VICE-PRESIDENTE DA CPI NÃO DESCARTA POSSIBILIDADE DE ESTENDER OS TRABALHOS DA COMISSÃO PARA ALÉM DA DATA PROGRAMADA PARA ENTREGA DO RELATÓRIO FINAL

Hipótese de estender CPI da Pandemia não está descartada, diz Randolfe Rodrigues

Vice-presidente da comissão disse à CNN que o trabalho dos senadores tende a se encerrar na próxima semana, mas que cenário pode mudar

Da CNN

em São Paulo

Em entrevista à CNN, o vice-presidente da CPI da Pandemia, senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), afirmou que há a possibilidade de a comissão se estender para além de 19 de outubro, data para a qual está programada a apresentação do relatório final.

“Nenhuma hipótese está descartada”, disse o parlamentar.

“Em princípio, estamos programando para encerrarmos na semana que vem.”

Entre os depoimentos previstos na reta final, está o do médico pneumologista Carlos Carvalho, que solicitou o adiamento da análise e da votação do uso do “kit covid” pela Comissão de Incorporação de Tecnologia do SUS, a Conitec — os remédios do conjunto não têm eficácia comprovada contra a Covid-19.

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, também voltará a depor no Senado pela terceira vez.

“Há uma intenção de ouvir representantes das vítimas da pandemia”, também afirmou Randolfe Rodrigues.

De acordo com o senador, o relatório final do senador Renan Calheiros (MDB-AL) terá um vasto material probatório sobre o caso Prevent Senior. A investigação da operadora de saúde envolve a denúncia do uso em massa da hidroxicloroquina em pacientes com Covid-19 e a ocultação de mortes.

“Até pelo próprio prazo da CPI, não foi possível aprofundar a sequência de vastas denúncias que se tem”, disse Randolfe.

“Existem denúncias sobre outras operadoras de saúde e unidades hospitalares que tiveram procedimentos parecidos com a Prevent nas diferentes cidades do país.”

Deixe uma resposta