PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 11 DE JUNHO DE 2021 POR G1

Por G1

 

Bom dia. Marcelo Queiroga fala após Bolsonaro pedir estudo para desobrigar o uso de máscaras. CPI da Covid recebe a microbiologista Natália Pasternak e o sanitarista Cláudio Maierovitch, ex-presidente da Anvisa. O Brasil ultrapassa 480 mil mortes por Covid. Pfizer entrega à CPI documento que mostra tentativa de contato com a embaixada brasileira em Washington em agosto do ano passado. STF rejeita ações contra Copa América e permite realização do torneio. Reorganização do mundo pós-pandemia é tema do G7. Família de Kathlen presta depoimento. As lives da véspera de Dia dos Namorados. Entenda o pagamento de direitos autoraisFatos e pessoas mostram aflições dos jornalistas na pandemia.

Queiroga em SP

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, faz nesta sexta-feira (11) um pronunciamento à imprensa em São Paulo, um dia após o presidente Jair Bolsonaro declarar que pediu a ele um “parecer” para desobrigar o uso de máscaras por quem estiver vacinado contra a Covid ou por quem já tiver contraído a doença. Especialistas ouvidos pelo G1 consideram a medida uma “temeridade”.

Na noite desta quinta, em vídeo gravado pela assessoria do Ministério da Saúde, Queiroga confirmou: “Recebi do presidente solicitação para fazer um estudo acerca do uso das máscaras”. Segundo Queiroga, Bolsonaro “acompanha o cenário internacional” e “vê que em outros países onde a campanha de vacinação já avançou, as pessoas já estão flexibilizando” o uso das máscaras.

“Então, vamos atender essa demanda do presidente, que está sempre preocupado com pesquisas em relação à Covid.”

O ministro, no entanto, vem defendendo o uso da proteção e reiterou a recomendação em depoimento à CPI da Covid, no início de maio.

CPI DA COVID

Natalia Pasternak e Cláudio Maierovitch — Foto: Divulgação e Marcello Casal Jr/Agência Brasil.Natalia Pasternak e Cláudio Maierovitch — Foto: Divulgação e Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Ainda nesta sexta, a microbiologista Natalia Pasternak e o médico sanitarista Cláudio Maierovitch, ex-presidente da Anvisa, serão ouvidos na CPI da Covid. Os especialistas, defensores das medidas restritivas e do uso de máscaras como forma de prevenção do coronavírus, foram convidados pela comissão para discutir aspectos técnicos da pandemia.

Números da Covid

Brasil chegou à marca de 482.135 mortes, com registro 2.344 óbitos em 24 horas. Com isso, a média móvel de mortes nos últimos 7 dias chegou a 1.764.

É o 23º dia seguido de estabilidade na comparação com duas semanas atrás. Isso significa que o ritmo atual das mortes por Covid tem se assemelhado mais a um platô do que a uma queda ou a um aumento na curva, e isso em patamar bastante elevado.

E a vacinação? O Brasil tem 11,11% da população que tomou as duas doses de vacinas contra a Covid desde o começo das aplicações em janeiro. No total, somando a primeira e a segunda doses, 76.311.926 doses da vacina foram aplicadas em todo o país.

Pfizer ignorada

Pfizer procurou embaixada do Brasil nos EUA para ter resposta sobre oferta de vacinas
Pfizer procurou embaixada do Brasil nos EUA para ter resposta sobre oferta de vacinas

Em 27 de agosto do ano passado, a Pfizer procurou a embaixada brasileira em Washington para pedir ajuda junto ao governo brasileiro para obter uma resposta sobre a compra dos imunizantes pelo Brasil.

A informação foi repassada pela embaixada ao Itamaraty, que recebeu a informação no dia seguinte. O documento sigiloso foi obtido pela TV Globo. As recusas do governo federal em responder a Pfizer são alvo da CPI da Covid. A cúpula da comissão entende que o Brasil teria vacinado uma parcela maior da população se tivesse fechado o contrato com a empresa ainda em 2020.

Vacinação em São Paulo

A cidade de São Paulo inicia nesta sexta a vacinação contra a Covid-19 de profissionais da educação com idade entre 18 e 44 anos. A estimativa da Prefeitura de São Paulo é que 83.359 pessoas deste grupo sejam imunizadas.

Estão elegíveis professores de todos os ciclos da educação básica e temporários da educação estadual, municipal, privada ou federal. Também estão incluídos nesta fase auxiliares de serviços gerais, de limpeza, mediadores, merendeiras, monitores, cuidadores, diretores e vice-diretores, assim como secretários e coordenadores.

Estalo e demolição

Moradores deixam prédio no Rio às pressas após ouvirem 'estalos'; Imóvel vai ser demolido hoje
Moradores deixam prédio no Rio às pressas após ouvirem ‘estalos’; Imóvel vai ser demolido hoje

Após vistoria da Defesa Civil do Rio em prédio na comunidade de Rio das Pedras, onde moradores relataram estalos técnicos constataram que dois andares terão que ser demolidos. Os 3º e 4º andares estão sobrecarregando os pavimentos inferiores e podem desabar. A demolição será realizada nesta manhã.

O prédio de quatro andares fica na Rua Estrela Dalva, nº 185. Após a demolição de dois andares, prédio passará por nova vistoria.

Os agentes da Defesa Civil também interditaram, de forma preventiva, outro prédio de quatro pavimentos que fica ao lado (número 195). Não foram constatados danos à estrutura, mas o imóvel só será liberado após a conclusão da demolição do prédio vizinho.

G7

A reorganização de um mundo abalado pela pandemia será a pauta determinante do encontro do G7 deste ano, que começa nesta sexta e vai até a domingo em Carbis Bay, no Reino Unido.

Na véspera do início oficial da cúpula, o governo britânico anunciou que os membros do G7 vão distribuir 1 bilhão de doses de vacinas a países pobres, com o objetivo de acabar com a pandemia até 2022.

O evento também é cercado pela expectativa da estreia Joe Biden como presidente dos Estados Unidos. Nesta quarta, ele já declarou “que os EUA estão de volta”.

Copa América

O Supremo Tribunal Federal (STF) rejeitou duas ações que pediam a suspensão da Copa América no Brasil. Com isso, ficou confirmada a realização do evento a partir do próximo domingo (13) em quatro sedes (Rio de Janeiro, Goiás, Mato Grosso e Distrito Federal).

Marcas fora do torneio

Embora a realização da Copa América tenha sido liberada pelo STF, o torneio acumula desgastes. Algumas empresas desistiram de expor suas marcas no evento, apesar de não terem retirado o patrocínio. Com a crise sanitária no Brasil e o afastamento de Rogério Caboclo da CBF após denúncias de assédio sexual, a companhia inglesa Diageo (dona da Johnnie Walker e Smirnoff), a Mastercard e a Ambev recuaram do evento.

Família de Kathlen presta depoimento

VÍDEO: 'As vidas só importam na Zona Sul', diz mãe da grávida morta no Rio
VÍDEO: ‘As vidas só importam na Zona Sul’, diz mãe da grávida morta no Rio

A Polícia Civil deve ouvir nesta sexta a avó, os pais e o namorado de Kathlen Romeu, que morreu baleada em uma ação da PM no Complexo de Lins, no Rio. A designer de interiores, que tinha 24 anos e estava grávida, foi atingida no tórax por um tiro de fuzil.

O Ministério Público do Rio informou, nesta quinta, que vai investigar o caso de forma independente. Já a comissão de Direitos Humanos da OAB-RJ afirma que Kathlen foi morta em uma ação ilegal PM. Dos 12 policiais militares envolvidos na ação, nove já prestaram depoimento à polícia.

‘Parece coisa de filme’

Empresários se assustam ao encontrar sucuri gigante em rio de MS
Empresários se assustam ao encontrar sucuri gigante em rio de MS

Imagine realizar um mergulho nas águas cristalinas de Bonito (MS) e se deparar com uma sucuri gigante? O encontro com esses animais fascinantes não é incomum no estado, mas não deixa de ser assustador. Foi o que aconteceu com dois empresários que estavam às margens do rio Formoso (assista acima). O flagra, segundo Daniel Alexandre Rodrigues, que se deparou com o animal de 7 metros de comprimento, “parece coisa de filme – ‘A Anaconda'”.

Sextou! 🍷🍻

Sexta-feira é dia de curtir lives de sexta-feira, seja solteiro ou a dois nesta véspera de Dia dos Namorados. Uma opção é o Arraiá dos Namorados com Tierry e convidados, mas também vai ter transmissões de Zé Vaqueiro, Anelis Assumpção, Curumin e Izzy Gordon.

Luana Araújo responde: reações da Astrazeneca

Luana Araújo reação a vacinas — Foto: Arte/G1Luana Araújo reação a vacinas — Foto: Arte/G1

Você sabe por que a vacina da Astrazeneca pode causar mais reação local? Essa e outras dúvidas são respondidas pela médica Luana Araújo, destaque na CPI da Covid na semana passada. Segundo a infectologista, o fato de a vacina ser produzida com um vírus ativo causa uma resposta imunológica mais forte no organismo. Vale lembrar que, mesmo ativo, o vírus na vacina não é capaz de causar a doença. Entenda.

O Assunto

Peru: a incerteza pós-eleitoral. A ofensiva de Keiko Fujimori para contestar a virtual vitória de Pedro Castillo na disputa presidencial abre novo capítulo na turbulência política do país, que teve 5 governantes nos últimos 5 anos. Um gesto desesperado. Ouça a análise.

Direitos autorais

A cada R$ 1 faturado por uma música em um serviço de streaming, menos de R$ 0,10 vão para os compositores. Sem shows, bares, restaurantes, eventos, festas de fim de ano e carnaval, a arrecadação de direitos autorais caiu 15% no primeiro semestre deste ano. O Ecad, órgão responsável pela arrecadação e distribuição desses direitos no Brasil, tenta aumentar o valor pago pelas plataformas neste momento crítico. Entenda.

Fatos e Pessoas

Globo lança campanha que mostra o dia a dia de jornalistas longe dos olhos do público
Globo lança campanha que mostra o dia a dia de jornalistas longe dos olhos do público

Globo lançou nesta quinta a campanha “Fatos e Pessoas”, que apresenta o dia a dia de jornalistas quando eles estão longe dos olhos do público que acompanha a Globo, o G1, a CBN e os jornais “O Globo”“Extra” e “Valor Econômico”. Exibidos nos intervalos, os filmes mostram mensagens de áudio de profissionais do Grupo Globo trocadas com as suas famílias durante a pandemia.

Leifert no Faustão

Tiago Leifert vai apresentar o 'Domingão do Faustão' neste domingo (13) — Foto: TV GloboTiago Leifert vai apresentar o ‘Domingão do Faustão’ neste domingo (13) — Foto: TV Globo

Neste domingo, quem vai comandar o “Domingão do Faustão” é o apresentador Tiago Leifert. Fausto Silva está afastado para se recuperar de uma infecção urinária.

A “Super Dança dos Famosos” segue no programa, que contará com as apresentações de Robson Caetano, Sophia Abrahão e Dandara Mariana nos ritmos forró e rock.

Você viu?

Continuar lendo PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 11 DE JUNHO DE 2021 POR G1

ARAS DEFENDEU AO STF QUE REJEITE AÇÃO QUE BARRA CONVOCAÇÃO DE GOVERNADORES À CPI DA PANDEMIA

Aras defende ao STF que governadores possam ser obrigados a depor à CPI

O procurador-geral da República afirmou que chefes de Poder Executivo estadual podem ser convocados caso investigação seja sobre recursos federais

O procurador-geral da República, Augusto Aras, defendeu ao Supremo Tribunal Federal (STF) que o tribunal rejeite a ação apresentada por governadores de estados para barrar a convocação à CPI da Pandemia.

Em parecer à Corte, a PGR propôs também que o tribunal reconheça a possibilidade de convocar chefes de governos locais quando o tema do requerimento tiver relação com esclarecimentos sobre o recebimento de recursos federais.

Na ação, governadores afirmam que, sendo chefes do Poder Executivo estadual, não poderiam ser convocados por uma comissão do Poder Legislativo estadual, sob pena de ferir a separação entre as instâncias de poder. A ação é relatada pela ministra Rosa Weber e não foi julgada ainda pelo STF.

Foi em um recurso dentro desta ação que o governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), conseguiu o direito de não comparecer à CPI da Pandemia nesta quinta-feira (10). A ministra Rosa Weber concedeu o HC, mas não sob esse argumento.

A relatora considerou que, sendo Lima investigado pela Operação Sangria, ele teria direito a não comparecer à CPI tal qual um investigado não é obrigado a depor em um inquérito policial. Rosa Weber não adiantou posicionamento a respeito do mérito da ação.

Fonte: CNN

Continuar lendo ARAS DEFENDEU AO STF QUE REJEITE AÇÃO QUE BARRA CONVOCAÇÃO DE GOVERNADORES À CPI DA PANDEMIA

DIREITO-JUSTIÇA: NOTÍCIA CRIME CONTRA O PRESIDENTE DA ARGENTINA É AJUIZADA NO STF POR OFENSA AOS BRASILEIROS

Notícia-crime é ajuizada no STF contra presidente da Argentina por ofender o povo brasileiro

Alberto Fernandez - Foto: ReproduçãoAlberto Fernandez – Foto: Reprodução

O presidente argentino, que é advogado, Alberto Fernández, fez uma das afirmações mais graves da história entre as nações latino-americanas, em conferência oficial hoje, 09/06, em lado do primeiro-ministro espanhol, ao afirmar que os mexicanos vieram dos índios, os brasileiros da selva e só eles teriam sido privilegiados porque vindo de barcos da Europa.

O discurso não foi um mero lapso, pois ainda atribuiu a fala a um prêmio Nobel argentino que não disse isso, e na qualidade de chefe de Estado em evento oficial. A comoção foi imediata e uníssona em todos os jornais internacionais e nas redes sociais.

A afirmação grave, de cunho depreciativo, discriminatório e eventualmente racista foi imediatamente levada ao Supremo Tribunal Federal (STF) pelo advogado baiano e também professor de Direito Constitucional Henrique Quintanilha, que considerou “um grave desrespeito não só à igualdade e à dignidade humana dos povos, mas uma afronta direta à formação histórica e etnográfica da nação brasileira, remetendo a um abjeto sentimento de supremacismo europeísta de origem geográfica e racial só comparável ao triste episódio causado pelo Nazismo”.

O pedido foi protocolado no STF na madrugada de 09 para 10/06, leva o número PET 59761 e ainda não tem ministro relator definido.

O advogado pede, dentre outras coisas, que o Presidente argentino seja intimado por meio da Suprema Corte Argentina para prestar esclarecimentos sobre o que disse, como forma de subsidiar processo perante a Corte Interamericana de Direitos por violação do Art. 1º do tratado internacional assinado em San José da Costa Rica em 1969.

Veja a petição:

Continuar lendo DIREITO-JUSTIÇA: NOTÍCIA CRIME CONTRA O PRESIDENTE DA ARGENTINA É AJUIZADA NO STF POR OFENSA AOS BRASILEIROS

PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 10 DE JUNHO DE 2021 POR G1

Por G1

 

Bom dia! Impasse na CPI: governador do AM ganha o direito de não comparecer à comissão. STF julga se suspende a Copa América no Brasil. Detalhes dos testes em humanos da Butanvac. O que sabe sobre a morte de Kathlen Romeu, jovem grávida e mais uma vida negra interrompida. E ‘anel de fogo’ no céu.

STF e a Copa América

STF começou a decidir hoje em plenário virtual se barra ou mantém a realização da Copa América no Brasil. O julgamento de ações com pedidos de suspensão foi um pedido da ministra Carmen Lúcia, relatora do caso, e do ministro Ricardo Lewandovski.

Cármen Lúcia e Marco Aurélio Mello votaram por rejeitar duas ações e liberar a competição. Lewandowskiv votou por determinar que o governo apresente, em 24 horas, um plano “compreensivo e circunstanciado” com estratégias e ações para a “realização segura” do evento.

Ao contrário das sessões virtuais, que duram uma semana, desta vez os ministros têm até as 23h59 de hoje para decidir se suspendem o torneio.

Torneio sob desgaste

Após a recusa da Argentina e Colômbia, a competição está prevista para começar no próximo domingo (13), em quatro capitais do Brasil. Com o apoio do presidente Jair Bolsonaro, a Copa América acontece no momento em que o país ultrapassa 479.791 mortos pela Covid-19. Questionado na CPI da Covid, ministro Marcelo Queiroga afirmou que o risco de se contrair a doença seria o mesmo “com o jogo ou sem o jogo”.

Os atletas da seleção brasileira chegaram a publicar um manifesto contra a realização da Copa América, mas não desistiram de jogar a competição. Enquanto isso, a Mastercard e a Ambev anunciaram que não devem expor suas marcas na competição. O desgaste com a competição foi ampliado com o afastamento do presidente da CBF Rogério Caboclo após denúncias de assédio sexual e moral.

Wilson Lima na CPI

A ministra Rosa Weber, do STF, autorizou o governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), a não comparecer à CPI da Covid. O depoimento estava marcado para hoje, mas o governador acionou o STF contra a convocação de governadores pela comissão que investiga ações e omissões do governo federal na pandemia. Lima foi denunciado pela PGR sob suspeita de desvio de recursos para a compra de respiradores.

Elcio Franco

Em depoimento de mais de oito horas à CPI da Covid nesta quarta, o ex-secretário-executivo do Ministério da Saúde Elcio Franco tentou justificar a demora na aquisição e contratação de vacinas pelo governo.

Coronel da reserva e braço-direito do ex-ministro Eduardo Pazuello, ele esteve na pasta até março deste ano e era o principal negociador com os laboratórios fabricantes de imunizantes contra o coronavírus.

Os argumentos de Franco, no entanto, não foram bem recebidos pelos senadores da comissão, que falaram em “negligência”. E o “momento tensão” ficou por conta de Marcos Rogério e Otto Alencar, que se chamaram mutuamente de “covarde” – e tiveram os microfones provisoriamente silenciados.

Butanvac

O Instituto Butantan deve detalhar como será o início de testes em humanos da vacina ButanVac. As pesquisas clínicas foram autorizadas pela Anvisa nesta quarta.

A previsão é de que 6 mil voluntários com 18 anos ou mais participem dos estudos da fase clínica 1 e 2. O imunizante será aplicado com duas doses, com intervalo de 28 dias entre a primeira e a segunda.

A Butanvac está em produção desde abril e não depende de matéria-prima importada. A expectativa é de 18 milhões de doses prontas ainda em junho, e mais 40 milhões até o fim do ano.

Vacinação em São Paulo

São Paulo começa nesta quinta (10) a vacinar contra a Covid-19 grávidas e puérperas sem comorbidades com mais de 18 anos e pessoas com deficiência permanente, também acima de 18 anos, e que não recebem o benefício de prestação continuada (BPC). A estimativa é que 1,4 milhão de pessoas sejam imunizadas.

Doses represadas

Mais de 11% das vacinas recebidas pelo governo de São Paulo ainda não foram repassadas aos municípios para aplicação. O represamento de doses ocorre em meio a desaceleração no ritmo de aplicação de primeiras doses no estado.

O estado recebeu mais de 24,2 milhões de doses de vacinas contra Covid-19 em repasses do Ministério da Saúde, mas apenas 21,5 milhões foram distribuídas para os municípios até terça-feira (8).

Novo lockdown em Araraquara?

A média móvel do número de casos de Covid-19 em Araraquara (SP) subiu 235,8% de maio a junho e colocou o município, que tem 22.808 casos e 437 mortes desde o início da pandemia, em estado de alerta máximo para a possibilidade de um novo confinamento.

Kathlen Romeu

Delegacia de Homicídios do Rio investiga se PMs mataram grávida durante confronto com traficantes
Delegacia de Homicídios do Rio investiga se PMs mataram grávida durante confronto com traficantes

A morte da designer de interiores Kathlen Romeu, baleada em uma ação da PM no Rio, trouxe luto e revolta ao Complexo de Lins. A jovem – que era negra, tinha 24 anos e estava grávida de 14 semanas – levou um tiro de fuzil no tórax, segundo laudo do Instituto Médico Legal ao qual o G1 teve acesso. (Veja vídeo acima.)

O corpo de Kathlen foi enterrado nesta quarta (9), sob forte comoção. A família da jovem, que era filha única e tinha se mudado da comunidade por medo da violência, pede justiça e acusa a PM de ter feito o disparo. O G1 reuniu 9 perguntas e respostas sobre o caso. Veja o que se sabe até agora.

Suspensão de operações no Rio

Um relatório da plataforma Fogo Cruzado e da Universidade Federal Fluminense (UFF) mostrou que em um ano de suspensão de operações policiais em comunidades do Rio de Janeiro vários índices de violência caíram no estado.

Desde junho do ano passado, o ministro do STF Edson Fachin proibiu operações em favelas do Rio durante a pandemia.

Em todo o Rio de Janeiro, a queda nos tiroteios com a presença de agentes de segurança durante o período da liminar é de 33%. Os dados mostram, ainda, que além de menos conflitos, há redução do número de mortos e feridos no período.

‘Anel de fogo’

Hoje tem eclipse. Moradores da América do Norte, Europa e Ásia presenciarão, nesta manhã, um eclipse solar anular. O fenômeno acontece quando Terra, Lua e Sol se alinham, e a posição e distância dos astros criam uma espécie de “anel de fogo”.

Aqui no Brasil o anel de fogo não será visível a olho nu, mas isso não quer dizer que ficaremos de fora do espetáculo astronômico. O G1 vai fazer uma transmissão ao vivo. Veja aqui.

O eclipse inicia a fase parcial às 5h12, horário de Brasília, e se encerra às 10h11. O auge do fenômeno, quando se forma o “anel de fogo”, será às 7h42 e dura cerca de 3 minutos e 51 segundos.

Luana Araújo responde

Médica Luana Araújo — Foto: G1

É preciso usar máscara depois de vacinado? Devo escolher a vacina e fazer o teste para saber se ela ‘pegou’? Essas são algumas das perguntas respondidas pela médica infectologista Luana Araújo. A médica que roubou a cena na CPI tira dúvidas sobre vacinação, testes e DNA em uma série de vídeos do G1 com perguntas e respostas. Veja aqui.

O Assunto: governo como sócio da inflação

A alta de preços que corrói o poder de compra dos brasileiros tem um efeito colateral que a equipe de Guedes discretamente comemora: a redução da dívida pública como proporção do PIB. Depois de longo período em escalada explosiva, ela caiu de quase 90% no final do ano passado para 86,7% agora.

Em conversa com Renata Lo Prete, o ex-diretor de Assuntos Internacionais do Banco Central Alexander Schwartsman reconhece o alívio, mas alerta: “Não é um processo sustentável. Queremos controlar a dívida para não ter inflação, não o contrário”.

Schwartsman comenta ainda o debate do momento, que busca avaliar a sustentabilidade e o alcance dos ganhos do novo ciclo virtuoso das commodities.

Sem filtro

O isolamento social da pandemia introduziu as lives na rotina de muitos. Mas alguns foram além: passaram a fazer da própria rotina um espetáculo ao vivo. Os exemplos do modo reality vão desde fazer dancinhas no trabalho a lavar o banheiro em casa. Momentos como esses têm rendido audiência nas redes e até “presentes virtuais” no Tik Tok, que podem ser trocados por dinheiro.

Sonho realizado

Edvania de Oliveira, a funcionária da limpeza que ensinou a colega de trabalho Eliene Maria da Conceição a ler e escrever, recebeu uma bolsa integral para cursar pedagogia em Lençóis Paulista (SP). A faculdade foi procurada por Lívia Barreto, coordenadora das funcionárias.

Copa do Brasil

  • 15h30: Brasiliense x Grêmio
  • 19 horas: Atlético-MG x Remo e Coritiba x Flamengo
  • 21h30: Ceará x Fortaleza e Internacional x Vitória

Você viu?

Continuar lendo PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 10 DE JUNHO DE 2021 POR G1

BOLSONARO ASSINA PROCURAÇÃO DANDO AMPLOS PODERES PARA WASSEF REPRESENTÁ-LO JUDICIALMENTE

Bolsonaro dá a Wassef poderes para atuar em ações judiciais

A procuração, a que a CNN teve acesso, foi assinada pelo presidente no dia 6 de maio

Caio Junqueira

Por Caio Junqueira, CNN  

 Atualizado 08 de junho de 2021 às 21:00

Bolsonaro dá a Wassef poderes para atuar em ações judiciais

O presidente Jair Bolsonaro assinou uma procuração na qual dá amplos poderes para o advogado Frederick Wassef representá-lo judicialmente. O documento, a que a CNN teve acesso, foi assinado pelo presidente no dia 6 de maio.

Na procuração consta o endereço do escritório de Wassef, “rua das Figueiras, 644, Jardim dos Pinheiros, Atibaia-SP”, mesmo endereço onde Fabrício Queiroz foi preso no dia 18 de junho de 2020. Queiroz, amigo de longa data do presidente Jair Bolsonaro, é denunciado junto com o senador Flavio Bolsonaro no esquema das rachadinhas na Assembleia legislativa do Rio de Janeiro.

Pedido ao desembargadorPedido ao desembargador Néviton Guedes Foto: Reprodução

Bolsonaro confere a Wassef “amplos poderes para o foro em geral à defesa de seus direitos e interesses para representar o outorgante (Bolsonaro) em juízo ou fora dele em que for autor, réu, assistente, ou oponente, podendo propor contra quem de direito as ações competentes e defendê-la nas contrárias seguindo umas e outras até final decisão”.

Procuração Bolsonaro WassefProcuração de Bolsonaro a Wassef Foto: Reprodução

A procuração diz que Wassef poderá, em nome do presidente, “transigir, negociar, reconvir, concordar, discordar, ratificar, firmar compromissos ou acordos, receber e dar quitação, desistir, acompanhar quaisquer processos em todos os termos ou instâncias, representar (o presidente) perante qualquer repartição, autarquia ou órgão federal, estadual ou municipal”.

A procuração diz que esses poderes são concedidos “em especial no mandado de segurança 1000399802019410000, em tramitação no Tribunal regional Federal da 1ª Região”.

Trata-se da ação apresentada pela Ordem dos Advogados do Brasil de Minas Gerais e pelo Conselho Federal da OAB em favor do advogado Zanone Manuel de Oliveira Júnior, que defendeu Adélio Bispo, autor da facada contra Bolsonaro durante a campanha eleitoral de 2018. A ação pede a anulação de uma decisão que autorizou, dentre outros pontos, a quebra do seu sigilo bancário e a apreensão do seu celular.

No dia 13 de maio, uma semana após a assinatura da procuração pelo presidente, Wasseff anexou essa procuração nessa ação do caso Adélio. A expectativa é de que nos próximos dias já haja uma nova ofensiva jurídica de Wasseff nesse processo.

Procurados, nem a Secom da

Presidência da República nem Wassef se manifestaram.

Fonte: CNN

Continuar lendo BOLSONARO ASSINA PROCURAÇÃO DANDO AMPLOS PODERES PARA WASSEF REPRESENTÁ-LO JUDICIALMENTE

PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 08 DE JUNHO DE 2021 POR G1

Por G1

 

Bom dia. Marcelo Queiroga volta à CPI da Covid. Ministro da Justiça autoriza Força Nacional em Manaus. O Assunto discute o escândalo de Rogério Caboclo e a Copa América. Os números da violência contra a mulher na pandemia. Empresária de Kevin o Chris fala sobre sucesso do hit “Tipo Gin”. GloboNews lança série de encontros históricos.

