Blog do Saber, Cultura e Conhecimento!

RIGOR E DISCIPLINA SÃO AS PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS DA EDUCAÇÃO NA CHINA

Disciplina e rigor: conheça o sistema de ensino chinês

País asiático atrai meio milhão de estudantes em intercâmbio anualmente e aposta no multiculturalismo

EDUCAÇÃO

 Karla Dunder, do R7

Sistema de ensino na China exige disciplina e comprometimento dos alunosSistema de ensino na China exige disciplina e comprometimento dos alunosDAVID KIRTON/REUTERS – 20.04.2021

Rigor e disciplina são as principais características da educação na China, país que tem se destacado em exames como o Pisa (Programa Internacional de Avaliação de Estudantes) e atraído meio milhão de intercambistas todos os anos. O sistema de educação chinês tem chamado a atenção de todo o mundo e em especial dos brasileiros após a abertura da Escola Chinesa Internacional na cidade do Rio de Janeiro.Na prática, a organização do sistema de ensino do país asiático não é muito diferente do brasileiro. A duração dos ciclos de estudo, fundamental e ensino médio, também é de 12 anos. “O que realmente muda é a atitude dos chineses com relação à educação: eles se envergonham da ignorância”, destaca o professor da UERJ (Universidade do Estado do Rio de Janeiro) e sinólogo, André Bueno.Desde o final da década de 1970, o governo chinês faz investimentos massivos em educação. Novas escolas foram construídas, instalações existentes foram reformadas e o sistema foi reformulado para aumentar a qualidade. O resultado é uma taxa de alfabetização em torno de 94% entre os chineses.

“Numa nação extremamente competitiva, os pais querem que seus filhos sejam bem-sucedidos, costumam ir até a escola para ver se os filhos estão se comportando e se estão estudando”, explica Bueno.

Além da pressão da família, o sistema é bem rígido e a metodologia é marcada por memorização e repetições. Os profissionais da educação são muito valorizados por lá e contam com alunos dedicados dentro e fora das salas de aulas.

“O professor tema profissão mais valorizada do país e os alunos estão sempre estudando, não é raro ver muitos estudantes na sala de aula nos intervalos lendo livros, passam o dia na escola e estudam a noite e aos fins de semana se dedicam a aprender instrumentos musicais”, conta Daniel Veras, pesquisador do Núcleo de Estudos Brasil-China da FGV Direito Rio e ex-professor de uma universidade chinesa.

Para ingressar em uma universidade na China, os estudantes fazem o Gaokao, uma longa prova dividida em dois dias, assim como o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio). Na última edição, 10 milhões de candidatos se inscreveram, número que quase supera a população de Portugal, que é de 10, 2 milhões de habitantes.

Após passar por essa seleção, os estudantes rumam para as universidades, considerado um trampolim para um bom emprego no futuro. A estrutura das instituições chinesas se assemelha com às das norte-americanas com campi amplos e bem cuidados. A maioria dos universitários mora nos domitórios e a dedicação é em período integral, uma realidade muito distante para a maioria dos estudantes do ensino superior brasileiros.

“Muitos se espantavam quando eu dizia que no Brasil as pessoas trabalhavam durante o dia e estudavam à noite, para eles isso é impossível”, conta Veras.

Alunos estrangeiros

A China também se tornou um dos principais destinos de estudantes intercambistas e o governo chinês tem patrocinado bolsas de estudo.

“O aluno estrangeiro tem a oportunidade de conhecer a cultura chinesa, a maneira como eles vivem e esses estudantes acabam se tornando representantes da China em seus países de origem”, explica Bueno.

Nessa linha, a Escola Internacional Chinesa é a primeira do mundo com o aval do consulado. O sistema é trilíngue, os estudantes aprendem em mandarim, inglês e português. A escola segue as diretrizes do MEC (MInistério da Educação), mas também se baseia no currículo chinês.

“A escola oferece um ambiente multicultural, expande o olhar para a cultura chinesa, oferecendo uma visão mais ampla sobre o país”, conclui Veras.

