PRIMEIRAS NOTÍCIAS DESTE SÁBADO

Diretor do Inpe anuncia que será exonerado após os ataques de Bolsonaro aos dados do desmatamento. A devastação da Amazônia é destaque na imprensa estrangeira. Depois da derrota no STF, o presidente reconhece que errou ao transferir a demarcação de terras indígenas da Funai para a Agricultura. Marco Aurélio manda soltar Elias Maluco. Três suspeitos de hackear autoridades ficarão isolados em presídios. Novo capítulo na guerra comercial entre EUA e China mexe com os mercados no mundo. Frente fria faz o tempo virar no Brasil. E conheça o ‘pop de playlist’, a nova estratégia das gravadoras para dominar as paradas musicais.

INTERNACIONAIS

Militares em helicóptero jogam sacos de areia para evitar rompimento de barreira de represa em Whaley Bridge, na Inglaterra, nesta sexta-feira (2) — Foto: Phil Noble/ Reuters

Militares em helicóptero jogam sacos de areia para evitar rompimento de barreira de represa em Whaley Bridge, na Inglaterra, nesta sexta-feira (2) — Foto: Phil Noble/ Reuters

EUA x China

Presidente da China, Xi Jinping, e presidente dos EUA, Donald Trump, se cumprimentam em imagem de novembro de 2017. — Foto: Damir Sagolj/Reuters

Presidente da China, Xi Jinping, e presidente dos EUA, Donald Trump, se cumprimentam em imagem de novembro de 2017. — Foto: Damir Sagolj/Reuters

A China prometeu represálias aos EUA após as ameaças de Trump de impor novas tarifas de importações. O fim da trégua na guerra comercial entre os dois países repercutiu nos mercados pelo mundo, e as bolsas asiáticas e europeias fecharam em queda nesta sexta. No Brasil, o dólar encostou nos R$ 3,90.

Amazônia lá fora

Os alertas do desmatamento no Brasil registraram alta de 88% em junho e de 212% em julho. E além de ganhar destaque no Brasil, o avanço do desmatamento foi noticiado pela revista ‘The Economist’ e outras publicações estrangeiras.

A publicação inglesa diz que o presidente Jair Bolsonaro “deixou claro para os infratores que eles não têm nada a temer”.

The Economist

@TheEconomist

The Amazon is perilously close to the tipping-point. Brazil has the power to save Earth’s greatest rainforest—or destroy it. Our cover this week https://econ.st/2SX6vEL

View image on Twitter

NACIONAIS

Demissão no Inpe

Bolsonaro e Ricardo Galvão — Foto: Marcos Corrêa/PR; LUCAS LACAZ RUIZ/ESTADÃO CONTEÚDO

Bolsonaro e Ricardo Galvão — Foto: Marcos Corrêa/PR; LUCAS LACAZ RUIZ/ESTADÃO CONTEÚDO

O atrito entre Bolsonaro e o Inpe rendeu mais uma demissão no governo. O diretor do instituto, Ricardo Galvão, anunciou que vai perder o cargodepois das críticas do presidente sobre os dados do desmatamento na Amazônia.

Há duas semanas, Bolsonaro acusou o Inpe de mentir ao divulgar números que mostram o avanço da devastação e de estar a serviço de uma ONG. Ontem, o governo voltou a afirmar que os dados estão errados e que prejudicam o país.

Ao anunciar que será demitido, Galvão disse que o ‘embate’ com Bolsonaro tornou impossível continuar à frente do Inpe.

A notícia da troca na diretoria do órgão responsável pelo monitoramento do desmatamento na Amazônia provocou reações entre ambientalistas.

“Vemos com preocupação a dispensa de um quadro técnico de alta e reconhecida excelência, esperando que não seja um prenúncio de que as informações –estratégicas sobre o desmatamento no nosso país – serão censuradas ou alteradas”, afirmou a WWF em nota.

Reportagem do jornal americano ‘The New York Times’ também noticiou o assunto em reportagem que diz que a destruição da Amazônia aumentou rapidamente “desde que o novo presidente de direita assumiu o poder”.

