que ocupavam o cargo de chefe de Estado antes da entrada em vigor das alterações à Constituição”, aprovadas por referendo em 2020.

Vida eterna

“Que sigam adiante com uma lei que concede a vida eterna ao presidente”, ironizou no Twitter Evgueni Roijzmán, um detrator do Kremlin e ex-prefeito de Ekaterimburgo, uma das maiores cidades da Rússia.

A equipe do opositor preso Alexei Navalny reagiu publicando um vídeo do ano 2000 em que Putin diz ser contra um presidente russo permanecer no poder por mais de dois mandatos.

A reforma ocorre em um momento em que o presidente russo desfruta de uma popularidade maior que 60% de acordo com as pesquisas, apesar da pandemia, da economia desacelerada e das reformas sociais impopulares em 2018.

Esta não é a primeira vez que Putin atinge o limite de dois mandatos. Em 2008, ele assumiu o cargo de primeiro-ministro e deixou o Kremlin para seu último chefe de governo, Dmitry Medvedev. Após esse interlúdio de quatro anos, ele foi reeleito presidente em 2012.

Depois, a duração do mandato presidencial foi ampliada de quatro para seis anos e Putin foi reeleito em 2018 com 76% no primeiro turno, sem oposição real.

Princípios conservadores e imunidade

A lei promulgada inclui também novos requisitos para os candidatos presidenciais. Agora devem ter ao menos 35 anos, residir na Rússia pelo menos há 25 anos e nunca ter tido uma cidadania estrangeira ou uma permissão de residência permanente em outro país.

A revisão votada no verão introduz também na Constituição princípios conservadores desejados pelo presidente, como a fé em Deus, o casamento apenas entre heterossexuais e a educação patriótica.

Também concede imunidade aos presidente russos, inclusive depois de deixarem o cargo.

Adiado por uma semana devido à pandemia de covid-19, o referendo do ano passado, cujo resultado não gerou a menor dúvida, acabou oficialmente com a vitória do “sim” com 77,92% dos votos e uma participação de 65%, de acordo com os dados oficiais.

O opositor Alexei Navalny qualificou este referendo como uma “grande mentira” e a ONG Golos, especializada na observação das eleições, denunciou um ataque “sem precedentes” à soberania do povo russ

Fonte: R7

 

Continuar lendo PRESIDENTE RUSSO ASSINOU UMA LEI QUE ABRE CAMINHO PARA SUA PERMANÊNCIA NO KREMLIN ATÉ 2036

ANÁLISE POLÍTICA: GOVERNADORES EM APUROS, MAIS NARRATIVAS CAINDO E O DESESPERO TUCANO, POR BÁRBARA

Segunda-feira é dia de ANÁLISE POLÍTICA e hoje é com Bárbara que comenta sobre o quão trancados devem estar Alguns governadores com os avanços do MP, das narrativas caindo, de dinheiro sobrando para parlamentares e o quanto os tucanos estão se agarrando para não afundar, no abraço dos afogados.Então se você gosta de política com bastante humor, prepare a pipoca, senta ai e divirta-se!

Fonte:

Continuar lendo ANÁLISE POLÍTICA: GOVERNADORES EM APUROS, MAIS NARRATIVAS CAINDO E O DESESPERO TUCANO, POR BÁRBARA

PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 05 DE ABRIL DE 2021 POR G1

Por G1

 

São Paulo começa a vacinação de profissionais da segurança pública. Justiça suspende reabertura de escolas na cidade do Rio. Brasil passa dos 331 mil mortos pela Covid-19. Prefeito de Belo Horizonte recorre de decisão do ministro Nunes Marques que liberou cultos e missas presenciais no pior momento da pandemia. A luta de Paulo Gustavo contra o coronavírus. Os concursos com vagas abertas no começo da semana. E você vai conhecer mais sobre a queridinha de Hollywood favorita ao Oscar.

Vacinação contra a Covid-19

Policiais começam a ser imunizados contra a Covid-19 a partir desta segunda-feira (5), junto a outros agentes de segurança do estado — Foto: Jonny Ueda/Futura Press/Estadão ConteúdoPoliciais começam a ser imunizados contra a Covid-19 a partir desta segunda-feira (5), junto a outros agentes de segurança do estado — Foto: Jonny Ueda/Futura Press/Estadão Conteúdo

O governo de São Paulo começa nesta segunda-feira (5) a vacinação das equipes de segurança pública e administração penitenciária contra a Covid-19 em todo o estado. A expectativa é a de vacinar 180 mil profissionais da área.

O plano de vacinação inclui os policiais federais que atuam em São Paulo, policiais militares, civis, bombeiros, da Polícia Científica, agentes de segurança e de escolta penitenciária, e guardas civis metropolitanos municipais.

Na sexta-feira (2) teve início a vacinação de idosos de 68 anos e de trabalhadores do serviço funerário no estado de São Paulo.

Em todo o Brasil, são 24.864.037 doses aplicadas até agora. Quase 19,5 milhões de pessoas receberam a primeira dose.

Avanço da pandemia

Brasil registra 1.233 mortes e 30.939 casos confirmados de Covid nas últimas 24 horas
Brasil registra 1.233 mortes e 30.939 casos confirmados de Covid nas últimas 24 horas

Enquanto o país vai vacinando a passos lentos, a doença segue fazendo vítimas. O Brasil registrou 1.233 mortes por Covid nas últimas 24 horas, totalizando neste domingo (4) 331.530. Já são 74 dias seguidos com a média móvel de mortes acima da marca de mil, 19 dias com essa média acima dos 2 mil mortos por dia, e o nono dia com a média acima da marca de 2,5 mil

Em casos confirmados, desde o começo da pandemia 12.983.560 brasileiros já tiveram ou têm o novo coronavírus, com 30.939 desses confirmados no último dia.

No Rio de Janeiro, o Tribunal de Justiça do Rio suspendeu na noite deste domingo (4) o retorno às aulas presenciais na cidade do Rio de Janeiro. A decisão liminar atendeu a uma ação popular de um grupo de vereadores e deputados, e cabe recurso.

O juiz Roberto Câmara Lace Brandão, do Plantão Judiciário, determinou a suspensão até que o mérito seja julgado ou que a decisão da prefeitura seja revogada. O magistrado fixou multa de R$ 50 mil caso a liminar seja descumprida.

Na sexta-feira (2), um decreto da Prefeitura do Rio previa o retorno às aulas e a retomada do funcionamento de órgãos não essenciais da administração pública.

Fantástico homenageia Agnaldo Timóteo, mais uma vítima da Covid no país
Fantástico homenageia Agnaldo Timóteo, mais uma vítima da Covid no país

No fim de semana, o cantor Agnaldo Timóteo perdeu a vida para a doença. Ele tinha 84 anos e morreu no sábado. O sepultamento foi feito neste domingo.

Por outro lado, o tetracampeão Branco deixou o hospital após vencer a Covid-19. Ele, que chegou a ser intubado, já está em casa, onde comemorou seu aniversário neste domingo.

Recuperado da Covid, Branco completa 57 anos: 'Vamos festejar a vida'
Recuperado da Covid, Branco completa 57 anos: ‘Vamos festejar a vida

Quem continua travando uma batalha contra o coronavírus é o ator e humorista Paulo Gustavo. No fim de semana ele teve uma piora do quadro e precisou passar para a terapia ECMO, um tratamento que age como um pulmão artificial e oxigena o sangue fora do corpo.

No fim de semana, o marido dele desmentiu boatos de sua morte e fez um apelo para que as pessoas não espalhem esse tipo de notícia falsa. Ao Fantástico, Thales Bretas afirmou que o renascimento do companheiro ‘está cada vez mais próximo’.

Marido de Paulo Gustavo: 'Acredito que o renascimento está cada vez mais próximo'
Marido de Paulo Gustavo: ‘Acredito que o renascimento está cada vez mais próximo’

Decisão no STF

O ministro Nunes Marques, primeiro indicado por Bolsonaro ao STF — Foto: Adriano Machado/ReutersO ministro Nunes Marques, primeiro indicado por Bolsonaro ao STF — Foto: Adriano Machado/Reuters

É aguardada uma manifestação do presidente do Supremo, ministro Luiz Fux, sobre a decisão do ministro Nunes Marques que proibiu estados e municípios a suspenderem eventos religiosos presenciais durante a pandemia. Esse tipo de medida foi adotado para tentar frear a alta de contágios da doença.

A decisão individual de Nunes Marques, tomada na véspera da Páscoa, liberou cultos e missas em todo o país. O ministro concedeu a liminar após um pedido da Associação Nacional de Juristas Evangélicos.

O prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil, entrou com recurso para tentar reverter a decisão. No fim de semana, ele chegou a postar em uma rede social que não iria acatar a liminar, o que fez o ministro Nunes Marques intimá-lo a cumprir a decisão. Kalil recuou após receber a notificação e afirmou que ‘ordem judicial se cumpre’.

O Assunto

Bolsonaro e o ex-ministro Ernesto Araújo — Foto: Amanda Perobelli/ReutersBolsonaro e o ex-ministro Ernesto Araújo — Foto: Amanda Perobelli/Reuters

Os objetivos maiores de toda política externa são ‘se dar bem com os vizinhos, se dar bem com os fregueses e manter relação de confiança com o mundo’.

Sob a gestão de Ernesto Araújo, o Brasil fracassou em todos eles – sobretudo em dois temas sensíveis ao país: a gestão da pandemia e a questão ambiental. O que será da diplomacia brasileira agora?

A resposta você ouve abaixo na entrevista de Renata Lo Prete com o embaixador Marcos Azambuja, ex-secretário geral do Itamaraty e conselheiro emérito do Centro Brasileiro de Relações Internacionais.

Concursos

Pelo menos 83 concursos públicos estão com inscrições abertas no país nesta segunda-feira (5). São mais de 4,3 mil vagas em disputa.

Há cargos disponíveis para todos os níveis de escolaridade.

Além de vagas para preenchimento após o término do processo seletivo, há oportunidades para formação de cadastro de reserva – ou seja, os candidatos aprovados são chamados conforme a abertura de vagas durante a validade do concurso.

Favorita ao Oscar

Frances McDormand, esquerda, e a diretora Chloe Zhao no set de 'Nomadland' — Foto: Searchlight Pictures via APFrances McDormand, esquerda, e a diretora Chloe Zhao no set de ‘Nomadland’ — Foto: Searchlight Pictures via AP

Paisagens vastas e esquecidas dos EUA são cenários para personagens ignorados pelo capitalismo, inspirados por pessoas comuns, não-atores, que interpretam a si mesmos em uma mistura de documentário e ficção.

A descrição acima serve para os três longas da diretora chinesa Chloé Zhao: “Songs My Brothers Taught Me” (2015), “Domando o destino” (2017) e “Nomadland” (2020). Com o mais recente, ela é a primeira mulher indicada a quatro Oscars em um só ano (direção, filme, roteiro adaptado e edição).

Ela é a primeira mulher não branca a ser indicada pela Academia a melhor diretora – e apontada como favorita pela imprensa dos EUA. Chloé já ganhou o Globo de Ouro, o Leão de Ouro de Veneza e vários outros prêmios.

Na nossa página você vai saber mais sobre quem é a atual queridinha de Hollywood. A cerimônia está marcada para 25 de abril e será realizada em dois lugares ao mesmo tempo.

Latina em alta

Karol G para o álbum 'KG0516' — Foto: DivulgaçãoKarol G para o álbum ‘KG0516’ — Foto: Divulgação

Karol G teve um 2020 espetacular em cifras: sua música “Tusa”, parceria com Nicki Minaj, foi a canção latina número 1 nas paradas, e ela se tornou a cantora latina mais ouvida do ano.

O sucesso da música e o encerramento forçado por causa da pandemia de Covid-19, aliados à inquietação da colombiana de 30 anos, fizeram com que ela abandonasse um álbum praticamente pronto e escrevesse, do zero, seu novo lançamento: “KG0516”, do fim de março.

Em entrevista ao G1, ela conta como o álbum nasceu de uma montanha-russa de sentimentos. Ouça no podcast G1 Ouviu.

Previsão do tempo

Previsão é de chuva forte no Sul do país nesta segunda-feira
Previsão é de chuva forte no Sul do país nesta segunda-feira
Continuar lendo PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 05 DE ABRIL DE 2021 POR G1

PONTO DE VISTA: A VERDADEIRA FACO DE JOÃO DORIA ESTÁ ESTÁ SE REVELANDO

Caro(a) leitor(a),

Você que acompanha as publicações do Blog do Saber e desta coluna, sabe do nosso compromisso em mostrar a verdadeira face de um personagem da política nacional que engana o eleitor há muito tempo. Esse personagem se chama João Doria e, a meu ver, é a mente mais doente da política nacional. Por isso a minha preocupação em impedir que esse crápula alcance seu objetivo maior que é ser presidente da república. O artigo a seguir é mais uma evidência e constatação do que venho falando aqui. O cara é capaz de tudo para chegar ao poder. Desde se aliar e usar o nome de Bolsonaro em 2018 para se eleger governador de São Paulo, como se aliar ao maior bandido e ladrão que a história da humanidade já conheceu, o meliante Lula. Portanto, peço a você que está consciente dessa verdade que me ajude a divulgar essa postagem!

Doria diz que aceita “sentar com Lula” e revela sua verdadeira face

Foto: Arquivo/Agência BrasilFoto: Arquivo/Agência Brasil

Em entrevista ao site esquerdista “Revista Fórum”, o deputado federal Orlando Silva, do PCdoB-SP, fez uma revelação bombástica: ele disse que o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), chegou a apelar para ele, em certa ocasião, e afirmar que toparia conversar com o ex-presidente e ex-presidiário, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), na tentativa de unir forças contra a reeleição do atual presidente, Jair Bolsonaro.

Em vídeo, o esquerdista detalhou o encontro com o tucano.

“Lá pelas tantas, ele (Doria), falando de política, falou a seguinte frase: “em 2022, para derrotar o Bolsonaro, eu sento até com o Lula”. Eu falei: “vai muito bem por aí. É um bom caminho”. Eu disse ainda para ele que fiquei com a frase na cabeça e, quando tivesse chance, ia falar sobre isso para um jornalista. E ele me respondeu: “pode falar”, contou em conversa com Cynara Menezes.

Sobre a tal “Frente Ampla”, que congrega artistas e adversários políticos de diversas vertentes contra Bolsonaro, Orlando Silva foi enfático ao dizer que apoiaria qualquer pessoa contra o chefe do Executivo, em um eventual segundo turno.

“Eu sou muito contra Bolsonaro. Eu e todo mundo que seja razoável. O que ele está fazendo no Brasil é inacreditável. Esse cara é tão perverso quanto esses ditadores que exerceram poder no Brasil. Ele equivale a Emílio Gastarrazu Médici”, acredita.

A afirmação de João Doria contrasta com a narrativa para se eleger, em 2018. Durante aquele ano, o tucano utilizava o slogan “BolsoDoria” e fazia duras críticas à corrupção e ao ex-presidente Lula, que era investigado na Operação “Lava Jato”, da Polícia Federal. Doria tentou de todas as formas vincular o próprio nome à imagem de Jair Bolsonaro, que era visto como político confiável, crível, sincero e empático. Mas, depois de eleito às custas da “onda Bolsonaro”, virou as costas pro atual presidente, tornando-se opositor ferrenho do Planalto.

Fonte: Jornal da Cidade Online

Continuar lendo PONTO DE VISTA: A VERDADEIRA FACO DE JOÃO DORIA ESTÁ ESTÁ SE REVELANDO

RESUMO DA SEMANA: REFORMA MINISTERIAL, TROCA NO COMANDO DAS FORÇAS ARMADAS

Neste domingo você vai ver, aqui na coluna RESUMO DA SEMANA as principais notícias e tudo que rolou na política nacional, no programa Semana da Pan, sob o comando de Vitor Brown. Então, se você não conseguiu acompanhar os fatos da semana, aproveite e se atualize agora! 

Fonte:

Continuar lendo RESUMO DA SEMANA: REFORMA MINISTERIAL, TROCA NO COMANDO DAS FORÇAS ARMADAS

ANÁLISE POLÍTICA: A CRONOLOGIA DA REAÇÃO, POR BÁRBARA

Na coluna ANÁLISE POLÍTICA de hoje, muito humor e irreverência. Vamos comentar a movimentação do xadrez, somando as baixas, entendendo os peões que foram entregues e a estratégia para a vitória, com a inteligente e competente comentarista política, Bárbara. Portanto, separa a pipoca, fica confortável e bora lá!

Continuar lendo ANÁLISE POLÍTICA: A CRONOLOGIA DA REAÇÃO, POR BÁRBARA

JUNTA MILITAR USA LEI DA ÉPOCA COLONIAL PARA ACUSAR SUU KYI DE VIOLAR LEI DE SEGREDOS DE MIANMAR

Suu Kyi é acusada de violar lei de segredos de Mianmar

Junta militar usa lei da época colonial para acusar a ex-líder civil; acesso à internet móvel é cortada por ordem do governo

INTERNACIONAL

 por Reuters

Suu Kyi sofreu uma nova acusação nesta quinta, com base em lei do período colonial

THAR BYAW / REUTERS – ARQUIVO

Aung San Suu Kyi, a líder deposta de Mianmar, foi acusada de violar a lei de segredos da era colonial, disse seu advogado nesta quinta-feira, a imputação mais grave contra a oponente veterana do governo militar

Mianmar está sendo abalada por protestos desde que o Exército depôs o governo eleito de Suu Kyi no dia 1º de fevereiro citando alegações infundadas de fraude em uma eleição de novembro que o partido da líder venceu com folga.

Em uma nova medida para conter as comunicações a respeito da turbulência no país, a junta ordenou que os provedores de internet desliguem os serviços de banda larga sem fio até segunda ordem, disseram várias fontes de empresas de telecomunicação.

Líderes civis na cadeia

Suu Kyi e outros membros da sua Liga Nacional pela Democracia foram detidos desde o golpe, e a junta já a havia acusado de vários crimes menores, como a importação ilegal de seis walkie-talkies e violação dos protocolos contra o coronavírus.

Seu principal advogado, Khin Maung Zaw, disse à Reuters por telefone que Suu Kyi, três dos ministros de seu gabinete deposto e um conselheiro econômico australiano detido, Sean Turnell, foram acusados uma semana atrás em um tribunal de Yangon nos termos da lei de segredos oficiais, acrescentando que soube da nova acusação dois dias atrás.

Uma condenação decorrente da lei pode implicar em uma pena de prisão de até 14 anos.

Um porta-voz da junta não respondeu a telefonemas pedindo comentários.

Suu Kyi, que tem 75 anos e recebeu o Prêmio Nobel da Paz em 1991 graças aos seus esforços para levar a democracia a Mianmar, participou via videoconferência de uma audiência relacionada às acusações anteriores nesta quinta-feira. Outro de seus advogados, Min Min Soe, disse que ela parecia estar com boa saúde.

“Amay Su e o presidente U Win Myint estão com boa saúde”, disse ele, usando uma expressão afetuosa que significa “mãe” para se referir a Suu Kyi. O presidente, um aliado de Suu Kyi, também foi deposto e detido no golpe e também é alvo de várias acusações.

Seus advogados dizem que as acusações contra ambos foram forjadas.

Ao menos 538 civis foram mortos em protestos contra o golpe, 141 deles no sábado, o dia mais sangrento dos distúrbios, de acordo com a Associação de Assistência a Prisioneiros Políticos.

Mas os protestos ressurgiram em vários lugares nesta quinta-feira, e mais duas pessoas foram mortas, segundo reportagens.

Fonte: R7

Continuar lendo JUNTA MILITAR USA LEI DA ÉPOCA COLONIAL PARA ACUSAR SUU KYI DE VIOLAR LEI DE SEGREDOS DE MIANMAR

PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 1º DE ABRIL DE 2021 POR G1

Por G1

 

Brasil registra quase 4 mil mortes por Covid em 24 horas e fecha pior mês da pandemia com 66,8 mil óbitos. Variante semelhante à sul-africana é identificada no interior de SP. Governo reduz quase pela metade a previsão de vacinas para abril. O Assunto discute como o Brasil enterra seus mortos em tempos de colapso funerário. Braga Netto anuncia os novos comandantes das Forças Armadas. E vem aí uma nova rodada do auxílio emergencial.

Covid fora de controle

Março foi o mês mais letal da pandemia no Brasil — Foto: Reuters; Agência EstadoMarço foi o mês mais letal da pandemia no Brasil — Foto: Reuters; Agência Estado

O Brasil voltou a ter seu pior dia da pandemia, com o recorde de 3.950 mortes por Covid registradas nas últimas 24 horas, totalizando 321.886 óbitos. Com isso, o mês de março se encerra com o montante de 66.868 óbitos. Isso é mais do que o dobro das mortes anotadas em julho de 2020, o segundo pior mês da pandemia — quando registramos 32.912 vítimas da doença. Em casos confirmados, 12.753.258 brasileiros já tiveram ou têm o novo coronavírus.

Em 18 das 27 unidades federativas do país, morreram mais pessoas neste mês do que em qualquer outro desde o início da pandemia.

Brasil registra novo recorde de mortes pela pandemia
Brasil registra novo recorde de mortes pela pandemia

O Assunto 🎧

Como o Brasil está enterrando seus mortos na pandemia é o tema do podcast desta quinta. Ouça:

Enterros noturnos, vans escolares levando corpos, cemitério lotado. Entenda como o aumento de mortes por Covid impactou o Serviço Funerário em São Paulo.

Medidas restritivas

Após primeira reunião do comitê da Covid, Bolsonaro diverge de Queiroga e Pacheco
Após primeira reunião do comitê da Covid, Bolsonaro diverge de Queiroga e Pacheco

Após a primeira reunião do comitê da Covid, o presidente Jair Bolsonaro fez um pronunciamento no qual voltou a criticar medidas de distanciamento social, divergindo de outros participantes da reunião que também discursaram: o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, e o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG) (veja no vídeo acima). Ambos saíram em defesa das medidas de distanciamento e do uso de máscara para conter o vírus.

