Na sessão ESTUDOS TEOLÓGICOS deste sábado de carnaval continuamos com a análise das Bem-aventuranças. A de hoje é “Bem-aventurados os pacificadores, continuação, porque serão chamados filhos de Deus”. Um boa REFLEXÃO pra você.

Para o leitor casual, essa Bem-aventurança pode soar como mera generalização religiosa convencional, ou até mesmo um lugar-comum. Aqui recebemos uma lição prática valiosa sobre a arte da prece – e a prece é o nosso único meio de retornar à comunhão com Deus. Na verdade, a prece é a única ação real, no sentido total da palavra, porque é a única coisa que muda o caráter de alguém. Quando acontece uma mudança, você se torna uma pessoa diferente e pelo resto da vida vai agir de modo diferente.  Se você obtiver uma percepção muito forte da Presença de Deus em você, Isso ocasionará uma mudança tão grande em seu caráter que num piscar de olhos sua aparência, seus hábitos e toda a sua vida mudarão completamente. Muitos casos assim foram registrados, incluindo aqueles que costumavam ser chamados de “conversão”. Uma vez que essa mudança é radical, Jesus refere-se a ela como “nascer novamente”.

O essencial para o sucesso em obter essa consciência da Presença de Deus é que, em primeiro lugar, obtenhamos um certo grau de verdadeira paz de espírito.

Fonte: Emmet Fox, Dia a dia, Um pensamento inspirador para cada dia do ano, Rio de Janeiro, Nova Era, 2008.

Deixe uma resposta