TERCEIRO CASO DE VARÍOLA DOS MACACOS É CONFIRMADO NO BRASIL

Ministério da Saúde confirma terceiro caso da varíola dos macacos

Homem, de 51 anos, está isolado em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, após viagem a Portugal

Júlia Vieira

da CNN

São Paulo

Ministério da Saúde confirmou na noite deste domingo (12) o terceiro caso de varíola dos macacos no Brasil. Trata-se de um homem de 51 anos, que está isolado em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, após viagem a Portugal.

O caso foi notificado à Saúde pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (CIEVS) do Rio Grande do Sul após a confirmação laboratorial por RT-PCR realizada pelo Instituto Adolfo Lutz de São Paulo (IAL/SP).

Segundo nota do ministério, o paciente está em isolamento, com quadro clínico estável, sem complicações e está sendo monitorado pelas Secretarias de Saúde do Estado e do Município.

“Todas as medidas de contenção e controle foram adotadas imediatamente após a comunicação de que se tratava de um caso suspeito de monkeypox, com o isolamento do paciente e rastreamento dos seus contatos, tanto nacionalmente quanto do voo internacional, que contou com o apoio da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa)”, informa a Saúde.

Organização Mundial de Saúde (OMS) já foi notificada sobre a confirmação.

“O caso, que estava em monitoramento desde o dia 27 de maio, trata-se de um homem que encontra-se em viagem a Porto Alegre. O homem procurou atendimento médico no último dia 19 e novamente no dia 23 de maio. Paciente desconhece contato com pessoas em Portugal que sejam confirmadas ou suspeitas para a doença varíola do macaco até o presente momento e relata melhora parcial das queixas citadas com tratamento instituído”, diz a secretaria.

Outros casos

O primeiro caso da Monkeypox foi confirmado na quinta-feira (9) na capital paulista. O paciente é um homem de  41 anos que está internado no Instituto de Infectologia Emílio Ribas com boa evolução do quadro clínico.

Um homem de 29 anos de Vinhedo, interior de São Paulo, com histórico de viagem para Portugal e Espanha, também testou positivo para a varíola dos macacos no último sábado (11).

Sobre a doença

A varíola dos macacos é uma doença infectocontagiosa encontrada principalmente na África Ocidental e Central. A transmissão da patologia ocorre por meio de contato direto com uma pessoa infectada que apresente lesões na pele, ou por gotículas de saliva.

Os sintomas iniciais são semelhantes aos da gripe, como febre, calafrios, exaustão, dor de cabeça e fraqueza muscular, seguidos de inchaço nos gânglios linfáticos, que ajudam o corpo a combater infecções e doenças.

Continuar lendo TERCEIRO CASO DE VARÍOLA DOS MACACOS É CONFIRMADO NO BRASIL

RÚSSIA ATACA COM ARMAS DE ALTA PRECISÃO A CAPITAL UCRANIANA KIEV DURANTE A VISITA DO SECRETÁRIO-GERAL DA ONU

Rússia confirma ataque à Kiev durante visita do secretário-geral da ONU

Ofensiva enquanto Antonio Guterres estava na Ucrânia provocou a morte de uma jornalista que morava em prédio atingido por míssil

Secretário-geral da ONU, Antonio Guterres, durante visita à Kiev

SERGEI SUPINSKY / AFP

Rússia confirmou nesta sexta-feira (29) ter atacado no dia anterior a capital ucraniana Kiev com armas de “alta precisão”, durante a visita do secretário-geral da ONU, Antonio Guterres.

O ataque provocou a morte de uma produtora e jornalista da emissora Rádio Free Europe/Rádio Liberty, financiada pelo governo dos Estados Unidos, depois que sua casa foi atingida por um míssil.

O ministério da Defesa da Rússia informou que executou um ataque aéreo de “alta precisão de longo alcance” contra as instalações da empresa espacial e de fabricação de mísseis Artyom em Kiev.

O primeiro bombardeio na capital desde meados de abril ocorreu depois que Guterres visitou Bucha e outras cidades na periferia de Kiev.

“É uma zona de guerra, mas causa comoção que tenha acontecido perto do lugar em que estávamos”, disse Saviano Abreu, porta-voz da ONU que acompanhava Guterres.

O presidente ucraniano Volodmir Zelenski denunciou o ataque como tentativa de “humilhar a ONU e tudo o que esta organização representa”.

A Alemanha descreveu o ataque como “desumano” e afirmou que é um sinal de que o presidente russo Vladimir Putin “não tem nenhum respeito pelo direito internacional”.

Jornalistas da AFP viram um prédio em chamas, em uma área residencial de Kiev, com uma densa coluna de fumaça preta escapando pelas janelas quebradas.

O secretário-geral da ONU condenou o ataque como “maldoso”. Após visitar Bucha, ele pediu a Moscou para “cooperar” com o Tribunal Penal Internacional (TPI) para “estabelecer as responsabilidades” sobre os supostos crimes cometidos contra civis nesta cidade.

A procuradora-geral da Ucrânia, Irina Venediktova, disse à rede Deutsche Welle que foram identificados “mais de 8.000 casos” de supostos crimes de guerra.

Além disso, ela afirmou que há uma investigação em curso contra dez soldados russos suspeitos de cometer atrocidades em Bucha, onde dezenas de corpos com roupas civis foram encontrados após a retirada das tropas de Moscou.

Os fatos investigados, segundo Venediktova, incluem “assassinatos de civis, bombardeios de infraestruturas civis, torturas”, assim como “crimes sexuais” denunciados “no território ocupado da Ucrânia”.

Horas antes do bombardeio em Kiev, o presidente americano Joe Biden pediu ao Congresso 33 bilhões de dólares de ajuda adicional para apoiar a Ucrânia contra “as atrocidades e agressões” russas.

“O preço desta briga não é barato. Mas ceder à agressão vai ser mais caro”, defendeu o presidente americano.

Biden também rejeitou as afirmações de funcionários russos de que Moscou está lutando contra todo o Ocidente.

“Não estamos atacando a Rússia. Estamos ajudando a Ucrânia a se defender da agressão russa”, enfatizou Biden.

Um funcionário do governo americano, que pediu anonimato, destacou que o pacote que Biden busca aprovar tem como objetivo fornecer um apoio ao governo e ao exército da Ucrânia até o início de outubro.

Após semanas de conflito sem que as tropas russas conseguissem tomar a capital ucraniana, os esforços de Moscou agora estão focados em conseguir um avanço significativo no leste e estabelecer seu controle na área sul, ao redor do porto de Mariupol.

As autoridades ucranianas indicaram que planejam, para esta sexta-feira, um plano de retirada dos civis presos na siderúrgica de Azovstal, sitiada pelas forças russas em Mariupol.

Centenas de militares e civis ucranianos, entre eles dezenas de crianças, estão refugiados na fábrica.

O batalhão ucraniano Azov afirmou no Telegram que um hospital militar de campanha localizado no complexo industrial foi bombardeado.

A sala de cirurgia desabou e os soldados em tratamento foram mortos ou feridos, acrescentou, sem dar um balanço preciso. Enquanto isso, Kiev admitiu que as forças russas tomaram várias cidades na região do Donbass, no leste.

A primeira fase da invasão lançada pela Rússia em 24 de fevereiro fracassou na hora de tomar Kiev ou de derrubar o governo ucraniano, após enfrentar uma forte resistência, que foi reforçada pelas armas enviadas à Ucrânia por países ocidentais.

Agora a campanha russa se concentra em tomar territórios no leste e no sul da Ucrânia e também usar mísseis de longo alcance contra regiões do oeste e do centro do país.

Biden afirmou que os Estados Unidos enviarão 10 armas antitanque por cada blindado russo, mas o comandante da Força Aérea da Ucrânia, Mikola Olechchuk, indicou que o sistema antiaéreo do país é incapaz de alcançar os bombardeiros a uma altitude elevada.

“Precisamos de sistemas antiaéreos de médio e longo alcance” e “caças modernos”, afirmou o militar.

Até agora, o conflito obrigou 5,4 milhões de ucranianos a deixar seu país e mais de 7,7 milhões de pessoas fugiram de suas casas sem atravessar a fronteira, segundo uma estimativa da ONU, no momento em que a Organização Internacional das Migrações (OIM) lançou um pedido de ajuda por 514 milhões de dólares.

“Nos resta apenas uma esperança: poder voltar para casa”, disse Galina Bodnya, aposentada da cidade de Zaporizhzhia, no sul do país.

Fonte: R7

Continuar lendo RÚSSIA ATACA COM ARMAS DE ALTA PRECISÃO A CAPITAL UCRANIANA KIEV DURANTE A VISITA DO SECRETÁRIO-GERAL DA ONU

COMITÊ CIENTÍFICO DA PREFEITURA DO RIO DE JANEIRO RECOMENDA SUSPENSÃO DA EXIGÊNCIA DO PASSAPORTE DE VACINA EM TODA CAPITAL

Por TV Globo

 

Comitê recomenda fim da cobrança do passaporte de vacina no Rio
Comitê recomenda fim da cobrança do passaporte de vacina no Rio

Em reunião nesta segunda-feira (25), o Comitê Científico da Prefeitura do Rio recomendou à Secretaria Municipal de Saúde a suspensão da exigência do passaporte da vacina em toda a capital.

O documento era exigido desde o dia 12 de novembro de 2021 em lugares de uso coletivo, como academias de ginástica, cinemas, teatros, estádios e locais de visitação turística.

A decisão do Comitê foi baseada no atual panorama epidemiológico na cidade, que se mantém favorável e estável, e pode ser alterada caso haja mudança no cenário.

O decreto revogando a cobrança do passaporte deve ser publicado nesta terça-feira (26) no Diário Oficial do município.

Pouco depois da reunião, o prefeito Eduardo Paes confirmou a suspensão da medida.

“Será suspenso o passaporte da vacina por recomendação do Comitê Científico!”, tuitou o prefeito.

Quarta dose da Covid

A Secretaria Municipal de Saúde vai aplicar a 4ª dose da vacina contra a Covid para pessoas a partir dos 70 anos a partir da próxima quarta-feira (27).

As vacinas aplicadas serão Jansen e AstraZeneca.

A partir da semana seguinte, no dia 4 de maio, os pacientes serão idosos acima de 65 anos. Depois, a partir de 11 de maio, serão vacinados os idosos com mais de 60 anos.

A vacinação vai até o dia 21 de maio.

Calendário 4ª Dose da vacina para pessoas com mais de 70 e 60 anos em maio — Foto: Divulgação/PrefeituraCalendário 4ª Dose da vacina para pessoas com mais de 70 e 60 anos em maio — Foto: Divulgação/Prefeitura

Fonte: G1
Continuar lendo COMITÊ CIENTÍFICO DA PREFEITURA DO RIO DE JANEIRO RECOMENDA SUSPENSÃO DA EXIGÊNCIA DO PASSAPORTE DE VACINA EM TODA CAPITAL

AUTORIDADES DA REPÚBLICA DEMOCRÁTICA DO CONGO CONFIRMARAM UM NOVO CASO E EBOLA

República Democrática do Congo confirma novo caso de ebola

É o primeiro caso registrado desde que a OMS anunciou em, dezembro de 2021, o fim do 13º e até então o último surto da doença no país

As autoridades da República Democrática do Congo (RDC) confirmaram neste sábado (23) um novo caso de ebola na cidade de Mbandaka, capital da província de Équateur, no norte do país.

