OPINIÃO: PENSE ATÉ 10 VEZES ANTES DE TENTAR LACRAR CAIO COPPOLLA, SUA ORATÓRIA É IMBATÍVEL

Normalmente, pela nossa grade de programação semanal, quinta-feira não é dia da coluna OPINIÃO, mas eu não podia deixar passar essa oportunidade de levar ao seu conhecimento um show de oratória do incrível Caio Cappolla, que da uma verdadeira “surra”, com muita categoria e classe no compositor e cantor Edu Krieger que tentou lacrá-lo por ele ter usado trecho de uma música do cantor para homenagear o seu pai. É simplesmente imperdível e mostra que em termos de retórica o jovem comentarista político é imbatível!

Fonte:

Continuar lendo OPINIÃO: PENSE ATÉ 10 VEZES ANTES DE TENTAR LACRAR CAIO COPPOLLA, SUA ORATÓRIA É IMBATÍVEL

ANÁLISE POLÍTICA: O MODERADOR, POR ALEXANDRE GARCIA

Na nossa ANÁLISE POLÍTICA desta segunda-feira, como sempre, temos o incomparável Alexandre Garcia, que comenta o seu artigo publicado em 38 jornais ao longo d semana que passou. O tema de hoje é o Poder Moderador, que parte de uma declaração estapafúrdia do Ministro Dias Toffoli do Supremo Tribunal Federal, quando afirmou que: “o STF é o Poder Moderador no Brasil”. Declaração que expõe a verdadeira face da configuração ideológica da atual formação da mais alta corte brasileira. Portanto não deixe de assistir ao vídeo completo a seguir, refletir e tirar as suas conclusões.

Fonte:

Continuar lendo ANÁLISE POLÍTICA: O MODERADOR, POR ALEXANDRE GARCIA

OPINIÃO: MAIS JUSTIÇA E MENOS CRUELDADE QUANDO O ASSUNTO É CRÉDITO NOS BANCOS

Caro(a) leitor(a),

Sempre achei muito cruel essa forma de se garantir um empréstimo com a penhora total de um bem que, em grande parte deles, possui um valor venal muitas vezes maior do que o valor emprestado. Como por exemplo, quando o empreendedor precisa de R$ 50 mil e entra como garantia com um bem que custa R$ 500 mil e, posteriormente numa outra demanda fica sem condições de pegar mais dinheiro emprestado no banco. 

O que me impressiona é ter levado tanto tempo para aparecer alguém com essa ideia de fracionar a garantia em função do valor emprestado. Não creio que tenha sido falta de imaginação ou originalidade, mas sim falta de boa vontade. Quanto empresários, ao longo de todo esse tempo não perdeu seus bens desnecessariamente por pura crueldade e/ou má fé dos bancos? Tenho certeza que milhares.

Se esse projeto de Paulo Guedes vingar e tem tudo pra vingar teremos um jogo mais justo e bem jogado, com muito menos histórias de quebradeiras e insucessos empresariais.

Guedes anuncia nova modalidade de crédito que pode liberar até 10 trilhões para a população (veja o vídeo)

Reprodução InternetReprodução Internet

Em conversa com a deputada federal Carla Zambelli (PSL-SP), o ministro da Economia, Paulo Guedes, apresentou uma nova modalidade de crédito para análise e aprovação do Congresso Nacional, que vai permitir a tomada de dinheiro sem a necessidade de entregar bens móveis e imóveis como garantia total.

Se entrar em vigor, o novo sistema pode ampliar as linhas de crédito para micro, pequenos e médios empresários, e também para cidadãos comuns que necessitem de um fôlego financeiro.

Segundo Guedes, a expectativa é ampliar em 10 vezes o valor disponível nos bancos, que poderá chegar a 10 trilhões de reais.

Confira no vídeo:

Fonte: Jornal da Cidade Online

Continuar lendo OPINIÃO: MAIS JUSTIÇA E MENOS CRUELDADE QUANDO O ASSUNTO É CRÉDITO NOS BANCOS

ANÁLISE POLÍTICA: LAMBANÇA NAS PRÉVIAS DO PSDB FAVORECE CANDIDATURA DE MORO, POR JOSÉ NÊUMANNE PINTO

Com uma pauta que inclui lambança tucana nas prévias, candidatura de Moro, menor Emem em 16 anos e massacre do Morro do Salgueiro o destaque desta quarta-feira, aqui na coluna ANÁLISE POLÍTICA é o irreverente e intrépido comentarista político, José Nêumanne Pinto:

1 – Adiamento das prévias de ex-tucanos por problemas em aplicativo favorece candidatura apolítica de Moro como favorito para terceira via. 2 – Menor Enem em 16 anos expõe incompetência do desgoverno Bolsonaro e revela continuidade do predomínio esquerdista na elaboração das provas. 3 – Massacre no Morro do Salgueiro pelo Bope é mais uma mostra da tática do tiro na cabecinha, iniciada por Witzel e seguida por seu vice bolosnarista.

Fonte:

Continuar lendo ANÁLISE POLÍTICA: LAMBANÇA NAS PRÉVIAS DO PSDB FAVORECE CANDIDATURA DE MORO, POR JOSÉ NÊUMANNE PINTO

VARIEDADES: SEGUNDO ANÁLISE, CARANGUEJO, LAGOSTA E POLVO SÃO CAPAZES DE SENTIR DOR E SOFRIMENTO E NÃO DEVERIAM SER COZIDOS VIVOS

Lagostas e caranguejos sentem dor e não deveriam ser cozidos vivos, diz estudo

Especialistas britânicos analisaram 300 pesquisas científicas e apontaram que esses animais são sencientes

Katie Huntda CNN

Relatório conclui que cefalópodes (como polvos e lulas) e decápodes (como lagostas e caranguejos) devem ser tratados como seres conscientes.Relatório conclui que cefalópodes (como polvos e lulas) e decápodes (como lagostas e caranguejos) devem ser tratados como seres conscientes.Reprodução

Polvo, caranguejos e lagostas são capazes de sentir dor ou sofrimento, de acordo com uma análise encomendada pelo governo do Reino Unido, que acrescentou as criaturas a uma lista de seres sencientes a serem protegidos pelas novas leis de bem-estar animal.

O relatório de especialistas da London School of Economics analisou 300 estudos científicos para avaliar as evidências de senciência, e eles concluíram que cefalópodes (como polvos, lulas e chocos) e decápodes (como caranguejos, lagostas e lagostins) devem ser tratados como seres capazes de sentir ou perceber através dos sentidos.

Os vertebrados (animais com coluna vertebral) já são classificados como sencientes na nova legislação de bem-estar animal atualmente em debate no Reino Unido.

“O projeto de Lei de Bem-Estar Animal fornece uma garantia crucial de que o bem-estar animal seja corretamente considerado ao desenvolver novas leis. A ciência agora está clara que decápodes e cefalópodes podem sentir dor e, portanto, é justo que sejam cobertos por esta parte vital da legislação”, disse o ministro do Bem-Estar Animal, Lord Zac Goldsmith, em um comunicado.

O projeto de lei, que ainda não foi aprovado, estabelecerá um Comitê de Senciência Animal, que emitirá relatórios sobre como as decisões do governo levaram em consideração o bem-estar dos animais sencientes. É parte de um plano de ação governamental mais amplo para o bem-estar animal.

O relatório afirma que lagostas e caranguejos não devem ser cozidos vivos e inclui as melhores práticas para o transporte, atordoamento e abate de decápodes e cefalópodes.

Continuar lendo VARIEDADES: SEGUNDO ANÁLISE, CARANGUEJO, LAGOSTA E POLVO SÃO CAPAZES DE SENTIR DOR E SOFRIMENTO E NÃO DEVERIAM SER COZIDOS VIVOS

ANÁLISE POLÍTICA: REPÚBLICA OU MONARQUIA? POR ALEXANDRE GARCIA

Na coluna ANÁLISE POLÍTICA desta segunda-feira, em respeito ao feriado da proclamação o comentarista político Alexandre Garcia lê o seu artigo intitulado República ou Monarquia, onde faz uma veemente crítica ao nosso atual sistema de governo, lançando a pergunta: Semipresidencialismo ou vergonha na cara? em alusão ao que se transformou o Presidencialismo no Brasil. Portanto, você não pode perder esse desabafo contundente!

Fonte:

]

Continuar lendo ANÁLISE POLÍTICA: REPÚBLICA OU MONARQUIA? POR ALEXANDRE GARCIA

ANÁLISE POLÍTICA: A QUESTÃO É, ATÉ QUANDO O STF VAI GOVERNAR O BRASIL?

Na coluna ANÁLISE POLÍTICA deste sábado o intrépido jornalista Rodrigo Constantino comenta sobre a repercussão da fala do togado Dias Toffoli quando afirmou que vivemos sob a égide do semipresidencialismo, onde o mesmo  conclui que o sistema contra-ataca para preservar o seu clubinho. Por isso você não pode deixar de assistir o vídeo completo a seguir, refletir e tirar suas conclusões!

Fonte:

Continuar lendo ANÁLISE POLÍTICA: A QUESTÃO É, ATÉ QUANDO O STF VAI GOVERNAR O BRASIL?

ANÁLISE POLÍTICA: UM BALANÇO DO GOVERNO BIDEN, POR RODRIGO CONSTANTINO

Nesta quarta-feira, aqui na coluna ANÁLISE POLÍTICA você vai conhecer melhor quem é Biden e o seu governo através do esclarecedor e coerente comentário do jornalista Rodrigo Constantino, que mostrar ponto a ponto, todos os desatinos e contradições do presidente mais festejado dos últimos tempos ao tomar posse no lugar de Trump. Vale a pena assistir ao vídeo a seguir, não apenas porque o Rodrigo Constantino mora nos EUA e acompanha de perto todos os movimentos da política de lá, mas porque seus comentários sobre a política da terra do tio Sam, ao contrário dos da política tupiniquim, são isentos de parcialidade ou qualquer tipo de torcida. Desta forma, são tomados de uma lucidez e confiabilidade incríveis.

Fonte:

Continuar lendo ANÁLISE POLÍTICA: UM BALANÇO DO GOVERNO BIDEN, POR RODRIGO CONSTANTINO

OPINIÃO: DOIS PESOS E DUAS MEDIDAS, ASSIM JULGA AS AÇOES O NOSSO JUDICIÁRIO

Caro(a) leitor(a),

Podemos chamar de cara de pau e até mau caratismo as atitudes do judiciário com relação a questão do passaporte sanitário. No  caso das empresas privadas  e públicas o STF já se posicionou como sendo obrigatório para admissão de funcionários, baseado no artigo 225 da Constituição Federal que diz que: “Todos têm direito ao meio ambiente ecologicamente equilibrado, bem de uso comum do povo e essencial à sadia qualidade de vida, impondo-se ao Poder Público e à coletividade o dever de defendê-lo para as presentes e futuras gerações”. Isso também quer dizer que a empresa, seja ela pública ou privada, tem o direito de determinar que tipo de pessoa pode trabalhar nas suas dependências. Mas quando o Governo Federal publica um decreto onde determina regras para a admissão de projetos pela Lei Rouanet o MPF, frequentemente omisso em suas atribuições como denunciante, não perde a oportunidade de se pronunciar, de imediato, contra a medida do governo. Se isso não é perseguição eu preciso reaprender a língua portuguesa!

MPF quer passaporte sanitário em eventos financiados pela Lei Rouanet

Procuradora do DF pede a suspensão definitiva da portaria editada por Mario Frias.

