TRANSPORTE PÚBLICO DEVE CIRCULAR NORMALMENTE NA CAPITAL NESTA QUARTA-FEIRA

Apesar do indicativo de greve, transporte público de Natal deve funcionar normalmente nesta quarta-feira

O presidente do Sinto-RN revelou que uma reunião nesta semana definirá o futuro do movimento

Redação
12/10/2021 | 11:25

O sistema de transportes urbanos de Natal deverá funcionar normalmente nesta quarta-feira 13, apesar de existir um indicativo de greve aprovado na semana passada pelo Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários do Rio Grande do Norte (Sintro-RN).

O presidente do sindicato, Júnior Rodoviário, revelou que, durante reunião realizada na segunda-feira 11, as representações de trabalhadores e empresários terão uma reunião ainda nesta semana para definir os detalhes sobre o dissídio coletivo, que é uma ação judicial em que as partes buscam a solução de um conflito que ultrapasse as relações individuais de trabalho (conflito coletivo).

Júnior Rodoviário afirmou à imprensa na quinta-feira 7 que haveria greve no sistema de transporte público a partir desta semana. “A [Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana] STTU não funciona. A partir de hoje, toda a população de Natal está ciente que na próxima semana nós estraremos em greve, por prazo indeterminado”, comentou.

A categoria exige o cumprimento das datas-bases salariais deste ano e de 2020, previstas para acontecer em maio passado, que até o momento não foram implementadas pelas companhias de ônibus de Natal. Os rodoviários pedem que o reajuste seja o equivalente à inflação acumulada (IPCA) para os últimos 12 meses, que é 9,68%, segundo dados de agosto do IBGE. Atualmente, o piso da categoria é de R$ 2,110.

Além disso, os motoristas querem a recomposição do vale-alimentação. Até março do ano passado, as empresas pagavam R$ 315 aos trabalhadores, mas, com a redução das linhas em circulação em decorrência da pandemia da Covid-19, o valor foi reduzido para R$180.

“Entrou secretário, saiu secretário, e nada foi resolvido. Vamos enfrentamento a secretaria, porque [a pasta] acha que fazer transporte é só acertar com o empresário e o usuário, deixando de lado os trabalhadores. Não vamos admitir. Se ela [a secretaria] quer uma queda de braço, quem vai sofrer é a população”, disse o presidente do sindicato.

Por outro lado, o Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos (Seturn) disse que a busca por melhores condições de trabalho por parte dos rodoviários é um direito legítimo, mas deve ser exercido com responsabilidades, dentro das normas do Estado Democrático de Direito. A entidade reforça que está aberta ao diálogo para discutir as reivindicações dos trabalhadores do sistema rodoviário.

“O Seturn informa que sempre esteve à disposição para o diálogo com o Sintro e qualquer outra autoridade, mas que a crise dos transportes públicos extrapola a sua capacidade de resolução sendo necessário um diálogo intersetorial para as soluções dos problemas de mobilidade urbana em nossa capital”, encerra a nota.

Fonte: Agora RN

Continuar lendo TRANSPORTE PÚBLICO DEVE CIRCULAR NORMALMENTE NA CAPITAL NESTA QUARTA-FEIRA

BH É A PRIMEIRA CAPITAL DO PAÍS A CONTAR COM UM INSTITUTO MÉDICO VETERINÁRIO LEGAL

Por Guilherme Pimenta, g1 Minas — Belo Horizonte

 

Parte da estrutura do Instituto Médico Veterinário Legal, em BH — Foto: Aldair Pinto/PBH/DivulgaçãoParte da estrutura do Instituto Médico Veterinário Legal, em BH — Foto: Aldair Pinto/PBH/Divulgação

Belo Horizonte é a primeira capital do país a contar com um Instituto Médico Veterinário Legal. O órgão faz parte do Hospital Público Veterinário e vai atender animais vítimas de maus-tratos. A inauguração ocorre nesta sexta-feira (1º).

De acordo com a Prefeitura da capital, a ideia é auxiliar os órgãos competentes a investigar casos de maus-tratos. No local, serão feitos exames de corpo de delito e a documentação, com fotos e filmagens, dos casos de violência animal. A autópsia é outro serviço disponível, que será feito em animais que chegarem sem vida à unidade.

O trabalho será realizado por médicos voluntários, com experiência em medicina veterinária legal. A estrutura conta com mesa de necropsia, refrigeradores e geladeiras.

O recurso, porém, não é de atendimento direto ao público. A denúncia contra maus-tratos e violência animal deverá ser feita diretamente à Polícia Civil, que vai atuar na investigação e solicitar apoio do Instituto, caso seja necessário.

Serviço

Hospital Público Veterinário de Belo Horizonte

Endereço: Rua Pedro Bizoto, 230 – Bairro Madre Gertrudes

Atendimento: 8h às 17h – somente presencial, com distribuição de 30 senhas por período

Continuar lendo BH É A PRIMEIRA CAPITAL DO PAÍS A CONTAR COM UM INSTITUTO MÉDICO VETERINÁRIO LEGAL

BARES E RESTAURANTES EM NATAL SE TORNAM SERVIÇOS ESSENCIAIS, SEGUNDO LEI APROVADA POR VEREADORES DA CAPITAL

Por G1 RN

 

Lei foi aprovada nesta terça-feira (4) — Foto: Elpídio JúniorLei foi aprovada nesta terça-feira (4) — Foto: Elpídio Júnior

A Câmara Municipal de Natal aprovou nesta terça-feira (4), em segunda discussão, um projeto de lei que torna bares, restaurantes e similares serviços essenciais na capital potiguar. O projeto é de autoria do vereador Aldo Clemente (PDT).

O documento agora segue para sanção do prefeito Álvaro Dias (PSDB).

De acordo com a lei, em caso de calamidade pública ou estado de emergência, o município poderá estabelecer protocolo de segurança, definindo limitação do número de pessoas e horário de funcionamento do comércio, além de outras regras de proteção à saúde e medidas sanitárias, para garantir o distanciamento social.

“Trago esse projeto de lei por ter a importância de serem preservados os empregos de vários pais de família que necessitam que se tornem esses estabelecimentos como atividade essencial”, explicou o vereador Aldo Clemente.

“Esse projeto não é só para salvaguardar os médios e maiores estabelecimentos não. É para quem está lá no bairro também e tem que abrir respeitando o distanciamento social, para que o estabelecimento que gera emprego e renda possa abrir e ter o seu sustento viabilizado”.

A vereadora Brisa Bracchi (PT) foi uma das vereadoras que votaram contrário ao projeto. “Eu quero muito que os bares e restaurantes voltem a abrir e todos nós possamos frequentá-los, mas que isso não gere um risco às nossas vidas e a de quem está trabalhando”, disse.

A Câmara de Vereadores de Natal já aprovou projetos que tornaram igrejas, academias e atividades escolares como serviços essenciais na capital potiguar. Os projetos viraram lei após aprovação do prefeito Álvaro Dias (PSBD).

Apesar disso, quando há decretos de isolamento social rígido e de restrições no combate à Covid-19, esses decretos têm se sobreposto às leis municipais, como aconteceu neste ano com igrejas e academias. Recentemente também, o STF invalidou as medidas distintas da prefeitura de Natal em relação ao decreto do governo do RN – entre essas medidas estava a autorização das aulas presenciais no ensino médio.

Fonte: G1 RN
Continuar lendo BARES E RESTAURANTES EM NATAL SE TORNAM SERVIÇOS ESSENCIAIS, SEGUNDO LEI APROVADA POR VEREADORES DA CAPITAL

Fim do conteúdo

Não há mais páginas para carregar