Fonte: R7
Continuar lendo RIGOR E DISCIPLINA SÃO AS PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS DA EDUCAÇÃO NA CHINA

BOAS NOTÍCIAS: AS VEZES SÃO NECESSÁRIAS ALGUMAS PERDAS PARA DESCOBRIRMOS A NOSSA VERDADEIRA MISSÃO

A história que você vai ver no artigo a seguir é a mais claro e cristalino exemplo de que, às vezes, levamos uma vida inteira para descobrir qual a nossa verdadeira missão, o nosso verdadeiro talento único e invariavelmente passa pelo sofrimento  e pela dor. Mas a boa notícia é que ao encontrarmos essa resposta verificamos que para conquistarmos essa nova realidade passamos por perdas irreparáveis, mas essa conquista, essa nova realidade suplanta e muito, em todos os aspectos a situação anterior. Leia o artigo a seguir, reflita e tire suas conclusões!

Ao aprender a usar a  após um derrame, Chen Lie, de 60 anos, descobre que é uma pintora especialista

Aos 60 anos, Chen Lie sofreu um derrame hemorrágico que chegou “sem meu convite ou permissão”. Mas a paralisia temporária de todo o lado direito deu-lhe a oportunidade de florescer no lado esquerdo.

Sem convite ou expectativa, uma nova habilidade surpreendente mudaria sua vida.

Como parte de sua recuperação, ela teve que reaprender como fazer tudo – desde escovar os dentes até usar um garfo ou caneta – com a mão esquerda, resultando em muita frustração.

Um dia, em um acesso de tédio, e pela primeira vez na vida, ela pegou um dos pincéis do neto e começou a colocar cor na tela. A felicidade amanheceu em Chen, pois de repente ela podia pintar lindos cenários naturais, apesar de nunca ter pintado ou praticado um dia em sua vida.

“Eu nunca peguei o pincel antes”, disse Chen à Good News Network . “Não tinha mais nada para fazer, então peguei no pincel e tentei colocar a cor no papel.”

A pincelada

Depois de seu derrame em 2017, Chen concluiu a terapia com paciente internado no Texas antes de se mudar para Nova York para se inscrever em um programa experimental de terapia robótica assistida no Feinstein Institutes for Medical Research em Long Island no final de 2018.

O braço robótico essencialmente permitiu que Chen completasse muito mais repetições na fisioterapia do que seria possível sem ele, permitindo que ela recuperasse o movimento mais rápido.

“Cada vez que recuperávamos algo [durante a reabilitação], contávamos a eles as boas notícias”, disse Chen. “Eles pensaram que era uma maravilha que eu pudesse fazer algo como pintar.”

Chen – cujos pintores favoritos incluem o amado Bob Ross da América – completou incríveis 500 pinturas até hoje. Durante o mês de maio, que é o National Stroke Awareness Month, ela está pintando um todos os dias e postando uma foto em sua página de artista profissional / defesa no Facebook, Stroke of Hope , para ajudar a aumentar a conscientização.

“Na verdade, no começo eu só colocava as cores na tela e depois quanto mais eu fazia, eu lia sobre como pintar, li sobre a cor; é muita pesquisa para eu fazer ”, diz Chen, que considera isso algo como uma ocupação neste momento.

“Ganhei muito conhecimento, então, além da pintura à mão, o cérebro fica pensando; é bom para as vítimas de derrame não deixar o cérebro descansar; Continue pensando; continue procurando pelo conhecimento. ”

Um golpe de esperança

A influência de Bob Ross pode ser vista em um vídeo profissional feito por sua família contando sua história, enquanto ela usa “o velho pincel em leque”, como o próprio homem gentil costumava dizer, para pintar sem esforço árvores perenes cobertas de neve.

Pintura de Chen Lie, Stroke of Hope – FB

A primeira postagem que ela fez no Facebook foi de uma imagem de Cabo San Lucas na Cidade do México, que ela descreveu como “no topo da minha lista de viagens”.

“Nunca a vi pintar”, diz a filha de Chen, Liana. “Enquanto crescia, ela sempre estava ocupada trabalhando, eu nunca nem a vi ter um minuto para fazer qualquer um de seus hobbies. E agora, após o derrame, é bom vê-la fazendo algo que ama. ”

“É como um trabalho para ela! Ela vai sentar-se de manhã cedo, cinco dias por semana, a dedicação é tão real e tão forte que ela vai sentar de manhã, fazer uma pausa [para o almoço], descansar um pouco e voltar a isso ”, ela disse ao GNN.

Stroke Awareness Oregon havia contatado a família para ver se era possível incluir em um leilão algumas de suas pinturas para arrecadar dinheiro para programas de conscientização e resposta rápida para vítimas de derrame no estado.