Bolsonaro admite erro

'Falha minha', diz Bolsonaro sobre reeditar MP para mudar demarcação de terras indígenas

‘Falha minha’, diz Bolsonaro sobre reeditar MP para mudar demarcação de terras indígenas

Bolsonaro reconheceu que errou ao assinar a medida provisória que transferia a demarcação das terras indígenas da Funai para o Ministério da Agricultura.

O STF manteve a suspensão de trecho da MP, alegando que o presidente não poderia ter assinado a mudança porque o Congresso já havia rejeitado proposta semelhante.

“Teve uma falha nossa, eu já adverti a minha assessoria, teve uma falha nossa. A gente não poderia no mesmo ano fazer uma MP de um assunto. Houve falha nossa, é falha é minha né, é minha porque eu assinei”, disse o presidente.

Ataque hacker

Três dos 4 suspeitos de hackear Moro, Dallagnol e outras autoridades foram transferidos e ficaram isolados em presídios no Distrito Federal. Só Walter Delgatti, acusado de encabeçar o grupo, continua preso na sede da PF.

Eles foram presos na semana passada pela Operação Spoofing. A PF foi obrigada a enviar ao Supremo cópia do inquérito que apura a invasão de celulares, após pedido do ministro do STF Alexandre de Moraes.

Ele deu prazo de 48 horas para o envio do material, e mencionou na decisão notícias sobre indícios de investigação ilícita contra ministros da Corte.

Elias Maluco

O ministro do STF Marco Aurélio decidiu soltar o traficante Elias Maluco, caso ele não tenha outra ordem de prisão. Condenado pela morte do jornalista Tim Lopes, ele ganhou liberdade em outro processo, por tráfico. Elias Maluco ficou conhecido pelos métodos bárbaros usados para matar pessoas.

Virada no tempo

Chuva e frio dominam o centro-sul do país

Chuva e frio dominam o centro-sul do país

A frente fria que avança pelo centro-sul do país já provoca queda nas temperaturas. Teve neve na serra catarinense, e chuva congelada em cidades gaúchas. Agora à noite, o frio chega ao Sudeste e em parte do Centro-Oeste.

Amanhã, os termômetros caem ainda mais, e há mínima prevista de 3ºC em Curitiba, 4ºC em Porto Alegre, 6ºC em Campo Grande, 10ºC em São Paulo e 15ºC no Rio de Janeiro.

‘Pop de playlist’

De olho no topo das paradas, as gravadoras agora investem no ‘pop de playlist’, com músicas que combinam vários ritmos. A estratégia é espalhar as faixas por várias bases de fãs, do sertanejo ao reggaeton. ‘Faz Gostoso’, de Madonna e Anitta, e ‘Bola, rebola’, com J Balvin, são alguns dos exemplos.

'Pop de playlist' une gêneros musicais de olho na distribuição — Foto: Rodrigo Sanches/G1

‘Pop de playlist’ une gêneros musicais de olho na distribuição — Foto: Rodrigo Sanches/G1

Também teve isso…

Fonte: G1

 

ENTRE OS 20 QUE GASTARAM MAIS: Maria do Rosário já gastou quase R$ 225 mil reais de verba de gabinete em 2019

Resultado de imagem para deputada maria do rosarioA Deputada Maria do Rosário (PT/RS) apareceu entre os 20 que mais gastaram com o cotão parlamentar nos sete meses do atual mandato, ela torrou R$ 224, 7 mil.

O Nome de Maria dp Rosário chama atenção porque a deputada é tão certinha, contra gastos absurdos, preocupados com os outros e ficar entre as 20 que mais gastaram verba de gabinete, realmente chama atenção.

Com informações de Claudio Humberto

Comments

Após denunciar esquema na Copa América, Messi é suspenso por três meses e multado em U$$ 50 mil

Conmebol suspendeu, nesta sexta-feira, o astro argentino Lionel Messi de partidas internacionais com a seleção argentina por três meses por causa de declarações polêmicas sobre corrupção na última Copa América, disputada no Brasil.

