NOVO PADRÃO DE TESTE PARA COVID CAPAZ DE DIMINUIR OCORRÊNCIA DE FALSO NEGATIVO É CRIADO POR PESQUISADORES DA UFRN

Por G1 RN

 

Teste Covid covid-19 Natal RN Rio Grande do Norte rt-pcr swab — Foto: Ascom/IMD/UFRNTeste Covid covid-19 Natal RN Rio Grande do Norte rt-pcr swab — Foto: Ascom/IMD/UFRN

Pesquisadores da Universidade Federal do Rio Grande do Norte estão desenvolvendo novas versões dos chamados “iniciadores” (ou primers), um dos principais elementos usados nas reações dos testes de identificação da Covid. Essa nova combinação tem se mostrado capaz de aumentar a eficácia dos resultados dos exames RT-PCR (swab).

O trabalho é do Centro Multiusuário de Bioinformática (BioME/IMD) e do Laboratório de Biologia Molecular Aplicada (Laplic/UFRN) e foi publicado no jornal “Scientific Reports”, da revista Nature, um dos maiores veículos científicos do mundo.

O estudo analisou os principais iniciadores (primers) utilizados em todo o mundo e, em seguida, criou primers inéditos, capazes de aumentar a assertividade das testagens da Covid, evitando erros de diagnósticos, como os casos de “falso negativo”.

“Conseguimos desenhar nove conjuntos de primers e sondas, que nada mais são do que ‘pedacinhos’ de DNA utilizados na PCR, que teoricamente são capazes de funcionar na identificação de qualquer variante do SARS-CoV-2 conhecida até então”, explicou o professor do Laboratório de Biologia Molecular Aplicada da UFRN, Daniel Lanza.

“Isso diminui consideravelmente a chance de erro dos testes da doença”, reforçou.

Atualmente, o estudo tem sido feito através de simulações computacionais de bioinformática e ainda precisa passar para o teste in vitro.

O artigo é fruto do trabalho da mestranda Maria Júlia Davi, do Programa de Pós-Graduação em Bioinformática (PPG-Bioinfo/IMD), em parceria com os professores João Paulo Lima, docente do BioME, Selma Jerônimo, do Instituto de Medicina Tropical do Rio Grande do Norte (IMT/RN), e Daniel Lanza.

Melhora na detecção de variantes

O exame PCR é amplamente conhecido no mundo e o principal e mais eficaz método de detecção do coronavírus.

A novidade trazida pelo estudo está em aumentar o nível de detecção do vírus e a capacidade de encontrar variantes, através dos novos primes.

“Os principais desafios para a identificação continuada do vírus são justamente suas eventuais mutações”, pontua o professor Daniel Lanza.

“Eu posso ter um primer para uma variante do vírus da Covid, mas quando ele sofre alguma mutação, esse primer pode perder eficiência e meu diagnóstico pode ser impreciso“.

Dessa forma, o que o estudo fez foi, “a partir de um grande banco de dados com sequências genéticas do SARS-CoV-2, identificar as regiões no genoma viral que apresentam menor propensão às mutações”, diz o professor Daniel Lanza.

“A partir daí, desenhar novos primers específicos, aplicáveis a qualquer variante do vírus conhecida”.

Todos os primers foram desenhados e testados por bioinformática (in silico) pelos professores João Paulo Lima e Daniel Lanza.

Para o trabalho, foram utilizados alinhamentos de milhares de sequências genéticas do SARS-CoV-2 e os primers foram testados contra mais de 211 mil genomas do vírus e suas variantes recentes – tarefa apoiada pelo supercomputador do Núcleo de Processamento de Alto Desempenho (NPAD/UFRN).

Segundo o professor João Paulo Lima, o custo do projeto foi praticamente zero. “Com exceção dos recursos indiretos oferecidos pela Capes para o pagamento da bolsa de pesquisa da nossa mestranda (Capes – Ação Emergencial)”, disse.

Testagem em vitro

O próximo passo da pesquisa é a testagem dos novos primers in vitro, segundo os professores. Até o momento, a validação aconteceu apenas por simulações computacionais de bioinformática.

Para a nova etapa, a pesquisa contará com o apoio do IMT, instituição que já realizou mais de 40 mil testagens de Covid-19 só em Natal durante a pandemia.

“Algumas amostras do IMT já foram disponibilizadas para iniciarmos os testes in vitro. Esse é o próximo passo para validarmos definitivamente os novos primers e apresentar um novo protocolo mais eficiente para detecção do vírus”, contou Daniel Lanza.

Segundo os docentes, qualquer empresa ou instituição que tenha estrutura mínima para a realização de testes de PCR ou pesquisas com as sequências do vírus é capaz de testar e validar os novos kits.

“Contanto que se tenha um termociclador, equipamento necessário para fazer uma reação PCR, e um laboratório de biologia molecular, é possível realizar os testes”, garantiu o João Paulo Lima.

O pesquisador pontua, no entanto, que “para o oferecimento dessa nova testagem ao público, será necessário, após a validação, obter as devidas autorizações das agências reguladoras”.

Segundo ele, “não apenas os primers, mas sim uma série de fatores que devem ser levados em conta para que os testes de um determinado local sejam consideradas de fato”, ressalta Daniel Lanza.

Para manterem válidos os resultados do estudo, os pesquisadores continuam, mensalmente, alinhando sequências genéticas do SARS-CoV-2, de modo a atualizar a lista de primers, caso surjam novas variantes do vírus.

Continuar lendo NOVO PADRÃO DE TESTE PARA COVID CAPAZ DE DIMINUIR OCORRÊNCIA DE FALSO NEGATIVO É CRIADO POR PESQUISADORES DA UFRN

EDUCAÇÃO: GOVERNO FEDERAL LANÇA CRONOGRAMA NACIONAL DE IMPLEMENTAÇÃO PARA O NOVO ENSINO MÉDIO

MEC apresenta ações para novo ensino médio; veja o que muda

Mudanças serão gradativas até 2024, mas já prevê aumento de 800 para mil horas anuais do tempo mínimo do estudante na escola

Camila Neumam, da CNN, em São Paulo

 Atualizado 14 de julho de 2021 às 11:05

Apenas Goiás atingiu a meta do Ideb para o ensino médio, em 2019Apenas Goiás atingiu a meta do Ideb para o ensino médio, em 2019; média nacional chegou a 4,2, mas ficou abaixo do esperado Foto: Tânia Rêgo – 10.abr.2017/ Agência Brasil

O Governo Federal lançou, nesta quarta-feira (14), o Cronograma Nacional de implementação para o Novo Ensino Médio que foca na escolha de disciplinas pelos jovens e deve começar a ser implementado em 2022, para o 1º ano do ensino médio. Em 2023, as mudanças atingirão o 1º e 2º anos, e até 2024 atingirá os três anos do ensino médio, informou o Ministério da Educação.

O novo cronograma prevê ainda o aumento de 800 para mil horas anuais do tempo mínimo do estudante na escola.

O evento contaria com a presença do presidente Jair Bolsonaro e seria sediado no Palácio do Planalto, em Brasília. Mas nesta manhã Bolsonaro deu entrada no Hospital das Forças Armadas, na capital federal, com dores abdominais, e o evento foi transferido para a sede do Instituto Nacional de Ensino e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

A portaria 521 deverá orientar as Unidades da Federação quanto aos procedimentos que deverão ser cumpridos e apoiar no processo de execução de seus currículos, alinhados à Base Nacional Comum Curricular (BNCC).

O programa foca em cinco itinerários formativos – linguagens e tecnologias, matemática e suas tecnologias, ciências da natureza, ciências humanas e formação técnica e profissional – que poderão ser escolhidos pelos alunos.

Entre as mudanças, haverá também um novo cronograma de formação de profissionais e atualizações das matrizes da Sameb e do novo Enem, que deve seguir as mudanças a partir de 2024.

O MEC também anunciou cursos de formação e centros de mídia para 27 unidades federativas para estratégias que envolvam o ensino híbrido.

As mudanças do Novo Ensino Médio (NEM), ocorrem “afim de garantir uma educação de qualidade a todos os jovens brasileiros e aproximar as escolas da realidade dos estudantes, considerando as novas demandas e a complexidade do mundo do trabalho e da vida em sociedade”, descreveu o Ministério da Educação em nota.

O NEM inclui itinerários formativos que “possibilitam aos estudantes escolherem suas trilhas de aprofundamento, ampliando seus conhecimentos em uma das seguintes áreas: linguagens; matemática; ciências da natureza; ciências humanas e sociais; e formação técnica e profissional”, afirmou a pasta.

Com o NEM, também passa a ser obrigatório o desenvolvimento do projeto de vida dos estudantes. “Esse componente do NEM garante ao estudante um espaço para refletir a respeito do presente e do futuro, contribuindo para o processo de autoconhecimento e desenvolvendo a identidade do jovem, estimulando sua autonomia e oportunizando realizar escolhas mais assertivas ao longo do ensino médio”, definiu o MEC.

O evento reuniu secretários de Educação Estaduais e Distrital, representantes do Conselho Nacional de Educação (CNE), governadores, representantes das Comissões de Educação da Câmara e do Senado e representantes do Conselho Nacional dos Secretários de Educação (Consed).

Oração pelo presidente

O ministro da Educação, Milton Ribeiro, fez uma oração pela saúde do presidente que, segundo ele, está com uma “crise de soluços”, que pode ter causado suas dores abdominais.

“Vou insistir e orar pela vida do presidente. Ele está com crise de soluço há alguns dias. […] Oro por sua pronta recuperação”, disse Ribeiro.

