ANÁLISE POLÍTICA: LIBERDADE E PASSIVIDADE, POR ALEXANDRE GARCIA

O nosso Alexandre Garcia é o destaque desta segunda-feira na coluna ANÁLISE POLÍTICA, onde comenta obre o manifesto de seis presidenciáveis em 2022, que trata de “submissão arbitrária do indivíduo ao estado, respeito aos direitos individuais, excesso, abuso, intimidação”. Mas ao mesmo tempo seus decretos são totalitários. Então o nosso Alexandre Garcia diz que “Passividade rima mas não se mistura com liberdade e se estarrece com a passividade dos brasileiros diante das aberrações que estão acontecendo. Convido você a assistir a esse vídeo, refletir e tirar as suas conclusões!

Fonte:

Continuar lendo ANÁLISE POLÍTICA: LIBERDADE E PASSIVIDADE, POR ALEXANDRE GARCIA

PONTO DE VISTA: SÓ O IMPEACHMENT DE MINISTROS DO STF ACABA COM ESSA INSEGURANÇA JURÍDICA

Caro(a) leitor(a),

Hoje, gostaria de contextualizar uma situação altamente esdruxula e surreal que vem ocorrendo no nosso país e com a nossa mais alta corte do judiciário, o STF. Já se tornou hábito corriqueiro os ministros desta corte tomarem decisões monocráticas. Mas o pior de tudo não são as decisões monocráticas em si, que as vezes, em alguns casos se tornam necessárias, como remédio temporário, para sanar algum vício de outra instância. O pior de tudo é a qualidade dessas decisões que, em sua maioria, tem causado desastres irreparáveis, gerando uma instabilidade jurídica jamais experimentada pelos brasileiros em toda a existência dessa corte. O exemplo citado no artigo a seguir explicita o que acabo de afirmar. Portanto, algo precisa ser feito urgentemente para corrigir essa grave falha na mais alta cote do judiciário, que pode num curto espaço de tempo levar o país a um caos insolúvel. E, neste momento, só o povo tem essa autoridade e esse poder para executar essa correção de rumo. A meu ver a forma mais rápida e precisa para fazer essa correção é provocar o impeachment de pelo menos dois ministros da corte. Gilmar Mendes e Alexandre de Moraes. Então, é imprescindível começarmos um movimento de assinaturas para pressionar o Senado a fazê-lo em forma de ORDEM a ser cumprida sem mais delongas, pois todo o poder emana do povo! Por favor, divulguem essa postagem!

Nunes Marques lidera divergência e manda de volta para o “xilindró” três investigados que Gilmar havia soltado

Fotos: Agência Brasil/STFFotos: Agência Brasil/STF

É como diz o ditado: às vezes, perdemos uma batalha, mas não a guerra… Apesar de ter saído derrotado no julgamento de liberação dos cultos religiosos durante a pandemia da Covid-19 que, por sinal, se alastra por mais de um ano no Brasil, o ministro Kássio Nunes Marques, do Supremo Tribunal Federal (STF), conseguiu vencer o ‘poderoso’ Gilmar Mendes, na Segunda Turma da Corte após reverter decisões que soltaram presos pelo juiz da 7ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro, Marcelo Bretas.

Até o momento, três habeas corpus (157.972, 191.068 e 176.004) referente a investigados em operações da Polícia Federal foram revistos. Os investigados haviam sido presos e, depois, Gilmar, generosamente, mandou soltar.

O julgamento dessas questões foi online. Mendes deu o primeiro voto e argumentou pela manutenção da soltura dos investigados. Ricardo Lewandowski concordou com ele. Em seguida, Nunes Marques abriu a divergência e foi seguido por Carmen Lúcia e Edson Fachin.

Assim, os empresários Arthur Pinheiro (investigado na “Operação Rizoma”, que apura irregularidades nos fundos de pensão dos Correio e Serpro), Josemar Pereira (alvo da “Operação Lava Jato”, que apura o pagamento de propina a conselheiros do Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro) e Luiz Arthur Andrade Correia (também investigado a respeito de manipulação no mercado para favorecer os interesses do empresário Eike Batista) terão que voltar para a prisão.

A relação entre os ministros do Supremo tem se deteriorado, nos últimos meses, e piorou quando Kássio Nunes Marques tentou, no sábado (3), reabrir as igrejas de todo o país com as devidas medidas de segurança sanitária, mas foi impedido no Plenário da Casa. Porém, o clima já vinha “esquentando” bem antes, quando a Segunda Turma do STF decidiu que o ex-juiz Sergio Moro foi parcial na condução de investigações contra o ex-presidente e ex-presidiário, Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

No julgamento, Mendes foi desaforado com seu colega de Corte e chegou a “mandar o recado”:

“Atrás da técnica de não conhecimento de habeas corpus, se esconde um covarde”.

Nunes Marques tinha acabado de discordar dele no quesito “parcialidade” de Moro. Ainda durante a mesma sessão, Mendes foi, novamente, mal educado com Kássio e falou que garantismo “nem aqui, nem no Piauí”, em alusão ao estado natal de Nunes Marques.

Após ser atacado e menosprezado, seguidamente, Nunes Marques respondeu à altura dos “lords” e, humildemente, pediu desculpas caso tivesse ofendido alguém com seu voto.

Mas, quando teve a palavra, Nunes Marques afirmou que a fala de Gilmar poderia ser interpretada como um menosprezo ao estado do Piauí.

“Isso pode ser interpretado e mal utilizado entendendo que talvez, além de um menoscabo à opinião de um colega, seria uma forma de desprezar um estado pequeno. Sei, conheço vossa excelência, que não teve essa intenção”, disse o ministro, deixando claro que conhece a forma de agir de Mendes.

De qualquer forma, mesmo diante das agressões e do destempero de Gilmar, o ‘novato’ acaba de impor-lhe três derrotas consecutivas.

Fonte: Jornal da Cidade Online

Continuar lendo PONTO DE VISTA: SÓ O IMPEACHMENT DE MINISTROS DO STF ACABA COM ESSA INSEGURANÇA JURÍDICA

RESUMO DA SEMANA: STF RESTRINGE CULTOS E MISSAS, BOLSONARO DESCARTA LOCKDOWN NACIONAL

Domingo é dia de RESUMO DA SEMANA aqui no Blog do Saber pra você que não conseguiu acompanhar os fatos políticos desta semana. Aproveite para se atualizar assistindo o Semana da Pan sob o comando de Vitor Brown e formar sua opinião.

Fonte:

Continuar lendo RESUMO DA SEMANA: STF RESTRINGE CULTOS E MISSAS, BOLSONARO DESCARTA LOCKDOWN NACIONAL

ANÁLISE POLÍTICA: CONTRA BOLSONARO, PONDÉ DECLARA VOTO “CONSERVADOR” EM LULA, POR CAIO COPPOLLA

Não poderia deixar passar o brilhante comentário político do jovem, competente e preciso Caio Coppolla, sobre o que escreveu o filósofo Luiz Felipe Pondé, quanto a sua escolha para presidente da república em 2022, caso a disputa no 2º turno se dê entre Bolsonaro e Lula. Que ele, Pondé, afirma, votaria em Lula. Sensacional a análise desse brilhante comentarista político, que coloca todas as coisas nos seus devidos lugares. Assista, veja o resumo a seguir, reflita e tire suas conclusões!

Em artigo na Folha de S. Paulo, PONDÉ DECLAROU VOTO EM LULA no 2º turno contra Bolsonaro. Ele argumenta que o governo petista foi melhor que o atual. Até aí, é só uma opinião (fácil de refutar). Mas o filósofo “filosofou” e foi além: “a SENSIBILIDADE CONSERVADORA indica que o Lula seria a opção menos ruim. Muitos subirão pelas paredes. SE ISSO ACONTECER COM VOCÊ É PORQUE VOCÊ É SIMPLESMENTE IGNORANTE acerca do assunto”. Ensinando que “a vida não é para iniciantes”, o professor arremata: “A nossa história recente aponta para LULA COMO O CANDIDATO CONSERVADOR EM 2022”. 👉🏼 Com a devida vênia, DISCORDO TOTALMENTE. E aproveito o ensejo da divergência pra CONVIDAR @lf_ponde PRA UM DEBATE sobre o tema: “Lula ou Bolsonaro: o Conservadorismo no 2º turno”. Se você quiser que esse encontro de ideias aconteça, COMPARTILHE ESSE VÍDEO usando a hashtag #PondeXCoppolla 👉🏼 A eleição de 2022 está muito distante, mas embarcando na reflexão provocada pelo prof. Pondé, EU GOSTARIA DE SABER A SUA OPINIÃO: se o 2º turno fosse hoje, você votaria Lula, Bolsonaro ou nulo? 👀 Escreva sua escolha nos COMENTÁRIOS e aproveite pra MARCAR UMA PESSOA QUERIDA (de preferência uma “em cima do muro” 🤷🏻‍♂‍) pra ela assistir ao vídeo e dar a sua opinião também!

Fonte:

Continuar lendo ANÁLISE POLÍTICA: CONTRA BOLSONARO, PONDÉ DECLARA VOTO “CONSERVADOR” EM LULA, POR CAIO COPPOLLA

PONTO DE VISTA: ESTAMOS NA IMINÊNCIA DE VIVER A FÁBULA DO SAPO E DO ESCORPIÃO COM LULA E CIRO GOMES

Caro(a) leitor(a),

O Brasil já é de longe o país das bizarrices e do surrealismo, já que os atores políticos perderam até o senso do ridículo, visto que, personagens como o jurássico Ciro Gomes continuam em cena vociferando barbaridades, antes, jamais imagináveis, como a que ele propõe nesse momento, visando única e exclusivamente materializar o seu projeto particular de poder acalentado há mais de 30 anos pelo seu ego. Propor ao meliante Lula, a quem já acusou publicamente e por diversas vezes de ser o maior ladrão do mundo e ter levado o Brasil a situação em que está, como repete em seu último discurso: “Imaginem vocês uma campanha em 2022, o Bolsonaro querendo se recuperar da impopularidade, a lembrar da esculhambação do Palocci, a esculhambação do Zé Dirceu, a esculhambação não sei de quem”. Mas mesmo explicitando toda a “esculhambação” do governo Lula, ele o quer ao seu lado, como vice-presidente numa chapa, onde vale tudo, até se unir a bandido condenado pelo poder e para o poder. Eu pergunto, meu caro leitor: Alguém em sã consciência é capaz de acreditar que há espaço para dois egos tão inflados num único pedestal? Alguém tem dúvidas que um governo tendo Ciro Gomes como Presidente e Lula como Vice, não duraria seis meses? Eu só consigo imaginar aquela fábula do sapo e do escorpião que pede carona no lombo do sapo para atravessar o rio e termina os dois se afogando. Então, precisamos enterrar definitivamente esses atores da velha política que jamais irão mudar o seu projeto de poder em prol de um Brasil melhor e mais desenvolvido. Parar de se iludir é a única e melhor coisa que os brasileiros podem e devem fazer nesse momento tão delicado!  

Para derrotar Bolsonaro, Ciro sugere que Lula concorra como vice em 2022

Publicado em 06.04.2021

Por  

 

Marcelo Camargo | Agência Brasil

 

O ex-ministro e ex-governador do Ceará, Ciro Gomes (PDT), sugeriu ao ex-presidente Lula (PT) que ele dispute as eleições de 2022 como vice-presidente, em prol de uma aliança contra Jair Bolsonaro, atual mandatário. A declaração foi proferida nesta última segunda-feira (5), durante debate sobre a proposta de reforma administrativa.

Para o político, o ex-presidiário deve se espelhar no exemplo de Cristina Kirchner, na Argentina, que topou ser vice na chapa de Alberto Fernández.

“A gente devia pedir generosidade a quem já teve oportunidade, como o Lula, que é um grande líder da história brasileira, mas a gente devia pedir a ele que se compenetrasse e que não imitasse o exemplo desastrado do Maduro na Venezuela ou o exemplo desastrado do Evo Morales na Bolívia. E que olhasse o que a Cristina Kirchner fez na Argentina, em que, tendo uma força grande, deu um passo pra trás e ajudou a Argentina a se reconciliar”, afirmou.

Para justificar a estratégia, Ciro mencionou a corrupção que marcou as gestões do PT. Segundo ele, os escândalos poderiam minar uma eventual campanha de Lula.

“Imaginem vocês uma campanha em 2022, o Bolsonaro querendo se recuperar da impopularidade, a lembrar da esculhambação do Palocci, a esculhambação do Zé Dirceu, a esculhambação não sei de quem. Eu não digo nem que seja verdade ou que seja mentira, eu estou dizendo é o que eu estou vendo pela minha experiência. […] É fazer de novo a campanha antipetista em cima dos exemplos”, declarou.

E acrescentou:

“Derrotar Bolsonaro é muito importante, não por ódio a ele, mas para derrotar o desastre que ele está produzindo, na saúde, na economia, na relação internacional, em que o Brasil está desmoralizado. […] Quem vai operar esse novo projeto nacional é a política, uma nova e ampla aliança, generosa aliança que vai permitir ao Brasil se reconciliar consigo mesmo.”

