ERA TRISTE O TEMPO QUE NÃO TÍNHAMOS O DIREITO DE VOTAR, DIZ BARROSO INCENTIVANDO OS ELEITORES

Por G1 — Brasília

 

O presidente do TSE, Luís Roberto Barroso, durante pronunciamento na TV — Foto: Reprodução/TSEO presidente do TSE, Luís Roberto Barroso, durante pronunciamento na TV — Foto: Reprodução/TSE

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luís Roberto Barroso, pediu aos eleitores neste sábado (14) que participem do primeiro turno das eleições municipais neste domingo (15). O apelo foi feito durante pronunciamento em cadeia nacional de rádio e TV.

De acordo com a Corte Eleitoral, mais de 147 milhões de pessoas estão aptas a ir às urnas neste domingo para escolher os próximos prefeitos, vice-prefeitos e vereadores em 5.567 municípios.

Ao fazer o pedido, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) disse que era “triste e feio” o período em que a sociedade não podia exercer o direito ao voto.

“Não deixe de votar. Era triste e feio o tempo em que não tínhamos esse direito. A sua cidade e o Brasil terão a cara de quem comparecer às urnas. Para exigir, é preciso participar”, afirmou o magistrado.

O presidente do TSE também fez um apelo ao voto consciente. “Selecione com cuidado o seu candidato. Ainda há tempo. Se informe acerca de sua seriedade e credibilidade”, declarou.

Na sequência, o magistrado afirmou que, na democracia, não existem “nós e eles”. “Eles são aqueles que nós colocamos lá”, emendou.

Uso de máscara

O ministro disse ainda que a Justiça Eleitoral tomou “as medidas necessárias para garantir a saúde” das pessoas que participarão da votação.

Barroso reiterou a obrigatoriedade do uso de máscara para acesso às seções eleitorais, além de fazer outras recomendações para evitar a disseminação do coronavírus durante o processo eleitoral.

“Use máscara. É obrigatório. E ela protege você e os outros. Se possível, leve sua própria caneta. E mantenha distância de ao menos um metro das outras pessoas”, declarou.

Íntegra

Leia a íntegra do pronunciamento do presidente do TSE:

Boa noite! Amanhã se realizam as eleições para a escolha de prefeitos e vereadores. A democracia brasileira precisa de você. Não falte a esse encontro com a história.

Lembre-se: ninguém vive na União ou nos Estados. As pessoas vivem nas cidades, onde são tomadas algumas das principais decisões que afetam a sua vida, como educação fundamental, saúde básica e saneamento. Não fique de fora!

Em nome da Justiça Eleitoral, dirijo-me a todos os eleitores para fazer três pedidos:

O primeiro: não deixe de votar. Era triste e feio o tempo em que não tínhamos esse direito. A sua cidade e o Brasil terão a cara de quem comparecer às urnas. Para exigir, é preciso participar. Seu voto tem poder. Faça a diferença.

Segundo pedido: vote consciente. Selecione com cuidado o seu candidato. Ainda há tempo. Se informe acerca de sua seriedade e credibilidade. Na democracia, não existem nós e eles. Eles são aqueles que nós colocamos lá.

E o terceiro pedido: vote com segurança. A Justiça Eleitoral tomou as medidas necessárias para garantir a saúde de todos. Faça sua parte. Use máscara. É obrigatório. E ela protege você e os outros. Se possível, leve sua própria caneta. E mantenha distância de ao menos um metro das outras pessoas.

Seja dono do seu destino. Qualquer que seja a sua convicção política, faça parte de uma corrente do bem. Ajude a fazer um país melhor e maior. Boa noite!

Fonte: G1

Deixe uma resposta