SEMDES CONCLUI CURSO DE FORMAÇÃO CONTINUADA PARA A PATRULHA MARIA DA PENHA EM SEIS MUNICÍPIOS DO RN

Natal conclui capacitação e entrega certificados da Patrulha Maria da Penha para seis municípios

Redação / Portal da Tropical

 – Atualizado em: 

Foto: Divulgação / Semdes

A Secretaria Municipal de Segurança Pública e Defesa Social (Semdes) concluiu o Curso de Formação Continuada para a Patrulha Maria da Penha. A solenidade de entrega dos certificados aos mais de 30 guardas municipais capacitados aconteceu, na sexta-feira (26), no auditório do Parque da Cidade do Natal e contou com a presença da primeira dama de Natal, Amanda Dias, representando o prefeito Álvaro Dias , a vice-prefeita de Natal, Aila Cortez, a prefeita de Extremoz, Jussara Sales, a secretária da Semdes, Sheila Freitas, e os comandantes das Guardas Municipais capacitadas.

Na oportunidade, a secretária Sheila Freitas fez um relato de todas as ações e parcerias firmadas para o fortalecimento da Patrulha Maria da Penha em Natal, como também as medidas para ampliar a rede de proteção por diversas secretarias municipais. “A cada dia estamos ampliando o apoio às mulheres vítimas de violência doméstica em Natal e hoje concluímos mais uma capacitação que vai dispor outros municípios, que possuem guardas, a criarem as suas Patrulhas Maria da Penha”, comemorou.

A primeira dama de Natal, Amanda Dias, falou da importância das políticas direcionadas à mulher vítima de violência. Exaltou o trabalho realizado pela Guarda Municipal da capital na proteção às mulheres e se colocado à disposição para contribuir nas ações que venham agir na prevenção e no combate à violência contra a mulher.

A prefeita da cidade de Extremoz, Jussara Sales, agradeceu pela contribuição que a Prefeitura do Natal vem dando ao seu município no tocante a ajuda na qualificação de sua Guarda Municipal e garantiu a criação da Patrulha Maria da Penha naquela cidade, como também medidas de fortalecimento da rede de proteção à mulher. “Hoje Extremoz tem uma lei que proíbe o condenado por crime doméstico de exercer cargo comissionado na Prefeitura. Agora vamos criar a Patrulha Maria da Penha e proteger ainda mais nossas mulheres ”, disse.

A solenidade de entrega dos certificados contou ainda com a apresentação teatral de um poema declamado pela Subtenente da Polícia Militar, Célia Melo (Bombom). Nos versos foi mostrada a força de uma mulher que agiu salvando mais de 2.500 vidas de criança durante a 2ª Guerra Mundial. O poema traçou um paralelo com os dias atuais aclamando à força da mulher e instigando a coragem nos gestores públicos para agir na defesa vital.

O momento contou ainda com a apresentação de vídeo com diversas imagens de mulheres que atuam ou atuaram em prol da causa feminina no estado do Rio Grande do Norte. Entre os destaques estavam uma poetisa Nísia Floresta e a ex-governadora Vilma de Faria, além de mulheres atuais como a juíza Fátima Soares, uma promotora Erica Canuto, uma secretária Sheila Freitas, uma pesquisadora Udymar Pessoa, entre outras.

O evento foi encerrado com a entrega dos certificados de conclusão do curso que abrange as guardas municipais de Natal, Ceará-Mirim, Extremoz, Mossoró, Vera Cruz e João Câmara.

Continuar lendo SEMDES CONCLUI CURSO DE FORMAÇÃO CONTINUADA PARA A PATRULHA MARIA DA PENHA EM SEIS MUNICÍPIOS DO RN

FUNPEC REALIZA PROCESSO SELETIVO PARA CARGOS DE ANALISTA

UFRN oferta vagas para cargo de analista; salário pode chegar a R $ 4,9 mil

Redação / Portal da Tropical

Atualizado em:

Foto: Cícero Oliveira / UFRN

A Fundação Norte-rio-grandense de Pesquisa e Cultura (Funpec), instituição de apoio à Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), realiza processo seletivo para cargas de analista, com pré-requisitos de formação superior na área. Estão disponíveis uma versão para analista de desenvolvimento de sistemas jr e uma versão para analista de redes e comunicação de dados jr. A remuneração para cada uma das vagas é de, respectivamente, R $ 4.928,43 e 0 R $ 3.797,17. É necessário preencher o formulário de inscrição que consta no anexo, na página da Funpec . As inscrições podem ser feitas no período de 17 a 25 de novembro exclusivamente pelo site.