Fonte: Conexão Política

Continuar lendo PONTO DE VISTA: ESTAMOS NA IMINÊNCIA DE VIVER A FÁBULA DO SAPO E DO ESCORPIÃO COM LULA E CIRO GOMES

OPINIÃO: PELA PRIMEIRA VEZ EM MUITO TEMPO ESTÁ SE TENTANDO COMBATER O ENSINO PARTIDÁRIO NOS COLÉGIOS

O plano diabólico da esquerda de usar a pandemia para “emburrecer” uma geração de brasileiros

Foto: SVM

Adoutrinação no ensino existe há mais de 50 anos no país. Desde o início dos anos 70, quando a esquerda conquistou a hegemonia no setor, após ter lá sido acomodada pelo regime militar (que ela ama odiar), dita as regras sobre a educação brasileira, em um aparelhamento completo, total e absoluto.

E daí veio o Governo Bolsonaro, a partir de 2019, com sua tentativa hercúlea de enfrentar o problema e lutar pela mudança de rumo da educação.

Pela primeira vez em muito tempo está se tentando combater o ensino partidário nos colégios. Criaram-se escolas cívico-militares, os pais começaram finalmente a prestar atenção verdadeira ao conteúdo de ensino passado aos filhos, por causa da campanha de conscientização feita pela própria direita, apareceu a chance real de começar o desaparelhamento das universidades federais, com a substituição dos reitores, e etc…

Tudo estava caminhando; aos trancos e barrancos, com muita dificuldade, mas estava caminhando. As previsões, apesar de um pouco frustrantes, pela expectativa gerada de mudanças rápidas (que não se implementaram), eram boas: novos métodos de ensino, sem a ideologia do tal Paulo Freire, novas crianças sendo alfabetizadas e começando a receber conteúdo programático, novos ENEM a serem realizados, e por aí vai.

Mas de repente veio a tal pandemia, e os colégios estão fechados há um ano.

Ora, todos sabem que crianças são pessoas em formação, e que o ensino que recebem, lá na base educacional, é o que molda, muitas vezes, o seu caráter. Não me venham dizer que aulas ministradas pela internet são suficientes para uma criança, como ser humano em formação. Isso é sabidamente insuficiente, especialmente para aqueles das classes mais baixas, que estudam em colégios públicos.

Toda e qualquer perspectiva que tínhamos de melhora nos índices educacionais, e “desesquerdização” do setor no país, foi por água abaixo.

A questão das aulas das crianças é muito simples: enquanto Bolsonaro for presidente, não tem mais aula no Brasil.

Essa é a verdade!

A esquerda é tão sórdida que ela prefere “emburrecer” uma geração de brasileiros, retirando de crianças o direito de irem aos colégios, apenas para no futuro acusar Bolsonaro de ser o responsável pela formação de milhões de jovens sem qualquer conteúdo educacional, devido ao déficit de aprendizado provocado pela falta de aulas presenciais.

Está na hora de se enxergar isso e interromper imediatamente esse plano diabólico da esquerda.

Foto de Guillermo Federico Piacesi Ramos
Continuar lendo OPINIÃO: PELA PRIMEIRA VEZ EM MUITO TEMPO ESTÁ SE TENTANDO COMBATER O ENSINO PARTIDÁRIO NOS COLÉGIOS

ANÁLISE POLÍTICA: GOVERNADORES EM APUROS, MAIS NARRATIVAS CAINDO E O DESESPERO TUCANO, POR BÁRBARA

Segunda-feira é dia de ANÁLISE POLÍTICA e hoje é com Bárbara que comenta sobre o quão trancados devem estar Alguns governadores com os avanços do MP, das narrativas caindo, de dinheiro sobrando para parlamentares e o quanto os tucanos estão se agarrando para não afundar, no abraço dos afogados.Então se você gosta de política com bastante humor, prepare a pipoca, senta ai e divirta-se!

Fonte:

Continuar lendo ANÁLISE POLÍTICA: GOVERNADORES EM APUROS, MAIS NARRATIVAS CAINDO E O DESESPERO TUCANO, POR BÁRBARA

PONTO DE VISTA: A VERDADEIRA FACO DE JOÃO DORIA ESTÁ ESTÁ SE REVELANDO

Caro(a) leitor(a),

Você que acompanha as publicações do Blog do Saber e desta coluna, sabe do nosso compromisso em mostrar a verdadeira face de um personagem da política nacional que engana o eleitor há muito tempo. Esse personagem se chama João Doria e, a meu ver, é a mente mais doente da política nacional. Por isso a minha preocupação em impedir que esse crápula alcance seu objetivo maior que é ser presidente da república. O artigo a seguir é mais uma evidência e constatação do que venho falando aqui. O cara é capaz de tudo para chegar ao poder. Desde se aliar e usar o nome de Bolsonaro em 2018 para se eleger governador de São Paulo, como se aliar ao maior bandido e ladrão que a história da humanidade já conheceu, o meliante Lula. Portanto, peço a você que está consciente dessa verdade que me ajude a divulgar essa postagem!

Doria diz que aceita “sentar com Lula” e revela sua verdadeira face

Foto: Arquivo/Agência BrasilFoto: Arquivo/Agência Brasil

Em entrevista ao site esquerdista “Revista Fórum”, o deputado federal Orlando Silva, do PCdoB-SP, fez uma revelação bombástica: ele disse que o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), chegou a apelar para ele, em certa ocasião, e afirmar que toparia conversar com o ex-presidente e ex-presidiário, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), na tentativa de unir forças contra a reeleição do atual presidente, Jair Bolsonaro.

Em vídeo, o esquerdista detalhou o encontro com o tucano.

“Lá pelas tantas, ele (Doria), falando de política, falou a seguinte frase: “em 2022, para derrotar o Bolsonaro, eu sento até com o Lula”. Eu falei: “vai muito bem por aí. É um bom caminho”. Eu disse ainda para ele que fiquei com a frase na cabeça e, quando tivesse chance, ia falar sobre isso para um jornalista. E ele me respondeu: “pode falar”, contou em conversa com Cynara Menezes.

Sobre a tal “Frente Ampla”, que congrega artistas e adversários políticos de diversas vertentes contra Bolsonaro, Orlando Silva foi enfático ao dizer que apoiaria qualquer pessoa contra o chefe do Executivo, em um eventual segundo turno.

“Eu sou muito contra Bolsonaro. Eu e todo mundo que seja razoável. O que ele está fazendo no Brasil é inacreditável. Esse cara é tão perverso quanto esses ditadores que exerceram poder no Brasil. Ele equivale a Emílio Gastarrazu Médici”, acredita.

A afirmação de João Doria contrasta com a narrativa para se eleger, em 2018. Durante aquele ano, o tucano utilizava o slogan “BolsoDoria” e fazia duras críticas à corrupção e ao ex-presidente Lula, que era investigado na Operação “Lava Jato”, da Polícia Federal. Doria tentou de todas as formas vincular o próprio nome à imagem de Jair Bolsonaro, que era visto como político confiável, crível, sincero e empático. Mas, depois de eleito às custas da “onda Bolsonaro”, virou as costas pro atual presidente, tornando-se opositor ferrenho do Planalto.

Fonte: Jornal da Cidade Online

Continuar lendo PONTO DE VISTA: A VERDADEIRA FACO DE JOÃO DORIA ESTÁ ESTÁ SE REVELANDO

RESUMO DA SEMANA: REFORMA MINISTERIAL, TROCA NO COMANDO DAS FORÇAS ARMADAS

Neste domingo você vai ver, aqui na coluna RESUMO DA SEMANA as principais notícias e tudo que rolou na política nacional, no programa Semana da Pan, sob o comando de Vitor Brown. Então, se você não conseguiu acompanhar os fatos da semana, aproveite e se atualize agora! 

Fonte:

Continuar lendo RESUMO DA SEMANA: REFORMA MINISTERIAL, TROCA NO COMANDO DAS FORÇAS ARMADAS

ANÁLISE POLÍTICA: A CRONOLOGIA DA REAÇÃO, POR BÁRBARA

Na coluna ANÁLISE POLÍTICA de hoje, muito humor e irreverência. Vamos comentar a movimentação do xadrez, somando as baixas, entendendo os peões que foram entregues e a estratégia para a vitória, com a inteligente e competente comentarista política, Bárbara. Portanto, separa a pipoca, fica confortável e bora lá!

Continuar lendo ANÁLISE POLÍTICA: A CRONOLOGIA DA REAÇÃO, POR BÁRBARA

ANÁLISE POLÍTICA: PACHECO E SUA COVARDIA NAS REDES SOCIAIS, POR CAIO COPPOLLA

A ANÁLISE POLÍTICA desta quarta-feira nesta coluna émais uma vez do inigualável, incomparável e incrivelmente brilhante Caio Coppolla que publicou um vídeo encurralando o presidente do senado por ter bloqueado todas as suas contas nas redes sociais. Segue o texto e o vídeo na íntegra:  É ridículo (e inconstitucional), mas temos um Presidente do Senado com tanto MEDO DA OPINIÃO PÚBLICA que preferiu bloquear suas contas em redes sociais ao invés de receber dezenas de milhares de novos seguidores. Pra contrastar com essa COVARDIA, compartilhe esse vídeo e MARQUE UMA PESSOA CORAJOSA NOS COMENTÁRIOS (heróis da pandemia, exemplos de vida, chefes-de-família, sobreviventes…) 👊🏼🇧🇷 👉🏼 RESUMO: Num rompante autoritário, o SENADOR RODRIGO PACHECO restringiu suas contas de Instagram/Twitter/Facebook, bloqueou seguidores (não-anônimos) e deletou comentários. Na prática, o que o Presidente do Senado fez foi LIMITAR ACESSO À INFORMAÇÃO e CENSURAR CRÍTICOS. Não é apenas um COMPORTAMENTO INFANTIL E MIMADO de um político mal assessorado: as redes sociais do Senador são geridas por servidores remunerados com VERBA PÚBLICA e as postagens podem configurar ATOS OFICIAIS do Parlamentar (que é o representante máximo do Poder Legislativo). Portanto, trata-se de uma conduta ilegal e incompatível com os princípios da administração pública elencados no Artigo 37 da Constituição Federal – especialmente o princípio da PUBLICIDADE. 👉🏼 Um APELO aos Parlamentares e Partidos Políticos: JUDICIALIZEM ESSA QUESTÃO NOS TRIBUNAIS pra que a Justiça obrigue o Presidente do Senado a dar transparência aos seus atos, sem discriminar seguidores ou censurar suas críticas. 👉🏼 HIPOCRISIA: o político usa suas redes sociais pra se eleger, mas ao ser eleito RESTRINGE, DISCRIMINA e CENSURA os cidadãos/eleitores que agora representa. 👉🏼 CONCLUSÃO – Políticos não têm que ter medo do povo, políticos têm que RESPEITAR o povo; – Políticos não tem que evitar a opinião pública, políticos têm que ESCUTAR a opinião pública; – Políticos não têm que censurar críticas, políticos têm que TOLERAR críticas (e de preferência aprender com elas). Como cidadão, SOLICITO O RESTABELECIMENTO IMEDIATO DAS CONTAS do Senador Rodrigo Pacheco nas redes sociais, sem censura aos comentários. E eu me comprometo a gravar um novo vídeo tão logo isso aconteça, pra que vocês possam seguir, acompanhar e criticar livremente o SEU Senador da República, o SEU Presidente do Senado, o SEU Presidente do Congresso Nacional, o SEU servidor público. 👊🏼

Fonte:

Continuar lendo ANÁLISE POLÍTICA: PACHECO E SUA COVARDIA NAS REDES SOCIAIS, POR CAIO COPPOLLA

PONTO DE VISTA: AS FORÇAS ARMADAS ESTÃO VACINADAS CONTRA ARROUBOS DITATORIAIS

Caro(a) leitor(a),

Não é preciso ser expert em política, filosofia e história para perceber que, desde o início, a intenção maior do presidente Bolsonaro é dar um golpe e assumir o poder sozinho. Com um perfil explicitamente autoritário, Bolsonaro, assim como todo autoritário usa pee de cordeiro para camuflar a sua verdadeira intensão. O movimento dos últimos dias com as profundas mudanças nos cargos de primeiro escalão e a demissão coletiva do comando das forças armadas deixa a coisa mais explícita ainda. Há muito que ele tenta fazer o que Lula tentou, mas não conseguiu. Subjugar as forças armadas a sua ideologia, pois só assim teria condições de promover o tão sonhado golpe. Ocorre que as Forças Armadas estão vacinadas quanto a uma nova empreitada ditatorial. Madura o suficiente para dar o explícito e claro recado com a demissão coletiva da sua cúpula. A verdade é que, para não passar por vexame Bolsonaro se antecipou e demitiu a todos, já que as cartas de demissão já estavam prontas. As Forças armadas Brasileira jamais se submeterá a ideologia ditatorial de quem quer que seja. Em última análise, se a corda esticar demais a ponto de romper, o máximo que vai acontecer é uma intervenção sob o comando da vontade do povo. E tenho dito!

AO VIVO: Bolsonaro muda comando das Forças Armadas (veja o vídeo)

Jair Bolsonaro (Reprodução)Jair Bolsonaro (Reprodução)

A mudança no comando das Forças Armadas deixou os militantes de esquerda muito preocupados, no entanto, o que há, de fato, por trás disso?

A notícia veio na sequência da troca de seis ministros.

Para comentar esses assuntos, o Jornal da Noite, da TV Jornal da Cidade Online, de hoje recebe Renato Gomes, mestre em Direito Público, e Frederico Rodrigues, analista político.

Em pauta ainda a doação, em um primeiro momento, de US$ 300 mil (aproximadamente R$ 1,7 milhão) feita pela China para centrais sindicais brasileiras.

