ECONOMIA: SEGUNDO PESQUISA, DIA DOS PAIS DEVE MOSTRAR BONS RESULTADOS NA ECONOMIA DO RN

Por g1 RN

 

Dia dos Pais deve injetar R$ 63 milhões no comércio do Rio Grande do Norte, aponta pesquisa — Foto: Luana TayzeDia dos Pais deve injetar R$ 63 milhões no comércio do Rio Grande do Norte, aponta pesquisa — Foto: Luana Tayze

Um pesquisa da Fecomércio RN apontou que 51,9% dos natalenses pretendem comprar presentes em comemoração ao Dia dos Pais, celebrado no dia 14 de agosto.

A pesquisa mostra ainda que a data deve injetar R$ 63 milhões no comércio do estado. O preço médio de cada presente é de R$ 126 na capital potiguar.

Confira o resultado da pesquisa em Natal:

  • Em 2022, 51,9% dos natalenses pretendem ir às compras para o dia dos pais. Em 2021, esse percentual era de 47,8%;
  • Produtos mais buscados: itens de vestuário (54,7%); calçados e acessórios (19,3%); perfumaria/cosméticos (16,8%); eletroeletrônicos ou celulares (5,4%); joias ou relógios (2,8%).
  • Em Natal, o gasto médio com presente será de R$ 126,43. O gasto é 5,8% nominalmente maior do que o revelado na pesquisa de 2021 (R$ 119,49).
  • Forma de pagamento: 54,1% pretendem pagar o presente à vista; 45,9% pretendem parcelar.
  • Locais de compra: 47,5% pretendem comprar os presentes em shoppings; 35,7% no comércio de rua; e 9,6% pretendem fazer as compras pela internet.
  • Entre as pessoas que vão presentea, 55,3% são mulheres e 48,3% são homens;
  • 65,4% das pessoas que pretendem presentear os pais têm idades entre 18 e 24 anos;
  • No quesito renda familiar, a intenção de consumo é maior entre os que possuem rendimentos acima de 10 salários mínimos (81,8%).

Confira o resultado da pesquisa em Mossoró:

  • Em 2022, 46,3% dos mossoroenses pretendem ir às compras para o dia dos pais. Em 2021, esse percentual era de 47,7%;
  • Produtos mais buscados: itens de vestuário (40,6%); perfumaria e cosméticos (26,5%); calçados e acessórios (20,9%) e eletroeletrônicos (6,4%).
  • Em Mossoró, o gasto médio com presente será de R$ 136,91. O gasto é 16,6% maior do que o revelado na pesquisa de 2021 (R$ 117,40).
  • Forma de pagamento: 43,8% pretendem pagar o presente à vista; 52,4% pretendem parcelar.
  • Locais de compra: 43,5% pretendem comprar os presentes no comércio de rua; 28,9% em shoppings; e 12,5% pretendem fazer as compras pela internet.
  • Entre as pessoas que vão presentear, 55,7% são mulheres.

Fonte: G1 RN

Continuar lendo ECONOMIA: SEGUNDO PESQUISA, DIA DOS PAIS DEVE MOSTRAR BONS RESULTADOS NA ECONOMIA DO RN

UTILIDADE PÚBLICA: ENCONTRA-SE O WALFREDO GURGEL PACIENTE COM SINAIS DE ESPANCAMENTO PROCURANDO E PROCURA FAMILIARES

Por g1 RN

 

Hospital Walfredo Gurgel procura familiares de paciente sem identificação socorrido com sinais de espancamento em Natal — Foto: Anna Alyne Cunha/Inter TV CabugiHospital Walfredo Gurgel procura familiares de paciente sem identificação socorrido com sinais de espancamento em Natal — Foto: Anna Alyne Cunha/Inter TV Cabugi

Um homem de aproximadamente 1,60 m de altura e 75kg, identificado apenas como José, está internado no Hospital Walfredo Gurgel. A direção busca familiares do paciente.

Ele foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU/RN), no domingo (7), sem portar documentos pessoais.

O paciente possui pele de cor negra cabelos pretos e é calvo. Ele foi encontrado pelo SAMU sinais de espancamento em frente à rodoviária de Natal na Avenida Mor Gouveia no bairro de Cidade da Esperança.

Qualquer informação que possa levar à identificação de pessoas conhecidas ou familiares do paciente devem ser repassadas ao Serviço Social do HMWG, por meio dos telefones 3232-7505/7533. O setor funciona de domingo a domingo em plantões de 24h.

Continuar lendo UTILIDADE PÚBLICA: ENCONTRA-SE O WALFREDO GURGEL PACIENTE COM SINAIS DE ESPANCAMENTO PROCURANDO E PROCURA FAMILIARES

DESENVOLVIMENTO PESSOAL: AS 7 REGRAS DO SUCESSO POR ABÍLIO DINIZ

Na sessão desenvolvimento pessoal desta   terça-feira temos uma palestra extraordinária do grande empresário brasileiro Abílio Diniz sobre as 7 regras para o sucesso. Assista e tire suas próprias conclusões!

Fonte:

Rafael Jantsch Educar Imóveis

Publicado em 13 de jan de 2018

Continuar lendo DESENVOLVIMENTO PESSOAL: AS 7 REGRAS DO SUCESSO POR ABÍLIO DINIZ

ARTIGOS: ANSIEDADE, UMA DOENÇA PSIQUICA OU APENAS INGRATIDÃO?

A Ansiedade é tratada pela ciência como um transtorno ou um conjunto de doenças psiquiátricas que afligem grande parte da população mundial nos dias atuais.

A meu ver não é nenhuma coisa nem outra. A ansiedade está mais ligada ao nível de satisfação que cada indivíduo tem com a sua própria vida e o que mede esse nível de satisfação com a vida é a forma como cada pessoa enxerga o seu papel enquanto cidadão e o objetivo maior de cada ser humano nessa jornada experiencial, que é aprender a amar. Quando conseguimos parar de olhar para o nosso próprio umbigo e passamos a olhar ao nosso redor e enxergamos que o nosso ou os nossos problemas não são os maiores do mundo fica bem mais fácil perceber como a vida é bela e o quão perfeita é a natureza. Então conseguimos ficar calmos e comtemplar sem pressa o momento atual em que estamos vivendo e perceber que não precisamos de tanta pressa para conquistar as coisas e o mundo. Desta forma o nível de satisfação com a vida aumenta substancialmente e naturalmente. Nesse momento não existe ansiedade, correria e muito menos insatisfação com o presente momento nem a vida que está vivendo.

Portanto, não existe ansiedade como uma patologia e muito menos como transtorno e sim uma certa ingratidão por não estar satisfeita com o modelo de vida atual. A ingratidão gera quase todas as patologias que o ser humano é capaz de contrair direta ou indiretamente. Então, quando estiver se sentindo profundamente triste e se achando a última pessoa sobre a face da terra, olhe para o lado e perceba que tem sempre alguém mais triste, mais solitário e com muito mais problemas do que você.

Continuar lendo ARTIGOS: ANSIEDADE, UMA DOENÇA PSIQUICA OU APENAS INGRATIDÃO?

ECOLOGIA E MEIO AMBIENTE: UM ABSURDO A POLUIÇÃO NAS PRAIAS TAILANDESAS, VEJA VÍDEO

PONTO DE VISTA

O ABSUROD CONTINUA NAS PRAIAS DA ILHA DE BALI CONFORME PUBLICAÇÃO FEITA, AQUI NA COLUNA ECOLOGIA E MEIO AMBIENTE, AINDA EM 2018, QUE ESTAMOS REPUBLICANDO PARA QUE NÃO CAIA NO ESQUECIMENTO.

Exemplos como este na Tailândia precisam acabar. A poluição dos mares ameaça violentamente a sustentabilidade da biota terrestre. Não são apenas baleias, tartarugas e focas que estão morrendo porque comem plástico sem perceber pensando que estão se alimentado. São principalmente os corais e os plânctons que estão morrendo e sem esses elementos marinhos a vida animal nos oceanos deixa de existir. Precisamos colaborar com ONGs como esta e dar a nossa contribuição para acabar com a poluição e preservarmos a natureza.

BALEIA ACHADA MORTA NA TAILÂNDIA TINHA ENGOLIDO 80 SACOLAS PLÁSTICAS

Baleia encontrada morta na Tailândia tinha 80 sacolas plásticas no estômago

Uma baleia encalhada em uma praia na Tailândia havia mais de um mês morreu, no início desta semana, apesar dos esforços de uma equipe de veterinários para salvá-la. A autópsia, que foi divulgada nesta sexta (3), constatou a causa da morte – e o motivo do salvamento não ter surtido efeito: a jovem baleia piloto tinha mais 80 sacolas plásticas em seu estômago, além de outros detritos plásticos. O lixo plástico inflou dentro de seu sistema digestivo. Ela não conseguia mais se alimentar e morreu, estimam os veterinários, de fome. A Tailândia é um dos maiores responsáveis por poluição de plásticos nos oceanos em todo o mundo. Apesar de não serem famosas pelas ondas, as praias de seu litoral atraem milhões de turistas todos os anos e o governo tem dificuldades de implementar regras mais rígidas de respeito ao meio-ambiente. Há cerca de dois meses, a paradisíaca praia de Maya Bay teve que ser fechada para que o volume de turistas não comprometesse de maneira irreversível a bancada de corais da região.

A baleia tinha cerca de 9 quilos de lixo plástico em seu estômago

A Indonésia, considerada o maior poluidor dos oceanos com plástico no planeta, iniciou recentemente um programa para tentar controlar a atividade. Encabeçado pela ONG Parley TV e pela World Surf League, o programa foi lançado durante a etapa de Keramas do Circuito Mundial, renomeada como Corona Bali ProTected e pretendia tornar a ilha de Bali completamente livre da poluição por plástico até 2020.

A comunidade do surf é sensível – mas talvez devesse até ser mais, inclusive aqui no Brasil – ao problema dos plásticos e da poluição em geral nos oceanos.Recentemente, a imagem de uma praia inteiramente coberta por lixo em Santo Domingo, República Dominicana, provocou a revolta de nomes como Kelly Slater e Carlos Burle, que a compartilharam em suas redes sociais.A praia em questão foi alvo de uma mega ação da ONG Sustainable Coastlines, que afirma que retirou toda a sujeira do local, em três dias de esforços colaborativos envolvendo a população, bombeiros e voluntários estrangeiros.
Fonte: javascript:;
Continuar lendo ECOLOGIA E MEIO AMBIENTE: UM ABSURDO A POLUIÇÃO NAS PRAIAS TAILANDESAS, VEJA VÍDEO

UFRN PARTICIPA DE CONSÓRCIO MULTINACIONAL LIDERADO PELO INAF

Por g1 RN

 

Espectrógrafo será usado para procurar sinais de vida em exoplanetas semelhantes à Terra — Foto: ESO/UFRN/DivulgaçãoEspectrógrafo será usado para procurar sinais de vida em exoplanetas semelhantes à Terra — Foto: ESO/UFRN/Divulgação

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) participa de um consórcio multinacional, liderado pelo Istituto Nazionale di Astrofisica (INAF), da Itália, para desenvolver um instrumento que permitirá aos astrônomos estudar, entre outras coisas, as atmosferas de planetas semelhantes à Terra fora do sistema solar.

Denominado Andes (sigla em inglês para ArmazoNes high Dispersion Echelle Spectrograph), o instrumento deverá ser instalado no telescópio de 39 metros do Observatório Europeu Austral, atualmente em construção no Cerro Armazones, localizado no norte do Deserto do Atacama, no Chile.

De acordo com a UFRN, o Andes será um espectrógrafo de alta resolução projetado para realizar estudos detalhados e precisos de objetos cósmicos individuais. O equipamento só deve começar a ser operado em 2030.

Além da busca por sinais de vida extraterrestre, esse espectrógrafo também deverá permitir aos astrônomos investigar a evolução das galáxias, identificar a assinatura das primeiras gerações de estrelas no Universo primordial e determinar se algumas das constantes fundamentais da Física, que regulam a maioria dos processos físicos no Universo, variam de fato com o tempo.

O consórcio para construção do Andes é constituído por universidades e laboratórios de 14 países, incluindo o Brasil, que participa do projeto sob a liderança da UFRN, contando também com a participação do Observatório Nacional (RJ) e do Instituto Mauá de Tecnologia (SP).

A participação da UFRN no consórcio Andes é responsabilidade do Núcleo de Astronomia Observacional e Instrumental do Departamento de Física Teórica e Experimental (DFTE), do Centro de Ciências Exatas e da Terra (CCET/UFRN), e do Laboratório de Automação, Controle e Instrumentação (LACI) do Departamento de Engenharia Elétrica (DEE), do Centro de Tecnologia (CT/UFRN).

Telescópio ELT, onde será instalado o Andes, está localizado na montanha Cerro Armazones, no deserto chileno, e será o “maior olho do mundo” apontando para as estrelas

A equipe da UFRN que participa do projeto é composta pelos professores Izan de Castro Leão (DFTE/CCET) e Allan de Medeiros Martins (DEE/CT), membros do comitê de gestão, Bruno Leonardo Canto Martins (DFTE/CCET), membro do comitê executivo, e José Renan de Medeiros (DFTE/CCET), membro do comitê diretor do projeto.

A assinatura do acordo entre as instituições participantes do consórcio foi realizada pelo reitor José Daniel Diniz Melo no dia 15 de julho.

“A participação de pesquisadores da UFRN em um projeto de desenvolvimento científico e tecnológico dessa magnitude, em parceria com instituições do mais elevado prestígio internacional, demonstra o reconhecimento alcançado pela nossa universidade como instituição promotora de avanços das fronteiras do saber”, disse reitor da UFRN.

O projeto

O Andes foi iniciado em 2018 com a fase de definição dos objetivos científicos e das especificações técnicas do instrumento. Atualmente, o projeto está na fase de elaboração de documentação e definição da equipe científica, que será constituída por 120 pesquisadores de 15 países, incluindo professores da UFRN e do Observatório Nacional. Essa fase se estenderá até 2024. Posteriormente, até 2030, acontecerá a fase da construção, propriamente dita, do instrumento, que vai se estender até 2029.

“Em 2030 acontecerá a instalação, os testes e o início das operações do espectrômetro”, informou o professor Renan Medeiros.

De acordo com ele, a equipe da UFRN estará presente em todas as fases do desenvolvimento e construção do instrumento, participando da definição dos objetivos científicos, elaboração de documentação, construção de softwares e dos sistemas ópticos, instalação, realização dos testes e na operação inicial do instrumento.

“O acordo UFRN – Consórcio Andes durará até o início do funcionamento do instrumento, com a participação da Equipe da UFRN na exploração científica do tempo garantido de telescópio, que deve se estender até o ano de 2035”, complementa Renan.

O pró-reitor de Pós-graduação da UFRN, Rubens Maribondo, considera esse o mais importante projeto científico internacional da UFRN.

“Projeto que envolve inserção científica e tecnológica, com a participação integrada de pesquisadores da Física e da Engenharia, posicionando a UFRN em um patamar de referência científica internacional na área”, diz.

Para ele, os ganhos começam pela formação de recursos humanos por meio das teses desenvolvidas no âmbito do projeto e, em médio prazo, pelo fato de os alunos, no futuro, terem à disposição horas no telescópio.

“É uma ferramenta muito poderosa de observação, que qualificará e colocará a UFRN na linha de frente na descoberta de novos planetas”, observa o Pró-reitor.

Continuar lendo UFRN PARTICIPA DE CONSÓRCIO MULTINACIONAL LIDERADO PELO INAF

SAIBA QUEM SÃO OS CANDIDATOS AO GOVERNO DO RN

Por g1 RN

 

Eleições de 2022 são para presidência da República, governo, senado e deputados estaduais e federais — Foto: Divulgação/TSEEleições de 2022 são para presidência da República, governo, senado e deputados estaduais e federais — Foto: Divulgação/TSE

O prazo final para a realização das convenções que definem candidatas e candidatos que vão disputar as eleições 2022 terminou em 5 de agosto. No Rio Grande do Norte foram oficializadas 9 candidaturas ao governo do estado. Confira abaixo quem são os candidatos.

O pedido de registro da candidatura deve ser feito até 15 de agosto.

O primeiro turno da eleição para presidente, governador, senador, e deputados federais e estaduais está marcado para 2 de outubro de 2022, e, eventual segundo turno, no dia 30 do mesmo mês.

Confira a lista, em ordem alfabética, dos candidatos ao governo do Rio Grande do Norte:

Antônio Bento (PRTB)Pastor Antonio Bento (à esqueda), candidato ao governo do RN pelo PRTB, junto com o candidato a vice, Jurandir Rosa. — Foto: Gustavo Brendo/Inter TV CabugiPastor Antonio Bento (à esqueda), candidato ao governo do RN pelo PRTB, junto com o candidato a vice, Jurandir Rosa. — Foto: Gustavo Brendo/Inter TV Cabugi

Antônio Bento, 60 anos, é natural de Pedro Velho, no interior do Rio Grande do Norte, tem formação em ciências contábeis e atua como representante comercial e pastor evangélico. É casado, pai de seis filhos e mora no bairro Pajuçara, na Zona Norte de Natal. Ele já se candidatou a cargos políticos, como deputado estadual, em 2006, vice-prefeito de Natal, em 2008, e vice-governador do estado, em 2018, mas não foi eleito. É candidato ao governo do estado pela primeira vez. O candidato a vice-governador é Jurandir Rosa, do mesmo partido.

Clorisa Linhares (PMBClorisa Linhares foi oficializada como candidata ao governo do RN pelo PMB — Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV CabugiClorisa Linhares foi oficializada como candidata ao governo do RN pelo PMB — Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi

Pernambucana, Clorisa Linhares tem 50 anos, é formada em contabilidade e direito e atualmente estuda psicologia. Ela é casada e tem dois filhos. Além da atuação como vereadora na cidade de Grossos, por três mandatos, Clorisa já foi servidora do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJRN) e agente penitenciária. Essa é a primeira vez em que vai disputar o governo do RN. O partido ainda não anunciou o nome do candidato a vice-governador.

