Blog do Saber, Cultura e Conhecimento!

PREFEITURA DO RECIFE É ALVO DE MANDADO DE BUSCA E APREENSÃO E UM DE PRISÃO PELA PF

PF amanhece na prefeitura de Recife, do PSB, com um mandado de prisão

LER NA ÁREA DO ASSINANTE

A Polícia Federal cumpre nesta terça-feira (16), 21 mandados de busca e apreensão e um mandado de prisão, em Recife.

Apura desvios em contratos firmados na pandemia. Os contratos dizem respeito à contratação de uma Organização Social de Saúde.

A bagatela de 57 milhões de reais foi afanada pela bandidagem. O dinheiro deveria ser utilizado na combate ao Coronavírus.

O prefeito de Recife é Geraldo Júlio, do PSB.

O PSB, por sinal, é o partido que ingressou no Supremo Tribunal Federal (STF) com uma ação para impedir operações policiais nas favelas do Rio de Janeiro, durante a pandemia.

O STF concedeu a medida, com os votos dos seguintes ministros: Edson Fachin, Marco Aurélio Mello, Ricardo Lewandowski, Rosa Weber, Cármen Lúcia e Gilmar Mendes.

Fonte: Jornal da Cidade Online
Continuar lendo PREFEITURA DO RECIFE É ALVO DE MANDADO DE BUSCA E APREENSÃO E UM DE PRISÃO PELA PF

DENÚNCIA: TRIBUNAL PENAL INTERNACIONAL EM HAIA REJEITA DENÚNCIA CONTRA BOLSONARO

Esquerda sofre nova derrota e Tribunal Penal Internacional rejeita medíocre denúncia contra Bolsonaro

LER NA ÁREA DO ASSINANTE

Jair Bolsonaro

Não poderia ser diferente.

A esquerda perdeu mais uma…

A infame denúncia formulada no Tribunal Penal Internacional (TPI) em Haia, pela malfadada entidade denominada Associação Brasileira de Juristas pela Democracia (ABJD), foi rejeitada.

No despacho, exarado nesta segunda-feira (14), o procurador Mark P. Dillon, chefe da Unidade de Informação e Provas do TPI, afirma que, com base nas informações apresentadas na denúncia, “a conduta descrita não parece se enquadrar nas definições rigorosas do Estatuto de Roma” – instrumento jurídico que norteia a atuação da Corte.

A nota diz ainda o seguinte:

“Uma característica fundamental do Estatuto de Roma é que o Tribunal (Penal Internacional) só pode exercer jurisdição sobre pessoas para os crimes mais graves que preocupam a comunidade internacional como um todo, nomeadamente genocídio, crimes contra a humanidade e crimes de guerra. Esses crimes são cuidadosamente definidos no Estatuto de Roma (artigos 6 a 8) e mais detalhados nos Elementos dos Crimes, adotados pela assembleia dos estados-partes”.

E finaliza, salientando que “não existe, neste momento, base para proceder a uma análise mais aprofundada”.

Assim, a denúncia foi arquivada.

Mais uma derrota da esquerda.

Fonte: Jornal da Cidade Online

Continuar lendo DENÚNCIA: TRIBUNAL PENAL INTERNACIONAL EM HAIA REJEITA DENÚNCIA CONTRA BOLSONARO

“COMANDANTES DO CRIME” É A ACUSAÇÃO CONTRA ADVOGADOS DE LULA

Acusação contra advogados de Lula é extremamente pesada: “Comandantes” do Crime

LER NA ÁREA DO ASSINANTE

“Esquema S”, em alusão ao sistema “S”, é o nome pela qual foi batizada a operação do Ministério Público Federal contra a organização criminosa que desviou R$ 151 milhões do Sistema “S” e da Fecomércio do Rio de Janeiro.

Os advogados de Lula, Roberto Teixeira e Cristiano Zanin, são classificados como “comandantes” da organização criminosa.

A dupla é acusada da prática dos seguintes crimes de estelionato, peculato, tráfico de influência, exploração de prestígio, corrupção ativa, corrupção passiva, lavagem de dinheiro, organização criminosa e sonegação fiscal.

Inúmeras provas foram obtidas, além das delações premiadas de Orlando Diniz e Sérgio Cabral.

Fonte: Jornal da Cidade Online

Continuar lendo “COMANDANTES DO CRIME” É A ACUSAÇÃO CONTRA ADVOGADOS DE LULA

MP DENUNCIA EX-PREFEITO DO RIO EDUARDO PAES POR CORRUPÇÃO

Por Arthur Guimarães, Marco Antônio Martins e Mariana Queiroz, TV Globo, G1 Rio e GloboNews

 

RJ: MP denuncia ex-prefeito do Rio Eduardo Paes por corrupçãoRJ: MP denuncia ex-prefeito do Rio Eduardo Paes por corrupção

A casa do ex-prefeito do Rio de Janeiro Eduardo Paes (DEM) foi alvo de um mandado de busca e apreensão na manhã desta terça-feira (8). O imóvel fica em São Conrado, Zona Sul da cidade. A ordem foi expedida pelo juiz Flavio Itabaiana de Oliveira Nicolau, da 204ª Zona Eleitoral.

Itabaiana também aceitou uma denúncia do Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) e tornou Paes e outros quatro investigados réus por crimes de corrupção, falsidade ideológica e lavagem de dinheiro.

Ainda não foram divulgados detalhes da investigação.

A aceitação da denúncia pela Justiça Eleitoral não impede Paes de concorrer à Prefeitura do Rio nas eleições deste ano – a candidatura do ex-prefeito foi oficializada na semana passada.

Agentes do MPRJ estiveram na casa de Paes e, por volta das 7h30, saíram com documentos.

A assessoria do ex-prefeito disse ao G1 às 10h35 que se manifestaria oportunamente.

Outro processo

Em março deste ano, Paes virou réu na Justiça Federal por corrupção passiva, fraude em licitação e falsidade ideológica. A acusação é relacionada a suposto direcionamento na licitação para a construção do Complexo de Deodoro para as Olimpíadas de 2016.

Segundo a denúncia, quase R$ 120 milhões foram desviados de uma das principais obras para as Olimpíadas.

Para o Ministério Público Federal, houve uma intenção deliberada de restringir ao máximo a participação de diferentes empresas na concorrência.

Na ocasião, Paes disse que a denúncia era “absurda” e que em nenhum momento os procuradores o acusam de receber valores de qualquer natureza.

Fonte: G1
Continuar lendo MP DENUNCIA EX-PREFEITO DO RIO EDUARDO PAES POR CORRUPÇÃO

DENÚNCIA : ESQUEMA MILIONÁRIO ENTRE PADRE ROBSON E POLÍTICOS É REVELADO ATRAVÉS DE INVESTIGAÇÕES

Investigações revelam esquema milionário entre Padre Robson e políticos

 DENÚNCIA

As relações escusas envolvendo o nome de Padre Robson, da paróquia de Trindade (GO) e transações milionárias através da associação filantrópica Associação dos Filhos do Pai Eterno (Afipe) atinge agora políticos da região.

Segundo revelou reportagem no programa Fantastico, a Afipe transferiu milhões de reais apenas para uma família de políticos de Trindade. Apenas o vice-prefeito, Gleysson Cabriny, recebeu R$ 287.500, além de mais R$ 1,6 milhão para uma de suas empresas e mais R$ 5,7 milhões para outra. Parentes dele também foram beneficiados.

O Ministério Público do Estado de Goiás (MP-GO) atualizou os valores relacionados à movimentação na (Afipe) nos últimos nove anos. A entidade é alvo da Operação Vendilhões, que apura desvio de R$ 120 milhões de doações feitas por fiéis.

Segundo reportagem do portal G1, entre entradas e saídas, a entidade movimentou R$ 2,2 bilhões. Conforme a promotoria, grande parte é fruto de 1,2 mil transações imobiliárias, como a compra de mais de 50 fazendas. Uma delas custou R$ 90 milhões.

Fonte: Blog do BG

Continuar lendo DENÚNCIA : ESQUEMA MILIONÁRIO ENTRE PADRE ROBSON E POLÍTICOS É REVELADO ATRAVÉS DE INVESTIGAÇÕES

DENÚNCIA: ALEXANDRE DE MORAES É DENUNCIADO EM COMISSÃO INTERNACIONAL (OEA) PELO PTB

PTB denuncia Moraes em Comissão Internacional (veja a denúncia)

Alexandre de Moraes

O Partido Trabalhista Brasileiro, presidido por Roberto Jefferson, acaba de denunciar o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, na Comissão Interamericana de Direitos Humanos da Organização dos Estados Americanos (OEA), por conta do malfadado inquérito das fake news.

No documento, o PTB afirma que Moraes tem cometido inúmeras irregularidades e que o ministro é responsável por violar ‘direitos fundamentais e humanos’.

O PTB pede a suspensão do inquérito da fake news.

O documento é assinado pelo advogado e primeiro-secretário jurídico da executiva nacional do partido, Luiz Gustavo Pereira da Cunha.

“Os danos causados por essas determinações do Supremo Tribunal Federal e, em especial, do ministro Alexandre de Moraes, relator do ‘inquérito das fake news’ e do ‘inquérito dos atos antidemocráticos’, são irreparáveis, gerando prejuízos não só aos investigados, mas a toda a sociedade que luta pela construção de um Estado justo, democrático, regido por normas jurídicas aprovadas via processo legislativo, que garanta às pessoas direitos, dentre eles, os direitos de liberdade”, diz um trecho da denúncia.

Fonte: Jornal da Cidade Online
Continuar lendo DENÚNCIA: ALEXANDRE DE MORAES É DENUNCIADO EM COMISSÃO INTERNACIONAL (OEA) PELO PTB

DENÚNCIA: DESCOBERTO PELA CIA E FBI ESPIÃO DO GOVERNO CHINÊS NO BRASIL

FBI e CIA descobrem espião do governo chinês no Brasil, denuncia jornalista (veja o vídeo)

05/08/2020 às 16:09

Fotomontagem: JCO

O serviço secreto do governo chinês teria recrutado um professor brasileiro de direito internacional, para um serviço de espionagem, com objetivo de cooptar agentes políticos brasileiros, para criar um ambiente favorável para a empresa chinesa Huawei ter a concessão da tecnologia 5G no Brasil.

Segundo a denúncia, os encontros do “espião” com membros do Partido Comunista Chinês (PCC) ocorrem na Europa.

Nesse sentido, o FBI e a CIA querem a cooperação da Polícia Federal para aprofundar as investigações.

Porém, a morosidade de uma ala da PF no Brasil, ligada ao PSDB, tem atrapalhado o processo de investigação contra o “espião”.

Em um vídeo publicado esta semana, Oswaldo Eustáquio revela maiores detalhes sobre o caso e o nome do “espião”.

A grande imprensa nacional mantém absoluto silêncio.

Aliás, apenas uma jornalista da Folha reclamou no Twitter do fato de Oswaldo Eustáquio estar se manifestando. Cobrou a “censura” ao colega.

São tempos sombrios…

Continuar lendo DENÚNCIA: DESCOBERTO PELA CIA E FBI ESPIÃO DO GOVERNO CHINÊS NO BRASIL

DENÚNCIA : DELEGADO DA POLÍCIA CIVIL DO RN DENUNCIADO POR FRAUDE NO IPERN É DEMITIDO PELA GOVERNADORA DO ESTADO

Governadora demite delegado da Polícia Civil denunciado por fraude no Ipern

Demissão foi publicada no Diário Oficial do Estado

Por – Publicado em 01/08/2020 às 11:20

A governadora Fátima Bezerra demitiu, em publicação feita na edição desta sexta-feira (31/07) do Diário Oficial do Estado, o delegado de polícia civil Olavo Dantas de Medeiros Junior, acusado de envolvimento em um esquema de fraudes no Instituto de Previdência dos Servidores Estaduais do RN (Ipern), que resultou na operação Prata da Morte, em 2015. Ao todo, nove pessoas foram indiciadas no inquérito.

R E S O L V E demitir, por prática de transgressões disciplinares de natureza grave e prática de ato tipificado como improbidade administrativa, o servidor OLAVO DANTAS DE MEDEIRO JÚNIOR, matrícula nº 170.520-2, ocupante do cargo de Delegado de Polícia Civil, do Quadro Geral de Pessoal do Estado – Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (SESED), nos termos do art. 195, inciso I, da Lei Complementar nº 122, de 30 de junho de 1994, art. 186, incisos XIX e XX da Lei Complementar nº 270, de 13 de fevereiro de 2004, e arts. 11 e 192, inciso III, da Lei nº 8.429/92″, diz a publicação feita no DOE.

A operação

A investigação teve início após a polícia receber uma informação através do WhatsApp do Disk-Denúncia que dava conta de que o delegado Olavo Dantas de Medeiros Júnior teria procurado um homem identificado como José Laercio Ferreira de Melo e feito a proposta de fraudar uma documentação para que Laercio e seus familiares pudessem receber a pensão deixada pelo pai, o auditor fiscal falecido, Gonçalo Pereira de Melo. De acordo com a denúncia, a proposta teria sido aceita e o plano executado. Além da pensão, os denunciados teriam recebido ainda R$ 240 mil que estava depositado na conta do falecido.

As investigações, que tiveram início em fevereiro de 2015, confirmaram a veracidade da denúncia e deram conta de que o esquema contou com a participação de outras quatro pessoas: a advogada Thayana de Moura Macedo, apontada como responsável pela realização de um inventário administrativo no 5º Cartório do Alecrim (com renúncia dos herdeiros) e pelo levantamento do dinheiro que estava depositado na conta do falecido, através de um alvará judicial obtido de forma ilegal; Ana Cláudia de Oliveira Dantas, suspeita de falsificar os documentos utilizados pelo grupo para fraudar a pensão; e Maria Cosme Sobrinho, que teria se passado por companheira do auditor falecido.

O montante recebido indevidamente pelo grupo desde o início do esquema, segundo as investigações, somou cerca de R$ 600 mil em prejuízo para o Estado. O grupo foi autuado pelos crimes de falsificação de documento particular, falsidade ideológica, associação criminosa, estelionato, uso de documento falso, falso testemunho e peculato.

Fonte: Agora RN

Continuar lendo DENÚNCIA : DELEGADO DA POLÍCIA CIVIL DO RN DENUNCIADO POR FRAUDE NO IPERN É DEMITIDO PELA GOVERNADORA DO ESTADO

DENÚNCIA: A DENÚNCIA DE ALLAN DOS SANTOS EM 12 PASSOS, ENTENDA!

1- Maio de 2020. Allan recebe informação de que Barroso, Moraes, Ministros do TSE, STJ e TCU, Presidentes da Câmara e Senado reuniram-se na madrugada de Brasília para confabular derrubada de Bolsonaro. Chegaram a solicitar ajuda de Joice.

2- Junho de 2020. Moraes obriga a PF a vasculhar a casa de Allan dos Santos para descobrirem a fonte que deu a notícia sobre a reunião secreta. Não encontraram nada, e refizeram a operação 15 dias depois. Porém, também sem sucesso em descobrir a fonte do Allan.

3- Julho de 2020. Em razão de não entenderem como o Allan teve acesso a informações da reunião secreta, Barroso tira servidor do STF e o coloca na segurança do TSE para que apure se existe sistema de espionagem contra ministros do TSE ou STF em Brasília.

4- Empresa contratada descobre malas de espionagem nas Embaixadas da China e Coréia do Norte. Além de uma mala na casa do Advogado Kakay do PT.

5- Após descobrir que as malas estavam a menos de 5 km do Palácio do Planalto, Barroso deveria ter alertado as autoridades.

6- Informações sobre o caso vazaram para o Allan dos Santos, que temendo por sua vida, devido a gravidade do caso, saiu do país para denunciar o crime a priori, de “prevaricação” do Ministro Barroso, porém o crime pode ser enquadrado na lei de Segurança Nacional.

7- Segundo a Lei de Segurança Nacional, Quem encobrir informações de Espionagem internacional está sujeito a penas de mais de 20 anos de prisão.

8- Grande mídia não toca no assunto e diz que Allan fez Fake News.

9- Allan começa mostrar partes do conteúdo.

10- Terça Livre denuncia que Família de um ministro do STF está no Paraguai, o que poderia indicar uma fuga do ministro.

11- Barroso era advogado de Cesare Batisti, que tentou fuga para o Paraguai para de lá fugir para local incerto. Após isso Barroso foi indicado para o STF.

12- Allan dos Santos teria também dossiê que desvenda o caso Adélio Bispo, podendo inclusive ter provas de quem mandou matar Jair Messias Bolsonaro.

Henrique Póvoa

Fonte: Jornal da Cidade Online

 

Continuar lendo DENÚNCIA: A DENÚNCIA DE ALLAN DOS SANTOS EM 12 PASSOS, ENTENDA!

DENÚNCIA: PRESIDENTE DO SIMEPI DENUNCIA DESCASO DO GOVERNADOR DO PIAUÍ E PREFEITO DE TERESINA COM OS PROFISSIONAIS DE SAÚDE

“Holocausto” no Piauí: Médica denuncia que médicos estão morrendo por omissão do governador e prefeito

Prefeito de Teresina, Firmino Filho, e o governador do Piauí, Wellington Dias.

Os nazistas nomearam o seu programa de extermínio dos judeus como Solução Final. O Holocausto não foi um acontecimento casual e repentino.

O que está verdadeiramente acontecendo no Piauí?

Extremamente grave e ao mesmo tempo, uma falta de respeito aos profissionais da saúde, que atuam no combate ao COVID-19 no Piauí, O QUE ESTÁ ACONTECENDO NA SAÚDE PÚBLICA E NOS HOSPITAIS DO PIAUÍ, é uma espécie de genocídio profissional, conforme as denúncias proferidas pela Presidente do SIMEPI, a médica Lúcia Santos.

Em entrevista ao programa “Jornal da Teresina I Edição”, ela deixou bem claro a realidade que acontece nos hospitais públicos de Teresina e em todo o estado do Piauí.

Médicos e profissionais da saúde estão morrendo em quantidade assustadora no Piauí. Segundo ela, há um descaso do Governador Wellington Dias e do Prefeito Firmino Filho, ao não possibilitar condições dignas de trabalho.

Faltam equipamentos, materiais de qualidade, as EPI’s não são suficientes e de péssima fabricação.

Não há a testagem para os médicos.Vários deles, estariam com síndromes gripais.

Não há regulação, não há sistematização na logística das ações.

Lúcia Santos, foi taxativa. E afirmou, que eles irão responder criminalmente por todos os atos que ocasionaram as mortes de vários médicos e profissionais da saúde no estado.

Outra afirmação, que gera indignação na sociedade, é a de que os Hospitais de Campanha, atuaram de forma irregular, praticamente não serviram para nada…

Foi um gasto absurdo. Tudo leva a acreditar que foi mais um caso de corrupção e desvios de recursos públicos.

Segundo afirmações da médica, o Governo não demonstra clareza nos seus atos, através do Portal da Transparência.

Muita coisa haverá de ser averiguada..

Infelizmente, fica cada vez mais claro, que o Governador Wellington Dias e o Prefeito Firmino erraram feio…

Em outras palavras, será que erraram ou causaram esta tragédia ao povo do Piauí?

Quem vai trazer de volta os que morreram, por culpa do Governador e do Prefeito Firmino Filho, segundo a denúncia da Presidente da SIMEPI?

Quem vai responder e quando irão ser notificados sobre estas criminalidades?

Onde está o Ministério Público?

As autoridades e os direitos Humanos?

A denúncia está causando um sentimento de revolta no Piauí!!

Continuar lendo DENÚNCIA: PRESIDENTE DO SIMEPI DENUNCIA DESCASO DO GOVERNADOR DO PIAUÍ E PREFEITO DE TERESINA COM OS PROFISSIONAIS DE SAÚDE

DENÚNCIA: JORNALISTA OSWALDO EUSTÁQUIO FOI PRESO PORQUE DESCOBRIU ESQUEMA BOMBA CHEFIADO PELA ESPOSA DE ALEXANDRE DE MORAES

Caro(a) leitor(a),

o brasileiro médio precisa e tem o direito de saber a verdade sobre os nossos representante. O Blog do Saber tem o compromisso primeiro com a verdade, doa a quem doer. Estamos passando por uma fase muito perigosa na política nacional, onde os poderes constituídos a todo instante exorbitam suas prerrogativas, abusando da autoridade e rasgando a Constituição. Isso se dá pela baixa qualidade profissional e de caráter dos nossos representantes. Infelizmente o nível ético, cultural, emocional e consciencial desses cidadãos é muito baixo e por isso sofremos tanto. Mas temos formas de corrigir o erro cometido e uma delas é promover o impeachment desses excrementos humanos. A começar pelo maior deles. O tal de Alexandre de Moraes, que consegue ser bem pior do que o outro excremento chamado Gilmar Mendes. Eis uma excelente oportunidade. O artigo a seguir revela o porquê de o jornalista Oswaldo Eustáquio ter sido perseguido e preso. Toda a verdade de quem é o senhor Alexandre de Moraes e também a sua esposa que se move feito uma serpente nos bastidores da política nacional e principalmente do PSDB. Se consguirmos viralizar essa reportagem temos uma grande chance de desmoralizar esse crápula e concretizarmos o primeiro impeachment de um ministro do STF da história republicana brasileira. Então eu convido você a ler, refletir, tirar suas conclusões e, de preferência, ajudar a viralizar!

Oswaldo Eustáquio, Jornalista preso no Brasil investigou esposa de Ministro do STF e descobriu esquema bomba

Paulo Fernando De Barros

Esposa de Alexandre de Moraes atende prefeito condenado do PSDB nos Tribunais Superiores.

Vídeo: Entenda a trama com Paula Marisa


Recuperamos a Matéria completa do jornalista Oswaldo Eustáquio Filho, eliminada dos meios de informação no Brasil

Data:29/05/2020

Status: notícia excluída

Jornalista: Oswaldo Eustáquio Filho

Agora Paraná

A esposa do Ministro Alexandre de Moraes é a advogada mais requisita por políticos do PSDB no estado de São Paulo. Recentemente, Viviane Barci de Moraes, que é casada com o Ministro do Supremo Tribunal Federal Alexandre de Moraes, que já foi filiado “ao PSDB, assumiu uma causa que está prestes a subir aos tribunais superiores em nome do prefeito José Auricchio Júnior ” (PSDB-SP), condenado em segunda instância por crimes de corrupção.

A esposa do Ministro, está tendo sucesso para manter o prefeito condenado em segunda instância no cargo, graças a uma resolução do CNJ que declarou em seu artigo 2º que “continuam suspensos durante a vigência do regime diferenciado de trabalho instituído pela Resolução-TSE nº 23.615, os prazos processuais dos processos que tramitam em meio físico”.

A situação se enquadra no caso do processo de José Auricchio Júnior. Condenado, Auricchio, contratou Viviane Barci de Moraes para se manter no cargo por meio de liminares na Justiça dos tribunais superiores, local de trabalho do marido de Viviane, o Ministro.

Vivi, como é conhecida pelos colegas do direito gosta das causas que já estão nos tribunais superiores, mas, de acordo com fontes do Agora Paraná ligadas ao PSDB paulista, o grosso das ações que trazem recursos para o escritório vem da parceria de seu sócio Gabriel Chalita, ex-deputado federal, que também foi filiado ao PSDB, mas que apoiou o nome de Fernando Haddad para prefeitura de São Paulo, com seu irmão Tony Chalita. O nome de Gabriel aparece em destaque nos sócios do escritório de Direito liderado pela mulher de Alexandre de Moraes, Barci e Moraes advogados associados onde atuam também os jovens Alexandre Barci de Moraes e Giuliana Barci de Moraes, filhos do Ministro do STF.

Tony Chalita, foi o principal advogado da campanha de João Dória para o governo de São Paulo. Ele é o coordenador eleitoral do Escritório BNZ – BRAGA NASCIMENTO E ZILIO ADVOGADOS ASSOCIADOS, que recebeu R$ 300 mil na campanha de Dória ao governo de São Paulo, de acordos com dados do TSE. Tony é advogado famoso no meio dos tucanos, apenas as ações que envolvem Flávio Henrique Costa Pereira, que foi coordenador jurídico nacional do PSDB na campanha de Aécio neves, são 71 processos. No TRE-SP são 217 processos, a maior parte em defesa de tucanos e de João Dória, na última campanha ao governo de São Paulo.

O escritorio coordenado por Tony na área eleitoral, parceiro de Viviane hoje atua como parceiro de Dória na elaboração de projetos como o da Arena Hub. Tony é um entusiasta da Suprema Corte e compartilha as mensagens do Twitter de Gilmar Mendes e Barroso recorrentemente. Dessa forma, a esposa do Ministro Alexandre de Moraes tem ligações pesadas em contratos com políticos, sobretudo ligados ao PSDB, através do irmão do seu sócio Gabriel Chalita. Como revelado na matéria são centenas de processos patrocinados pelo grupo de advogados para políticos do PSDB.

Mas afinal, quem são os irmãos Chalita, amigos de dentro da casa e no caso de Gabriel, sócio da esposa de Alexandre Moraes?

Gabriel Chalita chegou a ser deputado federal, foi sondado para ser candidato a prefeito em SP, mas declarou apoio a Haddad. O analista de sistemas Roberto Leandro Grobman procurou integrantes da campanha de José Serra (PSDB). Dizia ele estar munido de uma denúncia bombástica contra o então deputado federal Gabriel Chalita, um dos cabos eleitorais do então candidato do PT, Fernando Haddad, e crítico ferrenho da gestão de Serra. No comitê do PSDB, Grobman foi recebido com entusiasmo. A pedido do deputado federal e coordenador da campanha de Serra, Walter Feldman, o analista dirigiu-se ao Ministério Público acompanhado pelo jornalista Ivo Patarra, assessor político do PSDB. Em depoimento aos procuradores, Grobman revelou uma série de irregularidades cometidas de 2002 a 2006 por Chalita, então secretário estadual da Educação filiado ao PSDB, para favorecer o grupo educacional COC.

Em troca, segundo o delator, Chalita teria recebido benefícios financeiros, entre os quais o pagamento de US$ 600 mil para a reforma de sua cobertura no bairro de Higienópolis. De acordo com as informações prestadas pelo delator, Chalita montou um esquema de arrecadação pessoal na secretaria da Educação. Exigia comissão em contratos e tinha contas pagas por fornecedores, como o grupo educacional COC. A companhia, vendida em 2010 pelo empresário Chaim Zaher ao conglomerado britânico Pearson, teria inclusive indicado funcionários a cargos para setores estratégicos do seu ramo de atividade. Por meio desse suposto esquema, a empresa Interactive, ligada ao grupo COC e que tinha como sócio o próprio denunciante, comercializou 2,5 milhões em softwares educativos com a Secretaria da Educação paulista. Em troca, o grupo de Zaher oferecia uma série de benefícios a Chalita. Pagou US$ 600 mil na reforma do seu apartamento de alto-padrão em Higienópolis, bairro nobre da capital paulista, custeou viagens internacionais e comprou 34 mil exemplares de um livro do deputado. Íntimo de Chalita, Grobman acusou-o de usar duas funcionárias durante o expediente da secretaria para escreverem best-sellers que depois publicaria em seu nome. Afirmou ainda ter visto malas de dinheiro na casa e no escritório do então secretário da Educação de Alckmin.

Vídeo Oswaldo Eustáquio:

Vídeo: Viviane Barci de Moraes defende o prefeito de São Caetano do Sul, condenado em segunda instância por atos de corrupção. O irmão do sócio dela, Tony Chalita atende muitos políticos do PSDB, entre eles o governador João Dória.


Fonte: Dunaspress.org

 

 

 

 

 

 

Page 1 / 334

 

Zoom 100%

 

Imagem em Destaque: Agora Paraná


Ver também

Print Friendly, PDF & Email
Continuar lendo DENÚNCIA: JORNALISTA OSWALDO EUSTÁQUIO FOI PRESO PORQUE DESCOBRIU ESQUEMA BOMBA CHEFIADO PELA ESPOSA DE ALEXANDRE DE MORAES

DENÚNCIA: EX-COORDENADORA DA FORÇA NACIONAL, ALERTA PARA RISCO DE FORMAÇÃO DE MILÍCIA

Uma denúncia muito séria feita pela ex-coordenadora da Força Nacional, a tenente-coronel Keydna Alves Lima Carneiro, faz SÉRIA denúncia formal no MPF, alegando a formação de milícias dentro da Força nacional através de reservistas é o destaque deste sábado aqui na coluna DENÚNCIA. Apesar do currículo invejável da tenente-coronel ela foi demitida do cargo pelo diretor-geral, coronel Aginaldo de Oliveira, depois que começou a questionar internamente a renovação do contingente de reservistas que integram a tropa. Então, caro(a) leitor(a), convido-o a ler na íntegra toda a DENÚNCIA a seguir e também assistir ao vídeo com Claudio Dantas de O Antagonista que a ANÁLISE POLÍTICA do assunto.

O diretor-geral da Força Nacional, coronel Aginaldo de Oliveira, demitiu no fim de maio a coordenadora-geral de Administração, tenente-coronel Keydna Alves Lima Carneiro. A versão oficial, de que a PM estava com saudades da família no Ceará, não deve colar. Até então celebrada por seu currículo invejável – foi a primeira mulher a chegar a um posto de comando na FN -, Keydna virou persona non grata depois que começou a questionar internamente a renovação do contingente de reservistas que integram a tropa. Para ela, o uso desses reservistas (e armados) é absolutamente inconstitucional e embute uma série de riscos, como a criação de uma espécie de milícia inimputável e até mesmo a infiltração de criminosos, ao permitir que sejam integrados condenados em primeira instância, conforme atualização da portaria número 161/20. Ontem, a tenente-coronel entregou ao Ministério Público Federal uma denúncia contra Aginaldo, acusando-o de tentar silenciá-la. E anexou um histórico de comunicações internas que atestam sua tentativa de alertar para a inconstitucionalidade da manutenção dos reservistas na Força Nacional. “Essa denúncia é a terceira tentativa para a investigação do assunto”, escreve no documento, obtido por O Antagonista. Na argumentação exposta na denúncia, Keydna afirma que não existe amparo jurídico que permita a reservistas atuarem na segurança pública, só como integrantes de operações de Garantia da Lei e da Ordem convocadas pelo Ministério da Defesa. Segundo ela, a participação de agentes de segurança na FN pressupõe a manutenção de seu vínculo funcional com a “instituição originária”. E reservistas não estão vinculados a nenhuma instituição militar, sendo “meramente cidadãos comuns com fardas institucionais” e “armas de Estado”. Muitos estão sendo incorporados sem considerar a experiência mínima de três anos exigida pela portaria 3383/13. A ex-coordenadora também questiona que os reservistas mobilizados na FN mantenham patentes e até porte de arma. “Se nas Forças Armadas, as praças reservistas não possuem porte de arma, como podem adquirir essa prerrogativa ao integrarem a Força Nacional?” Toda a argumentação técnica, que envolve ainda irregularidades na convocação e na remuneração dos efetivos por diárias – como já alertou o TCU -, foi exposta numa nota técnica encaminhada por Keydna a Aginaldo, em 8 de janeiro. Nela, a então coordenadora-geral de Administração condicionou a renovação do vínculo de reservistas e inativos, que se encerraria no dia 31 daquele mês, à realização de estudos técnicos “complexos e variados” e à elaboração de uma “nova legislação”. O diretor-geral da Força Nacional, porém, preferiu engavetar o documento da subordinada. E encomendou a outros assessores uma nova nota técnica favorável à prorrogação, para “evitar prejuízos na ordem operacional e continuidade nas atividades de segurança pública do país”. O contingente de reservistas já chegou a 400. Keydna seguiu alertando sobre a precaridade do vínculo dos reservistas, em pressão para que o Ministério da Justiça elaborasse uma proposta legislativa para corrigir o problema. Procurou em vão também o diretor de Administração da Secretário Nacional de Segurança Pública, Clênio Belluco. Acabou exonerada em 29 de maio.

Fonte:

Continuar lendo DENÚNCIA: EX-COORDENADORA DA FORÇA NACIONAL, ALERTA PARA RISCO DE FORMAÇÃO DE MILÍCIA

DENÚNCIA: UM ALERTA MUITO SÉRIO PARA A HUMANIDADE SOBRE A TECNOLOGIA 5G

Caro(a) leitor(a),

Chamo a atenção para o artigo que vem a seguir!

Por favor não deixe de ler integralmente, pois é um alerta muito forte sobre a verdade por trás da tecnologia 5G. Cientistas acreditam que a tecnologia 5G é uma arma terrível contra a humanidade. Ela não é apenas uma versão melhor da 4G, é completamente diferente. O 5G usa feixes pulsantes em oposição às ondas externas, e os comprimentos de onda do 5G estão muito mais próximos dos raios gama da atividade radioativa do que das ondas de rádio regulares. A intenção por trás dessa tecnologia é controlar totalmente as vidas das pessoas. Então, peço que leia o artigo completo a seguir e entenda o que a 5G!

Cientistas Também Acreditam que a 5G é uma Arma Contra a Humanidade

Mensagem de 1 de Abril de 2020

A médica Dra. Katherine Horton acredita que não apenas o 5G é tóxico para a sua saúde, mas também é uma arma de alta tecnologia de destruição em massa que pode ser usada para matar dissidentes indesejados sem deixar rastro.

Horton é PhD em física de partículas pela Universidade de Oxford e trabalhou em alguns dos projetos mais interessantes e perigosos do mundo, incluindo o famoso Hadron Collider (CERN) em Genova Suíça e o pouco menos conhecido Electronsyncrotron (DESY) em Hamburgo, Alemanha. Enquanto trabalhava em Oxford, ela também trabalhou como assistente de pesquisa no St. Johns College, onde estudou física médica e sistemas humanos, incluindo pesquisas de análise de sistemas de economia, direito e crime.

Sua perspectiva sobre as tecnologias de controle social são altamente valiosas para a conversa global sobre o lançamento do 5G.

“O sistema 5G deve ser mais bem imaginado como o governo, ou esse grupo sombrio que infestou o governo, assumindo todas as cidades do planeta e todas as aldeias e até a menor cidade e até a floresta, onde você acha que não há nada, e colocando metralhadoras escondidas que seguem você e sua família, apontando diretamente para você.” – Dra. Katherine Horton

As armas de energia dirigida são a melhor ferramenta do governo tirânico para controlar uma população. Com essa tecnologia, atores sombrios do estado podem rastrear todos os nossos movimentos, visar dissidentes e até incapacitar quem quiserem sem deixar para trás um pingo de evidência.

Imagine o estado escravo que está sendo introduzido em todo o mundo enquanto falamos. Na China, suas ações são monitoradas 24/7, e uma pontuação de crédito social é aplicada a você pelo governo. Se sua pontuação cair muito, você pode ser impedido de viajar, obrigado a pagar taxas de hotel mais altas, talvez seus filhos não possam frequentar sua faculdade ou escola preferida e até mesmo seus animais de estimação podem ser levados pelo estado.

Sabe-se que os críticos chineses do governo exagerado são os mais baixos da lista de crédito social. Nos Estados Unidos, não apenas empresas como Facebook, Apple e Google estão criando suas próprias formas dessa pontuação para seus usuários, mas a NSA e a GCHQ também empregaram projetos semelhantes, um dos quais é chamado de Padrão de Vida.

Lembre-se de que a lista de conseqüências para uma pontuação baixa na China está sempre crescendo, e esse mesmo sistema está sendo trazido lentamente para os EUA por meio de coleta de dados em massa, programas secretos do governo e normalização da vigilância.

Adicione a isso o uso de armas de energia direcionadas 5G.
Se a história é uma indicação do futuro, não é demais acreditar que estamos caminhando para um mundo em que um algoritmo de computador do governo pode decidir que você é um revolucionário e que pode ser morto pela tecnologia sem aviso prévio. Nem precisa ser um algoritmo de computador que tome a decisão; pode ser qualquer pessoa em posição de poder que tenha acesso a essa tecnologia. Esse é o mundo que o Dr. Horton está descrevendo.

Para piorar a situação, nenhuma das informações sobre armas direcionadas de energia está sendo divulgada pela grande mídia. O 5G está sendo vendido apenas como uma versão melhor do 4G, mas a tecnologia é completamente diferente. Simplificando, o 5G usa feixes pulsantes em oposição às ondas externas, e os comprimentos de onda do 5G estão muito mais próximos dos raios gama da atividade radioativa do que das ondas de rádio regulares.

Como aponta Horton em sua entrevista acima, o fabricante americano de armas Deagel prevê publicamente em seu site que 100 milhões de pessoas morrerão nos EUA até 2025.

“E esse cartel de crimes … eles sabem o que estão fazendo, e seu objetivo é matar o maior número possível de pessoas, e é porque percebem que, com o crescimento da população e a entrada da Internet, eles não podem manter o mesmo tipo de controle sobre a humanidade.” – Dra. Katherine Horton

Apesar das advertências de cientistas e cidadãos preocupados sobre os muitos perigos que o 5G representa para a nossa saúde e liberdade, o Presidente Trump acabou de aprovar o “Secure 5G and Beyond Act of 2020”, solidificando a implantação do 5G em todo o país.

Tornar-se informado sobre os perigos da tecnologia 5G é a coisa mais importante que você pode fazer durante o lançamento. Se você estiver se sentindo particularmente inspirado, poderá tomar medidas para proteger sua privacidade, para que menos dados sejam coletados e processados ​​por governos e empresas que desejam criar um perfil para você.

Duas ótimas maneiras de fazer isso, que eu uso todos os dias, estão usando uma Carteira de Bloqueio de RFID para proteger seus cartões e uma Rede Virtual Privada (VPN) para criptografar todo o tráfego da Internet, para que os coletores de dados tenham mais dificuldade.