Qual a intenção do Partido Comunista Chinês e de seu líder, Xi Jinping?

Destaque também para a aposentadoria do ministro Marco Aurélio, do STF, marcada para 5 de julho.

Imperdível!

Assista AO VIVO e compartilhe:

Fonte: Jornal da Cidade Online

Continuar lendo PONTO DE VISTA: AS FORÇAS ARMADAS ESTÃO VACINADAS CONTRA ARROUBOS DITATORIAIS

ANÁLISE POLÍTICA: POLÍTICOS RADICAIS E O FECHAMENTO DE SUPERMERCADOS, PORCAIO COPPOLLA

Segunda-feira é dia de ANÁLISE POLÍTICA e nesta segunda o destaque é o comentário competente e preciso de Caio Coppolla sobre os políticos radicais e o fechamento de supermercados. Medida que está ganhando corpo pelas cidades país a fora e que está causando grande prejuízo aos pequenos empresários, que são a coluna vertebral da economia. Assista ao vídeo completo a seguir, reflita, tire suas conclusões e se achar que deve  divulgue ao máximo de pessoas que você puder!

Compartilhe o vídeo e MARQUE O PREFEITO E/OU UM VEREADOR DA SUA CIDADE AQUI NOS COMENTÁRIOS – nosso objetivo é impactar 10% das Prefeituras do país com este conteúdo: 557 Municípios 👊🏼🇧🇷 Este é um APELO CONTRA MEDIDAS RADICAIS E INEFICIENTES QUE AUMENTAM AGLOMERAÇÕES e potencializam a circulação do vírus, em especial o FECHAMENTO DE MERCADOS & SUPERMERCADOS – uma iniciativa que infelizmente já foi implementada em grandes cidades como Araraquara e São José do Rio Preto. Analiso esses “cases de fracasso” no vídeo e, no final, ofereço DUAS SUGESTÕES EFICAZES BASEADAS NA CIÊNCIA pra reduzir o risco de transmissão nesses ambientes de atividade essencial. ***ESTE VÍDEO TAMBÉM É UMA HOMENAGEM AOS CORAJOSOS CAIXAS E TRABALHADORES DOS MERCADOS – Deus abençoe vocês com toda a saúde, muito obrigado pelos serviços prestados, ainda mais na pandemia! 🙏🏼***

Fonte: 

Continuar lendo ANÁLISE POLÍTICA: POLÍTICOS RADICAIS E O FECHAMENTO DE SUPERMERCADOS, PORCAIO COPPOLLA

PONTO DE VISTA: GILMAR MENDES É O PIVÔ DO FIM DA LAVA JATO E DA LIBERDADE DE LULA

Caro(a) leitor(a),

O artigo a seguir faz a linha do tempo de uma armação, tal qual uma peça de teatro muito bem ensaiada, da história mais tenebrosa da nossa débil e frágil república, orquestrada por um personagem malévolo, mal caráter e sombrio, que atende pelo nome Gilmar Mendes. Ao ler o artigo você vai relembrar dos fatos que, aos poucos, paulatinamente, materializaram a deprimente situação que todos os brasileiros dobem estão vivenciando neste exato momento. Ao ler o artigo completo a seguir é muito fácil perceber que o principal responsável pelo desmonte da Lava Jato e a libertação do meliante Lula é esse personagem tenebroso, mau caráter, sem princípios nem honra que pauta seu discurso e decisões de acordo com os interesses dos amigos, comparsas, sócios e por que não dizer: de acordo com quem paga mais. Apesar de não termos provas de atos de corrupção envolvendo dinheiro por esse crápula, qualquer que tenha pelo menos dois neurônios, tico e teco, sabe que um jogo pesado como esse só acontece com muito, mas muito dinheiro por trás. E se não rolar dinheiro, rola ameaças de vida, como foi o caso do ex-ministro Joaquim Barbosa. Querer fazer-nos acreditar que isso não existe é subestimar a nossa inteligência. Que o diga a atitude da ministra Carmen Lúcia ao mudar o seu voto no julgamento sobre a suspeição de Sergio Moro. Tenho dito!

O papel de Gilmar Mendes na desestabilização da Lava Jato e na elegibilidade de Lula

Foto: Marcelo Camargo/Agência BrasilFoto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Analisar a atitude do ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), empenhado em acabar com a “Operação Lava Jato”, não é tarefa fácil nem para os principais juristas do Brasil.

Isso porque as ações tomadas, nos últimos meses, contrastam, totalmente, com o Gilmar do passado.

Em 2016, por exemplo, quando o ex-presidente e ex-presidiário, Luiz Inácio Lula da Silva, do PT, foi preso coercitivamente; o ministro fez piada durante uma palestra para estudantes em Fortaleza.

“Antes, batiam à nossa porta e a gente sabia que era o leiteiro, não a polícia”, ironizou.

Em outra ocasião, ele anulou a nomeação de Lula como ministro da ex-presidente Dilma Roussef (PT), que tinha o claro objetivo de obter a proteção do malfadado foro privilegiado. E, em seguida, minimizou uma outra queixa dos advogados de Lula relacionada aos grampos; dizendo que o ex-juiz federal Sérgio Moro “justificou” a “confusão” que resultou na quebra de sigilo da linha telefônica usada pela banca que defende o petista.

Ainda em 2016, após a votação de impeachment de Dilma Roussef, Gilmar se mostrava plenamente satisfeito com o curso das investigações, no centro do programa Roda Viva, da TV Cultura. Até fez elogios à condução da “Lava Jato”, citando o procurador Deltan Dallagnol como exemplo de que “as instituições brasileiras estão funcionando” e que a operação se desenrolava bem “graças a Deus e graças ao juiz Moro”.

“Eu acho que ele (Moro) está conduzindo um processo extremamente complexo, sofrendo uma pressão imensa, e tem conduzido muito bem”, afirmou o ministro no programa.

E completou:

“Eu não vejo essa transformação de magistrados em justiceiros“, destacou, acrescentando que a “carência de liderança” no país transformava Moro em herói.

Porém, passados cinco anos desses eventos, eis que surge um “novo” Gilmar e um novo Supremo, prontos a fulminar a “Lava Jato”, por uma suposta “parcialidade” do ex-juiz federal e em virtude de “práticas autoritárias” de um “modelo soviético” de persecução penal adotado pela “República de Curitiba”.

O início da “guerra” de Gilmar contra a “Lava Jato” coincide, exatamente, com a queda do PT do poder e o avanço das investigações sobre empresários e políticos que são próximos do ministro, como o ex-presidente Michel Temer, o senador José Serra e o deputado Aécio Neves, no segundo semestre de 2016.

Gilmar é considerado o mais político dos membros do Supremo e sustenta uma narrativa de que a operação é “autoritária”, teoria desmentida pelos fatos.

Hoje, ele é o líder da oposição à “Lava Jato” no Judiciário e para proteger os amigos e a si próprio – o patrimônio da família de Gilmar chegou a ser alvo de uma apuração da Receita Federal –, o ministrou não se furtou a usar o caso de Lula como emblema de sua nova guerra particular.

Em dezembro de 2018, o placar do julgamento estava 2 a 0 contra a suspeição de Moro, quando Gilmar pediu vista do processo e levou o habeas corpus impetrado pela defesa de Lula para o seu gabinete. Mas, havia um entrave: o voto do decano Celso de Mello. Por isso, Gilmar só voltou a cogitar retomar o julgamento depois que as mensagens roubadas dos telefones celulares da força-tarefa começaram a ser divulgadas, em junho de 2019. Celso de Mello aposentou-se em 2020 e o aval de Ricardo Lewandowski para que a defesa de Lula tivesse acesso formal ao acervo de mensagens, no início deste ano, fez com que Gilmar agendasse o julgamento, novamente.

Mesmo com provas roubadas por hackers, Gilmar sinalizava que estava prestes a retomar o julgamento após mais de dois anos. Fachin fez a sua parte: anulou todas as decisões da 13ª Vara Federal de Curitiba envolvendo os casos do ex-presidente, inclusive as condenações nas ações do tríplex e do sítio de Atibaia e determinou a remessa dos casos para a Justiça Federal de Brasília, conferindo ao novo juiz a possibilidade de usar as provas produzidas contra o petista no Paraná e extinguiu o habeas corpus que pedia a suspeição de Moro.

Beneficiar Lula e não punir Moro não era o que Gilmar esperava. O voto do ministro foi carregado com uma série de diálogos hackeados na tentativa de desqualificar toda a operação; imputando crimes aos procuradores e a Moro. Ricardo Lewandowski fez o mesmo.

Apesar do ensaio orquestrado, usar provas ilícitas no processo judicial não convenceu o ministro Kassio Marques Nunes, que rechaçou o uso das mensagens roubadas. Mas, a ministra Cármen Lúcia “salvou a pátria” de Mendes e alterou o voto de dois anos atrás para julgar Moro parcial, alegando que o “cenário” que se tinha em 2018 mudou.

Há novas batalhas nessa guerra e e já ficou claro pra todos que ela é controlada por Gilmar.

Fonte: Jornal da Cidade Online

Continuar lendo PONTO DE VISTA: GILMAR MENDES É O PIVÔ DO FIM DA LAVA JATO E DA LIBERDADE DE LULA

RESUMO DA SEMANA: SUSPEIÇÃO DE SERGIO MORO, COMITÊ ANTI-COVID E MAIS…

Neste domingo você vai ver, aqui na coluna RESUMO DA SEMANA os principais fatos políticos da semana, dentre os quais, a suspeição de Sergio Moro e o Comitê Anti-Covid, sob o comando de Vitor Brown, no programa Semana da Pan. Então, não perca tempo e comece logo a assistir e se atualize!

Fonte:

Continuar lendo RESUMO DA SEMANA: SUSPEIÇÃO DE SERGIO MORO, COMITÊ ANTI-COVID E MAIS…

ANÁLISE POLÍTICA: RESPOSTA DE CAIO COPPOLLA ÀS FAKE NEWS NA FOLHA

O Blog do Saber está aqui para defender e compartilhar os homens e mulheres de bem desse país e o comentarista político Caio Coppolla é um homem de bem, honesto, sério, corajoso e patriota. Não fez absolutamente nada de errado. Pelo contrário fez a coisa mais certa que qualquer todos os brasileiros deveriam fazer. Pedir o Impeachment desse togado arrogante, prepotente, imbecil e autoritário chamado Alexandre de Moraes é o maior favor que alguém pode fazer ao povo brasileiro. O que afirmo é tão verdade que o Abaixo-assinado já conta com quase 3 milhões de assinaturas. Portanto para botar o Caio Coppolla na cadeia o senhor Alexandre de Moraes tem que ser macho o suficiente para botar os 2.643.129 brasileiros que assinaram junto com ele essa Abaixo-assinado. A seguir a integra do vídeo de Caio Coppolla com a resposta às Fake News da Folha. Tamo Junto!!!

Advogados e juristas militantes, publicados pela Folha de S. Paulo, ATRIBUÍRAM A MIM CRIMES CONTRA A LEI DE SEGURANÇA NACIONAL. Estou sob risco iminente de CENSURA, INVESTIGAÇÃO e PRISÃO, por ter organizado o “Abaixo-Assinado pela Análise do Pedido de Impeachment contra o Ministro Alexandre de Moraes” do STF, que já conta com 2.643.129 assinaturas. Por favor, COMPARTILHE ESSE VÍDEO antes que o conteúdo fique indisponível! Solicito DIREITO DE RESPOTA à Folha de S. Paulo apelando à ética profissional da colunista Mônica Bergamo – chamada carinhosamente por Lula de “minha jornalista”. A matéria intitulada “Juristas e advogados defendem Alexandre de Moraes contra ataques de Caio Coppolla, da CNN” imputa crimes à minha conduta, usando, como pretexto para isso, citações de uma MANIFESTAÇÃO CRIMINOSA – pois difamatória e caluniadora – assinada por 3 entidades: – o GRUPO PRERROGATIVA$, de advogado$ progressista$ e bem-sucedido$, em que, segundo a jornalista do UOL, Thais Oyama, “quase todo$ têm cliente$ pendurado$ na Lava-Jato”; – O Sindicato dos Advogados de São Paulo (SASP), linha auxiliar radicalizada da OAB que se descreve em seu site oficial como “uma ampla união de advogados […] com o objetivo central de resistência ao projeto neoliberal”; – E a Associação Brasileira de Juristas pela Democracia (ABJD), que nasceu de uma Frente de Juristas formada pra denunciar “O GOLPE” 😆, ou seja, o impeachment constitucional da sra. Dilma Roussef, reconhecido pelo próprio STF. Ao invés de informar seus leitores sobre O MAIOR ABAIXO-ASSINADO DA HISTÓRIA RECENTE DO BRASIL –fato inédito, democrático e pacífico – a Folha deu voz a ELITES BAJULADORAS de um Ministro que chegou ao cúmulo de CENSURAR MATÉRIA (VERÍDICA!) DA IMPRENSA (“O amigo do amigo de meu pai”, da Revista Crusoé e do site O Antagonista). Em tempos de autoritarismo judiciário, o texto veiculado na coluna de Mônica Bergamo pode ensejar medidas de CENSURA, INVESTIGAÇÃO e PRISÃO contra mim, com base na Lei de Segurança Nacional. Por isso, reitero o pedido de direito de resposta, com a mesma quantidade de caracteres e comentários habilitados (em homenagem à liberdade de 787896expressão). Por favor, COMPARTILHE 👊🏼🇧🇷

Fonte:

Continuar lendo ANÁLISE POLÍTICA: RESPOSTA DE CAIO COPPOLLA ÀS FAKE NEWS NA FOLHA

ANÁLISE POLÍTICA: LULA LIVRADO! POR CAIO COPPOLLA

URGENTE #LulaLivrado *** LIVRE é quem desfruta da sua liberdade sem depender de ninguém; LIVRADO é quem desfruta da sua liberdade por causa de alguém. LULA NÃO É LIVRE; LULA FOI LIVRADO. Numa ação de suspeição presidida por um MINISTRO SUSPEITO, um TRIBUNAL DESMORALIZADO decidiu – fazendo menção explícita a PROVAS ILÍCITAS – anular atos processuais da Lava Jato contra Lula, nosso ex-Presidente, ex-condenado, ex-criminoso e ex-corrupto. Da mesma forma que João Cabral de Melo Neto criou a “morte morrida” e a “morte matada”, os sequestradores da Constituição no STF criaram a “LIBERDADE LIVRADA”: o direito que só o criminoso brasileiro tem de ficar livre apesar dos seus crimes (e até das suas condenações). Se isso também ofende o seu SENSO DE JUSTIÇA, não deixe de se posicionar: COMPARTILHE ESSE VÍDEO COM A HASHTAG #LulaLivrado . Desconstruindo narrativas falaciosas (como “Lula Livre”) no debate público, transformaremos essa vitória da impunidade no Tribunal em uma derrota definitiva nas urnas – não percam a esperança no Brasil 👊🏼🇧🇷

ERRATA: no vídeo, troquei a palavra “presidida” por “relatada” 🤦🏻‍♂️ O Ministro suspeito, obviamente, é o Ministro Presidente da 2a Turma (Gilmar Mendes), que já se referiu publicamente à Lava Jato como uma organização criminosa e, portanto, não pode ser considerado um juiz imparcial.

