Blog do Saber, Cultura e Conhecimento!

PONTO DE VISTA: O POVO BRASILEIRO PRECISA DAR UM BASTA EM TANTA HUMILHAÇÃO E DESONRA

Caro(a) leitor(a),

É simplesmente incrível e surreal ter que viver num país onde o óbvio, em determinadas instituições, precisa ser constatado e reconhecido pelos seus próprios pares e mesmo assim nada muda. Principalmente quando esse óbvio e essa constatação se dá numa instituição como o STF, que é bastião da Constituição brasileira, cuja única e exclusiva responsabilidade é defender essa dita cuja. Um instituição que, ao contrário, não para de ofendê-la, de subjugá-la, de humilhá-la e de desrespeitá-la, explicitando que os seus 11 membros nada sabem de constitucionalidade e de jurisdição, ao invadirem recorrentemente as competências dos outros poderes. Membros esses que, num país sério seriam reprovados até mesmo na escolinha do professor Raimundo. No entanto são os representantes máximos da justiça no nosso país. Parece mais uma piada de mau gosto ou, no mínimo, humor negro de primeira qualidade. Não podemos mais suportar essas aberrações. Temos que pegar o ministro Marco Aurélio pela palavra e botar a boca no trombone com força. Essa é a oportunidade de desmoralizarmos esse bando de togados de meia tigela. Tá na hora do povo brasileiro parar de ser humilhado, envergonhado e desonrado! Repassem com força! 

Contando os dias para a aposentadoria, Marco Aurélio abre a “caixa preta” e confessa que STF está invadindo a competência de outros Poderes (veja o vídeo)

Marco Aurélio Mello - Foto: Adriano MachadoMarco Aurélio Mello – Foto: Adriano Machado

Marco Aurélio parece não ter mais nada a perder.

No início do próximo mês, o decano vai se aposentar e resolveu revelar os segredos mais obscuros da Suprema Corte.

Recentemente, o ministro disse que o STF está sendo usado por partidos políticos e que, inclusive, acaba invadindo a competência de outros poderes.

Em entrevista a um podcast do jornal O Globo, Marco Aurélio disse que o Tribunal “precisa de autocontenção”.

“O Supremo está sendo acionado por pequenos partidos, que não figuram no Congresso Nacional como deveriam figurar, visando a fustigar o presidente da República, daí haver a necessidade de o Supremo perceber essa manobra, que não é uma manobra sadia, e observar acima de tudo a autocontenção, não invadir esfera que não é a própria dele, o Supremo”, disse.

Ao que parece, Marco Aurélio vai revelar muitos mais até o seu último dia no STF.

Confira:

Fonte: Jornal da Cidade Online

Continuar lendo PONTO DE VISTA: O POVO BRASILEIRO PRECISA DAR UM BASTA EM TANTA HUMILHAÇÃO E DESONRA

PRESIDENTE BOLSONARO AVALIA REORGANIZAR A ARTICULAÇÃO POLÍTICA NO SENADO

Planalto quer mudar articulação política no Senado

A ideia em análise é substituir o líder do governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho, do MDB de Pernambuco

Caio Junqueira e Larissa Rodrigues

 Atualizado 11 de junho de 2021 às 21:27

Planalto quer mudar articulação política no Senado

 O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) avalia reorganizar a articulação política no Senado. A ideia na mesa é substituir o líder do governo na Casa, Fernando Bezerra Coelho, do MDB de Pernambuco.

O presidente disse a interlocutores estar incomodado com o MDB em razão principalmente da forma como seus integrantes têm atuado na CPI da Pandemia. O líder do partido no Senado, Eduardo Braga, e o relator da CPI, Renan Calheiros, têm tido posturas críticas ao governo. Assim como a senadora Simone Tebet, que tem usado suas falas no colegiado para criticar as posições do Palácio do Planalto, como o uso de máscaras.

A eventual saída de bezerra, porém, seria de comum acordo. A ele interessaria um afastamento do governo, uma vez que pretende lançar seu filho, Miguel, prefeito de Petrolina, ao governo do Pernambuco em 2022. O estado é tradicionalmente um reduto do ex-presidente Lula, que deve disputar com Bolsonaro a Presidência em 2022.

Além disso, Bezerra foi indiciado pela Polícia Federal dentro de uma investigação que apura recebimento de propina durante o período em que o senador foi ministro da Integração Nacional, no governo da ex-presidente Dilma Rousseff (PT). Com o afastamento teria mais tempo para cuidar da sua defesa.

O presidente avalia nomes para substituir Bezerra, mas quer amarrar já alguém de algum partido que pode estar na aliança em 2022. Uma das possibilidades é fazer o senador Marcos Rogério, o mais aguerrido defensor do governo na CPI. Por outro lado, partidos do Centrão apoiam a indicação do ex-presidente da Casa, Davi Alcolumbre. O senador do Democratas já foi procurado por Bolsonaro, mas ainda está em dúvida se deve aceitar comandar a liderança do governo no Senado.

Fonte: CNN
Continuar lendo PRESIDENTE BOLSONARO AVALIA REORGANIZAR A ARTICULAÇÃO POLÍTICA NO SENADO

PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 11 DE JUNHO DE 2021 POR G1

Por G1

 

Bom dia. Marcelo Queiroga fala após Bolsonaro pedir estudo para desobrigar o uso de máscaras. CPI da Covid recebe a microbiologista Natália Pasternak e o sanitarista Cláudio Maierovitch, ex-presidente da Anvisa. O Brasil ultrapassa 480 mil mortes por Covid. Pfizer entrega à CPI documento que mostra tentativa de contato com a embaixada brasileira em Washington em agosto do ano passado. STF rejeita ações contra Copa América e permite realização do torneio. Reorganização do mundo pós-pandemia é tema do G7. Família de Kathlen presta depoimento. As lives da véspera de Dia dos Namorados. Entenda o pagamento de direitos autoraisFatos e pessoas mostram aflições dos jornalistas na pandemia.

Queiroga em SP

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, faz nesta sexta-feira (11) um pronunciamento à imprensa em São Paulo, um dia após o presidente Jair Bolsonaro declarar que pediu a ele um “parecer” para desobrigar o uso de máscaras por quem estiver vacinado contra a Covid ou por quem já tiver contraído a doença. Especialistas ouvidos pelo G1 consideram a medida uma “temeridade”.

Na noite desta quinta, em vídeo gravado pela assessoria do Ministério da Saúde, Queiroga confirmou: “Recebi do presidente solicitação para fazer um estudo acerca do uso das máscaras”. Segundo Queiroga, Bolsonaro “acompanha o cenário internacional” e “vê que em outros países onde a campanha de vacinação já avançou, as pessoas já estão flexibilizando” o uso das máscaras.

“Então, vamos atender essa demanda do presidente, que está sempre preocupado com pesquisas em relação à Covid.”

O ministro, no entanto, vem defendendo o uso da proteção e reiterou a recomendação em depoimento à CPI da Covid, no início de maio.

CPI DA COVID

Natalia Pasternak e Cláudio Maierovitch — Foto: Divulgação e Marcello Casal Jr/Agência Brasil.Natalia Pasternak e Cláudio Maierovitch — Foto: Divulgação e Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Ainda nesta sexta, a microbiologista Natalia Pasternak e o médico sanitarista Cláudio Maierovitch, ex-presidente da Anvisa, serão ouvidos na CPI da Covid. Os especialistas, defensores das medidas restritivas e do uso de máscaras como forma de prevenção do coronavírus, foram convidados pela comissão para discutir aspectos técnicos da pandemia.

Números da Covid

Brasil chegou à marca de 482.135 mortes, com registro 2.344 óbitos em 24 horas. Com isso, a média móvel de mortes nos últimos 7 dias chegou a 1.764.

É o 23º dia seguido de estabilidade na comparação com duas semanas atrás. Isso significa que o ritmo atual das mortes por Covid tem se assemelhado mais a um platô do que a uma queda ou a um aumento na curva, e isso em patamar bastante elevado.

E a vacinação? O Brasil tem 11,11% da população que tomou as duas doses de vacinas contra a Covid desde o começo das aplicações em janeiro. No total, somando a primeira e a segunda doses, 76.311.926 doses da vacina foram aplicadas em todo o país.

Pfizer ignorada

Pfizer procurou embaixada do Brasil nos EUA para ter resposta sobre oferta de vacinas
Pfizer procurou embaixada do Brasil nos EUA para ter resposta sobre oferta de vacinas

Em 27 de agosto do ano passado, a Pfizer procurou a embaixada brasileira em Washington para pedir ajuda junto ao governo brasileiro para obter uma resposta sobre a compra dos imunizantes pelo Brasil.

A informação foi repassada pela embaixada ao Itamaraty, que recebeu a informação no dia seguinte. O documento sigiloso foi obtido pela TV Globo. As recusas do governo federal em responder a Pfizer são alvo da CPI da Covid. A cúpula da comissão entende que o Brasil teria vacinado uma parcela maior da população se tivesse fechado o contrato com a empresa ainda em 2020.

Vacinação em São Paulo

A cidade de São Paulo inicia nesta sexta a vacinação contra a Covid-19 de profissionais da educação com idade entre 18 e 44 anos. A estimativa da Prefeitura de São Paulo é que 83.359 pessoas deste grupo sejam imunizadas.

Estão elegíveis professores de todos os ciclos da educação básica e temporários da educação estadual, municipal, privada ou federal. Também estão incluídos nesta fase auxiliares de serviços gerais, de limpeza, mediadores, merendeiras, monitores, cuidadores, diretores e vice-diretores, assim como secretários e coordenadores.

Estalo e demolição

Moradores deixam prédio no Rio às pressas após ouvirem 'estalos'; Imóvel vai ser demolido hoje
Moradores deixam prédio no Rio às pressas após ouvirem ‘estalos’; Imóvel vai ser demolido hoje

Após vistoria da Defesa Civil do Rio em prédio na comunidade de Rio das Pedras, onde moradores relataram estalos técnicos constataram que dois andares terão que ser demolidos. Os 3º e 4º andares estão sobrecarregando os pavimentos inferiores e podem desabar. A demolição será realizada nesta manhã.

O prédio de quatro andares fica na Rua Estrela Dalva, nº 185. Após a demolição de dois andares, prédio passará por nova vistoria.

Os agentes da Defesa Civil também interditaram, de forma preventiva, outro prédio de quatro pavimentos que fica ao lado (número 195). Não foram constatados danos à estrutura, mas o imóvel só será liberado após a conclusão da demolição do prédio vizinho.

G7

A reorganização de um mundo abalado pela pandemia será a pauta determinante do encontro do G7 deste ano, que começa nesta sexta e vai até a domingo em Carbis Bay, no Reino Unido.

Na véspera do início oficial da cúpula, o governo britânico anunciou que os membros do G7 vão distribuir 1 bilhão de doses de vacinas a países pobres, com o objetivo de acabar com a pandemia até 2022.

O evento também é cercado pela expectativa da estreia Joe Biden como presidente dos Estados Unidos. Nesta quarta, ele já declarou “que os EUA estão de volta”.

Copa América

O Supremo Tribunal Federal (STF) rejeitou duas ações que pediam a suspensão da Copa América no Brasil. Com isso, ficou confirmada a realização do evento a partir do próximo domingo (13) em quatro sedes (Rio de Janeiro, Goiás, Mato Grosso e Distrito Federal).

Marcas fora do torneio

Embora a realização da Copa América tenha sido liberada pelo STF, o torneio acumula desgastes. Algumas empresas desistiram de expor suas marcas no evento, apesar de não terem retirado o patrocínio. Com a crise sanitária no Brasil e o afastamento de Rogério Caboclo da CBF após denúncias de assédio sexual, a companhia inglesa Diageo (dona da Johnnie Walker e Smirnoff), a Mastercard e a Ambev recuaram do evento.

Família de Kathlen presta depoimento

VÍDEO: 'As vidas só importam na Zona Sul', diz mãe da grávida morta no Rio
VÍDEO: ‘As vidas só importam na Zona Sul’, diz mãe da grávida morta no Rio

A Polícia Civil deve ouvir nesta sexta a avó, os pais e o namorado de Kathlen Romeu, que morreu baleada em uma ação da PM no Complexo de Lins, no Rio. A designer de interiores, que tinha 24 anos e estava grávida, foi atingida no tórax por um tiro de fuzil.

O Ministério Público do Rio informou, nesta quinta, que vai investigar o caso de forma independente. Já a comissão de Direitos Humanos da OAB-RJ afirma que Kathlen foi morta em uma ação ilegal PM. Dos 12 policiais militares envolvidos na ação, nove já prestaram depoimento à polícia.

‘Parece coisa de filme’

Empresários se assustam ao encontrar sucuri gigante em rio de MS
Empresários se assustam ao encontrar sucuri gigante em rio de MS

Imagine realizar um mergulho nas águas cristalinas de Bonito (MS) e se deparar com uma sucuri gigante? O encontro com esses animais fascinantes não é incomum no estado, mas não deixa de ser assustador. Foi o que aconteceu com dois empresários que estavam às margens do rio Formoso (assista acima). O flagra, segundo Daniel Alexandre Rodrigues, que se deparou com o animal de 7 metros de comprimento, “parece coisa de filme – ‘A Anaconda'”.

Sextou! 🍷🍻

Sexta-feira é dia de curtir lives de sexta-feira, seja solteiro ou a dois nesta véspera de Dia dos Namorados. Uma opção é o Arraiá dos Namorados com Tierry e convidados, mas também vai ter transmissões de Zé Vaqueiro, Anelis Assumpção, Curumin e Izzy Gordon.

Luana Araújo responde: reações da Astrazeneca

Luana Araújo reação a vacinas — Foto: Arte/G1Luana Araújo reação a vacinas — Foto: Arte/G1

Você sabe por que a vacina da Astrazeneca pode causar mais reação local? Essa e outras dúvidas são respondidas pela médica Luana Araújo, destaque na CPI da Covid na semana passada. Segundo a infectologista, o fato de a vacina ser produzida com um vírus ativo causa uma resposta imunológica mais forte no organismo. Vale lembrar que, mesmo ativo, o vírus na vacina não é capaz de causar a doença. Entenda.

O Assunto

Peru: a incerteza pós-eleitoral. A ofensiva de Keiko Fujimori para contestar a virtual vitória de Pedro Castillo na disputa presidencial abre novo capítulo na turbulência política do país, que teve 5 governantes nos últimos 5 anos. Um gesto desesperado. Ouça a análise.

Direitos autorais

A cada R$ 1 faturado por uma música em um serviço de streaming, menos de R$ 0,10 vão para os compositores. Sem shows, bares, restaurantes, eventos, festas de fim de ano e carnaval, a arrecadação de direitos autorais caiu 15% no primeiro semestre deste ano. O Ecad, órgão responsável pela arrecadação e distribuição desses direitos no Brasil, tenta aumentar o valor pago pelas plataformas neste momento crítico. Entenda.

Fatos e Pessoas

Globo lança campanha que mostra o dia a dia de jornalistas longe dos olhos do público
Globo lança campanha que mostra o dia a dia de jornalistas longe dos olhos do público

Globo lançou nesta quinta a campanha “Fatos e Pessoas”, que apresenta o dia a dia de jornalistas quando eles estão longe dos olhos do público que acompanha a Globo, o G1, a CBN e os jornais “O Globo”“Extra” e “Valor Econômico”. Exibidos nos intervalos, os filmes mostram mensagens de áudio de profissionais do Grupo Globo trocadas com as suas famílias durante a pandemia.

Leifert no Faustão

Tiago Leifert vai apresentar o 'Domingão do Faustão' neste domingo (13) — Foto: TV GloboTiago Leifert vai apresentar o ‘Domingão do Faustão’ neste domingo (13) — Foto: TV Globo

Neste domingo, quem vai comandar o “Domingão do Faustão” é o apresentador Tiago Leifert. Fausto Silva está afastado para se recuperar de uma infecção urinária.

A “Super Dança dos Famosos” segue no programa, que contará com as apresentações de Robson Caetano, Sophia Abrahão e Dandara Mariana nos ritmos forró e rock.

Você viu?

Continuar lendo PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 11 DE JUNHO DE 2021 POR G1

CANDIDATO ESQUERDISTA PEDRO CASTILLO VENCEU ELEIÇÃO PRESIDENCIAL NO PERU

Pedro Castillo vence Fujimori e é eleito presidente do Peru

Professor de escola rural era praticamente desconhecido no país até quatro anos atrás e levou a esquerda ao poder

INTERNACIONAL

 Do R7, com AFP

ATUALIZADO EM 10/06/2021 – 18H00

Castillo saúda apoiadores no seu comitê central de campanha em Lima, capital do Peru

LUKA GONZÁLEZ / AFP – 7.6.2021

O candidato do partido Perú Libre, o esquerdista Pedro Castillo, de 51 anos, venceu o segundo turno da eleição presidencial peruana contra a direitista Keiko Fujimori, por uma vantagem muito pequena.

Segundo a apuração divulgada pela ONPE, órgão eleitoral do país, Castillo teve 50,199% dos votos válidos (8.800.486 no total), contra 49,801% (8.730.712) da adversária. A votação teve uma enorme participação popular, com mais de 74,7% do eleitorado indo às urnas.

Fujimori ainda tenta, na justiça, a anulação de algumas das atas em uma tentativa de reverter o resultado, mas observadores independentes não viram indício de fraude sistêmica alegadas pelo partido dela.

Castillo deu aulas em uma escola rural durante 24 anos e saiu do anonimato em 2017, quando liderou uma greve nacional de professores e despontou com o discurso de “não haver mais pobres em um país rico”.

O novo presidente peruano é casado e tem três filhos. Sua mistura de moral conservadora e reivindicações sociais por mudança se adaptou bem a um país onde a religião costuma ser um fator eleitoral decisivo. Ele costuma citar passagens bíblicas para justificar sua rejeição ao aborto, ao casamento homossexual e à eutanásia.

Com um chapéu branco típico de Cajamarca, percorreu o país até a cavalo para obter votos. “O povo se identifica com quem nasceu no mesmo meio”, afirmou o candidato durante a campanha.

Do anonimato para a presidência

A greve nacional de 2017 durou quase 80 dias, exigindo um aumento salarial e a eliminação de um sistema polêmico de avaliação de professores.

A mobilização dos professores deixou 3,5 milhões de alunos de escolas públicas do país sem aulas e encurralou o então presidente Pedro Pablo Kuczynski, o PPK, que inicialmente se recusou a dialogar com os grevistas até ceder e aceitar a maioria das demandas.

Numa tentativa de deslegitimar a greve, o então ministro do Interior, Carlos Basombrío, disse que os líderes do movimento estavam ligados ao Movadef, o braço político da derrotada guerrilha maoísta do Sendero Luminoso, um grupo ilegal considerado terrorista no Peru.

“Rejeito categoricamente as denúncias”, respondeu Castillo, que integrou em Cajamarca as “rondas camponesas”, as armadas que resistiram às incursões de Sendero nos dias difíceis do conflito interno (1980-2000).

“Planejamos mudanças, não remendos ou reformas como outros candidatos de esquerda”, disse Castillo durante a campanha.

As propostas de Castillo

A esquerda peruana chegou às eleições dividida com quatro candidatos, entre eles Verónika Mendoza e o ex-padre católico Marco Arana, além de Castillo.

A proposta eleitoral do Perú Libre se baseia em três pilares: saúde, educação e agricultura. Segundo Castillo, esses são os setores prioritários para promover o desenvolvimento do Peru.

Uma de suas principais promessas de campanha é criar um milhão de empregos no primeiro ano de governo.

Além disso, planeja também convocar uma Assembleia Constituinte para redigir uma nova Constituição em seis meses para substituir a atual, que favorece a economia de livre mercado.

A Constituição de 1993 é um legado do governo populista de direita de Alberto Fujimori (1990-2000), pai de Keiko. A rival de Castillo se opõe a mudar a Carta Magna.

O candidato também promete expulsar os estrangeiros que cometem crimes, em alusão tácita aos imigrantes venezuelanos que chegaram desde 2017.

Perú Libre é um dos poucos partidos peruanos de esquerda que defende o regime do presidente venezuelano Nicolás Maduro e o candidato anunciou que se chegar ao poder o país recuperaria o controle de sua energia e riquezas minerais, como gás, lítio e ouro, agora sob controle de multinacionais. No entanto, não especificou como o fará.

Fonte: R7
Continuar lendo CANDIDATO ESQUERDISTA PEDRO CASTILLO VENCEU ELEIÇÃO PRESIDENCIAL NO PERU

PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 10 DE JUNHO DE 2021 POR G1

Por G1

 

Bom dia! Impasse na CPI: governador do AM ganha o direito de não comparecer à comissão. STF julga se suspende a Copa América no Brasil. Detalhes dos testes em humanos da Butanvac. O que sabe sobre a morte de Kathlen Romeu, jovem grávida e mais uma vida negra interrompida. E ‘anel de fogo’ no céu.

STF e a Copa América

STF começou a decidir hoje em plenário virtual se barra ou mantém a realização da Copa América no Brasil. O julgamento de ações com pedidos de suspensão foi um pedido da ministra Carmen Lúcia, relatora do caso, e do ministro Ricardo Lewandovski.

Cármen Lúcia e Marco Aurélio Mello votaram por rejeitar duas ações e liberar a competição. Lewandowskiv votou por determinar que o governo apresente, em 24 horas, um plano “compreensivo e circunstanciado” com estratégias e ações para a “realização segura” do evento.

Ao contrário das sessões virtuais, que duram uma semana, desta vez os ministros têm até as 23h59 de hoje para decidir se suspendem o torneio.

Torneio sob desgaste

Após a recusa da Argentina e Colômbia, a competição está prevista para começar no próximo domingo (13), em quatro capitais do Brasil. Com o apoio do presidente Jair Bolsonaro, a Copa América acontece no momento em que o país ultrapassa 479.791 mortos pela Covid-19. Questionado na CPI da Covid, ministro Marcelo Queiroga afirmou que o risco de se contrair a doença seria o mesmo “com o jogo ou sem o jogo”.

Os atletas da seleção brasileira chegaram a publicar um manifesto contra a realização da Copa América, mas não desistiram de jogar a competição. Enquanto isso, a Mastercard e a Ambev anunciaram que não devem expor suas marcas na competição. O desgaste com a competição foi ampliado com o afastamento do presidente da CBF Rogério Caboclo após denúncias de assédio sexual e moral.

Wilson Lima na CPI

A ministra Rosa Weber, do STF, autorizou o governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), a não comparecer à CPI da Covid. O depoimento estava marcado para hoje, mas o governador acionou o STF contra a convocação de governadores pela comissão que investiga ações e omissões do governo federal na pandemia. Lima foi denunciado pela PGR sob suspeita de desvio de recursos para a compra de respiradores.

Elcio Franco

Em depoimento de mais de oito horas à CPI da Covid nesta quarta, o ex-secretário-executivo do Ministério da Saúde Elcio Franco tentou justificar a demora na aquisição e contratação de vacinas pelo governo.

Coronel da reserva e braço-direito do ex-ministro Eduardo Pazuello, ele esteve na pasta até março deste ano e era o principal negociador com os laboratórios fabricantes de imunizantes contra o coronavírus.

Os argumentos de Franco, no entanto, não foram bem recebidos pelos senadores da comissão, que falaram em “negligência”. E o “momento tensão” ficou por conta de Marcos Rogério e Otto Alencar, que se chamaram mutuamente de “covarde” – e tiveram os microfones provisoriamente silenciados.

Butanvac

O Instituto Butantan deve detalhar como será o início de testes em humanos da vacina ButanVac. As pesquisas clínicas foram autorizadas pela Anvisa nesta quarta.

A previsão é de que 6 mil voluntários com 18 anos ou mais participem dos estudos da fase clínica 1 e 2. O imunizante será aplicado com duas doses, com intervalo de 28 dias entre a primeira e a segunda.

A Butanvac está em produção desde abril e não depende de matéria-prima importada. A expectativa é de 18 milhões de doses prontas ainda em junho, e mais 40 milhões até o fim do ano.

Vacinação em São Paulo

São Paulo começa nesta quinta (10) a vacinar contra a Covid-19 grávidas e puérperas sem comorbidades com mais de 18 anos e pessoas com deficiência permanente, também acima de 18 anos, e que não recebem o benefício de prestação continuada (BPC). A estimativa é que 1,4 milhão de pessoas sejam imunizadas.

Doses represadas

Mais de 11% das vacinas recebidas pelo governo de São Paulo ainda não foram repassadas aos municípios para aplicação. O represamento de doses ocorre em meio a desaceleração no ritmo de aplicação de primeiras doses no estado.

O estado recebeu mais de 24,2 milhões de doses de vacinas contra Covid-19 em repasses do Ministério da Saúde, mas apenas 21,5 milhões foram distribuídas para os municípios até terça-feira (8).

Novo lockdown em Araraquara?

A média móvel do número de casos de Covid-19 em Araraquara (SP) subiu 235,8% de maio a junho e colocou o município, que tem 22.808 casos e 437 mortes desde o início da pandemia, em estado de alerta máximo para a possibilidade de um novo confinamento.

Kathlen Romeu

Delegacia de Homicídios do Rio investiga se PMs mataram grávida durante confronto com traficantes
Delegacia de Homicídios do Rio investiga se PMs mataram grávida durante confronto com traficantes

A morte da designer de interiores Kathlen Romeu, baleada em uma ação da PM no Rio, trouxe luto e revolta ao Complexo de Lins. A jovem – que era negra, tinha 24 anos e estava grávida de 14 semanas – levou um tiro de fuzil no tórax, segundo laudo do Instituto Médico Legal ao qual o G1 teve acesso. (Veja vídeo acima.)

O corpo de Kathlen foi enterrado nesta quarta (9), sob forte comoção. A família da jovem, que era filha única e tinha se mudado da comunidade por medo da violência, pede justiça e acusa a PM de ter feito o disparo. O G1 reuniu 9 perguntas e respostas sobre o caso. Veja o que se sabe até agora.

Suspensão de operações no Rio

Um relatório da plataforma Fogo Cruzado e da Universidade Federal Fluminense (UFF) mostrou que em um ano de suspensão de operações policiais em comunidades do Rio de Janeiro vários índices de violência caíram no estado.

Desde junho do ano passado, o ministro do STF Edson Fachin proibiu operações em favelas do Rio durante a pandemia.

Em todo o Rio de Janeiro, a queda nos tiroteios com a presença de agentes de segurança durante o período da liminar é de 33%. Os dados mostram, ainda, que além de menos conflitos, há redução do número de mortos e feridos no período.

‘Anel de fogo’

Hoje tem eclipse. Moradores da América do Norte, Europa e Ásia presenciarão, nesta manhã, um eclipse solar anular. O fenômeno acontece quando Terra, Lua e Sol se alinham, e a posição e distância dos astros criam uma espécie de “anel de fogo”.

Aqui no Brasil o anel de fogo não será visível a olho nu, mas isso não quer dizer que ficaremos de fora do espetáculo astronômico. O G1 vai fazer uma transmissão ao vivo. Veja aqui.

O eclipse inicia a fase parcial às 5h12, horário de Brasília, e se encerra às 10h11. O auge do fenômeno, quando se forma o “anel de fogo”, será às 7h42 e dura cerca de 3 minutos e 51 segundos.

Luana Araújo responde

Médica Luana Araújo — Foto: G1

É preciso usar máscara depois de vacinado? Devo escolher a vacina e fazer o teste para saber se ela ‘pegou’? Essas são algumas das perguntas respondidas pela médica infectologista Luana Araújo. A médica que roubou a cena na CPI tira dúvidas sobre vacinação, testes e DNA em uma série de vídeos do G1 com perguntas e respostas. Veja aqui.

O Assunto: governo como sócio da inflação

A alta de preços que corrói o poder de compra dos brasileiros tem um efeito colateral que a equipe de Guedes discretamente comemora: a redução da dívida pública como proporção do PIB. Depois de longo período em escalada explosiva, ela caiu de quase 90% no final do ano passado para 86,7% agora.

Em conversa com Renata Lo Prete, o ex-diretor de Assuntos Internacionais do Banco Central Alexander Schwartsman reconhece o alívio, mas alerta: “Não é um processo sustentável. Queremos controlar a dívida para não ter inflação, não o contrário”.

Schwartsman comenta ainda o debate do momento, que busca avaliar a sustentabilidade e o alcance dos ganhos do novo ciclo virtuoso das commodities.

Sem filtro

O isolamento social da pandemia introduziu as lives na rotina de muitos. Mas alguns foram além: passaram a fazer da própria rotina um espetáculo ao vivo. Os exemplos do modo reality vão desde fazer dancinhas no trabalho a lavar o banheiro em casa. Momentos como esses têm rendido audiência nas redes e até “presentes virtuais” no Tik Tok, que podem ser trocados por dinheiro.

