OPINIÃO: O MAL- CARATISMO DOS POLÍTICOS É ASSUSTADORAMENTE PREVISÍVEL

O toque de recolher, a voz de prisão e a violação de cláusulas pétreas da Constituição Federal

Foto: Elói Corrêa/GOVBA

Há poucos dias eu escrevi que o retorno às aulas seria um ótimo pretexto para decretarem um novo lockdown. A intenção era muito clara e as narrativas que surgiam na imprensa não deixavam dúvidas. O mau-caratismo dos políticos brasileiros é assustadoramente previsível.

Começou! Nem precisou esperar muito tempo. Nem deram tempo, aliás, de voltarem às aulas efetivamente. Conseguiram culpar o “colapso do sistema de saúde”, que já deveria estar adequado à pandemia HÁ UM ANO. Cidades do interior de São Paulo puxaram a fila; a capital, que desativou um hospital de campanha inteiro por falta de pacientes, anunciou novas medidas a partir de quinta-feira e nos outros estados já existem cidades emitindo decretos.

As “regras” estabelecidas pelos prefeitos, inclusive já distribuídas em boletins internos da Policia Militar, deixariam Kim Jong Un morrendo de inveja.

Estamos falando de “Toque de Recolher”, desde o início da noite, 19:00 ou 20:00, dependendo da cidade, até o amanhecer do dia seguinte; proibição de vendas de bebidas alcoólicas, serviços de delivery e até abastecimento de veículos particulares; além de presença de guarnições nas ruas com ordens de PRENDER os cidadãos que descumprirem as determinações, permitindo a circulação apenas de trabalhadores de “setores essenciais” ou cidadãos em emergência.

Sim! A ordem das autoridades é para dar VOZ DE PRISÃO para quem for abordado sem uma receita médica, cupom fiscal de medicamento ou atestado de atendimento em unidade de saúde.

É bizarro. Vivemos em um país que considera um “tabu” falar sobre o AI-5, que prende manifestantes que “atentam contra as instituições”, mas que cidadãos podem ser algemados por saírem nas ruas, em praças ou praias; que prefeitos, como aval do STF, violam cláusulas pétreas da Constituição Federal e decretam medidas que fariam Costa e Silva parecer um liberal.

Bolsonaro, que tanto foi acusado de pretender instalar uma “ditadura”, é o ÚNICO político do país que ainda levanta a voz para defender a liberdade do povo. Um povo apavorado, acovardado e desarmado, que está aceitando bovinamente tornar-se prisioneiro.

Não adianta reclamar. Ou daremos uma resposta DEFINITIVA, mostrando que atingimos o limite da tolerância, ou esses filhos das putas não vão parar até que o último pequeno negócio brasileiro tenha fechado as portas e o povo não tenha mais qualquer resquício de liberdade.

Já faz um ano que estão usando politicamente a pandemia. Já faz um ano que, como ovelhas, aceitamos todos os desmandos de prefeitos e governadores. ELES QUEREM O CAOS. Isso já ficou mais do que claro, para qualquer um com o mínimo de capacidade de raciocínio. Querem um país quebrado e um povo dependente. Querem o fracasso do Governo Federal e a criação de um cenário onde o assistencialismo canhoto seja um argumento eleitoral decisivo. Cabe a nós permitirmos ou não que eles consigam.

 

“Estou firmemente convencido que só se perde a liberdade por culpa da própria fraqueza.” (GANDHI)

Fonte: Jornal da Cidade Online

Continuar lendo OPINIÃO: O MAL- CARATISMO DOS POLÍTICOS É ASSUSTADORAMENTE PREVISÍVEL

BRASIL E PORTUGAL SELARAM UM ACORDO QUE VAI DISPONIBILIZAR VOO PARA TRAZER BRASILEIROS QUE ESTÃO NO PAÍS

Itamaraty faz acordo com Portugal para trazer brasileiros que estão no país

Da CNN, em São Paulo

21 de fevereiro de 2021 às 10:11

Resultado de imagem para fotos do itamaraty

Brasil e Portugal selaram um acordo e vão disponibilizar um voo extraordinário para trazer brasileiros que estão em Lisboa. As viagens do país europeu para o território nacional estão suspensas por conta do agravamento da pandemia de Covid-19.

Na conversa entre o Itamaraty e as autoridades portuguesas, ficou definido que um voo especial sairá de Lisboa e chegará ao Aeroporto Internacional de Guarulhos na próxima sexta-feira (26). O acordo só valerá para quem comprar passagens de volta por meio da empresa portuguesa TAP.

Segundo a Associação Brasileira de Portugal, atualmente 360 brasileiros estão em Portugal sem conseguir retornar.

Para embarcar, os passageiros devem mostrar o resultado de um teste, feito em até no máximo 72 horas, comprovando que não estão infectados pela Covid-19. Ao chegarem de volta, todos deverão preencher um formulário emitido pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

15 mil portugueses já morreram vítimas da Covid-19. A previsão é que os voos entre Portugal e Brasil permaneçam suspensos até o dia 1º de março.

Fonte: CNN

Continuar lendo BRASIL E PORTUGAL SELARAM UM ACORDO QUE VAI DISPONIBILIZAR VOO PARA TRAZER BRASILEIROS QUE ESTÃO NO PAÍS

DEZESSEIS ESTADOS BRASILEIROS JÁ ESTÃO IMUNIZANDO A POPULAÇÃO CONTRA COVID-19

Rio, Amazonas e estados em todas as regiões começam a vacinar contra a Covid-19

Guilherme Venaglia, da CNN, em São Paulo

Atualizado 19 de janeiro de 2021 às 00:51

A técnica de enfermagem Dulcinéia da Silva Lopes, 54 anos e Teresinha da conceiçA técnica de enfermagem Dulcinéia da Silva Lopes, 54 anos e Teresinha da conceição, 80 anos: as duas primeiras vacinadas no Rio de Janeiro (18.jan.2021)

Rio de Janeiro, Amazonas e outros estados brasileiros iniciaram a vacinação contra a Covid-19 nesta segunda-feira (18). Com São Paulo, são, ao todo, dezesseis estados já imunizando a população contra a doença do novo coronavírus.

Até 23h55 (de Brasília) da segunda-feira, a  vacinação contra a Covid-19 já havia começado nos seguintes estados: Amazonas, São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo, Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Piauí, Ceará, Maranhão, Pernambuco, Goiás, Tocantins, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul.

A imunização começou utilizando a Coronavac, vacina contra a Covid-19 produzida pelo Instituto Butantan em parceria com a Sinovac, foi aprovada para uso emergencial em reunião da diretoria da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) no domingo (17).

Terceiro estado mais populoso do Brasil, o Rio de Janeiro iniciou a imunização aos pés do Cristo Redentor. A técnica de enfermagem Dulcinéia da Silva Lopes (54) e a idosa Teresinha da Conceição (80) foram as primeiras cariocas a receberem a vacina.

Em Santa Catarina, o primeiro vacinado foi um profissional da saúde, o enfermeiro Júlio César Vasconcelos, que atua no combate à doença do novo coronavírus em Florianópolis. Já em Goiás, a imunização começou em ato simbólico realizado na cidade de Anápolis (GO).

O início das imunizações está sendo acompanhado das autoridades dos estados. Em Goiás, o governador Ronaldo Caiado (DEM), que é médico, foi o responsável por aplicar a primeira vacina. Em Florianópolis, o governador Carlos Moisés (PSL) se posicionou atrás do momento da aplicação.

