APENAS 4% DA POPULAÇÃO DA UNIÃO EUROPEIA  NÃO ESTÁ EXPOSTA ÀS PARTÍCULAS FINAS DE POLUIÇÃO

Quase 100% da população urbana da União Europeia está exposta à poluição atmosférica

Especialista afirma que essa situação foi gerada pelas normas menos estritas dos países que pertencem ao bloco europeu

Apenas 4% da população da União Europeia não está exposta a partículas finas de poluição

PIXABAY

Apesar da redução das emissões, graças às restrições impostas para combater o coronavírus, 96% dos residentes urbanos da União Europeia (UE) estiveram expostos a partículas finas acima dos limites em 2020 – advertiu a Agência Europeia de Meio Ambiente (AEMA) nesta sexta-feira (1º).

Pelo menos “96% da população urbana esteve exposta a concentrações de partículas finas (PM2,5) superiores ao valor médio anual de 5 microgramas (µg) por metro cúbico recomendado pela OMS”, que endureceu suas normas em setembro, alertou a AEMA.

Como as normas europeias são menos estritas e estão fixadas em 15µg/m³ para as partículas finas, apenas 1% da população das cidades vive acima do limite.

“Os dados põem em evidência a distância que separa as normais legais da UE – estabelecidas, em sua maioria, em torno do ano 2000 – e as últimas diretrizes de 2021 da Organização Mundial de Saúde (OMS) (…) baseadas em um exame profundo dos testes científicos sobre como a poluição atmosférica prejudica a saúde”, disse à AFP Alberto González Ortiz, especialista em qualidade do ar da AEMA.

Segundo ele, está sendo feita uma revisão das diretrizes europeias sobre o tema, com o objetivo de ajustar as normas adotadas em relação às recomendações da OMS.

Deixe uma resposta