Fonte: CNN

Continuar lendo EDUCAÇÃO: GOVERNO FEDERAL LANÇA CRONOGRAMA NACIONAL DE IMPLEMENTAÇÃO PARA O NOVO ENSINO MÉDIO

NOVO MODELO DE SINALIZAÇÃO ORIENTA CONDUTORES DE VEÍCULOS SOBRE VELOCIDADE MÁXIMA NOS CORREDORES VIÁRIOS DE NATAL

Nova sinalização alerta para variação de velocidade nas principais avenidas

29 jun 2021

Nova sinalização alerta para variação de velocidade nas principais avenidas

Um novo modelo de sinalização orienta os condutores de veículos sobre a velocidade máxima entre as faixas nos principais corredores viários da cidade. O projeto desenvolvido pela Prefeitura do Natal, por meio da secretaria Municipal de Mobilidade Urbana, tem como objetivo ampliar a segurança viária e incentivar o cumprimento da velocidade regulamentada no trecho.

A iniciativa está beneficiando importantes corredores como as avenidas Prudente de Morais e Hermes da Fonseca, e de acordo com a STTU, a proposta é intensificar a comunicação com os motoristas e condutores de veículos no sentido de prevenir acidentes e salvar vidas.

Por se tratar de vias com fiscalização eletrônica de velocidade, a sinalização foi implantada  orientando sobre as velocidades de 50 km/h e 40 km/h (nas faixas compartilhadas entre ônibus/bike). Além destes vetores, o projeto contempla eixos viários com expressivo fluxo de veículos diário.

De acordo com o secretário da STTU, Paulo César Medeiros, “o projeto melhora a segurança na via expressa para motoristas do tráfego comum, ciclistas, motociclistas, assim como os operadores do sistema de transporte público e as pessoas que necessitam realizar a travessia na via por meio das faixas de pedestres.”

Fonte: Política em Foco
Continuar lendo NOVO MODELO DE SINALIZAÇÃO ORIENTA CONDUTORES DE VEÍCULOS SOBRE VELOCIDADE MÁXIMA NOS CORREDORES VIÁRIOS DE NATAL

PRESIDENTE RUSSO PARABENIZA EBRAHIM RAISI NOVO PRESIDENTE DO IRÃ E REFORÇA AMIZADE ENTRE OS DOIS PAÍSES

Putin parabeniza Raisi e reforça amizade entre Rússia e Irã

Ultraconservador foi eleito no primeiro turno. Rússia é a favor do fim das sanções contra país árabe e preservação do acordo nuclear

INTERNACIONAL

por AFP

Putin parabenizou Ebrahim Raisi, novo presidente do Irã

MAJID ASGARIPOUR/WANA (WEST ASIA NEWS AGENCY) VIA REUTERS – 18.6.2021

O presidente russo, Vladimir Putin, disse neste sábado (19) que espera que as relações entre Moscou e Teerã sejam fortalecidas, em uma mensagem de congratulações dirigida ao seu novo líder iraniano, Ebrahim Raisi, declarado vencedor nas eleições presidenciais.

“Espero que suas atividades neste alto cargo contribuam para o desenvolvimento de uma cooperação bilateral construtiva em vários campos e nossa colaboração em assuntos internacionais”, disse Putin em um telegrama, citado pelo Kremlin.

“Isso responde plenamente aos interesses dos povos russo e iraniano e vai no sentido de fortalecer a segurança e a estabilidade regional”, acrescentou o presidente russo.

Putin também lembrou que as relações entre os dois países eram “tradicionalmente amistosas e de boa vizinhança”.

O ultraconservador Ebrahim Raisi, chefe da autoridade judiciária iraniana, venceu no primeiro turno os três outros candidatos, após uma campanha eleitoral bastante branda e em um contexto de descontentamento geral diante da crise econômica e social.

A Rússia, a favor da retirada dos Estados Unidos das sanções impostas ao Irã, tem feito campanha nos últimos anos pela preservação do acordo sobre o programa nuclear iraniano.

O Plano de Ação Conjunto Global (JCPOA), assinado em 2015 pelo Irã e seis grandes potências (China, Estados Unidos, França, Reino Unido, Rússia e Alemanha), foi muito enfraquecido desde que Donald Trump retirou Washington dele em 2018 , antes de restabelecer sanções econômicas contra a República Islâmica.

Em resposta, Teerã eliminou gradualmente a maioria de seus compromissos e ameaçou limitar as inspeções internacionais a suas instalações nucleares.

Continuar lendo PRESIDENTE RUSSO PARABENIZA EBRAHIM RAISI NOVO PRESIDENTE DO IRÃ E REFORÇA AMIZADE ENTRE OS DOIS PAÍSES

PRESIDENTE DOS EUA PARABENIZOU NOVO PRIMEIRO-MINISTRO ISRAELENSE NAFTALI BENNETT

Joe Biden parabeniza o novo primeiro-ministro israelense

Pronunciamento do presidente americano foi feito por meio de comunicado após a confirmação do nome de Naftali Bennett

INTERNACIONAL

 Da AFP

O presidente dos EUA, Joe Biden, parabenizou o novo primeiro-ministro israelense, Naftali Bennett, neste domingo (13), depois que uma aliança de partidos que tirou Benjamin Netanyahu depois de 12 anos no poder e formou um novo governo.”Felicito o primeiro-ministro Naftali Bennett, o vice-primeiro-ministro e ministro das Relações Exteriores Yair Lapid, e todos os membros do novo gabinete israelense”, disse Biden em um comunicado.”Estou ansioso para trabalhar com o primeiro-ministro Bennett para fortalecer todos os aspectos do relacionamento próximo e duradouro entre nossas duas nações. Israel não tem melhor amigo do que os Estados Unidos.”

Fonte: R7
Continuar lendo PRESIDENTE DOS EUA PARABENIZOU NOVO PRIMEIRO-MINISTRO ISRAELENSE NAFTALI BENNETT

POLÍTICO DE CENTRO-DIREITA, GUILLERMO LASSO OCUPARÁ A PRESIDÊNCIA DO EQUADOR POR QUATRO ANOS

Guillermo Lasso toma posse como novo presidente do Equador

Cerimônia de posse do empresário que terá mandato de quatro anos conta com a presença de Jair Bolsonaro e outro líderes

INTERNACIONAL

Do R7

Guillermo Lasso ocupará a presidência do Equador por quatro anos

EFE/ JOSÉ JÁCOME

O empresário, banqueiro e político de centro-direita Guillermo Lasso tomou posse nesta segunda-feira (24) como novo presidente do Equador para os próximos quatro anos, durante uma cerimônia realizada na Assembleia Nacional, em Quito, com a presença de autoridades de vários países amigos.

O juramento foi feito pela presidente da Assembleia Nacional, Guadalupe Llori, que também entregou a Lasso a faixa presidencial e o Grande Colar da Ordem Nacional ao Mérito, a mais alta condecoração do Estado equatoriano.

Fonte: R7
Continuar lendo POLÍTICO DE CENTRO-DIREITA, GUILLERMO LASSO OCUPARÁ A PRESIDÊNCIA DO EQUADOR POR QUATRO ANOS

VENDA DE BEBIDAS ALCOÓLICAS EM BARES E RESTAURANTES E TOQUE DE RECOLHER AOS DOMINGOS E FERIADOS ESTÃO LIBERADOS NO RN PELO GOVERNO DO ESTADO

Por Leonardo Erys e Sérgio Henrique Santos, G1 RN e Inter TV Cabugi

 

Governo do RN libera venda de bebida alcoólica em bares e restaurantes e cancela toque de recolher aos domingos - Novo Portal

A governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra (PT), anunciou que o novo decreto de medidas de combate à Covid-19 vai autorizar a venda de bebidas alcóolicas em bares e restaurantes e que manterá o toque de recolher apenas noturno, das 22h às 5h – e não mais o integral em domingos e feriados.

O novo decreto será publicado nesta terça-feira (11) e valerá pelos próximos 14 dias. Segundo a gestora, nele também serão ampliadas as atividades escolares e será permitido a prática de esportes coletivos, assim como a liberação para funcionamento de parques. As atividades religiosas também serão ampliadas.

Segundo confirmou a assessoria do governo do RN à Inter TV Cabugi, em relação às escolas estará autorizado o ensino híbrido para a rede privada e estadual, com aulas presenciais ou remotas – a depender dos pais. A exceção é para alunos do 8º e 9º ano do ensino fundamental e para estudantes do 1º ano do ensino médio que, segundo o decreto, vão continuar apenas com ensino remoto.

A situação da rede estadual, no entanto, segue indefinida neste momento, já que a questão está na Justiça. Recentemente, o Supremo Tribunal Federal (STF) anulou uma decisão da Justiça do RN que determinava o retorno imediato das aulas presenciais no estado. O governo do RN, portanto, precisou revogar a autorização. A ação no STF foi protocolada pelo Sindicato dos Trabalhadores em Educação do RN (Sinte/RN).

Segundo o vice-governador do estado, Antenor Roberto, há “um esforço para a construção de um plano de retomada das atividades da rede pública estadual, considerando as condições epidemiológicas e a luta para a data de vacinação dos professores e trabalhadores na rede de educação”. Segundo ele, há uma audiência de conciliação marcada para avançar na volta às aulas da rede estadual.

Já os bares também estão liberados a ter música ao vivo, assim como o consumo de bebidas alcóolicas será autorizado em hotéis e pousadas para clientes.

“É um retorno gradual. Vai ter que manter o distanciamento, a redução do número de mesas, todos esses protocolos vão ter que ser observados. Os protocolos seguem definidos. O grande apelo que nós fazemos é que a população não pode interpretar essas medidas como uma liberação, como se a doença tivesse ido embora. Muito pelo contrário, a doença está ainda de forma a nos assustar, a impactar e pressionar a rede de assistência”, explicou o vice-governador Antenor Roberto à Inter TV Cabugi.

“Diante do quadro epidemiológico que ainda inspira muitos cuidados, e levando-se em consideração a realidade socioeconômica, estamos prorrogando algumas medidas por 14 dias. No entanto, alguns ajustes já puderam ser iniciados”, disse Fátima Bezerra no Twitter.

“Nós estamos sempre levando em consideração o comportamento da Covid, a pressão que exerce sobre a a nossa rede de assistência, o grau de infecção, mas um olhar também nas atividades econômicas, dos empreendedores. Ou seja, em outras necessidades que a sociedade tem no seu funcionamento, sobretudo quando não tem e não teve no processo uma coordenação do governo federal”, falou o vice-governador Antenor Roberto.