“Vai para uma boa causa, que é o que o sonho da mamãe realmente é com o golpe de esperança, realmente espalhar a palavra de que não acaba depois que você tem o derrame.” disse Liana.

ASSISTIR suas histórias inspiradoras e algumas pinturas …

Continuar lendo BOAS NOTÍCIAS: AS VEZES SÃO NECESSÁRIAS ALGUMAS PERDAS PARA DESCOBRIRMOS A NOSSA VERDADEIRA MISSÃO

REFLEXÃO: SENTIMENTO + PENSAMENTO = EMOÇÃO

Somos todos feitos de pensamentos e sentimentos. O sentimento sem qualquer significado atribuído a ele pela mente é um sentimento puro,  sem pensamento. Essa é a distinção mais importante entre emoção e sentimento. Emoção é Quando a nossa mente atribui um significado ao sentimento com um pensamento, ai temos a Emoção. E quando você reúne pensamento e sentimento na mesma direção cultiva a semente da autoconfiança, floresce a árvore da automotivação e colhe os frutos da autoestima. O texto a seguir nos trás essa belíssima REFLEXÃO, que convido você a fazer!

Reúna pensamentos e sentimentos na mesma direção.

 

Controle-se, envolva-se de coragem e determinação, seja disciplinado e leal a seus objetivos, use sua perseverança e criatividade para lhe direcionar.

Esse obstáculo possui um ponto de ruptura, onde ele é suscetível de superação, identifique essa vulnerabilidade.

Acredite em si, e faça o seu máximo até contornar essa circunstância.

Creia que é possível e será!

Cultive a semente da autoconfiança, floresça a árvore da automotivação, colha os frutos da auto-estima, você é um excelente administrador dos seus próprios sentimentos, seus princípios são todos excelentes!

Honestidade e humildade são preciosidades a serem aplicadas a si também, elas fornecem uma ótima base de equilíbrio e harmonia interior.

Deus te entregou o pleno domínio sobre essas aptidões, elas possuem as chaves que destravam as portas para a enorme capacidade que possui, ou seja, você é valioso e precisa mergulhar inteiramente neste mar de talentos!  Só necessitas se permitir explorar suas potencialidades!

Hoje é mais uma oportunidade incrível para isso, Deus te entrega um novo dia para que recomece suas descobertas internas, e assim, restaurar seus objetivos.

Mantenha pensamentos positivos e otimistas, eles possuem uma energia extraordinária, faça bom uso destas capacidades, investigue os sentimentos que estão acompanhados desses raciocínios, e aglutine-os para atingir seus objetivos.

Assim como naquela brincadeira de cabo de guerra, onde todos precisam puxar em uma mesma direção, seus pensamentos, emoções, palavras e atitudes necessitam estar sincronizados em um mesmo propósito, e desta forma, será possível superar as adversidades até atingir o ápice, ou seja, a união potencializa os resultados.

Entretanto, para que essa união, seja infinitamente maior, precisa estar presente o divino Deus, o senhor criador do universo, a sua companhia é essencial para toda conquista, desde a menor até as enormes, logo, fortaleça essa aliança através da fé e do seu empenho em materializar seu sonho.

Circunstâncias adversas, fazem parte do processo da vida, até mesmo a chuva antes de cair no solo, passa por contrariedades, as nuvens sofrem com os fortes ventos empurrando-as de lado para o outro, hora para cima e para baixo, são rasgadas pelos potentes relâmpagos, precisam sair do estado gasoso e passar ao estado líquido, tudo isso em curto período de tempo, e as vezes é tão rápido o processo, que fica incompleto e nos chega em forma de granizo.

Essa é a natureza, nos mostrando que até mesmo a chuva, passa por obstáculos, porém, são casos esporádicos e perfeitamente superáveis. Isso significa que você também irá vencer as adversidades que encontrar, só precisa acreditar em si e em Deus, por isso que é tão importante fortalecer essa aliança com o divino.

Por isso seja destemido e ousado, mostre a fortaleza que é! Hoje é o seu grande dia!