O órgão sul-americano também multou o jogador do Barcelona em US$ 50 mil (cerca de R$ 194 mil) por seus comentários após a vitória da Argentina diante do Chile, por 2 a 1, na disputa do terceiro lugar da competição continental.

Na oportunidade, após o jogo na Arena Corinthians, Messi não aceitou receber a medalha de bronze e disse que a Copa América estava “armada” para o Brasil, devido aos lances polêmicos ocorridos na semifinal em que a Argentina foi derrotada por 2 a 0 para a seleção brasileira, no Mineirão, em Belo Horizonte. Os argentinos reclamaram a não marcação de dois pênaltis.

“Não fui à premiação porque nós não temos que ser parte desta corrupção. Nos faltaram com respeito durante toda esta Copa América. Não nos deixaram chegar na final”, afirmou o camisa 10 da Argentina naquela ocasião, no início do mês passado.

Messi e a Associação de Futebol Argentino (AFA) ainda podem recorrer da decisão da Conmebol, que impede o atacante de jogar em quatro amistosos este ano. O jogador, de 32 anos, fica impedido de atuar em setembro, contra o Chile e o México, além de mais outros dois duelos, em outubro, diante de Alemanha e um adversário a ser definido.

Messi já está suspenso do primeiro jogo das Eliminatórias Sul-Americanas da Copa do Mundo do Catar por causa da expulsão no jogo contra os chilenos na Copa América. Ele também foi multado em US$ 1,5 mil (cerca de R$ 5,6 mil) quando foi julgado anteriormente pela Conmebol apenas pelo cartão vermelho recebido naquele duelo.

O GLOBO

Comments

Fim da guerra por espaço no avião? Empresa cria um novo modelo de poltrona do meio

Projeto da nova poltrona do meio da Molon Labe Seating: mais baixa e larga, com desenho diferenciado de apoio para o braço Foto: Reprodução

A disputa de espaço do passageiro da poltrona do meio , uma das situações mais incômodas para passageiros em aviões, está perto de uma solução. É o que promete a empresa americana Molon Labe Seating, que desenvolveu um projeto de assento mais confortável e com mais espaço para os apoios para os braços.

Para diminuir o aperto de quem voa entre a janela e o corredor, a empresa fez pequenas modificações. A poltrona do meio foi colocada um pouco abaixo e para trás, em relação às demais. Só com esse reposicionamento, conseguiu um ganho de 7,6 centímetros na largura do assento do meio.

Essa pequena mudança permite também um novo desenho do apoio para os braços. Em vez de reto, ele tem uma parte mais baixa que a outra. Assim,  o passageiro do meio apoia o cotovelo na parte mais baixa e recuada, e o do assento da janela e corredor encontra espaço para o braço na parte da frente, mais alta.

De acordo com a fabricante, a modificação não alteraria o número de lugares dentro da cabine, nem reduziria significativamente o espaço entre as pernas dos passageiros. A empresa também afirma que pelo menos duas companhias aéreas (uma delas, dos Estados Unidos) já compraram o novo modelo, e devem instalar em suas aeronaves a partir do ano que vem.

Apesar do aparente maior conforto para quem sente no meio, o modelo da Molon Labe Seating tem um problema: as poltronas não reclinam. Por isso mesmo foi desenvolvido para aviões menores, de um único corredor (como Boeing 737 e A320), usados em voos curtos.

O GLOBO

Esquema mostra como os passageiros poderão dividir o mesmo apoio para braço no modelo de poltronas da Molon Labe Seating Foto: Reprodução

Comments

‘Arranca a cabeça e deixa pendurada’, gritam PMs diante de governador do PA

Em cerimônia com a presença do governador do Pará, Helder Barbalho (MDB-PA), a unidade de elite da PM gritou, em coro: “Arranca a cabeça e deixa pendurada/É a Rotam patrulhando a noite inteira/pena de morte à moda brasileira”.