Tempo descobrindo quem você é.

Phillip Schneider
Fonte:https://eraoflight.com/ — Rafael Issa Gama e Marco Iorio Júnior — Tradutor e Editor exclusivos do Trabalhadores da Luz

Continuar lendo DENÚNCIA: UM ALERTA MUITO SÉRIO PARA A HUMANIDADE SOBRE A TECNOLOGIA 5G

DENÚNCIA: DÓRIA FAZ PARCERIA COM LABRATÓRIO SUSPEITO PARA PRODUÇÃO DE VACINA

Caro(a) leitor(a),

Reafirmando o nosso compromisso de fiscalizar e acompanhar os movimentos e comportamento dos principais atores da política nacional, estamos publicando uma DENÚNCIA do colaborador Ricardo Paz acerca da parceria anunciada pelo governador de São Paulo, João Dória, com o laboratório Sinovac Biotech para a obtenção da vacina contra o coronavírus. Trata-se de ilicitudes cometidas pelo laboratório e envolvimento em escândalo anteriormente. Leia o texto completo a seguir e saiba os detalhes!

Doria anuncia que Butantan será parceiro de laboratório chinês para vacina contra o coronavírus em fase final de testes | São Paulo | G1

O governador João Dória anunciou parceria, e desembolsará R$85 milhões, com um dos maiores laboratórios privados do mundo, Sinovac Biotech, da China, para obtenção da vacina CoronaVac. Ocorre que, esse laboratório também se envolveu em escândalo na própria China, acusado em 2014 de ter pago cerca de US$50 mil a um membro do partido comunista, responsável pela liberação de drogas, para ajudar a Sinovac a ter suas drogas aprovadas. Fatos como este colocam a lisura da parceria sob suspeição, principalmente diante das fortes desconfianças, veiculadas nas redes sociais, de que Dória tem planos de “vender” São Paulo a China, e tirar comissão de cada negócio. Quem acha que a informação sobre o escândalo da Sinovac é “fake news”, leia o artigo do The New York Times, seção de Business, entitulado “China’s Coronavirus Vacine Drive Empowers a Troubled Industry”, de 4/5/2020.
Ricardo Paz
Empresário
Continuar lendo DENÚNCIA: DÓRIA FAZ PARCERIA COM LABRATÓRIO SUSPEITO PARA PRODUÇÃO DE VACINA

DENÚNCIA: GEORGE ANTUNES, SECRETÁRIO DE SAÚDE DE NATAL DIZ QUE FLEXIBILIZAÇÃO DO COMÉRCIO É UMA TRAGÉDIA ANUNCIADA

Por Igor Jácome, G1 RN

 

George Antunes, secretário de Saúde de Natal — Foto: Reprodução/Inter TV CabugiGeorge Antunes, secretário de Saúde de Natal

“Esqueçam decreto de governadora e de prefeitos. Esqueçam pelo amor de Jesus Cristo e fiquem em casa. Isso é o maior absurdo que a gente pode ver nos dias de hoje, se falar em flexibilização. O povo deve ficar em casa. Os poderes, os governantes, têm que ter a coragem de dizer o que são serviços essenciais nas suas cidades, o que é serviço essencial dentro desse estado, e não abrir comércio da forma como está sendo aberto, chamar o povo para a rua, distribuir máscara para causar sensação de falsa segurança”. A fala é do secretário de Saúde de Natal, George Antunes, na manhã desta segunda-feira (1º).

Em entrevista à Inter TV Cabugi, o secretário afirmou que a estimativa é que o pico da pandemia do novo coronavírus ocorra no estado próximo ao dia 15 de junho e se mantenha por pelo menos outros 15 dias. Por causa disso, ele afirmou que está “revoltado” com o apelo pela flexibilização do comércio e pela liberação em si, que já ocorre em algumas cidades do estado. “Estou completamente revoltado, você percebeu até o tom de voz meu que já mudou quando se fala nesse assunto. Para mim é um absurdo”, disse.

O secretário ainda criticou o fechamento dos pronto-socorros de hospitais estaduais e de uma UPA de Parnamirim, na região metropolitana, no fim de semana, o que causa superlotação nas unidades da capital.

“Mesmo compreendendo que é uma obrigação minha ter pronto atendimento, mas o estado recentemente fechou a porta do (Hospital) Giselda Trigueiro. Ontem à noite o secretário manda uma mensagem dizendo que vai fechar a porta do Hospital Santa Catarina e só vai receber paciente referenciado. Parnamirim se dá ao direito de fechar uma Unidade de Pronto Atendimento. Isso do ponto de vista de legalidade, nem existe, é inadmissível se fechar uma unidade de pronto atendimento. Isso pode se caracterizar até como omissão de socorro”, disse.

“As minhas UPAs estão superlotadas, mas ninguém fecha UPA não. Ontem, no Satélite, que recebeu um monte de gente de Parnamirim, se viraram lá. Foram arrumar cilindro de oxigênio, botaram gente em sala de prescrição médica. E as UPAs estão superlotadas. E eu digo a vocês com toda convicção: se não se tomar uma medidas agora, nós vamos ter um caos instalado nessa cidade. Eu digo a vocês que é uma tragédia anunciada”, afirmou, defendendo o aumento das restrições para aumentar o isolamento social.

George Antunes ainda considerou que, mesmo com a abertura de leitos no Hospital de Campanha e no Hospital Municipal, o sistema não dará conta da demanda de novos pacientes. Isso porque os pacientes da Covid-19 são de longa permanência nas UTIs. Uma pessoa com coronavírus, de acordo com ele, leva de 14 dias a 20 dias internado, quando precisa de tratamento crítico.

“Ou a gente fecha a metade dessas portas que estão abertas, que eu acho um absurdo o que está acontecendo, ou nós vamos ter um caos. Se vocês estão achando que a situação está crítica, é porque vocês não tem noção exata do que virá. A se manter nessa condição, nós vamos ter pessoas morrendo nas calçadas, sem ter direito nem a entrar em uma unidade de pronto-atendimento ou hospital”, disse.

“Ou se toma uma medida de se apertar o distanciamento social,do isolamento social, ou o caos vai se instalar. Porque não tem hospital de campanha, não tem hospital municipal que dê conta. Isso eu afirmo com convicção”

Para o secretário, os governantes passam uma “mensagem subliminar” à população ao liberar o comércio e entregar máscaras. “Assim, estou dizendo para as pessoas: coloquem a máscara, podem ir para o comércio, vão comprar confecção, vão fazer suas unhas, vão cortar seu cabelinho, vão passear, vão para a rua”, considera.

Paralelo a isso, ainda criticou os disseminadores de notícias falsas, aos quais chamou de “irresponsáveis”, e citou um áudio compartilhado por um médico dizendo que os hospitais privados estavam vazios. “Isso é uma mentira. Não tem hospital vazio não. Eu tentei contratar 10 leitos de UTI no Hospital do Coração e ele me disse que não tinha condição”, ponderou.

Antunes ainda falou que falta integração entre os municípios da região metropolitana que abrangem praticamente um terço da população do estado.

Considerando a pressão recebida pelos gestores, o secretário disse que eles deverão escolher como perder votos – a quem irão desagradar. “Ele (político) vai ter que escolher de que forma quer perder voto. Se ele quer perder voto diminuindo a flexibilização, ou se quer perder voto sendo responsabilizado pelas mortes que estão acontecendo. Isso é uma opção que ele vai ter que fazer”, pontuou.

Sobre esse dilema, o secretário ainda citou o psicanalista francês Jacques Lacan: “A gente tem que botar esses governantes para pensarem sobre um dilema que era colocado já por Lacan, há muito tempo, que é o dilema do indivíduo entre a bolsa e a vida. Está se falando ai do comércio, que tem que sobreviver, mas no dilema, todos que escolhem a bolsa, acabam perdendo a bolsa e a vida. A economia hoje tem que ser pensada como uma economia de guerra. Todas as potencialidades, do governo federal, estado e municipal, tem que estar voltado para a guerra. Estamos em guerra com um inimigo silencioso, mas isso é uma guerra. Temos que voltar nossas atenções para salvar vidas. A economia nós recuperamos depois. Uma vida ninguém recupera, e nem recupera o que é desestruturado numa família que perde um ente seu”.

Fonte: G1 RN
Continuar lendo DENÚNCIA: GEORGE ANTUNES, SECRETÁRIO DE SAÚDE DE NATAL DIZ QUE FLEXIBILIZAÇÃO DO COMÉRCIO É UMA TRAGÉDIA ANUNCIADA

DENÚNCIA: LOBBY DE INDUSTRIA FARMACÊUTICA TENTA DESQUALIFICAR A HIDROXICLOROQUINA PARA PROMOVER O REMDESIVIR VISANDO ALTA LUCRATIVIDADE

DENÚNCIA: LOBBY DE INDUSTRIA FARMACÊUTICA TENTA DESQUALIFICAR A HIDROXICLOROQUINA PARA PROMOVER O REMDESIVIR VISANDO ALTA LUCRATIVIDADE
(FILES) In this file photo taken on February 26, 2020, medical staff shows o at the IHU Mediterranee Infection Institute in Marseille, packets of a Nivaquine, tablets containing chloroquine and Plaqueril, tablets containing hydroxychloroquine, drugs that has shown signs of effectiveness against coronavirus. - On March 29, 2020,a limited emergency-use authorization for two antimalarial drugs touted as game-changers by President Donald Trump has been issued by the US Food and Drug Administration to treat coronavirus patients. In a statement published Sunday, the US Department of Health and Human Services detailed recent donations of medicine to a national stockpile -- including chloroquine and hydroxychloroquine, both being investigated as potential COVID-19 treatments. (Photo by GERARD JULIEN / AFP)

Caro(a) leitor(a),

Em meu novo livro Coração, Intuição e Gratidão faço uma denúncia bastante incisiva e clara quanto ao domínio quase absoluto da indústria farmacêutica sobre a saúde da humanidade:

“A indústria farmacêutica, no Brasil, é talvez, a mais poderosa de todas e, apesar da crise, cresce a olhos vistos. Por que será, hein?

Os médicos em parceria com a indústria farmacêutica fazem uma belíssima dobradinha para manter a população, o tempo todo, doente, pois se eles curarem as pessoas não vão ter como manter aquele alto padrão de vida que nós sabemos. Então é sim, muito interessante que o paciente nunca se cure. Aí você pode estar se perguntando:

– E como eles conseguem isso?

Bem, primeiro o médico livra você da dor, prescrevendo um analgésico. Isso por si só já parece um grande feito. Então você já fica agradecido e passa a confiar nele. Depois ele prescreve um outro remédio que vai atingir o sintoma, mas nunca vai atuar sobre a causa e é provável que esse remédio provoque algum efeito colateral, que vai fazer você voltar ao consultório para tratar outro sintoma provocado por aquele remédio. Desta forma, o médico(a) consegue colocar você num ciclo vicioso. Durante todo esse processo, em momento algum, vai passar pela cabeça do paciente a possibilidade da autocura.” (Braga, Wagner, 2020)

Isto está comprovado no artigo a seguir sobre o lobby que a indústria farmacêutica mancomunada com determinados cientistas e médicos que querem desqualificar a hidroxicloroqina para o tratamento contra Covid-19, pelo fato deste remédio ser muito barato e já está sob o poder do domínio público, ou seja, qualquer um pode fabricar sem ter que pagar royalties. Por isso lhe convido a ler a DENÚNCIA feita no artigo a seguir e conheça o que há por trás do interesse em divulgar e vender o REMDESIVIR!

Artigo: Hidroxicloroquina x Remdesivir – Siga o dinheiro e descubra quem está por trás dessa batalha

Thaís Garcia

Publicado em 19.05.2020

 

Depois de terem usado – “em nome da Ciência” – todos os argumentos opostos ao caminho terapêutico preventivo com o coquetel de hidroxicloroquina, azitromicina e zinco no combate ao coronavírus chinês (utilizado e recomendado por milhares de médicos em mais de 30 países), governos parecem estar prontos para aceitar uma nova droga: o antiviral Remdesivir, que deve tratar pacientes em estágios graves. No entanto, esta é uma operação industrial e financeira facilmente identificável, que vamos desmiuçar ao longo desse artigo.

Nesse tempo de crise e epidemia, líderes de grandes grupos industriais redobram seus esforços para seduzir consumidores, aumentar a produtividade de seus funcionários, neutralizar manifestantes, encontrar novos produtos lucrativos para conquistar seus espaços. Neste jogo, a indústria farmacêutica mostra uma eficiência rara, porque mantém seu poder apesar das turbulências econômicas, escândalos, perdas de patentes, e pesquisa científica apurada. Além disso, ela conta com a maioria dos jornalistas que utiliza seu poder de comunicação para atacar, com argumentos oponíveis e “em nome da ciência”, o caminho terapêutico preventivo com a hidroxicloroquina. No entanto, parecem dispostos a promover o medicamento Remdesivir como “o alívio” destinado a tratar pacientes que atingiram um estágio sério da doença covid-19.

Já que falam tanto em nome da “Ciência”, então, vamos à ciência!

Ciência médica

Atualmente, existem dois estudos publicados em revistas científicas que testam os efeitos terapêuticos do Remdesivir.

O primeiro foi iniciado no final de fevereiro e sob a égide do Instituto Nacional de Alergia e Doenças Infecciosas (NIAID), nos EUA. O estudo do remdesivir foi publicado em 10 de abril de 2020 no New England Journal of Medicine, uma das revistas americanas mais prestigiadas do mundo. O artigo publicado é intitulado “Uso Compassivo do Remdesivir em Pacientes com Covid-19 Grave”. É assinado por 57 autores de 9 países diferentes, todos financiados pelo laboratório farmacêutico Gilead Sciences.

O estudo relata um número muito pequeno de pacientes (n = 53) recrutados principalmente nos Estados Unidos, Itália e Japão, que receberam o medicamento por 10 dias. Não é randomizado e não possui coortes comparativas tratadas com placebo ou terapia sintomática. Alguns pacientes usavam ventiladores, outros não. Não existe um critério final para o estudo, que abre as portas para possíveis arranjos com as conclusões do estudo (25 pacientes tiveram alta do hospital, 7 morreram, qual o futuro dos outros 21?). A carga viral não foi medida. 7 pacientes morreram (13%), 36 viram sua situação respiratória melhorar, mas 32 tiveram efeitos colaterais (distúrbios digestivos, insuficiência renal, hipotensão). A conclusão do artigo de que “melhora clínica” é vista na maioria dos pacientes é semelhante a publicidade enganosa. É até incrível que um estudo tão falho metodologicamente possa ter sido publicado em uma revista de prestígio.

Em seus resultados, algo também muito suspeito ocorreu, quando o diretor do instituto NIAID, o dr. Anthony Fauci e o instituto de pesquisa alteraram o resultado primário durante o curso do ensaio clínico em 16 de abril.  Eles removeram as  “mortes” do resultado primário. Algo muito estranho, que foi denunciado pelo infectologista francês Dr. Didier Raoult em 30 de abril, no Twitter.

Outro detalhe importante, é que em 2015, esse Dr. Anthony Fauci, diretor do instituto NIH, doou US $ 3,7 milhões ao Instituto de Virologia Wuhan, apesar dos alertas das autoridades americanas sobre pesquisas realizadas no laboratório Wuhan P4. Isso diz muito sobre a pessoa dr. Fauci…e sobre as ligações desse medicamento com a China, das quais falaremos mais à frente.

O segundo estudo, “Remdesivir em adultos com COVID-19 grave: um estudo randomizado, duplo-cego, controlado por placebo e multicêntrico” foi publicado em 29 de abril de 2020 na igualmente prestigiada revista médica britânica The Lancet. Ele foi realizado por uma equipe de médicos de 10 hospitais chineses e envolveu 237 pacientes. Este é um estudo randomizado, duplo-cego, controlado por placebo. O protocolo é exatamente o mesmo do estudo anterior (a Gilead forneceu o Remdesivir gratuitamente) e também é para pacientes graves. Os pontos finais são explicados. O remdesivir teve que ser interrompido prematuramente devido a fortes efeitos colaterais em 18 pacientes (12%). A carga viral (entre outras verificações) foi medida e não diminuiu. A natureza desses efeitos colaterais não foi diferente entre os dois grupos de pacientes (distúrbios digestivos e especialmente problemas sanguíneos). O estudo conclui que não há diferença significativa no curso clínico dos dois grupos de pacientes (Remdesivir versus placebo). A administração de Remdesivir em pacientes hospitalizados por Covid-19 não tem efeito clínico ou viral significativo e, finalmente, não afeta a mortalidade.

Claramente, com relação a este último estudo, o Remdesivir é inútil.

GILEAD

Falaremos a seguir da Gilead. A Gilead é um grupo americano que emprega quase 12.000 pessoas e faturou US $ 22,5 bilhões em 2019. Os acionistas desse grupo são alguns dos maiores fundos de investimento americanos. O primeiro é o Vanguard Group, que também é o maior acionista da Apple e possui 5% da Amazon. O mesmo vale para o segundo acionista da Gilead, a Capital Research and Management, que possui ações do capital da Caisse des Dépôts et Consignations, Veolia, Bouygues, Schneider, Societé Générale, Pernod e Air France.

Este laboratório hoje quer oferecer um medicamento antiviral para tratar o Covid-19, o Remdesivir. O laboratório vem trabalhando nisso desde a epidemia do vírus Ebola que devastou a África Ocidental em 2014-2015. Diante da atual pandemia, o desafio para Gilead é convencer que seu novo medicamento é “claramente mais eficaz” que a hidroxicloroquina (HCQ). Contudo, além de se saber que a HCQ é barata, eficaz e sem grandes efeitos colaterais, ainda há uma diferença que deve alertar qualquer espírito livre e com um mínimo de razão: a hidroxicloroquina há tempos caiu no domínio público. Portanto, qualquer indústria farmacêutica pode fabricar genéricos e vendê-los em todo o mundo.

Uma caixa de hidroxicloroquina é vendida por cerca de 2 a 3 dólares (aprox. 12 reais), e até antes da epidemia de coronavírus chinês, ela podia ser retirada nas farmácias sem receita médica. Por outro lado, o preço do Remdesivir é atualmente desconhecido, mas o medicamento é patenteado. Sabemos apenas que a produção básica da molécula usada custa cerca de 12 vezes mais que a da hidroxicloroquina. É também uma injeção intravenosa muito mais cara e um tratamento mais longo. Portanto, o Instituto de Revisão Clínica e Econômica (ICER) estima o ponto de equilíbrio para este medicamento em cerca de US $ 4.500 por tratamento. O suficiente para ganhar mais bilhões com o Covid-19, especialmente porque Gilead é conhecida por praticar um ávido exagero de preços com o objetivo de enriquecer o máximo.

Para refrescar a memória, há pouco mais de 5 anos, em novembro de 2014, a Gilead lançou o Sovaldi no mercado da hepatite C. O medicamento gerou bilhões às custas de suas vítimas, a hepatite C e os fundos de seguro de saúde de vários Estados. De fato, embora seu custo de fabricação esteja entre 100 e 200 euros, o referido Sovaldi foi faturado a preços exorbitantes, dependendo da riqueza dos países com os quais o laboratório negociou. Em países da Europa como a França, o tratamento foi vendido pela Gilead por até 42.000 euros por paciente. Assim, em menos de três anos, custou mais de 700 milhões de euros ao seguro de saúde francês. O que o torna um dos medicamentos mais caros da história do sistema de seguro de saúde francês.

Antes de embarcar em sua compra, as autoridades políticas e de saúde tiveram tempo de sobra para refletir. Em 2013, a Ministra da Saúde francês, Marisol Touraine, ordenou um relatório sobre o assunto ao Professor Dhumeaux … que tinha vínculos de interesse com Gilead na época. No final, no espaço de três anos (2014-2016), a Gilead obteve quase 44 bilhões em lucro líquido acumulado. Um ganho inesperado que levou esse grupo do 40º para o 6º lugar no ranking econômico das empresas farmacêuticas.

Em um dos principais grupos de trabalho criados para este relatório sobre a medicação para hepatite C da Gilead, 12 dos 20 especialistas participaram das reuniões do conselho da GILEAD Sciences, durante o período de preparação das recomendações. E um dos principais especialistas é Yazdan Yazdanpanah, chefe do Serviço de Doenças Infecciosas do Hospital Bichat, em Paris, que atualmente é membro do Conselho Científico Covid-19 e do Comitê de Pesquisa e Análise e Experiência (CARE). Este é, sem dúvida, um dos principais atores na gestão da crise do Covid-19 na França, e seus vínculos com Gilead são numerosos.

Para voltar ao caso da hepatite C pela última vez, em 2013, o professor Dhumeaux recebeu o relatório sobre o tratamento da hepatite C por recomendação de Jean-François Delfraissy, que era na época diretor da Agência Nacional de Pesquisa sobre Aids e Hepatites Virais (ANRS), que também tinha vínculos com Gilead (como muitos hepatologistas) e que não é outro senão o atual presidente do Conselho Científico de Covid- 19 instituído pelo atual Ministro da Saúde da França, Olivier Véran, em 11 de março de 2020.

Yazdanpanah está à frente de um grande consórcio de pesquisa (REACTing) sobre doenças infecciosas desde 2014, na empresa de J.-F. Delfraissy. Em 2014, o comitê diretor do projeto REACT (AVIESAN & INSERM) também incluiu a antropóloga Laetitia Atlani-Duault que, como Y. Yazdanpanah, combina o Conselho Científico e a CARE. Entre as personalidades envolvidas em diferentes graus na governança do REACTing, também encontramos o sociólogo Daniel Benamouzig, o epidemiologista Arnaud Fontanet, o infectiologista Denis Malvy, o virologista Bruno Lina e o ressuscitador Lila Bouadma … todos os membros do conselho científico. A partir daí, pensando que esse conselho é, na realidade, quase um apêndice do REACTing, pilotado por J.-F. Delfraissy e Y. Yazdanpanah.

Além disso, Y. Yazdanpanah também dirige um grande instituto de pesquisa temático do INSERM, onde foi nomeado em 2017 pelo diretor geral do INSERM Yves Lévy, que não é outro senão o marido da ex-ministra da Saúde, Agnès Buzyn, ambos críticos ferrenhos do infectologista de Marselha, Dr. Didier Raoult, que realiza com sucesso o tratamento com a hidroxicloroquina, salvando a vida de milhares de pacientes do coronavírus chinês.

Portanto, o que ocorre na França, nos dá o melhor e o mais visível aspecto do pequeno mundo político e da saúde, cuja oposição frontal a soluções simples e muito baratas, como as propostas pelo professor Didier Raoult com o tratamento com a HCQ, enfrentam uma grande batalha para chegar aos pacientes como opções terapêuticas formalizadas pelas autoridades, seja em casos ambulatoriais ou hospitalizados.

Se os “estudiosos críticos” do professor Raoult tivessem aplicado a mesma objetividade e o mesmo “rigor ético” nos estudos do remdesivir, é provável que nunca tivéssemos ouvido falar do Remdesivir antes de seu endosso pelo governo dos Estados Unidos nos últimos dias. Tudo nesse caso respira decididamente os “padrões duplos”, os jogos de poder e dinheiro e conflitos de interesse. Para o grande desespero dos doentes e dos cuidadores.

Gilead e a China

Vamos mais a fundo. Enquanto ocorre um lobby forte para desqualificar a hidroxicloroquina como o medicamento mais eficaz (atualmente) para tratamento do coronavírus chinês, uma empresa farmacêutica chinesa anuncia que iniciou a produção em massa do medicamento experimental remdesivir, da Gilead Sciences.

A BrightGene Bio-Medical Technology, uma empresa sediada em Suzhou, na China, anunciou em março que desenvolveu a tecnologia para sintetizar os ingredientes farmacêuticos ativos do Remdesivir, o medicamento desenvolvido pela Gilead Biosciences. Durante as negociações na manhã de 31 de março em Xangai, o preço das ações subiu 20%.

Embora a BrightGene tenha dito que planeja licenciar o medicamento da Gilead, a decisão de iniciar a produção nesse estágio inicial é altamente incomum, e ocorreu uma semana depois que pesquisadores chineses do Instituto de Virologia Wuhan registraram a patente do remdesivir.

A decisão de solicitar uma patente em vez de invocar uma opção de “licenciamento compulsório” que permite aos países ignorar patentes de medicamentos em emergências nacionais chama a atenção.

A Gilead reserva os direitos mundiais de comercializar os medicamentos antivirais uma vez aprovados. Ela também anunciou que está trabalhando com as autoridades de saúde chinesas para realizar ensaios clínicos de Remdesivir no tratamento para o coronavírus chinês. O remdesivir foi desenvolvido originalmente em 2016 pela Gilead como um tratamento para o vírus Ebola. Muitos alegaram que a China “roubou” a patente de Gilead por causa de um problema técnico, mas em breve você descobrirá que não é bem assim.

Mas quem exatamente é a Gilead Biosciences? A Gilead faz parceria com a Wuxi Pharmaceuticals (Wuxi AppTec), de propriedade do globalista e manipulador de massa, George Soros.

A Wuxi Pharmaceuticals está convenientemente localizada onde o surto de coronavírus chinês se originou, perto do polêmico Instituto de Virologia Wuhan. O que faz aumentar as suspeitas de que a China tem tanto a “arma biológica” quanto “a cura”. E não vamos esquecer a patente da droga! Quão caridoso você acha que a China será com o Ocidente?

Mas essa história não termina aqui. Segundo o The Gateway Pundit, os médicos do Centro Médico Regional de Providence trataram com sucesso um paciente de coronavírus chinês com o remdesivir em poucas horas. Dado o surto atual que se espalhou pelo mundo rapidamente, é importante olhar para todos os jogadores atuais. Como a Gilead Biosciences está ligada a esse surto viral?

UNITAID

A Gilead endossa e está envolvida em um grupo de compra de medicamentos chamado UNITAID, cujo mandato é criar um “grupo de patentes” para as empresas farmacêuticas compartilharem suas “patentes de medicamentos” com outras empresas, para a produção de genéricos e a distribuição nos países africanos pobres. As royalties da venda desses medicamentos genéricos são então pagas aos detentores de patentes.

UNITAID surgiu da Declaração do Milênio das Nações Unidas de 2000, que agora se tornou o Pacto Global da ONU. O cronograma da Internet mostra que o site da UNITAID, Unitaid.org, também está vinculado ao Refunite.org, uma agência que trabalha com a Agência de Refugiados da ONU, a ACNUR, para “ajudar refugiados com suas famílias através da Internet”.

A UNITAID possui vários financiadores, incluindo: OMS, ONUSIDA, Fundo Global e a Parceria Roll Back Malaria. Além disso, a UNITAID possui patrocínio corporativo de medicamentos com o “Grupo de Patentes de Medicamentos”.

Um investidor bilionário por trás da UNITAID é o próprio George Soros. Mas a UNITAID também é financiada pela Fundação Bill e Melinda Gates, e também tem uma parceria com a Clinton Health Access Initiative (CHAI). E, curiosamente, tanto a UNITAID quanto a Gilead Biosciences apoiaram Hillary Clinton como presidente em 2016.

A UNITAID visa excluir os países de alta e média renda do “grupo de medicamentos”, permitindo que os “países em desenvolvimento” se beneficiem dos preços mais baixos dos medicamentos. Em 2009, o conselho de administração da UNITAID votou para excluir a China e outros países mais lucrativos de considerar países-alvo fora da África. No entanto, desde então, tudo isso mudou e a UNITAID agora inclui a China em seu “grupo de medicamentos”.

As atas do Conselho de Administração da UNITAID de 5 e 6 de dezembro de 2018 em Marraquexe, no Marrocos – coincidindo com a assinatura do Pacto Global das Nações Unidas sobre Migração – declararam o seguinte:

O REPRESENTANTE DA OMS informou o Conselho de Administração de uma recente reunião coordenada pela OMS com vários parceiros globais de saúde (GPEI, GFF, Gavi, Unitaid, Fundo Global) para apoiar o desenvolvimento de uma história comum de saúde. Em relação ao envolvimento parlamentar, ele informou um novo memorando de entendimento entre a OMS e a União Interparlamentar e incentivou a Unitaid a desenvolver esse compromisso em seu trabalho no país. Ele destacou o importante papel dos membros do conselho no apoio ao secretariado da Unitaid, abrindo novas portas e usando as conexões políticas e outras existentes. Ele também deu um feedback positivo sobre a recente visita da Unitaid-OMS à China, que explorou o potencial de envolvimento.

Um ano depois, agora temos uma pandemia global que emergiu da China e os chineses são os detentores da patente de medicamentos para tratamento. Além disso, a China também foi incluída na iniciativa UNITAID das Nações Unidas, que aproveitará os preços mais baixos dos medicamentos. E a Gilead, um dos principais apoiadores da UNITAID, também anunciou que está colaborando com as autoridades de saúde chinesas nos ensaios clínicos do Remdesivir como tratamento para o coronavírus chinês. Uma vez aprovado, a Gilead mantém os direitos mundiais de comercializar o medicamento antiviral remdesevir.

A UNITAID é a ONU e esta é a bioguerra na qual eles controlam os medicamentos. Portanto, a China não roubou a patente de Gilead. A Gilead foi um participante disposto, e até colaborando com o governo chinês em ensaios clínicos.

Ciências sociais

Com quase US $ 1,2 trilhão em faturamento em 2019, um aumento de três vezes desde o início do século XXI, a indústria farmacêutica se tornou um dos maiores setores industriais nos últimos 30 anos do mundo, e talvez o mais rentável de todos. Ela impõem seus interesses e desenvolve suas estratégias de maximização de lucro como aquisições, trapaça nos preços, lobby intenso, e o uso de ajuda pública em seu benefício.

O arquivo “Pharma Papers” do site de investigação Basta! descreve esse mundo das ‘”Big Pharmas”. O mercado global de medicamentos é dominado principalmente por quatro países: Estados Unidos (Pfizer, Merck, Eli Lilly, AbbVie, Amgen, Gilead e Johnson & Johnson), Suíça (Novartis e Roche), França (Sanofi) e Grã-Bretanha (GlaxoSmithKline e AstraZeneca). Os chefes dessas empresas estão entre os mais bem pagos do mundo (10 milhões de euros para o chefe da Sanofi em 2017). Listadas no mercado de ações, elas contribuem muito para a evolução dos mercados financeiros e os dividendos que pagam a seus acionistas estão entre os maiores do mundo (quase US $ 1 trilhão em lucros nos últimos 10 anos). Tornaram-se, portanto, um ator central no poder financeiro exercido no mundo.

Esses grupos farmacêuticos muito grandes não apenas dominam o mercado global de medicamentos, mas também influenciam cada vez mais a ciência médica. Os famosos ensaios clínicos (ou terapêuticos) são amplamente financiados e realizados por esses fabricantes, às vezes a pedido de agências reguladoras. É nesse movimento político-industrial que a famosa “Medicina Baseada em Evidências” e seus agora famosos métodos estatísticos de randomização foram estabelecidos.

Assim, um número crescente de médicos-pesquisadores multiplica as publicações sobre doenças e medicamentos, mesmo quando eles não têm mais prática como médicos. Os laboratórios pagam por estudos que testam seus medicamentos, determinam os protocolos e chegam a pagar vários milhares de dólares por paciente incluído no estudo. Eles também organizam conselhos e outras “reuniões estratégicas” nas quais os médicos são envolvidos na determinação de projetos de laboratório e pelos quais os mesmos médicos recebem frequentemente 1.500 euros por dia. Os laboratórios também financiam a viagem e todas as despesas de hotel e restaurante desses médicos pesquisadores, para que eles possam apresentar seus resultados em conferências internacionais, cuja organização global é – mesmo em grande parte financiada por laboratórios.

Em alguns casos, os grupos industriais chegam ao ponto de realizar os estudos em seus laboratórios e propõem a médicos universitários mais ou menos renomados que os assinem com seus nomes. Isso se chama ‘ghostwriting’ (uma pessoa cujo trabalho é escrever material para outra pessoa que é o autor nomeado) e deu origem a muitas fraudes e práticas perigosas para a saúde pública nos últimos 30 anos.

Alguns anos atrás, o site Regardscitoyens.org publicou que 2,5 milhões de presentes foram feitos entre janeiro de 2012 e junho 2014 por laboratórios farmacêuticos, principalmente para médicos, por um valor total de cerca de 245 milhões de euros. Trata-se de um sistema organizado de tráfico de influência, pura corrupção.

Controle da “Ciência”, controle da informação

Para a indústria farmacêutica, o controle da produção científica no mundo da pesquisa médica é apenas um elemento da estratégia geral de controle de informações. Por incrível que pareça, essa estratégia é expressa primeiro no controle das empresas farmacêuticas sobre a educação continuada obrigatória para os médicos. Essa prática antiga foi formalizada em muitos países, como na França, que em novembro de 2006, quando o então ministro da Saúde, Xavier Bertrand, assinou um acordo e um código de boas práticas com o sindicato das empresas farmacêuticas (Les entreprises du medicament, LEEM), acordo fortemente denunciado na época pelo Formindep (associação que luta contra a interferência de interesses comerciais ou ordens administrativas em treinamentos e informações médicas, bem como na cadeia de atendimento). Então, essa estratégia naturalmente se estende a um lobby muito intenso para funcionários eleitos e agências governamentais nacionais e internacionais que regulam o campo da saúde pública.

Mostrando o exemplo na França, a Alta Autoridade para Transparência na Vida Pública (HATVP) identifica esses lobbies. O LEEM, representando 266 laboratórios ou empresas farmacêuticas em todo o mundo, gastou quase 1 milhão de euros em lobby oficial na França em 2018. Em 2019, o grupo Gilead Sciences empregou 4 pessoas e gastou entre 400 e 500.000 euros em atividades de lobby somente com parlamentares franceses. E isso é apenas uma pequena parte da estratégia de influência global da Gilead que, no total, gastaria a soma colossal de US $ 65 milhões nos últimos 7 anos para estabelecer sua influência na França, tanto com profissionais como com instituições. Imagine então essa influência no mundo?

O que ocorre na França é um reflexo do que deve ocorrer também em outros países, inclusive no Brasil.

Consequências

Quais consequências isso tudo traz para os países excluídos da compra de medicamentos mais baratos para tratamento? Nossas economias ficarão reféns do comunismo chinês? A epidemia de coronavírus chinês foi o veículo para George Soros, Bill Gates e as Nações Unidas implementarem seus planos de interesses?

E a mais importante questão: Você compreende o verdadeiro motivo pelo qual a mídia marrom, os governos mundiais e organismos poderosos se uniram para desacreditar a hidroxicloroquina – um medicamento sem patente, muito barato e eficaz no tratamento do coronavírus chinês, principalmente quando os sintomas ainda são leves, podendo evitar o agravamento da doença ou a morte de milhões de pessoas?

Não há lucro no uso da hidroxicloroquina. Mas ela salva.

Que Deus tenha misericórdia de nós.

Fontes: Bastamag.net; thegatewaypundit.com; laurent-mucchielli.org; forbes.comtime.comnationalpost.comnatlawreview.com e wxpress.wuxiapptec.com.

Cristã e Correspondente Internacional na Europa.

Fonte: Conexão Política

 

Continuar lendo DENÚNCIA: LOBBY DE INDUSTRIA FARMACÊUTICA TENTA DESQUALIFICAR A HIDROXICLOROQUINA PARA PROMOVER O REMDESIVIR VISANDO ALTA LUCRATIVIDADE

DENÚNCIA: ROBERTO JEFFERSON DIZ QUE MAIA PREPARA GOLPE PARA DERRUBAR BOLSONARO

Roberto Jefferson diz que Maia prepara golpe para derrubar Bolsonaro

As declarações foram feitas neste domingo (19)

Valter Campanato | Agência Brasil

O deputado federal Roberto Jefferson (PTB-RJ) afirmou, em live na internet na noite deste domingo (19), que o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), prepara um golpe contra o presidente Jair Bolsonaro.

As declarações foram concedidas durante uma conversa com o jornalista Oswaldo Eustáquio.

Segundo ele, Maia já encomendou um pedido de impeachment ao presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Felipe Santa Cruz, contra o presidente da República.

“Há um projeto em curso para tentar impedir o presidente Bolsonaro”, denunciou o parlamentar. “O pedido de impeachment fica na gaveta aguardando um momento oportuno”, continuou.

A justificativa dele é que pedido seria em prol da ingovernabilidade do presidente.

“Quando a pauta do Congresso Nacional não é do governo, o presidente está ingovernável. A ingovernabilidade é motivo para pedido de impeachment”, explicou.

Roberto Jefferson disse que, para justificar o impeachment, Rodrigo Maia está colocando as próprias pautas a frente das pautas do governo na Câmara.

“O Rodrigo Maia e o [Davi] Alcolumbre [presidente do Senado], liderado pelo Maia, vêm tomando a agenda política das mãos do presidente Bolsonaro.”

Reeleição

O parlamentar ainda denunciou uma suposta tentativa de golpe de Rodrigo Maia para permanecer na presidência na Câmara.

Vale destacar que o mandato de Msia encerra em fevereiro e ele não pode concorrer à reeleição.

Maia, de acordo com os relatos de Jefferson, fez um grande movimento para resgatar a PEC 101, de 2003, que permite que um deputado presida a Casa mais de uma vez na mesma legislatura.

A proposta já passou pelas comissões e está pronta para ir ao plenário.

“Há pressão dentro da Câmara pela reeleição”, disse.

Ele ainda assegurou que Maia tem buscado fechar um acordo com a oposição para conduzir o impeachment de Bolsonaro. Em troca, Maia receberia a reeleição para a presidência da Câmara.

“Esse escândalo, essa violência institucional, está para ser praticada a qualquer momento”, alertou. “O presidente tem que agir imediatamente”.