O Ministério Público Federal (MPF) informou ter acionado a Justiça Federal para garantir que todos os eventos culturais com financiamento da Lei Rouanet possam exigir na entrada o passaporte sanitário que comprove a imunização contra a Covid-19.

Na ação civil pública, a procuradora Ana Carolina Roman pede o deferimento de uma liminar a fim de suspender portaria publicada pela Secretaria Especial de Cultura que proíbe a exigência do documento vacinal em projetos financiados pela verba federal.

Pela norma do governo, as atrações culturais que se candidatarem à aprovação pela Rouanet não podem exigir comprovante de vacinação para entrada de público, sob pena de reprovação e multa.

Na petição inicial, contudo, o MPF diz que a medida está “em descompasso com o que se espera dos órgãos públicos no atual cenário epidemiológico”. O órgão argumenta que somente autoridades locais estariam aptas a determinar a adoção ou não de medidas sanitárias em eventos.

Para a procuradora, os passaportes sanitários não cerceiam as liberdades individuais, mas visam a “proteção da coletividade e de manutenção da saúde pública, valores de relevância social que não podem ser suplantados por expectativas de ordem pessoal”.

O secretário especial de Cultura, Mário Frias, argumenta que a exigência do documento para entrada em eventos atinge garantias fundamentais, e que a norma assinada por ele “visa a garantir que medidas autoritárias e discriminatórias não sejam financiadas com dinheiro público federal e violem os direitos mais básicos da nossa civilização”.

A partir de agora, o caso deverá ser analisado pela 3ª Vara Federal Cível do Distrito Federal, segundo informações da Agência Brasil.

Fonte: Conexão Política

Continuar lendo OPINIÃO: DOIS PESOS E DUAS MEDIDAS, ASSIM JULGA AS AÇOES O NOSSO JUDICIÁRIO

ANÁLISE POLÍTICA: RODRIGO CONSTANTINO CHAMA MORO DE JUÍZ HERÓI E POLÍTICO DEMAGOGO

Na nossa coluna ANÁLISE POLÍTICA deste sábado estamos publicando a opinião e a visão do comentarista político Rodrigo Constantino sobre o discurso inaugural de Sergio Moro como político nesta quarta-feira, onde o rotula de juiz herói e político demagogo. Acho importante ver e ouvir a opinião de todos os comentaristas políticos de relevância nacional neste momento em que o ex-juiz entra definitivamente para a política. A minha percepção é de que estão todos muito ansiosos e altamente exigentes com alguém que, até aqui só prestou um incomensurável serviço à nação. Cobrando dele um projeto de governo com todas as soluções desde já. Ele fala que Sergio Moro se apresenta como um herói, mas na verdade ele, assim como tantos outros, estão ávidos por esse herói que nunca chega e descarregam essa ansiedade toda em cima do pobre ex-juiz. Então vamos assistir ao vídeo completo a seguir, refletir e aguardar as cenas dos próximos capítulos com paciência e parcimônia.

Fonte:

Continuar lendo ANÁLISE POLÍTICA: RODRIGO CONSTANTINO CHAMA MORO DE JUÍZ HERÓI E POLÍTICO DEMAGOGO

ANÁLISE POLÍTICA: SE STF LIBERAR ORÇAMENTO VAI CONSTITUCIONALIZAR O SUBORNO, POR FELIPE MOURA BRASIL

Na ANÁLISE POLÍTICA desta quarta-feira você vai ver o pertinente comentário feito na véspera pelo comentarista Felipe Moura Brasil sobre o orçamento secreto suspenso por liminar pela Ministra Rosa Weber e que, nesta terça-feira foi votado em plenário virtual do STF com o placar de 6 x 1 a favor da liminar da Ministra. O âncora do Salve, Salve, BandNews! analisou a decisão concedida pela ministra Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federal, que suspendeu temporariamente os repasses do governo por meio do chamado “orçamento secreto”, que tem como base as emendas de relator-geral (RP-9). O comentarista mostra que não houve invasão do STF nas prerrogativas do Legislativo e sim a moralização e estancagem da sangria desatada de dinheiro desviado pelos parlamentares para uso pessoal se constituindo em mais um caso de mensalão.

Continuar lendo ANÁLISE POLÍTICA: SE STF LIBERAR ORÇAMENTO VAI CONSTITUCIONALIZAR O SUBORNO, POR FELIPE MOURA BRASIL

ANÁLISE POLÍTICA: QUEM MANDA? POR ALEXANDRE GARCIA

Segunda-feira é dia do comentário muito pertinentes do jornalista Alexandre Garcia, cujo tema, mais uma vez, são os abusos de poder do judiciário e faz a seguinte pergunta como título do seu artigo publicado em 38 jornais pelo país: quem manda? Então você não pode perder os detalhes do vídeo a seguir. 

Fonte:

Continuar lendo ANÁLISE POLÍTICA: QUEM MANDA? POR ALEXANDRE GARCIA

OPINIÃO: SUSPENSÃO DA PRÉ-CANDIDATURA DE CIRO É MAIS UMA ESTRATÉGIA POLÍTICA DA VELHA RAPOSA

Caro(a) leitor(a),

Ao contrário do que Eduardo Negrão, o autor do artigo a seguir, que estamos publicando nesta edição da coluna OPINIÃO, pensa sobre a atitude de Ciro Gomes com relação a suspensão da sua pré-candidatura  à Presidência da República para as eleições de 2022. Eu acho que foi mais uma estratégia de mestre da velha raposa. Na verdade ele encontrou uma forma bastante contundente de pressionar a bancada do PDT a reverter a aprovação da PEC dos precatórios em segundo turno. Caso obtenha sucesso irá usar o episódio como capital político a seu favor na corrida às eleições presidenciais e mostrará a sua força e influência no Congresso Nacional. Então aguardemos o desfecho final de mais esse round no cenário político nacional. 

O desespero de Ciro, a “fuga” às escondidas e a iminente derrota

Ciro Gomes - Foto: José Cruz/Agência BrasilCiro Gomes – Foto: José Cruz/Agência Brasil

O eterno candidato à presidência, Ciro Gomes, comunicou a suspensão de sua pré-candidatura à Presidência da República para as eleições de 2022.

A desculpa dessa vez foi o apoio de deputados federais do PDT, seu partido, à PEC dos Precatórios. O ‘ex-presidenciável’, diz que sua decisão vai valer até que seus correligionários na Câmara dos Deputados reavaliem sua posição no segundo turno da votação, que pode ocorrer ainda nesta quinta ou na semana que vem.

Pelo menos esse foi o discurso, mas o que isso significa na verdade?

O fato é que numa campanha nunca, em hipótese nenhuma, se cogita a desistência. Isso desmobiliza a militância – ainda mais no caso de Ciro que aparece em 4º nas pesquisas.

Nessa mesma semana outro presidenciável, o apresentador Jose Luiz Datena, também jogou a toalha. Ou seja, esse seria o grande momento para Ciro se apresentar como líder da ‘resistência oposicionista’ mas ele preferiu abrir mão dessa oportunidade para choramingar no Twitter:

“Há momentos em que a vida nos traz surpresas fortemente negativas e nos coloca graves desafios. É o que sinto, neste momento, ao deparar-me com a decisão de parte substantiva da bancada do PDT de apoiar a famigerada PEC dos Precatórios. A mim só me resta um caminho: deixar a minha pré-candidatura em suspenso até que a bancada do meu partido reavalie sua posição. Temos um instrumento definitivo nas mãos, que é a votação em segundo turno, para reverter a decisão e voltarmos ao rumo certo”.

Dos 24 deputados do PDT, 15 votaram a favor da proposta do governo Bolsonaro, 6 contra e três não compareceram à sessão. O texto-base da PEC foi aprovado com 312 votos a favor, apenas quatro a mais do que o mínimo necessário.

O partido de Ciro foi o único de oposição a orientar pela aprovação da proposta. A verdade é que Ciro, assim como Lula e Datena estão sentindo nas ruas o maciço apoio popular à Jair Bolsonaro e não tem Datafolha que segure a população.

Foto de Eduardo Negrão

Fonte: Jornal da Cidade Online

Continuar lendo OPINIÃO: SUSPENSÃO DA PRÉ-CANDIDATURA DE CIRO É MAIS UMA ESTRATÉGIA POLÍTICA DA VELHA RAPOSA

ANÁLISE POLÍTICA: O LADO BOM E O RUIM DE BÁRBARA, POR WAGNER BRAGA

A coluna ANÁLISE POLÍTICA de hoje trás a espetacular Bárbara comentando uma série de fatos políticos da semana e como não poderia deixar faltar as suas narrativas acerca do personagem que, talvez seja o único com reputação ilibada de todos os atores que figuram no cenário nacional da política Sergio Moro. Digo narrativas, pois quando se trata de Moro, diferentemente de todos os outros assuntos que ela se resguarda com recortes de jornal e tuitadas, ela não apresenta tais provas e, como ela mesmo fala no seu vídeo é do seu próprio “achismo”. Sem provas para mostrar usa apenas a sua dedução sobre o que se passa pela cabeça de Moro. Faz afirmação leviana de que Moro apareceu esta semana dizendo: “que vai concorrer para presidente da república”. Nesse caso ela abre uma janela e fica vulnerável a possíveis processos por difamação e calúnia. Apesar de todo o seu brilhantismo se apresenta como uma bolsonarista contumaz, capaz de tudo para defender o seu “mito” e ai sai da seara do bom senso e da sobriedade e cai na armadilha do fanatismo. 

Dito isso para reafirmar o meu posicionamento político totalmente independente e sem políticos corruptos de estimação, sim, porque, para mim, Bolsonaro também é um político corrupto, como a maioria que está naquele congresso nacional, cria do Establishment, como já afirmei aqui em outros editoriais, cuja maior mácula se chama “Rachadinha” e vai carregá-la para o túmulo no dia em que se for. Só para deixar, mais uma vez, bem claro que não misturo as coisas. Não deixo de publicar aqui, algo que não concordo só para não expor e as pessoas acharem que concordo. Ao contrário, exponho sim os pontos falhos e medíocres daqueles em quem reconheço competência e consigo enaltecer o seu lado bom. Então assista ao vídeo completo a seguir, faça sua reflexão e tire suas conclusões! 

Fonte:

Continuar lendo ANÁLISE POLÍTICA: O LADO BOM E O RUIM DE BÁRBARA, POR WAGNER BRAGA

ANÁLISE POLÍTICA: BÁRBARA NÃO PERDOA E VAI PRA CIMA DE ALEXANDRE DE MORAES COM FORÇA

A coluna ANÁLISE POLÍTICA desta quarta-feira está quentíssima, está demais, trazendo o último vídeo da ativista política Bárbara que, depois de ser perseguida  pelo bobalhão Alexandre de Moraes está mais afiada e precavida do que nunca, mas não menos provocativa e eloquente. Penso que se o careca vir esse vídeo é capaz de espernear um bocado na solidão do seu gabinete sem ter como fazer nada contra essa corajosa e patriotíssima brasileira. E tem muito mais dos últimos fatos da política brasileira. Por isso, se eu fosse você você não perderia esse vídeo por nada! 

Fonte:

Continuar lendo ANÁLISE POLÍTICA: BÁRBARA NÃO PERDOA E VAI PRA CIMA DE ALEXANDRE DE MORAES COM FORÇA

PONTO DE VISTA: MORO EVITOU COMO PÔDE, MAS TÁ CHEGANDO A HORA DA ONÇA BEBER ÁGUA

Caro(a) leitor(a),

Eu fico imaginando o que deve estar passando na cabeça do ex-juiz Sergio Moro no momento em que se aproxima o fechamento da janela para a filiação partidária antes das eleições de 2022. 

