VACINAÇÃO PARA IDOSOS DE 63 ANOS COMEÇA NO SÁBADO EM NATAL

Natal inicia vacinação para os idosos de 63 anos no sábado

Início da vacinação para essa faixa etária começa neste sábado nos drives-thrus do Palácio dos Esportes, Arena das Dunas, UNP, Ginásio Nélio Dias, OAB, Shopping Via Direta e SESI

Redação 09/04/2021 | 23:11

Vacina contra covid-19 x vacina contra a gripe: o que você precisa saberDocumentação necessária para a vacinação: cartão de vacinação, documento com foto e comprovante de residência de Natal

Chegou a vez dos idosos de 63 anos se vacinarem contra Covid-19. O início da vacinação para essa faixa etária começa neste sábado nos sete drives montados pela Prefeitura do Natal (Palácio dos Esportes, Arena das Dunas, UNP, Ginásio Nélio Dias, OAB, Shopping Via Direta e SESI), os cinco últimos contam também com pontos de pedestres. No sábado os drives de vacinação contra COVID-19 funcionarão das 8h às 16h, e no domingo, com exceção do SESI, os demais pontos continuam operando no mesmo horário. Durante a semana a população se preferir pode procurar também uma das 35 Unidades Básicas de Saúde que estão realizando a vacinação. Documentação: Cartão de vacinação, documento com foto e comprovante de residência de Natal.

Saiba mais em: https://agorarn.com.br/ultimas/natal-inicia-vacinacao-para-os-idosos-de-63-anos-no-sabado/ | Agora RN

Fonte: Agora RN

Continuar lendo VACINAÇÃO PARA IDOSOS DE 63 ANOS COMEÇA NO SÁBADO EM NATAL

DADOS ATUALIZADOS DO CORONAVIRUS NO RN

Por G1 RN

 

Evolução dos casos confirmados e mortes por coronavírus no RN
Dados divulgados pela Secretaria Estadual de Saúde através de comunicados e boletins epidemiológicos

Rio Grande do Norte tem 203.389 casos confirmados de Covid-19 desde o início da pandemiaNo total, 4.806 pessoas perderam a vida por causa da doença no estado. Os dados estão no boletim epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) desta quinta-feira (8). Outros 952 óbitos estão sob investigação.

No comparativo com o boletim de quarta-feira (7)são 1.652 novos casos e 20 mortes a mais – sendo 10 óbitos ocorridos nas últimas 24 horas, em Natal (4), Mossoró (1), São Gonçalo do Amarante (1), João Câmara (1), Assú (1), Brejinho (1) e Angicos (1).

De acordo com a Sesap, 1.002 pessoas estão internadas por causa da Covid-19 no RN, sendo 670 na rede pública e 332 na privada. A taxa de ocupação dos leitos críticos (semi-intensivo e UTIs) é de 85,4% na rede pública e continua em 100% na rede privada. Só nos leitos críticos, os internados são 557.

O RN tem 52.814 casos suspeitos e 421.766 descartados. O número de confirmados recuperados segue em 142.776, e o de inconclusivos, tratados como “Síndrome Gripal não especificada”, está em 131.959.

O boletim também destaca que 451.562 testes de Covid-19 foram realizados no estado até o momento, sendo 244.735 RT-PCR (conhecidos também como Swab) e 206.827 sorológicos.

Números do coronavírus no RN

  • 203.389 casos confirmados
  • 4.806 mortes
  • 52.814 casos suspeitos
  • 421.766 casos descartados
  • 142.776 confirmados recuperados

Fonte: G1 RN

Continuar lendo DADOS ATUALIZADOS DO CORONAVIRUS NO RN

DADOS ATUALIZADOS DO CORONAVIRUS NO RN

Por G1 RN

 

Evolução dos casos confirmados e mortes por coronavírus no RN
Dados divulgados pela Secretaria Estadual de Saúde através de comunicados e boletins epidemiológicos

Rio Grande do Norte chegou nesta quarta-feira (7) a 201.737 casos confirmados de Covid-19A doença vitimou 4.786 pessoas no estado desde o início da pandemia. Os dados estão no novo boletim epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap). Outros 934 óbitos estão sob investigação.

Em relação ao boletim de terça-feira (6)são 958 novos casos e 76 mortes a mais – sendo 23 ocorridas e notificadas nas últimas 24 horas, em Natal (6), Guamaré (1), Macaíba (2), Pureza (2), Angicos (1), Caraúbas (1), Santa Cruz (1), Nísia Floresta (1), Itaú (1), Assú (1), Areia Branca (1) e Mossoró (5).

Atualmente, 1.003 pessoas estão internadas por causa da Covid-19 no RN, sendo 667 na rede pública e 337 na privada. A taxa de ocupação dos leitos críticos (semi-intensivo e UTIs) é de 85% na rede pública e continua em 100% na rede privada. Só nos leitos críticos, os internados são 552.

O RN tem ainda 50.289 casos suspeitos e 419.339 descartados. O número de confirmados recuperados segue em 142.776, e o de inconclusivos, tratados como “Síndrome Gripal não especificada”, está em 131.959.

O boletim da Sesap também destaca que 449.931 testes de Covid-19 foram realizados no estado até o momento, sendo 244.008 RT-PCR (conhecidos também como Swab) e 205.923 sorológicos.

Números do coronavírus no RN

  • 201.737 casos confirmados
  • 4.786 mortes
  • 50.289 casos suspeitos
  • 419.339 casos descartados
  • 142.776 confirmados recuperados

Fonte: G1 RN

Continuar lendo DADOS ATUALIZADOS DO CORONAVIRUS NO RN

CHEGA AO RN MAIS 69 MIL DOSES DE VACINAS CONTRA COVID-19, SEGUNDO ANÚNCIOU DA GOVERNADORA FÁTIMA

Por G1 RN

 

Doses da CoronaVac em Natal — Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV CabugiDoses da CoronaVac em Natal — Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi

A governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra (PT), anunciou, através de uma rede social, que o estado vai receber um novo lote com mais 69 mil doses da vacina contra Covid-19. Segundo a gestora, a confirmação foi dada pelo Ministério da Saúde.

Ao todo, serão 32 mil imunizantes da CoronaVac e 37 mil de Oxford/AstraZeneca. Fátima Bezerra afirmou que “esse montante será direcionado para a 1ª dose em idosos e trabalhadores das forças de segurança” e para “2ª dose de trabalhadores de saúde e idosos de 74 a 70 anos, segundo a orientação do PNI/MS (Plano Nacional de Imunização do Ministério da Saúde)”.

O lote mais recente recebido no estado foi há exatamente uma semana, no dia 1º de abril, com cerca de 150 mil doses – a maior carga já enviada pelo Ministério da Saúde ao Rio Grande do Norte desde o início da campanha nacional de imunização, em janeiro.

Avançando na faixa etária de vacinação, algumas cidades do estado, como Natal, imunizam idosos a partir de 64 anos atualmente. Outras, como Mossoró, vacinam idosos de 63 anos. Com a chegada de mais doses, a expectativa é de que haja um novo avanço nessa faixa de idade.

De acordo com a plataforma RN+ Vacina, o Rio Grande do Norte recebeu até o momento 685.690 doses de vacinas contra a Covid-19, sendo 572.040 da CoronaVac e 113.650 de Oxford/AstraZeneca. O sistema aponta ainda que mais de 356 mil pessoas foram vacinadas no estado até o momento.

Fonte: G1 RN
Continuar lendo CHEGA AO RN MAIS 69 MIL DOSES DE VACINAS CONTRA COVID-19, SEGUNDO ANÚNCIOU DA GOVERNADORA FÁTIMA

MEXICANOS QUE SE DISFARÇARAM DE IDOSOS PARA TOMAR VACINA ACABARAM PRESOS

Mexicanos se disfarçam de idosos e são vacinados, mas acabam presos

Dois homens, de 30 e 35 anos, pintaram os cabelos de branco e usaram máscaras e faceshields para receber o imunizante

INTERNACIONAL

Da AFP

Vacinação contra covid-19 no México está restrita apenas para pessoas acima de 60 anos

ULISES RUIZ / AFP – 6.4.2021
Dois homens, ambos com cerca de 30 anos, conseguiram ser vacinados contra a covid-19 na Cidade do México, após se disfarçarem de idosos, mas foram descobertos e acabaram sendo presos. A informação foi confirmada nesta quarta-feira (7), por autoridades da capital mexicana.

“No caso destes dois jovens que se disfarçaram e receberam a vacina como maiores de 60 anos, os dois estão detidos com prisão preventiva”, disse a prefeita da Cidade do México, Claudia Sheinbaum, em uma coletiva de imprensa.

O caso aconteceu há duas semanas, em um posto de vacinação em La Marina, no setor de Coyoacán, onde a campanha de vacinação era exclusivamente para pessoas com mais de 60 anos, segundo Cristina Cruz, funcionária da prefeitura.

Foi ali chegaram os dois homens, de 30 e 35 anos, com os cabelos e sobrancelhas pintados de branco, e usando máscaras e faceshields para esconder os rostos. 

Ambos apresentaram documentos de identidade falsos e conseguiram receber o imunizante, mas o plano veio abaixo quando eles foram obrigados a conversar com uma funcionária responsável por explicar o plano de vacinação.

“Uma colega percebeu pela voz que não parecia a de um idoso, e foi então que ela chamou as autoridades”, explicou Cruz, em entrevista ao portal de notícias UNOTV. Ela afirmou que os dois serão processados por falsidade ideológica.

Casos isolados

A vacinação no México começou no último dia 24 de dezembro, passando primeiro pelos funcionários da saúde que atuam na linha de frente do combate à pandemia, e agora se concentra nas pessoas da terceira idade, com o que o governo espera reduzir as mortes por covid-19 em cerca de 80%.

O país já relatou alguns casos isolados de pessoas que foram vacinadas furando o cronograma estabelecido com critérios de idade. Sheinbaum assegurou que, na capital, esses episódios têm sido raros.

O epidemiologista Hugo López-Gatell, porta-voz da estratégia do governo contra o coronavírus, condenou esses comportamentos, mas afirmou que as pessoas que receberam a primeira dose de forma irregular poderão ter também a segunda, para não desperdiçar recursos.

Negar a vacina a essas pessoas “seria exercer um ato de Justiça com medidas que são da saúde pública”, afirmou ele, após o caso de um oftalmologista que teve acesso irregular ao imunizante.

Com 126 milhões de habitantes, o México é o terceiro país mais atingido pela covid-19 em números absolutos, com 205 mil mortes, e tem o 14º maior número de casos, cerca de 2,25 milhões de casos registrados, segundo os dados oficiais. O país já aplicou 9,6 milhões de doses de vacinas,

Fonte: R7

Continuar lendo MEXICANOS QUE SE DISFARÇARAM DE IDOSOS PARA TOMAR VACINA ACABARAM PRESOS

DADOS ATUALIZADOS DO CORONAVIRUS NO RN

Por G1 RN

 

Evolução dos casos confirmados e mortes por coronavírus no RN
Dados divulgados pela Secretaria Estadual de Saúde através de comunicados e boletins epidemiológicos

Rio Grande do Norte ultrapassou nesta terça-feira (6) a marca de 200 mil casos confirmados de Covid-19São 4.710 vítimas da doença no estado desde o início da pandemia. Os dados estão no novo boletim epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap). Outros 915 óbitos estão sob investigação.

O primeiro caso diagnosticado no RN foi registrado no dia 12 de março de 2020. Após 273 dias, em 10 de dezembro, o estado atingiu os 100 mil casos. Agora, depois de mais 117 dias, este número dobrou.

No comparativo com o boletim de segunda-feira (5)são 1.031 novos casos e 69 mortes a mais – sendo 14 óbitos ocorridos e notificados nas últimas 24 horas.

Atualmente, 999 pessoas estão internadas por causa da Covid-19 no RN, sendo 662 na rede pública e 337 na privada. A taxa de ocupação dos leitos críticos (semi-intensivo e UTIs) é de 85% na rede pública e continua em 100% na rede privada. Só nos leitos críticos, os internados são 564.

O RN tem ainda 50.316 casos suspeitos e 418.180 descartados. O número de confirmados recuperados segue em 142.776, e o de inconclusivos, tratados como “Síndrome Gripal não especificada”, está em 131.960.

O boletim também destaca que 447.810 testes de Covid-19 foram realizados no estado até o momento, sendo 242.188 RT-PCR (conhecidos também como Swab) e 205.622 sorológicos.

Números do coronavírus no RN

  • 200.779 casos confirmados
  • 4.710 mortes
  • 50.316 casos suspeitos
  • 418.180 casos descartados
  • 142.776 confirmados recuperados

Fonte: G1 RN

Continuar lendo DADOS ATUALIZADOS DO CORONAVIRUS NO RN

APESAR DA QUEDA PELA PROCURA POR LEITOS DE UTI NO RIO DE JANEIRO, A SITUAÇÃO AINDA É PREOCUPANTE

Busca por leito de UTI cai pelo quinto dia consecutivo no Rio de Janeiro

O tempo de espera para reserva de terapia intensiva também caiu de 22 horas, para 17 horas, de segunda para terça-feira

Elis Barreto*, da CNN, no Rio de Janeiro

06 de abril de 2021 às 13:45

Famílias enfrentam grandes dívidas ao procurarem leitos de UTI em SPApesar de queda, cenário do sistema de saúde do Rio de Janeiro ainda é preocupante Foto: Reprodução / CNN

As solicitações por leitos de UTI para Covid-19 tiveram queda pelo quinto dia consecutivo no Rio de Janeiro. De acordo como painel de monitoramento da Covid-19 no estado, nesta segunda-feira (5), foram registrados 277 pedidos por uma vaga, distribuídos entre 156 de UTI e 120 de enfermaria. O tempo de espera para reserva de terapia intensiva também caiu de 22 horas, para 17 horas, de segunda para terça-feira.

O cenário da doença no estado ainda preocupa. No sábado (2), dia que fecha a contagem, o estado alcançou recorde de mortes pela doença registradas em 24 horas: 441. De domingo a sábado, foram 1.603 óbitos provocados pela Covid-19 nos 92 municípios. O total de mortes registradas no estado supera aquele que, até então, era o pico da pandemia, a última semana de maio, quando 1.372 vidas foram perdidas para a doença em todo o território fluminense.

Para conter a disseminação do Coronavírus, o governo do estado decretou 10 dias de recesso sanitário, com a criação de três novos feriados. O período chegou ao fim no último dia quatro, Domingo de Páscoa. No entanto, as medidas restritivas foram mantidas na capital e no estado até quinta-feira (8).

O estado do Rio de Janeiro já vacinou cerca de 10% da população prevista no Plano Nacional de Imunização (PNI), somando 1.316.104 pessoas imunizadas com a primeira dose. Na capital, foram aplicadas 921.289 vacinas de primeira dose. Ao todo, 62,5% dos idosos da capital já foram imunizados.

Continuar lendo APESAR DA QUEDA PELA PROCURA POR LEITOS DE UTI NO RIO DE JANEIRO, A SITUAÇÃO AINDA É PREOCUPANTE

A AGÊNCIA EUROPEIA DE MEDICAMENTOS AINDA NÃO CHEGOU A UMA CONCLUSÃO ENTRE RELAÇÃO DE VACINA E OS CASOS DE TROMBOSE

Órgão europeu nega confirmação de vínculo entre vacina e trombose

Agência desmente entrevista de um de seus especialistas e diz que ainda analisa possível conexão entre imunizante e coágulos

INTERNACIONAL

Da EFE

Órgão europeu para vacinas ainda está analisando imunizante da Oxford/AstraZeneca

ROB ENGELAAR / EFE – EPA – 6.4.2021

A Agência Europeia de Medicamentos (EMA) disse que “ainda não chegou a uma conclusão” sobre a relação entre a vacina contra a covid-19 da Oxford/AstraZeneca e os casos de trombose relatados como efeito colateral em alguns países europeus, segundo explicou à Agência Efe uma fonte do órgão regulador, que também afirmou que a investigação sobre esses episódios “ainda está em curso”.

O Comitê de Avaliação de Riscos de Farmacovigilância (PRAC, na sigla em inglês) marcou reuniões que devem ser realizadas desta terça-feira (6) e até a próxima sexta (9) para concluir sua investigação sobre os casos de trombose e tromboembolismo, e “assim que terminarem de analisar” todos os relatórios disponíveis, “comunicarão” as conclusões em uma entrevista coletiva.

Entrevista desmentida

A Comissária Europeia de Saúde, Stella Kyriakides, afirmou nesta terça-feira, no Twitter, que a avaliação final está prevista para o final da quarta-feira.

Esta informação contradiz uma declaração do responsável pela estratégia de vacinação da EMA, Marco Cavaleri, ao jornal italiano “Il Messaggero”.

Cavaleri disse que, para ele, “existe uma associação clara (dos trombos) com a vacina”, mas que ainda não se sabe o que causa esta reação, detectada em algumas pessoas vacinadas com o imunizante da AstraZeneca desde que sua utilização foi aprovada na União Europeia, no final de janeiro.

“Agora é cada vez mais difícil dizer que não existe uma relação de causa e efeito entre a vacinação com (o imunizante da) AstraZeneca e casos muito raros de formação de coágulos sanguíneos atípicos associados a uma baixa contagem de plaquetas”, explicou.

Alemanha e Holanda decidiram proibir o uso da vacina em pessoas com menos de 60 anos de idade, enquanto aguardam as conclusões da EMA.

A agência reguladora reuniu peritos externos de várias especialidades médicas, incluindo hematologistas, neurologistas e epidemiologistas, para discutir aspectos específicos dos casos detectados e identificar fatores de risco adicionais, além de reunir dados para caracterizar os eventos tromboembólicos observados e definir um risco potencial.

Esta revisão, que fará parte do relatório final do PRAC, não identificou nenhum fator de risco específico, como idade, sexo ou histórico médico anterior de distúrbios de coagulação que pudessem explicar estes casos raros de tromboembolismo após a vacinação.

No entanto, a crença de que possa haver algum risco, levou à decisão de prosseguir com as análises dos casos em questão.

Em reunião na última quarta-feira, o PRAC não descartou uma relação de causa e efeito, mas também não encontrou provas claras de uma ligação entre a AstraZeneca e a formação de coágulos de sangue associada a uma baixa contagem de plaquetas.

Por isso, a EMA ainda considera que os benefícios trazidos pela vacina contra a covid-19, uma doença potencialmente fatal, continuam a superar qualquer risco de efeitos colaterais.

Continuar lendo A AGÊNCIA EUROPEIA DE MEDICAMENTOS AINDA NÃO CHEGOU A UMA CONCLUSÃO ENTRE RELAÇÃO DE VACINA E OS CASOS DE TROMBOSE

ECONOMIA: SEGUNDO O MINISTRO DAS COMUNICAÇÕES, GRAÇAS AO GOVERNO FEDERAL OS COFRES DO RN ESTÃO COM SALDO DE R$ 180 MILHÕES

Fábio Faria diz que o “saldo no caixa do governo do RN de quase R$ 180 milhões foi graças a ajuda do governo Bolsonaro”

Cofre Para Guardar Dinheiro - Vecsa International

 

O ministro das Comunicações, Fábio Faria, destaca nesta terça-feira(06) em suas redes sociais, que com ajuda do Governo Bolsonaro, o Rio Grande do Norte concluiu o exercício financeiro de 2020 com um saldo orçamentário de R$ 177,6 milhões. Esse saldo é a diferença entre as receitas do ano e o comprometimento com despesas.

“O Governo do RN em 2020 recebeu em transferência da União R$ 1,8 bilhão, sendo R$ 1,1 bilhão em decorrência direta da pandemia do coronavírus e o resto por meio de recursos de convênios, emendas parlamentares, além de transferências para complementar os gastos com saúde, educação e segurança pública.

As áreas da saúde, segurança e educação foram as pastas contempladas com mais recursos. Levando em conta as despesas liquidadas, foram R$ 1,61 bilhão na Saúde, R$ 1,36 bilhão na educação e R$ 1,02 bilhão na segurança pública”, completou o post.

Fonte: Blog do BG

Continuar lendo ECONOMIA: SEGUNDO O MINISTRO DAS COMUNICAÇÕES, GRAÇAS AO GOVERNO FEDERAL OS COFRES DO RN ESTÃO COM SALDO DE R$ 180 MILHÕES

DADOS ATUALIZADOS DO CORONAVIRUS NO RN

Por G1 RN

 

Evolução dos casos confirmados e mortes por coronavírus no RN
Dados divulgados pela Secretaria Estadual de Saúde através de comunicados e boletins epidemiológicos

Rio Grande do Norte está próximo de atingir a marca de 200 mil casos confirmados de Covid-19. De acordo com o boletim epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) desta segunda-feira (5), o primeiro divulgado em abril, aponta 199.748 pessoas diagnosticadas com o coronavírus desde o início da pandemia. No total, são 4.641 mortes provocadas pela doença.

Outros 909 óbitos estão sob investigação.

Segundo a Sesap, sete óbitos foram registrados nas últimas 24 horas, ocorridos em Natal (3), Mossoró (1), São Paulo do Potengi (1), Caraúbas (1) e Currais Novos (1).

No momento, 1.008 pessoas estão internadas por causa da Covid-19 no RN, sendo 659 na rede pública e 349 na privada. A taxa de ocupação dos leitos críticos (semi-intensivo e UTIs) é de 83,4% na rede pública e continua em 100% na rede privada. Só nos leitos críticos, os internados são 578.

