SAIBA COMO FAZER O BOTIJÃO DE GÁS RENDER MAIS EM CASA

Por Patrícia Basilio, g1

 

Botijão de gás passou de R$ 75,29 no final de 2020 a R$ 96,89 no início de outubro — Foto: Reprodução / RBS TVBotijão de gás passou de R$ 75,29 no final de 2020 a R$ 96,89 no início de outubro — Foto: Reprodução / RBS TV

A inflação no Brasil está impactando não só a qualidade das refeições dos brasileiros, mas também a forma como os alimentos estão sendo preparados. Com menor poder de compra, a carne nobre foi substituída por uma opção mais em conta e o gás de cozinha passou a ser menos utilizado.

Desde o início do ano, o preço médio do GLP (gás liquefeito de petróleo), conhecido popularmente como gás de cozinha, aos consumidores subiu quase 30%, segundo dados da Agência Nacional do Petróleo (ANP)passando de R$ 75,29 no final de 2020 a R$ 96,89 no início de outubroA alta foi 5 vezes superior à inflação acumulada no período, de 5,67%.

Não à toa, a inflação calculada pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), considerada a inflação oficial do país, acelerou de 0,87% em agosto para 1,16% em setembro, segundo dados divulgados nesta sexta-feira (8) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Foi a maior taxa para meses de setembro desde o início do Plano Real, em 1994, quando o índice foi de 1,53%.

Diante do alto gasto com o botijão, o g1 separou sete dicas para economizar no consumo do gás de cozinha, em parceria com o Idec (Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor).

1- Cheque o botijão de gás e as mangueiras

Verifique as roscas do botijão de gás e os canos do fogão e forno despejando um pouco de espuma de sabão e observando se há algum vazamento no caso de formação de bolhas de ar.

2- Mantenha as bocas do fogão limpas

Se as chamas estiverem com tons amarelos ou laranjas, é sinal de que as bocas estão sujas ou com mau funcionamento. Com isso, o fogo perde sua potência e acaba gastando mais gás para cozinhar o alimento.

3- Evite a passagem de vento

Feche as janelas enquanto cozinha. O vento diminui a potência das chamas, exigindo mais tempo para que a panela atinja a temperatura ideal.

4- Use bocas do fogão adequadas

Colocar uma panela pequena em uma boca grande é desperdício de gás de cozinha.

5- Tampe as panelas

Panelas tampadas aproveitam mais as chamas e, por isso, cozinham mais rápido, já que o calor não se dissipa para o ar.

6- Corte os alimentos em pedaços

O tempo de uso é determinante para a economia de gás. Por isso, quanto menor o corte do alimento, menos tempo ele levará para ser cozido.

7- Otimize o uso do forno

Tente cozinher pratos diferentes de uma só vez no forno. Um exemplo são o prato principal e a sobremesa.

Deixe uma resposta