PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 07 DE ABRIL DE 2021 POR G1

Por G1

 

Mais um recorde trágico: pela 1ª vez, o Brasil ultrapassa 4 mil vítimas diárias por Covid. São mais de 170 brasileiros mortos por hora. Prefeitura de São Paulo terá operação para abrir 600 valas por diaChapecó se prepara para a visita do presidente, prevista para hoje. Elogiada por Bolsonaro, a cidade tem mortalidade acima da média. ‘O Assunto’ fala sobre os efeitos adversos do ‘kit Covid’. Plenário do STF julga posição definitiva a respeito da liberação ou não de celebrações religiosas presencialmente durante a pandemiaCâmara aprova projeto que libera compra de vacinas por empresas. Governo leiloa 22 aeroportos, divididos em 3 blocos. Rodolffo deixou o BBB21: foi eliminado. Lives de volta? Após período de baixa, busca por transmissões musicais volta a subir.

4.211 vidas perdidas

Pela primeira vez, Brasil ultrapassa 4 mil mortes por Covid em 24 horas
Pela primeira vez, Brasil ultrapassa 4 mil mortes por Covid em 24 horas

Pela 1ª vez na pandemia, o Brasil ultrapassou 4 mil vítimas diárias por Covid. São mais de 170 brasileiros mortos por hora, três vidas perdidas por minuto. A marca trágica só havia sido atingida pelos Estados Unidos. No total, o país registrou 337.364 óbitos pela doença e 13.106.058 casos. Treze estados e o Distrito Federal estão com alta nos óbitos; veja os dados.

Em meio aos números assustadores, a Prefeitura de São Paulo anunciou uma operação para abrir 600 valas individuais por dia nos 22 cemitérios municipais da capital a partir desta quarta-feira (7). A pressão no serviço funerário da capital, causada pelo aumento no número de mortes pela doença, também levou a prefeitura a avaliar a construção de um cemitério vertical em Itaquera, na Zona Leste da cidade, para 26 mil urnas.

Visita de Bolsonaro

Leitos de pacientes com Covid-19 no Centro de Eventos de Chapecó — Foto: Reprodução/MPFLeitos de pacientes com Covid-19 no Centro de Eventos de Chapecó — Foto: Reprodução/MPF

Chapecó, no Oeste catarinense, se prepara para a visita do presidente da República, prevista para hoje. Elogiada por Jair Bolsonaro pelo trabalho de combate ao coronavírus, a cidade, que soma 535 mortos pela doença, estava com 97% dos leitos em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) ocupados nesta terça-feira (6).

Na segunda-feira (5), Bolsonaro falou sobre a viagem para verificar e mostrar como estava o trabalho em Chapecó. Durante o discurso, ele defendeu o “tratamento precoce” contra o coronavírus, mesmo sem eficácia comprovada, e também a liberdade dos médicos para prescreverem remédios. O presidente atribuiu a melhora da situação na cidade aos esforços dos médicos e elogiou o prefeito.

“Aquele município [Chapecó], com toda a certeza e em mais e em alguns estados também, o médico tem a liberdade total para trabalhar com o paciente, total. E esse é o dever do médico, é uma obrigação e um direito dele. Não tem um remédio específico, ele trata da melhor maneira possível. Por isso, os índices foram lá para baixo”, disse.

O Assunto

Neste episódio, uma fábula chamada “tratamento precoce” contra a Covid. Na conversa, no que o Brasil gastou tempo, dinheiro e energia enquanto outros países compravam vacinas e o que já se sabe sobre os efeitos adversos do “kit” e qual é a chance de os responsáveis pagarem por isso. Ouça abaixo:

Supremo

Ministro Luiz Fux preside sessão plenária do STF em 17 de março — Foto: Nelson Jr./SCO/STFMinistro Luiz Fux preside sessão plenária do STF em 17 de março — Foto: Nelson Jr./SCO/STF

O Supremo Tribunal Federal (STF) julgará hoje uma posição definitiva a respeito da liberação ou não da realização de cultos e outras práticas religiosas presencialmente durante a pandemia. O tema será o primeiro item da pauta do plenário.

Nesta segunda, o ministro Gilmar Mendes rejeitou a concessão de uma liminar para suspender o decreto do governo de São Paulo que proíbe celebrações religiosas no estado. A decisão contraria o entendimento do ministro Nunes Marques, que determinou no sábado (3), em caráter liminar, que governadores e prefeitos não podem proibir a celebração de atos religiosos desde que preservados protocolos sanitários, entre eles, lotação máxima de 25% da capacidade do local.

