SHOPPINGS DE NATAL LIBERAM ACESSO DE CLIENTES SEM A UTILIZAÇÃO DE MÁSCARAS DE PROTEÇÃO CONTRA COVID-19

Por g1 RN

 Midway Mall: apesar da liberação, maioria das pessoas seguem usando máscaras para entrar no shopping em Natal — Foto: Julianne Barreto/Inter TV CabugiMidway Mall: apesar da liberação, maioria das pessoas seguem usando máscaras para entrar no shopping em Natal — Foto: Julianne Barreto/Inter TV Cabugi

Os shoppings de Natal liberaram a partir desta quarta-feira (9) o acesso de clientes sem a utilização da máscara facial.

A decisão segue o novo decreto da prefeitura de Natal, publicado do Diário Oficial do Município, que desobriga o uso da máscara na capital em ambientes abertos ou fechados. Assim, a utilização passa a ser facultativa.

A obrigatoriedade do uso de máscaras na capital potiguar ocorria desde 2020, ano do início da pandemia da Covid.

Natal Shopping, Midway Mall, Praia Shopping e Cidade Jardim confirmaram que a partir desta quarta (9) qualquer cliente pode entrar sem máscaras nos ambientes, seguindo o que determina a legislação municipal.

Em nota, o Praia Shopping disse que segue a recomendação do decreto e por isso, a partir desta quarta, “a utilização de máscaras de proteção facial contra Covid passa a ser facultativo nas dependências do Praia Shopping, por lojistas, funcionários de lojas e consumidores”.

O Partage Norte Shopping confirmou que segue o decreto municipal, que torna o uso facultativo, mas ressaltou em nota que “as demais medidas sanitárias devem ser cumpridas e exigidas, como o uso de álcool em gel e distanciamento social”.

O Midway Mall reforçou que, apesar da liberação, também seguem bem-vindos clientes que continuem usando a máscara.

Mesmo com o decreto, o que se viu no Midway na tarde desta quarta foi a maioria dos clientes e profissionais usando a proteção. Esse é o caso do motoboy Michel Stalone, que precisou entrar no shopping nesta quarta e, mesmo ciente do decreto, decidiu manter o uso da máscara.

“Passei a saber hoje pela manhã, é um assunto que rola pela cidade. Uns resolvem usar, outros resolvem deixar. Mas eu acho melhor proteger a minha saúde e a quem está perto de mim. É importante continuar usando, porque o decreto não abate o vírus, usar é melhor para a nossa saúde”, disse.

Recomendação para lojistas

Após da desobrigação, as entidades do comércio emitiram uma recomendação para que lojistas mantenham uso da máscara entre vendedores e funcionários.

Para a CDL, a liberação acontece num momento oportuno, mas recomendou que as lojas mantenham os protocolos em respeito aos clientes que não se sentem confortáveis.

A Federação do Comércio do RN (Fecomércio) fez a mesma recomendação para dar mais “comodidade” aos clientes.

A Associação dos Empresários do Bairro do Alecrim (AEBA) também recomendou a manutenção do uso “por motivos de segurança própria e cuidado com o cliente”.

Prefeitura desobriga uso

A prefeitura de Natal desobrigou o uso de máscaras de proteção contra a Covid-19 em decreto publicado nesta quarta. Assim, o uso passa a ser facultativo na capital potiguar.

Segundo a assessoria de comunicação da prefeitura, a medida vale para locais abertos e fechados e seguiu parecer do comitê científico do município.

Até então, o uso de máscaras em locais abertos e fechados só tinha sido desobrigado no Rio de Janeiro. Lá, pesquisadores do Observatório Fiocruz Covid-19 consideraram a liberação do uso de máscaras precipitada.

O decreto de Natal afirma que a nova regra poderá ser revista a qualquer tempo, “de acordo com as taxas e índices de transmissibilidade da doença” no município.

Ainda de acordo com o texto, a medida foi tomada por causa da “diminuição sistemática” no número de atendimentos de casos nas unidades de saúde.

Na terça-feira (8), o governo do Rio Grande do Norte anunciou que vai desobrigar o uso de máscaras em locais abertos a partir de 16 de marçomas a obrigação deverá ser mantida para locais fechados.

Deixe uma resposta