ANÁLISE POLÍTICA: OS PITIS DE BOLSONARO CONTRA CPI DA COVID-19 SÃO SINTOMAS DE CULPA, POR FELIPE MOURA BRASIL

Felipe Moura Brasil, o âncora do Salve, Salve, BandNews! falou sobre a CPI da Covid-19, que será instalada no Senado Federal. Segundo o primeiro requerimento, feito pelo líder da oposição, Randolfe Rodrigues (Rede-AP), o objetivo da comissão é investigar eventuais omissões do governo federal na pandemia. Entretanto, outro grupo de senadores – na maioria aliados do presidente Jair Bolsonaro – tenta ampliar o escopo da CPI para apurar ações de governadores e prefeitos. É o comentário nu e cru desse corajoso jornalista, aqui na nossa coluna ANÁLISE POLÍTICA desta quarta-feira!

Fonte:

Continuar lendo ANÁLISE POLÍTICA: OS PITIS DE BOLSONARO CONTRA CPI DA COVID-19 SÃO SINTOMAS DE CULPA, POR FELIPE MOURA BRASIL

OPINIÃO: VAMOS HONRAR O NOSSO SENADOR KAJURU COMPARTILHANDO ESSA POSTAGEM COM FORÇA

Caro(a) leitor(a),

O que podemos dizer do senador Jorge Cajuru? Aqui no nordeste nos dizemos que um cara como ele é um “Cabra Macho”. Fazer o que ele fez é algo raríssimo na política, aqui no Brasil, merece todo o nosso respeito e aplauso. Ele não apenas protocolou o pedido de impeachment contra o ministro Alexandre de Moraes do STF, com mais de 3 milhões de assinaturas, com impetrou mandado de segurança no mesmo STF, forçando a corte a se pronunciar sobre o assunto. Coisa que jamais aconteceu antes na história republicana. Parabéns a Kajuru e o mínimo que nós, brasileiros podemos fazer é compartilhar com força essa postagem para que esse impeachment se concretize! 

Kajuru pressiona STF e impetra mandado de segurança por impeachment de Moraes (veja o vídeo)

Fotomontagem: Jorge Kajuru e Alexandre de Moraes (Reprodução - Câmara e STF)Fotomontagem: Jorge Kajuru e Alexandre de Moraes (Reprodução – Câmara e STF)

Na última sexta-feira (09), o senador Jorge Kajuru entrou com um mandado de segurança no Supremo Tribunal Federal (STF), para que a Corte agilize o impeachment aberto por ele contra o ministro Alexandre de Moraes.

O pedido de impeachment, entregue por Kajuru no final de março, foi acompanhado por um abaixo-assinado com mais de 3 milhões de assinatura.

“O pedido principal do mandado de segurança é que o ministro Barroso determine, como ele fez ontem (8), no mandado de segurança determinando a instalação de CPI, que ele também faça o mesmo, determine ao presidente do Senado que respeite o regimento interno”, informou o advogado Paulo Faria, responsável por apresentar o pedido ao STF.

“Impetramos um mandado de segurança contra o presidente do Senado e o presidente da mesa diretora do Senado para que eles adotem as medidas cabíveis necessárias de acordo com o regimento interno do Senado Federal”, explicou ele.

Em um vídeo publicado neste sábado (10), o advogado Luan Amâncio analisa esta e outras situações sobre o ministro do STF, Alexandre de Moraes:

Veja o vídeo:

Fonte: Jornal da Cidade Online

Continuar lendo OPINIÃO: VAMOS HONRAR O NOSSO SENADOR KAJURU COMPARTILHANDO ESSA POSTAGEM COM FORÇA

ANÁLISE POLÍTICA: LIBERDADE E PASSIVIDADE, POR ALEXANDRE GARCIA

O nosso Alexandre Garcia é o destaque desta segunda-feira na coluna ANÁLISE POLÍTICA, onde comenta obre o manifesto de seis presidenciáveis em 2022, que trata de “submissão arbitrária do indivíduo ao estado, respeito aos direitos individuais, excesso, abuso, intimidação”. Mas ao mesmo tempo seus decretos são totalitários. Então o nosso Alexandre Garcia diz que “Passividade rima mas não se mistura com liberdade e se estarrece com a passividade dos brasileiros diante das aberrações que estão acontecendo. Convido você a assistir a esse vídeo, refletir e tirar as suas conclusões!

Fonte:

Continuar lendo ANÁLISE POLÍTICA: LIBERDADE E PASSIVIDADE, POR ALEXANDRE GARCIA

PONTO DE VISTA: SÓ O IMPEACHMENT DE MINISTROS DO STF ACABA COM ESSA INSEGURANÇA JURÍDICA

Caro(a) leitor(a),

Hoje, gostaria de contextualizar uma situação altamente esdruxula e surreal que vem ocorrendo no nosso país e com a nossa mais alta corte do judiciário, o STF. Já se tornou hábito corriqueiro os ministros desta corte tomarem decisões monocráticas. Mas o pior de tudo não são as decisões monocráticas em si, que as vezes, em alguns casos se tornam necessárias, como remédio temporário, para sanar algum vício de outra instância. O pior de tudo é a qualidade dessas decisões que, em sua maioria, tem causado desastres irreparáveis, gerando uma instabilidade jurídica jamais experimentada pelos brasileiros em toda a existência dessa corte. O exemplo citado no artigo a seguir explicita o que acabo de afirmar. Portanto, algo precisa ser feito urgentemente para corrigir essa grave falha na mais alta cote do judiciário, que pode num curto espaço de tempo levar o país a um caos insolúvel. E, neste momento, só o povo tem essa autoridade e esse poder para executar essa correção de rumo. A meu ver a forma mais rápida e precisa para fazer essa correção é provocar o impeachment de pelo menos dois ministros da corte. Gilmar Mendes e Alexandre de Moraes. Então, é imprescindível começarmos um movimento de assinaturas para pressionar o Senado a fazê-lo em forma de ORDEM a ser cumprida sem mais delongas, pois todo o poder emana do povo! Por favor, divulguem essa postagem!

Nunes Marques lidera divergência e manda de volta para o “xilindró” três investigados que Gilmar havia soltado

Fotos: Agência Brasil/STFFotos: Agência Brasil/STF

É como diz o ditado: às vezes, perdemos uma batalha, mas não a guerra… Apesar de ter saído derrotado no julgamento de liberação dos cultos religiosos durante a pandemia da Covid-19 que, por sinal, se alastra por mais de um ano no Brasil, o ministro Kássio Nunes Marques, do Supremo Tribunal Federal (STF), conseguiu vencer o ‘poderoso’ Gilmar Mendes, na Segunda Turma da Corte após reverter decisões que soltaram presos pelo juiz da 7ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro, Marcelo Bretas.

Até o momento, três habeas corpus (157.972, 191.068 e 176.004) referente a investigados em operações da Polícia Federal foram revistos. Os investigados haviam sido presos e, depois, Gilmar, generosamente, mandou soltar.

O julgamento dessas questões foi online. Mendes deu o primeiro voto e argumentou pela manutenção da soltura dos investigados. Ricardo Lewandowski concordou com ele. Em seguida, Nunes Marques abriu a divergência e foi seguido por Carmen Lúcia e Edson Fachin.

Assim, os empresários Arthur Pinheiro (investigado na “Operação Rizoma”, que apura irregularidades nos fundos de pensão dos Correio e Serpro), Josemar Pereira (alvo da “Operação Lava Jato”, que apura o pagamento de propina a conselheiros do Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro) e Luiz Arthur Andrade Correia (também investigado a respeito de manipulação no mercado para favorecer os interesses do empresário Eike Batista) terão que voltar para a prisão.

A relação entre os ministros do Supremo tem se deteriorado, nos últimos meses, e piorou quando Kássio Nunes Marques tentou, no sábado (3), reabrir as igrejas de todo o país com as devidas medidas de segurança sanitária, mas foi impedido no Plenário da Casa. Porém, o clima já vinha “esquentando” bem antes, quando a Segunda Turma do STF decidiu que o ex-juiz Sergio Moro foi parcial na condução de investigações contra o ex-presidente e ex-presidiário, Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

No julgamento, Mendes foi desaforado com seu colega de Corte e chegou a “mandar o recado”:

“Atrás da técnica de não conhecimento de habeas corpus, se esconde um covarde”.

Nunes Marques tinha acabado de discordar dele no quesito “parcialidade” de Moro. Ainda durante a mesma sessão, Mendes foi, novamente, mal educado com Kássio e falou que garantismo “nem aqui, nem no Piauí”, em alusão ao estado natal de Nunes Marques.

Após ser atacado e menosprezado, seguidamente, Nunes Marques respondeu à altura dos “lords” e, humildemente, pediu desculpas caso tivesse ofendido alguém com seu voto.

Mas, quando teve a palavra, Nunes Marques afirmou que a fala de Gilmar poderia ser interpretada como um menosprezo ao estado do Piauí.

“Isso pode ser interpretado e mal utilizado entendendo que talvez, além de um menoscabo à opinião de um colega, seria uma forma de desprezar um estado pequeno. Sei, conheço vossa excelência, que não teve essa intenção”, disse o ministro, deixando claro que conhece a forma de agir de Mendes.

De qualquer forma, mesmo diante das agressões e do destempero de Gilmar, o ‘novato’ acaba de impor-lhe três derrotas consecutivas.

Fonte: Jornal da Cidade Online

Continuar lendo PONTO DE VISTA: SÓ O IMPEACHMENT DE MINISTROS DO STF ACABA COM ESSA INSEGURANÇA JURÍDICA

RESUMO DA SEMANA: STF RESTRINGE CULTOS E MISSAS, BOLSONARO DESCARTA LOCKDOWN NACIONAL

Domingo é dia de RESUMO DA SEMANA aqui no Blog do Saber pra você que não conseguiu acompanhar os fatos políticos desta semana. Aproveite para se atualizar assistindo o Semana da Pan sob o comando de Vitor Brown e formar sua opinião.

Fonte:

Continuar lendo RESUMO DA SEMANA: STF RESTRINGE CULTOS E MISSAS, BOLSONARO DESCARTA LOCKDOWN NACIONAL

ANÁLISE POLÍTICA: REINALDO AZEVEDO & LULA, A ENTREVISTA PETRALHA, POR CAIO COPPOLLA

Na coluna ANÁLISE POLÍTICA desta quarta-feira fiz questão de publicar o comentário esclarecedor do espetacular Caio Coppolla sobre a entrevista que o outrora Tucano e anti-petista Reinaldo Azevedo entrevista o meliante Lula da Silva, para ajudar ao vídeo bem editado disseminar nas redes sociais, já que mostra as duas atitudes diametralmente opostas do jornalista vira-latas que pende para onde o dinheiro  e as conveniências lhe chamam. Então Caio Coppolla explica que: Ao se tornar elegível (pela caneta-amiga do STF) Lula regressa ao debate público como ex-Criminoso. Mas tolerá-lo é muito diferente de PROMOVÊ-LO, como fez Reinaldo Azevedo. Entrevistar Lula rendeu ao polêmico jornalista a sua MAIOR AUDIÊNCIA em muitos anos e o evento consagra sua “virada-de-casaca” com uma drástica guinada à esquerda: Reinaldo Azevedo precisa “reciclar” seu público para se manter minimamente relevante e quer SURFAR A 3ª ONDA DO LULISMO (a 1ª foi nos anos 80, a 2ª nos anos 2000 e a 3ª é agora – e não é uma “marolinha”!). Isso comprova que o ANTIPETISMO de Reinaldo Azevedo não era movido por convicção republicana ou repúdio à corrupção. Reinaldo vociferava, sim, contra Lula e o PT, mas EM DEFESA DO PSDB (de Aécio Neves) E DO MDB (de Michel Temer). Conforme o Partido dos Trabalhadores passa a polarizar com o Bolsonarismo, diminuem os ataques de Reinaldo Azevedo ao Petismo e a virulência do jornalista se volta, principalmente, contra a Operação Lava Jato, que a essa altura já investigava políticos de diversos partidos, inclusive os Tucanos e Emedebistas amigos dele.

Assista ao vídeo completo, reflita e tire suas conclusões!

