Blog do Saber, Cultura e Conhecimento!

MUSICAL: ANDREA BOCELLI & LAURA PAUSINI INTERPRETAM “DARE TO LIVE”, NO ESPECIAL ANDREA BOCELLI

Continuando com a série ESPECIAL ANDREA BOCELLI, aqui na coluna MUSICAL do Blog do Saber temos a honra de publicar um dueto fantástico do incrível Andrea Bocelli e a maravilhosa Laura Pausini. Você não pode deixar de assistir esse show incrível! 

Fonte:

Continuar lendo MUSICAL: ANDREA BOCELLI & LAURA PAUSINI INTERPRETAM “DARE TO LIVE”, NO ESPECIAL ANDREA BOCELLI

MUSICAL: QUIZAS, QUIZAS, QUIZAS, POR ANDREA BOCELLI E CAROLINE CAMPBELL, NO ESPECIAL ANDREA BOCELLI

O ESPECIAL ANDREA BOCELLI desta sexta-feira tem a honra de apresentar mais uma impecável e extraordinária performance do grande tenor, acompanhado por Caroline Campbell ao violino, interpretando Quizas, Quizas, Quizas, uma canção popular escrita em 1947 pelo compositor cubano Osvaldo Farrés . Um show, ao vivo, que você não pode perder!

Fonte:

Andrea Bocelli
Continuar lendo MUSICAL: QUIZAS, QUIZAS, QUIZAS, POR ANDREA BOCELLI E CAROLINE CAMPBELL, NO ESPECIAL ANDREA BOCELLI

MUSICAL: YOU’LL NEVER WALK ALONE BY ANDREA BOCELLI NO ESPECIAL ANDREA BOCELLI

Na nossa coluna MUSICAL desta quinta-feira continuamos apresentando a série ESPECIAL ANDREA BOCELLI, hoje ele interpreta “You’ll Never Walk Alone” da trilha do seu novo album #Believe, que é ​​uma coleção de canções edificantes que inspiraram e sustentaram Andrea ao longo dos anos.

Fonte:

Continuar lendo MUSICAL: YOU’LL NEVER WALK ALONE BY ANDREA BOCELLI NO ESPECIAL ANDREA BOCELLI

CRÔNICAS: SOBRE NASCIMENTO, INFÂNCIA E OUTRAS COISINHAS…POR ANA MADALENA

Nesta quarta-feira, aqui na coluna CRÔNICAS temos uma história verídica travestida de conto que a imaginativa Ana Madalena com muita inspiração criou, tirando do fundo do baú da sua rica e feliz experiência de vida. Foi buscar na sua infância lembranças imemoriais, lúdicas de relacionamentos com pais, irmãos e coleguinhas da escola. Então convido você a ler essa crônica atraente que mistura ficção com realidade! 

Sobre nascimento, infância e outras coisinhas…


Dizem que muito do que somos é explicado pela posição dos astros na hora do nosso nascimento. Eu discordo; acho que depende muito mais da hora da concepção, que, no meu caso, quase não aconteceu. Explico: sou fruto de uma camisinha furada; posso encher o peito e dizer que, na corrida de obstáculos, cheguei em primeiro lugar ao pódio. Isso não é para qualquer um. Até hoje tenho na memória aquele milésimo de segundo quando rompi a borracha de látex e nadei rumo ao útero. Na hora pensei: -Enfim só! Livrei-me daquela aglomeração! Nada como reinar absoluta durante nove meses, vivendo de sombra e água fresca.

Era madrugada chuvosa. Dentro e fora da barriga da minha mãe. Escutei sua voz abafada e, pelos movimentos estranhos, percebi que algo não ia bem. Senti um empurrão.
-Como assim, estou sendo expulsa do meu úterozinho? Ainda falta um mês para terminar o contrato!
Por mais que eu não quisesse fazer a mudança, não teve jeito e cheguei ao mundo, antes do tempo. Eu, que já estava toda trabalhada para nascer leonina, do nada, me transformei num caranguejo. Os astros devem ter se enganado, tamanha a confusão que causaram. Minha mãe, coitada, que engravidara quando meu irmão estava com cinco meses, ainda teve que correr contra o tempo para organizar minha chegada inesperada. Diferentemente dele, que era péssimo para comer, já nasci faminta e com o dedo atolado na boca. Não foi de estranhar, quando, aos onze anos, tive que fazer uso de aparelhos dentários, de tão dentuça que era. À época não era comum, mas minha mãe sempre atenta, correu para resolver esse probleminha. Claro que rapidinho virei motivo de chacota e fui chamada de “boca de ferro”, um dos apelidos carinhosos que recebi na vida.

Apesar desse meu nascimento micareta, não fui uma bebê frágil. Muito pelo contrário. Me sentia poderosa, tanto por ter vencido a corrida e, mais ainda por ser a princesinha do lar. A verdade, confesso, é que eu queria mesmo ser filha única, mas na impossibilidade, curti ser única filha. Só fiquei desconfiada mesmo quando vi a barriga da minha mãe crescer…. Aí tem coisa, pensei!. E não deu outra! Nunca esqueci da noite que me colocaram na cama e disseram que eu ia ganhar um irmãozinho.
 – Você prefere chamá-lo Gustavo ou Alexandre?
Quem se importa, pensei! Mas avaliei bem e percebi que estaria no lucro. Ainda reinaria como a menininha da casa…

Eu só não contava com o fator surpresa! Ver minha mãe chegar em casa com um bebê de laço rosa no cabelo estava fora dos meus planos. Corri para o meu quarto e chorei. Chorei mais ainda quando disseram que escolheram um nome para ficar rimando com o meu. Naquela época era comum nomes compostos, então éramos Ana Madalena e Suzana Helena. Eu nunca tive direito ao diminutivo; não faço ideia por que nunca fui Aninha, enquanto minha irmã já veio ao mundo como Suzie.

Percebi uma remodelação de móveis na casa. Meu bercinho passou para o quarto dos meus pais e eu ganhei uma cama, de onde eu caía praticamente todas as noites, algumas de propósito. Cansaram de me encontrar dormindo no chão. Eu, que lutava para dividir atenção com meu irmão, de repente me vi tendo que fazer contorcionismo para ser notada. A caçulinha era o xodó da família; o mais velho, primogênito, era o orgulho. Eu era apenas a filha do meio.

Daí em diante minha vida só piorou, fiquei rebelde mas, por sorte,  já estava em tempo de ir para a escola. Reza a lenda que nos bancos escolares eu era um doce de candura,  participava de todas as atividades recreativas, e por isso mesmo, fui até escolhida para ser a noiva da quadrilha da minha turma, posição almejada por todas as meninas. Eu fiquei empolgadissima, mas, apesar da minha alegria, pude constatar que era alvo de inveja, de uma inveja que tinha requintes de crueldade.

E aconteceu o que temia. No recreio, quando estávamos no parquinho, fui desafiada a subir no escorrego. Todos sabiam que eu tinha medo de altura.  E lá em cima eu congelei; hoje sei que foi um ataque de pânico. A menina que estava atrás de mim deu um empurrão e, como eu ainda estava em pé,  me desequilibrei e cai de cara no chão. Ouvi muitas risadas. Lembro até  que estava vestindo um shortinho azul e uma blusa imaculadamente branca, que nessa hora, virou uma mistura de barro e sangue. O meu dente da frente, que ainda teria alguns anos na minha boca, caiu com o impacto. Ninguém da minha turma tinha perdido dente de leite até então.  Desde esse dia  passei a ser identificada como” a banguela do preliminar”.

Comecei a me ausentar do recreio. Algumas amiguinhas foram solidárias e por vezes permaneceram na sala comigo. Ir para o colégio tinha se tornado um fardo e, da menina falante, não restara nada. Virei introspectiva, passei a ler revistinhas, hábito que me dava prazer e que, no futuro próximo me impulsionaria para ser uma leitora voraz. O mundo dos livros era uma realidade à parte e que me preenchia totalmente. Só para constar,  rapidinho voltei a ser tagarela, foi só uma fase.

Muito se passou desde então. Adoro  relembrar algumas dessas histórias, mas não com saudosismo melancólico, até porque o passado deve ser um lugar de referência e não de residência. A minha menina “do meio” sobreviveu ilesa a infância e adolescência e, adulta, está tirando de letra esse mundo de fakes, filtros e outras coisinhas mais…

Ana Madalena
Continuar lendo CRÔNICAS: SOBRE NASCIMENTO, INFÂNCIA E OUTRAS COISINHAS…POR ANA MADALENA

MUSICAL: ANDREA BOCELLI INTERPRETA “LES FEUILLES MORTES”, NO ESPECIAL ANDREA BOCELLI

Nesta segunda-feira você vai assistir, aqui no ESPECIAL ANDREA BOCELLI, uma apresentação impecável, ao vivo direto do Lake Las Vegas Resort, USA, que aconteceu em 2006, onde o grande tenor interpreta Les Feuilles Mortes. Então, aproveite essa incrível oportunidade e já dê o play! 

Fonte:

Continuar lendo MUSICAL: ANDREA BOCELLI INTERPRETA “LES FEUILLES MORTES”, NO ESPECIAL ANDREA BOCELLI

BOAS NOTÍCIAS: LELÊ E GIL COMEMORAM 20 ANOS DE NAMORO DANÇANDO

Que história mais linda e emocionante! Nem li ainda, mas já fico emocionado só de saber que um casal de Down conseguiu essa façanha maravilhosa. Então minha gente, esse é mais um exemplo e/ou experiência humana que só prova que estamos aqui para evoluir e crescer enquanto Consciências! Show de Bola! Portanto, neste domingo, não podia haver uma notícia mais maravilhosa do que essa, aqui na coluna BOAS NOTÍCIAS.