No Piauí, o início da vacinação englobou cinco profissionais da saúde. O primeiro é o médico obstetra Joaquim Vaz, de 75 anos, que atua há 45 anos em uma maternidade em Teresina (PI) e já teria feito cerca de 20 mil partos na sua carreira.

O Maranhão também iniciou a imunização. Com a presença do governador Flávio Dino (PCdoB), foi imunizada a técnica de enfermagem Egle Sousa, que atua no Hospital Carlos Macieira, em São Luís, que concentra pacientes com a Covid-19 no estado.

Após o início da vacinação na cidade de São Paulo, com o ato em que a enfermeira Monica Calazans se tornou a primeira imunizada, o governo estadual expandiu nesta segunda-feira (18) a vacinação para outras cidades do estado.

Em situação de colapso no sistema de saúde de Manaus, o estado do Amazonas iniciou a imunização contra a Covid-19 na noite desta segunda-feira (18). Uma profissional de saúde de origem indígena foi imunizada na capital.

O Amazonas é o estado com a maior população indígena do Brasil. Em razão das vulnerabilidades e dificuldades no atendimento, os indígenas estão entre os grupos prioritários para a vacinação.

“Viva os povos indigenas desse pais! Que todos os povos indígenas sejam vacinados! Essa vacina representa muito para os povos indígenas”, disse Vanda Ortega, a primeira vacinada. “Não era para a gente estar aqui, porque nós temos quatro parentes sendo encaminhados agora para as UPAs”, completou a técnica de enfermagem, da etnia Witoto.

Fonte: CNN

Continuar lendo DEZESSEIS ESTADOS BRASILEIROS JÁ ESTÃO IMUNIZANDO A POPULAÇÃO CONTRA COVID-19

PARA SAIR DO REINO UNIDO, BRASILEIROS RELATAM DIFICULDADES APÓS DESCOBERTA DE NOVA VARIANTE DO CORONAVÍRUS

Brasileiros relatam dificuldades para sair do Reino Unido

Países proíbem a entrada de pessoas que estiveram em território britânico após descoberta de nova variante do conoravírus

INTERNACIONAL |

 Pablo Marques, do R7

28/12;2020 às 02h00

Brasileiros não conseguem sair do Reino Unido após descoberta de nova cepa do vírus no país

YVES HERMAN/REUTERS – 21.12.2020

Com as restrições devido à covid-19, brasileiros que estão no Reino Unido têm enfretado problemas para tentar viajar para a terra natal. O país europeu sofre restrições de voos, inclusive do governo brasileiro, após o primeiro-ministro, Boris Johnson, anunciar casos de uma nova variante do coronavírus em suas fronteiras.

Não há voos diretos da Inglaterra com destino aos aeroportos brasileiros e isso obriga o trajeto ser feito com escalas, aumentando os custos de viagem, sem oferecer garantia de sucesso. Como muitos governos proibiram a entrada de quem esteve em território britânico por medo da covid-19, há muitas pessoas que não sabem como e quando voltarão para suas casas.

A paranaense Geisla Severo, de 30 anos, chegou a Londres no dia 10 de dezembro e tinha passagens marcadas para voltar em fevereiro do ano que vem. Na semana passada, seu voo foi cancelado e o retorno para o Brasil antecipado para o dia 29 de dezembro.

“A companhia aérea me garante que meu voo saindo de Portugal para o Brasil está confirmado, mas eu preciso fazer uma conexão na Espanha e o país não está aceitando ninguém que esteve no Reino Unido”, diz Geisla.

A brasileira reclama da falta de informação sobre a situação. “As informações estão desencontradas. Há voos que estão sendo cancelados em cima da hora, com 24 horas apenas de antecendêcia.”

Uma das condições exigidas para o embarque é que o passageiro apresente um teste PCR negativo realizado 72 horas antes do dia da viagem. Geisla conta que o teste custa 99 libras, cerca de R$ 700, e se perder a passagem vai perder também o dinheiro usado no exame, que não terá validade na próxima tentativa de viajar.

“Eu ainda tenho onde ficar e sem custo a mais. E aqueles que estão em hotéis? Que precisam gastar com comida e transporte?”, diz.

“Me senti humilhado”

O brasileiro Gabriel Oliveira, 29 anos, vive em Londres há 2 anos e decidiu voltar para o Brasil com a esposa e a filha. A passagem comprada para o dia 28 de dezembro foi antecipada para o dia 25, mas no momento de fazer o check-in não conseguiu embarcar.

“Meu voo faria uma conexão de 1h30 na Espanha e a companhia aérea me barrou dizendo que somente espanhóis poderiam viajar. Eu me senti humilhado ao lado de vários brasileiros que estavam na mesma situação que eu. Os atendentes ainda foram muito mal-educados com a gente”, diz Gabriel.

O paraense decidiu remarcar as passagens para o dia 29 de dezembro com um trajeto que tenha uma conexão em outro país fora da Europa antes de voltar ao Brasil. “Eu vou fazer o teste PCR e vou voltar para o Brasil passando pela Etiópia. Esse caminho eu sei que está dando certo.”

Fonte: R7
Continuar lendo PARA SAIR DO REINO UNIDO, BRASILEIROS RELATAM DIFICULDADES APÓS DESCOBERTA DE NOVA VARIANTE DO CORONAVÍRUS

SANTOS, VASCO E FLUMINENSE CONVIDAM GAROTO VÍTIMA DE RACISMO À FAZER TESTE NOS CLUBES

Por Sílvio Túlio, G1 GO

 

Menino que denunciou racismo recebe convite para testes em grandes clubes brasileiros
Menino que denunciou racismo recebe convite para testes em grandes clubes brasileiros

O garoto Luiz Eduardo Bertoldo Santiago, de 11 anos, que denunciou ter sofrido racismo durante um campeonato de futebol em Caldas Novas, no sul de Goiás, recebeu convites para fazer testes no Santos, Vasco e Fluminense. Ele ganhou, inclusive, uma camiseta do time paulista. Além disso, recebeu mensagens de vários jogadores, como Neymar e Gabriel Jesus.

O caso aconteceu na última quarta-feira (16), durante a Caldas Cup, e foi registrado na polícia. O técnico apontado como o autor das ofensas, Lázaro Caiana, negou as acusações e disse que não foi racista com o menino.

Um vídeo em que Luiz Eduardo relata as ofensas viralizou nas redes sociais. No registro, ele sai de campo chorando e conta o que ocorreu.

“Ele falava assim toda hora: ‘Fecha o preto, fecha o preto, fecha o preto aí’. Eu guardei para falar no final. Ele falou um monte de vezes”, disse o menino, aos prantos.

Luiz Eduardo afirmou que o que ocorreu não vai deixar de perseguir o sonho de ser jogador de futebol.

“Fiquei muito triste e nem joguei direito, mas quero erguer a cabeça e seguir em frente. Respeitem o próximo. Não desistam de seus sonhos”, desabafou o menino.

O garoto recebeu o apoio de vários jogadores profissionais, incluindo Neymar, que pediu para que ele não desistisse, desejou força e afirmou que está na torcida por ele.

Gabriel Jesus também enviou uma mensagem de apoio ao menino. Ele disse que ficou triste com o que ocorreu e pediu que ele “siga em frente, forte, por mais difícil que seja”.