O número de casos suspeitos teve uma grande redução – caiu de 70.488, no último boletim divulgado, no dia 31 de março, para 50.381, nesta segunda-feira (5). Os casos descartados são 412.337. O número de confirmados recuperados segue em 142.776, e o de inconclusivos, tratados como “Síndrome Gripal não especificada”, subiu para 131.960.

O boletim aponta ainda que 445.694 testes de Covid-19 foram realizados no estado até o momento, sendo 240.465 RT-PCR (conhecidos também como Swab) e 205.229 sorológicos.

Números do coronavírus no RN

  • 199.748 casos confirmados
  • 4.641 mortes
  • 50.381 casos suspeitos
  • 417.065 casos descartados
  • 142.776 confirmados recuperados

Fonte: G1 RN

Continuar lendo DADOS ATUALIZADOS DO CORONAVIRUS NO RN

JUSTIÇADETERMINA O GOVERNO DO ESTADO E O MUNICÍPIO DE NATAL QUE DEVEM SE ABSTER DE INCLUIR OU MODIFICAR A ORDEM DOS GRUPOS PRIORITÁRIOS DE VACINAÇÃO CONTRA COVID-19

Justiça determina que Governo e Prefeitura do Natal se abstenham de modificar ordem dos grupos prioritários para a imunização

06 abr 2021

Covid-19: Justiça determina que Governo e Prefeitura do Natal se abstenham de modificar ordem dos grupos prioritários para a imunização - Senadinho

O Governo do Estado e o Município de Natal devem se abster de incluir ou modificar a ordem dos grupos prioritários de vacinação contra Covid-19 sem prévia autorização do Ministério da Saúde (MS). Trata-se de uma determinação judicial obtida em ação civil pública movida pelo Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) e pela Defensoria Pública, visando ao cumprimento do Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a COVID-19 pelo Estado e Município.

Na ADPF 754, o Supremo Tribunal Federal decidiu que eventual alteração na ordem dos grupos prioritários só pode ser realizada pelo Ministério da Saúde e com apresentação de critérios técnico-científicos, epidemiológicos e índices de vulnerabilidade social. As doses são remetidas pelo Ministério da Saúde em quantitativos pré-definidos para os grupos indicados no Plano Nacional de Imunização, de forma que a alteração pelo Estado ou Município poderia prejudicar os grupos da fase 1 (idosos de 60 anos e mais institucionalizados, pessoas com deficiência de 18 anos de idade e mais institucionalizadas, trabalhadores de saúde, idosos de 75 anos e mais, quilombolas, indígenas, comunidades ribeirinhas) e 2 (idosos de 60 anos de idade e mais) que se encontram em processo de imunização.

A decisão ainda expressa que o Estado e o Município precisam divulgar amplamente na imprensa e em suas mídias sociais que a vacinação dos profissionais/trabalhadores de saúde contempla apenas aqueles que estão com vínculo ativo e efetivamente prestando serviços nos estabelecimentos públicos ou privados de assistência à saúde, vigilância à saúde, regulação e gestão à saúde ou nos serviços de interesse à saúde definidos pelo Ministério da Saúde (ILPIs, casas de apoio e cemitérios), uma vez que devem ser imunizados, no grupo prioritário, apenas os profissionais/trabalhadores de saúde que estejam efetivamente “envolvidos na resposta pandêmica nos diferentes níveis de complexidade da rede de saúde”.

Na ação civil pública, o Ministério Público e a Defensoria Pública não pleitearam a suspensão da vacinação dos profissionais/trabalhadores de saúde, mas apenas a adequação ao disposto no Plano Nacional de Imunização e no Ofício nº 57/2021 do Ministério da Saúde, uma vez que devem ser priorizadas a manutenção do funcionamento dos serviços de saúde e efetivamente comprovada a maior exposição a risco de contaminação pelo coronavírus, não bastando apenas ter registro ativo em conselho de classe ou ter formação profissional em uma das profissões classificadas como de saúde.

Determinação para o Município do Natal

Para o Município de Natal, a ordem da Justiça é que não vacine as pessoas que não possuam vínculo ativo e que não estejam nos serviços de assistência à saúde, vigilância à saúde, regulação e gestão à saúde (estabelecimentos públicos ou privados de saúde) ou nos serviços de interesse à saúde expressamente elencados pelo Ministério da Saúde (cemitérios, casas de apoio e instituições de longa permanência). Também não deve vacinar pessoas do grupo de profissionais/trabalhadores de saúde autônomos com base apenas em autodeclaração e sem a  apresentação do registro ativo no conselho de classe respectivo, devendo exigir, nesse caso, a apresentação de no mínimo três contratos de prestação de serviços de assistência à saúde ou três declarações de pacientes atestando a prestação/contratação dos serviços ou notas fiscais de prestação de serviços de assistência aos pacientes ou contrato de vinculação a planos de saúde privados.

Também está proibida a imunização, no grupo prioritário, de profissionais de saúde que, mesmo sendo habilitados em áreas de saúde, desempenham atividades exclusivamente acadêmicas, como professores ou pesquisadores (excetuados os que trabalham rotineiramente em laboratórios e hospitais) ou acadêmicos e estudantes da área técnica em saúde que não estejam em estágio hospitalar, em atenção básica, clínicas e laboratórios sem a apresentação de declaração do serviço de saúde ao qual esteja vinculado (o documento deve conter a indicação do curso da área de saúde e do local do estágio).

Igualmente fica vedado vacinar: profissionais/trabalhadores de saúde de áreas administrativas dos serviços de assistência à saúde, vigilância à saúde, regulação e gestão à saúde ou dos serviços de interesse à saúde que não exerçam atividade laboral com exposição ao risco, ainda que intermitente, de contaminação pelo coronavírus; trabalhadores de saúde do sistema funerário, do Instituto Médico Legal (IML) e do Serviço de Verificação de Óbito (SVO) que não tenham contato com cadáveres potencialmente contaminados

Outra medida imposta pela Justiça ao Município de Natal é que proceda a retenção de cópia de toda documentação comprobatória dos profissionais/trabalhadores de saúde para fins de fiscalização e auditoria.

O Município deve também complementar a autodeclaração do grupo dos profissionais/trabalhadores de saúde de modo que a pessoa que vai se imunizar declare, sob as penas da lei, o serviço de saúde ao qual está vinculada e o local de prestação deste, o tempo de exercício da atividade funcional/laboral, não sendo suficiente a mera apresentação de registro ativo em conselho de classe.

No que se refere à vacinação dos idosos, o Município deverá concluir, no prazo máximo de 30 dias, a aplicação da Dose 1 aos idosos acamados/domiciliados que ainda não foram imunizados e que estejam cadastrados no sistema eletrônico disponibilizado pela SMS/Natal ou em listas apresentadas pelos Distritos Sanitários e Unidades Básicas de Saúde de Natal; manter a estratégia de vacinação para os idosos acamados/domiciliados que se encontrem na mesma faixa etária e estejam registrados em listas dos Distritos Sanitários e Unidades Básicas de Saúde; estabelecer estratégias de vacinação em locais distintos, para os idosos e demais grupos prioritários.

A decisão judicial determina ainda que o Município deve ampliar os postos de vacinação para as Unidades Básicas de Saúde/Distritos nas áreas de maior vulnerabilidade social; aplicar, nos postos de vacinação, os protocolos sanitários de prevenção e controle da Covid-19, como forma de evitar a exposição das pessoas dos grupos prioritários a risco; obedecer às recomendações dos fabricantes das vacinas quanto ao intervalo de aplicação das doses para todos os grupos prioritários, como forma de evitar a perda ou redução da eficácia da primeira dose aplicada.

Fonte: Política em Foco
Continuar lendo JUSTIÇADETERMINA O GOVERNO DO ESTADO E O MUNICÍPIO DE NATAL QUE DEVEM SE ABSTER DE INCLUIR OU MODIFICAR A ORDEM DOS GRUPOS PRIORITÁRIOS DE VACINAÇÃO CONTRA COVID-19

ENFERMEIRA DO RJ CRIA TÉCNICA PARA ACALMAR PACIENTES DA COVID-19

Método da mãozinha’: enfermeira do RJ explica técnica para acalmar pacientes

Luva com água quente melhora a circulação e dá conforto ao internado

Jaqueline Frizon Da CNN, no Rio

05 de abril de 2021 às 18:53

Método da mãozinha': enfermeira do RJ explica técnica para acalmar pacientes

A enfermeira Lidiane Melo, do Rio de Janeiro, criou um método para acalmar pacientes com Covid-19. A ideia, que ficou conhecida como ‘método da mãozinha’, viralizou e já é utilizada em hospitais pelo país.

Como não conseguia medir a saturação de um paciente porque a mão estava muito fria, ela colocou água morna dentro de duas luvas amarrou e colocou em volta da mão da pessoa doente. Em três minutos, o problema foi resolvido.

“Deus me deu sabedoria, colocou na minha mente essa técnica de amarrrar as luvas com água quente e deu certo. Humanizamos o tratamento de mais um paciente com Covid”, disse Lidiane à CNN.

Em outro momento, uma idosa que seria intubada pediu que Lidiane segurasse sua mão. Ela respondeu que não podia, pois tinha de intubar outros, e aplicou a técnica para confortá-la.

Fonte: CNN

Continuar lendo ENFERMEIRA DO RJ CRIA TÉCNICA PARA ACALMAR PACIENTES DA COVID-19

EMPRESAS DO SETOR FARMACÊUTICO FORAM MULTADAS PELO GOVERNO POR VENDAS DE MEDICAMENTOS ACIMA DO PREÇO AUTORIZADO

Governo multa empresas em R$ 15,2 mi por venda de medicamentos acima do preço

Anvisa também alertou contra os riscos da medicação indiscriminada no tratamento da Covid-19

Gregory Prudenciano, da CNN, em São Paulo

Atualizado 05 de abril de 2021 às 22:23

ComprimidosComprimidos Foto: Pixabay

Empresas do setor farmacêutico terão de pagar R$ 15,2 milhões em multas aplicadas pelo governo federal por venderem medicamentos usados no tratamento da Covid-19 acima do preço autorizado, informou a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) nesta segunda-feira (5).

As multas foram aplicadas pela Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (SCMED), órgão interministerial cuja secretaria-executiva é exercida pela Anvisa.

As fiscalizações que acabaram gerando as punições começaram a ser feitas em julho de 2020, “quando foi criada uma força-tarefa específica para atuar durante a pandemia de Covid-19”, diz a nota da agência.

Entre julho de 2020 e março de 2021, 139 processos já foram instaurados e foram aplicadas 64 multas em empresas do ramo farmacêutico.

Anvisa alerta contra uso indiscriminado de medicamentos

Também nesta segunda-feira, a Anvisa alertou em seu site contra o uso indiscriminado de medicamentos contra a Covid-19. A agência disse estar acompanhando “possíveis efeitos adversos graves” gerados pela automedicação e pela prescrição médica fora das diretrizes clínicas.

Em documento intitulado “Notificação de eventos adversos a medicamentos”, a Anvisa destacou que “todo medicamento apresenta riscos associados ao seu consumo e o seu uso deve ser baseado na relação benefício-custo”.

No texto, a agência incluiu referências a outros documentos oficiais em que afirma que “não existem estudos conclusivos” que comprovem a eficácia de medicamentos como a ivermectina, a cloroquina e a hidroxicloroquina no tratamento da Covid-19.

Continuar lendo EMPRESAS DO SETOR FARMACÊUTICO FORAM MULTADAS PELO GOVERNO POR VENDAS DE MEDICAMENTOS ACIMA DO PREÇO AUTORIZADO

NO MÉXICO, IDOSA DE 85 ANOS AO SER VACINADA USOU BILHETE PARA DENUNCIAR FILHA E GENRO POR MAUS-TRATOS

Idosa entrega bilhete ao ser vacinada e denuncia maus-tratos

Senhora mexicana, de 85 anos, era  mantida em casa em condições deploráveis e frequentemente humilhada pela filha e pelo genro

INTERNACIONAL

 João Melo, Do R7*

Idosa usou bilhete para denunciar filha e genroIdosa usou bilhete para denunciar filha e genro EFE/EPA/ORESTIS PANAGIOTOU

Uma idosa de 85 anos aproveito o momento em que estava sendo vacinada contra a covid-19 para denunciar os maus-tratos que sofria filha, de 39 anos, e pelo genro, 59 anos. O caso aconteceu na região de Iztapalapa, no México.

Segundo a Secretaria de Segurança e Cidadania da Cidade do México, no momento do atendimento em um centro de vacinação instalado em uma escola, a idosa entregou um bilhete à enfermeira que iria aplicar a injeção.

A mensagem no papel dizia que o casal que estava de acompanhante a mantinha em casa sob condições deploráveis e que ela era frequentemente humilhada por eles

A enfermeira logo entrou em contato com responsáveis pela segurança do centro de vacinação para informar o que havia lido no bilhete e a senhora foi levada a um local seguro.

Tanto a filha quanto o genro foram detidos e agora aguardam a investigação aberta pelo Ministério Público do México.

Fonte: R7
Continuar lendo NO MÉXICO, IDOSA DE 85 ANOS AO SER VACINADA USOU BILHETE PARA DENUNCIAR FILHA E GENRO POR MAUS-TRATOS

DADOS ATUALIZADOS DO CORONAVIRUS NO RN

No último dia de vigência do decreto mais rígido, veja o cenário da pandemia no RN

Letícia França *

 – Atualizado em: 

Vacinação contra covid-19 | Foto: Rennê Carvalho

No último dia de vigência do decreto mais rígido do Governo do Estado, com medidas restritivas e fechamento do comércio não essencial, o cenário da covid-19 no Rio Grande do Norte ainda é crítico. De acordo com os dados da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap-RN), neste domingo (4), o RN acumula 199.644 confirmações da doença desde o início da pandemia. O número de mortes é de 4.629.

Do último domingo (28) até hoje, o estado acumulou 7.865 novos casos, o que dá uma média diária de 1.123 casos. A semana de 28 de março a 4 de abril não sofreu tanta alteração no número de novos casos em comparação à semana anterior – de 22 a 28 de março – quando 7.872 novas confirmações foram produzidas. Em relação às mortes, o RN perdeu 216 vidas entre 28 de março e 4 de abril. O número é inferior aos 268 óbitos registrados entre 22 e 28 de março.

Na tarde domingo (04), às 17h10, uma plataforma Regula RN mostrou que a taxa de ocupação geral de leitos básicos é de 97,3%. Especificando por regiões, esse percentual se apresenta da seguinte forma: Metropolitana (95,6%), Oeste (100%) e Seridó (100%).

Ao longo das semanas, com a abertura de novos leitos, o estado tem conseguido reduzir o número de pacientes na fila de espera, que já chegou a ter 140 pessoas. De acordo com a plataforma Regula RN, na tarde deste domingo, 81 pessoas aguardam por vagas para tratar uma doença. Desse total, 73 estão na Região Metropolitana de Natal e outros oito na Região Oeste. Dos 393 leitos atuais, 367 estão ocupados, 16 bloqueados e apenas 10 disponíveis. Já para os leitos clínicos, são 308 ocupados, 30 bloqueados e 101 disponíveis, dos 451 instalados.

Novo decreto
O Governo do Rio Grande do Norte publicou, na última quinta-feira (1º), o novo decreto com as medidas de combate à pandemia covid-19. As medidas que constam no documento passam a valer a partir desta segunda-feira (5).

O decreto determina que o toque de recolher volta a ser posto em prática de segunda a sábado, das 20h até as 06h do dia seguinte, e em tempo integral nos domingos e feriados. Durante a vigência do novo decreto, fica proibida a venda de bebidas alcoólicas para consumo em ambientes público e coletivo, inclusive restaurantes, lojas de conveniência, praça de alimentação e semelhantes.

O comércio pode funcionar, mas sob rígido controle sanitário, limitado a frequência de pessoas a 50% da capacidade do espaço do estabelecimento ou ao limite máximo de uma pessoa por cada cinco metros quadrados, o que for menor. O horário de funcionamento será alternado, conforme proposta das federações empresariais.

Ficam liberadas as aulas presenciais nas escolas até a 5ª série do ensino fundamental, conforme escolha dos gestores e pais ou responsáveis. As demais séries somente podem ter aulas pelo sistema remoto.

O decreto também flexibiliza o funcionamento de igrejas e academias. Ambas só podem funcionar das 6h às 20h. As celebrações religiosas podem ser realizadas em ambientes coletivos, desde que a ocupação não seja superior a 20% da capacidade, respeitando sempre o limite de uma pessoa por cinco metros quadrados. As academias voltadas para atividades físicas devem observar o limite de 50% da capacidade de suas instalações, também também à regra da ocupação do espaço dos cinco metros quadrados, e não pode funcionar nos domingos e feriados enquanto o toque de selecionar estiver em vigor.

Outra medida oficializada pelo decreto é a autorização para disputa de eventos esportivos de futebol profissional, que foi alvo de polêmica e resultou na suspensão do Campeonato Potiguar de 2021. Contudo, para a realização dos jogos, o documento determina que “ocorrido desde que observada a proibição de público nos locais de treinamento e partidas, bem como a realização de testes em todos os participantes na visualização de cada disputa “.

O decreto começa a valer a partir desta segunda-feira, dia 5 de abril, e terá vigor até o dia 16 de abril.

Vacinação
O Rio Grande do Norte normalizada, na última quinta-feira (1 °), o maior carregamento de vacinas contra a covid-19 saída desde o início do plano de imunização. Foram 149.050 doses de imunizantes da CoronaVac e da AstraZeneca, distribuídas aos municípios para atender idosos, profissionais da saúde e membros das segurança de segurança.

A inclusão das opções de segurança como grupo prioritário no Plano Nacional de Imunização (PNI) foi um pedido encaminhado pela governadora Fátima Bezerra, em nome do Governo do Estado, ao Ministério da Saúde, que atendeu o pleito esta semana.

A carga com 12.250 doses da AstraZeneca e 136.800 doses da CoronaVac, de acordo com o informe técnico do Ministério da Saúde, é destinada à continuidade da vacinação dos idosos, ampliando a cobertura para os potiguares entre 65 e 69 anos, e iniciar uma imunização dos membros das opções de segurança, além de garantir a segunda dose para trabalhadores da saúde e idosos acima dos 70 anos.

A orientação ministerial é de que sejam priorizados, entre como quadro de segurança, os trabalhadores da segurança que induzida no atendimento e / ou transporte de pacientes, em resgates e atendimento pré-hospitalar, nas ações de vacinação contra um Covid-19 e no monitoramento das medidas de distanciamento social.

Em Natal, a chegada das novas doses possibilitou a ampliação da faixa etária de vacinação já no fim de semana. Neste domingo, iniciou-se o atendimento às pessoas com 66 anos ou mais. No sábado (3), já havia começado a imunização de pessoas com 67 anos ou mais; e nesta segunda-feira (5) podem se vacinar os idosos a partir dos 65 anos.

De acordo com a plataforma RN Mais Vacina, o RN já completa 685.690 doses dos imunizantes contra a covid-19, sendo 572.040 da CoronaVac e 113.650 da vacina de Oxford. Além disso, mais de 315 mil pessoas já recebeu pelo menos a primeira dose.

Fonte: Portal da Tropical _ Notícias

Continuar lendo DADOS ATUALIZADOS DO CORONAVIRUS NO RN

PREFEITURA DO NATAL EM PARCERIA COM SESI ABRE MAIS UM DRIVE DE VACINAÇÃO

Prefeitura do Natal abre mais um drive de vacinação

Vacinação da segunda dose da Coronavac para profissionais de saúde segue até sexta-feira (19) no

 

A Prefeitura do Natal, em parceira com o Sesi, coloca em funcionamento, a partir do meio dia desta segunda-feira (05), mais um drive de vacinação. O novo ponto vacinal ficará localizado no Sesi, na Avenida Capitão-mor Gouveia, 2770, Lagoa Nova, em frente à Ceasa, onde funciona também o CTGás. A estrutura conta ainda com pontos de vacinação para pedestre.

O secretário municipal de Saúde, George Antunes, considera que a abertura do novo drive ajudará a dar ainda mais agilidade à vacinação em Natal, a evitar aglomerações e reduzir tempo de espera. “Nesta segunda (05) iniciamos a vacinação dos idosos de 65 anos, nossas Unidades Básicas não foram projetadas para acomodar um número tão grande de pessoas e as UBSs continuam com seu fluxo normal de atendimento, então estamos possibilitando à população alternativas com mais pontos de vacinação”, aponta o titular da SMS Natal.

Secretário-adjunto da SMS Natal, Vínicuis Capuxu explica como será o acesso. “A entrada dos veículos ocorrerá pela lateral do SESI (originalmente onde seria a saída), entrando pela rua entre o Banco do Brasil e o TRT (entra na 5ª rua à direita e depois à direita novamente, acessando a lateral do SESI), a saída ocorrerá pela Capitão-mor Gouveia (onde originalmente é a entrada)”, a medida é para deixar o trânsito fluir na Av. Capitão Mor Gouveia

Outra informação importante é a de que o drive começa a funcionar nesta segunda (5), a partir de 12h, mas a partir de terça (06) o funcionamento acontecerá em horário normal, das 8h às 16h.

Além dos sete drive de vacinação (Arena das Dunas, Palácio dos Esportes, OAB, Shopping Via Direta, Nélio Dias, UnP, e Sesi), com funcionamento das 8h às 16h, a SMS Natal ainda disponibiliza 35 salas de vacinação localizadas nas UBS.

Confira a lista das 35 Unidades Básicas de Saúde que estarão aplicando a vacina

As 35 salas de vacinação estão distribuídas nos cinco Distritos Sanitários de Natal e funcionam das 8h às 11h30 e das 12h30 às 15h.

