POLÍCIA DE PARIS USOU GÁS LAGRIMOGÊNIO PARA REPRIMIR PROTESTO CONTRA PASSAPORTE VACINAL

Polícia de Paris reprime protesto contra o passaporte vacinal

Manifestantes agiram inspirados pelo movimento de caminhoneiros canadenses Freedom Convoy

Protesto francês "Freedom Convoy"

Protesto francês “Freedom Convoy” | Foto: Youtube/ Reuters

A polícia de Paris, na França, usou gás lacrimogênio para reprimir um protesto na avenida Champs-Élysées neste sábado, 12. Os manifestantes protestavam contra a exigência do passaporte vacinal em locais fechados, como restaurantes. De acordo com a agência de notícias Euronews, o ato foi inspirado no “Freedom Convoy” (Comboio da Liberdade, em português), uma espécie de “buzinaço” organizado por caminhoneiros canadenses.

O movimento no Canadá, que começou em janeiro, causou o bloqueio de importantes partes de Ottawa, a capital do Canadá, nesta semana. Como resultado, mais de 20 pessoas foram presas e cerca de 1,3 mil multas foram emitidas contra os manifestantes.

Para impedir a realização do protesto, a polícia de Paris fez blitz nas principais estradas que levam para a capital francesa. As autoridades dizem que impediram que 500 veículos entrassem na cidade para a manifestação, mas alguns conseguiram passar pelos bloqueios por meio das estradas locais.

Além de buzinas, os motoristas travaram o trânsito com veículos e algumas pessoas subiram no telhado dos automóveis para protestar. Depois disso, a polícia usou gás lacrimogênio para dispersar os cidadãos franceses. Foram emitidas mais de 300 multas para os motoristas envolvidos no protesto “Freedom Convoy”.

Fonte: R7

Deixe uma resposta