Danniel Morais (PSOL)Danniel Morais é candidato ao governo do RN pelo Psol — Foto: Pedro Trindade/Inter TV CabugiDanniel Morais é candidato ao governo do RN pelo Psol — Foto: Pedro Trindade/Inter TV Cabugi

Danniel Alexandre Ferreira de Morais, de 40 anos, é natural de Natal, casado e formado em administração. Já atuou como assessor parlamentar na Câmara dos Deputados e nunca ocupou um cargo eletivo. Esta é a primeira vez que Danniel Morais se candidata ao governo do Rio Grande do Norte. Ele já compôs uma candidatura coletiva à Prefeitura de Natal em 2020, e foi candidato a deputado estadual em 2018. O candidato a vice-governador na chapa é Ronaldo Tavares, também do PSOL.

Fábio Dantas (SolidariedadeFábio Dantas (Solidariedade), candidato a governador do RN — Foto: Geraldo Jerônimo/Inter TV CabugiFábio Dantas (Solidariedade), candidato a governador do RN — Foto: Geraldo Jerônimo/Inter TV Cabugi

Nascido em Natal, Fábio Dantas tem 51 anos, é casado, tem dois filhos, e é advogado e empresário. Ele entrou para a vida política como deputado estadual em 2011. Em 2014, foi eleito vice-governador no mandato de Robinson Faria (2015 a 2018). Além dos mandatos eletivos, atuou na vida pública como diretor-geral do Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep), no governo de Wilma de Faria, e como diretor da Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte (Femurn). O candidato a vice é Ivan Júnior (União Brasil).

Fátima Bezerra (PT)Fátima Bezerra (PT), candidata a governadora, e Walter Alves (MDB), candidato a vice, durante convenção do PT — Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV CabugiFátima Bezerra (PT), candidata a governadora, e Walter Alves (MDB), candidato a vice, durante convenção do PT — Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi

Fátima Bezerra tem 67 anos, é a atual governadora do Rio Grande do Norte e tenta a reeleição ao cargo. Antes de ser governadora, foi deputada estadual por dois mandatos, deputada federal três vezes e senadora. Natural de Nova Palmeira (PB), Fátima foi morar em Natal na adolescência e se formou em pedagogia na UFRN, se tornando professora da rede pública estadual e municipal. Também foi presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Rio Grande do Norte (Sinte-RN). O candidato a vice-governador, na chapa, é Walter Alves (MDB).

Nazareno Neris (PMN)

Nazareno Neris (Partido da Mobilização Nacional), candidato a governador do RN — Foto: Geraldo Jerônimo/Inter TV CabugiNazareno Neris (Partido da Mobilização Nacional), candidato a governador do RN — Foto: Geraldo Jerônimo/Inter TV Cabugi

O representante comercial Nazareno Neris tem 47 anos e concorre ao cargo de governador do Rio Grande do Norte pela primeira vez. É natural de Campo Grande (RN), é divorciado e pai de três filhas. Ele entrou para a política em 2002 e foi candidato a deputado federal em duas oportunidades, mas não se elegeu.

O candidato a vice-governador é o empresário Fernando Luiz, do mesmo partido. A convenção do PMN foi realizada no último dia 23 de julho.

Rodrigo Vieira (Democracia Cristã)

Partido Democracia Cristã lançou o empresário Rodrigo Vieira como candidato ao governo do RN — Foto: Geraldo Jerônimo/Inter TV CabugiPartido Democracia Cristã lançou o empresário Rodrigo Vieira como candidato ao governo do RN — Foto: Geraldo Jerônimo/Inter TV Cabugi

Natural de Natal (RN), Rodrigo Vieira tem 42 anos, é empresário do ramo da construção civil e tem dois filhos. Ele iniciou a carreira na política em 2010 e em 2016 se candidatou a prefeito de João Câmara, mas não foi eleito. Ele chegou a ser presidente do PSDB no município de João Câmara e ingressou na DC em 2019. Essa será a primeira vez em que Rodrigo Vieira será candidato ao governo do RN. O candidato a vice-governador da chapa é Carlos Paiva, do mesmo partido.

Rosália Fernandes (PSTU)Rosália Fernandes é candidata ao governo do RN pelo PSTU — Foto: Vinícius Marinho/Inter TV CabugiRosália Fernandes é candidata ao governo do RN pelo PSTU — Foto: Vinícius Marinho/Inter TV Cabugi

Natural de Marcelino Vieira, Rosalia Fernandes foi criada em Mossoró e mora em Natal desde 1998. Entrou no serviço público como auxiliar de enfermagem e depois seguiu como assistente social no Hospital Walfredo Gurgel. Ela Iniciou a militância política no movimento estudantil e ingressou no PSTU em janeiro de 2000. Além disso, teve atuação como diretora do Sindicato dos Servidores em Saúde do RN. Essa é a primeira vez em que Rosalia vai disputar o governo do RN. Antes, já foi candidata a deputada estadual e à prefeitura de Natal. A candidata a vice-governadora é a professora Socorro Ribeiro.

Styvenson Valentim (Podemos)

Styvenson Valentim é candidato ao governo do Rio Grande do Norte pelo Podemos — Foto: Geraldo Jerônimo/Inter TV CabugiStyvenson Valentim é candidato ao governo do Rio Grande do Norte pelo Podemos — Foto: Geraldo Jerônimo/Inter TV Cabugi

Natural de Rio Branco, no Acre, o capitão Styvenson Valentim é divorciado e tem um filho. O oficial da Polícia Militar do Rio Grande do Norte se tornou conhecido após comandar as Operações da Lei Seca no estado. Em 2018, se candidatou pela primeira vez a um cargo político e foi eleito Senador pelo RN. Ele assumiu o cargo em 2019 para um mandato de oito anos, até 2026. Essa é a primeira vez que Styvenson se candidata a um cargo de governador. A candidata a vice na chapa é a professora Francisca Henrique, do mesmo partido.

Continuar lendo SAIBA QUEM SÃO OS CANDIDATOS AO GOVERNO DO RN

INDICADORES DE CONTAS PÚBLICAS PARECEM MOSTRAR DUAS REALIDADES DISTINTAS SOBRE O BRASIL

Por Bianca Lima e Luiz Guilherme Gerbelli, GloboNews e g1

 

Arrecadação recorde e bloqueios no Orçamento: qual é a real situação das contas públicas?
Arrecadação recorde e bloqueios no Orçamento: qual é a real situação das contas públicas?

Os indicadores de contas públicas parecem mostrar duas realidades distintas sobre o Brasil. De um lado, há um expressivo aumento de arrecadação, bem acima do ritmo de crescimento da economia. Do outro, a equipe econômica teve de anunciar bloqueios bilionários no Orçamento para não descumprir o teto de gastos, a principal regra fiscal do país, que limita o crescimento das despesas da União.

Mas, afinal, qual é a real situação das finanças do Brasil?

De forma geral, o que os analistas apontam é que a fotografia está melhor do que o cenário traçado na virada do ano, mas que o filme ainda preocupa.

De Olho no Orçamento — Foto: Arte/g1De Olho no Orçamento — Foto: Arte/g1

Os números da arrecadação têm sido beneficiados pela reabertura da economia e uma conjuntura internacional que elevou os preços das commodities – matérias-primas como petróleo e minério de ferro. Uma realidade que pode não perdurar no médio prazo em meio à desaceleração do PIB brasileiro, que deve crescer menos de 0,5% em 2023, e aos riscos crescentes de uma recessão global.

Já pelo lado dos gastos, uma série de manobras nas regras fiscais permitiram a contratação de novas despesas, às vésperas das eleições, deixando o cenário futuro ainda mais incerto.

LEIA TAMBÉM:

“Há uma notícia boa do lado da arrecadação no sentido de que, de fato, (o governo) está conseguindo recolher mais. Só que é preciso pensar também nas outras travas que o país tem em termos de execução orçamentária. E a principal trava que a gente tem no momento é o teto de gastos”, afirma Juliana Damasceno, economista da consultoria Tendências.

E ela destaca: “Pode parecer incoerente, num momento em que os cofres estão tão cheios, que o país tenha que bloquear despesas. Mas é importante que a gente entenda a relevância de uma trava como o teto. No passado, tivemos um enorme desequilíbrio financeiro, justamente porque nos deixamos levar por receitas atípicas e ampliamos a estrutura dos gastos.”

Um filme que parece se repetir. Hoje, tanto Luiz Inácio Lula da Silva (PT) como Jair Bolsonaro (PL), os dois líderes nas pesquisas de intenção de voto para o Palácio do Planalto, já sinalizaram que devem manter o valor de R$ 600 do Auxílio Brasil em 2023 – o que acarretaria um aumento de até R$ 60 bilhões nas despesas federais no próximo ano, segundo projeções da Tendências.

“A principal discussão na formulação do Orçamento do ano que vem é como colocar os R$ 600, valor que já virou permanente, na minha opinião. Isso não cabe no teto”, afirma a economista-chefe do banco Credit Suisse, Solange Srour. “Um outro problema é a questão dos servidores públicos, que ficaram sem reajuste salarial em 2022. Então, a demanda para o ano que vem também é maior”, acrescenta.

Arrecadação recorde

Os números da arrecadação estão batendo sucessivos recordes. No primeiro semestre, em valores corrigido pela inflação, ela somou R$ 1,1 trilhão, o que representa alta real de 11% na comparação com o mesmo período do ano passado. É o melhor resultado desde 1995, quando tem início a série histórica do Tesouro Nacional.

São três os principais motivos que têm levado a um aumento das receitas da União:

  • Retomada da economia com a reabertura pós-pandemia;
  • Avanço dos preços das commodities no cenário internacional, impulsionado por um crescimento global; e
  • Inflação. O valor dos produtos aumenta e, consequentemente, o governo arrecada mais, já que grande parte dos impostos é cobrada como uma porcentagem do valor pago.

A dúvida dos analistas é o quanto dessa melhora é estrutural, com efeitos de médio prazo, e o quanto é apenas conjuntural – e pode acabar rápido.

“A retomada da economia pós-Covid, o crescimento global e a inflação alta trouxeram impactos na arrecadação muito fortes, mas todos esses fatores parecem ser mais cíclicos do que estruturais”, afirma Solange.

O avanço na arrecadação tem sido a notícia mais ecoada pela equipe econômica. É com base nos números positivos de receita que o time do ministro Paulo Guedes tem justificado as várias reduções de tributos em ano eleitoral. Anunciado em abril, o corte de 35% do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), por exemplo, deve fazer com que o governo deixe de arrecadar R$ 15,6 bilhões só neste ano.

“Caso haja uma normalização no ciclo das commodities no ano que vem, a gente pode não ter todo o impulso observado neste ano e, portanto, tanto a atividade como a arrecadação podem ser mais fracas“, diz Juliana.

Arrecadação de impostos bate recorde para meses de junho

Teto de gastos estourado

Mas é do lado das despesas que qualquer folga orçamentária deixa de existir.

O Brasil tem um Orçamento bastante rígido e, portanto, com pouca margem de manobra – cerca de 95% das despesas são obrigatórias. Boa parte delas está sujeita ao teto de gastos, regra que limita seu crescimento das despesas à inflação do ano anterior.

Criado em 2016 pelo governo Michel Temer, o teto se transformou na principal âncora das contas públicas do país.

À época, a equipe econômica justificou a medida como uma forma de controle do rumo das finanças do governo. O Brasil gastava mais do que arrecadava, passou a acumular déficits primários e viu a dívida crescer. Com a piora das contas públicas, o país perdeu, em 2015, o grau de investimento, uma espécie de selo de bom pagador que assegurava a confiança dos investidores internacionais na economia brasileira.

Desde 2019, porém, o governo Jair Bolsonaro e o Congresso Nacional já patrocinaram ao menos cinco grandes mudanças no teto de gastos – alterações que somam um impacto de R$ 213 bilhões e vêm minando a credibilidade da regra fiscal.

E mesmo com todos esses dribles no teto, o Ministério da Economia já precisou fazer bloqueios de R$ 14,8 bilhões no Orçamento de 2022. Com poucas opções na mesa, o governo ampliou a tesourada sobre as emendas parlamentares – aquele dinheiro que deputados e senadores direcionam às suas bases eleitorais.

As emendas de relator, aquelas que ficaram conhecidas como Orçamento secreto, e as de comissão tiveram R$ 8 bilhões bloqueados, praticamente metade do orçamento dessas duas emendas específicas. Dentre os ministérios, as pastas mais afetadas foram Saúde e Educação, com contingenciamentos de R$ 2,8 bilhões e R$ 1,7 bilhão, respectivamente.

“Todos os contingenciamentos eram previsíveis, porque o governo subestimou uma parte importante do gasto obrigatório e até gastos do funcionamento da máquina pública”, diz Solange.

Contas públicas: o principal nó da economia

E por que as contas públicas importam?

As finanças brasileiras se transformaram no principal nó da economia. Desde 2014, as contas do governo central (que reúne Tesouro Nacional, Previdência Social e Banco Central) são deficitárias – ou seja, o país gasta mais do que arrecada.

Com essa dinâmica, o endividamento do país cresce e preocupa os investidores, que deixam de aplicar recursos no país ou então passam a exigir retornos maiores para financiar a nossa dívida.

Neste ano, o Ministério da Economia trabalha com uma projeção de déficit de R$ 59 bilhões para o governo central. Mas analistas já avaliam que este número pode ficar próximo de zero ou que o país pode até voltar a registrar um superávit, diante da melhora de arrecadação.Rombo nas contas públicas — Foto: Luisa Blanco/Arte g1Rombo nas contas públicas — Foto: Luisa Blanco/Arte g1

Hipótese que ganhou ainda mais força após o pedido do secretário especial de Tesouro e Orçamento, Esteves Colnago, para que as estatais avaliem pagar mais dividendos ao governo em 2022 – pedido que sofreu críticas por parte dos economistas.

“Caso essas manobras fiscais, de antecipação de dividendos, se confirmem, é possível fechar o ano próximo de um déficit zerado ou até mesmo com um ligeiro superávit”, diz Juliana. “Mas lembrando que isso não seria uma boa prática. Essa antecipação de dividendos tira recursos dos caixas em 2023. Estamos maquiando contabilmente um resultado para entregar um número mais positivo.”

Continuar lendo INDICADORES DE CONTAS PÚBLICAS PARECEM MOSTRAR DUAS REALIDADES DISTINTAS SOBRE O BRASIL

SAIBA QUAIS AS DIVERSAS FACES DO PRECONCEITO E COMO A SOCIEDADE LUTA PARA COMBATÊ-LAS

De onde vem o preconceito e como a sociedade luta para combatê-lo

Escritor Leandro Karnal aborda os diferentes tipos de discriminação existentes; programa vai ao ar aos sábados, às 23h, na CNN

Ingrid Oliveira

da CNN

 

Sete em cada dez crimes de ódio são motivados por preconceito racial no Brasil. Cerca de 14% têm origem na homofobia e na transfobia, que é o preconceito referente à orientação sexual.

Um estudo do Fórum Brasileiro de Segurança Pública e do Unicef (Fundo das Nações Unidas para a Infância) apontou que das quase 35 mil mortes de jovens entre 2016 e 2020 no país, 80% eram de negros.

São diversas as faces do preconceito: questões de gênero, misoginia, xenofobia, entre outras.

Para falar sobre racismo, xenofobia, capacitismo e outros tipos de preconceito, o programa liderado por Leandro Karnal traz diferentes personalidades que já foram alvos de ações discriminatórias.

Karnal foi a um restaurante de comida africana na Zona Leste de São Paulo. O chef Sam, enquanto cozinha pratos típicos do continente africano, conversa sobre os vários preconceitos sofridos por imigrantes negros no Brasil.

A influencer digital conhecida como Pequena Lo fala sobre o capacitismo e como combatê-lo. Ela foi diagnosticada com displasia óssea, uma síndrome rara.

“As pessoas usam isso para me atacar como capacitismo e preconceito”, diz ela.

Em uma sociedade em que a magreza é vista como ideal de beleza a ser alcançado, um tipo específico de preconceito se alastra: a gordofobia.

Agnes Arruda, doutora em comunicação social, professora e pesquisadora, defende que usar o termo “gordofobia” é uma forma de legitimar que o preconceito contra pessoas gordas existe, e não “lipofobia”, que cria uma sensação de mascarar algo que teoricamente não deveria ser falado.

Outro grupo que também sobre discriminação é a comunidade LGBTQIA+. De acordo com um levantamento do “Observatório de Mortes e Violências contra LGBTI+”, pelo menos 316 pessoas LGBTI+ morreram em 2021.

No Brasil, a criminalização da violência motivada pela orientação sexual ou identidade de gênero da vítima foi aprovada em 2019. Desde então, a LGBTfobia é enquadrada como crime de racismo – nos moldes da Lei nº 7.716/89.

Para acompanhar na íntegra as entrevistas, assista ao Universo Karnal. O programa é exibido todos os sábados, às 23h na CNN e nas plataformas digitais.

Continuar lendo SAIBA QUAIS AS DIVERSAS FACES DO PRECONCEITO E COMO A SOCIEDADE LUTA PARA COMBATÊ-LAS

MARCA DE COLCHÕES AMERICANA CONTRATA FUNCIONÁRIOS PARA FUNÇÃO INUSITADA

Empresa de colchões dos EUA contrata pessoas para dormirem durante o trabalho

Rede Casper procura candidatos que apresentem ‘capacidade excepcional e desejo de dormir o máximo possível’

INTERNACIONAL 

Do R7

Empresa de colchões dos EUA contrata funcionários para dormir

REPRODUÇÃO/INSTAGRAM @CASPER

A Casper, uma marca de colchões americana, está contratando funcionários para uma função inusitada: dormir.