A seleção conta com 3 etapas, análise de currículo, prática e entrevista técnica, todas com caráter eliminatório e classificatório. Serão convocados para as etapas subsequentes, apenas, os candidatos que foram experimentados na etapa anterior. No edital  é possível ter acesso ao conteúdo programático da prova de conhecimentos específicos, como também, o critério de pontuação para comprovação de experiência dos cargos pretendidos.

Será divulgado a relação de inscrições e o resultado da etapa de análise de currículo, além de um prazo de 48 horas, contados a partir de dados de sua divulgação, para pedidos de reconsideração e correção de possíveis falhas ocorridas na análise. Estes devem ser formulados especificando o seu objetivo, fundamentação e argumentação, com precisão lógica, e endereçados a processo.seletivo@funpec.br em arquivo de texto em formato de PDF. Os candidatos serão classificados por ordem decrescente das pontuações finalistas, e o resultado final definitivo será divulgado no site da fundação .

UFRNEmpregos no RNProcesso seletivoInscrições abertasOportunidade

Continuar lendo FUNPEC REALIZA PROCESSO SELETIVO PARA CARGOS DE ANALISTA

DIVULGADO NO JOM O RESULTADO DO EDITAL 004/2021 DA FUNDAÇÃO CULTURAL D. MILITANA

Divulgado resultado do Edital para formação e manutenção de grupos culturais

25 out 2021

Foi divulgado no Jornal Oficial do Município (JOM), desta quinta-feira (21), o resultado do Edital 004/2021, da Fundação Cultural Dona Militana (FCDM).

Com o objetivo de colaborar com a formação e manutenção dos grupos folclóricos, parafolclóricos e teatrais de São Gonçalo do Amarante, a Prefeitura Municipal irá auxiliar as agremiações com o incentivo financeiro de 120 mil reais. Foram contemplados quatro grupos folclóricos, três de teatro e um parafolclórico, cada um receberá 15 mil reais.

Em contrapartida, os grupos terão que realizar oficinas para formação de novos brincantes, promover apresentações em comunidades do município e registrar todo o processo em um minidocumentário, para prestação de contas e manutenção da memória dos grupos.

“Nosso município é reconhecido como Berço da Cultura Popular, e fazendo justiça a esse título estamos colaborando para o repasse e manutenção das tradições desses grupos”, destaca Abel Neto, presidente da FCDM.

Os recursos são do Fundo Municipal de Cultura, e homologado pelos integrantes da Comissão de Análise de Projetos (CAP).

Confira os grupos e projetos aprovados pelo Edital:

GRUPO FOLCLÓRICO

1.GRUPO BAMBELÔ DA ALEGRIA / PROJETO: CÔCO DA ALEGRIA;

2.GRUPO BOI CALEMBA PINTADINHO / PROJETO: CALEMBANDO O BAILE DO PINTADINHO;

3.GRUPO CONGOS DE COMBATE / PROJETO: REESTRUTURAÇÃO E MANUTENÇÃO DO GRUPO CONGOS DE COMBATE;

4.GRUPO PASTORIL DONA JOAQUINA / PROJETO: JORNADA DAS CORES – POPULARIZANDO O POPULAR.

GRUPO PARAFOLCLÓRICO

1.GRUPO COCO DO CALEMBA / PROJETO: QUEM TEM HISTÓRIA, CONTA!

GRUPOS DE TEATRO

1.CIA. CULTURAL HUMANARTE / PROJETO: HUMANARTE;

2.CIA DE COMÉDIA OS LOUCOS.COM / PROJETO: MEU NOME É NORDESTE NO MUNDO;

3.GRUPO DE TEATRO UNIÃO GRUTEU / PROJETO: LIVRES PELA VERDADE.

Fonte: Política em Foco
Continuar lendo DIVULGADO NO JOM O RESULTADO DO EDITAL 004/2021 DA FUNDAÇÃO CULTURAL D. MILITANA

AUTOCONHECIMENTO: ENTENDER A NOSSA ANCESTRALIDADE PARA ENTENDER O NOSSO COMPORTAMENTO

Adoro textos que falam de ancestralidade porque invariavelmente vão tratar do tema inconsciente coletivo, que poucas pessoas sabem o que é e o que significa. E só entendendo isso é que temos condições de entender o nosso comportamento e o da nossa sociedade. O texto a seguir aborda muito bem esse assunto e esclarece alguns pontos importantes para a sua compreensão de como se forma a sua personalidade e a sua autoestima. Portanto convido você a ler o texto completo a seguir!