O direto de relacionamento do Uberlândia Academy, time onde Luiz joga, diz que o menino ainda está abalado com o que aconteceu. Segundo Adriano Santos, o menino está “desolado” e não está conseguindo se concentrar nas partidas.

“Luiz está desolado. Na quinta-feira, ele foi expulso da partida no começo do segundo tempo. Ele não está com a cabeça no lugar. Ele chorou, ele percebe o que está acontecendo com ele. Luiz, para quem não sabe, foi eleito o atleta do ano no Uberlândia Academy. Ele vendeu rifa para vir para cá e ele passa por uma situação desastrosa, impiedosa como essa”, lamentou Adriano.Luiz Eduardo diz em vídeo que foi vítima de racismo durante campeonato de futebol em Caldas Novas, Goiás — Foto: Reprodução/TV AnhangueraLuiz Eduardo diz em vídeo que foi vítima de racismo durante campeonato de futebol em Caldas Novas, Goiás — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Pais lamentam

Logo após saberem do episódio, os pais de Luiz Eduardo, que moram em Minas Gerais, viajaram a Caldas Novas para dar suporte ao filho. O pai dele, Leonês Antônio da Silva, se emocionou ao falar do assunto.

“Só de olhar para o rostinho dele, dá para ver que ele está muito triste. A gente vê passando pela televisão, mas não sabe a proporção que é quando acontece com a gente. Está sendo muito difícil para mim, para ele, para a mãe dele”, desabafou.Pais consolam Luiz Eduardo, de 11 anos, após episódio de suposto racismo — Foto: Bruno Dourado/TV AnhangueraPais consolam Luiz Eduardo, de 11 anos, após episódio de suposto racismo — Foto: Bruno Dourado/TV Anhanguera

A mãe dele, Vanessa Cristina, cobrou respeito e classificou a situação como “inaceitável”.

“Espero respeito, não só pelo meu filho mas por todas as crianças ou adultos que passam por isso, porque isso é inaceitável”, afirmou.

Técnico nega ofensas

O técnico suspeito de ser o autor das ofensas negou todas as acusações. Lázaro Caiana, que também é negro, afirmou que o episódio não ocorreu e que essa situação é “impensável”.

“Coisa que não aconteceu [racismo], somos totalmente contra esse tipo de atitude. Entendemos que esse tipo de situação não pode acontecer até mesmo porque estamos totalmente do lado do atleta, que nossa equipe também tem atletas negros. Nossa família é negra, nossa comissão técnica, quase que 90%, é negra. Isso é uma situação impensável de ter acontecido”, defendeu-se.

“Logo mais a verdade estará à tona. Nós estamos tomando as medidas legais, cabíveis e não cabíveis nessa situação para a gente poder reaver a nossa honra e realmente descobrir quem fez a situação com esse atleta, porque nós não concordamos com esse tipo de atitude”, completou.

Fonte: G1

Continuar lendo SANTOS, VASCO E FLUMINENSE CONVIDAM GAROTO VÍTIMA DE RACISMO À FAZER TESTE NOS CLUBES

RACISMO EM DESCONSTRUÇÃO: UM PROJETO PARA DESCONSTRUIR ESSES MITOS

Um projeto de tirar o chapéu criado em Portugal, por brasileiros para combater todas as formas de racismo está dando o que falar. E já começa com o apoio e o insentivo de muita gente grande. O Projeto se chama “Em Desconstrução”. E já conta a participação do humorista e apresentador Rui Unas, admitindo que é um racista em desconstrução. Eu lhe convido a ler o artigo completo a seguir e conhecer como funciona esse maravilhoso projeto.

Portugal entra na campanha brasileira contra racismo: “Em Desconstrução”

Portugal acaba de entrar na campanha “Em Desconstrução”, que foi lançada aqui no Brasil e em agosto passado – com apoio do SóNotíciaBoa – para desconstruir preconceitos de racismo, LGBTQI+fobia e machismo.

Nela, artistas assumem publicamente que foram criados com preconceitos, mas querem desconstruir esse comportamento, que pode levar à violência e morte de seres humanos.

E a estreia em terras portuguesas foi com o humorista e apresentador Rui Unas, admitindo que é um racista em desconstrução. No perfil no Instagram o artista explicou:

“Nasci em 1974… nos anos 80 o racismo propagava-se livremente, nas anedotas, nas histórias que “os pretos fizeram isto ou aquilo”, apontava-se na rua quando se via um casal de negro/negra com branca/branco. E fui crescendo no seio da normalização do preconceito “racial”, escreveu.

“Vamos partir apenas de uma premissa: É muito errado fazer classificações e distinções com base na raça porque biologicamente não existem raças humanas”, continuou Rui Unas.

O abraço de portugueses à campanha foi comemorado pelo idealizador do “Em Desconstrução“, Marcos Guimarães.

“Estou muito feliz e orgulhoso, porque hoje inicia a internacionalização do nosso movimento em terras estrangeiras. Portugal é o primeiro país, além do Brasil, que abraça essa iniciativa e dá mais um passo para desconstruir velhos preconceitos. Iniciamos com o Racismo e vamos levar os outros temas também, assim como estamos fazendo aqui”, contou Marcos Guimarães, sócio-diretor da Designorama, em entrevista ao SóNotíciaBoa.

Internacionalização

O processo de internacionalização da campanha, é liderado por Myriam Taylor, empresária de impacto social e ativista pelos direitos humanos.

A equipa europeia do “EM DESCONSTRUÇÃO” integra também Juliana Santos Wahlgren, responsável sénior do Departamento de Advocacia Política da ENAR – European Network Against Racism (Rede Europeia contra o Racismo), e Paula Cardoso, fundadora do projeto Afrolink.

“Aceitei abraçar a internacionalização do movimento porque acho verdadeiramente que este pode ser o ‘trigger’ …todos somos educados, tanto individual como coletivamente, nos demais preconceitos, e ter essa consciência é o primeiro passo para a sua desconstrução”, diz a criadora da empresa de inovação Muxima Bio.

Outros artistas

Outras figuras públicas portuguesas já anunciaram que vão aderir à campanha contra comportamentos discriminatórios, entre elas os humoristas César Mourão e Fernando Rocha e a jornalista Conceição Queiroz.

Além de mobilizar figuras públicas, a SOS Racismo, a ILGA Portugal e a HeforShe Lisboa, o projeto envolve outras 15 organizações, ativas no combate a todas as formas de discriminação.

As entidades aliadas vão dar orientação consultiva sobre os temas “Em Desconstrução” para fortalecer a mensagem na luta contra os preconceitos.

O movimento

“Em Desconstrução” é um movimento criado para expor e provocar a discussão sobre preconceitos estruturais, pra despertar consciências para estereótipos presentes em todos nós.

No Brasil participaram diversos artistas como Fafá de BelémFábio PorchatNany People, o cantor Tico Santa Cruz, os atores Fabiano AugustoJonathan Azevedo e Nando Cunha, entre outros.

Por Rinaldo de Oliveira, da redação do SóNotíciaBoa

Fonte: Só Notícia Boa

Continuar lendo RACISMO EM DESCONSTRUÇÃO: UM PROJETO PARA DESCONSTRUIR ESSES MITOS

BOAS NOTÍCIAS : EM 2019 A ESPECTATIVA DE VIDA DOS BRASILEIROS SOBE PARA 76, 6

Expectativa de vida no Brasil sobe para 76,6 anos em 2019

 DIVERSOS

Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil

A expectativa de vida ao nascer no Brasil em 2019 era de 76,6 anos, segundo dados da Tábua da Mortalidade, divulgados hoje (26) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A estimativa é 0,3 ano superior à de 2018, divulgada na pesquisa do ano passado (76,3 anos).