Casal com Down completa 20 anos de namoro e faz sucesso dançando [vídeo]

Um simples vídeo de 20 segundos, cheio de puro amor entre um casal com Down – quase quarentão – está emocionando seguidores nas redes sociais. Eles namoram há 20 anos e esbanjam ritmo e simpatia. (assista abaixo)

Ela se chama Alessandra – Lelê – e tem 38 anos. Ele é o Gilberto – ou Gil – e acaba de completar 36 anos. Os dois são de Brasília.

A dança animada do casal foi esta semana, quando Gil fez aniversário e a cena foi gravada pela irmã de Lelê, Mara Monteiro. Mara revelou ao Só Notícia Boa que os dois têm até aliança de compromisso!

“Se conheceram na escola. Estudam e fazem aula de dança juntos. Ah, e usam aliança de compromisso. Rsrs”.

Em poucas horas o vídeo teve quase 30 mil curtidas e 500 comentários elogiando o casal apaixonado.

Cavalheiro

A Lelê nós já mostramos no Só Notícia Boa em 2016, fazendo o cachorro da família dormir com carinho…

Já o Gilberto, é preciso falar um pouco mais. É um verdadeiro gentleman, um cavalheiro daqueles que a gente fica encantado só de olhar.

Ele faz todas as honras para a Lelê, inclusive na hora da dança.

Tem um carinho por ela, que deixa qualquer um apaixonado pelas atitudes do rapaz.

Fora o jeito meigo como ele olha para a Lelê. Ah, e faz todos os gostos dela.

Até quando ela fica irritada – coisas de casal – o Gil tem uma saída sempre carinhosa para convencer a amada para ficar feliz novamente e voltar para os braços dele.

A gente tem tanto o que aprender com esses downlicias!

Assista ao vídeo dos lindos, que está encantando seguidores do Só Notícia Boa no Instagram:

Continuar lendo BOAS NOTÍCIAS: LELÊ E GIL COMEMORAM 20 ANOS DE NAMORO DANÇANDO

BOAS NOTÍCIAS: AMERICANOS ELEGEM PLAYLIST DAS 30 MELHORES MÚSICAS PARA OUVIR EM VIAGENS DE CARRO

Uma PLAYLIST sensacional é o destaque da nossa coluna BOAS NOTÍCIAS desta sexta-feira. Uma pesquisa feita entre 2.000 americanos elegeu as melhores músicas para ouvir em viagens de carro de todos os tempos, pelos Estados Unidos. Eles revelaram que ter músicas favoritas prontas para ir é tão essencial que elas podem ser o definitivo sucesso ou fracasso para uma viagem bem-sucedida. Leia o artigo completo a seguir e veja a playlist com as 30 músicas escolhidos em ordem de preferência dos americanos. Se gostar aproveite para copiar e curtir!

Os americanos escolhem as melhores músicas para viagens de carro de todos os tempos – para sua lista de reprodução de verão

Seis em cada dez americanos têm uma lista de reprodução cuidadosamente selecionada para definir o clima ao fazer uma viagem, de acordo com uma nova pesquisa.

Em uma pesquisa com 2.000 americanos, os resultados revelaram que ter músicas favoritas prontas para ir é tão essencial que elas podem ser o definitivo sucesso ou fracasso para uma viagem bem-sucedida.

Não ter acesso a uma lista de reprodução foi o suficiente para constituir uma reviravolta para alguns: 35% dos entrevistados estariam realmente dispostos a “virar o carro” se não tivessem tudo o que precisam para tocar sua música de escolha.

Que músicas fazem parte das melhores playlists de road trip? As escolhas populares incluíram Sweet Home Alabama de Lynyrd Skynyrd (39%), Hotel California de The Eagles (29%) e Life is a Highway de Tom Cochrane (27%).

Além dos 59% que têm uma lista de reprodução com curadoria, 47% disseram ter uma memória de viagem ligada a uma determinada música.

Quando solicitado a descrever essas lembranças relacionadas à música, um entrevistado disse: “Mudando-se para o Colorado há alguns anos, ouvi As We Ran do The National Parks pela primeira vez e [meio que] se tornou um hino para ir para o oeste para recomeçar . ”

CONFIRA: Americanos entrevistados sobre as melhores canções de dança de todos os tempos – essencial para festas de dança com zoom socialmente distantes

Conduzida pela OnePoll em nome da Christian Brothers Automotive , a pesquisa investigou o conteúdo das listas de reprodução dos americanos – especialmente as diferenças entre as gerações.

Quarenta e dois por cento dos entrevistados disseram que “não suportavam” a música que seus pais tocavam em viagens de carro enquanto cresciam, e 52% acreditam que as habilidades de criação de playlists de sua geração são superiores às de outras gerações, com a geração do milênio mais propensa a concordar ( 61%).

Quando se trata de como os entrevistados ouvem música, curtir álbuns direto pode ser inútil, já que apenas 10% disseram que fazem isso.

Quase metade (42%) prefere reproduzir aleatoriamente toda a sua biblioteca e deixar que o destino determine o que estão ouvindo, seguido por 26% que gostam de ter uma lista de reprodução de músicas definida.

MAIS: Músico engenhoso transforma gotas de chuva em música de outro mundo – ESCUTE

“À medida que começamos a ver o número de caixas COVID-19 diminuir e mais clientes vinham às nossas lojas para preparar seus carros para a viagem, pudemos sentir sua esperança e entusiasmo”, disse Donnie Carr, presidente da Christian Brothers Automotive. “A ansiedade deles nos fez pensar em todas as coisas que tornam as viagens de carro divertidas e no topo dessa lista está ouvir boa música enquanto você dirige.”

Os comentários de Carr ecoam o que os entrevistados indicaram, já que 78% se sentem confortáveis ​​em fazer uma viagem nos próximos meses.

QUE MÚSICAS ESTARIAM NA LISTA DE REPRODUÇÃO ULTIMATE ROAD TRIP?

  1. Sweet Home Alabama, Lynyrd Skynyrd 39%
  2. Hotel Califórnia, The Eagles 29%
  3. A vida é uma estrada, Tom Cochrane 27%
  4. Take Me Home Country Roads, John Denver 26%
  5. Na estrada novamente, Willie Nelson 25%
  6. Estrada da Cidade Velha, Lil Nas X 25%
  7. Cala a boca e dirija, Rihanna 24%
  8. Rodovia para o Inferno, ACDC 23%
  9. Caia na estrada Jack, Ray Charles 20%
  10. Aqui vou eu de novo, Whitesnake 18%
  11. Não me impeça agora, rainha 18%
  12. Siga seu próprio caminho, Fleetwood Mac 18%
  13. Ramblin ‘Man, The Allman Brothers Band 17% (empatado)
  14. Paradise City, Guns ‘N Roses 17% (empatado)
  15. Rota 66, Chuck Berry 17%
  16. Carteira de habilitação, Olivia Rodrigo 16%
  17. Eu estive em toda parte, Johnny Cash 16%
  18. Mil milhas, Vanessa Carlton 15%
  19. Nascido para correr, Bruce Springsteen 15%
  20. Esta terra é a sua, Woody Guthrie 14%
  21. I’m Gonna Be (500 milhas), The Proclaimers 14% (empatado)
  22. Cruisin ‘, Smokey Robinson 14% (empatado)
  23. Todo dia é uma estrada sinuosa, Sheryl Crow 13%
  24. Como uma Rolling Stone, Bob Dylan 13%
  25. Greased Lightnin ‘, John Travolta 13%
  26. Dirija, os carros 12%
  27. Fabricado nos EUA, Demi Lovato 12%
  28. Little Deuce Coupe, The Beach Boys 12%
  29. Passeio, Lana Del Rey 11%
  30. Role com as mudanças, REO Speedwagon 11%
Continuar lendo BOAS NOTÍCIAS: AMERICANOS ELEGEM PLAYLIST DAS 30 MELHORES MÚSICAS PARA OUVIR EM VIAGENS DE CARRO

MUSICAL: LA VIE EN ROSE, POR ANDREA BOCELLI & EDITH PIAF, NO ESPECIAL ANDREA BCELLI

Num show realizado em 2013 ao ar livre, num cenário maravilhoso, o excepcional tenor Andrea Bocelli interpreta o clássico La Vie En Rose em dueto com Edith Piaf, autora da bela canção. Assista ao vídeo e curta essa performance incrível desse fantástico cantor!

Fonte:

Continuar lendo MUSICAL: LA VIE EN ROSE, POR ANDREA BOCELLI & EDITH PIAF, NO ESPECIAL ANDREA BCELLI

POESIA: O QUE VOCÊ VAI GANHARCOM ISSO? POR ALLAN DIAS CASTRO

POESIA: O QUE VOCÊ VAI GANHARCOM ISSO? POR ALLAN DIAS CASTRO
Allan Dias Castro, como nasce um poema

Nesta sexta-feira, aqui na coluna POESIA, o talentoso Allan Dias Castro está revisitando o texto “A Mudança” para lembrarmos da pergunta que muda tudo: O que você ganha com isso? Assista ao vídeo, curta, aprecie, reflita e tire suas conclusões!

Fonte:

Continuar lendo POESIA: O QUE VOCÊ VAI GANHARCOM ISSO? POR ALLAN DIAS CASTRO

MUSICAL: ANDREA BOCELLI, BESAME MUCHO NO ESPECIAL ANDREA BOCELLI

Nesta 3ª edição do ESPECIAL ANDREA BOCELLI, aqui na coluna MUSICAL do Blog do Saber temos a honra e o prazer de apresentar o grande tenor interpretando o clássico Besame Mucho, ao vivo direto do Las Vegas Resort, EUA, 2006. Então assista esse espetáculo indescritível! 