DISTRITO SANITÁRIO NORTE I
UBS Pajuçara: Rua Maracaí, S/N, Conjunto Pajuçara
USF Nova Natal : Rua Do Pastoril, Nova Natal, Lagoa Azul
USF Redinha: Rua Do Campo, S/N , Redinha
USF Nordelândia: Rua José Da Silva, S/N, Lagoa Azul
USF Gramoré: Avenida Guaratinguetá S/N, Lagoa Azul
USF Parque Das Dunas: Avenida Mar Mediterrâneo, N° 101,Conjunto Parque Das Dunas, Pajuçara
USF Pompeia: Rua Oceano Atlânticos, N° 172, Nova República, Pajuçara

DISTRITO NORTE II
USF Vale Dourado: Rua Irmã Vitória, N° 02, Igapó
USF Panatis: Rua Das Pimenteiras, S/N, Panatis
USF Jardim Progresso: Rua Antonia Santana, S/N, Jardim Progresso
USF Nova Aliança: Rua Da Consolação, 384, Nossa Sra. Da Apresentação
USF Soledade II: Rua Serra Negra, N° 2000, Soledade II
USF Santarém: Avenida Rio Doce, N° 12, Conjunto Santarém
C.S Bela Vista: Rua Novo Recreio, S/N, Igapó

DISTRITO SUL
UBS Candelária: Rua Nossa Senhora Da Candelária, N° 3402, Candelária
ESF Rosangela Lima: Rua Santa Beatriz, N° 11, Planalto
UBS Nova Descoberta: Avenida Xavier da Silveira, N° 05, Nova Descoberta
UBS Satélite: Rua Das Carnaúbas, N° 02 Pitimbu
UBS Pitimbu: Rua Serra De Piracanjuba, N° 02, Pitimbu
ESF Ronaldo Machado: Rua Desportista Arthur Veiga, N°10, Planalto

DISTRITO LESTE
UBS São João: Rua Romualdo Galvão, N° 891, Tirol
USF Brasília Teimosa: Rua Miramar, N° 34
USF Rocas: Rua Francisco Bicalho, S/N, Rocas

UBS Alecrim: Rua Fonseca e Silva, N° 1129, Alecrim
Unidade Mista Mãe Luiza: Rua João XXIII, Mãe Luiza
UBS Lagoa Seca: Rua Padre Antônio S/N, Lagoa seca
USF Passo da Pátria: Rua Ocidental de Baixo, S/N, Pantanal, Centro

DISTRITO OESTE
USF Nazaré: Rua Rubens Mariz, N° 447, Nsa Senhora de Nazaré
UBS Felipe Camarão II: R. Santa Cristina, 882- Felipe Camarão
USF Cidade Nova: Rua Do Laranjal, N° 483, Cidade Nova
USF Bairro Nordeste: Rua alto da Bela Vista, N° 492, Bairro Nordeste
USF Quintas: Travessa Luiz Sampaio, N° 712, Quintas
USF Monte Líbano : Rua Matusalém , N° 191, Bom Pastor
USF KM 06: Av. Capitão Mor Gouveia, N° 10.318, KM 06
USF Nova Cidade: Rua Francisco de Assis Martins, S/N, Nova Cidade

Fonte: Blog do BG
Continuar lendo PREFEITURA DO NATAL EM PARCERIA COM SESI ABRE MAIS UM DRIVE DE VACINAÇÃO

MICROBIOLOGISTA REFORÇA A INPORTÂNCIA DAS RESTRIÇÕES JÁ QUE É QUASE IMPERCEPTÍVEL UMA REINFECÇÃO

É possível que a pessoa se reinfecte e nem perceba”, diz microbiologista

A microbiologista Natalia Pasternak reforçou a importância das restrições, visto que ainda há poucos dados sobre reinfecções de Covid-19

*Produzido por Renata Souza, da CNN, em São Paulo

04 de abril de 2021 às 18:43

A microbiologista Natalia Pasternak explicou as reinfecções de Covid

Em entrevista à CNN, a microbiologista Natalia Pasternak afirmou que ainda não há dados robustos sobre as reinfecções de Covid-19, o que aumenta a necessidade de seguir as medidas preventivas. 

“É possível que a pessoa se reinfecte e nem perceba. Ela pode ter um nível de proteção que a impeça de ficar doente por uma segunda vez, mas será que isso impede a transmissão? Ainda não sabemos”, explicou a microbiologista.

“Como não temos essa resposta de uma maneira muito esclarecedora, aconselhamos que mesmo quem já teve o vírus comporte-se como quem não teve.”

Com o aumento nas taxas de mortalidade e ocupação no número de leitos de UTI por conta do vírus, Pasternak reforça a preocupação com a parcela da população que não respeita as restrições.

“É muito preocupante ainda haver um grande número de pessoas que não se deu conta da responsabilidade como cidadão, de colaborar com essas medidas preventivas”, afirmou. “Não existe uma boa prevenção da doença sem uma mudança de comportamento por parte da população.”

Fonte: CNN

Continuar lendo MICROBIOLOGISTA REFORÇA A INPORTÂNCIA DAS RESTRIÇÕES JÁ QUE É QUASE IMPERCEPTÍVEL UMA REINFECÇÃO

BOAS NOTÍCIAS: BRASIL ATINGE 1 MILHÃO DE DOSES DE VACINAS APLCADAS EM 24 HORAS

Neste domingo temos a enorme alegria de informar que o Brasil atingiu mais de 1 milhão de doses de vacinas aplicadas em 24 horas. No total, 1.095.362 pessoas receberam a vacina, sendo que 963.429 receberam a primeira dose e 131.933 a segunda. Algo para comemorar, pois agora o processo de vacinação vai acelerar.

Inédito: Brasil aplica mais de 1 milhão de doses de vacinas em 24h

Pela primeira vez o Brasil conseguiu aplicar mais de 1 milhão de doses de vacinas em 24 horas. Isso não acontecia desde janeiro, quando a vacinação começou em São Paulo.

O feito foi divulgado pelo Consórcio de Veículos de Imprensa na última quinta, 1º e contém informações dos 26 Estados e do Distrito Federal.

No total, 1.095.362 pessoas receberam a vacina, sendo que 963.429 receberam a primeira dose e 131.933 a segunda.

Com isso, o Brasil chegou à marca de 18.548.301 pessoas vacinadas.

Desses, 5.233.544 receberam as duas doses.

Imunizados

A quantidade de pessoas imunizadas equivale a 8,78% da população brasileira – dos 211 milhões de habitantes, 18,5 milhões foram vacinados até agora.

Já a porcentagem de pessoas que receberam as duas doses é de apenas 2,47%.

Em números absolutos, São Paulo conta com o maior número de vacinados: 4,67 milhões.

A Bahia, com 1,66 milhão, e Minas Gerais, com 1,61 milhão vêm em seguida.

Já em termos proporcionais, a Bahia é o Estado que vacinou mais habitantes, com 11,15% da população recebendo ao menos a primeira dose.

Já o Mato Grosso, com 5,2% da população imunizada, é o pior Estado até o momento na vacinação.

No mesmo dia que a marca foi atingida, o Brasil registrou 91.097 casos e 3.679 mortes causadas pela doença, segundo dados do Conselho Nacional de Secretários Estaduais de Saúde (CONASS).

Vamos lá gente! Estamos no caminho certo, mas ainda dá pra melhorar!

Com informações da JovemPan

Fonte: Só Notícia Boa

Continuar lendo BOAS NOTÍCIAS: BRASIL ATINGE 1 MILHÃO DE DOSES DE VACINAS APLCADAS EM 24 HORAS

DADOS ATUALIZADOS DO CORONAVIRUS NO RN

RN registra 28 novas mortes pela covid-19, sendo 14 nas últimas 24 horas

Redação / Portal da Tropical

Atualizado em:

Coronavírus | Foto: Wolfgang Rattay / Reuters

O Rio Grande do Norte registra, neste sábado (3), um aumento de 28 mortes provocadas pela covid-19. Desse total, 14 aconteceram nas últimas 24 horas nas cidades de Natal (07), Mossoró (03), Jardim do Seridó (01), Grossos (01), Parnamirim (01) e São Miguel (01). Ao todo, o estado potiguar contabiliza 4.616 pessoas que perderam a vida em decorrência do coronavírus. Há ainda 890 óbitos em investigação para constatar se uma causa tem relação com ou não com uma doença.

Os dados, divulgados pela Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), também determinantes que, em um dia, houve um aumento de 1.076 novos casos confirmados da covid-19, elevando para 199.070 o número acumulado de pessoas que já se infectaram pela doença não RN. Há ainda 50.543 casos investigados.

Sobre a situação dos hospitais, a plataforma Regula RN divulgada, neste sábado, uma taxa de ocupação geral de leitos obrigatórios é de 97,1%. Especificando por regiões, esse percentual se apresenta da seguinte forma: Metropolitana (97,4%), Oeste (96,3%) e Seridó (97,5%):

Ainda segundo o Regula RN, há um total de 677 pacientes internados para tratamento da covid-19, sendo 365 em leitos necessários e 312 em leitos clínicos. Há 67 pacientes na fila de espera por uma vaga, dos quais 51 aguardam por uma UTI ou semi-intensiva e 16 por um leito de enfermaria.

Fonte: Portal da Tropical _ Notícias

Continuar lendo DADOS ATUALIZADOS DO CORONAVIRUS NO RN

GOVERNO DO RN CONTRARIA RECOMENDAÇÃO DO MINISTÉRIO DA SAÚDE E ORIENTA MUNICÍPIOS QUE GUARDEM VACINAS PARA GANTIR A 2ª DOSE

Governo do RN recomenda que municípios guardem vacinas para garantir 2ª dose, contrariando orientação do Ministério da Saúde

Foto: Raiane Miranda

Contrariando orientação do Ministério da Saúde, do último dia 20 de março, o Governo do Estado recomendou na tarde desta sexta-feira (2) aos municípios que guardem vacinas para garantir a 2ª dose.

A indicação do sétimo informe técnico do ministério, divulgado em março, é de que todas as doses distribuídas do imunizante sejam aplicadas, sem necessidade de reserva da segunda dose para completar o esquema vacinal. A recomendação do governo estadual, contrária ao que orienta o ministério, pode prejudicar o avanço das faixas etárias na vacinação.

“Ressaltamos ainda que até o presente momento não há um cronograma fixado pelo Ministério da Saúde (MS) com datas, quantitativo de doses a serem entregues e a finalidade de uso dessas doses, o que impossibilita a realização de planejamento antecipado de como se dará a operacionalização da vacina diante do recebimento de uma nova remessa de vacinas, assim, atualmente o planejamento do progresso da campanha de vacinação tem ocorrido em até 24horas da distribuição (até em menos tempo) das doses aos municípios, diretamente condicionado ao recebimento do Informe Técnico publicado pelo MS”, diz o documento enviado aos municípios.

O documento diz ainda que “na próxima entrega da Butantan será também mais um quantitativo expressivo de D2 para fechar os 100% das 2a doses das D1 anteriormente enviadas. Se utilizarem de outra forma não temos como assegurar D2, pois apesar de esperarmos a entrega do Butantan não há confirmação formalizada.”

Fonte: Blog do BG

Continuar lendo GOVERNO DO RN CONTRARIA RECOMENDAÇÃO DO MINISTÉRIO DA SAÚDE E ORIENTA MUNICÍPIOS QUE GUARDEM VACINAS PARA GANTIR A 2ª DOSE

COQUETÉIS MOLOTOV FORAM LANÇADOS EM CENTRO DE VACINAÇÃO CONTRA COVID-19 NA ITÁLIA

Centro de vacinação na Itália é atacado com coquetéis molotov

País abriga há anos crescentes movimentos antivacinas e luta para acelerar sua campanha de imunização contra a covid-19

Artefatos atingiram tenda que funciona como refeitório, mas ninguém ficou ferido

FILIPPO VENEZIA/EPA/EFE

Dois coquetéis molotov foram lançados na manhã deste sábado (3) em um centro de vacinação contra a covid-19 em Brescia, no norte da Itália.

As garrafas incendiárias atingiram uma tenda que abriga o refeitório do local, porém não provocaram danos graves nem deixaram feridos. A polícia investiga o caso para descobrir os autores do ataque.

Em sua página no Facebook, Attilio Fontana, governador da Lombardia, onde fica Brescia, definiu o episódio como “absurdo” e “criminoso”. “Felizmente, não houve feridos e, não encontrando nada de inflamável, o incêndio não se propagou”, disse.

O centro de vacinação foi construído com doações feitas pela sociedade civil na primeira onda da pandemia.

Há duas semanas, em Roma, criminosos já haviam incendiado o portão de entrada do ISS (Instituto Superior da Saúde), órgão do governo que monitora o andamento da crise sanitária na Itália.

O país abriga há anos crescentes movimentos antivacinas e luta para acelerar sua campanha de imunização contra a covid-19.

Com pouco menos de 60 milhões de habitantes, a Itália já vacinou cerca de 7,4 milhões de pessoas, sendo que 3,4 milhões receberam as duas doses.

O país é um dos mais atingidos pela pandemia em todo o mundo, com aproximadamente 3,6 milhões de casos e pouco mais de 110 mil mortes.

Fonte: R7
Continuar lendo COQUETÉIS MOLOTOV FORAM LANÇADOS EM CENTRO DE VACINAÇÃO CONTRA COVID-19 NA ITÁLIA

MOSSORÓ INICIA NESTE FIM DE SEMANA VACINAÇÃO DE IDOSOS COM 63 E 64 ANOS

Por G1 RN

 

Mossoró vai vacinar idosos a partir de 63 anos neste fim de semana — Foto: Célio Duarte/PMMMossoró vai vacinar idosos a partir de 63 anos neste fim de semana — Foto: Célio Duarte/PMM

Mossoró vai iniciar a vacinação de idosos de 63 e 64 anos neste fim de semana. A informação foi confirmada pelo prefeito do município Allyson Bezerra (Solidariedade), após a chegada de 13.400 novas doses de imunizantes nesta sexta-feira (2).

Assim, serão vacinados:

  • Idosos a partir de 64 anos no sábado (3)
  • Idosos a partir de 63 anos no domingo (4)

De acordo com a Secretaria de Saúde de Mossoró, 10 Unidades Básicas de Saúde que estarão abertas para atender a demanda durante o fim de semana. As UBS funcionam das 8h às 16h, sem intervalos (veja lista no fim).

“São doses da Astrazeneca e Coronavac, que usaremos para vacinar o público de 63 e 64 anos para que a gente dê início a primeira doses deles”, disse a secretária de saúde Morgana Dantas.

O prefeito Allyson Bezerra pediu que a população faça o cadastro antecipado no RN+ Vacina. “Pedimos à população que faça o seu cadastro no site RN + Vacina para dar mais agilidade ao atendimento ao chegar na unidade de saúde. Isso evitará filas nas UBS, finalizou.

Na quinta-feira, o Rio Grande do Norte recebeu o maior lote de vacinas contra a Covid-19 já enviados pelo Ministério da Saúde desde o início da campanha de imunização: 149.050 doses. As doses começaram a ser distribuídas aos municípios nesta sexta-feira (2).

UBS para vacinação no fim de semana

  • UBS Vereador Durval Costa no Conjunto Walfredo Gurgel
  • UBS Francisco Pereira de Azevedo no Liberdade 1
  • UBS Dr. Agnaldo Pereira no Conjunto Vingt Rosado
  • UBS Raimundo Renê Dantas no Boa Vista
  • Centro Clínico Evangélico Edgard Burlamaqui – Centro
  • UBS Dr. Joaquim Saldanha na Estrada da Raiz
  • UBS Dr. Cid Salem Duarte no Abolição 4
  • UBS Dr. José Fernandes de Melo na Lagoa do Mato
  • UBS Enfermeira Conchita da Escóssia Ciarlini no Abolição 2
  • UBS Dr. Sueldo Câmara no Aeroporto 2 (Quixabeirinha)
Fonte: G1 RN
Continuar lendo MOSSORÓ INICIA NESTE FIM DE SEMANA VACINAÇÃO DE IDOSOS COM 63 E 64 ANOS

NESTA SEXTA -FEIRA (02) NATAL INICIA VACINAÇÃO PARA IDOSOS DE 68 ANOS E OS QUE ESTÃO APTOS À TOMAR SEGUNDA DOSE

Por G1 RN

 

Drive-thru de vacinação no Palácio dos Esportes, em Natal — Foto: Rennê CarvalhoDrive-thru de vacinação no Palácio dos Esportes, em Natal — Foto: Rennê Carvalho

A Secretaria de Saúde de Natal confirmou o início da vacinação dos idosos de 68 anos para esta sexta-feira (2). Os quatro pontos de drive-thru montados pela prefeitura – Arena das Dunas, Palácio dos Esportes, Ginásio Nélio Dias e Shopping Via Direta – estarão abertos durante a Semana Santa.

Os idosos devem levar documento de identidade, cartão SUS e comprovante de endereço.

Além do drive-thru, as salas de pedestres existentes no Via Direta e no Nélio Dias também estarão em funcionamento nesta sexta-feira.

Os Centros Covid – que atendem pessoas com sintomas da Covid-19 – também funcionarão de sexta a domingo, das 8h às 16h, no Cemure, no Ginásio Nélio Dias e no Palácio dos Esportes.

Idosos

O drive instalado no estacionamento da OAB inicialmente para atender pessoas com autismo e síndrome de down passará a atender idosos a partir de 69 anos e trabalhadores da saúde, de acordo com escalonamento de atividades.

Trabalhadores da Saúde

Podem se vacinar trabalhadores de saúde, conforme o seguinte calendário:

  • Dia 2 – Cuidadores de idosos, doulas/parteiras, trabalhadores das Instituições de Longa Permanência (ILPI) e de casas de apoio.
  • Dia 3 – Trabalhadores/Profissionais das clínicas especializadas.
  • Dia 4 – Estagiários da área médica no último período do curso (devem portar declaração de vínculo comprovado, vínculo do estudante, período e local do estágio).

Os drives da UnP na avenida Roberto Freire e do Ginásio Nélio Dias (setor 3), destinados exclusivamente à segunda dose da vacina de Oxford para profissionais da saúde, funcionarão durante a Semana Santa.

Pontos de drive-thru

  • Shopping Via Direta – drive-thru e sala para pedestres
  • Ginásio Nélio Dias – drive-thru e sala para pedestres
  • Palácio dos Esportes – drive-thru e centro Covid
  • Estacionamento da OAB-RN – drive-thru
  • UNP Roberto Freire – drive-thru para 2ª dose da vacina de Oxford em trabalhadores de saúde
  • Ginásio Nélio Dias (Setor 3) – drive-thru para 2ª dose da vacina de Oxford em trabalhadores de saúde
Fonte: G1 RN
Continuar lendo NESTA SEXTA -FEIRA (02) NATAL INICIA VACINAÇÃO PARA IDOSOS DE 68 ANOS E OS QUE ESTÃO APTOS À TOMAR SEGUNDA DOSE

SAIBA QUAIS SÃO AS MEDIDAS DO NOVO DECRETO DO GOVERNO DO RN

Por G1 RN

 

Saiba as medidas do novo decreto do governo do RN
Saiba as medidas do novo decreto do governo do RN

O governo do Rio Grande do Norte publicou na tarde desta quinta-feira (1º) o novo decreto com medidas restritivas de enfrentamento à pandemia da Covid-19 no estado. As medidas valem a partir de segunda-feira (5) e vão até o dia 16 de abril. Até o dia 5, portanto, segue em vigência o atual decreto de isolamento social rígido, que foi ampliado até o domingo (4).

Entre as principais medidas, o novo decreto publicado nesta quinta estabelece toque de recolher das 20h às 6h e integralmente aos domingos e feriados. O documento também flexibiliza o funcionamento de igrejas, comércios e escolas, desde que seguidas normas específicas.

Vejas as medidas

  • Fica restabelecido o “toque de recolher”, consistente na proibição de circulação de pessoas em todo o Estado do Rio Grande do Norte, como medida de diminuição do fluxo de pessoas em ruas e espaços públicos e consequente mitigação de aglomerações, aos domingos e feriados, em horário integral; e nos demais dias da semana, das 20h às 06h da manhã do dia seguinte.

Não se aplicam as medidas de toque de recolher às seguintes atividades:

  • I – serviços públicos essenciais;
  • II – serviços relacionados à saúde, incluídos os serviços médicos, hospitalares, atividades de podologia, entre outros;
  • III – farmácias, drogarias e similares, bem como lojas de artigos médicos e ortopédicos;
  • IV – supermercados, mercados, padarias, feiras livres e demais estabelecimentos voltados ao abastecimento alimentar, vedada a consumação no local no período do toque de recolher;
  • V – atividades de segurança privada;
  • VI – serviços funerários;
  • VII – petshops, hospitais e clínicas veterinária;
  • VIII – serviços de imprensa e veiculação de informação jornalística;
  • IX – atividades de representação judicial e extrajudicial, bem como assessoria e consultoria jurídicas e contábeis e demais serviços de representação de classe;
  • X – correios, serviços de entregas e transportadoras;
  • XI – oficinas, serviços de locação e lojas de autopeças referentes a veículos automotores e máquinas;
  • XII – oficinas, serviços de locação e lojas de suprimentos agrícolas;
  • XIII – oficinas e serviços de manutenção de bens pessoais e domésticos, incluindo eletrônicos;
  • XIV – serviços de locação de máquinas, equipamentos e bens eletrônicos e eletrodomésticos;
  • XV – lojas de material de construção, bem como serviços de locação de máquinas e equipamentos para construção;
  • XVI – postos de combustíveis e distribuição de gás;
  • XVII – hotéis, flats, pousadas e acomodações similares;
  • XVIII – atividades de agências de emprego e de trabalho temporário;
  • XIX – lavanderias;
  • XX – atividades financeiras e de seguros;
  • XXI – imobiliárias com serviços de vendas e/ou locação de imóveis;
  • XXII – atividades de construção civil
  • XXIII – serviços de telecomunicações e de internet, tecnologia da informação
  • e de processamento de dados;
  • XXIV – prevenção, controle e erradicação de pragas dos vegetais e de doenças dos animais;
  • XXV – atividades industriais;
  • XXVI – serviços de manutenção em prédios comerciais, residenciais ou industriais, incluindo elevadores, refrigeração e demais equipamentos;
  • XXVII – serviços de transporte de passageiros;
  • XXVIII – serviços de suporte portuário, aeroportuário e rodoviário;
  • XXIX – cadeia de abastecimento e logística

Também ficam autorizados a funcionar em qualquer horário de incidência do toque de recolher, os estabelecimentos comerciais de qualquer natureza e prestadores de serviço por sistema de entrega (delivery), drive-thru e take away.