Na minha concepção só existe um motivo para um homem como ele e com o passado dele entrar para a política. O espírito de patriotismo e o sonho de consertar a bagunça que hoje o nosso pobre país se encontra, principalmente depois que conseguiram soterrar a única coisa que nos dava alguma esperança de um país melhor, a Lava Jato.

Sergio Moro não precisa de emprego algum, nem mesmo o que ele hoje está, sendo muito bem pago, pois ele já se transformou numa lenda e uma lenda tem vida próprio e sustento próprio. Com a inteligência, projeção, influência, notoriedade que ele tem poderia estar onde quisesse, vivendo no país que quisesse e da forma que quisesse. Para ficar rico da noite para o dia basta escrever e publicar um livro contando a sua versão da Lava Jato e da sua experiência como Juiz. Aliás, ele tem conteúdo para escrever 10 livros se quiser. E todos se transformariam em Best Seller. Se quisesse sair por ai dando palestras a 30, 40, 50 ou 100 mil reais teria uma agenda lotada o ano todo. Se quisesse ser professor honorário nas melhores universidades do mundo como Harvard ou Oxford, seria uma honra para elas. Então, Moro não precisa da política para ser alguém bem sucedido, notório, famoso e de sucesso pessoal e profissionalmente. Existem n formas de ele ganhar a vida onde quiser e da forma que quiser. Se existe um mito hoje no Brasil, este mito se chama Sergio Moro e não Bolsonaro.

Portanto, se ele entender que deve abdicar a tudo que mencionei no parágrafo anterior e resolver entrar para a política é porque a sua veia de servidor falou mais alto e se assim for, não tenho dúvida que será um projeto muito bem pensado, planejado e campeão, pois sua maior expertise é planejamento e estratégia. Um enxadrista dos melhores e para os que acham que ele não tem competência para a política está redondamente enganado. Sua maior arma é a hombridade, honestidade e um passado integro, coisa que nenhum político da atualidade tem. Então vamos aguardar as cenas dos próximos capítulos.

De olho em 2022, Podemos anuncia filiação do ex-juiz Sergio Moro

Evento ocorrerá no próximo dia 10, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, em Brasília.

O ex-juiz federal e ex-ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, assinará sua filiação ao Podemos no próximo dia 10.

A informação foi confirmada pelo próprio partido em um comunicado nas redes sociais.

No post, a sigla divulgou o convite para o evento, marcado para as 9h no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, na capital federal.

A filiação do ex-magistrado é o pontapé inicial para uma possível candidatura ao Palácio do Planalto em 2022.

Outra possibilidade é que ele saia candidato ao Senado Federal pelo estado do Paraná, substituindo o atual senador Álvaro Dias, principal entusiasta de Moro no Podemos.

Confira:

Convite do ato de filiação do ex-juiz Sergio Moro ao Podemos

Fonte: Conexão Política

Continuar lendo PONTO DE VISTA: MORO EVITOU COMO PÔDE, MAS TÁ CHEGANDO A HORA DA ONÇA BEBER ÁGUA

ANÁLISE POLÍTICA: MEDALHA DE BRONZE, POR ALEXANDRE GARCIA

Há exato um ano para as eleições de 2022, Alexandre Garcia aproveita o momento em que saiu uma nova pesquisa sobre a corrida para as eleições de presidente da república e comentou sobre a terceira via para disputar o terceiro lugar, onde, por enquanto, pelo menos 12 candidatos se debatem disputando, como o próprio Alexandre Garcia intitulou o seu artigo, a bendita “Medalha de Bronze”, pois no seu entender o primeiro lugar no pódio já tem os signatários legítimos: Bolsonaro e o candidato do PT. Assista ao vídeo completo e faça o seu juízo de valor sobre essa reflexão. 

Fonte:

Continuar lendo ANÁLISE POLÍTICA: MEDALHA DE BRONZE, POR ALEXANDRE GARCIA

OPINIÃO: O NOVELO COMEÇOU A SER DESENROLADO E A SUJEIRA DO JUDICIÁRIO JÁ ESTÁ APRECENDO COM MAIS FREQUÊNCIA

Caro(a) leitor(a),

No dia 18 de outubro, aqui na coluna OPINIÃO eu comentei sobre o acordo de delação premiada aberto pela desembargadora Sandra Inês Rusciolelli, e o filho, Vasco Rusciolelli, um verdadeiro escândalo dentro do judiciário da BA. Na ocasião eu escrevi que “Isso é só o fio da meada, se puxar o fio a sujeira toda do judiciário virá a tona.

Em menos de 15 dias temos outro acordo de delação premiada fechado. Dessa vez a coisa aconteceu no Rio de Janeiro com o desembargador Mário Guimarães Neto, do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, que já havia sido afastado do cargo desde abril de 2020. Não é necessário dizer que isso ocorre com uma frequência bem maior do que possamos imaginar em todas as instâncias do judiciário brasileiro e em todos os estados da federação. 

Portanto, ainda é muito tímido o processo de moralização e de limpeza dos esgotos infestados de ratazanas do nosso judiciário, mas já um alento duas notícias como essas em menos de 15 dias. Vamos torcer que o efeito dominó dispare e tenhamos muitas outras delações na sequência para conseguirmos tirar no nosso judiciário da latrina.

Magistrado acusado de receber propina de R$ 6 milhões fecha acordo de delação premiada

Foto reproduçãoFoto reprodução

Em abril de 2020, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) afastou do exercício do cargo, o desembargador Mário Guimarães Neto, do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro.

Acusado de beneficiar empresários de ônibus, o magistrado teria recebido R$ 6 milhões em propina, de acordo com a denúncia oferecida pelo Ministério Público Federal (MPF).

O MPF acusa o magistrado da prática dos seguintes crimes: corrupção, lavagem e evasão de divisas pelo recebimento de propina.

Para tanto, empresários de ônibus teriam sido favorecidos em mais de 40 processos.

Surpreendentemente, Mario Guimarães Neto acaba de fechar uma delação premiada na PGR.

Será esse o início de uma tão esperada lava toga?

Fonte: Jornal da Cidade Online

Continuar lendo OPINIÃO: O NOVELO COMEÇOU A SER DESENROLADO E A SUJEIRA DO JUDICIÁRIO JÁ ESTÁ APRECENDO COM MAIS FREQUÊNCIA

PONTO DE VISTA: ALEXANDRE GARCIA E CAIO COPPOLLA NO LUGAR CERTO NA HORA CERTA

Caro(a) leitor(a),

A nossa coluna PONTO DE VISTA de hoje trás uma notícia que não podia deixar de comentar aqui, pois trata-se da mais nova aquisição da Jovem Pan. Ela simplesmente acaba de contratar os pesos pesados do conservadorismo brasileiro, Alexandre Garcia e Caio Coppolla para abrilhantar ainda mais a sua grade de programação televisiva. 

No caso do Caio Coppolla o meu PONTO DE VISTA é que ele jamais deveria ter saído da Jovem Pan, uma emissora tradicionalmente conservadora para se aventurar numa outra sabidamente de esquerda, achando que poderia dar certo essa balela de neutralidade e liberdade de expressão numa emissora como essa. Foi iludido e espero que tenha aprendido a lição.

Já no caso de Alexandre Garcia, que estava desempregado da Globo na ocasião em que foi contratado pela mesma emissora valeu a tentativa, pois não tinha nada a perder naquele momento, a não ser o tempo que ainda iria desperdiçar ao entrar para a emissora, que só usou o seu prestígio para captar a sua audiência e se, desta forma ganhar muitos pontos na audiência. 

Agora os dois estão no lugar certo e, o que é melhor, na hora certa, pois o conservadorismo nunca precisou tanto de reforço como nessa reta final para as eleições de 2022. Reforço que será muito bem vindo e que vai incomodar e minar muito essa imprensa hipócrita e calhorda. 

URGENTE: JovemPan News contrata Alexandre Garcia e Caio Coppolla

Alexandre Garcia e Caio Coppolla - Foto: ReproduçãoAlexandre Garcia e Caio Coppolla – Foto: Reprodução

Uma grande notícia surgiu na noite deste sábado, 30.

A Jovem Pan News acaba de anunciar a contratação do jornalista Alexandre Garcia e do comentarista Caio Coppola.

A dupla estreia logo depois do feriado.

Ambos saíram recentemente da CNN Brasil.

Garcia e Coppola são duas das principais vozes conservadoras da imprensa brasileira.

Continuar lendo PONTO DE VISTA: ALEXANDRE GARCIA E CAIO COPPOLLA NO LUGAR CERTO NA HORA CERTA

ANÁLISE POLÍTICA: NA NOVA PESQUISA PODERDATA-BAND SERGIO MORO APARECE EM 3º LUGAR ISOLADO

Na ANÁLISE POLÍTICA deste sábado temos o comentário esclarecedor e imparcial do jornalista Felipe Moura Brasil sobre a última pesquisa eleitoral, feita pelo PoderData-Band. acerca das eleições para presidente da república em 2022. Ele comenta sobre a queda do Lula e a aparição do Sergio Moro já em 3º lugar, com 8%, isolado e descolado de Ciro Gomes que vem em 4º lugar com apenas 5%. Convido você a acompanhar desde já essa que parece ser a primeira de uma série de pesquisas com a inclusão e talvez a confirmação da candidatura de Sergio Moro, já que se aproxima a data final das filiações partidárias no mês de novembro.

Fonte:

Continuar lendo ANÁLISE POLÍTICA: NA NOVA PESQUISA PODERDATA-BAND SERGIO MORO APARECE EM 3º LUGAR ISOLADO

ANÁLISE POLÍTICA: O FERVOR AUTORITÁRIO DOS ANTIBOLSONARISTAS, POR RODRIGO CONSTANTINO

Nesta quarta-feira você vai assistir ao comentário sereno, conciso e preciso do competente jornalista Rodrigo Constantino sobre o fervor autoritário dos antibolsonaristas que não aceitam opinião alguma que não seja a deles. Estão ficando cada vez mais cara de pau e isso precisa parar. Por isso convido você a assistir ao vídeo completo a seguir e entender porque essas coisas estão acontecendo.

Fonte:

Continuar lendo ANÁLISE POLÍTICA: O FERVOR AUTORITÁRIO DOS ANTIBOLSONARISTAS, POR RODRIGO CONSTANTINO

PONTO DE VISTA: NÃO TEM ÓLEO DE PEROBA QUE DÊ VENCIMENTO A TANTA CARA DE PAU

Caro(a) leitor(a),

Definitivamente essa malfadada esquerda brasileira enlouqueceu, pirou de vez, com os desatinos contínuos e seguidos que cometem dia após dia. Pedir o banimento de Bolsonaro das redes sociais na cara dura, como se, simplesmente, não houvesse mais uma Constituição a ser obedecida. Só pode existir dois países num mesmo território. Um que funciona de verdade e é real e o outro dos sonhos, de Alice no País das Maravilhas. Aquele onde uma corja de bandidos, meliantes e psicopatas dominam o cenário e agem anarquicamente, como se não existissem leis e, se houvesse seriam as deles mesmos. Leis que só funcionam para protege-los.

Mas o povo acordou, assim espero, e não vai mais reeleger essa corja de bandidos malfeitores. Então, deixe estar que em outubro o recado será dado.