Fonte:

Continuar lendo ANÁLISE POLÍTICA: LULA LIVRADO! POR CAIO COPPOLLA

ANÁLISE POLÍTICA: RESPOSTA A EDUARDO LEITE E COLAPSO NA SAÚDE, POR CAIO COPPOLLA

#MaisLeitoMenosLeite Minha resposta às falas infantis e injuriosas do GOVERNADOR EDUARDO LEITE (PSDB-RS), QUE DESINFORMA A POPULAÇÃO GAÚCHA SOBRE A EFICÁCIA DOS LEITOS DE UTI e não admite sua responsabilidade no colapso da rede hospitalar do (meu amado) Rio Grande do Sul. Essa POSTURA NEGACIONISTA está sendo adotada por outros governadores: – aumentaram sua receita com repasses federais em 2020; – utilizaram essas verbas livres para outras finalidades (que não o combate à pandemia); – e agora – com a 2ª onda da COVID-19 e as cepas mais agressivas do vírus – faltam investimentos, recursos humanos e tempo hábil para atender com dignidade os BRASILEIROS ENFERMOS QUE ESTÃO MORRENDO POR FALTA DE LEITOS OU DE TRATAMENTO ADEQUADO. Por favor, COMPARTILHE ESSE VÍDEO ( com a #MaisLeitoMenosLeite ) pra conscientizar suas redes e, se possível, MARQUE NOS COMENTÁRIOS UMA PESSOA QUERIDA QUE NASCEU OU QUE MORA NO RIO GRANDE DO SUL 👊🏼🇧🇷 OBSERVAÇÃO PARA OS INSCRITOS NO CANAL: este vídeo tem conteúdo extra exclusivo: meu comentário na CNN Brasil sobre o colapso da Saúde no RS em 1º de março de 2021. DESTAQUE DO VÍDEO: Eduardo Leite, no Twitter [25/fev/2021]: “Não tem como expandir muito mais os leitos de UTI. Até porque 60% das pessoas que vão para uma UTI infelizmente não sobrevivem. LEITO NÃO É GARANTIA DE NÃO PERDER A VIDA”. A obrigação constitucional de uma autoridade pública não é garantir que os pacientes sobrevivam, é assegurar que eles não morram por falta de acesso a tratamento médico adequado. Como relatou o infectologista do hospital de referência do RS para COVID-19: “Temos pacientes que já teriam indicação [pra UTI], mas como não entraram em falência, eles ficam na enfermaria na modalidade possível. HÁ PACIENTES FALECENDO SEM ACESSO AO VENTILADOR”. Aqui temos um médico especialista – e pesquisador internacionalmente reconhecido – atestando UMA RELAÇÃO DE CAUSA E EFEITO: MAIS LEITOS DE UTI, MENOS MORTES. Mas o Governador Eduardo Leite prefere insistir em uma NARRATIVA NEGACIONISTA baseada em números completamente equivocados: estatísticas validadas pela Associação de Medicina Intensiva Brasileira apontam que A MORTALIDADE TOTAL EM UTIS-COVID É DE 35%, NÃO DE 60% (!) como afirma de forma alarmista o Governador Gaúcho, desinformando a população e levando desesperança às famílias de pacientes graves infectados pelo novo vírus. Quem sabe conhecendo o número real de sobreviventes de UTI, Eduardo Leite mude de discurso e, mais importante, de atitude! E antes que o Governador dê mais chiliques, deixo bem claro: ninguém está ATACANDO Eduardo Leite por não ter feito nada; estamos CRITICANDO Eduardo Leite por ele não ter feito o bastante com a verba que teve à sua disposição: R$2,9BILHÕES de superávit primário em 2020. COMPARTILHE! #MaisLeitoMenosLeite 

Fonte:

Continuar lendo ANÁLISE POLÍTICA: RESPOSTA A EDUARDO LEITE E COLAPSO NA SAÚDE, POR CAIO COPPOLLA

PONTO DE VISTA: “O PODER EMANA DO POVO”, ISSO É FATO, NÃO É UTOPIA. ACORDA BRASIL!

Caro(a) leitor(a),

Parece que quase ninguém percebeu a “coincidência” dos fatos quando o comentarista político Caio Coppolla teve a atitude de iniciar um abaixo assinado pelo Impeachment do Ministro Alexandre de Moraes. Um dia antes o ex-Ministro da Justiça Sergio Moro havia se manifestado no Tweeter afirmado que quem não estivesse satisfeito com a atitude do ministro Fachin que se manifestasse formalmente como manda a lei, através de uma ação judicial. Mas o Caio Coppolla entendeu o recado sim. Um dia depois ele elaborou um abaixo assinado e fez um vídeo pedindo a colaboração da sociedade. A resposta foi mais do que imediata. Em apenas 24 horas o abaixo assinado já tinha mais de 2 milhões de assinaturas. Um fato inédito na breve história das redes sociais, que, também, parece ter finalmente se perpetrado como o mais novo foro de debate para as resoluções dos complexos problemas de uma nação continental como o Brasil. Há tempos eu venho dizendo que o povo, como detentor maior do poder precisa e deve intervir através das redes sociais para por ordem e impor a sua vontade perante seus pseudos “representantes”, que insistem em priorizar os seus interesses particulares em detrimento dos interesses coletivos do seu patrão maior: O POVO!

Espero que essa ação evolua, que o senado receba e acate a petição de Impeachment e que o famigerado “Xerife” Alexandre de Moraes seja devidamente punido, para que sirva de lição para os seus pares. Que suas fichas caiam e eles entendam que são tão mortais quanto cada um de nós. Que estão lá única e exclusivamente porque permitimos e que devem lealdade ao Povo.

Quero deixar ainda a minha concordância geral com o artigo publicado no Jornal da Cidade Online, o qual reproduzo a seguir e que precisa ser divulgado o máximo possível. Por isso peço a sua colaboração nesse sentido. Só assim conseguiremos conscientizar o povo brasileiro do poder que está em suas mãos!

Dois tartufos, um homem e a liberdade

Fotomontagem reproduçãoFotomontagem reprodução

“Pois que adianta ao homem ganhar o mundo todo e perder sua alma?” (Marcos, 8.36 – Bíblia).

Daniel Silveira, Danillo Gentili, Caio Copolla. Três nomes conhecidos. Três funções distintas: o primeiro é político, o segundo é apresentador e humorista, o terceiro analista político. Os três se notabilizaram por fazer críticas ácidas ao poder indiscriminado das mais diferentes “autoridades” do Brasil.

Daniel Silveira, Deputado Federal (PSL-RJ), é um fortão que foi eleito prometendo aos eleitores um duro combate às injustiças e roubalheiras no Brasil. Dizia nada temer. Fez um vídeo onde proclamou aos quatro ventos:

– “O que acontece, Fachin, é que todo mundo tá cansado dessa tua cara de filha da puta, que tu tem, essa cara de vagabundo, né? […] Por várias e várias vezes já te imaginei levando uma surra”. No vídeo, Silveira afirmou que os 11 ministros do Supremo “não servem para p… nenhuma para esse país”, “não têm caráter, nem escrúpulo, nem moral” e deveriam ser destituídos para a nomeação de “11 novos ministros”.

Foi preso injustamente. A ordem de prisão partiu de outro Ministro do Supremo que foi chamado de Xerife pelo Ministro Marco Aurelio. Na prisão chorava todos os dias, segundo notícias publicadas nos jornais. Quando teve oportunidade de se defender, mudou o discurso e manso como um cordeirinho disse:

– “Reconhecendo, sempre reconheci, a importância do Supremo Tribunal Federal. É uma instituição muito importante. Outrora, em ataques, por exemplo — não estou atacando os ministros aqui de maneira alguma — mas já me contrapus a decisão de vários ministros. São ministros que decidem realmente toda a jurisprudência, mas que às vezes tomam uma decisão que nós não entendemos, não vemos a ilegalidade do fato, ou às vezes caímos ali no campo da discussão totalmente ideológica. E muitas vezes somos movidos pela raiva, mas em nenhum momento isso me torna um criminoso.”

Todos nós ficamos atônitos. Onde estava o homem fortão? Onde o defensor dos fracos e oprimidos? Por que não sustentou o discurso que o elegeu? Por que não gritou contra a forma injusta pela qual foi preso? Dizia defender os injustiçados, e quando foi injustiçado ao invés de se revoltar rastejou e bajulou seus verdugos! Por que não reafirmou todos os crimes cometidos pelos Ministros? Chorou como um menor abandonado, pedindo ajuda e implorando perdão…Como acreditar em um homem desses?

Que belo exemplo teria dado Daniel Silveira aos que votaram nele e aos que não votaram, se não tivesse se acovardado!

Mas agora conhecemos seu coração!

Danillo Gentili, o apresentador-humorista, um homem-grande de um metro e noventa, que também afirmava para todo Brasil que era corajoso e indomável, atacou pelas redes sociais:

– “Eu só acreditaria que esse País tem jeito se a população entrasse agora na câmara e socasse todo deputado que está nesse momento discutindo PEC de imunidade parlamentar”.

A Procuradoria Parlamentar da Câmara dos Deputados pediu ao ministro Xerife-Alexandre de Moraes a decretação da prisão do humorista. Na peça, os advogados alegam violação à Lei de Segurança Nacional, comparam a publicação à invasão do Capitólio americano, em janeiro, e pedem abertura de inquérito.

De novo, incrédulos, assistimos o outro defensor dos oprimidos, com medo de ser preso, escrever no Twitter bajulações aos deputados e covardemente afirmar:

– “Eu fiz um tuíte que foi alvo de justas críticas por alguns deputados. Quem me segue sabe que sempre defendi as instituições. Aliás, minha briga com bolsonaristas foi justamente pelo fato de eu ser contrário aos pedidos criminosos de fechamento do STF e do Congresso”.

Como acreditar em um sujeito desses? Na primeira batida de pé sai correndo e pedindo arrego… Por que não aproveitou e esfregou na cara dos deputados todas as malandragens cometidas por eles? Por que não serviu de porta-voz aos oprimidos e preferiu se acovardar? Que tipo de homem é esse?

Também este abriu seu coração para nós!

Caio Copolla, jovem e brilhante comentarista, nunca prendeu ninguém, não é fortão, não vive contando vantagens e todos os dias na CNN abre sua metralhadora giratória e com inteligência detona Ministros do Supremo criticando suas arbitrariedades. Cansado de só falar, o jovem Caio resolveu agir e fez um vídeo em que pede aos brasileiros apoio para o Impeachment do Ministro-Xerife-Alexandre de Morais, protocolado pelo Senador Jorge Cajuru.

Mostrando toda indignação e revolta do povo brasileiro, em menos de 24 horas o abaixo-assinado já atingiu a incrível marca de quase dois milhões e quinhentas mil assinaturas, rumando à casa dos 3 milhões. É surpreendente a participação da população brasileira. É notável sua repulsa ao Ministro-Xerife e a todos os seus atos, que são referendados, diga-se de passagem, por todos os outros Ministros. E é um fato que a posição tomada pelo povo, apoiando o Impeachment, respinga em todos os 11 ministros.

Somos homens livres, conservadores, racionais, não com a liberdade aludida por Danillo Gentili, que disse…” minha briga com bolsonaristas foi justamente pelo fato de eu ser contrário aos pedidos criminosos de fechamento do STF e do Congresso”. Nenhum homem livre pede o fechamento do Congresso ou do STF, mas pede que saiam das instituições maiores do país aqueles homens que a estão deslustrando, desonrando, que se apossaram dessas instituições e agem como Deuses. A parte mínima não pode ser tomada pelo todo.