“Depois de analisar amostras de um paciente com sintomas, o Instituto Nacional de Pesquisa Biológica confirmou nesta manhã que se tratava de ebola”, disse à Agência Efe o coordenador de programas contra essa doença na RDC, Steave Ahuka.

“Estamos testemunhando um novo ressurgimento do ebola na província de Équateur”, acrescentou.

No entanto, Ahuka pediu à população que não entre em pânico, pois as autoridades congolesas enviaram imediatamente uma equipe de especialistas para a área com o propósito de gerenciar o surto.

Na quinta-feira passada, o paciente que alertou as autoridades de saúde — um homem de 31 anos — começou a sangrar persistentemente enquanto era tratado no hospital geral de referência de Wangata, em Mbandaka.

O homem apresentava alguns sintomas da doença, como fortes dores de cabeça e febre, desde o último dia 5 de abril, mas, apesar dos tratamentos médicos que recebeu desde então, sua situação não melhorou.

Neste momento, as autoridades procuram cerca de 30 pessoas que tiveram contato direto com o paciente desde que ele começou a apresentar os primeiros sintomas, afirmou Ahuka à Efe.

Esse foi o primeiro caso de ebola registrado na RDC desde que a Organização Mundial da Saúde (OMS) anunciou, em 16 de dezembro de 2021, o fim do 13º e até então último surto da doença no país, que deixou 11 casos e seis mortes na província de Kivu do Norte.

De 2018 a 2020, o nordeste da RDC — as províncias de Kivu do Sul, Kivu do Norte e Ituri — experimentou seu pior surto de ebola, com pelo menos 2.299 mortes, segundo os dados mais recentes da OMS.

A doença do ebola, descoberta em 1976 na RDC — então chamada Zaire —, é transmitida pelo contato direto com o sangue e fluidos corporais de pessoas ou animais infectados. Essa febre causa sangramento intenso e pode atingir uma taxa de mortalidade de 90%.

Seus primeiros sintomas são febre alta e repentina, fraqueza severa e dores musculares, de cabeça e de garganta, além de vômitos.

De 2014 a 2016, essa doença causou a morte de cerca de 11.300 pessoas na África Ocidental — Guiné-Conacri, Libéria e Serra Leoa —, embora a OMS advirta que esses números podem ser conservadores.

Fonte: R7

Continuar lendo AUTORIDADES DA REPÚBLICA DEMOCRÁTICA DO CONGO CONFIRMARAM UM NOVO CASO E EBOLA

DADOS ATUALIZADOS DO CORONAVÍRUS NO RN

RN confirma mais 510 casos e duas mortes por covid-19 em 24 horas; ocupação de leitos é de 24%

Redação/Portal da Tropical

 – Atualizado em: 

Foto: Breno Esaki/Agência Saúde

O Rio Grande do Norte registrou nas últimas 24 horas mais 510 casos confirmados e duas mortes provocadas pela doença. Os números foram divulgados pela Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap-RN), em boletim epidemiológico nesta quarta-feira (09).

Os óbitos foram registrados em Natal e em Alto do Rodrigues. Ao todo, 8.079 pessoas já perderam suas vidas para a doença, desde o início da pandemia, há dois anos.

Segundo a secretaria, ainda são considerados 1.571 óbitos como suspeitos e outros 1.115 já foram descartados para a covid-19. Os dados suspeitos seguem em análise pelas equipes da saúde do estado.

Em relação às confirmações, já são 482.421 casos confirmados no Rio Grande do Norte. De acordo com a Sesap, 701 são considerados suspeitos e 912.486 foram descartados. Além disso, o estado tem 468.593 casos recuperados e 5.749 em acompanhamento.

A plataforma Regula RN mostrava, às 16h05 desta quarta-feira (09), que o estado tinha 24,8% dos leitos críticos ocupados com pacientes em tratamento da covid-19. Na Região Metropolitana de Natal, a ocupação era de 31,6%. No Oeste Potiguar, estava em 17,6%. No Seridó, apenas 13,3% dos leitos estavam sendo utilizados.

Fonte: Portal da Tropical _ Notícias

Continuar lendo DADOS ATUALIZADOS DO CORONAVÍRUS NO RN

PREFEITO DE CANGUARETAMA CONFIRMA REAJUSTE DE 33,23% NOS SALÁRIOS DOS PROFESSORES DA REDE MUNICIPAL

Prefeitura de Canguaretama concede reajuste de 33,23% nos salários dos professores

Foto: Reprodução

A Prefeitura de Canguaretama vai conceder um reajuste de 33,23% no salário base dos professores da rede municipal de educação básica, conforme estabelece a Lei do Piso do Magistério (11.738/2008). A medida foi confirmada pelo prefeito, Wilsinho Ribeiro, em anúncio feito nesta quinta-feira (10) ao lado da secretária de Educação, Fátima Moreira. O aumento é o maior já registrado na história da cidade.

Wilsinho destacou que o reajuste é uma grande conquista para a classe e que sua gestão compartilha com a política de valorização da classe.

“É um direito dos professores que nós fazemos questão de honrar e fazer ainda mais. Nosso compromisso é com a valorização desses profissionais. O aumento já será comprovado no salário de fevereiro e ainda pagaremos o retroativo referente ao vencimento de janeiro. A educação é a porta para um mundo melhor e merece toda a atenção, reconhecimento e carinho da nossa gestão, comprometida com os nossos servidores”, disse Wilsinho.

Até a presente data, esse é o maior aumento salarial que os professores de Canguaretama receberam. Antes, o ajuste havia sido de pouco mais de 12%.

“Foi o maior piso já reajustado na história de nossa cidade e um dos maiores do Estado. A gestão optou por seguir o aumento estipulado pelo governo federal em respeito aos nossos profissionais. Valorizar o professor é um processo permanente. Educação de qualidade é o caminho da transformação real da vida e é esse caminho que procuramos trilhar em Canguaretama”, comentou a titular da pasta da educação, Fátima Moreira.

Fonte: Blog do BG

Continuar lendo PREFEITO DE CANGUARETAMA CONFIRMA REAJUSTE DE 33,23% NOS SALÁRIOS DOS PROFESSORES DA REDE MUNICIPAL

RN PERDEU MAIS DE 39 MIL DOSES DE VACINA DA PFIZER QUE PASSARAM DO PRAZO DE 31 DIAS APÓS DESCONGELAMENTO

Por Igor Jácome e Emmily Virgílio, g1 RN e Inter TV Cabugi

 

Vacina da Pfizer é a mais utilizada como terceira dose no Rio Grande do Norte. — Foto: Getty Images via BBCVacina da Pfizer é a mais utilizada como terceira dose no Rio Grande do Norte. — Foto: Getty Images via BBC

O Rio Grande do Norte perdeu mais de 39 mil doses de vacinas da Pfizer porque os imunizantes passaram do prazo de 31 dias após descongelamento para serem utilizados, segundo confirmou a Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap).

Somente a capital do estado, Natal, foi responsável por mais de 55% das doses que se perderam. Ao todo, 21.900 vacinas não foram aplicadas dentro do prazo, na cidade, e não podem mais ser utilizadas.

Mossoró, no Oeste potiguar, registrou a segunda maior quantidade de perdas, passando das cinco mil vacinas. No dia 28 de dezembro, a secretaria de Saúde do município já havia confirmado a perda superior a 4 mil vacinas.

Os dados da Sesap foram levantados no dia 30 de dezembro, com base nas informações repassadas por 151 municípios potiguares, que representam 90,4% das cidades do estadoAo todo, 39.515 doses se perderam. Desse total, apenas 205 ficaram inutilizáveis por outro motivo: um problema técnico na câmara fria em Jardim de Piranhas.

Segundo o estado, as doses serão recolhidas e desprezadas.

No documento assinado pela responsável técnica do Programa Estadual de Imunização, Katiúcia Carvalho, a Sesap afirma que, após a entrega dos imunizantes aos municípios, a responsabilidade pelo uso dentro do prazo fica a cargo das prefeituras.

“Reiteramos que as estratégia de vacinação e gerenciamento do imunobiológico após a entrega nos municípios é de responsabilidade da esfera municipal conforme as diretrizes do Programa Nacional de Imunizações”, diz o documento.

Natal diz que perda foi motivada por ausência do público

Procurada pelo g1a Secretaria Municipal de Saúde de Natal disse em nota que a perda de doses ocorreu por causa da ausência do público que deveria receber os imunizantes, “mesmo com todo esforço da SMS Natal, em oferecer o maior número e diversidade de pontos de vacinação”.

“A SMS Natal não mediu esforços para vacinar a população. Ampliamos horários dos pontos de vacinação, ampliamos horários das unidades, ações extra muro como vacinação no Carnatal, shoppings, árvore de natal, clubes de futebol, Sesc, escolas, hotéis, feiras livres e pontos turísticos de Natal”, disse. A cidade tem 35.648 pessoas com a terceira dose atrasada, segundo a SMS.

A pasta ainda afirmou que solicitou o envio de doses congeladas à Secretaria de Saúde do Estado, o que aumentaria o prazo de uso pelo município, mas a Sesap disse que a medida não seria possível. Veja sobre o assunto mais abaixo, nesta matéria.

A justificativa apresentada pela prefeitura de Natal foi a mesma de Mossoró, no Oeste potiguar. No final de dezembro, o coordenador da imunização no município, Etevaldo de Lima, afirmou que a cidade tinha mais de 8 mil pessoas em atraso para tomar a terceira dose, porém o público não estava procurando a vacinação.

“Público nós temos. O que está faltando é parte desse público buscar a vacinação contra a covid. Nós usamos de todas as estratégias, pontos extras de vacinação, vacinamos de domingo a domingo, porém a população não quer”, disse.

Sesap muda estratégia na distribuição das vacinas

Segundo a coordenadora de Vigilância em Saúde da Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap), Kelly Lima, ao perceber a grande quantidade de doses que os municípios tinham em dezembro, a pasta orientou as prefeituras sobre estratégias de ampliação da vacinação, com unidades volantes em locais de grande circulação de pessoas, por exemplo, mas nem todas as cidades aderiram.

“Quando já não havia tempo hábil, os municípios procuraram o estado para garantir a utilização desses doses, mas o tempo já era muito exíguo para que a gente conseguisse avançar. Tentamos fazer forças-tarefas, mutirões, mas não é tão simples, porque os municípios maiores têm dificuldade em realizar uma busca ativa mas efetiva”, justificou.

De acordo com ela, a situação levou o estado a mudar a estratégia de distribuição das doses especialmente para os maiores municípios, como Natal e Mossoró.

Já desde dezembro, o envio de doses só ocorre a partir de solicitação. Se o município acha que ele vai conseguir utilizar 10 mil doses ao longo daquele mês, nós enviamos essas doses”, afirmou.

Até então, o governo enviava as vacinas de acordo com a população de cada cidade e o número de pessoas que tomou a primeira e a segunda dose em cada uma.