Fonte: Conexão Política

Continuar lendo DENÚNCIA: ROBERTO JEFFERSON DIZ QUE MAIA PREPARA GOLPE PARA DERRUBAR BOLSONARO

DENÚNCIA: A FARRA DAS PASSAGENS AÉREAS NO CONGRESSO CONTINUA NA CARA DE PAU

Na coluna DENÚNCIA desta terça-feira temos mais um dos absurdos da política brasileira que não para de acontecer. Na cara de pau os parlamentares vão torrando o nosso dinheiro com viagens mirabolantes e também lavando o recurso que deveria ser utilizado com passagens aéreas para ir do seu domicílio para Brasilia e depois voltar, como é o caso do senhor Rodrigo Maia que já foi denunciado aqui no nosso EDITORIAL ainda ontem. O presidente da Câmara Federal, que em tempos difíceis deveria ser exemplo de austeridade, fez nada mais, nada menos do que 796 viagens nos jatinhos da FAB nos últimos 2 anos. E eu pergunto mais uma vez: E a verba que deveria ser utilizada com passagens aéreas para ir trabalhar o que foi feito dela? 

A manchete do artigo a seguir comprova tudo que acabei de dizer. Por isso, meu(inha) caro(a) leitor(a), leia o texto completo a seguir, se indigne como eu e tome uma atitude!

Gastos da Câmara com viagens oficiais aumentaram 50% em 2019

Marcos Rocha

Publicado em 

Por  

 

Gastos da Câmara com viagens oficiais aumentaram 50% em 2019 16

Reprodução

O valor representa um aumento de 50,3% em relação às despesas de 2018, quando foi registrado gasto total de R$ 7,9 milhões.

Os dados foram obtidos por meio da Lei de Acesso à Informação e representaram valores já corrigidos pela inflação.

As missões oficiais são viagens feitas por deputados ou servidores que participam de eventos relacionados ao trabalho do Legislativo ou a assuntos tratados no parlamento.

Essas viagens precisam de autorização do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e as despesas não são contabilizadas dentro do valor reservado para a Cota para o Exercício da Atividade Parlamentar (Ceap), que já garante um dinheiro mensal para gastos de deputados com passagem aérea, hospedagem, combustível, aluguel de escritório, contratação de consultoria e de serviços de segurança, entre outros.

Em 2019, 217 deputados e 62 servidores viajaram para missões oficiais no Brasil e para 106 cidades de 61 países do mundo.

Em nota, a Câmara dos Deputados diz que o mais correto é comparar as despesas de 2019 com as de 2015, os primeiros anos das 55ª e 56ª legislaturas, porque “o ano de 2018, fim de legislatura e ano eleitoral, se caracteriza por uma redução no volume de viagens oficiais autorizadas, especialmente nas internacionais”.

No entanto, ainda assim houve aumento de 17,7% na comparação de 2019 com 2015.

Segundo a Casa, “o aumento do dólar também colaborou para o aumento dos valores gastos com viagens oficiais, em especial as internacionais”.

FALE COMIGO: contatomarcosrocha@icloud.com | Residente e natural de Campo Grande (MS), editor-chefe do Conexão Política e estudante de Ciências Jurídicas.

Fonte: Conexão Política

Continuar lendo DENÚNCIA: A FARRA DAS PASSAGENS AÉREAS NO CONGRESSO CONTINUA NA CARA DE PAU

DENÚNCIA: CRUSOÉ DENUNCIA A FARRA DO JUDICIÁRIO NA USINA DE ITAIPÚ

Na nossa coluna DENÚNCIA deste domingo trago uma reportagem da Revista Crusoé de 09/08/2019 que, pelo fato desta revista eletrônica ser restrita a assinantes e sendo assim só alcança uma fatia muito pequena dos cidadãos, bem como pelo fato de também conter bloqueios que evitam o copiar e colar não chegou à grande maioria da população brasileira. Mas trata-se de algo realmente estarrecedor é agora aproveito para divulgar esperando que você leitor também ajude a espalhar essa notícia. O povo brasileiro, principalmente aquele cidadão mais simples precisa saber o que se passa nos bastidores do judiciário brasileiro. Essa farra não pode continuar acontecendo descaradamente. Precisamos acabar com isso e punir esses bandidos togados do STF. Leia o artigo completo da revista Crusoé  a seguir, se indigne profundamente e passe adiante!

Continuar lendo DENÚNCIA: CRUSOÉ DENUNCIA A FARRA DO JUDICIÁRIO NA USINA DE ITAIPÚ

DENÚNCIA: BOLSONARO REVELA QUE ASSESSOR DE CAMPANHA PARTICIPOU DA TRAMA PARA ASSASSINÁ-LO

Nesta sexta-feira a notícia da hora na coluna DENÚNCIA é a revelação feita por Bolsonaro sobre a participação de um assessor seu de campanha no atentado a faca. Ele diz que esse assessor queria ser vice. Leia o artigo completo a seguir e tire suas conclusões!

Bolsonaro diz que assessor de campanha participou do plano para assassiná-lo

A declaração aconteceu em entrevista exclusiva a VEJA.

Redação

Publicado em 20.12.2019

Por  

 

Alan Santos / PR

O presidente não revelou o nome da pessoa em que faz menção.

Contudo, ao longo da entrevista, ele deu detalhes que indicam ser um ex-ministro.

O motivo, segundo ele, seria uma vingança por não ter optado pelo o ex-assessor como candidato a vice.

O meu sentimento é que esse atentado teve a mão de 70% da esquerda, 20% de quem estava do meu lado e 10% de outros interesses. Tinha uma pessoa do meu lado que queria ser vice. O cara detonava todas as pessoas com quem eu conversava. Liguei para convidar o Mourão às 5 da manhã do dia em que terminava o prazo de inscrição. Se ele não tivesse atendido, o vice seria essa pessoa. Depois disso, eu passei a valer alguns milhões deitado”, afirmou.

Continuar lendo DENÚNCIA: BOLSONARO REVELA QUE ASSESSOR DE CAMPANHA PARTICIPOU DA TRAMA PARA ASSASSINÁ-LO

DENÚNCIA: A HORA DA VERDADE! COM APOIO DE MORO E DA SOCIEDADE PARLAMENTARES CHUTAM O BALDE E REVELAM TUDO!

Resolvi publicar na coluna DENÚNCIA desta sexta-feira um vídeo que todo brasileiro deveria assistir para ter a real noção do que está acontecendo no congresso nacional. Para conhecer quem são os bravos senadores e deputados que estão lutando de verdade pelos interesses do cidadão brasileiro e ter, também, a real noção dos riscos que a nossa débil e frágil democracia está correndo. Por isso peço que assista o vídeo completo a seguir e se uma aos que querem libertar esse país desse câncer da esquerda patológica!

Fonte:

Continuar lendo DENÚNCIA: A HORA DA VERDADE! COM APOIO DE MORO E DA SOCIEDADE PARLAMENTARES CHUTAM O BALDE E REVELAM TUDO!

DENÚNCIA: MAIS UM ALERTA SOBRE A PEC DA FARRA DAS EMENDAS PARLAMENTARES

Na coluna DENÚNCIA desta quarta-feira temos mais um alerta de O Antagonista sobre a tramitação da PEC 048/19, de autoria da ex-senadora e atual deputada federal Gleisi Hoffmann que na semana passada, foi aprovada na Câmara que irá proporcionar mais farras com dinheiro público. Em um intervalo de minutos, o plenário votou em dois turnos o texto que pode turbinar as campanhas de 2020 com emendas parlamentares. Preste atenção ao serviço meu caro leitor!

Fonte:

Continuar lendo DENÚNCIA: MAIS UM ALERTA SOBRE A PEC DA FARRA DAS EMENDAS PARLAMENTARES

GEOPOLÍTICA: A VERDADE SOBRE A REVOLUÇÃO NA BOLÍVIA

Caro(a) leitor(a),

Todos os brasileiros precisam saber a verdade sobre o que realmente está acontecendo na Bolívia, pois esta é a maior lição e o melhor exemplo que podemos ter do que é um governo ditatorial socialista. Um governo que se utiliza dos instrumentos da democracia para implementar um projeto de poder e nele se eternizar a custa do sacrifício, do retrocesso e da miséria alheia. Um governo reducionista que relegou a economia do país a monocultura da coca e a custa do tráfico de drogas. Que condenou o seu povo a ignorância e ao sub-emprego. Já dizia um grande filósofo: “Os inteligentes aprendem com os erros dos outros, os medíocres aprende com os seus próprios erros e os imbecis nunca aprendem”. Por isso o povo brasileiro tem a oportunidade de aprender com os erros dos nossos irmãos vizinhos, que já é bastante triste e cruel e não deixar que essa miséria humana também chegue até aqui!

“Esse é o momento mais delicado, um novo presidente e novas eleições. Os delinquentes, com o dinheiro do povo, continuam espalhando terror e morte por aqui. Naão se pode confiar neles porque eles doutrinaram os camponeses e pessoas pobres contra o cidadão comum, e vai ser difícil retirar essa crença. E ainda falam de golpe, um narcogoverno do pior”.

“Eles continuam a guerra do terror. Queimaram 63 ônibus, há dois quarteirões da minha casa que estavam na garagem da empresa. Eles, com pedras, quebraram todos os vidros das casas da vizinhança. São pagos pelo governo de Evos Morales”. (Uma brasileira que mora na Bolívia e está aterrorizada e trancada em sua casa há mais de uma semana).

Essa é a verdade sobre Evo Morales!

Essa é a turba da destruição de Evo Morales!

Fonte: Uma brasileira que mora na Bolívia

Continuar lendo GEOPOLÍTICA: A VERDADE SOBRE A REVOLUÇÃO NA BOLÍVIA

DENÚNCIA: COMPARSA DO ASSASSINO DE MARIELE CONFESSA QUE FOI ASSESSOR DE LINDBERGH FARIA

Na coluna DENÚNCIA desta quarta-feira temos uma revelação que pode mudar o rumo das investigação do assassinato de Mariele. O comparsa do assassino confessa que já foi assessor de Lindbergh Farias. É mole ou quer mais? Assista ao vídeo e tire suas conclusões!

“Assassino” de Marielle revela que foi assessor do PT na gestão de Lindbergh (veja o vídeo)

Elcio Queiroz já foi assessor numa gestão petista.

Em Nova Iguaçú, quando o prefeito era Lindbergh Farias.

Aliás, que dia horrível para o ‘lindinho’.

Teve os direitos políticos cassados pela Justiça e sua relação com o ‘miliciano’ revelada.

Quem é que trabalha com miliciano mesmo?

Veja o vídeo:

 Élcio Queiroz é apontado como o motorista do carro que perseguiu a vereadora Marielle Franco no dia de seu assassinato. Ao seu lado estaria o também ex-PM Ronnie Lessa, acusado de ser o autor dos disparos que matou a vereadora e seu motorista, em março de 2018.

da Redação

Fonte: Jornal da Cidade On Line

Continuar lendo DENÚNCIA: COMPARSA DO ASSASSINO DE MARIELE CONFESSA QUE FOI ASSESSOR DE LINDBERGH FARIA

DENÚNCIA: CARLOS BOLSONARO APRESENTA PROVAS DE QUE NÃO HOUVE LIGAÇÃO PARA A CASA DO PRESIDENTE

Na coluna DENÚNCIA desta quarta-feira o filho do presidente, Carlos Bolsonaro, mostra a prova cabal de que não houve ligação alguma para casa de Jair Bolsonaro. Assista ao vídeo que desmascara a armação para envolver o presidente com a morte de Marielle Franco. Existe um complô macabro da esquerda em toda a América Latina para entronizar novamente a esquerda. Vamos abrir do olho!

URGENTE: Carlos Bolsonaro prova que não houve ligação da portaria para a casa de Jair Bolsonaro (veja o vídeo)

Ele mostra que não houve nenhuma ligação da portaria para a casa de número 58, onde mora Jair Bolsonaro no dia da morte da ex-vereadora do Rio de Janeiro, Marielle Franco. Carlos desmonta assim a farsa noticiada pela Rede Globo, que sustentou que o porteiro teria confirmado que Bolsonaro teria permitido a entrada de Élcio Queiroz no condomínio no dia do crime.

Continuar lendo DENÚNCIA: CARLOS BOLSONARO APRESENTA PROVAS DE QUE NÃO HOUVE LIGAÇÃO PARA A CASA DO PRESIDENTE

DENÚNCIA: A CARTILHA SOBRE SEXUALIDADE E GÊNERO NA INFÂNCIA É REAL

Caro(a) leitor(a),

A polêmica cartilha denunciada por Bolsonaro ainda quando candidato à presidência da república e que muita gente disse que não era verdadeira que mentira de Bolsonaro, ela realmente existe e, apesar de toda aquela polêmica e da publicidade em torno do assunto continua sendo distribuída e utilizada pelos professores nos governos petistas. É uma erva daninha que continua a germinar insistentemente. O deputado estadual André Fernandes do Ceará denuncia em vídeo postado a seguir a manipulação dessa cartilha nas creches de crianças de 0 a 6 anos de Fortaleza. Um absurdo que é difícil até de imaginar, mas é real. Vídeos de denúncia como esse precisam viralizar nas redes sociais, pois essas coisas são feitas na surdina, no subterrâneo das instituições e não pode mais proliferar. Assista ao vídeo e pasme!

Fonte: redes sociais

Continuar lendo DENÚNCIA: A CARTILHA SOBRE SEXUALIDADE E GÊNERO NA INFÂNCIA É REAL

DENÚNCIA: SAIBA O QUE A “EMINÊNCIA PARDA” DO GILMAR MENDES DIZIA EM 2015 E 2019

Caro(a) leitor(a),

Cabe a nós brasileiros que pagamos os nossos impostos denunciar certa casta de indivíduos que mancham a honra e a imagem do nosso país além do fato de enriquecer ilicitamente a custa do cargo e do poder que detém. Essa é uma dessas oportunidades de ouro. Vamos viralizar o vídeo a seguir para que todos os brasileiros e os estrangeiros também tomem conhecimento dessa “Eminência Parda”, antes e depois de as investigações da Polícia Federal e do MPF lhe alcançarem os calcanhares!

Fonte:

Publicado em 29 de ago de 2019

Continuar lendo DENÚNCIA: SAIBA O QUE A “EMINÊNCIA PARDA” DO GILMAR MENDES DIZIA EM 2015 E 2019

MANIFESTAÇÕES: DIA 25 PELO IMPEACHMENT DOS MINISTROS DO STF E PELA DESAPROVAÇÃO DO AUMENTO DO FUNDO PARTIDÁRIO

Caro(a) leitor(a),

Na coluna MANIFESTAÇÕES desta quinta-feira estou publicando uma parte da ENTREVISTA com os representantes do Movimento Nas Ruas, conclamando o povo para ir às ruas no dia 25 de Agosto contra a intenção dos parlamentares que querem aumentar o Fundo Partidário dos já IMORAIS 1,7 bilhão de reais para 3,7 bilhões de reais. Um verdadeiro descaramento que o povo não pode deixar passar em hipótese alguma. Temos que ser vigilantes, pois como diz o velho ditado: “A ocasião é que faz o ladrão” e, infelizmente, no nosso país ainda não chegou o tempo em que cada cidadão agirá segundo a sua própria consciência. O Movimento deste dia 25 ainda vai pressionar o senado pelo impeachment de 4 dos ministros do STF. Portanto, solicito que repassem este vídeo com muita força, para a maior quantidade de pessoas possível para que no dia 25  o máximo de pessoas vão paras as ruas dar a sua contribuição á nossa débil democracia. Para fazer dessa débil democracia uma democracia forte, madura e dinâmica. 

Fonte: 

Publicado em 13 de ago de 2019

Continuar lendo MANIFESTAÇÕES: DIA 25 PELO IMPEACHMENT DOS MINISTROS DO STF E PELA DESAPROVAÇÃO DO AUMENTO DO FUNDO PARTIDÁRIO

DENÚNCIA: ALERTA PARA BOLSONARO NA INDICAÇÃO DO PRÓXIMO PGR

Na coluna DENÚNCIA desta segunda-feira fica aqui um alerta para Bolsonaro quanto a escolha do próximo Procurador Geral da República que virá a substituir Raquel Dodge. Leia o artigo a seguir e tire suas conclusões!

A PGR sob alto risco e a amizade íntima entre o subprocurador Paulo Gonet e o ministro Gilmar Mendes

Uma reportagem publicada na revista Caras revela o altíssimo grau de intimidade existente entre o subprocurador da República Paulo Gonet e o casal Gilmar e Guiomar Mendes.

A comemoração do aniversário de dona Guiomar foi realizada na mansão de Gonet, com toda a pompa e convidados ilustríssimos, entre eles o ex-presidente José Sarney.

Vejam o que diz matéria da Revista Caras:

“A comemoração dos 59 anos da advogada Guiomar Mendes foi repleta de momentos emocionantes. Realizada na residência do casal Flávia (38) e Paulo Gonet (50), uma das mais charmosas do Lago Sul, em Brasília, a festa reuniu, além dos familiares, amigos que Guiomar, nascida em Fortaleza, conquistou ao longo dos seus 36 anos morando na capital federal. ‘Ganhei este carinho da Flávia e do Paulo, de quem somos amigos. Quem estava em Brasília, veio’, garante ela, ao lado do marido, o ministro do Supremo Tribunal Federal, STF, Gilmar Mendes.”

 

Pelo lado do PSL, a deputada Bia Kicis – que foi colega de faculdade do subprocurador – tem sido a grande alavancadora desta pretensão nefasta.

Curiosamente, numa live divulgada neste domingo (11), Bia tece críticas ao ministro Gilmar Mendes e as suas estapafúrdias decisões.

Infelizmente, a ilustre parlamentar do PSL, sempre aguerrida e determinada, ainda não se deu conta de que caso a escolha recaia sobre o nome de Paulo Gonet, estará fatalmente representando o extraordinário fortalecimento do ministro e o consequente enfraquecimento da Operação Lava Jato.

Com tantos procuradores, inadmissível que o próximo PGR seja um amigo íntimo do maior inimigo da Lava Jato. Aliás, além de amigos íntimos, Gilmar e Gonet compartilham das mesmas ideias, visto que até livro escreveram juntos.

da Redação

Fonte: Jornal da Cidade On Line

Continuar lendo DENÚNCIA: ALERTA PARA BOLSONARO NA INDICAÇÃO DO PRÓXIMO PGR

DENÚNCIA: A QUANTIDADE DE AMBULANTES NA PRAIA DE PONTA NEGRA EXORBITA O BEM ESTAR E A PRIVACIDADE DOS BANHISTAS

Na coluna DENÚNCIA desta segunda-feira uma situação que precisa ser resolvida com urgência pela Prefeitura de Natal, que é a quantidade de ambulantes que já está insuportável pelos banhistas e frequentadores da praia de Ponta Negra.

Banhistas e ambulantes pedem mais regularização em Ponta Negra

Reportagem do Agora RN constatou que, para os frequentadores do local, o número de vendedores tira a privacidade e não permite “tranquilidade”

José Aldenir / Agora RN

Banhistas são abordados por ambulantes em Ponta Negra

Bem vindo ao Player Audima. Clique TAB para navegar entre os botões, ou aperte CONTROL PONTO para dar PLAY. CONTROL PONTO E VÍRGULA ou BARRA para avançar. CONTROL VÍRGULA para retroceder. ALT PONTO E VÍRGULA ou BARRA para acelerar a velocidade de leitura. ALT VÍRGULA para desacelerar a velocidade de leitura.Ouça: Agora RN » Banhistas e ambulantes pedem mais regularização em Ponta Negra0:00100%Audima

Banhistas de Ponta Negra reclamaram da quantidade de ambulantes que circulam pela praia. Reportagem do Agora RN constatou que, para os frequentadores do local, o número de vendedores tira a privacidade e não permite “tranquilidade” durante a caminhada pela orla. Os usuários da praia também afirmam que se sentem incomodados com as abordagens dos vendedores.

“Ponta Negra sofre com a invasão dos camelôs. Você não consegue fazer uma caminhada de 1 km sem ser abordado por, no mínimo, 30 vendedores e donos de barracas. As pessoas não te dão a liberdade de fazer uma caminhada tranquila. Você sempre tem que estar respondendo ‘não quero’. Se você for a João Pessoa ou Fortaleza, a orla é muito melhor de passear. Isso também é questão de educação das pessoas”, reclamou o banhista Marcos Paulo, 32.

Os ambulantes recebem reclamações não só de frequentadores que residem na cidade, como também de turistas, que por falta de costume, sentem estranheza na quantidade de abordagens feitas pelos vendedores. De acordo a gaúcha, Paula Martins, 40, que está passando suas férias em Natal, chega a ser “cansativo” responder às diversas aproximações dos vendedores.

“Para nós que não somos acostumados é bem diferente. Lá tem também, mas não nessa quantidade. Eu que estou de férias, acho um pouco cansativo, não consigo descansar nem um pouco. Temos que estar dando atenção o tempo inteiro. Estou aqui desde ontem, mas já fui muito abordada”, queixou-se.

No intuito de resolver o problema com o número de ambulantes, o Plano de Ordenamento, Gestão e Fiscalização Integrada da orla de Ponta Negra foi iniciado em 2017 pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb), em conjunto com a Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (Semsur). A ideia é organizar e regulamentar a ocupação de espaços públicos na praia quanto à ação dos vendedores, além de impedir a prática de atividades que possam causar poluição e degradação ambiental.

Porém, para o ambulante Luciano, 39, que trabalha há 27 anos em Ponta Negra, as ausências de fiscais no local e ações de supervisionamentos frequentes são motivos que fazem com que camelôs que não são frequentadores diários da praia, passem a ocupar a orla nas épocas de “alta estação”. Isso, segundo ele, provoca a superlotação de vendedores no local, ocasionando a “revolta” dos banhistas.

“Sempre antes da alta temporada, eles começam a fiscalizar, dizendo que vai haver mudanças, mas como não se fazem presentes, vem gente de tudo que é lugar e enche a praia. É daí que vem essa poluição visual e o excesso de ambulantes, vem muita gente de fora só para uma temporada, aproveitando não ter fiscalização. Sou de acordo com organizar, cadastrar, colocar um limite e especificar quem é da praia todo dia e quem não é. Tem gente que chega do jeito que quer, trabalha de qualquer forma, isto só prejudica nós que estamos aqui todos os dias e vivemos da praia”, afirmou.

O chefe do Setor de Fiscalização da Semsur, Carlos Falcão, explicou que as fiscalizações não são realizadas “cotidianamente” devido ao efetivo deficitário de agentes da Semurb, secretaria que auxilia na inspeção, o que dificulta na frequência da supervisão, mas esclareceu que existem ações planejadas para o mês de agosto. Falcão também declarou que as cobranças feitas de regularização dos ambulantes não competem à Semsur, uma vez que estão cobrando um ponto fixo na orla.

“A fiscalização deveria ser mais cotidiana, mas infelizmente temos um déficit no efetivo da Semurb. Neste mês de agosto, estamos retornando, temos a expectativa de que na terça-feira, tenha uma ação pela praia. Outro ponto é a regularização cobrada pelos ambulantes. Eles querem um ponto fixo, o que os faz deixar de ser ambulantes, aí já compete a outra demanda judicial”, comentou.

Segundo a Semurb, neste mês de agosto a pasta pretende retornar o cronograma normal de ações para fiscalizações por Ponta Negra. Caso as medidas estabelecidas não estejam sendo cumpridas, os vendedores e ambulantes correm o risco de serem multados e terem suas mercadorias apreendidas.

Fonte: Agora RN

Continuar lendo DENÚNCIA: A QUANTIDADE DE AMBULANTES NA PRAIA DE PONTA NEGRA EXORBITA O BEM ESTAR E A PRIVACIDADE DOS BANHISTAS

PRIMEIRAS NOTÍCIAS DESTE SÁBADO

Diretor do Inpe anuncia que será exonerado após os ataques de Bolsonaro aos dados do desmatamento. A devastação da Amazônia é destaque na imprensa estrangeira. Depois da derrota no STF, o presidente reconhece que errou ao transferir a demarcação de terras indígenas da Funai para a Agricultura. Marco Aurélio manda soltar Elias Maluco. Três suspeitos de hackear autoridades ficarão isolados em presídios. Novo capítulo na guerra comercial entre EUA e China mexe com os mercados no mundo. Frente fria faz o tempo virar no Brasil. E conheça o ‘pop de playlist’, a nova estratégia das gravadoras para dominar as paradas musicais.

INTERNACIONAIS

Militares em helicóptero jogam sacos de areia para evitar rompimento de barreira de represa em Whaley Bridge, na Inglaterra, nesta sexta-feira (2) — Foto: Phil Noble/ Reuters

Militares em helicóptero jogam sacos de areia para evitar rompimento de barreira de represa em Whaley Bridge, na Inglaterra, nesta sexta-feira (2) — Foto: Phil Noble/ Reuters

EUA x China

Presidente da China, Xi Jinping, e presidente dos EUA, Donald Trump, se cumprimentam em imagem de novembro de 2017. — Foto: Damir Sagolj/Reuters

Presidente da China, Xi Jinping, e presidente dos EUA, Donald Trump, se cumprimentam em imagem de novembro de 2017. — Foto: Damir Sagolj/Reuters

A China prometeu represálias aos EUA após as ameaças de Trump de impor novas tarifas de importações. O fim da trégua na guerra comercial entre os dois países repercutiu nos mercados pelo mundo, e as bolsas asiáticas e europeias fecharam em queda nesta sexta. No Brasil, o dólar encostou nos R$ 3,90.

Amazônia lá fora

Os alertas do desmatamento no Brasil registraram alta de 88% em junho e de 212% em julho. E além de ganhar destaque no Brasil, o avanço do desmatamento foi noticiado pela revista ‘The Economist’ e outras publicações estrangeiras.

A publicação inglesa diz que o presidente Jair Bolsonaro “deixou claro para os infratores que eles não têm nada a temer”.

The Economist

@TheEconomist

The Amazon is perilously close to the tipping-point. Brazil has the power to save Earth’s greatest rainforest—or destroy it. Our cover this week https://econ.st/2SX6vEL

View image on Twitter

NACIONAIS

Demissão no Inpe

Bolsonaro e Ricardo Galvão — Foto: Marcos Corrêa/PR; LUCAS LACAZ RUIZ/ESTADÃO CONTEÚDO

Bolsonaro e Ricardo Galvão — Foto: Marcos Corrêa/PR; LUCAS LACAZ RUIZ/ESTADÃO CONTEÚDO

O atrito entre Bolsonaro e o Inpe rendeu mais uma demissão no governo. O diretor do instituto, Ricardo Galvão, anunciou que vai perder o cargodepois das críticas do presidente sobre os dados do desmatamento na Amazônia.

Há duas semanas, Bolsonaro acusou o Inpe de mentir ao divulgar números que mostram o avanço da devastação e de estar a serviço de uma ONG. Ontem, o governo voltou a afirmar que os dados estão errados e que prejudicam o país.

Ao anunciar que será demitido, Galvão disse que o ‘embate’ com Bolsonaro tornou impossível continuar à frente do Inpe.

A notícia da troca na diretoria do órgão responsável pelo monitoramento do desmatamento na Amazônia provocou reações entre ambientalistas.

“Vemos com preocupação a dispensa de um quadro técnico de alta e reconhecida excelência, esperando que não seja um prenúncio de que as informações –estratégicas sobre o desmatamento no nosso país – serão censuradas ou alteradas”, afirmou a WWF em nota.

Reportagem do jornal americano ‘The New York Times’ também noticiou o assunto em reportagem que diz que a destruição da Amazônia aumentou rapidamente “desde que o novo presidente de direita assumiu o poder”.

Bolsonaro admite erro

'Falha minha', diz Bolsonaro sobre reeditar MP para mudar demarcação de terras indígenas

‘Falha minha’, diz Bolsonaro sobre reeditar MP para mudar demarcação de terras indígenas

Bolsonaro reconheceu que errou ao assinar a medida provisória que transferia a demarcação das terras indígenas da Funai para o Ministério da Agricultura.

O STF manteve a suspensão de trecho da MP, alegando que o presidente não poderia ter assinado a mudança porque o Congresso já havia rejeitado proposta semelhante.

“Teve uma falha nossa, eu já adverti a minha assessoria, teve uma falha nossa. A gente não poderia no mesmo ano fazer uma MP de um assunto. Houve falha nossa, é falha é minha né, é minha porque eu assinei”, disse o presidente.

Ataque hacker

Três dos 4 suspeitos de hackear Moro, Dallagnol e outras autoridades foram transferidos e ficaram isolados em presídios no Distrito Federal. Só Walter Delgatti, acusado de encabeçar o grupo, continua preso na sede da PF.

Eles foram presos na semana passada pela Operação Spoofing. A PF foi obrigada a enviar ao Supremo cópia do inquérito que apura a invasão de celulares, após pedido do ministro do STF Alexandre de Moraes.

Ele deu prazo de 48 horas para o envio do material, e mencionou na decisão notícias sobre indícios de investigação ilícita contra ministros da Corte.

Elias Maluco

O ministro do STF Marco Aurélio decidiu soltar o traficante Elias Maluco, caso ele não tenha outra ordem de prisão. Condenado pela morte do jornalista Tim Lopes, ele ganhou liberdade em outro processo, por tráfico. Elias Maluco ficou conhecido pelos métodos bárbaros usados para matar pessoas.

Virada no tempo

Chuva e frio dominam o centro-sul do país

Chuva e frio dominam o centro-sul do país

A frente fria que avança pelo centro-sul do país já provoca queda nas temperaturas. Teve neve na serra catarinense, e chuva congelada em cidades gaúchas. Agora à noite, o frio chega ao Sudeste e em parte do Centro-Oeste.

Amanhã, os termômetros caem ainda mais, e há mínima prevista de 3ºC em Curitiba, 4ºC em Porto Alegre, 6ºC em Campo Grande, 10ºC em São Paulo e 15ºC no Rio de Janeiro.

‘Pop de playlist’

De olho no topo das paradas, as gravadoras agora investem no ‘pop de playlist’, com músicas que combinam vários ritmos. A estratégia é espalhar as faixas por várias bases de fãs, do sertanejo ao reggaeton. ‘Faz Gostoso’, de Madonna e Anitta, e ‘Bola, rebola’, com J Balvin, são alguns dos exemplos.

'Pop de playlist' une gêneros musicais de olho na distribuição — Foto: Rodrigo Sanches/G1

‘Pop de playlist’ une gêneros musicais de olho na distribuição — Foto: Rodrigo Sanches/G1

Também teve isso…

Fonte: G1

 

ENTRE OS 20 QUE GASTARAM MAIS: Maria do Rosário já gastou quase R$ 225 mil reais de verba de gabinete em 2019

Resultado de imagem para deputada maria do rosarioA Deputada Maria do Rosário (PT/RS) apareceu entre os 20 que mais gastaram com o cotão parlamentar nos sete meses do atual mandato, ela torrou R$ 224, 7 mil.

O Nome de Maria dp Rosário chama atenção porque a deputada é tão certinha, contra gastos absurdos, preocupados com os outros e ficar entre as 20 que mais gastaram verba de gabinete, realmente chama atenção.

Com informações de Claudio Humberto

Comments

Após denunciar esquema na Copa América, Messi é suspenso por três meses e multado em U$$ 50 mil

Conmebol suspendeu, nesta sexta-feira, o astro argentino Lionel Messi de partidas internacionais com a seleção argentina por três meses por causa de declarações polêmicas sobre corrupção na última Copa América, disputada no Brasil.

O órgão sul-americano também multou o jogador do Barcelona em US$ 50 mil (cerca de R$ 194 mil) por seus comentários após a vitória da Argentina diante do Chile, por 2 a 1, na disputa do terceiro lugar da competição continental.

Na oportunidade, após o jogo na Arena Corinthians, Messi não aceitou receber a medalha de bronze e disse que a Copa América estava “armada” para o Brasil, devido aos lances polêmicos ocorridos na semifinal em que a Argentina foi derrotada por 2 a 0 para a seleção brasileira, no Mineirão, em Belo Horizonte. Os argentinos reclamaram a não marcação de dois pênaltis.

“Não fui à premiação porque nós não temos que ser parte desta corrupção. Nos faltaram com respeito durante toda esta Copa América. Não nos deixaram chegar na final”, afirmou o camisa 10 da Argentina naquela ocasião, no início do mês passado.

Messi e a Associação de Futebol Argentino (AFA) ainda podem recorrer da decisão da Conmebol, que impede o atacante de jogar em quatro amistosos este ano. O jogador, de 32 anos, fica impedido de atuar em setembro, contra o Chile e o México, além de mais outros dois duelos, em outubro, diante de Alemanha e um adversário a ser definido.

Messi já está suspenso do primeiro jogo das Eliminatórias Sul-Americanas da Copa do Mundo do Catar por causa da expulsão no jogo contra os chilenos na Copa América. Ele também foi multado em US$ 1,5 mil (cerca de R$ 5,6 mil) quando foi julgado anteriormente pela Conmebol apenas pelo cartão vermelho recebido naquele duelo.

O GLOBO

Comments

Fim da guerra por espaço no avião? Empresa cria um novo modelo de poltrona do meio

Projeto da nova poltrona do meio da Molon Labe Seating: mais baixa e larga, com desenho diferenciado de apoio para o braço Foto: Reprodução

A disputa de espaço do passageiro da poltrona do meio , uma das situações mais incômodas para passageiros em aviões, está perto de uma solução. É o que promete a empresa americana Molon Labe Seating, que desenvolveu um projeto de assento mais confortável e com mais espaço para os apoios para os braços.

Para diminuir o aperto de quem voa entre a janela e o corredor, a empresa fez pequenas modificações. A poltrona do meio foi colocada um pouco abaixo e para trás, em relação às demais. Só com esse reposicionamento, conseguiu um ganho de 7,6 centímetros na largura do assento do meio.

Essa pequena mudança permite também um novo desenho do apoio para os braços. Em vez de reto, ele tem uma parte mais baixa que a outra. Assim,  o passageiro do meio apoia o cotovelo na parte mais baixa e recuada, e o do assento da janela e corredor encontra espaço para o braço na parte da frente, mais alta.

De acordo com a fabricante, a modificação não alteraria o número de lugares dentro da cabine, nem reduziria significativamente o espaço entre as pernas dos passageiros. A empresa também afirma que pelo menos duas companhias aéreas (uma delas, dos Estados Unidos) já compraram o novo modelo, e devem instalar em suas aeronaves a partir do ano que vem.

Apesar do aparente maior conforto para quem sente no meio, o modelo da Molon Labe Seating tem um problema: as poltronas não reclinam. Por isso mesmo foi desenvolvido para aviões menores, de um único corredor (como Boeing 737 e A320), usados em voos curtos.

O GLOBO

Esquema mostra como os passageiros poderão dividir o mesmo apoio para braço no modelo de poltronas da Molon Labe Seating Foto: Reprodução

Comments

‘Arranca a cabeça e deixa pendurada’, gritam PMs diante de governador do PA

Em cerimônia com a presença do governador do Pará, Helder Barbalho (MDB-PA), a unidade de elite da PM gritou, em coro: “Arranca a cabeça e deixa pendurada/É a Rotam patrulhando a noite inteira/pena de morte à moda brasileira”.

O evento, na última quarta-feira (31), ocorreu dois dias depois que um massacre no presídio de Altamira (830 km a sudoeste) ter deixado 58 mortos, dos quais 16 decapitados, em meio a uma disputa entre facções rivais. Outros quatro morreram durante a transferência para Belém, dentro de um caminhão.

Tratava-se de uma comemoração pelos 13 anos do Batalhão de Polícia Tática (BPOT), mais conhecido como Rotam, em Belém.

Com 290 policiais, eles são acionados em casos de rebeliões, assaltos com refém, grandes assaltos e combate ao narcotráfico.

Procurado pela reportagem da Folha, Helder Barbalho informou, via assessoria de imprensa, que “não vai se manifestar sobre este fato”.

O Pará atravessa uma crise de segurança pública, principalmente em Belém, onde milícias ligadas a policiais militares disputam território com facções criminosas. Em maio, uma chacina com 11 mortos foi planejada por quatro PMs, segundo investigação da Polícia Civil.

“A Constituição expressamente proíbe a pena de morte. Ver funcionários públicos não apenas negligenciando sua obrigação de proteger vidas humanas, mas de fato celebrando tamanha atrocidade é repugnante e uma demonstração ultrajante de total desrespeito pela vida humana. O governador do Pará e as autoridades em geral precisam denunciar fortemente essa atitude”, afirma Maria Laura Canineu, diretora do escritório da Human Rights Watch no Brasil.

“É completamente inadequado. Mostra uma polícia pouco profissional, que não tem preocupação técnica e promove a barbárie”, afirma o professor da FGV-SP Rafael Alcadipani, integrante do Fórum Brasileiro de Segurança Pública.

“O Estado trata a segurança pública, um problema grave, como se fosse uma mera questão de matar e morrer”, diz Alcadipani. “Um governo aceitar que isso aconteça diante dele mostra que não tem comando. E, se tiver, é de uma polícia que promove a barbárie.”

Procurado pela reportagem da Folha, Helder Barbalho informou, via assessoria de imprensa que “não vai se manifestar sobre este fato”.

FOLHAPRESS

 

‘Há mais fofocas do que fatos relevantes’, diz Ministrp do STF sobre mensagens hackeadas da Lava Jato

O ministro do Supremo Tribunal Federal Luís Roberto Barroso afirmou, nesta sexta, 2, que ‘parte da agenda brasileira foi sequestrada por criminosos’. Em uma palestra em São José dos Campos, criticou o que chamou de ‘fofocas’ em torno da divulgação de mensagens de procuradores da Operação Lava Jato e o ministro da Justiça e Segurança, Sérgio Moro.