Somos homens livres, racionais, conservadores, não como Daniel Silveira, que se acovardou frente ao primeiro desafio. Acovardou-se frente a primeira montanha em seu caminho, a qual precisava fazer uma amarga escolha: “Sobe ou perece!” Acovardou-se frente à selva que precisava limpar. Acovardou-se perante o deserto que estava à sua frente e que gritava a ele: vença-me!

Somos homens livres, racionais, conservadores como Caio Copolla, que não fugiu da batalha. Lutamos por um Supremo constituído por verdadeiros sábios e que seja um núcleo irradiador de verdade e justiça.

Exigimos que os Senadores aceitem o pedido de Impeachment, pois é o povo que os elegeu que está demandando. Você que é livre, racional e conservador assine também. Eis o link para o abaixo-assinado:

https://bit.ly/30Q5qTW

Este texto foi inspirado na escritora americana Ângela Morgan e seu poema “Se a Natureza quer fazer um Homem” (When Nature Wants a Man) e concluo com os versos da canção de Raul Seixas:

“Oh morte, tu que és tão forte/ Que matas o gato, o rato e o homem/ Vista-se com a tua mais bela roupa quando vieres me buscar/ Que meu corpo seja cremado e que minhas cinzas alimentem a erva/ E que a erva alimente outro homem como eu/ Porque eu continuarei neste homem/ Nos meus filhos, na palavra rude/ Que eu disse para alguém que não gostava/ E até no uísque que eu não terminei de beber aquela noite” (Canto Para Minha Morte – Raul Seixas).

Fonte: Jornal da Cidade Online

Continuar lendo PONTO DE VISTA: “O PODER EMANA DO POVO”, ISSO É FATO, NÃO É UTOPIA. ACORDA BRASIL!

RESUMO DA SEMANA: QUEIROGA NO MINISTÉRIO DA SAÚDE E RECORDE DE MORTES POR COVID

Domingo é dia de RESUMO DA SEMANA aqui no Blog do Saber. Para quem não conseguiu acompanhar os fatos da política nacional tem a oportunidade de se atualizar agora, assistindo ao vídeo com o conteúdo do SEMANA DA PAN sob o comando de Vitor Brown. Então, senta ai e fique por dentro de tudo!

Fonte:

Continuar lendo RESUMO DA SEMANA: QUEIROGA NO MINISTÉRIO DA SAÚDE E RECORDE DE MORTES POR COVID

ANÁLISE POLÍTICA: LAVA JATO MORRE E JUIZ MORO NÃO VAI PARA O CÉU, POR JOSIAS DE SOUZA

Nesta segunda-feira, vamos iniciar a semana com o comentário sério, equilibrado e sóbrio do colunista da UOL, Josias de Souza que faz um resumo da trajetória da Lava Jato, do nascimento ao sepultamento: “A morte é anterior a si mesma. Começa bem antes do sepultamento. É todo um lento processo. A Lava Jato, por exemplo, começou a morrer no final de 2018, quando Sergio Moro trocou o altar de Curitiba pelo serpentário de Brasília. O velório acontece agora na Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal. Já está entendido que Sergio Moro não vai para o céu”, analisa o colunista do UOL, Josias de Souza. Não deixe de assistir, vale a pena!

Fonte:

Continuar lendo ANÁLISE POLÍTICA: LAVA JATO MORRE E JUIZ MORO NÃO VAI PARA O CÉU, POR JOSIAS DE SOUZA

ANÁLISE POLÍTICA: O RESUMO DA SEMANA POR BÁRBARA COM MUITO HUMOR

Domingo é dia de RESUMO DA SEMANA, por isso, neste domingo teremos em dose dupla, pois não podia deixar de publicar o último vídeo da irreverente Bárbara aqui na coluna ANÁLISE POLÍTICA. Começando pela opinião sobre a manifestação de Moro acerca da atitude de Fachin anulando todos os processos contra Lula. Depois ela vai contar pra você onde estava a princesa do fique em casa. Em seguida ela fala sobre a grande mídia que perdeu o óleo de peroba de vez do muso de São Paulo e do pupilo de BH E também, como não podia deixar de ser vai falar de STF e Marco Aurélio inovando no vocabulário e muito mais. Então prepare a pipoca, se acomode na poltrona e divirta-se a valer!

Fonte:

Continuar lendo ANÁLISE POLÍTICA: O RESUMO DA SEMANA POR BÁRBARA COM MUITO HUMOR

RESUMO DA SEMANA: FACHIN ANULA CONDENAÇÕES DE LULA E DECISÃO SUSPEIÇÃO DE MORO É ADIADA

Neste domingo temos a maior bomba que já explodiu em meio apolítica brasileira. A anulação de todas as condenações de Lula por Fachin, o próprio relator da Lava Jato e em seguida o julgamento sobre suspeição de Moro. Dois assuntos bombásticos e de muito pano pra manga, pra tomar o seu tempo neste fim de semana. Então, falta de distração e tédio não são pautas pra sua vida, aproveite! 

Fonte:

Continuar lendo RESUMO DA SEMANA: FACHIN ANULA CONDENAÇÕES DE LULA E DECISÃO SUSPEIÇÃO DE MORO É ADIADA

ANÁLISE POLÍTICA: O ESTRANHO MUNDO DO SUPREMO

O estranho mundo do Supremo é o título do comentário político do extraordinário Alexandre Garcia, aqui na coluna ANÁLISE POLÍTICA, nesta quarta-feira. Ele aborda a estranhíssima e esdruxula decisão monocrática tomada pelo Ministro Fachin ao anular todas as sentenças dos três processos de Lula. Acompanhe a interpretação deste experiente jornalista e tire suas conclusões!

Fonte:

Continuar lendo ANÁLISE POLÍTICA: O ESTRANHO MUNDO DO SUPREMO

ANÁLISE POLÍTICA: TCHAU AFRIPINO – A SAGA DO MARKETEIRO

Como você deve saber o Blog do Saber está aqui para esclareceras coisas e um dos nossos compromissos aqui é ajudar a retirar as carapuças dos picaretas enganadores da população. Dentro desse espectro existe um lobo em pele de cordeiro que vem tentando enganar o povo brasileiro já há algum tempo o senhor João Agripino Doria, governador de São Paulo. Portanto na coluna ANÁLISE POLÍTICA desta segunda-feira você tem a grande oportunidade de refrescar a memória e conhecer melhor e verdadeira face desse produto do mal. A  comentarista política Bárbara faz uma retrospectiva em detalhes das maldades que esse mal feitor cometeu. Então prepare a pipoca, se acomode na poltrona e se atualize!

Fonte:

Continuar lendo ANÁLISE POLÍTICA: TCHAU AFRIPINO – A SAGA DO MARKETEIRO

RESUMO DA SEMANA: BOLSONARO CRITICA RESTRIÇÕES; PETROBRAS REAJUSTA PREÇO DA GASOLINA E DO DIESEL

Domingo é dia de atualização para quem não teve tempo de acompanhar os fatos e notícias da política nacional durante a semana. Então você acessa a nossa coluna RESUMO DA SEMANA e assiste o SEMANA DA PAN sob o comando de Vitor Brown, que trás os principais destaques pra você. Ai você assiste e se transforma em um formador de opinião!

Fonte:

Continuar lendo RESUMO DA SEMANA: BOLSONARO CRITICA RESTRIÇÕES; PETROBRAS REAJUSTA PREÇO DA GASOLINA E DO DIESEL

ANÁLISE POLÍTICA: BOLSONARO DIZ ASNEIRAS PARA ESCONDER FILHO, POR JOSÉ NÊUMANNE PINTO

O nosso José Nêumanne Pinto está mais afiado do que nunca no seu comentário desta quinta-feira, que publico aqui na coluna ANÁLISE POLÍTICA desta sexta-feira com a seguinte pauta: 1 – No dia em que a covid matou 1.840 brasileiros, recorde absoluto na pandemia, o presidente mandou as vítimas pararem de “frescura”, usando o estratagema de dizer barbaridades para desviar a atenção da compra de mansão de R$ 6 milhões por seu primogênito. 2 – Luciano Mattos, procurador-geral de Justiça do Rio, desmontou o Gaecco, que investigou o mesmo Flávio, 3 – O ex-presidente da França Sarkozy foi condenado e preso por haver tentado obter informações do juiz que o julgava em troca de uma promoção, bem diferente do que acontece aqui no Brasil. 4 – O MEC avisou em ofício que manifestações políticas nas universidades federais serão punidas, mordaça vil. Mais quente do que nunca, assista e fique bem informado(a)!

Fonte:

Continuar lendo ANÁLISE POLÍTICA: BOLSONARO DIZ ASNEIRAS PARA ESCONDER FILHO, POR JOSÉ NÊUMANNE PINTO

ANÁLISE POLÍTICA: SUPREMO E CÂMARA NEGAM A CONSTITUIÇÃO, POR ALEXANDRE GARCIA

Começamos esta semana com o comentário de Alexandre Garcia, que faz uma comparação do que está acontecendo aqui, no Brasil, com o que aconteceu lá na Venezuela, depois que a Câmara dos deputados confirmou a prisão preventiva do deputado Daniel Diniz imposta por unanimidade no STF e da PEC votada as pressas para aumentar a “impunidade” dos parlamentares. Esse e outros assuntos super interessantes você vai ver ao assistir ao vídeo completo a seguir.

Fonte:

Continuar lendo ANÁLISE POLÍTICA: SUPREMO E CÂMARA NEGAM A CONSTITUIÇÃO, POR ALEXANDRE GARCIA

PONTO DE VISTA: SALIM MATTAR NÃO É O PRIMEIRO NEM O ÚLTIMO A RECONHECER QUE FOI TRAÍDO POR BOLSONARO

Caro(a) leitor(a),

Acho que a reputação do sr. Salim Mattar, ex-secretário especial da desestatização é incontestável. Todos sabemos que este senhor é um mega empresário, dono da maior locadora de carros do Brasil, a LOCALIZA. Portanto, alguém que não precisa de maneira nenhuma de um cargo público para garantir a sua sobrevivência. É antes de tudo, um liberal patriota, que veio a fazer parte do governo Bolsonaro para ajudar a tirar o país do buraco em que, ainda, se encontra e recolocá-lo nos trilhos do progresso e da prosperidade. Quando ele deixou o governo, saiu discretamente. Assisti várias entrevistas com ele onde, ao ser questionado sobre o motivo da sua saída, sempre falava que por motivos particulares. Dizia que a sua missão já estava cumprida e outras amenidades. Agora, veio a público expor o real motivo da sua dissidência, aproveitando os últimos fatos políticos e a mudança de comportamento do presidente Bolsonaro com relação as políticas públicas liberais. Muita gente critica Moro pela forma como saiu do governo, lavando a roupa publicamente, mas a verdade é que, tanto ele como o sr. Salim Mattar foram traídos por Bolsonaro, que mostra sua verdadeira face agora. A face de quem nunca foi um liberal e que a sua real intenção é permanecer no poder tanto quanto Lula e o PT queriam. O título do artigo a seguir, publicado em O Antagonista diz tudo: “O governo não é liberal e eu acreditei no candidato Bolsonaro”. É o mesmo sentimento de Moro ao ser traído por Bolsonaro quando deixou o seu projeto ser totalmente desfigurado no texto final aprovado pelo Congresso Nacional e quando, também não fez nada sobre a questão do juiz de garantias, assim com tantas outras promessas feitas a Moro e não cumpridas. Portanto, como venho dizendo há um bom tempo, Bolsonaro não é confiável, enganou o seu eleitorado e os que acreditaram nele. Mas, como diz aquele velho jargão “me engana que eu gosto”, parece que é assim que o povo gosta mesmo!

Mattar: “O governo não é liberal e eu acreditei no candidato Bolsonaro”

Mattar: “O governo não é liberal e eu acreditei no candidato Bolsonaro”
Foto: Edson Lopes Jr./G5 Partners/Ministério da Economia

Salim Mattar, ex-secretário especial de Desestatização, também criticou a escolha de um general para o comando da Petrobras.

Me desculpe, estamos militarizando demais o país”, disse em entrevista à CNN Brasil. “O militar é para quartel. Temos que colocar um homem de mercado na Petrobras. Um homem que saiba o que é um departamento de relações com os investidores. Esse é o tipo de pessoa que precisamos em uma empresa listada. O governo brasileiro está mostrando que não é confiável.”

Afirmou ainda que a decisão de substituir Roberto Castello Branco no comando da empresa mostra mais uma vez que o governo Jair Bolsonaro não é liberal.

O governo não é liberal e eu acreditei no candidato Bolsonaro. No candidato que falava em privatizar a “TV da Dilma”, que é a EBC, a empresa do trem bala, que é a EPL. Ele falava em tirar o estado do cangote do cidadão. Mas foi um discurso de campanha. Eu deixei todos os meus negócios para ir para o governo. Fui motivado pelo desafio espetacular, que era um projeto de Brasil e não do governo.”

