OPINIÃO: COM INVESTIMENTOS DO GOVERNO FEDERAL, A FIOCRUZ VAI PRODUZIR 6 MILHÕES DE VACINAS POR SEMANA

Produção de 6 milhões de vacinas por semana pela Fiocruz desmente narrativa infame contra Bolsonaro

Fotomontagem ilustrativaFotomontagem ilustrativa

Boa parte da mídia preferiu ignorar a notícia veiculada nos últimos dias, dando conta de que, já a partir desta semana, a Fiocruz irá produzir 6 milhões de doses de vacinas por semana.

Sim, produção brasileira, graças ao investimento e a aposta acertada do Governo Federal.

Essa notícia desmente todas as narrativas criadas contra o presidente Jair Bolsonaro, demonstrando que elesempre teve preocupação com a questão da vacina contra a Covid-19 e trabalhou para que fosse viabilizada.

Assim, além das vacinas já negociadas pelo Governo Federal, teremos ainda no 1º semestre, em torno de 100 milhões de doses produzidas pela Fiocruz e, no geral, mais de 500 milhões de doses até o final do ano, o que garantirá a vacinação de toda a população brasileira.

Fonte: Jornal da Cidade Online

Continuar lendo OPINIÃO: COM INVESTIMENTOS DO GOVERNO FEDERAL, A FIOCRUZ VAI PRODUZIR 6 MILHÕES DE VACINAS POR SEMANA

POESIA: MATUTO EM LUA DE MEL, POR JESSIER QUIRINO

O extraordinário Jessier Quirino é o nosso destaque desta quinta-feira, aqui na coluna POESIA, com o poema “Matuto em lua de mel”, que é uma narrativa sobre um casal de nubentes, durante o passeio, e nos chamegos de cama depois do casamento. Portanto, não perca essa incrível narrativa que só esse espetáculo de artista sabe fazer e divirta-se até umas horas!

Fonte:

Continuar lendo POESIA: MATUTO EM LUA DE MEL, POR JESSIER QUIRINO

POLÍTICA: NARRATIVA MENTIROSA DA ESQUERDA É DESFEITA POR SALLES, EM AUDIÊNCIA PÚBLICA NO STF

Em audiência pública no STF, Salles acaba com narrativa mentirosa da esquerda

LER NA ÁREA DO ASSINANTE

Ricardo Salles

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, participou na segunda-feira (21) de uma Audiência Pública promovida pelo Supremo Tribunal Federal (STF) para debater o “Fundo Clima”.

O evento ocorre em razão da ADPF 708 (Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental), que tem como objeto suposta omissão da União em não liberar valores do Fundo Clima a partir de 2019.

“Os fatos nem sempre correspondem às versões que são trazidas, o que se verifica, quando se vê fato a fato, é que aquela narrativa do desmonte, do retrocesso, da não preservação, do não cuidado, não se sustenta. O que pode haver são visões diferentes de como fazê-lo”, argumentou Ricardo Salles.

O ministro ainda prosseguiu:

“O que tem ocorrido, e nós temos visto isso desde o ano passado, é uma sucessão de narrativas que vão migrando para o entendimento que neste governo há um retrocesso ou que representa a desproteção ambiental. Nos sucessivos debates e eventos que tenho participado, quando adentramos cada um dos termos concretamente, se verifica que narrativa não corresponde aos fatos.”

O ministro ainda ressaltou que o empenho de recursos do Ministério do Meio Ambiente foram, por exemplo, destinados para os órgãos vinculados, ou seja, a quem incumbe cumprir fiscalizações e ações

Segundo ele, esses órgãos vinculados apresentam percentual de empenho acima de 85%.

“O desmonte ambiental dito por alguns, na verdade, foi recebido pelo governo [atual], foi o governo que recebeu o IBAMA e o ICMBio com 50% de déficit no seu quadro de pessoal. Aliás, o orçamento executado em 2019, foi aquele feito em 2018. Nós estamos executando só agora um orçamento feito por nós, e que infelizmente sofre realmente com contingenciamento, lei de teto e outros mecanismos importantes do equilíbrio fiscal e que é imposto a todos os ministérios”, declarou.