A Sesap ainda informou que o Ministério da Saúde chegou a aumentar a validade de alguns lotes, em outubro, mas que a medida abrange apenas as vacinas que ainda estão congeladas. “Uma vez descongelada, não tem como congelar novamente ou ampliar o prazo de validade”, disse Kelly.

Envio de doses congeladas

prefeitura de Natal afirmou ao g1 que havia solicitado à Secretária Estadual de Saúde que as doses fossem entregues congeladas, para que pudessem ter uma validade maior. Porém a Sesap considerou que a medida não é possível por causa da mudança da temperatura na distribuição iniciada pelo Ministério da Saúde.

De acordo com a pasta, inicialmente o governo federal enviava as doses a temperaturas entre 2º e 8º C, porém após o Ministério da Saúde conseguir caixas especiais, os imunizantes passaram a ser transportados aos estados a – 20º C.

Ao chegar à Unidade Central de Agentes Terapêuticos do Rio Grande do Norte, os imunizantes vão a temperaturas entre – 60 e -70º C. Porém, de acordo com a bula da vacina, a vacina só pode passar pela temperatura de – 20º C uma vez e por isso o estado começou a repassar os imunizantes para Natal na mesma temperatura com que envia às demais cidades potiguares.

Ainda assim, a pasta informou que parte das doses que foram perdidas em dezembro ainda tinham sido enviadas congeladas ao município.

Veja 10 municípios com mais perdas de doses da Pfizer no RN

  1. Natal – 21.900 doses
  2. Mossoró – 5.274
  3. Touros – 1.290
  4. Parnamirim – 1.185
  5. Maxaranguape – 1.140
  6. Currais Novos – 720
  7. Arês – 651
  8. Poço Branco – 622
  9. Riachuelo – 534
  10. Lagoa Nova – 552

Fonte: G1 RN

Continuar lendo RN PERDEU MAIS DE 39 MIL DOSES DE VACINA DA PFIZER QUE PASSARAM DO PRAZO DE 31 DIAS APÓS DESCONGELAMENTO

A POSITIVO TECNOLOGIA FOI CONFIRMADA COMO FORNECEDORA DAS URNAS ELETRÔNICAS PARA O TSE

TSE confirma Positivo como vencedora de contrato de urnas eletrônicas

Empresa era a única habilitada para participar da licitação do TSE

da Reuters

Atualizado 27/12/2021 às 13:57

Tribunal Superior Eleitoral (TSE) divulga novas urnas eletrônicas para 2022Tribunal Superior Eleitoral (TSE) divulga novas urnas eletrônicas para 2022Abdias Pinheiro/SECOM/TSE

A Positivo Tecnologia anunciou nesta segunda-feira (27) que foi confirmada como empresa fornecedora de urnas eletrônicas para o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em uma licitação com valor total de até 1,18 bilhão de reais.

A empresa era a única habilitada para participar da licitação do TSE, que prevê fornecimento de até 176 mil urnas eletrônicas.

A companhia afirmou que será convocada para assinar uma Ata de Registro de Preços, que tem validade de 12 meses a partir da publicação no Diário Oficial da União.

As ações da empresa, que avançavam pouco mais de 1% antes da divulgação do fato relevante, aceleraram alta e subiam 4,6% por volta de 11h56, enquanto o Ibovespa apontava ganhos de 0,2% em pregão volátil.

Continuar lendo A POSITIVO TECNOLOGIA FOI CONFIRMADA COMO FORNECEDORA DAS URNAS ELETRÔNICAS PARA O TSE

RM VAI CONTAR COM SISTEMA DE ENERGIA SUSTENTÁVEL NA REDE ESCOLAR

Governo firma parcerias para instalar energia solar nas escolas

21 dez 2021

Governo firma parcerias para instalar energia solar nas escolas

O Rio Grande do Norte vai contar com sistema de energia sustentável na rede escolar. Com este objetivo o Governo do Estado assinou nesta segunda-feira (20) dois termos de cooperação com a Neoenergia-Cosern. O primeiro, com investimento no valor de R$ 819 mil, vai dotar o prédio sede da Secretaria de Estado da Educação e Cultura (Seec), no Centro Administrativo em Natal, de sistema de captação de energia solar e substituição das lâmpadas convencionais por lâmpadas led. O segundo vai realizar estudos para identificar a viabilidade de instalação de sistemas solares nas escolas da rede estadual de ensino.

“É sempre uma alegria estar na Secretaria de Educação e hoje com mais esta parceria que traz modernidade e eficiência no consumo de energia. Começamos pela Escola de Governo e Secretaria de Educação, para então levarmos às 620 escolas estaduais no RN. Devemos destacar a contribuição do senador Jean-Paul Prates que destinou emenda ao OGU no valor de R$ 1 milhão para o projeto Escolas Solares”, afirmou a governadora Fátima Bezerra acompanhada do vice-governador Antenor Roberto.

A governadora acrescentou que “ao celebrar estes convênios conclamamos os parceiros a cumprir as metas e cronogramas. Precisamos urgentemente combater as dificuldades herdadas, a falta de planejamento cuidadoso, como, por exemplo, a ausência de infraestrutura elétrica adequada que impede a instalação de aparelhos de ar-condicionado nas escolas. Em São Rafael, encontrei a escola mais antiga da cidade, com 37 anos de funcionamento, sem nunca ter tido uma reforma. Um absurdo. Mas no governo de uma professora vamos lá fazer a reforma e em várias outras”.

Ela ainda se referiu ao Programa Nova Escola Potiguar – PNEP, que vai construir 10 Institutos Estaduais de Educação Profissionalizante e incorporar as 12 existentes. Além disso o PNEP vai reformar 60 escolas e ampliar outras cem. “O PNEP precisa de energia para as novas escolas, reformas, ampliações, Internet de qualidade, formação continuada de professores”, enfatizou. A governadora ressaltou a dedicação dos profissionais na educação no RN que elevaram o Ideb para a classificação mais alta, 5.2 no ensino fundamental.

O secretário de Estado da Educação e Cultura (Seec) Getúlio Marques considerou como “momento muito importante para o RN. Estamos fechando parceria para crescermos com a educação. Aqui temos Educação para a vida, agora com energia sustentável e economia que chegarão a toda nossa rede e IERNs”.

Titular da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico (Sedec), Jaime Calado disse que o RN, no governo da professora Fátima Bezerra, vive uma revolução silenciosa pela Educação. “Educação é riqueza que não tem preço, tem valor, o que ninguém pode tirar das pessoas. Não se rouba o conhecimento e a formação”. Jaime Calado citou a condição adquirida pelo RN em 2021 como o Estado que mais viabilizou investimentos em energias renováveis no país – R$ 13 bilhões. “Isso é resultado de gestão, de um Governo que tem equipe competente, dedicada e honesta nomeada por nossa Governadora”.

O superintendente da Neoenergia Cosern, Luiz José Queiroz considerou o Governo do Estado como relevante parceiro e que os trabalhos na Seec representam a adoção de medidas que proporcionarão eficiência energética e consumo inteligente. “Nossa empresa completa 60 anos de existência com mais esta parceria de modernização do sistema de iluminação, instalação da usina fotovoltaica e substituição das antigas lâmpadas por led”. A Empresa Ecosol também é parceira no projeto. O presidente Leonardo Galvão destacou o somatório de esforços entre Governo do RN, concessionária de energia e empresa privada “para trazer benefícios ao Estado e à economia como um todo”.

Ao ato de assinatura dos termos de cooperação também compareceram a secretária da Semjidh, Júlia Arruda; os secretários de Estado adjunto da Seec, Márcia Gurgel, da Sedec, Sílvio Torquato; subsecretário da juventude da Semjidh, Gabriel Medeiros; representantes do presidente da Fundação José Augusto, Aluízio Matias, do senador Jean Paul Prates, da vereadora Divaneide Basílio, da Associação Potiguar de Estudantes Secundaristas (Apes), da União Brasileira de Estudantes Secundaristas (Ubes), dirigentes, servidores e funcionários da Seec e órgãos estaduais.

Fonte: Política em Foco
Continuar lendo RM VAI CONTAR COM SISTEMA DE ENERGIA SUSTENTÁVEL NA REDE ESCOLAR

BOLSONARO CONFIRMA PRESENÇA NA CERIMÔNIA DE POSSE DE ANDRÉ MENDONÇA COMO MINISTRO DO STF

Bolsonaro confirma presença na posse de André Mendonça no STF

Presidente apresentou, nesta quarta (15), um teste negativo para a Covid-19; diagnóstico é exigido para entrada nos prédios da Corte

Leonardo Lopes

Neila GuimarãesDaniel Adjutoda CNN

em São Paulo e Brasília

Jair Bolsonaro e André Mendonça.Jair Bolsonaro e André Mendonça.Marcelo Camargo/Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro confirmou sua presença na cerimônia que empossará André Mendonça como novo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF). A informação foi confirmada em nota enviada pela assessoria da Corte. O evento está marcado para a tarde desta quinta-feira (16).

A equipe médica da Presidência enviou, nesta quarta (15), um teste com resultado negativo para Covid-19. O diagnóstico negativo para infecção pelo coronavírus é uma exigência para entrada nos prédios da Corte, como previsto na resolução 748/2021 do STF, que dispõe sobre as regras para conter a disseminação da Covid-19.

O âncora Daniel Adjuto antecipou no Live CNN que o resultado do exame de Bolsonaro era aguardado pelo STF, e que ele foi convencido a fazer para evitar novos embates. O convite, que a CNN teve acesso, traz a obrigatoriedade do “certificado de vacinação válido ou teste RT-PCR ou teste antígeno negativos realizados nas últimas 72 horas”.

Na terça (14), o ministro Luiz Roberto Barroso reforçou, em resposta a recurso da Advocacia-Geral da União, que o comprovante de vacinação é obrigatório para brasileiros e estrangeiros residentes no país entrarem no Brasil.

Crítico da exigência, o presidente Jair Bolsonaro teria sido convencido a fazer o teste para evitar novos embates e prestigiar a posse de seu segundo indicado à Corte.

O próprio presidente da República escolheu Mendonça para ocupar o lugar do ex-ministro Marco Aurélio Mello, aposentando compulsoriamente em julho deste ano ao completar 75 anos.

cerimônia para posse de Mendonça deve acontecer no dia 16, conforme previsão do presidente do Supremo, ministro Luiz Fux.

Segundo fontes ouvidas pela CNN, a data foi reservada tendo em vista que no dia 17 será realizada a última sessão antes do recesso de final de ano. No mesmo dia será realizada uma cerimônia de encerramento do ano Judiciário.