Fonte:

Continuar lendo ANÁLISE POLÍTICA: REINALDO AZEVEDO & LULA, A ENTREVISTA PETRALHA, POR CAIO COPPOLLA

ANÁLISE POLÍTICA: GOVERNADORES EM APUROS, MAIS NARRATIVAS CAINDO E O DESESPERO TUCANO, POR BÁRBARA

Segunda-feira é dia de ANÁLISE POLÍTICA e hoje é com Bárbara que comenta sobre o quão trancados devem estar Alguns governadores com os avanços do MP, das narrativas caindo, de dinheiro sobrando para parlamentares e o quanto os tucanos estão se agarrando para não afundar, no abraço dos afogados.Então se você gosta de política com bastante humor, prepare a pipoca, senta ai e divirta-se!

Fonte:

Continuar lendo ANÁLISE POLÍTICA: GOVERNADORES EM APUROS, MAIS NARRATIVAS CAINDO E O DESESPERO TUCANO, POR BÁRBARA

OPINIÃO: O MELIANTE LULA É UM MENTIROSO E O INESCRUPULOSO ARNALDO AZEVEDO UM VIRA-LATA

Caro(a) leitor(a),

Faz tempo que esperava uma oportunidade de dizer quem eu penso que é o senhor Reinaldo Azevedo. Acontece que ao sair da Rádio Jovem Pan, mais precisamente, do programa Os Pingos Nos Is, onde até então se travestia de ativista de direita, ficou na berlinda um bom tempo e eis que ressurge há algum tempo  como militante petista. Como alguém, de meia idade, pode mudar da água pro vinho, assim, de repente? Eu sempre me perguntava. Mas quando descobri que a BAND foi comprada por capital chinês consegui associar e entender as coisas. O Reinaldo Azevedo não tem formação, caráter, princípios e muito menos identidade ideológica. O que ele tem é amor e apego ao dinheiro. Ele não serve a dois senhores, mas ao senhor que lhe pagar mais. E o resultado está ai na entrevista que fez com o meliante Lula da Silva. Então, casou tomé com bebé: o mentiroso e o vira-lata. Assista ao vídeo e verá! 

Lula e o “Dia da Mentira”: Um “casamento perfeito” (veja o vídeo)

Fotomontagem: Reinaldo Azevedo e Lula (Reprodução)Fotomontagem: Reinaldo Azevedo e Lula (Reprodução)

Reinaldo Azevedo fez uma entrevista com o ex-presidente e ex-presidiário Luiz Inácio Lula da Silva, no Dia da Mentira.

Reinaldo, é o mesmo jornalista que disse uma frase marcante anos atrás:

“Quem quebrou o pais, Lula, foi o seu partido. Quem deixou o país com 13 milhões de desempregados foi o PT! Deixa de ser picareta, cara!”

Lula, como sempre, aproveitou o “palanque” para novamente tentar atacar o presidente Jair Bolsonaro. Foi um fiasco.

O advogado Luan Amâncio analisou a entrevista e trouxe revelações importantes sobre as “falácias” ditas pelo ‘ex-criminoso’.

Confira:

Fonte: Jornal da Cidade Online

Continuar lendo OPINIÃO: O MELIANTE LULA É UM MENTIROSO E O INESCRUPULOSO ARNALDO AZEVEDO UM VIRA-LATA

RESUMO DA SEMANA: REFORMA MINISTERIAL, TROCA NO COMANDO DAS FORÇAS ARMADAS

Neste domingo você vai ver, aqui na coluna RESUMO DA SEMANA as principais notícias e tudo que rolou na política nacional, no programa Semana da Pan, sob o comando de Vitor Brown. Então, se você não conseguiu acompanhar os fatos da semana, aproveite e se atualize agora! 

Fonte:

Continuar lendo RESUMO DA SEMANA: REFORMA MINISTERIAL, TROCA NO COMANDO DAS FORÇAS ARMADAS

ANÁLISE POLÍTICA: A CRONOLOGIA DA REAÇÃO, POR BÁRBARA

Na coluna ANÁLISE POLÍTICA de hoje, muito humor e irreverência. Vamos comentar a movimentação do xadrez, somando as baixas, entendendo os peões que foram entregues e a estratégia para a vitória, com a inteligente e competente comentarista política, Bárbara. Portanto, separa a pipoca, fica confortável e bora lá!

Continuar lendo ANÁLISE POLÍTICA: A CRONOLOGIA DA REAÇÃO, POR BÁRBARA

ANÁLISE POLÍTICA: PACHECO E SUA COVARDIA NAS REDES SOCIAIS, POR CAIO COPPOLLA

A ANÁLISE POLÍTICA desta quarta-feira nesta coluna émais uma vez do inigualável, incomparável e incrivelmente brilhante Caio Coppolla que publicou um vídeo encurralando o presidente do senado por ter bloqueado todas as suas contas nas redes sociais. Segue o texto e o vídeo na íntegra:  É ridículo (e inconstitucional), mas temos um Presidente do Senado com tanto MEDO DA OPINIÃO PÚBLICA que preferiu bloquear suas contas em redes sociais ao invés de receber dezenas de milhares de novos seguidores. Pra contrastar com essa COVARDIA, compartilhe esse vídeo e MARQUE UMA PESSOA CORAJOSA NOS COMENTÁRIOS (heróis da pandemia, exemplos de vida, chefes-de-família, sobreviventes…) 👊🏼🇧🇷 👉🏼 RESUMO: Num rompante autoritário, o SENADOR RODRIGO PACHECO restringiu suas contas de Instagram/Twitter/Facebook, bloqueou seguidores (não-anônimos) e deletou comentários. Na prática, o que o Presidente do Senado fez foi LIMITAR ACESSO À INFORMAÇÃO e CENSURAR CRÍTICOS. Não é apenas um COMPORTAMENTO INFANTIL E MIMADO de um político mal assessorado: as redes sociais do Senador são geridas por servidores remunerados com VERBA PÚBLICA e as postagens podem configurar ATOS OFICIAIS do Parlamentar (que é o representante máximo do Poder Legislativo). Portanto, trata-se de uma conduta ilegal e incompatível com os princípios da administração pública elencados no Artigo 37 da Constituição Federal – especialmente o princípio da PUBLICIDADE. 👉🏼 Um APELO aos Parlamentares e Partidos Políticos: JUDICIALIZEM ESSA QUESTÃO NOS TRIBUNAIS pra que a Justiça obrigue o Presidente do Senado a dar transparência aos seus atos, sem discriminar seguidores ou censurar suas críticas. 👉🏼 HIPOCRISIA: o político usa suas redes sociais pra se eleger, mas ao ser eleito RESTRINGE, DISCRIMINA e CENSURA os cidadãos/eleitores que agora representa. 👉🏼 CONCLUSÃO – Políticos não têm que ter medo do povo, políticos têm que RESPEITAR o povo; – Políticos não tem que evitar a opinião pública, políticos têm que ESCUTAR a opinião pública; – Políticos não têm que censurar críticas, políticos têm que TOLERAR críticas (e de preferência aprender com elas). Como cidadão, SOLICITO O RESTABELECIMENTO IMEDIATO DAS CONTAS do Senador Rodrigo Pacheco nas redes sociais, sem censura aos comentários. E eu me comprometo a gravar um novo vídeo tão logo isso aconteça, pra que vocês possam seguir, acompanhar e criticar livremente o SEU Senador da República, o SEU Presidente do Senado, o SEU Presidente do Congresso Nacional, o SEU servidor público. 👊🏼

Fonte:

Continuar lendo ANÁLISE POLÍTICA: PACHECO E SUA COVARDIA NAS REDES SOCIAIS, POR CAIO COPPOLLA

PONTO DE VISTA: AS FORÇAS ARMADAS ESTÃO VACINADAS CONTRA ARROUBOS DITATORIAIS

Caro(a) leitor(a),

Não é preciso ser expert em política, filosofia e história para perceber que, desde o início, a intenção maior do presidente Bolsonaro é dar um golpe e assumir o poder sozinho. Com um perfil explicitamente autoritário, Bolsonaro, assim como todo autoritário usa pee de cordeiro para camuflar a sua verdadeira intensão. O movimento dos últimos dias com as profundas mudanças nos cargos de primeiro escalão e a demissão coletiva do comando das forças armadas deixa a coisa mais explícita ainda. Há muito que ele tenta fazer o que Lula tentou, mas não conseguiu. Subjugar as forças armadas a sua ideologia, pois só assim teria condições de promover o tão sonhado golpe. Ocorre que as Forças Armadas estão vacinadas quanto a uma nova empreitada ditatorial. Madura o suficiente para dar o explícito e claro recado com a demissão coletiva da sua cúpula. A verdade é que, para não passar por vexame Bolsonaro se antecipou e demitiu a todos, já que as cartas de demissão já estavam prontas. As Forças armadas Brasileira jamais se submeterá a ideologia ditatorial de quem quer que seja. Em última análise, se a corda esticar demais a ponto de romper, o máximo que vai acontecer é uma intervenção sob o comando da vontade do povo. E tenho dito!

AO VIVO: Bolsonaro muda comando das Forças Armadas (veja o vídeo)

Jair Bolsonaro (Reprodução)Jair Bolsonaro (Reprodução)

A mudança no comando das Forças Armadas deixou os militantes de esquerda muito preocupados, no entanto, o que há, de fato, por trás disso?

A notícia veio na sequência da troca de seis ministros.

Para comentar esses assuntos, o Jornal da Noite, da TV Jornal da Cidade Online, de hoje recebe Renato Gomes, mestre em Direito Público, e Frederico Rodrigues, analista político.

Em pauta ainda a doação, em um primeiro momento, de US$ 300 mil (aproximadamente R$ 1,7 milhão) feita pela China para centrais sindicais brasileiras.

Qual a intenção do Partido Comunista Chinês e de seu líder, Xi Jinping?

Destaque também para a aposentadoria do ministro Marco Aurélio, do STF, marcada para 5 de julho.

Imperdível!

Assista AO VIVO e compartilhe:

Fonte: Jornal da Cidade Online

Continuar lendo PONTO DE VISTA: AS FORÇAS ARMADAS ESTÃO VACINADAS CONTRA ARROUBOS DITATORIAIS

ANÁLISE POLÍTICA: POLÍTICOS RADICAIS E O FECHAMENTO DE SUPERMERCADOS, PORCAIO COPPOLLA

Segunda-feira é dia de ANÁLISE POLÍTICA e nesta segunda o destaque é o comentário competente e preciso de Caio Coppolla sobre os políticos radicais e o fechamento de supermercados. Medida que está ganhando corpo pelas cidades país a fora e que está causando grande prejuízo aos pequenos empresários, que são a coluna vertebral da economia. Assista ao vídeo completo a seguir, reflita, tire suas conclusões e se achar que deve  divulgue ao máximo de pessoas que você puder!

Compartilhe o vídeo e MARQUE O PREFEITO E/OU UM VEREADOR DA SUA CIDADE AQUI NOS COMENTÁRIOS – nosso objetivo é impactar 10% das Prefeituras do país com este conteúdo: 557 Municípios 👊🏼🇧🇷 Este é um APELO CONTRA MEDIDAS RADICAIS E INEFICIENTES QUE AUMENTAM AGLOMERAÇÕES e potencializam a circulação do vírus, em especial o FECHAMENTO DE MERCADOS & SUPERMERCADOS – uma iniciativa que infelizmente já foi implementada em grandes cidades como Araraquara e São José do Rio Preto. Analiso esses “cases de fracasso” no vídeo e, no final, ofereço DUAS SUGESTÕES EFICAZES BASEADAS NA CIÊNCIA pra reduzir o risco de transmissão nesses ambientes de atividade essencial. ***ESTE VÍDEO TAMBÉM É UMA HOMENAGEM AOS CORAJOSOS CAIXAS E TRABALHADORES DOS MERCADOS – Deus abençoe vocês com toda a saúde, muito obrigado pelos serviços prestados, ainda mais na pandemia! 🙏🏼***

Fonte: 

Continuar lendo ANÁLISE POLÍTICA: POLÍTICOS RADICAIS E O FECHAMENTO DE SUPERMERCADOS, PORCAIO COPPOLLA

RESUMO DA SEMANA: SUSPEIÇÃO DE SERGIO MORO, COMITÊ ANTI-COVID E MAIS…

Neste domingo você vai ver, aqui na coluna RESUMO DA SEMANA os principais fatos políticos da semana, dentre os quais, a suspeição de Sergio Moro e o Comitê Anti-Covid, sob o comando de Vitor Brown, no programa Semana da Pan. Então, não perca tempo e comece logo a assistir e se atualize!