Fonte:

Continuar lendo MUSICAL: ANDREA BOCELLI, BESAME MUCHO NO ESPECIAL ANDREA BOCELLI

POESIA: EXPRESSÕES POPULARES, POR JESSIER QUIRINO

Na nossa coluna POESIA desta terça-feira temos o prazer de apresentar o inigualável Jessier Quirino proseando sobre Expressões Populares. A linguagem regional é composta por inúmeras expressões populares. São dizeres e corruptelas que representam a identidade de determinadas regiões. Confira algumas curiosidades e particularidades da fraseologia brejeira, caririzeira e sertaneja. Então se acomode na sua poltrona e aprecie esse papo interessantíssimo!

Fonte:

Continuar lendo POESIA: EXPRESSÕES POPULARES, POR JESSIER QUIRINO

MUSICAL: ESPECIAL ANDREA BOCELLI

Nesta segunda-feira estamos iniciando uma nova série, aqui na coluna MUSICAL: ESPECIAL ANDREA BOCELLI. Uma homenagem a esse tenor espetacular que conquistou o mundo como cantor e não simplesmente como um tenor que só interpreta músicas eruditas. Assista agora ao Videoclipe de Andrea Bocelli realizando Can’t Help Falling In Love – Live From Lake Las Vegas Resort, EUA / 2006. (C) 2006 Sugar Srl, sob licença exclusiva da Universal Music B.V.

Fonte:

Continuar lendo MUSICAL: ESPECIAL ANDREA BOCELLI

BOAS NOTÍCIAS: CONHEÇA PEYO, O CAVALO TERAPEUTO QUE LEVA CONFORTO PARA PACIENTES TERMINAIS

texto

Cavalo terapeuta procura pacientes terminais e leva conforto [vídeo]

A incrível sensibilidade dos cavalos é algo para ser estudado. E o Peyo é prova disso. Ele é um cavalo terapeuta que atua em um hospital da França e escolhe sozinho o quarto que vai entrar e qual paciente ele vai ajudar naquele dia.

E mais: a equipe médica que o acompanha garante que ele sempre vai até o paciente que mais precisa.  Peyo entra acompanhado do tutor Hassen Bouchakour e vai justamente até as pessoas que estão mais debilitadas. (vídeo abaixo)

Essa “terapia animal” tem impacto positivo nos doentes: ajuda a reduzir a ansiedade, a pressão arterial e a melhorar a frequência cardíaca de pacientes terminais.

Ele entra no hospital uniformizado e esterilizado: “Antes de criar um encontro e para ter a certeza de que ele está certo, pedimos a Peyo para dirigir-se 3 vezes para o quarto onde ele quer ir e depois levantar a perna anterior para mostrar a porta certa”, explica no Facebook a página Les Sabots Du Coeur –  Os Cascos do Coração, em tradução livre.

Prêmio

Uma das imagens do atendimento do Peyo foi feita no final de 2020 pelo fotógrafo Jeremy Lempin. Chamada Doctor Peyo and Mister Hassen, a foto foi indicada para a edição 2021 do World Press Photo na categoria Contemporary Affairs. (foto abaixo)

Na imagem ele se aproxima da cama de Marion, uma jovem de 24 anos com metástase, acompanhada do filho Ethan, de sete anos.

A foto foi tirada na unidade de cuidados paliativos do Centro Hospitalar de Calais.

A história do Peyo

O cavalo Peyo faz sucesso desde 2018, quando começou a ajudar na terapia de doentes numa ala pediátrica de um hospital na França. Ele pertence ao artista e cavaleiro Hassen Bouchakour.

Em 2011, após anos de competições e shows equestres, Hassen e o Peyo entraram no mundo da medicina.

E depois de vários resultados positivos com pacientes, em 2016, cientistas, médicos e veterinários decidiram criar o projeto Les Sabots du Coeur.

É um trabalho lindo que leva serenidade, amor e gentileza a pessoas que estão partindo desta vida.

Peyo “atende” pelo menos 20 pacientes por mês.

Peyo, escolhendo o quarto que quer entrar - Foto: Jeremy Lempin/Divergence
Peyo, escolhendo o quarto que quer entrar – Foto: Jeremy Lempin/Divergence
Peyo na foto premiada - Foto: Jérémy Lempin
Peyo na foto premiada – Foto: Jérémy Lempin
Peyo, o cavalo "terapeuta" com um paciente - Foto: Jeremy Lempin/Divergence
Peyo, o cavalo “terapeuta” com um paciente – Foto: Jeremy Lempin/Divergence
Peyo, o cavalo "terapeuta" com um paciente - Foto: Jeremy Lempin/Divergence
Peyo, o cavalo “terapeuta” com um paciente – Foto: Jeremy Lempin/Divergence
Peyo em "atendimento"- Foto: Jeremy Lempin/Divergence
Peyo em “atendimento”- Foto: Jeremy Lempin/Divergence
Peyo em "atendimento"- Foto: Jeremy Lempin/Divergence
Peyo em “atendimento”- Foto: Jeremy Lempin/Divergence
Peyo sendo preparado para atendimento - Foto: Jeremy Lempin/Divergence
Peyo sendo preparado para atendimento – Foto: Jeremy Lempin/Divergence

Assista:

Com informações do The Guardian

Fonte: Só Notícia Boa

Continuar lendo BOAS NOTÍCIAS: CONHEÇA PEYO, O CAVALO TERAPEUTO QUE LEVA CONFORTO PARA PACIENTES TERMINAIS

MUSICAL: IZAÍAS E SEUS CHORÕES INTERPRETAM “REMELEXO” DE JACOB DO BANDOLIM, EM O MELHOR DO CHRINHO

Nesta sexta-feira O MELHOR DO CHORINHO tem o prazer de apresentar Izaías e seus chorões, interpretando Remelexo, de Jacob do Bandolim. Izaías Bueno de Almeida começou a tocar bandolim com 10 anos de idade. Quando foi apresentado por Jacob do Bandolim, tornou-se o mais respeitado bandolinista de São Paulo. Israel passou depois para o violão, tocando bossa-nova, e para a guitarra, integrando conjuntos de iê-iê-iê. O começo dos anos 70 marcou também o nascimento de Izaías e Seus Chorões, com a atual formação, junta há mais de dez anos.

Formação: Izaías Bueno de Almeida – bandolim

Israel Bueno de Almeida – violão 7 cordas

Edmilson Capelupi – violão 6 e 7 cordas

Arnaldinho do Cavaco – cavaquinho

José Reli – pandeiro

Fonte:

Continuar lendo MUSICAL: IZAÍAS E SEUS CHORÕES INTERPRETAM “REMELEXO” DE JACOB DO BANDOLIM, EM O MELHOR DO CHRINHO

POESIA: AUSÊNCIA DE VINÍCIUS DE MORAES, POR MARÍLIA GABRIELA EM TODA POESIA

Sexta-feira é dia de TODA POESIA, aqui na coluna POESIA. Hoje apresentando Marília Gabriela que declama, numa magistral interpretação o poema “Ausência” de Vinícius de Moraes. Então convido você para assistir, curtir, apreciar e se regozijar com esse show de interpretação! 

Fonte:

Continuar lendo POESIA: AUSÊNCIA DE VINÍCIUS DE MORAES, POR MARÍLIA GABRIELA EM TODA POESIA

MUSICAL: RODA DE CHORO INTERPRETANDO “CHORINHO PARA VOCÊ” DE SEVERINO ARAÚJO EM O MELHOR DO CHORINHO

A apresentação desta quinta-feira aqui na coluna MUSICAL, dentro da série O MELHOR DO CHORINHO é o projeto Roda de Choro interpretando “Chorinho pra você” de Severino Araújo, no Instrumental Sesc Brasil que ocorreu em 13/09/2010. A Roda de Choro nasceu na Virada Cultural de 2007, no Auditório Ibirapuera, sob organização de Danilo Brito. Desde sua criação, já aconteceu em diversos teatros e recebeu convidados como Carlos Malta, Laércio de Freitas, Toninho Ferragutti, Ricardo Herz, Danilo Brito, Alessandro Penezzi, Nelson Ayres, Oswaldinho do Acordeon e Gabriel Grossi, entre outros. No repertório, choros clássicos, passando por Pixinguinha, Jacob do Bandolim e algumas composições próprias.

Formação:

Alexandre Ribeiro – clarinete

Léo Rodrigues – pandeiro

Milton Mori – cavaquinho

Luizinho 7 Cordas – violão 7 cordas

Nelson Ayres – piano

Toninho Ferragutii – acordeon

Fonte:

Continuar lendo MUSICAL: RODA DE CHORO INTERPRETANDO “CHORINHO PARA VOCÊ” DE SEVERINO ARAÚJO EM O MELHOR DO CHORINHO

BOAS NOTÍCIAS: UMA AVALANCHE DE CONCURSOS PÚBLICOS ABERTOS

Aberta mais uma temporada de concursos públicos. São 57 concursos abertos em todo o Brasil, que vão de prefeituras municipais a bancos oficiais. De defensoria pública a organizações não governamentais – ONGs. De Polícia Militar estadual a Tribunal de Contas Estadual. Portanto, escolha logo o seu concurso e se inscreva o quanto antes, pois as vagas são limitadas!

Brasil tem 57 concursos públicos abertos. Salários chegam a R$ 12 mil

Por Monique de Carvalho

Pelo menos 57 concursos públicos estão com inscrições abertas esta semana. São mais de 6 mil vagas, com salários que chegam a R$ 12 mil.

Entre elas, destacamos o Banco de Brasília (BRB), que oferece 100 oportunidades, sendo 50 para contratação imediata e o restante para formação de cadastro reserva.

Metrópoles publicou e a gente compartilha com você.