Relembre como foi o processo de nomeação dos outros ministros do STF

Gilmar Mendes assumiu em 2002, indicado por FHCRicardo Lewandowski foi aprovado em 2006, indicado por LulaCármen Lúcia chegou à Corte em 2006, indicada por LulaDias Toffoli foi indicado por Lula em 2009Luiz Fux assumiu a cadeira em 2011, indicado por Dilma RousseffRosa Weber também foi indicada por Dilma Rousseff em 2011Luís Roberto Barroso chegou à Corte em 2013, indicado por Dilma RousseffEdson Fachin foi mais uma indicação de Dilma, em 2015Alexandre de Moraes foi indicado por Michel Temer, em 2017Nunes Marques foi o primeiro indicado de Bolsonaro, em 2020

Continuar lendo BOLSONARO CONFIRMA PRESENÇA NA CERIMÔNIA DE POSSE DE ANDRÉ MENDONÇA COMO MINISTRO DO STF

FILIAÇÃO DE BOLSONARO AO PL FOI ADIADA APÓS COMUM ACORDO ENTRE AMBOS

PL confirma cancelamento do ato de filiação de Bolsonaro no dia 22

Partido Liberal divulgou nota neste domingo (14). Bolsonaro afirmou que ainda “há muito a conversar” sobre o assunto

Thais Arbex

 

A filiação do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) ao Partido Liberal (PL) foi adiada após comum acordo entre ambos, confirmou uma nota divulgada pelo partido neste domingo (14). Pouco depois de a CNN publicar o documento, o PL divulgou uma nova nota reiterando a alteração do cronograma.

“Após intensa troca de mensagens na madrugada deste domingo 14 com o presidente Jair Bolsonaro, decidimos, em comum acordo, pelo adiamento da anunciada cerimônia de filiação”, afirma a nota assinada pelo presidente do PL, Valdemar da Costa Neto.

“Portanto, a data de 22 de novembro foi cancelada, não havendo, ainda, uma nova data para o compromisso de filiação”, conclui o comunicado.

Antes da divulgação do informe, Bolsonaro havia comentado que “ainda há muito o que conversar” com o partido para cravar um dia para a cerimônia de filiação.

Em Dubai, Bolsonaro confirmou que a nota do PL foi divulgada após combinado com Valdemar Costa Neto. A jornalistas, o presidente disse ser “difícil” viabilizar a filiação para acertar o que chamou de “casamento” com a sigla, e afirmou ainda ter “muita coisa a conversar” antes do ato de filiação.

De acordo com o presidente, é necessário alinhar pautas “conservadoras, nas questões de interesse nacional, na política em relação ao exterior, na questão de defesa também” que, segundo ele, estão caminhando bem até o momento.

“É um casamento que precisa ser perfeito. Se não for 100%, que seja 99%. É essa a ideia. É isso que o povo espera de todos nós”, afirmou. “Eu acho difícil essa data de 22 [de novembro]. Estamos conversados de comum acordo que podemos atrasar esse casamento um pouco pra que ele não comece sendo muito igual aos outros”, disse Bolsonaro.

Um dos requisitos citados por Bolsonaro para cravar a filiação é o partido não apoiar “alguém do PSDB” nas eleições em São Paulo, onde ele afirmou não ter candidato ainda – apesar de ter mencionado o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, como uma possibilidade.

“Sabemos da importância de termos duas bancadas na Câmara e no Senado. Mas também de fechar com governadores que possam ser diferentes de muitos que estão aí no momento”, disse o presidente.

*Com informações de Giovanna Galvani, da CNN

Continuar lendo FILIAÇÃO DE BOLSONARO AO PL FOI ADIADA APÓS COMUM ACORDO ENTRE AMBOS

DIRETOR DA ABIN AFIRMOU QUE DECISÃO DO STF “RATIFICA O OBJETIVO” DA SUA GESTÃO

Diretor da Abin diz à CNN que decisão do Supremo confirma objetivo de sua gestão

Na prática, o Supremo decidiu que a Abin não pode requisitar informações a órgãos do governo para atender a interesses pessoais ou privados

Thais Arbex

Alexandre Ramagem Rodrigues, quando ocupava o cargo de diretor-geral da Agência Brasileira de Inteligência (Abin)Alexandre Ramagem Rodrigues, quando ocupava o cargo de diretor-geral da Agência Brasileira de Inteligência (Abin)Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado

Diretor da Abin (Agência Brasileira de Inteligência), Alexandre Ramagem afirmou à CNN que a decisão do plenário do STF (Supremo Tribunal Federal) que restringiu, por unanimidade, o repasse de dados de órgãos públicos para a agência, “ratifica o objetivo” de sua gestão: “de governança com controle e rastreabilidade das informações compartilhadas”.

De acordo com Ramagem, a Abin já adota medidas que foram referendadas pelo Supremo, como: “formalização dos processos de compartilhamento de dados, com especificação de motivação e finalidade pública, com respeito à reserva de jurisdição –ou seja, relatório de inteligência não se confunde com sistema de investigação– e segurança dos dados”.

O diretor disse ainda que, com a decisão do Supremo, está consolidado o compromisso da Abin para que o entendimento da corte seja cumprido.

Na prática, o Supremo decidiu que a Abin não pode requisitar informações a órgãos do governo para atender a interesses pessoais ou privados e impôs limites ao decreto de 2020 do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) que ampliaria o poder de requisição de informações pela agência. O entendimento se deu no âmbito de uma ação do PSB contra o decreto de Bolsonaro.

De acordo com a decisão do STF, todos os órgãos que estão sob a jurisdição do Sistema Brasileiro de Inteligência só podem fornecer dados e conhecimentos específicos à Abin quando comprovado o interesse público da medida.

Em 2020, por 9 votos a 1, o plenário já tinha confirmado a medida cautelar (decisão provisória) que estabeleceu limites à troca de informações. Agora, os ministros julgaram, em plenário virtual, a ação de forma definitiva.

Continuar lendo DIRETOR DA ABIN AFIRMOU QUE DECISÃO DO STF “RATIFICA O OBJETIVO” DA SUA GESTÃO

CINCO BRASILEIROS ESTÃO NO AFEGANISTÃO, CONFIRMA ITAMARATY

Itamaraty confirma que cinco brasileiros estão no Afeganistão

Ministério das Relações Exteriores afirmou que situação de cidadãos é “prioridade” e disse que dois deles querem deixar o país

INTERNACIONAL

 Do R7

Estrangeiros e afegãos continuam deixando o país em voos que partem de Cabul

FORÇAS ARMADAS DA FRANÇA / DIVULGAÇÃO VIA AFP – 20.8.2021

O Itamaraty confirmou, nesta sexta-feira (20), que pelo menos 5 brasileiros continuam no Afeganistão após o país ter sido dominado pelo Talibã. Segundo a nota divulgada pelo Ministério das Relações Exteriores, dois deles manifestaram o desejo de sair do território afegão.

“A situação dos brasileiros no Afeganistão constitui, neste momento, prioridade para a assistência consular do Itamaraty”, diz o comunicado. Não há até o momento informações sobre as identidades dos brasileiros que estão no país asiático.

O ministério também confirmou que o governo brasileiro avalia conceder vistos humanitários a cidadãos afegãos que queiram deixar o país, nos mesmos moldes das autorizações já concecidas a refugiados de outros países, como o Haiti e a Síria.

“A situação dos brasileiros no Afeganistão constitui, neste momento, prioridade para a assistência consular do Itamaraty. Foram amplamente divulgados os dados de contato da Embaixada do Brasil em Islamabad, que tem a representação do Brasil junto ao Afeganistão e a jurisdição consular sobre o território afegão, e da Divisão de Assistência Consular, para identificar e apoiar brasileiros que precisem urgentemente de auxílio.

São os seguintes os telefones de plantão da Embaixada do Brasil no Paquistão (+92 300 8525941) e da Divisão de Assistência Consular do MRE (+55 61 98197-2284).

Até o momento, há informação sobre cinco brasileiros no Afeganistão, dois dos quais manifestaram intenção de deixar o país.

Os brasileiros que necessitem receberão o apoio mais amplo possível. Está sendo realizada coordenação diplomática com países que têm conduzido operações de resgate em território afegão.

No momento, o Governo brasileiro avalia a possibilidade de concessão de vistos humanitários para pessoas afetadas pela situação política no Afeganistão em termos semelhantes aos concedidos a haitianos e apátridas da República do Haiti e para as pessoas afetadas pelo conflito na Síria.”

Continuar lendo CINCO BRASILEIROS ESTÃO NO AFEGANISTÃO, CONFIRMA ITAMARATY

INSTITUTO EM COSTA DO MARFIM CONFIRMA PRIMEIRO CASO DE EBOLA NO PAÍS DESDE 1994

Costa do Marfim registra primeiro caso de ebola desde 1994

País fez acordo com a Guiné para receber mais de 5 mil doses de vacina contra a doença

Costa do Marfim não registrava caso confirmado de ebola desde 1994

CELLOU BINANI / AFP

O Instituto Pasteur da Costa do Marfim confirmou neste sábado (14) o primeiro caso de ebola no país desde 1994, segundo divulgou o Ministério da Saúde do país e a Organização Mundial da Saúde.

De acordo com as primeiras informações, a paciente em questão havia viajado no último dia 12 para a capital marfinense, Abidjan, por via terrestre, vindo da vizinha Guiné, que anunciou em 19 de junho o fim do último surto da doença.

A mulher que foi diagnosticada com ebola tem 18 anos, nasceu em Guiné e foi internada em um hospital após sentir febre, conforme indicou o Ministério da Saúde da Costa do Marfim.

Segundo a OMS, não há indicação até o momento de que haja uma conexão entre o surto no território marfinense com o de Guiné, “mas pesquisas e a sequenciação genética identificarão a cepa e determinação se existe uma conexão entre ambos”.

Durante este ano, também chegaram a ser declarados surtos na República Democrática do Congo (RDC), cujo fim foi declarado em 3 de maio.

No entanto, esta a última vez em que foi registrado um surto em uma grande capital, como Abidjan, foi entre 2014 e 2016, resultando na morte de 11,3 mil pessoas.

Na Costa do Marfim, nenhum caso havia sido confirmado desde 1994, quando o vírus saltou de uma família de chimpanzés para um pesquisador que trabalhava na região.

“É uma grande preocupação que este surto tenha sido declarado em Abidjan, uma metrópole com mais de 4 milhões de habitantes”, indicou a diretora regional da OMS para a África, Matshidiso Moeti, por meio de comunicado.

A agência, além disso, indicou que 5 mil doses de vacina contra a doença que tinham sido reservadas para enfrentar o surto na Guiné, estão sendo transferidas para a Costa do Marfim, graças a um acordo entre os Ministérios da Saúde dos dois países.

Continuar lendo INSTITUTO EM COSTA DO MARFIM CONFIRMA PRIMEIRO CASO DE EBOLA NO PAÍS DESDE 1994

PEDIATRA DO INSTITUTO SANTOS DUMONT CONFIRMA SURTO DA DOENÇA MÃO-PÉ-BOCA NO RN

Por G1 RN

 

Síndrome da ‘mão-pé-boca’ é uma doença extremamente contagiosa entre crianças — Foto: Prefeitura de Cuiabá/DivulgaçãoSíndrome da ‘mão-pé-boca’ é uma doença extremamente contagiosa entre crianças — Foto: Prefeitura de Cuiabá/Divulgação

Uma doença comum no verão e no outono brasileiro está chamando atenção de pais de crianças em idade escolar no Rio Grande do Norte. Transmitida pelo vírus Coxsackie, a ‘mão-pé-boca’ provoca lesões nas mãos, pés e boca, como o nome sugere.

