DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: SAIBA COMO MANTER ATITUDES QUE TRAGAM EQUILÍBRIO AO LONGO DO SEU DIA

O texto que você vai ler hoje, aqui na coluna DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL é de extrema importância, pois trata dos diversos tipos de Yoga fora do tapetinho, ou seja, da prática milenar que vai, aos poucos, se incorporando ao seu dia a dia e que pode lhe ajudar a resolver seus problemas nos momentos de dificuldade durante o dia, dai a expressão “Yoga fora do tapetinho”.

Yoga fora do tapetinho: como manter atitudes que tragam equilíbrio?

Tapetes de Yoga em evidência e uma pessoa praticando yoga ao fundo

Traitov / Getty Images Pro / Canva

Tudo na vida pode ser uma experiência na prática filosófica do yoga. Ao expandir o olhar sobre a vida você já está levando o yoga para além do tapetinho, transformando e aprendendo com os acontecimentos do cotidiano. A prática completa, ou seja, não apenas as posturas, mas a respiração, a meditação e o estudo vão trazendo clareza e discernimento para alterar desde pequenos hábitos até a visão do mundo.

Enquanto yoga em cima do tapetinho, realizamos posturas que gostamos e outras que, ainda que exijam mais adaptações, precisamos para a saúde do corpo e da mente. Essas posturas mais difíceis mostram onde precisamos evoluir tanto no corpo físico quanto na identificação de bloqueios mentais. Eu, particularmente, trabalho o medo das posturas invertidas, o que é interpretado como o meu mundo organizado virar de ponta-cabeça, mas tenho facilidade com torções, que simbolizam a abertura para ver outras direções a seguir. Ainda em cima do tapete, o relaxamento e a meditação nos trazem a observação interna: como respiro? Como me sinto? Consigo controlar meus pensamentos?

Mulher em cima de tapete de yoga praticando uma posição
AndiP / Pixabay / Canva

Então passamos para o que é a prática do yoga fora do tapetinho. Aí entram os ramos do yoga, como o karma yoga, e a prática de agir com compaixão, sem esperar ser recompensado ou reconhecido. Há ainda o jñána yoga, o autoconhecimento, no qual analisamos “quem sou eu” e buscamos o conhecimento, a leitura e o autoestudo. O bhakti yoga nos traz o yoga devocional, no qual honramos as forças da natureza e percebemos nossa divindade interior.

Para além dos ramos, a prática do yoga fora do tapetinho envolve ter em mente suas atitudes de forma equilibrada. Você não está proibido de perder a paciência, mas não adianta evoluir na sua prática de meditação e quando abrir os olhos, ignorar como funcionam seus padrões mentais e manter os hábitos que geram ansiedade, raiva e tristeza. Não se trata de buscar uma positividade forçada. Hoje em dia alertamos muito sobre a positividade tóxica, mas é exatamente ter consciência do equilíbrio das emoções, permitir-se tirar um dia para relaxar e não praticar ou para observar seu comportamento sem julgamentos.

Portanto yoga fora do tapetinho significa cuidar de si mesmo, não insistir em relações destrutivas, em alimentos não saudáveis ou em comportamentos intolerantes, por exemplo. Observe quando as consequências dos seus atos lhe incomodam. Ao praticar yoga fora do tapetinho, você vira agente de sua própria transformação.

Escrito por Ale Fiori
Continuar lendo DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: SAIBA COMO MANTER ATITUDES QUE TRAGAM EQUILÍBRIO AO LONGO DO SEU DIA

ARTIGOS: EQUILÍBRIO MENTE, CORPO E ESPÍRITO, POR WAGNER BRAGA

Equilíbrio do Corpo, Mente e Espírito - Música de Meditação e Relaxamento, Sons da Natureza, Equilíbrio interior e Paz by Música para Relaxar Maestro & Relaxamento Soundscape on Amazon Music - Amazon.com

Quando se fala SAÚDE há de se pensar nela como algo mais amplo e não apenas na saúde física, já que o ser humano é composto de corpo, mente e espírito. Essa tríade que precisa estar em equilíbrio para que tenhamos a saúde integral: física, mental, espiritual e emocional. Ocorre que, durante a vida passamos por atribulações e muitas provações diariamente, além de todo o stress do dia a dia no trabalho e em casa. Isso tudo causa a desconexão do corpo-mente-espirito, evoluindo para o desequilíbrio dessa tríade. A consequência desse desequilíbrio é a doença, que pode ser física, mental, espiritual ou emocional, ou ainda os 4 ao mesmo tempo, que é a situação mais complicada de todas.

A cultura oriental desenvolveu alguns métodos milenares de cura natural para esse desequilíbrio, sempre baseado na AUTOCURA, poder inerente a todo ser humano de se regenerar, desde as enfermidades mais simples até as mais complexas. esses métodos de regeneração atuam na causa e não no sintoma da doença. Desta forma eliminando a doença definitivamente, ao contrário da alopatia que atua no sintoma como um paliativo naquele momento de crise aguda. Infelizmente essa cultura não proliferou aqui no ocidente, deixando o caminho completamente aberto para a indústria farmacêutica e os médicos inescrupulosos e gananciosos.

Não é coincidência que tenhamos nas grandes cidades uma farmácia em cada esquina e do outro lado cada vez mais pessoas dependentes de remédios como nunca se viu antes. Isso ficou explícito com o evento da pandemia e correria das grandes farmacêuticas para produzir vacinas e remédios para conter o vírus da Covid-19. Todos estão tão concentrados e mobilizados no desenvolvimento dessas vacinas, como se fosse a única solução para o problema que esqueceram completamente as outras alternativas, como terapias holísticas, meditação, yoga, homeopatia, ozônio terapia, etc.

Tudo isso que está acontecendo no mundo só vem a reafirmar que não podemos continuar dependendo de médicos e remédios para vivermos com saúde integral. Precisamos cada vez mais confiar e acreditar nosso pode individual de AUTOCURA, que já está no nosso DNA e que só falta entendermos que somos o supremo comandante do nosso organismo e mais ninguém. Com uma mente sã, um corpo são e um espírito são somos imbatíveis.

Continuar lendo ARTIGOS: EQUILÍBRIO MENTE, CORPO E ESPÍRITO, POR WAGNER BRAGA

ECOLOGIA E MEIO AMBIENTE: SÃO 9 OS PARÂMETROS PARA A TERRA SE MANTER EM EQUILÍBRIO. SAIBA QUAIS SÃO!

Na nossa coluna ECOLOGIA E MEIO AMBIENTE desta sexta-feira você vai conhecer quais são os 9 limites que mantêm a terra em equilíbrio e que a humanidade não deve ultrapassar se quiser continuar a prosperar ao longo das gerações. Assista ao vídeo no final do artigo e saiba a real situação atual de cada limite desses.

Os 9 limites que mantêm a Terra em equilíbrio

Nove limites mantêm equilíbrio da Terra; veja 4 já ultrapassados

Qual o risco que corremos de quebrar o equilíbrio natural da Terra?

Essa é uma pergunta difícil, que levou um grupo internacional de cientistas, do Centro de Resiliência de Estocolmo, a publicar um estudo revelador em 2009. Esse trabalho definiu parâmetros interconectados que são cruciais para manter a estabilidade do planeta.

Ao todo, são nove limites que a humanidade não deve ultrapassar se quiser continuar a prosperar ao longa das gerações.

Caso ultrapassemos algum deles, somos expostos a mudanças ambientais que podem ser irreversíveis por todo o sistema. E, no fim das contas, desencadear o colapso da nossa sociedade.

A má notícia é que, dentre esses nove limites, nós já cruzamos quatro; estamos dentro de uma zona de segurança em três deles; e dois ainda são uma grande incógnita.

A nossa repórter Camila Veras Motta explica que limites são esses neste vídeo.

Fonte:  BBC News
Continuar lendo ECOLOGIA E MEIO AMBIENTE: SÃO 9 OS PARÂMETROS PARA A TERRA SE MANTER EM EQUILÍBRIO. SAIBA QUAIS SÃO!

AUTOCONHECIMENTO: RESPEITE AS LEIS UNIVERSAIS E TENHA O UNIVERSO A SEU FAVOR

Respeitar as Leis Universais é o primeiro passo consciencial que todo e qualquer ser humano precisa dar para parar de patinar no seu caminhar evolutivo. Quando tomamos consciência que ir contra os princípios das Leis Universais é pura perda de tempo e que o contrário faz o universo conspirar a nosso favor começamos a evoluir a passos largos e na direção da vida plena. Lendo o texto a seguir você vai entender melhor como funciona esse mecanismo universal.  

As Leis Universais

Mensagem de 11 de Outubro de 2021  

As Leis Universais trabalham de fato com os princípios criativos naturais, onde tudo existe e flui em coerência harmônica, como UM. Todas as formas partem e são partículas da Fonte Divina Única, portanto, a Divindade existe em Tudo. Não há necessidade de forçar nada. Tudo flui, tudo é criado e se recria numa bela sincronicidade, equilíbrio e harmonia. Amor.

Lembrem-se disto.

Quando tudo flui em harmonia, há paz. Paz interna. Equilíbrio. A sua própria alma sempre irá lhe avisar, através de seus próprios poderes intuitivos e seus próprios sentimentos, quando algo não for certo para você e quando algo estiver fora da Lei Universal e portanto, não é para o seu bem maior.

Escute-a.

Não permita a ninguém substituir o seu próprio saber intuitivo, não importa quem eles sejam. Se você SENTE que algo é errado, isso não serve para você. O instinto de rebanho é o da ovelha que segue cegamente.

Aqueles que estão conscientes e despertos e em sintonia com as Leis Divinas e com a Divindade dentro de si mesmos e com o seu saber intuitivo e orientação, possuem a habilidade de se libertar e permanecer na totalidade de sua própria Luz e assim, caminharem sozinhos se for necessário e serem verdadeiros para consigo mesmos.