Situação atual

A taxa de ocupação para leitos críticos voltados a pacientes com Covid-19 chegou a 100% nas regiões Oeste e Seridó do Rio Grande do Norte nesta terça-feira (11). Os dados são do sistema Regula RN, usado na administração dos leitos no sistema público de saúde.

No estado como um todo, a taxa de ocupação é de 92,5%.

A taxa de ocupação dos leitos públicos no estado está acima de 90% desde o dia 1º de março, chegando a ficar apenas duas vezes na casa dos 89% (em 24 de abril e 5 de maio), segundo o Regula RN.

Nesta terça, o Regula RN apontava 39 pacientes esperando um leito crítico no estado para 21 leitos disponíveis. Atualmente, o sistema público tem 419 leitos crítico, sendo 378 ocupados, 21 disponíveis e 20 bloqueados.

A média de solicitações por um leito de UTI chegou a 139 na segunda-feira (10) – a maior já registrada no estado foi de 149 em 15 de março.

Abril com mais mortes

Abril foi o mês com mais mortes registradas por Covid-19 desde o início da pandemia no RN, superando março. Ao todo, morreram 939 pessoas vítimas da doença em 30 dias.

O levantamento foi feito pelo G1 baseado nos boletins epidemiológicos da doença e nos dados diários divulgados pela Sesap. Segundo a pasta, algumas das mortes contabilizadas nos boletins não acontecem necessariamente nos dias em que são registradas.

Fonte: G1 RN
Continuar lendo VENDA DE BEBIDAS ALCOÓLICAS EM BARES E RESTAURANTES E TOQUE DE RECOLHER AOS DOMINGOS E FERIADOS ESTÃO LIBERADOS NO RN PELO GOVERNO DO ESTADO

COM AFASTAMENTO DE WITZEL FINALIZADO, SAIBA QUEM É CLÁUDIO CASTRO O NOVO GOVERNADOR DO RIO DE JANEIRO

Quem é Cláudio Castro, o novo governador do Rio de Janeiro

Cantor católico, advogado e assessor legislativo, Castro foi de vereador novato a governador do estado em apenas quatro anos

Anna Satie e Renato Barcellos, da CNN, em São Paulo

30 de abril de 2021 às 16:56

O governador em exercício Cláudio Castro, que assumiu o governo do RJAgora, com o processo de impeachment do governador afastado, WIlson Witzel (PSC), finalizado, Castro pode assumir de vez a chefia do Executivo fluminense já neste sábado (1º)Foto: Reprodução/CNN (4.set.2020)

Cláudio Bomfim de Castro e Silva, de 42 anos, será o novo governador do Rio de Janeiro. Com a condenação do governador afastado Wilson Witzel (PSC) em um processo de impeachment, Castro tomará posse em definitivo como ocupante do Palácio das Laranjeiras, com mandato até dezembro de 2022.

A cerimônia de posse, que dará fim à interinidade que dura oito meses, deve acontecer já neste sábado (1.º), entre 10h e 11h, no Palácio Tiradentes, sede da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj).

Assim como Witzel, Castro é filiado ao Partido Social Cristão (PSC). O novo governador do Rio é  advogado, católico e autor de dois álbuns de música religiosa. Em 2019, tomou posse, aos 40 anos, como o mais jovem vice-governador fluminense desde a redemocratização.

Investigação e interinidade

Em 28 de agosto de 2020, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) afastou Wilson Witzel do governo do Rio de Janeiro. A decisão partiu de uma operação contra suspeita de desvios em contratos públicos que também resultou na prisão de Pastor Everaldo, ex-presidenciável e presidente nacional do PSC, partido tanto de Witzel quanto de Castro.

O novo governador do Rio de Janeiro também foi ele mesmo um dos alvos da investigação de corrupção em contratos públicos do Executivo fluminense, na mesma operação autorizada pelo STJ em que Witzel foi afastado. Castro nega qualquer envolvimento.

Juiz federal de carreira, Wilson Witzel deixou a magistratura para concorrer a governador em 2018 pelo PSC. Sem fechar coligação com nenhum outro partido, fato que pode ser explicado também pelo baixo desempenho das primeiras pesquisas, Witzel acabou tendo um nome da própria legenda como candidato a vice, Cláudio Castro, vereador de primeiro mandato da capital.

Com a posse de Castro como novo governador, o Rio de Janeiro passa a não ter mais vice-governador até o fim do atual mandato. Caso Cláudio Castro precise se afastar por qualquer motivo, o cargo será assumido pelo presidente da Assembleia Legislativa, posto exercido hoje pelo deputado estadual André Ceciliano (PT).

Bolsonaro

A chapa formada por Wilson Witzel e Cláudio Castro foi eleita em 2018 com o apoio da família do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), sobretudo do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ).

Quando foi afastado do cargo, Witzel já havia se distanciado politicamente do presidente da República. Recentemente, em entrevista à CNN, o agora ex-governador acusou Jair Bolsonaro de persegui-lo.

Após a sua posse como governador interino, Cláudio Castro foi elogiado pelo senador Flávio Bolsonaro, que o considerou “mais humilde e realista” do que Wilson Witzel.

Enquanto vice-governador de Witzel, Castro esteve à frente do Detran e do DER (Departamento de Estradas e Rodagem). Durante a pandemia, coordenou o Mutirão Humanitário, que distribuiu cestas básicas e kits de limpeza em 13 cidades do Rio.

Religião, música e direito

Cláudio nasceu em Santos (SP), mas foi morar no Rio ainda criança. Graduado em Direito, Cláudio Castro dividiu a parceria, tanto na música quanto na política, com o deputado estadual Márcio Pacheco (PSC). O parlamentar também é cantor católico e já dividiu palco com Castro, que foi vocalista da banda Em Nome do Pai.

O primeiro álbum solo do governador foi lançado em 2011 e também se chama Em Nome do Pai, em homenagem à antiga banda, que começou na paróquia São Francisco de Paula, na Barra da Tijuca, zona oeste carioca. Seu último lançamento é de 2015, o disco Dia de Celebração. No Spotify, Castro tem 88 ouvintes mensais.

O site oficial do governo do Rio de Janeiro também apresenta Castro como advogado, “músico, compositor e evangelizador”.

A primeira atuação do novo governador na política data de 2004, quando se tornou chefe de gabinete de Márcio Pacheco, então vereador no Rio de Janeiro. Castro o acompanhou quando Pacheco se tornou deputado estadual, a partir de 2011, com dois afastamentos do gabinete da Alerj para tentar ele mesmo de eleger.

Na primeira tentativa, em 2012, Castro não conquistou um mandato de vereador, que viria no pleito seguinte. Nas eleições de 2016, Cláudio Castro foi eleito com 10.262 votos, total que seria insuficiente para garantir-lhe o mandato sem depender do coeficiente partidário.

O principal puxador de votos do PSC naquela eleição foi Carlos Bolsonaro, que recebeu 106.657 votos. O filho mais velho do presidente Jair Bolsonaro mudou de partido após o pleito e hoje faz parte do Republicanos.

Tomou posse como vereador em 2017 e dois anos depois já visitava, como vice-governador, a Câmara Municipal, onde recebeu em maio de 2019 a medalha Pedro Ernesto, mais importante honraria do legislativo carioca.

Entre as 11 propostas de sua autoria como vereador, estão a criação de incentivos ao esporte, a publicização da fila de espera para serviços de saúde e o tombamento do escotismo como patrimônio imaterial do Rio de Janeiro.

Ao lado do vereador Felipe Michel (PP), foi Castro quem editou o decreto legislativo que concedeu o título de cidadão honorário a Witzel — em dezembro de 2018, após vitória na eleição.

Continuar lendo COM AFASTAMENTO DE WITZEL FINALIZADO, SAIBA QUEM É CLÁUDIO CASTRO O NOVO GOVERNADOR DO RIO DE JANEIRO

PREFEITURA REFORMA PRAÇA DO DISCO VOADOR EM PONTA NEGRA E ENTREGA NOVO SKATE PARK

Prefeitura entrega novo Skate Park após reforma na “praça do Disco Voador” em Ponta Negra

20 abr 2021

Praça do disco voador – Ponta Negra – Natal Foto: Juciê Borges | Fotos, Praça, Ponta negra natal

O veterano skatista potiguar Izeli Confessor esperou 35 anos para rolar suas quatro rodas numa pista de alta qualidade. O atleta é um dos muitos frequentadores do novo Skate Park de Natal e todas as tardes faz suas manobras radicais no espaço. O equipamento é o primeiro de Natal e foi construído na praça Henrique Carloni, mais conhecida como a praça do Disco Voador, no Conjunto Ponta Negra. O equipamento público foi recuperado e entregue pela Prefeitura de Natal há poucos dias. A obra é uma ação integrada entre a Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (Semsur) e Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Sel).

O prefeito Álvaro Dias visitou o espaço público na tarde da quinta-feira passada (15) e acompanhou a movimentação intensa dos praticantes do skate. Atletas de vários bairros de Natal vêm para Ponta Negra só para utilizar o novo equipamento. Eles agradeceram a construção da pista, que vai alavancar a prática profissional deste esporte.

Para o prefeito, a obra é importante porque representa a reocupação dos espaços urbanos pela população. “Aqui se transformou num espaço agradável de convivência dia e noite por conta da boa iluminação, e onde todos podem participar ao mesmo tempo e, o mais importante, a realização de um sonho para os skatistas que pela primeira vez terão uma pista qualificada para a prática do esporte”, disse o gestor.

Qualidade
Segundo o presidente da Associação Potiguar do Skate, Franklin Medeiros, a pista é adequada para a prática olímpica da modalidade street. “Estamos felizes com essa obra. Além do piso ser de muita qualidade, o parque está bem iluminado e as pessoas podem praticar o esporte depois das 18h. É um bom começo incentivar a prática do skate olímpico”, conta ele.