As imagens do evento foram divulgadas pelo Jornal Nacional.

“É muito impressionante a quantidade de gente que está eufórica com os hackeadores. Celebrando o crime. E, na minha percepção, há mais fofoca do que fatos relevantes, apesar do esforço de se maximizarem esses fatos. Com um detalhe, e, se tiver alguma coisa errada, o que é certo é certo, e o que é errado é errado. Apesar de todo o estardalhaço que está sendo feito, nada encobre o fato de que a Petrobrás foi devastada pela corrupção”, disse.

Barroso lembrou que a ‘Petrobrás precisou fazer um acordo de 3 bilhões de dólares em Nova Iorque com investidores estrangeiros’ e outro ‘de US$ 800 bilhões com o Departamento de Justiça norte-americano’. “então, o judiciário americano faz parte da conspiração”.

“Nada encobre a corrupção sistêmica estrutural e institucionalizada que houve no Brasil. É difícil de entender a euforia que tomou muitos setores da sociedade diante dessa fofocada produzida por criminosos”, disse.

ESTADÃO CONTEÚDO

Comments

Conselho do MP vai apurar encontro de Deltan Dallagnol com investidores

O Corregedor Nacional do Ministério Público (CNMP), Orlando Rochadel, abriu uma nova reclamação disciplinar para apurar a conduta do procurador da República Deltan Dallagnol, dessa vez pela participação em encontro secreto com representantes de bancos e investidores, relatada pelo site The Intercept Brasil no último dia 26. Segundo o site, o procurador foi o destaque do evento, organizado em junho de 2018. Dallagnol terá dez dias para se manifestar sobre o caso.

Em nota, a assessoria da força-tarefa afirmou que o procurador esclarecerá ao CNMP que foi ao encontro com o propósito de debater o tema do combate à corrupção e cidadania e que o comparecimento foi gratuito. A nota também diz ser “leviana” “qualquer ilação” de que teriam sido fornecidas informações de caráter sigiloso no encontro.

Na decisão, que atende a pedido feito pelo deputado federal petista Paulo Pimenta, o corregedor afirma que a sociedade deve ter “plena convicção de que os Membros do Ministério Público se pautam pela legalidade, mantendo a imparcialidade, evitando conflitos de interesse”. Para Rochadel, o caso pode representar uma violação ao Estatuto do Ministério Público, na parte que obriga os procuradores a “guardar segredo sobre assunto de caráter sigiloso que conheça em razão do cargo ou função”.

“Sem adiantar qualquer juízo de mérito, observa-se que representação assevera suposto desvio na conduta de Membro do Ministério Público Federal, o que, em tese, pode caracterizar falta funcional”, disse o corregedor, na decisão assinada nesta quarta-feira (31). É a partir da reclamação disciplinar que o conselho do Ministério Público decide se instaura ou não um processo disciplinar – que pode levar a punição de procuradores.

O procurador ainda é alvo de outro procedimento aberto pelo corregedor em julho, também instaurado com base no conteúdo de supostas mensagens trocadas entre Dallagnol e membros da força-tarefa da Lava Jato. Este caso foi aberto a partir de notícia de que o procurador teria montado um plano de negócios de eventos e palestras para lucrar com a fama e contatos obtidos durante as investigações da Lava Jato.

Encontro. Na nota divulgada sobre o procedimento, a assessoria da força-tarefa afirmou que o procurador foi ao encontro com o propósito de debater o tema do combate à corrupção e cidadania, “expondo em particular as Novas Medidas Contra a Corrupção”.

“O comparecimento foi gratuito, movido por interesse institucional de promover o combate à corrupção e foram abordadas apenas informações públicas. Ao encontro, compareceu inclusive respeitada entidade anticorrupção da sociedade civil. Qualquer ilação dos reclamantes de que teriam sido fornecidas informações de caráter sigiloso seria leviana e não tem amparo na realidade, o que pode ser facilmente verificado com qualquer dos presentes”, disse em nota.

FAUSTO ,MACEDO / ESTADÃO

Comments

Ary Toledo é internado com problemas pulmonares e ‘depressão profunda’

Foto: Eliane Del Bianchi

O humorista Ary Toledo, de 81 anos, está internado desde o último domingo, 28, no Hospital Sírio-libanês, em São Paulo. A assessoria de imprensa do comediante revelou que ele enfrenta uma pneumonia bacteriana aguda, está tratando um fungo no pulmão e sofre com um quadro de “depressão profunda”, que o fez perder 25 quilos.

O humorista já havia sido hospitalizado entre os dias 23 de junho e 22 de julho deste ano, e ficou por uma semana sob cuidados médicos em casa antes de sua situação se agravar. Sua equipe aponta que esta é “a pior recaída que ele já teve” e, apesar de ser conhecido por momentos de alegria, Toledo demonstra tristeza no centro médico: evita falar, andar e não quer comer.

Ele ficou até a última quarta-feira, 31, na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e, na tarde do mesmo dia, foi transferido para a semi-intensiva, onde está até agora.

Segundo a assessoria, Ary Toledo está fazendo um tratamento intensivo de fisioterapia no pulmão, nas pernas e nos braços. Na última quinta-feira, 1º, ele recebeu a visita do apresentador Raul Gil. O elenco do programa A Praça É Nossa pretende visitá-lo em breve, incluindo o humorista Carlos Alberto de Nóbrega.

Veja

Comments

Julgamento de acusados de matar Marielle Franco continua com depoimentos de testemunhas

A segunda parte da audiência de instrução e julgamento de Ronnie Lessa e Élcio Queiroz, réus que respondem pelos assassinatos de Marielle Franco e Anderson Gomes, continuou na tarde desta sexta-feira, 2, no fórum central do Rio de Janeiro, no centro da cidade.

A previsão é que fossem ouvidas três pessoas, elencadas como testemunhas: a arquiteta Mônica Benício, viúva de Marielle; o delegado Giniton Lages, responsável pela primeira fase da investigação, e a perita Maria do Carmo Gargaglione, da Coordenadoria de Segurança e Inteligência (CSI) do Ministério Público estadual do Rio (MP-RJ). Lessa e Queiroz acompanharam os depoimentos por teleconferência, pois estão detidos no presídio federal de Porto Velho-RO.

A audiência na 4ª Vara Criminal do Rio começou por volta das 14h30 e não pode ser acompanhada pela imprensa, pois o processo tramita em segredo de Justiça. A primeira a depor foi Mônica Benício, que saiu do fórum por volta das 16h30. “Dentro do esperado e do possível, a gente está caminhando. Infelizmente não é no ritmo que a sociedade gostaria, mas com algum otimismo. Eu estou com confiança de que o processo está caminhando para fazer justiça por Marielle e Anderson”, afirmou a arquiteta.

“Obviamente que, no campo pessoal, é muito difícil. Não é muito confortável. Mas, enfim… como testemunha e vítima, eu tenho muito pouco a contribuir de fato. A não ser sobre a agenda e o dia a dia da Marielle”, completou a viúva.

As outras duas testemunhas seriam ouvidas em seguida. A primeira parte da audiência foi realizada no dia 7 de junho, no mesmo local. Ainda não há data prevista para a continuidade da audiência. O crime ocorreu em 14 de março de 2018, e os dois réus foram presos em 12 de março deste ano.

Estadão Conteúdo

Comments

Ministro do STF manda soltar traficante Elias Maluco

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Marco Aurélio decidiu hoje (2) conceder liberdade ao traficante Elias Pereira da Silva, conhecido como Elias Maluco, condenado pelo assassinato do jornalista Tim Lopes em 2002.

Pela decisão do ministro, Elias Maluco deverá ser libertado, caso não esteja preso em função de outros mandados de prisão. A defesa e o STF não souberam informar se Elias será solto ou não.

O habeas corpus foi concedido em um processo que tramita na Justiça de São Gonçalo (RJ). Em 2017, um mandado de prisão preventiva foi expedido contra o acusado pelo crime associação para o tráfico. Ao julgar o caso, o ministro entendeu que Elias Maluco não pode ficar preso por tempo indeterminado e sem julgamento definitivo por essa acusação.

“O paciente encontra-se preso, sem culpa formada, desde 7 de julho de 2017, ou seja, há 2 anos e 24 dias. Surge o excesso de prazo. Privar da liberdade, por tempo desproporcional, pessoa cuja responsabilidade penal não veio a ser declarada em definitivo viola o princípio da não culpabilidade”, decidiu o ministro.

Pela decisão, o acusado, se for solto, ainda terá que permanecer em sua casa, deverá comparecer ao Judiciário quando for chamado e “adotar a postura que se aguarda do homem médio, integrado à sociedade”.

Além da condenação pela morte de Tim Lopes, consta contra Elias Maluco, segundo o site do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro, uma condenação, em 2013, de 10 anos, sete meses e 15 dias de reclusão por lavagem de dinheiro. Pela morte de Tim Lopes, ele foi condenado, em 2005, a 28 anos e seis meses de prisão.

Agência Brasil

Comments

Juiz manda PF enviar ao STF cópia de investigação sobre hackers

O juiz Ricardo Leite, da 10ª Vara Federal em Brasília, determinou hoje (2) que a Polícia Federal (PF) envie para o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes cópia da investigação sobre as invasões aos telefones celulares do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, e de outras autoridades.

O magistrado, que preside a investigação, cumpriu decisão proferida por Alexandre de Moraes, relator do inquérito aberto pelo STF para apurar a divulgação de notícias falsas contra integrantes da Corte.

Moraes determinou ontem (1º) que todo material da investigação, incluindo mensagens de celulares, devem ser remetidos ao seu gabinete no prazo de 48 horas.

Ontem, o juiz Ricardo Leite atendeu pedido da PF e decretou a prisão preventiva dos quatro investigados presos na Operação Spoofing, que investiga os ataques de hackers.

Com a decisão, os investigados Danilo Cristiano Marques, Gustavo Henrique Elias Santos, Suelen Priscila de Oliveira e Walter Delgatti Neto vão continuar presos, mas por tempo indeterminado. Dessa forma, eles deverão ser transferidos para um presídio no Distrito Federal. De acordo com a PF, os acusados devem ser mantidos na prisão para não atrapalhar as investigações.

Agência Brasil

Comments

LOCAIS

Governo Fátima vai negociar empréstimo de R$ 1,2 bi com bancos americanos

A TRIBUNA DO NORTE desta:

O secretário estadual do Planejamento e das Finanças, economista José Aldemir Freire, confirmou que o Governo do Estado iniciará, a partir da próxima semana, negociações com bancos privados para a obtenção de empréstimos vinculados ao Plano de Equilíbrio Fiscal (PEF), que está sendo gestado pelo Governo Federal a partir de proposta em tramitação na Câmara dos Deputados desde o dia 4 de junho.

Aldemir Freire diz que as conversas com  representantes de dois bancos já  escolhidos – Citybank e Goldman Sachs, serão feitas por videoconferência com sua equipe da Seplan, no decorrer desta semana. Depois, segundo ele, “será agendada uma visita deles aqui ou uma ida nossa a São Paulo nas próximas semanas”.

Freire afirmou que a Seplan não elaborou, ainda, o modelo de empréstimo a ser feito para a contratação desse banco privado, que deverá emprestar cerca de R$ 1,2 bilhão ao Rio Grande do Norte com o aval da União.

Porém, o secretário do Planejamento informou que esse contrato não será firmado somente em relação a primeira parcela da ajuda financeira, que será dada aos estados que se encontram em dificuldades fiscais: “A modelagem não foi definida, mas provavelmente vamos dividir com mais de um banco, alguns podem entrar só na primeira, outros na primeira e na segunda ou alguns podem entrar nas quatro parcelas”.

Inicialmente, a ideia do governo era negociar o empréstimo com o Banco Mundial, o qual já financia os projetos de infraestrutura do Rio Grande do Norte através do projeto “Governo Cidadão”. Mas devido a burocracia, segundo Freire, essa hipótese está descartada.

A governadora Fátima Bezerra anunciou, no meio da semana passada, que a primeira parte desses recursos será usada para reduzir o passivo da dívida de salários dos servidores e fornecedores de bens e serviços,  mas as outras parcelas terão como destino obras de infraestrutura no Estado.

O socorro financeiro aos estados está sendo chamado de Plano Mansueto e apresenta oito medidas de ajuste fiscal, a fim de que Estado cumpra pelo menos três para ter acesso a primeira parcela, a ser liberada até dezembro deste ano.

Com relação a essas três medidas, Aldemir Freire reafirmou que elas não estão, ainda, definidas pelo governo. “Quando for batido o martelo e o projeto for enviado à Assembleia, o governo fará o  anúncio”.

Para continuar lendo só clicar aqui: http://www.tribunadonorte.com.br/noticia/governo-vai-negociar-com-dois-bancos-privados/455834

Comments

Inscrições reabertas

Prefeitura suspende Concurso Público da Guarda Municipal de Parnamirim

O Edital de Suspenção, assim como o novo cronograma do Concurso, será publicado pela Prefeitura de Parnamirim

José Aldenir / Agora Imagens

Os candidatos poderão obter informações e esclarecer quaisquer dúvidas referentes ao Concurso Público junto à FUNCERN

Bem vindo ao Player Audima. Clique TAB para navegar entre os botões, ou aperte CONTROL PONTO para dar PLAY. CONTROL PONTO E VÍRGULA ou BARRA para avançar. CONTROL VÍRGULA para retroceder. ALT PONTO E VÍRGULA ou BARRA para acelerar a velocidade de leitura. ALT VÍRGULA para desacelerar a velocidade de leitura.Ouça: Agora RN » Prefeitura suspende Concurso Público da Guarda Municipal de Parnamirim0:00100%Audima

A Prefeitura de Parnamirim, em cumprimento à decisão judicial expedida pela 1ª Vara da Fazenda Pública de Parnamirim/RN, suspendeu o andamento do Concurso regido pelo Edital nº 002/2019.

As inscrições serão reabertas. A prova objetiva não será aplicada no dia 4 de agosto de 2019. O Edital de Suspenção, assim como o novo cronograma do Concurso, será publicado pela Prefeitura de Parnamirim.

A nova data da prova objetiva está aprazada para o dia 08 de setembro deste ano, no turno matutino, de modo que os candidatos já podem se reprogramar para este dia.

A Prefeitura e a Funcern lamentam a suspensão do Concurso, fato que implicou no adiamento de todo o cronograma do certame. Os Órgãos ressaltam, no entanto, que o ato foi necessário para dar fiel cumprimento à decisão judicial proferida.

Os candidatos poderão obter informações e esclarecer quaisquer dúvidas referentes ao Concurso Público junto à FUNCERN por meio do e-mail cgmparnamirim2019@funcern.br.

Fonte: Agora RN
Meios de transporte

Styvenson apresenta projeto que disciplina circulação de patinetes

Segundo o parlamentar, crescente a presença de patinete passou a mudar o cenário do trânsito nos centros urbanos do país

José Aldenir / Agora RN
‘Não sou contra o uso, mas é preciso regulamentar para garantir a segurança de todos”, defendeu Styvenson
Bem vindo ao Player Audima. Clique TAB para navegar entre os botões, ou aperte CONTROL PONTO para dar PLAY. CONTROL PONTO E VÍRGULA ou BARRA para avançar. CONTROL VÍRGULA para retroceder. ALT PONTO E VÍRGULA ou BARRA para acelerar a velocidade de leitura. ALT VÍRGULA para desacelerar a velocidade de leitura.Ouça: Agora RN » Styvenson apresenta projeto que disciplina circulação de patinetes0:00100%Audima

O Styvenson Valentim (Pode) apresentou Projeto de Lei (nº 3112 de 2019) que regulamenta a utilização de equipamentos de mobilidade como patinetes, monociclos elétricos, segways e hoverboards. Segundo o parlamentar, crescente a presença de patinete passou a mudar o cenário do trânsito nos centros urbanos do país.

“O que antes era um equipamento de mobilidade recreativo passou a ser usado como alternativa de transporte. O que se observa é o trânsito desses veículos nas calçadas, pondo em risco a integridade física dos pedestres e também disputando espaço na faixa de rolamento das vias, com veículos motorizados, um grande risco de ocorrência de acidentes graves. Não sou contra o uso, mas é preciso regulamentar para garantir a segurança de todos”, defendeu Styvenson.

Segundo o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), os patinetes se classificam como “equipamentos de mobilidade auto propelidos”, com motorização e dimensões de largura e comprimento como monociclos e triciclos.

De acordo com o projeto, os veículos terão sua circulação com velocidade máxima de 6 km/h em áreas de circulação de pedestres, desde que autorizado e devidamente sinalizado pelo órgão ou entidade com circunscrição sobre a via; velocidade máxima de 20 km/h em ciclovias e ciclofaixas; uso de indicador de velocidade, campainha e sinalização; dimensões nos limites especificados em regulamento e com direito de transportar apenas o condutor.

Continuar lendo PRIMEIRAS NOTÍCIAS DESTE SÁBADO

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DESTA QUARTA-FEIRA

Por G1

 

O presidente da OAB cobra explicações de Bolsonaro no STF sobre a morte de seu pai na ditadura. O presidente também foi intimado a explicar a indicação do filho Eduardo para a embaixada dos EUA. A taxa básica de juros cai para 6% no Brasil. Corte também nos juros americanos, pela 1ª vez em 11 anos. Desemprego cai pela 3ª vez. O ‘doleiro dos doleiros’ é preso em SP. Detentos envolvidos no massacre de Altamira são mortos dentro de caminhão durante transferência para Belém. E Tite volta à lista da Fifa de melhores técnicos do ano.

INTERNACIONAIS

Melhores da Fifa

Tite protege seu time e nunca atribui a derrota a algum jogador em específico. — Foto: Silvia Izquierdo/APTite protege seu time e nunca atribui a derrota a algum jogador em específico. — Foto: Silvia Izquierdo/AP

A lista de melhores do ano da Fifa só tem um brasileiro entre os concorrentes. Tite voltou a entrar para o Top 10 dos técnicos. O treinador da Seleção concorre com quatro técnicos de seleções e cinco de clubes do futebol internacional.

Neymar ficou fora de novo entre os jogadores. Recordista de prêmios, Marta não entrou na lista de 12 candidatas.

Brasil no Pan

Arthur Nory e Chico Barreto — Foto: Ricardo Bufolin / CBGArthur Nory e Chico Barreto — Foto: Ricardo Bufolin / CBG

Os ginastas brasileiros Chico Barreto e Arthur Nory fizeram dobradinho com ouro e prata na barra fixa, nos Jogos Pan-Americanos. O país ainda foi ao pódio com Caio Souza (prata nas barras paralelas) e Flávia Saraiva (bronze no solo) e terminou a competição com 11 medalhas.

NACIONAIS

Bolsonaro e a ditadura

O presidente da OAB, Felipe Santa Cruz, pediu oficialmente ao STF que Bolsonaro preste esclarecimentos sobre a morte de seu pai, Fernando Augusto de Santa Cruz Oliveira, durante o regime militar.

A interpelação quer que Bolsonaro dê explicações sobre a afirmação feita por ele esta semana de que “um dia” contaria como o pai de Santa Cruz desapareceu na ditadura.

O presidente da OAB quer saber se Bolsanaro realmente sabe como, onde, os nomes das pessoas que causaram o desaparecimento o assassinato de Fernando Santa Cruz. Se sim, como o presidente obteve e comprova as informações, e por que não denunciou ou mandou apurar o caso.

Bolsonaro ainda será notificado, e não é obrigado a responder às perguntas. Nessa caso, o presidente da OAB é informado e caberá a ele decidir se entra ou não com ação por crime de injúria, calúnia ou difamação.

Embaixada nos EUA

A Justiça Federal na Bahia intimou Bolsonaro a explicar a indicação do filho Eduardo para a embaixada do Brasil em Washington. A ação foi movida pelo deputado Jorge Solla (PT), e o presidente tem 5 dias para se manifestar.

Ontem, o presidente americano Donald Trump elogiou a sugestão de Bolsonaro para o cargo e disse estar feliz com o nome de Eduardo Bolsonaro. O presidente dos EUA também disse que a indicação não seria nepotismo.

A indicação já foi submetida pelo Itamaraty, mas ainda depende de uma resposta oficial dos EUA. Depois disso, Eduardo precisa ser sabatinado no Senado.

Ataque hacker

Danilo Cristiano Marques — Foto: Reprodução/TV GloboDanilo Cristiano Marques — Foto: Reprodução/TV Globo

A PF desistiu do pedido de liberdade para Danilo Marques, um dos presos suspeitos de hackear celular de autoridades. O recuo aconteceu após surgirem indícios de que Danilo sabia que Walter Delgatti Neto estava hackeando contas do aplicativo Telegram. O juiz federal Vallisney de Oliveira decidiu manter Danilo preso, por pelo menos mais um dia.

‘Doleiro dos doleiros’

Dario Messer logo após ser preso na tarde desta quarta-feira (31) em São Paulo — Foto: DivulgaçãoDario Messer logo após ser preso na tarde desta quarta-feira (31) em São Paulo — Foto: Divulgação

Dario Messer, conhecido como ‘doleiro dos doleiros’, foi preso pela Polícia Federal em São Paulo. Ele estava foragido desde maio de 2018, e foi encontrado na casa de uma amiga nos Jardins. Segundo as investigações, Messer atuava em supostos serviços de lavagem de dinheiro prestados ao ex-governador do RJ, Sérgio Cabral.

Propina em cervejaria

A Lava Jato procura Walter Faria, presidente do Grupo Petrópolis, da marca de cerveja Itaipava. Ele é investigado na Operação Rock Citypor lavagem de dinheiro e pagamento de propina em nome da Odebrecht. Outros três suspeitos foram presos.

Corte nos juros

O Banco Central reduziu de 6,5% para 6% a taxa básica de juros ao ano, após 16 meses de estabilidade. A inflação em ‘níveis mais baixos’ justificou a decisão do Copom. Segundo BC também há melhora no cenário econômico. A taxa é a mais baixa em 33 anos.

Nos EUA, o Fed também cortou os juros, após 11 anos. Por lá, a taxa vai ficar entre 2% a 2,25%. A decisão do BC americano marca o fim de uma era de aumentos no custo do crédito em meio a uma desaceleração econômica global e à incerteza gerada pela guerra comercial entre EUA e China.

Queda no desemprego

No trimestre encerrado em junho, a taxa de desemprego caiu para 12%, atingindo 12,8 milhões de pessoas. É a 3ª queda na comparação com o mês anterior, e representa recuo também em relação ao primeiro trimestre do ano.

O número de desempregados, porém, sobe para mais de 28 milhões quando se acrescentam os que desistiram de procurar emprego e os que trabalham menos horas do que gostariam.

Massacre em Altamira

Presos de Altamira são mortos dentro de caminhão durante transferência para Belém — Foto: Adriano Baracho / TV LiberalPresos de Altamira são mortos dentro de caminhão durante transferência para Belém — Foto: Adriano Baracho / TV Liberal

Quatro detentos envolvidos no massacre que matou 58 em presídio de Altamira (PA) foram mortos dentro do caminhão que fazia a transferência de presos para Belém. Eles pertenciam à facção que começou a briga e atacou rivais em prisão.

Massacre no presídio de Altamira — Foto: Arte/G1Massacre no presídio de Altamira — Foto: Arte/G1

Também teve isso…

FIV 1 — Foto: Science Photo Library / AFP PhotoFIV 1 — Foto: Science Photo Library / AFP Photo

Fonte: G1

 

Por Blog do BG

Bolsonaro ‘escapa’ do crime de responsabilidade na petição da OAB no STF

Foto: Valter Campanato/Agência Brasil 

Embora o presidente da OAB, Felipe Santa Cruz, tenha julgado que as declarações de Jair Bolsonaro sobre o desaparecimento de seu pai na ditadura pudessem ser enquadradas no crime de responsabilidade — a bola foi cantada, mas ninguém abraçou a ideia no Congresso –, essa ponderação não consta na petição assinada por todos os ex-presidentes vivos da OAB que foi entregue ao STF.

No texto, eles pedem ao Supremo que Bolsonaro revele o que sabe sobre o caso do desaparecimento do pai de Santa Cruz, sem qualquer argumento que dê margem a um pedido de impeachment.

Veja

Comments

Barroso será relator de interpelação de Santa Cruz contra Bolsonaro

Foto: Sérgio Lima/Poder 360 

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luís Roberto Barroso foi sorteado como relator da ação protocolada pelo presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Felipe Santa Cruz, que pede esclarecimentos do presidente Jair Bolsonaro sobre as declarações que deu na última segunda-feira sobre a morte de seu pai, Fernando Santa Cruz, ocorrida durante a ditadura militar.

Na segunda-feira 29, Bolsonaro disse que poderia “contar a verdade” sobre como Fernando Santa Cruz desapareceu na ditadura militar. “Um dia, se o presidente da OAB quiser saber como é que o pai dele desapareceu no período militar, eu conto pra ele. Ele não vai querer ouvir a verdade”, disse.

Bolsonaro também afirmou que Fernando participou da luta armada e que suas conclusões foram tiradas com base em sua “vivência”. “Conto pra ele. Não é minha versão. É que a minha vivência me fez chegar nas conclusões naquele momento. O pai dele integrou a Ação Popular, o grupo mais sanguinário e violento da guerrilha lá de Pernambuco e veio desaparecer no Rio de Janeiro”, afirmou em coletiva de imprensa. Segundo documentado pela Comissão Nacional da Verdade, Fernando não participou da luta armada.

Veja

Comments

Juiz federal dá cinco dias para Bolsonaro explicar indicação de filho para embaixada

O juiz federal André Jackson de Holanda, da 1ª Vara Federal Cível da Bahia, determinou que o presidente Jair Bolsonaro (PSL) apresente explicações, em um prazo de cinco dias, sobre a indicação de seu filho Eduardo Bolsonaro para o cargo de embaixador do Brasil nos Estados Unidos.

O despacho do juiz foi em resposta a uma ação popular protocolada pelo deputado federal Jorge Solla (PT-BA), na qual o parlamentar pede uma decisão liminar suspendendo a nomeação de Eduardo Bolsonaro para a embaixada. Antes de decidir sobre o pedido, o juiz pediu que Bolsonaro e seu filho Eduardo se manifestem a respeito dos fatos descritos na ação. Seu despacho é do dia 29 de julho, mas o prazo só começa a correr a partir da intimação dos dois alvos da ação.

Na ação, Solla argumenta que a nomeação viola os princípios constitucionais da impessoalidade e da moralidade e diz que o filho do presidente não cumpre os requisitos legais para a indicação ao cargo, que são ter “reconhecido mérito e com relevantes serviços prestados ao país”.

O Globo

Comments

Ato de desagravo da ABI em favor de Greenwald mente, diz jornal

O texto abaixo foi de autoria do jornalista José Nêumanne, publicado em O Estado de S.Paulo na noite desta quarta-feira (31). O Blog reproduz…

A Associação Brasileira de Imprensa fez um ato em sua sede no Rio denunciando ameaças contra o advogado americano que se passa por jornalista Glenn Greenwald e as fontes ditas “anônimas” que lhe repassaram supostas mensagens divulgadas pelo site The Intercept Brasil para desmoralizar Sergio Moro, Deltan Dalolagnol e a Operação Lava Jato. Mas os pressupostos de censura e ameaça a fontes mantidas em sigilo faltam com a verdade.

Não há ameaça à plena liberdade de imprensa e a eventuais fornecedores do material, não existem, a não ser do ponto de vista penal, pois os “arararraquers”, que dizem ter entregado mensagens clonadas de celulares de 976 autoridades dos três poderes, jornalistas e policiais, confessaram seu crime a agentes da Operação Spoofing da PF. Direto ao assunto. Inté. E só a verdade nos salvará.

Comments

Mesmo com queda na Selic, poupança continua mais vantajosa que fundos de renda fixa

A poupança mantém sua vantagem em relação aos fundos de renda fixa mesmo com o corte da taxa básica de juros anunciado nesta quarta-feira (31) pelo Banco Central. A Selic, agora em 6%, torna o investimento mais vantajoso que fundos com taxa de administração de maior que 1% no com prazo de resgate de até um ano.

Segundo a Anefac (Associação Nacional dos Executivos de Finanças Administração e Contabilidade), agora, as modalidades empatam em desempenho em dois casos: quando a taxa de administração do fundo for de 1% em um prazo de resgate de até seis meses e quando a taxa for de 1,5% e o resgate acontecer entre um e dois anos.

Pelas contas da associação, os fundos de investimentos tem um rendimento superior às contas da poupança apenas quando suas taxas de administração são de até 1% ao ano para prazos superiores a seis meses, ou quando o prazo de resgate é superior a dois anos com uma taxa anual de até 1,5%.

A queda no rendimento da poupança com a redução do juros, segundo a Anefac, é de apenas 0,03 ponto percentual em relação ao mês de junho, com a Selic a 6,5%.

Com a nova taxa básica de juros, o rendimento mensal da poupança fica em 0,34% ao mês. Este percentual é proporcional ao rendimento anual de 70% da Selic mais a taxa referencial (TR) que, no momento, é zero.

“As cadernetas de poupança, mesmo com a redução da Selic, continuam se destacando frente aos fundos de renda fixa pelo fato que não pagam imposto de renda nem taxas de administração”, afirma Miguel José Ribeiro de Oliveira, diretor executivo de estudos e pesquisas econômicas da Anefac.

Segundo Oliveira, as aplicações em CDB (Certificados de Depósito Bancário) são mais vantajosas que a poupança apenas com rendimento acima de 85% do CDI (Certificado de Depósito Interbancário) por conta da incidência do imposto de renda.

Folhapress

Comments

Bolsonaro: todos devem estar atentos a “armadilhas” em acordo com UE

O presidente Jair Bolsonaro afirmou hoje (31) estar preocupado com possíveis “armadilhas” no acordo comercial do Mercosul com a União Europeia, que possam prejudicar um futuro acordo com os Estados Unidos. A declaração foi dada a jornalistas após o presidente se reunir, no Palácio do Planalto, com o secretário de comércio norte-americano, Wilbur Ross, que cumpre agenda oficial no Brasil.

“Todo mundo está preocupado com algumas armadilhas, todo mundo preocupado com isso aí, que você talvez possa, no acordo [União Europeia] com Mercosul, ter algum problema ao assinar um acordo com EUA. Isso vai em cima até numa questão de inteligência, todo mundo tem que se preocupar com isso daí, tem que saber se porventura há armadilhas ou se não há. A gente parte do princípio não há”, afirmou. Pouco antes, o presidente também participou da cerimônia de troca da Grande Guarda Presidencial, na sede do Poder Executivo.

Em evento realizado ontem (30), na Câmara Americana de Comércio (Amcham), em São Paulo, Wilbur Ross argumentou que há diferenças entre as exigências para comércio com a União Europeia e com os Estados Unidos. Nesse caso, parâmetros e padrões relacionados a diversos setores econômicos, bem como indicadores e regulação sanitária, por exemplo, poderiam travar um eventual acordo com o Brasil, já que o país pode ter aderido aos padrões europeus no acordo fechado recentemente entre o Mercosul e a União Europeia. Ele deixou claro que há interesse dos EUA em estabelecer livre comércio com o Brasil, mas pediu cuidado para que o país “não caia em armadilhas” que dificultem um acordo futuro com os americanos.

“Nós temos diferenças com a Comissão Europeia em alimentos, químicos, automóveis, farmacêuticos, em todo tipo de setor. A gente também tem problemas com a visão deles em indicadores geográficos de alimentos e em um monte de regulações sanitárias e fitossanitárias. Então, o que quero advertir é que, por favor, tenham cuidado para não caírem em armadilhas [regulatórias] que sejam inconsistentes com o acordo de livre comércio conosco”, disse, sem dar detalhes.

Bolsonaro classificou a reunião com Ross em Brasília como “excelente” e avaliou que as relações comerciais entre Brasil e Estados Unidos estão aquém do potencial. “Acho que nosso comércio, dois países que tem juntos mais de 500 milhões de habitantes, é muito fraco”, afirmou. Os EUA são o segundo maior parceiro comercial do Brasil, atrás apenas da China. Em 2018, as exportações de produtos brasileiros aos país norte-americano representou cerca de 12% do total, somando US$ 28,7 bilhões.

Entre os principais produtos exportados estão aviões, óleos brutos de petróleo e produtos semimanufaturados de ferro e aço. O Brasil importa principalmente combustível refinado, como gasolina e óleo diesel.

Crise no Paraguai

Bolsonaro também foi questionado por jornalistas sobre a crise política desencadeada no Paraguai, após a revelação da ata de um acordo entre o Brasil e o país vizinho, voltado para a compra de energia elétrica produzida pela Usina de Itaipu. O caso, que resultou na renúncia do chanceler Luis Castiglioni e do embaixador paraguaio no Brasil Hugo Caballero, aumentou a pressão sobre o presidente Mário Abdo Benítez, que corre o risco de sofrer um processo de impeachment.

“Sabe como é que funciona, lá é muito rápido o impeachment. Ontem eu conversei com o Silva e Luna, o presidente da parte brasileira de Itaipu. Estamos resolvendo este assunto. Pode deixar que o Marito vai ser reconhecido pelo bom trabalho que está fazendo no Paraguai”, disse Bolsonaro.

A polêmica envolvendo a ata do acordo, aprovada em maio, também causou as demissões do presidente da Administração Nacional de Eletricidade (Ande), Alcides Jiménez, e do diretor paraguaio de Itaipu, Alberto Alderete. As demissões foram anunciadas na última segunda-feira (29) pelo porta-voz da presidência do Paraguai, Hernán Hutteman, que disse terem sido aceitas pelo presidente Mario Abdo Benítez.

Pesou nas demissões a acusação de que a ata do acordo havia sido debatida e aprovada sem a devida transparência. Autoridades e congressistas afirmaram que o acordo negociado seria prejudicial ao Paraguai e que poderia causar um prejuízo de até US$ 300 milhões. O Congresso paraguaio aprovou essa semana um projeto para anular os termos da ata. O texto diz que o governo deve encarar toda negociação “com o Brasil sobre Itaipu na base da transparência, em particular da plena soberania hidrelétrica”. O projeto diz ainda que as negociações devem ocorrer com a ampla participação dos poderes do Estado. A decisão foi ratificada pelo presidente paraguaio. Com a revogação, o acordo volta a ser renegociado, no nível técnico, disse comunicado oficial da Presidência paraguaia.

Agência Brasil

Fonte: Blog do BG

Continuar lendo ÚLTIMAS NOTÍCIAS DESTA QUARTA-FEIRA

OPINIÃO: CARVALHOSA CONTEXTUALIZA COM MUITA COMPETÊNCIA TODA A ARMAÇÃO DO PT E SEUS PARES

Na coluna OPINIÃO desta terça-feira o grande jurista Modesto Carvalhosa contextualiza com muita competência enumerando toda a sequência de manobras executadas pelo PT e a esquerda no caso da VAZAJATO. Vale a pena conferir!

Carvalhosa enumera todas as manobras da “Central Única da Corrupção” contra o povo brasileiro e pede mobilização

Em nova publicação nas redes sociais, o respeitado e admirável jurista Modesto Carvalhosa enumerou todas as manobras realizadas nos últimos meses pela Organização Criminosa que ele chama de “Central Única da Corrupção”.

O texto de Carvalhosa demonstra claramente que a bandidagem é insaciável e incansável.

Assim, o jurista clama para que a mobilização popular contra a corrupção prossiga.

Veja abaixo:

“Nos últimos meses temos visto manobras sem igual da Central Única da Corrupção para se perpetuar no poder.

Talvez seja difícil levantar todos os aspectos da trama, tão infiltrados que os cleptocratas ainda estão nas demais esferas do poder. Alguns pontos são importantes e precisam ser lembrados:

•A dificuldade de aprovação da Reforma da Previdência, colocando como moeda de troca as verbas para que cada parlamentar irrigue seus currais eleitorais;

•As manobras para colocar os velhos e conhecidos corruptos sendo julgados pela Justiça Eleitoral;

•O pedido para dobrar o Fundo da Vergonha – o execrável Fundo Eleitoral – para R$ 4 Bilhões de reais, com o objetivo de perpetuação no poder municipal dos corruptos caciques políticos e seus protegidos, que se aproveitam das benesses do dinheiro público em detrimento do povo sofrido e carente;

•A decisão monocrática de Toffoli, em pleno recesso do STF, suspendendo a vigência de Leis Federais e paralisando todas as investigações e inquéritos da Polícia Federal e do Ministério Público com base em lavagem de dinheiro;

•O crime encomendado e armado pela Central Única da Corrupção, que hackeou autoridades e manipulou informações e dados para confundir a opinião pública e enganar o Povo Brasileiro;

•A invenção de uma narrativa que pretendia colocar o atual Ministro da Justiça como idealizador de um esquema fabuloso e fantástico para “acabar com o PT” com a ajuda do Ministério Público Federal e da Polícia Federal;

•A recusa em seguir os protocolos e normas do Senado para verificar a procedência dos pedidos de impeachment dos ministros “garantistas” do Supremo Tribunal Federal, que demonstraram incompatibilidade para os cargos que ocupam;

Todas esses pontos elencados se inter-relacionam e fazem parte de uma manobra estruturada para que a regeneração dos costumes políticos do Brasil, que já está em curso, não prossiga.

Atenção: existe um ponto nevrálgico, principal, que deve ser o foco neste momento: que o ministro Luís Roberto Barroso coloque em pauta, até setembro, a votação para garantir as candidaturas independentes para as eleição de prefeitos e vereadores no próximo ano. Somente quando atacarmos a raiz de todo o problema estrutural, ou seja, somente com este princípio de Reforma Política poderemos quebrar os grilhões que ainda subjugam a Cidadania Brasileira, colocados e mantidos pela Central Única da Corrupção. Temos a obrigação de mostrar aos sórdidos políticos cleptocratas que eles não mandam mais no Brasil e nos brasileiros.