“As pessoas contratadas irão dormir nas lojas da empresa e em ambientes inesperados pelo mundo”, explica o anúncio de emprego. “O candidato ideal deve ter uma capacidade excepcional para dormir, um desejo de dormir o máximo possível e, é claro, a capacidade de dormir durante qualquer ocasião”, completa o texto.

Fonte: R7

Continuar lendo MARCA DE COLCHÕES AMERICANA CONTRATA FUNCIONÁRIOS PARA FUNÇÃO INUSITADA

SAÚDE: PLATAFORMA RN MAIS VACINA IRÁ GERENCIAR A VACINA CONTRA PÓLIO DESDE O RECEBIMENTO AO CONTROLE DE IMUNIZAÇÃO

Campanha contra pólio será incorporada pelo RN Mais Vacina

Foto: Reprodução

Mesmo estando livre da poliomielite desde 1994, o Brasil está na área de risco da doença, conforme alerta feito pela Organização Mundial de Saúde. O reaparecimento da enfermidade, que acomete principalmente crianças, tem como principal causa a baixa procura pela vacina, que pode ser encontrada em todo o sistema de saúde público.

De acordo com levantamento feito pela FioCruz, apesar da gravidade das sequelas provocadas pela pólio, o Brasil não cumpre, desde 2015, a meta de 95% do público-alvo vacinado, patamar necessário para que a população seja considerada protegida contra a doença.

Em 2021, o percentual de crianças vacinadas chegou a 67%, com as três doses iniciais, que são ministradas durante o primeiro ano de vida. Esse percentual é ainda menor quando se trata da dose de reforço, não ultrapassando os 52%.
Com o intuito de mudar esse quadro, a partir de segunda-feira, dia 8 de agosto, começa, em todo o país, mais uma campanha de vacinação contra poliomielite, uma doença infecto-contagiosa aguda causada pelo poliovírus selvagem.

Ela pode provocar desde sintomas como os de um resfriado comum a problemas graves no sistema nervoso, como paralisia irreversível, principalmente em crianças com menos de cinco anos de idade.

RN Mais Vacina
No Rio Grande do Norte, a plataforma RN Mais Vacina irá auxiliar no gerenciamento de todo o processo de imunização da população alvo. Segundo os mesmos parâmetros já utilizados, com a plataforma poderá ser feito o controle de destoque de cada localidade, dos quantitativos distribuídos, além de haver um controle do processo de imunização.

O RN Mais Vacina é a plataforma criada pelo Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde (LAIS/UFRN) que permite o rastreio da vacina, desde seu recebimento na Central Estadual de Rede de Frio até aplicação na sala de vacina em uma interface web intuitiva e acessível. Possui o cruzamento de dados que identifica incidentes, gera alertas e relatórios inteligentes centrados na experiência do cidadão e profissional da saúde.

Para que todo o processo seja acompanhado, é necessário que as crianças, até quatro anos, que forma o público-alvo da campanha, estejam cadastradas, na categoria de dependente, no RN Mais Vacina. O cadastro precisa ser feito pelos pais ou responsáveis legais da criança. Mas atenção, é necessário haver o cadastro do adulto responsável para que a criança seja inserida no sistema.

Conforme levantamento realizado na própria plataforma, menos de 50% do público da campanha estão cadastrados no RN Mais Vacina. “Com o cadastramento, os gestores da saúde terão as informações necessárias para planejar e gerenciar o processo de imunização das crianças, em todo o estado”, argumentou o diretor executivo do LAIS, Ricardo Valentim.

Continuar lendo SAÚDE: PLATAFORMA RN MAIS VACINA IRÁ GERENCIAR A VACINA CONTRA PÓLIO DESDE O RECEBIMENTO AO CONTROLE DE IMUNIZAÇÃO

ECONOMIA: LEVANTAMENTO DA CNI APONTA 1 EM CADA 4 BRASILEIROS NÃO CONSEGUE FECHAR FOLHA DE PAGAMENTOS NO FINAL DO MÊS

1 em cada 4 brasileiros não consegue quitar contas no fim do mês, diz CNI

Foto: Getty Images

Um levantamento realizado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) aponta que um em cada quatro brasileiros (25%) não consegue quitar todas as dívidas no fim do mês.

A pesquisa mostra ainda que 69% dos brasileiros não conseguem poupar dinheiro. Os que conseguem economizar chegam a 29%.

Entre as pessoas que não consegue poupar dinheiro no fim do mês, 44% afirmaram que quase sempre ficam apertados, pagam as contas, mas não sobra nada.

A pesquisa divulgada nesta segunda-feira (8) mostra ainda que, com o orçamento apertado, mais da metade dos entrevistados reduziram as despesas com lazer, deixaram de comprar roupas ou desistiram de viajar.

Contudo, pouco mais da metade dos entrevistados pela confederação (56%) acreditam que, até dezembro, estarão com uma situação econômica pessoal melhor ou muito melhor.

Fonte: Blog do BG

Continuar lendo ECONOMIA: LEVANTAMENTO DA CNI APONTA 1 EM CADA 4 BRASILEIROS NÃO CONSEGUE FECHAR FOLHA DE PAGAMENTOS NO FINAL DO MÊS

MUSICAL: “SIMPLESMENTE”, EM SÓ MPB COVER, POR CARLOS & WELIKA

A PARTIR DESTA SEGUNDA-FEIRA VAMOS EXIBIR UMA NOVA SÉRIE CHAMADA SÓ MPB COVER, COM A DUPLA INSEPARÁVEL CARLOS & WELIKA, QUE NESSA PANDEMIA JÁ FIZERAM MAIS DE 40 VÍDEOS MUSICAIS, COM UM REPERTÓRIO CAMPEÃO CANTANDO O MELHOR DA MPB. DO FORRÓ AO BAIÃO, DA BOSSA NOVA AO POP ROCK, DO ROMÂNTICO AO BREGA. HOJE ELES INTERPRETAM SIMPLESMENTE, DE SKANK E ROBERTA CAMPOS. ENTÃO, NÃO SAIA DAI E VÁ LOGO DANDO UM PLAY! 

Fonte:

Continuar lendo MUSICAL: “SIMPLESMENTE”, EM SÓ MPB COVER, POR CARLOS & WELIKA

ANÁLISE POLÍTICA: PESQUISAS E RUAS, POR ALEXANDRE GARCIA

Na natureza do jornalistas está a incredulidade e o ceticismo e por isso mesmo o experiente jornalista Alexandre Garcia explica o porquê de não acreditar em pesquisas eleitorais. Algo que você não pode deixar de ver, já que em agosto de 2018 as pesquisas mostravam que Jair Bolsonaro era o candidato mais rejeitado e Dilma estava eleita como senadora. Então, entenda o que acontece com o cenário político às vésperas do início da campanha eleitoral de 2022.

Fonte:

Continuar lendo ANÁLISE POLÍTICA: PESQUISAS E RUAS, POR ALEXANDRE GARCIA

SAÚDE: CONHEÇA OS INCRÍVEIS BENEFÍCIOS DA CHLORELLA, POR SAMUEL DALLE LASTE

Nesta segunda-feira, aqui na coluna SAÚDE do Blog do Saber você vai descobrir e aprender os incríveis benefícios da Chlorella com o Dr. Samuel Dalle Laste. Uma alga que pode ajudar na melhora da sua saúde e qualidade de vida. Assista ao vídeo a seguir e saiba mais sobre esse assunto.

Fonte:

Continuar lendo SAÚDE: CONHEÇA OS INCRÍVEIS BENEFÍCIOS DA CHLORELLA, POR SAMUEL DALLE LASTE

ESTADO DO RN ESTÁ DE PARABÉNS PELOS SEUS 521 ANOS

Por g1 RN

 

Marco de Touros está e uma sala do Museu Câmara Cascudo — Foto: Geraldo Jerônimo / Intertv CabugiMarco de Touros está e uma sala do Museu Câmara Cascudo — Foto: Geraldo Jerônimo / Intertv Cabugi

O Rio Grande do Norte faz aniversário de 521 anos neste domingo (7). A data lembra o dia em que o Marco de Touros, símbolo da colonização portuguesa, foi implantado no estado, 7 de agosto de 1501, segundo explica o historiador Breno Câmara.

Para os pesquisadores potiguares, esse é o monumento mais antigo deixado no litoral brasileiro pelas caravelas comandadas por André Gonçalves e Gaspar de Lemos, que traziam na comitiva o cosmógrafo Américo Vespúcio.

A data comemorativa foi estabelecida pela Lei estadual 7.831, aprovada no dia 30 de maio de 2000.

Segundo o escritor, ex-deputado e membro do Instituto Histórico e Geográfico do Rio Grande do Norte, Valério Mesquita, que propôs a lei, do ponto de vista jurídico, o estado foi o primeiro ponto efetivo de colonização portuguesa, uma vez que o marco em Porto Seguro só teria sido colocado cerca de dois anos depois.

“Essa data assinala que eles estiveram aqui no litoral do Rio Grande do Norte primeiro, que o estado foi visitado. Eles estiveram aqui no litoral de Touros”, considera.

A coluna de mármore de 1,20m de altura se mantem em pé e está guardada no Museu Câmara Cascudo, da UFRN. Apesar das fraturas e remendos, ainda dá pra ver as gravuras em relevo da Cruz da Ordem de Cristo e o escudo português.

O marco colonial tinha a finalidade de atestar Portugal como descobridor e detentor daquela terra, que mais tarde se chamaria Brasil. Apesar disso, o estado só foi colonizado, de fato, muitos anos depois.

Em 1530, o rei de Portugal dividiu o Brasil, as capitanias hereditárias. As terras que atualmente compreendem ao Rio Grande do Norte ficaram com João de Barros e Aires da Cunha. A primeira expedição de colonização ocorreu cerca de cinco anos depois, mas foi frustrada.

Segundo a história contada no site oficial da Prefeitura de Natal, antes da tentativa de colonização, os franceses já aportavam no estado para contrabandear o pau-brasil. Os índios potiguares teriam ajudado os franceses a combater os colonizadores, impedindo, a fixação dos portugueses.

Mais de 60 anos depois, em 25 de dezembro de 1597, uma nova expedição comandada por Mascarenhas Homem e Jerônimo de Albuquerque conseguiu expulsar os franceses e reconquistar a capitania.

Como estratégia de defesa, os colonizadores começaram a construir um forte que foi chamado de Fortaleza dos Reis Magos, por ter sido iniciada no dia dos Santos Reis. Concluído o forte, logo se formou um povoado que, segundo alguns historiadores, foi chamado de Cidade dos Reis. Depois, Cidade do Natal.

O historiador Breno Câmara destacou curiosidades sobre o Rio Grande do Norte:

Pioneirismo feminino

O Rio Grande do Norte teve a primeira eleitora, Celina Guimarães, em Mossoró, a primeira prefeita do Brasil, Alzira Soriano, no município de Lajes. “Isso é muito importante na luta feminista que existe hoje”, diz o professor.

Abolição da escravidão

Mais ou menos cinco anos antes da abolição ser oficialmente do Brasil em 1888, Mossoró já havia abolido a sua escravatura. A cidade não tinha tantos escravos, mas decidiu extinguir a prática antes mesmo do restante do país.

Natal na Segunda Grande Guerra

Natal sediou uma importante base aérea para os Estados Unidos durante a 2ª Grande Guerra Mundial. Inovações culturais trazidas pelos americanos chegaram primeiro à capital potiguar, antes de outras partes do país. “A primeira máquina de Coca-Cola, a primeira cidade a mascar chiclete. O Rio Grande do Norte ficou um pouco mais para frente, usando até calça jeans”, diz o professor.

Fruticultura

Um ponto mais atual registrado pelo professor é o fato de o Rio Grande do Norte abastecer a Europa com as frutas frescas, como melões, mamões e melancias. O estado é o principal exportador desse tipo de produto no país.

Continuar lendo ESTADO DO RN ESTÁ DE PARABÉNS PELOS SEUS 521 ANOS

PREFEITURA DE NATAL E SEBRAE FORMAM PARCEIRA PARA MAPEAR E IDENTIFICAR NEGÓCIOS NA CAPITAL POTIGUAR LIGADOS AO TURISMO

Prefeitura e Sebrae realizam mapeamento dos negócios ligados ao turismo

08 ago 2022

Prefeitura e Sebrae realizam mapeamento dos negócios ligados ao turismo

 

A Prefeitura de Natal e o Sebrae-RN firmaram uma parceria para mapear e identificar os negócios ligados ao segmento do turismo na capital do Rio Grande do Norte. O Objetivo é reunir informações estratégicas para o setor, identificando suas potencialidades, segmentos mais rentáveis ou que necessitam de impulsionamento através das políticas públicas visando a inovação e sustentabilidade. A proposta de mapeamento foi apresentada e discutida entre as equipes técnicas do Sebrae e da Secretaria Municipal de Turismo de Natal (Setur) e na próxima semana tem início a capacitação das equipes que atuarão em campo para coleta de informações e pesquisa junto aos donos dos empreendimentos.

A ideia é, ao final, compor um inventário, capaz de reunir informações estratégicas para o setor. Serão visitados os meios de hospedagem, agências de turismo, operadores de viagens, receptivos turísticos, bares, restaurantes e negócios de alimentação fora do lar, casas de espetáculos e de entretenimento, cinemas, teatros, lojas de artesanato dos bairros, e serviços de bugueiros de Natal e oferta de day use, além de demarcar as principais zonas turísticas da cidade.

Entre os destinos mais buscados do país, Natal chega a registrar, segundo dados do Ministério do Turismo, em torno de 1,1 milhão de embarques e desembarques de outras regiões do Brasil e outros 27,8 mil internacionais, antes do período da pandemia. “Embora esses dados sejam acessíveis ao grande público, existem lacunas e dados para se atualizar, principalmente saber o que mudou nesses dois anos em que o setor sofreu com a pandemia”, comentou o titular da Setur, Fernando Fernandes. “O diagnóstico será fundamental para que possamos saber o tamanho do negócio turismo na cidade e, consequentemente, ações para fortalecer o setor e, ao mesmo tempo, formar parcerias para melhoria desses produtos”, explica.

O gestor do projeto de Turismo do Sebrae-RN, Yves Guerra, disse que a pesquisa possibilita traçar um perfil de quem aposta nesse setor para abrir um negócio e já opera no segmento. “Esse tipo de levantamento é muito estratégico porque, a partir das informações, poderemos mensurar a representatividade do turismo na economia natalense”, explica.

Serão levantados dados e informações de empresas formais de setores e bairros previamente definidos pelas equipes técnicas, como empregos gerados, faturamento bruto, arrecadação gerada para o município e o estado, número total de leitos disponíveis e unidades de meios de hospedagem.

Fonte: Política em Foco
Continuar lendo PREFEITURA DE NATAL E SEBRAE FORMAM PARCEIRA PARA MAPEAR E IDENTIFICAR NEGÓCIOS NA CAPITAL POTIGUAR LIGADOS AO TURISMO

SAIBA COMO SÃO ESCOLHIDOS OS NÚMEROS DOS PARTIDOS POLÍTICOS PARA MELHOR MEMORIZAÇÃO DO ELEITOR

De 10 a 90: entenda como são definidos os números dos partidos

Numerações foram distribuídas por sorteio ou escolhidas pelas siglas de acordo com a facilidade em memorizá-las; teste seus conhecimentos no quiz da CNN

Danilo Moliterno

Leonardo Rodrigues

da CNN

Arte CNNArte CNNArte CNN

A menos de dois meses do primeiro turno das eleições, os partidos intensificam a luta por um espaço na memória dos brasileiros. Propagandas, jingles, comícios e discursos têm como objetivo reforçar o número que será usado nas urnas.

Por trás de cada um deles existe uma particularidade, desde a preferência por algarismos mais fáceis de serem lembrados à definição aleatória da Justiça Eleitoral.

CNN explica a seguir a distribuição dos números entre as siglas e relembra a história das escolhas.

A origem da distribuição dos números

Em 1982, durante a ditadura militar, as eleições para governador trouxeram uma novidade: o retorno do pluripartidarismo. Até então, Arena e MDB eram os únicos partidos permitidos no país.

As agremiações regulamentadas para aquela disputa passaram por um sorteio com números de 1 a 5.

O PDS, sucessor da Arena e partido de Paulo Maluf, recebeu o 1. O PDT, de Leonel Brizola, o 2. O 3 foi sorteado para o PT, de Luiz Inácio Lula da Silva. O 4 foi dado ao PTB, de Ivete Vargas e Jânio Quadros, e o PMDB (antigo MDB), de Ulysses Guimarães, ficou com o 5.

Em 1985, a Justiça Eleitoral definiu que todas as siglas deveriam se apresentar com dois dígitos. Cada um dos partidos adicionou uma dezena a sua numeração.

Quatro das cinco siglas mantém sua composição e número. O PDT é o 12; PT, o 13; PTB, o 14; e MDB, o 15. O PDS se uniu ao PDC em 1993 e formou o PPR. Após duas reformas internas, o partido se tornou em 2003 o PP, de número 11.

Ainda em 1985, 24 novas siglas obtiveram registro ― parte delas provisoriamente. Elas foram distribuídas do 16 ao 40 de acordo com a aprovação do processo. Foi quando surgiram, por exemplo, o PL do presidente Jair Bolsonaro, com o 22, e o PSB do candidato à vice-presidência Geraldo Alckmin, com o 40.

Uma nova leva estreou nas eleições municipais de 1988, ocupando as numerações de 41 a 47. O PSDB, que já nasce com o 45, fez parte dela.

Novas legendas surgiram nas décadas seguintes. Além da distribuição dos números em sequência, alguns partidos puderam escolher sua identificação ― o que explica o Pros, registrado em 2013, ostentar o número 90, por exemplo.

Houve ainda casos como o do Novo, que ao ser registrado, em 2015, escolheu herdar o 30. Até 2003, a numeração era usada pelo PGT (Partido Geral dos Trabalhadores), que encerrou suas atividades.