De fato, eles nunca estão sozinhos, pois a Unidade interna, União, Paz e Harmonia do Divino e do Todo Universal vive dentro deles. A sua alma é uma Fagulha Divina e portanto, você é parte e partícula da Fonte Divina que o criou.

O maior presente que você pode dar a si mesmo, é a liberdade total de ser UM.

Um com Tudo o Que É.

Divindade.
Integridade.
Equilíbrio interno, amor e paz.
Viver a sua verdade.
Saber quem você é em verdade.
Saber o que você é em verdade.
Saber como servir em verdade.

EU SOU O QUE SOU

Judith Kusel — Fonte: https://www.judithkusel.com/
Roseli Giusti Zahm e Marco Iorio Júnior — Tradutora e Editor exclusivos do Trabalhadores da Luz

Fonte: Trabalhadores da Luz

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: RESPEITE AS LEIS UNIVERSAIS E TENHA O UNIVERSO A SEU FAVOR

AUTOCONHECIMENTO: A ESSÊNCIA DA VIDA É A ESPIRITUALIDADE

Há quem acredite que o EGO é invenção da psicanálise e que essa história de EU SUPERIOR é história de trancoso, coisa pra pegar o besta. Ignoram completamente a espiritualidade como essência da existência humana e reduzem tudo a materialidade contida nos cinco sentidos fisiológicos. Sem ter como chamar isso de outra coisa a não ser ignorância, convido você a ler o artigo completo a seguir sobre “egocentrismo” e refletir sobre essa essência!

Egocentrismo

Lupa dando destaque na palavra "me" em vermelho.
olivier26 / 123rf

Observando a etimologia da palavra, egocentrismo significa “eu no centro” do grego egó + kentrós.

Importante entender o que está por trás dessa necessidade de estar no centro das atenções, em ter o comportamento voltado apenas para si, para os seus próprios interesses desconsiderando o outro, sendo indiferente, incapaz de sentir a dor do outro.

Essa escolha pode ser inconsciente e pode estar atrapalhando sua vida, minando suas energias, interrompendo o fluxo da abundância, bloqueando sua intuição e inspiração, portanto é imprescindível perceber os sinais da possibilidade de desequilíbrio.

Geralmente todo excesso esconde uma falta, então quando o centro precisa ser sempre você, se apenas os seus interesses importam, observe que há um excesso que precisa ser analisado.

Mulher branca tirando selfies.

bowie15 / 123rf

Perceba suas atitudes e faça uma retrospectiva, vá para a infância, adolescência, volte alguns anos, analise como foi a sua relação com os seus pais, se tem irmãos, como foi para você a chegada deles, como era a relação com os amiguinhos na escola, como foi a vida financeira da sua família e como é a sua relação com o dinheiro hoje (contextos de muita privação podem instalar crenças de supercontrole pela falsa sensação de segurança que ele traz), seu histórico diz muito sobre os mecanismos que você cria para a sua sobrevivência (o cérebro é programado para ter reações diante de determinados contextos que representam risco).

A dica aqui é tentar agir diferente, perceber dentre suas ações as opções menos impactantes (as mais fáceis e rápidas de alterar, neste primeiro momento) e “atacá-las” no sentido de estar alerta para mudar seu comportamento e, assim, ir se reprogramando, moldando suas reações, transformando suas atitudes, mudando sua visão e escolhendo evoluir.

Todos nós somos luz, nossa essência é equilíbrio, podemos e precisamos buscar esse aperfeiçoamento, crescimento e melhorias, por nós, para nós.

Escrito por Malu Brandão Moura
Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: A ESSÊNCIA DA VIDA É A ESPIRITUALIDADE

AUTOCONHECIMENTO: SAINDO DA BAIXA PARA A ALTA FREQUÊNCIA VOCÊ DÁ UM SALTO QUÂNTICO

Todo iniciado sabe que somos regidos pelas Leis Universais e que a terceira das sete leis universais nos diz que “Nada repousa; tudo se move, tudo vibra. A ciência confirmou que tudo no universo, incluindo você, é uma energia pura que vibra em diferentes frequências. A mensagem canalizada do Mestre Kathumi saindo do medo e entrando no amor nos ensina como nos protegermos dos vírus, das energias inferiores e negativas. Então leia o artigo completo a seguir  e domine esse conhecimento.

Mestre Kathumi – Saindo do medo e entrando no Amor

O medo é o maior bloqueio de todos. Isso impede que você alcance seu potencial e muda o equilíbrio de poder entre você e o que o está bloqueando. Quando você permite que o medo assuma o controle, você entrega seu poder. Fazer isso é o maior sacrifício, e pode mudar seu caminho de algo pretendido e correto, para um caminho de submissão e perda de oportunidade.

As crenças baseadas no medo só irão gerar mais medo, o que gerará as emoções de ódio e intolerância. Por sua vez, essas emoções produzirão atrocidades e injustiças. O medo é o maior bloqueador, mas também o maior manipulador. É amplamente utilizado como uma ferramenta por aqueles que desejam manter o mundo e sua população sob controle para obter ganhos financeiros. Muita propaganda é enviada a todos vocês para mantê-los com medo. O medo causa a ilusão de separação e a crença de que qualquer decisão que você toma afeta apenas você. Esta é uma falácia perigosa.

Quando você acredita em algo ou alguém, você confia em seu valor. Você os mantém de boa fé. A fé e a confiança permitem que você relaxe seu julgamento e discernimento, e talvez pare de fazer perguntas quando nem sempre é seguro não fazê-lo. Existem muitas ocorrências em todo o mundo, agora e no passado, cujas explicações foram, em grande parte, aceitas pelas massas. Muitas das ‘verdades’ são, na verdade, mentiras para cobrir planos mais sinistros. A propaganda é uma prática amplamente difundida para garantir que as pessoas sejam mantidas em suas zonas de conforto com uma lã mantida firmemente sobre os olhos. É hora de deixar de ser uma ovelha e começar a praticar o discernimento!

Não pratique a fé cega ou a confiança em assuntos de importância global, pois aqueles que parecem mais preocupados podem, na verdade, ser os autores e proteger seus próprios interesses. Nesta época do mundo, as teorias da conspiração abundam e o medo de ser contaminado é predominante, seja por doenças ou vacinação. Quando você ouve histórias, seja na mídia, nas redes sociais ou no boca a boca, você fica inserido na agenda deles e isso, meus amigos, é o maior perigo de todos eles.

Não permita que o medo o impeça de realizar o que se propôs a fazer ou de seguir sua própria verdade. Não permita que outros o manipulem por meio do medo. Quando você está em seu poder, você tem acesso ao seu Eu Superior, e isso o levará a um lugar de fé, confiança e aceitação de si mesmo. Também permitirá que você acesse a energia de tudo o que o protegerá das energias inferiores nos reinos físico e etérico.

Há muitas coisas simples que você pode fazer para elevar suas vibrações acima do drama ao seu redor, a fim de ficar menos temeroso e mais centrado no coração.

Mantenha-se com os pés no chão. Mantenha suas energias completamente aterradas na Mãe Terra e no presente, aterrando conscientemente sua energia pela manhã, quando você se levantar. Sinta sua energia se conectando à Mãe Terra e, em seguida, conecte-se à luz do Criador Você sentirá muito mais em seu corpo o dia todo. Alternativamente, caminhe descalço na grama molhada, na areia ou mesmo no tapete, ou mergulhe na água e tome consciência de si mesmo no espaço. Sempre que você se sentir amedrontado ou oprimido, pare, respire fundo e empurre sua energia para baixo por todos os chakras. Feche e proteja sua aura, preste atenção ao que está ao seu redor e diga uma afirmação proposital para ajudá-lo a voltar ao agora.

Cuide da sua saúde. Trate seu corpo como um templo, pois ele abriga seu espírito e sua alma. Mantenha-se hidratado, alimente-se de forma saudável e exercite o corpo. Além disso, certifique-se de dormir o suficiente e, tanto quanto possível, de controlar a quantidade de estresse em sua vida. Aprenda a meditar ou participar de atividades de relaxamento, conscientes e / ou criativas, como Chi Gong, Tai Chi, ioga, dança, canto, jardinagem, caminhada na floresta ou hobbies artísticos.

Aprenda a amar a si mesmo novamente. Não é possível ver tudo e todos com amor se você não consegue se ver assim! Você deve se esforçar para liberar as feridas do passado e perdoar a si mesmo pelos erros do passado. Não se olhe no espelho e veja sua aparência física. Em vez disso, olhe para o seu coração e veja a criança dentro de você. A maior parte do amor por si mesmo se dissipa do início ao fim da infância. Recupere o amor por si mesmo enviando amor e perdão a si mesmo quando criança. Alimente a criança interior e recupere o amor e o respeito por si mesmo que o Criador nunca perdeu.

O universo gira em torno do amor e apenas do amor. Encontre o amor para si mesmo e você será capaz de ver as coisas de uma perspectiva muito mais elevada, pois o amor é o maior desobstrutor e o maior protetor. Quando você vem de um lugar de amor, você se liberta; esta liberdade irá colocá-lo no caminho que você escolheu em comunhão com o Criador. Peça a mim ou a seus guias ajuda para seguir em frente com graça e realização.

EU SOU Mestre Kathumi

Victoria Cochrane — Fonte: https://eraoflight.com/
Annalisa Ernica e Marco Iorio Júnior — Tradutora e Editor exclusivos do Trabalhadores da Luz

Fonte: Trabalhadores da luz

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: SAINDO DA BAIXA PARA A ALTA FREQUÊNCIA VOCÊ DÁ UM SALTO QUÂNTICO

DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: BUSCAR A PAZ ATRAVÉS DO SILÊNCIO INTERIOR

O texto de hoje da coluna DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL é um chamado para um encontro consigo mesmo, através do silêncio interior que podemos conseguir com a prática da meditação, o caminho para a liberdade  e a paz. Então convido você a ler o texto completo a seguir, refletir e fazer o seu juízo de valor. 

