BOAS NOTÍCIAS: CONCORRA A UMA VIAGEM A DOIS PARA REGIÃO LITORÂNEA DA ITÁLIACOM TUDO PAGO

Na nossa coluna BOAS NOTÍCIAS deste domingo você vai saber que a marca de salame, conhecida como Galileo, está comemorando 75 anos e está dando a chance para que os consumidores possam ganhar uma experiência culinária única. Você pode ser o(a) ganhador(a) desta viagem para a região litorânea da Itália num concurso de aniversário. Leia o artigo completo a seguir e conheça a regra! Participe!

Marca de salame dá viagem a dois para litoral da Itália. Veja como participar!

Se você mora nos Estados Unidos, pode ganhar uma viagem para a região litorânea da Itália num concurso de aniversário de uma marca de salame.

Você pode ganhar uma viagem para a região litorânea da Itália num concurso de aniversário de uma marca de salame.

A marca conhecida como Galileo está comemorando 75 anos e está dando a chance para que os consumidores possam ganhar uma experiência culinária única.

E você não precisa falar italiano. Para participar é só compartilhar as tags indicadas para a competição no instagram com uma foto sua. (veja regras abaixo)

Maravilhas da culinária

O prêmio é uma viagem de uma semana para dois e terá a chance de ganhar uma viagem de uma semana para dois à Itália para explorar a história e as riquezas culinárias da região litorânea de Le Marche, conhecida por seus produtos agrícolas, vegetais, carnes, caça de uvas, azeitonas e trufas.

“Por quase um século, temos curado o autêntico salame italiano com a ideia de família e tradição”, disse Jeremy Kross, gerente de marca da Galileo, uma empresa que foi fundada em 1945 por Frank Sorba em San Francisco.

“O programa ‘Bem-vindo à Família’ celebra nossa herança italiana e, claro, as delícias do salame.”

História

Os vencedores aprenderão sobre a história da marca Galileo e explorarão destinos incríveis como Ancona, uma cidade e porto marítimo que fica ao longo da costa adriática da Itália;

Monte Conero, conhecido como um “pequeno pedaço do céu” no Mar Adriático com algumas das águas mais claras; e, finalmente, San Marino, considerada a mais antiga república sobrevivente do mundo.

Em Sant’Angelo in Vado, os vencedores visitarão La Tavola Marche, uma experiência culinária única, onde os hóspedes podem mergulhar na cultura e comida italiana.

A empresa diz que o preparo de carnes italianas na Bay Area, onde o clima temperado é como o do norte da Itália, torna o local ideal na América para curar salame.

Como participar

Não é necessário comprar, mas você precisa de uma conta pública no Instagram e não precisa posar com o salame.

Basta compartilhar uma foto sua no Instagram usando as hashtags #GalileoFamily e #Sweepstakes e marcar @GalileoSalame.

A viagem a dois terá a duração de sete dias, seis noites e está avaliada em 7 mil e 500 dólares, ou cerca de 35 mil reais.

concurso termina no dia 21 de outubro com sorteio pra escolher o vencedor.

Vai perder?

Com informações do GNN

Fonte: Só Notícia Boa

Continuar lendo BOAS NOTÍCIAS: CONCORRA A UMA VIAGEM A DOIS PARA REGIÃO LITORÂNEA DA ITÁLIACOM TUDO PAGO

BOAS NOTÍCIAS: 1ª VIAGEM COM CIVIS AO ESPAÇO É INICIATIVA DA SPACEX

O nosso destaque na coluna BOAS NOTÍCIAS desta sexta-feira é a 1ª viagem espacial com tripulantes civis. A iniciativa foi da SpaceX de Elon Musk, bilionário dono da Tesla. A missão passará 3 das na órbita da terra. o bilionário Jared Isaacman, CEO da Shift4 Payments, do ramo de comércio eletrônico está a bordo e está doando US$ 100 milhões para o St. Jude Children’s Research Hospital, em Memphis, no Tennesse. Leia o artigo completo a seguir e saiba dos detalhes dessa fantástica aventura!

SpaceX faz 1ª viagem com civis ao espaço e ajuda hospital do câncer

Foi um sucesso o lançamento do primeiro voo espacial da SpaceX totalmente civil, sem astronautas.

O lançamento foi nesta quarta, 15 na Kennedy Space Center, em Orlando, na Flórida, nos Estados Unidos e é um marco histórico nas viagens espaciais.

A SpaceX, é de propriedade do bilionário Elon Musk e a missão, chamada Inspiration4, seguiu a bordo do foguete Falcon 9 da SpaceX e da espaçonave Dragon.

Doação para hospital do câncer

Na espaçonave está, entre outros, o bilionário Jared Isaacman, CEO da Shift4 Payments, do ramo de comércio eletrônico

Ele concebeu a viagem “Inspiration4”, para aumentar a conscientização das pessoas em prol de causas sociais.

A principal delas, é o St. Jude Children’s Research Hospital, em Memphis, no Tennesse, um importante centro de tratamento de câncer pediátrico. Isaacman vai doar para o instituto US$ 100 milhões, aproximadamente R$ 522,1 milhões.