Entre criações e extinções, há 32 partidos registrados pelo TSE atualmente. Os “caçulas” são o Unidade Popular, registrado em 2019 com o número 80, e o União Brasil, em 2022, atendendo pelo 44. Enquanto o primeiro é uma agremiação recém-criada, o segundo vem da fusão entre o Democratas (25) e o Partido Social Liberal (17).

Como são escolhidos os números?

Há uma série de estudos que busca identificar os numerais que mais facilmente se fixam na mente humana. Um deles foi realizado pela psicóloga holandesa Mariska Milikowski-Bakker.

Os resultados da pesquisa mostram que, de 1 a 99, os números que estão entre 1 e 9 são os mais fixáveis. Na sequência, vêm aqueles entre 10 e 19. Os números duplos (22, 33, 44) também apresentaram bons resultados, assim como os “redondos” (30, 40, 50).

A jovem Unidade Popular decidiu seu número a partir de uma consulta democrática a seus membros. O 80 (número “redondo”) foi unânime entre eles, disse a sigla à CNN.

Em 2011, o PSD foi registrado com o 55, que também nasceu de uma decisão coletiva. Além do algarismo repetido, a facilidade para fazer o gesto que representa o número com as mãos, com as palmas abertas, pesou a favor da escolha.

A questão influencia também as legendas que estão em processo de criação. Edson Navarro Tasso, que tenta obter o registro partidário do Conservadores no TSE, revela que tinha o 44 como número desejado, mas o União Brasil chegou antes.

“Os melhores números são os repetidos e os que têm zero, para o eleitor gravar”, opina.

O Defensores, que passa pelo mesmo processo, endossa o movimento, mas dá outros significados à escolha: “Nós temos a intenção de usar o 88. É uma referência à Constituição Federal, marco da nova democracia brasileira”, esclarece Xavier Pereira, presidente da sigla em formação.

“Também é um número de fácil memorização e está posicionado em local estratégico no teclado da urna eletrônica”, completa.

Já o presidente Jair Bolsonaro (PL) pretendia usar o número 38 quando deu início à tentativa de fundar seu próprio partido, a Aliança pelo Brasil, em 2019.

Na ocasião, diversas personalidades políticas apontaram que a opção seria uma referência ao revólver calibre 38. O mandatário, porém, nunca confirmou a tese e dizia que fez a escolha por ser o 38º presidente do Brasil. O projeto partidário não cumpriu as exigências da Justiça Eleitoral para ser registrado.

Os critérios

Ao solicitar o registro à Justiça Eleitoral, o partido deve informar ao TSE qual número pretende utilizar. De acordo com o tribunal, o principal critério para aceitar a numeração pedida é “que este número não esteja sendo utilizado por outra agremiação”.

A numeração, obrigatoriamente, deve estar entre 10 e 99. Em informativo de 2013, o TSE afirmou que algarismos de 0 a 9 poderiam confundir o eleitor.

As escolhas dos partidos são avaliadas por ministros do TSE em sessão administrativa. Para decidir, o plenário verifica se foram cumpridos todos os requisitos dispostos na Lei dos Partidos Políticos e na norma interna do tribunal.

Caso dois ou mais partidos escolham a mesma numeração, o TSE dá preferência à legenda que tiver seu processo julgado antes na Corte.

Para todos os efeitos, “ganha” quem chegar primeiro.

Teste seus conhecimentos sobre os números dos partidos políticos brasileiros no quiz da CNN

As emissoras CNN e SBT, o jornal O Estado de S. Paulo, a revista Veja, o portal Terra e a rádio NovaBrasilFM formaram um pool para realizar o debate entre os candidatos à Presidência da República, que acontecerá no dia 24 de setembro.

O debate será transmitido ao vivo pela CNN na TV e por nossas plataformas digitais.

Fonte: CNN

Continuar lendo SAIBA COMO SÃO ESCOLHIDOS OS NÚMEROS DOS PARTIDOS POLÍTICOS PARA MELHOR MEMORIZAÇÃO DO ELEITOR

OPERADORAS DE PLANOS DE SAÚDE ESTÃO ADOTANDO O MODELO COMO VERTICALIZAÇÃO

Despesas com clientes consomem 89% do faturamento de operadoras de saúde, diz pesquisa

Com essas despesas consumindo uma fatia larga da receita, muitas companhias estão adotando um modelo de negócios conhecido como verticalização

Do CNN Brasil Business

Planos de saúde: segundo especialistas, ganhando eficiência nos custos, os planos de saúde também terão um preço menorPlanos de saúde: segundo especialistas, ganhando eficiência nos custos, os planos de saúde também terão um preço menorGetty Images

Despesas com clientes representaram 86% dos R$ 286 bilhões de faturamento das operadoras de saúde brasileiras em 2021, segundo dados da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS).

Para a Hapvida, o maior plano de saúde do país em número de usuários pagantes, sobrou R$ 500 milhões — ou cerca de 5% — dos R$ 9,8 bilhões de faturamento registrados em 2021. No caso da NotreDame Intermédica, o plano de saúde registrou prejuízo de R$ 171 milhões no ano passado.

Com as despesas consumindo uma fatia larga da receita, muitas dessas companhias estão adotando um modelo de negócios conhecido como verticalização.

A verticalização é o processo dessas operadoras de saúde de adquirir seus próprios hospitais, laboratórios e outras instituições de saúde. Ou seja: em vez de apenas pagar os boletos que recebe dos clientes via convênio médico, agora as empresas estão buscando também ser donas desses negócios.

Assim, o plano de saúde passa a ter controle sobre os próprios gastos — antes terceirizados — e, teoricamente, pode enxugá-los para manter a sustentabilidade financeira.

“A verticalização vem ao encontro de um mercado sustentável porque é possível equilibrar melhor as contas. Você consegue negociar com os players. Se eu sou operadora e tenho meu hospital e meu laboratório, eu tenho um poder de negociação muito maior com essa rede, que é credenciada e é minha”, afirma Sandra Franco,  advogada e consultora jurídica especializada em saúde.

Segundo a especialista, a tendência é que as margens de lucro melhorem, à medida que os planos de saúde se tornem donos dos hospitais e outras instituições de saúde que geram os altos custos.

Ela ainda acredita que surgirão novas receitas em negócios da saúde verticalizados. “Essa também é uma estratégia para que as operadoras possam ter investimentos internacionais. Um hospital, por lei, não pode receber investimento estrangeiro, mas uma operadora pode”, afirma.

Ainda que o Cremesp (Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo) seja crítico à verticalização, e tenha afirmado, em nota, que a qualidade dos planos privados para os consumidores fica em xeque com essa tendência nos negócios, o analista do setor de saúde do Itaú BBA, Vinícius Figueiredo, enxerga que o movimento deve aumentar o número de usuários dos planos de saúde.

“Ganhando eficiência nos custos, os planos de saúde também terão um preço menor. Foi a verticalização que permitiu que as operadoras Hapvida e NotreDame Intermédica ganhassem bastante mercado em cima dos concorrentes”, explica.

Segundo o analista, as empresas Hapvida e NotreDame Intermédica — que estão em processo de fusão e, a partir disso, se tornarão o maior grupo de saúde privada do país — são mais rentáveis do que as operadoras Bradesco Saúde, Amil e SulAmérica, justamente porque apostaram na verticalização de seus negócios.

Além de discutir a verticalização nos planos de saúde brasileiros, o CNN Soft Business deste domingo (7) também traz uma reportagem sobre o último almoço beneficente a ser realizado por Warren Buffett, considerado o maior investidor de todos os tempos.

programa vai ao ar todos os domingos, às 23h15. Você pode conferir pela TV e também pelo YouTube.

Continuar lendo OPERADORAS DE PLANOS DE SAÚDE ESTÃO ADOTANDO O MODELO COMO VERTICALIZAÇÃO

DESARMADA BOMBA DA 2ª GUERRA ENCONTRADA NO RIO PÓ NA ITÁLIA

Bomba da 2ª Guerra, encontrada em rio da Itália, é desarmada

Temperaturas altas e seca histórica baixam nível das águas, revelando artefato que estava submerso havia mais de 70 anos

Bomba da 2ª Guerra Mundial, encontrada no Rio Pó, na Itália, é descarregada

REPRODUÇÃO DA INTERNET/PRIMADITUTTOMANTOVA.IT

As ondas de calor que atingem a Europa neste verão não geram apenas temperaturas recordes e campos queimados: o rio Pó, a maior via fluvial da Itália, foi tão prejudicado pela seca, que sua vazão ficou 90% abaixo da média.

As águas ficaram tão baixas, que acabaram revelando uma bomba da Segunda Guerra Mundial, que estava submersa.

Neste domingo (7), especialistas militares desarmaram e realizaram uma explosão controlada da bomba de 450 kg, descoberta em 25 de julho, perto da vila de Borgo Vigilio, no Norte, perto da cidade de Mântua.

“A bomba foi encontrada por pescadores na margem do rio Pó, devido à diminuição dos níveis da água, causada pela seca”, disse o coronel Marco Nasi.

O desafio de lidar com a bomba

Cerca de 3.000 pessoas que moram nas redondezas de onde o artefato foi localizado foram retiradas de lá pela operação, informou o Exército. O espaço aéreo da região foi fechado, a navegação naquele trecho do rio, e o tráfego na linha ferroviária e na estrada estatal foram interrompidos.

“Em um primeiro momento, alguns dos habitantes disseram que não se moveriam, mas nos últimos dias, acho que convencemos todo mundo”, disse o prefeito de Borgo Virgilio, Francesco Aporti. Ele afirma que, se as pessoas se recusassem a sair, as operações seriam paralisadas.

Engenheiros de eliminação de bombas retiraram o fusível do dispositivo, fabricado pelos EUA. Segundo o Exército, ele continha 240 kg de explosivos.

Depois, o esquadrão de bombas, escoltado pela polícia, transferiu o artefato para uma pedreira na cidade dehttps://noticias.r7.com/internacional/bomba-da-2-guerra-encontrada-em-rio-da-italia-e-desarmada-07082022 Medole, que fica a cerca de 45 km de distância do local, onde ele foi destruído.

A Itália declarou estado de emergência no mês passado na região em torno do Pó, o rio mais longo do país. Ele representa cerca de um terço da produção agrícola da Itália, e está passando pela sua pior seca em 70 anos.

Fonte:  R7
Continuar lendo DESARMADA BOMBA DA 2ª GUERRA ENCONTRADA NO RIO PÓ NA ITÁLIA

MUSICAL: BELCHIOR NA MARATONA ACÚSTICA POR THIAGO MIRANDA

Um dos maiores poetas, cantor, compositor que já brilhou na MPB é o destaque deste domingo, aqui na coluna MUSICAL, dentro da série MARATONA ACÚSTICA, Belchior vai ser interpretado pelo extraordinário Thiago Miranda. Uma playlist sensacional com as melhores composições do grande artista. Então, prepare a pipoca, se acomode na poltrona e bora curtir!

Fonte:

Continuar lendo MUSICAL: BELCHIOR NA MARATONA ACÚSTICA POR THIAGO MIRANDA

DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: NÃO FORCE A BARRA, DEIXE ACONTECER

A Filosofia milenar Tantra nos ensina que as coisas acontecem quando você não as espera ou anseia e que tais coisas quando acontecem não são o resultado de algo conscientemente desejado e sim uma consequência. O texto a seguir que estamos publicando nesta edição da coluna DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL é de autoria do extraordinário líder espiritual OSHO, com o título: DEIXE ACONTECER, vem nos encher de sabedoria!

DEIXE ACONTECER – por Osho

– Por Osho –

AUTOCONHECIMENTO: NÃO FORCE A BARRA, DEIXE ACONTECER! - Blog do Saber

O Tantra diz: as coisas acontecem quando você não as espera, as coisas acontecem quando você não as força, as coisas acontecem quando você não está ansiando por elas.

Mas isso é uma conseqüência, não um resultado. E fique claramente consciente da diferença entre “conseqüência” e “resultado”. Um resultado é conscientemente desejado; uma conseqüência é um subproduto. Por exemplo: se eu digo a você que se você brincar, a felicidade será a conseqüência, você vai tentar por um resultado. Você vai e brinca e você fica esperando pelo resultado da felicidade. Mas eu lhe disse que ela será a conseqüência, não o resultado.
A conseqüência significa que se você está realmente na brincadeira, a felicidade acontecerá. Se você constantemente pensa na felicidade, então, ela tem de ser um resultado; ela nunca acontecerá. Um resultado vem de um esforço consciente; uma conseqüência é apenas um subproduto. Se você estiver brincando intensamente, você estará feliz. Mas a própria expectativa, o anseio consciente pela felicidade, não lhe permitirá brincar intensamente. A ânsia pelo resultado se tornará a barreira e você não será feliz.
A felicidade não é um resultado, é uma conseqüência. Se eu lhe digo que se você amar, você será feliz, a felicidade será uma conseqüência, não um resultado. Se você pensa que, porque você quer ser feliz, você deve amar, nada resultará disso. A coisa toda será falsificada, porque a pessoa não pode amar por algum resultado. O amor acontece! Não há motivação por detrás dele.
Se há motivação, não é amor. Pode ser qualquer outra coisa. Se eu estou motivado e penso que, porque desejo a felicidade, vou amá-lo, esse amor será falso. E como ele será falso, a felicidade não resultará dele. Ela não virá; é impossível. Mas se eu o amo sem qualquer motivação, a felicidade segue como uma sombra.
O Tantra diz: aceitação será seguida por transformação, mas não faça da aceitação uma técnica para a transformação. Ela não é. Não anseie por transformação – somente então a transformação acontece. Se você a deseja, seu próprio desejo é o obstáculo.- OSHO, Vigyan Bhairav Tantra, V.1, # 30 –
Fonte: IPPB
Continuar lendo DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: NÃO FORCE A BARRA, DEIXE ACONTECER

ECONOMIA: O PALÁDIO UTILIZADO NOS CONVERSORES CATALÍTICOS DOS AUTOMÓVEIS É O NOVO OURO

NOVO OURO? GRAÇAS À CHINA, PREÇOS DO PALÁDIO BATEM RECORDE HISTÓRICO

Neste ano, os preços do paládio bateram recorde, ao subirem mais de 9% na Bolsa de Nova York, o que representa o melhor desempenho neste ano entre os principais metais. Os investidores apostam que, devido à oferta limitada, este é apenas o começo da alta de preços, de acordo com a edição Bloomberg.
Fatores de crescimento
Novo Ouro? Graças à China, preços do paládio batem recorde histórico
CC0 / Pixabay
De acordo com a empresa de análise COM Group, quase 70% da demanda de paládio vem da indústria automobilística. O metal, que é utilizado em conversores catalíticos, beneficiou da transição dos motores de diesel aos de gasolina, o que impulsionou a demanda em um mercado que atualmente tem uma oferta limitada.
Os analistas assinalaram que a luta das autoridades chinesas contra a poluição do ar foi outro fator que contribuiu para o crescimento da demanda de paládio, já que as normas mais estritas de emissão de poluentes têm levado os fabricantes de automóveis a utilizarem mais conversores catalíticos.
Oferta limitada
“O mercado tem um perspectiva muito positiva […] lidamos com défices de oferta durante oito anos, e se espera que isso continue. A oferta certamente tem sido um problema para a mineração, bem como a redução dos estoques existentes”, apontou Maxwell Gold, diretor da estratégia de investimentos da Aberdeen Standard Investments.
Novo Ouro? Graças à China, preços do paládio batem recorde histórico
Os analistas de mercado, inclusive o Citigroup, predizem um maior crescimento do preço deste metal, que nesta sexta-feira (23) alcançou US$ 1.170 (R$ 4.469) por onça (uma onça equivale a cerca de 31 gramas).
A produção de paládio está muito concentrada, sendo o mercado de pouca negociação, tal como ocorre com a platina. A Rússia e a África do Sul produzem em conjunto cerca de três quartos da oferta mundial. A produção de seu principal país produtor, a Rússia, foi de 81 toneladas métricas em 2017. A empresa russa Norilsk Nickel é o maior produtor de paládio do mundo, representando quase 40% da produção do metal a nível mundial.
Continuar lendo ECONOMIA: O PALÁDIO UTILIZADO NOS CONVERSORES CATALÍTICOS DOS AUTOMÓVEIS É O NOVO OURO

SAIBA QUAIS OS PONTOS DO LITORAL DA GRANDE NATAL QUE ESTÃO IMPRÓPRIOS PARA BANHO

Litoral da Grande Natal tem oito pontos impróprios para banho; confira lista

Redação/Portal da Tropical

 Atualizado em:

Foto: Heilysmar Lima

O Boletim das praias da Região Metropolitana de Natal, divulgado na sexta-feira (05 da Balneabilidade), que a faixa entre Nísia Floresta e Extremoz tem oito pontos considerados impróprios para o banho.

Os trechos classificados como inadequados para a utilização por banhistas são: Ponta Negra (acesso principal), Ponta Negra (final do Calçadão), Areia Preta (Praça da Jangada), Praia do Meio (Iemanjá), Redinha (Igreja), Redinha (barracas) ), Pitangui e Lagoa de Pitangui.

O boletim coleta e classificação amostra de água em 33 pontos. O objetivo é informar aos banhistas quais as condições das praias monitoradas.

As mais registradas são os dois locais com 1600 – NMP/100 ml de H2O, cada um, que significa a presença de microrganismos pelo Número Provável(NMP). A base dos dados analisa a quantidade de coliformes termotolerantes encontrados nas águas (Resolução nº 274/2000 do Conselho Nacional do Meio Ambiente – CONAMA).

O estudo é uma parceria entre o Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (Idema), o Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN) e a Fundação de Apoio à Educação e ao Desenvolvimento Tecnológico do RN (Funcern), e faz parte do Programa Água Azul.