O Skate Park contou com intervenções técnicas na reconstrução de dois antigos obstáculos para a prática do esporte: uma rampa do tipo Funbox, que possui um tubo de aço galvanizado, e outra rapa do Quarter. Foi feita a adequação para o novo piso granilite de alta resistência. Toda a obra teve o acompanhamento da Associação Potiguar de Skate (APS). Foi orçada em R$ 223,7 mil com recursos da Prefeitura de Natal, a partir de emenda parlamentar da vereadora Júlia Arruda.

Assim como os skatistas, os moradores de Ponta Negra também ganharam um espaço versátil. Na área da praça, foram feitas melhorias como a troca para um moderno sistema de iluminação, com 35 postes de luminárias em LED, paisagismo e o manejo arbóreo sustentável. Para quem utiliza o ambiente como espaço de prática de atividades físicas diárias, foi construída uma academia ao ar livre.  A quadra de esportes foi restaurada para prática de futebol e basquete.

Fonte: Política em Foco
Continuar lendo PREFEITURA REFORMA PRAÇA DO DISCO VOADOR EM PONTA NEGRA E ENTREGA NOVO SKATE PARK

NOVO DECRETO DO GOVERNO DO RN PASSA A VALER A PARTIR DESTA SEGUNDA -FEIRA (5) ATÉ O DIA 16 DE ABRIL

Governo do RN retoma toque de recolher a partir desta segunda-feira

04 abr 2021

Portal da Tropical - Notícias - Fátima Bezerra anuncia toque de recolher no RN das 22h às 5h

O decreto em vigor, com todas as suas atuais restrições, foi prorrogado até este domingo (4). Já a partir desta segunda-feira, dia 5, até o dia 16 de abril, passa a valer o novo decreto.

Nele, diz que o funcionamento de lojas, bares, restaurantes, similares ou qualquer outro tipo de estabelecimento comercial considerado não essencial, novamente fica restrito, devendo o atendimento presencial ser suspenso no período de 20h às 6h do dia seguinte, com interrupção total das atividades aos domingos e feriados.

Mais uma vez, fica estabelecido que a fiscalização do funcionamento do comércio deverá ser realizada pelos Municípios, cabendo às forças de segurança pública — como Polícia Militar, Polícia Civil e Corpo de Bombeiros Militar — total apoio ao cumprimento do que determina o decreto estadual.

Em  qualquer  horário  de  incidência  do  toque  de  recolher,  os estabelecimentos  comerciais  de  qualquer  natureza  e  prestadores  de  serviço  poderão  funcionar exclusivamente por sistema de entrega (delivery),  drive-thru  e  take  away.

Não se aplicam as medidas de toque de recolher às seguintes atividades:

  • I – serviços públicos essenciais;
  • II  –  serviços  relacionados  à  saúde,  incluídos  os  serviços  médicos,  hospitalares, atividades de podologia, entre outros;
  • III  –  farmácias,  drogarias  e  similares,  bem  como  lojas  de  artigos  médicos  e ortopédicos;
  • IV – supermercados,  mercados,  padarias,  feiras  livres  e  demais estabelecimentos  voltados  ao  abastecimento  alimentar,  vedada  a  consumação  no  local  no período do toque de recolher;
  • V – atividades de segurança privada;
  • VI – serviços funerários;
  • VII – petshops, hospitais e clínicas veterinária;
  • VIII – serviços de imprensa e veiculação de informação jornalística;
  • IX – atividades de representação judicial e extrajudicial, bem como assessoria e consultoria jurídicas e contábeis e demais serviços de representação de classe;
  • X – correios, serviços de entregas e transportadoras;
  • XI  –  oficinas,  serviços  de  locação  e  lojas  de  autopeças  referentes  a  veículos automotores e máquinas;
  • XII – oficinas, serviços de locação e lojas de suprimentos agrícolas;
  • XIII  –  oficinas  e  serviços  de  manutenção  de  bens  pessoais  e  domésticos, incluindo eletrônicos;
  • XIV  –  serviços  de  locação  de  máquinas,  equipamentos  e  bens  eletrônicos  e eletrodomésticos;
  • XV  –  lojas  de  material  de  construção,  bem  como  serviços  de  locação  de máquinas e equipamentos para construção;
  • XVI – postos de combustíveis e distribuição de gás;
  • XVII – hotéis, flats, pousadas e acomodações similares;
  • XVIII – atividades de agências de emprego e de trabalho temporário; XIX – lavanderias; XX – atividades financeiras e de seguros;
  • XXI – imobiliárias com serviços de vendas e/ou locação de imóveis; XXII – atividades de construção civil;
  • XXIII  –  serviços  de  telecomunicações  e  de  internet,  tecnologia  da  informação  e de processamento de dados;
  • XXIV  –  prevenção,  controle  e  erradicação  de  pragas  dos  vegetais  e  de  doenças dos animais;
  • XXV – atividades industriais;
  • XXVI  –  serviços  de  manutenção  em  prédios  comerciais,  residenciais  ou industriais, incluindo elevadores, refrigeração e demais equipamentos;
  • XXVII – serviços de transporte de passageiros;
  • XXVIII – serviços de suporte portuário, aeroportuário e rodoviário;
  • XXIX – cadeia de abastecimento e logística.
Continuar lendo NOVO DECRETO DO GOVERNO DO RN PASSA A VALER A PARTIR DESTA SEGUNDA -FEIRA (5) ATÉ O DIA 16 DE ABRIL

O NOVO MINISTRO DA SAÚDE, MARCELO QUEIROGA AFIRMOU QUE VAI TRAZER O MINISTÉRIO DE VOLTA À GESTÃO CIVIL

Vamos trazer o ministério de volta a sua gestão civil, diz Queiroga à CNN

Ministro já decidiu fazer pelo menos duas trocas na equipe do ministério: na Secretaria Executiva e na Secretaria de Atenção Especializada à Saúde

Igor Gadelha

Por Igor Gadelha, CNN  

Atualizado 23 de março de 2021 às 22:16

O novo ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, ao lado do general Eduardo PazuelloO novo ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, ao lado do general Eduardo PazuelloFoto: WALLACE MARTINS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

Em sua primeira declaração pública como ministro da Saúde empossado, o cardiologista Marcelo Queiroga afirmou à CNN, na noite desta terça-feira (23), que chega ao comando da pasta com a missão de trazê-la de volta para sua gestão civil.

“Vamos criar a ideia na população de que o ministério está trabalhando para combater a Covid-19. Vamos trazer o ministério de volta para sua gestão civil”, afirmou o médico, que substituiu o general do Exército Eduardo Pazuello no comando da pasta.

Queiroga já decidiu fazer pelo menos duas trocas na equipe do ministério: na Secretaria Executiva e na Secretaria de Atenção Especializada à Saúde. Na gestão Pazuello, ambas eram comandadas por militares: os coronéis de Exército Élcio Franco e Franco Duarte, respectivamente.

Segundo apurou a CNN, o novo ministro pretende indicar como seu secretário-executivo o engenheiro Rodrigo Cruz, atual número 2 do Ministério da Infraestrutura. Já para a Secretaria de Atenção Especializada à Saúde, o nome mais cotado é o do ortopedista Sérgio Okane.

Prioridade máxima

O novo titular da Saúde disse ainda à CNN que sua “prioridade máxima” será o combate à pandemia, com foco na ampliação da vacinação. “Vamos fazer uma gestão técnica, com diálogo com a comunidade científica, para fortalecer o SUS”, afirmou.

Queiroga ressaltou que, nesta quarta-feira (24), deverá participar do encontro do presidente Jair Bolsonaro com outros chefes de poderes, pela manhã, no Palácio da Alvorada. À tarde, tem prevista uma reunião com secretários estaduais de saúde.

O cardiologista foi empossado como novo ministro da Saúde no início da tarde desta terça-feira (23) em uma cerimônia fechada no gabinete de Bolsonaro, no Planalto. “Não é hora de celebrações. É hora de trabalhar para vencer essa doença”, disse à CNN.

Continuar lendo O NOVO MINISTRO DA SAÚDE, MARCELO QUEIROGA AFIRMOU QUE VAI TRAZER O MINISTÉRIO DE VOLTA À GESTÃO CIVIL

SAIBA QUAIS AS ATIVIDADE QUE IRÃO CONTINUAR FUNCIONANDO COM O NOVO DECRETO DA GOVERNADORA DO RN

Por G1 RN

 

Imagem mostra uma das entradas de Natal, pela BR-101, vazia durante pandemia do coronavírus — Foto: Sandro MenezesImagem mostra uma das entradas de Natal, pela BR-101, vazia durante pandemia do coronavírus — Foto: Sandro Menezes

A governadora Fátima Bezerra (PT) anunciou nesta quarta (17) o fechamento das atividades não essenciais no Rio Grande do Norte. Com duração de 14 dias, a medida entra em vigor no sábado (20) e vale até 3 de abril.

O decreto com todas as regras detalhadas deve ser publicado ainda nesta quarta.

“Nenhum gestor gostaria de estar tomando essa decisão. Estou tomando com o senso de responsabilidade que eu tenho como governadora. O que está em jogo nesse momento é a vida das pessoas”, resumiu Fátima Bezerra em entrevista ao RN 2.

Fátima disse que as medidas “mais drásticas” são necessárias para “aumentar a taxa de isolamento social e conter a velocidade da transmissibilidade do vírus”. “Eu sei dos impactos que essas medidas tem pra trabalhadores, empresários, para as famílias de vulnerabilidade social. Mas nesse momento, nós não temos escolha. São vidas”.

“Nós abrimos leitos e mais leitos para pacientes com Covid-19 no RN, mas está provado no Brasil e mundo afora que não basta só abrir leitos de UTI. Há necessidade dessas medidas preventivas”.