Novo decreto do governo flexibiliza atividades econômicas a partir de segunda-feira

O decreto permite o deslocamento durante a vigência do toque de recolher, seja mediante serviço de transporte de passageiros ou veículo próprio, restritamente em situações de emergência, para o deslocamento entre o local de trabalho e o domicílio residencial e nos casos dos serviços autorizados a funcionar.

Bares, restaurantes e hotéis

  • A partir do horário de início do toque de recolher, os estabelecimentos de alimentação (bares, restaurantes e similares) poderão funcionar por 90 minutos exclusivamente para encerramento de suas atividades presenciais, sendo vedado o atendimento de novos clientes.
  • Aplicam-se aos restaurantes localizados no interior de hotéis e pousadas as mesmas regras dos demais estabelecimentos do ramo de alimentação, observado, durante a incidência do toque de recolher, a vedação do acesso a não hóspedes e a consumação restrita à unidade hoteleira (quarto ou apartamento).
  • Fica suspensa a venda para consumo no local de bebidas alcóolicas, em qualquer estabelecimento comercial, incluindo hotéis e pousadas, bem como seu consumo em locais de acesso ao público, como conveniências, bares, restaurantes e similares, independentemente do horário.

O que segue proibido

  • Funcionamento de parques públicos, centros de artesanato, circos, parques de diversões, museus, bibliotecas, teatros, cinemas e demais equipamentos culturais;
  • Realização de eventos corporativos, técnicos, científicos, esportivos, convenções, shows, festas ou qualquer outra modalidade de evento de massa, inclusive locais privado, como os condomínios edilícios;
  • Atividades recreativas em clubes sociais e esportivos.
  • Permanece suspenso o funcionamento do Centro de Convenções de Natal

O decreto frisa que os eventos esportivos de futebol profissional, previstos em agenda de campeonatos oficiais, poderão ocorrer desde que observada a proibição de público nos locais de treinamentos e partidas, bem como a realização de testes em todos os participantes na véspera de cada disputa.

Volta das atividades de ensino

  • Em razão da essencialidade das atividades educacionais, poderão funcionar em sistema híbrido (presencial e remotamente) as escolas e instituições de ensino até o 5º ano do fundamental I, da rede privada de ensino, conforme a escolha dos gestores educacionais e dos pais ou responsáveis legais, desde que atendidas as regras estabelecidas nos protocolos sanitários vigentes.
  • Permanecem suspensas as aulas presenciais, para os níveis, etapas e modalidades educacionais não contemplados das unidades das redes pública e privada de ensino, incluindo instituições de ensino superior, técnico e especializante, devendo, quando possível, manter o ensino remoto.

Volta das atividades religiosas

  • Fica permitida a abertura das igrejas, templos, espaços religiosos de matriz africana, centros espíritas, lojas maçônicas e estabelecimentos similares, inclusive para atividades de natureza coletiva, respeitadas as recomendações da autoridade sanitária, especialmente o distanciamento mínimo de 1,5 m entre as pessoas, a limitação de 1 pessoa para cada 5 m² de área do estabelecimento ou frequência não superior a 20% da capacidade máxima, o que for menor. Isso não aplica ao período do toque de recolher. E também está vedado o acesso de pessoas do grupo de risco.
  • Fica autorizada, na vigência do toque de recolher, a realização de atividades de natureza religiosa de forma virtual, sem a presença de público.

Regras para o ambiente de trabalho

As empresas devem:

  • I – intensificar a triagem dos trabalhadores sintomáticos;
  • II – realizar testes de diagnóstico em todos os trabalhadores sintomáticos
  • III – realizar rastreio de contatos;
  • IV – proceder com a notificação dos casos aos órgãos de acompanhamento de controle epidemiológico do Estado e acionar a Secretaria Municipal de Saúde local para auxiliar na realização da investigação do caso e de rastreamento de contatos;
  • V – afastar o trabalhador sintomático e seus contatos pelo período recomendado de isolamento domiciliar.

Além disso, é determinado que as empresas devem:

  • orientar e cobrar de seus clientes e trabalhadores o cumprimento dos protocolos específicos de segurança sanitária;
  • esclarecer junto aos trabalhadores que a prestação de declarações falsas, posteriormente comprovadas, os sujeitará à responsabilização criminal, bem como às sanções decorrentes do exercício do poder diretivo patronal;
  • disponibilizar equipamentos de proteção individual aos trabalhadores, de acordo com o risco à exposição
  • utilizar produtos de limpeza e desinfecção registrados na ANVISA.

A empresa também deve fornecer máscaras de proteção facial em quantidade suficiente aos seus trabalhadores, preferencialmente do modelo PFF2 ou descartáveis, devendo haver a substituição da máscara a cada 3 horas;

Em situações excepcionais, de tecidos, conforme definido no Programa de Prevenção de Riscos Ambientais (PPRA), associando-a a outra medida de proteção definida no referido programa, como face shield ou maior distanciamento entre os postos de trabalho.

Fonte: G1
Continuar lendo SAIBA QUAIS SÃO AS MEDIDAS DO NOVO DECRETO DO GOVERNO DO RN

COMITÊ DE COORDENAÇÃO NACIONAL PARA ENFRENTAMENTO DA PANDEMIA APONTA PROBLEMAS DE NOTIFICAÇÃO ENTRE DOSES DE VACINAS RECEBIDA E APLICADAS PELOS ESTADOS

Diferença entre doses de vacinas distribuídas e aplicadas ultrapassa 18 milhões

Havia 37,8 milhões de doses distribuídas e 19,6 milhões de doses aplicadas, segundo dados oficiais levantados pela CNN

Caio Junqueira

Por Caio Junqueira, CNN  

01 de abril de 2021 às 21:54

Diferença entre doses de vacinas distribuídas e aplicadas ultrapassa 18 milhões

No dia seguinte ao Comitê de Coordenação Nacional para Enfrentamento da Pandemia da Covid-19 apontar problemas de notificação pelos estados quanto a doses de vacina aplicadas, o problema persistiu.

A diferença entre o que os estados vacinavam e entre o que informavam ao Ministério da Saúde era grande, segundo dados oficiais levantados pela CNN.

Havia 37,8 milhões de doses distribuídas e 19,6 milhões de doses aplicadas. O estado de São Paulo, por exemplo, havia informado ao Ministério da Saúde 5,8 milhões de doses aplicadas, mas no sistema do próprio governo paulista estavam lá 6,2 milhões de doses.

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, e o coordenador do Forum de Governadores, Wellington Dias, conversaram hoje sobre isso. Há um consenso entre eles de que a saída é pela política.

O ministro disse que pretende qualificar esses dados e centralizar num banco de dados nacional único e confiável sob gestão da autoridade sanitária nacional. Welington Dias disse que um problema que precisa ser resolvido é que vários estados adotam diferentes bases de dados e têm diferentes sistemas de notificações. Além disso, ele explicou que a vacina enviada não necessariamente é diretamente aplicada, que leva um prazo entre a distribuição e a chegada, e que, além disso, têm reservas para a segunda dose, têm reservas de emergência.

O governo de São Paulo disse que o sistema paulista é atualizado de 15 em 15 minutos e, por isso, há diferença em relação aos dados do governo federal.

Continuar lendo COMITÊ DE COORDENAÇÃO NACIONAL PARA ENFRENTAMENTO DA PANDEMIA APONTA PROBLEMAS DE NOTIFICAÇÃO ENTRE DOSES DE VACINAS RECEBIDA E APLICADAS PELOS ESTADOS

PROFISSIONAIS DE EDUCAÇÃO DO MUNICÍPIO DE NATAL SÃO INCLUÍDOS NO GRUPO PRIORITÁRIO PARA VACINA CONTRA COVID-19

Câmara aprova Lei que torna profissionais da educação prioritários na vacinação contra Covid

01 abr 2021

Fotos de Professores, imagem para Professores ✓ Melhores imagens | Depositphotos®

A Câmara Municipal de Natal realizou na tarde desta quarta-feira (31) mais uma Sessão Ordinária Remota. Na pauta de debates entre os parlamentares, foi discutida e aprovada uma Lei, em regime de urgência, que inclui os trabalhadores em educação do município de Natal na fase 1, como grupo prioritário do programa de vacinação contra a Covid-19. A matéria é de autoria da vereadora Divaneide Basílio (PT).

De acordo com o presidente da Casa, vereador Paulinho Freire (PDT), a matéria, além de garantir a proteção dos profissionais do setor, vai proporcionar o retorno das aulas na cidade. “Suma importância para que as escolas possam retornar suas atividades, principalmente no setor público, que a gente sabe que estão atrasados nos protocolos e a Câmara não podia ser incoerente. Portanto, aprovamos a essencialidade e não tinha porque não aprovar a preferência. Demos uma colaboração gigante tanto para o ensino público, quanto para o privado”, ressaltou Paulinho.

A autora destacou a necessidade do projeto que vai contribuir, não só para a segurança dos professores, como também auxiliar no plano de reabertura das atividades educacionais. “Quando nós protocolamos esse projeto foi justamente com a intenção de pensar o plano de retomada. Foi inclusive antes mesmo de votarmos aqui o projeto da educação em ser essencial e reabrir neste momento, pensando justamente que, a gente precisava se preparar e que precisávamos ter os nossos professores e professoras vacinados”, destacou Divaneide.

“Na semana passada aprovamos uma matéria que considerava a educação como essencial e inclusive argumentava que não tínhamos naquele momento como não considerar a educação como essencial, porque a educação é básica, é fundamental e prioridade. Mas ao mesmo tempo tínhamos que ter um gesto para que os trabalhadores das escolas pudessem ter proteção”, disse o vereador Felipe Alves (PDT), que subscreveu o PL.

“O governo federal já deveria ter colocado os professores na linha de frente e ter os vacinado desde o início, porém hoje temos a oportunidade de votarmos aqui na Câmara. Projeto importante que reconhece os professores. Espero que essa vacinação ocorra o mais rápido possível”, acrescentou o vereador Klaus Araújo (SD).

Fonte: Política em Foco
Continuar lendo PROFISSIONAIS DE EDUCAÇÃO DO MUNICÍPIO DE NATAL SÃO INCLUÍDOS NO GRUPO PRIORITÁRIO PARA VACINA CONTRA COVID-19

PLENÁRIO DA CÂMARA APROVOU PROJETO DE LEI QUE INCLUI, COMO PRIORIDADE PARA VACINAÇÃO CONTRA COVID-19, MAIS 16 NOVOS GRUPOS

Câmara aprova projeto que inclui 16 novos grupos em prioridade de vacinação

Pessoas com doenças crônicas, agentes de segurança pública e privada e oficiais de justiça estão entre os contemplados

Por Anna Gabriela Costa e Gustavo Zucchi, da CNN, em São Paulo e em Brasília

 Atualizado 31 de março de 2021 às 23:28

Vacinação em Campos dos GoytacazesCampos dos Goytacazes (RJ) inicia a vacinação contra a Covid- 19 para idosos, na modalidade drive-thru, para garantir uma maior segurança contra a disseminação do coronavírus.Foto: CARLOS AUGUSTO/AM PRESS & IMAGES/ESTADÃO CONTEÚDO

O plenário da Câmara dos Deputados aprovou, na noite desta quarta-feira (31), o projeto de lei que inclui 16 novas categorias na lista de prioridades na vacinação contra a Covid-19. O projeto tratava inicialmente de caminhoneiros e profissionais do transporte de carga.

O relatório da deputada Celina Leão (PP-DF) também prioriza os trabalhadores de transporte coletivo rodoviário e metroviário de passageiros, as pessoas com doenças crônicas e que tiveram embolia pulmonar, e os agentes de segurança pública e privada, desde que estejam comprovadamente em atividade externa.

“Nós queríamos estar num país onde todos tivessem acesso à vacina. Só que este projeto parte da necessidade de termos pessoas que são prioritárias, estão na linha de frente da Covid-19”, disse a deputada.

Na próxima semana, serão analisados destaques que podem alterar pontos do texto, com a inclusão de mais categorias.

Categorias incluídas na prioridade de vacinação: 

– Agentes de segurança pública e privada
– Trabalhadores do transporte rodoviário de passageiros
– Pessoas em atividades externa que já tiveram embolia pulmonar
– Trabalhadores do Sistema Único de Assistência Social, bem como conselheiros tutelares que prestam atendimento ao público.
– Trabalhadores da educação do Ensino Básico
– Coveiros, atendentes e agentes funerários
– Taxistas e mototaxistas
–  Profissionais de farmácias
–  Metroviários
– Trabalhadores do transporte aquaviário
– Profissionais da limpeza pública
– Oficiais de Justiça

Continuar lendo PLENÁRIO DA CÂMARA APROVOU PROJETO DE LEI QUE INCLUI, COMO PRIORIDADE PARA VACINAÇÃO CONTRA COVID-19, MAIS 16 NOVOS GRUPOS

O GOVERNO FRANCÊS ESTENDERÁ À TODO O PAÍS, POR MAIS 4 SEMANAS, MEDIDAS JÁ VIGENTES CONTRA A COVID-19

Macron estende medidas anti-covid em toda a França por 4 semanas

Entre estas medidas está o fechamento de comércios não essenciais e a proibição de deslocamento por mais de 10 km

Presidente da França, Emmanuel Macron

NICOLAS TUCAT / AFP

O governo francês estenderá a todo o país por quatro semanas a partir do sábado as medidas contra a covid já vigentes em 19 departamentos, anunciou nesta quarta-feira (31) o presidente, Emmanuel Macron.

Entre estas medidas está o fechamento de comércios não essenciais, salvo exceções, e a proibição de deslocamento por mais de 10 km. Por outro lado, escolas até o ensino médio vão fechar na próxima segunda-feira no mínimo por três semanas, acrescentou Macron em um discurso televisionado.

A França luta para tentar conter a terceira onda da pandemia, que colocou os serviços de saúde, principalmente os de emergência, no limite da sua capacidade.

Para isso, o governo aumentará o número de leitos de terapia intensiva para 10 mil unidades, no lugar dos 7.655 utilizados hoje, afirmou Macron.

Ao mesmo tempo, o governo quer começar a vacinar os maiores de 60 anos a partir de 16 de abril e os maiores de 50 anos a partir de 15 de maio.

Macron anunciou, ainda, a reabertura, em meados de maio de alguns espaços culturais e áreas externas de bares e restaurantes, assim que o país tiver superado “o esforço de abril” contra a covid.

Reforçando que o mês de abril “será decisivo”, o presidente disse que se a este esforço se unir a aceleração da campanha de vacinação, “a partir de meados de maio voltaremos a reabrir com regras estritas alguns espaços culturais”.

“Autorizaremos com condições a abertura de terraços e vamos elaborar, entre meados de maio e o começo do verão [em meados do ano na Europa] um calendário de reabertura para a cultura, o esporte, o lazer, os eventos, e cafés e restaurantes” de forma plena, assegurou.

O presidente francês, em baixa nas pesquisas e que enfrenta eleições presidenciais no próximo ano, admitiu ter “cometidos erros” na gestão da crise.

Alguns muros da cidade de Mumbai, na Índia, foram decorados com grafites que incentivam a prevenção contra a covid-19 através da representação de personalidades, pinturas e monumentos famosos

Fonte: R7
Continuar lendo O GOVERNO FRANCÊS ESTENDERÁ À TODO O PAÍS, POR MAIS 4 SEMANAS, MEDIDAS JÁ VIGENTES CONTRA A COVID-19

POLÍTICA: GOVERNO DO RN SANCIONA LEI QUE ESTABELECE MULTA PARA QUEM FURAR FILA DA CAMPANHA DE VACINAÇÃO

Fátima sanciona lei que prevê multa de até R$ 20 mil para quem furar fila de vacinação contra Covid-19 no RN

 DIVERSOS

Fátima Bezerra decreta toque de recolher no RN de 22h às 5h a partir deste sábado

O Governo do Rio Grande do Norte instituiu a Lei nº 10.860, que estabelece multa de R$ 10 a R$ 20 mil para quem furar a fila da campanha de vacinação contra a Covid-19. A penalidade será aplicada para a pessoa responsável pela aplicação da vacina, ou seu superior hierárquico, como também para a própria pessoa que se vacinou estando fora do grupo de prioridade estabelecido pelo plano de vacinação. A norma será publicada na edição do Diário Oficial do Estado (DOE) desta quarta-feira (31).

A lei, de iniciativa do deputado estadual Hermano Moraes, ainda estabelece o dobro da pena caso o infrator seja funcionário ou agente público. A multa será aplicada sem prejuízo civil ou penal, mediante procedimento administrativo pelo órgão estadual competente.

O valor da multa deverá considerar a gravidade das consequências, tendo como princípio a função pedagógica da lei, apelando para a conscientização das pessoas. As multas serão recolhidas ao Fundo Estadual de Saúde (FES-RN).

LEI SOBRE DESCARTE DE MÁSCARAS

Outra lei sancionada pela governadora Fátima Bezerra, a Lei nº 10.859, de 30 de março de 2021, estabelece normas para o descarte de máscaras de proteção individual e outros equipamentos de proteção individual (EPIs). Proposta pela deputada estadual Cristiane Dantas, a lei é considerada como medida de redução da transmissão do coronavírus e de proteção aos profissionais que trabalham na coleta e ao meio ambiente. Fica proibido o descarte das máscaras e EPIs em ruas e vias, logradouros públicos, praças, rodovias e outras áreas protegidas.

Além de orientações de como deve ser acomodada a máscara descartada e/ou EPI, a lei edita que o descarte deve ser identificado como “perigo de contaminação – Covid-19”, além de ser acomodados em sacos separados do lixo comum e não descartar em lixo reciclável. Em estabelecimentos comerciais, deverá haver um recipiente exclusivo para o descarte das máscaras e EPIs.

Fonte: Blog do BG
Continuar lendo POLÍTICA: GOVERNO DO RN SANCIONA LEI QUE ESTABELECE MULTA PARA QUEM FURAR FILA DA CAMPANHA DE VACINAÇÃO

BOAS NOTÍCIAS: ESTADOS UNIDOS AVANÇAM A PASSOS LARGOS NA VACINAÇÃO E JÁ ALCANÇAM PESSOAS COM MAIS DE 30 ANOS

A grande notícia desta quarta-feira, aqui na coluna BOAS NOTÍCIAS é que os Estados Unidos da América avançam a passos largos na vacinação, já alcançando pessoas com mais de 30 anos e o governo Joe Biden pretende levar a vacinação para 90% da população adulta do país até meados de abril, segundo informou a Casa Branca. Veja o artigo completo sobre o assunto a seguir e conheça os detalhes!

EUA já vacinam pessoas com mais de 30 anos. 16 anos, na semana que vem

O sonho de todo brasileiro já acontece nos Estados Unidos. Após os idosos, todas as pessoas com mais de 30 anos começaram a ser vacinadas nesta terça, 30 em Nova York. Já os adolescentes com mais de 16 anos serão vacinados a partir da semana que vem.

Ainda segundo a Casa Branca, até meados de abril, o governo Joe Biden pretende levar a vacinação para 90% da população adulta do país.

“Para a enorme maioria dos adultos, não será preciso aguardar até 1º de maio. Vocês poderão tomar a vacina em 19 de abril”, anunciou o presidente democrata nesta segunda, 29.

Biden fez menção a 1º de maio porque essa é a data colocada como meta pela Casa Branca. Até lá, quando marcarão 100 dias do novo governo, o presidente quer ter aplicado 200 milhões de doses. Isso representa o dobro da meta anterior, já alcançada.

Levantamento da agência Bloomberg mostra que 146 milhões de doses foram aplicadas até esta segunda.

Ao todo, segundo comunicado da Casa Branca, o número de farmácias credenciadas a aplicar as vacinas saltará de 17 mil para quase 40 mil nas próximas semanas. Biden quer um posto de vacinação a até 8 km da casa de cada norte-americano.

Também haverá apoio financeiro para fornecer assistência com a logística das doses, que devem ser aplicadas em idosos em situação de maior risco ou pessoas que não possam se locomover aos postos de vacinação.

Alerta

Mesmo com o sucesso na vacinação, Joe Biden pediu que a população não baixe a guarda contra a doença.

Ele pediu que todos continyem usando máscaras e falou que pandemia ‘ainda está longe do fim’.

“Usem máscaras! É um dever patriótico”, afirmou.

“Fizemos um grande avanço a respeito da Covid-19, mas novas variantes estão se espalhando rapidamente. Agora não é hora de baixar a guarda — temos que segurar a onda enquanto vacinamos o país”, disse Biden em mensagem nas redes sociais.