CPI dá mais um tiro no pé com pedido de banimento de Bolsonaro das redes sociais

Foto: Edilson Rodrigues/Agência SenadoFoto: Edilson Rodrigues/Agência Senado

Sem nenhum constrangimento a extrema-imprensa e a condoída velha mídia, acabam de divulgar a mais recente aberração da malfadada CPI da Pandemia.

Querem banir o presidente da República das redes sociais.

A atitude é, sem dúvida, mais um tiro no pé dos senadores que comandam essa farra.

Fica claro, mais uma vez, que não existe nenhuma preocupação com a saúde.

Querem retomar o poder para novamente se locupletarem na fartura dos cofres públicos.

Para tanto, nada melhor do que calar o presidente.

O tiro no pé ficar por conta de que não conseguirão êxito e deixam bem claro a verdadeira intenção.

Janaína Paschoal, inteligentemente, sacou rápido a safadeza. O povo também já percebeu.

Perfeito!

Fonte: Jornal da Cidade Online

Continuar lendo PONTO DE VISTA: NÃO TEM ÓLEO DE PEROBA QUE DÊ VENCIMENTO A TANTA CARA DE PAU

OPINIÃO: CONTRA A NARRATIVA DA ESQUERDA EXISTEM OS FATOS QUE DENUNCIAM OS GOVERNOS PETISTAS

Caro(a) leitor(a),

Na minha modesta OPINIÃO discursos como o do Ministro Rogério Marinho no artigo publicado a seguir devem dar o tom da política daqui por diante. Não sou bolsonarista e acho que quem me acompanha, aqui no Blog do Saber sabe disso, mas para derrotarmos a narrativa da esquerda e principalmente dos petistas nas eleições de 2022 temos que usar armas poderosíssimas que se chamam FATOS. Usar, inclusive, o máximo possível de imagens , já que, como diz o velho ditado: “uma imagem fala mais do que mil palavras”, para mostrar como foram os governos petistas, pois o povo tem memória curta e precisa ser reavivada. O melhor de tudo é que a malandragem do PT, achando que se perpetuaria no poder, não teve o menor cuidado nem pudor de fazer as falcatruas e golpes bem feitos. Então as provas materiais são inúmeras. Por exemplo: o Porto de Mariel ou o metrô de Caracas, ambos têm contrato feito pelo próprio BNDES, tem as evidências do inadimplemento, tem as obras prontas e funcionando e alguns delatores como provas cabais das delinquências cometidas. Isso tudo precisa ser mostrado daqui pra frente com bastante frequência.

Ministro sobe o tom detona governos petistas, que investiam verbas em outros países (veja o vídeo)

Rogério Marinho - Foto: Alex Ferreira/Câmara dos DeputadosRogério Marinho – Foto: Alex Ferreira/Câmara dos Deputados

Ao participar de um evento no nordeste do país, o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, fez um forte discurso criticando governos anteriores, que destinavam verbas, que deveriam ser utilizadas para melhorar a vida do povo brasileiro, para investir em países de comando esquerdista, como Cuba e Venezuela.

Segundo o ministro, a fórmula de sucesso do governo Bolsonaro é, exatamente, fazer o oposto dos governos anteriores: investir no Brasil.

Ao compartilhar o vídeo com seu discurso no YouTube, Marinho reforçou o intuito do governo federal, de utilizar as verbas brasileiras para fazer o Brasil crescer:

“Nós sabemos que no passado não faltava dinheiro para grandes obras estruturantes, para portos, aeroportos, estradas, hidroelétricas, metrôs, mas na Venezuela, na Nicarágua, em Cuba, nos países da África.

Para o povo brasileiro o discurso, o pouco, o que sobrava. Para os outros a abundância.

Agora não, o governo do presidente Jair Bolsonaro trabalha em benefício do Brasil, para honrar os impostos do cidadão brasileiro”, escreveu ele.

Confira:

Fonte: Jornal da Cidade Online

Continuar lendo OPINIÃO: CONTRA A NARRATIVA DA ESQUERDA EXISTEM OS FATOS QUE DENUNCIAM OS GOVERNOS PETISTAS

ADVOCACIA DO SENADO SE MANIFESTOU ATRAVÉS DE OFÍCIO AO STF PEDINDO REJEIÇÃO NO PRAZO PARA ANALIZAR PEDIDOS DE IMPEACHMENT

Senado pede que STF rejeite ação por prazo para análise de pedidos de impeachment

Advocacia do Senado argumenta que “a eventual concessão de medida cautelar resultaria no atropelo do poder de agenda do presidente da Câmara

Gabriel Hirabahasida CNN

Em Brasília

Plenário do SenadoPlenário do Senado11/02/2021REUTERS/Adriano Machado

A Advocacia do Senado se manifestou, nesta segunda-feira (18), em ofício enviado ao Supremo Tribunal Federal (STF), contra o pedido que pretende estabelecer um prazo para a análise de pedidos de impeachment contra o presidente da República pelo presidente da Câmara dos Deputados.

No documento de 26 páginas, a Advocacia do Senado argumenta que “a eventual concessão de medida cautelar resultaria no atropelo do poder de agenda do presidente da Câmara dos Deputados, que passaria a ter uma obrigação, criada artificialmente por uma decisão judicial (sem previsão constitucional, legal ou regimental), de se debruçar incontinenti sobre a admissibilidade pedidos de afastamento do Presidente da República (que além de muito numerosos, na maioria das vezes são ineptos)”.

A ação em questão foi apresentada pelo PDT,que sustenta que o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), “ao invés de analisar os requisitos de admissibilidade dos pedidos de impeachment protocolados, para então proferir decisão no sentido de arquivar ou dar impulso oficial à denúncia formalizada, profere declarações na mídia que sinalizam a rejeição sumária dos pedidos”.

Na última sexta (15), Lira afirmou, em petição enviada ao STF, que o impeachment de um presidente da República é uma “solução extrema e que “não há que se falar em prazo determinado em sede constitucional para que denúncia por crime de responsabilidade imputada ao Presidente da República seja examinada pela Presidência da Câmara dos Deputados”.

Continuar lendo ADVOCACIA DO SENADO SE MANIFESTOU ATRAVÉS DE OFÍCIO AO STF PEDINDO REJEIÇÃO NO PRAZO PARA ANALIZAR PEDIDOS DE IMPEACHMENT

ANÁLISE POLÍTICA: A OUTRA CPI, POR ALEXANDRE GARCIA

Toda segunda-feira você tem aqui na coluna ANÁLISE POLÍTICA o comentário do extraordinário Alexandre Garcia. Hoje ele aborda, mais uma vez, a CPI da Covid, onde sugere uma nova CPI para investigar a tal CPI, já que foi dirigida por investigados, condenados e como era de se esperar ignorou totalmente o que deveria ter sido o foco da investigação, o Consórcio Nordeste e várias outras bizarras compras de equipamentos feitas por governadores em meio a pandemia. Assista ao vídeo e se atualize!

Fonte:

Alexandre Garcia
Continuar lendo ANÁLISE POLÍTICA: A OUTRA CPI, POR ALEXANDRE GARCIA

OPINIÃO: ESSE É O FIO DA MEADA. AGORA É SÓ PUXAR E DESENROLAR O NOVELO QUE A SUJEIRA TODA APARECE

Caro(a) leitor(a),

O conteúdo do artigo a seguir é apenas um exemplo ou uma pequena amostragem da realidade que se move nas entranhas do corporativismo do judiciário neste imenso país. Não precisa ser muito inteligente ou perspicaz para perceber que isso se repete, não apenas na Bahia, mas em todos os estados da federação, bem como em todas as instâncias do poder judiciário. É o mesmo tipo de expediente vulgarmente conhecido como rachadinha, no qual o presidente Bolsonaro e seus filhos estão envolvidos e que, praticamente, ninguém tem mais dúvidas que é uma prática enraizada nas entranhas do legislativo em todas as suas instâncias, das Câmaras Municipais até o Senado da República. Nos dois casos a ilicitude e a delinquência, infelizmente, já virou regra. No executivo a coisa também anda por ai, com a diferença de que uma grande quantidade de cargos nesse poder é de confiança, não tendo a famigerada estabilidade existente no legislativo e no judiciário. Por isso a imensa dificuldade que Bolsonaro enfrenta para fazer a limpeza que planejou e não tenho dúvida que ainda há bastante gente pendurada nos cargos do executivo por conta da tal rachadinha, cruz pesadíssima que Bolsonaro carrega e lhe tira a devida moral para concluir a operação. 

Portanto, estamos diante de uma estrutura podre, carcomida e viciada, mas que pode ser recuperada. São ações como essa do artigo a seguir que dá esperança de que há uma chance de mudança para fazer uma faxina geral nessa podridão toda. Mas é preciso que uma nova geração sem vícios e com uma nova moral assuma essa faxina, com muita disposição e coragem.  Esse é o fio da meada. É só puxar e desenrolar o novelo que a sujeira toda aparece.

Magistrada e filho fazem acordo de delação e entregam desembargadores, advogados, empresários e políticos

Fotomontagem ilustrativa

O acordo de delação premiada aberto pela desembargadora Sandra Inês Rusciolelli, e o filho, Vasco Rusciolelli, é algo escandaloso e devastador.

A dupla narrou em 39 anexos uma série de pagamentos ilícitos vinculados a decisões de magistrados do Tribunal de Justiça da Bahia.

Homologada pelo ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Og Fernandes, em junho deste ano, a delação revela venda de sentenças, formação de quadrilha, grilagens de terra, dentre outros crimes.

Em mais de 600 páginas entregues ao Ministério Público Federal, a magistrada e seu filho apontaram uma série de “atos de corrupção” que, segundo eles, “permeiam as entranhas do Tribunal de Justiça da Bahia”.

O acordo de colaboração foi feito para recuperar R$ 4 milhões obtidos ilegalmente no esquema. A partir da delação, o acordo prevê 20 anos de prisão para Sandra Inês e 22 para Vasco Rusciolelli.

Segundo delatores, a ação teve início na gestão da desembargadora Maria do Socorro Barreto Santiago como presidente do Tribunal de Justiça baiano. O esquema seria liderado inicialmente por ela, em uma suposta rede de operadores formada pelo genro, uma filha, além de servidores, juízes e desembargadores.

Os delatores ainda afirmam que o desembargador Gesivaldo Britto, que assumiu a presidência do TJ em fevereiro de 2018, passou a chefiar o esquema incluindo novos membros, entre eles servidores, advogados, juízes e desembargadores.

Ao todo, a delação cita 12 desembargadores do TJ baiano, 12 juízes, 15 advogados, 15 parentes dos envolvidos, e 16 pessoas entre servidores públicos e políticos.

Fonte: Jornal da Cidade Online

Continuar lendo OPINIÃO: ESSE É O FIO DA MEADA. AGORA É SÓ PUXAR E DESENROLAR O NOVELO QUE A SUJEIRA TODA APARECE

PONTO DE VISTA: A POLÍTICA BRASILEIRA É UMA PATOLOGIA QUE AVANÇA COMO CANCER METASTÁTICO NUM PACIENTE EM ESTADO TERMINAL

Caro(a) leitor(a),

O texto a seguir é uma impressionante, preciosa e irretocável tradução do atual panorama político brasileiro. Entretanto o linguajar rebuscado, técnico e demasiado prolixo torna a leitura cansativa e, para o afegão médio, difícil de entender. Por isso resolvi fazer uma nova tradução para que todos possam entender a delicada situação pela qual esse país atravessa nesse momento. 