Queiroga volta à CPI

Ministro da Saúde, Marcelo Queiroga — Foto: Ueslei Marcelino/ReutersMinistro da Saúde, Marcelo Queiroga — Foto: Ueslei Marcelino/Reuters

A CPI da Covid ouve nesta terça-feira (8), pela segunda vez, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga. Em seu primeiro depoimento, em 6 de maio, ele foi evasivo e evitou responder perguntas sobre a adoção do tratamento precoce, o uso da cloroquina e as falas de Jair Bolsonaro sobre as medidas de isolamento social.

Sobre o que ele deve falar?

Desta vez, os senadores devem questioná-lo sobre as condições sanitárias para o país sediar a Copa América e a suposta influência de um “gabinete paralelo” nas decisões do governo a respeito da pandemia. Em entrevista à GloboNews nesta segunda-feira (7), o relator da CPI, Renan Calheiros (MDB-AL), disse que vai questionar a autonomia do ministro à frente da pasta.

Também nesta segunda, Queiroga relativizou as preocupações sobre o impacto do torneio de futebol durante a pandemia. Para ele, o campeonato não é de grandes dimensões e não contará com a participação do público – afirmou ainda que os atletas serão testados a cada 48 horas. E citou que visitantes vindos dos países participantes já têm autorização para entrada livre no Brasil. Por esse motivo, argumentou, o ingresso de delegações estaria regular do ponto de vista sanitário.

depoimento da médica Luana Araújo também será usado como base para questionamentos a Queiroga. A infectologista chegou a ser anunciada secretária de Enfrentamento à Covid-19, mas, dez dias depois, o Ministério da Saúde informou que ela não exerceria a função. Segundo a infectologista, Queiroga não lhe explicou o motivo.

‘Gabinete paralelo’

Vice-presidente da CPI, Randolfe Rodrigues disse nesta segunda que a comissão deve votar, nesta quarta-feira (9), pedidos de quebras de sigilos telefônicos e de dados de supostos integrantes do chamado “gabinete paralelo”.

Perdeu a CPI? Assista ao vídeo e entenda os principais momentos até esta terça (8)

VÍDEO: Não acompanhou a CPI? Saiba os principais pontos que rolaram
VÍDEO: Não acompanhou a CPI? Saiba os principais pontos que rolaram

Violência em Manaus

Ministério da Justiça autoriza envio da Força Nacional para combater ataques em Manaus
Ministério da Justiça autoriza envio da Força Nacional para combater ataques em Manaus

G1 foi às ruas e conversou com a população de Manaus, que nos últimos dias viveu uma situação de terror provocada por uma onda de violência que atingiu também cidades do interior do Amazonas. Os entrevistados relataram medo e insegurança.

Os ataques teriam sido motivados pela morte de Erick Batista Costa, conhecido como Dadinho, em uma ação policial. Ele seria integrante de uma facção de tráfico de drogas. A ordem para o início das ações criminosas partiu de dentro de um presídio por membros do mesmo grupo. Diversos veículos foram incendiados, e prédios públicos acabaram depredados. Nesta segunda, a capital amazonense ficou sem transporte público e teve as aulas suspensas, assim como a campanha de vacinação contra a Covid.

Ao menos 31 pessoas foram presas. E o ministro da Justiça autorizou o envio a Manaus da Força Nacional de Segurança.

Efeitos da pandemia na educação

Mais da metade de famílias com crianças de zero a três anos (51,4%) têm optado por mantê-las em casa em vez de enviar novamente às creches. A exceção está em famílias da classe D, em que 60% mandaram os filhos para as creches. Entre os que não mandaram, o motivo citado é o medo do contágio pelo coronavírus, apontado por 40%.

Os dados são da pesquisa “Primeiríssima Infância – Interações na Pandemia: Comportamentos de pais e cuidadores de crianças de 0 a 3 anos em tempos de Covid-19”, feita pela Kantar Ibope Media a pedido da Fundação Maria Cecilia Souto Vidigal (FMCSV), obtida com exclusividade pelo G1.

Pandemia x empreendedores

A pandemia tirou quase 10 milhões de brasileiros do empreendedorismo, sendo que as mulheres foram as que mais se viram obrigadas a fechar suas empresas. É o que revela o relatório da Global Entrepreneurship Monitor 2020. A pesquisa é realizada no país pelo Sebrae em parceria com o Instituto Brasileiro de Qualidade e Produtividade (IBPQ).

De acordo com o Sebrae, o número de brasileiros com um negócio estabelecido há pelo menos 3,5 anos desabou de 22,3 milhões em 2019 para 12 milhões em 2020.

‘Adnet na CPI’

'Ela diz que é técnica - uma ameaça pro Tite' - trecho do episódio 2 de Adnet da CPI
‘Ela diz que é técnica – uma ameaça pro Tite’ – trecho do episódio 2 de Adnet da CPI

G1 publicou, nesta segunda, trechos do episódio 2 de “Adnet na CPI”, o novo programa de Marcelo Adnet no Globoplay. Na atração que estreou no dia 31, Adnet faz uma crônica atual, narrando o desenrolar da CPI da Covid com crítica e humor. Aberto também para não assinantes, o programa é semanal – sai sempre às segundas-feiras no Globoplay. E, no G1, você poderá ver trechos do programa.

O Assunto: Comando da CBF em xeque

Revelações de assédio sexual e moral derrubaram Rogério Caboclo no exato momento em que o presidente da CBF azeitava suas relações com o governo Bolsonaro. Neste episódio de O Assunto, a repórter Gabriela Moreira, coautora do furo que expôs Caboclo, explica em detalhes a denúncia da ex-assessora contra o dirigente, que dificilmente conseguirá voltar depois do mês de “afastamento” para investigação interna.

Gabriela lembra dos antecessores de Caboclo, todos derrubados por escândalos, e não prevê mudança significativa com a sucessão: “O cenário é que o sistema continue como está.

Eliminatórias

O Brasil enfrenta o Paraguai esta noite, a partir das 21h30, em Assunção, em jogo das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022. A TV Globo e o SporTV transmitem a partida. A seleção brasileira lidera a Zona Sul-Americana, enquanto os paraguaios estão na quarta colocação.

Mais importante que o jogo, no entanto, é o que técnico Tite e os jogadores podem falar após a partida, sobre a crise na CBF e a Copa América repentina no Brasil.

Demais jogos de hoje:

  • 18h: Equador x Peru
  • 19h30: Venezuela x Uruguai
  • 20h: Colômbia x Argentina
  • 22h30: Chile x Bolívia

Auxílio emergencial

A Caixa Econômica Federal libera nesta terça os saques e transferências da segunda parcela do auxílio emergencial aos beneficiários que não fazem parte do Bolsa Família nascidos em maio, que receberam a parcela em poupança social digital no dia 21 de maio.

O pagamento da segunda parcela do auxílio para este público terminou em 30 de maio. Para quem faz parte do Bolsa Família, os pagamentos foram até 31 de maio. Os pagamentos da terceira parcela do benefício começam em 17 de junho para o público do Bolsa Família, e em 20 de junho para os demais beneficiários.

Números da pandemia

O Brasil registrou 1.119 mortes por Covid-19 em 24 horas, totalizando nesta segunda 474.614 óbitos desde o início da pandemia. Com isso, a média móvel de mortes nos últimos 7 dias chegou a 1.664. É o 20º dia seguido de estabilidade nessa comparação. O número total de casos confirmados da doença passou de 16,9 milhões. De acordo com o novo balanço do consórcio de veículos de imprensa, quase 50 milhões já tomaram a primeira dose da vacina contra a Covid.

No estado de São Paulo, a média de pacientes com Covid em UTIs voltou ao patamar de abril, com 11.007 leitos ocupados.

‘Ela tá, tá movimentando’

Kevin o Chris e sua empresária, Kamilla Fialho — Foto: DivulgaçãoKevin o Chris e sua empresária, Kamilla Fialho — Foto: Divulgação

Você já deve ter ouvido esse refrão no Tik Tok, certo? É a letra de “Tipo Gin”, o funk de Kevin o Chris, que saiu em abril e logo entrou na lista das dez músicas mais tocadas no streaming. A empresária Kamilla Fialho falou com o G1 sobre as estratégias por trás do hit.

Encontros históricos

Estreou, nesta segunda, uma seleção de encontros históricos para marcar os 25 anos da GloboNews, a serem completados em outubro. As entrevistas estarão disponíveis para os assinantes do Globoplay + Canais ao Vivo. Na estreia, o canal resgata a primeira entrevista do recém-eleito Papa Francisco em 2013, concedida com exclusividade a Gerson Camarotti durante a visita do pontífice ao Rio de Janeiro.

Você viu?

Continuar lendo PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 08 DE JUNHO DE 2021 POR G1

PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 07 DE JUNHO DE 2021 POR G1

Por G1

 

Bom dia. Rogério Caboclo é afastado do cargo de presidente da CBF, e áudios exclusivos mostram trechos da denúncia de assédio contra ele. Brasil ultrapassa 473 mil mortes por Covid. O Assunto aborda a crise nas Forças Armadas. Violência contra motoristas de aplicativos. O melhor do cinema brasileiro no Globoplay. A volta do pop-punk. Aposta do YouTube contra o TikTok chega ao Brasil. Nova integrante da família real britânica. Gols do Brasileirão.

Crise na CBF

Rogério Caboclo, momentaneamente, não é mais presidente da CBF. Acusado de assédio sexual e moral por uma funcionária, o dirigente foi afastado por 30 dias, neste domingo (6), após determinação da Comissão de Ética do Futebol Brasileiro. Ele nega as acusações.

Com exclusividade, o Fantástico mostra trechos de um dos áudios que estão na denúncia entregue à Comissão de Ética. Neles, Caboclo constrange a funcionária, usa palavrões para falar da vida pessoal e insiste para que ela tome vinho com ele; veja mais no vídeo abaixo.

Ouça áudios da denúncia de assédio contra Rogério Caboclo, afastado da presidência da CBF
Ouça áudios da denúncia de assédio contra Rogério Caboclo, afastado da presidência da CBF

Números da pandemia

O Brasil ultrapassou a marca de 473 mil mortes por Covid-19, com 866 registradas nas últimas 24 horas. A média diária de óbitos é de 1.629, e já são 19 dias seguidos de estabilidade. Isso significa que o ritmo atual tem se assemelhado mais a um platô do que a uma queda ou a um aumento na curva, e isso em patamar bastante elevado.

Já na vacinação, o balanço do consórcio aponta que 48.977.254 pessoas receberam a 1ª dose da vacina contra a Covid-19 até agora; o número representa 23,13% da população brasileira. Deste total, 22.930.114 pessoas (10,83%) tomaram as duas doses.

O Assunto 🎧

A decisão do Exército de deixar sem punição o general da ativa que violou o regulamento ao fazer comício para o presidente da República deflagrou a maior crise envolvendo as Forças Armadas desde a redemocratização do país.

No episódio de O Assunto desta segunda-feira (7), a jornalista Renata Lo Prete conversa com o cientista político Octavio Amorim Neto e com Raul Jungmann, ex-deputado federal e ex-ministro da Defesa. Ouça abaixo

Assédio no Egito

Fantástico conversou com Reem, a jovem egípcia que foi constrangida e exposta pelo médico brasileiro Victor Sorrentino. À jornalista Sônia Bridi, ela contou que ficou triste e irritada com o ocorrido, mas que aceitou o pedido de desculpas: “Para mim era suficiente que ele cometeu um erro ao publicar o vídeo, de dizer palavras feias pra mim. Não sei o que a polícia vai fazer, mas de minha parte, eu aceito o perdão”. Confira a entrevista e relembre o caso no vídeo abaixo.

'Não sei o que a polícia vai fazer, mas aceito o perdão', diz egípcia assediada por médico brasileiro
‘Não sei o que a polícia vai fazer, mas aceito o perdão’, diz egípcia assediada por médico brasileiro

Eleição no Peru

Os peruanos foram às urnas neste domingo (6) para eleger o novo presidente. Na disputa, estão a candidata de direita, Keiko Fujimori, e o candidato de esquerda, Pedro Castillo. A apuração já começou e, por enquanto, mostra Keiko à frente; pesquisa boca de urna apontou vitória apertada da filha do ex-presidente Alberto Fujimori.

Criminoso na carona

Levantamento feito pelo Fantástico mostra que mais de 40 motoristas de aplicativos foram assassinados durante o trabalho em 2021 no Brasil. Alvos da violência, eles relatam traumas, medo e insegurança. Veja mais aqui.

O melhor do cinema brasileiro 📽

“Dona Flor e Seus Dois Maridos”, “Bye Bye Brasil”, “Cidade de Deus”, “Deus e o Diabo na Terra do Sol”, “Vidas Secas”, “Central do Brasil”… O que esses filmes têm em comum? Eles são clássicos do cinema brasileiro e todos fazem parte do projeto especial do Globoplay. São 50 produções que atravessam 70 anos de história. Saiba mais assistindo ao vídeo.

Globoplay lança projeto especial com o melhor do cinema brasileiro
Globoplay lança projeto especial com o melhor do cinema brasileiro

A volta do pop-punk 🎶🎵

O que acontece quando unimos o pop bonzinho com o punk revoltado? Iniciado nos anos 70 com bandas como Buzzcocks e eternizado nos hits de Offspring, Green Day e Blink-182, o pop-punk está de volta, agora com o fenômeno Olivia Rodrigo (e com uma ajudinha do TikTok). Veja mais aqui.

Por falar em TikTok… 📱

De olho no TikTok, o YouTube lança nesta segunda (7), no Brasil, o Shorts, sua nova ferramenta. O recurso estará disponível para cerca de 25% dos usuários nos primeiros dias (ele deverá ser liberado para todos nas próximas semanas).

A plataforma permite vídeos na vertical de até 60 segundos, e eles podem ser gravados e editados direto do app para celular. Os conteúdos também podem usar trechos de música, em um formato mais curto, de até 15 segundos. Quer saber mais? Clique aqui.

Família real britânica crescendo… 👶👑

A família real britânica ficou maior. A duquesa de Sussex, Meghan Markle, deu à luz uma menina, segundo filho de casamento com Harry. O nascimento de Lilibet Diana (o nome é homenagem à rainha Elizabeth II, cujo apelido familiar é Lilibet, e à mãe de Harry, Diana) ocorreu na sexta-feira (4), mas o anúncio oficial foi feito neste domingo (6).

Oitava na linha sucessória do trono britânico, Lilibet nasceu em um hospital da Califórnia, nos EUA, onde Meghan e Harry vivem desde o ano passado. A duquesa e a filha passam bem e estão em casa.

Brasileirão

Passadas duas rodadas para 18 dos 20 clubes da Série A, o Brasileirão tem três clubes com 100% de aproveitamento até aqui: Fortaleza, que goleou o Internacional por 5 a 1, Athletico-PR e Atlético-GO, com destaque para o último, com vitórias sobre Corinthians e São Paulo. Veja aqui como ficou a tabela e confira abaixo os gols do fim de semana.

Gols do Fantástico: Fortaleza goleia o Inter e assume a liderança do Brasileirão
Gols do Fantástico: Fortaleza goleia o Inter e assume a liderança do Brasileirão

Viu isso aqui?

Continuar lendo PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 07 DE JUNHO DE 2021 POR G1

PROJETO QUE REGULA DIVISÃO E A ORGANIZAÇÃO JUDICIÁRIAS DO RN FOI APROVADO PELA ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DO ESTADO

Assembleia do RN aprova projeto que regula Divisão e a Organização Judiciárias do Estado

04 jun 2021

Assembleia do RN aprova projeto que regula Divisão e a Organização Judiciárias do Estado - Tribuna de Noticias

Assembleia Legislativa do RN aprovou, na manhã desta quarta-feira (2), o Projeto de Lei Complementar 4/2021, de autoria do Tribunal de Justiça do RN (TJRN) que regula a Divisão e a Organização Judiciárias do RN. Sob relatoria do deputado Getúlio Rêgo (DEM).

De acordo com o texto encaminhado à Casa, a inclusão dos incisos XII e XIII ao art. 61 da Lei Complementar Estadual nº 643, de 2018, “objetiva descentralizar a gestão de pessoas na Comarca e atribuir ao Juiz Diretor do Foro a competência para distribuir e lotar os servidores efetivos e cedidos nas unidades judiciárias da comarca, e, encaminhar ao setor competente do Tribunal de Justiça pedido de cessão de servidores para as unidades judiciárias e/ou administrativas da comarca”. Outras alterações contidas no PLC, objetivam alterar terminologias adotadas a fim de adequação à realidade atual, dentre outros.

Os deputados também reconheceram o estado de calamidade da Prefeitura Municipal de Afonso Bezerra. O deputado Gustavo Carvalho (PSDB) foi o relator da matéria e apresentou parecer favorável justificando as dificuldades do município agravadas pela pandemia.

Para tramitação dos expedientes a Assembleia Legislativa disponibilizou o e-mail secleg@al.rn.leg.br, através do qual a documentação pode ser remetida pelos municípios.

Os decretos têm como base as Leis Orgânicas dos Municípios e em consideração ao Estado de Emergência em Saúde Pública (ESPIN), decretado pelo Ministério da Saúde, em virtude da disseminação global da infecção humana pelo novo Coronavírus e a declaração da condição de transmissão pandêmica anunciada pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

Os documentos também levam em consideração que a crise provocada na Saúde Pública, que impõe o estabelecimento das medidas de enfrentamento da pandemia.

Fonte: Política em Foco
Continuar lendo PROJETO QUE REGULA DIVISÃO E A ORGANIZAÇÃO JUDICIÁRIAS DO RN FOI APROVADO PELA ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DO ESTADO

PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 04 DE JUNHO DE 2021 POR G1

Por G1 

Bom dia. O comando do Exército decidiu não punir o ex-ministro Eduardo Pazuello por participar de ato político ao lado do presidente Jair Bolsonaro. Pai e filha morrem no desabamento de um prédio no Rio. O Brasil perto de 470 mil vítimas da Covid-19. A ofensiva pelo voto impresso é tema de O Assunto. “O marinheiro das montanhas” no Festival de CannesIza lança nova música. As lives do fim de semana. A seleção brasileira em campo contra o Equador pelas Eliminatórias, em meio a impasse sobre a Copa América. E o calendário da feira traz dicas de alimentos em conta em junho.

Pazuello sem punição

Bolsonaro com Pazuello durante passeio de moto na cidade do Rio de Janeiro no dia 23 de maio de 2021 — Foto: Alan Santos/PRBolsonaro com Pazuello durante passeio de moto na cidade do Rio de Janeiro no dia 23 de maio de 2021 — Foto: Alan Santos/PR

O comando do Exército decidiu não punir o general e ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello pela participação em um evento político com o presidente Jair Bolsonaro no Rio de Janeiro, no último dia 23. Por considerar que não houve transgressão disciplinar, o processo foi arquivado.

A decisão repercutiu no mundo político e entre militares da ativa e da reserva. Segundo o colunista Gerson Camarotti, o temor é de que possa se disseminar “o vírus da insubordinação”.

Em live nesta quinta-feira (3), Bolsonaro não citou Pazuello, mas falou sobre a disciplina militar: “A punição, pessoal, existe, nas Forças Armadas. Ninguém interfere”.

Tragédia em Rio das Pedras

Cães-farejadores participam da busca por feridos após desabamento de prédio em Rio das Pedras, Zona Oeste do RJ — Foto: Ricardo Moraes/ReutersCães-farejadores participam da busca por feridos após desabamento de prédio em Rio das Pedras, Zona Oeste do RJ — Foto: Ricardo Moraes/Reuters

Natan Gomes, de 30 anos, e sua filha Maitê, de 3, morreram no desabamento de um prédio de quatro andares em Rio das Pedras, na Zona Oeste do Rio, na madrugada desta quinta. Outras quatro pessoas ficaram feridas, entre elas a mãe da criança morta.

O prédio que tombou fica na Rua das Uvas, esquina com Avenida Areinhas. A polícia ouviu Genivan Gomes Macedo, apontado como o responsável pela construção. Os investigadores apuram as circunstâncias do desabamento e o possível envolvimento de grupos criminosos em construções irregulares na região. Rio das Pedras é o berço das milícias no Brasil.

Números da pandemia

O Brasil chegou a 469.784 mortes por Covid-19, com 2.082 óbitos em 24 horas, segundo o consórcio de veículos de imprensa. A média móvel de mortes nos últimos 7 dias está em 1.862, com variação de -5% e indicação de estabilidade.

20 anos de luta

Fotógrafo Alex Silveira, foi atingido por uma balada de borracha durante protesto em SP em 2000 — Foto: Caio GuatelliFotógrafo Alex Silveira, foi atingido por uma balada de borracha durante protesto em SP em 2000 — Foto: Caio Guatelli

Cenas de violência policial como as que marcaram o protesto contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) no Centro do Recife, no dia 22, chegam sempre rapidamente ao conhecimento do fotógrafo Alex Silveira. Vítima da mesma arma supostamente não letal, Silveira perdeu a visão do olho esquerdo durante a cobertura de uma manifestação de professores na capital paulista em maio de 2000.

A relação imediata entre os casos se dá não apenas por conta da automática empatia com a dor e o trauma ocular. Há 20 anos, o fotógrafo briga na Justiça para conseguir ser indenizado.

“É uma coisa que está acontecendo há mais de 20 anos e que o estado não assume a culpa. Precisou mais duas pessoas levarem um tiro no rosto para que se veja que está tudo errado?”, questiona.

🎧 O Assunto

Estimulada por Bolsonaro, a Câmara analisa emenda constitucional para instituir um comprovante impresso de cada voto, com identificação do eleitor, alegadamente para permitir auditoria. Mas o que quer o presidente? Para entender, O Assunto conversa com o advogado e professor Diogo Rais e a antropóloga Isabela Kalil, estudiosa da base do bolsonarismo. Ouça:

🍿🎥 Festival de Cannes

‘O marinheiro das montanhas’ é escolhido para seleção oficial do Festival de Cannes
‘O marinheiro das montanhas’ é escolhido para seleção oficial do Festival de Cannes

O filme brasileiro “O marinheiro das montanhas”, de Karim Aïnouz, foi escolhido para fazer parte da seleção oficial do Festival de Cannes. A produção da VideoFilmes em parceria com a Globo Filmes e a GloboNews será exibida como filme convidado na mostra sessão especial.

“O marinheiro das montanhas” é um diário de viagem filmado durante a primeira visita de Aïnouz à Argélia – país em que o pai do diretor nasceu. Entre registros da viagem, filmagens caseiras, fotografias de família e arquivos históricos, passado, presente e futuro se misturam na jornada autobiográfica narrada por Aïnouz.

O gueto de Iza

No single 'Gueto', Iza quis recriar sua história em Olaria, zona norte do Rio de Janeiro — Foto: Divulgação/Rodolffo MagalhãesNo single ‘Gueto’, Iza quis recriar sua história em Olaria, zona norte do Rio de Janeiro — Foto: Divulgação/Rodolffo Magalhães

“Fecha a rua lá no gueto, vai ter samba lá no gueto, joga bola lá no gueto, ela é cria lá do gueto.” Assim são os versos de “Gueto”, música que Iza lança nesta sexta-feira (4). A cantora conta ao G1 que resolveu resgatar memórias da infância em Olaria, na zona norte do Rio.

“Partiu de um orgulho muito grande que eu comecei a sentir vendo todas as coisas que eu estava conquistando. Não tinha como celebrar as coisas que estavam acontecendo e o lugar para onde eu estava indo, sem lembrar do lugar de onde eu vim.”

🎙️🎶 Agenda de lives

Gusttavo Lima, Wesley Safadão e Zé Neto & Cristiano fazem lives neste final de semana — Foto: Divulgação/Mário Maflicks; Divulgação/Romilson Sales; DivulgaçãoGusttavo Lima, Wesley Safadão e Zé Neto & Cristiano fazem lives neste final de semana — Foto: Divulgação/Mário Maflicks; Divulgação/Romilson Sales; Divulgação

Mestre das lives, Gusttavo Lima faz nesta sexta sua última transmissão. O cardápio do fim de semana tem ainda Wesley Safadão, Zé Neto e Cristiano, Bell Marques e mais. Veja a agenda completa.

Das páginas policiais para o streaming

Elenco de 'Dom' fala sobre série inspirada na história real de Pedro Dom
Elenco de ‘Dom’ fala sobre série inspirada na história real de Pedro Dom

Pedro Machado Lomba Neto, o Pedro Dom, era um jovem dependente químico que acabou indo para o crime e virou o “bandido gato”. A história bateu literalmente na porta do diretor Breno Silveira, através do pai de Pedro Dom, Luiz Victor Lomba. O policial o procurou, porque queria contar o outro lado de uma história que as páginas policiais cobriram à exaustão até a morte de Dom aos 23 anos, em 2005.

Intrigado com os relatos de Victor e as notícias que pareciam coisa de cinema, Silveira criou “Dom”, série de ficção que estreia nesta sexta inspirada em eventos reais e na história de Pedro e Victor, vividos por Gabriel Leone e Flavio Tolezani. O G1 entrevistou o elenco (veja o vídeo acima).

⚽ Eliminatórias da Copa

Depois de quase sete meses, a seleção brasileira volta a campo nesta sexta contra o Equador pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022. A partida ocorre às 21h30, em Porto Alegre, com transmissão da TV Globo e do SporTV para todo o país. A principal novidade de Tite deve ser a escalação de GabigolVeja o provável time titular.

Se dentro de campo a seleção está pronta, fora vive um impasse. Atletas se reuniram com o presidente da CBF, Rogério Caboclo, para discutir se vão participar da Copa América. Jogadores mais experientes externaram a insatisfação por terem descoberto pela imprensa que o Brasil sediará o torneio após a desistência de Argentina e Colômbia.

🍊🥑🌽 Calendário da feira

Na série Calendário da Feira, o G1 mostra, todo mês, quais alimentos estão na safra e, por isso, podem ficar mais em conta. Em junho, tem boa variedade de frutas cítricas, como laranja, mexerica e tangerina, além de três tipos de abacate. Entre os legumes, há milho, abóbora, mandioquinha, gengibre, inhame e mais. Veja.

Viu isso?

🌤️ Previsão do tempo

Previsão do tempo: região Sudeste registra queda na umidade relativa do ar
Previsão do tempo: região Sudeste registra queda na umidade relativa do ar

O tempo muda no Sul por causa da passagem de uma frente fria. A temperatura cai, mas não esfria muito. A alta polar, responsável por trazer o frio, não vem com força. Nesta sexta, a umidade cai, ficando abaixo de 20%. Nuvens com chuva são registradas no Norte e Sul do país. Veja a previsão no vídeo acima.

Fonte: G1
Continuar lendo PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 04 DE JUNHO DE 2021 POR G1

SENADO DIZ AO STF NÃO VER INCONSTITUCIONALIDADE OU ILEGALIDADE NA CONVOCAÇÃO DE GOVERNADORES PARA DEPOREM À CPI DA PANDEMIA

Senado diz ao STF que governadores podem ir à CPI

Advogados da casa, em nome do presidente da CPI Omar Aziz, afirmam que chefes dos executivos estaduais devem colaborar com investigação

Caio Junqueira

Por Caio Junqueira, CNN  

Atualizado 03 de junho de 2021 às 00:23

 presidente da CPI da Pandemia, Omar Aziz (PSD-AM),O presidente da CPI da Pandemia, Omar Aziz (PSD-AM), abre a sessão da 2ª semana da CPI da Pandemia no Senado Foto: Reprodução/CNN Brasil (11.mai.2021)

O Senado disse ao Supremo Tribunal Federal não ver inconstitucionalidade ou ilegalidades na convocação de governadores para deporem à CPI da Pandemia.