Fonte: O Antagonista

Continuar lendo PONTO DE VISTA: SALIM MATTAR NÃO É O PRIMEIRO NEM O ÚLTIMO A RECONHECER QUE FOI TRAÍDO POR BOLSONARO

RESUMO DA SEMANA: TROCA NA PETROBRAS,MORAES X DANIEL SILVEIRA E TOMBO DE CAROL CONKÁ

Neste domingo você que não teve tempo de acompanhar os fatos políticos da semana vai poder se atualizar assistindo o RESUMO DA SEMANA, com apresentação de Vitor Brown no SEMANA DA PAN que trás os principais destaques do cenário político nacional. Então, o que está esperando? Acomode-se na poltrona e fique por dentro!

Fonte:

Continuar lendo RESUMO DA SEMANA: TROCA NA PETROBRAS,MORAES X DANIEL SILVEIRA E TOMBO DE CAROL CONKÁ

ANÁLISE POLÍTICA: POLÍTICA COM HUMOR INTELIGENTE SÓ COM BÁRBARA

Como já falei aqui antes adoro a forma como a Bárbara lida com os fatos políticos, com muito humor e inteligência, desnudando os fatos de uma forma de fácil entendimento para qualquer um. Também já falei para ficar claro que concordo com o pensamento de direita liberal dela. porém quando se trata de Sergio Moro divirjo diametralmente dela, pois é onde ela expõe, sem querer, a sua parcialidade política ao deixar muito claro a sua obsessão, o seu amor incondicional por Bolsonaro, mostrando que a única pessoa que ela teme derrotar o nosso presidente nas urnas em 2022 é o próprio Moro e por isso fica provocando o mesmo a se expor na mídia para desgastar a sua imagem e derreter a sua popularidade, cujas últimas pesquisas eleitorais mostram os dois tecnicamente empatados.

Bem, feitos os devidos esclarecimentos convido você a assistir o último vídeo do TE ATUALIZEI dessa talentosa youtuber Bárbara!

Fonte:

Continuar lendo ANÁLISE POLÍTICA: POLÍTICA COM HUMOR INTELIGENTE SÓ COM BÁRBARA

PONTO DE VISTA: LUGAR DE PALHAÇO É NO PICADEIRO E NÃO NA ARQUIBANCADA. QUEM OS POLÍTICOS PESSAM QUE SÃO?

Caro(a) leitor(a),

Ao ler o artigo completo a seguir a vontade que dá é desenterrar o antigo jargão do personagem Tavares de Jô Soares, no programa Viva o Gordo, que dizia: “Tem pai que é cego”. Já que o que se viu no episódio do julgamento do deputado Daniel Silveira pela Câmara dos deputados foi mais um espetáculo teatral, com tudo previamente combinado, inclusive essa patética PEC “Daniel Silveira” que de maneira nenhuma tem o intuito de se vingar do STF, pois a hora da vingança era justamente no julgamento do deputado, que poderia ter sido solto, para desmoralização do STF, e em seguida ter sido aplicada uma punição, que poderia variar de suspensão por um determinado período até a cassação do mandato. Essa trup de bandidos do Centrão estão pensando que são o quem, para subestimar assim a inteligência do povo brasileiro? E o autor desse artigo é inocente ou faz parte desse teatro? Na verdade, o que essa bandidagem que teoricamente nos representa no Congresso Nacional quer mesmo é a impunidade ampla, irrestrita e geral. Já estava tudo combinado. O deputado Silveira já era persona non grata para a maioria dos deputados, precisavam de um motivo para criar algo que os blindassem totalmente. Então uniram o útil ao agradável. Se livraram do deputado usando-o como boi de piranha e para evitar abrir precedentes futuros inventaram essa PEC com ares de “vingança”. Uma fuleragem maior do que essa eu nunca vi! 

Congresso se “vinga” do Supremo com ‘Emenda Daniel Silveira’

Foto: Antonio Cruz/Agência BrasilFoto: Antonio Cruz/Agência Brasil

Congresso se “vinga” do Supremo com ‘Emenda Daniel Silveira’

Câmara, sob o comando de Arthur Lira (PP-AL), decide votar em primeiro turno a PEC que ampliará a imunidade parlamentar, pelo menos, no quesito opiniões, palavras e votos. O texto, apelidado de ‘Emenda Daniel Silveira’, é a resposta do Congresso ao Supremo, após a prisão do deputado.

O texto da PEC garante que deputados e senadores são “invioláveis civil e penalmente por quaisquer de suas opiniões, palavras e votos, cabendo, exclusivamente, a responsabilização ético-disciplinar por procedimento incompatível com o decoro parlamentar”.

A PEC reafirma também o foro privilegiado de parlamentares, que não podem ser alcançados por decisões judiciais de primeira e segunda instâncias, por crimes relacionados ao atual mandato. Somente o Supremo poderá autorizar busca e apreensão envolvendo deputados e senadores.

Apenas crimes inafiançáveis poderão levar um parlamentar à prisão.

“No caso da prisão em flagrante, prevista no § 2º, o membro do Congresso Nacional deverá ser encaminhado à Casa respectiva logo após a lavratura do auto, permanecendo sob sua custódia até o pronunciamento definitivo do Plenário.”

O deputado Celso Sabino (PSDB-PA) concordou com a nova PEC e avaliou que “não se ignora a gravidade dos fatos perpetrados pelo deputado. Ocorre que os valores envolvidos neste e em outros casos que envolvem as imunidades parlamentares são por demais caros ao regime democrático.”

Fonte: Jornal da Cidade Online

Continuar lendo PONTO DE VISTA: LUGAR DE PALHAÇO É NO PICADEIRO E NÃO NA ARQUIBANCADA. QUEM OS POLÍTICOS PESSAM QUE SÃO?

ANÁLISE POLÍTICA: POLÍTICA COM HUMOR, POR BÁRBARA

A irreverente e bem humorada Bárbara é o destaque da coluna ANÁLISE POLÍTICA desta terça-feira, que vai comentar sobre o filho que nasceu do inquérito do Toffinho, da diferença no tratamento com o Daniel, sobre a alteração na Petrobras e mais. Então, separa a pipoca, fica confortável e divirta-se!

Fonte:

Continuar lendo ANÁLISE POLÍTICA: POLÍTICA COM HUMOR, POR BÁRBARA

PONTO DE VISTA: O PONTO FORA DA CURVA NO DISCURSO DE ARTHUR LIRA É SINÔNIMO DE SUCUMBÊNCIA

Caro(a) leitor(a),

O discurso moderado, conciliador e de permissividade do presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, quando fala em “ponto fora da curva” prevendo o resultado final do julgamento do deputado Daniel Silveira pelos seus pares, mostra para onde está caminhando a nossa frágil e imberbe democracia. Desta vez os pesos e contrapesos, dispositivo tão importante da nossa Constituição, não funcionou e deu ao STF um poder desproporcional, confirmando a tendência que vinha se delineando nos últimos episódios políticos desta débil democracia. Depois deste último episódio a tirania e a soberba do STF vai se exacerbar cada vez mais. Foi assim que começou na Venezuela e veja onde foi parar a democracia lá. Na lata do lixo. Portanto, há a necessidade de o povo, através das suas prerrogativas como detentor do poder intervir, já que o Congresso nacional não cumpriu com suas prerrogativas no episódio do deputado Daniel Silveira sucumbindo a uma decisão nitidamente inconstitucional do STF ao prender o deputado por flagrante delito. Não estou aqui concordando com a atitude de Silveira, mas analisando a letra fria da lei, que estabelece ser algo bem diferente o flagrante delito, bem como a imunidade parlamentar e a liberdade de expressão. Também da inconstitucional prisão preventiva de ofício por um integrante do STF. Eleprecisa ser provocado pela PGR. O que só ocorreu horas depois da prisão decretada de ofício. Portanto, se o povo brasileiro não tomar as rédeas, agora, da situação o que ainda nos resta de democracia terminará de correr para o ralo!

Prisão de Daniel Silveira pelo STF foi intervenção extrema, diz Arthur Lira

Publicado em 19.02.2021

Por  

 

Luis Macedo | Agência Câmara

Durante a abertura da sessão de julgamento da prisão do deputado Daniel Silveira (PSL-RJ), nesta sexta-feira (19), o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), afirmou que o episódio foi uma “intervenção extrema” do Supremo Tribunal Federal (STF).

“Essa intervenção extrema sobre as prerrogativas parlamentares deve ser o que foi: um ponto fora da curva, sob o risco de banalizarmos excessos que, pelo caminho oposto, ultrapassariam o plano do razoável e passariam a orbitar também a atmosfera da irresponsabilidade”, disse.

O comandante da Casa Legislativa, contudo, lembrou que a inviolabilidade da atividade parlamentar não pode estar acima da “mais sagrada das inviolabilidades”, a do regime democrático.

VEJA O DISCURSO DE ARTHUR LIRA NA ÍNTEGRA:

Minhas Senhoras e Meus Senhores,

Fiz questão de trazer para esta sessão histórica um documento também histórico: a primeira versão da Constituição promulgada por esta Casa há 33 anos. Este é o símbolo da nossa Democracia, das liberdades e da cidadania, o guia que todos aqui assumimos o juramento de respeitar, honrar e defender.

Esta Constituição é uma obra viva que vem sendo aperfeiçoada e modernizada pelo esforço contínuo desta Casa e do Senado da República, pelo Executivo e também pelo seu guardião maior, o Supremo Tribunal Federal, no decorrer das últimas três décadas, o maior período de estabilidade democrática da história do pais.

Os momentos de turbulência são da própria natureza da Democracia, mas uma Democracia sólida é e será sempre mais forte do que todas as turbulências.

O que estaremos deliberando aqui hoje?

O que está em discussão são exclusivamente dois princípios e sua aplicabilidade: o da livre manifestação do pensamento e o da inviolabilidade do mandato parlamentar.

Antes de mais nada, como representante deste Poder, quero expressar posição que tenho certeza é da maioria desta Casa e desta Instituição.

Foi o Congresso Nacional, com poderes constituintes, que definiu e desenhou o atual arcabouço constitucional e que, portanto, conferiu as atuais atribuições do Supremo Tribunal Federal.

Tenho certeza de que a grande maioria desta Casa, entre os quais me incluo, respeita a instituição máxima do Poder Judiciário brasileiro.

Todos aqui temos diferentes formas e diferentes maneiras de expressar nossas diferenças e, muitas vezes, divergimos sobre o modo e o conteúdo sobre como as opiniões de cada um são enunciadas. Mas todos, também, historicamente, sempre reconhecemos que acima de qualquer disparidade todos aceitamos o sagrado direito de manifestação do outro.

Mas ao mesmo tempo, mesmo que discordando, sempre procuramos encontrar um grau de tolerância em relação àqueles ou àquelas que exercem suas prerrogativas de modo diverso, baseado no princípio do artigo 53 de nossa Constituição.

Agora, coloca-se diante de nós um julgamento, antes de tudo, de nós sobre nós mesmos.

Sou ferrenhamente defensor da inviolabilidade do exercício da atividade parlamentar. Mas, acima de todas as inviolabilidades, está a inviolabilidade da Democracia. Nenhuma inviolabilidade pode ser usada para violar a mais sagrada das inviolabilidades, a do regime democrático.

Portanto, o que está em discussão hoje não é a inviolabilidade do mandato parlamentar exclusivamente. Mas até que ponto essa inviolabilidade pode ser considerada se ela fere a Democracia, pondo em risco a sua inviolabilidade.

É essa avaliação que vossas excelências irão realizar.

Neste momento de enorme aflição do povo brasileiro, clamo para que superemos o quanto antes este impasse, que é pontual, um ponto fora da curva, como já declarei.

Um ponto fora de curva que precisa estar muito bem definido para todos. Fora da curva dentro do Parlamento, quando ultrapassa o plano do razoável e passa a orbitar a atmosfera da irresponsabilidade, sim.

Mas também um ponto fora da curva para aqueles e aquelas que tem res-pon-sa-bi-li-da-de.

Repito: aos que tem responsabilidade, essa intervenção extrema sobre as prerrogativas parlamentares deve ser o que foi: um ponto fora da curva, sob o risco de banalizarmos excessos que, pelo caminho oposto, ultrapassariam o plano do razoável e passariam a orbitar também a atmosfera da irresponsabilidade

Foi esta Casa que aprovou a Lei de Abuso de Autoridade. Não poderia ser ela a tolerar o abuso das prerrogativas. Estamos, aqui, dando o nosso exemplo.

Esse episódio servirá também como um ponto de inflexão para o modo de comportamento e de convivência internos, que trarão de volta maior urbanidade, respeito e empoderamento do Conselho de Ética para que o ambiente da democracia nunca se contamine a ponto de se tornar toxico.

Mas, em nome da responsabilidade, o alicerce da Democracia, quero anunciar a criação de uma Comissão Extraordinária pluripartidária para propor alterações legislativas para que, nunca mais, Judiciário e Legislativo corram o risco de trincarem a relação de altíssimo nível das duas instituições, por falta de uma regulação ainda mais clara e específica do artigo 53 da nossa Carta.

A inviolabilidade do mandato foi inscrita de forma cabal no mesmo texto Magno – no mesmo! – pelos mesmos constituintes, que definiram o papel do poder Judiciário. Respeitar a Constituição é respeitá-la por inteiro. E vamos zelar por isso.

Temos de dirigir nossas energias políticas para os problemas urgentes que aguardam soluções imediatas, no tocante à superação dos efeitos dramáticos da pior crise social e econômica causada pela maior pandemia em um século.

Não podemos perder o nosso foco. O povo brasileiro exige de nós que tomemos decisões que podem significar a vida ou a morte de milhões de brasileiros. Vamos ultrapassar o tema de hoje, vamos seguir em frente e nos concentrar em nossa missão maior.