Todo o poder emana do povo e essa é uma verdade inequívoca. Faça o que estiver ao seu alcance. Precisamos nos mobilizar.”

da Redação

Fonte: Jornal da Cidade On Line

Continuar lendo OPINIÃO: CARVALHOSA CONTEXTUALIZA COM MUITA COMPETÊNCIA TODA A ARMAÇÃO DO PT E SEUS PARES

PRIMEIRAS NOTÍCIAS DESTA SEGUNDA-FEIRA

Por G1

 

Atirador mata 3 e deixa vários feridos em festival gastronômico na Califórnia. Reportagem do Fantástico vai até Araraquara e mostra relatos de conhecidos de Walter Delgatti. Corpo da atriz Ruth de Souza será velado no Rio de Janeiro. Morador de rua mata duas pessoas e fere outras 5 na Lagoa, Zona Sul do Rio. A polícia diz que ele estava desorientado. Polícia prende 4 após o roubo de 718,9 kg de ouro no terminal de cargas do aeroporto de Cumbica, na Grande São Paulo. O MPF apura a morte de indígena e invasão de garimpeiros em terras do povo Waiãpi.

INTERNACIONAIS

Astronauta americana

Anna Lee Fisher, ex-astronauta da NASA e primeira mãe a participar de uma missão no espaço — Foto: Sesc-DF/ DivulgaçãoAnna Lee Fisher, ex-astronauta da NASA e primeira mãe a participar de uma missão no espaço — Foto: Sesc-DF/ Divulgação

A astronauta americana Anna Lee Fisher faz uma palestra sobre a participação da mulher no campo científico e no universo espacial no Planetário do Ibirapuera às 18h30 nesta segunda-feira (29). Ela foi primeira mãe a ir para o espaço. Aos 70 anos, Anna debaterá sobre a participação feminina nas áreas de ciências, tecnologia, engenharia e matemática.

Atirador na Califórnia

Tiroteio — Foto: Reprodução/TwitterTiroteio — Foto: Reprodução/Twitter

Um atirador matou 3 pessoas e deixou ao menos 15 feridas em um festival gastronômico na cidade de Gilroy, na Califórnia. Segundo a polícia, um suspeito foi morto. Agentes procuram por um segundo atirador. O presidente dos EUA, Donald Trump, escreveu no Twitter lamentando o ataque: “Fiquem seguros”, escreveu.

NACIONAIS

Invasão de celulares

Hacker que invadiu celulares de autoridades tinha vida de ostentação e crimes

Hacker que invadiu celulares de autoridades tinha vida de ostentação e crimes

O Fantástico foi até a cidade de Araraquara, no interior de São Paulo, e mostrou relatos de conhecidos de Walter Delgatti, preso pela PF suspeito de ser o hacker que invadiu celulares de autoridades. Ele tinha uma vida de ostentação e tem passagens pela polícia e histórico de estelionato.

Delgatti já foi preso por documento falso, tráfico de substâncias e por usar carteira falsa de delegado de polícia. Uma jovem afirmou que ele estava preocupado com a polícia dias antes de ser detido.

Adeus a Ruth de Souza

Ruth de Souza emocionada durante homenagem no desfile da Acadêmicos de Santa Cruz, no carnaval de 2019, no Rio — Foto: Marcos Serra Lima/G1Ruth de Souza emocionada durante homenagem no desfile da Acadêmicos de Santa Cruz, no carnaval de 2019, no Rio — Foto: Marcos Serra Lima/G1

corpo de Ruth de Souza será velado no Theatro Municipal do Rionesta segunda-feira (29). A atriz morreu na manhã deste domingo (28)aos 98 anos. Ela estava internada desde o começo da semana no Centro de Tratamento Intensivo do Hospital Copa D’Or, em Copacabana, na Zona Sul do Rio, vítima de uma pneumonia. A causa da morte não foi informada pelo hospital.

Ataque na Lagoa

Morador de rua mata dois homens a facadas na Zona Sul do Rio

Morador de rua mata dois homens a facadas na Zona Sul do Rio

O morador de rua que matou duas pessoas no domingo (28) era conhecido por pessoas que vivem na região onde o crime aconteceu. Plácido Correa de Moura, de 44 anos, esfaqueou três pessoas na Lagoa, Zona Sul do Rio. Segundo testemunhas, ele sofre de problemas psiquiátricos e, de acordo com policiais que tentaram colher seu depoimento, estava “desorientado” e gritava coisas sem sentido. Câmeras de segurança registraram o crime.

Concursos

Ao menos 163 concursos públicos estão com inscrições abertas para preencher mais de 12,8 mil vagas no país, com oportunidades para profissionais de todos os níveis de escolaridade e em diversos estados. Além das vagas abertas, há concursos para formação de cadastro de reserva

Roubo de ouro

Polícia pede prisão de homem que diz ter sido refém em roubo de ouro em Guarulhos

Polícia pede prisão de homem que diz ter sido refém em roubo de ouro em Guarulhos

A investigação sobre o roubo de 718,9 kg de ouro no terminal de cargas do aeroporto de Cumbica, em Guarulhos, na Grande São Paulo, continua. No fim de semana, a Polícia Civil prendeu 4 suspeitos. Um dos detidos é o encarregado de despacho do aeroporto, que disse à polícia ter sido mantido refém pela quadrilha. A polícia já investigava a participação de alguém “de dentro” do aeroporto.

Morte de indígena

Viaturas da PF e do Bope chegaram ao local onde estão os indígenas — Foto: ReproduçãoViaturas da PF e do Bope chegaram ao local onde estão os indígenas — Foto: Reprodução

O Ministério Público Federal do Amapá (MPF) está apurando a invasão de garimpeiros em terras indígenas do povo Waiãpi. Um índigena morreu. O órgão informou está acompanhando o desenrolar dos fatos junto com a Polícia Federal (PF) e representantes da Fundação Nacional do Índio (Funai).

Fonte: G1

Por Blog do BG

Pesquisa: 68% querem extinção de carros oficiais para autoridades públicas

Levantamento exclusivo do Paraná Pesquisa para o site Diário do Poder e esta coluna mostra que a maioria dos eleitores é favorável à extinção dos carros oficiais para autoridades públicas de todas as esferas do poder público: 68,2% de entrevistados concordam com a medida. Apenas 25,6% seriam contra. O senador Reguffe (sem partido-DF) apresentou este ano projeto acabar com esse luxo de autoridades.

O projeto de Reguffe dá fim a carros oficiais de autoridades, exceto o presidente da República. Mas anda a passo de tartaruga no Senado.

No início de 2018 o então presidente Michel Temer baixou decreto que tirou a prerrogativa de uso de carros oficiais de 1.052 autoridades.

A maior faixa de apoio à ideia de extinguir com o benefício dos carros oficiais está entre entrevistados com ensino superior completo: 73,9%.

O Paraná Pesquisa entrevistou 1.565 habitantes do DF entre 21 e 25 de julho. A margem de erro é de cerca de 2,5% para resultados gerais.

CLÁUDIO HUMBERTO

Comments

Popularização da internet pelo celular limita habilidades para o mercado de trabalho

A ONU reconhece o acesso à internet como um direito humano, mas as estatísticas mostram que, no Brasil, esse é um privilégio concentrado nos mais ricos. Um estudo divulgado em junho pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) aponta que mais de 90% das pessoas de classes A e B estão na rede, enquanto nas faixas D e E esse percentual é de apenas 42%. Mas, mesmo entre os mais pobres conectados, a renda tem impacto direto na forma de uso e no tipo de conteúdo consumido. Muita gente só tem acesso à rede pelo celular e não desenvolve completamente as habilidades das novas tecnologias digitais, sem nem saber operar um computador.

O trabalho do Ipea foi baseado em dados das pesquisas TIC Domicílio 2017 e TIC Cultura, ambas realizadas pelo Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade da Informação (Cetic.br). Winston Oyadomari, coordenador das pesquisas no Cetic.br, explica que a inclusão digital no país só avança com a popularização dos smartphones, o que não é acompanhado pela qualidade no acesso, com o desenvolvimento de habilidades.

— Para se pensar na redução de desigualdades, no acesso a bons empregos, temos de olhar para quais são os usos pela lógica dos dispositivos — diz Oyadomari. — Hoje, 49% dos usuários acessam a internet apenas pelo celular. E existem habilidades, principalmente em atividades profissionais, que só podem ser desenvolvidas no computador.

Foi essa a descoberta do estudante Lucas Bitar, de 20 anos, ao participar de um curso de empoderamento digital oferecido pela ONG Recode, na Redes da Maré, no Complexo da Maré. Até então, sua experiência com internet se restringia a fuxicar a vida de celebridades e conversar em redes sociais pelo celular.

— No primeiro dia do curso, a professora pediu para a gente ligar o computador, e eu não sabia como — lembra. — O curso expandiu meus horizontes. Aprendi a fazer pesquisas e usar ferramentas de produtividade, e logo depois consegui um emprego. Moro no Complexo da Maré, onde a educação é muito precária. No Brasil, a desigualdade se encontra até no acesso à internet.

Abismo digital persiste

Segundo os dados das pesquisas do Cetic.br, entre as pessoas que nunca usaram a internet ou não fizeram uso nos três meses anteriores à entrevista, 50,9% tinham renda de até um salário mínimo. Sobre o uso, entre os que não fizeram nenhuma das práticas registradas pela pesquisa (jogos on-line, música on-line, vídeos, baixar filmes, músicas e jogos), 39,2% pertenciam a essa mesma faixa de renda.

— O uso da internet reflete as desigualdades sociais — afirma o pesquisador Frederico Augusto Barbosa da Silva, um dos autores do estudo do Ipea. — Em linhas gerais, quanto maior a renda, maior a probabilidade de se encontrar um usuário mais intenso da rede.

Rodrigo Baggio, presidente da ONG Recode, defende que é preciso pensar em políticas públicas hoje para que os jovens mais pobres tenham acesso ao mercado de trabalho do futuro. O abismo digital que persiste tende a reforçar a desigualdade social em um mundo que caminha para a quarta revolução industrial.

— Um estudo da UnB aponta que mais da metade dos empregos formais do país podem ser substituídos por softwares e robôs. São 30 milhões de vagas que deixarão de existir — alerta Baggio.

O Google tem uma equipe dedicada a pensar em como usar a tecnologia para melhorar o acesso e a experiência de uso da internet pela população mais pobre. David Shapiro, diretor de Negócios e Operações da iniciativa Next Billion Users, explica que o foco está em países em desenvolvimento, incluindo Brasil e Índia.

O Brasil inspirou um dos projetos. Há alguns anos, pesquisadores perceberam que o brasileiro sofria com o espaço de armazenamento dos smartphones. Quando ia tirar uma foto, precisava apagar outra para liberar memória.

— Por que o telefone não pode liberar espaço automaticamente? Então criamos o Files, um gerenciador que indica quais arquivos estão seguros na nuvem e podem ser deletados — diz Josh Woodward, diretor do Google Station.

Agora, os pesquisadores do Next Billion Users se voltam para quem nunca teve celular.

— Em Puebla, no México, mostrei a algumas pessoas vários ícones comuns. O símbolo de Wi-Fi, o ícone de menu, e elas não tinham a menor ideia do que eram — diz Woodward. — Quando pensamos em design, precisamos pensar nessas pessoas que nunca acessaram a internet.

PARA CONTINUAR LENDO A REPORTAGEM BASTA CLICAR NO LINK: https://oglobo.globo.com/economia/popularizacao-da-internet-pelo-celular-limita-habilidades-para-mercado-de-trabalho-23838465

O GLOBO

Comments

De olho nas eleições de 2020, PSL discute mudança de nome e novo logotipo

A um ano do início da campanha para as eleiçõesmunicipais, o PSL — partido do presidente Jair Bolsonaro — começa a discutir medidas para evitar novos constrangimentos, como as denúncias de uso decandidaturas laranjas e as disputas internas, com integrantes da legenda atacando o próprio governo e votando contra a orientação do Planalto.

O presidente Jair Bolsonaro agendou uma reunião com Luciano Bivar, que comanda o PSL nacional, para a próxima quinta-feira, no Palácio do Planalto, para tratar desses temas.

No início do ano, Bolsonaro cogitou deixar o partido. Segundo aliados, desistiu da mudança por entender que qualquer legenda poderia apresentar problemas.

Na intenção de “mudar a cara” do PSL, um grupo de filiados tenta convencer Bivar a alterar, inclusive, o nome do partido. A ideia é fazer um concurso online para escolher, entre a militância, qual nomenclatura adotar e também o logotipo mais adequado. O objetivo é criar uma imagem alinhada às ideias conservadoras nos costumes e liberais na economia. As iniciativas, no entanto, esbarram na resistência do presidente da legenda, que nega as mudanças.

Apesar de não ter afastado do governo o ministro do Turismo, Marcelo Alvaro Antônio —alvo de suspeitas de que teria articulado um esquema de candidaturas laranjas em Minas Gerais, no ano passado —, Bolsonaro deve cobrar de Bivar a adoção na legenda de regras de compliance , normas internas de conduta.

Desde fevereiro, a Polícia Federal e o Ministério Público Eleitoral investigam o PSL pelo uso de candidatas de fachada para desvio de recursos do fundo eleitoral. O primeiro caso revelado foi o do diretório de Minas Gerais, comandando por Alvaro Antônio durante as eleições do ano passado.

Em junho, a PF prendeu temporariamente Mateus Von Rondon, assessor especial do ministro, sob suspeita de envolvimento no esquema. Dias depois, ele foi solto e mantido no cargo. Já no Ceará, o presidente da legenda, Heitor Freire, exonerou Diego Cavan Marques da presidência da Comissão Provisória de Massapê, ao descobrir que ele usava tornozeleira eletrônica após ser sentenciado por apropriação indébita. Ele foi retirado da função em 29 de junho e não está mais filiado ao PSL.

Segundo fontes do partido, o presidente também vai aproveitar a reunião para pedir a Bivar que afine o discurso com a bancada do PSL na Câmara, evitando novas dissidências nas votações e críticas ao governo. A aliados, Bolsonaro demonstrou incômodo com constantes ataques que vem sofrendo de parlamentares do PSL que, segundo ele, teriam sido eleitos na esteira de sua popularidade. Na avaliação do presidente, Bivar pode convencer os deputados federais a amenizar as críticas ao governo.

Caso mais recente de fogo amigo foi o de Alexandre Frota (PSL-SP), divulgado pelo blog do colunista Guilherme Amado, da revista Época. Questionado sobre quem mais o decepcionou após entrar na política, Frota disparou: “Com toda a certeza, foi o Bolsonaro”.

O entorno do presidente aponta a disputa por cargos como motivo das críticas feitas por deputados que deveriam compor a base governista. Aliados de Bolsonaro alegam que Alexandre Frota quis fazer indicações no Ministério da Cidadania, de Osmar Terra, e também no diretório do PSL em São Paulo. Mas Frota rebate as acusações.

— Eu não preciso de cargo no governo. O Bolsonaro me pediu que ajudasse estruturar a equipe da Secretaria de Cultura. Eu apenas indiquei técnicos, mas a decisão de aceitar era deles — disse.

Líder do PSL na Câmara, Delegado Waldir (GO) também fez duras críticas ao governo. Apontou falhas e até chegou a acusar o Planalto de prejudicar o andamento da reforma da Previdência. Aliados do presidente avaliam, porém, que Bivar tem chance de convencê-lo a cessar os ataques.

O objetivo de Bolsonaro, segundo interlocutores, não é levar à expulsão de deputados federais dissidentes, mas evitar derrotas como a que ocorreu na Comissão Especial da Câmara, na votação dos destaques que previam regras mais vantajosas para a aposentadoria de policiais.

A transferência do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) do Ministério da Justiça para a pasta da Economia também entrou na contabilidade do governo como erro que não deve se repetir.

— Nós lutamos para que o Coaf ficasse no MJ, mas chegou um ponto em que avaliamos que, para evitar que a MP perdesse eficácia, era melhor priorizar outras pautas como a não recriação dos Ministérios da Cultura e do Trabalho e o não esvaziamento da Receita — afirmou o líder do governo na Câmara, Major Vitor Hugo (PSL-GO).

O GLOBO

Comments

Extensa, ficha criminal revela hacker da Lava Jato autor de múltiplos golpes 171

Walter Delgatti Neto, conhecido como vermelho – Reproduçao

 

Apontado como líder do ataque hacker contra autoridades, Walter Delgatti Neto, que confessou ter invadido contas de Telegram de pessoas públicas, acumula em seus 30 anos de vida uma extensa lista de inquéritos e processos judiciais.

Antes de voltar à prisão, na última terça-feira (23), sua ficha de antecedentes criminais mostrava ao menos 20 casos em que ele era investigado ou acusado da prática de crimes. Entre as vítimas, bancos, mulheres, homens, uma adolescente, advogados, empresários e shoppings.

Em vários dos procedimentos abertos, ele aparece implicado em um famoso artigo do código penal: o 171, de estelionato —“obter, para si ou para outrem, vantagem ilícita, em prejuízo alheio, induzindo ou mantendo alguém em erro, mediante artifício, ardil, ou qualquer outro meio fraudulento”.

Quase todas as investigações e processos são sobre algum tipo de golpe: usar identidade de terceiros, falsificar documentos públicos ou particulares, usar papéis falsificados.

De acordo com pessoas próximas e com processos públicos, esconder seus crimes nunca foi sua principal preocupação, tendo deixado rastros óbvios em algumas das suas ações, algumas delas cinematográficas.

Em um dos processos na Justiça, relata-se um caso em que Delgatti alugou um apartamento para hospedagem, de forma temporária, utilizando o nome de uma outra pessoa, em Moema, bairro nobre da capital paulista.

Em poucos dias que estava no local, chamou um caminhão de mudança. Geladeira, sofá, ar-condicionado, mesas, cadeiras e uma televisão de 50 polegadas estavam sendo colocados na carreta, quando a gerente do condomínio estranhou e chamou a polícia.

O suposto impostor fugiu quando os agentes chegaram, mas deixou no apartamento seus documentos verdadeiros, o que permitiu ser identificado.

Em outro episódio, Delgatti fez compras em lojas de colchões, em farmácias e outros lugares com um cartão furtado.

Câmeras dos estabelecimentos e funcionários reconheceram o suspeito, que foi pessoalmente escolher os produtos.

Bom papo, cara de pau, carismático e enrolador foram algumas das descrições dadas por quem conviveu com Delgatti em algum momento.

Não à toa, também preso na operação da semana passada, Gustavo Henrique Elias Santos disse em depoimento que, em fevereiro, quando foi hackeado, desconfiou na mesma hora do amigo. Não por saber que ele estava metido com invasões virtuais, mas por achar que seria alguém com “audácia” para o feito.

Delgatti tem sido chamado internamente por investigadores da PF de um grande “contador de histórias”, característica considerada típica de estelionatários.

Quando foi detido pela Polícia Federal, Delgatti era considerado foragido —a Justiça havia emitido um mandado de prisão em um processo em que foi condenado por infringir a Lei das Drogas, no artigo que prevê de 5 a 15 anos de prisão por adquirir, vender, guardar ou fornecer drogas sem autorização ou em desacordo com a legislação, além de ter falsificado documento público.

Em diversos ofícios emitidos pela Justiça, inclusive nesse mandado de prisão, ele aparece como não localizado, “estando o mesmo em lugar incerto e não sabido”.

Delgatti cresceu em Araraquara (a 273 km de São Paulo) com a avó, sem convívio com a mãe, segundo contaram, reservadamente, pessoas que o conhecem. Ele não tinha emprego formal nem atividade estável.

Gostava de se vangloriar de suas supostas conexões na cidade. No passado, já fingiu ser aluno de medicina da USP —o que lhe rendeu uma investigação por uso de documento falso— e andava com um extrato bancário de uma conta milionária —que também era falso.

Uma pessoa conhecida o compara ao protagonista do filme “VIPs”, inspirado na história de um dos golpistas mais conhecidos do país, Marcelo Nascimento da Rocha, vivido no cinema pelo ator Wagner Moura.

O golpista do filme se notabilizou em 2001 ao conceder entrevista ao programa de Amaury Jr., na Bandeirantes, passando-se por Henrique Constantino, filho do fundador da Gol.

Já Delgatti chegou a ser preso durante uma viagem ao Beto CarreroWorld, no município de Penha (SC), em maio de 2015, por ter tentado se passar por delegado da Polícia Civil de São Paulo. A suspeita era de falsidade ideológica.

Na ocasião, ele viajava junto com o amigo Elias Santos e a companheira dele, Suelen de Oliveira, também presos pela PF na última terça-feira. No carro deles a polícia catarinense encontrou uma arma que levou Elias Santos a ser detido por porte ilegal.

O episódio foi lembrado por Suelen em seu depoimento à PF na semana passada. Foi nessa viagem a Santa Catarina que ela disse ter conhecido Delgatti.

Na mesma época, em 2015, o rapaz tinha uma arma de ar comprimido, do tipo “air soft”, que parecia de verdade. Gostava de exibi-la, segundo ele, por temer ser alvo de ladrões. Possuía dois carros, um BMW e um utilitário Hyundai Santa Fe, avariados em acidentes de trânsito, mas que, para Delgatti, poderiam atrair a atenção de bandidos.

Naquele ano, ele foi alvo de um mandado de busca e apreensão em sua casa, depois que uma garota de 17 anos, então namorada de seu irmão, o acusou de estupro —ela acabou refazendo seu primeiro depoimento.

A delegada de polícia encarregada de cumprir o mandado, Meirilene de Castro Rodrigues, escreveu em relatório que Delgatti teve uma postura desafiadora ao receber os policiais em seu apartamento em Araraquara. “O investigado Walter calmamente informou que já havia visto o mandado [de busca e apreensão], dizendo ainda, sarcasticamente: ‘Eu estava esperando por vocês’”.

Quando indagado sobre como sabia do mandado, segundo o relatório da delegada, Delgatti respondeu que era “uma pessoa influente” e que havia recebido o mandado escaneado em seu notebook dois dias antes.

Para demonstrar que teve acesso ao mandado, Delgatti apresentou um outro mandado, expedido contra seu irmão, Wisllen, “e mostrou tal documento na tela do seu notebook”.

A delegada procurava no apartamento a arma que teria sido usada no estupro contra a menor de idade. Delgatti disse, então, que tinha uma arma de ar e a usava na cintura porque temia um assalto.

Conforme o relatório da delegada, o suspeito lhe disse que trabalhava como investidor “e que tem uma conta em um banco da Suíça, motivo pelo qual ele faz várias viagens por ano, para aquele país e para a Europa por causa da movimentação dessa conta”.

FOLHAPRESS

Comments

Defesa de hacker preso diz haver cópias de diálogos com pessoas dentro e fora do país

Em sua primeira manifestação desde a prisão de Walter Delgatti Neto, 30 —suspeito de invadir contas de Telegram de autoridades—, a defesa disse em nota, neste domingo (28), que as mensagens obtidas por ele estão resguardadas por “fiéis depositários, nacionais e internacionais”, e reafirmou que foi ele a fonte do site The Intercept Brasil.

Em depoimento à Polícia Federal, Delgatti já havia sustentado que obteve conversas de investigadores da Lava Jato e as repassou ao jornalista Glenn Greenwald, fundador do Intercept, de forma anônima, voluntária e sem cobrança financeira.

“Recentemente, o nosso cliente, no exercício dos direitos e deveres individuais, em condições de plena e estável sanidade mental, confrontado com informações disponibilizadas por via online —de forma gratuita, anonimamente, não divulgadas informações de cunho pessoal, sem quaisquer fins lucrativos— optou por transferir tal material para profissional(is) de imprensa, de reconhecida competência e seriedade, para investigar e averiguar o conteúdo das mesmas”, diz a nota.

“Para todos os fins, registra, por pertinente, que o conjunto das informações está devidamente resguardado por fiéis depositários, nacionais e internacionais”, acrescenta o comunicado.

Um dos hackeados, o ministro da Justiça, Sergio Moro, defendeu a autoridades que as mensagens sejam destruídas, como revelou a Folha. O gesto provocou reação imediata em outros Poderes. Neste sábado (27), o presidente Jair Bolsonaro disse que a decisão não cabe a Moro.

A nota da defesa, assinada em papel timbrado pelos advogados Luís Gustavo Delgado Barros e Fabrício Chaves Lucas —que não autorizaram sua divulgação à imprensa por meios digitais—, afirma que Delgatti reconhece que “a Constituição Federal obriga a transparência e a publicidade das ações de Estado, sendo assegurado a todos o acesso à informação, resguardado o sigilo da fonte”.

O texto também diz que Delgatti recorrentemente espanta-se com a “fragilidade do sigilo no Brasil, e convida a regulamentação e a transparência quando do acesso e uso de redes de informação pelo poder público, em defesa do melhor interesse público”.

Greenwald e o Intercept têm dito que não fazem comentários sobre suas fontes. Sobre sigilo da fonte, o artigo quinto da Constituição afirma: “É assegurado a todos o acesso à informação e resguardado o sigilo da fonte, quando necessário ao exercício profissional”.

Segundo a defesa, Delgatti não é filiado a partidos políticos e é desinteressado pela política institucional. Segundo registros da Justiça Eleitoral, contudo, o suspeito foi filiado ao DEM.

Como a Folha mostrou, o perfil atribuído a ele no Twitter postava nos últimos meses mensagens relacionadas ao cenário político nacional. A conta foi criada em 2010 e ficou inativa durante quase oito anos, até maio deste ano.

Na quinta-feira (25), o presidente nacional do DEM, ACM Neto, prefeito de Salvador (BA), divulgou nota informando que determinou a expulsão de Delgatti do partido, por “descumprimento dos deveres éticos previstos estatutariamente”.

Delgatti foi preso temporariamente (por cinco dias) na última terça-feira (23). Na sexta (26), o juiz Vallisney Oliveira, da 10ª Vara Federal em Brasília, renovou a prisão temporária por mais cinco dias a pedido da Polícia Federal e da Procuradoria.

FOLHAPRESS

Fonte: Blog do BG

Continuar lendo PRIMEIRAS NOTÍCIAS DESTA SEGUNDA-FEIRA

RESUMO DA SEMANA: HACKERS PRESOS, PGR X TOFFOLI, BOLSONARO X GOVERNADORES DA PARAÍBA

No RESUMO DA SEMANA deste último domingo de julho você vai ver todos os fatos relevantes na política desta semana que passou e que foram destaque nos programas Jornal da Manhã, Pânico, Morning Show, 3 em 1 e Os Pingos nos Is, da Jovem Pan. Não perca, você vai ficar por dentro e entender tudo que está acontecendo na política e na economia do Brasil.

Fonte

Publicado em 27 de jul de 2019

Continuar lendo RESUMO DA SEMANA: HACKERS PRESOS, PGR X TOFFOLI, BOLSONARO X GOVERNADORES DA PARAÍBA

PRIMEIRAS NOTÍCIAS DESTA SEXTA-FEIRA

Por G1

 

PF diz que preservará mensagens encontradas na operação que prendeu grupo de hackers. Antes, o presidente do STJ tinha dito que foi avisado por Moro sobre destruição de dados. Quadrilha que roubou ouro no aeroporto de Guarulhos rendeu família de funcionário e usou ao menos cinco veículos na ação. Conta de luz: vem aí a bandeira tarifária de agosto. Cerimônia abre oficialmente o Pan de Lima, no Peru. E mais: um elefante em fúria e peixe-boi marinho quase extinto.

INTERNACIONAIS

Pan de Lima

 Velejadoras Martine Grael e Kahena Kunze — Foto: Wander Roberto / COBVelejadoras Martine Grael e Kahena Kunze — Foto: Wander Roberto / COB

Embora handebol e vôlei de praia já estejam em andamento, os Jogos Pan-Americanos de Lima, no Peru, começam oficialmente hoje, com a cerimônia de abertura às 20 horas. As velejadoras Martine Grael e Kahena Kunze serão as porta-bandeiras da delegação brasileira.Campeãs olímpicas e mundiais na classe 49er FX, elas vão puxar a fila nacional no Estádio Nacional.

Partiu Lua!

Índia envia missão até a Lua nesta segunda-feira, 22 de julho — Foto: Indian Space Research Organisation / ReutersÍndia envia missão até a Lua nesta segunda-feira, 22 de julho — Foto: Indian Space Research Organisation / Reuters

NACIONAIS

Mensagens hackeadas

Presidente da República, o da Câmara e do Senado tiveram seus celulares invadidos

Presidente da República, o da Câmara e do Senado tiveram seus celulares invadidos

A Polícia Federal (PF) informou que preservará o conteúdo das mensagens que venham a ser localizadas no material apreendido na Operação Spoofing. Caberá à Justiça definir o destino do material.

Segundo a PF, foram invadidos celulares dos presidentes da Câmara, deputado Rodrigo Maia; do Senado, Davi Alcolumbre; do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro João Otávio de Noronha; e da procuradora-geral da República, Raquel Dodge.

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, foi comunicado pelo ministro da Justiça, Sérgio Moro, que celulares de ministros da Corte também foram alvos de ataque.

O DJ Gustavo Henrique Elias Santos, um dos presos suspeitos dessas invasões a celulares, pode dar um novo depoimento à polícia hoje. Ele está preso na Superintendência da PF em Brasília com outras três pessoas.

Roubo milionário de ouro

Mais um veículo utilizado no assalto milionário no Aeroporto de Guarulhos é encontrado pela polícia — Foto: Reprodução / TV GloboMais um veículo utilizado no assalto milionário no Aeroporto de Guarulhos é encontrado pela polícia — Foto: Reprodução / TV Globo

A polícia encontrou mais três veículos usados no roubo milionário de ouro no terminal de cargas do Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo: duas caminhonetes, uma branca e outra prata, e um caminhão-baú, foram localizadas na Zona Leste. A polícia ainda não explicou como esses veículos foram utilizados no crime.

A polícia também informou que os dois carros clonados como veículos da PF não são roubados, mas não informou sobre seus proprietários.

Conta de luz

Aneel divulga nesta sexta (26) a bandeira tarifária de agosto — Foto: Estúdio NSC Branded ContentAneel divulga nesta sexta (26) a bandeira tarifária de agosto — Foto: Estúdio NSC Branded Content

Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) divulga nesta sexta-feira a bandeira tarifária de agosto. Atualmente, a bandeira é amarela e há cobrança extra de R$ 1,50 a cada 100 kWh consumidos. Em junho, vigorou a bandeira verde. Nesta cor, não há cobrança extra nas contas de luz.

Paulo Carvalho

Paulo Carvalho — Foto: Reprodução / FacebookPaulo Carvalho — Foto: Reprodução / Facebook

jornalista Paulo Carvalho, de 47 anos, morreu ontem, no Rio de Janeiro, vítima de infarto. Ele estava com um dos filhos na Games XP 2019, no Parque Olímpico, na Barra da Tijuca, quando passou mal por volta das 14h. O sepultamento será realizado hoje, no final da tarde.

Mulheres na matemática

Desigualdade de gênero entre cientistas de matemática é tema de encontro nacional neste fim de semana no Rio de Janeiro — Foto: DivulgaçãoDesigualdade de gênero entre cientistas de matemática é tema de encontro nacional neste fim de semana no Rio de Janeiro — Foto: Divulgação

Atualmente, o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) tem 408 bolsas vigentes de produtividade em pesquisa (PQ), um tipo de financiamento destinado a cientistas que já têm mestrado, doutorado e uma sólida carreira de pesquisa. Mas as mulheres receberam apenas 11% das bolsas destinadas à pesquisa em matemática, probabilidade e estatística, segundo um levantamento feito pelo G1.

Viaduto Santa Ifigênia

Viaduto Santa Ifigênia, no Centro de São Paulo — Foto: TV Globo / ReproduçãoViaduto Santa Ifigênia, no Centro de São Paulo — Foto: TV Globo / Reprodução

O Viaduto Santa Ifigênia, que completa 106 anos hoje, sofre com problemas de zeladoria, em especial na conservação do piso e no nivelamento do solo. Em vários pontos de seus 225 metros de extensão é possível notar a ausência das pastilhas do piso, que foram acrescentadas no viaduto em 1975, expondo assim sua estrutura de cimento. Há também rachaduras. O G1 mostra.

Elefante em fúria

Um vídeo publicado nas redes sociais do Parque Nacional Kruger, na África do Sul, assustou internautas: o material registra o momento em que um elefante ataca um veículo cheio de turistas no meio de um safári.

Desafio Natureza

Poluição da água e degradação do habitat são ameaças de extinção ao peixe-boi

Poluição da água e degradação do habitat são ameaças de extinção ao peixe-boi

Poluição da água supera caça como principal ameaça à extinção do peixe-boi marinho, diz especialista. Contaminação da costa por lixo, esgoto não tratado e combustível de embarcações contribuíram para o que o animal fosse considerado extinto em três estados brasileiros.

Brumadinho

Brumadinho no rastro da lama — Foto: Editoria de Arte / G1Brumadinho no rastro da lama — Foto: Editoria de Arte / G1

Seis meses após tragédia, Vale é condenada pela Justiça de MG, mas inquérito segue sem conclusão. Treze pessoas da Vale e da Tüv Süd, que atestou a segurança da barragem que rompeu, são investigadas.

Game XP

Game XP começou nesta quinta (25), no Parque Olímpico, na Zona Oeste do Rio — Foto: Carlos Brito/ G1Game XP começou nesta quinta (25), no Parque Olímpico, na Zona Oeste do Rio — Foto: Carlos Brito/ G1

A Game XP 2019 chega a seu segundo dia nesta sexta-feira com competições de “League of Legends” e “Counter Strike: Global Offensive” e show da cantora Iza. O evento de jogos eletrônicos acontece no Parque Olímpico, do Rio de Janeiro, até domingo. Veja programação completa.

Mais games: ‘Wolfenstein: Youngblood’

Imagem de 'Wolfenstein: Youngblood' — Foto: DivulgaçãoImagem de ‘Wolfenstein: Youngblood’ — Foto: Divulgação

Matar nazistas pode ser uma herança de família. Pelo menos no universo de “Wolfenstein: Youngblood”, novo game derivado da série clássica de tiro em primeira pessoa que chega a PlayStation 4, Xbox One, computadores e Switch. Veja entrevista com o produtor executivo do game, novo capítulo de uma série clássica de tiros.

Cinema

Dentre as estreias no cinema, Anne Hathaway vive golpista em 'As Trapaceiras'

Dentre as estreias no cinema, Anne Hathaway vive golpista em ‘As Trapaceiras’

Uma comédia sobre duas golpistas, uma biografia sobre um infame serial killer e um mistério francês são os destaques das estreias que chegam aos cinemas brasileiros: “As trapaceiras”, “Ted Bundy: a irresistível face do mal” e “O professor substituto”.

Capa de revista

Georgia Furlan Traebert foi capa da edição de julho da australiana 'Katwalk Kids Fashion Magazine' — Foto: Katwalk Kids Fashion Magazine / ReproduçãoGeorgia Furlan Traebert foi capa da edição de julho da australiana ‘Katwalk Kids Fashion Magazine’ — Foto: Katwalk Kids Fashion Magazine / Reprodução

Modelo brasileira com síndrome de Down é capa de revista australiana. Georgia Furlan Traebert, de 15 anos, já foi finalista de concurso de influenciadores digitais no exterior. Catarinense que já fez teatro quer ser atriz e gravar uma novela.

Fonte: G1

Por Blog do BG

Moro é muito criticado por juízes e políticos pelo vazamento de nomes e situação do Ministro é muito delicada

Painel / FOLHA

Afasta de mim esse cale-se O vazamento de nomes que também teriam sido hackeados pelo grupo preso pela PF ampliou a desconfiança de políticos e ministros de cortes superiores sobre a atuação de Sergio Moro (Justiça). O ex-juiz é, a um só tempo, protagonista de rumorosa crise, vítima e chefe do órgão que faz a investigação. A maneira como a suposta invasão de outros celulares foi divulgada foi interpretada como tentativa de criar um cinturão de solidariedade a ele e à destruição de mensagens. Surtiu efeito contrário.

Veio a calhar Tão logo pipocaram, nesta quinta (25), dados de outras autoridades que teriam sido alvo de ataque, políticos especularam sobre 1) a conveniência de espraiar a crise, criando uma “cortina de fumaça” para o foco na Lava Jato, e 2) a hipótese de instrumentalização da PF.

Ninguém dorme Deputados chegaram a indagar quantos hackers foram pegos por clonar, por exemplo, telefones de ex-ministros de Temer –vários foram alvos de golpes– ou se, pelos embates entre Moro e o Congresso, não haveria possibilidade de subtração ou alteração de provas.

Elevador A OAB foi provocada a ingressar com uma reclamação no Supremo questionando o procedimento adotado até agora, já que o hackeamento teria atingido pessoas com prerrogativa de foro –e a Ordem estuda, de fato, ingressar com a medida.

Pare! A OAB deve ainda fazer petição ao juiz hoje responsável pelo caso, Vallisney de Souza, solicitando que não autorize a destruição de provas.

Indignação… Juiz federal do TRF-4, Jorge Antonio Maurique diz que, apesar de a PF indicar que as mensagens são fruto de invasões a celulares, “se verdadeiro, o conteúdo vazado (…) é muito ruim para os envolvidos”.

…seletiva “Impressiona que não haja indignação no mundo jurídico com o conteúdo, e sim com a forma. Veja que o conteúdo não foi contestado expressamente pelos envolvidos”, diz Maurique. “Por causa de mensagens vazadas a jornalistas, o governador de Porto Rico acaba de renunciar. Lá, só importou o conteúdo.”