Autor: Reginaldo Rodrigues

Fonte: Leve Consciência

Continuar lendo REFLEXÃO: SENTIMENTO + PENSAMENTO = EMOÇÃO

REFLEXÃO: SEM UMA VONTADE FIRME APLICADA NA CORREÇÃO DO PRÓPRIO COMPORTAMENTO, NINGUÉM AVANÇA

Nesta sexta-feira temos uma REFLEXÃO a fazer nesta coluna sobre o maior inimigo do Ego e da Zona de Conforto, que se chama DISCIPLINA. O belo e bem escrito artigo a seguir fala sobre a virtude da disciplina. Como ela pode nos ajudar na nossa performance pessoal e, sendo assim ajudando a alcançarmos a nossa melhor versão. Portanto, convido você a ler esse texto maravilhoso e tomar uma injeção de ânimo para alcançar esse objetivo maior!

Disciplina para uma vida virtuosa - Dolores Bordignon

A virtude da disciplina

Certas palavras e expressões às vezes têm seu sentido deturpado ou reduzido.

Assim ocorre com a disciplina, frequentemente entendida como submissão a um agente externo.

O termo remeteria à ação que sujeita a vontade de outrem.

Por exemplo, o pai que disciplina seu filho ou o comandante que conduz suas tropas sob um regime disciplinar severo.

Embora a disciplina sob o aspecto exterior seja necessária, ela a tal não se circunscreve.

Na realidade, é sob o prisma interno que a disciplina revela seu mais rico potencial.

Trata-se de uma virtude que viabiliza a aquisição de todas as outras.

Sem disciplina, não há avanço e transformação moral e intelectual.

A criatura indisciplinada permanece como sempre foi.

Seus vícios e debilidades não encontram firme oposição e os mesmos erros são incessantemente repetidos.

A disciplina atua no plano da vontade.

Ela estabelece regras e define como deve ser o comportamento futuro.

O homem disciplinado diz a si mesmo que deve fazer e se mantém firme no propósito.

Mesmo contra seus interesses e tendências naturais, segue o programa de melhoramento que se impôs como meta.

A disciplina consiste em uma força interior que permite a alteração de velhos hábitos.

Não se trata apenas de decidir ser melhor, mas de colocar em prática o que se decidiu.

Certamente há vacilos, mas logo o homem disciplinado retoma seu projeto inicial.

Ele não se permite desistir, quando percebe a viabilidade da meta que elegeu para si.

Todos os Espíritos, atualmente vinculados à Terra, já passaram por incontáveis encarnações.

No longo processo de aprendizado, cometeram muitos equívocos e desenvolveram maus hábitos.

Certas tendências do pretérito remoto ainda hoje se fazem presentes nos homens.

Nos primórdios da evolução, o Espírito era despido de cogitações intelectuais e morais mais complexas.

As preocupações do ser resumiam-se à preservação da vida e à perpetuação da espécie.

O tempo não gasto com a satisfação dessas necessidades era dedicado ao ócio.

Assim, o gosto excessivo pelo descanso lembra as fases primitivas da existência imortal.

O mesmo ocorre com a preocupação desmedida com alimentação e sexo.

Nada há de errado com a satisfação das necessidades elementares da vida, em um contexto de dignidade.

O vício reside no excesso e na fixação do pensamento em atividades que são meramente instrumentais.

A destinação do Espírito humano é excelsa.

Compete-lhe vencer a si mesmo, libertar-se de hábitos primários e preparar-se para experiências transcendentais do intelecto e do sentimento.

Ocorre que isso somente é possível com muita disciplina.

Sem uma vontade firme aplicada na correção do próprio comportamento, ninguém avança.

Maus hábitos, como maledicência, gula, preguiça e leviandade sexual, não somem por si sós.

Eles devem ser corajosamente enfrentados e subjugados.

O abandono de vícios é lento e doloroso.

No princípio, o esforço necessário é hercúleo.

Mas gradualmente se percebe o peso que representam as más tendências.

Surge uma sensação de liberdade e de leveza, com a adoção de um padrão digno de comportamento.

Então, o que era difícil se torna fácil e prazeroso, pois a disciplina gera a espontaneidade.

Pense nisso.

Redação do Momento Espírita

Fonte: Momento de Reflexão

Continuar lendo REFLEXÃO: SEM UMA VONTADE FIRME APLICADA NA CORREÇÃO DO PRÓPRIO COMPORTAMENTO, NINGUÉM AVANÇA

AUTOCONHECIMENTO: AUTODESAFIO COMO FERRAMENTA PARA A EXPANSÃO DA CONSCIÊNCIA

Na coluna AUTOCONHECIMENTO desta quinta-feira trago um texto que foi um achado. Este texto que quase um ressumo do meu novo livro, “Coração, Intuição e Gratidão, um atalho para a vida plena”, e explica didaticamente, através de uma grande ferramente chamada “Autodesafio”, como expandir a consciência e alcançar a vida plena. Um texto fascinante e altamente esclarecedor que trata de conhecimento, autoajuda, autocontrole, autoestima, desenvolvimento pessoal, desenvolvimento espiritual,  disciplina, sabedoria, zona de conforto, sabedoria e expansão da consciência. Portanto, não deixe de ler atenciosa o texto a seguir!