Tire um tempo para você

 
PAZ
É importante silenciar.
Buscar a paz através de nosso silêncio interno.
Esse silêncio não depende do barulho que está lá fora, mas sim do cessar do barulho que eu mesmo faço aqui dentro…
Nós, através de nossas ansiedades, nossas tristezas não permitimos que o barulho interno pare…
Busque silenciar por dez minutos.
Medite!
Não queira não pensar… Deixe os pensamentos livres, mas sem opinar, só os observe, deixe-os fluir sem julgá-los.
Você perceberá com o tempo que esse tempo vale ouro, pois você está dedicando-se a pessoa mais importante do mundo: Você!
Dê atenção ao seu mundo interior, onde guerras acontecem… Inicie a sua Paz.
Peça um tempo, se não conseguir solucionar agora…
Espere um pouco, mas tente  soltar o que atormenta…
Esquecer um pouco…
Comece a perceber o mundo através de todos os sentidos. Ouça… Observe… Escute… Prove… Sinta…
Nós não estamos encontrando a nossa paz, pois não nos permitimos uma conversa franca conosco mesmo.
Pare! Medite e busque o seu Equilíbrio.
Aprenda a dizer não!
Liberte-se!
E principalmente inicie o seu Silêncio.
Lembre-se : A paz começa com você!
Medite!
Aceite! Agradeça! Perdoe-se! Perdoe!
Reflita!
A paz começa comigo!
A paz começa com você!
Paulo Sérgio Lopes
Continuar lendo DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: BUSCAR A PAZ ATRAVÉS DO SILÊNCIO INTERIOR

AUTOCONHECIMENTO: OBSERVAR AS LEIS UNIVERSAIS É RESPEITAR O CICLO DO FLUXO DA VIDA

O texto que trago nesta segunda-feira, aqui na coluna AUTOCONHECIMENTO do Blog do Saber, aborda um assunto muito importante, que poucas pessoas dão o devido valor. O ciclo do fluxo da vida, que nada mais é do que a observação as Leis Universais Cósmicas. Seguir o fluxo da vida é como seguir o fluxo das águas de um rio. Quando se tentar ir contra a correnteza, o esforço e a energia gasta são imensos e, invariavelmente em vão. Ir contra as Leis Cósmicas ou resistir ao fluxo, quando luta ou duvida, quando se esforça para seguir seu plano, mesmo quando não está funcionando, você está fora de equilíbrio com o ritmo da vida. Convido você a ler o texto completo a seguir e entender, de uma vez por todas, como isso funciona!

O ciclo do fluxo da vida

Mensagem canalizada em 8 de Junho de 2021 – Arcanjo Gabriel

Queridos,

Quem de vocês com um pensamento pode parar o fluxo de um rio? A presença sagrada no momento de sua vida continua, independente de você concordar ou não. Quando você resiste ao fluxo, quando luta ou duvida, quando se esforça para seguir seu plano, mesmo quando não está funcionando, você está fora de equilíbrio com o ritmo da vida.

Quando você está em harmonia, seguindo a direção do Rio de toda Criação, você se sente mais em paz, interessado na vida e inspirado para novas direções criativas.

Quando você honra as estações e as luas, está trabalhando com o ritmo natural da vida. Você pode reconhecer que há ciclos na natureza que o apoiam quando você está alerta para eles.

Há um fluxo e refluxo desses ciclos que ajudam a lhe mostrar como gerenciar a energia em sua vida. Há tempos de movimento e também tempos onde parece haver uma pausa. Embora frustrante às vezes, esta desaceleração é uma oportunidade. Você está sendo guiado para se aquietar, ir para dentro, meditar, escrever e aproveitar seu tempo sozinho. Isto é um presente, então você também pode juntar-se aos entes queridos, caminhar na natureza e se divertir mais. Estas são todas formas que você pode preencher seu recipiente sagrado com amor, espírito, consciência e novas perspectivas.

É como se você estivesse surfando as ondas da vida e prestando atenção aos ciclos. É um longo caminho até a praia para almoçar se você gasta energia remando através do caos das ondas quebrando. Com um pouco de paciência, você pode se sentar nas águas calmas entre as ondas, aproveitando o sensação de espaço e talvez até fazer amizade com o surfista ao seu lado.

Você sabe no fundo que outra onda virá logo, então precisa se preparar para entrar nela antes que ela comece a curvar. Agora você pode ficar em pé e surfar, alegre, animado e no tempo perfeito.

Os velejadores sabem que o vento morre e não importa o quão forte eles soprem a vela, o barco não se move. Surfistas sabem que há uma calmaria nas ondas. Velejadores de rios sabem como ficar fora dos redemoinhos e aproveitar as águas calmas antes de pegarem as corredeiras.

Porque você acredita que precisa ser produtivo o tempo todo? Porque acha que algo está errado quando você está no refluxo esperando pelo fluxo do rio?

Não importa o quão importante seja seu objetivo, você vai atingi-lo mais rapidamente quando puder desacelerar e respirar de volta ao equilíbrio. Este momento é um presente permitindo a você integrar onde esteve com onde está indo.

Permita ao equilíbrio e a equanimidade abençoar o novo ciclo que está vindo em sua direção e saiba que tudo está bem.

E assim é

Shanta Gabriel — Fonte: https://higherdensity.wordpress.com/
Roseli Giusti Zahm e Marco Iorio Júnior — Tradutora e Editor exclusivos do Trabalhadores da Luz

Fonte: Trabalhadores da Luz

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: OBSERVAR AS LEIS UNIVERSAIS É RESPEITAR O CICLO DO FLUXO DA VIDA

DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: BUSCAR O EQUILÍBRIO ENTRE O SER E O TER É CONDIÇÃO SINEQUANON PARA A EVOLUÇÃO ESPIRITUAL

Nesse mundo tão materialista e efêmero é imperativo darmos atenção ao nosso DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL, já que dessa vida nada levamos quando partimos para uma nova jornada, a não ser o nosso espírito, a nossa essência, a nossa consciência e só conseguimos caminhar rumo a uma dimensão mais evoluída se conseguirmos o equilíbrio entre o ser e o ter. Por isso lhe convido a ler o texto de sabedoria a seguir para que possa expandir sua consciência rumo a essa evolução!

Ser ou Ter? Este é um grande Dilema para muitos » Benito Pepe

O equilíbrio entre o ser e o ter

Vivemos em um mundo que valoriza extremamente os bens materiais. Em sua maioria, as pessoas valorizam ou não o próximo, a partir do que o outro possui e aparenta, e não pela essência de seu ser.

Em um mundo dominado por nações materialistas e ainda sem ter alcançado suficiente desenvolvimento espiritual, grande parte das pessoas dedica sua vida a acumular dinheiro e bens materiais.

Desde cedo as crianças se acostumam a ter o que querem. E passam a valorizar seus amigos por suas aparências.

O que ocorre é que, sem reservas morais suficientes, muitos se tornam verdadeiros escravos da posse material e, muitas vezes, escravizam outros para atingir seus objetivos.

Sem dúvida que as posses materiais são uma conquista sócioeconômica do ser humano, ao longo de suas inúmeras jornadas na Terra.

O desenvolvimento material das sociedades é importante, pois gera melhorias na qualidade de vida, incentiva o desenvolvimento da indústria, do comércio, das ciências, das artes.

Todas essas conquistas permitem à Humanidade superar obstáculos de sobrevivência básica e, com isso, a possibilidade de desenvolver seu lado espiritual e moral.

A conquista do ter é dever de todos. A família depende dos recursos materiais para seu desenvolvimento, bem como a sociedade.

A conquista do ter, contudo, jamais deve ser mais importante que a do ser, que é a conquista dos valores morais e leva o indivíduo a elevar-se como Espírito.

O risco da posse ou da aquisição da propriedade não está no fato em si, mas da maneira como isto se dá e no que representa emocionalmente.

A aquisição de bens materiais não deve ter como base a avareza, e como objetivo a conquista de posição social passível de inveja ou de submissão de outrem.

A conquista material deve ser resultado do trabalho digno e constante, frequentemente oriundo de uma profissão baseada em estudo e preparo.

A conquista material deve prover conforto e equilíbrio àqueles que a possuem, mas jamais levar ao desequilíbrio das posses supérfluas e do modo de vida de ostentação e prazeres intermináveis.

Quem acumula bens materiais em quantidade superior àquela necessária à sua dignidade bem como de sua família, tem uma obrigação moral: dividir seus bens de uma maneira inteligente e sensata.

Obviamente que a doação àqueles que necessitam é necessária e nobre, mas a verdadeira divisão é baseada na geração de empregos e desenvolvimento.

Para ter tal lucidez é preciso que o indivíduo já tenha maior evolução espiritual a fim de que possa perceber que de nada serve uma fortuna acumulada em instituições financeiras e transformada apenas em bens de uso próprio.

É preciso ter equilíbrio, é preciso pensar no próximo, é preciso ser mais do que ter.

A felicidade, na Terra, independe do que se tem, mas se constitui naquilo que o ser cultiva interiormente em termos de amor sincero, ilimitado e em simplicidade.

Redação do Momento Espírita com base no cap. Propriedade, do livro Jesus e o Evangelho à luz da psicologia profunda, pelo Espírito Joanna de Ângelis, psicografia de Divaldo Pereira Franco,ed. Leal

Fonte: Momento de Reflexão

Continuar lendo DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: BUSCAR O EQUILÍBRIO ENTRE O SER E O TER É CONDIÇÃO SINEQUANON PARA A EVOLUÇÃO ESPIRITUAL

OBJETIVO DE GIRÃO AO CANDIDATAR-SE À PRESIDÊNCIA DA CPI DA PANDEMIA É “BUSCAR UM RELATOR QUE TENHA ISENÇÃO”

Candidato à presidência da CPI da Pandemia, Girão diz que preza por “equilíbrio”

Jorge Fernando Rodrigues e Nathallia Fonseca, da CNN, em São Paulo

18 de abril de 2021 às 18:25

Candidato à presidência da CPI da Pandemia, Girão diz que preza por " equilíbrio"

 Em entrevista à CNN Brasil, o senador Eduardo Girão (Podemos-CE) afirmou neste domingo (18) que seu objetivo ao candidatar-se à presidência da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investigará a condução da pandemia da Covid-19 no Brasil é, principalmente, “buscar um relator que tenha isenção”.