Infelizmente, depois de mais de 30 anos, podemos observar que a nossa Constituição foi feita para proteger e defender única e exclusivamente os interesses dos congressistas, que invariavelmente é formado por representantes, não do povo, que deveria ser a regra, mas sim do corporativismo próprio e do establishment que governa este país desde a instauração da república lá nos idos de 1889.

Pensar que houve melhoria e evolução ou até mesmo renovação na formação desse corpo de congressistas ao longo desses 33 anos, ou ainda, nas eleições de 2018 é pura ilusão. A verdade é que não mudou nada e só piorou, pois até mesmo quem entra com a melhor das intenções, devido a patologia ter tomado o corpo quase todo, é logo emparedado e convidado a entrar no esquema. Os que se negam a colaborar ficam na berlinda, sem voz altiva, por vezes sofrem ameaças e alguns, até para não perder a pose e a aparente honestidade são convidados a ensaiar um verdadeiro teatro, como foi o caso por anos do nosso senador José Agripino, como líder oposicionista do governo Lula, bradando, bradando, para parecer que tínhamos oposição, mas que por baixo do tapete recebia generosas propinas travestidas de empresa que detinha o monopólio do fornecimento de combustível para as aeronaves no aeroporto de Natal. 

Esse é o real cenário do nosso Congresso nacional que deveria legislar, mas não legisla, apenas é coadjuvante dos interesses corporativos do STF para subjugar o Executivo. Hoje não faz a menor diferença quem esteja sentado na cadeira do presidente da República. Ele é apenas um fantoche nas mãos das elites do establishment que governa o país.

Se o povo não acordar e fizer uma verdadeira revolução, mudando inclusive o atual sistema de governo, “presidencialismo de coalisão”, para algo que o povo tenha condições de ter o controle muito em breve estaremos fazendo companhia a Venezuela e a Argentina, como servos do Comunismo que avança a passos largos sobre a nossa frágil e débil democracia. Será que ainda há tempo de salvá-la?

Anatomia patológica de um poder degenerado

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência BrasilFoto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Grosso modo, os congressistas (“células”) que ocupam assentos na Câmara Federal (“tecido”), em Brasília, são de dois tipos: os que podem ser classificados como (a) deputados federais, e aqueles que não passam de (b) “vereadores nacionais”.

Os primeiros (a minoria), ainda que eleitos em suas respectivas bases loco-regionais, apresentam roteiro de atuação e comportamento mais adequados à função, dilatados sobre as questões mais amplas do país e aprumados ao diâmetro dos misteres da federação como um todo.

Os segundos (a maioria), de costume antenados exclusivamente aos interesses domésticos de seus “currais” – e, via-de-regra, agitados nos bastidores e silentes no plenário –, atuam, tão somente, como meros “edis de luxo”, na exata medida de sua pequenez e mediocridade, à caça de “trocos” compensatórios pelo aluguel oportunista de seus apequenados mandatos.

Mas existe, ainda, uma subclassificação a pontuar nesses dois grupos, estratificando-os transversalmente em algumas características combinadas.

Inerente aos dois conjuntos, há os que (minoria da minoria) se movimentam por motivações prioritariamente republicanas (do interesse geral da sociedade), honrando a representação popular a si delegadas, e aqueles que, diferentemente (ampla maioria), subordinam toda e qualquer participação legislativa aos interesses próprios e aqueles corporativos de seus financiadores e/ou “comparsas” de ocasião, sem qualquer outro intento que a sua reeleição seguinte, o enriquecimento ilícito e a permanência ad aeternum nos espaços do poder – com o gozo dos privilégios inerentes.

O quadro final dessas combinações é desolador (se não, estarrecedor!): seja a ampla maioria dos deputados federais, quanto a dos “vereadores nacionais”, ambas agem e conspiram, o tempo todo, em favor da reprodução do consuetudinário status quo – marcado pela dominação do establishment patrimonialista – e não dos interesses da nação, do universo de eleitores que careceriam representar – a quem devem, ao fim e ao cabo, os seus próprios mandatos.

Com desenho anatômico um tanto quanto diverso ao da Câmara baixa, na aparência, ainda que com idêntica índole e “pendor motivacional” na substância, configura-se, a seu turno, o Senado Federal, cujo desempenho histórico, para além da contribuição ao equilíbrio representativo entre as unidades federativas – sua função primeva assente na Carta Magna –, parece ratificar, interna corporis, em semelhante grau e equivalente proporção, a mesma subclassificação de sua correlata congênere, corroborando, pelos próprios “frutos” e “estilo” de sua atuação, análoga e alarmante patologia.

Resultado do diagnóstico: ao invés de um regime democrático de insígnias republicanas – como definido na Constituição “Cidadã” –, impõem-se (na prática) aquele de têmperas oligárquicas e divisas descaradamente cleptocráticas, impermeável à vontade popular, descompromissado com o bem comum e (vergonhosamente) protegido em sua impunidade – ainda que formalmente travestido de “democracia” e de “república”.

Desde a alcunha consagrada pelo cientista político Sérgio Abranches, em célebre artigo publicado em 1988, toda essa farsa passou a ser denominada de “presidencialismo de coalizão”: um eufemismo de viés acadêmico, cujo conceito confere condimento e “glamour” ao insidioso e exorbitante fenômeno.

Não é, pois, surpreendente que, na moldura desse quadro notoriamente patológico, um Rodrigo Maia ou um Alcolumbre da vida (“Nhonhos” e “Batorés”) queiram, sem qualquer legitimidade, capturar o comando do país, posando de “Primeiro Ministro” ou de “reizinho” em suas grotescas bufonarias; ou que corruptos cediços e réus contumazes assumam o comando de CPIs, posando, disfarçadamente, em cúmulo escárnio, de regentes “virtuosos” e comandantes “ilibados”; tampouco que a chantagem a Presidentes da República – na contramão da ética republicana – tenha se tornado a moeda de troca habitual dos insondáveis e cabulosos “acordos” políticos planaltinos.

Fato é que, no Brasil, por conta de toda essa distopia, a anomalia sistêmica se impôs, em definitivo, como bizarro e doentio “modelo político”: o Legislativo, ávido de poder e vantagens, ao invés de se restringir a legislar, governa; o Judiciário, ao contrário de tão somente julgar, legisla; e o Executivo, refém de ambos, trafica cargos e favores para manter a falsa “governabilidade”, num jogo de ilusionismo perante uma plateia alienada e ignara, reduzida a mera expectadora de circo – continuamente manipulada pelos grandes meios de comunicação, sócios tradicionais de tão despicienda e sorrateira tramoia.

E assim segue o Brasil, em pleno século XXI, subsumido a uma falsa “democracia” e a um simulado “presidencialismo”, onde quem governa não é nem o povo (por meio de representantes solidários), nem o Presidente da República – acossado e chantageado pelos arroubos delinquentes de pretensos “Primeiros-Ministros”, secundados por pares nauseabundos de todos os calibres.

E tudo – o que é ainda mais grave! – com a anuência e o endosso codelinquente de pérfidos e indecorosos monarcas de toga – garantidores, em “última instância”, da vigente e indignante cleptocracia delitosa.

Sim, o Poder Legislativo se encontra, há muito, com suas “células” e “tecidos” irremediavelmente degenerados, de tumoração maligna notoriamente avançada, a ameaçar de morte – pela corrupção metastática – todo o organismo social e político nacional.

Pois – como já observara a filósofa russo-judia Ayn Rand (1905 – 1982) – quando fica perceptível que as leis já não protegem os cidadãos honestos dos aleivosos corruptos, mas, pelo contrário, são eles que estão protegidos dos homens dignos e honrados; ou quando fica patente que a corrupção é sistematicamente recompensada e a honestidade se converte em permanente auto sacrifício, então pode-se afirmar, sem temor de errar, que a sociedade está, definitivamente, condenada.

Alex Fiúza de Mello. Professor Titular (aposentado) de Ciência Política da Universidade Federal do Pará (UFPA). Mestre em Ciência Política (UFMG) e Doutor em Ciências Sociais (UNICAMP), com Pós-doutorado em Paris (EHESS) e em Madrid (Cátedra UNESCO/Universidade Politécnica). Reitor da UFPA (2001-2009), membro do Conselho Nacional de Educação (2004-2008) e Secretário de Ciência e Tecnologia do Estado do Pará (2011-2018).

Fonte: Jornal da Cidade Online

Continuar lendo PONTO DE VISTA: A POLÍTICA BRASILEIRA É UMA PATOLOGIA QUE AVANÇA COMO CANCER METASTÁTICO NUM PACIENTE EM ESTADO TERMINAL

ANÁLISE POLÍTICA: HUMILHAÇÃO DE RENAN, CONSÓRCIO NORDESTE, DERRUBANDO NARRATIVAS E MUITO MAIS, POR BÁRBARA

Quarta-feira é dia de ANÁLISE POLÍTICA, aqui no Blog do Saber, com a irreverente Bárbara, cuja pauta trata da desistência de Renan Calheiros de fazer solenidade de encerramento em homenagem as vítimas da Covid-19, o Consórcio Nordeste já tem delação, a liberdade na berlinda e muito mais. Então prepare a pipoca, se acomode na poltrona e divirta-se a valer!

Fonte:

Continuar lendo ANÁLISE POLÍTICA: HUMILHAÇÃO DE RENAN, CONSÓRCIO NORDESTE, DERRUBANDO NARRATIVAS E MUITO MAIS, POR BÁRBARA

PONTO DE VISTA: ATÉ QUANDO A CNN ACHAVA QUE MANTERIA O COPPOLLA CALADO?

Caro(a) leitor(a),

No nosso último PONTO DE VISTA, aqui no Blog do Saber comentei sobre uma notícia anunciada acerca do fim do contrato de Caio Coppolla com a CNN. Na ocasião disse que lamentava a decisão errônea do jovem comentarista em compor o quadro de comentaristas políticos dessa rede de televisão sabidamente de esquerda. Foi uma verdadeira perda de tempo. A CNN usou e abusou do comentarista, tudo meticulosamente planejado e Caio caiu como um patinho. Inicialmente seu nome foi amplamente divulgado como uma das principais atrações da rede de tv que estava desembarcando nas terras tupiniquins. Na época o jovem comentarista político era a sensação da mídia política brasileira, como Garoto Propaganda da Jovem Pan e um dos seus ícones. Uma emissora conhecida por ser conservadora e de direita, apesar de fomentar o debate entre conservadores e progressistas em alguns dos seus programas de maior audiência. Caio Coppolla também conservador e de direita, um dos maiores defensores do Bolsonarismo seria audiência garantida para uma emissora nova, que também prometia fomentar o debate ideológico em seus principais quadros em horário nobre.

No fundo a ideia era dar corda para o jovem comentarista  atraindo toda a audiência possível, deixar a corda esticar até um determinado limite e depois calar de vez o pobre rapaz. Achavam que poderiam fazer como fez a maior emissora de TV brasileira, a Globo, com muitos dos seus contratados, ou seja, colocá-lo no congelador durante um bom tempo. Não calcularam a juventude, a irreverência e a integridade moral do rapaz que não se vende por qualquer preço. Resultado, estamos a poucos dias de finalmente cair a mordaça desse brilhante comentarista político e o Brasil tê-lo de volta ao debate político, que com toda certeza ele será imprescindível nessa luta de resistência contra a tirania e a opressão. Seja bem vindo de volta aos holofotes Caio Coppolla!  