Sonho realizado

Edvania de Oliveira, a funcionária da limpeza que ensinou a colega de trabalho Eliene Maria da Conceição a ler e escrever, recebeu uma bolsa integral para cursar pedagogia em Lençóis Paulista (SP). A faculdade foi procurada por Lívia Barreto, coordenadora das funcionárias.

Copa do Brasil

  • 15h30: Brasiliense x Grêmio
  • 19 horas: Atlético-MG x Remo e Coritiba x Flamengo
  • 21h30: Ceará x Fortaleza e Internacional x Vitória

Você viu?

Continuar lendo PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 10 DE JUNHO DE 2021 POR G1

GOVERNADORA DO RN RECUA E SOLICITA A PGE/RN QUE PETIÇÃO COM OFENSAS A BOLSONARO SEJA SUBSTITUIDA

Fátima arrega depois de dizer que Bolsonaro tem “desvio mental e de caráter”

Foto: reprodução/Twitter

Depois de enviar uma manifestação ao STF (Supremo Tribunal Federal), na qual diz que posições apresentadas pelo presidente Jair Bolsonaro são “fruto do desvio mental e de caráter” (veja aqui), a governadora Fátima Bezerra recuou e solicitou à Procuradoria Geral do Estado do RN (PGE/RN) que a petição que citava os termos fosse substituída por outra sem os termos que a governadora disse agora considerar “inadequados no tratamento com quaisquer autoridades públicas”.

Fonte: Blog do BG

Continuar lendo GOVERNADORA DO RN RECUA E SOLICITA A PGE/RN QUE PETIÇÃO COM OFENSAS A BOLSONARO SEJA SUBSTITUIDA

NO PERU, JÚRIS ELEITORAIS INICIARAM O PROCESSO DE REVISÃO DOS VOTOS CONTESTADOS

Com Castillo na frente, júris iniciam revisão de votos no Peru

Candidato de esquerda tem 79 mil votos a mais que Keiko Fujimori, que insiste em denúncias de ‘fraude sistemática’

Apoiadores de Castillo esperam pelo resultado no centro de Lima, capital do Peru

ERNESTO BENAVIDES / AFP – 9.6.2021

Os júris eleitorais do Peru iniciaram o processo de revisão dos votos contestados nesta quarta-feira (9), a última esperança da candidata de direita Keiko Fujimori para reverter a estreita vantagem de seu adversário de esquerda, Pedro Castillo, na apuração do segundo turno presidencial.

Esse procedimento, que pode durar cerca de 10 dias, é comum em todas as eleições no Peru, mas agora assume especial importância devido ao acirrado resultado eleitoral de domingo.

Sessenta Júris Eleitorais Especiais (JEE) devem decidir, em primeira instância, a validade de milhares de votos contestados pelos delegados dos partidos de cada candidato, Força Popular (Fujimori) e Peru Livre (Castillo). Cada voto é decidido individualmente.

A última palavra será do Júri Nacional Eleitoral (JNE), que analisa as decisões dos JEE e proclama o vencedor.

O JEE Lima 2, presidido pela juíza Alicia Margarita Gómez, começou a analisar as contestações em audiência pública, enquanto o órgão eleitoral do ONPE segue com a reta final da contagem de votos.

Um voto a favor de Castillo havia sido contestado porque a marcação foi feita na foto do candidato e não no quadrado com o símbolo de seu partido (um lápis). Além disso, foi utilizada uma caneta preta em vez de azul.

Gómez propôs declará-lo “válido”, o que foi apoiado por seus dois colegas, Clever Chávez e Violeta Sánchez. Às vezes não havia consenso e a decisão era tomada por maioria.

“No Força Popular estão em fase de negação das coisas, os fatos vão confirmar que o presidente eleito é Pedro Castillo, não tenho a menor dúvida”, disse à AFP o analista Augusto Álvarez Rodrich.

“Convém para Keiko Fujimori construir a candidatura para as próximas eleições, de 2026, o pior é [buscar] desafiar todo o processo eleitoral”, acrescentou.

Castillo tem uma vantagem de 79 mil votos, com 98,82% das urnas apuradas, incluindo 100% dos votos depositados no exterior, com os quais Fujimori esperava se recuperar.

Fonte: R7

Continuar lendo NO PERU, JÚRIS ELEITORAIS INICIARAM O PROCESSO DE REVISÃO DOS VOTOS CONTESTADOS

PONTO DE VISTA: NÃO PODEMOS BAIXAR A GUARDA NESTE MOMENTO, TEMOS QUE IR À LUTA!

Caro(a) leitor(a),

Na nossa coluna PONTO DE VISTA desta quarta-feira escolhi uma postagem publicada no Jornal da Cidade Online sobre a última manifestação do José Dirceu sobre a volta ao poder do PT e da esquerda no Brasil. Essa declaração gerou uma live do JCO muito esclarecedora e importante para o máximo de pessoas, que são patriotas e querem ver esse país sair do lamaçal e do brejo que se enfiou. A ameaça comunista é iminente e real. O risco que corremos de retroagirmos política, social e economicamente é enorme e só enxerga isso quem tem a informação na mão. Por isso peço que assistam essa live esclarecedora e compartilhem com quem você puder e achar que vale a pena. O meu PONTO DE VISTA de hoje é: o brasileiro precisa levantar a bunda da cadeira e ir a luta, através de manifestações de rua, assédio aos sites e redes sociais dos nossos representantes nas Câmaras, Assembleias Estaduais e Congresso Nacional, Ações judiciais junto ao STF pedindo impeachment dos representantes corruptos (inclusive ministros do próprio STF), ou seja, toda e qualquer ação que estiver ao nosso alcance como a que estou fazendo agora, escrevendo esse artigo e compartilhando com a audiência desse Blog. Vamos lá, você que está lendo isso aqui, faça alguma coisa, o que estiver ao seu alcance, vá a luta!!

AO VIVO: O plano de Zé Dirceu contra Bolsonaro / STF vai suspender Copa América? (veja o vídeo)

Fotomontagem: JCO (Reprodução)Fotomontagem: JCO (Reprodução)

O Jornal da Noite de hoje está imperdível, com a presença da advogada Flavia Ferronato e do comentarista político Mauro Fagundes.

Zé Dirceu está confiante de que vão voltar em 2023, fazendo até planos para ajudar Cuba, usando nosso dinheiro!

E o STF, em sessão extraordinária, vai decidir se a Copa América será decidida no Brasil ou não.

O presidente da CPI, Omar Aziz, disse, durante uma live, que na Amazônia existem pessoas que falam de pátria, família, mas, na verdade, são milicianos e fazem fake news!

E agora? A liberação do cultivo da maconha para uso medicinal e industrial foi aprovada por comissão da Câmara.

O presidente da França levou um tapa no rosto durante um evento. Será que não está na hora de ele se preocupar mais com o próprio país, do que com as girafas da Amazônia?

Termine o dia bem informado com o Jornal da Noite!

Assista AO VIVO e compartilhe:

Fonte: Jornal da Cidade Online

Continuar lendo PONTO DE VISTA: NÃO PODEMOS BAIXAR A GUARDA NESTE MOMENTO, TEMOS QUE IR À LUTA!

POLÍTICA: EXÉRCITO BRASILEIRO NÃO CEDEU AS PICUINHAS DA “MÍDIA DO ÓDIO” NEM DE OPOSITORES AO GOVERNO BOLSONARO

Exército se impõe e não cede à pressão dos “esquerdopatas” e da “mídia do ódio”

Foto: Marcelo Camargo/Agência BrasilFoto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O Exército Brasileiro não cedeu às picuinhas da “mídia do ódio” nem tampouco de opositores ao Governo do presidente Jair Bolsonaro e mostrou, mais uma vez, que quem determina as decisões internas das Forças Armadas são os próprios militares.

A esquerda bem que tentou uma forçada de barra, utilizando-se da “mídia do ódio” para coagir a alta cúpula do Exército a abrir processo administrativo contra o General Eduardo Pazuello, ex-Ministro da Saúde, que esteve presente em uma motociata, no Rio de Janeiro, no final de maio.

Porém, após deliberação interna e, em resposta ao pedido formulado pelo jornal O GLOBO, que faz claramente oposição ao presidente da República, o Exército respondeu que o processo contém informações pessoais e, citando o dispositivo da Lei de Acesso à Informação (LAI) que garante, nessas situações, o sigilo por 100 anos, não se sujeitou às exigências da emissora carioca.

“A documentação solicitada é de acesso restrito aos agentes públicos legalmente autorizados e à pessoa a que ela se referir”, justifica o Exército, em nota.

“Magoada”, a Rede Globo, que perdeu contratos com o Governo Federal desde que Jair Bolsonaro assumiu a cadeira da presidência, choramingou a não entrega dos documentos e disse que cabe recurso à decisão do Exército junto à Controladoria-Geral da União (CGU); demonstrando que ainda não quer perder a “quebra-de-braço”.

Fonte: Jornal da Cidade Online

Continuar lendo POLÍTICA: EXÉRCITO BRASILEIRO NÃO CEDEU AS PICUINHAS DA “MÍDIA DO ÓDIO” NEM DE OPOSITORES AO GOVERNO BOLSONARO

PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 08 DE JUNHO DE 2021 POR G1

Por G1

 

Bom dia. Marcelo Queiroga volta à CPI da Covid. Ministro da Justiça autoriza Força Nacional em Manaus. O Assunto discute o escândalo de Rogério Caboclo e a Copa América. Os números da violência contra a mulher na pandemia. Empresária de Kevin o Chris fala sobre sucesso do hit “Tipo Gin”. GloboNews lança série de encontros históricos.

Queiroga volta à CPI

Ministro da Saúde, Marcelo Queiroga — Foto: Ueslei Marcelino/ReutersMinistro da Saúde, Marcelo Queiroga — Foto: Ueslei Marcelino/Reuters

A CPI da Covid ouve nesta terça-feira (8), pela segunda vez, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga. Em seu primeiro depoimento, em 6 de maio, ele foi evasivo e evitou responder perguntas sobre a adoção do tratamento precoce, o uso da cloroquina e as falas de Jair Bolsonaro sobre as medidas de isolamento social.

Sobre o que ele deve falar?

Desta vez, os senadores devem questioná-lo sobre as condições sanitárias para o país sediar a Copa América e a suposta influência de um “gabinete paralelo” nas decisões do governo a respeito da pandemia. Em entrevista à GloboNews nesta segunda-feira (7), o relator da CPI, Renan Calheiros (MDB-AL), disse que vai questionar a autonomia do ministro à frente da pasta.

Também nesta segunda, Queiroga relativizou as preocupações sobre o impacto do torneio de futebol durante a pandemia. Para ele, o campeonato não é de grandes dimensões e não contará com a participação do público – afirmou ainda que os atletas serão testados a cada 48 horas. E citou que visitantes vindos dos países participantes já têm autorização para entrada livre no Brasil. Por esse motivo, argumentou, o ingresso de delegações estaria regular do ponto de vista sanitário.

depoimento da médica Luana Araújo também será usado como base para questionamentos a Queiroga. A infectologista chegou a ser anunciada secretária de Enfrentamento à Covid-19, mas, dez dias depois, o Ministério da Saúde informou que ela não exerceria a função. Segundo a infectologista, Queiroga não lhe explicou o motivo.

‘Gabinete paralelo’

Vice-presidente da CPI, Randolfe Rodrigues disse nesta segunda que a comissão deve votar, nesta quarta-feira (9), pedidos de quebras de sigilos telefônicos e de dados de supostos integrantes do chamado “gabinete paralelo”.

Perdeu a CPI? Assista ao vídeo e entenda os principais momentos até esta terça (8)

VÍDEO: Não acompanhou a CPI? Saiba os principais pontos que rolaram
VÍDEO: Não acompanhou a CPI? Saiba os principais pontos que rolaram

Violência em Manaus

Ministério da Justiça autoriza envio da Força Nacional para combater ataques em Manaus
Ministério da Justiça autoriza envio da Força Nacional para combater ataques em Manaus

G1 foi às ruas e conversou com a população de Manaus, que nos últimos dias viveu uma situação de terror provocada por uma onda de violência que atingiu também cidades do interior do Amazonas. Os entrevistados relataram medo e insegurança.

Os ataques teriam sido motivados pela morte de Erick Batista Costa, conhecido como Dadinho, em uma ação policial. Ele seria integrante de uma facção de tráfico de drogas. A ordem para o início das ações criminosas partiu de dentro de um presídio por membros do mesmo grupo. Diversos veículos foram incendiados, e prédios públicos acabaram depredados. Nesta segunda, a capital amazonense ficou sem transporte público e teve as aulas suspensas, assim como a campanha de vacinação contra a Covid.

Ao menos 31 pessoas foram presas. E o ministro da Justiça autorizou o envio a Manaus da Força Nacional de Segurança.

Efeitos da pandemia na educação

Mais da metade de famílias com crianças de zero a três anos (51,4%) têm optado por mantê-las em casa em vez de enviar novamente às creches. A exceção está em famílias da classe D, em que 60% mandaram os filhos para as creches. Entre os que não mandaram, o motivo citado é o medo do contágio pelo coronavírus, apontado por 40%.

Os dados são da pesquisa “Primeiríssima Infância – Interações na Pandemia: Comportamentos de pais e cuidadores de crianças de 0 a 3 anos em tempos de Covid-19”, feita pela Kantar Ibope Media a pedido da Fundação Maria Cecilia Souto Vidigal (FMCSV), obtida com exclusividade pelo G1.

Pandemia x empreendedores

A pandemia tirou quase 10 milhões de brasileiros do empreendedorismo, sendo que as mulheres foram as que mais se viram obrigadas a fechar suas empresas. É o que revela o relatório da Global Entrepreneurship Monitor 2020. A pesquisa é realizada no país pelo Sebrae em parceria com o Instituto Brasileiro de Qualidade e Produtividade (IBPQ).

De acordo com o Sebrae, o número de brasileiros com um negócio estabelecido há pelo menos 3,5 anos desabou de 22,3 milhões em 2019 para 12 milhões em 2020.

‘Adnet na CPI’

'Ela diz que é técnica - uma ameaça pro Tite' - trecho do episódio 2 de Adnet da CPI
‘Ela diz que é técnica – uma ameaça pro Tite’ – trecho do episódio 2 de Adnet da CPI

G1 publicou, nesta segunda, trechos do episódio 2 de “Adnet na CPI”, o novo programa de Marcelo Adnet no Globoplay. Na atração que estreou no dia 31, Adnet faz uma crônica atual, narrando o desenrolar da CPI da Covid com crítica e humor. Aberto também para não assinantes, o programa é semanal – sai sempre às segundas-feiras no Globoplay. E, no G1, você poderá ver trechos do programa.

O Assunto: Comando da CBF em xeque

Revelações de assédio sexual e moral derrubaram Rogério Caboclo no exato momento em que o presidente da CBF azeitava suas relações com o governo Bolsonaro. Neste episódio de O Assunto, a repórter Gabriela Moreira, coautora do furo que expôs Caboclo, explica em detalhes a denúncia da ex-assessora contra o dirigente, que dificilmente conseguirá voltar depois do mês de “afastamento” para investigação interna.

Gabriela lembra dos antecessores de Caboclo, todos derrubados por escândalos, e não prevê mudança significativa com a sucessão: “O cenário é que o sistema continue como está.

Eliminatórias

O Brasil enfrenta o Paraguai esta noite, a partir das 21h30, em Assunção, em jogo das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022. A TV Globo e o SporTV transmitem a partida. A seleção brasileira lidera a Zona Sul-Americana, enquanto os paraguaios estão na quarta colocação.

Mais importante que o jogo, no entanto, é o que técnico Tite e os jogadores podem falar após a partida, sobre a crise na CBF e a Copa América repentina no Brasil.

Demais jogos de hoje:

  • 18h: Equador x Peru
  • 19h30: Venezuela x Uruguai
  • 20h: Colômbia x Argentina
  • 22h30: Chile x Bolívia

Auxílio emergencial

A Caixa Econômica Federal libera nesta terça os saques e transferências da segunda parcela do auxílio emergencial aos beneficiários que não fazem parte do Bolsa Família nascidos em maio, que receberam a parcela em poupança social digital no dia 21 de maio.

O pagamento da segunda parcela do auxílio para este público terminou em 30 de maio. Para quem faz parte do Bolsa Família, os pagamentos foram até 31 de maio. Os pagamentos da terceira parcela do benefício começam em 17 de junho para o público do Bolsa Família, e em 20 de junho para os demais beneficiários.

Números da pandemia

O Brasil registrou 1.119 mortes por Covid-19 em 24 horas, totalizando nesta segunda 474.614 óbitos desde o início da pandemia. Com isso, a média móvel de mortes nos últimos 7 dias chegou a 1.664. É o 20º dia seguido de estabilidade nessa comparação. O número total de casos confirmados da doença passou de 16,9 milhões. De acordo com o novo balanço do consórcio de veículos de imprensa, quase 50 milhões já tomaram a primeira dose da vacina contra a Covid.

No estado de São Paulo, a média de pacientes com Covid em UTIs voltou ao patamar de abril, com 11.007 leitos ocupados.

‘Ela tá, tá movimentando’

Kevin o Chris e sua empresária, Kamilla Fialho — Foto: DivulgaçãoKevin o Chris e sua empresária, Kamilla Fialho — Foto: Divulgação

Você já deve ter ouvido esse refrão no Tik Tok, certo? É a letra de “Tipo Gin”, o funk de Kevin o Chris, que saiu em abril e logo entrou na lista das dez músicas mais tocadas no streaming. A empresária Kamilla Fialho falou com o G1 sobre as estratégias por trás do hit.

Encontros históricos

Estreou, nesta segunda, uma seleção de encontros históricos para marcar os 25 anos da GloboNews, a serem completados em outubro. As entrevistas estarão disponíveis para os assinantes do Globoplay + Canais ao Vivo. Na estreia, o canal resgata a primeira entrevista do recém-eleito Papa Francisco em 2013, concedida com exclusividade a Gerson Camarotti durante a visita do pontífice ao Rio de Janeiro.

Você viu?

Continuar lendo PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 08 DE JUNHO DE 2021 POR G1

ANÁLISE POLÍTICA: OS QUE SE DISTANCIAM DO BRASIL REAL VÃO SER SURPREENDIDOS, POR ALEXANDRE GARCIA

A troca de informação e a contra argumentação entre formadores de opinião é o destaque da nossa coluna ANÁLISE POLÍTICA desta segunda-feira no comentário do jornalista Alexandre Garcia que intitula o seu artigo semanal de “A Bolha”, que aborda o Brasil real, não conhecido pela maioria dos brasileiros por não querer sair de sua redoma. Convido você a assistir ao vídeo completo, refletir e tirar suas conclusões!

Fonte:

Continuar lendo ANÁLISE POLÍTICA: OS QUE SE DISTANCIAM DO BRASIL REAL VÃO SER SURPREENDIDOS, POR ALEXANDRE GARCIA

OPINIÃO: O TRATAMENTO PRECOCE É UMA QUESTÃO DE LIVRE ARBÍTRIO

Caro(a) leitor(a),

Na minha humilde OPINIÃO o campo de batalha que se formou no Brasil em torno do tratamento precoce é algo simplesmente surreal e bizarro. Primeiro porque remédios como ivermectina e cloroquina estão no mercado há pelo menos 70 anos e já se sabe de todos os efeitos colaterais que por ventura possam surgir nos pacientes que utilizarem como tratamento precoce e cabe ao médico única e exclusivamente a prerrogativa de orientar ao paciente o seu uso. E este uso é consensual médico/paciente. Segundo porque tudo na vida é uma questão de crença. Se o paciente acredita que um determinado remédio pode salvar a sua vida, ninguém tem o direito de tolhe-lo desse arbítrio, pois como sabemos, todo e qualquer remédio para ser produzido precisa passar pela fase de testes em humanos, onde uma parte dessas cobaias recebem um placebo e historicamente parte desses pacientes que recebem placebo se curam simplesmente pela força da fé e/ou crença. Então, isso é apenas uma questão de livre arbítrio. A escolha é do paciente junto com o médico e cada um que cuide da sua vida!

Ludmila Ferber diz que venceu Covid-19 com tratamento precoce: ‘Funciona’

Cantora cristã diz ter seguido protocolo.

Published on 06.06.2021

Reprodução | Facebook

Em um vídeo publicado na última sexta-feira (4), a cantora gospel Ludmila Ferber, um dos principais nomes do segmento cristão, revelou ter testado positivo para a Covid-19.

Ao lado do ex-senador Magno Malta, Ludmila contou que contraiu a doença em setembro do ano passado. Além dela, outros familiares também foram infectados.

Lutando contra um câncer de pulmão há quase três anos, ela surpreendeu ao dizer que fez uso do ‘tratamento precoce’— adotando medicamentos como cloroquina e ivermectina.

“Sim, foi em setembro do ano passado [que contraiu a Covid]. Mas eu dou graças a Deus que eu fiz o tratamento precoce. Então, eu passei pela Covid de uma forma impressionante. Estamos aí para testemunhar: funciona!”, afirmou.

Embora o novo coronavírus (Sars-CoV-2) ainda seja um mistério em muitos aspectos, médicos e pesquisadores do mundo todo já sabem que o pulmão é o órgão mais afetado pela doença.

Nos pulmões, o vírus infecta células dos alvéolos —onde ocorre a troca de gases entre o pulmão e corrente sanguínea— passando a se multiplicar, matando a célula hospedeira e atuando rapidamente para contaminar outras células.

Ainda no vídeo, Ludmila fez questão de frisar que seguiu o protocolo de modo completo.

“Fiz todo o protocolo. Não só eu, mas parte da minha família também fez o tratamento precoce”, completou.

O ex-senador, por sua vez, reiterou o que foi dito pela pastora evangélica e lamentou o cenário que o país atravessa, afirmando que há uma ‘inversão de valores’.

“Então quem nega o protocolo não é negacionista, negacionista é quem quer o protocolo pra que as pessoas não precisem ser entubadas e serem levadas a UTI, nós estamos vivendo uma inversão, um drama espiritual no país“, acrescentou Malta.

Jornalista, professor e comentarista político. Cobre os bastidores de Brasília no Conexão Política.

Continuar lendo OPINIÃO: O TRATAMENTO PRECOCE É UMA QUESTÃO DE LIVRE ARBÍTRIO

PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 07 DE JUNHO DE 2021 POR G1

Por G1

 

Bom dia. Rogério Caboclo é afastado do cargo de presidente da CBF, e áudios exclusivos mostram trechos da denúncia de assédio contra ele. Brasil ultrapassa 473 mil mortes por Covid. O Assunto aborda a crise nas Forças Armadas. Violência contra motoristas de aplicativos. O melhor do cinema brasileiro no Globoplay. A volta do pop-punk. Aposta do YouTube contra o TikTok chega ao Brasil. Nova integrante da família real britânica. Gols do Brasileirão.

Crise na CBF

Rogério Caboclo, momentaneamente, não é mais presidente da CBF. Acusado de assédio sexual e moral por uma funcionária, o dirigente foi afastado por 30 dias, neste domingo (6), após determinação da Comissão de Ética do Futebol Brasileiro. Ele nega as acusações.

Com exclusividade, o Fantástico mostra trechos de um dos áudios que estão na denúncia entregue à Comissão de Ética. Neles, Caboclo constrange a funcionária, usa palavrões para falar da vida pessoal e insiste para que ela tome vinho com ele; veja mais no vídeo abaixo.

Ouça áudios da denúncia de assédio contra Rogério Caboclo, afastado da presidência da CBF
Ouça áudios da denúncia de assédio contra Rogério Caboclo, afastado da presidência da CBF

Números da pandemia

O Brasil ultrapassou a marca de 473 mil mortes por Covid-19, com 866 registradas nas últimas 24 horas. A média diária de óbitos é de 1.629, e já são 19 dias seguidos de estabilidade. Isso significa que o ritmo atual tem se assemelhado mais a um platô do que a uma queda ou a um aumento na curva, e isso em patamar bastante elevado.

Já na vacinação, o balanço do consórcio aponta que 48.977.254 pessoas receberam a 1ª dose da vacina contra a Covid-19 até agora; o número representa 23,13% da população brasileira. Deste total, 22.930.114 pessoas (10,83%) tomaram as duas doses.

O Assunto 🎧

A decisão do Exército de deixar sem punição o general da ativa que violou o regulamento ao fazer comício para o presidente da República deflagrou a maior crise envolvendo as Forças Armadas desde a redemocratização do país.

No episódio de O Assunto desta segunda-feira (7), a jornalista Renata Lo Prete conversa com o cientista político Octavio Amorim Neto e com Raul Jungmann, ex-deputado federal e ex-ministro da Defesa. Ouça abaixo

Assédio no Egito

Fantástico conversou com Reem, a jovem egípcia que foi constrangida e exposta pelo médico brasileiro Victor Sorrentino. À jornalista Sônia Bridi, ela contou que ficou triste e irritada com o ocorrido, mas que aceitou o pedido de desculpas: “Para mim era suficiente que ele cometeu um erro ao publicar o vídeo, de dizer palavras feias pra mim. Não sei o que a polícia vai fazer, mas de minha parte, eu aceito o perdão”. Confira a entrevista e relembre o caso no vídeo abaixo.

'Não sei o que a polícia vai fazer, mas aceito o perdão', diz egípcia assediada por médico brasileiro
‘Não sei o que a polícia vai fazer, mas aceito o perdão’, diz egípcia assediada por médico brasileiro

Eleição no Peru

Os peruanos foram às urnas neste domingo (6) para eleger o novo presidente. Na disputa, estão a candidata de direita, Keiko Fujimori, e o candidato de esquerda, Pedro Castillo. A apuração já começou e, por enquanto, mostra Keiko à frente; pesquisa boca de urna apontou vitória apertada da filha do ex-presidente Alberto Fujimori.

Criminoso na carona

Levantamento feito pelo Fantástico mostra que mais de 40 motoristas de aplicativos foram assassinados durante o trabalho em 2021 no Brasil. Alvos da violência, eles relatam traumas, medo e insegurança. Veja mais aqui.

O melhor do cinema brasileiro 📽

“Dona Flor e Seus Dois Maridos”, “Bye Bye Brasil”, “Cidade de Deus”, “Deus e o Diabo na Terra do Sol”, “Vidas Secas”, “Central do Brasil”… O que esses filmes têm em comum? Eles são clássicos do cinema brasileiro e todos fazem parte do projeto especial do Globoplay. São 50 produções que atravessam 70 anos de história. Saiba mais assistindo ao vídeo.

Globoplay lança projeto especial com o melhor do cinema brasileiro
Globoplay lança projeto especial com o melhor do cinema brasileiro

A volta do pop-punk 🎶🎵

O que acontece quando unimos o pop bonzinho com o punk revoltado? Iniciado nos anos 70 com bandas como Buzzcocks e eternizado nos hits de Offspring, Green Day e Blink-182, o pop-punk está de volta, agora com o fenômeno Olivia Rodrigo (e com uma ajudinha do TikTok). Veja mais aqui.

Por falar em TikTok… 📱

De olho no TikTok, o YouTube lança nesta segunda (7), no Brasil, o Shorts, sua nova ferramenta. O recurso estará disponível para cerca de 25% dos usuários nos primeiros dias (ele deverá ser liberado para todos nas próximas semanas).

A plataforma permite vídeos na vertical de até 60 segundos, e eles podem ser gravados e editados direto do app para celular. Os conteúdos também podem usar trechos de música, em um formato mais curto, de até 15 segundos. Quer saber mais? Clique aqui.

Família real britânica crescendo… 👶👑

A família real britânica ficou maior. A duquesa de Sussex, Meghan Markle, deu à luz uma menina, segundo filho de casamento com Harry. O nascimento de Lilibet Diana (o nome é homenagem à rainha Elizabeth II, cujo apelido familiar é Lilibet, e à mãe de Harry, Diana) ocorreu na sexta-feira (4), mas o anúncio oficial foi feito neste domingo (6).

Oitava na linha sucessória do trono britânico, Lilibet nasceu em um hospital da Califórnia, nos EUA, onde Meghan e Harry vivem desde o ano passado. A duquesa e a filha passam bem e estão em casa.

Brasileirão

Passadas duas rodadas para 18 dos 20 clubes da Série A, o Brasileirão tem três clubes com 100% de aproveitamento até aqui: Fortaleza, que goleou o Internacional por 5 a 1, Athletico-PR e Atlético-GO, com destaque para o último, com vitórias sobre Corinthians e São Paulo. Veja aqui como ficou a tabela e confira abaixo os gols do fim de semana.