Por Rinaldo de Oliveira, da redação do SóNotíciaBoa – com informações do G1

Fonte: Só Notícia Boa

Continuar lendo BOAS NOTÍCIAS: ESTADOS UNIDOS AVANÇAM A PASSOS LARGOS NA VACINAÇÃO E JÁ ALCANÇAM PESSOAS COM MAIS DE 30 ANOS

DADOS ATUALIZADOS DO CORONAVIRUS NO RN

Por G1 RN 
Evolução dos casos confirmados e mortes por coronavírus no RN
Dados divulgados pela Secretaria Estadual de Saúde através de comunicados e boletins epidemiológicos

Rio Grande do Norte superou a marca de 195 mil casos confirmados de Covid-19 nesta terça-feira (30) – são 195.285, de acordo com o boletim epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap). A doença vitimou 4.474 pessoas no estado. Outros 962 óbitos estão sob investigação.

No comparativo com o boletim de segunda-feira (30)são 47 mortes a mais, sendo 15 ocorridas nas últimas 24 horas – em Natal (7), Mossoró (1), Parnamirim (3), Santa Cruz (1), São Gonçalo do Amarante (1), Serra do Mel (1) e Serrinha (1).

O número de pessoas internadas por causa da Covid-19 no RN caiu de 1.045 para 1.032, sendo 645 na rede pública e 387 na privada. A taxa de ocupação dos leitos críticos (semi-intensivo e UTIs) é de 87,6% na rede pública e continua em 100% na rede privada. Só nos leitos críticos, os internados são 610.

O estado tem ainda 71.110 casos suspeitos da doença e outros 411.020 descartados. O número de confirmados recuperados segue em 142.776, e o de inconclusivos, tratados como “Síndrome Gripal não especificada”, está em 112.948.

O boletim aponta também que 441.951 testes de Covid-19 foram realizados no estado até o momento, sendo 237.296 RT-PCR (conhecidos também como Swab) e 204.655 sorológicos.

Números do coronavírus no RN

  • 195.285 casos confirmados
  • 4.474 mortes
  • 71.110 casos suspeitos
  • 411.020 casos descartados
  • 142.776 confirmados recuperados

Fonte: G1 RN

Continuar lendo DADOS ATUALIZADOS DO CORONAVIRUS NO RN

CONFIRA AS DATAS DA APLICAÇÃO DA SEGUNDA DOSE DA VACINA DE OXFORD EM NATAL

Por G1 RN

 

Fila na UNP para vacinação nesta terça-feira — Foto: Anna Alyne Cunha/Inter TV CabugiFila na UNP para vacinação nesta terça-feira — Foto: Anna Alyne Cunha/Inter TV Cabugi

A Prefeitura de Natal alterou o funcionamento dos dois pontos de drive thru para aplicação exclusiva da segunda dose da vacina de Oxford/AstraZeneca a partir desta quarta-feira (31).

O motivo da mudança foi a alta demanda de procura nesta terça-feira (30), em que muitos os que procuraram a UNP da Roberto Freire e o Ginásio Nélio Dias não conseguiram receber a dose de reforço. (Veja no fim o novo calendário).

“Verificamos uma alta demanda já nas primeiras horas da manhã, e que várias pessoas não estavam respeitando as datas do escalonamento montado pela SMS Natal. Em virtude disso, decidimos aumentar o prazo para essas pessoas receberem a segunda dose do imunizante e vamos ser rígidos na fiscalização desse cronograma que foi montado para evitar fila e demora no atendimento”, disse o secretário de saúde de Natal, George Antunes.

A alta demanda, no entanto, também foi do público que tinha o direito de se vacinar nesta terça-feira (30) e também não conseguiu. Algumas pessoas reclamaram das filas, que chegaram a durar até 4 horas. Em nota, a SMS informou que alguns vacinadores não puderam comparecer ao trabalho.

Onde ficam os drives exclusivos para a segunda dose da Oxford

  • Estacionamento da UNP na Av. Engenheiro Roberto Freire, na Zona Sul.
  • Ginásio Nélio Dias (acesso pela Rua da Mutamba, através do portão 03) – conta também com ponto de pedestre

Durante a Semana Santa, os drives também continuam em funcionamento para agilizar a imunização no município. É necessário apresentar cartão de vacinação, vínculo de trabalho em Natal e documento com foto.

Confira novo calendário

  • Quem tomou no dia 27 de janeiro – Procurar os drives entre 30 de março e 01 de abril.
  • Quem tomou no dia 28 de janeiro – Procurar os drives entre 02 de abril e 04 de abril.
  • Quem tomou no dia 29 de janeiro – Procurar os drives entre 05 de abril e 07 de abril.
  • Quem tomou no dia 30 de janeiro – Procurar os drives entre 08 de abril e 10 de abril.
  • Quem tomou no dia 31 de janeiro – Procurar os drives entre 11 de abril e 13 de abril.
  • Quem tomou no dia 01 de fevereiro – Procurar os drives entre 14 de abril e 16 de abril.
  • Quem tomou no dia 02 de fevereiro – Procurar os drives entre 17 de abril e 19 de abril.

Fonte: G1 RN

Continuar lendo CONFIRA AS DATAS DA APLICAÇÃO DA SEGUNDA DOSE DA VACINA DE OXFORD EM NATAL

44 MUNICÍPIOS POTUGUARES JÁ RECEBERAM REFRIGERADORES CIENTÍFICOS PARA ARMAZENAR VACINAS DOADOS PELA COSERN

Cosern já entregou refrigeradores científicos para armazenar vacinas a 44 municípios potiguares

31 mar 2021

Municípios recebem refrigeradores para vacinas doados pela Cosern - Secretaria de Estado da Saúde Pública

44 municípios potiguares já receberam os refrigeradores científicos para armazenar vacinas doados pela Cosern. As entregas começaram nos primeiros dias de março e até o final de abril todos os equipamentos chegarão aos 95 municípios contemplados, além de mais duas câmaras que serão doadas para o Governo do Estado e irão para II URSAP – Unidade Regional de Saúde Pública, em Mossoró.

Ao todo, a Neoenergia, empresa controladora da Cosern, está doando 674 refrigeradores científicos para 651 municípios no Rio Grande do Norte (Cosern), Pernambuco (Celpe), Bahia (Coelba) e São Paulo/Mato Grosso do Sul (Elektro). A doação totalizou R$ 7,2 milhões em recursos que fazem parte dos Programas de Eficiência Energética (PEE) das distribuidoras, regulados pela Agência Nacional de Eficiência Energética (Aneel).

Como ação preventiva, a Cosern enviou um comunicado às prefeituras que serão beneficiadas com a doação no início de fevereiro ressaltando a importância da realização de uma revisão elétrica das instalações internas dos locais que receberão esses equipamentos.

Para Júlio Giraldi, Superintendente de Relacionamento com Clientes da Cosern, a vacinação é, nesse momento, a ação mais importante para combater à pandemia da Covid-19, aliado a outras medidas preventivas tais como uso de máscara e o distanciamento social.

Em novembro, a Cosern doou 20 respiradores para os hospitais Giselda Trigueiro e João Machado, em Natal, e Tarcísio Maia, em Mossoró. Agora, estamos apoiando os municípios que mais necessitam dos refrigeradores adequados para o armazenamento da vacina”, lembra Júlio. “Todas essas inciativas reafirmam o compromisso social da Cosern com os potiguares”, complementa.

“O nosso objetivo é o de auxiliar a população dos municípios mais necessitados das nossas áreas de concessão a conter a pandemia. Os refrigeradores científicos doados são adequados para armazenar as vacinas que fazem parte das campanhas de imunização, por terem temperatura programável e constante entre 2ºC e 8ºC, sensores e bateria, para o armazenamento adequado das doses”, afirma a gerente de Eficiência Energética da Neoenergia, Ana Christina Mascarenhas.

Fonte: Política em Foco

Continuar lendo 44 MUNICÍPIOS POTUGUARES JÁ RECEBERAM REFRIGERADORES CIENTÍFICOS PARA ARMAZENAR VACINAS DOADOS PELA COSERN

EUA VÃO AJUDAR O BRASIL EM SEUS ESFORÇOS PARA MAXIMIZAR O ACESSO ÀS VACINAS, AFIRMA EMBAIXADOR

EUA vão ajudar Brasil a ter acesso às vacinas, diz embaixador

Todd Chapman reuniu-se nesta terça com o ministro da Saúde Marcelo Queiroga e garantiu colaborar no enfrentamento da covid

BRASIL

 Do R7

Todd Chapman, embaixador dos EUA no BrasilTodd Chapman, embaixador dos EUA no Brasil DIVULGAÇÃO/US EMBASSY

A Embaixada dos Estados Unidos afirmou em nota nesta terça-feira (30) que o país vai ajudar o Brasil em seus esforços e maximizar o acesso dos Brasil às vacinas. O embaixador Todd Chapman reuniu-se por videoconferência com o ministro da Saúde Marcelo Queiroga para revisar a cooperação dos Estados Unidos com o Brasil no combate à pandemia do novo coronavírus.

“Os Estados Unidos têm estado ao lado do Brasil e do povo brasileiro no enfrentamento da covid-19 desde o início da pandemia. A reunião entre o embaixador Chapman e o ministro Queiroga foi uma oportunidade importante para reiterar nosso compromiso”, diz a nota.

“O embaixador aproveitou a oportunidade para revisar a cooperação dos EUA e conversou sobre ao acesso às vacinas. Embora nossa primeira prioridade seja garantir o acesso dos norte-americanos às vacinas, estamos engajando ativamente o Brasil em maneiras de ajudar em seus esforços e maximizar o acesso dos Brasil às vacinas seguras, eficazes e de qualidade para os brasileiros.”

O embaixador norte-americano também destacou o que os EUA já realizaram ao longo dos 12 meses da pandemia, como por exemplo,  o fornecimento de insumos, equipamentos de saúde, cestas basicas, ventiladores pulmonares, hospitais de campanha, equipamentos de proteção individual e assistência técnica médica.

O governo dos EUA e o setor privado norte-americano já doaram mais de US$ 75 milhões para comunidades brasileiras que lutam contra o ritmo acelerado do novo vírus.

Embaixador Chapman reafirmou o compromisso dos EUA com a continuidade dos esforços para reduzir o impacto da pandemia em comunidades brasileiras.

Fonte: R7

Continuar lendo EUA VÃO AJUDAR O BRASIL EM SEUS ESFORÇOS PARA MAXIMIZAR O ACESSO ÀS VACINAS, AFIRMA EMBAIXADOR

SAÚDE: NATAL INICIOU NESTA TERÇA-FEIRA A VACINAÇÃO CONTRA COVID-19 PARA PORTADORES DE AUTISMO E SÍMDROME DE DOWN

Vacinação de pessoas com autismo e síndrome de down contra Covid-19 foi iniciada nesta terça em Natal

 SAÚDE

Foto: Kleber Teixeira/Inter TV Cabugi

A capital potiguar começou nesta terça-feira (30) a vacinação de autistas e pessoas de síndrome de down a partir dos 18 anos de idade, segundo confirmou a Secretaria Municipal de Saúde. O detalhe importante é que a imunização acontece exclusivamente na sede da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) na Rua Barão de Serra Branca, em Candelária, na Zona Sul da capital, das 8h às 16h.

Para ser atendido, é preciso levar comprovante de endereço e documento – como um laudo médico – que ateste que a pessoa tem autismo ou síndrome de down. Um outro detalha do local é que a vacinação é exclusiva para residentes em Natal.

Fonte: Blog do BG

Continuar lendo SAÚDE: NATAL INICIOU NESTA TERÇA-FEIRA A VACINAÇÃO CONTRA COVID-19 PARA PORTADORES DE AUTISMO E SÍMDROME DE DOWN

DADOS ATUALIZADOS DO CORONAVIRUS NO RN

Por G1 RN

 

Evolução dos casos confirmados e mortes por coronavírus no RN
Dados divulgados pela Secretaria Estadual de Saúde através de comunicados e boletins epidemiológicos

O Rio Grande do Norte tem 193.686 casos de Covid-19 desde o início da pandemia. São 4.427 mortes provocadas pela doença neste mesmo período. Os dados estão no boletim epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) desta segunda-feira-feira (29).

Outros 951 óbitos estão sob investigação.

Em relação ao boletim de sexta-feira (26), o último divulgado pela Sesap, são 73 mortes a mais.

O número de pessoas internadas por causa da Covid-19 no RN ainda é alto, mas caiu para 1.045, sendo 650 na rede pública e 395 na privada. A taxa de ocupação dos leitos críticos (semi-intensivo e UTIs) é de 87,6% na rede pública e continua em 100% na rede privada. Só nos leitos críticos, os internados são 610.

O RN tem ainda 69.044 casos suspeitos da doença e outros 408.497 descartados. O número de confirmados recuperados chegou a 142.776, e o de inconclusivos, tratados como “Síndrome Gripal não especificada”, está em 112.948.

A Sesap destaca também que 440.312 testes de Covid-19 foram realizados no estado até o momento, sendo 236.603 RT-PCR (conhecidos também como Swab) e 203.709 sorológicos.

Números do coronavírus no RN

  • 193.686 casos confirmados
  • 4.427 mortes
  • 69.044 casos suspeitos
  • 408.497 casos descartados
  • 142.776 confirmados recuperados

Fonte: G1 RN

Continuar lendo DADOS ATUALIZADOS DO CORONAVIRUS NO RN

PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 29 DE MARÇO DE 2021 POR G1

Por G1

 

Brasil bate novo recorde na média móvel de mortes por Covid-19. Internações de jovens crescem até 500% no Brasil: faixa etária entre 40 e 49 foi a que deu mais entrada em hospitais. Primeiro fim de semana de ‘megaferiados’ no RJ e SP tem desrespeito a medidas restritivas. Navio encalhado no Canal de Suez há 6 dias volta a flutuar. Senadores cobram saída do ministro Ernesto Araújo após ataque a Kátia Abreu. Morre PM que ‘surtou’ na Bahia e disparou tiros de fuzil para cima na região do Farol da Barra. Enem 2020 divulgará resultados nesta segunda, e notas poderão ser usadas no Sisu. Fantástico mostra com exclusividade imagens dos últimos momentos de Henry com vidaO Assunto explica a redução das doações para os mais pobres no pior momento da pandemia. Veja como declarar empréstimos no Imposto de Renda.

Recorde de média de mortes

Média móvel de mortes registra mais um recorde: 2.598 por dia
Média móvel de mortes registra mais um recorde: 2.598 por dia

A média móvel de mortes por Covid-19 no Brasil chegou a 2.598, um novo recorde desde o início da pandemia pelo 3º dia consecutivo. Em comparação à média de 14 dias atrás, a variação foi de +40%, indicando tendência de alta nos óbitos pela doença. O país já confirmou 312.299 mortes pela doença. No domingo, foram 1.605 mortes em 24 horas.

Jovens são mais internados

A nova face da pandemia: internações de jovens crescem até 500% no Brasil
A nova face da pandemia: internações de jovens crescem até 500% no Brasil

Hoje, uma em cada cindo pessoas com Covid internadas em UTIs no país tem entre 18 e 44 anos, segundo a Associação Brasileira de Medicina Intensiva. Entre janeiro e março de 2021 e março, as hospitalizações pela doença cresceram 300% no Brasil. Entre pessoas de 40 a 49 anos, esse índice foi quase o dobro. Nas faixas de 30 a 39 anos e de 50 a 59 anos, ficou acima de 500%.

Aglomeração no megaferiado

Cenas de desrespeito às restrições de circulação se repetem em várias cidades do país
Cenas de desrespeito às restrições de circulação se repetem em várias cidades do país

No primeiro final de semana de “megaferiado” na cidade de São Paulo e no estado do Rio de Janeiro, foram flagradas cenas de desrespeito ao isolamento social. Teve festa na piscina com 300 pessoas; bailes na praia, na praça, no clube e até do lado da UPA; bares insistentes com meia porta aberta; três festas vizinhas fechadas numa só operação; barreiras para o litoral suspensas de tão cheias, entre outros casos preocupantes. Veja o vídeo acima.

O “feriado sanitário” com medidas restritivas acontece de 26 de março a 4 de abril para tentar conter o avanço da Covid e desafogar os hospitais.

Cargueiro de Suez volta a flutuar

Visão de satélite do navio Ever Given encalhado no Canal de Suez, no Egito, no dia 26 de março. — Foto: Maxar Technologies/Handout via ReutersVisão de satélite do navio Ever Given encalhado no Canal de Suez, no Egito, no dia 26 de março. — Foto: Maxar Technologies/Handout via Reuters

navio cargueiro Ever Given, que encalhou e está bloqueando o Canal de Suez há quase uma semana, voltou a flutuar nesta segunda, às 4h30 no horário local (23h30 de domingo no horário de Brasília), segundo a Inchcape, um provedor global de serviços marítimos. Com isso, aumentam as esperanças de que a rota entre o Mar Vermelho e o Mar Mediterrâneo – uma das mais importantes do mundo – seja reaberta em breve.

Pressão para saída de Araújo

Ataque de Ernesto Araújo a Kátia Abreu é ataque a todo o Senado, diz Pacheco
Ataque de Ernesto Araújo a Kátia Abreu é ataque a todo o Senado, diz Pacheco

O ataque do ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, a senadora Kátia Abreu (PP-TO), provocou uma forte reação de outros senadores. Nas redes sociais, os parlamentarem saíram em defesa de Kátia, criticaram o chanceler e voltaram a pedir sua saída. “Ernesto e democracia não andam juntos”, publicou Simone Tebet (MDB-MS).

Na tarde de domingo, o ministro publicou nas redes sociais sobre um almoço que teve com a senadora no início de março. Nele, ele alega que teria ouvido dela que se tornaria o “rei do Senado” se fizesse um gesto em relação ao 5G, mas que não fez “gesto algum”. Kátia Abreu se defendeu afirmando, em nota, que é “uma violência resumir três horas de um encontro institucional a um tuíte que falta com a verdade”.

PM morre após ser neutralizado durante ‘surto’

Soldado da PM da Bahia tem surto e dispara dezenas de tiros para o alto no Farol da Barra
Soldado da PM da Bahia tem surto e dispara dezenas de tiros para o alto no Farol da Barra

Morreu no Hospital Geral do Estado (HGE) o policial militar que apresentou surtos psicóticos e disparou tiros para cima na tarde de domingo, na região do Farol da Barra, em Salvador. O PM, identificado como Wesley Soares Góes, era noivo e trabalhava na 72ª CIPM havia pelo menos quatro anos. Ele foi baleado após 3h30 de negociação com equipes do Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE), no início da noite.

Resultados do Enem

Dona de casa Fabiana Silveira, de 43 anos e a filha, Geovana Silveira, de 18, fazem prova do Enem em mesma escola no AM — Foto: Eliana Nascimento/G1 AM Dona de casa Fabiana Silveira, de 43 anos e a filha, Geovana Silveira, de 18, fazem prova do Enem em mesma escola no AM — Foto: Eliana Nascimento/G1 AM

Os resultados do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020 serão divulgados nesta segunda-feira, na página do participante. Segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), as notas das provas objetivas e da redação estarão disponíveis após as 18h. Os treineiros só poderão consultar os resultados em 28 de maio.

Caso menino Henry

Exclusivo: Fantástico mostra imagens dos últimos momentos de Henry com vida
Exclusivo: Fantástico mostra imagens dos últimos momentos de Henry com vida

O Fantástico teve acesso, com exclusividade, a imagens dos últimos momentos de vida do menino Henry, de quatro anos, e ao depoimento de uma ex-namorada do padrasto do garoto. Ela disse à polícia que o vereador Doutor Jairinho já havia agredido ela e a filha.

O laudo do IML aponta algumas lesões espalhadas pelo corpo do menino. Infiltrações hemorrágicas nas partes frontal, lateral e posterior da cabeça. Contusões no rim, no pulmão. A morte foi causada por hemorragia interna pelo rompimento do fígado. A perícia também identificou hematomas no punho, no abdômen e uma escoriação no nariz do menino.

🎧 O Assunto

O episódio desta segunda do podcast O Assunto explica a redução das doações no pior momento da pandemia. Com a pandemia em momento catastrófico, a crise econômica aprofundada e o auxílio (mais magro) ainda sem dia para voltar, entidades e organizações de apoio aos mais carentes lançam um grito de alerta. “Estou vendo muita gente na política pensando em 2022. Só que antes temos que atravessar 2021”, diz Preto Zezé, presidente da Central Única das Favelas, a Cufa. Em entrevista a Renata Lo Prete, ele dá a real sobre o avançado estágio de insegurança alimentar nas comunidades. Ouça abaixo

Imposto de Renda 2021 – empréstimos

Empréstimos e financiamentos que ultrapassem R$ 5 mil também devem ser declarados no Imposto de Renda 2021 – sejam eles tomados em instituições financeiras, ou de conhecidos e parentes. Os empréstimos e financiamentos devem ser informados na ficha de Dívidas e Ônus Reais, sempre se atentando aos códigos disponibilizados pela Receita. Tire suas dúvidasO envio da declaração vai até 30 de abril.

Concursos públicos

selo concursos opcao 02 — Foto: Editoria de arte/G1selo concursos opcao 02 — Foto: Editoria de arte/G1

Pelo menos 80 concursos públicos no país estão com inscrições abertas, e são quase 3,5 mil vagas em cargos de todos os níveis de escolaridade. Os salários chegam a R$ 20.183,34 na Prefeitura de Arroio Trinta (SC). Veja como se inscrever nos processos seletivos.