De acordo com a recomendação do comitê científico, poderão funcionar durante este período as seguintes atividades consideradas essenciais:

  • Oficinas de veículos automotores, máquinas e equipamentos agrícolas;
  • Locadoras de máquinas e equipamentos agrícolas;
  • Lojas de suprimentos agrícolas;
  • Podólogos;
  • Serviços de saúde;
  • Serviços de segurança privada;
  • Supermercados; Mercados; Hipermercados; Quitandas; Açougues; Peixarias; Padarias;
  • Distribuições de alimentos;
  • Serviços de Delivery;
  • Loja de autopeças;
  • Postos de combustíveis;
  • Farmácias, drogarias e similares;
  • Lojas de artigos médicos e ortopédicos;
  • Hotéis, flats, pousadas e acomodações similares;
  • Lojas de material de construção;
  • Locadoras de máquinas e equipamentos para construção;
  • Petshops, hospitais/clínicas de veterinária;
  • Locadoras de máquinas, equipamentos e bens tangíveis;
  • Atividades de agências de emprego;
  • Atividades de agências de trabalho temporário;
  • Lojas de reparos de computadores e bens pessoais e domésticos;
  • Lavanderias;
  • Serviços funerários;
  • Atividades financeiras e de seguros;
  • Imobiliária com serviços de vendas e/ou locação imóveis;
  • Transportes Públicos coletivos ou não (ônibus, trens, táxis, transportes por aplicativos e outros);
  • Correios e serviços de entregas;
  • Transportadoras;
  • Imprensa.

Com o endurecimento das restrições, a governadora Fátima Bezerra antecipou também que as aulas presenciais nas escolas privadas também serão suspensas neste período em todos os níveis. Todas as regras serão detalhadas no decreto, que ainda será publicado.

Pressão por leitos e aumento de casos

Nesta quarta (17) o RN ultrapassou a marca de 4 mil mortes causadas pela Covid-19. O estado já registra 182.399 casos confirmados da doença.

A alta de casos tem aumentado a pressão no sistema público. Nesta quarta (17) o RN tinha 140 pessoas na fila por um leito de UTI e taxa de ocupação de leitos chegou a 97% em todo o estado.

A Secretaria de Saúde de Natal informou na manhã desta quarta (17) que as quatro unidades de pronto-atendimento (UPAs) da capital estão atendendo com mais de 100% da capacidade e o município tem 60 pacientes confirmados que precisam de leitos de UTI e aguardam regulação, além de 22 pacientes suspeitos aguardando resultado de exame.

Fonte: G1 RN
Continuar lendo SAIBA QUAIS AS ATIVIDADE QUE IRÃO CONTINUAR FUNCIONANDO COM O NOVO DECRETO DA GOVERNADORA DO RN

SAIBA MAIS SOBRE O CURRÍCULO DO NOVO MINISTRO DA SAÚDE MARCELO QUEIROGA

Quem é Marcelo Queiroga, médico que aceitou o convite de Bolsonaro para a Saúde

Presidente da Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC) será o quarto ministro da Saúde do governo Jair Bolsonaro

Guilherme Venaglia, da CNN, em São Paulo

Atualizado 15 de março de 2021 às 22:09

 

O médico cardiologista Marcelo Queiroga aceitou nesta segunda-feira (15) o convite para ser o novo ministro da Saúde, sucedendo o general Eduardo Pazuello. Presidente da Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC), o médico é defensor do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), com quem se encontrou nesta segunda.

Queiroga vem da mesma especialidade e da mesma associação que Ludhmilla Hajjar, médica que recusou convite para assumir o posto hoje ocupado pelo general Eduardo Pazuello por “motivos técnicos” e após receber ameaças de morte, como revelou à CNN.

Ao confirmar a apoiadores que Queiroga seria nomeado para o cargo de ministro da Saúde,

Segundo currículo divulgado na plataforma Lattes, Marcelo Antônio Cartaxo Queiroga Lopes formou-se em Medicina em 1988, pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Ele se tornou residente em Cardiologia em 1992, no Hospital Adventista Silvestre, no Rio de Janeiro.

O currículo Lattes, referência na carreira acadêmica, é preenchido pelo próprio Queiroga, que assume a responsabilidade pela veracidade das informações. A última atualização foi em outubro de 2020.

Ele afirmou ter um doutorado em andamento desde 2010 em Bioética, na Faculdade de Medicina da Universidade do Porto, em Portugual. Marcelo Queiroga afirma trabalhar como diretor do Departamento de Hemodinâmica e Cardiologia do Hospital Alberto Urquiza Wanderley e cardiologista no Hospital Metropolitano Dom José Maria Pires, ambos na Paraíba.

Em seu currículo, Queiroga não lista experiências em gestão pública.

Além da Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC), cuja presidência assumiu em dezembro de 2019, Queiroga afirma ter atuado na Sociedade Brasileira de Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista (SBCHI), no Conselho Regional de Medicina da Paraíba (CRM-PB), no Conselho Federal de Medicina (CFM) e na Associação Paraibana de Medicina (Apmed).

Apoio a Bolsonaro

Busca feita pela CNN no histórico de publicações no Twitter oficial do médico, verificado pela plataforma, há duas menções ao presidente Jair Bolsonaro.

A primeira data de julho de 2019, quando Queiroga publicou uma foto de Bolsonaro conversando, no Congresso, com o então deputado Enéas Carneiro, que o médico definiu como “registro histórico do encontro de dois grandes brasileiros”.

A outra foi em setembro de 2020, quando o médico respondeu a uma publicação do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), que publicou um boletim médico do presidente após uma retirada de cálculo de bexiga.

“Com a graça de Deus nosso presidente Jair Bolsonaro vai superar mais essa adversidade”, escreveu Queiroga ao senador na oportunidade.

Continuar lendo SAIBA MAIS SOBRE O CURRÍCULO DO NOVO MINISTRO DA SAÚDE MARCELO QUEIROGA

REFLEXÃO: SE PERMITIR AO NOVO É DAR UM PRESENTE A SI MESMO, A OPORTUNIDAD DE RECOMEÇAR

Mais um texto incrível publicado por Beth Michepud em seu site Sabedoria Universal é o destaque da nossa edição, aqui na coluna REFLEXÃO. O texto de Alexandro Gruber nos ajuda a perceber que finais doem, mas recomeços curam. Portanto, lhe convido a ler esse texto extraordinário para enriquecer a sua mente, o seu dia e refletir um pouco!

Recomeços curam

 

em 

 

Certamente todos nós, em algum momento da vida, resistimos à alguma mudança. Nenhuma mudança é simples ou fácil, todas requerem uma boa dose de desprendimento e coragem. O texto de Alexandro Gruber nos ajuda a perceber que finais doem, mas recomeços curam.

“Um dia você entende que nem tudo nasceu para “ser para sempre”. Aliás, nada nasceu para ser assim. Existem coisas que são eternas, mas eternidade nunca foi sinônimo de igual. O que é sempre igual não muda, não cresce, não melhora, não evolui.

Chega um momento que algumas coisas precisam ter fim: quando um ciclo se cumpre, quando uma necessidade é atendida, quando um propósito se realizou. E isso vale para pessoas, coisas e situações. Nesse processo muitos fins vão doer. Mais pelo nosso apego a determinada imagem da situação como está, das expectativas e sonhos sobre ela, do que pela partida em si.

Perceber que a vida vai mudar (ou que está mudando) assusta. Muitas vezes machuca. Mas se ater a algo que não nos acrescenta um dia irá doer muito mais. Às vezes algumas pessoas precisam seguir seus caminhos, novas pessoas precisam assumir seus destinos em nossas vidas, situações precisam mudar conforme nossas necessidades de aprendizado, e sempre existem aquelas coisas que precisamos admitir que não nos fazem bem.A sabedoria da natureza nos ensina que a vida tem fases, estações e que ninguém deve manter um fruto que já passou do tempo para ser consumido. Finais doem, mas são saudáveis porque são as portas para o recomeço. Uma vida sem o novo perde todo o seu significado.

É preciso saber colocar pontos finais, deixar ir, concluir velhas histórias, chegar ao fim de antigos caminhos, pois é por detrás da curva de cada história finalizada que estão as novas experiências, as novas oportunidades as situações exatas que vão nos moldar para uma versão melhor. Se permitir ao novo é dar um presente a si mesmo, a oportunidade (e a aventura) de recomeçar! Finais podem doer, mas os recomeços… os recomeços curam! “Luz e Paz!

Fonte: sabedoriauniversal.wordpress.com

Continuar lendo REFLEXÃO: SE PERMITIR AO NOVO É DAR UM PRESENTE A SI MESMO, A OPORTUNIDAD DE RECOMEÇAR

CANDIDATO DO NOVO À APREFEITO DE NATAL FERNANDO PINTO, DESISTE DA CANDIDATURA

Por G1 RN

 

Fernando Pinto, do Novo, foi diagnosticado com Covid-19, segundo equipe de campanha — Foto: Reprodução/Inter TV CabugiFernando Pinto, do Novo, foi diagnosticado com Covid-19, segundo equipe de campanha

O candidato a prefeito de Natal pelo partido Novo, Fernando Pinto, anunciou que desistiu de concorrer às eleições 2020 nesta sexta-feira (16). Ele está internado, tratando uma pneumonia decorrente de uma infecção por Covid-19, e afirmou que, por isso, não teria condições de continuar a campanha.

“Por tratar-se de uma campanha muito curta, em consequência da enfermidade, não terei capacidade física para apresentar minhas propostas para melhorar a cidade de Natal”, afirmou, em nota.

Ainda na nota, o candidato agradeceu aos incentivadores de sua campanha e pediu apoio aos candidatos do partido à Câmara Municipal. Por fim, Fernando Pinto ainda declarou que continuará trabalhando para ajudar a cidade.

O candidato do Novo é o primeiro, entre os concorrentes ao Poder Executivo na capital potiguar a desistir da campanha eleitoral. Agora, o pleito conta com 13 candidatos.

