DIA NACIONAL DO CHORO É COMEMORADO COM TRÊS DIAS DE SHOWS GRATUITOS EM NATAL

Por g1 RN

 

Programação reúne 14 shows gratuitos em homenagem ao Dia Nacional do Choro em Natal — Foto: DivulgaçãoProgramação reúne 14 shows gratuitos em homenagem ao Dia Nacional do Choro em Natal — Foto: Divulgação

Após dois anos sem festa, por causa da pandemia da Covid-19, o Dia Nacional do Choro – este sábado, 23 de abril – volta a ser comemorado em Natal com três dias de shows gratuitos. A maior parte da programação é concentrada no centro histórico da capital potiguar.

Os apreciadores do choro voltam às ruas e botecos da cidade para celebrar a data que marca o nascimento de Pixinguinha, considerado pai do mais antigo gênero musical tipicamente brasileiro. O festejo ocorre desta sexta-feira (22) até o próximo domingo (24).

Segundo os organizadores, a comemoração reafirma a importância da contribuição norte-rio-grandense para o Choro, através dos clássicos como o maestro K-Ximbinho (1917-1980), a cantora Ademilde Fonseca (1921-2012), passando por intérpretes como Renato Tito e Grupo Sonoro.

Também homenageia a nova geração, como Jubileu Filho, que lançou recentemente um disco de Choro dedicado à guitarra, uma novidade no gênero; e Priscila Matos, pianista e compositora cujo trabalho é voltado para interpretações de obras de Chiquinha Gonzaga.

Ao todo, a programação conta com 14 atrações se apresentando em vários locais da cidade. Uma das atrações inéditas será a Catita Choro e Gafieira, para lembrar os músicos Marcelo Tinoco e o maestro Neemias Lopes, ambos falecidos recentemente. O grupo se apresentará pela primeira vez depois do falecimento desses dois músicos fundamentais no resgate e manutenção do choro na cidade.

O Centro Histórico será o reduto do choro a partir da sexta-feira (22) com a apresentação da banda titular do Buraco da Catita e ainda o Regional Choro do Elefante, a partir das 20h.

O programa segue no sábado (23), no centro histórico de Natal, começando às 10h na praça Padre João Maria com apresentação do tradicional Choro do Caçuá – banda formada por alguns dos principais músicos do gênero.

Já no Beco da Lama a programação começa às 12h com Chico Bethoven, Regional Choro do Elefante e Choro de Cordas.

No mesmo horário estará se apresentando no Espaço Cultural Ruy Pereira Priscila Matos e Choro Potengi, Raphael Almeida e Rodolfo Amaral.

No Bardallos Comida e Arte, a partir das 18h, se apresentam Alexandre Moreira, Jubileu Filho e Laryssa Costa.

Para fechar a programação no domingo (24), serão duas atrações: Duo Cabroso e Choro da Terra, no Espaço Cultural Jesiel Figueiredo, zona Norte da capital.

Todas as apresentações terão acesso gratuito. O Dia Nacional do Choro tem o patrocínio da Prefeitura de Natal, por meio da Secult e Fundação Capitania das Artes. A realização é da Beju Produções.

Programação

Sexta-feira, 22/04

  • 20h – Buraco da Catita – Chico Bethoven e o Regional Choro do Elefante
  • 22h – Buraco da Catita – Catita Choro e Gafieira

Sábado, 23/04

  • 10h – Praça Padre João Maria (Centro) – Choro do Caçuá
  • 12h – Beco da Lama – Chico Bethoven e o Regional Choro do Elefante
  • 12h – Espaço Ruy Pereira – Priscila Matos e Choro Potengi
  • 14h – Beco da Lama – Choro de Cordas
  • 14h – Espaço Ruy Pereira – Raphael Almeida
  • 16h – Beco da Lama – Choro Bom
  • 16h – Espaço Ruy Pereira – Rodolfo Amaral
  • 18h – Bardallos – Alexandre Moreira
  • 20h – Bardallos – Jubileu Filho
  • 22h – Bardallos – Laryssa Costa

Domingo, 24/04

  • 16h – Espaço Cultural Jesiel Figueiredo – Duo Cabroso
  • 18h – Espaço Cultural Jesiel Figueiredo – Choro da Terra

Deixe uma resposta