O evento, na última quarta-feira (31), ocorreu dois dias depois que um massacre no presídio de Altamira (830 km a sudoeste) ter deixado 58 mortos, dos quais 16 decapitados, em meio a uma disputa entre facções rivais. Outros quatro morreram durante a transferência para Belém, dentro de um caminhão.

Tratava-se de uma comemoração pelos 13 anos do Batalhão de Polícia Tática (BPOT), mais conhecido como Rotam, em Belém.

Com 290 policiais, eles são acionados em casos de rebeliões, assaltos com refém, grandes assaltos e combate ao narcotráfico.

Procurado pela reportagem da Folha, Helder Barbalho informou, via assessoria de imprensa, que “não vai se manifestar sobre este fato”.

O Pará atravessa uma crise de segurança pública, principalmente em Belém, onde milícias ligadas a policiais militares disputam território com facções criminosas. Em maio, uma chacina com 11 mortos foi planejada por quatro PMs, segundo investigação da Polícia Civil.

“A Constituição expressamente proíbe a pena de morte. Ver funcionários públicos não apenas negligenciando sua obrigação de proteger vidas humanas, mas de fato celebrando tamanha atrocidade é repugnante e uma demonstração ultrajante de total desrespeito pela vida humana. O governador do Pará e as autoridades em geral precisam denunciar fortemente essa atitude”, afirma Maria Laura Canineu, diretora do escritório da Human Rights Watch no Brasil.

“É completamente inadequado. Mostra uma polícia pouco profissional, que não tem preocupação técnica e promove a barbárie”, afirma o professor da FGV-SP Rafael Alcadipani, integrante do Fórum Brasileiro de Segurança Pública.

“O Estado trata a segurança pública, um problema grave, como se fosse uma mera questão de matar e morrer”, diz Alcadipani. “Um governo aceitar que isso aconteça diante dele mostra que não tem comando. E, se tiver, é de uma polícia que promove a barbárie.”

Procurado pela reportagem da Folha, Helder Barbalho informou, via assessoria de imprensa que “não vai se manifestar sobre este fato”.

FOLHAPRESS

 

‘Há mais fofocas do que fatos relevantes’, diz Ministrp do STF sobre mensagens hackeadas da Lava Jato

O ministro do Supremo Tribunal Federal Luís Roberto Barroso afirmou, nesta sexta, 2, que ‘parte da agenda brasileira foi sequestrada por criminosos’. Em uma palestra em São José dos Campos, criticou o que chamou de ‘fofocas’ em torno da divulgação de mensagens de procuradores da Operação Lava Jato e o ministro da Justiça e Segurança, Sérgio Moro.

As imagens do evento foram divulgadas pelo Jornal Nacional.

“É muito impressionante a quantidade de gente que está eufórica com os hackeadores. Celebrando o crime. E, na minha percepção, há mais fofoca do que fatos relevantes, apesar do esforço de se maximizarem esses fatos. Com um detalhe, e, se tiver alguma coisa errada, o que é certo é certo, e o que é errado é errado. Apesar de todo o estardalhaço que está sendo feito, nada encobre o fato de que a Petrobrás foi devastada pela corrupção”, disse.

Barroso lembrou que a ‘Petrobrás precisou fazer um acordo de 3 bilhões de dólares em Nova Iorque com investidores estrangeiros’ e outro ‘de US$ 800 bilhões com o Departamento de Justiça norte-americano’. “então, o judiciário americano faz parte da conspiração”.

“Nada encobre a corrupção sistêmica estrutural e institucionalizada que houve no Brasil. É difícil de entender a euforia que tomou muitos setores da sociedade diante dessa fofocada produzida por criminosos”, disse.

ESTADÃO CONTEÚDO

Comments

Conselho do MP vai apurar encontro de Deltan Dallagnol com investidores

O Corregedor Nacional do Ministério Público (CNMP), Orlando Rochadel, abriu uma nova reclamação disciplinar para apurar a conduta do procurador da República Deltan Dallagnol, dessa vez pela participação em encontro secreto com representantes de bancos e investidores, relatada pelo site The Intercept Brasil no último dia 26. Segundo o site, o procurador foi o destaque do evento, organizado em junho de 2018. Dallagnol terá dez dias para se manifestar sobre o caso.