O documento de 14 páginas assinado por três advogados da casa e protocolado no STF na noite desta quarta-feira é a manifestação formal do Senado na ação protocolada na corte por governadores de 19 estados contestando a possibilidade de serem convocados pela CPI, que aprovou requerimentos para que parte deles depusessem.

O parecer foi protocolado em nome do presidente da CPI, Omar Aziz (PSD-AM).

Os principais argumentos utilizados são o de que a comissão não apura fatos relacionados a suas gestões estaduais e que ela não fere os princípios federativos nem republicanos.
O Senado argumenta que a CPI apura apenas a “aplicação de recursos federais” e não as gestões dos governadores em si.

“A convocação está integralmente de acordo com a forma republicana de governo e com os princípios do federalismo cooperativo e da harmonia e separação de poderes.”, diz o documento.
Além disso, o parecer também afirma que o atendimento do pedido dos governadores inviabilizará o cumprimento de parte do objeto da CPI, que prevê investigar o uso dos recursos federais em estados e municípios.

Separação de poderes

De acordo com os técnicos do Senado, caso o STF acolha o pleito dos governadores, estará “arbitrariamente reduzir o objeto da investigação parlamentar”, o que veem como “flagrante violação ao princípio da separação de poderes”.

Os advogados também pedem que a Corte não suspenda provisoriamente as convocações, sob pena de impedir as oitivas dentro do prazo da CPI, que inicialmente é de 90 dias.

“Há perigo de demora inverso, uma vez que o deferimento de medida cautelar que suspenda a convocação dos governadores de estado e do Distrito Federal vai paralisar e inviabilizar o cumprimento de parte do objeto da CPI da Pandemia”, escrevem.

O texto justifica a convocação dos governadores como parte do “contexto de buscar dados e informações de atores relevantes para evitar que o drama histórico desencadeado pela pandemia volte a se abater sobre o país”. O foco é a distribuição de verbas, “de modo a se verificar o quão exitoso ou não o formato se mostrou para auxiliar no combate à grave crise de saúde pública enfrentada por todas as esferas de governo”.

O Senado alega, em sentido oposto aos governadores, que “não se está a atingir nenhuma das três vertentes que compõem o núcleo essencial do princípio federativo: a capacidade de auto-organização e normatização, de autogoverno e de autoadministração.”

‘Não é objeto da CPI investigar governadores’

Os consultores deixam claro ainda que governadores não são investigados. “Não é objeto da CPI investigar autoridades estaduais, nem as competências desses entes federativos. O governador de Estado não é investigado na CPI”.

Na ação apresentada ao STF, os governadores alegam violação da separação prevista entre as esferas de poder. Neste sentido, as gestões estaduais estariam sob o escrutínio apenas das respectivas assembleias legislativas, que representam o Poder Legislativo localmente.

Para o Senado, não há ilegalidade porque a investigação não tratará das gestões estaduais especificamente. “Haveria inconstitucionalidade, por exemplo, se uma CPI se voltasse a investigar a alocação de recursos estaduais ou as prioridades políticas e administrativas do Governador no desempenho de suas competências.”

O texto também declara que “ser chamado a contribuir com a apuração de fatos da vida pública do país não coloca o Chefe do Poder Executivo Estadual em posição de subordinação em relação a qualquer outro poder ou ente federativo”.

Cita ainda duas legislações como anteparo jurídico para as convocações. “O artigo 58 prevê às CPIs os mesmos poderes dos juízes em fase de investigação e o poder de solicitar depoimento de qualquer autoridade ou cidadão. A Lei no 1.579/1952 é autoevidente em explicitar que todas as autoridades públicas, independentemente do nível federativo, estão obrigadas a contribuir com o andamento das CPIs”.

Ação ao STF

Dezoito governadores apresentaram ao STF uma arguição de descumprimento de preceito fundamental (ADPF), argumentando que o Poder Legislativo Federal não poderia convocar chefes do Poder Executivo Estadual, apenas formalizar convites, em razão da separação das esferas de poder.

A relatora da ação é a ministra Rosa Weber.

Senadores alinhados ao governo Jair Bolsonaro pressionaram pela convocação de nove governadores e do ex-governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC). Eles argumentam que o requerimento que deu origem à CPI determina a investigação de “ações e omissões” do governo federal que tenham agravado a crise da Covid-19, mas que também trata sobre o destino de recursos federais repassados a estados e municípios.

Até agora, nas semanas de depoimento já realizadas, a CPI ouviu apenas autoridades relacionadas ao governo federal, como o ministro da Saúde Marcelo Queiroga e os ex-ministros Eduardo Pazuello, Nelson Teich, Luiz Henrique Mandetta e Ernesto Araújo. O primeiro chefe de poder estadual agendado a depor é o governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), alvo nesta quarta-feira (2) de uma operação da Polícia Federal.

Continuar lendo SENADO DIZ AO STF NÃO VER INCONSTITUCIONALIDADE OU ILEGALIDADE NA CONVOCAÇÃO DE GOVERNADORES PARA DEPOREM À CPI DA PANDEMIA

PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 02 DE JUNHO DE 2021 POR G1

Por G1

 

Bom dia. A CPI da Covid ouve hoje Luana Araújo, que foi anunciada, mas não assumiu cargo no Ministério da Saúde. O retorno de Pazuello ao governo Bolsonaro. Os estados que sediarão a Copa América. Coronel da PM é exonerado em Pernambuco. Vacinação é ampliada em SP. Um ano da morte do menino Miguel. Economistas comentam a alta do PIB. Crise hídrica e risco de apagão ameaçam o Brasil. Ex-parceiro musical de Karol Conká abre o jogo sobre rompimento. Os hábitos de sono e o combate à depressão. E tem zebra na Copa do Brasil.

Alerta

A Agência Nacional de Águas declarou situação crítica de escassez de recursos hídricos na Região Hidrográfica do Paraná, que abrange Goiás, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Paraná e São Paulo. A medida permite que a ANA tome medidas sobre a operação de reservatórios ou sistemas hídricos para evitar que a escassez de água ponha em risco a geração de energia. O último período chuvoso, que acabou em abril, foi o mais seco em 91 anos. O nível dos reservatórios das principais hidrelétricas do país está baixo, e o governo precisa acionar mais usinas termelétricas, o que encarece a conta de luz.

O Assunto

Crise hídrica: risco de apagão? Neste episódio, Renata Lo Prete ouve Fernando Camargo, especialista em infraestrutura, para entender as origens da crise e seu desenrolar mais provável. Participa também o jornalista Roberto Rockmann, co-autor do recém-lançado “Curto-Circuito – Quando o País Quase Ficou às Escuras”, sobre 2001. Ele lembra que o governo previa alta de até 4,5% do PIB em 2001, pré-apagão, mas colheu só um terço disso. OUÇA:

Economia, o que esperar?

Eduardo Giannetti, Ilan Goldfajn e Laura Carvalho — Foto: Divulgação; Gabriela Biló/Estadão Conteúdo/Arquivo; Felipe Felizardo/DivulgaçãoEduardo Giannetti, Ilan Goldfajn e Laura Carvalho — Foto: Divulgação; Gabriela Biló/Estadão Conteúdo/Arquivo; Felipe Felizardo/Divulgação

A economia brasileira cresceu acima do esperado no início do ano, mas terá muitos desafios nos próximos meses. O G1 ouviu três economistas de diferentes vertentes e perguntou o que podemos esperar de 2021. Segundo eles, é preciso debelar a pandemia de coronavírus, lidar com a desigualdade social e avançar com uma agenda de reformas para tornar o país mais justo e competitivo. Veja as entrevistas com Eduardo Giannetti, Ilan Goldfajn e Laura Carvalho.

Nise na CPI

Nise Yamaguchi negou, à CPI da Covid, a tentativa de mudar a bula da cloroquina, medicamento ineficaz no tratamento da Covid-19. A fala da médica contradiz os depoimentos do ex-ministro da Saúde Henrique Mandetta e do presidente da Anvisa, Antonio Barra Torres, que relataram a existência de uma minuta de decreto presidencial. Ela também disse que desconhecia a existência de um “gabinete paralelo” que orientava o presidente Jair Bolsonaro à margem das recomendações do Ministério da Saúde.

Defensora da cloroquina, Nise disse à CPI que opinava como cientista em reuniões técnicas do Ministério da Saúde, mas não s. Em determinado momento da comissão, Alencar a questionou sobre a diferença entre um vírus e um protozoário (assista abaixo).

“Não leu, não estudou. E, doutora, de médico audiovisual, este plenário está cansado. De alguém que ouviu e viu, e não leu, e não se aprofundou, e não tem estudado”, disse o senador.

VÍDEO: 'A senhora não sabe nada de infectologia', diz Otto Alencar a Nise Yamaguchi
VÍDEO: ‘A senhora não sabe nada de infectologia’, diz Otto Alencar a Nise Yamaguchi

Depoimento adiantado

quem vai hoje à CPI é a infectologista Luana Araújo, que ficou só 10 dias no governo, como secretária do Ministério da Saúde responsável pelo combate à Covid. Os senadores anteciparam o depoimento dela para coletar informações sobre a gestão de Marcelo Queiroga, que será ouvido pela segunda vez na semana que vem.

A volta de Pazuello

Dois meses após ser demitido do Ministério da Saúde, Eduardo Pazuello foi nomeado ontem secretário de Estudos Estratégicos da Secretaria Especial de Assuntos Estratégicos da Presidência da República. O general da ativa ganha um novo cargo e volta ao governo enquanto responde a um processo disciplinar no Exército porque foi a uma manifestação com Bolsonaro, o que viola as regras militares. Pazuello também é investigado pela gestão da pandemia e já foi reconvocado para depor de novo na CPI. Da primeira vez, ele foi chamado de “campeão das mentiras”. Relembre.

Copa América

Dentro de duas semanas, o Brasil sediará a Copa América. Em meio aos alertas de uma terceira onda da Covid e à chegada da variante indiana, o governo confirmou 4 sedes: Distrito Federal, Rio de Janeiro, Mato Grosso e Goiás. Em São Paulo, o governador João Doria mudou de ideia e resolveu vetar jogos no estado. Partidos da oposição recorreram ao STF contra a realização do torneio.

Repressão no Recife

Três dias depois das ações extremamente violentas que deixaram feridos durante protestos contra Bolsonaro no Recife, caiu o comandante da PM de Pernambuco. O coronel Vanildo Maranhão será substituído por José Roberto Santana. Durante a repressão no sábado (29), duas pessoas levaram tiros de bala de borracha no rosto e perderam parcialmente a visão. A manifestação era pacífica.

Vacinação em SP

Começa hoje no estado de SP a vacinação de quem tem entre 30 e 39 anos e comorbidades. A expectativa é imunizar 1,2 milhão de pessoas na nova etapa. Veja detalhes e saiba quais são as comorbidades listadas. A fiscalização contra fraudes deve ser reforçada após casos de venda de atestados para fular a fila da vacinação. O G1 flagrou a comercialização desses documentos no centro de SP por R$ 130. A médica suspeita de emitir pelo menos um desses atestados negou ter assinado.

Dívidas na pandemia

Sem leitos de UTI disponíveis e sem acesso a tratamentos específicos, parentes de infectados pela Covid-19 recorreram a hospitais particulares e a terapias específicas, sobretudo durante a segunda onda da pandemia. Mas nem sempre a conta bate. Segundo o relato de famílias de pacientes, contas em valores milionários e falta de apoio dos convênios mostram um outro lado dos dramas da pandemia: dívidas, às vezes difíceis de pagar.

Projeções com fotos e frases homenageiam Miguel Otávio, de 5 anos, morto há um ano — Foto: Marlon Costa/Pernambuco PressProjeções com fotos e frases homenageiam Miguel Otávio, de 5 anos, morto há um ano — Foto: Marlon Costa/Pernambuco Press

A morte do menino Miguel, que caiu de um prédio no Recife, completa um ano. E a mãe, Mirtes Renata, mantém o quarto do filho intacto até hoje. Miguel morreu quando estava sob os cuidados Sari Corte Real, ex-primeira-dama de Tamandaré para quem Mirtes trabalhava. Foi ela quem colocou o menino sozinho no elevador enquanto a funcionária passeava com o cachorro dos patrões no térreo. O caso revoltou o Brasil e provocou protestos. Ontem, Miguel foi homenageado no Recife com projeções de fotos e frases em prédios. Mirtes hoje faz faculdade de direito e diz que o único desfecho possível para reconstruir sua vida é a condenação da sua ex-patroa.

Que fim levou?

Se você procurou por “Batuk Freak”, o álbum que lançou Karol Conká ao estrelato, deve ter percebido que o disco não está mais nas plataformas de streaming. A decisão é do produtor Nave Beatz, que afirma nunca ter recebido os direitos de execução da obra. Em conversa com o G1, o produtor se defendeu das acusações de terror psicológico feitas pela cantora no documentário “A vida depois do tombo”, do Globoplay, e compartilhou os detalhes da parceria, o início de um sonho… que deu errado.

Repense o modo soneca

Um estudo da Universidade do Colorado, nos EUA, mostrou que acordar apenas uma hora mais cedo pode reduzir em até 23% as chances de desenvolver depressão grave em pessoas com hábitos noturnos. A chave é o chamado ponto médio do sono – ponto intermediário entre a hora em que uma pessoa vai dormir e a hora em que acorda. Leia os detalhes.

Deu zebra

Campeão paulista, o São Paulo estreou com derrota na Copa do Brasil para o modesto 4 de Julho, time do Piauí que disputa a Série D. O placar foi de 3 a 2. Veja os gols. Santos e Vasco venceram. Hoje tem mais 6 jogos, confira a tabela.

Viu isso?

Continuar lendo PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 02 DE JUNHO DE 2021 POR G1

PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 1º DE JUNHO DE 2021 POR G1

Por G1

 

Bom dia. A médica Nise Yamaguchi vai à CPI da Covid explicar gabinete paralelo da Saúde e proposta de mudar bula da cloroquina. O IBGE divulga o resultado do PIB no 1º trimestre. O impasse da Copa América no Brasil. Ricardo Salles na mira do Supremo. Ministro da Educação diz que Enem 2021 será em novembro. Termina o prazo para entregar o Imposto de Renda. Empresário de artistas explica a crise do sertanejo.

Economia

Sai às 9h o resultado do PIB, que mostrará como foi o desempenho da economia brasileira no início do ano, entre janeiro e março. Em 2020, o PIB encolheu 4,1%, em consequência principalmente da pandemia. Foi o pior resultado anual desde 1996, quando começou a série histórica. Agora, analistas esperam dados positivos. O IBC-Br, índice do Banco Central considerado uma “prévia” do PIB, teve alta de 2,3% no trimestre.

CPI da Covid

Hoje é a vez de Nise Yamaguchi depor na CPI da Covid. Defensora do chamado “tratamento precoce” por meio da cloroquina, a médica é peça-chave para esclarecer como surgiu a ideia de mudar a bula do medicamento para que fosse utilizado no tratamento de Covid. Estudos já comprovaram que a cloroquina é ineficaz contra a doença.

Segundo o diretor da Anvisa, Antônio Barra Torres, foi Nise quem apoiou a proposta discutida no Palácio do Planalto. À CPI, Barra Torres disse que só a agência reguladora pode modificar uma bula, desde que solicitado pelo detentor do medicamento registrado. O diretor da Anvisa também disse que reagiu “de forma deselegante” à ideia levantada durante a reunião que relatou (assista abaixo).

VÍDEO: Barra Torres fala sobre suposta proposta de alteração da bula da cloroquina
VÍDEO: Barra Torres fala sobre suposta proposta de alteração da bula da cloroquina

Gabinete paralelo

Os senadores também esperam que o depoimento de Nise esclareça as ações de um gabinete paralelo da Saúde, formado pela médica e outras figuras que teriam aconselhado o presidente Jair Bolsonaro nas ações sobre a pandemia.

O presidente da CPI, Omar Aziz (PSD-AM), diz que a comissão já serviu para provar a existência de reuniões do governo com o gabinete, assim como a recusa da compra de vacinas. Agora, os senadores querem investigar a ligação entre essa assessoria e a disseminação de informações falsas sobre a Covid.

Nise Yamaguchi, Osmar Terra, Carlos Wizard e outros: veja no vídeo abaixo quem é quem no gabinete paralelo.

CPI da Covid começa a ouvir integrantes do Gabinete Paralelo
CPI da Covid começa a ouvir integrantes do Gabinete Paralelo

Jogando com o perigo

Em meio a alertas da uma 3ª onda de Covid e à chegada da variante indiana, o país foi pego de surpresa com a notícia de que pode sediar a Copa América em duas semanas. Primeiro a Conmebol anunciou que o Brasil havia se oferecido para receber a competição e até agradeceu Bolsonaro. Horas depois, alguns governadores se recusaram a receber jogos em seus estados.

No fim da tarde, Luiz Eduardo Ramos, o ministro da Casa Civil, disse que a decisão ainda não estava tomada e que deve bater o martelo hoje. Segundo ele, o governo incluiu, como condição para receber o evento, a vacinação de todos os integrantes das delegações e a realização de jogos sem público.

Histórico
Os jogos seriam na Colômbia e na Argentina, mas manifestações diárias contra o governo colombiano e a piora da pandemia na Argentina inviabilizaram a competição.

Em 1918, a Copa América foi cancelada no Brasil devido à gripe espanhola. Hoje, com mais de 462 mil mortes por Covid e 16,5 milhões de casos confirmados da doença, especialistas da saúde criticaram a possibilidade de o Brasil sediar o torneio.

Protestos

Os atos contra Bolsonaro e a favor da vacina, no último domingo, foram marcados por registros de abuso e violência no Recife, onde dois homens foram atingidos nos olhos por balas de borracha da PM e perderam parte da visão. Nenhum deles participava do protesto.

Daniel da Silva foi atingido no olho por bala de borracha atirada pela PM durante protesto contra Bolsonaro no Recife — Foto: Hugo MunizDaniel da Silva foi atingido no olho por bala de borracha atirada pela PM durante protesto contra Bolsonaro no Recife  Foto: Hugo Muniz

Daniel da Silva, de 51 anos, teve o olho removido após ser atingido. Também chocou o caso da vereadora Liana Cirne, do PT, agredida com spray de pimenta quando tentava falar com os policiais (veja no vídeo abaixo).

PMs agridem vereadora do Recife com spray de pimenta em protesto contra Bolsonaro
PMs agridem vereadora do Recife com spray de pimenta em protesto contra Bolsonaro

O Assunto

“fora Bolsonaro” ganhou as ruas. Manifestações pró-vacina e pelo impeachment do presidente que ocorreram sábado em mais de 200 cidades marcam uma inflexão e pressionam ainda mais um governo investigado em CPI, hiperdependente do Congresso e em contínuo flerte com a ideia de golpe. Ouça a análise.

Salles na mira do Supremo

A Procuradoria Geral da República (PGR) enviou ao Supremo um pedido de abertura de inquérito para investigar a atuação de Ricardo Salles contra a maior apreensão de madeira ilegal da históriaCármen Lúcia será a relatora do caso. A Polícia Federal do Amazonas suspeita que Salles teria tentado atrapalhar operações para defender o interesse de madeireiros ilegais. À GloboNews, a assessoria dele enviou a seguinte resposta: “Será uma boa oportunidade para esclarecer todos os fatos”.

Enem 2021

A versão impressa e digital do Enem será realizada nos dias 21 e 28 de novembro. A declaração é do ministro da Educação, Milton Ribeiro, que divulgou a data em sua conta no Twitter. A inscrição, segundo ele, ocorrerá entre 30 de junho e 14 de julho.

Um possível adiamento para 2022 poderia trazer um prejuízo de R$ 500 milhões às universidades federais e chegou a ser confirmado pela presidente do Conselho Nacional de Educação. No mesmo dia, documentos internos obtidos pelo G1 mostraram que a avaliação estava marcada para 16 e 23 de janeiro de 2022 com o uso de termos como “ratifica” e “datas definidas”. Milton Ribeiro afirmou depois que eram apenas “conversas de bastidores”.

O governo terá que correr para cumprir os prazos de elaboração das provas para a realização nesses dois dias de novembro. Pessoas familiarizadas com o processo de organização do Enem disseram ao G1 em meados de maio que o prazo é “apertado” ou até “impossível” de ser cumprido.

Detido no Egito

Médico do RS é detido no Egito
Médico do RS é detido no Egito

“Vocês gostam mesmo é do bem duro, né? Comprido também fica legal, né?” O registro dos comentários de duplo sentido feitos pelo médico Victor Sorrentino a uma vendedora no Egito podem complicar a situação do brasileiro, detido no Cairo.

O vídeo, que viralizou na internet até chegar às autoridades locais, foi espalhado por mais de 2 mil ativistas pelos direitos das mulheres, incluindo atrizes e influenciadoras (assista acima).

Em nota, o Itamaraty disse que “já foi informado sobre o caso e as autoridades brasileiras no Egito estão prestando assistência consular cabível ao cidadão”.

Despedidas e homenagens

O Brasil iniciou a semana com três despedidas marcantes.

Morreu, no Rio de Janeiro, o sambista Dominguinhos de Estácio, intérprete da canção “Liberdade, liberdade, abre as asas sobre nós”. O cantor tinha 79 anos e foi vítima de uma hemorragia cerebral. Lembre sambas inesquecíveis.

O locutor Januário de Oliveira morreu aos 81 anos em Natal, após uma parada cardíaca decorrente de um quadro de pneumonia. São dele bordões históricos como “cruel, muito cruel” e “tá aí o que você queria, bola rolando”.

E João Miguel, o primeiro filho de Whindersson Nunes e Maria Lina, morreu com apenas dois dias. O bebê nasceu prematuro após completar 22 semanas e estava em uma maternidade de São Paulo. Whindersson divulgou uma música que havia feito para o filho.

IR: prazo esgotado

Terminou o prazo para enviar a declaração do Imposto de Renda à Receita Federal. Quem era obrigado a declarar e perdeu o prazo da entrega agora está em dívida com o Leão e pode receber uma multa de, no mínimo, R$ 165,74. Mas, calma! Se você perdeu o prazo, o G1 explica o que fazer para regularizar a situação o quanto antes.

Além de pagar a multa, quem não declara o Imposto de Renda no prazo corre o risco de ter o CPF bloqueado, o que pode impedir a contratação de empréstimos, tirar passaportes, obter certidão negativa para venda ou aluguel de imóvel e até prestar concurso público.

De volta à sofrência

O mês de junho promete uma retomada do sertanejo nos rankings das canções mais ouvidas. É o que diz o empresário Wander Oliveira, responsável por gerenciar carreiras de artistas como Marília Mendonça, Maiara & Maraísa, Henrique & Juliano e outros ídolos do ritmo, que tem perdido espaço para a pisadinha. Em entrevista ao G1, Wander minimiza a crise do sertanejo e diz que a falta de lançamentos e de shows na pandemia atrapalhou. “Com o não lançamento, as pessoas começam a enjoar mesmo”, afirma. Leia mais.

Continuar lendo PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 1º DE JUNHO DE 2021 POR G1

PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 28 DE MAIO DE 2021 POR G1

Por G1

 

Bom dia. Reportagem do G1 mostra a emissão de atestados falsos para furar a fila da vacinação. O depoimento de Dimas Covas esquenta a CPI. O adeus a Nelson Sargento. Bolsonaro mais uma vez tenta derrubar medidas estaduais contra a Covid. Vítima da tragédia de Brumadinho é identificada mais de dois anos depois.

Atestados falsos

Relatos de atestados médicos para a furar a fila da vacinação contra a Covid-19 proliferam na internet, mas os conselhos de medicina dizem que não registraram denúncias oficiais até agora.

Nas redes sociais, usuários dizem que familiares e amigos burlam regras para se vacinar, e médicos também relatam pressão para emitir laudos falsos. Apesar disso, todos os 27 conselhos regionais de medicina dizem que não receberam qualquer denúncia – e, portanto, também não abriram sindicâncias nem processos éticos. Profissionais dizem que essa atitude pode resultar em penalidades para paciente e médico.

Durante dois dias seguidos, G1 acompanhou a oferta e emissão de documentos fraudados no centro de São Paulo. Os valores para conseguir furar a fila da vacina podem chegar a R$ 400 pelo kit completo. Para conseguir a imunização, além do atestado com a declaração da doença, também é possível apresentar um laudo médico ou receita da medicação. A ação foi filmada pela reportagem. Assista abaixo.

G1 flagra venda de atestados para pessoas que fingem ter comorbidades no Centro de SP
G1 flagra venda de atestados para pessoas que fingem ter comorbidades no Centro de SP

Variante indiana

A entrada de um passageiro infectado com a variante indiana do coronavírus pelo maior aeroporto do país levantou um alerta para a fiscalização de barreiras sanitárias no Brasil. O prefeito de Guarulhos pediu ao governo federal o fechamento do aeroporto por 15 dias ou um plano para fortalecer a barreira sanitária. Um levantamento mostrou que os gastos da Anvisa na vigilância de portos e aeroportos foi o menor em 20 anos. O caso gerou um embate entre a agência e governo de SP, que culpou a Anvisa pela liberação do viajante. O homem mora no RJ e tomou outro voo após chegar da Índia. À noite, um novo caso da variante foi confirmado pela prefeitura de Juiz de Fora (MG). Agora são 8 no Brasil.

Situação da pandemia
O Brasil registrou mais 2.130 mortes e chegou a um total de 456.753. A média móvel indica tendência de estabilidade na comparação com 14 dias atrás. Mas as internações estão aumentando. Em SP, hospitais particulares já estão no limite de novo, com mais de 95% dos leitos ocupados.

O Assunto

alta na mortalidade materna por Covid. Foram 1.204 óbitos, cerca de 60% deles em 2021. Médica recomenda vacinar rapidamente puérperas até 42 dias depois do parto e gestantes entre 14 e 28 semanas. Ouça a análise.

Bolsonaro x medidas restritivas

Sob o risco de um novo colapso nos hospitais, prefeitos e governadores estão apertando as medidas de isolamento, com fechamento do comércio e restrições à circulação. Pois o presidente Jair Bolsonaro recorreu de novo ao STF para tentar derrubar esses decretos. O novo pedido se refere a medidas tomadas em Pernambuco, Paraná e Rio Grande do Norte. Da outra vez, o ministro Marco Aurélio Mello rejeitou o pedido do governo. No ano passado, o Supremo decidiu que estados e municípios têm autonomia para tomar providências contra a pandemia.

Dimas Covas

Em depoimento à CPI da Covid, o diretor do Instituto Butantan tentou mostrar que a falta de empenho do governo e as atitudes de Bolsonaro prejudicaram a vacinação no Brasil. Dimas Covas disse que, se não houvesse atraso no fechamento do contrato da CoronaVac, o Brasil poderia ter sido o 1º país do mundo a iniciar a vacinação contra a Covid-19. Quem fez isso foi o Reino Unido, em 8 de dezembro. Veja os principais pontos do depoimento.

CPI da Covid: depoimento do diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas
CPI da Covid: depoimento do diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas

A CoronaVac, produzida pelo Butantan em parceria com o laboratório chinês Sinovac, foi motivo de intensa disputa política entre o presidente e o governador de SP, João Doria (PSDB). Bolsonaro desdenhou a vacina ao longo de 2020 e chegou a dizer que o governo federal não a compraria. Na CPI, Dimas Covas afirmou que essas falas de Bolsonaro, os ataques à China e a lentidão do governo impediram a entrega de 100 milhões de doses até maio deste ano.

