PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 16 DE MARÇO DE 2021

Por G1

 

Troca no Ministério da Saúde: no pior momento da pandemia, o presidente Jair Bolsonaro anuncia 4° ministro da pasta. Médico Marcelo Queiroga foi escolhido para substituir Pazuello, que teve gestão marcada por alinhamento ao presidente e pela escalada da crise da Covid. A troca de comando é tema de ‘O Assunto‘. De saída, Pazuello faz balanço e anuncia acordos com Pfizer e Janssen. O Brasil tem novo recorde na média de mortes: 1.855 por dia, e se aproxima de 280 mil vítimas da doença. Felipe Neto é intimado a depor por chamar Bolsonaro de ‘genocida’Gabigol e MC Gui vão responder por crime contra saúde pública após flagra em cassino clandestino em São Paulo. Após volta intensa de ‘Amor de Mãe’, o ator Chay Suede diz que as melhores cenas estão na reta final.

Troca na Saúde

Médico Marcelo Queiroga aceita convite de Bolsonaro para assumir o Ministério da Saúde
Médico Marcelo Queiroga aceita convite de Bolsonaro para assumir o Ministério da Saúde

O presidente da Sociedade Brasileira de Cardiologia, Marcelo Queiroga, será o quarto ministro da Saúde desde o começo da pandemia, há um ano. Segundo o presidente Jair Bolsonaro, haverá uma transição de “uma ou duas semanas” entre o novo ministro e o antecessor.

Bolsonaro escolheu o médico para substituir o general Eduardo Pazuello. A troca se dá no pior momento da pandemia de Covid, com recordes sucessivos de mortes (quase 280 mil, no total) e a doença em expansão em todo o Brasil. Antes de Queiroga, comandaram o ministério o médico e ex-deputado Luiz Henrique Mandetta (DEM-MS); o médico Nelson Teich; e Pazuello.

Queiroga é defensor da vacinação contra Covid. Em um vídeo na página da Sociedade Brasileira de Cardiologia, ele fala da importância da imunização para combater a pandemia. Em 20 de janeiro, ele aparece em outro vídeo tomando a vacina. Saiba quem é o novo ministro.

Entrevista a Andréia Sadi

Ludhmila Hajjar recusa convite para o Ministério da Saúde por divergir da condução da pandemia
Ludhmila Hajjar recusa convite para o Ministério da Saúde por divergir da condução da pandemia

Antes de se reunir com Marcelo Queiroga, o presidente Jair Bolsonaro conversou com a cardiologista Ludhmila Hajjar, que recusou o convite para o comando do Ministério da Saúde. Em entrevista à GloboNews, ela disse que não havia “convergência técnica” entre ela e o governo, e definiu o atual momento do Brasil na pandemia como “bastante sombrio”. A médica contou que foi alvo de ataques das redes bolsonaristas e que tentaram invadir o hotel onde ela estava hospedada em Brasília.

De saída

Pazuello é investigado em várias frentes
Pazuello é investigado em várias frentes

O general do Exército Eduardo Pazuello deixará o Ministério da Saúde depois de seis meses como ministro empossado, além de outros três como interino. A gestão do general foi marcada pela obediência irrestrita ao presidente Jair Bolsonaro, suspeita de omissão diante do colapso da saúde em Manaus e recordes sucessivos de mortes com o aumento da gravidade da pandemia em 2021. Veja trajetória.

Ao contrário de Nelson Teich e Luiz Henrique Mandetta, médicos que deixaram a pasta após discordarem de Bolsonaro sobre a condução da pandemia e sobre o uso de remédios sem eficácia comprovada, como a cloroquina, Pazuello chegou a afirmar que a relação do presidente com a pasta era de “um manda e o outro obedece”; lembre frases do general.

O Assunto

Neste episódio, a lenta fritura do terceiro ministro da Saúde da pandemia: o que a substituição do general Eduardo Pazuello pelo médico Marcelo Queiroga revela sobre a situação política de Jair Bolsonaro e se adianta ter um novo ministro com o mesmo presidente .