A Tábua da Mortalidade é divulgada anualmente pelo IBGE e usa como referência dados de 1º de julho do ano anterior.

O dado, que é uma média da expectativa de vida dos dois sexos, foi publicado na edição de hoje (26) do Diário Oficial da União. A divisão do dado, por sexo, será feita às 10h pelo IBGE.

Fonte: Blog do BG

Continuar lendo BOAS NOTÍCIAS : EM 2019 A ESPECTATIVA DE VIDA DOS BRASILEIROS SOBE PARA 76, 6

O BRASIL TEM DEZENOVE PESQUISADORES QUE ESTÃO ENTRE OS 6.389 MAIS CITADOS DE 2020

Dezenove pesquisadores brasileiros estão entre os mais citados de 2020. Confira

Agência Brasil

22 de novembro de 2020 às 16:35

Pessoas em laboratório produzindo vacinasLaboratório de produção de vacinas da Bio-manguinhos

O site Web of Science divulgou, na última semana, uma lista de “pesquisadores altamente citados” de 2020. São, ao todo, 6.389 pesquisadores de mais de 60 países. Entre eles, estão 19 brasileiros.

A Web of Science é uma plataforma referencial de citações científicas projetada para apoiar pesquisas científicas e acadêmicas com cobertura nas áreas de ciências, ciências sociais, artes e humanidades.

Entre todos os pesquisadores citados, a produção científica de 3.896 deles teve impacto em áreas específicas. Outros 2.493 pesquisadores impactaram diversos campos de conhecimento com seu trabalho. Esse “impacto cruzado” é chamado de cross field.

“É uma satisfação para qualquer pesquisador ter seu árduo trabalhado reconhecido por citações de colegas. Isso quer dizer que muitos cientistas leram seus trabalhos e reconheceram a importância”, afirmou Paulo Artaxo, um dos brasileiros nessa lista.

Artaxo falou ao site da A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp). A fundação apoia o trabalho de Artaxo e de outros dez citados pela Web of Science.

Confira a lista de pesquisadores brasileiros citados

. Paulo Artaxo (Geociências), do Instituto de Física da Universidade de São Paulo (IF-USP);

. Álvaro Avezum (cross-field), do Instituto de Cardiologia Dante Pazzanese;

. Andre Brunoni (cross-field), da Faculdade de Medicina (FM) da USP;

. Geoffrey Cannon (Ciências Sociais), da Faculdade de Saúde Pública (FSP) da USP;

. Henriette Azeredo (Ciências Agrícolas), da Embrapa Agroindústria Tropical em São Carlos;

. Mauro Galetti (Meio Ambiente e Ecologia), da Universidade Estadual Paulista (Unesp) em Rio Claro;

. Renata Bertazzi Levy (Ciências Sociais), da FM-USP;

. Maria Laura C. Louzada (Ciências Sociais), do Instituto de Saúde e Sociedade da Universidade Federal de São Paulo (ISS-Unifesp);

. Carlos Augusto Monteiro (Ciências Sociais), da FSP-USP;

. Helder Nakaya (Imunologia), da Faculdade de Ciências Farmacêuticas da USP;

. Anderson S. Sant’Ana (Ciências Agrícolas), da Faculdade de Engenharia de Alimentos da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp);

. Fernando C. Barros (cross-field), da Universidade Federal de Pelotas (UFPel);

. Mercedes Bustamante (cross-field), da Universidade de Brasília (UnB);

. Adriano Gomes da Cruz (Ciências Agrícolas), do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro (IFRJ);

. Mônica Queiroz de Freitas (Ciências Agrícolas), do Departamento de Tecnologia dos Alimentos da Universidade Federal Fluminense (UFF);

. Pedro Hallal (Ciências Sociais), da UFPel;

. Luis Augusto P. Rohde (Psiquiatria e Psicologia), da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS);

. Felipe Schuch (Psiquiatria e Psicologia), da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM);

. Cesar Gomes Victora (Ciências Sociais), da UFPel.

Fonte: CNN

Continuar lendo O BRASIL TEM DEZENOVE PESQUISADORES QUE ESTÃO ENTRE OS 6.389 MAIS CITADOS DE 2020

POLÍCIA ITALIANA DESMANTELA QUADRILHA QUE PRATICAVA CORRUPÇÃO NO RECONHECIMENTO DE CIDADANIA PARA BRASILEIROS

 

Itália apura esquema de corrupção em cidadania para brasileiros

 Quatro pessoas foram presas preventivamente e outras 74 são investigadas por falsidade ideológica. Quadrilha faturou quase R$ 4 milhões

INTERNACIONAL

Da Ansa

Quatro pessoas foram presas no esquema

Flick

A polícia italiana desmantelou nesta quarta-feira (14) mais uma quadrilha que praticava corrupção para facilitar o reconhecimento de cidadania jus sanguinis (“direito de sangue”) para brasileiros.

O caso ocorreu na cidade de Crescentino, situada na província de Vercelli, noroeste da Itália. Por meio de interceptações telefônicas e microcâmeras instaladas em escritórios municipais, os investigadores conseguiram documentar pagamentos em dinheiro para servidores públicos.

A Procuradoria estima que a quadrilha tenha movimentado mais de 600 mil euros, cerca de R$ 3,9 milhões. Quatro pessoas foram presas preventivamente e estão em regime de detenção domiciliar, enquanto outras 74 são investigadas por falsidade ideológica em atos públicos.

Segundo o jornal La Stampa, o que chamou a atenção dos investigadores foi o elevado número de brasileiros, cerca de 150, que buscavam reconhecer a cidadania italiana em Crescentino, município de pouco menos de 8 mil habitantes.

Os candidatos teriam pagado cerca de 4 mil euros por pessoa para obter o reconhecimento, em um pacote que incluía o aluguel de apartamentos para certificação da residência. Os processos de cidadania eram intermediados por uma agência de Verona, no nordeste da Itália.

Esquemas

Ao longo dos últimos anos, a polícia e o Ministério Público desmantelaram diversas quadrilhas que praticavam corrupção e fraudes nos processos de reconhecimento de cidadania italiana jus sanguinis, especialmente envolvendo brasileiros.

O problema mais frequente é a questão da residência. Para obter o reconhecimento, é preciso comprovar moradia na Itália, o que exige a permanência por um período relativamente incerto, mas que pode durar por volta de três meses.

Em alguns inquéritos, existe a suspeita de irregularidades no reconhecimento da residência, papel que cabe a um guarda municipal, o chamado “vigile”. Há também assessorias que vendem a ideia de que tal etapa pode ser concluída rapidamente ou sem a necessidade da presença permanente do candidato em solo italiano, o que vai de encontro ao que estabelece a lei.

No caso da operação deflagrada nesta quarta-feira, a investigação gira em torno da suposta corrupção de servidores municipais para garantir o reconhecimento da cidadania para brasileiros.