À CPI, Covas apresentou o contrato oferecido ao Ministério da Saúde em 7 de outubro – uma versão parcial do documento acabou sendo firmada só em janeiro de 2021 ano e atualizada em fevereiro.

Análise

Jogadores festeiros

Blitz encerrou uma balada clandestina na Zona Leste de São Paulo, com mais de 100 pessoas, entre elas dois jogadores de futebol: o zagueiro equatoriano Arboleda, do São Paulo, e o atacante David Neres, que também defendeu o São Paulo, a seleção brasileira – disputou a Copa América de 2019 – e atualmente está no Ajax, da Holanda.

Vacinada 💉 e milionária 💰

Já imaginou ganhar um milhão de dólares após se vacinar? Foi o que aconteceu com uma jovem de 22 anos em Ohio, nos EUA. Abbigail Bugenske foi sorteada em um concurso promovido pelo governo do estado para estimular a população a se imunizar. Além de dinheiro, são oferecidas também bolsas de estudos para adolescentes.

Samba de luto

Nelson Sargento: músicas que marcaram a carreira
Nelson Sargento: músicas que marcaram a carreira

Será cremado hoje no Rio de Janeiro o corpo do sambista Nelson Sargento. O autor de sucessos como “Agoniza mas não morre”, “Encanto da Paisagem” e “Falso Amor Sincero” morreu aos 96 anos após ser diagnosticado com Covid-19. O compositor e baluarte da Mangueira foi homenageado por nomes como Zeca Pagodinho, Neguinho da Beija-Flor e Alcione. Por causa da pandemia, a cremação ocorrerá em uma cerimônia fechada.

Obras inéditas
Lívea Mattos, nora e produtora de Nelson, contou ao G1 que, mesmo afastado dos palcos, o sambista não parava de criar. Ele deixa um CD de músicas inéditas com Agenor de Oliveira.

Terra Yanomami ameaçada

Crianças sofrem com a desnutrição na Terra Yanomami, a maior reserva indígena do país — Foto: Arte G1

Desnutrição infantil, garimpo ilegal e Covid-19 afligem a Terra Yanomami, em Roraima, a maior reserva indígena do país. Na comunidade Alto Catrimani, a imagem de um menino de 10 anos pesando 8 kg (o ideal para a idade é em torno de 32 kg) é o retrato da grave situação. Nesta semana, o território completou 29 anos de homologação como reserva e vive sob ameaça do garimpo ilegal de ouro.

A extração do minério com mercúrio contamina rios, mata animais e reduz a oferta de comida. O quadro é desesperador, como se vê abaixo, no relato de uma mulher yanomami sobre os conflitos com os garimpeiros.

Tensão e insegurança: mulher Yanomami relata medo de morrer em região alvo de garimpeiros
Tensão e insegurança: mulher Yanomami relata medo de morrer em região alvo de garimpeiros

Assassinato no Carrefour

A viúva de João Alberto Freitas, homem negro morto por seguranças do Carrefour em Porto Alegre, firmou um acordo de indenização com a rede de supermercados. O valor não foi revelado. Milena Borges Alves, de 43 anos, está entre os oito familiares indenizados. O crime completou 6 meses e desencadeou uma onda de protestos contra o racismo e a violência policial.

Brumadinho

Mais de dois anos após o rompimento da barragem de Brumadinho, da Vale, uma nova vítima foi identificada. Renato Eustáquio de Sousa, soldador e mecânico, foi identificado por meio de um fragmento de fêmur encontrado em janeiro. Dez pessoas ainda não consideradas desaparecidas.

Acidente em Noronha

A morte de um turista de 52 anos em Fernando de Noronha chamou a atenção para o “plana sub”, um esporte aquático no qual o praticante mergulha com uma prancha puxada por um barco. Este vídeo explica como funciona. Segundo o criador da modalidade, o “plana sub” requer cuidado, e um erro pode ser fatal. José Edvaldo da Silva comemorava 30 anos de casado antes de morrer afogado durante o mergulho. Ele foi enterrado nesta semana em Ribeirão Branco (SP).

Hit gospel

Existe uma brincadeira que diz que, em Goiânia, se chacoalhar uma árvore, cai uma dupla sertaneja. Mas nem só do som da sanfona se faz música na região. Foi lá também que surgiu o Casa Worship, grupo que dá uma pegada pop rock para entoar louvores de igreja. “A casa é sua” é seu maior hit. Lançada em 2019, a música foi ressignificada na pandemia e ganhou espaço fora das playlists de música cristã. Hoje, tem 270 milhões de views no YouTube. “Vimos o quanto as pessoas estão sedentas por palavras de esperança, de amor. Isso tem impulsionado nosso trabalho”, diz Julianny, uma das vocalistas. Saiba mais sobre o Casa Worship.

Lives da semana

Barões da Pisadinha, Marília Mendonça, Gal Costa e mais shows para ver em casa.

Assédio na PM

Após deixar a carreira na Polícia Militar, Jéssica Paulo do Nascimento, de 28 anos, que denunciou um tenente-coronel por assédio sexual e ameaças de morte, diz que quer trabalhar com projetos para apoiar mulheres que viveram a mesma situação. Em entrevista ao G1, Jéssica conta que decidiu deixar a corporação porque foi perseguida após a denúncia. “Pensei que teria alguma paz, mas foi diferente. Sofri uma pressão muito difícil.”

Viu isso?

Video: Milhões de camundongos invadem a região sudoeste da Austrália
Video: Milhões de camundongos invadem a região sudoeste da Austrália

Fonte: G1

Continuar lendo PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 28 DE MAIO DE 2021 POR G1

PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 27 DE MAIO DE 2021 POR G1

Por G1

 

Bom dia. O alerta no Brasil com variante indiana e o risco de uma 3ª onda da Covid-19. A piada do Papa. A disparada do etanol. Os R$ 100 milhões da Mega-Sena. O bolo que Salles deu em Mourão. A agenda da CPI e a nova diva da música pop. A seguir, os destaques desta quinta.

B.1.617, uma nova preocupação

O Ministério da Saúde confirmou ontem 7 casos da variante indiana da Covid-19 no Brasil: seis no Maranhão e um em SP. Este último é um morador de Campos dos Goytacazes, Rio de Janeiro, que voltou da Índia no dia 22 e passou pelo Aeroporto de Guarulhos, em São Paulo.

Segundo a Anvisa, o passageiro apresentou na chegada um teste PCR negativo feito 72 horas antes e não relatou sintomas. Quando um novo exame (feito aqui) apontou a presença do coronavírus, ele já havia viajado para o Rio. O governo de São Paulo diz que só foi notificado após o 2º embarque e criticou a Anvisa por liberar o viajante.

O que sabemos sobre a variante
De acordo com a OMS, a cepa B.1.617 é mais contagiosa e diminui a eficácia das vacinas da Pfizer e da Astrazeneca, usadas no Brasil. Mas, até o momento, pesquisadores não conseguiram estabelecer se ela está relacionada a quadros mais graves. A cepa foi detectada em 50 países e tem sido associada à explosão da Covid-19 na Índia, que tem mais de 310 mil mortos. São 4 as “variantes de preocupação global” até agora: a britânica (B.1.1.7), a sul-africana (B.1.351), a brasileira (P.1) e a indiana (B .1.617).

Fungo preto

Segundo país mais populoso do mundo, a Índia vive um colapso sanitário e sofre também com a mucormicose, infecção causada por um “fungo preto”.São milhares de casos, muitos entre pacientes que se recuperaram da Covid-19. Médicos acreditam que a relação está no uso de esteroides para reduzir a inflamação causada pelo coronavírus. Veja o que se sabe até agora.

Risco de 3ª onda

Por aqui, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, prevê uma nova escalada da pandemia, que poderia ser causada pelo avanço de uma cepa como a indiana. Uma 3ª onda de contágios, segundo o ministro, exigirá novas medidas de isolamento social. O presidente Jair Bolsonaro é contra.

O início da 3ª onda estava previsto para acontecer entre junho e julho, mas chegou com um mês de antecedência, diz Pedro Halal, epidemiologista e ex-reitor da Universidade de Pelotas.

Números da pandemia
Com mais 2.399 mortes, o Brasil chegou a 454.623desde o início da pandemia. A vacinação segue lenta: só 10% da população tomou as duas doses desde janeiro.

Biden pede transparência

O presidente dos EUA, Joe Biden, pediu que agentes de inteligência entreguem em até 90 dias um relatório sobre a origem do SARS-CoV-2, causador da Covid-19, e cobrou “transparência” da China. Os americanos trabalham com 2 hipóteses: se o coronavírus escapou de um laboratório em um acidente ou se — conforme a hipótese que era mais aceita — infectou humanos por meio de contato com animais selvagem. No início do ano, a OMS chegou a descartar um acidente de laboratório, mas reconheceu que teve dificuldades com a missão enviada à China.

Brasil tá lascado

Até o Papa parece achar que os brasileiros não têm salvação. Um vídeo do Pontífice comentando a situação do país viralizou ontem. Abordado por um padre com pedidos de oração para os brasileiros, Francisco deu uma resposta para lá de inusitada. Assista ao vídeo:

Papa Francisco faz piada com brasileiros
Papa Francisco faz piada com brasileiros

CPI da Covid

O diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, vai à CPI hoje para detalhar os processos de produção da CoronaVac e a tumultuada negociação da vacina com o governo federal durante a gestão Pazuello. Na semana passada, o ex-ministro disse na comissão que nunca recebeu ordens de Bolsonaro para desfazer acordos sobre a CoronaVac, mas declarações da época mostram que isso não é verdade. Pazuello, aliás, foi reconvocado para prestar um novo depoimento.

O que rolou
Ontem, mesmo sem nenhum depoimento, o dia foi intenso (e tenso) na comissão. A convocação de governadores dividiu os senadores e provocou uma “reunião secreta” para tentar acalmar os ânimos. No fim, a CPI convocou 9 governadores e pessoas suspeitas de formar um “gabinete paralelo” que assessorava Bolsonaro na pandemia. Veja a lista aqui. O episódio de ontem do podcast O Assunto explicou quem é quem nesse tal gabinete.

Mesmo com reunião secreta, o clima esquentou na CPI. Veja o momento em que o presidente da comissão, Omar Aziz (PSD-AM), chama o governista Eduardo Girão (Podemos-CE) de oportunista.

Aziz para Eduardo Girão: 'Vossa Excelência é um oportunista'Aziz para Eduardo Girão: ‘Vossa Excelência é um oportunista’

O Assunto

Cadê Salles

Ricardo Salles irritou Hamilton Mourão por não comparecer a uma reunião do Conselho da Amazôniasobre desmatamento. O vice-presidente considerou a ausência do ministro do Meio Ambiente “uma falta de educação”.

“Lamento profundamente não mandar representante, não comparecer, muito menos dar qualquer tipo de desculpa. Considero isso falta de educação.”

Salles, que nem representante mandou para a reunião, não se pronunciou. Ele está na mira da PF pela suspeita de integrar um esquema de exportação de madeira ilegal.

Garimpo ilegal

Com apoio de políticos, garimpeiros tentaram impedir uma operação da PF contra o garimpo ilegal em terras indígenas em Jacareacanga, no Pará. O grupo fechou o acesso à cidade, incendiou casas em uma aldeia Munduruku e atacou uma base da polícia. A manifestação a favor da atividade proibida nas terras indígenas teve o apoio do vice-prefeito. Um carro de som convocou a população contra a PF. Segundo dados do Inpe, entre 2018 e 2020, a destruição em terras Munduruku triplicou. Nesse período, o garimpo devastou uma área do tamanho de mais de 4 mil campos de futebol.

Gente do campo

Elas transformam os alimentos de seus quintais em bolos, pés de moleque e sequilhos de tapioca sem usar nenhum produto industrializado, para valorizar a cultura. O G1 conta a história de 48 mulheres das comunidades quilombolas Povoado Sapé e Tabuleiro dos Negros, na zona rural do município de Igreja Nova, em Alagoas. Sua missão é gerar renda com alimentos colhidos nos quintais e transformá-los em receitas tradicionais.

Gente do campo: agricultoras quilombolas geram renda com receitas tradicionais
Gente do campo: agricultoras quilombolas geram renda com receitas tradicionais

Alta do etanol

Os preços do etanol dispararam nos postos em maio, segundo pesquisa da ANP (Agência Nacional de Petróleo). Na região Sul, o litro pode custar até R$ 6,50. A falta de chuvas e o aumento do açúcar no mercado externo explicam essa valorização.

$$$

A Mega-Sena acumulou de novo e agora pode pagar R$ 100 milhões. O próximo sorteio é no sábado (29). Ontem, 144 apostas fizeram a quina. Confira os números.

Vai mudar

O Google Fotos encerrará na próxima terça (1º) o armazenamento ilimitado para fotos e vídeos em alta definição. Com isso, quem estourar a cota gratuita precisará comprar espaço extra. Entenda como vai funcionar e conheça alternativas.

SP: vacinação e recuo

O estado de SP pretende vacinar pessoas de 45 a 54 anos sem comorbidades até o fim de agosto. E a chegada da variante indiana levou à decisão de vacinar funcionários de aeroportos e portos a partir de 28 de maio 1º de junho, respectivamente. Veja o calendário.

Com o aumento de casos e uma 3ª onda no horizonte, o governo estadual desistiu de ampliar o horário de lojas e restaurantes a partir de junho.

Nelson Sargento

Nelson Sargento, de 96 anos, está internado no RJ — Foto: Edinho AlvesNelson Sargento, de 96 anos, está internado no RJ — Foto: Edinho Alves

quadro de saúde do sambista Nelson Sargento, que está com Covid-19, é grave e inspira cuidados. O cantor de 96 anos foi um dos primeiros idosos a ser vacinado no Rio, junto com Orlando Drummond (veja no vídeo abaixo).

VÍDEO: Orlando Drummond e Nelson Sargento são vacinados em evento no Palácio da Cidade
VÍDEO: Orlando Drummond e Nelson Sargento são vacinados em evento no Palácio da Cidade

Mesmo assim, foi internado no dia 22 no Instituto Nacional de Câncer (Inca). A família autorizou a intubação para dar prosseguimento ao tratamento. Autor das canções “Agoniza mas não morre”, “Falso Amor Sincero” e “Encanto da Paisagem”, Nelson também é pesquisador de música popular e presidente de honra da Estação Primeira de Mangueira.

Olivia Rodrigo: a nova diva pop

Só se fala de Olivia Rodrigo. A cantora e atriz de 18 anos surgiu em séries da Disney e tem um álbum de estreia recém-lançado que conseguiu uma proeza: quebrou muitos recordes e segue sendo bem falado por fãs e pela crítica. Olivia cresceu mais de 300% no Deezer Brasil e é 1º lugar no Hot 100 da Billboard com o single “good 4 u”. Veja aqui tudo o que você precisa saber sobre a maior revelação do pop em 2021.

Olivia Rodrigo faz sucesso já no seu primeiro álbum solo
Olivia Rodrigo faz sucesso já no seu primeiro álbum solo
Caetano Veloso em live — Foto: Reprodução / Vídeo

Caetano Veloso em live — Foto: Reprodução / Vídeo

Caetano Veloso confirmou a gravação de álbum autoral com músicas inéditas – o primeiro do artista no gênero desde Abraçaço (2012), disco lançado há nove anos. Cantor revelou que o disco está sendo gravado em estúdio montado na casa do próprio Caetano, no Rio, com músicas que começaram a ser compostas na Bahia, no verão de 2019.

Viu isso?

Antes de ir…

erupção de vulcão Fagradalsfjall, na Islândia, tem criado imagens impressionantes. O vídeo abaixo foi feito por um drone e mostra o espetáculo da lava.

VÍDEO: drone mostra erupção de perto em vulcão da Islândia
VÍDEO: drone mostra erupção de perto em vulcão da Islândia
Continuar lendo PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 27 DE MAIO DE 2021 POR G1

OPINIÃO: É HORA DE O GENERAL PAZUELLO MOSTRAR PARA O PRESIDENTE DA CPI E DEMAIS INTEGRANTES QUE É UM GENERAL DA ATIVA

Já passou da hora, General!

Foto reproduçãoFoto reprodução

“O presidente da CPI da Covid, senador Omar Aziz (PSD), afirmou hoje, durante o UOL Entrevista, que se o ex-ministro da Saúde general Eduardo Pazuello mentir de novo à comissão ‘sairá algemado [da sessão]’.”

Atenção! É hora de o General Pazuello mostrar que é um General da ativa.

É hora de mostrar que não é ladrão, que não é acusado de corrupção (como são acusados os membros da CPI da Covid), que não cometeu nenhum crime e se cometeu não foi acusado, não foi julgado, não foi condenado pela justiça.

Está na CPI como testemunha. Repito: Testemunha!

Foi a CPI para responder perguntas, não para ser desrespeitado.

Foi a CPI para esclarecer e não para ser chamado de mentiroso, pois se Eduardo Braga, Randolfe e o resto do G7 já sabiam de todas as respostas, por que perguntar ao General? Para tratá-lo com grosseria? Para humilhá-lo?

Chega de dar uma de bonzinho, General! Chega de dar uma de educado.

Vista sua farda e não espere que esses elementos investigados por desvios de dinheiro público tenham qualquer piedade de Vossa Senhoria ou do Exército Brasileiro.

Coloque suas estrelas de General no peito e enfrente os Senadores que não tem coragem de punir Ministros do Supremo nomeados por Lula e Dilma, mas tem a audácia de peitar um General.

Exija respeito. A cada grito dê dois. Mostre que não se intimida com a corja de lobos famintos que tenta cooptar o exército e por tabela devorar o Brasil de qualquer jeito.

Desafie Randolfe a mandar prendê-lo, como ele afirmou. Desafie Omar que também afirma que o senhor “sairá algemado”. Desafie Renan. Desafie essa CPI montada exclusivamente para denegrir a imagem de Bolsonaro e do Exército Brasileiro.

Aliás, é hora dos outros Generais entenderem que o endeusamento dos “jornalistas de esquerda” ao Exército Brasileiro é completamente falso e enganoso.

Dizem eles: “Pazuello compromete o valoroso exército”; “Bolsonaro com seu comportamento prejudica as forças armadas”; o “Exército tem seu prestigio, conseguido a duras penas, prejudicado por Bolsonaro e Pazuello”.

Já pensaram por que dizem isso? A ideia é jogar o Exército contra Bolsonaro.

A ideia é jogar o povo contra Bolsonaro.

Com o povo a coisa não colou.

Os jornais e jornalistas brasileiros falam apenas para eles mesmo. É a voz da farsa. Ninguém acredita em uma palavra do que os jornalistas dizem, a não ser os que vivem na bolha do poder à espera de novamente mamarem nas tetas da nação.

Mas o “canto da sereia” colou em alguns “generais melancias” (verde por fora e vermelho por dentro), tal como Santos Cruz.

Esses dão entrevistas “na mídia do ódio” (Globo, Folha, Estadão e o tal consorcio de imprensa que distribui as mesmas notícias para todo Brasil) e concordam inteiramente com a canalha esquerdista fantasiada de jornalista.

É a farsa da imprensa, que não mais engana o povo, mas rasteja para enganar as Forças Armadas.

Já passou da hora, General!

O senhor é testemunha, não um acusado!

O senhor é testemunha, não um criminoso!

O senhor é testemunha, é livre, responda quando quiser!

Entenda que vão acusá-lo de qualquer jeito, sendo inocente ou culpado!

Entenda que vão condená-lo ainda que não existam provas.

Entenda que seus acusadores querem sangue e vingança.

Enfrente-os! Desmascare todos eles! Não se intimide!

Sua sentença já está lavrada!

O que esse grupo quer, agora, é degradá-lo, rebaixá-lo, humilhá-lo, perante as câmeras de TV e do povo brasileiro.

Sua humilhação é a humilhação do Exército e por tabela é a humilhação do povo que apoia o Exército. Não permita mais essa ignominia!

Já passou da hora, General!

Disse o mais conceituado jornalista brasileiro da atualidade, J. R. Guizo, em artigo (“Um Supremo que virou partido”), na Revista Oeste:

“No caso, os ministros do STF que temos no momento formam um partido político de ‘A’ a ‘Z’ — partido que até tem as suas alas, rivalidades e facções internas, mas é partido, sim, na cabeça, corpo e membros. É muito simples.

O STF, na vida real, é um grupo de pessoas que agem na mesma direção de forma intencional, clara e constante. Têm os mesmos objetivos gerais. Dividem os mesmos interesses. É assim que se comporta um partido — e é assim que se comporta o Supremo.

No caso do STF atual, a atividade em comum é a linha ideológica, política e partidária que se vê no PT, nos seus satélites no Congresso e em tudo aquilo que, de forma geral, se identifica com a chamada ‘esquerda’. O tribunal, em suas sentenças, atende de forma quase automática a tudo o que lhe pedem o Psol, as ‘organizações sociais’ e o universo contido no ‘campo progressista’.

Decide, também de maneira praticamente sistemática, contra o governo.

Anula leis e outras decisões do Poder Legislativo quando a esquerda, derrotada no plenário e no resto da ação parlamentar, pede que suas derrotas sejam convertidas em vitórias; diz quem ganha o jogo num campeonato disputado o tempo todo no tapetão.

Prende um deputado e um jornalista, militantes de direita, por terem dito e escrito coisas que desagradaram os ministros.

Conduz há quase dois anos um inquérito inteiramente ilegal contra adversários políticos. Tem um candidato à Presidência da República nas eleições de 2022 — o ex-presidente Lula. Falta alguma coisa?

O STF transformou-se numa vara penal para absolver acusados de ladroagem.”

Entenda o jogo, General. O Alto Comando das Forças Armadas também precisa entender o jogo e apoiar Pazuello. Vejam só:

Caio Copolla fez um abaixo-assinado com 3 milhões de assinaturas. O texto pedia que o Presidente do Senado julgasse membros do Supremo. Os Senadores ignoraram as assinaturas do povo e arquivaram o pedido.

Caio Copolla insistiu e mandou o abaixo-assinado com 3 milhões de assinaturas dos brasileiros ao Supremo, para que este julgasse seus pares. O Supremo ignorou o povo e arquivou o pedido.

Em contrapartida o Ministro Barroso ordenou, sim, Barroso ordenou que o Senado instalasse, imediatamente, uma CPI contra o governo, a pedido dos partidos de oposição que perderam as eleições para Bolsonaro. O Senado obedeceu imediatamente.

E aí temos o circo atual: O Presidente da tal CPI é Omar Aziz que é acusado de desvio de dinheiro público no Amazonas e teve a mulher e os irmão presos em operação da polícia federal. Seu braço direito é Renan Calheiros, o ente mais investigado e acusado entre todos os Senadores.

O Alto Comando Militar precisa entender que nesse jogo é somente o povo que os apoia. Durante 23 três anos foram diminuídos, reduzidos, encolhidos, humilhados, rebaixados, amesquinhados pelas “esquerdas” que os chamavam todos os dias de assassinos; que criaram a “Comissão da Verdade” para punir militares e indenizar os terroristas de esquerda, chamá-los de “heróis” e os militares de bandidos. Jornalistas, intelectuais, políticos, artistas todos participaram dessa farsa durante os governos de FHC/Lula/Dilma/Temer.

O povo não se dobrou. O povo foi às urnas e derrotou a mentira. O povo com seu voto resgatou a honra militar. E o Presidente prestigiou o Exército: Segundo o Tribunal de Contas da União, em junho de 2020 havia mais de 6 mil oficiais em cargos de nomeação política no governo Bolsonaro.

O povo elegeu o governo atual. O povo defende o governo e o seu voto.

O povo, senhores Generais, precisa sair às ruas para também defender o Exército?

Fonte: Jornal da Cidade Online

Continuar lendo OPINIÃO: É HORA DE O GENERAL PAZUELLO MOSTRAR PARA O PRESIDENTE DA CPI E DEMAIS INTEGRANTES QUE É UM GENERAL DA ATIVA

POLÍTICA: GRUPO DE GOVERNADORES AVALIA INGRESSAR COM PEDIDOS NO STF PARA NÃO SEREM OBRIGADOS A COMPARECER COMO TESTEMUNHAS NA CPI DA COVID-19

Governadores avaliam recorrer ao STF para não comparecerem à CPI da Pandemia

Nesta quarta-feira (26), a comissão de inquérito pretende votar a convocação de dez governadores, mais da metade da Região Norte

Gustavo Uribe

Por Gustavo Uribe, CNN  

 Atualizado 26 de maio de 2021 às 09:14

Política - Governadores planejam acionar STF para recorrer caso sejam convocados pela CPI - 26/05/2021

Com a possibilidade de convocação pela CPI da Pandemia, um grupo de governadores avalia ingressar com pedidos no STF (Supremo Tribunal Federal) para não serem obrigados a comparecer na condição de testemunhas.

Segundo apurou a CNN, a possibilidade tem sido considerada por alguns governadores da Região Norte. Eles representam mais da metade do total de requerimentos apresentados para a convocação de chefes de gestões estaduais.

A ideia estudada é que, caso sejam aprovados requerimentos de convocação contra eles em sessão marcada para esta quarta-feira (26), eles ingressem com pedidos em sequência na Suprema Corte.

O argumento é de que há um precedente jurídico que desobriga chefes de governos estaduais a comparecerem a uma comissão de inquérito do Congresso Nacional.

Em 2012, o então governador de Goiás, Marconi Perillo, conseguiu autorização para não comparecer à CPI do Cachoeira.

Na época, o ministro Marco Aurélio Mello, do STF, concedeu liminar sob o argumento de que uma comissão de inquérito do Congresso Nacional não pode impor a presença de um chefe do Poder Executivo.

Nesta quarta-feira (26), devem ser analisados requerimentos para a convocação dos governadores do Amazonas, Amapá, Rondônia, Roraima, Pará, Tocantins,  Distrito Federal, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Santa Catarina.

Nestes estados, houve investigação da Polícia Federal durante a pandemia. A tropa de choque do Palácio do Planalto tem insistido na necessidade de investigar a destinação de recursos federais para estados e municípios.

Continuar lendo POLÍTICA: GRUPO DE GOVERNADORES AVALIA INGRESSAR COM PEDIDOS NO STF PARA NÃO SEREM OBRIGADOS A COMPARECER COMO TESTEMUNHAS NA CPI DA COVID-19

PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 26 DE MAIO DE 2021 POR G1

Por G1

 

Bom dia. A CPI da Covid vota hoje requerimentos para convocar governadores, ex-prefeitos e acerta as voltas de Pazuello e Queiroga. De olho no céu: tem eclipse e superlua para ver a olho nu. Compras por delivery disparam em ano de pandemia. Live do G1 tira dúvidas sobre o Imposto de Renda. Influenciadores de teoria da conspiração obrigam Tik Tokers a contratar agência de checagem. Variante P.4 é identificada em São Paulo.

Agenda da CPI

Após encerrar um primeiro ciclo de depoimentos, a CPI da Covid vota hoje pedidos para convocar governadores e ex-prefeitos. Os aliados de Bolsonaro na comissão querem investigar suspeitas de desvios em estados e municípios. O presidente da comissão, Omar Aziz (PSD-AM), pretende votar mais de 200 requerimentos nesta semana. A pauta da CPI para hoje lista 42.

Algumas convocações que devem ser aprovadas:

Segundo Aziz, Pazuello precisa esclarecer contradições e mentiras e deverá enfrentar um clima diferente na CPI se dessa vez não conseguir um habeas corpus que permita a ele ficar em silêncio.