Vacinação

Vacinação contra a Covid-19 — Foto: Getty Images via BBCVacinação contra a Covid-19 — Foto: Getty Images via BBC

Câmara dos Deputados aprovou o texto-base de um projeto que autoriza empresas privadas a comprarem vacinas contra a Covid para imunizar os funcionários. Na prática, a principal mudança do texto é retirar a exigência, atualmente prevista em lei, de que as empresas só possam começar a vacinação própria após a imunização dos grupos prioritários pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

O texto também permite a compra de imunizantes autorizados por agências estrangeiras reconhecidas pela Organização Mundial da Saúde (OMS), mesmo que não tenham registro ou autorização da Anvisa. Para a conclusão da votação, os deputados precisam analisar os destaques, isto é, sugestões de alteração no texto. Em seguida, a matéria vai ao Senado.

Troca de comando

Com o aval de Bolsonaro, novo ministro da Justiça muda o comando da Polícia Federal
Com o aval de Bolsonaro, novo ministro da Justiça muda o comando da Polícia Federal

O recém-empossado ministro da Justiça, Anderson Torres, anunciou a troca de comando da Polícia Federal e da Polícia Rodoviária Federal. O delegado Paulo Maiurino substituirá Rolando de Souza, que estava no cargo desde maio do ano passado, e será o terceiro diretor-geral da PF desde o início do governo Jair Bolsonaro. Já na PRF, Torres anunciou Silvinei Vasques como chefe da corporação.

Mais cedo, nesta terça, ao discursar na posse do novo ministro, o presidente Jair Bolsonaro disse, ao citar a PF e a PRF, que considera “naturais” eventuais mudanças. Bolsonaro participou das cerimônias de Torres e de outros cinco ministros anunciados na semana passada.

Rio de Janeiro

Foto de arquivo de 26 de março de 2020 do governador afastado do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), no Palácio Guanabara, sede do governo estadual. — Foto: Wilton Junior/Estadão ConteúdoFoto de arquivo de 26 de março de 2020 do governador afastado do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), no Palácio Guanabara, sede do governo estadual. — Foto: Wilton Junior/Estadão Conteúdo

O governador afastado do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), será interrogado pelo Tribunal Especial Misto, que julga o pedido de impeachment contra o ex-juiz. A Corte também ouve o ex-secretário estadual de Saúde Edmar Santos, que se tornou delator e implicou Witzel no esquema. O processo de impeachment chegou a ser suspenso por decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) em dezembro do ano passado.

Lembre o caso: o governador afastado foi denunciado pelo Ministério Público e se tornou réu pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Witzel é acusado de envolvimento em desvios de recursos na área da saúde durante a gestão da pandemia. Desde o início das investigações, Witzel nega ter cometido irregularidades e se diz “absolutamente tranquilo”.

10 anos do massacre

Anjos da Paz, estátuas em homenagem às vítimas do massacre de Realengo em 2011 — Foto: Marcos Serra Lima/G1Anjos da Paz, estátuas em homenagem às vítimas do massacre de Realengo em 2011 — Foto: Marcos Serra Lima/G1

A dor parece não ter fim e as memórias seguem intactas. O relato é da estudante de direito Thayane Monteiro, de 23 anos, que sobreviveu ao Massacre de Realengo após ter levado quatro tiros a queima roupa em 2011. Thayane disse que, por muitos anos, negou a sua dependência para uma cadeira de rodas após ser diagnosticada com paraplegia e perder os movimentos inferiores.

“Todas as minhas memórias seguem intactas. Eu lembro de tudo até hoje. O que mais me emociona é o fato de Deus me dar uma segunda chance. Sou muita grata a Deus, aos médicos e profissionais da saúde que lutaram pela minha vida. Eu sou só gratidão”, afirmou Thayane.

No atentado que aconteceu há 10 anos, Wellington Menezes de Oliveira entrou armado na escola municipal Tasso da Silveira, no bairro da Zona Oeste do Rio de Janeiro, e matou 12 crianças.

Leilão de aeroportos

Aeroporto Afonso Pena — Foto: Divulgação/InfraeroAeroporto Afonso Pena — Foto: Divulgação/Infraero

O governo federal retoma sua agenda de privatizações com a realização da 6ª Rodada de Concessão de aeroportos. Serão oferecidos 22 aeroportos, divididos em 3 blocos. O leilão será realizado a partir das 10h, na sede da B3, em São Paulo. Chamada pelo governo de “Infra Week”, a semana terá ainda o leilão da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol) na quinta-feira (8) e de 5 terminais portuários no Maranhão e no Rio Grande do Sul, na sexta-feira (9).

O governo espera garantir mais de R$ 10 bilhões em investimentos privados no Brasil. Somente com o novo lote de 22 aeroportos, são esperados investimentos da ordem de R$ 6 bilhões durante os 30 anos da concessão.