 Fonte: G1 RN

Continuar lendo CANDIDATO DO NOVO À APREFEITO DE NATAL FERNANDO PINTO, DESISTE DA CANDIDATURA

POLÍTICA: CANDIDATO DO PARTIDO NOVO DIZ QUE TRÁFICO NEM DEVERIA SER CRIME

Novo começa a mostrar a cara: Candidato do partido diz: “tráfico nem devia ser crime”

LER NA ÁREA DO ASSINANTE

Fotomontagem: Marcelo Castro e André do Rap

Não demorou muito…

Gradativamente o Partido Novo vem mostrando sua verdadeira face!

O candidato a vereador na cidade de São Paulo, empresário Marcelo Castro, defendeu em suas redes sociais a decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Marco Aurélio Mello, que mandou soltar o traficante André do Rap.

Até ai, tudo bem. A argumentação usada é que é chocante, estapafúrdia.

Segundo Castro, o “tráfico nem devia ser crime”.

“O tal do “André do Rap” tava preso temporariamente há um ano.

A lei é clara: prisão preventiva por mais de 90 dias tem que ser fundamentada. Não foi. Acerta MAM (Marco Aurélio Mello).

Ademais, o cara foi preso por tráfico, não por assassinato ou latrocínio.

Tráfico nem devia ser crime”, escreveu o candidato.

Confira:

Posteriormente, Marcelo Castro afirmou que não sabia que o caso tratava “de um chefão do PCC”.

“Com esse nome, achei que era vendedor de droga de baile funk”, tentou justificar.

Confira:

A carapuça de Amoêdo e sua turma vai caindo!

O Novo não é “novo”. O Novo é um engodo.

Fonte: Jornal da Cidade Online

Continuar lendo POLÍTICA: CANDIDATO DO PARTIDO NOVO DIZ QUE TRÁFICO NEM DEVERIA SER CRIME

NOVO CÓDIGO DE TRÂNSITO QUE MUDA REGRA DA CNH FOI SANCIONADO COM VETOS POR BOLSONARO

Bolsonaro sanciona com vetos novo Código de Trânsito que muda regras da CNH

Da CNN, em São Paulo

 Atualizado 14 de outubro de 2020 às 03:03

Motoristas enfrentam trânsito na zona sul após novas medidas de isolamento em SPTrânsito de veículos em São Paulo
Foto: CNN (04.mai.2020)

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) sancionou com vetos, nesta terça-feira (13), a lei que muda o Código de Trânsito Brasileiro (CTB) e aumenta a validade e o limite de pontos para a suspensão da Carteira Nacional de Habilitação (CNH). A sanção foi antecipada pelo presidente em transmissão nas redes sociais na terça-feira e, pela noite, a Secretaria-Geral da Presidência dilvugou detalhes sobre trechos vetados. Posteriormente, a medida foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta quarta-feira (14).

As novas regras passarão a valer após seis meses (180 dias) a partir da publicação.

 

“Até lá, se vencer os cinco anos de habilitação, você vai ter de tirar outra carteira, tá certo? Então, esse prazo existe para que todo mundo tome consciência para não cometer infrações, tá certo? Esse é o objetivo desses 180 dias”, comentou Bolsonaro ao anunciar o prazo.

O presidente destacou, ainda, que o objetivo das mudanças no CTB propostas pelo governo é o de “facilitar a vida do motorista”.

Segundo Bolsonaro, modificações como o aumento da pontuação máxima beneficiarão motoristas profissionais, como taxistas, caminhoneiros e motoristas de aplicativo. “Estamos dando uma chance maior para elemento que cometeu uma infração de trânsito continuar com a sua carteira. Tirar a carteira de habilitação dessas pessoas é tirar o ganha-pão deles”, ressaltou.

Novos prazos e mudança na pontuação

Entre as principais alterações sancionadas estão a ampliação da validade da CNH e o aumento do número de pontos para que a carteira de habilitação seja suspensa. Veja o que mudará:

Maior validade da CNH

Em relação ao tempo para renovação do documento fica definido o seguinte: 10 anos para condutores com menos de 50 anos; 5 anos para condutores com idade igual ou superior a 50 anos e inferior a 70 anos; 3 anos para condutores com 70 anos ou mais.

Pontuação maior para perder carteira

Sobre as alterações na pontuação para suspensão de dirigir fica estipulado:  20 pontos, caso constem 2 ou mais infrações gravíssimas na pontuação; 30 pontos, caso conste 1 infração gravíssima na pontuação;  40 pontos, caso não conste nenhuma infração gravíssima na pontuação. No caso de o condutor exercer atividade remunerada utilizando-se do veículo, a penalidade será imposta quando o infrator atingir o limite de 40 pontos.

Outras regras

Além disso, a partir de agora, em casos de lesão corporal e homicídio causados por motorista sob efeito de álcool ou outro psicoativo a pena de reclusão não poderá ser substituída por outra mais branda, ou seja, ‘restritiva de direitos’

Ainda, o exame de aptidão física e mental passa a ser realizado no local de residência ou domicílio do examinado.

Vetos

A Secretaria-Geral antecipou vetos do presidente de trechos ou artigos na íntegra. Veja os trechos retirados do projeto de lei:

Especialista em medicina de tráfego

Sob a justificativa de inconstitucionalidade e busca pelo interesse público, no artigo 147, que exames médicos para a aprovação da CNH, foi vetada a expressão “com titulação de especialista em medicina de tráfego” para o especialista que realiza exames. Segundo o governo, o termo viola o princípio constitucional do livre exercício de qualquer trabalho, ofício ou profissão, desde que atendidos os requisitos mínimos de qualificação profissional.

Em consequência, vetou-se também o art. 5° do PL, sobre requisitos a médicos e peritos, pela razão de “não se mostrar adequada a previsão de restringir a realização dos exames de aptidão física e mental apenas aos médicos e psicólogos peritos examinadores, com titulação de especialista em medicina do tráfego e em psicologia do trânsito”.

Circulação de motociclistas entre os demais veículos

O presidente vetou na íntegra o artigo 56-A, que permitiria “a passagem de motocicletas, motonetas e ciclomotores entre veículos de faixas adjacentes no mesmo sentido da via quando o fluxo de veículos estiver parado ou lento”. Por consequência, também foi vetado o parágrafo único do artigo 211, sobre aplicação de infrações à passagem de motocicletas, motonetas e ciclomotores.

Na justificativa, Bolsonaro afirma que “em que pese a boa intenção do legislador, o dispositivo restringe a mobilidade e gera insegurança jurídica”.

A explicação do presidente acrescenta que “atualmente, há ampla possibilidade de circulação entre os veículos e a proposta reduz a mobilidade das motocicletas, motonetas e ciclomotores, que é o diferencial desses veículos que colaboram, inclusive, na redução dos congestionamentos. Além disso, a dificuldade de definição e aferição do que seja ‘fluxo lento’ aumenta a insegurança jurídica, sendo inviável ao motociclista verificar se está atendendo eventual regulamentação do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), gerando insegurança jurídica na aplicação da norma”.

Autorização especial para tráfego de veículo de transporte de carga

Foi vetado o 1º parágrafo do artigo 101, que previa que a emissão de Autorização Especial de Trânsito (AET) para todo veículo ou combinação de veículos utilizados no transporte de carga, que não se enquadre nos limites de peso e dimensões estabelecidos pelo Contran, seria concedida por meio de requerimento que especifique as características do veículo ou da combinação de veículos e da carga, o percurso, a data e o horário do deslocamento inicial ou o período a ser autorizado.

Segundo o presidente, “embora se reconheça o mérito da proposta, a medida poderia inviabilizar as atividades do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT). Esse dispositivo contraria o interesse público ao promover um acréscimo de demanda desproporcional às atividades atualmente desempenhadas pelo DNIT”.

Avaliação psicológica do condutor

Bolsonaro vetou o 1º parágrafo do artigo 268, que determinava a realização de avaliação psicológica ao condutor que colocar em risco a segurança do trânsito

Segundo a Presidência, a inclusão desse inciso “contraria o interesse público por gerar insegurança jurídica, ao encerrar norma restritiva de direito aberto e que admite interpretação, diante da ausência de critérios objetivos que a sustentem. Ademais, o dispositivo trata a avaliação psicológica como uma punição, o que não se coaduna com as punições estabelecidas no CTB”.

Comunicação sobre transferência de propriedade do veículo

O presidente vetou o artigo 233-A, que previa multa aplicável ao antigo proprietário (vendedor), caso este deixasse de encaminhar ao órgão executivo de trânsito do Estado ou do Distrito Federal o comprovante de transferência de propriedade, no prazo de 60 dias, depois de expirado o prazo concedido ao comprador do veículo.

Na justificativa, Bolsonaro afirmou que “a medida contraria o interesse público ao instituir a dupla penalização ao vendedor, uma vez que o art. 134 da proposta de alteração do CTB já prevê a penalidade de responsabilização solidária em relação à multa imposta ao comprador, caso ele não informe quem é o novo titular do veículo”.

Novo projeto em 2021

Na transmissão em que anunciou a sanção com vetos ao projeto, Bolsonaro afirmou que o governo federal deve enviar em 2021 outro projeto para mudar a legislação de trânsito, já que o Congresso alterou o texto original enviado pelo Executivo.

“Não era aquilo que queríamos, mas houve algum avanço e com toda certeza no ano que vem a gente pode apresentar um novo projeto buscando corrigir mais alguma coisa”, disse, em transmissão nas redes sociais junto com o ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas. Segundo Bolsonaro, um dos pontos que deverá constar em um novo projeto no ano que vem é o exame de saúde e aptidão por qualquer médico, o que hoje ocorre em clínicas específicas.

“Queremos que a inspeção de saúde, que não foi aceita pela Câmara agora, fosse feita por qualquer médico”, disse. Segundo o presidente, a ideia é “acabar com o monopólio das clínicas” e diminuir os custos para o cidadão.

