DICA DE LIVRO: TREINE SEU CÉREBRO PARA SER FELIZ, TEREZA AUBELE, WENCK E REYNOLDS

Nesta quarta-feira a nossa DICA DE LIVRO é um livro feito a três mãos, pelos autores Dra. Teresa Aubele, Dr. Stan Wenck e Susan Reynolds  e se chama “Treine seu cérebro para ser feliz”. A felicidade começa no nível celular e, como seu cérebro gera novos neurônios todos os dias, você literalmente pode se programar para ser feliz… basta saber como. Com este guia inovador, você incita seus neurônios a provocarem a alegria aprendendo a: Redirecionar a resposta de luta ou fuga que causa estresse e ansiedade; Concentrar a atenção das células de sua massa cinzenta no bem-estar emocional; Envolver-se em atividades que inundam seu cérebro com dopamina e serotonina, além de outros neurotransmissores “da felicidade”; Satisfazer a fome de prazer que seu cérebro sente por meio de uma dieta e de uma série de exercícios de meditação; Melhorar sua nutrição e, por consequência, sua qualidade de vida incluindo em sua dieta as vitaminas e os suplementos certos; Enganar seu cérebro de modo a fazê-lo construir novas vias de serenidade. Portanto, ser feliz é tudo que se quer. Então não deixe de ler essa obra espetacular!

Foto: Arquivo particular

Continuar lendo DICA DE LIVRO: TREINE SEU CÉREBRO PARA SER FELIZ, TEREZA AUBELE, WENCK E REYNOLDS

SAÚDE: O EXERCÍCIO DA CORRETA RESPIRAÇÃO PARA UM DESEMPENHO SEXUAL SATISFATÓRIO

O artigo a seguir, aqui na nossa coluna SAÚDE deste sábado, é sobre algo que a maioria das pessoas não dá a mínima, mas que, no fundo, tem uma importância primordial na vida sexual das pessoas em geral: a respiração correta. Antes que você ache graça ou despreze o que está sendo dito aqui devo alertar que o maior inimigo da saúde, da longevidade e, em última análise, da felicidade é a ignorância. Portanto, peço que leia, com muita calma, o artigo a seguir, depois reflita e tire suas conclusões!

Inspira, expira e goza: respirar errado pode atrapalhar o sexo ...

Respiração “correta” ajuda a melhorar o sexo e o orgasmo

Especialista ensina a treinar a respiração para ter mais prazer durante o sexo

Redação Minha Vida

Em 19/8/2020

Quando se pensa em um sexo mais prazeroso, logo vem à mente posições que possam proporcionar mais satisfação à prática sexual. Entretanto, um truque que pode ajudar na transa não tem nada a ver com o jeito de se posicionar na cama ou nos movimentos que o casal desenvolve na hora H – mas, sim, com o jeito que cada um respira.

De acordo com Lilian Fiorelli, ginecologista especialista em Sexualidade Feminina e Uroginecologia pela Universidade de São Paulo, treinar a respiração e aproveitar toda a capacidade respiratória do corpo faz com que as sensações do sexo melhorem e pode, até mesmo, potencializar o orgasmo.

Respiração X Condicionamento físico

Em primeiro lugar, para entender como a respiração pode melhorar o sexo, vale a pena compreender a diferença entre o processo respiratório e um bom condicionamento físico.

Na respiração pulmonar, há os movimentos de inspiração do oxigênio e expiração do gás carbônico. Quando o oxigênio entra em nosso corpo, ele é carregado pelo sangue para que nossas células, por meio de processos químicos, possam realizar a síntese de energia.

Por outro lado, ter um bom condicionamento físico é garantir ao corpo uma maior capacidade de bombear o sangue do coração para todos os órgãos e músculos do corpo. Portanto, a respiração pulmonar faz parte do condicionamento físico. Afinal, para praticar atividades físicas, você precisa de ar nos pulmões.

Porém, treinar a respiração e ter um condicionamento físico são conceitos um tanto diferentes. Isso porque é possível garantir um bom condicionamento e continuar respirando errado. Por isso, é importante entender que, embora os dois processos dialoguem entre si, há treinos específicos para a respiração e para o condicionamento físico.