Missas e cultos

O procurador-geral da República, Augusto Aras — Foto: Dida Sampaio / Estadão ConteúdoO procurador-geral da República, Augusto Aras — Foto: Dida Sampaio / Estadão Conteúdo

O pedido cita o decreto de João Doria que vedou a realização de cultos, missas e outras atividades religiosas de caráter coletivo no estado de São Paulo. Segundo o Aras, o decreto é inconstitucional porque desrespeita o direito fundamental à liberdade religiosa e de culto das religiões.

Corrida da vacina

Anvisa aprova uso emergencial da vacina contra a Covid da Janssen
Anvisa aprova uso emergencial da vacina contra a Covid da Janssen

A Anvisa aprovou o pedido de uso emergencial da vacina contra a Covid-19 da farmacêutica Janssen, empresa do grupo Johnson & Johnson. Entre os imunizantes em uso no mundo, o da Janssen é o único aplicado em uma só dose. O Ministério da Saúde comprou 38 milhões de doses com entregas no 3º e no 4º trimestre.

Também na quarta, a Anvisa negou conceder ao Ministério da Saúde a “autorização excepcional e temporária para importação e distribuição” de 20 milhões de doses da vacina Covaxin.

E os laboratórios Pfizer e BioNTech anunciaram que sua vacina contra a Covid demonstrou eficácia de 100% nos adolescentes com idades entre 12 e 15 anos. O imunizante já tinha autorização para ser aplicado em jovens a partir dos 16 anos.

Previsão de doses para abril

Frascos da vacina da AstraZeneca contra Covid-19 — Foto: REUTERS/Yves HermanFrascos da vacina da AstraZeneca contra Covid-19 — Foto: REUTERS/Yves Herman

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, disse que só tem previsão de receber e distribuir, em abril, pouco mais da metade das doses de vacinas contra a Covid-19 anunciadas anteriormente pelo governo federal. Queiroga prevê agora 25,5 milhões de doses, mas o cronograma divulgado em 19 de março pelo Ministério da Saúde tinha a previsão de recebimento de 47,3 milhões.

Mutação do vírus

Variante do coronavírus que se assemelha à da África do Sul é detectada no interior de SP
Variante do coronavírus que se assemelha à da África do Sul é detectada no interior de SP

O governo de São Paulo confirmou ter detectado no interior do estado, em Sorocaba, um caso de uma variante do coronavírus que se assemelha à da África do Sul. Nos laboratórios do Butantan, os cientistas analisam o material genético do coronavírus. As três variantes que mais preocupam o mundo são a do Reino Unido, a brasileira — chamada de P1 e identificada primeiro em Manaus —, e a da África do Sul. Saiba mais.

Pandemia no mundo

 França fecha escolas por 3 semanas e terá novo toque de recolher
França fecha escolas por 3 semanas e terá novo toque de recolher

O presidente da França, Emmanuel Macron, anunciou regras mais duras de confinamento para frear o avanço da Covid. As medidas entram em vigor no sábado. O toque de recolher volta ao país inteiro, e as escolas vão ficar fechadas para aulas presenciais por três semanas.

Forças Armadas

Ministro da Defesa anuncia novos comandantes das Forças Armadas
Ministro da Defesa anuncia novos comandantes das Forças Armadas

Os três vão substituir Edson Pujol (Exército), Ilques Barbosa (Marinha) e Antônio Carlos Moretti Bermudez (Aeronáutica). A saída de Pujol, Barbosa e Bermudez foi anunciada na terça pelo ministério, por meio de uma nota divulgada à imprensa. O anúncio aconteceu um dia após Fernando Azevedo e Silva ter deixado o cargo de ministro da Defesa e ter sido substituído por Braga Netto, que até então chefiava a Casa Civil.

Defesa da democracia

Luís Roberto Barroso — Foto: ReutersLuís Roberto Barroso — Foto: Reuters

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luís Roberto Barroso, que também é presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), escreveu um texto em defesa da democracia na quarta (31), dia em que o golpe militar completou 57 anos. Barroso disse que “ditaduras vêm com intolerância, violência contra os adversários e falta de liberdade”. Leia mais.

Caso Henry Borel

O menino Henry Borel, de 4 anos — Foto: ReproduçãoO menino Henry Borel, de 4 anos — Foto: Reprodução

A mãe e o padrasto do menino Henry Borel vão participar de uma reprodução simulada da morte da criança na tarde desta quinta-feira (1°). Monique Medeiros da Costa Almeida e o vereador Dr. Jairinho estavam dentro do apartamento quando a criança morreu. Eles vão ter que explicar para os peritos o que ocorreu no dia da morte.

Lembre o caso: Henry, que tinha 4 anos, morreu em 8 de março, em circunstâncias que ainda não foram esclarecidas. A criança estava na casa do padrasto e da mãe, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio, e, segundo a versão deles, foi encontrada desacordada e levada para o hospital.

Imposto de Renda

Câmara aprova projeto que prorroga até 31 de julho prazo para entrega do imposto de renda 2021 — Foto: Agência BrasilCâmara aprova projeto que prorroga até 31 de julho prazo para entrega do imposto de renda 2021 — Foto: Agência Brasil

Câmara dos Deputados aprovou um projeto de lei que prorroga, até 31 de julho, o prazo para a entrega da declaração do Imposto de Renda 2021. Atualmente, o prazo para o envio vai até 30 de abril. O texto aprovado pelos deputados mantém o cronograma mensal previsto para a restituição. Agora, a proposta segue para análise do Senado. De acordo com a Receita Federal, só 30% das declarações esperadas foram entregues.

Auxílio emergencial

Trabalhadores poderão consultar, a partir desta quinta, se receberão a nova rodada do auxílio emergencial. A consulta pode ser feita no site da Dataprev, empresa estatal responsável por processar os pedidos. O beneficiário deverá informar o CPF, nome completo, nome da mãe e data de nascimento. A partir desta sexta (2), a consulta poderá ser feita também pelos canais da Caixa: pelo auxilio.caixa.gov.br ou pelo telefone 111.

O pagamento começa em 6 de abril e será feito em quatro parcelas; valor será de R$ 250 por família, com valores diferenciados para aquelas comandadas por mulheres que criam filhos sozinhas. Pessoas sozinhas vão receber R$ 150. Veja o calendário.

📌 Gastos do governo

Desemprego

O desemprego no Brasil ficou em 14,2% no trimestre encerrado em janeiro, segundo dados do IBGE. Trata-se da maior taxa já registrada para o período desde o início da pesquisa. Já o número de pessoas desempregadas atingiu o patamar recorde de 14,3 milhões, contra 11,9 milhões há 1 ano. Até então, o maior contingente de brasileiros desocupados da série histórica, iniciada em 2012, tinha sido o registrado no trimestre encerrado em março de 2017 (14,1 milhões).

Legalização da maconha

Estado de Nova York legaliza produção e consumo da maconha
Estado de Nova York legaliza produção e consumo da maconha

Após Senado e Câmara de Nova York aprovarem, o governador do estado, Andrew Cuomo, assinou uma norma que legaliza o uso recreativo da maconha. Nova York se unirá a outros 14 estados americanos — mais o Distrito de Columbia — que já permitem o uso da cannabis. O gabinete do governador afirmou que a entrada em vigor da lei pode representar US$ 350 milhões (cerca de R$ 2 bilhões) por ano em impostos e criar dezenas de milhares de postos de trabalho.

Calendário da feira

Caqui — Foto: DivulgaçãoCaqui — Foto: Divulgação

Mês de abril é época da safra do caqui rama forte, maçã fuji, abacate quintal e fortuna, goiaba, limão, banana e muito mais. Dentre os legumes, continua em alta a oferta de abóbora, abobrinha, chuchu, entre outros. E, nos calendários de comercialização de Goiás, Pernambuco e São Paulo, por exemplo, entram em cena o inhame e o cará. Veja mais.

Fonte: G1

Continuar lendo PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 1º DE ABRIL DE 2021 POR G1

ANÁLISE POLÍTICA: PACHECO E SUA COVARDIA NAS REDES SOCIAIS, POR CAIO COPPOLLA

A ANÁLISE POLÍTICA desta quarta-feira nesta coluna émais uma vez do inigualável, incomparável e incrivelmente brilhante Caio Coppolla que publicou um vídeo encurralando o presidente do senado por ter bloqueado todas as suas contas nas redes sociais. Segue o texto e o vídeo na íntegra:  É ridículo (e inconstitucional), mas temos um Presidente do Senado com tanto MEDO DA OPINIÃO PÚBLICA que preferiu bloquear suas contas em redes sociais ao invés de receber dezenas de milhares de novos seguidores. Pra contrastar com essa COVARDIA, compartilhe esse vídeo e MARQUE UMA PESSOA CORAJOSA NOS COMENTÁRIOS (heróis da pandemia, exemplos de vida, chefes-de-família, sobreviventes…) 👊🏼🇧🇷 👉🏼 RESUMO: Num rompante autoritário, o SENADOR RODRIGO PACHECO restringiu suas contas de Instagram/Twitter/Facebook, bloqueou seguidores (não-anônimos) e deletou comentários. Na prática, o que o Presidente do Senado fez foi LIMITAR ACESSO À INFORMAÇÃO e CENSURAR CRÍTICOS. Não é apenas um COMPORTAMENTO INFANTIL E MIMADO de um político mal assessorado: as redes sociais do Senador são geridas por servidores remunerados com VERBA PÚBLICA e as postagens podem configurar ATOS OFICIAIS do Parlamentar (que é o representante máximo do Poder Legislativo). Portanto, trata-se de uma conduta ilegal e incompatível com os princípios da administração pública elencados no Artigo 37 da Constituição Federal – especialmente o princípio da PUBLICIDADE. 👉🏼 Um APELO aos Parlamentares e Partidos Políticos: JUDICIALIZEM ESSA QUESTÃO NOS TRIBUNAIS pra que a Justiça obrigue o Presidente do Senado a dar transparência aos seus atos, sem discriminar seguidores ou censurar suas críticas. 👉🏼 HIPOCRISIA: o político usa suas redes sociais pra se eleger, mas ao ser eleito RESTRINGE, DISCRIMINA e CENSURA os cidadãos/eleitores que agora representa. 👉🏼 CONCLUSÃO – Políticos não têm que ter medo do povo, políticos têm que RESPEITAR o povo; – Políticos não tem que evitar a opinião pública, políticos têm que ESCUTAR a opinião pública; – Políticos não têm que censurar críticas, políticos têm que TOLERAR críticas (e de preferência aprender com elas). Como cidadão, SOLICITO O RESTABELECIMENTO IMEDIATO DAS CONTAS do Senador Rodrigo Pacheco nas redes sociais, sem censura aos comentários. E eu me comprometo a gravar um novo vídeo tão logo isso aconteça, pra que vocês possam seguir, acompanhar e criticar livremente o SEU Senador da República, o SEU Presidente do Senado, o SEU Presidente do Congresso Nacional, o SEU servidor público. 👊🏼

Fonte:

Continuar lendo ANÁLISE POLÍTICA: PACHECO E SUA COVARDIA NAS REDES SOCIAIS, POR CAIO COPPOLLA

PONTO DE VISTA: AS FORÇAS ARMADAS ESTÃO VACINADAS CONTRA ARROUBOS DITATORIAIS

Caro(a) leitor(a),

Não é preciso ser expert em política, filosofia e história para perceber que, desde o início, a intenção maior do presidente Bolsonaro é dar um golpe e assumir o poder sozinho. Com um perfil explicitamente autoritário, Bolsonaro, assim como todo autoritário usa pee de cordeiro para camuflar a sua verdadeira intensão. O movimento dos últimos dias com as profundas mudanças nos cargos de primeiro escalão e a demissão coletiva do comando das forças armadas deixa a coisa mais explícita ainda. Há muito que ele tenta fazer o que Lula tentou, mas não conseguiu. Subjugar as forças armadas a sua ideologia, pois só assim teria condições de promover o tão sonhado golpe. Ocorre que as Forças Armadas estão vacinadas quanto a uma nova empreitada ditatorial. Madura o suficiente para dar o explícito e claro recado com a demissão coletiva da sua cúpula. A verdade é que, para não passar por vexame Bolsonaro se antecipou e demitiu a todos, já que as cartas de demissão já estavam prontas. As Forças armadas Brasileira jamais se submeterá a ideologia ditatorial de quem quer que seja. Em última análise, se a corda esticar demais a ponto de romper, o máximo que vai acontecer é uma intervenção sob o comando da vontade do povo. E tenho dito!

AO VIVO: Bolsonaro muda comando das Forças Armadas (veja o vídeo)

Jair Bolsonaro (Reprodução)Jair Bolsonaro (Reprodução)

A mudança no comando das Forças Armadas deixou os militantes de esquerda muito preocupados, no entanto, o que há, de fato, por trás disso?

A notícia veio na sequência da troca de seis ministros.

Para comentar esses assuntos, o Jornal da Noite, da TV Jornal da Cidade Online, de hoje recebe Renato Gomes, mestre em Direito Público, e Frederico Rodrigues, analista político.

Em pauta ainda a doação, em um primeiro momento, de US$ 300 mil (aproximadamente R$ 1,7 milhão) feita pela China para centrais sindicais brasileiras.

Qual a intenção do Partido Comunista Chinês e de seu líder, Xi Jinping?

Destaque também para a aposentadoria do ministro Marco Aurélio, do STF, marcada para 5 de julho.

Imperdível!

Assista AO VIVO e compartilhe:

Fonte: Jornal da Cidade Online

Continuar lendo PONTO DE VISTA: AS FORÇAS ARMADAS ESTÃO VACINADAS CONTRA ARROUBOS DITATORIAIS

PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 31 DE MARÇO DE 2021 POR G1

Por G1

 

Brasil volta a bater recorde de mortes por Covid em 24 horas: foram mais 3.668 vidas perdidas. Números assustadores: se o estado de São Paulo fosse um país, estaria em 11º lugar em ranking mundial de mais óbitos pela doença. O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, faz reuniões com representantes dos EUA em busca de ajuda para agilizar a vacinação. Com a saída dos Comandantes das Forças Armadas, o presidente Jair Bolsonaro escolherá os novos nomes para assumirem o Exército, a Marinha e a AeronáuticaSem citar AI-5 ou censura, o novo ministro da Defesa, Braga Netto, publica ordem do dia sobre 1964. Em relatório, EUA apontam desrespeito do governo Bolsonaro à liberdade de expressão. Trabalhador saberá se tem direito ao auxílio emergencial a partir de 1º de abril. O Banco Central autoriza transferências bancárias pelo WhatsApp. E Sarah foi eliminada no ‘BBB21’

Escalada trágica

Brasil registra novo recorde na pandemia: 3.668 mortes em 24 horas
Brasil registra novo recorde na pandemia: 3.668 mortes em 24 horas

Com 3.668 vidas perdidas em 24 horas, o Brasil voltou a bater a pior marca diária na pandemia. A um dia do fim do mês, março já tem quase o dobro de mortes por Covid registradas em julho de 2020, que era o pior mês da crise sanitária no país. O total de óbitos chega a quase 318 mil e os casos passam de 12,6 milhões.

Na capital paulista, o segundo maior cemitério fechou temporariamente por falta de sepulturas. A informação é de funcionários do serviço funerário e de familiares de vítimas da doença que não conseguiram enterrar seus parentes no local. Após bater um novo recorde diário com o registro de 1.209 novas vítimas nesta terça-feira (30), o estado de São Paulo ultrapassou a marca de mais de 73 mil óbitos pela doença. O número total de 73.492 mortes é maior que o registrado por 226 países, de acordo com balanço da Organização Mundial de Saúde (OMS). Caso SP fosse uma nação, estaria em 11º lugar no ranking mundial de países com maiores números absolutos de vítimas na pandemia.

Imunização no Brasil

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, durante pronunciamento nesta sexta-feira (26) — Foto: CLÁUDIO MARQUES/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDOO ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, durante pronunciamento nesta sexta-feira (26) — Foto: CLÁUDIO MARQUES/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, fez duas reuniões com representantes dos Estados Unidos em busca de ajuda para “ampliar a vacinação a curto prazo”. Ele pediu uma antecipação de 20 milhões de doses da vacina da Pfizer, que seriam devolvidas aos americanos no futuro. Além de conversar sobre a imunização no Brasil, Queiroga, segundo o ministério, também mostrou interesse em uma parceria para a compra de insumos, medicamentos e abastecimento de oxigênio.

Após a primeira reunião virtual com o embaixador Todd Chapman, Queiroga conversou com Anthony Fauci, médico-chefe da Casa Branca e diretor do Instituto Nacional de Alergia e Doenças Infecciosas. O especialista é um dos líderes da comissão de combate à pandemia nos EUA.

Vacinação clandestina

PF faz buscas na casa de uma suspeita da vacinação clandestina de empresários, em Minas
PF faz buscas na casa de uma suspeita da vacinação clandestina de empresários, em Minas

Em Belo Horizonte, a Polícia Federal cumpriu mandados de busca e apreensão na casa de uma suspeita de participar de uma vacinação clandestina contra a Covid. Agentes investigam se as vacinas apreendidas são falsas. Outra possibilidade é que sejam verdadeiras e que tenham sido desviadas do Ministério da Saúde ou importadas ilegalmente.

No final da noite, a cuidadora de idosos Mônica Pinheiro Torres de Freitas foi presa. Ela é suspeita de se passar por enfermeira e comercializar ilegalmente as vacinas. Segundo a PF, ela também é a responsável pela vacinação de empresários do setor de transportes, em uma garagem de ônibus de Belo Horizonte.

Mônica foi encaminhada para o Complexo Penitênciário Estevão Pinto, na capital, e responderá pelos crimes de falsificação, corrupção, adulteração ou alteração de produto destinado a fins terapêuticos ou medicinais. Os crimes preveem prisão por até 15 anos e multa.

Lembre o caso: a operação foi deflagrada após reportagem da revista Piauí, que revelou por meio de vídeos a imunização clandestina de empresários e políticos dentro de uma das garagens de empresas comandadas pelos irmãos Lessa.

Chefes militares

Bolsonaro se antecipa a pedidos de demissão e determina mudança nos comandos das Forças Armadas
Bolsonaro se antecipa a pedidos de demissão e determina mudança nos comandos das Forças Armadas

Com a saída dos Comandantes das Forças Armadas, anunciada pelo Ministério da Defesa nesta terça-feira, o presidente Jair Bolsonaro escolherá os novos nomes para assumirem o Exército, a Marinha e a Aeronáutica. A previsão está na Constituição de 1988: a Carta afirma que cabe ao presidente da República o comando supremo das Forças e a nomeação de seus líderes.

O Alto Comando envia listas tríplices, mas o presidente pode escolher qualquer oficial quatro estrelas (a patente mais antiga) com o qual ele tenha afinidade. Oficiais ouvidos pelo G1 esperam definição de nomes que não tenham perfil político e não permitam interferências internas. Entenda como funciona o processo.

Um dia após a saída do general Fernando Azevedo e Silva do Ministério da Defesa, Antônio Carlos Moretti Bermudez (Aeronáutica), Edson Pujol (Exército) e Ilques Barbosa (Marinha) deixaram os cargos. Os comandantes pretendiam apresentar um pedido de demissão conjunto, mas Bolsonaro se antecipou e determinou a saída deles, segundo apurou o blog do Camarotti. É a primeira vez desde 1985 que os comandantes das três Forças Armadas deixam o cargo ao mesmo tempo sem ser em período de troca de governo.

Ordem do dia

Braga Netto — Foto: Jornal NacionalBraga Netto — Foto: Jornal Nacional

No primeiro ato público como ministro da Defesa, Braga Netto, publicou uma ordem do dia alusiva ao aniversário de 57 anos do golpe militar de 1964, que ele chama de movimento de 31 de março de 1964. Braga Netto não faz referência aos 21 anos em que os militares se mantiveram no poder após o golpe nem a atos duros do regime como o AI-5, a censura à imprensa e a perseguição a políticos.

No ano passado, assinado pelo então ministro Fernando Azevedo e Silva, o texto afirmava que o movimento de 64 é um “marco para a democracia brasileira”.

Direitos humanos

O Departamento de Estado americano divulgou relatório sobre os direitos humanos em 2020 que aponta desrespeito do governo brasileiro à liberdade de expressão — que é garantida pela Constituição.

“A Constituição e a lei preveem liberdade de expressão, mas o governo nem sempre respeita esse direito”, diz o documento.

No documento sobre o Brasil, de 49 páginas, o governo dos Estados Unidos menciona que o presidente Jair Bolsonaro criticou verbalmente ou pelas redes sociais a imprensa por 53 vezes, número levantado pela organização Repórteres Sem Fronteiras.

Congresso

Deputados barram tentativa de aliado do governo de ampliar poderes de Bolsonaro na pandemia
Deputados barram tentativa de aliado do governo de ampliar poderes de Bolsonaro na pandemia

A tentativa de ampliar os poderes do presidente Jair Bolsonaro durante a pandemia fracassou na Câmara dos Deputados. O líder do PSL na Casa, Vitor Hugo (GO), não conseguiu pautar o projeto sobre “mobilização nacional”. O mecanismo, previsto na Constituição, foi regulamentado em lei específica para o caso de agressão estrangeira. Parlamentares de oposição afirmam que a proposta é tentativa de “golpe” e de concentração “absoluta” de poderes nas mãos do presidente.

Todo mundo de olho

Sarah no 'BBB21' — Foto: Reprodução/GloboSarah no ‘BBB21’ — Foto: Reprodução/Globo

Sarah foi a oitava eliminada no paredão do “Big Brother Brasil 21”, com 76,76% dos votos. Ela disputou a eliminação com Rodolffo (22%) e com Juliette (1,24%).