“As mentiras estão aparecendo, não sou eu que estou dizendo. São contradições. Agora, se o ministro vier para cá sem nenhum habeas corpus, não tenha dúvida de que não será da mesma forma como foi da última vez.”

Mayra contradiz Pazuello

Ontem, a secretária de Gestão do Trabalho e da Educação do Ministério da Saúde, Mayra Pinheiro, complicou complicou Pazuello ao contar na CPI que ele foi alertado sobre a falta de oxigênio em Manaus no dia 8 de janeiro, e não no dia 10, como afirmou o ex-ministro. Para a colunista Ana Flor, a “capitã cloroquina” colocou o general em maus lençóis. O vídeo expõe a contradição entre eles. Veja:

CPI da Covid: O que disseram Pazuello e Mayra sobre a crise de oxigênio no Amazonas
CPI da Covid: O que disseram Pazuello e Mayra sobre a crise de oxigênio no Amazonas

E se você não viu, aqui vai um dos momentos mais insólitos da CPI até agora. Pênis ou tênis? Um áudio de Mayra exibido na CPI confundiu os senadores. Assista e entenda a confusão:

VÍDEO: Mayra Pinheiro afirma que Fiocruz tinha 'pênis' inflável na porta da instituição
VÍDEO: Mayra Pinheiro afirma que Fiocruz tinha ‘pênis’ inflável na porta da instituição

Gabinete paralelo

Entenda em O Assunto quem é quem no gabinete paralelo, após diferentes depoimentos à CPI da Covid identificarem personagens que Jair Bolsonaro ouviu e seguiu. Ouça o podcast:

Enquanto isso…
O Brasil contabiliza 452.224 mortes e 16.195.981 casos de Covid-19. Ontem foi o sétimo dia de estabilidade da média móvel na comparação com 14 dias atrás.

Variante P.4

O pesquisador da Universidade Estadual Paulista (Unesp) de Botucatu e vice-presidente da Sociedade Brasileira de Virologia, João Pessoa Araújo Júnior anunciou, a descoberta da P.4, uma nova variante do coronavírus identificada em uma amostra do município de Mococa, no interior São Paulo.

Ainda não é possível saber se a variante é mais contagiosa ou perigosa do que o vírus “comum”.

Rei vacinado

Roberto Carlos recebe a 2ª dose da vacina contra a Covid no Rio — Foto: Reprodução/InstagramRoberto Carlos recebe a 2ª dose da vacina contra a Covid no Rio — Foto: Reprodução/Instagram

O cantor Roberto Carlos recebeu a 2ª dose da vacina contra a Covid-19, em um posto de vacinação drive-thru no Rio de Janeiro. O artista de 79 anos chegou dirigindo seu carro e gravou o momento da aplicação do imunizante.

“Vacina sim. É isso ai. Todo mundo tem que vacinar, por favor”, disse o artista.

Eclipse e superlua de sangue 🌝

Se você está lendo isso antes das 6h47 do horário de Brasília, há grandes chances de conseguir acompanhar o eclipse que acontece nesta quarta de manhã (26). Ao amanhecer, Sol, Terra e Lua se alinham e nosso planeta faz sombra sobre o satélite. O fenômeno pode ser visto a olho nu em áreas menos iluminadas e com o horizonte livre, que promete ostentar a chamada “lua de sangue”, nome que se refere à sua cor avermelhada. Entenda o que causa esse fenômeno.

A fase da umbra – quando a sombra do Sol começa a ser observada na Lua –, tem início às 7h44. Às 8h11, o satélite estará na fase total máxima, até as 8h25. A fase parcial segue até às 9h52 e tudo termina às 10h49.

Boom do delivery

O hábito de pedir comida por aplicativo chegou aos lares brasileiros para ficar. É o que mostra um levantamento da CNDL/SPC Brasil, que aponta a comida por delivery e supermercado online no pódio das categorias que mais cresceram no comércio eletrônico. Segundo a pesquisa, 54,80% dos internautas compraram comida por delivery nos últimos 12 meses. Por outro lado, houve forte queda na compra de ingressos e viagens.

Acelerado pela pandemia, o salto das compras online no último ano antecipou uma tendência de consumo programada para ocorrer somente para daqui a 20 anos. O estudo ainda explica como o novo comportamento de consumo deve ter impacto direto no varejo brasileiro, levando em conta o peso das compras de supermercado no setor.

🦁 Reta final

Termina na segunda (31) o prazo para declarar o Imposto de Renda. Ainda não fez? Hoje tem a última live do G1 para tirar dúvidas. Começa às 19h. Se você tem perguntas, mande aqui.

Mega-Sena

O concurso 2.375 da Mega-Sena pode pagar um prêmio de R$ 80 milhões para quem acertar as seis dezenas. O sorteio ocorre às 20h, na cidade de São Paulo.

Como vivem os loucos das plantas?

Já imaginou ter mais de 1.200 plantas em um apê? O G1 conversou com ‘loucos das plantas’ que aderiram à moda antes e durante a pandemia para entender como surgiu o conceito de Urban Jungle e quais são as peculiaridades de cultivar uma mini floresta dentro de casa.

‘Sobrinhos’ do zap

Sabe aquele ‘tio do zap’ que compartilha teorias pra lá de duvidosas e mirabolantes? A versão adolescente desses fãs de teorias conspiratórias tem ganhado cada vez mais espaço entre os usuários do Tik Tok, movimentando o mercado de influenciadores. Para tentar identificar e remover informações enganosas e potencialmente nocivas, a rede sociais teve que fechar parcerias com agências de checagem. Veja, a seguir, algumas das teorias que estão rolando entre os jovens da rede.

Continuar lendo PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 26 DE MAIO DE 2021 POR G1

EFEITO DA DELAÇÃO PREMIADA DE SÉRGIO CABRAL ESTÁ SENDO VOTADA PELO STF

STF tem 4 votos para derrubar delação de Cabral; 2 ministros votaram a favor

Julgamento, que está ocorrendo de forma virtual, termina no próximo dia 28

Gabriela Coelho, da CNN, em Brasília

25 de maio de 2021 às 18:42

Sérgio Cabral, ex-governador do Rio de JaneiroSérgio Cabral, ex-governador do Rio de Janeiro
Foto: Estadão Conteúdo

 O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, foi o quarto ministro a votar para tornar sem efeito a decisão que homologou o acordo de colaboração premiada do ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, sem analisar a legitimidade da Polícia Federal para celebrar acordo de colaboração premiada.

Seis ministros já se manifestaram, no plenário virtual da Corte, sobre a validade da delação do ex-governador. Até o momento, quatro magistrados são contrários a homologação da colaboração premiada de Cabral. Outros dois são favoráveis. Os ministros têm até o dia 28 de maio para apresentar os votos no sistema da Corte.

Derrubar a delação

Alexandre de Moraes seguiu entendimento firmado pelo ministro Gilmar Mendes, que votou para derrubar a delação, e reconheceu a legitimidade da PF em celebrar acordos.

“A análise da veracidade dos pressupostos fáticos (motivo) para a celebração do presente acordo de colaboração premiada aponta a existência de flagrante ilegalidade”, disse Alexandre.

No voto, o ministro Gilmar Mendes narrou que o acordo de colaboração premiada analisado foi celebrado pela Polícia Federal com o ex-Governador Sérgio Cabral após diversas tentativas frustradas de negociação com o Ministério Público Federal.

“Ficou claramente demonstrado que a homologação do acordo de colaboração em questão desaguou em um quadro de sistemáticas violações às garantias constitucionais do sistema acusatório, em especial ao princípio da culpabilidade”, escreve

“Há, ainda, indícios suficientes da prática do crime de abuso de autoridade, “com a participação do colaborador premiado e o dolo específico de prejudicar a imagem e reputação de Ministro desta Corte”, afirmou. Nunes Marques também seguiu Gilmar.

Por sua vez, o relator, ministro Edson Fachin, também votou por invalidar o acordo de colaboração, entendeu que a PF não pode firmar delações e concordou que é necessária a anuência do Ministério Público nos acordos firmados pela Polícia. Como não houve anuência no caso, fica sem efeito a homologação.

Manter a delação

O ministro Luís Roberto Barroso rejeitou recurso da PGR por entender que a PF pode fechar acordos de delação premiada sem oferecer benefícios que sejam de prerrogativa do MP. Por isso, manteve a delação, mas deixando claro que isso não obriga a abertura de inquéritos a partir das informações prestadas pelo delator. Barroso foi seguido pelo ministro Marco Aurélio Mello.

Continuar lendo EFEITO DA DELAÇÃO PREMIADA DE SÉRGIO CABRAL ESTÁ SENDO VOTADA PELO STF

DIREITO-JUSTIÇA: MÉDICA MAYRA PINHEIRO DAR SHOW DE RESPOSTAS NA CPI DA PANDEMIA

CPI da Pandemia ouve a médica Mayra Pinheiro, defensora da cloroquina; assista

Secretária de Gestão do Trabalho e Educação do Ministério da Saúde deve ser questionada por defesa do remédio e por questões como isolamento social e vacinação

Murillo Ferrari, da CNN, em São Paulo, e Bia Gurge, da CNN, em Brasília

Atualizado 25 de maio de 2021 às 11:15

 

Comissão Parlamentar de Inquérito da Pandemia abriu nesta terça-feira (25) a quarta semana de oitivas com o depoimento da secretária de Gestão do Trabalho e Educação do Ministério da Saúde, Mayra Pinheiro, conhecida pelo apelido de “Capitã Cloroquina” por defender o medicamento que não tem eficácia comprovada contra a Covid-19.

Ela é ouvida agora pelos membros da comissão. O depoimento de Mayra Pinheiro estava inicialmente marcado para quinta-feira (20), mas teve que ser adiado depois que a oitiva do ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello se estendeu por dois dias.

Resumo da Pandemia

Tese do efeito rebanho não pode ser aplicada indistintamente

Após a apresentação de trecho de vídeo em que Mayra defende em 2020 que as crianças não deveriam ter sido deixadas de fora das escolas durante a pandemia e que essa decisão interrompeu a evolução natural da doença, ela foi questionada se concordava com a tese da imunização coletiva da população por meio de contágio – conhecida como imunidade de rebanho.

“[Teríamos efeito rebanho nas crianças]. Não precisávamos deixar nossas crianças fora das salas de aula. A tese não pode ser aplicada indistintamente”, disse a pediatra, após contextualizar que estudos do qual ela fez parte mostram que as crianças têm 37,5 vezes menos chance de contrair a Covid-19.

“Não senhor [não me manifestei sobre o efeito rebanho]. Preciso que isso seja contextualizado. Não é possível prever quanto eu tenha que expor da população para que atinja esse benefício. Não me lembro de ter me manifestado [a favor da tese]”, completou.

Ela disse ainda que a tese nunca foi cogitada nem por ela, nem por outros profissionais do Ministério da Saúde. E que essa possibilidade também nunca foi discutida pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) ou por qualquer outro membro do governo.

Brasil não é obrigado a seguir decisões da OMS, diz Mayra

O relator perguntou para a secretária do Ministério da Saúde porque o governo brasileiro insistiu em apoiar o uso de cloroquina apesar de a Organização Mundial da Saúde (OMS) ter interrompido em julho de 2020 os testes com o medicamento.

Ela afirmou que, embora o país seja signatário da OMS e da Organização das Nações Unidas (ONU), não é obrigado a seguir suas recomendações. “[O Brasil] tem órgãos independentes para tomada de decisões de acordo com situações locais”, apontou.

“A OMS retirou a orientação desses medicamentos para tratamento da Covid baseado em estudos com qualidade metodológica questionável, com uso da medicação na fase tardia da doença onde todos nós já sabemos que não há benefício para os pacientes”, completou.

Ainda sobre a questão, ela disse que se o Brasil tivesse seguido todas as orientações da OMS teria falhado como o órgão da ONU falhou várias vezes durante a pandemia.

“Eles inclusive declararam emergência global tardiamente e provavelmente por isso contaminamos boa parte do mundo (…) Posteriormente, a OMS também determinou que não era necessário o uso de máscaras. Foi necessário que seis meses depois um grupo de cientistas fizesse uma carta dizendo que ela precisaria considerar a transmissão por aerossóis”, continuou a médica.

Mayra diz que Ministério da Saúde não recomendou uso da cloroquina

Questionada sobre quais estudos científicos teriam orientado a recomendação de uso da cloroquina e outros medicamentos sem comprovação científica para tratamento de pacientes com Covid-19, Mayra disse que o Ministério da Saúde nunca fez uma indicação direta de tratamento para o novo coronavírus.

“O Ministério criou um documento juridicamente perfeito, que é a nota orientativa número 9, que depois se transformou na nota orientativa 17, em que estabelecemos doses seguras para que os médicos brasileiros, no exercício da sua autonomia, pudessem utilizar esses medicamentos com consentimento dos seus pacientes”, afirmou.

“Se o senhor me perguntar o que os médicos brasileiros e do mundo que vem fazendo esse tratamento off label utilizaram como referencial, eu trouxe aqui e deixo à disposição mais de 2400 artigos impressos mostrando as evidências que tantos nós queremos.”

Renan faz referência ao Tribunal de Nuremberg

Antes de questionar a secretária do Ministério da Saúde, Calheiros fez a leitura de um trecho do depoimento do líder nazista Hermann Goering, em seu julgamento no Tribunal de Nuremberg, durante algum tempo o segundo no comando da Alemanha nazista, depois do próprio Adolf Hitler.

Em determinado momento, ele foi interrompido por senadores governistas que o acusaram de fazer paralelismo com a crise sanitária no Brasil e o Holocausto, dando início a uma breve discussão.

“Não podemos comparar uma barbárie como o Holocausto com a pandemia no Brasil, que até hoje já matou mais de 450 mil pessoas”, disse Calheiros.

“Não podemos dizer que aqui houve em genocídio, não podemos dizer ainda, mas podemos dizer, sim, que há uma semelhança assustadora, uma semelhança terrível, tenebrosa, perturbadora no comportamento de algumas altas autoridades que testemunharam aqui na CPI e o relato que acabei de ler sobre um dos marechais do nazismo no Tribunal de Nuremberg. Negando tudo, apresentando-se como salvadores da pátria, enquanto a história provou que faziam parte de uma máquina da morte”, completou.

“E trago uma reflexão, inclusive como alerta, para os futuros depoentes: não importa o quanto possam tergiversar aqui, o julgamento da história é implacável.”

Considerações iniciais de Mayra Pinheiro

Em sua fala inicial, antes dos questionamentos do relator da CPI, senador Renan Calheiros (MDB-AL), a médica fez um resumo de seu histórico profissional, desde sua formação na Universidade Federal do Ceará (UFC), em 1991.

“Vejo este depoimento como oportunidade de esclarecer questionamento para os senhores e de restabelecer a verdade. Muitos já ouviram falar de mim, mas poucos, muito poucos me conhecem”, disse ela.

Sobre a crise de Manaus, ela afirmou que “só quem esteve lá teve a dimensão do que aconteceu e do que era possível fazer ou não fazer”.

“A tomada de decisão neste cenário, repleto de incertezas, exige respeito e soberania médica concedida ao profissional pelo Conselho Federal de Medina (CFM). Exige também capacidade de nos livrarmos das afirmações categóricas das verdades eternas”, defendeu.

Ela disse ainda que, na sua opinião, o uso de termos como ciência, comprovação científica, evidência e eficácia, assim como muitos outros conceitos como off label e reposicionamento de drogas “se tornaram confusos em meio ao caos”.

Depoimento aguardado e adiado

Na sexta-feira (21), Mayra conseguiu no Supremo Tribunal Federal (STF) o direito de permanecer em silêncio se for questionada sobre fatos ocorridos entre dezembro de 2020 e janeiro de 2021, período que coincide com a crise de falta de oxigênio nas Unidades de Terapia Intensiva (UTI) de Manaus.

A defesa de Mayra destacou que ela – assim como Pazuello – responde a ação de improbidade administrativa apresentada pelo Ministério Público Federal no Amazonas.

O processo apura as ações e omissões dos governos federal e estadual no colapso do sistema de saúde na capital daquele estado no período entre o final de 2020 e o início deste ano.

A convocação de Mayra para depor na CPI partiu de cinco senadores: Alessandro Vieira (Cidadania-SE), Humberto Costa (PT-PE), Randolfe Rodrigues (Rede-AP), Rogério Carvalho (PT-SE) e o relator da comissão, Renan Calheiros (MDB-AL).

Eles alegam que Mayra se notabilizou como defensora de um “tratamento precoce” com medicações sem nenhuma comprovação efetiva contra o coronavírus.

Os parlamentares querem mais informações sobre a aquisição e distribuição de comprimidos de cloroquina pelo Ministério da Saúde. Também devem ser feitas questões sobre isolamento social, vacinação, postura do governo, estratégia de comunicação e omissão de dados.

Aplicativo TrateCov

A secretária, que é médica, também terá que dar explicações sobre uma plataforma desenvolvida pelo Ministério da Saúde, o TrateCov, que recomendava o uso de cloroquina e outros medicamentos sem comprovação no combate ao novo coronavírus.

Em depoimento à CPI, Pazuello afirmou que a ideia partiu de Mayra, mas o programa nunca chegou a ser lançado oficialmente, pois foi “roubado e hackeado” enquanto ainda estava em fase de desenvolvimento.

A explicação do ex-ministro não convenceu os senadores Eduardo Braga (MDB-AM), Rogério Carvalho (PT-SE) e Omar Aziz (PSD-AM), presidente da comissão. Eles lembraram que sistema chegou a ser lançado e divulgado em meios de comunicação do governo federal, como a TV Brasil.

Depois de ouvir a secretária, a comissão parlamentar de inquérito se reunirá para votação de requerimentos na quarta-feira (26). Na quinta-feira (27), os senadores devem ouvir o diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas.

Fonte: CNN

Continuar lendo DIREITO-JUSTIÇA: MÉDICA MAYRA PINHEIRO DAR SHOW DE RESPOSTAS NA CPI DA PANDEMIA

PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 25 DE MAIO DE 2021 POR G1

Por G1

 

Bom dia. Hoje a CPI da Covid ouve Mayra Pinheiro, a “capitã cloroquina”. O Exército abre investigação disciplinar sobre a conduta de Pazuello. A morte de George Floyd completa um ano. Conheça as pesquisas que estudam os efeitos benéficos das drogas psicodélicas. E uma reportagem do G1 investiga: o reinado da música sertaneja no Brasil chegou ao fim?

CPI de volta

Começa às 9h, com transmissão no G1, o depoimento de Mayra Pinheiro, a “capitã cloroquina”. A secretária de Gestão do Trabalho e da Educação do Ministério da Saúde esteve em Manaus no início de janeiro, pouco antes do colapso que matou dezenas de pacientes sem oxigênio. Os senadores querem saber de Mayra o que ela foi fazer lá e quais ações tomou ou deixou de tomar num dos momentos mais trágicos da pandemia no Brasil.

A secretária Mayra Pinheiro, do Ministério da Saúde, durante entrevista no Planalto em junho de 2020 — Foto: Anderson Riedel/Presidência da RepúblicaA secretária Mayra Pinheiro, do Ministério da Saúde, durante entrevista no Planalto em junho de 2020 — Foto: Anderson Riedel/Presidência da República

Quem é ela?
No governo Bolsonaro, Mayra é uma espécie de embaixadora do chamado “tratamento precoce”, que consiste no uso de remédios comprovadamente ineficazes contra a Covid-19, em especial a cloroquina. Seu depoimento é considerado peça-chave para elucidar como o governo propagou e distribuiu esses medicamentos à população, incluindo aldeias indígenas.

Quando esteve na CPI, na semana passada, o ex-ministro Eduardo Pazuello atribuiu a ela a criação do TrateCOV, aplicativo do ministério que recomendava o “tratamento precoce” de forma indiscriminada, mesmo a pacientes sem diagnóstico confirmado de coronavírus. Investigada pela atuação em Manaus, Mayra foi autorizada pelo STF a não responder às perguntas referentes àquele período.

Pazuello se complica

E o ex-ministro Pazuello, que assim como Mayra é investigado pelo colapso do Amazonas, vai se complicando ainda mais. Ele agora será alvo de uma apuração interna do Exército porque participou, no domingo (23), de um ato pró-Bolsonaro no Rio de Janeiro. Como é general da ativa, ele está proibido de se envolver com atividades políticas.

O vice-presidente, Hamilton Mourão, que é general da reserva, disse que Pazuello sabe que errou e deve ser punido. Outro general que foi do governo, Santos Cruz, afirmou que mergulhar o Exército na política é um desrespeito à instituição. Segundo o colunista Valdo Cruz, a avaliação nas Forças Armadas é que o comando Exército ficará desmoralizado se não punir Pazuello.

Enquanto isso…
O Brasil chegou a 450 mil mortes pela Covid-19 e já vê no horizonte uma provável terceira onda de contágios. No estado de SP, a ocupação de UTIs voltou a ficar acima de 80% após um mês. As internações também aumentaram no Maranhão, onde foi identificada a variante indiana. E 20% da população tomou a primeira dose da vacina até agora.

Alertas da Pfizer

Documentos enviados à CPI mostram que a Pfizer tentou convencer o governo brasileiro a aceitar as primeiras ofertas de vacina, ainda em 2020, e avisou que repassaria as doses a outros países se não recebesse uma resposta (o que de fato ocorreu). Em dezembro, a empresa mandou uma carta a Pazuello em que propunha soluções para os problemas apontados pelo governo, como a necessidade de armazenar as vacinas a baixíssimas temperaturas. Leia a íntegra. Elcio Franco, coronel do Exército e nº 2 de Pazuello no ministério, disse à Pfizer na época que um vírus de computador atrapalhava a análise das propostas da farmacêutica.

Revolução psicodélica

G1 publica hoje uma reportagem que conta como pesquisadores estão usando drogas psicodélicas para tratar depressão e outras doenças psiquiátricas, como o estresse pós-traumático. Resultados desses estudos estão saindo nas publicações científicas mais respeitadas do mundo. O jornal “The New York Times” escolheu o termo “revolução” para se referir ao uso do MDMA, princípio ativo do ecstasy, e da psilocibina, dos cogumelos mágicos. Especialistas ouvidos por nossa reportagem concordam e dizem que a ciência está em uma nova etapa neste assunto. Aqui no Brasil, pesquisadores testam também os efeitos terapêuticos da ayahuasca, presente em rituais religiosos. Conheça os detalhes dos estudos e veja um histórico no vídeo abaixo.

Psicodélicos estão no auge das pesquisas para tratamento de depressão
Psicodélicos estão no auge das pesquisas para tratamento de depressão

O mundo pós-George Floyd

Há exatamente um ano, o assassinato de um homem negro por um policial branco em Minneapolis, nos EUA, provocava a maior onda de protestos antirracistas desde os movimentos pelos direitos civis, nos anos 1960. George Floyd morreu asfixiado após ter o pescoço pressionado durante nove minutos pelo joelho de Derek Chauvin. Sua última frase, “I can’t breathe” (não consigo respirar), virou símbolo mundial do combate ao racismo e à violência polic

Manifestante segura cartaz com retrato de George Floyd durante protesto em Nova York — Foto: Angela Weiss / AFPManifestante segura cartaz com retrato de George Floyd durante protesto em Nova York — Foto: Angela Weiss / AFP

Para marcar a data, os americanos programaram três dias de manifestações. Os atos ocorrem durante o primeiro ano do governo de Joe Biden, cuja eleição foi impulsionada, em parte, pela agenda focada no combate ao racismo estrutural nos Estados Unidos. Chauvin está preso e foi condenado pelo assassinato em abril.

No Reino Unido, porém, a ativista antirracista Sasha Johnson, uma das lideranças britânicas do movimento Black Lives Matter (Vidas Negras Importam), levou um tiro na cabeça e foi internada. A polícia investiga as circunstâncias em que ela foi baleada.

Sertanejo no divã

Entenda por que o sertanejo saiu do pódio
Entenda por que o sertanejo saiu do pódio

O sertanejo está perdendo espaço? Após anos de domínio, o gênero deixou de ter os artistas mais ouvidos do país. Quem reina hoje nos serviços de streaming são artistas de funk e da pisadinha. Será passageiro ou uma mudança que veio para ficar? Empresários, artistas e críticos respondem e analisam o cenário. Entre consensos e divergências, há cinco pontos principais. Um deles é ausência de shows na pandemia. Leia a reportagem.

Onde está o celular?

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, não entregou o celular à Polícia Federal, contrariando uma ordem do ministro Alexandre de Moraes, do STF. Durante a operação na quarta passada (19), policiais pediram o telefone, mas Salles disse que estava sem. No mesmo dia, ele foi à Superintendência da PF e também não entregou o aparelho. Segundo o jornal “O Globo”, Salles desligou o celular e trocou de número e de aparelho. A reportagem da TV Globo tentou ligar ontem e não conseguiu falar. Procurados, assessores do ministro disseram que não sabiam informar. A atitude pode caracterizar ocultação de provas.

Para lembrar
Salles foi alvo de buscas porque é suspeito de integrar um esquema que facilitou a exportação de madeira ilegal. Os investigadores também detectaram movimentações milionárias e atípicas nas contas do escritório de advocacia de que ele é sócio. Entenda as suspeitas.

O Assunto

Projetos de lei para privatizar a Eletrobras, principal estatal de energia elétrica do país, emperraram tanto no governo Temer quanto no atual. Agora a ideia avança por meio de uma Medida Provisória (MP), que os deputados reconfiguraram antes de aprovar. Falta ainda o aval do Senado, e o episódio de hoje do podcast analisa o que essa proposta representa para a economia e para os consumidores. Ouça abaixo:

Para ficar de olho

Continuar lendo PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 25 DE MAIO DE 2021 POR G1

PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 24 DE MAIO DE 2021 POR G1

Por G1

 

Bom dia. Bolsonaro e apoiadores podem ser responsabilizados por 9 infrações no passeio de moto no Rio no domingo. Após aglomeração, o presidente fez sua primeira viagem internacional desde março de 2020 e participa da posse do presidente do Equador. Brasil se aproxima dos 450 mil mortos pela Covid-19. Rio de Janeiro retoma vacinação de trabalhadores da educação. Receita libera consultas ao 1º lote de restituição do IRPF 2021. Morte de MC Kevin foi um acidente, afirma laudo da perícia policial. Filho de Bruno Covas relata último dia com o pai. Obama admite que governo dos EUA tem registros oficiais de OVNI. Fantástico revela como malas lotadas de cocaína são embarcadas em aviões no aeroporto de Guarulhos.

Sem máscara, uso incorreto do capacete…

Bolsonaro provoca aglomeração em passeio de moto com apoiadores no Rio
Bolsonaro provoca aglomeração em passeio de moto com apoiadores no Rio

Jair Bolsonaro (sem partido) participou, sem máscara, de uma manifestação no Rio de Janeiro no domingo (23). Ele e seus simpatizantes cometeram essa e mais 8 infrações e podem ser responsabilizados. O general da ativa, o ex-ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, também participou do ato. O Regulamento Disciplinar do Exército prevê punição para o militar que se manifeste politicamente.

Brasil se aproxima dos 450 mil mortos

Brasil registra 894 mortes por Covid e se aproxima das 450 mil vítimas fatais
Brasil registra 894 mortes por Covid e se aproxima das 450 mil vítimas fatais

O país registrou 449.185 mortes por Covid-19, e a média móvel de óbitos nos últimos 7 dias chegou a 1.909, segundo o último balanço do consórcio de veículos de imprensa. Já foram confirmados 16.083.573 casos de brasileiros que já tiveram ou têm o novo coronavírus.