Em nota, a assessoria da força-tarefa afirmou que o procurador esclarecerá ao CNMP que foi ao encontro com o propósito de debater o tema do combate à corrupção e cidadania e que o comparecimento foi gratuito. A nota também diz ser “leviana” “qualquer ilação” de que teriam sido fornecidas informações de caráter sigiloso no encontro.

Na decisão, que atende a pedido feito pelo deputado federal petista Paulo Pimenta, o corregedor afirma que a sociedade deve ter “plena convicção de que os Membros do Ministério Público se pautam pela legalidade, mantendo a imparcialidade, evitando conflitos de interesse”. Para Rochadel, o caso pode representar uma violação ao Estatuto do Ministério Público, na parte que obriga os procuradores a “guardar segredo sobre assunto de caráter sigiloso que conheça em razão do cargo ou função”.

“Sem adiantar qualquer juízo de mérito, observa-se que representação assevera suposto desvio na conduta de Membro do Ministério Público Federal, o que, em tese, pode caracterizar falta funcional”, disse o corregedor, na decisão assinada nesta quarta-feira (31). É a partir da reclamação disciplinar que o conselho do Ministério Público decide se instaura ou não um processo disciplinar – que pode levar a punição de procuradores.

O procurador ainda é alvo de outro procedimento aberto pelo corregedor em julho, também instaurado com base no conteúdo de supostas mensagens trocadas entre Dallagnol e membros da força-tarefa da Lava Jato. Este caso foi aberto a partir de notícia de que o procurador teria montado um plano de negócios de eventos e palestras para lucrar com a fama e contatos obtidos durante as investigações da Lava Jato.

Encontro. Na nota divulgada sobre o procedimento, a assessoria da força-tarefa afirmou que o procurador foi ao encontro com o propósito de debater o tema do combate à corrupção e cidadania, “expondo em particular as Novas Medidas Contra a Corrupção”.

“O comparecimento foi gratuito, movido por interesse institucional de promover o combate à corrupção e foram abordadas apenas informações públicas. Ao encontro, compareceu inclusive respeitada entidade anticorrupção da sociedade civil. Qualquer ilação dos reclamantes de que teriam sido fornecidas informações de caráter sigiloso seria leviana e não tem amparo na realidade, o que pode ser facilmente verificado com qualquer dos presentes”, disse em nota.

FAUSTO ,MACEDO / ESTADÃO

Comments

Ary Toledo é internado com problemas pulmonares e ‘depressão profunda’

Foto: Eliane Del Bianchi

O humorista Ary Toledo, de 81 anos, está internado desde o último domingo, 28, no Hospital Sírio-libanês, em São Paulo. A assessoria de imprensa do comediante revelou que ele enfrenta uma pneumonia bacteriana aguda, está tratando um fungo no pulmão e sofre com um quadro de “depressão profunda”, que o fez perder 25 quilos.

O humorista já havia sido hospitalizado entre os dias 23 de junho e 22 de julho deste ano, e ficou por uma semana sob cuidados médicos em casa antes de sua situação se agravar. Sua equipe aponta que esta é “a pior recaída que ele já teve” e, apesar de ser conhecido por momentos de alegria, Toledo demonstra tristeza no centro médico: evita falar, andar e não quer comer.

Ele ficou até a última quarta-feira, 31, na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e, na tarde do mesmo dia, foi transferido para a semi-intensiva, onde está até agora.

Segundo a assessoria, Ary Toledo está fazendo um tratamento intensivo de fisioterapia no pulmão, nas pernas e nos braços. Na última quinta-feira, 1º, ele recebeu a visita do apresentador Raul Gil. O elenco do programa A Praça É Nossa pretende visitá-lo em breve, incluindo o humorista Carlos Alberto de Nóbrega.