O pediatra do Instituto Santos Dumont (ISD), Ruy Medeiros, confirma o surto da doença em cidades como Natal e Macaíba, na Região Metropolitana. Na capital potiguar, algumas escolas chegaram a suspender as aulas do Ensino Infantil para impedir o avanço da contaminação entre os alunos.

“A gente chama de síndrome ou doença mão-pé-boca. Ela acomete, principalmente, crianças menores de cinco anos. É uma doença transmitida por via direta ou indireta. Os principais sintomas são os inespecíficos, tipo vômito, náuseas e diarréia. Mas a principal apresentação clínica é a febre e lesões no corpo. Essas lesões no corpo são do tamanho de grãos de arroz que acometem, principalmente, mãos, pés e boca. Por isso, o nome da doença”, explica o médico.

“É uma doença extremamente transmissível entre crianças. A gente tem observado surtos em Natal e Macaíba, mas também em vários locais do Estado”.

De acordo com o pediatra, a doença também pode acometer outras partes do corpo, como joelhos, genitália e nádegas. “Essas lesões vão evoluindo e se tornando pequenas feridas. Quando essas lesões acometem a boca, podem causar muita dor e dificuldade para deglutir. As lesões no corpo podem causar dor, também, e coceira”, conta.

Para a doença, não há tratamento específico. Ela surge e desaparece, na maioria dos casos, entre cinco e sete dias contados a partir dos primeiros sintomas. O ideal é que, nesse período, os pais e responsáveis pelas crianças evitem levá-las à escola e a locais com grande circulação de pessoas.

“A gente pede que pais que tenham crianças com sintomas, como febre e lesões no corpo, suspendam a aglomeração dessas crianças, quer seja na escola ou com outras crianças da mesma idade, para evitar a transmissão. Em pequenas localidades com crianças confinadas em ambientes muito fechados, como escolas, a transmissão é muito rápida”, explica o médico.

A doença mão-pé-boca é altamente contagiosa. De acordo com Ruy Medeiros, o tratamento é feito conforme os sintomas. Se há dor e febre, por exemplo, são ministrados medicamentos que irão aliviá-los, como os analgésicos. Caso as lesões agravem, a orientação é pelo uso de antibióticos.

De acordo com Ruy Medeiros, o surto dessa doença se caracteriza pela velocidade da transmissão. Os pais devem ficar atentos, ainda, ao correto diagnóstico, pois a doença é comumente confundida com sarna e escabiose. “O período de transmissão da doença pode anteceder o aparecimento das lesões. Algumas crianças, antes de apresentarem sintomas, já podem transmitir. Assim que aparecerem os sintomas, procure o serviço de saúde para que se possa ter uma orientação a respeito, se é uma doença grave ou não”, recomenda.

De acordo com o Ministério da Saúde, alguns sintomas que podem ser: febre alta nos dias que antecedem o surgimento das lesões; surgimento de manchas vermelhas com vesículas branco-acinzentadas na boca, amígdalas e faringe; erupção de pequenas bolhas em geral nas palmas das mãos e nas plantas dos pés, mas que pode ocorrer também nas nádegas e na região genital; mal-estar, falta de apetite, vômitos e diarreia; dificuldade para engolir e muita salivação por causa da dor.

A doença mão-pé-boca é comum na infância, com poucos casos registrados em adultos. A transmissão se dá pela via fecal/oral, através do contato direto entre as pessoas ou com as fezes, saliva e outras secreções, ou então através de alimentos e de objetos contaminados.

Mesmo depois de recuperada, a pessoa pode transmitir o vírus pelas fezes durante aproximadamente quatro semanas. O período de incubação oscila entre um e sete dias. Na maioria dos casos, os sintomas são leves e podem ser confundidos com os do resfriado comum.

Nem sempre a infecção pelo vírus Coxsackie provoca todos os sintomas clássicos da síndrome. Há casos em que surgem lesões parecidas com aftas na boca ou as erupções cutâneas; em outros, a febre e a dor de garganta são os sintomas predominantes.

Recomendações

Alimentos pastosos, como purês e mingaus, assim como gelatina e sorvete, são mais fáceis de engolir. Bebidas geladas como sucos naturais, chás e água são indispensáveis para manter a boa hidratação do organismo, uma vez que podem ser ingeridos em pequenos goles.

O cuidador deve sempre lavar as mãos antes e depois de lidar com a criança doente, ou levá-la ao banheiro. Se ela puder fazer isso sozinha, insista para que adquira e mantenha esse hábito de higiene mesmo depois de curada.

Além disso, é recomendado evitar, na medida do possível, o contato muito próximo com o paciente (como abraçar e beijar); cobrir a boca e o nariz ao espirrar ou tossir; manter um nível adequado de higienização da casa, das creches e das escolas; não compartilhar mamadeiras, talheres ou copos; afastar as pessoas doentes da escola ou do trabalho até o desaparecimento dos sintomas (geralmente 5 a 7 dias após início dos sintomas); lavar superfícies, objetos e brinquedos que possam entrar em contato com secreções e fezes dos indivíduos doentes com água e sabão e, após, desinfetar com solução de água sanitária diluída em água pura (1 colher de sopa de água sanitária diluída em 4 copos de água limpa) e descartar adequadamente as fraldas e os lenços de limpeza em latas de lixo fechadas.

Continuar lendo PEDIATRA DO INSTITUTO SANTOS DUMONT CONFIRMA SURTO DA DOENÇA MÃO-PÉ-BOCA NO RN

POLÍTICA: CIRO NOGUEIRA ACABA DE CONFIRMAR SUA CHEFIA NA CASA CIVIL

Ciro Nogueira encontra Bolsonaro e confirma que assumirá Casa Civil

Jair Bolsonaro e o senador do PP se reuniram na manhã desta terça-feira (27); pelas redes sociais, Ciro afirmou que buscará ‘equilíbrio’ e ‘avanços’

Rafaela Lara, da CNN, em São Paulo

 Atualizado 27 de julho de 2021 às 10:35

Senador Ciro Nogueira encontra Bolsonaro e confirma que assumirá Casa Civil - Agenda Capital

O senador Ciro Nogueira (PP-PI) se reuniu com o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) na manhã desta terça-feira (27). Pelas redes sociais, ele confirmou que assumirá o cargo de ministro-chefe da Casa Civil e disse que buscará “equilíbrio” e “avanços”.

“Acabo de aceitar o honroso convite para assumir a chefia da Casa Civil, feito pelo presidente Jair Bolsonaro. Peço a proteção de Deus para cumprir esse desafio da melhor forma que eu puder, com empenho e dedicação em busca do equilíbrio e dos avanços de que nosso país necessita”, escreveu o senador.

A reunião confirma a reforma ministerial anunciada por Bolsonaro na última semana. Com a confirmação, Ciro deverá buscar reconciliação com o Judiciário e se tornar um novo interlocutor entre o Executivo e o Supremo Tribunal Federal (STF).

Segundo informações do analista de política da CNN Caio Junqueira, Ciro terá aval político para as negociações em nome do governo com o Congresso, Judiciário e partidos.

O encontro entre Ciro e Bolsonaro deveria ter ocorrido na tarde desta segunda-feira (26), no entanto, o senador, que estava no México, enfrentou problemas técnicos com o voo e a data da reunião foi alterada.

Atualmente, quem ocupa o posto de ministro-chefe da Casa Civil é o general Luiz Eduardo Ramos. A confirmação de Ciro na Casa Civil é apenas uma parte da reforma ministerial de Bolsonaro.

Com a saída de Ramos do atual posto, ele deve ser realocado para a Secretaria-Geral da Presidência, atualmente chefiada por Onyx Lorenzoni. Lorenzoni, que já ocupou o cargo de ministro-chefe da Casa Civil, assumiria uma versão recriada da pasta do Trabalho, sob o nome do Ministério do Emprego e Previdência.

Na última semana, Bolsonaro afirmou que a aproximação do governo com o Centrão se dá “pela governabilidade” e que o nome atribuído aos partidos políticos de Centro é “pejorativo”.

Ele ainda disse que o PP passa a ser uma possibilidade de filiação para uma provável disputa das eleições em 2022. Bolsonaro está há mais de um ano sem partido e já foi filiado ao PP.

Fonte: Jornal da Cidade Online

Continuar lendo POLÍTICA: CIRO NOGUEIRA ACABA DE CONFIRMAR SUA CHEFIA NA CASA CIVIL

MINISTRO DA CASA CIVIL E SEU SUCESSOR CONFIRMARAM A MUDANÇA NO COMANDO DA PASTA

Ramos confirma reforma ministerial e já debate transição com Ciro Nogueira

General afirma que irá assumir a Secretaria-Geral da Presidência e que Bolsonaro vai recriar Ministério do Trabalho, a ser comandado por Onyx Lorenzoni

Caio Junqueira

Por Caio Junqueira, CNN  

 Atualizado 21 de julho de 2021 às 20:32

Ramos confirma reforma ministerial e já debate transição com Ciro Nogueira

O ministro-chefe da Casa Civil, Luiz Eduardo Ramos, e o senador que irá lhe suceder no cargo, Ciro Nogueira (PP-PI), confirmaram à CNN a mudança no comando da pasta e disseram que ambos conversaram na tarde desta quarta-feira (21) e já debateram o processo de transição na pasta, que deverá começar na próxima semana.

“O senador Ciro Nogueira me ligou hoje. Foi uma conversa agradável. Disse que a primeira pessoa com quem quer conversar quando chegar ao país será comigo. Me coloquei à disposição para ajudá-lo na transição”, afirmou Ramos à CNN.

Ele também disse que deverá ir para a Secretaria-Geral da Presidência no lugar de Onyx Lorenzoni, que será alocado para o Ministério do Trabalho, a ser recriado.

Na avaliação de Ramos, a alteração foi um movimento político do presidente. “É um movimento político. O senador Ciro Nogueira é presidente do PP, que é também o partido do presidente da Câmara Arthur Lira. E eu não sou político. Seria ingenuidade dizer que não foi um movimento político.”

De acordo com o ministro, a mudança em nada altera sua relação com o governo e com Bolsonaro. “Estou aqui para servir o país, como servi ao longo da vida no Exército, e o presidente Jair Bolsonaro. Continuarei apoiando o presidente e estando ao seu lado, como estou há 48 anos.”