A ancestralidade e sua influência na formação da autoestima

Mulher negra deitada de olhos fechados.
Polina Kovaleva / Pexels

São Paulo, 2 de julho de 2021

Já passou pela sua mente sobre as origens das nossas crenças e forma de pensar? Quando se fala que não existe a verdade absoluta, significa que tudo o que sabemos, a nossa leitura de mundo, molda-se a partir de muitos fatores: O contexto histórico, social e econômico, esses recortes que trazem junto elementos importantes para a formação de quem somos: tradições, pensamentos coletivos, crenças, medos e inseguranças. Tenhamos consciência disso ou não.

Não estou aqui apontando vilões e mocinhos, porque ainda temos a nossa autorresponsabilidade e o nosso livre-arbítrio para decidir por nós mesmos o que queremos para as nossas vidas, mas não podemos desconsiderar o fato de que sofremos influências externas.

Somos a formação da nossa personalidade e nosso temperamento, que se juntam com as crenças e tradições hereditárias que às vezes nem nos damos conta.

Às vezes carregamos conosco uma bagagem que nem sabemos a origem ou o porquê. Já parou para pensar nisso?

Para entendermos a nossa vida no presente, temos que buscar no passado todo o caminho que fizemos para chegar até aqui.

Vamos sair do automático, da dormência, e refletir sobre quem estamos sendo e os passos que nos trouxeram até aqui para entendermos o lugar onde estamos. Não para se apegar ao passado, martirizar-se e se prender na angústia e no arrependimento, mas para olhar as nossas vidas por um ponto de vista mais objetivo e analítico. Sem julgamentos ou terceirização da responsabilidade. Saia do ciclo da eterna vítima e dessa narrativa da vítima e agressor.

Traga a história da sua vida para uma análise, apenas uma análise. O que você costumava e/ou costuma ouvir ao seu respeito (rótulos, adjetivos…)? O que te falam ou já te falaram sobre as pessoas e o mundo?

Quando somos crianças e adolescentes, nossa mente é como uma esponja, absorvendo sem filtro o que acontece ao nosso redor, seja no ambiente familiar, na roda de amigos, no ambiente de trabalho e estudos.

Mulher branca segurando flores rosas.

Marta Dzedyshko / Pexels

Por mais que a criança e o adolescente sejam considerados “maduros” ou, como as pessoas falam, “já feitos”, vamos considerar esses fatos: na fase da infância e da adolescência, existe o desenvolvimento físico e sexual (motor – sensorial), a formação da personalidade, dos temperamentos e o começo das experiências que vão trazer mais sabedoria e mais amadurecimento para lidar com várias questões do psicológico e emocional necessário para algumas situações. Nessas fases normalmente não adquirimos os recursos necessários nem a responsabilidade que é necessária para determinadas questões da vida, como a autonomia e a responsabilidade, seja com os outros ou consigo.

É algo muito complexo para explicar teoricamente, mas fica fácil entender quando compreendemos que é um mito a criança e o adolescente maduros. Essa ideia veio como uma brecha para a chamada “hiperssexualização” de menores e para tornar até aceitável e “passável” condutas sexuais inadequadas de uma pessoa mais velha com uma pessoa mais nova. Você descobre isso analisando, fazendo uma comparação com os grandes teóricos e contextualizando tudo isso ao ir mais a fundo no assunto.

O que estou querendo dizer é que crianças são CRIANÇAS, adolescentes são ADOLESCENTES e adultos são ADULTOS. Não tem como tratar essas faixas etárias da mesma forma por causa da diferença de fases do desenvolvimento.

Quando somos crianças, estamos criando nossas programações e apenas a partir dos 7 anos começamos a criar consciência e a nossa programação mental. Até esse momento, o ambiente externo é um forte influente para a formação das nossas crenças e da nossa personalidade, por isso que não é incomum ver os que são mais novos reproduzirem atitudes e falas dos que são mais velhos, que estão em seu convívio.

Estou falando isso para refletirmos sobre a nossa construção mental, sem julgamentos e sem criar essa esfera do vilão e da vítima, porque isso não vai nos beneficiar em nada. Vamos nos concentrar apenas no presente e no que podemos alterar. Mas precisamos fazer uma análise do nosso passado para compreender o momento atual.

Precisamos de um momento para desacelerar e refletir sobre nós mesmos, sobre nossas vidas. A vida é feita de escolhas, sejam elas boas ou ruins. Estamos a todo momento tomando uma decisão, consciente ou inconsciente e até mesmo quando estamos em “cima do muro”.

