EQUIPE DO FILME “SIDERAL” RECEBE O APOIO DA GOVERNADORA DO RN

Governo do RN apoia equipe do filme “Sideral”

Redação / Portal da Tropical

 – Atualizado em: 

Foto: Sandro Menezes / Governo do RN

A governadora Fátima Bezerra esteve reunida, nesta sexta-feira (18), com a equipe do filme potiguar “Sideral”, que concorre à Palma de Ouro em Cannes. O curta-metragem, dirigido por Carlos Segundo, concorre oficialmente na 74ª edição do maior festival de cinema do mundo e foi contemplado na Lei Aldir Blanc RN, no Edital Fomento à Cultura Potiguar 2020, lançado pelo Governo do Estado.

Esta é a primeira vez que um filme norte-rio-grandense concorre neste Festival e a governadora garantiu apoio à equipe na ida à França. Na ocasião, a governadora Fátima Bezerra anunciou o apoio do financiamento de três passagens aéreas para que a equipe participe da premiação. “Vamos contribuir com apoio para que a equipe do filme possa representar nosso estado, de forma digna, na disputa da Palma de Ouro em Cannes. É um privilégio ter um trabalho potiguar numa disputa tão importante como o Festival de Cannes ”, disse Fátima.

Pedro Fiuza, produtor do filme, comentou da alegria em ter o projeto apoiado pela Lei Aldir Blanc no Rio Grande do Norte. Para o integrante da equipe, para se fazer cinema no Brasil é necessário investimento público. “Chegar aonde chegamos é um grande retorno”, disse. O produtor destacou ainda que todo o grupo irá passar 10 dias em quarentena quando chegar à Europa e reconhecereceu a importância do apoio governamental.

Sideral

“Sideral” foi produzido no meio da pandemia, em 2020, tendo sido parcialmente financiado pela Lei Aldir Blanc RN, por meio do Edital de Fomento à Cultura da FJA (Categoria “Auxílio Produção” dentro do segmento Audiovisual), Governo do RN, Secretaria Especial da Cultura, Ministério do Turismo e Governo Federal.

O filme é uma ficção que se passa no futuro, no dia do lançamento do primeiro foguete tripulado brasileiro na Base Aérea de Natal. O curta relata como este evento abala a vida das personagens Marcela, Marcos e seus dois filhos, sendo avaliados em Natal, Ceará-Mirim e Parnamirim, em parceria com as empresas brasileiras Casa da Praia Filmes, O Sopro do Tempo e a francesa Les Valseurs.

Deixe uma resposta