☀️ Previsão do tempo

Hoje, há risco de temporal na região Norte e em parte da região Sul, principalmente no Paraná e em Santa Catarina. Veja a previsão:

Risco é de temporal no Norte do país nesta segunda-feira
Risco é de temporal no Norte do país nesta segunda-feira
Fonte: G1
Continuar lendo PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 29 DE MARÇO DE 2021 POR G1

MÉDICOS DE PARIS DESTACAM QUE EM BREVE SERÃO FORÇADOS A FAZER UMA TRIAGEM ENTRE OS PACIENTES “PARA SALVAR MAIOR NÚMERO DE VIDAS POSSÍVEIS”

Lockdown em Paris não funciona e médicos vão escolher pacientes

Em carta, médicos intensivistas alertam para o colapsto nos hospitais da capital francesa apesar de o governo impor restrições

Dezenas de pessoas se reúnem em frente ao Jardin du Luxembourg, em Paris, neste domingoDezenas de pessoas se reúnem em frente ao Jardin du Luxembourg, em Paris, neste domingo STEPHANE DE SAKUTIN / AFP – 28.03.2021

Um grupo de 41 médicos intensivistas da França publicaram uma carta neste domingo (28) no Journal du Dimanche, alertando para o colapsto nos hospitais de Paris por causa dos altos índices de infecção pelo novo coronavírus. Nem mesmo a estratégia de lockdown tem surtido efeito. Os médicos destacam que em breve serão forçados a fazer uma triagem entre os pacientes “para salvar o maior número de vidas possível”.

Desde o dia 19, o governo da França aplicou o fechamento do comércio não essencial e a proibição de deslocamentos entre diferentes regiões em 16 departamentos do país, incluindo Paris, que somam quase um terço da população nacional. As novas medidas buscam limitar a progressão do coronavírus Sars-CoV-2, causador da covid-19, principalmente no norte do país.
Em Paris, neste domingo, centenas de pessoas se aglomeraram, com e sem máscaras, para participar de uma manifestação contra o aquecimento global.

“A epidemia de covid-19 está de novo em constante progressão em todas as regiões”, destacam os médicos. “É muito cedo para a campanha de vacinação melhorar significativamente o curso da epidemia durante este período crítico. Lembramos, se necessário, que a vacinação continua sendo a arma essencial a médio e longo prazo. Todos os indicadores concordam que as medidas atuais são e serão insuficientes para reverter rapidamente a alarmante curva de contaminações.”

“Com o objetivo de informar e alertar legitimamente nossos concidadãos, nossos futuros pacientes e seus familiares, queremos explicar de forma transparente a situação que vamos ter que enfrentar e como vamos enfrentá-la. Nesta situação de medicina de desastre, onde haverá uma incompatibilidade flagrante entre as necessidades e os recursos disponíveis, seremos forçados a fazer a triagem de pacientes para salvar o maior número de vidas possível. Essa classificação afetará todos os pacientes, Covid e não Covid, em particular para o acesso de pacientes adultos a cuidados intensivos.”

“Nunca experimentamos tal situação, mesmo durante os piores ataques dos últimos anos. Antes de chegar a este período doloroso, mas iminente, faremos todo o possível para atrasar o prazo utilizando todos os recursos humanos e materiais disponíveis, realizando as evacuações médicas tanto quanto possível, mesmo que estas sejam reduzidas. da epidemia em todas as outras regiões. Usaremos todas as soluções inovadoras que possam limitar a progressão para formas graves e reduzir o tempo de internação em terapia intensiva. Essa triagem será feita com o objetivo permanente de garantir a disponibilidade de recursos de cuidados críticos de forma coletiva, equitativa e homogênea em todo o nosso território.”

“A triagem de pacientes já foi iniciada, uma vez que já nos foi imposta uma grande desprogramação médica e cirúrgica e sabemos muito bem que estas estão associadas à perda de oportunidade e ao não acesso aos cuidados de alguns pacientes. Essa desprogramação terá que se intensificar nos próximos dias, logo poupando apenas emergências vitais. Por vários dias, já fomos forçados a pesar cuidadosamente as indicações de certas técnicas excepcionais, como a assistência circulatória.”

Fonte: R7
Continuar lendo MÉDICOS DE PARIS DESTACAM QUE EM BREVE SERÃO FORÇADOS A FAZER UMA TRIAGEM ENTRE OS PACIENTES “PARA SALVAR MAIOR NÚMERO DE VIDAS POSSÍVEIS”

O RN RECEBEU 160 CILINDROS DE OXIGÊNIO ENVIADOS PELO MINISTÉRIO DA SAÚDE

Por G1 RN

 

Rio Grande do Norte recebe 160 de cilindros de oxigênio — Foto: Julianne Barreto/Inter TV CabugiRio Grande do Norte recebe 160 de cilindros de oxigênio — Foto: Julianne Barreto/Inter TV Cabugi

O Rio Grande do Norte recebeu neste sábado (27) 160 cilindros de oxigênio medicinal encaminhados pelo Ministério da Saúde para auxiliar o abastecimento em unidades hospitalares que atuam no combate à Covid-19 por todo o estado. O avião Hércules, da Força Aérea Brasileira, responsável pela condução da carga, pousou na Base Aérea de Natal por volta das 12h40.

Os cilindros serão distribuídos para 49 municípios, de acordo com a Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap). No total, o governo do estado solicitou 450 unidades ao Ministério da Saúde, que já sinalizou o envio das outras 290 nas próximas semanas.

O reabastecimento desses cilindros ficará a cargo do estado e será realizado por meio do aditivo contratual que foi feito com a White Martins.

Os 160 de cilindros de oxigênio chegaram no avião Hércules, da FAB — Foto: Julianne Barreto/Inter TV Cabugi

O transporte para as cidades-polo começa a ser feito neste domingo pela White Martins.

A governadora Fátima Bezerra participou na sexta-feira (26) de reunião com o novo ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, e reforçou o pedido de prioridade à questão do abastecimento de oxigênio nos municípios potiguares. “Já oficializamos ao ministro Marcelo Queiroga, neste sábado, a necessidade do envio de novos cilindros para atender a necessidade dos municípios. Isso é urgente. Também solicitamos mais 300 concentradores e a instalação de mais dez usinas de produção de oxigênio no Rio Grande do Norte”, falou.

Antes dos cilindros, o RN já havia recebido 75 concentradores de oxigênio enviados pelo Projeto Gratidão de Manaus, em um gesto de agradecimento por ter abrigado pacientes quando a rede de saúde do Amazonas entrou em colapso, no início do ano. Os concentradores são versões menores que os cilindros de oxigênio comprimido recebidos neste sábado e podem ser transportados pelo paciente durante o tratamento.

Avião Hércules, da Força Aérea Brasileira (FAB), traz 160 cilindros de oxigênio ao Rio Grande do Norte — Foto: Pedro Vitorino

Continuar lendo O RN RECEBEU 160 CILINDROS DE OXIGÊNIO ENVIADOS PELO MINISTÉRIO DA SAÚDE

MINISTRO DA SAÚDE AFIRMOU QUE USAR MÁSCARA NÃO É QUESTÃO DE LEI OU MULTA E SIM DE CONSCIENTIZAÇÃO

Ministro da Saúde diz que uso de máscara é questão de conscientização

Queiroga pediu também para que a população use o acessório de proteção durante o feriado de Páscoa

Renato Barcellos, da CNN, em São Paulo

Atualizado 27 de março de 2021 às 20:34

Ministro pede que pessoas usem máscara durante a PáscoaCardiologista comemorou o fato do Brasil estar próximo da meta de vacinar 1 milhão de pessoas por dia Foto: Reprodução/Instagram/@marceloqueiroga

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, afirmou neste sábado (27) que não é com uma lei que obrigue as pessoas a usar máscaras e nem as multando na rua que “vamos resolver esse problema”. Segundo o médico, a utilização do acessório de proteção é uma “questão de conscientização”.

“Cada um tem que saber o seu papel de ajudar as autoridades municipais, estaduais e federais a por fim nessa pandemia que tem comprometido muito a vida de cada um de nós. Alguns pagam com a própria vida, outros ficam gravemente enfermos e muitos ficam com sequelas”, disse.

Queiroga pediu também para que a população use máscaras durante o feriado de Páscoa, principalmente se houver encontros com parentes durante as festividades. Na última sexta-feira (26), em reunião com governadores, o médico anunciou que baixou uma portaria interna obrigando o uso de máscaras de proteção por todos no Ministério.

“As máscaras ajudam a bloquear a circulação do vírus, o efeito seria semelhante ao da vacina. No feriado, aproveite para fazer sua reflexão cristã em casa, com suas famílias porque sabemos que nesses feriados as famílias brasileiras gostam de se reunir, façam isso mas usando máscara e guardando o distanciamento”, declarou.

Por fim, o cardiologista comemorou o fato do Brasil estar próximo da meta de vacinar 1 milhão de pessoas por dia. “Na sexta, foram 800 mil, isso mostra a força do Programa Nacional de Imunizações. Fortalecer o SUS é a saída para resolver o problema da pandemia e a vacina é uma meta que precisa ser cumprida, levar vacina para os brasileiros de toda essa grande nação”, afirmou.

Continuar lendo MINISTRO DA SAÚDE AFIRMOU QUE USAR MÁSCARA NÃO É QUESTÃO DE LEI OU MULTA E SIM DE CONSCIENTIZAÇÃO

BORIS JOHNSON DEFENDE FIM DAS MEDIDAS DE RESTRIÇÕES CONTRA CORONAVIRUS NO REINO UNIDO

Premiê do Reino Unido defende fim das medidas de restrição

Dados no país estão otimistas, mas premiê não sabe como aumento de casos na União Europeia atingiria Reino Unido

INTERNACIONAL

 Do R7

Boris Johnson defende fim de medidas de restrição

HANNAH MCKAY/REUTERS – 23.3.2021

O premiê do Reino Unido, Boris Johnson, defende o fim das medidas de restrição contra o coronavírus no país. Segundo ele, não há nada nos dados apresentados sobre a situação da pandemia no país que o impeçam de decretar o fim das medidas.

“Em alguns dias, eu finalmente poderei ir ao barbeiro. Mas, mais importante que isso, eu serei capaz de descer a rua e, com cuidado, mas irreversivelmente, eu vou poder tomar um copo de cerveja em um pub”, disse, segundo o jornal britânico The Guardian.

“E, do jeito que as coisas estão, eu não vejo absolutamente nada nos dados que me desencorajem de seguir com os nossos planos para a liberdade, destravar a nossa economia e voltar à vida que nós amamos”, concluiu.

Apesar do controle dos casos no Reino Unido, a Europa está vendo um novo aumento no número de infecções e o premiê não sabe como isso afetaria o país. Agora que o Reino Unido deixou de fazer parte da União Europeia, a entrada de cidadãos europeus em território britânico não é mais livre e, com a presença da variante britânica, diversos países do bloco restringiram as viagens para a ilha.

“A questão é: será que dessa vez vai ser tão ruim quanto no passado? Ou nós conseguimos abafar o impacto com o surgimento da vacina? Essa é uma pergunta que ainda não sabemos como responder”, refletiu o premiê.

Fonte: R7
Continuar lendo BORIS JOHNSON DEFENDE FIM DAS MEDIDAS DE RESTRIÇÕES CONTRA CORONAVIRUS NO REINO UNIDO

SAIBA MAIS SOBRE A VACINA TOTALMENTE DESENVOLVIDA NO INSTITUTO BUTANTAN

Tudo que você precisa saber sobre a Butanvac, a vacina brasileira

Tire suas dúvidas e entenda as características do candidato a imunizante contra a Covid-19 totalmente desenvolvido pelo Instituto Butantan, de São Paulo

Weslley Galzo, da CNN, em São Paulo

Atualizado 26 de março de 2021 às 15:15

Butanvac Instituto Butantan

 O governo do estado de São Paulo, em parceria com o Instituto Butantan, detalhou na manhã desta sexta-feira (26) as especificidades da Butanvac, primeira candidata a vacina desenvolvida integralmente em território nacional.

Limitações práticas devem dificultar a aplicação do imunizante, como apontam especialistas. O governador João Doria prometeu entregar 40 milhões de doses da vacina a partir de julho. No entanto, para que isso aconteça, ela precisa passar pelo crivo da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) nos testes clínicos — ainda não iniciados — e ter o uso emergencial, ou definitivo, aprovado neste período.

Para além dos prazos, a Butanvac é desenvolvida para também combater a variante P.1 do coronavírus surgida em Manaus e possui tecnologia similar à utilizada na produção da vacina contra a gripe. Estas e outras especifidades tornam a vacina do Butantan muito diferente dos demais imunizantes disponíveis no mercado.

Confira abaixo as principais informações que você precisa saber sobre a Butanvac:

A Butanvac é eficaz contra as variantes do coronavírus?

O Instituto Butantan não detalhou se a vacina combate todas as variantes do coronavírus existentes, mas ela foi desenvolvida para ser eficaz contra a variante P.1, identificada em Manaus, no Amazonas. 

“Nós já estamos trabalhando na versão P1 dessa vacina. Quando ela entrar em produção será eficaz contra a variante”, afirmou o diretor do instituto, Dimas Covas.

Será aplicada em uma ou duas doses?

O Instituto Butantan não confirmou quantas doses da vacina serão necessárias para imunizar a população. De acordo com Dimas Covas, presidente do instituto, a nova vacina tem potencial de imunização superior a de outros imunizantes e poderá proteger a população com apenas uma dose. “É uma possibilidade. O fato de você ter uma melhor resposta imunológica permite utilizar apenas uma dose”.

Prazo x burocracia: quanto tempo leva para a vacina começar a ser aplicada?

Em entrevista à CNN, o pesquisador e infectologista Júlio Croda, da Fiocruz, disse que o prazo anunciado pelo governador João Doria de início, em julho, da aplicação de 40 milhões de doses dificilmente será cumprido.

“Não é tão rápido que isso acontece. Apesar da capacidade de produção existir pelo Instituto Butantan, por usar tecnologia similar à vacina da gripe, a gente precisa de tempo desses estudos de fase 3 para evidenciar a eficácia da vacina, assim como foi feito com a Coronavac”, afirmou.

O pesquisador lembrou que os testes clínicos da fase 3 de outras vacinas disponíveis atualmente no Brasil e em outros países levaram pelo menos seis meses para serem concluídos. De acordo com o governo paulista, o pedido de desenvolvimento de estudo clínico será enviado nesta sexta-feira (26) à Anvisa. Caso a agência aceite o protocolo, a vacina ainda precisa passar pelos testes e conseguir a aprovação para uso na população.

Quais são as etapas pelas quais a vacina ainda precisa passar?

A vacina anunciada pelo Instituto Butantan já passou pelos testes pré-clínicos, que são realizados em animais e em laboratório, mas ainda precisa ser submetida às fases 1, 2 e 3 dos estudos clínicos. A fase 3 é a mais complexa e demorada, pois envolve a aplicação em um grupo maior de pessoas.

“Se é uma nova vacina, tem que obedecer todo o rito, fazer estudos de fase 1 e 2, que são mais rápidos. Em dois meses dá para fazê-los. Mas os ensaios de fase 3, utilizando uma população maior, de diferentes estados, demora um tempo”, explicou Croda.

O que muda com o fato de a Butanvac ser produzida no Brasil e com a mesma tecnologia da vacina da gripe?

A Butanvac usa o vetor viral da proteína Spike do coronavírus, que foi modificado geneticamente. Apesar da diferença em relação ao vírus da gripe, a produção será feita com os mesmos métodos utilizados pelo Butantan na vacina contra a influenza.

A principal mudança que este sistema de produção traz é a sua simplicidade em relação aos demais métodos utilizados no desenvolvimento de vacinas contra a Covid-19, em geral mais tecnológicos e com necessidades especiais de armazenamento. Segundo o correspondente médico da CNN, o neurocirurgião Fernando Gomes, o grande ganho do Brasil com a Butanvac é a ampliação da produção.

“As outras vacinas [usadas no Brasil] têm uma dependência de insumos que vêm do exterior. Isso faz com que tenhamos produção limitada por algo que não conseguimos ter controle. A partir do momento que temos isso dentro do território nacional, as coisas ficam muito mais fáceis em termos de conseguir escalonar de forma maior a produção da vacina e sua distribuição”, disse.

Outro fator que muda com a Butanvac é o baixo custo de produção, já que os insumos não precisarão ser importados de outros países e o próprio método torna o processo mais barato.

Fonte: CNN

Continuar lendo SAIBA MAIS SOBRE A VACINA TOTALMENTE DESENVOLVIDA NO INSTITUTO BUTANTAN

PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 26 DE MARÇO DE 2021

Por G1

 

Butantan desenvolve a “Butanvac”, sua própria vacina contra a Covid. O tamanho do colapso: Brasil tem 6,3 mil pacientes infectados na fila por UTI, aponta conselho de secretários. País bate recorde de novos casos, com quase 100 mil em 24 horas. Começam nesta sexta os ‘megaferiados’ na cidade de São Paulo e no estado do Rio de Janeiro. A Polícia Federal investiga se empresários foram vacinados ilegalmente em Minas. O presidente Bolsonaro vai se vacinar? Congresso Nacional aprovou o projeto de lei do Orçamento da União para 2021. Contestado por Câmara e Senado, Ernesto Araújo participa com Bolsonaro de cúpula do Mercosul. ‘E aí, turma AE4?’: entenda mal-entendido de calouros que fez Moro, Maia, Xuxa, Porchat e até atores dos EUA gravarem vídeos de apoio a turmas da FGV.

‘Butanvac

Foto mostra o Instituto Butantan, em São Paulo — Foto: Marcos Santos/USP ImagensFoto mostra o Instituto Butantan, em São Paulo — Foto: Marcos Santos/USP Imagens

O Instituto Butantan avançou no desenvolvimento de sua própria vacina contra a Covid-19, e pedirá autorização à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para iniciar testes clínicos com voluntários.

A nova candidata a vacina será chamada de “Butanvac”, e o objetivo é ter 40 milhões de doses prontas até o fim deste ano.

O governador de São Paulo, João Doria, e o diretor do Butantan, Dimas Covas, darão mais detalhes da vacina nesta sexta-feira (26).

O Assunto

O episódio desta sexta explica por que a vacinação patina na EuropaOuça o podcast:

Bolsonaro irá se vacinar?

Jair Bolsonaro — Foto: REUTERS/Ueslei MarcelinoJair Bolsonaro — Foto: REUTERS/Ueslei Marcelino

O presidente Jair Bolsonaro afirmou a um interlocutor que vai se vacinar contra a Covid-19, informa o colunista do G1 e comentarista da GloboNews Gerson Camarotti. Mas desde que se iniciaram os estudos sobre as vacinas, e os imunizantes começaram a ser produzidos, o presidente disse reiteradas vezes que não iria se vacinar e que somente “imbecil” ou “idiota” o criticaria por isso.

Colapso na saúde

Brasil tem 6.370 pacientes com Covid à espera de um leito de UTI
Brasil tem 6.370 pacientes com Covid à espera de um leito de UTI

6.370 brasileiros com Covid-19 estavam, nesta quinta-feira (25), à espera de um leito de UTI, de acordo com dados do Conselho Nacional de Secretários Estaduais de Saúde (Conass) obtidos com exclusividade pelo Jornal Nacional. Os número dão uma dimensão do impacto nos estados: em São Paulo, são 1.500 pessoas na fila. Em Minas Gerais, quase 714 pessoas. No Rio de Janeiro, 582 e, no Paraná, 501.

O presidente do Conass, Carlos Lula, diz que a situação é dramática e representa um colapso no sistema. E que essa situação vai fazer o número de mortes diárias crescer muito rapidamente.

O ritmo do contágio espanta diante do colapso de sistemas de saúde e a alta de mortes no país. Nesta quinta, o Brasil bateu recorde de casos de Covid: quase 100 mil em 24 horas. Foram registrados mais 2.639 vítimas, e o total chegou 303,7 mil. Dezenove estados e o Distrito Federal estão com alta nos óbitos; veja os dados detalhados.

‘Megaferiado

Passageiros se aglomeram em vagão de trem da Linha 7-Rubi da CPTM nesta segunda-feira (15), primeiro dia da fase emergencial decretada pelo governo do estado — Foto: Roberto Costa/Código19/Estadão ConteúdoPassageiros se aglomeram em vagão de trem da Linha 7-Rubi da CPTM nesta segunda-feira (15), primeiro dia da fase emergencial decretada pelo governo do estado — Foto: Roberto Costa/Código19/Estadão Conteúdo

A antecipação de cinco feriados, anunciada pela Prefeitura de São Paulo, começa a valer nesta sexta, em uma tentativa de aumentar o isolamento social e conter o avanço de casos de Covid na cidade. Apesar de uma sequência de pouco mais de uma semana sem dias úteis, o rodízio vai valer durante o feriado; os bancos não abrem, mas as datas de vencimento das contas continuam. Veja perguntas e respostas sobre a antecipação dos feriados na capital paulista.

O estado do Rio de Janeiro também entra em um “superferiado” de recolhimento a fim de tentar conter o avanço da doença e desafogar os hospitais. Serão 10 dias de recesso, entre feriados criados para este fim e antecipação de folgas até o Domingo de Páscoa (4 de abril). Tire as principais dúvidas.

Vacina VIP

PF e MP investigam empresários de Minas suspeitos de tomar vacina de forma clandestina
PF e MP investigam empresários de Minas suspeitos de tomar vacina de forma clandestina

A Polícia Federal e o Ministério Público Federal vão investigar se empresários do ramo do transporte foram vacinados ilegalmente contra a Covid em Minas Gerais. Segundo reportagem da revista “Piauí”, eles teriam comprado o imunizante por conta própria, fazendo a aquisição antes que os 77 milhões de brasileiros dos grupos prioritários tenham sido vacinados, e sem a doação ao SUS. Cada vacina teria custado R$ 600.