Veja alguns dos concursos abertos:

Banco de Brasília (BRB)

Cargos: áreas de Tecnologia da Informação

Vagas: 100 (50 imediatas e 50 em cadastro reserva)

Requisitos: nível superior

Remuneração: R$8.142

Inscrições: até 16/07/2021

Acesse o edital

Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio)

Cargos: atuação na prevenção e combate a incêndios florestais nos estados de Goiás, Rio de Janeiro, Minas Gerais e o Distrito Federal

Vagas: 145 temporárias (contrato de 24 meses)

Requisitos: nível fundamental

Remuneração: R$1.100

Inscrições: até 26/05/2021

Acesse o edital

Polícia Militar do Estado de Alagoas

Cargos: agente da polícia militar

Vagas: 1.060

Requisitos: nível médio

Remuneração: de R$ 1.682,33 a R$ 8.099,94

Inscrições: até 28/05/2021

Acesse o edital

Defensoria Pública do Estado da Bahia

Cargos: defensor público

Vagas: 18

Requisitos: nível superior

Remuneração: R$ 22.528,54

Inscrições: até 23/06/2021

Acesse o edital

Tribunal de Contas do Estado do Amazonas

Cargos: Auditoria Governamental; Auditoria de Obras Públicas; Auditoria de Tecnologia da Informação; e Ministério Público de Contas

Vagas: 40 vagas + cadastro reserva

Requisitos: nível superior

Remuneração: R$ 8.328,77

Inscrições: até 22/06/2021

Acesse o edital

Tribunal de Contas do Piauí

Cargos: Auditoria Governamental; Auditoria de Obras Públicas; Auditoria de Tecnologia da Informação; e Ministério Público de Contas

Vagas: 6 vagas

Requisitos: níveis médio e superior

Remuneração: de R$ 2.699,79 a R$ 11.474,13

Inscrições: até 21/06/2021

Acesse o edital

Com informações de Metrópoles

Fonte: Só Notícia Boa

Continuar lendo BOAS NOTÍCIAS: UMA AVALANCHE DE CONCURSOS PÚBLICOS ABERTOS

CRÔNICAS: TINHA TUDO PRA DAR ERRADO…POR ANA MADALENA

Quarta-feira é dia de CRÔNICAS com a nossa querida Ana Madalena que não para de surpreender com seus contos super imaginativos, alegres, divertidos e bem humorados. A história de hoje aborda uma linda história de amor que atravessou várias décadas e gerações e promete ser infinito enquanto dure. Portanto, convido você a ler mais essa crônica maravilhosa e emocionante!

Casamento casado feliz casal de mãos dadas, noiva e noivo, alianças | Foto Premium

Tinha tudo para dar errado…

O ano era 1961. Logo cedo, os noivos decolaram num teco-teco, do campo de aviação de Capim Macio, em Natal, rumo a Santana do Matos, cidade da noiva e onde seria o casamento, marcado para as dez horas daquela manhã. O piloto, amigo do casal, também era fotógrafo e, além de levá-los, faria as fotos da cerimônia. Diferentemente do que diziam, que noivos não podem se ver antes do casamento pois dá azar, os dois viajaram lado a lado, indiferentes aos ditados populares.  Ela, compenetrada, carregando no colo o bolo de casamento. Ele, nervoso, contando os minutos para estar em terra firme.
A chegada foi no horário previsto. Antes de irem para a igreja, deram uma passadinha na casa dos pais da noiva para se recompor e vestirem  seus trajes para a cerimonia. A viagem, embora curta, foi desconfortável para o noivo, que enjoou todo o percurso, coitado…  Ainda bem que naquele dia não choveu, muito pelo contrário. O céu estava limpo, sem nuvens; não houve turbulência, a não ser umas rajadas de vento que balançaram a aeronave. Por sorte, o piloto era experiente e fez um excelente voo. O bolo e a noiva chegaram intactos, já o noivo estava bastante pálido e, quando saiu do avião, beijou o solo, gesto copiado pelo Papa João Paulo II anos depois.
Minutos antes de seguirem para a igreja, um rapaz veio avisar que o padre chegaria atrasado. Todos falaram ao mesmo tempo:
– Quanto tempo?
O jeep, que o padre estava dirigindo para celebrar uma missa  no município vizinho tinha quebrado e ele voltaria de jegue, o que levaria o dobro de tempo. O pai da noiva saiu numa carreira só; precisava  avisar os convidados, que já estavam na igreja. Alguns voltaram para seus afazeres e outros, mais fervorosos, resolveram permanecer e rezar para que tudo desse certo.
Ao meio dia o sol estava a pino. A mãe da noiva se abanava, tentando em vão afastar o calor. A paisagem, árida, mostrava que aquele era mais um ano de seca; o açude da cidade estava praticamente vazio. Enquanto resmungavam sobre o tempo, imaginavam a situação do padre, conhecido por seu mau-humor e nervosismo. O noivo, que desde criança  tinha problemas de hipoglicemia, começou a dar sinais de que iria desmaiar. O corre-corre para acudi-lo foi grande. A noiva, aperreada, foi esquentar um pouco de leite, enquanto checava se a cobertura do bolo estava derretendo. Estava; o bolo praticamente desmoronou.
Finalmente anunciaram que o padre já estava na Igreja. Os noivos, ansiosos, deram os últimos retoques no visual e seguiram para finalmente selar a união. À entrada da igreja, o piloto, muito nervoso, pediu desculpas ao casal;  informou que esquecera de trazer a máquina fotográfica. A noiva ameaçou chorar! O pai, desolado, perguntou aos convidados se alguém tinha “aquele artefato”, já sabendo de antemão a resposta. O jeito foi acalmar sua filha e levá-la ao altar. O padre, faminto, fez o casamento numa ligeireza nunca vista  naquelas paragens.
O tempo passou e aquele longínquo 28 de maio pôde ser renovado mais duas vezes. A familia, composta por três filhos, logo deu netos. A  primeira netinha, que nasceu  próximo a data do casamento, teve sua primeira festinha de aniversário  junto com a comemoração das Bodas de Prata dos avós. Eles, empolgados e finalmente posando para as fotos, desejaram que pudessem viver juntos mais vinte e cinco anos. As Bodas de Ouro foram celebradas com tudo que tinham direito.
A vida desse casal, os meus pais, foi motivo de escrevermos dois livros de família com o objetivo de deixar um pouco de nós para gerações futuras. As conversas, que ouvi durante todos esses anos de convivência, estão guardadas como um tesouro naquelas páginas. Estamos partindo para o terceiro livro, com mais novidades, até porque a familia cresceu. Agora,  já  bisavós, completarão Bodas de Diamante essa semana, saudáveis e felizes. Eles nunca imaginaram chegar tão longe…
Parecia que tinha tudo para dar errado, mas graças a Deus deu tudo certo!
Ana Madalena
Continuar lendo CRÔNICAS: TINHA TUDO PRA DAR ERRADO…POR ANA MADALENA

MUSICAL: ÉPOCA DE OURO NO PROGRAMA INSTRUMENTAL SESC BRASIL, EM O MELHOR DO CHORINHO

Hoje, em O MELHOR DO CHORINHO, você vai assistir um show de primeira com o grupo ÉPOCA DE OURO, numa apresentação no Programa Instrumental Sesc Brasil. Fundado em 1964 por Jacob do Bandolim, o Conjunto Época de Ouro chega aos 55 anos com um disco de músicas inéditas. Reconhecido e aclamado pela execução perfeita do choro genuíno, o grupo mostra a mesma excelência de sempre. Então aproveite para afinar seus ouvidos com o que há de melhor do Choro!

Fonte:

Continuar lendo MUSICAL: ÉPOCA DE OURO NO PROGRAMA INSTRUMENTAL SESC BRASIL, EM O MELHOR DO CHORINHO

POESIA: AMOR E RESPEITO, POR BRÁULIO BESSA

Terça-feira é dia de poesia aqui na coluna POESIA do Blog do Saber e POESIA de qualidade é com o inigualável Bráulio Bessa o Show Man. Hoje ele declama um poema maravilhoso e inspirador, de sua autoria: “Amor e Respeito”. Vamos assistir, ouvir, apreciar e admirar!

Fonte:

Continuar lendo POESIA: AMOR E RESPEITO, POR BRÁULIO BESSA

BOAS NOTÍCIAS: BRASILEIRA NICOLE DE 18 ANOS GANHA BOLSA DE R$ 2 MILHÕES PARA SER ASTRONAUTA

Nicole Vieira Pires, de 18 anos, uma estudante goiana, que sonha ser astronauta, acaba de ganhar uma bolsa de estudos integral na Universidade de Columbia, em Nova Iorque, EUA no valor total de 2 milhões de reais. Leia o artigo completo a seguir e saiba de todos os detalhes da grande façanha dessa brasileirinha!

Brasileira que sonha ser astronauta ganha bolsa de R$ 2 milhões nos EUA

Por redação

Uma estudante goiana, que sonha ser astronauta, deu o primeiro passo para conquistar seu desejo.

Nicole Vieira Pires, de 18 anos, ganhou uma bolsa de estudos integral na Universidade de Columbia, em Nova Iorque, EUA no valor total de 2 milhões de reais.

Agora, ela vai cursar física e ciência da computação. Ela ainda foi selecionada para o programa “Science Research Fellow”, que reúne cientistas ligados ao Prêmio Nobel.

Se não fosse a bolsa, Nicole teria despesas de 90 mil dólares por ano, cerca de 500 mil reais e ao todo R$ 2 milhões por 4 anos.

A carta de aprovação na universidade norte-americana chegou no mês passado e a viagem para os Estados Unidos está marcada para agosto.

