OITO PAÍSES RELATAM CASOS DE UMA HEPATITE MISTERIOSA QUE ESTÁ AFETANDO CRIANÇAS

OMS confirma novos casos de hepatite misteriosa

Já são 20 países com registros da doença

As crianças afetadas têm de 1 mês a 16 anos. A maioria delas é menor de 10 anosAs crianças afetadas têm de 1 mês a 16 anos. A maioria delas é menor de 10 anos | Foto: Divulgação/Unicef

Oito países relataram nesta semana novos casos de uma hepatite misteriosa que está afetando as crianças. A Organização Mundial da Saúde (OMS) confirmou na terça-feira 3 que os registros, agora, chegaram a 20 países. Ao todo, quase 230 crianças ficaram doentes e outros 50 casos estão em investigação. São quatro mortes suspeitas (três na Indonésia).

A maioria dos casos foi registrada na Europa, grande parte no Reino Unido. Em 5 de abril, a OMS foi informada de dez casos de hepatite aguda severa de origem desconhecida em crianças de menos de 10 anos no centro da Escócia. Posteriormente, novos casos suspeitos foram identificados na Espanha, na Dinamarca, na Irlanda, na Holanda, na Itália, na França, na Noruega, na Romênia e na Bélgica, conforme a OMS. Fora da Europa, Israel e Estados Unidos se somaram à lista.

Os cientistas estão intrigados com a enxurrada de casos, porque nenhuma das crianças afetadas deu positivo para os vírus normais que causam hepatite. A busca por uma causa desconhecida é especialmente difícil porque os casos podem ter vários fatores por trás deles que não são consistentes entre as doenças.

As crianças afetadas têm de 1 mês a 16 anos. A maioria delas é menor de 10 anos. Nenhuma tinha outra doença.

“É muito urgente e estamos a dar prioridade absoluta a isso e a trabalhar muito de perto com o Centro Europeu de Prevenção e Controle de Doenças na gestão e coordenação”, assegurou o diretor regional de Emergências da OMS, Gerald Rockenschaub.

Deixe uma resposta