Fonte: CNN:

Continuar lendo MINISTRO DA CASA CIVIL E SEU SUCESSOR CONFIRMARAM A MUDANÇA NO COMANDO DA PASTA

EDUCAÇÃO: JUSTIÇA POTIGUAR CONFIRMOU A RETOMADA DAS AULAS PRESENCIAIS NA REDE PÚBLICA DE ENSINO NO ESTADO PARA O DIA 19 DE JULHO

Justiça do RN confirma retomada das aulas presenciais a partir do dia 19 de julho

Prazo entre as fases de abertura foi alterado para 14 dias, antecipando o que havia sido previsto no plano apresentado pelo Estado

Redação 12/07/2021 | 09:26

Justiça confirma retomada das aulas presenciais no Estado a partir do dia 19 de julho

Decisão da 2ª vara da Fazenda Pública de Natal foi publicada neste domingo 11. Foto: Ney Douglas Após um pedido de cumprimento de sentença feito pelo Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN), a Justiça potiguar confirmou a retomada das aulas presenciais na rede pública de ensino do Estado para o próximo dia 19 de julho. A decisão da 2ª vara da Fazenda Pública de Natal foi publicada neste domingo 11. A Justiça, também acatando pedido formulado pelo MPRN, alterou o prazo entre as fases de abertura proposto no Plano de Retomada apresentado pelo Governo do Estado, que caiu para 14 dias. Esse retorno às aulas será de forma híbrida, gradual e segura. O pedido de cumprimento de sentença foi proposto pelo MPRN em desfavor do Estado devido ao não cumprimento do acordo homologado pela 2ª vara da Fazenda Pública de Natal. Pela decisão publicada neste domingo, os professores retornam às atividades presenciais na próxima segunda-feira (19), tendo a semana de acolhimento. Sobre a antecipação do tempo estabelecido para avanço das fases previstas no plano, a Justiça acatou o pedido do MPRN “tendo em vista o estado avançado de vacinação, em termos etários – atualmente em 39 anos ou com tendência a diminuir a idade da população geral – e da própria recomendação expedida pela Secretaria de Estado da Saúde Pública, em Nota Informativa nº 16/2021, de 2 de julho”. A Justiça já determinou a intimação do Estado do Rio Grande do Norte, por meio da Procuradoria Geral do Estado, da governadora do Estado e do secretário estadual da Educação, da Cultura, do Esporte e do Lazer para cumprimento da decisão. Contexto histórico O MPRN vem acompanhando a questão da educação durante a pandemia desde o seu início. O Governo do Estado, desde março de 2020, vem expedindo decretos estabelecendo obrigações e restrições, para os setores público e privado, com o objetivo de enfrentar a situação de emergência da saúde pública. Assim, em 17 de março do ano passado, foi expedido o Decreto Estadual 29.524, estabelecendo em seu art. 2º a suspensão das atividades escolares presenciais nas unidades da rede pública e privada de ensino, no âmbito do ensino infantil, fundamental, médio, superior, técnico e profissionalizante. Seis meses depois, com a melhora da situação epidemiológica do Estado, por meio do Decreto 29.989, de 18 de setembro de 2020, foi autorizada a retomada das atividades escolares presenciais da rede privada de ensino. Naquela oportunidade, no art. 1º do Decreto, restou determinada a suspensão das aulas presenciais na rede pública de ensino do Rio Grande do Norte, no ano de 2020, diante da criação do Comitê de Educação para Gestão das Ações de combate da Covid-19 no âmbito do Sistema Estadual de Ensino do Rio Grande do Norte, através do Decreto Estadual nº 29.973, de 9 de setembro de 2020, com o objetivo de construir diretrizes para orientar as redes de ensino na elaboração de protocolos e normas para o enfrentamento da crise sanitária provocada pelo novo coronavírus, com desdobramentos e tomadas de decisões para a Educação. Ou seja, o Estado decidiu não reabrir as atividades escolares presenciais na rede pública de ensino no ano inteiro de 2020 com o fito de construir e implementar os protocolos sanitários para a reabertura gradual e segura das escolas da rede pública no ano de 2021. Em 1º de janeiro de 2021, sem qualquer impedimento normativo para a retomada das aulas de forma presencial na rede pública, seja do estado ou dos municípios, as escolas públicas em todo o estado permaneceram fechadas, sem a oferta de atividade presencial, com a previsão de retomada de alguns municípios no período de março a abril de 2021, tempo suficiente para concluir a implementação dos protocolos necessários nas unidades escolares. Ocorre que, diante do aumento de casos de infecção pelo coronavírus, foi editado o Decreto 30.388, de 5 de março de 2021, suspendendo as aulas presenciais nas unidades das redes pública estadual e privada de ensino, excepcionando as escolas e instituições de ensino fundamental das séries iniciais e do ensino fundamental I (sem fazer distinção da rede pública e privada). Com o agravamento da situação epidemiológica no estado, o decreto seguinte, de nº 30.419, de 17 de março de 2021, suspendeu todas as atividades presenciais da rede pública e privada de ensino, em seu art. 7º, com vigência até 2 de abril de 2021, mantendo em funcionamento todos os serviços considerados essenciais Diante desse decreto não ter considerado o serviço de educação como de natureza essencial, o Ministério Público Estadual expediu, em 31 de março passado, a Recomendação Conjunta n. 01/2021 ao Estado do Rio Grande do Norte, representado pela governadora de Estado, para que adotasse as medidas legais pertinentes para incluir as atividades/serviços educacionais presenciais, em todas as etapas da educação básica, das redes de ensino pública e privada, no rol das atividades/serviços essenciais nos decretos estaduais a serem expedidos acerca das medidas para o enfrentamento do novo coronavírus no âmbito do Estado e que confira às atividades educacionais presenciais o mesmo tratamento normativo em relação aos demais serviços essenciais quando da aplicação de medidas sanitárias restritivas. Mesmo após a exposição de argumentos jurídicos e científicos ao Governo do Estado acerca da necessidade de se corrigir tamanha distorção, desproporcionalidade e ilegalidade em não considerar a educação como serviço essencial e impor às atividades educacionais medidas restritivas de funcionamento enquanto não se impõe medidas tão severas a outros serviços de natureza essencial. Ainda assim, não houve retorno das aulas presenciais na rede estadual de ensino público. Leia a decisão judicial na íntegra, cllicando aqui. NOTÍCIAS RELACIONADAS Aulas presenciais na rede pública serão retomadas dia 19, diz Governo do RN.

Fonte: Agora RN

Continuar lendo EDUCAÇÃO: JUSTIÇA POTIGUAR CONFIRMOU A RETOMADA DAS AULAS PRESENCIAIS NA REDE PÚBLICA DE ENSINO NO ESTADO PARA O DIA 19 DE JULHO

GOVERNADOR DE SÃO PAULO, JOÃO DÓRIA CONFIRMOU QUE DISPUTARÁ AS PRÉVIAS DO PSDB PARA SER CANDIDATO À PRESIDÊNCIA EM 2022

Doria confirma que disputará prévias para ser candidato à Presidência em 2022

A votação interna do PSDB para escolher quem disputará a eleição contra Jair Bolsonaro está prevista para novembro

Renata Agostini

Por Renata Agostini, CNN  

 Atualizado 15 de junho de 2021 às 21:23

Doria confirma que disputará prévias para ser candidato à Presidência em 2022

 O governador de São Paulo, João Doria, confirmou à CNN que disputará as prévias do PSDB para ser candidato à Presidência em 2022. O tucano oficializa assim um movimento esperado por correligionários e também por seus adversários políticos.

A votação interna do partido para escolher quem disputará a eleição contra Jair Bolsonaro (sem partido) está prevista para novembro. Doria deve disputar com nomes como o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, e o ex-prefeito de Manaus Arthur Virgílio.

A confirmação de Doria vem após o PSDB selar em definitivo as regras para a votação. A Executiva Nacional da legenda rejeitou nesta terça-feira (15) proposta para aumentar o peso dos filiados nas prévias. A alteração era defendida justamente por aliados de Doria.

Ficou decidido, então, que a escolha dependerá do desempenho dos candidatos em quatro grupos, cada um com igual peso:

  • filiados
  • prefeitos e vice-prefeitos
  • vereadores, deputados estaduais e distritais
  • governadores, vice-governadores, ex-presidentes, deputados federais, senadores e o atual presidente do partido

A decisão de Doria de buscar a eleição presidencial já era indicada pelo governador nos bastidores, mas ficou evidente quando o seu vice-governador, Rodrigo Garcia, deixou o DEM para se juntar ao PSDB e anunciou que ele também disputará prévias para ser o candidato tucano ao governo de São Paulo no próximo pleito.

Doria, que era empresário, entrou para a política em 2016, quando foi eleito em primeiro turno para a Prefeitura de São Paulo. Sem conseguir apoio do partido para disputar a eleição presidencial, deixou a gestão municipal no meio do mandato para concorrer ao governo de São Paulo. Venceu em 2018 no segundo turno.

Continuar lendo GOVERNADOR DE SÃO PAULO, JOÃO DÓRIA CONFIRMOU QUE DISPUTARÁ AS PRÉVIAS DO PSDB PARA SER CANDIDATO À PRESIDÊNCIA EM 2022

CONSELHO ELEITORAL DO EQUADOR CONFIRMA ARAUZ E LASSO PARA O SEGUNDO TURNO

Arauz e Lasso são confirmados para o 2º turno das eleições no Equador

Decisão foi tomada pelo conselho eleitoral do país após apuração de 100% dos votos e análise de todos os recursos judiciais

 AFP

Andrés Arauz (à esq.) disputará o 2º turno das eleições presidenciais com Guilherme Lasso

JOSÉ JÁCOME/EFE

O economista de esquerda Andrés Arauz e o ex-banqueiro de direita Guillermo Lasso vão disputar a eleição presidencial no Equador em 11 de abril. O anúncio foi feito neste sábado (20) pelo Conselho Nacional Eleitoral (CNE) depois de resolver todas as contestações sobre a votação do primeiro turno em fevereiro.

“Depois de apurados 100% [dos votos] e resolvidos os recursos judiciais das organizações políticas, o plenário do órgão eleitoral decidiu proclamar os resultados definitivos pela dignidade do binômio presidencial”, anunciou o secretário da entidade, Santiago Vallejo.

Arauz, de 36 anos, herdeiro político do ex-presidente socialista Rafael Correa (2007-2017), venceu o primeiro turno com 32,72% dos votos, seguido por Lasso, 65, com 19,74%, segundo os resultados apurados pelo CNE.

O líder indígena de esquerda Yaku Pérez, que ficou em terceiro lugar com 19,39% dos votos, denunciou que uma fraude da direita o tirou da disputa.

Pérez, um advogado ambientalista de 52 anos, esgotou todas as vias para contestar o resultado, negadas pelo CNE, que organiza as eleições, e o TCE (Tribunal Contencioso Eleitoral), encarregado de julgar e fazer cumprir as normas eleitorais.

Em resposta, o indígena pediu a seus apoiadores que não votem em nenhum dos candidatos.

Cerca de 13,1 milhões de eleitores são convocados às urnas para eleger o sucessor do impopular presidente Lenín Moreno, cujo mandato de quatro anos termina em 24 de maio.

Arauz e Lasso, que estão em campanha eleitoral desde terça-feira, participarão de um debate neste domingo em um encontro organizado pelo CNE, que será transmitido ao vivo para todo o país.

Fonte: R7

Continuar lendo CONSELHO ELEITORAL DO EQUADOR CONFIRMA ARAUZ E LASSO PARA O SEGUNDO TURNO

UFRN CONFIMA CIRCULAÇAO DE NOVAS VARIANTES DO CORONAVIRUS NO RIO GRANDE DO NORTE

Por G1 RN

 

UFRN confirma variantes do Coronavírus no RN
UFRN confirma variantes do Coronavírus no RN

O Instituto de Medicina Tropical (IMT) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) confirmou neste sábado (20) que novas variantes do coronavírus estão circulando no Rio Grande do Norte. A pesquisa foi realizada por meio do sequenciamento genético e está analisando 91 amostras do SARS-CoV-2, provenientes do Rio Grande do Norte e da Paraíba.

