SAÚDE: É POSSÍVEL TRATAR DEPRESSÃO E ANSIEDADE SEM REMÉDIOS?

Nesta edição da coluna SAÚDE vamos assistir uma palestra do Dr. Samuel Dalle Laste muito importante sobre tratamento de Depressão/Ansiedade. Neste vídeo ele explica detalhadamente como é possível tratar a Depressão e a Ansiedade sem remédios químicos, apenas mudando os seus hábitos alimentares, físicos e mentais. Simples assim. Se você duvida eu lhe convido a assistir esse vídeo poderoso!

Fonte:

Continuar lendo SAÚDE: É POSSÍVEL TRATAR DEPRESSÃO E ANSIEDADE SEM REMÉDIOS?

SAÚDE: DEPRESSÃO E ANSIEDADE, É POSSÍVEL TRATAR SEM REMÉDIO?

Nesta segunda-feira você vai assistir a mais um palestra altamente interessante do Dr. Samuel Dalle Laste sobre depressão e ansiedade. Como resolver esse problema sem tomar remédios? Então Assista ao vídeo completo e conheça as dicas do Dr. Dalle Laste!

Fonte:

Continuar lendo SAÚDE: DEPRESSÃO E ANSIEDADE, É POSSÍVEL TRATAR SEM REMÉDIO?

DICA DE LIVRO: TREINE SEU CÉREBRO PARA SER FELIZ, TEREZA AUBELE, WENCK E REYNOLDS

Nesta quarta-feira a nossa DICA DE LIVRO é um livro feito a três mãos, pelos autores Dra. Teresa Aubele, Dr. Stan Wenck e Susan Reynolds  e se chama “Treine seu cérebro para ser feliz”. A felicidade começa no nível celular e, como seu cérebro gera novos neurônios todos os dias, você literalmente pode se programar para ser feliz… basta saber como. Com este guia inovador, você incita seus neurônios a provocarem a alegria aprendendo a: Redirecionar a resposta de luta ou fuga que causa estresse e ansiedade; Concentrar a atenção das células de sua massa cinzenta no bem-estar emocional; Envolver-se em atividades que inundam seu cérebro com dopamina e serotonina, além de outros neurotransmissores “da felicidade”; Satisfazer a fome de prazer que seu cérebro sente por meio de uma dieta e de uma série de exercícios de meditação; Melhorar sua nutrição e, por consequência, sua qualidade de vida incluindo em sua dieta as vitaminas e os suplementos certos; Enganar seu cérebro de modo a fazê-lo construir novas vias de serenidade. Portanto, ser feliz é tudo que se quer. Então não deixe de ler essa obra espetacular!

Foto: Arquivo particular

Continuar lendo DICA DE LIVRO: TREINE SEU CÉREBRO PARA SER FELIZ, TEREZA AUBELE, WENCK E REYNOLDS

SAÚDE: CONHEÇA A FÓRMULA DE COMO ALIVIAR OS SINTOMAS DA TPM

Aproveite o seu domingão para tirar todas as suas dúvidas e aprender como aliviar os sintomas da TPM com o Dr. Samuel Dalle Laste.Uma oportunidade única de você dar um salto quântico na sua qualidade de vida e na sua saúde. Então lhe convido a assitir o vídeo completo a seguir!

Fonte:

Continuar lendo SAÚDE: CONHEÇA A FÓRMULA DE COMO ALIVIAR OS SINTOMAS DA TPM

CIÊNCIAS: A SEROTONINA, O HORMÔNIO DA FELICIDADE PODE PROTEGER VOCÊ DE PROBLEMAS GASTROINTESTINAIS

Enfim um artigo bastante interessante sobre o hormônio da felicidade aqui na nossa coluna CIÊNCIAS deste sábado. Um estudo feito pela Universidade Southwestern (EUA) verificou que, já que 90% do neurotransmissor conhecido como serotonina é produzido no trato gastrointestinal e é responsável pelo bem estar do ser humano a serotonina produzida no intestino poderia afetar a virulência de bactérias patogênicas que infectam o trato gastrointestinal. Ao ler o artigo completo a seguir você vai entender como a serotonina, o hormônio da felicidade, pode proteger você de problemas gastrointestinais!