Gols do Fantástico: Fortaleza goleia o Inter e assume a liderança do Brasileirão
Gols do Fantástico: Fortaleza goleia o Inter e assume a liderança do Brasileirão

Viu isso aqui?

Continuar lendo PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 07 DE JUNHO DE 2021 POR G1

PONTO DE VISTA: QUEM É O MAIOR LADRÃO DO MUNDO? O GOOGLE RESPONDE!

Caro(a) leitor(a),

Fiquei surpreso quando vi a repercussão das declarações do cantor Amado Batista sobre Lula e seus filhos, já que a coisa mais comum nesse imenso país é ouvir as pessoas se referirem a Lula como “Ladrão”. Até o Google, quando se coloca lá: “maior ladrão do mundo”, responde com inúmeras opções de sites e citações sobre Lula como sendo essa pessoa. E isso não é de hoje. Fiz a minha primeira pesquisa com essa dita frase no Google há pelo menos 10 anos e a primeira imagem que surgiu como resposta foi a de Lula. Jornalistas renomados como Augusto Nunes, da Jovem Pan, Felipe Moura Brasil da BAND e Caio Coppolla da CNN chamam Lula de Ladrão, praticamente, todos os dias e ele ou Gleisi Hoffmann, sua fiel escudeira, nunca tinham reagido, porque sabem que se processar esses jornalista irão abrir uma ferida que não tem como fechar e vão perder a causa fragorosamente. Por que então resolveram reagir com o Amado Batista? Agora compraram uma briga interminável, pois por esse caminho terão de processar bem mais da metade da população brasileira acostumada a chamá-lo de ladrão diuturnamente. E eu sou um deles. Aqui no Blog do Saber tem centenas de publicações nesse sentido. Desse jeito nem a bilionária fortuna do maior ladrão do mundo vai ser suficiente para pagar honorários de advogados com tantos milhões de processos!

PT articula processo contra Amado Batista após cantor chamar Lula de ‘ladrão’

Assunto segue repercutindo nas redes sociais.

Publisher on 05.06.2021

Marcos Oliveira | Agência Senado

A presidente do PT, Gleisi Hoffmann, usou o Twitter para dizer que deve processar o cantor Amado Batista, depois de o músico chamar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) de ‘ladrão’ em uma entrevista concedida à Rede Nordeste de Rádio.

A declaração, reproduzida na íntegra pelo jornalista Magno Martins, foi ao ar na semana passada, mas só causou repercussão na cúpula do PT após o conteúdo ser noticiado pelo Conexão Política nesta sexta-feira (4).

Na entrevista, Batista defende o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e acusa Lula e os filhos dele.

Natural de Goiás, o músico disse que o petista não merece um novo voto de confiança porque possui um longo histórico de corrupção.

“Lula é um ladrão, só vota nele quem gosta de ladrão. Diferente de Bolsonaro, que não rouba”.

Ainda de acordo com Amado Batista, a riqueza acumulada pelos filhos do petista, especialmente o ‘lulinha’, retrata o antes e depois de Lula no Palácio do Planalto.

“Saiu do nada, [e] hoje é milionário. Não estou exagerando. Digo [isso] porque conheço seus negócios no agronegócio. Ande pelo Mato Grosso, como eu, e você comprovará”, reiterou.

Em reação, Gleisi afirmou que ‘quem faz acusação falsa’ é preciso que seja responsabilizado.

“Amado Batista terá de enfrentar a Justiça, assim como outros que mentiram sobre Lula e sua família. Quem faz acusação falsa tem de ser responsabilizado pelo que diz, seja famoso ou não”, escreveu hoje a presidente da sigla, nas redes sociais.

“Cuidado com a língua, mentirosos”, completou, em seguida.

Jornalista, professor e comentarista político. Cobre os bastidores de Brasília no Conexão Política.

Continuar lendo PONTO DE VISTA: QUEM É O MAIOR LADRÃO DO MUNDO? O GOOGLE RESPONDE!

VOTO DE CONFIANÇA DO PARLAMENTO ISRAELENSE AO NOVO GOVERNO QUE PORIA FIM AO MANDATO DA NATANYAHU SE APROXIMA

Voto de confiança para coalização anti-Netanyahu se aproxima

Parlamento de Israel pode votar eventual substituição do primeiro-ministro ainda na próxima 4ª feira ou na 2ª seguinte

INTERNACIONAL

 por AFP

JACK GAETZ / AFP – 3.6.2021

O voto de confiança do Parlamento israelense ao novo governo, que poria fim ao mandato de Benjamin Netanyahu como primeiro-ministro de Israel, poderia ocorrer na próxima quarta-feira ou na segunda-feira seguinte, de acordo com a imprensa local, após anúncio prévio do presidente do Knesset em sessão plenária.

O chefe do Parlamento israelense, Yariv Levin, próximo de Netanyahu, indicou na noite de sexta-feira que apresentará oficialmente na segunda-feira, em sessão plenária, a formação de um governo pelo chefe da oposição, o centrista Yaïr Lapid.

Este anúncio formal desencadeará o processo que dará aos 120 deputados do Knesset a possibilidade de votar a favor ou contra a confiança no governo heteróclita formado por Lapid com dois partidos de esquerda, dois de centro, três de direita (incluindo o Yamina, da direita radical nacionalista religiosa) e a formação árabe islâmica Raam.

Esses oito partidos são opostos em quase tudo, exceto na vontade de remover Netanyahu do poder. Segundo o acordo de coalizão, o chefe de Yamina, Naftali Bennett, chefiaria o novo governo por dois anos e depois deixaria seu lugar para Yaïr Lapid.

Pressão do governo

Após a formação no limite do prazo na quarta-feira à noite desta coalizão anti-Netanyahu, surgiram temores sobre a possibilidade de que Levin, membro do Likud, partido no poder do primeiro-ministro (à direita), adie a convocação para uma votação, na esperança de que alguns parlamentares mudem de ideia sob pressão de Netanyahu.

Nos últimos dias, os apoiadores do primeiro-ministro, julgado por corrupção em três casos, algo sem precedentes para um chefe de governo em exercício em Israel, organizaram manifestações em frente à casa de Nir Orbach, membro do Yamina, que afirmou a Bennett não ter certeza se irá apoiar tal aliança.

Se Orbach votar contra a coalizão, esta não alcançaria a maioria necessária (61 deputados em 120), provavelmente levando a uma quinta eleição em pouco menos de dois anos.

Fonte: R7

Continuar lendo VOTO DE CONFIANÇA DO PARLAMENTO ISRAELENSE AO NOVO GOVERNO QUE PORIA FIM AO MANDATO DA NATANYAHU SE APROXIMA

PROJETO QUE REGULA DIVISÃO E A ORGANIZAÇÃO JUDICIÁRIAS DO RN FOI APROVADO PELA ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DO ESTADO

Assembleia do RN aprova projeto que regula Divisão e a Organização Judiciárias do Estado

04 jun 2021

Assembleia do RN aprova projeto que regula Divisão e a Organização Judiciárias do Estado - Tribuna de Noticias

Assembleia Legislativa do RN aprovou, na manhã desta quarta-feira (2), o Projeto de Lei Complementar 4/2021, de autoria do Tribunal de Justiça do RN (TJRN) que regula a Divisão e a Organização Judiciárias do RN. Sob relatoria do deputado Getúlio Rêgo (DEM).

De acordo com o texto encaminhado à Casa, a inclusão dos incisos XII e XIII ao art. 61 da Lei Complementar Estadual nº 643, de 2018, “objetiva descentralizar a gestão de pessoas na Comarca e atribuir ao Juiz Diretor do Foro a competência para distribuir e lotar os servidores efetivos e cedidos nas unidades judiciárias da comarca, e, encaminhar ao setor competente do Tribunal de Justiça pedido de cessão de servidores para as unidades judiciárias e/ou administrativas da comarca”. Outras alterações contidas no PLC, objetivam alterar terminologias adotadas a fim de adequação à realidade atual, dentre outros.

Os deputados também reconheceram o estado de calamidade da Prefeitura Municipal de Afonso Bezerra. O deputado Gustavo Carvalho (PSDB) foi o relator da matéria e apresentou parecer favorável justificando as dificuldades do município agravadas pela pandemia.

Para tramitação dos expedientes a Assembleia Legislativa disponibilizou o e-mail secleg@al.rn.leg.br, através do qual a documentação pode ser remetida pelos municípios.

Os decretos têm como base as Leis Orgânicas dos Municípios e em consideração ao Estado de Emergência em Saúde Pública (ESPIN), decretado pelo Ministério da Saúde, em virtude da disseminação global da infecção humana pelo novo Coronavírus e a declaração da condição de transmissão pandêmica anunciada pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

Os documentos também levam em consideração que a crise provocada na Saúde Pública, que impõe o estabelecimento das medidas de enfrentamento da pandemia.

Fonte: Política em Foco
Continuar lendo PROJETO QUE REGULA DIVISÃO E A ORGANIZAÇÃO JUDICIÁRIAS DO RN FOI APROVADO PELA ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DO ESTADO

POLÍTICA: CPI DA COVID ULTRAPASSOU TODOS OS SEUS LIMITES

Omar Aziz e sua CPI conseguem acabar de vez com “bom humor” de canal humorístico: Os palhaços somos nós (veja o vídeo)

Fotomontagem: JCOFotomontagem: JCO

O sinal de que a CPI da COVID ultrapassou todos os limites e chegou ao seu ocaso, foi o último vídeo publicado no Youtube pelo canal Hipócritas.

Conhecidos por tratar de questões sérias, como política e economia, sempre mantendo um tom irônico e bem humorado, desta vez, a crítica ao que o Brasil está assistindo na TV foi sem qualquer “bom humor ou o mínimo de brincadeira”.

“É o Circo Parlamentar de Inquérito, com palhaços, animais adestrados, malabarismo verbal e transmitido em rede nacional pela Globo da morte”.

“Renan Calheiros, o relator responde a oito inquéritos, incluindo corrupção lavagem de dinheiro e organização criminosa”.

“Dra. Nise Yamaguchi, médica, oncologista, imunologista, com doutorado em pneumologia, 40 anos de experiência na área, foi desrespeitada, insultada, descredibilizada e teve que ouvir do homem acusado de desviar 260 milhões da saúde, que as pessoas desconsiderassem o que a especialista em saúde falava”.

É UM CIRCO MESMO, E A DIFERENÇA É QUE OS PALHAÇOS SOMOS NÓS!

Veja o vídeo:

Continuar lendo POLÍTICA: CPI DA COVID ULTRAPASSOU TODOS OS SEUS LIMITES

PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 04 DE JUNHO DE 2021 POR G1

Por G1 

Bom dia. O comando do Exército decidiu não punir o ex-ministro Eduardo Pazuello por participar de ato político ao lado do presidente Jair Bolsonaro. Pai e filha morrem no desabamento de um prédio no Rio. O Brasil perto de 470 mil vítimas da Covid-19. A ofensiva pelo voto impresso é tema de O Assunto. “O marinheiro das montanhas” no Festival de CannesIza lança nova música. As lives do fim de semana. A seleção brasileira em campo contra o Equador pelas Eliminatórias, em meio a impasse sobre a Copa América. E o calendário da feira traz dicas de alimentos em conta em junho.

Pazuello sem punição

Bolsonaro com Pazuello durante passeio de moto na cidade do Rio de Janeiro no dia 23 de maio de 2021 — Foto: Alan Santos/PRBolsonaro com Pazuello durante passeio de moto na cidade do Rio de Janeiro no dia 23 de maio de 2021 — Foto: Alan Santos/PR

O comando do Exército decidiu não punir o general e ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello pela participação em um evento político com o presidente Jair Bolsonaro no Rio de Janeiro, no último dia 23. Por considerar que não houve transgressão disciplinar, o processo foi arquivado.

A decisão repercutiu no mundo político e entre militares da ativa e da reserva. Segundo o colunista Gerson Camarotti, o temor é de que possa se disseminar “o vírus da insubordinação”.

Em live nesta quinta-feira (3), Bolsonaro não citou Pazuello, mas falou sobre a disciplina militar: “A punição, pessoal, existe, nas Forças Armadas. Ninguém interfere”.

Tragédia em Rio das Pedras

Cães-farejadores participam da busca por feridos após desabamento de prédio em Rio das Pedras, Zona Oeste do RJ — Foto: Ricardo Moraes/ReutersCães-farejadores participam da busca por feridos após desabamento de prédio em Rio das Pedras, Zona Oeste do RJ — Foto: Ricardo Moraes/Reuters

Natan Gomes, de 30 anos, e sua filha Maitê, de 3, morreram no desabamento de um prédio de quatro andares em Rio das Pedras, na Zona Oeste do Rio, na madrugada desta quinta. Outras quatro pessoas ficaram feridas, entre elas a mãe da criança morta.

O prédio que tombou fica na Rua das Uvas, esquina com Avenida Areinhas. A polícia ouviu Genivan Gomes Macedo, apontado como o responsável pela construção. Os investigadores apuram as circunstâncias do desabamento e o possível envolvimento de grupos criminosos em construções irregulares na região. Rio das Pedras é o berço das milícias no Brasil.

Números da pandemia

O Brasil chegou a 469.784 mortes por Covid-19, com 2.082 óbitos em 24 horas, segundo o consórcio de veículos de imprensa. A média móvel de mortes nos últimos 7 dias está em 1.862, com variação de -5% e indicação de estabilidade.

20 anos de luta

Fotógrafo Alex Silveira, foi atingido por uma balada de borracha durante protesto em SP em 2000 — Foto: Caio GuatelliFotógrafo Alex Silveira, foi atingido por uma balada de borracha durante protesto em SP em 2000 — Foto: Caio Guatelli

Cenas de violência policial como as que marcaram o protesto contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) no Centro do Recife, no dia 22, chegam sempre rapidamente ao conhecimento do fotógrafo Alex Silveira. Vítima da mesma arma supostamente não letal, Silveira perdeu a visão do olho esquerdo durante a cobertura de uma manifestação de professores na capital paulista em maio de 2000.

A relação imediata entre os casos se dá não apenas por conta da automática empatia com a dor e o trauma ocular. Há 20 anos, o fotógrafo briga na Justiça para conseguir ser indenizado.

“É uma coisa que está acontecendo há mais de 20 anos e que o estado não assume a culpa. Precisou mais duas pessoas levarem um tiro no rosto para que se veja que está tudo errado?”, questiona.

🎧 O Assunto

Estimulada por Bolsonaro, a Câmara analisa emenda constitucional para instituir um comprovante impresso de cada voto, com identificação do eleitor, alegadamente para permitir auditoria. Mas o que quer o presidente? Para entender, O Assunto conversa com o advogado e professor Diogo Rais e a antropóloga Isabela Kalil, estudiosa da base do bolsonarismo. Ouça:

🍿🎥 Festival de Cannes

‘O marinheiro das montanhas’ é escolhido para seleção oficial do Festival de Cannes
‘O marinheiro das montanhas’ é escolhido para seleção oficial do Festival de Cannes

O filme brasileiro “O marinheiro das montanhas”, de Karim Aïnouz, foi escolhido para fazer parte da seleção oficial do Festival de Cannes. A produção da VideoFilmes em parceria com a Globo Filmes e a GloboNews será exibida como filme convidado na mostra sessão especial.

“O marinheiro das montanhas” é um diário de viagem filmado durante a primeira visita de Aïnouz à Argélia – país em que o pai do diretor nasceu. Entre registros da viagem, filmagens caseiras, fotografias de família e arquivos históricos, passado, presente e futuro se misturam na jornada autobiográfica narrada por Aïnouz.

O gueto de Iza

No single 'Gueto', Iza quis recriar sua história em Olaria, zona norte do Rio de Janeiro — Foto: Divulgação/Rodolffo MagalhãesNo single ‘Gueto’, Iza quis recriar sua história em Olaria, zona norte do Rio de Janeiro — Foto: Divulgação/Rodolffo Magalhães

“Fecha a rua lá no gueto, vai ter samba lá no gueto, joga bola lá no gueto, ela é cria lá do gueto.” Assim são os versos de “Gueto”, música que Iza lança nesta sexta-feira (4). A cantora conta ao G1 que resolveu resgatar memórias da infância em Olaria, na zona norte do Rio.

“Partiu de um orgulho muito grande que eu comecei a sentir vendo todas as coisas que eu estava conquistando. Não tinha como celebrar as coisas que estavam acontecendo e o lugar para onde eu estava indo, sem lembrar do lugar de onde eu vim.”

🎙️🎶 Agenda de lives

Gusttavo Lima, Wesley Safadão e Zé Neto & Cristiano fazem lives neste final de semana — Foto: Divulgação/Mário Maflicks; Divulgação/Romilson Sales; DivulgaçãoGusttavo Lima, Wesley Safadão e Zé Neto & Cristiano fazem lives neste final de semana — Foto: Divulgação/Mário Maflicks; Divulgação/Romilson Sales; Divulgação

Mestre das lives, Gusttavo Lima faz nesta sexta sua última transmissão. O cardápio do fim de semana tem ainda Wesley Safadão, Zé Neto e Cristiano, Bell Marques e mais. Veja a agenda completa.

Das páginas policiais para o streaming

Elenco de 'Dom' fala sobre série inspirada na história real de Pedro Dom
Elenco de ‘Dom’ fala sobre série inspirada na história real de Pedro Dom

Pedro Machado Lomba Neto, o Pedro Dom, era um jovem dependente químico que acabou indo para o crime e virou o “bandido gato”. A história bateu literalmente na porta do diretor Breno Silveira, através do pai de Pedro Dom, Luiz Victor Lomba. O policial o procurou, porque queria contar o outro lado de uma história que as páginas policiais cobriram à exaustão até a morte de Dom aos 23 anos, em 2005.

Intrigado com os relatos de Victor e as notícias que pareciam coisa de cinema, Silveira criou “Dom”, série de ficção que estreia nesta sexta inspirada em eventos reais e na história de Pedro e Victor, vividos por Gabriel Leone e Flavio Tolezani. O G1 entrevistou o elenco (veja o vídeo acima).

⚽ Eliminatórias da Copa

Depois de quase sete meses, a seleção brasileira volta a campo nesta sexta contra o Equador pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022. A partida ocorre às 21h30, em Porto Alegre, com transmissão da TV Globo e do SporTV para todo o país. A principal novidade de Tite deve ser a escalação de GabigolVeja o provável time titular.

Se dentro de campo a seleção está pronta, fora vive um impasse. Atletas se reuniram com o presidente da CBF, Rogério Caboclo, para discutir se vão participar da Copa América. Jogadores mais experientes externaram a insatisfação por terem descoberto pela imprensa que o Brasil sediará o torneio após a desistência de Argentina e Colômbia.

🍊🥑🌽 Calendário da feira

Na série Calendário da Feira, o G1 mostra, todo mês, quais alimentos estão na safra e, por isso, podem ficar mais em conta. Em junho, tem boa variedade de frutas cítricas, como laranja, mexerica e tangerina, além de três tipos de abacate. Entre os legumes, há milho, abóbora, mandioquinha, gengibre, inhame e mais. Veja.

Viu isso?

🌤️ Previsão do tempo

Previsão do tempo: região Sudeste registra queda na umidade relativa do ar
Previsão do tempo: região Sudeste registra queda na umidade relativa do ar

O tempo muda no Sul por causa da passagem de uma frente fria. A temperatura cai, mas não esfria muito. A alta polar, responsável por trazer o frio, não vem com força. Nesta sexta, a umidade cai, ficando abaixo de 20%. Nuvens com chuva são registradas no Norte e Sul do país. Veja a previsão no vídeo acima.

Fonte: G1
Continuar lendo PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 04 DE JUNHO DE 2021 POR G1

SENADO DIZ AO STF NÃO VER INCONSTITUCIONALIDADE OU ILEGALIDADE NA CONVOCAÇÃO DE GOVERNADORES PARA DEPOREM À CPI DA PANDEMIA

Senado diz ao STF que governadores podem ir à CPI

Advogados da casa, em nome do presidente da CPI Omar Aziz, afirmam que chefes dos executivos estaduais devem colaborar com investigação

Caio Junqueira

Por Caio Junqueira, CNN  

Atualizado 03 de junho de 2021 às 00:23

 presidente da CPI da Pandemia, Omar Aziz (PSD-AM),O presidente da CPI da Pandemia, Omar Aziz (PSD-AM), abre a sessão da 2ª semana da CPI da Pandemia no Senado Foto: Reprodução/CNN Brasil (11.mai.2021)

O Senado disse ao Supremo Tribunal Federal não ver inconstitucionalidade ou ilegalidades na convocação de governadores para deporem à CPI da Pandemia.

O documento de 14 páginas assinado por três advogados da casa e protocolado no STF na noite desta quarta-feira é a manifestação formal do Senado na ação protocolada na corte por governadores de 19 estados contestando a possibilidade de serem convocados pela CPI, que aprovou requerimentos para que parte deles depusessem.

O parecer foi protocolado em nome do presidente da CPI, Omar Aziz (PSD-AM).

Os principais argumentos utilizados são o de que a comissão não apura fatos relacionados a suas gestões estaduais e que ela não fere os princípios federativos nem republicanos.
O Senado argumenta que a CPI apura apenas a “aplicação de recursos federais” e não as gestões dos governadores em si.

“A convocação está integralmente de acordo com a forma republicana de governo e com os princípios do federalismo cooperativo e da harmonia e separação de poderes.”, diz o documento.
Além disso, o parecer também afirma que o atendimento do pedido dos governadores inviabilizará o cumprimento de parte do objeto da CPI, que prevê investigar o uso dos recursos federais em estados e municípios.

Separação de poderes

De acordo com os técnicos do Senado, caso o STF acolha o pleito dos governadores, estará “arbitrariamente reduzir o objeto da investigação parlamentar”, o que veem como “flagrante violação ao princípio da separação de poderes”.

Os advogados também pedem que a Corte não suspenda provisoriamente as convocações, sob pena de impedir as oitivas dentro do prazo da CPI, que inicialmente é de 90 dias.

“Há perigo de demora inverso, uma vez que o deferimento de medida cautelar que suspenda a convocação dos governadores de estado e do Distrito Federal vai paralisar e inviabilizar o cumprimento de parte do objeto da CPI da Pandemia”, escrevem.

O texto justifica a convocação dos governadores como parte do “contexto de buscar dados e informações de atores relevantes para evitar que o drama histórico desencadeado pela pandemia volte a se abater sobre o país”. O foco é a distribuição de verbas, “de modo a se verificar o quão exitoso ou não o formato se mostrou para auxiliar no combate à grave crise de saúde pública enfrentada por todas as esferas de governo”.

O Senado alega, em sentido oposto aos governadores, que “não se está a atingir nenhuma das três vertentes que compõem o núcleo essencial do princípio federativo: a capacidade de auto-organização e normatização, de autogoverno e de autoadministração.”

‘Não é objeto da CPI investigar governadores’

Os consultores deixam claro ainda que governadores não são investigados. “Não é objeto da CPI investigar autoridades estaduais, nem as competências desses entes federativos. O governador de Estado não é investigado na CPI”.

Na ação apresentada ao STF, os governadores alegam violação da separação prevista entre as esferas de poder. Neste sentido, as gestões estaduais estariam sob o escrutínio apenas das respectivas assembleias legislativas, que representam o Poder Legislativo localmente.

Para o Senado, não há ilegalidade porque a investigação não tratará das gestões estaduais especificamente. “Haveria inconstitucionalidade, por exemplo, se uma CPI se voltasse a investigar a alocação de recursos estaduais ou as prioridades políticas e administrativas do Governador no desempenho de suas competências.”

O texto também declara que “ser chamado a contribuir com a apuração de fatos da vida pública do país não coloca o Chefe do Poder Executivo Estadual em posição de subordinação em relação a qualquer outro poder ou ente federativo”.

Cita ainda duas legislações como anteparo jurídico para as convocações. “O artigo 58 prevê às CPIs os mesmos poderes dos juízes em fase de investigação e o poder de solicitar depoimento de qualquer autoridade ou cidadão. A Lei no 1.579/1952 é autoevidente em explicitar que todas as autoridades públicas, independentemente do nível federativo, estão obrigadas a contribuir com o andamento das CPIs”.

Ação ao STF

Dezoito governadores apresentaram ao STF uma arguição de descumprimento de preceito fundamental (ADPF), argumentando que o Poder Legislativo Federal não poderia convocar chefes do Poder Executivo Estadual, apenas formalizar convites, em razão da separação das esferas de poder.

A relatora da ação é a ministra Rosa Weber.

Senadores alinhados ao governo Jair Bolsonaro pressionaram pela convocação de nove governadores e do ex-governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC). Eles argumentam que o requerimento que deu origem à CPI determina a investigação de “ações e omissões” do governo federal que tenham agravado a crise da Covid-19, mas que também trata sobre o destino de recursos federais repassados a estados e municípios.

Até agora, nas semanas de depoimento já realizadas, a CPI ouviu apenas autoridades relacionadas ao governo federal, como o ministro da Saúde Marcelo Queiroga e os ex-ministros Eduardo Pazuello, Nelson Teich, Luiz Henrique Mandetta e Ernesto Araújo. O primeiro chefe de poder estadual agendado a depor é o governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), alvo nesta quarta-feira (2) de uma operação da Polícia Federal.

Continuar lendo SENADO DIZ AO STF NÃO VER INCONSTITUCIONALIDADE OU ILEGALIDADE NA CONVOCAÇÃO DE GOVERNADORES PARA DEPOREM À CPI DA PANDEMIA

DEFINIDO BLOCO DE OITO PARTIDOS COM OBJETIVO DE DAR FIM AO GOVERNO DE NATANYAHU

Israel: aliança com partido árabe define novo governo de união

Bloco de oito partidos, da esquerda à direita, foi definido com o objetivo de dar fim ao governo de Benjamin Netanyahu

INTERNACIONAL

Eugenio Goussinsky, do R7

Bennett (esq.) e Lapid conversam no Parlamento

RONEN ZVULUN/EFE/02-06-21

Quando os resultados da quarta eleição em Israel, em menos de dois anos, foram definidos, de início se pensou em mais um impasse para a formação de um novo governo.

Um diferencial, porém, abriu uma brecha para uma mudança, que culminou, na última quarta-feira (2), no acordo para a formação de um novo governo e, neste momento, dar fim à era de Benjamin Netanyahu, que desde março de 2009 se mantinha no cargo de primeiro-ministro. Ele já havia exercido a função entre 1996 e 1999.

O diferencial é que, no último pleito, ocorrido em março de 2021, o partido centrista, Yesh Atid (Existe Futuro), do agora político Yair Lapid, antes um conhecido jornalista e apresentador de TV, se tornou peça-chave nas negociações.

Isto porque, desta vez, o Yesh Atid conseguiu sozinho 17 cadeiras, tornando-o o segundo partido mais votado na eleição, atrás apenas do Likud, do governista Benjamin Netanyahu, com 30 cadeiras.

E, como o prazo dado pelo então presidente Reuven Rivlin, ao partido mais votado, se expirou, a atribuição passou a ser do líder do segundo mais votado.

Lapid fez algo que, nas três eleições anteriores coube a Benny Gantz, considerado pouco carismático e sem tanta habilidade política.

Vinte minutos antes do prazo se encerrar, na última quarta-feira, ele apresentou o novo governo ao presidente e agora, para que Israel ingresse em uma nova etapa, resta apenas a aprovação do Knesset (Parlamento).

Lapid abre mão do poder, inicialmente, para dar sustentação a um novo governo, formado por uma aliança que chega a 61 cadeiras, das 120 do Parlamento. Só assumirá o cargo de primeiro-ministro daqui a dois anos, deixando-o atualmente com o líder do direitista Yamina, Naftali Bennett.

E, em negociações longas, que se encerraram no conhecido centro Kfar Hamaccabiah, em Ramat Gan, a aliança de oito partidos tem como objetivo superar as diferenças ideológicas e se concentrar na busca da união do país, trabalhando temas comuns a todos os setores da socidade israelense.

Para Renato Bekerman, representante do Meretz Brasil e delegado pelo Meretz no Congresso Sionista Mundial, a iniciativa tem por meta restabelecer o diálogo no país. O Meretz, liderado por Nitzan Horowitz, é um dos partidos que compõem a coalizão.

“O governo que se apresenta para assumir Israel, após 12 anos de Netanyahu como primeiro-ministro, poderia ser chamado de ‘governo da mudança’, com uma frente de partidos englobando direita nacionalista, centro, esquerda sionista e partidos árabes-israelenses não-sionistas. Esse bloco pluripartidário visa acabar com o continuísmo de Netanyahu, assegurando a democracia e tentando criar um ambiente de convivência sem tanto extremismo”, afirma.

Bekerman considera que, mesmo com alguns partidos dentro da aliança tendo plataformas favoráveis à construção de assentamentos e contrárias a muitas reivindicações dos palestinos, haverá espaço para negociações.