De acordo com o IMT, com materiais genéticos coletados nos meses de dezembro de 2020 e janeiro e fevereiro de 2021, foi possível identificar a linhagem P1, que foi inicialmente encontrada em Manaus, além da linhagem P2, descrita no Rio de Janeiro e que está se disseminando pelo Brasil.

diretora do IMT-UFRN, Selma Jerônimo, conta que as amostras foram coletadas em dezembro de 2020 e as variantes vêm circulando no Nordeste desde esse período, o que mostra a importância da manutenção da vigilância. Como as novas mutações do vírus estão associadas a uma possível maior dispersão, ela também reforça a importância das medidas de prevenção, como distanciamento social, higiene das mãos e uso de máscaras.

A pesquisa foi financiada pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) e pelo Ministério da Educação (MEC), com a colaboração de pesquisadores do Laboratório de Bioinformática do Laboratório Nacional de Computação Científica (LNCC-MCTI), Ana Tereza Vasconcelos; do IMT-UFRN, Selma Jerônimo e Francisco Freire; do Departamento de Biologia Celular e Genética (DBG-UFRN), Lucymara Fassarella Agnez Lima e Katia Castanho Scortecci; além do Laboratório de Biologia Molecular da Universidade Federal da Paraíba (UFPB).

Instituto de Medicina Tropical (IMT) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), coronavírus — Foto: Anastácia Vaz

Selma Jerônimo também alertou sobre o “aumento importante” na quantidade de testes positivos para Covid-19 desde dezembro de 2020, chegando a 64% de exames positivos realizados pela unidade em fevereiro de 2021.

Sesap faz alerta

A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) recebeu a confirmação sobre a circulação das novas linhagens do SARS-CoV-2, o que faz o estado entrar em alerta. “O governo do estado e a Sesap reforçam a importância de intensificar todas as medidas de controle da transmissão do vírus, evitando aglomerações, intensificando as medidas de vigilância, isolamento de todos os sintomáticos, o reforço do isolamento social, o uso correto da máscara em todos os espaços públicos e privados para que a gente consiga conter essa segunda onda e reduzir o número de casos e consequentemente de internação, nesse momento em que a lotação dos hospitais públicos e privados encontram-se nos seus limites máximos”, disse Cipriano Maia, secretário de Estado da Saúde Pública.

Fonte: G1 RN

Continuar lendo UFRN CONFIMA CIRCULAÇAO DE NOVAS VARIANTES DO CORONAVIRUS NO RIO GRANDE DO NORTE

EM TAIWAN, VIAJANTES VINDOS OU COM PASSAGENS PARA O BRASIL FARÃO QUARENTENA

Taiwan confirma três casos da variante covid-19 do Brasil

Ministro da saúde determina que brasileiros ou pessoas que estiveram por aqui fiquem de quarentena em lugar isolado

INTERNACIONAL

 por Reuters

A partir de quarta viajantes vindos ou com passagem no Brasil farão quarentena
WALLACE WOON/EFE/EPA

O governo de Taiwan confirmou neste domingo (21) que foram diagnosticados três casos da variante brasileira da covid-19. Com isso, todas que chegaram do Brasil vão ter de passar por quarentena a partir dessa semana.

O ministro da Saúde, Chen Shih-chung, afirmou que três pessoas firam diagnosticadas com novo coronavírus no mês passado e só no último sábado foi confirmada que era pela P.1, como é chamada a mutação do Amazonas. Os infectados estão sendo tratados em hospitais.

Chen acrescentou que a partir da meia-noite da próxima quarta-feira, qualquer pessoa que chegue do Brasil em Taiwan ou que tenha estado no Brasil nos últimos 14 dias deve ficar em quarentena em um local fechado por duas semanas. Assim como as chegadas da Grã-Bretanha e da África do Sul, já que também devem ser evitadas a propagação de variantes encontradas lá.

As pessoas que chegam a Taiwan dos outros países devem ficar em quarentena em casa por 14 dias. Elas são acompanhadas de perto pelas autoridades para garantir que não saiam de casa.

A pandemia matou 245.977 pessoas no Brasil, o pior número de mortes fora dos Estados Unidos.

O Brasil tem mais de 10 milhões de casos confirmados de coronavírus, já que uma nova variante descoberta na Amazônia ameaça devastar ainda mais um país onde as inoculações foram suspensas em muitas cidades por falta de vacinas.

Taiwan manteve a pandemia sob controle graças à prevenção precoce e eficaz, incluindo o fechamento de suas fronteiras. Existem apenas 40 casos ativos em tratamento em hospitais.

Fonte: R7
Continuar lendo EM TAIWAN, VIAJANTES VINDOS OU COM PASSAGENS PARA O BRASIL FARÃO QUARENTENA

MAIOR OPOSITOR DE PUTIN FOI CONDENADO POR VIOLAR O CONTROLE JUDICIAL

Justiça russa confirma condenação do opositor Alexei Navalny

Maior opositor de Putin, presidente da Rússia, foi condenado a dois anos e meio de prisão por violar o controle judicial

INTERNACIONAL

 Da EFE

O Tribunal de Moscou, na Rússia, rejeitou neste sábado a apelação da sentença que converteu em efetiva a pena suspensa de três anos e seis meses de prisão a que foi condenado, em 2014, o líder opositor Alexey Navalny, em julgamento qualificado como arbitrário pelo Tribunal Europeu de Direitos Humanos.A decisão de hoje, dessa forma, confirmou a sentença de 2 de fevereiro anunciada no tribunal distrital Babushkinski, além de garantir que os 45 dias de prisão já cumpridos por Navalny será descontado da pena.

“Rebaixaram em um mês e meio a pena, é algo”, disse Navalny, em declaração divulgada pelo site independente “Meduza”.

Ao todo, o líder opositor teria que passar dois anos, seis meses e duas semanas de prisão, já que, da pena, será descontada também, segundo sentença anterior, os dez meses em que esteve em prisão domiciliar, durante julgamento de 2014.

A defesa de Navalny, dessa forma, pode apresentar um recurso de cassação, embora seja extremamente pouco provável que a medida prospere.

“Habitualmente, concluo com as palavras ‘A Rússia será livre’, mas não é suficiente. A Rússia, não só será livre, mas também será feliz. A Rússia será feliz”, disse o opositor, na manifestação final antes da decisão sobre o recurso.

Navalny teria que comparecer ainda hoje ao mesmo tribunal de Moscou, em um segundo julgamento, na qualidade de acusado de difamar um veterano da Segunda Guerra Mundial, em que pode ser condenado a pagar uma multa de até 1 milhão de rublos (R$ 72,8 mil).

Fonte: R7
Continuar lendo MAIOR OPOSITOR DE PUTIN FOI CONDENADO POR VIOLAR O CONTROLE JUDICIAL

COM UMA ESMAGADORA CONFIRMAÇÃO DO SENADO JANET YELLEN É A PRIMEIRA MULHER SECRETÁRIA DO TESOURO DOS EUA

Senado confirma Janet Yellen no comando do Tesouro dos EUA

Placar para confirmar a primeira mulher a ocupar o cargo foi de 84 a 15, com toda a oposição vinda dos republicanos

INTERNACIONAL

por Reuters

A primeira mulher secretária do Tesouro dos EUA, Janet YellenA primeira mulher secretária do Tesouro dos EUA, Janet Yellen REUTERS/LEAH MILLIS/FOTO DE ARQUIVO

Janet Yellen obteve uma esmagadora confirmação do Senado como a primeira mulher secretária do Tesouro dos EUA nesta segunda-feira (25), preparando-a para trabalhar com o Congresso em novos estímulos econômicos em razão do coronavírus, na revisão da política de sanções dos EUA e fortalecimento da regulamentação financeira.

O placar de votação no Senado foi de 84-15 para confirmar Yellen, com toda a oposição vinda dos republicanos, vários dos quais expressaram preocupação com a proposta de ajuda de 1,9 trilhão de dólares para alívio aos efeitos do coronavírus do presidente Joe Biden, bem como seus planos para impostos e gastos.

Fonte: R7
Continuar lendo COM UMA ESMAGADORA CONFIRMAÇÃO DO SENADO JANET YELLEN É A PRIMEIRA MULHER SECRETÁRIA DO TESOURO DOS EUA

O INSTITUTO BUTANTAN CONFIRMA O REPASSE AO GOVERNO FEDERAL DE 6 MILHÕES DE DOSES DA VACINA CORONAVAC

Butantan confirma entrega de 6 milhões de doses da Coronavac à União

Guilherme Venaglia,

da CNN, em São Paulo

15 de janeiro de 2021 às 19:58

Embalagem oficial da Coronavac, vacina do Instituto ButantanEmbalagem oficial da Coronavac, vacina do Instituto Butantan Foto: Divulgação/Instituto Butantan

Instituto Butantan enviou nesta sexta-feira (15) um ofício ao Ministério da Saúde confirmando o repasse ao governo federal de 6 milhões de doses da Coronavac, a vacina contra a Covid-19 produzida pela entidade em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac.

Na mensagem a Roberto Dias, diretor de Logística em Saúde do Ministério, o Butantan informa o faturamento das doses requisitadas mais cedo pela pasta, como noticiou o colunista da CNN Caio Junqueira.

O ofício enviado pela entidade ligada ao Governo de São Paulo questiona o Ministério da Saúde sobre a data de início de uma campanha de vacinação contra a Covid-19 no país, ainda não anunciada pelo governo federal.

A Fundação Butantan, gestora do Instituto, ainda pergunta quantas das 6 milhões de doses serão direcionadas ao Estado de São Paulo. Como é de praxe nas vacinas produzidas pelo Butantan em São Paulo, a parcela direcionada à população paulista já é entregue diretamente à secretaria estadual de Saúde do estado.

A entrega das vacinas — e a possibilidade de que seja iniciada a imunização — acontecerá, segundo o Instituto Butantan, assim que a Coronavac for autorizada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

A diretoria colegiada da Anvisa se reúne neste domingo (17) para analisar o pedido de uso emergencial da vacina, pedido pelo Butantan.

Primeira opção do governo federal para iniciar a imunização, a vacina de Oxford também será avaliada pela agência, mas há perspectiva de atraso na disponibilização depois que a Índia pediu ao Brasil que não enviasse já um avião que iria ao país buscar 2 milhões de doses do imunizante.

Continuar lendo O INSTITUTO BUTANTAN CONFIRMA O REPASSE AO GOVERNO FEDERAL DE 6 MILHÕES DE DOSES DA VACINA CORONAVAC

NATAL SERÁ BENEFICIADA COM MAIS R$ 21 MILHÕES PARA CONTINUIDADE DAS OBRAS DE SANEAMENTO BÁSICO

Ministro confirma a prefeito mais R$ 21 milhões para saneamento em Natal

24 jul 2020

Ministro confirma a prefeito mais R$ 21 milhões para saneamento em Natal

O prefeito Álvaro Dias recebeu uma boa notícia para a cidade de Natal: a confirmação da vinda de mais R$ 21 milhões para a continuidade das obras do saneamento integrado de bairros da zona Norte. A resposta positiva foi dada pelo ministro Rogério Marinho, do Ministério do Desenvolvimento Regional.