Fonte:

Continuar lendo RESUMO DA SEMANA: SUSPEIÇÃO DE SERGIO MORO, COMITÊ ANTI-COVID E MAIS…

ANÁLISE POLÍTICA: RESPOSTA DE CAIO COPPOLLA ÀS FAKE NEWS NA FOLHA

O Blog do Saber está aqui para defender e compartilhar os homens e mulheres de bem desse país e o comentarista político Caio Coppolla é um homem de bem, honesto, sério, corajoso e patriota. Não fez absolutamente nada de errado. Pelo contrário fez a coisa mais certa que qualquer todos os brasileiros deveriam fazer. Pedir o Impeachment desse togado arrogante, prepotente, imbecil e autoritário chamado Alexandre de Moraes é o maior favor que alguém pode fazer ao povo brasileiro. O que afirmo é tão verdade que o Abaixo-assinado já conta com quase 3 milhões de assinaturas. Portanto para botar o Caio Coppolla na cadeia o senhor Alexandre de Moraes tem que ser macho o suficiente para botar os 2.643.129 brasileiros que assinaram junto com ele essa Abaixo-assinado. A seguir a integra do vídeo de Caio Coppolla com a resposta às Fake News da Folha. Tamo Junto!!!

Advogados e juristas militantes, publicados pela Folha de S. Paulo, ATRIBUÍRAM A MIM CRIMES CONTRA A LEI DE SEGURANÇA NACIONAL. Estou sob risco iminente de CENSURA, INVESTIGAÇÃO e PRISÃO, por ter organizado o “Abaixo-Assinado pela Análise do Pedido de Impeachment contra o Ministro Alexandre de Moraes” do STF, que já conta com 2.643.129 assinaturas. Por favor, COMPARTILHE ESSE VÍDEO antes que o conteúdo fique indisponível! Solicito DIREITO DE RESPOTA à Folha de S. Paulo apelando à ética profissional da colunista Mônica Bergamo – chamada carinhosamente por Lula de “minha jornalista”. A matéria intitulada “Juristas e advogados defendem Alexandre de Moraes contra ataques de Caio Coppolla, da CNN” imputa crimes à minha conduta, usando, como pretexto para isso, citações de uma MANIFESTAÇÃO CRIMINOSA – pois difamatória e caluniadora – assinada por 3 entidades: – o GRUPO PRERROGATIVA$, de advogado$ progressista$ e bem-sucedido$, em que, segundo a jornalista do UOL, Thais Oyama, “quase todo$ têm cliente$ pendurado$ na Lava-Jato”; – O Sindicato dos Advogados de São Paulo (SASP), linha auxiliar radicalizada da OAB que se descreve em seu site oficial como “uma ampla união de advogados […] com o objetivo central de resistência ao projeto neoliberal”; – E a Associação Brasileira de Juristas pela Democracia (ABJD), que nasceu de uma Frente de Juristas formada pra denunciar “O GOLPE” 😆, ou seja, o impeachment constitucional da sra. Dilma Roussef, reconhecido pelo próprio STF. Ao invés de informar seus leitores sobre O MAIOR ABAIXO-ASSINADO DA HISTÓRIA RECENTE DO BRASIL –fato inédito, democrático e pacífico – a Folha deu voz a ELITES BAJULADORAS de um Ministro que chegou ao cúmulo de CENSURAR MATÉRIA (VERÍDICA!) DA IMPRENSA (“O amigo do amigo de meu pai”, da Revista Crusoé e do site O Antagonista). Em tempos de autoritarismo judiciário, o texto veiculado na coluna de Mônica Bergamo pode ensejar medidas de CENSURA, INVESTIGAÇÃO e PRISÃO contra mim, com base na Lei de Segurança Nacional. Por isso, reitero o pedido de direito de resposta, com a mesma quantidade de caracteres e comentários habilitados (em homenagem à liberdade de 787896expressão). Por favor, COMPARTILHE 👊🏼🇧🇷

Fonte:

Continuar lendo ANÁLISE POLÍTICA: RESPOSTA DE CAIO COPPOLLA ÀS FAKE NEWS NA FOLHA

PONTO DE VISTA: “O PODER EMANA DO POVO”, ISSO É FATO, NÃO É UTOPIA. ACORDA BRASIL!

Caro(a) leitor(a),

Parece que quase ninguém percebeu a “coincidência” dos fatos quando o comentarista político Caio Coppolla teve a atitude de iniciar um abaixo assinado pelo Impeachment do Ministro Alexandre de Moraes. Um dia antes o ex-Ministro da Justiça Sergio Moro havia se manifestado no Tweeter afirmado que quem não estivesse satisfeito com a atitude do ministro Fachin que se manifestasse formalmente como manda a lei, através de uma ação judicial. Mas o Caio Coppolla entendeu o recado sim. Um dia depois ele elaborou um abaixo assinado e fez um vídeo pedindo a colaboração da sociedade. A resposta foi mais do que imediata. Em apenas 24 horas o abaixo assinado já tinha mais de 2 milhões de assinaturas. Um fato inédito na breve história das redes sociais, que, também, parece ter finalmente se perpetrado como o mais novo foro de debate para as resoluções dos complexos problemas de uma nação continental como o Brasil. Há tempos eu venho dizendo que o povo, como detentor maior do poder precisa e deve intervir através das redes sociais para por ordem e impor a sua vontade perante seus pseudos “representantes”, que insistem em priorizar os seus interesses particulares em detrimento dos interesses coletivos do seu patrão maior: O POVO!

Espero que essa ação evolua, que o senado receba e acate a petição de Impeachment e que o famigerado “Xerife” Alexandre de Moraes seja devidamente punido, para que sirva de lição para os seus pares. Que suas fichas caiam e eles entendam que são tão mortais quanto cada um de nós. Que estão lá única e exclusivamente porque permitimos e que devem lealdade ao Povo.

Quero deixar ainda a minha concordância geral com o artigo publicado no Jornal da Cidade Online, o qual reproduzo a seguir e que precisa ser divulgado o máximo possível. Por isso peço a sua colaboração nesse sentido. Só assim conseguiremos conscientizar o povo brasileiro do poder que está em suas mãos!

Dois tartufos, um homem e a liberdade

Fotomontagem reproduçãoFotomontagem reprodução

“Pois que adianta ao homem ganhar o mundo todo e perder sua alma?” (Marcos, 8.36 – Bíblia).

Daniel Silveira, Danillo Gentili, Caio Copolla. Três nomes conhecidos. Três funções distintas: o primeiro é político, o segundo é apresentador e humorista, o terceiro analista político. Os três se notabilizaram por fazer críticas ácidas ao poder indiscriminado das mais diferentes “autoridades” do Brasil.

Daniel Silveira, Deputado Federal (PSL-RJ), é um fortão que foi eleito prometendo aos eleitores um duro combate às injustiças e roubalheiras no Brasil. Dizia nada temer. Fez um vídeo onde proclamou aos quatro ventos:

– “O que acontece, Fachin, é que todo mundo tá cansado dessa tua cara de filha da puta, que tu tem, essa cara de vagabundo, né? […] Por várias e várias vezes já te imaginei levando uma surra”. No vídeo, Silveira afirmou que os 11 ministros do Supremo “não servem para p… nenhuma para esse país”, “não têm caráter, nem escrúpulo, nem moral” e deveriam ser destituídos para a nomeação de “11 novos ministros”.

Foi preso injustamente. A ordem de prisão partiu de outro Ministro do Supremo que foi chamado de Xerife pelo Ministro Marco Aurelio. Na prisão chorava todos os dias, segundo notícias publicadas nos jornais. Quando teve oportunidade de se defender, mudou o discurso e manso como um cordeirinho disse:

– “Reconhecendo, sempre reconheci, a importância do Supremo Tribunal Federal. É uma instituição muito importante. Outrora, em ataques, por exemplo — não estou atacando os ministros aqui de maneira alguma — mas já me contrapus a decisão de vários ministros. São ministros que decidem realmente toda a jurisprudência, mas que às vezes tomam uma decisão que nós não entendemos, não vemos a ilegalidade do fato, ou às vezes caímos ali no campo da discussão totalmente ideológica. E muitas vezes somos movidos pela raiva, mas em nenhum momento isso me torna um criminoso.”

Todos nós ficamos atônitos. Onde estava o homem fortão? Onde o defensor dos fracos e oprimidos? Por que não sustentou o discurso que o elegeu? Por que não gritou contra a forma injusta pela qual foi preso? Dizia defender os injustiçados, e quando foi injustiçado ao invés de se revoltar rastejou e bajulou seus verdugos! Por que não reafirmou todos os crimes cometidos pelos Ministros? Chorou como um menor abandonado, pedindo ajuda e implorando perdão…Como acreditar em um homem desses?

Que belo exemplo teria dado Daniel Silveira aos que votaram nele e aos que não votaram, se não tivesse se acovardado!

Mas agora conhecemos seu coração!

Danillo Gentili, o apresentador-humorista, um homem-grande de um metro e noventa, que também afirmava para todo Brasil que era corajoso e indomável, atacou pelas redes sociais:

– “Eu só acreditaria que esse País tem jeito se a população entrasse agora na câmara e socasse todo deputado que está nesse momento discutindo PEC de imunidade parlamentar”.

A Procuradoria Parlamentar da Câmara dos Deputados pediu ao ministro Xerife-Alexandre de Moraes a decretação da prisão do humorista. Na peça, os advogados alegam violação à Lei de Segurança Nacional, comparam a publicação à invasão do Capitólio americano, em janeiro, e pedem abertura de inquérito.

De novo, incrédulos, assistimos o outro defensor dos oprimidos, com medo de ser preso, escrever no Twitter bajulações aos deputados e covardemente afirmar:

– “Eu fiz um tuíte que foi alvo de justas críticas por alguns deputados. Quem me segue sabe que sempre defendi as instituições. Aliás, minha briga com bolsonaristas foi justamente pelo fato de eu ser contrário aos pedidos criminosos de fechamento do STF e do Congresso”.

Como acreditar em um sujeito desses? Na primeira batida de pé sai correndo e pedindo arrego… Por que não aproveitou e esfregou na cara dos deputados todas as malandragens cometidas por eles? Por que não serviu de porta-voz aos oprimidos e preferiu se acovardar? Que tipo de homem é esse?

Também este abriu seu coração para nós!

Caio Copolla, jovem e brilhante comentarista, nunca prendeu ninguém, não é fortão, não vive contando vantagens e todos os dias na CNN abre sua metralhadora giratória e com inteligência detona Ministros do Supremo criticando suas arbitrariedades. Cansado de só falar, o jovem Caio resolveu agir e fez um vídeo em que pede aos brasileiros apoio para o Impeachment do Ministro-Xerife-Alexandre de Morais, protocolado pelo Senador Jorge Cajuru.

Mostrando toda indignação e revolta do povo brasileiro, em menos de 24 horas o abaixo-assinado já atingiu a incrível marca de quase dois milhões e quinhentas mil assinaturas, rumando à casa dos 3 milhões. É surpreendente a participação da população brasileira. É notável sua repulsa ao Ministro-Xerife e a todos os seus atos, que são referendados, diga-se de passagem, por todos os outros Ministros. E é um fato que a posição tomada pelo povo, apoiando o Impeachment, respinga em todos os 11 ministros.

Somos homens livres, conservadores, racionais, não com a liberdade aludida por Danillo Gentili, que disse…” minha briga com bolsonaristas foi justamente pelo fato de eu ser contrário aos pedidos criminosos de fechamento do STF e do Congresso”. Nenhum homem livre pede o fechamento do Congresso ou do STF, mas pede que saiam das instituições maiores do país aqueles homens que a estão deslustrando, desonrando, que se apossaram dessas instituições e agem como Deuses. A parte mínima não pode ser tomada pelo todo.