Veja

Comments

Julgamento de acusados de matar Marielle Franco continua com depoimentos de testemunhas

A segunda parte da audiência de instrução e julgamento de Ronnie Lessa e Élcio Queiroz, réus que respondem pelos assassinatos de Marielle Franco e Anderson Gomes, continuou na tarde desta sexta-feira, 2, no fórum central do Rio de Janeiro, no centro da cidade.

A previsão é que fossem ouvidas três pessoas, elencadas como testemunhas: a arquiteta Mônica Benício, viúva de Marielle; o delegado Giniton Lages, responsável pela primeira fase da investigação, e a perita Maria do Carmo Gargaglione, da Coordenadoria de Segurança e Inteligência (CSI) do Ministério Público estadual do Rio (MP-RJ). Lessa e Queiroz acompanharam os depoimentos por teleconferência, pois estão detidos no presídio federal de Porto Velho-RO.

A audiência na 4ª Vara Criminal do Rio começou por volta das 14h30 e não pode ser acompanhada pela imprensa, pois o processo tramita em segredo de Justiça. A primeira a depor foi Mônica Benício, que saiu do fórum por volta das 16h30. “Dentro do esperado e do possível, a gente está caminhando. Infelizmente não é no ritmo que a sociedade gostaria, mas com algum otimismo. Eu estou com confiança de que o processo está caminhando para fazer justiça por Marielle e Anderson”, afirmou a arquiteta.

“Obviamente que, no campo pessoal, é muito difícil. Não é muito confortável. Mas, enfim… como testemunha e vítima, eu tenho muito pouco a contribuir de fato. A não ser sobre a agenda e o dia a dia da Marielle”, completou a viúva.

As outras duas testemunhas seriam ouvidas em seguida. A primeira parte da audiência foi realizada no dia 7 de junho, no mesmo local. Ainda não há data prevista para a continuidade da audiência. O crime ocorreu em 14 de março de 2018, e os dois réus foram presos em 12 de março deste ano.

Estadão Conteúdo

Comments

Ministro do STF manda soltar traficante Elias Maluco

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Marco Aurélio decidiu hoje (2) conceder liberdade ao traficante Elias Pereira da Silva, conhecido como Elias Maluco, condenado pelo assassinato do jornalista Tim Lopes em 2002.

Pela decisão do ministro, Elias Maluco deverá ser libertado, caso não esteja preso em função de outros mandados de prisão. A defesa e o STF não souberam informar se Elias será solto ou não.

O habeas corpus foi concedido em um processo que tramita na Justiça de São Gonçalo (RJ). Em 2017, um mandado de prisão preventiva foi expedido contra o acusado pelo crime associação para o tráfico. Ao julgar o caso, o ministro entendeu que Elias Maluco não pode ficar preso por tempo indeterminado e sem julgamento definitivo por essa acusação.

“O paciente encontra-se preso, sem culpa formada, desde 7 de julho de 2017, ou seja, há 2 anos e 24 dias. Surge o excesso de prazo. Privar da liberdade, por tempo desproporcional, pessoa cuja responsabilidade penal não veio a ser declarada em definitivo viola o princípio da não culpabilidade”, decidiu o ministro.

Pela decisão, o acusado, se for solto, ainda terá que permanecer em sua casa, deverá comparecer ao Judiciário quando for chamado e “adotar a postura que se aguarda do homem médio, integrado à sociedade”.

Além da condenação pela morte de Tim Lopes, consta contra Elias Maluco, segundo o site do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro, uma condenação, em 2013, de 10 anos, sete meses e 15 dias de reclusão por lavagem de dinheiro. Pela morte de Tim Lopes, ele foi condenado, em 2005, a 28 anos e seis meses de prisão.

Agência Brasil

Comments

Juiz manda PF enviar ao STF cópia de investigação sobre hackers

O juiz Ricardo Leite, da 10ª Vara Federal em Brasília, determinou hoje (2) que a Polícia Federal (PF) envie para o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes cópia da investigação sobre as invasões aos telefones celulares do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, e de outras autoridades.

