SAÚDE: SAIBA TUDO SOBRE CRUDIVORISMO COM O DR. SAMUEL DALLE LASTE

Quinta-feira é dia da coluna SAÚDE e o destaque de hoje é mais uma mini palestra do extraordinário Dr. Samuel Dalle Laste, ensinado o que é CRUDIVORISMO, a alimentação saudável baseada em RAW FOOD. Então, te convido a conhecer essa modalidade de alimentação que está crescendo bastante entre as pessoas que gostam de alimentação saudável. 

Fonte:

Continuar lendo SAÚDE: SAIBA TUDO SOBRE CRUDIVORISMO COM O DR. SAMUEL DALLE LASTE

SAÚDE: SAIBA ATRAVÉS DA CRONONUTRIÇÃO QUAIS OS MELHORES HORÁRIOS PARA SE REALIZAR AS REFEIÇÕES

Na publicação da coluna SAÚDE do dia 26 de janeiro de 2021 o assunto foi sobre a alimentação em função do nosso relógio biológico e do ciclo circadiano (https://blogdosaber.com.br/?s=SA%C3%9ADE%3A+ALINHAR+OS+NOSSOS+%C3%93RG%C3%83OS), que afirmava ser prejudicial a saúde comer antes de dormir. O artigo que trago hoje é sobre Crononutrição, a ciência que estuda os melhores horários para se realizar as refeições e inferir certos alimentos, dentro da mesma linha de pensamento. Então, não perca essa oportunidade única!

Crononutrição: hora que você come pode mudar forma como o corpo funciona | Activia

Crononutrição: alimentação de acordo com o relógio biológico

A crononutrição estuda os melhores horários para se realizar as refeições e ingerir certos alimentos

Escrito por Especialistas

Redação Minha Vida

Em 21/1/2021

Por Saulo Gonçalves, nutricionista (CRN4-20100239)

Você também faz parte do grupo que detesta trabalhar em horário comercial, pois sente que produz mais no início da noite ou que não funciona no início da tarde? Você não está só: cada um de nós possui um ritmo próprio.

O estudo sobre o ritmo certo e o funcionamento do corpo em cada período do dia se chama cronobiologia, sendo a disposição, a fome e o sono funções que seguem padrões estudados por ela. Quando fazemos o recorte desse estudo para a alimentação, aparece a crononutrição.

Em palavras simples, esses estudos visam pensar nos efeitos da alimentação em associação com o relógio biológico. Para quem busca uma alimentação mais saudável, por exemplo, a crononutrição analisa os momentos ideais para realizar refeições e consumir certos alimentos – afinal, o metabolismo dos alimentos sofre efeitos do relógio biológico.

Quem segue os ritmos circadianos – período do ciclo biológico dos seres vivos influenciado pela variação de luz e temperatura – experimenta melhor digestão e absorção dos nutrientes, além de equilíbrio do fornecimento de energia para o corpo.

O relógio do sistema digestivo é sensível à comida e estudos vêm mostrando que não é apenas a contagem de calorias que emagrece, mas a restrição do intervalo de tempo de alimentação – ou seja, comer numa janela de alimentação de 8 a 12 horas (das 10h às 18h, por exemplo), adequando a alimentação ao ciclo circadiano.

De manhã o cortisol (conhecido como hormônio do estresse) está mais alto, estamos mais alertas e ativos para desenvolver as atividades diárias. É hora de uma boa refeição com carboidratos e prática de atividade física, que também pode ser feita à tarde.

À noite, por volta das 18h, o corpo começa a relaxar e há a produção de melatonina. Neste momento não é hora de grandes refeições, bebidas estimulantes ou atividades extenuantes, que vão atrapalhar o sono. Nesse momento, é ideal realizar uma última refeição e preparar o corpo para dormir.

Lembrando sempre que a teoria deve ser adaptada ao caso concreto! Na nutrição não existe regra geral. Tem gente que trabalha à noite e tem gente que não tem fome de manhã. Mudanças de estilo de vida e alimentação são importantes, mas a individualidade também deve ser respeitada.

Por isso é importante buscar ajuda de especialistas da área para um acompanhamento individualizado.

Fonte: 

Especialistas

Minha Vida

Continuar lendo SAÚDE: SAIBA ATRAVÉS DA CRONONUTRIÇÃO QUAIS OS MELHORES HORÁRIOS PARA SE REALIZAR AS REFEIÇÕES

AUTOCONHECIMENTO: A GINECOLOGIA NATURAL E O RENASCIMENTO DO FEMININO SAGRADO

Ainda bem que as ciências naturais estão começando a ganhar força no seio da nossa sociedade, pois estávamos caminhando por uma trilha muito escura e sem esperança de dias melhores. A ginecologia Natural está sendo ressuscitada através de pessoas que acreditam ser possível resolver os problemas de saúde sem a necessidade da intoxicação do nosso organismo com remédios que causam dependência química. Por isso esse artigo é tão importante. Convido você a ler e entender como se deu o renascimento do feminino sagrado pela ginecologia natural!

O renascimento do feminino sagrado pela Ginecologia Natural

Mulher usando roupa de baixo branca segurando a flor vermelha em um copo menstrual
Cottonbro / Pexels / Canva

A ginecologia natural vai além de uma xícara de chá para cólica menstrual ou banho de assento para candidíase, ela traz também a possibilidade de resgatar a nossa ancestralidade feminina, reforça o princípio da autonomia perante nosso corpo, desperta essa conexão e reconhecimento da mulher com a natureza cíclica, e além disso derruba o conceito de “mulheres rivais” e estimula o desenvolvimento da sororidade.

Na minha história, a ginecologia natural foi um divisor de águas, despertando vários processos profundos e esquecidos dentro de mim. Começando pelo autoconhecimento com a observação do meu ciclo menstrual, a mudança de vários hábitos diários que eram tóxicos para o meu corpo (assim como para minha alma), a ressignificação de crenças e velhos tabus, até mesmo o resgate de memórias ancestrais. Acredito que hoje posso dizer que percorro este caminho com mais presença, sem pressa, sem cobrança, no meu tempo.

menstruação já foi considerada sagrada no passado, o símbolo da vida, nutridor da terra e uma ponte entre a humanidade e as divindades. A mulher quando menstruada ficava mais sensível, podendo captar mensagens dos deuses para o progresso e bem-estar de toda a comunidade, era o momento propício para encantamentos e rituais. Nos primórdios, nas antigas civilizações, a mulher tinha uma posição de destaque na vida em sociedade. Reconhecida como sábia, curandeira, parteira, conselheira, responsável pela educação das crianças, nutrição e organização da comunidade, a mulher era admirada como sendo o portal entre o mundo espiritual e a vida na Terra, a responsável por gerar vidas em seu ventre.

Mas, com a expansão do patriarcado e de crenças centradas em um único Deus Homem, os valores foram se perdendo e a mulher foi arrancada do seu protagonismo e jogada nas sombras do medo e da ignorância. A caça às bruxas foi motivada pelo medo, medo do poder que as mulheres exerciam, medo do seus conhecimentos, medo da sua força, medo da mulher selvagem que descansava dentro de todas as mulheres ao redor do mundo, medo da mulher livre. O sangue menstrual passa a ser considerado sujo, impuro, uma maldição gerada pela teimosia da companheira de Adão ao comer o fruto proibido no paraíso. A vagina, antes um portal entre o céu e a Terra, passa a ser vista como a porta de entrada do pecado e da luxúria, percussora do pecado original, ignorada pela medicina e até mesmo violentada com crueldade e frieza.

Figura representativa de um útero com flores, ovos e vagem
Agnes Vigil / Getty Images / Canva

E até hoje nós sofremos com os ecos desse passado sombrio em nosso ventre, nas nossas emoções e até mesmo na própria pele.

Infelizmente, o mundo misógino patriarcal trouxe um olhar frio e cruel para os cuidados da saúde feminina. As mulheres foram classificadas como inferiores em relação aos homens, biologicamente e intelectualmente… E uma grande parte dos saberes antigos foi desacreditada e julgada como crendice. E então os homens passaram a dominar até mesmo um campo tão protegido pelas mulheres por milênios, o parto. A mulher perde a autonomia do seu corpo e passa a ser coadjuvante no momento mais especial e profundo da sua vida.

Não venho atacar a prática da ginecologia médica contemporânea, pois graças ao avanço da medicina a longevidade é algo alcançável para muitas mulheres com acesso a exames modernos, procedimentos cirúrgicos e medicamentos específicos para determinadas doenças, assim como a cesárea em casos de emergências obstétricas. Mas não podemos esquecer que não estamos falando apenas de um órgão oco para fins reprodutivos, estamos falando do nosso segundo coração, um lugar de conexão com forças incompreendidas pela ciência, estamos falando da morada da força feminina.

A ginecologia natural traz de volta o feminino potente e sagrado, perdido entre as chamas da inquisição, devolvendo esse poder para a mulher contemporânea que deseja se conectar com as forças da natureza e de si mesma.

Bruna Nogueira
Escrito por Bruna Nogueira

Fonte: Eu Sem Fronteiras

Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: A GINECOLOGIA NATURAL E O RENASCIMENTO DO FEMININO SAGRADO

SAÚDE INTEGRAL: COMO RECONHECER MANTEIGA DE VERDADE!

Na coluna SAÚDE deste domingo você vai assistir uma Live do Dr. Marco Menelau onde ele vai lhe esclarecer como reconhecer a verdadeira manteiga e não comprar gato por lebre. Então, uma live super importante para quem não tolera ser enganado!

Fonte:

Continuar lendo SAÚDE INTEGRAL: COMO RECONHECER MANTEIGA DE VERDADE!

SAÚDE: DICA DE ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL, POR DR. SAMUEL DALLE LASTE

Nesta segunda-feira, aqui na coluna SAÚDE o Dr. Samuel Dalle Laste dá uma importante dica de alimento saudável. É um alimento alternativo para substituir o amendoim. A dica é a castanha de BARU. Então, fique ligado, não saia dai e assista a mini palestra a completa a seguir!

Fonte:

Continuar lendo SAÚDE: DICA DE ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL, POR DR. SAMUEL DALLE LASTE

SAÚDE: SAIBA TUDO SOBRE OS FITOESTROGENOS PRESENTES NA SOJA

Nesta segunda-feira, começamos a semana com a coluna SAÚDE trazendo um assunto muito importante que é a SOJA. O Dr. Samuel Dalle Laste nos esclarece tudo sobre a soja e os fitoestrogenos presentes na sua composição. No vídeo a seguir ele vai lhe informar quais os damos que o consumo de soja pode lhe trazer. Então, assista ao vídeo, reflita e tire suas conclusões!

Fonte:

Continuar lendo SAÚDE: SAIBA TUDO SOBRE OS FITOESTROGENOS PRESENTES NA SOJA

SAÚDE: SAIBA COMO A INDÚSTRIA ALIMENTÍCIA UTILIZA ADITIVOS QUÍMICOS PARA TE VICIAR NA PRATICIDADE

Nesta quinta-feira, aqui na coluna SAÚDE você vai descobrir um SEGREDO guardado a sete chaves pela indústria alimentícia para te mantem viciado nos seus produtos. O Dr. Samuel Dalle Laste explica o que são aditivos químicos, o que eles causam no seu organismo e como você fica viciado nisso. Então assista ao vídeo completo a seguir e conheça o estrago que alimentos industrializados pode fazer no seu corpo.

Fonte:

Continuar lendo SAÚDE: SAIBA COMO A INDÚSTRIA ALIMENTÍCIA UTILIZA ADITIVOS QUÍMICOS PARA TE VICIAR NA PRATICIDADE

ENTREVISTA: OS SEGREDOS DA LONGEVIDADE – DR. EDMOND SAAB

Se você presa pela sua SAÚDE e quer ter uma vida longa e saudável até o fim assista aqui na coluna ENTREVISTA o Dr. Edmond Saab Jr. esclarecendo muitas dúvidas sobre como manter a saúde em dia e ter uma vida longa e saudável no programa Vida & saúde!