Falo isso porque, quando não toma uma decisão explicitamente, ou seja, está indeciso, em cima do muro, as nossas programações mentais e crenças inconscientes vão decidir. Ou pior, os outros vão decidir por você.

Escrito por Anne Moon
Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: ENTENDER A NOSSA ANCESTRALIDADE PARA ENTENDER O NOSSO COMPORTAMENTO

AUTOCONHECIMENTO: O CARÁTER PODE SER AVALIADO ATRAVÉS DE SEIS PILARES

Esta é uma excelente oportunidade para você aprender ou, quem sabe, aprimorar os seus conhecimentos sobre o caráter. O texto a seguir aborda o “Caráter” através dos seis pilares que o formam. A teoria é patrocinada pela Rotary International, uma associação internacional de clubes que tem o objetivo de unir voluntários com o objetivo de prestar serviços humanitários e de caridade e de promover valores éticos a nível mundial. São valores irrefutáveis na avaliação do caráter de qualquer pessoa.

Os seis pilares do caráter

Ilustração de silhuetas de cabeças

kubko / 123RF

Afinal o que é caráter? O que significa ter um bom caráter? De que forma podemos nos esforçar para moldarmos um bom caráter e quais características devemos levar em consideração quando nos dedicarmos a ter um bom caráter? Descubra respostas para todas essas perguntas no artigo a seguir.

O que é caráter?

Antes de mais nada, é preciso explicar por que caráter não é sinônimo de bom caráter. Segundo o dicionário Houaiss, caráter é o “conjunto de características que, sendo boas ou más, distinguem uma pessoa, um povo; traço distintivo”, ou ainda “formação moral”. Ou seja, um caráter não é formado apenas por bons adjetivos e por características que possam ser elogiadas. Traços tanto positivos quanto negativos da personalidade fazem parte do caráter, como explicado pelo dicionário. Portanto todos temos caráter, seja bom, seja ruim.

Além dessa explicação, o dicionário Houaiss aponta que são sinônimas da palavra caráter expressões como índole, honestidade e boa formação moral. Na linguagem informal, portanto, a palavra acabou virando sinônimo de ter uma boa índole, uma boa personalidade.

O que é ter um bom caráter?

É impossível responder a essa pergunta. E é impossível porque a personalidade, assim como outras matérias relacionadas à psicologia humana, não é ciência exata. O julgamento de um bom caráter, no fim das contas, é subjetivo. Quer ter uma noção disso? Pense nas três características essenciais que formam uma pessoa de bom caráter e, em seguida, peça que alguém próximo a você faça o mesmo.

A probabilidade de vocês terem escolhido as mesmas características é bastante baixa, não? E isso acontece porque, enquanto para uma pessoa a honestidade pode ser um pilar essencial de um bom caráter, para outra pessoa pode ser, na verdade, a generosidade. Cada pessoa julga quem tem um bom caráter com base em seus próprios filtros, em sua própria experiência e em seus próprios conceitos.

Cachorrinho recebendo carinho

Helena Lopes / Pexels

Para uma pessoa que já foi trapaceada ou traída na vida, a sinceridade pode ser um traço essencial de bom caráter. Para alguém que foi ajudado em um momento de necessidade, a caridade pode ser essa estrutura-base do bom caráter de alguém.

Ou seja, um bom caráter é fluido. Um bom caráter na sua opinião pode não ser um bom caráter na minha opinião. E tudo bem. Cada um de nós é um universo e vê a vida com seus próprios olhos, julgando com sua própria bagagem e com seus próprios princípios.

Os seis pilares do caráter

É, não há consenso a respeito do que seja um bom caráter, mas alguns esforços já foram feitos para tentar definir alguns princípios que regem um caráter positivo. Uma dessas propostas, que acabou virando uma teoria aplicada em diversas salas de aula dos Estados Unidos e, posteriormente, do mundo, ficou bastante popular: a dos seis pilares do caráter.

A teoria é patrocinada pela Rotary International, uma associação internacional de clubes que tem o objetivo de unir voluntários com o objetivo de prestar serviços humanitários e de caridade e de promover valores éticos a nível mundial.

Esse método já vem sendo proposto como atividade escolar em diversas escolas ao redor do mundo, inclusive no Brasil. O método consiste em ensinar aos alunos quais são os seis pilares do caráter e, então, incentivar atividades e debates entre eles nos quais esses pilares sejam estimulados. Confira a seguir quais são eles:

1º – Zelo: essa característica do bom caráter diz respeito à atenção e ao cuidado que você dedica não só às pessoas que ama, mas também a qualquer pessoa com quem interage em seu dia a dia. Ser gentil com as pessoas é algo que devemos fazer sem exigirmos nada em troca e sem escolhermos as pessoas que vão receber esse tratamento. Sempre que identificar uma oportunidade de ser gentil, seja. Sempre que puder ajudar alguém, seja quem for, ajude.