Enem não é só no Brasil

A Universidade de Coimbra foi a primeira entidade estrangeira a assinar o convênio com o Inep, em maio de 2014. — Foto: Getty ImagesA Universidade de Coimbra foi a primeira entidade estrangeira a assinar o convênio com o Inep, em maio de 2014. — Foto: Getty Images

Enem também pode ajudar em processos seletivos de faculdades estrangeiras, especialmente em Portugal. Vale em Coimbra, Porto e Lisboa, por exemplo. Leia e entenda como funciona.

Só para maiores

Folhas da planta cannabis sativa, conhecida como maconha — Foto: UnsplashFolhas da planta cannabis sativa, conhecida como maconha — Foto: Unsplash

O Senado e a Câmara do estado de Nova York aprovaram a legalização da posse de pequenas porções de maconha e a eventual venda da substância para pessoas maiores de 21 anos, em uma das legislações mais abrangentes sobre o assunto nos Estados Unidos. A lei segue agora para o governador Andrew Cuomo, que já havia afirmado que iria sancioná-la. A decisão pode render ao estado cerca de US$ 350 milhões (R$ 2 bilhões) por ano.

Caso Henry Borel

Polícia tenta recuperar mensagens dos celulares de Dr. Jairinho e da mãe do menino Henry
Polícia tenta recuperar mensagens dos celulares de Dr. Jairinho e da mãe do menino Henry

A polícia vai usar um programa para tentar recuperar dados e acessar mensagens que foram apagadas dos celulares da mãe e do padrasto do menino Henry Borel. Os investigadores já ouviram depoimentos de 16 pessoas sobre o caso. Ao todo, 11 celulares foram apreendidos – são aparelhos do vereador Dr. Jairinho, Monique (mãe de Henry) e Leniel (pai do menino).Todos os telefones vão ser periciados.

Lembre o caso: Henry, de 4 anos, morreu no início desse mês em circunstâncias que ainda não foram esclarecidas. A criança estava na casa do padrasto e da mãe, na Barra da Tijuca, Zona Oeste, e, segundo a versão deles, foi encontrada desacordada e levada para o hospital.

Volta do benefício

Auxílio emergencial começou a ser pago em abril de 2020 — Foto: LEONARDO SÁ/AG SENADO via BBCAuxílio emergencial começou a ser pago em abril de 2020 — Foto: LEONARDO SÁ/AG SENADO via BBC

A partir de 1º de abril, os trabalhadores vão poder consultar no site da Dataprev se têm direito à nova rodada do auxílio emergencial. O retorno do benefício será em quatro parcelas, com valores específicos conforme o perfil de quem recebe. A média é de R$ 250, mas pode variar de R$ 150 a R$ 375, a depender da composição de cada família; tire dúvidas.

Depósitos pelo app

WhatsApp vai permitir fazer pagamentos a amigos e lojas pelo aplicativo. — Foto: Divulgação/WhatsAppWhatsApp vai permitir fazer pagamentos a amigos e lojas pelo aplicativo. — Foto: Divulgação/WhatsApp

Banco Central (BC) concedeu autorizações de funcionamento que permitem a realização de transferências bancárias pelo WhatsApp. A empresa Facebook Pagamentos do Brasil foi aprovada como um “iniciador de pagamentos”. Segundo o BC, as operações poderão ser feitas a partir da data em que o WhatsApp disponibilizar a funcionalidade ao cliente e a tarifa cobrada pela transação bancária será definida pelo aplicativo. Em nota à imprensa, a instituição avaliou que a medida pode levar a uma redução nos custos de transações financeiras.

Mega-Sen

 Aposta única da Mega-Sena custa R$ 4,50 e apostas podem ser feitas até às 19h — Foto: Marcelo Brandt/G1Aposta única da Mega-Sena custa R$ 4,50 e apostas podem ser feitas até às 19h — Foto: Marcelo Brandt/G1

O concurso 2.357 da Mega-Sena pode pagar um prêmio de R$ 2,5 milhões para quem acertar as seis dezenas. O sorteio ocorre às 20h desta quarta (31).

E um dos ganhadores da Mega da Virada tem até hoje para resgatar mais de R$ 162,2 milhões. Se deixar passar dessa data, o apostador, que é de São Paulo, perde o direito ao prêmio, que vai se tornar o maior a ser esquecido na história das loterias da Caixa.

Música 🎶

Introduções das músicas dos Barões são todas idênticas; confiraIntroduções das músicas dos Barões são todas idênticas; confira

Todos os dias, milhões de brasileiros dão o play nos Barões da Pisadinha e ouvem a mesma virada de bateria eletrônica, não importa a faixa. As músicas dos artistas mais tocados do Brasil começam sempre do mesmo jeito.

De onde saiu essa virada? Como ela é montada? Por que os Barões não dão uma mudadinha? Em busca dessas respostas, o G1 falou com Felipe Barão, tecladista do duo baiano, e com outros produtores do estilo.

Previsão do tempo

Veja como fica o tempo nesta quarta-feira (31)
Veja como fica o tempo nesta quarta-feira (31)
Continuar lendo PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 31 DE MARÇO DE 2021 POR G1

DEPOIS DE OCUPAR O CORAÇÃO DO PLANALTO, CENTRÃO COMEÇA A SE MOBILIZAR POR UM NOME DE SEU AGRADO PARA PRÓXIMA VAGA DO STF

Após ocupar Planalto, Centrão busca nome para o Supremo Tribunal Federal

Caio Junqueira
Por Caio Junqueira, CNN  
Atualizado 30 de março de 2021 às 21:23
Após ocupar Planalto, Centrão busca nome para o Supremo Tribunal Federal

Depois de ocupar o coração do Palácio do Planalto em um cargo, o Centrão começa a se mobilizar por um nome de seu agrado para a próxima vaga do Supremo Tribunal Federal (STF). O grupo tem feito chegar ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido) que o seu preferido, o novo ministro da Advocacia-geral da União, André Mendonça, não é a melhor opção.

O principal incômodo da base aliada de Bolsonaro com Mendonça é sua gestão na Advocacia-Geral da União (AGU). Quando assumiu o comando do órgão, ele promoveu um grupo interno próximo a ele que havia liderado ações de improbidade contra muitos políticos. Por exemplo, contra o então deputado e atual presidente da Câmara, Arthur Lira, e seu pai, o então senador Benedito de Lira. A ação contra os Lira foi movida quando Grace Mendonça era a AGU, em dezembro de 2016.

Nesse sentido, lideranças do Centrão tem alertado o Planalto de que Mendonça pode sofrer uma resistência significativa ao seu nome no Senado.  Um outro motivo é o aumento exponencial de representações que ele enquanto ministro da Justiça tem feito contra críticos do governo, utilizando-se para tanto da lei de Segurança Nacional. Pesa porém a seu favor o fato  de ser evangélico, sua principal credencial hoje.

Evangélicos disseram á CNN que Mendonça atende aos requisitos do grupo, mas que se for indicado será considerado uma indicação pessoal do presidente. Os líderes evangélicos já apresentaram uma lista tríplice: o advogado e desembargador aposentado Jackson di Domenico, do integrante do Ministério Público Federal em Brasília José Eduardo Sabo Paes e do juiz federal William Douglas.

Esse cenário faz com que o Centrão tenha apostado em outros nomes. Uma possibilidade era o procurador-geral da República, Augusto Aras, mas duas fontes disseram á CNN que o próprio presidente Jair Bolsonaro já lhe disse que ele não será indicado agora. Além de não ser evangélico (ele é católico), Bolsonaro não deseja abrir uma sucessão na PGR que teria alto potencial explosivo tendo em vista o enfrentamento que Aras liderou na instituição, visto como positivo pelo Planalto.

A alternativa seria Humberto Martins, presidente do Superior Tribunal de Justiça, que é evangélico e alagoano como Arthur Lira. Sua indicação  teria como vantagem abrir mais uma vaga no STJ. Ou seja, o presidente faria duas nomeações em tribunais superiores.  Sob essa ótica, outros ministros da corte  também são cotados, como o ex-presidente João Otávio Noronha, que beneficiou recentemente em suas decisões o filho do presidente, senador Flávio Bolsonaro, e Luis Felipe Salomão.

Continuar lendo DEPOIS DE OCUPAR O CORAÇÃO DO PLANALTO, CENTRÃO COMEÇA A SE MOBILIZAR POR UM NOME DE SEU AGRADO PARA PRÓXIMA VAGA DO STF

SEGUNDO MILITARES, TENDÊNCIA É DE INSTABILIDADE POLÍTICA ATÉ O FINAL DO MANDATO DO PRESIDENTE BOLSONARO

Militares avaliam cenários até o final do mandato de Bolsonaro

Avaliação é de que instabilidade política seguirá até o fim do mandato do presidente

Caio Junqueira
Por Caio Junqueira, CNN  
 Atualizado 30 de março de 2021 às 21:00

Militares avaliam cenários até o final do mandato de Bolsonaro

Militares da ativa e da reserva com que a CNN conversou nesta terça-feira fizeram uma análise do futuro do governo Bolsonaro. Segundo os oficiais, a principal tendência e de instabilidade política até o final do mandato, mas apontam também outros cenários.

  1. O presidente se fragiliza até o final do mandato e fica cada vez mais refém do Congresso Nacional, que o mantém nessa condição a fim de tirar proveito da situação gerando um estado de instabilidade permanente. Para os militares ouvidos, este é o cenário mais provável.
  2. O presidente se recupera politicamente. Vacinação em massa e retomada da economia fazem sua popularidade crescer novamente e traz estabilidade ao país.  Cenário, menos provável, segundo os interlocutores.
  3. O presidente tenta liderar uma ruptura, mas sem apoio das forças, acaba caindo. Cenário improvável.

Nos círculos militares nesta tarde, a tônica era que qualquer fosse o interesse do presidente em politizar as forças, elas não cederiam à pressão. Uma fonte disse à CNN que essa variável (apoio das Forças para uma aventura) o presidente nunca terá. E se houver uma demanda presidencial nesse sentido, haverá insubordinação.

Sobraram elogios aos demissionários, assim como Fernando Azevedo, pelo fato de terem desembarcado, o que foi considerado o melhor sinal de que as tropas não embarcariam em qualquer ideia de ruptura institucional. A leitura é a de que todos salvaram suas biografias.

Continuar lendo SEGUNDO MILITARES, TENDÊNCIA É DE INSTABILIDADE POLÍTICA ATÉ O FINAL DO MANDATO DO PRESIDENTE BOLSONARO

PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 30 DE MARÇO DE 2021 POR G1

Por G1

 

Dança das cadeiras no governo: reforma ministerial mexe no comando de 6 pastas de uma vez. Com mudanças, o presidente Jair Bolsonaro faz aceno ao Centrão e busca maior influência nos quartéis. Pandemia sem controle: Brasil tem novo recorde na média de mortes por Covid: 2.655 por dia. Ministério da Saúde fará campanha por uso ‘racional’ de oxigênio em hospitais. Fiocruz e Butantan preveem entregar 27 milhões de doses de vacinas em abril. Ministro Marcelo Queiroga se reúne com embaixador dos EUA para discutir possível permuta de imunizantes. No estado de Nova York, a expectativa é que a campanha para imunizar todos os maiores de 30 anos comece hoje. E procura-se um milionário! Prêmio da Mega da Virada pode ser o maior já ‘esquecido’ da história da Caixa.

Dança das cadeiras

Reforma ministerial mexe no comando de seis pastas
Reforma ministerial mexe no comando de seis pastas

presidente Jair Bolsonaro promoveu a maior série de trocas de primeiro escalão em um único dia desde o início do governo: seis ministros deixaram seus cargos. As mudanças afetaram: Ministério da DefesaMinistério das Relações ExterioresMinistério da Justiça; Casa Civil; Advocacia Geral da União (AGU); e Secretaria de Governo.

Os novos ministros nomeados por Bolsonaro: Luiz Eduardo Ramos (Casa Civil), Carlos Alberto Franco França (Relações Exteriores), Walter Braga Netto (Defesa), Anderson Torres (Justiça), André Mendonça (AGU) e Flávia Arruda (Secretaria de Governo) — Foto: DivulgaçãoOs novos ministros nomeados por Bolsonaro: Luiz Eduardo Ramos (Casa Civil), Carlos Alberto Franco França (Relações Exteriores), Walter Braga Netto (Defesa), Anderson Torres (Justiça), André Mendonça (AGU) e Flávia Arruda (Secretaria de Governo) — Foto: Divulgação

Ao menos dois desses movimentos têm finalidade clara: aceno ao Centrão e tentativa de aumentar a influência junto aos quartéis militares. O Centrão foi agraciado com a Secretaria de Governo: passará a ocupar o cargo a deputada federal Flávia Arruda (PL-DF), em substituição ao general Luiz Eduardo Ramos. Ela, que tem o apoio do presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), passa a ser a responsável pela articulação política do Palácio do Planalto. Flávia disse, ao blog da Andréia Sadi, que atuará para diminuir as tensões entre governo e Câmara.

O outro movimento – a saída do general Fernando Azevedo e Silva do comando do Ministério da Defesa – foi recebido com preocupação por integrantes da ativa e da reserva das Forças Armadas e como algo além de uma troca para acomodação de espaços no primeiro escalão do governo. Ao blog do Camarotti, um general da reserva enxergou as ações que levaram à demissão de Azevedo e Silva como um sinal de Bolsonaro de que deseja ter maior influência política nos quartéis.

A única substituição tida como provável era a do ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo. Após a situação política dele se deteriorar, com críticas de deputados e senadores, o chanceler pediu demissão. O substituto será o embaixador Carlos Alberto Franco França, que atuava no cerimonial do Itamaraty. Relembre em vídeo as polêmicas de Araújo:

Ernesto Araújo pede demissão; veja polêmicas do ex-ministro
Ernesto Araújo pede demissão; veja polêmicas do ex-ministro

O anúncio das mudanças nos ministérios ocorreu no início da noite desta segunda pela Secretaria de Comunicação da Presidência da República.

O Assunto

Crise sanitária

Brasil registra 1.969 mortes por Covid em 24 horas
Brasil registra 1.969 mortes por Covid em 24 horas

A média móvel de mortes por Covid chegou a 2.655 por dia, um novo recorde. Em 24 horas, foram quase 2 mil vítimas da doença. No total, o país contabilizou 12.577.354 casos e 314.268 óbitos. Dezoito estados e o Distrito Federal estão com alta nas mortes; veja os dados detalhados.

Segundo um levantamento divulgado pelo Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), o Brasil teve, no ano passado, 22% a mais de mortes por causas naturais do que o que era esperado. As mortes por causas naturais incluem as que ocorreram por doenças, como a Covid-19. Nesse critério, não entram aquelas por acidentes ou armas de fogo, por exemplo.

Risco de desabastecimento

Queiroga quer protocolo para racionalizar uso de oxigênio em hospitais
Queiroga quer protocolo para racionalizar uso de oxigênio em hospitais

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, afirmou que a pasta fará uma campanha a favor do uso “racional” de oxigênio em hospitais. Queiroga deu a declaração ao participar de uma audiência do Senado. Aos parlamentares, ele disse que muitas pessoas recebem oxigênio nos hospitais mesmo sem precisar.

“Todos sabemos que muitas pessoas chegam aos hospitais e aí, às vezes, a primeira providência é colocar o oxigênio nasal em quem não precisa do oxigênio. Então, vamos tentar economizar. Vamos fazer grande campanha, junto aos profissionais de saúde, para o uso racional do oxigênio”, disse.

Nesta segunda, a Defensoria Pública da União pediu ao Supremo Tribunal Federal que determine ao governo federal e aos estados e municípios uma atuação articulada para apresentar, em 10 dias, um plano de abastecimento de oxigênio medicinal para as redes de saúde locais durante a pandemia. A DPU defendeu que as demandas pelo insumo devem ser organizadas segundo os critérios de urgência, logística, necessidade, estoque, local de envase, transporte e os previstos em leis.

Vacinação no Brasil

Linha de produção da CoronaVac, no Instituto Butantan, em SP — Foto: Amanda Perobelli/ReutersLinha de produção da CoronaVac, no Instituto Butantan, em SP — Foto: Amanda Perobelli/Reuters

A campanha nacional de vacinação contra a Covid-19 deve receber em abril ao menos 27 milhões de doses da CoronaVac e da vacina de Oxford, de acordo com dados dos institutos responsáveis pela fabricação. A previsão considera apenas o que pode ser entregue com matéria-prima que já foi importada, ou seja, a entrega dessas doses não depende da chegada de novos lotes do Ingrediente Farmacêutico Ativo (IFA). Veja um panorama com informações da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e do Instituto Butantan.

Nesta terça (30), o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, tem uma videoconferência com o embaixador dos Estados Unidos no Brasil, Todd Chapman, e disse que planeja fazer permutas.

“Como nós já adquirimos da Pfizer e hoje [segunda] eu fiz uma reunião com a Pfizer e vamos adquirir mais, então, vamos fazer uma permuta para ver se conseguimos uns 20 milhões de doses para que fortaleça o nosso Programa de Imunizações”, afirmou.

Imunização acelerada

Posto de vacinação em escola de San Francisco, Califórnia (EUA), em foto de 4 de março — Foto: Jeff Chiu/Arquivo/AP PhotoPosto de vacinação em escola de San Francisco, Califórnia (EUA), em foto de 4 de março — Foto: Jeff Chiu/Arquivo/AP Photo

O Estados Unidos vão abrir a vacinação contra a Covid-19 para 90% dos adultos até 19 de abril, informou a Casa Branca. A ideia é que 90% desse público possa encontrar um posto de imunização a até 5 milhas — ou seja, pouco mais de 8 quilômetros — de casa. As diretrizes foram anunciadas pelo presidente Joe Biden.

“Para a enorme maioria dos adultos, não será preciso aguardar até 1º de maio. Vocês poderão tomar a vacina em 19 de abril”, anunciou o democrata.

No estado de Nova York, a expectativa é que a campanha para imunizar todos os maiores de 30 anos comece já nesta terça. Na próxima semana, segundo o governador Andrew Cuomo, está prevista a abertura para maiores de 16 anos.

Caso Henry Borel

Caso Henry: ex-namorada de Dr. Jairinho cita agressões à filha
Caso Henry: ex-namorada de Dr. Jairinho cita agressões à filha

Novos trechos do depoimento de uma ex-namorada do vereador Jairinho levantam suspeitas sobre agressões cometidas pelo político. Em um deles, ela contou que Jairinho, que é médico, mas nunca exerceu a profissão, dava remédio para ela dormir.

A mulher começou a ser ouvida em um inquérito que trata de supostas agressões cometidas por Jairo Souza Santos Júnior, o vereador Dr. Jairinho. Essa investigação é paralela à que trata da morte do menino Henry Borel, de 4 anos, e enteado do político.

De olho no teto de gastos

Grupo de deputados pede parecer do TCU sobre orçamento 2021
Grupo de deputados pede parecer do TCU sobre orçamento 2021

Deputados pediram ao Tribunal de Contas da União (TCU) um parecer sobre o texto do Orçamento de 2021, aprovado na semana passada pelo Congresso. Economistas e parlamentares afirmam que o texto é uma peça de ficção.

A Instituição Fiscal Independente (IFI), ligada ao Senado, divulgou um relatório em que afirma que, se o Orçamento ficar do jeito que está, será preciso um bloqueio de recursos ainda maior, que pode parar a máquina pública. De acordo com o IFI, para cumprir a regra do teto de gastos, prevista na Constituição, vai ser preciso bloquear despesas em R$ 31,9 bilhões. Caso contrário, a conta não vai fechar.

Enem 2020

Provas do Enem — Foto: Divulgação Provas do Enem — Foto: Divulgação

Os resultados do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020 já estão disponíveis na página do participante, segundo o Inep. No entanto, candidatos relataram na internet que não conseguiram acessar a página para consultar as notas.

O único programa de acesso ao ensino superior que conseguiu reorganizar o calendário para usar as notas do Enem 2020 foi o Sistema de Seleção Unificada (Sisu). As inscrições ocorrerão de 6 a 9 de abril.

Procura-se um milionário

 Aposta única da Mega-Sena custa R$ 4,50 e apostas podem ser feitas até às 19h — Foto: Marcelo Brandt/G1Aposta única da Mega-Sena custa R$ 4,50 e apostas podem ser feitas até às 19h — Foto: Marcelo Brandt/G1

Mais de R$ 162,2 milhões: esse é o valor que um dos ganhadores da Mega da Virada tem para receber – mas só até esta quarta-feira (31). Se deixar passar a data, o apostador, que é de São Paulo, perde o direito ao prêmio, que vai se tornar o maior a ser esquecido na história das loterias da Caixa. Os números sorteados foram: 17 – 20 – 22 – 35 – 41 – 42.

China e Hong Kong

Homem passa por anúncio do governo sobre a reforma do sistema eleitoral de Hong Kong — Foto: Kin Cheung / AP PhotoHomem passa por anúncio do governo sobre a reforma do sistema eleitoral de Hong Kong — Foto: Kin Cheung / AP Photo

China aprovou nesta terça-feira (30) uma reforma radical do sistema eleitoral de Hong Kong, que inclui a redução do número de parlamentares eleitos diretamente e prevê que um comitê irá examinar e selecionar a maioria dos legisladores.

O comitê eleitoral se encarregará de selecionar o principal executivo de Hong Kong. As mudanças reduziriam o número de representantes eleitos diretamente de 35 para 20 e o tamanho da legislatura aumentaria dos 70 atuais para 90, enquanto um comitê eleitoral responsável pela seleção do chefe do executivo aumentará de 1.200 membros para 1.500, disse a Xinhua.