O magistrado, que preside a investigação, cumpriu decisão proferida por Alexandre de Moraes, relator do inquérito aberto pelo STF para apurar a divulgação de notícias falsas contra integrantes da Corte.

Moraes determinou ontem (1º) que todo material da investigação, incluindo mensagens de celulares, devem ser remetidos ao seu gabinete no prazo de 48 horas.

Ontem, o juiz Ricardo Leite atendeu pedido da PF e decretou a prisão preventiva dos quatro investigados presos na Operação Spoofing, que investiga os ataques de hackers.

Com a decisão, os investigados Danilo Cristiano Marques, Gustavo Henrique Elias Santos, Suelen Priscila de Oliveira e Walter Delgatti Neto vão continuar presos, mas por tempo indeterminado. Dessa forma, eles deverão ser transferidos para um presídio no Distrito Federal. De acordo com a PF, os acusados devem ser mantidos na prisão para não atrapalhar as investigações.

Agência Brasil

Comments

LOCAIS

Governo Fátima vai negociar empréstimo de R$ 1,2 bi com bancos americanos

A TRIBUNA DO NORTE desta:

O secretário estadual do Planejamento e das Finanças, economista José Aldemir Freire, confirmou que o Governo do Estado iniciará, a partir da próxima semana, negociações com bancos privados para a obtenção de empréstimos vinculados ao Plano de Equilíbrio Fiscal (PEF), que está sendo gestado pelo Governo Federal a partir de proposta em tramitação na Câmara dos Deputados desde o dia 4 de junho.

Aldemir Freire diz que as conversas com  representantes de dois bancos já  escolhidos – Citybank e Goldman Sachs, serão feitas por videoconferência com sua equipe da Seplan, no decorrer desta semana. Depois, segundo ele, “será agendada uma visita deles aqui ou uma ida nossa a São Paulo nas próximas semanas”.

Freire afirmou que a Seplan não elaborou, ainda, o modelo de empréstimo a ser feito para a contratação desse banco privado, que deverá emprestar cerca de R$ 1,2 bilhão ao Rio Grande do Norte com o aval da União.

Porém, o secretário do Planejamento informou que esse contrato não será firmado somente em relação a primeira parcela da ajuda financeira, que será dada aos estados que se encontram em dificuldades fiscais: “A modelagem não foi definida, mas provavelmente vamos dividir com mais de um banco, alguns podem entrar só na primeira, outros na primeira e na segunda ou alguns podem entrar nas quatro parcelas”.

Inicialmente, a ideia do governo era negociar o empréstimo com o Banco Mundial, o qual já financia os projetos de infraestrutura do Rio Grande do Norte através do projeto “Governo Cidadão”. Mas devido a burocracia, segundo Freire, essa hipótese está descartada.

A governadora Fátima Bezerra anunciou, no meio da semana passada, que a primeira parte desses recursos será usada para reduzir o passivo da dívida de salários dos servidores e fornecedores de bens e serviços,  mas as outras parcelas terão como destino obras de infraestrutura no Estado.

O socorro financeiro aos estados está sendo chamado de Plano Mansueto e apresenta oito medidas de ajuste fiscal, a fim de que Estado cumpra pelo menos três para ter acesso a primeira parcela, a ser liberada até dezembro deste ano.

Com relação a essas três medidas, Aldemir Freire reafirmou que elas não estão, ainda, definidas pelo governo. “Quando for batido o martelo e o projeto for enviado à Assembleia, o governo fará o  anúncio”.

