Reaproveitar.

Em suma, nossos relacionamentos, sejam quais forem, quando não temos mais como reaproveitar, devemos ter a coragem para dispor daquele lixo que nos incomoda e colocá-lo num depósito devido, para que, com sorte, possa ser reciclado.

Até onde podemos reaproveitar pessoas?

Nos estados Unidos, você não pode levar roupas rasgadas, com furinhos ou manchas para os postos de reciclagem. Ninguém aceita. É considerado lixo.

Da mesma forma, há pessoas que por mais que você se esforce, faça reparos aqui e acolá, não tem mais como reaproveitar. São aqueles parceiros e amizades tóxicas, parentes também, colegas de trabalho que só nos dão lixo em suas falas, comportamento e atitudes. Por mais que a gente tenha boa vontade, não há como reciclar.

Todavia, há pessoas, que por estarem enfrentando algum problema, e, por vezes, apresentarem uma falha, até a falta de entendimento mesmo, podem sim ser recicladas. Com ajustes aqui e ali, a convivência acaba fluindo e se tornando frutífera.

Em suma, nossos relacionamentos, sejam quais forem, quando não temos mais como reaproveitar, devemos ter a coragem para dispor daquele lixo que nos incomoda e colocá-lo num depósito devido, para que, com sorte, possa ser reciclado.

História real

Certa vez, estava eu e minha amiga que o Direito me deu, Gabriela, na Secretaria da Faculdade, para pegarmos uns certificados. A senhora que nos recebeu estava com aquela cara de ódio do mundo e de todos os seus habitantes, nos atendendo com muita rispidez.

Eu olhei para Gabriela e disse em alto e bom som, com uma voz bem meiga:

“_ Gabi, mas que simpática senhora! Veja, vai procurar nossos certificados. Às vezes, chegamos aqui e ninguém sequer nos vê. Eu fico tão feliz quando encontro pessoas como ela.” E Gabi, atordoada, com aquela cara de quem diz “você está louca?” E eu, me segurando para não rir, olhando com toda a cara de gratidão e admiração que pude fazer naquela hora, para a senhora.

Ela se abriu num sorriso. Agradeceu, começou a conversar sobre qualquer coisa. Trouxe nossos certificados, toda sorridente e comunicativa e eu, continuei a elogiá-la e agradecer a atenção. Depois que saímos, tivemos nossa crise de riso. Nas outras vezes que lá estivemos, ela sempre nos recebia com um sorriso. Não precisou de muito, meus amigos, só algumas palavras.

Entretanto, posso dizer que minha maior feita como agente de reciclagem humana foi meu marido, já sambado, de quatro casamentos. Tem dado certo, mesmo com os percalços de uma vida a dois, mas como falei, trago a mentalidade de sempre procurar consertar, não descartar.

A vida e sua mania de nos reaproveitar.

A vida é o verdadeiro agente de reciclagem. Vai nos moldando, fazendo ajustes, de forma tão sutil que nem percebemos. Nos tornamos mais compreensíveis, mais sábios, ganhamos mais discernimento para escolher nossas “tribos”, o que nos traz paz, o que faz sentido nessa sociedade tão controversa.

Aos poucos, vamos aprendendo coisas novas, deixando as que não nos servem mais pelo caminho, enfim, vamos nos aprimorando. É a vida sempre nos reaproveitando, nos dando mais uma chance de sermos melhores para nós e para os outros.

Agora me fale, você gosta de reaproveitar coisas ou prefere descartar e comprar novas?

Posts Relacionados:

Compartilhar

4 comentários em “Reaproveitar.”

  1. Como sempre, brilhante seu texto.
    Por ser da área ambiental, sempre que posso, utilizo a ideia dos 3 R’s da Sustentabilidade: Reduzir, Reutilizar e Reciclar. Isso na vida.
    Obrigado mais uma vez por compartilhar conosco suas belas crônicas.

    Responder
  2. Tive novamente a crise de riso relembrando aquele dia kkkkkkkkkkkkk. Nunca tinha refletido sob essa perspectiva.
    Eu também vivi a experiência de reaproveitar objetos que tinham sida da minha irmã ou de alguma prima. Lembro muita da minha alegria qdo uma prima engravidou e me deu várias sandálias de salto, uma delas era verde (não me vejo a usando hj), e eu tinha muita vontade de ter uma sandália colorida.
    Sigo tentando ensinar a João, até por ser filho único, a valorizar o que tem. Numa geração acostumada a ganhar presentes a todo momento, sigo buscando que ele tenha menos, mas saiba a importância do q possui.

    Responder

Deixe um comentário