Autodesafio: conheça esta ferramenta de evolução física, mental e espiritual!

Pés parados em cima de faixa amarela.

Autodesafios são pequenas práticas que nos permitem mudar padrões negativos ou limitantes e inserir novos padrões, hábitos ou comportamentos positivos.

Todo praticante de autoconhecimento, espiritualidade ou desenvolvimento pessoal quer encontrar uma técnica ou ferramenta que seja simples de aplicar e que, ao mesmo tempo, traga resultados profundos. Essa é a proposta dos Autodesafios®.Nos artigos anteriores falamos sobre o trabalho do dr. David Hawkins, MD, PhD, discutindo:

Após anos de estudos e práticas de desenvolvimento pessoal e depois de mergulhar profundamente na obra do dr. David Hawkins, a Pandora Treinamentos chegou a uma conclusão: para evoluirmos nas diferentes áreas da vida, precisamos nos desafiar constantemente.

Foi dessa vivência e percepção que surgiu o Método de Autodesafios©, uma metodologia teórico-prática embasada em todos os assuntos abordados anteriormente, além de diversas outras ciências e disciplinas. Conheça agora os Autodesafios e entenda como eles contribuem para o autoconhecimento e para o despertar da consciência!

Autodesafios: entenda o conceito mais a fundo.

Mulher segurando um graveto para o alto.

Foto: Juan Jose/Unsplash

Autodesafios são pequenas quebras de hábitos negativos que nos atrapalham e limitam resultados ou então a adoção de novos hábitos positivos que nos ajudarão a manter uma vida mais equilibrada.

O mais interessante é que esses novos hábitos podem ser praticados no dia a dia, de forma totalmente integrada à nossa rotina e aos nossos compromissos. É comum os alunos do Método de Autodesafios relatarem que essas pequenas tarefas os ajudaram a, finalmente, colocar em prática tudo aquilo que já haviam estudado em livros, palestras ou cursos teóricos.

Diferença entre conhecimento e sabedoria

Sabemos que estudar sobre autoconhecimento, desenvolvimento humano e espiritualidade pode ser muito prazeroso. Porém, como dizemos na Pandora, conhecimento sem prática é lixo.

Para que o conhecimento cognitivo realmente traga uma expansão de consciência e gere resultados em nossa vida, precisamos testá-lo na prática. Só assim descobriremos se a teoria funciona, certo?

E mesmo que o resultado não venha de primeira, obteremos respostas que nos permitirão ajustar nossas práticas e buscar hábitos e comportamentos cada vez mais alinhados com os nossos objetivos.

Nesse sentido, é importante fazermos uma distinção entre conhecimento e sabedoria:

Conhecimento = informações que registramos a partir de estudos, conversas, livros, cursos teóricos, documentários etc. O conhecimento é cognitivo e, por si só, não produz mudanças práticas.

Sabedoria = estado de Ser interior que surge após a vivência prática. Sabedoria é o fruto do conhecimento que foi testado no dia a dia, gerando experiência. O “saber” experiencial (sabedoria) vai muito além do “ouvir falar” (conhecimento).

Os Autodesafios são justamente uma ferramenta que nos ajuda a transformar conhecimento em sabedoria. Na própria Pandora temos aulas teóricas nas principais áreas da vida, sendo que cada aula é aplicada na prática por meio de autodesafios de mudança de hábitos e comportamentos, trazendo sabedoria e expansão da consciência para os alunos.

Como os Autodesafios funcionam no cotidiano?

Eles agem aumentando nossa capacidade de observação, mudando principalmente os hábitos inconscientes que temos em nosso dia a dia. Perceba quantas atividades você faz de forma automática, como tomar banho, escovar os dentes, almoçar, andar, dirigir…

Tudo isso nos dá uma falsa sensação de que estamos ganhando tempo. Mas na verdade nos faz perder o controle do que está realmente acontecendo dentro e fora de nós em todos esses momentos. Aumentar a observação aumenta nossa consciência e nos faz perceber como podemos lidar melhor com nossos problemas e dificuldades, além de aproveitarmos mais nossas qualidades internas.