Fonte:

Continuar lendo ENTREVISTA: OS SEGREDOS DA LONGEVIDADE – DR. EDMOND SAAB

ECOLOGIA E MEIO AMBIENTE: ESTUDO CONCLUI QUE TROCAR PROTEÍNA ANIMAL POR VEGETAL REDUZIRIA SENSIVELMENTE EMISSÕES DE CO2

A troca de proteína animal por vegetal para reduzir a emissão de CO2 no planeta terra é o tema da coluna ECOLOGIA E MEIO AMBIENTE desta sexta-feira. Mas a redução da emissão de CO2 não a unica boa consequência dessa mudança. Talvez, tão importante quanto seria a melhoria da saúde, levando a uma maior longevidade, com melhor qualidade de vida para toda a humanidade. Então lhe convido a ler o artigo completo a seguir e conhecer os detalhes desse estudo publicado na Nature Sustainability.

Trocar proteína animal por vegetal reduziria fortemente emissões de CO2

Segundo estudo publicado na “Nature Sustainability”, queda até 2050 poderia equivaler às emissões totais de 16 anos

 Feijão e lentilha: itens alimentares que, no lugar da carne bovina e de laticínios, ajudariam a derrubar drasticamente as emissões de dióxido de carbono na atmosfera. Crédito: Piqsels

Um novo estudo apontou que a substituição do consumo de proteína animal por vegetal, como lentilhas, feijão e nozes, pode remover o equivalente a mais de uma década de emissões de dióxido de carbono na atmosfera.

Publicado na revista “Nature Sustainability”, o trabalho argumenta que essa troca reduziria o total de terra utilizado para a produção de carne bovina e laticínios, que poderia ser restaurada e aproveitada para a produção integrada de legumes, verduras e cereais. Com isso, os autores estimam que a captura de carbono pelas áreas restauradas pode equivaler às emissões totais de até 16 anos.

A retirada desse volume de carbono da atmosfera dobraria o chamado “orçamento de carbono” – o estoque de carbono que a humanidade pode queimar sem inviabilizar a limitação do aquecimento em 2 °C, no máximo, até o final deste século.

“O maior potencial de regeneração florestal e os benefícios climáticos que isso acarreta existiriam em países de renda alta e média-alta, lugares onde o consumo de carne e laticínios teria impactos relativamente menores na segurança alimentar”, afirmou Matthew Hayek, autor principal do estudo e professor da Universidade de Nova York (EUA). “Podemos pensar em mudar nossos hábitos alimentares em favor de dietas mais amigáveis à terra como um suplemento à transição energética”.

O estudo foi destacado pelos veículos “Daily Mail”, Yahoo! NewsI-News e Phys.org, entre outros.

Fonte: Revista Planeta

Continuar lendo ECOLOGIA E MEIO AMBIENTE: ESTUDO CONCLUI QUE TROCAR PROTEÍNA ANIMAL POR VEGETAL REDUZIRIA SENSIVELMENTE EMISSÕES DE CO2

PODCASTS: A IMPORTÂNCIA DO ÓXIDO NÍTRICO NO SISTEMA IMUNOLÓGICO

A coluna PODCASTS desta segunda-feira trás uma mini-palestra do Dr. Edmond Saab Jr. sobre aquele que é, juntamente com o Magnésio, a substância mais importante para a manutenção da nossa saúde integral e plena, mas que quase ninguém sabe, incluindo quase toda a comunidade médica mundial. Esta substância, que na verdade, é um gás, se chama Óxido Nítrico. E se você ficou curioso(a) com essa afirmação, ouça o podcast completo a seguir e descubra tudo sobre esse gás!

Fonte:

Continuar lendo PODCASTS: A IMPORTÂNCIA DO ÓXIDO NÍTRICO NO SISTEMA IMUNOLÓGICO

SAÚDE: DICAS PARA ACABAR COM GORDURA NO FIGADO

Nesta sexta-feira você vai ver aqui, na coluna SAÚDE, grandes dicas do Dr. Marco Menelau sobre como acabar com gordura no figado ou esteatose hepática. Um mal que afeta muito mais pessoas do que se possa imaginar, principalmente porque se pensa que a gordura no fígado é gerada pelo consumo de álcool. Então, aproveite essa oportunidade para conhecer as causas e saber como evitar!

Fonte:

Continuar lendo SAÚDE: DICAS PARA ACABAR COM GORDURA NO FIGADO

SAÚDE: AS PROTEÍNAS VEGETAIS SUBSTITUEM BEM A WHEY PROTEIN?

Nesta quarta-feira o Dr. Samuel Dalle Laste vais tirar todas as suas dúvidas sobre proteínas. Ele vai lhe esclarecer quais as melhores proteínas vegetais e se elas são capazes de substituir a Whey Protein. Portanto, convido você a assistir a mini-palestra a seguir para encontrar as respostas a essas perguntas!

Fonte:

Continuar lendo SAÚDE: AS PROTEÍNAS VEGETAIS SUBSTITUEM BEM A WHEY PROTEIN?

SAÚDE: PROTEÍNAS VEGETAIS, AS MELHORES OPÇÕES!

Neste sábado, a nossa coluna SAÚDE trás mais uma mini-palestra do Dr, Samuel Dalle Laste. Desta vez ele fala sobre as proteínas vegetais. Diz qual delas é a melhor  e explica se ela substitui bem a Whey Protein. Assista a esse excelente vídeo e descubra qual a melhor solução!

Fonte:

Continuar lendo SAÚDE: PROTEÍNAS VEGETAIS, AS MELHORES OPÇÕES!

SAÚDE: ENTENDA O PORQUÊ DE VOCÊ NÃO ESTAR EMAGRECENDO!

Neste sábado você vai entender o porquê de não estar emagrecendo numa live com o Dr. Marco Menelau na nossa coluna SAÚDE. Ele vai explicar que o fiel da balança está na insulina. Então lhe convido a assistir ao vídeo completo a seguir para descobrir de uma maneira simples e didática como transformar o seu pensamento em realidade! 

Fonte:

Continuar lendo SAÚDE: ENTENDA O PORQUÊ DE VOCÊ NÃO ESTAR EMAGRECENDO!

SAÚDE: A DIFICULDADE PARA EMAGRECER EM UM AMBIENTE OBESOGÊNICO

Nesta segunda-feira vamos começar a semana com boas mais uma esclarecedora e instrutiva palestra do Dr. Dale Laste na nossa coluna SAÚDE. Desta vez ele trata dos riscos da obesidade para a saúde e dá dicas importantes de como se alimentar para fugir da obesidade. Por isso lhe convido a assistir o vídeo completo a seguir, refletir e tirar suas conclusões!

Fonte:

Continuar lendo SAÚDE: A DIFICULDADE PARA EMAGRECER EM UM AMBIENTE OBESOGÊNICO

SAÚDE: UM ESTUDO DA UNIVERSIDADE DA CALIFÓRNIA APONTA QUE BENEFÍCIO DO JEJUM INTERMITENTE VAI ALÉM DE EMAGRECER

Um novo estudo Salk Institute e da Escola de Medicina Universidade da Califórnia, em San Diego, nos Estados Unidos, revela outros benefícios do jejum intermitente, como: reduzir os sintomas e ajudar nas doenças decorrentes de quem sofre com a síndrome metabólica, como a pressão arterial e colesterol altos. Leia o artigo completo e saiba quais são esses benefícios!

Jejum intermitente ajuda a emagrecer? Saiba as vantagens e riscos ...

Benefício do jejum intermitente vai além de emagrecer, diz estudo

Comer com intervalos maiores de tempo pode prevenir e tratar doenças da síndrome metabólica

Em 12/12/2019

nutVeja os benefícios do jejum intermitente – Créditos: Cozine/Shutterstock

Novo estudo do Salk Institute e da Escola de Medicina Universidade da Califórnia, em San Diego, nos Estados Unidos, revelou outros benefícios do jejum intermitente, além de perder peso e gordura: reduzir os sintomas e ajudar nas doenças decorrentes de quem sofre com a síndrome metabólica, como a pressão arterial e colesterol altos.

De acordo com os resultados publicados na revista científica Cell Metabolism, a dieta realizada dentro de um intervalo de cerca de 10 horas (com 14 horas de jejum), quando aliada ao tratamento médico adequado, auxilia no tratamento e prevenção das condições que levam ao desenvolvimento de doença cardíaca e diabetes tipo 2.

“Descobrimos que a combinação de alimentos com restrição de tempo e medicamentos pode dar aos pacientes com síndrome metabólica a capacidade de gerenciar melhor sua doença”, diz Satchidananda Panda, co-autor e professor correspondente no Laboratório de Biologia Regulatória de Salk, ao site Science Daily.

Efeitos do jejum intermitente

Isso acontece porque esse tipo de restrição alimentar ajuda a regular o ritmo circadiano (relógio biológico), que é constituído pelos ciclos de processos biológicos de 24 horas que afetam quase todas as células do corpo. E cada vez mais, os cientistas estão descobrindo que padrões alimentares irregulares podem atrapalhar esse sistema e gerar problemas de saúde.

Mas ao “comer e beber tudo (exceto água) dentro de uma janela consistente de 10 horas seu corpo consegue descansar e se restaurar por 14 horas à noite. Ele também pode prever quando você comerá, e assim, pode se preparar para otimizar o metabolismo”, diz Emily Manoogian, co-autora do artigo.

O método pode ser uma alternativa para quem já possui alguma dessas condições, já que intervenções no estilo de vida, como adotar uma alimentação saudável e aumentar a frequência de atividade física, são difíceis de manter e, mesmo quando combinadas com medicamentos, muitas vezes são insuficientes para gerenciar completamente a doença.

“Ao contrário da contagem de calorias, a ingestão de alimentos com restrição de tempo é uma intervenção dietética simples de incorporar, e descobrimos que os participantes conseguiram manter a programação alimentar”, aponta Emily. Além disso, manter horários regulares para se alimentar também ajuda a evitar os riscos.

Outros benefícios

O estudo piloto incluiu 19 participantes diagnosticados com síndrome metabólica que relataram comer durante um intervalo de tempo superior a 14 horas por dia. Além disso, 84% deles estavam tomando pelo menos um medicamento, como estatinas ou uma anti-hipertensivos.

Eles usaram o aplicativo myCircadianClock, do laboratório Panda, para registrar quando e o que comeram durante um período inicial de duas semanas, seguido pela intervenção alimentar de três meses e 10 horas com restrição de tempo.

Para reduzir a ingestão de alimentos para a janela de 10 horas, a maioria dos participantes atrasou sua primeira refeição e avançou sua última refeição todos os dias, para que as refeições não fossem ignoradas.

Ninguém relatou efeitos adversos durante a intervenção. E, no geral, os participantes experimentaram melhora no sono, além de uma redução de 3-4% no peso corporal, índice de massa corporal (IMC), gordura abdominal e circunferência da cintura.

“A adaptação deste período de 10 horas de alimentação restrita é um método fácil e econômico para reduzir os sintomas da síndrome metabólica e melhorar a saúde”, acrescenta Pam Taub, co-autora.

Mas vale ressaltar que o método precisa ser acompanhado por um especialista e nem sempre é indicado para todas as pessoas.