Somos homens livres, racionais, conservadores, não como Daniel Silveira, que se acovardou frente ao primeiro desafio. Acovardou-se frente a primeira montanha em seu caminho, a qual precisava fazer uma amarga escolha: “Sobe ou perece!” Acovardou-se frente à selva que precisava limpar. Acovardou-se perante o deserto que estava à sua frente e que gritava a ele: vença-me!

Somos homens livres, racionais, conservadores como Caio Copolla, que não fugiu da batalha. Lutamos por um Supremo constituído por verdadeiros sábios e que seja um núcleo irradiador de verdade e justiça.

Exigimos que os Senadores aceitem o pedido de Impeachment, pois é o povo que os elegeu que está demandando. Você que é livre, racional e conservador assine também. Eis o link para o abaixo-assinado:

https://bit.ly/30Q5qTW

Este texto foi inspirado na escritora americana Ângela Morgan e seu poema “Se a Natureza quer fazer um Homem” (When Nature Wants a Man) e concluo com os versos da canção de Raul Seixas:

“Oh morte, tu que és tão forte/ Que matas o gato, o rato e o homem/ Vista-se com a tua mais bela roupa quando vieres me buscar/ Que meu corpo seja cremado e que minhas cinzas alimentem a erva/ E que a erva alimente outro homem como eu/ Porque eu continuarei neste homem/ Nos meus filhos, na palavra rude/ Que eu disse para alguém que não gostava/ E até no uísque que eu não terminei de beber aquela noite” (Canto Para Minha Morte – Raul Seixas).

Fonte: Jornal da Cidade Online

Continuar lendo PONTO DE VISTA: “O PODER EMANA DO POVO”, ISSO É FATO, NÃO É UTOPIA. ACORDA BRASIL!

ANÁLISE POLÍTICA: LAVA JATO MORRE E JUIZ MORO NÃO VAI PARA O CÉU, POR JOSIAS DE SOUZA

Nesta segunda-feira, vamos iniciar a semana com o comentário sério, equilibrado e sóbrio do colunista da UOL, Josias de Souza que faz um resumo da trajetória da Lava Jato, do nascimento ao sepultamento: “A morte é anterior a si mesma. Começa bem antes do sepultamento. É todo um lento processo. A Lava Jato, por exemplo, começou a morrer no final de 2018, quando Sergio Moro trocou o altar de Curitiba pelo serpentário de Brasília. O velório acontece agora na Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal. Já está entendido que Sergio Moro não vai para o céu”, analisa o colunista do UOL, Josias de Souza. Não deixe de assistir, vale a pena!

Fonte:

Continuar lendo ANÁLISE POLÍTICA: LAVA JATO MORRE E JUIZ MORO NÃO VAI PARA O CÉU, POR JOSIAS DE SOUZA

RESUMO DA SEMANA: FACHIN ANULA CONDENAÇÕES DE LULA E DECISÃO SUSPEIÇÃO DE MORO É ADIADA

Neste domingo temos a maior bomba que já explodiu em meio apolítica brasileira. A anulação de todas as condenações de Lula por Fachin, o próprio relator da Lava Jato e em seguida o julgamento sobre suspeição de Moro. Dois assuntos bombásticos e de muito pano pra manga, pra tomar o seu tempo neste fim de semana. Então, falta de distração e tédio não são pautas pra sua vida, aproveite! 

Fonte:

Continuar lendo RESUMO DA SEMANA: FACHIN ANULA CONDENAÇÕES DE LULA E DECISÃO SUSPEIÇÃO DE MORO É ADIADA

ANÁLISE POLÍTICA: O ESTRANHO MUNDO DO SUPREMO

O estranho mundo do Supremo é o título do comentário político do extraordinário Alexandre Garcia, aqui na coluna ANÁLISE POLÍTICA, nesta quarta-feira. Ele aborda a estranhíssima e esdruxula decisão monocrática tomada pelo Ministro Fachin ao anular todas as sentenças dos três processos de Lula. Acompanhe a interpretação deste experiente jornalista e tire suas conclusões!

Fonte:

Continuar lendo ANÁLISE POLÍTICA: O ESTRANHO MUNDO DO SUPREMO

ANÁLISE POLÍTICA: TCHAU AFRIPINO – A SAGA DO MARKETEIRO

Como você deve saber o Blog do Saber está aqui para esclareceras coisas e um dos nossos compromissos aqui é ajudar a retirar as carapuças dos picaretas enganadores da população. Dentro desse espectro existe um lobo em pele de cordeiro que vem tentando enganar o povo brasileiro já há algum tempo o senhor João Agripino Doria, governador de São Paulo. Portanto na coluna ANÁLISE POLÍTICA desta segunda-feira você tem a grande oportunidade de refrescar a memória e conhecer melhor e verdadeira face desse produto do mal. A  comentarista política Bárbara faz uma retrospectiva em detalhes das maldades que esse mal feitor cometeu. Então prepare a pipoca, se acomode na poltrona e se atualize!

Fonte:

Continuar lendo ANÁLISE POLÍTICA: TCHAU AFRIPINO – A SAGA DO MARKETEIRO

RESUMO DA SEMANA: BOLSONARO CRITICA RESTRIÇÕES; PETROBRAS REAJUSTA PREÇO DA GASOLINA E DO DIESEL

Domingo é dia de atualização para quem não teve tempo de acompanhar os fatos e notícias da política nacional durante a semana. Então você acessa a nossa coluna RESUMO DA SEMANA e assiste o SEMANA DA PAN sob o comando de Vitor Brown, que trás os principais destaques pra você. Ai você assiste e se transforma em um formador de opinião!

Fonte:

Continuar lendo RESUMO DA SEMANA: BOLSONARO CRITICA RESTRIÇÕES; PETROBRAS REAJUSTA PREÇO DA GASOLINA E DO DIESEL

ANÁLISE POLÍTICA: BOLSONARO DIZ ASNEIRAS PARA ESCONDER FILHO, POR JOSÉ NÊUMANNE PINTO

O nosso José Nêumanne Pinto está mais afiado do que nunca no seu comentário desta quinta-feira, que publico aqui na coluna ANÁLISE POLÍTICA desta sexta-feira com a seguinte pauta: 1 – No dia em que a covid matou 1.840 brasileiros, recorde absoluto na pandemia, o presidente mandou as vítimas pararem de “frescura”, usando o estratagema de dizer barbaridades para desviar a atenção da compra de mansão de R$ 6 milhões por seu primogênito. 2 – Luciano Mattos, procurador-geral de Justiça do Rio, desmontou o Gaecco, que investigou o mesmo Flávio, 3 – O ex-presidente da França Sarkozy foi condenado e preso por haver tentado obter informações do juiz que o julgava em troca de uma promoção, bem diferente do que acontece aqui no Brasil. 4 – O MEC avisou em ofício que manifestações políticas nas universidades federais serão punidas, mordaça vil. Mais quente do que nunca, assista e fique bem informado(a)!

Fonte:

Continuar lendo ANÁLISE POLÍTICA: BOLSONARO DIZ ASNEIRAS PARA ESCONDER FILHO, POR JOSÉ NÊUMANNE PINTO

ANÁLISE POLÍTICA: SUPREMO E CÂMARA NEGAM A CONSTITUIÇÃO, POR ALEXANDRE GARCIA

Começamos esta semana com o comentário de Alexandre Garcia, que faz uma comparação do que está acontecendo aqui, no Brasil, com o que aconteceu lá na Venezuela, depois que a Câmara dos deputados confirmou a prisão preventiva do deputado Daniel Diniz imposta por unanimidade no STF e da PEC votada as pressas para aumentar a “impunidade” dos parlamentares. Esse e outros assuntos super interessantes você vai ver ao assistir ao vídeo completo a seguir.

Fonte:

Continuar lendo ANÁLISE POLÍTICA: SUPREMO E CÂMARA NEGAM A CONSTITUIÇÃO, POR ALEXANDRE GARCIA

PONTO DE VISTA: SALIM MATTAR NÃO É O PRIMEIRO NEM O ÚLTIMO A RECONHECER QUE FOI TRAÍDO POR BOLSONARO

Caro(a) leitor(a),

Acho que a reputação do sr. Salim Mattar, ex-secretário especial da desestatização é incontestável. Todos sabemos que este senhor é um mega empresário, dono da maior locadora de carros do Brasil, a LOCALIZA. Portanto, alguém que não precisa de maneira nenhuma de um cargo público para garantir a sua sobrevivência. É antes de tudo, um liberal patriota, que veio a fazer parte do governo Bolsonaro para ajudar a tirar o país do buraco em que, ainda, se encontra e recolocá-lo nos trilhos do progresso e da prosperidade. Quando ele deixou o governo, saiu discretamente. Assisti várias entrevistas com ele onde, ao ser questionado sobre o motivo da sua saída, sempre falava que por motivos particulares. Dizia que a sua missão já estava cumprida e outras amenidades. Agora, veio a público expor o real motivo da sua dissidência, aproveitando os últimos fatos políticos e a mudança de comportamento do presidente Bolsonaro com relação as políticas públicas liberais. Muita gente critica Moro pela forma como saiu do governo, lavando a roupa publicamente, mas a verdade é que, tanto ele como o sr. Salim Mattar foram traídos por Bolsonaro, que mostra sua verdadeira face agora. A face de quem nunca foi um liberal e que a sua real intenção é permanecer no poder tanto quanto Lula e o PT queriam. O título do artigo a seguir, publicado em O Antagonista diz tudo: “O governo não é liberal e eu acreditei no candidato Bolsonaro”. É o mesmo sentimento de Moro ao ser traído por Bolsonaro quando deixou o seu projeto ser totalmente desfigurado no texto final aprovado pelo Congresso Nacional e quando, também não fez nada sobre a questão do juiz de garantias, assim com tantas outras promessas feitas a Moro e não cumpridas. Portanto, como venho dizendo há um bom tempo, Bolsonaro não é confiável, enganou o seu eleitorado e os que acreditaram nele. Mas, como diz aquele velho jargão “me engana que eu gosto”, parece que é assim que o povo gosta mesmo!

Mattar: “O governo não é liberal e eu acreditei no candidato Bolsonaro”

Mattar: “O governo não é liberal e eu acreditei no candidato Bolsonaro”
Foto: Edson Lopes Jr./G5 Partners/Ministério da Economia

Salim Mattar, ex-secretário especial de Desestatização, também criticou a escolha de um general para o comando da Petrobras.

Me desculpe, estamos militarizando demais o país”, disse em entrevista à CNN Brasil. “O militar é para quartel. Temos que colocar um homem de mercado na Petrobras. Um homem que saiba o que é um departamento de relações com os investidores. Esse é o tipo de pessoa que precisamos em uma empresa listada. O governo brasileiro está mostrando que não é confiável.”

Afirmou ainda que a decisão de substituir Roberto Castello Branco no comando da empresa mostra mais uma vez que o governo Jair Bolsonaro não é liberal.

O governo não é liberal e eu acreditei no candidato Bolsonaro. No candidato que falava em privatizar a “TV da Dilma”, que é a EBC, a empresa do trem bala, que é a EPL. Ele falava em tirar o estado do cangote do cidadão. Mas foi um discurso de campanha. Eu deixei todos os meus negócios para ir para o governo. Fui motivado pelo desafio espetacular, que era um projeto de Brasil e não do governo.”

Fonte: O Antagonista

Continuar lendo PONTO DE VISTA: SALIM MATTAR NÃO É O PRIMEIRO NEM O ÚLTIMO A RECONHECER QUE FOI TRAÍDO POR BOLSONARO

RESUMO DA SEMANA: TROCA NA PETROBRAS,MORAES X DANIEL SILVEIRA E TOMBO DE CAROL CONKÁ

Neste domingo você que não teve tempo de acompanhar os fatos políticos da semana vai poder se atualizar assistindo o RESUMO DA SEMANA, com apresentação de Vitor Brown no SEMANA DA PAN que trás os principais destaques do cenário político nacional. Então, o que está esperando? Acomode-se na poltrona e fique por dentro!