No encontro, o chefe do executivo municipal reafirmou o empenho da gestão na finalização das obras e a mudança que ela trará para inúmeros moradores contemplados. “Será uma revolução na vida dessas comunidades. Acabando de vez com problemas de alagamentos no inverno e poeira no verão”, ressaltou Álvaro Dias.

Com essa ação, o Governo Federal liberou R$ 21,2 milhões para a continuidade das obras de saneamento integrado nos bairros Nossa Senhora da Apresentação e Lagoa Azul, na zona Norte.

Projeto

Orçado em mais de R$ 130 milhões, o projeto foi divido em dois lotes. “No primeiro, foram drenadas e pavimentadas 22 ruas no Parque dos Coqueiros, 36 na Vila Paraíso e 27 no Loteamento José Sarney, bem como a lagoa de captação do Parque dos Coqueiros, que teve a sua capacidade ampliada. Nesta etapa, foram investidos R$ 27 milhões”, explicou o Prefeito.

Outras comunidades beneficiadas pela parceria entre o Governo Federal e a gestão municipal com os serviços de saneamento integrado na Zona Norte foram os conjuntos Brasil Novo e Novo Horizonte. “Nesta etapa, a Prefeitura investiu R$ 44 milhões em drenagem e pavimentação de 80 ruas. Agora, com esse novo aporte financeiro, daremos maior celeridade aos trabalhos e nos aproximaremos da entrega final das obras”, finalizou o secretário de Obras de Natal, Carlson Gomes.

Fonte: Política em Foco

Continuar lendo NATAL SERÁ BENEFICIADA COM MAIS R$ 21 MILHÕES PARA CONTINUIDADE DAS OBRAS DE SANEAMENTO BÁSICO

ECONOMIA: GOVERNO CONFIRMOU RETOMADA DAS ATIVIDADES ECONÔMICAS PARA ESTA QUARTA FEIRA

Por G1 RN

 

Carlos Eduardo Xavier, secretário de Tributação do Rio Grande do Norte — Foto: ReproduçãoCarlos Eduardo Xavier, secretário de Tributação do Rio Grande do Norte

O Governo do Rio Grande do Norte confirmou que está mantida para esta quarta-feira (15) a retomada do calendário de reabertura das atividades econômicas do Rio Grande do Norte, durante a pandemia do novo coronavírus. A informação foi divulgada pelo secretário de Tributação do estado, Carlos Eduardo Xavier, na entrevista coletiva realizada diariamente no centro administrativo do estado.

“Publicamos ontem quatro portarias que regulamentam a questão dos protocolos sobre a retomada das atividades econômicas. Vamos dar sequência essa semana iniciando a segunda fração da fase 1 e a primeira fração da fase 2”, afirmou.

De acordo com ele, é preciso que os empresários sigam as regras estabelecidas pelas portarias do estado, para que evitar o aumento da contaminação. Caso contrário, ele afirmou que o estado poderá voltar a pausar o cronograma de reabertura ou mesmo voltar atrás e voltar a determinar o fechamento dos serviços.

“É fundamental que sejam cumpridos os protocolos estabelecidos. Nós não vencemos essa pandemia ainda. Ainda estamos no meio dela. E é fundamental que haja o comprometimento da população, dos empresários, dos trabalhadores dos estabelecimentos que estão sendo abertos, que esses protocolos sejam cumpridos”, declarou.

É exigido uso de máscaras, controle de acesso, com quantidade de pessoas limitada ao tamanho do estabelecimento, disponibilização de álcool em gel, entre outros pontos.

A decisão do governo do estado ocorre mesmo com a taxa de ocupação dos leitos de UTI para Covid-19 continuando acima dos 80% – percentual que havia sido usado como meta para estabelecer a reabertura ou não das atividades econômicas. Na entrevista coletiva, a Secretaria Estadual de Saúde informou que a taxa estava em 83% nesta terça (14). Às 12h55, o sistema Regula RN – onde são administrados os leitos de UTI no estado – a taxa de ocupação estava em 84,4%.

“Esse talvez seja o momento mais desafiador para a sociedade. Os números são melhores do que a gente tinha anteriormente, em razão da desaceleração do crescimento da pandemia e da expansão de leitos. Ainda temos, até amanhã, a perspectiva de abertura de 15 leitos, que deve reduzir a ocupação por leitos críticos, o que nos dá a tranquilidade de continuar o processo de retomada”, disse o secretário.

Sobre as portarias citadas pelo secretário Carlos Eduardo Xavier, a primeira trata das fases e medidas sanitárias gerais a serem adotadas pelos segmentos socioeconômicos no Plano de Retomada Gradual da Atividade Econômica relativas ao Decreto Estadual nº 29.742, de 4 de junho de 2020. As outras três trazem os protocolos dos segmentos contemplados na fase 1 – fração 1 (iniciada no dia 1º de julho) e fração 2 – e na primeira fração da segunda etapa do plano.

O que abre

A segunda fração da primeira fase era prevista para o dia 8 de julho, mas foi suspensa pelo governo por causa da taxa de ocupação de leitos, segundo informou a governadora Fátima Bezerra (PT). Após a suspensão, o governo remarcou a fração para esta quarta (15), junto com a primeira fração da fase 2, com a reabertura das academias.

Os estabelecimentos que poderão abrir nesta quarta-feira (15) são:

  • Lojas – (até 600 m 2 e com “Porta para Rua”)
  • 1. Lojas de móveis, eletrodomésticos e colchões
  • 2. Lojas de departamento e magazines (que não funcionem em Shoppings ou Centros Comerciais)
  • 3. Agências de Turismo
  • 4. Calçados
  • 5. Lojas de brinquedos, artigos esportivos e de caça e pesca
  • 6. Instrumentos musicais e acessórios, equipamentos de áudio e vídeo, de eletrônicos/informática e de equipamentos de telefonia e comunicação
  • 7. Joalherias, relojoarias, bijuterias e artesanatos
  • 8. Cosméticos e perfumaria
  • Alimentação – restaurantes, lanchonetes e food parks de até 300 m2, desde que comportem apenas 4 pessoas por mesa, mantendo a distância de 2 metros entre as mesas e de 1 metro entre pessoas, sem venda e consumo de bebida alcoólica no estabelecimento.
  • Também ocorre a primeira fração da Fase 2, que prevê reabertura de academias de ginástica, box de crossfit, estúdio de pilates e afins sem uso de ar-condicionado.
Fonte: G1
Continuar lendo ECONOMIA: GOVERNO CONFIRMOU RETOMADA DAS ATIVIDADES ECONÔMICAS PARA ESTA QUARTA FEIRA

PREFEITURA CONFIRMA ATRAVÉS DE COMUNICADO QUE IRÁ FAZER CONTRATAÇÃO DIRETA

Em comunicado, Prefeitura de Natal confirma que vai fazer contratação direta para profissionais

Em comunicado, Prefeitura de Natal confirma que vai fazer contratação direta para profissionais

A Prefeitura de Natal emitiu comunicado confirmando que realizará contratação direta para os profissionais que atuarão no Hospital de Campanha.

Veja a nota na íntegra:

Em virtude do cancelamento do contrato com a empresa para terceirização de mão de obra destinada aos trabalhos no combate à Covid 19, a Prefeitura do Natal esclarece que, para não paralisar o Hospital de Campanha, e, tendo em vista a gravidade da situação, resolveu adotar a contratação direta temporária dos funcionários que trabalharão naquela unidade de saúde.Diante da expansão no número de casos da Covid 19 na cidade, foi publicado decreto em edição extra do Diário Oficial do Município do dia 10/05/2020 autorizando a contratação temporária de pessoal pela Secretaria Municipal de Saúde. O objetivo é completar o quadro técnico que irá atuar no enfrentamento da pandemia, para se obter maior agilidade na contratação e aproveitamento dos profissionais que já foram capacitados para o trabalho no Hospital de Campanha de Natal.

Os médicos já estão contratados via Cooperativa Médica e, junto com as equipes de urgência e emergência, estão trabalhando e definindo protocolos de atendimento.

O decreto autoriza também a abertura de Processo Seletivo de caráter emergencial para atender necessidade de excepcional interesse público e garantir o funcionamento do Hospital de Campanha, Hospital Municipal de Natal, Hospital dos Pescadores e Hospital Infantil Sandra Celeste. O processo será destinado ao provimento temporário de vagas e formação de cadastro de reserva, a serem convocados de acordo com a necessidade do serviço.As vagas a serem preenchidas serão para Nível superior: enfermeiro, fisioterapeuta, farmacêutico, farmacêutico bioquímico, nutricionista, assistente social, psicólogo e engenheiro clínico; e nível médio: técnico em enfermagem, técnico em radiologia, técnico de laboratório e auxiliar de farmácia.

Continuar lendo PREFEITURA CONFIRMA ATRAVÉS DE COMUNICADO QUE IRÁ FAZER CONTRATAÇÃO DIRETA

POLÍTICA: MORO SE DEMITE E DEIXA ACUSAÇÕES GRAVES CONTRA O PRESIDENTE

Segundo Moro, Bolsonaro está preocupado com os ‘inquéritos’

Redação

Publicado em 24.04.2020

Por  

 

Marcelo Camargo | Agência Brasil

Segundo ele, trata-se dos inquéritos referentes ao Supremo Tribunal Federal (STF).

“O presidente também me informou que tinha preocupação com inquéritos em curso no Supremo Tribunal Federal e que a troca também seria oportuna da Polícia Federal.”

Ainda de acordo com Moro, isso ainda assim não justificaria a substituição do diretor-geral da PF.

“Por esse motivo, também não é uma razão que justifique a substituição. Até é algo que gera uma grande preocupação.”

E completou:

“Enfim, eu sinto que eu tenho o dever de tentar proteger a instituição, a Polícia Federal. E por todos esses motivos, eu busquei uma solução alternativa, para evitar uma crise política durante uma pandemia. Acho que o foco deveria ser o combate à pandemia. Mas entendi que eu não podia deixar de lado esse meu compromisso com o estado de direito.”

Redação

Conexão Política

Alegando interferência políticas na PF, Moro confirma saída do governo Bolsonaro

Redação

Publicado    em      24.04.2020

Por  Redação

Valter Campanato | Agência Brasil

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, anunciou a demissão nesta sexta-feira (24).

A demissão, segundo ele, foi motivada pela decisão de Bolsonaro de trocar o diretor-geral da Polícia Federal, Maurício Valeixo.

“O grande problema é por que trocar e permitir que seja feita interferência política ano âmbito da PF. O presidente me disse que queria colocar uma pessoa dele, que ele pudesse colher informações, relatórios de inteligência. Realmente, não é papel da PF prestar esse tipo de informação”, disse Moro.

Ainda de acordo com Moro, ele disse para Bolsonaro que a troca de comando na PF seria uma interferência política na corporação.

Ainda assim, segundo ele, o presidente da República insistiu.

“Falei para o presidente que seria uma interferência política. Ele disse que seria mesmo”, revelou Moro.

Continuar lendo POLÍTICA: MORO SE DEMITE E DEIXA ACUSAÇÕES GRAVES CONTRA O PRESIDENTE

Fim do conteúdo

Não há mais páginas para carregar