Fonte: Portal da Tropical _ Notícias

Continuar lendo SAIBA QUAIS OS PONTOS DO LITORAL DA GRANDE NATAL QUE ESTÃO IMPRÓPRIOS PARA BANHO

COMEÇA NESTE DOMINGO (07) A CAMPANHA NACIONAL DE MULTIVACINAÇÃO CONTRA PÓLIO

Campanha nacional de multivacinação e imunização contra pólio começa neste domingo (7)

Expectativa é alcançar índice igual ou superior a 95% para a vacina contra a pólio na faixa etária de 1 a menores de 5 anos de idade

Lucas Rocha

da CNN
em São Paulo

Vacinação de crianças em São Paulo (SP)Vacinação de crianças em São Paulo (SP)Foto: Governo do Estado de São Paulo

Com o objetivo de ampliar a cobertura vacinal contra a poliomielite e atualizar o calendário de imunização de crianças e adolescentes, o Ministério da Saúde lança neste domingo (7) uma campanha nacional de multivacinação.

A expectativa é alcançar índice igual ou superior a 95% para a vacina contra a pólio na faixa etária de 1 a menores de 5 anos de idade. A mobilização prevê ainda reduzir o número de não vacinados entre crianças e adolescentes abaixo de 15 anos, de acordo com as 18 doses recomendadas no Calendário Nacional de Vacinação.

O lançamento da campanha acontece na Avenida Paulista, em São Paulo, em frente ao prédio da Fiesp, a partir das 9h. As vacinas estarão disponíveis para o público-alvo que quiser atualizar a caderneta.

A mobilização será realizada até o dia 9 de setembro. Cerca de 40 mil postos de vacinação estarão abertos para aplicar as doses das 18 vacinas que compõem o Calendário Nacional de Vacinação da criança e do adolescente.

Os adolescentes poderão receber as vacinas HPV, dT (dupla adulto), febre amarela, tríplice viral, hepatite B, dTpa e Meningocócica ACWY (conjugada).

O ministério reforça que todos os imunizantes que integram o Programa Nacional de Imunizações (PNI) são seguros e estão registrados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Como as campanhas de vacinação coincidem com a imunização contra a Covid-19 em andamento, a pasta recomenda que as vacinas contra o coronavírus poderão ser administradas de maneira simultânea ou com qualquer intervalo com as demais do calendário nacional, na população a partir de 3 anos de idade.

O aumento da cobertura vacinal tem como objetivo ampliar a proteção contra as doenças imunopreveníveis, evitando a ocorrência de surtos e de hospitalizações, sequelas, tratamentos de reabilitação e óbitos.

Público-alvo da campanha contra a poliomielite

Para a campanha contra a poliomielite, o grupo-alvo são as crianças menores de 5 anos de idade, totalizando mais de 14,3 milhões de pessoas, sendo que as crianças menores de 1 ano deverão ser vacinadas conforme a situação vacinal encontrada para esquema primário, segundo a pasta.

O ministério recomenda que as crianças de um a quatro anos sejam vacinadas indiscriminadamente com a Vacina Oral Poliomielite (VOP), desde que já tenham recebido as três doses de Vacina Inativada Poliomielite (VIP) do esquema básico.

Continuar lendo COMEÇA NESTE DOMINGO (07) A CAMPANHA NACIONAL DE MULTIVACINAÇÃO CONTRA PÓLIO

VEJA ALGUMAS CIDADES FAMOSAS QUE NÃO SÃO AS CAPITAIS DO SEU PAÍS

Apesar de famosas, estas cidades não são a capital do país onde estão

Grandes centros econômicos e turísticos nem sempre são onde estão sedeadas as bases políticas de nações ao redor do mundo

Continuar lendo VEJA ALGUMAS CIDADES FAMOSAS QUE NÃO SÃO AS CAPITAIS DO SEU PAÍS

ESCOLA DE MÚSICA DA UFRN SEDIA ATÉ DOMINGO (07) SEGUNDO ENCONTRO DE ORQUESTRAS SOCIAIS

Por g1 RN

 

Evento será realizado na Escola de Música da UFRN, em Natal — Foto: DivulgaçãoEvento será realizado na Escola de Música da UFRN, em Natal — Foto: Divulgação

A Escola de Música da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) sedia até o domingo (7) o II Encontro de Orquestras Sociais. O destaque do evento, será a apresentação da orquestra do encontro, no sábado (6), com a reunião de mais de 60 instrumentistas de diferentes orquestras.

“Dos 60 instrumentistas, 40 são oriundos das orquestras formadas em diversas cidades do Rio Grande do Norte”, comentou o coordenador do projeto SINOS, da Fundação Nacional de Artes (Funarte), o instrumentista e professor Fábio Presgrave.

De acordo com os organizadores, o Rio Grande do Norte é referência nacional na formação de música instrumental e o evento quer fortalecer o canal formador que Escola de Música possui.

Apresentação será no sábado, no auditório da Escola de Música — Foto: Vini Marinho/Inter TV CabugiApresentação será no sábado, no auditório da Escola de Música — Foto: Vini Marinho/Inter TV Cabugi

Programação

A programação do II Encontro de Orquestras Sociais prevê a realização de aulas de violino, viola, violoncelo, contrabaixo, percussão, trompete, trombone, trompa, saxofone, fagote, flauta e oboé, além de ensaios da Orquestra do Encontro, formada por todos os alunos, recitais dos projetos.

De acordo com a programação, está previsto apresentações individuais de cada grupo na noite desta sexta-feira (5).

O concerto de encerramento, com a grande Orquestra do Encontro, formada por instrumentistas diversos, será realizado às 20h deste sábado. Ambos serão promovidos no Auditório Onofre Lopes, na Escola de Música da UFRN. A entrada é gratuita.

Estarão presentes os instrumentistas da Orquestra Sinfônica de Luís Gomes, Orquestra D’Amore (Projeto Tocando a Vida com D’Amore), Orquestra Filarmônica Pauferrense, Orquestra Infanto-juvenil Oficina de Sonhos (ONG Oficina de Sonhos), Orquestra Ondas Musicais (Marinha) e Filarmônica 24 de Outubro de Cruzeta (Associação Musical e Cultural do RN – Cruzeta) capitaneada pelo Maestro Bembem Dantas.

Serviço

  • II Encontro de Orquestras Sociais
  • Data: até o domingo, 7 de agosto
  • Local: Escola de Música da UFRN, Natal

Fonte: G1 RN

Continuar lendo ESCOLA DE MÚSICA DA UFRN SEDIA ATÉ DOMINGO (07) SEGUNDO ENCONTRO DE ORQUESTRAS SOCIAIS

SAIBA QUAIS AS CIDADES DO RN QUE VIVEM TRANSMISSÃO COMUNITÁRIA DA VARÍOLA DOS MACACOS

Por g1 RN
 
Partícula do vírus da varíola dos macacos; OMS detectou cerca de 80 casos em 12 países — Foto: SCIENCE PHOTO LIBRARY

Partícula do vírus da varíola dos macacos; OMS detectou cerca de 80 casos em 12 países — Foto: SCIENCE PHOTO LIBRARY

A Secretaria Estadual de Saúde Pública do Rio Grande do Norte confirmou, nesta sexta-feira (5), o primeiro caso da doença varíola dos macacos na cidade de Mossoró, na região Oeste – o segundo maior município potiguar. Este é o quarto caso registrado no estado.

Ainda de acordo com o governo, o estado já vive a transmissão comunitária da doença.

Nos primeiros casos, sabia-se que os pacientes tinham visitado outros países, onde foram infectados. Porém, nos mais recentes, as autoridades perceberam que os pacientes não viajaram ou tiveram contato com pessoas de fora, o que significa que a doença já circula no estado.

“A gente percebe que essa transmissão já acontece entre a população do Rio Grande do Norte, ou seja, a transmissão comunitária. A última pessoa diagnosticada não teve contato com ninguém de fora do estado”, considerou Diana Rêgo, subcoordenadora de Vigilância Epidemiológica da Sesap.

Ainda de acordo com ela, todos os casos registrados até esta sexta-feira (5) são leves. Os pacientes ficam isolados nos seus próprios domicílios.

A Sesap ainda afirmou que também monitora as pessoas que tiveram contato com os pacientes, que podem desenvolver sintomas da doença. Além disso, orienta os municípios sobre as ações vigilância e notificação de casos suspeitos.

“A gente tem visto um aumento de casos no Brasil e, consequentemente, com a circulação da pessoas a trabalho, viagens de férias, já era esperado que a gente tivesse um aumento de casos no Rio Grande do Norte”, pontuou.

O Rio Grande do Norte teve dois casos confirmados em Natal, um em Parnamirim, na região metropolitana da capital, e agora um quarto em Mossoró. A capital potiguar ainda conta com dois pacientes cadastrados como casos prováveis.

Outros 18 pacientes são analisados como casos suspeitos para a doença, em todo o estado. Nove em Natal, quatro em Parnamirim, dois em São Gonçalo do Amarante e outros três distribuídos nas cidades de AngicosCeará-Mirim e Lagoa de Pedras.

Outros 14 casos suspeitos já foram descartados pelas autoridades estaduais.

Dados sobre a doença no RN

  • Casos confirmados
    – 
    Natal (2)
    – Mossoró (1)
    -Parnamirim (1)
  • Casos prováveis
    – 
    Natal (2)
  • Casos suspeitos
    Natal (9)
  • Parnamirim (4)
  • São Gonçalo do Amarante (2)
  • Angicos (1)
  • Ceará-Mirim (1)
  • Lagoa de Pedras (1)

Fonte: G1 RN

Continuar lendo SAIBA QUAIS AS CIDADES DO RN QUE VIVEM TRANSMISSÃO COMUNITÁRIA DA VARÍOLA DOS MACACOS

SAIBA COMO IDENTIFICAR SINTOMAS DA SÍNDROME DE BURNOUT

CNN Sinais Vitais mostra como identificar sintomas da síndrome de Burnout

Excesso de trabalho pode levar a sinais como exaustão, falta de energia e baixa realização profissional

Lucas Rocha

Alexandre Petillo

Carolina Marcelino

da CNN Brasil Soft

em São Paulo

Exaustão emocional, falta de energia e baixa realização profissional são apenas alguns dos sintomas que caracterizam a síndrome de Burnout.

A condição, definida pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como “resultante de um estresse crônico associado ao local de trabalho que não foi adequadamente administrado”, passou a ser reconhecida como fenômeno ocupacional.

“O Burnout vem caracterizado em três dimensões que é a exaustão emocional, a despersonalização e a baixa realização profissional. A exaustão emocional, a característica dela é um esgotamento. A imagem que a gente pode fazer é de um palitinho de fósforo que queimou até o final. Então, se esgotou em termos de combustível, acabou”, explica a psicóloga Miryam Mazieiro, do Instituto de Psiquiatria da Universidade de São Paulo (USP).

A Síndrome de Burnout é o tema do CNN Sinais Vitais desta semana. A reprise do programa, apresentado pelo cardiologista Roberto Kalil, vai ao ar neste domingo (7), às 19h30, reforçando o conteúdo diversificado com a marca CNN Soft.

Diferentes fatores contribuem para que as pessoas permaneçam mais tempo “ligadas” ao trabalho. Novas tecnologias, a grande competição no mercado de trabalho, a necessidade de se produzir mais e mais rápido e o aumento da modalidade de trabalho em casa, o home office, são algumas questões que tornam difícil desconectar a mente.

Para os especialistas, essa rotina pode acelerar um desgaste físico e emocional. “O termo Burnout foi criado há bastante tempo, tem mais ou menos 50 anos. E ele serve para designar um conjunto de sintomas, de alterações que as pessoas sentem quando estão expostas a um estresse prolongado no trabalho, que elas não conseguem lidar de uma maneira positiva”, explica Eduardo de Castro Humes, coordenador do Ambulatório da Divisão de Psiquiatria e Psicologia do Hospital das Clínicas de São Paulo (veja entrevista no vídeo acima).

A psiquiatra Alexandrina Maria Meleiro, da Associação Nacional de Medicina do Trabalho, afirma que o Brasil se tornou um terreno fértil para o desenvolvimento da Síndrome de Burnout.

“O Brasil é o primeiro país no mundo no índice de ansiedade – 9,3% dos brasileiros têm ansiedade. E é o quinto no mundo de depressão, só perdendo na América para os Estados Unidos. Então, nós temos uma incidência muito alta, uma prevalência de depressão e ansiedade e claro que isso atinge o trabalhador. Em média, 30% são afastados e é um dos motivos de mais incapacidade para o trabalhador”, afirma Alexandrina.

No episódio, o cardiologista Roberto Kalil conversa com Catarina Dahl, consultora de saúde mental, álcool e outras drogas da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas) e da OMS, sobre a inclusão da síndrome na lista das doenças ocupacionais reconhecidas pela entidade.

Os indivíduos diagnosticados passam a ter as mesmas garantias trabalhistas e previdenciárias previstas para as demais doenças do trabalho. Catarina destaca como algumas profissões ficaram mais propensas a ter trabalhadores acometidos pela síndrome durante a pandemia de Covid-19.

“Tem uma série de profissões que são, digamos assim, mais comuns de se observar esse tipo de fenômeno. Trabalhadores da área da saúde, submetidos a situações de extremo estresse, tendo que lidar com perdas muito significativas, com o medo de contaminação, com incerteza às vezes com condições de trabalho que não são favoráveis”, pontua.

No Rio de Janeiro, a equipe da CNN conversa com uma atleta olímpica, que também sofreu com o Burnout: a ginasta Flávia Saraiva.

“Eu tive a síndrome em 2019, foi um ano que juntou muita coisa. Muitas competições, foram mais de dez competições, e para ginástica é muita coisa. Acabei tendo uma lesão no joelho e fiquei meio desanimada”, conta Flávia.

“Voltava a treinar, ficava muito cansada. Comecei a ter muita dificuldade de dormir, dormia no máximo três horas por noite. Para quem treina 7 horas por dia, precisa dormir no mínimo 8 horas de sono por noite, e não dormia nada. Chegava no ginásio e chorava, sentia medo”, completa a ginasta.

Para sair dessa dinâmica, a ginasta relata que precisou entender e aceitar o que estava passando. “As pessoas que me ajudaram muito foram meu treinador, as minhas colegas de treino, a minha psicóloga, minha família, porque eu precisava desse abraço”, relembra Flávia.

O episódio também apresenta outros casos da síndrome de Burnout e novos modelos de tratamento para a condição.

Fonte: CNN

Continuar lendo SAIBA COMO IDENTIFICAR SINTOMAS DA SÍNDROME DE BURNOUT

SAÚDE PÚBLICA NO BRASIL ANDA É UM DESAFIO MESMO APÓS 150 ANOS DO NASCIMENTO DE OSWALDO CRUZ

Nos 150 anos do nascimento de Oswaldo Cruz, Brasil enfrenta desafios em saúde pública

Médico sanitarista se tornou referência no combate à peste bubônica, varíola e febre amarela no início do século 20

Lucas Rocha

da CNN

em São Paulo

Oswaldo Cruz e cientistas em Manguinhos, no Rio de JaneiroOswaldo Cruz e cientistas em Manguinhos, no Rio de JaneiroAcervo Casa de Oswaldo Cruz (COC/Fiocruz)

No dia 5 de agosto de 1872, nascia na cidade de São Luís do Paraitinga, na região do Vale do Paraíba, no estado de São Paulo, Oswaldo Gonçalves Cruz. Filho do médico Bento Gonçalves Cruz e de Amália Taborda de Bulhões, primos e nascidos no Rio de Janeiro.

Peste bubônica, varíola e febre amarela. Estes foram apenas alguns dos diversos desafios em saúde pública enfrentados no início do século 20 no país, que marcaram a trajetória de um dos mais conhecidos cientistas brasileiros.

Em 1903, foi nomeado diretor-geral de Saúde Pública, cargo semelhante ao de atual ministro da Saúde. No governo do presidente Rodrigues Alves (1902 a 1906), Oswaldo Cruz se comprometeu a erradicar a febre amarela do Rio de Janeiro, então capital do país, num prazo de três anos. Para isso, ele acreditava que o controle do mosquito transmissor era fundamental.

peste bubônica era um problema sanitário especialmente preocupante em navios e portos. Para combater a doença, soro e vacina estavam disponíveis, além da profilaxia baseada no controle de roedores.

O combate à varíola, doença que teve importante crescimento em 1904, também era pautado na imunização. No mesmo ano, a instituição da vacinação obrigatória – depois revogada – motivou a chamada Revolta da Vacina.

Oswaldo Cruz dividiu a cidade do Rio de Janeiro em distritos sanitários, que seriam acompanhados por profissionais da Diretoria de Saúde. Foi criado o Serviço de Profilaxia Específica da Febre Amarela e teve início a produção de folhetos educativos e a publicação dos “Conselhos ao Povo” nos jornais.

O prefeito Pereira Passos, que projetava a remodelação urbana da então capital federal, baixou leis que previam a remoção de famílias pobres, política que ficou popularmente conhecida como “bota abaixo”. A lei de saneamento era conhecida como “Código das Torturas”.

Algumas medidas autorizavam, por exemplo, a entrada forçada de agentes conhecidos como mata-mosquitos em casas para esvaziar depósitos de água que serviam de criadouro para mosquitos transmissores da febre amarela.

Outras ações incluíam a intimação para impermeabilização de solos de residências para evitar a propagação de ratos e pulgas, como parte das ações contra a peste bubônica. Alimentos eram fiscalizados e foi instituída a notificação compulsória de casos das doenças.

“Ele foi uma pessoa que teve muita influência política, que usou em prol da saúde pública, mas desprezando questões relativas à desigualdade social”, avalia o sanitarista Gonzalo Vecina, professor da Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo (USP) e ex-diretor da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

A figura de Oswaldo Cruz sintetizava um acúmulo de insatisfações sobre o conjunto de mudanças que aconteciam na época, sendo alvo de reações populares, na imprensa e no Congresso. No entanto, o resultado das medidas foi o controle da peste bubônica, varíola e febre amarela no Rio de Janeiro.