 

Fonte: R7
Continuar lendo POLÍCIA ITALIANA DESMANTELA QUADRILHA QUE PRATICAVA CORRUPÇÃO NO RECONHECIMENTO DE CIDADANIA PARA BRASILEIROS

BOAS NOTÍCIAS: UMA OPORTUNIDADE ÚNICA DE MORAR ETRABALHAR EM MONTREAL E GANHAR r$ 403 MIL POR ANO

BOAS NOTÍCIAS: UMA OPORTUNIDADE ÚNICA DE MORAR ETRABALHAR EM MONTREAL E GANHAR r$ 403 MIL POR ANO
Montreal skyline early in the morning from Mont Royal park, Canada

O Canadá está recrutando brasileiros para preencher 200 vagas de emprego em Montreal nas áreas de tecnologia da informação, jogos e fintechs (tecnologia financeira), para ganhar até R$ 403 mil por ano. Leia o artigo completo a seguir e saiba sobre os pré-requisitos necessários para habilitação e faça soa inscrição.

Canadá procura mais brasileiros para vagas de emprego: R$ 403 mil

Oportunidade pra morar e trabalhar fora. Depois de Québec, agora a cidade de Montreal, no Canadá, procura por brasileiros e aceita candidatos que falem inglês ou francês.

São mais de 200 vagas de emprego. O novo processo de seleção é da agência Montréal Internacional.

Os selecionados vão trabalhar em 20 grandes empresas da cidade. A prioridade é para talentos nas áreas de tecnologia da informação, jogos e fintechs (tecnologia financeira).

A feira virtual de empregos começa dia 19 de outubro e vai até 6 de novembro.

Requisitos

Os requisitos para concorrer são:

  • Ter perfil plenos ou sênior (mínimo de três anos de experiência),
  • Fluência em inglês e/ou francês e
  • Forte motivação para morar no Canadá.
  • Não há limite de idade para os candidatos.

A cidade

Montreal é considerada um dos centros de inovação no mundo e tem mais de 179 mil profissionais de tecnologia que trabalham na área.

Em média, a remuneração anual deles fica em torno de R$ 403 mil, pouco mais de R$ 33 mil por mês.

Na área de games, a cidade concentra 140 estúdios que assinam jogos famosos como Assassin´s Creed Origins e Batman Origins.

Os salários anuais para especialistas da área ficam em torno de R$ 336 mil e R$ 456 mil.

Visto

Cyrielle Bonola, conselheira de atração de talentos internacionais da agência, explica que as empresas serão responsáveis pelo processo de imigração dos candidatos, com a ajuda para obter visto de trabalho.

Segundo ela, os brasileiros se destacam no mercado internacional por sua cultura de trabalho e mentalidade inovadora, muito próxima à dos canadenses.

“Uma vez que o português é uma língua latina, torna-se mais fácil a aprendizagem do francês e uma melhor integração à sociedade quebequense”, explicou.

As funções

As oportunidades são para:

  • Desenvolvedor Backend (.Net / Java),
  • Desenvolvedor PHP,
  • Fullstack ou Frontend (Javascript),
  • Desenvolvedor ou Analista SAP,
  • Programador gaming (C / C# / Gameplay),
  • Artista gaming,
  • QA,
  • Desenvolvedor ou Analista BI,
  • Scrum Master,
  • Dados (Desenvolvedor/Cientista/Administrador/Analista),
  • DevOps,
  • Arquiteto e
  • Especialista em segurança cibernética.
  • Pandemia

A conselheira explica que a pandemia fez o governo do Canadá emitir restrições de viagem, mas que os estrangeiros com permissão de trabalho poderão embarcar para o país.

“Apesar da pandemia, as indústrias de alta tecnologia estão prosperando em Montreal e a necessidade de trabalhadores qualificados é grande. Assim, profissionais estrangeiros ainda podem apresentar candidaturas para permissões de trabalho pela internet. Os departamentos envolvidos continuam a analisar essas candidaturas, apesar de que alguns atrasos possam ser esperados”, diz ela.

Outras informações sobre a feira e inscrições clique aqui

Fonte: Só Notícia Boa

Continuar lendo BOAS NOTÍCIAS: UMA OPORTUNIDADE ÚNICA DE MORAR ETRABALHAR EM MONTREAL E GANHAR r$ 403 MIL POR ANO

BOAS NOTÍCIAS: BRASILEIROS ATINGEM MELHOR PERFORMANCE HISTÓRICA EM OLIMPÍADA INTERNACIONAL DE MATEMÁTICA

A maior conquista de uma equipe brasileira em olimpíadas de matemática de todos os tempos é o destaque desta edição da coluna BOAS NOTÍCIAS, que trás os detalhes da competição, com os ranqueados, suas medalhas e colocação geral na competição. Então, vamos lá, leia tudo e fique por dentro! 

Brasileiros levam ouro e prata históricos em Olimpíada Internacional de Matemática

Um resultado histórico: o Brasil alcançou o melhor desempenho das suas participações na Olimpíada Internacional de Matemática – IMO.

Os resultados saíram no domingo, 27, com cerimônia de premiação realizada online nesta segunda-feira, 28. (vídeo abaixo)

Com uma medalha de ouro e cinco de prata, o time nacional fez 165 pontos e conquistou o 10º lugar entre os 105 países participantes.

As provas foram realizadas em 21 e 22 de setembro em centros de aplicação de cada país, selecionados pelo conselho consultivo da IMO.

Time

O ouro brasileiro foi conquistado por Pedro Gomes Cabral, de Fortaleza (CE).

Bernardo Peruzzo Trevizan, de São Paulo (SP); Guilherme Zeus Dantas e Moura, de Maricá (RJ); Francisco Moreira Machado Neto, de Fortaleza (CE); Gabriel Ribeiro Paiva, de Fortaleza (CE); e Pablo Andrade Carvalho Barros, de Teresina (PI), conquistaram a prata.

“Fiquei me sentindo bastante feliz. Foi uma ótima recompensa por todo o esforço que eu coloquei nessa minha preparação nos últimos cinco anos. A dedicação contínua, as aulas preparatórias do meu colégio e os treinamentos proporcionados pela OBM (Olimpíada Brasileira de Matemática) me ajudaram muito”, comemora Pedro Cabral.

Treinamento

Liderados por Carlos Gustavo Moreira (IMPA), o Gugu, e Matheus Secco (Academia de Ciências Tcheca), os estudantes, medalhistas da 41ª Olimpíada Brasileira de Matemática (OBM), passaram por três testes seletivos e um intenso treinamento.

“Estamos muito contentes com o resultado brasileiro, que foi bastante homogêneo – todos os alunos foram muito bem.

Isso mostra o vigor e a solidez do nosso programa de Olimpíadas, formado a partir da OBM, que tem mais de 40 anos de tradição e conta com uma equipe de voluntários de excelente nível”, pontuou Gugu.

Preparação

Para Matheus, a conquista é resultado de um trabalho sério de preparação de alunos, que vem sendo executado desde a década de 90.

“Já perseguíamos o top 10 há bastante tempo. Este ano, tivemos a coroação deste trabalho. Tivemos uma equipe muito competitiva, os testes de seleção foram acirrados e tínhamos boas expectativas.”

Pandemia

A 61ª IMO aconteceria em São Petersburgo, na Rússia, mas precisou ser adaptada para um novo formato por conta da pandemia.

No Brasil, os exames foram aplicados na Universidade Federal do Ceará (UFC) e no IMPA.

Para proporcionar integração entre estudantes e matemáticos, prejudicada pela ausência de uma sede da competição, a edição deste ano contou uma série de atividades virtuais pelas redes sociais.