Vagas de emprego

Levantamento da empresa de recrutamento on-line Catho mostra áreas e cargos que apresentaram maior crescimento no número de vagas de emprego abertas em fevereiro deste ano em comparação ao mesmo mês do ano passado, ou seja, antes da pandemia. Segundo o estudo, as profissões ligadas às áreas de arquitetura e design, comércio exterior, indústria, telemarketing e saúde tiveram aumento considerável na abertura de novas vagas. Saiba na reportagem.

Mais aventura

George R. R. Martin, autor de 'Game of thrones', em evento da HBO em março de 2014 — Foto: Evan Agostini/Invision/AP, FileGeorge R. R. Martin, autor de ‘Game of thrones’, em evento da HBO em março de 2014 — Foto: Evan Agostini/Invision/AP, File

escritor George R.R. Martin assinou um contrato de cinco anos com a HBO. O anúncio aumentou as esperanças entre os fãs de “Game of Thrones” por novas aventuras ambientadas entre os dragões e famílias guerreiras de Westeros. O autor, de 72 anos, cuja série de livros “As crônicas de gelo e fogo” deu origem ao fenômeno recorde de sucesso na TV “Game of Thrones”, já está trabalhando na série “House of the Dragon”, que se passa 300 anos antes e deve ir ao ar em 2022.

Continuar lendo PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 30 DE MARÇO DE 2021 POR G1

OS COMANDANTES DAS TRÊS FORÇAS SÓ DECIDIRÃO SOBRE ENTREGA DOS CARGOS APÓS REUNIÃO COM MINISTRO DA DEFESA

Comandantes das Forças aguardarão reunião com Braga Netto para decidir se ficam

Edson Pujol (Exército), Antonio Carlos Moretti (Aeronáutica) e Ilques Barbosa (Marinha) querem ouvir o que novo ministro da Defesa tem a dizer

Caio Junqueira

Por Caio Junqueira, CNN  

 Atualizado 29 de março de 2021 às 22:37

Walter Braga Netto

Os comandantes das três forças decidiram na noite desta segunda-feira aguardar uma reunião que terão com o novo ministro da Defesa, Walter Braga Netto, para decidirem se entregam ou não os cargos.

Os comandantes Edson Pujol (Exército), Antonio Carlos Moretti (Aeronáutica) e Ilques Barbosa Júnior (Marinha) avaliaram que não seria correto entregar os cargos antes de ouvir o novo ministro. O encontro entre eles ocorrerá na manhã desta terça-feira.

A chance de saírem, porém, está na mesa.  Eles querem avaliar como se dará o estreitamento da relação entre as Forças e o Palácio do Planalto, principal motivo da demissão de Fernando Azevedo, como mostrou a CNN.

O incômodo com a demissão é grande porque as forças têm o receito de que haja uma demanda por um alinhamento político das tropas com Bolsonaro, o que é rejeitado por todas elas. Por isso que a reunião será determinante para que eles decidam se permanecerão nos seus postos sob o comando de Braga Netto.

Fonte: CNN

Continuar lendo OS COMANDANTES DAS TRÊS FORÇAS SÓ DECIDIRÃO SOBRE ENTREGA DOS CARGOS APÓS REUNIÃO COM MINISTRO DA DEFESA

BOLSONARO FAZ MUDANÇAS NO ALTO ESCALÃO DO GOVERNO, VEJA A LISTA

Bolsonaro altera o comando de seis ministérios; veja lista

Casa Civil, Secretaria de Governo, Advocacia-Geral da União (AGU), Defesa, Justiça e Segurança Pública e Relações Exteriores terão novos ministros

Guilherme Venaglia, da CNN, em São Paulo

Atualizado 29 de março de 2021 às 20:54

Pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro (23.mar.2021)Pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro (23.mar.2021) Foto: CNN Brasil

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) anunciou nesta segunda-feira (29) seis mudanças no alto escalão do governo. Casa Civil, Secretaria de Governo, Advocacia-Geral da União (AGU), Ministério da Defesa, Ministério da Justiça e Segurança Pública e Ministério das Relações Exteriores terão novos ministros.

A informação foi antecipada pela repórter da CNN Rachel Vargas

No saldo final, três ministros saem e três ministros entram no governo. O general Fernando Azevedo, exonerado da Defesa; Ernesto Araújo, que pediu demissão das Relações Exteriores; e José Levi Mello do Amaral Júnior, que pediu demissão da AGU, não integram mais o primeiro escalão.

Tabela com a mudança nos ministérios do presidente Jair Bolsonaro
Tabela com a mudança nos ministérios do presidente Jair Bolsonaro no dia 29 de março de 2021
Foto: CNN

Três ministros mudaram de pasta. O general Walter Braga Netto deixou a Casa Civil e assumiu a Defesa. O general Luiz Eduardo Ramos deixou a Secretaria de Governo e vai assumir a Casa Civil. E André Mendonça deixou a Justiça para voltar a ser advogado-geral da União, função que já exerceu entre janeiro de 2019 e abril de 2020.

E, por fim, três novos ministros entram no governo para suprir as vagas em aberto. A deputada Flávia Arruda (PL-DF) será a nova ministra-chefe da Secretaria de Governo, a primeira política a dirigir a pasta que cuida da articulação com o Congresso, depois dos generais Carlos Alberto dos Santos Cruz e Luiz Ramos.

Outro que chega ao governo é Anderson Torres, delegado da Polícia Federal que vinha exercendo o cargo de secretário de Segurança Pública do Distrito Federal. Torres deixa o posto na gestão do governador Ibaneis Rocha (MDB) para ser o novo ministro da Justiça e Segurança Pública.

Por fim, o embaixador Carlos Alberto Franco França foi promovido a ministro das Relações Exteriores. França, que é diplomata de carreira, já atuava no governo Bolsonaro, como chefe do cerimonial da Presidência da República.

Mudanças ao longo do dia

A segunda-feira começou com as repercussões do aumento de pressão sobre o então ministro da Relações Exteriores, Ernesto Araújo, que vinha sendo alvo do Congresso Nacional e até de ministros do Supremo Tribunal Federal (STF).

No domingo, Araújo foi ao Twitter para dizer que a senadora Kátia Abreu (PP-TO), presidente da Comissão de Relações Exteriores do Senado, havia trabalhado em prol de empresas chinesas quando do leilão para instalação do 5G no País. A parlamentar reagiu por meio de nota, na qual argumentava que “o Brasil não pode mais continuar tendo, perante o mundo, a face de um marginal”.

Em entrevista à CNNKátia Abreu disse que Ernesto Araújo é um dos responsáveis pela falta de vacinas no Brasil e que já sabia, desde a reunião em que abordou leilão do 5G, que o ministro seria demitido.

No começo da tarde, veio a notícia que Ernesto Araújo havia pedido demissão do cargo durante um encontro com o presidente Jair Bolsonaro.

Mais adiante, foi a vez de Fernando Azevedo e Silva, então ministro da Defesa, divulgar comunicado anunciando que estava deixando o comando da pasta. No texto, o general da reserva disse que tentou “preservar as Forças Armadas como instituições de Estado” enquanto ministro.

A essa altura, já se sabia que o presidente Jair Bolsonaro estava tocando uma inesperada reforma ministerial. A confirmação final veio às 19h05, quando o presidente tuitou que havia “alterado a titularidade” dos seis ministérios.

Para a colunista da CNN Daniela Lima, as saídas de Fernando Azevedo e Silva e de José Levi deve ter como efeito colateral um prejuízo à interlocução do governo com o STF, uma vez estes dois nomes faziam pontes importantes entre o Executivo e o Judiciário. Agora, caberá ao ministro das Comunicações, Fábio Faria, o papel de principal interlocutor do governo junto aos tribunais.

Fonte: CNN

Continuar lendo BOLSONARO FAZ MUDANÇAS NO ALTO ESCALÃO DO GOVERNO, VEJA A LISTA

ANÁLISE POLÍTICA: POLÍTICOS RADICAIS E O FECHAMENTO DE SUPERMERCADOS, PORCAIO COPPOLLA

Segunda-feira é dia de ANÁLISE POLÍTICA e nesta segunda o destaque é o comentário competente e preciso de Caio Coppolla sobre os políticos radicais e o fechamento de supermercados. Medida que está ganhando corpo pelas cidades país a fora e que está causando grande prejuízo aos pequenos empresários, que são a coluna vertebral da economia. Assista ao vídeo completo a seguir, reflita, tire suas conclusões e se achar que deve  divulgue ao máximo de pessoas que você puder!

Compartilhe o vídeo e MARQUE O PREFEITO E/OU UM VEREADOR DA SUA CIDADE AQUI NOS COMENTÁRIOS – nosso objetivo é impactar 10% das Prefeituras do país com este conteúdo: 557 Municípios 👊🏼🇧🇷 Este é um APELO CONTRA MEDIDAS RADICAIS E INEFICIENTES QUE AUMENTAM AGLOMERAÇÕES e potencializam a circulação do vírus, em especial o FECHAMENTO DE MERCADOS & SUPERMERCADOS – uma iniciativa que infelizmente já foi implementada em grandes cidades como Araraquara e São José do Rio Preto. Analiso esses “cases de fracasso” no vídeo e, no final, ofereço DUAS SUGESTÕES EFICAZES BASEADAS NA CIÊNCIA pra reduzir o risco de transmissão nesses ambientes de atividade essencial. ***ESTE VÍDEO TAMBÉM É UMA HOMENAGEM AOS CORAJOSOS CAIXAS E TRABALHADORES DOS MERCADOS – Deus abençoe vocês com toda a saúde, muito obrigado pelos serviços prestados, ainda mais na pandemia! 🙏🏼***

Fonte: 

Continuar lendo ANÁLISE POLÍTICA: POLÍTICOS RADICAIS E O FECHAMENTO DE SUPERMERCADOS, PORCAIO COPPOLLA

OPINIÃO: JÁ ESTAMOS VIVENDO UM ESTADO DE EXCEÇÃO, POR WAGNER BRAGA

Caro(a) leitor(a),

Quando foi a última vez que você viu ou ouviu falar alguém ou algum jornalista pudesse ir preso por causa das suas palavras? Particularmente eu só vi isso acontecer durante os governos militares. Lembro de Juca Chaves ter ido preso por ter dito a célebre frase: Sabe como se reconhece um ladrão? Médici dos pés a cabeça! Em pleno governo do General Emílio Garrastazu Médici, uma ditadura. Depois disso nunca mais ouvi falar em coisas desse tipo. Recentemente tivemos o episódio do Oswaldo Eustáquio, preso porque falou a verdade e depois apareceu paraplégico, numa cadeira de rodas, dentro da cadeia numa circunstância muito tenebrosa, ainda sem uma explicação plausível. Quando um jornalista, como Caio coppolla vem a público dizer que corre risco de ser censurado, investigado e preso, algo de muito estranho está acontecendo num país que se diz democrático. São tempos muito estranhos o que estamos vivendo e não pode continuar assim. Temos de fazer alguma coisa. Temos que pelo menos apoiar o Caio Coppolla nessa empreitada do Impeachment. Dar as mãos a ele e deixar bem claro para todos os poderes que a sociedade brasileira está de acordo com ele. Mais de 3 milhões já fizeram isso. Desta forma para colocar Caio Coppolla na cadeia será necessário colocar todos os 3 milhões de abaixo assinados. Quero ver quem vai ser o cabra macho!

Caio Coppolla diz que corre o risco de ser censurado, investigado e preso

Redação

Publicado em

Por  

 

Reprodução | CNN Brasil

Bacharel em direito e comentarista político da CNN Brasil, Caio Coppolla voltou a dizer que ele pode ser censurado pelo Supremo Tribunal Federal, alvo de investigações da Polícia Federal e até mesmo preso arbitrariamente após criar, no dia 15 deste mês, um abaixo-assinado virtual para pressionar o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), a pautar o impeachment do ministro Alexandre de Moraes, do STF.

O analista decidiu gravar um vídeo comentando uma matéria publicada pelo jornal Folha de S. Paulo, assinada pela jornalista Mônica Bergamo, em que juristas e advogados rebateram argumentos que foram apresentados por ele em críticas ao ministro Alexandre de Moraes.

“Eu tenho fundadas razões para acreditar que estou prestes a ser censurado pelo STF, investigado pela Polícia Federal e até preso arbitrariamente. Até o final do vídeo vocês vão entender porque estou correndo esses riscos”, disse.

“No dia 22 de março, a Folha de S. Paulo, que vive publicando informações falsas a meu respeito, quebrou o seu silêncio constrangedor e se manifestou sobre o abaixo-assinado pela análise do pedido impeachment contra o ministro Alexandre de Moraes. Para surpresa de ninguém, a Folha ficou do lado errado e publicou uma coluna difamatória contra mim, defendendo a coluna do ministro Alexandre de Moraes (…) Eis o título do texto, assinado por Mônica Bergamo: ‘Juristas e advogados defendem Alexandre de Moraes contra ‘ataques’ de Caio Coppolla, da CNN. Comentarista tem feito mobilização pelo impeachment do magistrado’”, questionou.

Para Caio, a Folha serve de “assessoria de imprensa de imprensa de advogados milionários e juristas militantes que são bajuladores do STF”.

“(…) É uma iniciativa legitima, republica e pacífica que engajou milhões de brasileiros. Mas a Folha de S. Paulo optou por não noticiar essa mobilização histórica em defesa da Constituição e da liberdade de expressão. Preferiu servir de assessoria de imprensa de advogados milionários e juristas militantes que são bajuladores do STF, onde os seus clientes mais poderosos são julgados. E, para fazer o serviço sujo, esses profissionais do direito utilizaram os serviços da jornalista Mônica Bergamo”, prosseguiu o comentarista.

Coppolla fez questão de confrontar as entidades que assinaram o documento, considerando que essas, segundo ele, servem de ‘peso artificial’ no debate público.

“Perceberam o perfil de quem me ataca gratuitamente? (…) Essa manifestação contra mim e contra o abaixo-assinado é nitidamente política. Não deveria ter nenhuma credibilidade jurídica (…) Por serem reputados como especialistas no direito, essas entidades ganham peso artificial no debate público, mesmo que os fatos narrados sejam flagrantemente falsos. (…) Percebam a quantidade de mentiras que a Folha de S. Paulo veiculou a meu respeito, usando como pretexto a publicação de manifestação militante. Se a senhora Mônica Bergamo tiver um pingo de decência jornalística (…) Ela vai me conceder direito de resposta (…) Eu faço aqui um apelo à sua ética profissional. Me conceda esse justo direito de resposta na sua coluna”, acrescentou.

Por fim, ele lamentou a seletividade no âmbito jurídico, frisando grupos de esquerda. Segundo ele, a Folha de S. Paulo tem gerado desinformação para resultar numa eventual ação de censura contra ele, além de uma possível prisão.

“Sabem quais os objetivos dessas entidades e da Folha de S. Paulo ao veicular esse tipo de desinformação? É criar um contexto jurídico e midiático para ensejar medidas judiciais de censura, de investigação e de prisão contra mim com base na Lei de Segurança Nacional (…) Preparei uma série de conteúdos que serão publicados por outros influenciadores, inclusive no exterior, caso eu seja preso injustamente e minhas contas nas redes sociais sejam bloqueados por uma ordem judicial censora (…) O mais triste é perceber que espírito democrático dos advogados e juristas da esquerda é muito seletivo. Eles só defendem os direitos de quem pensa como eles”, finalizou.

Fonte: Conexão Política

Continuar lendo OPINIÃO: JÁ ESTAMOS VIVENDO UM ESTADO DE EXCEÇÃO, POR WAGNER BRAGA

PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 29 DE MARÇO DE 2021 POR G1

Por G1

 

Brasil bate novo recorde na média móvel de mortes por Covid-19. Internações de jovens crescem até 500% no Brasil: faixa etária entre 40 e 49 foi a que deu mais entrada em hospitais. Primeiro fim de semana de ‘megaferiados’ no RJ e SP tem desrespeito a medidas restritivas. Navio encalhado no Canal de Suez há 6 dias volta a flutuar. Senadores cobram saída do ministro Ernesto Araújo após ataque a Kátia Abreu. Morre PM que ‘surtou’ na Bahia e disparou tiros de fuzil para cima na região do Farol da Barra. Enem 2020 divulgará resultados nesta segunda, e notas poderão ser usadas no Sisu. Fantástico mostra com exclusividade imagens dos últimos momentos de Henry com vidaO Assunto explica a redução das doações para os mais pobres no pior momento da pandemia. Veja como declarar empréstimos no Imposto de Renda.

Recorde de média de mortes

Média móvel de mortes registra mais um recorde: 2.598 por dia
Média móvel de mortes registra mais um recorde: 2.598 por dia

A média móvel de mortes por Covid-19 no Brasil chegou a 2.598, um novo recorde desde o início da pandemia pelo 3º dia consecutivo. Em comparação à média de 14 dias atrás, a variação foi de +40%, indicando tendência de alta nos óbitos pela doença. O país já confirmou 312.299 mortes pela doença. No domingo, foram 1.605 mortes em 24 horas.

Jovens são mais internados

A nova face da pandemia: internações de jovens crescem até 500% no Brasil
A nova face da pandemia: internações de jovens crescem até 500% no Brasil

Hoje, uma em cada cindo pessoas com Covid internadas em UTIs no país tem entre 18 e 44 anos, segundo a Associação Brasileira de Medicina Intensiva. Entre janeiro e março de 2021 e março, as hospitalizações pela doença cresceram 300% no Brasil. Entre pessoas de 40 a 49 anos, esse índice foi quase o dobro. Nas faixas de 30 a 39 anos e de 50 a 59 anos, ficou acima de 500%.

Aglomeração no megaferiado

Cenas de desrespeito às restrições de circulação se repetem em várias cidades do país
Cenas de desrespeito às restrições de circulação se repetem em várias cidades do país

No primeiro final de semana de “megaferiado” na cidade de São Paulo e no estado do Rio de Janeiro, foram flagradas cenas de desrespeito ao isolamento social. Teve festa na piscina com 300 pessoas; bailes na praia, na praça, no clube e até do lado da UPA; bares insistentes com meia porta aberta; três festas vizinhas fechadas numa só operação; barreiras para o litoral suspensas de tão cheias, entre outros casos preocupantes. Veja o vídeo acima.

O “feriado sanitário” com medidas restritivas acontece de 26 de março a 4 de abril para tentar conter o avanço da Covid e desafogar os hospitais.

Cargueiro de Suez volta a flutuar

Visão de satélite do navio Ever Given encalhado no Canal de Suez, no Egito, no dia 26 de março. — Foto: Maxar Technologies/Handout via ReutersVisão de satélite do navio Ever Given encalhado no Canal de Suez, no Egito, no dia 26 de março. — Foto: Maxar Technologies/Handout via Reuters

navio cargueiro Ever Given, que encalhou e está bloqueando o Canal de Suez há quase uma semana, voltou a flutuar nesta segunda, às 4h30 no horário local (23h30 de domingo no horário de Brasília), segundo a Inchcape, um provedor global de serviços marítimos. Com isso, aumentam as esperanças de que a rota entre o Mar Vermelho e o Mar Mediterrâneo – uma das mais importantes do mundo – seja reaberta em breve.

Pressão para saída de Araújo

Ataque de Ernesto Araújo a Kátia Abreu é ataque a todo o Senado, diz Pacheco
Ataque de Ernesto Araújo a Kátia Abreu é ataque a todo o Senado, diz Pacheco

O ataque do ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, a senadora Kátia Abreu (PP-TO), provocou uma forte reação de outros senadores. Nas redes sociais, os parlamentarem saíram em defesa de Kátia, criticaram o chanceler e voltaram a pedir sua saída. “Ernesto e democracia não andam juntos”, publicou Simone Tebet (MDB-MS).

Na tarde de domingo, o ministro publicou nas redes sociais sobre um almoço que teve com a senadora no início de março. Nele, ele alega que teria ouvido dela que se tornaria o “rei do Senado” se fizesse um gesto em relação ao 5G, mas que não fez “gesto algum”. Kátia Abreu se defendeu afirmando, em nota, que é “uma violência resumir três horas de um encontro institucional a um tuíte que falta com a verdade”.

PM morre após ser neutralizado durante ‘surto’

Soldado da PM da Bahia tem surto e dispara dezenas de tiros para o alto no Farol da Barra
Soldado da PM da Bahia tem surto e dispara dezenas de tiros para o alto no Farol da Barra

Morreu no Hospital Geral do Estado (HGE) o policial militar que apresentou surtos psicóticos e disparou tiros para cima na tarde de domingo, na região do Farol da Barra, em Salvador. O PM, identificado como Wesley Soares Góes, era noivo e trabalhava na 72ª CIPM havia pelo menos quatro anos. Ele foi baleado após 3h30 de negociação com equipes do Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE), no início da noite.

Resultados do Enem

Dona de casa Fabiana Silveira, de 43 anos e a filha, Geovana Silveira, de 18, fazem prova do Enem em mesma escola no AM — Foto: Eliana Nascimento/G1 AM Dona de casa Fabiana Silveira, de 43 anos e a filha, Geovana Silveira, de 18, fazem prova do Enem em mesma escola no AM — Foto: Eliana Nascimento/G1 AM

Os resultados do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020 serão divulgados nesta segunda-feira, na página do participante. Segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), as notas das provas objetivas e da redação estarão disponíveis após as 18h. Os treineiros só poderão consultar os resultados em 28 de maio.

Caso menino Henry

Exclusivo: Fantástico mostra imagens dos últimos momentos de Henry com vida
Exclusivo: Fantástico mostra imagens dos últimos momentos de Henry com vida

O Fantástico teve acesso, com exclusividade, a imagens dos últimos momentos de vida do menino Henry, de quatro anos, e ao depoimento de uma ex-namorada do padrasto do garoto. Ela disse à polícia que o vereador Doutor Jairinho já havia agredido ela e a filha.