Fonte:

Continuar lendo RESUMO DA SEMANA: TROCA NA PETROBRAS,MORAES X DANIEL SILVEIRA E TOMBO DE CAROL CONKÁ

ANÁLISE POLÍTICA: POLÍTICA COM HUMOR INTELIGENTE SÓ COM BÁRBARA

Como já falei aqui antes adoro a forma como a Bárbara lida com os fatos políticos, com muito humor e inteligência, desnudando os fatos de uma forma de fácil entendimento para qualquer um. Também já falei para ficar claro que concordo com o pensamento de direita liberal dela. porém quando se trata de Sergio Moro divirjo diametralmente dela, pois é onde ela expõe, sem querer, a sua parcialidade política ao deixar muito claro a sua obsessão, o seu amor incondicional por Bolsonaro, mostrando que a única pessoa que ela teme derrotar o nosso presidente nas urnas em 2022 é o próprio Moro e por isso fica provocando o mesmo a se expor na mídia para desgastar a sua imagem e derreter a sua popularidade, cujas últimas pesquisas eleitorais mostram os dois tecnicamente empatados.

Bem, feitos os devidos esclarecimentos convido você a assistir o último vídeo do TE ATUALIZEI dessa talentosa youtuber Bárbara!

Fonte:

Continuar lendo ANÁLISE POLÍTICA: POLÍTICA COM HUMOR INTELIGENTE SÓ COM BÁRBARA

PONTO DE VISTA: LUGAR DE PALHAÇO É NO PICADEIRO E NÃO NA ARQUIBANCADA. QUEM OS POLÍTICOS PESSAM QUE SÃO?

Caro(a) leitor(a),

Ao ler o artigo completo a seguir a vontade que dá é desenterrar o antigo jargão do personagem Tavares de Jô Soares, no programa Viva o Gordo, que dizia: “Tem pai que é cego”. Já que o que se viu no episódio do julgamento do deputado Daniel Silveira pela Câmara dos deputados foi mais um espetáculo teatral, com tudo previamente combinado, inclusive essa patética PEC “Daniel Silveira” que de maneira nenhuma tem o intuito de se vingar do STF, pois a hora da vingança era justamente no julgamento do deputado, que poderia ter sido solto, para desmoralização do STF, e em seguida ter sido aplicada uma punição, que poderia variar de suspensão por um determinado período até a cassação do mandato. Essa trup de bandidos do Centrão estão pensando que são o quem, para subestimar assim a inteligência do povo brasileiro? E o autor desse artigo é inocente ou faz parte desse teatro? Na verdade, o que essa bandidagem que teoricamente nos representa no Congresso Nacional quer mesmo é a impunidade ampla, irrestrita e geral. Já estava tudo combinado. O deputado Silveira já era persona non grata para a maioria dos deputados, precisavam de um motivo para criar algo que os blindassem totalmente. Então uniram o útil ao agradável. Se livraram do deputado usando-o como boi de piranha e para evitar abrir precedentes futuros inventaram essa PEC com ares de “vingança”. Uma fuleragem maior do que essa eu nunca vi! 

Congresso se “vinga” do Supremo com ‘Emenda Daniel Silveira’

Foto: Antonio Cruz/Agência BrasilFoto: Antonio Cruz/Agência Brasil

Congresso se “vinga” do Supremo com ‘Emenda Daniel Silveira’

Câmara, sob o comando de Arthur Lira (PP-AL), decide votar em primeiro turno a PEC que ampliará a imunidade parlamentar, pelo menos, no quesito opiniões, palavras e votos. O texto, apelidado de ‘Emenda Daniel Silveira’, é a resposta do Congresso ao Supremo, após a prisão do deputado.

O texto da PEC garante que deputados e senadores são “invioláveis civil e penalmente por quaisquer de suas opiniões, palavras e votos, cabendo, exclusivamente, a responsabilização ético-disciplinar por procedimento incompatível com o decoro parlamentar”.

A PEC reafirma também o foro privilegiado de parlamentares, que não podem ser alcançados por decisões judiciais de primeira e segunda instâncias, por crimes relacionados ao atual mandato. Somente o Supremo poderá autorizar busca e apreensão envolvendo deputados e senadores.

Apenas crimes inafiançáveis poderão levar um parlamentar à prisão.

“No caso da prisão em flagrante, prevista no § 2º, o membro do Congresso Nacional deverá ser encaminhado à Casa respectiva logo após a lavratura do auto, permanecendo sob sua custódia até o pronunciamento definitivo do Plenário.”

O deputado Celso Sabino (PSDB-PA) concordou com a nova PEC e avaliou que “não se ignora a gravidade dos fatos perpetrados pelo deputado. Ocorre que os valores envolvidos neste e em outros casos que envolvem as imunidades parlamentares são por demais caros ao regime democrático.”

Fonte: Jornal da Cidade Online

Continuar lendo PONTO DE VISTA: LUGAR DE PALHAÇO É NO PICADEIRO E NÃO NA ARQUIBANCADA. QUEM OS POLÍTICOS PESSAM QUE SÃO?

ANÁLISE POLÍTICA: NOSSO COMPROVANTE DA DEMOCRACIA, POR ALEXANDRE GARCIA

Nesta segunda-feira vamos começar com o extraordinário Alexandre Garcia falando sobre o jogo democrático na visão dos que só aceitam os dispositivos da democracia quando são beneficiados, mas quando não são, não se conformam, esperneiam e tentam destruir e desbancar quem se beneficiou. Então, convido você a assistir ao vídeo a seguir, refletir e fazer o seu juízo de valor!

Fonte:

Continuar lendo ANÁLISE POLÍTICA: NOSSO COMPROVANTE DA DEMOCRACIA, POR ALEXANDRE GARCIA

PONTO DE VISTA: O PONTO FORA DA CURVA NO DISCURSO DE ARTHUR LIRA É SINÔNIMO DE SUCUMBÊNCIA

Caro(a) leitor(a),

O discurso moderado, conciliador e de permissividade do presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, quando fala em “ponto fora da curva” prevendo o resultado final do julgamento do deputado Daniel Silveira pelos seus pares, mostra para onde está caminhando a nossa frágil e imberbe democracia. Desta vez os pesos e contrapesos, dispositivo tão importante da nossa Constituição, não funcionou e deu ao STF um poder desproporcional, confirmando a tendência que vinha se delineando nos últimos episódios políticos desta débil democracia. Depois deste último episódio a tirania e a soberba do STF vai se exacerbar cada vez mais. Foi assim que começou na Venezuela e veja onde foi parar a democracia lá. Na lata do lixo. Portanto, há a necessidade de o povo, através das suas prerrogativas como detentor do poder intervir, já que o Congresso nacional não cumpriu com suas prerrogativas no episódio do deputado Daniel Silveira sucumbindo a uma decisão nitidamente inconstitucional do STF ao prender o deputado por flagrante delito. Não estou aqui concordando com a atitude de Silveira, mas analisando a letra fria da lei, que estabelece ser algo bem diferente o flagrante delito, bem como a imunidade parlamentar e a liberdade de expressão. Também da inconstitucional prisão preventiva de ofício por um integrante do STF. Eleprecisa ser provocado pela PGR. O que só ocorreu horas depois da prisão decretada de ofício. Portanto, se o povo brasileiro não tomar as rédeas, agora, da situação o que ainda nos resta de democracia terminará de correr para o ralo!

Prisão de Daniel Silveira pelo STF foi intervenção extrema, diz Arthur Lira

Publicado em 19.02.2021

Por  

 

Luis Macedo | Agência Câmara

Durante a abertura da sessão de julgamento da prisão do deputado Daniel Silveira (PSL-RJ), nesta sexta-feira (19), o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), afirmou que o episódio foi uma “intervenção extrema” do Supremo Tribunal Federal (STF).

“Essa intervenção extrema sobre as prerrogativas parlamentares deve ser o que foi: um ponto fora da curva, sob o risco de banalizarmos excessos que, pelo caminho oposto, ultrapassariam o plano do razoável e passariam a orbitar também a atmosfera da irresponsabilidade”, disse.

O comandante da Casa Legislativa, contudo, lembrou que a inviolabilidade da atividade parlamentar não pode estar acima da “mais sagrada das inviolabilidades”, a do regime democrático.

VEJA O DISCURSO DE ARTHUR LIRA NA ÍNTEGRA:

Minhas Senhoras e Meus Senhores,

Fiz questão de trazer para esta sessão histórica um documento também histórico: a primeira versão da Constituição promulgada por esta Casa há 33 anos. Este é o símbolo da nossa Democracia, das liberdades e da cidadania, o guia que todos aqui assumimos o juramento de respeitar, honrar e defender.

Esta Constituição é uma obra viva que vem sendo aperfeiçoada e modernizada pelo esforço contínuo desta Casa e do Senado da República, pelo Executivo e também pelo seu guardião maior, o Supremo Tribunal Federal, no decorrer das últimas três décadas, o maior período de estabilidade democrática da história do pais.

Os momentos de turbulência são da própria natureza da Democracia, mas uma Democracia sólida é e será sempre mais forte do que todas as turbulências.

O que estaremos deliberando aqui hoje?

O que está em discussão são exclusivamente dois princípios e sua aplicabilidade: o da livre manifestação do pensamento e o da inviolabilidade do mandato parlamentar.

Antes de mais nada, como representante deste Poder, quero expressar posição que tenho certeza é da maioria desta Casa e desta Instituição.

Foi o Congresso Nacional, com poderes constituintes, que definiu e desenhou o atual arcabouço constitucional e que, portanto, conferiu as atuais atribuições do Supremo Tribunal Federal.

Tenho certeza de que a grande maioria desta Casa, entre os quais me incluo, respeita a instituição máxima do Poder Judiciário brasileiro.

Todos aqui temos diferentes formas e diferentes maneiras de expressar nossas diferenças e, muitas vezes, divergimos sobre o modo e o conteúdo sobre como as opiniões de cada um são enunciadas. Mas todos, também, historicamente, sempre reconhecemos que acima de qualquer disparidade todos aceitamos o sagrado direito de manifestação do outro.

Mas ao mesmo tempo, mesmo que discordando, sempre procuramos encontrar um grau de tolerância em relação àqueles ou àquelas que exercem suas prerrogativas de modo diverso, baseado no princípio do artigo 53 de nossa Constituição.

Agora, coloca-se diante de nós um julgamento, antes de tudo, de nós sobre nós mesmos.

Sou ferrenhamente defensor da inviolabilidade do exercício da atividade parlamentar. Mas, acima de todas as inviolabilidades, está a inviolabilidade da Democracia. Nenhuma inviolabilidade pode ser usada para violar a mais sagrada das inviolabilidades, a do regime democrático.

Portanto, o que está em discussão hoje não é a inviolabilidade do mandato parlamentar exclusivamente. Mas até que ponto essa inviolabilidade pode ser considerada se ela fere a Democracia, pondo em risco a sua inviolabilidade.

É essa avaliação que vossas excelências irão realizar.

Neste momento de enorme aflição do povo brasileiro, clamo para que superemos o quanto antes este impasse, que é pontual, um ponto fora da curva, como já declarei.

Um ponto fora de curva que precisa estar muito bem definido para todos. Fora da curva dentro do Parlamento, quando ultrapassa o plano do razoável e passa a orbitar a atmosfera da irresponsabilidade, sim.

Mas também um ponto fora da curva para aqueles e aquelas que tem res-pon-sa-bi-li-da-de.

Repito: aos que tem responsabilidade, essa intervenção extrema sobre as prerrogativas parlamentares deve ser o que foi: um ponto fora da curva, sob o risco de banalizarmos excessos que, pelo caminho oposto, ultrapassariam o plano do razoável e passariam a orbitar também a atmosfera da irresponsabilidade

Foi esta Casa que aprovou a Lei de Abuso de Autoridade. Não poderia ser ela a tolerar o abuso das prerrogativas. Estamos, aqui, dando o nosso exemplo.

Esse episódio servirá também como um ponto de inflexão para o modo de comportamento e de convivência internos, que trarão de volta maior urbanidade, respeito e empoderamento do Conselho de Ética para que o ambiente da democracia nunca se contamine a ponto de se tornar toxico.

Mas, em nome da responsabilidade, o alicerce da Democracia, quero anunciar a criação de uma Comissão Extraordinária pluripartidária para propor alterações legislativas para que, nunca mais, Judiciário e Legislativo corram o risco de trincarem a relação de altíssimo nível das duas instituições, por falta de uma regulação ainda mais clara e específica do artigo 53 da nossa Carta.