Olimpíada Internacional

Realizada desde 1959, a IMO é destinada a estudantes do Ensino Médio com idades entre 14 e 19 anos e que não tenham ingressado na universidade.

Cada time é composto por uma equipe de até seis estudantes. Com 142 medalhas, o Brasil é o país latino-americano com maior número de premiações na competição.

Assista ao vídeo da cerimônia:

Com informações do IMPA

Fonte: Só Notícia Boa

Continuar lendo BOAS NOTÍCIAS: BRASILEIROS ATINGEM MELHOR PERFORMANCE HISTÓRICA EM OLIMPÍADA INTERNACIONAL DE MATEMÁTICA

POLÊMICA: DEPOIS DE PEDIR O BOICOTE AOS PRODUTOS BRASILEIROS, PAULO COELHO SE ARREPENDE

 

Paulo Coelho envergonha o país e pede boicote aos nossos produtos. Depois, se arrepende…

LER NA ÁREA DO ASSINANTE

Paulo Coelho

As máscaras vão se despedaçando…

Torcer contra o país é grave.

Pior, então, é atuar diretamente contra o Brasil.

É o caso do escritor Paulo Coelho.

Neste domingo (13), ele usou o Twitter para pedir boicote às exportações dos produtos brasileiros.

Um ato, no mínimo, antipatriótico. Uma traição ao povo brasileiro.

Massacrado nas redes sociais, apagou o tuíte.

Mas, a máscara já havia caído…

FONTE: Jornal da Cidade Online

 

Continuar lendo POLÊMICA: DEPOIS DE PEDIR O BOICOTE AOS PRODUTOS BRASILEIROS, PAULO COELHO SE ARREPENDE

OPINIÃO: A CONCRETIZAÇÃO DE UM SENTIMENTO GENERALIZADO NOS NÚCLEOS POLÍTICOS BRASILEIROS EXPRESSADO NA REVOLTANTE DECLARAÇÃO DE ALEXANDRE DE MORAES

‘Toda tirania deve ser afastada, inclusive a tirania da maioria que elege o Executivo e o Congresso’, avisa Alexandre

Alexandre de Moraes

A declaração de Alexandre de Moraes muito mais do que enojar e revoltar, é a concretização em uma frase de um sentimento generalizado nos núcleos políticos brasileiros.

E é exatamente por essa mentalidade e essa pressão que gênios como Salim Mattar e Paulo Uebel abandonam o barco.

Antes de apontar o dedo e acusá-los de pipoqueiros e frouxos, pense: eu aguentaria tanta pressão??

Salim Mattar foi claro: “a política não tem interesse em privatizar”.

Junte isso à declaração de Alexandre de Moraes: ʽtoda tirania deve ser afastada, inclusive a tirania da maioria que elege o Executivo e o Congresso Nacional’ em nome da perpetuidade do regime democrático.

A maioria dos eleitores, os 57 milhões, atrapalham a política.

Vejam que a turma dos #somos70% sumiu!!

Eles tentaram impor que eram maioria. Não deu certo.

Agora querem impor que a maioria dos eleitores é tirano.

Criam narrativas para se perpetuarem lá.

Usam dos mais baixos artifícios para enfraquecer quem tem maioria. Mattar é a nova vítima.

Privatizar é tirar apadrinhados. Privatizar é acabar com um centro importante de corrupção. Privatizar é tirar do Estado o peso de uma máquina falida.

Privatizar empresas deficitárias é fechar o ralo.

É fazer sobrar dinheiro para investir em outros lugares.

Mas quem quer isso??

Só a maioria tirana da população… também conhecida como povo.

Ontem um importante combatente abandonou a luta.

Mas ainda temos um exército de 57 milhões!!

Alexandre de Moraes: respeite nosso voto, respeite nossa gente!! Lave a boca antes de falar sobre a maioria dos brasileiros.

A tática do ‘acuse-os do que você é’, não cola mais!!

Tirano é quem não respeita a Constituição e as leis vigentes…

Flavia Ferronato. Advogada. Coordenadora Nacional do Movimento Advogados do Brasil

Fonte: Jornal da Cidade Online

Continuar lendo OPINIÃO: A CONCRETIZAÇÃO DE UM SENTIMENTO GENERALIZADO NOS NÚCLEOS POLÍTICOS BRASILEIROS EXPRESSADO NA REVOLTANTE DECLARAÇÃO DE ALEXANDRE DE MORAES

BRASILEIROS QUE ESCAPARAM DA MORTE POR UM TRIZ AGORA RESPIRAM ALIVIADOS

 

VÍDEOS: flagrantes mostram brasileiros que escaparam da morte por um triz

VÍDEOS: flagrantes mostram brasileiros que escaparam da morte por um triz.

Três adultos e um bebê: Letícia, Moisés, Gean e Gabriel. Todos eles têm algo em comum. Correram sério risco de vida, mas conseguiram escapar por um triz e agora respiram aliviados.

O Fantástico conversou com eles sobre o que viveram e mostra os vídeos, que viralizaram esta semana, do momento em que esses brasileiros viram a morte de perto: a pane de um monomotor em Guabiruba (SC), a queda de um helicóptero no Distrito Federal e dois acidentes de carro em Cascavel (PR).

Fonte: G1

Continuar lendo BRASILEIROS QUE ESCAPARAM DA MORTE POR UM TRIZ AGORA RESPIRAM ALIVIADOS

GOVERNO FEDERAL DECIDIU REABRIR FRONTEIRAS PARA PASSAGEIROS ESTRANGEIROS, MAS COM RESTRIÇÕES EM CINCO ESTADOS BRASILEIROS

Por G1 e TV Globo — Brasília

 

O governo federal decidiu reabrir nesta quarta-feira (29), por 30 dias, as fronteiras do Brasil para passageiros estrangeiros em viagens de avião. A restrição tinha sido definida em março e vinha sendo renovada, a cada mês, como estratégia de combate ao novo coronavírus.

A portaria publicada em edição extra do “Diário Oficial da União” mantém a restrição da entrada em cinco estados: Mato Grosso do Sul, Paraíba, Rondônia, Rio Grande do Sul e Tocantins. Ou seja: os voos internacionais com pouso previsto nesses aeroportos continuam barrados até o fim de agosto.

O documento não explica por que apenas esses terminais tiveram a restrição de funcionamento mantida.

A portaria anterior, de junho, previa a entrada por vias aéreas apenas pelos aeroportos do Galeão (RJ), de Brasília (DF), de Guarulhos e Viracopos (ambos em SP).

A entrada por esses terminais já era válida para qualquer estrangeiro para estadia de curta duração ou por finalidades de estudo, trabalho, realização de investimento, reunião familiar ou atividades artísticas os desportivas.

No início do mês, companhias aéreas também começaram a retomar voos nacionais

Segundo a portaria, os turistas terão que obedecer os “requisitos migratórios adequados à sua condição, inclusive o de portar visto de entrada, quando este for exigido pelo ordenamento jurídico brasileiro”.

Estrangeiros com visto de visita para estadia de curta duração – até 90 dias – deverão apresentar à empresa, antes do embarque, comprovante de aquisição do seguro-saúde. O documento deve ser válido no Brasil e ter duração para toda a estadia prevista. Caso contrário, a entrada em território nacional poderá ser proibida.