Jabuticaba Já o governador Flávio Dino (PC do B-MA) diz que “parte diretamente interessada não deveria nem opinar sobre o assunto [destruição de provas]“. “Muito menos comunicar autoridades. Realmente o Direito no Brasil virou coisa bem esquisita.”

 

Mesmo após confissão, PF não vê caso encerrado e aguarda laudos sobre invasão de celulares

Apesar de o principal suspeito dos ataques hacker preso,Walter Delgatti Neto , tenha admitido em depoimento ser autor de invasões à contas de aplicativos de mensagens e telefones de autoridades, a Polícia Federal está longe de encerrar as investigações sobre o caso. A PF entende que ainda é necessário aguardar os laudos periciais e checar alguns dados para concluir a apuração.

A estimativa dos investigadores, após obter dados de sistemas de telefonia,  é que pelo menos mil pessoas foram alvos dos ataques hacker . Dois dias após a prisão dos suspeitos, a investigação apontou que a abrangência dos ataques cibernéticos chegou aos telefones do presidente Jair Bolsonaro, aos presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP) e do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Otávio Noronha, além da procuradora-geral da República, Raquel Dodge. Eles foram informados pelo ministro da Justiça, Sergio Moro, que estavam entre os alvos.

Além das perguntas  já respondidas pela Polícia Federal nos últimos três dias,  restam questões ainda não solucionadas que indicam o que ainda falta ser descoberto ou divulgado, uma vez que o procedimento corre sob sigilo estabelecido judicialmente.

A PF ainda não informou se há informações concretas sobre se houve mandantes das invasões. Além dos  R$ 100 mil apreendidos pela PF na Operação Spoofing,   o que se sabe sobre as finanças dos suspeitos, até agora,  é que Gustavo Henrique movimentou R$ 424 mil que que entre abril e junho do ano passado e Suelen, por sua vez, movimentou R$ 203 mil entre março e maio deste ano. Para os delegados da PF, há incompatibilidade entre a movimentação financeira e as rendas declaradas dos dois.

Na decisão do juiz Vallisney de Oliveira, da 10ª Vara Federal de Brasília, além de autorizar as prisões temporárias, o magistrado afirma que a incompatibilidade entre as movimentações financeiras e a renda mensal dos suspeitos torna necessário rastrear os recursos recebidos e movimentados por eles. Além dos sigilos bancários, o magistrado ainda determinou a quebra do sigilos telemático dos suspeitos.

Ainda não se sabe o que foi encontrado de indícios e provas nos e-mail e arquivos dos presos: Gustavo Henrique Elias Santos, Suelen Priscila de Oliveira, Danilo Cristiano Marques e Walter Delgatti Neto.

Além dos quatro suspeitos presos,  há outras seis pessoas possivelmente envolvidas no caso.  A PF apresentou ao juiz Vallisney de Oliveira um relatório de diligência no qual listou os e-mails destas seis pessoas, que estavam vinculados às contas dos usuários do sistema BRVOZ das quais partiram os ataques.

Com base nesse documento, a PF solicitou o afastamento do sigilo telemático desses e-mails, para acessar seu conteúdo e apurar se os outros alvos também estão envolvidos no caso. O magistrado autorizou a medida e determinou a quebra do sigilo telemático desses e-mails.

O GLOBO

CommentsComments

VAZA JATO: Não se destrói prova antes de perícia e de trânsito em julgado

A primeira coisa que a Polícia Federal deve verificar no material apreendido com os hackers é se ele é autêntico e se não tem inserções, o que pode provar ou não se os diálogos publicados entre o então juiz Sérgio Moro e o procurador da República Deltan Dallagnol são reais, se as mensagens são perfeitas. O que Moro e Dallagnol não reconheceram pode ser verificado, a partir de agora, por perícia.

Se o material é produto de crime, a Justiça terá de enfrentar a questão da prova ilícita. A primeira coisa a fazer é separar o crime decorrente da subtração das informações, com invasão de privacidade, da divulgação de mensagens do The Intercept, que tem a ver com as relações entre Moro e Dallagnol, para verificar a existência ou não de promiscuidade judiciária entre juiz e acusador. São coisas absolutamente diferentes. Não se pode olhar para só uma delas.

Terá de se decidir se a prova, ainda que ilícita, serve ou não para absolver. A orientação europeia é que o processo penal tem, por princípio, a busca da verdade real. Ele não se contenta com a verdade formal, tanto é que, na dúvida, absolve-se o réu porque ele é presumidamente inocente. Imaginemos a situação: uma interceptação telefônica ilegal flagra alguém no exterior. Verifica-se que essa pessoa está viva, mas ela aparece em processo condenatório como vítima de homicídio. Essa prova, embora ilícita, valeria ou não, sendo que há gente condenada em razão do crime? Há revisão criminal nesses casos. Estamos diante do conflito no processo penal entre a pretensão de punir do Estado e o direito subjetivo de liberdade.

Destruir as provas agora seria fraude. Não se destrói prova antes de perícia e de trânsito em julgado. É preciso fazer esse alerta. A regra é constitucional. Quem deve prevalecer no conflito entre o direito privado e o público? Evidentemente, é o público. Não é a intimidade de Moro, mas o interesse público, pois o processo penal tem por meta não deixar impunes os crimes e não punir os inocentes. Que Moro foi vítima em relação ao direito à privacidade é evidente, mas não é tudo. Deve assumir as consequências da conversas com procuradores. É preciso mostrar se o processo teve juiz imparcial e se o tratamento foi desigual para as partes. As apreensões podem levar à verdade sobre as mensagens, verificando se foram alteradas. E é preciso saber essa verdade.

Wálter Maierovitch – JURISTA E PROFESSOR DE DIREITO PENAL

ESTADÃO CONTEÚDO

Comments

E AGORA? Deltan Dallagnol recebeu R$ 33 mil por palestra em empresa citada na Lava Jato

Antes de você ler esse reportagem, qual seria o Procedimento do próprio MP em relação a qualquer cidadão comum ou até mesmo a um político, a alguém do judiciário ou a um pessoa envolvida na administração pública num caso como esse?

Segue a reportagem da FOLHAPRESS:

O procurador da República Deltan Dallagnol fez uma palestra remunerada no valor de R$ 33 mil para uma empresa que havia sido citada em um acordo de delação em caso de corrupção na própria força-tarefa da Lava Jato, mostram mensagens e documentos obtidos pelo The Intercept Brasil e analisados em conjunto com a Folha.

A firma do setor de tecnologia Neoway, que contratou Deltan, foi mencionada pela primeira vez em um documento de colaboração que foi incluído em um chat dos procuradores da operação em março de 2016, dois anos antes da palestra.

Além de participar do evento remunerado da companhia, em março de 2018, Deltan aproximou membros da Procuradoria e representantes da Neoway com o objetivo de viabilizar o uso de produtos dela em um trabalho da força-tarefa, da qual é coordenador em Curitiba.

O procurador também gravou um vídeo para a firma no qual enaltece a utilização de ferramentas tecnológicas em investigações, além de ter acionado um dos assessores do Ministério Público para avaliar seu desempenho na gravação.

Procurado, o Deltan disse à Folha que, antes de dar palestra remunerada para a empresa Neoway, não teve conhecimento de que a companhia já havia sido citada na Lava Jato. “Não reconheço a autenticidade e a integridade dessas mensagens, mas o que posso afirmar, e é fato, é que eu participava de centenas de grupos de mensagens, assim como estou incluído em mais de mil processos da Lava Jato. Esse fato não me faz conhecer o teor de cada um desses processos.”

Quatro meses após a palestra, em um chat, Deltan afirmou a outros procuradores que havia descoberto a citação à empresa na delação premiada do lobista do MDB Jorge Luz, que atuava em busca de vantagens em contratos da Petrobras e subsidiárias.

“Isso é um pepino pra mim. É uma brecha que pode ser usada para me atacar (e a LJ), porque dei palestra remunerada para a Neoway, que vende tecnologia para compliance e due diligence, jamais imaginando que poderia aparecer ou estaria em alguma delação sendo negociada”, afirmou o procurador na conversa.

As mensagens são reproduzidas tal qual aparecem nos arquivos obtidos pelo Intercept, mantendo eventuais erros de digitação e normas da língua portuguesa.

A situação levou Deltan e outros procuradores que haviam mantido contato com a Neoway a deixarem as investigações relativas a Jorge Luz.

Os diálogos examinados pela Folha e pelo Intercept também mostram outras ocasiões em que convites recebidos por Deltan levaram a discussões sobre potenciais conflitos de interesses.

O procurador chegou a perguntar aos colegas sobre eventual participação em um evento organizado pela Odebrecht Ambiental, empresa do grupo que fez a mais extensa delação da Lava Jato. Deltan foi advertido pelos procuradores e não aceitou o convite.

Em outra oportunidade, o procurador teve que cancelar a presença em um evento organizado pela empresa distribuidora de combustíveis Raízen, logo após ler a notícia de que a companhia havia sido alvo de uma operação da Polícia Civil do Paraná.

DELAÇÃO DE JORGE LUZ

Os procuradores da Lava Jato criaram um grupo no aplicativo Telegram em fevereiro de 2016 para tratar do acordo de delação premiada de Jorge Luz, inclusive com a participação de Deltan.

Em 22 de março daquele ano, circulou no chat um documento no qual o delator afirmou que atuou em favor da Neoway em um projeto de tecnologia da BR Distribuidora, subsidiária da Petrobras. Luz contou que recorreu ao então deputado federal Cândido Vaccarezza (PT-SP) e ao atual deputado federal Vander Loubet (PT-MS) para aproximar a Neoway da BR Distribuidora.

No dia 24 de abril de 2017, um outro documento da colaboração premiada foi enviado nesse diálogo com um relato mais categórico de Jorge Luz: “Paguei ao Vaccarezza para arrumar o negócio”.

O delator afirmou que, após uma reunião na BR Distribuidora para apresentação de sua ferramenta tecnológica, a Neoway foi contratada. Jorge Luz disse ainda que os contratos com a empresa foram executados por volta de 2011 ou 2012 e não houve pagamentos a funcionários da Petrobras, apenas repasses a Vaccarezza e Loubet.

O colaborador não indicou os valores dos contratos e dos pagamentos aos deputados nos documentos examinados pela Folha e pelo Intercept.

(mais…)

Comments

TERCEIRO DO BRASIL: Uma em cada cinco pessoas é obesa no RN

Por Tribuna do Norte

Uma em cada cinco pessoas é considerada obesa no Brasil, e o índice de potiguares com excesso de peso (21%) situa o Rio Grande do Norte na terceira posição entre os estados com maior percentual – mesma taxa apurada no Acre, Pará, Rio Grande do Sul e Mato Grosso do Sul, de acordo com estudo divulgado nessa quinta-feira (25) pelo Ministério da Saúde. No topo estão Amazonas e Mato Grosso com 23%, e na outra extremidade aparece o Maranhão com apenas 15,7% da população acima do peso considerado ideal. Pernambuco com 22%, primeiro lugar na região Nordeste, está na vice liderança nacional ao lado do Rio de Janeiro e de Rondônia.

Em 2018 mais da metade dos brasileiros (55,7%) estão acima do peso, sendo que a obesidade acomete 18,9% das pessoas.

A Pesquisa de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel) comparou dados apurados entre 2006 e 2018, e a variação nesse período apresentou um salto de 11,8% para 18,9% – um crescimento de 67,8% nos últimos treze anos.

Para acessar a reportagem completa só clicar no link: http://www.tribunadonorte.com.br/noticia/rn-esta-entre-estados-com-maior-naomero-de-obesos/455010

 

Pesquisa do Procon aponta redução de quase 5% no preço do combustível em Natal

O Instituto Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor de Natal (Procon/Natal) realizou, na última segunda-feira, 22, pesquisa nos postos de combustíveis e identificou redução no valor de todos os combustíveis pesquisados. O objetivo da pesquisa foi verificar se houve a redução de 2,14% no preço anunciada pela Agência Nacional de Petróleo, no dia 18 de julho.

O preço médio da gasolina nas bombas foi de R$ 4,359, contra R$ 4,561 da pesquisa anterior, realizada no dia 08 de julho. Isso representa uma variação negativa de 4,43%, ou seja, redução de R$ 0,202 centavos. Já em comparação com a pesquisa de junho, a redução foi de R$ -0,164 centavos, o que equivale a uma variação negativa de 3,63%.

O Núcleo de pesquisa do Procon/Natal acompanha mensalmente os preços dos combustíveis na cidade do Natal, devido a política de preço aplicada pela estatal brasileira Petrobras, que adotou reajustes com maior periodicidade, desde 3 de julho de 2017. Nas pesquisas recentes realizadas pelo Núcleo, os preços dos combustíveis estão em declínio.

AGORA RN

Femurn alerta para risco de atrasos de salários das Prefeituras no 2º semestre

A possibilidade de atrasos de pagamentos de salários dos servidores públicos municipais não está descartada no segundo semestre, admite o presidente da Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte (Femurn), Leonardo Cassimiro de Araújo Júnior. “Atualmente há casos pontuais de atrasos, por causa de problemas mais profundos, como de previdências próprias que ficaram de gestões anteriores”, disse ele. Mas, a partir de agosto, a tendência é aumentar a quantidade de prefeituras que não terá recursos suficientes para cumprir em dia os compromissos com a folha de pessoal.

“Naldinho”, como é chamado o presidente da Femurn, disse ser essa uma preocupação, em virtude de que entre agosto e outubro,  historicamente, ocorre uma queda no valor dos repasses do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). Neste  período, geralmente, há uma diminuição das receitas com Imposto de Renda, que ao  lado do IPI, forma o  bolo dos recursos do Fundo de Participação.

Ele disse que conversou, inclusive, a respeito disso com a governadora Fátima Bezerra (PT), porque o governo  tem três folhas em atraso referentes aos meses de novembro e dezembro e do 13º salário de 2018, e o Estado também deve enfrentar queda de receitas do Fundo de Participação.

A preocupação com a folha de pessoal é uma constante para os municípios. O Tribunal de Contas do Estado (TCE) já começou a emitir termos de alerta de responsabilidade fiscal para os 91 municípios (54,5%) dos 167 municípios do Rio Grande do Norte,  que no segundo bimestre do ano, ultrapassaram o limite de alerta com gasto de pessoal. O caso emblemático é o de Pureza, que comprometeu  92,4% de sua receita corrente líquida com o pagamento de salários.

Segundo “Naldinho”, pelo  menos em julho os municípios receberam 1% de recursos extras de FPM, e mesmo assim, 44 municípios tiveram saldo zero no repasse da primeira cota, dia 10, Lamentavelmente, diz ele, “é onde a corda quebra,, do lado mais fraco, principalmente dos municípios que sobrevivem exclusivamente do Fundo de Participação”.

O presidente da Femurn diz que os municípios só passam a contar com 1% de recursos extras em dezembro, justamente como ajuda para complementação da folha do 13º salário.

TRIBUNA DO NORTE

Para continuar lendo é só clicar no link: http://www.tribunadonorte.com.br/noticia/femurn-alerta-para-risco-de-atrasos-no-2ao-semestre/455037

 

Comments

Natal é o 3º destino turístico mais procurado do Brasil nos 60 dias

Por Portal NO AR

Natal é o terceiro destino mais procurado por turistas brasileiros no período considerado como inverno no País. Os números fazem parte de uma pesquisa inédita realizada pelo Ministério do Turismo, que aponta os dez destinos mais buscados em viagens nacionais nos meses de junho e julho deste ano. A sondagem foi realizada com duas mil agências de viagens do país. Fortaleza (CE), Maceió (AL), Natal (RN), Gramado (RS), Rio de Janeiro (RJ), Porto Seguro (BA), Ipojuca (PE), São Paulo (SP), Salvador (BA) e Campos do Jordão (SP) estão nas dez primeiras posições, respectivamente.

“Esses números são muito importantes para a cidade e para o destino turístico. Isso prova que essas ações que estão sendo feitas em parceria com os empresários, no caso a ABIH – Associação Brasileira da Indústria de Hotéis e com o Governo do Estado, esses “Gold Shows”, essas promoções específicas do destino, que querem comprar o Nordeste, que querem comprar Natal, especificamente interior de Minas, de São Paulo e Centro-Oeste estão dando resultado”, comentou o secretário de Turismo de Natal, Fernando Fernandes.

Um outro dado a ser festejado pela capital potiguar diz respeito ao perfil do turista que está buscando a cidade. De acordo com a pesquisa, na composição do público, os casais com filhos correspondem ao maior número (37%) dos viajantes que utilizam agências de viagens, seguidos dos casais, com 22%, e viagens em família, com 21%. Esse perfil de viajante, em destaque, costuma consumir mais que turistas que viajam sozinhos, dessa forma, o capital circula entre os fornecedores de serviços da cidade.

Os dados apontam para um interesse maior dos turistas na “dupla” sol e praia (49%), perfil que se encaixa bem na capital potiguar. Destinos culturais e com títulos de patrimônio histórico ficam com o segundo lugar (16%), enquanto viagens a trabalho (10%) e por ecoturismo (9%) ocupam a terceira e quarta posições.

MINAS GERAIS

Natal também aparece bem posicionada em outra pesquisa realizada recentemente pelo Ministério do Turismo. A capital do Rio Grande do Norte está entra as três mais buscadas pelos turistas mineiros para viagens nos meses de junho e julho. As cidades de Porto Seguro (BA), Maceió (AL) e Natal (RN) são os três destinos mais procurados.

A constatação é da Pesquisa de Sondagem Empresarial, realizada pelo Ministério do Turismo com 175 empresas de comércio de viagens do estado. O levantamento trouxe, ainda, que 6 em cada 10 mineiros procuram destinos onde possam aproveitar os momentos de lazer com sol e praia.

Assim como na pesquisa mais abrangente, citada anteriormente, o perfil do público mineiro, também aponta casais com filhos como o maior número (43,7%) dos viajantes que utilizam agências de viagens, seguidos dos casais sem crianças, com 25,8%, e viagens em família, com 21,1%.

Fonte: Blog do BG

Continuar lendo PRIMEIRAS NOTÍCIAS DESTA SEXTA-FEIRA

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DESTA QUINTA-FEIRA

Por G1

 

Bolsonaro, Maia, Alcolumbre e Dodge também foram alvos de grupo de hackers. O presidente do STF diz que pretende antecipar julgamento sobre o Coaf. Ladrões com viaturas falsas da PF roubam 750 quilos de ouro no aeroporto de Guarulhos. Governo divulga calendários de saques do FGTS no ano que vem. Brasil tem o melhor semestre em 5 anos na criação de empregos. Mais da metade dos brasileiro está acima do peso. E a espera dolorosa das famílias dos 22 desaparecidos em Brumadinho.

NACIONAIS

Celulares invadidos

Aparelhos celulares usados por Jair Bolsonaro foram alvos de grupo de hackers

Aparelhos celulares usados por Jair Bolsonaro foram alvos de grupo de hackers

A PF identificou que Bolsonaro, os presidentes da Câmara, Rodrigo Maia, do Senado, Davi Alcolumbre, a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, e ministros do STF e do STJ também foram alvos do grupo de hackers preso na terça-feira.

Lista de vítimas de hackers inclui Maia, Alcolumbre e Raquel Dodge — Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil; Marcelo Camargo/Agência BrasilLista de vítimas de hackers inclui Maia, Alcolumbre e Raquel Dodge — Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil; Marcelo Camargo/Agência Brasil

O ministro da Justiça, Sérgio Moro, que também foi vítima do ataque hacker, avisou o presidente do Supremo, Dias Toffoli, sobre a invasão e relatou ter ligado pessoalmente para os ministros hackeados. Os nomes dos magistrados não foram divulgados.

Segundo a PF, mais de mil nomes dos três poderes compõem a lista de vítimas dos hackers.

Ontem à noite, Ariovaldo Moreira, advogado do DJ Gustavo Elias Santos e Suelen Priscila de Oliveira, afirmou que Gustavo afirmou à PF que a intenção do outro suspeito preso, Walter Delgatti Neto, era vender as informações obtidas por hackeamento para o PT.

Mas o advogado ressaltou que o cliente dele não sabe se Walter chegou a vender esse material ou a procurar alguém.

O PT emitiu nota na qual afirma que o inquérito que apura a atuação de supostos hackers se tornou uma “armação” contra o partido.

O advogado Luiz Gustavo Delgado, que fende Walter Delgatti Neto, afirmou em nota que assumiu o caso ontem. A TV Globo perguntou se Walter, de fato, tinha afirmado que queria vender as mensagens para o PT.

Delgado respondeu que a investigação era bem complexa e que, por ora, não poderia dar mais informações.

Caso Coaf

A decisão do presidente do STF atendeu a um pedido do senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), que é alvo de investigação do Ministério Público do Rio de Janeiro — Foto: Fabiane de Paula/SVMA decisão do presidente do STF atendeu a um pedido do senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), que é alvo de investigação do Ministério Público do Rio de Janeiro — Foto: Fabiane de Paula/SVM

O presidente do STF, Dias Toffoli, afirmou que pretende antecipar o julgamento sobre investigações com dados sigilosos do Coaf, suspensas por ele ao atender a um pedido do senador Flávio Bolsonaro, filho do presidente.

A análise do tema em plenário está atualmente marcado para 21 de novembro. “Eu vou conversar com colegas e vamos antecipar para o mais rápido possível”, afirmou o ministro. Ele negou que a decisão tomada por ele possa inviabilizar investigações futuras.

Navios parados

Toffoli rejeita recurso da Petrobras e manda estatal vender combustível a navios iranianos

Toffoli rejeita recurso da Petrobras e manda estatal vender combustível a navios iranianos

Toffoli também mandou a Petrobras abastecer os navios iranianos parados no litoral do Paraná desde junho, quando a estatal disse que não forneceria combustível para não sofrer sanções dos EUA.

Os navios da empresa Eleva Química, chamados Bavand e Termeh, vieram ao Brasil carregados de ureia e deveriam retornar ao Irã com milho brasileiro.

Assalto milionário

Viatura clonada da PF usada no roubo — Foto: ReproduçãoViatura clonada da PF usada no roubo — Foto: Reprodução

Uma quadrilha com 8 homens fortemente armados invadiram o terminal de cargas do Aeroporto Internacional de Guarulhos (SP) e roubou 750 quilos de ouro. Os ladrões estavam disfarçados de policiais e entraram no aeroporto com duas viaturas falsas da PF.

Câmeras registram bandidos dentro do terminal de cargas de Cumbica

Câmeras registram bandidos dentro do terminal de cargas de Cumbica

Dois seguranças foram feitos reféns pelos assaltantes, que obrigaram funcionário do terminal a usar uma empilhadeira para colocar a carga, avaliada em R$ 100 milhões, em um dos carros.

Como sacar o FGTS? Qual o prazo?

Saques do FGTS — Foto: Arte/G1Saques do FGTS — Foto: Arte/G1

Os saques do FGTS anunciados ontem pelo governo obedecerão a um calendário, e terão duas modalidades: uma que libera até R$ 500 e outra que permitirá o saque anual de acordo com o aniversário do trabalhador, chamado pelo governo de saque-aniversário. O G1 preparou um tira-dúvidas sobre o assunto e aqui você pode conferir o calendário de saques no ano que vem.

Criação de empregos

O Brasil criou 408,5 mil vagas formais de emprego no melhor 1º semestre em 5 anos. Em junho, foram gerados 48.436 empregos, segundo o Ministério da Economia.

Acima do peso

 Foto de arquivo mostra medida de cintura; obesidade vem crescendo no Brasil, segundo pesquisa Vigitel — Foto: AP Photo/M. Spencer Green, FileFoto de arquivo mostra medida de cintura; obesidade vem crescendo no Brasil, segundo pesquisa Vigitel — Foto: AP Photo/M. Spencer Green, File

O Ministério da Saúde divulgou dados que mostram que mais da metade da população brasileira está acima do peso. Segundo o levantamento, 55,7% da população está com Índice de Massa Corporal acima do valor considerado ‘normal’ pela OMS. Já o número de obesos está estável desde 2015, com pequena variação.

Brumadinho: 6 meses

Tragédia da Vale em Brumadinho, MG, completa seis meses nesta quinta-feira (25)

Tragédia da Vale em Brumadinho, MG, completa seis meses nesta quinta-feira (25)

A tragédia da Vale em Brumadinho (MG) completa hoje seis meses, depois que uma onda de lama causada pelo rompimento da barragem na Mina do Córrego do Feijão invadiu a área administrativa da mineradora e parte da cidade.

Apesar de ter se passado seis meses, 180 dias ou 4.320 horas, o tempo corre diferente para quem ainda espera para enterrar o filho, o marido ou a irmã. O trabalho dos bombeiros não parou desde o dia da tragédia. E na lista das vítimas ainda estão 22 desaparecidos.

É uma espera que machuca ainda mais quem já carrega tanta dor.

“No início a gente pedia para encontrar vivo, aí passava uma semana nada, passava 15 dias, você já sabia que a chance ia diminuindo muito mais, todo mundo esperava que ele estivesse na mata, depois pedia pra que pelo menos não tivesse sofrido”, diz um desses parentes.

Veja mais depoimentos no vídeo acima e nesta reportagem especial.

Também teve isso…

Fonte: G1
Por Blog do BG

Ministro Marco Aurélio Mello, do STF, diz que só juiz pode destruir mensagens de hacker

Foto: Pedro Ladeira/Folhapress

O ministro Marco Aurélio Mello, do STF (Supremo Tribunal Federal), diz que apenas o Judiciário poderá decidir se as mensagens apreendidas com os hackers serão destruídas.

O magistrado comentou a informação, publicada pela Folha, de que o ministro Sergio Moro, da Justiça, comunicou a autoridades que os materiais serão eliminados.

“Cabe ao Judiciário decidir isso, e não à Polícia Federal”, afirma Mello, evitando fazer uma crítica direta a Moro.

Ele diz que é preciso cuidado para que provas de crimes não sejam destruídas. “Há uma responsabilidade civil e criminal no caso de hackeamentos que precisam ser apuradas”, afirma.

O caso está sob supervisão do juiz Vallisney de Souza Oliveira, da 10ª Vara Federal do Distrito Federal.

O presidente do STJ (Superior Tribunal de Justiça), João Otávio Noronha, afirmou à Folha nesta quinta-feira (25) que a informação foi dada pelo próprio ministro por telefone. A comunicação foi confirmada à reportagem pela assessoria de Moro.

Moro telefonou a Noronha para comunicar que ele estava na lista dos alvos do grupo preso na última terça-feira (23) pela Polícia Federal.

“Recebi pelo ministro Moro a notícia de que fui grampeado. Não tenho nada que esconder, não estou preocupado nesse sentido”, disse o magistrado. “As mensagens serão destruídas, não tem outra saída. Foi isso que me disse o ministro e é isso que tem de ocorrer”, acrescentou.

O ministro da Justiça também já procurou o presidente Jair Bolsonaro, ministros do STF, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, e do Senado, Davi Alcolumbre, para dizer que eles também foram hackeados.

“Não estou nem um pouco preocupado se, por ventura, algo vazar aqui do meu telefone. Não vão encontrar nada que comprometa”, disse Bolsonaro. Ele afirmou que, como capitão do Exército, sabe se precaver. “[Hackers] perderam tempo comigo”, completou.

Folhapress

Comments

Presidente do STJ confirma que está em lista de autoridades hackeadas

Foto: Marcello Casal jr/Agência Brasil

O presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro João Otávio de Noronha, confirmou hoje (25) que foi alvo da atuação de hackers. Segundo o ministro, o fato foi comunicado pelo ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro.

De acordo com a Polícia Federal (PF), os quatro presos na terça-feira (23), sob a acusação de invasão do celular de Moro, também teriam roubado dados de mil vítimas, entre elas, diversas autoridades do Legislativo, Judiciário e do Executivo.

Segundo Noronha, Moro informou que o nome dele está na lista da PF de autoridades hackeadas. Em nota, o presidente declarou que pouco utilizava o aplicativo Telegram, principal alvo dos roubos de dados, e que não tem “nada a esconder”.

Íntegra da nota:

“​O presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro João Otávio de Noronha, confirma que recebeu a ligação do ministro da Justiça, Sergio Moro, informando que o seu nome aparece na lista das autoridades hackeadas. O ministro do STJ disse que está tranquilo porque não tem nada a esconder e que pouco utilizava o Telegram.

O ministro Moro informou durante a ligação que o material obtido vai ser descartado para não devassar a intimidade de ninguém. As investigações sobre o caso são de responsabilidade da Polícia Federal, a quem cabe responder sobre o caso.”​

Mais cedo, o Ministério da Justiça confirmou que o presidente Jair Bolsonaro também teve seu celular invadido.

Agência Brasil

Comments

Como se defender da tática usada pelos hackers para atacar o celular de Moro

Foto: Jornal de Brasília

Muita gente deve ter acordado nesta quinta-feira, 25, com uma dúvida na cabeça: como se proteger da tática que teria sido utilizada, segundo a Polícia Federal, por criminosos para invadir os celulares do ministro da Justiça, Sergio Moro, e de outros membros da Operação Lava Jato. A seguir, a reportagem do Estado dá dicas para quem quiser se defender.

A princípio, os quatro suspeitos teriam clonado os telefones das vítimas utilizando um serviço do tipo VoIP, que faz ligações telefônicas pela internet. O objetivo era conseguir acessar a caixa postal dos telefones dos usuários e, a partir dela, conseguir o código de acesso do Telegram das vítimas – segundo a PF, quase mil números foram usados pelos acusados.

Normalmente, quando um usuário solicita um novo código de acesso ao Telegram, ele recebe uma mensagem ou ligação. Para fazer com que o número caísse na caixa postal, os cibercriminosos inundaram os telefones das vítimas com ligações, também feitas por serviços de VoIP.

Da clonagem de número, não há como se defender

Dividindo o golpe em duas partes. A primeira delas é uma clonagem de número – algo a que todas as pessoas estão sujeitas e não há muito como se defender. É basicamente como uma versão virtual da clonagem de cartão de crédito: basta que o número exista e seja utilizado para que ele possa ser atacado.

Além disso, há um agravante: ao contrário do que acontece com cartões, no qual é possível dar dicas como “não fazer transações em lugares ou pontos de venda suspeitos”, o atacante do telefone celular precisa apenas saber o número para poder utilizá-lo ou invadi-lo.

Para a caixa postal, basta colocar uma senha

No entanto, é possível se defender da segunda parte: a caixa postal. Os criminosos conseguiram invadir a “secretária eletrônica” do celular das vítimas porque não havia senha.

“Devido à baixa utilização desse recurso, poucas pessoas se lembram de alterá-la ou até desativar o serviço de caixa postal”, diz Frederico Fortes, executivo da empresa de cibersegurança Fortinet. “Assim, elas ficam expostas com senhas padrão” – algo como 123456, que pode ser facilmente descoberto pelos hackers. (Nesse link, você pode aprender como fazer uma senha segura).

Para alterar a senha da caixa postal, é preciso consultar as regras com sua operadora. Cada uma delas tem códigos e comandos diferentes.

No caso da Claro, é preciso ligar para o número *100 ou para o próprio número de telefone. No atendimento eletrônico, esperar pelas opções Personalizar Secretária Claro, e daí alterar a senha. O usuário precisará digitar um código e esperar pela finalização. Também é possível, no mesmo menu, selecionar a opção “Acesso Direto” e depois, “Desativar Telefone”. Nesse caso, o usuário poderá desativar a caixa postal, se assim desejar.

Para quem é cliente da TIM, o número a ser utilizado é o *144 – e a senha é a mesma utilizada pelo serviço Meu TIM. Caso o usuário não tenha senha cadastrada nesse serviço, pode solicitar o envio de uma nova senha pelo mesmo número. A informação será enviada pelo SMS. É também pelo *144 que o usuário pode escolher desativar a caixa postal.

Para quem usa chip da Oi, o serviço de caixa postal está inicialmente desativado, por padrão. Para ativá-lo, é preciso ligar para o número *100. Quem quiser desativar pode ligar para *144 e selecionar a opção 3, de serviços. No mesmo menu é possível também alterar a senha.

Por fim, para os usuários da Vivo, é necessário ligar *555. Também é preciso ouvir no menu até achar a opção da Caixa Postal e encontrar a opção de alterar a senha ou desativar a conta, ao gosto do usuário.

Estadão

Comments

VÍDEO: Prefeito do Rio quer que Globo devolva, via Fundação Roberto Marinho, R$ 214 milhões aos cofres públicos

Em entrevista coletiva nesta quinta-feira, 25, o prefeito da cidade do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella (PRB), afirmou que toda a transparência cobrada pela Rede Globo de Televisão à prefeitura será dada, começando pela análise de mais de uma dúzia de contratos com suspeitas de fraude e sem licitação.

Segundo Crivella, os contratos são voltados para as áreas de arquitetura e acompanhamento de obras – todas destinadas à Fundação Roberto Marinho. Na avaliação do prefeito, uma investigação rigorosa será feita porque ele acredita que a fundação não tem a “expertise” para executar as obras. Todos estes contratos dão um somatório de R$ 214,5 milhões. Além disso, há mais R$ 150 milhões pagos em publicidade, totalizando R$ 354,5 milhões.

O prefeito disse, ainda, que estes recursos foram pagos em 2016 – exatamente um ano antes de iniciar sua gestão. “Toda a transparência exigida pela Globo será aplicada com empenho. Não se tratam de suspeitas, mas de indícios suspeitíssimos”, disse o prefeito, que vem enfrentando um noticiário agressivo pela emissora na capital fluminense. Crivella esclareceu que, até 2016, a Globo recebia – da Prefeitura do Rio – dez vezes mais em publicidade na comparação com as concorrentes da tevê aberta.

LOCAIS

Marinha do Brasil emite alerta de ressaca no mar e de ventos que podem chegar a 74km/h no litoral potiguar

Foto: Reprodução Internet

O Centro de Hidrografia da Marinha do Brasil emitiu nota, no final da tarde desta quinta-feira, 25, por meio da Capitania dos Portos do Rio Grande do Norte, alertando sobre o risco de ressaca no mar, que vai até a manhã desta sexta-feira, 26. No comunicado, a Marinha do Brasil destaca que vão ocorrer ondas e ventos de Sudeste a Leste de até 2,5 metros nos Estados da Bahia, Sergipe, Alagoas e Pernambuco, e vento muito forte entre o litoral do Rio Grande do Norte, até o Maranhão.

De acordo com o Centro de Hidrografia da Marinha, os ventos no litoral potiguar poderão chegar a 74 km/h, ou seja, de 33 a 40 nós, com rajadas que vão durar até 9h desta sexta-feira, 26. A Marinha do Brasil, em nota oficial, recomenda que as embarcações de pequeno porte “evitem a navegação” e que as demais embarcações redobrem a atenção quanto ao material de salvatagem, estado geral dos motores, casco, bomba de esgoto do porão, equipamentos de rádio e demais itens de segurança.

Fonte: Blog do BG

 

Por Julianne Barreto, Oscar Xavier e Norton Rafael, Inter TV Cabugi

 

Hospital de Canguaretama foi interditado após inspeção da Vigilância Sanitária — Foto: Julianne Barreto/Inter TV Cabugi

Hospital de Canguaretama foi interditado após inspeção da Vigilância Sanitária — Foto: Julianne Barreto/Inter TV Cabugi

O Hospital Regional de Canguaretama, no interior potiguar, foi interditado nesta quinta-feira (25), após uma fiscalização da Subcoordenadoria de Vigilância Sanitária do Estado (Suvisa). Após a inspeção, os técnicos da Suvisa concluíram que a unidade não tem condições de funcionamento.

De acordo com Leila Matos, subcoordenadora do órgão fiscalizador, o hospital foi notificado outras duas vezes, por inconformidades estruturais. Entretanto, após a terceira visita, nesta quinta, a Suvisa constatou que os problemas não foram resolvidos.

A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), disse, através de nota, que, por causa do Decreto de Calamidade Financeira, não foi possível executar em tempo hábil as ações para correção das irregularidades encontradas. “O Governo do Estado vai intensificar esforços na tentativa de cumprir as exigências impostas pela Subcoordenadoria de Vigilância Sanitária, para normalizar o serviço o quanto antes”, diz o comunicado.

Ainda segundo Leila Matos, foram encontradas irregularidades em diferentes setores da unidade de saúde. No centro cirúrgico, conta a subcoordenadora, havia mofo, infiltrações e faltava alguns equipamentos. Os procedimentos de esterilização eram feitos em outros hospitais e, em seguida, o material esterilizado transportado para o Hospital de Canguaretama de maneira inadequada.

leila Matos, subcoordenadora da Suvisa — Foto: Oscar Xavier/Inter TV CabugiLeila Matos, subcoordenadora da Suvisa — Foto: Oscar Xavier/Inter TV Cabugi

“Encontramos fluxos inadequados no laboratório, lixo hospitalar descartado de maneira incorreta, problemas na farmácia, no setor de alimentação. Foi inevitável a interdição”, alega Leila Matos.

Funcionários e pacientes

Ao todo, 108 funcionários estão lotados no hospital. Segundo eles informaram, a direção os orientou que fossem para casa e aguardassem o remanejamento para outras unidades de saúde do Estado.

Os servidores disseram também que havia dois pacientes, ambos idosos, internados no Hospital de Canguaretama, no momento da interdição. A Central de Regulação da unidade conseguiu, no fim da tarde, as vagas para os dois no hospital da cidade de Santo Antônio.

Entretanto, de acordo com a Central, os pacientes se recusaram a ser transferidos para o outro município. Desta forma, receberam alta médica e vão continuar os tratamentos em casa. Um está com pneumonia e o outro com infecção urinária.