Como funciona o jejum intermitente

conselhos para o jejum intermitente dar certo

Jejum intermitente pode prolongar a vida, diz estudo

erros no jejum intermitente mais comuns

Fonte: Minha Vida

Continuar lendo SAÚDE: UM ESTUDO DA UNIVERSIDADE DA CALIFÓRNIA APONTA QUE BENEFÍCIO DO JEJUM INTERMITENTE VAI ALÉM DE EMAGRECER

BOAS NOTÍCIAS: CHEF KOBE, UM BEBÊ DE 1 ANO É A NOVA SENSAÇÃO NAS REDES SOCIAIS

Um bebê de 1 ano que ainda nem fala é o nosso destaque na coluna BOAS NOTÍCIAS desta quinta-feira para relaxar um pouco de tanta tensão em tempos de pandemia. O Chef Kobe como estão chamando o fofucho sorridente que aparece em vídeo “ajudando” os pais a preparar uma pizza já tem 1,6 milhão de seguidores. Veja a reportagem completa a seguir e assista ao vídeo também!

Chef de 1 ano é a nova estrela culinária: 1,6 milhão de seguidores

Não tem mau humor que resista a ele! O nome desse fofo é Kobe, ou Chef Kobe, como vem sendo chamado por 1,6 milhão de fãs que arrebanhou no Instagram. Ele não para de comer enquanto cozinha, se diverte e mostra o barrigão cheio pra animar a farra. Impossível não rir.

Kobe é um menino lindo, risonho e divertido, de 1 ano, que ainda não sabe falar, mas mexe com o público ao fazer pizzas e outros pratos vestido à caráter, com chapéu de chef e uniforme.

Enquanto ri, mostrando apenas alguns dentinhos da frente, Kobe sova a massa da pizza e ajuda os pais a colocar os ingredientes. Como bom chef, ele experimenta pra ver se está tudo fresquinho (rs)… e dá risada….Ah, Kobe adora comer durante a farra gastronômica.

Quando a pizza fica pronta o pequeno chef experimenta de novo e dá o seu ok com cabeça, pra dizer que o prato está aprovado e pronto para ser servido.

E não só pizza. Kobe faz desde macarrão com queijo e até pratos mais complexos, incluindo costeletas de cordeiro e tigelas tailandesas com manjericão – sempre ao lado dos pais, que não aparecem nos vídeos.

1 milhão de seguidores

Nessa brincadeira, o menino ganhou seu primeiro milhão de seguidores no Instagram nos últimos meses. Hoje ele bateu 1,6 milhão, número de deixa para trás chefs renomados como José Andres, que tem 514 mil seguidores e Guy Fieri, que tem 1,4 milhão de seguidores.

A mãe do chef Kobe, Ashely Wian, disse ao Today Food que ele realmente gosta da cozinha.

“Ele se diverte muito fazendo isso e com uma personalidade tão grande e animada que decidi gravá-lo para compartilhar com amigos e familiares”, afirmou.

“Queria que todos vissem sua empolgação na cozinha e também todas as coisas que ele está aprendendo. “

Come de tudo

Tudo começou com o incentivo da mãe para que o menino comesse de tudo, desde pequeno.

“Kobe come 100 alimentos diferentes com 1 ano de idade. As pessoas adoravam vê-lo experimentar novos alimentos quando começamos aos seis meses, então evoluiu para ele preparando esses alimentos”, afirmou.

No momento, seus favoritos absolutos são mirtilos e bananas.

Queijo

Mas o que o menino realmente adora é queijo e adorar cozinhar por um motivo simples:

“ele come” enquanto cozinha, disse sua mãe. Wian disse que as reações aos vídeos de seu filho foram incrivelmente positivas e ela está muito feliz em saber que ele “coloca um sorriso em tantos rostos em todo o mundo durante um período tão difícil”.

“Adoro que esse tempo com meu filho tenha se transformado em algo inspirador para o mundo. Esses vídeos tolos de nós cozinhando juntos se transformaram em algo que nunca imaginamos!” disse.

Ela contou que as imagens inspiraram outros pais a se sentarem em família e desfrutarem de uma refeição juntos, algo que Wian disse ser “extremamente importante” na casa dela

“Há tantos benefícios na culinária … tantas lições, habilidades práticas – e memórias podem ser criadas”, concluiu.

Agora, com você, o pequeno Chef Kobe:

Com informações do Today

Fonte: Só Notícia Boa

Continuar lendo BOAS NOTÍCIAS: CHEF KOBE, UM BEBÊ DE 1 ANO É A NOVA SENSAÇÃO NAS REDES SOCIAIS

SAÚDE: DESCUBRA OS BENEFÍCIOS DO WHEY PROTEIN E SE VOCÊ REALMENTE PRECISA TOMAR

Neste domingo temos mais uma palestra do Dr. Samuel Dalle Laste na nossa coluna SAÚDE. Desta vez o destaque é o WHEY PROTEIN. Uma substância bem polêmica que muita gente trata como suplemento, mas não é suplemento. Por esse e por outros enganos convido você a assistir o vídeo completo a seguir e saiba quando, como e quanto tomar dessa proteína! 

Fonte:

Continuar lendo SAÚDE: DESCUBRA OS BENEFÍCIOS DO WHEY PROTEIN E SE VOCÊ REALMENTE PRECISA TOMAR

SAÚDE: QUER MELHORAR A PRESSÃO ALTA? DESINFLAME SEU CORPO PRIMEIRO!

Nesta quinta-feira temos mais uma mini-palestra do Dr. Marco Menelau na nossa coluna SAÚDE. Desta vez o destaque é a “pressão alta”, que o nosso palestrante vai lhe informar como evitar, através do processo de desinflamação. Portanto não perca esse excelente vídeo, pois se trata de melhoria da sua qualidade de vida!

Fonte:

Continuar lendo SAÚDE: QUER MELHORAR A PRESSÃO ALTA? DESINFLAME SEU CORPO PRIMEIRO!

SAÚDE: O SEGREDO DE UMA SUPER SAÚDE!

Nesta sexta-feira temos mais uma mini-palestra do Dr. Marco Menelau na coluna SAÚDE. Desta vez o destaque é “Dormir mais e melhor! O segredo para conquistar uma super saúde”! Aqui o renomado médico dá dicas e ensina como melhorar a qualidade do seu sono através de uma alimentação e suplementação mais saudável. Assista ao vídeo e tire suas dúvidas sobre o assunto!

Fonte:

Continuar lendo SAÚDE: O SEGREDO DE UMA SUPER SAÚDE!

SAÚDE: SAIBA QUANDO É PRECISO TOMAR SUPLEMENTOS PARA A SAÚDE

“Suplementos para a saúde” é o destaque da nossa coluna SAÚDE desta quinta-feira com uma mini-palestra do Dr.  Samuel Dalle Laste, que vai lhe orientar quando e se suplementos alimentares e nutracêuticos são necessários. Nesse vídeo ele explica em quais situações ele indica suplementação e os respectivos benefícios para a saúde dos seus pacientes. Assista e tire suas conclusões!

Fonte:

Continuar lendo SAÚDE: SAIBA QUANDO É PRECISO TOMAR SUPLEMENTOS PARA A SAÚDE

SAÚDE: CONHEÇA 5 ALIMENTOS E 1 SUPLEMENTO PARA DESINFLAMAR O SEU CORPO

Nesta quarta-feira estamos de volta com o Dr. Marco Menelau na coluna SAÚDE. Desta vez a sua mini-palestra é sobre INFLAMAÇÃO. Entenda o que é inflamação, qual a sua função no nosso corpo e até onde a inflamação é saudável ou nociva. Portanto, lhe convido a assistir o vídeo completo a seguir passar a ser uma pessoa mais saudável.

Fonte:

Continuar lendo SAÚDE: CONHEÇA 5 ALIMENTOS E 1 SUPLEMENTO PARA DESINFLAMAR O SEU CORPO

SAÚDE: SAIBA O QUE É, QUAIS OS BENEFÍCIOS E INTOLERÂNCIA DA LACTOSE

Na edição da coluna SAÚDE deste domingo temos um artigo sobre LACTOSE. A nutricionista Thayana Albuquerque tira suas dúvidas e esclarece tudo sobre o que é, quais os benefícios e intolerância à lactose. Por isso leia o artigo completo a seguir e passe a se alimentar melhor e com mais consciência.

Lactose: o que é, benefícios e intolerância

A lactose ajuda o trato gastrointestinal a controlar a proliferação de bactérias ruins

Lactose: Benefícios e Malefícios | Affidea

Escrito por Raisa Cavalcante

Redação Minha Vida

O que é lactose?

lactose é uma substância presente no leite e nos derivados lácteos. Também é conhecida como o açúcar do leite, pois proporciona a ele um sabor levemente adocicado. “É a junção de uma molécula de glicose e outra de galactose”, ressalta a nutricionista Thayana Albuquerque.

A função da lactose é fornecer energia e favorecer a absorção do cálcio no organismo. Isso acontece porque, segundo a nutricionista, a lactose reage com o oxigênio no interior das mitocôndrias gerando energia celular.

Benefícios

  • Regula o intestino
  • Melhora absorção de cálcio, magnésio, zinco e manganês
  • Aumenta a resistência a infecções do intestino.

A ingestão de lactose estimula o crescimento de bactérias benéficas do intestino, como as Bifidobacterium e os lactobacilos. “A lactose também reduz o pH intestinal, contribuindo assim para melhor a absorção de minerais como o cálcio, magnésio, zinco e manganês”, afirma a nutricionista Thayana.

No trato gastrointestinal habitam bactérias, vírus e fungos – o que também é conhecido como microbiota intestinal -, que trabalham para controlar a proliferação de bactérias ruins para a saúde. Dessa forma, o consumo de lactose é favorável para aumentar a resistência às infecções intestinais.

De acordo com a nutricionista Débora Copelli Lima, o ideal é consumir três porções de leite e derivados para atingir a quantidade de cálcio diária.

Alimentos com lactose

A lactose está presente no leite, seus derivados e alimentos que usam estes ingredientes como, por exemplo:

  • Queijos
  • Iogurtes
  • Manteiga
  • Pães
  • Cereais
  • Achocolatados
  • Doces
  • Bolos
  • Biscoitos.

Vale lembrar que, além dos citados acima, existem outros e cada alimento possui uma determinada quantidade de lactose.

Intolerância à lactose

“Ser intolerante à lactose significa que seu corpo não produz a enzima lactase, responsável pela quebra da lactose. Algumas pessoas já nascem com essa deficiência outras por período de estresse adquire”, explica Débora Copelli.

Os principais sintomas de intolerância à lactose são:

Portanto, a lactose pode ser maléfica para os intolerantes. Segundo a nutricionista Thayana Albuquerque, quando a pessoa apresenta deficiência na produção da enzima lactase, a lactose é fermentada pelas bactérias do intestino grosso.

Essa fermentação da lactose produz muitos gases e, além dos sintomas citados acima, podem ocorrer prisão de ventredor de cabeça, perda da concentração, cansaço ou dor muscular.

Diferença entre intolerância à lactose e alergia ao leite

Diferentemente da intolerância à lactose, a alergia ao leite é quando o organismo considera o leite como um corpo estranho, não aceitando as proteínas presentes neste alimento.

A alergia ao leite pode causar sintomas parecidos com a intolerância à lactose, por isso o problema pode ser facilmente confundido, mas cada um tem um mecanismo diferente.

Os sintomas da alergia ao leite são: urticárias, inchaço, coceira, tosse, falta de ar, diarreia, dor de barriga e gases.

Lactase ou lactose?

É comum que as pessoas confundam lactase com lactose, pois são palavras muito parecidas. No entanto, lactase é a enzima presente no organismo e, como dito anteriormente, quando a pessoa tem deficiência dessa enzima significa que ela é intolerante à lactose.

É possível fazer a suplementação da enzima lactase, que consiste na ingestão de comprimidos prontos capazes de digerir a lactose dos alimentos. Basta a pessoa ingerir minutos antes das refeições para que ela possa comer alimentos derivados do leite.