Girão, que enfrentará o senador Omar Aziz (PSD-AM), destaca que o presidente da Comissão terá o poder de escolher o relator, que por sua vez possui grande responsabilidade no documento final.

“Respeito todos os colegas, mas acredito que, na questão da relatoria, nós precisamos ter uma total isenção sem conflito de interesse algum. É necessário que você possa invesigar parente, que você possa investigar quem quer que seja”, disse.

Ao mencionar investigação aos familiares, Girão falou sobre o provável relator da comissão, o senador Renan Calheiros – a quem diz respeitar profundamente -, que é pai do atual governador de Alagoas, Renan Filho (MDB). “Como vamos buscar todas as verdades do que está acontecendo nos municípios se pode haver uma blindagem com relação a alguns dos investigados?”, indagou.

Ao citar as suas expectativas sobre a condução da CPI, o senador afirmou que a crise da falta de oxigênio no Amazonas e a verba destinada à produção de hidroxicloroquina são pontos importantes, mas também destacou que existem “muitas perguntas sobre as centenas de milhões de reais que foram destinadas aos estados”.

Em nota publicada nas redes sociais, o Podemos, partido de Eduardo Girão, afirmou ser contra “o acordão de cartas marcadas para dominar a CPI da Pandemia” e criticou o acordo de seis dos 11 membros da CPI em torno do nome de Omar Aziz.

CPI da Pandemia

Inicialmente, a proposta da CPI da Pandemia feita pelo senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) era para investigar somente o enfrentamento da Covid-19 por parte do governo federal. Embora a proposta tenha conseguido reunir número superior às 27 assinaturas necessárias para ser levada adiante, o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), se recusou a fazê-lo.

Diante da recusa, os senadores Jorge Kajuru (de Goiás, que antes estava no Cidadania e nesta quinta-feira comunicou sua filiação ao Podemos) e Alessandro Vieira (Cidadania-SE) recorreram ao Supremo Tribunal Federal (STF). Em decisão monocrática confirmada na quarta-feira (14) pelo plenário do Supremo, o ministro Luís Roberto Barroso determinou a instalação da CPI.

Senadores mais alinhados com o governo Bolsonaro se movimentaram, então, para ampliar o escopo da investigação, de forma que o governo federal não fosse o único foco da comissão. Assim, a administração por estados e municípios do dinheiro destinado pela União ao enfrentamento da pandemia também acabou incorporada à investigação.

Continuar lendo OBJETIVO DE GIRÃO AO CANDIDATAR-SE À PRESIDÊNCIA DA CPI DA PANDEMIA É “BUSCAR UM RELATOR QUE TENHA ISENÇÃO”

REFLEXÃO: NÓS ACREDITAMOS, POR CAMILA ZEN

Sexta-feira é dia de REFLEXÃO com Camila Zen, aqui na coluna. Hoje ela reflete sobre o que Nós acreditamos: Nós acreditamos que nascemos com uma luz brilhando dentro de nós e que essa luz tem o poder de iluminar o mundo. Acreditamos no poder da conexão com a natureza, e que dela vem tudo aquilo que precisamos para uma vida saudável e feliz. Acreditamos que o brilho do sol, o cheiro da chuva e a brisa do mar têm a capacidade de nos trazer de volta a nossa verdadeira essência. Nós acreditamos na simplicidade. E que as melhores coisas da vida não são feitas de grande glamour. Nós acreditamos nas pessoas. E não acreditamos que a depressão, a ansiedade e o estresse possam nos vencer. Nós acreditamos em sorrisos sinceros, abraços apertados e olhares cheios de luz. Nós acreditamos que a mudança nas nossas vidas depende exclusivamente de nós, e escolhemos mudar sempre em busca da evolução. Acreditamos em um mundo com mais corações em paz, mais mentes calmas e mais vidas em equilíbrio.

Fonte:

Continuar lendo REFLEXÃO: NÓS ACREDITAMOS, POR CAMILA ZEN

VARIEDADES: COMO FAZEM AS MULHERES PROFISSIONAIS EM DIFERENTES ÁREAS PARA LIDAR COM TRABALHO, FAMÍLIA E MANTER O EQUILÍBRIO

Servir vale a pena’: conheça cinco mulheres na linha de frente da pandemia

A trincheira é feminina. Profissionais de diferentes áreas contam o que fazem para lidar com seus trabalhos, suas famílias e manter o equilíbrio

Fernanda Colavitti, da CNN, em São Paulo

08 de março de 2021 às 05:00

Marisa Ferreira de Mello Pádua, 55 anos, psicólogaMarisa Ferreira de Mello Pádua, 55 anos, psicólogaFoto: Acervo pessoal

Um ano de pandemia e, em alguma medida, todos tiveram suas vidas transformadas pelo novo coronavírus — no trabalho, na vida pessoal, ou nos dois. A prevalência entre os afetados nas duas pontas é feminina.

Segundo levantamento da Organização das Nações Unidas (ONU), as mulheres representam 70% dos profissionais nos setores social e de saúde e são três vezes mais responsáveis pelos cuidados não-remunerados em casa do que os homens.

São mulheres como Vera, Fabiana, Fernanda, Clara e Marisa, que saíram para trabalhar ao longo desse ano, enfrentando o medo de serem contaminadas, bagunçando e reorganizando suas vidas domésticas e, ainda assim, encontrando maneiras de prosseguir. Aqui, elas compartilham como foi encarar a pandemia na linha de frente da batalha e suas estratégias para manter algum nível de positividade e saúde mental.

Marisa Ferreira de Mello Pádua, 55 anos, psicóloga

“Quem teve perdas de pessoas queridas ou precisou implorar por uma vaga de hospital para um familiar vai entender a importância de valorizar a vida”

“Coordeno o setor de psicologia do Hospital Saboya, no Jabaquara (SP), e atuo numa enfermaria psiquiátrica. Estando na linha de frente, ainda mais na área de saúde mental, foi impossível me isolar. Enquanto todos estavam reclamando de ficar em casa, isso era tudo o que eu mais queria.

Por mais cuidados que eu tenha tomado, acabei pegando Covid, em junho. Foi leve, tive apenas dor de cabeça e cansaço – sintomas que, mesmo agora, curada e tendo tomado as duas doses da vacina, continuo sentindo. Meu marido e minha sogra de 97 anos, que mora com a gente, também pegaram. Ela ficou assintomática. Ele teve sintomas mais fortes, que já passaram.

Houve aumento da carga de trabalho, com férias e feriados suspensos para darmos conta dos atendimentos a pessoas que tentavam o suicídio, pacientes com transtorno bipolar, esquizofrenia crônica. Eram casos muito graves que aumentaram demais durante a pandemia.

Foi (e está sendo) tudo muito pesado. E ainda vieram as perdas de colegas de trabalho, que foram muitas e significativas. E era inevitável não imaginar que eu poderia ser a próxima.

Tenho cinco irmãs e uma delas eu não vejo há um ano. Tenho dois filhos que moram no exterior, que também não sei quando vou poder encontrar. Já comprei a passagem para ver a minha filha, que está grávida, em julho, mas não sei se vai ser possível. Meu escape são a ioga e a meditação. É isso que me dá um suporte mental para poder confortar os pacientes e outras psicólogas com quem trabalho.”

Vera Aparecida dos Santos, 51, assistente social

“Aprendi que servir vale a pena, e quero sempre estar disponível para servir ao outro no combate à violêncVera Aparecida dos Santos, 51, assistente socialVera Aparecida dos Santos, 51, assistente socialFoto: Acervo pessoal

“Eu atuo na prevenção contra a violência sexual, dando orientação e apoio às vítimas de todos os gêneros e idades. Mesmo não sendo uma profissional da área de saúde, acabei ficando imersa nesse universo. A pandemia trouxe um aumento nos casos de violência sexual contra mulheres e crianças. Fui deslocada para uma unidade de saúde para atender urgências.

No começo, faltavam equipamentos de proteção e tínhamos de atender vítimas que chegavam com sintomas de Covid. Convivi com a agonia de ver crianças com sangramento vaginal sem atendimento – todos os esforços estavam focados na pandemia. Tentava dialogar com as unidades e pedir atendimento médico a vítimas com sinais de violência sexual.

Isso me causava muita angústia. Tive dor de cabeça constante por conta da tensão. O caminho que encontrei para lidar com todo esse stress foi a descontração e o apoio dos colegas. Elegemos o horário de almoço como nosso momento de conforto, a hora de conversar sobre qualquer assunto que não fosse Covid, de brincar, dar risada, e de comer muito doce.

Sou solteira e moro sozinha. Tenho um irmão que mora do lado do meu apartamento, e desde março do ano passado eu não vou lá. A meditação, que já era importante na minha vida, ficou ainda mais. Eu segui fazendo acompanhamento psicológico online. Fui convidada a participar de lives sobre prevenção à violência e fiquei feliz em contribuir de uma forma nova para salvar a vida de mais mulheres.”

Fabiana Cristina de Oliveira, 30, diarista

“Aprendizado e empatia são as palavras que definem 2020 para mim. Em nenhum momento deixe de sentir e de transmitir amor”

Fabiana Cristina Almeida de Oliveira, 30, diaristaFabiana Cristina Almeida de Oliveira, 30, diarista Foto: Acervo pessoal

“Sou de Recife, mas vivo em São Paulo há 9 anos. Trabalho em diferentes casas, de segunda a sábado. Continuei indo para algumas famílias até o fim de março do ano passado. Em abril, parei de ir em todas as casas. Algumas pessoas se prontificaram, de uma maneira linda, a continuar me pagando. Mas nem todas puderam.

Eu ganhava 2 mil reais por mês, e passei a ganhar metade. Por sorte, meu marido trabalha em um mercado e não parou. Mesmo assim, temos três filhos. Foi uma geração de dívida enorme. Tive de reduzir as despesas, as compras de mercado. Era armário ficando vazio e nada de dinheiro entrando.