A inviolabilidade do mandato foi inscrita de forma cabal no mesmo texto Magno – no mesmo! – pelos mesmos constituintes, que definiram o papel do poder Judiciário. Respeitar a Constituição é respeitá-la por inteiro. E vamos zelar por isso.

Temos de dirigir nossas energias políticas para os problemas urgentes que aguardam soluções imediatas, no tocante à superação dos efeitos dramáticos da pior crise social e econômica causada pela maior pandemia em um século.

Não podemos perder o nosso foco. O povo brasileiro exige de nós que tomemos decisões que podem significar a vida ou a morte de milhões de brasileiros. Vamos ultrapassar o tema de hoje, vamos seguir em frente e nos concentrar em nossa missão maior.

O parlamento é o coração da democracia. Daqui nunca saíra qualquer ação institucional que fragilize ou apequene a Constituição. Somos, fomos e sempre seremos a Casa vital e pulsante da Democracia.

Muito obrigado!

Editor-chefe do Conexão Política; residente e natural de Campo Grande/MS | FALE COMIGO: marcos@conexaopolitica.com.br

Fonte: Conexão Política

Continuar lendo PONTO DE VISTA: O PONTO FORA DA CURVA NO DISCURSO DE ARTHUR LIRA É SINÔNIMO DE SUCUMBÊNCIA

RESUMO DA SEMANA: VILLAS BÔAS X FACHIN, AGLOMERAÇÃO NO CARNAVAL E DECRETOS DE BOLSONARO SOBRE ARMAS

Neste domingo, dia de RESUMO DA SEMANA, você vai ver em detalhes os principais fatos da política nacional que se sucederam nessa semana que passou. Teve o choro de Fachin sobre a fala do General Villas Bôas, aglomeração no Carnaval e a repercussão dos decretos de Bolsonaro sobre armas. Portanto não perca o programa conduzido por Vitor Brown e fique atualizado!

Fonte:

Continuar lendo RESUMO DA SEMANA: VILLAS BÔAS X FACHIN, AGLOMERAÇÃO NO CARNAVAL E DECRETOS DE BOLSONARO SOBRE ARMAS

ANÁLISE POLÍTICA: BOLSONARO “DILMOU” DIZ O MERCADO, POR JOSÉ NÊUMANNE PINTO

Sábado é dia de ANÁLISE POLÍTICA, aqui no Blog do Saber e hoje temos o irreverente José Nêumanne Pinto com a seguinte pauta: 1 – A elite empresarial paulistana, que ainda não utilizou a própria força para pressionar o chefe do governo a mudar a política negacionista no combate à pandemia, agora diz que ele segue o caminho da ex-presidente petista, por estar interferindo na política de preços da Petrobrás. 2 – O PGR quinta coluna pediu a abertura de inquérito sobre crimes de desacato e infração de medida sanitária pelo deputado federal Daniel O Quê na carceragem da PF no Rio. Mais um sinal de indiferença do chefão da patota golpista. 3. O chefe do Executivo jura que a mãe tomou vacina da AstraZeneca, rejeitada na Europa, e não da Coronavac do Butantan, de que o Ministério da Saúde encomendou mais 30 milhões de doses. Tudo isso e muito mais. Por isso não perca e assista agora!

Fonte:

Continuar lendo ANÁLISE POLÍTICA: BOLSONARO “DILMOU” DIZ O MERCADO, POR JOSÉ NÊUMANNE PINTO

ANÁLISE POLÍTICA: DEPOIS DA GOLEADA NO CONGRESSO É HORA DE TRABALHAR PELO PAÍS, POR ALEXANDRE GARCIA

Na nossa coluna ANÁLISE POLÍTICA desta quarta-feira temos o comentário sempre sóbrio, de bom senso e inteligente do incrível Alexandre Garcia, que comenta acerca da eleição para presidentes da Câmara e do Senado e rememora as pautas que ficaram engavetadas durante as gestões Alcolumbre/Maia, que agora precisam ser desengavetadas pra fazer o país caminhar. Então, não perca esse comentário esclarecedor!

Fonte:

Continuar lendo ANÁLISE POLÍTICA: DEPOIS DA GOLEADA NO CONGRESSO É HORA DE TRABALHAR PELO PAÍS, POR ALEXANDRE GARCIA

PODCASTS: NATUZA NERY FALA SOBRE AMEAÇA DE MAIA COM PEDIDO DE IMPEACHMENT

Segunda-feira é dia de PODCASTS, aqui no Blog do Saber, com Natuza Nery, que hoje comenta sobre a ameaça de Rodrigo Maia com o Impeachment contra Bolsonaro após o DEM anunciar o desembarque da candidatura de Baleia Rossi. Então, não perca e se atualize!

SEGUNDA, 01/02/2021, 08:51Conversa de Política – Natuza Nery

Maia ameaça aceitar pedido de impeachment

Em reunião tensa na noite de domingo, Rodrigo Maia disse que poderia aceitar pedido de impeachment depois de o DEM ter anunciado o desembarque da candidatura de Baleia Rossi. Em consequência ao anúncio do partido, legendas de esquerda também ameaçaram abandonar Rodrigo Pacheco na disputa do Senado.

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia. Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil (Crédito: )O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia. Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Fonte: CBN

Continuar lendo PODCASTS: NATUZA NERY FALA SOBRE AMEAÇA DE MAIA COM PEDIDO DE IMPEACHMENT

OPINIÃO: A HIPOCRISIA AVANÇA A PASSOS LARGOS E NIGUÉM ESTÁ FAZENDO NADA

Caro(a) leitor(a),

A manchete a seguir já diz tudo sobre o comportamento da esquerda que vem assolando não só o nosso país, mas boa parte dos países onde a democracia imperava soberana há muito tempo, como é o caso dos Estados Unidos. A hipocrisia é patente e explícita. E o pior é que eles agem assim com a cara e a coragem e estão ganhando terreno. A direita e os liberais  precisam aprendera lutar e combater esses sangue-sugas  que estão tentando destruir todas as conquistas da democracia. Não podemos ficar inertes, de braços cruzados. Temo de fazer a nossa parte. Eu já estou fazendo a minha e você?

Bispos respondem à hipocrisia de Biden: ‘Pare de financiar abortos ou pare de alegar ser católico’

Publicado em 01.02.2021

 

O bispo da cidade texana de Tyler, Joseph Strickland, enviou uma mensagem a Joe Biden, instando-o a parar de usar fundos federais para promover e financiar o aborto em todo o mundo. “Você alega ser católico, mas obviamente está ignorando os ensinamentos princípios básicos da fé católica. Por favor, tome a decisão de seguir o ensino católico ou pare de alegar ser católico”, disse ele no Twitter.

“Presidente Biden, por favor, pare de gastar nossos dólares de impostos para financiar abortos em todo o mundo. Você afirma ser católico, mas obviamente está ignorando os ensinamentos básicos da fé católica. Por favor, tome a decisão de seguir o ensino católico ou parar de alegar ser católico”, escreveu o Bispo J. Strickland, em 30 de janeiro.

 

Não foi a primeira que autoridades católicas se expressaram a respeito da hipocrisia da “fé” de Biden.

Na semana passada, o arcebispo americano Joseph F. Naumann, presidente do Comitê de Atividades Pró-Vida da Conferência dos Bispos dos EUA, e David J. Malloy, presidente do Comitê Internacional de Justiça e Paz, expressaram sua firme oposição à nova ordem executiva assinada por Biden que reverte o legado pró-vida de Donald Trump e permite o envio de fundos financiados pelos contribuintes para ONGs que promovem e fornecem abortos em outros países.

Ambos denunciaram que a decisão do Governo Biden, que anula a chamada “Política da Cidade do México“, que separa o aborto das atividades de planejamento familiar, impedindo entidades que oferecem aconselhamento ou promovem o aborto de receber financiamento público, viola a dignidade humana e é incompatível com o ensino católico.

A Política da Cidade do México foi criada pelo presidente Ronald Reagan para proteger os bebês em gestação do aborto. Todo presidente democrata reverteu a regra, usando dinheiro dos EUA para promover o aborto. E todo presidente republicano restabeleceu a política.

Nesse sentido, os bispos lamentaram que “um dos primeiros atos oficiais de Biden como presidente promova ativamente a destruição de vidas humanas nos países em desenvolvimento”. “Esta ordem é incompatível com o ensino católico”, disseram eles, enquanto conclamavam Biden a priorizar “os mais vulneráveis, incluindo os nascituros”.

Biden, que foi vice-presidente junto a Barack Obama em um mandato no qual organizações pró-aborto como a Planned Parenthood recebia 4.000 milhões de dólares em recursos federais, também eliminou a proibição de que recursos públicos sejam usados ​​para subsidiar clínicas de abortistas e encaminhar pacientes para o aborto.

Joseph F. Naumann também falou sobre a decisão de Joe Biden, chamando-a de “perturbadora e trágica” por negar aos nascituros seu direito humano mais básico, o direito à vida. Naumann lembrou que “desde o primeiro século, a Igreja afirma o mal moral de cada aborto provocado, um ensinamento que não mudou e permanece o mesmo”.

“A remoção das restrições do Estado pavimentou o caminho para a morte violenta de mais de 62 milhões de crianças não-nascidas e de inúmeras mulheres que experimentam a dor da perda, do abandono e da violência”, acrescentou.

Cristã e Correspondente Internacional na Europa.

Continuar lendo OPINIÃO: A HIPOCRISIA AVANÇA A PASSOS LARGOS E NIGUÉM ESTÁ FAZENDO NADA

ANÁLISE POLÍTICA: PRESIDENTE ACLAMADO, VAZAMENTOS PEGAM MORNO, DEM SOLTA A MÃO DE MAIA E MUITO MAIS, POR BÁRBARA

Segunda-feira é dia de política com humor aqui na coluna ANÁLISE POLÍTCA sob o comando da irreverente Bárbara. Comungo com os a maioria dos comentários ácidos dela com postura liberal, menos do pensamento dela sobre Sergio Moro. Vocês ainda vão saber o porquê. Mas vale a pena registrar aqui os comentários equivocados dela sobre ele. No vídeo de hoje ela comenta como a semana deve ter sido difícil para Maia já que seu próprio partido, aparentemente, soltou sua mão e também vazamentos sobre as conversas de seu Morno, Mourão dando caneladas e mais. Deixa estar e vamos em frente!

Fonte:

Continuar lendo ANÁLISE POLÍTICA: PRESIDENTE ACLAMADO, VAZAMENTOS PEGAM MORNO, DEM SOLTA A MÃO DE MAIA E MUITO MAIS, POR BÁRBARA

ANÁLISE POLÍTICA: BOLSONARO COMPRA CONGRESSO POR R$ 3 BILHÕES, POR JOSÉ NÊUMANNE PINTO

Neste sábado, aqui na coluna ANÁLISE POLÍTICA, temos o irreverente Nêumanne Pinto, como sempre com seus comentários contundentes, cuja pauta é: 1 – Presidente comprou eleições para Lira na presidência da Câmara e Pacheco no Senado por R$ 3 bilhões em emendas parlamentares, e recriou 3 ministérios para atender o Centrão, repetindo autogolpe de Maduro na Venezuela. 2 – No sábado 30 de janeiro, às 17 horas, será publicado vídeo Nêumanne Entrevista Kim Kataguiri da semana com bastidores desse vexame. 3 – Brasil ficou estagnado em 94.º lugar em 180 países, abaixo da média latino-americana, 43, e da mundial 41, no ranking da Transparência Internacional. 4 – Johnson & Johnson anunciou eficácia de 66% de sua vacina contra covid 19. Então, você não pode perder essa resenha!

Fonte:

Continuar lendo ANÁLISE POLÍTICA: BOLSONARO COMPRA CONGRESSO POR R$ 3 BILHÕES, POR JOSÉ NÊUMANNE PINTO

PONTO DE VISTA: A TIRANIA DO CABEÇA DE OVO JÁ PASSOU DE TODOS OS LIMITES

Caro(a) leitor(a),

Como é que esse cabeça de ovo pode falar em democracia?