2º – Cidadania: ser cidadão é, em resumo, fazer parte da sociedade de maneira harmônica, agindo com ética, respeitando autoridades e leis e estando consciente e praticante dos seus direitos e deveres. Preserve o meio ambiente, preocupe-se com sua cidade, seu bairro, sua rua. Faça sua parte e mantenha boas relações com os outros membros da sociedade, sejam eles policiais, sejam eles seus vizinhos, por exemplo. Pague impostos e esteja em dia com as suas obrigações com o governo.

Dois amigos se cumprimentando

William Fortunato / Pexels

3º – Respeito: esse é um dos pilares mais necessários. Respeite as decisões das outras pessoas, seus relacionamentos, as diferenças entre vocês, a orientação sexual delas. Simplesmente respeite. Cada um é de um jeito e merece respeito por isso. Não agrida, não ofenda nem machuque ninguém. Ah, e respeite-se também. Conheça seus limites, não aceite o que não lhe faz bem e saiba reclamar os seus direitos quando se sentir lesado. Respeite para ser respeitado.

4º – Responsabilidade: antes de fazer qualquer coisa, pense nas consequências que sua atitude vai ter para outras pessoas, para o ambiente e, é claro, para você. Se cometer um erro (e isso eventualmente vai acontecer), assuma a responsabilidade por ele e faça o possível para reparar tudo de ruim que dele tenha resultado. Liberdade está extremamente relacionada a responsabilidade, então seja livre, mas de maneira responsável. Quem é responsável recebe confiança dos outros, então seja leal e cumpra sua palavra sempre que colocá-la em jogo.

5º – Senso de justiça: a igualdade deve estar presente em todos os seus comportamentos. Não trate duas pessoas de maneira diferente por causa de etnia, orientação sexual, gênero, preferências ou qualquer que seja a disparidade entre você e ela ou entre ela e alguém que tenha uma característica da qual você gosta. Evite preconceitos e esteja sempre disposto a desconstruí-los, dando a oportunidade de as pessoas provarem que o seu pré-julgamento foi errado. Por fim, seja sempre justo quando observar um problema, uma discussão ou uma discordância.

6º – Sinceridade: falar a verdade é essencial para que você seja uma pessoa confiável e leal. Evite fazer promessas que não pode cumprir e evite mentiras, mesmo aquelas que, à primeira vista, pareçam inofensivas. Não faça fofocas nem espalhe boatos sem confirmar sua veracidade. Honre seus compromissos. Não engane nem iluda ninguém e evite que as pessoas se machuquem por você não ter sido honesto. Fale sempre o que pensa e sente, mas considere o impacto do que vai ser dito em quem ouve e selecione bem as palavras.

Os benefícios dos seis pilares para educadores e alunos

Ainda que o papel da escola não seja, em primeira instância, ensinar conceitos morais, já que essa parte da educação é uma atribuição do núcleo familiar do aluno, ensinar conceitos como zelo, cidadania, respeito, responsabilidade, senso de justiça e sinceridade provavelmente não farão mal, não é?

Crianças na escola

RODNAE Productions / Pexels

Não existem estudos que comprovem os benefícios desse método na vida dos alunos que receberam esse conteúdo em sala de aula, mas é de se imaginar, já que são conceitos positivos, que não farão nenhum mal, apenas bem para aqueles que entrarem em contato com eles, especialmente em uma idade tão jovem.

Para os educadores, que muitas vezes sofrem com desrespeito e com abusos dos alunos em sala de aula, ensinar esses conceitos pode ser um alívio bem grande, já que podem melhorar o comportamento e o convívio dos alunos entre si e com os professores. Além disso, atividades com esses conceitos em meio às aulas em que são ensinadas as disciplinas tradicionais podem ser um respiro no conteúdo, que muitas vezes é maçante para os alunos.

Os seis pilares e o futuro

Enquanto estão em sala de aula, nos muitos anos que formam o ensino fundamental e o ensino médio, os alunos entram em contato com muitos tipos de conhecimento, diversos entre si e bastante numerosos, então seria exagero imaginar que todos serão assimilados instantaneamente. O mesmo serve para esse método dos seis pilares. Ainda que os alunos não os absorvam tão logo sejam ensinados, é provável que, no futuro, lembrem-se do que foi aprendido a partir dessa teoria.