Para continuar lendo só clicar aqui: http://www.tribunadonorte.com.br/noticia/governo-vai-negociar-com-dois-bancos-privados/455834

Comments

Inscrições reabertas

Prefeitura suspende Concurso Público da Guarda Municipal de Parnamirim

O Edital de Suspenção, assim como o novo cronograma do Concurso, será publicado pela Prefeitura de Parnamirim

José Aldenir / Agora Imagens

Os candidatos poderão obter informações e esclarecer quaisquer dúvidas referentes ao Concurso Público junto à FUNCERN

Bem vindo ao Player Audima. Clique TAB para navegar entre os botões, ou aperte CONTROL PONTO para dar PLAY. CONTROL PONTO E VÍRGULA ou BARRA para avançar. CONTROL VÍRGULA para retroceder. ALT PONTO E VÍRGULA ou BARRA para acelerar a velocidade de leitura. ALT VÍRGULA para desacelerar a velocidade de leitura.Ouça: Agora RN » Prefeitura suspende Concurso Público da Guarda Municipal de Parnamirim0:00100%Audima

A Prefeitura de Parnamirim, em cumprimento à decisão judicial expedida pela 1ª Vara da Fazenda Pública de Parnamirim/RN, suspendeu o andamento do Concurso regido pelo Edital nº 002/2019.

As inscrições serão reabertas. A prova objetiva não será aplicada no dia 4 de agosto de 2019. O Edital de Suspenção, assim como o novo cronograma do Concurso, será publicado pela Prefeitura de Parnamirim.

A nova data da prova objetiva está aprazada para o dia 08 de setembro deste ano, no turno matutino, de modo que os candidatos já podem se reprogramar para este dia.

A Prefeitura e a Funcern lamentam a suspensão do Concurso, fato que implicou no adiamento de todo o cronograma do certame. Os Órgãos ressaltam, no entanto, que o ato foi necessário para dar fiel cumprimento à decisão judicial proferida.

Os candidatos poderão obter informações e esclarecer quaisquer dúvidas referentes ao Concurso Público junto à FUNCERN por meio do e-mail cgmparnamirim2019@funcern.br.

Fonte: Agora RN
Meios de transporte

Styvenson apresenta projeto que disciplina circulação de patinetes

Segundo o parlamentar, crescente a presença de patinete passou a mudar o cenário do trânsito nos centros urbanos do país

José Aldenir / Agora RN
‘Não sou contra o uso, mas é preciso regulamentar para garantir a segurança de todos”, defendeu Styvenson
Bem vindo ao Player Audima. Clique TAB para navegar entre os botões, ou aperte CONTROL PONTO para dar PLAY. CONTROL PONTO E VÍRGULA ou BARRA para avançar. CONTROL VÍRGULA para retroceder. ALT PONTO E VÍRGULA ou BARRA para acelerar a velocidade de leitura. ALT VÍRGULA para desacelerar a velocidade de leitura.Ouça: Agora RN » Styvenson apresenta projeto que disciplina circulação de patinetes0:00100%Audima

O Styvenson Valentim (Pode) apresentou Projeto de Lei (nº 3112 de 2019) que regulamenta a utilização de equipamentos de mobilidade como patinetes, monociclos elétricos, segways e hoverboards. Segundo o parlamentar, crescente a presença de patinete passou a mudar o cenário do trânsito nos centros urbanos do país.

“O que antes era um equipamento de mobilidade recreativo passou a ser usado como alternativa de transporte. O que se observa é o trânsito desses veículos nas calçadas, pondo em risco a integridade física dos pedestres e também disputando espaço na faixa de rolamento das vias, com veículos motorizados, um grande risco de ocorrência de acidentes graves. Não sou contra o uso, mas é preciso regulamentar para garantir a segurança de todos”, defendeu Styvenson.

Segundo o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), os patinetes se classificam como “equipamentos de mobilidade auto propelidos”, com motorização e dimensões de largura e comprimento como monociclos e triciclos.

De acordo com o projeto, os veículos terão sua circulação com velocidade máxima de 6 km/h em áreas de circulação de pedestres, desde que autorizado e devidamente sinalizado pelo órgão ou entidade com circunscrição sobre a via; velocidade máxima de 20 km/h em ciclovias e ciclofaixas; uso de indicador de velocidade, campainha e sinalização; dimensões nos limites especificados em regulamento e com direito de transportar apenas o condutor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0