BOAS NOTÍCIAS: ALUNO OURO NA OLIMPÍADA INTERNACIONAL DE MATEMÁTICA

O destaque desta quinta-feira na nossa coluna BOAS NOTÍCIAS é o garoto brasileiro que foi ouro na Olimpíada Internacional de Matemática e elevou o Brasil a condição de Top 10 no Ranking mundial. O jovem Pedro Gomes Cabral, de 18 anos, mora atualmente em Fortaleza e chegou a estudar até 1 horas por dia. Então, parabéns para o jovem aluno e vamos ler o artigo completo para conhecer os detalhes!

Aluno é ouro em Olimpíada de Matemática e leva Brasil ao Top 10

O jovem Pedro Gomes Cabral, de 18 anos, conquistou a medalha de ouro na Olimpíada Internacional de Matemática.

Ele e mais cinco estudantes brasileiros, conseguiram colocar o Brasil entre os dez melhores do mundo na edição de 2020.

Com 165 pontos, a equipe ficou à frente de países como Japão, França Alemanha e Canadá. No total, os jovens brasileiros conquistaram uma medalha de ouro e cinco de prata.

Pedro conta que se preparou desde 2016 para as provas.

“Eu morava em Recife, participei de competições nacionais e com isso ganhei uma bolsa em um colégio de Fortaleza”, disse.

11 horas por dia

O estudante concluiu o ensino médio no ano passado e disse que, durante a pandemia, chegava a estudar 11 horas por dia.

“A prova deste ano foi diferente, não viajamos para a Rússia, como era o esperado, fizemos aqui no Brasil. Todos estavam reunidos em uma sala, com um professor supervisionando, além das câmeras, claro que sentimos a pressão, mas foi melhor por ser em ‘casa’”, afirmou.

Filho único, de pai engenheiro e a mãe formada em ciências da computação, o jovem medalhista sempre teve apoio para estudar e participar de competições de matemática.

“O estímulo foi grande em casa e acredito que conquistar essa medalha também é uma forma de mostrar que é possível, que podemos e somos capazes de ir muito longe.”

Hoje ele está matriculado no curso de Matemática na Ecole Polytechnique de Paris, na França.

Medalhas

As medalhas de prata ficaram com: Bernardo Peruzzo Trevizan, de São Paulo (SP); Guilherme Zeus Dantas e Moura, de Maricá (RJ); Pablo Andrade Carvalho Barros, de Teresina (PI); Francisco Moreira Machado Neto e Gabriel Ribeiro Paiva, ambos de Fortaleza (CE).

Com informações do R7

Fonte: Só Notícia Boa

Continuar lendo BOAS NOTÍCIAS: ALUNO OURO NA OLIMPÍADA INTERNACIONAL DE MATEMÁTICA

BOAS NOTÍCIAS: BRASILEIROS ATINGEM MELHOR PERFORMANCE HISTÓRICA EM OLIMPÍADA INTERNACIONAL DE MATEMÁTICA

A maior conquista de uma equipe brasileira em olimpíadas de matemática de todos os tempos é o destaque desta edição da coluna BOAS NOTÍCIAS, que trás os detalhes da competição, com os ranqueados, suas medalhas e colocação geral na competição. Então, vamos lá, leia tudo e fique por dentro! 

Brasileiros levam ouro e prata históricos em Olimpíada Internacional de Matemática

Um resultado histórico: o Brasil alcançou o melhor desempenho das suas participações na Olimpíada Internacional de Matemática – IMO.

Os resultados saíram no domingo, 27, com cerimônia de premiação realizada online nesta segunda-feira, 28. (vídeo abaixo)

Com uma medalha de ouro e cinco de prata, o time nacional fez 165 pontos e conquistou o 10º lugar entre os 105 países participantes.

As provas foram realizadas em 21 e 22 de setembro em centros de aplicação de cada país, selecionados pelo conselho consultivo da IMO.

Time

O ouro brasileiro foi conquistado por Pedro Gomes Cabral, de Fortaleza (CE).

Bernardo Peruzzo Trevizan, de São Paulo (SP); Guilherme Zeus Dantas e Moura, de Maricá (RJ); Francisco Moreira Machado Neto, de Fortaleza (CE); Gabriel Ribeiro Paiva, de Fortaleza (CE); e Pablo Andrade Carvalho Barros, de Teresina (PI), conquistaram a prata.

“Fiquei me sentindo bastante feliz. Foi uma ótima recompensa por todo o esforço que eu coloquei nessa minha preparação nos últimos cinco anos. A dedicação contínua, as aulas preparatórias do meu colégio e os treinamentos proporcionados pela OBM (Olimpíada Brasileira de Matemática) me ajudaram muito”, comemora Pedro Cabral.

Treinamento

Liderados por Carlos Gustavo Moreira (IMPA), o Gugu, e Matheus Secco (Academia de Ciências Tcheca), os estudantes, medalhistas da 41ª Olimpíada Brasileira de Matemática (OBM), passaram por três testes seletivos e um intenso treinamento.

“Estamos muito contentes com o resultado brasileiro, que foi bastante homogêneo – todos os alunos foram muito bem.

Isso mostra o vigor e a solidez do nosso programa de Olimpíadas, formado a partir da OBM, que tem mais de 40 anos de tradição e conta com uma equipe de voluntários de excelente nível”, pontuou Gugu.