Sobre a vacinação: a primeira dose já foi aplicada em 41.961.572 pessoas, o que corresponde a 19,82% da população do país. Já a segunda dose já foi aplicada em 20.659.187 pessoas em todos os estados e no Distrito Federal, o que corresponde a 9,76% da população.

Visita ao Equador

Conservador, Guillermo Lasso é eleito presidente do Equador
Conservador, Guillermo Lasso é eleito presidente do Equador

Após aglomeração no Rio, Bolsonaro foi para Quito para participar da posse do novo presidente do Equador, Guillermo Lasso. Ele chegou no domingo (23). Esta é a primeira viagem internacional do presidente desde março de 2020, mês em que foi reconhecida a pandemia do novo coronavírus.

Vacinação no RJ

Calendário de vacinação para profissionais de Educação a partir da próxima semana. — Foto: ReproduçãoCalendário de vacinação para profissionais de Educação a partir da próxima semana. — Foto: Reprodução

Prefeitura do Rio retoma nesta segunda-feira (24) a vacinação contra a Covid-19 de trabalhadores da Educação das redes pública e privada. A interrupção ocorreu no último dia 3, após o ministro Ricardo Lewandowski suspendeu a decisão do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, que autorizou o governo do estado a mudar a ordem de vacinação de grupos prioritários.

Pessoas em situação de rua, detentos e funcionários de presídios e penitenciárias também receberão a vacina a partir desta semana.

Laudo da morte de MC Kevin

Morte de MC Kevin foi um acidente, afirma laudo da perícia policial
Morte de MC Kevin foi um acidente, afirma laudo da perícia policial

Os peritos concluíram que a morte do funkeiro MC Kevin, ocorrida no último dia 16, foi um acidente. O laudo da perícia policial do local de onde ele caiu, o quarto 502 de um hotel na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, foi divulgado no domingo (24).

O laudo reconstitui com riqueza de detalhes os últimos segundos de vida de Kevin. A perícia conseguiu traçar a trajetória exata da queda do MC e os últimos esforços que ele fez para não cair. Veja os detalhes na reportagem.

1° lote da restituição

Aplicativo do Imposto de Renda — Foto: Marcello Casal Jr/Agência BrasilAplicativo do Imposto de Renda — Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

A Receita Federal libera, a partir das 10h, as consultas ao primeiro lote de restituição do Imposto de Renda 2021, relativo ao ano-base 2020. Ao todo, o primeiro lote será pago a 3,4 milhões de contribuintes, e as restituições somam R$ 6 bilhões. Os recursos serão depositados em 31 de maio.

Filho de Covas: ‘Ele foi muito guerreiro’

'Ele foi muito guerreiro', diz Tomás, filho de Bruno Covas
‘Ele foi muito guerreiro’, diz Tomás, filho de Bruno Covas

Quatro dias depois da morte do prefeito de São Paulo, Bruno Covas, o filho dele, Tomás Covas, recebeu a equipe do Fantástico para uma entrevista. Segundo ele, viu o pai chorar uma única vez: “Estava só eu e ele no quarto. Foi quando teve que se licenciar, que o câncer avançou para os ossos. Eu falei que ia dar certo, que a gente ia vencer.” Veja a reportagem completa no vídeo acima.

Exclusivo: tráfico em Guarulhos

Imagens exclusivas mostram esquema de tráfico de drogas no Aeroporto Internacional de Guarulhos
Imagens exclusivas mostram esquema de tráfico de drogas no Aeroporto Internacional de Guarulhos

O Fantástico teve acesso a imagens exclusivas que mostram todo o caminho que malas cheias de cocaína percorriam até chegar aos aviões no aeroporto internacional de Guarulhos, o maior do Brasil.

A quadrilha tinha cúmplices em áreas restritas do aeroporto e eliminava quem ficasse no caminho. Segundo a polícia, um funcionário que descobriu o esquema e barrou a passagem da droga acabou sendo perseguido e assassinado.

Registros de OVNIs

Obama admite que governo dos EUA tem registros oficiais de OVNIs
Obama admite que governo dos EUA tem registros oficiais de OVNIs

Pela primeira vez desde a década de 1970, o governo dos Estados Unidos está tornando públicos registros de OVNIs feitos por equipamentos militares. O Pentágono divulgou a criação de uma força-tarefa dedicada a reunir e analisar os registros do que o governo americano prefere chamar de “fenômenos aéreos não identificados”, e não mais Objetos Voadores Não Identificados, ou OVNIs, como dizemos em português. A força-tarefa vai divulgar em junho seu primeiro relatório sobre esses fenômenos em uma audiência no Congresso americano.

O Assunto

Podcast analisa a fase 2 do desmonte da proteção ambiental. Na fase 1, o Executivo agiu praticamente sozinho, nos termos explicitados por Ricardo Salles na inesquecível reunião ministerial de 22 de abril do ano passado. “Nos primeiros dois anos, a boiada passou por decreto. Com a troca no comando da Câmara e o Centrão mais próximo do Planalto, passa por lei”, explica Suely Araújo, especialista-sênior em Políticas Públicas do Observatório do Clima e presidente do Ibama entre 2016 e 2018. OUÇA:

Previsão do tempo

Massa de ar polar forte chega ao Centro-Sul e faz as temperaturas caírem
Massa de ar polar forte chega ao Centro-Sul e faz as temperaturas caírem

Campeões dos estaduais

Gols do Fantástico: São Paulo vence o Palmeiras e conquista Paulistão
Gols do Fantástico: São Paulo vence o Palmeiras e conquista Paulistão

Dezesseis campeões estaduais foram definidos no final de semana. Entre os destaques, teve quebra de jejum do São Paulo, no Paulista, que não vencia desde 2005, e do Náutico, em Pernambuco, que não batia o rival Sport em decisões há 53 anos. Também teve Flamengo e Atlético-MG ampliando liderança nos rankings de títulos e Grêmio tetracampeão gaúcho.

As finais ainda tiveram três campeões inéditos – Atlético de Alagoinhas, na Bahia, Real Noroeste, no Espírito Santo, e Grêmio Anápolis, em Goiás. Confira os resultados.

Fonte: G1

Continuar lendo PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 24 DE MAIO DE 2021 POR G1

SEGUNDO BALANÇO DO SENADOR EDUARDO GIRÃO, A CPI DA COVID-19 NÃO QUIS OLHAR PARA CORRUPÇÃO

Até agora, CPI da Covid-19 não quis olhar para a corrupção’, diz senador à CNN

Em entrevista à CNN, Eduardo Girão, titular da CPI da pandemia, destacou necessidade de investigação de desvios de verbas pelos estados

Jorge Fernando Rodrigues e Lucas Rocha, da CNN, em São Paulo

 Atualizado 22 de maio de 2021 às 19:36

Até agora, a CPI não quis olhar para a corrupção", diz senador à CNN

Em entrevista à CNN, o senador Eduardo Girão (Podemos-CE), titular da CPI da Pandemia, fez um balanço da terceira semana de depoimentos.

“Foram três semanas esclarecedoras para cruzarmos dados, temos que investigar o governo federal, mas também estados e municípios. Até agora, por incrível que pareça, a CPI não quis olhar para a corrupção. Se você pegar CPI do mensalão, do petrolão, dos anões do orçamento, que foram símbolo de êxito e serviço prestado à população”, disse.

O senador disse ainda que é necessário verificar se houve algum desvio de verbas, devido à grande quantidade de recursos que foi enviada para estados e municípios. “Dinheiro não faltou no combate à pandemia, precisamos rastrear. Essa CPI está sendo omissa nesse momento de verificar esses recursos”, diz.

Nesta semana, foram ouvidos dois ex-ministros do governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido): Ernesto Araújo, das Relações Exteriores, e Eduardo Pazuello, da Saúde. Até agora, a comissão realizou dez reuniões, nas quais ouviu oito testemunhas e aprovou 235 requerimentos.

O senador sugere que a Polícia Federal também seja incluída no processo. “Sou autor do requerimento que deu origem a essa CPI, que quer rastrear os bilhões de reais de verbas federais que foram para estados e municípios. A Polícia Federal é uma das instituições que eu gostaria de ouvir, que fez 61 operações. É muito importante buscar esse dinheiro que, muitas vezes, foi pago antecipadamente”, disse.

O senador avalia que a CPI esteja perdendo a credibilidade pela opinião pública. “A começar pelo relator [Renan Calheiros] que tem um filho governador”, disse, se referindo à ausência da investigação das verbas enviadas aos estados.

Próximos passos

Segundo Girão, o depoimento da Secretária de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde do Ministério da Saúde, Mayra Pinheiro, agendado para a próxima terça-feira (25), é um dos mais aguardados. O dia decisivo, segundo ele, será na quarta-feira (26).

“O presidente da Comissão, Omar Aziz, já disse que vai votar todos os requerimentos. Vou pedir voto nominal, para que fique claro quem são os senadores, como estão pensando dentro da comissão e se querem, de alguma forma, blindar A, B ou C. Precisamos buscar de forma técnica e responsável toda a verdade”, disse.

Continuar lendo SEGUNDO BALANÇO DO SENADOR EDUARDO GIRÃO, A CPI DA COVID-19 NÃO QUIS OLHAR PARA CORRUPÇÃO

DIREITO- JUSTIÇA: ALEXANDRE DE MORAES COMETEU MAIS UMA AÇÃO DO VELHO “SOU EU QUE MANDO E PONTO FINAL” E PASSA POR CIMA DA PGR

No velho estilo “sou eu que mando e ponto final”, Moraes passa por cima da PGR em investigação contra Salles

Alexandre de Moraes - Foto: Antonio Cruz/Agência BrasilAlexandre de Moraes – Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil

O ministro do Supremo Tribunal Federal, Alexandre de Moraes, aquele do ‘inquérito do fim do mundo’, voltou à carga,e cometeu mais uma de suas ações no velho estilo “sou eu que mando e ponto final”.

Moraes autorizou uma investigação contra o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, pela Polícia Federal, que incluiu mandados de busca e apreensão, nesta quarta-feira (19).

O objetivo é investigar possíveis crimes contra a administração pública, no âmbito da Operação Akuanduba.

Situação que seria louvável em um país em que a população clama pelo fim da corrupção e, claro, pela investigação e a punição dos envolvidos (o que deveria acontecer, por exemplo, na CPI da Pandemia no Senado, que segue ignorando este anseio).

Mas antes de qualquer ação como esta autorizada por Moraes contra Salles, a Procuradoria Geral da República deveria ter sido comunicada, e se manifestar, pois o Ministério Público é o legítimo representante da sociedade.

Segundo a própria PGR, vejam que absurdo, a mesma só tomou conhecimento dos fatos, após notícias veiculadas pela imprensa, o que configura, segundo a própria lei, uma “violação do sistema acusatório”.

A atitude do togado demonstra que já não há mais cerimônia na insistente prática de quebra da ordem institucional. E nem mesmo a própria justiça, que deveria ser representada e protegida pela mais alta Corte do país, passa incólume.

O Senado deveria cobrar…

Fonte: Jornal da Cidade Online

Continuar lendo DIREITO- JUSTIÇA: ALEXANDRE DE MORAES COMETEU MAIS UMA AÇÃO DO VELHO “SOU EU QUE MANDO E PONTO FINAL” E PASSA POR CIMA DA PGR

PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 20 DE MAIO DE 2021 POR G1

Por G1

 

Hoje tem a segunda parte do depoimento de Pazuello na CPI. Entenda as investigações sobre Ricardo Salles, que ontem foi alvo de buscas da PF. A Câmara dos Deputados aprovou medida provisória que viabiliza a privatização da Eletrobras, e o texto segue para o Senado. Guerra sem fim: o premiê de Israel descarta cessar-fogo com o Hamas. Maior iceberg do mundo à deriva. Um bebê nasce em Santa Catarina já com anticorpos contra o coronavírus. E o álbum póstumo de MC Kevin.

Pazuello: Parte II

Ninguem esperava, mas o depoimento de Eduardo Pazuello na CPI da Covid terá um segundo episódio. O ex-ministro volta ao Senado agora de manhã, com transmissão ao vivo no G1. Ontem, Pazuello deixou a comissão durante o intervalo, no fim da tarde. O senador Otto Alencar (PSD-BA) disse que ele passou mal e teve uma síncope vasovagal. Entenda o que é.

Durante o depoimento, Pazuello tentou blindar o presidente Jair Bolsonaro e disse que jamais recebeu ordens para frear a compra da CoronaVac. Também negou ter ignorado as ofertas de vacinas da Pfizer e revoltou alguns senadores ao falar do colapso do oxigênio em Manaus. Para integrantes da CPI, o depoimento foi recheado de mentiras e contradições.

Assista aos principais momentos no vídeo abaixo:

CPI da Covid: Depoimento do ex-Ministro da Saúde, Eduardo Pazuello
CPI da Covid: Depoimento do ex-Ministro da Saúde, Eduardo Pazuello

OUÇA abaixo a análise do podcast O Assunto: “A voz de Bolsonaro na CPI”.

Com o ajuste no calendário da CPI, quem ganhou tempo foi Mayra Pinheiro, secretária do ministério conhecida como “capitã cloroquina”. O depoimento dela ficou para a semana que vem.

Privatização da Eletrobras

A Câmara dos Deputados aprovou ontem à noite, por 313 votos a 166, uma medida provisória que viabiliza a privatização da Eletrobras. O texto segue agora para o Senado.

Salles sob suspeita

Ricardo Salles, o ministro do Meio Ambiente, foi alvo de buscas da PF ontem e chamou a operação de “exagerada”. Mas a investigação aponta movimentações suspeitas de R$ 14 milhões ligadas ao escritório de advocacia do qual ele é sócio. Veja aqui os detalhes. A polícia mira um suposto esquema de exportação ilegal de madeira com aval de Salles. O presidente do Ibama, Eduardo Bim, foi afastado. A operação foi autorizada por Alexandre de Moraes, ministro do STF.

Guerra sem fim

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, disse ontem que levará adiante a ofensiva em Gaza. O premiê ignorou a pressão internacional e até mesmo os apelos do aliado Joe Biden (que defendeu timidamente um cessar-fogo com o Hamas). Netanyahu diz que a prioridade é a segurança de Israel. Em quase duas semanas de conflito, bombardeios em Gaza mataram mais de 200 palestinos. Do lado israelense, mísseis do Hamas deixaram 12 mortos.

Números da pandemia

Após 8 dias em queda, a média móvel de mortes aponta agora estabilidade. Com 2,4 mil óbitos novos óbitos, o total passou de 421 mil. Mapa mostra situação em cada estado. Mais de 40 milhões tomaram a primeira dose da vacina contra a Covid-19. É quase 20% da população. Os números são do consórcio de veículos de imprensa.

Vacinação em SP

A Prefeitura de São Paulo antecipou para esta quinta vacinação contra Covid de pessoas acima de 45 anos com comorbidades. Também serão vacinadas pessoas com deficiência permanente beneficiárias do BPC. Calendário estadual prevê vacinação para estes grupos a partir de sexta-feira.

E levantamento do G1 aponta que pelo menos 18 cidades da Grande São Paulo estão exigindo documentos diferentes dos previstos no Plano Estadual de Imunização (PEI) para vacinar pessoas com comorbidades. Moradores relatam dificuldade para comprovar doenças preexistentes.

Colapso na Índia

São chocantes as imagens das centenas de corpos que estão se acumulado nas águas e nas margens do rio Ganges, o mais sagrado da Índia (veja no vídeo). Há semanas o país vive um colapso sanitário causado pela Covid-19. Números oficiais apontam 275 mil mortes, mas é certo que há uma enorme subnotificação. O “cemitério” do Ganges, onde os corpos são enterrados e cremados por familiares, é um forte indício disso.

VÍDEO: Rio Ganges vira 'cemitério' com corpos flutuantes ou enterrados às margens
VÍDEO: Rio Ganges vira ‘cemitério’ com corpos flutuantes ou enterrados às margens

Dose de esperança

Exames apontaram que Enrico tem no sangue anticorpos contra o coronavírus — Foto: Talita/Arquivo Pessoal

Nasceu em Tubarão, Santa Catarina, um bebê que já tem anticorpos no sangue contra o coronavírus. Enrico é filho de Talita, médica que trabalha em um posto de saúde e foi vacinada quando estava com 34 semanas de gestação. “Ficamos emocionados. É uma dose de esperança a todos”, diz a mãe.

Maior Iceberg do mundo

O iceberg A-76 tem cerca de 170 km de comprimento por 25 km de largura e área total de 4.320 km² — Foto: ESA / via AFP PhotoO iceberg A-76 tem cerca de 170 km de comprimento por 25 km de largura e área total de 4.320 km² — Foto: ESA / via AFP Photo

Iceberg três vezes maior que a cidade de São Paulo se separa na Antártica, está à deriva e se torna o maior do mundo. Gigantesco bloco de gelo tem 170 km de comprimento por 25 km de largura e área total de 4.320 km². A capital paulista tem 1.521 km².

É o fim do self-service?

Com mais de um ano de pandemia, o vaivém de medidas restritivas e muita gente ainda no home office, ficou difícil manter os restaurantes por quilo, o tradicional self-service. Nas regiões de prédios de escritórios, muitos não resistiram. Onde antes havia filas de colegas de trabalho esperando a vez de pegar a bandeja, agora há portas fechadas e placas de “aluga-se”. Os que continuam funcionando não recebem nem 10% dos clientes de antes. Leia a reportagem.

Investimento no Brasil

Investimento no Brasil tem pior década em 50 anos. Taxa do país deve ser uma das menores do mundo em 2021. Levantamento da FGV mostra que a taxa média de investimento foi de apenas 17,7% do PIB entre 2011 e 2020, bem abaixo dos picos de 21,9% dos anos anos 70 e 80.

Greve suspensa

Os metroviários de São Paulo suspenderam a greve e devem voltar ao trabalho. Ontem, a paralisação causou longas filas no terminais de ônibus e trânsito recorde na cidade.

Bolada

A Mega-Sena acumulou e pode pagar R$ 48 milhões no sábado (22). Ontem, a Quina saiu para 72 apostas. Confira as dezenas.

Álbum póstumo

MC Kevin deixou um álbum pronto que virou um lançamento póstumo e sai nesta sexta (21). “Passado e presente” tem dez faixas inéditas do cantor, que morreu aos 23 anos após cair do 5º andar de um hotel no Rio. O G1 ouviu duas músicas reflexivas e intensas, nas quais Kevin lembra o passado em que chegou a passar fome e teve ajuda dos vizinhos, fala sobre a superação com o funk, faz críticas sociais e também cita amigos falsos. Leia as letras

Bin Laden ‘censurado’

Lembra do MC Bin Laden? Aquele que estourou em 2015 com “Tá tranquilo, tá favorável”. Hoje com 26 anos, ele faz planos para voltar ao “funk de quebrada”. Em entrevista ao G1, Bin Laden conta que não teve muitos trabalhos na pandemia, mas que aproveitou para focar em novos trabalhos. Após emagrecer 40 kg, ele fala sobre a “pressão estética” que enfrenta. Leia a entrevista.

‘Army of the dead’

Filme de Zack Snyder estreia nesta sexta-feira. Ao G1, diretor fala sobre paixão por zumbis e super-heróis e o que o motiva a buscar novos projetos.

Armazenamento de dados

Entenda no blog do Altieres Rohr como funcionam as permissões e a segurança de armazenamento de dados em smartphones.

Libertadores

Flamengo empatou com a LDU e garantiu vaga nas oitavas. O time carioca jogou a maior parte do jogo com um jogador a menos, pois Willian Arão foi expulso no primeiro tempo. O Atlético-MG venceu o Cerro Porteño no Paraguai e tem a melhor campanha do torneio. E o River Plate viveu noite histórica: mesmo com um volante no gol e sem reservas, bateu o Santa Fe. Clique aqui para ver a classificação e os jogos de hoje.

São Paulo e Palmeiras iniciam esta noite, com transmissão da TV Globo, a decisão do Paulistão. O segundo jogo será realizado domingo.

Continuar lendo PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 20 DE MAIO DE 2021 POR G1

RECADO DAS FORÇAS ARMADAS À INTEGRANTES DA CPI SOBRE DEPOIMENTO DE PAZUELLO AJUDAROU NA MODERAÇÃO DE RENAN CALHEIROS

Forças Armadas articularam por Pazuello na CPI da Pandemia

Avaliação é a de que esse foi um dos fatores pelos quais Pazuello se sentiu mais à vontade na CPI do que outros ex-integrantes do governo Jair Bolsonaro

Caio Junqueira

Por Caio Junqueira, CNN  

 Atualizado 19 de maio de 2021 às 19:5

Forças Armadas articularam por Pazuello na CPI da Pandemia

Integrantes das Forças Armadas enviaram recados a senadores da CPI da Pandemia nos quais deixaram claro que Eduardo Pazuello era um general da ativa e que estava ali como um integrante do Exército Brasileiro.

A avaliação é a de que esse foi um dos fatores pelos quais Pazuello se sentiu mais à vontade na CPI do que outros ex-integrantes do governo Jair Bolsonaro que já depuseram, como o ex-chanceler Ernesto Araújo e o ex-secretário de Comunicação Fabio Wajngarten.

Também foi colocado por fontes que os recados ajudaram a moderar o relator Renan Calheiros (MDB-AL) na sua inquirição de hoje.

Senadores relataram à CNN terem conversado sobre o tema Pazuello já com o comandante do Exército, Paulo Sergio Nogueira de Oliveira, que completa um mês no cargo nesta quinta-feira (20). O ministro da Defesa, Braga Netto, também teria feito contatos com senadores.

Militares da ativa avaliaram que a condição de general chegou a ser colocada por Pazuello logo no início do depoimento, quando foi questionado por Renan sobre suas credenciais para assumir a secretaria-executiva do Ministério da Saúde. Pazuello respondeu: “Seria perguntar se a chuva molha”.

Segundo o Senado Federal, Pazuello passou mal e foi atendido por Otto Alencar. O ex-ministro, no entanto, nega a versão dos senadores.

Após o depoimento ser suspenso, generais comemoravam o desempenho dele. Primeiro, pelo fato de não ter ido fardado, como se aventou. Segundo, por não ter utilizado do habeas corpus que o STF (Supremo Tribunal Federal) lhe concedeu para se manter em silêncio. E, terceiro, avaliaram que respondeu às perguntas.

Fonte: CNN
Continuar lendo RECADO DAS FORÇAS ARMADAS À INTEGRANTES DA CPI SOBRE DEPOIMENTO DE PAZUELLO AJUDAROU NA MODERAÇÃO DE RENAN CALHEIROS

PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 19 DE MAIO DE 2021 POR G1

Por G1

 

A CPI da Covid enfim ouve Eduardo Pazuello. E o Jornal Nacional revela indícios de fraude em contratos de quando ele era ministro. Um novo depoimento traz detalhes sobre a morte de MC Kevin. Em São Paulo, greve paralisa quatro linhas do Metrô. Angélica é a segunda eliminada do “No Limite”

Dia D (na hora H?) na CPI

O ex-ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, durante cerimônia no Planalto em 16 de dezembro de 2020 — Foto: Ueslei Marcelino / ReutersO ex-ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, durante cerimônia no Planalto em 16 de dezembro de 2020 — Foto: Ueslei Marcelino / Reuters

Após um adiamento de 15 dias, o ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello deve falar hoje na CPI da Covid. É o depoimento mais aguardado até aqui e o mais temido pelo governo, conta o colunista Gerson Camarotti, ainda que o general tenha garantido no STF o direito de não responder às perguntas que possam incriminá-lo.

Pazuello foi o ministro da Saúde que mais tempo durou na gestão Bolsonaro e certamente será questionado sobre a demora na compra de vacinas e sobre a distribuição e uso da cloroquina, medicamento comprovadamente ineficaz contra a Covid-19, que já matou 440 mil brasileiros desde março de 2020.

Outro tema que deve aparecer é a viagem feita a Manaus dias antes do colapso de oxigênio que matou pacientes asfixiados. O ex-ministro Ernesto Araújo depôs ontem e, na avaliação de integrantes da CPI, complicou Pazuello.

Contratos suspeitos

Jornal Nacional revelou ontem à noite indícios de fraude em contratos da gestão Pazuello para reformar prédios do Ministério da Saúde. Leia a reportagem. A investigação aponta que militares da pasta escolheram empresas sem licitação e usaram a pandemia para justificar a urgência das obras. É mais um tema para Pazuello explicar à CPI.

Pandemia no Brasil

O país chegou a 439.379 mortos pela Covid-19, com mais 2.517 novos óbitos e 74.379 casos da doença. A média móvel de óbitos subiu pelo 3º dia seguido e chegou a 1.953. O governo do Maranhão monitora o caso de um cidadão indiano que chegou de navio e está internado em São Luís. Há a preocupação de que ele tenha sido infectado pela variante indiana do coronavírus.

Barbara Bruno

Atriz Barbara Bruno tem alta e deixa hospital curada da Covid-19 — Foto: Reprodução redes sociaisAtriz Barbara Bruno tem alta e deixa hospital curada da Covid-19 — Foto: Reprodução redes sociais

A atriz Barbara Bruno, de 64 anos, teve alta e deixou o hospital em que estava internada com Covid. A filha da também atriz Nicete Bruno estava no hospital desde o final de abril e chegou a ser intubada no dia 2 de maio.

Mc Kevin

Continuam as investigações sobre a morte de Mc Kevin. Victor Elias Fontenelle, o MC VK, contou à polícia que viu quando as mãos do amigo escorregaram do parapeito da varanda do hotel onde estavam hospedados. Victor também confirmou que ele e Kevin tiveram relações sexuais com a modelo Bianca Dominguez. Veja detalhes.

Em seu depoimento, Bianca disse que estava com Kevin na varanda e que o cantor tentou descer para o apartamento de baixo porque temia ser pego pela mulher, que também estava no hotel. Foi aí que ele despencou. Kevin sofreu traumatismo craniano e hemorragia.

No velório, a viúva do cantor fez um desabafo. Assista abaixo:

VÍDEO: Esposa de MC Kevin desabafa: 'amigos estavam sugando ele mais uma vez'
VÍDEO: Esposa de MC Kevin desabafa: ‘amigos estavam sugando ele mais uma vez’

Conflito sem fim

Não há previsão de cessar-fogo entre israelenses e palestinos. Em uma semana, o conflito causou 200 mortes na Faixa de Gaza e 10 em Israel. Segundo a comunidade internacional, a perspectiva é de mais ataques nos próximos dias, o que deve pressionar o presidente americano Joe Biden. Até aqui, a Casa Branca pouco fez para reduzir as tensões.Biden disse apoiar um cessar-fogo, mas mantém a posição pró-Israel no enfrentamento com o Hamas.

Greve do metrô

Os metroviários de São Paulo entraram em greve nesta quarta. A categoria pede aumento salarial. A paralisão afeta quatro linhas do Metrô.

A Secretaria dos Transportes Metropolitanos de São Paulo informou que uma liminar da Justiça do Trabalho determina a manutenção de 80% dos trabalhadores no horário de pico e de 60% nos demais horários.

‘Serial killer’ de Curitiba

Mais uma morte pode estar ligada ao suspeito de assassinar homossexuais no Paraná e em Santa Catarina. José Tiago Correia Soroka é investigado pelos assassinatos de três jovens e foi chamado de “serial killer” pela delegada do caso. A possível quarta vítima é um rapaz de 27 anos, encontrado morto no mês passado nas mesmas circunstâncias que os demais. Segundo as investigações, todos foram atraídos por meio de aplicativos de relacionamento.