Quando nos desafiamos a praticar um novo hábito, naturalmente saímos do piloto automático. Passamos a observar inúmeros detalhes, padrões e comportamentos. Essa observação e conscientização logo se transforma em mudanças permanentes em nosso estado de ser e na forma como agimos e reagimos diante das mais diversas situações.

Vivendo um estilo de vida de Autodesafios

Homem amarrando o cardaço do tênis.

Foto: Alexander Redl/Unsplash

Com a prática diária dos autodesafios, podemos perceber que os problemas que encontramos são dissolvidos de forma mais rápida e eficiente, levando-nos a alcançar cada vez mais resultados extraordinários em qualquer área que almejamos.

No médio e longo prazo é possível criar o hábito de mudar hábitos. Isso mesmo! Por meio dos autodesafios, a mudança de hábitos por si só se torna um estilo de vida. Esse estilo de vida proporciona evolução constante e centramento para superar os maiores desafios que enfrentamos.

Como escolher um bom Autodesafio?

Veja a lista de exemplos de autodesafios a seguir. Leia todos os autodesafios e identifique os que você achou mais interessantes para sua vida neste momento.

Após identificar, dê uma nota para cada um deles, de 0 a 10, sendo a nota 0 um sinal de que o autodesafio não é nada desafiador, e 10 é um sinal de que ele é extremamente desafiador. Atenção:

Se a nota do autodesafio que você escolheu for entre 6 e 8, ele será bom de ser realizado.

Se a nota for 9 ou 10, talvez seja melhor você não pegar esse autodesafio no momento, pois será muito difícil a realização dele.

Se a nota for entre 0 e 5, o autodesafio é muito confortável para você, e isso dificilmente gerará uma mudança significativa. Lembre-se de que a intenção é sair da zona de conforto para que você seja mais consciente de seus pontos de melhoria e possa agir em cada um deles.

Lista de Autodesafios

  • Dormir mais cedo
  • Fazer exercícios
  • Estudar uma habilidade nova
  • Cortar açúcar
  • Mastigar mais vezes
  • Não mexer no celular enquanto dirige
  • Reduzir o consumo de álcool
  • Anotar todos os gastos
  • Corrigir postura
  • Arrumar a casa
  • Cortar palavras negativas (“não consigo”, “não dá”, “mas”, “ruim”, “difícil”)
  • Cortar fofocas e intrigas
  • Não julgar
  • Meditar
  • Agradecer mentalmente pessoas difíceis
  • Pedir perdão mentalmente para pessoa com conflito
  • Perdoar mentalmente pessoa com conflito
  • Pensar em como resolver em vez de reclamar

3 pontos importantes antes de praticar

Assim que você tiver escolhido seu primeiro autodesafio, defina três pontos importantes:

Qual a frequência do seu autodesafio? Pode ser todos os dias, pode ser três vezes por semana ou apenas uma vez. Além disso, pode ser o dia todo, apenas em um horário específico ou em um período. Basta você mesmo definir qual será a frequência do autodesafio.

Qual a intensidade do seu autodesafio? A intensidade é quantas vezes você vai fazer dentro do período definido na frequência. Pode ser três vezes dentro de um mesmo

dia (em que as três vezes são a intensidade, e o dia é a frequência), por exemplo.

Como você fará para se lembrar de realizar o autodesafio? Coloque lembretes no celular, post-its ou bilhetes em locais de fácil acesso, peça para alguém te ajudar. Tudo é válido, pois se não colocarmos um lembrete, podemos perder o ritmo de um dia sem fazer aquela determinada ação.

Agora, anote os pontos fundamentais do seu primeiro Autodesafio e deixe essa anotação em um lugar bem visível:

Autodesafio escolhido: ___________________________________________

Frequência (quantas vezes na semana): ____________

Intensidade (ex.: 15 minutos, 1 hora): ______________

Lembrete (o que você fará para lembrar): ____________________

Está quase na hora de praticar. Tire as últimas dúvidas a seguir!

Dúvidas comuns ao praticar os Autodesafios

Silhueta de homem pulando.

Foto: Kristopher Roller/Unsplash

 

Por quanto tempo é ideal fazer um autodesafio?