“Será um grande passo para Israel voltar às negociações de paz e melhorar a coexistência entre árabes e judeus”, observa.

Até mesmo o partido árabe, Ra’am que chegou a se aliar a Netanyahu, se dispôs a se unir a esse novo bloco. E reivindica apenas algo que Netanyahu já aceitou, que é cancelar uma lei que aplica multas em construções árabes consideradas ilegais.

A confirmação da aliança, definida nesta quarta-feira (2), só atrasou por causa desta iniciativa de Netanyahu, o que fez o líder do Ra’am (Liderança Árabe Unida), Mansour Abbas, se reunir novamente com Bennett, do Yamina, exigindo que o direitista concordasse com tal reivindicação árabe.

Os críticos dessa aliança dizem que ela é insustentável, pelas diferenças políticas entre seus componentes. O argumento para sua existência, porém, tem como base a contrariedade de todos os setores em relação ao continuísmo de Netanyahu que, segundo eles, não está favorecendo o país.

Além disso, eles se opõem ao primeiro-ministro pelo fato dele estar sendo acusado de corrupção, fraude e abuso de confiança em três casos separados. O julgamento, inclusive, já teve início, após o procurador-geral de Israel o acusar formalmente em novembro de 2019. Netanyahu nega qualquer crime e se diz vítima de uma perseguição política.

A expectativa em Israel é que essa aliança, que abarca desde a extrema-direita de Bennett, até a esquerda, representada pelos partidos Meretz e o Trabalhista, dê uma trégua à polarização existente no país e, abarcando diferentes polos, busque um entendimento para pacificar a política interna do país. E com isso, diminuir a tensão entre vários setores da sociedade.

Este amplo governo de união é marcado pela diversidade, formado por uma liderança em geral jovem, com os seguintes membros do Parlamento.

Naftalli Bennett, 49 anos (direita, Yamina) – Tem uma proposta expansionista, contrária ao Estado Palestino. Tornou-se milionário nos tempos em que vivia nos Estados Unidos, quando montou uma empresa de software, que vendeu por 145 milhões de dólares. Mora em Ra’anana com a família. A cidade é um atual centro de imigração de brasileiros para Israel.

Merav Michaeli, 54 anos (esquerda, Partido Trabalhista) – Deu uma nova roupagem, mais moderna, ao Partido Trabalhista que se originou da base política fundadora de Israel. Está ligada ao ativismo feminista, defesa dos direitos das minorias, trabalhadores e na promoção da paz.

Gideon Sa’ar, 53 anos (direita, Nova Esperança) – É mais um nome que foi ministro no governo de Netanyahu, mas se tornou opositor, sendo favorável à anexação das colônias israelenses na Cisjordânia e defensor de um poder limitado da Suprema Corte.

Mansour Abbas, 47 anos – (esquerda, Ra’am, Liderança Árabe Unida) – Político árabe-israelense, de religião islâmica, formado em Odontologia pela Universidade de Jerusalém. Também fez Ciência Política na Universidade de Haifa e defende uma solução para o problemas dos refugiados palestinos, tendo sido contrário aos últimos tratados de paz de Israel com países do Golfo Pérsico.

Avigdor Lieberman, 62 anos (extrema-direita, Israel Nossa Casa) – Sua saída do cargo de ministro da Defesa, em novembro de 2018, deu início à fragmentação do governo de Netanyahu. Nascido na Moldávia, antiga União Soviética, é representante dos russos que imigraram para Israel. Não tem cunho religioso, mas sim nacionalista, defendendo a lealdade de qualquer povo que tem cidadania israelense.

Nitzan Horowitz, 56 anos (esquerda, Meretz) – Primeiro líder partidário abertamente homossexual em Israel, foi correspondente do jornal Haaretz na Europa e tem preferência por Lapid como primeiro-ministro no momento. É contra a anexação de territórios, leis que limitem o direito dos árabes de participar das eleições e árduo defensor de organizações de direitos humanos.

Yair Lapid, 57 anos – (centro, Yesh Atid) – Foi ministro das Finanças em 2013 e se desvinculou do governo para se tornar um opositor forte, que agora está serivndo como intermediário de um novo governo.

Benny Gantz, 61 anos (centro, Azul e Branco) – Foi o 20º chefe do IDF (Estado-Maior do Forças de Defesa de Israel) entre 2011 e 2015 e o 17º presidente do Knesset de 26 de março de 2020 a 17 de maio de 2020. Atual ministro da Defesa, está no cargo em função de uma aliança, que já se desfez, com o atual governo. Nas outras eleições, não conseguiu formar uma coalizção governamental.

Fonte: R7

Continuar lendo DEFINIDO BLOCO DE OITO PARTIDOS COM OBJETIVO DE DAR FIM AO GOVERNO DE NATANYAHU

PONTO DE VISTA: A CPI DA COVID É APENAS UMA CORTINA DE FUMAÇA PARA ENCOBRIR O VERDADEIRO OBJETIVO DA OPOSIÇÃO

Caro(a) leitor(a),

Diante da declaração do governador de Minas Gerais, Romeu Zema, à CNN onde afirma que a CPI da Covid está atrasando reformas importantes para o país, não podemos deixar de perceber que essa CPI é apenas uma cortina de fumaça para encobrir um objetivo claro: destruir totalmente o governo Bolsonaro antes das eleições de 2022. Na dúvida, se a CPI não produzir um impeachment do presidente, servirá para paralisar totalmente suas ações, como as reformas tributária e administrativa. Vale a pena refletir sobre isso e tomar uma atitude para mudar tudo isso. Votar certo e consciente em 2022 e tirar essa corja de bandidos do Congresso Nacional. Então, não fique ai parado(a), tome uma atitude e compartilhe essa publicação com quem você puder!

CPI da Covid está atrasando reformas importantes para o país, diz Zema

Published on 01.06.2021

Marcello Casal Jr | Agência Brasil

O governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), criticou a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia, que está em andamento no Senado Federal.

Em entrevista à CNN Brasil, o mineiro analisou o cenário político do país.

Na visão de Zema, a CPI “com toda a certeza está atrasando reformas importantes” para o Brasil, como a reforma administrativa e a reforma tributária.

“O que o brasileiro quer é comida no prato, é vacina no braço, e o que o governo precisa fazer são as reformas, que vão possibilitar isso. Nós precisamos hoje de uma reforma tributária, de uma reforma administrativa, é isso que vai fazer com que o Brasil deixe de ser um dos países que menos cresce no mundo”, declarou o governador.

Ainda segundo ele, o ‘foco do Legislativo’ deveria estar centrado nas reformas, e não “em CPIs que acabam não trazendo nenhum resultado”, frisando que “são redundantes em termos de investigação por outras instituições públicas”, a exemplo da Polícia Federal (PF), do Tribunal de Contas da União (TCU) e do Ministério Público Federal (MPF), que possui ‘ferramentas mais adequadas’.

Jornalista, professor e comentarista político. Cobre os bastidores de Brasília no Conexão Política.

Continuar lendo PONTO DE VISTA: A CPI DA COVID É APENAS UMA CORTINA DE FUMAÇA PARA ENCOBRIR O VERDADEIRO OBJETIVO DA OPOSIÇÃO

PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 02 DE JUNHO DE 2021 POR G1

Por G1

 

Bom dia. A CPI da Covid ouve hoje Luana Araújo, que foi anunciada, mas não assumiu cargo no Ministério da Saúde. O retorno de Pazuello ao governo Bolsonaro. Os estados que sediarão a Copa América. Coronel da PM é exonerado em Pernambuco. Vacinação é ampliada em SP. Um ano da morte do menino Miguel. Economistas comentam a alta do PIB. Crise hídrica e risco de apagão ameaçam o Brasil. Ex-parceiro musical de Karol Conká abre o jogo sobre rompimento. Os hábitos de sono e o combate à depressão. E tem zebra na Copa do Brasil.

Alerta

A Agência Nacional de Águas declarou situação crítica de escassez de recursos hídricos na Região Hidrográfica do Paraná, que abrange Goiás, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Paraná e São Paulo. A medida permite que a ANA tome medidas sobre a operação de reservatórios ou sistemas hídricos para evitar que a escassez de água ponha em risco a geração de energia. O último período chuvoso, que acabou em abril, foi o mais seco em 91 anos. O nível dos reservatórios das principais hidrelétricas do país está baixo, e o governo precisa acionar mais usinas termelétricas, o que encarece a conta de luz.

O Assunto

Crise hídrica: risco de apagão? Neste episódio, Renata Lo Prete ouve Fernando Camargo, especialista em infraestrutura, para entender as origens da crise e seu desenrolar mais provável. Participa também o jornalista Roberto Rockmann, co-autor do recém-lançado “Curto-Circuito – Quando o País Quase Ficou às Escuras”, sobre 2001. Ele lembra que o governo previa alta de até 4,5% do PIB em 2001, pré-apagão, mas colheu só um terço disso. OUÇA:

Economia, o que esperar?

Eduardo Giannetti, Ilan Goldfajn e Laura Carvalho — Foto: Divulgação; Gabriela Biló/Estadão Conteúdo/Arquivo; Felipe Felizardo/DivulgaçãoEduardo Giannetti, Ilan Goldfajn e Laura Carvalho — Foto: Divulgação; Gabriela Biló/Estadão Conteúdo/Arquivo; Felipe Felizardo/Divulgação

A economia brasileira cresceu acima do esperado no início do ano, mas terá muitos desafios nos próximos meses. O G1 ouviu três economistas de diferentes vertentes e perguntou o que podemos esperar de 2021. Segundo eles, é preciso debelar a pandemia de coronavírus, lidar com a desigualdade social e avançar com uma agenda de reformas para tornar o país mais justo e competitivo. Veja as entrevistas com Eduardo Giannetti, Ilan Goldfajn e Laura Carvalho.

Nise na CPI

Nise Yamaguchi negou, à CPI da Covid, a tentativa de mudar a bula da cloroquina, medicamento ineficaz no tratamento da Covid-19. A fala da médica contradiz os depoimentos do ex-ministro da Saúde Henrique Mandetta e do presidente da Anvisa, Antonio Barra Torres, que relataram a existência de uma minuta de decreto presidencial. Ela também disse que desconhecia a existência de um “gabinete paralelo” que orientava o presidente Jair Bolsonaro à margem das recomendações do Ministério da Saúde.

Defensora da cloroquina, Nise disse à CPI que opinava como cientista em reuniões técnicas do Ministério da Saúde, mas não s. Em determinado momento da comissão, Alencar a questionou sobre a diferença entre um vírus e um protozoário (assista abaixo).

“Não leu, não estudou. E, doutora, de médico audiovisual, este plenário está cansado. De alguém que ouviu e viu, e não leu, e não se aprofundou, e não tem estudado”, disse o senador.

VÍDEO: 'A senhora não sabe nada de infectologia', diz Otto Alencar a Nise Yamaguchi
VÍDEO: ‘A senhora não sabe nada de infectologia’, diz Otto Alencar a Nise Yamaguchi

Depoimento adiantado

quem vai hoje à CPI é a infectologista Luana Araújo, que ficou só 10 dias no governo, como secretária do Ministério da Saúde responsável pelo combate à Covid. Os senadores anteciparam o depoimento dela para coletar informações sobre a gestão de Marcelo Queiroga, que será ouvido pela segunda vez na semana que vem.

A volta de Pazuello

Dois meses após ser demitido do Ministério da Saúde, Eduardo Pazuello foi nomeado ontem secretário de Estudos Estratégicos da Secretaria Especial de Assuntos Estratégicos da Presidência da República. O general da ativa ganha um novo cargo e volta ao governo enquanto responde a um processo disciplinar no Exército porque foi a uma manifestação com Bolsonaro, o que viola as regras militares. Pazuello também é investigado pela gestão da pandemia e já foi reconvocado para depor de novo na CPI. Da primeira vez, ele foi chamado de “campeão das mentiras”. Relembre.

Copa América

Dentro de duas semanas, o Brasil sediará a Copa América. Em meio aos alertas de uma terceira onda da Covid e à chegada da variante indiana, o governo confirmou 4 sedes: Distrito Federal, Rio de Janeiro, Mato Grosso e Goiás. Em São Paulo, o governador João Doria mudou de ideia e resolveu vetar jogos no estado. Partidos da oposição recorreram ao STF contra a realização do torneio.

Repressão no Recife

Três dias depois das ações extremamente violentas que deixaram feridos durante protestos contra Bolsonaro no Recife, caiu o comandante da PM de Pernambuco. O coronel Vanildo Maranhão será substituído por José Roberto Santana. Durante a repressão no sábado (29), duas pessoas levaram tiros de bala de borracha no rosto e perderam parcialmente a visão. A manifestação era pacífica.

Vacinação em SP

Começa hoje no estado de SP a vacinação de quem tem entre 30 e 39 anos e comorbidades. A expectativa é imunizar 1,2 milhão de pessoas na nova etapa. Veja detalhes e saiba quais são as comorbidades listadas. A fiscalização contra fraudes deve ser reforçada após casos de venda de atestados para fular a fila da vacinação. O G1 flagrou a comercialização desses documentos no centro de SP por R$ 130. A médica suspeita de emitir pelo menos um desses atestados negou ter assinado.

Dívidas na pandemia

Sem leitos de UTI disponíveis e sem acesso a tratamentos específicos, parentes de infectados pela Covid-19 recorreram a hospitais particulares e a terapias específicas, sobretudo durante a segunda onda da pandemia. Mas nem sempre a conta bate. Segundo o relato de famílias de pacientes, contas em valores milionários e falta de apoio dos convênios mostram um outro lado dos dramas da pandemia: dívidas, às vezes difíceis de pagar.

Projeções com fotos e frases homenageiam Miguel Otávio, de 5 anos, morto há um ano — Foto: Marlon Costa/Pernambuco PressProjeções com fotos e frases homenageiam Miguel Otávio, de 5 anos, morto há um ano — Foto: Marlon Costa/Pernambuco Press

A morte do menino Miguel, que caiu de um prédio no Recife, completa um ano. E a mãe, Mirtes Renata, mantém o quarto do filho intacto até hoje. Miguel morreu quando estava sob os cuidados Sari Corte Real, ex-primeira-dama de Tamandaré para quem Mirtes trabalhava. Foi ela quem colocou o menino sozinho no elevador enquanto a funcionária passeava com o cachorro dos patrões no térreo. O caso revoltou o Brasil e provocou protestos. Ontem, Miguel foi homenageado no Recife com projeções de fotos e frases em prédios. Mirtes hoje faz faculdade de direito e diz que o único desfecho possível para reconstruir sua vida é a condenação da sua ex-patroa.

Que fim levou?

Se você procurou por “Batuk Freak”, o álbum que lançou Karol Conká ao estrelato, deve ter percebido que o disco não está mais nas plataformas de streaming. A decisão é do produtor Nave Beatz, que afirma nunca ter recebido os direitos de execução da obra. Em conversa com o G1, o produtor se defendeu das acusações de terror psicológico feitas pela cantora no documentário “A vida depois do tombo”, do Globoplay, e compartilhou os detalhes da parceria, o início de um sonho… que deu errado.

Repense o modo soneca

Um estudo da Universidade do Colorado, nos EUA, mostrou que acordar apenas uma hora mais cedo pode reduzir em até 23% as chances de desenvolver depressão grave em pessoas com hábitos noturnos. A chave é o chamado ponto médio do sono – ponto intermediário entre a hora em que uma pessoa vai dormir e a hora em que acorda. Leia os detalhes.

Deu zebra

Campeão paulista, o São Paulo estreou com derrota na Copa do Brasil para o modesto 4 de Julho, time do Piauí que disputa a Série D. O placar foi de 3 a 2. Veja os gols. Santos e Vasco venceram. Hoje tem mais 6 jogos, confira a tabela.

Viu isso?

Continuar lendo PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 02 DE JUNHO DE 2021 POR G1

NOMEAÇÃO DE PAZUELLO É ELOGIADA POR LÍDER DO GOVERNO NA CÂMARA

Líder do governo na Câmara elogia nomeação de Pazuello e nega gabinete paralelo

À CNN, deputado Ricardo Barros afirmou que ex-ministro da Saúde fez ‘um bom trabalho’ no comando da pasta e elogiou sua nomeação em novo cargo no Planalto

Produzido por Jorge Fernando Rodrigues, da CNN, em São Paulo

Atualizado 01 de junho de 2021 às 22:03

Líder do governo na Câmara elogia nomeação de Pazuello e nega gabinete paralelo

O deputado federal Ricardo Barros (PP-PR), líder do governo Bolsonaro na Câmara dos Deputados, defendeu nesta terça-feira (2), em entrevista à CNNa nomeação do ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello como secretário de Estudos Estratégicos da Secretaria Especial de Assuntos Estratégicos da Presidência da República.

Um dos pivôs da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia, Pazuello foi alvo de críticas de parlamentares por sua gestão à frente da pasta e também pelo seu depoimento à comissão. Governistas que integram a CPI até mesmo admitem que seu indiciamento tornou-se uma questão de tempo, conforme informou a âncora da CNN Daniela Lima.

O general da ativa, que deve ser reconvocado pela CPI da Pandemia, responde também a um procedimento disciplinar no Exército por ter participado de um protesto em apoio ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido) sem ter solicitado autorização prévia.

Para Barros, porém, Pazuello fez um “trabalho muito bom” como ministro e, por isso, merece voltar ao governo. “Não tenho nenhuma dúvida de que o ministro Pazuello, diante das dificuldades e da inovação da pandemia, da falta de uma direção certa, correta, ele fez o que ele pôde e entregou bem o ministério”, afirmou Barros à CNN.

“O ministro Pazuello com certeza fez um trabalho muito bom frente ao Ministério. Ele supriu todo o país de equipamentos de proteção individual, comprou 560 milhões de vacinas, deixou comprada antes de sua saída, conseguiu estruturar o combate à pandemia, dentro da sua especialidade.”

Gabinete paralelo

Questionado, Barros negou a existência de um gabinete de aconselhamento paralelo para a gestão do país no combate à pandemia de Covid-19, e afirmou que as decisões do governo são tomadas pelo presidente com base em análises técnicas dos ministérios e de seus técnicos.

“Todos que assessoram um presidente têm obrigação de consultá-lo quando são decisões estratégicas”, afirmou Barros. “Não existe essa ‘fantasiosidade’ que [um gabinete] influenciaria o governo. O presidente ouve a muitas pessoas, em especial na sua rede social”, complementou o parlamentar.

Na sessão desta terça-feira da CPI, a médica Nise Yamaguchi, oncologista e imunologista, que defende o chamado “tratamento precoce” para a Covid-19, também foi questionada sobre um gabinete e afirmou desconhecer a existência de um aconselhamento paralelo ao presidente Jair Bolsonaro.

Ao responder o vice-presidente da comissão, proém, a médica afirmou que conhece o empresário Carlos Wizard e confirmou que, ao lado dele, formou um grupo de médicos para realizar discussões científicas.

Segundo ela, foi discutido a formação de um conselho científico voluntário, que hoje conta com 10 mil médicos voluntários pelo país. Ainda de acordo com a médica, tanto o presidente Jair Bolsonaro quanto o ex-assessor especial da Presidência Arthur Weintraub atenderam os especialistas.

“A gente discutiu essa formação desse conselho científico independente sem ter vínculo com o Ministério da Saúde, sem vínculo oficial”, disse Nise.

Continuar lendo NOMEAÇÃO DE PAZUELLO É ELOGIADA POR LÍDER DO GOVERNO NA CÂMARA

PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 1º DE JUNHO DE 2021 POR G1

Por G1

 

Bom dia. A médica Nise Yamaguchi vai à CPI da Covid explicar gabinete paralelo da Saúde e proposta de mudar bula da cloroquina. O IBGE divulga o resultado do PIB no 1º trimestre. O impasse da Copa América no Brasil. Ricardo Salles na mira do Supremo. Ministro da Educação diz que Enem 2021 será em novembro. Termina o prazo para entregar o Imposto de Renda. Empresário de artistas explica a crise do sertanejo.

Economia

Sai às 9h o resultado do PIB, que mostrará como foi o desempenho da economia brasileira no início do ano, entre janeiro e março. Em 2020, o PIB encolheu 4,1%, em consequência principalmente da pandemia. Foi o pior resultado anual desde 1996, quando começou a série histórica. Agora, analistas esperam dados positivos. O IBC-Br, índice do Banco Central considerado uma “prévia” do PIB, teve alta de 2,3% no trimestre.

CPI da Covid

Hoje é a vez de Nise Yamaguchi depor na CPI da Covid. Defensora do chamado “tratamento precoce” por meio da cloroquina, a médica é peça-chave para esclarecer como surgiu a ideia de mudar a bula do medicamento para que fosse utilizado no tratamento de Covid. Estudos já comprovaram que a cloroquina é ineficaz contra a doença.

Segundo o diretor da Anvisa, Antônio Barra Torres, foi Nise quem apoiou a proposta discutida no Palácio do Planalto. À CPI, Barra Torres disse que só a agência reguladora pode modificar uma bula, desde que solicitado pelo detentor do medicamento registrado. O diretor da Anvisa também disse que reagiu “de forma deselegante” à ideia levantada durante a reunião que relatou (assista abaixo).

VÍDEO: Barra Torres fala sobre suposta proposta de alteração da bula da cloroquina
VÍDEO: Barra Torres fala sobre suposta proposta de alteração da bula da cloroquina

Gabinete paralelo

Os senadores também esperam que o depoimento de Nise esclareça as ações de um gabinete paralelo da Saúde, formado pela médica e outras figuras que teriam aconselhado o presidente Jair Bolsonaro nas ações sobre a pandemia.

O presidente da CPI, Omar Aziz (PSD-AM), diz que a comissão já serviu para provar a existência de reuniões do governo com o gabinete, assim como a recusa da compra de vacinas. Agora, os senadores querem investigar a ligação entre essa assessoria e a disseminação de informações falsas sobre a Covid.

Nise Yamaguchi, Osmar Terra, Carlos Wizard e outros: veja no vídeo abaixo quem é quem no gabinete paralelo.

CPI da Covid começa a ouvir integrantes do Gabinete Paralelo
CPI da Covid começa a ouvir integrantes do Gabinete Paralelo

Jogando com o perigo

Em meio a alertas da uma 3ª onda de Covid e à chegada da variante indiana, o país foi pego de surpresa com a notícia de que pode sediar a Copa América em duas semanas. Primeiro a Conmebol anunciou que o Brasil havia se oferecido para receber a competição e até agradeceu Bolsonaro. Horas depois, alguns governadores se recusaram a receber jogos em seus estados.

No fim da tarde, Luiz Eduardo Ramos, o ministro da Casa Civil, disse que a decisão ainda não estava tomada e que deve bater o martelo hoje. Segundo ele, o governo incluiu, como condição para receber o evento, a vacinação de todos os integrantes das delegações e a realização de jogos sem público.

Histórico
Os jogos seriam na Colômbia e na Argentina, mas manifestações diárias contra o governo colombiano e a piora da pandemia na Argentina inviabilizaram a competição.

Em 1918, a Copa América foi cancelada no Brasil devido à gripe espanhola. Hoje, com mais de 462 mil mortes por Covid e 16,5 milhões de casos confirmados da doença, especialistas da saúde criticaram a possibilidade de o Brasil sediar o torneio.

Protestos

Os atos contra Bolsonaro e a favor da vacina, no último domingo, foram marcados por registros de abuso e violência no Recife, onde dois homens foram atingidos nos olhos por balas de borracha da PM e perderam parte da visão. Nenhum deles participava do protesto.

Daniel da Silva foi atingido no olho por bala de borracha atirada pela PM durante protesto contra Bolsonaro no Recife — Foto: Hugo MunizDaniel da Silva foi atingido no olho por bala de borracha atirada pela PM durante protesto contra Bolsonaro no Recife  Foto: Hugo Muniz

Daniel da Silva, de 51 anos, teve o olho removido após ser atingido. Também chocou o caso da vereadora Liana Cirne, do PT, agredida com spray de pimenta quando tentava falar com os policiais (veja no vídeo abaixo).

PMs agridem vereadora do Recife com spray de pimenta em protesto contra Bolsonaro
PMs agridem vereadora do Recife com spray de pimenta em protesto contra Bolsonaro

O Assunto

“fora Bolsonaro” ganhou as ruas. Manifestações pró-vacina e pelo impeachment do presidente que ocorreram sábado em mais de 200 cidades marcam uma inflexão e pressionam ainda mais um governo investigado em CPI, hiperdependente do Congresso e em contínuo flerte com a ideia de golpe. Ouça a análise.

Salles na mira do Supremo

A Procuradoria Geral da República (PGR) enviou ao Supremo um pedido de abertura de inquérito para investigar a atuação de Ricardo Salles contra a maior apreensão de madeira ilegal da históriaCármen Lúcia será a relatora do caso. A Polícia Federal do Amazonas suspeita que Salles teria tentado atrapalhar operações para defender o interesse de madeireiros ilegais. À GloboNews, a assessoria dele enviou a seguinte resposta: “Será uma boa oportunidade para esclarecer todos os fatos”.

Enem 2021

A versão impressa e digital do Enem será realizada nos dias 21 e 28 de novembro. A declaração é do ministro da Educação, Milton Ribeiro, que divulgou a data em sua conta no Twitter. A inscrição, segundo ele, ocorrerá entre 30 de junho e 14 de julho.

Um possível adiamento para 2022 poderia trazer um prejuízo de R$ 500 milhões às universidades federais e chegou a ser confirmado pela presidente do Conselho Nacional de Educação. No mesmo dia, documentos internos obtidos pelo G1 mostraram que a avaliação estava marcada para 16 e 23 de janeiro de 2022 com o uso de termos como “ratifica” e “datas definidas”. Milton Ribeiro afirmou depois que eram apenas “conversas de bastidores”.

O governo terá que correr para cumprir os prazos de elaboração das provas para a realização nesses dois dias de novembro. Pessoas familiarizadas com o processo de organização do Enem disseram ao G1 em meados de maio que o prazo é “apertado” ou até “impossível” de ser cumprido.

Detido no Egito

Médico do RS é detido no Egito
Médico do RS é detido no Egito

“Vocês gostam mesmo é do bem duro, né? Comprido também fica legal, né?” O registro dos comentários de duplo sentido feitos pelo médico Victor Sorrentino a uma vendedora no Egito podem complicar a situação do brasileiro, detido no Cairo.

O vídeo, que viralizou na internet até chegar às autoridades locais, foi espalhado por mais de 2 mil ativistas pelos direitos das mulheres, incluindo atrizes e influenciadoras (assista acima).

Em nota, o Itamaraty disse que “já foi informado sobre o caso e as autoridades brasileiras no Egito estão prestando assistência consular cabível ao cidadão”.

Despedidas e homenagens

O Brasil iniciou a semana com três despedidas marcantes.

Morreu, no Rio de Janeiro, o sambista Dominguinhos de Estácio, intérprete da canção “Liberdade, liberdade, abre as asas sobre nós”. O cantor tinha 79 anos e foi vítima de uma hemorragia cerebral. Lembre sambas inesquecíveis.

O locutor Januário de Oliveira morreu aos 81 anos em Natal, após uma parada cardíaca decorrente de um quadro de pneumonia. São dele bordões históricos como “cruel, muito cruel” e “tá aí o que você queria, bola rolando”.

E João Miguel, o primeiro filho de Whindersson Nunes e Maria Lina, morreu com apenas dois dias. O bebê nasceu prematuro após completar 22 semanas e estava em uma maternidade de São Paulo. Whindersson divulgou uma música que havia feito para o filho.

IR: prazo esgotado

Terminou o prazo para enviar a declaração do Imposto de Renda à Receita Federal. Quem era obrigado a declarar e perdeu o prazo da entrega agora está em dívida com o Leão e pode receber uma multa de, no mínimo, R$ 165,74. Mas, calma! Se você perdeu o prazo, o G1 explica o que fazer para regularizar a situação o quanto antes.

Além de pagar a multa, quem não declara o Imposto de Renda no prazo corre o risco de ter o CPF bloqueado, o que pode impedir a contratação de empréstimos, tirar passaportes, obter certidão negativa para venda ou aluguel de imóvel e até prestar concurso público.

De volta à sofrência

O mês de junho promete uma retomada do sertanejo nos rankings das canções mais ouvidas. É o que diz o empresário Wander Oliveira, responsável por gerenciar carreiras de artistas como Marília Mendonça, Maiara & Maraísa, Henrique & Juliano e outros ídolos do ritmo, que tem perdido espaço para a pisadinha. Em entrevista ao G1, Wander minimiza a crise do sertanejo e diz que a falta de lançamentos e de shows na pandemia atrapalhou. “Com o não lançamento, as pessoas começam a enjoar mesmo”, afirma. Leia mais.