Os êxitos foram apresentados em um importante congresso em Berlim, na Alemanha, em 1907, um ponto de virada que mudou a percepção pública do cientista.

Desafios do Brasil atual

Se no início do século 20 o país enfrentava três doenças de grande impacto em saúde pública, o Brasil de 2022 não parece ser tão diferente. Covid-19, varíola dos macacos (Monkeypox) e a dengue são apenas algumas das doenças que afetam os brasileiros e aumentam a pressão sobre os sistemas de saúde.

“Os problemas de saúde pública vão acompanhar as características da sociedade de cada momento, como modo com o qual lidamos com o meio ambiente, com as questões do clima, com o aquecimento global, por exemplo. Eles acontecem em função do que o ser humano está fazendo com o planeta”, afirma Tania Araújo-Jorge, diretora do Instituto Oswaldo Cruz (IOC/Fiocruz).

O sanitarista Gonzalo Vecina avalia que o negacionismo e falhas na comunicação por gestores e autoridades em saúde têm impactado negativamente no combate às doenças.

“Por um lado, temos desenvolvido armas muito importantes, como as vacinas, mas há um movimento negacionista e antivacina que deixaria Oswaldo Cruz bastante preocupado”, diz Vecina.

Para o sanitarista, o ponto-chave para que as fake news ganhem tamanho espaço nas redes sociais está na construção bem elaborada das notícias falsas, utilizando elementos que mesclam informações verdadeiras e mentirosas.

“Em relação à vacinação, o que eu acho que nós temos hoje é falta de capacidade de convocação. A cobertura vacinal caiu, mas não pelo negacionismo e sim pela falta de capacidade de chamar as pessoas para a vacinação”, afirma Vecina.

Agravos como dengue, leishmanioses, hanseníase, raiva, parasitoses e doença de Chagas são consideradas pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como doenças negligenciadas.

Segundo a definição da OMS, doenças desse tipo são consideradas endêmicas em populações de baixa renda e contribuem para a manutenção de situações de desigualdade no mundo. Além disso, o baixo investimento em pesquisas científicas por grandes empresas e farmacêuticas amplia as lacunas no diagnóstico e no tratamento.

“A desigualdade social é o caminho que faz com que essas doenças todas tenham muito sucesso. Como se combate a malária, por exemplo? Com casas boas. Só vamos conseguir enfrentar as doenças negligenciadas de maneira adequada, em primeiro lugar com civilização, em segundo, com remédios melhores”, diz Vecina.

Desde a década de 1980, a dengue, causada pelo mosquito Aedes aegypti, provoca surtos e mortes no país. No primeiro semestre de 2022, o Brasil registrou mais que o dobro de mortes pela doença do que em todo o ano passado, segundo dados do Ministério da Saúde.

Pesquisadores da Universidade Federal de Uberlândia (UFU) afirmam que o combate ao vetor e a prevenção da dengue devem ser voltados para as determinações sociais, englobando características particulares do ambiente e comunidade onde estão inseridos os indivíduos.

O combate à doença “depende fundamentalmente de parcerias entre a população, as ações governamentais e a sociedade em geral, estabelecendo redes de mobilização social capazes de promover ações permanentes, intersetoriais, superando as dificuldades e limitações do modelo educativo pontual, verticalizado, com ações isoladas e episódicas, centradas em períodos de surtos e epidemias”, dizem os especialistas João Carlos de Oliveira e Gizele Martins Rodovalho, em comunicado.

Gargalos na formação científica

O instituto que deu origem à Fundação Oswaldo Cruz teve como premissa a produção de soros e vacinas. No entanto, desde o início das atividades, a vocação da instituição foi marcada também pela pesquisa e pelo ensino.

“O modelo institucional que o Oswaldo Cruz tinha em mente era o do Instituto Pasteur, que era uma instituição que, ao mesmo tempo em que tinha essa produção de soros e de vacinas, fazia pesquisas. Essa produção deles era fruto das pesquisas que faziam também”, conta a historiadora Ana Luce Girão, pesquisadora da Casa de Oswaldo Cruz (COC/Fiocruz).

Hoje, todas as unidades da Fiocruz desenvolvem programas de pós-graduação stricto sensu com cursos de doutorado, mestrado acadêmico ou profissional. Ao todo, são 32 programas inseridos em dez áreas de avaliação da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes).

“Oswaldo Cruz foi a semente do pensamento de que você precisa de ciência e de pesquisa para enfrentar os problemas de saúde pública, para poder olhar a essas questões e construir soluções e políticas públicas. Ele inspira e vai inspirar todas as gerações seguintes”, diz Tânia.

Em julho, institutos federais de ensino buscaram apoio de parlamentares para evitar um corte de R$ 200 milhões no próximo ano. O Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Conif) estimou um corte de 12% no orçamento de 2023 pelo Ministério da Educação.

Já as universidades federais foram notificadas sobre um corte de 12% no orçamento. Segundo a Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes), a expectativa é que as verbas destinadas para o custeio caiam para R$ 4,7 bilhões no próximo ano.

A dificuldade para ingressar e permanecer em cursos de pós-graduação no país leva a um fenômeno conhecido entre a comunidade acadêmica de “fuga de cérebros”, que é a busca por oportunidades de trabalho e pesquisa fora do Brasil.

“Se essa geração que tem hoje entre 20 e 40 anos não é acolhida dentro do próprio país, que dirá a geração dos 6 aos 10 anos. Temos problemas que vão da formação dos professores de ciências até o estímulo à permanência no país. Mas como estimular se faltam concursos, se as bolsas de pós-graduação são totalmente defasadas? É um problema estrutural muito grande”, diz Tania, que também é pesquisadora do Laboratório de Inovações em Terapias, Ensino e Bioprodutos do IOC.

Continuar lendo SAÚDE PÚBLICA NO BRASIL ANDA É UM DESAFIO MESMO APÓS 150 ANOS DO NASCIMENTO DE OSWALDO CRUZ

CHINA SUSPENDE COOPERAÇÃO COM OS EUA EM VÁRIAS ÁREAS- CHAVES INCLUINDO CLIMA E DEFESA

China anuncia fim da cooperação com os Estados Unidos em áreas como clima e defesa

Governo chinês fez o anúncio como uma reação à visita de Nancy Pelosi a Taiwan; manobras militares foram registradas na região

Presinde da China, Xi Jinping

SELIM CHTAYTI/REUTERS – 01.07.2022

A China anunciou nesta sexta-feira (5) que suspendeu a cooperação com os Estados Unidos em várias áreas-chave, incluindo clima e defesa, em retaliação à visita a Taiwan da presidente da Câmara de Representantes dos Estados Unidos, Nancy Pelosi.

A China executa grandes manobras militares ao redor de Taiwan desde quinta-feira (4), apesar da condenação dos Estados Unidos e de outros aliados ocidentais.

Nesta sexta-feira, o Ministério das Relações Exteriores da China atacou os Estados Unidos novamente, suspendendo as negociações e a cooperação em várias áreas, incluindo aquelas relacionadas ao combate às mudanças climáticas.

Os dois maiores poluidores do mundo se comprometeram no ano passado a trabalhar juntos para acelerar a ação climática, prometendo se reunir regularmente para “enfrentar a crise climática”.

Pelosi, que também foi sancionada pela China por sua visita, defendeu a sua viagem a Taiwan e garantiu nesta sexta-feira que os Estados Unidos “não vão permitir” que a China isole a ilha.

Taiwan também condenou a resposta de Pequim à visita e o primeiro-ministro Su Tseng-chang pediu aos aliados que pressionem pela redução da tensão.

“Não esperávamos que o vizinho do mal mostrasse seu poder em nossos portões e colocasse arbitrariamente em perigo as rotas marítimas mais movimentadas do mundo com seus exercícios militares”, disse Su à imprensa.

‘Nossa pátria é poderosa’

A China classifica os exercícios bélicos, que continuarão até domingo ao meio-dia (hora da China), como uma resposta “necessária” à visita de Pelosi.

Taiwan afirmou que 68 aviões de combate chineses e 13 navios de guerra cruzaram a chamada “linha mediana” do estreito que separa a ilha da China continental nesta sexta-feira.

A linha média é uma coordenada não oficial, mas geralmente aceita, entre as costas da China continental e as de Taiwan.

Jornalistas da AFP na ilha chinesa de Pingtan viram um caça sobrevoando a área. Os repórteres também observaram um navio militar chinês navegando pelo Estreito de Taiwan.

Os exercícios da China incluíram um “ataque de míssil convencional” na costa leste de Taiwan, segundo o exército chinês.

A emissora estatal CCTV informou que mísseis chineses sobrevoaram Taiwan, o que seria uma grande escalada se confirmado oficialmente.

Na ilha chinesa de Pingtan, turistas locais exaltaram orgulhosamente o poderio militar de seu país contra seu vizinho muito menor.

“Nossa pátria é poderosa. Não temos medo de uma guerra com Taiwan, com os Estados Unidos ou com qualquer país do mundo”, disse à AFP Liu, um turista de 40 anos da província de Zhejiang.

‘Escalada significativa’

O Partido Comunista Chinês considera Taiwan como parte de seu território e prometeu tomar a ilha um dia, inclusive pela força se necessário. Mas a escala e intensidade das manobras provocaram indignação dos Estados Unidos e outros países.

Essas manobras representam “uma escalada significativa”, disse o secretário de Estado americano Antony Blinken, após reuniões com chanceleres de países do leste da Ásia no Camboja. Blinken considera que a visita de Pelosi “não justifica” as manobras iniciadas por Pequim.

O Japão pediu o “fim imediato” das manobras chinesas, após indicar que cinco mísseis teriam caído em sua zona econômica exclusiva (ZEE) e que quatro deles poderiam ter “sobrevoado a ilha de Taiwan”.

A Austrália também descreveu as manobras militares como “desproporcionais e desestabilizadoras”.

Os exercícios acontecem em algumas das rotas marítimas mais movimentadas do planeta, que transporta eletrônicos fundamentais de fábricas no Sudeste Asiático para os mercados mundiais.

O Escritório Marítimo e Portuário de Taiwan emitiu alertas para os navios que circulam nesta área e várias companhias aéreas internacionais disseram à AFP que desviariam seus voos para evitar o espaço aéreo da ilha.

“Fechar estas rotas marítimas – mesmo que temporariamente – tem consequências não apenas para Taiwan, mas também para os fluxos comerciais ligados ao Japão e à Coreia do Sul”, disse Nick Marro, analista sênior de comércio global da Economist Intelligence Unit.

A hipótese de uma invasão de Taiwan, com 23 milhões de habitantes, é improvável. Mas, desde a eleição em 2016 da atual presidente, Tsai Ing-wen, as ameaças aumentaram.

Tsai, que ao contrário do governo anterior pertence a um partido pró-independência, se recusa a reconhecer que a ilha e o continente fazem parte de “uma mesma China”.

Fonte: R7

Continuar lendo CHINA SUSPENDE COOPERAÇÃO COM OS EUA EM VÁRIAS ÁREAS- CHAVES INCLUINDO CLIMA E DEFESA

CULTURA: GOVERNO DO RN SANCIONA LEI QUE OBRIGA ESCOLAS DO ESTADO UTILIZAREM OBRAS DE AUTORES POTIGUARES EM SUAS ATIVIDADES INTERDISCIPLINARES

Lei obriga inclusão de obras de autores potiguares nas escolas do RN

Foto: Reprodução

A literatura potiguar vai estar presente nas escolas das redes estadual e particular de ensino no Rio Grande do Norte. O Governo do Estado sancionou, nesta sexta-feira (5), lei que obriga as escolas a utilizarem as obras dos autores do estado em suas atividades interdisciplinares.

A lei, de autoria do deputado estadual Francisco do PT, visa preservar a identidade cultural e a literária regional dentro da sala de aula, apoiando o patrimônio estadual. Na opinião do justificativa da proposta, o deputado defendeu que a produção em sala de aula, voltada ao estudo e desenvolvimento de obras literárias potiguares, torna-se imprescindível para a construção de conhecimento e expansão dos projetos socioculturais literários.

Segundo Francisco do PT, o estado já vem implementando ações que apoiam a literatura potiguar e incentiva os escritores do Rio Grande do Norte. Dentre essas iniciativas está o RN Literário, projeto que fomenta a cultura do livro na rede estadual de ensino, assegurando e fortalecendo a democratização da acessibilidade aos livros e à literatura.

Fonte: Blog do BG

Continuar lendo CULTURA: GOVERNO DO RN SANCIONA LEI QUE OBRIGA ESCOLAS DO ESTADO UTILIZAREM OBRAS DE AUTORES POTIGUARES EM SUAS ATIVIDADES INTERDISCIPLINARES

ENTRETENIMENTO: SÁBADO (06) SERÁ A VEZ DE PITANGUI RECEBER O PROJETO PRAIA INCLUSIVA ITINERANTE

Pitangui recebe Praia Inclusiva Itinerante neste sábado

Redação/Portal da Tropical

– Atualizado em:

Foto: Divulgação

Sucesso na praia de Ponta Negra há 5 anos, o Projeto Praia Inclusiva ganhou sua versão itinerante. O evento realizado na capital, mas com a realização simultânea em outra praia de Natal. Neste sábado (06), será a vez de Pitangui, no trecho da tenda de tio Chico.

Toda a estrutura do projeto o será dos participantes, em especial banho para as pessoas com ou com a mobilidade assistida. “Nas edições em Ponta Negra, sem estrutura que permitem pessoas do interior e até mesmo de cidades libanesas, mas sem banho um banho com segurança para pessoas”, presidente diz Dário Associação, fundou e coordenação o projeto.

Foi então que surgiu a ideia de levar o projeto para outras praias. A pretensão é fazer um local diferente a cada semana. No Praia Inclu, voluntários (estudantes e professores da Uninasau, parceiro do projeto) acompanham as pessoas com deficiência no banho na água, em uma cadeira anfíbia, que anda na areia da praia e banho na água. São as atividades de esporte e lazer.

“Importante importância gratuita, ninguém paga absolutamente nada para participar. Espero vida longa ao projeto, que possa poder vivenciar o prazer de um banho mar”, finaliza da Sadef.

Serviço
Praia Inclusiva em Pitangui
Ao lado da tenda de tio Chico
Sábado, 6 de agosto – 8h às 12h
Participação gratuita

Continuar lendo ENTRETENIMENTO: SÁBADO (06) SERÁ A VEZ DE PITANGUI RECEBER O PROJETO PRAIA INCLUSIVA ITINERANTE

CRESCE NO RN O NÚMERO DE PESSOAS AUTODECLARADAS PRETAS

Número de pessoas autodeclaradas pretas cresce 243% no RN

Foto: Ilustrativa/Reprodução 

Aqueles que se declaram pretos no Rio Grande do Norte já somam 295 mil pessoas. A quantidade é 231% maior do que em 2012, quando 89 mil faziam essa autodeclaração étnico-racial. A constatação está na Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNADC), com resultados sobre características gerais dos moradores. Os dados serão revistos a partir do Censo Demográfico 2022. Entre 2012 e 2021, a população potiguar cresceu 7,8% passando de 3,303 milhões para 3,561 milhões de pessoas. A fatia dos que se consideram negros era de 2,7% e agora representa 8,3%.

A PNADC não traz respostas claras sobre os motivos desse crescimento. Como as respostas são auto declaratórias, ou seja, o entrevistado que define sua cor, uma das hipóteses para o crescimento da proporção é que a percepção racial tenha mudado dentro da população, nos últimos anos.

Para Aercio Gomes, Subcoordenador de Povos e Comunidades Tradicionais da Coordenadoria de Igualdade Racial do Estado, vinculada à Secretaria de Estado das Mulheres, da Juventude, da Igualdade Racial e dos Direitos Humanos (SEMJIDH), a afirmativa das pessoas em relação à sua cor é reflexo das políticas afirmativas que valorizam e lhes dão mais oportunidades.

“Vemos o crescimento dos autodeclarados como  positivo porque demonstra a elevação  da autoestima da população preta que sofre há séculos com o racismo cultural e estrutural. Apesar do avanço, ainda está abaixo da realidade. Sabemos que mais de 50% da população é negra ou parda”, avalia o subcoordenador. O IBGE usa o termo negro tanto para pardos (pele mais clara), quanto para pretos (pele mais escura).

Fonte: Blog do BG

Continuar lendo CRESCE NO RN O NÚMERO DE PESSOAS AUTODECLARADAS PRETAS

SECRETARIA DE SAÚDE DO RN FAZ ALERTA SOBRE CASOS DE RAVA HUMANA

Sesap alerta casos sobre raiva humana

Redação/Portal da Tropical

Atualizado em:

Foto: Internet

Atualmente no Brasil, os casos humanos confirmados para raiva no ano de 2022 somam 5, sendo 4 ocorrências em Minas Gerais e 1 ocorrência no Distrito Federal. Todos os casos de Minas Gerais tratam-se de crianças, entre 4 e 12 anos de idade, de uma comunidade indígena, da etnia Maxakali, com relatos de agressão e/ou contato com morcegos. Já o caso do Distrito Federal tratou-se de um jovem de 18 anos, com histórico de acidente com gato filhote doméstico. Dos 5 casos, 3 possuem sequenciamento genético AgV3, proveniente de morcego.

No Rio Grande do Norte, documentado de raiva humana foi documentado em 2001 com ocorrência no município de Furtuoso Gomes, Oeste Potiguar, localizado no último caso morcego o animal transmissor 01 foi do o caso morcego o animal transmissor 01 foi do o caso morcego o animal transmissor 01 foi do o caso morcego o animal transmissor 01 foi do o caso morcego o animal transmissor 0.

Quanto aos casos de raiva animal, até julho de 2022, 25 animais positivaram, dentre eles um cão, três bovinos, um equino, uma raposa e 19 morcegos. Os municípios envolvidos foram: Mossoró, Natal, Santo Antônio, Lajes Pintadas, Caicó, Jucurutu e Parnamirim. Dos 19 morcegos positivos, 15 foram do município de Natal, 2 do município de Santo Antônio, 1 do município de Caicó e 1 do município de Parnamirim.