Vacinação

Pazuello faz avaliação da própria gestão e anuncia compra de mais de 100 milhões de doses da Pfizer e Janssen
Pazuello faz avaliação da própria gestão e anuncia compra de mais de 100 milhões de doses da Pfizer e Janssen

De saída do Ministério da Saúde, Eduardo Pazuello disse que fechou acordo para compra das vacinas das farmacêuticas Pfizer/BioNTech e Janssen. Serão 100 milhões de doses da Pfizer e outras 38 milhões da Janssen, do grupo Johnson & Johnson. Em tom de despedida durante entrevista coletiva, Pazuello fez um balanço de sua gestão e afirmou que há 562,9 milhões de doses de imunizantes contratadas com entrega para 2021.

Nesta segunda, a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) anunciou que vai entregar ainda nesta semana as primeiras doses da vacina contra Covid-19 produzidas pela instituição. Serão 1 milhão e 80 mil doses até sexta-feira (19). As primeiras 500 mil vão ser entregues até quarta (17). As outras 580 mil até sexta (19). A entrega será feita ao Plano Nacional de Imunizações (PNI), do Ministério da Saúde, que fará a distribuição aos estados.

Pandemia no Brasil

Média de mortes por Covid no Brasil volta a bater recorde: 1.855
Média de mortes por Covid no Brasil volta a bater recorde: 1.855

O Brasil registrou um novo recorde na média de mortes por Covid-19: 1.855 por dia. O país se aproxima de 280 mil óbitos, com curvas subindo em 23 estados e no Distrito Federal. Em 24 horas foram 1.275 vítimas da doença. Em casos confirmados, 11.525.477 brasileiros já tiveram ou têm o novo coronavírus; veja os dados detalhados.

Na noite desta segunda, o governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), confirmou que todas as regiões do estado serão inseridas na onda roxa do programa Minas Consciente a partir da próxima quarta-feira (17). A princípio, a medida será válida por 15 dias. Minas Gerais vive, atualmente, o momento mais grave da pandemia, com hospitais no limite. Em Belo Horizonte, a ocupação de leitos de terapia intensiva chegou a 93,4%.

Aglomeração

Gabigol e MC Gui vão ter de responder na Justiça de SP por crime contra a saúde pública — Foto: Arquivo: André Durão/GE e Fábio Tito/G1 SPGabigol e MC Gui vão ter de responder na Justiça de SP por crime contra a saúde pública — Foto: Arquivo: André Durão/GE e Fábio Tito/G1 SP

Gabigol e MC Gui vão responder na Justiça por crime contra a saúde pública ao participarem de aglomeração com aproximadamente 150 pessoas dentro de um cassino clandestino de luxo na Zona Sul de São Paulo. O gerente do local e os funcionários responderão também por realizarem jogos de azar, que é uma contravenção penal.

Lembre o caso: jogador do Flamengo e o cantor de funk foram flagrados no local pela polícia após denúncia feita na madrugada de domingo (14). Todos foram detidos, levados para a delegacia e depois, liberados.

Youtuber intimado

Felipe Neto é intimado a depor por chamar Bolsonaro de 'genocida'
Felipe Neto é intimado a depor por chamar Bolsonaro de ‘genocida’

O influenciador Felipe Neto foi intimado a depor após chamar o presidente Jair Bolsonaro de “genocida”, no contexto da gestão federal em relação à pandemia. Ele rebateu o que classificou como “clara tentativa de silenciamento” por intimidação. O delegado Paulo Sartori disse que o pedido partiu do vereador Carlos Bolsonaro, filho do presidente. Sartori já havia indiciado o youtuber por corrupção de menores.

Lava Jat

Ministro Edson Fachin durante sessão plenária do STF e fevereiro de 2020. — Foto: Fellipe Sampaio /SCO/STFMinistro Edson Fachin durante sessão plenária do STF e fevereiro de 2020. — Foto: Fellipe Sampaio /SCO/STF

O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal, pediu a inclusão na pauta do plenário do STF de dois recursos sobre a decisão que anulou as condenações do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na Lava Jato. Cabe ao presidente do tribunal, Luiz Fux, pautar o plenário. Ainda não há data para julgamento.