Continuar lendo PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 1º DE JUNHO DE 2021 POR G1

OPINIÃO: REDE GLOBO ABRE OFICIALMENTE A TEMPORADA DE CAÇA AO PRESIDENTE DA REPÚBLICA

Caro(a) leitor(a),

O artigo a seguir deixa bem claro o modus operandi da Rede Globo, quando convoca um senador de oposição e outro da situação para debater, mas tem na sua bancada de jornalistas uma militância comprometida em única e tão somente destituir o presidente Bolsonaro provocando um impeachment. O vídeo, ao final do artigo comprova isso, na medida que expõe a agressividade e deselegância da jornalista Natuza Nery, como eu nunca havia visto antes. Foi necessário a apresentadora pedir os comerciais. Fiquei impressionado com o comportamento da jornalista, a quem eu tanto admirava. É algo que não me contaram, eu presenciei. Portanto, está escancarada e definitivamente aberta a temporada de caça da TV Globo ao presidente Jair Bolsonaro. Convido você a assistir ao vídeo e constatar esse vexame!

Marcos Rogério derruba ‘armação’ em debate da GloboNews e faz repórter perder a educação e a elegância (veja o vídeo)

Fotomontagem reproduçãoFotomontagem reprodução

A Globo News reuniu para um debate sobre a CPI da Covid os senadores Marcos Rogério e Otto Alencar.

Preparado, inteligente e habilidoso, o senador de Rondônia não permitiu que o plano adredemente preparado pela emissora prevalecesse.

A Globo visivelmente se agarra na CPI para tentar criminalizar o presidente Jair Bolsonaro. Joga com todas as suas forças pelo impeachment.

O que a Globo quer, na realidade, é o retorno dos ‘bons’ tempos de outrora, quando faturava enormes verbas publicitárias com o carimbo oficial do Governo Federal.

Para tanto, precisa derrubar Bolsonaro.

Nesse sentido tem planejado sua programação, tentando dar ares de credibilidade as encenações protagonizadas pelos senadores do famigerado grupo G7.

Eis que surge um jovem senador, até então desconhecido do grande público, e simplesmente diz, com absoluta propriedade, a verdade que tentam esconder e desmantela a armação da emissora.

O mundo desaba e a jornalista Natuza Nery sobe nas tamancas.

No vídeo abaixo, a performance do brilhante parlamentar e a intervenção imprópria e deselegante da jornalista, que tenta encenar pose de vitima, mas não convence.

Gonçalo Mendes Neto. Jornalista.

Veja o vídeo:

da Redação

Fonte: Jornal da Cidade Online

Continuar lendo OPINIÃO: REDE GLOBO ABRE OFICIALMENTE A TEMPORADA DE CAÇA AO PRESIDENTE DA REPÚBLICA

PONTO DE VISTA: MANIPULAÇÃO NAS PESQUISAS FAZ ESQUERDA PASSAR VEXAME

O vexame da esquerda hoje é a prova incontestável da manipulação nas pesquisas

Evento em Aracajú (foto postada pela deputada Sâmia Bomfim, do PSOL)Evento em Aracajú (foto postada pela deputada Sâmia Bomfim, do PSOL)

Nos últimos dias o Brasil assistiu a algumas manifestações em apoio ao presidente Jair Bolsonaro.

Um estrondo.

Sem grande divulgação, mas com um maciço apoio popular.

Épico!

A esquerda, por sua vez, vem alardeando há vários dias a manifestação deste sábado (29).

Fizeram um grande estardalhaço nas redes sociais.

O resultado, no entanto, um fiasco retumbante

O povo não compareceu.

Ruas vazias, pífia adesão.

Nem eles tinham noção de sua pequenez.

O Brasil não suporta mais a esquerda.

E o choque com a medíocre adesão foi revelador.

E assim, fica óbvio o motivo para tanta aversão da esquerda a urna eletrônica com voto impresso auditável.

A bandidagem sabe que só ganha eleição na “roubalheira”.

Querem tomar o poder na marra.

O esquema parece estar sendo montado para o roubo.

A sociedade não pode permitir.

Esse é o grande desafio.

Gonçalo Mendes Neto. Jornalista.

Fonte: Jornal da Cidade Online

Continuar lendo PONTO DE VISTA: MANIPULAÇÃO NAS PESQUISAS FAZ ESQUERDA PASSAR VEXAME

RESUMO DA SEMANA: SEMANA DA PAN: MAYRA PINHEIRO E DIMAS COVAS NA CPI DA COVID

Neste domingo você vai ver, aqui no RESUMO DA SEMANA o banho que a secretária do Ministério da Saúde deu nos senadores que tentaram inquiri-la, mas deram com os burros n’água diante da sabedoria, categoria, segurança e controle de Mayra Pinheiro. Isso e mais tudo que foi destaque na política nacional nesta semana. 

Fonte: Semana da Pan

Continuar lendo RESUMO DA SEMANA: SEMANA DA PAN: MAYRA PINHEIRO E DIMAS COVAS NA CPI DA COVID

ANÁLISE POLÍTICA: A PIOR AGLOMERAÇÃO DA PANDEMIA, ISSO A GLOBO NÃO CRITICA!

Na coluna ANÁLISE POLÍTICA deste sábado temos o incrível Caio Coppolla, como sempre muito conciso, coerente, racional e brilhante eloquência. Desta vez ele comenta sobre as manifestações de rua port odo o país da turma vermelha, do fique em casa, hoje.   E questiona: Como será que a REDE GLOBO e o jornalismo militante vão noticiar e criticar estes atos da Esquerda, em comparação (por exemplo) com a “MOTOCIATA” a favor do governo federal no último final-de-semana? 🤔 Também DENUNCIAR A PIOR AGLOMERAÇÃO DA PANDEMIA, fruto da irresponsabilidade e da falta de empatia do Sindicato dos Metroviários de SP (que prejudicou 2 milhões de trabalhadores promovendo uma GREVE-SURPRESA). E ainda pede: 👉🏼 PRA NOS AJUDAR a conscientizar cada vez mais pessoas sobre o viés da mídia e pra escancarar as contradições de quem se dizia tão preocupado em “salvar vidas”, por favor, COMPARTILHE ESTE VÍDEO (no YouTube, no Facebook, no Instagram e no Twitter) e envie o link do vídeo pros seus grupos de WhatsApp e Telegram. Então, vamos ajudar o Caio nessa empreitada hercúlea compartilhando esse vídeo para todos que você puder e achar que deve!

Fonte:

Continuar lendo ANÁLISE POLÍTICA: A PIOR AGLOMERAÇÃO DA PANDEMIA, ISSO A GLOBO NÃO CRITICA!

PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 28 DE MAIO DE 2021 POR G1

Por G1

 

Bom dia. Reportagem do G1 mostra a emissão de atestados falsos para furar a fila da vacinação. O depoimento de Dimas Covas esquenta a CPI. O adeus a Nelson Sargento. Bolsonaro mais uma vez tenta derrubar medidas estaduais contra a Covid. Vítima da tragédia de Brumadinho é identificada mais de dois anos depois.

Atestados falsos

Relatos de atestados médicos para a furar a fila da vacinação contra a Covid-19 proliferam na internet, mas os conselhos de medicina dizem que não registraram denúncias oficiais até agora.

Nas redes sociais, usuários dizem que familiares e amigos burlam regras para se vacinar, e médicos também relatam pressão para emitir laudos falsos. Apesar disso, todos os 27 conselhos regionais de medicina dizem que não receberam qualquer denúncia – e, portanto, também não abriram sindicâncias nem processos éticos. Profissionais dizem que essa atitude pode resultar em penalidades para paciente e médico.

Durante dois dias seguidos, G1 acompanhou a oferta e emissão de documentos fraudados no centro de São Paulo. Os valores para conseguir furar a fila da vacina podem chegar a R$ 400 pelo kit completo. Para conseguir a imunização, além do atestado com a declaração da doença, também é possível apresentar um laudo médico ou receita da medicação. A ação foi filmada pela reportagem. Assista abaixo.

G1 flagra venda de atestados para pessoas que fingem ter comorbidades no Centro de SP
G1 flagra venda de atestados para pessoas que fingem ter comorbidades no Centro de SP

Variante indiana

A entrada de um passageiro infectado com a variante indiana do coronavírus pelo maior aeroporto do país levantou um alerta para a fiscalização de barreiras sanitárias no Brasil. O prefeito de Guarulhos pediu ao governo federal o fechamento do aeroporto por 15 dias ou um plano para fortalecer a barreira sanitária. Um levantamento mostrou que os gastos da Anvisa na vigilância de portos e aeroportos foi o menor em 20 anos. O caso gerou um embate entre a agência e governo de SP, que culpou a Anvisa pela liberação do viajante. O homem mora no RJ e tomou outro voo após chegar da Índia. À noite, um novo caso da variante foi confirmado pela prefeitura de Juiz de Fora (MG). Agora são 8 no Brasil.

Situação da pandemia
O Brasil registrou mais 2.130 mortes e chegou a um total de 456.753. A média móvel indica tendência de estabilidade na comparação com 14 dias atrás. Mas as internações estão aumentando. Em SP, hospitais particulares já estão no limite de novo, com mais de 95% dos leitos ocupados.

O Assunto

alta na mortalidade materna por Covid. Foram 1.204 óbitos, cerca de 60% deles em 2021. Médica recomenda vacinar rapidamente puérperas até 42 dias depois do parto e gestantes entre 14 e 28 semanas. Ouça a análise.

Bolsonaro x medidas restritivas

Sob o risco de um novo colapso nos hospitais, prefeitos e governadores estão apertando as medidas de isolamento, com fechamento do comércio e restrições à circulação. Pois o presidente Jair Bolsonaro recorreu de novo ao STF para tentar derrubar esses decretos. O novo pedido se refere a medidas tomadas em Pernambuco, Paraná e Rio Grande do Norte. Da outra vez, o ministro Marco Aurélio Mello rejeitou o pedido do governo. No ano passado, o Supremo decidiu que estados e municípios têm autonomia para tomar providências contra a pandemia.

Dimas Covas

Em depoimento à CPI da Covid, o diretor do Instituto Butantan tentou mostrar que a falta de empenho do governo e as atitudes de Bolsonaro prejudicaram a vacinação no Brasil. Dimas Covas disse que, se não houvesse atraso no fechamento do contrato da CoronaVac, o Brasil poderia ter sido o 1º país do mundo a iniciar a vacinação contra a Covid-19. Quem fez isso foi o Reino Unido, em 8 de dezembro. Veja os principais pontos do depoimento.

CPI da Covid: depoimento do diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas
CPI da Covid: depoimento do diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas

A CoronaVac, produzida pelo Butantan em parceria com o laboratório chinês Sinovac, foi motivo de intensa disputa política entre o presidente e o governador de SP, João Doria (PSDB). Bolsonaro desdenhou a vacina ao longo de 2020 e chegou a dizer que o governo federal não a compraria. Na CPI, Dimas Covas afirmou que essas falas de Bolsonaro, os ataques à China e a lentidão do governo impediram a entrega de 100 milhões de doses até maio deste ano.

À CPI, Covas apresentou o contrato oferecido ao Ministério da Saúde em 7 de outubro – uma versão parcial do documento acabou sendo firmada só em janeiro de 2021 ano e atualizada em fevereiro.

Análise

Jogadores festeiros

Blitz encerrou uma balada clandestina na Zona Leste de São Paulo, com mais de 100 pessoas, entre elas dois jogadores de futebol: o zagueiro equatoriano Arboleda, do São Paulo, e o atacante David Neres, que também defendeu o São Paulo, a seleção brasileira – disputou a Copa América de 2019 – e atualmente está no Ajax, da Holanda.

Vacinada 💉 e milionária 💰

Já imaginou ganhar um milhão de dólares após se vacinar? Foi o que aconteceu com uma jovem de 22 anos em Ohio, nos EUA. Abbigail Bugenske foi sorteada em um concurso promovido pelo governo do estado para estimular a população a se imunizar. Além de dinheiro, são oferecidas também bolsas de estudos para adolescentes.

Samba de luto

Nelson Sargento: músicas que marcaram a carreira
Nelson Sargento: músicas que marcaram a carreira

Será cremado hoje no Rio de Janeiro o corpo do sambista Nelson Sargento. O autor de sucessos como “Agoniza mas não morre”, “Encanto da Paisagem” e “Falso Amor Sincero” morreu aos 96 anos após ser diagnosticado com Covid-19. O compositor e baluarte da Mangueira foi homenageado por nomes como Zeca Pagodinho, Neguinho da Beija-Flor e Alcione. Por causa da pandemia, a cremação ocorrerá em uma cerimônia fechada.

Obras inéditas
Lívea Mattos, nora e produtora de Nelson, contou ao G1 que, mesmo afastado dos palcos, o sambista não parava de criar. Ele deixa um CD de músicas inéditas com Agenor de Oliveira.

Terra Yanomami ameaçada

Crianças sofrem com a desnutrição na Terra Yanomami, a maior reserva indígena do país — Foto: Arte G1

Desnutrição infantil, garimpo ilegal e Covid-19 afligem a Terra Yanomami, em Roraima, a maior reserva indígena do país. Na comunidade Alto Catrimani, a imagem de um menino de 10 anos pesando 8 kg (o ideal para a idade é em torno de 32 kg) é o retrato da grave situação. Nesta semana, o território completou 29 anos de homologação como reserva e vive sob ameaça do garimpo ilegal de ouro.

A extração do minério com mercúrio contamina rios, mata animais e reduz a oferta de comida. O quadro é desesperador, como se vê abaixo, no relato de uma mulher yanomami sobre os conflitos com os garimpeiros.

Tensão e insegurança: mulher Yanomami relata medo de morrer em região alvo de garimpeiros
Tensão e insegurança: mulher Yanomami relata medo de morrer em região alvo de garimpeiros

Assassinato no Carrefour

A viúva de João Alberto Freitas, homem negro morto por seguranças do Carrefour em Porto Alegre, firmou um acordo de indenização com a rede de supermercados. O valor não foi revelado. Milena Borges Alves, de 43 anos, está entre os oito familiares indenizados. O crime completou 6 meses e desencadeou uma onda de protestos contra o racismo e a violência policial.

Brumadinho

Mais de dois anos após o rompimento da barragem de Brumadinho, da Vale, uma nova vítima foi identificada. Renato Eustáquio de Sousa, soldador e mecânico, foi identificado por meio de um fragmento de fêmur encontrado em janeiro. Dez pessoas ainda não consideradas desaparecidas.

Acidente em Noronha

A morte de um turista de 52 anos em Fernando de Noronha chamou a atenção para o “plana sub”, um esporte aquático no qual o praticante mergulha com uma prancha puxada por um barco. Este vídeo explica como funciona. Segundo o criador da modalidade, o “plana sub” requer cuidado, e um erro pode ser fatal. José Edvaldo da Silva comemorava 30 anos de casado antes de morrer afogado durante o mergulho. Ele foi enterrado nesta semana em Ribeirão Branco (SP).

Hit gospel

Existe uma brincadeira que diz que, em Goiânia, se chacoalhar uma árvore, cai uma dupla sertaneja. Mas nem só do som da sanfona se faz música na região. Foi lá também que surgiu o Casa Worship, grupo que dá uma pegada pop rock para entoar louvores de igreja. “A casa é sua” é seu maior hit. Lançada em 2019, a música foi ressignificada na pandemia e ganhou espaço fora das playlists de música cristã. Hoje, tem 270 milhões de views no YouTube. “Vimos o quanto as pessoas estão sedentas por palavras de esperança, de amor. Isso tem impulsionado nosso trabalho”, diz Julianny, uma das vocalistas. Saiba mais sobre o Casa Worship.

Lives da semana

Barões da Pisadinha, Marília Mendonça, Gal Costa e mais shows para ver em casa.

Assédio na PM

Após deixar a carreira na Polícia Militar, Jéssica Paulo do Nascimento, de 28 anos, que denunciou um tenente-coronel por assédio sexual e ameaças de morte, diz que quer trabalhar com projetos para apoiar mulheres que viveram a mesma situação. Em entrevista ao G1, Jéssica conta que decidiu deixar a corporação porque foi perseguida após a denúncia. “Pensei que teria alguma paz, mas foi diferente. Sofri uma pressão muito difícil.”

Viu isso?

Video: Milhões de camundongos invadem a região sudoeste da Austrália
Video: Milhões de camundongos invadem a região sudoeste da Austrália

Fonte: G1

Continuar lendo PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 28 DE MAIO DE 2021 POR G1

OCIDENTE ALEGA FALTA DE TRANSPARÊNCIA NAS ELEIÇÕES QUE O PRESIDENTE DA SÍRIA FOI REELEITO PARA 4º MANDATO

Bashar al-Assad é reeleito presidente da Síria para 4º mandato

Em eleições criticadas pelo Ocidente por falta de transparência, mandatário sírio venceu com 95,1% dos votos válidos

INTERNACIONAL

 por AFP

Partidários de al-Assad comemoram reeleição do presidente em Damasco, capital da Síria

LOUAI BESHARA / AFP – 27.5.2021

O presidente da Síria, Bashar al-Assad, foi reeleito nesta quinta-feira (27) para um quarto mandato de sete anos, em eleições realizadas em um país destruído pela guerra, apesar das acusações do Ocidente de que o sufrágio não foi “nem livre, nem justo”.

Durante uma coletiva de imprensa à noite, o presidente do Parlamento, Hammud Sabbagha, anunciou que Bashar al-Assad foi reeleito com 95,1% dos votos.

De acordo com Sabbagha, 14,2 milhões de pessoas foram às urnas, entre 18,1 milhões aptas a votar, o que representa uma taxa de participação de 76,64%.

Assad está no poder desde 2000, quando substituiu o pai Hafez, falecido após 30 anos de um governo com mão de ferro. Na terça-feira, o presidente criticou os países ocidentais, a começar pelos Estados Unidos e os países europeus, que consideraram que as eleições não foram livres.

 

Antes mesmo do anúncio oficial do resultado das eleições, dezenas de milhares de pessoas foram às ruas de várias cidades do país.

Na cidade costeira de Tartus, no oeste, multidões agitavam bandeiras e carregavam retratos de Bashar al-Assad, enquanto outros dançavam e tocavam instrumentos, de acordo com imagens transmitidas pela televisão síria.

Milhares de pessoas também se reuniram em Latakia, também à beira-mar, e na capital, Damasco.

Em Sweida, no sul do país, uma multidão se aglomerou em frente à sede do governado e em Aleppo vários homens montaram um palanque.

Necessidades gigantescas

Foi a segunda votação presidencial no país desde o começo da guerra em 2011, que já deixou mais de 388 mil mortos e levou ao exílio milhões de sírios.

De acordo com os registros, o país tem oficialmente pouco menos de 18 milhões de eleitores. Mas com a fragmentação do país pela guerra e o exílio, o número de eleitores é menor.

Em um país com economia destruída e infraestrutura dilapidada, Bashar al-Assad se apresentou como o homem da reconstrução, tendo travado batalhas militares com o apoio da Rússia e do Irã, seus aliados fiéis, e recuperado dois terços do território perdido.

Em uma Síria polarizada pela guerra, as regiões curdas autônomas do nordeste não irão reconhecer as eleições, assim como o último reduto jihadista e rebelde de Idlib (noroeste), onde vivem cerca de três milhões de pessoas.

Dois candidatos se apresentaram para disputar as eleições com Assad: o ex-ministro Abdallah Sallum Abdallah e e um membro da oposição tolerado pelo poder, Mahmud Marei. Os dois tiveram 1,5% e 3,3% dos votos, respectivamente.

A lei eleitoral exige que os candidatos tenham vivido na Síria por dez anos consecutivos antes das eleições, de modo que as figuras enfraquecidas da oposição no exílio foram de fato excluídas. A principal coalizão opositora denunciou que as eleições foram uma “farsa”.

“As opiniões deles não valem nada”, criticou Assad esta semana, referindo-se aos países ocidentais, que consideraram que as eleições “não foram livres nem justas”.

As eleições ocorreram em meio a um marasmo econômico, com uma desvalorização histórica da moeda, inflação galopante e mais de 80% da população vivendo na pobreza, segundo a ONU.

A Síria, como o próprio Assad, está sujeita a sanções internacionais. E as necessidades de reconstrução são gigantescas.

Um relatório recente da ONG World Vision estima o custo econômico da guerra em mais de 1,2 trilhão de dólares (cerca de R$ 6,3 trilhões).

Continuar lendo OCIDENTE ALEGA FALTA DE TRANSPARÊNCIA NAS ELEIÇÕES QUE O PRESIDENTE DA SÍRIA FOI REELEITO PARA 4º MANDATO

CPI COM 10 ASSINATURAS PARA INVESTIGAR GASTOS DURANTE A PANDEMIA FAZ GOVERNADORA DO RN PASSAR MAL

Bastidores da Política Estadual: Governadora teria passando mal após tomar conhecimento das dez assinaturas da CPI

Com 10 assinaturas, a CPI da Covid para investigar os gastos do governo Fátima Bezerra durante a pandemia será protocolada na quinta-feira, às 10h, na Assembleia Legislativa. A informação foi confirmada pelo deputado estadual Gustavo Carvalho, em seu perfil no Instagram.

“CPI com 10 assinaturas confirmadas será protocolada quinta-feira às 10h na assembléia legislativa. Apuração de gastos e investimentos do RN com recursos encaminhados para a pandemia”, escreveu o parlamentar na publicação.

PASSOU MAL 

Segundo Fontes, a Governadora Fátima teria passado mal  quando tomou conhecimento das dez assinaturas para a CPI. Nossa fonte narrou que o clima de angustia foi generalizando. Alguns pesos fortes ligados ao governo, vão tentar a todo custo fazer com que o presidente da Assembleia engavete o andamento da CPI.

A PRESSÃO É  GRANDE 

A pressão em cima do  presidente da Assembleia, Deputado Ezequiel Ferreira, está é grande, tanto do governo Fátima que quer a todo custo frear a CPI, como dos deputados que quererem que a CPI siga a diante. Como Presidente, Ezequiel tem o poder de retarda a CPI e comprar uma briga com seus colegas, ou seguir com a mesma e comprar uma briga com o governo Fátima.

Continuar lendo CPI COM 10 ASSINATURAS PARA INVESTIGAR GASTOS DURANTE A PANDEMIA FAZ GOVERNADORA DO RN PASSAR MAL

PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 27 DE MAIO DE 2021 POR G1

Por G1

 

Bom dia. O alerta no Brasil com variante indiana e o risco de uma 3ª onda da Covid-19. A piada do Papa. A disparada do etanol. Os R$ 100 milhões da Mega-Sena. O bolo que Salles deu em Mourão. A agenda da CPI e a nova diva da música pop. A seguir, os destaques desta quinta.

B.1.617, uma nova preocupação

O Ministério da Saúde confirmou ontem 7 casos da variante indiana da Covid-19 no Brasil: seis no Maranhão e um em SP. Este último é um morador de Campos dos Goytacazes, Rio de Janeiro, que voltou da Índia no dia 22 e passou pelo Aeroporto de Guarulhos, em São Paulo.

Segundo a Anvisa, o passageiro apresentou na chegada um teste PCR negativo feito 72 horas antes e não relatou sintomas. Quando um novo exame (feito aqui) apontou a presença do coronavírus, ele já havia viajado para o Rio. O governo de São Paulo diz que só foi notificado após o 2º embarque e criticou a Anvisa por liberar o viajante.

O que sabemos sobre a variante
De acordo com a OMS, a cepa B.1.617 é mais contagiosa e diminui a eficácia das vacinas da Pfizer e da Astrazeneca, usadas no Brasil. Mas, até o momento, pesquisadores não conseguiram estabelecer se ela está relacionada a quadros mais graves. A cepa foi detectada em 50 países e tem sido associada à explosão da Covid-19 na Índia, que tem mais de 310 mil mortos. São 4 as “variantes de preocupação global” até agora: a britânica (B.1.1.7), a sul-africana (B.1.351), a brasileira (P.1) e a indiana (B .1.617).

Fungo preto

Segundo país mais populoso do mundo, a Índia vive um colapso sanitário e sofre também com a mucormicose, infecção causada por um “fungo preto”.São milhares de casos, muitos entre pacientes que se recuperaram da Covid-19. Médicos acreditam que a relação está no uso de esteroides para reduzir a inflamação causada pelo coronavírus. Veja o que se sabe até agora.

Risco de 3ª onda

Por aqui, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, prevê uma nova escalada da pandemia, que poderia ser causada pelo avanço de uma cepa como a indiana. Uma 3ª onda de contágios, segundo o ministro, exigirá novas medidas de isolamento social. O presidente Jair Bolsonaro é contra.

O início da 3ª onda estava previsto para acontecer entre junho e julho, mas chegou com um mês de antecedência, diz Pedro Halal, epidemiologista e ex-reitor da Universidade de Pelotas.

Números da pandemia
Com mais 2.399 mortes, o Brasil chegou a 454.623desde o início da pandemia. A vacinação segue lenta: só 10% da população tomou as duas doses desde janeiro.

Biden pede transparência

O presidente dos EUA, Joe Biden, pediu que agentes de inteligência entreguem em até 90 dias um relatório sobre a origem do SARS-CoV-2, causador da Covid-19, e cobrou “transparência” da China. Os americanos trabalham com 2 hipóteses: se o coronavírus escapou de um laboratório em um acidente ou se — conforme a hipótese que era mais aceita — infectou humanos por meio de contato com animais selvagem. No início do ano, a OMS chegou a descartar um acidente de laboratório, mas reconheceu que teve dificuldades com a missão enviada à China.

Brasil tá lascado

Até o Papa parece achar que os brasileiros não têm salvação. Um vídeo do Pontífice comentando a situação do país viralizou ontem. Abordado por um padre com pedidos de oração para os brasileiros, Francisco deu uma resposta para lá de inusitada. Assista ao vídeo:

Papa Francisco faz piada com brasileiros
Papa Francisco faz piada com brasileiros

CPI da Covid

O diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, vai à CPI hoje para detalhar os processos de produção da CoronaVac e a tumultuada negociação da vacina com o governo federal durante a gestão Pazuello. Na semana passada, o ex-ministro disse na comissão que nunca recebeu ordens de Bolsonaro para desfazer acordos sobre a CoronaVac, mas declarações da época mostram que isso não é verdade. Pazuello, aliás, foi reconvocado para prestar um novo depoimento.

O que rolou
Ontem, mesmo sem nenhum depoimento, o dia foi intenso (e tenso) na comissão. A convocação de governadores dividiu os senadores e provocou uma “reunião secreta” para tentar acalmar os ânimos. No fim, a CPI convocou 9 governadores e pessoas suspeitas de formar um “gabinete paralelo” que assessorava Bolsonaro na pandemia. Veja a lista aqui. O episódio de ontem do podcast O Assunto explicou quem é quem nesse tal gabinete.

Mesmo com reunião secreta, o clima esquentou na CPI. Veja o momento em que o presidente da comissão, Omar Aziz (PSD-AM), chama o governista Eduardo Girão (Podemos-CE) de oportunista.

Aziz para Eduardo Girão: 'Vossa Excelência é um oportunista'Aziz para Eduardo Girão: ‘Vossa Excelência é um oportunista’

O Assunto

Cadê Salles

Ricardo Salles irritou Hamilton Mourão por não comparecer a uma reunião do Conselho da Amazôniasobre desmatamento. O vice-presidente considerou a ausência do ministro do Meio Ambiente “uma falta de educação”.

“Lamento profundamente não mandar representante, não comparecer, muito menos dar qualquer tipo de desculpa. Considero isso falta de educação.”

Salles, que nem representante mandou para a reunião, não se pronunciou. Ele está na mira da PF pela suspeita de integrar um esquema de exportação de madeira ilegal.

Garimpo ilegal

Com apoio de políticos, garimpeiros tentaram impedir uma operação da PF contra o garimpo ilegal em terras indígenas em Jacareacanga, no Pará. O grupo fechou o acesso à cidade, incendiou casas em uma aldeia Munduruku e atacou uma base da polícia. A manifestação a favor da atividade proibida nas terras indígenas teve o apoio do vice-prefeito. Um carro de som convocou a população contra a PF. Segundo dados do Inpe, entre 2018 e 2020, a destruição em terras Munduruku triplicou. Nesse período, o garimpo devastou uma área do tamanho de mais de 4 mil campos de futebol.

Gente do campo

Elas transformam os alimentos de seus quintais em bolos, pés de moleque e sequilhos de tapioca sem usar nenhum produto industrializado, para valorizar a cultura. O G1 conta a história de 48 mulheres das comunidades quilombolas Povoado Sapé e Tabuleiro dos Negros, na zona rural do município de Igreja Nova, em Alagoas. Sua missão é gerar renda com alimentos colhidos nos quintais e transformá-los em receitas tradicionais.