Lactose engorda?

A nutricionista Débora Copelli desvenda que a lactose por si só não engorda. Na verdade, o que engorda é o valor energético do produto consumido.

“O leite sem lactose pode engordar até mais do que o leite normal, já que o seu índice glicêmico é mais alto”, completa a nutricionista Thayana Albuquerque.

Referências

  • Nutricionista, Débora Copelli Lima – CRN: 53692
  • Nutricionista, Thayana Albuquerque – CRN: 4571.

Fonte:

Raisa Cavalcante

Minha Vida

Continuar lendo SAÚDE: SAIBA O QUE É, QUAIS OS BENEFÍCIOS E INTOLERÂNCIA DA LACTOSE

SAÚDE: UMA FRUTA INCRÍVEL QUE TEM O PODER DE PREVENIR O CÂNCER

Nesta sexta-feira você vai assistir a mais uma mini-palestra do Dr. Marco Menelau aqui na coluna SAÚDE, desta vez sobre uma fruta incrível que tem o poder de prevenir o câncer, o Kiwi. Ele também fala sobre suplementação alimentar e dá boas orientações e dicas!

Fonte:

Continuar lendo SAÚDE: UMA FRUTA INCRÍVEL QUE TEM O PODER DE PREVENIR O CÂNCER

SAÚDE: COMO SUPLEMENTAR A VITAMINA D POR DR. MARCO MENELAU

Em tempos de coronavírus a perfeita saúde é essencial para encararmos uma possível e quase provável contaminação com o coronavírus. Apesar de o vírus não ser tão letal nas pessoas abaixo dos 50 anos, ainda assim morrem pessoas numa faixa etária mais baixa, como aconteceu com Julie, uma adolescente de 16 anos na França. Por isso na nossa coluna SAÚDE deste domingo trago uma mini-palestra do Dr. Marco Menelau orientando sobre a correta suplementação da Vitamina D para fortificar o seu sistema imunológico. De quebra também fala sobre outra importantes substâncias, o magnésio, o cálcio e o silício. Portanto, não perca tempo e assista logo esse vídeo para aprender a se defender desse nenfasto vírus!

Fonte:

Continuar lendo SAÚDE: COMO SUPLEMENTAR A VITAMINA D POR DR. MARCO MENELAU

SAÚDE: DICA DE COMO SE ALIMENTAR PARA GANHAR IMUNIDADE CONTRA O CORONAVÍRUS

O destaque da nossa coluna SAÚDE desta sexta-feira são as dicas de alimentação do nutricionista Samuel Barros que ajudam fortalecer o sistema imunológico e preparam o corpo para enfrentar inimigos invisíveis, como o coronavírus nesta pandemia. Leia o artigo a seguir e prepare seu corpo par não ser um hospedeiro desse fatídico vírus!

15 alimentos que aumentam a imunidade: coronavírus

Manter a higienização das mãos e evitar contato com outras pessoas é tão importante quanto manter o corpo forte durante essa quarentena do coronavírus. E dá para aumentar a imunidade de forma simples: incluindo alimentos saudáveis nas refeições.

Eles não previnem infecções virais, nem curam a doença, mas ajudam fortalecer o sistema imunológico e preparam o corpo para enfrentar inimigos invisíveis.

É preciso entender que “o vírus depende de um hospedeiro para sobreviver e iniciar o processo de multiplicação. Ou seja, o vírus depende do organismo humano para se desenvolver. Por isso, fortalecer a imunidade é tão importante nesse momento de crise”, disse o nutricionista Samuel Barros em entrevista ao SóNotíciaBoa.

Inclua na alimentação

  1. Frutas com vitamina C (laranja, limão, kiwi, acerola…)
  2. Verduras escuras como couve, brócolis e espinafre
  3. Iogurte sem açúcar
  4. Mix de castanhas
  5. Geleia real
  6. Própolis
  7. Alho
  8. Gengibre
  9. Açafrão
  10. Curry
  11. Cravo
  12. Canela
  13. Páprica
  14. Cominho
  15. Pimenta do reino

Sobre os temperos acima, ele esclarece:

“É sempre bom inserir na dieta esse tipo de especiaria. E lembrando que essas recomendações valem não apenas para o Covid-19″, alerta.

“A couve é uma verdura que deve se valorizada e utilizada para potencializar essa corrida em busca de se proteger contra o Covid-19. A planta é rica em ferro, ácido fólico e fibras, sendo boa para desintoxicar o corpo e regular o intestino”, afirma o nutricionista.

E explica sobre a importância de comer frutas.

“Ingerir alimentos ricos em vitaminas, minerais e compostos bioativos podem auxiliar no combate aos vírus e bactérias indesejadas ao organismo. Lembrar das frutas e vegetais nesse momento é importante… suco de laranja também pode ser adicionado às refeições, já que possui vitamina C, que é indispensável para fortalecer a imunidade”, orienta.

Uma dica é tomar um suco de limão pela manhã e um suco de laranja à tarde.

Cuidados

  • Evite remédios que baixam a imunidade como cortisona, antibióticos, xaropes e anti-inflamatórios
  • Não faça dietas com restrições calóricas severas
  • Evite alimentos processados
  • Evite alimentos com excesso de açúcar.

Samuel Barros diz que é bom evitar alimentos processados e pede para “controlar os excessos de alimentos que possam prejudicar a saúde intestinal, como os processados, industrializados e principalmente o excesso de açúcar”.

Receita fácil

O nutricionista conta que é possível fazer uma dieta balanceada com alimentos disponíveis em qualquer supermercado e indica para o lanche da tarde, por exemplo, um mix de iogurte com frutas, castanhas e aveia.

Os ingredientes são:

  • iogurte natural sem açúcar, (rico em probióticos, ajuda na saúde intestinal)
  • mix de castanhas
  • frutas da sua preferência (kiwi, mamão…)
  • aveia

Modo de preparo:

Coloque o iogurte em um recipiente, despeje de uma a duas colheres de aveia, que é rica em zinco – nutriente essencial para o sistema imunológico. Depois adicione uma fruta, que pode ser kiwi ou mamão e finalize com um mix de castanhas. Pronto!

Iogurte com aveia e kiwi - Foto: divulgação

Iogurte com aveia e kiwi – Foto: Notoria Midia

Samuel Barros, nutricionista - Foto: Notoria Midia

Samuel Barros, nutricionista – Foto: Notoria Midia

Por Rinaldo de Oliveira, da redação do SóNotíciaBoa 

Fonte: Só Notícia Boa

Continuar lendo SAÚDE: DICA DE COMO SE ALIMENTAR PARA GANHAR IMUNIDADE CONTRA O CORONAVÍRUS

SAÚDE: DEVO BEBER LÍQUIDO DURANTE AS REFEIÇÕES?

Neste sábado você vai esclarecer dúvidas de hábitos errados que, as vezes, passamos a vida inteira cometendo só para não sair da nossa zona de conforto, como é o caso de beber líquidos durante as refeições. Assista ao vídeo a seguir onde o Dr. Samuel Dalle Laste explica tudo!

Fonte:

Continuar lendo SAÚDE: DEVO BEBER LÍQUIDO DURANTE AS REFEIÇÕES?

SAÚDE: SAIBA O QUE CAUSA INCHAÇO NA BARRIGA COM DR. SAMUEL DALLE LASTE

Na nossa coluna SAÚDE desta quinta-feira você vai tirar todas as suas dúvidas sobre “barriga inchada” com o Dr. Samuel Dalle Laste que esclarece o que é FODMAPs a causa maior dessa inflamação. Assista ao vídeo completo e nunca mais tenha barriga inchada!

Fonte:

Continuar lendo SAÚDE: SAIBA O QUE CAUSA INCHAÇO NA BARRIGA COM DR. SAMUEL DALLE LASTE

SAÚDE: A CÚRCUMA NO COMBATE AO ALZEHEIMER

Conheça melhor essa poderosa substância extraída do açafrão que está sendo estudada no combate ao Alzeheimer. Neste artigo você vai saber sobre as suas propriedades, seus benefícios, pesquisas e estudos dessa milenar substância bastante utilizada na Índia. 

Cúrcuma para Alzheimer – Benefícios, Estudos e Dicas

A doença de Alzheimer destrói as funções mentais, a memória e causa demência. O dia-a-dia da pessoa fica afetado pela perda das habilidades intelectuais e sociais. Não existe cura para esta doença, até o momento.

No entanto, existem estratégias de manejo e medicamentos que podem amenizar os sintomas – desorientação, problemas na fala, escrita, pensamento, razão, dificuldades na tomada de decisões, alterações no comportamento ou personalidade – a curto prazo, e ajudar os pacientes a serem independentes por mais tempo, como o consumo de cúrcuma para Alzheimer, que iremos analisar mais abaixo.

Geralmente, o mal de Alzheimer ocorre em pessoas com mais idade, e pode ser causado por uma combinação de fatores ambientais, genéticos ou de estilo de vida.

Ela é considerada a forma mais comum de demência, e um estudo, realizado em 2006, aponta que existiam 26 milhões de pessoas com essa condição no planeta, e em 50 anos aproximadamente, esse número irá quadruplicar, o que significa que uma em cada 85 pessoas sofrerá dessa doença. Devido à extensão desse problema, o interesse é grande, por parte dos profissionais de saúde.

As estatísticas da Organização Mundial de Saúde informam que as abordagens convencionais baseadas em drogas são muitas, mas causam danos neurológicos graves, evidenciados por riscos crescentes de convulsões. As pessoas, em geral, estão se tornando cada vez mais receptivas a terapias naturais, seguras, e que se provaram eficazes ao longo do tempo. Terapias essas que se baseiam em alimentos, temperos e ingredientes culinários conhecidos.

A Índia possui umas das taxas mais baixas de incidência da Doença de Alzheimer no mundo. Num estudo recente, com pacientes portadores desse distúrbio, descobriu-se que menos de 1 grama de cúrcuma por dia, durante três meses, produziu resultados “impressionantes” em doentes portadores da Doença de Alzheimer. E a cúrcuma é usada na Índia há mais de 5.000 anos.

O consumo de cúrcuma para Alzheimer

No estudo publicado no ano passado, no jornal Ayu, “Efeitos da cúrcuma na doença de Alzheimer com sintomas psicológicos e comportamentais de demência”, os pesquisadores descrevem 3 pacientes que tiveram uma “melhora impressionante”.

Eles consumiram 764 mg de cúrcuma (curcumina 100mg/dia), em cápsulas, durante 12 semanas. Após 3 meses de tratamento, tanto o sintomas dos pacientes como o estresse de seus cuidadores diminuiu significativamente. E não apresentaram quaisquer reações adversas, nos dados clínicos e laboratoriais.

Num dos pacientes, o Teste de Estado Mini-Mental foi acima de 5 pontos. Nos outros dois, não foi observada uma mudança significativa nos testes, mas eles reconheceram suas famílias dentro de um ano de tratamento. Todos ingeriram cúrcuma por mais de um ano.

A cúrcuma é chamada de “Deusa Dourada”, e este estudo ilustra como uma intervenção natural, utilizando-se de uma erva culinária que sobreviveu ao tempo, pode ser tão poderosa. Ela é utilizada na medicina e na culinária há 5.000 anos.

Os curcuminoides são os compostos químicos da cúrcuma, que lhe conferem a cor amarela vibrante. Um desses compostos é a curcumina, que está despertando a atenção da comunidade científica. Suas propriedades são antioxidantes, anti-inflamatórias, dentre outras, e compete com muitos remédios populares.