Determinada

Nicole começou a se destacar cedo na escola sempre apaixonada pelos livros e pela ciência.

Ela coleciona prêmios estudantis e também no xadrez, outra paixão pela qual foi premiada com medalha de ouro no Campeonato Brasileiro de Xadrez.

Além disso, também foi premiada num concurso internacional de física.

Para chegar a maior conquista de todas, a estudante foi selecionada para o programa de estudos da Universidade de Stanford, na Califórnia.

E aos 17, escreveu o livro “Ciência, Cultura e Sociedade”. O livro será lançado ainda neste semestre..

A estudante aconselha os jovens que possuem o mesmo sonho que ela:

“Se você sonha em estudar fora não hesite em ir além da média e estudar bastante para atingir esse objetivo. Sempre esteja um passo à frente porque isso nunca vai te trazer prejuízo, só conhecimento.

Foto: Arquivo Pessoal
Foto: Arquivo Pessoal

Com informações do Bol

Continuar lendo BOAS NOTÍCIAS: BRASILEIRA NICOLE DE 18 ANOS GANHA BOLSA DE R$ 2 MILHÕES PARA SER ASTRONAUTA

MUSICAL: LIVE CHORINHO, ESSÊNCIA BRASILEIRA COM AYRTON MONTARROYOS EM O MELHOR DO CHORINHO

O destaque da nossa coluna MUSICAL desta segunda-feira dentro da série O MELHOR DO CHORINHO é talentoso músico e cantor pernambucano Ayrton Montarroyos, na live Chorinho, Essência Brasileira. Vamos ver, ouvir, apreciar, cantar e curtir!

Fonte:

Continuar lendo MUSICAL: LIVE CHORINHO, ESSÊNCIA BRASILEIRA COM AYRTON MONTARROYOS EM O MELHOR DO CHORINHO

MUSICAL: BOEMIA A QUE ME TEM DE REGRESSO EM O MELHOR DO CHORINHO

Neste sábado, aqui na sério O MELHOR DO CHORINHO vamos rever e apreciar um show maravilhoso com Choro das 3 e Paulo Godoy fazendo uma interpretação primorosa da famosa música, imortalizada na voz de Nelson Gonçalves: A volta do Boêmio!

Fonte:

Wagner Braga

Continuar lendo MUSICAL: BOEMIA A QUE ME TEM DE REGRESSO EM O MELHOR DO CHORINHO

MUSICAL: SARAU BRASILEIRO NO CLUBE DO SAMBA E DO CHORO 001, EM O MELHOR DO CHORO

Começando o fim de semana com O MELHOR DO CHORO, aqui na coluna MUSICAL, apresentando Clube do samba e do choro 001, com Acir Antão e Wanderley Gomes, no Sarau Brasileiro, pela Rádio Itatiaia. Então aproveite para curtir, apreciar e se regozijar com esse show maravilhoso!

Fonte:

Continuar lendo MUSICAL: SARAU BRASILEIRO NO CLUBE DO SAMBA E DO CHORO 001, EM O MELHOR DO CHORO

POESIA: LINDO CORDEL EM HOMENAGEM A JULIETTE, POR BRÁULIO BESSA

Nada como começar um fim de semana com mais uma pérola do incomparável artista Bráulio Bessa declamando um lindo cordel em homenagem a Juliette. Então você não pode perder essa maravilha de POESIA. Uma das mais recentes desse poeta incrível!

Fonte:

Continuar lendo POESIA: LINDO CORDEL EM HOMENAGEM A JULIETTE, POR BRÁULIO BESSA

MUSICAL: RATINHO, HERMES FILHO E BAÚ DO CHORINHO INTERPRETAM “SAXOFONE POR QUE CHORAS?

A nossa coluna MUSICAL desta quinta-feira, dentro da série O MELHOR DO CHORINHO apresenta “Saxofone, por que choras?” (Ratinho), com Hermes Filho e “Baú de Chorinho”. Trecho integrante de “O Chôro pro Chôro” – primeira edição do evento idealizado pelo “Baú de Chorinho” para a comemoração do “Dia Nacional do Choro” em Campina Grande –, no Miniteatro Paulo Pontes, do Teatro Municipal Severino Cabral, em 23 de abril de 2015. Vamos curtir e apreciar!

Fonte:

Continuar lendo MUSICAL: RATINHO, HERMES FILHO E BAÚ DO CHORINHO INTERPRETAM “SAXOFONE POR QUE CHORAS?

MOMENTO ESPETACULAR: GATO SALTA ESPETACULARMENTE DO 5º ANDAR DE EDIFÍCIO EM CHAMAS

O nosso MOMENTO ESPETACULAR desta semana é um flagrante de salto espetacular dado por um gato que estava no 5º andar de um edifício em chamas localizado na Chicago Street. O gato ainda conseguiu espetacularmente cair suavemente na grama do lado de fora do muro do condomínio, conseguindo aterrissar a uma boa distância do edifício. Leia o artigo completo a seguir e assista ao vídeo! 

Gato ágil se afasta após queda de 5 andares na Chicago Street – ASSISTIR

Um gato em Chicago sobreviveu ileso após pular da janela do quinto andar de um prédio de apartamentos que estava em chamas.

Funcionários do Corpo de Bombeiros de Chicago estavam gravando os bombeiros enquanto trabalhavam para combater o incêndio, quando um felino preto apareceu em meio à fumaça saindo de uma janela quebrada.

O gato testou brevemente a lateral do prédio com as patas dianteiras. Ele saltou, quicou um pouco na grama abaixo. E milagrosamente foi embora.

ASSISTA o vídeo do Guardian deste momento incrível abaixo.)

Fonte: Good News Network

Continuar lendo MOMENTO ESPETACULAR: GATO SALTA ESPETACULARMENTE DO 5º ANDAR DE EDIFÍCIO EM CHAMAS

CRÔNICAS: ESPORTE RADICAL, POR ANA MADALENA

O criativo, imaginativo e quase lúdico conto desta quarta-feira, aqui na coluna CRÔNICAS, de Ana Madalena fala de amizade e compara com esporte radical, no sentido de que uma verdadeira amizade é “para o que der e vier”. Mais uma incrível creação desta incrível escritora. Por isso convido você a fazer essa viagem e expandir a sua imaginação! 

Montanhismo | ACP

“Tenho amigos que não sabem o quanto são meus amigos… Eu poderia suportar, embora não sem dor, que tivessem morrido todos os meus amores, mas enlouqueceria se morressem todos os meus amigos”.
                 Amigos, Vinicius de Morais

Esporte radical


Tudo começou com um dia de chuva, como há muito não acontecia. De repente toda a paisagem se modificou; a vegetação ficou mais verde e o sorriso voltou ao rosto daqueles que reclamavam do calor. Por algumas horas as pessoas  tiveram outro assunto, não só a política e pandemia. O clima é sempre motivo para iniciarmos uma conversa, desde que haja disposição das pessoas para tal. Laura devia achar coisa de “papinho” de elevador.

Somos vizinhas de porta e nos conhecemos exatamente dentro do elevador. Eu, que sou uma pessoa extrovertida, comentei da chuva que me pegou desprevenida, durante a caminhada. Qualquer pessoa que olhasse para mim teria feito essa leitura; a roupa encharcada deixava rastros. Laura fingiu que não tinha ouvido e ainda bem que só estávamos nós duas; ficaria envergonhada se outros vissem sua falta de educação e a minha tentativa inútil de fazer amizade. No geral, sou bem sucedida e não desisto facilmente.

Laura mora com a irmã, informação que escutei de Jorge, o rapaz da limpeza, um dia que veio recolher o lixo. Ele fala de todo mundo, é a radio corredor, como dizem aqui.  Eu fico só imaginando o que diz de mim, apesar da minha vida não ter nada de extraordinário. Talvez comente que faço  compras pela internet ou sobre as refeições que peço com entrega, principalmente pizza, às quartas e domingos. Certa vez, quando lhe pedi para trocar o garrafão de água, ele “soltou” que sou a única que faz pedido de pizza duas vezes por semana. Desde esse dia fiquei de orelhas em pé.

Sempre gostei de quebrar a rotina no meio da semana, ou com a turma da caminhada ou amigos da época da faculdade. Nunca consegui adesão dos meus colegas de trabalho; a desculpa deles é que no outro dia têm que acordar cedo, como se duas horinhas depois do expediente fosse atrapalhar o sono. Infelizmente, durante essa pandemia sem fim, não pude mais sair com meus amigos, mas meu ritual permanece o mesmo. Passo muitas horas do meu dia, sentada sobre meus ísquios, trabalhando feito louca, e mereço um pouquinho de alegria, nem que seja com sabor de queijo, tomate cereja e manjericão.

E foi numa quarta-feira que finalmente Laura conversou comigo. No início não foi bem uma conversa, mas uma constatação. Eu tinha descido para pegar a pizza e quando voltei percebi que ela estava sentada no hall. Olhou para mim e disse que sua irmã ainda não tinha chegado e ela esquecera a chave. Eu, que gosto de manter boas relações com vizinhos, sugeri que esperasse na minha casa. Ela, meio sem graça, aceitou.

Nossa primeira conversa foi quase um desabafo; disse que se sentia angustiada e não conseguia dormir há um bom tempo. O trabalho remoto também estava sendo muito cansativo e não via hora de trabalhar presencialmente, diferentemente da irmã que é da área médica e está na linha de frente nos hospitais, também motivo de muita preocupação. De repente, ela caiu no choro e eu, que sou uma canceriana dramática, não deixei que ela chorasse sozinha. Desde cedo aprendi que a dor do outro não é brincadeira, não é mimimi. Esse foi o começo da nossa amizade, em meio a fatias de pizza e lágrimas, há pouco mais de um ano.