A tripulação

Jared Isaacman fará uma missão de três dias no espaço, com mais três companheiros. Nenhum deles é astronauta.

Isaacman é descrito pela página oficial da SpaceX como um “aventureiro e piloto talentoso”.

Além dele está na SpaceX a médica oficial Hayley Arceneaux, uma médica assistente no St. Jude Children’s Research Hospital e sobrevivente de câncer pediátrico.

Outro tripulante é o especialista da missão Chris Sembroski, um veterano da Força Aérea e engenheiro de dados aeroespaciais.

O outro, como piloto da missão, é o Dr. Sian Proctor, geocientista, empresário e piloto treinado”, informou a SpaceX.

O retorno à Terra

Tres dias após a decolagem, Dragon e a tripulação do Inspiration4 voltam à Terra. Eles vão aterrissar em um dos vários locais de pouso possíveis na costa da Flórida, nos Estados Unidos.

A espaçonave Dragon conta com 16 propulsores Draco, capazes de gerar 40,8 quilos de força cada no vácuo espacial.

Possui dois para-quedas para estabilização após a reentrada na órbita terrestre e mais quatro para ajudar na desaceleração antes do pouso.

Com a capacidade de carregar até sete passageiros, segundo a Space X, é a única espaçonave capaz de carregar grandes quantidades de carga da Estação Espacial Internacional (ISS, na sigla em inglês) à Terra.

Foguete Falcon 9 decola com a cápsula que leva os turistas espaciais - Foto: Chris Omeara / AP / Picture Alliance
Foguete Falcon 9 decola com a cápsula que leva os turistas espaciais – Foto: Chris Omeara / AP / Picture Alliance
Chris Sembroski, Sian Proctor, Jared Isaacman e Hayley Arceneaux - Foto: SpaceX / AP Photo / Picture Alliance
Chris Sembroski, Sian Proctor, Jared Isaacman e Hayley Arceneaux – Foto: SpaceX / AP Photo / Picture Alliance

Com informações da Reuters e SpaceX

Fonte: Só Notícia Boa

Continuar lendo BOAS NOTÍCIAS: 1ª VIAGEM COM CIVIS AO ESPAÇO É INICIATIVA DA SPACEX

NA PRÓXIMA SEMANA MOURÃO E MINISTROS DEVERÃO LEVAR EMBAIXADORES DE 10 PAÍSES À AMAZÔNIA

Por Pedro Henrique Gomes, G1 — Brasília

Em setembro, Mourão anunciou que levaria representantes europeus à Amazônia

Em  setembro, Mourão anunciou que levaria representantes europeus à Amazônia

O governo federal anunciou nesta quinta-feira (29) que levará representantes diplomáticos de 10 países à região amazônica, na próxima semana, para defender “que a Amazônia brasileira continua preservada”. A comitiva será capitaneada pelo vice-presidente da República e presidente do Conselho da Amazônia Legal, Hamilton Mourão.

O presidente Jair Bolsonaro não deve participar da viagem oficial, que prevê compromissos nas cidades de Manaus, São Gabriel da Cachoeira e Maturacá, todas no Amazonas. O grupo deve sair de Brasília na manhã da próxima quarta-feira (4) e retornar dois dias depois, na sexta (6).

De acordo com a Vice-Presidência da República, participarão os chefes das missões diplomáticas de:

  • África do Sul
  • Alemanha
  • Canadá
  • Colômbia
  • Espanha
  • França
  • Peru
  • Portugal
  • Reino Unido
  • Suécia

Além das representações dos países, devem participar da viagem os chefes diplomáticos da União Europeia e da Organização do Tratado de Cooperação Amazônica (OTCA), que tem sede em Brasília.

O Executivo brasileiro será representado na comitiva, além de Mourão, pelos ministros Tereza Cristina (Agricultura), Ricardo Salles (Meio Ambiente), Ernesto Araújo (Relações Exteriores), Eduardo Pazuello (Saúde), Augusto Heleno (Gabinete de Segurança Institucional) e pelo chefe do Estado-Maior das Forças Armadas, tenente-brigadeiro do ar Raul Botelho.

A viagem foi organizada após oito países europeus enviarem uma carta a Mourão, afirmando que a alta do desmatamento poderia dificultar a importação de produtos brasileiros.

No documento divulgado em setembro, os países disseram estar comprometidos em liminar o desmatamento das cadeias de produtos agrícolas vendidos para a Europa. Em resposta, Mourão já tinha informado que pretendia levar os embaixadores para visitar o bioma.

“A questão é proporção. Se a gente consegue ver que aquilo [desmatamento] é concentrado em uma área específica, que aquilo ali não corresponde à massa do bioma amazônico, a gente está reforçando um discurso que o vice-presidente faz recorrentemente. De que você tem, de fato, um choque de civilização em uma determinada área”, disse o embaixador Juliano Féres Nascimento, chefe da assessoria diplomática da Vice-Presidência.

O embaixador da Noruega também foi convidado, mas não poderá participar. Alemanha e Noruega são os maiores doadores do Fundo Amazônia, que financia ações ambientais na região – e que não celebra contratos para incentivar novos projetos desde 2018.