Gente do campo: agricultoras quilombolas geram renda com receitas tradicionais
Gente do campo: agricultoras quilombolas geram renda com receitas tradicionais

Alta do etanol

Os preços do etanol dispararam nos postos em maio, segundo pesquisa da ANP (Agência Nacional de Petróleo). Na região Sul, o litro pode custar até R$ 6,50. A falta de chuvas e o aumento do açúcar no mercado externo explicam essa valorização.

$$$

A Mega-Sena acumulou de novo e agora pode pagar R$ 100 milhões. O próximo sorteio é no sábado (29). Ontem, 144 apostas fizeram a quina. Confira os números.

Vai mudar

O Google Fotos encerrará na próxima terça (1º) o armazenamento ilimitado para fotos e vídeos em alta definição. Com isso, quem estourar a cota gratuita precisará comprar espaço extra. Entenda como vai funcionar e conheça alternativas.

SP: vacinação e recuo

O estado de SP pretende vacinar pessoas de 45 a 54 anos sem comorbidades até o fim de agosto. E a chegada da variante indiana levou à decisão de vacinar funcionários de aeroportos e portos a partir de 28 de maio 1º de junho, respectivamente. Veja o calendário.

Com o aumento de casos e uma 3ª onda no horizonte, o governo estadual desistiu de ampliar o horário de lojas e restaurantes a partir de junho.

Nelson Sargento

Nelson Sargento, de 96 anos, está internado no RJ — Foto: Edinho AlvesNelson Sargento, de 96 anos, está internado no RJ — Foto: Edinho Alves

quadro de saúde do sambista Nelson Sargento, que está com Covid-19, é grave e inspira cuidados. O cantor de 96 anos foi um dos primeiros idosos a ser vacinado no Rio, junto com Orlando Drummond (veja no vídeo abaixo).

VÍDEO: Orlando Drummond e Nelson Sargento são vacinados em evento no Palácio da Cidade
VÍDEO: Orlando Drummond e Nelson Sargento são vacinados em evento no Palácio da Cidade

Mesmo assim, foi internado no dia 22 no Instituto Nacional de Câncer (Inca). A família autorizou a intubação para dar prosseguimento ao tratamento. Autor das canções “Agoniza mas não morre”, “Falso Amor Sincero” e “Encanto da Paisagem”, Nelson também é pesquisador de música popular e presidente de honra da Estação Primeira de Mangueira.

Olivia Rodrigo: a nova diva pop

Só se fala de Olivia Rodrigo. A cantora e atriz de 18 anos surgiu em séries da Disney e tem um álbum de estreia recém-lançado que conseguiu uma proeza: quebrou muitos recordes e segue sendo bem falado por fãs e pela crítica. Olivia cresceu mais de 300% no Deezer Brasil e é 1º lugar no Hot 100 da Billboard com o single “good 4 u”. Veja aqui tudo o que você precisa saber sobre a maior revelação do pop em 2021.

Olivia Rodrigo faz sucesso já no seu primeiro álbum solo
Olivia Rodrigo faz sucesso já no seu primeiro álbum solo
Caetano Veloso em live — Foto: Reprodução / Vídeo

Caetano Veloso em live — Foto: Reprodução / Vídeo

Caetano Veloso confirmou a gravação de álbum autoral com músicas inéditas – o primeiro do artista no gênero desde Abraçaço (2012), disco lançado há nove anos. Cantor revelou que o disco está sendo gravado em estúdio montado na casa do próprio Caetano, no Rio, com músicas que começaram a ser compostas na Bahia, no verão de 2019.

Viu isso?

Antes de ir…

erupção de vulcão Fagradalsfjall, na Islândia, tem criado imagens impressionantes. O vídeo abaixo foi feito por um drone e mostra o espetáculo da lava.

VÍDEO: drone mostra erupção de perto em vulcão da Islândia
VÍDEO: drone mostra erupção de perto em vulcão da Islândia
Continuar lendo PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 27 DE MAIO DE 2021 POR G1

POLÍTICA: GRUPO DE GOVERNADORES AVALIA INGRESSAR COM PEDIDOS NO STF PARA NÃO SEREM OBRIGADOS A COMPARECER COMO TESTEMUNHAS NA CPI DA COVID-19

Governadores avaliam recorrer ao STF para não comparecerem à CPI da Pandemia

Nesta quarta-feira (26), a comissão de inquérito pretende votar a convocação de dez governadores, mais da metade da Região Norte

Gustavo Uribe

Por Gustavo Uribe, CNN  

 Atualizado 26 de maio de 2021 às 09:14

Política - Governadores planejam acionar STF para recorrer caso sejam convocados pela CPI - 26/05/2021

Com a possibilidade de convocação pela CPI da Pandemia, um grupo de governadores avalia ingressar com pedidos no STF (Supremo Tribunal Federal) para não serem obrigados a comparecer na condição de testemunhas.

Segundo apurou a CNN, a possibilidade tem sido considerada por alguns governadores da Região Norte. Eles representam mais da metade do total de requerimentos apresentados para a convocação de chefes de gestões estaduais.

A ideia estudada é que, caso sejam aprovados requerimentos de convocação contra eles em sessão marcada para esta quarta-feira (26), eles ingressem com pedidos em sequência na Suprema Corte.

O argumento é de que há um precedente jurídico que desobriga chefes de governos estaduais a comparecerem a uma comissão de inquérito do Congresso Nacional.

Em 2012, o então governador de Goiás, Marconi Perillo, conseguiu autorização para não comparecer à CPI do Cachoeira.

Na época, o ministro Marco Aurélio Mello, do STF, concedeu liminar sob o argumento de que uma comissão de inquérito do Congresso Nacional não pode impor a presença de um chefe do Poder Executivo.

Nesta quarta-feira (26), devem ser analisados requerimentos para a convocação dos governadores do Amazonas, Amapá, Rondônia, Roraima, Pará, Tocantins,  Distrito Federal, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Santa Catarina.

Nestes estados, houve investigação da Polícia Federal durante a pandemia. A tropa de choque do Palácio do Planalto tem insistido na necessidade de investigar a destinação de recursos federais para estados e municípios.

Continuar lendo POLÍTICA: GRUPO DE GOVERNADORES AVALIA INGRESSAR COM PEDIDOS NO STF PARA NÃO SEREM OBRIGADOS A COMPARECER COMO TESTEMUNHAS NA CPI DA COVID-19

ANÁLISE POLÍTICA: BOLSONARO E LULA EM CAMPANHA CONJUNTA CONTRA TERCEIRA VIA, POR FELIPE MOURA BRASIL

Nesta quarta-feira a nossa coluna ANÁLISE POLÍTICA trás O âncora do Salve, Salve, BandNews, Felipe Moura Brasil, falando sobre as notícias mais recentes que antecipam o debate eleitoral do ano que vem. Com o fortalecimento do ex-presidente Lula nas pesquisas, o PT tirou o pé do discurso pelo impeachment de Bolsonaro, pois enxerga que, sem Bolsonaro na corrida presidencial  uma terceira via pode surgir com muita força e melar o seu projeto de poder. Assista ao excelente comentário do jornalista, reflita e tire suas conclusões! 

Fonte:

Continuar lendo ANÁLISE POLÍTICA: BOLSONARO E LULA EM CAMPANHA CONJUNTA CONTRA TERCEIRA VIA, POR FELIPE MOURA BRASIL

PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 26 DE MAIO DE 2021 POR G1

Por G1

 

Bom dia. A CPI da Covid vota hoje requerimentos para convocar governadores, ex-prefeitos e acerta as voltas de Pazuello e Queiroga. De olho no céu: tem eclipse e superlua para ver a olho nu. Compras por delivery disparam em ano de pandemia. Live do G1 tira dúvidas sobre o Imposto de Renda. Influenciadores de teoria da conspiração obrigam Tik Tokers a contratar agência de checagem. Variante P.4 é identificada em São Paulo.

Agenda da CPI

Após encerrar um primeiro ciclo de depoimentos, a CPI da Covid vota hoje pedidos para convocar governadores e ex-prefeitos. Os aliados de Bolsonaro na comissão querem investigar suspeitas de desvios em estados e municípios. O presidente da comissão, Omar Aziz (PSD-AM), pretende votar mais de 200 requerimentos nesta semana. A pauta da CPI para hoje lista 42.

Algumas convocações que devem ser aprovadas:

Segundo Aziz, Pazuello precisa esclarecer contradições e mentiras e deverá enfrentar um clima diferente na CPI se dessa vez não conseguir um habeas corpus que permita a ele ficar em silêncio.

“As mentiras estão aparecendo, não sou eu que estou dizendo. São contradições. Agora, se o ministro vier para cá sem nenhum habeas corpus, não tenha dúvida de que não será da mesma forma como foi da última vez.”

Mayra contradiz Pazuello

Ontem, a secretária de Gestão do Trabalho e da Educação do Ministério da Saúde, Mayra Pinheiro, complicou complicou Pazuello ao contar na CPI que ele foi alertado sobre a falta de oxigênio em Manaus no dia 8 de janeiro, e não no dia 10, como afirmou o ex-ministro. Para a colunista Ana Flor, a “capitã cloroquina” colocou o general em maus lençóis. O vídeo expõe a contradição entre eles. Veja:

CPI da Covid: O que disseram Pazuello e Mayra sobre a crise de oxigênio no Amazonas
CPI da Covid: O que disseram Pazuello e Mayra sobre a crise de oxigênio no Amazonas

E se você não viu, aqui vai um dos momentos mais insólitos da CPI até agora. Pênis ou tênis? Um áudio de Mayra exibido na CPI confundiu os senadores. Assista e entenda a confusão:

VÍDEO: Mayra Pinheiro afirma que Fiocruz tinha 'pênis' inflável na porta da instituição
VÍDEO: Mayra Pinheiro afirma que Fiocruz tinha ‘pênis’ inflável na porta da instituição

Gabinete paralelo

Entenda em O Assunto quem é quem no gabinete paralelo, após diferentes depoimentos à CPI da Covid identificarem personagens que Jair Bolsonaro ouviu e seguiu. Ouça o podcast:

Enquanto isso…
O Brasil contabiliza 452.224 mortes e 16.195.981 casos de Covid-19. Ontem foi o sétimo dia de estabilidade da média móvel na comparação com 14 dias atrás.

Variante P.4

O pesquisador da Universidade Estadual Paulista (Unesp) de Botucatu e vice-presidente da Sociedade Brasileira de Virologia, João Pessoa Araújo Júnior anunciou, a descoberta da P.4, uma nova variante do coronavírus identificada em uma amostra do município de Mococa, no interior São Paulo.

Ainda não é possível saber se a variante é mais contagiosa ou perigosa do que o vírus “comum”.

Rei vacinado

Roberto Carlos recebe a 2ª dose da vacina contra a Covid no Rio — Foto: Reprodução/InstagramRoberto Carlos recebe a 2ª dose da vacina contra a Covid no Rio — Foto: Reprodução/Instagram

O cantor Roberto Carlos recebeu a 2ª dose da vacina contra a Covid-19, em um posto de vacinação drive-thru no Rio de Janeiro. O artista de 79 anos chegou dirigindo seu carro e gravou o momento da aplicação do imunizante.

“Vacina sim. É isso ai. Todo mundo tem que vacinar, por favor”, disse o artista.

Eclipse e superlua de sangue 🌝

Se você está lendo isso antes das 6h47 do horário de Brasília, há grandes chances de conseguir acompanhar o eclipse que acontece nesta quarta de manhã (26). Ao amanhecer, Sol, Terra e Lua se alinham e nosso planeta faz sombra sobre o satélite. O fenômeno pode ser visto a olho nu em áreas menos iluminadas e com o horizonte livre, que promete ostentar a chamada “lua de sangue”, nome que se refere à sua cor avermelhada. Entenda o que causa esse fenômeno.

A fase da umbra – quando a sombra do Sol começa a ser observada na Lua –, tem início às 7h44. Às 8h11, o satélite estará na fase total máxima, até as 8h25. A fase parcial segue até às 9h52 e tudo termina às 10h49.

Boom do delivery

O hábito de pedir comida por aplicativo chegou aos lares brasileiros para ficar. É o que mostra um levantamento da CNDL/SPC Brasil, que aponta a comida por delivery e supermercado online no pódio das categorias que mais cresceram no comércio eletrônico. Segundo a pesquisa, 54,80% dos internautas compraram comida por delivery nos últimos 12 meses. Por outro lado, houve forte queda na compra de ingressos e viagens.

Acelerado pela pandemia, o salto das compras online no último ano antecipou uma tendência de consumo programada para ocorrer somente para daqui a 20 anos. O estudo ainda explica como o novo comportamento de consumo deve ter impacto direto no varejo brasileiro, levando em conta o peso das compras de supermercado no setor.

🦁 Reta final

Termina na segunda (31) o prazo para declarar o Imposto de Renda. Ainda não fez? Hoje tem a última live do G1 para tirar dúvidas. Começa às 19h. Se você tem perguntas, mande aqui.

Mega-Sena

O concurso 2.375 da Mega-Sena pode pagar um prêmio de R$ 80 milhões para quem acertar as seis dezenas. O sorteio ocorre às 20h, na cidade de São Paulo.

Como vivem os loucos das plantas?

Já imaginou ter mais de 1.200 plantas em um apê? O G1 conversou com ‘loucos das plantas’ que aderiram à moda antes e durante a pandemia para entender como surgiu o conceito de Urban Jungle e quais são as peculiaridades de cultivar uma mini floresta dentro de casa.

‘Sobrinhos’ do zap

Sabe aquele ‘tio do zap’ que compartilha teorias pra lá de duvidosas e mirabolantes? A versão adolescente desses fãs de teorias conspiratórias tem ganhado cada vez mais espaço entre os usuários do Tik Tok, movimentando o mercado de influenciadores. Para tentar identificar e remover informações enganosas e potencialmente nocivas, a rede sociais teve que fechar parcerias com agências de checagem. Veja, a seguir, algumas das teorias que estão rolando entre os jovens da rede.

Continuar lendo PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 26 DE MAIO DE 2021 POR G1

PARA FAZER UM ACENO POLÍTICO A MINORIA GOVERNISTA, OMAR AZIZ LIDERA CONVOCAÇÃO DE GOVERNADORES À CPI DA COVID-19

Omar Aziz atende a governo e lidera convocação de governadores na CPI

Vice-presidente da CPI Randolfe Rodrigues e o relator Renan Calheiros eram contra os depoimentos dos chefes de estados e municípios neste momento

Caio Junqueira
Por Caio Junqueira, CNN

 Atualizado 25 de maio de 2021 às 21:08

O presidente da CPI da Covid, o senador Omar Aziz, em coletiva de imprensaO presidente da CPI da Covid, o senador Omar Aziz (PSD-AM), em coletiva de imprensa (25.mai.2021)Foto: Reprodução / CNN

A operação política para levar governadores e prefeitos à CPI da Pandemia foi liderada dentro do G-7, a maioria oposicionista e independente dentro do colegiado, pelo presidente da comissão, senador Omar Aziz (PSD-AM).

Nas reuniões fechadas com o grupo, Omar disse que era preciso fazer um aceno político à minoria governista que exige que a investigação avance para estados e municípios e que também queria convocar o atual governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC).

O vice-presidente da CPI, Randolfe Rodrigues (Rede-AP), e o relator, Renan Calheiros (MDB-AL), contestaram a ideia. Disseram que o grupo tem a hegemonia da CPI e não precisaria ceder aos interesses dos governistas. Mas acabaram aceitando para evitar um racha do grupo.

Ficou acertado então que era preciso estabelecer um critério de convocação: todos aqueles que foram ou são alvo de investigações da Polícia Federal. E que o primeiro deles a ser convocado no curto prazo seria mesmo Wilson Lima, deixando a data dos outros convocados para ser acertada posteriormente.

Veja a lista dos governadores que deverão ser convocados nessa quarta:

AP: Waldes Góes
AM: Wilson Lima
DF: Ibaneis Rocha
PARÁ: Hélder Barbalho
RIO: Wilson Witzel e Cláudio Castro
RS: Eduardo Leite
RO: Marcos Rocha
RR: Antonio Denarium
SC: Carlos Moisés e Daniela Rehner
TO: Mauro Carlesse

Continuar lendo PARA FAZER UM ACENO POLÍTICO A MINORIA GOVERNISTA, OMAR AZIZ LIDERA CONVOCAÇÃO DE GOVERNADORES À CPI DA COVID-19

OPINIÃO: RENAN CALHEIROS COBRA DO GOVERNADOR DO RIO ALGO QUE PARECE SER SUA ESPECIALIDADE “MOLECAGEM COM DINHEIRO PÚBLICO”

 

Renan Calheiros cai na própria armadilha

Imagem em destaqueEste senhor não cansa de passar vergonha!

Renan Calheiros cobrou o governador do Rio de Janeiro, sobre algo que parece ser sua própria especialidade, o que chamou de “molecagem com dinheiro público”.

Indignado com a “motociata” realizada pelo presidente Jair Bolsonaro no Rio de Janeiro, neste domingo (23), o senador, relator da malfadada CPI da Pandemia, escreveu um tuíte cobrando explicações ao governador fluminense, Cláudio Castro, dando mesmo a entender que deve solicitar a convocação dele ao colegiado.

“A prioridade é barrar a pandemia, mas Bolsonaro rema para trás. A procissão no Rio em louvor ao vírus é declaração de guerra ao SUS. O governador terá que explicar a molecagem com dinheiro público. Pazuello pisoteia disciplina e hierarquia e ri a céu aberto. A CPI terá muito assunto.”, escreveu o parlamentar alagoano.

Pois é, Renan parece estar chegando onde todos querem, afinal: O momento em que as portas da CPI se abrem à convocação de governadores, prefeitos e demais agentes públicos, para que se expliquem sobre, olha só, “a molecagem com o dinheiro público”… … verbas federais bilionárias destinadas à pandemia, e que ninguém sabe onde foram parar.

E já que está mesmo autorizado, Renan Calheiros poderia chamar, após Cláudio Castro, o governador de Alagoas, Renan Filho. E fica ainda uma dica para quando a CPI, enfim, terminar.

Que o próprio Renan Calheiros tome a frente, abra mão do foro privilegiado e se explique sobre os 17 inquéritos que responde no Supremo Tribunal Federal.

Ao que parece, o que não falta ali, é molecagem!

Fonte: Jornal da Cidade Online

Continuar lendo OPINIÃO: RENAN CALHEIROS COBRA DO GOVERNADOR DO RIO ALGO QUE PARECE SER SUA ESPECIALIDADE “MOLECAGEM COM DINHEIRO PÚBLICO”

PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 25 DE MAIO DE 2021 POR G1

Por G1

 

Bom dia. Hoje a CPI da Covid ouve Mayra Pinheiro, a “capitã cloroquina”. O Exército abre investigação disciplinar sobre a conduta de Pazuello. A morte de George Floyd completa um ano. Conheça as pesquisas que estudam os efeitos benéficos das drogas psicodélicas. E uma reportagem do G1 investiga: o reinado da música sertaneja no Brasil chegou ao fim?

CPI de volta

Começa às 9h, com transmissão no G1, o depoimento de Mayra Pinheiro, a “capitã cloroquina”. A secretária de Gestão do Trabalho e da Educação do Ministério da Saúde esteve em Manaus no início de janeiro, pouco antes do colapso que matou dezenas de pacientes sem oxigênio. Os senadores querem saber de Mayra o que ela foi fazer lá e quais ações tomou ou deixou de tomar num dos momentos mais trágicos da pandemia no Brasil.

A secretária Mayra Pinheiro, do Ministério da Saúde, durante entrevista no Planalto em junho de 2020 — Foto: Anderson Riedel/Presidência da RepúblicaA secretária Mayra Pinheiro, do Ministério da Saúde, durante entrevista no Planalto em junho de 2020 — Foto: Anderson Riedel/Presidência da República

Quem é ela?
No governo Bolsonaro, Mayra é uma espécie de embaixadora do chamado “tratamento precoce”, que consiste no uso de remédios comprovadamente ineficazes contra a Covid-19, em especial a cloroquina. Seu depoimento é considerado peça-chave para elucidar como o governo propagou e distribuiu esses medicamentos à população, incluindo aldeias indígenas.

Quando esteve na CPI, na semana passada, o ex-ministro Eduardo Pazuello atribuiu a ela a criação do TrateCOV, aplicativo do ministério que recomendava o “tratamento precoce” de forma indiscriminada, mesmo a pacientes sem diagnóstico confirmado de coronavírus. Investigada pela atuação em Manaus, Mayra foi autorizada pelo STF a não responder às perguntas referentes àquele período.

Pazuello se complica

E o ex-ministro Pazuello, que assim como Mayra é investigado pelo colapso do Amazonas, vai se complicando ainda mais. Ele agora será alvo de uma apuração interna do Exército porque participou, no domingo (23), de um ato pró-Bolsonaro no Rio de Janeiro. Como é general da ativa, ele está proibido de se envolver com atividades políticas.

O vice-presidente, Hamilton Mourão, que é general da reserva, disse que Pazuello sabe que errou e deve ser punido. Outro general que foi do governo, Santos Cruz, afirmou que mergulhar o Exército na política é um desrespeito à instituição. Segundo o colunista Valdo Cruz, a avaliação nas Forças Armadas é que o comando Exército ficará desmoralizado se não punir Pazuello.

Enquanto isso…
O Brasil chegou a 450 mil mortes pela Covid-19 e já vê no horizonte uma provável terceira onda de contágios. No estado de SP, a ocupação de UTIs voltou a ficar acima de 80% após um mês. As internações também aumentaram no Maranhão, onde foi identificada a variante indiana. E 20% da população tomou a primeira dose da vacina até agora.

Alertas da Pfizer

Documentos enviados à CPI mostram que a Pfizer tentou convencer o governo brasileiro a aceitar as primeiras ofertas de vacina, ainda em 2020, e avisou que repassaria as doses a outros países se não recebesse uma resposta (o que de fato ocorreu). Em dezembro, a empresa mandou uma carta a Pazuello em que propunha soluções para os problemas apontados pelo governo, como a necessidade de armazenar as vacinas a baixíssimas temperaturas. Leia a íntegra. Elcio Franco, coronel do Exército e nº 2 de Pazuello no ministério, disse à Pfizer na época que um vírus de computador atrapalhava a análise das propostas da farmacêutica.

Revolução psicodélica

G1 publica hoje uma reportagem que conta como pesquisadores estão usando drogas psicodélicas para tratar depressão e outras doenças psiquiátricas, como o estresse pós-traumático. Resultados desses estudos estão saindo nas publicações científicas mais respeitadas do mundo. O jornal “The New York Times” escolheu o termo “revolução” para se referir ao uso do MDMA, princípio ativo do ecstasy, e da psilocibina, dos cogumelos mágicos. Especialistas ouvidos por nossa reportagem concordam e dizem que a ciência está em uma nova etapa neste assunto. Aqui no Brasil, pesquisadores testam também os efeitos terapêuticos da ayahuasca, presente em rituais religiosos. Conheça os detalhes dos estudos e veja um histórico no vídeo abaixo.

Psicodélicos estão no auge das pesquisas para tratamento de depressão
Psicodélicos estão no auge das pesquisas para tratamento de depressão

O mundo pós-George Floyd

Há exatamente um ano, o assassinato de um homem negro por um policial branco em Minneapolis, nos EUA, provocava a maior onda de protestos antirracistas desde os movimentos pelos direitos civis, nos anos 1960. George Floyd morreu asfixiado após ter o pescoço pressionado durante nove minutos pelo joelho de Derek Chauvin. Sua última frase, “I can’t breathe” (não consigo respirar), virou símbolo mundial do combate ao racismo e à violência polic

Manifestante segura cartaz com retrato de George Floyd durante protesto em Nova York — Foto: Angela Weiss / AFPManifestante segura cartaz com retrato de George Floyd durante protesto em Nova York — Foto: Angela Weiss / AFP

Para marcar a data, os americanos programaram três dias de manifestações. Os atos ocorrem durante o primeiro ano do governo de Joe Biden, cuja eleição foi impulsionada, em parte, pela agenda focada no combate ao racismo estrutural nos Estados Unidos. Chauvin está preso e foi condenado pelo assassinato em abril.

No Reino Unido, porém, a ativista antirracista Sasha Johnson, uma das lideranças britânicas do movimento Black Lives Matter (Vidas Negras Importam), levou um tiro na cabeça e foi internada. A polícia investiga as circunstâncias em que ela foi baleada.

Sertanejo no divã

Entenda por que o sertanejo saiu do pódio
Entenda por que o sertanejo saiu do pódio

O sertanejo está perdendo espaço? Após anos de domínio, o gênero deixou de ter os artistas mais ouvidos do país. Quem reina hoje nos serviços de streaming são artistas de funk e da pisadinha. Será passageiro ou uma mudança que veio para ficar? Empresários, artistas e críticos respondem e analisam o cenário. Entre consensos e divergências, há cinco pontos principais. Um deles é ausência de shows na pandemia. Leia a reportagem.

Onde está o celular?

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, não entregou o celular à Polícia Federal, contrariando uma ordem do ministro Alexandre de Moraes, do STF. Durante a operação na quarta passada (19), policiais pediram o telefone, mas Salles disse que estava sem. No mesmo dia, ele foi à Superintendência da PF e também não entregou o aparelho. Segundo o jornal “O Globo”, Salles desligou o celular e trocou de número e de aparelho. A reportagem da TV Globo tentou ligar ontem e não conseguiu falar. Procurados, assessores do ministro disseram que não sabiam informar. A atitude pode caracterizar ocultação de provas.

Para lembrar
Salles foi alvo de buscas porque é suspeito de integrar um esquema que facilitou a exportação de madeira ilegal. Os investigadores também detectaram movimentações milionárias e atípicas nas contas do escritório de advocacia de que ele é sócio. Entenda as suspeitas.

O Assunto

Projetos de lei para privatizar a Eletrobras, principal estatal de energia elétrica do país, emperraram tanto no governo Temer quanto no atual. Agora a ideia avança por meio de uma Medida Provisória (MP), que os deputados reconfiguraram antes de aprovar. Falta ainda o aval do Senado, e o episódio de hoje do podcast analisa o que essa proposta representa para a economia e para os consumidores. Ouça abaixo:

Para ficar de olho

Continuar lendo PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 25 DE MAIO DE 2021 POR G1

POLÍTICO DE CENTRO-DIREITA, GUILLERMO LASSO OCUPARÁ A PRESIDÊNCIA DO EQUADOR POR QUATRO ANOS

Guillermo Lasso toma posse como novo presidente do Equador

Cerimônia de posse do empresário que terá mandato de quatro anos conta com a presença de Jair Bolsonaro e outro líderes

INTERNACIONAL

Do R7

Guillermo Lasso ocupará a presidência do Equador por quatro anos

EFE/ JOSÉ JÁCOME

O empresário, banqueiro e político de centro-direita Guillermo Lasso tomou posse nesta segunda-feira (24) como novo presidente do Equador para os próximos quatro anos, durante uma cerimônia realizada na Assembleia Nacional, em Quito, com a presença de autoridades de vários países amigos.

O juramento foi feito pela presidente da Assembleia Nacional, Guadalupe Llori, que também entregou a Lasso a faixa presidencial e o Grande Colar da Ordem Nacional ao Mérito, a mais alta condecoração do Estado equatoriano.

Fonte: R7
Continuar lendo POLÍTICO DE CENTRO-DIREITA, GUILLERMO LASSO OCUPARÁ A PRESIDÊNCIA DO EQUADOR POR QUATRO ANOS

OPINIÃO: ESSA CPI É A MAIOR FALTA DE RESPEITO COM OS PALHAÇOS PROFISSIONAIS

Caro(a) leitor(a),

O vídeo a seguir deixa explícito o vexame e o constrangimento que os senadores Renan Calheiros e Randolfe Rodrigues passaram ao tentar responder a pergunta feita pela repórter Berenice Leite do Jornal da Cidade Online: eu gostaria de saber, assim como a população, quando é que os senhores irão convocar governadores e prefeitos e investigar a questão do desvio de verbas que eram destinadas ao combate a pandemia? Embromaram, embromaram e não responderam uma pergunta tão óbvia e ululante! Mas é muito claro que eles não têm como responder essa pergunta, simplesmente porque o objetivo dessa CPI é unicamente o ataque direto ao presidente Bolsonaro. É a maior palhaçada já produzida pela nossa política tupiniquim. Uma palhaçada que tem patrocínio do STF, outro antro de palhaços, que deixa qualquer palhaço morto de vergonha! Enfim, pela primeira vez na vida eu torço para que uma CPI vire pizza de verdade! 