E foi exatamente sobre isso que estava pensando; dificilmente lembramos o exato momento quando nasce uma amizade; ainda bem que tenho boa memória e “feeling” para escolher amigos. Para mim, a amizade está no mesmo patamar dos esportes radicais; é para o que der e vier!  E sim, estou contando essa história também para dizer que estou com saudades de vocês! Até a próxima quarta!

Ana Madalena
Continuar lendo CRÔNICAS: ESPORTE RADICAL, POR ANA MADALENA

MUSICAL: O MELHOR DO CHORINHO APRESENTA ÉPOCA DE OURO NA 1ª EDIÇÃO DE TODAS AS BOSSAS

A edição desta terça-feira da nossa coluna MUSICAL, continuando a série O MELHOR DO CHORINHO tem a honra de apresentar a primeira edição de Todas as Bossas, que recebe um dos mais tradicionais grupos de choro do Brasil, o Conjunto Época de Ouro. Nesse especial, os artistas interpretam clássicos da música instrumental de ícones como Pixinguinha, Garoto, Ernesto Nazareth e Jacob do Bandolim, fundador do grupo. No espetáculo – gravado no estúdio da emissora, no Rio de Janeiro –, o sexteto conta com a participação do percussionista Celsinho Silva. A apresentação tem foco na criatividade e na improvisação de grandes temas do choro e da MPB. Então não perca essa joia de oportunidade!

Fonte:

Continuar lendo MUSICAL: O MELHOR DO CHORINHO APRESENTA ÉPOCA DE OURO NA 1ª EDIÇÃO DE TODAS AS BOSSAS

POESIA: MAIS UM CARINHO NA ALMA, POR BRÁULIO BESSA

Nesta terça-feira estamos de volta com os extraordinários poemas do incrível Bráulio Bessa , que em tempos de pandemia esteve meio sumido. Hoje você vai apreciar a mais recente declamação do artista: “Mais um carinho na Alma”. Então assista, curta, se alegre, reflita e se regozije com mais uma pérola desse artista espetacular!

Continuar lendo POESIA: MAIS UM CARINHO NA ALMA, POR BRÁULIO BESSA

BOAS NOTÍCIAS: ARRECADAÇÃO DO ‘VAXLIVE’, CONCERTO BENEFICENTE, VAI FINACIAR 26 MOLHÕES DE DOSES DE VACINA COVID-19

Um mega Concerto beneficente, o ‘VAXLIVE’, organizado pela Global Citizen, uma ONG fundada online em 2012 para lidar com a pobreza global, conseguiu arrecadar $ 304 milhões, com o objetivo de financiar 26 milhões de doses de vacina contra a Covid-19 e teve a participação de famosos como o Príncipe Harry, presidente da campanha e performances de Jennifer Lopez, Eddie Vedder e Foo Fighters. Leia o artigo completo a seguir e saiba como foi esse grande evento mundial!

Concerto ‘VAX LIVE’ arrecada $ 304 milhões para financiar 26 milhões de doses de vacina COVID-19 para os mais vulneráveis ​​do mundo

 

Cidadão Global – YouTube 

Um show beneficente que foi transmitido em 100 países na semana passada ajudou a mobilizar US $ 302 milhões em financiamento e mais de 26 milhões de doses individuais da vacina COVID-19 para as comunidades mais marginalizadas do mundo e seus profissionais de saúde que precisam de apoio.

Global Citizen, fundado online em 2012 para lidar com a pobreza global, organizou o concerto repleto de estrelas apresentado por Selena Gomez, para apoiar os esforços sem fins lucrativos do ACT Accelerator (Acesso às ferramentas COVID-19).

Apresentado para uma platéia de trabalhadores da linha de frente totalmente vacinados no Estádio SoFi em Los Angeles County, Califórnia, o show foi gravado em 2 de maio.

O show contou com discursos do presidente da campanha VAX LIVE, Príncipe Harry, junto com performances de Jennifer Lopez, Eddie Vedder e Foo Fighters. Você pode assistir os principais clipes do programa, que incluem as aparições de Ben Affleck (que fez uma esquete do Batman com Jimmy Kimmel), Chrissy Teigen, David Letterman, Gayle King, Nomzamo Mbatha, Olivia Munn e Sean Penn, aqui .

O anúncio da semana passada da Global Citizen relatou seus resultados , até agora:

  • $ 302 milhões foram prometidos pelo Canadá e Croácia, e $ 2,5 milhões levantados do setor privado.
  • 13,25 milhões de doses da vacina COVID-19 foram prometidas na Noruega, Espanha, Nova Zelândia, Croácia e Emirados Árabes Unidos.
  • US $ 39,6 milhões em compromissos prometidos por parceiros corporativos e filantrópicos – compromissos que foram combinados em financiamento para um total de US $ 63,3 milhões.
  • No total, mais de 26 milhões de doses da vacina COVID-19 prometidas por governos, empresas e filantropos para apoiar aqueles em todo o mundo mais necessitados como resultado do financiamento acima mencionado.

O príncipe Harry e Meghan também pediram que seus fãs doassem por ocasião do aniversário de seu filho Archie – e sua ligação mobilizou $ 535.000 até a data do show, o que ajudará a comprar 107.000 doses de COVID-19.

Fonte: Good News Network

Continuar lendo BOAS NOTÍCIAS: ARRECADAÇÃO DO ‘VAXLIVE’, CONCERTO BENEFICENTE, VAI FINACIAR 26 MOLHÕES DE DOSES DE VACINA COVID-19

MUSICAL: PLAYLIST COM 104 VÍDEOS DO MELHOR DA MPB

Neste sábado selecionamos uma PLAYLIST campeã, com o que há de melhor na MPB. De Zé Ramalho a Maria Bethânia, de Zeca Baleiro a Natirusts, deSkank a Rodrigo Borges, Cassia Eller a Djavan e muito mais, só a nata pra você curtir muito no seu sabadão. Então, o que está esperando? Aperte logo no play e aprecie!

Fonte: Playlist MPB

Continuar lendo MUSICAL: PLAYLIST COM 104 VÍDEOS DO MELHOR DA MPB

MUSICAL: ISAÍAS E SEUS CHORÕES INTERPRETAM “PEDACINHO DO CÉU” EM O MELHOR DO CHORINHO

Hoje temos O MELHOR DO CHORINHO com Izaías e seus Chorões, interpretando Pedacinho do Céu, composição de Waldir Azevedo, no Instrumental Sesc Brasil. Izaías Bueno de Almeida começou a tocar bandolim com 10 anos de idade. Quando foi apresentado por Jacob do Bandolim, tornou-se o mais respeitado bandolinista de São Paulo. Israel passou depois para o violão, tocando bossa-nova, e para a guitarra, integrando conjuntos de iê-iê-iê. O começo dos anos 70 marcou também o nascimento de Izaías e Seus Chorões, com a atual formação, junta há mais de dez anos. Então vamos assistir, curtir, se emocionar e apreciar!

Fonte:

Continuar lendo MUSICAL: ISAÍAS E SEUS CHORÕES INTERPRETAM “PEDACINHO DO CÉU” EM O MELHOR DO CHORINHO

POESIA: MEU NOME NÃO TEM SUSTANÇA, POR JUSSIER QUIRINO

Nesta sexta-feira temos mais do inigualável Jessier Quirino, aqui na coluna POESIA, declamando a poesia “Meu nome não tem sustança”, que é um poema das antigas, de quando o poeta escrevia e guardava. Teve, portanto, mais tempo de maturação. Então não deixe de assistir mais um show desse artista extraordinário!

Fonte:

Continuar lendo POESIA: MEU NOME NÃO TEM SUSTANÇA, POR JUSSIER QUIRINO

MUSICAL: DUDU MAIA E REGIONAL INTERPRETAM “NOITES CARIOCAS” DE JACOB DO BANDOLIM

O MELHOR DO CHORINHO apresenta nesta quinta-feira, aqui na coluna MUSICAL Dudu Maia e Regional, ao vivo no Clube do Choro de Brasília, interpretando “Noites Cariocas”, do inesquecível e imortal Jacob do Bandolim. Um verdadeiro show de perícia e arte que você não pode perder!

Dudu Maia – bandolim

Pedro Vasconcellos – cavaquinho

Dudu Sete Cordas – violão 7 cordas

Breno Alves – pandeiro

Direção de fotografia – Chico Gorman

Técnico de gravação e P.A. – Alan Pinho Luz – Sérgio Sartório

Mixagem e masterização – Dudu Maia

Edição de vídeo – Dudu Maia

Audio e video produzidos por Dudu Maia na Casa do Som. Brasilia.

Fonte:

Continuar lendo MUSICAL: DUDU MAIA E REGIONAL INTERPRETAM “NOITES CARIOCAS” DE JACOB DO BANDOLIM

CRÔNICAS: SE ESCREVE MÃE…POR ANA MADALENA

Na coluna CRÔNICAS desta quarta-feira a nossa colaboradora Ana Madalena faz uma bela e singela homenagem, não apenas as mães biológicas, mas também as madrastas e as mães adotivas e coloca todas no mesmo patamar, pois exceções a parte o que impera nos relacionamentos mãe e filho, madrasta e enteado, mãe adotiva e filho adotivo, na verdade é o amor. E o amor não tem marca registrada, não tem DNA, nem sinal de nascença. O amor incondicional é universal e é justamente o que viemos aprender nessa trajetória evolutiva. Então fique com a leitura de mais uma crônica maravilhosa da nossa escritora favorita!

