Blog do Saber, Cultura e Conhecimento!

BOAS NOTÍCIAS: MÉDICOS TAILANDESES USAM COQUETEL ANTI-HIV E TEM MELHORA EM MULHER COM CORONAVÍRUS EM 48 HORAS

A Tailândia anuncia tratamento do coronavírus com coquetel anti-HIV e consegue melhora em 48 horas de mulher chinesa. Esse o nosso destaque desta quinta-feira na coluna BOAS NOTÍCIAS. Leia a reportagem completa a seguir e saiba tudo sobre essa descoberta.

Coronavírus: mulher melhora em 48h com coquetel na Tailândia

Esperança contra o coronavírus: médicos da Tailândia usaram um coquetel de medicamentos antivirais já conhecidos e uma mulher com a doença melhorou em 48 horas.

A informação foi divulgada pelo Ministério da Saúde da Tailândia, em entrevista coletiva neste fim de semana. A equipe médica afirmou a mulher é uma chinesa de 70 anos com o coronavírus e internada no Hospital Rajavithi, em 29 de janeiro. (vídeo abaixo)

A melhora aconteceu depois de ter sido tratada com medicamentos anti-HIV lopinavir e ritonavir, e grandes doses do medicamento anti-gripe oseltamivir. Ela recebeu o tratamento no Hospital Rajavithi, em Bangcoc e estava com o coronavírus há 10 dias, de acordo com os testes.

Embora tenha sido relatado que o tratamento melhorou a condição da paciente com coronavírus, a OMS, Organização Mundial da Saúde, vê a descoberta com cautela e ainda não considerou isso como a cura, disse o Dr. Rabindra Abeyasinghe, representante da OMS nas Filipinas.

“Vimos relatos vindos da Tailândia; é claro, a melhora de um paciente não constitui evidência… Precisamos reconhecer que esta é uma situação em evolução, é uma nova doença e a OMS continua comprometida em trabalhar em conjunto com a comunidade global de pesquisa para gerar essas evidências e compartilhá-las com os Estados membros quando disponíveis”, disse Abeyasinghe a repórteres em Malacañang.

Outros dois pacientes com coronavírus foram tratados com o coquetel de medicamentos. Um deles também melhorou. O outro teve que abandonar o tratamento após uma reação alérgica.

A melhora

Os médicos dizem que a rápida recuperação dela pode ajudar a solidificar a combinação de medicamentos como tratamento para o vírus.

Eles evitam falar em cura, já que é muito recente, mas garantem que a mulher melhorou da doença.

“Essa não é a cura, mas a condição do paciente melhorou bastante. Do teste positivo por 10 dias sob nossos cuidados, após a aplicação dessa combinação de medicamento, o resultado do teste ficou negativo em 48 horas”, disse o especialista em pulmão Dr. Kriangska Atipornwanich a repórteres.

“A perspectiva é boa, mas ainda precisamos fazer mais estudos para determinar se esse pode ser um tratamento padrão”.

OMS vai apurar

O relatório da Tailândia levará a OMS a trabalhar “mais estreitamente” com as autoridades de saúde da Tailândia.

Uma vez que a OMS estabeleça “evidências claras” do tratamento mais eficaz do vírus, Abeyasinghe disse que a organização reportará imediatamente.

Assista à reportagem da WIONews:

Com informações do WIONews , GNNJakartaPostKhaleejTimesAsiaOneABC/CBNews
Continuar lendo

Fim do conteúdo

Não há mais páginas para carregar

Fechar Menu
×
×

Carrinho