Uma quantidade bem pequena de consumo de cúrcuma para Alzheimer é o suficiente para produzir grandes resultados, mesmo na forma de cápsulas. O tempero de cúrcuma é caro, mas encontra-se em mercearias com facilidade, inclusive orgânico. Também existe a raiz de cúrcuma. Mas o tempero puro parece ser mais eficaz do que os extratos ou os sintéticos.

Estudos

Os dados do Green Med Info contêm uma grande quantidade de estudos publicados sobre o valor da cúrcuma e seu polifenol primário, a curcumina, na prevenção e tratamento da doença de Alzheimer.

Existem 114 estudos sobre a cúrcuma que indicam que ela possui um conjunto de ações fisiológicas neuroprotetoras, e 30 destes estudos tratam diretamente das propriedades da cúrcuma para Alzheimer.

Dois deles revelam que a curcumina é capaz de eliminar a placa beta-amilóide patológica na Doença de Alzheimer, e junto com a vitamina D3, o processo de restauração neurológica se torna mais eficaz.

Um dos estudos mais interessantes foi publicado em janeiro de 2015, no Journal of Alzheimer’s Disease, em que é utilizado um aerosol e uma versão sintética da curcumina. A equipe liderada por Wellington Pham relatou que os benefícios da curcumina se tornam mais disponíveis para o cérebro quando inalados. Fazer com que as drogas cheguem ao cérebro sempre foi um problema na pesquisa de tratamentos para demência. Isto se deve ao fato de existir uma barreira entre o sangue e o cérebro, que filtra as toxinas potenciais no sangue, antes que elas entrem para o cérebro. “E na Doença de Alzheimer, a maior dificuldade é essa”, disse ele.

“Nosso corpo projetou essa barreira para proteger o cérebro de quaisquer moléculas tóxicas, que possam atravessar para o cérebro e prejudicar os neurônios. Mas ao mesmo tempo, também há uma barreira natural, para as moléculas que foram projetadas para modificarem a doença”, Pham afirma. A utilização do aerosol aumentou a habilidade natural da curcumina de entrar no cérebro, se ligar às células e destruir as placas beta-amilóides, que são responsáveis pelos danos neurológicos na doença de Alzheimer.

A Cúrcuma pode curar o Alzheimer?

Segundo Pham, a resposta é “ Não sabemos. Mas existem muitas evidências que talvez levem a um tratamento viável” . Na verdade, são essas substâncias naturais (temperos, alimentos, etc) que são as mais promissoras para a cura do Alzheimer.

Reddy e pesquisadores associados sugerem que a curcumina funciona melhor na prevenção do que no tratamento da Doença de Alzheimer. Até o momento, não existem evidências suficientes da eficácia clínica da cúrcuma para Alzheimer. Apenas que a adição de cúrcuma na dieta, cerca de 1 g por dia, aliviou os sintomas de demência nos pacientes.

Nenhum experimento confirma a utilização clínica da cúrcuma devido a seu poder de absorção limitado. A inclusão na dieta pode melhorar a imunidade e a qualidade de vida. Somente um estudo, realizado durante um ano, apontou a redução e reversão da doença. Outros estudos, porém, sugerem que a suplementação de curcumina protege as funções cognitivas nos idosos, mas mais estudos são necessários para obtermos dados mais concretos.

Benefícios da cúrcuma para Alzheimer

A cúrcuma e seu ingrediente ativo, a curcumina, possuem uma variedade de propriedades que beneficiam os portadores da doença de Alzheimer.

  1. Ela evita a acumulação de placas beta-amilóides. Inibe a formação dessas placas através de vários mecanismos. Estudos feitos em animais e seres humanos mostram que elas agem dessa forma mesmo com dosagens reduzidas. A curcumina rompe as placas, e evita a toxicidade.
  2. Evita a inflamação naturalmente. Na Doença de Alzheimer, observa-se a inflamação do cérebro, que ocorre devido a um trauma, a exposição a agentes oxidantes, infecção ou a formação de placas beta-amilóides. Foi provado que a a ingestão de cúrcuma beneficia a neuroinflamação, reduzindo-a, conforme estudo publicado no Neurochemistry International em 2016, porue a estrutura da curcumina, em particular, é capaz de reduzir essas placas beta-amilóides, protegendo também a degeneração das células nervosas na doença.
  3. Uma das causas do mal de Alzheimer é a exposição e contaminação por metais pesados, que se acumulam no cérebro, e produzem as inflamações mencionadas acima, e a formação das placas. Os derivativos da curcumina inibem a acumulação das placas e dos metais. A ação antioxidante da curcumina protege contra essa neurotoxicidade.
  4. É neuroprotetora. As nanopartículas da curcumina estão sendo estudadas e verificou-se que elas realizam neurogênese – um mecanismo auto-reparador do cérebro. Isto se dá através da indução à autofagia, uma forma de morte da célula provocada pela curcumina, que assim destrói as placas beta-amilóides.
  5. Protege a cognição e memória. Estudos experimentais dão evidências de que a curcumina regula as proteínas responsáveis pela neurodegeneração no mal de Alzheimer, protegendo a memória e prevenindo a progressão da doença. Um estudo feito em 2015, publicado no Plus One, mostra que a curcumina melhora a memória e a função cognitiva na doença, ao elevar os níveis da proteína responsável pelo crescimento do nervo.
  6. Os danos às células nervosas causadas por processos inflamatórios descontrolados podem ser restaurados por um dos curcuminoides, fortalecendo o sistema imunológico, além de eliminar as placas beta-amilóides por fagocitose. Isso é surpreendente! Esse curcuminóide (bisdemetoxycurcumina) regula a expressão dos genes que causaram a transformação na função imunológica.
  7. Ela é um agente epigenético natural e protege o cérebro contra o envelhecimento.

Precauções

A cúrcuma em suplementos é bastante segura, mas existem precauções que devem ser tomadas: Recomenda-se ter precaução com a interação da cúrcuma com medicamentos que reduzem os ácidos estomacais, antidepressivos e drogas que reduzem os níveis de açúcar no sangue, etc, porque sabe-se que a curcumina interfere no metabolismo dos remédios.

Portanto, aconselha-se que não se tome suplementos de curcumina junto com qualquer outro remédio. Também não se deve ingirir a cúrcuma com estômago vazio, para evitar refluxo gástrico, nem antes de alguma cirurgia, ou se estiver com sangramento (exceto se o médico concordar), ou pedras na vesícula. Evite-a no período de gravidez e lactação.

Efeitos colaterais possíveis

A cúrcuma pode piorar problemas na vesícula, diminuir a velocidade de coagulação do sangue e diminuir o açúcar no sangue em diabéticos. Pode causar ainda problemas no estômago.

Não use cúrcuma se tiver câncer de mama, ovariano ou uterino, porque sua ingestão pode piorar a exposição ao estrogênio. Grandes quantidades de cúrcuma podem evitar com que o ferro seja absorvido.

Vídeo:

Gostou das dicas?

Fontes e Referências Adicionais:

  • A New Look at Brain Inflammation in Alzheimer’s; Jim Schnabel; January 16, 2013
  • Anti-TNF Therapies for rheumatoid arthritis could reduce Alzheimer’s risk(Press Release); Dr. Richard Chou, MD, PhD; The journal of the American College of Rheumatology.
  • Effects of turmeric on Alzheimer’s disease with behavioral and psychological symptoms of dementia;  Nozomi Hishikawa, et. al.; Oct-Dec 2012
  • Aromatic-turmerone induces neural stem cell proliferation in vitro and in vivo; Joerg Hucklenbroich, et. al.; Stem Cell Research & Therapy2014, 5:100.
  • Inhalable Curcuminreported in the Vanderbuilt University News; January 2015; Patricia Jumbo-Lucioni
  • V Chandra, R Pandav, H H Dodge, J M Johnston, S H Belle, S T DeKosky, M Ganguli.Incidence of Alzheimer’s disease in a rural community in India: the Indo-US study.  2001 Sep 25 ;57(6):985-9. PMID: 11571321
  • Laura Zhang, Milan Fiala, John Cashman, James Sayre, Araceli Espinosa, Michelle Mahanian, Justin Zaghi, Vladimir Badmaev, Michael C Graves, George Bernard, Mark Rosenthal.Curcuminoids enhance amyloid-beta uptake by macrophages of Alzheimer’s disease patients. J Alzheimers Dis. 2006 Sep;10(1):1-7.

Fonte: Mundo Boa Forma

Continuar lendo SAÚDE: A CÚRCUMA NO COMBATE AO ALZEHEIMER

SAÚDE: DESINFLAME SEU CORPO A PARTIR DE HOJE!

Nesta quinta-feira, na coluna SAÚDE temos uma palestra do Dr. Menelau sobre as inflamações crônicas no nosso corpo. Ele dá várias dicas de hábitos alimentares que podem evitar essas inflamações crônicas e lhe dar mais saúde, disposição e satisfação com a vida. Assista ao vídeo completo a seguir e ganhe saúde!

Fonte:

Continuar lendo SAÚDE: DESINFLAME SEU CORPO A PARTIR DE HOJE!

CIÊNCIAS: CONFIRMADO! COMER MENOS 30% PROLONGA A VIDA!

Saiba na nossa coluna CIÊNCIAS desta segunda-feira PORQUE comer pouco ou comer menos 30% prolonga a vida. Um estudo detalhado sobre o assunto foi publicado esta semana e você pode ver aqui um resumo dessa incrível experiência científica!

Por que comer pouco prolonga a vida

Pesquisa fornece a descrição mais detalhada dos benefícios da restrição calórica para deter o envelhecimento

Há décadas os cientistas conhecem o segredo para fazer com que quase qualquer animal viva muito mais do que o normal. Podem fazer um camundongo dobrar seus anos de vida e um macaco viver três mais do que o normal. O equivalente nas pessoas seria viver nove anos mais e, além disso, com muito menos risco de sofrer doenças associadas ao envelhecimento: câncer, Alzheimer, diabetes. O problema é que o preço a pagar pode ser alto demais para muitos: comer menos, reduzir especificamente cerca de 30% das calorias diárias.

Nesta quinta-feira foi publicado o estudo mais detalhado já realizado para esclarecer o que acontece com um corpo quando é submetido a essa restrição calórica. Seus resultados indicam muitos fatores fundamentais, como quais genes e moléculas são responsáveis pelo envelhecimento e traçam novas vias para alcançar possíveis fármacos que consigam algo a priori impossível: parar o tempo, deter o envelhecimento.

“Este estudo mostra que o envelhecimento é um processo reversível”, explica o pesquisador Juan Carlos Izpisúa (Hellín, 1960), um dos principais autores do trabalho. “Mostramos que determinadas mudanças metabólicas que levam a uma aceleração do envelhecimento podem ser reprogramadas de maneira relativamente simples, reduzindo nossa ingestão calórica, para não apenas prolongar nossas vidas, mas, muito mais importante, que nossa velhice seja mais saudável”, destaca esse farmacologista e biólogo molecular que trabalha no Instituto Salk (EUA).

O trabalho oferece o atlas celular mais detalhado do envelhecimento em um mamífero e os efeitos benéficos de moderar a dieta. A equipe usou a nova tecnologia de análise genética célula a célula para analisar cerca de 200.000 células de nove órgãos e tecidos diferentes de camundongos. Em um grupo havia roedores que comiam o que queriam e no outro animais que comiam 30% menos calorias.

Os pesquisadores usaram apenas camundongos adultos que estudaram dos 18 aos 27 meses de idade, o que em humanos equivaleria a um acompanhamento entre os 50 e os 70 anos. Isso é importante, pois os estudos realizados em primatas mostraram que os benefícios de comer menos só são evidentes em indivíduos adultos, na metade ―mais ou menos― de suas vidas.