Esse período sem trabalhar foi o que eu senti mais medo de pegar Covid. Meus filhos não estavam indo para a escola e eu não deixava ninguém sair para nada, nem para colocar o lixo na rua. Imagina três crianças ansiosas para sair e brincar…

Apesar de todos os cuidados, acabei pegando Covid em setembro, quando voltei a trabalhar. Foi apavorante. A evolução foi muito rápida. Eu estava trabalhando e, de repente, senti uma falta de ar imensa, uma sensação de desmaio, e fiquei com febre. Passei cinco dias sem conseguir sair da cama.

Tivemos de fazer um esquema de guerra em casa para eu não contaminar meus filhos e meu marido. Fiquei trancada no quarto. Meu marido tirou uma licença do trabalho para cuidar de mim e das crianças, que choravam o tempo todo. Ninguém em casa pegou.

Minha fé me ajudou a manter a saúde mental. Em nenhum momento me senti sozinha. Voltei a trabalhar em todas as casas, estou com a semana fechada. Hoje, somos uma família mais feliz e meus filhos reconhecem meu esforço para trazer dinheiro para casa”.

Fernanda Justo Descio Bozola, 36, médica infectologista

“A pandemia me fez valorizar ainda mais as coisas simples, como um abraço de familiares e amigos”

Fernanda Justo Descio Bozola, 36, médica infectologista
Fernanda Justo Descio Bozola, 36, médica infectologista
Foto: Acervo pessoal

“Trabalho no controle de infecção do Hospital Sírio-Libanês. Em 2019, fiquei grávida e, no final da gestação, chegou a pandemia. Naquele momento, eu enfrentei o medo do vírus e o desconhecimento da maternidade. Por conta do isolamento, não tive ajuda de ninguém, além do meu marido. Me senti um pouco culpada, porque tive de ser afastada do hospital em abril, por causa da gravidez.

Minha filha nasceu em maio. Meu marido tirou férias e depois ficou trabalhando em home office. Éramos só ele e eu cuidando da Cecília. Sentia falta de ter a minha mãe perto de mim, ou uma amiga que pudesse ir em casa. Trocava mensagens, ligava, mas não é a mesma coisa. Por outro lado, isso fortaleceu o vínculo entre nós três em casa.

Quando tive de voltar a trabalhar presencialmente, veio o stress de encontrar alguém para ficar com a minha filha. Hoje uma profissional maravilhosa trabalha com a gente. Nesse momento, já tínhamos 6 meses de pandemia no Brasil. Eu sabia as medidas de prevenção e sempre tive equipamentos de proteção individual no hospital. Vou trabalhar com tranquilidade, porque sei que estou protegida.

Me senti realizada em poder participar do enfrentamento da pandemia como médica infectologista, colocar em prática tudo o que eu estudei. Mas o trabalho é muito intenso e preciso chegar em casa bem para cuidar da minha bebê. É ela que me mantém forte. A minha estratégia para lidar com a situação é separar minha vida profissional da minha vida doméstica. Quando saio para trabalhar, respiro fundo e entro na sintonia 100% trabalho. Na volta para casa, faço o inverso. Tomo um banho e digo: ‘pronto, mamãe chegou’.”

Clara Esther Maciel dos Santos, 35, enfermeira

“A pandemia me trouxe autoconhecimento, porque fui obrigada a me cuidar”

Clara Esther Maciel dos Santos, 35, enfermeira
Clara Esther Maciel dos Santos, 35, enfermeira
Foto: Acervo pessoal

“Quando a pandemia chegou, eu estava em período de experiência como enfermeira-líder no Hospital Sírio-Libanês. Hoje, sou coordenadora da UTI. Apesar dos ganhos profissionais, foi um período muito difícil, especialmente na minha vida pessoal.

Meu marido trabalha em uma indústria metalúrgica e o serviço caiu bastante. Ele ficou trabalhando em casa, com redução salarial, e cuidando dos nossos dois filhos. Tive de assumir praticamente todas as contas. Saía de casa às 5h e não tinha hora para voltar.

Eu tinha muito medo dessa doença, que era totalmente desconhecida. A gente não sabia como tratar, que tipo de paramentação utilizar. Eu tinha pavor de levar o vírus para casa. Passei quatro meses usando máscara dentro de casa, dormindo separada do meu marido. E sem abraçar meus filhos.

Sentia que eu não estava conseguindo dar conta de ser profissional, mãe e companheira. Em agosto, tive uma crise de ansiedade séria e precisei me afastar. Pensei em desistir de tudo. Conversei com a minha coordenadora e ela sugeriu que eu tirasse 15 dias de férias com o compromisso de me cuidar. Desde então, faço terapia toda semana.

O medo ainda existe, mas hoje me sinto mais protegida no hospital do que fora, porque temos todos os protocolos. A terapia tem sido fundamental para enfrentar esse período e entender que eu tenho vários papéis, como profissional, mãe, companheira, e ainda tem que sobrar um tempo para mim.”

Continuar lendo VARIEDADES: COMO FAZEM AS MULHERES PROFISSIONAIS EM DIFERENTES ÁREAS PARA LIDAR COM TRABALHO, FAMÍLIA E MANTER O EQUILÍBRIO

AUTOCONHECIMENTO: TRAZER CONSCIÊNCIA PARA REFEIÇÃO É UM PASSO PARA A INTEGRAÇÃO COM NOSSOS CORPOS FÍSICOS, MENTAL, EMOCIONAL E ESPIRITUAL

Uma alimentação saudável é um dos passos que você deve dar rumo a sua melhor versão e a vida plena. Isso vai lhe proporcionar a alcançar a saúde integral que reúne o equilíbrio entre o físico, o menta, o emocional e o espiritual. Por isso lhe convido a ler o artigo completo a seguir e aprender como comer conscientemente!

Comer conscientemente

Homem em mesa de restaurante comendo lanche

O ato de comer tem sido mecanizado, muitas vezes. O fato de não escolher, preparar os alimentos e delegar à indústria nos desconecta da nossa nutrição básica e o comer se torna compulsivo. Trazer consciênciamental, para a refeição é um passo de integração com os nossos corpos físico, emocional e espiritual.

A cultura da correria deixou-me desconectada do meu paladar por muito tempo. Eu tinha que apresentar resultados e cada vez mais rápido, não tinha tempo e a comida ficava sempre em último plano. Comia o que dava, sem prazer ou atenção até que, certo dia, deparei-me com uma reflexão, um trecho retirado do livro “A arte de comer”, de Thich Nhat Hanh, que dizia:

Buffet de frutas e vegetais visto de cima

“Certas vezes, comemos sem pensar no que ingerimos. Estamos pensando no passado ou no futuro, ou então, ruminando nossas ansiedades ou preocupações. Portanto, pare de pensar em trabalho, esqueça o escritório, esqueça tudo o que não estiver acontecendo quando estiver comendo. Não mastigue seus planejamentos e sua ansiedade, será complicado sentir-se grato por cada pedacinho de comida. Simplesmente mastigue sua alimentação.”

Então pela primeira vez percebi que estava comendo a pressa, a angústia, o medo, minhas emoções ao invés do alimento à minha frente. Tomar consciência é um primeiro passo fundamental na jornada da mudança. Acreditava que por ser vegetariana há anos, comer orgânicos sempre que possível, fazia de mim alguém – automaticamente – consciente do ato de comer e que era suficiente. De fato era um passo importante, mas eu não dava a devida atenção aos alimentos pela forma que comia.

No livro “Trabalho: a arte de viver e trabalhar em plena consciência”, de Thich Nhat Hanh, há uma parte que se refere ao café da manhã, uma refeição muito negligenciada. Pega-se algum alimento para comer no deslocamento de casa para o destino. Mas o café é uma das primeiras chances do dia de apreciação, cuidado, atenção e gratidão. Há uma passagem no livro que diz:

“No café da manhã, mesmo que seja só um lanche pequeno no começo do dia, coma de tal forma que seja possível ter liberdade. Você pode mastigar cada pedaço do seu desjejum com plena consciência, com alegria e liberdade. Enquanto come, não pense no que terá de fazer a seguir, ou em todas as coisas que tem de fazer no dia. A sua prática é apenas estar presente para o seu café da manhã. O seu café da manhã está presente para você; e você precisa estar presente para ele.”

Sempre pensei na liberdade como algo externo a mim, como viajar pelo mundo, romper barreiras. Mas desde que descobri que a liberdade está ao alcance das minhas mãos e começa pela minha boca, muito mudou em mim. Porque percebi que a liberdade é proporcional à minha consciência.

Anna Bheatriz Nunes

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: TRAZER CONSCIÊNCIA PARA REFEIÇÃO É UM PASSO PARA A INTEGRAÇÃO COM NOSSOS CORPOS FÍSICOS, MENTAL, EMOCIONAL E ESPIRITUAL

AUTOCONHECIMENTO: O AMOR É CAPAZ DE SE EXPANDIR PARA TODOS OS SERES HUMANOS DA TERRA, POIS É INCONDICIONAL

Na coluna AUTOCONHECIMENTO deste sábado temos um texto que vai lhe esclarecer o que realmente é amor incondicional e como se deve amar incondicionalmente sem abrir mão da dignidade, dos limites e do respeito. Então, lhe convido a ler o texto completo a seguir, refletir e tirar suas conclusões!

Ame incondicionalmente

O que é AMOR INCONDICIONAL - significado psicológicoMensagem canalizada em 18 de Outubro de 2020 – Mestre Kuthumi

Uma pergunta veio de Gerry, EUA.
Caro Mestre Kuthumi, como podemos nos esforçar consistentemente para amar incondicionalmente, sem às vezes nos envolvermos em uma situação em que nos sintamos explorados ou esgotados?

Às vezes parece necessário estabelecer limites, mas isso é compatível com amar incondicionalmente?

Parece um enigma!