O laudo do IML aponta algumas lesões espalhadas pelo corpo do menino. Infiltrações hemorrágicas nas partes frontal, lateral e posterior da cabeça. Contusões no rim, no pulmão. A morte foi causada por hemorragia interna pelo rompimento do fígado. A perícia também identificou hematomas no punho, no abdômen e uma escoriação no nariz do menino.

🎧 O Assunto

O episódio desta segunda do podcast O Assunto explica a redução das doações no pior momento da pandemia. Com a pandemia em momento catastrófico, a crise econômica aprofundada e o auxílio (mais magro) ainda sem dia para voltar, entidades e organizações de apoio aos mais carentes lançam um grito de alerta. “Estou vendo muita gente na política pensando em 2022. Só que antes temos que atravessar 2021”, diz Preto Zezé, presidente da Central Única das Favelas, a Cufa. Em entrevista a Renata Lo Prete, ele dá a real sobre o avançado estágio de insegurança alimentar nas comunidades. Ouça abaixo

Imposto de Renda 2021 – empréstimos

Empréstimos e financiamentos que ultrapassem R$ 5 mil também devem ser declarados no Imposto de Renda 2021 – sejam eles tomados em instituições financeiras, ou de conhecidos e parentes. Os empréstimos e financiamentos devem ser informados na ficha de Dívidas e Ônus Reais, sempre se atentando aos códigos disponibilizados pela Receita. Tire suas dúvidasO envio da declaração vai até 30 de abril.

Concursos públicos

selo concursos opcao 02 — Foto: Editoria de arte/G1selo concursos opcao 02 — Foto: Editoria de arte/G1

Pelo menos 80 concursos públicos no país estão com inscrições abertas, e são quase 3,5 mil vagas em cargos de todos os níveis de escolaridade. Os salários chegam a R$ 20.183,34 na Prefeitura de Arroio Trinta (SC). Veja como se inscrever nos processos seletivos.

☀️ Previsão do tempo

Hoje, há risco de temporal na região Norte e em parte da região Sul, principalmente no Paraná e em Santa Catarina. Veja a previsão:

Risco é de temporal no Norte do país nesta segunda-feira
Risco é de temporal no Norte do país nesta segunda-feira
Fonte: G1
Continuar lendo PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 29 DE MARÇO DE 2021 POR G1

SENADO DEVE SE MOBILIZAR PARA DIFICULTAR A PERMANÊNCIA DE FILIPE MARTINS NO GOVERNO BOLSONARO

Senado deve decidir nesta semana voto de censura a Filipe Martins

Os parlamentares marcaram para arbitrar nesta terça (30) sobre o requerimento de voto de censura “pelos gestos racistas e preconceituosos” em sessão na Casa

Sinara Peixoto, da CNN, em São Paulo

 Atualizado 29 de março de 2021 às 03:18

Senado deve decidir nesta semana voto de censura a Filipe Martins

O Senado Federal deve se mobilizar, nesta semana, para dificultar a permanência do assessor especial para assuntos internacionais da Presidência, Filipe Martins, no governo Bolsonaro.

Os parlamentares marcaram para decidir, na terça-feira (30), sobre o requerimento de voto de censura contra Martins, feito pelo senador Fabiano Contarato (Rede-ES), “pelos gestos racistas e preconceituosos usados durante a 19ª Sessão de Debates Temáticos realizada no Plenário do Senado Federal, em 24 de março de 2021”.

De acordo com o pedido, Martins fez gestos compatíveis com um movimento supremacista branco durante o discurso de Rodrigo Pacheco, na audiência em que os parlamentares sabatinavam o ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, sobre a condução da pasta diante da pandemia do novo coronavírus

Segundo o requerimento, o gesto, registrado pelas câmeras da TV Senado, representa a sigla WP – ‘White Power’–, em português, ‘Poder Branco’. O símbolo tem sido replicado por membros da extrema-direita e por simpatizantes do movimento supremacista branco em protestos e redes sociais.

“O gesto por si só pode representar um convite à manifestação e à ação de grupos supremacistas brancos que são, tradicionalmente, conhecidos por sua violência e virulência. Vislumbra-se, portanto, o cometimento de uma série de crimes, como, por exemplo, o de incitamento à discriminação com base em raça e etnia (art. 20, Lei nº 7.716, de 1989)”, disse Contaratto.

Na proposta do voto de censura, o senador também disse que esse tipo de atitude é recorrente em Martins.

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, afirmou que repudia todo e qualquer ato racista ou obsceno, caso tenha sido essa a conotação do gesto, e determinou que a Polícia Legislativa abra uma investigação contra Martins.

No perfil que mantém no Twitter, Filipe Martins alegou, na quarta-feira (24), que apenas arrumava a lapela do paletó.

“Um aviso aos palhaços que desejam emplacar a tese de que eu, um judeu, sou simpático ao ‘supremacista branco’. Porque em suas mentes doentias enxergaram o gesto autoritário em uma imagem que me mostra ajeitando minha lapela”.

Fonte: CNN

Continuar lendo SENADO DEVE SE MOBILIZAR PARA DIFICULTAR A PERMANÊNCIA DE FILIPE MARTINS NO GOVERNO BOLSONARO

PONTO DE VISTA: GILMAR MENDES É O PIVÔ DO FIM DA LAVA JATO E DA LIBERDADE DE LULA

Caro(a) leitor(a),

O artigo a seguir faz a linha do tempo de uma armação, tal qual uma peça de teatro muito bem ensaiada, da história mais tenebrosa da nossa débil e frágil república, orquestrada por um personagem malévolo, mal caráter e sombrio, que atende pelo nome Gilmar Mendes. Ao ler o artigo você vai relembrar dos fatos que, aos poucos, paulatinamente, materializaram a deprimente situação que todos os brasileiros dobem estão vivenciando neste exato momento. Ao ler o artigo completo a seguir é muito fácil perceber que o principal responsável pelo desmonte da Lava Jato e a libertação do meliante Lula é esse personagem tenebroso, mau caráter, sem princípios nem honra que pauta seu discurso e decisões de acordo com os interesses dos amigos, comparsas, sócios e por que não dizer: de acordo com quem paga mais. Apesar de não termos provas de atos de corrupção envolvendo dinheiro por esse crápula, qualquer que tenha pelo menos dois neurônios, tico e teco, sabe que um jogo pesado como esse só acontece com muito, mas muito dinheiro por trás. E se não rolar dinheiro, rola ameaças de vida, como foi o caso do ex-ministro Joaquim Barbosa. Querer fazer-nos acreditar que isso não existe é subestimar a nossa inteligência. Que o diga a atitude da ministra Carmen Lúcia ao mudar o seu voto no julgamento sobre a suspeição de Sergio Moro. Tenho dito!

O papel de Gilmar Mendes na desestabilização da Lava Jato e na elegibilidade de Lula

Foto: Marcelo Camargo/Agência BrasilFoto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Analisar a atitude do ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), empenhado em acabar com a “Operação Lava Jato”, não é tarefa fácil nem para os principais juristas do Brasil.

Isso porque as ações tomadas, nos últimos meses, contrastam, totalmente, com o Gilmar do passado.

Em 2016, por exemplo, quando o ex-presidente e ex-presidiário, Luiz Inácio Lula da Silva, do PT, foi preso coercitivamente; o ministro fez piada durante uma palestra para estudantes em Fortaleza.

“Antes, batiam à nossa porta e a gente sabia que era o leiteiro, não a polícia”, ironizou.

Em outra ocasião, ele anulou a nomeação de Lula como ministro da ex-presidente Dilma Roussef (PT), que tinha o claro objetivo de obter a proteção do malfadado foro privilegiado. E, em seguida, minimizou uma outra queixa dos advogados de Lula relacionada aos grampos; dizendo que o ex-juiz federal Sérgio Moro “justificou” a “confusão” que resultou na quebra de sigilo da linha telefônica usada pela banca que defende o petista.

Ainda em 2016, após a votação de impeachment de Dilma Roussef, Gilmar se mostrava plenamente satisfeito com o curso das investigações, no centro do programa Roda Viva, da TV Cultura. Até fez elogios à condução da “Lava Jato”, citando o procurador Deltan Dallagnol como exemplo de que “as instituições brasileiras estão funcionando” e que a operação se desenrolava bem “graças a Deus e graças ao juiz Moro”.

“Eu acho que ele (Moro) está conduzindo um processo extremamente complexo, sofrendo uma pressão imensa, e tem conduzido muito bem”, afirmou o ministro no programa.

E completou:

“Eu não vejo essa transformação de magistrados em justiceiros“, destacou, acrescentando que a “carência de liderança” no país transformava Moro em herói.

Porém, passados cinco anos desses eventos, eis que surge um “novo” Gilmar e um novo Supremo, prontos a fulminar a “Lava Jato”, por uma suposta “parcialidade” do ex-juiz federal e em virtude de “práticas autoritárias” de um “modelo soviético” de persecução penal adotado pela “República de Curitiba”.

O início da “guerra” de Gilmar contra a “Lava Jato” coincide, exatamente, com a queda do PT do poder e o avanço das investigações sobre empresários e políticos que são próximos do ministro, como o ex-presidente Michel Temer, o senador José Serra e o deputado Aécio Neves, no segundo semestre de 2016.

Gilmar é considerado o mais político dos membros do Supremo e sustenta uma narrativa de que a operação é “autoritária”, teoria desmentida pelos fatos.

Hoje, ele é o líder da oposição à “Lava Jato” no Judiciário e para proteger os amigos e a si próprio – o patrimônio da família de Gilmar chegou a ser alvo de uma apuração da Receita Federal –, o ministrou não se furtou a usar o caso de Lula como emblema de sua nova guerra particular.

Em dezembro de 2018, o placar do julgamento estava 2 a 0 contra a suspeição de Moro, quando Gilmar pediu vista do processo e levou o habeas corpus impetrado pela defesa de Lula para o seu gabinete. Mas, havia um entrave: o voto do decano Celso de Mello. Por isso, Gilmar só voltou a cogitar retomar o julgamento depois que as mensagens roubadas dos telefones celulares da força-tarefa começaram a ser divulgadas, em junho de 2019. Celso de Mello aposentou-se em 2020 e o aval de Ricardo Lewandowski para que a defesa de Lula tivesse acesso formal ao acervo de mensagens, no início deste ano, fez com que Gilmar agendasse o julgamento, novamente.

Mesmo com provas roubadas por hackers, Gilmar sinalizava que estava prestes a retomar o julgamento após mais de dois anos. Fachin fez a sua parte: anulou todas as decisões da 13ª Vara Federal de Curitiba envolvendo os casos do ex-presidente, inclusive as condenações nas ações do tríplex e do sítio de Atibaia e determinou a remessa dos casos para a Justiça Federal de Brasília, conferindo ao novo juiz a possibilidade de usar as provas produzidas contra o petista no Paraná e extinguiu o habeas corpus que pedia a suspeição de Moro.

Beneficiar Lula e não punir Moro não era o que Gilmar esperava. O voto do ministro foi carregado com uma série de diálogos hackeados na tentativa de desqualificar toda a operação; imputando crimes aos procuradores e a Moro. Ricardo Lewandowski fez o mesmo.

Apesar do ensaio orquestrado, usar provas ilícitas no processo judicial não convenceu o ministro Kassio Marques Nunes, que rechaçou o uso das mensagens roubadas. Mas, a ministra Cármen Lúcia “salvou a pátria” de Mendes e alterou o voto de dois anos atrás para julgar Moro parcial, alegando que o “cenário” que se tinha em 2018 mudou.

Há novas batalhas nessa guerra e e já ficou claro pra todos que ela é controlada por Gilmar.

Fonte: Jornal da Cidade Online

Continuar lendo PONTO DE VISTA: GILMAR MENDES É O PIVÔ DO FIM DA LAVA JATO E DA LIBERDADE DE LULA

RESUMO DA SEMANA: SUSPEIÇÃO DE SERGIO MORO, COMITÊ ANTI-COVID E MAIS…

Neste domingo você vai ver, aqui na coluna RESUMO DA SEMANA os principais fatos políticos da semana, dentre os quais, a suspeição de Sergio Moro e o Comitê Anti-Covid, sob o comando de Vitor Brown, no programa Semana da Pan. Então, não perca tempo e comece logo a assistir e se atualize!

Fonte:

Continuar lendo RESUMO DA SEMANA: SUSPEIÇÃO DE SERGIO MORO, COMITÊ ANTI-COVID E MAIS…

ANÁLISE POLÍTICA: RESPOSTA DE CAIO COPPOLLA ÀS FAKE NEWS NA FOLHA

O Blog do Saber está aqui para defender e compartilhar os homens e mulheres de bem desse país e o comentarista político Caio Coppolla é um homem de bem, honesto, sério, corajoso e patriota. Não fez absolutamente nada de errado. Pelo contrário fez a coisa mais certa que qualquer todos os brasileiros deveriam fazer. Pedir o Impeachment desse togado arrogante, prepotente, imbecil e autoritário chamado Alexandre de Moraes é o maior favor que alguém pode fazer ao povo brasileiro. O que afirmo é tão verdade que o Abaixo-assinado já conta com quase 3 milhões de assinaturas. Portanto para botar o Caio Coppolla na cadeia o senhor Alexandre de Moraes tem que ser macho o suficiente para botar os 2.643.129 brasileiros que assinaram junto com ele essa Abaixo-assinado. A seguir a integra do vídeo de Caio Coppolla com a resposta às Fake News da Folha. Tamo Junto!!!

Advogados e juristas militantes, publicados pela Folha de S. Paulo, ATRIBUÍRAM A MIM CRIMES CONTRA A LEI DE SEGURANÇA NACIONAL. Estou sob risco iminente de CENSURA, INVESTIGAÇÃO e PRISÃO, por ter organizado o “Abaixo-Assinado pela Análise do Pedido de Impeachment contra o Ministro Alexandre de Moraes” do STF, que já conta com 2.643.129 assinaturas. Por favor, COMPARTILHE ESSE VÍDEO antes que o conteúdo fique indisponível! Solicito DIREITO DE RESPOTA à Folha de S. Paulo apelando à ética profissional da colunista Mônica Bergamo – chamada carinhosamente por Lula de “minha jornalista”. A matéria intitulada “Juristas e advogados defendem Alexandre de Moraes contra ataques de Caio Coppolla, da CNN” imputa crimes à minha conduta, usando, como pretexto para isso, citações de uma MANIFESTAÇÃO CRIMINOSA – pois difamatória e caluniadora – assinada por 3 entidades: – o GRUPO PRERROGATIVA$, de advogado$ progressista$ e bem-sucedido$, em que, segundo a jornalista do UOL, Thais Oyama, “quase todo$ têm cliente$ pendurado$ na Lava-Jato”; – O Sindicato dos Advogados de São Paulo (SASP), linha auxiliar radicalizada da OAB que se descreve em seu site oficial como “uma ampla união de advogados […] com o objetivo central de resistência ao projeto neoliberal”; – E a Associação Brasileira de Juristas pela Democracia (ABJD), que nasceu de uma Frente de Juristas formada pra denunciar “O GOLPE” 😆, ou seja, o impeachment constitucional da sra. Dilma Roussef, reconhecido pelo próprio STF. Ao invés de informar seus leitores sobre O MAIOR ABAIXO-ASSINADO DA HISTÓRIA RECENTE DO BRASIL –fato inédito, democrático e pacífico – a Folha deu voz a ELITES BAJULADORAS de um Ministro que chegou ao cúmulo de CENSURAR MATÉRIA (VERÍDICA!) DA IMPRENSA (“O amigo do amigo de meu pai”, da Revista Crusoé e do site O Antagonista). Em tempos de autoritarismo judiciário, o texto veiculado na coluna de Mônica Bergamo pode ensejar medidas de CENSURA, INVESTIGAÇÃO e PRISÃO contra mim, com base na Lei de Segurança Nacional. Por isso, reitero o pedido de direito de resposta, com a mesma quantidade de caracteres e comentários habilitados (em homenagem à liberdade de 787896expressão). Por favor, COMPARTILHE 👊🏼🇧🇷

Fonte:

Continuar lendo ANÁLISE POLÍTICA: RESPOSTA DE CAIO COPPOLLA ÀS FAKE NEWS NA FOLHA

ABERTURA DE IMPEACHMENT DO GOVERNADOR DE SANTA CATARINA É ACEITO PELO TRIBUNAL, QUE O AFASTA DO CARGO

Tribunal aceita abertura de impeachment e afasta governador de Santa Catarina

Abertura de processo foi aceita por 6 votos a favor e quatro votos contra; vice-governadora Daniela Reinehr (sem partido) assume pela segunda vez no mandato

Guilherme Venaglia e André Catto, da CNN, em São Paulo

Atualizado 27 de março de 2021 às 00:12

Carlos Moisés, governador de Santa Catarina

O Tribunal Especial de Julgamento aceitou, por 6 votos a 4, a abertura de um processo de impeachment contra o governador de Santa CatarinaCarlos Moisés (PSL). Com a decisão, Moisés é afastado do cargo e substituído temporariamente pela vice-governadora, Daniela Reinehr (sem partido).

Pelo entendimento do Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJ-SC), o presidente da Corte, desembargador Ricardo José Roesler, poderia decidir o prazo de afastamento entre o previsto em duas leis diferentes.

Roesler optou pelo mais curto, o prazo de 120 dias previsto na Lei 1079, de 1950, a “Lei do Impeachment”. Carlos Moisés deixará o cargo na próxima terça-feira (30), quando for notificado oficialmente da decisão.

Ele responde por crime de responsabilidade pela compra de 200 respiradores no valor R$ 33 milhões, sem licitação. O tribunal especial que analisa o caso é formado por cinco deputados e cinco desembargadores.

Votaram a favor os cinco desembargadores e o deputado estadual Laércio Schuster (PSB). Votaram contra os deputados estaduais Marcos Vieira (PSDB), José Milton Scheffer (PP), Valdir Cobalchini (MDB) e Fabiano da Luz (PT).

Esse é o segundo processo de impeachment aberto contra Carlos Moisés desde o início do mandato.

Em outubro, o governador de Santa Catarina foi afastado pela primeira vez, em processo que apurava possíveis irregularidades na concessão de aumentos salariais a procuradores do Estado sem a autorização da Assembleia Legislativa.

Apesar da abertura do processo, Carlos Moisés retornou ao cargo no mês de novembro, após ter sido absolvido no julgamento do processo. O governador e a vice-governadora Daniela Reinehr são rompidos politicamente.

Os dois são novatos na política e se elegeram juntos, pelo PSL, na esteira do movimento político que elegeu o presidente Jair Bolsonaro. Carlos Moisés é bombeiro militar e concorreu a governador sob a alcunha de “Comandante Moisés”. Daniela Reinehr é advogada e produtora rural.

Assim como Bolsonaro, Reinehr deixou o PSL quando o presidente se desfiliou da legenda. A vice-governadora diz aguardar a criação do Aliança pelo Brasil para ingressar novamente em uma legenda.

Continuar lendo ABERTURA DE IMPEACHMENT DO GOVERNADOR DE SANTA CATARINA É ACEITO PELO TRIBUNAL, QUE O AFASTA DO CARGO

POLÍTICA: DIA 14 DE ABRIL SERÁ JULGADO PELO PLENÁRIO DO STF A ANULAÇÃO DA CONDENAÇÃO DO EX-PRESIDENTE LULA

Plenário do STF vai julgar anulação das condenações de Lula em 14 de abril

Colegiado formado pelos 11 ministros da Corte decidirá se mantém ou não a decisão do ministro Edson Fachin

Gabriela Coelho, da CNN, em Brasília

Atualizado 25 de março de 2021 às 19:34

Ex-presidente Lula responde perguntas de jornalistas

A decisão do ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), de anular as condenações impostas ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) pela Operação Lava Jato em Curitiba vai ser levada a Plenário no dia 14 de abril.

Foram incluídos juntos como o primeiro item da pauta dessa data os recursos apresentados pela PGR e pela defesa do ex-presidente Lula contra a decisão de Fachin, que anulou as condenações e determinou a transferência dos processos do PR para o DF.

Em 8 de março, o ministro do STF decidiu anular as condenações impostas a Lula alegando a incompetência da Justiça Federal do Paraná para julgar os casos envolvendo o ex-presidente na Lava Jato.

Na terminologia jurídica, “incompetência” significa dizer que a justiça paranaense não era o foro adequado para julgar o ex-presidente.

Na prática, isso significa que o então juiz Sergio Moro não deveria ter analisado os casos. Edson Fachin afirma ter seguido um precedente da Segunda Turma do STF, que retirou de Curitiba os casos da Lava Jato que não tinham conexão expressa com a Petrobras. O ministro enviou as ações para a Justiça de Brasília.

O julgamento do dia 14 não tem relação com outra decisão recente do Supremo Tribunal Federal, quando a Segunda Turma considerou Moro suspeito para julgar o ex-presidente. Nesse caso, a “suspeição” significa dizer que o ex-juiz não seria imparcial, portanto, teria julgado Lula de um ponto de vista tendencioso.

Continuar lendo POLÍTICA: DIA 14 DE ABRIL SERÁ JULGADO PELO PLENÁRIO DO STF A ANULAÇÃO DA CONDENAÇÃO DO EX-PRESIDENTE LULA

PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 26 DE MARÇO DE 2021

Por G1

 

Butantan desenvolve a “Butanvac”, sua própria vacina contra a Covid. O tamanho do colapso: Brasil tem 6,3 mil pacientes infectados na fila por UTI, aponta conselho de secretários. País bate recorde de novos casos, com quase 100 mil em 24 horas. Começam nesta sexta os ‘megaferiados’ na cidade de São Paulo e no estado do Rio de Janeiro. A Polícia Federal investiga se empresários foram vacinados ilegalmente em Minas. O presidente Bolsonaro vai se vacinar? Congresso Nacional aprovou o projeto de lei do Orçamento da União para 2021. Contestado por Câmara e Senado, Ernesto Araújo participa com Bolsonaro de cúpula do Mercosul. ‘E aí, turma AE4?’: entenda mal-entendido de calouros que fez Moro, Maia, Xuxa, Porchat e até atores dos EUA gravarem vídeos de apoio a turmas da FGV.