Fonte: G1 RN

Continuar lendo ÚLTIMAS NOTÍCIAS DESTA QUINTA-FEIRA

PONTO DE VISTA: NÃO É COINCIDÊNCIA, A HIPOCRISIA ESTÁ ESTAMPADA NA FACE DE TODO ESQUERDOPATA

Caro(a) leitor(a),

Eu gosto muito do ditado que diz: “Quem tem telhado de vidro não pode jogar pedro no telhado alheio”. Esse ditado cai bem demais sobre o comportamento dos esquerdopatas, pois invariavelmente eles possuem telhado de vidro, mas não param de jogar pedra no telhado do vizinho. É impressionante a hipocrisia, que chega a beirar a insanidade mental. O americano cara de pau Verdivaldo não é diferente. O defensor das minorias, dos trabalhadores, dos mais fracos e da verdade é tão promiscuo e criminoso quanto os seus pares. Em uma pequena fuçada investigativa se descobriu que ele foi condenado pela justiça trabalhista a pagar uma indenização a família de um ex-caseiro, já morto. Se fuçar mais com certeza vai vir a tona outras delinquências desse dublê de jornalista. É como diz outro velho ditado: “Quem entra na chuva é pra se molhar”!

Glenn Greenwald foi processado por não respeitar direitos trabalhistas de um empregado

Redação

Publicado  em 23.07.2019

Por  

 

Adriano Machado | Reuters

 

Alvo de uma ação trabalhista, o jornalista norte-americano Glenn Greenwald, casado com o deputado federal David Miranda (PSL-RJ), fez um acordo com a família de um caseiro, hoje falecido, pelo qual pagará R$ 21.600,00 de indenização, parcelados em oito vezes.

O trabalhador tinha filhos de menor idade, faleceu em 2017 e a família entrou na justiça após o caseiro trabalhar por seis anos e seis meses na casa de Glenn Greenwald no Rio de Janeiro sem receber os seus direitos trabalhistas. O processo correu no Tribunal Regional do Trabalho da 1ª Região.

De esquerda, Glenn Greenwald e David Miranda costumam denunciar ataques aos direitos dos trabalhadores.

Fonte: Conexão Política

Continuar lendo PONTO DE VISTA: NÃO É COINCIDÊNCIA, A HIPOCRISIA ESTÁ ESTAMPADA NA FACE DE TODO ESQUERDOPATA

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DESTA TERÇA-FEIRA

Por G1

 

PF prende 4 suspeitos de hackear o celular de Moro, e também investiga se celular de Guedes foi invadido. Em visita à Bahia, Bolsonaro tenta minimizar polêmica e diz que ama o NordesteFGTS será liberado todos os anos, e governo prevê saques de R$ 28 bi agora e R$ 12 bi em 2020. Só agrotóxico que oferecer risco de morte será considerado ‘extremamente tóxico’ pela Anvisa. E o conservador Boris Johnson será o próximo premiê do Reino Unido.

INTERNACIONAIS

Novo premiê

Perfil G1: Boris Johnson

Perfil G1: Boris Johnson

Uma eleição interna do partido conservador do Reino Unido escolheu Boris Johnson para o cargo de primeiro-ministro. Ele vai substituir Theresa May, que renunciou ao cargo ao fracassar nas negociações pelo Brexit.

Em seu primeiro discurso como líder, Johnson prometeu concluir a saída do Reino Unido da União Europeia até a data limite de 31 de outubro. Ferrenho defensor do Brexit, o futuro premiê britânico garantiu a saída mesmo que para isso seja necessário um Brexit “no deal” (sem acordo).

NACIONAIS

Celular invadido

Uma operação da PF prendeu 4 suspeitos de invadir o celular do ministro da Justiça, Sérgio Moro. Onze mandados de prisão e de busca e apreensão foram cumpridos em São Paulo, Araraquara e Ribeirão Preto.

A operação contra os supostos hackers foi batizada de Spoofing. Segundo a PF, significa “falsificação tecnológica que procura enganar uma rede ou uma pessoa fazendo-a acreditar que a fonte de uma informação é confiável quando, na realidade, não é”.

Quatro inquéritos investigam o vazamento de mensagens atribuídas a Moro, e uma nova investigação será aberta para investigar uma suposta invasão do celular de outro ministro. Assessores de Paulo Guedes, da Economia, dizem que o aparelho dele também foi hackeado.

‘Somos todos paraíba’

Bolsonaro diz amar o Nordeste e ter 'sangue de cabra da peste' durante inauguração em Vitória da Conquista (BA), nesta terça-feira (23). — Foto: ELIEZER OLIVEIRA/FUTURA PRESS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDOBolsonaro diz amar o Nordeste e ter ‘sangue de cabra da peste’ durante inauguração em Vitória da Conquista (BA), nesta terça-feira (23). — Foto: ELIEZER OLIVEIRA/FUTURA PRESS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

Bolsonaro foi à Bahia inaugurar o aeroporto Glauber Rocha, em Vitória da Conquista, e tentou minimizar a polêmica após fala sobre ‘governadores de paraíba’. O presidente afirmou que ama o Nordeste e que tem ‘sangue de cabra da peste’ na família.

“Eu amo o Nordeste, afinal de contas, a minha filha tem em suas veias sangue de cabra da peste. Cabra da peste de Crateús, o nosso estado aqui, mais pra cima, o nosso Ceará.”

Bolsonaro também vestiu um chapéu de vaqueiro, de couro: “Não é qualquer um que usa um trem desses na cabeça, não. Somos todos paraíba, somos todos baianos. O que nós não somos é aqueles que querem puxar pra trás o nosso estado, o nosso Brasil. Aí nós não somos”, afirmou.

A polêmica

Essa foi a 1ª viagem de Bolsonaro ao Nordeste após causar indignação ao usar um termo pejorativo para se referir aos nordestinos. Em conversa informal com o ministro Onyx Lorenzoni, disse que daqueles “governadores de ‘paraíba’, o pior é o do Maranhão; tem que ter nada com esse cara”.

Em resposta, governadores do Nordeste divulgaram uma carta em que cobravam explicações do presidente. O governador da Bahia, Rui Costa, se recusou a participar da inauguração do aeroporto ao lado de Bolsonaro.

FGTS ‘para sempre’

O ministro da Economia, Paulo Guedes, ao participar de um evento no Palácio do Planalto nesta terça-feira (23) — Foto: Marcos Corrêa/PRO ministro da Economia, Paulo Guedes, ao participar de um evento no Palácio do Planalto nesta terça-feira (23) — Foto: Marcos Corrêa/PR

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que o governo vai liberar saques em contas ativas e inativas do FGTS todos os anos. A medida será anunciada oficialmente amanhã. Segundo Guedes, a liberação deve dar um gás de R$ 30 bilhões na economia neste ano e mais R$ 12 bi em 2020.

“O governo passado soltou só [as contas] inativas. Nós vamos soltar ativas e inativas. Eles soltaram uma vez só, nós vamos soltar para sempre, todo ano vai ter”, declarou o ministro.

O colunista do G1 Valdo Cruz já havia adiantado que a equipe econômica avaliava permitir saques anuais e planejava limitar a retirada do recurso a R$ 500 por conta ativa e inativa neste ano.

Gás natural mais barato

O governo lançou um plano para baratear o gás natural e estimular a economia. Chamado de Novo Mercado de Gás, o programa terá como meta inicial reduzir pela metade o valor do produto, que é consumido pela indústria e por usinas térmicas. Os consumidores residenciais respondem por apenas 1% da demanda. Já os automóveis representaram 9% da demanda total.

Caso Coaf

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, recorreu da decisãodo presidente do STF, Dias Toffoli, que suspendeu investigações com dados do Coaf sem aval da Justiça.

A PGR quer esclarecimentos sobre o alcance da decisão e quais processos ficarão paralisados até o julgamento do caso pelo plenário do STF, marcado para 21 de novembro.

A medida foi tomada após um pedido da defesa do senador Flávio Bolsonaro, um dos filhos do presidente. Ele é alvo de inquérito no RJ que envolve o ex-assessor Fabrício Queiroz.

Cuidado: veneno

Imagem em rótulo de agrotóxico — Foto: Reprodução/TV GloboImagem em rótulo de agrotóxico — Foto: Reprodução/TV Globo

Anvisa aprovou novas regras para classificar o risco dos agrotóxicos. Agora, só será considerado ‘extremamente tóxico’ o produto que oferecer risco de morte.

Também vai mudar o que é informado nas embalagens. Atualmente, os rótulos contêm o símbolo da caveira com uma faixa vermelha, indicando o perigo, mas sem detalhar os riscos.

Agora, os fabricantes vão ter 1 ano para se adequar ao novo padrão, que vai especificar esses perigos com cores e frases como “mata se for ingerido”, “tóxico se em contato com a pele”, e “provoca queimaduras graves”.

Dados do desmatamento

Desmatamento em Apuí, no Amazonas, região em que fiscais do Ibama realizaram operação em 27 de junho. — Foto: Bruno Kelly/ReutersDesmatamento em Apuí, no Amazonas, região em que fiscais do Ibama realizaram operação em 27 de junho. — Foto: Bruno Kelly/Reuters

No centro de uma crise com o governo Bolsonaro, o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) é responsável pelo monitoramento da Amazônia desde 1988. As imagens são obtidas via satélite e o nível de precisão é de 95%, segundo o próprio instituto.

presidente questionou a divulgação desses dados, que no último relatório apontaram um aumento de 88% no desmatamento na Amazônia, em relação a junho de 2018. Cientistas defenderam o instituto, e o Inpe informa que adota a política de transparência de dados.

Também teve isso…

 

Por Blog do BG

Raquel apela a Toffoli contra suspensão de investigações com dados do Coaf

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, recorreu nesta terça-feira (23) contra decisão judicial que suspendeu o andamento de todas as investigações em curso que tenham dados bancários ou fiscais repassados ao Ministério Público pelos órgãos de fiscalização e controle sem prévia autorização judicial.

O presidente do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli determinou, nesta terça, 16, a suspensão de processos judiciais que tramitam no País onde houve compartilhamento do órgão sem uma prévia autorização judicial, ou que foram instaurados sem a supervisão da Justiça.

A decisão do ministro, tomada na última terça-feira, atendeu a um pedido do filho do presidente Jair Bolsonaro, o senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), e teve repercussão geral.

No recurso – um embargo de declaração – a procuradora-geral sustenta que a decisão apresenta obscuridades que devem ser sanadas pelo ministro, de forma que possa ser analisada a possibilidade de apresentação de recurso.

A procuradora-geral afirma, em recurso, que ‘apenas em 2018, recebeu 414.911 informes de operações suspeitas dos entes legalmente obrigados, com indícios de crimes’. “Somando-se a elas as 2.720.584 de de operações em espécie, tem-se um total de 3.135.495 de comunicações feitas ao COAF em apenas um ano”.

“Dividindo-se tal montante pelo número de dias úteis em 2018 (252), chega-se à proporção de 12.442 de comunicações recebidas diariamente pelo COAF. Ainda que se leve em consideração apenas as operações suspeitas, foram 1.646 comunicações diárias no ano passado”, ressalta.

Segundo Raquel, a ‘magnitude e a frequência diária desses dados demonstra, por si, a importância e o impacto’ da decisão de Toffoli.

“Caso seja necessária a apresentação de requerimento ao juízo e consequente decisão judicial para que o Ministério Público (ou a Polícia) tenha acesso a cada uma dessas comunicações diárias – muitas delas, ressalte-se, que não resultarão em qualquer interesse investigativo posterior – nitidamente haverá desmantelamento do sistema antilavagem e o congestionamento de varas criminais, ofícios do Ministério Público e delegacias de Polícia, sobretudo aqueles com competência sobre delitos de lavagem de dinheiro e correlatos”, anotou.

Estadão Conteúdo

Comments

Lista do Não Me Perturbe já tem cerca de 1,5 milhão de inscritos

O site Não me Perturbe já tem cerca de 1,5 milhão de pedidos de bloqueio de ligações indesejadas de serviços de telecomunicações. A iniciativa é das operadoras de telecomunicações e atende a uma determinação da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

O site é um canal no qual podem se cadastrar pessoas que não desejam mais receber chamadas de telemarketing dos serviços de telefonia, de dados e de TV paga. Para deixar de receber essas chamadas, o consumidor deve preencher o formulário de inscrição na plataforma.

A suspensão das chamadas pelas empresas de telecomunicações ocorrerá em até 30 dias, contados da data do cadastramento. A lista é única e agrega as principais empresas do setor: Algar, Claro/Net, Nextel, Oi, Sercomtel, Sky, TIM e Vivo.

Segundo a Anatel, se uma pessoa solicitar a sua inclusão na lista do Não me Perturbe e continuar recebendo ligações de oferta de bens e serviços de telecomunicações, pode ligar para o número 1331 e fazer uma reclamação. As sanções podem variar de advertência a multa de até R$ 50 milhões.

Reclamações

De acordo com a agência reguladora, de janeiro de 2016 a junho de 2019, foram registradas 86.493 reclamações referentes a ligações indesejadas. Segundo a Anatel, a lista do Não me perturbe vale para todo o Brasil e não substitui os cadastros geridos por Procons em algumas Unidades da Federação.

Agência Brasil

Comments

Guedes diz que FGTS será liberado todos os anos e confirma total de R$ 42 bi até 2020

O ministro da Economia, Paulo Guedes, confirmou que o governo anunciará nesta quarta-feira (24) a liberação de recursos do FGTS, que terá um total de R$ 42 bilhões disponibilizados até 2020.

“Eu tinha falado que ia ser em torno de R$ 42 bilhões. Vai ser isso mesmo. Deve ser uns R$ 30 bilhões este ano, uns R$ 12 bilhões no ano que vem, são os R$ 42 bi que eu tinha falado. Só que vocês vão ver que vai ter novidade. Há coisas mais interessantes”, disse o ministro.

Ao fim de uma cerimônia no Palácio do Planalto, Guedes disse que a permissão de saques do FGTS será recorrente durante a gestão do presidente Jair Bolsonaro.

“O governo passado soltou só inativos. Nós vamos soltar [contas] ativas e inativas. Eles soltaram uma vez só. Nós vamos soltar para sempre. Todo ano vai ter.”

No início da noite, o porta-voz da Presidência da República, Otávio Rêgo Barros, disse que o governo federal deve limitar em cerca de R$ 500 o saque neste ano. E acrescentou que, até o momento, não se vislumbra reduzir a multa de 40% do saldo paga a trabalhadores demitidos sem justa causa.

No final de semana, o presidente havia dito q ue pode avaliar uma mudança no futuro, mas não neste momento. Para mudar o percentual, seria necessário aprovar uma lei complementar que regulamente o tema com o voto da maioria absoluta dos parlamentares na Câmara e no Senado.

Folhapress

CommentsComments

ANS limita reajuste de planos de saúde individuais e familiares a 7,3%

O reajuste anual dos planos de saúde individuais e familiares com aniversário entre maio de 2019 e abril de 2020 não poderá ultrapassar 7,35%. O limite foi anunciado hoje (23) pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) e será publicada no Diário Oficial da União de amanhã (24).

A ANS mudou a metodologia do cálculo que define o limite do reajuste, após oito anos de estudos e discussões com o setor e a sociedade. Pela primeira vez, a agência combinou o Índice de Valor das Despesas Assistenciais (IVDA), calculado por ela própria, com o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), sem o subitem plano de saúde. O IPCA é o indicador oficial que mede a inflação na economia brasileira e é divulgado mensalmente pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O IVDA mede a variação dos custos com atendimento aos beneficiários de planos de saúde e tem peso de 80% nessa nova metodologia da ANS. Já o IPCA (sem o subitem planos de saúde) tem peso de 20% e serve para considerar os custos das operadoras com despesas de outras naturezas, como as administrativas.

O percentual máximo para reajuste autorizado para 2019 é o menor desde 2010. No ano passado, a agência autorizou reajustes de até 10% para os planos individuais e familiares, e, nos três anos anteriores, o reajuste máximo ficou na casa dos 13%.

A agência orienta os beneficiários a observarem se os reajustes aplicados serão iguais ou inferiores a esse limite e se a cobrança reajustada está sendo feita a partir do mês de aniversário do contrato.

Segundo dados da agência reguladora, em 2018 o número de procedimentos realizados com a cobertura dos planos de saúde aumentou 5,4%, enquanto o número de beneficiários permaneceu praticamente estável, variando de 47,15 milhões em 2017 para 47,26 milhões em 2018.

O limite de reajuste é válido para os planos de saúde individuais ou familiares médico-hospitalares contratados a partir de janeiro de 1999 ou adaptados à Lei nº 9.656/98. Esse grupo inclui atualmente 17% do total de beneficiários em planos de assistência médica – aproximadamente 8 milhões de usuários.

Agência Brasil

Comments

Suspeitos de invadir celular de Moro são transferidos para Brasília

Os quatro suspeitos presos hoje (23) pela Polícia Federal (PF) sob suspeita de invadir o telefone celular do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, serão transferidos para Brasília, onde vão prestar depoimento.

Mais cedo, suspeitos foram detidos em caráter temporário nas cidades de Araraquara, São Paulo e Ribeirão Preto. De acordo com as investigações, eles fariam parte uma organização criminosa que pratica crimes cibernéticos. Também foram cumpridos sete mandados de busca e apreensão.

Os onze mandados foram emitidos pelo juiz Vallisney de Souza Oliveira, titular da 10ª Vara Federal de Brasília. Os detalhes da investigação serão mantidos em segredo de Justiça até amanhã, às 12h.

A operação foi batizada de Spoofing, expressão relativa a um tipo de falsificação tecnológica, que procura enganar uma rede ou uma pessoa fazendo-a acreditar que a fonte de uma informação é confiável quando, na realidade, não é.

Em ofício encaminhado ao Supremo Tribunal Federal (STF), o diretor-geral da PF, Maurício Valeixo, informou que o jornalista Gleen Greenwald não é investigado no caso. Gleen é um dos editores do site The Intercept Brasil, que divulgou mensagens atribuídas ao ministro Moro e que teriam sido hackeadas. As informações fazem parte de uma ação na qual a Rede Sustentabilidade pretende saber se o jornalista é investigado no caso.

Agência Brasil

Fonte: Blog do BG

 

Por G1 RN

 

Empresa Multdia teve falência decretada pela Justiça do RN — Foto: Google Street View

Empresa Multdia teve falência decretada pela Justiça do RN — Foto: Google Street View

A Justiça do Rio Grande do Norte decretou falência da empresa Multdia Indústria e Comércio S.A., que era sediada no município de Macaíba, na Região Metropolitana de Natal. A sentença foi assinada pelo juiz Felipe Barros, da 3ª Vara da comarca de Macaíba. A empresa passava por um processo de recuperação judicial que foi transformado em processo de falência pelo magistrado.

Com o decreto de falência, a empresa precisa apresentar relação nominal dos seus credores em até cinco dias. Um edital será publicado com a lista dos funcionários, que terão 15 dias para apresentar à Justiça as suas habilitações ou divergências em relação aos valores.

Um administrador judicial vai gerenciar esses créditos e um consultor em gestão empresarial e uma economista vão avaliar os equipamentos industriais, as marcas e as instalações da empresa para fazer uma avaliação patrimonial. Os bens, dessa forma, serão leiloados – as quantias recebidas serão depositadas em conta judicial. Os valores arrecadados serão destinados ao pagamento dos credores.

A empresa Multdia estava em recuperação judicial desde dezembro de 2015, quando chegou a demitir 150 dos 220 funcionários que possuía. A unidade em Macaíba estava desativada, sendo utilizada apenas para armazenar produtos. A empresa operou por 12 anos no Rio Grande do Norte.

Decisão

O juiz Felipe Barros indicou na sentença que a recuperação era para viabilizar financeiramente a crise econômica da empresa para que ela pudesse se reerguer e seguir no mercado, o que não aconteceu. “Uma vez averiguada a insolvência e a falta de recursos da recuperanda para saldar seu passivo, inútil se torna continuar-se na marcha processual, que certamente acabará na decretação da falência, ocasionando ônus ao Poder Judiciário e, especialmente, aos credores da devedora, que aguardariam, sem expectativas concretas, a satisfação de seus créditos”, explicou o magistrado.

Adquirida por outra empresa neste período, o juiz citou que “salta olhos a falta de compromisso e de ações concretas” por parte da nova contratante na tentativa de reerguer a Multdia, “sendo primordial o reconhecimento da falência”.

O magistrado indicou ainda que a empresa já dava sinais de quebra com atividades paradas e sem honrar os compromissos desde setembro de 2015 e que estava descumprindo obrigações na recuperação judicial. A sentença apontou indícios de “cometimento de fraude processual”, “desaparecimento de parte dos bens da empresa” e “falta de transparência no fornecimento de informações contáveis e financeiras” neste período inativo.

Houve ainda, segundo a sentença, a intenção de que o processo fosse levado para a cidade de Paulista (PE), após acordo comercial que permitiu a outra empresa o direito de fabricar, distribuir e revender os produtos da Multdia. Dessa forma, o juiz decretou a falência da empresa para se evitar o agravamento da situação e evitar os riscos que estão sendo transferidos aos credores.

Fonte: G1 RN

Continuar lendo ÚLTIMAS NOTÍCIAS DESTA TERÇA-FEIRA

PRIMEIRAS NOTÍCIAS DESTA TERÇA-FEIRA

Por G1

 

Bolsonaro inaugura aeroporto na Bahia sem a presença do governador. Governo estuda liberar até R$ 500 por conta do FGTSneste ano. Anvisa vota novo marco regulatório para classificação de agrotóxicos. Seis meses após desastre em Brumadinho, legislação de barragens segue inalterada. No Reino Unido, Broris Johnson deve ser anunciado novo premiê.

INTERNACIONAIS

Reino Unido

Boris Johnson — Foto: Henry Nicholls / ReutersBoris Johnson — Foto: Henry Nicholls / Reuters

Boris Johnson deve ser anunciado como novo líder conservador e, por conseguinte, novo primeiro-ministro. Theresa May, que renunciou, levará o nome dele à rainha, que então permite que o escolhido forme um novo governo. A posse do novo premiê vai ocorrer oficialmente amanhã.

NACIONAIS

Após polêmica, Bolsonaro vai ao Nordeste

O presidente Jair Bolsonaro — Foto: Alan Santos / Presidência da RepúblicaO presidente Jair Bolsonaro — Foto: Alan Santos / Presidência da República

Governador da Bahia diz que não vai à inauguração de aeroporto

Governador da Bahia diz que não vai à inauguração de aeroporto

‘Governadores paraíba’

Na sexta-feira (19), ao conversar com o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, Bolsonaro disse que “daqueles governadores ‘de paraíba’, o pior é o do Maranhão”, acrescentando: “Tem que ter nada com esse cara”. O presidente disse no sábado (20) que a fala foi uma crítica aos governadores do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), e da Paraíba, João Azevêdo (PSB).

Ainda na sexta, governadores do Nordeste divulgaram carta na qual cobraram explicações de Bolsonaro.

O Nordeste foi a única região na qual Bolsonaro não venceu no segundo turno da eleição presidencial de 2018. Na ocasião, Fernando Haddad (PT) obteve 69,7% dos votos válidos da região, contra 30,3% de Bolsonaro.

Celular hackeado

Paulo Guedes, ministro da Economia — Foto: ReutersPaulo Guedes, ministro da Economia — Foto: Reuters

A assessoria do ministro da Economia divulgou ontem à noite que o celular de Paulo Guedes foi hackeado e que mensagens originárias do celular do ministro devem ser desconsideradas.

É o segundo caso em dois dias envolvendo aparelhos de pessoas ligadas ao governo. No domingo (21), a líder do governo no Congresso, Joice Hasselmann (PSL-SP), também informou que o celular dela havia sido hackeado.

Saque do FGTS

 — Foto: Marcos Santos / USP Imagens— Foto: Marcos Santos / USP Imagens

Uma das hipóteses em estudo pelo governo para liberar dinheiro do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) para os trabalhadores é a de um saque limitado a R$ 500 por conta. Essa solução estava sendo debatida ontem pela equipe econômica. A intenção é divulgar os critérios para o saque amanhã.

Inflação

Arrecadação federal

Serão conhecidos hoje os dados de junho sobre a arrecadação de tributos federais e contribuições previdenciárias. Em maio, o país arrecadou R$ 113,278 bilhões, alta de 1,92% na comparação com o mesmo mês do ano passado.

Agrotóxicos

 — Foto: Getty Images— Foto: Getty Images

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) deve votar um novo marco regulatório para avaliação e classificação toxicológica de agrotóxicos. O tema está na pauta de reunião com a diretoria em Brasília.

O documento da proposta que será colocada em votação não foi divulgado, mas, entre 2011 e 2018, quatro consultas públicas já foram realizadas sobre o tema. Nessas discussões, segundo o site da Anvisa, houve pedidos para que haja maior clareza nas obrigações da agência a respeito dos agrotóxicos, assim como já é feito com outras substâncias químicas, e para que o Brasil altere sua regulação para se aproximar do que acontece hoje em outros países.

Ministério da Agricultura aprovou ontem o registro de mais 51 agrotóxicos, totalizando 262 neste ano. O ritmo de liberação de novos pesticidas é o mais alto já visto para o período.

Compartilhamento de dados fiscais

Plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) — Foto: Carlos Moura / STFPlenário do Supremo Tribunal Federal (STF) — Foto: Carlos Moura / STF

O Supremo Tribunal Federal (STF) deve definir ainda neste ano até que ponto órgãos de controle – como o Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf), a Receita Federal e o Banco Central – podem compartilhar dados fiscais e bancários de cidadãos com o Ministério Público para embasar investigações criminais. Um recurso que deve ser analisado em 21 de novembro pelo plenário da Suprema Corte terá repercussão geral, e a decisão valerá para todos os casos semelhantes nas demais instâncias do Judiciário.

Barragens

Bombeiros durante trabalho de buscas em Brumadinho — Foto: Leo Correa / AP PhotoBombeiros durante trabalho de buscas em Brumadinho — Foto: Leo Correa / AP Photo

Seis meses após o mar de lama da barragem da mina do Córrego do Feijão varrer parte da cidade de Brumadinho, em Minas Gerais, a legislação de barragens permanece inalterada. Desde o acidente, o Congresso Nacional apresentou 78 projetos de lei para fortalecer a fiscalização e a punição a mineradoras que infringirem o Código de Mineração, mas até agora nenhuma teve a tramitação concluída.

O desastre da barragem da Vale deixou, até agora, 248 mortos. Outras 22 vítimas ainda estão sem identificação ou desaparecidas.

Carros

Volkswagen T-Cross, Honda HR-V e Jeep Compass — Foto: Celso Tavares / G1Volkswagen T-Cross, Honda HR-V e Jeep Compass — Foto: Celso Tavares / G1

Veja comparativo entre o Honda HR-V Touring, o Volkswagen T-Cross Highline e o Jeep Compass Limited. Nova versão topo de linha do HR-V ganha motor turbo e equipamentos, mas passa a custar quase o mesmo que o Compass.

Saneamento

A maior parte das grandes cidades do país tem um baixo nível de reinvestimento no setor de saneamento básico. Isso quer dizer que, do valor arrecadado, apenas uma pequena parcela é utilizada para fazer melhorias no serviço, como a manutenção e a troca de redes e a expansão dos atendimentos. A maior parte é gasta com pagamento de funcionários ou insumos, como produtos químicos.

É o que mostra um estudo feito com base nas 100 maiores cidades do Brasil, que concentram 40% da população do país, e nos dados mais recentes do Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS), referentes ao ano de 2017.

Desafio Natureza

Falta de tratamento de esgoto ameaça o turismo e a saúde da população de Alagoas

Falta de tratamento de esgoto ameaça o turismo e a saúde da população de Alagoas

Principal causa de poluição da água, falta de coleta de esgoto atinge 83% dos alagoanos e ameaça saúde e turismo. Companhia de saneamento diz que vai dobrar cobertura em dois anos.

Fonte: G1

Por Blog do BG

Rogerio Marinho: ‘Reforma e combate à fraude vão economizar R$ 1,1 trilhão’

O secretário especial da Previdência e do Trabalho, Rogério Marinho, rebateu, ontem em Natal, críticas à reforma previdenciária, que será votada em segundo turno na Câmara dos Deputados a partir de 06 de agosto. Ele disse que a reforma irá representar uma economia de R$ 933 bilhões, em dez anos, para o governo federal. O impacto econômico foi apresentado durante o Seminário “Por que o Brasil precisa da Nova Previdência”, na sala de Conferência da Arena das Dunas. Ele destacou que o valor da economia com as medidas nesta área vão superar R$ 1,1 trilhão, quando somada, à reforma, o combate à fraude no INSS (R$ 200 bilhões).

“Essa reforma do sistema previdenciário terá um impacto econômico importante. Sem contar que estamos corrigindo distorções. No Brasil, 40 milhões de brasileiros não contribuem com o sistema previdenciário, mas vão precisam ser amparados no futuro. A reforma da Previdência é necessária e urgente para o País voltar a crescer”, afirmou. “Quando sou questionado sobre a quem mais interessa a reforma da previdência, respondo: Aos mais pobres. Essa é uma reforma que vai corrigir distorções, porque quem ganha mais, pagará mais”, disse.

Sobre a aprovação da reforma em primeiro turno na Câmara dos Deputados, Rogério Marinho afirmou que os parlamentares “preservaram a espinha dorsal” do que foi apresentado pelo governo. Ao todo, o projeto aprovado traz 29 medidas saneadoras do sistema previdenciário. Entre elas a mudança no prazo de informe cartorial de óbitos, antes de 40 dias, para 24 horas de forma eletrônica.

E citou ainda a mudança no acesso ao auxílio reclusão, que exigirá contribuição contínua e intermitente por 24 meses para acesso.

A alta judicialização, segundo o secretário, fez com que dos R$ 712 bilhões pagos pelo INSS, no ano passado, R$ 92 bilhões foram gasto em sentenças judiciais. O dado é do ministério da Previdência.

Ainda no âmbito de combate a fraudes previdenciárias, o secretário também citou a inconstância de dados no tocante ao auxílio rural, cujo projeto visa corrigir distorções. No Brasil, 16% da população mora no campo, mas 34%, no Regime Geral, são de assegurados rurais. “Isso aponta fraudes”, afirmou. “Por isso, disse, é necessário garantir que terá direito à contribuição especificamente quem se enquadre no auxílio rural”, disse.

Segundo ele, o déficit previdenciário inibe aplicação de recursos no conjunto de serviços essenciais à sociedade, devido o gasto com o sistema previdenciário. Segundo dados apresentados, do orçamento geral da União, 64% são destinados a despesas, restando muito pouco para investimento.

“Em 2018, o gasto com Previdência foi sete vezes maior do que foi investido em educação. Ou seja, gastamos mais com o passado do que com o futuro”, ressaltou. “A reforma da Previdência é necessária e urgente para poder o Brasil voltar a crescer. Faz com que o empreendedor tome a decisão de investir e contratar”, acrescentou.

O secretário da Previdência disse também que é necessário pensar no país, “e não na próxima eleição e não nos partidos políticos, porque se der errado, vai ser para todo mundo”.

Segundo ele, caso o Senado venha a inserir estados e municípios, seja em uma PEC paralela. “Ai será a hora de conscientização nacional de que os governadores que tiveram postura diferente no primeiro turno, desçam um pouco da situação em que se encontram, tenham humildade e vamos discutir a necessidade de inserir os estados e ter um um país unido e com responsabilidade coletiva”.
Rogério Marinho afirmou, que nas discussões a respeito da mudança estrutural da Previdência, hoje qualquer partido que faz oposição, não diz mais que é contra, mas que não quer essa reforma. “Mudou completamente e o bom senso está imperando, as pessoas estão entendo a necessidade da reforma previdenciária para resolver a situação do conjunto da população brasileira”.

Comments

Três categorias de servidores estaduais iniciam paralisações

Após os agentes penitenciários terem deliberado que não se apresentariam mais para trabalhar sob o regime de diárias operacionais até que o Governo do Estado definisse um calendário para pagar as diárias atrasadas, Polícia Civil e servidores do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) também têm planos para paralisar as atividades ao longo desta semana.

Desde a semana passada, os agentes penitenciários já haviam deliberado por não se apresentar ao serviço nos dias de folga pagos por meio de diárias operacionais. De acordo com a presidente do Sindicato dos Agentes Penitenciários (Sindasp), Vilma Batista, há diárias do mês de maio e junho em atraso, sem perspectivas de pagamento. De acordo com ela, os agentes continuam se apresentando nos maiores complexos prisionais do Estado, como a Penitenciária Rogério Coutinho Madruga (Pavilhão 5 de Alcaçuz), para garantir a ordem no sistema prisional. A partir desta terça-feira (23), no entanto, os agentes vão dar início à Operação Padrão, realizando a quantidade mínima de procedimentos.

“A pauta é bem maior do que diárias. Amanhã vamos entrar no procedimento de Operação Padrão, em que todas as atividades só serão realizadas com efetivo suficiente, e isso significa que alguns procedimentos vão deixar de ser feitos”, diz Vilma Batista. De acordo com ela, os agentes vão continuar prestando apenas os serviços de alimentação, socorro médico e cumprimento dos alvarás de soltura.

Os agentes reivindicam, além do pagamento das diárias operacionais e salários em atraso, uma reposição salarial e reforma estatutária. Além disso, estão em processo de negociação com o Governo a respeito da alimentação dos agentes, que foi interrompida após o fim do contrato com a empresa que prestava o serviço. “A sugestão apresentada foi a de dar dois vales diários de alimentação para os agentes, que passam 24 horas em serviço. Isso é um absurdo, porque como pode os presos receberem as três refeições diárias e os agentes não terem o direito a se alimentar durante turnos de 24 horas?”, questionou a presidente do Sindicato.

Detran

No Departamento Estadual de Trânsito (Detran), por sua vez, a reivindicação dos servidores, que paralisam as atividades nesta terça-feira e amanhã, é outra: pedem a revogação do Decreto 29007, que acaba com a autonomia financeira das autarquias e, de acordo com os servidores, pode levar ao sucateamento da instituição. Os funcionários do Detran fazem parte da administração indireta do Estado, e eram alguns dos únicos que não apresentavam atrasos salariais nos últimos anos graças à sua condição de autarquia, que lhe garantia autonomia financeira.

A mudança¹ foi instituída no dia 12 de julho, e publicada no Diário Oficial do Estado. O decreto estabeleceu que as verbas antes controladas pelos órgãos com administração própria fossem debitadas exclusivamente em uma Conta Única do Estado.
Além de cobrar a revogação do decreto, os servidores do Departamento cobram, também, a realização de um concurso público, o fim das terceirizações e melhorias salariais. Atualmente com 420 funcionários, de acordo com o Sindicato dos Servidores da Administração Indireta (Sinai), o Departamento possui cerca de 200 vagas desocupadas por morte e aposentadorias. Para o pleno funcionamento, estima-se que mil servidores seriam necessários. O último concurso público para o Departamento aconteceu em 2010.

Polícia Civil

A paralisação dos policiais civis foi deliberada por unanimidade em assembleia, e está marcada para esta quarta-feira (24). Para hoje está prevista uma reunião no Gabinete Civil, às 14h30. Os policiais querem tratar de pautas como a promoção e progressões dos policiais civis, que estão em atraso, e um calendário de pagamentos para quitação dos salários atrasados, questão que permanece sem solução apresentada pelo Governo.

“A paralisação deve durar 24 horas, durante as quais as delegacias devem permanecer fechadas para atendimento ao público”, afirmou Nilton Arruda, presidente do Sindicato dos Policiais Civis (Sinpol). A deliberação foi tomada segundo Nilton Arruda, após diversas tentativas de reunião com o Governo, nas quais três ofícios chegaram a ser protocolados solicitando reuniões com a governadora Fátima Bezerra, porém sem resposta. No fim da manhã de ontem foi marcada a reunião de hoje.

Outro fator que influenciou na decisão foi a falta de perspectiva para que o Estado realize o pagamento dos salários atrasados. Sem a possibilidade de utilizar os royalties para realizar os pagamentos, ideia originalmente defendida pelo Governo, os servidores cobram uma nova alternativa que possa quitar as dívidas do Poder Executivo com os trabalhadores.

Tribuna do Norte

Comments

‘Ninguém falou de Lava Jato’, diz Barroso sobre jantar que teve Moro e Dallagnol entre os convidados

O jantar que o ministro Luís Roberto Barroso ofereceu em Brasília, em 2016, e que teve Sergio Moro e Deltan Dallagnol entre os convidados, não teve nada de secreto — outras 23 pessoas compareceram ao evento.

O jantar não era para eles, e sim para a professora Susan Ackerman, da Universidade Yale, que visitava Brasília para um seminário no UniCeub sobre corrupção.

“Fiz uma pequena recepção em torno dela em minha casa, para a qual foram convidados alguns professores e expositores do seminário”, diz Barroso. Entre eles estavam Moro e Dallagnol.

Na semana passada, diálogos do arquivo obtido pelo site The Intercept Brasil mostravam Barroso pedindo “máxima discrição” aos dois ao convidá-los para o jantar.

“Era apenas algo privado e reservado aos participantes do seminário”, afirma Barroso. “Ninguém lá falou de Operação Lava Jato.”

Mônica Bergamo

Comments

Celular de Paulo Guedes é hackeado, revela assessoria

A assessoria do Ministério da Economia afirmou na noite desta segunda-feira, 22, que o celular do ministro Paulo Guedes foi hackeado. Em mensagem distribuída a jornalistas em um grupo oficial da pasta, a assessoria pediu que mensagens vindas do número de Guedes e de outras pessoas do gabinete sejam desconsideradas.