Eu, Kuthumi, venho para responder a esta pergunta não apenas para este, mas para muitos. Este é um problema com o qual muitos estão lutando. Seus padrões humanos estão mudando, o que está trazendo várias dores e sentimentos de peso ao corpo físico. Embora não haja nenhuma doença real, você não pode negar como seu corpo se sente. Alguns sentem uma leve tontura na região da cabeça, outros suportam crises de esquecimento. Muito está acontecendo para todos vocês, especialmente neste ano. As decisões em suas vidas que foram ignoradas devem agora ser tratadas e finalmente tomadas.

Todas as formas de karma, particularmente o karma retido de vidas anteriores, incluindo seus familiares, agora precisam ser liberadas. Isso por si só frequentemente envolve um processo emocional. Saiba que é uma parte essencial do equilíbrio e da superação do corpo emocional inferior. Este processo não pode ser evitado. A humanidade está sendo preparada para entrar em níveis superiores. Portanto, nenhuma questão emocional inferior pode permanecer para retê-lo.

Já disse muitas vezes que a limpeza do corpo emocional é a maior lição do homem. Muitos agora estão percorrendo este caminho. Saiba que você não está sozinho neste processo. Se você ainda estiver imóvel, sentirá o que é certo fazer. O que você deve liberar para seguir em frente. Portanto, saiba que as energias universais estão com você.

Você está se elevando em sua compreensão e consciência também. Permita-me tentar tornar os seus passos um pouco mais fáceis ao abordar esta questão do amor incondicional. Amor – é a essência, a chave de Tudo. No entanto, existem muitas formas de amor. Conforme você se funde a uma vibração mais elevada, seu sentimento de amor muda e cresce. E assim é. Veja, não faz muito tempo, quando alguém falava de amor, era uma forma tridimensional de amor.

Alguém poderia pensar em relacionamento amoroso – marido, esposa, filha, filho e mãe. Essa forma de amor geralmente estava ligada a uma pessoa e era facilmente compreendida. Era uma forma de amor obediente. Fazia parte do seu papel na vida e era confortável. Conforme a progressão veio e o homem entrou na quarta dimensão, esse amor foi necessário para se expandir para os outros.

Houve confusão por algum tempo. Esta confusão ainda é sentida por alguns de vocês hoje. Veja, ao expandir sua percepção do amor, você foi tirado da zona de conforto, do platô de compreensão de que vocês tanto desfrutavam. Alguns não queriam dar um passo à frente, para olhar para uma visão expandida que foi encorajada por sua própria Alma e guias espirituais. Eu lhe digo, esses são tempos em que o crescimento extensivo está disponível para todos vocês. Não tema as oportunidades de crescimento.

O Amor é infinito. Seu amor é perfeitamente capaz de se expandir para todos os seres vivos da Terra. Você ainda seria capaz de dar mais amor. Este não é um amor egoísta, não. Na verdade, é um amor incondicional. Você sente tristeza pelas vítimas de enchentes ou de terremotos. Você sente compaixão por eles. Você não os conhece fisicamente. Nunca conheceu essas pessoas, mas você é capaz de experimentar a emoção da compaixão e da preocupação – o amor incondicional.

Eu lhe digo  em áreas do planeta onde um desastre ecológico é experimentado, há na atmosfera uma grande energia de amor. Este é formado por outras almas no planeta enviando em forma de pensamento, o amor incondicional. Isso fornece a cura inicial para o planeta e as almas envolvidas. Falo de todos os seres vivos, não apenas do elemento humano, mas da vida aquática, da vida vegetal, dos reinos elementais e minerais. A energia de cura acumulada é ótima. Muitos de vocês vivenciam e participam desse processo de cura sem nem mesmo pensar no efeito que estão criando.

É maravilhoso. Conforme progride, você sentirá e expressará ainda mais o amor incondicional pelos outros. Além disso, pode não haver nada que você possa fazer fisicamente ou verbalizar para outras pessoas. Isso nem sempre é necessário. É a sua intenção que é importante. E essa intenção nasce de seus pensamentos e energia compassiva. Isso cria a grande intenção amorosa e a energia de amor mais profunda que ajudarão a manifestar uma nova Terra, um modo de vida da Alma. Eu o chamo de amor mais profundo porque isso simplesmente é o que o amor incondicional é. Ele se estende a um nível muito mais profundo do que outras formas de amor.

Alguns de vocês estão confusos sobre este significado de amor mais profundo. Você se pergunta como pode fazer isso. O que irá acontecer? Eu lhe digo que a única coisa que acontecerá à medida que mais e mais de vocês fluírem em energias superiores de amor incondicional, vocês viverão em paz. Você desejará a paz. Você terá mais consideração pelos outros seres – todos os seres, em seus pensamentos, suas palavras e suas ações. É neste ponto que você experimentará viver na Graça. Viver em uma energia vibracional mais elevada e mais sutil.

Mas você ainda está passando por tempos de transição. Isso me traz de volta à pergunta maravilhosa de Gerry. Meu amigo, você só será pego em situações em que se sentir explorado se permitir. Existem muitas situações em que você será obrigado a estabelecer limites com outro. Amar incondicionalmente não significa permitir que você seja maltratado, ou como diria esta (Lynette), como um capacho, não. Em tal situação, você declararia com calma, mas com firmeza, que a situação é injusta, não é agradável, não é necessária, não é desejada. O que quer que você precise dizer – não, não é aceitável e, se necessário, afaste-se.

Em todos os momentos você deve se honrar  e manter sua dignidade espiritual. A confusão aqui é criada por não entender o verdadeiro significado do amor incondicional. Honre a si mesmo em primeiro lugar. Isso é feito declarando com bastante calma o que é aceitável para você e o que não é. Honre a outra pessoa ouvindo-a sem raiva. Se o resultado final ditar que você concorda em discordar ou se afastar, então simplesmente o faça. O acordo de atitude ou ação não pode ser alcançado. Veja isso e não se sinta culpado. É simplesmente que cada um tem um desejo diferente, o que não é aceitável para o outro.

Então, eu lhe digo, é aceitável expressar calmamente a sua verdade, para honrar a si mesmo e a sua própria verdade. Você expressa o amor incondicional dessa maneira. Ao não ter raiva, hostilidade e ressentimento. Você reconhece que é onde a outra Alma está em seu caminho de vida. Amor incondicional não significa que você deva concordar com outra pessoa, aconteça o que acontecer. Se a outra Alma for evoluída o suficiente, ela aceitará sua visão e talvez pensará sobre a atitude e suas palavras. É assim que eles expressariam amor incondicional por você. A experiência proporcionaria crescimento da Alma e uma nova compreensão para eles – se eles permitirem. Se estiverem prontos para esse crescimento, isso pode envolver mudanças comportamentais para eles. Se eles decidirem não fazê-lo, simplesmente se afastarão. Saiba e aceite que é onde estão no seu caminho de aprendizado.

Você enfrentará essas situações muitas vezes devido ao crescimento transicional da Alma no planeta. Alguns de vocês são mais avançados do que outros. No entanto, não diga que você é maior ou melhor, não. Simplesmente reconheça-se e continue a sua jornada. Isso também é amar incondicionalmente. Está no permitir, você percebe? Permitir que o outro seja. Compreenda que vocês estão crescendo e experimentando várias etapas e dimensões neste momento. O restante deste ano proporcionará grandes desafios e grande crescimento. Os sábios honrarão sua alma e ouvirão a sabedoria de sua própria alma. É a sua sabedoria interior que fornecerá o seu farol de Luz em cada desafio. Isso o levará a novos patamares de consciência enquanto se prepara para um novo ano. Sim, seu novo ano certamente chegará.

Minhas bênçãos de luz para cada um de você

Fonte: trabalhadoresdaluz.altervista.

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: O AMOR É CAPAZ DE SE EXPANDIR PARA TODOS OS SERES HUMANOS DA TERRA, POIS É INCONDICIONAL

REFLEXÃO: A PAZ INTERIOR É A FORÇA QUE VOCÊ PRECISA PARA MANTER-SE EM EQUILÍBRIO

A paz é uma conquista daqueles que se amam. Por isso, ame-se pelo amor de você mesmo! Ninguém tem o direito de invadir a sua paz. Portanto, se o estão fazendo é porque você está permitindo. A paz é um exercício diário, que você pode conquistar, através do exercício diário da gratidão. Medite, pratique o Mindfulness. Só existem dois dias no ano em que nada pode ser feito. Um se chama ontem e outro amanhã. Portanto, hoje é o dia certo para amar, acreditar, fazer, e principalmente viver. Portanto esteja 100% presente no agora!

A Paz Interior

 

Aconteça o que acontecer na sua vida, não perca a sua paz interior, ela é a força que você precisa para manter-se em equilíbrio mesmo durante as piores tempestades.

Nessa época de pessoas atormentadas por pesadelos, por frustrações e sonhos desfeitos, manter a paz é fundamental para não cair nas armadilhas da depressão.

A carga de informação que você recebe durante o seu dia, a pressão do trabalho, dos estudos e dos relacionamentos, acaba deixando seus nervos em pedacinhos.

Se você não estiver com o pensamento voltado para o seu bem estar, você não consegue manter o equilíbrio e ai, o seu fígado começa a sofrer as primeiras conseqüências, daí para as doenças do estômago como a gastrite, a úlcera e outros nomes não muito recomendáveis, é um passo.

É preciso que você coloque filtros em sua vida, e ao receber as notícias, sejam elas quais forem, analisar e rapidamente descartar o que não for realmente importante para sua caminhada.

Manter-se em paz é um exercício diário, porque muitos obstáculos estarão presentes no seu dia a dia, a começar pelo seu lar, onde sob o mesmo teto reúnem-se pessoas que não compartilham as mesmas idéias que você.

No trabalho outros problemas nos aguardam. Manter o emprego esta cada vez mais difícil, devido a enorme competição imposta pelas empresas entre os funcionários, tornando o clima às vezes “infernal e insuportável”.

Para complicar tem o seu relacionamento que anda às vezes tão complicado por coisas tão bobas, que você fica pensando, será que vale a pena?