Como é que esse cabeça de ovo, bundão pode falar em constitucionalidade, quando ele próprio, a cada canetada que dá rasga mais uma vez a Constituição a qual esse incompetente jurou defender?

Ter um ministro como esse bundão no nosso STF é simplesmente vergonhoso, vexatório e humilhante para todos os cidadãos brasileiros. Nós não merecemos isso, o Brasil não merece esse insulto e muito menos aqueles que estão sendo perseguidos pela tirania desse imbecil que brinca de ministro do Supremo Tribunal Federal.

O jornalista Gonçalo Mendes Neto, autor do artigo a seguir, tão indignado quanto eu exige uma explicação técnica e lógica deste dublê de juíz. Por isso, venho até você, meu(minha) caro(a) leitor(a) pedir seu engajamento nesta indignação coletiva e nos ajudar a divulgar, denunciar e requerer o impeachment desse excremento humano. Então envie essa publicação para o máximo de pessoas que puder!

A deprimente e inadmissível situação como Eustáquio foi devolvido para a sua família: na cadeira de rodas e “mudo”

Foto reproduçãoFoto reprodução

Oswaldo Eustáquio já está em casa.

Foi devolvido para a sua família e ninguém sabe até o momento por qual motivo foi mantido preso e, pasmem, continua preso e sob vigilância, em prisão domiciliar.

A Polícia Federal enviou ao ministro Alexandre de Moraes, responsável pela prisão do jornalista, um relatório informando que, ao término de dezenas de diligências realizadas, não encontrou elementos suficientes para indiciar pessoas pela realização ou financiamento dos tais atos antidemocráticos.

Na prisão, Eustáquio perdeu o movimento das pernas.

A responsabilidade é do Estado, que exerceu toda a sua tirania sobre esse homem.

A decisão que deu a possibilidade de Eustáquio sair detrás das grades, para cumprir a prisão em casa é de absolutamente tirânica e absurda.

Eis o item “3” do despacho de Alexandre de Moraes:

Imagem em destaque

Esse caso não pode ficar assim e nem cair na vala do esquecimento.

Um homem sem qualquer acusação saiu caminhando de sua casa e foi devolvido em uma cadeira de rodas e “mudo”.

Oswaldo Eustáquio é hoje, possivelmente, um homem mais vigiado do que qualquer bandido no Brasil.

Sem condenação. Sem acusação ou crime.

Até quando vamos ver isso?

Porque Eustáquio não pode falar?

Moraes precisa se explicar…

Gonçalo Mendes Neto. Jornalista.

Fonte: Jornal da Cidade Online

Continuar lendo PONTO DE VISTA: A TIRANIA DO CABEÇA DE OVO JÁ PASSOU DE TODOS OS LIMITES

ANÁLISE POLÍTICA: PROGRAMAS DE TRANSFERÊNCIA DE RENDA SÃO MEDIDAS PALIATIVAS, POR CAIO COPPOLLA

Ao ser questionado por um apoiador, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) negou mais uma vez a possibilidade de retomar o auxílio emergencial. No quadro Liberdade de Opinião do Visão CNN desta terça-feira (26), o comentarista Caio Coppolla avaliou a retomada da economia brasileira em meio à pandemia de Covid-19.

Fonte:

Continuar lendo ANÁLISE POLÍTICA: PROGRAMAS DE TRANSFERÊNCIA DE RENDA SÃO MEDIDAS PALIATIVAS, POR CAIO COPPOLLA

RESUMO DA SEMANA: POSSE DE BIDEN, PAZUELLO X TRATAMENTO PRECOCE E FURA-FILAS DA VACINA

No RESUMO DA SEMANA deste domingo você vai ver os principais fatos da política nacional desta semana sob o comando de Vitor Brown, dentre eles: a posse de Biden, a polêmica da fala do ministro da saúde, Eduardo Pazuello, sobre tratamento precoce e os fura-filas da vacinação contra a Covid-19 em todo o país. Então não saia dai, se acomode na poltrona e se atualize!

Fonte:

Continuar lendo RESUMO DA SEMANA: POSSE DE BIDEN, PAZUELLO X TRATAMENTO PRECOCE E FURA-FILAS DA VACINA

POLÍTICA COM HUMOR: BOLSONARO VOANDO, AS PÉROLAS DA SEMANA, BARROSO TENDO QUE SE EXPLICAR

Segunda-feira é dia de POLÍTICA COM HUMOR, aqui na coluna ANÁLISE POLÍTICA, com Bárbara. No vídeo de hoje ela comenta que em mais um pesquisa divulgada, o presidente sai voando! Vamos rir também das pérolas que esse povo soltou ao longo da semana. Ela também comenta que seu Barroso terá que se explicar e muito mais. Então, faça como ela sempre diz, prepare a pipoca e bora lá!

Fonte:

Continuar lendo POLÍTICA COM HUMOR: BOLSONARO VOANDO, AS PÉROLAS DA SEMANA, BARROSO TENDO QUE SE EXPLICAR

RESUMO DA SEMANA: MORTE DE HOMEM NEGRO POR SEGURANÇAS, BALANÇO DO1º TURNO E LOCKDOWN NO BRASIL

Domingo é dia de se atualizar com as notícias da semana e sendo assim é dia de RESUMO DA SEMANA sob o comando de Vitor Brown com os principais destaques da programação da Pan. Então, prepare a pipoca, se acomode na sua poltrona e se atualize!

Fonte:

Continuar lendo RESUMO DA SEMANA: MORTE DE HOMEM NEGRO POR SEGURANÇAS, BALANÇO DO1º TURNO E LOCKDOWN NO BRASIL

ANÁLISE POLÍTICA: A ÚNICA FRAUDE ELEITORAL É BOLSOBARO

O destaque da coluna ANÁLISE POLÍTICA desta terça-feira está quentíssimo com o ácido comentário do irreverente José Nêumanne Pinto, que fala sobre a obsessão do presidente Jair Bolsonaro em denunciar eleições fraudadas, incluindo a vencida por ele próprio, deixa claro o fato de que ele é a única fraude comprovada na História da política brasileira, como atesta a lista de traições que cometeu em relação ao discurso de campanha publicada por Nando Moura. A exemplo do que aconteceu com Donald Trump, de quem ele se apresenta como pato, não trouxe a lume nenhum fato para comprovar as denúncias insistentes. Nem fatos que comprovem a eficácia do voto impresso, que é sua cloroquina eleitoral. Ele também recomenda que acompanhe a entrevista extra com o presidente do TSE, ministro do STF Luís Roberto Barroso (https://www.youtube.com/watch?v=aYhto…), o editorial do Estadão “É hora de trabalhar, presidente” (https://opiniao.estadao.com.br/notici…) e o artigo de Carlos Alberto Di Franco no mesmo jornal de hoje, Recado aos eleitos (https://opiniao.estadao.com.br/notici…), além do meu artigo semanal no blog (https://politica.estadao.com.br/blogs…).

Fonte:

Continuar lendo ANÁLISE POLÍTICA: A ÚNICA FRAUDE ELEITORAL É BOLSOBARO

ANÁLISE POLÍTICA: DEMOCRACIA AMERICANA NÃO CORRE RISCO

Na coluna ANÁLISE POLÍTICA desta quinta-feira o irreverente José Nêumanne Pinto comenta sobre 4 assuntos importantes: 1 – Demora para contagem de votos e acirrados debates sobre apuração não põem em risco a democracia norte-americana nem a inexistência de uma justiça eleitoral exclusiva a compromete. 2 – Flávio Bolsonaro foi denunciado por práticas de extorsão lavagem de dinheiro e organização criminosa pelo MP/RJ durante sua passagem pela Alerj. 3 – A inexistência de “estupro culposo” na Justiça criminal não isenta advogado de suposto estuprador por haver ofendido e humilhado sua vítima. 4 – Acadêmica Nélida Piñon disse no Roda Viva que “Brasília é uma maldição de sátrapas, políticos que vivem como nababos.” Então não perca essa! Assista agora e se atualize!

Fonte:

Continuar lendo ANÁLISE POLÍTICA: DEMOCRACIA AMERICANA NÃO CORRE RISCO

ANÁLISE POLÍTICA: A PANDEMIA ACELEROU MUDANÇAS E ACORDOU O GIGANTE

Nesta segunda-feira começamos a semana com mais um comentário sóbrio e competente do incrível Alexandre Garcia que versa sobre as mudanças causadas pela pandemia do coronavírus que acelerou processos e acordou o gigante. Vale a pena assistir esse comentário semanal super esclarecedor!

Continuar lendo ANÁLISE POLÍTICA: A PANDEMIA ACELEROU MUDANÇAS E ACORDOU O GIGANTE

ANÁLISE POLÍTICA: A OMS DIZENDO O QUE A GENTE JÁ SABIA, STF E O RESUMÃO DO DORIA QUE FEZ O SUPREMO, POR BÁRBARA

Nesta terça-feira a comentarista política Bárbara atualiza você com as últimas notícias da política. Dentre elas, toda essa situação que o nosso supremo enfiou todos nós e as novas declarações vindas da O.M.S. Sempre com muito humor e acidez. Então, se acomode na poltrona e vamos lá!

Fonte:

Continuar lendo ANÁLISE POLÍTICA: A OMS DIZENDO O QUE A GENTE JÁ SABIA, STF E O RESUMÃO DO DORIA QUE FEZ O SUPREMO, POR BÁRBARA

RESUMO DA SEMANA: BOLSONARO INDICA KASSIO NUNES AO STF, MAIA X GUEDES, DEBATE NOS EUA

Domingo é dia de se atualizar e para isso temos a coluna RESUMO DA SEMANA que trás uma síntese do que rolou de melhor na política nacional na semana que termina. Sob o comando de Vitor Brown você vai ver que Bolsonaro indicou Kassio Nunes para a vaga do STF de Celso de Mello, as rusgas de Maia com Paulo Guedes e tudo sobre o 1º debate entre Trump e Biden. Então, não perca tempo e comece agora a assistir!

Fonte:

Continuar lendo RESUMO DA SEMANA: BOLSONARO INDICA KASSIO NUNES AO STF, MAIA X GUEDES, DEBATE NOS EUA

OPINIÃO: EDUCAÇÃO E PRODUÇÃO CIENTÍFICA, A VERGONHA NACIONAL!

Caro(a) leitor(a),

Sabe quando a gente vê uma manchete de uma notícia e você tem medo ou receio de abrir, pois já sabe que vai ter uma decepção? Então, quando se trata de educação e produção científica o Brasil é simplesmente uma vergonha e o pior é que a causa disso é tão óbvia e ululante que chega a dar um sentimento de profunda pena do povo brasileiro, pois sabemos que essa miséria é fruto dos 20 anos de governos socialistas no nosso país. E que mesmo depois de toda essa evidência esses bandidos corruptos, ladrões, sanguessugas, juntamente com a grande mídia, continuam infernizando a vida do povo brasileiro, atrapalhando e tentando destruir o governo de direita, que hoje está no poder, tentando juntar os cacos do que restou da nossa educação e produção cientifica. Eu gostaria muito de saber se eles acham que destruindo o país, a sua cultura, o seu patrimônio, as empresas vai sobrar algo para eles continuarem vivendo no bem bom? Sim, porque essa esquerda caviar não consegue viver sem desfrutar das benesses do capitalismo. Isso é tão evidente que nenhum deles mora em Cuba ou na Venezuela. Pelo contrário, os que podem estão todos usufruindo do conforto e do desenvolvimento humano e tecnológico dos Estados Unidos. Então minha gente, vamos dar um basta nisso. Divulguem artigos como esse a seguir e comentários como esse que estou fazendo, pois o conhecimento precisa chegar em todos os rincões desse país para que possamos nos libertar dessa opressão sem fim!

Brasil: último ou penúltimo lugar do mundo em impacto científico em alguns anos?

Redação

Publicado em 20.09.2020

Por  

 

Imagem: Reprodução

Por André Eduardo da Silva Fernandes, consultor Legislativo do Senado do Brasil.