Novos grupos

Frascos da vacina da AstraZeneca contra Covid-19 em centro de vacinação — Foto: REUTERS/Yves HermanFrascos da vacina da AstraZeneca contra Covid-19 em centro de vacinação — Foto: REUTERS/Yves Herman

Ao menos três estados – São Paulo, Espírito Santo e Paraná – anunciaram a previsão de vacinar professores e profissionais da educação entre abril e maio, de acordo com um levantamento feito pelo Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed) a pedido do G1.

Em São Paulo, a imunização dos professores deve ocorrer a partir de 12 de abril. A expectativa é vacinar 350 mil profissionais da educação. A prioridade serão profissionais da educação básica (desde a creche até o ensino médio). No Espírito Santo, a vacinação deve ocorrer a partir de 15 de abril. No Paraná, a previsão é imunizar os docentes até o fim de maio.

Orçamento 2021

Câmara dos Deputados aprova orçamento 2021
Câmara dos Deputados aprova orçamento 2021

Congresso Nacional aprovou o projeto de lei do Orçamento da União para 2021. O texto segue para sanção presidencial e estabelece as receitas e despesas federais previstas para este ano.

Ministro por um fio

Parlamentares aliados do governo fazem pressão pela saída do chanceler Ernesto Araújo
Parlamentares aliados do governo fazem pressão pela saída do chanceler Ernesto Araújo

Contestado por Câmara e Senado, Ernesto Araújo participará com o presidente Jair Bolsonaro da cúpula virtual de comemoração dos 30 anos do Mercosul, bloco que reúne Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai, segundo a agenda oficial do presidente.

Nesta quinta, o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), afirmou que a atuação do Ministério das Relações Exteriores, comandado por Ernesto Araújo, está “muito aquém do desejado”. Na véspera, durante sessão sobre os esforços do Itamaraty para a obtenção de vacinas contra a Covid, ao menos sete senadores pediram ao ministro que deixasse o cargo. Segundo o blog da Andréia Sadi, pressionado por diversos setores da sociedade e após alerta do Congresso, interlocutores do presidente Jair Bolsonaro estão em busca de um nome para a vaga.

Lava Jato

Lula durante pronunciamento na sede do Sindicato dos Metalúrgicos em São Bernardo do Campo, no ABC, nesta quarta-feira (10) — Foto: Amanda Perobelli/ReutersLula durante pronunciamento na sede do Sindicato dos Metalúrgicos em São Bernardo do Campo, no ABC, nesta quarta-feira (10) — Foto: Amanda Perobelli/Reuters

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Luiz Fux, marcou para 14 de abril o julgamento dos recursos contra a decisão do ministro Edson Fachin que anulou as condenações do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na Lava Jato no Paraná. O plenário vai analisar recursos apresentados tanto pela Procuradoria-Geral da República (PGR) quanto pela defesa de Lula.

PGR tenta derrubar a decisão individual de Fachin e restabelecer as condenações – e com isso, a inelegibilidade – de Lula. Já os advogados do ex-presidente recorrem de um dos pontos da decisão de Fachin – que, ao anular os julgamentos, também encerrou 14 processos no STF que questionavam aspectos da condução das investigações na Justiça Federal do Paraná. A defesa pede que essas ações sigam tramitando até que haja decisão definitiva sobre a validade ou não das condenações.

Nova arma

Fotos mostram novo míssil da Coreia do Norte durante teste realizado nesta quinta-feira (25) — Foto: KCNA via REUTERSFotos mostram novo míssil da Coreia do Norte durante teste realizado nesta quinta-feira (25) — Foto: KCNA via REUTERS

Coreia do Norte confirmou o disparo de míssil que tinha sido detectado por militares sul-coreanos. O regime de Kim Jong-un detalhou que os testes foram feitos com um novo “projétil tático guiado” com motor de combustível sólido.

presidente Joe Biden alertou o governo norte-coreano sobre uma possível escalada das tensões com os Estados Unidos ou aliados regionais da Casa Branca, como a Coreia do Sul e o Japão.

“Haverá resposta se eles escolherem escalar [as tensões]. Vamos responder apropriadamente, mas também estou preparado para alguma forma de diplomacia”, alertou Biden.

‘E aí, turma AE4?’

Celebridades gravam vídeos de apoio às turmas de calouros da FGV de SP
Celebridades gravam vídeos de apoio às turmas de calouros da FGV de SP

Os calouros da Fundação Getúlio Vargas (FGV) de São Paulo convenceram celebridades e políticos a gravar vídeos de apoio às turmas após mal-entendido sobre as regras de uma competição entre as salas da faculdade. As mensagens de personalidades como as do ex-juiz Sergio Moro, do deputado federal Rodrigo Maia, da apresentadora Xuxa Meneghel e do humorista Fábio Porchat viralizaram nas redes sociais.

Entenda o caso: o Diretório Acadêmico Getúlio Vargas (DAGV) realiza, todos os anos, uma gincana entre as salas na qual os calouros devem pedir a estudantes integrantes do conselho de torcida da universidade a gravação de vídeos de apoio. São cinco alunos “celebridades” que fazem parte do conselho, e a turma de calouros que conseguir o endosso de mais conselheiros ganha a prova, segundo Marco Koblinsky, presidente do DAGV. No entanto, a brincadeira chamada “prova da cúpula” foi mal compreendida pelos novatos neste ano, que passaram a pedir vídeos de apoio às suas salas para celebridades.

Assassinato no RJ

Flordelis — Foto: Reprodução/TV GloboFlordelis — Foto: Reprodução/TV Globo

Em entrevista a Pedro Bial, a deputada federal Flordelis afirmou que a filha Simone foi a mandante da morte do pastor Anderson – assassinado a tiros em junho de 2019, na garagem da casa da família. Segundo Flordelis, Simone estava doente e era assediada por Anderson:

“Além de estar com câncer, sofrendo com câncer, ela carregava isso sozinha, em silêncio, esses assédios, esses estupros. Ela carregava sozinha, Bial. Não estou defendendo ela, porque não concordo com o que ela fez. Eu discordo 100%. Ela não podia ter feito isso, não é matando que resolvemos os problemas”, disse.

deputada é uma das 11 acusadas pelo crime – ela nega o envolvimento. Segundo o Ministério Público, a parlamentar foi a mandante do assassinato.

Caso Henry Borel

Ex do vereador Doutor Jairinho diz que ele foi violento com filha dela
Ex do vereador Doutor Jairinho diz que ele foi violento com filha dela

Uma ex-namorada do vereador Doutor Jairinho acusa o padrasto do menino Henry de ter sido violento com a filha dela, anos atrás. Ela afirma ainda que recebeu uma ligação do vereador logo após a morte do menino. Essa acusação levou à abertura de uma nova investigação, desta vez na Delegacia da Criança e do Adolescente vítima, no Centro do Rio. A polícia também ouviu o depoimento de uma jovem de 13 anos, que é filha da mulher que teve um relacionamento com o vereador.

Entenda o caso: menino Henry Borel, de 4 anos, chegou morto ao hospital no dia 8 de março. Laudo do IML, segundo peritos ouvidos pela TV Globo, aponta que a criança ‘teve uma morte violenta’. A mãe disse que ouviu barulho de TV e encontrou o filho no chão.

Caos naval

VÍDEO: Meganavio encalha e causa trânsito náutico no Canal de Suez, no EgitoVÍDEO: Meganavio encalha e causa trânsito náutico no Canal de Suez, no Egito

O trânsito segue bloqueado no Canal de Suez, no Egito. A empresa japonesa dona do navio de carga, que encalhou, pediu desculpas pelas perturbações que tem causado no comércio marítimo global. Com 400 m de comprimento – quase a altura do edifício Empire State – e peso de 200 mil toneladas, o navio Ever Given ficou encalhado diagonalmente no local, em meio a uma tempestade de areia e fortes ventos.

O incidente provocou um enorme engarrafamento: formou-se uma fila de mais de 150 navios à espera de passar por Suez, por onde transita cerca de 12% do comércio global – uma vez que o canal conecta o Mar Mediterrâneo ao Mar Vermelho e oferece a rota mais curta entre Ásia e Europa.

Marca do ‘BBB21’

1ª metade do 'BBB21' foi marcada pelos lenços e bandanas dos participantes — Foto: Reprodução/TV Globo1ª metade do ‘BBB21’ foi marcada pelos lenços e bandanas dos participantes — Foto: Reprodução/TV Globo

Lenços na cabeça e bandanas foram os acessórios mais usados pelos participantes do “BBB21” e se tornaram a marca desta edição. Carla Diaz, Viih Tube, Pocah, Thaís e Camilla de Lucas finalizaram os looks muitas vezes com a produção na cabeça, e não foram poucas as noites em que mais de uma participante optou pelo acessório. Já Fiuk lidera o time dos que preferem usar o lenço mais dobrado, no estilo bandana. Os estilistas apontam que a peça é coringa e ajuda a disfarçar quando cabelo não está nos melhores dias. Entenda onde surgiu a tendência.

Maratona on-line 🎭

O grupo Casuarina — Foto: Divulgação / Leo AversaO grupo Casuarina — Foto: Divulgação / Leo Aversa

Os teatros Riachuelo Rio e Prudential irão transmitir neste sábado (27), Dia Mundial do Teatro, e no domingo (28), shows e peças realizados nos espaços desde o início da pandemia. A maratona gratuita estará disponível a partir das 10h de sábado em seus canais do Youtube. Veja programação.

Previsão do tempo

Veja a previsão do tempo para esta sexta-feira (26)
Veja a previsão do tempo para esta sexta-feira (26)
Continuar lendo PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 26 DE MARÇO DE 2021

DADOS ATUALIZADOS DO CORONAVIRUS NO RN

Por G1 RN

 

Evolução dos casos confirmados e mortes por coronavírus no RN
Dados divulgados pela Secretaria Estadual de Saúde através de comunicados e boletins epidemiológicos

O Rio Grande do Norte registra 189.479 casos de Covid-19 desde o início da pandemia. Os mortos pela doença são 4.309 neste mesmo período. Os dados foram atualizados no boletim epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) desta quinta-feira (25). Outros 935 óbitos estão sob investigação.

No comparativo com o boletim de quarta-feira (24)são 60 mortes a mais, sendo 17 ocorridas nas últimas 24 horas – Natal (8), Goianinha (1), Areia Branca (1), São Gonçalo do Amarante (1), Ceará-Mirim (1), Guamaré (1), Macaiba (1), Mossoró (1), Jardim do Seridó (1) e Santa Cruz (1).

Atualmente, 1.098 pessoas estão internadas por causa da Covid-19 no RN, sendo 684 na rede pública e 414 na privada. A taxa de ocupação dos leitos críticos (semi-intensivo e UTIs) é de 90,6% na rede pública e continua em 100% na rede privada. Só nos leitos críticos, os internados são 603.

O estado tem ainda 66.719 casos suspeitos da doença e outros 401.679 descartados. O número de confirmados recuperados segue em 138.506, e o de inconclusivos, tratados como “Síndrome Gripal não especificada”, está em 112.949.

A Sesap informa que 432.039 testes de Covid-19 foram realizados no estado até o momento, sendo 231.390 RT-PCR (conhecidos também como Swab) e 200.649 sorológicos.

Continuar lendo DADOS ATUALIZADOS DO CORONAVIRUS NO RN

PREFEITURA DE NATAL ABRE HOSPITAL DE CAMPANHA NA ZONA SUL DA CAPITAL COM 41 LEITOS PARA PACIENTES DA COVID-19

Por Augusto César Gomes, G1 RN — Natal

 

Prefeitura de Natal abre Hospital de Campanha da Zona Sul — Foto: Alex RégisPrefeitura de Natal abre Hospital de Campanha da Zona Sul — Foto: Alex Régis

A prefeitura de Natal abriu nesta quinta-feira (25) o Hospital de Campanha da Zona Sul. A unidade localizada às margens da BR-101, próxima ao Campus da UFRN, é destinada exclusivamente para atender a pacientes com Covid-19.

Estão disponíveis 41 leitos, sendo inicialmente 33 leitos de enfermaria clínica, quatro semi-intensivos, dois de estabilização e dois de admissão, mas segundo a prefeitura, o prédio tem capacidade para abrigar até 50 leitos.

“Nossas UPAs continuam funcionando, nosso Hospital de Campanha (na Via Costeira) também, e agora temos mais essa unidade à disposição das pessoas acometidas pela Covid-19”, afirmou o prefeito Álvaro Dias durante visita à unidade.

A equipe do hospital conta com médicos plantonistas e intensivistas, 24 enfermeiros, 56 técnicos em enfermagem, fisioterapeuta, assistente social, psicóloga, farmacêutico, técnico em radiologia, servidores da parte administrativa e maqueiros.

“Esse hospital primário tem atendimento voltado a usuários que, ao buscar nossas unidades de pronto-atendimento, Centros Covid ou unidades básicas de saúde, demonstrem algum quadro clínico sugestivo de agravamento. Então, ele pode ser transferido para lá e ter alta depois de alguns dias ou ainda ser levado para lá e depois, caso necessário, ao Hospital de Campanha ou Hospital Municipal de Natal, que são unidades de alta resolutividade”, revelou o secretário municipal de Saúde, George Antunes.

O endereço do hospital é Avenida Senador Salgado Filho, 2993.

Fonte: G1 RN

Continuar lendo PREFEITURA DE NATAL ABRE HOSPITAL DE CAMPANHA NA ZONA SUL DA CAPITAL COM 41 LEITOS PARA PACIENTES DA COVID-19

O INSTITUTO BUTANTAN DESENVOLVEU UMA NOVA FÓRMULA DA VACINA CONTRA COVID-19 E VAI PEDIR AUTORIZAÇÃO DA ANVISA PARA INICIAR FASE DE TESTES

Butantan desenvolve vacina brasileira contra Covid-19 e quer iniciar testes

Instituto ligado ao Governo de São Paulo já é protagonista na vacinação contra a Covid-19 por meio da parceria na produção da Coronavac

Guilherme Venaglia e Sinara Peixoto, da CNN, em São Paulo

 Atualizado 26 de março de 2021 às 02:39

Instituto Butantan

O Instituto Butantan desenvolveu uma nova fórmula de vacina contra a Covid-19. A entidade ligada ao Governo de São Paulo pedirá à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para iniciar a testagem.

O governador João Doria (PSDB) convocou uma entrevista coletiva para a manhã desta sexta-feira (26), ao lado do diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, para dar uma notícia “da ciência, que nos enche esperança na luta contra a Covid-19”. Doria não antecipou o assunto da coletiva.

Diferentemente da Coronavac ou da vacina de Oxford, em que os parceiros nacionais podem produzir uma capacidade limitada de doses, na nova vacina o Instituto Butantan é o principal desenvolvedor dentro de um consórcio e poderá produzir a maior parte dos imunizantes.

A informação do desenvolvimento da vacina, que se chamará Butanvac, foi confirmada pela CNN na noite desta quinta-feira (25). O pedido de autorização para testes contempla as fases 1 e 2 dos estudos, que analisam a segurança e a capacidade de promover resposta imune. A fase da eficácia, na qual as vacinas podem pedir o uso emergencial ou o registro definitivo, é a terceira fase.

O Butantan já é protagonista na vacinação contra a Covid-19 no Brasil com a Coronavac, vacina desenvolvida pela farmacêutica Sinovac. O Instituto Butantan conduziu a testagem do imunizante no país e é o responsável pelo envase do Insumo Farmacêutico Ativo (IFA) que é importado da China.

A vacina já foi cadastrada no sistema da OMS, com as empresas Dynavax e PATH como parceiras. Ao todo, segundo o Ministério da Saúde, há 17 estudos pré-clínicos de vacinas no Brasil.

Vacinação no Brasil

Na terça-feira (23), sem explicar como, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou, em pronunciamento em rede nacional de rádio e TV, que o Brasil conseguirá vacinar toda a população até o fim deste ano. “2021 será o ano da vacinação dos brasileiros”, afirmou o presidente. “As vacinas estão garantidas”, disse Bolsonaro sem detalhar de que forma essa previsão será cumprida.

“Não sabemos por quanto tempo teremos que enfrentar essa doença, mas a produção nacional vai garantir que possamos vacinar os brasileiros todos os anos, independentemente das variantes que possam surgir”, disse. O presidente citou as três vacinas já aprovadas pela Anvisa para uso emergencial ou definitivo: Oxford/AstraZeneca, Coronavac e Pfizer.

Levantamento feito pela CNN, indica que o Brasil aplicou, até essa quinta-feira (25), 18.429.337 de doses de vacinas contra a Covid-19. Foram 13.925,178 primeiras doses e 4.504.159 da segunda etapa.

As informações têm base em dados das Secretarias Estaduais de Saúde, que divulgaram o balanço preliminar da vacinação.

O levantamento é preliminar, pois nem todos os estados e municípios publicam informações sobre a campanha de imunização em sua totalidade.

Por enquanto, apenas os imunizantes da CoronaVac e a da AstraZeneca/Oxford estão em aplicação no Brasil, que aguarda a chegada das doses da Pfizer, já com registro definitivo aprovado pela Anvisa, mas com previsão de entrega em até 3 meses.

Nessa quarta-feira (24), a Janssen, braço farmacêutico da Johnson & Johnson, solicitou à Anvisa o uso emergencial do seu imunizante no país.

Impasse entre gestões

Desde o início da pandemia, o governador de São Paulo, João Doria, e o presidente Jair Bolsonaro criticam um ao outro sobre suas posturas no combate à Covid-19.

Especificamente sobre as vacinas, Doria sempre se mostrou favorável ao desenvolvimento e rápida aplicação de imunizantes no país. Já Bolsonaro, teceu críticas ao longo de quase um ano, principalmente à Coronavac, desenvolvida pelo Butantan em parceria com o laboratório chinês Sinovac.

No entanto, no início de março deste ano, em um evento – usando máscara de proteção contra o vírus –, o presidente mudou o tom defendeu a vacinação e reforçou que o governo “não poupou esforços e recursos” no combate à pandemia do novo coronavírus.

“O Brasil está fazendo a sua parte. O governo federal tem mostrado seu trabalho e já foram entregues vacinas para 100% dos idosos acima dos 85 anos de idade, entre eles, a minha mãe. Até o final do ano teremos mais de 400 milhões de doses disponíveis para os brasileiros”.

Segundo o colunista da CNN Caio Junqueira, Bolsonaro teria sido aconselhado pela ala militar do governo a buscar uma agenda mais positiva na saúde, no momento em que o país vive sua pior fase na pandemia.

A importância de uma vacina nacional

Mesmo com imunizantes de farmacêuticas renomadas e de eficácia comprovada contra a Covid-19, já em aplicação no Brasil, especialistas afirmam ser essencial que o país tenha uma vacina nacional.

O desenvolvimento próprio é importante para baratear os custos da vacinação em massa. Uma vacina brasileira permitiria distribuição mais ampla, rápida e barata da imunização.

A demora na chegada do Ingrediente Farmacêutico Ativo (IFA) em janeiro, por exemplo, gerou atrasos no início da produção da vacina da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e refletiu um problema estrutural da indústria brasileira, segundo o ex-diretor da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) Ivo Bucaresky.

De acordo com relatório da Anvisa, publicado em outubro de 2020, 95% dos insumos usados para produção de remédios no Brasil vêm do exterior.

A maior parte vem da Índia (37%), que trava a liberação de doses da vacina de Oxford compradas pela Fiocruz, e da China (35%).

“Quando estava na Anvisa (2013-2016), previ que isso poderia acontecer, por uma guerra, uma crise diplomática. Veio a pandemia e a questão se impôs. Temos um problema estrutural, porque produzimos muito pouco dos insumos que a indústria farmacêutica usa no Brasil”, afirmou Bucaresky.

Fonte: CNN

Continuar lendo O INSTITUTO BUTANTAN DESENVOLVEU UMA NOVA FÓRMULA DA VACINA CONTRA COVID-19 E VAI PEDIR AUTORIZAÇÃO DA ANVISA PARA INICIAR FASE DE TESTES

ECONOMIA: ONDE COMEÇA E ONDE REALMENTE TERMINA O DIREITO DE CADA INDIVIDUO EM TEMPOS DE LOCKDOWN?

A pandemia do coronavírus gerou uma infinidade de dúvidas e questionamentos sobre o ordenamento jurídico, começando pelo principal deles: onde começa e termina o direito de cada indivíduo? Quando não se tem mais certeza do direito intocável do indivíduo de respirar livremente para atmosfera é sinal que a coisa está muito complicada! Portanto lhe convido a ler o artigo completo a seguir, de autoria de Donald Boudreaux, economista e bacharel em direito, refletir e tirar suas próprias conclusões!

Poderiam ao menos ter a decência de parar com as justificativas bizarras para o lockdown

A questão das externalidades e do direito

 

Embora eu sempre tenha preferido estudar economia a direito, nunca me arrependi da decisão de obter um diploma de direito além do meu diploma de economia.

Ao me expor a detalhes do mundo real que, de outra forma, eu teria perdido, estudar direito melhorou acentuadamente minha capacidade de avaliar políticas e processos econômicos.

Alguns economistas, de alguma maneira, compreendem esses detalhes cruciais sem terem estudado direito formalmente. Dentre estes estudiosos impressionantes temos Armen Alchian, Terry Anderson, Ronald Coase, Harold Demsetz, Thomas Sowell e Bruce Yandle. Mas muitos economistas desconhecem esses detalhes. O resultado, muitas vezes, são análise políticas equivocadas e conselhos irrealistas e contraproducentes.

Tais análises e conselhos ruins são especialmente dominantes quando os economistas escrevem sobre as chamadas “externalidades“.