Fachin anulou as condenações no último dia 8. Com isso, Lula recuperou os direitos políticos e voltou a ser elegível.

INSS

O segurado do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) insatisfeito com o valor da aposentadoria concedida pode desistir do benefício para aguardar que mais tempo de contribuição o torne mais vantajoso. Entretanto, existe uma regra expressa: não sacar o primeiro benefício depositado pela autarquia federal nem os recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e do PIS/Pasep. Ou seja, se retirar um desses valores, não poderá mais voltar atrás. Saiba mais.

Economia

Preço da carne, que estava em queda de 0,08% em janeiro, aumentou 1,72% em fevereiro — Foto: AMANDA PEROBELLI/ReutersPreço da carne, que estava em queda de 0,08% em janeiro, aumentou 1,72% em fevereiro — Foto: AMANDA PEROBELLI/Reuters

Depois de subir 18% em 2020 e ficar escassa na mesa dos brasileiros, a carne continua registrando alta nos supermercados. Em fevereiro, o alimento subiu 1,72% na comparação com janeiro e, nos últimos 12 meses, registra alta de 29,5%, segundo o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). Especialistas consultados pelo G1 apontam que problemas climáticos e custos deixaram o produto mais salgado para o bolso; entenda.

Disponíveis no streaming

Na ordem, 'Meu pai', 'Minari', 'Nomadland', 'Os 7 de Chicago', 'Bela vingança', 'O som do silêncio', 'Mank' e 'Judas e o Messias negro' concorrem ao prêmio de melhor filme no Oscar 2021 — Foto: DivulgaçãoNa ordem, ‘Meu pai’, ‘Minari’, ‘Nomadland’, ‘Os 7 de Chicago’, ‘Bela vingança’, ‘O som do silêncio’, ‘Mank’ e ‘Judas e o Messias negro’ concorrem ao prêmio de melhor filme no Oscar 2021 — Foto: Divulgação

Chegou aquela época do ano de começar as apostas para o bolão do Oscar. A principal premiação do cinema em Hollywood anunciou seus indicados para a edição de 2021, que acontecerá em 25 de abril. Vários filmes indicados estão disponíveis em plataformas de streaming. Com a pandemia, as janelas exclusivas de exibição em salas de cinema foram eliminadas ou reduzidas. Veja quais produções estão em plataformas no Brasil.

Novela das 9 📺

Adriana Esteves e Chay Suede na reta final de 'Amor de Mãe' — Foto: Divulgação/GloboAdriana Esteves e Chay Suede na reta final de ‘Amor de Mãe’ — Foto: Divulgação/Globo

A reta final de “Amor de Mãe” vai ser intensa como ficou claro no episódio desta segunda (15). Vinte e três capítulos inéditos vão resolver todas as histórias pendentes na trama de Manuela Dias. Não só o público vibrou com a volta da novela, como também os atores. A sensação de retorno aos estúdios depois de tanto tempo foi marcante para Chay Suede e todo o elenco.

“A gente voltou muito emotivo, estava todo mundo à flor da pele, louco para encontrar e se abraçar, mas não podia. Fomos redescobrindo outras maneiras de se dar amor, de se dar carinho dentro e fora de cena”, afirma Chay em entrevista coletiva com jornalistas.

Coleções digitais

Cryptopunks, primeira série de arte digital vendida através de NFTs. Hoje, já são mais de 10 mil personagens cuja venda já movimentou mais de US$ 90 milhões — Foto: DivulgaçãoCryptopunks, primeira série de arte digital vendida através de NFTs. Hoje, já são mais de 10 mil personagens cuja venda já movimentou mais de US$ 90 milhões — Foto: Divulgação

NFT: como funciona o registro de coleções digitais que já valem milhões de dólares? Sistema opera como selo único para identificar e vender objetos físicos ou virtuais. Tecnologia cria novo mercado milionário de arte, como no caso de obra digital leiloada por R$ 389 milhões. Não entendeu? O G1 explica.

Fonte: G1

Deixe uma resposta