O Assunto

Quais recados os chilenos mandaram a seus governantes no domingo, quando elegeram uma maioria de candidatos independentes (muitos sem filiação partidária) para compor a assembleia que vai escrever uma nova constituição para o país? E o que esperar desse processo que colocará um ponto final no legado do ditador Augusto Pinochet? Ouça o episódio de hoje:

Parceria musical

Estreia amanhã “Me sinto bem com você”, primeiro trabalho fruto da parceria entre o diretor Matheus Souza e a cantora Manu Gavassi. É um filme com cinco histórias de relações no isolamento social, em que a dupla vive ex-namorados trocando mensagens pela primeira vez após o término. O G1 entrevistou o diretor, que já fez a comédia “Ana e Vitória” (2018) e foi roteirista de “Onde está meu coração”, série do Globoplay.

‘No Limite’

Angélica é eliminada de 'No Limite' — Foto: Reprodução / GloboAngélica é eliminada de ‘No Limite’ — Foto: Reprodução / Globo

Angélica é a segunda eliminada do “No Limite”. Ela foi a mais votada por sua equipe, a Calango, que perdeu a segunda prova de imunidade da edição e, por isso, teve de escolher um membro para deixar o programa. A equipe Carcará venceu a Prova do Privilégio e, pela segunda vez, também a Prova da Imunidade.

Estrela rara

Estrela rara não pode ser vista a olho nu, explica o físico — Foto: Favio Faifer/ReproduçãoEstrela rara não pode ser vista a olho nu, explica o físico — Foto: Favio Faifer/Reprodução

Estrela rara e mais velha que o sol é identificada. A “SPLUS J2104-0049” tem uma luz fraca e a idade do astro ainda não pôde ser definida. A descoberta foi possível através de um telescópio robótico de 86 centímetros de diâmetro que está instalado no Chile.

Após os 40 anos

Pesquisa mostra que 70,4% dos profissionais com mais de 40 anos entrevistados já sofreram preconceito no mercado de trabalho por conta da idade. O levantamento foi feito em abril e ouviu 4.588 profissionais. Veja os dados do estudo.

Mega-Sena

O concurso 2.373 da Mega-Sena pode pagar um prêmio de R$ 40 milhões para quem acertar as seis dezenas. O sorteio ocorre às 20h na cidade de São Paulo.

Previsão do tempo

Chuva em Curitiba chega após um longo período de seca
Chuva em Curitiba chega após um longo período de seca
Fonte: G1
Continuar lendo PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 19 DE MAIO DE 2021 POR G1

PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 18 DE MAIO DE 2021 POR G1

Por G1

 

Começa a semana mais desgastante para o governo de Jair Bolsonaro na CPI da Covid. Hoje, será ouvido o ex-chanceler Ernesto Araújo. O ex-ministro das Relações Exteriores será questionado por implicar com a China e por demorar a procurar por vacinas. MC Kevin, que morreu ao cair do 5º andar de um hotel no Rio, será velado e sepultado. As crises no Oriente Médio e na Terra Yanomami. Um estudo sobre o estresse e a arrancada de Iann Dior.

CPI da Covid

O ex-ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo — Foto: Wallace Martins / Futura Press/Estadão ConteúdoO ex-ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo — Foto: Wallace Martins / Futura Press/Estadão Conteúdo

ex-ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, será interrogado na CPI da Covid. Senadores vão questioná-lo sobre o que o ministério fez – ou deixou de fazer – para viabilizar a aquisição de vacinas. Ele terá de responder ainda sobre investidas do governo em cloroquina, comprovadamente ineficaz no tratamento contra o vírus, e também sobre críticas feitas por ele à China, maior parceiro comercial do Brasil e responsável pela entrega dos insumos das vacinas mais aplicadas no país.

Integrantes da tropa de choque governista projetam uma semana de desgaste à gestão Jair Bolsonaro na CPI da Covid. Há forte temor pelos depoimentos do ex-chanceler Ernesto Araújo, e do ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello. Leia no blog do GERSON CAMAROTTI.

Números da pandemia

Brasil voltou a ter aumento na média móvel de mortes por Covid, com 1.918 vítimas por dia na última semana. O país contabiliza 436.862 óbitos e 15.661.106 casos. Nas últimas 24 horas, foram mais 1.039 mortes.

MC Kevin

MC Kevin — Foto: Reprodução / Facebook MC KevinMC Kevin — Foto: Reprodução / Facebook MC Kevin

Acontece em São Paulo o velório do cantor MC Kevin, que morreu aos 23 anos. A polícia investiga por que ele caiu do 5º andar do hotel em que estava hospedado, no Rio. Há duas hipóteses: Kevin pode ter tentado pular na piscina ou pode ter se desequilibrado quando tentava passar de um quarto para outro pela sacada. Veja aqui o que já se sabe e o que falta esclarecer. O vídeo abaixo mostra o local onde ele caiu, segundo a polícia

Oriente Médio

Após uma semana de violência e mais de 200 mortes, o presidente dos EUA, Joe Biden, ligou para o premiê de Israel, Benjamin Netanyahu, e disse apoiar um cessar-fogo no conflito com o Hamas. Mas Biden reiterou que os israelenses têm o direito de se defender e evitou condenar os ataques que já mataram 197 palestinos, incluindo crianças.

Um estudante palestina relata dia a dia em Gaza em meio a conflito com Israel. “Estamos sempre preparados para morrer”Clique aqui e leia o relato.

Terra Yanomami

Já são 8 dias de ataques de garimpeiros a comunidades na Terra Yanomami, a maior reserva indígena do país. Nem a presença da Polícia Federal intimidou os invasores, que passam de barco a abrem fogo. Os indígenas dizem que estão sendo atacados porque instalaram uma barreira em um rio. O vídeo abaixo explica o que está acontecendo na região.

Entenda os conflitos entre garimpeiros e indígenas na Terra Yanomami

Entenda os conflitos entre garimpeiros e indígenas na Terra Yanomami

Plano de saúde digital

Os planos de saúde digitais estão crescendo com foco em medicina preventiva. Entenda como eles funcionam e que cuidados tomar.

Estresse

As incertezas a respeito do fim da pandemia, os desafios do trabalho remoto, além das oportunidades reduzidas de descanso e férias foram fatores que resultaram em níveis significativos de estresse nos profissionais brasileiros. Pesquisa aponta que 26% consideram que a sensação de equilíbrio entre qualidade de vida e trabalho piorou. Veja e entenda os dados do estudo.

Clubhouse

Clubhouse, rede social baseada em conversas por voz que bombou no começo desse ano, anunciou que vai disponibilizar sua versão para Android no Brasil a partir desta terça-feira.

Iann Dior

Iann Dior — Foto: Divulgação / Cian MooreIann Dior — Foto: Divulgação / Cian Moore

Como ex-youtuber virou aposta do emo rap e chegou ao topo das paradas nos EUA. Rapper de 21 anos conta ao G1 como foi de garoto maluco publicando vídeos a popstar que junta influência dos Strokes com vibe de Post Malone.

Previsão do tempo

Chuva não será suficiente para combater a seca em diversas regiões do país
Chuva não será suficiente para combater a seca em diversas regiões do país
Continuar lendo PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 18 DE MAIO DE 2021 POR G1

PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 17 DE MAIO DE 2021 POR G1

Por G1

 

Prefeito de São Paulo, Bruno Covas morre vítima de câncer. O Assunto analisa a proposta de quebrar patentes de vacinas contra a Covid. Número de presos diminui, mas superlotação persiste no Brasil em meio à pandemia. Brasileira fica em segundo lugar no Miss Universo. Os gols da rodada nos campeonatos estaduais.

Adeus a Bruno Covas

Ricardo Nunes, que assumiu definitivamente como prefeito de São Paulo, decretou luto de 7 dias após a morte Bruno Covas. Vítima de câncer aos 41 anos, o corpo de Covas foi velado na Prefeitura da capital paulista e enterrado em Santos.

Relembre a vida e a trajetória de Bruno Covas
Relembre a vida e a trajetória de Bruno Covas

Patentes de vacinas

De quase um bilhão e meio de doses já aplicadas de vacinas contra a Covid-19, apenas 0,3% foram parar nos braços de pessoas que vivem em países pobres. No esforço para atacar essa brutal desigualdade, a proposta de suspender as patentes ganha corpo, com inédito apoio dos EUA. Segundo a economista Monica de Bolle, professora da Universidade Johns Hopkins, a ideia ajuda, mas não resolve o problema da desigualdade. Ouça O Assunto:

Monitor da violência

população carcerária no Brasil diminuiu, mas o país ainda registra superlotação nos presídios em meio à pandemia, como mostra o Monitor da Violência.

Ex-detentos relatam vida na prisão e contam como recomeçaram após a saída. Assista:

Ex-detentos relatam vida na prisão e parentes falam do drama do cárcere em tempos de Covid
Ex-detentos relatam vida na prisão e parentes falam do drama do cárcere em tempos de Covid

Miss Universo

A brasileira Julia Gama ficou em 2º lugar na 69ª edição do Miss Universo. A vencedora do concurso foi a mexicana Andrea Meza. O Brasil não vence o Miss Universo desde 1968 (antes, ganhou também em 1963). E não conquistava o segundo lugar desde 2007, quando a mineira Natalia Guimarães também quase levou o título.

Julia Gama, a Miss Brasil 2020 — Foto: Reprodução Twitter/missuniverseJulia Gama, a Miss Brasil 2020 — Foto: Reprodução Twitter/missuniverse

Futebol

No Campeonato Paulista, o Palmeiras venceu o Dérbi e vai à final do Paulistão. O atual campeão agora pega São Paulo ou Mirassol. No Campeonato Mineiro, Atlético-MG e América-MG ficaram no 0 a 0. Em Porto Alegre, o Grêmio venceu o Gre-Nal de virada e largou em vantagem na final do Gauchão.

Gols do Fantástico: Palmeiras elimina o Corinthians e vai à final do Paulistão
Gols do Fantástico: Palmeiras elimina o Corinthians e vai à final do Paulistão
Continuar lendo PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 17 DE MAIO DE 2021 POR G1

PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 14 DE MAIO DE 2021 POR G1

Por G1

 

CPI da Covid ouviu o gerente-geral da Pfizer para a América Latina, Carlos Murillo, que falou sobre o descaso do Brasil com a aquisição de vacinas da farmacêutica, encontro com Carlos Bolsonaro e declarações que conflitam com o depoimento de Fabio Wajngarten. O Assunto analisa justamente o pouco caso do governo com a vacina. A preocupação com a possível falta de chuva no país. As lives da Semana e a reta final do Paulistão.

CPI da Covi

Carlos Murillo, representante da Pfizer — Foto: Jefferson Rudy / Agência SenadoCarlos Murillo, representante da Pfizer — Foto: Jefferson Rudy / Agência Senado

Convocado a explicar à CPI da Covid as tratativas com o Brasil, o gerente-geral da Pfizer para a América Latina, Carlos Murillo, relatou as seis vezes em que a farmacêutica tentou, sem sucesso, vender a vacina ao governo brasileiro. Ele também falou sobre encontro com Carlos Bolsonaro, filho do presidente, e deu versões que conflitam com o depoimento de Fabio Wajngarten, ex-secretário de Comunicação do governo.

Pazuello

A Advocacia-Geral da União (AGU) pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) que garanta o direito do ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello de ficar calado no depoimento à CPI da Covid e imunização a algumas medidas, como prisão. O ministro Ricardo Lewandowski será o relator. O depoiemnto está marcado para a próxima quarta-feira (19).

Datafolha

Pesquisa Datafolha aponta que 51% dos entrevistados avaliam como ruim ou péssimo o desempenho de Jair Bolsonaro na gestão da crise provocada pelo novo coronavírus. Na pesquisa anterior, realizada em janeiro, esse índice era de 54%. Segundo o instituto, 21% consideram ótima ou boa a performance do presidente. Veja o resultado do levantamento e mais dados.

  • Ótimo/Bom: 21%
  • Ruim/Péssimo: 51%
  • Regular: 27%
  • Não sabe: 1%

Menos chuva, menos energia

O governo federal criou uma sala de crise e deu início à discussão de um plano de ações para preservar água nos reservatórios das principais hidrelétricas e, com isso, evitar o risco de escassez de energia. Grupo envolve representantes de três ministérios, Ibama e Agência Nacional de Águas. Menor nível de chuvas em 91 anos preocupa.

Jacarezinho

Mortos no Jacarezinho — Foto: ReproduçãoMortos no Jacarezinho — Foto: Reprodução

Saiba quem são, onde morreram e o que dizem as famílias e a polícia sobre os 27 mortos. Relatório de inteligência detalha acusações. G1 reuniu relatos de parentes e amigos sobre 14 supostas execuções na comunidade. A polícia nega qualquer irregularidade.

PIX

Seis meses após ter sido lançado, o PIX, sistema que permite transferências e pagamentos instantâneos, soma mais de R$ 1 trilhão em transações e já responde por mais da metade das transferências bancárias, mostram dados do Banco Central.

Lives da semana

César Menotti & Fabiano e Marília Mendonça — Foto: Divulgação e Globo / Mauricio FidalgoCésar Menotti & Fabiano e Marília Mendonça — Foto: Divulgação e Globo / Mauricio Fidalgo

Marília Mendonça, César Menotti & Fabiano e outros shows para ver em casa. Veja agenda e horários de transmissões ao vivo deste final de semana.

Futebol

Paulistão conhece hoje seus dois últimos semifinalistas. O Bragantino recebe o Palmeiras a partir das 19h30, enquanto o São Paulo enfrenta em casa a Ferroviária a partir das 21h30. Corinthians e Mirassol já estão classificados.

E o técnico da seleção brasileira, Tite, divulga nesta manhã a lista de convocados para os próximos jogos das Eliminatórias – dia 4 de junho, em Porto Alegre, contra o Equador, e dia 8, contra o Paraguai, em Assunção.

Fonte: G1

Continuar lendo PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 14 DE MAIO DE 2021 POR G1

PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 13 DE MAIO DE 2021 POR G1

 

Continuar lendo PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 13 DE MAIO DE 2021 POR G1

PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 12 DE MAIO DE 2021 POR G1

Por G1

 

A CPI da Covid ouve Fábio Wajngarten, ex-secretário de Comunicação do governo. Grávidas com comorbidades não podem tomar vacina AstraZeneca. A Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) afirma correr o risco de ter de fechar no meio do ano por falta de verba. O Assunto analisa justamente a asfixia das universidades federais. Mahmoud é o primeiro eliminado do “No Limite”. E tem live do Imposto de Renda no G1.

O que tem na CPI

Hoje quem depõe é Fábio Wajngarten, ex-secretário de Comunicação do governo. Demitido em março, ele disse em entrevista recente que a “incompetência” do Ministério da Saúde atrasou a compra de vacinas. Sabe-se, por exemplo, que o governo não quis comprar 70 milhões de doses que a Pfizer ofereceu ainda em 2020, na gestão Pazuello. Segundo Gerson Camarotti, o possível fogo amigo de Wajngarten preocupa os governistas. Em tempo: Pazuello é esperado na CPI na semana que vem.

Ao depor ontem, o diretor da Anvisa evitou criticar Bolsonaro, de quem é amigo, mas expôs suas divergências com o presidente em relação a aglomerações e ao uso de cloroquina. Antonio Barra Torres também confirmou que esteve numa reunião que discutiu mudar a bula da cloroquina para incluir o tratamento contra a Covid-19. Ele disse que vetou a proposta. O vídeo abaixo resume o depoimento:

CPI da Covid: Diretor-presidente da Anvisa, Antônio Barra Torres, depõe na CPI da Covid
CPI da Covid: Diretor-presidente da Anvisa, Antônio Barra Torres, depõe na CPI da Covid

Vacinação de grávidas

Mudou a orientação do Ministério da Saúde para a vacinação de gestantes contra a Covid-19. Agora, só devem tomar vacina as grávidas que têm comorbidades. A recomendação é usar CoronaVac e Pfizer. A vacina da AstraZeneca foi vetada para esse grupo depois que a Anvisa foi avisada sobre a morte de uma gestante por trombose. Ainda não se sabe se há relação entre o óbito e a vacina, e por isso a suspensão é uma medida preventiva. A Anvisa reitera que a vacina da AstraZeneca é segura e pode ser aplicada em outros grupos.

Crise na UFRJ

A Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) apresenta a situação orçamentária da universidade, que afirma correr o risco de ter de fechar no meio do ano por falta de verba. Ao G1, o vice-reitor Carlos Frederico Leão Rocha diz que “não dá para manter” o funcionamento com o orçamento destinado.

O Assunto analisa justamente a asfixia das universidades federais. A precarização começou com a crise econômica, em 2015, e se aprofundou no governo Bolsonaro, que desde o início hostilizou essas instituições com palavras e gestos. Ouça:

Voo 447 Rio-Paris

O Tribunal de Apelações de Paris ordenou que as empresas Air France e Airbus sejam julgadas por “homicídio culposo”, devido responsabilidades indiretas no acidente de 2009, quando o voo 447 Rio-Paris caiu no mar e matou 228 pessoas. Os advogados da Airbus anunciaram que irão apelar para a Suprema Corte.

Terra Yanomami

Garimpeiros trocaram tiros com a PF na terça-feira (11) na Terra Yanomami
Garimpeiros trocaram tiros com a PF na terça-feira (11) na Terra Yanomami

Agentes da PF foram recebidos a tiros por garimpeiros na Terra Yanomami, em Roraima. Veja no vídeo acima. Os policiais estavam lá para investigar o conflito que ocorreu na segunda (10) entre garimpeiros e indígenas e que, segundo uma organização local, deixou 3 invasores mortos. O Exército também deve enviar reforços para a reserva indígena, a maior do país.

Tensão aumenta

Palestinos acusam Israel de derrubar prédio de 13 andares em Gaza
Palestinos acusam Israel de derrubar prédio de 13 andares em Gaza

Israel e Hamas intensificam conflitos. Ontem, um bombardeio de Israel derrubou um prédio residencial de 13 andares na Faixa de Gaza. A torre abrigava um escritório usado pela liderança política do Hamas, governantes islâmicos de Gaza. Veja no vídeo acima.

‘No Limite’

Mahmoud no 'No Limite' — Foto: Reprodução/GloboMahmoud no ‘No Limite’ — Foto: Reprodução/Globo

Mahmoud é o primeiro eliminado do “No Limite”, que começou sua nova temporada ontem. Ele foi o mais votado por sua equipe, a Calango, que perdeu a primeira prova de imunidade da edição e por isso teve de escolher um membro para deixar o programa.

Anota aí

Hoje tem live do Imposto de Renda no G1. Tem dúvidas sobre a declaração? Manda aqui que um especialista vai responder. Começa às 19h.

Flopou?

“Girl From Rio” cai nas paradas e fãs de Anitta culpam gravadora por ausência em playlists. Faixa sumiu de ranking global e levou fãs a fazerem mutirão para forçar Warner a usar seu poder para influenciar plataformas de streaming.

Canta, Juliette

Juliette desperta interesse de gravadoras, mas carreira de cantora pode demorar a decolar. Sony, Warner e Universal dizem ter interesse em contratar a ex-BBB, que ainda estuda propostas. Ela já assinou com empresa que cuida da imagem da Anitta e foi cortejada por Luan Santana.

Mega-Sena

O concurso 2.371 da Mega-Sena pode pagar um prêmio de R$ 27 milhões para quem acertar as seis dezenas. O sorteio ocorre às 20h, na cidade de São Paulo.

Previsão do tempo

Veja como fica o tempo nesta 4ª feira
Veja como fica o tempo nesta 4ª feira
Continuar lendo PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 12 DE MAIO DE 2021 POR G1

PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 11 DE MAIO DE 2021 POR G1

Por G1

 

CPI da Covid abre a semana com o diretor da Anvisa. Saiba o que esperar desse depoimento. Veja como foi a condenação de Luis Felipe Manvailer pelo assassinato de Tatiane Spitzner. Anvisa recomenda suspender a aplicação da AstraZeneca em grávidas. O Assunto analisa a crise na Colômbia. Hoje sai a inflação de abril. A morte de Bob Marley completa 40 anos. E à noite estreia a nova versão de ‘No Limite’, só com ex-BBBs.

AstraZeneca suspensa para grávidas

A Agência de Vigilância Sanitária (Anvisa) recomendou a suspensão da aplicação da vacina contra Covid da AstraZeneca/Fiocruz em grávidas. O imunizante vem sendo usado em gestantes com comorbidades, mas agora elas só poderão receber doses da CoronaVac e da Pfizer. Clique aqui e entenda a decisão da agência reguladora.

Hoje tem CPI

O diretor da Anvisa, Antonio Barra Torres, depõe hoje na CPI da Covid. A sessão está marcada para as 10h, e o G1 transmite. Barra Torres falará sobre os processos de aprovação das vacinas. Até agora, a Anvisa liberou quatro (CoronaVac, AstraZeneca/Oxford, Pfizer e Janssen) e barrou a Sputnik V, decisão criticada por representantes da vacina russa.

O diretor da Anvisa também deve ser questionado sobre uma suposta proposta levada ao governo para alterar a bula da cloroquina e incluir o tratamento para a Covid-19. Quem citou a existência desse documento foi o ex-ministro Luiz Henrique Mandetta, ao depor na semana passada. Segundo o relato, o diretor da Anvisa foi contra a mudança — que de fato não ocorreu. Agora os senadores querem saber se essa minuta de decreto existiu mesmo, e quem é o autor.

Como se sabe, diversos estudos já comprovaram que a cloroquina é ineficaz contra o coronavírus.

Condenado

A advogada Tatiane Spitzner e Luis Felipe Manvailer — Foto: Reprodução: Facebook e RPCA advogada Tatiane Spitzner e Luis Felipe Manvailer — Foto: Reprodução: Facebook e RPC

Quase 32 anos de prisão. Essa é a pena de Luis Felipe Manvailer, condenado por assassinar a mulher, a advogada Tatiane Spitzner, em 2018 no Paraná. O corpo de Tatiane foi encontrado na calçada, após cair do 4º andar. O laudo indicou que ela foi esganada. A pena é por homicídio com três agravantes (feminicídio, meio cruel e motivo fútil) e fraude processual. O julgamento durou 7 dias. Detalhe: Manvailer foi condenado por um júri formado só por homens. Ele poderá recorrer, mas continuará preso.

Terra Yanomami

Três garimpeiros morreram e quatro ficaram feridos em um conflito na Terra Yanomami, a maior reserva indígena do país, em Roraima. Um indígena levou um tiro na cabeça e sobreviveu. A informação é do presidente do Conselho de Saúde Indígena Yanomami e Ye’kuanna, Junior Hekurari Yanomami. A PF investiga.

Retrato do abandono

Criança Yanomami desnutrida em aldeia, em Roraima — Foto: Arquivo PessoalCriança Yanomami desnutrida em aldeia, em Roraima — Foto: Arquivo Pessoal

Rodou o Brasil a foto de uma menina Yanomami desnutrida. Para o missionário Carlo Zacquini, que a divulgou, a imagem retrata o abandono das aldeias no atual governo. “Todas elas sem assistência. Não há equipes. Tem postos de saúde que estão fechados há meses”, afirma. O líder local Dário Kopenawa Yanomami conta que há um surto de malária na região. Leia a reportagem.

Paulo Gustavo

Missa de Sétimo Dia de Paulo Gustavo será hoje, às 18h30, no Cristo Redentor. A cerimônia terá transmissão ao vivo no Multishow. O Globoplay estará com sinal aberto.

Inflação

O IBGE divulga hoje a inflação de abril. Há expectativa porque em março o IPCA acelerou e fez o índice acumulado de 12 meses, usado como referência, subir para 6,10% e estourar o teto da meta do governo. Isso não ocorria há quatro anos. Em março, os principais vilões da inflação foram o gás de botijão e os combustíveis.

Imposto de Renda

O prazo para declarar o Imposto de Renda termina no dia 31. Se você ainda tem dúvidas, veja aqui 50 perguntas que já foram respondidas.

Vacinas

Grávidas com doenças preexistentes (comorbidades), pessoas com deficiência e funcionários do Metrô serão vacinados contra a Covid-19 a partir de hoje no estado de SP.

Na vacinação da gripe, começa hoje o atendimento a pessoas com mais de 60 anos e professores. Quem tomou a vacina da Covid-19 deve esperar pelo menos 15 dias para receber a da gripe.

Jerusalém

A crise em Jerusalém escalou mais um pouco depois que o Hamas disparou foguetes contra Israel, que respondeu com bombardeios em Gaza. Desde sexta (7), centenas de palestinos ficaram feridos em confrontos com a polícia israelense no complexo da mesquita de Al-Aqsa, que é considerado um local sagrado pelos dois lados. A colunista Sandra Cohen lista 4 fatores que alimentam as tensões em Jerusalém.

O Assunto

A proposta de reforma tributária, que aumentaria impostos para itens de necessidade básica, levou milhares de colombianos às ruas. A reação das forças de segurança do país foi brutal: mais de 30 mortos, centenas de desaparecidos e inúmeros relatos de abusos cometidos pelas forças de segurança. Ouça a análise da crise colombiana:

Censo na China

População chinesa chegou a 1,41 bilhão de habitantes, aponta censo. Em comparação com a pesquisa de 2010, a população chinesa cresceu em 72 milhões de habitantes, o que equivale a um aumento de 5,38% em 10 anos.

40 anos sem Bob Marley

Imagem de Bob Marley no 'Museu Bob Marley', em Kingston, Jamaica — Foto: Jorge Reyes/Mexsport/Mexsport via AFP/ArquivoImagem de Bob Marley no ‘Museu Bob Marley’, em Kingston, Jamaica — Foto: Jorge Reyes/Mexsport/Mexsport via AFP/Arquivo

Artistas do reggae citam músicas favoritas que marcaram legado do cantor. Zeider, do Planta & Raiz, Tales, do Maneva, e outros cantores falam sobre ícone jamaicano, que morreu em 11 de maio de 1981, vítima de câncer

‘No Limite’

Estreia hoje a nova versão de ‘No Limite’, o primeiro reality da TV brasileira. Todos os 16 participantes são ex-BBBs. O programa apresentado por Andre Marques terá 16 semanas de duração e muitos perrengues, entre eles a temida prova da comida. O vencedor leva R$ 500 mil. Saiba tudo aqui.

Futebol

Corinthians e Inter de Limeira abrem hoje, às 16h, as quartas de final do Campeonato Paulista.

Previsão do tempo

Nova frente fria começa a subir pelo país
Nova frente fria começa a subir pelo país
Continuar lendo PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 11 DE MAIO DE 2021 POR G1

PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 10 DE MAIO DE 2021 POR G1

Por G1

 

Um novo lote de vacinas da Pfizer começa a ser distribuído aos estados. A CPI da Covid entra na 2ª semana de depoimentos. A Europa avança no relaxamento das restrições. A mãe e o marido de Paulo Gustavo falam ao Fantástico.

Vacina da Pfizer

Começa hoje a distribuição de mais 1,1 milhão de doses da vacina da Pfizer. O lote deve ser usado nas capitais para dar a 1ª dose a pessoas com doenças preexistentes (comorbidades), mulheres grávidas e que tiveram bebê recentemente. Esse novo envio faz parte de um contrato que prevê 100 milhões de doses.