E continuou:

“Com relação ao Fundo Clima, que é tema central dessa ação e audiência, como reconhecido pelo presidente da Câmara dos Deputados o plano de ação já foi feito, o comitê gestor já foi empossado e os recursos já foram encaminhados ao BNDES”, disse Salles, que concluiu: “Então, eu tenho impressão de que esta ação perdeu o objeto”.

Fonte: Jornal da Cidade Online

Continuar lendo POLÍTICA: NARRATIVA MENTIROSA DA ESQUERDA É DESFEITA POR SALLES, EM AUDIÊNCIA PÚBLICA NO STF

POLÍTICA: NARRATIVA DA FOLHA SOBRE APROVAÇÃO DE BOLSONARO É DESTRUÍDA PELO ESCLARECIMENTO DE CAIO COPPOLLA

“Os dois maiores institutos de pesquisa do país, são ligados a grupos de comunicação que fazem oposição sistemática à presidência da República, beirando ai a tentativa, cada vez mais mal sucedida, de assassinato de reputação”. Assim, o inigualável Caio Coppolla, inicia a sua análise sobre o tema “Bolsonaro acertou o rumo do governo?”, proposto pela CNN para o programa “O Grande Debate”.

Diante disso, é possível e bastante plausível cogitar que os números sejam ainda mais favoráveis ao governo do que demonstram as pesquisas.

De qualquer forma, a narrativa que a Folha e demais veículos da grande mídia, tentam impor para justificar a performance de Jair Bolsonaro, prende-se ao pagamento do “auxílio emergencial”.

“Essa é a síntese da narrativa que a imprensa militante, a elite política e os interessados de plantão vão tentar emplacar”, diz Caio.

Para o comentarista, atribuir a boa avaliação do governo a uma medida assistencial, no caso o auxílio emergencial, é algo de “um elitismo, que chega a ser embaraçoso”. E nessa toada, ele desmascara a “mídia do ódio”:

“Porque o que está por trás dessa narrativa, é dizer que a aprovação popular em massa está à venda. E que o pobre brasileiro só vota com a mão no estômago.”

E prossegue:

“Além de ser reducionista, essa explicação não faz o menor sentido, porque o “Bolsa Família” nunca foi interrompido e o lulopetismo não conseguiu se perpetuar no poder.”

Por fim, Caio elucida a questão:

“Tem gente que ignora o quanto pode, que esse é o primeiro governo federal das últimas décadas, sem nenhum escândalo de corrupção. E a gente já está avançando no quarto semestre de gestão. Um governo que paulatinamente entrega obras de muito impacto social e de infraestrutura, nos rincões do Brasil. Um governo de um presidente que, para bem ou para o mal, se comporta da mesmíssima forma, desde a eleição, qualquer que seja a situação.”

 

Continuar lendo POLÍTICA: NARRATIVA DA FOLHA SOBRE APROVAÇÃO DE BOLSONARO É DESTRUÍDA PELO ESCLARECIMENTO DE CAIO COPPOLLA

POLÊMICA: AUGUSTO NUNES RESPONDE A GUILHERME BOULOS: GIGOLÔ DE SEM TETO!

Na coluna POLÊMICA deste sábado você vai se divertir com a troca de farpas entre Guilherme Boulos e Augusto Nunes da rádio Jovem Pan e o desafio feito por Augusto nunes à Boulos. Quero ver se Boulos vai ser capaz de dar o troco! Não perca, vale a pena conferir, pois a esquerda está tão acuada que não tem argumentos plausíveis, apenas narrativas de embromação!

Fonte: 

Publicado em 16 de ago de 2019

Continuar lendo POLÊMICA: AUGUSTO NUNES RESPONDE A GUILHERME BOULOS: GIGOLÔ DE SEM TETO!

Fim do conteúdo

Não há mais páginas para carregar