Felicidade pode proteger você de problemas gastrointestinais

30/06/2020

Redação do Diário da Saúde

Felicidade pode proteger você de problemas gastrointestinais

A equipe conseguiu identificar o receptor de serotonina nas superfícies das bactérias E. coli e C. rodentium: é uma proteína conhecida como CpxA.
[Imagem: Aman Kumar et al. – 10.1016/j.chom.2020.05.004]

Hormônio da felicidade

serotonina, um composto químico conhecido por seu papel na produção de sentimentos de bem-estar e felicidade no cérebro, pode também reduzir a capacidade de algumas bactérias intestinais de causar infecções mortais.

Esta descoberta pode representar uma nova maneira de combater infecções para as quais atualmente existem poucos tratamentos realmente eficazes.

Embora a grande maioria das pesquisas sobre a serotonina tenha se centrado em seus efeitos no cérebro, cerca de 90% desse neurotransmissor – um composto químico usado pelas células nervosas para se comunicar – é produzido no trato gastrointestinal, explica a professora Vanessa Sperandio, da Universidade Southwestern (EUA).

Nos seres humanos, trilhões de bactérias vivem em nosso sistema gastrointestinal. A maioria delas é benéfica, mas as bactérias patogênicas também podem colonizar o trato gastrointestinal, causando infecções graves e potencialmente fatais.

Serotonina desarma bactérias

Como as bactérias intestinais são significativamente afetadas pelo ambiente, os pesquisadores se perguntaram se a serotonina produzida no intestino poderia afetar a virulência de bactérias patogênicas que infectam o trato gastrointestinal.

Eles trabalharam com a Escherichia coli O157, uma espécie de bactéria que causa surtos periódicos de infecções transmitidas por alimentos, frequentemente com casos fatais.

As bactérias patogênicas foram cultivadas em placas de Petri no laboratório, e então expostas à serotonina. Testes de expressão gênica mostraram que a serotonina reduziu significativamente a expressão de um grupo de genes que essas bactérias usam para causar infecções.

Experimentos adicionais, usando cobaias e células humanas, mostraram que a bactéria não consegue mais causar lesões associadas à infecção nas células depois que elas são expostas à serotonina.

Indo adiante na pesquisa, a equipe conseguiu identificar o receptor de serotonina nas superfícies das bactérias E. coli e C. rodentium: é uma proteína conhecida como CpxA. Como muitas espécies de bactérias intestinais também têm CpxA, é possível que a serotonina possa ter efeitos abrangentes na saúde bacteriana do intestino.

O objetivo agora é verificar se medicamentos voltados para atuar no sistema de serotonina poderiam ser usados contra as infecções bacterianas.

“O tratamento de infecções bacterianas, especialmente no intestino, pode ser muito difícil,” comenta a professora Sperandio. “Se pudéssemos redirecionar o Prozac ou outras drogas da mesma classe, isso poderia nos dar uma nova arma para combater essas infecções desafiadoras”.

Checagem com artigo científico:

Artigo: The Serotonin Neurotransmitter Modulates Virulence of Enteric Pathogens
Autores: Aman Kumar, Regan M. Russell, Reed Pifer, Zelia Menezes-Garcia, Santiago Cuesta, Sanjeev Narayanan, John B. MacMillan, Vanessa Sperandio
Publicação: Cell Host and Microbe
DOI: 10.1016/j.chom.2020.05.004

Continuar lendo CIÊNCIAS: A SEROTONINA, O HORMÔNIO DA FELICIDADE PODE PROTEGER VOCÊ DE PROBLEMAS GASTROINTESTINAIS

Fim do conteúdo

Não há mais páginas para carregar