‘Butanvac

Foto mostra o Instituto Butantan, em São Paulo — Foto: Marcos Santos/USP ImagensFoto mostra o Instituto Butantan, em São Paulo — Foto: Marcos Santos/USP Imagens

O Instituto Butantan avançou no desenvolvimento de sua própria vacina contra a Covid-19, e pedirá autorização à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para iniciar testes clínicos com voluntários.

A nova candidata a vacina será chamada de “Butanvac”, e o objetivo é ter 40 milhões de doses prontas até o fim deste ano.

O governador de São Paulo, João Doria, e o diretor do Butantan, Dimas Covas, darão mais detalhes da vacina nesta sexta-feira (26).

O Assunto

O episódio desta sexta explica por que a vacinação patina na EuropaOuça o podcast:

Bolsonaro irá se vacinar?

Jair Bolsonaro — Foto: REUTERS/Ueslei MarcelinoJair Bolsonaro — Foto: REUTERS/Ueslei Marcelino

O presidente Jair Bolsonaro afirmou a um interlocutor que vai se vacinar contra a Covid-19, informa o colunista do G1 e comentarista da GloboNews Gerson Camarotti. Mas desde que se iniciaram os estudos sobre as vacinas, e os imunizantes começaram a ser produzidos, o presidente disse reiteradas vezes que não iria se vacinar e que somente “imbecil” ou “idiota” o criticaria por isso.

Colapso na saúde

Brasil tem 6.370 pacientes com Covid à espera de um leito de UTI
Brasil tem 6.370 pacientes com Covid à espera de um leito de UTI

6.370 brasileiros com Covid-19 estavam, nesta quinta-feira (25), à espera de um leito de UTI, de acordo com dados do Conselho Nacional de Secretários Estaduais de Saúde (Conass) obtidos com exclusividade pelo Jornal Nacional. Os número dão uma dimensão do impacto nos estados: em São Paulo, são 1.500 pessoas na fila. Em Minas Gerais, quase 714 pessoas. No Rio de Janeiro, 582 e, no Paraná, 501.

O presidente do Conass, Carlos Lula, diz que a situação é dramática e representa um colapso no sistema. E que essa situação vai fazer o número de mortes diárias crescer muito rapidamente.

O ritmo do contágio espanta diante do colapso de sistemas de saúde e a alta de mortes no país. Nesta quinta, o Brasil bateu recorde de casos de Covid: quase 100 mil em 24 horas. Foram registrados mais 2.639 vítimas, e o total chegou 303,7 mil. Dezenove estados e o Distrito Federal estão com alta nos óbitos; veja os dados detalhados.

‘Megaferiado

Passageiros se aglomeram em vagão de trem da Linha 7-Rubi da CPTM nesta segunda-feira (15), primeiro dia da fase emergencial decretada pelo governo do estado — Foto: Roberto Costa/Código19/Estadão ConteúdoPassageiros se aglomeram em vagão de trem da Linha 7-Rubi da CPTM nesta segunda-feira (15), primeiro dia da fase emergencial decretada pelo governo do estado — Foto: Roberto Costa/Código19/Estadão Conteúdo

A antecipação de cinco feriados, anunciada pela Prefeitura de São Paulo, começa a valer nesta sexta, em uma tentativa de aumentar o isolamento social e conter o avanço de casos de Covid na cidade. Apesar de uma sequência de pouco mais de uma semana sem dias úteis, o rodízio vai valer durante o feriado; os bancos não abrem, mas as datas de vencimento das contas continuam. Veja perguntas e respostas sobre a antecipação dos feriados na capital paulista.

O estado do Rio de Janeiro também entra em um “superferiado” de recolhimento a fim de tentar conter o avanço da doença e desafogar os hospitais. Serão 10 dias de recesso, entre feriados criados para este fim e antecipação de folgas até o Domingo de Páscoa (4 de abril). Tire as principais dúvidas.

Vacina VIP

PF e MP investigam empresários de Minas suspeitos de tomar vacina de forma clandestina
PF e MP investigam empresários de Minas suspeitos de tomar vacina de forma clandestina

A Polícia Federal e o Ministério Público Federal vão investigar se empresários do ramo do transporte foram vacinados ilegalmente contra a Covid em Minas Gerais. Segundo reportagem da revista “Piauí”, eles teriam comprado o imunizante por conta própria, fazendo a aquisição antes que os 77 milhões de brasileiros dos grupos prioritários tenham sido vacinados, e sem a doação ao SUS. Cada vacina teria custado R$ 600.

Novos grupos

Frascos da vacina da AstraZeneca contra Covid-19 em centro de vacinação — Foto: REUTERS/Yves HermanFrascos da vacina da AstraZeneca contra Covid-19 em centro de vacinação — Foto: REUTERS/Yves Herman

Ao menos três estados – São Paulo, Espírito Santo e Paraná – anunciaram a previsão de vacinar professores e profissionais da educação entre abril e maio, de acordo com um levantamento feito pelo Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed) a pedido do G1.

Em São Paulo, a imunização dos professores deve ocorrer a partir de 12 de abril. A expectativa é vacinar 350 mil profissionais da educação. A prioridade serão profissionais da educação básica (desde a creche até o ensino médio). No Espírito Santo, a vacinação deve ocorrer a partir de 15 de abril. No Paraná, a previsão é imunizar os docentes até o fim de maio.

Orçamento 2021

Câmara dos Deputados aprova orçamento 2021
Câmara dos Deputados aprova orçamento 2021

Congresso Nacional aprovou o projeto de lei do Orçamento da União para 2021. O texto segue para sanção presidencial e estabelece as receitas e despesas federais previstas para este ano.

Ministro por um fio

Parlamentares aliados do governo fazem pressão pela saída do chanceler Ernesto Araújo
Parlamentares aliados do governo fazem pressão pela saída do chanceler Ernesto Araújo

Contestado por Câmara e Senado, Ernesto Araújo participará com o presidente Jair Bolsonaro da cúpula virtual de comemoração dos 30 anos do Mercosul, bloco que reúne Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai, segundo a agenda oficial do presidente.

Nesta quinta, o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), afirmou que a atuação do Ministério das Relações Exteriores, comandado por Ernesto Araújo, está “muito aquém do desejado”. Na véspera, durante sessão sobre os esforços do Itamaraty para a obtenção de vacinas contra a Covid, ao menos sete senadores pediram ao ministro que deixasse o cargo. Segundo o blog da Andréia Sadi, pressionado por diversos setores da sociedade e após alerta do Congresso, interlocutores do presidente Jair Bolsonaro estão em busca de um nome para a vaga.

Lava Jato

Lula durante pronunciamento na sede do Sindicato dos Metalúrgicos em São Bernardo do Campo, no ABC, nesta quarta-feira (10) — Foto: Amanda Perobelli/ReutersLula durante pronunciamento na sede do Sindicato dos Metalúrgicos em São Bernardo do Campo, no ABC, nesta quarta-feira (10) — Foto: Amanda Perobelli/Reuters

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Luiz Fux, marcou para 14 de abril o julgamento dos recursos contra a decisão do ministro Edson Fachin que anulou as condenações do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na Lava Jato no Paraná. O plenário vai analisar recursos apresentados tanto pela Procuradoria-Geral da República (PGR) quanto pela defesa de Lula.

PGR tenta derrubar a decisão individual de Fachin e restabelecer as condenações – e com isso, a inelegibilidade – de Lula. Já os advogados do ex-presidente recorrem de um dos pontos da decisão de Fachin – que, ao anular os julgamentos, também encerrou 14 processos no STF que questionavam aspectos da condução das investigações na Justiça Federal do Paraná. A defesa pede que essas ações sigam tramitando até que haja decisão definitiva sobre a validade ou não das condenações.

Nova arma

Fotos mostram novo míssil da Coreia do Norte durante teste realizado nesta quinta-feira (25) — Foto: KCNA via REUTERSFotos mostram novo míssil da Coreia do Norte durante teste realizado nesta quinta-feira (25) — Foto: KCNA via REUTERS

Coreia do Norte confirmou o disparo de míssil que tinha sido detectado por militares sul-coreanos. O regime de Kim Jong-un detalhou que os testes foram feitos com um novo “projétil tático guiado” com motor de combustível sólido.

presidente Joe Biden alertou o governo norte-coreano sobre uma possível escalada das tensões com os Estados Unidos ou aliados regionais da Casa Branca, como a Coreia do Sul e o Japão.

“Haverá resposta se eles escolherem escalar [as tensões]. Vamos responder apropriadamente, mas também estou preparado para alguma forma de diplomacia”, alertou Biden.

‘E aí, turma AE4?’

Celebridades gravam vídeos de apoio às turmas de calouros da FGV de SP
Celebridades gravam vídeos de apoio às turmas de calouros da FGV de SP

Os calouros da Fundação Getúlio Vargas (FGV) de São Paulo convenceram celebridades e políticos a gravar vídeos de apoio às turmas após mal-entendido sobre as regras de uma competição entre as salas da faculdade. As mensagens de personalidades como as do ex-juiz Sergio Moro, do deputado federal Rodrigo Maia, da apresentadora Xuxa Meneghel e do humorista Fábio Porchat viralizaram nas redes sociais.

Entenda o caso: o Diretório Acadêmico Getúlio Vargas (DAGV) realiza, todos os anos, uma gincana entre as salas na qual os calouros devem pedir a estudantes integrantes do conselho de torcida da universidade a gravação de vídeos de apoio. São cinco alunos “celebridades” que fazem parte do conselho, e a turma de calouros que conseguir o endosso de mais conselheiros ganha a prova, segundo Marco Koblinsky, presidente do DAGV. No entanto, a brincadeira chamada “prova da cúpula” foi mal compreendida pelos novatos neste ano, que passaram a pedir vídeos de apoio às suas salas para celebridades.

Assassinato no RJ

Flordelis — Foto: Reprodução/TV GloboFlordelis — Foto: Reprodução/TV Globo

Em entrevista a Pedro Bial, a deputada federal Flordelis afirmou que a filha Simone foi a mandante da morte do pastor Anderson – assassinado a tiros em junho de 2019, na garagem da casa da família. Segundo Flordelis, Simone estava doente e era assediada por Anderson:

“Além de estar com câncer, sofrendo com câncer, ela carregava isso sozinha, em silêncio, esses assédios, esses estupros. Ela carregava sozinha, Bial. Não estou defendendo ela, porque não concordo com o que ela fez. Eu discordo 100%. Ela não podia ter feito isso, não é matando que resolvemos os problemas”, disse.

deputada é uma das 11 acusadas pelo crime – ela nega o envolvimento. Segundo o Ministério Público, a parlamentar foi a mandante do assassinato.

Caso Henry Borel

Ex do vereador Doutor Jairinho diz que ele foi violento com filha dela
Ex do vereador Doutor Jairinho diz que ele foi violento com filha dela

Uma ex-namorada do vereador Doutor Jairinho acusa o padrasto do menino Henry de ter sido violento com a filha dela, anos atrás. Ela afirma ainda que recebeu uma ligação do vereador logo após a morte do menino. Essa acusação levou à abertura de uma nova investigação, desta vez na Delegacia da Criança e do Adolescente vítima, no Centro do Rio. A polícia também ouviu o depoimento de uma jovem de 13 anos, que é filha da mulher que teve um relacionamento com o vereador.

Entenda o caso: menino Henry Borel, de 4 anos, chegou morto ao hospital no dia 8 de março. Laudo do IML, segundo peritos ouvidos pela TV Globo, aponta que a criança ‘teve uma morte violenta’. A mãe disse que ouviu barulho de TV e encontrou o filho no chão.

Caos naval

VÍDEO: Meganavio encalha e causa trânsito náutico no Canal de Suez, no EgitoVÍDEO: Meganavio encalha e causa trânsito náutico no Canal de Suez, no Egito

O trânsito segue bloqueado no Canal de Suez, no Egito. A empresa japonesa dona do navio de carga, que encalhou, pediu desculpas pelas perturbações que tem causado no comércio marítimo global. Com 400 m de comprimento – quase a altura do edifício Empire State – e peso de 200 mil toneladas, o navio Ever Given ficou encalhado diagonalmente no local, em meio a uma tempestade de areia e fortes ventos.

O incidente provocou um enorme engarrafamento: formou-se uma fila de mais de 150 navios à espera de passar por Suez, por onde transita cerca de 12% do comércio global – uma vez que o canal conecta o Mar Mediterrâneo ao Mar Vermelho e oferece a rota mais curta entre Ásia e Europa.

Marca do ‘BBB21’

1ª metade do 'BBB21' foi marcada pelos lenços e bandanas dos participantes — Foto: Reprodução/TV Globo1ª metade do ‘BBB21’ foi marcada pelos lenços e bandanas dos participantes — Foto: Reprodução/TV Globo

Lenços na cabeça e bandanas foram os acessórios mais usados pelos participantes do “BBB21” e se tornaram a marca desta edição. Carla Diaz, Viih Tube, Pocah, Thaís e Camilla de Lucas finalizaram os looks muitas vezes com a produção na cabeça, e não foram poucas as noites em que mais de uma participante optou pelo acessório. Já Fiuk lidera o time dos que preferem usar o lenço mais dobrado, no estilo bandana. Os estilistas apontam que a peça é coringa e ajuda a disfarçar quando cabelo não está nos melhores dias. Entenda onde surgiu a tendência.

Maratona on-line 🎭

O grupo Casuarina — Foto: Divulgação / Leo AversaO grupo Casuarina — Foto: Divulgação / Leo Aversa

Os teatros Riachuelo Rio e Prudential irão transmitir neste sábado (27), Dia Mundial do Teatro, e no domingo (28), shows e peças realizados nos espaços desde o início da pandemia. A maratona gratuita estará disponível a partir das 10h de sábado em seus canais do Youtube. Veja programação.

Previsão do tempo

Veja a previsão do tempo para esta sexta-feira (26)
Veja a previsão do tempo para esta sexta-feira (26)
Continuar lendo PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 26 DE MARÇO DE 2021

PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 25 DE MARÇO DE 2021 POR G1

Por G1

 

No pior momento da crise sanitária, o Brasil registra 2,2 mil mortes por Covid no dia em que supera 300 mil vidas perdidas. Marca trágica é alcançada em meio a colapso hospitalar e pouca vacina. ‘O Assunto’ fala sobre a dor de quem não conseguiu se despedir de vítimas da doença. O presidente da Câmara, Arthur Lira, diz que erros na pandemia podem gerar remédios ‘fatais’ do CongressoMP investiga plano de saúde que oferece kit com cloroquina a pacientes. O governo do RJ manda fechar praias em todo o estado no ‘superferiado’. Anvisa recebe pedido emergencial para imunizante de dose única da JohnsonSenadores pedem que Ernesto Araújo deixe o cargo; ministro diz que não sai. Com saída de Castello Branco, 4 diretores deixarão Petrobras. E o G1 mostra a queda do poder de compra de R$ 200 em um ano.

301.087 mortos

Brasil ultrapassa 300 mil mortes por Covid

Brasil ultrapassa 300 mil mortes por Covid

Mais de 300 mil vidas perdidas: este é o tamanho da tragédia brasileira em um ano de pandemia. No pior momento da crise sanitária, profissionais de saúde esgotados se desdobram em UTIs superlotadas, a falta de oxigênio ameaça os estados e a vacinação não deslancha. Os níveis de contágio seguem elevados. Em 24 horas, foram 90.504 novos casos confirmados, o segundo maior registro em um dia até aqui, e 2.244 mortes por Covid-19. O número de óbitos contabilizado é inferior ao recorde sombrio de terça, de mais de 3 mil vítimas em um dia, depois de uma alteração do Ministério da Saúde no sistema de notificação que causou atrasos nos registros de óbitos nesta quarta. Após críticas, o governo voltou atrás nas mudanças das fichas que consolidam casos e mortes pela doença. O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, disse que não determinou mudanças: “Não sou maquiador, sou médico”.

Sobre o caos nas unidades de saúde, a enfermeira Mônica Calazans, primeira pessoa vacinada no Brasil contra a Covid, deu seu relato ao G1.

“Eu acho que o caos está por conta das internações. O número de internações está muito grande. O número de casos está aumentando. Essa é a grande questão”, falou Mônica

Medidas restritivas

Praia de Ipanema neste domingo (21) — Foto: Eduardo Pierre/G1Praia de Ipanema neste domingo (21) — Foto: Eduardo Pierre/G1

O governo do Rio estabeleceu quais serão as medidas restritivas mínimas que devem ser adotadas durante o período de antecipação de feriados. Entre as determinações do governador em exercício, Cláudio Castro (PSC), está a proibição de permanecer nas praias em todo o estado.

Além disso, municípios poderão promover barreiras sanitárias nas rodovias estaduais para controlar o acesso nas cidades. Escolas públicas e particulares ficam fechadas. Segundo as regras anunciadas, bares e restaurantes poderão ficar abertos até as 23h. No entanto, apesar das medidas estabelecidas pelo RJ, as decisões mais rígidas das administrações municipais irão prevalecer sobre as regras do governo estadual. Veja as restrições da capital fluminense.

O Assunto

A dor de quem não conseguiu se despedir de vítimas da Covid. No momento em que o Brasil chega a 300 mil mortos na pandemia, ‘O Assunto’ traz um episódio sobre a solidão nas UTIs e a luta dos profissionais da saúde para amenizar o sofrimento de pacientes e parentes.

Catástrofe sanitária

Lira diz que tudo tem limite e dá ‘sinal amarelo’ para o que chama de erros primários no combate à pandemia
Lira diz que tudo tem limite e dá ‘sinal amarelo’ para o que chama de erros primários no combate à pandemia

Após reunião com os chefes dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário a fim de buscar soluções para conter o agravamento da crise da Covid, o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), disse que os “remédios políticos” no Congresso contra a “espiral de erros” no combate à pandemia são “conhecidos”, “amargos” e alguns, “fatais”. Sem mencionar um eventual processo de impeachment do presidente Jair Bolsonaro, Lira ressalvou que a aplicação desses “remédios” não é a intenção dele.

“Muitas vezes [os remédios políticos] são aplicados quando a espiral de erros de avaliação se torna uma escala geométrica incontrolável. Não é esta a intenção desta Presidência. Preferimos que as atuais anomalias se curem por si mesmas, frutos da autocrítica, do instinto de sobrevivência, da sabedoria, da inteligência emocional e da capacidade política”, declarou em discurso no plenário da Câmara.

O deputado disse ainda que estava “apertando o sinal amarelo” e citou “erros primários, desnecessários e inúteis” de governos, sem especificar o alvo da crítica.

Vacinação no país

Que vacina é essa? Janssen (Johnson&Johnson)
Que vacina é essa? Janssen (Johnson&Johnson;)

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) recebeu o pedido de uso emergencial da vacina contra a Covid-19 da farmacêutica Janssen, empresa do grupo Johnson & Johnson. A agência informou que iniciou a triagem dos documentos enviados pela companhia. Vale lembrar que o imunizante é aplicado em dose única.

“A meta da agência é fazer a análise do uso emergencial em até sete dias úteis, descontando eventual tempo que o processo possa ficar pendente de informações, a serem apresentadas pelo laboratório”, informou a Anvisa.

Colapso em Manaus

Pazuello — Foto: REUTERS/Ueslei MarcelinoPazuello — Foto: REUTERS/Ueslei Marcelino

O ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal, enviou à primeira instância o inquérito sobre suposta omissão do ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello no enfrentamento da pandemia no Amazonas. As investigações terão continuidade na Procuradoria da República do Distrito Federal porque, ao ser exonerado do cargo nesta terça, Pazuello perdeu o foro privilegiado.

‘Kit Covid’

Foto mostra comprimidos de hidroxicloroquina, substância usada para tratar malária e algumas doenças autoimunes, como lúpus. — Foto: John Locher/APFoto mostra comprimidos de hidroxicloroquina, substância usada para tratar malária e algumas doenças autoimunes, como lúpus. — Foto: John Locher/AP

Na terça-feira (23), a Associação Médica Brasileira (AMB) mudou de posicionamento sobre os remédios do chamado “kit Covid” – que incluem medicamentos como a hidroxicloroquina e a ivermectina – e passou a recomendar que eles sejam “banidos” do tratamento da Covid-19.

Em entrevista ao G1, o novo presidente da associação, o médico César Eduardo Fernandes, disse que a autonomia do médico não lhe dá o direito de prescrever remédios ineficazes.

“Eu acho que o princípio do trabalho do médico – que eu acho válido, merece todo o nosso respeito – é dar autonomia de decisão ao médico. Mas essa autonomia não lhe dá, a meu juízo, o direito de fazer uso de medicações que não tenham eficácia”, afirmou Fernandes.

Ministério Público de São Paulo abriu uma investigação para apurar a distribuição de receitas de “kits Covid” por parte da Prevent Senior, uma das maiores operadoras de saúde do país, contra a Covid-19 para seus clientes. A entrega da receita com os medicamentos, que não têm eficácia comprovada para a doença, é feita antes mesmo da consulta e sem analisar o perfil dos clientes.

Debate intenso

Em sessão de debates, senadores pediram ao ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, para deixar o Itamaraty. Araújo foi ao Congresso para prestar informações sobre a atuação do ministério nos esforços para obtenção de vacinas contra a Covid.

Durante a sessão, parlamentares criticaram a conduta da pasta em relação ao enfrentamento da pandemia e à aquisição de imunizantes. Ernesto Araújo respondeu aos congressistas que dorme “com a consciência tranquila” e que “é preciso reconhecer as qualidades” do governo.