E quando você está a sós, fica imaginando que não nasceu para amar e ser amado, que os anjos te esqueceram e outras besteiras que a solidão causa.

Tudo isso e mais aqueles amigos que acreditam que você é poderoso e usam seu ombro como se fosse um grande muro das lamentações e deixam você mais carregado de energias nada boas.

Cuide-se enquanto é tempo. Para que sua paz continue, use estas regrinhas básicas:

– Use o bom senso ao ler as notícias.

– Pare de ir no embalo dos alarmistas de plantão.

– Ao entrar no local de trabalho, faça uma prece em silêncio e cumprimente a todos com alegria.

– Respeite-se, se não estiver com vontade de falar com ninguém, retire-se e pare de fingir que está tudo bem.

– Peça ajuda. Para ajudar alguém precisamos estar muito bem. Se você não estiver bem, esqueça, você vai prejudicar a você e a quem pediu ajuda. A paz é uma conquista daqueles que se amam.

– Ame-se pelo amor de você mesmo! Ninguém tem o direito de invadir a sua paz e se o estão fazendo é porque você está permitindo.

– Reveja seus atos. Para manter a sua paz vale tudo: banhos relaxantes, orações, terapias, e muito amor. A paz é um exercício diário.

– Sorria mais, relaxe, busque um cantinho dentro de você para ser feliz. Você é responsável pelo seu bem estar. Estando feliz, o outro seguirá o seu exemplo.

– Acredite em você.

– Valorize-se. Você merece muito mais do que tem hoje, e vai conquistar se mantiver seu pensamento voltado para suas conquistas, sonhos e desejos.

Só existem dois dias no ano em que nada pode ser feito. Um se chama ontem e outro amanhã. Portanto, hoje é o dia certo para amar, acreditar, fazer, e principalmente viver.

Fonte: mundodasmensagens.com

Continuar lendo REFLEXÃO: A PAZ INTERIOR É A FORÇA QUE VOCÊ PRECISA PARA MANTER-SE EM EQUILÍBRIO

SAÚDE INTEGRAL: A AROMATERAPIA COMO AGENTE FOMENTADOR DA SAÚDE EMOCIONAL

Neste domingo você tem um encontro marcado com a psicóloga e colaboradora deste blog Sarita Cesana, que nos trás um artigo sensacional sobre uma técnica oriental chamada aromaterapia, através da utilização de óleos essenciais na busca do equilíbrio emocional, mental e físico. Então convido você a ler o artigo completo a seguir para conhecer essa técnica incrível e transformadora!

Os óleos essenciais e a saúde emocional

As flores e plantas vêm sendo utilizadas para combater pragas e doenças há milênios. Os egípcios, os romanos, os gregos, os chineses, os indianos, muitos outros povos, e também os índios, se favoreciam das propriedades terapêuticas das plantas em massagens, chás, banhos e preservação de ambientes, na busca do equilíbrio emocional, mental e físico.

A sociedade e a cultura atuais apresentam numerosas patologias fisiológicas, emocionais e mentais. Uma das alternativas, que vem tomando espaço, com sucesso terapêutico, é a aromaterapia, cujo produto principal são os óleos essenciais, extraídos das flores, folhas, raízes e plantas.

Sendo óleos absolutamente naturais, e puros, têm uma ação na prevenção e cura de doenças em todos os seres vivos.

A natureza é generosa e abundante, com infinitas possibilidades e recursos, disponíveis para todos que buscam uma vida saudável e plena.

Para a sua fabricação são utilizadas flores colhidas ao anoitecer ou, amanhecer do dia. Horário em que o aroma das plantas alcança o seu pico máximo. Então elas são colocadas sobre o vapor para que se possa obter o óleo essencial contido em suas flores, flores, caule e raízes.

QUANDO SURGIU A AROMATERAPIA

O conceito atual e moderno no que diz respeito a aromaterapia foi criado pelo químico francês René Maurice Gattefossé quando um acidente em seu laboratório, enquanto fazia pesquisas na área de aromas, tanto para perfumes quanto para alimentos, queimou gravemente suas mãos.

Este acidente em suas mãos levou-o instintivamente a mergulhá-las no líquido mais próximo, que por coincidência era óleo essencial de lavanda, e ao retirá-las do líquido, estas não ardiam, e imediatamente em seu pensamento científico viu que este líquido, o óleo essencial de lavanda possuía propriedades analgésicas: que seus ativos continham utilidades medicinais.

Sua pele regenerou-se rapidamente, sem tampouco infeccionar, mostrando que além de analgésico, o óleo essencial de lavanda, também continha propriedades citofiláticas e antissépticas.

Este incidente então deu inicio a suas pesquisas em 1920, e desde então até 1937, quando lançou seu livro “AromaTherapie“, definindo também o nome desta “nova” ciência.

Outros médicos também utilizaram os óleos essenciais na medicina e na estética segundo arquivos históricos. E muitos deles se prontificaram a estudar as propriedades e benefícios da aromaterapia, como é até os dias de hoje, sendo fator de interesse em diversas áreas científicas.

A aromaterapia é objeto de estudo da Psicologia, Biologia, Imunologia, Terapias avançadas, Terapias naturais, Neurologia, Metafísica e Química.

O QUE SÃO OS ÓLEOS ESSENCIAIS?

Os óleos essenciais são compostos aromáticos que as plantas produzem para diversas funções, e podem ser encontrados em diversas partes da planta, com a folha, flores, fruto, raízes, e são definidos pelos seu método de extração. São produzidos pelas plantas, através de um processo bioquímico, induzido pelo sol: por isso, do ponto de vista energético, entende-se que essa substância carrega em si a energia vital, ou prana – o princípio da vida.

Por esse motivo são potentes e poderosos!Importante ressaltar que óleos essenciais são diferentes de essências: estas são substâncias sintéticas, feitas em laboratório, para copiar os aromas dos óleos. Enquanto os óleos essenciais são produzidos sem alteração química, e sim com suas propriedades naturais.

Robert Tisserand, fundador do Instituto Tisserand explica: “Creio que é importante clarificar que a palavra aromaterapia evoluiu para abranger o uso de óleos essenciais no cuidado da pele, bem-estar psicológico, cuidado da casa e higiene pessoal, e ainda da medicina – ou talvez cura holística. São na verdade quatro ou cinco áreas ou especialidades diferentes dentro da mesma palavra.”

Podem ser inalados (gotinha nas mãos…e inalar com a mão em forma de concha), em difusor para o ambiente, massagem, banhos tópico na pele (com cuidado e diluição), no travesseiro, em cápsulas ou num copo de água alguns Pescoço, nuca, sola dos pés.

SAÚDE EMOCIONAL 

Os óleos essenciais são usados para tratar “o que aflige’, física, cosmeticamente, mentalmente, emocionalmente ou espiritualmente.

Importante procurar um bom aromaterapeuta, já que esse conhecimento é sério e importante, assim como um bom produto.

Grande parte das nossas doenças são derivadas de raiva, tristeza guardada, medos, perdão traumas, depressão…os óleos agem na abertura do coração, para limpar essas emoções negativas, trazendo bem estar e transformação energética.

Eles são auxiliares aos tratamentos, e até indicados na prevenção, porém NUNCA devem substituir medicamentos sem consulta prévia ao especialista que receitou.

Por suas propriedades terapêuticas, segundo estudos, são utilizados como complemento nos processos de autoconhecimento, depressão, TPM, medos e fobias, irritabilidade e agressividade, insônia, ansiedade, confusão e dúvidas no dia a dia, tristeza, estresse, traumas, entre outros sintomas que afetam a vida e as relações.

Ao ser inalado, o aroma vai diretamente ao cérebro, chegando ao sistema límbico, onde é processado, liberando neurotransmissores, gerando calma, relaxamento, ou energia, vigor, equilíbrio e clareza. Em outras formas de uso, seu efeito costuma ser rápido e eficiente.

Para muitos os cheiros são muito importantes, trazendo uma memória olfativa que trazem benefícios imediatos. Os óleos são concentrados, potentes e com propriedades inteligentes: um mesmo óleo pode ser utilizado para várias coisas – você usa para uma coisa e se cura de outra.

São também chamados de “cheiros que têm a intensidade de DEUS”, em trabalhos psico-espirituais, facilitam a conexão com pai/mãe espiritual, nos aproximam de nós mesmos, desatam nós, devolvem a esperança e acalentam o coração.

E estamos precisando tanto disso !!!

Sarita Cesana

Psicóloga

Contatos: @saritacesana – (84) 99608-9666

Continuar lendo SAÚDE INTEGRAL: A AROMATERAPIA COMO AGENTE FOMENTADOR DA SAÚDE EMOCIONAL

REFLEXÃO: É POSSÍVEL NOS LIVRARMOS DESSA BOMBA ATÔMICA QUE PRODUZ DOENÇAS

Vamos começar esta nova semana com uma boa REFLEXÃO sobre o que mais nos aflige nos dias atuais: o Stress e seus bombásticos sintomas. Podemos nos livrar dos efeitos dessa bomba atômica que produz doenças através da yoga e da meditação. Então vejamos como!

STRESS: UMA BOMBA ATÔMICA QUE PRODUZ DOENÇAS

 

Não é curioso notar que apesar da tecnologia ter avançado de forma tão espetacular e trazido tantas facilidades e rapidez na informação, continuamos a trabalhar demais até a exaustão? Tanto avanço deveria ter nos proporcionado tempo de sobra para o descanso nas férias, para nos dedicarmos à nossa vida pessoal, familiar e social, infelizmente não é isto que ocorre.

E você, sente que corre, corre cinco dias na semana, e nos dos dois dias que lhe sobram, quando poderia relaxar, ainda sente a tensão a rondar? Num mundo assim, ao final da maratona de um dia, o que nos sobra é o stress e seus bombásticos sintomas – fadiga, apatia, confusão mental, cansaço crônico, dores, prisão de ventre, distúrbio do sono, enjoo, refluxo etc. E assim vivemos – em estado de insatisfação e frustração – com o coração, no fundo, sempre desejoso que um dia as coisas vão mudar. Como conquistar mais tempo livre se o mal-estar é grande e a cabeça anda a mil? Existe luz no fundo do túnel?