Recomendamos que você faça o primeiro autodesafio num período de 7 dias. Criar uma disciplina para isso é ideal. Entretanto, se depois desses 7 dias o desafio ainda estiver intenso, você pode continuá-lo por mais 7 dias. Se ele começar a ficar simples de ser realizado, troque por outro que seja mais desafiador.

Quantos autodesafios eu posso fazer ao mesmo tempo?

Recomendamos que você comece com 1 autodesafio, e experimente as primeiras sensações e resultados que ele te traz. Se ele já estiver tranquilo de ser realizado, troque o autodesafio por um novo. Caso queira aprofundar e fazer mais autodesafios, entre em contato conosco para conhecer nossos treinamentos.

Não estou conseguindo fazer o autodesafio que peguei. Isso é ruim?

Observe o motivo do “não conseguir”. Ele pode ser um motivo interno, de limitação, ou de falta de vontade, ou de bloqueios que você ainda tem para realizá-lo. Se esses bloqueios ou limites forem muito fortes, você pode trocar o autodesafio por um mais leve. Se você observar que pode ir um pouco além e desafiar essas limitações, insista no autodesafio, acreditando que é capaz de realizá-lo e mudando talvez a forma de realizá-lo.

Esqueci ou não deu para fazer o autodesafio em um dia. Preciso começar tudo de novo?

Observe o motivo de ter esquecido ou de “não ter dado” para fazer. Também podem ser motivos limitadores, internos, que querem te sabotar para fazer uma mudança em sua vida. Aprenda com isso, perdoe-se e siga em frente! Você faz seu ritmo e pode, se quiser, fazer um dia a mais desse autodesafio, em vez de começar novamente

Quero fazer os autodesafios com o acompanhamento da Pandora. É possível?

Sim. Temos treinamentos comportamentais do Método de Autodesafios, nos quais você realiza as práticas em cima de objetivos e resultados que você queira alcançar. É possível fazer de forma presencial ou online. Para saber mais, acesse www.pandoratreinamentos.com.br

Conclusão

Realizar Autodesafios básicos, como os que trouxemos aqui, ajudará você a influenciar positivamente diversos aspectos de sua vida, com mais autocontrole, disciplina e tranquilidade, além de aumentar sua autoestima, já que são tarefas para o seu bem. Centenas de pessoas já tiveram resultados aplicando os autodesafios e melhorando consideravelmente sua vida pessoal e profissional.

Busque praticar de forma consciente sempre, observando quais os resultados que cada autodesafio traz para sua vida e ajustando onde você pode mudar padrões e hábitos negativos que te limitam de conquistar seus objetivos hoje, além de colocar hábitos novos positivos que te ajudam a alcançá-los. Caso você precise de um apoio ou de um incentivo, fale conosco para conhecer um pouco mais de nossos treinamentos. Boas práticas!

Pandora Treinamentos
Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: AUTODESAFIO COMO FERRAMENTA PARA A EXPANSÃO DA CONSCIÊNCIA

AUTOCONHECIMENTO: COMO LIDAR COM A PREGUIÇA E DESENVOLVER DISCIPLINA?

Na nossa coluna AUTOCONHECIMENTO deste sábado trouxe um vídeo com uma mini-palestra da Monja Coen sobre “Como lidar com a preguiça e desenvolver disciplina?”. Escolhi esse tema, pois, como quem me acompanha já deve saber, para mim a maior vilã do nosso atraso de vida se chama “Zona de Conforto”, cuja sócia majoritária se chama “preguiça”. Então sempre que houver textos ou vídeos com esse tema eu não deixarei passar em branco. Portanto assista ao vídeo completo da Monja Coen e tire suas conclusões! 

Fonte:

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: COMO LIDAR COM A PREGUIÇA E DESENVOLVER DISCIPLINA?

REFLEXÃO: TEMPO É UMA QUESTÃO DE PRIORIDADE, DE ESCOLHA E NÃO DE URGÊNCIA

Como sempre a segunda-feira é dia de REFLEXÃO e normalmente dos textos publicados no blog de Beth Michepud, que são de uma profundidade ímpar. O de hoje não é diferente! Um texto de Mario Sergio Cortella que analisa a questão do tempo em nossas vidas. Quando o autor fala que “ter tempo é se importar”, está querendo dizer que não é uma questão de urgência e sim de prioridade e escolha. Leia o texto completo a seguir e tire suas conclusões!