Herança da ditadura

Lei de Segurança Nacional: entenda em 5 pontos
Lei de Segurança Nacional: entenda em 5 pontos

A Advocacia-Geral da União (AGU) pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) que rejeite as ações que contestam a validade da Lei de Segurança Nacional. No parecer enviado ao STF, a AGU afirmou que a lei é “compatível” com os direitos fundamentais previstos na Constituição e com a liberdade de expressão.

Entenda o caso: a lei foi criada na ditadura militar, e partidos políticos questionam no STF o uso da norma contra pessoas que criticam o presidente Jair Bolsonaro na condução de medidas durante a pandemia. A Defensoria Pública da União (DPU), por exemplo, argumenta: “A intimidação autoritária, pelo uso do medo e da criminalização da manifestação do pensamento, tende a eliminar exclusivamente as críticas a um dos atores políticos, desestabilizando assim o processo democrático.”

Economia

O Banco Central (BC) lançou nesta quarta-feira (02/09) a nova nota de R$ 200,00 com a imagem do lobo-guará — Foto: Raphael Ribeiro/BCBO Banco Central (BC) lançou nesta quarta-feira (02/09) a nova nota de R$ 200,00 com a imagem do lobo-guará — Foto: Raphael Ribeiro/BCB

Se você acha que consegue colocar cada vez menos compras no carrinho do mercado, não é só uma impressão: o valor do dinheiro está ‘encolhendo’ mesmo. Especialmente na hora de comprar alimentos e bebidas. Para demonstrar como a alta da inflação afeta diretamente no poder de compra dos brasileiros, o G1 fez uma comparação entre a quantidade máxima de itens que era possível colocar no carrinho do supermercado com R$ 200 em fevereiro de 2020 e no mesmo mês deste ano, considerando os valores médios de produtos básicos. Leia na reportagem.

Mudanças na Petrobras

Sede da Petrobras, localizada na Avenida Chile, no Centro do Rio de Janeiro, passará pela sua primeira reforma completa desde que foi inaugurado, no começo dos anos 1970 — Foto: André Motta de Souza / Agência PetrobrasSede da Petrobras, localizada na Avenida Chile, no Centro do Rio de Janeiro, passará pela sua primeira reforma completa desde que foi inaugurado, no começo dos anos 1970 — Foto: André Motta de Souza / Agência Petrobras

Quatro membros da diretoria da Petrobras, incluindo a diretora financeira, Andrea Almeida, não renovaram seus mandatos para um novo período de gestão, informou a companhia. De acordo com a petroleira, os mandatos da diretoria executiva foram encerrados em 20 de março, mas os executivos continuarão em seus cargos até a posse de seus respectivos sucessores — o que deve ocorrer após a Assembleia Geral Extraordinária em 12 de abril.

O motivo da saída dos diretores não foi informado pela Petrobras, mas acontece três semanas após os conselheiros de administração João Cox Neto, Nivio Ziviani, Paulo Cesar de Souza e Silva e Omar Carneiro da Cunha pedirem para deixar o cargo após a troca de comando da estatal.

Preços dos combustíveis

Petrobras vai reduzir o preço da gasolina e do diesel nas refinarias a partir de hoje, informou a companhia. É a segunda queda no valor da combustível este ano e a primeira do diesel. O preço médio de venda da gasolina passará a ser de R$ 2,59 por litro, queda de R$ 0,11 (-3,71%). Já o do diesel passa a ser de R$ 2,75, queda de R$ 0,11 (-3,85%).

G1 já viu 🎬

Mads Mikkelsen sobe em um banco nos bastidores do filme 'Druk' — Foto: DivulgaçãoMads Mikkelsen sobe em um banco nos bastidores do filme ‘Druk’ — Foto: Divulgação

Favorito ao Oscar de Melhor Filme Internacional, “Druk – Mais uma rodada” estreia hoje no Brasil, nos poucos cinemas abertos e em plataformas de streaming. O longa dinamarquês reúne o diretor Thomas Vinterberg, o roteirista Tobias Lindholm e o ator Mads Mikkelsen. O trio retoma a parceria de “A caça”, indicado ao Oscar em 2013. De novo, eles entregam um dos melhores concorrentes desta temporada de premiações. Leia crítica.

Mega-Sena

 Aposta única da Mega-Sena custa R$ 4,50 e apostas podem ser feitas até às 19h — Foto: Marcelo Brandt/G1Aposta única da Mega-Sena custa R$ 4,50 e apostas podem ser feitas até às 19h — Foto: Marcelo Brandt/G1

Ninguém acertou as seis dezenas do concurso 2.355 da Mega-Sena, realizado nesta quarta-feira (24). O prêmio acumulou e vai a R$ 27 milhões. Veja as dezenas sorteadas: 07 – 30 – 31 – 41 – 50 – 56.

Fonte: G1

Continuar lendo PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 25 DE MARÇO DE 2021 POR G1

EX-MINISTRO DA SAÚDE EDUARDO PAZUELLO EVIDENCIA DESCONTENTAMENTO COM A SUBSTITUIÇÃO NA PASTA E DIZ QUE SUA SAÍDA FOI ORQUESTRADA

Pazuello diz que sua saída foi resultado de ‘ação orquestrada’; assista

General e ex-ministro da Saúde fala em enfrentamentos internos e externos contra a sua gestão na pasta

Da CNN, em São Paulo

 Atualizado 24 de março de 2021 às 19:50

Pazuello diz que sua saída foi resultado de 'ação orquestrada'; assista | CNN PRIME TIME - YouTube

Vídeo interno da cerimônia de posse do novo ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, evidenciou o grau de descontentamento do agora ex-ministro Eduardo Pazuello com a substituição na pasta. A gravação foi obtida pelo colunista da CNN Caio Junqueira.

Em conversa com Queiroga, Pazuello diz ter sido alvo de “ação orquestrada” e afirma que desde o mês passado sabia que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) estudava trocá-lo e inclusive que o nome do cardiologista era cogitado.

Ele relatou ao sucessor uma conversa com auxiliares, datada de 23 de fevereiro. “Eu fiz um quadrinho e mostrei todas as ações orquestradas contra o Ministério. Eram oito”, afirma o general e ex-ministro.

“Não tinha como chegarmos no dia 20 de março, porque todo o conjunto estava trabalhado”, disse. Depois, ele se vira aos auxiliares e diz que o nome de Marcelo Queiroga vinha sendo cogitado desde então. “O Marcelo foi consultado desde o início de fevereiro”, diz Pazuello. “O movimento é esse: fechou-se o cerco.”

Na fala, Eduardo Pazuello diz que médicos que trabalham no Ministério da Saúde produziram uma nota técnica, enviada ao presidente Jair Bolsonaro, que colocaria a sua gestão em situação vulnerável.

‘Grana com fins políticos acontece aqui’

O Ministério da Saúde é “o foco das pressões políticas” e um local onde acontece “a operação de grana com fins políticos”, segundo Eduardo Pazuello, general e agora ex-ministro, em cerimônia interna de transmissão de poder para o sucessor, Marcelo Queiroga.

“A operação de grana com fins políticos acontece aqui. Nós conseguimos acabar com 100%? Não vou dizer isso aqui. 100% nem Jesus Cristo”, afirma, prosseguindo que na sua gestão a distribuição de recursos teria seguido critérios técnicos.

“‘Você não vai aceitar um cara aqui fazendo lobby?’ Não. ‘Não vamos favorecer o partido A, B ou C?’ Não. ‘E o operador do fulano ou beltrano?’ Não”, disse, simulando um diálogo. Ele encerra dizendo que foi alertado que teria problemas com essa postura.

“É assim que funciona. E isso faz com que as pessoas vivem a vida vendo esse procedimento nos observem com outros olhares. Nós não temos conta bancária alta, carros da classe média, sem avião”, prossegue.

Fonte: CNN

Continuar lendo EX-MINISTRO DA SAÚDE EDUARDO PAZUELLO EVIDENCIA DESCONTENTAMENTO COM A SUBSTITUIÇÃO NA PASTA E DIZ QUE SUA SAÍDA FOI ORQUESTRADA

PARTIDO DE NETANYAHU BUSCA ALIANÇAS PARA CONSEGUIR MAIORIA NO PARLAMENTO DE ISRAEL

Eleição em Israel: Netanyahu sai na frente, mas não garante maioria

Partido do atual primeiro-ministro deve ficar com cerca de 30 cadeiras no Parlamento, mas precisa de 61 para formar governo

INTERNACIONAL

Da AFP

Partido de Netanyahu busca alianças para conseguir maioria no Parlamento de Israel

EMMANUEL DUNAND / AFP

Os israelenses aguardam os resultados definitivos das eleições legislativas, a quarta em dois anos, para saber se a balança inclina para o lado de Benjamin Netanyahu, o primeiro-ministro mais longevo da história do país, ou de seu principal rival, Yair Lapid.

Na terça-feira (23) à noite, Netanyahu proclamou uma “vitória imensa” da direita nas urnas. Com 90% dos votos apurados, seu partido, o Likud, tem 30 cadeiras no Parlamento, seguido pelo Yesh Atid, de Lapid, com 17.

Aquele que foi o principal rival de Netanyahu há apenas alguns meses, Benny Gantz, com o qual formou um governo de união nacional que implodiu, conquistou apenas oito cadeiras.

Caso Netanyahu e Lapid se unam a seus aliados considerados lógicos, cada lado teria pouco mais de 50 deputados dos 120 no Kneset, o Parlamento israelense. Ou seja, nenhum deles chegaria aos 61 necessários para formar o governo.

Desta maneira, os olhares estão voltados para Naftali Bennett, cujo partido Yamina, que representa a direita radical, nacionalista e religiosa, conquistou sete cadeiras.

O ex-pupilo de Netanyahu – chefe de Governo desde 2009 – alimentou o mistério durante toda a campanha e até agora não se sabe se participaria em uma coalizão com “Bibi”, apelido do primeiro-ministro, ou contra ele, para afastá-lo do poder.

“Usarei o poder que vocês me deram para perseguir uma única ideia: o que é bom para Israel, o que é bom para todos os cidadãos de Israel”, disse Bennett em um discurso na terça-feira.

No domingo, ele compareceu a um programa de televisão e assinou uma declaração na qual se comprometeu a não participar de um governo liderado por Lapid, desde que Netanyahu não se alie ao deputado Mansour Abbas, que saiu da coalizão de partidos árabes e disputou as eleições de modo solitário.

Este político se declarou disposto a trabalhar com Netanyahu, o que provocou muitas críticas da comunidade de palestinos de Israel, que representam 20% da população.

Em Israel, os partidos devem obter no mínimo 3,25% dos votos nas eleições para conseguir entrar no Parlamento. Este percentual de votos representa o mínimo de quatro deputados.

Cenários possíveis

O pequeno partido de Abbas, que na terça-feira parecia não ter conquistado nenhuma cadeira segundo as pesquisas de boca de urna, conseguiu a eleição de cinco deputados e isto muda tudo.

“Nós fomos dormir com um empate e não tenho ideia do que nos espera hoje ao acordar”, resumiu o colunista Ben Caspit no jornal Maariv: “Tudo depende dos resultados finais (…) e sobretudo de Naftali Bennett. Se ele realmente é a figura-chave do momento dramático que vivemos, não tenho inveja”.

Para outro analista, Yaron Deckel, provavelmente Bennett pressionará o primeiro-ministro antes de dar seu apoio.

“Terá problemas para explicar a seus eleitores por quê não se une a um governo de direita e prefere aliar-se a um de partidos de esquerda”, opinou. “Mas vai procurar Netanyahu com grandes exigências e Netanyahu terá que pagar o preço”.

Entre os cenários possíveis, Bennett poderia pedir para ser uma espécie de vice-primeiro-ministro, um posto que seria criado a sua medida. Netanyahu, acusado de “corrupção” em vários casos, deve enfrentar uma nova audiência com os juízes em 5 de abril.

“Bennett pensa que talvez se isto pesar muito, Netanyahu poderia se ausentar em algum momento e ele poderia atuar como primeiro-ministro”, afirmou Deckel.

“Caça”

Para conservar o posto, Netanyahu iniciou a “caça” de apoios em outros partidos.

“Vou falar com todos que compartilham nossos princípios. Não descartarei ninguém”, disse o chefe de Governo, que estenderá a mão a uma direita radical e religiosa. Ele também pode se ver obrigado a recorrer a forças políticas a princípio incompatíveis como Naftali Bennett e Mansour Abbas.

No complexo quebra-cabeças político em que 13 partidos vão dividir 120 cadeiras, o bloco liderado pelo centrista Lapid precisará dos apoios de pelo menos dois de três partidos: Yamina de Naftali Bennett, Raam de Mansour Abbas e a Lista Árabe Unida de Ayman Odeh.

A Comissão Eleitoral deve anunciar os resultados finais até sexta-feira (26), pouco antes do início da Páscoa judaica. Em seguida começarão as negociações entre partidos para formar a maioria e evitar algo que muitos israelenses temem: as quintas eleições.

Fonte: R7
Continuar lendo PARTIDO DE NETANYAHU BUSCA ALIANÇAS PARA CONSEGUIR MAIORIA NO PARLAMENTO DE ISRAEL

CÂMARA DOS DEPUTADOS DA RÚSSIA APROVOU LEI QUE PERMITE PUTIN DISPUTAR MAIS DUAS ELEIÇÕES

Deputados aprovam lei que permite Putin disputar mais duas eleições

Presidente russo chegou ao poder em 2000 e agora poderá tentar se eleger novamente em 2024 e 2030

Presidente da Rússia, Vladimir Putin

ALEXEI DRUZHININ / SPUTNIK / KRE

A Duma, Câmara dos Deputados da Rússia, aprovou nesta quarta-feira (24) a lei que permite que o presidente do país, Vladimir Putin, se apresente para uma nova reeleição em 2024, quando será concluído o atual mandato.

A regulamentação faz parte das emendas constitucionais aprovadas por meio de referendo, em julho do ano passado, a partir de proposta do próprio chefe de governo.

Uma das modificações proposta na última hora e que, para os opositores de Putin, é o principal objetivo da reforma, permite o presidente, que chegou ao poder em 2000, a se apresentar como candidato em mais duas eleições, em 2024 e 2030.

A nova lei, que formaliza as emendas, indica que uma mesma pessoa não pode ocupar a chefia do governo durante mais de dois mandatos, no entanto, não impede que o presidente que esteja no cargo se candidatar “no momento da entrada em vigor da alteração”.

Além disso, só poderão se apresentar nas eleições quem tiver mais de 35 anos, com mais de 25 anos de residência permanente na Rússia, sendo vedado o direito a quem tem dupla nacionalidade ou ter tido passaporte de outra nação no passado.

Fonte: R7
Continuar lendo CÂMARA DOS DEPUTADOS DA RÚSSIA APROVOU LEI QUE PERMITE PUTIN DISPUTAR MAIS DUAS ELEIÇÕES

ANÁLISE POLÍTICA: LULA LIVRADO! POR CAIO COPPOLLA

URGENTE #LulaLivrado *** LIVRE é quem desfruta da sua liberdade sem depender de ninguém; LIVRADO é quem desfruta da sua liberdade por causa de alguém. LULA NÃO É LIVRE; LULA FOI LIVRADO. Numa ação de suspeição presidida por um MINISTRO SUSPEITO, um TRIBUNAL DESMORALIZADO decidiu – fazendo menção explícita a PROVAS ILÍCITAS – anular atos processuais da Lava Jato contra Lula, nosso ex-Presidente, ex-condenado, ex-criminoso e ex-corrupto. Da mesma forma que João Cabral de Melo Neto criou a “morte morrida” e a “morte matada”, os sequestradores da Constituição no STF criaram a “LIBERDADE LIVRADA”: o direito que só o criminoso brasileiro tem de ficar livre apesar dos seus crimes (e até das suas condenações). Se isso também ofende o seu SENSO DE JUSTIÇA, não deixe de se posicionar: COMPARTILHE ESSE VÍDEO COM A HASHTAG #LulaLivrado . Desconstruindo narrativas falaciosas (como “Lula Livre”) no debate público, transformaremos essa vitória da impunidade no Tribunal em uma derrota definitiva nas urnas – não percam a esperança no Brasil 👊🏼🇧🇷

ERRATA: no vídeo, troquei a palavra “presidida” por “relatada” 🤦🏻‍♂️ O Ministro suspeito, obviamente, é o Ministro Presidente da 2a Turma (Gilmar Mendes), que já se referiu publicamente à Lava Jato como uma organização criminosa e, portanto, não pode ser considerado um juiz imparcial.

Fonte:

Continuar lendo ANÁLISE POLÍTICA: LULA LIVRADO! POR CAIO COPPOLLA

PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 24 DE MARÇO DE 2021

Por G1

 

No pior momento da pandemia, o presidente Jair Bolsonaro recebe chefes de poderes, governadores e ministros para discutir medidas de combate à Covid. Pela 1ª vez, o Brasil registra o recorde sombrio de mais de 3 mil vidas perdidas pela doença em apenas um dia. Fiocruz pede restrições de 14 dias em 24 estados e no DF. Em pronunciamento, Bolsonaro omite dados e agora incentiva vacinaçãoMinistério da Saúde reduz em quase 10 milhões o total de doses de vacinas previstas para abril. Anvisa cria monitor de produção, consumo e distribuição de oxigênio. Em Israel, o cenário é incerto nas eleições. Carla Diaz é eliminada do BBB21. E a Mega-Sena pode pagar R$ 22 milhões nesta quarta.

Reunião entre chefes de poderes

No pior momento da pandemia, o presidente Jair Bolsonaro se reunirá nesta manhã com chefes de poderes, ministros e governadores para discutir medidas de combate à pandemia. O encontro ocorre um dia após o país ter atingido o recorde de mais de 3 mil mortes em 24 horas. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), que vê com “grande preocupação” a situação do Brasil, o país é o segundo em maior número mortes, atrás somente dos Estados Unidos.

Conforme o Planalto, o encontro desta quarta tem como objetivo “fortalecer o ambiente de união nacional para prevenção e combate ao vírus da Covid-19, além de ser um espaço para discussão de ações institucionais conjuntas”.

Em pronunciamento, Bolsonaro muda de postura e estimula a vacinação
Em pronunciamento, Bolsonaro muda de postura e estimula a vacinação

Em pronunciamento nesta terça (23), Bolsonaro disse que estão “garantidas” 500 milhões de doses de vacina até o fim deste ano. O presidente omitiu, no entanto, a informação de que o Ministério da Saúde reduziu em quase 10 milhões o total de doses previstas para abril.

Ao longo dos 12 meses de pandemia, os brasileiros viram o presidente colocar em dúvida a eficácia da vacina do Instituto Butantan, que chamava de vacina chinesa. Mas, no pronunciamento desta terça, disse que sempre foi a favor das vacinas.

“Quero tranquilizar o povo brasileiro e afirmar que as vacinas estão garantidas. Ao final do ano, teremos alcançado mais de 500 milhões de doses para vacinar toda a população. Muito em breve, retomaremos nossa vida normal”, afirmou Bolsonaro no pronunciamento.

3.158 mortes

Pela primeira vez, Brasil registra mais de 3 mil mortes por Covid em 24 horas
Pela primeira vez, Brasil registra mais de 3 mil mortes por Covid em 24 horas

Foram 3.158 vidas perdidas em apenas um dia. O recorde sombrio reflete descontrole da pandemia no país, com quase 300 mil vítimas da Covid-19. A média móvel de mortes chegou a 2.349. Em casos confirmados, 12.136.615 brasileiros já tiveram ou têm o coronavírus. Dezenove estados e o Distrito Federal estão com alta de óbitos; veja os dados detalhados.

Em meio a esse cenário, estados enfrentam falta de medicamentos. São Paulo tem estoque de remédios necessários para intubação de pacientes com Covid para apenas uma semana. O governo paulista diz que o problema é a falta de fornecimento pelo governo federal. A Secretaria da Saúde tem orientado os gestores das unidades a utilizarem “racionalmente” o “kit intubação” e otimizar medidas “para garantir assistência a quem precisa”. Já o Ministério da Saúde afirma que o envio de produtos começou a ser feito nesta terça.

O assunto

Neste episódio, a Covid entre os jovens. Renata Lo Prete ouve o relato de Maria de Jesus, que perdeu o filho de 22 anos vítima da doença. Participa também a médica sanitarista Ana Freitas Ribeiro, coordenadora do serviço de epidemiologia do Instituto de Infectologia do Hospital Emílio Ribas.

Medidas urgentesBoletim da Fiocruz que pede restrição de atividades por 14 dias tem como destaque o "colapso do sistema de saúde" — Foto: ReproduçãoBoletim da Fiocruz que pede restrição de atividades por 14 dias tem como destaque o “colapso do sistema de saúde” — Foto: Reprodução

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) sugere que todos estados e cidades classificados em “alerta crítico” por causa da lotação de leitos de UTI para tratamentos de Covid-19 devem restringir todas as atividades não essenciais por 14 dias. Apenas Amazonas e Roraima não têm essa classificação.

Além de sugerir a restrição das atividades para buscar a “redução de cerca de 40% da transmissão”, os especialistas pedem o uso obrigatório de máscaras por pelo menos 80% da população.

Alteração em variante

Pesquisadores da Fiocruz identificam nova mudança em variantes da Covid-19 no Brasil
Pesquisadores da Fiocruz identificam nova mudança em variantes da Covid-19 no Brasil

Pesquisadores Fiocruz identificaram novas alterações nas variantes do coronavírus em circulação no Brasil e ressaltaram a importância de se ampliar a vacinação e as medidas de contenção para mitigar a disseminação e o surgimento de cepas mais transmissíveis.