Ensinam o Hatha Yoga e a Meditação que a saúde, equilíbrio, bem-estar e alegria de viver da pessoa humana vêm justamente da salutar alternância entre atividade-repouso- repouso-atividade-repouso, exatamente como opera a sábia mãe natureza, que está sempre lá a nos encantar e espelhar sua estupenda beleza. A prática regular da meditação representa – na sua rotina – um valioso intervalo de descanso mental e físico, que promove uma grande quebra de estado. Após cada prática você se sente em paz, com vigor e energia para lidar com as exigentes demandas de cada dia.

São preciosos os dias que passamos juntos no Travessia: Retiro de Meditação, Silêncio e Cura Interior, são como pequenas férias. Você fará uma experiência profunda com o relaxamento através das práticas calmantes do Yogaterapia junto à natureza e participará também de sessões meditativas – um sagrado treino – para purificação, paz e autodomínio do aparelho mental.

Fonte: Instituto Ciência e Luz

Continuar lendo REFLEXÃO: É POSSÍVEL NOS LIVRARMOS DESSA BOMBA ATÔMICA QUE PRODUZ DOENÇAS

DICA DE LIVRO: OS SEGREDOS DA LONGEVIDADE DE EDMOND SAAB JUNIOR

A nossa DICA DE LIVRO desta quarta-feira é um trabalho primoroso do Dr. Edmond Saab Junior, “Os Segredos da Longevidade”.A partir dos seus muitos anos de experiência como médico, o autor apresenta em seu livro, de maneira prática e supercompleta, um verdadeiro guia para equilibrar seu organismo e manter sua saúde em níveis elevados para que você alcance a longevidade com qualidade de vida. Além da prática clínica convencional, ele explica os benefícios de várias técnicas de medicina alternativa, como acupuntura, ozonioterapia, ayurveda e muitas outras, além de ensinar a como melhorar de forma natural, sem dependência dos remédios, os seus níveis hormonais, como elevar a vitamina D, as famosas dietas de jejum intermitente e desintoxicantes e ainda como abastecer seu corpo com elementos químicos cruciais como óxido nítrico, magnésio, ferro e muitos outros. Esse livro vai te libertar da dependência das drogas.
Aprenda, de uma vez por todas, a alcançar o equilíbrio do seu corpo de forma natural!

 

Os segredos da longevidade: Um verdadeiro manual para ser saudável e viver mais por meio da alimentação, da medicina preventiva e do equilíbrio do seu organismo por [Edmond Saab]

Foto: Amazon

Continuar lendo DICA DE LIVRO: OS SEGREDOS DA LONGEVIDADE DE EDMOND SAAB JUNIOR

AUTOCONHECIMENTO: É ESSENCIAL QUE NOS MOVAMOS PARA O FLUXO DAS ENERGIAS EVOLUTIVAS

Neste sábado  a mensagem da NOSSA coluna AUTOCONHECIMENTO vem dos Trabalhadores da Luz. É curta, mas objetiva, proativa e essencial, pois mostra que a unidade e a conexão que você procura há tanto tempo estão ao seu alcance. Portanto leia o texto completo a seguir e expanda a sua consciência!

Tudo está sacudindo as consciências coletivas – Trabalhadores da Luz

Tudo está sacudindo as consciências coletivas

Mensagem de 19 de Maio de 2020

A energia que chega neste momento é persuasiva, pois agita as águas da consciência coletiva. Ela possui o poder de dissolver os padrões mais antigos e os bloqueios mais intensos. Atualmente, há uma liberação dos sentimentos coletivos do medo, revolta e ódio, que nos estimulam, tanto individual quanto coletivamente, a perdoar aqueles que nos magoaram, prejudicaram ou nos causaram sofrimento. Para lidar e gerenciar essas energias e os anseios do coletivo, é essencial que nos movamos para o fluxo das energias evolutivas. Ao nos conectarmos profundamente com a energia, permitimos a cura, o perdão, compaixão e a mudança.

Você está em um ponto de poder incrível, onde a unidade e a conexão que você procura há tanto tempo estão ao seu alcance. Mas primeiro você está sendo estimulado a fazer extensas mudanças dentro de si. Você está sendo solicitado a co-criar uma nova vida de equilíbrio, usando as virtudes da autodisciplina, humildade e serviço. A olhar para as estruturas da sua vida, seu senso de responsabilidade, sua falta de integridade e sua responsabilidade. O passado não existe mais. A velha história de sua vida não é mais relevante. Não permita que ela informe seu futuro. Confie na bondade do que ainda está para se manifestar em sua vida e responda ao que está ocorrendo a partir da sabedoria de sua alma.

Muito amor

Kate Spreckley
Fonte: https://www.spiritpathways.co.za/ — Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br: Tradução — Marco Iorio Júnior — Tradutor exclusivo do Trabalhadores da Luz

Fonte: Trabalhadores da Luz

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: É ESSENCIAL QUE NOS MOVAMOS PARA O FLUXO DAS ENERGIAS EVOLUTIVAS

SAÚDE INTEGRAL: HÁBITOS SIMPLES E ROTINEIROS PODEM ACALMAR A ANSIEDADE

Você pode acalmar a ansiedade estabelecendo uma rotina que pode nos educar de forma a encontrar o equilíbrio e encontrar os pontos positivos que os elementos nos trazem. Mesmo em casa ou na quarentena o mais importante é estabelecer uma rotina para equilibrar os elementos ar e éter. Portanto leia o texto completo a seguir e seja uma pessoal mais calma, tranquila e equilibrada!

Mulher deitada no sofá triste

Em tempos de incerteza a ansiedade fica mais forte. De acordo com os estudos do Ayurveda (Ayur = vida e Veda = ciência) — a ciência que estuda a vida —, somos formados por cinco elementos: terra, fogo, água, ar e éter.

Entre estes cinco elementos temos a predominância para ter desequilíbrios em alguns deles, mudando de pessoa para pessoa. Essas tendências são formadas quando estamos sendo gestados.

Durante a vida conhecemos essas tendências e podemos nos educar de forma a encontrar o equilíbrio e encontrar os pontos positivos que os elementos nos trazem.

Porém, todos nós temos todos os elementos.

A ansiedade está ligada com os elementos ar e éter. Para equilibrar esses elementos, o mais importante é estabelecer uma rotina. Mesmo em casa, mesmo na quarentena.

Mulher triste com as suas mãos juntas encostadas na boca

123RF

Na semana passada conversei com a terapeuta de Ayurveda Euclicia Queiroz e aprendi muito sobre a rotina.

E ela me deu dicas supersimples pra gente implementar nas nossas manhãs e que funcionam muito para acalmar a ansiedade.

Desde então estou colocando todas elas em prática, e têm surtido o efeito desejado:

Mais clareza mental

Concentração

Sensação de gerenciar melhor o tempo

Sono muito melhor

Disposição durante o dia

Por isso, compartilho com você o passo a passo:

Mulher encostada em sua janela olhando para frente

Joshua/Unsplash

Acorde antes do nascer do sol – Dentro do Ayurveda o dia é dividido em momentos com relação ao movimento do sol e em tendências que nosso corpo tem em cada parte do dia. Depois que o sol nasce entramos em um momento mais Kapha, ou seja, desenvolvemos sensação de peso, cansaço e até mais sono.

Espreguice-se – Antes de sair da cama, mova lentamente seu corpo se esticando, liberando as toxinas acumuladas durante a noite.

Agradeça – Comece o dia criando uma atmosfera positiva. Agradeça o que tiver vontade, desde poder dormir numa cama limpa, ter saúde e um teto até o ar que respira. Isso cria uma energia de abundância.

Raspe a língua – Se você não tem o raspador, use uma colher. Antes de tomar água, faça isso para, mais uma vez, ajudar seu corpo a se libertar das toxinas que ele se esforçou a noite inteira para limpar.

Tome um banho – Um banho rápido jogando água no corpo coloca você na disposição e na energia de iniciar algo novo com a mente limpa e pronta.

Chuveiro em um banheiro

Kevin/Unsplash

Água morna – É importante que seja morna para ajudar seu sistema digestivo. Bebidas frias impedem o bom funcionamento da digestão. Pode ser só água ou com limão. Tome o quanto tiver vontade para matar a sede.

Silêncio – Cultive um momento de silêncio aproveitando a energia calma da manhã. O silêncio organiza a mente e os pensamentos.

Exercite-se – Mova seu corpo. Pode ser Yoga, caminhada, pilates… o que você gostar. Respeitando seu corpo e seu tempo, esse é o melhor momento do dia para se mexer e suar.

Café da manhã – Alimentos simples e “de verdade”. Evite tudo o que for industrializado. Se estiver sentindo mais ansiedade que o normal, evite o café. Se não der para abrir mão dele, coloque um pouco de cardamomo para “cortar” a cafeína.

É isso! São coisas tão fáceis que todo mundo pode fazer!

Comece aos poucos e me conte como se sente!

Fonte: 

Juliana Ferraro
Escrito por Juliana Ferraro
Continuar lendo SAÚDE INTEGRAL: HÁBITOS SIMPLES E ROTINEIROS PODEM ACALMAR A ANSIEDADE

AUTOCONHECIMENTO: BUDISMO, A FILOSOFIA EM BUSCA DA PAZ INTERIOR

Na nossa coluna AUTOCONHECIMENTO desta segunda-feira trago um resumo animado sobre BUDISMO, A Filosofia em Busca da Paz Interior. Assistindo esse vídeo você vai conhecer a filosofia do Budismo e entender que, na verdade o budismo não é uma religião e sim uma filosofia de vida que busca a expansão da consciência.

Fonte:

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: BUDISMO, A FILOSOFIA EM BUSCA DA PAZ INTERIOR

Fim do conteúdo

Não há mais páginas para carregar