Ter tempo é se importar

 em DEZEMBRO 1, 2019

 

ter tempo

Benjamin Disraeli, primeiro ministro britânico do século 19 disse que “a vida é muito curta para ser pequena”. Acho que todos concordamos com ele, certo? Mario Cortella escreveu o texto que segue. É um convite à reflexão e, talvez, à uma mudança de atitude.

“Cuidado, a vida é muito curta para ser pequena. É preciso engrandecê-la. E, para isso, é preciso tomar cuidado com duas coisas: a primeira é que tem muita gente que cuida demais do urgente e deixa de lado o importante. Cuida da carreira, do dinheiro, do patrimônio, mas deixa o importante de lado. Depois não dá tempo.

A segunda grande questão é gente que se preocupa muito com o fundamental e deixa o essencial de lado. O essencial é tudo aquilo que não pode não ser: amizade, fraternidade, solidariedade, sexualidade, religiosidade, lealdade, integridade, liberdade, felicidade. Isso é essencial. Fundamental é tudo aquilo que te ajuda a chegar ao essencial. Fundamental é a tua ferramenta, como uma escada.

Uma escada é algo que me ajuda a chegar a algum lugar. Ninguém tem uma escada para ficar nela. Dinheiro não é essencial. Dinheiro é fundamental. Sem ele, você tem problema, mas ele, em si, não resolve. Emprego é fundamental, carreira é fundamental. O essencial é o que não pode não ser. Essencial é aquilo que faz com que a vida não se apequene. Que faz com que a gente seja capaz de transbordar. Repartir vida. Repartir o essencial, a amizade, a amorosidade, a fraternidade, a lealdade. Repartir a capacidade de ter esperança e, para isso, ter coragem. Coragem não é a ausência de medo.

Coragem é a capacidade de enfrentar o medo. O medo, assim como a dor, é um mecanismo de proteção que a natureza coloca para nós. Se você e eu não tivermos medo nem dor, ficamos muito vulneráveis. Porque a dor é um alerta e a dor nos prepara. É preciso coragem para que a nossa obra não se apequene. E, para isso, precisamos ter esperança.

E, como dizia o grande Paulo Freire, “tem de ser esperança do verbo esperançar”. Tem gente que tem esperança do verbo esperar. E esperança do verbo esperar não é esperança, é espera. “Ah, eu espero que dê certo, espero que resolva, espero que funcione.” Isso não é esperança. Esperançar é ir atrás, é se juntar, é não desistir. Esperançar é achar, de fato, que a vida é muito curta para ser pequena. E precisamos pensar se estamos nos dedicando ao importante em vez de ao urgente. Tem gente que diz: “Ah, mas eu não tenho tempo”. Atenção: tempo é uma questão de prioridade, de escolha.

Quando eu digo que não tenho tempo para isso, estou dizendo que isso não é importante para mim. Cuidado, você já viu infartado que não tem tempo? Se ele sobreviver, ele arruma um tempo. O médico dizia “você não pode fazer isso, tem de andar todos os dias”. Se ele infartar e sobreviver, no outro dia você vai vê-lo, às 6 horas da manhã, andando. Se ele tinha tempo, que ele teve de arrumar agora, por que não fez isso antes? Você tem tempo? Se não tem, crie. Talvez precisemos rever as nossas prioridades. Será que estamos cuidando do urgente e deixando o importante de lado? Será que não estamos atrás do fundamental, em vez de ir em busca do essencial? E assim, contribuir com meu verso!”

Fonte: Sabedoria Universal

Continuar lendo REFLEXÃO: TEMPO É UMA QUESTÃO DE PRIORIDADE, DE ESCOLHA E NÃO DE URGÊNCIA

DESENVOLVIMENTO PESSOAL: A ARTE DE FAZER ACONTECER

Na nossa coluna DESENVOLVIMENTO PESSOAL desta quarta-feira vamos assistir a mais um resumo animado de Albano do Seja Uma Pessoa Melhor. Desta vez o resumo do livro “A Arte de Fazer Acontecer de David Allen, onde o autor ensina o passo a passo para uma Produtividade Incrível! Assista ao vídeo e tire suas conclusões!

Fonte:

Continuar lendo DESENVOLVIMENTO PESSOAL: A ARTE DE FAZER ACONTECER

Fim do conteúdo

Não há mais páginas para carregar

Fechar Menu
×

Carrinho