“Amor igual ao teu, eu nunca mais terei
Amor que eu nunca vi igual, eu nunca mais verei
Amor que não se pede, amor que não se mede,
Que nao se repete”.
                 Onde você mora, Nando Reis 

Se escreve mãe…


Li certa vez que a literatura poderia ser um ramo da biologia e que as palavras deveriam ser tratadas como seres vivos pois, de uma hora para outra, podem decolar do papel e sair por aí, sem destino. Eu concordo e por isso tenho muito cuidado; certas palavras reverberam tão alto que a gente nunca sabe como pode ser recebida, e, por conseguinte, afetar os outros.

Domingo foi comemorado o dia das mães. A palavra “mãe” por si só já vem com dose extra de carga emocional. Mãe se traduz com praticamente todas as categorias gramaticais; é realmente um fenômeno. Inversamente proporcional é a sua prima injustiçada, a madrasta. A mulher que exerce esse papel geralmente é vista com lente de aumento. Ela é uma malabarista, vive eternamente equilibrando pratinhos: não gerou a criança mas ainda assim tem certas responsabilidades. Ela já entra em desvantagem, em família construída, com  hábitos arraigados. Raramente a madrasta sai do papel de coadjuvante; há sempre um dedo a lhe apontar lembrando que ela não é “a mãe”.

Existem inúmeras histórias bem sucedidas de convivência entre enteados e madrastas mas houve um tempo que “madrasta” era quase um palavrão, talvez amparado pela madrasta má da Cinderela. Essa sim, tinha muito do que se queixar. Ali, não sei quem era pior, a madrasta ou as meia irmãs invejosas. Por falar em meia(o) irmã(o), a impressão que tenho quando alguém enfatiza isso, é porque não quer a pessoa por inteiro. Quando existe afeto, ninguém fraciona parentesco, nem sentimento.

Eu não sabia que existia o dia da madrasta,  primeiro domingo de setembro. Confesso que só me interessei pelo assunto por um post que minha cunhada enviou parabenizando-me pelo dia das mães. Ela é uma excelente madrasta para meus sobrinhos. Aliás, eu nem a chamo de boadrasta; na minha cabeça o prefixo é o que realmente significa, maternal, mater, madre. Ela está sempre de braços e coração acolhedores e, diferentemente da insegurança de algumas mulheres, nunca quis tomar o lugar da mãe. Ainda bem que o amor não tem quantidade estabelecida, sempre transborda. E não importa de onde venha, porque a maternidade não é sobre gerar, mas sobre sentir. Feliz do filho que sente esse amor.

E sobre sentir, que o digam as mães que adotam crianças. Sem a explosão hormonal, elas recebem nos braços uma criança que, na maioria das vezes, lhes chega de repente.  Como reconhecer naquela criança uma parte de você? Por sorte, essas mulheres geralmente decidem ser mães quando já se esgotou a possibilidade de gerar um filho. Aí,  acontece um milagre: todo aquele amor acumulado nas várias tentativas da maternidade, recai na criança. A maternidade adotiva também produz um hormônio, a ocitocina, que “nasce” por meio de afetos positivos. Apesar da não existência da parte biológica, gestação e amamentação, o cérebro da mãe adotiva com o passar do tempo se comporta semelhante ao da mãe que deu à luz. Só para constar, não diferencio filho, nem mãe adotiva. São filhos e mães. E ponto.

O dia das mães é uma data bastante comercial e que movimenta, além da economia, o coração. Confesso que me emociono sempre com as mensagens publicitárias e seus textos belíssimos. Infelizmente, essa data não foi celebrada em muitas famílias; a pandemia tirou a vida de mães e filhos no mundo todo. Ainda bem que a maternidade se traduz também em colo e, tomara Deus, alguém, da rede de proteção dessas famílias, cuidará de preencher um pouco esse vazio.

Espero que no próximo ano possamos celebrar esse dia juntos, sem distanciamento, nem máscaras. O mundo está carente de tudo, principalmente de afeto. E por falar em afeto, vamos lembrar que se escreve “mãe”, mas significa “amor”.

Ana Madalena
Continuar lendo CRÔNICAS: SE ESCREVE MÃE…POR ANA MADALENA

MUSICAL: CHORO DAS 3 INTERPRETA “ATRAENTE” DE CHIQUINHA GONZAGA, EM O MELHOR DO CHORINHO

Com cerca de seis anos de existência, o Choro das 3, grupo da cidade de Porto Feliz no interior de São Paulo, é composto pelas irmãs Corina, Lia e Elisa e é o destaque da nossa coluna MUSICAL, dentro da nova série: O melhor do chorinho. Neste show divulgam o primeiro cd “Meu Brasil brasileiro” (2008), inteiramente gravado, produzido e mixado por elas. Trabalho que apresenta clássicos do gênero e preserva o clima informal das rodas de choro. As irmãs fazem homenagem ao flautista e compositor Benedito Lacerda. Então, assista, curta e aprecie!

Fonte:

Instrumental Sesc Brasil

Continuar lendo MUSICAL: CHORO DAS 3 INTERPRETA “ATRAENTE” DE CHIQUINHA GONZAGA, EM O MELHOR DO CHORINHO

POESIA: CONTRANARCISO DE PAULO LEMINSKI, POR ARNALDO ANTUNES

A nossa coluna POESIA trás nesta terça-feira do TODA POESIA, a poesia de Paulo Leminski que promove — com inteligência e sensibilidade — o encontro de muitos contrários: o rigor e a emoção, a erudição e a leveza, a vanguarda e o pop. Não por acaso Leminski é um dos autores que, tendo florescido nos anos 1970, continua influenciando poetas e letristas das novas gerações. A coletânea “Toda poesia” reúne pela primeira vez toda a poesia já publicada do autor curitibano, mestre do verso lapidar e da astúcia. Livros hoje clássicos como “Caprichos e relaxos”, “Distraídos venceremos” e “La vie en close”, além de títulos raros como “Quarenta clics em Curitiba” estão agora novamente à disposição dos leitores com inédito apuro editorial.  

Poema lido no vídeo: contranarciso, de Paulo Leminski

em mim eu vejo o outro

e outro

e outro

enfim dezenas

trens passando

vagões cheios de gente

centenas

o outro que há em mim

é você

você

e você

assim como

eu estou em você

eu estou nele

em nós

e só quando

estamos em nós

estamos em paz

mesmo que estejamos a sós

Fonte:

Continuar lendo POESIA: CONTRANARCISO DE PAULO LEMINSKI, POR ARNALDO ANTUNES

MUSICAL: CHORO DAS 3 INTERPRETA NOSTALGIA, EM O MELHOR DO CHORINHO

A A coluna MUSICAL tem o prazer de apresentar, a partir desta segunda-feira a nova série O MELHOR DO CHORINHO. A estreia é com o Choro das 3 interpretando “Nostalgia” de Jacob do Bandolim. Roda de choro da na Sede do Choro das 3 em Porto Feliz SP, BR. Da esquerda para a direita os músicos são Elisa Meyer (bandolim), Arnoldinho (violão de 7 cordas), Gallani (cavaquinho), Eduardo Ferreira (pandeiro), Stanley Carvalho (clarinete), Danilo Brito (bandolim), Lia Meyer (de 7 cordas) guitarra). 

Fonte:

Continuar lendo MUSICAL: CHORO DAS 3 INTERPRETA NOSTALGIA, EM O MELHOR DO CHORINHO

BOAS NOTÍCIAS: AS VEZES SÃO NECESSÁRIAS ALGUMAS PERDAS PARA DESCOBRIRMOS A NOSSA VERDADEIRA MISSÃO

A história que você vai ver no artigo a seguir é a mais claro e cristalino exemplo de que, às vezes, levamos uma vida inteira para descobrir qual a nossa verdadeira missão, o nosso verdadeiro talento único e invariavelmente passa pelo sofrimento  e pela dor. Mas a boa notícia é que ao encontrarmos essa resposta verificamos que para conquistarmos essa nova realidade passamos por perdas irreparáveis, mas essa conquista, essa nova realidade suplanta e muito, em todos os aspectos a situação anterior. Leia o artigo a seguir, reflita e tire suas conclusões!

Ao aprender a usar a  após um derrame, Chen Lie, de 60 anos, descobre que é uma pintora especialista

Aos 60 anos, Chen Lie sofreu um derrame hemorrágico que chegou “sem meu convite ou permissão”. Mas a paralisia temporária de todo o lado direito deu-lhe a oportunidade de florescer no lado esquerdo.

Sem convite ou expectativa, uma nova habilidade surpreendente mudaria sua vida.

Como parte de sua recuperação, ela teve que reaprender como fazer tudo – desde escovar os dentes até usar um garfo ou caneta – com a mão esquerda, resultando em muita frustração.

Um dia, em um acesso de tédio, e pela primeira vez na vida, ela pegou um dos pincéis do neto e começou a colocar cor na tela. A felicidade amanheceu em Chen, pois de repente ela podia pintar lindos cenários naturais, apesar de nunca ter pintado ou praticado um dia em sua vida.

“Eu nunca peguei o pincel antes”, disse Chen à Good News Network . “Não tinha mais nada para fazer, então peguei no pincel e tentei colocar a cor no papel.”

A pincelada

Depois de seu derrame em 2017, Chen concluiu a terapia com paciente internado no Texas antes de se mudar para Nova York para se inscrever em um programa experimental de terapia robótica assistida no Feinstein Institutes for Medical Research em Long Island no final de 2018.

O braço robótico essencialmente permitiu que Chen completasse muito mais repetições na fisioterapia do que seria possível sem ele, permitindo que ela recuperasse o movimento mais rápido.

“Cada vez que recuperávamos algo [durante a reabilitação], contávamos a eles as boas notícias”, disse Chen. “Eles pensaram que era uma maravilha que eu pudesse fazer algo como pintar.”