Viralizou: A pergunta que desmontou a CPI virou até meme (veja o vídeo)

Imagem em destaque

A forma como ‘vossas excelências’ tentaram escapar dos questionamentos foi tão ridícula que virou meme na internet.

Confira o vídeo que o vereador Paulo Chuchu, de São Bernardo (SP), colocou nas redes e está provocando muitas risadas.

Fonte: Jornal da Cidade Online

Continuar lendo OPINIÃO: ESSA CPI É A MAIOR FALTA DE RESPEITO COM OS PALHAÇOS PROFISSIONAIS

PAZUELLO TERÁ QUE EXPLICAR AO EXÉRCITO PARTICIPAÇÃO DE ATO COM BOLSONARO SEM PEDIR AUTORIZAÇÃO AO COMANDO

Exército deverá pedir explicações a Pazuello por ida a ato com Bolsonaro

Pazuello, que é general da ativa, não pediu autorização ao Comando do Exército para ir ao ato

Caio Junqueira

Por Caio Junqueira, CNN  

 Atualizado 23 de maio de 2021 às 17:49

Exército deverá pedir explicações a Pazuello por ida a ato com Bolsonaro

O Exército Brasileiro deverá pedir explicações ao ex-ministro da Saúde e general da ativa Eduardo Pazuello por sua participação em uma manifestação com o presidente Jair Bolsonaro na manhã deste domingo (23) no Rio de Janeiro.

Pazuello, de acordo com fontes das Forças Armadas, não pediu autorização ao Comando do Exército para ir ao ato. A avaliação na força é de que sua participação fere o Regulamento Disciplinar do Exército, que prevê punição caso para quem “manifestar-se, publicamente, o militar da ativa, sem que esteja autorizado, a respeito de assuntos de natureza político-partidária”.

Ele também poderia se enquadrar em outras transgressões como “desrespeitar, retardar ou prejudicar medidas de cumprimento ou ações de ordem judicial, administrativa ou policial, ou para isso concorrer”, “portar-se de maneira inconveniente ou sem compostura”; “frequentar lugares incompatíveis com o decoro da sociedade ou da classe” e “desrespeitar, em público, as convenções sociais”.

Um decreto em vigor no Rio estabelece o uso obrigatório de máscara em todos os locais públicos.

O artigo 24 do Regimento prevê seis tipos de punição:
“I – a advertência;
II – o impedimento disciplinar;
III – a repreensão;
IV – a detenção disciplinar;
V – a prisão disciplinar; e
VI – o licenciamento e a exclusão a bem da disciplina.”

Fonte: CNN

Continuar lendo PAZUELLO TERÁ QUE EXPLICAR AO EXÉRCITO PARTICIPAÇÃO DE ATO COM BOLSONARO SEM PEDIR AUTORIZAÇÃO AO COMANDO

PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 24 DE MAIO DE 2021 POR G1

Por G1

 

Bom dia. Bolsonaro e apoiadores podem ser responsabilizados por 9 infrações no passeio de moto no Rio no domingo. Após aglomeração, o presidente fez sua primeira viagem internacional desde março de 2020 e participa da posse do presidente do Equador. Brasil se aproxima dos 450 mil mortos pela Covid-19. Rio de Janeiro retoma vacinação de trabalhadores da educação. Receita libera consultas ao 1º lote de restituição do IRPF 2021. Morte de MC Kevin foi um acidente, afirma laudo da perícia policial. Filho de Bruno Covas relata último dia com o pai. Obama admite que governo dos EUA tem registros oficiais de OVNI. Fantástico revela como malas lotadas de cocaína são embarcadas em aviões no aeroporto de Guarulhos.

Sem máscara, uso incorreto do capacete…

Bolsonaro provoca aglomeração em passeio de moto com apoiadores no Rio
Bolsonaro provoca aglomeração em passeio de moto com apoiadores no Rio

Jair Bolsonaro (sem partido) participou, sem máscara, de uma manifestação no Rio de Janeiro no domingo (23). Ele e seus simpatizantes cometeram essa e mais 8 infrações e podem ser responsabilizados. O general da ativa, o ex-ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, também participou do ato. O Regulamento Disciplinar do Exército prevê punição para o militar que se manifeste politicamente.

Brasil se aproxima dos 450 mil mortos

Brasil registra 894 mortes por Covid e se aproxima das 450 mil vítimas fatais
Brasil registra 894 mortes por Covid e se aproxima das 450 mil vítimas fatais

O país registrou 449.185 mortes por Covid-19, e a média móvel de óbitos nos últimos 7 dias chegou a 1.909, segundo o último balanço do consórcio de veículos de imprensa. Já foram confirmados 16.083.573 casos de brasileiros que já tiveram ou têm o novo coronavírus.

Sobre a vacinação: a primeira dose já foi aplicada em 41.961.572 pessoas, o que corresponde a 19,82% da população do país. Já a segunda dose já foi aplicada em 20.659.187 pessoas em todos os estados e no Distrito Federal, o que corresponde a 9,76% da população.

Visita ao Equador

Conservador, Guillermo Lasso é eleito presidente do Equador
Conservador, Guillermo Lasso é eleito presidente do Equador

Após aglomeração no Rio, Bolsonaro foi para Quito para participar da posse do novo presidente do Equador, Guillermo Lasso. Ele chegou no domingo (23). Esta é a primeira viagem internacional do presidente desde março de 2020, mês em que foi reconhecida a pandemia do novo coronavírus.

Vacinação no RJ

Calendário de vacinação para profissionais de Educação a partir da próxima semana. — Foto: ReproduçãoCalendário de vacinação para profissionais de Educação a partir da próxima semana. — Foto: Reprodução

Prefeitura do Rio retoma nesta segunda-feira (24) a vacinação contra a Covid-19 de trabalhadores da Educação das redes pública e privada. A interrupção ocorreu no último dia 3, após o ministro Ricardo Lewandowski suspendeu a decisão do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, que autorizou o governo do estado a mudar a ordem de vacinação de grupos prioritários.

Pessoas em situação de rua, detentos e funcionários de presídios e penitenciárias também receberão a vacina a partir desta semana.

Laudo da morte de MC Kevin

Morte de MC Kevin foi um acidente, afirma laudo da perícia policial
Morte de MC Kevin foi um acidente, afirma laudo da perícia policial

Os peritos concluíram que a morte do funkeiro MC Kevin, ocorrida no último dia 16, foi um acidente. O laudo da perícia policial do local de onde ele caiu, o quarto 502 de um hotel na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, foi divulgado no domingo (24).

O laudo reconstitui com riqueza de detalhes os últimos segundos de vida de Kevin. A perícia conseguiu traçar a trajetória exata da queda do MC e os últimos esforços que ele fez para não cair. Veja os detalhes na reportagem.

1° lote da restituição

Aplicativo do Imposto de Renda — Foto: Marcello Casal Jr/Agência BrasilAplicativo do Imposto de Renda — Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

A Receita Federal libera, a partir das 10h, as consultas ao primeiro lote de restituição do Imposto de Renda 2021, relativo ao ano-base 2020. Ao todo, o primeiro lote será pago a 3,4 milhões de contribuintes, e as restituições somam R$ 6 bilhões. Os recursos serão depositados em 31 de maio.

Filho de Covas: ‘Ele foi muito guerreiro’

'Ele foi muito guerreiro', diz Tomás, filho de Bruno Covas
‘Ele foi muito guerreiro’, diz Tomás, filho de Bruno Covas

Quatro dias depois da morte do prefeito de São Paulo, Bruno Covas, o filho dele, Tomás Covas, recebeu a equipe do Fantástico para uma entrevista. Segundo ele, viu o pai chorar uma única vez: “Estava só eu e ele no quarto. Foi quando teve que se licenciar, que o câncer avançou para os ossos. Eu falei que ia dar certo, que a gente ia vencer.” Veja a reportagem completa no vídeo acima.

Exclusivo: tráfico em Guarulhos

Imagens exclusivas mostram esquema de tráfico de drogas no Aeroporto Internacional de Guarulhos
Imagens exclusivas mostram esquema de tráfico de drogas no Aeroporto Internacional de Guarulhos

O Fantástico teve acesso a imagens exclusivas que mostram todo o caminho que malas cheias de cocaína percorriam até chegar aos aviões no aeroporto internacional de Guarulhos, o maior do Brasil.

A quadrilha tinha cúmplices em áreas restritas do aeroporto e eliminava quem ficasse no caminho. Segundo a polícia, um funcionário que descobriu o esquema e barrou a passagem da droga acabou sendo perseguido e assassinado.

Registros de OVNIs

Obama admite que governo dos EUA tem registros oficiais de OVNIs
Obama admite que governo dos EUA tem registros oficiais de OVNIs

Pela primeira vez desde a década de 1970, o governo dos Estados Unidos está tornando públicos registros de OVNIs feitos por equipamentos militares. O Pentágono divulgou a criação de uma força-tarefa dedicada a reunir e analisar os registros do que o governo americano prefere chamar de “fenômenos aéreos não identificados”, e não mais Objetos Voadores Não Identificados, ou OVNIs, como dizemos em português. A força-tarefa vai divulgar em junho seu primeiro relatório sobre esses fenômenos em uma audiência no Congresso americano.

O Assunto

Podcast analisa a fase 2 do desmonte da proteção ambiental. Na fase 1, o Executivo agiu praticamente sozinho, nos termos explicitados por Ricardo Salles na inesquecível reunião ministerial de 22 de abril do ano passado. “Nos primeiros dois anos, a boiada passou por decreto. Com a troca no comando da Câmara e o Centrão mais próximo do Planalto, passa por lei”, explica Suely Araújo, especialista-sênior em Políticas Públicas do Observatório do Clima e presidente do Ibama entre 2016 e 2018. OUÇA:

Previsão do tempo

Massa de ar polar forte chega ao Centro-Sul e faz as temperaturas caírem
Massa de ar polar forte chega ao Centro-Sul e faz as temperaturas caírem

Campeões dos estaduais

Gols do Fantástico: São Paulo vence o Palmeiras e conquista Paulistão
Gols do Fantástico: São Paulo vence o Palmeiras e conquista Paulistão

Dezesseis campeões estaduais foram definidos no final de semana. Entre os destaques, teve quebra de jejum do São Paulo, no Paulista, que não vencia desde 2005, e do Náutico, em Pernambuco, que não batia o rival Sport em decisões há 53 anos. Também teve Flamengo e Atlético-MG ampliando liderança nos rankings de títulos e Grêmio tetracampeão gaúcho.

As finais ainda tiveram três campeões inéditos – Atlético de Alagoinhas, na Bahia, Real Noroeste, no Espírito Santo, e Grêmio Anápolis, em Goiás. Confira os resultados.

Fonte: G1

Continuar lendo PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 24 DE MAIO DE 2021 POR G1

PONTO DE VISTA: DE UMA FORMA OU DE OUTRA A VERDADE SEMPRE APARECE, ATÉ MESMO PELA SENILIDADE

Caro(a) leitor(a),

O artigo a seguir é apenas o mote para eu desenvolver o meu pensamento sobre essa vergonha que é essa aproximação de Fernando Henrique com Lula. Apesar de, hoje, sabermos que o Ex-Presidente FHC é um militante de esquerda e que na época que foi presidente estava no guarda roupa, é algo altamente repugnante a sua declaração antecipada de que votaria em Lula caso vá para o segundo turno, em 2022, com Bolsonaro. Não tem a ver com a ideologia, pois sabemos que ambos são esquedopatas gourmet, mas pelos princípios e pela reputação. Fernando Henrique admitir que pode votar em Lula é o mesmo que dizer que concorda com a roubalheira e corrupção criada pela maior Organização criminosa já existente no planeta e não só isso, desta forma ele também admite que no seu governo também houve essa prática abusiva e criminosa. Não dá para não associar e/ou pensar de outra forma. Também admite que o seu partido, o PSDB, não tem candidato a altura para concorrer as eleições presidenciais. Agindo assim, ele está jogando na lata do lixo a reputação que construiu como governante que tirou o país de uma situação patética, horrorosa de penúria e hiperinflação para a prosperidade. E não vale mais a antiga máxima do “rouba mais faz”. A sociedade não admite mais isso. Se ele pensa assim também está admitindo que faz parte da velha política e ainda em vida joga o seu nome na lama. Não estou alertando o ex-presidente e muito menos lamentando, apenas constatando, pois quem tem de defender a reputação e ele e não eu. Ele é um homem de intelecto farto. Não precisa de ninguém para lhe dizer se falou demais ou verborragizou. Ele poderia, do alto dos seus quase 90 anos falar menos e se dar ao respeito, mas preferiu a exposição e ter que estar retuitando para esclarecer as bobagens que falou. Talvez esteja variando por conta da idade, mas ai alguém de sua confiança poderia intervir para preservar a sua imagem. Bem, a única certeza que tenho é que a mentira a cada dia está com as pernas mais curtas e a verdade está emergindo cada vez mais rápido. E não é de se estranhar que seja através da senilidade de alguns políticos da velha política!

Rui Costa defende união entre Lula e FHC contra Bolsonaro

Declarações ocorreram nesta sexta.

Publicado em 21.05.2021

Valter Campanato | Agência Brasil

O governador da Bahia, Rui Costa, do PT, resolveu falar sobre encontro político entre os ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Fernando Henrique Cardoso, divulgado nesta sexta-feira (21) pela cúpula petista.

Para Rui, a aproximação é consequência do cenário político atual, que é uma projeção de ‘tragédia’ e ‘incompetência’, na visão dele.

Apesar das críticas explícitas, ele não fez menção direta ao nome do presidente Jair Bolsonaro.

“As pessoas podem divergir. O Fernando Henrique tem ideias para a sociedade, de Estado, de como tocar a economia, tem um monte de ideias. O Lula tem outras ideias. Mas a política é isso. São ideias diferentes que têm que dialogar, todas a favor do Brasil”, declarou o petista, em entrevista a rádios locais.

“O que nós temos que buscar é salvar o nosso país dessa tragédia. Então é como se você trabalhasse numa empresa e alguém se tornou presidente, alguém incompetente da sua empresa, que não saber fazer nada. Você tá vendo sua empresa ir à falência. Então os funcionários, os sócios têm que se juntar pra salvar a empresa. Então nós somos os donos do Brasil. O povo brasileiro é o dono desse país. Então nós temos que salvar o Brasil dessa tragédia”, acrescentou.

Ainda sobre o assunto, o chefe do Executivo baiano usou o Twitter para dizer que é preciso ‘virar a página’.

“Lula e FHC podem ter divergências políticas e ideológicas, mas concordam que o Brasil precisa virar a página desta história trágica que estamos vivendo. Ninguém aguenta mais. O Brasil pertence ao povo brasileiro e todos nós temos nos unir para viver um novo tempo”, escreveu.

Jornalista, professor e comentarista político. Cobre os bastidores de Brasília no Conexão Política.

Fonte: Conexão Política

Continuar lendo PONTO DE VISTA: DE UMA FORMA OU DE OUTRA A VERDADE SEMPRE APARECE, ATÉ MESMO PELA SENILIDADE

RESUMO DA SEMANA: ERNESTO ARAÚJO, PAZUELLO E OS DESDOBRAMENTOS DA CPI DA COVID

No RESUMO DA SEMANA deste domingo você vai ver tudo que rolou na CPI da Covid durante a semana que passou, como os depoimentos dos ex-ministros Ernesto Araújo e Eduardo Pazuello. Por isso aproveite seu domingão para se atualizar com as notícias da política.

Fonte:

Continuar lendo RESUMO DA SEMANA: ERNESTO ARAÚJO, PAZUELLO E OS DESDOBRAMENTOS DA CPI DA COVID

SEGUNDO BALANÇO DO SENADOR EDUARDO GIRÃO, A CPI DA COVID-19 NÃO QUIS OLHAR PARA CORRUPÇÃO

Até agora, CPI da Covid-19 não quis olhar para a corrupção’, diz senador à CNN

Em entrevista à CNN, Eduardo Girão, titular da CPI da pandemia, destacou necessidade de investigação de desvios de verbas pelos estados

Jorge Fernando Rodrigues e Lucas Rocha, da CNN, em São Paulo

 Atualizado 22 de maio de 2021 às 19:36

Até agora, a CPI não quis olhar para a corrupção", diz senador à CNN

Em entrevista à CNN, o senador Eduardo Girão (Podemos-CE), titular da CPI da Pandemia, fez um balanço da terceira semana de depoimentos.

“Foram três semanas esclarecedoras para cruzarmos dados, temos que investigar o governo federal, mas também estados e municípios. Até agora, por incrível que pareça, a CPI não quis olhar para a corrupção. Se você pegar CPI do mensalão, do petrolão, dos anões do orçamento, que foram símbolo de êxito e serviço prestado à população”, disse.

O senador disse ainda que é necessário verificar se houve algum desvio de verbas, devido à grande quantidade de recursos que foi enviada para estados e municípios. “Dinheiro não faltou no combate à pandemia, precisamos rastrear. Essa CPI está sendo omissa nesse momento de verificar esses recursos”, diz.

Nesta semana, foram ouvidos dois ex-ministros do governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido): Ernesto Araújo, das Relações Exteriores, e Eduardo Pazuello, da Saúde. Até agora, a comissão realizou dez reuniões, nas quais ouviu oito testemunhas e aprovou 235 requerimentos.

O senador sugere que a Polícia Federal também seja incluída no processo. “Sou autor do requerimento que deu origem a essa CPI, que quer rastrear os bilhões de reais de verbas federais que foram para estados e municípios. A Polícia Federal é uma das instituições que eu gostaria de ouvir, que fez 61 operações. É muito importante buscar esse dinheiro que, muitas vezes, foi pago antecipadamente”, disse.

O senador avalia que a CPI esteja perdendo a credibilidade pela opinião pública. “A começar pelo relator [Renan Calheiros] que tem um filho governador”, disse, se referindo à ausência da investigação das verbas enviadas aos estados.

Próximos passos

Segundo Girão, o depoimento da Secretária de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde do Ministério da Saúde, Mayra Pinheiro, agendado para a próxima terça-feira (25), é um dos mais aguardados. O dia decisivo, segundo ele, será na quarta-feira (26).

“O presidente da Comissão, Omar Aziz, já disse que vai votar todos os requerimentos. Vou pedir voto nominal, para que fique claro quem são os senadores, como estão pensando dentro da comissão e se querem, de alguma forma, blindar A, B ou C. Precisamos buscar de forma técnica e responsável toda a verdade”, disse.

Continuar lendo SEGUNDO BALANÇO DO SENADOR EDUARDO GIRÃO, A CPI DA COVID-19 NÃO QUIS OLHAR PARA CORRUPÇÃO

ANÁLISE POLÍTICA: A LUTA DE CAIO COPPOLLA NÃO PODE SER INGLÓRIA

Caro(a) leitor(a),

Sinceramente acredito e confio na pessoa do Caio Coppolla. Tenho ele como o representante mais legítimo e fiel do interesse do povo brasileiro e um verdadeiro e legítimo patriota. Por isso tenho publicado, aqui no Blog do Saber os seus vídeos esclarecedores. No texto e no vídeo a seguir ele aborda o convite feito ao Kim Kataguiri para um debate no seu canal do Youtube, que o deputado recusou, mas não para de atacá-lo, juntamente com sua patota do MBL pelas redes sociais. Portanto eu peço a sua ajuda a este bravo guerreiro compartilhando essa publicação para o máximo de pessoas possível! 

KIM KATAGUIRI (DO MBL) SE RECUSA A DEBATER no meu canal do YouTube, contradizendo suas próprias palavras há 3 semanas: “não vou colocar empecilho, não vou fazer disso cavalo-de-batalha: se ele [Caio Coppolla] quer fazer no canal dele, vamos fazer no canal dele” 🤷🏻‍♂‍ Se insistir nesse IMPASSE, o jovem parlamentar assinará seu ATESTADO DE ARREGO. Na real, O MBL ESTÁ MORDIDO E DESESPERADO porque o tiro saiu pela culatra: a chamada para o debate trouxe mais de 50.000 (!) novos inscritos pro nosso canal – a propósito, MUITO OBRIGADO pela sua audiência e inscrição 🙏🏼🇧🇷 👉🏼Por favor, me ajude a combater falsas narrativas COMPARTILHANDO ESSE VÍDEO. E se você deseja ALERTAR OS JOVENS sobre o que é o MBL, é simples: 1) envie o link do vídeo no grupo de WhatsApp da sua FAMÍLIA; 2) MARQUE NOS COMENTÁRIOS uma pessoa querida com menos de 25 anos. Ao longo deste último mês, desde o convite pro debate, sofri uma CAMPANHA DE DIFAMAÇÃO que só confirmou para mim a natureza inescrupulosa deste Movimento e sua ambição desmedida por um PROJETO DE PODER que coloca os interesses do MBL bem à frente do Brasil. Só nos maiores canais ligados ao Movimento, em 30 dias foram 10 VÍDEOS UTILIZANDO MEU NOME NO TÍTULO, TOTALIZANDO 3h20m DE CONTEÚDO NEGATIVO E MAIS DE 2.150.000 VISUALIZAÇÕES (que eles usam para ganhar dinheiro enquanto me atacam). Isso sem contar LIVES e dezenas de postagens em outras plataformas: Telegram, WhatsApp, Instagram, Facebook… Em oposição a esse JOGO SUJO, eu publiquei apenas 1 vídeo sobre o debate, não monetizado e sem ofensas pessoais (como de costume). Ao contrário de mim, que gravo e publico meus vídeos sozinho (com a ajuda de um “freela” para artes e pequenas edições), o MBL conta com uma MILÍCIA VIRTUAL: editores de vídeos, criadores de memes, administradores de páginas de política e humor, geradores de conteúdo, gestores de perfis em redes sociais… muitos deles pagos com verbas públicas, pendurados nos gabinetes dos Parlamentares do Movimento. Como vítima recorrente dessa intolerância política e AGRESSIVIDADE GRATUITA a serviço de um Projeto de Poder, sei que o enfrentamento ao MBL é mais um “DAVI CONTRA GOLIAS”. Mas assim como Davi, ainda posso recorrer à INTELIGÊNCIA para derrotar a injustiça e a força bruta – o caminho pode ser árduo, mas todo mundo conhece o resultado dessa luta 👊🏼 Muito obrigado por COMPARTILHAREM, não percam as esperanças no Brasil e fiquem com Deus!

Fonte:

Continuar lendo ANÁLISE POLÍTICA: A LUTA DE CAIO COPPOLLA NÃO PODE SER INGLÓRIA

LEVANTAMENTO FEITO POR TÉCNICOS DA CPI APOIADORES DE RENAN CALHEIROS, CONSIDERA 15 MENTIRAS NO DEPOIIMENTO DE PAZUELLO

Renan elabora réplica com o que considera 15 mentiras de Pazuello na CPI

Saiba quais são os 15 pontos contestados pelo relator da CPI da Pandemia no depoimento de Eduardo Pazuello

Caio Junqueira

Por Caio Junqueira, CNN  

 Atualizado 20 de maio de 2021 às 21:58

Renan elabora réplica com o que considera 15 mentiras de Pazuello na CPI

Um levantamento feito por técnicos da CPI da Pandemia que apoiam o trabalho do relator Renan Calheiros elaborou um levantamento com o que consideram ser 15 mentiras do ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello.

Intitulado “Réplicas às afirmações falsas do ex-ministro Eduardo Pazuello”, o documento deverá ser anexado no relatório final da CPI e depois remetido ao Ministério Público. A ideia é que só com base nele seja pedido indiciamento por crime de falso testemunho.

No início, o documento cita que “ficou evidente que a missão do depoente nesta CPI não foi esclarecer a população ou colaborar para encontrarmos a verdade, mas, sim, eximir o Presidente da República de qualquer responsabilidade pela condução temerária pelo Governo Federal das ações de combate à pandemia”. Depois lista o que considera “afirmações falsas em 15 temas”.

Réplica às afirmações falsas do ex-ministro Eduardo Pazuello

Depois do depoimento iniciado ontem (19) nesta Comissão pelo ex-ministro Eduardo Pazuello, diversos órgãos de imprensa e a equipe de apoio à CPi analisaram as declarações do ex-ministro e as compararam com fatos, documentos e outras declarações públicas dadas ao longo dos últimos doze meses.

Ficou evidente que a missão do depoente nesta CPI não foi esclarecer a população ou colaborar para encontrarmos a verdade, mas, sim, eximir o Presidente da República de qualquer responsabildiade pela condução temerária pelo Governo Federal das ações de combate à pandemia. Embora tenha sido claramente treinado para esse objetivo, seu depoimento não se sustenta, e qualquer pessoa que tenha acompanhado suas declarações ao longo da pandemia e ouviu o que disse ontem a esta comissão chega à mesma conclusão: o depoente estava, sem nenhum pudor, mentindo para proteger outros culpados.

Essa atitude não é só criminosa por constituir falso testemunho e embaraçar os trabalhos da CPI, em violação ao art. 4º da Lei 1579, de 1952, mas também é incompatível com o que se esperaria de um oficial general, que deveria dedicar a vida à defesa do Brasil, mas desrespeita a memória de mais de 440 mil vítimas e a dor de suas famílias. Missão cumprida, ministro. Organizamos aqui alguns pontos do depoimento, para que fique claro o espetáculo lamentável a que o Brasil foi submetido na sessão de ontem:

Ordem do presidente

“Em hipótese alguma. O Presidente nunca me deu ordens diretas para nada” (…)“Em nenhum momento o presidente da República me desautorizou ou me orientou a fazer diferente de qualquer coisa que eu estava fazendo”

Todos vimos o vídeo divulgado em 22 de outubro de 2020, em que V. Exa. faloudurante um encontro com ele: ‘É simples assim: um manda e outro obedece’.

Aqui, tenta justificar que o que se fala em redes sociais são falas políticas, que não correspondiam a sua ação. Se essa desculpa pudesse prevalecer, seria impossível a esta CPI avaliar as ações do Ministério e do Governo, que são o principal objeto desta CPI, pois as declarações públicas não serviriam de nada e, como V.Exa. respondeu várias vezes ontem, não havia produção de documentos.

Tratecov

“Essa plataforma (TrateCOV), ela não foi distribuída aos médicos (…) O aplicativo – o aplicativo, não, a plataforma, não é um aplicativo – nunca entrou em operação”

No dia 11 de janeiro, durante um evento em Manaus, o Ministério da Saúde lançou o aplicativo TrateCOV. O lançamento da plataforma foi noticiado na TV Brasil.

V. Exa. defendeu o chamado tratamento precoce naquela ocasião e utilizou o termo “aplicativo” nas redes sociais. Aqui, veio com outra desculpa, de que o software foi roubado e divulgado por um terceiro.

Que interesse poderia ter um criminoso em divulgar gratuitamente um aplicativo desenvolvido pelo Ministério da Saúde em defesa da cloroquina?

Independentemente disso, não houve resposta sobre como um aplicativo que indica cloroquina poderia ajudar a evitar casos e mortes por covid, nem sobre o motivo pelo qual a população de Manaus deveria servir de cobaia para essa experiência.

Decisão do STF

“A decisão do STF em abril de 2020 limitou ainda mais a atuação do governo federal nessas ações. Assim, não há possibilidade de o Ministério da Saúde interferir na execução das ações dos estados na saúde sem usurpar as competências dos estados e municípios.”

Em nenhum momento o Supremo proibiu ou limitou ações federais. A decisão na Ação de Direta de Inconstitucionalidade nº 6341 permite que estados e municípios tomem suas medidas, mas não impede que o Ministério da Saúde tome as suas. O STF diz que o entendimento foi reafirmado pelos ministros em diversas ocasiões.

Perguntamos aqui, ontem, que medidas o Ministério teria sido impedido de tomar em razão da decisão do Supremo, e não veio resposta. Mas todos sabemos que o STF impediu, com aquela decisão, foi que o Presidente sabotasse as medidas de fechamento do comércio e redução de circulação, que tantas vidas salvou.

Brasil entre os países que mais imunizaram

“Hoje o Brasil figura entre os países que mais imunizaram no mundo. Ficamos atrás apenas de Estados Unidos, China e Índia”

A informação visa a confundir. Não faz sentido comparar números absolutos. O que importa é imunização percentual, ou seja, quantos por cento da população receberam a vacina. Além disso, começamos a vacinar no final de janeiro, quando poderíamos ter começado em dezembro do ano passado, como tantos países conseguiram.

Que sentido faz comparar o Brasil, com seus 210 milhões de habitantes, com nossa vizinha Guiana, com seus menos de 800 mil? O Brasil, mesmo não estando entre os mais pobres do mundo, aparece atrás de mais de 80 países se for considerado o percentual da população que recebeu ao menos uma dose de vacina. Nosso ritmo é um dos mais lentos do mundo.