As restrições de acesso por vias terrestres e aquáticas também foram mantidas, assim como as exceções a essas regras. A portaria é assinada pelos ministros André Mendonça (Justiça), Braga Netto (Casa Civil), Tarcísio Gomes (Infraestrutura) e Eduardo Pazuello (Saúde, interino).

Em março, o governo passou a adotar medidas de restrição de entrada de estrangeiros como forma de conter o avanço da pandemia no país. Desde então, o prazo tem sido estendido pelas autoridades brasileiras a cada mês.

Fonte: G1

Continuar lendo GOVERNO FEDERAL DECIDIU REABRIR FRONTEIRAS PARA PASSAGEIROS ESTRANGEIROS, MAS COM RESTRIÇÕES EM CINCO ESTADOS BRASILEIROS

MINISTÉRIO DA SAÚDE ESPERA QUE ATÉ DEZEMBRO DESTE ANO O PRIMEIRO LOTE DA VACINA DE OXFORD SEJA APLICADO NA POPULAÇÃO BRASILEIRA

15 milhões de brasileiros podem virar o ano vacinados, diz Ministério da Saúde

Da CNN

 Atualizado 28 de julho de 2020 às 18:16

Com os avanços nas pesquisas da vacina contra a Covid-19, o Ministério da Saúde espera que até dezembro deste ano os medicamentos sejam aprovados para que o primeiro lote da vacina de Oxford seja aplicado na população. O secretário de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Arnaldo Correia de Medeiros, explica que o Brasil deve receber um primeiro lote de vacinas – total de 15,2 milhões de doses – em dezembro e que, caso os testes e estudos sobre a eficácia do medicamento sejam aprovados até lá, o processo de vacinação poderá se iniciar.

“Fechamos acordo para o envio de 100 milhões de doses da vacina em três lotes. O número se baseia na campanha de vacinação contra a influenza no Brasil. O primeiro lote deve chegar na primeira quinzena de dezembro, com 15,2 milhões de doses, e o segundo terá o mesmo número de aplicações e chega entre dezembro em janeiro. O terceiro lote, de 70 milhões de doses chega entre março e abril. Se todos os estudos derem certo, nós iremos iniciar a campanha de vacinação em dezembro.”

Questionado pela CNN se 15 milhões de brasileiros poderiam passar a virada do ano já vacinados, Medeiros respondeu: “A gente espera que sim, esse é o nosso sonho. Estamos trabalhando arduamente para isso.”

Medeiros explica que os primeiros grupos a receberem a vacina serão os idosos, aqueles com comorbidades e os profissionais da saúde da linha de frente. Segundo ele, o Ministério da Saúde já está mobilizando suas equipes para montar uma estratégia de aplicação das vacinas para “não criar pânico nem tumulto” na população para que seja um processo seguro.

“A Secretaria de Vigilância em Saúde cuidada do sistema nacional de imunização. Nossa capacidade de aplicar vacinas é de longa data, somos eficientes para aplicar no país inteiro de forma rápida.”

O secretário também destaca o acordo feito entre o governo brasileiro e a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) com a Universidade de Oxford e a AstraZeneca – laboratório responsável pelo desenvolvimento da vacina – que garante ao Brasil a transferência da tecnologia do medicamento, que poderá ser produzido no laboratório de Bio Manguinhos, da Fiocruz.

“Nessa encomenda com a Oxford e a AstraZeneca, o governo brasileiro assumiu compromisso de transferência de tecnologia para termos autonomia de produção da vacina, que será produzida no laboratório de Biomanguinhos.”

Fonte: CNN

Continuar lendo MINISTÉRIO DA SAÚDE ESPERA QUE ATÉ DEZEMBRO DESTE ANO O PRIMEIRO LOTE DA VACINA DE OXFORD SEJA APLICADO NA POPULAÇÃO BRASILEIRA

OPINIÃO: MÉDICOS SÃO OS PROFISSIONAIS COM MAIS CREDIBILIDADE DENTRE OS BRASILEIROS

Médicos são os profissionais em quem os brasileiros mais depositam credibilidade

Segundo pesquisa Datafolha, 35% dos entrevistados aprovam e depositam maior grau de confiança e credibilidade nestes profissionais.

Por Redação – Publicado em 22/07/2020 às 09:46

Médicos são os profissionais em que os brasileiros depositam maior credibilidade, aponta pesquisa

“Qual o profissional em quem você mais confia e acredita?” Com essa pergunta em mãos, o Instituto Datafolha foi às ruas para saber o grau de confiabilidade da população brasileira em diferentes categorias de trabalhadores. O resultado confirmou os médicos, com 35% de aprovação, como aqueles que são depositários de maior grau de confiança e credibilidade por parte da população. Na segunda posição, aparecem os professores, com 21%, e os bombeiros, com 11%.

O mesmo levantamento indica que a situação provocada pela Covid-19, em que informações desencontradas têm deixado a população insegura, contribuiu para o aumento do percentual de confiabilidade dos médicos. Na pesquisa anterior, realizada em 2018, também pelo Datafolha a pedido do Conselho Federal de Medicina (CFM), os médicos tinham um índice de 24%, que agora cresceu nove pontos percentuais.

Atrás de médicos, professores e bombeiros, aparecem policiais (5%), militares e juízes (cada categoria com 4%) e advogados, jornalistas e engenheiros (3%, cada). Na sequência, surgem os procuradores de Justiça (com 1%) e os políticos (com 0,5%). A pesquisa ouviu 1.511 pessoas, com 16 anos ou mais, em entrevistas estruturadas por telefone, de todas as regiões do país. A amostra contemplou a distribuição da população segundo sexo, classes sociais e níveis de escolaridade.

Boa imagem

O alto nível de confiança e credibilidade depositado nos médicos de deve, principalmente, à percepção das mulheres (42%), da população com ensino fundamental (42%) e com idade a partir de 45 anos (37%). A boa imagem da categoria também é maior entre os que ganham até dois salários mínimos (41%) ou mais de 10 salários mínimos (33%). Do ponto de vista da distribuição geográfica, os percentuais são muito próximos, com ligeiro destaque para os estados do Nordeste (37%) e Sul (38%).

Os dados coletados pelo Datafolha ainda permitiram captar qual a percepção dos brasileiros com respeito à atuação dos médicos brasileiros no enfrentamento da pandemia de Covid-19. Na opinião de 77%, o trabalho desses profissionais é considerado ótimo ou bom. Outros 17% consideram essa performance como regular e apenas 6% como ruim ou péssimo.

As mulheres (78%), a população com idades de 45 a 59 anos (82%), os com nível superior (81%) e com rendimento maior do que dez salários mínimos (78%) são os segmentos que se destacam no que se refere à imagem positiva dos médicos. Geograficamente, o bom conceito não apresenta grandes variações por região, ficando, em média, em 76%.

Pandemia

Essa avaliação do trabalho dos médicos durante a pandemia vem amparada em percepções específicas. Por exemplo, 79% dos brasileiros avaliam como ótimo ou bom o empenho dos profissionais para atender os pacientes e 73% classificam da mesma forma a qualidade da assistência oferecida. Para 64%, o nível de confiança depositada no trabalho realizado durante a pandemia é alto.

Por outro lado, 49% dos brasileiros acreditam que o trabalho do médico não tem recebido a valorização merecida, considerando-a como regular, ruim ou péssimo. Já 65% avaliam com esses mesmos conceitos as condições de trabalho oferecidas aos médicos, ou seja, entendem que o trabalho desses profissionais tem sido prejudicado por falta de infraestrutura.