Externalidades são efeitos causados por terceiros, como quando as ações de Gustavo e Sara têm um impacto sobre o bem-estar de Silas, com Silas não tendo sido consultado por Gustavo ou Sara.

Se este impacto aumenta o bem-estar de Silas, chamamos isso de “externalidade positiva” – como ocorreria, por exemplo, se Sara pagasse a Gustavo para reformar sua casa, aumentando assim o valor de mercado da casa do vizinho Silas.

Se esse impacto piorar o bem-estar de Silas, nós o chamamos de “externalidade negativa” – como ocorreria, por exemplo, se Gustavo, enquanto trabalha na reforma da casa de Sara, fizesse barulhos altos que incomodasse profundamente Silas enquanto este fazia ioga ou estava em uma reunião importante.

Quando economistas encontram exemplos práticos como esses, seu primeiro instinto é lamentar o fato de Sara e Gustavo ignorarem os impactos de suas ações sobre Silas. Já o segundo instinto é descrever as intervenções que o governo deveria fazer para garantir que Gustavo e Sara levassem em consideração esses impactos. Uma recomendação típica normalmente é tributar as pessoas por qualquer barulho irritante causado por seus projetos de reforma domiciliar.

Os economistas reconhecem que os custos administrativos de se impingir tais políticas são, na maioria das vezes, tão altos, que elas se tornam insensatas. No entanto, pelo menos em princípio, muitos economistas estão propensos a concluir que a ausência de tributação sobre barulhos altos da construção civil faz com que muito ruído desagradável seja feito impunemente em horários impróprios.

A sutil genialidade do direito

O direito, no entanto, frequentemente leva em conta tais efeitos de maneiras que os economistas não percebem. A mais importante destas formas reside na maneira específica com que o direito cria – e se recusa a criar – direitos de propriedade.

O padrão resultante e detalhado dos direitos de propriedade é importante.

Na lei anglo-americana, uma pessoa tem direito a uma indenização somente se ela transfere o título de uma propriedade valiosa sem ter tido a intenção de dar um presente (como ocorre em casos de desapropriação), ou se ela sofre a perda de alguma propriedade (ou parte dela) em decorrência das ações de alguém que violou seus direitos de propriedade.

Portanto, o simples fato de que a ação de Sara aumentou o bem-estar de Silas é insuficiente para criar uma obrigação de que alguém pague Sara por sua ação “positiva”.

Da mesma forma, o simples fato de Silas sofrer algum incômodo com o barulho das atividades de construção de Gustavo é insuficiente para justificar a cobrança de um imposto sobre Gustavo por suas barulhentas atividades de construção.

O direito se recusa a impor obrigações em circunstâncias como estas porque reconhece uma característica da realidade que os economistas muitas vezes ignoram.

Ao passo que a economia e o direito entendem que as pessoas, sendo criaturas gregárias, estão sempre causando impactos sobre estranhos, o direito – ao contrário do economista descuidado, um tipo muito comum – reconhece que as pessoas frequentemente interagem repetidamente umas com as outras ao longo do tempo, e o fazem de maneiras que os custos e os benefícios dos efeitos “externos” tendam a se equilibrar para cada pessoa.

O direito, com efeito, reconhece que os custos que Silas sofre hoje com a construção barulhenta de Gustavo na casa de Sara serão compensados por outros benefícios que Silas terá amanhã, como sua própria liberdade de fazer barulho que irritará Sara se e quando ele, Silas, optar por renovar sua casa.

Em outras palavras, naquele cenário em que economistas mais apressados veem “externalidades” – e, portanto, “falha de mercado” –, o direito frequentemente vê as partes compensando umas às outras na forma de atividades práticas.

Por ter suportado o barulho da reforma na casa de Sara, Silas é “indenizado” adquirindo ele próprio o direito de infligir o mesmo tipo de barulho a Sara se e quando ele fizer reformas  no seu imóvel.

O direito também reconhece outra característica desta compensação prática que ocorre ao longo do tempo: tal indenização está embutida nas expectativas sensatas dos membros da comunidade. Se Sara restringir as obras na sua casa a apenas durante a luz do dia, a lei não reconhece o direito de Silas de ficar livre desse barulho. Silas é tratado corretamente como alguém que deve esperar sofrer com tal barulho durante o dia. Da mesma forma, Sara e o reformador de casas Gustavo são tratados como indivíduos que sabem que podem infligir tal barulho à vizinhança apenas durante o dia.

As coisas são diferentes para o período da noite. Se o barulho das marteladas noturnas de Gustavo mantiver Silas acordado (o que afetará profundamente sua produtividade e seu bem-estar no dia seguinte), o direito apoiará a tentativa de Silas de impedir Gustavo de dar marteladas. As pessoas esperam que seus vizinhos tenham a sensatez de não fazer barulhos altos à noite.

Identifique os direitos de propriedade

As expectativas sensatas das pessoas dão origem a direitos de propriedade. Nenhum direito de propriedade de Silas é violado pelas marteladas barulhentas de Gustavo ao meio-dia; já um direito de propriedade muito real de Silas é violado pelas fortes marteladas de Gustavo à meia-noite.

Esta distinção deveria ser, mas frequentemente não é, reconhecida pelos economistas. O que esta distinção significa é que uma externalidade genuína existe apenas quando há uma violação dos direitos de propriedade de alguém.

Se um homem chega perto de mim calçando sandálias, qualquer desconforto que eu possa sentir por não gostar de ver um homem de sandálias não é uma externalidade, mesmo que eu possa provar objetivamente que minha angústia e meu desconforto ao ver tal cena são intensos. Dado que este indivíduo o direito de usar sandálias em público, e considerando que devo esperar me deparar de vez em quando com homens calçado sandálias, este sujeito não me prejudicou de nenhuma forma jurídica, econômica ou ética.

Em outras palavras, apesar da minha aversão a homens trajando sandálias, o fato de um homem usar uma sandália em público não viola aquilo que os libertários chamam de “princípio da não-agressão“. (O princípio de não-agressão diz que os indivíduos devem ser livres para fazer o que quiserem, desde que não agridam terceiros inocente e não-agressivos.)

O fato de que a lei protege os direitos de propriedade contra efeitos externos criados por terceiros não permite saltos de lógica. Uma pessoa não pode simplesmente sair gritando que “As ações de Sara afetam negativamente um terceiro, que é Silas!” para então concluir “Silas tem o direito ético, e também deve ter o direito legal, de usar coerção, se necessário, para evitar que Sara o afete negativamente!”

A respiração sem máscara em público é uma agressão contra terceiros inocentes?

A relevância desta distinção entre os efeitos de terceiros que violam os direitos de propriedade de outra pessoa e os efeitos de terceiros que não violam é especialmente crucial hoje.

Muitos economistas defendem lockdowns, decretos que impõem o uso de máscara e outras restrições voltadas para combater a Covid-19 como meios cientificamente “objetivos” de lidar com as externalidades.

Da mesma forma, até mesmo alguns libertários justificam lockdowns e outras restrições como sendo não apenas consistentes com o princípio da não-agressão, como, mais ainda, uma consequência direta deste princípio.

No entanto, a pergunta relevante não é: “Se Sara respirar em público sem máscara, estará ela afetando física ou psicologicamente o terceiro e inocente Silas?”.

A pergunta relevante é: “Se Sara respirar em público sem máscara, estará ela violando algum dos direitos de propriedade de Silas?”

A resposta à primeira pergunta é irrelevante; a resposta à segunda pergunta é o que realmente importa.

Somente se a resposta a esta segunda pergunta for “sim”, um economista deve concluir que uma externalidade está em andamento; apenas se a resposta a esta segunda pergunta for “sim”, um libertário deve concluir que Sara está agredindo Silas.

Logo, o que podemos dizer sobre a Covid?

Até março de 2020, nenhum cidadão tinha como um “direito de propriedade” estar livre do risco de exposição a patógenos carregados por indivíduos assintomáticos que continuavam vivendo sua rotina diária. Dado que cada um de nós sempre, e inevitavelmente, expeliu para o ar que respiramos bactérias e vírus que potencialmente prejudicam – e às vezes matam – outras pessoas, a vida como a conhecemos nunca poderia existir se cada um de nós tivesse o “direito de estar livre dessas bactérias e vírus espalhados por outras pessoas”.

Ninguém jamais esperou se tornar livre de tal exposição. Ninguém jamais teve o direito de se tornar livre dessa exposição.

Sendo assim, tem de haver pelo menos uma presunção de que esta mesma regra se aplica ao SARS-CoV-2. Deveria haver pelo menos a presunção de que cada um de nós continua a usufruir o direito legal e ético de continuar cuidando de nossas vidas, de continuar trabalhando, de continuar circulando e até mesmo de continuar mantendo nossos afazeres sem o uso obrigatório de máscaras, não obstante o fato físico de que, ao fazê-lo, corremos o risco de transmitir o vírus a outras pessoas.

Talvez essa presunção seja, como dizem os advogados, “refutável”. Pode ser. Porém, da mesma maneira, posso também “refutar” crenças antigas e enraizadas. Se o jogo é esse, posso também “provar” que uma simples respiração em público configura violação de propriedade.

Por exemplo, com algum esforço, eu consigo imaginar o surgimento de um patógeno extremamente contagioso e extremante letal para todas as faixas etárias. No entanto, se for comprovado que este patógeno pode ser evitado com relativo sucesso por algumas semanas de lockdown rigoroso, então acabou-se de ser criado um argumento plausível que refuta a arraigada presunção de que nenhum direito de propriedade é violado quando estranhos respiram ar em público.

Ou seja, neste cenário, ou as pessoas ficam trancadas em casa, ou elas se tornam criminosas por estarem respirando em público. Logo, criou-se um cenário em que respirar em público atenta contra um direito de propriedade criado ad hoc.

E é isso o que estamos vivendo hoje.

Lockdowns ignoram conceitos básicos de externalidade

Não só a gravidade do SARS-CoV-2 dificilmente chega a um nível que justifique uma mudança tão grande na lei e na ética, como também ignoraram a antiga regra de que nenhum direito de propriedade é violado pela respiração de outras pessoas que estão levando suas vidas normais.

Repentinamente, há um ano, o medo histérico de Covid – e o irresponsável incitamento desse medo por políticos e a mídia – fez com que as pessoas simplesmente esquecessem que ninguém tem “o direito” de ficar livre do ar respirado por outros.

Ademais, como já foi explicado na mais importante análise sobre externalidades já escrita — O Problema do Custo Social, de Ronald Coase —, externalidades são bilaterais. Você só irá conseguir me afetar se eu estiver na posição de ser afetado por você. Em termos práticos, isso significa que há mais de uma maneira de reduzir as chances de as pessoas serem contaminadas pelo coronavírus: você pode tomar medidas para reduzir o seu risco de me infectar, ou eu posso tomar medidas para reduzir o meu risco de ser infectado por você.

Esta realidade, no entanto, é totalmente ignorada por aqueles que clamam para que toda a população seja colocada em lockdown e drasticamente altere seu comportamento.

Por que presumir que as medidas corretivas devem ser tomadas por aqueles rotulados de “espalhadores do vírus” (a esmagadora maioria dos quais em perfeita saúde) e não por aqueles que realmente estão no grupo de risco de sofrerem seriamente caso sejam contaminados? Nunca foi apresentada uma resposta satisfatória para isso.

Exige-se que os saudáveis e aptos sejam trancados em casa e proibidos de trabalhar e circular (tendo suas vidas destruídas), e ignora-se que o real grupo de risco também pode tomar medidas para se proteger das externalidades negativas.

Não faz sentido nenhum — nem em termos legais, nem em termos econômicos — proibir toda a população de circular e de trabalhar (e, consequentemente, de ganhar seu próprio sustento) com o intuito de evitar que pessoas de uma determinada faixa etária sejam contaminadas por um vírus.

Deve-se defender que estas pessoas adotem medidas para se proteger das externalidades de terceiros, e não que terceiros tenham suas vidas destruídas em troca de não respirarem sobre pessoas que podem e devem se proteger.

Qualquer pessoas temerosa de ser contaminada tem a liberdade de ficar em casa. Mas ela não tem o direito de proibir outras de manterem sua rotina diária. E tampouco de proibi-las de respirar em público.

Para concluir

Economistas cientificamente falhos e pró-lockdown exclamam “Reduzam as externalidades!”. Libertários com um fraco comprometimento com a liberdade juram serem os verdadeiros defensores da liberdade ao repetir, ininterruptamente, que “devemos honrar o princípio da não-agressão!”.

Mas nem esses economistas nem esses libertários dedicaram algum tempo para considerar os detalhes complexos do mundo real a partir dos quais os direitos dos indivíduos emergem e nos quais esses direitos estão enraizados e definidos.

Em sociedades livres, o potencial impacto negativo de Sara no bem-estar da terceira parte Silas nunca foi considerado uma razão suficiente para impedir coercivamente que Sara aja de maneiras que se acredita darem origem a esse impacto negativo. Qualquer uma dessas regras teria paralisado completamente a sociedade no momento em que foi adotada.

Infelizmente, essa regra foi adotada – ou, na verdade, imposta com violência – em 2020. E é de se temer que essa regra destrutiva permanecerá conosco por muito tempo.

Fonte: Mises Brasil

Continuar lendo ECONOMIA: ONDE COMEÇA E ONDE REALMENTE TERMINA O DIREITO DE CADA INDIVIDUO EM TEMPOS DE LOCKDOWN?

DADOS ATUALIZADOS DO CORONAVIRUS NO RN

Por G1 RN

 

Evolução dos casos confirmados e mortes por coronavírus no RN
Dados divulgados pela Secretaria Estadual de Saúde através de comunicados e boletins epidemiológicos

O Rio Grande do Norte tem 188.428 casos de Covid-19 desde o início da pandemia. Foram registradas 4.249 mortes provocadas pela doença no estado, de acordo com o boletim epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) desta quarta-feira (24). Outros 918 óbitos estão sob investigação.

No comparativo com o boletim de terça-feira (23)são 40 mortes a mais, sendo 11 ocorridas nas últimas 24 horas em Natal (4), Mossoró (2), Serra negra do Norte (1), Santa Maria (1), São Paulo do Potengi (1), Janduís (1) e Santa Cruz (1).

Atualmente, 1.095 pessoas estão internadas por causa da Covid-19 no RN, sendo 673 na rede pública e 422 na privada. A taxa de ocupação dos leitos críticos (semi-intensivo e UTIs) é de 90,6% na rede pública e continua em 100% na rede privada. Só nos leitos críticos, os internados são 603.

O estado tem ainda 67.408 casos suspeitos da doença e outros 400.357 descartados. O número de confirmados recuperados segue em 138.506, e o de inconclusivos, tratados como “Síndrome Gripal não especificada”, está em 112.950.

A Sesap informa que 430.317 testes de Covid-19 foram realizados no estado até o momento, sendo 229.952 RT-PCR (conhecidos também como Swab) e 200.365 sorológicos.

Números do coronavírus no RN

  • 188.428 casos confirmados
  • 4.249 mortes
  • 67.408 casos suspeitos
  • 400.357 casos descartados
  • 138.506 confirmados recuperados

Fonte: G1 RN

Continuar lendo DADOS ATUALIZADOS DO CORONAVIRUS NO RN

DADOS ATUALIZADOS DO CORONAVIRUS NO RN

Por G1 RN

 

Evolução dos casos confirmados e mortes por coronavírus no RN
Dados divulgados pela Secretaria Estadual de Saúde através de comunicados e boletins epidemiológicos

O Rio Grande do Norte registrou 186.841 casos de Covid-19 desde o início da pandemia. A doença vitimou 4.209 pessoas no estado. Outros 901 óbitos estão sob investigação. Os dados estão no boletim epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) desta terça-feira (23).

Em relação ao boletim de segunda-feira (22)são 41 mortes a mais, sendo 12 ocorridas nas últimas 24 horas em Natal (5), Parnamirim (2), Assú (1), Santa Maria (1), São José do Campestre (1), São Tomé (1) e Cabedelo-PB (1).

O número de internados por causa da Covid no estado subiu e chegou a 1.102.

São 661 pacientes na rede pública e 441 na privada. A taxa de ocupação dos leitos críticos (semi-intensivo e UTIs) é de 92,3% na rede pública e continua em 100% na rede privada. Só nos leitos críticos, os internados são 598

O RN tem ainda 65.157 casos suspeitos da doença e outros 397.629 descartados. O número de confirmados recuperados segue em 138.506, e o de inconclusivos, tratados como “Síndrome Gripal não especificada”, está em 112.950.

O boletim da Sesap aponta ainda que 428.548 testes de Covid-19 foram realizados no estado até o momento, sendo 229.122 RT-PCR (conhecidos também como Swab) e 199.426 sorológicos.

Números do coronavírus no RN

  • 186.841 casos confirmados
  • 4.209 mortes
  • 65.157 casos suspeitos
  • 397.629 casos descartados
  • 138.506 confirmados recuperados

Fonte: G1 RN

Continuar lendo DADOS ATUALIZADOS DO CORONAVIRUS NO RN

GOVERNO DO ESTADO EM PARCERIA COM A PREFEITURA DE SÃO GONÇALO DO AMARANTE ABRE 20 NOVOS LEITOS PARA PACIENTES DA COVID-19

Governo do RN e prefeitura abrem 20 leitos em São Gonçalo do Amarante

24 mar 2021

Governo do RN e Prefeitura abrem 20 leitos em São Gonçalo do Amarante - Rádio 98 FM Natal

A rede pública de saúde do Rio Grande do Norte incorporou nesta terça-feira (23) mais 20 leitos para atendimento de pacientes Covid, com a entrada em funcionamento de 10 leitos de UTI e 10 clínicos no Hospital de Campanha de São Gonçalo do Amarante. A ação é parte do esforço para ampliar a rede de atendimento, que hoje conta com mais de 700 leitos espalhados por todas as regiões. O valor total previsto para ser aplicado na unidade em 90 dias é de R$ 4,6 milhões.

A gestão do hospital é compartilhada entre o Governo do RN, que financia 70% do serviço, e a Prefeitura de São Gonçalo do Amarante, responsável por organizar o hospital e complementar o investimento. Os leitos serão operados por 131 profissionais contratados para atuar no hospital.

O ato simbólico de abertura da nova unidade foi realizado, de forma virtual, na tarde desta terça-feira, com a presença da governadora Fátima Bezerra, do vice-governador Antenor Roberto, de secretários estaduais, do prefeito Paulo Emídio e equipe e de representantes de conselhos de saúde.

“A expansão de leitos é necessária e muito importante, tanto que já disponibilizamos mais de 750 leitos para pacientes com Covid no Rio Grande do Norte. E continuaremos expandindo, porque é nosso dever trabalhar incansavelmente para salvar vidas. Mas também é importante não esquecer: o que barra a doença são medidas para deter a transmissão do vírus, é o aumento do isolamento social”, disse a governadora. Ela anunciou a abertura de mais 12 leitos de UTI, amanhã (24) no Hospital da Liga na região  do Oeste.

Fátima lembrou que o Governo está adquirindo vacinas para ampliar a cobertura no Rio Grande do Norte e exortou a população a colaborar com as medidas restritivas para que o RN possa sair o quanto antes da situação em que se encontra. “Todos somos a favor da vida, da saúde, do emprego, da economia. O inimigo em comum que temos de combater agora é o coronavírus. Quero registrar minha gratidão a todos que estão nesta luta. Viva o SUS, viva a gestão tripartite. Todos nós de mãos dadas, trabalhando para salvar vidas”, completou.

Parceiro do Governo na iniciativa, o prefeito de São Gonçalo do Amarante, Paulo Emídio de Medeiros, defendeu a união de toda a sociedade no enfrentamento da pandemia. “Esta é uma luta em que não podemos divergir. Os municípios de todo o país, os empresários, demais segmentos, todos, todos nós, devemos dar as mãos, procurando, cada um, dar sua contribuição.”

No início da solenidade foi realizado o ato de desbloqueio para que os leitos pudessem ser incorporados ao Regula RN. Meia hora depois, informou a secretária-adjunta da Saúde Pública, Maura Sobreira, que já havia sete pacientes regulados, que devem chegar ao hospital de campanha em breve.

A abertura das novas vagas integra a estratégia da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) para aliviar a pressão no sistema de saúde pública da Região Metropolitana de Natal. “A Sesap e o Governo estão fazendo um grande esforço para abrir novos leitos, mas precisamos do apoio da população. É preciso lembrar que a expansão de leitos por si só não basta. A população precisa cumprir o isolamento social, a higienização e, principalmente, evitar aglomerações”, disse Maura Sobreira.

Desde o início de março, a Sesap ampliou a rede de leitos Covid com novos leitos em Natal, Mossoró, Apodi e Caicó. Outros leitos ainda deverão ser abertos na Região Metropolitana dentro dos próximos dias.

Também participaram da solenidade, os secretários Jaime Calado (Desenvolvimento Econômico), que já foi prefeito de São Gonçalo; Fernando Mineiro (Segri – Pacto pela Vida); Cipriano Maia (Saúde); Socorro Batista (adjunta do Gabinete Civil); promotora de Justiça Rosane Moreno, representando o Ministério Público; Jalmir Simões, secretário de saúde de São Gonçalo; Vilma Sampaio (Conselho Estadual de Saúde) e Maria Eliza, representando os gestores de saúde do RN.

Fonte: Política em Foco
Continuar lendo GOVERNO DO ESTADO EM PARCERIA COM A PREFEITURA DE SÃO GONÇALO DO AMARANTE ABRE 20 NOVOS LEITOS PARA PACIENTES DA COVID-19

Fim do conteúdo

Não há mais páginas para carregar