No caso da respiração pulmonar, as técnicas consistem em treinos de inspiração e expiração que aprimoram o fluxo de entrada e saída de ar no corpo. A ideia dessa prática, segundo Lilian, é orientar a pessoa a aproveitar sua capacidade respiratória ao máximo.

Como funciona nossa respiração

De acordo com a ginecologista, 80% da respiração é diafragmática (quando o diafragma, músculo localizado abaixo dos pulmões, contrai e a barriga ?vai para fora?) e 20% é feita pelos músculos intercostais (quando a caixa torácica expande e os ombros se levantam).

“No dia a dia, as pessoas usam muito menos a retenção do oxigênio e da capacidade do pulmão. Mas se você começar a treinar a respiração, vai ver que a sua capacidade pulmonar é muito maior e você consegue usar sua totalidade”, diz Lilian.

Treinar a respiração para o sexo

Ao melhorar a respiração, os efeitos podem ser sentidos em diversas esferas da vida – inclusive no sexo. Segundo Lilian, quando a respiração é feita de forma errada, curta e acelerada (a “respiração cachorrinho”, por exemplo), existe um excesso de oxigênio no corpo

Embora o gás seja fundamental à vida, quando em demasia, ele pode provocar tontura e mal-estar. “Prender a respiração, que é um reflexo muito comum no orgasmo, também diminui o fluxo de oxigênio. Assim, algumas sensações podem deixar de ser prazerosas pela falta de oxigênio”, diz a médica.

Conforme a respiração é aproveitada em sua totalidade, ou seja, é voltada para a respiração diafragmática, Lilian afirma que os resultados podem ser sentidos com uma percepção melhor das sensações no sexo – e até mesmo uma potencialização do orgasmo.

Exercícios de respiração para melhorar o sexo

Respiração pranayama

Uma das técnicas que ajudam a voltar a respiração para a região diafragmática é a chamada respiração pranayama – também usada na meditação. Conforme explica Lilian, o exercício consiste em movimentos de inspiração, retenção de oxigênio, expiração e momentos sem fluxo de ar em intervalos de quatro segundos.

“Coloque a mão na barriga, observando o ventre caminhando para fora. São quatro segundos inspirando. Depois, segure a respiração por quatro segundos. Em seguida, expire por quatro segundos. Por fim, fique sem ar por mais quatro segundos”, ensina a médica.

Lilian acrescenta que, quem se sentir à vontade, pode aumentar o tempo dos ciclos para cinco, seis ou sete segundos. “Pode ir até 60 segundos. Mais tempo do que isso pode dar tontura”, alerta.

A respiração pranayama pode ser praticada tanto no dia a dia quanto em um momento voltado especialmente para a sexualidade e o autoconhecimento. “Durante a masturbação, por exemplo, foque para ter uma respiração fluida. Pode parecer que, no início, isso esteja fora do seu instinto, porque ele faz você respirar rápido ou segurar a respiração”, afirma Lilian.

Giro tântrico

Outra técnica que traz melhorias para o sexo é o giro tântrico. Porém, diferente da respiração pranayama, essa técnica necessita de movimentos realizados em par. Na prática, ele consiste em uma série de ações que incluem massagens e movimentos respiratórios em dupla, em que o foco é proporcionar mais prazer ao casal.

Para a efetivação da técnica durante a transa, basta que um dos pares foque em sua respiração e fique concentrado, numa espécie de meditação, enquanto a outra pessoa realiza a massagem – com toques nas costas, gestos circulares, de cima para baixo e abraçando o peito.

Por outro lado, Lilian reforça que o foco durante o sexo não deve ser a respiração correta em si. Esta deve ser apenas mais uma ?ferramenta? de prazer. ?O mais legal é deixar fluir e curtir o momento. Isso faz com que você se entregue e entre melhor na relação, tenha um sexo mais prazeroso e haja uma potencialização do orgasmo?, finaliza.

Redação
Escrito por Redação
Fonte: Minha Vida
Continuar lendo SAÚDE: O EXERCÍCIO DA CORRETA RESPIRAÇÃO PARA UM DESEMPENHO SEXUAL SATISFATÓRIO

Fim do conteúdo

Não há mais páginas para carregar