Diferentemente de disciplinas ensinadas e cobradas em provas, essas lições morais não são exigências e não recebem notas, porque são apenas estimuladas a partir de atividades que promovam empatia e os pilares que fazem parte desse conceito. Portanto, mesmo que os alunos não pareçam ter absorvido ou levem as atividades na brincadeira, é provável que, futuramente, quando se virem em situações nas quais essas características sejam necessárias, lembrem-se de como elas são positivas.

Por fim, além do estímulo ao desenvolvimento dos tais pilares, outra habilidade social estimulada por essas atividades é a empatia. Como a maior parte dos exercícios dessa teoria envolvem o estímulo à imaginação, para que os alunos se coloquem em determinadas situações e discutam a melhor maneira de agir, isso inclui colocar-se no lugar do outro e também debater com os colegas a respeito das ideias mais agradáveis para a resolução dos problemas apresentados.

E aí, você concorda com os seis pilares do caráter desse método? O que acha de eles estarem sendo ensinados em escolas? Você tiraria algum desses? Adicionaria outro? Conte-nos a sua opinião e aproveite para fazer a sua reflexão a respeito de quais características você considera essenciais para que uma pessoa tenha um caráter considerado bom.

Escrito por Eu Sem Fronteiras
Continuar lendo AUTOCONHECIMENTO: O CARÁTER PODE SER AVALIADO ATRAVÉS DE SEIS PILARES

NESTA SEGUNDA FEIRA (4) GOVERNO DO RN INICIA CURSO PARA FORMAÇÃO DE NOVOS POIICIAIS MILITARES

Por G1 RN

 

Governo do RN inicia curso para formação de novos policiais militares na segunda-feira (4) — Foto: Elisa ElsieGoverno do RN inicia curso para formação de novos policiais militares na segunda-feira (4) — Foto: Elisa Elsie

A aula inaugural da segunda turma do curso para formação de praças da Polícia Militar será realizada nesta segunda-feira (4). O governo do Rio Grande do Norte convocou ao todo 297 candidatos, sendo 96 homens e 201 mulheres.

A lista dos candidatos matriculados – referente ao Concurso Público regido pelo Edital nº 003/2018 – foi publicada no Diário Oficial do Estado da última quinta-feira (31).

Os novos alunos-soldados deverão comparecer na segunda-feira, às 6h, ao quartel do Comando Geral da Polícia Militar do Rio Grande do Norte, que fica na Avenida Rodrigues Alves, no bairro do Tirol, para a solenidade de apresentação ao Curso de Formação Policial (CFP) 2021.

Os candidatos devem usar máscara de proteção por causa da pandemia da Covid-19. Os que não puderem comparecer no dia e horário agendados devem justificar a ausência junto ao Comando do Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças da Polícia Militar do RN (CFAPM).

Fonte: G1 RN

Continuar lendo NESTA SEGUNDA FEIRA (4) GOVERNO DO RN INICIA CURSO PARA FORMAÇÃO DE NOVOS POIICIAIS MILITARES

SEGURANÇA: DIA 04 DE JANEIRO INICIARÁ O CURSO PARA FORMAÇÃO DE NOVOS POLICIAIS NO RN

RN inicia curso para formação de novos policiais militares em 04 de janeiro

 POLÍCIA

Foto: ASSECOM/RN – Elisa Elsie

O Governo do Rio Grande do Norte realiza na próxima segunda-feira (4) a aula inaugural da segunda turma do curso para formação de praças da Polícia Militar, referente ao Concurso Público regido pelo Edital nº 003/2018. A relação dos candidatos matriculados foi publicada pela Secretaria de Estado da Administração (Sead) no Diário Oficial desta quinta-feira (31).

Ao todo, foram convocados 297 candidatos, sendo destes 96 homens e 201 mulheres. Os novos alunos-soldados deverão comparecer na segunda-feira, 04 de janeiro de 2021, às 6 horas da manhã, no Quartel do Comando Geral da Polícia Militar do Rio Grande do Norte, situado na Avenida Rodrigues Alves, s/n – Tirol, para a Solenidade de apresentação ao Curso de Formação Policial – CFP 2021.

É importante ressaltar que somente será admitida a entrada no local dos candidatos que estiverem usando máscara de proteção, devido à pandemia da Covid-19. Àqueles que não puderem comparecer no dia e horário agendado devem justificar a ausência junto ao Comando do Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças da Polícia Militar do do RN (CFAPM), responsável por analisar a pertinência da motivação da falta.