Caio Coppolla deve deixar a CNN Brasil no final do mês

Comunicador foi um dos principais nomes anunciados na estreia do canal de TV.

A CNN Brasil deve anunciar mais uma baixa nos próximos dias.

O próximo nome a deixar a emissora é o comentarista Caio Coppolla, que não terá o seu contrato renovado ao final de outubro, de acordo com informações do jornalista Maurício Stycer.

A decisão já foi tomada e, segundo Stycer, ocorreu em comum acordo.

Coppolla está afastado do canal há cinco meses, desde o fim do quadro “O Grande Debate”.

Recentemente, conforme registrou o Conexão Política, o jornalista Alexandre Garcia foi desligado da emissora após manifestações favoráveis ao chamado “tratamento precoce”.

Na ocisão, em nota, o canal de TV confirmou a causa do desligamento, classificou o gesto de Garcia como sustentação de “uso de medicamentos sem eficácia comprovada”, além de frisar que “reforça seu compromisso com os fatos e a pluralidade de opiniões, pilares da democracia e do bom jornalismo”.

FALE COMIGO: raul@conexaopolitica.com.br — diretor de redação do Conexão Política e natural de Recife (PE).

Fonte: Conexão Política

Continuar lendo PONTO DE VISTA: ATÉ QUANDO A CNN ACHAVA QUE MANTERIA O COPPOLLA CALADO?

ANÁLISE POLÍTICA: PERGUNTE, POR ALEXANDRE GARCIA

As perguntas são o combustível do cérebro afirma o garoto da história contada por Alexandre Garcia no vídeo de hoje, como resposta a sua própria pergunta. Mais uma vez o nobre e eloquente jornalista comenta sobre a liberdade de expressão, o direito de questionar e o verdadeiro papel da ciência enquanto desbravadora e conquistadora das soluções para os males da humanidade, principalmente em tempos de pandemia. Você não pode perder essa oportunidade única!  

Fonte:

Continuar lendo ANÁLISE POLÍTICA: PERGUNTE, POR ALEXANDRE GARCIA

PONTO DE VISTA: A EXCRESSÊNCIA DE UM CONTRATO MALDITO DEIXA CAIO COPPOLLA FORA DE COMBATE

Caro(a) leitor(a),

Para mim essa foi a melhor notícia dos últimos tempos. Fazia um bom tempo que procurava a esmo, na internet, algum artigo ou fala do super competente comentarista político Caio Coppolla. O rapaz simplesmente desapareceu sem deixar vestígio, sem uma nota sobre seu sumiço, nem mesmo no seu Instagram. Agora se sabe que por força de um contrato de exclusividade, o comentarista, após ser colocado na geladeira não podia falar absolutamente nada sobre seu paradeiro sob pena de perder tudo que conquistou com seu contrato e ainda ter que indenizar a emissora CNN. Por sorte, falta pouco para o final dessa excrecência e muito em breve teremos novamente os comentários e opiniões desse grande patriota. Seja muito bem vindo de volta Caio Coppolla!  

Prestes a se livrar das amarras da CNN, Coppolla traça seu novo caminho e deve reaparecer em novembro

Imagem em destaque

O contrato de Caio Coppolla com a CNN Brasil, que termina no início do próximo mês, não será renovado.

Colocado na ‘geladeira’ pela emissora, a cláusula contratual de exclusividade emudeceu o comentarista político.

Felizmente, com o término do contrato, Coppolla poderá retornar e parece já ter o seu destino traçado.

Uma grande empresa de comunicação, que costuma ser bem mais democrática que a CNN, deve fechar com o brilhante comentarista, o ‘triturador’ de advogados esquerdistas.

Vamos aguardar…

Fonte: Jornal da Cidade Online

Continuar lendo PONTO DE VISTA: A EXCRESSÊNCIA DE UM CONTRATO MALDITO DEIXA CAIO COPPOLLA FORA DE COMBATE

RESUMO DA SEMANA: ANÁLISE DAS MANIFESTAÇÕES CONTRA O GOVERNO E PANE NO WHATSAPP

Neste domingo, aqui no RESUMO DA SEMANA você vai ver os principais fatos políticos que foram destaques nos noticiários, tais como análise das manifestações contra o governo e a pane no whatsapp. Por isso fique ligado e atualizado!

Fonte:

Continuar lendo RESUMO DA SEMANA: ANÁLISE DAS MANIFESTAÇÕES CONTRA O GOVERNO E PANE NO WHATSAPP

ANÁLISDE POLÍTICA: O TESTE DE CORAGEM PARA O VERDADEIRO JORNALISTA

Neste sábado o comentário político aqui na coluna ANÁLISE POLÍTICA do Blog do Saber é do Jornalista Rodrigo Constantino sobre um fato que ocorreu lá na Rússia com dois jornalistas que ganharam o prêmio Nobel da Paz por um aceno a defesa das liberdades de imprensa e de expressão, “pré-requisitos pra sociedades democráticas e para a paz duradoura”. Ele comenta sobre o simbolismo e a importância deste prêmio nas mãos de dois jornalistas russos. Assista ao vídeo e entenda o que há por trás dessa notícia!

Fonte:

Continuar lendo ANÁLISDE POLÍTICA: O TESTE DE CORAGEM PARA O VERDADEIRO JORNALISTA

ANÁLISE POLÍTICA: O BRASIL VAI SER O PAÍS DO FUTURO A TÉ QUANDO? POR RODRIGO CONSTANTINO

Num surto de nostalgia após revisitar a sua cidade natal, o Rio de Janeiro, o comentarista político Rodrigo Constantino faz um extraordinário comentário sobre o que poderíamos ser e não somos e faz um questionamento que vale a pena refletir: O Brasil vai ser o país do futuro até quando? Então convido você a assistir o vídeo completo a seguir, refletir e fazer o seu juízo de valor!

Fonte:

Continuar lendo ANÁLISE POLÍTICA: O BRASIL VAI SER O PAÍS DO FUTURO A TÉ QUANDO? POR RODRIGO CONSTANTINO

PONTO DE VISTA: RI MELHOR QUEM RI POR ÚLTIMO JÁ DIZIA O VELHO DITADO

Caro(a) leitor(a),

É realmente uma pena. É de dar dó, não termos outros muitos Marcos Rogério nos representando no senado e/ou na câmara dos deputados, pois é de parlamentares como esse que o Brasil precisa. Confiante, seguro, eloquente, sábio, culto e sereno. Sempre com a resposta certa na ponta da língua e o melhor de tudo, extremamente educado. Infelizmente, são bem poucos os que ousam desafiar o politicamente correto e a minoria esquerdopata histérica. É muito bonito ver palhaços travestidos de patetas se calarem depois de rirem extravagantemente ao ouvirem o inteligente senador revelar verdades constrangedoras sobre os mesmos. 

Parabéns ao senador Marcos Rogério. Continue a ser o homem honesto, transparente, sincero, franco e verdadeiro. O Brasil e os brasileiros estão ao seu lado!

Senadores riem de Marcos Rogério até ele fazer revelação gravíssima sobre Renan (veja o vídeo)

Marcos Rogerio e Renan Calheiros - Foto: Senado FederalMarcos Rogerio e Renan Calheiros – Foto: Senado Federal

O senador Marcos Rogério botou fogo na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid, nesta terça-feira (05), durante o depoimento do empresário Raimundo Nonato Brasil, sócio da VTCLog.

A testemunha deveria prestar esclarecimentos sobre supostas irregularidades nos contratos entre a empresa e o governo federal, inclusive para a distribuição de vacinas.

O senador Marcos Rogério acabou fazendo Renan Calheiros se exaltar ao apontar que o relator contratou os serviços da Voetur, que pertence ao mesmo grupo da VTCLog, sem licitação, em 2013, quando era presidente do Senado Federal.

“Eu sei que Vossas Excelências estão em um esforço grande para tentar desviar o foco, mas o Brasil sabe exatamente do que está acontecendo.

A questão é: o mesmo que cobrou, aqui, licitação para contratação da empresa no governo federal, foi o que contratou sem licitação à época, essa empresa para vender passagem para o Senado Federal”, apontou Marcos Rogério.

Ao ser questionado sobre quem seria a pessoa, Marcos Rogério disparou:

“Presidente Renan. Foi na gestão do presidente Renan”.

Renan Calheiros tentou se defender e, mais uma vez surtando e exaltado, tentou impedir que o colega continuasse falando:

“Isso é uma covardia, o Senado, na minha época, era a instituição mais transparente do Brasil”.

Marcos Rogério contestou a declaração de Renan e seu posicionamento ao tentar construir uma narrativa sem fatos:

“Não é o que seus colegas estão falando. Só estou dizendo que há uma incoerência no que foi praticado lá atrás e no que se cobra agora.

Para mim, se houve erro lá trás e se houve erro agora, apura-se, identifique os responsáveis e puna-os, com base em fatos, em evidências e não em narrativas porque isso não se sustenta em nenhum processo”, afirmou ele.

Os senadores se calaram perante grave revelação.

Confira:

Continuar lendo PONTO DE VISTA: RI MELHOR QUEM RI POR ÚLTIMO JÁ DIZIA O VELHO DITADO

ANÁLISE POLÍTICA: MIL ESTRANHOS DIAS, POR ALEXANDRE GARCIA

Nesta segunda-feira você vai ver o brilhante jornalista Alexandre Garcia fazer seu comentário sobre o ataque contra nossas liberdades básicas e principalmente sobre a maior delas: a liberdade de expressão. Ele cita desde o discurso do presidente da república na ONU, na semana passada até os atos autoritários da Suprema Corte brasileira, encarregada de defender e guardar a Constituição. Algo que você não pode deixar de assistir sob pena de ficar à margem do processo político democrático do seu país e depois não poder reclamar se e quando a sua própria liberdade for cerceada!

Fonte:

Continuar lendo ANÁLISE POLÍTICA: MIL ESTRANHOS DIAS, POR ALEXANDRE GARCIA

OPINIÃO: UMA IMAGEM DIZ MUITO MAIS DO QUE MIL PALAVRAS

Caro(a) leitor(a),

A ameaça comunista é real e iminente e avança em todo o mundo. Para  a nossa sorte e de todos os brasileiros patriotas, que querem um país livre, democrático e desenvolvido, a esquerda brasileira é desunida, frágil, pequena e acima de tudo burra. Que continue assim e chegará as eleições de 2022 esfacelada e sem a menor chance de retornar ao poder. O vídeo abaixo é um exemplo nítido disso.

Atos esquerdopatas acabam em confusão e polícia – Sobrou até para o Ciro (veja o vídeo)

Fotomontagem reproduçãoFotomontagem reprodução

O eterno presidenciável de primeiro turno (e seus fieis 10% de eleitorado), Ciro Gomes, foi vaiado na avenida Paulista, em mais uma esvaziada manifestação contra o presidente Jair Bolsonaro, neste sábado (2).

A rixa e falta de união de uma esquerda que derrete e praticamente não existe mais – ainda que a velha mídia insista em ‘mantê-la viva, ligada aos aparelhos’ – é apenas o retrato do que eles sabem fazer de melhor: Confusão.

Foi o que se viu ontem, assim como em todas as manifestações anteriores. Correria, polícia, troca de socos e empurrões, xingamentos e desrespeito ao patrimônio público.

Lula, que teve o nome gritado pelos esquerdopatas, sequer deu as caras (de novo!), muito provavelmente preferindo ficar em casa, tomando sua cervejinha gelada paga com dinheiro público e assistindo ao futebol na TV!