Exposição ao Vírus e Magnífico

Em situações de exposição, ocorrida pela mordedura, lambedura, causada pela avaliação de animais, deve ser lavada com água e gravidade e antes de procurar assistência em UPA para dano. Se necessário, o paciente será encaminhado para uma das unidades de referência do Estado. O sistema de saúde irá definir uma profilaxia mais adequada para cada caso, que pode incluir uma observação profissional de cães e gatos domiciliados 10 dias e/ou aplicação de soro vacinas e/ou de sororábico.

A não pensar, devendo ser contra indicação o mais breve possível. Deve garantir o esquema completo de proteção pré-conizado para uma proteção. As vacinas humana e animal são gratuitas. A profilaxia humana a raiva deve mais ser iniciada, quando indicada, o precocemente possível.

O Ministério da Saúde e os dois últimos meses enviados para os estados foram fornecidos para os estados necessários para a prevenção da raiva são fornecidos pelo Ministério da Saúde e nos dois últimos meses, devido a uma modificação na produção farmacêutica. Assim, alertamos para que evitem o risco, entre os animais selvagens (saguis, raposas, raposas, entre outros gatos desconhecidos, rua como fazer, filhotes ou aproximar-se de animais com filhotes.

Unidades de Referência para profilaxia da raiva humana são

Natal: Hospital Giselda Trigueiro – HGT (adulto)
Natal: Hospital Maria Alice Fernandes- HMAF (infantil até 14 anos)
Mossoró: Hospital Regional Dr. Tarcísio Maia
Caicó: Hospital Regional do Seridó Telecila Freitas Fontes
Pau dos Ferros: Hospital Cleodon Carlos de Andrade

Continuar lendo SECRETARIA DE SAÚDE DO RN FAZ ALERTA SOBRE CASOS DE RAVA HUMANA

GOVERNO DE SÃO PAULO LANÇA CENTRO DE CONTROLE PARA DIAGNOSTICO E ATENDIMENTO A PACIENTES COM VARÍOLA DOS MACACOS

Estado de SP lança centro de controle e rede de atendimento de varíola dos macacos

Plano de enfrentamento inclui a definição de 93 hospitais estaduais e de maternidades que serão referência no apoio aos casos mais graves da doença

Lucas RochaMatheus MeirellesGiulia Alecrim

da CNN

em São Paulo

 

O governo de São Paulo anunciou, nesta quinta-feira (4), o lançamento de iniciativas de combate à varíola dos macacos, causada pelo vírus Monkeypox. O plano de enfrentamento inclui a criação de um centro de controle e de uma rede integrada para o diagnóstico laboratorial e atendimento a pacientes com a doença.

A rede, que recebeu o nome “Emílio Ribas de Combate à Monkeypox” terá a coordenação integrada das Secretarias de Estado da Saúde e a pasta de Ciência, Pesquisa e Desenvolvimento em Saúde.

De acordo com o governo, o plano de enfrentamento inclui a definição de 93 hospitais estaduais e de maternidades que serão referência no apoio aos casos mais graves com necessidade de internação de pacientes e leitos de isolamento ou Unidades de Terapia Intensiva (UTI).

A rede de atendimento contará com o Instituto de Infectologia Emílio Ribas, com unidades na capital paulista e no Guarujá, além de hospitais universitários que serão referência, como o Hospital das Clínicas da Universidade de São Paulo (USP), o HC de Ribeirão Preto, e os hospitais gerais próprios do estado.

“O objetivo central é somar esforços e integrar as instituições e centros de excelência para promover ações estratégicas de prevenção e cuidado, levando em consideração o aprendizado diante dos últimos enfrentamentos de endemias e pandemias. O estado de São Paulo está preparado para responder de maneira ágil a esse novo desafio”, disse David Uip, Secretário de Ciência, Pesquisa e Desenvolvimento em Saúde.

Com o objetivo de frear a disseminação da doença, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda o rastreamento de pessoas que podem ter sido expostas ao vírus a partir de casos confirmados laboratorialmente.

Para ampliar o monitoramento da doença no estado, o Instituto Adolfo Lutz irá realizar a vigilância genômica dos casos, analisando o comportamento da doença a partir do estudo do vírus. Além do instituto, a rede conta com 13 regionais localizadas no litoral e interior do estado.

De acordo com o governo, a rede, que vai incluir o Instituto Butantan, laboratórios universitários e privados, também irá credenciar outros laboratórios para a realização de exames de diagnóstico molecular (RT-PCR), que permitem a detecção do DNA do vírus. Além disso, uma resolução conjunta das duas secretarias estaduais será publicada com normativas e requisitos para o processamento das amostras.

Cerca de 3 mil profissionais de saúde foram capacitados para a atuação na rede pela secretaria de Saúde. O Centro de Vigilância Epidemiológica do governo de São Paulo instalou um serviço gratuito por telefone, com médicos plantonistas 24 horas à disposição para orientar e esclarecer dúvidas dos profissionais de saúde das redes pública e privada sobre diagnóstico e manejo clínico dos pacientes infectados com o vírus.

Centro de controle

A Rede Emílio Ribas de Combate à Monkeypox ainda terá uma sala de situação que já foi ativada, segundo o governo. O Centro de Controle e Integração (CCI) conta com 24 especialistas de diferentes instituições, entre cientistas, epidemiologistas, virologistas, infectologistas e professores universitários.

Os especialistas vão assessorar as ações do governo de São Paulo no enfrentamento do surto, além de estudar e projetar os cenários epidemiológicos, propor medidas e identificar oportunidades para o desenvolvimento de vacinas e prospecção de tratamentos eficazes para combater a doença.

Continuar lendo GOVERNO DE SÃO PAULO LANÇA CENTRO DE CONTROLE PARA DIAGNOSTICO E ATENDIMENTO A PACIENTES COM VARÍOLA DOS MACACOS

PREFEITURA DO RIO CONTRARIA BOLSONARO E ANUNCIA DESFILE DE 7 DE SETEMBRO NO CENTRO DA CAPITAL

Em edital, Prefeitura do Rio contraria Bolsonaro e confirma desfile de 7 de Setembro no Centro

Presidente anunciara que a parada militar seria transferida para a orla de Copacabana

Fernando Molica

da CNN

Apoiadores do presidente Jair Bolsonaro na orla da Praia de Copacabana, na zona sul do Rio de Janeiro, em 7 de setembro do ano passadoApoiadores do presidente Jair Bolsonaro na orla da Praia de Copacabana, na zona sul do Rio de Janeiro, em 7 de setembro do ano passadoDaniel Resende/Enquadrar/Estadão Conteúdo (07/09/2021)

Quatro dias depois de o presidente Jair Bolsonaro (PL) ter anunciado a transferência para a orla de Copacabana da parada militar de Sete de Setembro, a prefeitura do Rio publicou, no Diário Oficial, aviso de licitação para a montagem da estrutura do desfile em seu local tradicional, no centro da cidade.

Nos últimos anos, a Avenida Atlântica, que margeia a praia de Copacabana, se tornou um ponto de atos contra o PT e a favor de Bolsonaro – uma manifestação de apoiadores do presidente está prevista para ocorrer no local no feriado de Sete de Setembro. O prefeito do Rio, Eduardo Paes (PSD), apoia a candidatura do ex-presidente Lula (PT) ao Palácio do Planalto.

A prefeitura estima um gasto de até R$ 318.035,00 com a instalação de sistema de som, montagem de tribunas e de arquibancadas para mil pessoas e colocação de 200 banheiros químicos e grades de isolamento. A licitação está marcada para ocorrer no próximo dia 15.

No último domingo, ao ser consultado pela CNN sobre a proposta do presidente de mudar o local do desfile, Eduardo Paes afirmou que soubera da intenção de Bolsonaro pelos jornais. Afirmou que, “salvo engano”, a Secretaria de Governo já estaria licitando a estrutura da parada. Ele disse que a prefeitura ficaria aberta a receber pedidos do presidente da República.

No dia seguinte, em posts no Twitter, Paes afirmou que a Avenida Atlântica “apresenta alguns desafios”. Ressaltou que todo o calçadão da praia é tombado e que o bairro tem um grande número de moradores. “Obviamente, desafios que podem ser superados desde que se tenha organização e planejamento e se permita modificações na estrutura tradicional do evento”, completou.

No fim da manhã desta quinta (4), a CNN procurou Paes e sua assessoria para saber o que a prefeitura fará caso o  Governo Federal insista na mudança de local do desfile. A CNN também entrou em contato com a Secretaria de Comunicação do governo federal e aguarda resposta.

Fonte: CNN

Continuar lendo PREFEITURA DO RIO CONTRARIA BOLSONARO E ANUNCIA DESFILE DE 7 DE SETEMBRO NO CENTRO DA CAPITAL

TATUAGEM ELETRÔNICA DESENVOLVIDA POR PESQUISADORES DA COREIA DO SUL PODE AJUDAR MONITORAR A SAÚDE

Pesquisadores da Coreia do Sul desenvolvem ‘tatuagem eletrônica’ que monitora a saúde

Feita de metal líquido e nanotubos de carbono, tecnologia pode ajudar na análise dos batimentos cardíacos e de outros sinais vitais

TECNOLOGIA E CIÊNCIA

 por Reuters – Internacional

"Tatuagem eletrônica" que pode ajudar a monitorar sinais vitais de saúde

REUTERS

Pesquisadores sul-coreanos desenvolveram uma técnica de  “tatuagem eletrônica” feita de metal líquido e nanotubos de carbono que pode ajudar a monitorar os batimentos cardíacos e outros sinais vitais de saúde.

A tecnologia ainda está em fases iniciais, mas uma equipe de cientistas do Instituto Avançado de Ciência e Tecnologia da Coreia (KAIST) espera que um dia ela possa oferecer uma maneira personalizada e não intrusiva para indivíduos e médicos monitorarem as condições de saúde.

A tinta funciona efetivamente criando um circuito elétrico na pele. Ele pode ser vinculado a aparelhos de eletrocardiograma para monitorar a atividade cardíaca, sensores que analisam o suor, além de atuar como aquecedor para fins fisioterapêuticos.

“Em comparação com os dispositivos anteriores (tatuagens eletrônicas) que são do tipo patch, podemos aplicá-lo diretamente na pele … é muito mais confortável para o usuário”, disse Steve Park, professor de ciência e engenharia de materiais da KAIST que co-liderou a equipe com o candidato a Ph.D. Lee Gun-hee.

Para fazer a tinta, os pesquisadores usaram partículas de metal líquido à base de gálio, um metal macio e prateado também usado em semicondutores ou em termômetros como uma alternativa não tóxica ao mercúrio. Os nanotubos de carbono decorados com platina ajudam a conduzir eletricidade enquanto proporcionam durabilidade.

Park ressaltou que é considerado biocompatível, ou seja, não prejudica os tecidos vivos. “Quando é aplicado na pele, mesmo com fricção, a tatuagem não sai, o que não é possível apenas com metal líquido”, disse. A tinta sai com sabão, acrescentou, e seca na pele em menos de 10 segundos.

Tecnologia da "tatuagem eletrônica" ainda é limitada pelo fato de ainda exigir fios

REUTERS

Tecnologia da "tatuagem eletrônica" ainda é limitada pelo fato de ainda exigir fios

REUTERS

No entanto, a tecnologia atual é limitada pelo fato de ainda exigir fiação para adquirir dados, disse Park.

“No futuro, o que esperamos fazer é conectar um chip sem fio integrado a essa tinta, para que possamos nos comunicar, ou enviar sinais entre nosso corpo e um dispositivo externo”, disse ele. A pesquisa foi publicada na versão impressa da revista ‘Advanced Materials’ em julho.

Continuar lendo TATUAGEM ELETRÔNICA DESENVOLVIDA POR PESQUISADORES DA COREIA DO SUL PODE AJUDAR MONITORAR A SAÚDE

UTILIDADE PÚBLICA: PREFEITURA DE NATAL ABRE 320 VAGAS PARA CURSOS TÉCNICOS DE EMPREENDEDORISMO

Por g1 RN

 

Cursos profissionalizantes são ofertados pelo município — Foto: DivulgaçãoCursos profissionalizantes são ofertados pelo município — Foto: Divulgação

A Prefeitura de Natal abriu 320 vagas para cursos técnicos e de empreendedorismo. São oportunidades de capacitação para população geral, com inscrições que terão início na próxima segunda-feira (8).

Das vagas, 235 vagas são destinadas para toda a população e 85 vagas distribuídas para a rede socioassistencial e secretaria da mulher (Semul).

São 14 tipos de qualificações e as formações terão início a partir do dia 15 de agosto. Os cursos terão duração que varia entre 60 e 160 horas/aula, durante tarde e noite. As inscrições serão realizadas na segunda-feira (8) e terça (9). Os cursos ofertados estão:

  • Português para o mundo do trabalho;
  • Garçon/garçonete;
  • Auxiliar de cozinha;
  • Camareira;
  • Barbeiro;
  • Empreendedorismo;
  • Almoxarifado;
  • Maquiagem;
  • Design de sobrancelhas;
  • Estética facial;
  • Estética corporal;
  • Recepcionista;
  • Corte de cabelo;
  • Macramê.

“Nós estamos buscando qualificar a mão de obra, com o objetivo de facilitar a colocação de um número cada vez maior de pessoas no mundo do trabalho”, enfatiza a titular da Secretaria Municipal do Trabalho e Assistência Social (Semtas), Ana Valda Galvão

Como se inscrever

Os interessados precisam ter pelo menos 15 anos, e atender os pré-requisitos de cada curso. Na inscrição, é preciso apresentar xerox e originais do RG, CPF, PIS, NIS, carteira de trabalho, comprovante de residência, comprovante de escolaridade.

As inscrições são feitas presencialmente no Centro Municipal de Trabalho e Empreendedorismo, localizado na avenida Presidente Bandeira, no Alecrim.

Além do local, também serão feitas inscrições na zona Norte, na rua Bariri, no bairro do Gramoré.

Continuar lendo UTILIDADE PÚBLICA: PREFEITURA DE NATAL ABRE 320 VAGAS PARA CURSOS TÉCNICOS DE EMPREENDEDORISMO

ENTRETENIMENTO: CONFIRA PROGRAMAÇÃO PARA O FIM DE SEMANA NA FEIRINHA DA ÁRVORE DE MIRASSOL

Feirinha da Árvore de Mirassol tem 7ª edição neste fim de semana; confira programação

Redação/Portal da Tropical

 Atualizado em:

Foto: Divulgação/Semtas

Final de Semana com programação cultural na Feirinha da Árvore, em Mirassol, neste fim de semana. A edição do evento tem também uma programação diversificada com música, espetáculos circenses, gastronomia, espaço para esporte e área exclusiva para o lazer de crianças e animais de estimação.

O espaço, de fácil acesso, é considerado uma vitrine para a exposição da cultura potiguar, contará com a participação de cerca de 70 artesãos vinculados à loja conceito Natal Original e aprovados no Edital 01/2021, onde publica seus produtos dentro da loja e em seu entorno. O evento começa no horário das 16h às 22h, além dos shows musicais e de uma ampla gastronomia regional.

A coordenação do projeto é da Secretaria Municipal do Trabalho e Assistência Social (Semtas), segundo a titular da pasta, Ana Valda Galvão, o evento é uma forma da Prefeitura de Natal investir em um espaço de lazer para turistas e natalenses. “A Feirinha vai acontecer em todo o primeiro fim de semana de cada mês. Definimos a data para que as famílias possam projeto se movimentar e participar dessa valorização da nossa cultura e arte, que promove e promove a economia local. consolidar ainda mais a Loja Conceito Natal Original e seu entorno como um ponto cultural e turístico para acesso ao artesanato, gastronomia, apresentações, queremos música e muita diversão”, afirmou.

O projeto “Feirinha da Árvore” é uma ação integrada de vários órgãos da gestão municipal e conta com a participação das secretarias municipais de Trabalho e Assistência Social (Semtas), Cultura (Secult-Funcarte), Serviços Urbanos (Semsur), Mobilidade Urbana ( STTU), Limpeza Pública (Urbana), Segurança (Guarda Municipal), Turismo (Setur), Esportes e Lazer (SEL), Saúde (SMS) e Comunicação (Secom). A programação acontecerá das 16h às 22h.

Programação

O evento conta com programação infantil, boa gastronomia e música e cada edição atrai mais público. No palco, Rodolfo Amaral abre a programação nesta sexta-feira (05) apresentando ao público muita música popular brasileira (19h). No sábado (06), o segue com a presença da orquestra do papão (17h), palhaço piruá evento (17h30) promovendo números tradicionais do Circo com muita palha.

Para acompanhar as atrações circenses teremos uma Orquestra do Papão. a festa começa com o Palhaço Piruá (17h30) apresentando um show de variedades circenses, ludicidade e alegria ao “picadeiro”, segue com show de Rosa Cartola apresentando seu repertório e animando o público a partir das 19h. No Domingo (07) o evento segue com a presença da orquestra do papão (17h), Tropa Trupe (17h30), fechando a sétima edição da tradicional Feirinha da Árvore com Ari Lima e Banda a partir das 19h.

Continuar lendo ENTRETENIMENTO: CONFIRA PROGRAMAÇÃO PARA O FIM DE SEMANA NA FEIRINHA DA ÁRVORE DE MIRASSOL

MAIOR EVENTO DE ODONTOLOGIA DO RN ACONTECERÁ EM MOSSORÓ DE 11 A 13 DE AGOSTO

Celebridades da Odontologia Brasileira estarão no Congresso CELEBRAR em Mossoró

Fotos: Divulgação

O mês de agosto começou com uma grande expectativa para a área da Odontologia, pois faltam poucos dias para a 3ª edição do CELEBRAR- Congresso Brasileiro de Odontologia , maior evento de Odontologia do Rio Grande do Norte , que acontecerá no período de 11 a 13 desse mês. Neste ano, a o evento conta com o conceito “O REENCONTRO “ , durante três dias, oferecerá uma super estrutura de auditórios , handson e feira comercial para facilitar a troca de conhecimento sobre as principais tendências, soluções e inovações que definirão o futuro de toda área da Odontologia .