Corte do Orçamento

Camilla Araújo, da Zona Sul de São Paulo, está desempregada há 8 meses e via no concurso do IBGE oportunidade de voltar a ter renda — Foto: Arquivo pessoalCamilla Araújo, da Zona Sul de São Paulo, está desempregada há 8 meses e via no concurso do IBGE oportunidade de voltar a ter renda — Foto: Arquivo pessoal

Nas últimas três semanas, Camilla Araújo, de 34 anos, deixava os três filhos com a mãe algumas horas por dia para se dedicar às aulas voltadas para o concurso do Censo 2021. Moradora da Zona Sul de São Paulo e desempregada há oito meses, ela via no exame uma oportunidade de voltar a ter salário, ainda que temporário. Sem renda, Camilla teve que deixar a casa alugada em que morava com os filhos e ir morar com a mãe.

Porém, nesta terça-feira (6), o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) informou que suspendeu a realização das provas dos concursos para o Censo. A decisão foi tomada após o Congresso aprovar o Orçamento 2021, que prevê R$ 71 milhões dos R$ 2 bilhões acordados para a realização da pesquisa.

Em todo o Brasil, eram oferecidas 181.898 vagas de recenseador e 22.409 vagas para agente censitário municipal e supervisor. Os salários iam até R$ 2.100 e as provas aconteceriam nos dias 18 e 25 de abril.

IR 2021

Senado aprovou um projeto que prorroga até 31 de julho o prazo para entrega da declaração do Imposto de Renda da Pessoa Física 2021, referente ao ano-calendário de 2020. Atualmente, o prazo se encerra no próximo dia 30 de abril. O texto já foi aprovado pela Câmara, mas por ter sido modificado precisa ser novamente analisado pelos deputados.

‘BBB’

Rodolffo no 'BBB21' — Foto: Reprodução/GloboRodolffo no ‘BBB21’ — Foto: Reprodução/Globo

Com 50,48% dos votos, Rodolffo foi eliminado no paredão do “Big Brother Brasil 21”, na noite desta terça. Ele disputou a permanência no jogo com Caio (44,09%) e Gilberto (5,43%).

Antes de ser eliminado, o cantor se envolveu em uma polêmica. A Secretaria de Polícia Civil do Rio de Janeiro abriu um procedimento para investigar se houve crime de preconceito racial cometido por Rodolffo. A investigação foi aberta depois que o geógrafo João Luiz Pedrosa afirmou na segunda-feira (5) no Jogo da Discórdia — dinâmica do programa em que os participantes opinam sobre o comportamento dos outros — que comentários do cantor sertanejo o incomodaram.

Lives de volta?

Gusttavo Lima e Leonardo se unem para live Cachaça e Cabaré 2 — Foto: DivulgaçãoGusttavo Lima e Leonardo se unem para live Cachaça e Cabaré 2 — Foto: Divulgação

“Cachaça e Cabaré 2”, com Gusttavo Lima e Leonardo, indicou que a ressaca de lives dos brasileiros passou – e o vício começa a ganhar um novo impulso, apontam os números. Anselmo Trancoso, diretor de grandes lives sertanejas, dá uma explicação simples: “O mercado caiu de novo na realidade” de que não vai haver shows presenciais até pelo menos o fim do ano. O último final de semana, de 3 a 5 de abril, foi o período de mais buscas por lives no Google no Brasil em 2021 até agora.

E as próximas? Lives de Raça Negra, Xand Avião, Leonardo, Rai Saia Rodada, Luan Santana, Fernando & Sorocaba e Wesley Safadão estão programadas. Leia mais.

Edição em junho

E3 2017, a maior feira de jogos do ano — Foto: DivulgaçãoE3 2017, a maior feira de jogos do ano — Foto: Divulgação

A principal feira de videogames do mundo retornará em junho de 2021 como um evento virtual e gratuito, após o cancelamento do encontro anual no ano passado devido à pandemia. A Electronic Entertainment Expo (E3) será realizada exclusivamente pela internet de 12 a 15 de junho. O evento costumava lotar o Centro de Convenções de Los Angeles com fãs fantasiados de personagens, recriações de cenas de jogos e oportunidades de experimentar títulos que estavam prestes a chegar ao mercado.

Mega-Sena

 Aposta única da Mega-Sena custa R$ 4,50 e apostas podem ser feitas até às 19h — Foto: Marcelo Brandt/G1Aposta única da Mega-Sena custa R$ 4,50 e apostas podem ser feitas até às 19h — Foto: Marcelo Brandt/G1

Ninguém acertou as seis dezenas do concurso 2.359 da Mega-Sena, realizado na noite desta terça-feira (6). Veja as dezenas sorteadas: 31 – 32 – 39 – 42 – 43 – 51.

quina teve 17 apostas ganhadoras; cada uma receberá R$ R$ 72.013,51. A quadra teve 1.053 apostas vencedoras; cada uma ganhará R$ 1.660,87.

O próximo concurso será nesta quinta-feira (8), e o prêmio estimado é de R$ 22 milhões.

Previsão do tempo

Veja a previsão do tempo para esta quarta-feira (7)
Veja a previsão do tempo para esta quarta-feira (7)

Deixe uma resposta