O parlamento é o coração da democracia. Daqui nunca saíra qualquer ação institucional que fragilize ou apequene a Constituição. Somos, fomos e sempre seremos a Casa vital e pulsante da Democracia.

Muito obrigado!

Editor-chefe do Conexão Política; residente e natural de Campo Grande/MS | FALE COMIGO: marcos@conexaopolitica.com.br

Fonte: Conexão Política

Continuar lendo PONTO DE VISTA: O PONTO FORA DA CURVA NO DISCURSO DE ARTHUR LIRA É SINÔNIMO DE SUCUMBÊNCIA

ANÁLISE POLÍTICA: BOLSONARO CONSEGUIU UNIR OS CORRUPTOS

Nesta segunda-feira a ANÁLISE POLÍTICA é do irreverente José Nêumanne Pinto com a seguinte pauta: 1 – Bolsonaro conseguiu reunir todos os políticos velhacos do País, após vender a farsa de combater a corrupção, desmontar operações do MPF e por mais um “garantista” no STF para evitar concorrência de Moro em 2022 . 2 – Ameaçou direto do palácio mandar PF ao Maranhão para atemorizar Dino, que bateu: “ele confunde a Polícia Federal com milícias e milici anos”. Bingo! 3 – Hospitais das Forças Armadas no Amazonas têm 72% de leitos anticovid desocupados à espera de militares doentes. 4 -Ao contrário do que o presidente e Pazuello apregoaram, ministro não tem nenhuma expertise em logística. Então, prepare a pipoca, se acomode na poltrona e comece a se atualizar!

Fonte:

Continuar lendo ANÁLISE POLÍTICA: BOLSONARO CONSEGUIU UNIR OS CORRUPTOS

RESUMO DA SEMANA: NOVA DERROTA DA LAVA JATO, AÉCIO X DORIA E PLANOS DO PT PARA 2022

O SEMANA DA PAN é um programa da Jovem Pan que resume todos os fatos da política nacional da semana que passou e você vê aqui na coluna RESUMO DA SEMANA todos os domingos, sob o comando do competente apresentador Vitor Brown para você ficar super atualizado(a). Então, prepare a pipoca, se acomode na poltrona e bora lá!

Fonte:

Continuar lendo RESUMO DA SEMANA: NOVA DERROTA DA LAVA JATO, AÉCIO X DORIA E PLANOS DO PT PARA 2022

PONTO DE VISTA: AS MÁSCARAS VÃO CAIR CADA VEZ MAIS RÁPIDO

Caro(a) leitor(a),

Hoje vou ser curto e grosso. Declarações como a que o ex-prefeito de Salvador, ACM Neto deu nesta segunda-feira ao rebater a fala do ex-presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, só realça e explicita o que venho declarando sobre a mentira. A mentira tem pernas curtas e estão ficando cada vez mais curtas. A verdade está vindo a tona, a cada dia, mais rapidamente em tudo que se vê e ouve. A verdade revelada por ACM Neto sobre o candidato oculto de Rodrigo Maia à presidência da Câmara, normalmente só viria à tona muito tempo depois que todo esse imbróglio tivesse passado. Mas com a mudança comportamental que a humanidade está vivendo atualmente as meias verdades se transformarão em verdades completas, cada vez, bem mais rápido. Então, aguardemos as cenas dos próximos capítulos que serão cada vez mais surpreendentes! 

ACM Neto desmascara Maia e revela quem era o candidato a presidente da Câmara, antes de Baleia

Foto: ValorFoto: Valor

Depois do governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM-GO) desmentir Rodrigo Maia (DEM-RJ), foi a vez do ex-prefeito de Salvador e presidente do Democratas, ACM Neto, contradizer, nesta segunda-feira (8), as declarações dadas pelo ex-presidente da Câmara ao site “Valor Econômico”.

ACM Neto disse: “(ele) procura culpados por erros que ele cometeu”.

Maia teria afirmado em entrevista que ACM Neto “entregou nossa cabeça numa bandeja para o Palácio do Planalto”, numa referência à movimentação do presidente do DEM em favor da neutralidade da sigla na disputa pela presidência da Câmara.

De acordo com as projeções de Maia, a suposta “neutralidade” do partido ajudou a eleger Arthur Lira (PP-AL), no comando da Casa.

ACM Neto negou e rebateu as acusações:

“Ele (Maia) está sendo péssimo perdedor e está saindo menor do que entrou. Deixou o poder subir à cabeça”, disparou.

E completou:

“Na verdade, ele sempre teve um candidato a presidente da Câmara, que era ele mesmo, Rodrigo Maia”, finalizou.

Fonte: Jornal da Cidade Online

Continuar lendo PONTO DE VISTA: AS MÁSCARAS VÃO CAIR CADA VEZ MAIS RÁPIDO

ANÁLISE POLÍTICA: GILMAR MANDOU A REAL, AGRIPINO DEBAIXO DA CAMA, O POVO RECEBENDO O PRESIDENTE E MAIS…

Segunda-feira é dia de ANÁLISE POLÍTICA, mas com muito humor, sob o comando da irreverente Bárbara, que fala sobre o que rolou na semana que passou na política nacional e tem: Gilmar, Doria, Bia Kicis e muito mais. Então, prepare a pipoca, sente na poltrona e divirta-se!

Fonte:

Continuar lendo ANÁLISE POLÍTICA: GILMAR MANDOU A REAL, AGRIPINO DEBAIXO DA CAMA, O POVO RECEBENDO O PRESIDENTE E MAIS…

RESUMO DA SEMANA: ELEIÇÕES NO CONGRESSO, FIM DA LAVA JATO? E YOUTUBE X TERÇA-LIVRE

Neste domingo, como sempre, você que não viu nada de política esta semana vai poder se atualizar, aqui na coluna RESUMO DA SEMANA, assistindo ao vídeo com os principais destaques da política nacional, sob o comando de Vitor Brown do Semana da Pan, da Jovem Pan. Então, não perca tempo, comece logo a se atualizar!

Fonte:

Continuar lendo RESUMO DA SEMANA: ELEIÇÕES NO CONGRESSO, FIM DA LAVA JATO? E YOUTUBE X TERÇA-LIVRE

PODCASTS: NATUZA NERY FALA SOBRE AMEAÇA DE MAIA COM PEDIDO DE IMPEACHMENT

Segunda-feira é dia de PODCASTS, aqui no Blog do Saber, com Natuza Nery, que hoje comenta sobre a ameaça de Rodrigo Maia com o Impeachment contra Bolsonaro após o DEM anunciar o desembarque da candidatura de Baleia Rossi. Então, não perca e se atualize!

SEGUNDA, 01/02/2021, 08:51Conversa de Política – Natuza Nery

Maia ameaça aceitar pedido de impeachment

Em reunião tensa na noite de domingo, Rodrigo Maia disse que poderia aceitar pedido de impeachment depois de o DEM ter anunciado o desembarque da candidatura de Baleia Rossi. Em consequência ao anúncio do partido, legendas de esquerda também ameaçaram abandonar Rodrigo Pacheco na disputa do Senado.

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia. Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil (Crédito: )O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia. Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Fonte: CBN

Continuar lendo PODCASTS: NATUZA NERY FALA SOBRE AMEAÇA DE MAIA COM PEDIDO DE IMPEACHMENT

RESUMO DA SEMANA: POLÊMICA DO LEITE CONDENSADO, ISOLAMENTO EM DISCUSSÃO E BOLSONARO X MOURÃO

Domingo é dia de ficar bem informado e sendo assim convido você a assistir o vídeo a seguir com o que rolou de mais relevante na política nacional nesta semana, sob o comando de Vitor Brown da Jovem Pan. Então, comece já a se atualizar!

Fonte:

Continuar lendo RESUMO DA SEMANA: POLÊMICA DO LEITE CONDENSADO, ISOLAMENTO EM DISCUSSÃO E BOLSONARO X MOURÃO

POLÍTICA: OS BASTIDORES DA POLÍTICA NACIONAL OCMO VOCÊ NUNCA VIU ANTES

Num país onde o politicamente correto impera livremente o artigo a seguir, de Ângelo Lorenzo, pode ser considerado incisivo e contundente e deve ter adesão de todos aqueles que acreditam que a democracia e o liberalismo econômico são a solução para um futuro promissor. O artigo a seguir explicita e materializa o que estou afirmando aqui. São palavras e afirmações de ninguém menos do que aquele que, um dia, foi o homem mais poderoso do Brasil, Eduardo Cunha. Então, não se iluda e leia o artigo completo a seguir, se atualize, reflita e tire suas conclusões!

A “batalha secreta” pela Câmara e o Senado, desvendada por Eduardo Cunha

Eduardo CunhaEduardo Cunha

Temos pela frente uma batalha SECRETA que os políticos não querem que você saiba! A manobra foi revelada por Eduardo Cunha, em 2015. Se você não tem ideia do impacto disso sobre a nossa frágil Democracia e sobre sua vida, então você precisa se preparar!

Cunha, condenado pelo Petrolão, falou à época como Presidente da Câmara ao Roda Viva, detalhando o poder da Presidência da Câmara – e deduzimos, por tabela, do Senado. Por isso esta batalha é tão importante: a eleição da Presidência das Casas Legislativas.

O motivo? Lembra do plebiscito entre Parlamentarismo e Presidencialismo? Pois é! A maioria escolheu o Presidencialismo. Maaaas… Cunha explicou com todas as letras que a CF88 é uma Constituição PARLAMENTARISTA, imposta sobre a vontade presidencialista!

Já estava tudo pronto! A Constituinte, dominada por esquerdistas e sociais-democratas, preparou tudo para o parlamentarismo.

“E o que aconteceu?” Ora, a maioria marxista dos constituintes disse:

“Dane-se a vontade do povo! Não vamos mudar o que já fizemos!”.

E assim foi feito. Portanto, não se sinta culpado por ignorar isso: a coisa foi feita para não interferirmos mesmo. A culpa é da “Constituição Cidadã”.

A primeira coisa que você precisa entender é que, graças a essa constituição parlamentarista, os Presidentes da Câmara e do Senado tem um poder comparável e, em vários casos, superior ao do Presidente da República, mesmo sendo eleitos com alguns milhares de votos apenas.

Além de morar em mansões, com dezenas de empregados, equipes e verbas faraônicas à disposição – o que seria suficiente para todos desejarem o cargo – eles têm poderes que afetam a toda nação!

No caso das Comissões Permanentes e Temporárias (como CPIs, por exemplo) mesmo que Partidos indiquem nomes, estes somente são aprovados pelos presidentes das Casas. Pense no Congresso Nacional como um grande balcão de negócios, ideal para manter oligarquias políticas.

Ocupar um cargo dá ao parlamentar visibilidade e oportunidades (seja lá o que isso significa). Note o quão umbilical se torna a ligação dos presidentes e os “amigos do rei”. Os derrotados podem ser deixados de lado, enquanto os amigos são socorridos na hora do aperto (caso Peppa).

E, claro, o inesperado poder de fazer avançar ou de impedir um Governo eleito pelo povo.

Engavetar projetos ou atrasar a aprovação – deixando o Senado com tempo mínimo para análise antes de perder a validade – nomear adversários para trabalhos importantes foram armas muito usadas por Maia.

Hoje temos mais noção sobre isto, pois nem é preciso lembrar quantas Medidas Provisórias foram deixadas caducar ou quantos impeachments de ministros supremos foram engavetados. O 13º do Bolsa Família, Carteira Verde-Amarela, etc, etc… A lista é enorme.

Aí está a cereja do bolo da CF/88 – feita pela esquerda para entrar em ação, como nos dias que vivemos e que nem sequer sabíamos deste poder!

Tal poder foi usado até como barganha com a esquerda, em troca de favores nada republicanos. E está sendo usado, agora mesmo, para tentar eleger um continuísta desta política nefasta! Baleia é apenas uma sombra de Maia, que luta para não perder o poder.

Eis o ponto crucial: se permitirmos a continuidade dos desmandos de Maia e sua turma, veremos nossas vidas serem desperdiçadas por mais 2 longos anos – e já lutamos contra a pandemia! Ao contrário, há esperança com a derrota de Maia.

Deste modo, esta eleição é importantíssima! É aí que entramos em ação!

Como propôs Roger Moreira, precisamos colocar pressão: voto presencial e aberto! Precisamos cobrar os parlamentares – nas redes, por email e telefone – a NÃO VOTAREM EM ROSSI!

Seja porque vimos diálogos de Bolsonaro com Arthur Lira (única opção disponível) e, por este ter admitido publicamente que não concorda com engavetamento de MPs – também temos obrigação de conscientizá-lo de que, se ele não cumprir esta promessa, estará se suicidando politicamente.

Ao contrário, se ele deixar fluir a agenda presidencial eleita pelo povo, tanto a reeleição como Deputado Federal ou eleição para Governo de Estado pode acontecer, se nos respeitar.

E, claro, podemos ir às ruas – preferencialmente em Brasília – conforme sugeriu Alan Lopes, neste dia primeiro de fevereiro ou até antes, no domingo, dia 31 de janeiro.

Não podemos mais, como no passado, ignorar que tais eleições afetam nosso futuro.

TEMOS QUE PARTICIPAR! É tempo de se manifestar e cobrar posição dos nossos representantes. Eles precisam saber que não queremos o continuísmo de Maia!