Os pesquisadores Marcelo Hermes-Lima (UnB) e Luís Fabiano Farias Borges (CAPES) brindam-nos com mais uma análise que demonstra a decadência da ciência brasileira em relação ao que está ocorrendo no resto do mundo. Nesta resenha, oferecem-nos alguns elementos que desvendam o “mistério” de tal decadência, muito do qual derivado dos rumos tomados pelas nossas universidades nas últimas décadas.

Para que possam fazer a comparação que evidencia tal situação utilizam de instrumento das ciências que procura estudar aspectos quantitativos da produção científica, o qual, no meio acadêmico ficou conhecido como cientometria. A resenha busca tratar da continuação ampliada do estudo dos autores, que tem regado diversas publicações na imprensa. A hipótese agora a ser testada é que o Brasil poder chegar ao último lugar do mundo em 2023 com relação ao impacto científico relativo, considerando países que indexam pelo menos 3000 publicações por ano na principal base científica mundial. (Vide o link da publicação de 03 de setembro de 2020, aqui).

A metodologia utilizada estabelece ranking de países com base em citações por publicação (CPP)*. Para tanto, é calculada a nota de cada país a partir desse ranking, atribuindo zero ao país que se encontra em último lugar e 10 para o país que se encontra em primeiro. Por exemplo, 48 países publicaram pelo menos 3 mil artigos científicos em 2005. Em 2017, mesmo diante dessa quantidade mínima de publicações anuais, a amostra passou a ter 70 países. Quanto ao impacto científico em 2005, o Brasil ficou em 29º lugar no ranking utilizado a quantidade mínima de 3000 publicações, mas passou para o 58º lugar em 2017. Melhoramos ou pioramos em 2017 com relação a 2005?

Em 2005, ficamos com nota 3,96 (29º lugar entre 48 países). Em 2017, a nota foi de 1,71. Logo, caímos no ranking de impacto. Já no resultado de 2018 — baseado em valores divulgados em junho de 2019 por plataforma específica que trata do tema — foi 1,37 (63º lugar entre 73 países).

Os resultados das publicações de 2018 mudaram pouco com a divulgação dos novos dados de medida da qualidade de nossa posição científica em junho de 2020. Antes da divulgação do ranking de 2020, estávamos em 63º lugar entre 73 países. Agora, estamos em 64º lugar entre 74 países no ranking. A pontuação de classificação do Brasil (para as publicações de 2018) passou de 1,37 para 1,35. Nesse sentido, tal índice de 2018 alterou-se muito pouco. No resultado das publicações de 2019, subimos para o 62º lugar entre 74 países. A pontuação de classificação ficou em 1,62, indicando uma pequena melhora em relação a 2018 (de 1,35 para 1,62). De acordo com os cálculos dos autores do estudo, podemos chegar em 2024 – teoricamente – no último lugar do mundo em impacto científico.

Conforme destacam os autores, é importante deixar claro que não significa que o Brasil terá impacto científico zero no futuro. Trata-se da possibilidade real de cairmos para o último lugar em impacto relativo na produção científica agregada. O Brasil dispõe de excelentes pesquisadores, mas o país não pode depender de ilhas de competência.

Os autores, também, analisam a questão sobre outra visão, se considerarmos como 100% o país que ficou em 1º colocado na de 2019, Singapura com CPP = 1,25, o Brasil (CPP = 0,54) apresentou apenas 43,2% do impacto de Singapura em 2019. Esse é o valor que chamamos de Impacto Equivalente. No caso do Brasil, esse valor manteve-se em torno de 40 a 45% na última década, enquanto vários países nos ultrapassaram em Impacto Equivalente. O último lugar do ranking CPP de 2019, Indonésia (CPP = 0,24, em 74º lugar), apresenta somente 19,2% do impacto de Singapura. De fato, a Indonésia tem apresentado uma tendência de acentuada queda nos últimos anos. Alcançou 28% do impacto do 1º lugar em 2016, quase dez pontos percentuais a mais do que em 2019. Assim sendo, o Brasil não deve ficar atrás da Indonésia nos próximos anos, o que impedirá nossa vergonha.

Como solução, os autores apresentam que o primeiro passo seria uma mudança significativa dos incentivos voltados para as políticas públicas de Pesquisa e Pós-Graduação. A CAPES tem feito sua parte, iniciando mudanças na medida do possível. Por outro lado, a grande imprensa e muitas instituições de pesquisa só divulgam números que colocam o Brasil como uma grande potência da ciência. É bem verdade que o Brasil publica muitos artigos anualmente. Somos a 14º nação do mundo em quantidade, com mais de 84 mil publicações (em 2019) indexadas em bases internacionais. Muitos dirão que estamos nos aproximando da média mundial de impacto em algumas áreas do conhecimento, mas esse será assunto para próximo artigo.

Na verdade, nada substancial mudou desde o governo Dilma. É necessário haver mudanças urgentes na articulação entre agências de fomento e instituições de pesquisa com a devida integração do sistema pesquisa e desenvolvimento (P&D), incentivando de maneira adequada e constante as pesquisas de alto impacto. Como bem enfatizam os autores, ciência é insumo para inovação, e não podemos ficar à deriva diante do tsunami tecnológico do século XXI. Temos convicção que o povo brasileiro — incluindo o presidente Bolsonaro — espera muito mais de sua ciência!

O que esperar para o futuro? Esse valor se sustentará quando sair o resultado de 2019 em junho de 2021? O que acontecerá com o impacto dos artigos científicos de 2020? Não podemos afirmar nada sobre isso. Os autores apontam que a tendência de o Brasil bater no fundo do poço mudou muito pouco. Dependendo da maneira pela qual a simulação é feita, chegaremos próximos da nota zero em 2023 ou 2024.

* Os índices de impacto se baseiam em citações por publicação (CPP), e não quantidade de publicações. Vide ainda referência da metodologia de Rank Scores (que dá notas de 0 a 10) e de Impacto Equivalente. Trata-se de uma publicação em revista científica da Suíça. https://www.frontiersin.org/articles/10.3389/frma.2020.594891/full

Em tempo: A análise faz parte de um esforço do movimento Docentes pela Liberdade (DPL) em trazer pensadores competentes e capazes de agregar análises relevantes para o cenário nacional. As opiniões nela expressas não reproduzem, necessariamente, as posições do DPL ou Conexão Política.

Continuar lendo OPINIÃO: EDUCAÇÃO E PRODUÇÃO CIENTÍFICA, A VERGONHA NACIONAL!

ANÁLISE POLÍTICA: CHEGOU A HORA DA ONÇA BEBER ÁGUA!

A operação E$quema S da combalida Lava Jato desta quarta-feira caiu como uma bomba no colo da combalida esquerda.  O comentarista político José Nêumanne Pinto não podia deixar passar em branco essa grande oportunidade. Segundo ele: A pedidos o juiz Marcelo Bretas autorizou mandados de busca e apreensão em bancas advocatícias acusadas por PF e MPF de terem recebido ao menos R$ 151 milhões da Fecomércio em troca de favores em tribunais. Os principais, dentre os 25 alvos são: Frederick Wassef, da famiglia Bolsonaro, Roberto Teixeira e Cristiano Zanin, de Lula, filhos do presidente do STJ, Humberto Martins, de Aroldo Cedraz, do TCU, e do ex-presidente do mesmo STJ César Asfor Rocha, todos eles envolvidos em desvios de recursos do sistema S (Sesi, Senai, Sesc e Senac), que usa dinheiro arrecadado das empresas para prestar assistência a trabalhadores. “São uns meninos e estão todos milionários… E não são só filhos, são mulheres dos ministros”, disse a ex-corregedora nacional de Justiça Eliana Calmon à Crusoé. Esta é uma amostra do que poderia ter sido a Lava Toga, que Flávio Bolsonaro boicotou. Então, não perca uma vírgula dessa análise!

Fonte:

Continuar lendo ANÁLISE POLÍTICA: CHEGOU A HORA DA ONÇA BEBER ÁGUA!

ANÁLISE POLÍTICA: A CENSURA ESTÁ SENDO USADA E ABUSADA PELAS AUTORIDADES AO SEU BEL PRAZER

O destaque da coluna ANÁLISE POLÍTICA desta segunda-feira é o irreverente jornalista José Nêumanne Pinto que comenta sobre a juíza Cristina Serra Sodré da 33.ª Vara Cível do Tribunal de Justiça Federal, que proibiu o Jornal Nacional da TV Globo de mostrar documentos produzidos pelo MP-RJ na investigação em que Flávio Bolsonaro é acusado de desviar dinheiro do contribuinte para pagar despesas pessoais, financiar imóveis e lavar dinheiro numa loja de chocolates num shopping da Zona Sul. Ele afirma que a juíza sofreu críticas severas do presidente da ANJ, Marcelo Rech, e do presidente da ABI, Paulo Jeronimo, que comparou o ato autoritário com o que “existia no tempo da ditadura militar e do AI-5. O senador Flávio Bolsonaro, notoriamente parvo, comemorou nas redes sociais e acusou os meios de comunicação de criminosos”. Então não deixe de assistir o vídeo completo e se atualize com os fatos da política nacional!

Fonte:

Continuar lendo ANÁLISE POLÍTICA: A CENSURA ESTÁ SENDO USADA E ABUSADA PELAS AUTORIDADES AO SEU BEL PRAZER

OPINIÃO: É PRECISO REFORMAR A CULTURA NO BRASIL

Na coluna OPINIÃO desta sexta-feira trago mais um texto cirúrgico do nosso comentarista político colaborador do Blog do Saber, Ricardo  Paz, que lá dos Estados Unidos acompanha a nossa política nacional. Desta vez ele analisa a questão cultura enraizada no funcionalismo público brasileiro, que vale a pena conferir. Portanto convido você a ler esse texto esclarecedor, refletir e tirar suas conclusões!

É PRECISO REFORMAR A CULTURA

Nenhum governo do mundo funciona bem sem uma máquina estatal eficaz e produtiva. Nos países desenvolvidos, os servidores públicos são profissionais bem remunerados e que progridem a níveis hierárquicos por competência e educação continuada. Uma pequena célula é formada por autoridades constituídas (também servidores públicos!), às quais respondem os gestores e colaboradores das unidades operacionais, sem fisiologismos nem possíveis sabotagens decorrentes de ideologia contrária ao governo da vez. No Brasil, os bons servidores, profissionais concursados e dedicados, grande parte trabalhando na linha de frente do atendimento aos cidadãos, convivem com a frustração de ver prosperar clientelismo e politicagem dentro das organizações públicas, onde, via de regra, não se respeita capacidades ou avaliações de desempenho para progressão de carreira. É comum os cargos mais altos serem “tomados” por pessoas nem sempre qualificadas mas amigas do “rei” (da área, do órgão  subordinado ou do “palácio do governo” —- sendo de praxe, em todas as esferas, a influência e até poder de manipulação do todo-poderoso “chefe de gabinete”). Em muitos casos, os melhores salários são pagos a pessoas incapazes que delegam a pessoas capazes! Além disso, com os servidores públicos competentes sempre sobrecarregados e desvalorizados, a produtividade tende a ficar sempre no prejuízo. Mais comum nos estados e municípios, tentar resolver o problema da baixa eficiência via aumento dos quadros apenas favorece ao loteamento político dentro das repartições públicas e estatais e contribui para a teia de influência pelas autoridades eleitas (sempre de olho nas próximas eleições!) nos bairros ou cidades daqueles servidores transformados em “cabo eleitoral”. Essa situação desestimula os bons e honrados profissionais da área pública, milita contra a imagem do serviço público de um modo geral e mantém o Brasil na mediocridade. Um país de povo dependente para quase tudo de uma estrutura estatal pesada, morosa e controlada por uma elite que ostenta privilégios (situação que lembra o comunismo!). Ou seja, temos no serviço público brasileiro um problema cultural (e moral) que parece tender ao infinito. Dependendo do que será aprovado pelo Congresso Nacional, a reforma administrativa poderá ou não contribuir para reverter essa trajetória. O fato é que, sem mudança de mentalidade (sem uma “reforma cultural”) o Brasil está condenado a permanecer no terceiro-mundismo por muitas gerações!
Ricardo Paz
Empresário
Continuar lendo OPINIÃO: É PRECISO REFORMAR A CULTURA NO BRASIL

Fim do conteúdo

Não há mais páginas para carregar