Informações gerais referentes ao Concurso Público podem ser obtidas através do site www.ibade.org.br ou por meio dos telefones: 0800 628 2175, (21) 3674-9190 – Rio de Janeiro, (84) 3026-0575 – Rio Grande do Norte, ou pelo e-mail atendimento@ibade.org.br.

Acesse:

EDITAL DE CONVOCAÇÃO PARA INGRESSO NA SEGUNDA TURMA DO CURSO DE FORMAÇÃO, REFERENTE AO CONCURSO PÚBLICO EDITAL Nº 003/2018 – SEARH/PMRN – 05 DE JULHO DE 2018.

Continuar lendo SEGURANÇA: DIA 04 DE JANEIRO INICIARÁ O CURSO PARA FORMAÇÃO DE NOVOS POLICIAIS NO RN

CURSO DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL NO SISTEMA PRISIONAL DO RN É CONCLUÍDO POR 15 INTERNOS

15 internos do sistema prisional do RN concluem o curso de formação profissional

Redação / Portal da Tropical

 – Atualizado em: 

Internos passam por cursos profissionalizantes | Foto: Divulgação / Seap

A Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) chamada, nesta sexta-feira (18), a confirmação de 15 internos do sistema prisional do Rio Grande do Norte concluiu os cursos de educação profissional e tecnológica, ofertados pelo Programa Novos Caminhos da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), através da modalidade Ensino à Distância (EAD). Os privados de liberdade são de quatro unidades onde ações na área de educação avançam da alfabetização a cursos de formação profissional.

Para o secretário da Administração Penitenciária, Pedro Florêncio, o caminho principal para efetivar a ressocialização do indivíduo preso é proporcionar uma educação. “A educação transforma e esse é um dos principais pilares da gestão atual. Manter o controle, a segurança, a ordem e a disciplina e, em paralelo, levar a educação, o trabalho e a profissionalização como pessoas privadas de liberdade ”, disse.

Na Cadeia Pública de Caraúbas, na Penitenciária Estadual do Seridó, em Caicó, e no Complexo Penal João Chaves Feminino, em Natal, 13 internos concluíram o curso de produção comercial de peixes (Piscicultura). Na Cadeia Pública de Nova Cruz, dois internos concluíram o curso de programador de sistemas e assistente de secretaria escolar. As aulas aconteceram nos laboratórios de informática instalados pela Seap nas unidades prisionais.

A diretora do Departamento de Promoção à Cidadania da Seap, policial penal Alcinéia Rodrigues, explica que os editais dos cursos são oferecidos a toda população. “As aulas acontecem nas salas de aula dentro das unidades prisionais, através de uma plataforma digital da própria instituição deertante e são acompanhadas pelos policiais penais. Quero registrar a dedicação dos servidores dessas unidades em abraçar a causa da educação tecnológica profissional como meio de transformar vidas ”, disse. Neste mesmo edital, explicou a diretora, foram inscritos egressos do sistema prisional, numa forma de expandir as oportunidades que essas pessoas buscam no processo de integração social.

Os cursos foram oferecidos pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), por meio da Escola Agrícola de Jundiaí (EAJ), e pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN), como parte do programa Novos Caminhos do Ministério da Educação (MEC). O projeto compõe um conjunto de ações para o fortalecimento da política de Educação Profissional e Tecnológica, em apoio às redes e instituições de ensino, no planejamento da oferta de cursos alinhada às demandas do setor produtivo e na incorporação das transformações produzidas pelos processos de inovação tecnológica .

A Seap também tem avançado na oferta de cursos de nível superior. Dez internos do sistema prisional estão matriculados no Curso Superior de Tecnologia em Gestão Ambiental, modalidade Educação a Distância (EAD) para pessoas privadas de liberdade, ofertado pelo IFRN através de acordo de cooperação com um SEAP. Dois apenados da Mário Negócio estão concluindo a graduação no Curso de Gestão Ambiental.

Fonte: Portal da Tropical- Notícias

Continuar lendo CURSO DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL NO SISTEMA PRISIONAL DO RN É CONCLUÍDO POR 15 INTERNOS

MAIS 329 APROVADOS EM CONCURSO DA PM, FORAM CONVOCADOS PARA SEGUNDA TURMA DE FORMAÇÃO DE SOLDADOS NO RN

Por G1 RN

 

Soldados da Polícia Militar do Rio Grande do Norte. — Foto: Governo do RN/DivulgaçãoSoldados da Polícia Militar do Rio Grande do Norte. — Foto: Governo do RN/Divulgação

A Secretaria da Administração (Sead) convocou mais 329 candidatos aprovados no concurso da Polícia Militar do Rio Grande do Norte para a segunda turma do curso de formação de praças – a primeira turma, com mais de mil soldados, se formou em novembro. A apresentação será realizada entre os dias 16 e 18 de dezembro, no quartel do Comando-Geral da PM, no bairro do Tirol, em Natal.