Preparação

Para Matheus, a conquista é resultado de um trabalho sério de preparação de alunos, que vem sendo executado desde a década de 90.

“Já perseguíamos o top 10 há bastante tempo. Este ano, tivemos a coroação deste trabalho. Tivemos uma equipe muito competitiva, os testes de seleção foram acirrados e tínhamos boas expectativas.”

Pandemia

A 61ª IMO aconteceria em São Petersburgo, na Rússia, mas precisou ser adaptada para um novo formato por conta da pandemia.

No Brasil, os exames foram aplicados na Universidade Federal do Ceará (UFC) e no IMPA.

Para proporcionar integração entre estudantes e matemáticos, prejudicada pela ausência de uma sede da competição, a edição deste ano contou uma série de atividades virtuais pelas redes sociais.

Olimpíada Internacional

Realizada desde 1959, a IMO é destinada a estudantes do Ensino Médio com idades entre 14 e 19 anos e que não tenham ingressado na universidade.

Cada time é composto por uma equipe de até seis estudantes. Com 142 medalhas, o Brasil é o país latino-americano com maior número de premiações na competição.

Assista ao vídeo da cerimônia:

Com informações do IMPA

Fonte: Só Notícia Boa

Continuar lendo BOAS NOTÍCIAS: BRASILEIROS ATINGEM MELHOR PERFORMANCE HISTÓRICA EM OLIMPÍADA INTERNACIONAL DE MATEMÁTICA

BOAS NOTÍCIAS: BRASILEIRINHA CARIOCA É OURO NA OLIMPÍADA DE MATEMÁTICA NA CHINA

Na coluna BOAS NOTÍCIA desta sexta-feira temos mais uma brasileirinha campeã em olimpíada de matemática. Desta vez na China e foi medalha de ouro. Leia a reportagem completa a seguir e saiba como foi! 

Aluna brasileira conquista ouro em Olimpíada de Matemática na China

Mãe de Adrieny abraça a estudante que desembarcou no Galeão Foto: Arquivo Pessoal

Mãe de Adrieny abraça a estudante que desembarcou no Galeão Foto: Arquivo Pessoal

A adolescente Adrieny Teixeira conquistou a medalha de ouro de matemática na China.

Foi a primeira viagem internacional dela que é estudante do 9º ano do Colégio Pedro II, no Rio de Janeiro.

Moradora de Vicente Carvalho, na zona norte, ela foi a única brasileira da categoria a ganhar um ouro na World Mathematics Team Championship, Olimpíada Internacional de Matemática, realizada na capital chinesa, Pequim, entre os dias 21 e 25 deste mês, com provas individuais, de revezamento e em grupo.

Por ter completado 15 anos há apenas dois meses, Adrieny teve que competir junto com estudantes do ensino médio, já que a competição dividia os competidores por idade, e não por série escolar.

Além de Adrieny, todos os dezoito alunos das unidades Centro e São Cristóvão que participaram foram premiados.

A ficha da jovem só caiu quando ela viu sua mãe do outro lado do portão de desembarque do Aeroporto Internacional Tom Jobim (Galeão) nesta terça-feira, 26.

“A prova foi de um nível muito elevado, mas eu me esforcei, me dediquei e cheguei lá. Eu consegui um bom resultado, meus amigos também, então a gente trouxe um bom resultado para o Brasil”, afirmou Adrieny, muito tímida.

Os estudantes tiveram até 40 minutos para resolver os problemas matemáticos de diferentes graus de dificuldade. Além disso, era preciso saber inglês ou chinês, já que as questões estavam nestes idiomas.

Além da medalha de ouro, a equipe brasileira trouxe na bagagem: três pratas, sete bronzes e sete menções honrosas.

A competição contou com 1.100 atletas do Brasil, China, Austrália, Filipinas, Malásia e Bulgária, sendo 164 brasileiros de 11 estados, acompanhados de 60 professores.

Brigadeiros

E não foi apenas estudar. A equipe teve que batalhar para conseguir dinheiro para a viagem. E deu certo!

Em abril, os estudantes brasileiros tiveram um ótimo desempenho na Olimpíada Internacional Matemática Sem Fronteiras e foram convidados para representar o Brasil na Olimpíada Internacional de Matemática da Ásia (AIMO) em Taiwan.

Mas, por falta de verba, eles não tiveram como participar da disputa, mas não desistiram e correram atrás do dinheiro.

Durante a campanha para arrecadar o dinheiro necessário para a viagem, os jovens venderam palhas italianas, brigadeiros e bolos, sempre na companhia dos pais.

Além disso, eles criaram uma vaquinha virtual que arrecadou R$ 14.845 na web. Os estudantes também receberam como doação uma camisa assinada pelo treinador e ex-jogador de vôlei Bernardinho, com a qual fizeram uma rifa. Outra forma de conseguir o dinheiro foi dar aulas particulares a colegas de classe.

Foto: Audryn Karolyne e Diego AmorimFoto: Audryn Karolyne e Diego Amorim

Com informações do Extra

Fonte: Só Notícia Boa

Continuar lendo BOAS NOTÍCIAS: BRASILEIRINHA CARIOCA É OURO NA OLIMPÍADA DE MATEMÁTICA NA CHINA

Fim do conteúdo

Não há mais páginas para carregar