A assessoria disse ainda que tomará as medidas cabíveis nesta terça-feira, 23, quando mais informações serão fornecidas.

Comments

‘Está faltando apenas ouvir o Queiroz’, diz Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro defendeu nesta segunda-feira, 22, o senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), seu filho mais velho, e disse que todas as suspeitas contra ele já foram “esclarecidas”. “Está faltando apenas ouvir o Queiroz”, afirmou o presidente, em referência ao ex-assessor do gabinete de Flávio na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro Fabrício Queiroz.

Flávio é alvo de investigações em ao menos três órgãos. Na principal delas, o Ministério Público do Rio investiga saques e depósitos suspeitos nas contas do ex-assessor. Conforme revelou o Estado em dezembro, Queiroz movimentou R$ 1,2 milhão entre janeiro de 2016 e janeiro de 2017. A suspeita é de que havia um esquema de repasse de parte do salário de funcionários do gabinete, prática conhecida como “rachadinha”.

Relatórios do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) também mostraram que Flávio recebeu em sua conta 48 depósitos, num intervalo de cinco dias, sempre no mesmo valor: R$ 2 mil.

“Esse depósito, feito por envelope, o limite é de R$ 2 mil. Não sei quantos, talvez milhões de depósitos sãos feitos por semana neste sentido”, disse Bolsonaro ao justificar os repasses.

Estadão Conteúdo

Fonte: Blog do BG

Continuar lendo PRIMEIRAS NOTÍCIAS DESTA TERÇA-FEIRA

EDITORIAL: A MAIOR DE TODAS AS BARBARIDADES QUE LULA COMETEU COM O BRASIL

Caro(a) leitor(a),

Neste EDITORIA falo sobre a maior de todas as barbaridades que Lula, no seu projeto de poder cometeu com os brasileiros, quando literalmente vendeu a alma ao diabo. Assista ao vídeo e leia o artigo a seguir e pasme!

ESTA MATÉRIA DETALHA O PACTO DE LULA COM OS GRANDES BANCOS QUE ILUDIU OS BRASILEIROS:

A GRANDE MENTIRA DO PAGAMENTO DA DÍVIDA EXTERNA

Um dos argumentos mais usados pelos petistas na defesa de Lula, é que o ex-presidente pagou a dívida externa brasileira, recuperando crédito junto ao FMI. Esse foi o discurso do PT para a classe menos informada do país, e que por absoluta tristeza nossa, compõe a maioria dos brasileiros.

No dia 22 de fevereiro de 2008, o Governo Lula anunciou, por meio do Ministério da Fazenda e do Banco Central, que a dívida externa brasileira havia sido quitada. E ainda mais: já éramos até credores.

Tal notícia foi estampada, na época, na manchete dos principais jornais do país, como, por exemplo, no jornal Estado de S. Paulo: “O relatório divulgado ontem pelo Banco Central, segundo o qual o Brasil, pela primeira vez em 508 anos de história, deixa o papel de devedor e ingressa no seleto time dos credores do mercado internacional, é a consolidação de uma virada histórica”.

Quando Lula assumiu o seu primeiro mandato em 2002, a dívida externa era de R$ 212 bilhões, enquanto a dívida interna era de R$ 640 bilhões. Ou seja, o total, dívida externa mais interna, chegou aos inacreditáveis R$ 852 bilhões.

Em 2008, quando Lula assumiu ter pago a dívida, a dívida externa caiu para 0, já a interna chegou a – pasme – R$ 1,4 trilhão. Total da dívida: R$ 1,4 trilhão – 65% do PIB do Brasil. Agora em 2013 passou de R$ 2 trilhões!!

Mas por que nosso endividamento aumentou tanto? Então aí vai a resposta que os petistas que tanto abrem a boca pra falar em “elite e burguesia” não queriam ouvir: Para pagar ao FMI, Lula captou dinheiro junto aos banqueiros, que compraram os títulos da dívida (pagaram ao FMI). O Brasil, que pagava 4% de juros ao ano para o FMI, passou a pagar 19,5% ao ano para os banqueiros, beneficiando-os.

Ou seja, os banqueiros, ou a “elite” satanizada pelos petistas passaram a ser donos do Brasil, e que foi entregue por Lula para sustentar uma mentira política. E esses dados são da CPI da Dívida, que ocorreu entre 2009 e 2010 da Câmara dos Deputados, com farta documentação do Ministério da Fazenda e do Banco Central, sendo assim INCONTESTÁVEIS!

Os efeitos colaterais sobre a população

Mais uma vez os petistas desinformados haverão de chorar na cama, que é lugar quente. Ainda com um endividamento crescente, Lula não deixou de pegar novamente dinheiro no FMI. Não para pagar qualquer parcela da dívida interna que se avolumava, mas para sustentar os falsos programas sociais como PAC e obras faraônicas superfaturadas que nunca foram concluídas.

Além de pagarmos juros extorsivos aos banqueiros, passamos a dever também, novamente ao FMI. Isso causou um impacto na economia sem precedentes, e posso dizer que vivemos numa bolha de endividamento prestes a estourar, pois já chegamos a quase R$ 3 TRILHÕES no nosso endividamento total. Isso porque Lula assumiu com um endividamento de R$ 852 bilhões e fez o “favor” de mais que triplicá-lo.

Assim, tornou-se impraticável qualquer pretensão de reforma tributária, e o que aconteceu foi o contrário: A carga de impostos aumentou e foi regressiva, prejudicando as classes menos favorecidas. Lula deu vários incentivos para que a indústria barateasse seus produtos (mais uma vez a elite), estimulando o consumo. As indústrias tiveram a chance de vender seus produtos com prazos longos, lastreados pelos bancos e financeiras que já estavam com os cofres abarrotados.

Por outro lado, Lula deu uma falsa vantagem ao povo de baixa renda, pois carregou nos impostos sobre os produtos, diminuindo o poder de compra da população carente. O pobre podia comprar a TV dos sonhos, mas em prestações com juros extorsivos, e achando que Lula era “o cara”. Só enriqueceu mais ainda os bancos.

Já não bastasse a população estar com pele de vira-lata mas latindo como pastor alemão, iludida por Lulla, esta também foi a mais prejudicada e achatada pela política populista do PT, pois o Brasil chegou a ter 43,8% de sua receita total comprometida com a amortização da dívida e pagamento de spreads (juros) tanto ao FMI quanto aos banqueiros, e com isso sacrificou todos os investimentos em serviços públicos.

Vejamos em 2011 como a nossa receita foi distribuída:

Amortização da dívida e pagamento de juros: 43,8% da receita

Saúde: 4,17% da receita

Educação: 3,34% da receita

Trabalho: 2,42%

Ciência e Tecnologia: 0,34% da receita.

Cultura: 0,05% da receita

Saneamento: 0,04%

Ou seja, tudo aquilo que é essencial ao povo brasileiro representou APENAS 10,36% do dinheiro aplicado pelo governo, sendo que foi aplicado QUATRO VEZES mais só para beneficiar banqueiros e pagar dívidas.

Lula pagou alguma coisa, ou nos colocou no caminho da falência financeira e social?

Autor:
João Maurino Sernaglia Almeida Filho (bacharel em Ciências Econômicas e Ciências Jurídicas; professor de Matemática Financeira Aplicada).
Fonte: JORNAL DA CIDADE
8/2/2018
Continuar lendo EDITORIAL: A MAIOR DE TODAS AS BARBARIDADES QUE LULA COMETEU COM O BRASIL

ANÁLISE POLÍTICA: INFELIZMENTE É VERDADE, O STF PRESTA SERVIÇO AO CRIME

Na coluna ANÁLISE POLÍTICA desta terça-feira o jornalista e comentarista político José Nêumanne Pinto chama de estúpida a decisão monocrática do presidente do STF para blindar o primogênito de Bolsonaro, com o pretexto de impedir investigações contra sua mulher, como também do colega Gilmar Mendes, Lula, PT e outros compadres, mas, na verdade, faz enorme favor a traficantes de drogas e corruptos. Beneficia também o dublê de jornalista Glenn Greenwald, que tem processos pendentes no Fisco dos EUA por sonegação de impostos e também um condenável passado na área de produção de pornografia. Tudo isso resgatado e revelado por este jornalista conforme reportagem do Washington Post de 2013. Vale a pena conferir!

Fonte: 

Publicado em 21 de jul de 2019

Continuar lendo ANÁLISE POLÍTICA: INFELIZMENTE É VERDADE, O STF PRESTA SERVIÇO AO CRIME

BOAS NOTÍCIAS: ESTUDO MOSTRA QUÃO CONTAMINANTE É FAZER XIXI EM PÉ E INCENTIVA OS HOMENS A FAZER XIXI SENTADO

Na coluna BOAS NOTÍCIAS desta segunda-feira vamos quebrar o tabu do homem fazer xixi sentado através de um estudo publicado no Reino Unido que mostra o quão contaminante é fazer xixi em pé no vaso sanitário e incentiva os homens a fazerem xixi sentado. Leia a reportagem e assista ao vídeo denunciador e reveja seus conceitos! 

Homem deve fazer xixi sentado! Vídeo com ultravioleta mostra motivo

Foto: reprodução / Youtube / QSSupplies

Foto: reprodução / Youtube / QSSupplies

Um vídeo impressionante poderá ajudar a quebrar o tabu sobre homem fazer xixi sentado – 1 em cada 3 homens e 1 em cada 5 mulheres acham que é “não-masculino” sentar para urinar.

O estudo da QS Supplies, do Reino Unido, divulgado nesta sexta, 12, mostra imagens feitas com luz ultravioleta em um banheiro usado por homens. Elas revelam que milhares de respingos “invisíveis’ voam a quase um metro de distância quando eles urinam em pé e podem atingir a pia, a escova de dentes e o papel higiênico, que ficam a essa distância (vídeo abaixo)

“Milhares de gotículas de urina têm potencial de cobrir a maior parte do banheiro, incluindo as alças da frente. Respingos também podem atingir o chão, pias, paredes e aparelhos próximos”, diz a publicação da  QS Supplies.

A boa notícia é que 25% dos homens que assistiram ao vídeo ficaram tão impressionados que consideraram a possibilidade de se sentarem com mais frequência para urinar daqui pra frente.

O vídeo

O vídeo mostra dezenas de homens fazendo xixi em pé.

Com uma taxa de fluxo média de 20ml por 10 segundos, todos – com sua mira e com sua pressão para urinar – sujaram o vaso e o entorno dele, bem mais do que se imaginava.

Durante as gravações feitas no mesmo banheiro, a equipe usou luz ultravioleta para descobrir até onde a urina realmente espirra e provou que as gotas invisíveis voam pra todo lado.

Elas espirraram a até 36 polegadas – 0,91 centímetros – do vaso sanitário. Um quarto dos entrevistados disse que tinha uma escova de dentes localizada dentro dessa distância.

Como um adulto saudável faz xixi até oito vezes por dia – e muitos dão “aquela chacoalhada” quando terminam de urinar, dá pra imaginar quanta urina invisível se acumula no banheiro no espaço de apenas 24 horas.

Agora imagine o estado do banheiro após 7 dias. Britânicos e americanos costumam limpar os banheiros uma vez por semana… 86% das pessoas pesquisadas no estudo confessaram que não limpam regularmente essas áreas não-sanitárias.

A mira

E não adianta mirar na água, na parte da frente ou de trás do vaso sanitário. De todo jeito a urina respinga.

31% dos homens disseram que apontam para fazer xixi na parte de trás do vaso sanitário, acreditando que isso ajudaria, mas o vídeo comprova que esta é a pior técnica, a que produz mais respingos.

Xixi sentado

Resumindo suas descobertas, a QS Supplies sugere que mais homens deveriam fazer xixi sentados porque reduz bastante os respingos e ajuda a minimizar a sujeira.

“Quando simulamos a micção – ato de expelir urina – sentada de um homem, houve um número significativamente menor de respingos, confinados à parte inferior da frente do vaso sanitário e da borda dianteira”, revela o estudo.

“Então fazer xixi sentado não remove completamente os respingos, mas impede que as gotas voem para fora do vaso sanitário e para mais longe”.

E na sua casa? Mostre o vídeo abaixo pra eles:

Por Rinaldo de Oliveira, da redação do SóNotíciaBoa – com informações do Mirror e QSSupplies

Fonte: Só Notícia Boa

Continuar lendo BOAS NOTÍCIAS: ESTUDO MOSTRA QUÃO CONTAMINANTE É FAZER XIXI EM PÉ E INCENTIVA OS HOMENS A FAZER XIXI SENTADO

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DESTA QUINTA-FEIRA

Por G1

 

Câmara se reúne para votar propostas que mudam o texto-base da reforma da Previdência. Alteração em regras nas aposentadorias de algumas categorias pode reduzir economia prevista pelo governo. Bolsonaro diz que cogita nomear o filho Eduardo embaixador nos EUA. O MEC anuncia plano para a educação, e promete criar 108 escolas militares em 4 anos. Brasil tira termo ‘gênero’ e prioriza famílias em candidatura na ONU e provoca críticas. Na Bahia, água de barragem invade cidades e deixa desalojados.

NACIONAIS

Mudanças nas mudanças

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), reabre a sessão do plenário da Casa para a votação dos destaques ao texto-base da reforma da Previdência, aprovado ontem, em Brasília, nesta quinta-feira (11). — Foto: GABRIELA BILÓ/ESTADÃO CONTEÚDOO presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), reabre a sessão do plenário da Casa para a votação dos destaques ao texto-base da reforma da Previdência, aprovado ontem, em Brasília, nesta quinta-feira (11). — Foto: GABRIELA BILÓ/ESTADÃO CONTEÚDO

Depois de aprovar o texto-base da reforma da Previdência ontem, os deputados se reúnem desde o fim da tarde para votar possíveis mudanças na proposta.

Ao longo do dia, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, se reuniu com líderes de partidos para tentar a retirada de alguns dos destaques e evitar a ‘desidratação’ da reforma.

Essas propostas, que mudam regras da nova aposentadoria para algumas categorias, podem desfigurar o texto-base e mexer com a previsão de economia feita pelo governo.

A Câmara só poderá votar a reforma em 2º turno depois de analisar os destaques, e a previsão ‘otimista’ de Maia é de concluir todo o processo até amanhã.

'Sou otimista. Vamos votar tudo esta semana', diz Rodrigo Maia sobre a Previdência

‘Sou otimista. Vamos votar tudo esta semana’, diz Rodrigo Maia sobre a Previdência

Bolsonaro embaixador

Jair Bolsonaro fala sobre a possibilidade de nomear filho Eduardo embaixador nos EUA

Jair Bolsonaro fala sobre a possibilidade de nomear filho Eduardo embaixador nos EUA

O presidente Bolsonaro disse que cogita indicar o filho Eduardo para ser embaixador do Brasil nos EUA. Ele disse que a nomeação do filho, que é deputado federal e presidente da Comissão de Relações Exteriores da Câmara, só depende do próprio Eduardo. Em entrevista àGloboNews, o deputado afirmou que está disposto a renunciar para ser nomeado embaixador nos EUA.

Escolas militares

O Ministério da Educação anunciou as metas para a educação básica nos próximos 4 anos, e prometeu criar 108 escolas militares até 2023. O texto também inclui pontos como a construção de 4,9 mil creches, ampliação da carga horária de escolas públicas e acesso à internet em escolas rurais.

Brasil na ONU

O Ministério das Relações Exteriores apresentou o documento para a reeleição do Brasil no Conselho de Direitos Humanos da ONU e evitou o termo ‘gênero’ no texto de candidatura. Entre as prioridades apresentadas pelo governo está o “fortalecimento dos vínculos familiares”, que aparece 9 vezes no texto.

A postura provocou reações e integrantes do Conselho Nacional dos Direitos Humanos criticaram o texto. Para a procuradora federal Deborah Duprat, a candidatura com base nos termos listados é um “retrocesso”.

Chuva no Nordeste

Foto mostra como a cidade de Coronel João Sá, na Bahia, ficou após chuva forte e rompimento de barragem em cidade vizinha — Foto: Studio Júnior NascimentoFoto mostra como a cidade de Coronel João Sá, na Bahia, ficou após chuva forte e rompimento de barragem em cidade vizinha — Foto: Studio Júnior Nascimento

A água de uma barragem que fica no povoado de Quati, em Pedro Alexandre (BA), a 435 km de Salvador, invadiu a cidade vizinha de Coronel João Sá e deixou cerca de 300 pessoas desalojadas. A barragem pode ter rompido, mas o governo da Bahia confirma apenas que a água transbordou. Chove na região há pelo menos 5 dias.

G1 já viu

Simba ainda filhote em cena de 'O Rei Leão' — Foto: Divulgação

Simba ainda filhote em cena de ‘O Rei Leão’ — Foto: Divulgação

Há um novo “O Rei Leão” chegando. Ele é tão excelente quanto o original, um pouco mais bonito, um pouco menos emotivo, mas, com a exceção de alguma poucas diferenças, é quase idêntico ao de 1994. Com a estreia no próximo dia 18 nos cinemas brasileiros, vai ser fácil entender seu inevitável sucesso – o difícil será determinar se ele é mesmo necessário. Leia a crítica do G1 sobre o novo filme da Disney.

Também teve isso…

 

Por Blog do BG

Bolsonaro: ‘Se Deus quiser vamos entregar Brasil melhor em 2023 ou em 2027’

O presidente Jair Bolsonaro voltou a admitir a possibilidade de tentar a reeleição, mas ponderou que a decisão dependerá da reação da economia às medidas do seu governo. “Se Deus quiser, vamos entregar um Brasil melhor em 2023 ou em 2027”, disse Bolsonaro nesta quinta-feira, 11, a jornalistas. Ele falou com a imprensa após a posse do novo diretor-geral da Agência Brasileira de Inteligência (Abin), Alexandre Ramagem.

No último final de semana, Bolsonaro afirmou que entregará um país “muito melhor” para quem lhe suceder no comando do Palácio do Planalto em 2026. O mandato atual termina em 2022. “Pegamos um país quebrado moral, ética e economicamente. Mas, se Deus quiser, nós conseguiremos entregá-lo muito melhor para quem nos suceder em 2026”, disse na ocasião.

Hoje, ao ser questionado sobre o assunto, ele afirmou que “se o Brasil entrar nos trilhos, lá na frente a gente decide”. “Eu nunca trabalhei pensando em reeleição como parlamentar. Se pensar em reeleição, a gente diz sim pra todo mundo. Se o Brasil entrar nos trilhos, lá na frente a gente decide. Tenho apoio enorme de muitos setores da sociedade”, declarou.

Sobre críticas que fez contra a possibilidade reeleição no passado, Bolsonaro afirmou que “dizia na campanha que com uma boa reforma política colocaria na mesa a não-reeleição”, mas afirmou hoje que os governadores não aceitariam a iniciativa. “Os governadores aceitariam a não-reeleição? Você acha que aceitariam? Todo mundo tem que estar no mesmo barco.”

Estadão Conteúdo

Comments

FARSA DESCOBERTA: PT usa dinheiro público para bancar o Lula Livre e farra de passagens, hotéis e jantares para visitas ao ex-presidente

Crédito: Mauro Pimentel 

O PT sempre cantarolou que o movimento “Lula Livre” era uma iniciativa intrinsecamente popular — bancada pelo militante abnegado ou no máximo pelos cofres de sindicatos devotos ao petismo — visando pressionar o Poder Judiciário a libertar o ex-presidente Lula, que cumpre pena por corrupção desde abril do ano passado, na sede da Polícia Federal em Curitiba. Contudo, documentos obtidos por ISTOÉ mostram que o movimento dificilmente ficaria em pé e sua voz ecoaria Brasil afora se não houvesse farta utilização de recursos públicos.

Prestações de contas da Executiva Nacional petista ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sobre o montante destinado ao partido pelo Fundo Partidário comprovam que o PT usou dinheiro da União — ou seja, público — na compra de passagens aéreas, diárias de hotéis e alimentação para os petistas irem a Curitiba pedir a soltura do ex-presidente, no pagamento de locação de veículos, no aluguel de salas para reuniões e, até mesmo, no custeio do trabalho de seguranças privados em atos registrados em favor do “Lula Livre”. Em especial, no acampamento erguido próximo à sede da PF de Curitiba.

Do bolso do petista que ostentava estrelinha no peito e faixa rubra na cabeça saiu muito pouco ou quase nada. Já do Fundo Partidário (uma verba pública) foi utilizado em 2018 quase R$ 1 milhão. Independentemente do valor, o importante é que princípio da lei que rege a utilização do recurso público foi quebrado. Advogados eleitorais ouvidos por ISTOÉ afirmam que o partido contrariou frontalmente o que determina a Lei 9.096/95 (Lei dos Partidos Políticos), já que o Fundo Partidário destina-se a sustentar as atividades de organização meramente partidárias, não iniciativas de promoção pessoal de seus filiados, como se verifica clara, expressa e indiscutivelmente no movimento pela libertação do ex-presidente.

A farra das passagens

As planilhas às quais ISTOÉ teve acesso somam aproximadamente 10 mil páginas. Elas revelam que a legenda bancou com a verba despesas de boa parte de seus dirigentes para que eles estivessem presentes em São Bernardo do Campo durante o ato de resistência à prisão de Lula, na sede do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, entre os dias 6 e 7 de abril de 2018, ou nos dias seguintes em Curitiba, para onde o petista foi levado preso. Os gastos se estenderam a eventos que pediam a libertação do petista nos meses de maio e começo de junho.

Muitas das viagens de parlamentares do PT a Curitiba para visitar Lula na cadeia, como as dos senadores Lindbergh Farias e Gleisi Hoffmann, também foram custeadas pela União. Do mesmo modo que as despesas com deslocamentos de Fernando Haddad, ex-prefeito de São Paulo, e da ex-presidente Dilma Rousseff, entraram na cota do dinheiro meu, seu e nosso. Um verdadeiro acinte, para dizer o mínimo.

Os maiores gastos, sem dúvida alguma, foram com passagens aéreas para esses militantes e dirigentes. No período de abril a junho, quando o movimento “Lula Livre” se intensificou e ganhou capilaridade , o partido torrou em torno de R$ 230 mil só com as viagens. Entre os beneficiados pelas passagens aéreas estavam, além da ex-presidente Dilma Rousseff, e do ex-prefeito e candidato a presidente derrotado Fernando Haddad, o ex-presidente da executiva estadual do PT em São Paulo, Emídio de Souza. O Fundo Partidário petista foi generoso ainda com integrantes de executivas estaduais, como da Bahia e Maranhão.

Não houve pudores no gasto com a verba do contribuinte. Por exemplo, para que ela pudesse acompanhar o ato de resistência à prisão de Lula nos dias 6 e 7 de abril, a presidente do partido, Gleisi Hoffmann, na época senadora, não coçou o bolso. Preferiu, claro, ter despesas pagas no Novotel Jaraguá em São Paulo com recursos extraídos pelo PT do fundo público. Na farra com dinheiro da União, outra figura carimbada do PT não poderia faltar: trata-se do sempre histriônico Lindbergh Faria. Para o hoje “Youtuber”, a hospedagem no Astron Saint Moritz, de São Bernardo do Campo, foi inteiramente quitada pelos cofres públicos. “A utilização de recursos do fundo partidário para a promoção pessoal de um de seus filiados, não se enquadra nas premissas legais estabelecidas no Artigo 44 da Lei dos Partidos Políticos. Assim, ao utilizar-se de recursos públicos, provenientes do fundo partidário, para a promoção de filiado, o partido pode ser obrigado a ressarcir a União”, afirma o advogado especialista em Direito Eleitoral, Francisco Emerenciano.

No caso específico de Dilma Rousseff, o PT pagou com recurso público suas passagens de Porto Alegre a São Paulo no dia 7 de abril para que ela pudesse acompanhar a resistência de Lula à prisão em São Bernardo do Campo. O custo foi de R$ 701. Depois, no dia 23 de abril, Dilma teve a passagem de Porto Alegre a Curitiba novamente custeada, no valor de R$ 2.294, para que ela fosse à PF visitar Lula e também participar do evento “Lula Livre” na porta da cadeia. Por ironia do destino, a tentativa de Dilma de ver seu mentor naufragou. A Polícia Federal não permitiu o ingresso da ex-presidente na cela do petista. Na época, a juíza Carolina Lebbos barrou 23 pedidos de visitas ao petista. Além de Dilma, na lista de pessoas que foram visitar Lula com passagens compradas com dinheiro público constavam o ex-prefeito de São Bernardo do Campo, Luiz Marinho, o presidente do Instituto Lula, Paulo Okamoto, o ex-secretário de movimentos sociais do PT, Renato Simões e Alberto Cantalice, ex-presidente do PT do Rio de Janeiro. Todos foram a Curitiba no dia 9 de abril.

Na prestação de contas da legenda entregue ao Tribunal Superior Eleitoral ainda são listados como gastos diretos do partido em prol dos eventos em favor de Lula R$ 11,9 mil em segurança privada e outros R$ 32,5 mil com a locação de veículos e vans para o deslocamento de militantes em Curitiba nos dias seguintes à prisão do ex-presidente. As despesas informadas ao TSE contabilizam ainda R$ 8,2 mil com o aluguel de uma sala no hotel Dan Inn Curitiba para a realização de reuniões dos petistas na capital paranaense. Foi incluído no montante gastos com água, café e pães de queijo disponíveis para os militantes. Pelo visto, não faltou comida (de graça). Gratuita para quem participou, claro, não para quem pagou — você, o leitor que arca regiamente com seu imposto. É que na lista de despesas com dinheiro público consta a locação de uma outra sala de encontros no hotel Petras Flat, no valor de R$ 3,5 mil, com a disponibilização de 16 cafés completos e 28 almoços, conforme notas fiscais obtidas por ISTOÉ.

Se houvesse conflito com militantes adversários, o PT estava preparado, segundo revelam as planilhas. Para escoltar os filiados, foram gastos cerca de R$ 11 mil com a contratação extra de 32 seguranças, em um total de 353 horas de trabalho entre os dias 4, 5, 6, 13 e 14 de abril do ano passado. Tudo com dinheiro do Fundo Partidário, cujo uso se mostra totalmente desvirtuado. Já em Curitiba, nos dias que seguiram à prisão de Lula, os mortadelas, como ficaram conhecidos os petistas habituês das manifestações, não tiveram problemas de locomoção. Uma verdadeira frota de veículos encontrava-se à inteira disposição dos filiados. Nas notas às quais ISTOÉ teve acesso, foram contabilizados sete veículos executivos (com motoristas inclusos) e nove vans locadas por meio da empresa One Eventos. Os automóveis não estavam a passeio: foram utilizados no deslocamento de dirigentes do PT em Curitiba.

Na festança com dinheiro público, há nas prestações de contas do PT ao TSE dois dados que chamam a atenção. Um deles refere-se à realização do Congresso da Juventude Petista, nos dias 6 e 7 de junho, em Curitiba, utilizado pelos jovens para promover o “Lula Livre”. Nos documentos apresentados, o PT relaciona as despesas de R$ 465,8 mil com o encontro para justificar pagamentos feitos com os recursos do Fundo Partidário. Só com as passagens aéreas para 100 militantes irem a Curitiba, o partido gastou R$ 202,6 mil. À infraestrutura do Congresso, o partido destinou R$ 117,8 mil. Para a edição de um mero informativo, foram gastos R$ 47,5 mil, além de outros R$ 25 mil consumidos na distribuição de camisetas vermelhas.

O outro dado que causa espécie – pela ousadia dos dirigentes petistas — é o pagamento de despesas com a defesa do ex-presidente Lula após a expedição do mandado de prisão. Com verba pública. De acordo com a papelada ao qual ISTOÉ teve acesso, o advogado de Lula Cristiano Zanin teve passagens aéreas custeadas pela Executiva Nacional do PT em pelo menos uma das idas a Curitiba para encontros com o cliente. No dia 14 de junho, Zanin foi a Curitiba às custas do recurso a que o PT recorre do Fundo Partidário. Quem também se valeu da verba foi o escritório Aragão e Ferraro Advogados, que atuou em Curitiba para defender a ocupação de um espaço público por militantes do “Lula Livre” durante uma ação de reintegração de posse impetrada pela Prefeitura de Curitiba. Os militantes ocupavam uma área perto da PF. Documentos relacionados ao escritório Aragão e Ferraro Advogados, que tem o ex-ministro da Justiça de Dilma, Eugênio Aragão, como um de seus sócios, mostram que foram gastos R$ 130 mil por mês na defesa das causas do PT. Assim como as mobilizações do “Lula Livre”, as despesas com os advogados podem caracterizar desvio de finalidade dos recursos do Fundo Partidário, com o partido sujeito à rejeição de contas.

Durante as manifestações por “Lula Livre” em Curitiba, militantes se deslocaram pela cidade a bordo de vans luxuosas pagas pela União

Está mais do que evidente, portanto, que o PT quer “Lula Livre”, mas sem nos livrar de arcar com a infraestrutura para a manutenção e sustentação dos atos em favor do ex-presidente considerado criminoso pela Justiça. Como sempre se desconfiou, mas o PT se esmerava em negar, nem uma tenda sequer foi erguida com vaquinhas dos filiados, mas sim com o dinheiro do contribuinte. Pelo visto, a confusão entre o público e o privado não só fora consagrada quando o partido desfrutava das delícias do poder. Permanece impregnada como um amálgama até hoje nas cinco pontas da estrela da sigla.

Abaixo alguns trechos de IstoÉ com os documentos


IstoÉ

Comments

Gilmar Mendes analisará investigação da PF sobre Glenn Greenwald

O ministro Gilmar Mendes, do STF, foi sorteado para analisar o pedido da Rede sobre investigações que estariam sendo feitas pela Polícia Federal e pelo Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras) sobre o jornalista Glenn Greenwald.

O partido pede a imediata suspensão de qualquer procedimento contra Greenwald que tenha como justificativa a divulgação das mensagens trocadas entre o ministro da Justiça, Sergio Moro, com procuradores da Operação Lava Jato.

A fiscalização teria sido disparada depois da publicação das reportagens pelo site The Intercept Brasil, fundado pelo jornalista.

Para a Rede, a investigação configuraria, neste caso, clara retaliação e um ataque à liberdade de imprensa.

O governo tem sido dúbio em relação à existência do procedimento. Questionado numa audiência na Câmara, Moro não confirmou nem negou a existência dela.

O TCU também enviou requerimento para o Coaf e para o ministro da Economia, Paulo Guedes, a quem o órgão é subordinado. As respostas foram inconclusivas.

Mônica Bérgamo/Folha de S.Paulo

Comments

Ciro diz que Tabata deveria deixar PDT: ‘erro que não pode passar impune’

Candidato Ciro Gomes durante sabatina no Correio Braziliense. Brasilia 06-06-18. Foto: Sérgio Lima/Poder 360 

O ex-governador do Ceará Ciro Gomes (CE) afirmou na tarde de hoje em um evento realizado na Câmara de Vereadores de Porto Alegre que a deputada federal Tabata Amaral (SP) deveria deixar o PDT.

Candidato à Presidência da República no ano passado, ele se mostrou decepcionado com a correligionária, que ontem votou favoravelmente à aprovação do texto base da reforma da Previdência na Câmara.

“Para mim, neste momento, ainda estou com aquele sofrimento que no verso de Djavan fala em ‘desgosto de filha’ e esse sentimento não é bom conselheiro para providências que devemos tomar”, disse Ciro, que participou de diversos atos de campanha ao lado de Tabata durante a eleição do ano passado.

“É certo que, em minha opinião, ela cometeu um erro indesculpável, mas vale lembrar que a deputada tem 25 anos e ainda é uma idade em que as pessoas podem errar, embora no caso, um erro desse contra a melhor tradição do trabalhismo brasileiro e contra o povo mais pobre, é um erro que não pode passar impune”, afirmou o ex-governador.

“Não acho, francamente, que ela tenha mais lugar para ficar no PDT. Acho que ela deveria sair, assim como os outros deputados do partido que votaram a favor da reforma também”, afirmou.

De acordo com Ciro Gomes, “isso tudo será examinado nos devidos procedimentos que o PDT abrirá a partir da quarta-feira que vem”, referindo-se a um procedimento da comissão de ética do partido que será instaurado. Mas para ele, Tabata e os outros pedetistas que contrariaram a orientação do partido deveriam deixar a sigla.

Ontem, após a votação, a deputada disse que não vendeu seu voto e que o “sim” às mudanças nas regras de aposentadoria não significam um “sim” ao governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL), tampouco um “não” à orientação do partido.

Ciro Gomes participa hoje à tarde de evento como palestrante na Câmara de Vereadores de Porto Alegre, onde faz uma avaliação dos seis primeiros meses do governo Bolsonaro.

Folhapress

Comments

LOCAIS

Mutirão do Consumidor já realizou cerca de 600 atendimentos em dois dias

Em dois dias de ação na Câmara Municipal de Parnamirim, o Mutirão do Consumidor já atendeu cerca 600 pessoas. Na quarta-feira(10) – mais de 200 atendimentos foram realizados e só hoje(11) -, 380 consumidores foram atendidos. As negociações continuam até a sexta-feira (12), das 8h às 17, na sede da casa legislativa, no bairro Cohabinal.

A ação, que é uma iniciativa do Procon da Câmara de Parnamirim, em parceria com o Procon Estadual e demais órgãos, está possibilitando a população ter um canal direto de negociação com administradoras de cartões de créditos, operadoras de telefonia, TV por assinatura, bancos, além de CAERN, Cosern, IPVA(parcelamento de multas) e IPTU – que está oferecendo desconto de até 60% em juros e multas anteriores com parcelamento em até 60 vezes dependendo do valor.

Fábio Genuino Neto procurou o Mutirão para negociar uma dívida no valor de R$ 8 mil reais de cartão de crédito. Durante a negociação, ele obteve um acordo e conseguiu um desconto de 92% do valor total do débito. “Vim até o Mutirão pra resolver uma dívida de R$ de 8.000,00 e saí muito satisfeito, pois vou pagar apenas R$ 620,00. Estou muito feliz com este acordo. Parabéns a todos pela iniciativa”, celebrou o consumidor.

Consultas gratuitas ao SPC e Serasa

Durante o mutirão, o serviço de consulta ao SPC e Serasa está sendo ofertado gratuitamente. Josivan Macedo aproveitou para realizar a consulta. “Vim pra fazer a consulta ao SPC e Serasa pra saber se está tudo em dia. Também vou tentar renegociar um débito de operadora de telefonia. O mutirão está sendo muito importante”, disse.

Para o presidente da Câmara de Parnamirim, vereador Irani Guedes, a ação é importante para oportunizar a população à tentativa de renegociar o débito. “O mutirão é a chance que o consumidor tem de quitar aquela dívida indesejada. Além disso, dará mais celeridade a demanda de processos existentes no Procon Câmara”, frisou.

Para ser atendido no Mutirão, a população deve estar munida de documentação pessoal(RG e CPF).

Fonte: Blog do BG

 

Por G1 RN

 

Gasolina tem aumento na média — Foto: Reprodução/TV TEM

Gasolina tem aumento na média — Foto: Reprodução/TV TEM

O preço médio da gasolina aumentou nos meses de junho e início de julho, segundo pesquisa do Instituto Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor de Natal (Procon Natal) divulgada nesta quinta-feira (11). O preço da comum subiu 0,84% e da aditivada 0,53%. A exceção nos aumentos dos combustíveis foi do Etanol, que teve uma redução média de 1,26% em junho e 0,23% em julho nas bombas.

O diesel comum foi quem teve a maior variação positiva nos postos de combustíveis neste período, com 1%. O diesel S-10 teve aumento de 0,37% e o gás veicular ficou 0,13% mais caro.

Ao todo, 70 postos de combustíveis foram analisados neste período. Os números foram tabulados no dia 8 de julho para a divulgação da pesquisa.

Ao fim do primeiro semestre, os combustíveis aumentaram na cidade, segundo os números do Procon Natal. O etanol subiu 21,26%, seguido pelo diesel comum e o S-10 com 13,06% e 12,13%, respectivamente. O acumulado para gasolina comum foi de de 6,41% e para aditivada foi de 10,84%. O gás veicular teve seu acumulado encontrado pela pesquisa de 6,89%.

Média de preços

Entre os preços, a Zona Oeste é quem apresenta menor média para o etanol, diesel comum, diesel S-10 e o gás veicular com R$ 3,681; R$ 3,675; R$ 3,810 e 3,513. A gasolina comum apresenta números melhores para o consumidor na Zona Sul, com média de R$ 4,535. A Zona Norte tem a gasolina aditivada com melhor preço médio, custando R$ 4,627.

A Zona Leste é onde os combustíveis registraram a média mais alta: a aditivada custando R$ 4,627, o diesel comum R$ 3,675, o S-10 a R$ 3,810 e o gás veicular a R$ 3,513. Para a gasolina comum, a maior média está na na Zona Norte, custando R$ 4,589. Já a região com o maior preço médio do etanol foi a Sul com R$ 3,734.

Fonte: G1 RN

Continuar lendo ÚLTIMAS NOTÍCIAS DESTA QUINTA-FEIRA

PRIMEIRAS NOTÍCIAS DESTA QUARTA-FEIRA

Por G1

 

A fase de discussões da PEC da reforma da Previdência na Câmara dos Deputados terminou nesta madrugada, e Rodrigo Maia convocou sessão para tentar votar hoje o texto-base. Maia também convocou reunião de instalação da comissão especial para a analisar a PEC da reforma tributária. Sai nesta quarta a inflação de junho. Conheça a vida de luxo do ex-genro do doleiro dos doleiros. Veja a programação da Flip 2019. E o futebol nacional está de volta, com três jogos das quartas de final da Copa do Brasil.

INTERNACIONAIS

Cocaína em voo da FAB