Fonte: CNN

Continuar lendo NOVO CÓDIGO DE TRÂNSITO QUE MUDA REGRA DA CNH FOI SANCIONADO COM VETOS POR BOLSONARO

NOVO MÍSSIL BALÍSTICO INTERCONTINENTAL É EXIBIDO PELA COREIA DO NORTE

 

Coreia do Norte exibe novo míssil balístico intercontinental

Durante desfile militar, um novo míssil balístico intercontinental foi apresentado pelo exército da Coreia do Norte

INTERNACIONAL

Da EFE

Kim Jong-un inspecionando guardas durante desfile militar onde novo míssil foi exibido

O Exército da Coreia do Norte exibiu neste sábado (10), durante desfile militar na capital Pyongyang, um novo MBI (míssil balístico intercontinental) com uma envergadura maior do que o Hwasong-15, o projétil de maior alcance testado pelo regime até agora.

Este novo míssil, cujo nome é desconhecido e Pyongyang ainda não testou, foi um dos novos ativos do programa de mísseis que a Coreia do Norte exibiu durante este desfile militar realizado hoje para marcar o 75º aniversário do partido único.

A Coreia do Norte não lança um MBI em caráter experimental desde novembro de 2017 – quando testou o Hwasong-15 -, coincidindo com sua virada diplomática para tentar negociar um acordo de desnuclearização com os Estados Unidos, apesar das negociações com Washington nesta área esteja estagnada há quase dois anos.

Embora o líder norte-coreano Kim Jong-un tenha evitado enviar uma mensagem dura aos EUA em seu discurso antes do desfile, a exibição de um novo projétil maior que o Hwasong-15 – que tem capacidade potencial para atingir o território americano -, por outro lado, transmite a ideia de que Pyongyang seguirá desenvolvendo mísseis cada vez mais sofisticados se não fizer as pazes com Washington. Nesse sentido, Kim disse que seu regime “continuará fortalecendo sua força militar de autodefesa e dissuasão”, mas assegurou que “nunca” a usará para atacar preventivamente.

Entre as novidades exibidas no desfile também estavam os novos TEL (lançadores eretores móveis de grande porte) que transportavam o novo míssil mencionado, bem como outro novo projétil de alcance intermediário aparentemente chamado Pukguksong-4.

Pyongyang também apresentou novos sistemas de radar antiaéreo, novos lançadores de mísseis de tração sobre esteiras e até novas blindagens para suas unidades de infantaria.

Tudo isso levanta dúvidas sobre o cumprimento das sanções impostas pelo Conselho de Segurança da ONU (Organização das Nações Unidas) como punição por seus testes de armas, que visam cortar o fornecimento de materiais e tecnologia para o programa nuclear e de mísseis do exército norte-coreano.

 

Continuar lendo NOVO MÍSSIL BALÍSTICO INTERCONTINENTAL É EXIBIDO PELA COREIA DO NORTE

ECONOMIA: ESTAMOS VIVENCIANDO O NOVO FANATISMO DO SÉCULO, O LOCKDOWN

Nesta edição desta sexta-feira, aqui na coluna ECONOMIA você vai conhecer a mais nova ideologia totalitária que se chama “Lockdown”. Fruto da polaridade que assolou e tomou conta do mundo a partir de 2018, o Lockdown tomou corpo a partir da pandemia do coronavírus e se tornou o novo fanatismo do século. Então, convido você a ler o artigo completo a seguir e conhecer com mais profundidade essa nova ideologia política.

Lockdown: a nova ideologia totalitária

Vivenciamos o novo fanatismo do século

 

Toda ideologia política tem três elementos: uma visão do inferno com um inimigo que tem de ser esmagado; uma visão de um mundo mais perfeito; e um plano de transição de um para o outro.

Os meios de transição geralmente envolvem a tomada e a subsequente utilização total da ferramenta mais poderosa da sociedade: o estado.

Por esta razão, a tendência das ideologias é serem totalitárias. Eles dependem fundamentalmente de sobrepujar as preferências e escolhas dos indivíduos e substituí-las por um sistema de crenças e comportamentos planejado por algum comitê de iluminados.

Um caso óbvio é o comunismo. O capitalismo é o inimigo. Controlar os trabalhadores e abolir a propriedade privada seria o paraíso. E os meios para se alcançar isso seriam a expropriação violenta das posses da burguesia, com o assassinato dos resistentes.

O socialismo oferece uma versão mais suave do mesmo projeto: na tradição fabiana, você alcança estes mesmos objetivos por meio do planejamento econômico gradual.

A ideologia do racismo postula algo diferente. O inferno seria a integração étnica e a mistura de raças. O paraíso seria a homogeneidade racial. E os meios de mudança são a marginalização ou o genocídio de algumas raças.

O fascismo vê o livre comércio global, o individualismo e a imigração como os inimigos, ao passo que um poderoso nacionalismo seria o paraíso. E a maneira de se fazer a transição é tendo um grande líder. Você pode observar as mesmas características em certos tipos de tradicionalismo religioso teocrático.

Cada uma dessas ideologias vem com um foco intelectual principal, algum tipo de estória projetada para chamar a atenção. Exploração. Desigualdade. Teoria racial. Identidade nacional. Salvação. E cada uma vem com sua própria linguagem para sinalizar o apego à ideologia.

Praticamente todas as ideologias acima já são bem conhecidas e já estão bem desgastadas. O mundo já tem muita experiência prática com cada uma delas. É possível simplesmente recorrer à história para observar os padrões, reconhecer seus apoiadores e refutar suas teorias.

A nova ideologia totalitária

Este ano de 2020 nos deu uma nova ideologia com tendências totalitárias. Ela possui uma visão do inferno, do céu e um meio de transição. Possui um aparato de linguagem único. Tem um foco mental. Possui sistemas de sinalização para revelar e recrutar adeptos.

Essa ideologia tornou-se mundialmente conhecida como “lockdown”. Podemos também adicionar o sufixo “ismo” à palavra: lockdownismo.

Sua visão do inferno é uma sociedade na qual os patógenos circulam livremente. Seu paraíso é uma sociedade controlada inteiramente por tecnocratas médicos, cuja principal tarefa é a supressão de todas as doenças. O foco mental são os vírus e outras pragas. A antropologia é considerar todos os seres humanos como pouco mais do que sacos recheados de patógenos mortais. As pessoas suscetíveis à ideologia são as pessoas com vários graus de misofobia — outrora considerada um problema mental, mas que agora foi elevado à condição de consciência social.

Este ano foi o primeiro teste do lockdownismo. Ele já chegou impondo os controles mais intrusivos, abrangentes e praticamente globais de seres humanos na história registrada. Mesmo em países onde o Estado de Direito e as liberdades individuais são fontes de orgulho nacional, as pessoas foram colocadas em prisão domiciliar. Suas igrejas e empresas foram fechadas. Milhões de empreendedores e trabalhadores foram humilhados pelo estado, o qual, além de proibi-los de trabalhar, ainda afirmou que suas atividades não eram essenciais para ninguém. A polícia foi estimulada a impingir todos os decretos draconianos e a prender dissidentes que oferecessem qualquer resistência.

A devastação é comparável a períodos de guerra, exceto pelo fato de que foi uma guerra imposta pelo governo ao direito das pessoas de se locomoverem e comercializarem livremente.

E o que é mais impressionante é que, depois de tudo isso, ainda não foi apresentada uma mísera evidência empírica, de qualquer lugar do mundo, de que esta política totalitária, estupefaciente e sem precedentes teve algum efeito em controlar o vírus, para não dizer em aniquilá-lo.

Ainda mais impressionante, os poucos locais que permaneceram completamente abertos (Dakota do Sul, Suécia, Tanzânia, Bielorrússia) não perderam mais do que 0,06% da sua população para o vírus, em contraste a locais como Nova York e Grã-Bretanha, que se fecharam totalmente e apresentaram as mais altas taxas per capita de mortalidade.

A mesma metodologia

Logo no início, a maioria das pessoas concordou, pensando que a mediada era de alguma forma necessária e de curto prazo. Duas semanas se estenderam para 30 dias, que se estenderam para 7 meses, e agora somos informados de que nunca haverá um momento em que não mais seremos obrigados a continuar professando essa nova fé de política pública. Trata-se explicitamente de um novo totalitarismo. E, como ocorre com todos esses regimes, há um conjunto de regras para os governantes e outro distinto para os governados.

O aparato da linguagem agora é incrivelmente familiar: achatamento da curva, desaceleração da disseminação, distanciamento social, contenção em camadas direcionadas, intervenção não-farmacêutica.

O inimigo é o vírus e qualquer pessoa que não esteja vivendo sua vida de maneira exclusivamente voltada a evitar a contaminação. Como você não pode ver o vírus, isso geralmente significa gerar uma paranóia sobre O Outro: alguém diferente de você tem o vírus. Qualquer um pode ser um super disseminador, e você pode reconhecê-los por seu comportamento desobediente e não-submisso.

Repentinamente, “especialistas” e autoridades ao redor do mundo impuseram restrições sobre quem você pode receber em sua casa, proibiram todos os eventos, aboliram as viagens, e até mesmo atiçaram desconfiança contra animais de estimação. Tudo isso levou ao efetivo desmantelamento da rotina em todas as cidades, algo que ainda está longe de se recuperar.

O novo puritanismo e o desprezo pelas consequências

A postura dos adeptos do lockdown almeja uma sociedade de volta ao estado da natureza, com uma idílica purificação da vida. Essa neurose com uma sociedade sem patógenos ajuda a explicar uma das mais estranhas características do lockdownismo: seu puritanismo.

Observe que o lockdown atacou especialmente qualquer coisa que se pareça com diversão: filmes, teatros, eventos culturais, esportes, viagens, boliche, bares, restaurantes, hotéis, academias e clubes. Ainda agora existem locais com toques de recolher para impedir as pessoas de ficarem fora de casa até tarde — sem absolutamente nenhuma justificativa médica.

Se uma atividade é divertida, ela vira um alvo.

Existe um elemento moral aqui. O pensamento é que, quanto mais as pessoas estão se divertindo, quanto mais escolhas elas fazem por conta própria, mais doenças (pecados) se espalham. Trata-se de uma versão sanitária da ideologia religiosa de Savonarola, que levou à Fogueira das Vaidades.