Os resultados, publicados nesta quinta-feira na revista Cell, fornecem um catálogo completo de todas as mudanças que acontecem com a idade e a dieta, tanto dentro de cada célula quanto na comunicação entre elas. Os pesquisadores detectaram que os genes e processos moleculares mais afetados pela idade têm a ver com o sistema imunológico ―que se desregula nos camundongos que comem à vontade―, a inflamação e o metabolismo. A quantidade de células imunes em quase todos os tecidos aumentou com a idade, mas isso não ocorreu nos camundongos com calorias reduzidas, que tinham níveis comparáveis aos de camundongos jovens de cinco meses. Os camundongos em restrição calórica não mostravam mais da metade de todos os marcadores de envelhecimento identificados em seus companheiros com uma dieta normal.

Os pesquisadores Concepción Rodríguez e Juan Carlos Izpisúa, do Instituto Salk Institute.

Os pesquisadores Concepción Rodríguez e Juan Carlos Izpisúa, do Instituto Salk Institute.CHRIS KEENEY / SALK

“A inflamação é um mecanismo essencial de defesa imunológica que se desenvolveu durante a evolução para aumentar a sobrevivência das espécies”, explica Concepción Rodríguez, pesquisadora do Salk, coautora do estudo e esposa de Izpisúa. “O problema é que durante o envelhecimento há uma desregulação muito pronunciada do sistema imunológico que dá lugar a um estado de inflamação sistêmica crônica e ao surgimento de doenças associadas à idade, como, por exemplo, o Alzheimer. A possibilidade de reprogramar esse estado inflamatório aberrante por meio de restrição calórica nos fornece, sem dúvida, uma nova ferramenta para o possível tratamento de doenças associadas ao envelhecimento”, ressalta a pesquisadora.

As evidências de que a restrição calórica prolonga a vida das pessoas são mais limitadas, em parte por causa do desafio logístico e econômico de acompanhar a vida e a dieta de centenas ou milhares de pessoas durante décadas, mas há evidências claras de que comer menos melhora os marcadores básicos de saúde. Já estão começando os primeiros estudos para tentar não tratar uma doença específica, mas atacar o envelhecimento com moléculas como a metformina, aprovada para tratar o diabetes.

Muitas das alterações observadas neste estudo são epigenéticas, ou seja, são como interruptores moleculares que estão acima do DNA e desligam ou ativam certos genes. É muito mais factível desenvolver fármacos para esse tipo de marcadores, pois não é necessário modificar o genoma das células, argumenta a equipe. Uma das mudanças moleculares que o estudo revelou é a proteína Ybx1, que também está presente em humanos. Sua produção estava alterada em 23 tipos diferentes de células e poderia ser um novo alvo para desenvolver um fármaco contra os efeitos nocivos do envelhecimento.

O trabalho também tem uma contribuição importante da China e é assinado por três pesquisadores desse país que estudaram no Instituto Salk e agora dirigem seus próprios grupos na Academia Nacional de Ciências do país asiático.

“É um estudo tecnicamente impressionante e fornece informações valiosíssimas”, diz Pablo Fernández-Marcos, especialista em doenças metabólicas associadas ao envelhecimento do IMDEA-Food, em Madri. “Uma descoberta interessante é que as células da gordura e as da aorta são as que mais mudam com o envelhecimento e se recuperam com a restrição calórica, confirmando a importância desses tecidos no envelhecimento, acima de outros mais clássicos como o cérebro ou a medula óssea”, explica. “E outro mais, que considero muito importante, é que existem benefícios mais claros da restrição nos machos do que nas fêmeas, o que confirma alguns indícios anteriores. Existem poucos estudos comparando os dois sexos, e esse é um problema sério que se está tentado reduzir comparando ambos os sexos, como fizeram aqui”, ressalta.

O acúmulo de evidências nesse campo é tal que existem cientistas muito sérios que admitem abertamente praticar algum tipo de restrição calórica ou jejuns intermitentes, pois também foi demonstrado que ativam processos de reciclagem celular benéficos, inclusive em casos de pessoas com câncer que recebem quimioterapia. Nesse sentido, Izpisúa confessa que ele não é exceção: “Tento comer um pouco menos todos os dias”.

Fonte: El País

Continuar lendo CIÊNCIAS: CONFIRMADO! COMER MENOS 30% PROLONGA A VIDA!

SAÚDE: CONHEÇA AS PROPRIEDADES CURATIVAS DA BANANA QUE VOCÊ NUNCA IMAGINOU

Na nossa coluna SAÚDE desta quinta-feira trago um artigo sobre as propriedades curativas da banana que a maioria das pessoas não sabe que ela tem e que pode mudar a sua vida caso você introduza esta fruta tão versátil na sua dieta alimentar. Leia o artigo completo a seguir e nunca mais você vai olhar para uma banana da mesma maneira novamente!

Nunca coloque Banana na geladeira. Depois de ler isto, você nunca vai olhar para uma banana da mesma maneira novamente.

A banana contém três açúcares naturais – sacarose, frutose e glicose, combinados com fibra. A banana dá uma instantânea e substancial elevação da energia.
Pesquisas provam que apenas duas bananas fornecem energia suficiente para um treino de 90 minutos extenuantes. Não é à toa que a banana é a fruta número um dos maiores atletas do mundo.
Mas energia não é a única forma de uma banana poder nos ajudar a manter a forma. Pode também nos ajudar a curar ou prevenir um grande número de doenças. Tornando-se uma obrigação adicionar a banana à nossa dieta diária.
*Depressão:* De acordo com recente pesquisa realizada pela MIND, entre pessoas que sofrem de depressão, as pessoas se sentiam melhores após ter comido uma banana. Isto porque a banana contém triptofano, um tipo de proteína que o corpo converte em seratonina, reconhecida por relaxar, melhorar o seu humor e, geralmente, fazem você se sentir mais feliz.
*TPM:* Esqueça as pílulas – coma uma banana. A vitamina B6 regula os níveis de glicose no sangue, que podem afetar seu humor.
*Anemia:* contendo muito ferro, bananas estimulam a produção de hemoglobina no sangue e ajudam nos casos de anemia.
*Pressão Arterial:* Este fruto tropical é muito rico em potássio, mas reduzido em sódio, tornando-a perfeita para combater a pressão alta. Tanto é assim, que a Food and Drug Administration nos Estados Unidos, permitiu que a indústria da banana oficialmente informasse ao publico, que ao comer essa fruta, ela poderá reduzir o risco de pressão alta e infarto.
*Cérebro:* 200 estudantes da escola Twickenham na Inglaterra tiveram ajuda nos exames este ano, comendo bananas no café da manhã, lanche e almoço em uma tentativa de elevar sua capacidade mental. A pesquisa mostrou que o elevado teor de potássio na banana, pode ajudar a aprendizagem, tornando os alunos mais alertas.
*Constipação:* com elevado teor de fibra, incluir bananas na dieta pode ajudar a normalizar as funções intestinais, ajudando a superar o problema sem recorrer a laxantes.
*Ressaca:* uma das formas mais rápidas de curar uma ressaca é fazer uma vitamina de banana, adoçado com mel. A banana acalma o estômago e, com a ajuda do mel aumenta os níveis de açúcar no sangue, enquanto o leite suaviza e reidrata o sistema.
*Azia:* têm efeito antiácido natural no organismo, por isso ocorre, se você sofre de azia, experimente comer uma banana para aliviar.
*Enjôo matinal:* comer uma banana entre as refeições ajuda a manter os níveis de açúcar no sangue elevado e evita as náuseas.
*Picadas de mosquito:* antes do creme para picada de inseto, experimente esfregar a zona afetada com a parte interna da casca da banana. Muitas pessoas acham excelentes para reduzir o inchaço e a irritação.
*Nervos:* Bananas são ricas em vitaminas do complexo B que ajuda a acalmar o sistema nervoso.
*Excesso de pressão no trabalho:* Estudos do Instituto de Psicologia na Áustria mostram que a pressão no trabalho leva à excessiva ingestão de alimentos como chocolate e biscoitos. Estudando 5000 pacientes em hospitais, pesquisadores concluíram que os mais obesos eram os que mais sofriam de pressão alta e ataques de ansiedade. O relatório desse estudo, concluiu que: para evitar que comamos biscoitos e doces quando estamos ansiosos, então é necessário que se coma alimentos ricos em carboidratos a cada duas horas para manter níveis estáveis de açúcar no sangue, e é aí que entra a nossa querida banana.
*Úlcera:* A banana é usada na dieta diária contra desordens intestinais pela sua textura macia e suavidade. É a única fruta crua que pode ser comida sem desgaste em casos de úlcera crônica. Também neutraliza a acidez e reduz a irritação, protegendo as paredes do estômago.
*Controle de temperatura:* Muitas culturas vêem a banana como fruta ‘refrescante’, que pode reduzir tanto a temperatura física como emocional de mulheres grávidas. Na Tailândia, por exemplo, as grávidas comem bananas para os bebês nascerem com temperatura baixa.
*Seasonal Affective Disorder (SAD):* a banana auxilia os que sofrem SAD, porque contêm a vitamina B6 e Triptofano, que nos acalma e nos faz ficar bem humorados.
*Fumar e Uso do Tabaco:* As bananas podem ajudar as pessoas que tentam deixar de fumar. Vitaminas – A, B6 e B12, assim como o potássio e magnésio, ajudam o corpo a recuperar dos efeitos da retirada da nicotina.
*Stress:* O potássio é um mineral vital, que ajuda a normalizar os batimentos cardíacos, levando oxigênio ao cérebro e regula o equilíbrio de água no corpo. Quando estamos estressados, nossa taxa metabólica se eleva, reduzindo os níveis de potássio que podem ser reequilibrado com a ajuda da banana, que é rica em potássio.
*Infarto:* de acordo com pesquisa publicado no New England Journal of Medicine, comer bananas como parte de uma dieta regular, pode reduzir o risco de morte por enfarto em até 40%.
*Verrugas:* os interessados em alternativas naturais juram que se quiser eliminar verrugas, pegar um pedaço de casca de banana e colocá-lo sobre a verruga, com o lado amarelo para fora. Segure cuidadosamente a casca no local com esparadrapo!
Assim, a banana é um remédio natural para muitos males. Quando você compará-lo com uma maçã, tem quatro vezes mais proteínas, duas vezes mais carboidratos, três vezes mais fósforo, cinco vezes mais vitamina A e ferro e o dobro das outras vitaminas e minerais. Também é rica em potássio e é um dos alimentos mais valiosos para nossa saúde. Então talvez seja hora de mudar essa frase em inglês, tão conhecida: 1 apple a day, keep the doctor away, e que nós traduzindo deveríamos usar: “Uma banana por dia mantém o doutor sem freguesia!”
*PASSE PARA OS AMIGOS*

PS: Bananas devem ser a razão pela qual os macacos são tão felizes o tempo todo! Vou acrescentar uma dica aqui; quer um brilho rápido nos sapatos? Pegue a parte de DENTRO da casca da banana e esfregue diretamente sobre o sapato… Passe após, um pano seco. Fruto incrível! 🍌🍌🍌🍌🍌🍌🍌🍌🍌🍌

Fonte: Topbuzz

Continuar lendo SAÚDE: CONHEÇA AS PROPRIEDADES CURATIVAS DA BANANA QUE VOCÊ NUNCA IMAGINOU

SAÚDE: LIMPEZA DO FÍGADO E DA VESÍCULA! O MÉTODO DR. MENELAU!

Limpeza do fígado e vesícula é o destaque desta terça-feira na coluna SAÚDE com o método Dr. Menelau, que vai lhe explicar como fazer a limpeza do fígado de uma maneira leve, suave, saudável e eficaz. Assista a esse vídeo super esclarecedor do especialista em medicina natural e melhore sua saúde!