De forma geral, independentemente do período da pandemia, os brasileiros mantêm o entendimento de que os médicos são vítimas de problemas de gestão. Para 99% dos entrevistados, esses profissionais carecem de condições adequadas para o pleno exercício de suas atividades. Já na percepção de 95%, eles merecem ser alvos de medidas de valorização, como maior remuneração e plano de carreira.

Continuar lendo OPINIÃO: MÉDICOS SÃO OS PROFISSIONAIS COM MAIS CREDIBILIDADE DENTRE OS BRASILEIROS

O VIETNÃ É CONSIDERADO UM SUCESSO NO COMBATE AO CORONAVIRUS

Brasileiros contam como é viver em país sem mortes por covid-19

O Vietnã é considerado um caso de sucesso no combate ao coronavírus e quem vive por lá agradece poder voltar a uma rotina praticamente normal

INTERNACIONAL

Ana Clara Arantes, do R7

Processo de normalização no Vietnã iniciou no mês de abrilProcesso de normalização no Vietnã iniciou no mês de abril

O Vietnã, país localizado no Sudeste Asiático e que contabiliza mais de 95 milhões de habitantes, conseguiu conter o novo coronavírus e hoje vive, praticamente, a mesma normalidade anterior à pandemia da covid-19.

De acordo com os dados mais recentes da OMS (Organização Mundial da Saúde), o país registra, desde o início da pandemia, 355 casos confirmados e nenhuma morte até o momento. Mesmo sendo uma nação em desenvolvimento, o governo conseguiu controlar a doença.

A volta a uma vida quase 100% normal se deve à rápida resposta contra o vírus. Desde o início da pandemia, o país fechou suas fronteiras, investiu em testagem e rastreamento e estipulou medidas de distanciamento e isolamento social.

R7 conversou com brasileiros que vivem no Vietnã e eles contaram sobre como foi viver a pandemia lá e como está a rotina atualmente.

De acordo com Denis Almeida, 29, as medidas realmente foram eficazes. Na sua opinião, as melhores estratégias de controle de novas infecções foram a quarentena e o rastreamento de contato das pessoas infectadas.

“O governo tem um sistema muito bem feito de controle da quarentena. Os profissionais de saúde acompanham as pessoas em casa, fazendo visitas diárias. Com os infectados quarentenados, é feita uma entrevista na qual é rastreado as pessoas que entraram em contato com eles e também os locais que eles frequentaram.”

Governo vietnamita

Outro brasileiro que também vive no Vietnã é Felipe Rabelo, 36. Ele aprova o combate à pandemia e o caracteriza como “excelente, rápido e objetivo”.

Aeroporto do Vietnã antes da quarentena

Entretanto, o brasileiro acredita que as ações não teriam funcionado em um país democrático. “O governo vietnamita controla o país a punho de ferro, e isso ficou evidente na quarentena” comenta Felipe, que destaca a rigidez na postura do governo e sua “forte influência na população”.

Em sua análise, grande parte do respeito dos cidadãos vietnamitas às medidas tem relação ao posicionamento do governo desde o início. Mas Felipe relata que uma grande parte de estrangeiros não aceitaram tão bem as imposições, chegando a desrespeitá-las.

Quarentena e testes

Fronteiras e estabelecimentos fechados, cidades bloqueadas, medidas de proteção, quarentena e testes foram as ações do governo do Vietnã para conter o novo coronavírus.

Denis Almeida relata que sua rotina só não está completamente de volta porque viagens para o exterior ainda não estão sendo realizadas no seu trabalho. Entretanto, antes de o brasileiro poder se sentir de volta à normalidade, ele passou por duas quarentenas rígidas.

“Fui colocado em quarentena duas vezes. Em março, fiz um voo dentro do Vietnã e no avião havia um passageiro que testou positivo. O governo me colocou em quarentena mandatória, ou seja, não tem escolha.”

Local de quarentena reservado pelo governo vietnamita

Foram 14 dias em casa. Neste período, testes foram feitos em Denis e uma pessoa foi disponibilizada pelo condomínio em que ele vive, para que pudesse realizar tarefas necessárias, como compras de alimentos e medicamentos. Além disso, profissionais do Centro de Doenças Tropicais de Ho Chi Minh faziam visitas constantes para registro de seu estado de saúde.

“Na segunda vez, também tive contato com uma pessoa infectada e tive que ficar isolado em um local estabelecido pelo governo. Os quarentenados neste ambiente eram testados, pelo menos três vezes ao longo dos 14 dias, e liberados após três testes negativos consecutivos”.

“Fiquei longe da minha família, mas as medidas foram válidas”, analisa.

Normalidade

No dia 23 de abril, o Vietnã já não registrava transmissão comunitária da covid-19 há duas semanas. Desde então, o país deu início à flexibilização das medidas impostas para o combate do novo coronavírus.

Estabelecimentos já foram reabertos e as cidades retiraram os bloqueios. Também já não há mais controle sobre o uso de máscaras. Felipe Rabelo destaca que somente as fronteiras não foram reabertas.

Felipe e Denis viajando depois da quarentena

Tanto para Felipe quanto para Denis, a resposta do país à pandemia são motivos de orgulho. Eles destacam a devida seriedade com que as autoridades vietnamitas trataram a doença, as ações pautadas na ciência e a cooperação da população.

Por outro lado, como brasileiros, eles se preocupam com a situação do Brasil e também de outras nações com alto número de casos e mortes. Além, claro, da preocupação com os familiares que vivem nesses países com baixo controle de novas infecções.

Impactos

O sistema de saúde do Vietnã não apresentou impactos negativos, graças ao baixo número de casos de covid-19. E com isso, foram poucas dezenas de internações em UTIs (unidades de terapia intensiva). O último paciente com a doença já foi liberado do hospital.

Já o setor econômico sofreu suas baixas, principalmente o setor hoteleiro e imobiliário, devido à limitação da circulação de pessoas.

De acordo com informações oficiais, o crescimento do PIB (Produto Interno Bruto) do país manteve taxa entre 6.73% e 7.65% ao ano, nos últimos três anos. Em janeiro deste ano o PIB foi registrado em 3.82% e em julho a taxa está em 0.36%.

Para recuperar a economia, de acordo com Denis Almeida, o governo tem oferecido apoio às empresas, descontos em contas de luz e água ao setor empresarial e benefício tributário.

Ele acredita que, apesar da existência de impacto econômico, ele será menor que em outros país devido a imediata resposta contra a pandemia e, consequentemente, a reaberturas rápidas.

Conscientização, união e lição

Residindo em um país de sucesso no combate a covid-19, e sendo naturais do Brasil, Denis e Felipe afirmam que a doença é séria, mas que é possível que seja controlada.

Como mensagem, Felipe pede a conscientização da população brasileira e do governo. E união. “Ter 50% da população dividida entre o apoio ao isolamento social e outros dizendo que a doença não é séria, é só uma gripe, aprofunda e agrava ainda mais o problema.”

Denis espera que as pessoas entendam a seriedade de uma pandemia e que este momento que o mundo vive sirva de lição para aprendizado e prevenção, para que possíveis futuras pandemias não tomem a proporção que a covid-19 tem tomado.

Fonte: R7

Continuar lendo O VIETNÃ É CONSIDERADO UM SUCESSO NO COMBATE AO CORONAVIRUS

Fim do conteúdo

Não há mais páginas para carregar