Podemos e vamos fazer! Avante!

Ângelo Lorenzo

Fonte: Jornal da Cidade Online

Continuar lendo POLÍTICA: OS BASTIDORES DA POLÍTICA NACIONAL OCMO VOCÊ NUNCA VIU ANTES

ANÁLISE POLÍTICA: PROGRAMAS DE TRANSFERÊNCIA DE RENDA SÃO MEDIDAS PALIATIVAS, POR CAIO COPPOLLA

Ao ser questionado por um apoiador, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) negou mais uma vez a possibilidade de retomar o auxílio emergencial. No quadro Liberdade de Opinião do Visão CNN desta terça-feira (26), o comentarista Caio Coppolla avaliou a retomada da economia brasileira em meio à pandemia de Covid-19.

Fonte:

Continuar lendo ANÁLISE POLÍTICA: PROGRAMAS DE TRANSFERÊNCIA DE RENDA SÃO MEDIDAS PALIATIVAS, POR CAIO COPPOLLA

ANÁLISE POLÍTICA: ARAS, JANAÍNA BOTANDO PONTO FINAL, MAIA, XOICE SENDO XOICE, ISENTOÂNDIA, POR BÁRBARA

Segunda-feira é dia de política com humor, aqui na coluna ANÁLISE POLÍTICA com a irreverente Bárbara. E hoje, os personagens principais do seu comentário são Augusto Aras, Janaina, Maia e Joice Hasselmann. Você vai se divertir e se atualizar com a política nacional! 

Fonte:

 

Continuar lendo ANÁLISE POLÍTICA: ARAS, JANAÍNA BOTANDO PONTO FINAL, MAIA, XOICE SENDO XOICE, ISENTOÂNDIA, POR BÁRBARA

RESUMO DA SEMANA: POSSE DE BIDEN, PAZUELLO X TRATAMENTO PRECOCE E FURA-FILAS DA VACINA

No RESUMO DA SEMANA deste domingo você vai ver os principais fatos da política nacional desta semana sob o comando de Vitor Brown, dentre eles: a posse de Biden, a polêmica da fala do ministro da saúde, Eduardo Pazuello, sobre tratamento precoce e os fura-filas da vacinação contra a Covid-19 em todo o país. Então não saia dai, se acomode na poltrona e se atualize!

Fonte:

Continuar lendo RESUMO DA SEMANA: POSSE DE BIDEN, PAZUELLO X TRATAMENTO PRECOCE E FURA-FILAS DA VACINA

ANÁLISE POLÍTICA: BOLSONARO DECRETOU CAÇA AO BUTANTAN

O destaque deste sábado, aqui na coluna ANÁLISE POLÍTICA é o comentário do irreverente e dissidente do Bolsonarismo, José Nêumanne Pinto, cuja pauta é: 1 – O presidente proibiu ministros de manterem contato com Doria e determinou devassa de eventuais falhas de licitação feitas pelo Butantan, que produziu os 6 milhões de doses de vacina, pelos quais ele nada pagou, usados no fictício plano de imunização do general Pesadelo. 2 – O ineficiente Estado brasileiro é o único responsável pelos abomináveis casos de fura-fila registrados pelo País afora. 3 – Diplomatas norte-americanos dizem que não há uma só verdade na carta do capetão sem noção ao presidente Joe Biden. 4 – Procuradores federais contestam adesão de Aras ao autogolpe do caloteiro-mor do Brasil. Então, não deixe de assistir, pois está simplesmente demais!

Fonte:

Fonte:

Continuar lendo ANÁLISE POLÍTICA: BOLSONARO DECRETOU CAÇA AO BUTANTAN

PONTO DE VISTA: ATÉ QUANDO OS BRASILEIROS VÃO SER FEITOS DE IDIOTAS?

Caro(a) leitor(a),

Depois de tudo que presenciamos nesses últimos 10 meses, após o STF ter retirado a responsabilidade do governo federal de gerir e comandar o combate à Covid-19 nos estados brasileiros e este ter sido praticamente obrigado a distribuir toda a verba para os governantes estaduais gerirem esse processo e a partir de então o que se viu foi a maior e mais descarada roubalheira da história dessa república. Os governadores, com raras exceções, meteram a mão com força, sem dó nem piedade, no dinheiro público destinado a salvar vidas. No estado do Amazonas a coisa foi tão descaradamente escancarada que a Secretária da Saúde foi presa em operação da Polícia Federal que apura fraudes e desvio na compra de respiradores sem licitação pública, de uma importadora de vinhos, ou seja, algo absolutamente bizarro, pois desde quando uma importadora de vinhos comercializa respiradores? É querer achar que o cidadão e até mesmo a justiça brasileira são completamente idiotas e inéptos. E num momento como esse que culminou com o colapso total da saúde no Amazonas a nossa complacente e incompetente justiça ainda está pedindo explicações, não se pode admitir que esses larápios ainda estejam absolutamente livres. Cadeia neles, cadeia neles, cadeia neles!

STJ dá 48h para autoridades do Amazonas se explicarem sobre estoque de oxigênio e gastos com pandemia

Publicado em 20.01.2021

Por  

 

Divulgação | Governo do Amazonas

O vice-presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro Jorge Mussi, determinou nesta última terça-feira (19) que o governo estadual e os municípios do Amazonas prestem em 48 horas esclarecimentos sobre o exato momento em que tiveram conhecimento do risco de desabastecimento de oxigênio em unidades de saúde.

Mussi ordenou que os esclarecimentos sejam “detalhados”. Ele também quer ser informado sobre o recebimento e o uso de verbas federais para o combate à pandemia de covid-19. O vice-presidente do STJ está responsável pelo plantão da Corte, até o fim de janeiro, e pode decidir nos casos que julgar urgentes.

O ministro recebeu um pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR) no sábado (16) para investigar a condução de crise no sistema de saúde pelas autoridades estaduais e municipais do Amazonas, sobretudo em relação à falta de oxigênio nas unidades hospitalares.

Ao atender ao pedido da PGR, ele requisitou ainda informações sobre as ações adotadas no combate à pandemia; o número de leitos clínicos e de UTI à disposição; o número de profissionais envolvidos nas ações de combate à pandemia, entre outras informações técnicas sobre as ações de saúde pública desenvolvidas pelo Sistema Único de Saúde.

As apurações correrão no âmbito de um inquérito que já havia sido aberto no STJ para investigar desvios na instalação de um hospital de campanha em Manaus. Na decisão de terça (19), Mussi escreveu que o Ministério Público Federal (MPF) demonstrou haver a suspeita de “ilegalidades diversas no emprego de recursos federais destinados ao enfrentamento da pandemia”.

OUTRO LADO

Em nota, o governo do Amazonas disse que prestará os esclarecimentos pedidos ao STJ em tempo hábil.

No texto, o Executivo estadual confirma que foi notificado em 7 de janeiro pela empresa White Martins, fornecedora de oxigênio para o estado, sobre o risco de desabastecimento diante de uma alta repentina na demanda.

“Assim que foi comunicado pela empresa da dificuldade de atender a demanda, no dia 7 de janeiro, o Governo do Amazonas reportou a situação ao Ministério da Saúde e iniciou uma força-tarefa para solucionar o problema, contando com o apoio das Forças Armadas no transporte de oxigênio de plantas da própria White Martins em outros estados para Manaus”, diz o texto enviado pela administração do Amazonas, segundo informações da Agência Brasil.

Editor-chefe do Conexão Política; residente e natural de Campo Grande/MS | FALE COMIGO: marcos@conexaopolitica.com.br

Fonte: Conexão Política

Continuar lendo PONTO DE VISTA: ATÉ QUANDO OS BRASILEIROS VÃO SER FEITOS DE IDIOTAS?

ANÁLISE POLÍTICA: CHINA NEGA INSUMOS PARA VACINA APÓS SER INSULTADA POR BOLSOBARO, POR JOSÉ NÊUMANE

Estamos de volta com o irreverente e destemido José Nêumanne Pinto, aqui na coluna ANÁLISE POLÍTICA, comentando dentre outros assuntos sobre a Indignação dos chineses com insultos proferidos pela famiglia Bolsonaro e pelo chanceler Ernesto Araújo, que passaram a dificultar entrega de insumos para vacinas coronavac e da AstraZeneca, o que impede Pazuello de dar datas do plano de vacinação na resposta ao STF. 2 – Fiocruz não produziu uma só das 160 milhões que Ministério da Saúde diz que Brasil comprou na vacina da AstraZeneca, de fato produzida no laboratório indiano Serum. 3 – Ministro da Saúde espera entrega de 2 milhões de doses em Mumbai, mas Brasil fica fora da lista dos países para os quais a Índia anuncia exportação da vacina. O vídeo está imperdível. Então, comece logo a assistir!

Fonte:

Continuar lendo ANÁLISE POLÍTICA: CHINA NEGA INSUMOS PARA VACINA APÓS SER INSULTADA POR BOLSOBARO, POR JOSÉ NÊUMANE

OPINIÃO: O GRANDE MAL DA HUMANIDA É A IGNORÂNCIA

Ignorância, o grande mal da humanidade

Imagem em destaque

Depois de assistir tantos conflitos devido à pandemia do Coronavírus, dentre os quais, brigas por vacinas, imposição de máscaras, “fica em casa”, não ao tratamento precoce, e outros mais, que possivelmente vão surgir enquanto a “torneira das verbas” estiver aberta, tenho a certeza que o grande mal da humanidade é a ignorância.

Basta parar para observar comentários nas redes sociais ou participar de uma breve conversa com amigos, que logo percebo o quanto as pessoas sofrem, não pela falta de remédios ou mesmo pela pandemia, e sim por desconhecerem a verdade. Uma hora não querem tomar determinado remédio ou vacina, outra hora querem. Como a falta de conhecimento deixa o povo vulnerável à manipulação!

Contudo, não vejo a falta de conhecimento por comodismo, e sim por medo. Medo de adoecer, medo de sofrer, medo da morte. Medo de descobrirem a verdade e perceberem o quanto foram e estão sendo enganados, pelo simples fato de se deixarem adoecer pela ignorância.

Grande parte da população brasileira, quiçá mundial, não sabe o real motivo dessa guerra “invisível”, porém perceptível. Muitos acreditam que é porque o povo quer sair e se divertir. Outros porque pensam que as pessoas são desobedientes às leis, e tem aqueles que só precisam de um motivo para serem do contra.

Somos todos escravos da nossa própria estupidez. Nos tornamos sórdidos com nossos amigos, familiares, colegas de trabalho e até mesmo com os poucos que lutam por nossa liberdade. Não a liberdade das correntes, e sim a liberdade da falta de conhecimento.

Ficamos ouvindo mídias que poluem nossos ouvidos e visões com desinformação em benefício próprio. Acordos entre mídias, políticos e “impérios” arrecadam bilhões para nos manterem desinformados, alienados, escravos de propagandas enganosas, modismo, sofismo, promessas e demagogias.

Quando vamos perceber que nosso pensamento não tem legenda?

Quando vamos perceber que somos donos de nossas ideias e sentimentos?

Quando vamos perceber que basta apertar um botão para desligar qualquer canal de televisão e dar um basta em poluidores de mentes.

Nossa liberdade não precisa de chaves para tirar as algemas. Nossa liberdade precisa de leitura, de sermos curiosos para descobrir o que está por trás das cortinas desse teatro chamado vida.

Podemos nos ajudar a sermos todos livres, independentes. Quem sabe ler, ensine a ler, quem sabe a verdade mostre-a aquele que está próximo, sem imposições, sem lados.

Nem esquerda e nem direita. Sem protecionismo. Precisamos de equilíbrio. Não é o povo que precisa ser expurgado para sermos livres, e sim aqueles que noticiam, que fazem e aplicam as leis.

É hora de nos unir, pensar em nossas famílias, nossas crianças, em nossa vida. Nossa liberdade está em nossas escolhas.

Podemos estabelecer a paz em nossas vidas a partir do momento que temos conhecimento e esclarecimento que, nós, o povo que vota, que escolhe, que trabalha, que mantém um país, somos a raiz da liberdade. Vamos sacudir nosso tronco para que os frutos podres e as folhas mortas caiam e não prejudiquem mais nossa evolução.

Nossa saúde está na coragem de lutarmos pelo que acreditamos.

Tenhamos fé e estabeleçamos uma nova aliança com Ele, que é quem verdadeiramente nos guia.

Para tanto, é necessário eliminarmos o grande mal que nos assola, a ignorância, e só assim estaremos imunes à perversidade da Nova Ordem Mundial.

Fonte: Jornal da Cidade Online

Continuar lendo OPINIÃO: O GRANDE MAL DA HUMANIDA É A IGNORÂNCIA

ANÁLISE POLÍTICA: NARRATIVA, PRESIDENCIÁVEIS, MANAUS -DESABAFO

Um desabafo contundente da nossa comentarista política Bárbara com relação ao caos em Manaus é o destaque da nossa coluna ANÁLISE POLÍTICA desta segunda-feira. Por isso, no vídeo de hoje não vai dar pra rir da situação. Quanto mais eles falam, mais claro fica. Narrativas são o novo normal, pelo menos é o que eles querem que nós acreditemos. Então assista ao vídeo completo a seguir e se Atualize!

Continuar lendo ANÁLISE POLÍTICA: NARRATIVA, PRESIDENCIÁVEIS, MANAUS -DESABAFO

Fim do conteúdo

Não há mais páginas para carregar