Fonte:

Continuar lendo SAÚDE: LIMPEZA DO FÍGADO E DA VESÍCULA! O MÉTODO DR. MENELAU!

NUTRIÇÃO: SAIBA O QUE É ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL COM DR. DALLE LASTE

Neste domingo você vai saber na coluna NUTRIÇÃO o que realmente é “ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL” através de um alerta do Dr. Samuel Dalle Laste para a sua REFLEXÃO. Assista a este breve vídeo e entenda a mensagem! 

Fonte:

Continuar lendo NUTRIÇÃO: SAIBA O QUE É ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL COM DR. DALLE LASTE

SAÚDE: SAIBA QUANTOS OVOS COMER POR DIA E SOBRE LÍQUIDOS APÓS O ALMOÇO

A nossa coluna SAÚDE desta sexta-feira trás uma mini-palestra do excepcional Dr. Marco Menelau esclarecendo coisas bastante interessantes como a quantidade ideal de ovos a ser ingeridos por dia e o consumo de líquidos durante e/ou após o almoço. São coisas polêmicas que sempre nos deixam com dúvidas. Portanto tire suas dúvidas assistindo este vídeo!

As informações transmitidas no canal do Dr. Marco Menelau, não visam o tratamento de doenças específicas, possuem apenas um caráter informativo de educação em saúde! Por este motivo, não devem ser utilizadas para o auto-diagnóstico, o auto-tratamento e a auto-medicação. Procure sempre seu médico!

Fonte:

Continuar lendo SAÚDE: SAIBA QUANTOS OVOS COMER POR DIA E SOBRE LÍQUIDOS APÓS O ALMOÇO

SAÚDE: SAIBA COMO ACABAR COM A CELULITE COM SAMUEL DALLE LASTE

Na nossa coluna SAÚDE deste sábado temos mais uma interessante mini-palestra do Dr. Samuel Dalle Laste. Desta vez sobre “Como acabar co a celulite? Tem solução”. Bem assista ao vídeo completo a seguir e descubra como resolver esse problema tão comum entre as mulheres!

Fonte:

Continuar lendo SAÚDE: SAIBA COMO ACABAR COM A CELULITE COM SAMUEL DALLE LASTE

BOAS NOTÍCIAS: ESTUDO CONCLUI QUE CHÁ VERDE 3 VEZES POR SEMANA REDUZ RISCO DE DERRAME

Nossa Notícia Boa de hoje na coluna BOAS NOTÍCIAS é sobre um estudo feito por uma equipe pesquisadores chineses da Academia Chinesa de Ciências Médicas sobre o consumo de chá verde. Eles concluíram que beber chá verde 3 vezes por semana reduz risco de derrame e de doenças cardíacas. Leia a reportagem completa a seguir e conheça os detalhes da pesquisa!

Beber chá verde 3 vezes por semana reduz risco de derrame, diz estudo

3 xícaras de chá verde por semana reduzem o risco de derrame, mostra um grande estudo publicado pela Academia Chinesa de Ciências Médicas.

A pesquisa, publicada no periódico European Journal of Preventive Cardiology, da Sociedade Europeia de Cardiologia, mostra que houve redução de 39% dos riscos de doenças cardíacas e derrames entre os bebedores do chá. O risco de doença cardíaca e acidente vascular cerebral fatal foi 56% menor e o risco de morte por todas as causas, em comparação com não bebedores de chá, foi 29% menor.

A explicação está nos polifenóis, um poderoso antioxidante com ação nos vasos sanguíneos.

“Os efeitos protetores do chá foram mais fortes entre os grupos habituais de beber chá. Estudos de mecanismo sugeriram que os principais compostos bioativos do chá, os polifenóis, não são armazenados no organismo a longo prazo. Assim, a ingestão frequente de chá por um período prolongado pode ser necessária para o efeito cardioprotetor ”, afirma um dos autores do estudo, o Dr. Dongfeng Gu, da Academia Chinesa de Ciências Médicas.

Pesquisa

O trabalho acompanhou 100 mil homens e mulheres ao longo de oito anos sem histórico de problemas cardíacos, câncer ou derrame.

Os voluntários foram separados em três grupos: os que bebiam três ou mais xícaras de chá por semana, os que consumiam quantidades menores e aqueles que nunca tomam. Os resultados foram observados apenas no primeiro grupo.

“O consumo habitual de chá está associado a menores riscos de doenças cardiovasculares e morte por todas as causas”, disse o primeiro autor Dr. Xinyan Wang, Academia Chinesa de Ciências Médicas, Pequim, China.

“Os efeitos favoráveis à saúde são os mais robustos para o chá verde e para os bebedores habituais a longo prazo.”

Prevenção

A análise incluiu 100.902 participantes do projeto China-PAR 2 sem histórico de ataque cardíaco, derrame ou câncer.

Os participantes foram classificados em dois grupos: bebedores habituais de chá (três ou mais vezes por semana) e bebedores nunca ou não habituais de chá (menos de três vezes por semana) com um acompanhamento de 7,3 anos.

O consumo habitual de chá foi associado a anos de vida mais saudáveis e maior expectativa de vida.

Por exemplo, as análises estimaram que os bebedores habituais de chá de 50 anos desenvolvem doença cardíaca coronária e derrame 1,41 anos depois e vivem 1,26 anos a mais do que aqueles que nunca ou raramente tomam chá.

Em comparação com os que nunca tomam chá ou que não são habituais, os consumidores habituais de chá tiveram um risco 20% menor de sofrer uma doença cardíaca e acidente vascular cerebral, 22% menor risco de doença cardíaca e derrame fatal e 15% menos risco de morte por qualquer causa.

A influência potencial de mudanças no comportamento de beber chá foi analisada em um subconjunto de 14.081 participantes com avaliações em dois momentos.

A duração média entre as duas pesquisas foi de 8,2 anos, e o acompanhamento após a segunda pesquisa foi de 5,3 anos.

Com informações da European Journal of Preventive Cardiology

Fonte: Só Notícia Boa

Continuar lendo BOAS NOTÍCIAS: ESTUDO CONCLUI QUE CHÁ VERDE 3 VEZES POR SEMANA REDUZ RISCO DE DERRAME

SAÚDE: BIOTIPO – VOCÊ SABE QUAL É O SEU?

Na coluna SAÚDE deste sábado temos mais uma excelente palestra do Dr. Samuel Dalle Laste. Desta vez, sobre Biotipo, onde ele fala por que algumas pessoas ganham músculos mais facilmente e explica como você pode reconhecer qual o seu biotipo. Assista ao vídeo e tire suas conclusões!

Fonte:

Continuar lendo SAÚDE: BIOTIPO – VOCÊ SABE QUAL É O SEU?

SAÚDE: FAZER COCÔ EMAGRECE?

Na nossa coluna SAÚDE desta sexta-feira um assunto muito pouco abordado, mas de extrema importância, pois faz parte da fisiologia de todo ser humano e acontece diariamente na maioria das pessoas. Estou falando do ato de fazer cocô! No artigo a seguir você vai poder tirar todas as dúvidas sobre o cocô e a relação com o nosso peso.

AFINAL DE CONTAS, FAZER COCÔ EMAGRECE?

Por Zahra Barnes e Sarah Bradley – Redação WH EUA

fazer cocô emagrece

Em algum momento da vida, todas nós já nos perguntamos: fazer cocô aumenta a perda de peso? Ou, fazer cocô emagrece? Essa é uma pergunta justa. Um cocô agradável e produtivo (acho que você sabe do que estou falando sem que eu descreva) pode fazer você se sentir mais leve, mais magro e mais confortável em seus jeans. Ficar “preso” (também conhecido como constipado), faz você sentir o oposto. Mas essa sensação de ficar mais leve depois de cocô tem resultados reais?

Até pode ser real – mas não completamente, diz Mitzi Dulan, RD, autora de The Pinterest Diet. “Na verdade, é bastante simples”, diz ela. “Dependendo do tamanho e da regularidade, o cocô pode variar de 450g a 1,8kg. É provável que esteja no limite superior, se você não faz cocô há alguns dias. ”

Mas quanto pesa um cocô?

Se você está pensando: “Quase dois quilos, sério ?!” Eu entendo… Isso não é uma quantia pequena se você está lutando para perder peso. Mas você deve se lembrar que o seu cocô é composto de algumas coisas bem pesadas. Especificamente, ele é composto por cerca de 75% de água, de acordo com a UMass Memorial Healthcare, com o restante sendo composto por bactérias, mucosas, células mortas e, bem, comida né?

Dito isto, você tem que pensar de uma maneira mais geral. No final, 1,8kg não são uma quantidade significativa de peso no final do dia, pois o número em escala oscila constantemente para cima e para baixo, de acordo com os movimentos intestinais. Em outras palavras, quando você estiver cheia, seu peso aumentará um pouco e depois que você se aliviar, ele cairá.

De qualquer forma, fazer cocô emagrece? Até que sim, mas não afetará seu peso de maneira gigantesca, mesmo que pareça que depois de defecar você tenha perdido uns 5 kg. Essa sensação incrível é mais sobre o inchaço do que a perda real de massa corporal.

Fazer cocô emagrece: Perda de peso versus redução de inchaço

Inchaço é aquela sensação desconfortável que ocorre quando seu sistema digestivo retém ar ou gás dentro dele. Mesmo que seu estômago pareça maior quando você está inchado, o inchaço não significa necessariamente que você ganhou peso real (em termos de massa corporal).

“O cocô pode reduzir o inchaço e ajudá-lo a se encaixar mais confortavelmente em suas roupas, para que você se sinta menor em geral”, diz Dulan. “Não é como se depois de fazer cocô, você deveria estar dizendo: ‘Este é meu novo peso!’”

Se você está tentando controlar a perda de peso, Dulan sugere se pesar em horários semelhantes pela manhã, sem roupas, para evitar que seu cocô (ou a falta dele) enganem a balança. “Se você precisar ir ao banheiro, vá em frente, pois isso diminui um pouco a balança”, diz ela. “Mas se você não precisar fazer cocô, não sente no banheiro tentando ir para pesar menos. Não haverá uma diferença substancial “.

Fazer cocô emagrece: Ah, então o que afeta minha capacidade de fazer cocô?

Embora a conexão direta entre cocô e perda de peso seja mínima, há um aspecto dessa ligação que você pode usar em seu benefício: “Comer uma dieta rica em fibras faz com que você não apenas seja mais regular, mas também pode ajudá-lo a perder peso ”, diz Brigitte Zeitlin, MPH, RD, nutricionista da B Nutritious.

Como assim? Armazenar fibra suficiente durante o dia ajuda a empurrar os alimentos pelo sistema para evitar a constipação antes dela começar. “Na verdade, estimula o trato gastrointestinal para promover o movimento”, diz Zeitlin. Além disso, uma dieta rica em fibras pode ajudar a afastar certos tipos de câncer, especialmente o do cólon, e a regular o açúcar no sangue e reduzir o colesterol, mostram estudos.

E quando se trata do seu peso, a fibra o preenche como poucos nutrientes podem. “A fibra é encontrada em três coisas: frutas, vegetais e grãos integrais”, diz Zeitlin. “Se você está se certificando de estar incorporando fibra a cada refeição e lanche, você também está se certificando de que está comendo um desses alimentos fabulosos que promovem a perda de peso e um estilo de vida saudável. Além disso, você provavelmente está removendo outras coisas que não são tão boas [da sua dieta]. ”

Mas cuidado para não exagerar

Zeitlin recomenda que as mulheres busquem 25 a 30 gramas de fibra por dia, porque obter muito mais do que isso pode não apenas constipar você, mas também causar outros sintomas de angústia gastrointestinal. Segundo a Universidade Duke, consumir regularmente mais de 70 gramas de fibra pode levar a inchaço, gases, diarréia, cãibras e diminuição do apetite. Comer muita fibra também pode limitar a absorção de nutrientes e até causar bloqueios intestinais (isso é uma coisa bastante séria).