As listas com o nome dos candidatos e com os documentos necessária para a matrícula, bem como as respectivas datas de apresentação dos aprovados foram publicadas na edição desta terça (8) do Diário Oficial do Estado.

Conforme a publicação, o candidato que não se apresentar no dia e horário determinado ou que não apresentar a documentação exigida será eliminado do processo.

“O nosso pensamento e nosso planejamento junto ao Governo do Estado é que tenhamos continuidade de concursos públicos. A população precisa de segurança, precisa de policiais na rua, que hoje está sendo suprido pelas diárias operacionais”, declarou o comandante à época.

Fonte: G1 RN
Continuar lendo MAIS 329 APROVADOS EM CONCURSO DA PM, FORAM CONVOCADOS PARA SEGUNDA TURMA DE FORMAÇÃO DE SOLDADOS NO RN

MORALES COMEMORA VITÓRIA DE SEU PARTIDO E DIZ QUE NÃO QUER INFLUÊNCIA NO GOVERNO ELEITO, SE DEDICARÁ A FORMAÇÃO DE LÍDERES E A CRIAÇÃO DE TAMBAQUIS

 

Evo Morales diz que se dedicará a formar líderes e a criar tambaquis: ‘Não vou sugerir nenhum ministro’

Em entrevista exclusiva à BBC News Mundo, Morales, que foi coordenador de campanha do partido, diz que não quer ter nenhuma influência no próximo governo boliviano

INTERNACIONAL

por 

BBC NEWS BRASIL

 

Em entrevista exclusiva, Evo Morales falou sobre sua intenção de retorno à Bolívia

 

Continuar lendo MORALES COMEMORA VITÓRIA DE SEU PARTIDO E DIZ QUE NÃO QUER INFLUÊNCIA NO GOVERNO ELEITO, SE DEDICARÁ A FORMAÇÃO DE LÍDERES E A CRIAÇÃO DE TAMBAQUIS

EM FORMATO EAD, INTERNOS DO SISTEMA PRISIONAL PASSARÃO POR FORMAÇÃO PROFISSIONAL

Internos do sistema prisional passarão por formação profissional em formato EAD

Redação / Portal da Tropical

 – Atualizado em: 

Internos durante as aulas | Foto: Seap

Internos da Cadeia Pública de Nova Cruz foram inscritos em cursos de educação profissional e tecnológica através da modalidade Ensino à Distância (EAD). As aulas acontecerão em sala de aula equipada pela Secretaria da Administração Penitenciária (SEAP) na unidade prisional. Em 2020, 34 pessoas privadas de liberdade já foram matriculadas em cursos à distância.

Os cursos serão oferecidos pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) por meio da Escola Agrícola de Jundiaí (EAJ), e pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN), como parte do programa Novos Caminhos do Ministério da Educação (MEC), a partir de editais públicos e com acesso a qualquer cidadão.

Dez presos de Nova Cruz foram inscritos nos cursos de Programador de Sistemas, Programador Web, Assistente Administrativo e Assistente de Secretaria Escolar. Outros 14 internos de outras unidades prisionais foram matriculados recentemente.

No Edital da UFRN, foram aprovadas seis internas do Complexo Penal João Chaves Feminino, em Natal, quarto internos da Cadeia Pública de Caraúbas e dois na Penitenciária Estadual do Seridó, em Caicó, todos no curso Produção Comercial de Peixes (Piscicultura).

No mesmo Programa Novos Caminhos foram aprovados dois internos da Penitenciária Estadual do Seridó para os cursos Programador de Sistemas e Programador Web, pelo Instituo Federal do Rio Grande do Norte (IFRN).

Outros dez internos do sistema prisional, custodiados em Mossoró e Caicó, estão matriculados no Curso Superior de Tecnologia em Gestão Ambiental, modalidade Educação a Distância (EAD) para pessoas privadas de liberdade, ofertado pelo IFRN através de acordo de cooperação com a SEAP.

As aulas ocorrem nas salas de aula dentro das unidades prisionais, através de uma plataforma digital da própria instituição ofertante e são acompanhadas pelos policiais penais.

Fonte: Portal da Tropical _Notícias

Continuar lendo EM FORMATO EAD, INTERNOS DO SISTEMA PRISIONAL PASSARÃO POR FORMAÇÃO PROFISSIONAL

Fim do conteúdo

Não há mais páginas para carregar