Veja o vídeo:

Fonte: Jornal da Cidade Online

Continuar lendo OPINIÃO: UMA IMAGEM DIZ MUITO MAIS DO QUE MIL PALAVRAS

RESUMO DA SEMANA: ANÁLISE DA ENTREVISTA DE BOLSONARO AO DIRETO AO PONTO

Esta semana aconteceu o aniversário de 1000 dias do governo Bolsonaro e de 1 ano do programa Direto ao Ponto da Jovem Pan. Para comemorar esses dois fatos a Jovem PAN promoveu uma entrevista exclusiva com o presidente da república Jair Messias Bolsonaro no programa Direto ao Ponto e no RESUMO DA SEMANA deste domingo você vai assistir a análise dessa entrevista nos detalhes. Então não saia dai, dê o play e fique por dentro!

Fonte:

Continuar lendo RESUMO DA SEMANA: ANÁLISE DA ENTREVISTA DE BOLSONARO AO DIRETO AO PONTO

ANÁLISE POLÍTICA: O BAILE DO HANG NA CPI (MELHORES MOMENTOS), POR BÁRBARA

Sábado é dia de distração, diversão e descontração e não poderia ter melhor diversão e relax do que o vídeo que estamos publicando, aqui na coluna ANÁLISE POLÍTICA de hoje, onde a nossa incrível Bárbara coletou os melhores momentos, de êxtase, do depoimento do empresário Luciano Hang na CPI da “vergonha”, nesta quinta-feira. Foi um verdadeiro baile dessa fera em cima dos três patetas, que mais uma vez passaram por vexame público sem a menor necessidade. Então assista, reflita e ria até umas horas!

Fonte:

Continuar lendo ANÁLISE POLÍTICA: O BAILE DO HANG NA CPI (MELHORES MOMENTOS), POR BÁRBARA

ANÁLISE POLÍTICA: BÁRBARA TOMA CAFÉ COM A POLÍCIA FEDERAL, CONTA PRA GENTE E FAZ UM RESUMÃO

No último Te Atualizei da Bárbara ela foi sensacional. Ela conta como foi o seu café da manhã com a Polícia Federal, fala sobre a CPI da Covid, a mídia a choradeira, choradeira e muito mais no seu Resumão. Por isso, senta ai, fica bem confortável e se prepara para se divertir muito! 

Fonte:

Continuar lendo ANÁLISE POLÍTICA: BÁRBARA TOMA CAFÉ COM A POLÍCIA FEDERAL, CONTA PRA GENTE E FAZ UM RESUMÃO

ANÁLISE POLÍTICA: FLORESTAS E ÍNDIOS

Segunda-feira é dia de ANÁLISE POLÍTICA, aqui no Blog do Saber e como sempre com o excepcional Alexandre Garcia, que comenta sobre o discurso do presidente Bolsonaro na ONU e a lição brasileira sobre índios e florestas. Então esteja atento e assista ao vídeo completo a seguir. Depois faça a sua análise e chegue a sua conclusão. 

Fonte:

Continuar lendo ANÁLISE POLÍTICA: FLORESTAS E ÍNDIOS

ANÁLISE POLÍTICA: CRIMINALIZARAM GRUPOS DE WHATSAPP DE DIREITA! POR RODRIGO CONSTANTINO

Neste sábado, aqui na coluna ANÁLISE POLÍTICA você vai ver o comentário muito esclarecedor do competente jornalista conservador Rodrigo Constantino sobre a criminalização dos grupos de whatsApp de direita. Um perseguição sem fim a todos aqueles que ousam falar a verdade tachadas de fake news pelos esquerdopatas. Assista ao vídeo completo a seguir e entenda como funciona esse balaio de gato!

Fonte:

Continuar lendo ANÁLISE POLÍTICA: CRIMINALIZARAM GRUPOS DE WHATSAPP DE DIREITA! POR RODRIGO CONSTANTINO

TEXTO-BASE DA REFORMA ADMINISTRATIVA FOI APROVADO PELA COMISSÃO DA CÂMARA FALTA AINDA A ÁLISE DE DESTAQUES

Comissão da Câmara aprova texto-base da reforma administrativa

PEC segue para votação em plenário

Larissa Rodriguesdo CNN Brasil Business

em Brasília

A comissão especial criada para analisar o texto da reforma administrativa aprovou, na tarde desta quinta-feira (23), por 28 votos a 18, o relatório do deputado Arthur Maia (DEM-BA) que traz mudanças para a contratação de servidores públicos. Falta ainda a análise de destaques.

Depois, a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) será votada em plenário em dois turnos, onde serão necessários ao menos 308 votos, ou seja 3/5 dos deputados, para que seja aprovada. Só depois a matéria será encaminhada para o Senado Federal.

Inicialmente, a votação deveria ter acontecido na noite de quarta (22), no entanto, acabou adiada diante do impasse entre a base governista e a oposição, devido a um novo relatório apresentado de última hora.

O relator retirou artigos que agradavam a oposição, como a diminuição no tempo de contratos de terceirizados, além de autorizar parcerias entre governos e iniciativa privada para execução de serviços públicos.

Com isso, partidos contrários ao texto voltaram a obstruir a votação que se arrastou desde a manhã até o fim da tarde desta quinta.

Vale ressaltar que, apesar da aprovação da reforma administrativa na comissão, em plenário o texto deverá enfrentar maiores dificuldades, já que precisa de um placar mais elástico para ser aprovada.

O texto

Na manhã desta quinta, Arthur Maia apresentou nova versão do relatório final – a sexta desde o início dos trabalhos da comissão.

No parecer, a principal mudança foi a volta da possibilidade de cooperação do setor privado nas contratações de servidores públicos. Esse trecho é muito criticado pela oposição, que o batizou de “privatização do funcionalismo público”.

Além disso, ele aumentou para 10 anos o tempo máximo de duração dos contratos temporários. Nesta quarta, Maia havia reduzido o tempo para seis anos em busca de acordo com a Oposição. O texto também trouxe a possibilidade de corte de jornada e salário em até 25%.

Porém, segundo o relatório, tal atitude só poderá ser adotada “em cenário de crise fiscal, como alternativa em relação à adoção de outra mais drástica, como o desligamento de servidores efetivos”.

Houve pressão de partidos para que fossem incluídos juízes e membros do Ministério Público na reforma, o que não aconteceu.

Sem acordo com a oposição e após mudanças no texto, a comissão contou com votos de novos membros para aprovar o parecer da reforma administrativa.

Diversos deputados que não votaram na quarta, passaram a participar do colegiado nesta quinta. Entre eles, quatro do partido Novo, que se declaram a favor do parecer de Arthur Maia.

Houve ainda trocas de membros no MDB, Podemos e PSDB, saindo parlamentares que demonstravam ser contra o texto e entrando deputados que votaram a favor.

Em resumo, a reforma administrativa prevê novas regras apenas para servidores que ainda serão contratados, os atuais seguem com os mesmos direitos.

Ainda de acordo com o texto, os futuros servidores poderão ser demitidos em caso de “desempenho insatisfatório”, que será medido por meio de avaliações.

Outros benefícios, como licença-prêmio, mais de 30 dias de férias e aumentos por tempo de serviço serão cortados.

Continuar lendo TEXTO-BASE DA REFORMA ADMINISTRATIVA FOI APROVADO PELA COMISSÃO DA CÂMARA FALTA AINDA A ÁLISE DE DESTAQUES

PONTO DE VISTA: O AVANÇO DO COMUNISMO NO BRASIL É REAL E IMINENTE. ACORDA BRASIL!

Caro(a) leitor(a),

Peço que assista ao vídeo completo a seguir, pois o alerta que o senador Marcos Rogério faz é altamente pertinente e e bem vindo, num momento em que as forças do mal (Comunismo), aparentemente, avançam a passos largos, não apenas no Brasil, mas no mundo e especialmente na América Latina. A Argentina já está quase toda comprada. E quando falo em quase toda comprada, falo de propriedades físicas e dos políticos. No Brasil esse processo também avança rapidamente. Quase a metade da terras aráveis do centro-oeste e do Nordeste já foram compradas e os governadores de esquerda e centro-esquerda já estão todos comprados pelo Partido Comunista Chinês. Gente, isso não é história da carochinha não, é fato!

Por isso é tão importante que você assista ao vídeo a seguir, pois os Atos do dia 7 de setembro foi apenas o começo de uma grande luta que iremos travar para expulsar esses verdadeiros fascistas do nosso país, sob pena de virarmos uma Venezuela e uma Argentina.

Acorda Brasil!

Senador alerta para avanço do “comunismo” e pede ao povo que resista e reaja (veja o vídeo)

Fotomontagem JCO CortesFotomontagem JCO Cortes

O senador Marcos Rogério (DEM-RO) enviou uma importante mensagem ao povo brasileiro, onde pede que fique atento ao avanço da agenda comunista no mundo ocidental e, mais especificamente, no Brasil, tocada pelos partidos de esquerda, que fazem de tudo para retomar o poder.

O parlamentar alertou para os artifícios que a oposição tem utilizado para tentar impedir as mudanças pela qual o Brasil tem passado, desde o advento da eleição de Bolsonaro, e lembrou a terrível situação que vivemos sob os governos lulopetistas.

Veja o vídeo:

Fonte: Jornal da Cidade Online

Continuar lendo PONTO DE VISTA: O AVANÇO DO COMUNISMO NO BRASIL É REAL E IMINENTE. ACORDA BRASIL!

PONTO DE VISTA: O JOGO É MUITO PESADO E O BRASIL NÃO É PARA PRINCIPIANTES, POR WAGNER BRAGA

Caro(a) leitor(a),

Como outrora falou o maestro Tom Jobim: “o Brasil não é para principiantes”, que depois sofreu uma pequena variação passando para: “o Brasil não é para amadores”, o fato relatado, discutido e gravado em vídeo a seguir nos mostra o quão atual e real é essa velha frase dita por um cidadão que leva até no nome a palavra “brasileiro”. O jogo é muito pesado senhores e muito mais do que possa imaginar a nossa vã filosofia. Por isso, mais do que nunca, o afegão médio precisa sair da sua caverna, mostrar a cara e dizer a que veio, assumindo a responsabilidade e o papel de protagonista da política brasileira. Sair da caverna e ir para as ruas, se preciso for semanalmente para pontuar cada novo fato gerado pela maquiavélica e famigerada esquerda, que trabalha 24 horas por dia para destruir o nosso país, erguido a custa de muito sangue, suor e lágrimas. Então, assim como os maquiavélicos das sombras que tramam e agem na escuridão em tempo integral, temos que buscar energia, disposição e inteligência para combater as forças do mal, sob pena de vermos o nosso amado país sucumbir ao caos que a Venezuela e a Argentina, outrora países de economia pujante, hoje estão submersos.

AO VIVO: Abriram as portas dos presídios / Novas articulações para enfraquecer Bolsonaro (veja o vídeo)

Foto: TV JCOFoto: TV JCO

As articulações contra o presidente Bolsonaro continuam!

Para comentar esses e outros assuntos, o Jornal da Noite recebe os jornalistas Raquel Brugnera e Bosco Foz.

O dito vídeo ‘vazado’ de Andre Marinho foi um dos assuntos do dia. Ele também imitou o Ciro, o Doria e até o Temer, porém só vazou o trecho do Bolsonaro!

Por que será?

Mais de 37 mil presos foram beneficiados com saída temporária em SP nesta terça.

O projeto de Lei Paulo Gustavo foi retirado da pauta. Essa lei destinaria anualmente 4 bilhões de reais para estados decidirem o destino desses recursos.