Agenda da CPI

A vacina da Pfizer será o assunto da semana na CPI da Covid. Os senadores querem saber por que o governo Bolsonaro não quis as 70 milhões de doses oferecidas em agosto de 2020. Se essa compra tivesse acontecido, provavelmente o Brasil teria hoje mais gente vacinada. E menos mortos.

A agenda começa amanhã com o diretor da Anvisa, Antonio Barra Torres. Na quarta (12), quem fala é Fábio Wajngarten. O ex-secretário de Comunicação do governo culpa o ex-ministro Pazuello pelo fracasso das negociações. E na quinta (13) teremos o depoimento dos representantes da Pfizer. O G1 transmite tudo.

O depoimento de Pazuello é no dia 19, e o colunista Octavio Guedes conta que os senadores combinaram de chamá-lo de “senhor”, e não de “general”. Há uma razão. Entenda aqui por quê.

Adeus a Paulo Gustavo

Dona Déa, a mãe de Paulo Gustavo, conversou com o Fantástico. “A morte é uma coisa certa na vida. A gente só espera que uma mãe vá na frente. Então, é muito duro”, afirma. Assista:

Mãe de Paulo Gustavo fala sobre a perda do filho: ‘Uma mãe jamais deveria passar por isso’
Mãe de Paulo Gustavo fala sobre a perda do filho: ‘Uma mãe jamais deveria passar por isso’

Thales Bretas, o marido de Paulo Gustavo, também deu entrevista, a primeira desde que ficou viúvo. “Essa ausência é avassaladora. É um silêncio que não fazia parte da minha vida há sete anos”, diz.

Thales Bretas, marido de Paulo Gustavo, fala pela primeira vez desde a morte do ator: 'Vai ser pra sempre o amor da minha vida'
Thales Bretas, marido de Paulo Gustavo, fala pela primeira vez desde a morte do ator: ‘Vai ser pra sempre o amor da minha vida’

Falta de medicamentos

A falta de medicamentos para intubar pacientes com Covid-19 está atrasando cirurgias de animais de estimação em SP. Os estoques de anestésicos e sedativos foram redirecionados, o que causou desabastecimento no mercado veterinário. Leia a reportagem.

Reabertura

Com o avanço da vacinação e a queda nas mortes por Covid-19, a Europa começa a relaxar as medidas restritivas. O Reino Unido deve anunciar hoje a liberação de pequenas reuniões em ambientes fechados (veja detalhes). A Espanha suspendeu o toque de recolher noturno, e as ruas de Barcelona lotaram imediatamente. Veja no vídeo:

Em Barcelona, jovens celebram "liberdade" após fim do estado de emergência
Em Barcelona, jovens celebram “liberdade” após fim do estado de emergência

Jerusalém: o que acontece?

Centenas de palestinos ficaram feridos nos últimos dias em confrontos com a polícia de Israel em Jerusalém. A violência começou na sexta (7), quando palestinos foram impedidos de entrar no complexo da mesquita Al-Aqsa no dia mais sagrado para o Islã. Outro fator de tensão é a ocupação de áreas palestinas por colonos judeus. Entenda o que está acontecendo.

Sobrevivemos

Como se esperava, os destroços do foguete chinês lançado em abril para levar equipamentos ao espaço reentraram na atmosfera. Mas a queda foi no Oceano Índico, perto das Maldivas, e ninguém se feriu. Aliás, a maior parte dos componentes se desintegrou no atrito com o ar. Deu tudo certo. Saiba como foi.

O Assunto

No episódio de hoje, Renata Lo Prete conversa com a professora Deisy Ventura, coordenadora de um estudo da USP que analisou ações do governo Bolsonaro na pandemia. Segundo ela, há evidências de que a estratégia do governo foi deixar o coronavírus correr solto para gerar uma barreira natural de imunidade. O resultado está aí: 422 mil mortos até agora. “Essa intencionalidade vai além do discurso, ela se deu na prática”, diz Deisy. Esse é um dos assuntos que estão na mira da CPI da Covid. Ouça:

Economia

  • Auxílio emergencial: Caixa libera saques para nascidos em julho
  • Lista: 100 concursos públicos que estão com inscrições abertas
  • Imposto de Renda: como declarar ajuda indenizatória para quem fez parte do BEm

Rainha Malu

Malu, de ‘Disco Arranhado’, fez uma tatuagem com caminhão no braço — Foto: Reprodução/Instagram/Malu

“Disco Arranhado”, uma das músicas mais tocadas do Brasil, só explodiu após a gravação de Malu, uma jovem cantora de arrocha de Vitória da Conquista, na Bahia. Natielle de Oliveira Santos tem 19 anos e uma ambição: ser a nova musa dos caminhoneiros. “Acho chique”, diz. Ela foi descoberta quando era vendedora e cantava na loja. Conheça a história dessa estrela em ascensão.

Futebol

A final do Carioca terá Fla x Flu. No Gauchão, vem aí mais um Gre-Nal. No Paulista, as quartas de final estão definidas com São Paulo, Corinthians e Palmeiras classificados. O Santos ficou de fora, mas evitou o rebaixamento. O América-MG eliminou o Cruzeiro e vai encarar o Atlético-MG na decisão do Mineiro. Assista abaixo aos gols do Fantástico:

Gols do Fantástico: estaduais definem confrontos das finais
Gols do Fantástico: estaduais definem confrontos das finais
Continuar lendo PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 10 DE MAIO DE 2021 POR G1

PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 07 DE MAIO DE 2021 POR G1

Por G1

 

Ação mais letal da polícia no Rio deixa 25 mortos no Jacarezinho. Na CPI da Covid, o ministro da Saúde evitou falar sobre cloroquina. O Brasil ultrapassa a marca de 15 milhões de casos de Covid. Começa nesta quinta o julgamento do impeachment do governador Carlos Moisés, de Santa Catarina. As lives do final de semana e a carona que Jacira, mãe de Gil, pega com o ex-BBB.

Horror no Rio

Uma operação da Polícia Civil do RJ contra o tráfico de drogas no Jacarezinho, na Zona Norte do Rio, deixou 25 mortos, incluindo um policial. Foi a operação policial mais letal da história da cidade. Moradores relataram execuções. Também falaram em corpos no chão, invasão de casas e celulares confiscados. A polícia afirmou que o tráfico aliciava menores e que proibia namoros. A ação foi repercutida pela imprensa internacionalAssista abaixo o que aconteceu no Jacarezinho.

VÍDEO: Moradores relatam cenas de terror no Jacarezinho
VÍDEO: Moradores relatam cenas de terror no Jacarezinho

CPI da Covid

Em depoimento à CPI da Covid, o atual ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, evitou o tema cloroquina: não respondeu se é a favor do remédio, respondeu que não autorizou a distribuição do medicação em sua gestão (veja no vídeo abaixo). No entanto, declarou que o tratamento precoce não é decisivo no enfrentamento a pandemia, mas sim a vacinação. Ele também não respondeu a respeito da demora na aquisição de vacinas da Pfizer.

VÍDEO: 'Eu não autorizei distribuição de cloroquina na minha gestão', diz QueirogaVÍDEO: ‘Eu não autorizei distribuição de cloroquina na minha gestão’, diz Queiroga

 

Números da pandemia

O Brasil passou a marca de 15 milhões de casos de Covid contabilizados e registrou 2.531 mortes nas últimas 24 horas, totalizando 417.176 óbitos desde o início da pandemia.

Impeachment em SC?

Começa hoje o julgamento do impeachment do governador de Santa Catarina, Carlos Moisés. Cinco desembargadores e cinco deputados estaduais decidem se ele cometeu crime de responsabilidade na compra de respiradores. O G1 vai acompanhar em tempo real.

Eduardo Cunha

O Tribunal Regional Federal da Primeira Região (TRF-1), com sede em Brasília, revogou a prisão domiciliar do ex-deputado Eduardo Cunha (MDB-RJ) decretada na Operação Sépsis. Sua defesa diz que ele ficará em liberdade.

Lives da semana

Ivete, Alcione, Luan, Daniel, Fafá de Belém, Festival Fixe e mais shows para ver em casa. Veja dias e horários.

Na carona do ex-BBB Gil

Gil do Vigor e mãe, Jacira — Foto: Reprodução / InstagramGil do Vigor e mãe, Jacira — Foto: Reprodução / Instagram

Mãe de Gil do Vigor pega carona na fama de ex-BBB e recebe 40 convites para comerciais. Com mais de 300 mil seguidores em rede social, Jacira Santana disse que se inspira na apresentadora Ana Maria Braga. “Tenho maior amor por ela”, afirma.

Continuar lendo PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 07 DE MAIO DE 2021 POR G1

PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 6 DE MAIO DE 2021 POR G1

Por G1

 

CPI da Covid ouve o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, e presidente da Anvisa, Antonio Barra Torres. Ontem, Nelson Teich falou que deixou a pasta após pressão para o uso da cloroquina. O corpo do ator Paulo Gustavo será cremado, em cerimônia restrita, no Rio. Campeã do “BBB21”, Juliette não descarta carreira de cantora. E a chuva de meteoros que pode ser vista no Brasil.

CPI da Covid

 — Foto: Jefferson Rudy / Agência Senado Foto: Jefferson Rudy / Agência Senado

O ex-ministro da Saúde Nelson Teich disse, na CPI da Covid, que deixou o cargo após pressão do governo federal de “ampliação do uso da cloroquina” para tratar pacientes com a doença. Ele, que ficou 28 dias no cargo, afirmou ainda que percebeu que não teria autonomia para atuar à frente da pasta.

Os números da Covid

O Brasil registrou 2.791 mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas e totalizou 414.645 óbitos. Em casos confirmados, 14.936.464 brasileiros já tiveram ou têm o novo coronavírus, com 75.652 no último dia.

Bolsonaro e China

O presidente Jair Bolsonaro insinuou que a China pode ter criado o coronavírus. Em discurso no Palácio do Planalto, ele questionou: “Os militares sabem o que é guerra química, bacteriológica e radiológica. Será que não estamos enfrentando uma nova guerra?”

Adeus a Paulo Gustavo

Moradores do Rio fazem um grande aplauso em homenagem a Paulo Gustavo
Moradores do Rio fazem um grande aplauso em homenagem a Paulo Gustavo

A quarta foi marcada por homenagens ao ator e humorista Paulo Gustavo, que morreu, aos 42 anos, vítima de Covid-19. Nas redes sociais, Thales Bretas, marido do comediante, postou: “Nossa caminhada tinha tudo pra ser longa!; sempre te amarei”. No início da noite, fãs aplaudiram o ator pela janela em diversas cidades do país (veja no vídeo acima). corpo do ator vai ser cremado, em cerimônia restrita.

Julgamento no PR

Segue o julgamento de Luis Felipe Manvailer, acusado de matar a Tatiane Spitzner, em Guarapuava, em 2018. G1 acompanha em tempo real.

Luto coletivo em SC

Foram enterradas as cinco pessoas mortas no atentado à escola infantil Pró-Infância Aquarela em Saudades, no Oeste de Santa Catarina. A cerimônia de sepultamento reuniu centenas de pessoas que foram homenagear as três crianças e as duas funcionárias vítimas do ataque à faca na terça (4). Uma outra criança que ficou ferida passou por uma cirurgia e está internada.

Campeã do ‘BBB21’

Juliette, vencedora do "BBB21" — Foto: DivulgaçãoJuliette, vencedora do “BBB21” — Foto: Divulgação

Juliette não descarta carreira de cantora, mas diz que usou música no reality apenas para fugir do caos. Ela soltou a voz inúmeras vezes ao longo do jogo e surpreendeu o público e artistas, que elogiaram o talento vocal da maquiadora. Mas ela contou em entrevista coletiva a jornalistas, um dia após a final, que nunca pensou em ser cantora.

9 bebês de uma vez!

Um dos 9 recém-nascidos do Mali no Marrocos em foto de 5 de maio de 2021 — Foto: Youssef Boudlal/ReutersUm dos 9 recém-nascidos do Mali no Marrocos em foto de 5 de maio de 2021 — Foto: Youssef Boudlal/Reuters

Nove filhos de uma vez! Já pensou? Uma mulher do Mali dá à luz 9 bebês de uma vez. Mas e agora? Veja perguntas e respostas sobre o caso raro.

Eta Aquáridas

chuva de meteoros Eta Aquáridas alcançará seu pico nesta quinta no Hemisfério Sul. Esses meteoros são resquícios da passagem do cometa Halley. Será possível observar até 30 meteoros por hora. No Brasil, o melhor horário para observar o fenômeno será entre 2h e 4h.

Fonte: G1

Continuar lendo PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 6 DE MAIO DE 2021 POR G1

A PROMOTORA DE JUSTIÇA ELAINE CARDOSO SERÁ A PRIMEIRA MULHER A LIDERAR O MINISTÉRIO PÚBLICO DO RN

Governadora nomeia nova procuradora-geral de Justiça

06 maio 2021

Promotora de Justiça Elaine Cardoso é nomeada procuradora geral de Justiça e será a primeira mulher a liderar o MPRN – Blog Alex de Olho Na Notícia

A promotora de Justiça Elaine Cardoso de Matos Novais Teixeira será a primeira mulher a liderar o Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN). Nesta quarta-feira (5), a governadora do Estado, Fátima Bezerra, acatou a indicação de procuradores e promotores de Justiça do RN e nomeou Elaine Cardoso para o cargo. O mandato à frente da instituição é de dois anos. A cerimônia de posse está marcada para o próximo dia 18 de junho.

O ato de assinatura da nomeação de Elaine Cardoso contou com a presença do atual procurador geral de Justiça, Eudo Rodrigues Leite; da presidente da Associação do Ministério Público do RN, Juliana Limeira, e do vice-governador do Estado, Antenor Roberto; do procurador-geral do Estado, Luiz Antônio Marinho; da secretária de Estado do Trabalho, da Habitação e da Assistência Social (Sethas), Iris Oliveira; da secretária de Estado das Mulheres, da Juventude, da Igualdade Racial e dos Direitos Humanos (Semjidh), Eveline Guerra; e da assessora jurídica do Gabinete Civil (GAC), Luciana Daltro. Todos parabenizaram Elaine Cardoso pela nomeação e desejaram sucesso na gestão.

Elaine Cardoso foi a única indicada pelos membros do MPRN após obter 177 votos em eleição ocorrida no dia 23 de abril passado. Ela havia sido a única a se inscrever para eleição. Após a homologação do resultado pelo Colégio de Procuradores de Justiça do MPRN (CPJ), a indicação de Elaine Cardoso foi oficiada à governadora Fátima Bezerra, que a nomeou nesta quarta-feira.

Elaine Cardoso já indicou quem será o procurador geral de Justiça adjunto na gestão dela: o também promotor de Justiça Glaucio Pinto Garcia, titular da Promotoria de Justiça de Jardim do Seridó e atualmente coordenador do Centro de Apoio Operacional das Promotorias Criminais (Caop-Criminal).

“Estou honrada e feliz. Inicialmente, agradeço novamente aos colegas procuradores e promotores de Justiça pela confiança em mim depositada. Também agradeço à governadora Fátima Bezerra por ter mantido a tradição de nomear para esse tão importante cargo o membro do MPRN indicado e mais votado pela instituição. E à população potiguar, direciono a seguinte mensagem: o MPRN é seu parceiro. Estamos sempre abertos ao diálogo e atuando em prol do cumprimento das leis e da Justiça. Conte conosco”, falou Elaine Cardoso.

Elaine Cardoso ingressou no MPRN em 1997. É a titular da 62ª Promotora de Justiça de Natal, com atribuição em defesa da Saúde, e atualmente ocupa o cargo de procuradora geral de Justiça adjunta. Ela é graduada e especialista em Criminologia pela UFRN, mestre em Direito das Relações Sociais, sub-área Difusos e Coletivos, pela PUC-SP, ee já atuou como professora da Femsp, Esmarn e Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).

Ela é autora do livro Serviços Públicos e Relação de Consumo, e co-autora de outras obras jurídicas, a exemplo do Estatuto do Idoso Comentado e Direitos Fundamentais na Constituição de 1988. Elaine Cardoso tem em sua história institucional destaque para a atuação na defesa dos direitos difusos e coletivos, especialmente o direito à saúde.

Fonte: G1 RN
Continuar lendo A PROMOTORA DE JUSTIÇA ELAINE CARDOSO SERÁ A PRIMEIRA MULHER A LIDERAR O MINISTÉRIO PÚBLICO DO RN

PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 05 DE MAIO DE 2021 POR G1

Por G1

 

Jovem e talentoso, Paulo Gustavo se foi. Não resistiu à Covid. Veja textos, fotos, vídeos sobre o ator e a repercussão da morte que mexeu com o país. Depoimento de Luiz Henrique Mandetta abriu a CPI da Covid no Senado. Hoje, é a vez do também ex-ministro da Saúde Nelson Teich falar aos senadores. Enquanto isso, Jair Bolsonaro convoca aliados e alguns ministros para definir estratégias na CPI. Com grande votação, Juliette é a campeã do “Big Brother Brasil 21″ e leva R$ 1,5 milhão.

Paulo Gustavo se foi

Paulo Gustavo — Foto: Fernando Souza/Agência O Dia/Estadão Conteúdo/ArquivoPaulo Gustavo — Foto: Fernando Souza/Agência O Dia/Estadão Conteúdo/Arquivo

O ator e humorista Paulo Gustavo morreu no Rio ontem, aos 42 anos, de Covid-19. O criador de Dona Hermínia estava internado desde 13 de março no Hospital Copa Star, em Copacabana, na Zona Sul.

Ele conquistou o Brasil com humor acessível, fez história e interpretou personagens marcantes. Veja abaixo a trajetória do ator, que tinha a mãe como inspiração, “na carreira e na vida”.

VÍDEO: Paulo Gustavo teve mãe como inspiração na carreira e na vida
VÍDEO: Paulo Gustavo teve mãe como inspiração na carreira e na vida

“Meu irmão, eu te amo e pra sempre vou te amar”, disse a atriz Mônica Martelli, amiga de longa data de Paulo Gustavo. “Tô com raiva por esse momento que o país atravessa”, afirmou Marcelo Adnet. Repercussão reúne também Fábio Porchat, Angélica, Xuxa, Caetano Veloso, Claudia Leitte, Fátima Bernardes e outros. Clique aqui e leia.

Paulo Gustavo interpreta a personagem Dona Hermínia — Foto: Globo/Victor PollakPaulo Gustavo interpreta a personagem Dona Hermínia — Foto: Globo/Victor Pollak

CPI da Covid

Em depoimento à CPI da Covid no Senado, o ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta disse que o governo federal não quis fazer campanha de comunicação oficial contra a doença. Também afirmou que uma minuta de decreto presidencial propôs que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) alterasse a bula da cloroquina para que o medicamento fosse indicado no tratamento da Covid-19. Mandetta declarou ainda que Bolsonaro se aconselhava sobre a pandemia com fontes de fora do Ministério da Saúde. O ex-ministro falou por mais de sete horas.

Veja em 5 minutos o que rolou na CPI no vídeo abaixo:

CPI da Covid: Ex-ministro Mandetta depõe por mais de 7 horas
CPI da Covid: Ex-ministro Mandetta depõe por mais de 7 horas

Estratégia do governo na CPI

Jair Bolsonaro convocou reunião com líderes e senadores governistas da CPI da Covid a fim de traçar estratégias para as próximas sessões de depoimentos. Participam os ministros Luiz Eduardo Ramos (Casa Civil), Flávia Arruda (Secretaria de Governo) e Onyx Lorenzoni (Secretaria-Geral).

O avanço da Covid

O Brasil registrou 3.025 mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas e totaliza 411.854 óbitos desde o início da pandemia. Em casos confirmados, são 14.860.812 brasileiros que já tiveram ou têm o novo coronavírus, com 69.378 desses confirmados ontem. Quase 33 milhões de pessoas tomaram a primeira dose da vacina.

Vacina brasileira

Candidata à vacina brasileira contra Covid-19, a Versamune começará a ser testada em humanos em junho e a aplicação na população em geral está prevista para dezembro, informou ao G1 Helena Faccioli, CEO da Farmacore, a start-up de biotecnologia que desenvolve o imunizante com apoio da Universidade de São Paulo (USP) em Ribeirão Preto (SP).

Consagração de Juliette

Juliette na final do 'BBB21' — Foto: Reprodução/GloboJuliette na final do ‘BBB21’ — Foto: Reprodução/Globo

Juliette é a campeã do “Big Brother Brasil 21”. A advogada e maquiadora embolsa R$ 1,5 milhão, após incríveis 90,15% dos votos e derrotar na final Camilla de Lucas (5,23%) e Fiuk (4,62%). Ao longo dos quase 100 dias da edição, ela passou por três paredões e foi líder uma vez, na última prova pela liderança.

Lei de Segurança Nacional

A Câmara dos Deputados aprovou projeto que revoga a Lei de Segurança Nacional e define, no Código Penal, crimes contra a democracia. Entenda.

Crime em escola infantil

Três crianças e duas funcionárias de uma escola infantil de Saudades, no Oeste de Santa Catarina, morreram após um ataque à faca. O assassino, um jovem de 18 anos, deu golpes contra o próprio corpo e está internado. Veja quem são as funcionárias e crianças vítimas do ataque. Entenda o que se sabe e o que falta saber sobre o caso.

Crime no Paraná

Começou o julgamento do caso Tatiana Spitzner. Em 2018, a advogada foi encontrada morta após cair do 4º andar do apartamento onde morava, em Guarapuava (PR). O marido dela, Luís Felipe Manvailer, foi preso no dia da morte e indiciado por homicídio qualificado. Ele nega ter cometido o crime. O julgamento prossegue hoje e o G1 acompanha em tempo real.

Mega-Sena

Uma aposta de Nova Brasilândia D´Oeste, Rondônia, acertou as seis dezenas do concurso 2.368 da Mega-Sena e leva sozinha o prêmio de R$ 37.429.107,24. Veja as dezenas sorteadas: 04 – 07 – 13 – 25 – 36 – 58. Para o próximo sorteio, na quinta-feira (6), o prêmio previsto é de R$ 2 milhões.

Continuar lendo PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 05 DE MAIO DE 2021 POR G1

PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 04 DE MAIO DE 2021 POR G1

Por G1

 

A CPI da Covid começa a esquentar hoje, com os depoimentos dos ex-ministros da Saúde Luiz Henrique Mandetta e Nelson Teich. Eles não podem mentir. O Brasil se aproxima dos 410 mil mortos pelo novo coronavírus. Bruno Covas, que luta contra um câncer, e Paulo Gustavo, que trava dura briga contra a Covid, seguem internados. O desabamento de um viaduto deixou 20 mortos no metrô do México. E o ‘BBB21’ termina nesta terça: Camilla, Fiuk e Juliette disputam o prêmio.

Mandetta e Teich na CPI da Covid

Nelson Teich e Luiz Henrique Mandetta — Foto: Clauber Cleber Caetano/PR; Isac Nóbrega/PR; José Dias/PRNelson Teich e Luiz Henrique Mandetta — Foto: Clauber Cleber Caetano/PR; Isac Nóbrega/PR; José Dias/PR

A CPI da Covid ouve hoje Luiz Henrique Mandetta, pela manhã, e Nelson Teich, à tarde, os dois primeiros ministros da Saúde do governo de Jair Bolsonaro. Eles irão falar na condição de testemunha e não podem mentir, sob o risco de incorrer no crime de falso testemunho.

Mandetta esteve à frente da pasta entre janeiro de 2019 e abril de 2020. Teich, seu sucessor, comandou o ministério por menos de um mês, entre 17 de abril e 15 de maio do ano passado. Ambos deixaram o cargo após divergências com Bolsonaro relativas às políticas de contenção do coronavírus.

Marcelo Queiroga e Eduardo Pazuello também serão ouvidos nesta semana.

Vacina da Pfizer/BioNTech

O Ministério da Saúde começou a enviar aos estados 500 mil doses da vacina contra a Covid-19 produzida pela Pfizer/BioNTech. A pasta orientou adotar um intervalo de 3 meses entre a 1ª e a 2ª dose, embora a fabricante tenha recomendação diferente: intervalo de 21 dias. O ministério diz seguir regras do Reino Unido. Entenda aqui.

CoronaVac em falta?

Já em relação à CoronaVac, vacina mais usada no Brasil, sete capitais interromperam a aplicação da 2ª dose por falta de imunizante. Clique aqui e veja quais são.

Pandemia sem controle

O Brasil registrou 1.054 mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas e totalizou 408.829 óbitos desde o início da pandemia. Com 37.451 casos, são 14.791.434 brasileiros que já tiveram ou têm o novo coronavírus.

O Assunto

Brasil e Índia, muito em comum

Aglomerações, variantes mais infecciosas, gestão confusa durante a pandemia… São várias as semelhanças entre os colapsos de Brasil e Índia diante da Covid-19. Entenda.

Luta contra o câncer

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), que se afastou do cargo para tratar um câncer no sistema digestivo, segue internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Sírio-Libanês, no Centro da capital paulista. Ele foi intubado na manhã de ontem e extubado à tarde, após um sangramento no estômago ser estancado.

Paulo Gustavo

Internado desde 13 de março para se recuperar da Covid-19, o ator Paulo Gustavo piorou subitamente e teve uma embolia pulmonar. Segundo o hospital, o quadro é “instável e de extrema gravidade”.

Tragédia no México

Imagem aérea mostra região de acidente de trem do metrô depois que um viaduto desabou parcialmente na Cidade do — Foto: Pedro Pardo / AFP PhotoImagem aérea mostra região de acidente de trem do metrô depois que um viaduto desabou parcialmente na Cidade do — Foto: Pedro Pardo / AFP Photo

Um trem do Metrô da Cidade do México descarrilou e despencou após um viaduto desabar, deixando 20 mortos e 49 feridos.

Caso Henry

Monique e Jairinho, mãe e padrasto de Henry, foram indiciados por homicídio duplamente qualificado, com emprego de tortura e impossibilidade de defesa da vítima. Agora, o promotor do caso decidirá se denuncia ou não o casal.

BBB21

Camila, Juliette e Fiuk — Foto: Globo/João CottaCamila, Juliette e Fiuk — Foto: Globo/João Cotta

‘BBB21’ termina nesta terça, e Camilla, Fiuk e Juliette disputam o prêmio. Mas o reality já deixa saudades. Foi uma edição marcada por cancelamentos, recordes de rejeição dos participantes e discussões sociais. Veja a nossa retrospectiva.

Mega-Sena

O concurso 2.368 da Mega-Sena pode pagar um prêmio de R$ 38 milhões para quem acertar as seis dezenas. O sorteio ocorre às 20h.

Previsão do tempo

Chuva segue caindo na região norte do país durante a semana
Chuva segue caindo na região norte do país durante a semana
Continuar lendo PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 04 DE MAIO DE 2021 POR G1

PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 03 DE MAIO DE 2021 POR G1

Por G1

 

O Brasil começa a semana com quase 408 mil mortes pela pandemia, com a aplicação da 2ª dose da CoronaVac suspensa em 8 capitais e na expectativa com os depoimentos da CPI da Covid. Caixa libera saques e transferências do auxílio emergencial de mais uma parte dos beneficiários. Prouni abre inscrições para vagas remanescentes. Concursos abertos reúnem mais de 11 mil vagas pelo país. E a final do ‘BBB 21’ está formada: Fiuk, Camilla de Lucas e Juliette vão disputar o prêmio de R$ 1,5 milhão.

Números da pandemia

Brasil registra 1.210 mortes em 24 horas por Covid e total passa de 407 mil
Brasil registra 1.210 mortes em 24 horas por Covid e total passa de 407 mil