“Esta nova geração de variantes pode ser menos suscetível à neutralização dos anticorpos que suas linhagens parentais P.1, P.2 e B.1.1.33. A pandemia de Covid-19 em 2021 no Brasil provavelmente será dominada por esse novo e complexo conjunto de variantes”, disse o pesquisador Tiago Gräf, um dos membros da pesquisa, em nota à imprensa.

Atualmente, o Brasil tem quatro variantes principais do coronavírus em circulação. Uma delas, a P.1, originada no Amazonas, é considerada uma variante de preocupação devido à maior transmissibilidade e capacidade de escapar de anticorpos de infecções anteriores pelo coronavírus, o que tem colaborado para uma explosão de casos no país.

Colapso na saúde

Cilindros de oxigênio — Foto: MARCELO D. SANTS/FRAMEPHOTO/ESTADÃO CONTEÚDOCilindros de oxigênio — Foto: MARCELO D. SANTS/FRAMEPHOTO/ESTADÃO CONTEÚDO

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) divulgou um novo painel para monitorar a produção, o consumo e a distribuição de oxigênio no Brasil. De acordo com a agência, os dados serão atualizados semanalmente e foram fornecidos pelas empresas fabricantes, envasadoras e distribuidoras do produto.

O Ministério da Saúde informou, de acordo com a Procuradoria-Geral da República, que seis estados estão em situação crítica para falta de oxigênio hospitalar: Acre, Rondônia, Mato Grosso, Amapá, Ceará e Rio Grande do Norte.

Vacinação lenta

Profissional da saúde prepara dose da vacina AstraZeneca/Oxford em hospital de Brasília — Foto: Ueslei Marcelino/ReutersProfissional da saúde prepara dose da vacina AstraZeneca/Oxford em hospital de Brasília — Foto: Ueslei Marcelino/Reuters

Ministério da Saúde reduziu em quase 10 milhões o total de doses de vacinas contra Covid-19 previstas para abril, segundo o novo cronograma disponível na plataforma “Localiza SUS”. Em maio, o país também terá 690 mil doses a menos.

No Rio de Janeiro, o prefeito Eduardo Paes anunciou o calendário de vacinação até 10 de abril, que imunizará pessoas de até 66 anos. As datas têm algumas novidades em relação ao que foi divulgado anteriormente pela prefeitura. Nesta quarta (24), estava prevista a repescagem para quem tem 74 anos ou mais. Agora, serão imunizadas mulheres de 73 anos.

Educação na pandemia

A Frente Parlamentar Mista da Educação, um grupo formado por 301 deputados e 38 senadores, criou uma comissão especial para debater e criar leis que permitam a volta segura às aulas presenciais segundo parâmetros científicos, a distribuição de internet gratuita para professores e alunos carentes, e a garantia de merenda mesmo quando as aulas estiverem suspensas. A meta é aprovar as leis no Congresso até o fim deste primeiro semestre.

“O MEC abandonou missão de coordenar as secretarias estaduais e municipais de educação. Percebemos um apagão do MEC”, afirma o novo presidente da Frente Mista, o deputado federal Israel Batista (PV-DF).

Julgamento na 2ª Turma

Cármen Lúcia muda voto, e 2ª Turma do STF declara que Moro foi parcial ao condenar Lula
Cármen Lúcia muda voto, e 2ª Turma do STF declara que Moro foi parcial ao condenar Lula

Especialistas ouvidos pelo G1 avaliam que o sistema judiciário brasileiro sofrerá, no dia a dia, grande impacto da decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que declarou o ex-juiz federal Sergio Moro parcial na condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no caso do triplex do Guarujá.

A condenação do ex-presidente já tinha sido anulada por outra decisão do ministro Edson Fachin, que tornou sem efeito as condenações de Lula pela Lava Jato. A maioria a favor da ação do ex-presidente foi formada com a mudança de voto da ministra Cármen Lúcia. Em 2018, quando o julgamento se iniciou, ela tinha rejeitado a ação, mas agora seguiu o entendimento dos colegas Gilmar Mendes e Ricardo Lewandowski. Com a decisão desta terça, o processo do triplex volta à estaca zero.

Eleições em Israel

Eleições Gerais em Israel são termômetro para Netanyahu
Eleições Gerais em Israel são termômetro para Netanyahu

Pesquisas de boca de urna apontam que não há um vencedor claro nas eleições gerais de Israel, organizadas nesta terça. Após inicialmente apontarem uma vantagem para que o atual primeiro-ministro Benjamin Netanyahu conseguisse costurar uma aliança e, enfim, ficar no poder, uma atualização dos números mostra que o premiê dificilmente obterá essa coalizão. Veja como está o cenário, segundo dados das maiores emissoras israelenses compilados pelo site Haaretz.

Armas nos EUA

Homem abre fogo em supermercado no Colorado e provoca mortes
Homem abre fogo em supermercado no Colorado e provoca mortes

Após novo massacre, o presidente dos Estados UnidosJoe Biden, defendeu a proibição de fuzis de assalto e solicitou ao Congresso que aumente o controle da posse de armas. Biden fez um discurso solene para falar ao país sobre a chacina que matou dez pessoas em supermercado no Colorado, alimentando novamente o debate sobre um maior controle da posse de armas nos EUA.

“Esta não deve ser uma questão partidária. É uma questão americana. Isso salvaria vidas”, disse ele.

Caso Henry Borel

Polícia ouve empregada da mãe do menino Henry nesta terça-feira (23)Polícia ouve empregada da mãe do menino Henry nesta terça-feira (23)

Mais testemunhas prestaram depoimento sobre o caso do menino Henry Borel, de 4 anos, que morreu no último dia 8. Uma das pessoas ouvidas, uma ex-namorada do vereador Dr. Jairinho, acusou o político de ter agredido a filha dela anos atrás. Segundo essa mulher, que não teve a identidade revelada, a filha – hoje adolescente – foi agredida por Jairinho quando era menor. Além dela, uma outra mulher que disse ter tido uma relação com o vereador também prestou depoimento na 16ª DP (Barra da Tijuca), na Zona Oeste do Rio.

O advogado de defesa do casal Dr. Jairinho e Monique Medeiros – mãe de Henry – disse que não teve acesso ao depoimento e afirmou que quem trouxe a “suposta testemunha” foi Leniel Jr., pai da criança.

Conta de luzFoto ilustrativa da conta de luz em São Paulo. — Foto: ADRIANA TOFFETTI/A7 PRESS/ESTADÃO CONTEÚDOFoto ilustrativa da conta de luz em São Paulo. — Foto: ADRIANA TOFFETTI/A7 PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

A alta no valor do petróleo verificada nos últimos meses é o principal fator que motivou a decisão de propor o reajuste nos valores das bandeiras tarifárias, informou a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Nesta terça, a Aneel aprovou a abertura de uma audiência pública para discutir a sua proposta de reajuste nos valores das faixas do sistema de bandeiras tarifárias. Esse sistema aplica uma cobrança extra nas contas de luz sempre que aumenta o custo de produção de energia no país.

Depois de passar por consulta pública, a diretoria da Aneel voltará a analisar o assunto e aprovará uma proposta final para o reajuste das faixas.

BBB2

Carla Diaz no 'BBB21' — Foto: Reprodução/GloboCarla Diaz no ‘BBB21’ — Foto: Reprodução/Globo

Carla Diaz foi a sétima eliminada no paredão do “Big Brother Brasil 21”. Em uma disputa acirrada, ela teve 44,96% dos votos, menos de 1% dos recebidos por Rodolffo (44,45%). Além dos dois, Fiuk (10,59%) completou o paredão, em uma noite em que o recorde de quantidade de votos dentro de 60 segundos foi batido duas vezes. A marca chegou a quase 3 milhões de votos.

Mega-Sena

 Aposta única da Mega-Sena custa R$ 4,50 e apostas podem ser feitas até às 19h — Foto: Marcelo Brandt/G1Aposta única da Mega-Sena custa R$ 4,50 e apostas podem ser feitas até às 19h — Foto: Marcelo Brandt/G1

O concurso 2.355 da Mega-Sena pode pagar um prêmio de R$ 22 milhões para quem acertar as seis dezenas. O sorteio ocorre às 20h no Espaço Loterias Caixa, no terminal Rodoviário Tietê, na cidade de São Paulo. A aposta mínima custa R$ 4,50.

Fonte: G1

Continuar lendo PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 24 DE MARÇO DE 2021

PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 23 DE MARÇO DE 2021 POR G1

Por G1

 

Alerj vota hoje projeto do governo do estado que cria ‘superferiado’ no Rio de Janeiro. Colapso na saúde: número de internados em São Paulo mais do que dobra no mês e chega a 29 mil. Lotados, hospitais do Distrito Federal deixam corpos no chão e em corredores. Pela primeira vez, Brasil registra média de novos casos de Covid acima de 75 mil por dia. Uma semana após anúncio, novo ministro da Saúde ainda não tem data para assumir cargo. Anvisa faz reunião sobre ‘kit intubação’ após errar envio de e-mail. Novo auxílio emergencial: veja as datas para quem é do Bolsa Família. Bandeira vermelha da conta de luz pode ficar ainda mais cara. E na 4ª eleição em 2 anos, Netanyahu usa sucesso da vacinação para tentar manter poder em Israel.

Medidas restritivas

Vídeo: Rio e Niterói fecharão escolas, bares e restaurantes durante 'superferiado'
: Rio e Niterói fecharão escolas, bares e restaurantes durante ‘superferiado

A Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerjvota nesta terça o projeto de lei que antecipa os feriados do mês que vem para os dias 26 e 31 de março e 1º de abril. A proposta do governador em exercício, Cláudio Castro (PSC), cria um “superferiadão”, que iria da sexta-feira (26) até o Domingo de Páscoa (4). O objetivo é diminuir a circulação de pessoas nas ruas por causa do avanço dos casos de Covid em todo o estado. A medida vem sofrendo críticas, porque pelas regras planejadas pela gestão estadual — mas ainda não aprovadas —, estabelecimentos como bares e restaurantes poderiam funcionar.

Em descompasso com o governo estadual, os prefeitos do Rio, Eduardo Paes (DEM), e de Niterói, Axel Grael (PDT), definiram, após reunião com os comitês científicos municipais, que durante dez dias – de 26 de março a 4 de abril – só serviços essenciais poderão funcionar nas duas cidades.

Paes e especialistas ouvidos pelo G1 entendem que a decisão dos municípios prevalece sobre a regra do governo estadual.

“Eu tenho certeza que não vai haver qualquer contestação efetiva em relação a essas medidas. Era bom só que não se confundisse a comunicação: na cidade do Rio de Janeiro, valerão as regras da prefeitura do Rio de Janeiro naquilo que diz respeito e atribuição da prefeitura”, disse Paes.

Condução da pandemia

Bolsonaro: 'Parece que só no Brasil está morrendo gente!'
Bolsonaro: ‘Parece que só no Brasil está morrendo gente!’

Parece que, no mundo todo, só no Brasil está morrendo gente”, afirmou.

Segundo a Organização Mundial da Saúde, das 60.503 mortes registradas por Covid no mundo nos últimos 7 dias, 15.650 foram no Brasil. Esse número representa 25% dos óbitos registrados no período.

Nesta segunda, a OMS cobrou que a condução da pandemia no Brasil esteja alinhada em todas as esferas de poder e alertou que as mortes pela Covid dobraram no último mês. A entidade também comentou a mudança no comando do Ministério da Saúde e desejou “firmeza” a Marcelo Queiroga, que ainda não tomou posse.

Demora para posse

Novo ministro da saúde ainda não tem data para tomar posse
Novo ministro da saúde ainda não tem data para tomar posse

Anunciado pelo próprio presidente Jair Bolsonaro há uma semana como sucessor de Eduardo Pazuello no Ministério da Saúde, o médico Marcelo Queiroga ainda não tomou posse no cargo – e até a noite desta segunda-feira (22), não havia sequer data para que isso ocorresse.

A cerimônia de transmissão de cargo chegou a ser prevista para esta terça (23), mas foi adiada. Fontes afirmaram à TV Globo que o presidente Bolsonaro ainda procura um novo posto para Pazuello no governo. Ao longo do dia, ganhou força a possibilidade da criação de um “Ministério da Amazônia” a ser comandado pelo ministro.

O Assunto

Neste episódio, o manifesto dos economistas: o que pedem empresários, banqueiros, ex-ministros da Fazenda e ex-presidentes do Banco Central que vieram a público exigir mudanças na condução da pandemia por parte do governo federal.

Caos na saúde

Número de internações por Covid em SP mais do que dobra em março em relação a fevereiro
Número de internações por Covid em SP mais do que dobra em março em relação a fevereiro

número de pacientes internados com Covid-19 subiu 113% no estado de São Paulo em apenas um mês. Nesta segunda (22), 29.039 pessoas ocupam leitos destinados à doença. No dia 22 de fevereiro, eram 13.606. Do total pacientes internados atualmente, 16.871 estão em enfermaria e 12.168 em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs). O número de pessoas em UTI em São Paulo é mais de três vezes maior do que em toda a Argentina, que possui uma população semelhante ao estado com aproximadamente 44 milhões de habitantes.

Segundo balanço do consórcio de veículos de imprensa, o Brasil registrou, pela primeira vez, média de novos casos de coronavírus acima de 75 mil por dia. O total passa de 12 milhões de infectados desde o início da pandemia. Em 24 horas, 1.570 pessoas morreram com a doença e o país contabiliza 295.685 óbitos. Veja os dados detalhados.

Medicamentos em falta

Hospitais estão com poucos medicamentos usados em kits intubação — Foto: NSC TV/Reprodução Hospitais estão com poucos medicamentos usados em kits intubação — Foto: NSC TV/Reprodução

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) precisou adiar para esta terça uma reunião, que seria feita no domingo, sobre medicamentos do “kit intubação” devido a uma falha no envio de e-mail.

Segundo a agência reguladora, na sexta-feira (19), às 19h27, um convite foi enviado por e-mail para os representantes do Ministério da Saúde com o link da reunião virtual. Eles distribuíram as informações para o Conass e para o Conasems, e também para o Ministério da Economia.

“No entanto, houve uma falha no momento do preenchimento dos e-mails no sistema de reuniões online, o que resultou no não envio da mensagem para o Sr. Nelson Mussolini, diretor do Sindusfarma, que seria o responsável para convidar as empresas fabricantes”, esclareceu a Anvisa, em nota divulgada nesta segunda-feira (22).

Vacinas

Lote de vacinas contra a Covid-19 da Covax Facility, aliança mundial comandada pela OMS, chega a Abidjan, na Costa do Marfim. em 25 de fevereiro de 2021. País é o 2º do mundo a receber doses da Covax, depois de Gana — Foto: Diomande Ble Blonde/APLote de vacinas contra a Covid-19 da Covax Facility, aliança mundial comandada pela OMS, chega a Abidjan, na Costa do Marfim. em 25 de fevereiro de 2021. País é o 2º do mundo a receber doses da Covax, depois de Gana — Foto: Diomande Ble Blonde/AP

O consórcio de municípios para compra de vacinas contra a Covid-19 quer ajuda internacional para reforçar o Plano Nacional de Imunização (PNI). Segundo o presidente da Frente Nacional de Prefeitos (FNP), Jonas Donizette, a ideia é mostrar que ajudar o país é uma forma de ajudar o mundo.

Eficácia
Nesta segunda, dados de testes preliminares mostraram que a CoronaVac é segura e capaz de provocar reações imunológicas em crianças e adolescentes, segundo a empresa chinesa Sinovac Biotech. A Universidade de Oxford e a farmacêutica AstraZeneca também divulgaram resultado de estudos feitos com o seu imunizante. A vacina de Oxford apresentou 79% de eficácia contra casos sintomáticos em voluntários nos Estados Unidos, no Chile e no Peru.

#Ficaemcasa

A chanceler alemã, Angela Merkel — Foto: Michael Kappeler / POOL / AFP PhotoA chanceler alemã, Angela Merkel — Foto: Michael Kappeler / POOL / AFP Photo

A maior parte do comércio irá fechar e os serviços religiosos serão cancelados na Alemanha durante a Páscoa, de 1º a 5 de abril, para reforçar as restrições e impedir o aumento no número de infecções pela Covid-19, anunciou Angela Merkel. Muitas das restrições em vigor desde o final de 2020, como a limitação de reuniões privadas e o fechamento de espaços culturais e de lazer, foram prolongadas até 18 de abril, informou a chanceler.

“A situação é grave. O número de casos aumenta exponencialmente e os leitos de terapia intensiva voltam a ficar lotados”, alertou Merkel.

Novo auxílio emergencial

A nova rodada do auxílio emergencial será paga a partir do início de abril, mas as datas ainda não foram definidas, segundo o Ministério da Cidadania. O calendário para os trabalhadores integrantes do Cadastro Único e para quem se inscreveu no programa pelo site e pelo aplicativo ainda está sendo finalizado e deve ser divulgado nos próximos dias, esclareceu a pasta. Já para os trabalhadores que fazem parte do Bolsa Família, os pagamentos começam em 16 de abril e seguirão o calendário já estabelecido para o benefício – sempre nos últimos dez dias úteis de cada mês.

Conta de luz

Foto ilustrativa da conta de luz em São Paulo — Foto: ADRIANA TOFFETTI/A7 PRESS/ESTADÃO CONTEÚDOFoto ilustrativa da conta de luz em São Paulo — Foto: ADRIANA TOFFETTI/A7 PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) vai discutir a revisão nos valores do sistema de bandeiras tarifárias. O sistema aplica uma cobrança adicional nas contas de luz sempre que aumenta o custo de produção de energia no país. Se a proposta em debate for aprovada, o valor a mais pago pelos consumidores quando a bandeira está na cor amarela deve ficar mais baixo. Entretanto, a cobrança deve subir no caso de acionamento das bandeiras vermelhas.

Nesta terça (23), a diretoria da agência faz a sua reunião semanal. Entre os itens que serão votados está a abertura de audiência pública para debater o “aprimoramento da proposta de revisão dos adicionais e das faixas de acionamento para as Bandeiras Tarifárias 2021/2022”.

Mais caro

Arroz ficou 20% mais caro desde o início do ano - e deve continuar subindo no curto prazo — Foto: Thinkstock via BBCArroz ficou 20% mais caro desde o início do ano – e deve continuar subindo no curto prazo — Foto: Thinkstock via BBC

Apesar de uma queda de 1,52% na inflação de fevereiro comparado a janeiro deste ano, o preço do arroz continua pesando no bolso do consumidor, já que o produto teve alta de quase 70% nos últimos 12 meses, de acordo com o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).

Os motivos para o arroz ter ficado mais caro foram:

  • Com o início da pandemia em março, mais gente ficou em casa, o que aumentou o consumo do arroz pela população.
  • A alta do dólar fez o mercado de exportação se tornar mais atrativo aos produtores. Com isso a oferta no Brasil diminuiu, o que acabou elevando os preços.
  • Do outro lado, os custos nas lavouras foram subindo, puxados principalmente pelos fertilizantes.

Veja em detalhes o que tem impactado o preço.

Eleição em IsraelO primeiro-ministro de Israel e líder do partido Likud, Benjamin Netanyahu, e o presidente do partido Yesh Atid, Yair Lapid — Foto: Jack Guez/Emmanuel Dunand/AFP O primeiro-ministro de Israel e líder do partido Likud, Benjamin Netanyahu, e o presidente do partido Yesh Atid, Yair Lapid — Foto: Jack Guez/Emmanuel Dunand/AFP

Israel comparece às urnas nesta terça (23) para as quartas eleições legislativas em menos de dois anos. Os partidos do primeiro-ministro Benjamin Netanyahu e de seu adversário, Yair Lapid, devem ser os mais votados, mas novamente ninguém deve obter maioria absoluta sem apelar para coalizões. Netanyahu usa agora como principal arma de campanha uma intensa campanha de vacinação contra a Covid-19.

Tiros no Colorado

Policiais atendem a ocorrência com tiroteio em mercado de Boulder, no Colorado (EUA), nesta segunda (22) — Foto: David Zalubowski/AP PhotoPoliciais atendem a ocorrência com tiroteio em mercado de Boulder, no Colorado (EUA), nesta segunda (22) — Foto: David Zalubowski/AP Photo

Um criminoso abriu fogo em um supermercado da cidade de Boulder, no Colorado (Estados Unidos), e deixou 10 mortos nesta segunda-feira (22). Entre as vítimas, está um policial. Um suspeito foi preso.

‘Raridade’ de 2006

O presidente-executivo do Twitter, Jack Dorsey, vendeu seu primeiro tuíte por pouco mais de US$ 2,9 milhões (R$ 15,9 milhões, na cotação atual) como NFT. O post está em formato de token não fungível (NFT, na sigla em inglês) — uma espécie de ativo digital único que explodiu em popularidade em 2021.

Cada NFT possui sua própria assinatura digital baseada em blockchain, que funciona como um registro público, permitindo a qualquer um verificar a autenticidade e propriedade do ativo. Entenda.

Oscar 2021 🎬

Oscar será presencial? Quem vai ser convidado? O que esperar da cerimônia?
Oscar será presencial? Quem vai ser convidado? O que esperar da cerimônia?

Teve gente que achou que não ia ter Oscar em 2021. E, quando foram anunciados os indicados, na última segunda-feira (15), o mundo se perguntou: como será a cerimônia, em meio à pandemia? A Academia de Hollywood precisou adiar o evento, que geralmente acontece entre fevereiro e o início de março. A festa, agora, vai acontecer em 25 de abril. Mas, além da mudança de data, outras adaptações foram adotadas pela organização, para tentar reduzir o risco de contágio do coronavírus na maior premiação do cinema. Veja na reportagem.

Previsão do tempo

Veja como fica o tempo nesta primeira semana do outono
Veja como fica o tempo nesta primeira semana do outono
Continuar lendo PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 23 DE MARÇO DE 2021 POR G1