Termine o dia bem informado com o Jornal da Noite!

Assista, compartilhe!

 

Continuar lendo PONTO DE VISTA: O JOGO É MUITO PESADO E O BRASIL NÃO É PARA PRINCIPIANTES, POR WAGNER BRAGA

ANÁLISE POLÍTICA: OUTRO 7 DE SETEMBRO, POR ALEXANDRE GARCIA

Nesta segunda-feira você vai assistir ao vídeo NAS ENTRELINHAS do competente jornalista Alexandre Garcia, onde ele faz a leitura e comenta o seu artigo publicado no dia anterior em muitos jornais pelo país. Desta vez ele comenta as consequências da carta à nação que o presidente Bolsonaro escreveu a 4 mãos com o ex-presidente Temer. O comentarista esmiúça as entrelinhas da carta onde está a toda a estratégia do presidente Bolsonaro neste episódio. Então assista ao vídeo completo e se atualize!

Fonte:

Continuar lendo ANÁLISE POLÍTICA: OUTRO 7 DE SETEMBRO, POR ALEXANDRE GARCIA

OPINIÃO: DIANTE DAS MINGUADAS MANIFESTAÇÕES DESTE DOMINGO PARECE QUE BOLSONARO PODERÁ GOVERNAR EM PAZ

Caro(a) leitor(a),

Na coluna PONTO DE VISTA deste domingo eu comentei que as manifestações que seguiriam durante o dia seriam o divisor de águas dessa já bastante longa crise institucional entre os poderes. Elas definiriam se estamos, ainda no começo de uma guerra política ou estaríamos perto do final, com um desfecho positivo de governabilidade para o nosso país. Eu disse que se as manifestações tivessem um substancial número de pessoas nas ruas, tão grande quanto ou maior do que as manifestações do 7 de setembro estaríamos apenas começando uma guerra que chamaria para as ruas todo aquele brasileiro que ainda dorme em berço esplêndido, pois sabemos que a grande maioria da população não quer o avanço do Comunismo no Brasil. E que se essas manifestações fossem exíguas a luta estaria perto do fim, com a fortificação do poder executivo e por consequência a governabilidade. Dando ao Presidente Bolsonaro condições de seguir com a sua agenda até 2022. Pelo resultado das exíguas e minguadas manifestações de hoje tenho a certeza que a segunda versão acontecerá daqui por diante. Até porque a carta à nação de Bolsonaro já começa a fazer efeito trazendo resultados animadores. Aguardemos as cenas dos próximos capítulos.

Agora ele cai! O Brasil vive um momento histórico… Uma multidão de ninguém saiu às ruas

Foto reprodução/TwitterFoto reprodução/Twitter

Uma multidão de ninguém saiu às ruas para protestar contra o governo. Era tanta gente que o trânsito não precisou ser desviado, não foi necessário um esquema especial de segurança e um planejamento de transporte, e o único caminhão que compareceu foi o de lixo, carregando quem estava pela rua com bandeira vermelha na mão.

A esquerda está feliz. Conseguiu chamar a atenção da Globo e da Folha de S.Paulo, que não conseguiram estimar o número de participantes, já que quando eles se espalharam ficaram tão distantes que ninguém podia contar.

A esquerda agora vai dizer que só deu esse tantão de gente porque “respeita as medidas de precaução da covid”, apesar do povo ter chegado num patinete completamente lotado.

Separando os pobres vendedores ambulantes que ficaram decepcionados com o sucesso de público, os caras da guarda municipal, o povo que não tinha nada a ver, os cracudos que só observavam e alguns que estavam perdidos, o número de participantes estava estimado em… meio. Algo inédito no mundo.

Agora Lula viu sua força. Agora o Bolsonaro cai.

Os grandes “chamadores” de público como Simone Tebet, Titica Santa Cruz, Mama Falhei, Kim Kata-guri e outros viram agora o quanto são poderosos e conseguem influenciar a população. Estava lindo!

Um maluco puxou o coro “vamos dar as mãos, vamos dar as mãos, vamos dar as mãos, vamos dar”, mas teve que parar no meio da música porque não havia a quem dar as mãos.

A Paulista nunca esteve tão lotada de ninguém! A Av. Atlântica estava tão cheia, que um Boeing 747 pousaria no meio dela sem atropelar uma única alma! Estava lindo!

Avante esquerda! Esquerda? Esquerda? Cadê você, esquerda? Ainda está aí? Alôoooo… É você, satanás (Dna Clotilde)? Vixe! Não tem ninguém!

Fonte: Jornal da Cidade Online

Continuar lendo OPINIÃO: DIANTE DAS MINGUADAS MANIFESTAÇÕES DESTE DOMINGO PARECE QUE BOLSONARO PODERÁ GOVERNAR EM PAZ

PEC DA REFORMA ELEITORAL COM VOLTA DAS COLIGAÇÕES É APROVADA NA CÂMARA

 

Câmara aprova PEC da Reforma Eleitoral com volta das coligações

Matéria segue para a análise em dois turnos do Senado Federal antes de ser promulgada

Larissa Rodrigues, da CNN, em Brasília

 Atualizado 17 de agosto de 2021 às 22:47

A Câmara dos Deputados aprovou, na noite desta terça-feira (17), a proposta de emenda constitucional da Reforma Eleitoral em segundo turno. Agora, a matéria segue também para a análise em dois turnos do Senado Federal antes de ser promulgada. O texto ficou conhecida como PEC do Distritão, já que previa a adoção do sistema distrital (majoritário) para a eleição de parlamentares ao invés do que é hoje, proporcional.

No entanto, por acordo, o Distritão caiu ainda durante a votação em primeiro turno. Em troca, a matéria trouxe a volta das coligações, isso, quatro anos ser extinguida na reforma realizada em 2017. Assim, se aprovada no Senado como está, a PEC da Reforma Eleitoral trará de volta as coligações partidárias para as eleições proporcionais já a partir de 2022 para deputados federais, estaduais e vereadores.

Durante votação em segundo turno, um destaque que alterava a cláusula de barreira – dispositivo que restringe ou impede a atuação parlamentar de um partido que não alcança um percentual de votos – foi suprimido. Isso significa que terão acesso aos recursos do fundo partidário e à propaganda gratuita no rádio e na televisão os partidos políticos que tiverem elegido pelo menos 11 deputados federais distribuídos em pelo menos um terço das unidades da Federação; assim como é hoje. A proposta pretendia flexibilizar a cláusula de barreira ao possibilitar que as siglas elegessem os deputados ou cinco senadores.

Entenda

A PEC determina ainda que os votos de candidatas femininas e negros sejam computados em dobro para fins de cálculo da distribuição do Fundo Partidário e do Fundo Eleitoral que ocorrerem entre 2022 e 2030. O texto fixa ainda em 100 mil o número de assinaturas para a apresentação de projetos de lei de origem popular. A PEC também altera a data de posse do presidente da República que, a partir de 2027, passaria a ser realizada em 5 de janeiro, e dos governadores e prefeitos, que seriam empossados em 6 de janeiro.

Por outro lado, caiu durante a aprovação em primeiro turno a proposta que pretendia acabar com o segundo turno nas eleições majoritárias no país. No modelo de voto preferencial proposto por Renata Abreu, o eleitor escolheria até cinco candidatos a presidente, governador ou prefeito, em ordem decrescente de preferência. Seria considerado eleito o candidato que obtivesse a maioria absoluta das primeiras escolhas do eleitor, não computados os votos em branco e os nulos.

A proposta original, porém, de autoria do deputado Carlos Sampaio (PSDB-SP), previa apenas o adiamento das eleições em datas próximas a feriados. A justificativa é que a realização de eleições em datas muito próximas de feriados contribui para maior abstenção dos eleitores.

 

Continuar lendo PEC DA REFORMA ELEITORAL COM VOLTA DAS COLIGAÇÕES É APROVADA NA CÂMARA

OPINIÃO: JORNALISTA RODRIGO CONSTANTINO FAZ ANÁLISE DA ATUAL DEMOCRACIA BRASILEIRA

Em análise esclarecedora, Constantino escancara: “O supremo arrebentou a corda” (veja o vídeo)

Alexandre de Moraes - Foto: STFAlexandre de Moraes – Foto: STF

O jornalista Rodrigo Constantino fez uma análise durante o podcast ‘O Papo É’ da Gazeta do povo sobre o atual cenário da democracia brasileira, “abalada” na última sexta-feira (13) com a prisão do presidente nacional do Partido Trabalhista Brasileiro, Roberto Jefferson, acusado de participar de uma suposta milícia digital.

A ordem de prisão foi decretada pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes e vem gerando uma série de discussões em torno de uma possível ruptura institucional causada pela arbitrariedade de ministros do STF:

“Não está em jogo, aqui, o que a gente pensa da postura do Roberto Jefferson. Está em jogo, aqui, que, uma vez mais, o Alexandre de Moraes, que relata um inquérito ilegal […] está, literalmente, ignorando as instruções do país.

Aí ele vai lá e manda prender, contra a opinião da PGR, um presidente de um partido.

Acho que nem no Regime Militar tivemos coisas parecidas.

Então já temos um jornalista, um parlamentar com imunidade e um presidente de um partido presos no Brasil, hoje, pelo crime de opinião, com base em um inquérito ilegal e sem nenhuma sustentação constitucional. Então está muito claro que eles estão tentando testar limites”, apontou sagazmente Constantino.

Na opinião do jornalista, as ações de alguns ministros do STF seriam uma tentativa de forçar o presidente Jair Bolsonaro a adotar medidas drásticas para manter os limites e a independência entre os Poderes:

“Eles estão querendo ver partir, do presidente, a ruptura. […] se partir do presidente alguma reação drástica, aí é aquela história da profecia auto-realizada: ‘eu falei que ele era antidemocrático’”, afirmou ele.

E alertou que o povo deve ficar atento ao que vem ocorrendo já que, caso não sejam tomadas providências em contrapartida, a situação tende a piorar:

“Vamos acordar para o que está acontecendo. Uma vez a porteira aberta, amanhã o alvo pode ser qualquer um”.

Confira:

 

Fonte: Jornal da Cidade Online

Continuar lendo OPINIÃO: JORNALISTA RODRIGO CONSTANTINO FAZ ANÁLISE DA ATUAL DEMOCRACIA BRASILEIRA

ANÁLISE POLÍTICA: PROMISCUIDADE DA FAMÍLIA BOLSONARO COM A RECEITA É FLAGRANTE, POR FELIPE MOURA BRASIL

A cada dia que passa a situação da família Bolsonaro com o caso Queiroz, as milícias e as rachadinhas fica mais evidente em função das novas provas e sendo assim o apego ao cargo de presidente por Jair Messias Bolsonaro aumenta proporcionalmente, já que sem ele (o cargo de presidente) o seu futuro é incerto e tenebroso. Principalmente quando toda a esquerda e o centro, capitaneado pelo implacável Centrão o perseguem com a mesma avidez e gana que uma leoa persegue a sua presa após uma semana inteira sem comer. Neste contexto o experiente e eloquente comentarista político, Felipe Moura Brasil, nos esclarece pontos cruciais nessa bizarra história em que se meteu a família do presidente! 

Fonte:

Continuar lendo ANÁLISE POLÍTICA: PROMISCUIDADE DA FAMÍLIA BOLSONARO COM A RECEITA É FLAGRANTE, POR FELIPE MOURA BRASIL

Fim do conteúdo

Não há mais páginas para carregar