O lockdownismo tem todos os elementos esperados. Tem um foco maníaco em uma única preocupação — a presença de patógenos —, com a exclusão de todas as demais preocupações. A menor das preocupações é a liberdade humana. A segunda menor preocupação é a liberdade de associação. A terceira menor preocupação são os direitos de propriedade. Tudo isso deve se curvar à disciplina tecnocrática dos mitigadores de doenças.

As constituições e os limites ao governo não importam. E observe também quão pouco a terapêutica médica aparece. Não se trata de fazer as pessoas melhorarem. Trata-se apenas de controlar toda a vida.

E vale notar também que não se deu a mais mínima atenção para as consequências não-premeditadas. A destruição de milhares de pequenas empresas e empregos levou milhões à depressão (com aumento substantivo no número de overdoses e suicídios). As vidas de incontáveis milhões ao redor do mundo foram despedaçadas. Em outras palavras, o lockdown não apenas não alcança bons resultados em termos de saúde pública, como, ao contrário, ele faz o oposto.

Isso nada mais é do que puro fanatismo, uma espécie de insanidade forjada por uma visão selvagem de um mundo unidimensional em que toda a vida é organizada em torno da prevenção de doenças.

Note-se, também, a ignorância (intencional) do fato de que nossos organismos (por meio do sistema imunológico) evoluíram junto com os vírus ao longo de um milhão de anos. Não há nenhum reconhecimento dessa realidade, mesmo entre os “especialistas”.

Ao contrário, o único objetivo é tornar o “distanciamento social” o novo credo nacional.

O objetivo

Isso tem de ser dito mais claramente: o que tudo isso realmente significa é a imposição da separação humana forçada. Significa o desmantelamento de mercados, cidades, eventos esportivos presenciais e o fim do seu direito de circular livremente.

Todo o argumento se baseia em um simples erro: a crença de que mais contato humano dissemina mais doença e mortes. Em contraposição a essa insanidade, o eminente epidemiologista de Oxford Sunetra Gupta argumenta que a globalização e mais contato humano amplificaram as imunidades e tornaram a vida vastamente mais segura para todos.

Os defensores do lockdown foram surpreendentemente bem-sucedidos em convencer as pessoas de seus pontos de vista malucos. Todo o necessário é você acreditar que o único objetivo de todos na sociedade é evitar o vírus. A partir daí, todas as implicações se tornam explícitas. Antes que você perceba, você já se juntou a um novo culto totalitário.

Para concluir

Os lockdowns estão cada vez menos parecidos com um gigantesco erro e cada vez mais semelhantes a uma ideologia política fanática, um experimento político que ataca frontalmente os postulados básicos da civilização.

Já passou da hora de levarmos essa ideologia a sério e combatê-la com o mesmo fervor com o qual indivíduos livres resistiram a todas as outras ideologias maléficas que visavam a destituir a humanidade de toda a sua dignidade, e a substituir as liberdades individuais pelos terríveis sonhos de intelectuais e seus fantoches empoleirados nos governos.

Fonte: Mises Brasil

Continuar lendo ECONOMIA: ESTAMOS VIVENCIANDO O NOVO FANATISMO DO SÉCULO, O LOCKDOWN

É HORA DE UM VERDADEIRO PACTO NACIONAL PELA QUALIDADE DA EDUCAÇÃO, DIZ NOVO MINISTRO MILTON RIBEIRO

Educação é ideal que deve nos unir, diz novo ministro Milton Ribeiro

Anna Satie, da CNN em São Paulo

10 de julho de 2020 às 21:57

O presidente Jair Bolsonaro ao lado do ministro da Educação, Milton RibeiroO presidente Jair Bolsonaro ao lado do ministro da Educação, Milton Ribeiro

novo ministro da Educação, Milton Ribeiro, fez uma publicação no Facebook na noite desta sexta-feira (10) em que diz que a qualidade da educação deve ser ideal para unir toda a sociedade.

“É hora de um verdadeiro pacto nacional pela qualidade da educação em todos os níveis. Precisamos de todos: da classe política, academia, estudantes, suas famílias e da sociedade em geral. Esse ideal deve nos unir”, escreveu.

Com uma foto ao lado do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), ele anunciou sua indicação ao cargo e disse que trabalhará “incansavelmente para atender às mais altas expectativas e necessidades do nosso grande país”.

Ribeiro falou que sua atuação se dará em conjunto com estados, municípios e seus gestores, e que sabe da responsabilidade de sua missão.

Entre os desafios do novo titular estão a realização do Enem e a volta às aulas em meio à pandemia, assim como a renovação do Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica), que vigora apenas até dezembro —sua prorrogação depende de votação no Congresso.

Pastor presbiteriano, Ribeiro é o quarto nome a passar pelo MEC em pouco mais de um ano e meio de governo Bolsonaro. Antes dele, vieram Ricardo Vélez Rodríguez, Abraham Weintraub e Carlos Alberto Decotelli, que não chegou a ser empossado.

Fonte: CNN

Continuar lendo É HORA DE UM VERDADEIRO PACTO NACIONAL PELA QUALIDADE DA EDUCAÇÃO, DIZ NOVO MINISTRO MILTON RIBEIRO

DONALD TRUMP FORMALIZOU NESTA TERÇA FEIRA O INÍCIO DO ROMPIMENTO DOS EUA COM A OMS

Em meio a novo pico de coronavírus no país, Trump oficializa saída dos EUA da OMS

Decisão foi anunciada em maio e formalizada agora, mas só se concretizará daqui a um ano. Pano de fundo é disputa geopolítica com a China

INTERNACIONAL

por 

BBC NEWS BRASIL

Trump oficializa saída de EUA da Organização Mundial da SaúdeTrump oficializa saída de EUA da Organização Mundial da Saúde EPA

Depois de culpar repetidas vezes a Organização Mundial da Saúde (OMS) pelos maus resultados causados pela pandemia de coronavírus no mundo, de suspender o repasse de verbas para a organização e de ameaçar deixar seu assento no órgão, o presidente dos Estados Unidos Donald Trump formalizou o início do rompimento com a OMS nesta terça-feira, dia 7.

Em uma carta enviada a António Guterres, secretário-geral da ONU, a administração Trump informa que o país quer dar início formal ao processo de retirada da OMS, braço das Nações Unidas para a saúde.

Ao fazer o movimento, Trump notificou o Congresso, que precisará dar sua anuência nas diversas fases de desligamento entre o país e a organização multilateral. Uma resolução aprovada pelos congressistas americanos em 1948 permite a retirada dos Estados Unidos da OMS, mas determina que o procedimento deverá levar pelo menos um ano. Os americanos também terão que pagar uma série de taxas pela renúncia à posição, que só aconteceria definitivamente em julho de 2021.

Disputa com a China

Os Estados Unidos são hoje o maior financiador da OMS, responsáveis por cerca de 15% de todo o orçamento anual do órgão. Apenas em 2019, o governo americano repassou US$ 400 milhões ao órgão.

No entanto, desde março, o presidente americano passou a atacar a OMS e suas ações para combater a epidemia. Trump acusa a instituição de ter acobertado a falta de transparência dos chineses em relação ao vírus, o que teria levado ao espalhamento planetário do SARS-CoV2.

A China se tornou nos últimos anos o principal adversário dos americanos na arena internacional. Para Trump, ao atirar na OMS, ele acerta a China e, com isso, pode ganhar pontos com seu eleitorado conservador, pouco simpático aos chineses.

Além disso, a quatro meses de enfrentar as urnas para tentar se reeleger, Trump tem repetido que fez o melhor que podia para conter a epidemia no país e que, se os resultados não foram ideais, isso aconteceu por uma falha da OMS em orientar os países.

“Bater na OMS como cúmplice da China traz poucos riscos para os interesses americanos e pode ser decisivo para alguns eleitores na campanha de Trump”, explica Michael Cornfield, analista político da Universidade George Washington.

O governo americano já afirmou que propôs reformas do órgão, condição para que o país se mantivesse entre os quadros. Sem uma resposta positiva da organização, no fim de maio, Trump afirmou “nós vamos romper nossa relação com a OMS e direcionar os fundos” para organizações de caridade sanitária internacional.

Futuro incerto

O descontentamento do governo Trump com organismos multilaterais não é uma novidade e tem crescido conforme aumenta o peso e a presença da China nesses fóruns. Para alguns analistas, no entanto, ao se retirar da discussão no escopo da OMS, os americanos deixam o caminho livre para que a China ocupe esse vazio de poder.

China e Estados Unidos se engajaram em uma disputa para, em meio a epidemia, determinar quem espalha mais recursos e ajuda globalmente, em uma diplomacia de luvas e máscaras que tenta garantir áreas de influência.

O líder democrata da Comissão de Relações Internacionais, senador Robert Menendez, não poupou críticas diante do anúncio de retirada dos Estados Unidos da OMS em meio ao novo pico de casos de coronavírus pelo país nas últimas duas semanas. Até agora, os americanos já perderam mais de 130 mil pessoas para a doença e se tornaram a nação com maior número absoluto de vítimas fatais e casos.

“O Congresso recebeu a notificação de que o presidente oficialmente retirou os Estados Unidos da OMS, em meio a uma pandemia. Chamar a resposta de Trump ao coronavírus de caótica e incoerente seria pouco. Isso não vai proteger nem as vidas nem os interesses americanos, vai apenas deixar os americanos doentes e sozinhos”.

Embora tenha sido formalmente iniciada, a saída dos Estados Unidos da OMS não necessariamente vai se concretizar. Caso o democrata Joe Biden vença as eleições presidenciais em novembro e assuma o controle do país no ano que vem, o processo deve ser revertido. Biden já afirmou ao longo da campanha que pretende fortalecer a presença americana em organismos multilaterais como a OMS.

Continuar lendo DONALD TRUMP FORMALIZOU NESTA TERÇA FEIRA O INÍCIO DO ROMPIMENTO DOS EUA COM A OMS

Fim do conteúdo

Não há mais páginas para carregar