Na época em que recebeu a carta, Mourão considerou que o documento “não tinha tom agressivo” e repetia o conteúdo de outras manifestações recebidas pelo governo, criticado em razão da política ambiental do presidente Jair Bolsonaro.

Para Mourão, o “ponto focal” da carta era uma questão comercial que envolve as cadeias de produção de alimentos. A discussão ocorre em um contexto de barreiras comerciais, no qual o Brasil precisa fazer negociação diplomática e ambiental.

“Faz parte da estratégia comercial dos países europeus essa questão da cadeia de suprimento, isso é uma barreira. Existem barreiras tarifárias e não tarifárias, então, isso a gente tem que fazer a negociação, não só comercial, mas diplomática, como a ambiental também”, disse o vice-presidente em setembro.

Roteiro

Segundo o assessor diplomático de Mourão, a ideia é que o avião saia de Brasília em direção à Serra do Cachimbo, localizada na divisa entre os estados de Mato Grosso e Pará. De lá, a aeronave deve reduzir altitude e seguir o traçado da BR-163, no trecho que vai da divisa os dois estados até a cidade de Santarém (PA).

Nascimento diz que, nesse trecho, será possível sobrevoar áreas recém desmatadas, que enfrentam incêndios frequentes e áreas que apresentem as “cicatrizes” do fogo. Depois, disse o assessor, a comitiva será apresentada à parte da Amazônia que está preservada.

Em Manaus, o roteiro prevê atividades em organizações militares e no laboratório de investigação da Polícia Federal.

Em Iranduba, o grupo deve visitar um projeto de colonização do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra). A comitiva também deve passar pelo local onde as águas dos rios Negro e Solimões se encontram para formar o Rio Amazonas.

Em São Gabriel da Cachoeira, os embaixadores devem ser levados à Casa de Apoio à Saúde Indígena, da Secretaria Especial de Saúde Indígena do Ministério da Saúde, além de visitar organizações militares.

Fonte: G1
Continuar lendo NA PRÓXIMA SEMANA MOURÃO E MINISTROS DEVERÃO LEVAR EMBAIXADORES DE 10 PAÍSES À AMAZÔNIA

BOAS NOTÍCIAS: MONTE VERDE EM MG É A 9ª CIDADE MAIS ACOLHEDORA DO MUNDO

O destaque da nossa coluna BOAS NOTÍCIAS desta sexta-feira é a cidade de Monte Verde, no estado de Minas Gerais, que fica a 1.550 metros de altitude e é considerada a Campos do Jordão de MG. Ela está entre os 10 lugares mais acolhedores do mundo pelo ranking da Traveller Review Awards 2020. Leia a reportagem completa a seguir e saiba quais são os outros 9 lugares no ranking de 10.

Monte Verde é um dos 10 lugares mais acolhedores do mundo: ranking

Monte Verde - Foto: divulgação

Monte Verde – Foto: divulgação

O distrito de Monte Verde, no sul de Minas Gerais, foi eleito como um dos dez lugares mais acolhedores do mundo.

O vilarejo da Serra da Mantiqueira ficou em nono lugar no Traveller Review Awards 2020, prêmio anual da Booking.com.

Monte Verde pertence ao município de Camanducaia e está a 1555,5 metros de altitude. Fica a 484 km da capital, Belo Horizonte, a 164 km de São Paulo e a 459 km do Rio de Janeiro.

Com vocação turística e ótimas pousadas, Monte Verde tem como característica principal a natureza exuberante e o frio na temporada de inverno. Se Campos do Jordão é a Suíça do estado de São Paulo, Monte Verde é a do estado de Minas Gerais.

Em primeiro no ranking ficou o vilarejo de Goreme, na região da Capadócia, na Turquia, seguido de Tatranska Lomnica, na Eslováquia, e Phong Nha, no Vietnã.

A oitava edição do prêmio foi feita com parceiros da plataforma no mundo todo, incluindo 30.449 no Brasil.

Pela primeira vez, o Traveller Review Awards premiou os serviços de transporte.

Para receber um prêmio, a acomodação e o serviço de aluguel de carros precisam ter uma nota de avaliação média igual ou superior a 8 (de 10), com base nas últimas cinco avaliações recebidas até 31 de outubro de 2019.

A avaliação é feita somente por usuários que de fato se hospedaram em uma acomodação ou alugaram um carro pela plataforma.

Veja o ranking dos dez destinos mais acolhedores do mundo:

1 – Goreme (Turquia)
2 – Tatranska Lomnica (Eslováquia)
3 – Phong Nha (Vietnã)
4 – Kobarid (Eslovênia)
5 – Cochem (Alemanha)
6 – Doolin (Irlanda)
7 – Taitung City (Taiwan)
8 – Schenna (Itália)
9 – Monte Verde (Brasil)
10 – Lake Tekapo (Nova Zelândia)

Com informações do Catraca

Fonte: Só Notícia Boa

Continuar lendo BOAS NOTÍCIAS: MONTE VERDE EM MG É A 9ª CIDADE MAIS ACOLHEDORA DO MUNDO

Fim do conteúdo

Não há mais páginas para carregar