Cloroquina

“A cloroquina é um antiviral e um anti-inflamatório conhecido pelo Brasil”

A cloroquina não é um antiviral nem um anti-inflamatório, e sim um antimalárico, utilizado no combate ao plasmódio da malária, que é um protozoário.

Zíka vírus x cloroquina

“Cloroquina foi usada para o tratamento da zika”.

Nunca houve administração de cloroquina para pacientes contaminados pelo zika vírus. Iniciou-se uma pesquisa em ratos, com resultados que não se replicaram em humanos. Por isso, a pesquisa foi interrompida. Além disso, o zika vírus não é semelhante ao coronavírus. A afirmação servia para confundir, para tentar passar uma ideia de versatilidade à cloroquina e, assim, tentar justificar eu uso para outras doenças.

Compra de vacina

“O Governo Bolsonaro não tinha como comprar a vacina da Pfizer sem a autorização do Congresso”

V. Exa. e o Presidente reclamavam publicamente das cláusulas da Pfizer, mas não citavam a necessidade de uma lei. Ao contrário, retiraram esse dispositivo do anteprojeto da MP 1026. V. Exa. disse ontem que não sabe por que o Governo fez isso e que não foi decisão do Ministério. Ainda assim, afirma que a Presidência não tinha ingerência sobre sua gestão. A alteração legislativa veio de um projeto do Senado. O Governo, que tinha a iniciativa legislativa, nada fez.

“Ah, mas sem a lei isso trazia insegurança jurídica como disse a CGU e a AGU”. Bom, os pareces são de 03 de março de 2021, justamente um dia após a aprovação da lei no Congresso.

A verdade é que V. Exa. se recusou a dizer por que dificultou a compra da vacina da Pfizer, por que não respondeu à comunicação da empresa, por que não agiu de forma previdente, e por que não protegeu a população brasileira.

Desautorização de compra da coronavac

“Nunca o Presidente da República mandou eu desfazer qualquer contrato, qualquer acordo com o Butantan. Nem por uma vez. (…) O Presidente da República fala também como agente político. Quando ele recebe uma posição de um agente político de São Paulo, ele se posiciona como agente político também, daqui para lá. Nunca houve a ordem” (…) “Uma postagem na internet não é uma ordem”.

Em outubro, V. Exa. anunciou um protocolo de intenção de compra de 46 milhões de doses da CoronaVac, produzida pelo Instituto Butantan em parceria com a Sinovac. Um dia depois, porém, o Presidente afirmou que o Governo Federal não ia adquirir “vacina da China”:

“Ele [Pazuello] tem um protocolo de intenções, já mandei cancelar se ele assinou. Já mandei cancelar. O presidente sou eu, não abro mão da minha autoridade. Até porque estaria comprando uma vacina que ninguém está interessado por ela, a não ser nós”.

V. Exa. disse que essa declaração não representava uma ordem de cancelamento, mas somente uma “posição política” do Presidente contra o governador de São Paulo e que uma postagem da internet não é uma ordem. Mas não foi uma postagem. Foram diversas declarações do Presidente à imprensa brasileira e um vídeo de V.Exa. e o Presidente, lado a lado, que evidenciam a ordem dada.

O Presidente do Butantan, Dimas Covas, antes mesmo do depoimento de V. Exa., fez questão de enviar ofício para a esta Casa, afirmando que, após a contraordem do Presidente da República, em outubro de 2020, houve uma completa paralisação do processo de negociação, só sendo realmente assinado em 7 de janeiro de 2021:

Documento Renan CalheirosFoto: Reprodução

Conhecendo a personalidade do Presidente e a formação militar de V. Exa., fica evidente que V. Exa. recebeu ordem superior naquela ocasião e novamente aqui, para faltar com a verdade e proteger seu superior. Missão cumprida, mas isso não lhe é lícito fazer nesta CPI.

Tratamento precoce

“Assim não há possibilidade do Ministério da Saúde interferir na execução das ações de estado da saúde, sem usurpar as competências dos Estados e Municípios”

V. Exa. falou, no dia 11 de janeiro de 2021, sobre o tratamento precoce, e confirmou para o presidente a utilização em Manaus. Eis a transcrição do diálogo:

“Pazuello – Ouvi o Davi falar aqui sobre tratamento precoce, senhores, senhoras, não existe outra saída.
Presidente – Você entrou com o tratamento precoce em Manaus, não entrou?
Pazzuelo – Já está funcionando com a nova gestão.”

Oxigênio

“Quando a gente observa os mapas, a gente vê que a White Martins [empresa fornecedora de oxigênio] começa a consumir seus estoques já no fim de dezembro. Então ela tem um consumo, uma demanda, e começa a entrar no negativo, e esse estoque vai se encerrar no dia 13 [de janeiro], quando acontece uma queda de 20% na demanda e no consumo do estado. No dia 15, já voltou a ser positivo o estoque de Manaus”

“Não alertaram [antes], apenas no dia 10 à noite, pessoalmente. Eu acredito que as medidas possíveis a partir do dia 10 foram executadas, todas executadas”.

Faltou oxigênio na cidade de Manaus por mais de 20 dias. Ofício que a Advocacia-Geral da União enviou ao Supremo Tribunal Federal (STF) em janeiro afirma que o Governo Federal sabia do “iminente colapso do sistema de saúde” do Amazonas dez dias antes de a crise estourar e faltar oxigênio para pacientes no estado.

Além disso, a Dra. Mayra Pinheiro declarou à Polícia Federal que foi V. Exa. quem a informou da falta de oxigênio em Manaus, no dia 8 de janeiro, o que seria impossível para quem só tomou conhecimento em 10 de janeiro. Evidente que alguém está mentindo.

Consórcio

Pazuello afirmou que optou por 10% em vez de 50% da oferta de vacinas disponibilizadas pelo consorcio da OMS Covax Facility.

Segundo Pazuello, “estar presente no consórcio era mais importante” do que a aquisição de um número elevado de imunizantes no primeiro momento, e que seria possível comprar mais vacinas dentro do consórcio numa etapa posterior, pois não haveria restrições quanto a isso”.

A informação não condiz com a realidade. O ex-Ministro recusou-se a declinar quemtomou a decisão e seus fundamentos técnicos. O consórcio era capitaneado pela OMS, praticamente todos os países já haviam aderido e o Brasil, naquele momento, não tinha perspectiva de outras contratações que justificasse a reserva de valor tão pequeno de doses da vacina. Na falta da resposta, a posição contrária à OMS, que marcava a política dos Estados Unidos, seguida pelo Brasil, que ficou clara no depoimento do ex-Ministro, parece ter sido a verdadeira razão.

TCU

O Ministro Pazuello afirmou, mas não comprovou, que todos os órgãos de controle interno e externo não recomendavam a assinatura do contrato de compra de vacinas com a Pfizer. No entanto, o TCU acabou de publicar nota de esclarecimento à imprensa dizendo “que nenhum de seus ministros se posicionaram de forma contrária à contratação da empresa Pfizer (…) nem desaconselhou sua imediata contratação”.

TCU documentoFoto: Reprodução

Produção de cloroquina pelo exército

V. Exa. afirmou desconhecer que a produção de cloroquina para Covid-19 pelo Exército tenha passado pelo Ministério da Saúde. No entanto, o Ministério da Defesa informou textualmente que foi o Ministério da Saúde que determinou a produção de cloroquina pelo Laboratório Químico e Farmacêutico do Exército.

Eis o trecho do documento do Exército:

Imagem documento Renan CalheirosFoto: Reprodução

Pressão para regulamentar a cloroquina no SUS

Pazuello afirmou que nunca sofreu pressões para autorizar o uso da cloroquina no SUS, o que aconteceu com a Nota Informativa nº 17, de 2021, do Ministério da Saúde.

O Ministro Teich deixou o Ministério por discordar do Presidente quanto ao uso da cloroquina. O Ministro Mandetta também disse ter sofrido pressões no mesmo sentido. Posteriormente, foi noticiado que a Dra. Ludhimila Hajjar não teria assumido o Ministério da Saúde por não haver convergência técnica entre ela e o Presidente. O próprio Ministro Queiroga, que atualmente ocupa a pasta, teve extremo receio de contrariar o Presidente durante seu depoimento.

Contraditoriamente, o depoente quis convencer a Comissão de que ele, justamente o único que não tinha qualquer formação médica, foi o único que não sofreuqualquer pressão, orientação ou determinações do Presidente da República.Essa declaração é absolutamente inverossímil considerando os outros depoimentos e as condições de sua chegada ao Ministério.

Plano de contingência

O Ministério da Saúde tem um Plano Nacional de Contingência. Após questionamentos do TCU sobre a execução pífia desse plano, o Ministério decide alterá-lo em vez de cumpri-lo: trocou garantir por subsidiar, garantir por apoiar; estabelecer logísticas por elaborar pautas de distribuição.

Em outras palavras, o que se depreende do relato do TCU é que o Ministério, ao ser questionado acerca de suas omissões em relação às ações previstas em seus próprios normativos, em vez de ser proativo e agir, promoveu a modificação dos normativos, reduzindo o escopo e/ou a abrangência de suas atribuições. Esse procedimento está sendo objeto de investigação pelo próprio TCU.

O depoente não explicou por que foi feita alteração do normativo após a notificação do TCU, tendo ficado claro que o movimento foi para driblar as ordens da autoridade de controle. Evidentemente o TCU não se deixou enganar e já está investigando a manobra.”

Continuar lendo LEVANTAMENTO FEITO POR TÉCNICOS DA CPI APOIADORES DE RENAN CALHEIROS, CONSIDERA 15 MENTIRAS NO DEPOIIMENTO DE PAZUELLO

PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 20 DE MAIO DE 2021 POR G1

Por G1

 

Hoje tem a segunda parte do depoimento de Pazuello na CPI. Entenda as investigações sobre Ricardo Salles, que ontem foi alvo de buscas da PF. A Câmara dos Deputados aprovou medida provisória que viabiliza a privatização da Eletrobras, e o texto segue para o Senado. Guerra sem fim: o premiê de Israel descarta cessar-fogo com o Hamas. Maior iceberg do mundo à deriva. Um bebê nasce em Santa Catarina já com anticorpos contra o coronavírus. E o álbum póstumo de MC Kevin.

Pazuello: Parte II

Ninguem esperava, mas o depoimento de Eduardo Pazuello na CPI da Covid terá um segundo episódio. O ex-ministro volta ao Senado agora de manhã, com transmissão ao vivo no G1. Ontem, Pazuello deixou a comissão durante o intervalo, no fim da tarde. O senador Otto Alencar (PSD-BA) disse que ele passou mal e teve uma síncope vasovagal. Entenda o que é.

Durante o depoimento, Pazuello tentou blindar o presidente Jair Bolsonaro e disse que jamais recebeu ordens para frear a compra da CoronaVac. Também negou ter ignorado as ofertas de vacinas da Pfizer e revoltou alguns senadores ao falar do colapso do oxigênio em Manaus. Para integrantes da CPI, o depoimento foi recheado de mentiras e contradições.

Assista aos principais momentos no vídeo abaixo:

CPI da Covid: Depoimento do ex-Ministro da Saúde, Eduardo Pazuello
CPI da Covid: Depoimento do ex-Ministro da Saúde, Eduardo Pazuello

OUÇA abaixo a análise do podcast O Assunto: “A voz de Bolsonaro na CPI”.

Com o ajuste no calendário da CPI, quem ganhou tempo foi Mayra Pinheiro, secretária do ministério conhecida como “capitã cloroquina”. O depoimento dela ficou para a semana que vem.

Privatização da Eletrobras

A Câmara dos Deputados aprovou ontem à noite, por 313 votos a 166, uma medida provisória que viabiliza a privatização da Eletrobras. O texto segue agora para o Senado.

Salles sob suspeita

Ricardo Salles, o ministro do Meio Ambiente, foi alvo de buscas da PF ontem e chamou a operação de “exagerada”. Mas a investigação aponta movimentações suspeitas de R$ 14 milhões ligadas ao escritório de advocacia do qual ele é sócio. Veja aqui os detalhes. A polícia mira um suposto esquema de exportação ilegal de madeira com aval de Salles. O presidente do Ibama, Eduardo Bim, foi afastado. A operação foi autorizada por Alexandre de Moraes, ministro do STF.

Guerra sem fim

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, disse ontem que levará adiante a ofensiva em Gaza. O premiê ignorou a pressão internacional e até mesmo os apelos do aliado Joe Biden (que defendeu timidamente um cessar-fogo com o Hamas). Netanyahu diz que a prioridade é a segurança de Israel. Em quase duas semanas de conflito, bombardeios em Gaza mataram mais de 200 palestinos. Do lado israelense, mísseis do Hamas deixaram 12 mortos.

Números da pandemia

Após 8 dias em queda, a média móvel de mortes aponta agora estabilidade. Com 2,4 mil óbitos novos óbitos, o total passou de 421 mil. Mapa mostra situação em cada estado. Mais de 40 milhões tomaram a primeira dose da vacina contra a Covid-19. É quase 20% da população. Os números são do consórcio de veículos de imprensa.

Vacinação em SP

A Prefeitura de São Paulo antecipou para esta quinta vacinação contra Covid de pessoas acima de 45 anos com comorbidades. Também serão vacinadas pessoas com deficiência permanente beneficiárias do BPC. Calendário estadual prevê vacinação para estes grupos a partir de sexta-feira.

E levantamento do G1 aponta que pelo menos 18 cidades da Grande São Paulo estão exigindo documentos diferentes dos previstos no Plano Estadual de Imunização (PEI) para vacinar pessoas com comorbidades. Moradores relatam dificuldade para comprovar doenças preexistentes.

Colapso na Índia

São chocantes as imagens das centenas de corpos que estão se acumulado nas águas e nas margens do rio Ganges, o mais sagrado da Índia (veja no vídeo). Há semanas o país vive um colapso sanitário causado pela Covid-19. Números oficiais apontam 275 mil mortes, mas é certo que há uma enorme subnotificação. O “cemitério” do Ganges, onde os corpos são enterrados e cremados por familiares, é um forte indício disso.

VÍDEO: Rio Ganges vira 'cemitério' com corpos flutuantes ou enterrados às margens
VÍDEO: Rio Ganges vira ‘cemitério’ com corpos flutuantes ou enterrados às margens

Dose de esperança

Exames apontaram que Enrico tem no sangue anticorpos contra o coronavírus — Foto: Talita/Arquivo Pessoal

Nasceu em Tubarão, Santa Catarina, um bebê que já tem anticorpos no sangue contra o coronavírus. Enrico é filho de Talita, médica que trabalha em um posto de saúde e foi vacinada quando estava com 34 semanas de gestação. “Ficamos emocionados. É uma dose de esperança a todos”, diz a mãe.

Maior Iceberg do mundo

O iceberg A-76 tem cerca de 170 km de comprimento por 25 km de largura e área total de 4.320 km² — Foto: ESA / via AFP PhotoO iceberg A-76 tem cerca de 170 km de comprimento por 25 km de largura e área total de 4.320 km² — Foto: ESA / via AFP Photo

Iceberg três vezes maior que a cidade de São Paulo se separa na Antártica, está à deriva e se torna o maior do mundo. Gigantesco bloco de gelo tem 170 km de comprimento por 25 km de largura e área total de 4.320 km². A capital paulista tem 1.521 km².

É o fim do self-service?

Com mais de um ano de pandemia, o vaivém de medidas restritivas e muita gente ainda no home office, ficou difícil manter os restaurantes por quilo, o tradicional self-service. Nas regiões de prédios de escritórios, muitos não resistiram. Onde antes havia filas de colegas de trabalho esperando a vez de pegar a bandeja, agora há portas fechadas e placas de “aluga-se”. Os que continuam funcionando não recebem nem 10% dos clientes de antes. Leia a reportagem.

Investimento no Brasil

Investimento no Brasil tem pior década em 50 anos. Taxa do país deve ser uma das menores do mundo em 2021. Levantamento da FGV mostra que a taxa média de investimento foi de apenas 17,7% do PIB entre 2011 e 2020, bem abaixo dos picos de 21,9% dos anos anos 70 e 80.

Greve suspensa

Os metroviários de São Paulo suspenderam a greve e devem voltar ao trabalho. Ontem, a paralisação causou longas filas no terminais de ônibus e trânsito recorde na cidade.

Bolada

A Mega-Sena acumulou e pode pagar R$ 48 milhões no sábado (22). Ontem, a Quina saiu para 72 apostas. Confira as dezenas.

Álbum póstumo

MC Kevin deixou um álbum pronto que virou um lançamento póstumo e sai nesta sexta (21). “Passado e presente” tem dez faixas inéditas do cantor, que morreu aos 23 anos após cair do 5º andar de um hotel no Rio. O G1 ouviu duas músicas reflexivas e intensas, nas quais Kevin lembra o passado em que chegou a passar fome e teve ajuda dos vizinhos, fala sobre a superação com o funk, faz críticas sociais e também cita amigos falsos. Leia as letras

Bin Laden ‘censurado’

Lembra do MC Bin Laden? Aquele que estourou em 2015 com “Tá tranquilo, tá favorável”. Hoje com 26 anos, ele faz planos para voltar ao “funk de quebrada”. Em entrevista ao G1, Bin Laden conta que não teve muitos trabalhos na pandemia, mas que aproveitou para focar em novos trabalhos. Após emagrecer 40 kg, ele fala sobre a “pressão estética” que enfrenta. Leia a entrevista.

‘Army of the dead’

Filme de Zack Snyder estreia nesta sexta-feira. Ao G1, diretor fala sobre paixão por zumbis e super-heróis e o que o motiva a buscar novos projetos.

Armazenamento de dados

Entenda no blog do Altieres Rohr como funcionam as permissões e a segurança de armazenamento de dados em smartphones.

Libertadores

Flamengo empatou com a LDU e garantiu vaga nas oitavas. O time carioca jogou a maior parte do jogo com um jogador a menos, pois Willian Arão foi expulso no primeiro tempo. O Atlético-MG venceu o Cerro Porteño no Paraguai e tem a melhor campanha do torneio. E o River Plate viveu noite histórica: mesmo com um volante no gol e sem reservas, bateu o Santa Fe. Clique aqui para ver a classificação e os jogos de hoje.

São Paulo e Palmeiras iniciam esta noite, com transmissão da TV Globo, a decisão do Paulistão. O segundo jogo será realizado domingo.

Continuar lendo PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 20 DE MAIO DE 2021 POR G1

PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 19 DE MAIO DE 2021 POR G1

Por G1

 

A CPI da Covid enfim ouve Eduardo Pazuello. E o Jornal Nacional revela indícios de fraude em contratos de quando ele era ministro. Um novo depoimento traz detalhes sobre a morte de MC Kevin. Em São Paulo, greve paralisa quatro linhas do Metrô. Angélica é a segunda eliminada do “No Limite”

Dia D (na hora H?) na CPI

O ex-ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, durante cerimônia no Planalto em 16 de dezembro de 2020 — Foto: Ueslei Marcelino / ReutersO ex-ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, durante cerimônia no Planalto em 16 de dezembro de 2020 — Foto: Ueslei Marcelino / Reuters

Após um adiamento de 15 dias, o ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello deve falar hoje na CPI da Covid. É o depoimento mais aguardado até aqui e o mais temido pelo governo, conta o colunista Gerson Camarotti, ainda que o general tenha garantido no STF o direito de não responder às perguntas que possam incriminá-lo.

Pazuello foi o ministro da Saúde que mais tempo durou na gestão Bolsonaro e certamente será questionado sobre a demora na compra de vacinas e sobre a distribuição e uso da cloroquina, medicamento comprovadamente ineficaz contra a Covid-19, que já matou 440 mil brasileiros desde março de 2020.

Outro tema que deve aparecer é a viagem feita a Manaus dias antes do colapso de oxigênio que matou pacientes asfixiados. O ex-ministro Ernesto Araújo depôs ontem e, na avaliação de integrantes da CPI, complicou Pazuello.

Contratos suspeitos

Jornal Nacional revelou ontem à noite indícios de fraude em contratos da gestão Pazuello para reformar prédios do Ministério da Saúde. Leia a reportagem. A investigação aponta que militares da pasta escolheram empresas sem licitação e usaram a pandemia para justificar a urgência das obras. É mais um tema para Pazuello explicar à CPI.

Pandemia no Brasil

O país chegou a 439.379 mortos pela Covid-19, com mais 2.517 novos óbitos e 74.379 casos da doença. A média móvel de óbitos subiu pelo 3º dia seguido e chegou a 1.953. O governo do Maranhão monitora o caso de um cidadão indiano que chegou de navio e está internado em São Luís. Há a preocupação de que ele tenha sido infectado pela variante indiana do coronavírus.

Barbara Bruno

Atriz Barbara Bruno tem alta e deixa hospital curada da Covid-19 — Foto: Reprodução redes sociaisAtriz Barbara Bruno tem alta e deixa hospital curada da Covid-19 — Foto: Reprodução redes sociais

A atriz Barbara Bruno, de 64 anos, teve alta e deixou o hospital em que estava internada com Covid. A filha da também atriz Nicete Bruno estava no hospital desde o final de abril e chegou a ser intubada no dia 2 de maio.

Mc Kevin

Continuam as investigações sobre a morte de Mc Kevin. Victor Elias Fontenelle, o MC VK, contou à polícia que viu quando as mãos do amigo escorregaram do parapeito da varanda do hotel onde estavam hospedados. Victor também confirmou que ele e Kevin tiveram relações sexuais com a modelo Bianca Dominguez. Veja detalhes.

Em seu depoimento, Bianca disse que estava com Kevin na varanda e que o cantor tentou descer para o apartamento de baixo porque temia ser pego pela mulher, que também estava no hotel. Foi aí que ele despencou. Kevin sofreu traumatismo craniano e hemorragia.

No velório, a viúva do cantor fez um desabafo. Assista abaixo:

VÍDEO: Esposa de MC Kevin desabafa: 'amigos estavam sugando ele mais uma vez'
VÍDEO: Esposa de MC Kevin desabafa: ‘amigos estavam sugando ele mais uma vez’

Conflito sem fim

Não há previsão de cessar-fogo entre israelenses e palestinos. Em uma semana, o conflito causou 200 mortes na Faixa de Gaza e 10 em Israel. Segundo a comunidade internacional, a perspectiva é de mais ataques nos próximos dias, o que deve pressionar o presidente americano Joe Biden. Até aqui, a Casa Branca pouco fez para reduzir as tensões.Biden disse apoiar um cessar-fogo, mas mantém a posição pró-Israel no enfrentamento com o Hamas.

Greve do metrô

Os metroviários de São Paulo entraram em greve nesta quarta. A categoria pede aumento salarial. A paralisão afeta quatro linhas do Metrô.

A Secretaria dos Transportes Metropolitanos de São Paulo informou que uma liminar da Justiça do Trabalho determina a manutenção de 80% dos trabalhadores no horário de pico e de 60% nos demais horários.

‘Serial killer’ de Curitiba

Mais uma morte pode estar ligada ao suspeito de assassinar homossexuais no Paraná e em Santa Catarina. José Tiago Correia Soroka é investigado pelos assassinatos de três jovens e foi chamado de “serial killer” pela delegada do caso. A possível quarta vítima é um rapaz de 27 anos, encontrado morto no mês passado nas mesmas circunstâncias que os demais. Segundo as investigações, todos foram atraídos por meio de aplicativos de relacionamento.

O Assunto

Quais recados os chilenos mandaram a seus governantes no domingo, quando elegeram uma maioria de candidatos independentes (muitos sem filiação partidária) para compor a assembleia que vai escrever uma nova constituição para o país? E o que esperar desse processo que colocará um ponto final no legado do ditador Augusto Pinochet? Ouça o episódio de hoje:

Parceria musical

Estreia amanhã “Me sinto bem com você”, primeiro trabalho fruto da parceria entre o diretor Matheus Souza e a cantora Manu Gavassi. É um filme com cinco histórias de relações no isolamento social, em que a dupla vive ex-namorados trocando mensagens pela primeira vez após o término. O G1 entrevistou o diretor, que já fez a comédia “Ana e Vitória” (2018) e foi roteirista de “Onde está meu coração”, série do Globoplay.

‘No Limite’

Angélica é eliminada de 'No Limite' — Foto: Reprodução / GloboAngélica é eliminada de ‘No Limite’ — Foto: Reprodução / Globo

Angélica é a segunda eliminada do “No Limite”. Ela foi a mais votada por sua equipe, a Calango, que perdeu a segunda prova de imunidade da edição e, por isso, teve de escolher um membro para deixar o programa. A equipe Carcará venceu a Prova do Privilégio e, pela segunda vez, também a Prova da Imunidade.

Estrela rara

Estrela rara não pode ser vista a olho nu, explica o físico — Foto: Favio Faifer/ReproduçãoEstrela rara não pode ser vista a olho nu, explica o físico — Foto: Favio Faifer/Reprodução

Estrela rara e mais velha que o sol é identificada. A “SPLUS J2104-0049” tem uma luz fraca e a idade do astro ainda não pôde ser definida. A descoberta foi possível através de um telescópio robótico de 86 centímetros de diâmetro que está instalado no Chile.

Após os 40 anos

Pesquisa mostra que 70,4% dos profissionais com mais de 40 anos entrevistados já sofreram preconceito no mercado de trabalho por conta da idade. O levantamento foi feito em abril e ouviu 4.588 profissionais. Veja os dados do estudo.

Mega-Sena

O concurso 2.373 da Mega-Sena pode pagar um prêmio de R$ 40 milhões para quem acertar as seis dezenas. O sorteio ocorre às 20h na cidade de São Paulo.

Previsão do tempo

Chuva em Curitiba chega após um longo período de seca
Chuva em Curitiba chega após um longo período de seca
Fonte: G1
Continuar lendo PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 19 DE MAIO DE 2021 POR G1

MINISTRO DO STF CONCEDE HC PARA EDUARDO PAZUELLO SE MANTER CALADO NO DEPOIMENTO DA CPI DA PANDEMIA, MAS NÃO AUTORIZOU O MESMO PARA SECRETÁRIA DE GESTÃO MAYRA PINHEIRO

Entenda as decisões de Lewandowski, que deu HC para Pazuello e negou para Mayra

A secretária de Gestão do Trabalho e Educação na Saúde Mayra Pinheiro presta depoimento na CPI da Pandemia na próxima quinta-feira (20)

Rachel Vargas, da CNN, em Brasília

18 de maio de 2021 às 22:20

Ministro Ricardo Lewandowski concede a Pazuello direito de ficar calado na CPI da Covid - Política - Diário do Nordeste

Apesar do ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), ter concedido o habeas corpus preventivo para que o ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello tenha direito de ficar em silêncio na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia, ele não autorizou o mesmo para a secretária de Gestão do Trabalho e Educação na Saúde, Mayra Pinheiro. Ela presta depoimento no Senado na próxima quinta-feira (20).

Na solicitação, Pinheiro afirmou que os depoentes estão sendo tratados com agressividade nas sessões, citando o depoimento do ex-secretário de Comunicação Fabio Wajngarten, que foi ameaçado de ser preso. Além disso, a secretária de Gestão do Trabalho e Educação na Saúde menciona o que chamou de “falta de urbanidade e respeito”.

Ao negar o pedido de Mayra Pinheiro, Lewandowski disse que, ao contrário de Pazuello, ela não é investigada na esfera criminal ou administrativa sobre os fatos apurados pela CPI, sendo chamada na condição de testemunha. Portanto, Pinheiro tem a obrigação de revelar a verdade sobre os temas tratados.

Outro ponto abordado pelo ministro foi o fato dela não demonstrar de forma concreta que corre o risco de ser presa por falso testemunho ou se autoincriminar, pois não é tomadora de decisões e responde a outras pessoas no Ministério da Saúde.

Ressalvas

Contudo, segundo Lewandowski, a secretária de Gestão do Trabalho e Educação na Saúde pode estar acompanhada de um advogado, o que já era permitido pela CPI. Porém, o defensor não vai poder responder a perguntas como foi solicitado.

Conhecida como “Capitã Cloroquina”, Mayra se destacou pela defesa do chamado “tratamento precoce” contra a Covid-19, com uso de medicamentos sem eficácia no combate à doença, como ivermectina e hidroxicloroquina.

Fonte: CNN

Continuar lendo MINISTRO DO STF CONCEDE HC PARA EDUARDO PAZUELLO SE MANTER CALADO NO DEPOIMENTO DA CPI DA PANDEMIA, MAS NÃO AUTORIZOU O MESMO PARA SECRETÁRIA DE GESTÃO MAYRA PINHEIRO

Fim do conteúdo

Não há mais páginas para carregar

Fechar Menu
×

Carrinho