Chen – cujos pintores favoritos incluem o amado Bob Ross da América – completou incríveis 500 pinturas até hoje. Durante o mês de maio, que é o National Stroke Awareness Month, ela está pintando um todos os dias e postando uma foto em sua página de artista profissional / defesa no Facebook, Stroke of Hope , para ajudar a aumentar a conscientização.

“Na verdade, no começo eu só colocava as cores na tela e depois quanto mais eu fazia, eu lia sobre como pintar, li sobre a cor; é muita pesquisa para eu fazer ”, diz Chen, que considera isso algo como uma ocupação neste momento.

“Ganhei muito conhecimento, então, além da pintura à mão, o cérebro fica pensando; é bom para as vítimas de derrame não deixar o cérebro descansar; Continue pensando; continue procurando pelo conhecimento. ”

Um golpe de esperança

A influência de Bob Ross pode ser vista em um vídeo profissional feito por sua família contando sua história, enquanto ela usa “o velho pincel em leque”, como o próprio homem gentil costumava dizer, para pintar sem esforço árvores perenes cobertas de neve.

Pintura de Chen Lie, Stroke of Hope – FB

A primeira postagem que ela fez no Facebook foi de uma imagem de Cabo San Lucas na Cidade do México, que ela descreveu como “no topo da minha lista de viagens”.

“Nunca a vi pintar”, diz a filha de Chen, Liana. “Enquanto crescia, ela sempre estava ocupada trabalhando, eu nunca nem a vi ter um minuto para fazer qualquer um de seus hobbies. E agora, após o derrame, é bom vê-la fazendo algo que ama. ”

“É como um trabalho para ela! Ela vai sentar-se de manhã cedo, cinco dias por semana, a dedicação é tão real e tão forte que ela vai sentar de manhã, fazer uma pausa [para o almoço], descansar um pouco e voltar a isso ”, ela disse ao GNN.

Stroke Awareness Oregon havia contatado a família para ver se era possível incluir em um leilão algumas de suas pinturas para arrecadar dinheiro para programas de conscientização e resposta rápida para vítimas de derrame no estado.

“Vai para uma boa causa, que é o que o sonho da mamãe realmente é com o golpe de esperança, realmente espalhar a palavra de que não acaba depois que você tem o derrame.” disse Liana.

ASSISTIR suas histórias inspiradoras e algumas pinturas …

Continuar lendo BOAS NOTÍCIAS: AS VEZES SÃO NECESSÁRIAS ALGUMAS PERDAS PARA DESCOBRIRMOS A NOSSA VERDADEIRA MISSÃO

MUSICAL: LIVE PLAYLIST CURADORIA ADRIANA GERLOFF, POR THIAGO MIRANDA

Neste sábado o Blog do Saber, através da coluna MUSICAL, em dia de PLAYLIST, trás uma série de vídeos do Clube de Membros Thiago Miranda. Uma sexta-feira por mês, os membros do Clube se candidatam e, através de um sorteio, um deles é escolhido para ser curador de uma live especial aberta a todos que queiram apreciar! Sejam todos bem-vindos! Ao final, o Thiago Miranda abre duas rodadas de pedidos! Então aproveite essa grande oportunidade de ouvir música da melhor qualidade!

Fonte:

Continuar lendo MUSICAL: LIVE PLAYLIST CURADORIA ADRIANA GERLOFF, POR THIAGO MIRANDA

POESIA: “O LADRÃO”, POR ROLANDO BOLDRIN

Nesta sexta-feira a nossa coluna POESIA apresenta o extraordinário Rolando Boldrin, que declama o poema O Ladrão (Rolando Boldrin, inspirado em conto de Viriato Correia). Convido você a assistir o vídeo completo a seguir para apreciar, curtir, se regozijar com mais uma espetacular interpretação desse monstro da dramaturgia!

Fonte: Sr. Brasil

Continuar lendo POESIA: “O LADRÃO”, POR ROLANDO BOLDRIN

MUSICAL: PÉ NA AREIA, POR DIOGO NOGUEIRA AO VIVO, EM SAMBAS INESQUECÍVEIS

Nesta edição da coluna MUSICAL a série SAMBAS INESQUECÍVEIS apresenta o sensacional Diogo Nogueira, em show ao vivo, interpretando “Pé na areia”, composição de Rodrigo Leite/Diogo Leite/Cauique. Convido você para curtir, cantar, dançar, aplaudir e apreciar!

Fonte:

Continuar lendo MUSICAL: PÉ NA AREIA, POR DIOGO NOGUEIRA AO VIVO, EM SAMBAS INESQUECÍVEIS

BOAS NOTÍCIAS: UMA DESEMPREGADA, MÃE DE 7 FILHOS QUE SAIU DOS $5 AO MILHÃO

Dos U$ 5,00 ao U$ 1 milhão em 10 anos fabricando e vendendo cupcakes. Esse o destaque desta terça-feira, aqui na coluna BOAS NOTÍCIAS. A desempregada Mignon François, com sete filhos para sustentar e apenas U$ 5,00 começou um pequeno negócio de bolos e hoje fatura U$ 1 milhão por ano. Convido você a ler essa bela história de superação no artigo a seguir! 

Ela investiu os últimos $ 5 em um negócio e hoje fatura $ 1 milhão

Uma desempregada norte-americana investiu um valor irrisório no próprio negócio e se tornou milionária.

Em 2007, Mignon François se viu numa baita dificuldade financeira. Sem emprego, ela precisava fazer algo para sustentar os sete filhos.

Como não tinha oportunidades de trabalho, ela resolveu colocar uma placa com a palavra “padaria” na porta de casa.

Não demorou muito para Mignon receber a primeira encomenda: 600 cupcakes! Como não tinha dinheiro suficiente para comprar os ingredientes, ela acordou com o cliente que entregaria 60 cupcakes de início e que, recebendo o dinheiro do primeiro pedido, compraria o material para produzir o restante.

Assim, pegou os últimos US$ 5 que tinha na bolsa e comprou o necessário para a produção dos bolinhos nos Estados Unidos.

Os US$ 5 viraram US$ 60 e, no ano seguinte Mignon François fundou a The Cupcake Collection, uma padaria com lojas espalhadas pelo país inteiro.

A especialidade da marca continua sendo o cupcake, porém eles também produzem pães e bolos. O faturamento da empresa hoje é de mais de US $ 1 milhão por ano!

Negócio milionário

Desde o início do negócio, em 2008, Mignon batalhou muito para que a empresa crescesse. De Nashville, onde a família vivia, ela passou a entregar também para outros estados do país.

Atualmente, além dos cupcakes, a The Cupcake Collection faz também bolos de casamento, aniversário e pães.

Mignon conta que o sucesso da empresa se dá pela forma que ela escalonou o negócio, economizando e investindo da melhor forma.

Hoje, essa mãe se orgulha em faturar mais de US $ 1 milhão por ano e, mesmo com todos os funcionários competentes que tem, ela faz questão de comandar tudo pessoalmente.

Quer empreender e precisa de exemplo e inspiração? Acesse o Instagram da Mignon!

Início da The Cupcake Collection , em Nashville. - Foto: reprodução Instagram
Início da The Cupcake Collection , em Nashville. – Foto: reprodução Instagram
Mignon - Foto: reprodução Instagram
Mignon – Foto: reprodução Instagram 

Por Monique de Carvalho, da redação do Só Notícia Boa. – Com informações de Revista PEGN

Fonte: Só Notícia Boa

Continuar lendo BOAS NOTÍCIAS: UMA DESEMPREGADA, MÃE DE 7 FILHOS QUE SAIU DOS $5 AO MILHÃO

MUSICAL: POT-POURRI COM BETH CARVALHO E ZECA PAGODINHO, EM SAMBAS INESQUECÍVEIS

Nesta terça-feira temos o prazer de apresentar, aqui na coluna MUSICAL a Faixa 14 do álbum “A madrinha do samba (Ao vivo) convida” de Beth Carvalho. Gravado ao vivo no Canecão (RJ) em Outubro de 2004, este álbum de Beth Carvalho, a Madrinha do Samba, conta com a participação de convidados ilustres como Zeca Pagodinho, Jorge Aragão, Quinteto em Branco e Preto, Hamilton de Holanda , Velha Guarda da Portela e muitos outros.

Fonte:

Continuar lendo MUSICAL: POT-POURRI COM BETH CARVALHO E ZECA PAGODINHO, EM SAMBAS INESQUECÍVEIS

POESIA: TELEFONE DESLIGADO, POR ALLAN DIAS CASTRO

POESIA: TELEFONE DESLIGADO, POR ALLAN DIAS CASTRO
Allan Dias Castro, como nasce um poema

Nesta terça-feira o destaque, aqui na coluna POESIA é o brilhante poeta Allan Dias Castro, que declama “Telefone desligado’, de sua autoria e indaga: Com quem você tem vontade de estar fora de área junto? Então convido você a assistir ao vídeo a seguir, apreciara e se regozijar com essa maravilha de poema!

Fonte:

Continuar lendo POESIA: TELEFONE DESLIGADO, POR ALLAN DIAS CASTRO

MUSICAL: DUDU NOBRE NO PROGRAMA RESENHA MUSICAL, EM SAMBAS INESQUECÍVEIS

A nossa série SAMBAS INESQUECÍVEIS nesta segunda-feira vai de Dudu Nobre, numa apresentação inesquecível, no programa RESENHA MUSICAL, com apresentação de Claudemir Rastafári! A Gravação foi realizada no estúdio da SBACEM. Então assista, curta, dance, cante e aprecie!

Fonte:

Continuar lendo MUSICAL: DUDU NOBRE NO PROGRAMA RESENHA MUSICAL, EM SAMBAS INESQUECÍVEIS

Fim do conteúdo

Não há mais páginas para carregar

Fechar Menu
×

Carrinho