Nos dias 11,12 e 13 de agosto, os principais auditórios do Resort Hotel Thermas em Mossoró, receberão 50 palestras ministradas por grandes nomes ,especialistas e celebridades da odontologia Brasileira .

Além da programação do congresso , haverá um PRÉ- CONGRESSO , no dia 10 com um curso de Imersão de nível Internacional para um público especializado , ministrado por um Prof brasileiro residente em Santiago(Chile),Prof Allan Queiróz, com os temas de Fluxo Digital, Fotografia e Guias Cirúrgicos .No dia 11( quinta-feira), ás 08 horas da manhã, o Congresso terá o início das suas atividades em 3 ambientes simultaneamente .

Com um time de palestrantes renomados e uma filosofia inovadora de realizar eventos dessa natureza , o CELEBRAR promete ser o maior Congresso de Odontologia da história do nosso estado . Além de valorizar osprofissionais da nossa terra , o congresso possui entre os palestrantes , profissionais “BEST SELER , com mais de 3 mil artigos publicados , 3 livros e centenas de participações em outros livros e revistas ( Prof Leopoldino Capeloza ,Prof ,mestre e doutor USP-Bauru) ; Prof Sekito Jr (Especialista,Mestre e Prof UFRJ) ; Prof Júlio Bassi (Especialista e mestre em Odontopediatria-) com ênfase e referência mundial na Odontologia para Bebês ;Paulo Quagliato (Mestre e Doutor UNESP-SP) ;Flávio Henrique (Especialista e Mestre em Prótese Dentária-UFRJ); Rafael Puglisi (Especialista em Estética Dental-SP), o queridinho das famosas, o especialista já recebeu em seu consultório vários famosos como Neymar , Giovanna Ewbank , Whindersson Nunes, Tirulipa, Maria Casadevall, Rodrigo Faro, Rafaella Santos, Deborah Secco .

Apesar de tantos pontos supervalorizados como estrutura e palestrantes , a organização do congresso espera que o participante deste evento seja o protagonista destes momentos de muito conhecimento e network promovendo uma revolução na sua carreira profissional.

Maiores informações www.congressocelbrar.com ,@congressocelebrar 84 9998665496 .

Continuar lendo MAIOR EVENTO DE ODONTOLOGIA DO RN ACONTECERÁ EM MOSSORÓ DE 11 A 13 DE AGOSTO

DADOS ATUALIZADOS DO CORONAVÍRUS NO RN

RN registra 2 óbitos por Covid-19 nas últimas 24h; novos casos são 188

A Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) atualizou os números do coronavírus nesta quarta-feira (3). São 547.330 casos totalizados. Nas últimas 24 horas foram registrados 188 novos casos e 2 óbitos (São João do Sabugi e Itajá).

Óbitos confirmados para Covid-19: 8.401. Em investigação são 1.169. Recuperados são 535.243. Casos suspeitos somam 974 e descartados são 1.027.886. Estimativa de casos em acompanhamento: 3.684.

Fonte: Blog do BG

Continuar lendo DADOS ATUALIZADOS DO CORONAVÍRUS NO RN

REPRESENTANTES DAS FORÇAS ARMADAS E TÉCNICOS ESTIVERAM NO TSE PARA INSPEÇÃO DO CÓDIGO-FONTE DAS URNAS ELETRÔNICAS

Por g1 — Brasília

 

TSE diz que atendeu a pedido do Ministério da Defesa, que fará inspeção na quarta-feira (3)

Representantes das Forças Armadas estiveram nesta quarta-feira (3) no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para se reunir com técnicos da Corte e inspecionar o código-fonte das urnas eletrônicas.

Segundo o TSE, a programação prevê que a reunião com os técnicos aconteça pela manhã, e a inspeção, no período da tarde.

Por volta das 11h, a assessoria do TSE informou que os representantes da Forças Armadas já haviam chegado à sede do tribunal — os nomes e os cargos desses representantes não haviam sido divulgados até a última atualização desta reportagem.

O código-fonte é um conjunto de linhas de programação de um software, com as instruções para que o sistema funcione. A abertura do código permite a inspeção pela sociedade civil.

TSE diz que atendeu a pedido do Ministério da Defesa, que fará inspeção na quarta-feira (3)

Em ofício classificado como “urgentíssimo” e enviado ao TSE, o ministro da Defesa, Paulo Sérgio Nogueira, pediu que as Forças Armadas tivessem acesso ao código-fonte das urnas. Esse código-fonte, porém, está disponível deste outubro do ano passado.

Além disso, a colunista do g1 Andréia Sadi informou que em outubro de 2021 o TSE convidou o Ministério da Defesa a inspecionar o código-fonte das urnas.

Sardenberg: Papel da Defesa é proteger urnas, não fazer inspeção técnica

Ataques de Bolsonaro

A inspeção das Forças Armadas acontece em meio aos frequentes ataques do presidente Jair Bolsonaro às urnas eletrônicas e à Justiça Eleitoral.

Sem jamais terem apresentado quaisquer provas de eventuais irregularidades, Bolsonaro e seus aliados atacam o processo eleitoral repetindo acusações já desmentidas pelos órgãos oficiais.

Diante desse cenário, representantes dos poderes Judiciário e Legislativo têm feito frequentes discursos a favor das urnas, do sistema eleitoral e da democracia.

Na mesma linha, o presidente do Supremo Tribunal Federal, Luiz Fux, tem reiterado que o sistema eleitoral brasileiro é um dos mais confiáveis do mundo e que o STF tem tomado todas as decisões necessárias para garantir a segurança jurídica das eleições.

Além disso, os presidentes do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), e da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), têm defendido as urnas e o processo eleitoral.

Continuar lendo REPRESENTANTES DAS FORÇAS ARMADAS E TÉCNICOS ESTIVERAM NO TSE PARA INSPEÇÃO DO CÓDIGO-FONTE DAS URNAS ELETRÔNICAS

TERÇA-FEIRA (09) COMEÇARÁ A SER PAGO OS BENEFÍCIOS EMERGENTES CONCEDIDOS A CAMINHONEIROS

Benefício para caminhoneiros começa a ser pago em 9 de agosto

Redação/Portal da Tropical

Atualizado em:

Foto: Thomaz Silva/Agência Brasil

A partir da próxima terça-feira (9) começará a ser pagos os benefícios emergentes concedidos a caminhosneiros. A  portasterial  que regulamenta a feira oficial da medida de carga mini (transportadores autônomos) foi publicada em edição especial do  Diário  na noite desta terça-feira-2).

Prazo para pagamento do benefício até 31 de dezembro202, será pago em seis parcelas de R$ 2 milhões e valor de R$ com limite observado de R$ 5,4 milhões, “o global de bilhões de recursos conforme $ 5,4”, o Ministério do Trabalho e Previdência (MTP), que é o órgão do benefício.

O auxílio tem por objetivo os transportadores autônomos de carga a enfrentar ou o estado de que decorre da compensação do preço de amostras e resultados.

Segundo o MTP, têm direito a receber o Benefício Caminhoneiro-C os transportadores de carga autônomo 3 com CPF válido e registrado no Registro Nacional de Transportadores Rodoviários de Cargas (RNTR-C) de maio de 2022 na situação de Ativo”, entre outras exigências.

No dia 9 de agosto serão pagos a primeira e segunda parcelas, referentes aos meses de julho e agosto. “Os próximos lotes de pagamento, Ministério de Infraestrutura, por meio da ANTT, serão enviados mensalmente MTP a carga dos lotes ativos na RNTR-C”, acrescenta o.

O terceiro lote deverá estar disponível em 24 de setembro; e as demais parcelas, nos dias 22 de outubro, 26 de novembro e 17 de dezembro.

Aqueles que estiverem com situação cadastral pendente ou suspensa podem regularizar na ANTT para habilitar o registro.

O Ministério do Trabalho ressalta que o benefício não é cumulativo com o Benefício Taxista e será pago apenas por CPF, independentemente de o beneficiário mais de um veículo cadastrado.

“Será designada uma instituição bancária federal registrada para efetivar o pagamento que será feito em conta digital. Os valores não movimentados no prazo de 90 dias, contatos da data de depósito, retornarão para a União”, acrescenta.

Continuar lendo TERÇA-FEIRA (09) COMEÇARÁ A SER PAGO OS BENEFÍCIOS EMERGENTES CONCEDIDOS A CAMINHONEIROS

ALEGANDO MOTIVOS PESSOAIS PRIMEIRO-MINISTRO DO PERU RENUNCIA O CARGO

Primeiro-ministro do Peru renuncia ‘por motivos pessoais’ em meio à crise do governo Castillo

Aníbal Torres é o quarto chefe de gabinete a deixar o posto diante das controvérsias em torno do presidente

O primeiro-ministro do Peru, Aníbal Torres, apresentou sua renúncia ao presidente Pedro Castillo, o que levará a uma remodelação do gabinete em um momento em que o presidente está sob investigação por corrupção, disse o governo do país nesta quarta-feira (3).”Por motivos pessoais, coloco à sua disposição o cargo de presidente do Conselho de Ministros”, disse Torres em carta enviada ao presidente.

“Aproveito esta oportunidade para agradecer a confiança depositada em mim, primeiro como ministro da Justiça e depois como primeiro-ministro”, acrescentou na carta publicada no Twitter.

Torres, que assumiu o cargo em fevereiro, é o quarto chefe de gabinete a deixar o cargo em meio às controvérsias em torno de Castillo.

O Ministério Público tem cinco investigações abertas contra o presidente, inclusive por suposta corrupção e conluio agravado em um projeto de obras públicas, por plágio em sua tese universitária e por tráfico de influência em um contrato estatal para aquisição de combustível.

É tradição no Peru que todos os ministros ponham seus cargos à disposição do presidente quando o primeiro-ministro renuncia, a quem cabe coordenar os membros do gabinete e administrar as relações do Executivo com os demais poderes do Estado.

Torres, de 79 anos, acompanhou Castillo desde sua candidatura à presidência e foi nomeado ministro da Justiça no primeiro gabinete ministerial do governo, cargo que ocupou até fevereiro.

Castillo completou um ano no poder em 28 de julho e, além do cerco judicial, enfrentou duas tentativas de retirá-lo do Congresso e tem uma reprovação de 74% na opinião pública, segundo pesquisas.

Continuar lendo ALEGANDO MOTIVOS PESSOAIS PRIMEIRO-MINISTRO DO PERU RENUNCIA O CARGO

ECONOMIA: QUEDA NO PREÇO DA GASOLINA E NOS ALIMENTOS ESTÃO ATRAINDO PARAGUAIOS PARA AS COMPRAS POR AQUI

Paraguaios entram no Brasil para comprar gasolina e comida mais baratas

Foto: Denise Paro

A queda do preço da gasolina no Brasil e a desvalorização do real em comparação com o guarani (moeda do Paraguai), estão atraindo paraguaios para compras por aqui. O Guarani vale bem menos que o real, mas mesmo assim ficou vantajoso. R$ 1 está cotado em cerca de 1.300 guaranis. Houve uma desvalorização de 8,5% do real diante do guarani em um ano.

O que está acontecendo? Paraguaios estão cruzando a fronteira do Brasil para ir até Foz do Iguaçu (PR) abastecer o carro e fazer compras em supermercados, mesmo com a inflação aqui. Com a redução dos preços da gasolina pela Petrobras, aumentou o movimento de veículos nos postos de Foz do Iguaçu, que fica na fronteira com Ciudad del Este.

Qual o preço do combustível nos dois países? Em Foz do Iguaçu, o preço médio da gasolina comum é de R$ 5,90 e da aditivada R$ 5,96, segundo levantamento da ANP (Agência Nacional de Petróleo). No Paraguai, onde há três tipos de gasolina, os valores variam, mas são todos mais altos. O combustível mais barato custa cerca de R$ 6,69 e o mais caro por volta de R$ 7,80.

Como está a procura? Gerente de três postos de combustível em Foz do Iguaçu, Marildo Matiello diz que, em um dos estabelecimentos, os paraguaios representam 50% da clientela. As vendas dobraram a partir do dia 20. Para conseguir atender os consumidores, o posto ampliou o horário de funcionamento de 22h para meia-noite.

A maioria dos paraguaios, conta Matiello, procura gasolina aditivada. Uma das explicações é o tipo de veículo. Boa parte é de grande porte, a exemplo dos SUVS, o que leva os proprietários a buscarem gasolina de melhor qualidade. Outra opção bastante procurada pelos paraguaios é abastecer na Argentina, onde o combustível está mais em conta, se comparado ao do Brasil, variando de R$ 3,40 a R$ 3,70.

Boa parte dos paraguaios que abastecem em Foz já tem o hábito de fazer compras na cidade. Os supermercados situados na região da Ponte da Amizade, via que liga Foz do Iguaçu a Ciudad del Este, são os que mais recebem os clientes estrangeiros.

Que outros produtos são mais baratos no Brasil? A lista de produtos de preço bom para os paraguaios no Brasil é grande. Frutas, verduras, café, chocolate, sucos, entre outros itens. Os paraguaios dizem que os preços em Foz são 30% a 40% mais em conta.

Fonte: Blog do BG

Continuar lendo ECONOMIA: QUEDA NO PREÇO DA GASOLINA E NOS ALIMENTOS ESTÃO ATRAINDO PARAGUAIOS PARA AS COMPRAS POR AQUI

ENTRETENIMENTO: CONFIRA AS ATRAÇÕES PARA O SAMBA BRASIL QUE DESEMBARCA EM NATAL NO ARENA DAS DUNAS

Samba Brasil inicia vendas para o maior festival de samba e pagode em Natal; confira atrações

Redação/Portal da Tropical

 Atualizado em:

Foto: Divulgação

Maior projeto de samba e pagode do país, que percorrerá seis estados a partir do próximo mês, o Samba Brasil desembarca em Natal dia 12 de Natal, na Arena das Dunas, com grandes atrações em um evento que vai percorrer cidades de três regiões do Brasil.

A venda de ingressos foi iniciada na quarta-feira (3), no site Brasil Ticket ( https://brasilticket.com.br/samba-brasil-natal ). Com produção no RN da Clap Entretenimento, o Samba Brasil Natal tem confirmados Thiaguinho, Sorriso Maroto, Menos é Mais, Dilsinho, Molejo e Chrigor para mais de 10 horas de muito samba e pagode no gramado da Arena das Dunas.

Fonte: Portal da Tropica _ Notícias

Continuar lendo ENTRETENIMENTO: CONFIRA AS ATRAÇÕES PARA O SAMBA BRASIL QUE DESEMBARCA EM NATAL NO ARENA DAS DUNAS

MUSICAL: VIVA A VIDA DE FELIPE DURAM

Hoje, aqui na nossa coluna MUSICAL estou publicando uma canção de Felipe Duram que, a meu ver não é uma simples canção. É um hino de amor, uma oração. E que me perdoem os adoradores do hino de São Francisco e sem desmerecer, mas com todo respeito, é como deveria ser escrita aquela oração. Não de fora para dentro, invocando Deus para me transformar em algo que não sou, mas gostaria de ser e sim invocando o meu EU superior e divino para acordar e fazer o que tem que ser feito.

Então convido você a assistir/ouvir esse maravilhoso hino de louvor à criatura divina e humana: VOCÊ!

Fonte:

Continuar lendo MUSICAL: VIVA A VIDA DE FELIPE DURAM

DICA DE LIVRO: SEJA EGOÍSTA COM SUA CARREIRA, DE LUCIANO SANTOS

A nossa DICA DE LIVRO desta quarta-feira é de cunho pessoal e intransferível. No livro SEJA EGOÍSTA COM A SUA CARREIRA de Luciano Santos você vai descobrir como colocar você em primeiro lugar em sua jornada profissional e alcançar seus objetivos pessoais.

Não é segredo que o mundo corporativo pode ser hostil e competitivo. Por vezes, ficamos sabendo de conhecidos que por trabalharem em excesso, liderados por chefes ruins, apáticos com tarefas com as quais não se identificam e, ainda, estressados por não terem mais tempo para a família ou amigos, chegam à exaustão e ao burnout. Se você está passando por algo assim, saiba que não está sozinho.

Muitas vezes, a causa dessa infelicidade está ligada ao modo como conduzimos – ou deixamos de conduzir – nossa carreira, e é por isso que precisamos assumir o protagonismo da nossa vida profissional. Buscando solucionar esse problema e guiar o leitor nesta jornada, Luciano Santos propõe que pensemos em nós mesmos em primeiro lugar.

Em Seja egoísta com sua carreira, você perceberá que tomar essa atitude significa priorizar as suas necessidades, seus anseios e tudo que o faz feliz! Assumir o controle da sua vida profissional é um passo para uma jornada desafiadora e, por vezes, desconfortável, mas, certamente, os resultados serão tão surpreendentes quanto as perspectivas que se abrirão para você.

Aqui você irá:

  • Aprender a gerenciar a sua carreira; 
  • Construir um plano B valorizando a importância de tê-lo em sua trajetória; 
  • Colocar em prática os três pilares da empregabilidade: currículo, narrativa e networking; 
  • Assumir sua pluralidade, permitindo-se atuar em outras áreas de que gosta;
  • Gerenciar seu líder (isso mesmo!);       
  • Declarar suas intenções para mudar o rumo da sua carreira.

Fonte: Acervo pessoal

Continuar lendo DICA DE LIVRO: SEJA EGOÍSTA COM SUA CARREIRA, DE LUCIANO SANTOS

Fim do conteúdo

Não há mais páginas para carregar