Para obter uma quantidade saudável de fibras todos os dias, tente tomar uma xícara de um alimento rico em fibras como parte do café da manhã, como uma xícara de frutas com iogurte grego (é rico em probióticos, que “promovem bactérias saudáveis ​​para ajudar a mover as coisas”, diz Zeitlin). Você também deve comer dois punhados de vegetais no almoço e no jantar para manter seu sistema digestivo – e seu peso – o mais regular possível.

Ah, e não se esqueça de todas as outras coisas que você faz o dia todo que afetam a frequência com que você faz cocô (a fibra é apenas uma peça do quebra-cabeça!).

Algumas atitudes que te deixam com o intestino preso:

  • Não beber água suficiente
  • Esquecer de gerenciar seus níveis de estresse
  • Alterar sua programação ou viajar com frequência (oi, constipação de férias)
  • Sofrer alterações hormonais (graças à TPM, gravidez ou menopausa)
  • Tomar certos medicamentos de venda livre ou de prescrição
  • Mudar sua dieta ou ingestão calórica
  • Não praticar atividade física regular
  • Certamente, o inverso de todos esses fatores também é verdadeiro; alguns medicamentos podem fazer com que você faça cocô com mais frequência, assim como seus níveis gerais de atividade / hidratação / cafeína. É tudo uma questão de equilíbrio.

Fazer cocô emagrece: Então, como faço para encontrar o meu “normal”?

Se você espera um número exato de evacuações consideradas “saudáveis” ou “normais”, vai ficar desapontada. Não existe um número, porque o intervalo normal varia de pessoa para pessoa. Em qualquer lugar, de três vezes ao dia a uma vez a cada três dias, geralmente é considerado saudável. Portanto, desde que você caia em algum lugar nesse espectro (e não tenha nada doloroso ou fora do comum), você está saudável.

Agora, se você estiver sentindo algo doloroso ou fora do comum, entre em contato com seu médico. Dependendo do problema, ele ou ela pode encaminhá-la a um gastroenterologista. De acordo com a Penn Medicine, ter os seguintes sintomas por um período prolongado (ou seja, mais de alguns dias) justifica uma ligação ou visita:

  • Cocô consistentemente fora da cor (como fezes pálidas, vermelhas ou pretas) ou alterações de cor não relacionadas a novos hábitos alimentares
  • Mudanças repentinas na frequência dos movimentos intestinais
  • Fezes ensanguentadas
  • Dor abdominal intensa ao fazer cocô
  • Cocô que flutua (o que pode ser um sinal de infecção)
  • Cocô que cheira incomum ou especialmente odorífero

É importante saber que uma desaceleração nos seus hábitos regulares de banheiro pode fazer você sentir que ganhou muito peso, mas esse não é realmente o caso. Uma combinação de inchaço e desconforto – juntamente com alguns quilos extras de cocô – pode fazer a situação parecer mais terrível do que realmente é.

Quando finalmente sair, você se sentirá mais leve que o ar… mas ainda pesará só um pouco menos do que antes. Portanto, se a perda de peso é o seu objetivo, você precisa pensar fora do banheiro.

Fonte: Womens Health Brasil

Continuar lendo SAÚDE: FAZER COCÔ EMAGRECE?

SAÚDE: TUDO SOBRE A DIETA DO TIPO SANGUÍNEO POR DR. SAMUEL DALLE LASTE

Na coluna SAÚDE deste domingo você vai assistir uma mini-palestra do Dr. Samuel Dalle Laste sobre “A Dieta do tipo sanguíneo”. Ele fala sobre o livro do Dr. Peter D’Adamo de 1996, que fala sobre saúde, vida longa e peso ideal de acordo com seu tipo sanguíneo. Assista ao vídeo e saiba como essa dieta funciona!

Fonte:

Continuar lendo SAÚDE: TUDO SOBRE A DIETA DO TIPO SANGUÍNEO POR DR. SAMUEL DALLE LASTE

SAÚDE: SAIBA TUDO SOBRE CAFÉ COM O DR. SAMUEL DALLE LASTE

Na coluna SAÚDE deste sábado você vai tirar todas as suas dúvidas sobre o consumo de café na mini-palestra do Dr. Samuel Dalle Laste, que fala sobre benefícios, malefícios e quando evitar tomar cafeína. Assista ao vídeo até o final e descubra quantas xícaras de café são recomendadas para uma pessoa tomar por dia. 

Fonte:

Continuar lendo SAÚDE: SAIBA TUDO SOBRE CAFÉ COM O DR. SAMUEL DALLE LASTE

SAÚDE: DOENÇAS NÃO EXISTEM! A VERDADE CHOCANTE SOBRE SAÚDE!

No vídeo que você vai assistir na coluna SAÚDE deste domingo o Dr. Samuel Dalle Laste choca e desmistifica o que entendemos sobre saúde. Uma nova visão sobre o assunto que pode fazer você mudar de atitude com relação a sua saúde! Assista ao vídeo e tire suas conclusões!

Fonte:

Continuar lendo SAÚDE: DOENÇAS NÃO EXISTEM! A VERDADE CHOCANTE SOBRE SAÚDE!

SAÚDE: 5 REMÉDIOS CASEIROS PARA MELHORAR A CIRCULAÇÃO!

Quarta-feira é dia da coluna SAÚDE com o Dr. Marco Menelau palestrando e ensinando como melhorar a circulação sanguínea através de 5 remédios caseiros baratos, fáceis de fazer e usar. Assista ao vídeo e conheça os métodos!

As informações transmitidas no canal do Dr. Marco Menelau, não visam o tratamento de doenças específicas, possuem apenas um caráter informativo de educação em saúde! Por este motivo, não devem ser utilizadas para o auto-diagnóstico, o auto-tratamento e a auto-medicação. Procure sempre seu médico!

Fonte:

Continuar lendo SAÚDE: 5 REMÉDIOS CASEIROS PARA MELHORAR A CIRCULAÇÃO!

BOAS NOTÍCIAS: EM AÇÃO DE GRAÇAS NO DIA MUNDIAL DA POBREZA O PAPA ALMOÇA COM 1500 DESABRIGADOS

Na coluna BOAS NOTÍCIAS desta segunda-feira temos uma boa ação comandada pelo Papa Francisco. O pontífice almoçou com 1500 desabrigados e necessitados em ação de graça ao Dia Mundial da Pobreza. Veja a reportagem completa a seguir e saiba como foi!

Papa almoça com 1.500 necessitados no Dia Mundial da Pobreza

Papa almoça com necessitados - Foto: REUTERS/Guglielmo Mangiapane

Papa almoça com necessitados – Foto: REUTERS/Guglielmo Mangiapane

1.500 pessoas desabrigadas e necessitadas almoçaram com o Papa Francisco neste domingo, 17, o Dia Mundial da Pobreza.

O almoço foi no salão de audiências do Vaticano.

O Papa e os convidados comeram lasanha, frango com molho de creme de cogumelo, batatas, doces, frutas e depois tomaram café.

Eles foram levados ao Vaticano por voluntários de grupos de caridade que os ajudam diariamente.

Amigos pobres

Antes, em uma missa para pessoas necessitadas, Francisco disse que as pessoas em situações melhores não deveriam se sentir “aborrecidas” pelos pobres, mas ajudá-los o máximo possível.

Disse que eles deveriam se perguntar: “Eu, um cristão, tenho pelo menos um amigo pobre?”

Atendimento médico

Durante a semana passada uma clínica móvel ficou na Praça de São Pedro, com médicos voluntários, dando tratamento de saúde especializado e grátis às pessoas necessitadas.

Tratamento continuará até o fim do ano nas proximidades do Vaticano, outra iniciativa de Francisco.

Com informações da Reuters e G1

Fonte: Só Notícia Boa

Continuar lendo BOAS NOTÍCIAS: EM AÇÃO DE GRAÇAS NO DIA MUNDIAL DA POBREZA O PAPA ALMOÇA COM 1500 DESABRIGADOS

SAÚDE: NUTRIGENÔMICA – APRENDA A ESCOLHER SEU NUTRICIONISTA SE VOCÊ QUER SAÚDE

Na coluna SAÚDE desta segunda-feira o Dr. Samuel Dalle Laste nos ensina como escolher com eficácia o seu nutricionista que pode lhe dizer qual o impacto do nutriente no seu genôma. Assista ao vídeo a seguir e saiba como fazer! 

Fonte:

Continuar lendo SAÚDE: NUTRIGENÔMICA – APRENDA A ESCOLHER SEU NUTRICIONISTA SE VOCÊ QUER SAÚDE

DESENVOLVIMENTO PESSOAL: CUIDADO COM AS EMOÇÕES QUE DESTROEM A SUA VIDA

Na nossa coluna DESENVOLVIMENTO PESSOAL trago mais uma mini-palestra de Ivan Maia, que trata de uma verdadeira aula de neurolinguística. Ele fala sobre a influência das palavras em nossas emoções e saúde. Assista ao vídeo que pode mudar a sua vida para melhor!

Fonte:

Continuar lendo DESENVOLVIMENTO PESSOAL: CUIDADO COM AS EMOÇÕES QUE DESTROEM A SUA VIDA

SAÚDE: DR. MARCO MENELAU COMENTA SOBRE O GRANDE TORMENTO DE BOA PARTE DA POPULAÇÃO, “FALTA DE SONO”

Na nossa coluna SAÚDE deste sábado Dr. Marco Menelau comenta sobre “Falta de Sono”, um tormento na vida de muitas pessoas que não conseguem ter qualidade de vida por causa desse distúrbio, mas que tem solução e não é complicado. Assista ao vídeo completo a seguir e você vai descobrir como resolver esse grave problema!

As informações transmitidas no canal do Dr. Marco Menelau, não visam o tratamento de doenças específicas, possuem apenas um caráter informativo de educação em saúde! Por este motivo, não devem ser utilizadas para o auto-diagnóstico, o auto-tratamento e a auto-medicação.

Fone:

Continuar lendo SAÚDE: DR. MARCO MENELAU COMENTA SOBRE O GRANDE TORMENTO DE BOA PARTE DA POPULAÇÃO, “FALTA DE SONO”

SAÚDE: TIRE TODAS AS SUAS DÚVIDAS SOBRE COLÁGENO COM DR. SAMUEL DALLE LASTE

No dia 18/10 postei na coluna SAÚDE um vídeo do Dr. Samuel Dalle Laste sobre COLÁGENO (parte 1), onde ele trouxe à baila um assunto que as pessoas pouco conhecem. Neste segundo vídeo ele tira todas as suas dúvidas que ficaram nos comentários do primeiro. Assista o vídeo e tire todas as suas dúvidas!

Fonte:

Continuar lendo SAÚDE: TIRE TODAS AS SUAS DÚVIDAS SOBRE COLÁGENO COM DR. SAMUEL DALLE LASTE

SAÚDE: SUPLEMENTAÇÃO COM LEVEDURA DE CERVEJA

Na coluna SAÚDE deste sábado temos mais uma mini-palestra de Dr. Marco Menelau. Desta vez ele fala sobre as propriedades da levedura de cerveja e a sua suplementação na dieta alimentar. levedura de cerveja é um suplemento maravilhoso, um alimento rico em nutrientes e com propriedades curativas e preventivas. Tem todo o complexo B e todos os aminoácidos essenciais. É um superalimento. Assista ao vídeo e tire suas conclusões!

Fonte:

Continuar lendo SAÚDE: SUPLEMENTAÇÃO COM LEVEDURA DE CERVEJA

Fim do conteúdo

Não há mais páginas para carregar